__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Informativo

Ano 7 - Abril / 2021

Paróquia Santuário Arquidiocesano de Santa Cruz dos Milagres Arquidiocese de Teresina-PI

Cristo Ressuscitado, a vida que supera a morte!


PÁSCOA EM MEIO À PANDEMIA:

VIVER O ESSENCIAL DA VIDA Em nossa fé cristã, a Páscoa significa a passagem da morte para a vida, da dor para o alívio, da tristeza para a alegria. A própria palavra Páscoa provém do termo hebraico pesach, que significa passagem. Assim como Deus libertou os israelitas da escravidão no Egito, Ele nos liberta da escravidão do pecado. Na Cruz, Jesus levou todos os nossos pecados, morreu, mas ressuscitou no terceiro dia. Cristo vive, ressuscitou! Aleluia! Em meio ao cenário dramático da pandemia do novocoronavírus, chega a Páscoa. O encontro do túmulo vazio tornou presente ao mundo a promessa da Páscoa, da vida que supera a morte. Portanto, essa Páscoa faz-nos um chamado importante para a nossa alegria que deve está fundamentada na Ressurreição, apesar da dor e da preocupação causadas pela pandemia do Covid-19. Para muitos fiéis, nesta Semana Santa, não será possível se reunirem nas igrejas, com familiares e amigos, para celebrar o grande mistério da nossa fé. Porém, mais que nunca, é tempo de olharmos para o nosso coração, refletirmos, valorizarmos o que temos e nos fortalecermos na fé, na esperança para termos a certeza de que dias melhores estão por vir. É tempo de vivermos o essencial em nossas vidas: DEUS! Nesta Páscoa, queremos estar unidos a todo o povo de Deus, aos profissionais da saúde, a toda a Igreja, aos enfermos, aos mais necessitados e desempregados. Que a força da Ressurreição traga esperança e alívio aos nossos corações!

Padre Raniery Alencar Moura

Reitor do Santuário Arquidiocesano de Santa Cruz dos Milagres

FESTA DA DIVINA MISERICÓRDIA: “NÃO FECHEMOS O NOSSO CORAÇÃO” O mistério da misericórdia é a fonte de alegria, serenidade e paz, condição da nossa salvação. Misericórdia é a palavra que revela o mistério da Santíssima Trindade. É o ato último e supremo pelo qual Deus vem ao nosso encontro. Misericórdia é a lei fundamental que mora no coração de cada pessoa, quando vê com olhos sinceros o irmão que encontra no caminho da vida. Há momentos em que somos chamados, de maneira ainda mais intensa, a fixar o olhar na misericórdia, para nos tornarmos sinal eficaz do agir do Pai. (Misericordiae-Vultus - Ano da Misericórdia). Neste segundo Domingo da Páscoa, a Igreja celebra a Festa da Divina Misericórdia, instituída por São João Paulo II. Seu nome oficial é “Segundo Domingo da Páscoa ou Divina Misericórdia”. Durante este dia, a Igreja convida a todos a realizarem a Festa da Misericórdia como forma de reconhecer e dar graças pela Misericórdia Divina.

Santa Faustina Kowalska, religiosa polonesa, conhecida como a mensageira da Divina Misericórdia, recebeu revelações místicas, nas quais Jesus mostrou o Seu coração, a fonte de Misericórdia, e expressou Seu desejo de que fosse estabelecida esta festa. Portanto, romeiros da Santa Cruz, não deixemos de participar dessa grande Festa da Divina Misericórdia em nosso Santuário, também através das nossas transmissões virtuais. Prepare-se com uma boa confissão, convide os seus parentes e amigos. Eis o tempo da graça, eis o dia da salvação! Não fechemos o nosso coração: ouçamos a voz misericordiosa do Senhor!

Padre Diego da Silva Santos Sousa Vigário Paroquial

Frases de Santos Amigos: “Quem possui o amor de Deus, nele encontra tanta alegria que cada amargura se transforma em doçura e cada grande peso se torna leve. E isto não nos deve surpreender porque, vivendo na caridade, vive-se em Deus”. Santa Catarina de Sena, Doutora da Igreja – 29 de Abril


VOCÊ SABE O QUE É TRÍDUO PASCAL? O Tríduo Pascal inicia-se três dias antes da celebração da Páscoa de Nosso Senhor, envolvendo três momentos em uma única celebração: Quinta-Feira Santa, SextaFeira da Paixão e o Sábado Santo. A celebração desse período litúrgico nos garante a lembrança profunda dos fundamentos da nossa fé, que Jesus Cristo morreu e ressuscitou para nos livrar do pecado.

QUINTA-FEIRA SANTA: A Quinta-feira Santa abre as celebrações do Tríduo Pascal. É conhecida por Quinta-feira do Lava-pés ou Santa Ceia do Senhor. Neste dia, nas catedrais diocesanas, é celebrada a Missa dos Santos Óleos, onde o Bispo abençoa o óleo dos Catecúmenos, o óleo dos Enfermos e consagra o óleo do Crisma que serão usados por todas as paróquias e santuários durante um ano até a próxima Quinta-feira Santa. Ao final da tarde, é celebrada a Missa de Lava Pés, onde se relembra o gesto de humildade de Jesus ao lavar os pés dos seus doze discípulos e comer com eles a ceia derradeira. Na ceia, Jesus antecipa, nos sinais do pão e do vinho, o seu sacrifício e a entrega que ele fará no dia seguinte. É nesta noite em que Jesus é preso, interrogado e, no amanhecer da Sexta-feira, açoitado e condenado. A Igreja fica em vigília ao Santíssimo Sacramento, relembrando os sofrimentos começados por Jesus nesta noite.

