Page 1

Nº468 ANO ■ 39

DEZEMBRO/2013

CIRCULE: E: ___________ _________ ___________ ________ ___________ _______________

MEIO AMBIENTE SUSTENTÁVEL PRODUTO

EM DESTAQUE

NORGREN

VÁLVULAS DE SEGURANÇA

11

CASE

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

Volvo promove mudanças profundas na linha de produção para ser mais sustentável 14

Surge o gerador a etanol que também é mais silencioso

24

INTERNACIONAL PR

Ó M XIM A IN NUT A P DU E AU ST NÇ T RI ÃO A: AL

Sistema inédito de garras automáticas acelera linhas de produção 30

O MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL

.com.br


EDITORIAL

Saltos tecnológicos rumo à sustentabilidade

C

omo ser mais sustentável em um mundo que requer o constante uso de seus recursos naturais em nome do avanço tecnológico? Essa é a grande equação que as indústrias estão tentando resolver já há alguns anos e, para isso, rompendo com alguns padrões antigos nos processos e avançando em direção a inovações e obtendo sucesso com a adoção de promissoras tecnologias alternativas na preservação do meio ambiente.

Mais de 60% das grandes empresas já tinham sido certificadas, contra11% das médias e 8,4% das pequenas indústrias, como pode ser verificado na seção Análise Setorial Cenário Pesquisa da Abimaq - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos aponta que mais de 90% das empresas adotam políticas que visam minimizar o impacto ambiental. Dado relevante diz respeito à certificação ISO 14.001 ou equivalente. Mais de 60% das grandes empresas já tinham sido certificadas, contra11% das médias e 8,4%

das pequenas indústrias, como pode ser verificado na seção Análise Setorial Cenário. No que diz respeito aos processos de tratamento e destinação adequada de resíduos, 77% das empresas afirmaram que fornecem informações a seus clientes sobre possíveis danos ambientais resultantes do uso de seus produtos ou serviços. “Entre as ações mais citadas, estão a presença de estações de tratamento de efluentes, o descarte seletivo, a reciclagem, a coleta de lixo contaminado, o tratamento de água e a realização de cursos de responsabilidade socioambiental na entrega de seus produtos aos clientes”, destaca Alessandra Bernuzi, diretora de responsabilidade sócioambiental da Abimaq. Inúmeras tecnologias em prol da sustentabilidade poderão ser conferidas nessa edição. Na seção Indústria & Tecnologia, o leitor poderá conferir a facilidade com que uma máquina consegue reciclar até 95% do óleo que em outros tempos teria que ser descartado pelas indústrias. Na mesma seção, um motor que surpreende pela quantidade de recursos tecnológicos em prol da sustentabilidade representa a última inovação para esse setor. Por fim, na seção Internacional, o leitor vai se deparar com um inversor de frequência que promete uma redução entre 10 a 50% no consumo de energia. Boa leitura!

Rosa Symanski | EDITORA-CHEFE

IT Indústria & Tecnologia | 3


Indústria Nº468 &Tecnologia ANO 39

SUMÁRIO

DEZEMBRO/2013

18

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

20

26

ÓLEO RENOVADO

MOTOR COM MÁXIMA EFICIÊNCIA

Eco Mach desenvolve equipamento que regenera o óleo usado nos processos industriais

CHUVA ÚTIL

Weg desenvolve motor com baixo consumo de energia e nível reduzido de ruído

24

28

ENERGIA LIMPA NO GERADOR

Empresa desenvolve gerador abastecido com etanol

12 ACONTECE NA INDÚSTRIA

50 ANOS DEDICADOS A EPIS

A Agena lança sua linha de capacetes de segurança em meio a comemorações de seu 50º aniversário

14

CASE

VOLVO NA DIANTEIRA EM SUSTENTABILIDADE

Empresa implantou sistemas inovadores para obter a redução de temperaturas em processos diminuindo agressões ao meio ambiente

4 | IT Indústria & Tecnologia

SUSTENTABILIDADE NO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Mundo corporativo luta para obter crescimento em meio a um cenário sustentável

22 Coletor de chuvas fica mais compacto e ganha maior capacidade de filtragem

ANÁLISE SETORIAL

BOLHAS QUE FILTRAM

Water Tech desenvolve sistema de reuso de água com tecnologia pioneira de flotação

13 TECNOTRI DOBRA A CAPACIDADE

19

A ONDA VERDE NAS INDÚSTRIAS

Pesquisa demonstra que mais de 90% das empresas adotam medidas para minimizar o impacto ambiental

30 INTERNACIONAL ENERGIA ECONOMIZADA EM VÁRIOS PONTOS Schneider desenvolve inversor de frequência com mais recursos de eficiência energética

SEÇÕES

Inaugurada em outubro, nova planta no RS consumiu investimentos de R$ 4,7 milhões

16

MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

A PARCERIA ENTRE A SUSTENTABILIDADE E A MANUTENÇÃO INDUSTRIAL O papel das empresas na preservação dos recursos naturais do mundo

6

AGENDA

8

ONLINE

9

HOME PAGES

10

CATÁLOGOS

11

DESTAQUES DO MÊS


IT IndĂşstria & Tecnologia | 5


AGENDA

NOTAS TÉCNICAS

REMOTA UNIVERSAL ETHERNET

FEIRAS E CONGRESSOS NO BRASIL EVENTO

DATA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

Expocatadores – evento sobre tecnlogia e gestão de resíduos sólidos

18 a 20 de dezembro de 2013

Anhembi – São Paulo

EPS Event Planning Solutions Telefone: (11) 55314455 E-mail: expocatadores@epseventos.com.br

Expo Guará – Feira Comercial, Industrial e de Agronegócios

10 a 11 de janeiro de 2014

Sesc Guarapari (ES)

Grupo Vitrini e-mail: comercial@grupovitrini.com http://www.grupovitrini.com

Showtec - Feira de novas tecnologias agripecuárias

22 a 24 de janeiro de 2014

Sede da Fundação MS – Maracaju (MS)

Fundação MS e-mail: fundacaoms@fundacaoms.org.br site:htpp://www.portalshowtec.com.br

Feira Internacional de Construção e Automação Predial

17 a 22 de fevereiro de 2014

Centro de Exposições Berlim Messe – Berlim, Alemanha

Messe Berlin GmbH Messedamm 22 D 14055 Berlin Telefon: +49 (0)30 3038-0 Fax: +49 (0)30 3038-2069 E-Mail: central@messe-berlin.de

FEIRAS E CONGRESSOS NO EXTERIOR EVENTO

DATA

Chemshow – evento de processamento e tecnologia

Electrotest Japan -

10 a 12 dezembro

15 a 17 de janeiro de 2014

LOCAL

Nova York

Tokyo International Exhibition Center (Tokio Big Sight)

ORGANIZAÇÃO

International Exposition Co. Santander (Espanha) Tel: 203-221-9332

Reed Exhibitions Japan http://www.electrotest.jp/en/

CURSOS PROFISSIONALIZANTES CURSO

CARGA HORÁRIA

LOCAL DAS AULAS

Técnico em Automação Industrial

1360 horas

Escola Técnica Senai – Areias (PE)

Senai

Técnico em Edificações

1200 horas

Escola Técnica Senai – Água Fria (PE)

Senai

Técinco em Eletromecânica

1400 horas

Escola Técnica Senai Cabo – (PE)

Senai

ORGANIZAÇÃO

Para divulgar cursos, seminários e palestras, mande um email com data, local e dados do promotor do evento para redacao@banas.com.br

A remota universal ethernet XM-210 ETH, com núcleo de processamento baseado em tecnologia ARM®, oferece rapidez e acessibilidade às variáveis de campo, possibilitando leitura em suas 16 entradas dos vários tipos de sinais e faixas, como: termopares, sensores resistivos, RTDs, corrente, tensão, frequência e níveis lógicos. Possui dois níveis de alarme por canal configurável Hi, Lo e diferencial com histerese e delay de 1 a 10 segundos. Possui 16 entradas analógicas configuráveis, termopares tipo J, K, T, R, S, E, N, B (ITS-90) com compensação de junta fria; corrente 0 -20 mA e 4 -20 mA; tensão 0 – 75 mV, 0 – 5 V, 0 – 10 V; nível lógico; frequência até 10 KHz com quatro canais de 0,3 V a 50 V; duas entradas isoladas para até 30 V e duas saídas a relê para status do alarme; grau de proteção IP50 etc. DLG AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL Ltda. Tel.: (16) 2105-1300. E-mail: vendas@dlg.com.br

CORTINA DE AR

A cortina de ar CSV serve para isolar dois ambientes distintos, sejam aquecidos ou refrigerados, ou para impedir que partículas, gases, insetos, passem de um ambiente para o outro, sem barreiras visual ou física, permitindo livre tráfego de pessoas ou empilhadeiras. É fabricada em chapas de aço galvanizado com pintura eletrostática a pó, proporcionando maior resistência à corrosão, com rotor tangencial de alumínio que evita turbulências na saída do ar. O modelo HB apresenta tensão 220V – com motor bifásico, índice de ruído 54~59dB e velocidade 9~10 m/s. Há modelos em 220/380/440V e velocidade 11, 15, 21 m/s. Podem ser fabricadas em aço inox e com ar ionizado. CSV Refrigeração Industrial Ltda. Tel.: (11) 4198-0505 E-mail: csvrefri@csvrefri.com.br

FALE COM A REDAÇÃO

MÍDIAS

DIGITAIS

ERRATA: Diferentemente do que foi publicado na edição anterior “Automação”, o site da Schunk, na reportagem “Velocidade máxima na automação” é: http://www.schunk.com/index_select_your_country2.html?r=1

Em JANEIRO de 2014 a revista Indústria & Tecnologia – aborda o tema MANUTENÇÃO INDUSTRIAL. Se você tiver sugestões de pauta, dúvidas ou necessitar de mais esclarecimentos sobre esse assunto, mande um e-mail para a seção FALE COM A REDAÇÃO.

www.ps.com.br

www.blogindustrial.com.br

@EditoraBanas facebook.com/editorabanas

Participe da seção FALE COM A REDAÇÃO e encontre as soluções sobre os mais variados temas que são abordados . na revista Indústria & Tecnologia – As perguntas devem ser encaminhadas para redacao@banas.com.br com o título FALE COM A REDAÇÃO.

6 | IT Indústria & Tecnologia


Fotos

NOTAS TÉCNICAS Hélices de ventilação

A série de hélices Airfoil da Multi -Wing pode ser utilizada em quase todas as aplicações de ar em movimento, tais como torres de resfriamento, HVAC e refrigeração. Fornece alto volume com baixo consumo de energia para máxima eficiência. Podem ser configuradas tanto para sopro como para sucção, e as pás podem também ter diferentes ângulos de inclinação para controlar o volume de ar. O baixo consumo de energia do airfoil economiza energia e reduz o ruído, tornando assim uma solução eficiente em aplicações de refrigeração. Apresenta diâmetro entre 222 a 2.746 mm, desenho da pá torcido altamente eficiente, baixo ruído e baixo consumo de energia. MULTI-WING™ do Brasil Ltda.

Tel.: (47) 3394-5957. Site: www.multi-wing.net.br

Fusível térmico

O fusível térmico RYD é ideal para aplicações que não necessitam de rearme após acionamento por superaquecimento. Este dispositivo caracteriza-se pelo acionamento único em função da ruptura de sua construção interna, direcionando o equipamento protegido para assistência técnica ou unidade de reparo para avaliação sistêmica. É fabricado com corpo em metal e dimensional normatizado, capacidade nominal de 15A em aplicações de corrente alternada. Apresenta tensão nominal de trabalho de 250 VAC; corrente nominal de trabalho de 10 e 15 A; certificações tnternacionais: UL, TUV, PSE, EK, CCC; faixa de temperatura de acionamento: 73 ~ 240°C.

ULTRANET Eletrônicos. Tel.: (11) 3213-9590. E-mail: adriano@bobinados.com.br

Brocas para aço inoxidável

Ampliando sua linha de ferramentas rotativas de corte, a Dormer Tools lança no mercado uma broca curta para aço inoxidável. As novas brocas curtas A620 combinam material e geometria próprias para a usinagem de aços inoxidáveis, oferecendo maior rendimento e vida útil. Possuem uma excelente capacidade de centragem, evitando qualquer tipo de furo prévio e melhorando a qualidade e precisão do furo. Estão disponíveis em range amplo de 2,5 a 13,0 mm e permitem cobrir a maior parte dos processos de furação em aços inoxidáveis. DORMER TOOLS S/A

Tel.: (11) 5660-3000. Site: www.dormertools.com/pt

Plástico industrial

O Celeron é um plástico termo-fixo, composto de tecido de algodão impregnado com resina fenólica. É fornecido na forma de chapas, bastões e tubos. Pode ser facilmente torneado, fresado, furado, cortado, proporcionando peças técnicas muito resistentes, com alta resistência ao desgaste, ao cisalhamento e ao choque. Possui baixo coeficiente de atrito, amortece ruídos e absorve vibrações. É aplicado principalmente em chapas de desgaste, mancais, engrenagens, suportes, palhetas, casquilhos, rodas, buchas, chapas de deslize e muitas outras. PLASTECNO Represen-

tações e Comércio Ltda. Tel.: (11) 3021-9600. Site: www.plastecno.com.br

Agitador Magnético

O agitador magnético com aquecimento AA-1840 possui placa em aço inox revestido em cerâmica, para melhor resistência química e visualização da “viragem” na titulação, e controle de temperatura digital até 340°C. O display LCD controla a temperatura e a agitação até 1500 RPM que tem força de magnética para 20 litros de água. O equipamento ainda possui sensor de temperatura externo tipo PT1000 para controle da temperatura da amostra, saída serial para registro de dados e a possibilidade de acoplar acessórios para aquecimento de tubos de 4 a 40 ml ou balões de 50 a 500 ml. Indústria e Comercio Eletroeletrônica. GEHAKA Ltda. Tel.: (11) 2165-1100. E-mail: vendas@gehaka.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 7


ONLINE

DESTAQUES WEB OS LINKS MAIS ACESSADOS

22/OUT. A 18/NOV./2013

INDÚSTRIA BRASILEIRA VAI DAR UM NOVO SALTO COM O PRÉ-SAL

ATIVIDADE INDUSTRIAL SOBE 1,3%

A atividade da indústria paulista cresceu 1,3% em setembro na comparação com agosto, mostraram dados com ajuste sazonal da Fiesp e do Ciesp. Apesar do dado positivo, o panorama para a indústria de transformação este ano continua sendo de estagnação da produção e crescimento pouco expressivo. A avaliação é de Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômico (Depecon) da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp).

Recente valorização do dólar e estímulos do governo começam a dar resultado e melhoram a competitividade dos fabricantes de máquinas e equipamentos

1 favorecer expansão do setor de bens

30ª Feira Internacional da Mecânica deve de capital

2

ONDE ACHAR? http/www.blogindustrial.com.br

ENQUETE

RESULTADO DEZEMBRO/2013

A ECONOMIA NACIONAL EM 2013 BENEFICIOU SEU SETOR NA INDÚSTRIA?

ABEMI e PETROBRAS se unem para melhorar performance dos contratos

Sim ....................................................................... 80 %

número de expositores 3 Cresce internacionais na NT Expo 2013

80%

Sim, especificamente para o meu setor .................. 0 % 0%

4

Tubos Ipiranga fornece Riser principal de 42” para sistema Flare da tocha III da Petrobrás

5

Metrô de São Paulo e SuperVia destacam investimentos para seguirem expandindo

Não ....................................................................... 20 %

20%

Não para o meu setor, especificamente................... 0 %

PRÓXIMA ENQUETE (JANEIRO DE 2014)

O PRÉ-SAL SERÁ FATOR DECISIVO DE CRESCIMENTO DA INDÚSTRIA?

