Page 1

d

e

po ns

ial abil idade soc

revista

s jor re nalis mo com

Guarulhos, 07/11/2014 • ano 6 n.º 255 revistaweekend.com.br

Cadê a água?

dollarphotoclub.com

Guarulhos e o Estado de São Paulo sofrem com a crise no fornecimento de água. O que vem sendo feito para resolver o problema?

Fun

Diversão aos fins de semana além da vida noturna

Doing

O que fazer para não gastar o 13º salário inteiro

Enjoy

Saiba como não viver só de aparências


ILUMINANDO SEU NATAL

Cordões e Figuras Led a Pilha Bastão, Festão, Redes e Cortinas Led Cortinas e Cordões Incandescentes Mini Lâmpadas Cortinas Incandescentes Padrão UL

Cordas Luminosas Incandescentes Cordas Luminosas Led Fitas Luminosas Led Lâmpadas

Figuras Iluminadas Armações Luminosas Decoradas, para Postes Portais e 3D

11 2408.2221 • vendas@eletroferro.com.br • www.eletroferro.com.br AV. GUARULHOS 713/733 • GUARULHOS • SP


HYPE [ COLUNA DO CARLETO ]

UM SENHOR REAJUSTE Tem causado polêmica na cidade o Projeto de Resolução 4341/2014, aprovado pela Câmara de Guarulhos, que fixa os subsídios de vereadores para a próxima Legislatura. Dos atuais R$ 9.805, o valor passa para R$ 15.031, o que equivale a 75% do que recebem os deputados estaduais, que, por sua vez, representa 75% do subsídio dos deputados federais.

CHOVE, CHUVA Córrego dos Japoneses, quase cheio, nas proximidades do Macedo, na manhã de quarta-feira, 5. Fazia tempo que não era visto assim.

SÓ EM 2017

QUEIXA

O reajuste visaria a corrigir defasagem e é pouco acima da inflação. A ira dos contribuintes é porque os vereadores teriam dado um presente a si mesmos, o que não é verdade absoluta, porque o novo valor só irá vigorar a partir de janeiro de 2017 e não se sabe quais dos atuais vereadores continuarão na Câmara após as próximas eleições municipais.

Chegam à coluna reclamações sobre as condições físicas do Ambulatório da Criança, local de referência para atendimento de especialidades infantis, na rua Oswaldo Cruz, centro de Guarulhos. Por má conservação, água da chuva escorre pelos corredores.

E DEPOIS... Pela PR aprovado, a partir de 2017, os vereadores terão reajuste na mesma época e no mesmo percentual dos servidores municipais. Porém, é bom que se diga, é lógico que quando os deputados federais se derem aumento, algum tempo depois haverá reflexo nos subsídios dos estaduais e, fatalmente, dos vereadores também.

UNIÃO NACIONAL Passadas as eleições, as redes sociais ainda têm servido para um condenável exercício: o divisionismo. Águas passadas não movem moinhos. O Brasil precisa da união de todos os brasileiros para se tornar a Nação que todos queremos. São absurdas tanto as propostas de separar alguns estados, quanto a pregação que setores fazem contra a classe média e, principalmente, os empresá-

Diretor Responsável: Valdir Carleto (MTb 16.674) valdir@revistaweekend.com.br Diretor Executivo: Fábio Carleto fabio@revistaweekend.com.br Editora Executiva: Vivian Barbosa (MTb 56.794) redacao@carletoeditorial.com.br Assistente de Edição Amauri Eugênio Jr. Redação: Bárbara Cunha // Elís Lucas // Michele Barbosa // Talita Ramos

rios. É erro dizer que só quem é empregado é trabalhador. Mais de 80% dos empregos são em pequenas e microempresas. Como será o País se não houver quem empreenda e gere empregos?

SEM DITADURA Embora seja ínfima minoria, também há nas redes sociais quem defenda a volta do regime militar. Só quem não viveu as agruras daquele período triste para o País, quem lucrou com a ditadura ou quem perdeu a memória pode pregar esse retrocesso. É preciso, sim, que as pessoas fiquem atentas, informem-se, cobrem as autoridades eleitas, exerçam a cidadania. Mas, com ordem, respeito e, muito importante, fazendo com que prevaleça a democracia.

DESTAQUE EMPRESARIAL A equipe da Weekend parabeniza os clientes da revista agraciados com o Prêmio Destaque Empresarial. Noriko Nakazone, da Naha Festas, foi homenageada como Mulher Empreendedora, o Colégio Júlio Mesquita como pequena empresa e a Perfil Lider como empresa média. Leia mais nesta edição.

3 BILHÕES!!! O Impostômetro de Guarulhos, da ACE, atingiu na manhã de terça-feira, 3 a cifra de R$ 3 bilhões em impostos pagos pelos contribuintes guarulhenses para as três esferas de governo: União, Estado e Município. Os contribuintes guarulhenses podem acompanhar, em tempo real, a arrecadação de impostos pelo site www.aceguarulhos.com.br

Tiragem: 15 mil exemplares Venha conferir nas manhãs das sextas-feiras Distribuição gratuita em quase 150 condomínios, displays em pontos comerciais de grande fluxo, e em locais com salas de espera

Fotografia: Márcio Monteiro // Rafael Almeida Direção de arte: Cíntia Brumatti Design Gráfico: Aline Fonseca // Douglas Caetano // Katia Alves Comercial: Laila Inhudes // Maria José Gonzaga // Maura Parra Peres // Patrícia Matos // Thais Cristine // Thaís Tucci // comercial@revistaweekend.com.br Administrativo: Viviane Sanson // Saiummy Sales Takei Distribuição Luiz Aparecido Monteiro Impressão e acabamento: D’ARTHY Editora e Gráfica Ltda. Tel: (11) 4446-4600

33 anos de Jornalismo com Responsabilidade Social Av. João Bernardo Medeiros, 74, Bom Clima, Guarulhos. CNPJ: 10.741.369/0001-09

Tel.: (11) 2461-9310


[ FRASES ]

HYPE Fotos Divulgação

“Foram três anos intensos no Jornal Nacional.”

“O feminismo não está aqui para ditar regras.”

A jornalista Patrícia Poeta ao se despedir da bancada do Jornal Nacional.

A atriz Emma Watson, embaixadora de boa vontade da ONU Mulheres.

[ FANPAGE ]

“[...] eu sofri a dor que é o pesadelo de todo pai, a inversão da ordem natural das coisas [...].”

Reprodução

O apresentador Jô Soares, ao comentar a morte do seu filho Rafael.

Revista Necessaire O perfil da Necessaire no Instagram contém posts com temas diversos, que podem ser dicas de moda, beleza, autoestima e frases para melhorar o clima do dia. Dê uma conferida e siga em: instagram. com/revistanecessaire.

“Eu sabia que com o tempo as coisas iriam se encaixar [...]” O Atacante Fred, que foi decepção na Copa do Mundo, mas que atualmente tem feito um bom papel no Fluminense.

[ CLICK ]

[ VEM AÍ... ]

Wish

Saiba o que é a moda navy e como ela pode ajudar a valorizar o seu look no dia a dia.

Batalha de bandas Em serviço na Coreia do Sul, a banda marcial das Forças Armadas dos EUA travou batalha com a banda marcial do exército sulcoreano. Mas a disputa foi amigável, apenas na parte musical. Confira em nosso canal do Youtube.

]

Manter em dia a vacinação do bichinho de estimação é fundamental para a saúde dele e dos donos.

Eu me amo

Você conhece a intensidade do treino HIIT, que virou febre nas academias?

Se alguma dessas matérias tem algo em comum com seu negócio, entre em contato conosco para uma possível participação. E-mail: redacao@carletoeditorial.com.br

[ PARTICIPE ] Seja parte da Weekend! Participe e ajude a bombar esta página, mandando suas sugestões de vídeos, sites, fotos e curiosidades para redacao@carletoeditorial.com.br ou nas redes sociais:

/revistaweekend

[6

Pet

/weekendrevista

/weekendrevista


[ BELEZA ]

[ MODA ]

WISH

Coleção Dior Addict chega ao Brasil

Por Talita Ramos Fotos Divulgação

A volta

do topete

A

tão esperada coleção de maquiagem da Dior chegou recentemente ao Brasil, com produtos para os olhos e para os lábios. O mix de batom e gloss Addict Fluid Stick, primeiro híbrido labial da marca, é sucesso total lá fora e promete ser um queridinho das viciadas em maquiagem por aqui. O produto combina o brilho do gloss com o conforto e a durabilidade do batom e está disponível em doze cores. Para os olhos, a linha traz Addict It-Lash, máscara para os cílios e o Addict It-Line, um delineador em gel que permite um traço preciso com uma cor intensa.

www.sephora.com.br. R$ 125.

[ MODA ]

Pés

coloridos

A

Keds, uma das marcas de tênis mais famosas do mundo da moda, acaba de lançar uma coleção em parceria com a [Quem Disse, Berenice?], com sapatos coloridos de acordo com as cores de esmaltes da marca de cosméticos. São cinco produtos no modelo de maior sucesso da Keds, o Champion, nas cores: zuzulino, verdô, zuzete, roxex (com glitter) e cor cereja berê. Um esmalte do mesmo tom acompanha o tênis, que vem com duas opções de cadarço, um branco e um na cor do esmalte, dando a opção de personalização. A edição limitada está à venda em multimarcas de todo o Brasil, com preços de R$ 149,90 a R$ 159,90. Para saber onde encontrar entre em contato com o SAC: (51) 3593 5638.

F

amoso na década de 60, o topete voltou a ser sensação entre os cortes de cabelo masculinos, de modo reinventado, combinando com diversos tipos de rosto. Segundo Samuel Jabes, hair stylist do salão Nandi Spa & Hair, o penteado fica bem em cabelos ondulados ou com cachos contanto que as laterais fiquem quadradas e curtas. “O topete é um coringa nos looks masculinos. Até porque não conseguimos aplicar muitos visuais diferentes nos homens, que são mais resistentes”, afirma o especialista. Para Samuel, o importante é adaptá-lo as condições do cabelo, quantidade, formato dos fios e modelo do rosto. Para cuidados e modelagem o especialista indica o uso de gel sem álcool e ceras ou pomadas para finalizar o visual.


