Page 1

AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA REGIÃO NO ÚLTIMO MÊS A TRADIÇÃO DA PAÇOCA DE CARNE NO PILÃO

JANEIRO 2016 EDIÇÃO 06

CONFIRA A AGENDA CULTURAL COMPLETA DA REGIÃO

EDIÇÃO ESPECIAL

ITU 406 ANOS 1

UM OLHAR SINGULAR SOBRE A CIDADE


2

Parceiro:


3


SE ITU FOSSE UM KIA, PELA CÂMERA DE RÉ VERÍAMOS COM ORGULHO NOSSO PASSADO.

4

COM OS FARÓIS DE XENON ILUMINARÍAMOS NOSSO GRANDE FUTURO.

23 ANOS DE BRASIL

/kiamotorsbrasil /kiamotorsbrasil

/kiamotorsbrasil /kiamotorsbrasil


www.kia.com.br 0800 77 11011

HOMENAGEM DA KIA AOS 406 ANOS DE ITU.

5

Todos juntos fazem um tr창nsito melhor.


Parabéns Itu! A Academia Tem Esportes tem orgulho em crescer junto à cidade e ser a academia com a maior infra-estrutura da região. Venha conhecer nossa qualidade! 11 4013-0884

6

Rodovia Marechal Rondon - km 104,5 (no Plaza Shopping Itu) - Jardim Paraíso I - Itu/SP contato@temesportes.com.br www.temesportes.com.br


Georgia Bernardo Photography

Em breve Plaza Shopping Itu - Loja 68 11 4013.1059 | 11 9.7212.7722 Nova coleção

7

chocolatycompimenta chocolatycompimenta


CARTA AO LEITOR

UMA VISÃO SINGULAR SOBRE ITU Roma Brasileira, Berço da República, Berço do Barro Paulista, Cidade onde tudo é grande. Estes são apenas alguns dos títulos pelos quais Itu é conhecida. A cidade fundada por Domingos Fernandes ainda reserva mistérios e novidades tanto na perspectiva histórica quanto na atual realidade. Nosso novo trabalho exibe um panorama de acontecimentos que ficaram adormecidos ou quase invisíveis pelas gerações durante esses 406 anos. Desde sua fundação em 1610 até seu processo de transformação e desenvolvimento no Brasil Colônia, sua religiosidade e curiosidades sobre alguns pontos turísticos podem ser apreciados nessa edição. Novamente primando pela inovação e diferenciação, nossa circulação inicia-se antes de “assoprarmos velinhas” no dia 02 de fevereiro. Com isso, é possível revivermos e celebrarmos a data com toda a riqueza e importância que a cidade possui no contexto nacional. Nas páginas a seguir, passado e presente se encontram de uma forma singular. Acompanhe as principais informações do último mês e pautas sobre o que de melhor existe hoje, na nossa região. Completa, dinâmica e moderna. Como podem notar, nossa mais nova publicação está incrível e merece um lugar especial em seu acervo. Em nome de toda equipe, agradeço o grande interesse por parte de leitores e parceiros de trabalho com a elaboração das novas edições que crescem e se aperfeiçoam mensalmente. Ótima leitura e um excelente ano!

DIREÇÃO Gabriel Miloco Barbosa gabriel@editoram.com.br DIREÇÃO DE ARTE Núbia Prevelatto nubia@editoram.com.br JORNALISMO Jornalista Responsável: Érica Gregório | MTB 54369 redacao.revistasingular@gmail.com O conteúdo desta edição foi produzido por Parla Assessoria. ATENDIMENTO 11 2715-7609 editoramerkattus@gmail.com DISTRIBUIÇÃO Gratuita nas cidades de Itu, Salto e Porto Feliz TIRAGEM 10.000 exemplares PARA ANUNCIAR 11 2715-7609 11 9 7631-6336 editoramerkattus@gmail.com

GABRIEL MILOCO Diretor

A reprodução total ou parcial da Revista Singular somente será possível com a autorização por escrito. As informações contidas nos anúncios são de total responsabilidade dos anunciantes, bem como os artigos são de responsabilidade de seus autores. A Revista Singular não expressa nenhuma forma de opinião. A Revista Singular é uma publicação da Editora Merkattus.

8

EDIÇÃO 06 | ANO I | JANEIRO 2016 Revista Singular |

@revistasingular |

revistasingular

NOSSA CAPA Foto tirada por Juca Ferreira. Agradecimento: Fábio Grizoto.


9


10


11


Divino, como você!

2016 Matrículas

Infantil | Fundamental I e II | Médio Pré-vestibular

12

Qual imagem você quer eternizar? Estamos preparados para ajudar os seus filhos a construírem não só uma imagem bonita, mas divina, repleta de significados. Nossa educação é diferenciada porque temos infraestrutura planejada e moderna, ambiente acolhedor, equipe qualificada, sistema apostilado COC e proposta educativa com recursos pedagógicos que propiciam uma formação humana, ética e cristã.

www.divinoitu.com.br | 4013-6570


13


ÍNDICE

AS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA REGIÃO NO ÚLTIMO MÊS A TRADIÇÃO DA PAÇOCA DE CARNE NO PILÃO

JANEIRO 2016 EDIÇÃO 06

CONFIRA A AGENDA CULTURAL COMPLETA DA REGIÃO

71 EDIÇÃO ESPECIAL

ITU 406 ANOS UM OLHAR SINGULAR SOBRE A CIDADE

16

66

O MÊS

16

As principais notícias que marcaram a região no último mês

PERSONA

24

Entrevista com o nome que é sinônimo de gol: Luiz Paulo Leme, mais conhecido como Django

MATÉRIA DE CAPA

30

Um olhar singular sobre Itu

GASTRONOMIA

46

Paçoca de carne no pilão

24

30

ARQUITETURA

53

Ambiente integrado e estilo jovem em projeto da Taguá Arquitetura + Design

NEGÓCIOS

58

Jantar gourmet na sua casa

RADAR GASTRONÔMICO 62 Confira as principais referências que você não pode deixar de provar

46

ARTIGO

64

O hábito de estudar... sempre!

SOCIAL

66

Fique por dentro dos principais eventos que movimentaram a região

14

CULTURA Programação completa sobre cinema, teatro e eventos

71


Viver na cidade de Itu é bom, fazer parte dela é melhor ainda! Há 10 anos a Baroneza Noivas e Festa tem prazer e orgulho em fazer parte da cidade mais charmosa do interior! Uma cidade que se destaca pelo grande crescimento de seu comércio, não poderia trazer resultados diferentes: crescemos juntas! E só temos a agradecer por isso.

Obrigada Itu! Homenagem da A Baroneza Noivas e Festa ao aniversário de 406 anos da Cidade de Itu.

Rua Madre Maria Theodora,701, Centro - Itu/SP 11 4013-3461 | 11 2429-1846 | 11 95577-4308 abaronezanoivas abaronezano vas |

@abaronezanoivas @abaronezano vas | www.baronezanoivas.com.br 15


O MÊS

O MÊS Divulgação

Confira os acontecimentos que foram destaque na região durante o último mês

IPTU 2016 Carnês de IPTU podem ser retirados na Prefeitura Os moradores de Itu que não receberam o carnê do IPTU podem retirá-lo no térreo do Centro Administrativo Municipal, no setor de Cadastro Imobiliário, na Avenida Itu 400 Anos, 111, Itu Novo Centro. Outra alternativa é imprimir a segunda via pelo site www.itu.sp.gov.br, no link cidadão, segunda via IPTU.

Divulgação

No total a Prefeitura de Itu, por meio da Secretaria Municipal de Economia e Finanças, emitiu 63.822 carnês.

Os isentos do pagamento são os munícipes que possuem imóveis pertencentes a aposentados, pensionistas e suas viúvas, desde que comprovem o recebimento de, no máximo, três salários mínimos mensais e que possuam um único imóvel, desde que usado como residência própria, com área de construção limitada até 200m². Com o recebimento do pagamento do IPTU a Prefeitura de Itu tem a expectativa de arrecadar aproximadamente R$ 63 milhões.

ITUANO Adidas vestirá o Galo

16

A Adidas será a fornecedora de material esportivo do Ituano Futebol Clube em 2016. A empresa alemã, que já assina os uniformes de Palmeiras, Sport, Fluminense e Flamengo, estampará sua logomarca na camisa e no uniforme de treino do Galo rubro-negro. Com essa nova parceria, a Adidas substitui a Kanxa, que, há quase quatro anos, configurava como fornecedora de material esportivo do time ituano.


Sergio Massom

O MÊS

JOGO BENEFICENTE Estrelas fecham o ano no Novelli Júnior Os times dos Amigos do Juninho Paulista e Amigos do Goleiro Aranha foram os protagonistas do jogo de futebol beneficente que aconteceu no dia 13 de dezembro, no estádio Novelli Junior. Com vários gols, a partida terminou em 12 a 9 para a equipe do Juninho Paulista, mas quem ganhou foram as entidades assistidas pela Funssol (Fundo Social de Solidariedade), para a qual foram destinados os litros de leite arrecadados. Entre as estrelas, estiveram os ex-jogadores Cafu, Denilson, Aranha, Caio Ribeiro, Gilmar, além do próprio manager do Ituano FC, Juninho Paulista. Na preliminar, os veteranos do Galo entraram em campo e relembraram os velhos tempos, sempre em clima de amizade.

Divulgação

SAÚDE Prefeitura estende horário de atendimento das UBS Com o objetivo de aumentar o número de atendimentos diários e garantir o acesso de pessoas que trabalham em horário comercial aos serviços oferecidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), desde o último dia 4 de janeiro, a Prefeitura de Itu, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, estendeu o horário de funcionamento de cinco UBS. A partir de agora, as UBS Alberto Gomes, Jardim União São Judas Tadeu, Rancho Grande, Bairro Brasil e Cidade Nova) funcionarão das 7h às 19h. Vale destacar que a UBS 15, localizada no Potiguara, já funcionava com o horário estendido.

17

Entre os serviços ofertados nas UBS estão consultas de Clínica Médica, Pediatria, Odontologia (em algumas UBS), Ginecologia e Obstetrícia. Os locais oferecem ainda, serviços de curativo, retirada de pontos, aplicação de injeção, nebulização, imunização, pré-natal, coleta de material para exame laboratorial, exame papanicolau, vigilância epidemiológica de doenças transmissíveis e encaminhamento para consultas especializadas.


O MÊS

O MÊS Divulgação

Confira os acontecimentos que foram destaque na região durante o último mês

BOM VIZINHO Projeto da Polícia Militar visa inibir invasões a residências vazias O 50º Batalhão de Polícia Militar do Interior, que atende as cidades de Itu, Salto, São Roque, Mairinque, Araçariguama, Porto Feliz, Tietê e Jumirim, anunciou a implantação do projeto “Vizinho Vigilante”. O projeto tem objetivo de inibir invasões a residências em que seus proprietários estão ausentes no período de férias. Para participar, os moradores que pretendem viajar devem procurar a corporação que cobra a área onde se encontra sua casa ou fazer o cadastramento via telefone. O solicitante receberá um folder com conselhos úteis que possibilitam a prevenção de furtos. Deverá ser preenchida uma planilha constando seu nome, endereço, nome de um vizinho para contato e seu endereço. De posse do endereço do vizinho, durante o período de ausência do morador, policiais militares, em ronda pelo bairro, manterão contato com a pessoa indicada, a qual também receberá orientações e, caso perceba qualquer movimentação estranha na residência do cadastrado, acionará a Polícia Militar, através do fone 190. Em Itu, as unidades da PM que podem ser contatas são: 1º Companhia PM, telefone 40225006, no Bairro Brasil, e 5ª Companhia PM, telefone 4019-1020, na Cidade Nova.

DENGUE Cidades da região estão em alerta devido ao aumento de casos A dengue é uma grande preocupação em todo o país, pois o mosquito transmissor é o mesmo do zica vírus e da chicungunya. Itu e Salto tem aumentado os agentes que fazem a fiscalização em casas por toda a cidade.

18

Em Salto, os proprietários de terrenos que estiverem sujos e com locais propícios para água parada serão multados a partir de 01 de fevereiro. Vale a pena lembrar que é essencial a todos que monitorem regularmente os imóveis que possuem para evitar água parada. O combate à dengue só é eficaz quando todos fazem o trabalho de prevenção.


TV Tem

O MÊS

TEMPO

PRIMEIRA RODADA SÁB - 23/01/16

WILSON BELON 14:00 MEC X SKOL BOLL Chuvas fazem o Rio Tietê transbordar novamente em Salto EGÍDIO CORSI 15:00 JD. EUROPA X ALBERTO GOMES As chuvas do fim de semana do dia 10 de janeiro Rio Tietê em SISMI 15:00 GRÊMIOfez o X REALtransbordar ITU BELON quantidade 16:00 POMBAL pet Xpara uma U. GAMA Salto, trazendo WILSON uma grande de garrafas rua da cidade.

DOM - 24/01/16 O trecho é o mesmo que foi invadido por uma espuma cinza que tomou conta da WILSON BELON 08:45 TABAJARA BOTA CHOPP Avenida 24 de Outubro, na Vila Teixeira, em novembro deX 2015. EGÍDIO CORSI SISMI WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI

ESPORTE

08:45 08:45 10:45 10:45 10:45

A Copa Secom de Futebol Amador 2016 movimenta equipes amadoras e varzeanas do futebol de Itu. A iniciativa é do Secom - Sindicato dos Comerciários de Itu e Região, que organiza e realiza a competição.