ONDE ACHAR? http/www.ps.com.br

www.blogindustrial.com.br

EXPEDIENTE

Indústria &Tecnologia

Geraldo Banas (1913 – 1999) - Fundador Elizabetha Banas (1923 – 2007) - Editora Cristina Banas - Publisher Elisvaldo P. Vidal dos Santos - Circulação Luciano Tavares de Lima - Gerente de Produção Nazaré Baracho - Revisão Rosa Symanski - Editora-chefe (MTb 23.622) Sandra Gomes - Secretária de Redação Tatiana Gomes - Jornalista web Waldemar Terô Sato - Gerente de Edit. Eletrônica

Filiada à

8 | IT Indústria & Tecnologia

IT - Indústria & Tecnologia/P&S circula junto aos profissionais e executivos envolvidos nos processos de aquisições e especificações de equipamentos, produtos e serviços industriais que atuam em empresas, organizações e entidades que façam parte do mercado industrial. Assinatura anual: R$ 198,00 Número avulso: R$ 18,00 Assinatura anual no exterior: US$ 250,00 IT - INDÚSTRIA & TECNOLOGIA/P&S (ISSN 0103-7481) é uma publicação da Editora Banas Ltda. – CNPJ 60.432.796/0001-83 I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 – Protocolada e matriculada sob o nº 1.487 do livro “A” do Registro Civil de Pessoas Jurídicas.

CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Rua Edward Joseph, 122 - 11º andar/Edifício Passarelli CEP 05709-020 – São Paulo – SP Tel. PABX: (55 11) 3500-1900 - Fax: (55 11) 3500-1935 www.ps.com.br www.blogindustrial.com.br facebook.com/editorabanas Twitter: @EditoraBanas E-mail: redacao@banas.com.br CIRCULAÇÃO .......................... Tel.: (11) 3500-1929 assinaturas@banas.com.br COBRANÇA ............................. Tel.: (11) 3500-1915 cobranca@banas.com.br FINANCEIRO ............................ Tel.: (11) 3500-1913 financeiro@banas.com.br

IMPRESSÃO: Hawaii Gráfica CIRCULAÇÃO NACIONAL PERIODICIDADE MENSAL TIRAGEM: 40.000

PRODUÇÃO ............................. Tel.: (11) 3500-1920 producao@banas.com.br

Capa (foto): www.istockphoto.com

REDAÇÃO ................................ Tel.: (11) 3500-1921 redacao@banas.com.br

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte.

PUBLICIDADE.......................... Tel.: (11) 3500-1911 publicidade@banas.com.br

DEZEMBRO 2013


HOME PAGES

HOME PAGES

Prateleiras e estruturas modulares

O site da Versus apresenta seus produtos na guia “Menu”. São prateleiras para alimentação; para câmara frigorífica; para lojas; linha industrial de prateleiras e carrinhos; linha industrial Flow Racks de prateleiras ajustáveis que vão de 100 a1000 kg, carrinhos com planos reguláveis, plataformas com rodízios e bancadas modulares; linha industrial Lean; móveis modulares para residências e para escritório; peças e acessórios etc. Além de informações da empresa, são disponibilizadas instruções de montagem na guia “Home”; “Agenda de feiras” e “Fale Conosco”. VERSUS do Brasil Ltda. Tel.: (11) 3842-5323.

www.versusbr.com.br

Filtros e equipamentos de processos

Equipamentos hidráulicos

Bastante simples e rápido, o site da Torvel permite fazer download da ficha técnica de produtos, como: cilindros e sacadores hidráulicos, bombas, unidades hidráulicas, ferramentas para aparafusamento, corta-porcas, separadores de flange, chaves de torque, bancadas de teste, mangueiras, acessórios, válvulas, conjunto para levantamento e conjunto de comando a distância. Além de manutenções em equipamentos, a Torvel, especialista em 700 bar, oferece treinamentos para operadores que trabalham com alta pressão e estão direta e indiretamente envolvidos nas operações de levantamento, extração, torqueamento, embuchamento e outras manobras. TORVEL Equipamentos Hidráulicos. Tel.: (11) 5524-0276.

www.torvel.com.br Soluções para identificação, etiquetas e placas O site da Emplaca está com visual novo, nele constam as guias: Home, A Empresa, Produtos e Serviços, Soluções, Nossos Clientes, Contato e Parceiros. A empresa apresenta soluções em identificação e comunicação visual. Os produtos estão divididos em Identificação Patrimonial; Identificação Logística; Etiquetas para Identificação; Placas de Comunicação Visual. Além da produção, também disponibiliza serviços de instalação de placas, holders e frames, pintura e remoção de faixas; identificação de pontos de hidrantes, demarcação no contorno das estruturas porta-paletes, sinalização de segurança etc. EMPLACA Automação e Tecnologia Ltda. Tel.: (11) 4788-7777.

www.emplaca.com.br Máquinas para indústria de borracha e plástico

A webMáquinas há anos comercializa máquinas e implementos para indústria de borracha e plástico, além de importar máquinas e fazer consignação. O site dispõe foto e informações detalhadas de cada tipo de máquina. Para saber mais, acesse o site e clique nas guias “Produtos” e “Estoque Atual”. Entre os produtos oferecidos, estão misturadores fechados para borracha (cilindro e Bambury), Bambury Buzuluk 60 litros, Bambury Copé AML 25/40, misturadores para borracha, plástico e resina, calandra, cilindro, extrusora, injetora, refinador, Rotocury, Twin e outras máquinas também para indústria mecânica como retífica, eletroerosão, guilhotina e compressor. WEBMÁQUINAS Comércio de Máquinas e Implementos Industriais Ltda.

A Etaenge apresenta em seu site soluções em equipamentos Hi-Tech nas áreas de engenharia mecânica, processos, tratamento de água & efluentes e filtração industrial. Além de disponibilizar cases de sucesso, o site apresenta equipamentos de elevação como tralhas e troleys; equipamentos especiais de processo: reatores, torres, colunas, vasos de pressão, tanques, trocadores de calor especiais, conversores, secadores, desgaseificadores, unidades de craqueamento, recuperadores de calor, conversores de amonia, scrubbers, separadores a vácuo, separadores de glicol, reatores de HDT, skids para remoção de co2, etc.; filtros para indústrias e saneamento e equipamentos para tratamento de água e efluentes. ETAENGE Engenharia e Comércio Ltda. Tel.: (21) 2437-7495.

www.etaenge.com.br Equipamentos de teste e medição

O site da T&M, distribuidora de instrumentos e equipamentos de teste e medição de conceituados fabricantes mundiais no segmento de grandezas elétricas, magnéticas, radiométricas, acústicas e cor e aparência, está disponível em inglês e português. Na parte inferior, em “Acesso Rápido” é possível conectar-se à página do Facebook da empresa, bem como se cadastrar para receber E-news e solicitar orçamento. Divididos nas categorias: Áudio, Vídeo e RF/TV; Cor e Aparência; Elétricas; EMC/EMI; Ensaios Eletromecânicos; Metrologia e Radiométricos; a empresa apresenta medidores, osciloscópios, alicates amperímetros, espectrofotômetros, calibradores, luxímetros, luminancímetros etc. T&M INSTRUMENTS Representações Ltda. Tel.: (11) 5092-5229.

http://webmaquinas.net/

EPI’S e outros

A Nova Opção tem por objetivo principal disponibilizar produtos que auxiliam na proteção dos colaboradores, durante o processo operacional, com a máxima eficiência possível. O site da Nova Opção Equipamentos dispõe de uma loja virtual com facilidade de busca por nome ou por categoria de produtos, atendimento on-line e canal de orçamento. Clique na categoria abrasivos e nas categorias de equipamentos de proteção individual – EPI’s como: auditivos, calçados, capacetes, cintos, cremes, ergonomia, luvas, respiradores, sinalização, soldagem, vestimentas, óculos. Conheça os novos produtos: respirador, máscara semifacial e speedglas, entre outros. NOVA OPÇÃO Equipamentos.

www.lojanopcao.com.br

www.tminstruments.com.br IT Indústria & Tecnologia | 9


CATÁLOGOS

CATÁLOGOS Abrasivos rígidos e flexíveis

A Sait fornece abrasivos rígidos e flexíveis para uso industrial. Entre os produtos do catálogo, destacam-se os abrasivos de liga: discos de desbaste e de corte para máquinas portáteis; 39 tipos de tecidos abrasivos, folhas em tecido flexível e tiras, cintas largas e mangotes; 29 tipos de papel abrasivo para madeira, verniz, fundos, estuques, plásticos, aço inox etc.; oito tipos de folhas em óxido de alumínio e cintas em óxido de alumínio, carbureto de silício e zircônio, discos de fibra; discos e rodas flap; discos sobre velcro; discos semirrígidos em fibra e discos diamantados; pontas vetrificadas e escovas. SAIT Abrasivos Ltda. Tel.: (41) 3544-7200 www.sait.com.br

Aço inoxidável

A Intersteel, distribuidora de aço inoxidável e prestadora de serviços, apresenta seu catálogo direcionado aos segmentos de cutelaria, bens de consumo duráveis, construção civil, hospitais, indústria química e petroquímica, farmacêutica, alimentícia, açúcar e álcool, papel e celulose, montadoras, entre outros. No material são apresentados os tipos e aplicações do aço inoxidável austeníticos, martensíticos, ferríticos; bem como tabela de grau de dureza, dimensões e especificações de chapas, tubos OD, retangulares, quadrados, tubos Schedule, barras redondas, sextavadas e quadradas, cantoneiras, barras chatas e conexões em aço inoxidável. INTERSTEEL Aços e Metais Ltda. Site: www.intersteel.com.br

Correntes e rodas dentadas

A Tsubaki apresenta seu catálogo como “guia de seleção” de correntes e rodas dentadas para transmissores e pequenos transportadores. Com ilustrações, áreas de aplicação, material e grau de resistência, tabelas com especificações e outras informações, o catálogo conta com os tipos de correntes em aço inoxidável, tipo híbrido, tipo básico, tipo revestido, tipo com material especial. Conta, ainda, com rodas dentadas em aço inoxidável, de plástico de engenharia e rodas dentadas de superfície tratada. TSUBAKI Brasil Equipamentos Industriais Ltda. Site: www.tsubaki.ind.br

Soluções em filtragem de ar

O catálogo da Unotech® apresenta soluções em filtragem de ar para aplicações em cabines de pintura líquida, a pó, jateamento e despoeiramento. Com ilustração, características e aplicações, o catálogo conta com filtro bolsa para sistemas de ventilação, usado como préfiltro nas casas de ar de cabines de pintura; manta de teto para cabines de pintura; coletores de tinta de cartão plissado para sistema de overspray seco; manta de fibra de vidro para filtragem de filtros finos; manta de papel expandido; mantas filtrantes de poliéster; filtro cartucho para OEM de cabines de pintura a pó e jateamento. UNOTECH® Importação e Comércio Ltda. Site: www.unotech.com.br

Tubos e peças tubulares de aço carbono

Com tabelas de dimensões, informações de material e propriedades mecânicas, a MTP® apresenta, em seu catálogo, tubos e peças tubulares de aço carbono de precisão com costura para área industrial e trefilado; tubos de aço carbono com costura em perfis quadrados, retangulares, ovais, elípticos e em D; tubos soldados por resistência elétrica para aplicações mecânicas; tubos de aço carbono trefilados SAE J525; com costura para caldeiras ASTM A 178 – NBR 5595; com costura para troca térmica ASTM A 214 – NBR 5585; para usos comuns na condução de fluidos NBR 5580. MTP® – Metalúrgica de Tubos de Precisão Ltda. Site: www.mtp-tubos.com.br

Soluções para tratamento de água

O distribuidor Quimicraft apresenta o catálogo do departamento DIA-PROSIM™, integrante da ALM International S/A. São produtos de tratamento, prontos para emprego e concentrados utilizados para água industrial como tratamentos preventivos para caldeira, circuito fechado, circuito de arrefecimento; tratamentos curativos; para água potável para coagulação/floculação, filtração e desinfecção; para água usada nos processos de coagulação/floculação/espessamento de lamas, tratamento biológico e soluções completas para tratamento de águas residuais. Conta, ainda, com produtos e serviços para indústria petrolífera, açucareira etc. DIA-PROSIM™/QUIMICRAFT. Site: www.quimicraft.com

Tubos e acoplamentos

No catálogo de tubos e acoplamentos, da Dragtec, constam tabelas de diâmetros e espessuras e desenhos técnicos. Os acoplamentos DK-9, DK-10 e DK-20 são formados por abraçadeiras bi-partida em ferro fundido nodular ABNT 6916FE 4212 com anel de vedação em borracha sintética SBR Norma ASTM D2000, dureza 60/70 SHORE e parafusos com porcas SAE 1045 forjados e bicromatizados conforme norma ASTM 307 (8.8). Os produtos são aplicados nos segmentos de construção civil, usinas hidrelétricas, saneamento, hidráulica, usinas de açúcar e álcool, irrigações, minerações, estacas das obras de metrô, redes de ar comprimido, bombeamento de água, rede de incêndio, ventilação, estruturas metálicas, montagens industriais, instalações de escapamentos para grupos geradores, portas de rolar e postes para luminosos. DRAGTEC Tubos de Aço Helicoidal Ltda. Site: www.dragtec.com.br

Redutores para acionamento de extrusoras

O catálogo técnico da Zara apresenta características, classificação, dimensões, potências e momento torçor, lubrificação e resfriamento, lubrificantes, tabelas técnicas, tabela de relação de reduções exatas e tabela de chavetas, bem como forças radiais da linha ZDE de redutores para acionamento de extrusoras, dentro das normas AGMA. As carcaças dos redutores são construídas em ferro fundido cinza G25, os pinhões e engrenagens com aços de cementação 18 NICrMo5, dentes helicoidais com perfil retificado e rolamentos de duplos rolos cônicos. ZARA Transmissões Mecânicas Ltda. Site: www.zararedutores.com.br

10 | IT Indústria & Tecnologia

Pisos e revestimentos especiais

A Ns Brazil é especializada em pisos e revestimentos técnicos resinados, anticorrosivos, produtos funcionais e decorativos para os segmentos industriais, comerciais e de construção civil. Entre os produtos oferecidos, apresenta a linha Monolith® - sistemas de revestimentos de alto desempenho (RAD), totalmente monolíticos, sem emendas e juntas, que utilizam tecnologias como epóxi bisfenol “A” e “F; epóxi Novolaca; poliuretano; uretano; éster vinílica; acrílico; metil metacrilato (MMA); poliaspártico e poliureia. Conta ainda com revestimentos anticorrosivos, preparação de substrato, pisos cimentícios e argamassas de reparo e produtos complementares como tintas, autonivelantes, resinas e vernizes. Ns BRAZIL Tecnologia em Pisos e Revestimentos Ltda. www.nsbrazil.com.br


NOTAS TÉCNICAS DESTAQUES DO MÊS

Módulo de troca rápida de paletes

O sistema de troca-rápida VERO-S é a nova referência em precisão e economia em máquina-ferramentas. Combina a centralização por pinos em forma cônica e o travamento por duas cunhas nos rasgos dos pinos. É fabricado em aço inoxidável, temperado, completamente vedado, sistema livre de manutenção, além do sistema de cunha dupla patenteado com função turbo para forças pull-down máximas de até 40kN. Conta com um pino de fixação de único tamanho, cunhas fechadas por força de molas e função turbo por ar comprimido que aumenta a força do conjunto de molas e do sistema de atuação, aumentando a força pull-in em até 300%. O ar comprimido na pressão de 6 bar é suficiente para abrir os módulos. Quando o módulo está sem alimentação de ar comprimido, o conjunto de molas trava o módulo automaticamente.

