__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

218

ANO•17

2 0 1 6

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ENTREVISTA

21 9

ÃO

ED IÇ Em

ba

O sleeve segue popular e o autoadesivo está se reinventando

la g Es en pe s M cia et l: S áli us cas te (A nt ço ab e ili A da lu de mí n

RÓTULOS

io )

Como uma embalagem adequada pode evitar perdas e desperdícios de frutas? Adriano Dessimoni, diretor comercial da Termotécnica, fala sobre a solução da empresa que foi adotada pelos produtores de uva do Vale do São Francisco

218 - Capa final.indd 1

24/08/2016 19:02:08


2 Capa OMEGA .indd 2

21/08/2016 19:27:54


carta ao leitor

INOVAÇÃO NO MERCADO DE EMBALAGEM

N

ovidades em embalagens refletem um mercado crescente no Brasil. O setor tem capacidade tecnológica para investir em inovações que podem transformar diferentes negócios. Um bom exemplo disso é o que fez a Termotécnica, que apostou no desenvolvimento de uma linha de embalagens em EPS para o transporte de frutas, que amplia o shelf-life do produto, permitindo que permaneçam por até 20% mais tempo nas gôndolas. Por enquanto, a embalagem só é utilizada para o transporte de uvas pelos produtores da região do Vale do São Francisco. A iniciativa da empresa é uma prova de que uma embalagem adequada agrega valor ao produto e garante a qualidade do alimento. No Brasil, o transporte de frutas e hortaliças é o principal gargalo para a redução de perdas de alimentos. Inovações em sustentabilidade. Soluções que reduzem o peso e o uso de material tornam a embalagem mais amiga do meio ambiente. A novidade da Plastipak para a água mineral sem gás Lindoya Verão Sense é a garrafa PET de 510 ml que pesa apenas 9,7 gramas, gramatura que se aproxima da utilizada no mercado

Pack 218 - Editorial.indd 3

norte-americano, que trabalha com 7,7 gramas. Outro diferencial desta embalagem é que a garrafa não fica frágil após aberta graças ao seu design, que remete à nervura das folhas. Já a Irplast desenvolveu um rótulo autoadesivo para agrupar porções de frutas e vegetais, que reduz consideravelmente o uso de embalagens secundárias, além de preservar as propriedades organolépticas dos produtos e garantir a segurança alimentar dos consumidores. No especial sobre a Drupa 2016, maior feira de impressão do mundo, a impressão digital e a impressão 3D foram os destaques do evento. Segundo Assunta Napolitano Camilo, que visitou a feira, o futuro da impressão, com certeza, passará pela impressão digital, e mais do que isso, será de grande complexidade e diversidade. Para ela, há espaço para todos os tipos de impressão e para cada aplicação, haverá várias possibilidades em função do tipo de substrato, aplicação, expectativa e necessidade específica. Até a próxima edição!

MARGARET HAYASAKI EDITORA CHEFE

margaret.hayasaki@gmail.com

22/08/2016 19:17:54


218

sumário

A N O • 1 7

2016 Foto: Divulgação

10

28

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

INOVAÇÃO

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN

ENTREVISTA Embalagem promete reduzir o desperdício de frutas

10 ENTREVISTA

Termotécnica investiu em uma fábrica de embalagens, em Petrolina, para atender os produtores do Vale do São Francisco

28 REPORTAGEM RÓTULOS

Quando o consumidor caminha pelos corredores dos supermercados e passa pelo seu produto, o que ele vê? O seu rótulo parece novo e atraente? O sleeve segue popular e o autoadesivo está se reinventando

REPORTAGEM RÓTULOS

Soluções sofisticadas para produtos simples

34 DRUPA

Este ano, a Drupa - feira mais importante do setor de papel e impressão -, ocupou uma área de 157 mil m² e reuniu 1837 empresas de 54 países (1306 estrangeiras e 531 da Alemanha). Em onze dias, o evento mostrou as novidades e o futuro da impressão

40 ESPECIAL THERMOFISHER

Novidades da Thermo Fisher ajudam na produção de alimentos seguros, além de reduzir desperdícios, aumentar a produtividade e melhorar a rentabilidade do mercado

34

42 ESPECIAL FÓRUM PHARMA

DRUPA

Tocando o futuro

Fórum Pharma destaca o uso de máquinas mais flexíveis e da robótica, por exemplo, para produzir seringas, frascos e cartuchos em uma única plataforma

Foto: Divulgação

SEÇÕES

4

6 AGENDA

24 VANGUARDA

8 PACK ONLINE

45 DIRETO DA GÔNDOLA

14 NOTÍCIAS

46 SUSTENTABILIDADE

18 POR DENTRO DAS LEIS

48 NOTAS TÉCNICAS

19 VAIVÉM DO MERCADO

49 PACK LEITURA

20 ATUALIDADES

EDITORA B2B

218_Índice de matérias.indd 4

22/08/2016 22:42:54


5 INNOVIA FILMS.indd 5

21/08/2016 19:30:46


agenda FEIRAS NO BRASIL EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

DATA

FEIRA

LOCAL

CONTATO

10 a 13 de setembro

Beauty Fair - Feira Internacional de Cosméticos e Beleza

Expo Center Norte São Paulo - SP

www.beautyfair.co.br

12 a 14 de setembro

China Machinex Brazil

Transamérica Expo Center - SP

www.chinamachinex.com.br

20 a 22 de setembro

Movimat

Expo Center Norte - SP

www.expomovimat.com.br

5 e 6 de outubro

Congresso Brasileiro de Embalagem

Centro Fecomércio de Eventos - SP

www.congressoabre.org.br

08 a 11 de novembro

Fispal Tecnologia Nordeste

Centro de Convenções de Pernambuco Recife - PE

www.fispaltecnologianordeste.com.br

FEIRA

LOCAL

CONTATO

13 a 15 de setembro

Labelexpo America

Donald E. Stephens Convention Center Chicago - Estados Unidos

www.labelexpo-americas.com

21 a 23 de setembro

Luxe Pack Monaco

Grimaldi Forum Monaco - França

www.luxepack.com

27 a 29 de setembro

Fachpack

Exhibition Centre Nuremberg Nuremberg - Alemanha

www.fachpack.de/en

CONSELHO EDITORIAL

FEIRAS NO EXTERIOR DATA

PUBLISHER: Fernando Lopes EDITORA CHEFE: Margaret Hayasaki margaret.hayasaki@gmail.com ASSESSORA TÉCNICA: Assunta Napolitano Camilo (FuturePack) assunta@futurepack.com.br REVISÃO: Nazaré Baracho PROJETO GRÁFICO: Editora B2B PRODUÇÃO: Luciano Tavares de Lima (gerente) produção@banas.com.br DESIGNER: Ana Claudia Martins editoracaopack@gmail.com CAPA: Ana Claudia Martins FOTO DA CAPA: Irplast

Assunta Camilo Napolitano, diretora da FuturePack e do Instituto de Embalagens – Eduardo Tadashi Yugue, gerente de embalagens da Nestlé Brasil – Geraldo Cardoso Guitti, diretor do Conselho Administrativo da Refrigerantes Convenção – Iorley Correia Lisboa, gerente P&D e Inovação de Embalagens – Marcas Exclusivas do Walmart Brasil – João Batista Ferreira, CEO da J2B Innovation to Business – Lincoln Seragini, presidente da Seragini Design – e Luis Fernando Madi, Diretor Geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL)

COMERCIAL

04 a 07 de outubro

Tokyo Pack

Tokyo Big Sight Tóquio - Japão

www.tokyo-pack.jp/en

19 a 26 de outubro

K

Messe Dusseldorf Dusseldorf - Alemanha

www.k-online.com

06 a 09 de novembro

Pack Expo International

Mc Cormick Place Chicago - Estados Unidos

www.packexpointernational.com

14 a 17 novembro

Emballage & Manutencion

Paris Nord Villepinte Paris - França

www.all4pack.com

Rajah Chahine rajahchahine14@gmail.com Tel.: (11) 3722-0956 Nilton Feitosa nilton.feitosa@nvcon.com.br Executivos de Negócios – São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 aparecida.stefani@banas.com.br Paraná e Santa Catarina DGS Representação Comercial. Contato: Douglas Garcia da Silva Tel.: (41) 3082-4070 – (41) 8898-8686 dgsrepresentacoes@gmail.com Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 banasrj@uol.com.br

REPRESENTANTE INTERNACIONAL

Cartas&E-mails A Revista Pack quer conhecer a opinião dos nossos leitores. Sua opinião é muito importante para a contínua melhoria da qualidade editorial. Escreva para nós, opinando sobre as entrevistas, reportagens e os artigos. Critique ou dê sugestões de pautas.

ARGENTINA 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190 CNPJ 07.570.587/0001-13 – I.E. 149.349.995-116 NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956 IMPRESSÃO: Grafilar CIRCULAÇÃO NACIONAL: Tiragem – 10 000 exemplares PERIODICIDADE: ANUAL Nº Avulso: R$ 15,00 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

AT

EC

D E M ÍD IA S E G

M

E

TA

DA

PB

EDITORA B2B

218_Agenda_Expediente.indd 6 EDITORA BANAS

D

O

6

IA

T

A

EG

R

A

B2

C AT

B

2008

Filiada à

N

NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956

AN

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190

IO

E-MAIL redacao@pack.com.br

IV P R Ê M

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO

END.

é uma publicação mensal da Editora B2B.

A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

22/08/2016 20:56:30


7 OPTIMA.indd 7

21/08/2016 19:32:32


@EditoraB2B

nline

/packrevista

www.pack.com.br POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES!

Especialistas nacionais e internacionais abordarão as qualidades do plástico em diversos setores durante congresso no RS

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Indata enfrenta período de crise com ajuda das soluções de automação industrial Mitsubishi Electric

Construção civil, medicina, redução do desperdício e o futuro da indústria de transformação serão alguns dos temas apresentados no 2º Congresso Brasileiro do Plástico

Parceria proporcionou 80% de redução no custo com manutenção dos equipamentos fabricados pela companhia.

Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/08/18/especialistasnacionais-e-internacionais-abordarao-as-qualidades-do-plastico-em-diversos-setoresdurante-congresso-no-rs/

Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/08/15/indata-enfrentaperiodo-de-crise-com-ajuda-das-solucoes-de-automacao-industrial-mitsubishi-electric/

Foto: Divulgação

Estudos da Fundação Espaço ECO® serão apresentados no V Congresso Brasileiro em Gestão do Ciclo de Vida

Entre os dias 19 e 22 de setembro, em Fortaleza (CE), acontece o V Congresso Brasileiro em Gestão do Ciclo de Vida. O evento tem como tema “Gestão do Ciclo de Vida nos Trópicos” e reunirá estudantes, pesquisadores e profissionais que atuem ou estejam interessados no tema gestão pelo ciclo de vida. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/08/19/estudos-dafundacao-espaco-eco%C2%AE-serao-apresentados-no-v-congresso-brasileiro-emgestao-do-ciclo-de-vida/

[DESTAQUES] Dúvidas sobre o mercado?

Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

8

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

[CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

1 2 3 4 5

Premier Pack fornece garrafa Premium para a nova tradicional Reserva 51

A Embalagem exclusiva conta com um vidro extra branco de altíssima qualidade fabricada pela empresa internacional Saverglass.

Tetra Pak e Henkel inovam com lançamento de adesivo especial para embalagens de alimentos e bebidas

Um dos destaques é o novo Tetra Pak® TrayFix, um adesivo hot melt a base de poliolefina amorfa, de alta qualidade, para embalagens secundárias.

ABEDESIGN lidera movimento Concorrência com Valor

Movimento que teve início na França, visa melhorar a relação entre as empresas de design e seus clientes.

Primeira etapa do Roadshow que vai percorrer os polos industriais acontece em Joinville, no dia 17 de agosto, para tratar de competitividade e tecnologia.

A partir deste mês, a Plástico Brasil dá início a uma série de encontros regionais com fabricantes de equipamentos, transformadores, fornecedores de matérias-primas e outros players da cadeia do plástico e da borracha.

Brasil responde por 32% do faturamento de produtos premium HPPC, revela Euromonitor, expositor e palestrante da in-cosmetics Latin America As palestras acontecem na in-cosmetics Latin America, nos dias 5 e 6 de outubro, em São Paulo.

Confira a lista das 10 notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics * Período de 7/6/2016 a 19/8/2016 Onde achar? http://www.pack.com.br/maisnoticias.aspx e www.radarindustrial.com.br

EDITORA B2B

218_Pack_online.indd 8

22/08/2016 19:51:35


9 PERFOR.indd 9

21/08/2016 19:33:44


Foto: Divulgação

entrevista

10

Editora B2B

218 Entrevista .indd 10

21/08/2016 19:34:30


EMBALAGEM PROMETE REDUZIR O DESPERDÍCIO DE FRUTAS Termotécnica investiu em uma fábrica de embalagens, em Petrolina, para atender os produtores do Vale do São Francisco

E

stima-se que as perdas globais dos alimentos e o desperdício cheguem a 1,3 bilhão de toneladas por ano, o equivalente a um terço da produção mundial de alimentos, segundo a organização das nações Unidas para agricultura e alimentação (Fao). no Brasil, as perdas correspondem em média a 30% dos alimentos pós-colheita no caso das frutas e 35% das hortaliças. além disso, o desperdício é responsável por 8% das emissões de gases que causam o efeito estufa. nesta luta para o combate ao desperdício de alimentos, a embalagem desempenha um papel fundamental para diminuir as perdas no final da cadeia produtiva. Foi pensando nisso que, há seis anos, a termotécnica, especializada na produção de EPs (poliestireno expandido), desenvolveu com tecnologia própria e designs próprios a linha de embalagens conservadoras em EPs daColheita, que amplia o shelf-life da fruta, proporcionando menor perda de peso pela desidratação e mantém o teor vitamínico por mais tempo. inicialmente, a produção das caixas daColheita era feita na fábrica de Goiânia, mas em 2012, a empresa montou uma planta fabril em Petrolina para atender os produtores de frutas no Vale do são Francisco que, este ano, foi duplicada. Hoje, a termotécnica conta com mais de 20 grandes clientes e cooperativas de agricultores. Um dos principais benefícios das embalagens daColheita é o aumento na vida de prateleira da fruta, permitindo que permaneçam por até 20% mais tempo nas gôndolas dos estabelecimentos comerciais em comparação com as frutas em outros tipos de embalagens. adriano dessimoni, diretor comercial da termotécnica, contou à revista PACK como foi o processo de desenvolvimento da linha de embalagens daFruta e as expectativas para o futuro deste negócio. Revista Pack: Fale sobre o processo de desenvolvimento da linha de embalagens conservadoras em EPS DaColheita. Adriano Dessimoni: a inspiração para a criação da caixa conservadora de frutas daColheita aconteceu quando visitamos uma região produtora de frutas, nos Estados Unidos, semelhante à que existe aqui no Brasil, na região do Vale do são Francisco. Encontramos lá um cluster muito semelhante. iniciamos uma abordagem com profissionais do segmento do agronegócio aqui no Brasil e avaliamos se a proposta tinha relevância para eles. nossa equipe realizou uma série de testes, até que encontramos o formato ideal para a caixa. a partir daí, nosso desafio foi verificar o modelo de negócio mais adequado, pois a

termotécnica iniciava o trabalho com um segmento completamente diferente do seu habitual. Empenhamonos em conhecer bem o mercado, as pessoas e planejar a melhor forma de iniciar esse atendimento. Pack: A Termotécnica trabalhou em conjunto com os produtores de fruta no desenvolvimento da embalagem? Qual foi a importância desta parceria para o sucesso do projeto? Dessimoni: sim. realizamos encontros em que os produtores tiveram a oportunidade de conhecer e opinar sobre a caixa, antes mesmo de sua finalização e comercialização. o apoio dos produtores foi fundamental, até porque esse projeto foi concretizado a partir de uma necessidade verificada junto a eles e a caixa se adequou ao que era o ideal para suas realidades. Pack: Quais foram os principais desafios no desenvolvimento da linha de embalagens conservadoras em EPS DaColheita para ampliar o shelf-life da fruta, proporcionar menor perda de peso pela desidratação e manutenção do teor vitamínico? Dessimoni: o primeiro desafio foi cultural, convencer os produtores da vantagem de trocar a madeira ou o Editora B2B

218 Entrevista .indd 11

11

21/08/2016 19:34:38


Foto: Divulgação

entrevista

cialização de frutas no mercado doméstico e internacional? Para quais países e que frutas estão sendo enviadas para fora usando a DaColheita? Dessimoni: sim, a embalagem daColheita é recebida por clientes no Brasil e em diversos países da Europa. Pack: Qual foi o investimento feito pela Termotécnica para o desenvolvimento da linha de embalagens em EPS DaColheita?