[ VEÍCULOS ]

Salão das novidades

TECH Por Valdir Carleto Fotos Valdir Carleto e divulgFord

e dos mitos

O

Salão do Automóvel 2014, que teve início no dia 30/10, termina no domingo, 9 e é a grande vitrine do mundo automotivo. A maioria das marcas está de olho na questão ambiental, apresentando modelos elétricos ou híbridos. Já os carros-conceito servem para testar a receptividade do público e podem antecipar tendências. A cor azul está presente em boa parte dos estandes e deve ser tônica do mercado em 2015. Destaque também para o capricho das montadoras com as rodas e com os faróis e lanternas. Além das novidades, o que chama muito a atenção dos visitantes são os carros lendários, que se mantêm no imaginário das pessoas por décadas. A Ford, por exemplo, mostra os novos Ka e Novo Ka+, o New Fiesta Hatch e Sedan, dois modelos do Focus, três versões do Fusion, Ranger e EcoSport. Não há, porém, quem não pare mais tempo para curtir os três Mustang expostos.

1 2

4

3

1. Ford EcoSport Storm atrai pelo aspecto robusto da grade frontal 2. O KWID, carro-conceito da Renault 3. Montadoras e consumidores dão especial atenção às rodas 4. Mustang permanece como um símbolo, objeto de desejo

[ 10

]


[ VEÍCULOS ]

5

6

7

8

5. Audi elétrico futurista

9. BMWi8 só falta voar

6. Protótipo FV2, da Toyota

10. Led ilumina lanternas

7. Porsche para competir

11. Azul presente até no Jaguar

8. Duster Oroch será produzido no RJ

12. Textura no Peugeot Natural

10

9

11

12

[ 12

]

Sexta e sábado, das 13h às 22h; domingo, das 11 às 19h, com entrada até 17h. Anhembi, av. Olavo Fontoura, 1209, Santana www.salaodoautomovel.com.br


[ AVIAÇÃO ]

[ GADGETS ]

TECH

Vista panorâmica

Por Amauri Eugênio Jr. Fotos Divulgação

Digitação vintage

V

ocê já pensou em voar em um avião no qual dê para ver tudo – repito: tudo – o que estiver fora, como se não houvesse fuselagem ao redor? Você iria curtir ou ficar com frio na espinha? Ou acharia a experiência, digamos, horripilante? Pois bem, se depender da empresa inglesa Centre for Process Innovation (CPI), isso poderá acontecer em breve. A turma da CPI está desenvolvendo tecnologia para a produção de aviões sem janelas. Antes de você perguntar “como assim?!”, aí vai a sacada da empresa: telas superfinas serão integradas à fuselagem e, desse modo, possibilitarão ao viajante ver tudo o que está ao redor – sem trocadilhos,

é como andar nas nuvens e parecer tocá-las. Ah, as imagens são captadas pelas câmeras instaladas na parte externa do avião. No entanto, se você quiser tirar um cochilo durante a viagem, basta reduzir a intensidade da tela e bom descanso. Outro fator interessante diz respeito ao consumo de combustível: como há menos camadas de fuselagem, o peso do avião é menor. Por isso, o gasto de combustível também é reduzido. No entanto, vale um aviso: aperte os cintos e segure a expectativa, pois a previsão do CPI é para a tecnologia estar disponível daqui a uns dez anos. Até lá, dá para voar em um avião como esse. Mas em sonho.

[ COMPORTAMENTO ]

Cenas

lamentáveis

A

pós o fim do processo eleitoral, as redes sociais foram dominadas por manifestações lamentáveis de xenofobia – intolerância e preconceito a povos de outras regiões –, em especial com nordestinos, discurso de incitação ao ódio, o que é crime segundo o Código Penal, e até mesmo separação geográfica, o que é ilegal com base na Constituição Federal. OK, concordar e questionar o resultado de um processo eleitoral é

[ 14

]

totalmente cabível e compreensível, pois essa é a essência de um regime democrático. Mas recorrer ao ódio e ao preconceito não dá, sejamos francos. Tanto que preconceito é crime e está previsto no artigo 20 da Lei nº 7.716/89. Caso pipoque alguma situação de preconceito e incitação ao ódio no Facebook, Twitter, Instagram e afins, veja quais são os canais online para denunciar. Polícia Federal: denuncia.pf.gov.br; Ministério Público: goo.gl/ociqtL SaferNet: goo.gl/7MNvxv

C

om certeza, você já viu fotografias de escritores, jornalistas e demais profissionais do mundo das letras ocupados com uma máquina de escrever. Um deles, claro, é o ícone Ernest Hemingway (1899-1961), famoso escritor norte-americano. E quem diria que o nome de Hemingway iria inspirar o nome de uma máquina de escrever em pleno século... XXI. Pois bem, essa é a proposta da Hemingwrite, cujo visual é para lá de old school, mas o funcionamento é high tech. O gadget tem, entre outros recursos, display e-paper – visor que simula uma folha de papel –, mais de um milhão (!) de folhas de memória, e conectividade com wi-fi e bluetooth, o que possibilita o armazenamento no Google Docs ou no app Evernote. Para os fãs de plantão de produtos retrô, a Hemingwrite está em fase experimental e, por isso, ainda não está disponível para compra. Sendo assim, torçamos para vê-la em breve.


[ CRIATIVIDADE ]

[ INOVAÇÃO ]

LIVE

Casa da

Por Michele Barbosa Fotos Divulgação

árvore

Máquina de lavar roupas

V

ocê largaria tudo para viver em meio a floresta ao som de pássaros, longe do trânsito e barulho da cidade grande? O verde das folhas, o som dos pássaros e a calma e a liberdade de se viver longe de tudo. O americano Dave Herrle teve essa coragem e abriu mão do terno e gravata, o escritório para viver seu sonho. Desde o outono de 2013, ele e a esposa moram na Wee House, uma cabana que foi construída nas florestas de Connecticut (EUA) e custou menos de US$ 4 mil para ser feita. Dave Herrle gostou da ideia de viver uma vida simples e hoje realiza atividades de carpintaria para se manter. Muito do que aprendeu foi colocando a mão na massa ao construir a cabana. Para isso, ele contou com madeira descartada de construções e com a doação de portas e janelas de casas demolidas – o custo maior ficou por conta das ferramentas e do acabamento. A Wee House é uma cabana de dois andares,

eficiente

S

com cozinha e sala de estar no térreo e um pequeno quarto na parte de cima. Na propriedade, Dave construiu uma segunda casa, onde há um banheiro e uma cozinha maior. Vão-se as TVs a cabo, congestionamentos e comida congelada, fica a liberdade.

[ DECORAÇÃO ]

Tapete inteligente

P

ara quem mora em apartamentos pequenos essa é uma excelente opção de otimização de espaço: um tapete e uma mesa transformando estes dois utilitários da sala de estar em uma única peça. Essa é uma criação do designer italiano Alessandro Isola que teve a ideia após tropeçar inúmeras vezes no vinco do tapete da sala. Alessandro decidiu transformar o aborrecimento em um bom motivo para usar a criatividade. Foi então que ele apresentou o “Stumble Upon“, o tapete com duplo propósito. À primeira vista, pode não conseguir enxergar, mas ao se aproximar, é possível se dar conta do contraste entre o material felpudo do tapete e a superfície lisa e brilhante da mesa. A “dobradura” é multifuncional e

[ 16

]

pode servir como apoio de livros e revistas, adornos, petiscos, copos, descanso para os pés ou o que se adequar ao momento. Se interessou pelo Stumble Upon? Acesse o site do designer e saiba como ter um http:// www.alessandroisola.com/.

erá que é possível lavar as roupas sem usar sabão? Mesmo parecendo impossível – afinal, o sabão é o responsável por tirar a sujeira do tecido, o designer industrial Chan Yeop Jeong está trabalhando no projeto “Pecera”, um robô que promete lavar roupas sem adição de sabão. O produto foi inspirado no Doctor Fish, técnica em que peixes aglomerados se juntam em torno da pele humana, mais propriamente os pés, para limpá-los, comendo as células mortas. No Pecera, robôs ao estilo Doctor Fish, ou melhor, peixes artificiais chamados de Dofi, seguem o mesmo conceito, exceto que a máquina é capaz de encontrar as moléculas poluentes das roupas a partir de uma pequena câmera e eliminá-las por meio de um movimento de sucção. Sem contar o design que é parecido com um tanque moderno e sofisticado e não ocupa muito espaço – ótimo para ambientes pequenos. A lava roupas utiliza energia hidroelétrica, não necessita de tanta água quanto um modelo convencional, causa menos contaminação na natureza pela ausência de detergente, poupando o meio ambiente. Ainda não há previsão de quando o produto estará pronto.


[ ECONOMIA ]

DOING

13° salário:

Por Talita Ramos Fotos Banco de imagens

gastando com prudência

H

á quem já esteja contando os dias para receber a bonificação salarial mais esperada do ano, o 13º salário, instituído por lei federal na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, que garante em seu sétimo artigo que trabalhadores urbanos e rurais recebam a bonificação salarial com base na remuneração integral ou no valor de sua aposentadoria. Baseados nisso, muitas pessoas planejam quitar dívidas adquiridas ao longo do ano, enquanto outros planejam usá-lo com gastos do Natal; e ainda há os mais contidos, que preferem poupar o dinheiro extra para o ano que irá entrar. Atualmente, o 13º salário deve ser pago em duas parcelas, sendo a primeira até 30 de novembro e a final até 20 de dezembro, mas para aproveitar esse bônus da melhor maneira possível, a dica é planejar-se desde já. “O melhor a fazer é pensar com antecedência o que será feito com essa renda extra. Considerando que é uma bonificação independente do salário, o ideal é que não seja usado para despesas comuns, mas sim para algum investimento no futuro, (poupança, entrada em imóvel, pagamento de viagens, entre outros) ou para a aquisição de algum objeto de desejo que não seria possível comprar com os rendimentos mensais normais,” explica o administrador de empresa da Nasajon Sistemas, especializada em sistemas para contabilidade, Eduardo Nasajon.

[ 18

]

EM QUE INVESTIR? A dúvida de muitas pessoas que querem poupar ou investir a renda extra é no que investir. “Há várias opções que irão depender do perfil de risco da pessoa. Pode-se colocar tudo na poupança ou em planos de aposentadoria privada até investir em ações da bolsa,” afirma Eduardo. “Hoje existem fundos de investimentos de renda fixa, como CDI e poupança, em que temos um risco muito baixo do capital investido,”conta o diretor de planejamento da Alle ao Lado, empresa especializada em oferecer consultoria e coaching em diversas áreas, Julio Cesar Amorim Ferreira. Já para quem não tem como investir o 13º salário, mas quer poupá-lo, Julio explica que a melhor maneira de salvar esse dinheiro é evitar compras por impulso. “O consumidor deve se perguntar se realmente precisa de determinado item sempre que a vontade de comprar vier à tona. Uma boa dica é não levar cartões de crédito e cheques quando for ao shopping, por exemplo,” afirma.