SCHUNK Intec-Brasil. Tel.: (11) 4468-6888. E-mail: info@br.schunk.com

Micrômetro digital

O micrômetro MDH de alta exatidão utiliza o inovador sensor rotativo ABS absolute da Mitutoyo com resolução de 0.1μm e um fuso de alta exatidão que reduz a margem de erro para ±0.5μm, resultando em uma alta exatidão sem sacrifícios operacionais. Apresenta estrutura rígida e um mecanismo de força constante de alta performance e medição mais estável. O sensor rotativo ABS elimina a necessidade de ajuste da origem, permitindo a medição imediata. Sem erros de leitura, o micrômetro oferece um alto grau de confiabilidade. Oferece uma medição flexível, incluindo resolução comutável (0,0001mm/0,0005mm), função de trava e preset; capacidade 0 a 25 mm; medição de superfície Ø 3,2 mm; medição de força 7 to 9 N. MITUTOYO/ANHANGUERA Comércio de Ferramentas Ltda. Tel. (19) 3778-4000. E-mail: vendas@anhangueraferramentas.com.br

Válvulas de segurança

As válvulas Norgren XSz possuem rearme manual ou elétrico, que impede acionamento adicional em caso de falha. Para se adequar às exigências da norma NR 12, as válvulas de segurança podem ser usadas em máquinas industriais dos mais diversos setores. As válvulas XSz estão em conformidade com as normas DIN EN ISO 13849-1 (nível de desempenho e categoria IV), possuem certificações BG, CSA, OSHA, opções em 3/2 e 5/2 vias com fluxo cruzado, monitoramento interno dinâmico (airlogic), módulo indicador de falha (tempo de resposta = 500 ms) e bloco supervisor de simultaneidade (tempo de resposta = 120 ms). NORGREN Ltda. Tel.: (11) 5698-4000 E-mail: marketing@norgren.com.br

Lixadeiras orbitais

Ergonomicamente corretas, as lixadeiras contam com plataforma de formato anatômico para o descanso do punho e apoio confortável e flexível que absorve a vibração. A carcaça, com isolamento térmico, em liga metálica de alumínio, garante leveza e resistência. A linha é composta por lixadeira roto orbital de 5” sem aspiração; lixadeira roto orbital de 6” auto aspirada; lixadeira roto orbital de 6” central de aspiração; lixadeira roto orbital de correção pontual; lixadeira roto orbital de 3” auto aspirada. Apresentam válvula de ar ajustável que permite o controle de velocidade; alavanca de acionamento; sistema silenciador que reduz os níveis de ruídos; revestimento em material composto; motor de alta performance etc. NORTON Brasil Abrasivos. Tel.: 08007273322. Site: www.norton-abrasivos.com.br

Termômetro infravermelho

O novo termômetro infravermelho TI-410 vem com câmera digital integrada com resolução de 640 x 480 pixels, laser duplo que facilita a visualização do alvo ou local durante a medição, ajuste de emissividade, função de gravador de vídeos em AVI, fotos em JPG, entrada para cartão MicroSD de até 8 GB, soquete para Termopar tipo K e bateria recarregável, além de medir temperatura e umidade do ar. O equipamento é prático e de fácil manuseio, com display LCD colorido, controles de data e hora e desligamento automático. Possibilita medições em superfícies, peças e partes em movimento, com difícil acesso. INSTRUTHERM Instrumentos de Medição Ltda. Tel.: (11) 2144-2800 E-mail instrutherm@instrutherm.com.br

Encoder

O encoder HeavyDuty incremental de eixo vazado HS35R elimina paradas não programadas. O encoder HS35R foi projetado com um sensor óptico de tecnologia avançada, envolto em um invólucro mecânico robusto para suportar choques de até 400G que proporciona feedback confiável e disco inquebrável de até 5000 PPR. Apresenta velocidade do eixo: 6000 RPM; frequência de resposta: 125 kHz; temperatura de operação padrão de -40 até +85ºC (0 até +70ºC; vibração de 5 to 3000 Hz, 20g e grau de proteção IP67 (IP64 em velocidade do eixo superior a 5000 RPM). Divisão DANAHER Sensors & Controls/ VEEDER ROOT Brasil Comércio e Indústria Ltda. Tel: (11) 3879-6600 Site: www.danaherindustrial.com.br

Aparelho giratório com posicionador de garfos

A Saur desenvolveu o aparelho giratório com posicionador de garfos acoplado. É ideal para manusear paletes e cargas de dimensões variadas e sua função é posicionar os garfos hidraulicamente com maior rapidez e produtividade na operação, proporcionando comodidade ao operador, visto que o mesmo não precisa descer da empilhadeira para reposicionar os garfos, pois com o perfeito ajuste dos garfos as embalagens, paletes, caixas, containeres, bem como demais tipos de mercadorias não são danificadas. Características técnicas: aparelho giratório 360/40 - ISO 3X1200 mm com posicionador de garfos; capacidade de 4000 kg a 500 mm; giro do AGS de 360 graus contínuos; abertura: 390 mm a 1050 mm (medida externa). SAUR Equipamentos S/A. Tel.: (55) 3376-9300 E-mail: saur@saur.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 11


Foto: Divulgação

ACONTECE NA INDÚSTRIA

50 anos dedicados a EPIs A Agena lança sua linha de capacetes de segurança em meio a comemorações de seu 50º aniversário

E

mpresa tradicional do mundo corporativo carioca, a Agena EPI está completando 50 anos prevendo alcançar um crescimento que pode chegar a até 12% este ano. Com atuação na área de equipamentos de proteção, a Agena tem como carro-chefe os abafadores de ruídos. “O nosso portfolio conta com quatro modelos de abafadores de ruídos. Além disso, contamos também com kits de abafadores acopláveis ao capacete, plugs auditivos e capacetes de segurança”, descreve Alfredo Miranda Ferreira, gerente de produção da Agena. Empresa que está entre os dez maiores fabricantes de EPIs do país, a Agena nem sempre teve sua vocação voltada à área de proteção ao trabalhador. “Os nossos negócios começaram com headphones e, vinte anos depois, migramos para os EPIs, pois verificamos que seria um mercado promissor pela obrigatoriedade”, explica Ferreira. Para comemorar os seus 50 anos, a Agena lançou a linha de capacetes CS 1000, projetados com casco injetado em polietileno de alta densidade, com cinta jugular, carneira em polietileno de baixa densidade e tira absorvente de suor em tecido com espuma. “Estes capacetes foram homologados no ano em completam-se os 50 anos e se constituem

em mais uma linha de produtos que nasceu com todas as exigências de qualidade”, afirma Ferreira. Na linha de produção, a empresa também se destaca por andar em dia com a tecnologia. “Usamos a colagem de alguns elementos de solda por radiofreqüência, uma tecnologia que confere maior durabilidade e resistência às almofadas, as peças utilizadas em abafadores de ruídos”, diz Ferreira, acrescentando, que, desta forma, a empresa obtém um diferencial no mercado se distinguindo da concorrência. Com produção 100% nacional e investimentos em tecnologia, pesquisa e materiais com padrões internacionais, a Agena tornouse referência no mercado brasileiro como uma das líderes de mercado. “Fabricamos de 70 mil a 90 mil itens por mês que são encaminhados para, aproximadamente, 5 mil clientes”, aponta o gerente de produção. Com um quadro de 70 funcionários, a Agena vai comemorar seu cinqüentenário com o slogan “desde 1963 cuidando de cada peça como se fosse a primeira”. A empresa também está se preparando para lançar mais um modelo de abafador ainda no 1º trimestre de 2014. “Desenvolvemos um modelo todo em plástico recomendado por consumidores em uma pesquisa de mercado que realizamos em todas as regiões industrializadas do país. Com base na opinião pública chegamos a um modelo de abafador com maior durabilidade e leveza e que se diferencia dos usuais do mercado concebidos com partes de arames metálicos”, explica, acrescentando que o novo modelo vem atender uma lacuna no mercado.

NOTAS TÉCNICAS Sistema de armazenagem automática

A armazenagem automática refrigerada melhora o desempenho em atendimento a pedidos e reduz custos operacionais. Apresenta soluções com simples profundidade, dupla profundidade e múltiplas profundidades para a correta configuração a fim de maximizar a armazenagem e gerenciar o fluxo. Podem ser combinadas com uma variedade de subsistemas de entrada e saída. Oferece visibilidade do inventário e controle do produto que são eletronicamente gerenciados por meio do IT Suite da Dematic, alcançando 100% de precisão do inventário: quarentena, controle de lote; primeiro que entra, primeiro que sai (FIFO); regras de negócio específicas do cliente etc. DEMATIC Sistemas Equips. para Movimentação de Materiais Ltda. Tel.: (11) 3627-3100. Site: www.dematic.com/br

12 | IT Indústria & Tecnologia

Solução CAD/CAM para dobra

O act/bend é uma solução CAD/CAm completa dedicada ao processo de dobra. Sem interrupções para a produção, permite uma programação offline de um grande número de dobradeiras. Graças as suas poderosas ferramentas de simulação 3D, a definição da sequência de dobra, a escolha das ferramentas e o posicionamento dos batentes são feitos automaticamente de maneira eficaz e segura. A partir do modelo 3D planificado no act/ unfold, a simulação 3D completa do processo de dobra permite definir todo o sequenciamento e verificar etapa por etapa os problemas de acessibilidade e colisão. Totalmente integrado aos ambientes robotizados, o act/Bend comunica-se perfeitamente com o RoboWave Bending, destinado à programação de células de dobra robotizadas. ALMA DO BRASIL

Com. Imp. Exp. e Serviços de Software Ltda. Tel.: (51) 3023-2717. Site: www.almacam.com.br


Foto: Divulgação

ACONTECE NA INDÚSTRIA

Tecnotri dobra a capacidade Inaugurada em outubro, nova planta no RS consumiu investimentos de R$ 4,7 milhões

A

Tecnotri, indústria de plásticos rotomoldados, iniciou recentemente as operações das suas novas instalações no Distrito industrial de Vila Maria (RS) que representaram um investimento de R$ 4,7 milhões. A nova planta, inaugurada em outubro, está situada em uma área de 143 mil metros quadrados, conta com 3,4 mil metros quadrados de área construída e já surgiu com expectativas de futuras ampliações de pavimentos, podendo chegar a até 30 mil metros quadrados. “No portfólio de produtos, incluem-se pallets plásticos rotomoldados, cofres de carga plásticos, containers plásticos, bacias plásticas, cisternas plásticas, tanques agrícolas e vasos texturizados. Tudo pensado e executado para reconhecer a importância da carta de clientes da empresa, que agrega montadoras de veículos, indústrias farmacêuticas, de implementos agrícolas, transportadoras, entre muitas outras”, explica Clairton Bidtinger da Silva, gerente comercial da empresa. Atualmente a empresa conta com um quadro de 42 colaboradores e o projeto de expansão prevê que, até 2019, esse número chegue a 110 colaboradores. A empresa investiu R$ 4,7 milhões na instalação da nova planta. No ano passado, a Tecnotri faturou R$ 12 milhões. Para este ano, a projeção é de que o fatura-

mento se situe entre R$ 12 e R$ 15 milhões de reais, número que gradativamente deverá aumentar com a nova planta. Além de dobrar a capacidade de produção, o objetivo da nova planta da Tecnotri é consolidar a marca no mercado nacional e internacional. “Somos fortes exportadores na América Latina de pallets de contenção, pallets plásticos, entre outros”, revela o gerente, acrescentando que as vendas para fora do país se intensificaram nos últimos três anos e hoje representam 5% do faturamento. A nova planta vem atender também o aumento na demanda. “Tivemos problemas com o espaço físico, o que também estava impossibilitando o lançamento de produtos novos”, afirma o gerente. Segundo ele, o próximo passo da Tecnotri está no lançamento de novos produtos que vão fazer parte da linha nova 2013, 2014. “Vamos lançar cisternas e tampas agrícolas, que consiste em peças grandes com capacidade de até 10 mil litros”, revela o gerente. A Tecnotri é empresa qualificada pela D&B, D.U.N.S Registered Business, como fornecedora mundial de soluções para embalagem de peças - certificação exigida pelas mais influentes organizações mundiais.

NOTAS TÉCNICAS Plataformas de automação

As plataformas de automação Atos MPC6006 têm aplicações de processo, manufatura e posicionamento. Apresentam escabilidade e portabilidade das aplicações; varredura de até 0,4 ms/K instrução; ferramenta de programação gratuita, padrão IEC61131-3 e simulador incorporado à ferramenta de programação. Oferece alto desempenho, arquitetura modular, CPUS com RTC incorporado , e módulos com troca a quente (hot swap). O hardware apresenta fixação por parafuso ou trilho DIN, dois canais de comunicação serial, RS232 e RS485, incorporados a CPU; protocolos de comunicação Modbus e APR03, porta para interface homem-máquina, memória SDRAM de 16 Mbytes e Flash de 2 MBytes, memória RAM CMOS de 256 Kbytes com backup de bateria, módulos de contagem integrados a CPU de até 20 kHz e saídas PWM e PTO integradas a CPU.

SCHNEIDER ELECTRIC Brasil Ltda. Tel.: (11) 3468-5791. E-mail: wap@schneider-electric.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 13


CASE VOLVO DO BRASIL VEÍCULOS LTDA.

Volvo na dianteira em sustentabilidade

Empresa implantou sistemas inovadores para obter a redução de temperaturas em processos diminuindo agressões ao meio ambiente

N

a busca para alcançar alto padrão em sustentabilidade, a Volvo promoveu mudanças profundas na sua atuação, mudando completamente etapas no seu formato de fabricação. A companhia tem se notabilizado no mundo pela forma que está conduzindo processos cada vez mais sustentáveis e também por ter tornado a automação uma forte aliada nesse processo. Um exemplo está no sistema de pintura da fábrica de cabines de caminhões, situada no complexo industrial de Curitiba (PR) e que foi concluída esse ano. “Conseguimos grandes avanços em termos de proteção ambiental substituindo o processo manual que usava tinta à base de solventes em alta temperatura, cerca de 140 graus. Agora, temos um processo que consiste em um sistema de pintura robotizada com tintas de baixa temperatura de cura, cerca de 80 graus á base de água”, explica Angelo Prodossimo, gerente de operações de cabines da Volvo. Segundo ele, essa diferença alcançada em temperatura resultou ainda em uma redução de 73 quilos para 51 quilos de GLP por veículo produzido, além de diminuir também a quantidade de gás natural. Outro avanço no processo diz respeito à utilização de um equipamento, o RTO, que queima os gases nocivos que saem da estufa e os transforma em gases limpos. “Esse equipamento faz o aquecimento dos banhos de lavagem de peças plásticas que também são pintadas na própria cabine. Ele possibilita que se pinte a estrutura metálica junto com as peças plásticas, processo impossível de se fazer antes porque o

plástico não poderia ser submetido a uma temperatura de 140 graus”, afirma Prodossimo. A manufatura conta agora com 16 avançados robôs, responsáveis pela pintura e manipulação das cabines, que até pouco tempo era feito manualmente. “A pintura executada pelo robô proporciona melhor controle dos rigorosos padrões técnicos de qualidade da Volvo, como a garantia da espessura, a uniformidade de camadas e resistência ao clima”, afirma Regimar Michelin, diretor de engenharia de manufatura da Volvo no Brasil, acrescentando outras vantagens como a exclusão de contaminação devido a contatos manuais,e a maior resistência mecânica à pintura. 14 | IT Indústria & Tecnologia


Meio Ambiente Sustentável

NOTAS TÉCNICAS

Brasil foi pioneiro em testes “a frio” de motores a diesel Outra importante etapa que ganhou progressos significativos no campo da sustentabilidade ocorreu no sistema de testes de motores que antes eram avaliados em um sistema “a quente” e passaram a ser testados “a frio”. “Antigamente, no sistema a quente, o motor era submetido entre 25 e 30 minutos de teste em um dinamômetro com consumo de óleo diesel e emissão de gases. Agora, no novo processo, os motores são testados a frio, ou seja, verificados ao longo de seu processo produtivo, em um teste funcional de aproximadamente dois minutos após a conclusão de montagem”, afirma Juliano Sabatke, diretor de Powertrain da Volvo.