Estudos comprovam que as caixas DaColheita ampliam a durabilidade da fruta em 20%

papelão pelo EPs (isopor®), que é um plástico. Hoje, verificamos que eles percebem essa mudança da “madeira” para o “papelão” e agora para o “EPs” como um processo evolutivo e que veio para ficar. Pack: Qual é a inovação da linha de embalagens conservadoras em EPS DaColheita para garantir a capacidade de reduzir a perda de frutas e o desperdício? Dessimoni: Como toda a inovação, foi necessário comprovar sua eficiência, evidenciar os benefícios que a conservadora daColheita trazia, como a ampliação do shelf-life da fruta, a manutenção da qualidade e frescor da uva, sua durabilidade, mesmo após dias de transporte e armazenamento. Pack: Um dos principais benefícios das embalagens DaColheita é o aumento na vida de prateleira da fruta, permitindo que permaneçam por até 20% mais tempo nas gôndolas dos estabelecimentos comerciais. Em número de dias, isso significa quanto em relação a outros tipos de embalagens? Dessimoni: Estudos comprovam 12

PB

que as caixas daColheita ampliam a durabilidade da fruta em 20%. não temos como afirmar em números de dias, pois não sabemos em que condição aconteceram a colheita e o armazenamento das uvas, as condições e temperatura da câmara fria, entre outros. Pack: A linha de embalagens DaColheita é utilizada por produtores de frutas do Vale do São Francisco. Que fruta já é embalada nesta embalagem? Ela foi desenvolvida para todo tipo de fruta? Dessimoni: Por enquanto, as caixas daColheita são comercializadas apenas para armazenar uvas. as embalagens permitiram aos produtores de uvas capturar melhores preços na ponta (venda) e diminuir as perdas na cadeia (da planta à mesa). Estudos e testes vêm sendo feitos para adaptá-la (formato e estrutura) para armazenamento de outras frutas, como manga e goiaba. Estamos preparando o lançamento das embalagens para 2, 3 e 6 kg, que devem chegar ao mercado em agosto deste ano. Pack: A linha de embalagens DaColheita é utilizada para a comer-

Dessimoni: iniciamos com investimentos em consultoria, elaboração de amostra, testes, ensaios de laboratório, pesquisa de mercado, qualificação de consumidores e visita a clientes e prospects para entender e dimensionar a necessidade e possibilidades do mercado. depois, o investimento foi em infraestrutura e ferramentas. transformamos a fábrica da termotécnica em Goiânia para se tornar produtora e fornecedora das caixas de frutas. Com o tempo, ao avaliar a distância, percebemos que o frete ficava muito caro e a entrega demorada. assim, tomou-se a decisão de montar uma fábrica em Petrolina que, inicialmente, funcionava em um prédio alugado. na sequência, construímos uma fábrica própria em Petrolina, espaço que, neste ano, teve sua área duplicada para atender a demanda. Pack: Qual é a expectativa de crescimento em vendas da linha de embalagens DaColheita para os próximos anos? Dessimoni: a expectativa é de crescimento composto anual de dois dígitos. Pack: A sustentabilidade é inerente ao mundo corporativo. Sabemos que o EPS é 100% reciclável, mas existe uma percepção negativa do isopor por conta das dificuldades de reciclar o material. Isso não

Editora B2B

218 Entrevista .indd 12 Editora Banas

21/08/2016 19:34:45


Foto: Divulgação

O apoio dos produtores foi fundamental, até porque esse projeto foi concretizado a partir de uma necessidade verificada junto a eles e a caixa se adequou ao que era o ideal para sua realidade é um entrave para o crescimento deste negócio? Comente. Dessimoni: neste segmento há ainda bastante desconhecimento sobre a reciclabilidade do EPs. Muitos ainda não têm conhecimento de que o EPs é 100% reciclável, que sua reciclagem é fácil, rápida e barata. a termotécnica trabalha com seriedade para divulgar ao máximo essa informação e recebe em todo o país o EPs pós-uso para reciclagem, sem custo para o cliente. no Brasil, a Política nacional de resíduos sólidos é uma lei que obriga a reciclagem do EPs, mas poucos a cumprem. Pack: Hoje são 1100 pontos de coleta e 270 cooperativas parceiras no país. Há previsão de aumentar esse número? Dessimoni: depois que a termotécnica, como pioneira na logística reversa e reciclagem do EPs, ter mostrado todo o potencial deste projeto, temos percebido a entrada de mais agentes neste setor, que é muito bom para toda a cadeia do

218 Entrevista .indd 13

EPs e do Ps. dessa forma, o crescimento dessa rede continuará tendo as contribuições da termotécnica, mas também contará com o esforço de outras empresas e instituições. desde 2007, 30 mil toneladas de EPs foram recolhidas e recicladas. Pack: Hoje a Termotécnica recicla 30% das embalagens de EPS produzidas no Brasil. Existe uma meta para aumentar esse índice e quais são os desafios? Dessimoni: Como meta, queremos reciclar todo o EPs que pudermos coletar de forma competitiva, por isso é muito importante que o consumidor final prepare os materiais antes do descarte para a coleta seletiva e o agente concessionário responsável por esta coleta também recolha o EPs da mesma forma com que faz com os demais materiais recicláveis. temos percebido um maior engajamento dos elos da cadeia que levam os produtos da linha de montagem até o consumidor final com a logística reversa. Estamos no caminho certo!

21/08/2016 19:34:54


notícias

Foto: Divulgação

INNOVIA QUER FORTALECER O NEGÓCIO DE FILMES DE BOPP

Joe Piccione, diretor da Innovia Films

R

ecentemente a innovia anunciou a venda do seu setor de filmes de celulose. agora, três meses depois, com a operação concluída, a empresa está redirecionando o foco da sua estratégia de negócios para ampliar e fortalecer o seu setor de filmes especiais de polipropileno de orientação biaxial (BoPP). a empresa está concentrando seus esforços nos principais mercados globais – soluções de polímeros avançados de alto desempenho para etiquetas, embalagens, tabaco e filmes de segurança. internamente, a innovia está se reestruturando para garantir que o seu foco no BoPP esteja totalmente alinhado com todos os negócios, pessoas, serviços e sistemas. Joe Piccione, diretor da innovia Films, afirma que “dividir uma empresa que cresceu ao longo de mais de 80 anos é, por si só, um desafio. atingir isso em um período tão curto é admirável para todos os que participaram desse processo. Ficamos extremamente satisfeitos com o resultado para nossos funcionários e clientes de filme de celulose”. Segundo ele, a innovia Films sempre foi uma empresa de filmes especializados, que representa mais de 80% das vendas. “além do nosso processo exclusivo e sob medida de extrusão de bolhas, um dos nossos principais pontos fortes é a engenharia de superfície. Somos

14

especialistas em adaptar filmes aos requisitos dos nossos clientes, sejam eles barreira, espessura, printabilidade, encolhimento com calor, possibilidade de compressão ou filmes de selagem rápida para desempenho otimizado”, destaca Piccione. “Continuaremos a trabalhar com dedicação, portanto, não mediremos esforços para ampliar nossas capacidades de manufatura e maximizar nossa pesquisa e desenvolvimento e habilidades técnicas. isso será feito para fornecer continuamente soluções de produtos novos e interessantes aos nossos clientes de agora e do futuro. o fato de termos vendido o nosso setor de filmes de celulose permite que nos concentremos em ampliar estrategicamente o n o s s o s e t o r d e B o P P. ” “Para separarmos com eficiência o setor de filmes de celulose, alguns funcionários das nossas áreas de serviços compartilhados (vendas, contabilidade, marketing, atendimento ao cliente, ti, etc.) passaram a trabalhar para os novos proprietários. isso nos ofereceu uma oportunidade ideal para reavaliar a nossa estrutura organizacional de acordo com a nossa estratégia para garantir que possamos aumentar, reforçar e melhorar essas e outras funções de serviços essenciais”, acrescenta o executivo.

Editora B2B

218_Noticias.indd 14

22/08/2016 00:48:12


notícias

Foto: Divulgação

NOVO CLARIFICANTE CONFERE ALTÍSSIMA TRANSPARÊNCIA AO PP

A

Milliken, empresa global de especialidades químicas, revestimento e materiais de alto desempenho, apresenta o clarificante concentrado NX UltraClear®, que confere ao polipropileno (PP) altíssima transparência, superando o tradicional aspecto translúcido do PP em embalagens termoformadas, criando uma transparência similar àquela do PEt e PS (poliestireno), mas com os benefícios ambientais e de desempenho do material. Edmar Nogueira, gerente técnico da Milliken, explica que entre as vantagens de usar o PP estão a baixa pegada de carbono durante

a produção da resina, baixa densidade do material e altos valores de recuperação de energia. “o PP consome uma menor quantidade de energia durante sua produção, quando comparado com outros plásticos, e sua baixa densidade resulta em menor volume de resíduos. É um plástico ideal para a economia circular.” a diferença de peso entre embalagens de PP e outros materiais está normalmente entre 15 e 20% a menos para o polipropileno. a resistência ao calor do PP permiteo uso em micro-ondas agregando conveniência à embalagem. além do uso em termoformagem, o clarificante Millad NX8000®, presente no concentrado, também é utilizado em outras aplicações como frascos, utensílios domésticos e outros.

MARKEM-IMAJE AMPLIA ATENDIMENTO NA REGIÃO SUL

A

Markem-imaje amplia o atendimento presencial para todos os estados da região Sul: Paraná, Santa Catarina e rio Grande do Sul por meio de seu distribuidor Soma Sul, instalado nessas localidades. Estoque local de peças de reposição e consumíveis, assistência técnica e vendas de codificadoras e acessórios a partir de uma equipe local de profissionais, com apoio total da Markem-imaje,

são os principais suportes desse atendimento, resultando em um tempo de resposta bem mais rápido de acordo com as necessidades das indústrias dessas regiões, como também a maior qualidade do atendimento.

Para ter informações de contato sobre o ponto de atendimento mais próximo, envie e-mail para: marketingbr@markem-imaje.com

Editora B2B

218_Noticias.indd 15

15

22/08/2016 00:48:13


notícias

Foto: Divulgação

SUCESSO NO MUNDO, ERGOBLOC L CHEGA AO BRASIL

O

ErgoBloc L, sistema da Krones que une máquinas de sopro, rotulagem e enchimento para produzir e engarrafar embalagens PEt, é um sucesso em todo o mundo, em especial na região Ásia-Pacífico e nos Estados Unidos. Lançado em 2009, o ErgoBloc L teve a sua centésima unidade vendida em maio do ano passado, para uma empresa da Coreia do Sul. Um marco nos negócios da Krones. Este ano, o sistema chega, enfim, ao Brasil, fornecido em uma linha completa para um grande player do mercado de bebidas. “as máquinas são totalmente integradas, de altíssima capacidade e com um excelente custo de produção”, afirma Silvio rotta, diretor comercial da Krones do Brasil. “Esta tecnologia veio para se consolidar no País. Há uma expectativa muito grande em relação ao ErgoBloc devido ao elevado nível tecnológico demandado, mas nós, da Krones, estamos preparados para atender a todas as demandas dos clientes, com nosso moderno Centro de treinamento no Brasil”, completa. o ErgoBloc L assegura um processo controlado, que também se destaca pela sua flexibilidade, capacidade de reprodução de ajustes e alta eficácia. Foi possível, pela primeira vez, comandar de maneira eficiente toda a parte úmida da linha com um único operador e, ao mesmo tempo, poupar até 30% de superfície em relação a um bloco convencional. as máquinas individuais foram aperfeiçoadas com inovações pontuais para sua aplicação em um bloco, acopladas entre si por um comando inteligente. Estes desenvolvimentos sofisticados converteram o ErgoBloc L

16

em um conceito de linha muito mais rentável do ponto de vista operacional em relação a modelos de bloco anteriores. os custos de operação são até 10% menores. a capacidade de rendimento do ErgoBloc L vai de 27.000 até 82.000 garrafas por hora, dependendo do tamanho da garrafa e do tipo de produto. No mundo, os sistemas ErgoBloc L foram vendidos em cerca de 60% dos casos para água sem gás, e 40% para águas carbonatadas e refrigerantes. o objetivo da Krones é sempre desenvolver e oferecer aos usuários máquinas de fácil operação e pouca manutenção, com tempos de parada breves. além disso, instalar máquinas individuais em unidades integradas (bloco) diminui a complexidade de uma linha de produção e aumenta a sua eficiência, com menos custos financeiros também.

