Issuu on Google+

Nº463 ANO ■ 38

JULHO/2013

FERRAMENTAS MANUAIS, ELÉTRICAS, PNEUMÁTICAS E HIDRÁULICAS INTERNACIONAL

Equipamento que puxa cabos elétricos executa serviços em tempo recorde 26

Carrinho de ferramentas anuncia entradas e saídas de ferramentas

30

PRODUTO

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

EM DESTAQUE

DISPLAY MONITOR DE PROCESSOS

BAUMER

9

Pr

ó

M xima EC Â pa FL DO NIC uta: UI S A DO S

CAPA-1 - 463.indd 1

O MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL

.com.br 25/6/2013 08:42:31


capa-2.indd 3

21/6/2013 09:24:34


EDITORIAL

A construção no alvo

D

epois de ter sofrido os abalos que repercutiram sobre todo o setor de máquinas em virtude da retração econômica em 2012, o setor de ferramentas espera ganhar terreno na esteira dos megaeventos que estão para acontecer, como a Copa do Mundo de 2014, as Olimpíadas de 2016 e no horizonte promissor do crescimento da construção civil. Um dos setores que foram locomotiva do país em 2012, a construção civil alcançou um crescimento de 4% no ano passado, pouco abaixo do ritmo de 2011 que foi

tos como a Copa do Mundo e Olimpíadas podem gerar, como obras de metrôs, aeroportos, estradas, entre outros”, explica o presidente do Sindicato da Indústria de Artefatos de Ferro e Metais e Ferramenta em São Paulo (Sinafer), Milton Rezende. E a inovação caminha lado a lado deste mar de investimentos. Cada vez mais as empresas estão procurando aprimorar as ferramentas projetando-as de forma que a segurança e praticidade estejam na ordem do dia. “É um mercado que está cada vez mais exigente no que se refere a especificações, regras de segurança e tecnologia de autorrendimento”, explica Marcelo Casagranda, supervisor técnico da Stanley Black & Decker. Seguindo essa máxima, as empresas estão se esmerando em oferecer o que há de mais inovador na área de ferramentas, como, por exemplo, modernas marretas voltadas a trabalhos extrapesados, como se pode verificar na seção Indústria & Tecnologia. Também na seção Indústria & Tecnologia, o leitor vai se deparar com uma tecnologia surpreendente em termos de limas rotativas de metal duro, com formatos diversos, que poderá representar um marco em trabalhos industriais de desbaste. Por fim, um carrinho de ferramentas que denuncia, por sistema de voz, a retirada e devolução de ferramentas, possibilitando maior controle do material pela empresa, poderá ser conferido na seção Produtos & Serviços. Boa leitura!

E a inovação caminha lado a lado deste mar de investimentos. Cada vez mais as empresas estão procurando aprimorar as ferramentas projetando-as de forma que a segurança e praticidade estejam na ordem do dia. de 4,8%. Já os megaeventos devem adicionar o montante de R$ 64,5 bilhões ao Produto Interno Bruto (PIB) do país, segundo levantamento da consultoria Ernst & Young em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). “Depois do mau desempenho do ano passado, estamos apostando na recuperação do setor com a realização de obras nas áreas de infraestrutura e com todas as repercussões que os megaeven-

03 - 463.indd 3

Rosa Symanski | EDITORA-CHEFE

24/6/2013 16:57:20


Indústria Nº463 &Tecnologia ANO 38

SUMÁRIO

JULHO/2013

18

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

22

Fotos: Divulgação

20 FERRAMENTAS GEDORE DO BRASIL S/A Gedore desenvolve alicate de pressão para áreas de difícil acesso

TRAMONTINA GARIBALDI S/A IND. METAL.

ANÁLISE SETORIAL

INOVAÇÃO ESTÁ NA SEGURANÇA E PRATICIDADE

Tramontina apresenta linha de marretas para uso extra pesado Cada vez mais as ferramentas primam por recursos que oferecem melhores condições aos usuários

24 PFERD RÜGGEBERG DO BRASIL LTDA. Pferd desenvolve vários modelos de limas com desempenho superior na hora de se remover cavacos

28 YASKAWA ELÉTRICO DO BRASIL Braço manipulador da Yaskawa é revolucionário por reduzir o tempo de programação

19 SETOR DE FERRAMENTAS ESPERA REVIRAVOLTAS

Expectativas com grandes obras devem reanimar as atividades no setor

12 ACONTECE NA INDÚSTRIA

IVECO INAUGURA FÁBRICA DE VEÍCULOS DE DEFESA EM MG

Unidade será responsável pela fabricação do blindado Guarani para o Exército Brasileiro, com alta tecnologia e elevado índice de nacionalização

14 MANUTENÇÃO O VASTO UNIVERSO DAS FERRAMENTAS MANUAIS, PNEUMÁTICAS, ELÉTRICAS E HIDRÁULICAS Consumo crescente de ferramentas requer atenção especial à manutenção

MAZAK SULAMERICANA INAUGURA NOVO CENTRO TECNOLÓGICO

SEÇÕES

5

AGENDA

6

ONLINE

8

HOME PAGES

Nova sede será um provedor de soluções para os clientes da empresa

16 MERCADO

FEIMAFE 2013

FORTE PRESENÇA INTERNACIONAL MARCOU A FEIMAFE

9 DESTAQUES DO MÊS

10 CATÁLOGOS Grande número de expositores estrangeiros reflete a atração pelo país

4 | IT Indústria & Tecnologia

04 - 463.indd 4

25/6/2013 11:38:02


AGENDA FEIRAS E CONGRESSOS NO BRASIL EVENTO

DATA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

Enersolar - 2ª Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar

17 a 19 de julho 13 às 20h

Centro de Exposições Imigrantes São Paulo - SP

Cipa FM Publicações e Eventos Tel.: (11) 5585-4385 www.enersolarbrasil.com.br

Logtech – Feira de Logística e Comércio Exterior

14 a 17 de agosto

Pavilhão de Exposição Expotrade Curitiba - PR

Diretriz Feiras e Eventos. www.feiralogtech.com.br Tel.: (41) 3075-1100

CONCRETE SHOW South America 2013

28 a 30 de agosto das 13h às 20h 29 e 30 das 10h às 20h

Centro de Exposições Imigrantes São Paulo - SP

Concrete Show http://www.concreteshow.com.br/ home-2012/ Tel: (11) 4689-1935

30 de julho 1 de agosto de 2013 13h às 20h

Local: Expo Center Norte São Paulo - SP

Acqua Consultoria http://www.acquacon.com.br/ Tel.: (11) 3868-0726 info@acquacon.com.br

RIO PIPELINE - 9ª Conferência e Exposição de Produtos e Serviços para Dutos

24 a 26 de setembro 9 às 19h

Centro de Convenções SulAmérica Rio de Janeiro/RJ

Inst.Bras.Petróleo, Gás e Biocombustíveis Tel.: (21) 2112-9000 www.riopipeline.com.br

Reciclatech- Feira Internacional de Tecnologias para Reciclagem e Logística Reversa

5a7 de novembro 13 às 20h

Centro de Exposições Imigrantes - São Paulo - SP – Brasil

Grupo Cipa Fiera Milano www.cipanet.com.br Tel.: (11) 5585-4355

Intermach - Feira e Congresso Internacional de Tecnologia, Máquinas, Equipamentos, Automação e Serviços para a Indústria Metalmecânica

9 a 13 de setembro 14 às 21h

Expoville – Joinville/SC

Messe Brasil www.messebrasil.com.br Tel.: (47) 3451-3000

XXIV FENASAN - Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente e XXIV Encontro Técnico da AESabesp – Congresso Nacional de Saneamento e Meio Ambiente

FEIRAS E CONGRESSOS NO BRASIL EVENTO

DATA

Print, Pack and Paper Feira Internacional de Impressão, Embalagens e Papelaria

10 a 13 de julho de 2013

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

Xangai - China

Socaltur Turismo http://www.socalturfeiras.com.br Fone: (51) 3584-1900

IFA Berlim Feira de informática, tecnologia, telecomunicações, artigos eletrônicos, broadcasting, eletrodomésticos, eletrônicos e tecnologias multimídias

6 a 11 de setembro de 2013

Berlim - Alemanha

Messe Berlin GmbH Tel.: +49 (0)30 / 3038-0 E-mail: central@messe-berlin.de

EMO Feira de produtos e serviços para todas as áreas de produção, desde núcleos de máquinas-ferramenta até ferramentas de precisão, que interligam peças e eletrônicos industriais.

16 a 21 de setembro de 2013

Hannover - Alemanha

Deutsche Messe AG Hannover http://www.messe.de/home Tel.: +49 511 890

LOCAL DAS AULAS

ORGANIZAÇÃO

São Paulo – matriz da Swagelok Brasil

Swagelok Tel.: (11) 5080-8892 E-mail: marketing@swagelok.com.br

Rio de Janeiro – Hotel Novo Mundo

Swagelok Tel.: (11) 5080-8892 E-mail: marketing@swagelok.com.br

CURSOS PROFISSIONALIZANTES CURSO

PERÍODO

Curso de Tecnologias Avançadas em Conexões Dupla Anilha Swagelok - Duração: aprox. 4 horas Treinamento de Sistemas de Amostragem para Análise de Processo - Duração: 45 horas

25/07/2013

29/7 a 2/8/2013

Para divulgar cursos, seminários e palestras, mande um email com data, local e dados do promotor do evento para redacao@banas.com.br

FALE COM A REDAÇÃO Em AGOSTO a revista Indústria & Tecnologia – ? aborda o tema

MÍDIAS DIGITAIS

FILTROS, BOMBAS, VÁLVULAS, TUBOS E CONEXÕES. Se você tiver sugestões de pauta, dúvidas ou necessitar de mais esclarecimentos sobre esse assunto, mande um e-mail para a seção FALE COM A REDAÇÃO. Participe da seção FALE COM A REDAÇÃO e encontre as soluções sobre os mais variados temas que são abordados na revista Indústria & Tecnologia – ?.

www.ps.com.br

www.blogindustrial.com.br

@EditoraBanas facebook.com/editorabanas

As perguntas devem ser encaminhadas para redacao@banas.com.br com o título FALE COM A REDAÇÃO. IT Indústria & Tecnologia | 5

05 - 463.indd 5

25/6/2013 11:40:33


ONLINE

DESTAQUES WEB OS LINKS MAIS ACESSADOS 19/MAI. A 19/JUN./2013 DESTAQUE: INDÚSTRIA PAULISTA ENCERRARÁ 2013 COM ATÉ 30 MIL NOVOS EMPREGOS FEIMAFE 2013 DEMONSTRA CONFIANÇA DO EMPRESÁRIO NA INDÚSTRIA DE BASE A indústria, com ânimo para investimentos de retomada, foi protagonista da Feimafe 2013 – 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, que terminou dia 8 de junho, no Anhembi, em São Paulo. Dentre as empresas que já divulgaram o balanço da participação no evento, até sexta-feira, dia 7, o total de negócios consolidados ultrapassou os R$ 28 milhões. Nos 85 mil m² do Anhembi, os visitantes puderam conhecer lançamentos e inovações da indústria de bens de capital de 1.466 marcas expositoras. Dentre as participantes, 37 empresas participaram pela primeira vez na Feimafe. Projeção da Fiesp e do Ciesp é de crescimento de 1% no índice de emprego.

1 2 3

ENQUETE

RESULTADO

Sistemas de refrigeração impróprios elevam consumo de energia, diz Abesco Empresas do Grupo Freudenberg no Brasil concentram seleção de currículos no site corporativo Every Day is a GreenDay, campanha da ebm-papst em prol do meio ambiente!

JULHO/2013

QUAL A IMPORTÂNCIA DAS REDES SOCIAIS PARA SUA EMPRESA? Muito importante .............................................. 66,67%

66,67% 33,33%

Indiferente ......................................................... 33,33% 0%

4

Multinacionais do setor de máquinasferramenta fortalecem participação no Brasil

5

HTS Brasil garante controle e agilidade na programação para a chegada das cargas nos terminais de Santos

ONDE ACHAR? http/www.ps.com.br

Mínima ....................................................................... 0%

PRÓXIMA ENQUETE (AGOSTO)

ACREDITA QUE OS EVENTOS ESPORTIVOS NO BRASIL TRARÃO OPORTUNIDADES PARA SEU SETOR?

www.ps.com.br

EXPEDIENTE

Indústria &Tecnologia

Geraldo Banas (1913 – 1999) - Fundador Elizabetha Banas (1923 – 2007) - Editora Cristina Banas - Publisher Elisvaldo P. Vidal dos Santos - Circulação Luciano Tavares de Lima - Gerente de Produção Nazaré Baracho - Revisão Rosa Symanski - Editora-chefe (MTb 23.622) Sandra Gomes - Secretária de Redação Tatiana Gomes - Jornalista web Waldemar Terô Sato - Gerente de Edit. Eletrônica

Filiada à

IT - Indústria & Tecnologia/P&S circula junto aos profissionais e executivos envolvidos nos processos de aquisições e especificações de equipamentos, produtos e serviços industriais que atuam em empresas, organizações e entidades que façam parte do mercado industrial. Assinatura anual: R$ 198,00 Número avulso: R$ 18,00 Assinatura anual no exterior: US$ 250,00 IT - INDÚSTRIA & TECNOLOGIA/P&S (ISSN 0103-7481) é uma publicação da Editora Banas Ltda. – CNPJ 60.432.796/0001-83 I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 – Protocolada e matriculada sob o nº 1.487 do livro “A” do Registro Civil de Pessoas Jurídicas.

CANAIS DE COMUNICAÇÃO: Rua Edward Joseph, 122 - 11º andar/Edifício Passarelli CEP 05709-020 – São Paulo – SP Tel. PABX: (55 11) 3500-1900 - Fax: (55 11) 3500-1935 www.ps.com.br www.blogindustrial.com.br facebook.com/editorabanas Twitter: @EditoraBanas E-mail: redacao@banas.com.br CIRCULAÇÃO ..........................Tel.: (11) 3500-1929 assinaturas@banas.com.br COBRANÇA .............................Tel.: (11) 3500-1915 cobranca@banas.com.br FINANCEIRO ............................Tel.: (11) 3500-1913 financeiro@banas.com.br

IMPRESSÃO: Hawaii Gráfica CIRCULAÇÃO NACIONAL PERIODICIDADE MENSAL TIRAGEM: 40.000

PRODUÇÃO .............................Tel.: (11) 3500-1920 producao@banas.com.br

Capa (foto): www.istockphoto.com

REDAÇÃO ................................Tel.: (11) 3500-1921 redacao@banas.com.br

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte.

PUBLICIDADE..........................Tel.: (11) 3500-1911 publicidade@banas.com.br

JULHO 2013

6 | IT Indústria & Tecnologia

06 - 463.indd 6

25/6/2013 09:05:35


NOTAS TÉCNICAS CHAVES DE FENDA E DE IMPACTO A série de chaves de fenda Super-Grip com empunhadura plástica TOPTUL é fabricada em aço liga de cromo Vanadium de qualidade especial, reforçado e temperado. A lâmina passante suporta impacto na ponta para soltar fixadores emperrados. A ponta magnética, fabricada com precisão, assegura um ajuste firme. Apresenta lâmina de ótima resistência e desempenho com cabo plástico transparente e empunhadura ergonômica resistente a deslizamento. O jogo, com cinco peças, conta com chaves de fenda simples passante nos tamanhos 5, 5,5 e 6,5 mm e chaves de impacto Phillips passante nos tamanhos PH1 e PH2. CELMAR Comercial e Importadora Ltda. Tel.: (11) 2095-3100. E-mail: vendas@celmar.com.br

PINOS PADRÃO E ARAMES CALIBRADOS São aplicados como padrão de montagem de instrumentos de medição, para verificação de distâncias entre eixos, medições cônicas e outras aplicações em conjunto com blocos padrões. É também utilizado para determinar o diâmetro primitivo em roscas, em conjunto com micrômetro, ou máquinas de medição. Cada par consiste em uma plaqueta com um arame e outra com dois arames. Os pinos de medição são lapidados, feitos em aço temperado com cromo, para maior durabilidade. Conta com diâmetro de montagem em 6,5 mm ou 7,5 mm e outros diâmetros especiais sob encomenda. MAHR do Brasil Ltda. Tel.: (11) 2877-5566. E-mail: apoio.vendas@mahr.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 7

07 - 463.indd 7

24/6/2013 17:50:14


HOME PAGES

HOME PAGES

CONECTORES E TERMINAIS

www.con-fio.com Atuante no mercado desde 1996, a Con-fio atua na área de conectores e terminais. Devidamente lustrado, o site da empresa disponibiliza informações dos produtos como: conectores de torção; terminais; conectores de derivação; conectores rabinho de porco; conectores elétricos push-in; bornes para eletrônica, prensa-cabos. Além disso, o site explica o funcionamento e mostra a instalação passo a passo. Para mais informações clique nas guias: empresa, produtos, vídeo e contato. CON-FIO Conectores Elétricos.