WILSON BELON WILSON BELON EGÍDIO CORSI EGÍDIO SISMI CORSI SISMI WILSON BELON WILSON BELON EGÍDIO CORSI EGÍDIO SISMI CORSI SISMI

08:45 08:45 08:45 08:45 08:45 08:45 10:45 10:45 10:45 10:45 10:45 10:45

SÁB - 23/01/16 SÁB - 23/01/16 MEC X

14:00 15:00 15:00 16:00

WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI

08:45 08:45 08:45 10:45 10:45 10:45

MEC JD. EUROPA JD. EUROPA GRÊMIO GRÊMIO POMBAL DOM POMBAL - 24/01/16

X X X X X X X

TABAJARA AMÉRICA AMÉRICA CIDADE NOVA CIDADE NOVA JUVENTUS JUVENTUS PALESTRA FAIXAPALESTRA DE GAZA FAIXA DE GAZA

X X X X X X X X

DOMTABAJARA - 24/01/16 X

KANA BENFICA

X

X X X X

TABAJARA CIDADE NOVA PALESTRA AMÉRICA

X X X X X X

JD EUROPA FAIXA DE GAZA SKOL BOLL JUVENTUS GRÊMIO POMBAL

DOM - 31/01/16 REAL ITU MEC NOVO ITU PORTAL DO EDEN ALBERTO GOMES SÃO JOSÉ

SÁB - 13/02/16

SKOL BOLL SKOL BOLL ALBERTO GOMES ALBERTO REAL ITU GOMES REAL ITU U. GAMA U. GAMA

WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI

14:00 15:00 15:00

U. GAMA MEC AMÉRICA

X X X

SÃO JOSÉ NOVO ITU TABAJARA

WILSON BELON

16:00

GRÊMIO

X

JD. EUROPA

BOTA CHOPP BOTA CHOPP BENFICA BENFICADO EDEN PORTAL PORTAL DO EDEN KANA KANA SÃO JOSÉ SÃO JOSÉ NOVO ITU NOVO ITU

WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI

08:45 08:45 08:45 10:45 10:45 10:45

ALBERTO GOMES PORTAL DO EDEN BOTA CHOPP FAIXA DE GAZA POMBAL JUVENTUS

X X X X X X

REAL ITU KANA BENFICA SKOL BOLL PALESTRA CIDADE NOVA

TABAJARA CIDADE NOVA TABAJARA

DOM - 14/02/16

19

SÁB -BENFICA 30/01/16 X

BENFICA KANA U. GAMA BOTA CHOPP

TERCEIRA RODADA

SEGUNDA RODADA SEGUNDA RODADA SÁB - 30/01/16 WILSON BELON 14:00 EGÍDIO CORSI 15:00 WILSON BELON 14:00

BENFICA PORTAL DO EDEN KANA SÃO JOSÉ NOVO ITU

SÁB - 30/01/16 WILSON BELON EGÍDIO CORSI SISMI WILSON BELON

PRIMEIRA RODADA PRIMEIRA RODADA 14:00 14:00 15:00 15:00 15:00 15:00 16:00 16:00

X X X X X

SEGUNDA RODADA

Copa SECOM de Futebol Amador 2016

WILSON BELON WILSON BELON EGÍDIO CORSI EGÍDIO SISMI CORSI SISMI WILSON BELON WILSON BELON

AMÉRICA CIDADE NOVA JUVENTUS PALESTRA FAIXA DE GAZA


Foto: Juca Ferreira

Não existe nada melhor que a casa da gente!

Parabéns Itu, pelos seus 406 anos.

20

Obrigada Itu, por acolher a F HAUS Imóveis e desta forma tornar possível a realização do nosso sonho, que é fazer com que muitos corações batam mais forte com a compra de um imóvel.


21


CROSS TRAINNING E TREINAMENTO FUNCIONAL PROF. GABRIEL FERRO

Nossa meta de 2016 é te ajudar com as suas. Uma vida mais saudável e disposta, melhorar sua autoestima, emagrecer, definir e superar desafios a cada dia. Se esses são seus objetivos, pode contar com a SNATCH.

AGENDE SUA AULA EXPERIMENTAL WHATSAPP 11.94124.8449

22

RUA MARIA DE LOURDES ARRUDA 82 ITU NOVO CENTRO

contato@snatchitu.com.br @snatchitu /snatchitu 4024-3529


23


PERSONA

SINÔNIMO DE GOL Em Itu e no Brasil, o nome de Django é sinônimo de gol. O que talvez poucos saibam é que o centroavante, que encerrou a carreira em 1991, tem muita história para contar, não esconde o orgulho de ser ituano e ainda vê no futebol uma verdadeira paixão

24 24

C

onversar com Luiz Paulo Lemes por duas horas, e condensar todo o conteúdo em algumas páginas de entrevista, é um grande desafio. Bom, talvez o Luiz Paulo não tenha muito a dizer, mas, certamente, o Django, (apelido pelo qual se tornou conhecido e que o acompanhou durante toda a bem-sucedida carreira como jogador de futebol e goleador) tem muita história para contar. Nascido em Itu, Django, cujo apelido foi criado pelo amigo Luizão Cavachini ainda na infância, em virtude de brincadeiras com cavalo de pau, conviveu com o pai até os 6 anos, foi criado praticamente pelas duas irmãs, reencontrou os outros cinco meio-irmãos somente há alguns meses e ainda se emociona ao falar de futebol.

“No futebol, ganhar ou perder é coisa do jogo. O que não se concebe é não suar a camisa, não se entregar para o time”, diz o ex-atleta de 57 anos, que defendeu vários clubes do Brasil, jogou no exterior e, ainda hoje, é considerado o maior artilheiro da história do Ituano, com 147 gols. Django iniciou a carreira profissional no antigo Ferroviário Atlético Ituano em 1978, depois de dois anos jogando no semiprofissional dos times do Vera Cruz (também de Itu) e do Portofelicense. Na edição especial da Singular para o aniversário de Itu, o presente é uma entrevista exclusiva com o ex-jogador e eterno artilheiro, que fala sobre carreira, armadilhas do futebol e, claro, sobre a cidade onde nasceu e ainda mora.


S.: Careca, ex-centroavante do São Paulo, Guarani e da Seleção, dizia que, para um centroavante, não marcar gols era terrível, mesmo quando o time ganhava. Isso é fato? D.: Para mim, sim. Nunca fui um jogador de marcar muitos gols por jogo, mas mantinha uma constância, e isso fazia com que me destacasse. Sempre marcava um ou dois gols. A função do centroavante é marcar gol, se ele passa em branco, é ruim. Claro, isso está mudando, assim como muita coisa no futebol brasileiro. Mas, na minha época, a gente era muito cobrado, e se cobrava bastante também. S.: Você teve duas experiências no Ituano: uma de 1978 a 79, e outra, no seu auge, de 1984 a 1986. Fale sobre essas duas fases. D.: Veja, em 1978 cheguei no Ituano e fiz alguns amistosos. Joguei mesmo em 1979, quando disputamos a Terceira Divisão da época e fui artilheiro. Quase nos classificamos, perdemos por detalhe. Tivemos 10 vitórias, 6 empates e duas derrotas. Meu primeiro jogo como profissional foi contra o XI de Agosto de Tatuí, e fiz um gol de falta. Aliás, alguém na arquibancada conseguiu fazer uma foto excelente minha, na qual posso ser visto saindo para comemorar, e, ao fundo, a bola entrando. Eu consegui essa foto. No ano seguinte, fui para o União Barbarense, onde joguei por dois anos, e, em seguida, me transferi para o Primavera de Indaiatuba, onde fiz grandes amigos também. Em 1982, fui artilheiro da “Segundona” com 28 gols. Já quando voltei, em 1984, passei o meu melhor momento no Ituano, totalizando 147 gols entre jogos oficiais e amistosos. Marquei, inclusive, dois gols de bicicleta, sendo um de fora de área.

S.: Fale um pouco sobre sua passagem pelo futebol alemão. Como foi a adaptação, já que o alemão tem fama de ser um povo mais fechado e jogar um futebol mais duro? D.: Fui muito bem recebido na Alemanha. Em 1987, eu estava jogando pelo Paissandu de Brusque (SC) e recebi a proposta do VFB Remscheid. Saí do Rio com um calor de 33ºC e cheguei na Alemanha com -5ºC.Foi um choque. Idioma e alimentação também foram duas coisas difíceis no início. Contudo, depois de seis meses, estava mais ambientado e também fiz amigos. Tive o suporte de uma família de lá, que me ajudou bastante. Quando vim embora, eles choraram muito, foi emocionante. O futebol alemão é mais duro, mas eles jogam limpo. Isso também vem mudando e, hoje, a seleção alemã joga bem diferente. Na minha época, havia poucos estrangeiros lá; entre os brasileiros, somente eu e o Tita, que jogava no Bayer Leverkusen. Havia ainda limitação de estrangeiros; no Remscheid, os únicos estrangeiros éramos eu e um jogador polonês. S.: E dentro de campo?... D.: Me saí bem. Acabei entre os ídolos da torcida. Contudo, o mais curioso é que o momento mais marcante de que me lembro foi, justamente, o jogo em que perdemos de 6 a 1 para o Duisburg. Inclusive, fui expulso na partida, apesar de estar jogando bem e ter feito gol. Caminhei para o vestiário e esperava pelo pior, já que tínhamos sofrido uma goleada. Porém, os jogadores vieram me cumprimentar, elogiando meu desempenho na partida. Se fosse aqui, a coisa seria bem diferente (risos). S.: Em 1989, ano do primeiro acesso do Galo, você não jogava aqui. Como foi assistir a esse momento especial de fora? D.: Torci para o pessoal, claro. Eu havia deixado o Capivariano e estava jogando pelo ABC de Natal na época, mas acompanhei de longe a final contra da Ponte Preta. S.: O encerramento de carreira sempre é um momento complicado para o atleta. Como foi para você pendurar as chuteiras e quais as dificuldades foram encontradas? D.: É um tipo de morte mesmo. Os holofotes mudam. Foi difícil. Minha sorte é que encerrei

a carreira em 1991, mas, em 1994, voltei a trabalhar com futebol na Secretaria de Esportes. Depois, fui para o Guarani Saltense e para o Avenida, ambos de Salto. Hoje, trabalho como treinador em um projeto na Cidade Nova. Infelizmente, a maioria dos jogadores não consegue lidar com isso. Noventa porcento dos jogadores brasileiros são pobres; mesmo os que ganharam dinheiro, perdem depois que param, se não tiverem apoio e estrutura. S.: Você viveu um momento complicado em virtude do alcoolismo. Hoje, você fala no assunto sem tabus. Por favor, comente mais sobre esse período doloroso de sua vida. D.: Sempre bebi socialmente, mas, depois que parei de jogar, realmente passei a beber demais. Uísque e vodka, principalmente. Se não fosse Deus e minha família, sobretudo minha esposa Márcia e meus três filhos Trevor, Pedro Gabriel e Stephan, teria sido complicado. Felizmente, mesmo quando bebia, eu não fazia mal a eles, somente a mim mesmo. Hoje, estou oito anos sem beber, mas não faço promessas de como será o futuro; enxergo cada dia como uma vitória. Não tenho nenhum problema em falar sobre isso porque, primeiro, sempre fui muito transparente; depois, nossa história pode servir de exemplo. E, se eu puder ter sido bom exemplo para as pessoas, já é ótimo. S.: Falando em exemplo, são poucos os jogadores que fazem história em seus clubes de origem, ainda mais quando esse clube pertence à cidade em que nasceu. Como é ter essa relação com o Ituano e sua torcida? D.: Sou um felizardo. Tenho sorte. Fui homenageado e hoje tenho portas abertas no Ituano. O mesmo aconteceu no Primavera, no Guarani Saltense e no Santa Cruz. Acho que isso acontece porque sempre fui sério, profissional. Claro, não era santo, sempre disse o que pensava. Mas nunca tive atrito com árbitro ou treinador. Nunca precisei levar puxão de orelha por indisciplina. Também procurei me esforçar, fazer o máximo e honrar a camisa do clube a que eu estava representando. S.: Por favor, deixe uma mensagem a Itu e ao Galo Ituano nesta edição especial. D.: Itu cresceu muito, mudou demais, e espero que continue crescendo. É a cidade em que nasci e onde vivo. Nunca esqueci minhas raízes. Quanto ao Ituano, acho que o clube vem passando por uma nova fase que começou com o Oliveira Junior e, agora, com o Juninho, que é um rapaz super sério. O time perdeu para o Linense a Copa Paulista porque deixou o título escapar em casa. Penso que o futuro do Ituano será bom; torço para isso.

25 25

S.: É curioso que você também é ídolo no Santa Cruz de Recife, é verdade? D.: Sim, o pessoal de lá gosta muito de mim. Em 1983, me transferi do Primavera para o Santa Cruz de Recife, onde vivi alguns dos melhores momentos de minha carreira. No início, a imprensa de Pernambuco olhou

minha contratação com desconfiança; fazia oito anos que o time não ganhava títulos e eles me conheciam pouco. No final, não fiz tantos gols assim, somente 12 na temporada, mas joguei bem e marquei nos clássicos. Lá, a rivalidade entre Sport, Náutico e Santa Cruz é enorme. Na final, fui o último a cobrar pênalti contra o Náutico, e o “Santa” foi campeão. Também fui duas vezes autor do Gol do Fantástico da Rede Globo.