Editora B2B

218_Noticias.indd 16

22/08/2016 00:48:22


17 INSTITUTO DE EMBALAGENS.indd 17

26/08/2016 09:49:53


por dentro das leis

ROTULAGEM DE ALERGÊNICOS ALIMENTARES E O DIREITO DO CONSUMIDOR Luciana ZioLi*

18

218_Leis.indd 18

Foto: Divulgação

J

á falamos nesta coluna sobre a questão da rotulagem obrigatória dos alimentos que causam alergias alimentares. agora, mais um passo foi dado para garantir a efetividade do direito do consumidor de ser devidamente informado. a agência Nacional de Vigilância Sanitária (anvisa) rejeitou o pedido dos fabricantes e manteve o prazo estabelecido na resolução – rdC nº26, de 02 de julho de 2015, para a adequação dos rótulos dos alimentos que contêm componentes capazes de causar alergias. desde o dia 3 de julho último, os produtos alimentícios devem ser comercializados com a informação obrigatória nos rótulos e nas embalagens sobre a presença de ingredientes alergênicos. a importância dessa informação na embalagem é notória, uma vez que a restrição do consumo de alimentos alergênicos mostra-se como a única forma de evitar complicações clínicas e proteger a saúde dos consumidores com alergias alimentares. a Constituição Federal elege como princípio geral da atividade econômica a defesa do consumidor e dentre os direitos garantidos está o de ser informado sobre o produto a ser consumido. o Código de defesa do Consumidor determina que a oferta ou apresentação (embalagem) do produto comercializado contenha dados sobre a composição, origem, validade, quantidade, preço, inclusive sobre o modo de utilização e riscos que possam advir à saúde e segurança do consumidor. tudo de forma clara, verdadeira, precisa e em linguagem acessível. a par da proteção ao consumidor, a Constituição Federal também garante o direito à saúde aos brasileiros (na condição de consumidores, inclusive), com o objetivo de propiciar a todos bem-estar e justiça social, por meio da atividade de diferentes órgãos e instituições integrantes do Sistema Único de Saúde – SUS, os quais, dentre outras atribuições, desenvolvem e concretizam políticas públicas voltadas à redução do risco de doenças. dentre estas instituições, está a anvisa, autarquia vinculada ao Ministério da Saúde que, no setor alimentício, controla e coordena atividades não só de regulação, mas também de registro, avaliação de risco, comunicação e fiscalização de práticas na fabricação de alimentos, ingredientes, aditivos alimentares, embalagem e rotulagem de alimentos.

assim é que a anvisa, no exercício de sua atividade regulatória e atendendo aos reclamos da sociedade, editou a resolução – rdC nº26 de 2 de julho de 2015, em vigor, que estabelece os requisitos para rotulagem dos principais alimentos causadores de alergias alimentares, listando em um anexo dezessete alimentos, como por exemplo, trigo, peixes, ovos e amendoim, cuja presença agora deve, obrigatoriamente, ser declarada no rótulo. a resolução rdC nº 26 da anvisa prescreve ainda que as declarações devem utilizar-se dos nomes comuns dos alimentos, e não os

Editora B2B

21/08/2016 19:38:12


em que são servidos, por exemplo, em bares e restaurantes. Vale ressaltar que a resolução rdC nº26 disciplina a rotulagem de produtos alimentares que contenham componentes alergênicos e não aqueles que contenham ingredientes que causam intolerância alimentar ou doença celíaca. Segundo informações da anvisa, veiculadas em seu site, há outras ações regulatórias em andamento voltadas à prevenção de intolerâncias alimentares e outras doenças, e a Lei 10.674/2003 que obriga os produtos alimentícios a informarem a presença de glúten, como medida preventiva e de controle da doença celíaca. trata-se de regulações distintas que visam prevenir reações adversas diferentes. É imperioso ressaltar que a inobservância dos termos da resolução – rdC nº 26 da anvisa acarretará aos infratores sanções de natureza civil, penal e administrativa, tais como as penas de advertência, apreensão, inutilização, cancelamento do registro e multa, estas previstas pelas Lei 6.437/77, que trata das infrações à legislação sanitária federal. Vale ressaltar, ainda, que a informação inadequada ou insuficiente, o denominado defeito de informação, configura defeito do produto, passível de indenização ao consumidor. No nosso modo de ver, a resolução rdC nº 26 da anvisa dá mais um passo em favor do consumidor, garantindo-lhe o acesso às informações essenciais sobre a composição dos alimentos e bebidas, a avaliação dos riscos e benefícios do consumo dos diversos produtos disponíveis no mercado, também propiciando ao consumidor o exercício do direito à livre escolha e proteção à saúde alimentar.

*Luciana Zioli é sócia do Loureiro Filho Sociedade de Advogados, graduada pelas Faculdades Metropolitanas Unidas – UniFMU.

Foto: Divulgação

Foto: IStock

nomes técnicos ou científicos, prevendo que as advertências devem estar agrupadas após ou abaixo da lista de ingredientes e não dispostas em locais encobertos, removíveis pela altura do lacre ou de difícil visualização, de modo a garantir com isso a legibilidade e compreensão das informações constantes da embalagem. Estas exigências legais aplicam-se para a rotulagem de alimentos e bebidas, aditivos alimentares coadjuvantes de tecnologia embalados na ausência dos consumidores, inclusive aqueles destinados apenas ao processamento industrial e aos serviços de alimentação. Não estão sujeitos às normas dispostas pela resolução da anvisa os alimentos embalados nos pontos de venda a pedido do consumidor, por exemplo, pizzas por encomenda, os alimentos comercializados sem embalagens, como frutas e verduras compradas em feiras livres a granel, ou alimentos que sejam preparados no próprio estabelecimento

Vaivém do mercado

BEMIS ANUNCIA NOVO DIRETOR DE MARKETING PARA A AMÉRICA LATINA A Bemis, uma das maiores fabricantes de embalagens do mundo, contratou o profissional Luiz Henrique Duarte para assumir a diretoria de marketing e novos negócios da companhia no Brasil. O executivo será responsável por liderar toda a equipe de marketing estratégico da empresa na América Latina. Com mais de 25 anos de experiência, Duarte trabalhou anteriormente em empresas como Rhodia, Basf e sua última passagem foi na 3M, onde permaneceu por quase 20 anos. O executivo é formado em Engenharia Química pela Unicamp, possui MBA em marketing pela ESPM e é Black Belt em Six Sigma, ferramenta reconhecida internacionalmente para identificar e implementar melhorias nos processos internos de uma empresa. Duarte liderará uma equipe com atuação em diferentes mercados e linhas de produtos no Brasil e no México, desenvolvimento de novos negócios nos demais países da América Latina, Business Intelligence e comunicação externa. “Atuarei juntamente com o time de marketing estratégico na busca de soluções inovadoras e práticas para o mercado de embalagens plásticas flexíveis e rígidas”, afirma o novo diretor de marketing.

Editora B2B

218_Leis.indd 19

19

21/08/2016 19:38:27


atualidades

Foto: Divulgação

Mais Modernas e atrativas

A Milani investiu na reestruturação de suas embalagens, a começar pela linha de pães Slim. Agora, mais modernas e atrativas nas gôndolas, as embalagens destacam-se pela transparência na abordagem dos ingredientes que compõem as receitas, bem como na revitalização da marca Slim, que apresenta texturas personalizadas. A cartela de cores escolhida para o projeto harmoniza o produto com os conceitos de leveza e saudabilidade que a linha oferece. Ícones ilustrativos e o SAC estilizado completam o design do verso. O design é assinado pela OBAH Design, e o fornecedor da embalagem é a Inplasul.

Foto: Divulgação

sofisticação e personalidade à linha

20

As novas embalagens da linha Natura Chronos foram inspiradas em dois territórios da cosmética que melhor traduzem o conceito do relançamento da marca. Do território de dermocosméticos, a marca trouxe a cor branca para as embalagens e para a rotulagem, com elementos gráficos que remetem à tecnologia e com sua textura que convida ao toque. A cor cobre e o âmbar resgatam o território terapêutico da marca, presente desde sua criação. O hot-stamping e a diagramação conferem sofisticação e personalidade à linha. Para o projeto de relançamento de Chronos, o Núcleo de Design Natura trabalhou em co-criação com duas agências. Os potes e o sistema de refilagem de Chronos foram concebidos em parceria com a agência Chelles & Hayashi Design e o design gráfico de toda linha foi criado junto com a agência Pharus Design. Todas as embalagens foram desenvolvidas considerando as diretrizes de ecodesign (material, desmontagem dos componentes, processo produtivo, manufatura, etc.) e alinhadas às Diretrizes de Design Natura. Por isso, a nova linha traz uma redução no impacto ambiental de 15% na emissão relativa de CO2 comparado à linha atual. O destaque vai para o conjunto Antissinais que contribui com a redução do peso da embalagem e aumento de volumetria de 10g em relação à linha anterior, rendendo 20 aplicações a mais. Os fornecedores e parceiros para as novas embalagens da linha Chronos são: Antissinais – pote de vidro da SGD, tampa de PCTA da Albea, caneca e cascaseal de PP da Plastamp e espátula de PP da Aptar; Elixir – frasco de vidro da Wheaton, conta-gotas de diversos materiais da Albea; Sérum - frasco de vidro da SGD, tampa de PCTA da Aptar, válvula da Aptar, e caneta da Albea. Os rótulos de BOPP são fornecidos pela Prakolar e os cartuchos de cartão Supremo pela Box Print.

Editora B2B

Pack_218_Atualidades.indd 20

21/08/2016 19:38:35


atualidades

Rebeca Chamma foi uma das primeiras chefs mirins a fazer sucesso na mídia. É presença frequente em programas de TV e, aos 13 anos, já publicou três livros de culinária voltados ao público infanto-juvenil. Desse prestígio, nasceu a oportunidade de lançar a linha de pratos prontos Rebeca Chamma Kids. O design das embalagens foi pensado para estabelecer clara diferenciação em relação aos produtos de grandes indústrias, cujas embalagens têm fortes apelos visuais. Tais apelos, entretanto, deixam transparecer a presença de muitos ingredientes artificiais, característica que a linha da Rebeca não possui. O branco predomina no layout, e o colorido fica por conta da estampa, com ícones do universo kids, das cores marcantes das louças e das próprias cores dos alimentos. A diagramação é clean, sem efeitos gráficos, e as fotos não são excessivamente manipuladas. Este visual confiável traduz bem o posicionamento da marca no mercado: alimentação com sabor e qualidade nutricional para crianças de 5 a 12 anos. O design é assinado pelo Estúdio Ricardo Mayer. Os cartuchos são fornecidos pela Dublegraf, e as bandejas próprias para forno de micro-ondas são produzidas pela Delpak.

Mais praticidade e saBor A Bemis, uma das maiores fabricantes de embalagens do mundo, reformulou as embalagens da PremieR Gatos, fabricados pela PremieR pet, empresa especialista em alimentos de alta qualidade para cães e gatos. Antes produzidas em cartucho com um bag dentro, agora as versões de 500g e 1,5 kg chegam ao mercado em embalagem flexível de PET e PE, que utiliza uma estrutura trilaminada com matérias-primas metalizadas, que garantem um aspecto visual diferenciado, além de incrementarem a barreira à luz e ao oxigênio. As novas embalagens têm sistema Easy Open, com corte a laser que facilita a abertura, e sistema “abre e fecha”, que permite maior conservação do sabor, do aroma e da crocância do alimento. Outro benefício é a manutenção adequada do produto na própria embalagem. “A PremieR pet nos trouxe o desafio de melhorar a praticidade do manuseio e manter a segurança dos alimentos para, então, desenvolvermos juntos a nova embalagem de PremieR Gatos”, afirma Marcus Vinícius Correa, gerente de produto da Bemis. “A PremieR pet buscou, por meio da tecnologia da embalagem e de investimentos no seu parque fabril, proporcionar maior conveniência ao consumidor na abertura da embalagem e maior qualidade ao produto após a embalagem estar aberta, através da inclusão do ziper”, explica Marcos R. de Oliveira, diretor de suprimentos da PremieR Pet.

Fotos: Divulgação

Foto: Divulgação

ícones do universo Kids

Editora B2B

Pack_218_Atualidades.indd 21

21

21/08/2016 19:38:47


atualidades

inspirado na Mitologia indígena

cerveja artesanal aposta

Foto: Divulgação

22

Foto: Divulgação

A cervejaria artesanal mais ousada de São Paulo agora também tem cerveja em lata fornecida pela DaLata. Cat in The Box, como foi batizada pela Urbana, é uma legítima Imperial Stout, pretíssima, com notas de cacau e 11% de teor alcoólico. Especialista em provocações, a cervejaria Urbana quer provar que a lata de alumínio é sim uma boa ideia para o envase de cervejas artesanais. “Sabemos que nosso consumidor busca qualidade, e nós queremos oferecer isso em diversos formatos. A lata de alumínio é bacana porque, além de impedir a oxidação, também protege a bebida da luz”, explica André Cancegliero, da Urbana. Com direito a gato preto e ilustrações psicodélicas na embalagem, a Cat In the Box é a mais mística da família Urbana, e, assim como os demais rótulos da empresa, foi desenvolvida para ser atraente por dentro e por fora.

Foto: Divulgação

na lata

Um design imponente e vidro extra branco de altíssima qualidade são as principais características da mais nova embalagem do perfume Amaú, desenvolvida pela Premier Pack. Inspirada na mitologia indígena, a deo colônia da Avatim homenageia Amaú, tida como a primeira mulher representada na mitologia guarani. O frasco é robusto em formato de prisma quadrangular, com base espessa que evidencia a incrível transparência do vidro. Este formato proporciona uma pegada mais confortável por conta das arestas arredondadas. A empresa participou também da decoração da embalagem, feita de serigrafia e pintura em degradê translúcido, que deram ao frasco transparência, frescor e naturalidade com tons de verde. “Para nós da Premier Pack, o projeto Amaú foi desafiador e muito gratificante, pois a Avatim queria algo premium e sofisticado para uma colônia especial desenvolvida para mulheres e, em curto prazo, conseguimos a solução completa com o vidro e a decoração delicada”, conta Marcelo Falcão, presidente da Premier Pack. Segundo Rodrigo Quadros, gerente de marketing da Avatim, a embalagem agradou bastante aos consumidores e a empresa ficou muito satisfeita com o resultado da pintura. “Existe, em toda empresa, uma preocupação fundamental para que o produto chegue ao mercado com o máximo padrão de qualidade, desde o design até o acabamento da pintura, e com a Deo Colônia Amaú não foi diferente”, conta Quadros. O novo perfume Amaú da Avatim já está disponível em todo o Brasil.

Editora B2B

Pack_218_Atualidades.indd 22

21/08/2016 19:38:51


atualidades

Fotos: Divulgação

posicionaMento saudável

A nova linha de bebidas prontas para beber Nesfit foi desenvolvida buscando passar toda saudabilidade do produto à base de arroz e explorar a combinação de sabores diferentes. O uso de branco predominante reforça o posicionamento saudável da marca e as fotos trazem todo appetite do produto. A diferenciação entre os sabores fica por conta da cor da silhueta da marca, que varia de acordo com o sabor, ajudando a criar uma linha no ponto de venda. O conceito foi desenvolvido internamente pelo time de design da Nestlé e posteriormente em conjunto com a agência FutureBrand.

cores vivas e atrativas

Fotos: Divulgação

O sabor da Grécia chegou ao caramelo preferido dos brasileiros. A Arcor do Brasil, empresa de alimentos e uma das líderes nas categorias de Chocolates, Guloseimas e Biscoitos do país, apresenta a linha Butter Toffees Grego com duas opções de sabor: iogurte frutas vermelhas e iogurte tradicional. As embalagens estão disponíveis em versões de 130g sortido e 600g. Possuem cores vivas e atrativas, que se destacam no PDV e remetem aos sabores desenvolvidos. As letras em estilo grego traduzem o conceito da nova linha. O conceito criativo foi baseado na indulgência do sabor e para frutas vermelhas, também tem o plus das caldas que se unem e formam um duplo sabor e dupla cor. O design é da C-Borg.