[ ECONOMIA ]

DOING

IMPULSO TUPINIQUIM O povo brasileiro é considerado um dos mais consumistas que existe e o Brasil é um dos maiores mercados de varejo do mundo. Sendo assim, não é a toa que muitas pessoas torram o 13° salário na primeira loja que encontram pela frente. “Tudo se vende com facilidade de pagamentos. O brasileiro não se preocupa muito com os juros embutidos em cada prestação, mas o sistema de parcelamento feito no Brasil coloca muita gente à beira do abismo. Para evitar um último empurrão e consequente queda, é fundamental se controlar e prevenir o consumo desenfreado. A principal dica é ir até o seu armário de roupas, sapatos e demais lugares onde estão armazenados as compras dos últimos 12 meses e se perguntar se a compra desses itens era realmente necessária, refletindo então se deve ou não comprar ainda mais coisas,” explica Julio. “O brasileiro mais do que consumista, é imediatista. Não temos a tradição de poupar. O consumo em si não é um problema. O problema é não acumularmos recursos para esse consumo e ficarmos devendo. Isso é o que faz as pessoas entrarem em ciclos viciosos de dívida. Para quem é muito imediatista uma dica que dá resultado é entregar o dinheiro a alguém de confiança (esposa, mãe, pai, entre outros) e pedir

para essa pessoa guardar esse valor e só devolver em caso de emergência extrema ou para a realização de algum projeto que pode ser a compra de um bem maior,” afirma Eduardo.

TABELA DE GASTOS Outra coisa que ajuda quem é desorganizado ou ansioso em relação às finanças é manter uma tabela de gastos, mas tendo em mente a determinação de segui-la a risca. “Uma tabela de gastos ajuda a saber o quanto cada um gastou, em que gastou e qual será o saldo no fim de um determinado período. É algo básico e fundamental para quem busca ter controle financeiro. A partir disso, é preciso disciplina para usar essas informações de forma a não se endividar. O planejamento financeiro não é feito para não se gastar nada, mas sim para gastar com inteligência. Em vez de pagar juros para comprar alguma coisa ou para pagar dívidas bancárias, ele permite acumular recursos para se adquirir as coisas à vista, algumas vezes até com desconto,” explica Eduardo. “Ter uma tabela de gastos e não seguir o que está determinado é o mesmo que saber que tem pressão alta e não tomar medicação. Ou seja, essa pessoa vai, provavelmente, ter um problema sério de saúde algum dia e o estrago será maior

se comparado a quem se cuida. É necessário ter disciplina, não adianta ter o controle sem agir para reduzir os gastos,” afirma Julio.

ENTRANDO EM 2015 COM O PÉ DIREITO Para ajudar quem extrapolou nos gastos durante o ano de 2014 e está afundado em dívidas, muitas empresas se dispõem a oferecer acordos no fim do ano, pensando também na facilidade de pagamento que pode surgir devido ao recebimento da bonificação salarial. Aproveite o período para quitar dívidas e fique de olho no site do Serasa Experian, que oferece nessa época o ‘multirão limpa nome’ - www.serasaexperian.com.br. “Para sair de problemas financeiros e acumular riquezas não há nenhum segredo. A fórmula é conhecida de todos: não gaste mais do que você ganha e procure poupar para o futuro. Seguindo essas duas observações básicas não há como ter problemas. O que ocorre é que mesmo sabendo o que fazer para não se endividar, as pessoas não fazem,” finaliza Eduardo. Já para aqueles que estão com as contas em dia e querem permanecer assim, vale poupar parte do 13º para pagar as finanças de início de ano como IPTU, IPVA e custos estudantis, além de outros, começando 2015 com o pé direito.


Na Forneria Capannone. Estamos preparados para receber a sua festa de fim de ano.


[ EMPREENDEDORISMO ]

[ CD ]

DOING

Destaques da cena empresarial

A

conteceu em 30 de outubro o anúncio dos vencedores do Prêmio Destaque Empresarial de 2014 nas categorias micro, pequena, média e grande empresa. O evento, organizado pela ACE (Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos), teve como laureados a Speedway Veículos Especiais, voltada à instalação e manutenção em sinalização de emergência para veículos, na categoria Microempresa; o Colégio Júlio Mesquita, no segmento Pequena Empresa; a Perfil Líder, voltada à industrialização e comércio para instalações elétricas, mecânica e hidráulica, como Média Empresa; e a DAC, do setor papeleiro, na categoria Grande Empresa. Além dos destaques empresariais, a ACE-Guarulhos homenageou Noriko Nakazone, da empresa

Naha Festa, como “Mulher Empreendedora”; a Goedert Imóveis levou o troféu como “Associado”; o escritório Capital Contábil, como membro do “Núcleo Empreender”. E Clécio Antônio Rodrigues, da Bike Style Courier, “Empreendedor Individual”. Na foto, Jorge Taiar, presidente da ACE, com os laureados. A festa contou com apresentação da escola Nel-Som e do maestro Rogério Martins, cover oficial de Elton John.

[ CULTURA ]

[ 22

]

Imaginação e criatividade à flor da pele

P ficarão até o dia 30, assim como o “Jogo de memória do Saci”. No dia 10, haverá a feira de troca de livros na praça João Ranali, em frente à biblioteca, das 10 às 18h; e cortejo de leitura do Grupo Escritureiros, às 15h. Ainda no dia 10, tem início a exposição braile, que irá até o dia 14, das 9h às 19h. No dia 29, haverá apresentação do Grupo Ketubá – Banda Bengala Branca, às 14h; roda de leitura do livro “A bibliotecária de Auschwitz”, de Antonio G. Iturbe, às 15h; e histórias cantadas, às 19h. Biblioteca Monteiro Lobato. Rua João Gonçalves, 439, Centro. Informações: 2087-6900. www.bibliotecaguarulhos.com.br.

Pommelo R$ 24,90

Sidnei Barros / PMG

É

Fotos Divulgação

ara quem é chegado em música brasileira e muito groove, o álbum “Amigos imaginários”, de Anelis Assumpção, é uma das boas novidades de 2014. O novo trabalho da filha de Itamar Assumpção foi produzido por um time de peso, composto por ela mesma e o pessoal de sua banda – Cris Scabello (guitarra), Mau (baixo), Bruno Buarque (bateria) e Zé Nigro (guitarra e órgão). O som, que é o que interessa, tem doses generosas de suingue, trombone, riffs e linhas envolventes de guitarra e, como não poderia deixar de ser, lirismo e letras que mergulham em relacionamentos – a dois, inclusive. Destaques para as faixas “Song to Rosa”, que conta com participações de Thalma de Freitas e Céu; “Cê tá com tempo?”, em que ela está aqui para jogar muita conversa e som dentro; “Declamação”, com Kiko Dinucci; e “Minutinho”.

Biblioteca Monteiro Lobato, 74 bem provável que você já esteve na Biblioteca Monteiro Lobato, um marco na região central da cidade, não dá para negar. Seja para fazer trabalhos em grupo na época escolar ou para procurar por livros diversos, não importando se técnicos ou de literatura, o espaço faz – ou já fez, pelo menos – parte de sua vida. Então, no próximo dia 10 (segunda-feira) serão celebrados os 74 anos de existência da Biblioteca Monteiro Lobato e foi montada programação especial para lembrar a data. As exposições “Memórias da biblioteca”, “Gibiteca mangateca” e “Citações de Monteiro Lobato” estão abertas desde o dia 1º e

Por Amauri Eugênio Jr.


Crise hídrica e

existencial

Weekend publicou na edição nº 222 a matéria “Água: mesmo sabendo usar, agora tem de racionar”, veiculada em 21 de março, sobre o racionamento de água em Guaruhos, condicionado pela redução da oferta de água da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) ao Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), quando o Sistema Cantareira atingiu os alarmantes 15% da capacidade total. À época, a medida resultou em racionamento de água na cidade no qual 850 mil pessoas foram afetadas por meio do esquema de um dia de fornecimento e outro sem água. Como se sabe, a história atingiu níveis ainda mais preocupantes com o passar do tempo. Para se ter uma ideia, a Sabesp incorporou a segunda cota do volume morto ao Sistema Cantareira, que abastece além da capital paulista e parte de Guarulhos, os municípios de Franco da Rocha, Caieiras, Francisco Morato, Carapicuíba, Osasco, São Caetano do Sul, e partes de Santo André, Barueri e Taboão da Serra. E, mesmo assim, o nível do Cantareira era de 11,9% até o fechamento desta edição, em 5 de novembro. Esse percentual poderia ser ainda mais alarmante se não fossem as chuvas do início desta semana. Mesmo com evidências de que a situação atual é, sim, mais do que preocupante, o governo do Estado de São Paulo refuta a iminência – ou melhor: realidade – do racionamento de água. Em 1º de novembro, durante entrega de casas da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que não há expectativa de racionamento no Estado. Em nota, a Sabesp informa que não há racionamento, rodízio ou restrições de consumo em nenhuma das 364 cidades do Estado. No entanto, parece que ninguém concorda com a opinião do governador. “Os engenheiros da Sabesp sabem que a situação é grave e que há racionamento. É necessário fazê-lo, mesmo, e não tem jeito. Por exemplo, já há rodízio em toda a cidade”, comenta Plínio Tomaz, presidente da Agru (Agência Guarulhense Reguladora de Água), sobre a crise hídrica no Estado.

[ 24

]

Orientações? Em reportagem publicada pelo jornal Folha de S.Paulo em 24 de outubro, foi obtido áudio de reunião da Sabesp em que a presidente da entidade, Dilma Pena, afirmou a dirigentes da empresa que cidadãos deveriam ser orientados a economizar água e que isso deveria “estar reiteradamente na mídia”, mas tiveram de seguir ordens de superiores e que a diretriz à época não foi a orientação à economia. Em nota enviada à Weekend, a Sabesp diz que o áudio foi extraído de maneira distorcida e fora do contexto de uma reunião que durou mais de quatro horas, em que a presidente da empresa respondeu às demandas das equipes operacionais, que questionavam a estratégia de comunicação. Gravações à parte, foi aberta na Câmara Municipal de São Paulo uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigação do abastecimento de água pela Sabesp na cidade de São Paulo. A comissão, presidida pelo vereador Laércio Benko (PHS), solicitou esclarecimentos sobre o conteúdo dos áudios. Até o fechamento desta edição, as investigações da CPI estavam em andamento.