PERSONA

SINGULAR: Você esteve ligado à mística da Camisa 9 na década de 80. Ela sempre acompanhou sua carreira? Django: Sempre. Joguei um tempo como porta-esquerda antes de atuar no profissional do Ituano, mas, no Ferroviário (Atlético Ituano) vesti a 9 e não tirei mais. Na década de 80, o Moura (Nápoli, jornalista) fez uma brincadeira no jornal, me chamando de Djangol. Isso pegou também, e uso essa marca até hoje. Claro, tudo seria muito diferente se tivesse o suporte de empresário e marketing como os jogadores de hoje. Para você ter uma ideia, eu mesmo cuidava de minha vida financeira, não tinha intermediário.


26


27


SILVANA CARVALHO ASSESSORIA IMOBILIÁRIA CRECI: 19.404-J

O

Edifício Residencial Villa Positano é composto por 24 apartamentos de 2 70m , com 2 dormitórios, sendo 1 suíte, e possuem um amplo living integrado à cozinha americana. Cada apartamento tem direito a 1 vaga de garagem, além do espaço gourmet, área comum do condomínio e portaria 24 horas e vagas de garagem para visitantes.

SILVANA CARVALHO

ASSESSORIA IMOBILIÁRIA TENHA SEMPRE O MELHOR PARA VOCÊ!

SILVANA CARVALHO VISITE O APARTAMENTO DECORADO ASSESSORIA IMOBILIÁRIA

EM NOSSO PLANTÃO DE VENDAS:

Avenida José Carlos Massoco, 455 – Bairro Pinheirinho – Itu/SP Unidades disponíveis para venda e locação (Incluso IPTU e Condomínio). Consulte-nos!

(11) 2396-1280 | (11) 9.5836-0388 28

Plantão telefonico aos sábados, domingos e feriados

www.silvanacarvalho.com.br


C 100 M 80 Y 30 K 50 C 0 M 60 Y 100 K 50 C 0 M 0 Y 0 K 100

R 20 G 35 B 80 R 235 G 125 B 35 R0 G0 B0

C 0 M 0 Y 0 K 100

29


ESPECIAL ITU 406 ANOS 30

Os 406 anos de Itu escondem uma história que se tornou invisível para a maioria, mas que colabora para enriquecer a herança deixada pelos antepassados que ajudaram na construção de sua fama, e para a interpretação da atualidade.


ESPECIAL ITU 406 ANOS

R

oma Brasileira, Berço da República, Berço do Barroco Paulista, Cidade onde tudo é grande. Estes são apenas alguns dos títulos (antigos e novos) pelos quais Itu é conhecida. Porém, a cidade, que assopra velinhas no dia 2 de fevereiro, guarda muitos fatos e histórias que poucos conhecem – muitos desses episódios derrubam alguns mitos e títulos pelos quais a cidade é destacada; outros agregam um rico valor a histórias que vêm sendo passadas de geração a geração. A Revista Singular convida para uma viagem no tempo e nos mitos para mostrar que, sob camadas de tinta, poeira e história, há uma Itu desconhecida - e que merece ser lembrada.

31

UM POUCO DE HISTÓRIA Itu foi fundada por Domingos Fernandes, bandeirante paulista, em 1610. Do nome inicial de Maniçoba (nome dado ao vilarejo construído antes da fundação oficial da cidade para a catequese dos índios), o vilarejo sofreu com os ataques indígenas, mas sobreviveu. Ainda no século 17, ganhou os nomes de Utu-guaçu (Grande Queda d´água) e da corruptela, Ytu-Guaçu, até se tornar, simplesmente, Itu. Até aí, trata-se de uma história de conhecimento da maioria dos ituanos. O vilarejo cresceu, tornouse uma vila pobre cujo principal objetivo era servir de passagem às tropas que, de Itu, partiam para o sertão paulista. Contudo, tudo mudou com a chegada do ciclo da cana-de-açúcar.


ESPECIAL ITU 406 ANOS 32

DA CANA À RIQUEZA Com o desenvolvimento da cultura da cana-de-açúcar no Brasil Colônia, o crescimento e a prosperidade chegam à vila de Itu. O açúcar, e não o café, como muitos pensam, foi a real locomotiva para o enriquecimento dos barões e fazendeiros ituanos nos séculos 18 e 19, o ouro negro, como era conhecido o café na época, só se desenvolveria em Itu na segunda metade do século 19, e, ainda assim, nunca atingiu o mesmo status econômico na cana-deaçúcar. “Itu estava em uma região bem peculiar da Província de São Paulo na época. Apesar de ser uma província muito pobre, esta região, em particular, crescia na contramão da tendência local. Vale lembrar que, entre os séculos 18 e19, a riqueza estava no Nordeste devido ao açúcar, e não em São Paulo”, lembra Fábio Grizoto, turismólogo e apaixonado pela história de Itu, sobretudo, sobre o eixo religioso do município. É justamente Grizoto que nos guia por um verdadeiro tour sobre as peculiaridades da história ituana – e, acreditem, há muitas camadas de fatos escondidos sobre aquilo que enxergamos como a Itu moderna. URBANIZAÇÃO Andar pela Itu atual é fazer um exercício de equilibrar o antigo e o moderno. Prédios históricos, como o da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária, dividem o protagonismo do cenário urbano com fios de eletricidade, carros de última geração, transeuntes e demais elementos da vida pós-moderna. Todo esse agito típico do século 21 esconde um design urbano extremamente curioso e peculiar, sobretudo, no que tange às ruas principais do centro histórico. Duvida? Façamos um exercício de memória e observação, e, certamente você nunca mais passeará pelo centro da cidade com a mesma visão.


ESPECIAL ITU 406 ANOS

Rua do Comércio foi alargada, permitindo justamente o acesso à estação. “Basta ver que, até um trecho, a Rua Floriano é estreita. Depois, a partir do cruzamento com a Rua Barão do Rio Branco, ela fica mais larga; isso, justamente porque o novo trecho é mais moderno, e foi construído posteriormente para dar acesso à nova estação de trem”, explica Grizoto. ROMA? A religiosidade e os ricos templos sempre estiveram diretamente associados ao povo ituano, que guarda, entre seus orgulhos, o título de Roma Brasileira. É fato que a presença de algumas das principais ordens religiosas na vila e na cidade colaborou para o desenvolvimento econômico e cultural de Itu. Mas a forte ligação com a Igreja Católica também ajudou a cunhar alguns mitos, e influenciou decisivamente na trajetória do município. A força da Igreja e das ordens religiosas foi um dos temas do discurso do Cardeal Arco Verde em sua passagem pelo Colégio São Luís, dirigido pelos jesuítas. Ele ficara impressionado com o poder da Igreja em Itu e chamou-a então vila de “A Roma Brasileira”. “Ou seja, o título não tem ligação com a religiosidade do povo ituano ou beleza das Igrejas”, frisa Grizoto. Outro fato que ilustra o poder da Igreja em Itu está, justamente, nos dois mais famosos colégios da cidade: o Colégio São Luís, dos jesuítas, e o Colégio das Irmãs de São José. Particularmente referindo-se ao Colégio São Luís, a instituição foi local de estudo de personalidades de Itu e de várias regiões da província.

33

Peabirus - O termo, de origem indígena, pode ser desconhecido para a maioria. Mas foi dos peabirus (picadas, ou, ainda, trilhas) usados pelos índios que os bandeirantes e colonizadores portugueses traçaram o esboço do cenário urbano das vilas e de suas respectivas ruas. Em Itu, isso também é verdadeiro. “Os índios traçavam rotas lógicas que ligavam regiões da província e que tinham como referência majoritariamente o acesso ao rio Tietê”, explica Grizoto. O turismólogo exemplifica o que diz. “Por exemplo, poucos se atentam a isso, mas se sairmos da Casa do Bandeirante, no bairro do Butantã, em São Paulo, e viermos em linha reta, passaremos pelos municípios de Itapevi, Santana do Parnaíba, Araçariguama (onde a estrada tem o nome sugestivo de Estrada Imperial), sairemos na estrada do Pau D’alho, que era a antiga interligação ente São Paulo e Itu, e rota usada pelos índios que margeava o Rio Tietê”, ilustra. Há outros exemplos bem debaixo de nossos olhos. As Ruas Paula Souza e Barão do Itaim também se originaram dos chamados peabirus. Onde hoje se localiza a Igreja do Bom Jesus também há uma rota que bifurca, levando para as cidades de Porto Feliz ou Salto, nas quais havia acesso ao Rio Tietê. Contorno - O contorno urbano de Itu também influenciou no modo de vida das pessoas – e no nome das ruas. Por exemplo, a famosa e antiga Rua Direita ganhou esse nome porque ficava à direita da Matriz Nossa Senhora da Candelária, construção mais imponente da vila na época. A vocação da Floriano Peixoto para centro comercial é antiga, uma vez que, há dois séculos, o local era chamado de Rua do Comércio. Outro detalhe invisível aos olhos de muitos ituanos é que o design moderno esconde o traçado original da Rua 7 de Setembro. Estreita, essa rua prosseguia ao lado da Igreja Santa Rita, e, justamente pelo seu tamanho, tinha o nome de Beco do Fuxico. Além disso, as vias urbanas de Itu sempre foram idealizadas com um motivo claro; desde os índios e seus peabirus, essas vias tinham como objetivo dar acesso (ida e vinda) a pontos estratégicos de entrada e saída da vila, ou a construções de referência na época, como o Colégio do Carmo ou o Colégio dos Franciscanos, que delimitavam os pontos extremos da cidade. Mais tarde, com a inauguração da Estrada de Ferro em 1873, a


ESPECIAL ITU 406 ANOS 34

ORDENS Ainda sobre Itu e suas ordens religiosas, vale salientar que os principais templos da cidade escondem uma história sem igual - dividida entre aquela que se pode ver e o que está escondido sob camadas de tinta e madeira. Três das principais igrejas locais (Matriz de Nossa Senhora da Candelária, Carmo e Bom Jesus) datam da mesma época (século 18) e, dessa forma, dividem o mesmo estilo arquitetônico, que remete ao barroco paulista. Ao contrário dos estilos barrocos predominantes em Minas Gerais e Bahia, em São Paulo, as construções primavam por ter uma fachada simples, e um interior luxuoso. Dos exemplos citados, apenas a Igreja de Nossa Senhora do Carmo manteve a fachada original. Matriz - Poucos sabem, mas a Igreja de Nossa Senhora da Candelária já teve três locais em Itu: o primeiro, quando da construção da primeira capela, em 1610; a segunda, no atual Coreto da Praça da Matriz, onde ficou de 1659 a 1780; e, por fim, no local atual. A construção da Igreja em sua última versão também está envolta em curiosidades. Dizem os boatos que o padre João Leite Ferraz de Arruda, que era proprietário da Fazenda Paraíso e Monsenhor em Itu, tivera um sonho no qual ele estava imerso em um tacho de melado ao fogo; no sonho, o padre era acusado de cuidar mais dos bens materiais do que espirituais. Desesperado, e depois de verificar que outros de seus colegas haviam tido o mesmo sonho, padre João Leite Ferraz de Arruda iniciara o projeto de construir uma nova igreja, no local da atual Matriz. Construiu uma olaria em suas posses e, todos domingos, após o término da celebração, os fiéis realizavam uma procissão até a olaria e traziam sobre as cabeças as enormes e pesadas telhas. A imagem de Nossa Senhora da Candelária (ou das Candeias, ou, ainda, Nossa Senhora da Luz ou Nossa Senhora da Purificação) também guarda curiosidades. Nela, vemos Nossa Senhora segurando uma vela. O ato faz alusão à tradição judaica, segundo a qual a mulher, após dar a luz, tornava-se impura, e tinha que banhar-se no rio e entrar no templo segurando uma vela. O próprio templo da igreja, considerada um dos maiores patrimônios do barroco paulista, guarda suas surpresas. As atuais obras de restauração estão desvelando vários fatos curiosos e pitorescos; um deles é sobre os materiais usados no templo. Tipicamente, foi usada madeira pintada com revestimento de prata nas colunas (e não ouro), que servia como base para dar o acabamento metalizado ao verde e vermelho, que, originalmente, ornamentavam as colunas salomônicas. Por que prata? “Supostamente porque, na época, e em nossa região, o ouro era mais comum do que a prata e, portanto, esta tinha um valor maior”, destaca Grizoto. Nas laterais, sob as telas, há pinturas que narram cenas do Antigo Testamento, e, nas telas, estão ilustradas passagens do Novo Testamento e da vida de Cristo. Ainda nas paredes laterais, feitas de taipa-pilão, há pinturas que simulam os azulejos portugueses.


Faça sua reserva! 11 4013-9000 | 11 96447-0613 www.hotelkk.com.br

Aproveite sua estadia em nossos novos apartamentos no terraço! Estrutura constantemente renovada para atendê-lo com excelência e oferecer sempre o melhor custo beneficio, conforto e qualidade em atendimento.