Editora B2B

Pack_218_Atualidades.indd 23

23

21/08/2016 19:38:58


vanguarda

Empresa apresenta revestimento decorativo com efeitos únicos, o qual, além de mais sustentável ambiental e economicamente, promete mudar várias embalagens

Foto: Divulgação

CAST & CURE® QUEBRA PARADIGMAS COM NOVO PROCESSO DE DECORAÇÃO

AssuntA nApolitAno CAmilo*

O

processo Cast & Cure® é um revestimento decorativo que integra “aplicação num molde” e “cura” (UV ou EB) para formar uma superfície, o que pode conferir um efeito de alto brilho ou mate e acabamentos holográficos em uma variedade de substratos. o sistema pode ser integrado aos processos de impressão flexográfico, rotogravura ou off set. É uma tecnologia que produz microestruturas (hologramas) sem laminação, a partir de Cast (molde) & Cure (cura) de um verniz, para criar uma imagem holográfica ou uma microestrutura sobre um substrato. Há possibilidade de aplicar sobre o impresso total, ou com reserva (spot) em registro.

Esquema ilustrativo do processo

o processo pode ser incorporado in line ou off line em diferentes sistemas, como: 1) impressão em banda estreita (bobina a bobina), como etiquetas (sleeves) termoencolhíveis ou in mold label. Para esses equipamentos, pode-se aplicar o Cast & Cure® utilizando as unidades de Cold Foil das impressoras;

2) impressão em folhas como cartuchos e materiais promocionais. Neste caso, há necessidade de um equipamento de aplicação especial; 3) impressão banda larga (bobina a bobina), como embalagens flexíveis e sacolas. Neste caso, também é preciso um equipamento de aplicação especial, porém pode ser incorporado numa laminadora através de um cilindro a mais. No entanto, sugere-se a análise de cada caso. além das funções decorativas, pode ser utilizada como barreira antifalsificação. inclusive é possível imprimir marcas personalizadas de segurança ou diferenciação (logos). É considerado um processo melhor no que se refere ao meio ambiente, à medida que facilita a reciclagem e elimina filmes metalizados laminados utilizados em processos tradicionais holográficos. Economicamente também é melhor, pois a matriz (molde) pode ser reutilizada mais de cinco vezes, tornando o custo final muito menor do que o de outros processos. trata-se, portanto, de uma demonstração de que sempre é possível inovar usando a tecnologia a favor e, assim, podemos ter embalagens mais seguras, mais bonitas e melhores para o meio ambiente.

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da obra Better Packaging. Better World.

24

Editora B2B

218_vanguarda.indd 24

21/08/2016 19:39:32


25 HENKEL.indd 25

24/08/2016 19:08:58


informe publicitário | henkel

Henkel lança tecnologia

adesiva para garantir embalagens mais seguras para alimentos A nova linha LOCTITE LIOFOL é fabricada no Brasil para laminação de embalagens flexíveis

Fotos: Divulgação

A

26

Henkel, fornecedora líder global em soluções de adesivos, selantes e tratamento de superfícies, lança a linha LOCTITE LIOFOL para embalagens flexíveis, desenvolvida para a indústria de alimentos e bebidas. Os novos produtos garantem mais força de adesão, produtividade e atendem as mais rígidas regras de segurança alimentar de órgãos nacionais e internacionais como Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), FDA e EFSA, empresas reguladoras de alimentos e medicamentos nos Estados Unidos e na Europa, respectivamente.

oferecemos um amplo portfolio para satisfazer a demanda da indústria de embalagens flexíveis, com produtos confiáveis, de alta tecnologia, e além disso, com suporte técnico especializado”, afirma Andre Baron, Head da área de Adesivos Industriais da Henkel para Brasil, Argentina e Chile.

Fabricadas em Jundiaí, interior de São Paulo, as soluções adesivas da nova linha têm foco principal na questão da segurança alimentar. Os produtos estão em conformidade com as principais regulamentações para fabricação de embalagens flexíveis do mundo: americana (FDA CFR 21 §175.105); Mercosul (GMC 03/92, 27/99, 24/04, 32/07,02/12) e brasileira (RDC 91/01, 105/99, 17/08 e 56/12).

As novas tecnologias permitem diminuir o tempo de produção, sem perder o desempenho. Para melhor produtividade, a linha também oferece sistemas modulares versáteis para as mais diversas aplicações e requerimentos técnicos, além de proporcionar redução de complexidade de estoque.

“A Henkel antecipa-se às tendências de mercado e traz aos clientes soluções sustentáveis e inovadoras. Estamos cientes da necessidade de nossos clientes e com a nova linha de produtos LOCTITE LIOFOL

EDITORA B2B

218 Thermofisher.indd 26

21/08/2016 19:44:30


informe publicitário | henkel

LOCTITE LIOFOL LA 7791 / LOCTITE LIOFOL LA 6145 - AdEsIvO sOLvEnTLEss dE bAIxA vIsCOsIdAdE Sistema de baixa viscosidade com excelentes resultados óticos em substratos críticos; Velocidade de laminação de até 450m/min sem formação de névoa; Pot Life estendido (30min); Rápido decaimento de amina aromática primária em laminações flexíveis; Cura mais rápida; Livre de PPC, TPP e TEP; Sistema modular para múltiplas aplicações; O endurecedor LOCTITE LIOFOL 6145 apresenta menor emissão de carbono durante seu processo de fabricação, quando comparados com endurecedores de base sintética.

Foto: Divulgação

LOCTITE LIOFOL LA 3821 / LOCTITE LIOFOL LA 6201 - AdEsIvO bAsE sOLvEnTE COm ALTO TEOr dE sóLIdOs Alto teor de sólidos no fornecimento e na aplicação quando comparado com os sistemas convencionais; Redução nos custos no processo produtivo e logístico; Menor desperdício de adesivo, em função do pot life mais longo; Redução do tempo de processo graças às altas velocidades de laminação e baixo tempo de cura; Cura mais rápida dos laminados até mesmo no inverno; Alta performance em filmes de PE contendo grandes quantidades de agentes deslizantes; Rápido decaimento de amina aromática primária (< 2 ppb em quatro dias); Livre de TPP, TEP, anidrido ftálico e NPG; Sistema modular para múltiplas aplicações.

Foto: Divulgação

Saiba mais sobre as principais soluções LOCTITE LIOFOL para embalagens flexíveis:

LOCTITE LIOFOL LA 7599 - AdEsIvO sOLvEnTLEss mOnOCOmpOnEnTE pArA múLTIpLAs ApLICAçõEs Evolução de força de adesão e cura muito rápidas, reduzindo o tempo de corte; Excelente resistência térmica após a cura; Não necessita de alta temperatura de aplicação; Livre de ésteres cíclicos, PPC, TEP e TPP. sObrE A HEnkEL A Henkel opera no mundo todo com marcas e tecnologias líderes em três áreas de negócios: Adhesive Technologies, Beauty Care e Laundry & Home Care. Fundada em 1876, a Henkel mantém posições globais de liderança no mercado, tanto no setor de consumo quanto industrial, com marcas conhecidas, como Persil, Schwarzkopf e Loctite. A Henkel emprega quase 50 mil pessoas e declarou vendas de € 18,1 bilhões e lucro operacional ajustado de € 2,9 bilhões no ano fiscal de 2015. As ações preferenciais da Henkel estão listadas no índice DAX da bolsa de valores alemã. Para mais informação sobre a companhia, acesse www.henkel.com

sObrE A HEnkEL brAsIL A Henkel está no Brasil há 60 anos e atua nas áreas de Adesivos, Selantes e Tratamento de Superfícies e Beauty Care, com principais marcas como Cascola, Loctite, Pritt e Schwarzkopf Professional. A Henkel Brasil conta com mais de 900 profissionais distribuídos nas plantas de Diadema, Itapevi e Jundiaí, além de um escritório central na Lapa e uma ASK Academy localizada na Avenida Paulista, em São Paulo.

EDITORA B2B

218 Thermofisher.indd 27

27

21/08/2016 19:44:35


especialde matéria | FCE capaPharma | rótulos e FCE Cosmetique

Layout clean e comunicação clara

SOLUÇÕES SOFISTICADAS PARA PRODUTOS SIMPLES 28

Editora B2B

218 Materia de Capa Rotulos.indd 28

21/08/2016 22:59:06


Fotos: Divulgação

matéria de capa | rótulos

Quando o consumidor caminha pelos corredores dos supermercados e passa pelo seu produto, o que ele vê? O seu rótulo parece novo e atraente? O sleeve segue popular e o autoadesivo está se reinventando

A

s mudanças econômicas, sociais, demográficas e o novo estilo de vida das pessoas devem impulsionar o crescimento do mercado de rótulos a uma taxa de 5,4% ao ano durante o período de 2016 até 2021, movimentando US$ 44,8 bilhões, de acordo com um estudo da Smithers Pira. o foco dos donos de marcas vai se voltar para a redução do uso de recursos e a adoção de embalagens mais sustentáveis e também para a demanda dos consumidores por produtos alimentícios que ofereçam conveniência e a crescente presença de grandes redes de varejo. a demanda do mercado de rótulos também será conduzida pelo custo relativamente baixo com o qual a rotulagem por ser substituída ou alterada e a contínua necessidade de código de barras e outras aplicações em embalagens secundárias que suportem problemas de conformidade com relação à segurança alimentar e farmacêutica.

Editora B2B

218 Materia de Capa Rotulos.indd 29

29

21/08/2016 22:59:09


a indústria de bebidas continua dominando o consumo de rótulos. as bebidas alcóolicas são o principal mercado de rótulos e devem responder por 27,5% do consumo global de rótulos em 2016. o crescimento do mercado de bebidas alcóolicas é suportado pelas indústrias hoteleiras e de turismo que estão em expansão nas grandes cidades. além disso, outros fatores, como a influência da cultura ocidental em jovens de economias emergentes e o aumento da renda disponível entre a crescente classe média na Ásia são apontados como gatilhos desse horizonte promissor. as perspectivas para o crescimento do mercado de rótulo serão influenciadas negativamente por uma expectativa de crescimento econômico global moderado ao longo do período de previsão. as economias emergentes e em desenvolvimento deverão crescer o dobro da taxa dos países avançados e oferecem as melhores oportunidades para o crescimento do negócio de rótulos. Segundo dan rogers, chefe da publicação da Smithers Pira, as embalagens sustentáveis e a rotulagem estão cada vez mais ganhando popularidade por causa do foco crescente dos donos de marca na pegada de carbono e na análise do impacto do ciclo de vida. redes de varejo e donos de marca estão reagindo ao crescente interesse dos consumidores preocupados com o esgotamento dos recursos fósseis e a mudança climática,

30

tomando iniciativas para avaliar as embalagens e rótulos usados pelos seus fornecedores em termos de redução na fonte, ecoamigável, e redução de custos.

Foto: Divulgação

especialde matéria | FCE capaPharma | rótulos e FCE Cosmetique

a tendência crescente da sustentabilidade na embalagem e na rotulagem significa que os sistemas de rotulagem linerless estão mais populares, uma vez que eliminam a necessidade de liners não-recicláveis, e a ausência de material de revestimento permite que as alterações na bobina sejam mais rápidas e mais fáceis. a tecnologia linerless também fornece rótulos coloridos juntamente com a opção de imprimir no verso do rótulo para ações promocionais, cupom e aplicações instrucionais. os rótulos linerless também eliminam o desperdício e reduzem os custos associados com a produção.

Sleeve: viSibilidade na gôndola o rótulo sleeve, mais conhecido como termoencolhível, é hoje bastante utilizado em diferentes segmentos, mas principalmente para decorar embalagens de produtos alimentícios e bebidas. Esse sistema de decoração ganhou popularidade pela sua versatilidade para decorar diferentes e complexos formatos de embalagens e também porque agrega valor ao produto e destaca a marca no ponto de venda. a CrS Brands se rendeu ao rótulo sleeve para a decoração das garrafas de suas bebidas em 2011. “Escolhemos este tipo de rótulo por oferecer uma proposta diferente, e, ao mesmo

Sidra Cereser: Edição especial para presentear no final de ano: sleeve agrega sofisticação para a embalagem

tempo, facilidade na produção”, explica Edgar Galbiatti, gerente de marketing da CrS Brands. a edição especial da Sidra Cereser, bebida-símbolo dos brasileiros nas festas de final de ano, ganhou uma versão sofisticada para celebrar as comemorações de 2016, na qual, mais uma vez, o rótulo sleeve é a roupagem escolhida. “o nosso principal objetivo era encontrar um rótulo que atendesse a proposta da edição especial da Sidra Cereser, de ser uma opção

Editora B2B

218 Materia de Capa Rotulos.indd 30

21/08/2016 22:59:10


matéria de capa | rótulos

a marca já utilizou o rótulo termoencolhível em uma primeira edição especial há alguns anos, e este sistema de decoração está presente em toda a linha Cereser times, licenciada pelos clubes de futebol brasileiro.

Foto: Divulgação

No segmento de alimentos, a embalagem da versão Shake de toddy é decorada com rótulo termoencolhível. Mariana Piovesani, gerente de marketing de toddy, explica a escolha

RÓTULO AUTOADESIVO INOVADOR PARA FRUTAS E LEGUMES

Novo rótulo para frutas e vegetais respeita as propriedades organolépticas

Foto: Divulgação

de presente para o final do ano. avaliamos diversas alternativas existentes em termos de soluções e o que ofereceu o melhor conjunto abrangendo a diferenciação, o custo e a versatilidade foi o rótulo termoencolhível”, revela o executivo. a previsão inicial, segundo ele, é a produção de 350 mil garrafas.