Software para engrenamentos

O software Progear é uma ferramenta que auxilia na solução dos mais diversos problemas sobre engrenagens, desde grandes projetos de engrenamentos até pequenos cálculos. Atende normas DIN 3967, 3990, 3992, 3997, 3960, 3961, 3962 e norma inglesa BS 436. O software é organizado em 19 módulos de trabalho: projeto/comprovação da capacidade de carga; cálculo geométrico completo de um par; diâmetro conjugado; distância entre centros; diâmetro; deslocamento do perfil; ângulos; grau de recobrimento de perfil; ajuste das engrenagens; jogo entre flancos; espessura do dente; dimensões W sobre dentes; dimensões M sobre esferas ou rolos; análise geométrica; jogo de rodas; tolerâncias do dentado; desenho dos dentes; involumetria do dente e tempo de usinagem. VISON Máquinas e Equips. Ltda. Tel.: (11) 2768-7529. E-mail: contato@visonmaq.com.br

Tubos traceados Com isso, as emissões de CO2 relativas aos testes de motores na fábrica de Curitiba tiveram uma redução drástica, de 85%. Essa medida teve como ponto de partida o ano de 2003 quando o Grupo Volvo lançou mundialmente um Desafio Ambiental em que estabelecia como um dos principais objetivos o ganho de eficiência energética nos seus sistemas de produção. E a fábrica de Curitiba foi escolhida para um piloto denominado de “QEPP – Produtos e Processos com Qualidade Aprimorada”. O projeto iniciou em 2004, com um investimento de 20 milhões de euros e uma profunda revisão do design e de todos os processos produtivos dos motores Volvo. Em 2011, as primeiras medições realizadas após a implantação total do QEPP, apresentaram resultados bastante significativos: redução de 90% na emissão de CO2 na produção de motores. Os excelentes resultados do Projeto QEPP levaram a organização a estendê-lo para outras plantas do Grupo Volvo nos EUA (Hagerstown), na Suécia (Skovde) na França (Vénissieux) e no Japão (Ageo).

www.volvo.com.br

Projetados para manter a temperatura do fluído, por meio de resistência elétrica ou linha de vapor, permite o controle da viscosidade do fluído. Podem ser usados para conectar linhas de processo a analisadores, proteção contra congelamento, retorno de condensado, transferência de amostras em plantas químicas, instrumentação de ar/gás, analisadores etc. Dimensões: Ø 1/8’’ a Ø 3/4”, 1 ou 2 tubos de processo, em aço inox 316/316L/latão e PFA, revestimento PVC ou PU. Montados paralelos, suportam temperatura de -32 a 268 oC e mantém até 204°C. SWAGELOK/TECFLUX Ltda. Tel.: (11)5080-8888 E-mail: comercial@swagelok.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 15


MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

A parceria entre a sustentabilidade e a manutenção industrial O papel das empresas na preservação dos recursos naturais do mundo

egundo a CMMAD – Comissão Mundial de Meio Ambiente e Desenvolvimento – da Organização das Nações Unidas (2007), o desenvolvimento sustentável deve ser definido como aquele que consegue atender às necessidades presentes, sem comprometer a possibilidade das gerações futuras satisfazerem as suas próprias necessidades. Partindo do princípio de que as empresas existem para gerar empregos, produzir bens e serviços, pagar impostos e lucrar, surge uma grande questão: como elas poderão estar comprometidas com o conceito de desenvolvimento sustentável, de tal forma que garantam o seu próprio futuro? Surge, então, o conceito de sustentabilidade econômica, social e ambiental, termo debatido na Reunião de Cúpula das Nações Unidas (ONU) de 1992 – A famosa RIO 92. Lembrando que o modelo sócio-econômico atual das sociedades mundiais baseia-se na utilização desenfreada dos recursos naturais até o seu esgotamento; falta de uso racional da matriz energética; geração de alto nível de poluição atmosférica; grande geração de lixos urbanos e quantidades absurdas de resíduos industriais, leva-nos a uma nova questão:de que forma pode-se conscientizar as gerações atuais de trabalhadores, estudantes e cidadãos que convivem diariamente com estes problemas? A única forma é por meio da educação para o desenvolvimento sustentável. Portanto, a grande tarefa é se construir uma mentalidade orientada para o futuro, conscientizando todos os envolvidos com o crescimento econômico e sustentável de uma sociedade. E por onde começar? Pelas empresas, por meio de ações internas, utilizando modelos de gestão que permitirão alcançar maiores ganhos de produtividade, redução de custos, preservação da natureza e racionalização de recursos naturais. Nas empresas modernas, muitos programas de estímulos à melhoria da produtividade, redução de custos e à implantação das nor16 | IT Indústria & Tecnologia

Roberto Juriate (*)

mas ISO 9000, ISO 14.000, entre tantos outros, têm sido introduzido, porém, ao se utilizar as técnicas de gestão aplicadas à manutenção industrial, tais como a preventiva, preditiva e a detectiva, comentadas em edições anteriores, permitem o acompanhamento das condições de máquinas e equipamentos, promovendo medidas preventivas com o objetivo de evitar perdas e falhas; gerando economias significativas, na ordem de 30% no consumo de energia elétrica; redução em 20% sobre o consumo de fluidos hidráulicos, redução de cerca de 10% no índice de falhas nos equipamentos e, em torno de 30% nos custos totais de fabricação.

ALGUNS CONCEITOS DESTE MODELO DE GESTÃO AMPLAMENTE UTILIZADOS POR DIVERSAS EMPRESAS QUE MANTÊM ATIVO UM PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: MANUTENÇÃO AUTÔNOMA – É a capacitação dos operadores contribuindo para alcançar a sustentabilidade ambiental, orientando-os a identificar os pontos críticos de desperdício de matéria-prima e a de sinalizar os problemas relacionados às emissões poluidoras de suas máquinas e postos de trabalho; quais as melhores maneiras de descartar os consumíveis, tais como panos, estopas, restos de fiação, pós de serra, óleos e lubrificantes, restos de rebolos, discos de corte, entre outros. MANUTENÇÃO PLANEJADA – Por meio da análise da diferença entre as condições básicas e as atuais, cria-se o ambiente para aplicação das melhorias nos métodos praticados pela manutenção, eliminando-se as perdas identificadas tais como as falhas de operação e produtos defeituosos, concluindo-se com a economia dos recursos de matéria-prima e energia. Manutenção da Qualidade – Reduz defeitos e, consequentemente, diminui o retrabalho, economizando recursos disponíveis e, principalmente, consegue uma análise crítica do processo produtivo, permitindo a prática de melhorias constantes (Kaizen ). Manutenção da Segurança – Saúde e Meio Ambiente– Informações básicas a respeito do correto manuseio de um resíduo; legislações sobre o descarte dos resíduos, suas implicações e danos ao meio ambiente e a própria saúde; os conceitos de riscos ambientais; a importância dos programas de reciclagem de materiais e as ações para proteção dos recursos naturais não renováveis. MANUTENÇÃO DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL – Desde a especificação dos equipamentos até as fases de projeto, fabricação , instalação e operações e, considerando a sua substituição por desgastes ou obsolescência, pode-se identificar os pontos de produção e geração de resíduos, bem como a destinação que será dada a eles, de tal forma que se permita identificar os pontos críticos de desperdícios de matéria prima e recursos. Portanto, entende-se que deve haver uma mudança cultural dentro das empresas, focando a redução dos desperdícios de recursos produtivos, o aumento da vida útil das máquinas e equipamentos, aplicação de ações preventivas, evitando emissões poluidoras de máquinas e equipamentos de tal forma que seja possível aliar o aumento da produtividade, redução de custos de fabricação, incentivo aos programas de qualidade e a promoção de ganhos econômicos com o alcance da sustentabilidade ambiental. (*) Roberto Juriate é graduado pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), com MBA em gestão empresarial pela FGV, e professor de Mecânica dos Fluidos e Estática nas Estruturas, na UNIP. Atuou como consultor em projetos de Produtividade & Qualidade na FIERGS – RS, desenvolvendo e treinando equipes para a implantação dos conceitos fundamentais em Manutenção Industrial.


NOTAS TÉCNICAS

Meio Ambiente Sustentável

Moinhos para reciclagem de plásticos

A Moinhos Trithor fabrica uma vasta linha de equipamento para reciclagem de plásticos, tais como: centrífugas, tanques, esteiras, exaustores, silos, afiadoras de facas, roscas, transportadeiras etc. Conta com a linha TRL de moagem leve para triturar peças de pequeno porte, em linha com injetoras, sopradoras e extrusoras; com a linha TRP para trituração pesada para moer peças de grande porte e dificuldade como contêineres plásticos, bombonas, borras, bobinas de filme, aparas, lonas, autopeças etc.; e além disso fabrica peças de reposição como facas, peneiras, rotores etc para equipamentos próprios ou qualquer outro, sob desenho ou modelo.

TRITHOR Equipamentos para Reciclagem Ltda. Tel.: (11) 4705-3800. Site: www.moinhostrithor.com.br

Sopradores para tratamentos de água e efluentes

Utilizados como parte da moderna tecnologia do meio ambiente, oferecem menor consumo de potência; alta durabilidade; possibilidade do controle da vazão de ar e melhor eficiência do sistema; silenciadores livres de materiais contaminantes; baixo custo de manutenção; vazões de ar de 180 a 65.000 m3/h; pressões diferenciais de até 1.000 mbar (10 m.c.a). Os sopradores contam com sistema integrado de cancelamento de pulsação, que prolonga a vida do equipamento. São aplicados em aeração de plantas de tratamento de efluentes biológicas e dessulfurização de gás combustível, aeração de rios e lagos, instalações de filtros, sucção e compressão de biogás e gás de aterro sanitário e retrolavagem de filtros em plantas de tratamento de água.

Dragas com lança telescópica

A Sidrasul fornece dragas com cabos de aço, draga com escada e draga com lança telescópica com capacidades de profundidade de dragagem de 10, 12 e 100 metros. São aplicadas em manejo de lamas de dejetos, limpeza de tanques de sedimentos, lagoas de sedimentação de dejetos e descarrregamento de barcaças; poços de coleta e de cortiças, fossas de cinza e fossas em geral; recuperação e retransferência de resíduos, reservatórios industriais, remoção de materiais de tanques de decantação; dragagem de depósitos profundos, limpeza de valas, extração de limos; desassoreamento de entradas de água etc. A série DRT de dragas com lança telescópica apresenta profundidade da dragagem de 10 m; capacidade de 350 a 1.300 m3/h; dois escavadores, potência total de 130kW a 470kW etc. SIDRASUL Sistemas Hidráulicos Ltda. Tel.: (47) 2103-5000 E-mail: sidrasul@sidrasul.com.br

AERZEN do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4612-0473. E-mail: aerzen@aerzen.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 17


Fotos: Divulgação

ANÁLISE SETORIAL MERCADO

Sustentabilidade no planejamento estratégico Mundo corporativo luta para obter crescimento em meio a um cenário sustentável Por Rosa Symanski

A

sustentabilidade tem centralizado boa parte das discussões dentro das corporações e já se tornou um tema corriqueiro nas empresas que se preocupam com as questões ambientais. Todo esse ambiente foi amplamente incentivado pelo governo e por instituições por meio da promulgação de leis ambientais. “Há uma pressão muito forte do governo para que se respeite as leis ambientais. Mas nota-se que houve grandes avanços nos últimos anos no Brasil, que se tornou um verdadeiro canteiro de obras, e com isso, existe a preocupação com licenciamento ambiental”, observa o especialista em acústica e vibração Nicolas Isnard, que também é diretor técnico comercial da Acoem e membro da Associação Brasileira para a Qualidade Acústica (Proacústica). Ele chama a atenção para as inúmeras certificações ambientais que surgiram no país e o seu papel determinante para que as empresas sigam as leis. “Todas essas leis fazem com que as empresas assumam compromissos ambientais e minimizem riscos, esse é um ponto. O outro ponto é que os grandes grupos estão mais avançados na Europa, por exemplo, e nenhum conglomerado, atualmente, consegue ir para a frente sem empregar políticas de sustentabilidade”, afirma o diretor técnico da Acoem. As normas de qualidade, como o emprego da ISO 14000, também representam um marco nas empresas que procuram ser sustentáveis. “As normas de qualidade são uma grande referência para as empresas que acabam planejando o seu crescimento e definem suas metas como redução de ruídos, redução de resíduos, entre outras determinações que as encaminham para a sustentabilidade”, explica Isnard. O diretor técnico da Acoem também inclui iniciativas junto ao trabalhador como parte do processo de sustentabilidade. “O fato de grandes empresas poderem impulsionar o crescimento de determinadas regiões e tomar iniciativas como conceder educação aos mais necessitados também pode ser visto como um ato de sustentabilidade”, diz Isnard. Isnard aponta que o Brasil deu um grande salto nos últimos cinco anos em sustentabilidade. “A globalização foi um forte fator para que o país siga os padrões internacionais. Por exemplo, não se consegue mais licença ambiental de rodovias sem antes se fazer um estudo de impacto ambiental”, aponta o diretor técnico da Acoem. A pesquisa “Estratégias Empresariais para a Sustentabilidade no Brasil”, realizada pela instituição UniEthos e aplicada em empresas de diversos portes, demonstra que 69% das empresas brasileiras reconhecem que a inserção da sustentabilidade no planejamento estratégico é uma necessidade. A pesquisa, realizada em 2012, contou com respostas de 250 companhias de pequeno, médio e grande portes. E os resultados mostram que houve avanços significativos no engajamento de empresas no desenvolvimento de estratégias de sustentabilidade. Quando comparado a pesquisas internacionais, o trabalho revela que as empresas brasileiras estão seguindo uma tendência mundial de busca de competitividade por meio de estratégias de sustentabilidade. De acordo com Reginaldo Magalhães, gerente executivo do Uniethos e um dos idealizadores do levantamento, alguns aspectos mais importantes podem ser destacados: “Das empresas pesquisadas, 69% já consideram o interesse de outros stakeholders no seu planejamento estratégico”. Segundo ele, antigamente as empresas tomavam medidas sustentáveis visando à redução de riscos (pressão por regulamentações e da sociedade) e expansão de mercado. Aos poucos, elas foram percebendo que a adoção de uma política sustentável também pode ajudar a conquistar mercado. Dentre as motivações, ainda existe a preocupação com riscos, mas é crescente a percepção de oportunidades relacionadas à sustentabilidade. 18 | IT Indústria & Tecnologia

Nicolas Isnard é diretor técnico comercial da Acoem

Uladyr Ormindo Nayme é vice-presidente de Planejamento e Finanças da AIDIS

Para o vice-presidente de Planejamento e Finanças da Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental (AIDIS) Uladyr Ormindo Nayme, o país ainda não tem consciência suficiente para uma sustentabilidade plena. “Dependemos dos mais diversos segmentos, indústrias, governo, população, ensino básico e a mídia, que têm um papel relevante na educação em relação ao meio ambiente, mas devem cada vez mais se aplicar em orientar a população nessa prática. Para Nayme, o governo tem um grande papel no quesito sustentabilidade. “O governo, com certeza, trabalha para o desenvolvimento da população, na educação na gestão ambiental e em outros fatores que somam como a diminuição da pobreza, educação, nutrição, moradia, transporte, e com a melhoria da saúde. Tudo isso contribui para a sustentabilidade, porém muito ainda pode ser realizado, como o desenvolvimento de pesquisas em meio ambiente. A natureza nos ensina muito e é necessário estudar as interações entre a sociedade humana e os efeitos naturais”, observa.