• Café da manhã e jantar, inclusive para não hóspedes;

Café da manhã, estacionamento e internet inclusos na diária. •

Localização privilegiada, no centro histórico de Itu e próximo ao shopping; •

• 72 apartamentos, com TV LCD 26” ou 32”;

Apartamentos com ar condicionado split, frigobar e mais de 100 canais NET HD;

• Internet via fibra óptica grátis;

www.hotelkk.com.br |

Hotel KK

35

Rua Presidente Kennedy, 48 - Centro - Itu/SP - CEP 13300-083 Tel.: 11 4013-9000 | hotelkk@hotelkk.com.br


ESPECIAL ITU 406 ANOS 36

Carmo haviam chegado à cidade. Matriz - Poucos sabem, mas a Igreja Um ponto interessante a ser observado no de Nossa Senhora da Candelária já teve Carmo é que, apesar de suas imagens e de suas três locais em Itu: o primeiro, quando da pinturas originais remeteram às características construção da primeira capela, em 1610; do Barroco Paulista (ou seja, imagens com a segunda, no atual Coreto da Praça da expressões pesarosas, que relembram dor, Matriz, onde ficou de 1659 a 1780; e, culpa e sofrimento), o teto possui uma pintura por fim, no local atual. viva e festiva, de autoria de Jesuíno do Monte A construção da Igreja em sua última Carmelo. Nela, se vê Nossa Senhora com Elias versão também está envolta em e Eliseu, cercada de anjos à frente de um céu azul (que, possivelmente, não esteja hoje nos tons originais). curiosidades. Dizem os boatos que o “É um contraste interessante”, diz Grizoto. “Mario de Andrade, quando visitou Itu, chamou a cena de ‘Arraiá no céu’.” padre João Leite Ferraz de Arruda, que era proprietário da Fazenda Paraíso e Monsenhor Itu, -tivera um osonho no Santa emRita Talvez templo qual mais ele estava imerso em um tacho querido dos ituanos, a Igreja de melado ao fogo; de Santa Rita no foi sonho, erguidao padre pelos era acusado de cuidar dos bens comerciantes, ao mais contrário das materiais do que espirituais. Desesperado, igrejas maiores, que contaram com e depois de verificar que outros de seus dinheiro dos ricos proprietários de colegas haviam tido o mesmo sonho, terra. Outro detalhe interessante é padre João Leite Ferraz de Arruda iniciara que originalmente a igreja ficava o projeto de construir uma nova igreja, no fora dos limites conhecidos da vila, local da atual Matriz. o que caracteriza a falta de relação com as famílias poderosas. Construiu uma olaria em suas posses e, todos domingos, após o término da Além disso, Santa Rita, que dá celebração, os fiéis realizavam uma procissão até a olaria e traziam sobre as nome à igreja, não havia sido cabeças as enormes e pesadas telhas. convertida a Santa no século 18 (o A imagem de Nossa Senhora da Candelária (ou das Candeias, ou, ainda, Nossa que viria a acontecer somente em Senhora da Luz ou Nossa Senhora da Purificação) também guarda curiosidades. 1900). Contudo, gozava de grande Nela, vemos Nossa Senhora segurando uma vela. O ato faz alusão à tradição devoção na Europa, devoção esta judaica, segundo a qual a mulher, após dar a luz, tornava-se impura, e tinha que que fora trazida para o Brasil. Ou banhar-se no rio e entrar no templo segurando uma vela. seja, quando foi erguida, a Igreja O próprio templo da igreja, considerada um dos maiores patrimônios do barroco de Santa Rita homenageava paulista, guarda suas surpresas. uma santa que não havia sido As atuais obras de restauração estão desvelando vários fatos curiosos e canonizada ainda. pitorescos; um deles é sobre os materiais usados no templo. Tipicamente, foi Por fim, quem observar o altar da usada madeira pintada com revestimento de prata nas colunas (e não ouro), igreja notará uma imagem de São que servia como base para dar o acabamento metalizado ao verde e vermelho, Roque. Isso se justifica devido a que, originalmente, ornamentavam as colunas salomônicas. Por que prata? um terrível surto de febre amarela “Supostamente porque, na época, e em nossa região, o ouro era mais comum que dizimou a população de muitos do que a prata e, portanto, esta tinha um valor maior”, destaca Grizoto. vilarejos da região. Os ituanos Nas laterais, sob as telas, há pinturas que narram cenas do Antigo Testamento, trouxeram a imagem de São Roque e, nas telas, estão ilustradas passagens do Novo Testamento e da vida de Cristo. (santo ligado à cura) para dentro da Igreja como forma de proteger a Ainda nas paredes laterais, feitas de taipa-pilão, há pinturas que simulam os vila da epidemia. azulejos portugueses.

ESPECIAL ITU 406 ANOS

Igreja do Carmo - Com a fachada mais fiel ORDENS ao projeto a Igreja de religiosas, Nossa Senhora Ainda sobreoriginal, Itu e suas ordens vale salientar que os principais templos da cidade escondem uma história sem igual - dividida do também entreCarmo aquela que se podetinha, ver e onas que paredes, está escondido sob camadas de tinta e madeira. telas que simulavam tábuas e que traziam Três das principais igrejas locais (Matriz de Nossa Senhora da Candelária, Carmo e Bom Jesus) datam da mesma época (século 18) e, pinturas semelhantes à da Igreja Matriz. Tais dessa forma, dividem o mesmo estilo arquitetônico, que remete ao barroco paulista. pinturas foram retiradas em 1920 devido ao Ao contrário dos estilos predominantes envelhecimento e faltabarrocos de manutenção. Na em Minas Gerais e Bahia, em São Paulo, as construções primavam por ter uma fachada simples, e um interior luxuoso. Dos exemplos época, os padres holandeses da Ordem docitados, apenas a Igreja de Nossa Senhora do Carmo manteve a fachada original.


37

Santa Rita - Talvez o templo Bom Jesus - A construção da Igreja do bom Jesus teve três mais querido dos ituanos, a Igreja etapas importantes. No local onde a de Santa Rita foi erguida pelos Vila de Itu se iniciara, foi construída comerciantes, ao contrário das uma nova capela em 1765. igrejas maiores, que contaram com Posteriormente, a Igreja passou por dinheiro dos ricos proprietários de reformas e por alteração – e nas terra. Outro detalhe interessante é obras-primas estampadas em seu que originalmente a igreja ficava interior. fora dos limites conhecidos da vila, o que caracteriza a falta de relação “Podemos dividir as fases da Igreja com as famílias poderosas. do Bom Jesus em três, com base nas obras de eu altar-mor: 1940, Além disso, Santa Rita, que dá quando a Igreja passou por uma nome à igreja, não havia sido restauração; século 19, data em convertida a Santa no século 18 (o que seu interior foi decorado com que viria a acontecer somente em uma pintura azul muito forte e 1900). Contudo, gozava de grande formas geométricas; e século 18, devoção na Europa, devoção esta quando tinha imagens de santos que fora trazida para o Brasil. Ou pintados em suas laterais do forro seja, quando foi erguida, a Igreja da capela-mor”, explica Grizoto. BERÇO DA REPÚBLICA reunião preliminar ocorridadeem Santa São Paulo, qual o próprio Ritana homenageava José Vasconcelos de Almeida Prado (dono da casa onde sido hoje Talvez um dos títulos mais conhecidos de Itu seja o de Berço uma santa que não havia funciona o Museu Republicano) sugeriu, GÊNIO MULATO da República. É fato que, em 18 de abril de 1873, a cidade canonizada ainda.por conveniência, fora escolhida para ser sede da primeira grande reunião dos que o encontro entre os nomes preeminentes do Está em Padre Jesuíno do Monte Carmelo uma das figuras ilustres e, pensamento talvez, Por fim,mais quem observar o altarmais da republicanos, quando se lançaram as bases para a criação do republicano acontecesse sua notará residência. injustiçadas da história de Itu. Gênio do Barroco, estudou em no Brasil e na Europa, e foi capaz de igreja uma imagem de São PRP - Partido Republicano Paulista. criar um estilo único – que mescla e ousa, por exemplo, imagens tradicionais do Barroco com Ao contrário do que muitasRoque. pessoas Itu não era um Issopensam, se justifica devido a ilustrações totalmente Contudo, longe de ser um grande centro republicano, a cidadeautorais. grande berço republicano. Aum terrível surto uma de febre cidade possuía grandeamarela cultura foi estrategicamente escolhida como Na sede da do “convenção” que dizimou população dediferente muitos açucareira, mesmo na metade século Igreja Carmo e na Igreja do Patrocínio, nossegunda corredores, háadotelas que,19,apesar de por um motivo mais pragmático: em 17envelhecidas, de abril de mostram 1873, foisantos carmelitas vilarejos região. Os ituanos de Piracicaba e Campinas (estas, sim,dareparar bastante ligadas ao café) pintados por Jesuíno; quem verá, na cena em inaugurado o trecho da Companhia Ytuana trouxeram a imagem de Sãoummesmo Roque Sorocaba (ligada à cultura do algodão). Além disso, que de SãoEstrada Simãode deFerro Stock (inglês)e recebe o escapulário de Nossa Senhora do Carmo, santo - aliás, a única construída com capital quase que exclusivamente (santo ligado à cura) para dentro da os teria republicanos daqui peculiaridades, elas, obraço fato de pele mulata – que, em teoria, a fisionomia detinham seu filho. Já São Joãoentre da Cruz, da cidade de Itu. Igreja como Por forma de aa serema fisionomia majoritariamente escravocratas, e,sua portanto, contrafoi direito de Santa Tereza D’Ávila, de ganhou do próprio artista. vez,proteger a santa vila da epidemia. retratada à imagem da filha maisabolição. nova de Jesuíno. A escolha de Itu como sede da reunião foi definida em uma

ESPECIAL ITU 406 ANOS

ESPECIAL ITU 406 ANOS

Patrocínio - Falar da Igreja de Nossa Igreja do Carmo - Com a fachada mais fiel Senhora do Patrocínio e não citar ao projeto original, a Igreja de Nossa Senhora padre Jesuíno no Monte Carmelo do Carmo também tinha, nas paredes, é uma tarefa impossível. O padre, telas que simulavam tábuas e que traziam que fora leigo e tivera quatro filhos, pinturas semelhantes à da Igreja Matriz. Tais ordenou-se tardiamente, e, ao retornar pinturas foram retiradas em 1920 devido ao a Itu acompanhado pelo padre e futuro envelhecimento e falta de manutenção. Na regente do Império, Diogo Feijó, tinha época, os padres holandeses da Ordem do o objetivo de fundar uma nova ordem Carmo haviam chegado à cidade. religiosa no Brasil. Contudo, diante da Um ponto interessante a ser observado no impossibilidade, a pretensa sede da Carmo é que, apesar de suas imagens e de suas nova ordem acabou sendo ocupada pinturas originais remeteram às características por uma ordem de mulheres – que do Barroco Paulista (ou seja, imagens com ainda não existia no país. Fora a época expressões pesarosas, que relembram dor, em que as irmãs de São José para culpa e sofrimento), o teto possui uma pintura cá vieram – inicialmente, estariam viva e festiva, de autoria de Jesuíno do Monte sob a tutela de Madre Maria Basília, Carmelo. Nela, se vê Nossa Senhora com Elias prematuramente falecida, fora e Eliseu, cercada de anjos à frente de um céu azul (que, possivelmente, não esteja hoje nos tonsque, originais). substituída Madre Maria Theodora “É um contraste interessante”, diz Grizoto. “Mario de Andrade, quando visitou Itu, chamou a cena de ‘Arraiá por no céu’.” de Voiron.


38


39


ESPECIAL ITU 406 ANOS 40

Bom Jesus - A construção da Igreja do bom Jesus teve três etapas importantes. No local onde a Vila de Itu se iniciara, foi construída uma nova capela em 1765. Posteriormente, a Igreja passou por reformas e por alteração – e nas obras-primas estampadas em seu interior. “Podemos dividir as fases da Igreja do Bom Jesus em três, com base nas obras de eu altar-mor: 1940, quando a Igreja passou por uma restauração; século 19, data em que seu interior foi decorado com uma pintura azul muito forte e formas geométricas; e século 18, quando tinha imagens de santos pintados em suas laterais do forro da capela-mor”, explica Grizoto. BERÇO DA REPÚBLICA reunião preliminar ocorrida em São Paulo, na qual o próprio José Vasconcelos de Almeida Prado (dono da casa onde hoje Talvez um dos títulos mais conhecidos de Itu seja o de Berço funciona o Museu Republicano) sugeriu, por conveniência, da República. É fato que, em 18 de abril de 1873, a cidade GÊNIO MULATO fora escolhida para ser sede da primeira grande reunião dos que o Carmelo encontro uma entre das os nomes Está em Padre Jesuíno do Monte figuras preeminentes mais ilustres do e, pensamento talvez, mais republicanos, quando se lançaram as bases para a criação do republicano acontecesse injustiçadas da história de Itu. Gênio do Barroco, estudouem no sua Brasilresidência. e na Europa, e foi capaz de PRP - Partido Republicano Paulista. criar um estilo único – que mescla e ousa, por imagens tradicionais Ao contrário do exemplo, que muitas pessoas pensam,do ItuBarroco não eracom um totalmente Contudo, longe de ser um grande centroilustrações republicano, a cidadeautorais. grande berço republicano. A cidade possuía uma grande cultura foi estrategicamente escolhida como Na sedeIgreja da do “convenção” açucareira, mesmo na metade século diferente Carmo e na Igreja do Patrocínio, nossegunda corredores, hádotelas que,19,apesar de por um motivo mais pragmático: em 17envelhecidas, de abril de 1873, foi de Piracicaba e Campinas (estas,quem sim, reparar bastanteverá, ligadas ao café) mostram santos carmelitas pintados por Jesuíno; na cena em inaugurado o trecho da Companhia Ytuana (ligada à cultura do algodão). Além disso,um mesmo quede SãoEstrada SimãodedeFerro Stock (inglês)e Sorocaba recebe o escapulário de Nossa Senhora do Carmo, santo - aliás, a única construída com capital quase que exclusivamente os teria republicanos daquidetinham peculiaridades, elas, obraço fato de pele mulata – que, em teoria, a fisionomia seu filho. Já São Joãoentre da Cruz, da cidade de Itu. serema majoritariamente escravocratas, portanto, direito de Santa Tereza D’Ávila, de ganhou fisionomia do próprio artista. Pore,sua vez, a contra santa foia retratada à imagem da filha maisabolição. nova de Jesuíno. A escolha de Itu como sede da reunião foi definida em uma

ESPECIAL ITU 406 ANOS

Patrocínio - Falar da Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio e não citar padre Jesuíno no Monte Carmelo é uma tarefa impossível. O padre, que fora leigo e tivera quatro filhos, ordenou-se tardiamente, e, ao retornar a Itu acompanhado pelo padre e futuro regente do Império, Diogo Feijó, tinha o objetivo de fundar uma nova ordem religiosa no Brasil. Contudo, diante da impossibilidade, a pretensa sede da nova ordem acabou sendo ocupada por uma ordem de mulheres – que ainda não existia no país. Fora a época em que as irmãs de São José para cá vieram – inicialmente, estariam sob a tutela de Madre Maria Basília, que, prematuramente falecida, fora substituída por Madre Maria Theodora de Voiron.