E

m resposta à demanda pela garantia de segurança alimentar, a Irplast desenvolveu um inovador rótulo autoadesivo para contato com alimentos. A nova solução foi criada para atender uma demanda específica do mercado de frutas e vegetais que requerem segurança e funcionalidade para rotular e embalar porções específicas dos produtos. O produto representa uma revolução real para rótulos na indústria de alimentos: um sistema que não somente é capaz de rotular e agrupar alimentos, mas também promove a marca do fabricante e a informação do produto, transformando-o em um meio de comunicação. O rótulo para contato com alimentos é uma alternativa ideal não somente para cintas e elásticos, mas também para bandejas e embalagens transparentes, preservando as propriedades organolépticas dos alimentos, além de reduzir consideravelmente o volume de embalagens secundárias. A análise cuidadosa da Irplast para a segurança do consumidor é a base deste projeto que levou a empresa, em 2015, a adotar a norma BRC/IOP (British Retail Consortium) também para o processo de produção de rótulos para embalagens. A pesquisa envolveu importantes fabricantes de tinta (INX e Sun Chemical) e produtores de adesivos (Henkel), que apoiaram a Irplast na escolha das matérias-primas adequadas para este tipo de aplicação, especialmente quanto ao cumprimento de contato com alimentos. As tintas usadas para o desenvolvimento do rótulo para contato com alimentos foram formuladas de acordo com a lista de Exclusão EuPIA CEPE e o adesivo foi produzido exclusivamente com matérias-primas inclusas na recomendação XIV BfR. A produção do rótulo para contato com alimentos é realizada de acordo com o regulamento do Parlamento Europeu e do Conselho de Segurança Alimentar 2023/2006 sobre o processo de fabricação adequada de materiais e itens destinados a entrar em contato direto com produtos alimentícios. A nova solução foi declarada apta para contato direto com frutas e legumes com casca, depois de uma análise minuciosa realizada pelo laboratório italiano CSI s.p.A, de Bollate, Milão.

Rótulo termoencolhível permite um design moderno ao produto no ponto de venda

Eles demonstraram a ausência de qualquer tipo de contaminação ou alteração organoléptica do rótulo para o alimento. Do ponto de vista técnico, o rótulo pode ser utilizado em vários tipos de frutas e legumes sem deixar nenhum resíduo quando removido. “Estamos lidando com um elemento inovador para o mercado de frutas e legumes, especialmente em termos de aumento da funcionalidade e os benefícios ambientais significativos , graças à diminuição da embalagem secundária”, explica Luca de Bartolo , diretor de operações da Irplast . “Após este novo projeto, a Irplast planeja continuar a prestar apoio aos seus clientes, projetando soluções mais eficientes e especializadas para apoiar projetos empresariais que melhorem a riqueza coletiva.”

Editora B2B

218 Materia de Capa Rotulos.indd 31

31

21/08/2016 22:59:16


especialde matéria | FCE capaPharma | rótulos e FCE Cosmetique deste sistema de rotulagem para o produto. “o rótulo termoencolhível na garrafa, que vai desde a base até o pescoço dela, nos permite explorar bem o espaço para comunicar o produto, resultando em um design moderno que chama a atenção no ponto de venda”, explica. o rótulo é produzido em GPEt pela Fuji Seal México. o conceito gráfico segue a nova identidade visual da linha toddy achocolatado em pó: pequenas modernizações na logomarca, textura para o fundo amarelo - color code de toddy - e mais dinamismo para as vacas, personagens mascote da marca, buscando um design alegre, irreverente e chamativo alinhado com o que públicoalvo, os adolescentes, procura. E pensando especificamente em toddy Shake, a marca queria trazer por meio do splash de chocolate as características deste produto quando agitado, um achocolatado cremoso e com espuma, uma versão conveniente do toddy batido no liquidificador. o layout do rótulo é assinado pela Narita design.

RótuloS claRoS rótulos claros não significam etiquetas fisicamente transparentes. a tendência de rotulagem clara significa simplificar a lista de ingredientes e a total transparência para que o consumidor saiba o que está comprando. isto é especialmente importante para a indústria de alimentos, bebidas e produtos

32

para cuidados pessoais. de olho nessa tendência, a Friboi, que passou por um importante processo de reestruturação de marca, teve um cuidado especial na reformulação dos rótulos que já estavam no mercado, bem como na criação das novas marcas. Hoje, o portfolio da Friboi inclui, além das já reconhecidas carnes do dia a dia, a marca reserva Friboi, Maturatta Friboi, do Chef Friboi e angus Friboi. Maria Eugênia rocha, gerente executiva de marketing da JBS Carnes, explica como foi este processo. “Precisávamos então criar uma identidade visual muito específica para cada uma das marcas e fazer com que os rótulos refletissem para o consumidor final a proposta de valor e a diferenciação dos produtos, tornando assim o momento da compra muito mais fácil e até prazeroso para ele.” os novos rótulos Friboi sofreram alterações sutis, mas que realmente fizeram a diferença. “a embalagem como um todo ficou mais clean e com linhas que trazem leveza ao visual. Um ponto curioso é que as pessoas que aparecem nos nossos rótulos são realmente funcionários da empresa”, diz. os rótulos de reserva Friboi, marca criada para quem busca uma carne selecionada e com cortes diferenciados, trazem jovialidade para as embalagens dessa linha mais selecionada. os cortes oferecidos já são prontos para o preparo e perfeitos para quem quer praticidade

e modernidade. a marca Maturatta Friboi, indicada exclusivamente para churrasco, tem rótulos com cores quentes, com a imagem de uma carne sendo preparada na churrasqueira. a do Chef Friboi, produtos destinados ao mercado de food service, tem embalagens maiores, pensadas com design mais clean. E, por fim, a angus Friboi, que oferece cortes certificados pela associação angus, que garante uma maciez única para os momentos mais que especiais, tem a sua importância refletida em uma embalagem preta com detalhes dourados. o papel utilizado possui linhas verticais em alto relevo. o trabalho foi desenvolvido pela SoNNE, que definiu e o implementou em conjunto com as equipes de negócios e de marketing da JBS. “Eles desenvolveram um extenso projeto de pesquisas de mercado, análise da concorrência, tendências e necessidades não atendidas para, então, construir a definição do posicionamento mercadológico, linguagem, embalagens e proposta de valor, estrategicamente dispostas em uma nova arquitetura para atingir o máximo desempenho no mercado junto a cada um dos públicos de interesse da empresa”, revela Maria Eugênia. os rótulos são produzidos por quatro fornecedores. a marca Friboi é impressa pela Flex Coat, reserva Friboi e Maturatta Friboi pela rhoss Print, do Chef Friboi pela rall Print e angus pela CCL Label.

Editora B2B

218 Materia de Capa Rotulos.indd 32

21/08/2016 22:59:18


33 EMBALA NORDESTE.indd 33

21/08/2016 21:41:40


especial | drupa FCE Pharma e FCE Cosmetique

Estande-conceito TouchPoint Packaging

TOCANDO O FUTURO Este ano, a Drupa - feira mais importante do setor de papel e impressão -, ocupou uma área de 157 mil m² e reuniu 1837 empresas de 54 países (1306 estrangeiras e 531 da Alemanha). Em onze dias, o evento mostrou as novidades e o futuro da impressão

*AssuntA nApolitAno CAmilo e Antonio AndrAde

O

mercado global de impressão vem evoluindo a olhos vistos. Em 2008, este negócio movimentou 438 bilhões de euros, saltando para 407 bilhões de euros, em 2010. a previsão para 2020 é chegar a 420 bilhões de euros, com o segmento de embalagem respondendo por 141 bilhões de euros. Não à toa, o packaging foi o tema mais importante da drupa 2016, mercado que cresce 3,3 % ao ano e deve atingir US$ 985 bilhões em 2018. o segundo tema destaque da feira foi o da impressão 3d. o potencial da tecnologia de manufatura aditiva deve ser considerado para vários mercados.

34

a impressão digital (geral) deve atingir 14% de market share até 2017. durante as entrevistas pré-feira, os visitantes revelaram que tinham em mente três planos de investimentos: impressão (53%); acabamento (50%) e Pré-impressão (38%).

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 34

22/08/2016 19:22:24


Foto: Divulgação

especial | drupa

embalagem nunca antes vista na feira. Criaram vários espaços, como o Parc innovation, que reuniu 130 expositores, o laboratório3d Fabs e a série de conferências drupa Cube.

incluindo insumos, manutenção preventiva, é a integração que faltava entre fornecedores e fabricantes de embalagens. Esta tecnologia deve alavancar muito a indústria.

além desses espaços, a feira contou com vários estandes-conceitos, como o “touchPoint Packaging”, o hot spot da embalagem com 24 expositores, entre eles, o instituto de Embalagens, que realizou palestra sobre as oportunidades para a indústria gráfica no mercado de embalagens, com a participação de muitos visitantes. Na ocasião, a entidade também lançou os dois novos livros da coleção “Better Packaging Better World”, o livro Embalagens Flexíveis e o de Embalagens Papel cartão, ambos bilíngues, português-inglês.

Conversão de embalagens flexíveis

Entre os expositores, é notável a presença cada vez maior de empresas chinesas, que, nessa edição, apresentaram máquinas de grande porte e de aparente qualidade; além da presença de muitos visitantes indianos na drupa 2016. Mercados que devem ser acompanhados!

Considerando os investimentos em tecnologia de impressão de embalagem, as intenções foram: Flexo (30%); off-set plana (26%) e corte digital (17%). as tendências para o mercado de embalagem apontam para lotes cada vez menores; necessidade de mock ups e amostras rápidas e frequentes; variedade de substratos; crescimento maior das embalagens flexíveis por conveniência (mobilidade), custo e sustentabilidade; integração da embalagem com a internet das coisas by Qr Code; Mais customização (Nutella, MyMuesli; ritter Sport Chocolate). a embalagem é uma das últimas mídias impressas que atraem a atenção do consumidor. Por isso, os organizadores e expositores da drupa 2016 dedicaram uma importância ao mercado de

a consolidação e a cooperação entre empresas também puderam ser vistas na feira. alguns exemplos: Heidelberg + Gallus + Masterwork; HP + Kama + tresu; Bobst + Gidue; KBa + Xerox + Flexotecnica; dow + Nordmec canica; Flint + Xeikon; Landa+ Komori; duPont + Esko; EFi + vários. a drupa 2016 mostrou que os fabricantes de matéria-prima igesund, Metsa, Sappi, Stora Enso e aluminium Foil - estão investindo em novas aplicações. a Pro Carton (associação que reúne grandes fabricantes de papel cartão e embalagens) também tem investido em estudantes ao oferecer cursos e concursos para promover novas aplicações para embalagens de papelcartão. o “digital Networking” de máquinas e sistemas, ou seja, o monitoramento e as transferências de arquivos e diagnósticos in cloud,

o Grupo Landa™ apresentou a nova impressora para embalagens flexíveis Landa W10 Nanographic. Com uma largura de 01m (41 polegadas), imprime até oito cores a uma velocidade de 200 m/ min sobre filmes para embalagens flexíveis, como plástico, papel, papel cartão e alumínio. “Quatorze anos de pesquisa em nanotecnologia nos permitiu fazer grandes avanços na qualidade, velocidade e no custo de impressão para embalagens flexíveis”, disse Benny Landa, presidente do Grupo Landa. a Comexi apostou na automação do processo de impressão da embalagem flexível ao lançar a impressora flexográfica F1, de alta velocidade, e para grandes formatos. Mostrou ainda um novo sistema de automatização para sua já reconhecida impressora Ci8 offset e exibiu um novo corpo impressor para impressão em rotogravura que permitirá trabalhos em alta qualidade. a empresa também exibiu a L20000, uma máquina de laminação à base de água, especialmente concebida para complementar a impressora digital HP indigo 20000. também foi apresentado o Comexi Cloud, uma inovadora ferramenta de gerenciamento da produção, que possibilita controlar e melhorar a eficiência das suas máquinas; redução das perdas; garantia da rastreabilidade e das instalações de conversão. a KBa adquiriu a Flexotecnica, que apresentou a nova impressora NEo Xd da Flexo Lr oito cores, com tinta à base de água para impressão em filme. a máquina é projetada para impressão com

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 35

35

22/08/2016 19:22:31


Foto: Divulgação

especial | drupa

O Grupo Landa™ apresentou a nova impressora para embalagens flexíveis

tintas à base de solvente e à base de água, bem como tinta curada por radiação, tais como UV-LEd e EB. Com comprimentos de 400 mm de impressão e 1,200mm de largura até uma largura máxima de 1650 mm, velocidades máximas de até 500mpm e automação, é adequada para várias aplicações no campo de impressão de embalagens flexíveis. a Bobst apresentou a impressora flexográfica MW 85F para impressão de largura média e pequenas tiragens. tem uma dupla guia superior/inferior para o eixo de impressão e anilox. o conceito MW é sobre a redução de resíduos e tempo durante o setup. M6 é Flexo UV in line que conta com nove cores de impressão flexográfica UV e largura de 670 mm. Para a indústria de embalagens flexíveis, novos desbobinadores non-stop e rebobinadores estão disponíveis em linha com as unidades flexo. também foi introduzida pela Bobst a nova tecnologia de UV-tracktM para a produção de embalagens de alimentos, o que confirma a tecnologia flexográfica UV como um dos processos de impressão mais seguros. a exclusiva tecnologia UV track registra a cura de cada metro de substrato impresso, tornando o flexo UV totalmente compatível com as exigências de segurança de fornecimento de embalagens de alimentos.

