Page 1

Ç


Ç

A cachaça é o nome dado à aguardente de cana, uma bebida alcoólica tipicamente brasileira obtida através da fermentação da cana-de-açúcar com graduação alcoólica de 38% a 48%.


Os primeiros registros sobre a fermentação na história vem dos egípcios antigos, tinham como objetivo curar moléstias.

Mas foram os Árabes que descobriram e aperfeiçoaram equipamentos para a destilação parecidos aos que conhecemos hoje.


Num engenho da Capitania de São Vicente, entre 1532 e 1548, descobrem o vinho de cana-de-açúcar.

Os senhores de engenho começam servir o tal caldo, denominado Cagaça, para os escravos. Depois passam a destilar a Cagaça, nascendo aí a Cachaça.


ÇÃ

1- Colheita

2- Moagem

4- Destilação

5- Envelhecimento

3- Fermentação

3- Engarrafamento


Â

A cachaça passou a ser como um personagem da história do povo brasileiro.

Surgiu praticamente junto com o País, o que antes era só uma bebida de escravos, aos poucos saiu da senzala, e no século XIX atingiu seu ápice se transformando em símbolo de brasileiridade.


Â

Naquele momento o país passava por um período de revoluções e grandes lutas por independência, como a Inconfidência Mineira de 1789 e a Revolução Pernambucana de 1817, e passou a ser personagem principal nos brindes.


Â

Em 1635, proibiu a venda da bebida na Bahia e, sem resultados, em 1639, tentou impedir sua fabricação.

Na semana de Arte Moderna de 1922, é usada como exaltação e reafirmação do nacionalismo e da brasileiridade nas obras dos artistas. A cachaça torna-se inspiração para canções, versos e samba, tornando-se um símbolo da cultura nacional.


Â

Ô

A cachaça é segunda bebida mais consumida no país, atrás apenas da cerveja, além disso, é o destilado mais consumido no mundo, à frente até mesmo do uísque. O Brasil produz hoje em dia cerca de 1,3 bilhões de litros de aguardente por ano, a cachaça movimenta R$ 500 milhões e gera 450 mil empregos diretos, com cerca de 30mil fabricantes e mais de 5000 marcas registradas.


Â

Ô

Minas Gerais é o primeiro produtor nacional de cachaça artesanal, o estado responde por 50% do total da produção nacional.

O vale do Jequitinhonha no nordeste mineiro detém quase 60% da produção do estado. A cidade de Salinas localizada no Vale do Jequitinhonha, tem o maior prestigio nacional, é conhecida como a capital mundial da cachaça de alambique.


Ç A produção gráfica dos rótulos de cachaça é um caso à parte na história do design brasileiro não são poucos os rótulos desenhados pelo próprio “alambiqueiro”, produtor da cachaça. Até o final do século XIX os rótulos de cachaça da cachaça mantiveram características artesanais como um bom exemplo design vernacular.


A litografia, inventada por Aloys Senefelder em 1796 na Alemanha chega ao Brasil em 1825 com a contratação pelo imperador de um litógrafo para o Real Arquivo Militar.


Litografia é um processo de gravura em plano, executada sobre pedra calcária (chamada pedra litográfica) ou sobre placa de metal (em geral, zinco ou alumínio), granidas.


É baseado no fenômeno de repulsão entre as substâncias graxas e a água, usadas na tiragem, o qual impede que a tinta de impressão adira às partes que absorveram a umidade, por não terem sido inicialmente cobertas pelo desenho, feito também a tinta oleosa.


A litografia se espalhou pela corte com grande rapidez e em pouco tempo mais de 250 litĂłgrafos trabalhavam somente no Rio de Janeiro produzindo encomendas variadas. Primeiro em preto e branco e depois em cores, como estampas artĂ­sticas, mapas, cartĂľes, marcas comerciais, cartazes, e, a partir de 1870, as revistas ilustradas extremamente populares e com amplas tiragens.


As casas litográficas trabalhavam com poucas tintas, principalmente preto, amarelo, vermelho e pela necessidade de impressão rápida construíam poucas sobreposições.

Quase sempre o amarelo como fundo geral, o azul e verde como paisagem, e o vermelho e preto na tipografia.


O uso dos rótulos de cachaça só se tornou obrigatório no Brasil no governo Getúlio Vargas.

Tornando-se obrigatório o transporte em garrafas com rótulos impressos


Analogias, paralelismos e metรกforas visuais predominam o discurso visual dos rรณtulos de cachaรงa.


Em r처tulos de cotidiano e acontecimentos remetiam a sociedade e seus costumes, mas n찾o constituem um padr찾o.


A cachaça fala de si, ela brinca com suas próprias mazelas “Calçada lisa” “Capote de pobre” usa também nomes de duplo sentido.

o nome da marca tem maior importância, seguido pelo produtor e registro com a graduação. Não há contrastes fortes entre os elementos.


Os rótulos all type são uma presença bastante forte em todo o Brasil com uma variedade de tipos pequena com o uso do antigo normógrafo e linotipos.

Porém com arranjos tipográficos bem diversificados com lettering às vezes desenhados à mão.


A fauna brasileira faz parte ativa da iconografia dos rótulos de cachaça, assim como cenas de paisagens, lugares e cenas do mundo rural.


Possui contraste acentuado entre figura e fundo. Um padrĂŁo cromĂĄtico muito forte, fundo preto, elementos em amarelo e vermelho e o branco como suporte e a tipografia geralmente sem serifa.


A figura feminina 茅 encontrada quase sempre de forma er贸tica. Sempre tentando associar a figura feminina com a cacha莽a como se ambas fossem objetos de desejo.

Nesses r贸tulos se destacam as imagens, seguido do texto, os elementos figurativos ficam sempre em maior tamanho, peso e contraste maior.