ANALISADORES DE GASES

RESFRIADORES E EVAPORADORES

www.mipal.com.br A empresa oferece condensadores, evaporadores, serpentinas e climatizadores para as mais variadas aplicações comerciais e industriais - além de projetos especiais. Na linha industrial destacam-se evaporadores de ar forçado de baixo, médio, médio-alto e alto perfil e resfriadores de ar. O site disponibiliza informações em português, espanhol e inglês. Para saber mais, acesse as guias: imprensa, produtos, dicas úteis etc. MIPAL Indústria de Evaporadores Ltda.

MATERIAIS PARA RÓTULOS E EMBALAGEM

ELETROELETRÔNICOS

www.hayama.com.br A Hayama desenvolve e fabrica transformadores de baixa tensão, autotransformadores, fontes de alimentação lineares e chaveadas, inversores de tensão e carregadores de bateria. Possui linha de inversores de onda senoidal modificada, onda senoidal pura e onda quadrada, todos com frequência de 60Hz. Para mais detalhes clique em cada produto e obtenha informações e suas especificações técnicas. HAYAMA Indústria e Comércio de Produtos Eletrônicos Ltda.

MOLAS E ESTAMPADOS

www.sankar.com.br

www.engezer.com.br A Engezer, com sede de mais de 1200m3, atua em mais de 18 estados do país, atendendo o segmento de análise, detecção, medição de gases industriais e indústria petroquímica. Em seu site disponibiliza toda a linha de produtos, entre eles, detector de chamas; analisadores de gases, de oxigênio, de hidrocarbonetos, de misturas, H2S, de enxofre, de ozônio; cromatógrafos de enxofre e gás; misturadores de gases; amostradores; calibradores; monitores CO2; câmeras à prova de explosão; de controle de espuma, de processos; higrômetros; sensores, entre muitos outros. ENGEZER Soluções em Análises de Gases.

A Avery Dennison Corporation apresenta um novo website que, além da facilidade de navegação, apresenta conteúdo de alta relevância para seus clientes. Nele podem ser acessadas informações e materiais sobre filmes e papéis aplicação em rótulos autoadesivos, incluindo estudos de casos, vídeos, inovações e soluções para diversos segmentos de mercado. Acesse o site para mais informações sobre os produtos e serviços. AVERY DENNISON do Brasil Ltda.

FERRAMENTAS INDUSTRIAIS

ESQUADREJADEIRAS

www.label.averydennison.com.br

A Sankar fornece ao mercado molas de tração, de torção, espiral, de onda. de compressão paralelas e cônicas, especiais, bobinas, estampados convencionais, aramados. Possui um setor de estamparia completo, CAD e desenvolve ferramentas e peças estampadas, dobradas, repuxadas, porcas rápidas, soldagem por resistência, projeção, mig e aquecimento por indução. Acesse o site para mais detalhes. SANKAR Ind. e Comércio de Molas Ltda.

FERRAMENTAS ELÉTRICAS E PNEUMÁTICAS

www.alliancetools.com.br A Alliance Tools é especializada no desenvolvimento de soluções para os processos de linha de montagem e produção industrial: servomotores, balancins e ferramentas pneumáticas. A empresa oferece manutenção de servomotores brushless de mais de 50 fabricantes diferentes, capacitados a promover as mais diversas soluções em sistemas de controle e movimento com amplo conhecimento em cada aplicação e, além disso, executa projetos de dispositivos e máquinas especiais. Para conhecer mais, acesse o site e clique nas guias: home, empresa, produtos, serviços, servomotores e fale conosco. Alliance Tools Ferramentas Industriais Ltda.

www.mshimizu.com.br www.maksiwa.com.br A empresa atua no segmento de máquinas para marcenaria e também na linha máquinas de embalagens. Para marcenaria oferecem afiadores, coladeiras de borda, coletores de pó, esquadrejadeiras, furadeiras, desempenadeiras, lixadeiras, prensas, refiladeiros, serras, tupia etc. Para embalagens oferecem máquinas para termoencolhíveis em geral, para agrupamento e embalagem pelo sistema overlap etc. MAKSIWA Indústria e Comércio de Máquinas Ltda.

A M. Shimizu atua nos segmentos de construção civil, geração de energia, mecânica pesada, mineração, montagens industriais, naval, petroquímico, siderúrgico etc. Entre os produtos que a empresa oferece, destacam-se sistemas de aperto, sistemas de lubrificação, equipamentos de alta pressão, ferramentas elétricas e ferramentas pneumáticas. Na área de prestação de serviços, oferece contratos de manutenção industrial, assistência técnica, desenvolvimento de projetos especiais, desenvolvimento de softwares de qualidade e rastreabilidade e locação de equipamentos. M. SHIMIZU Elétrica e Pneumática Ltda.

8 | IT Indústria & Tecnologia

08 - 463.indd 8

21/6/2013 08:33:43


NOTAS TÉCNICAS DESTAQUES DO MÊS

DISPLAY MONITOR DE PROCESSOS O display adequado para os sensores CombiSerie pode ser utilizado para transmissores de pressão, termômetros e, como uma unidade autônoma, também pode ser combinado com outros sensores com sinal de saída analógica entre 4...20 mA. Na prática, o display CombiView funciona como um sistema de semáforos: um sinal claro indica onde é necessária a ação. Os diferentes níveis de alarme podem ser graduados de acordo com a cor. A cor vermelha é adequada para valores que necessitem de uma reação rápida e a verde pode indicar um funcionamento adequado. As mensagens de erro, avisos ou alarme podem ser programadas diretamente no dispositivo por meio do display tátil ou PC utilizando o software FlexProgrammer. O display pode ser movimentado em dois eixos até 360°, com 80 mm de diâmetro torna as leituras fáceis. BAUMER do Brasil Ltda. Tel.: (11) 5641-3252. Site: www.baumer.com

TERMO-ANEMÔMETRO DIGITAL

TORNO HORIZONTAL MONOFUSO

O termo-anemômetro digital portátil TAFR-190 é indicado para medição de temperatura e fluxos de ar de pequena intensidade e/ou constantes. É composto por sensor de fio quente, tipo antena, com ajuste de 1 m. Possui escalas de velocidade do ar de 0,1 a 25,0 m/s (resolução de 0,01 m/s), 0,3 a 90,0 Km/h (resolução de 0,1 km/h), 20 a 4925 ft/min (resolução de 1ft/min), 0,2 a 48,5 Knots (resolução de 0,1knots), precisão de ±5% + 1 dígito e escala de temperatura de 0 a 50°C (32 a 122°F), resolução de 0,1°C/°F e precisão de ±1°C/1,8°F. Possui função máxima e mínima, amostragem de ±0,8 segundos, temperatura e umidade de operação de 0 a 50°C e 80% RH e pode ser alimentado por uma bateria 9V ou adaptador 9V 110/220V fornecidos juntamente com sensor, software, cabo USB e manual de instruções. INSTRUTHERM Instrumentos de Medição Ltda. Tel.: (11) 2144-2800. Site: www.instrutherm.com.br

VÁLVULAS BORBOLETA As novas válvulas Keystone CompoSeal® foram projetadas para aplicações corrosivas e exigentes a temperaturas e pressões elevadas. A linha apresenta faixa de tamanho de DN 40 – 300 (de 1,5 a 12 polegadas). A combinação de materiais compostos projetados para alto desempenho e sedes em EPDM, NBR e fluorelastômero (FKM-B) oferece um benefício extra ao melhorar bastante a resistência química. São ideais para aplicações exigentes em diversas indústrias, tais como indústrias químicas, papel e celulose, têxtil, água industrial, água marinha, dessalinização e ambientes marítimos. A baixa condutividade térmica do material composto elimina a necessidade de isolamento. A integridade máxima da vedação praticamente elimina o risco de vazamento para o ambiente, tornando as operações mais seguras e limpas. PENTAIR Valves & Controls. Tel.: (11) 3879-6313. Site: www.pentair.com.br

CHILLERS A linha completa de Chillers inclui os MiniChillers MC (A) com capacidade limitada de 3.000 e 5.000 kcal/h, a linha UMAG (A/W) com capacidade entre 5.000 e 60.000 kcal/h e a linha RL (A/W) com capacidade entre 75.000 e 600.000 kcal/h, sendo úteis para o resfriamento de moldes de injeção e sopro, extrusão de balão, chapas, termoformagem, laminação, dentre outros. Para melhoria dos chillers foi padronizada a utilização do sustentável fluido refrigerante R410A em todas as linhas, compressor scrool digital que ajusta a capacidade de resfriamento à carga térmica do processo, filtros de água em aço inoxidável, evaporadores a placas de aço inoxidável e condensadores microcanal de alumínio para ambientes com temperatura de até 42°C. MECALOR Ind. e Com. de Refrigeração Ltda. Tel.: (11) 2188-1718 Site: www.mecalor.com.br

O torno horizontal monofuso de cabeçote móvel CNC, modelo SM20, da HJM é utilizado para usinagem complexa com eficiência e produtividade comprovada. Possui estrutura compacta e robusta e oferece usinagem de peças de alta precisão. Apresenta nove ferramentas acionadas; rotação sincronizada da bucha de guia; rotação máx. do fuso principal: 10.000 rpm; diâmetro máx. de barras: 20 mm; avanço rápido dos eixos: 32m/min; comando Fanuc; curso do cabeçote máx. de 260 mm; sete eixos controlados; monitor LCD 10,4”; motor fuso principal de 2,2/3,7 kW. HDT Indústria e Comércio de Máquinas e Equipamentos Industriais Ltda. Tel.: (11) 5621-6930 E-mail: hdt@hdt.com.br

PIRÔMETRO INFRAVERMELHO O pirômetro infravermelho 471 dispõe de câmera capaz de capturar imagens e vídeos do alvo da medição. Possui LCD TFT colorido de 2,2” e cartão de memória micro SD para capturar imagens ou vídeo para visualização no PC. Conta com duas miras a laser e fornece indicação de temperatura infravermelha com o gráfico em barras de LED colorido. Apresenta grande proporção de distância para o alvo de 50:1, para medição de áreas menores a distâncias maiores; ampla faixa de temperatura de -50 a 2200 C (-58 a 3992 F); interface USB e entrada para termopar tipo K; registro de máxima, mínima, diferencial e média; alarme superior e inferior; emissividade ajustável; ajuste de data e hora; desligamento automático; criação de relatórios; trava de gatilho; transmissão wireless de dados; temperatura do ar e umidade. HOMIS Medição e Automação Ltda. Tel.: (11) 2799-7999. Site: www.homis.com.br

BALANÇA DE CONTAGEM INDUSTRIAL A Filizola apresenta a balança CI – modelo eletrônico para contagem industrial. Desenhada especialmente para linhas de produção e almoxarifados, a CI faz a pesagem e contagem de peças de maneira fácil e rápida e foi desenvolvida com a mais recente tecnologia de pesagem. O peso médio por peça pode ser calculado automaticamente através do processo de amostragem, ou introduzido pelo usuário por meio do teclado, quando previamente conhecido. Este modelo pode vir acompanhado do impressor térmico de etiquetas TPF1, que imprime e processa de forma rápida. Com este impressor, a balança pode ser utilizada para rotulagem, controle de qualidade, expedição, recebimento, processos de qualidade, produção, inventários, conferência de material, embalagens e armazenamento. FILIZOLA Balanças Industriais S/A. Tel.: (11) 2134-1360. Site: www.filizola.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 9

09 - 463.indd 9

21/6/2013 11:13:59


CATÁLOGOS

CATÁLOGOS PORTAS E GRADES DE ENROLAR

VÁLVULAS INDUSTRIAIS

Para edifícios de grandes dimensões, a Hörmann apresenta em seu catálogo portas de enrolar até 11,5 m de largura e 9 m de altura, com combinação de até três portas e vãos de abertura até 30 m. O material apresenta, ainda, a tecnologia inovadora de molas de tração e automatismo opcional WA 300 R S4 com arranque e imobilização suave. As portas e grades de enrolar não ocupam muito espaço na parte de cima, enrolam de forma compacta atrás do lintel. As vias de guindastes são aproveitadas e os empilhadores com mastros altos fazem as manobras de forma eficiente. GRUPO HÖRMANN. www.hormann.com.br

O catálogo da Incesa apresenta sua linha de produtos. Entre eles, estão: conector cunha para ramal de ligação; conector cunha de liga de alumínio e de liga de cobre; ferramenta de instalação dos conectores cunha; conector adaptador para cabo concêntricos de alumínio e cabos de cobre extra- flexível; conector perfurante; conector de alumínio de dois, quatro e oito derivações; conector para ramal de entrada em alumínio com porca fusível; conector para múltiplas conexões; caixa de distribuição; separador de fases para T e MT e fly tap rede primária; grampo paralelo e de aterramento; chave fusível; conectores estribo, a compressão; terminal etc. INCESA Indústria de Componentes Elétricos Ltda. www.incesa.com.br

VÁLVULAS INDUSTRIAIS O catálogo da KSB apresenta ao mercado a mais completa linha de válvulas industriais, para uma extensa lista de aplicações. A linha conta com válvulas tipo esfera, válvula gaveta, globo, de retenção e borboleta. As válvulas são aplicadas nos mais exigentes mercados como petróleo, gás, papel e celulose, siderurgia, mineração, álcool e açúcar, saneamento e indústrias de um modo geral, com destaque para a indústria química e petroquímica. Entre os produtos fornecidos pela empresa, há, ainda atuadores pneumáticos. KSB Válvulas Ltda. www.ksbvalvulas.com.br

TROCADORES DE CALOR E RADIADORES A CRV atua na fabricação, recuperação e manutenção de trocadores de calor e radiadores, intercoolers, condensadores, resfriadores, feixes tubulares em U e tubos aletados em geral para motores estacionários, industriais, marítimos, agrícolas etc. Conta, ainda, com aquecedores com construção em aço carbono ou aço inoxidável com aletas de alumínio ou com outros tipos de materiais, resfriadores com cabeçotes removíveis fabricado em metal na ferroso ou aço inox. Presta serviços de engenharia, reforma, montagem, assistência técnica e manutenção e desenvolve também projetos personalizados conforme a necessidade da empresa. CRV Trocadores de calor e Radiadores Ltda. www.crvradiadores.com.br

INSTRUMENTOS ANALÍTICOS E SENSORES A Digitrol apresenta em seu catálogo a linha de instrumentos analíticos e sensores para indústrias de plásticos. Entre os produtos oferecidos, destacam-se plastômetro de extrusão; reômetros; sisema HDt/VICAT; analisadores de oxigênio; extrusor de mistura para laboratório; sistema puxador; moinho paletizador; testador de impacto. Conta ainda com a linha de indicadores e controladores de pressão e processo; controladores de temperatura; sensores, kits e acessórios como indicadores mecânicos de pressão; monitor de massa de polímeros; plugues de ruptura, termopares e kits para alojamento; entre outros. DIGITROL Indústria e Comércio Ltda. www.digitrol.com.br

IMPRESSORAS TAMPOGRÁFICAS O catálogo da KSB apresenta sua linha de equipamentos tamporáficos, utilizados para estampar e personalizar uma ampla variedade de produtos. A empresa projeta e produz máquinas impressoras com tecnologia própria. Com excelentes resultados, as impressões tampográficas são aplicadas em diferentes materiais como plástico, metal, madeira, vidro, borracha e outros em superfícies côncavas, convexas, irregulares etc. Com completa infraestrutura, a KSB presta serviços de impressões tampográficas e, além disso, fornece acessórios como bancada, pedestal, mesa coordenada, disfix e gabaritos personalizados para diferentes tamanhos e formatos de peças. OSCAR FLUES Ind. e Com. Ltda. www.oscarflues.com.br