GASTRONOMIA E BARES

SERVIÇOS

Águas de Itu

Açaidera

Alpha Pneus Auto Center

Boteko Let’s Go! Auto Posto Loureiro

Butecu’s Santa Tereza

CHAVEIRO JC

Banca Prado e Chaveiro JC

China Cook Eclipse Sport

LAVA RÁPIDO

Luiz XV

Kampai Sushi

Lava Rápido Luiz XV

Nósmesmos Produções Artísticas

Parabéns Itu! O Unicenter parabeniza a cidade pelos 406 anos de existência, e se orgulha em fazer parte desta história.

Confrades Bier Shop

Los Chilangos Café y Tekila

Pão de Açúcar

11 4024.0026 | 11 4024.1174 Av. Prudente de Moraes, 210 - Vila Nova - Itu/SP 41

contato@unicenteritu.com.br | www.unicenteritu.com.br


ESPECIAL ITU 406 ANOS

OH, HÔME!!!...

Se, por muitas décadas, a televisão foi o meio mais rápido para se tornar nacionalmente conhecido, nenhum artista aproveitou tão bem esse amado veículo de comunicação para divulgar a cultura caipira como Francisco Flaviano de Almeida. Não conhece? Ok, então, talvez, você conheça Simplício, nome artístico pelo qual o humorista, nascido em Itu em 5 de outubro de 1916, ficou conhecido. Apesar de ter ganhado maior popularidade nos anos 80, “quando interpretou por quase 20 anos o menino de fala caipira que trajava a camisa do Ituano Futebol Clube e sempre assustava Carlos Alberto de Nóbrega com o bordão “Oh, home!!!...”, a carreira de Simplício no rádio e na tv é longa”. Tudo começou quando Francisco despertou seu interesse pela arte através do circo. Antes, havia trabalhado como pipoqueiro, engraxate e vendedor de lanche. Foi no circo, nas palhaçadas do picadeiro, que conheceu Manuel da Nóbrega (pai de Carlos Alberto) que o levou para o rádio. Posteriormente, trabalharia com Manuel na Praça da Alegria, na extinta TV Tupi, sempre encarnando tipos caipiras. Foi nessa época, quando foi trabalhar na TV Globo, que Simplício imortalizou a fama de Itu como a cidade dos exageros, ou onde tudo é grande, interpretando o caipira simplório, que adorava contar vantagem sobre sua terra natal. Simples

Certo, Simplício era um personagem, como tantos outros

tipos engraçados que Francisco interpretou em sua longa carreira artística, até falecer em 14 de fevereiro de 2004, 12 dias após o aniversário de Itu (dia 2 de fevereiro). Contudo, a ligação de Francisco com Simplício vai além. Segundo ele próprio afirmara, tal apelido lhe fora dado no circo, devido ao seu jeito simples. Ele também nunca negou sua origem interiorana, e foi, ao lado de Mazzaropi, um dos principais artistas a divulgar a cultura do interior do estado de São Paulo. Imortal

Simplício faleceu aos 87 anos, mas seu legado é imortal. Além de tornar Itu nacionalmente conhecida como a “cidade onde tudo é grande”, a memória e o espírito do artista também podem ser encontrados no cotidiano da cidade: no Orelhão e no Semáforo da Praça da Matriz, e, mais recentemente, na Praça dos Exageros, inaugurada em 23 de agosto de 2012, na qual ganhou uma escultura em tamanho ampliado.

42

HERANÇA SINGULAR: O VARVITO

O velho e o novo. O histórico e o moderno, que está sendo construído. Seja qual for o olhar que você deseje pousar sobre Itu, irá encontrar referências interessantes que justificam (mais do que bem justificado!) os parabéns à cidade no dia 2 de fevereiro. Contudo, uma das principais


esta região do subcontinente sul-americano. Preservação

O Parque Geológico do Varvito foi criado em 1995 justamente para preservar esse imensurável patrimônio. Além de sua estrutura rochosa, o parque conta, em sua infraestrutura modera, com anfiteatro, trilhas e áreas de exposição permanentes. Por vários anos, também foi palco de atrações do Festival de Artes, na época do saudoso maestro Eleazar de Carvalho.

ESPECIAL ITU 406 ANOS

singularidades do município, além de seu eternizado patrimônio barroco e sua história, está sob seu solo. Isso mesmo. Um dos principais legados de Itu ao Brasil e ao planeta não pode ser visto, pois está abaixo (muito abaixo) de nossos pés: as camadas rochosas sedimentares que os moradores de Itu e os turistas podem ver de perto no Parque Geológico do Varvito. Localizado onde antes funcionava uma antiga pedreira, o Parque do Varvito encerra um dos maiores patrimônios geológicos da América Latina e do mundo. Lá, o varvito pode ser visto em sua composição original: camadas sobrepostas em lâminas que representam intervalos específicos de tempo (ou seja, de eras geológicas). Segundo estudiosos, o varvito e suas camadas sedimentares (ou formadas por sedimentos) têm origem na Era Glacial, há cerca de 300 milhões de anos, quando uma extensa camada de gelo cobriu

Entre as atrações do Parque do Varvito, que podem ser curtidas por ituanos e turistas, estão também Cascata do Antanho, a Praça do Eco, Lago dos Fósseis, Vereda dos Seixos, Trilha Bentônicos, Gruta Lágrima do Tempo, Bosque dos Matacões e o Lago Jurássico. Atualmente, o Parque do Varvito funciona de terça a domingo, e está aberto à visitação gratuita das 8h às 17h.

VOCÊ SABIA? Quando se analisa a história de Itu por um ângulo singular, muitas peculiaridades podem ser encontradas. Aqui vão mais algumas delas:

Washington Luís (que, curiosamente, era carioca, mas casado com uma ituana) criou e inaugurou o Museu Republicano em Itu; o local, até hoje, funciona como um “braço” do Museu do Ipiranga de São Paulo – este, também remodelado por ele e transformado em um museu de história com foco na figura do bandeirante.

O Mercado Municipal de Itu, inaugurado em 1905, e um dos primeiros do gênero no Brasil, foi concebido numa época bastante conturbada no município, literalmente dividido em uma briga política entre Jagunços e Maragatos.

Por muito tempo (e até hoje) comentou-se de um suposto túnel que ligaria os Colégios São Luís ao Colégio das Irmãs de São José. Supostamente, o túnel servira para encontros clandestinos entre padres e freiras. Tal existência, no entanto, nunca foi comprovada. 43

Você sabia que o mito em torno da Convenção Republicana só ganhou força com Washington Luís? O político, na época, governador do estado de São Paulo (e que viria a ser presidente) criou o mito do orgulho bandeirante e da figura dos bandeirantes como desbravadores e criadores do formato atual do Brasil.


Temos imóveis residenciais e comerciais. Além de ofertas de terrenos nos principais condomínios da região.

Compra e venda de imóveis residenciais de todos os padrões, terrenos, áreas industriais e comerciais, áreas rurais, chácaras, sítios e fazendas Locações e Administrações Perito e Despachante Imobiliário Assessoria Registral e Notarial Departamento Jurídico

44

Veja mais ofertas no site: www.brasilimoveisitu.com.br Ou entre em contato através dos telefones abaixo: (11) 4013-5414 - (11) 9.7024-5410


ELLUS . DRESS TO . LEVIS . BEAGLE . E MAIS

LIQUIDA VERÃO ATÉ

70% OFF

ATÉ 10 DE FEVEREIRO, OU ENQUANTO DURAREM OS ESTOQUES. 11 4013-1463 | R. SANTA CRUZ, 1063 - CENTRO CONTATO@JEANSSTORE.COM.BR 45

WWW.JEANSSTORE.COM.BR


GASTRONOMIA

PAÇOCA DE CARNE NO PILÃO É SABOR E TRADIÇÃO Receita de família une cultura e sabor em prato que virou tradição na cidade de Itu. Tradição da família Arruda, a Paçoca de Carne preparada no Pilão é uma iguaria de origem indígena e foi incorporada ao cardápio dos colonizadores do Brasil no período da exploração territorial. Difundido na cultura caipira, rapidamente chegou ao interior dos Estados brasileiros, agregando-se à cultura local. Na família Arruda, proprietária do Camping das Pedras, localizado na Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, sentido Itu-Cabreúva, este é um prato familiar. “Esta receita tem gosto de infância para nós. O modo de preparo foi repassado de geração para geração”, explica a Maria Ester de Arruda Japur, a Teca, responsável pelo Restaurante das Pedras. A receita, apesar de simples, carrega em seu preparo o segredo de ser tão especial. “A base é a carne seca, maminha e farinha de milho. Porém, socar os ingredientes em um pilão é a técnica para dar ao prato este sabor tão especial”, explica Teca. “Algumas pessoas colocam os ingredientes no liquidificador ou mixer, mas o resultado não é o mesmo”, acrescenta. Quando o restaurante foi inaugurado, em 1983, não houve dúvidas quanto à inserção da receita no menu. “Muitos clientes e amigos frequentam o restaurante buscando a iguaria, que é servida com banana nanica, dando ainda mais genuidade à receita”, indica Teca.

46

1kg de maminha assada

3 copos de óleo de soja

Sal a gosto

MARIA ESTER DE ARRUDA JAPUR, A TECA Administra o Restaurante das Pedras há 33 anos

500g de carne seca

1kg de farinha de milho branca

4 cebolas picadas


GASTRONOMIA

Fotos: Rodrigo Terassan

MODO DE PREPARO

Cortar as carnes em pedaços similares e juntar com os demais ingredientes, socando-os aos poucos no pilão. P a r a finalizar, sirva com uma banana nanica.

47

Junto da Paçoca no Pilão, servida todos os finais de semana e feriados no Restaurante das Pedras, fazem parte do cardápio a leitoa a pururuca, cuscuz paulista, mandioca e polenta fritas, entre outros, além de vasta mesa de saladas e saborosas sobremesas com ares caipiras. “Nestes 406 anos da cidade de Itu, servir e saborear um prato típico é uma justa homenagem”, finaliza.


5704.3286 11 9.9655.7324 11 9.9629.5567 11

RODÍZIO DE CARNES E PIZZAS!

48

Rodovia do Açúcar, Km 26 - Itu/SP bifedetira@gmail.com


11

4022.3211

grillhallpaineiras@yahoo.com.br Rodízio de carnes todos os dias no almoço e no jantar!

Rodízio de Carnes Rodízio de Pizzas Buffet Frutos do Mar Sobremesas

Rodízio de pizzas todas as noites! das 18h às 23h

49

Av. Doutor Ermelindo Maffei, 734 (em frente ao Wallmart) - Itu/SP


O im贸vel certo para voc锚!

50

(11) 4013-3131

Av. Adolfo Augusto Pinto | 207 | Itu Novo Centro | Itu/SP rpsimoveisitu.com.br | atendimento@rpsimoveisitu.com.br


LIQUIDA

até

50 %

* Produtos da linha tem que ter e colecione não participam da promoção

51

PLAZA SHOPPING ITU | Tel: 11 2429.8707 @anacapriplazaitu


ARQUITETURA

AMBIENTE INTEGRADO, ESPÍRITO JOVEM

F

luidez, praticidade, espírito jovem. Esta casa de dois pavimentos foi pensada para um jovem casal com um filho de cinco anos. Espaços abertos, integrados, neutros, bem iluminados e ventilados e a madeira como protagonista do cenário todo. “Quisemos deixar a casa o máximo possível aberta para o jardim, por motivos de ventilação, iluminação natural e conforto visual. O jardim vertical que fica em uma das laterais da casa, afastada 2,35m do muro nesse trecho, se integra completamente com o todo. O revestimento do piso em pedra portuguesa, traz uma sensação maior de conforto e acolhimento. Você pode estar no jardim e na casa ao mesmo tempo, sem barreiras. Isso devido às grandes portas de correr em vidro”, explicam os arquitetos Mariana Rotta e Thiago Brugnolo, da Taguá Arquitetura + Design. “A integração se dá não apenas ao fato de não haver divisão entre os ambientes da sala, home office, cozinha e gourmet, mas além disso, para dar unicidade, resolvemos utilizar o mesmo piso na área social toda do térreo, um porcelanato em tom cinza em formato grande de 80x80cm”, contam. O jardim dos fundos, agraciado com a sombra de simpáticas bananeiras, bem ao estilo descolado do casal, serve muito bem às brincadeiras do filho pequeno e

do cachorrinho Lotus, seu companheiro. O terreno de 250m² não impediu o ótimo aproveitamento do espaço: a casa possui dois corredores externos nas laterais, sendo que a maioria das casas do condomínio onde está localizada encostam em pelo menos uma das laterais no muro. Ainda há um bom espaço nos fundos, onde a moradora pretende construir um anexo, que será a academia da família. “Ao mesmo tempo que a casa é contemporânea e jovem, o acabamento em madeira cumaru na fachada e lareira, trouxe a sofisticação e identidade que buscávamos para este projeto”, identificam. O estilo de vida hoje é diferente do de antigamente aqui no Brasil. As famílias querem estar mais juntas fazendo todo tipo de atividade, por isso a integração de ambientes, principalmente da parte social da casa, é tão importante hoje em dia. “A ideia da casa compartimentada, cheia de paredes, está aos poucos sendo deixada de lado. Portanto, a convivência foi fator de extrema importância nesse projeto”, finalizam os arquitetos.