CAPA Por Amauri Eugênio Jr. / Colaboração: Bárbara Cunha Fotos Márcio Monteiro e banco de imagens

E se acabar? “A água é a seiva de nosso planeta. Ela é condição essencial de vida de todo vegetal, animal ou ser humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura.” Antes que você pergunte se esta frase é de autoria de Caio Fernando Abreu, Clarice Lispector e demais autores a quem frases aleatórias são atribuídas, esse não é o caso. Na verdade, trata-se do primeiro tópico da Declaração Universal da Água, redigida em 1992 pela ONU (Organização das Nações Unidas), a respeito da importância e dos cuidados que se deve ter com o líquido, que é fundamental à sobrevivência humana. Uma reflexão: é possível imaginar vida sem água? Não, pois se trata de recurso fundamental à sobrevivência humana e de toda e qualquer forma de vida animal e vegetal. Ou seja: se a água acabar, vida não haverá. E, ainda que fique apenas escassa, a higiene e saúde estarão comprometidas.

Em Guarulhos...

r e

Foi noticiado na edição nº 222 da Weekend que Guarulhos produz 13% da água consumida na cidade, enquanto os 87% restantes vêm dos sistemas Cantareira, em maior proporção, e Alto Tietê. Pois v i s t a bem: a situação não se alterou de lá para cá pelo seguinte motivo: o Faltou água. município está loE agora? Guarulhos convive com racionamento de água. calizado em região Por que chegamos a esse ponto? O que será feito? E qual o nosso papel nessa história? de rios com pouca água e para aumentar a produção é necessário captar águas de rios além do limite municipal. Por isso, Guarulhos precisa comprar água da Sabesp. Em nota, o Saae informou que está solicitando autorização junto ao DAAE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), órgão gestor de recursos hídricos em São Paulo, para captar água em rios além do limite municipal, mas até então não foi atendido.

Foto: Márcio Monteiro / Modelo: Marcos Ferreira

Guarulhos, 21/03/2014 • ano 5 • n.º 222 www.revistaweekend.com.br

Bem-estar

Segurança

Veículos

Gastronomia

Receitas de escalda-pés para relaxar

Saiba mais sobre autodefesa

Novidades da Yamaha e Alfa Romeo

Dicas de pratos para experimentar

weekend - 222.indd 1

19/03/2014 20:02:50

Tratamento de choque De acordo com o SNIS (Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento) 2012, Guarulhos coleta 84% do esgoto produzido na cidade, sendo que 50% são tratados por meio dos subsistemas São João, Bonsucesso e Várzea do Planalto, sendo que as respectivas ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) entraram em funcionamento em 2010, 2011 e 2014. A ETE Cumbica/Pimentas, por meio da qual o esgoto será encaminhado até a ETE São Miguel, integrante do Sistema Metropolitano, está em fase de construção. Já os projetos das ETEs Centro, Cabuçu e Fortaleza estão em fase de detalhamento. A estimativa é de tratamento de 80% do esgoto produzido na cidade, até 2017.

A origem Produzidas no município Sistema Alto Tietê

13% 25%

Sistema Cantareira

62%


Torneira abaixo O percentual de perda em Guarulhos é de 36%, sendo 18% por perda física, ou seja, problemas na infraestrutura de distribuição; e a outra metade por perda comercial – em resumo, por “gatos”. No Estado, a perda física é de 19,8%. A Sabesp informa investir R$ 6 bi no Programa de Redução de Perdas de Água, para troca de ligações domiciliares, hidrômetros e redes de água.

Fechando a torneira

CAPA

A média diária de consumo de água na cidade era de 163,25 litros por habitante no início do ano. Esse mesmo indicador chegou a 142,95 l, com queda de 14,2% no consumo.

Ideal e real

Para atender aos habitantes, cujo total ultrapassa 1,3 milhão, a demanda de Guarulhos é de 4,5 mil litros por segundo. Contudo, a oferta atual é de 3,3 mil l/s em virtude da crise hídrica. NASA Earth Observatory image by Jesse Allen, using Landsat data from the U.S. Geological Survey

E no Estado? A crise hídrica chegou ao patamar atual por motivos como a insuficiência na manutenção da infraestrutura dos sistemas distribuidores e crescimento desenfreado das cidades dependentes, por meio do desmatamento e da ocupação desordenada em áreas de mananciais. O Sistema Cantareira foi – e é – muito útil aos municípios que abastece, mas está sobrecarregado. O aumento da demanda, sem que houvesse incremento da captação, o levou ao patamar atual. Por isso, a construção de novos sistemas é fundamental para aliviar a crise hídrica, como é o caso do São Lourenço, em Vargem Grande Paulista, cujas obras estão em andamento e que irão ampliar a produção de água tratada na Região Metropolitana em 4,7 mil l/s, que irão beneficiar diretamente 1,5 milhão de moradores de Barueri, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista. “Mesmo assim, ainda se trata de pouca água, pois a capacidade é de 3,5 m/s. A situação é grave ao ponto de não resolver nada”, destaca Tomaz. Por isso, uma possibilidade é a construção de sistema distribuidor Bacia Hidrográfica de Ribeira do Iguape, na região da cidade de Registro, cuja área é de 24,9 km². Mas o que inviabilizou até então foram o alto custo das obras e a distância. Mesmo assim, como a situação chegou ao limite, a obra pode ser imprescindível, ainda que seja cara.

Acima, imagem da Reserva Jaguari, feita pela Nasa em 16 de agosto de 2013. Abaixo, imagem do Jaguari em 3 de agosto de 2014.

Cavando fundo Você conhece a Terceira Lei de Newton? Não? Vamos lá: ela aborda o princípio de ação e reação, na qual uma ação gera reação de mesma intensidade e força. Pode-se dizer que uma das reações – ou consequências, como preferir – foi o aumento da demanda por poços artesianos, que são poços tubulares, feitos por meio de escavações em ambientes propícios. Vale lembrar que não é possível construir poços artesianos “a torto e a direito” e, sendo assim, critérios devem ser respeitados. “Para escolher um local do poço, deve ser contratada uma empresa que esteja cadastrada no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) e que contribua para a Abas (Associação Brasileira de Águas

[ 26

]

Subterrâneas). Além disso, é necessária uma outorga para a abertura – perfuração – de poços artesianos do DAEE. O órgão responsável irá definir se está autorizada a abertura do poço”, ressalta Ana Rocha Melhado, engenheira civil da ProActive Consultoria e pós-doutora em projetos e construção de bairros sustentáveis, pelo Departamento de Engenharia de Produção da Universidade de São Paulo (USP). Após o poço estar em funcionamento, é necessário registrá-lo no DAAE para obtenção de licença de uso. Além disso, deve-se ter em mente que não é porque um poço artesiano foi construído que se possa consumir água indiscriminadamente.

Ajuda do céu? Há quem ache tratar-se de brincadeira, mas parece que a ajuda pode vir do além. Não entendeu? Segundo Osmar Santos, porta-voz da Fundação Cacique Cobra Coral, instituição esotérica que lida com fenômenos da natureza, o governador Alckmin foi procurado em 29 de outubro pela entidade para oferecer ajuda para minimizar os efeitos da crise hídrica. O governo do Estado nega o encontro, dizendo que Santos solicitou falar com o governador, mas sem êxito. Negativas à parte, o fato é que voltou a chover na Região Metropolitana de São Paulo desde o fim de semana passado, o que ao menos evitou redução ainda maior nos níveis da Cantareira.


‘Tá’ com sede? Vai reúso aí?

Pode ser algo que beire o cúmulo, mas o consumo de esgoto tratado já é realidade. Em Campinas, cidade a 93 km da capital, pelo menos. Antes que o pânico se instaure, vamos lá: esse recurso já é usado pelo Corpo de Bombeiros e para regar praças. E, a partir de agora, a água de reúso será lançada no rio Capivari e misturada ao líquido já existente lá, para ser posteriormente tratada e fornecida nas torneiras. É projeto pioneiro no Brasil. Ao que parece, isso pode virar tendência daqui a algum tempo. Por exemplo, países como EUA (Califórnia), Cingapura e Namíbia o fazem por causa da falta d’água nessas regiões. “Hoje há tecnologia para tratar o esgoto e transformá-lo em água potável. Pode-se partir para isso, pois é a situação mais econômica”, detalha o presidente da Agru.

CAPA

Caminhos possíveis De nada adianta falar sobre problemas sem apresentar soluções ou questionar o que pode ser feito para melhorar o quadro. Por isso, é inegável que a mentalidade do brasileiro sobre a água deve mudar. “Não seria o momento ideal agora de mudarmos um pouco de estratégia para enfrentar estes problemas?, questiona o leitor Wilson David dos Santos, professor de educação física e atleta que competiu nas Olimpíadas de Los Angeles (1984), ao citar ainda outras possibilidades para fontes de energia. “Se ao menos nas novas construções fosse exigido que parte da energia a ser utilizada teria de ser a solar, boa parte dos condomínios teria ao menos a iluminação externa com essa fonte de energia limpa. (...) Sabemos que a aquisição ainda é muito cara, mas poderia ser muito mais barato se os governos,

por livre iniciativa ou através de parcerias com associações de engenheiros e arquitetos, estimulassem a população através da criação de cooperativas, com a finalidade de oferecer projetos e possibilidade de financiamento para aquisição e instalação”, pontua em postagem nas redes sociais. Ainda na linha da mudança, a arquiteta Patrícia Falcão cita o papel de cada um no que diz respeito à água. “Cabe a nós cobrarmos e fiscalizarmos os governos sobre medidas de infraestrutura e planejamento para questões relacionadas à água. Afinal, o crescimento econômico de um país está diretamente ligado à disponibilidade de água e energia. (...) Atitudes que parecem pequenas, se forem feitas por todos, ganham proporção gigantesca.” Nas próximas páginas, a Weekend relata histórias e alternativas para driblar a crise hídrica na cidade e no Estado.

Novos ares

Sob pressão

Já ouviu falar sobre a necessidade ser a mola propulsora de ideias revolucionárias? Esse foi o caso do engenheiro mecatrônico Pedro Ricardo Paulino, que criou a Wateair, máquina que “fabrica” água ao condensar a umidade do ar térmico. Mas se engana quem pensa que a crise hídrica em São Paulo o motivou a fazê-lo. “Em 1994, a ideia era criar água para tratamento de hemodiálise em locais onde é impossível obter água para este fim. O projeto evoluiu e resolvi adicionar sais minerais controlados eletronicamente para a água tornar-se potável para hidratação. Nosso objetivo sempre foi a região Nordeste e países africanos. Nunca imaginei que a região mais rica do País passaria por este problema”, relata. Para quem se pergunta como é possível obter água pelo ar, a resposta é simples: o líquido contido no ar é condensado por choque térmico, filtrado em alta pressão e passa por filtros estabilizantes, até haver a adição de sais minerais. Como consequência, a água é monitorada por sensores e esterilizada por lâmpadas de raios ultravioleta. Qualquer pessoa pode adquirir a

máquina, cujos valores são R$ 7 mil, que produz 30 litros por dia; e R$ 350 mil, que tem capacidade diária de 5 mil litros. Com a seca em São Paulo, foram vendidas 72 unidades apenas nos últimos dois meses. Contudo, o lucro é secundário para Paulino. “Estamos trabalhando para melhorar os valores e eficácia de consumo energético dos equipamentos. Estamos empenhados também em desenvolvimento de equipamentos capazes de produzir milhões de litros de água por dia, para oferecer soluções para comunidades e alternativa à dessalinização, que gera grande impacto ambiental”, destaca.