INSTRUMENTOS PARA AUTOMAÇÃO A Coel tem se distinguido por oferecer uma linha completa de produtos e serviços desenvolvidos para garantir soluções de elevada performance Certificada pela RTÜV na norma NBR ISSO 9001-2008, a empresa oferece ao mercado instrumentos para automação como: controlador diferencial para painel solar térmico; controladores de umidade e temperatura; controlador para refrigeração; temporizador eletrônico; controlador de nível líquido condutivos para poço/ reservatório; monitores de tensão trifásica, máxima e mínima tensão, de falta de sequência de fase; entre outros. COEL Controles Elétricos Ltda. www.coel.com.br

SOLUÇÕES PARA AMBIENTES COM ATMOSFERAS EXPLOSIVAS A Forjasul, do Grupo Tramontina, apresenta em seu minicatálogo com soluções para instalações em ambientes com atmosferas explosivas. São produtos à prova de explosão, como: caixas de passagem e ligação CAEx, caixas de passagem CBEx, caixas de passagem e painéis CCEx, todos fabricados em liga de alumínio, botoeiras de comando e sinalização CPEx, com caixas injetadas em ligas de alumínio copperfree. Apresenta, ainda, acionamentos de comando ACEx em aço inox e BUEx em liga de alumínio copper-free, plugues e tomadas para atmosferas explosivas DXN, em poliéster reforçado com fibra de vidro; caixas de segurança aumentada em liga de alumínio, aço inox ou poliéster; e prensa cabos em liga de alumínio, aço inox, latão ou lato niquelado. Grupo TRAMONTINA/ FORJASUL ELEKTRIK S/A. www.forjasul.com.br

ACOPLAMENTOS PARA CORRENTES Ilustrativo e informativo, o catálogo apresenta acoplamentos flexíveis para unir de correntes dupla de rolos ao redor de duas rodas dentadas e acoplamentos flexíveis de correntes de nylon, que não necessitam de lubrificação, com pino de ajuste folgado que permite fácil montagem e desmontagem. No catálogo constam características técnicas de cada tipo de acoplamento e informação para pedidos como série com furo ajustado, com furo padrão, informações sobre construção do corpo; tabelas de capacidade máxima de transmissão de quilowatt; construção da capa; condições de operação requeridas para seleção; dimensões etc. TSUBAKI Brasil Equipamentos Industriais Ltda. www.tsubaki.ind.br

VENTILADORES E EXAUSTORES Bastante informativo e instrutivo, o catálogo da Ventisilva apresenta a linha completa de ventiladores, exaustores, microventiladores e micromotores. Entre os produtos ofertados, estão ventiladores de parede, ventiladores de coluna, microventiladores de ambiente da linha canário, microventiladores axiais, microventiladores tipo blower e tipo linear, micromotores, exaustores axiais recomendados para troca de ar em indústrias, galpões, tubulações etc., exaustores centrífugos para exaustão em alta pressão, exaustores axiais de transmissão para exaustão onde há poluentes, coifas etc., e exaustores axiais com carrinho para exaustão ou ventilação localizada e exaustores axiais para telhados FV (fibra de vidro). Metalúrgica VENTISILVA Ltda. www.ventisilva.com.br

10 | IT Indústria & Tecnologia

10 - 463.indd 10

21/6/2013 08:28:28


NOTAS TÉCNICAS CONTROLADOR DE TEMPO E TEMPERATURA O novo controlador de tempo e temperatura C454 possui uma entrada analógica, configurável por software, para medição de diversos tipos de sensores de temperatura. A integração dos algoritmos PID + Sintonia automática + Fuzzy + Adaptativo garante simples configuração do controle para obtenção da máxima estabilidade do processo. As saídas configuráveis por software permitem controlar e monitorar os mais variados tipos de processos e equipamentos. Provido das funções Rate e Timer, o controlador permite que o usuário crie um perfil térmico para o processo na configuração uma rampa, um patamar. CONTEMP Indústria Comércio e Serviços Ltda. Tel.: (11) 4223-5100 E-mail: marketing@contemp.com.br

RELÓGIO CENTRALIZADOR O 3D-TASTER é um relógio centralizador tridimensional digital de alta precisão e linearidade. Possui controles independentes e apresenta fácil visualização e leitura no mostrador digital combinado; ajuste de concentricidade simples e confortável; grande capacidade de medição em todas as direções (X , Y e Z); corpo compacto em metal de alta qualidade; ponta de contato com rosca (intercambiável) de Ø 4x31mm; Ø da haste de 16mm; leitura de 0,01mm; máxima deflexão nos eixos X, Y e Z: 7mm; dimensões: 82mm(C) x 65mm(L) x 39mm(E); comprimento livre da ponta de contato: 52mm; ajuste na concentricidade de +/- 0,40mm. Com peso de 520 g, é à prova de água, óleo e impacto. CELMAR Comercial e Importadora Ltda. Tel.: (11) 2095-3100. E-mail: vendas@celmar.com

IT Indústria & Tecnologia | 11

11 - 463.indd 11

24/6/2013 09:10:54


IVECO INAUGURA FÁBRICA DE VEÍCULOS DE DEFESA EM MG Unidade será responsável pela fabricação do blindado Guarani para o Exército Brasileiro, com alta tecnologia e elevado índice de nacionalização

primeira fábrica de veículos de defesa da Iveco fora do continente europeu está localizada em uma área de 30 mil metros quadrados – 18 mil de área construída –, no Complexo Industrial que a empresa mantém em Sete Lagoas (MG). A nova unidade, inaugurada em meados de junho, será responsável pela produção dos veículos blindados VBTP-MR, conhecidos como Guarani, frutos da parceria da empresa com o Exército Brasileiro, com alto grau de tecnologia nacional agregada. “A inauguração da fábrica é mais uma prova da confiança da Iveco no mercado brasileiro, onde investimos constantemente desde o início das nossas atividades, em 1997. A partir de então, a Iveco teve ao menos uma grande realização a cada ano, o que nos permitiu a empresa se tornar também capaz de entregar soluções de ponta em veículos especiais, como ônibus, caminhões de combate a incêndio e unidades de defesa. A nova fábrica é prova de que detemos um forte e consolidado know-how em todas as áreas do transporte”, afirma Marco Mazzu, presidente da Fiat Industrial Latin America. A unidade de veículos de defesa é um passo adicional nesse processo de crescimento, em que a Iveco se mostra apta a atingir novas fatias de mercado, a dos chamados veículos especiais. São segmentos de atuação em que a fabricante já possui mercado consolidado em várias

Foto: Divulgação

ACONTECE NA INDÚSTRIA

partes do mundo e que, gradativamente, estão sendo trazidos para o mercado brasileiro. É o caso dos ônibus, cuja produção comercial se iniciou em 2012; da linha de combate a incêndios Iveco Magirus, que estará presente nos aeroportos brasileiros a partir de 2014; e, agora, da unidade de veículos de defesa. “Acreditamos que a inauguração dessa fábrica seja um motivo de orgulho para Minas Gerais e para o Brasil, agora posicionados novamente entre o seleto clube mundial de produtores desse tipo de tecnologia. A qualidade do Guarani o coloca também como um produto apto a ser exportado, o que irá levar o nome do estado e do País além das nossas fronteiras. Ressaltamos que a produção deste veículo blindado é apenas o primeiro passo de nossas ações com veículos de defesa no país”, completa Mazzu. A inauguração da fábrica marca a etapa mais importante da parceria iniciada em 2007 com as Forças Armadas. Em agosto de 2012, foi iniciada a produção industrial do Guarani. Atualmente, a Iveco trabalha no desenvolvimento de um lote de 86 veículos para experimentação doutrinária do Guarani pelo Exército Brasileiro. Os primeiros deles foram produzidos e entregues ainda no final de 2012. O VBTP-MR Guarani é capaz de transportar até 11 pessoas. Com índice de nacionalização superior a 60%, incluindo trem de força e chassi, o veículo tem peso bruto total de 18 toneladas, tração 6x6 e é impulsionado pelo motor diesel Cursor 9, da FPT Industrial, com 383 cv de potência máxima. Ele conta ainda com transmissão automática e capacidade anfíbia. As dimensões básicas do blindado são 6,91 metros de comprimento, 2,7 metros de largura e 2,34 metros de altura, o que o permite ser transportado pela aeronave KC-390, da Embraer.

NOTAS TÉCNICAS CONVERSOR CA/CC O novo conversor digital CA/CC para controle de motores de CC até 1050A possui dois ou quatro quadrantes, no modelo compacto ou com ponte externa. Conta com os seguintes opcionais: teclado de programação, entrada/saída TBO-32, interface Profibus, DevideNet, CANopen e InterBus, placa aplicativa programável APC200, placa para gestão de encoder suplementar DEII. Conta, ainda, com acessórios como filtros EMC, indutância de entrada, kit para teclado remoto e kit linear série RS485 para conexão com PC. Oferece grau de proteção IP20 até 1000A(2b) e até 1050A(4b), é projetado para funcionamento em temperatura de 0 a 40ºC, umidade de 5 a 85%, altura até 1000 m e obedece a normas CEE e ABNT. VARIMOT Acionamentos Ltda. Tel.: (11) 3687-2590. E-mail: varimot@varimot.com.br

SISTEMAS DE AMOSTRAGEM A Swagelok apresenta os Sistemas Padronizados para Amostragem – PrESS, uma série de sistemas pré-montados para uso em todos os tipos de plantas e instalações, utilizado para tratar a amostra e enviar on-line ao analisador: SPM – Probe on-line para extração da amostra no processo; FSM – módulo para reduzir pressão do gás; FLM – Módulo de Fast Loop - retorna parte da amostra extraída para o processo e aumenta significativamente a vazão para o analisador; CSM – Módulo de Calibração e Seleção de Linhas – condiciona a amostra às exigências e seleciona as linhas de amostragem pela válvula seletora. SWAGELOK Brasil/TECFLUX Ltda. Tel.: (11) 5080-8888. Site: www.swagelok.com.br

MÁQUINA MANUAL DE SOLDAGEM A FRIO A Uefa, distribuidora de maquinário e matéria prima para fios e cabos elétricos, apresenta a máquina de mão SD-10 de soldagem a frio: leve, portável, com uma vasta aplicação e de fácil manuseio. A soldagem com a máquina manual SD-10 é limpa e prática e dispensa o uso de energia elétrica. Pode ser usada em fios de cobre, alumínio, níquel, ouro, prata, platina, estanho, zinco, entre outros. Assim como em metais não ferrosos e ligas metálicas. Apresenta faixa de alcance de 0,08 mm a 0,50 mm de diâmetro. É fabricada em aço e pesa apenas 0,7 kg. UEFA Comercial Ltda. Tel.: (11) 2021-0513 Site: www.uefabr.com.br

12 | IT Indústria & Tecnologia

12 e 13 - 463.indd 12

24/6/2013 16:52:05


MAZAK SULAMERICANA INAUGURA NOVO CENTRO TECNOLÓGICO

Fotos: Divulgação

Nova sede será um provedor de soluções para os clientes da empresa

A

Mazak Sulamericana, subsidiária brasileira da japonesa Yamazaki Mazak, especializada na produção de máquinas-ferramenta e máquinas de corte a laser, inaugurou o seu novo Centro Tecnológico no Brasil, instalado em Vinhedo, região metropolitana de Campinas, em São Paulo. Segundo o general manager da Mazak Sulamericana, Martin Vay, a nova sede faz parte do processo de expansão da empresa. “Em 2012, crescemos 15% em relação a 2011. A expectativa para 2013, com o novo CT, é, não apenas aumentar o faturamento em cerca de 20%, mas, de ampliar o market share da companhia no país e ter maior visibilidade no mercado”. O executivo explica que os Centros Tecnológicos da Mazak – que hoje são 80 espalhados em 22 países em todo o mundo – têm como objetivo ser centros provedores de soluções para os clientes que utilizam as máquinas-ferramenta e de corte a laser da companhia. “Nosso foco é oferecer todo o suporte aos clientes na utilização de nossas máquinas, desde a pré-venda e treinamento, até complexas integrações e automações, para que possam extrair o máximo em produtividade dos equipamentos”, explica o executivo. O prédio de dois andares, instalado em área de 29.140 m2, com 5 mil m2 de área construída, conta com um showroom e área de try out com 1.080m2, auditório para 99 pessoas, salas de reunião, treinamento, call center, assistência técnica e suporte de peças, restaurante e lounge – tudo no andar térreo. Além disso, no andar superior foram instaladas todas as áreas de suporte à operação, como os setores administrativo, vendas e engenharia de aplicações. O empreendimento, que deve gerar cerca de 100 novos empregos, foi construído em área estratégica e de fácil acesso aos clientes: à margem da Rodovia Anhanguera (logo na entrada de Vinhedo), a 20 minutos do Aeroporto de Campinas e a apenas 75km da cidade de São Paulo. “Desejamos crescer continuamente como a melhor parceria de nossos clientes nesse segmento em todas as partes do mundo”, afirma o presidente mundial da companhia, Tomohisa Yamasaki.

NOTAS TÉCNICAS ATUADOR HIDRÁULICO COMPACTO O atuador hidráulico compacto linear HKAL tem todos os componentes montados compactamente sobre o cilindro. Apresenta tempo reduzido de start-up: sistema testado e comissionado em fábrica, de acordo com os parâmetros específicos do cliente – sistema plug&play. Com design compacto, não necessita de tubulações ou unidade hidráulica externa. O atuador inteligente conta com projeto modular dos componentes principais; proteção até IP66 projetados para ambientes agressivos; tecnologia verde energizado apenas durante o movimento do cilindro; integração simples ao sistema de controle do cliente; sensor de início/fim de curso e deslocamento da haste. EMH Eletroeletrônica e Hidráulica Ltda. Tel.: (31) 3385-6009. Site: www.emh.com.br

NIVELADORA DE DOCA MÓVEL A niveladora de doca móvel, para carga e descarga de materiais, possui plataforma fabricada em chapa de aço antiderrapante. Possibilita parar em qualquer altura desejada e, quando estiver totalmente abaixada, fica rente ao solo facilitando o acesso via rampa de chapa de aço. Pode ser deslocada e ajusta-se ao caminhão. Pode assim, de forma alternada, atender a mais de um caminhão. ZETEC Systems Comércio e Serviços Ltda. Tel.: (11) 4198-0035. E-mail: zetec@zetec.ind.br

INVERSOR AC/DC O inversor AC/DC350 apresenta sistema de segurança perfeito para proteção do operador e da máquina de solda; método de soldagem de alta eficiência para a maioria dos metais. Conta com controle da forma de onda disponível através do método inversor; corrente de saída: 350~500A; solda TIG: 9,4kW~14,16kW; solda com arco manual: 10,8kW~15,2kW; e ajuste de corrente: TIG de (5~350)/(5~500); arco manual de (5~290)/ (5~400); tensão de carga: 32/36 V; pulso de baixa frequência: 0,5~15 Hz; pulso de média frequência: 15~350/15~500; e ajuste da largura de pulso: 15~85%. ANACOM Eletrônica Ltda. Tel.: (11) 3422-4200 Site: www.anacom.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 13

12 e 13 - 463.indd 13

24/6/2013 16:52:28


MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

O vasto universo das ferramentas manuais, pneumáticas, elétricas e hidráulicas

Roberto Juriate (*)