52

TAGUÁ ARQUITETURA + DESIGN 11 4529-0652 Av. São Paulo, 622 - Unicenter - Sala 13 1º andar - Bairro do Jacaré - Cabreúva/SP Taguá Arquitetura | @tagua.arq


PRODUTOS PADRONIZADOS, EXCLUSIVOS, SOB MEDIDA E ACESSÓRIOS EM ALUMÍNIO

Praticidade

DURABILIDADE Beleza

Garantia CONHEÇA NOSSA REVENDA

CASA DO

PERFIS, CANTONEIRAS, BARRAS CHATAS, TUBOS, VERGALHÕES, CHAPAS, TARUGOS E ACESSÓRIOS PARA ESQUADRIAS E VIDROS TEMPERADOS.

TUDO EM ALUMÍNIO. ATENDEMOS INDÚSTRIAS, CONSULTE-NOS!

(11) 4022-5531

53

www.casadoaluminioitu.com.br Rua José Rodrigues de Moraes, 519 Jardim São José - Itu/SP

R

PERFIS E ESQUADRIAS EM GERAL


Publicaremos mensalmente perguntas e respostas sobre dúvidas que trabalhadores têm sobre direitos trabalhistas INTRODUÇÃO E as mulheres podem fazer horas extras? Sim, mas será obrigatório um descanso de quinze minutos mínimo, antes do início do período extraordinário do trabalho. O empregador pode exigir que o empregado faça horas extras? Sim, nos casos de necessidade comprovada da empresa. E a prorrogação só poderá ser de duas horas diárias? Não. Em casos excepcionais poderá o empregador requisitar a força de trabalho do empregado por quatro horas, além da jornada normal de oito horas. E esse direito conferido ao empregador de exigir trabalho extraordinário pode ser exercido sempre? Não. Somente nos casos de necessidade imperiosa, seja para fazer face ao motivo de força maior, seja para atender à realização ou conclusão de serviços inadiáveis ou cuja inexecução possa acarretar prejuízo manifesto. É devido adicional sobre estas horas? Nos casos de excesso de horário por motivo de força maior, remuneração da hora excedente deverá ser feita com o mesmo valor do das horas normais de trabalho. Nos demais casos, a remuneração será no mínimo de 50% ao da hora normal ou o adicional previsto em Convenção Coletiva de Trabalho. O que é força maior? É um acontecimento inevitável e imprevisível para o qual o empregador não contribui e que afeta, diretamente, a empresa.

54

A duração normal do trabalho e suas prorrogações são aplicáveis a todos os empregados? Não. Há trabalhadores que exercem profissões cujo serviço é externo, sem controle de horário, como vendedores, mas esta condição de trabalho externo tem de ser anotada na CTPS e no registro de empregados. E no trabalho realizado em turnos ininterruptos de revezamento? Nesse tipo de atividade, a jornada máxima é de seis horas, admitindo exceções quando em decorrência de negociações coletivas.

E os empregados que trabalham como operadores de telemarketing? Para eles fica estabelecida a jornada de seis horas de trabalho por dia ou trinta e seis horas semanais. Conforme a Norma Regulamentadora nº 17, item 5.3, do Ministério do Trabalho e Emprego, o intervalo para repouso e alimentação deve ser de 20 (vinte) minutos, que deverão ser concedidos em 02 (dois) períodos de 10 (dez) minutos contínuos. Para tempos de trabalho efetivo de teleatendimento/telemarketing de até 04 (quatro) horas diárias, deve ser observada a concessão de pausa de descanso contínua de 10(dez) minutos. De modo que a instituição das mencionadas pausas não prejudica o direito ao intervalo obrigatório para repouso e alimentação previsto no § 1º do art. 71 da CLT, que fora majorado para 20 minutos. E os empregados que trabalham em minas no subsolo? A duração normal do trabalho para os empregados em minas no subsolo não poderá exceder de seis horas diárias ou de trinta e seis semanais, salvo acordo escrito entre empregado e empregador ou acordo coletivo de trabalho. Neste caso, a duração normal do trabalho efetivo poderá ser elevada até oito horas diárias ou quarenta e oito semanais. A mulher pode trabalhar em minas no subsolo? Não. Somente homens com idade compreendida entre vinte e um e cinquenta anos. Os empregados que chefiam o trabalho tem controle de horário? Não, porque estão em função de comando, não possuindo horário certo para cumprir. Além dos gerentes, estão dispensados do controle de horários os exercentes de cargos de chefia que equipararem a diretores e chefes de departamento ou filial desde que o salário do cargo de confiança, compreendendo a gratificação de função, se houver, seja superior ao valor do salário efetivo, acrescido de 40%. Se o empregado for denominado “gerente”, mas não receber remuneração

superior em 40% aos colegas do cargo efetivo, então em relação a ele deverá ser observada jornada normal de oito horas diárias, pois no Direito do Trabalho não importa o nome do cargo, mas o que ocorre na realidade. Isto é, se o trabalhador não receber salário superior em razão do cargo que exerce, este cargo de confiança pode ser descaracterizado, e todas as horas trabalhadas pelo empregado, além das 8 horas diárias, serem devidas como horas extras. Dois empregados ocupam cargo de confiança. Um trabalha em média 10 horas diárias e recebe 40% de adicional. O outro que trabalha em média 12 horas tem direito a receber adicional superior? Não. A lei é clara. Esses profissionais estão isentos do controle de ponto e, dada a natureza de suas funções, podem administrar seu horário de trabalho da forma que melhor lhe convier, não devendo a empresa pagar mais o que trabalha 12 do que para o que trabalha 10, pois depende deles estabelecer seus próprios horários para cumprirem as tarefas exigidas. Nota: Todas as questões são respondidas de forma geral, podendo a Convenção Coletiva de Trabalho da Categoria disciplinar condições mais benéficas ao trabalhador.

Realização:

Luciano Ribeiro Presidente do SECOM


O Mercadão das Bebidas parabeniza a cidade de Itu por seus 406 anos de muita história!

Itu 406 anos 11 2715-4277

Av. A v. Caetano Ruggieri, 2.588 - Pq. N. Sra. da Candelária - Itu/SP Mercadão das Bebidas | www.mercadaodasbebidas.com.br

55


Com profissionais capacitados, o GISA CONTABILIDADE possibilita uma otimização nos processos internos da sua empresa, mantendo o foco na informação e análise gerencial, ganhando competitividade e agilidade.

Área Contábil • Área de Legalização Gestão Administrativa • Área Fiscal Área Previdenciária e Trabalhista Rua Arsênio Benedetti, 82 - Jd. Convenção - Itu/SP (11) 4013 8060 - contato@gisacontabilidade.com.br www.gisacontabilidade.com.br

AVALIAÇÃO C MULTIDISCIPLINAR EM DISTÚRBIOS DE APRENDIZAGEM E DISLEXIA A dislexia do desenvolvimento é considerada um transtorno específico de aprendizagem de origem neurobiológica, caracterizada por dificuldade no reconhecimento preciso e/ou fluente da palavra, na habilidade de decodificação e em soletração. Essas dificuldades normalmente resultam de um déficit no componente fonológico da linguagem e são inesperadas em relação à idade e outras habilidades cognitivas. (Definição adotada pela IDA - International Dyslexia Association, em 2002. Essa também é a definição usada pelo National of Child Health and Human Development - NICHD). Estima-se que cerca de 10% a 15% da população mundial tenha dislexia.

56

Com mais de 30 anos de existência, a Associação Brasileira de Dislexia - ABD, através do Centro Especializado em Distúrbios de Aprendizagem - CEDA, realiza a avaliação multidisciplinar voltado para as dificuldades de aprendizagem, como a dislexia, discalculia, TDAH, entre outros. Temos condições especiais para quem reside fora da cidade de São Paulo (avaliação em 3 dias).

R. Catalão, 72 - Sumaré - São Paulo/SP - CEP 01255-020 11 3231-3296 | 11 3258-7568 | 11 3237-0809 | 11 3129-9721 contato@dislexia.org.br | www.dislexia.org.br


57


NEGÓCIOS

JANTAR GOURMET NA SUA CASA Solução inédita para recepção de convidados, Caprichar disponibiliza chefs de cozinha profissionais para preparar menus especiais.

V

58

Você já pensou em receber os seus amigos para um jantar digno de Chef em sua casa? E, além da refeição, não ter que se preocupar em comprar os ingredientes, cozinhar, servir e depois limpar tudo? Pensando nisso, foi criada a Caprichar, que é um novo conceito para receber convidados. “Os clientes tem acesso à uma curadoria de chefs selecionados e aptos para preparar as mais variadas especialidades, que vão desde a culinária oriental até os pratos detox. Além disso, a empresa disponibiliza diversos serviços adicionais, como aula de culinária, degustações, harmonizações de vinho, serviços de garçons, copeiro, serviços florais e aluguel de utensílios”, definem as proprietários da empresa, Dominique Benz e Zara Bulgari. “Basta escolher o chef, cardápio e realizar o pagamento, tudo de forma online. No dia e horário combinado, o chef chegará no local indicado com todos os ingredientes fresquinhos e os utensílios apropriados para preparar a refeição e apresentar os pratos”, explicam.

O site, intuitivo, permite navegação pelas diversas opções gastronômicas para a realização de sua escolha de menu. Basta preencher a quantidade de convidados, escolher o tipo de alimentação e indicar o local. Além disso, pode-se escolher os serviços adicionais na própria página, que possui fotos e descrições bastante específicas de cada serviço. Este tipo de solução é resultado da experiência em hotelaria e gastronomia de Dominique, formada pela Cornell University, nos Estados Unidos e dos ideais da publicitária e estudante de gastronomia Zara. Integram a equipe 23 chefs, especializados nos mais diversos tipos de culinárias e especialidades, aptos para preparação dos pratos e realização de cursos. Na página da Caprichar é possível identificar cada especialidade e o preço mínimo de investimento por pessoa de acordo com o menu a ser preparado. Os serviços da Caprichar estão disponíveis em Itu e região, grande São Paulo, São Paulo Capital, Rio de Janeiro Capital, Búzios e Itaipava. Conheça: www.caprichar.com.br


59


PUBLIEDITORIAL

NEGÓCIOS: SILVANA CARVALHO INDICA Para os profissionais liberais que procuram espaço com excelente localização e infra-estrutura, Silvana Carvalho indica o Edifício Comercial H.S.F.

60

C

om anos de experiência no mercado imobiliário, Silvana Carvalho, proprietária da imobiliária de mesmo nome localizada na cidade de Itu desde 2006, possui expertise para administrar e ofertar imóveis que atendam perfeitamente a necessidade de seus clientes. Para os profissionais liberais, por exemplo, Silvana indica as salas comerciais do novo prédio H.S.F. – Hélio Steffen Filho – como solução em localização e infraestrutura, inclusive para os profissionais da saúde, como médicos e dentistas, por exemplo: Por que as salas comercial do Edifício Comercial H.S.F. são as melhores para os profissionais liberais? Silvana Carvalho: Além da ótima localização e visibilidade, as salas possuem características específicas para atender todos os tipos de profissionais liberais. Por possuírem 33m² de área, existe a opção de ampliar o espaço conforme a necessidade do profissional. Quais são as outras vantagens das salas comerciais do H.S.F.? Silvana: Todas elas possuem sistema de ventilação adequado e ar condicionado, o que proporciona conforto ao usuário. O Edifício, que possui três pavimentos (Térreo + 2 pisos), é composto por 18 salas – três delas exclusivas para consultório dentário -, elevador, espaço de espera na área comum, cinco banheiros por piso, sistema de segurança completo por câmeras e estacionamento rotativo com mais de 140 vagas (Unicenter); ou seja, são as salas mais completas. Qual principal motivo para que um profissional inicie seus trabalhos ou mude-se para o H.S.F.? Silvana: Custo-benefício. Os preços são realmente muito atrativos para profissionais que desejam trabalhar em um local moderno,

confortável e de ótima localização. O H.S.F. está próximo ao centro comercial da cidade, ao novo centro, às avenidas de fácil acesso , posto de combustível, bancos, entre outros estabelecimentos, além de ser de fácil visibilidade. E como os clientes podem conhecer os prédios e as salas? Silvana: Os clientes podem visitar o prédio e tomar um café com um dos corretores de plantão de atendimento de segunda a sextafeira, das 9h às 18h e aos sábados, das 9h às 12h30. Nesta visita, o interessado receberá as orientações necessárias sobre o espaço e suas condições. O prédio fica na Rua Luis Gonzaga Bicudo, 939, no Bairro Vila Nova. Além de Salas Comerciais, quais são os outros imóveis geridos pela Silvana Carvalho – Assessoria Imobiliária? Silvana: Também trabalhamos com casas e terrenos em condomínios, imóveis de alto padrão, apartamentos, kitnets e galpões, sempre com as melhores opções para nossos clientes. Como entrar em contato com os profissionais da Silvana Carvalho? Silvana: Atualmente possuímos 30 colaboradores e duas unidades na cidade de Itu. Basta direcionar-se a alguma delas, solicitar uma ligação ou pedir um orçamento através de nosso site: www.silvanacarvalho.com.br Silvana Carvalho - Assessoria Imobiliária possui dois endereços em Itu/SP: Unidade 1 - Vendas: Rua 15 de Novembro, 39 - Centro - (11) 2396-1280 Unidade 2 - Locação: Rua Francisco José Ferreira Sampaio, 26 - Itu Novo Centro - (11) 2396-1260


O! H L A B RA T E D TE N E I B AM U E S Edifício Comercial HSF – Helio NO P U Steffen Filho é composto por DÊ UM

O

18 salas de 33m2 privativos, distribuídas em 3 pavimentos. Possui espaço de espera na área comum, 1 elevador e 5 banheiros por piso. O prédio é monitorado por câmeras de segurança e possui ampla infraestrutura e tecnologia. Conta com estacionamento rotativo com mais de 140 vagas (Unicenter).