Apesar de diversos apelos para incentivar a economia de água, ainda mais nos últimos tempos, há tarefas que até podem ser postergadas, como lavar o quintal. O ideal é varrer a sujeira, mas há situações em que isso não basta. Que tal recorrer à lavadora de alta pressão? O equipamento recebe água da rede e reduz o volume ao transformá-lo em pressão, o que aumenta a eficácia da lavagem e reduz o consumo. Há desde modelos residenciais até profissionais. “É como colocar o dedo na ponta da mangueira de água, ao obstruir a saída de água e obter certa pressão. Em vez de sair água à vontade, ela sairá com redução, o que proporciona a alta pressão”, pontua Benjamin Fernando, proprietário da ABTech, loja especializada em manutenção e venda de lavadoras de alta pressão. A título de comparação, o gasto de água com uma mangueira comum é de 3 mil litros, enquanto lavadoras gastam 300 litros no mesmo tempo. Outro fator a se levar em conta é gasto com energia elétrica. “Se uma lavadora estiver ligada por uma hora, o consumo por dia aumentará R$ 0,50”, ressalta Benjamin.

Saiba mais em: www.wateair.com.br

Av. Guarulhos, 1.282, vila Augusta. Tel.: 2422-3609

[ 28

]


Tratamento de conceitos Quem passa em frente ao prédio do Colégio e Faculdade Eniac e não o conhece por dentro fica impressionado com a fachada, mas não faz ideia da estrutura ecologicamente correta – a começar por ser um green building, ou seja, prédio que respeita aspectos relacionados à sustentabilidade. A estrutura metálica amarela tem função que vai além da estética, ao conter tubulação para captar-se a água da chuva. A instituição implantou, em 2008, sistema de captação de água da chuva e estação de tratamento de esgoto para reúso dentro das instalações do prédio. Essa foi a primeira estação de tratamento na área central da cidade. A máquina para tratamento de água produz 16 mil litros diários, usados para descargas nos 24 banheiros do prédio. No entanto, vale um adendo: como não se trata de água potável, o recurso

não pode estar disponível para consumo humano e para diferenciá-lo, um corante azul é adicionado ao líquido. Já a água da chuva é usada para limpeza do prédio e regar as plantas, além de reserva de 40 mil litros para uso em casos de emergência pelo Corpo de Bombeiros. O investimento na máquina foi recuperado após dois anos da instalação. Mas o lucro vai além do ganho material. “Há o ganho de marketing para o Eniac, que é significativo. A estação de tratamento possibilitou também a criação do curso de gestão ambiental e é usada em projetos de conscientização dos alunos. ‘Corremos atrás’ de tudo o que se pode fazer para minimizar impactos ambientais”, pontua Miguel Sanchez, gerente de infraestrutura da instituição.

CAPA

Rua Força Pública, 89, Centro. Tel.: 2472-5500

Lavando a seco Que o brasileiro é apaixonado por veículos, isso meio mundo sabe. Por isso, uma das pulgas atrás das orelhas diz respeito a lavar o carro com a crise hídrica. Que tal recorrer à lavagem a seco? O procedimento, que é uma técnica de estética automotiva, consiste na aplicação com borrifador de produto para a lavagem a seco, com uso de pano para espalhá-lo sobre a lataria. Ah, engana-se quem pense que qualquer pano valha: o tecido deve ser de microfibra, pois em caso contrário, a pintura pode ser riscada. Um dos diferenciais é a parte biodegradável, ou seja, fungos e agentes do tempo – gotículas e poeiras – sofrem ação de agentes biodegradáveis presentes no produto, o que cria uma camada de proteção que não permite a sujeira impregnar no carro. Não por acaso, o brilho e a proteção do veículo duram de sete a 15 dias. Além disso, a economia de água é intensa. “Um carro demanda, em média, 250 litros para ser lavado com técnica comum. Já na lavagem a seco, usam-se 250 ml para cinco carros”, conta Flavio Soares dos Santos, proprietário da Biolav Car, empresa que faz o procedimento em Guarulhos. Pode-se pensar que o custo seja elevado, mas não chega a ser o caso: o valor para a lavagem de um carro pequeno é de R$ 35; de médio porte, R$ 40; e veículos grandes são lavados a seco por R$ 50.

Pequenas atitudes Cada um pode fazer a sua parte para economizar água, mesmo em quantidade considerada pequena. Tome nota: • É possível trocar bacias sanitárias e válvulas de descarga por modelos mais econômicos. Por exemplo, as válvulas com duas teclas têm botões para dejetos líquidos e sólidos, que demandam respectivamente três e seis litros; • Banhos de 15 minutos resultam em gasto de 135 litros. Se durar cinco minutos, o consumo cai para 45 litros*; • Que tal fechar a torneira ao escovar os dentes? Se aberta, uma torneira despeja 2,5 litros por minuto*; • Ao lavar a roupa, recomenda-se acumular quantidade significativa de peças*; • Ao regar as plantas por 10 minutos, o consumo de água pode chegar a 186 litros. Sendo assim, a rega pode ser feita de manhã ou à noite no Verão, pois haverá menos perda na evaporação. Já no Inverno, o procedimento pode ser feito dia sim, dia não*.

Rua Nossa Senhora Mãe dos Homens, 1.061, Gopoúva. Tel.: 4378-7757 *Fonte: Unifesp.

[ 30

]


Super fériaS Caribe Com a CvC

viaje Com a maior oPeraDora DaS amÉriCaS. e PagaNDo em aTÉ 10x Sem jUroS.

Pacote incluindo passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto e hospedagem com Sistema Tudo Incluído no Hotel Grand Oasis Cancun. Preço para saída 20/dezembro.

10X

620,

SEM JUROS REAIS À vista R$ 6.200. Base US$ 2.748.

Punta Cana 8 dias - Saídas diárias

Pacote incluindo passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto e hospedagem com Sistema Tudo Incluído no Hotel Catalonia Bavaro Beach. Preço para saída 4/janeiro/2015.

A PARTIR DE

8 dias - Saída de Natal

A PARTIR DE

Cancún

10X

640,

SEM JUROS REAIS À vista R$ 6.400. Base US$ 2.838.

CoNSULTe PreÇoS Para SaÍDaS De NaTaL e rÉveiLLoN

CVC Shopping Internacional Guarulhos 2 0 8 6 - 9 7 2 0 CVC Shopping Pátio Guarulhos ...............2 4 5 6 - 5 7 7 7 CVC Poli Shopping..................................... 2 4 7 5 - 0 3 2 1

CVC Bonsucesso Shopping......................2 4 8 9 - 6 0 2 2 CVC Lopes Macedo ................................... 2 4 0 8 -7 0 9 0 CVC Lopes Taboão - Guarulhos ..............2 0 8 8 - 4 8 2 8

Prezado cliente: os preços são por pessoa, em apartamento duplo, com saídas de São Paulo. Preços, datas de saída e condições de pagamento sujeitos a reajuste e disponibilidade. Condições de pagamento com parcelamento 0+10 vezes sem juros no cartão de crédito ou 1+9 no boleto bancário. Sujeito a aprovação de crédito. Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros. Ofertas válidas até um dia após a publicação deste anúncio. Câmbio especial CVC 4/11/2014 US$ 1,00 = R$ 2,25 válido por tempo limitado. *Todos os valores dos pacotes CVC são publicados já incluindo taxa de serviço, ISS e todos os outros impostos governamentais. Não estão incluídos impostos sobre serviços extras adquiridos no destino, taxas de turismo cobradas por algumas cidades e taxas de embarque cobradas pelos aeroportos.

40070-018_Revista_Weekend_180x115.indd 1

cvc.com.br

11/5/14 2:25 PM


[ COMPORTAMENTO ]

ENJOY

As aparências,

elas enganam

A

pressão social para toda e qualquer pessoa ter sucesso profissional e pessoal existe e é das mais intensas, não dá para negar. Logo, só é considerada uma pessoa vencedora, com base em convenções sociais, quem morar em uma casa localizada na região central, quem tiver um carro – último modelo e imponente, de preferência –, estiver em situação financeira estável, ou tiver a vida amorosa bem resolvida. Logo, aqueles que não se enquadram em pelo menos um desses aspectos será considerado como perdedor ou, pelo menos, alguém que falhou na vida. Algumas pessoas não dão a mínima para esse tipo de regras e vivem muito bem, obrigado, do jeito que são e felizes com as vidas que levam e com o que conquistaram. Mas há quem sinta necessidade de aceitação no grupo em que está inserido e, por isso, considera que a sua autoestima está condicionada a ser “melhor” – entre aspas, mesmo – do que qualquer outra pessoa. E isso pode valer tanto para a vida real como nas redes sociais. “Sendo assim, a pessoa engana o outro com posses de objetos, viagens, intelecto ou até mesmo mudanças físicas para se sentir superior. Isso causa aumento na autoestima, porém, de modo falso. Já a necessidade de se adaptar ou enquadrar em determinado grupo leva o sujeito a viver uma vida de aparências”, explica a psicóloga Danyla Borobia.

[ 32

]

Por Amauri Eugênio Jr. Fotos Divulgação


REALIDADE PARALELA Por mais que cada um tenha estilo e visão de mundo próprias, todos têm algum comportamento diferente em cada situação. No ambiente de trabalho, uma pessoa pode ser mais reservada e introspectiva, enquanto se torna sociável e brincalhona nas happy hours. Essa mesma pessoa pode ainda ser brincalhona ao extremo em casa e entre amigos, e “doideira” quando decide curtir a vida noturna. Até aí, tudo bem. O problema passa a ser quando ela começa a forçar atitudes e aparência não condizentes com o que ela é, ou seja, ostentar intelectual e financeiramente, porque se sente inferior em relação a determinado grupo. Isso pode acontecer em situações diversas: dizer que leu determinado livro sendo que apenas ouviu falar sobre o título, ou falar que assistiu a um filme, mas sequer viu o trailer; contar que viajou para determinado país, mesmo só tendo ido, no máximo, para outro Estado; alugar um carro ou iPhone só para mostrar em determinada festa que tem outro padrão de vida; e assim por diante. Não é exagero dizer que existe algum problema quando esse tipo de conduta gera algum prejuízo, seja moral ou financeiro.