Consumo crescente de ferramentas requer atenção especial à manutenção

Importância da manutenção em ferramentas portáteis e de uso manual prática e utilização de ferFerramentas manuais – Mesmo com as mais simples ferramentas manuais, tais como martelos, ramentas manuais têm creschaves de fenda, etc; caso elas estejam gastas e não sejam reparadas, poderão dificultar o trabalho cido de forma impressionante. e até mesmo originar um grande número de lesões no usuário. Atualmente, compra-se por impulso, pela aparência e até Ferramentas elétricas – Por serem mais acessíveis e com custo menor, são as mais conhecidas mesmo pela embalagem, ferramentas em e utilizadas por diversos segmentos da economia, sejam eles caseiros (hobbs) ou profissionais, formatos e cores diferenciados, sem falar no tais como: marcenarias, serralherias, oficinas mecânicas, funilarias, prestadores de serviços em apelo dos inúmeros kits para se presentear os manutenção industrial ou residencial e construção civil (canteiros de obras). Existem algumas amigos. Vale lembrar que, a favor deste conrestrições para o uso de ferramentas elétricas, onde o risco de “faiscamento“ é extremamente sumo crescente, o grande fator é a redução preocupante, que é o caso de refinarias ou indústria petroquímica com ambientes controlados e dos preços destas ferramentas, provocado regidos pela norma NR 13, que tem como objetivo condicionar inspeção de segurança e operação pela importação em massa dos produtos de vasos de pressão e caldeiras. asiáticos. Não atender aos simples reparos nestas máquinas elétricas, tais como trocar a fiação ou subA utilização das indispensáveis ferramentas stituir corretamente um fusível, poderá ocasionar lesões corporais graves e até mesmo morte manuais para uso profissional, tais como por eletrocussão. Estatisticamente, um em cada cinco chaves de fenda, de boca, Um ponto que chama a atenção, acidentes com eletricidade envolve ferramentas elétricas allen, alicates, entre outportáteis. ras, tem centralizado as no entanto, é que os maiores atenções dos gestores reFerramentas pneumáticas – Amplamente usadas em sponsáveis pela manutenperigos da manipulação de oficinas mecânicas automobilísticas, pois utilizam uma ção industrial, preocupaferramentas resultam da sua rede de ar comprimido com pressão variando entre 6 dos com a eliminação dos a 8 bar que é facilmente atingida por compressores de tempos de procura por utilização incorreta ou pequeno porte. ferramentas nas intervenHavendo restrições quanto ao uso de ferramentas eléções dos equipamentos, de uma manutenção deficiente tricas, as pneumáticas atendem a estas exigências com a reduzindo, assim, as paramesma praticidade e versatilidade. Alguns cuidados deverão ser adotados para prolongar a vida das de máquinas e garantindo maior seguútil destas ferramentas, tais como utilizar sempre o conjunto de filtros para a rede de ar comprimrança aos programas Foreign Object Damage ido, pois as impurezas da rede aliada à presença de água, certamente irá deteriorar as partes móveis (FOD), usado em empresas de aviação e o das máquinas. Recomenda-se , portanto, a manutenção das máquinas de forma sistemática, logo Foreign Material Exclusion (FME), utilizado após a finalização dos trabalhos. Alguns cuidados são altamente recomendados, principalmente em usinas hidroelétricas ou nucleares. Desta no estado físico de mangueiras e conexões, além dos dispositivos de segurança para os engates, forma, consegue-se chegar a um sistema de evitando-se acidentes operacionais. rastreabilidade altamente confiável em todas as ferramentas manuais que são removidas e Ferramentas hidráulicas – Sempre que a utilização exige força, devemos recorrer ao emprego retornam ao gabinete com maior precisão, das ferramentas portáteis hidráulicas, onde as aplicações merecem destaque nos segmentos de garantindo que não houve perdas e/ou esresgates de emergência, pois são amplamente utilizadas pelo Corpo de Bombeiros e socorristas, quecimento durante a realização dos serviços. porque permitem a aplicação de uma grande força em pequenos espaços como, por exemplo, O formato ergométrico, acabamento, potênem pessoas presas em ferragens de veículos, vítimas de desmoronamentos, etc. Algumas fercia, facilidade no manuseio, flexibilidade e ramentas mais utilizadas nesta categoria: cortadores, rompedores e martelos hidráulicos (amambientes onde serão utilizadas, são fatores plamente usados na construção civil), esticadores, pinças, chaves de torque, prensas, macacos importantes para a especificação e compra hidráulicos, alinhadores, entre outras. destas ferramentas portáteis. Um ponto que chama a atenção, no entanto, é que os maio(*) Roberto Juriate é graduado pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI), com MBA em gestão empresarial pela FGV, e res perigos da manipulação de ferramentas professor de Mecânica dos Fluidos e Estática nas Estruturas, na UNIP. Atuou como consultor em projetos de Produtividade resultam da sua utilização incorreta ou de & Qualidade na FIERGS – RS, desenvolvendo e treinando equipes para a implantação dos conceitos fundamentais em uma manutenção deficiente. Manutenção Industrial.

14 | IT Indústria & Tecnologia

14 - 463.indd 14

25/6/2013 17:17:23


NOTAS TÉCNICAS

REDUTORES INDUSTRIAIS A Nord Drivesystems fornece agora sistemas IE4 de 0,55 a 7,5 kW para motores de tamanhos entre 80 e 100. Fornece também motores IE3 até a carcaça 180 além dos modelos IE2 padrão e as versões IE2 ATEX. Nesta série, os redutores industriais abrangem agora torques que vão dos 25000 aos 242000 Nm e existe uma carcaça padrão para cada tamanho de estrutura para toda a faixa de redução, proporcionando inúmeras opções de configuração fáceis e rápidas para cada modelo em particular. As novas engrenagens, em alumínio, cônicas de duas fases com design de lavagem aberto ou fechado são muito fáceis de limpar e estão disponíveis em cinco tamanhos com torques que vão dos 90 aos 660 Nm. A série de roscas sem-fim SMI, com superfícies extremamente resistentes e muito lisas, segue a mesma abordagem, adequase perfeitamente a aplicações com requisitos de higiene muito exigentes. NORD MOTOREDUTORES do Brasil Ltda. Tel.: (11) 2402-8850. E-mail: info@nord-br.com

CONEXÕES EM POLIETILENO A FGS Brasil fornece linha variada de conexões em polietileno (PEAD) para eletrofusão e termofusão spigot, fornecidas nos diâmetros de 20 a 1 600 mm. Realizam a união de tubos com SDR ≤ 17,6, aptas a trabalhar com pressões de operação de até 10 bar (redes de gás) ou de até 16 bar (redes de água e outras aplicações). FGS Brasil Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (11) 4617-8000. E-mail: fgsbrasil@fgsbrasil.com.br

DETECTOR DE MONÓXIDO DE CARBONO O detector portátil de monóxido de carbono CO-5000 é ideal para uso em indústrias e fábricas para detectar focos de combustão, como em caldeiras, fornos, aquecedores etc., diminuindo o risco de acidentes, o equipamento é prático e de simples manuseio. Pode ser operado com apenas o pressionar de um botão e sua bateria tem maior durabilidade, chegando a aproximadamente um ano. Detecta a concentração de monóxido de carbono no ambiente e dispara alarmes sonoro, luminoso e vibratório quando a quantidade da substância é prejudicial à saúde. Possui display de cristal líquido (LCD) 3 ½ dígitos que indica hora, modo de alarme, baixa tensão da bateria, além de ter escala de 0-2000ppm, alarme alto e baixo, precisão de ±5% F. S e tempo de resposta menor do que três segundos. INSTRUTHERM Instrumentos de Medição Ltda. Tel.: (11) 2144-2800. E-mail: instrutherm@instrutherm.com.br

REBITES ESTRUTURAIS Os rebites estruturais são indicados para aplicação em carrocerias de ônibus, caminhões, furgões, trens e barcos, bem como na indústria de máquinas, gabinetes metálicos e em estruturas metálicas diversas. Foram desenvolvidos em três tipos: orlock - com fechamento que cria uma área de compressão sobre a chapa rebitada; orbolt e ornilock - ambos da família do monobolt, com fechamento por meio de pressão cônica e lockbolt - único que exige acesso de ambos os lados da chapa. Composto de duas peças: pino e o colar - que é colocado na outra extremidade do rebite. OR Brasil Comércio Importação e Exportação Ltda. Tel.: (11) 3675-3887. E-mail: vendas@orbrasil.com.br

CORRENTE FORJADA A corrente forjada Forky é produzida com dois tipos de graus de qualidade: tipo E: altamente resistente ao desgaste, ideal para aplicações severas, tendo dureza superficial de 800 HV/60-64 HRC; tipo V: temperado e revenido, com alta resistência à ruptura, apresentando dureza superficial de 4410 HC/43 HRC. Provida com dimensões de carga de ruptura de 142 x 50 x 19 mm, 142 x 50 x 29 mm e de 260 x 75 x 31 mm. RUD Correntes Industriais Ltda. Tel.: (11) 4723-4944. E-mail: vendas@rud.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 15

15 - 463.indd 15

21/6/2013 08:52:51


Foto: Divulgação

MERCADO FEIMAFE 2013

Forte presença internacional marcou a Feimafe Grande número de expositores estrangeiros reflete a atração pelo país

o longo de cinco dias de evento, 68.170 pessoas percorreram os 85 mil m² do Pavilhão de Exposições do Anhembi, entrando em contato com lançamentos e inovações da indústria de bens de capital de 1.466 marcas expositoras na FEIMAFE 2013 - 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, que aconteceu de 3 a 8 de junho de 2013, em São Paulo. Dentre as participantes, 37 foram empresas que participaram pela primeira vez na FEIMAFE. Um dos destaques desta edição foi a forte presença internacional. “Recebemos 776 marcas nacionais e 690 internacionais, oriundas de países como Alemanha, Estados Unidos, Inglaterra, Itália, entre outros. Isso demonstra a solidez da economia brasileira, e como o mercado internacional está interessado em fortalecer os negócios e as parcerias com o Brasil”, explica Liliane Bortoluci, diretora da feira. Para Alfredo Ferrari, diretor da Câmara Setorial de Máquinas-Ferramenta da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) e diretor da Ergomat a feira

teve um salto no que se refere à qualidade em vários itens. “Foi a melhor edição de todos os tempos. Notamos um crescimento qualitativo de expositores, visitantes, negócios e organização”. Outra tendência confirmada pela feira foi a valorização da mão de obra técnica para o setor de metalurgia. Salários de até R$ 8.500 e cursos de pós-graduação dentro das empresas são alguns dos atrativos para aqueles que se encaminham para o setor industrial de máquinas-ferramenta “Hoje sabemos que um aluno que sai da escola técnica vai receber em média R$ 2.500 mensais, valor que pode chegar a R$ 8.500 em seis ou sete anos continuados” afirmou o diretor da Unidade de Formação Profis-

NOTAS TÉCNICAS CNC DE CABEÇOTES MÚLTIPLOS A máquina CNC de cabeçotes múltiplos destina-se à produção de peças aramadas dobradas em duas e três dimensões. Com alta flexibilidade, as pinças seguram as peças numa posição definida, pronta para a próxima operação ou para integração da sequência de produção. Oferece alta produtividade devido à operação independente dos cabeçotes de dobra e ao novo conceito de controle. Apresenta as seguintes características: Ø arame 2.0 a 6.5 mm, 600N/mm2; 2.0 a 4.0 mm, 1900 N/mm2; comprimento da barra 200 mm mín. e máx. 2000 mm; velocidade de alimentação máxima 120m/min. Fábrica de Máquinas WdB Ltda. Tel.: (11) 2808-8200. E-mail: vendas@wafios.com.br

LAMINADORA DE ROSCAS E RECARTILHAS A laminadora inteligente H50/120i traz como diferencial um CLP microprocessado com touchscreen de 3,5¨que possibilita gravar e recuperar receitas de trabalhos já executados, além de contar com receitas padrões já instaladas em sua memória. Alguns exemplos são: o sincronismo entre os rolos, a aproximação e o off set do cabeçote, a velocidade de trabalho, RPM dos rolos, o processo de trabalho, apontamento de ciclos, produção, horário etc. Possui duas velocidades do cabeçote móvel, sendo uma de aproximação e outra de trabalho. Possibilita repasse das peças; força de fechamento hidráulico de 500 t; diâmetro de laminar de 5 até 120 mm; rpm dos rolos de 10 a 50 rpm; ciclos de trabalho até 2500 por hora; diâmetro do rolo de 160 a 220 mm; diâmetro do eixo 69,85 chaveta 12,7 mm; potência total instalada 17,2 kW. TRIFEM Indústria Mecânica Ltda. Tel.: (15) 3226-1602. E-mail: vendas@trifem.com.br

MANDRIS HIDRÁULICOS Com tecnologia, precisão e qualidade, o mandril hidráulico oferece um batimento máximo de 0,003 mm, com excelente amortecimento de vibrações, aumentando a vida útil da ferramenta de corte, além de possuir troca de ferramenta extremamente rápida, sem a necessidade de máquinas e equipamentos. A empresa dispõe estojo contendo um mandril hidráulico 020mm (SK-40 ou BT-40) e cinco buchas de redução de 6, 8, 10, 12 e 16 mm de diâmetro; mandril hidráulico WZS para ferramentas de corte e máquinas de afiar; mandris hidráulicos para fixações – nas versões curto, longo, extrafino, com regulagem radial, haste prolongadora entre outras; e mandril exclusivo +S. SANCHES BLANES S/A Indústria de Máquinas e Ferramentas. Tel.: (11) 4824-2700. E-mail: vendas@sanchesblanes.com.br

16 | IT Indústria & Tecnologia

16-17 - 463.indd 16

25/6/2013 17:16:22


NOTAS TÉCNICAS

TORNO CNC A máquina M20/32 é renomada por sua capacidade singular de usinagem simultânea com três ferramentas em um equipamento compacto. A série “M4” aumentou a capacidade de usinagem simultânea com três ferramentas por meio do exclusivo eixo Y3 no bloco traseiro, capaz de montar até nove ferramentas (até seis acionadas). As novas funções avançadas incluem o eixo B no grupo das ferramentas de quatro eixos de contorno simultâneo. Quatro modelos compõem a série “M4”: M20V, M32 III/VII/VIII. MARUBENI CITIZEN-CINCOM Inc. Tel.: (11) 5070-1515. Site: www.mccbr.com.br

CNC MÍNI

sional do SENAI, José Heroino de Sousa. A recuperação da indústria de base também ganhou reforço do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES). A evolução dos financiamentos do banco federal para o setor de máquinas-ferramenta foi de 50% em relação ao mesmo período do ano passado. A perspectiva é que até o fim do ano os investimentos cheguem a R$ 100 bilhões, 30% a mais que 2012. Já a Desenvolve SP, Agência de Desenvolvimento Paulista, firmou 135 acordos operacionais durante os cinco dias de evento. Com quatro anos de existência, a agência do Estado de São Paulo já atingiu marca de R$ 1 bilhão em desembolsos em 2.300 operações de crédito para

mais de 900 empresas em 208 municípios atendidos. Também presente no evento, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco anunciou dados positivos que devem levar crescimento para o Nordeste. De acordo com Marco Túlio Rodrigues, diretor de Investimentos do órgão estadual, das 130 empresas interessadas em somar investimentos ao estado, diversas pertencem ao setor metal-mecânico. “Em análise temos R$ 2,6 bilhões de investimentos comprometidos por estas empresas para 2014”. Entre os incentivos, o governo pernambucano retira a cobrança de ICMS de alguns setores, entre eles, o automobilístico e eólico, em outros, a isenção pode chegar até 95%.

O CNC míni foi desenvolvido para aplicação dos recursos de usinagem por torneamento ou fresamento de usinagem num mesmo equipamento, com alternância de funções de forma simples e rápida, num apertar de botões. São dois softwares distintos, rodando em um único sistema, com linguagem ISO, funções preparatórias e miscelâneas usuais para cada modo de operação. Em sua construção foram utilizados produtos industriais seriados, como guias lineares, fusos de esferas, servoacionamentos, remoção contínua de cavacos, válvulas e sistema de lubrificação centralizado dos mesmos fornecedores de máquinas-ferramentas tradicionais. O CNC míni pode ser fornecido na versão Torno, opcional com torre porta ferramentas de oito posições ou fresadora separadamente. CNC SERVICE Ltda. Tel.: (19) 3463-6311 E-mail: contato@cncservice.com.br

CALANDRA DE PERFIS DE QUATRO ROLOS

TORNO AUTOMÁTICO CNC

Para necessidades especiais em perfilação e dobra, a Haeusler é líder no desenvolvimento de máquinas personalizadas. A calandra de perfis modelo VPR é equipada com quatro rolos e possibilita, por exemplo, perfilar e dobrar materiais em uma única passada, ideal para produções em série. Oferece capacidade de até 200 cm3 para conformação de materiais com momento de resistência. A tração do material é assegurada pela fixação eficiente e contínua entre os rolos superior e inferior. Oferece fácil calibração de formas “maçã” e “pera”; conformação de peças elípticas; redução automática das partes retas de entrada e saída.