36

a rS 6003 é a mais recente impressora de rotogravura da Bobst que oferece uma gama de opções de impressão e conversão, permitindo aos usuários criar configurações dedicadas para atender necessidades específicas de produção. a laminadora CL 750d com túnel de secagem com rolos acionados e alinhados permite a passagem perfeita do material, sem arranhões ou variação de tensão, em todos os tipos de substratos, incluindo películas metalizadas. a tecnologia “Zero resíduos” possibilita um rápido inicio de produção sem a geração de aparas durante o acerto de máquina. o cilindro de aplicação do adesivo garante espessura homogênea, em qualquer velocidade, o que significa uma melhor consistência e qualidade de laminação. a dow e a Nordmeccanica trabalharam juntas para re-imaginar o processo de laminação solventless atual e abordar algumas das suas limitações fundamentais, combinando cura rápida, o que exige um adesivo de ação rápida, com vida útil excelente, além de um adesivo de ação mais lenta. Com o adesivo Symbiex™ e a laminadora duplex SL one Shot™ será possível cortar o laminado em apenas 90 minutos após a laminação em comparação com o padrão atual de 24 horas. outros benefícios incluem: evitar mistura e pot-life com redução de

custos e perdas; redução no tempo de cura e corte do material laminado; aumento na velocidade de laminação para produtos metalizados ou com alumínio; verificação da qualidade de impressão após 30 minutos de laminação. a W&H apresentou a Miraflex C - a nova impressora flexo da família Miraflex – com melhor acessibilidade, ergonomia e sustentabilidade, bem como operação intuitiva. o painel elétrico traseiro e o túnel - a área entre a unidade de impressão e a unidade de rebobinagem - foram redesenhados para tal. a limpeza automática do cilindro de impressão, bem como o sistema de limpeza de tinta e o turboclean advanced E com bombas elétricas para a circulação de tinta livre de pulsação são duas das inovações na nova máquina. o módulo de atendimento visão integrada é a última das inovações da W&H lançadas na feira. a empresa apresentou também a nova geração de máquina de rotogravura dynastar para embalagens flexíveis, especialmente desenvolvida para alta rentabilidade, incluindo pequenas tiragens e impressão ultracurtas de menos de 3000m. além disso, a dynastar oferece um tempo de troca do trabalho que é a metade do tempo de troca atual. a inovação mais importante é o conceito de troca de cilindros com carrinhos de slide-in. o novo conceito oferece a possibilidade de se fazer todos os preparativos para o próximo trabalho de impressão, enquanto a máquina está operando. a substituição é realizada através de inserção lateral. depois de apenas 5 minutos de uma nova ordem de produção, a máquina pode entrar em operação. a indigo 20000 da HP é uma impressora digital com bobinas de 76 cm de largura, qualidade padrão de qualidade próximo a rotogravura, para até sete cores, com a vantagem de não necessitar de setups, utilizar clichês ou cilindros, permitindo a

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 36

22/08/2016 19:22:40


especial | drupa

produção de volumes estratégicos e em tempo e prazos menores. Esse conjunto de atributos entrega para a indústria um novo jeito de comprar embalagens: sem lotes mínimos, possibilitando maior número de lançamentos e de acordo com a velocidade que o mercado demanda, sem inventários ou desperdício de embalagens não utilizadas. a duPont apresentou ao mercado atual configuração do negócio intitulado advanced Printing™, composto por três linhas principais de produto: duPont™Cyrel, duPont™artistri e duPont™izon®. No segmento flexográfico de impressão, destaque para a nova tecnologia de chapa de impressão flexográfica duPont ™ Cyrel® Easy e a mais nova geração de equipamento sem solvente Cyrel® Fast 2000td. Cyrel® Easy simplifica o processo de pré-impressão e gera produtividade e consistência. Estas chapas têm alta performance, oferecendo alta densidade de tinta em chapados e excelentes altas luzes terminando em zero. outro destaque foi o reformulado equipamento Cyrel® Fast 2000td, que traz tecnologia de ponta para revelar uma chapa com melhor qualidade, em um fluxo de trabalho mais fácil e com maior facilidade de manutenção do equipamento. também foi apresentada a calculadora desenvolvida pela duPont para avaliar diversos benefícios da migração entre impressão rotogravura para flexografia no que tange ao aspecto ambiental. outro tema relevante foi a tecnologia de antifalsificação duPont™ izon®, uma película de segurança 3d. Este filme utiliza tecnologia pioneira da duPont™ imagem e permite a integração de características evidentes de antifalsificação diretamente na embalagem do produto ou no rótulo. a Goss international apresentou equipamentos que atendem com qualidade e robustez a perfeita

impressão offset, utilizando a tecnologia da Sunday Vpak™. diante da forte e crescente pressão para cortar custos, reduzir prazos e entregar uma melhor qualidade de impressão, os fabricantes de embalagens têm cada vez mais apreciado as soluções das impressoras rotativas offset da Goss, que são uma alternativa eficaz para as impressoras flexográficas e rotogravuras.

Com mais de 20 anos de experiência e mais de quatro mil instalações em todo o mundo, o status de liderança da aVt é reforçada por um dos maiores grupos de P&d da indústria de inspeção de impressão, bem como parcerias com fornecedores com os nomes proeminentes na impressão, incluindo players digitais chave, tais como HP indigo, Landa e Gallus-Heidelberg.

o foco da BSt Eletromat foi a garantia de qualidade na produção de embalagens, rótulos ou impressão eletrônica, entre outras coisas, e as apresentações contaram com os seguintes segmentos: alinhadores, inspeção 100% da superfície, vídeo inspeção, controle de registro, medição de cor e controle.

a aVt também apresentou o seu Spectralab ii, uma nova geração de espectral in-line na medida para quase todas as aplicações, incluindo transparente, flexível, papel, embalagens, etc. Spectralab ii oferece novo design compacto, avançado de gestão de fluxo de trabalho de cores e melhor correlação de medição in line para off line.

a isra Vision destacou sua gama de produtos que atendem às demandas da indústria de embalagens. o sistema Print Star oferece vantagens para atender a todas as demandas da indústria de embalagens. Graças à inspeção 100%, os sistemas garantem monitoramento contínuo da imagem impressa, com a finalidade de atingir a máxima produtividade, com o mínimo de perdas e devoluções, que são as medidas fundamentais em um ambiente cada vez mais competitivo. o sistema de medição de cor em linha ColorStar garante a mais alta fidelidade de cor; o digiStar para impressão digital e CartonStar para papel ondulado complementam toda a cadeia de inspeção para impressão das embalagens. a aVt estreou na drupa com um conjunto de soluções e tecnologias de última geração, incluindo um novo padrão de qualidade baseado em nuvem (in Cloud) e uma plataforma de automação; soluções digitais de inspeção e controle de soluções; gerenciamento de cores in line; e várias novas plataformas para web e aplicações de embalagem folha a folha.

Com o novo fluxo de trabalho para aplicações em embalagens aVt, os clientes podem controlar a qualidade e detecção de quaisquer defeitos do processo de produção e eliminálos a partir dos rolos em qualquer estação de acabamento. o foco da apex international™ em inovação e parcerias durante a drupa provou ser uma grande mensagem para a indústria, com soluções anilox para aplicações “Fixed palette” que geraram um interesse significativo. a Fujifilm desenvolveu ainda mais a tecnologia utilizada no Jet Press720S para criar uma tecnologia de tinta à base de água capaz de imprimir a jato de tinta em filme de embalagens flexíveis. o sangramento de tinta na inkjet é um problema em substratos não absorventes como os filmes utilizados na embalagem flexível, mas a aplicação da “tecnologia rapic”, criada durante o desenvolvimento dos Jet Press 720S, permite que uma gota de tinta mantenha a sua estabilidade onde foi aplicada e a reprodução da imagem seja clara. a combinação dessas tecnologias com os cabeçotes de alta definição

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 37

37

22/08/2016 19:22:41


especial | drupa

Considerando que a impressão digital conseguiu estabelecer seu valor nas áreas tradicionais da indústria de mídia impressa, a sua adoção tem sido um pouco mais lenta na indústria de embalagens flexíveis, com exceção do mercado de impressão de etiquetas, que passou a adotar a tecnologia de impressão digital relativamente cedo. isto é devido ao fato de que, até recentemente, os sistemas digitais relevantes não atendiam os requisitos da indústria de embalagens flexíveis. a toyo ink apresentou uma nova solução para impressão flexo à base de água em alta velocidade: a série de tintas flexográficas Lioflex aqua Liona NF. Uma vez considerada impossível de alcançar usando tintas à base de água, a Lioflex aqua Liona NF permite impressão de alta velocidade a até 500 m/min. a empresa mostrou ainda novos desenvolvimentos para embalagens de alimentos: a linha de tintas especiais Steraplast Food e Steracup Plus. a divisão Flexpack Novacote (grupo do qual a Coim pertence) mostrou quatro grupos de produtos principais: adesivos para laminação de embalagens flexíveis de acordo com sua performance; adesivos para uso geral: para snacks; biscoitos; etc.; adesivos de médio desempenho para embalagens de café, sabonetes líquidos, cosméticos, molhos e condimentos e laminados com tratamentos térmicos moderados; adesivos de alto desempenho para aplicações “retortable”, enchimento a quente/”boil in bag”, etc.

Coatings Novacote incluem uma gama completa de vernizes de alto brilho, Primers, vernizes de selagem e resinas epóxi utilizadas na indústria de embalagens de alimentos e artes gráficas - adesivos de laminação. • Vernizes de selagem a quente. os adesivos industriais Novacote incluem uma gama completa de adesivos de poliuretano para laminações técnicas na indústria de cabos, materiais de isolamento ou painéis solares. • SB 2 componentes sistema de alto desempenho. Poliuretano termoplástico Novacote para utilização no fabrico de tintas flexográficas e de rotogravura.

Conversão de embalagens papel Cartão dentre os lançamentos mais aguardados da feira, a Komori apresentou a sua primeira impressora Nanográfica, a impremia™ NS40, que utiliza a tecnologia licenciada pela Landa™ Corporation, resultado da parceria iniciada na última edição da drupa, em 2012. Este sistema de impressão trabalha com a tinta Landa Nanoink, uma tecnologia patenteada de tinta à base d’água com partículas de nano pigmentos

e que se destaca por formar imagens resistentes à abrasão, não sendo necessário um processo de secagem. Este sistema pode ser utilizado em todos os substratos comerciais comuns (papéis laminados ou não, cartão, plásticos e substratos especiais). a tecnologia rP (Lithrone GX40 rP) também foi destaque. trata-se de uma impressora offset que roda dois trabalhos seguidos de baixa tiragem, um de 300 e outro de 400 folhas, a uma velocidade de 18 mil folhas/hora. Para a troca de trabalho, o equipamento precisou de cerca de dois minutos, entregando ao final de cada impressão um material completamente seco e pronto para ser enviado aos equipamentos de acabamento graças ao uso do sistema de cura High-UV. a Xeikon, que agora faz parte do grupo Flint, lançou a impressora digital (3500) de porte menor para papel cartão com possibilidade de ser integrada com a máquina de corte e vinco (FdU). a FdU dobra cartão, papelão ondulado e tags, aceita entrada em folhas e faz corte, vinco e estampagem em uma passagem e já remove os resíduos. a Xerox destacou a impressora (base toner) i Gen 5, que permite cinco cores: CMYK + 1 cor (orange, Green or Blue) em substratos de 60 a 350 gsm. imprime até 200000 Foto: Divulgação

da Fujifilm Samba permitiram a produtividade de mais de 30 m/min durante a impressão de 1200dpi de alta definição para impressão de embalagens flexíveis.

• SB 2 componentes com sistema de cura rápida. • SB 2 componentes com sistema super alto teor de sólidos. • SB 2 componentes com sistema de alto desempenho.

38

Agfa criou um estande conceitual para apresentar aplicações em diversos segmentos

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 38

22/08/2016 19:22:51


a 4 /mês e tem registro eletrônico folha a folha. a empresa anunciou o desenvolvimento de uma impressora digital de grande porte em conjunto com a KBa. Na apresentação especial touchpoint Packaging, com foco no futuro, a agfa Graphics apresentou novas tecnologias e software de tintas para a criação de embalagens inteligentes, incluindo o design, a autenticação, customização e personalização. a agfa Graphics proporciona aos designers e donos de marcas novas ferramentas para a proteção de suas marcas e produtos, com o arziro design™, para a criação de artes à prova de falsificação, e o arziro authenticate™, que oferece uma solução híbrida de autenticação com controle e rastreamento. a nova mesa de corte, acorta ™3120 Hd, destinada a trabalhar com materiais bastante espessos ou densos, completou a configuração de grande formato na drupa. a Kodak apresentou seus quatro negócios: 1) digital print (ink jet high speed CMYK +orG também para flexíveis e agora com verniz; 2) Work flow Prinergy® software (digital e embalagens); 3) offset Plates para embalagens (Sonora); 4) Chapa para Flexo: Nx adv (mais limpa, veloz e eficiente). a KBa focou na série rapida, que permite impressão direta em microondulado desde que configurada. a rapida 145, esta com possibilidade de maior velocidade (18000 f/h e 2 pilhas de saída). a rapida rdC 106 trabalha em 14000 f/h com set up menor que 5 minutos. Com corte e vinco rotativo que incorpora relevo e Braille e corte (label). Há possibilidade de secagem LEd, UV convencional e UV de alto brilho.

a Heidelberg apresentou a impressora digital com máquina da Fujifilm que permite atingir até 95% das cores Pantone. No seu estande gigante, a nova Gallus com configuração de até sete cores inkjet + Hot stamping + serigrafia + letter press + corte e vinco em linha.

Foto: Divulgação

especial | drupa

Corte a laser

a Masterwork está fabricando algumas máquinas de corte e vinco para a Heidelberg, equipamentos que atingem 400 m/min e permitem fundo automático de até seis pontos de cola. apresentou também a duo Press com corte e vinco e embossing (relevo) com possibilidade de inspeção 100% em linha. a parceira Steinermann expôs a envernizadora off line e a Polar com corte e vinco digital, micro serrilha e meio corte (“rendas”). o estande da israelense Highcon, criada em 2009 por um grupo de ex-funcionários da HP, causou frisson pela apresentação de uma ruptura tecnológica. a empresa mostrou um novo processo de vincos a partir de cilindro rotativo, que recebe os desenhos via arquivo digital para a criação das linhas de vinco com resina. Na sequência, as linhas de resina são “curadas” com UV, endurecem e marcam o papel. depois em linha, a folha já marcada segue para o corte a laser e destaque em linha, entregando pilhas prontas com grande precisão e velocidade. a EFi, além da extensa linha de softwares dedicados, lançou a Nozomi C 18000 para impressão de corrugado (papelão) diretamente. Mostrou ainda tecnologia de impressão ink jet com tintas à base de água com secagem UV ou LEd para até sete cores: branco + CMKY + orange e violeta em velocidade de 224 m² / hora com 360 por 360 dpi. a Esko e a Hybrid apresentaram

uma série de softwares dedicados. a Scodix e a Kurz se destacaram pelas opções de acabamentos. Em material de ponto de venda, a Sti e a Formatech. E para máquinas de corte, a Zund e a Mimaki. além das já citadas em impressão digital, -Canon, Fuji e Mimaki também estavam expondo na feira. a impressão digital e a impressão 3d foram os destaques da feira. E havia tecnologia para todos os portes e bolsos. o futuro da impressão, com certeza, passará pela impressão digital, e mais do que isso, será de grande complexidade e diversidade. Há espaço para todos os tipos de impressão e para cada aplicação, haverá várias possibilidades em função do tipo de substrato, aplicação, volume, expectativa e necessidade específica. a melhor opção é conhecer mais de cada processo para tirar de cada máquina o melhor possível. impressão melhor implica em embalagem melhor e mundo melhor.

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br *Assunta Napolitano Camilo é diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. *Antonio Andrade é coordenador do núcleo de embalagens flexíveis do Instituto de Embalagens e Consultor técnico da FuturePack. Possui mais de 40 anos de experiência na área de embalagens com cursos além de vivência no exterior.

Editora B2B

218 Materia de Capa Drupa.indd 39

39

22/08/2016 19:22:59


especial | thermo fisher

TECNOLOGIA INOVADORA

Foto: Divulgação

Novidades da Thermo Fisher ajudam na produção de alimentos seguros, além de reduzir desperdícios, aumentar a produtividade e melhorar a rentabilidade do mercado

A

Marcelo Kerhart, gerente de marketing da Thermo Fisher Scientific

thermo Fisher Scientific marcou presença na Fispal tecnologia – Feira internacional de Processos, Embalagens e Logística para as indústrias de alimentos e Bebidas – que aconteceu de 14 a 17 de junho, no pavilhão de exposições do anhembi, em São Paulo - com sua divisão de Chemical analysis division (Cad), trazendo as novidades de seu portfolio como equipamentos para detecção de metais, inspeção de raios-X e soluções de verificação de peso, tanto para produtos embalados como não embalados, para ajudar na produção de alimentos seguros, além de reduzir desperdícios, aumentar a produtividade e melhorar a rentabilidade do mercado.