Fotos: Divulgação

ANÁLISE SETORIAL CENÁRIO

A onda verde nas indústrias Pesquisa demonstra que mais de 90% das empresas adotam medidas para minimizar o impacto ambiental

U  Por Rosa Symanski

m dos grandes desafios das empresas é conduzir seus negócios preservando os recursos naturais. Relatório produzido pela Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos) revela que o setor de máquinas e equipamentos está preparado para contribuir para a economia verde, privilegiando um sistema de produção mais sustentável. Intitulado “A indústria de Máquinas na Era da Economia Verde”, o documento também traz o perfil do setor e as ações da entidade voltadas ao meio ambiente. Segundo Alessandra Bernuzzi, diretora de responsabilidade sócioambiental da Abimaq, em 20 anos, o setor avançou muito, tornando o processo produtivo mais eficiente e sustentável, adotando medidas como inovação tecnológica, uso estratégico da água e redução de resíduos. “Hoje, produzimos mais e melhor, primando pela qualidade dos produtos nacionais, mas ainda temos que sobrepor muitos entraves, como a carga tributária”, aponta, lembrando que, hoje, o Custo Brasil (soma da tributação e encargos que recaem sobre a produção), beira 45%. Bernuzzi revela que o setor de máquinas e equipamentos está preparado para contribuir para a economia verde, com a criação de um sistema de produção mais sustentável. Segundo o relatório, a pesquisa mostrou que mais de 90% das empresas adotam políticas que visam minimizar o impacto ambiental. Dado relevante diz respeito à certificação ISO 14.001 ou equivalente. Mais de 60% das grandes empresas já tinham sido certificadas, contra11% das médias e 8,4% das pequenas indústrias. Quanto às condições exigidas pelas empresas no relacionamento com os seus forneceDas empresas consultadas, dores,o cumprimento da legislação traba81% avaliam com frequência lhista é exigido por 15% delas. Exigem o os materiais de comunicação cumprimento das legislações ambiental e previdenciária menos que 12% das empresas de seus produtos para evitar pesquisadas – o que mostra, neste contexto, um baixo comprometimento em relação à a compra ou uso indevido, o risco à saúde ou a produção sustentabilidade. A pesquisa também mostra dados positide danos ambientais vos. Das empresas consultadas, 81% avaliam com frequência os materiais de comunicação de seus produtos para evitar a compra ou uso indevido, o risco à saúde ou a produção de danos ambientais. No que diz respeito aos processos de tratamento e destinação adequada de resíduos, 77% das empresas afirmaram que fornecem informações a seus clientes sobre possíveis danos ambientais resultantes do uso de seus produtos ou serviços. “Entre as ações mais citadas, estão a presença de estações de tratamento de efluentes, o descarte seletivo, a reciclagem, a coleta de lixo contaminado, o tratamento de água e a realização de cursos de responsabilidade socioambiental na entrega de seus produtos aos clientes”, destaca Bernuzzi. Ainda, segundo a pesquisa, mais de um terço das empresas promovem melhorias na infraestrutura ou no local de usufruto da comunidade, utilizando incentivos fiscais de dedução ou desconto de doações e patrocínios. “Também verificamos que mais da metade das empresas inclui a análise de sua atuação social e ambiental na elaboração de seu planejamento estratégico”, exemplifica Bernuzzi. Ela chama a atenção, no entanto, para algumas falhas que ainda persistem no setor. “Temos problemas com remanufatura de máquinas porque não se tem uma regra clara para isso. Vendem como máquina remanufaturada aquelas que são recondicionadas ou reformadas, o que é uma prática errônea, enquanto que a máquina remanufaturada teria que ser atestada com garantia de nova. Porque a máquina remanufaturada é uma máquina usada”, afirma Bernuzi.

Alessandra Bernuzi é diretora de responsabilidade sócio-ambiental da Abimaq

Sérgio Esteves é autor do livro “O Dragão e a Borboleta”

Para Sérgio Esteves, autor do livro “O Dragão e a Borboleta”, sustentabilidade e responsabilidade social nos negócios, a sustentabilidade caminha em conjunto com a sociedade. “A meu ver, uma maneira de enfrentar essa questão essencial pode ser as empresas se comporem cada vez mais com a sociedade de modo a chegar a outro patamar de soluções que integrem aspirações por sustentabilidade presentes no corpo social com interesses dos clientes e dos negócios. Dito assim, parece quase utópico, mas, de fato, essa linha de atuação não é mais do que um aprofundamento da proposta original de engajamento de públicos. As iniciativas pioneiras em processos de construções coletivas com legitimidade social poderão influenciar novos níveis de atuação das organizações com outros níveis de responsabilidade que, no fim das contas, é o que se espera”, diz. IT Indústria & Tecnologia | 19


Foto

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA Eco Mach Ltda.

Óleo renovado Eco Mach desenvolve equipamento que regenera o óleo usado nos processos industriais

U

m equipamento voltado à recuperação de óleo solúvel utilizado na indústria é a grande inovação da Eco Mach para as indústrias brasileiras. A empresa desenvolveu o ZX01-B, equipamento com capacidade de reciclagem de até 95% do óleo solúvel já utilizado nos processos industriais, eliminando os processos de descartes, que exigem investimentos significativos das indústrias. “Projetamos um equipamento que tem capacidade de reciclar o óleo por meio de um processo de decantação. Normalmente, a recuperação do óleo seria um processo químico; mas conseguimos desenvolver esse processo físico que leva 36 horas”, explica Agenor Fortuna de Carvalho, gerente comercial da Eco Mach. O ZX01-B está apto a regenerar 95% do óleo que seria descartado. “Depois de ser utilizado em um período de três a seis meses, o óleo começa a perder as suas propriedades e emanar maus odores em razão da proliferação de bactérias e começa, então, a perder as suas propriedades. Aí que o ZX01B entra em ação”, descreve Carvalho. Ele cita o exemplo de um cliente que conseguiu alcançar uma economia significativa ao adquirir o equipamento. “Um cliente com 20 máquinas de usinagem conseguiu diminuir seus custos com óleo e descarte em R$ 76 mil. Em um ano, a máquina se pagou mais de duas vezes”, revela. O equipamento que conta com um software interativo munido com painel digital também tem capacidade de mostrar relatórios gerenciais, como o total de óleo recuperado, a quantidade de resíduo restante e a economia obtida com o uso do equipamento. “Além disso, a máquina conta com dois filtros, o que faz com retenha ainda mais impurezas, como micro-organismos e sujeiras”, ressalta Carvalho.

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Aerador

O aerador Cachoeira16X3-1CV oferecem baixo consumo de energia, facilidade de manuseio, simplicidade de operação e manutenção, robustez e confiabilidade e distribuição da potência instalada. Em lagoa de estabilização permite aumento da eficiência; distribuição de oxigênio dissolvido por toda a superfície; eliminação de “zonas mortas” e odores. Em valo de oxidação oferece mistura intensa; estabilização aeróbia do lodo; grande redução de DBO; maior praticidade em relação aos rotores convencionais. EMICOL Eletroeletrônica S/A.

Tel.: (11) 4024-4246. E-mail: emicol@emicol.com.br

Poços de visita e de inspeção

Os poços de visita e de inspeção em plástico foram projetados e produzidos com tecnologia moderna, tornando as tarefas de instalação e manutenção destes produtos muito mais simples, práticas, ecologicamente corretas e econômicas. São fabricados em plástico de engenharia, polietileno linear de média densidade – comonômero de Hexeno, que possui uma excelente resistência a quebra sob tensão ambiental e resistência ao impacto, ácidos, sais e álcalis. Fabricados pelo processo de rotomoldagem, os poços não possuem nenhuma emenda, apresentando paredes com grandes espessuras, totalmente impermeáveis às infiltrações e sem deformação com pressão do terreno após a instalação. Podem ser produzidos em alturas de até 4 m. ASPERBRAS Sistemas de Irrigação Ltda.

Tel.: (18) 3654-7000. E-mail: asperbras@asperbras.com.br

20 | IT Indústria & Tecnologia


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Indústria calçadista • Indústria de usinagem • Indústria de moldes e matrizes

1 2 3 4

Alta capacidade

O equipamento pode regenerar até 450 litros de óleo em 36 horas garantindo robustez e alto desempenho na sucção

Alto desempenho

Prolonga a vida útil das ferramentas de corte e bomba hidráulica

Anti-bactericida

Reduz a contaminação de microorganismos em até 90%

Filtragem máxima

Retém as partículas sólidas, separa óleos indesejados

• Indústria automotiva • Indústria de autopeças

http://www.ecomach.com.br/z11/index.php?menu=home

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Estações para tratamentos de esgotos

Trata-se de um sistema completo para o tratamento biológico de esgoto sanitário, dentro dos padrões exigidos pela Legislação Ambiental Brasileira. Fabricada em seis modelos, a série ETE-CH da Tecniplas é de fácil instalação e operação, com baixo consumo de energia, sistema de controle e descarte de lodo, sistema de iliminação de odores e pode ser desmontada com facilidade e instalada em um novo local de tratamento. TECNIPLAS Tubos e Conexões Ltda. Tel.: (11) 4529-3018 E-mail: antoniocarlos@tecniplas.com.br

Desengraxante

Formulado a partir de extratos vegetais bio-renováveis (Nature Boost), com ingredientes 100% ativos (não contém água), o GS200 é um poderoso desengraxante utilizado em aplicações extremas. Oferece perfeita remoção de pinturas à base de água e solventes, alto poder para limpeza de tintas, marcadores permanentes, adesivos industriais, selantes, ceras protetivas, resinas, óleos, graxas, silicone betume e vários outros contaminantes de difícil remoção. Biodegradável, o GS200 é uma alternativa segura aos solventes, não é corrosivo, é livre de VOC’s, não é perigoso e é classificado como produto não inflamável (ponto de fulgor 102ºC), compatível com todos os tipos de metais. WALTER Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (11) 3783-9500. E-mail: atendimento@walter.com

Muros de contenção

Os muros de contenção permanentes e temporários MSE Mirafi® possuem ângulo de talude maior ou igual a 70 graus e inclui múltiplas camadas horizontais geossintéticas que atuam como reforço de solo de aterro. Apresenta durabilidade, variedade de cores, formas e estilos, sistemas flexíveis que toleram movimentos de terra. São aplicados em muros de barreira contra som (ambientes de detonação); proteção costeira e barreiras marinhas; empreendimentos comerciais; áreas restritas de britador; pedreira loteamento etc. ALLONDA Comércio de Geossintéticos Ambientais Ltda. Tel.: (11) 5501-9201. E-mail: sac@allonda.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 21


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA Alfamec com. de equips. para saneamento ambiental Ltda.

Chuva útil Coletor de chuvas fica mais compacto e ganha maior capacidade de filtragem

U

m coletor de chuvas de alta capacidade foi desenvolvido pela Alfamec para as indústrias que se preocupam com os processos de reuso da água. A novidade do sistema de tratamento de água de chuva ETAC é que a Alfamec o redimensionou para que ocupe menos espaço na área útil das indústrias. “Desenvolvemos um equipamento que tem capacidade de vazão de 5 mil l/h, 10 mil l/h e 15 mil l/h. As outras novidades dessa nova versão é que o elemento filtrante é do tipo cartucho e só usa uma bomba de alimentação, que pega a água da cisterna e a conduz para dentro do filtro”, explica o coordenador de programas da Alfamec, David Oliveira Faria, acrescentando que a versão anterior contava com duas bombas, uma para alimentação e outra para contra-lavagem, ou seja, para tirar a sujeira do filtro. O novo modelo redimensionado ficou mais compacto, passando a ter 200 mm de diâmetro, bem menor que a versão anterior, projetada com 600 mm de diâmetro. “Além disso, aprimoramos a capacidade de filtragem que passou de 30 mícrons para cinco mícrons”, afirma Faria. A água de reuso é apropriada para lavagem de veículos, peças, motores, pisos, jardinagem, descarga sanitária e outros fins, exceto para consumo humano e animal.

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Controlador de cloro

O Kontrol 800 é um controlador de cloro em PPM, ORP e pH. Possui o equipamento de controle e os porta sensores incorporados num painel de PVC de medidas 700 x 410 x 10 mm, tornando sua instalação prática e centralizada. É indicado para uso em piscinas e para tratamento de água potável. Oferece faixa de leitura pH de 0,00 a 14; ORP de -1500 mV a 1500 mV; cloro em PPM de a 0 a 5 ppm; temperatura de 0,1 a 100 ºC; saída analógica de 4 a 20 mA; interface de comunicação RS485 com protocolo ModBus RTU; e grau de proteção IP65. Apresenta tubos de entrada e saída de 8 x 12 mm de diâmetro; pressão máxima de uso 3 bar e temperatura máxima de 45ºC.