O torno CNC TNG 32 foi desenvolvido para atender as necessidades das tornearias na produção seriada de peças torneadas de complexidade média e baixa. Apresenta construção compacta com barramento inclinado de 60º; oferece grande conforto operacional, além de eficiente saída dos cavacos e fluxo do líquido refrigerante; carro cruzado que desliza sobre guias lineares de alta precisão; mesa com suportes porta-ferramenta, tipo gang, para até 7 posições; blocos portaferramenta de troca rápida de três posições para haste de Ø 20 mm; usinagens a partir de barras até Ø 32 mm; sujeição pneumática e grande economia de espaço.

HAEUSLER/SEMAC Sociedade de Estrutura e Mecânica Ltda. Tel.: (11) 5061-4055. E-mail: semac@semac.com.br

MORSA PARALELA PARA FURADEIRA Indicada para fixação de peças pequenas em furadeiras, fresadoras, oferece operações de ajuste, limagem, etc. Ideal para serviços gerais, apresenta construção leve, de fácil manuseio. Conta com mordente estriado para melhor fixação da PEC; superfícies de apoio e trabalho polidas; canais longitudinais para melhor fixação e localização na máquina. TOOL MASTER Indústria Metalúrgica Ltda. Tel.: (11) 2972-5655. E-mail: albafer@grupoalbafer.com.br

ERGOMAT Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (11) 5633-5024 E-mail: vendas@ergomat.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 17

16-17 - 463.indd 17

25/6/2013 17:16:23


ANÁLISE SETORIAL

MERCADO

Inovação está na segurança e praticidade Cada vez mais as ferramentas primam por recursos que oferecem melhores condições aos usuários Michel Gasperin, diretor-geral da Famastil Por Rosa Symanski

O

ferecer segurança e conforto são as palavras de ordem na área de ferramentas elétricas da Stanley Black&Decker. “É um mercado que está cada vez mais exigente no que se refere a especificações, regras de segurança e tecnologia de auto-rendimento”, explica Marcelo Casagranda, supervisor técnico da empresa. Segundo ele, mesmo que a companhia desenvolva várias soluções que contemplem diversos fatores junto aos usuários, o item primordial continua sendo a segurança e praticidade do equipamento. “Os recursos disponibilizados como segurança e conforto tendem a deixar o trabalhador ou o usuário a ficar expostos a um maior tempo de trabalho com este tipo de ferramenta. Um exemplo são os sistemas anti-vibração que praticamente eliminam a vibração do equipamento junto ao operador, permitindo que ele possa trabalhar por um período maior”, afirma o supervisor técnico da Stanley Black&Decker. Segundo ele, um dos setores que tem impulsionado os negócios na área de ferramentas elétricas, é o da construção civil. “Esse setor está bastante aquecido e é onde as empresas locadoras de ferramentas elétricas têm sido bastante receptivas, seja na aquisição de ferramentas ou até mesmo de acessórios”, explica Casagranda. Ele destaca que uma das ferramentas mais procuradas é o martelo elétrico, voltado a aplicações de rompimento. A empresa coloca à disposição três modelos de martelos que estão entre as ferramentas mais procuradas. “São ferramentas que atuam em diferentes Marcelo Casagranda é supervisor técnico da fases de ajustes da obra”, explica. Stanley Black&Decker Entre as maiores inovações que a empresa vem desenvolvendo na área de ferramentas constam as ferramentas com recursos como travas contra acionamentos involuntários ou gatilhos de segurança. “Também dá para citar os dispositivos de proteção contra sobrecarga, que é um dispositivo que desliga automaticamente e é acionado quando algum usuário não qualificado dá algum comando errado. Esse dispositivo é útil em ferramentas que oferecem maior risco ao operador”, afirma Casagranda. Outra empresa que está pegando carona nos negócios da construção civil é a Famastil, ferramentas manuais. A empresa, que espera um crescimento de 15% nos negócios este ano, tem expectativa de que a maior parte deste crescimento venha do setor de construção. “95% dos nossos produtos são voltados à construção civil, mais precisamente para o mercado imobiliário. Nossos portfólio é composto de martelos a serra circular, praticamente toda a linha de ferramentas manuais e elétricas”, explica Michel Gasperin, diretorgeral da empresa. Parte do crescimento previsto para este ano tem por trás a nova unidade inaugurada no

nordeste na qual foram investidos R$ 12 milhões. Erguida em São Lourenço da Mata (PE), a nova unidade é voltada à produção de ferramentas para construção civil, mecânica, jardinagem e produtos para organização como prateleiras e caixas organizadoras. Entre os maiores reveses enfrentados pelo setor, segundo ele, está a carga tributária, tida como excessiva pelo executivo. “Estamos vivendo uma fase de surpreendente ferocidade do fisco. Para se ter uma ideia, pagamos o equivalente a R$ 4,3 milhões em impostos somente no mês passado. Para uma empresa que fatura mensalmente R$ 20 milhões, é uma mordida muito grande”, diz. Ele chama a atenção para as facilidades tributárias encontradas pelas empresas em países como o Chile, por exemplo, em que vigora somente um único imposto. “A carga tributária brasileira exige que as empresas ainda tenham que arcar com uma estrutura à parte somente para atender as exigências. Se não fosse isso, eu poderia repassar esses recursos para desenvolver outras áreas da empresa para o próprio benefício dos empregados. Investir em creches, escolas e até mesmo em programas de qualidade”, diz. A instabilidade do câmbio e a nebulosidade do cenário da economia brasileira também são entraves apresentados pelo executivo. “Essa instabilidade do dólar com a cotação oscilando constantemente, acaba inibindo nossos negócios lá fora porque nunca temos como fazer um planejamento para o cliente. A mesma coisa pode-se aplicar a cenários econômicos. Por exemplo, é praticamente impossível imaginar o que vai acontecer em 2014, quanto mais no mês que vem”, observa.

18 | IT Indústria & Tecnologia

18-19 - 463.indd 18

24/6/2013 17:02:56


ANÁLISE SETORIAL

CENÁRIO

Setor de ferramentas espera reviravoltas Expectativas com grandes obras devem reanimar as atividades no setor Por Rosa Symanski

setor de ferramentas nacional está alimentando expectativas ambiciosas para os próximos anos, depois de um 2012 caracterizado pela forte retração da atividade industrial, perdas de postos de trabalho e pela queda brusca na participação da economia do país. “Depois do mau desempenho do ano passado, estamos apostando na recuperação do setor com a realização de obras nas áreas de infraestrutura e com todas as repercussões que os megaeventos como a Copa do Mundo e Olimpíadas podem gerar, como obras de metrôs, aeroportos, estradas, entre outros”, explica o presidente do Sindicato da Indústria de Artefatos de Ferro e Metais e Ferramenta em São Paulo (Sinafer), Milton Rezende. Segundo ele, o setor de ferramentas sofre pela importação desmesurada de produtos importados dos EUA, Europa e Japão e pelo patamar considerado baixo do dólar quando a cotação na casa de R$ 2 não favorecia as vendas do setor. “O dólar desvalorizado estimula os negócios de países da Europa e EUA que colocam seus produtos a preços baixos no Brasil, isso vem desde a crise global de 2008. Além disso, o setor também sofre com as importações de componentes da indústria automotiva”, afirma o presidente do Sinafer. Ele observa que hoje muitos componentes que antes eram produzidos no país, agora são importados, o que influencia drasticamente na produção local. “A fabricação de componentes localmente obriga-se, automaticamente, o uso de ferramentas locais, enquanto que a importação de produtos semiacabados faz com que caia em desuso as ferramentas locais”, explica Rezende. Segundo Rezende, em 2012, o setor teve um decréscimo de 30% em relação a 2011. Para este ano, a expectativa é de que se consiga manter o mesmo nível do ano passado, ou seja, que não caia mais”, afirma. O presidente do Sinafer chama a atenção para a desindustrialização do setor. “Hoje o grande problema enfrentado pelo nosso setor é o que chamamos de ‘desindustrialização do Brasil’, já que as fábricas nacionais têm importado a maior parte de seus componentes, moldes e peças, colocando em Milton Rezende é presidente da Sinafer

Rodrigo Borges é gerente da Stanley Black & Decker

desuso as nossas ferramentas”, argumenta. Ele pondera, no entanto, que determinados segmentos que têm desempenho melhor, acabam contrabalançando os efeitos negativos de outros. “O que tem dados sustentação é a construção civil devido ao aquecimento promovido pelas obras da Copa do Mundo, e demais projetos, como os das Olimpíadas e o Minha Casa Minha Vida”, observa. As repercussões positivas do setor de construção civil sobre o setor são também sentidas em outros grandes fabricantes, como, por exemplo, a Stanley Black & Decker. “Há no mercado um crescimento em unidades focado nos produtos considerados de baixo custo, ou seja, no segmento que chamamos de It Yourself. Hoje, as nossas maiores vendas estão no segmento de construção”, explica Rodrigo Borges, gerente da unidade de negócios de ferramentas manuais da Stanley Black & Decker. Segundo ele, a Stanley, que foi adquirida pela Black & Decker em 2010, ano em que voltou a atuar no mercado brasileiro, deu um salto significativo nos negócios. “Desde esse ano, mais que dobramos os negócios”, afirma Borges. Chaves fixas, Chaves combinadas, Chaves de fendas, linha de armazenamento, entre outros produtos para os segmentos industrial e de construção lideram a demanda. “Os setores em que a Stanley é mais forte são o de construção civil e industrial”, explica o gerente da Stanley Black & Decker. Segundo ele, se confirmar as expectativas de recuperação da economia, o objetivo da empresa é dobrar o faturamento no segmento de ferramentas manuais ainda este ano. IT Indústria & Tecnologia | 19

18-19 - 463.indd 19

24/6/2013 17:03:11


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA FERRAMENTAS GEDORE DO BRASIL S/A

Alicate conquista espaços pequenos Ferramenta da Gedore foi projetada para áreas de difícil acesso

Gedore está lançando no mercado uma ferramenta especial, o Alicate de Pressão Sextavado Aberto, que tem como diferencial a medida de 10 a 22 mm. A ferramenta é ideal para trabalhos em espaços confinados. “Entre outras aplicações, esse tipo de alicate é voltado a espaços de conexões roscadas que, geralmente, impõem extrema dificuldade para serem soltas”, explica Luís Abílio Marques, coordenador de marketing da Gedore. Outro diferencial do Alicate de Pressão Sextavado Aberto é a combinação de perfil e forma exclusivos, que previnem a abertura involuntária dos mordentes, mesmo quando muito exigidos. “É uma ferramenta ideal para os setores automotivo e industrial que precisam inserir alicates em espaços exíguos”, afirma o coordenador de marketing da Gedore. O alicate de pressão conta com mordentes forjados em aço Gedore-Vanadium niquelado. Em função do desenho exclusivo de seus mordentes, “Gedore-Grip”, a ferramenta está capacitada a prender materiais com vários formatos. O alicate de pressão pode ser utilizado nas seguintes funções: segurar com firmeza peças com perfis variados para que possam ser manipuladas e travar mangueiras hidráulicas para que o fluido não vaze, como, por exemplo, na manutenção de freios.

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas SERRA DE FITA PORTÁTIL A serra de fita portátil S1010 é superleve e compacta, pode ser levada para qualquer lugar. Além disso, as serras de fita podem ser repostas facilmente, pois são vendidas em embalagens unitárias, soldadas na medida da máquina. A máquina conta com arco rígido em magnésio, velocidade variável no gatilho. É indicada para cortes de perfis estruturais, tubos de parede fina e materiais ferrosos de baixo carbono ou não ferrosos. É fabricada conforme a norma CE. Apresenta potência hp/kW de 0,09/0,7; velocidade da serra de 0 a 70 (m/min 60 Hz); dimensão da lâmina 13 x 1140 x 0,5 mm. STARRETT® Indústria e Comércio Ltda. Tel.: 08007021411. E-mail: falecom@starrett.com.br

FURADEIRA FRESADORA A furadeira fresadora Besser BFF-45 é utilizada para fresamento, furação, rosqueamento e mandrilhamento. Possui curso vertical de cabeçote motorizado; avanço automático na mesa (eixo x); avanço manual lento do eixo árvore; trava do eixo árvore; batentes para regulagem do curso da mesa; acionamento por engrenagens - baixo ruído; posicionamento preciso; forte poder de corte; caixa elétrica conforme norma CE. Oferece capacidade máxima de corte em aço de 32 mm; de furar de 45 mm e de fresar 50 mm. Apresenta curso vertical eixo árvore; rotações de 90, 210, 345, 670, 1180 rpm. FREMAQ Máquina e Ferramentas Ltda. Tel.: (11) 3835-9433. E-mail: fremaq@fremaq.com.br

REBITADEIRA HIDROPNEUMÁTICA Leve, rápida e ergonômica, a rebitadeira RB 207® é uma ferramenta hidropneumática para montagem de porcas rebite Rivkle® e Rivkle® plus com ajuste e controle de pressão de rebitagem. Oferece ajuste único de pressão para rebitagem em espessuras variáveis de material; repetição automática de ciclos de rebitagem. Apresenta rosqueamento automático por pressionamento; ponteira intercambiável com outros modelos; gatilho de ciclo único com reversão automática; olhal para suspender a ferramenta; defletor e filtro de ar, possibilidade de rotação 360º; corpo em alumínio; filtro redutor de ruído; proteção do reservatório de ar; gatilho de reversão etc. BOLLHOFF Service Center Ltda. Tel.: (11) 2136-2568 E-mail: vendas.sp@bollhoff.com.br

20 | IT Indústria & Tecnologia

20-21 - 463.indd 20

21/6/2013 09:03:52


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Indústria hidráulica • Indústria pneumática • Indústria automotiva

Fotos: Divulgação

• Indústria petroquímica e refinarias

4 1 2 3 4

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

COMPOSIÇÃO Aço cromo vanádio

REVESTIMENTO

Tratamento superficial niquelado

RESISTÊNCIA

Projetado com rebites e reforços

ALTO DESEMPENHO Evita aberturas involuntárias

www.gedore.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 21

20-21 - 463.indd 21

24/6/2013 11:02:42


Marretas para toda a obra

Fotos: Divulgação

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA TRAMONTINA GARIBALDI S/A IND. METAL.

Tramontina apresenta linha de marretas para uso extra pesado

Tramontina está apresentando ao mercado brasileiro a sua linha de marretas recomendadas para uso extra pesado. Denominada de linha Ultra Fortis Tramontina PRO, as marretas são indicadas para este tipo de trabalho devido à sua resistência e aos processos e testes a que são submetidas. Para oferecer maior resistência ao desgaste e ao impacto, as cabeças são forjadas e temperadas em aço cromo molibdênio, evitando a possibilidade de lascamento até mesmo em situações extremas. “Essa liga especial garante a resistência na hora de se fazer trabalhos extras pesados”, explica Giovanni Maffei, coordenador de vendas da Tramontina. Os cabos são de aço tubular temperado e fixados com pino elástico, garantindo segurança ao usuário, e, praticamente eliminando o risco de acidentes por desprendimento da cabeça. As marretas estão disponíveis nos tamanhos 1, 1.5, 2, 3, 5 e 8 kg. Fazem parte da linha também modelos projetados especialmente para locais confinados, onde o espaço é reduzido, nos tamanhos 3 e 5 kg. Ambos os modelos possuem reforço para proteção do cabo contra golpes em falso, evitando danos ao cabo. Para garantir conforto ao usuário, a empunhadura das marretas e martelos é injetada em material e formato que proporcionam maior ergonomia.