SEXTA-FEIRA SANTA: Neste dia, celebramos a Paixão e Morte do Salvador. É o único dia que não se celebra a Missa e não há consagração das hóstias. É celebrada a Solene Ação Litúrgica da Paixão e Adoração da Cruz, onde a os fiéis adentram a Igreja em silêncio, e o padre se prostra em frente ao altar (que simboliza o próprio Cristo, sendo ali o local onde o Cordeiro é imolado), em sinal de humildade e de tristeza. Um dia sem excessos, de silêncio, sem barulhos, com a prática do jejum. É dia de olhar pra dentro, para oração e vivermos os mistérios dolorosos de Jesus. Neste dia, a Igreja não tem a celebração da Eucaristia, ela convida seus fiéis a contemplar o crucificado, que morre na Cruz por toda a humanidade.

SÁBADO SANTO: Durante o Sábado Santo, a Igreja nos convida a experimentarmos um dia de oração e reflexão sobre a morte de Nosso Senhor, quando, ao fim do dia, celebramos a Vigília Pascal, a vigília de todas as vigílias, em que testemunhamos a vitória de Cristo sobre a morte. Nela acontece a bênção do fogo novo, a Proclamação da Páscoa e a Renovação das Promessas do Batismo. Com o fogo novo se acende o Círio Pascal, que representa a vida nova em Jesus Cristo. “O Sábado Santo é o dia em que a Igreja contempla o “repouso” de Cristo no túmulo depois do combate da cruz. Neste dia, a Igreja, mais uma vez, se identifica com Maria. Na escuridão que envolve a criação, Ela permanece só, a manter a chama da fé acesa, esperando com toda a esperança na Ressurreição de Cristo.” (Papa Francisco).


ROMEIROS DA SANTA CRUZ, FORÇA DA EVANGELIZAÇÃO! A Campanha Romeiros da Santa Cruz é um gesto concreto de amor, fraternidade e misericórdia, pois aqui ofertamos o nosso viver ao apelo de Deus em nosso coração. Muito mais que restaurações e obras físicas é a evangelização que a sua doação viabiliza em nosso Santuário. A evangelização é o caminho que une Deus e o homem, porque nos abre o coração à esperança de sermos amados para sempre, apesar da limitação do nosso pecado. Sendo um Romeiro da Santa Cruz, fiel em suas doações, você é missionário evangelizador que nos ajuda com que a Boa Nova de Jesus chegue a muitos corações. E com certeza, muitos corações estão precisando d’Ele neste tempo de pandemia! Contamos com a sua ajuda, seja d’Ele! Convide cada vez mais pessoas a fazerem parte dessa família, como romeiros e contribuidores para manter essa Obra.

SANTA CRUZ EM SUA CASA! Participe conosco da Santa Missa, todos os dias, às 9h, pelo Youtube: Santuário de Santa Cruz dos Milagres Oficial

CONSAGRAÇÃO A JESUS NA SANTA CRUZ Senhor Jesus, em vossa Santa Cruz, queremos consagrar a vós: Nossas Famílias, para que vivam em paz e harmonia; Nossas Casas, para que sejam iluminadas pela vossa presença; Nossas Alegrias, para que sejam santificadas pelo vosso amor; Nossas preocupações, para que sejam remediadas com a vossa misericórdia; Nossos Trabalhos, para que sejam fecundos com a vossa bênção. Oração Senhor Jesus, em vossa Santa Cruz, recebei a homenagem da nossa fé, fortalecei a nossa esperança e renovai o nosso amor. Dai-nos o dom da Paz e da fidelidade à vossa Igreja. Pela intercessão de Nossa Senhora, vossa e nossa Mãe, dai-nos a perseverança na fé e a graça da Salvação Eterna.

SIGA-NOS EM NOSSAS REDES SOCIAIS: @santuariosantacruzdosmilagres Padre Raniery Alencar Santuário de Santa Cruz dos Milagres Oficial

Expediente: Informativo mensal da Paróquia Santuário Arquidiocesano de Santa Cruz dos Milagres Fundado em Janeiro 2017 Distribuição gratuita e dirigida Bispo: Dom Jacinto Furtado de Brito Sobrinho (Arcebispo Metropolitano de Teresina-PI) Reitor: Padre Raniery Alencar Moura Jornalista: Ingrid Monteiro (Amex) – DRT 3595/CE Diagramação: Daniel Ramos (Amex) Fotos: Arquivo Santuário. Foto de Capa: Gabriel Paulino Colaboradores: Padre Diego da Silva Santos Sousa, Lidiane Marques, Cosme Pereira da Silva. Impressão: Casa da Arte (Teresina-PI) Tiragem: 3.500 exemplares Assessoria: Amex - Comunicação, Marketing e Fundraising amexassessoria.com

Profile for Santuário de Santa Cruz dos Milagres

Abril/2021  

Abril/2021  

Advertisement