SEKO do Brasil Comércio de Sistemas de Dosagem Ltda. Tel.: (11) 2606-9878 E-mail: sekobrasil@sekobrasil.com.br

22 | IT Indústria & Tecnologia

Estação compacta de tratamento de efluentes A ETE “bolt linked” possui módulo básico todo em aço inox com gradeamento e peneira para retenção de sólidos grosseiros. Seu reator aeróbio “bolt linked” tem tanque construído com chapas de aço inox AISI 304 unidas por parafusos em inox, sob pressão e material vedante, sobre um base de concreto, equipado com aerador submersível Spiderjet, assim como seu decantador secundário “bolt linked”. Seu sistema de separação de sólidos é constituído por tubo decantador, aletas, calha vertedoura e raspador, no qual ocorrerá a sedimentação de materiais por decantação, com recirculação do lodo para o reator aeróbio. Conta com sistema de medição que recebe o material tratado para descarte em corpo receptor; painel de automação por meio de CLP, temporizador lógico de programação digital. Máquinas Hidráulicas HIDROSUL Ltda. Tel.: (51) 3472-5066. E-mail: hidrosul@hidrosul.com.br


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Indústria têxtil • Siderurgia • Mineração • Cimenteira • Construção civil

1 2 3 4 5

Dimensões

200 mm de diâmetro e altura de 1,10 m

Vazão

5 mil l/h, 10 mil l/h e 15 mil l/h

Tipo de material do equipamento Aço inox polido

Acessórios

Bomba centrífuga e bomba dosadora eletromagnética

Indicador de pressão Manômetro

http://www.alfamec.com.br/home

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Sistema de desinfecção de água por UV

O sistema de desinfecção de água por UV da série de canal aberto C3500™D é um solução avançada e de baixo custo para a desinfecção de águas residuais por ultravioleta (UV), com lâmpadas de alta potência (500 W) e de baixa pressão. Projetado para o reuso de água e para outras aplicações de baixa qualidade de água residual, como por exemplo, os efluentes de esgoto combinado e sanitário (CSO e SSO), o sistema também oferece vantagens para tratamento secundário e terciário. O sistema UV inclui rack de lâmpadas, centro de distribuição de energia, centro de controle do sistema, dispositivo de controle automático de nível, sistema automático de limpeza, e todos os cabos de interligação. Opera em temperaturas ambientes de -10 a 40ºC, e com umidade entre 5 e 96%. CALGON CARBON Corporation. Tel.: (11) 5572-7515. E-mail: rzuntini@calgoncarbon-us.com

Sistema de exaustão e lavagem de gases

A Daibase projeta e fabrica equipamentos para conter a emissão de poluentes no ar e manter saudável o ambiente de trabalho. Os equipamentos são projetados de acordo com as normas técnicas vigentes e seu padrão de emissão corresponde aos limites exigidos pela legislação ambiental. A empres executa o projeto completo, desde a coleta dos gases até a emissão final (captadores, dutos, exaustor e lavador de gás). Os equipamentos são fornecidos em PP, PVC, PVDF e CPVC, que proporcionam grande durabilidade e baixo custo de manutenção. São especialmente recomendados para utilização de vapores e gases químicos, como em galvanoplastia, indústrias químicas, laboratórios e caldeiras e sua eficiência pode atingir até 99%. DAIBASE Ind. e Comércio Ltda.

Tel.: (11) 3854-6236. E-mail: dario@daibase.com.br

Sensor de pH O sensor de pH Memosens SE 554 é aplicado em medições de alta atividade iônica, tais como soluções salinas, ácidos, álcalis fortes etc. Oferece elevada precisão, estabilidade, rapidez e longo ciclo de vida devido ao seu design e por meio de junções abertas o sistema de referência fica em constante contato com o meio de medição. Não há risco de contaminação ou bloqueio da junção. O elevado teor e uma distribuição especial do cloreto de potássio no polímero reduzem os distúrbios causados na medição.

Características técnicas: pH de 0 a 14; temperatura a 130ºC; pressão até 10 bars; detector de temperatura NTC 30 kohms; sensor em vidro A; sistema de referência Ag/AgCI Eletrólito de polimérico; adaptação do processo Pg 13,5; conexão Memosens e certificado ATEX: II 1 G ia IIC T3/T4/T6. KNICK do Brasil Ltda.

Tel.: (11) 3032-3523. E-mail: vendas@knick.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 23


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA Fortaleza Baram Indústria de Equipamentos Ltda.

Energia limpa no gerador Empresa desenvolve gerador abastecido com etanol

U

m gerador abastecido com etanol é a novidade que o grupo Baram está lançando para atender indústrias, empreendimentos comerciais e residenciais. A empresa desenvolveu um equipamento inédito no mercado com tecnologia similar a de motores de carros. “Inventamos um equipamento que é abastecido com etanol, um combustível limpo e renovável e pioneiro no mercado com essa função de gerador”, explica o diretor-presidente da Baram, Josely Rosa, lembrando que o mercado hoje conta com geradores abastecidos a diesel e gasolina. Totalmente automatizado, o gerador da Baram entra em funcionamento três segundos após a queda de energia do sistema principal. “O tanque tem capacidade de funcionamento de até 8 horas sem a necessidade de se reabastecer”, explica o executivo. Outras vantagens, segundo ele, é que, por ser a etanol, o gerador não tem problemas com fumaça e ainda tem baixo ruído. “Como o motor é a etanol, a tecnologia é diferenciada e o ruído é bem baixo”, descreve Rosa. Para conseguir desenvolver o equipamento, o grupo Baram fez uma parceria com a Fiat. “O motor do gerador é similar ao de um carro, mas têm outras peculiaridades como, por exemplo, o sistema de refrigeração que é diferente”, afirma o executivo. Concebido em dimensões compactas, o gerador foi projetado para ocupar menos de 1 metro quadrado de área e tem capacidade de 60 KVA e 85 KVA. “Concebemos um equipamento um pouco maior que uma geladeira”, descreve o executivo.

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Metalurgia • Gráfica • Empreendimentos comerciais e residenciais

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Tratamento da água por osmose inversa

Os elementos de Osmose Inversa – Oi Toray são elementos membrana funcionais desenvolvidos por meio de engenharia de polímeros da Toray. São aplicados na produção de água ultra pura para semicondutores e outras indústrias, a dessalinização da água do mar, o tratamento das águas residuais e a recuperação de materiais de processo na indústria de alimento. De maneira eficaz a osmose inversa pode eliminar sais dissolvidos, substâncias orgânicas dissolvidas (trihalometanos e seus percusores, produtos químicos agropecuários etc), e partículas muito finas (bactérias vivas ou mortas e outras micropartículas) na água. TORAY do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4314-7792. Site: www.toray.com

Tratamento de solos e lodo

Os Jardins Filtrantes® para lodos urbanos e solos contaminados ocorre por meio das propriedades das raízes vegetais – como aeração, desidratação, captura de metais pesados e desinfecção – associadas aos microrganismos do solo. Constituem uma alternativa ecológica e econômica à incineração ou aterramento de resíduos provenientes de efluentes. Os Jardins Filtrantes® obtêm resultados de tratamento acima dos parâmetros de qualidade exigidos para os diversos poluentes que podem ser encontrados o solo, como metais pesados e hidrocarbonetos. Oferece redução de elementos metálicos, MES de 80% a 95%, redução de 80% de NO3- e NH4+; redução de 95% de DQO; redução de 40 a 70% de fósforo (P) (em caso de filtro para o fósforo e metais pesados) e redução de metais pesados. PHYTORESTORE Brasil.

Tel.: (19) 3307-2135. E-mail: contato@phytorestore.com.br

24 | IT Indústria & Tecnologia


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 2 3 4 5 6

Motor

Fiat Powertrain 1.8 16 V Flex

Potência

Gerador 85 KVA 220/380/440 V trifásico

Compacto

Ocupa menos de 1 metro quadrado de área

Chassi

Estrutural de aço

Acabamento

Fechamento em chapa de aço

Capacidade de armazenamento de combustível 150 litros

http://www.baram.com.br/

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Adesivos a base d’água

O PUROTACK é um adesivo formulado a base d’água que oferece melhor resistência química, secagem rápida, maior produtividade e flexibilidade. Apresenta alto rendimento, open time curto, rápido tack inicial, adesão no máximo em 15 segundos e fácil aplicação. É disponível na versão neutra e pigmentada (espuma x espuma; espuma x outro substrato e automobilístico). É aplicado em colchoeiro, moveleiro, estofados, isolamentos, dublagem de tecidos, construção civil, automobilístico, carroceria etc.

ADECOL Indústria Química Ltda. Tel.: (11) 2480-3599 E-mail: adecol@adecol.com.br

Contentores de armazenamento e coleta de resíduos sólidos Ecológico, ideal para reciclagem, o sistema Molok de armazenamento em profundidade foi desenvolvido para gerenciar com eficiência a coleta de todos os tipos de resíduos. Ocupa menos espaço e armazena maior quantidade de resíduos sem exalar odores e sem a proliferação de insetos e vetores. A utilização de dois ou mais contentores possibilita a separação dos resíduos, etapa fundamental em qualquer processo de reciclagem., apresenta fácil instalação e coleta, grande capacidade de até 5m3, é semiaterrado (35% visível); é fechado (não exala odores) e econômico. MOLOK® do Brasil Tel.: (14) 3653-9295. Site: www.molok.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 25


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA Weg Equipamentos Elétricos S.A.

Motor com máxima eficiência Weg desenvolve motor com baixo consumo de energia e nível reduzido de ruído

A

Weg está por trás do lançamento de um dos motores mais inovadores do mercado. O grupo desenvolveu o motor W 22 Premium que nasceu projetado para consumir menos energia e assegurar menores níveis de ruídos e vibração. “Conseguimos desenvolver um modelo de motor que está apto a economizar entre 20% a 40% de energia dependendo da potência do tipo de equipamento. Essa grande economia foi atingida porque o motor foi projetado especialmente para alcançar essa eficiência”, explica Milton Castella, diretor de engenharia da Weg. Segundo ele, a começar pelo projeto da carcaça, o motor da Weg foi concebido para aumentar a área útil da troca térmica dos motores. Isso pode ser obtido pela quantidade, geometria e espaçamento das aletas, bem como pela sua distribuição na carcaça que promoveu uma grande vantagem entre o desempenho térmico e a sua resistência mecânica. “Nosso objetivo foi reduzir ao máximo as perdas do motor e também e em materiais como o cobre e ferro. E, para isso, trabalhamos todas as tecnologias para otimizar o sistema e alcançar grande eficiência energética”, afirma o executivo. No quesito redução de ruídos, a empresa também conseguiu obter grandes avanços em tecnologia. Na linha W22, o sistema de ventilação, por exemplo, foi dimensionado para proporcionar a melhor relação entre o fluxo de ar e o nível de ruído. O ventilador e a tampa defletora, por exemplo, foram projetados para aumentar o fluxo de ar, reduzindo a recirculação de ar no interior da tampa defletora, melhorando

assim, o direcionamento do fluxo de ar pelas aletas do motor. “Como resultado, conseguiuse chegar a ruídos muitos baixos, a 83 decibéis”, revela o executivo. De acordo com ele, a linha W22 Premium foi pensada para dar um retorno substancial em termos de economia na conta de luz. “Esse motor foi concebido para se pagar em um ano e meio dada a economia que consegue atingir”, observa o diretor.

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Siderurgia • Setor sucroalcooleiro • Papel e celulose • Mineração • Alimentos e bebidas • Oil & Gas

NOTAS TÉCNICAS Meio Ambiente Sustentável Filtragem química e mecânica do ar

Com a finalidade de conhecer a atmosfera local, a Borges & Katayama faz o levantamento de campo (pré-análise) para projetar sistemas de filtragem química e mecânica do ar. Realiza visitas técnicas periódicas para acompanhamento dos níveis de corrosão e do consumo dos leitos químicos e filtros mecânicos. A Purafil realiza análises químicas periódicas acompanhamento e para garantir eficiência e vida útil dos leitos químicos. A Borges & Katayama acompanha e monitora a qualidade do ar utilizando os sistemas disponibilizados pela Purafil: OnGuard 2000, OnGuard CCT, A-Prompt e Kit’s de corrosão, conforme norma ISA S71.04 – 1985, garantindo a eficiência dos sistemas. BORGES & KATAYAMA Consultoria e Representação Ltda. Tel.: (11) 3722-0799. E-mail: vendas@borgeskatayama.com.br

Serviços e estudos ambientais

A Metalsinter realiza serviços e estudos ambientais como: relatório ambiental preliminar (RAP), licenciamento ambiental, estudo e análise de risco (EAR), plano de controle ambiental (PCA), relatório de controle ambiental (RCA), elaboração de termos de referência, plano de melhoria ambiental (PMA), diagnóstico e adequação ambiental do empreendimento, elaboração do parecer técnico ambiental etc. Conta ainda com projetos na área de saneamento: tratamento de água, esgotos e efluentes industriais, sistemas de reuso da água, gerenciamento de reíduos, plano Municipal de Saneamento Básico e Implantação do Sistema Municipal de Meio Ambiente – SISMUMA. AMBIENTAL MS Projetos Equipamentos e Sistemas Ltda. Tel.: (11) 3621-4333. Site: www.ambientalms.com.br

26 | IT Indústria & Tecnologia


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 2 3 4

Rendimento Premium

Conformidade com a nova lei de eficiência energética, em vigor desde janeiro de 2010

Grau de proteção

IP55 carcaças 63 a 200M; IP55W a partir da carcaça 225S/M

Potência 0,16 a 750 cv

Carcaças 63 a 355A/B

5 6 7 8 9

Polaridade 2, 4, 6 e 8 polos

Tensão

220/380 V (até a carcaça 200L) e 220/380/440 V com 12 cabos (carcaças 225 a 355A/B)

Frequência 60Hz

Forma construtiva B3D

Flexibilidade da posição da caixa de ligação acima da carcaça 225S/M (B3D, B3E e B3T)

http://www.weg.net/br/

NOTAS TÉCNICAS Agitador de hélice mecânico

Normalmente utilizado para grandes volumes, o agitador de hélice mecânico pode trabalhar com 20 litros de água, com controle digital da agitação para até 2200 RPM. O sistema de mandril é compatível com todos os modelos de hélice de diversos fabricantes permitindo agitar produtos com viscosidade baixa até produtos de alta viscosidade, como cremes. Robusto e seguro, o equipamento possui motor sem escovas, proteção contra sobrecarga e controle de início gradual da agitação e placa eletrônica para desligamento automático de segurança.

Indústria e Comércio de Eletroeletrônicos GEHAKA. Tel.: (11) 2165-1100 E-mail: marketing@gehaka.com.br

Caçamba estacionária

As caçambas estacionárias tipo basculantes são fabricadas nas versões de 250 litros/1500kg até 2000 litros/2000kg, sendo operadas somente por empilhadeiras por meio de pegas, ou ainda por poliguindastes, pontes rolantes, guindastes e pórticos através de dispositivo específico para essa finalidade. Podem ser fornecidas com ou sem rodízios. Possuem ângulo de basculamento de 45° em relação ao fundo, que permite despejar todo o conteúdo da caçamba. Apresenta sistema de basculamento automático, bastando puxar a trava, sem maiores esforços por parte do operador. KABÍ indústria e Comércio Ltda. Tel.: (21) 3301-9090 E-mail: kabi@kabi.ind.br

IT Indústria & Tecnologia | 27


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA WATER TECH SOLUÇÕES AMBIENTAIS

Bolhas que filtram Water Tech desenvolve sistema de reuso de água com tecnologia pioneira de flotação

onceber água limpa para a indústria é o objetivo da Water Tech com o seu sistema de reuso da água, o equipamento WTX. A empresa desenvolveu uma tecnologia inovadora para filtragem de água, que consiste no sistema de flotação. “O grande diferencial do sistema de tratamento de água da Water Tech é que se consegue atingir percentuais entre 80 a 90% da água nova do posto, somente registrando 20%, ou até menos, de perdas”, explica Luiz Pierangeli, consultor sênior do departamento de engenharia da Water Tech. Outra grande distinção entre os outros tipos de sistemas de reuso da água, está na tecnologia de filtragem, o sistema de flotação. “Enquanto os outros utilizam a decantação para fazer o processo, nós desenvolvemos o sistema de flotação por microbolhas, no qual somos pioneiros no mercado”, explica o consultor. Segundo ele, o sistema de microbolhas consiste na dissolução sob pressão do ar em água reciclada. “A microbolha é misturada com a água a ser tratada dentro do reator, formando, em conjunto com um aditivo vegetal, as bolhas que já vão contar com a sujeira aderida. Então, essas bolhas sobem até a superfície do reator onde são removidas por um sistema de raspagem. Daí, elas seguem para um coletor que vai para um contêiner e, então, seguem para um leito de secagem para o descarte”, descreve, acrescentando que essa é uma tecnologia totalmente sustentável.