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • • • • •

Siderúrgicas Óleo de gás Usinas de cana-de-açúcar Mineração Aeronáutica

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas LIXADEIRA Com aplicações em rebarbação leve, limpeza e acabamento de peças em geral, a lixadeira 3M File Belt PN28366 oferece maior produtividade e versatilidade ao operador graças aos diversos tipos de acoplamentos disponíveis. Proporciona maior conforto e melhor aproveitamento da correia de lixa e, consequentemente, mais peças produzidas por operador. Apresenta motor de alto torque de 0,6 hp e 22.000 rpm; troca rápida da capa de proteção; punho ergonômico; carcaça rotativa 360º e acoplamento rotativo 360º. 3M do Brasil Ltda. Tel.: (19) 3838-6468. E-mail: 3m@3m.com.br

PISTOLA DE SOLDAGEM Refrigerada a gás, a pistola de solda MB 25 AK oferece excelente performance em qualquer trabalho de soldagem. Proporciona um trabalho confortável, destacando-se, principalmente, por oferecer excelente refrigeração prolongando a vida da tocha; punho ergonômico que assegura conforto em todas as posições; conjunto de cabos leves e altamente flexíveis que contribuem para reduzir a fadiga. Apresenta capacidade de 230 A CO2; 200 A com mistura M21; (DIN EM 439); 60% ciclo de trabalho e diâmetro do arame de 0,8 a 1,2. BINZEL do Brasil Industrial Ltda. Tel.: (24) 2222-9750. E-mail: andre@binzel-abicor.com.br

APLICADOR PARA PINTURA DE FAIXAS O Easyline® é um aplicador manual, a mão livre e com stencil, para pintura de faixas, ideal para marcação de chão de fábrica, lojas e armazéns, parques de estacionamentos, playgrounds, quadras esportivas e outras superfícies planas. Rende até 80m de faixas pintadas por tubo de spray; seca ao toque de 10 minutos, deixando pronto para tráfego leve em 30 minutos. O aplicador de tinta produz três larguras de linha: 50mm, 75mm, 100mm. Conta com rodas traseiras ajustáveis que permitem a marcação de linhas próximas de parede e prateleiras. ITW Chemical Products Ltda. Tel.: (11) 4785-2600. E-mail: vendas@itwchem.com.br

22 | IT Indústria & Tecnologia

22-23 - 463.indd 22

25/6/2013 11:35:55


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

4 1 2 3 4

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

COMPOSIÇÃO

Cabeça em aço liga especial, forjada e temperada

RESISTÊNCIA

Maior resistência ao desgaste e ao impacto que evita o lascamento

SEGURANÇA

Pino Elástico de aço, que proporciona maior segurança na fixação

ERGONOMIA

Empunhaduras ergonômicas, injetadas em material de alta resistência, propiciando maior conforto e aderência à mão

www.tramontina.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 23

22-23 - 463.indd 23

25/6/2013 10:09:51


Limas mais afiadas

Fotos: Divulgação

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA PFERD RÜGGEBERG DO BRASIL LTDA.

Pferd desenvolve vários modelos de limas arrojadas com desempenho superior na hora de se remover cavacos

imas rotativas de metal duro com dentado especial é a inovação da Pferd dentro do setor de ferramentas. A empresa conseguiu desenvolver esse tipo de ferramenta dentada denominada Steel, que consegue atingir 50% mais de taxa de remoção de material para aplicações em aços e aços fundidos quando comparada com as limas convencionais com quebra-cavaco. “Devido à nova geometria do corte (piramidal) conseguiu-se chegar a um equipamento de altíssima agressividade que permite que os cavacos sejam removidos mais facilmente e com forma mais alongada”, explica Ricardo Blum, gerente de produto da Perfd. Segundo ele, no mercado brasileiro, a lima rotativa é muito utilizada em trabalhos industriais de desbaste. “As limas rotativas fazem trabalhos laterais, ou seja, diferenciados ou complementando o trabalho de uma broca que fura de topo e, então, a lima rotativa desbasta ou lima a lateral da ferramenta”, afirma o gerente de produto da Pferd. As limas rotativas são usadas em máquina chamadas retíficas retas. Essas retíficas podem ser tanto elétricas como pneumáticas. Os formatos das limas que estão sendo lançados pela Pferd são cilíndricos (ZYA e ZYAS), cilíndrico arredondados (WRC), esférico (KUD), formato chama (B), formato árvore com ponta (SPG), cônica arredondada (KEL) e formato árvore arredondado (RBF). “Todas elas foram concebidas nos principais diâmetros utilizados no mercado que estão entre 06 e 12mm”, diz o gerente de produto da Pferd.

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas GRAMPO VERTICAL

MARTELETES Os marteletes foram desenvolvidos para operação com ponteira para remanchar rebites ou talhadeiras para remoção do material. Possuem sistema gradual de impacto para maior controle e conforto do operador. Têm opcionais com cabos reforçados para rebarbações pesadas. Apresentam capacidade para rebites de até 8 mm de diâmetro em duralumínio, ou até 6 mm em aço e talhadeira até 14 mm de largura; e pressão de trabalho de 6 a 7 kgf/cm2 ou 6 a 7 bar. O encaixe da ponteira pode ser sextavado de 12 mm ou redondo de 12 mm de diâmetro. Utilizam mangueiras de bitola 3/8”. REITZ Indústria Mecânica Ltda. Tel.: (51) 3349-8000 - E-mail: marketing@reitz.com.br

ALICATES DE CORTE Os alicates de corte da linha XCelite exigem menos da metade da força do operador em comparação a maioria das ferramentas de corte de terminais e fios e garantem menor transmissão de choque ao componente. Estão de acordo com os padrões MILSTD-2000, DOD-STD-2000 e WS-6536 E. Apresentam capacidade de corte de 0,8 a 1.6 mm; clip de segurança (em alguns modelos); design avançado do cabo e opções ESD. APEX TOOL Group Indústria e Comércio Tel.: (15) 3238-3915. E-mail: apexinfo.br@apextoolgroup.com

Com braço vertical de suporte aberto e base horizontal, o grampo vertical AMF modelo 6800 é galvanizado e passivado, tem rebites em aço inoxidável nos tamanhos 2 a 6 que são montados em buchas cementadas e lubrificadas. Possui cabo ergonômico, resistente a óleos, com grande área de apoio; limitador de curso com proteção para os dedos; peça de proteção contra perda da ponteira na extremidade do braço de aperto. INDUSTÉCNICA Equipamentos Industriais Ltda. Tel.: (11) 5522-8304 E-mail: industecnica@industecnica.com.br

24 | IT Indústria & Tecnologia

24-25 - 463.indd 24

25/6/2013 09:56:24


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • • • • • • •

Indústria de fundição Indústria aeronáutica Indústria automotiva Indústria de moldes Usinagem Usinas de cana-de-açúcar Caldeiraria

3 1 2 3

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

DESEMPENHO

Boa remoção de cavacos devido a inovadora geometria do dente

TECNOLOGIA

Proteção da peça e da ferramenta por meio de cargas térmicas

ERGONOMIA

Garante trabalho confortável e ergonômico por meio de uma operação mais silenciosa, com reduzida vibração e menos ruído

www.pferd.com/br-pt/

REBITADEIRAS HIDROPNEUMÁTICAS

FURADEIRA RADIAL

Para cada tipo de rebite existe um modelo de ferramenta diferente para sua aplicação. Além de manter peças de reposição, a empresa fabrica rebitadeiras manuais e comercializa modelos hidropneumáticos A rebitadeira hidropneumática HH-06 serve para aplicar rebite de repuxo em alumínio 2,4 a 4,6 mm e o modelo MA5400, também hidropneumática, para aplicar rebite de repuxo em alumínio, aço e inox 3,2 a 6,4 mm.

A furadeira radial FRN-60/1600 apresenta capacidade máxima de furação de 60 mm; gama de velocidade de 25-2000 rpm e potência do motor principal de 5,4 Hp/4 kW. Possui partes principais fabricadas em ferro fundido especial; tratamento térmico, assegurando durabilidade ao produto; travamentos hidráulicos do braço na coluna e do cabeçote no braço; 16 velocidades e gama de avanços que garantem um corte econômico e eficiente; controles mecânicos e elétricos estão dispostos no cabeçote, tornando a operação fácil e rápida.

RENA Metalúrgica Ltda. Tel.: (11) 2236-1348. E-mail: vendas@renametalurgica.com.br

BITS E BEDAMES A NVO consegue obter bits e bedames de alta dureza e tenacidade, que se caracterizam por sua maior resistência ao desgaste, quebra e abrasão, prolongando a vida da ferramenta mesmo em severas condições de uso. Um dos fatores determinantes na obtenção do alto nível de qualidade dos produtos “Cobalt-Supercut” é o tratamento térmico. Cada peça passa por um cuidadoso processo, desde a usinagem pré-têmpera, que elimina a superfície descarbonetada, até a retífica final de brunimento para eliminar possíveis formações martensíticas. NVO Ferramentas/Grupo ALBAFER Tel.: (11) 6972-5655. Site: www.grupoalbafer.com.br

DEB’MAQ do Brasil Ltda. Tel.: (35) 3433-8310. E-mail: vendas@debmaq.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 25

24-25 - 463.indd 25

25/6/2013 09:56:58


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA GREENLEE COMMUNICATIONS

Cabos elétricos instantâneos Equipamento da Greenlee puxa cabos elétricos automaticamente e em tempo reduzido

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Empreiteiras • Empresas de locação de máquinas • Concessionárias de energia

m puxador de cabos elétricos de alta capacidade é a inovação da Greenlee para as indústrias brasileiras. A grande inovação do puxador de cabo Ultra Tugger 4 (UT4) está na sua eficiência, permitindo que o serviço de instalação de cabos elétricos possa ser feito por apenas duas pessoas. “O nível de eficiência do equipamento é tão alto que possibilita que cabos elétricos de uma unidade industrial, por exemplo, possam ser puxados por apenas duas pessoas em um serviço que, normalmente, necessita ser realizado em 8 horas por um efetivo de 10 trabalhadores”, explica Renan Previato, da área de vendas da Greenlee. O puxador de cabo está capacitado a passar até 100 metros de cabos elétricos. Munido de uma caixa de engrenagem de duas velocidades que está capacitada a puxar 20 pés/ min a 2 mil libras, o equivalente a 909 kg, o equipamento também pode ser regulado para atuar em baixa velocidade de 10 pés/min ou em menor velocidade, 4 mil libras, o correspondente a 1818 kg. Disponível com montagem de piso opcional para uso em espaços fechados, o puxador de cabo conta com uma haste extensora com 2,4 m e 3,6 m. “Projetamos hastes de tamanhos diferenciados para casos de necessidade de passar cabo no chão. Nesse caso, por exemplo, a utilização do braço menor não seria possível, então a opção mais indicada seria o braço de 3,6 m”, explica Previato.

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas MACHOS Os machos da linha standard são fabricados em HSS ou HSSCo, com coberturas (TiN, TiCN, TiAIN e outros), vaporizados ou sem cobertura. Os machos manuais são fabricados em HSS, com perfil seriado e completo, em jogos de três peças para rosca normal e duas peças para rosca fina. Os machos especiais são desenvolvidos pelos projetistas da Zobor ou executados conforme as especificações do cliente, são produzidos em HSS, HSSCo e Sinterizado, e fornecidos com as coberturas usuais do mercado ou de acordo com as necessidades. Todos são fornecidos de acordo com as normas DIN, ANSI e ISSO. ZOBOR Indústria Mecânica Ltda. Tel.: (15) 3238-2600. E-mail: vendas@zobor.com.br

DISCOS DE DESBASTE Os discos de desbaste de fibra natural Pioneer são aplicados para desbaste e remoção de materiais em aço, aço inoxidável, alumínio e metais não ferrosos. São utilizados em fundições, rebarbações, manutenção e montagem industrial, indústria de transformação do aço, construção civil, caldeiraria e indústria de transporte. Feito em fibras naturais, é um produto resistente à umidade e proporciona uma estrutura forte, mas flexível, permitindo trabalhar peças irregulares de forma simples e fácil. Em combinação com o seu suporte de fibra resistente ao calor, garante um grande rendimento durante sua vida útil. Uso universal - esmerilhadeira angular: Ø 100, 115 mm, 500 – 1400 W; Ø 180, 230 mm, até 2500 W. TYROLIT do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4529-8700. E-mail: tyrolit@tyrolit.com

CHAVE-ESTRELA Cuidadosamente forjada e usinada, a chave-estrela é fabricada em aço Gedore-Vanadium, com

acabamento niquelado e cromado. Apresenta pescoço longo e cabeça com paredes finas, inclinadas em ângulo de 5º, para transmissão otimizada de força; perfil Unit Drive com medidas diferentes em cada extremidade da chave; elevada resistência contra torção – não parte, nem estilhaça com sobrecarga, minimizando o risco de ferimentos. A sobrecarga é indicada por meio de deformação. Tem excelente qualidade, adequada para utilização universal e ideal para porcas profundas ou rebaixadas. Ferramentas GEDORE do Brasil Ltda. Tel.: (51) 3589-9200 E-mail: gedore@gedore.com.br

26 | IT Indústria & Tecnologia

26-27 - 463.indd 26

24/6/2013 12:46:52


Fotos: Divulgação

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

4 1 2 3 4

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

FORÇA MÁXIMA DE TRAÇÃO

Alta velocidade 2 mil libras ou 909 kg ou baixa velocidade 4 mil libras ou 1818 kg

CORDA DE TRAÇÃO

Composta com trançado duplo com diâmetro de 9/16´´

PESO DO EQUIPAMENTO 175 libras (80 kg)

PLUGUE ELÉTRICO 120V, 15 A

www.greenlee.com

FRESAS, BROCAS E QUEBRA-CAVACOS A empresa apresenta as fresas de topo com cabeça intercambiável multiaresta com haste de metal duro iMX, disponíveis com refrigeração interna; fixação especial com rosca de aço; duplo contato (superfície cônica + topo da haste); haste de metal duro monobloco; tipos: topo com raio e topo esférico, com quatro cortes, multicortes e seis cortes e ângulo de hélice variável. A empresa conta ainda com brocas intercambiáveis MVX têm quatro arestas efetivas (no mesmo alojamento) que em processos instáveis pode-se utilizar o mesmo inserto PVD e nos processos, utilizando um inserto CVD na periferia, é possível aumentar a velocidade de corte. Apresenta, também, os quebra-cavacos e classes para torneamento de aço inoxidável MC7015/MC7025 classes com cobertura CVD e MP7035 classe com cobertura PVD. MMC Metal do Brasil Ltda. Tel.: (11) 3253-9210. E-mail: mmbr@mmbr.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 27

26-27 - 463.indd 27

24/6/2013 12:46:56


PRODUTOS & SERVIÇOS YASKAWA ELÉTRICO DO BRASIL

Paletização simplificada

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • • • • • • •

Indústria alimentícia Indústria farmacêutica Indústria de bebidas Indústria de rações animais Indústria de fertilizantes Indústria de cimento Indústria de blocos cerâmicos e de pisos

Braço manipulador da Yaskawa é revolucionário por reduzir o tempo de programação

m modelo de braço manipulador mecânico, que tem como controle uma arquitetura baseada na linguagem de programação RSLogix 5000, é o mais novo lançamento da Yaskawa Motoman Robotics para o mercado brasileiro. Capacitado a carregar cargas de até 800 kg, a famíla MPL nasceu com a habilidade de reduzir o tempo de programação do sistema, procedimento considerado um grande avanço para equipa-

mentos com este perfil. “Para se ter uma ideia, o tempo para se fazer programação em equipamentos desse tipo pelo sistema convencional pode demorar até uma semana. Já nesse novo modelo esse tempo pode ser reduzido para até três dias”, explica Rodrigo Costa, gerente regional de vendas da Motoman. Concebido com o software RS Logis 5000, que faz a programação do braço manipulador, o modelo está capacitado a fazer processos de paletização e despaletização e manipulações em geral. “O equipamento pode ser aplicado em qualquer segmento industrial, realizando paletizações de caixas nas indústrias alimentícias, farmacêuticas e de bebidas, paletização de sacos nas indústrias de rações animais, fertilizantes e cimentos, na paletização de blocos cerâmicos e pisos e em qualquer outro segmento que se faça necessário a substituição da mão de obra humana pela automatizada.”, descreve Costa.

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas SERRAS COPO

FURADEIRAS DE BANCADA

As serras copo Sandflex® Bimetal, da Bahco, possuem uma dentição de 4/6. Com a variação da distância entre os dentes é possível obter um corte mais suave com menos vibração, inclusive em materiais difíceis de cortar. A forma agressiva do dente corta rapidamente, enquanto que a amplitude da garganta permite retirar o material com mais facilidade. Todas as serras copo são fabricadas com aço Sandflex® bimetal e possuem dentes endurecidos em aço temperado de alta velocidade (HSS). O material bimetal proporciona maior segurança, sem possibilidade de quebra devido a sobrecarga; garante um melhor rendimento de corte em todos os materiais, de madeira a aço inoxidável, proporcionando uma elevada resistência ao desgaste.

