Page 1

Acadêmico Lucas Fernandes de Oliveira Professor Rodrigo Gonçalves

MEZANINO DO ROSARIO Localização: Escadaria do Rosário Os valores rodoviaristas sempre foram um aspecto dominante dentro da lógica da produção espacial, essa prática deixou marcas profundas nas dinâmicas da cidade, ditando novos ritmos e escalas, os carros produziram efeitos que alteraram as condições de interação entre pessoa e cidade. Em Florianóplis, essa problematica é evidente quando os diversos espaços fundamentalmente públicos, foram improvisados e destinados ao transporte motorizado privado, sempre priorizado nas políticas públicas do município. Este trabalho propõe a inversão desses valores; e se os espaços destinados aos veículos particulares cedessem o espaço para uso público? Como seria a cidade dos carros se seus

monótonos estacionamentos fossem palco para a arte do improviso? O improviso surge aqui no sentido de adaptação. A rigidez e inflexibilidade de das (infra)estruturas oferece na verdade uma oportunidade de exercitar práticas voltadas ao fomento do espaço público como o palco das diversas formas de arte, em detrimento da utilização de áreas centrais importantes para o uso de estacionamentos. A Escadaria do Rosário possui grande valor histórico para a região central e já é um palco e dispositivo para diversas atividades culturais, suas potencialidades podem ser ampliadas na medida em que convites de permanência atraiam os improvisos da arte e as imprevisibilidades da vida.

Local de intervenção . Atual Estacionamento

Escadaria Nossa Senhora do Rosário


Vista Geral

A forma A modulação das vigas e pilares do estacionamento passam a oferecer suporte ao mezanino em laje nervurada de madeira laminada colada, cuja forma e material procura se opor a rigidez do desenho já construído. A laje da estrutura do estacionamento é totalmente removida, ampliando a permeabilidade e as possibilidades de utilização do espaço interno, fornecendo maior penetração de luz e ventilação. Também no sentido de melhorar a iluminação do ambiente interno e a comuniação com o térreo, o piso do mezanino é vidro translúcido. As curvas que extravazam os limites do edifício tem a intensão também de oferecer novos pontos de vista direcionados ao centro da Escadaria do Rosário, valorizando as manifestações que ocorrem na rua e ampliando a capacidade de público durante os eventos.

As cores O amarelo e preto são frequentemente utilizados na sinalização de trânsito pelo alto contraste entre as cores, servindo no projeto como uma ótima estratégia para ressaltar a forma do mezanino. Os pilares e vigas coloridas fazem alusão a um céu, buscando maior unidade e ludicidade na ambiência com uma pintura contínua e marcante.


Vista do Mezanino para dentro do antigo estacionamento


Vista da rua VIdal Ramos, Esquina com a rua Trajano


Vista noturna

Vista Escadaria do Rosário Oportunidades Como seria a cidades dos carros sem suas valiosas vagas em monótonos estacionamentos? Bom, o presente trabalho busca ilustrar a oportunidade de reverter o cenário de subvalorização do espaço público através de práticas que valorizem o caráter dinâmico da cidade, isso é, sua imprevisibilidade. A vida urbana é fundamentalmente constituída pelas casualidades, encontros, desencontros e reencontros. Embora sejamos ensinados a determinar os fatos, existem situações que só virão

ao mundo quando lhe dadas oportunidade. O espaço público é onde essas oportunidades estão presentes, esperando por algo ou alguém que lhe ative. Os veículos tomaram conta das ruas e tiraram nosso espaços, e hoje, as cidades pedem de volta aquilo que lhes é de maior valor. Nesse sentido, nos é dada a oportunidade de pensar a respeito de como podemos reforçar os valores culturais e sociais a partir da retomada de espaços tomados pelas práticas rodoviaristas.


A A

PLANTA BAIXA TÉRREO ESC 1/100

CORTE ESQUEMÁTICO AA

PLANTA BAIXA MEZANINO ESC 1/100

Profile for Rodrigo Gonçalves

mezanino do rosário  

mezanino do rosário  

Advertisement