VENHA CONHECER O MELHOR LOCAL PARA SEU ESCRITÓRIO! CORRETORES DE PLANTÃO:

RUA LUIS GONZAGA BICUDO, 939 – VILA NOVA – ITU/SP

Unidades disponíveis para locação.

(11) 2396-1280 | (11) 9.5836-0388 Plantão telefônico aos sábados, domingos e feriados

61

www.silvanacarvalho.com.br


RADAR GASTRONÔMICO 62

RADAR GASTRONÔMICO Confira as principais referências da região que você não pode deixar de provar!

PAULO ROGER Fotógrafo Gastronômico e proprietário do Bistrô Marketing

TAIPA PILÃO RESTAURANTE

DUAS CEREJAS

Especializado em Culinária Portuguesa e Brasileira, o restaurante serve pratos típicos. BACALHAU, Lula, Polvo, Salmão e Picanha. Com pratos Executivos e Delivery. Rua Joaquim Bernardes Borges, 230 - Centro - Itu/SP. (11) 4013-5229 - www.restaurantetaipapilao.com.br

A franquia de bolos Duas Cerejas além de inovar com o BOLO DE SORVETE, tem também bolos recheados, caseiros, sorvete de massa, doces e café. Av. Prudente de Moraes, 255 - Vila Nova - Itu/SP (11) 2715-2777 - www.duascerejas.com.br facebook.com/duascerejasitu

YATAI

MINEIRICE

O Restaurante Japonês Yatai esta localizado no Plaza Shopping Itu. Pratos feitos na hora. Sushi, Sashimi, Temaki, Yakissoba compõem o cardápio. Faça o seu combo. Av. Doutor Ermelindo Maffei, 1199 - Jd. Paraíso - Itu/SP facebook.com/YataiCulinariaJaponesa

Restaurante Tradicional Mineiro com Self-Service localizado no Plaza Shopping Itu, com grande variedade de pratos, saladas, sobremesas, porções e chopp gelado. Av. Doutor Ermelindo Maffei, 1199 - Jd. Paraíso - Itu/SP Fone: (11) 2429-9621 - facebook.com/mineiriceitu

SALADENHA

HISTÓRIA CAFÉ

A franquia Saladenha esta inovando em 2016. A rede lança no dia 25/01 a LINHA KIDS, que visa levar uma alimentação saudável para as crianças. Peça pelo Delivery ITU: Rua Dr. Bened. Galvão, 36 - V. Nova - (11) 4013-2900 SALTO: Rua Rodrigues Alves, 476 - Centro - (11) 2840-3755

Sempre surpreendendo o História lança e sugere PARMEGIANA BURGER, a tradicional Parmegiana de Itu ganhou a sua versão Burger. Vale a pena conhecer e saborear. Av. Agenor Corrêa leite de Campos, 71 - São Luis - Itu/SP (11) 2715-5000 - www.historiacafe.com.br


ACOMPANHE A REVISTA SINGULAR NAS REDES SOCIAIS! Revista Singular @revistasingular revistasingular

WWW.AREVISTASINGULAR.COM.BR

63

Você também pode ver todas as nossas edições no formato online em nosso site:


ARTIGO

O HÁBITO DE ESTUDAR... SEMPRE! PE. PE.SAMUEL SAMUEL ALVES ALVESCRUZ CRUZ Religioso Religiososalvatoriano, salvatoriano, graduado graduadoem em filosofia, filosofia,teologia, teologia, pedagogia pedagogiaee administração, administração, cursando cursandoMBA MBAem em Gestão GestãoEmpresarial. Empresarial. Diretor Diretorgeral geraldo do Colégio ColégioDivino Divino Salvador Salvadorde deJundiaí Jundiaíee de deItu. Itu.

ÉÉ comum comum nos nos apoiarmos apoiarmos ao ao axioma axioma de de que que“o “o brasileiro brasileiro deixa deixa tudo tudo para para aa última última hora”, hora”, aplicando aplicando também também para para oo ritmo ritmo de de estudos. estudos. Com Com isso, isso, acabamos acabamos condicionando condicionando oo estudo estudo àà necessidade necessidade de de alcançarmos alcançarmos pontuação pontuação suficiente suficiente para para uma uma aprovação. aprovação. OO que que deveria deveria ser ser uma uma consequência consequência –– uma uma “boa “boa nota” nota” ee aa aprovação aprovação no no vestibular vestibular –– acaba acaba sendo sendo oo único único ee exclusivo exclusivo motivador. motivador. Encontramos Encontramosmuitas muitasvezes vezescrianças criançaseejovens jovensque quenão nãopossuem possuem uma uma orientação orientação para para um um ritmo ritmo de de estudos; estudos; tudo tudo acontece acontece “a “a toque toque de de caixa”, caixa”, transformando transformando oo estudo estudo em em algo algo exaustivo exaustivo ee desgastante. desgastante. ÉÉ preciso preciso que que ele ele se se torne torne um um hábito hábito em em nossa nossa vida. vida. OO ritmo ritmo deve deve ser ser oo mesmo mesmo ee constante constante em em todo todo oo ano ano letivo. letivo. As As notas notas ee as as aprovações aprovações precisam precisam ser ser oo resultado resultado de de um um hábito hábito de de estudos estudos que que nos nos ajuda ajuda na na fixação fixação do do conteúdo conteúdo ee na na sua sua aplicação aplicação na na vida vida cotidiana. cotidiana. No Nocaso casoda dapreparação preparaçãopara paraoovestibular, vestibular,quando quandose seaproximam aproximam as as datas datas das das provas, provas, oo correto correto seria seria uma uma diminuição diminuição no no ritmo ritmo de de estudos, estudos, focando focando nos nos ajustes ajustes ee revisões revisões do do conteúdo conteúdo jájá apreendido, apreendido, dando dando maior maior atenção atenção ao ao que que ainda ainda se se percebe percebe maior maior dificuldade dificuldade de de fixação. fixação.

64

Para Para além além da da vida vida escolar escolar ou ou universitária, universitária,oo hábito hábito de de estudos estudos deve deve ser ser uma uma constante constante em em nossa nossa vida. vida. As As ciências ciências ee as as informações informações se se aprimoram aprimoram ee se se transformam transformam aa um um ritmo ritmo cada cada vez vez mais mais intenso. intenso. ÉÉ necessário necessário estarmos estarmos sempre sempre atualizados atualizados sobre sobre tudo tudo oo que que nos nos cerca, cerca,para para não não ficarmos ficarmos para para trás. trás. Neste Neste sentido, sentido, éé essencial essencial aa presença presença da da família, família, apoiando apoiando ee incentivando incentivando um um hábito hábito constante constante ee saudável saudável de de estudos, estudos, sendo sendo um um suporte suporte para para fazer fazer oo estudante estudante entender entender que que na na vida, vida,somos somos mais mais que que expectadores, expectadores,somos somos protagonistas protagonistas dos dos sucessos sucessos ee conquistas conquistas que que nos nos esperam! esperam!


PARABÉNS ITU! Cidade de passado glorioso. Que em 2016 seja devolvida a esperança para todos aqueles que, assim como eu, adoram esta cidade e querem ver as mudanças acontecerem.

Guilherme Gazzola

O MELHOR EM PNEUS! Balanceamento Sistema Leva e Traz Freios

Pneus

Escapamentos Troca de Óleo e Filtros

Alinhamento

Suspensão REVENDEDOR AUTORIZADO

Segunda a sexta das 08:00 às 18:00hs | Sábado das 08:00 às 16:00hs

65

Tel.: (11) 4022-0471 | (11) 4023-1349 autogiropneus01@gmail.com Avenida Caetano Ruggieri, 3307 - Pq Nossa S. da Candelária - Itu/SP


SOCIAL

SOCIAL Fique por dentro dos principais eventos que movimentaram a região Por Juca Ferreira

O SECOM inaugurou no dia 18/12 sua nova Sede Trabalhista e Administrativa, localizada na Rua 21 de Abril nº 259, no centro em Itu/SP.

Paulo Camargo

SECOM INAUGURA NOVA SEDE EM ITU Com a presença de inúmeros representantes sindicais, membros do judiciário trabalhista e diversos convidados, logo após um delicioso café da manhã servido aos presentes e cerimônia, com a palavra de alguns dos convidados, foi descerrada a placa inaugural da nova sede. Totalmente reformulada e com mobiliário moderno, no local serão prestados os serviços de assistência à rescisão contratual aos comerciários, atendimento trabalhista, cálculos e orientações e muitos outros. O prédio abriga ainda o auditório com capacidade para 100 pessoas, aproximadamente, com completa estrutura audiovisual. Este espaço proporcionará maior conforto e comodidade aos trabalhadores que utilizarem os serviços da entidade.

66

O Sthudio - Academia Personalizada promoveu no dia 13 de dezembro o 1° Sthudio Day, no Itu Plaza Hotel. O evento reuniu mais de 100 pessoas que participaram de um animado “Aulão Funcional”, comandado pelos educadores físicos Carolina Scopel e Tiago Ferrari. O evento ainda contou com parceiros que realizaram a demonstração de seus produtos e sorteio de brindes aos participantes.

Sarah Vasconcellos

AULÃO FUNCIONAL


SOCIAL

REVEILLON TERRAS DE SÃO JOSÉ Reveillon on the beach foi o tema do Holle Restaurante, onde a passagem de ano aconteceu em grande estilo com condôminos, familiares e convidados se confraternizando até o amanhecer.

Dia 22 de dezembro houve a inauguração do Edificio Comercial HSF - Helio Steffen Filho, com um café da manhã que reuniu os responsáveis pelo empreendimento, amigos, família e funcionários da Silvana Carvalho Assessoria Imobiliária, responsável pela locação das salas comerciais.

Núbia Prevelatto

INAUGURAÇÃO ED. COMERCIAL HSF

67


SOCIAL

SOCIAL Fique por dentro dos principais eventos que movimentaram a região Por Juca Ferreira

BRUNA E DIEGO José Ubaldino e Virgilia Vaz e Patrícia e Paulo Prosdocimi abençoaram a união matrimonial de seus filhos Diego e Bruna numa cerimônia marcada pela emoção e autenticidade, dando continuidade a uma linda história de amor. Parabéns!

68

No dia 21 de novembro Ana Carolina Benedetti se casou com Carlos Eduardo Cavaden na Igreja Nossa Senhora da Candelária - Matriz, em Itu, com um vestido assinado pela estilista e proprietária da A Baroneza Noivas e Festa, Renata Cecconi Steiner. Felicidades ao casal!

Studio Betiol

ANA CAROLINA E EDUARDO


No dia 12 de dezembro, e Espaço Fazenda das Pedras realizou um “Brunch Social” com o objetivo de ajudar o Projeto Girassol, do Fundo Social de Solidariedade de Itu.

SOCIAL

BRUNCH SOCIAL

NOIVADO NO CAMPO Esther Della Nina Sahid foi surpreendida por Ério Fenocchi que a pediu em casamento numa linda manhã de dezembro. Entre flores e balões, nos jardins da Fazenda Vassoural e na presença dos amigos padrinhos e familiares, brindaram este compromisso, que marcará a união das famílias Fenocchi e Della Nina Said. Parabéns aos noivos.!

MARINA E RAFAEL Marina Simoni Maia e Rafael Figueiredo Barberatto reuniram familiares e amigos para anunciarem seu noivado, e em futuro próximo tornarem-se marido e mulher.