As cacha莽as hoje em dia ainda utilizam esses diversos temas. Mas podemos observar claramente uma tentativa de refinamento dos r贸tulos devido ao grande sucesso internacional da bebida.


Os elementos verbais aparecem quase sempre com uma tipografia com peso regular sem serifa e em caixa alta, na maioria das vezes no topo e sem muito destaque. No texto descritivo hå redução do tamanho das letras.


O titulo 辿 o elemento com maior destaque, e em sua maioria com tipografias sem serifa.

Normalmente s達o formados por apenas uma palavras, e quando s達o formados por palavras compostas n達o usam fontes diferentes, e algumas com a primeira e ultima letra da palavra aparecem em destaque.


Os logotipos utilizam quase sempre um peso quase em negrito, com a palavra praticamente na mesma largura do r贸tulo, na parte superior o no centro do r贸tulo. Muito uso de contornos, sombras e volume.

O restante do texto com informa莽玫es sobre o produto aparece normalmente na parte inferior sem muito destaque em tamanho reduzido.


Esses elementos normalmente dialogam com o titulo, e ficam centralizados nos rótulos de cachaça.

Os elementos representando a fauna são desenhados por inteiro, e os rótulos que apresentam paisagens quase sempre tomam todo o rótulo, enquanto os rótulos com pessoas normalmente só mostram partes do corpo.


Os rótulos podem apresentar faixas, retângulos ou listeis, para envolver os textos. A moldura também é um elemento bastante comum.

Essas molduras envolvem o rótulo e são pouco ornamentadas, em forma de circulo ou outros elementos.


çõ Elementos informacionais dão significado ao rótulo; os elementos com função auxiliar, que dão assistência a composição dos rótulos e sua interpretação; e os elementos de função decorativa servem para embelezar a composição.


Disponível em: Imagens gráficas de Pernambuco. Disponível em 29/10/11: www.mapadacachaça.com.br Disponível em 29/10/11: www.arara.fr/BBCACHACA.html Disponível em 29/10/11: www.cachacagranfina.com Disponível em 29/10/11: www.alambiquedacachaca.com.br/cachaca_producao.php Disponível em 29/10/11: www.girafamania.com.br/artistas/pintura-litografia.htm Disponível em 29/10/11: www.revistadehistoria.com.br/secao/artigos/memoria-grafica-da-cachaca Disponível em 29/10/11: http://www.caipirinhaville.com/origem-da-caipirinha/ Disponível em 29/10/11: www.unip.br/ensino/pos_graduacao/strictosensu/comunicacao/download/comunic_luciacarvalhomoreiradias.swf Figura 1 disponível em 12/11/11: http://fabricadecachaca.blogspot.com/2010_04_01_archive.html Figura 2 disponível em 12/11/11: http://alquimiapratic.blogspot.com/ Figura 3 disponível em 12/11/11: http://www.passeiweb.com/saiba_mais/arte_cultura/galeria/open_art/1523 Figura 4 disponível em 12/11/11: http://www.infosurhoy.com/cocoon/saii/xhtml/pt/features/saii/features/2009/05/04/feature-03 Figura 5 disponível em 12/11/11: http://imagemcariri.blogspot.com/2010/03/maquina-de-moer-cana.html Figura 6 disponível em 12/11/11: http://www.velhaengenhoca.com.br/producao.htm Figura 7 disponível em 12/11/11: http://www.cachacaseivamissioneira.com.br/destilacao.html Figura 8 disponível em 12/11/11: http://icachaca.com.br/qual-a-melhor-forma-de-envelhecer-a-cachaca/21/09/2009/ Figura 9 disponível em 12/11/11: http://wn.com/DESTILA%C3%87%C3%83O_DE_PINGA Figura 10e 11: acervo próprio Figura 12 e 13, disponível em 12/11/11: http://tipografos.net/tecnologias/litografia.html Figura 14 disponível em 12/11/11: http://www.botecomovel.com/2009/12/curiosos-rotulos-de-cachaca-parte-5.html Figura 15 disponível em 12/11/11: http://www.amigosdacachaca.com.br/artigos-dos-cachacas/rotulos-de-cachaca/ Figuras 16 a 41: acervo próprio Figura 42 disponível em 12/11/11: http://www.frangoinsano.com.br/tag/cachaca/ Figura 43 disponível em 12/11/11: http://www.r2mshop.com/shop/en/spirits/other-spirits/leblon-cachaca.asp Figura 43 disponível em 12/11/11: http://www.salobracachacas.com.br/cachaca-dj-prata-500-ml.html Figura 44 disponível em 12/11/11: http://www.amigosdacachaca.com.br/cachacas/cachaca-inox/ Figura 45 disponível em 12/11/11: http://www.submarino.com.br/produto/35/267906/cachaca+sagatiba+pura+700+ml Figura 46 disponível em 12/11/11: http://www.salobracachacas.com.br/cachaca-santa-rosa-1-ano-750-ml.html Figura 47 disponível em 12/11/11: http://www.submarino.com.br/produto/35/1774206/cachaca+janeiro Figura 48 a 57 disponíveis em 12/11/11: acervo próprio Figura 58 disponível em 12/11/11: http://www.imigrantesbebidas.com.br/catalog/product_info.php?products_id=4322 Figura 59 disponível em 12/11/11: http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-208645700-barril-carvalho-3-litros-dorna-corote-madeira-envelhecida-_JM Figura 60 disponível em 12/11/11: http://www.submarino.com.br/produto/18/21233904/conjunto+para+caipirinha+com+5+pecas

História dos Rótulos de Cachaça - Apresentação  

O Alambique do Design foi um projeto desenvolvido por Camila Moreira aluna do curso de Desenho Industrial da UFES - Universidade Federal do...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you