Page 1

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - PROJETO ARQUITETÔNICO VII - ISADORA SANTANGELO REIS

TRAVESSA URBANA CULTURA COM CONSCIÊNCIA

FLORIANÓPOLIS, 2019.


LOCALIZAÇÃO

VID AL RA MO S

RU A

Com o objetivo de criar uma extensão da rua, seguindo a leitura de piso existente na rua Vidal Ramos, o terreno se abre totalmente nas suas duas extremidades, criando um novo percurso em meio o centro da cidade. A conexão com a Escadaria do Rosário busca apoiar e incentivar o uso da escadaria para expressões corporais, atividades culturais e manifestações sociais. Dessa forma os espaços para feirinha criam suporte para tais acontecimentos já existentes. Em meio a esse espaço de vivência, o tema do lixo é abordado através da apropriação do térreo da edificação de esquina como local de oficina de compostagem e horta domiciliar como forma de educação ambiental. O trabalho de compostagem estimula a conscientização da população em relação ao descarte do lixo pessoal e complementa a atividade de horta através do adubo gerado. Nos patamares da nova escadaria proposta, os volumes modulares servem como canteiro experimental para as oficinas, como uma pequena amostra de horta urbana. O segundo pavimento da edificação de esquina se abre para a conexão entre as escadarias como uma extensão delas, buscando essa leitura de espaço aberto onde possa acontecer uma diversidade de atividades culturais e de expressão. Embora não demonstrado, sugere-se que o acesso ao segundo pavimento possa ser feito por um elevador de plataforma situado no interior da edificação. Ainda dentro da mesma, propõe-se a disponibilidade de banheiros para a população em geral.

RU A

TR AJ AN O

Esta proposta é o resultado do processo de investigação, crítica e experimentação da vivência do corpo no centro da cidade de Florianópolis, desenvolvido em ateliê de projeto. Esse processo trouxe questões que tratam da presença do corpo nas ruas como forma de resistência e de vida para grandes centros urbanos, locais estes que sofrem a tendência de se tornarem distantes e intocáveis, como parte de um espetáculo. Como continuação de uma etapa de intervenção urbana anterior, o projeto busca chamar a atenção para a situação do lixo no planeta, e da maneira como ele é descartado atualmente. A ideia principal foi trazer o questionamento do lixo para dentro de um ambiente de experimentação social e cultural. A proposta foi desenvolvida em um terreno quase que de esquina entre as ruas Vidal Ramos e Trajano, no centro de Florianópolis, Santa Catarina. Um local extremamente privilegiado e que atualmente possui um uso raso em meio a explosão de informações e vivências de um centro urbano.


PLANTAS

barraquinhas para feira

depósito

canteiro experimental para horta

banheiros barraquinhas para feira espaço aberto para exposições e atividades culturais

espaço para realização de oficinas

canteiro experimental para horta

espaço para recebimento de materiais para oficinas

PLANTA BAIXA TÉRREO

PLANTA PAVIMENTO SUPERIOR


TRAVESSA QUE SE CONECTA COM A RUA E A ESCADARIA, COMO EXTENSÃO DO ESPAÇO URBANO. CANTEIROS DE HORTA E BARRAQUINHAS DE APOIO À FEIRINHA.

ESPAÇO ABETO PARA EXPOSIÇÕES E ATIVIDADES CULTURAIS.

ESPAÇO PARA OFICINA DE COMPOSTAGEM E HORTA DOMICILIAR, TRAZENDO A CONSCIÊNCIA DO LIXO PARA O CENÁRIO CULTURAL.

Profile for Rodrigo Gonçalves

travessia urbana  

travessia urbana  

Advertisement