69


CULTURA

TEATRO EXPERIMENTAL ITUANO EM ARQUIVO Memória documentada e fotográfica integram o acervo de um dos primeiros grupos de teatro da cidade de Itu

70

“N

ão há como falar de teatro em Itu sem mencionar Luiz Gazzola Sobrinho. Ele dedicou grande parte de sua vida a essa arte e foi um dos responsáveis por evidenciar talentos desta cidade por um longo tempo”, declama ,orgulhoso, o professor Luiz Augusto Gazzola. Declama, sim, com voz marcante e com a emoção do filho que fala do pai, o Professor mantém em seu acervo pessoal uma verdadeira relíquia para a cultura ituana. O álbum de recortes históricos, fotos, depoimentos e documentos do “Teatro Experimental Ituano (TEI)” é um verdadeiro resgate de memórias dos 17 anos em que o Grupo esteve ativo. A história começa quando Luiz Gazzola Sobrinho, até então sonoplasta do Clube Recreativo dos Comerciários (que teve suas atividades encerradas em 1948) cria o Grupo Dramático Nossa Senhora da Candelária, que contava com o apoio do monsenhor Benigno de Brito Costa, vigário na época. A primeira apresentação desta Companhia aconteceu em 1956, o drama “O mundo não me quis”. O grupo, que perdurou por mais quase quatro anos, ainda incluía em seu repertório as peças: “Feia”, “Poder das massas”, “Joaninha Buscapé”, “Chuvas de Verão”, Onde estás felicidade”, “Lágrimas de homem”, “A Canção de Bernadette”, entre outras. Teatro Experimental Ituano - O TEI foi anunciado oficialmente no dia 17 de setembro de 1961. A primeira peça apresentada pela TEI, “O Interventor”, foi encenada dez dias depois. O grupo teve seu estatuto e diretoria aprovados no ano seguinte, e as peças começaram a ser apresentadas em diversos locais da cidade, como o salão nobre do Instituto Borges de Artes e Ofícios (IBAO), no salão nobre do Instituto de Educação Regente Feijó, no salão do Cine Pirapitingui Clube (hospital Dr. Francisco Ribeiro de Arantes), no Cine Teatro Independente e até na sede da Corporação Musical “União dos Artistas”. As apresentações feitas pelo TEI, em sua grande maioria, eram gratuitas e, devido à boa relação do presidente do Grupo com o comércio ituano, havia arrecadação de brindes e sorteio durante os eventos. É comum encontrar cidadãos ituanos que se lembram de forma saudosa desses momentos, principalmente os que fizeram parte dos elencos do TEI ao longo da trajetória do grupo. Entre eles, além de Luiz Gazzola Sobrinho, passaram Júlio César Volponi Filho, Jaime Vecchiato, Valdyr Victal Daldon, Antonio Vecchiato, Francisco Barreto, Maria do Carmo Gazzola, Roberto Palermo, Geraldo Belucci, Marisa Couto

Ribeiro, Maria do Carmo Carneiro, Irene Bordini, Teresinha Francischineli, Janjão (Darci Rodrigues de Góes), ‘Canário’ Segirson de Freitas, Ulisses Bordini, Joaquim Araújo, Florindo ‘Zinho’ Mobrice, Luiz Gonzaga de Campos (Zaga), Francisco Garcia, Eliza Kalil, Nelson Siqueira, Pedro Garavello, Francisco X. Oliveira, entre tantos outros. E não apenas o público ituano conheceu o elenco de atrizes e atores do TEI. O grupo se apresentou em diversos municípios paulistas, entre eles, Cabreúva, Cerquilho, Piedade, Piracicaba, Pirapora e Tietê, tendo destaque em Sorocaba com a apresentação da peça “Toda donzela tem um pai que é uma fera”, onde ganhou o troféu “Oswaldo Zaragosa” como melhor conjunto do Festival do Teatro Amador da Região de Sorocaba (SP). Na mesma ocasião, Antonio Carlos Dal’Opio, que interpretou o papel de Porfírio, também foi premiado com medalha por ter sido escolhido o ator revelação do evento. Além desta, estavam presentes no repertório da TEI as seguintes peças: “Morre um Gato na China”, “A próxima vítima”, “Irene”, “Universitário morre às oito”, “A boneca e a princesinha”, “O coração não envelhece”, “A rosa das sete saias”, entre outros tantos sucessos. Boletim do TEI e Dificuldades - É possível realizar uma imersão no tempo folheando o acervo de Luiz Augusto Gazzola, principalmente ao reler as edições do Boletim Informativo do TEI, que iniciou circulação no ano de 1964. O jornal “A Tribuna Ituana”, edição de 14 de março de 1964, publicou: (sic) “Trata-se de Boletim que se destina a levar ao povo ituano, em nome daquele conjunto de amadores, a mensagem de trabalho, de luta e de entusiasmo. Mensagem que deixará o povo a par dos anseios, das conquistas e das dificuldades experimentadas na ingrata tarefa de oferecer um divertimento sadio à população!”. O texto refere-se ao fato de a distribuição de cultura ser uma tarefa “ingrata” pelo fato de não receber o apoio necessário para continuar com as atividades. No ano de 1967, cogitou-se a doação de um terreno pela Prefeitura ao TEI, a fim de construir sua sede. No entanto, as tratativas não evoluíram, embora o Executivo tivesse indicado terreno para esse fim, e o TEI não conseguiu ter sede própria ao longo de sua história. A sociedade ituana, simpatizante à causa da TEI, chegou até a demonstrar interesse na doação de materiais para construção da sede do teatro mediante doação do espaço. Em crise desde 1970, conforme matéria de título “O TEI está morrendo ...”, o grupo ainda resistiu até o ano de 1978, quando encenou a peça “O Inimigo das mulheres”. Na época, a imprensa ituana noticiou o fim do TEI e argumentou que o fato do Salão Paroquial ter sido transformado em Salão de Festas, deixando a cidade praticamente sem espaço para ensaios e apresentações. “Acredito, no entanto, que a entrada da TV aos lares brasileiros e ao sucesso das novelas da época foram vitais ao encerramento das atividades do grupo. O público diminuía, lamentavelmente, a cada apresentação”, afirma. “Sinto-me honrado em possuir este acervo e dividir a história da TEI com as pessoas que se interessam por cultura”, conclui Luiz Augusto Gazzola.


www.nossoperfil.com.br @thaysmarinn Blog Nosso Perfil por Thays Marin

Divinize Vendas no Atacado e Varejo

Daniela Miranda Blogueira / Maquiadora

Semi-Jóias

11 4024-4327 11 9 8050-0502

www.divinize.com.br | divinize@terra.com.br | Divinize Semi Jóias

VISITE NOSSO SHOWROOM Av. Eugen Wissmann, 335 - Bairro São Luiz - CEP 13304-450 - Itu/SP

71

(11) 4024-0081 | (11) 4025-9057 | moveistrettel@uol.com.br


TEATRO Divulgação

CULTURA

CULTURA CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DO TEATRO NÓS MESMOS Local: Avenida Prudente de Moraes, 210, Unicenter - Vila Nova - Itu/SP

Divulgação

Informações sobre ingressos: (11) 4024-0852 www.nosmesmos.com.br

100% HUMOR - ESPETÁCULO DE IMPROVISAÇÃO (GRUPO TUPY) MÁ PELE (CIA. 4NARUAÉ8)

Divulgação

HAMELIN (CIA. NÓSMESMOS) MARCELA LEAL

72

Divulgação

MÁ PELE é o encontro das trajetórias de 4 crianças internas do Preventório de Jacareí, todas filhas de pais hansênicos e internadas compulsoriamente pelo governo no começo do século XIX. Através de suas histórias, o público passa a conhecer os estigmas dessa doença e a luta daqueles que, mesmo não infectados, foram forçados a viver longe de seus familiares em busca desses relacionamentos perdidos e de sua própria identidade. Construído a partir de depoimentos, pesquisas históricas e provocações artísticas, o espetáculo conta com o olhar crítico e sensível dos atores do 4NARUAÉ8 e da direção de Edgar Castro. Data: 06 e 07/02 às 20h Ingressos: R$ 10

Na plateia, uma atmosfera de euforia e adrenalina. No palco, quatro jogadores se desdobram para mostrar suas melhores habilidades em uma disputa acirrada e divertida. Em jogo estão a capacidade de criação e a velocidade de raciocínio dos atores, que a todo instante são desafiados pela ousadia do público. Data: 20 e 21/02 às 20h Ingressos: De R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira)

Comediante, atriz e roteirista, Marcela é chamada de “a primeira dama do stand-up”, sendo a primeira mulher a fazer stand-up comedy no Brasil. De 2005 a 2010 foi integrante do “Clube da Comédia” junto com Danilo Gentili e Diogo Portugal e também, fruto do stand-up, em 2010 montou seu show solo chamado “tirando do sério” com o qual viaja o Brasil fazendo apresentações. A atriz acumula passagens por programas de auditório como o Programa do Jô, e o The Noite. Data: 13 e 14/02 às 20h Ingressos: De R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira)

Denso, questionador e surpreendente, “Hamelin” representa as fortes contradições sociais ao abordar a pedofilia oferecendo ao público a possibilidade de refletir sobre as relações humanas e sociais, aproximando semelhanças e diminuindo preconceitos. O espetáculo conta a história do juiz Monteiro que está determinado a provar que um importante membro da sociedade, Rivas abusou sexualmente de uma criança. Com uma atmosfera próxima dos filmes de suspense e através de uma dramaturgia não convencional, “Hamelin” revela a impotência da sociedade em proteger a inocência das suas crianças e a impossibilidade de se chegar a uma única conclusão quando as palavras são tudo o que se tem para apurar a verdade. Data: 27 e 28/02 às 20h Ingressos: De R$ 15 (meia) a R$ 30 (inteira)


CULTURA

SÃO PAULO TEATRO Divulgação

MACBETH A disputa de poder é o tema da história, escrita em 1606, e bastante conhecida em sucessivas e irregulares montagens. Ao voltarem de uma campanha, os generais Macbeth (Thiago Lacerda) e Banquo (Marcos Suchara) ouvem de três bruxas uma profecia: o primeiro se tornará rei e o segundo será pai de muitos reis. Instigado pela inescrupulosa mulher (Giulia Gam), Macbeth passa a eliminar todos os que ameaçam seu domínio imediato na Escócia. Gênero: Drama Em cartaz: até 30/01, quintas e sábados às 21h Local: SESC Vila Mariana (Rua Pelotas, 141 - Vila Mariana - São Paulo/SP) Ingressos: R$ 60 Informações: (11) 5080-3000

Divulgação

Divulgação

SHOWS

WIZ KHALIFA

Com mais de uma década de carreira e importantes prêmios conquistados, como o Grammy Latino, Maria Rita é dona de verdadeiros hits da MPB recente. Músicas como “Encontros e Desencontros” e “O Que É o Amor?”, que conquistaram as paradas de sucesso brasileiras e consagraram a artista no cenário musical. Filha de Elis Regina e de César Camargo Mariano, alcançou seu lugar por seu talento. Data: 30 e 31/01, às 21h Local: Theatro Net São Paulo (Rua Olimpíadas, 360 Vila Olímpia - São Paulo/SP) Ingressos: De R$ 90 a R$ 220 Informações: (11) 4003-1212

O rapper, que iniciou sua carreira aos 16 anos, lançou seu álbum de estreia em 2006. Hoje com 5 álbuns na bagagem, além de diversas mixtapes e vários prêmios, entre eles dois Grammy, possui posição de destaque nas paradas e se tornou conhecido mundialmente. Em 2015, o clipe de “See You Again”, foi o mais visto no YouTube. A canção, parceria com Charlie Puth, faz parte da trilha sonora de Velozes e Furiosos 7 Data: 31/01, às 21h Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo/SP) Ingressos: De R$ 90 a R$ 340 Informações: www.ingressorapido.com.br

73

MARIA RITA


CULTURA

Divulgação

O REGRESSO

Divulgação

Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança. Gênero: Aventura Estreia nacional: 04/02

DEADPOOL Ex-militar e mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida. Gênero: Ação / Aventura Estreia nacional: 11/02

74

OS 10 MANDAMENTOS Adaptação cinematográfica baseada na Bíblia e na célebre novela homônima da Rede Record, um dos maiores fenômenos de audiência dos últimos tempos da televisão brasileira. A épica e emocionante saga de Moisés, retratada na novela, que cobre mais de cem anos de história e adapta livremente quatro livros da Bíblia, ganhará cenas inéditas e um final diferente do veiculado na televisão. Gênero: Drama / Épico Estreia nacional: 28/01

Divulgação

CINEMA

FILHO DE SAUL Durante a Segunda Guerra Mundial, Saul (Géza Röhrig) é um judeu obrigado a trabalhar para os nazistas, sendo um dos responsáveis em limpar as câmaras de gás após dezenas de outros judeus serem mortos. Em meio à tensão do momento e às dificuldades inerentes desta tarefa, ele reconhece entre os mortos o corpo de seu próprio filho. Gênero: Drama Estreia nacional: 04/02


Jeito diferente de troca de óleo só na Zip Lube Itu!

Conheça os SERVIÇOS PARA CARROS E MOTOS! dry wash

NÃO USA ÁGUA

(*) limpeza no sistema de ar que elimina fungos, bactérias e odores.

polimento e cristalização

troca de óleo DIFERENCIADA

higienização e oxi-sanitização*

baterias

check-up completo

de itens de manutenção básica de seu carro ou moto

PROMOÇÕES Baterias Moura Lavagem a seco, Higienização interna e Lavagem de motor Militec (condicionador de metais): Melhora no desempenho, Economia e Proteção dos motores R$ 79,99 Promoção Zip Lube Itu linha MOBIL a partir de R$ 13,90 em

3X SEM

JUROS

75

Av. Dr. Octaviano Pereira Mendes, 312 - Liberdade - Itu/SP Tel.: (11) 2429-8909 | www.ziplube.com.br


76

Profile for Revista Singular

Revista Singular | Edição 06  

6ª Edição da Revista Singular - Ano I - Janeiro 2016

Revista Singular | Edição 06  

6ª Edição da Revista Singular - Ano I - Janeiro 2016

Advertisement