ENJOY VITRINE DEPRIMIDA Coincidência ou não, há estudos que relacionam o tempo prolongado em sites de relacionamentos com a depressão. Segundo uma pesquisa feita pela Universidade Hulboldt de Berlim, as fotos no Instagram que passam a impressão de que a vida é perfeita causam frustração em outras pessoas, o que pode levar à depressão. Ainda segundo estudo da Universidade de Michigan (EUA) feita com 80 estudantes, quanto mais tempo se passa no Facebook, mais deprimida uma pessoa fica. Quem adivinhar o porquê ganha um “like”.

COM OS PÉS NO CHÃO Fingir ter outro estilo de vida pode indicar que a pessoa é insegura, tem baixa autoestima e, em situações extremas, sofre de mitomania – distúrbio em que alguém mente de modo descontrolado. Para deixar de viver em outra dimensão e aceitar a vida como ela é, o primeiro passo é afastar-se de pessoas e situações que a induzam a isso. “Ela deve entender que a mentira irá aparecer em algum momento e que isso poderá afastar amigos e familiares, tentar buscar ajuda psicológica ou médica e melhorar a autoestima”, completa Danyla Borobia.

FAKE PLASTIC LIFE

Se na vida real uma pessoa pode fingir ter outro padrão ou fingir ser outro alguém, mesmo ao vivo e a cores, a coisa fica ainda mais drástica quando o assunto é o mundo online. Existem situações engraçadas, como uma pessoa que faz uma montagem tosca para simular que tem um carro importado, mora em um condomínio de luxo em um bairro nobre, viajou para uma ilha paradisíaca no Oceano Pacífico, entre outros casos. Mas há contextos em que esse tipo de comportamento foge de controle. Sabe aquela história de uma pessoa que inventa situações no Facebook, como tirar uma foto com um cão aleatório no parque, uma selfie com alguém famoso e dizer que

[ 34

]

são amigos ao ponto de um ser parte do corpo do outro, parecer culto ou legal, entre outros casos? Pois bem, dá para dizer que ela faz isso para ser popular e causar boa impressão nos outros. “Além disso, a mídia social permite que até o mais tímido dentro de uma roda de amigos ganhe voz e tenha direito de se expor. Esse poder da palavra faz muitos acharem que têm direito de dizer ou de ser o que bem entendem”, destaca Tatiane Leiser, analista de mídias sociais e reputação online na TaCerto.com. Parte importante desse tipo de postura é explicado por uma pessoa ver que sua linha do tempo nas redes sociais é composta apenas por fotos de festas, viagens,

momentos felizes em família, como se a vida tivesse recebido um tratamento de imagem no Photoshop. Ou você acha que alguém vai postar imagens da pia cheia de louça, do carro caindo aos pedaços ou do Bilhete Único? “As mídias sociais surgem como um lugar que não reflete a sociedade de forma mais sincera, mas apenas como um local onde todos viajam a todo o tempo, comem apenas em restaurantes caros ou cozinham pratos refinados, se vestem bem e estão sempre curtindo a vida. Se um sujeito não consegue se colocar desta mesma maneira, deixa de ser interessante, tem menos interações em publicações e se sente menor”, pontua Tatiane.


COMPRE MAIS PAGANDO MENOS

10

*IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS

intensiva.com.br

Economize Comprando

Unidades

* Seminova 06 meses de garantia

Cartuchos EPSON 1351 / 1332 1333 / 1334

R$

90 10, cada

HP 21 R$

90 29, cada

Multifuncional Sharp AL 2040

HP 22 R$

R$

00 45, cada

00 500, cada

R$

399

,90

Estamos com novas instalações e novo endereço! COMPRE ONLINE

www.rpprime.com.br

VENDAS

(11) 4964-0099

/ 4965-7751

Rua Hélio Manzoni, 263 Gopoúva-Guarulhos/SP

Q 2612 A CB 435 / 436 / 285 A * Preço válido para todos estes modelos.


[ GASTRONOMIA ]

[ RECEITA ]

COOKING PALETA DE MORANGO COM LEITE CONDENSADO

Kinder Bueno

caseiro

Divulgação

A tradicional paleta é feita à base de morango e recheada com leite condensado. O sabor da fruta quebra a sensação de doce extremo do recheio, formando uma combinação perfeita.

Por Talita Ramos

Las Chicas Paleteria

, Rua Josephina Mandotti, 257, Jardim Maia. N 2600-3943

Fernando AK

FILÉ À CHOPP TIME O prato é composto por tiras suculentas de filé mignon, banhadas ao molho madeira com champignon. Chopp Time

Internacional Shopping Guarulhos , Rodovia Presidente Dutra, KM 397/650, LJ Z10, Itapegica. N 24250097

INGREDIENTES • 100 gramas de avelã; • 2 colheres de sopa de leite condensado; • 4 colheres de açúcar de confeiteiro; • 2 colheres de soupa de leite; • 200 gramas de chocolate ao leite; • 1 colher de sopa de Nutella; • Placas de Wafer; • Casquinha de Amandita.

PREPARO

Divulgação

SUPER PIZZA PREMIUM Produzida com massa pan, a pizza leva muçarela, pepperoni, pedacinhos de hambúrguer, presunto, cebola, pimentão, azeitona verde e champignon em sua composição. Super Pizza Pan

, Av. Salgado Filho, 1.155, Jardim Maia. N 2468-1428. , Av. Dr. Timóteo Penteado, 3858, vila Galvão (apenas delivery). N 2451-1230 Márcio Monteiro

[ 36

Recheio: Torre a avelã no forno por volta de 5 minutos e para retirar as cascas esfregue-as em um pano de prato. Coloque as avelãs torradas e sem casca em um processador ou liquidificador e bata até formar uma pasta. Em seguida acrescente o leite, o açúcar e o leite condensado e misture bem. Acrescente a Nutella no chocolate ao leite e derreta no micro-ondas. Montagem: Em uma tigela grande coloque água gelada ou em temperatura ambiente e vá esfriando o chocolate derretido como em um “banho maria” ao contrário. Corte as placas de Wafer no tamanho do Kinder Bueno original. Em seguida, pegue as Amanditas e corte ao meio, retire o recheio e coma. Para a receita, só as casquinhas são necessárias. Recheie as casquinhas com o creme de avelã e grude-as no Wafer. Cubra com o chocolate e leve à geladeira por 10 minutos. Sirva a vontade! Fonte: Ana Maria Brógui

]


[ ESPORTES ]

Fim de semana movimentado

S

exta-feira e sábado à noite são, para muitos, sinônimos de festas e vida agitada. É comum planejar entre amigos, ainda durante a semana, qual será a balada do fim de semana, não importando o estilo. Também, pudera: opções não faltam. Seja para quem curte rock’n’roll, sertanejo, samba, música eletrônica, entre outros estilos, a curtição e a paquera são obrigatórias. Mas há quem também prefira aproveitar o fim de semana de modo menos boêmio e, como consequência, mais saudável. Por exemplo, alguns preferem correr logo de manhã, seja no Bosque Maia ou no Parque do Ibirapuera, e essa prática vem ganhando mais e mais adeptos nos últimos tempos. Outros preferem aproveitar a ciclofaixa das avenidas Paulo Faccini e Salgado Filho para desbravar a região central da cidade, desafiar os próprios limites ao completar o circuito ou até mesmo divertir-se com os filhos. Há também quem não abra mão do futebol de fim de semana ou de jogar vôlei com os amigos. E há quem procure por atividades radicais. Esse é o caso do representante comercial Rafael Oliveira, 27, que é adepto do ciclismo. O jovem sempre gostou de pedalar, mas passou um tempo sem se aventurar no esporte e voltou à ativa há três anos, por meio das ciclofaixas. Mas o local ficou limitado para o que ele queria. “As montanhas são ótimas opções, pois você foge do cotidiano paulistano, onde encontramos trânsito e muita poluição. Na modalidade mountain, temos o privilégio de apreciar a natureza, o ar fresco, as cachoeiras, e sem trânsito algum”, relata.

[ 38

]

FUN Por Amauri Eugênio Jr. Fotos Divulgação e arquivo pessoal

LADEIRA ABAIXO, ADRENALINA ACIMA Rafael teve o primeiro contato com trilhas há cerca de dois anos, quando um amigo lhe apresentou a Trilha do Macaco, na Serra da Cantareira. Segundo ele, a trilha é ideal para a prática de downhill – modalidade de descida de montanhas –, pois há mescla do mountain com aspectos do down hill. “Na ocasião, eu não tinha os equipamentos necessários e nem a bicicleta ideal para o esporte, mas a velocidade junto a adrenalina foram o que me atraíram á prática do down hill”, conta, ao ressaltar que o esporte se tornou, sim, parte de sua vida. “Eu procuro ir todos os finais de semana. Quando posso vou aos sábados e domingos, mas quando não, apenas uma vez por final de semana.”

PASSO A PASSO DA TRILHA As trilhas e a descida, que são feitas em grupos de cinco a seis pessoas, são feitas logo na parte da manhã e duram de três a quatro horas. Após o uso de equipamentos de segurança, os praticantes recorrem ao “resgate”, que é um transporte alternativo para se chegar ao topo da montanha. Após isso, a diversão começa: o percurso, de 2,2 km, dura em média cinco minutos. “Dá para fazer de cinco a sete descidas em um dia – mas depende do preparo (risos). Apesar de usar muito pouco o pedal, o esporte exige muito do nosso preparo físico, pois trabalha muito as pernas, os braços e movimentos no corpo em geral”, conta.


[ ESPORTES ]

FUN

EQUIPAMENTOS CERTOS, CORPO SÃO Para a prática do ciclismo down hill, os equipamentos necessários são o capacete (1) – fechado, vale ressaltar –; neck brace (2), que é uma proteção para o pescoço; colete integrado, com ombreira (3), cotoveleira (4) e protetor de coluna (5); luvas (6); joelheiras (7) e tênis de sola reta (8), para haver melhor aderência aos pedais.

3

1

2

4

6

7

5

8

A QUALIDADE DE VIDA, ELA AGRADECE Uma das consequências mais significativas para quem deixa a vida noturna em segundo plano é a mudança de hábito. Para começar, a qualidade de vida é alterada, pois há mais disposição para se aproveitar o fim de semana. “Uma vez que se deixa de acordar de ressaca e se passa a acordar cedo para a prática de esportes, você percebe seu corpo mais ativo e sem preguiça para executar qualquer função que seja no fim de semana”, destaca Rafael, ao dizer que já se divertiu – e muito – ao sair para curtir baladas e afins, mas quando se atinge certa idade, já não faz tanto sentido colocar a saúde em segundo plano. E o esporte entra na história. “Hoje, eu acho muito mais divertido pegar a bike e descer as montanhas do que perder uma noite em uma balada. De modo geral, quando as pessoas entenderem que a prática de esporte só trás benefícios e economia financeira, entenderão o quão mais divertido que [praticar esportes] é (risos)”, destaca.