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Transportadoras • Empresas de ônibus • Máquinas de terraplenagem • Equipamentos automotivos

Voltada para a utilização em postos de combustíveis, lava-rápidos, empresas de transporte, entre outras, o sistema de reuso de água WTX apresenta grande eficiência na separação de óleos e partículas sólidas da água.

NOTAS TÉCNICAS SOFTWARE HMI/SCADA

O BluePlant pode ser utilizados em diversas aplicações e apresenta características que atendem aos requisitos da indústria e controle de processos, como óleo e gás, energia elétrica, saneamento, transportes, siderurgia, entre outros. Com arquitetura modular, seleção de drivers de comunicação incorporados ao produto, plataforma 65 bits (com suporte a sistemas operacionais 32 bits), suporte a tecnologia OPC, garante o que há de mais moderno em supervisório e aquisição de

DAMPERS CORTA-FOGO

A empresa Pedro Neuenhaus apresenta os dampers cortafogo para sistemas de ventilação e exaustão que são utilizadas para fechamento automático das tubulações, protegendo os equipamentos dos sistemas contra incêndios e também impedindo o fogo e a fumaça de se propagarem. O acionamento dos dampers está vinculado com o termopar que identifica o aumento de temperatura, enviando sinal para o atuador pneumático para fechamento dos dampers (registro) impedindo a propagação do fogo e da fumaça pelos sistemas. PEDRO NEUENHAUS & Cia. Ltda. Tel.: (11) 4991.8044. Site: www.neuenhaus.com.br

VISUALIZADOR E ANALISADOR 3D CAD

dados. Apresenta biblioteca de símbolos e servidor web incorporado. Oferece registro e emissão de relatórios, servidor de histórico avançado, módulo de notificação de eventos, servidor de alarmes, gerenciamento de lógica de negócios, além de suporte para clientes locas e remotos, em computadores, web, tablets e smartphones. ALTUS Sistemas de Informática S/A Tel.: (51) 3589-9500. E-mail: altus@altus.com.br

28 | IT Indústria & Tecnologia

O visualizador 3D CAD e analisador WorkXPlore 3D de alta velocidade é uma ferramenta muito simples de utilizar e foi desenvolvida para usuários que não são especialistas em CAD, para análise de qualquer tipo de arquivo CAD 2D/3D, sem exigir o software CAD original. É utilizado para aumentar a colaboração, produtividade em atividades de desenvolvimento de produtos incluindo: design, desenvolvimento de processo, fabricação, qualidade, vendas e comunicação com cliente, compra, documentação de produtos. A WorkXPlore 3D versão 3 é essencial para os usuários que necessitem de informações mais precisas como volume, ângulos etc. Além disso, tem capacidade para ler e interpretar dados a partir de modelos de diferentes sistemas CAD, permite abrir várias seções simultaneamente, oferecendo flexibilidade e facilidade na utilização. SESCOI Brasil. Tel.: (11) 4229-3379. E-mail: Brasil@sescoi.com/br


Fotos: Divulgação

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 2 3

CAPACIDADE

1000 l, 3 mil l, 5 mil l e 10 mil l

MATERIAL

Plástico reforçado com fibra de vidro (PRFV)

TAMANHO

(capacidade 3 mil l) 1mx10 largura e 2m x 20 de altura

http://www.watertech.com.br/empresa.php

IT Indústria & Tecnologia | 29


INTERNACIONAL Schneider Electric Brasil Ltda.

Energia economizada em vários pontos Schneider desenvolve inversor de frequência com mais recursos de eficiência energética

U

m inversor de frequência voltado a aplicações de alta potência é a aposta da Schneider Electric para o mercado industrial. A empresa desenvolveu o Altivar 1200, modelo que pretende ser mais eficiente e sustentável graças a seus recursos de economia de energia. “Chegamos a um modelo de inversor de frequência em que o cliente ajusta a velocidade de acordo com a sua necessidade, o que já representa um alto ganho de energia. Conseguimos reduzir o consumo de energia elétrica entre 10% a 50% porque o sistema somente vai usar a carga que o cliente necessita”, explica Renato Bedendi, gerente de produto da Schneider Electric, acrescentando que se a rotação é reduzida em 20%, a economia pode chegar a 50%. Uma das grandes vantagens do Altivar 1200, no entanto, está na sua capacidade também de reduzir as próprias perdas de energia. “A parcela de energia é gasta no próprio inversor e que popularmente é chamada de perdas foi eliminada em parte nesse modelo. Ou seja, conseguimos baixar essas perdas de energia de 7% para 4% nesse modelo graças ao uso de equipamentos eletrônicos de potência de baixa tensão”, afirma Bedendi. Outro apelo na área de eficiência energética alcançada pelo Altivar 1200 diz respeito à sua capacidade de redução do nível de harmônicos, ou seja, a poluição da rede elétrica, que provoca o inevitável desligamento de outros aparelhos ligados na mes-

ma rede. “O equipamento elimina esse tipo de distorção da forma de andar da corrente elétrica tão comum e que ocasiona o desligamento de outros equipamentos quando um mais potente é conectado”, descreve Bedendi. O produto, projetado para aperfeiçoar o desempenho e ampliar a eficiência energética em ven-

NOTAS TÉCNICAS Equipamento de corte a laser

O equipamento para corte laser MCL, de Fibra de Yttérbio, com potência de 200, 500 ou 1000 W facilita trabalhos de corte em metais com aço, alumínio, titânio, entre outros. O equipamento possui movimentação em três eixos, sistema de corte para altas performances e processos a laser complexos. Com estrutura tubular de aço inoxidável eletro soldado, com banho de proteção, propicia alta estabilidade ao longo da vida. Com cabeça de corte completamente sensorizada, contribui para elevado desempenho de velocidade e qualidade de corte, atingindo acelerações elevadas e capacidades de alta precisão mesmo em pequenas ranhuras ou figuras radiais.

SISMA do Brasil Com. de Máquinas Indls. Ltda. Tel.: (11) 4584-6624. Site: www.sismadobrasil.com.br

30 | IT Indústria & Tecnologia

Secador de lodos

O secador de lodos Bruthus F, para Estação de Tratamento de Efluentes – ETE, visa atender a Política Nacional de Resíduos Sólidos - Lei n° 12.305. Utiliza vapor como fonte de energia para evaporar a água presente no lodo. É composto por uma câmara de secagem aquecida por meio de um trocador de calor a vapor. Desta forma, em seu sistema, é utilizada energia suficiente apenas para evaporar a quantidade de água que se deseja retirar do material. Oferece baixo nível de emissões atmosféricas, pois a exaustão dos gases retira apenas o vapor que se forma na evaporação da água presente no lodo. É um sistema de fácil adaptação, ocupa pouco espaço, baixo consumo de energia e custo acessível. ALBRECHT Equipamentos Industriais Ltda. Tel.: (47) 4009-3300. E-mail: vendas@albrecht.com.br

Sistemas e equipamentos para ETA/ETE

A Eaux® é especializada em projetos, equipamentos e instalações para tratamento de resíduos líquidos industriais e domésticos. Cria soluções para produção de empresas sem interferir no ecossistema e atua nas áreas de efluentes industriais, saneamento básico e serviços de montagens hidromecânicas, manutenções e retrofiting em equipamentos e instalações, operação terceirizada de ETE’s, gerenciamento de obras mecânicas e projetos. Oferece removedores, espessadores, desaguadoras, filtros prensa de lodo; aeradores, misturadores, tanques em PRFV, comportas, distribuidores rotativos de fluxo, estações compactas, separadores de óleo/água, floculadores, flotadores e flotodecantadores, desarenadores; medidores de vazão, filtros etc. EAUX® Equipamentos e Sistemas Ambientais Ltda. Tel.: (51) 3561-6656. E-mail: eaux@eaux.com.br


NOTAS TÉCNICAS

Compressores parafuso

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

1 2 3 4 APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Mineração • Siderurgia • Indústria de cimento • Sucroalcooleira • Óleo e gás • Alimentos e bebidas

Eficiência energética 98,5%

Integração

Integrado com um sistema de controle de alta velocidade

Energia ininterrupta

30 minutos contínuos de alimentação após alimentação e proteção contra a queda de tensão

A nova série SEG/SEM de compressores parafuso combina qualidade de ar reforçada, eficiência energética e proteção do sistema com a tecnologia e-cool. O modelo SEM conta com acionamento de velocidade fixa, grande desempenho em tamanho compacto. Produz pressão de ar estável com alto fluxo de ar de qualidade. Também opera com isolamento acústico, promovendo redução de ruídos; apresenta a maior vazão por HP e garante baixo índice de manutenção e alta eficiência energética. A linha é indicada para várias indústrias, entre elas, alimentícia, bebidas, aeroespacial, automobilística, eletrônica, petroquímica, médica, hospitalar, farmacêutica e instrumental. FS CURTIS Soluções em Ar Comprimido Tel.: (11) 4591-7040. Site: www.fscurtis.com.br

Sistema de marcação a laser

Motor

Surtos harmônicos insignificantes Cabo do motor atinge até dois quilômetros de comprimento sem filtro de saída

tiladores, bombas e transportadores, pode ser utilizado em equipamentos de até 16.200 kVA. Instalado em um gabinete compacto e robusto que economiza espaço, o Altivar 1200 utiliza a tecnologia multinível para saída de onda senoidal limpa atual. O conversor tem uma eficiência de 98,5% e uma corrente com elevado fator de potência de entrada.

http://www.schneider-electric.com/site/home/index.cfm/br/

O sistema de marcação a laser L-Box permite marcar metal de todos os tipos (incluindo aço, alumínio, aço inoxidável e titânio), compostos, cerâmica e a maioria dos plásticos (dependendo do material de base, aditivos e pigmentos). O tempo de vida útil dos diodos de bombeamento permite até 100.000 horas de funcionamento do laser. A janela de visualização e iluminação interior LED permite um fácil monitoramento das operações de marcação. Apresenta eixo D rotativo; estrutura de apoio soldada; estação deslizante ou giratória para marcação em série; janela de marcação: 100 × 100 mm (170 × 170 mm opcional); altura máxima da peça: 235 mm; comprimento máximo da peça (funcionamento com a porta fechada): 500 mm. SIC MARKING/ SUNNYVALE Com. e Repres. Tel.: (11) 3048-0100. Site: www.sunnyvale.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 31


Foto: Divulgação

ARTIGO

Sustentabilidade: a palavra mal dita

1) Os efluentes tóxicos são encaminhados ao destino correto? 2) Já foi realizada uma cuidadosa análise da quantidade de água usada nos processos? Identificou-se a possibilidade de reduzir a quantidade de água utilizada? 3) A água antes de ser devolvida ao esgoto é adequadamente tratada? Ela pode ser usada em atividades internas como lavagem de pisos, jardins ou banheiros? 4) Há emissões de gases para o ar? São avaliadas? Se forem quentes há possibilidade de aproveitar o calor? 5) As aparas de processo estão sendo reutilizadas? Poderiam ser? Poderiam participar de algum outro processo de recuperação dentro ou fora da empresa? 6) Existem panos ou outros materiais de limpeza que podem ser recuperados? 7) Como é realizado o descarte de resíduos? Os resíduos sólidos são tratados? Poderiam ser recuperados ou reciclados? Há muitas empresas especializadas em analisar e buscar alternativas para resíduos sólidos? 8) Há possibilidade de substituir alguma matéria-prima por material reciclado? 9) Existe possibilidade de estabelecer alguma logística reversa, em paletes, caixas ou qualquer outro item que possa ser devolvido? 10) Há utilização de luz natural nos ambientes? Poderia ser instalada? 11) Existe circulação de ar? Poderia ser melhorada e, assim, diminuir a necessidade de arcondicionado? 12) Já foi feita análise do uso da energia? Essa energia é limpa? Poderia ser? Pode ser utilizada biomassa no lugar de diesel? 13) As embalagens dos produtos fabricados estão priorizando a identificação correta do ponto de vista ambiental? (Deve haver simbologia certa e adequada rotulagem ambiental. Note-se que isso já é obrigatório por força de lei). Além de reduzir os impactos ambientais, esses cuidados são uma grande oportunidade de trazer vantagens para o negócio já que: • indústrias e processos melhores oferecem menor ocorrência de riscos e, portanto, menos risco de custos ambientais ou impacto ambiental; • aumentam as receitas pela agregação de consumidores ecoconscientes; • melhoram a imagem da empresa; e • alimentam um círculo virtuoso. À medida que são utilizados materiais reciclados, mais se recicla; portanto, mais os produtos recicláveis são valorizados, fazendo com que o preço pago por suas embalagens vazias usadas seja mais alto. Dessa forma, mais pessoas se interessam em separá-las e coletá-las e, consequentemente, cada vez mais, menos material será abandonado no meio ambiente, e está feito o ciclo da reeducação. Além disso, a Política Nacional de Resíduos Sólidos já está valendo, e as empresas devem buscar a adequação antes de serem convidadas a fazer isso por força de punição. A lei tem vi32 | IT Indústria & Tecnologia

Assunta Napolitano Camilo (*)

são sistêmica na gestão dos resíduos sólidos, que considera as variáveis ambiental, social, cultural, econômica, tecnológica e de saúde pública, pretendendo punir o “poluidor” e premiar o “protetor”. Na lei também há o reconhecimento do resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania. A não geração, a redução, a reutilização, a reciclagem, o tratamento e a disposição final de resíduos sólidos podem se transformar num valor para a empresa. Algumas medidas podem e devem ser adotadas para as empresas se posicionarem à frente, tais como: • • • •

incentivo à indústria da reciclagem; gestão integrada dos resíduos sólidos; criação de um plano de resíduos sólidos; prática da coleta seletiva e da logística reversa; • programas de educação ambiental; Os produtores de bens de consumo que adotaram a prática de declarar o material, sua reciclabilidade e as formas de disposição vêm ganhando pontos junto ao mercado. Um exemplo clássico é o emprego de telhas desenvolvidas a partir do subproduto da reciclagem de embalagens longa vida. Dessa forma, essas embalagens deixam de ir para os lixões ou aterros (prática que está proibida) e passam a ser algo útil. Quando os resíduos e perdas são vistos como recursos e são adotadas medidas para a recuperação, a eficiência energética global da empresa aumenta e começa a dar retorno nas contas e no ambiente. Indústria mais eficiente e melhor. Mundo melhor!

M

uitos usam o termo “sustentabilidade” num sentido restrito, com apelos marqueteiros ou como justificativa para investimentos nem sempre sustentáveis, gerando mal-entendidos. A boa notícia é que ecologia rima como economia e podemos começar isso nas nossas indústrias já. “Sustentabilidade” tem dimensões ambientais, sociais e econômicas, e deve ser compreendida de forma mais ampla. Ser sustentável significa saber usar os recursos naturais para satisfazer às nossas necessidades, sem comprometer as privações e aspirações das gerações futuras. Em qualquer indústria há sempre grandes oportunidades de redução de impacto ambiental nos processos e, com isso, consegue-se minimizar riscos e custos e ganhar um ambiente melhor para todos. Vamos apontar algumas dessas oportunidades com um checklist:

(*) É diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa e profissional de embalagens há mais de 30 anos. Também acumula as funções de articulista, professora, palestrante internacional de embalagens e membro do Conselho CientíficoTecnológico do ITEHPEC.