As furadeiras de bancada apresentam alavanca com três braços; cabeçote, base e mesa em ferro fundido cinzento; chave liga/desliga; fixador do motor com esticador que permite a troca rápida das correias. Conta, ainda, com mesa móvel e inclinável; motor elétrico; regulador de profundidade de perfuração. Disponíveis com motor de 1/3 CV e ½ CV com potência de 250 e 375 W e voltagem de 127 e 220 V; e capacidades de perfuração de 13-1/2” e 16-5/8” mm/pol.; e profundidade de corte de 50 e 60 mm.

BAHCO/SNAP ON Brasil Comércio e Indústria Ltda. Tel.: (19) 2108-1000. Site: www.bahco.com.br

REPARADOR UNIVERSAL DE ROSCA O reparador universal de rosca Nes® é o novo item indispensável na caixa de ferramentas. Substitui uma ampla gama de cossinetes e machos. Com o reparador de rosca interna e externa não é necessário identificar o diâmetro e o tipo de rosca e nem necessitam de calibração. Adaptam-se automaticamente a qualquer diâmetro e a qualquer passo de rosca dentro da gama de diâmetros indicada. Reparam os filetes de rosca danificados com base nos filetes bons. Tem lâminas de aço rápido (HSS) e removem partes oxidadas e incrustações. OR BRASIL Comércio Importação e Exportação Ltda. Tel.: (11) 3675-3887. E-mail: orbrasil@orbrasil.com.br

MARCON Indústria Metalúrgica Ltda. Tel.: (14) 3401-2425 E-mail: marcon@marcon.ind.br

28 | IT Indústria & Tecnologia

28-29 - 463.indd 28

21/6/2013 09:20:28


Foto: Divulgação

PRODUTOS & SERVIÇOS

4 1 2 3 4

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

SOFTWARE

Unificação por meio da plataforma RSLogix para controle, movimento, lógica e todas as comunicações do robô

PRATICIDADE

Utiliza componentes comuns do sistema PLC não tendo necessidade de desenvolver programas específicos

VERSATILIDADE

Paletiza cargas de diversas alturas em diferentes situações

OPCIONAL

Controle Gripper por DeviceNet

www.yaskawa.com.br

NOTAS TÉCNICAS Ferramentas LIXADEIRA Entre outros modelos e produtos, a Montagna comercializa a lixadeira Roloc 3M, que apresenta melhor ângulo de contato, oferecendo maior conforto ao operador. A mudança de ângulo do cabeçote de 90º para 97º permite o posicionamento mais confortável do pulso, o que melhora a operação do ponto de vista ergonômico. Além disso, o manuseio facilitado, o menor peso e o estilo compacto, geram menos vibrações, e ao mesmo tempo, melhoram o controle do operador. Está disponível nos diâmetros de 50 a 75 mm. Abrasivos MONTAGNA Ltda. Tel.: (11) 2979-7155 E-mail: montagna@montagna.com.br

FERRAMENTAS ISOLADAS A linha de ferramentas isoladas IEC 60900 da Tramontina PRO são indicadas para atividades em baixa tensão, até 1.000 volts em corrente alternada, e 1.500 volts em corrente contínua, seguem a norma internacional IEC 60900 e requisitos NR 10. Fabricado em aço cromo vanádio, o alicate universal eletricista 8”, com cabeça e articulações polidas e têmpera por indução no gume de corte; ranhuras cruzadas, que garantem maior agarre e maior aresta de corte, apresenta dispositivo crimpador e oferece empunhadura com isolamento elétrico até 1000 volts em corrente alternada. Com o mesmo isolamento, destacamos também a chave ajustável forjada em aço cromo vanádio e temperada, em 8”, 10” e 12” e mandíbulas polidas. TRAMONTINA GARIBALDI S/A Ind. de Metal. Tel. (54) 3462-8000. E-mail: sactg@tramontina.net

JOGO DE CHAVES HEXAGONAIS O jogo de chave hexagonal, da Tramontina, possui suporte graduado com as medidas de cada ferramenta. As pontas inferiores das chaves são abauladas, o que permite trabalhar com um ângulo de até 30º em relação ao eixo do parafuso. O jogo é composto por nove chaves hexagonais, nos tamanhos: 1.5, 2, 2.5, 3, 4, 5, 6, 8 e 10. Serve para apertar ou afrouxar parafusos com sextavado interno. As chaves possuem dois braços de comprimentos diferentes, o braço mais longo tem mais torque e o mais curto oferece uma operação mais rápida. Apresentam variedade de formas, perfis de pontas e comprimentos para as diversas aplicações automotivas e industriais. ELASTOBOR Borrachas e Plástico Ltda. Tel.: (11) 5525-9744. Site: www.elastobor.com.br

IT Indústria & Tecnologia | 29

28-29 - 463.indd 29

21/6/2013 09:33:51


Ferramentas controladas pelo próprio gabinete

Foto: Divulgação

INTERNACIONAIS SNAP-ON DO BRASIL COMÉRCIO E INDÚSTRIA LTDA

Snap-On desenvolve carrinho de ferramentas que anuncia, por sistema de voz, a retirada e a devolução das ferramentas

gabinete de controle e gerenciamento automático de ferramentas (ATC) é a inovação que a Snap-On apresentou ao mercado brasileiro de ferramentas. Agora, as empresas poderão contar com um revolucionário sistema de gerenciamento desenvolvido para rastreamento automático de ferramentas, sem a necessidade do uso de código de barras, scanners ou etiquetas RFID. “Desenvolvemos um gabinete que conta com um cartão magnético de acesso e que oferece uma solução simples na detecção de ferramentas retiradas ou devolvidas. O modelo possibilita um maior controle sobre as ferramentas dentro de uma indústria”, explica Wagner Fernandes, vendedor técnico da Snap-On. A empresa dispõe de modelos, um de 36 polegadas e outro de 54 polegadas. “O gabinete tem capacidade para abrigar até 400 ferramentas”, afirma Jorge Seligmann, gerente de desenvolvimento de negócios do setor aeroespacial da Snap-On. No sistema, todas as ferramentas retiradas são registradas automaticamente, prerrogativa que também vale na hora da devolução. “Utilizando um exclusivo software com tecnologia avançada de imagem digital (scanner), o ATC controla automaticamente o inventário do usuário, emite relatórios de ferramentas retiradas

e devolvidas com a data e o horário em que essa operação foi realizada”, explica Seligmann. Na hora da operação de retirada ou devolução de ferramentas, toda a gaveta que for aberta ou fechada é escaneada digitalmente e a imagem é comparada instantaneamente à imagem original do conteúdo da gaveta. Qualquer operação realizada é identificada e o computador realiza um

NOTAS TÉCNICAS SENSOR DE DESLOCAMENTO A LASER O sensor de deslocamento a laser LJ-G Keyence é uma solução de controle de qualidade eficaz, na medida em que a detecção é estável independentemente dos reflexos e das condições de iluminação. Apresenta um sensor E3-CMOS único que compensa a intensidade da luz e possui um alcance dinâmico 300 vezes mais amplo que o de sensores convencionais. Oferece estabilidade de medição inigualável, mesmo em superfícies complexas, como elastômeros e metais. Além disso, a função MFL regula a sensibilidade CMOS, a intensidade do laser e o tempo de exposição. Apresenta velocidade de amostragem de 3,8 m, detecção ultrarrápida e pode processar quase todos os ritmos de produção. KEYENCE Brasil Com. de Produtos Eletrônicos Ltda.

CILINDROS

A linha de fresas KSRM é uma solução de fresamento novo e versátil que foi para aplicações em titânio e aço inoxidável. O design desta linha permite o fresamento de cavidades, contornos, rampas e penetração até 1 mm. Apresentam desempenho consistente e uma excelente taxa de remoção de metal com as mais baixas forças de usinagem nas aplicações de desbaste. Todas as pastilhas KSRM permitem até oito posições intercambiáveis de forma a proporcionar uma troca rápida e precisa. As pastilhas KSRM, nos tipos SGE (esforço médio e pesado) e ELE (esforço baixo) estão disponíveis no diâmetro de 12 mm e 16 mm. Para modelos de fresas compatíveis também são disponíveis pastilhas de 20 mm.

Os novos cilindros IVAC da Norgren oferecem aos OEM e utilizadores finais reduções drásticas na energia e custos. O IVAC (controle integrado de atuadores e válvulas) - uma unidade integrada fornece uma vantagem no âmbito da engenharia, ao combinar válvula, controles de fluxo, amortecimento e sensores num único aparelho atuador. O IVAC é um atuador otimizado em termos de peso e espaço, adequado para orifícios de vários tamanhos entre 40 mm e 80 mm, com válvulas integradas e comutadores de funcionamento magnético, para um controle mais completo do atuador. Como pode ser adaptado ou integrado em sistemas novos, só é exigido para cada unidade uma conexão pneumática e uma elétrica. Independentemente do protocolo utilizado, a sua conexão M12 única de entrada e saída pode ser fisicamente conectada num sistema de bus de campo. NORGREN Ltda.

KENNAMETAL do Brasil Ltda. Tel.: (19) 3936-9200. Site: www.kennametal.com

Tel.: (11) 5698-4000. Site: www.norgren.com

Tel.: (11) 3045-4011. Site: www.keyence.com.br

FRESAS

30 | IT Indústria & Tecnologia

30-31 - 463.indd 30

21/6/2013 09:21:30


INTERNACIONAIS

APLICAÇÃO NA INDÚSTRIA • Indústria aeronáutica • Indústria automotiva • Área de mineração

4 comunicado de voz anunciando as ferramentas retiradas e as devolvidas. Além disso, o computador também informa se gavetas não foram fechadas corretamente ou se alguma ferramenta foi devolvida em local incorreto.

1 2 3 4

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

MONITOR

Interface com tela touchscreen

TECNOLOGIA DE VOZ Mensagem de confirmação de retirada ou devolução de ferramentas

SEGURANÇA

Trava automática das gavetas e acesso permitido somente a pessoas autorizadas/ credenciadas

AVISOS DE ALERTA

Indicação de erro quanto à posição incorreta da ferramenta ou gaveta mal fechada

www.snapon.com.br

NOTAS TÉCNICAS SISTEMA DE MONTAGENS PARA TELHADOS A empresa fornece soluções paralelas ao telhado ou elevadas para telhados e coberturas inclinadas. Cada sistema é composto por três componentes simples: fixadores de telhado; trilhos transversais conectados diretamente a fixação do telhado; grampos de fixação para módulos FV. O sistema GridNorm consiste em vigas transversais para pontos de fixação desfavoráveis, possibilita grandes vãos e redução do número de pontos de fixação; oferece aderência exata com os pontos de fixação. SCHLETTER Inc. Tel.: (520) 289-8700. USA. Site: www.schletter.us

MACHO DE CORTE MODULAR O macho de corte modular XChange é apropriado para todos os materiais de cavacos curtos, em especial ferro fundido, latão e ligas de AISi. As propriedades físicas foram combinadas aproveitando o melhor do metal duro e do HSS. A cabeça (inserto) de metal duro inteiriço combina metal duro de granulação ultrafina e um revestimento para máxima vida útil e velocidade de corte. O corpo flexível de aço rápido garante estabilidade da ferramenta e maio economia. LMT-FETTE Werkzeugtechnik. Tel: +49 4151 12-0. Site: www.lmt-fette.com

CHILLER A Johnson Controls apresenta o novo chiller parafuso com variador de frequência YORK® YVAA, disponível em uma gama de capacidade de 150 a 500 toneladas de refrigeração. O YVAA apresenta o maior índice de eficiência energética (COP) da indústria, apresentando eficientes operações à plena carga tanto nas condições de projeto como fora delas. Apresenta consumo flexível de energia, podendo ser configurado para oferecer um coeficiente de performance (COP) de até 3,4 e valores em cargas parciais (IPLV) de até 5,8. Utiliza o refrigerante HFC-134a que conta com potencial zero de agressão à camada de ozônio. Oferece menor nível de ruído, além de uma variedade de opções de atenuação. O recurso SilentNight™, quando otimizado, em cargas parciais pode atenuar o nível sonoro ambiente em até 16 dBA. JOHNSON CONTROLS do Brasil Ltda. Tel: 0800164022. Site: www.johnsoncontrols.com

IT Indústria & Tecnologia | 31

30-31 - 463.indd 31

21/6/2013 09:21:50


NOTAS TÉCNICAS CONVERSOR TRANSISTORIZADO PARA SOLDA O conversor transistorizado para solda longitudinal de tubos possui as seguintes características técnicas: potências de 100 a 300 kW, melhor relação custo-benefício para substituir antigas tecnologias por um equipamento Thermatool Compacto Single-Cabinet Welder; alta performance com baixo consumo de energia: redução de 20 a 30%, comparado a conversores valvulados; manutenção simplificada, rápida e assistência técnica Inductotherm/Thermatool 24 horas; menor área ocupada e de fácil operação; atende as normas internacionais de segurança; potências de 100 a 300 kW. INDUCTOTHERM Group Brasil Ltda. Tel.: (19) 3885-6800. Site: www.inductothermgroup.com.br

COMPRESSORES PORTÁTEIS Os compressores portáteis Mobilair com controle AntiFrost atuam com pressão de trabalho de 7 bar. Permitem vazão de 2,0 a 5,6 m3/min, garantindo desempenhos confiáveis mesmo no frio. Apresentam capacidade do tanque de 30, 80 e 105 litros. Vale ressaltar que o controle Anti-Frost, patenteado pela Kaeser, ajusta automaticamente a temperatura de operação de acordo com a temperatura ambiente. Trata-se de sistema útil em épocas do ano quando as temperaturas são baixas, pois protege as ferramentas pneumáticas contra congelamento e aumenta significativamente a durabilidade, assim como a utilização do sistema. KAESER Compressores do Brasil Ltda. Tel.: (11) 5633-3030. E-mail: info.brasil@kaeser.com

VÁLVULAS DE CONTROLE As válvulas de controle C-Valves são utilizadas no controle de pressão e vazão, assegurando proteção superior para as redes de distribuição de água e para instalações, comparativamente com tradicionais válvulas de controle. Operam comandadas pelo piloto C-Valves de 3 vias, com possibilidade de inúmeras aplicações: redução de pressão, regulagem de vazão,k controle de altitude/nível, sustentação de pressão, alívio e várias combinações de controle em uma única válvula. Disponíveis nas classes de pressão PN 10 a PN 25 e nos tamanhos DN 501 mm a DN 400 mm, possuem capacidade para vazões até 3 500 m3/h. As aplicações para diâmetros acima de 200 mm têm concepção modular, de válvulas em paralelo, denominada Multivalve. INVEL Comércio Indústria Participações Ltda. Tel.: (11) 4717-9377. E-mail: vendas@invel.ind.br

NÍVEL LASER ROTATIVO O nível laser rotativo LAR 250 multifuncional, possui 8 funções diferentes em num só equipamento: ponto, ponto com 90º, linha horizontal, linha vertical, prumo, rotação horizontal, vertical e inclinação. Tem alcance máximo de 350 m de diâmetro com o Receiver REC 300 digital. Ideal para grandes obras, reformas, construções secas (Drywall, divisória e perfilados metálicos estruturados), construção de edifícios etc. Apresenta autonivelamento ± 5º, rotação variável até 600 rpm, temperatura de trabalho de 0º até 50 ºC, alimentação por 2 pilhas (D - alcalinas), com duração aproximada de 120 h e controle remoto para acionamento a distância. VONDER® / OVD Importadora Distribuidora Ltda. Tel.: (41) 2101-0550. E-mail: vendas@vonder.com.br

32 - 463.indd 32

21/6/2013 09:22:26


ÍNDICE

Indústria &Tecnologia ÍNDICE DE ANUNCIANTES Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

Empresa

Pág.