40

os investimentos para atender as necessidades dos seus clientes não param. Segundo Marcelo Kerhart, gerente de marketing da thermo Fisher Scientific, a empresa investiu na instalação de dois grandes laboratórios em uma área de 500 m2, um dedicado à análise química e outro para a análise de ciência da vida. “Com um investimento de US$ 4 milhões, agora no mesmo endereço, estão reunidas todas as divisões da empresa”, revela. “o novo centro oferece oportunidades de treinamento e tecnologia, e suporte de aplicações para uma variedade de clientes de laboratório, incluindo as áreas de saúde, farmacêutica, biofarmacêutica, pesquisa e governamentais. o CEC apoiará também outras áreas como segurança alimentar, monitoramento ambiental, e óleo e gás”, acrescenta.

Editora B2B

218_Especial_Empresa I.indd 40

21/08/2016 19:46:22


especial | thermo fisher

Com presença comercial em 50 países, a thermo Fisher Scientific tem sua atuação focada principalmente em laboratórios, infraestrutura, indústria, mineração, farmacêutico, alimentos e bebidas. “Hoje, estamos ampliando a rede de distribuição para a venda dos nossos produtos”, afirma Kerhart.

As novidAdes Feito para ajudar a manter a qualidade na linha de produção, o aPEX 500 é um detector de metal de alto desempenho e fácil manuseio, voltado a aplicações em embalagens e processos. o aparelho permite que o fabricante cumpra suas metas de forma rápida e eficaz, além de ajudar na proteção de equipamentos de produção caros e garantir que os produtos finais não contenham quaisquer objetos metálicos indesejáveis. dentre os principais recursos e benefícios do aPEX 500, estão sensibilidade inigualável; detecção de metal de diâmetro até 20% menor do que os aparelhos das gerações anteriores podem encontrar; interface exclusiva orientada para ícone com funções de ajuda e autocalibração multilíngue; recursos de teste de Garantia de Qualidade (Qat) e auditCheck para garantir o máximo desempenho; revestimento de abertura em epóxi azul sanitário e operação em dupla frequência/duplo ganho para obter flexibilidade na aplicação. Suas aplicações ainda permitem o uso dos serviços pós-venda thermo Scientific aPEX 500 durante toda a vida útil do aparelho, com avaliação da aplicação, instalação, treinamento e manutenção

preventiva, para garantir a máxima eficiência operacional. além disso, em sua versão Hd (Heavyduty), são os mais robustos do mercado suportando lavagens de alta pressão, vibrações mecânicas e higienização com produtos químicos cáusticos, tudo ao mesmo tempo, mantendo alta sensibilidade e estabilidade dos modelos tradicionais. ambos os modelos aPEX Hd oferecem o menor custo total de propriedade possível e podem melhorar a eficiência operacional em muitas aplicações de processamento de alimentos. o sistema de inspeção de raios-X NextGuard permite a detecção de uma grande variedade de objetos estranhos, contaminação e inspeção de qualidade em produtos embalados. além disso, o aparelho ainda é ideal para localizar objetos densos ou pontiagudos, como também detectar erros, como nível de enchimento em recipientes ou produto faltante, fora de lugar, quebrados ou deformados. Simples de instalar, operar e fazer manutenção, o produto de baixo custo conta com um software flexível para verificar a integridade dos itens inspecionados, com dois tamanhos de abertura disponíveis e opções para personalização do sistema. o aparelho contém portas USB e Ethernet, cortinas de proteção contra radiação e transportador modular. o verificador de peso thermo Scientific™ Global Versa Weigh™ e Global Versa GP foram criados com o intuito de facilitar a verificação de peso, desperdício de produtos e custo total de propriedade,

para empresas do setor de alimentos, bebidas ou fármacos. Com alta precisão, estabilidade e baixo custo de propriedade, os aparelhos superam uma variedade de padrões regionais e internacionais e são aprovados por oiML e Mid. o software proprietário, com algoritmo zero automático avançado, garante a manutenção da precisão dos padrões ao longo do tempo, independentemente do ambiente. ambos contam com estruturas projetadas para minimizar as superfícies lisas e ranhuras, reduzindo o acúmulo de alimentos; leitos transportadores de aço inoxidável; roletes e células de carga opcionais em aço inoxidável; correias e transportadores de rápida liberação que eliminam a necessidade de ferramentas para remover ou substituir; parafusos de encaixe, sem necessidade do uso de ferramentas; roletes fixos dos transportadores fáceis de ajustar e motores de alta durabilidade selados por alto torque sem escova, que permitem operações sem problemas e longo tempo médio entre falhas (MtBF). além de oferecerem a opção de criar soluções personalizadas e também contar com atendimento e suporte. E o Software thermo Scientific SampleManager 11, que propicia controle total do ambiente laboratorial e eficiência na gestão de processos com melhorias para o fluxo de trabalho e ciclo de vida da amostra, rastreabilidade total dos processos, trilha de auditoria, estabilidade de fármacos, controle do estoque de reagentes e interface com outros sistemas da empresa.

Editora B2B

218_Especial_Empresa I.indd 41

41

21/08/2016 19:46:24


especial | fórum pharma

Conhecendo as novas tendências

INTERAÇÃO PROFISSIONAL E NOVAS TECNOLOGIAS Fórum Pharma destaca o uso de máquinas mais flexíveis e da robótica, por exemplo, para produzir seringas, frascos e cartuchos em uma única plataforma

42

U

m objetivo comum reuniu mais de 200 participantes na 6a edição do Pharma Fórum, em Schwäbisch Hall, alemanha, realizado em junho último: maior nível de segurança ao paciente e à saúde. o evento patrocinado pela optima Pharma contou com a presença de 25 países e companhias farmacêuticas internacionalmente reconhecidas. “Nós temos uma responsabilidade, e as vidas das pessoas dependem disso”, disse richard Johnson, presidente mundial do Parenteral drug association (Pda). o atual desenvolvimento de medicamentos tem um grande impacto na engenharia de instalações. isso ficou muito claro em muitas apresentações. Em particular, as substâncias biotecnológicas exigem novas abordagens. Mais notavelmente, este setor utiliza quantidades mínimas em pequenos lotes de ingredientes muito sensíveis, que têm uma elevada eficácia e são muito caros. os processos automatizados

Editora B2B

218_Especial_Empresa II.indd 42

21/08/2016 19:47:07


Foto: Divulgação

especial | fórum pharma

Gabriel Vainadeu, da teva, de israel, falou sobre a flexibilidade técnica de outra forma. Ele destacou como vários passos do processo de enchimento como secagem por congelamento, a esterilização ou de carga e descarga em condições isolamento podem operar independentemente em processos paralelos, ou em combinação um com o outro, num sistema.

Vários requisitos para a engenharia mecânica farmacêutica

Um resultado direto desses desenvolvimentos são os sistemas que podem processar diferentes recipientes. ryan Hawkins, da Cook Pharmica, nos EUa, revelou a existência de um projeto de colaboração com o objetivo de produzir seringas, frascos e cartuchos em uma única plataforma. Para realizar processos automatizados em máquinas da forma o mais universal possível, isto é, sem trocas de formato, componentes altamente flexíveis, como novos sistemas de transporte têm sido repensados e reconstruídos com a implementação da tecnologia robótica.

Sandrine Favre (octapharma, Suíça) e alberto Penati (Patheon, itália) ressaltaram a importância da organização precisa em projetos farmacêuticos. a octapharma estava preocupada com a questão de como as mais recentes tecnologias, que foram desenvolvidas em um grande projeto piloto com a optima, poderiam ser duplicadas e implementadas em outros locais da

Foto: Divulgação

são obrigatórios e, como resultado, a intervenção humana em áreas estéreis é minimizada.

a importância da tecnologia de isolamento para o processamento estéril ficou muito clara em várias apresentações. o uso da tecnologia de catalisador para reduzir os tempos de ciclo é apenas um exemplo dos muitos benefícios proporcionados por essa tecnologia de isolamento que tem experimentado um crescimento dinâmico. além disso, a vantagem de os processos estéreis validáveis em comparação com os processos manuais é indiscutível.

a necessidade de isoladores nos testes de esterilidade para controle de qualidade microbiológico em laboratórios foi enfatizada por Ellen oelgeschläger (Bayer Pharma, Leverkusen, alemanha). a ventilação catalítica também é utilizada neste processo. Brian Bergin, da aseptic tecnologia e design Ltd. examinou o aspecto do desenvolvimento do ciclo de isoladores. ao fazê-lo, as estratégias que envolvem a forma de alcançar um processo de esterilização automatizado que é seguro em todos os aspectos, bem como a otimização do tempo.

Desafios técnicos de novas medicações

Editora B2B

218_Especial_Empresa II.indd 43

43

21/08/2016 19:47:10


Foto: Divulgação

Centro de Realidade Virtual é apresentado aos participantes do evento

empresa. Já a Patheon expandiu uma instalação de produção estéril com dois sistemas de secagem por congelamento - sem interromper a produção contínua no processo. “Este foi um agendamento, desafio técnico e logístico, porque todos os processos estão acoplados uns aos outros”. Nicolas Brandes (West Pharmaceutical Services, Eschweiler, alemanha) discutiu as interrelações de novos ingredientes farmacêuticos e falou também sobre as embalagens de plástico e de vidro. “as partículas de vidro e a sensibilidade ao oxigênio são apenas dois dos muitos aspectos a serem observados”. a palestra de daniel Müller teve como foco os produtos descartáveismateriais de uso único em máquinas como o enchimento de mangueiras. Müller é membro do conselho regional tübingen. o apelo de Müller aos membros da audiência foi a de não confiar cegamente nos fornecedores e suas certificações. do ponto de vista regulatório, o usuário do sistema sempre assume a responsabilidade.

as soluções os requisitos de segurança que o setor de engenharia de planta

44

farmacêutica tem de cumprir são maiores do que nunca. os engenheiros de plantas também devem oferecer, simultaneamente, novas ideias e tecnologias a partir de um ponto de vista econômico. isso ficou muito claro no Fórum Pharma. Máquinas flexíveis são uma resposta a estas exigências. a optima ofereceu aos participantes um olhar para a forma como estes requisitos podem ser alcançados por meio do acolhimento de visitas à área de fabricação. Uma das sete máquinas apresentadas foi a nova enchedora MultiUse da optima. Ela se baseia em tecnologia robótica alojada em condições de isolamento para manusear e transportar frascos, seringas e cartuchos. a enchedora MultiUse e sistemas adicionais contêm tecnologias que eliminam a perda de produto e, como resultado, gera o número máximo de unidades vendáveis a partir de um lote. Muitos detalhes são decisivos para o funcionamento ideal da planta. Um destes é o posicionamento preciso durante o carregamento e descarregamento de um liofilizador. Um requisito básico para isso é uma rota de unidade de transferência

especial | fórum pharma

que garanta o transporte suave e seguro dos cheios. Uma nova técnica de acoplamento ao liofilizador garante isso. além de robôs encapsulados, sistemas de alimentação sofisticados e elementos de barreira para painel de vidro, as tecnologias virtuais tiveram destaque no evento. Um especialista da optima explicou como o enchimento e as máquinas de vedação podem ser simulados em três dimensões e otimizados antes da construção e instalação. Por exemplo, isso inclui a verificação da acessibilidade no desenho final da máquina. aplicações de supercomputação, incluindo a visualização do fluxo são muito diferentes. Eles se concentram na otimização de resultados de limpeza para aperfeiçoar as condições de fluxo laminar dentro da sala limpa. Como os sistemas farmacêuticos podem ser do tamanho de casas de três andares, os participantes no Fórum Pharma também estavam interessados no Centro de realidade Virtual, que foi implementado pela optima, Packaging Valley da alemanha, e a.V.Large, na qual pequenas plantas podem ser apresentadas virtualmente e ser inspecionadas até o mais ínfimo parafuso - antes mesmo de terem sido construídas. Jürgen rothbauer (CEo da optima pharma GmbH) agradeceu aos participantes e apresentadores pela troca inspiradora de informações. Seu convite para o próximo Fórum Pharma daqui a três anos foi o seguinte: “Vamos nos ver outra vez - e no melhor da saúde”.

Editora B2B

218_Especial_Empresa II.indd 44

21/08/2016 19:47:14


Foto: Leandro Andrade

direto da gôndola

BE FREE! – SEJA LIVRE!

Foto: FuturePack

Dentro de uma das tendências mais recentes: “freefrom” (livre de), foi lançada uma linha de produtos saudáveis alinhados com saúde, segurança alimentar, conveniência e estilo

Assunta Napolitano Camilo*

A

NHD Foods ®, que já tem uma linha de produtos à base de soja, a GoodSoy ® , apresentou ao mercado uma linha totalmente nova, composta de cookies, bolinhos, salgadinhos, brownies, muffins e biscoitos. A proposta é ser uma alternativa para quem busca saudabilidade e quer prazer e conveniência. A nova linha já pode ser encontrada em lojas de produtos como Mundo Verde®, ViaVerde®, Natue®, redes de supermercados como Angeloni® e nas saídas de redes de drugstores, como Droga Raia®, Drogaria São Paulo®, ou seja,onde a geração saúde procura opção de alimentação. A tendência “freefrom” foi amplamente discutida na última feira bienal de alimentos e bebidas que acontece na Alemanha, a Anuga, no ano passado. O apelo dos produtos lembra um quadro negro contendo uma lista de ingredientes ausentes, tais como produtos sem glúten, sem lactose, sem altos índices de sódio, sem açúcar, sem produtos transgênicos, sem conservantes etc. O grande diferencial é tirar ingredientes que possam comprometer a saúde e, ao mesmo tempo, incluir sabor. Por esse motivo, a empresa fez uma pesquisa sobre uma lista de desejos da “moçada”, a fim de entregar uma linha muito especial. Os sabores surpreendem como limão siciliano, muffin de banana, salgadinho assado com limão e pimenta (lemon and pepper), entre outros. O cuidado e a escolha das ilustrações que voam nas embalagens, com elegante suporte negro, merecem destaque pela irreverência e pelo leve toque de sofisticação. Além de embalagens flowpack, desenvolveram cartuchos para os cookies e biscoitos que dão maior proteção, além de oferecer a conveniência de comprar três pacotes

menores com quantidade certa para um “momento feliz”. A marca, o design, as páginas da internet e das mídias sociais da empresa estão bem sintonizadas com as demandas da geração millennial, ou seja, os nascidos após 1980, que representam grande parte dos consumidores do presente e, claro, do futuro próximo. O sucesso veio rapidamente, pois, acredite: é um caminho promissor apostar em produtos saudáveis com embalagens melhores. Embalagem melhor promove um mundo melhor sempre. Sucesso àqueles que se dedicarem a isso!