ÍNDICE

Indústria &Tecnologia ÍNDICE DE ANUNCIANTES

Fotos: Divulgação

Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

a

e/f

m

t

AEROMACK............................... 21 AVEERRY..................................... 5

ENGENHO NOVO...................... 20 FORMEC.................................... 24

MARVITUBOS®.......................... 23 MULTICOIL.................................. 7

TECFLUX................................... 15 TECNOTRI................................. 25

b

h

p

BERG-STEEL.............................. 3 BR PETROBRAS.............. 4ª Capa

HOIST-JIB.................................. 13

c

i

PAEM......................................... 22 PEDRO NEUENHAUS............... 23 PETROBRAS.................... 4ª Capa PLASTECNO............................. 27 PROMECÂNICA.......................... 7

CLD............................................ 21 COMALA...................................... 5

INSTITUTO DE EMBALAGENS...29

d

k

DOUTORES DA WEB....... 3ª Capa

KABÍ®......................................... 17

u/v UNITRON..................................... 3 VALCESTER.............................. 17 VARIMOT................................... 15

w/x WILDEN PUMP............................ 5 XANTREX.................................... 3

s SCHUNK........................... 2ª Capa STEINEL...................................... 5 SWAGELOK............................... 15

z ZÜRICH®.................................... 12

ÍNDICE DE SERVIÇOS Balanceamentos dinâmicos

Locações de equipamentos................. 24

de ventiladores................................. 23

Manutenção preventiva e corretiva

Chapas.................................................... 27

de máquinas..................................... 15

Cortes de tarugos de acrílico............... 27

Plásticos industriais.............................. 27

Funilarias................................................ 23

Projetos das peças

sob encomenda................................ 23 Reformas de ventiladores..................... 23 ����em bombas de vácuo....................... 22 Tubos...................................................... 27

ÍNDICE DE PRODUTOS

a Abrasivos ..............................................21 �� rígidos e flexíveis ...............................10 Acoplamentos .......................................21 Aços inoxidáveis ...................................10 Adesivos ................................................21 �� à base d’água .....................................25 Aeradores ..............................................20 Agitadores de hélice mecânicos ...........27 �� magnéticos ...........................................7 Aparelhos giratórios com posicionadores de garfos ..................11 Aplicação de termoencolhíveis ..............5 Atenuadores de ruído ..........................23 Autoguincho-socorro ...........................17

b Bacias ....................................................25 Balanceamentos ....................................23 Barramentos elétricos blindados ...........................................13 Barras cromadas para haste ...............23 Betoneiras .............................................24 Bobinas p/válvulas direcionais �� hidráulicas ...........................................7 �� pneumáticas ........................................7 Bombas ....................................................5 �� a diesel ...............................................24 �� de drenagem ......................................24 �� de vácuo .............................................22 �� de vácuo rotativas de palhetas .........................................22 Brocas para aço inox ..............................7

c

Cabines de pintura ...............................23 Caçambas estacionárias ..................17/27 Centros de usinagem ....................2ª capa Chavetas ................................................21 Ciclones .................................................23 Cofres de carga .....................................25 Compressores parafusos ......................31 Conectores ..............................................7 Conexões ..........................................17/21 �� instantâneas .......................................21 Contêineres ...........................................25 Controladores de cloro ........................22 Controles ambientais ...........................23 Conversores CA/CC .............................15 Correias .................................................21 Correntes .........................................10/21 Cortinas de ar .........................................6 Cursos �� de capacitação ...................................29 �� de embalagens de A a V (do Aço ao Vidro) ..............................29 �� de embalagens para transporte e exportação .........................................29

d

Dampers corta-fogo .............................28 Desengraxantes biodegradáveis ..........21 Dínamos taquimétricos ........................15 Dragas com lança telescópica ..............17

e Embalagens .............................................5

Encoders ...............................................11 Encolhimentos de lacres ........................5 Engates rápidos ....................................21 Engrenagens .........................................21 Epi’s ........................................................9 Equipamentos �� hidráulicos ...........................................9 �� para corte laser .................................31 �� para ETA/ETE ..................................30 Estações para tratamento de esgotos ...........................................21 Estrados estacionários .........................17 Estudos e serviços ambientais .........................................26 ETEs em aço inoxidável ......................22 Exaustores axiais e centrífugos ......................................23

f Ferramentas elétricas ..........................24 Filtragem química e mecânica do ar ...................................................26 Filtros ....................................................23 �� com purgador de ar ............................5 �� de cartuchos ......................................23 �� de mangas ..........................................23 �� e equipamentos de processos .............9 Flanges ..................................................17 Flexíveis e mangueiras .........................15 Flotadores .............................................20 Freios .....................................................15 Fusíveis térmicos ....................................7

g

Graxas ...................................................21 Guinchos ...............................................17 �� de alavanca ..........................................3 �� de laje .................................................24 �� socorro ...............................................17 Guindastes giratórios ...........................13

h Hélices de ventilação ..............................7

i

Iluminação de emergência .....................3 Instrumentação ....................................17 Instrumentos de teste e medição ............................................9

l Lanças elevatórias ................................17 Lixadeiras orbitais ...............................11

m

Mangueiras ...........................................21 �� e flexíveis ............................................15 Máquinas para borracha e plástico .............................................9 Marketing digital .........................3ª capa Medidores volumétricos com leitura digital ou analógica ........5 Micrômetros digitais ............................11

Módulo de troca rápida de paletes ...........................................11 Moinhos para trituração e reciclagem .......................................17 Monovias �� curvilíneas .........................................13 �� retilíneas ............................................13 Motores CC ...........................................15 Muros de contenção .............................21

p Painéis �� de comando .......................................15 �� elétricos ..............................................15 Paletes �� de contenção ......................................25 �� de plásticos PBR ...............................25 �� manga ................................................25 Pisos e revestimentos especiais ............10 Plásticos industriais compostos ............7 Plataformas �� de automação ....................................13 �� elevatórias ..........................................24 �� pantográficas .....................................17 Pneumáticas ..........................................21 Poços de visita e de inspeção ...............20 Polias .....................................................21 Poliguindastes .......................................17 Pontes rolantes .....................................13 �� especiais .............................................13 Pórticos rolantes ...................................13 Prateleiras e estruturas modulares ...........................................9

IT Indústria & Tecnologia | 33


Preaquecimento de peças ......................5 Projetos, serviços e ensaios elétricos ..............................................30 Purgadores eletrônicos ..........................7

r Redutores para acionamento de extrusoras ..........................................10 Remotas universais ethernet .................6 Retentores .............................................21 Rodas .....................................................21 �� dentadas .............................................10 Rodízios .................................................21 Rolamentos ...........................................21 ROTHA THW plus ......................2ª capa Rotomoldados .......................................25 Rotores p/ventiladores .........................23

s Secadores de lodos ................................30 Secagens ..................................................5 �� de vasilhames ......................................5 Selos mecânicos ....................................21

Sensores de pH .....................................23 Sistemas �� compactos de flotação .......................20 �� de armazenagem vertical .................12 �� de desinfecção de água por UV ........23 �� de exaustão ........................................23 �� de exaustão e lavagem de gases .......23 �� de marcação a laser ..........................31 �� de manipulação automatizado ...2ª capa �� de ventilação ......................................23 �� modulares SK-II ...............................13 �� para armazenamento e coleta de resíduos ..............................................25 Softwares �� HMI/SCADA .....................................28 �� para engrenamentos .........................15 �� visualizadores 3D CAD e analisadores ....................................28 Soldas �� de borracha .........................................5 �� de plásticos ..........................................5 Solenoides �� de acionamento ...................................7 �� p/válvulas direcionais hidráulicas .....7 �� p/válvulas direcionais pneumáticas ..7

Soluções �� CAD/CAM para dobra ....................12 �� energéticas .................................4ª capa �� para filtragem de ar ..........................10 �� para identificação, etiquetas e placas ................................................9 �� para tratamento de água ..................10 Sopradores �� para tratamento de água e efluentes ..........................................17 �� térmicos ...............................................5

t Talhas �� compactas ............................................3 �� de alavanca ..........................................3 �� de baixa altura ....................................3 �� elétricas ................................................3 �� elétricas de cabo de aço ....................13 �� elétricas de corrente .........................13 �� elétricas especiais ..............................13 �� manuais ................................................3 Tanques estacionários ..........................17 Tarugos de acrílico ...............................27

TENDO E compact ......................2ª capa Termômetro infravermelho digitais ................................................11 Timers eletrônicos ..................................7 Transmissores �� de pressão ..........................................12 �� de temperatura .................................12 Tratamentos �� da água por osmose inversa .............24 �� de efluentes ........................................20 �� dos solos e lodo ..................................24 Trocadores �� de calor água/óleo ...............................7 �� de calor ar/óleo ....................................7 Troles .......................................................3 �� manuais ................................................3 �� mecânicos ............................................3 Tubos �� brunidos para camisa .......................23 �� de aço mecânicos ...............................23 �� e acoplamentos ..................................10 �� e peças tubulares de aço carbono ..............................................10 �� em acrílico .........................................27 �� em plicarbonato transparente .........27

�� mecânicos trefilados .........................23 �� traceados ............................................15

v

Válvulas ...................................................7 �� borboleta ............................................17 �� de fechamento automático .................5 �� de retenção ........................................17 �� de segurança ......................................11 �� gaveta .................................................17 �� globo ...................................................17 �� solenoides ........................................7/17 Variadores eletromagnéticos ...............15 Vedações ................................................21 Vendas virtuais .............................3ª capa Ventiladores �� axiais ..................................................23 �� centrífugos ....................................21/23

w Workshops de embalagens e sustentabilidade ................................29

ÍNDICE DE notas técnicas

a

ADECOL............................... 25 AERZEN............................... 17 ALBRECHT.......................... 30 ALLONDA............................. 21 ALMA DO BRASIL............... 12 ALTUS................................... 28 AMBIENTAL MS................... 26 ANHANGUERA.................... 11 ASPERBRAS....................... 20

DLG......................................... 6 DORMER TOOLS................... 7 DRAGFLOW......................... 17 DRAGTEC............................. 10

e

EAUX EQUIPAMENTOS...... 30 EMICOL®............................... 17 EMPLACA.............................. 9 ETAENGE............................... 9

b

BORGES & KATAYAMA...... 26

c

CACHOEIRA........................ 20 CALGON CARBON............. 23 CSV......................................... 6

d

DAIBASE.............................. 23 DANAHER............................ 11 DEMATIC.............................. 12 DIA-PROSIM™..................... 10

f

FERTRON............................. 30 FS CURTIS........................... 31

g

GEHAKA............................ 7/27

h

INTERSTEEL........................ 10

PLASTECNO.......................... 7 PURAFIL®............................. 26

k

INSTRUTHERM.................... 11

q

u

QUIMICRAFT....................... 10

ULTRANET............................. 7

m

METALSINTER..................... 26 MITUTOYO............................ 11 MOINHOS TRITHOR............ 17 MOLOK®............................... 25 MTP®..................................... 10 MULTI-WING.......................... 7

n

NORGREN............................ 11 NORTON............................... 11 NOVA OPÇÃO........................ 9 NS BRAZIL........................... 10

p

PEDRO NEUENHAUS......... 28 PHYTORESTORE BRASIL®.24

DEPARTAMENTO COMERCIAL Indústria &Tecnologia

TORVEL.................................. 9 TSUBAKI.............................. 10

KABÍ...................................... 27 KNICK................................... 23

UNOTECH®........................... 10

s

SAIT ABRASIVI.................... 10 SAUR.................................... 11 SCHNEIDER ELECTRIC...... 13 SCHUNK............................... 11 SEKO.................................... 22 SESCOI................................. 28 SIC MARKING...................... 31 SIDRASUL............................ 17 SISMA................................... 31 SUNNYVALE........................ 31 SWAGELOK......................... 15

HIDROSUL........................... 22

i

TORAY.................................. 24

v VEEDER ROOT.................... 11 VERSUS DO BRASIL............ 9 VISON................................... 15

w WALTER............................... 21 WEBMÁQUINAS.................... 9

t

T&M INSTRUMENTS®........... 9 TECNIPLAS.......................... 21

z ZARA®................................... 10

VISITE NOSSO SITE: www.ps.com.br

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli Vila Suzana – CEP 05709-020 – São Paulo – SP Tel.: (11) 3500-1900 – Fax: (11) 3500-1935

RepresentanteS nacionaIS

RepresentanteS InternacionaIS AMÉRICA DO SUL Argentina: 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO Capital Federal – Republica Argentina

Tel.: (54-11) 4943-8500 Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

Grupo Editor / Publishing Group

Diretor-Comercial: Cristina Banas cristina.banas@banas.com.br Apoio e Comunicação: publicidade@banas.com.br apoio@banas.com.br Executivos de Negócios – GRANDE São Paulo: Mônica Diegues Tel.: (11) 8700-1818 monica@banas.com.br Executivo de Negócios – São Paulo - INTERIOR: Danielle Di Giaimo Tel.: (11) 7322-8206 danielle.giaimo@banas.com.br ExecutivoS de Negócios – São Paulo: ANA CAROLINA YAMADA Tel.: (11) 9215-1266 comercial2@banas.com.br JOÃO DOMINGUES Tels.: (11) 96121-5711/3500-1911 joao.domingues@ps.com.br Rosã Gestão de Negócios S/C Ltda. Contato: Wilson Ferreira de Araújo Tel.: (11) 9570-2768 wilsonfa@uol.com.br

34 | IT Indústria & Tecnologia

Representante – BRASÍLIA CIN – Centro de Idéias e Negócios End.: SRTV/Sul, quadra 701, bloco O, nº. 110, Edifício Multiempresarial, sl. 429, CEP 70340-000 Asa Sul - Brasília - DF Contato: Paulo Tamanaha - Tels.: (61) 3034-3704/3038 Representante – Paraná/Santa Catarina Rua 212, nº 54, apto. 702 – CEP 88220-000 – Itapema – SC

Contato: Claudio Rozenbaum Tel.: (41) 9192-5382 – rozenba@uol.com.br Representante – Rio de Janeiro FRANCISCO NEVES R. Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 cj.607 CEP 22793-071 – Rio de Janeiro – RJ Contato: Francisco Neves – banasrj@uol.com.br Tels.: (21) 2269-7760/Cel.: (21) 9943-5530 Representante – Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Av. Taquara 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre – RS Contato: Vera Anjos – banassul@terra.com.br Tels.: (51) 3377-2878/Cel.: (51) 9969-0727

AMÉRICA DO NORTE Campbell, CA Huson International Media 1999 South Bascom Avenue Suite 450 Campbell, CA 95008 Tel (408) 879-6666 Fax (408) 879-6669

EUROPA

New York, NY: Huson International Media 350 Fifth Avenue Suite 4610 New York, NY 10118 Tel: (212) 268-3344 Fax: (212) 268-3355

England: London Huson European Media Cambridge House Gogmore Lane, Chertsey Surrey, KT16 9AP England Tel: +44 (0) 1932 564999 Fax: +44 (0) 1932 564998

Germany: Munich Huson European Media Agilolfingerstr. 2a D-85609 Aschheim bei München Germany Tel: +49 (0) 89 95002778 Fax: +49 (0) 89 95002779


Revista Indústria & Tecnologia/ P&S 468 - Dezembro 2013  

Revista Industria e Tecnologia lançamentos para o mercado industrial. Sustentabilidade, meio ambiente, maquinas, equipamentos, serviços, fer...

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you