TOMANDO NOTA Pouco importando qual seja o esporte a ser praticado, a recomendação principal é reconhecer os próprios limites para não haver lesões e, se você aderir ao mountain bike, conhecer os limites da pista é tão importante quanto. Além disso, é fundamental encontrar um esporte com o qual se identifique e, é claro, que lhe proporcione prazer para praticá-lo. “Recomendo, pois a mudança é brutal e imediata. No futuro, o seu corpo agradecerá por sua escolha de hoje”, completa Rafael.

[ 40

]

TERRENO FÉRTIL Confira abaixo alguns locais onde você poderá praticar esportes, não importando qual modalidade. • Bosque Maia. Avenida Paulo Faccini, s/nº, Centro. • Ciclofaixa. Avenida Paulo Faccini (em frente à rua Itaverava, no Macedo) até a avenida Bartolomeu de Carlos (retorno em frente ao Carrefour, na vila Rio de Janeiro). Domingo, das 7h às 16h. • Ciclofaixa do Parque Cecap. Avenida Ministro Evandro Lins e Silva. • Júlio Fracalanza. Rua Joaquim Miranda, 471, vila Augusta. • Parque Ecológico do Tietê. Rua Guirá Acangatara, 70, Engenheiro Goulart, São Paulo. • Parque Ibirapuera. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº, vila Mariana, São Paulo. • Parque Estadual da Cantareira. Rua do Horto, 1.799, Horto Florestal, São Paulo.


[ CINEMA ]

Interestelar

“Interstellar”, EUA, 2014. Dir.: Christopher Nolan. Após ver a Terra consumindo boa parte de suas reservas naturais, um grupo de astronautas recebe a missão de verificar possíveis planetas para receberem a população mundial, possibilitando a continuação da espécie. Ficção. 13h40, 17h10 e 167 min. 12 anos. 14h20, 15h40, 18h, 21h35 20h40. e 22h. Dublado.

Maze Runner Correr ou Morrer

A mansão mágica 3D

“The house of magic”, Bélgica, 2013. Dir.: Ben Stassen e Jérémie Degruson. Após ser abandonado pela família, Trovão encontra abrigo em uma mansão mágica onde vive Leonardo, um senhor de idade que trabalha como mágico e vive rodeado de animais e brinquedos que possuem vida. Porém, nem todos ficam felizes com a sua chegada e o coelho Zeca e a rata Nina planejam uma maneira de expulsá-lo de lá. Até que todos descobrem que o sobrinho de Leonardo deseja vender a mansão para ganhar todo o dinheiro. E com isso, precisam se unir para salvar seu lar das ameaças de Daniel. Infantil. 85 min. Livre. 12h55, 15h10, 17h25 e 19h40. Dublado.

Sessão desconto

Projeto da rede Cinemark ao redor do Brasil (inclusive no Internacional Shopping) em que ingressos das sessões de segunda a sexta com início às 14h custam R$ 6 (R$ 3 a meia-entrada), exceto em feriados. Na programação até 12 de novembro, o filme será “Tim Maia” (ver adiante sinopse).

A Lenda de Oz

“Legends of Oz: Dorothy’s Return”, EUA, 2013. Dir.: Daniel St. Pierre. De volta ao mundo mágico de Oz, Dorothy reencontra seus velhos amigos Homem de Lata, Espantalho e Leão. Com o passar do tempo, ela descobre que todos os habitantes do reino estão correndo risco por causa do malvado Jester. O filme é continuação da história exibida em O mágico de Oz (1939). Aventura, 88 min. Livre. 15h e 19h. Dublado

Alexandre e o dia terrível, horrível, espantoso e horroroso Alexander and the Terrible, Horrible, No Good, Very Bad Day. EUA,

[ 42

]

2014. Dir.: Miguel Arteta. Alexander se descobre em um daqueles dias que dá tudo errado. Ao acordar, se depara com chiclete grudado em seu cabelo. Ao se vestir, tropeça e deixa sua mulher cair na pia cheia de água. É o único entre os seus irmãos que não encontra nenhum prêmio na caixa de cereal, entre tantas outras coisas. No entanto, sua família também se vê em um dia um tanto desastroso quanto o de Alexander e o dia é marcado por acontecimentos ruins. Comédia. 81 min. Livre. 13h20, 15h20, 17h20, 19h20 e 12h45 (dublado). 21h20.

Annabelle

“Annabelle”, 2014, EUA. Dir.: John R. Leonetti. Um casal se prepara para a chegada da primeira filha e compra uma boneca de presente para ela. Anabelle, no entanto, é mal-assombrada. A casa é invadida por membros de uma seita e coisas estranhas e assustadoras passam a acontecer, o que coloca toda a família em perigo. Terror, 99 min. 14 12h20 (sessão exibida nos anos. dias 08 e 09), 13h55, 14h55, 16h20, 17h20, 18h45, 19h45, 21h20, 22h10 e 23h35 (sessão exibida nos dias 07 e 08). Dublado.

Drácula, a história nunca contada

Dracula Untold. EUA, 2014. Dir.: Gary Shore. Essa nova versão do filme do Drácula combina a trama já conhecida com o príncipe Vlad e o Conde Drácula com uma lenda de vampiros. O filme explora Vlad como um herói destruído por uma trágica história de amor em uma era sombria e durante a guerra da Romênia contra os turcos. Ação. 91 14h, 16h, 18h, 20h min. 14 anos. 11h40 (sessão exibida nos e 22h. dias 1 e 2), 13h10, 14h10, 15h30, 16h30, 17h50, 18h50, 20h10, 21h10, 22h30 (sessão legendada) e 23h (sessão exibida nos dias 31 e 1).

Festa no céu

“The book of life”, 2014, EUA. Dir.: Jorge R. Gutierrez. Dividido entre as expectativas de sua família e a sua paixão pela música, Manolo tem de escolher qual caminho seguir. Enquanto tenta se decidir, embarca em uma viagem em três diferentes mundos com os seus amigos Joaquim e Maria. Essa aventura será marcante para a sua decisão final. Infantil. 95 min. Li13h, 17h e 21h. 12h40, vre. 15h05, 17h30 e 20h. Dublado.

Internacional Shopping

“The Mazze Runner”, EUA, 2014. Dir.: Wes Ball. Em um mundo pós-apocalíptico, um jovem é abandonado em uma comunidade formada por garotos que tiveram a memória apagada. Ele se vê preso em um labirinto, onde será preciso unir forças com outros jovens para escapar. Aventura, 113 min. 14 anos. 17h20 e 22h05 (dublado).

Na quebrada

Nacional, 2014. Dir.: Fernando Grostein Andrade. Inspirado em histórias reais, o longa apresenta a luta e as escolhas de jovens que cresceram entre armas, crimes e dificuldades. Zeca sobreviveu a uma chacina. Gerson nunca viu seu pai fora das grades. Mônica é diferente de todos da família. Esses e outros jovens decidiram passar suas histórias de vida através do cinema mostrando que nem sempre o passado determina o seu futuro. Drama. 13h40, 15h40, 92 min. 14 anos. 16h30 e 17h40, 19h40 e 21h40. 22h20 (dublado).

November man, um espião que nunca morre

“The november man”, EUA, 2014. Dir.: Roger Donaldson. Mesmo afastado da CIA, Peter é chamado para mais um caso que precisa enfrentar um adversário treinado por ele mesmo, em uma trama envolvendo o novo presidente da Rússia. Ele precisa resgatar Luc, que está correndo risco de morte. Ao dar início ao seu trabalho, Peter descobre que a situação é ainda mais complicada do que se imaginava. Ação. 108 min. 14 anos. 13h, 15h50 (sessões exibidas nos dias 08 e 09), 18h30 e 21h15. Dublado.

Não pare na pista

Nacional, 2014. Dir.: Daniel Augusto. Cinebiografia de Paulo Coelho

Shopping Bonsucesso

Pátio Shopping Guarulhos


FUN Por Bárbara Cunha Fotos Divulgação

que retrata sua trajetória até tornar-se autor de best sellers, inclusive, o período em que foi parceiro musical de Raul Seixas. Drama, 112 13h e 15h50 (sesmin. 16 anos. sões não exibidas no fim de semana). Sessão replay.

O apocalipse

Left Behind. EUA, 2014. Dir.: Vic Armstrong. Conforme uma profecia bíblica, milhões de pessoas desaparecem misteriosamente e o mundo é tomado pelo caos. Um pequeno grupo de sobreviventes tenta seguir em frente em meio ao cenário desolador. Ação. 110 min. 14h10, 16h50, 19h30 e 12 anos. 22h15 (dublado).

O candidato honesto

Nacional, 2014. Dir.: Roberto Santucci. João Ernesto Praxedes é um político corrupto, candidato à presidência da República e que está à frente nas pesquisas eleitorais. Após uma mandinga da avó, João não consegue mais mentir. A trama discute como um presidente pode ser eleito falando apenas a verdade. Comédia, 102 min. 12 anos. 13h45, 19h, 21h20.

Tim Maia

Nacional, 2014. Dr. Mauro Lima. Importante para a história da música brasileira, Tim Maia é homenageado com esse filme que conta a sua trajetória desde a adolescência, no Rio de Janeiro, onde iniciou a carreira ao lado de Roberto Carlos e Eramos Carlos, até a temporada em que viveu em Nova Iorque, onde teve contato com a música e o movimento negro. A trama é baseada na biografia “Vale tudo – o som e a fúria de Tim Maia”. 14h, 13h, 15h50, 18h40 e 21h30. 17h10, 20h20 e 23h30 (sessão exibida nos dias 07 e 08).

Valente

“Brave”, EUA, 1012. Dir.: Brenda Chapman e Mark Andrews. A jovem princesa Merida não quer saber da vida de realeza, e não gosta nem de pensar em ser apenas mais uma esposa para o filho de algum lorde. Indo contra as tradições e os costumes, desafia seus pais ao perseguir o sonho de tornar-se uma arqueira e, com isso, coloca em risco o reinado de seu pai. Aventu11h35 (sessão ra. 100 min. Livre. exibida nos dias 08 e 09). Dublado.

