Page 1

região | essencial | 15

22-06-2011 | diário as beiras

Miranda do Corvo

Lousã DR

2.º Festival de Música une cerca de 600 alunos DR

Passeio de cadeiras de rodas na serra para assinalar 35 anos da Arcil 111 Esta noite, pelas 20H30, a Escola José Falcão vai ser palco da segunda edição do Festival de Música de Miranda do Corvo, uma iniciativa organizada pelo Agrupamento de Escolas de Miranda, com a colaboração da câmara municipal. O evento recebe cerca de 600 alunos e pretende recordar grandes canções cantadas em português e proporcionar momentos de convívio entre alunos, professores, pais e restante comunidade escolar. De acordo com os promotores do festival, que ontem apresentaram a iniciativa, alunos de turmas do 1.º ao 12.º ano, vão competir em quatro escalões: A – 1.º Ciclo; B – 2.º Ciclo; C – 3.º Ciclo e D – Secundário.

Organização do evento

1 Participam alunos de turmas do 1.º ao 12.º ano, que vão competir em quatro escalões

2 Os escalões são divididos por grau escolar: A – 1.º Ciclo; B – 2.º Ciclo; C – 3.º Ciclo e D – Secundário

3 Durante o evento, a câmara vai premiar os alunos das escolas do 1.º ciclo, relativamente a um concurso de desenho

Desenhos decoram contentores do lixo A união de toda a comunidade escolar e da comunidade local em torno desta atividade é, nas palavras de Fátima Ramos, presidente da autarquia, “a principal conquista de todos”. A concretização do festival representa “o culminar de muitas semanas de trabalho e só por esse facto todos estão de parabéns”, frisou. A câmara municipal associou-se a este evento,”consciente da grande importância que tem a realização de eventos que abram a comunidade escolar e envolvam toda a sociedade”. O sucesso escolar “não depende apenas das atividades meramente letivas, mas também das restantes actividades que funcionam como factor de motivação e abrem a escola à comu-

nidade, numa importante partilha”, afirmou Fátima Ramos. Durante o evento a câmara municipal irá também premiar os alunos das escolas do 1.º ciclo, cujos desenhos foram escolhidos para decorar os contentores do lixo. Este concurso foi realizado em parceria entre a câmara municipal e a Agência para a Energia e Ambiente do Centro (AREAC) e constitui mais um exemplo de abertura do meio escolar à comunidade, com evidentes vantagens para todos.

Patrícia Cruz Almeida patricia.almeida@asbeiras.pt

Marchas com cheirinho a sardinha 111 A Junta de Freguesia de Miranda do Corvo, com a colaboração da câmara, organizou as marchas populares de S. João. Este ano desfilaram na praça José Falcão quatro marchas, Centro Escolar de Miranda do corvo com uma marcha infantil, Casa do Povo, Granja de Semide e Vale do Açor. Apesar do número de marchas ser menor, a praça José falcão

encheu, com o cheiro a sardinha assada a atrair inúmeros visitantes às tasquinhas. À semelhança do ano passado a junta ofereceu a sardinha e a broa que depois era vendida pelas coletividades a um preço simbólico. A noite agradável ajudou, e a animação continuou até altas horas ao som do Grupo Ritual Dueça e com os petiscos a serem muito solicitados.

111 Descer a estrada da Serra da Lousã, desde o topo da Catraia até à vila, foi o desafio lançado pela Arcil (Associação para a Recuperação de Cidadãos Inadaptados da Lousã). Ontem, 24 pessoas, entre utentes da instituição e convidados oriundos de Coimbra, Pombal e Miranda do Corvo, aceitaram o repto ao longo de 10 quilómetros, uma distância inferior ao total do percurso porque, logo a seguir ao almoço, um dos troços foi percorrido em autocarro. Foi a 6.ª edição da iniciativa, desta vez em formato longo, uma forma de assi-

2011.328.19

O evento, que decorre esta noite, é realizado em parceria entre a autarquia e a AREAC

nalar o 35.º aniversário da Arcil, que ao longo do ano, está a realizar dezenas de iniciativas viradas para a comunidade local, mas com projeção nacional. Ana Araújo, técnica superior da instituição, mostrou-se muito satisfeita com o resultado, “porque se notou, desde a altura em que a iniciativa foi anunciada, uma grande vontade em participar. com gente a telefonar de vários pontos do país”.

António Rosado antonio.rosado@asbeiras.pt

As Beiras  

As Beiras_

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you