TSUBAKI .......................................... 11

A

H

P

AÇOVISA ......................................... 21

HOIST-JIB ........................................ 27

PEDRO NEUENHAUS ..................... 25

U

AGENA® ............................................. 7

HONEYWELL..................................... 5

PROMECÂNICA .............................. 15

UNITRON ........................................... 3

M

S

V

MARVITUBOS ................................ 15

SAUR................................................ 11

B

VALCESTER .................................... 31

MHS.................................................. 29

SHIGA .............................................. 23

BERG-STEEL .................................... 3

MULTIPLUS ............................ 2ª Capa

STECNO.................................. 3ª Capa

AMATOOLS .................................. 7/21

®

BONN ............................................... 11

SWAGELOK ..................................... 21

N NBR CONSULTING ......................... 23

T

CAPTR .................................... 4ª C apa

NC E NGENHARIA ........................... 25

TECNOTRI ....................................... 23

NEW ÍMÃ S ....................................... 29

X XANTREX .......................................... 3

C CATERMO ........................................ 31

VARIMOT ......................................... 13

TRAFOTEC ...................................... 21

Z ®

ZÜRICH .......................................... 13

ÍNDICE DE SERVIÇOS Análise labor atoriais ........................... 21

Dobras de tubos .................................. 21

Balanceamentos dinâmicos

Funilarias.............................................. 25

de ventilador es .............................. 25 Corte de aços ....................................... 21

de máquinas .................................. 13 ......e montagem de painel elétrico

Manutenção ......preventiva e corretiva

Projetos das peças sob encomenda . 15 Reformas de ventiladores................... 25

para fornos............................ 3ª capa

Soldas or bitais ..................................... 21

Montagens de painéis ......................... 21

Soluções integradas ........................... 21

ÍNDICE DE PRODUTOS

A Acoplamentos para correntes ..............10 Aços .......carbono descascados ......................21 .......carbono forjados ............................21 .......carbono laminados .........................21 .......carbono retificados .........................21 .......carbono trefilados ...........................21 .......especiais ...........................................21 Alicates .......de corte ............................................24 .......de pressão sextavados abertos ......20 Analisadores de gases ..............................8 Aplicadores para pintura de faixas .....22 Aquecedores .......elétricos ............................................31 .......por queima ......................................31 Atenuadores de ruído ............................25 Atuadores hidráulicos compactos ........13

B Bacias ......................................................23 Balanças de contagem industriais ..........9 Balanceamentos .....................................25 Barramentos elétricos blindados .........27 Barras cromadas para haste ................15 Bits e bedames ........................................25 Bombas ...................................................11 .......centrífugas .......................................11 .......dosadoras .........................................11 .......pneumáticas ....................................11 Braço manipulador mecânico ..............28 Brocas ......................................................26

C Cabines de pintura ................................25 Caixas térmicas ......................................23 Calandras de perfis de quatro rolos ....17 Capacetes de segurança ..........................7

Carregadores de baterias ......................21 Carrinhos multiusos ..............................23 Catálogos de produtos .................. 4ª capa Chaves .......de fenda e de impacto ......................7 .......fim-de-curso ......................................5 Chaves-estrela ........................................26 Chillers ................................................ 9/31 Ciclones ...................................................25 Cilindros .................................................30 Climatizadores .......................................31 CNC mínis ..............................................17 CNCs de cabeçotes múltiplos ...............16 Cofres de carga ......................................23 Compressores portáteis .........................32 Conectores e terminais ............................8 Conexões ........................................... 21/31 .......em polietileno ..................................15 Contêineres .............................................23 Controladores ...........................................3 .......de tempo e temperatura ................11 Controles ambientais .............................25 Conversores ............................................12 .......CA/CC analógicos e digitais ..........13 .......transistorizados para solda ...........32 Correntes .......de rolo ..............................................11 .......forjadas ............................................15

D Desumidificadores .......de ambientes ...................................31 .......de ar .................................................31 Detectores de monóxido de carbono ....15 Dínamos taquimétricos .........................13 Discos de desbaste ..................................26 Displays monitores de processos ............9

E Eletroeletrônicos ......................................8

Equipamentos .......industriais ..........................................7 .......magnéticos .......................................29 Esquadrejadeiras .....................................8 Evaporadores ...........................................8 Exaustores ........................................ 10/31 .......axiais e centrífugos .........................25

Instrumentação ......................................31 Instrumentos .......analíticos ..........................................10 .......de metrologia ....................................7 .......p/medição ..........................................7 .......para automação ..............................10 Inversores ........................................... 3/13

de água .............................................15 Molas e estampados .................................8 Monitores wireless ...................................5 Monovias .......curvilíneas .......................................27 .......retilíneas ..........................................27 Morsas paralelas para furadeira .........17 Motores CC ............................................13

F

J

Feiras Fenasucro ........................... 2ª capa Ferramentas .............................................7 .......de corte ..............................................7 .......elétricas ............................................21 .......elétricas e pneumáticas ....................8 .......industriais ..........................................8 .......isoladas ............................................29 Filtros ......................................................25 .......de cartuchos ....................................25 .......de mangas ........................................25 Flange cover - proteção contra vazamentos de líquidos e gases ..............................................25 Flanges ....................................................31 Fornos mufla ................................. 3ª capa Freios .......................................................13 Fresas ................................................ 26/30 Furadeiras .......de bancada ......................................28 .......fresadoras ........................................20 .......radiais ..............................................25

Jogos de chaves hexagonais ..................29

N

K

Níveis laser rotativos .............................32 Niveladoras .......avançadas ........................................11 .......de doca móvel ..................................13 .......embutidas ........................................11

G Grampos verticais ..................................24 Guinchos de alavanca .............................3 Guindastes giratórios ............................27

I Ímãs .........................................................29 Impressoras tampográficas ..................10

Kits .......para envasadoras, rotuladoras e tampadoras ...................................23 .......para rotuladoras, envasadoras e tampadoras ...................................23 .......para tampadoras, envasadoras e rotuladoras ...................................23

L Laminadoras de roscas e recartilhas ...16 Limas rotativas ......................................24 Lixadeiras ......................................... 22/29 Luminárias de emergência .....................3

M Machos ....................................................26 .......de corte modular ............................31 Mandris hidráulicos ..............................16 Manômetros ...........................................13 .......digitais ..............................................13 Máquinas manuais de soldagem a frio .................................................12 Marretas .................................................20 Marteletes ...............................................24 Materiais para rótulos e embalagem .....8 Mini torres de resfriamento

P Painéis .......de comando .....................................13 .......elétricos ............................................13 Paletes .......de contenção ....................................23 .......de plásticos PBR .............................23 .......manga ..............................................23 Peças especiais de plásticos ...................23 Peneiras filtro rotativo ..........................29 Pinos padrão e arames calibrados .........7 Pirômetros infravermelhos .....................9 Pistolas de soldagem ..............................22 Plataformas .......elevadoras ........................................11 .......móveis ..............................................11 .......para docas .......................................11 Pontes .......rolantes ............................................27 .......rolantes especiais ............................27 Portas e grades de enrolar ....................10 Pórticos rolantes ....................................27 Posicionadores de tampas .....................23 Puxadores de cabos elétricos ................26

IT Indústria & Tecnologia | 33

33-34 - 463.indd 33

25/6/2013 15:43:45


Q Quadros .......de controle .......................................21 .......de distribuição ................................21 Quebra-cavacos .....................................26

R Radiadores ..............................................10 Rampas móveis ......................................11 Rebitadeiras hidropneumáticas ..... 20/25 Rebites estruturais .................................15 Redutores industriais ............................15 Relógios centralizadores .......................11 Reparadores universais de rosca .........28 Resfriadores .............................................8 Retificadores ...........................................21 Rotomoldados ........................................23 Rotores p/ventiladores ..........................25

S Selecionadores de tampas .....................23

.......Soldas orbitais .................................21 .......Soluções integradas ........................21 Sistemas .......de exaustão ......................................25 .......de montagens para telhados ..........31 .......de ventilação ...................................25 .......modulares SK-II .............................27 Softwares .......IBM Máximo ..................................23 .......para vendas versão tablets ...................................... 4ª capa Soluções para ambientes com atmosferas explosivas ............10 Switches ....................................................5

Selos mecânicos ......................................11 Sensores .............................................. 5/10 .......de deslocamento ..............................30 Serras .......copo ..................................................28 .......de fita portáteis ...............................20 Sistemas de amostragem .......................12 Serviços .......Análise laboratoriais ......................21 .......Balanceamentos dinâmicos de ventiladores ................................25 .......Corte de aços ...................................21 .......Dobras de tubos ..............................21 .......Funilarias ........................................25 .......Manutenção preventiva e corretiva de máquinas .................13 .......Manutenções e montagem de painel elétrico para fornos ............................. 3ª capa .......Montagens de painéis .....................21 .......Projetos das peças sob encomenda ................................15 .......Reformas de ventiladores ..............25

T Talhas .......compactas ..........................................3 .......de alavanca ........................................3 .......de baixa altura ..................................3 .......eléticas c/troles manuais ..................3 .......elétricas ..............................................3

.......elétricas c/troles elétricos .................3 .......elétricas c/troles mecânicos .............3 .......elétricas de cabo de aço ..................27 .......elétricas de corrente .......................27 .......elétricas especiais ............................27 .......manuais .............................................3 Termo-anemômetros digitais ................................................9 Tornos .......automáticos CNC ...........................17 .......CNC .................................................17 .......horizontais .........................................9 Transformadores ...................................21 Transportadores helicoidais flexíveis ............................................29 Trocadores .......de calor ............................................10 .......de calor água/óleo ...........................15 .......de calor ar/óleo ...............................15 Troles .......manuais .............................................3 .......mecânicos ..........................................3 Tubos .......................................................21

.......brunidos para camisa ....................15 .......de aço mecânicos ............................15 .......mecânicos trefilados .......................15

U Umidificadores .......................................31

V Válvulas ..................................................21 .......borboleta ..................................... 9/31 .......de controle .......................................32 .......de retenção ......................................31 .......gaveta ...............................................31 .......globo .................................................31 .......industriais ........................................10 .......solenoide ..........................................31 Variadores eletromagnéticos ................13 Ventiladores ............................................10 .......axiais ................................................25 .......centrífugos .......................................25

ÍNDICE DE NOTAS TÉCNICAS ERGOMAT ................................17

A ALLIANCE TOOLS .....................8 ANACOM...................................13 APEX TOOL GROUP ................24 AVERY DENNISON.....................8

C CELMAR ................................7/11 CNC SERVICE ..........................17 COEL.........................................10 CON-FIO .....................................8 CONTEMP.................................11 CRV TROCADORES DE CALOR .............................10

FGS BRASIL .............................15 FILIZOLA ....................................9 FREMAQ ...................................20

G GEDORE ..............................20/26 GREENLEE COMMUNICATIONS .............26 GRUPO HÖRMANN..................10 GRUPO TRAMONTINA.............10

H HAEUSLER ...............................17 HAYAMA......................................8 HDT .............................................9 HOMIS .........................................9

D DEBMAQ ...................................25 DIGITROL .................................10

E ELASTOBOR ............................29 EMH...........................................13 ENGEZER ...................................8

O

U

OR BRASIL ..........................15/28 OSCAR FLUES .........................10

UEFA .........................................12

F

B BAUMER .....................................9 BINZEL......................................22 BÖLHOFF .................................20

J JOHNSON CONTROLS............31

I INCESA .....................................10 INDUCTOTHERM......................32 INDUSTÉCNICA .......................24 INSTRUTHERM .....................9/15 INVEL ........................................32 ITW CHEMICAL ........................22

K KAESER....................................32 KENNAMETAL ..........................30 KEYENCE .................................30 KSB VÁLVULAS .......................10

P PENTAIR .....................................9 PFERD RÜGGEBERG ..............24 REITZ ........................................24 RENA ........................................25 RUD CORRENTES ...................15

L LMT-FETTE ...............................31

M M. SHIMIZU .................................8 MAHR DO BRASIL .....................7 MAKSIWA ...................................8 MARCON ..................................28 MARUBENI CITIZEN-CINCOM .17 MECALOR ..................................9 MIPAL ..........................................8 MMC METAL .............................26 MONTAGNA ..............................29

N NORD DRIVESYSTEMS ...........15 NORGREN ................................30 NVO FERRAMENTAS ...............25

Indústria &Tecnologia

VENTISILVA ..............................10 VENTISILVA ..............................10 VONDER ...................................32

S SANCHES BLANES®................16 SANKAR .....................................8 SCHLETTER .............................31 SEMAC ......................................17 SNAP-ON ..................................28 STARRETT® ..............................20 SWAGELOK ..............................12

W WdB ..........................................16

Y

T 3M..............................................22 TECFLUX ..................................12 TOOL MASTER.........................17 TRAMONTINA ..........................20 TRAMONTINA ..........................29 TRIFEM .....................................16 TSUBAKI ...................................10 TYROLIT ...................................26

DEPARTAMENTO COMERCIAL

V VARIMOT ..................................12

YASKAWA .................................28

Z ZETEC .......................................13 ZOBOR......................................26

VISITE NOSSO SITE: www.ps.com.br

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli Vila Suzana – CEP 05709-020 – São Paulo – SP

REPRESENTANTES INTERNACIONAIS

Tel.: (11) 3500-1900 – Fax: (11) 3500-1935 AMÉRICA DO SUL

REPRESENTANTES NACIONAIS

ARGENTINA: 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO Capital Federal – Republica Argentina

Tel.: (54-11) 4943-8500 Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

Grupo Editor / Publishing Group

Diretor-Comercial: Cristina Banas cristina.banas@banas.com.br APOIO E COMUNICAÇÃO: publicidade@banas.com.br apoio@banas.com.br EXECUTIVOS DE NEGÓCIOS – GRANDE SÃO PAULO: Mônica Diegues Tel.: (11) 8700-1818 monica@banas.com.br

REPRESENTANTE – BRASÍLIA CIN – CENTRO DE IDÉIAS E NEGÓCIOS End.: SRTV/Sul, quadra 701, bloco O, nº. 110, Edifício Multiempresarial, sl. 429, CEP 70340-000 Asa Sul - Brasília - DF Contato: Paulo Tamanaha - Tels.: (61) 3034-3704/3038 REPRESENTANTE – PARANÁ/SANTA CATARINA

EXECUTIVO DE NEGÓCIOS – SÃO PAULO - INTERIOR: Danielle Di Giaimo Tel.: (11) 7322-8206 danielle.giaimo@banas.com.br EXECUTIVOS DE NEGÓCIOS – SÃO PAULO: ANA CAROLINA YAMADA Tel.: (11) 9215-1266 comercial2@banas.com.br

AMÉRICA DO NORTE Fax: +49 (0) 89 95002779 Campbell, CA Huson International Media 1999 South Bascom Avenue Suite 450 Campbell, CA 95008 Tel (408) 879-6666

EUROPA Fax (408) 879-6669 New York, NY: Huson International Media 350 Fifth Avenue Suite 4610 New York, NY 10118 Tel: (212) 268-3344 Fax: (212) 268-3355

ENGLAND: London Huson European Media Cambridge House Gogmore Lane, Chertsey Surrey, KT16 9AP England Tel: +44 (0) 1932 564999 Fax: +44 (0) 1932 564998

GERMANY: Munich Huson European Media Agilolfingerstr. 2a D-85609 Aschheim bei München Germany Tel: +49 (0) 89 95002778

Rua 212, nº 54, apto. 702 – CEP 88220-000 – Itapema – SC

Contato: Claudio Rozenbaum Tel.: (41) 9192-5382 – rozenba@uol.com.br REPRESENTANTE – RIO DE JANEIRO FRANCISCO NEVES R. Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 cj.607 CEP 22793-071 – Rio de Janeiro – RJ Contato: Francisco Neves – banasrj@uol.com.br

JOÃO DOMINGUES Tels.: (11) 96121-5711/3500-1911 joao.domingues@ps.com.br ROSÃ GESTÃO DE NEGÓCIOS S/C LTDA. Contato: Wilson Ferreira de Araújo Tel.: (11) 9570-2768 wilsonfa@uol.com.br

Tels.: (21) 2269-7760/Cel.: (21) 9943-5530 REPRESENTANTE – RIO GRANDE DO SUL INTERFACE COMUNICAÇÃO E PROPAGANDA LTDA. Av. Taquara 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre – RS Contato: Vera Anjos – banassul@terra.com.br Tels.: (51) 3377-2878/Cel.: (51) 9969-0727

34 | IT Indústria & Tecnologia

33-34 - 463.indd 34

25/6/2013 15:43:45


capa-3.indd 333

21/6/2013 09:30:49


capa-4.indd 333

21/6/2013 09:31:18


Revista I&T/P&S 463 - Julho 2013