Made in China

Nacional, 2014. Dir.: Estevão Ciavatta. A vendedora de uma loja de brinquedos decide investigar como os recém-chegados chineses de uma loja próxima vendem mercadorias a preços tão baixos. Em busca de salvar o comércio onde trabalha e manter a sua clientela, ela busca seus concorrentes com a ajuda de seu namorado e de sua companheira de trabalho. Comédia. 98 min. 12 anos. 11h25 (sessão exibida nos dias 08 e 09), 12h50, 13h20, 13h50, 15h15, 15h45, 16h15, 17h40, 18h10, 18h40, 20h05, 20h35, 21h05, 22h30 e 23h (sessão esxibida nos dias 07 e 08)

Na segunda-feira, dia 10 de novembro, o Cinemark no Shopping Internacional de Guarulhos contará com uma programação diferenciada com sucessos do cinema nacional. Confira abaixo os filmes que estarão em cartaz:

Alemão

Dir.: José Eduardo Belmonte Drama. 109 min. 16 anos. 13h10, 15h45, 18h40 e 21h20

Amazônia

Dir.: Thierry Ragobert Aventura. 86 min. Livre. 15h00, 17h40, 20h00 e 22h10

Até que a morte nos separe 2 Dir.: Roberto Santucci Comédia. 102 min. 12 anos. 13h25, 16h10, 18h45 e 21h15

Copa de Elite

Dir.: Vitor Brandt Comédia. 99 min. 14 anos. 13h40, 16h05, 18h30 e 20h55

Crô:

Dir.: Bruno Barreto Comédia. 86 min. 12 anos. 12h45, 15h15, 17h30 e 19h45

Isolados

O candidato honesto

Julio sumiu

Os homens são de Marte... e é pra lá que eu vou

Dir.: Tomas Portella Suspensa. 90 min. 14 anos. 19h40 e 22h05 Dir.: Roberto Berliner Comédia. 99 min. 16 anos. 13h30, 16h00, 18h25 e 20h50

Lascados

Dir.: Vitor Magra Comédia. 88 min. 12 anos. 12h40, 15h10 e 17h25

Made in China

Dir.: Estevão Ciavatta Comédia. 98 min. 12 anos. 12h30

Muita calma nessa hora 2 Dir.: Felipe Joffily Comédia. 90 min. 12 anos. 13h15, 15h30, 18h00 e 20h20

Na quebrada

Dir.: Fernando Grostein Andrade Ação. 92 min. 14 anos 13h20, 16h20, 18h50 e 21h40

Não pare na pista

Dir.: Daniel Augusto 92 min. 14 anos. 12h00 e 17h35

Dir.: Roberto Santucci Comédia. 102 min. 12 anos. 14h10, 16h40, 19h35 e 22h00

Dir.: Marcus Baldini Comédia. 106 min. 14 anos. 14h35, 17h15, 19h50 e 22h20

Rio, eu te amo

Dir.: John Turturro, Fernando Meirelles e José Padilha Romance. 110 min. 12 anos. 14h55 e 20h15

SOS Mulheres ao mar

Dir.: Marcello Airoldi Comédia. 94 min. 12 anos. 12h10, 14h30, 17h00 e 21h30

Tim Maia

Dir.: Mauro Lima Drama. 141 min. 16 anos. 12h50, 15h40, 19h00 e 21h50

Trash – A esperança vem do lixo

Dir.: Stephen Daldry Drama. 115 min. 14 anos. 14h05, 16h45, 19h25 e 22h15


[ AGENDA ]

FUN Por Michele Barbosa Foto : banco de imagem

Trio José 8 de novembro

Palestra de sensibilização Empretec 11 de novembro

Encontro para apresentação de metodologia desenvolvida pela ONU e organizada pelo Sebrae-SP, referentes à turma para o seminário que acontece de 1 a 6 de dezembro. Sebrae-SP – Escritório Regional de Guarulhos. Avenida Esperança, 176, Centro. Inscrições: 2440-1009 ou 0800570-0800. Terça, às 19h.

CULTURA Novembro Negro

Programação em celebração ao Dia da Consciência Negra, com eventos no Centro de Referência da Cultura Negra e Igualdade Racial Xikelela. Informações: 2304-7464. Programação do dia 7: Apresentação Cultural Dança Afro e Jongo - (Associação Educacional e Social Caminhos da Esperança. Rua Joaquina de Jesus, 1560, Taboão. Às 9h30 e 14h30); Oficinas Conversando sobre Racismo e Roda de Capoeira – (Academia de Saúde, Centro de Convivência Cabuçu. Rua Existente, 18 Cabuçu. Às 9h) e Oficina de Penteado Afro e Roda de Conversa – (CAPS. Rua Rafael Colacioppo, 80, Bom Clima. Às 9h).

Sarau no Adamastor 14 de novembro

A AGL (Academia Guarulhense de Letras), em parceria com a Secretaria de Cultura de Guarulhos, promove sarau aberto ao público todas as segundas sextas-feiras de cada mês. Entrada franca. Biblioteca do Adamastor. Avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo. Sexta, às 19h.

Nosotros 15 de novembro

Evento sobre a cultura, música e arte latino-americanas com Julio e Débora D’Zambé e convidados. Será fornecido certificado de participação. Entrada: 1 Kg de alimento não perecível. Informações: 4963-1133/24089762/98539-0135. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Sábado, às 15h.

EVENTO Chegada do Papai Noel 9 de novembro

Evento conta com As Princesas

[ 44

]

para receber o Papai Noel e diversas atrações como um desfile entre as crianças que forem fantasiadas. As melhores fantasias ganham brindes. Entrada franca. Informações: 24899690 ou no site: www.shoppingbonsucesso.com.br Shopping Bonsucesso. Estrada Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5.308,Jardim Albertina. Domingo, às 14h.

1º Workshop Tributário de Guarulhos 14 de novembro

Inscrições abertas. Evento destinado a empresas do setor contabilista instaladas no município. Para se inscrever é preciso enviar ao e-mail gabinetefinancas@guarulhos. sp.gov.br a empresa, o telefone, nome e função. São 80 vagas. Secretaria de Finanças. Avenida Salgado Filho, 886, 5º andar, Centro. Sexta, das 9h às 12h.

O grupo paulista faz um pocket show para apresentar seu recém-lançado disco “PUISIA”. Entrada franca. Informações: 49631133/2408-9762/98539-0135 ou no site do grupo: www.triojose.com. br. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Sábado, às 17h.

Elvis Back 22 de novembro

Show cover em tributo ao cantor Elvis Presley com a banda Elvisback Big Band e Adam Presley, vencedor do Gospel Contest 2014 do evento americano SPEF que elegeu o melhor Elvis cover para participação do campeonato mundial nos EUA. Classificação: livre - Duração: 90 minutos. Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Compra antecipada (até 21/11) paga meia. Vendas: www.ingressorapido. com.br, www.compreingressos.com, www.bilheteriaexpress.com.br. Informações: www.elvisback.com. Teatro da FIG. Av. São Luiz, 315, vila Rosália. Sábado, às 21h.

OPORTUNIDADE Agente de Leitura Até 12 de dezembro

ESPORTE

Programa que seleciona agentes para promoção de atividades literárias (saraus, rodas de leitura, contação de histórias entre outras). Cada agente receberá uniforme, bicicleta e mochila com livros. Idades entre 18 e 29 anos. Remuneração: R$ 350 ao mês. Jornada de trabalho: 25 horas semanais por 12 meses. Informações sobre locais de inscrições: www.guarulhos.sp.gov.br ou 2087-4160.

6ª Corrida Internacional Cidade de Guarulhos 8 de dezembro

Programa Bolsa Social Metodista Até 7 de novembro

A prova é aberta a atletas profissionais e amadores e distribuirá R$ 34 mil em prêmios. Inscrição nos sites: www.minhasinscricoes.com.br e www.runnerbrasil.com.br. Valor: R$ 50. Informações: 2087- 6869 ou 2087- 5850.

MÚSICA Show do Falamansa 7 de novembro

Apresentação do grupo de forró universitário. Ingressos à venda no local de segunda a sexta, das 11h às 20h. Valor: R$ 40 (pista) e R$ 60 (camarote). Abertura da casa: 22h (apresentação prevista para as 2h). Sport Bar Guarulhos. Av. Paulo Faccini, 405.

Programa da Universidade Metodista de Guarulhos de bolsas de estudos. Vestibulandos podem utilizar nota do Enem (2010 a 2013) para participar do programa Bolsa Social Metodista. Solicitações de bolsas apenas via internet. Informações: pologuarulhos@metodista.br, 24869069 e 2486-9446.

Concurso público Até 18 de novembro

São 37 vagas na área da educação. Inscrições pelo site: www.ibamsp. org.br. Informações: www.guarulhos.sp.gov.br ou no telefone da Seção de Gestão e Recrutamento e Seleção da Secretaria de Administração e Modernização pelo telefone 2423-7436/7471.

PALESTRA Ho’oponopono 13 de novembro

Palestra sobre a técnica havaiana de cura interior com o especialista Davi Palma. Será fornecido certificado de participação. Entrada: 1 Kg de alimento não perecível. Informações: 4963-1133/2408-9762/985390135. Espaço Novo Mundo. Avenida Salgado Filho, 1.453, Jardim Maia. Quinta, às 19h30.

SAÚDE Combate a hipertensão e diabetes 7 de novembro

Orientações e testes gratuitos, exceto o de colesterol (R$ 7). Promofarma. Avenida Florianópolis, 477, Jardim Lenize. Informações: 26263978. Sexta, das 8h às 14h.

SOLIDARIEDADE 3ª Campanha de Doação de Sangue 8 de novembro

Campanha promovida pela Experimento Intercâmbio Cultural em parceria com o hospital Stella Maris. Para participar ligue: 4966-5447. Rua Maria Candida Pereira, 549, Itapegica. Sábado, das 8h às 12h30.

TEATRO Círculo das baleias 12 de novembro

A companhia de teatro Pia Fraus apresenta o Teatro Portátil, novo projeto de teatro de bonecos criado para circular o país e nessa primeira temporada conta as aventuras de Jujuba, uma filhote de jubarte. Entrada franca. Bosque Maia. Tenda branca. Avenida Paulo Faccini, s/ nº. Quarta, com apresentações: às 9h, 10h, 14h e 15h30.

UTILIDADE PÚBLICA 39ª Campanha de vacinação para cães e gatos Até 19 de novembro

São 178 postos disponíveis para vacinação que não tem custo. Devem ser vacinados cães e gatos acima de três meses de idade, inclusive as fêmeas em período de gestação ou amamentação. Informações e relação completa dos locais no site: www.guarulhos. sp.gov.br. Das 9h às 16h.


[ advogados ]

[ assistĂŞncia tĂŠcnica ]

[ cursos ]

[ limpeza ]

[ oportunidade ]

[ evento ]

[ fotos ]

[ psicĂłlogas ]


Revista Weekend - Edição 255  

Cadê a água? Guarulhos e o Estado de São Paulo sofrem com a crise no fornecimento de água. O que vem sendo feito para resolver o problema?

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you