Page 1

Nasceu em Paris, dia 8 de Novembro de 1971. É uma artista plástica portuguesa contemporânea, considerada como uma das mais marcantes da última década. Formou-se no AR.CO (Centro de Artes e Comunicação Social), em 1996. Trabalha frequentemente com a escultura e a instalação. Gosta de explorar a superproporção do objecto artístico e os materiais "normais" da vida diária em situações inesperadas.

PRÉMIOS Prémio EDP Novos Artistas, 2000 Prémio Fundo Tabaqueira Arte Pública para o seu projecto de intervenção no Largo da Academia das Belas Artes, em Lisboa, 2003; Prémio The Winner Takes It All, da Fundação Berardo, com a obra “Néctar”, actualmente instalada no Museu Colecção Berardo, 2006


A sua mais famosa obra, Nectar pertence à Coleção Berardo e está exposta no Museu Colecção Berardo, instalado no CCB (Centro Cultural de Belém). Muitos dos seus trabalhos estão patentes em colecções privadas europeias.

NECTAR

Na Bienal de Veneza, em 2005, a artista representou Portugal com a obra de arte A Noiva.

A NOIVA

A artista plástica criou um par de sapatos gigantesco denominado “Marilyn” com os tradicionais tachos portugueses. MARILYN


Em Fevereiro de 2008 inaugurou na Pinacoteca de São Paulo, o projecto "Contaminação", descrito como "um corpo têxtil, colorido, disforme e tentacular".

CONTAMINAÇÃO

Em 30 de junho de 2009, uma das suas obras intitulada "Coração Independente Dourado" foi leiloada na Christie's por 192 mil euros.

CORAÇÃO INDEPENDENTE DOURADO

VARINA (Ponte D. Luís – Porto)

«Varina» é o título da instalação (colcha com 35 por 15 metros) criada pela artista Joana Vasconcelos no âmbito do Imaginarius Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira, em 2008.

«É uma homenagem às mulheres do povo e cria uma dinâmica de intercâmbio com a paisagem envolvente, redefinindo e estimulando as tradicionais relações entre a arte e o tecido social, em clara comunhão com o espectro paisagístico - arquitectónico e natural - envolvente».

Joana Vasconcelos  

Joana Vasconcelos