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br

*Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da obra Better Packaging, Better World.

Editora B2B

218_Artigo.indd 45

45

26/08/2016 09:55:45


Foto: Divulgação

Garrafa mais leve e sustentável Lançamento da Plastipak em parceria com a Lindoya Verão, a garrafa de água 510 ml sem gás Lindoya Verão Sense pesa apenas 9,7 g Garrafa não fica frágil após aberta: outro diferencial

O

mercado brasileiro de águas engarrafadas vem se destacando nos últimos anos. Dados da Associação Internacional de Águas Engarrafadas indicam que o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking mundial de produtores. O país consome mais água engarrafada que a Itália, Alemanha, França e Espanha, por exemplo. A expansão, que chegou a 20% no ano passado, está relacionada à mudança de comportamento do brasileiro, mais preocupado com qualidade de vida, saúde e bem-estar. As águas sem gás representam o principal segmento da categoria no país, com mais de 80% do volume comercializado no varejo nos últimos anos. Com o aumento do poder aquisitivo do brasileiro e uma maior necessidade por conveniência, esse produto vem aumentando sua importância no mercado, representando o segmento com maior crescimento no varejo. Por ser um mercado que possui uma alta demanda por inovações para se manter competitivo, a Plastipak, referência em qualidade e tendências de embalagens plásticas rígidas no Brasil e no mundo,

46

desenvolveu a solução mais leve disponível no mercado para água 510 ml sem gás, em parceria com a Lindoya Verão. A embalagem Lindoya Verão Sense ultraleve é uma “embalagem verde”, que remete às folhas de uma árvore e confirma a preocupação da marca com a sustentabilidade e com o meio ambiente. Por ser mais leve, além de proporcionar economia ao consumidor, contribui com a redução da emissão de gás carbônico proveniente da produção, transporte e, também, do processo de descarte de resíduos. O design, que remete às nervuras das folhas, garante a rigidez da garrafa de apenas 9,7 g mesmo após aberta, assim como acontece na natureza com as folhas das árvores que, graças à disposição de suas nervuras, mantêm-se abertas para receber o máximo de luz do sol. O uso de embalagens mais leves no segmento de água mineral sem gás é uma tendência. “Levando em consideração o padrão atual no Brasil, cujo peso da garrafa é de 12 g, a tendência de redução de gramatura movimenta o segmento. A preforma Plastipak de 9,7 g para 500 ml de água mineral possibilita aproximarmos do padrão norteamericano, mercado no qual as garrafas para esse mesmo volume chegam a 7,7 g”, opina Anderson Menezes,

EDITORA B2B

Pack 218 - Sustentabilidade.indd 46

21/08/2016 19:48:34


supervisor de desenvolvimento de projeto da Plastipak. Além de oferecer uma redução de peso de 22,5%, a embalagem possui outro grande diferencial: a garrafa não fica frágil após aberta. Ela também está disponível em uma versão menor, com 240 ml, que traz uma opção de conversão no formato de copo em PET para a indústria. “O principal desafio foi na cadeia logística, pois, muitas vezes, os centros de consumo estão longe das fábricas e/ou envasadores. Com isso, os produtos precisam viajar longas distâncias, e as estradas brasileiras devem ser levadas em consideração. Dessa forma, uma redução mais significativa deve sempre ser revista para esse tipo de projeto. Uma solução abaixo de 10g já é um passo bastante importante para o mercado brasileiro”, explica Menezes. A tampa da garrafa também tem um conceito sustentável. “Pensando neste aspecto e completando o projeto, a Plastipak também é capaz de fornecer a tampa, de apenas 1g, compatível com o gargalo 26-22. Desenvolvida juntamente com a preforma de 9,7 g (material PET), a tampa de 26 mm (material HDPE) possibilitou o fornecimento do conjunto preforma e tampa”, revela o supervisor de desenvolvimento de projeto. Ele continua: “A nova embalagem representa redução no conjunto como um todo. Os aspectos ambientais são considerados desde a cadeia produtiva até a distribuição e descarte dos materiais envolvidos para fabricação do produto final.” “A indústria de embalagens tem a corresponsabilidade de deixar de ser um fornecedor e assumir um papel importante na criação e desenvolvimento do mercado de bens de consumo. Por isso, a Plastipak preza pela busca constante do aprimoramento e entrega de experiências ao consumidor final, por meio de qualidade e desenvolvimento contínuo”, afirma Dinis Mota, diretor da Plastipak.

Foto: Divulgação

pack | sustentabilidade

Anderson Menezes, supervisor de desenvolvimento de projeto da Plastipak

A preforma Plastipak de 9,7 g para 500 ml de água mineral possibilita nos aproximarmos do padrão norte-americano, mercado no qual as garrafas para esse mesmo volume chegam a 7,7 g O PROJETO Menezes ressalta a importância do design no processo de criação da embalagem. “Pensamos sempre no design da embalagem como uma solução, tendo como objetivo proporcionar uma experiência de consumo sem variações do início ao fim. Dessa forma, a Plastipak desenvolveu uma solução completa, que une preforma ideal com a tampa mais indicada para o formato”. Segundo o supervisor de desenvolvimento de projeto, o conhecimento do time Plastipak parte desde o estudo elaborado pelo time de designers, inteligência de mercado, acompanhamento produtivo e corpo técnico, com a finalidade de obter a embalagem ideal para o projeto. Apesar de leve, a embalagem oferece resistência a quedas, transporte,

armazenamento, e, até mesmo, ao manuseio no ponto de venda. “Todos os aspectos, desde a criação do conceito até a cadeia de distribuição, foram levados em consideração para que a Plastipak alcançasse um produto final inovador ao dispensar a aplicação de nitrogênio após o envase, que garante a rigidez da embalagem enquanto fechada”, revela Menezes. A conclusão do projeto de desenvolvimento do formato final da embalagem PET para a Lindoya Verão demandou cerca de três meses. No entanto, de acordo com o executivo, cada projeto deve ser estudado em específico, pois os prazos variam de acordo com as necessidades. Sem revelar o nome das empresas, Menezes afirma que já há outras companhias do segmento de água mineral interessadas em adotar uma embalagem mais leve. EDITORA B2B

Pack 218 - Sustentabilidade.indd 47

47

21/08/2016 19:48:39


ROBÔ O robô P160i realiza trabalhos com velocidade, precisão e grande capacidade de carga. Pertence à linha de robôs paletizadores industriais da Magnoflux. É um robô polar de quatro eixos acionados por servomotores síncronos AC que oferece confiabilidade e suavidade operacional. Possibilita obter alcance de 2.735 mm e com raio interferência de 670,59 mm. É fixado no solo para poder entrar em funcionamento. Possui eixo (A) de 360º - 100 graus/s; eixo (B) de 105º - 100 graus/s; eixo (C) de 99º 100 graus/s e eixo (D) de 540º - 226 graus/s etc. Suporta carga máxima de 160 kg e funciona a 800 ciclos/hora. MAGNOFLUX Manutenção e Comércio de Equipamentos Elétricos Ltda. Tel.: (18) 3642-3899 | www.magnoflux.com.br

Foto: Divulgação 218 - NT.indd 48

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

BALANÇAS INDUSTRIAIS As balanças industriais, séries CD e E, são fabricadas em vários modelos, com capacidade de pesagem de 500 g a 300 kg. São produzidas com tecnologias de corte e dobra em CNC, trazendo como resultado, estrutura robusta e confiável. Com isso, garantem capacidade, precisão e exatidão com até 80.000 incrementos, aprovadas na classe II, de acordo com a portaria Inmetro/Dimel 0344/2010. Podem ser acopladas a impressoras térmicas e etiquetadoras que imprimem os relatórios de calibração, com data e hora, produto etc., e têm, inclusive, a função estatística, função acumuladora etc. São fornecidos programas de contagem, pesagem +/-, porcentagem, função comparadora, animal vivo e, como opção, memória para armazenamento de até 40 produtos etc. KNWAAGEN Balanças Ltda. Tel.: (11) 5624-2400 | www.knwaagen.com.br TRANSPORTADOR DE PISO Soluções integradas de processos de movimentação, armazenagem e separação de pedidos de matériasprimas, produtos semiacabados e mercadorias em geral, desenvolvidas pela Linx, são projetos modulares, expansíveis e que permitem ser adequados a qualquer layout para aproveitar melhor o espaço disponível. O tow-line, por exemplo, é um transportador de piso utilizado em fábricas, centros de distribuição ou terminais de transporte com o objetivo de realizar a movimentação de cargas, contendo todos os tipos de produto. É indicado para distâncias longas e que tenha até 500 paletes/hora de fluxo ou cargas de até 2.500 kg/palete. LINX Logística Ltda. Tel.: (11) 2103-2455 | www.linx.com.br

48

Foto: Divulgação

notas técnicas

SERVIÇOS DE ASSISTÊNCIA TÉCNICA A Valpack atende aos mais variados projetos de máquinas, automação industrial e serviços de assistência técnica especializada em equipamentos de envase de alimentos, bebidas, cosméticos e químicas. Dispõe de grande variedade de peças de reposição de máquinas dos diversos fabricantes nacionais e internacionais, como vedações, vácuos, anéis oring’s, gaxetas, vedações para SMS/TC, abraçadeiras etc. Além disso, possui acessórios para aquecimento em geral, como resistências tubulares, níquel-cromo, miniaturas, termopares tipo J/K, PT100. A Valpack oferece serviços em automação de linhas de produção, automação de moinhos de trigo, automação de sistema de envase, start-up de máquinas em geral, reformas retrofitting de máquinas, programação CLP em geral, usinagem, revestimento de roletes, reafiação de facas, estriamento em mordentes, recartilhamento etc. VALPACK Máquinas e Automação. Tel.: (11) 4512-1749 | www.valpack.ind.br

Editora B2B

22/08/2016 22:44:42


LEITURA OS PRINCIPAIS DESAFIOS DA GESTÃO DE CLIENTES

SAIBA COMO

Na carteira de clientes do consultor César Souza, presidente e fundador do Grupo Empreenda, figuram empresas da lista das 500 maiores e melhores do Brasil. Um dos palestrantes mais requisitados do país, ele costuma afirmar que cliente é muito importante para ficar apenas nas mãos do pessoal de vendas, marketing e atendimento. É com este tom provocador que Souza lança o livro “Clientividade” pela Editora Best Business, em que propõe uma revolução no mundo corporativo: colocar os clientes no centro das decisões dos negócios. Baseado em uma ampla pesquisa com mais de mil executivos e dirigentes das maiores corporações brasileiras, o consultor revela, por exemplo, que a maior dificuldade para as empresas é construir uma cultura em que todos os colaboradores e parceiros estejam voltados para o cliente. É por isso que ele defende que o cliente é assunto de todos, do porteiro ao presidente. Ao apresentar o conceito e mostrar como funciona o princípio da “Clientividade”, Souza critica o marketing tradicional, que ainda enfatiza os 4Ps (produto, preço, promoção e praça). Segundo o consultor, este modelo não dá a devida prioridade ao cliente. Neste contexto, ele aponta uma reestruturação na definição dos valores de produtos e serviços. Se antes eram os custos que definiam o valor final, agora são os preços que definem os custos. “Em vez de obter lucros adicionando um percentual em cima de custos de produção, as empresas agora definem o que podem gastar a partir do preço que seus clientes estão dispostos a pagar. Quem dita as regras, atualmente, é o valor percebido pelo cliente”, declara.

DESENVOLVER UMA BOA EMBALAGEM DE PAPEL CARTÃO

Foto: FuturePack

Foto: Divulgação

DESTAQUE

Embalagens de Papel cartão é uma obra bilíngue (português – inglês) do Instituto de Embalagens, que trata do assunto desde a concepção até o descarte responsável. O livro foi lançado durante a feira alemã Drupa, no último dia 6 de junho, e no dia 28 de junho, em São Paulo. Este livro também fará parte da coleção www.betterpackagingbetterworld.com O livro, de 328 páginas, traz os principais temas que precisam ser conhecidos para o desenvolvimento de uma boa embalagem papel cartão, como design, tendências e inovações, processos de impressão e fabricação, projetos, acabamentos e a questão ambiental. Um dos temas em destaque é o de tendências e inovações, bem como as informações sobre novas possibilidades para as embalagens de papel cartão. Embora técnica, a edição foi pensada e desenvolvida para ser acessível aos profissionais de todos os níveis de conhecimento: de estudantes a empresários, envolvendo-os desde as empresas de embalagens e matéria-prima, até os profissionais de serviços e industriais de setores alimentícios, bebidas, cosméticos, higiene pessoal e limpeza, etc. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone: 55 11 2854-7770 ou pelo e-mail: cursos@institutodeembalagens.com.br

EMBALAGENS METÁLICAS (AÇO E ALUMÍNIO) ESPECIAL: SUSTENTABILIDADE

EDIÇÃO 219 APROVEITE AS CONDIÇÕES COMERCIAIS ESPECIAIS PARA ANUNCIAR RESERVE SEU ESPAÇO, LIGUE: (11) 3722-0956 MAIS INFORMAÇÕES: publicidade@editorab2b.com.br

www.pack.com.br

218_Pack Leitura.indd 49

21/08/2016 20:17:36


índice de anunciantes página

empresa

site

3ª Capa..... ABRE .......................................................................................................................................................................www.abre.org.br 13.............. COIM............................................................................................................................................................www.coimgroup.com.br 39.............. EMBALA NORDESTE.........................................................................................................................www.embalanordeste.com.br 5................ INNOVIA FILMS.............................................................................................................................................www.innoviafilms.com 17 e 50..... INSTITUTO DE EMBALAGENS................................................................................................www.institutodeembalagens.com.br 2ª Capa..... ÔMEGA.............................................................................................................................................................. www.br.omega.com 7................ OPTIMA DO BRASIL.........................................................................................................................................www.optima-bra.com 9................ PERFOR.............................................................................................................................................................. www.perfor.com.br 25.............. PLÁSTICO BRASIL.................................................................................................................................. www.plasticobrasil.com.br 4ª Capa..... THERMOFISHER..................................................................................................................................... www.thermofisher.com/br

PB

218_Indice de Anunciantes.indd 50 Editora Banas

26/08/2016 09:52:37


51 3ª Capa ABRE.indd 51

21/08/2016 19:50:45


52 4ª Capa THERMOFISHER.indd 52

21/08/2016 19:51:15

Profile for Revista Pack

Revista Pack 218 - 2016  

Revista Pack. A revista de negócios do mercado de embalagens. Novidades e lançamentos do setor industrial. Rótulos e adesivos para embalagen...

Revista Pack 218 - 2016  

Revista Pack. A revista de negócios do mercado de embalagens. Novidades e lançamentos do setor industrial. Rótulos e adesivos para embalagen...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded