__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

179

ANO•14 J U L H O

2 0 1 2

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

DECORAÇÃO SOB MEDIDA A impressão digital de rótulos autoadesivos permite customizar produtos

ENTREVISTA “A embalagem vai ficar mais encantadora”, diz Sérgio Posterli, gerente de desenvolvimento da Viscaya Cosméticos

ESPECIAL FISPAL TECNOLOGIA Conheça os lançamentos em embalagens e tecnologias para o setor de alimentos e bebidas

Capa Pack 179.indd 1

02/07/2012 16:34:33


2Capa_INDUMAK.indd 2

01/07/2012 20:49:09


Fotos: Indumak

INDUMAK

informe publicitário fispal tecnologia

INDUMAK LANÇA LINHA DE

A

Indumak lançou a empacotadora Lince 4 durante a 28ª Fispal Tecnologia. O maquinário faz parte da nova linha de empacotadoras da empresa, que é especializada em processos de acondicionamento, enfardadeiras, empacotadoras e dosadores. A empacotadora Lince 4 possui visual clean e moderno, reforçando a marca Indumak, como sinônimo de tecnologia e inovação. O projeto está adequado às normas da NR12 primando pela segurança em sua operação. Um dos grandes diferenciais do produto é o “fast setup”, que permite a troca rápida em todos os pontos em que é necessário ajuste, dispensando o uso de ferramentas. Outro destaque é a carcaça fechada, que mantém os componentes móveis enclausurados, garantindo a segurança. Além disso, o equipamento conta com painel elétrico, também adequado às normas da NR12, e dimensional prevendo todos os acessórios da máquina, com controles e apresentação de operação na IHM. Outro lançamento da empresa é a empa-cotadora MK-25, que substituirá a MF-15000. O maquinário foi desenvolvido para alcançar maior velocidade, considerando as condições ideais do empacotamento. Com sistema de tracionamento da embalagem por correias de arraste, este equipamento possui vários acessórios garantindo alta performance. A Indumak também levou para Fispal a empacotadora automática MG-1000, uma máquina versátil, indicada para fracionamento de produtos por peso, que garante precisão na dosagem aliada à alta velocidade de desempenho. O equipamento pode ser aplicado para empacotar peças e outros produtos,

em diferentes formatos de embalagens. Sua concepção de projeto foi pautada no fácil acesso às partes da máquina, simplificando a manutenção, conservação e limpeza. Outra novidade é a enfardadeira MK30, considerada um projeto inovador no mercado. O equipamento garante flexibilidade e alto desempenho, além da facilidade na manutenção e conservação. O tracionamento de filme é realizado por correias de arraste, que possuem controle de velocidade variável para a esteira rápida. A empacotadora MG-8000 7 soldas também foi exposta na Fispal. Possui sistema de empacotamento vertical automático equipado com controle eletrônico. Além disso, os visitantes também conheceram o sistema de paletização automática PA-50, aplicável a diferentes produtos, além de possuir grande número de periféricos que possibilitam uma variedade de configurações de layout. O conceito do PA-50 é totalmente alinhado às práticas e normas tangíveis ao processo e emprego de robôs na indústria. O sistema possui controle de operação flexível e concepção do hardware de segurança desenvolvido conforme as normas regulamentadoras.  “O nosso grande diferencial perante concorrentes nacionais e internacionais é que a Indumak desenvolve e fabrica soluções completas para o acondicionamento de produtos. Na feira, os visitantes puderam perceber o design inovador dos equipamentos, além da versatilidade de cada um deles”, destaca do diretor presidente da Indumak, Gelson R. Schmidt. Para Schmidt, este ano, a Fispal superou as expectativas. “A receptividade dos clientes quanto aos lançamentos foi positiva.

Foto: Indumak

EMPACOTADORAS NA FISPAL

Gelson R. Schmidt, diretorpresidente da Indumak

Fechamos grandes negócios apesar de esse não ser o objetivo da feira, gerando novas demandas”, completa o diretor-presidente.

PERSPECTIVAS

A Indumak deu início a um projeto de ampliação do parque fabril este ano. Prevista para ser concluída em 2014, a obra será desenvolvida em módulos. A empresa prevê um investimento de R$ 8 milhões para a ampliação, que tem, entre os objetivos, verticalizar alguns processos e expandir a linha de produção. O primeiro módulo – entregue na segunda quinzena de abril de 2012 – é destinado à fabricação de robôs, Indumak Robotics, e conta com uma área de 850 m². “Até a metade do ano, estão previstos de 10 a 13 sistemas com este revolucionário equipamento em operação nos clientes”, comenta o diretor-presidente. Editora B2B

179 Indumak.indd 3

3

29/6/2012 13:45:42


carta ao leitor

PRODUTOS ÚNICOS NAS GÔNDOLAS

A

necessidade de customização e as tiragens mais curtas são consideradas os principais drivers para o crescimento da impressão digital no mercado mundial de rótulos autoadesivos e embalagens. Prova disso é que esse negócio deve crescer três vezes mais (182%), movimentando US$ 6,8 bilhões, em 2014, de acordo com um estudo da Smithers Pira. A indústria de bebidas e alimentos tem experimentado melhor performance devido à baixa penetração da tecnologia digital anteriormente. A expectativa, segundo o estudo, é crescer 28% ao ano, neste setor, atingindo US$ 2,1 bilhões, em 2014. No Brasil, a impressão digital está crescendo forte e é tida como uma excelente tecnologia para lançar produtos inovadores nas gôndolas. Esse é o assunto da matéria de capa desta edição.

179_Carta ao Leitor Anuncio.indd 4

A importância da embalagem para o sucesso do cosmético nas gôndolas. Esse é o tema de Sérgio Posterli, gerente de desenvolvimento da Viscaya Cosméticos, que concedeu entrevista à revista PACK. Nesta edição, confira também as novidades da indústria de embalagem apresentadas em duas importantes feiras do setor – FCE Pharma e FCE Cosmetique, realizada em maio, e a Fispal Tecnologia, em junho. Além das novas tecnologias do mundo da impressão que Assunta Napolitano Camilo observou em sua visita à Drupa 2012. Até a próxima edição.

MARGARET HAYASAKI

EDITORA-CHEFE

| margaret.hayasaki@banas.com.br

29/6/2012 17:07:17


5_KLABIN.indd 5

29/6/2012 13:25:13


179

sumário

A N O • 1 4 J U L H O

Foto: Leandro Andrade

2012

18 MATÉRIA DE CAPA

A decoração sob medida é o maior patrimônio da impressão digital que possibilita customizar rótulos para destacar e valorizar o produto na gôndola

22

32 ESPECIAL FISPAL TECNOLOGIA Foto: Indemetal Gráficos

18

Mais de 60 mil visitantes do Brasil e do exterior marcaram presença na Fispal Tecnologia 2012 para conhecer as novidades do setor de embalagem de alimentos e bebidas

38 ESPECIAL FCE COSMETIQUE E FCE PHARMA

A FCE Pharma e a FCE Cosmetique reuniram mais de 20 mil profissionais qualificados em três dias

MATÉRIA DE CAPA

Produtos únicos: impressão digital

INOVAÇÃO

No futuro, segundo Sérgio Posterli, gerente de desenvolvimento da Viscaya Cosméticos, os novos sistemas de comunicação, como o QR code, devem substituir as informações do contra rótulo, abrindo um universo de possibilidades de criação

“A embalagem vai ficar mais sedutora”

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN

22 ENTREVISTA

ENTREVISTA

44 ESPECIAL DRUPA

A inovação torna os processos mais produtivos e competitivos e com menor impacto ambiental. Essa foi a tônica dos lançamentos da Drupa mais high tech até aqui

48 SUSTENTABILIDADE

SEÇÕES 8

AGENDA

9

PACK ONLINE

Fotos: Divulgação

Foto: Divulgação

Juíza determina volta das sacolas plásticas. A decisão acolhe o entendimento do Ministério Público de São Paulo de que somente o consumidor está arcando com o ônus de proteger o meio ambiente

10 ATUALIDADES 16 POR DENTRO DAS LEIS

32

26 VANGUARDA

Inovações em embalagens

52 DIRETO DA GÔNDOLA

ESPECIAL FISPAL TECNOLOGIA

28 LANÇAMENTOS INTERNACIONAIS 48 SUSTENTABILIDADE 54 NOTAS TÉCNICAS

6

EDITORA B2B

179_Índice de matérias.indd 6

02/07/2012 18:33:24


7_METALGRAFICA ITAQUA.indd 7

29/6/2012 13:28:05


agenda

EM DESTAQUE

EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

Foto: Divulgação

A Embala Nordeste 2012 é a feira carro-chefe da 19ª edição do Programa Embala - que é formada ainda pelos eventos Alimentécnica, Embala Plast e Promoprint. Ocupando uma área expositiva de 25.000 m², a feira reúne cerca de 500 marcas apresentadas por expositores do Brasil e exterior.

Publisher: Fernando Lopes Editora-chefe: Margaret Hayasaki Assessora Técnica: Assunta Camilo (FuturePack) – assunta@futurepack.com.br Revisão: Nazaré Baracho Consultoria Técnica: Guilherme Sergio Maradine Secretária: Sandra Gomes Projeto gráfico: Editora B2B Produção: Luciano Tavares de Lima (gerente) Designer: Ana Claudia Martins Capa: Ana Claudia Martins Foto da Capa: Indemetal Gráficos

FEIRAS NO BRASIL

CONSELHO EDITORIAL Assis Garcia – diretor do Centro de Tecnologia de Embalagem – CETEA; Eduardo Yugue

DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

Dias 14 e 15 de agosto de 2012

Congresso Brasileiro de Embalagem

Centro Fecomercio de Eventos, São Paulo (SP)

Associação Brasileira de Embalagem Tel.: (11) 3082-9722 www.abre.org.br

De 20 a 24 de agosto de 2012

Interplast – Feira e Congresso da Integração da Tecnologia de Plástico

Pavilhões de Expoville, Joinville, Santa Catarina (SC)

Messe Brasil Tel.: (47) 3451-3000 www.interplast.com.br

DEPARTAMENTO DE VENDAS

Greenfiled Business Promotion Tel: (81) 3343 1101 www.greenfiled-brm.com

Cláudio Alves Freire – claudio.alves@banas.com.br

– gerente de embalagens da Nestlé; Geraldo Cardoso Guitti – presidente da Refrigerantes Convenção; Iorley Lisboa – gerente de embalagens do Wal-mart; João Batista Ferreira – CEO da J2B Innovation to Business; Lincoln Seragini – diretor – presidente da Seragini Farné; Luis Madi – diretor - geral do ITAL - Instituto de tecnologia de Alimentos; Nivaldo Ferreira Lima – gerente de compras do McDonald´s Brasil

Executivos de Negócios – São Paulo Rajah Chahine – rajah@pack.com.br Tel.: (11) 3500-1900

De 28 a 31 de agosto de 2012

Embala Nordeste – Feira Nacional de Embalagem

De 20 a 21 de setembro de 2012

Trends of Print Latin America

Centro de Convenções de Pernambuco, Olinda (PE)

Tel.: (11) 3500-1900

Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ

Complexo do WTC, São Paulo (SP)

Afeigraf Tel.: (11) 4013-7979 www.trendsofprint.com.br

Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 – banasrj@uol.com.br

Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Contato: Vera Anjos Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre-RS Tel./Fax: (51) 3330–2878 – banassul@terra.com.br

São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 – Fax: (11) 3500-1935

FEIRAS NO EXTERIOR

aparecida.stefani@banas.com.br

DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 18 a 20 de julho de 2012

Propak China – Feira Internacional de Processo, Embalagem e Impressão

Shanghai International New Expo Centre, Shanghai, China

China International Exhbitions Ltd. Tel.: +862162095209 www.propakchina.com

REPRESENTANTE INTERNACIONAL Argentina 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO –

De 24 a 26 de outubro de 2012

Luxepack Monaco – Feira de Embalagem de Luxo

De 28 a 31 de outubro de 2012

Pack Expo International – Feira Internacional de Embalagem e Processos

Grimaldi Forum, Monaco, França

Idice MC Tel.: +37797778560 www.luxepack.com

Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

ACORDO DE COOPERAÇÃO McCormick Place Chicago, Illinois, Estados Unidos

PMMI Tel.: (703) 2438555 www.packexpo.com

Phone: +1 312/2221010 – www.packworld.com

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190 CNPJ 07.570.587/0001-13 – I.E. 149.349.995-116 TELEFONE (11) 3500-1900 Impressão: Grafipress Artes Gráficas Circulação nacional: Tiragem – 10 000 exemplares

Cartas&E-mails

Periodicidade: mensal

A revista Pack quer conhecer a opinião dos nossos leitores. Sua opinião é muito importante para a contínua melhoria da qualidade editorial. Escreva para nós, opinando sobre as entrevistas, reportagens e os artigos. Critique ou dê sugestões de pautas.

Assinatura: Anual (Brasil) = R$ 97,00 • Nº Avulso = R$ 15,00

JULHO 2012 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO é uma publicação mensal da Editora B2B. A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

EC

D E M ÍD IA S E G

M

E

B

2008

IV P R Ê M

DA

IO

TA

AN

AT

N

Filiada à

B2 A IA

D

O

R

T

A

EG

11 3500-1921 | FAX 11 3500-1935

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190

C AT

TELEFONE

END.

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO E-MAIL redacao@editorab2b.com.br

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

8

PB

EDITORA B2B

179_Agenda_Cartas_Expediente.indd 8 EDITORA BANAS

02/07/2012 14:47:24


www.pack.com.br

nline

POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES! [CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

[ENQUETE ]

Bares e lanchonetes da região metropolitana de BH, Divinópolis e Juiz de Fora terão à disposição dos consumidores os refrigerantes Coca-Cola e Coca-Cola Zero em embalagens PET de 250ml.

A sua empresa pratica os 3R (Reduzir, Reutilizar e Reciclar)?

1 2 3 4 5 +

RESULTADO JUNHO/2012

Sim, todos - (100,00%)

Coca-Cola FEMSA Brasil lança garrafa PET de 250ml em Minas Gerais

100,00%

Sim, apenas um (0,00%)

A inovação, denominada Mini PET, é produzida em Minas Gerais pela Coca-Cola FEMSA Brasil.

Sim, apenas dois (0,00%) Não - (0,00%)

Reciclagem do PET apresentou forte crescimento em 2011

Às vésperas da Rio+20, Brasil consolida posição entre os líderes mundiais da atividade.

NESTE MÊS Interaja! Confira a enquete do mês e vote na home do site!

C-Pack apresenta hoje durante a Rio+20 o tubo biodegradável

Onde achar? http://www.pack.com.br

A catarinense mostrará seu tubo sustentável, na conferência organizada pelas Nações Unidas.

Sustentabilidade é decisiva para sobrevivência das empresas, revela pesquisa da CNI

Executivos brasileiros afirmam que os investimentos em sustentabilidade têm impactos positivos na imagem da empresa e manutenção dos negócios.

Fleichmann amplia sua linha de misturas para bolos e inova com sabor de paçoca

SupraSoy renova identidade visual de suas embalagens e apresenta novidades em seus produtos

Entre as novidades, está a redução de 1,5 cm na altura de suas tradicionais latas.

A Fleischmann, marca tradicional na fabricação de fermentos e produtos para panificação, lança novidades deliciosas no mercado: os novos sabores Abacaxi, Banana, Maçã com Canela e o exclusivo sabor Paçoca, vêm integrar a linha tradicional de Mistura para Bolos, ao lado das versões Aipim, Fubá, Limão Cremoso e Milho.

Confira a lista das dez notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics* Período de 25/5/12 a 25/6/12 Onde achar? http://www.pack.com.br/maisnoticias.aspx

[DESTAQUES]

REDES SOCIAIS

@EditoraBanas

Premier Pack é escolhida pelos perfumes da marca John John

facebook.com/editorabanas

Interação e conteúdo informativo em tempo real Interaja com a Editora Banas e atualize-se com as últimas informações do mercado industrial e de embalagem.

Dúvidas sobre o mercado?

PERGUNTE, ELE RESPONDE!

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

Fotos: Divulgação

Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br

Recém-inaugurada, a Flagship, maior loja da John John, localizada em um dos pontos mais badalados de São Paulo, a Rua Oscar Freire, conta com perfumes exclusivos que têm a sofisticada embalagem e sua decoração fornecidas pela Premier Pack, líder em embalagens premium no Brasil e especializada nos segmentos de bebidas e perfumaria. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog

EDITORA B2B

179_Pack_online.indd 9

9

29/6/2012 18:09:37 EDITORA BANAS


Mais segurança A linha Cappuccino Melitta chega ao mercado em latas de aço produzidas pela Mococa com impressão em litografia. Por ser mais resistente a possíveis danos, a nova embalagem garante mais segurança ao produto durante o manuseio, transporte e estocagem, conservando seus nutrientes por muito mais tempo. Além de permitir fácil separação e descarte de cada um de seus elementos: lata, lacre de alumínio e tampa. Um selo educativo foi inserido no verso da embalagem para explicar como esse processo deve ser feito. O lacre de alumínio é fornecido pela Sonoco Embalagens e a tampa de PEBD pela For Plas Indústria de Embalagens. O design da embalagem é assinado pela Matriz Escritório de Desenho.

Foto: Divulgação

atualidades

Foto: Divulgação

Melitta, tel.: 0800 140203.

Com qrcode A embalagem da tinta acrílica premium Anjo Mais, o mais novo produto da marca, apresenta códigos de barras que, com o aplicativo QRCode, a bula pode ser ouvida pelo celular, tablet, smartphone ou computador. Essa é mais uma facilidade que a marca está oferecendo ao profissional que vai utilizar a tinta, pois, além das informações essenciais de aplicação, também vai conhecer mais detalhadamente as características, tempo de secagem, como aplicar, entre outros detalhes. A lata de aço é fornecida pela Brasilata e o design gráfico foi desenvolvido pelo departamento de comunicação e marketing da Anjo.

Doce cremosidade A General Brands lança uma linha de chocolates que terá início com os tabletes. Trata-se da linha Camp Chocolates, que vem em barras de 130 e de 50 gramas, nos sabores ao leite, branco, amendoim e crocante. O design gráfico da embalagem desenvolvido pela House GB transmite a cremosidade do produto através do layout de um rio de chocolate. A embalagem de BOPP metalizado com impressão em rotogravura foi produzida pela Shellmar Embalagens.

Foto: Divulgação

Anjo Tintas, tel.: 0800-487777.

General Brands, tel.: (11) 0800-7272267.

10

Editora B2B

179_Atualidades.indd 10

29/6/2012 17:08:11


Foto: Divulgação

maior Área De transParÊncia Totalmente reformulada, a embalagem dos molhos para salada, da Castelo Alimentos, apresenta maior área de transparência, que permite visualizar o produto. Para facilitar a identificação dos sabores, o rótulo em sleeve produzido pela Metrolabel traz o sabor do molho em letras maiores e faixas em cores diferentes, além de imagens dos principais ingredientes do molho. O design do rótulo é assinado pela Projeto Integrado. O formato do frasco de PET reciclável foi aprimorado para promover redução de consumo de resina plástica. E a tampa está mais fácil de abrir e tem um travamento mais suave após o uso. Além de novo bico que permite a aplicação do molho na dose certa e dificulta o acúmulo do líquido no local. O frasco e a tampa foram produzidos pela Premium Plastic Embalagens.

sofisticaçÃo e

Foto: Divulgação

aLta Performance a marca oX acaba de ser relançada e totalmente renovada, com um amplo portfolio de cosméticos. a nova identidade visual, logomarca e embalagens foram desenvolvidas pela equipe de marketing da Flora em conjunto com a agência de design team Creatif e transmitem sofisticação e alta performance. as bisnagas de polietileno de baixa e alta densidade receberam impressão em offset e a tampa flip-top oval de polipropileno, na cor off white, foram produzidas pela C-Pack.

Foto: Divulgação

Castelo Alimentos, tel.: 0800 771 6111.

visiBiLiDaDe ao ProDuto as novas linhas de iogurtes da Batavo Pedaços e Grãos, comercializadas em embalagens transparentes, materializam o novo conceito da marca. a agência de design a10 é a responsável pela criação das embalagens e atualização do logotipo. o símbolo da holandesa ganhou mais expressão e carisma em formato de tag. a aquarela evidencia os produtos e também atribuiu cor às embalagens, criando o equilíbrio com o branco – referência à principal matériaprima da marca, o leite. as embalagens são confeccionadas em materiais recicláveis e o acabamento metalizado potencializa a luminosidade. Batavo, tel.: 0800-7281234.

Ox Cosméticos, tel.: 0800-7034071.

Editora B2B

179_Atualidades.indd 11

11

29/6/2012 17:08:16


atualidades

Parecem joias A linha de sabonetes Francis, da Flora, ganha embalagens modernas, mas sem perder a identificação, com a presença de ícones como o lencinho, a cor dourada e o brasão. As novas embalagens da linha Francis Clássico lembram joias, repletas de detalhes, com o brasão, ícone da marca em alto relevo e o dourado na caixinha para representar a nobreza. Já a linha Francis Suave também está com embalagem nova, alinhada às embalagens de Francis Clássico. O design da embalagem foi desenvolvido pela Design Absoluto em parceria com a equipe de criação da Flora. Já as embalagens são fornecidas pela Dixie Toga.

Mais contemporâneas

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Francis, tel.: 0800-703-4071.

A Casa Rex desenvolveu seu primeiro projeto para a Unilever da Rússia, criando novas embalagens para a marca de cuidados pessoais Timotei. As embalagens estão mais contemporâneas com uma arquitetura visual harmônica que traz valores de fluidez e feminilidade do universo da categoria. A forma curva destaca e integra os principais ingredientes de cada variante aos seus benefícios funcionais. “Trabalhamos não apenas nas fotografias dos ingredientes, agora mais frescas e naturais, mas também na reintrodução destas em cada embalagem”, comenta Gustavo Piqueira, proprietário da Casa Rex e coautor do projeto gráfico em parceria com Danilo Helvadjian. Casa Rex, tel.: (11) 3862-7770.

Perfume de novidade A linha de limpeza perfumada da Útil Química chega ao mercado em embalagens PET de 2 litros nas fragrâncias de flores do campo, orvalho da manhã e aromas da primavera. As embalagens são produzidas pela própria empresa que, no ano passado, investiu em uma sopradora. A tampa de polipropileno (PP) é produzida pela Newplastic que colocou uma unidade na planta industrial da companhia para garantir o fluxo de produção adequado ao grande consumo diário. O rótulo autoadesivo de papel com plastificação - para maior brilho na visualização do produto na gôndola - é fornecido pela Contigraf. Útil Química, tel.: (51) 2102-1550.

12

Editora B2B

179_Atualidades.indd 12

29/6/2012 17:08:33


Editora B2B

179_Atualidades.indd 13

13

29/6/2012 17:09:01


notícias

DEMANDA DE FILME STRETCH E SHRINK NOS ESTADOS UNIDOS (US$ MILHÕES)

1.845

DEMANDA DE FILME STRETCH E SHRINK

2005

CRESCIMENTO ANUAL

2010 2015

2010-2015

2005-2010

1.7%

2.010

3.3%

2.370

0.5%

1.220

2.8%

1.400

655

SHRINK

790

0

14

500

1000

1500

3.8% 4.2%

970

Fonte: Freedonia

COGNEX ANUNCIA PRIMEIRO GERENTE DE VENDAS NO BRASIL

a Cognex Corporation anuncia a continuidade da expansão de sua equipe no Brasil com a contratação de domingos antonio Mancinelli Jr. como seu primeiro gerente de vendas. o executivo possui cerca de dez anos de experiência em vendas na área de automação e já atuou em empresas renomadas como Sunnyvale e Execplan. além de domingos, a empresa também anuncia a contratação de rafael damasceno para integrar a equipe de engenheiros de vendas no Brasil para a região Sudeste do país.

ARTECOLA TEM NOVO GERENTE COMERCIAL PARA O MERCADO DE PAPEL E EMBALAGEM

Marcos Vasques é o novo gerente comercial para o mercado de papel e embalagem da artecola. o executivo tem o desafio de garantir a posição da artecola entre os principais fabricantes de adesivos aquosos para rotulagem. “o mercado de papel e embalagem representa um dos nossos maiores potenciais de crescimento em adesivos. o objetivo é fazer valer esta oportunidade, crescendo em todas as áreas de atuação, especialmente nas linhas artecola PVa para rotulagem e tissue, e na linha artemelt Supera para segmento end of line ”, destaca Vasques. TON BÜCHNER É O NOVO CEO MUNDIAL DA AKZONOBEL

1.190

STRETCH

Foto: Divulgação

a

shrink, melhorando bastante a comercialização do produto. Em especial, o crescimento será puxado pelo aumento do uso no segmento de etiquetas. o filme shrink também proporciona melhor selagem e barreira à umidade que o filme stretch, além disso, é frequentemente usado em conjunto com bandejas de papelão ondulado, como invólucro. também é recomendado para envolver paletas de cargas não uniformes, como equipamentos pesados ou tijolos devido à sua alta resistência à perfuração e capacidade de manter a integridade da carga. a demanda de resinas para filme stretch e shrink deve crescer 2,5% ao ano, atingindo 1,9 bilhão de pounds em 2015. o polietileno de baixa densidade (PEBd) é a resina mais utilizada na produção de filme stretch e shrink devido ao custo competitivo e excelente alongamento, resistência à perfuração e outras propriedades. Já a demanda de PVC para filme stretch e shrink irá se manter baixa até 2015 em termos de volume, embora os ganhos em valor sejam baseados no aumento do preço. o segmento de rótulos manga encolhíveis para alimentos e bebidas será a área primária de oportunidade para o PVC, com outras áreas em declínio, como resultado da imagem ambiental ruim do material e a competição com os filmes de polietileno de baixa densidade.

demanda de filme stretch e shrink nos Estados Unidos vai crescer 3,3% ao ano, movimentando US$ 2,4 bilhões em 2015. Esse crescimento será puxado pela expansão acelerada da demanda de embalagens de produtos e de envolvimento e proteção de artigos durante a armazenagem e distribuição, bem como as vantagens competitivas em comparação a outros materiais de embalagem. outros estímulos como avanços nos maquinários e de resinas plásticas, além de oportunidades em áreas, como envolvimento, etiquetas e sleeves. Essas e outras tendências são apresentadas no novo estudo desenvolvido pela Freedonia. a demanda de filme stretch vai aumentar 2,8% ao ano até 2015, atingindo US$ 1,4 bilhão, representando quase 3/5 do total. o crescimento rápido é antecipado pela área de envolvimento devido às vantagens de custo, alta produtividade e excelente integridade da carga e proteção contra intempéries. a expansão do mercado de filme stretch irá resultar também de vantagens, como economia de energia e trabalho. Já a demanda de filme shrink irá crescer 4,2% ao ano, movimentando US$ 970 milhões em 2015. Essa expansão será promovida pela alta transparência e excelente capacidade de impressão do filme

Vaivém do mercado

Foto: Divulgação

Mercado americano de filme stretch e shrink vai movimentar US$ 2,4 bilhões em 2015

2000

2500

Empossado em abril de 2012, o holandês ton Büchner assumiu o comando da akzoNobel, líder global no mercado de tintas e revestimentos e uma das principais fabricantes de especialidades químicas no mundo. Ele assume a função no lugar de Hans Wijers, cuja aposentadoria foi anunciada ainda no ano passado.

Editora B2B

179_Atualidades.indd 14

29/6/2012 17:09:08


entrevista

Maurício Speranzini, diretor da Speranzini Design

Foto: Mário Miranda

Fale sobre as principais conquistas da agência nesse período.

A Speranzini Design completa 25 anos de atuação este ano. Como o senhor vê a evolução do design de embalagem? Nesse período, nós assistimos a uma grande evolução do design de embalagem brasileiro. E isso deve ser cada vez mais permanente devido ao fenômeno das mídias digitais. Há alguns anos, as mudanças na forma de comunicação eram mais lentas e agora isso acontece muito mais rápido. A embalagem também avançou bastante em termos de conceitos e necessidades, no entanto ainda há muitas empresas que não sabem utilizar a embalagem da melhor forma. Elas utilizam a embalagem somente como um meio de vender o produto e não como um veículo de comunicação que interage com os consumidores.

179_Atualidades.indd 15

Os trabalhos internacionais exportados para mais de 45 países das Américas, Europa, Ásia e Oceania têm maior grau de relevância para os negócios da Speranzini Design. Um bom exemplo disso é o case da embalagem da tequila mexicana Jose Cuervo, que é exportada para 57 países, e o mais recente projeto de renovação da identidade da marca e de toda a linha de produtos feito para a brasileira Coco do Vale. O trabalho consistiu também na introdução da nova linha de água de coco o que gerou um crescimento de 100% para a empresa em dois anos e o início das exportações para os Estados Unidos com sua própria marca, em 2010. Isso mostra a importância da embalagem para abrir oportunidades de negócio além das fronteiras brasileiras. Quais são os próximos desafios no universo do design de embalagem? Manter os bons resultados é um dos tantos desafios, principalmente, com o boom das mídias digitais. Nesse contexto, a embalagem tem que ser cada vez mais integrada com as mídias digitais por meio de promoções, comunidades e ponto de venda. Antes quem ditava o que ia para o ponto de venda eram as indústrias. Hoje com a facilidade de comunicação, a internet e as mídias digitais, os consumidores são muito mais influenciadores do que no passado. As aspirações nunca vão deixar de existir. Elas mudam de acordo com os consumidores de sua época.

29/6/2012 17:09:18


Foto: iStockphoto

por dentro das leis

pesquisa destaque de preferência > A pesquisa Pack Destaque de Preferência é um termômetro de desempenho de cada uma das empresas participantes

RESPONDA A PESQUISA, QUALIFIQUE SEU FORNECEDOR E CONTRIBUA PARA A EVOLUÇÃO DO MERCADO DE EMBALAGEM ACESSE:

www.pack.com.br 16

CCJ aprova proibição de uso de tubos plásticos flexíveis para servir ketchup A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou o projeto de lei 3484/00, do deputado Lincoln Portela (PR-MG), que proíbe o uso de tubos flexíveis plásticos ou quaisquer recipientes de uso coletivo para servir ketchup, mostarda, maionese e molhos condimentados nos restaurantes, lanchonetes, pizzarias, bares, ou quaisquer outras instalações que sirvam alimentos. Essa informação foi divulgada pela Agência de Notícias da Câmara. O projeto determina também que esses produtos serão servidos, obrigatoriamente, em embalagens individuais e descartáveis e deverão estampar com nitidez os ingredientes utilizados, a data de fabricação e o prazo de validade. A relatora, deputada Sandra Rosado (PSB-RN) votou pela constitucionalidade e juridicidade da proposta. “O projeto não apresenta qualquer vício, quando atribui o exercício da fiscalização às autoridades estaduais e municipais”, disse. Pelo texto, o descumprimento das regras impostas implicará em advertência e multa. Agora a proposta deverá ser votada pelo Plenário da Câmara dos Deputados.

Editora B2B

179_Por Dentro das Leis.indd 16

30/06/2012 23:49:14


17_JAEPEL.indd 17

04/07/2012 17:04:23


Foto: Indemetal Gráficos

matéria de capa

Decoração sob medida Esse é o maior patrimônio da impressão digital que possibilita customizar rótulos para destacar e valorizar o produto na gôndola

U

Margaret Hayasaki m dos principais motores para o crescimento da impressão digital de rótulos é a necessidade de customização e de curtas tiragens que visam a limitar a quantidade de inventário. A impressão sob demanda de rótulos tornou-se crítica no contexto da atual da crise econômica e as iniciativas de redução de resíduos, menor uso de material, energia e tintas cada vez mais imperativas. Arquivos de arte digitais podem ser recebidos no sistema on-line, acelerando todo o processo de comprovação e aprovação final pelo cliente. A tecnologia também permite aos convertedores tornarem-se fornecedores de serviços de impressão digital juntamente com as operações de impressão tradicionais. Suporte ao Customer Relationship Management (CRM), distribuição pela internet, gerenciamento da biblioteca digital de imagens são alguns dos serviços oferecidos pelas empresas. A capacidade de imprimir dados variáveis e produzir produtos únicos são talvez os maiores patrimônios da impressão digital. Os números confirmam a crescente participação da impressão digital na indústria gráfica. Já podemos dizer que a impressão digital não é mais o futuro, mas o presente. Segundo um estudo da Smithers Pira, o mercado mundial de embalagens e rótulos impressos digitalmente deve crescer de quatro a cinco vezes até o ano de 2014, movimentando US$ 6,8 bilhões, impulsionado pela busca por inovação e velocidades de impressão mais rápidas. 18

Editora B2B

179_Materia de Capa .indd 18

02/07/2012 14:20:25


MERCADO MUNDIAL DE EMBALAGENS E ETIQUETAS IMPRESSAS DIGITALMENTE POR SETOR, EM 2009 (% PARTICIPAÇÃO POR VALOR)

1.7% 4.9% 0.8% 0.3% 7.8%

56%

15.4%

13.2%

CARTUCHOS DOBRÁVEIS EMBALAGENS DE PAPEL FLEXÍVEL EMBALAGENS DE PLÁSTICO FLEXÍVEL EMBALAGENS DE PLÁSTICO RÍGIDO OUTRAS EMBALAGENS TAGS ONDULADO RÓTULOS

Fonte: Pira International Ltd.

a indústria de alimentos e bebidas experimentou o crescimento mais forte em função dos baixos níveis de penetração da impressão digital registrados anteriormente. Essa penetração deverá aumentar no futuro próximo devido ao crescimento na produção de embalagens em geral e rotulagem. Em 2014, segundo a Smithers Pira, o setor vai gerar US $ 2,1 bilhões, crescendo sensivelmente a uma taxa de 28% ao ano em termos constantes. o estudo revela ainda que a maior aplicação para a impressão digital no mercado de embalagem é a produção em geral, destacando o fato de que, embora as discussões sobre provas, protótipos e amostras e testes dominem, a tradicional função da produção continua sendo a mais significa-tiva. isso é especialmente relevante para rotulagem em

comparação à embalagem. Em 2014, o mercado de impressão digital de embalagem e rótulos vai movimentar US$ 2,45 bilhões.

O MERCADO DIGITAL NO BRASIL o crescimento do mercado brasileiro digital para rótulos autoadesivos é crescente. “além de alta qualidade de impressão, a tecnologia consegue alcançar um nicho de mercado específico, na qual este tipo de impressão funciona como uma grande viabilizadora de negócios”, explica andreza Cristina Carraro, analista de marketing da indemetal Gráficos. “a impressão digital permitiu lançar produtos inovadores que antes não existiam, além da rapidez com que novos desenvolvimentos surgem”, acrescenta. a participação da impressão digital nos negócios da

indemetal Gráficos chega a 30%. “temos uma impressora digital HP indigo WS 4500 e recebemos, em junho último, a WS 6600 voltada também para o mercado de rótulos. Com mais esta aquisição, a empresa espera aumentar a produtividade e velocidade de impressão, assim como oferecer novos produtos ao mercado”, revela a analista de marketing. Para Fabiana rossi, gerente de marketing da Mack Color, o mercado da impressão digital tem muito para crescer, principal-mente no Brasil, onde a maioria das empresas não detém informação sobre o quanto o processo digital é eficiente e eficaz para agregar valor aos produtos com alta qualidade e preço supercompetitivo. “a tecnologia digital não veio para substituir nenhum sistema de impressão e sim Editora B2B

179_Materia de Capa .indd 19

19

02/07/2012 14:20:38


Foto: Divulgação

matéria de capa

Ronaldo Baumgarten Júnior, presidente da Baumgarten

A tecnologia digital tem servido para produtos muito novos que ainda não têm nenhum histórico de volumes acrescentar, atendendo um nicho de mercado carente de qualidade e produtos impressos que valorizam o produto final nas gôndolas dos mercados”, ressalta. Com o aumento considerável de produtos lançados nos mercados e a busca constante de uma qualidade que atenda as exigências do mercado, segundo Fabiana, os fabricantes de equipamentos de impressão digital estão em constante atualização em diferentes frentes - softwares, tintas e equipamentos - que possam imprimir variedades de materiais e processos de produção cada vez mais rápidos. Hoje a impressão digital representa 40% dos negócios da Mack Color. 20

a qualidade de impressão digital atual é excelente, similar à qualidade de impressão offset. “a Baumgarten ainda tem o diferencial de possibilitar acabamentos offline que conferem diferenciação e valor agregado aos rótulos: flexografia, serigrafia e hot stamping”, destaca ronaldo Baumgarten Júnior, presidente da Baumgarten. Hoje há poucas limitações quanto aos materiais para impressão digital. Prova disso é o que a Baumgarten desenvolveu em conjunto com a L’oréal: uma solução para impressão de rótulos autoadesivos com material holográfico, na qual o shine line não aparece. “Essa solução faz com que esta linha caia sobre a matriz, área do substrato autoadesivo, que é retirada após o meio-corte, e descartada após o processo de conversão. Este é um projeto que faz parte de uma exceção, que quebrou o paradigma de que a impressão digital é utilizada apenas para baixas tiragens”, revela o executivo.

TIRAGENS MAIS CURTAS a demanda por tiragens cada vez mais curtas é crescente. isso se reflete no crescimento da participação do processo digital no mercado brasileiro de rótulos autoadesivos. “a impressão digital é uma grande viabilizadora da tendência atual dos negócios

que é o aumento na diversidade de produtos ao consumidor, diminuição de estoques e adequação constante do layout dos produtos”, afirma andreza Carraro, da indemental Gráficos. “Essa tendência é observada em todos os segmentos de mercados, como cosméticos, bebidas, alimentício, nutracêutico e outros”, acrescenta. Essa opinião é compartilhada por Fabiana rossi, da Mack Color. “Cada vez mais, as empresas estão diversificando seus produtos por um motivo: a personalização. os consumidores querem produtos personalizados com características específicas, e por isso, as empresas estão lançando produtos diferenciados para cada público-alvo”, diz. Segundo ela, os segmentos que mais utilizam o processo digital são: cosméticos (variação de modelos), bebidas (produtos premium e lançamentos exclusivos) e promocionais (campanhas com dados variáveis), além de outros segmentos que possuem vários tipos de produtos com baixa tiragens. No segmento de mercado em que a Baumgarten atua, os clientes têm buscado reduzir as tiragens, ajustando-as o máximo possível à expectativa de vendas para otimização dos estoques. “Entretanto, esses volumes ainda não são tão pequenos a ponto de tornar a migração para a tecnologia digital aplicável em todos os casos”, pondera ronaldo Baumgarten Júnior. Ele acrescenta: “a tecnologia digital tem servido para produtos muito novos, que ainda não têm nenhum histórico de volumes, ou ainda, para skus

Editora B2B

179_Materia de Capa .indd 20

02/07/2012 14:20:45


Foto: Divulgação

DEMANDA MUNDIAL DE RÓTULOS (MILHÕES DE METROS)

DEMANDA MUNDIAL DE RÓTULOS

32.870

8.710 9.110 10.780

0.9%

EUROPA OCIDENTAL

8.680 9.040 10.480

0.8%

9.850

ÁSIA/ PACÍFICO OUTRAS REGIÕES

10000

2010-2015

2005-2010

51.600

5.2%

3.4%

3.0% 7.9%

14.420 20.300

20000

7.1%

6.0%

5.630 7.530 10.040 0

CRESCIMENTO ANUAL

4.1%

40.100

AMÉRICA DO NORTE

2005 2010 2015

5.9% 30000

40000

50000

60000

Foto: Divulgação

Fonte: Freedonia

Andreza Cristina Carraro, analista de marketing da Indemetal Gráficos

específicos que demandem um volume de produção menor, mas que são importantes para complementar o mix de produtos dos clientes. rótulos com substratos mais caros e com muitas cores favorecem a digital.”

UM HORIZONTE DE OPORTUNIDADES inúmeras são as oportunidades de negócios com a impressão

digital. “Na indemetal Gráficos é frequente o uso desse tipo de impressão para dados variáveis e personalizações de produtos. o mercado tem muito a crescer. observamos em diversos países trabalhos consistentes utilizando a web e a interação do cliente com o produto. Esse tipo de ação é viável através da impressão digital”, acredita andreza Carraro. a tecnologia digital é muito importante para a Mack Color que investe em atualizações constantes e inovações. “o mais interessante é conseguir por meio da impressão digital a fidelização dos clientes, uma vez que eles lançam produtos para verificar como o mercado irá reagir e quando é fixado na linha de produtos pode migrar para outro sistema de impressão que atende tiragens maiores”, revela Fabiana rossi. Na opinião de ronaldo Baumgarten Júnior, a tecnologia digital é bastante interessante para produtos novos, cuja perspectiva

O setor de cosméticos é um dos que mais utilizam a impressão digital

de venda ainda é desconhecida e também para produtos que demandam dados variáveis e comunicação personalizada. “o ponto crítico no uso da personalização é a logística e o background necessário para implantação de sorteios, dados variáveis, controle de informações e projetos que poucos clientes têm estrutura para isso”, pondera o presidente.

INFORMAÇÕES BAUMGARTEN tel.: (47) 3321-6666 | www.baumgarten.com.br INDEMETAL GRÁFICOS tel.: (11) 4013-6644 | www.indemetal.com.br MACK COLOR tel.: (11) 2095-4499 | www.mackcolor.com.br

Editora B2B

179_Materia de Capa .indd 21

21

02/07/2012 14:20:52


entrevista

A embalagem vai ficar mais sedutora No mercado de cosméticos, a beleza começa na embalagem. No futuro, os novos sistemas de comunicação, como o QR code, devem substituir as informações do contra rótulo

C

MARGARET HAYASAKI

om a expertise de quem atua há 20 anos no mercado brasileiro de cosméticos, Sérgio Posterli, gerente de desenvolvimento da Viscaya Cosméticos, é hoje um especialista do universo da beleza feminina no que diz respeito ao seu maior patrimônio: os cabelos. “Consigo enxergar um produto com os olhos das mulheres”, afirma o executivo. Ele gerencia e acompanha todo o processo de desenvolvimento do produto, que envolve desde a fórmula até a embalagem, para garantir o sucesso na gôndola. a companhia ousou ao adotar a bisnaga para comercializar a sua linha de produtos numa época em que existiam poucos fornecedores no mercado brasileiro, mas agora ela colhe os frutos. Segundo Posterli, a bisnaga virou a identidade da marca que é facilmente reconhecida pelas consumidoras no ponto de venda. Mas isso, de acordo com ele, não significa que a Viscaya não pode ter outros tipos de embalagens. Leia na entrevista concedida à revista PACK como Posterli vê o mercado brasileiro de embalagens de cosméticos. PACK: Como o senhor vê a importância da embalagem no mercado de cosméticos? POSTERLI: Na verdade, tanto eu quanto o mercado inteiro enxergamos a embalagem como o primeiro contato do consumidor com o produto. Se você não tiver uma embalagem que chame a atenção, que seduza logo de cara, a probabilidade do cliente se aproximar para cheirar e entender o que é o produto é muito pequena. a embalagem tem ser o atrativo principal. Existe um grande desafio na embalagem que vai além do atrativo: conseguir comunicar a qualidade do produto através da embalagem. o laboratório de desenvolvimento de produto apresenta uma fórmula fantástica que traz milhares de benefícios. Mas como usar uma área tão pequena para comunicá-los e de forma que o consumidor entenda. Esse é o grande lance. a embalagem tem que ser atrativa, mas precisa refletir diretamente o que é o produto.

22

Editora B2B

179 Entrevista.indd 22

29/6/2012 13:34:03


Foto: Leandro Andrade Editora B2B

179 Entrevista.indd 23

23

29/6/2012 13:34:09


Fotos: Leandro Andrade

entrevista

PACK: O design é o principal d i f e re n c i a l n a g ô n d o l a d e cosméticos? POSTERLI: O design não muda muito de uma empresa para outra. Eu gosto de brincar com as cores. Elas são mais importantes que o design. Para cada categoria de produto existe uma linguagem de cores. Por exemplo, quando a consumidora olha para embalagem da linha de loções hidratantes recém-lançada pela Viscaya, ela não precisa cheirar para saber que as fragrâncias são extremamente fortes e marcantes. Ela sabe disso só pelas cores. Esse casamento das cores, com a fórmula e o design da embalagem, representa o sucesso do produto. PACK: O mercado de impressão em cores é bem desenvolvido para atender a demanda do setor? POSTERLI: Esse mercado está se desenvolvendo cada vez mais. Existia uma limitação técnica de equipamentos de impressão, principalmente para os usuários de bisnagas. Até pouco tempo havia somente máquinas de três ou quatro cores. Hoje temos máquinas de impressão de bisnagas de oito cores, mais verniz e UV. São estações de operação e equipamentos mais modernos geralmente importados da Suíça. Por conta disso, a Viscaya Cosméticos tem notoriamente um diferencial mesmo que numa embalagem muito comum. É o caso das bisnagas da linha de cabelos Botanique. Não existe no mercado nada parecido com esse tipo de impressão. A embalagem tem transparência e impressão diferenciada que não se consegue executar em condições normais. Esse trabalho de parceria entre o equipamento e a imaginação nem o fabricante da bisnaga tinha ideia de que seria possível fazer. Nós fomos para lá acompanhar esse processo de impressão dentro da unidade fabril. A gente foi mexendo e alterando para chegar ao resultado desejado. PACK: Como se deu a escolha da bisnaga para acondicionar

24

a linha de cabelos da Viscaya Cosméticos? POSTERLI: A companhia sempre buscou praticidade e resolveu adotar a bisnaga numa época em que só havia três fornecedores. Isso foi interessante para a empresa que puxou a liderança nesse tipo de embalagem no mercado de cosméticos. Tanto é que hoje a bisnaga é uma característica da Viscaya Cosméticos. Trabalhamos com outros formatos na linha de finalizadores (spray), máscaras (potes) e ampolas (vitaminas). Mas, o forte da operação - xampu, condicionador e creme de pentear - a gente trabalha em bisnagas. As loções hidratantes também ganharam bisnagas, independente da identidade da empresa estar ligada a esse tipo de embalagem, por uma questão de praticidade para carregar na bolsa e para aplicação do produto. PACK: Então a Viscaya Cosméticos encontrou a embalagem perfeita para sua marca? POSTERLI: Sim. Mas isso não quer dizer que ela não possa ter outra embalagem. Num futuro muito próximo podemos ter projetos diferentes. No entanto, hoje essa é a característica da empresa que vem dando muito certo. PACK: O que o senhor busca nos fornecedores de embalagem de cosméticos? POSTERLI: A gente procura fornecedores que têm a melhor condição de sustentabilidade, tecnologia e qualidade. Hoje as empresas têm uma condição de custo de rateio muito parecida e o que acaba definindo a escolha por um ou outro fornecedor são esses atributos. Mesma qualidade, mesmo preço e a empresa é 90% sustentável, vamos para lá. Mas isso não é o fator principal. O fator principal sempre é a qualidade. Existem empresas que fazem trabalhos sustentáveis fantásticos, mas não conseguem chegar ao padrão de qualidade exigido pelo mercado de cosméticos. A embalagem de

Editora B2B

179 Entrevista.indd 24

29/6/2012 13:34:26


cosméticos tem que ser uma joia até porque muitas vezes a gente presenteia alguém. PACK: De que forma a empresa gerencia a qualidade do fornecedor para garantir que a embalagem seja sempre uma joia? POSTERLI: o controle de qualidade tem alguns estágios. Quando estamos desenvolvendo o fornecedor, partimos de uma análise prévia. Vamos até a planta fabril entender a estrutura desse fornecedor e o tipo de equipamento que ele tem. Para gente que é desse mercado, a simples marca do equipamento determina a qualidade. É claro que podemos nos enganar, pois o fornecedor pode ter a máquina, mas não tem um operador à altura. Esse é o primeiro ponto. realizamos a análise do sistema de qualidade, além de verificar qual é o sistema de amostragem utilizado e se o material sai de lá com qualidade assegurada. a partir do momento que esse fornecedor foi aprovado e entra no seu ciclo produtivo, há outras análises. No ato de recebimento das embalagens, o controle de qualidade da companhia vai fazer uma amostragem. No término da produção, o controle de qualidade faz uma segunda amostragem para verificar se todas estão de acordo com as especificações exigidas. a probabilidade de passar alguma coisa é muito pequena. PACK: Qual é a sua avaliação sobre a qualidade dos fornecedores de embalagem? POSTERLI: atuo há 20 anos no mercado de cosméticos. a qualidade da embalagem deu um salto nesse período, especialmente, no campo de acabamento. Hoje existe uma fidelidade de dimensionais por conta da tecnologia. antigamente existiam algumas limitações, como deformidades nas embalagens. Por exemplo, um gargalo deformado que, ao receber a tampa, gerava vazamento do produto. atualmente há muita tecnologia. os moldes são muito técnicos, com

A gente procura fornecedores que têm a melhor condição de sustentabilidade, tecnologia e qualidade medidas exatas. Na área de decoração nem se fala. Hoje o mercado disponibiliza até rótulos com perfume. Não quero que o meu rótulo fique exalando perfume. Ele vai exalar somente com atrito. Existe uma tecnologia fantástica. Cabe aos profissionais da área saber explorar para os projetos. PACK: A sustentabilidade é a pauta principal na agenda da indústria. Como a Viscaya Cosméticos trata essa questão no desenvolvimento das embalagens? POSTERLI: temos uma condição muito confortável, pois a cadeia de plástico é muito sustentável. tudo que a gente tem é extremamente reciclável. o uso do plástico reciclado e/ou do bioplástico é vital. Não existe nenhuma empresa no futuro que vai trabalhar diferentemente. Não estão todos já inseridos nesse tipo de processo por falta de volume de produção. Existem muitas patentes ainda dentro desse tipo de tecnologia de embalagem que atrapalha um pouco o andamento. No campo social, no segundo semestre, a empresa vai adotar o sistema braille em todas as embalagens. a ideia é fazer um trabalho de inclusão, não enfocando somente a marca e o tipo de produto como todo mundo faz, mas permitindo que o deficiente visual identifique a volumetria do que ele está comprando. inicialmente, isso será implantando nas embalagens das principais linhas de produtos: queratina e pós-escovas. PACK: Em sua opinião, como serão as embalagens de cosméticos no futuro? POSTERLI: a tendência das embalagens é ter uma comunicação bacana, mas existe um fator mídia muito importante. a comunicação vem muito forte pelas redes sociais.

Estamos chegando num ponto em que as informações nas embalagens não serão mais lidas no ponto de venda, mas lidas pelas mulheres antes de elas comprarem o produto através de um blog ou um informe que elas receberam na rede social. Elas já irão muito determinadas a comprar porque entenderam o que é o produto. Com isso, a embalagem será cada vez mais clean. Já vejo essa mudança com o uso de um sistema de comunicação que permite aos consumidores fotografar o código de barras com um smartphone e depois ler a qualquer hora, por exemplo, a história do produto. No segundo semestre, vamos começar a investir nisso. todo mundo vai partir para isso. a nova geração de consumidores já está bem antenada e evoluindo com essa tecnologia. E quem não se aperfeiçoar vai ficar para trás. PACK: De que forma a comunicação visual poderá ser explorada na embalagem, já que não será mais necessário ter tanta informação? POSTERLI: a embalagem vai ficar mais sedutora. Será possível trabalhar mais as cores e o design no frontal e no verso da embalagem. Hoje a quantidade de informações obrigatórias que a gente recebe como determinação da anvisa, inmetro e outros órgãos acabam limitando a sua imaginação. Vai ficar mais desafiador. Eu confesso que já estou me preparando para esse futuro. o que poderia ser feito atrás da embalagem se a gente não precisasse colocar um contra rótulo? Poderia trabalhar com arabescos em torno da embalagem inteira ou ter uma embalagem decorada frente e verso da mesma forma para colocar na pia do banheiro e a consumidora vai ter o reflexo do que é o produto no seu espelho. isso vai abrir muitas possibilidades de criação. Editora B2B

179 Entrevista.indd 25

25

29/6/2012 13:34:28


Foto: Divulgação

vanguarda

Sabor de praticidade e conveniência Agora ficou mais fácil consumir a qualquer hora uma torradinha. A embalagem da torrada Dueto Slim traz geleia, faquinha e guardanapo

A

Da Redação

conveniência e a praticidade são imperativas nos dias atuais. A correria do dia a dia e o tempo gasto no trânsito das grandes metrópoles exigem refeições menos planejadas, mais rápidas e em lugares diferentes. Esse cenário aumenta a demanda por porções individuais, facilidade de consumo e maior portabilidade. Um bom exemplo disso surgiu da parceria entre a Fhom e a Queensberry que trazem ao mercado a torrada Dueto Slim – com dois cartuchos de torradas e uma porção de geleia Queensberry - em uma embalagem que agrega conveniência e praticidade. O lançamento é perfeito para o lanche das crianças, para acompanhar o cafezinho da tarde ou, até mesmo para aquele momento do dia em que tudo que os consumidores precisam é comer algo gostoso e prático. Para tornar o consumo mais prático, a faquinha e o guardanapo acompanham a embalagem da torrada Dueto Slim. Marisa Vidoz, diretora-comercial da Fhom, 26

Para levar na bolsa ou para o café no escritório

conta como nasceu a demanda do conceito de conveniência e praticidade na categoria de torradas. “Durante as degustações feitas em supermercados, percebemos a necessidade de unirmos um complemento às torradas. Foram os próprios consumidores que nos inspiraram”, afirma. Ela continua: “Notamos também que o número de pessoas que moram sozinhas é cada vez maior, e por isso, elas precisam de um produto individual que evite o desperdício, com embalagens menores e práticas.” A Fhom acredita na inovação do produto. “Hoje não tem nada assim no mercado de torradas. Estamos muito contentes com a repercussão que estamos tendo e confiamos no sucesso do produto. Já estamos pensando e buscando novas combinações para as nossas torradas especiais”, revela Marisa.

Editora B2B

179_vanguarda.indd 26

01/07/2012 21:07:02


O DESENVOLVIMENTO DA EMBALAGEM Para inovar também no desenvolvimento da embalagem da torrada dueto Slim, a Fhom trabalhou em parceria com os fornecedores de blister, cartuchos e com a agência de design. Vários testes foram feitos até chegar ao projeto final que agrega conveniência e praticidade. “o maior desafio foi criar uma embalagem que deixasse em evidência a combinação de torradas com geleia e, ao mesmo tempo, protegesse o produto”, explica a diretora comercial. “Começamos pelo blister produzido pela techpack, que deveria acomodar os itens de forma que facilitasse o manuseio do consumidor, e, em seguida, entregamos o projeto à agência Zoom Mais para o desenvolvimento da arte

179_vanguarda.indd 27

mais adequada para apresentar o produto. a Gráfica Centenário concluiu a embalagem, que recebeu impressão em offset, depois de vários testes para decidirmos pela melhor ideia”, conclui. Para chegar ao formato ideal da embalagem da torrada dueto Slim, a empresa realizou uma pesquisa de mercado. “Chegamos à conclusão da necessidade de um produto prático para levar na bolsa, para o café no escritório, para crianças levarem de lanche, ou mesmo para ter em casa a combinação pronta de torrada, geleia, faca e guardanapo”, explica Marisa. Já o conceito de design da embalagem valoriza as torradas e a geleia. a Zoom Mais harmonizou os elementos, permitindo a exposição de cada um dos produtos

O conceito principal de desenvolvimento da arte está baseado na praticidade que o produto oferece (geleia, torrada e faquinha). “a partir da definição das janelas, foram realizados estudos de cores na busca de criar uma identificação entre o produto e seu públicoalvo. Finalmente foram explorados os apelos de marketing do produto e evidenciada a marca. o conceito principal de desenvolvimento da arte está baseado na praticidade que o produto oferece”, finaliza a diretora-comercial. INFORMAÇÕES FHOM tel.: (11) 3568-3000 | www.fhom.com.br

01/07/2012 21:07:04


Longa vida de prateleira Novidade e segurança alimentar representam alta prioridade para a holandesa Van Der Kroon Food Products que tem como principal produto os picles. Agora, a empresa está lançando o produto em embalagens plásticas para usuários finais. Duas das mais importantes características da embalagem são o design da SuperLock e a longa vida de prateleira do produto (18 meses). A companhia também tirou proveito de todas as vantagens do in-mould label (IML): com decoração à direita abaixo da borda, combinando com a decoração do corpo da embalagem e da tampa. Uma importante parte da embalagem é transparente, permitindo ao consumidor visualizar os picles coloridos. RPC Superfos, tel.: +45 5911 1270.

Moderna e elegante A fragrância masculina Mercedes-Benz é inconfundivelmente masculina e fresca como o vento no cabelo. Essa primeira colônia da marca estreou na exposição mundial TWFA 2011 e sua composição é uma criação do perfumista Olivier Cresp. O frasco que o fabricante descreve como masculino, moderno e elegante, é produzido na planta da Gerresheimer, em Momignies, na Bélgica, em tamanhos de 40, 75 e 120 ml. A icônica estrela da Mercedes-Benz foi reproduzida na base do vidro. O frasco é produzido pelo processo blow-and-blow. Depois deste processo, cada embalagem é polida com fogo para garantir um acabamento de superfície perfeito. Finalmente, a impressão silk screen das duas cores famosas da marca automobilística é aplicada. O logo que é adicionalmente caracterizado na base aumenta ainda mais a elegância do frasco e o apelo de prestígio.

Foto: Divulgação

Gerresheimer, tel.: +49 211 6181-250.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

lançamentos internacionais

Sensação de frescor e limpeza A agência italiana Reverse Innovation assina o design gráfico da nova linha de creme dental Signal Expert Protection, da Unilever, para o mercado global. Para comunicar as propriedades do produto, que é inspirado na ação do fio dental e dos bochechos, a agência optou por uma linguagem que se refere à pesquisa científica. Menos convencional e mais sofisticada, a embalagem de PET tem uma área transparente que permite visualizar o tubo do creme dental. O azul predomina em contraste ao tom prata, que lembra o ambiente técnico do laboratório, mas o visual também evoca a sensação de frescor e limpeza. As variantes são identificadas por um detalhe de cor em harmonia com a imagem padrão desenhada para o creme de dental. Reverse Innovation, tel.: +39 02 87212930.

28

Editora B2B

179_Lançamentos Internacionais.indd 28

29/6/2012 13:43:28


A KWH Plast apresenta uma nova geração de selos de polipropileno (PP), a SecurityPeel™, indicada para aplicação em alimentos embalados produzidos industrialmente que requerem altas especificações. A vedação segura e destacável, combinada com excelentes propriedades antifog, torna o selo uma solução ideal para embalagens de carnes e pratos prontos. As propriedades únicas do filme são baseadas na tecnologia cast de extrusão multicamada e a capacidade de produzir embalagens de alimentos que aumenta a segurança, a vida de prateleira e a conveniência ao consumidor. A camada de barreira reduz a transmissão do oxigênio e protege o produto. KWH Plast Ltd., tel.: +358 20 7686 301.

Maior eficiência Produção de filme de sopro de espessura fina de alta qualidade com uma avançada linha de polietileno de alta densidade bimodal da Sabic. Atualmente existem dois grades: o PEAD FI0644 e um grade de maior densidade e maior fluxo, o PEAD FI1157. Ambos têm alto peso molecular e ampla distribuição do peso molecular. Essas características se traduzem em boa processabilidade, que permite minimizar interrupções durante a produção do filme, além de boas propriedades mecânicas. Além disso, os dois grades podem ser processados em temperatura 10% mais baixa do que um grade comum de PEAD.

Foto: Divulgação

e proteção

Foto: Divulgação

Transparência

SABIC, www.sabic.com

BAUMGARTEN

informe publicitário fispal tecnologia

BAUMGARTEN LANÇA RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE A companhia também anunciou novos produtos durante a Fispal Tecnologia 2012

Fotos: Baumgarten

A

Baumgarten apresentou, durante a Fispal Tecnologia, o seu primeiro relatório de sustentabilidade 2011, com base na metodologia GRI, além do seu conceito de sustentabilidade, qualidade e tecnologia alinhado, que evidenciam os investimentos em eco-design e o desenvolvimento de uma cadeia cíclica. “Com o relatório de sustentabilidade, a Baumgarten conceitualiza sua posição diante do mercado, clientes, funcionários e sociedade. A empresa considera o bem-estar das pessoas, em todos os seus aspectos, como norte para suas ações em sustentabilidade”, afirma Ronaldo Baumgarten Júnior, presidente da Baumgarten. Em termos de produtos, a companhia destacou os rótulos in-mould de material transparente com efeito no label-look e

decoração metalizada e o in-mould metalizado com efeito de casca de laranja. Além de rótulos termoencolhíveis, com decoração metalizada localizada, e também os rótulos biodegradáveis de filme PLA – derivado de fontes renováveis (milho). A empresa também destacou os rótulos autoadesivos frontais e os 100% biodegradáveis e compostáveis: um deles derivado de fontes renováveis – 95% de fibra de cana-de-açúcar e outro de material natural, não branqueado, sem tratamento superficial e com certificação PEFC. Entre outras novidades, está a bandeja black tray, produzida na cor preta, com o objetivo de destacar alimentos, como saladas, fast-food, delivery e comidas japonesas. Editora B2B

179_Lançamentos Internacionais.indd 29

29

29/6/2012 13:43:42


30-31_Baumgarten.indd 30

29/6/2012 17:30:18


30-31_Baumgarten.indd 31

29/6/2012 17:30:23


Foto: Divulgação

especial fispal tecnologia

Inovações e avanços tecnológicos Mais de 60 mil visitantes do Brasil e do exterior marcaram presença na Fispal Tecnologia 2012 para conhecer as novidades do setor de embalagem de alimentos e bebidas

C

om o objetivo de fazer novos negócios, trocar experiências e garimpar novidades, mais de 60 mil profissionais de todo o País e do exterior visitaram a 28ª Fispal Tecnologia - Feira Internacional de Embalagens e Processos para as Indústrias de Alimentos e Bebidas, promovida pela BTS Informa, que reuniu duas mil marcas expositoras, em junho último, em São Paulo. A participação de 146 expositores estrangeiros, de 16 países diferentes, representa um crescimento de 35% em relação à edição de 2011. Este ano os pavilhões internacionais trouxeram novidades da Alemanha, Bélgica, do Canadá, Chile, da China, Colômbia, Coreia, dos Emirados Árabes Unidos, da Espanha, dos Estados Unidos, da Holanda, Índia, Itália, do México, de Taiwan e da Turquia – este último com 15 empresas representantes.

32

Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 32

02/07/2012 14:27:09


60 mil 146 expositores 2 mil

do exterior

visitantes do Brasil e

estrangeiros de 16 países

marcas expositoras

US$ 1,7 milhão

é a projeção de negócios para os próximos 12 meses, segundo o Instituto Nacional do Plástico (INP)

Durante a Fispal Tecnologia, também foram realizadas 112 rodadas de negócios com 10 compradores internacionais e 25 empresas brasileiras transformadoras de plástico associadas ao Programa ExportPlastic. De acordo com o Instituto Nacional do Plástico (INP), a projeção de negócios é de US$ 1,7 milhão para os próximos 12 meses. “A cada Fispal queremos melhorar os resultados e esta edição é a prova de que atingimos os nossos objetivos”, afirma Marco Antonio Basso, CEO do Informa Group no Brasil.

Lançamentos em embalagens Muitos motivos para comemorar o ano de 2011. A operação brasileira da Tetra Pak produziu 12 bilhões de embalagens cartonadas, um feito que somente a fábrica da companhia, na China, havia conquistado. O faturamento

registrado no período foi de R$ 4 bilhões. Os números foram anunciados por Eduardo Eisler, vice-presidente de estratégia de negócios da Tetra Pak, durante a Fispal Tecnologia. O executivo destacou também o sucesso de uma grande inovação lançada, em 2010, a tampa de polietileno de alta densidade produzida a partir de cana-de-açúcar que nasceu de uma parceria com a Braskem. “Hoje já são mais de 800 milhões de tampas de rosca no mercado brasileiro”, comemora. A nova opção de abertura para a embalagem Tetra Top de 100 ml, chamada de Lokka, segundo Eisler, deve chegar às gôndolas de iogurtes até o final do ano. “Até dezembro de 2012, a garrafa cartonada Tetra Evero Aseptic Separable vai chegar ao mercado brasileiro. A inovação apresenta uma perfuração que permite a separação da parte

superior de polietileno, facilitando o processo de reciclagem.” Com investimentos de R$ 144 milhões anunciados, no início deste ano, na ampliação da unidade fabril localizada em Ponta Grossa (PR), a Tetra Pak vai produzir a embalagem Tetra Recart para alimentos em pedaços. O objetivo, segundo Fernando Varella, diretor executivo de vendas de contas food da Tetra Pak, é buscar outras categorias nas quais a empresa não atua com tecnologia asséptica. “A Tetra Recart foi lançada, em 2007, no mercado brasileiro. Hoje ela é dona de 10% de participação na categoria de vegetais e em 2012 cerca de 130 milhões de embalagens devem ser comercializadas em toda a América Latina”, revela. No ano passado, a companhia firmou uma parceria com o Instituto Mauá de Tecnologia para a instalação da primeira Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 33

33

02/07/2012 14:27:12


Foto: Divulgação

especial fispal tecnologia

Nova linha de embalagens combiblocXSlim permite lançar produtos de baixo desembolso

O foco desse negócio é nos mercados de pratos prontos, sopas e salada de frutas ou frutas. “Até 2020 o objetivo global da companhia é multiplicar por oito as vendas de embalagens para alimentos, algo em torno de 800 milhões”, diz o executivo. A exemplo da concorrência, a SIG Combibloc também comemora os bons resultados no mercado brasileiro. A companhia anunciou um crescimento de 50% em 2011 e já superou o marco de 20 clientes e 50 linhas de envase vendidas no Brasil. Em 2012, a expectativa é terminar o ano com mais de 10% de market share. Para atender a velocidade de crescimento dos negócios, a empresa está fazendo um investimento 34

adicional de R$ 70 milhões na unidade de Campo Largo (PR) para triplicar a capacidade, que vai saltar de 1 bilhão para 3 bilhões de embalagens cartonadas assépticas já em 2013. “A participação das embalagens menores está aumentando no mercado brasileiro. Hoje 60% é embalagem de litro e 40% embalagens menores”, revela Luciana Galvão, gerente de marketing para a América do Sul da SIG Combibloc. Um bom exemplo dessa tendência é o lançamento mundial da embalagem combiblocXSlim nos volumes de 80, 90, 100, 110, 125, 150 e 180 ml. “Essa nova embalagem permite lançar produtos de baixo desembolso unitário. Por exemplo, nas categorias de sucos e leites flavorizados”, afirma. A combiblocXSlim é produzida somente

Foto: Divulgação

planta piloto de embalagem Tetra Recart fora da fábrica. O investimento foi de R$ 1 milhão. “Atualmente, mais de 30 produtos estão em testes visando a promover lançamentos inovadores no mercado de alimentos”, revela Varella. Ele continua: “Temos três grandes projetos na América Latina que devem resultar em oito novos produtos nas gôndolas até o final deste ano.”

na China, onde já começou a ser utilizada, este ano, no mercado de lácteos. A embalagem ecológica combiblocEcoPlus, lançada no ano passado, ganha agora a tampa combiCap que pesa apenas 1,85 gramas, utilizando assim, menos matéria-prima em sua produção. A primeira empresa do mundo a adotar essa solução é novamente a alemã MilchUnion Hocheifel eG (MUH), uma das maiores produtoras de lácteos longa vida da Europa. Outra novidade da SIG Combibloc, revela Luciana, é a garrafa cartonada que será lançada na Europa, nos próximos três meses, por um cliente do segmento de sucos. Ela associa benefícios ecológicos e funcionais como uma tampa de maior diâmetro, ainda mais fácil de servir. “A nova embalagem também poderá ser utilizada no segmento de leites”, afirma. Ideal para quem busca elegância e conveniência ao mesmo tempo, a tampa de aço deep twist-off (diâmetro de 70 mm) é a novidade da Silgan White Cap. O primeiro projeto foi feito para a linha de antepastos da La Pianezza. Foi necessário o desenvolvimento de um pote de vidro especialmente para essa tampa, produzido pela Wheaton.

Lançamento da Silgan White Cap: tampa de aço deep twist-off

Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 34

02/07/2012 14:27:18


Lançada no ano passado pela Rimet, a lata cônica empilhável - com diâmetro de 70 mm tampa e 73 mm fundo – agora é uma realidade no mercado brasileiro de alimentos. A Bonduelle acreditou no projeto da companhia, e em julho, a nova lata estará nas gôndolas de vegetais. Outra inovação da companhia promete ser um divisor de água em termos de praticidade e facilidade de abertura no segmento de alimentos processados. Segundo Fábio Rohr, presidente da Rimet, a empresa está investindo R$ 1,5 milhão para a produção do sistema de lacre peel-off de alumínio que, por enquanto, ainda é um protótipo. Mas o potencial de aplicação é grande. “O mercado de alimentos processados é de 60 milhões de latas de aço. A nova solução de lacre poderá ser consumida por pelo menos pela metade desse volume”, acredita o presidente. O lacre peel-off de alumínio está em testes na CSN e na Bonduelle. “Até o final de

2012, a nossa capacidade de produção será de 4 a 5 milhões tampas/mês.” No segmento de foodservice, a Rimet também tem novidade. A empresa lança uma lata de aço de 1 kg (127x135 mm) para vegetais e atomatados. Segundo o presidente, a nova embalagem é ideal para atender pequenos estabelecimentos, como pizzarias, dogueiros, entre outros, que não têm volume para comprar latas de 3 kg. “Com investimento de R$ 700 mil, esse desenvolvimento foi feito em parceria com a Quero que demanda 500 mil latas/mês. No próximo ano, a empresa vai triplicar esse volume”, comemora. Também de olho no potencial desse mercado de foodservice que, nos próximos cinco anos, vai crescer 80%, a Rojek desenvolveu a lata de aço abre-fácil de 1kg e 2kg. Segundo Sandro Moreira, gerente comercial da empresa, a nova embalagem proporciona fácil sistema de abertura e refechamento, além de ser empilhável. “A produção em escala começa, em julho, com capacidade inicial de 1

milhão de latas/mês. No final do projeto, ela poderá chegar a 2 milhões de latas/mês”, afirma. A expectativa de crescimento neste primeiro ano, segundo ele, é de 20%. “No segundo ano, esse crescimento deve alcançar a taxa de 30%.”

Novas tecnologias Sela e coloca a solapa simultaneamente na embalagem sem o uso de grampos. Esse é o principal diferencial da seladora para cartelas Micromatic Press desenvolvida pela JHM Máquinas. Segundo Júlio César Moleti, diretor da empresa, o projeto da nova máquina começou em 2011 com um investimento de R$130 mil. “Já vendemos 130 máquinas para os segmentos de alimentos, principalmente condimentos e de brinquedos”, revela. A seladora opera com capacidade de aproximadamente 1200 embalagens/hora e com de solapas de diferentes tipos de materiais (plastificada, papelão, papel kraft). “Essa nova máquina vem atender a uma legislação que não permite o uso de grampos nas embalagens de produtos alimentícios”, diz Moleti.

Seladora para cartelas que dispensa o uso de grampos

Foto: Divulgação

O diferencial da tampa, segundo Eliane Romero, gerente comercial da empresa, é a lateral mais alta que garante maior destaque ao produto na gôndola e melhor pega para abertura. “Além disso, a deep twist-off oferece uma área maior para trabalhar a litografia”, diz. Por enquanto, segundo ela, a tampa é importada da Alemanha. “A primeira importação foi de 300 mil tampas. Mas em médio prazo, a expectativa é ter um mercado de 10 a 12 milhões de tampas deep twist-off no Brasil”, conclui.

Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 35

35

02/07/2012 14:27:22


especial fispal tecnologia

“No primeiro ano, a expectativa é vender 1100 máquinas e ter crescimento de 20%”, acrescenta. Flexibilidade e versatilidade são os diferenciais da envasadora horizontal de pouches préformados HR600 da Golpack que marca a entrada da empresa num novo negócio. A tecnologia foi desenvolvida para atender principalmente o mercado de embalagens promocionais. Renato Vieira, diretor da Golpack, explica que a máquina pode trabalhar com diferentes formatos de pouches, por exemplo, de Papai Noel para as festas natalinas ou de uma abóbora para o Halloween. “Existe uma demanda crescente no segmento de balas e confeitos que podem diferenciar o produto por meio da embalagem”, afirma. “Outro forte segmento é o

Foto: Divulgação

Formato diferenciado produzido pela nova envasadora horizontal de pouches préformados HR 600

36

de Pets que pode usar uma embalagem no formato de um osso”, exemplifica. Segundo o diretor, não há limite para a imaginação, apenas para o tamanho da embalagem: 200 mm (largura) e 300 mm (comprimento). “A envasadora opera com capacidade de produção de 45 a 55 pacotes/minuto e permite troca fácil de formato”, garante. Outro lançamento da Golpack é uma empacotadora vertical e inclinada que reduz a queda do impacto dos produtos. No segmento de alimentos, segundo Moleti, o principal benefício da tecnologia é a garantia da integridade de produtos delicados, como empadas, suspiros e confeitos. “Isso automaticamente reduz em 99% o desperdício de produtos”, afirma. Três máquinas já foram vendidas para o segmento de alimentos congelados”, acrescenta. No segmento de codificação de embalagens de alimentos e bebidas, a Videojet Brasil amplia linha VJ 1000 ao lançar uma nova máquina de jato de tinta contínuo com interface touch screen. Segundo Paulo Machado, diretor de produto da Videojet Brasil para a América Latina, a tecnologia garante maior segurança de codificação ao minimizar os erros gerados pelo operador da máquina. “Com um sistema de código de segurança, o operador não pode escolher qualquer data de validade”, exemplifica. “Isso evita o retrabalho na linha de produção, o desperdício e facilita a operação”, acrescenta.

Flex 2012 Como recriar a embalagem adicionando valor ao relacionamento. Esse foi o tema do 3º Flex 2012 – Fórum LatinoAmericano de Embalagens Plásticas Flexíveis – promovido pela Associação Brasileira das Indústrias de Embalagens Flexíveis (Abief) – durante a Fispal Tecnologia.

Além disso, agora a plataforma operacional foi unificada, o que significa que um único operador, treinado para uma máquina de codificação, pode trabalhar em todas. “A expectativa de crescimento das vendas este ano é de 5%”, afirma André Santos, diretor-geral da Videojet Brasil. A novidade da Markem-Imaje é a codificadora SmartDate X60 para impressão em embalagens flexíveis, laminados e etiquetas, que oferece maior capacidade de impressão para linhas de altíssima velocidade e a codificadora a laser 7031HD para potes de iogurtes. Ambas foram desenvolvidas para atender, especialmente, os segmentos de iogurtes e lácteos. O diferencial, segundo Antonio Bucino, gerente de marketing da empresa, é que a nova tecnologia a laser permite fazer uma impressão única na bandeja de seis potes

Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 36

02/07/2012 14:27:31


O

cenário para a indústria brasileira de embalagens flexíveis não é dos mais positivos. “O Brasil depende de nafta – matéria-prima para produção do plástico - cuja produção em queda não consegue atender a demanda doméstica, por isso o País tem importado para cobrir o gap que varia entre 30% e 35% do mercado”, revela Otávio Carvalho, diretor da Maxiquim. “Nos próximos dois anos, 50% da nafta será importada.” A tendência, segundo ele, é que o País se torne ainda mais dependente do mercado externo, já que os projetos de expansão petroquímica só devem acontecer daqui a cinco anos. José Carlos Teixeira Moreira, presidente do Instituto de Marketing Industrial, afirmou que trabalhar no segmento de embalagem é um privilégio, já que é um negócio perene. “É um grande achado mercadológico, pois a embalagem não vai deixar de existir”, afirma. “A ausência da

de iogurtes. “A X 60 permite alta qualidade de impressão sem pontos falhos”, afirma.

Foto: Divulgação

O Brasil está posicionado entre os seis principais mercados de atuação da Markem Imaje no mundo, por isso a empresa desenvolveu uma nova estratégia

Codificadora a laser de alta resolução 7031HD: novidade da Markem-Imaje

sacola plástica nos supermercados virou uma grande oportunidade para o setor potencializar o seu valor”, acrescenta.

caseiro continua sendo comercializado também no pote transparente de 400 gramas para consumo familiar”, revela.

Millena Medeiros, coordenadora de marketing da Tambaú, destacou o case dos doces caseiros cristalizados em stand-up pouches com zíper. Esse formato de embalagem foi adotado para atender a tendência de consumo rápido e prático. “O produto ganhou outro posicionamento com um pouch de 80 gramas que pode ser facilmente carregado na bolsa. O doce

Repensar o mercado de embalagem flexível visando a gerar valor para retornar para a cadeia produtiva. Esse foi o foco da palestra de Guilherme Brammer, presidente da Wisewaste. Ele cita como exemplo o case da Pepsico. Em 2011, 160 toneladas de embalagens de salgadinhos viraram 8 mil paletes que são utilizados em suas plantas fabris. (M.H.)

demanda de resinas e importações mil tons

2

importações / demanda

4.000

40%

3.500

35%

3.000

30%

2.500

25%

2.000

20%

1.500

15%

1.000

10%

500

5%

0

2005 PP

2006 PEAD

2007

PEBDL

PEBD

2008

2009 IMPORTAÇÕES

2010

2011

IMPORTAÇÕES / DEMANDA

Fonte: Maxiquim

para a sua rede de distribuidores, ampliando a sua cobertura nas regiões mais importantes – Amazonas, Ceará, Bahia, oeste do Estado de São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Na segunda fase, de acordo com Antony Pongeluppe, gerente de vendas de canal indireto, a empresa vai atender mais quatro regiões até o final de 2013. “A ideia é nos aproximar mais dos clientes e oferecer uma resposta mais rápida para suas necessidades”, destaca. Já a Comprint apresenta uma nova codificadora a laser da Macsa com tecnologia de fibra ótica Yag. O diferencial da máquina, segundo Hélio Jardim, diretor comercial da empresa,

é a sua capacidade de impressão em aço carbono, além de polímeros de alta densidade. “O foco da marca é criar um low cost para máquina de alta performance. A capacidade de produção depende do substrato e do volume”, afirma. “Em 2012, a expectativa é crescer 20% em relação a 2011.”

INFORMAÇÕES BTS Informa tel.: (11) 3598-7800 | www.fispaltecnologia.com.br

Editora B2B

179_Especial Fispal.indd 37

0%

37

02/07/2012 14:27:39


Foto: Divulgação

especial fce cosmetique e fce pharma

Por dentro das principais tendências A FCE Pharma e a FCE Cosmetique reuniram mais de 20 mil profissionais qualificados em três dias

A

s principais tendências dos setores farmacêutico e cosmético que estarão no mercado em breve foram lançadas na 17ª edição das FCEs Pharma e Cosmetique, feiras de negócios realizadas pela NürnbergMesse Brasil, em maio último, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. O evento reuniu 600 marcas nacionais e internacionais – entre elas, mais de 40 marcas estreantes – e 20.913 profissionais. O resultado positivo destas feiras de negócios, também, é garantido pelo fato de os setores cosmético e farmacêutico movimentarem juntos bilhões de reais. No segmento de cosméticos, o Brasil é o terceiro maior consumidor, com 10,1% do mercado mundial. Somente em 2011, os brasileiros investiram cerca de R$ 43 bilhões em beleza e cuidados pessoais. Se falarmos de medicamentos e deste nicho, os números também impressionam: no ranking mundial, o País ocupa a 6ª posição movimentando R$ 21,5 bilhões (o que corresponde a 3,91% de participação do mercado farmacêutico global). “Beleza e saúde nunca estiveram tão em voga no Brasil, e isso se confirma pelo sucesso absoluto das FCEs Pharma e Cosmetique.

38

Editora B2B

179_Especial_FCE Pharma e FCE Cosmetic.indd 38

01/07/2012 21:14:30


OS NÚMEROS EM 2012 20.913 600 40

PROFISSIONAIS VISITANTES

MARCAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS

MARCAS ESTREANTES

OS LANÇAMENTOS Para atender um mercado ávido por novidades, a Vidraria anchieta desenvolveu novos formatos de frascos de vidro de Foto: Divulgação

Um resultado conquistado por meio de muito planejamento, uma equipe competente e, sem dúvida, a parceria de longa data com a associação Brasileira de Cosmetologia (aBC), do Sindicato da indústria de Produtos Farmacêuticos (Sindusfarma), do alto nível dos Congressos e eventos paralelos e, sem dúvida, da qualidade incomparável dos produtos e serviços das empresas presentes na feira”, finaliza Ligia amorim, diretora-geral da NürnbergMesse Brasil, ao ressaltar que uma feira de negócios deste porte só é feita com a união e espírito colaborativo de todos os envolvidos.

recrave - cubos e retangulares de 50 e 100 ml – para o segmento de perfumaria. Segundo Nizio Baretta Júnior, gerente de produto da empresa, os formatos retangulares são uma

Vidraria Anchieta lança nova linha de frascos de 50 e 100 ml para o segmento de perfumes

Editora B2B

179_Especial_FCE Pharma e FCE Cosmetic.indd 39

39

01/07/2012 21:14:44


especial fce cosmetique e fce pharma

O frasco retangular já foi adotado pela Cazo Cosméticos para a sua linha de perfumes masculinos e femininos. “O formato em cubo chega ao mercado em 60 dias”, informa Baretta Júnior. Também de olho nas exigências desse dinâmico mercado, a SGD Brasil lança os novos frascos – Sphere (50 ml e 100 ml), Prian (30 ml e 50 ml) e Vasco (50 ml) – cujo design foi desenvolvido em sua matriz na

Tubos laminados da Dixie Toga para dermocosméticos

tante corporal Nativa Spa do O Boticário. Ronaldo Cozim, coordenador de marketing da empresa, conta que a grande novidade é a tampa de polipropileno (PP) de duas peças que garantiu maior leveza para o pote de PET, já que ela agora é oca, utilizando menos material. “Investimos em molde e em máquina para montagem da nova tampa”, diz. “O design diferenciado foi feito com exclusividade para O Boticário, mas podemos desenvolver o conceito para outras marcas”, acrescenta.

França com base nas tendências mundiais de perfumaria. As novidades integram a linha de frascos e potes La Collection que podem sem customizados de acordo com as necessidades dos clientes. No Brasil, opina Leandro Pignataro, diretorcomercial da companhia, há duas grandes tendências no segmento de perfumes: os frascos cilíndricos e quadrados. Outro forte movimento é o avanço dos frascos de vidro no segmento de aromatizadores de ambiente. “Lojas de roupas, como a famosa Le Lis Blanc, comercializam aromatizadores de ambiente, cujo perfume identifica a marca”, revela o executivo. “Ela saiu de uma venda de preço para uma venda de valor. A embalagem com perfume conta uma história.” No segmento de embalagens plásticas, a Igaratiba apresenta a solução sustentável desenvolvida para a linha de hidraFoto: Divulgação

tendência forte no mercado de perfumaria. Já o cubo é uma opção para quem deseja fugir do tradicional quadrado. “Estamos disponibilizando também a decoração do frasco com pedra swarovski para aqueles que buscam agregar valor ao produto”, revela o executivo. A aplicação da pedra swarovski, segundo ele, será feita por meio de uma parceria com uma terceirizada.

A novidade da Incom foi desenvolvida para atender o segmento de maquiagem. Trata-se de um estojo quadrado de quatro compartimentos para sombra, blush e pó compacto. “Com base em acrílico e tampa de ABS, o estojo apresenta melhor acabamento e o apelo visual é mais brilhante”, diz Aline Pires, analista de marketing da empresa. No segmento de perfumaria, a Incom lança três novos designs de tampas produzidas em surlyn - Flora, Dora e Golden – para decorar os frascos. O brilho está em alta fora do Brasil, principalmente nas embalagens de personal care. Seguindo essa tendência mundial, a Dixie Toga desenvolveu os tubos laminados ABL390 e cold stamping que valorizam ainda mais os dermocosméticos. Entre as principais características do tubo ABL390, estão o alto brilho, efeito metalizado e alta proteção do produto, pois utiliza barreira de

40

Editora B2B

179_Especial_FCE Pharma e FCE Cosmetic.indd 40

01/07/2012 21:14:49


Foto: Divulgação

Novidade da Vedapack: linha de conta-gotas para diferentes viscosidades

alumínio. O tubo não amassa e é uma exclusividade da Dixie Toga no Brasil. Já o tubo cold stamping possui brilho dourado e prata. Esta tecnologia permite realizar impressões em lotes menores, em tubos de todos os diâmetros, com custo competitivo. Possui barreira EVOH e também não amassa. Além destas novidades, a Dixie Toga apresentou o tubo de 16 mm para ser usado como amostra grátis em campanhas promcionais; o lacre Estrela, que oferece maior barreira contra luz, oxigênio e vapor d’água; e também o bico aplicador, indicado para produtos de formulação concentrada. No segmento farmacêutico, a

companhia apresentou quatro lançamentos: o blister child proof, um sistema de abertura à prova de crianças; o stick pack, embalagem para consumo on-the-go de medicamentos e abertura facilitada; o blister resistente a altas temperaturas, estrutura para equipamentos rotativos de alta velocidade; e a mais recente tecnologia de impressão holográfica, tanto em blisters de alumínio, quanto em estrutura alu-alu. Para Márcia Rodrigues, gerente de marketing da Dixie Toga, a FCE é uma ótima vitrine para a empresa apresentar as mais novas tecnologias em embalagens ao seu público de interesse. “Com o fortalecimento da economia brasileira e o aumento do poder de compra das classes mais populares, os segmentos de dermocosméticos e farmacêuticos encontram-se aquecidos. Por esta razão, trouxemos nossas mais recentes tecnologias, pensadas para auxiliar as indústrias destes setores a se diferenciarem no mercado”, afirma. Para atender ao mercado de remédios líquidos, colírios e descongestionantes nasais, a Vedapack apresenta novidades na linha de conta-gotas. São sete modelos de frascos de polietileno de alta densidade (PEAD) em diferentes formatos, com capacidade de 10 a 30 ml e com terminação de 15 mm. Além de dois modelos de tampas de polietileno de alta densidade (PEAD) e quatro modelos de gotejadores. “Cada tipo de frasco atende Editora B2B

179_Especial_FCE Pharma e FCE Cosmetic.indd 41

41

01/07/2012 21:14:55


especial fce cosmetique e fce pharma

Para garantir maior segurança à saúde dos consumidores, a Gerresheimer apresenta uma linha de frascos de polietileno para comprimidos com diferentes lacres e sílica gel na tampa uma diferente viscosidade do medicamento”, afirma Cíntia Cândido, analista de marketing da Vedapack. “ Trata-se um mercado que tem uma demanda grande, por isso a empresa vai investir em novos moldes para ampliar a linha ainda este ano”, acrescenta. Outra novidade da Vedapack é a linha de frascos PET (150 ml e 200 ml) colorida de 38 mm para o mercado de suplementos vitamínicos. Segundo Cíntia, esse segmento tem forte potencial de crescimento. “Para se ter uma ideia, este ano, a produção já é de 350 mil frascos/capacidade/cor”, revela. Para garantir maior segurança à saúde dos consumidores, a Gerresheimer apresenta uma linha de frascos de polietileno (PE) para comprimidos, com diferentes lacres e sílica gel na tampa (uma solução diferente do que existe no mercado). O objetivo, segundo Paulo de Castro, assessor de relações institucionais e marketing da companhia, é reduzir a possibilidade de contaminação e ingestão acidental de medicamentos. A empresa também apresenta uma linha de sistemas de gotejadores para medicamentos oftálmicos e nasais que têm a mesma tampa, mas lacres de cores diferentes. “Além de 42

diferenciar a apresentação do produto, a ideia é facilitar o uso dos remédios pelos consumidores, podendo destacar a formulação, a utilização (dia/ noite, tarja vermelha/preta, pediátrico/adulto), entre outras”, revela Castro. A Gerresheimer também desenvolveu um novo modelo de copo dosador com duas apresentações de gotejadores. Um deles é o bulbo acoplado com a tampa com lacre que proporciona economia e maior praticidade. E a outra opção é o bulbo separado com copo laranja.

A próxima edição da FCE Pharma e FCE Cosmetique será realizada de 14 a 16 de maio de 2013. (M.H.)

INFORMAÇÕES NürnbergMesse Brasil tel.: (11) 3205-5000 | www.nm-brasil.com.br

Editora B2B

179_Especial_FCE Pharma e FCE Cosmetic.indd 42

01/07/2012 21:14:57


EXCELÊNCIA EM TERMOENCOLHÍVEIS

Fotos: BR Films

BR FILMS

informe publicitário fispal tecnologia

Esse foi o foco da BR Films na Fispal Tecnologia 2012

A

A BR Films, empresa especializada na produção de rótulos termoencolhíveis (sleeve), participa da Fispal Tecnologia desde 2008. Este ano, a empresa apresentou a tecnologia inovadora do rótulo do BioEnergy Power, bebida enérgica produzida pela Bioleve, de Lindóia (SP). Os rótulos são fotorreflexivos devido a componentes reflexivos inseridos no verniz. Assim, quando as garrafas são submetidas à luz negra das baladas e casas noturnas, a marca BioEnergy Power ganha destaque, brilhando no escuro. Pela segunda vez mencionada como empresa preferida do Brasil na pesquisa Pack Destaque de Preferência, na categoria de rótulos termoencolhíveis, realizada pela Editora Banas, a BR Films brinda sua excelência em qualidade de impressão e atendimento.

br films.indd 43

As inovações em rótulos beneficiam, em primeiro lugar, os clientes, já que a variedade de produtos cresce e a qualidade tecnológica também. Desde a produção até a finalização, a eficácia na gestão de processos e impacto visual são características que são prioridade para a BR Films. INFORMAÇÕES BR Films tel.: (37) 3229-3400 | www.brfilms.com.br

29/6/2012 13:51:59


Foto: Divulgação

especial drupa II

Show de tecnologias A inovação torna os processos mais produtivos e competitivos e com menor impacto ambiental. Essa foi a tônica dos lançamentos da Drupa mais high tech até aqui

Assunta Napolitano Camilo*

P

ara suportar tanta qualidade de impressão, os produtores de matéria-prima também apresentaram melhores substratos como os prontos para a impressão digital, entre outras novidades, por exemplo, cores, texturas e acabamentos.

A Stora Enso apresentou uma linha de papéis couché certificada para impressão digital em impressoras rápidas e de grande formato (HP, Canon, Xerox iGen) e o papel revestido dos dois lados, Stora Enso Lakka, que irá integrar em linha com a nova HP Indigo 30000 Digital Press - de 750 mm de largura folha a folha - projetada especificamente para imprimir embalagens de cartão.

Entendendo que os requisitos na fabricação de embalagem farmacêutica são muito exigentes, a Stora Enso Gallop apresenta novos desenvolvimentos e melhorias em sua linha de in-line. A nova Xerox EXP iGen4TM aumentou a área de impressão em 15%, atingindo agora 364 x 660 mm de folha.

A HP já tem instalada mais de 6 mil impressoras digitais, muitas para impressão de etiquetas e aplicações de embalagem. Projetado e desenvolvido especificamente para o mercado de cartuchos, o novo equipamento faz parte da mais recente geração de impressoras digitais, que pode imprimir em até 600 mícrons de espessura ou nas gramaturas de 180 a 500 g/m2. A Stora Enso Lakka deve maximizar a

Embalagens impressas digitalmente já atingem uma fatia considerável do mercado em diversos segmentos, como produtos farmacêuticos, software e eletrônicos, com as

A Suzano Papel e Celulose foi a única representante brasileira com estande próprio.

44

produtividade dessa plataforma, satisfazendo as exigências de diversas áreas de aplicação.

Editora B2B

179_Especial_DrupaII.indd 44

29/6/2012 13:53:14


verniz sustentável, ele pode substituir o hot stamping e ser aplicado em diversas cores, resultando em inúmeros efeitos diferenciados. O produto está disponível nas cores prata, dourado e bronze.

A Henkel apresentou seu portfolio completo de produtos e tecnologias para o segmento de embalagem. Muitas das tecnologias já estão disponíveis no Brasil. O foco foi nos adesivos e tecnologias sustentáveis e ambientalmente compatíveis. Outro destaque foi o verniz UV sustentável MiraFoil, desenvolvido para materiais gráficos e embalagens. Por ser um

A Coim apresentou vernizes especiais à base de água para tampas, entre outros produtos com maior capacidade adesiva. A Kodak apresentou a tecnologia FlexceL Direct System, que se apropria da experiência da Kodakde off set (pontos quadrados e precisos) e a utiliza agora no sistema de cilindros sleeves para flexografia, conferindo performance maior (texto

Estende a rentabilidade do pacote digital de impressão

Foto: Divulgação

suas necessidades específicas de várias versões de idioma e tamanhos variados. O Gallop estende a rentabilidade do pacote digital de impressão para outros mercados: alimentos, especialidades sazonais, promocionais e embalagens de cosméticos.

Editora B2B

179_Especial_DrupaII.indd 45

45

29/6/2012 13:53:21


especial drupa II

A brasileira eCalc Software apresentou aplicações de business intelligence, que auxiliam gráficas a obter uma interface transparente sobre custos, lucros, gargalos e outros pontos-chave da produção e administração. Tudo com transparência e modularidade, podendo ser customizado de acordo com o porte e a necessidade da gráfica, assim, o usuário pode visualizar de modo transparente e completo como estão os indicadores da empresa, podendo, desta forma, tomar decisões mais seguras e completas. A Muller Martini apresentou a impressora rotativa offset VSOP para impressão em papel, filme e cartão, que impressiona com suas numerosas inovações técnicas e funcionais. Por exemplo, o novo sistema de controle aumenta a confiabilidade da máquina, enquanto reduz, ao mesmo tempo, o desgaste pelo uso e a necessidade de manutenção, devido ao melhor posicionamento do cilindro sleeve. Além da adaptação do design externo, a impressora rotativa offset foi continuamente expandida e aperfeiçoada para incluir diversos recursos técnicos. O primeiro e mais importante objetivo dessas inovações foi tornar a máquina mais fácil de ser operada.

etiquetas, embalagens flexíveis e papel cartão. A Esko trouxe soluções de software que abordam design de embalagens, gestão, design e pré-impressão, gerenciamento de cores, automação de workflow e integração de processos. Com a introdução da Suite 12, uma versão de atualização do software de workflow para embalagem e rótulo, o foco é agregar valor para o usuário pela introdução de novos benefícios de produtividade e eficiência. A empresa também apresentou inovações para flexo digital que melhoram muito a qualidade de impressão. O novo sistema é capaz de controlar a forma de estruturas de pontos diferentes em uma única chapa. O resultado é uma chapa flexo adequada para o destaque e para as áreas de sombra ou sólido de um trabalho de impressão. Outro destaque da Esko são as soluções digitais de acabamento integradas desde o software até o projeto estrutural (Artios-

CAD). Versátil e produtiva, a mesa digital de acabamento pode ser facilmente configurada para aplicações diferentes de protótipos de embalagens até serviço pesado de corte e vinco, chegando a produzir até cem placas (produtos) por dia. A Eltromat apresentou uma linha de equipamentos que integra medição de cor espectral na impressão. Para controlar a consistência da cor ao longo do processo de impressão, é comum para remover o material que está sendo rodado e medir off-line com um fotômetro manual espectral. Este processo significa sempre uma interrupção da produção. A Eltromat trouxe uma nova proposta com o Inco_check. Este novo sistema de medição espectral de cor integra o processo de medição na impressão em tempo real. Além disso, a empresa apresentou um sistema de inspeção 100% integrado ao workflow, e desta forma, garante a qualidade, com melhor desempenho.

Sistema de medição espectral de cor da Eltromat

Foto: Divulgação

comercial). O sistema de tecnologia de gravação a laser oferece baixo custo e boa qualidade de impressão; aumento de produtividade, consistência e rápido setup de impressão.

A tecnologia de controle eletrônico também foi reprojetada, aumentou a confiabilidade da máquina. A impressora rotativa offset VSOP foi desenvolvida para a impressão de 46

Editora B2B

179_Especial_DrupaII.indd 46

29/6/2012 13:53:23


Foto: Divulgação

Xeikon, oferecendo soluções para grandes tiragens, e claro, totalmente digitais. A Man Roland focalizou a família Roland 700 e Roland 900, ambas para embalagens. Explorou a área de serviços, com o programa Printvalue, que pode atender seus clientes com serviços de diagnóstico e suporte mesmo a distância. A KBA, que passa a ter uma filial no Brasil por meio da Deltagrafica, antes representante, apostou em velocidade e mais possibilidades de acabamento em linha.

Digiflow: para gravação de fotopolímeros sem oxigênio

Na impressão flexográfica para embalagem de líquidos, cartuchos ou de cigarro, os end users estão cada vez mais exigentes, assim o controle de qualidade consistente e tambem a eliminação de eventual defeito, é essencial neste contexto. A inspeção do sistema twin_ check permite alta resolução de inspeção na velocidade da máquina, além disso detecta os defeitos esporádicos na impressão. O sistema é projetado para todos os tipos de impressão, bem como para toda a gama de substratos de impressão, incluindo material transparente. Já durante a fase de set-up, este módulo compara o pré-PDF da imagem de impressão e, portanto, reconhece a impressão com defeito já nas chapas ou nos cilindros numa fase precoce. A fim de eliminar os defeitos, o módulo Event_logger registra todos os defeitos de um protocolo, que, de acordo com o fabricante,

pode também ser utilizado para análises adicionais. A Indústria Brasileira de Filmes (IBF) apresentou uma linha completa de chapas para sistema computer to plate com alta resolução para longas tiragens, além da linha tradicional. A DuPont mostrou a linha Cyrel round ®, gravando em camisas sem emendas. Divulgou também o novo Digiflow ® para gravação de foto polímeros sem oxigênio, portanto entregando maior qualidade, cobertura e em grandes formatos. Preocupada com qualidade e meio ambiente, a Daetwyler®, agora coordenando o grupo formado por Hell® e Ohio®, trouxe novas possibilidades de gravação flexo em elastômero, gravado a laser (com alta qualidade) e lavado apenas com água, gerando menor impacto ambiental Em termos de equipamentos de impressão para embalagens, chamou a atenção a presença de empresas, como Canon, Ryobi, Ricoh, Fujifilm, Xerox,

A Komori desenvolveu um novo sistema de cura UV, mais amigo do meio ambiente e econômico, que pode trazer benefícios adicionais, considerando os ganhos de tempos e redução de estoque. O foco dos lançamentos tecnológicos foi a sustentabilidade. Aspectos como minimizar impactos ambientais, usar menos energia, liberar menor quantidade de resíduos foram tão fortes quanto a preocupação econômica. Crítica para muitas empresas que buscam alternativas com fusões, verticalizações, parcerias e/ou marcando presença em novos mercados. Como a sustentabilidade econômica está em xeque na Europa e no mundo, principalmente, para os fabricantes de máquinas, vamos saber em breve quem vai sobreviver. Aposto nas empresas que estão revendo sua competitividade e responsabilidade ambiental com o mesmo peso e verdadeiramente. Sustentabilidade combina com verdade. *Assunta Napolitano Camilo é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria FuturePack

Editora B2B

179_Especial_DrupaII.indd 47

47

29/6/2012 13:53:28


Foto: iStockphoto

Brasil recicla mais PET em 2011 O volume total reciclado em 2011 corresponde a um aumento de 4,25% em relação as 282 mil toneladas recicladas em 2012

o

Brasil mantém a sua posição entre os líderes da reciclagem de PEt no mundo. Em 2011, o País deu a destinação correta a 294 mil toneladas de embalagens de PEt pós-consumo, o que representa 57,1% das embalagens descartadas pelo consumidor, segundo o 8.º Censo da reciclagem do PEt no Brasil divulgado pela associação Brasileira da indústria do PEt (abipet). o volume total reciclado em 2011 corresponde a um aumento de 4,25% em relação as 282 mil toneladas recicladas em 2010. Esse índice é mais do que o dobro do crescimento registrado na produção de novas embalagens que, mesmo enfrentando a crise mundial, foi de 2% em 2011. atualmente, com faturamento de r$ 1,2 bilhão, a reciclagem responde por mais de um terço de todo o faturamento da indústria do PEt no Brasil. “isso mostra que, apesar das dificuldades em relação à coleta seletiva, o trabalho da indústria, no sentido de gerar demanda para o PEt reciclado, contribui fortemente para o desenvolvimento da atividade”, afirma o presidente da abipet, auri Marçon. “além disso, coletamos, reciclamos e aplicamos o material reciclado em nosso próprio território. não exportamos as embalagens pós-consumo, como fazem algumas nações desenvolvidas, que têm bons sistemas de coleta, mas enviam seus resíduos sólidos urbanos para serem reciclados em países em desenvolvimento”, afirma. o mercado têxtil continua sendo o principal destino de todo o PEt reciclado no Brasil. o setor responde pelo uso de aproximadamente 40% de todo o material. o segundo lugar, com 18% cada um, é dividido

48

OS NÚMEROS

294 MIL TONELADAS DE EMBALAGENS PET PÓS-CONSUMO 57,1%

DAS EMBALAGENS DESCARTADAS PELO CONSUMIDOR

40% DE TODO O PET RECICLADO É USADO PELA INDÚSTRIA TÊXTIL R$ 1,2 BILHÃO É O FATURAMENTO DA INDÚSTRIA DE RECICLAGEM

entre os setores de embalagens e o de aplicações químicas. “a indústria têxtil continua sendo a grande aposta, mas nos chama a atenção o fantástico crescimento da utilização do PEt reciclado na fabricação de outra embalagem, o chamado bottle-tobottle, que teve vários projetos lançados nos últimos dois anos”, destaca Marçon. o potencial de todos esses mercados é confirmado pelos 409 recicladores entrevistados. desses, 42% afirmam que o setor têxtil continuará apresentando o maior crescimento na utilização do PEt reciclado. Para outros 33%, as embalagens de alimentos representam o segmento mais promissor para a reciclagem do PEt. a novidade é que 8% desses recicladores acreditam que as aplicações técnicas para o mercado automotivo ganharão destaque nos próximos anos. Abipet, tel.: (11) 3078-1688

Editora B2B Banas

179_Sustentabilidade.indd 48

01/07/2012 21:43:06


pack | sustentabilidade

Justiça determina volta das sacolas plásticas Foto: iStockphoto

Juíza acolhe o entendimento do Ministério Público de São Paulo de que somente o consumidor está arcando com o ônus de proteger o meio ambiente

A

tendendo à ação civil pública movida pela Associação Civil SOS Consumidor contra a Associação Paulista de Supermercados (APAS), Sonda Supermercados, Walmart e Carrefour, a juíza Cynthia Torres Cristófaro, da 1ª Vara Central da capital, determinou, no último dia 25 de junho, a volta da distribuição gratuita das sacolas plásticas nos supermercados do Estado. A decisão fixou ainda o prazo subsequente de 30 dias para que os estabelecimentos passem a fornecer também gratuitamente e em quantidade suficiente, embalagens de material biodegradável ou de papel adequadas, sem cobrar nada. A juíza acolheu o entendimento do Ministério Público de que o consumidor foi onerado com a suspensão da distribuição das sacolas plásticas. O Ministério Público decidiu não homologar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado há seis meses para não fornecer as sacolas plásticas para o consumidor. De acordo com a decisão do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP), o TAC não garante o equilíbrio entre fornecedor e consumidor no mercado de consumo, impondo somente ao consumidor o ônus de ter que arcar com a proteção do meio ambiente, já que tem que pagar pela compra de sacolas reutilizáveis e nenhum ônus é atribuído ao supermercadista que tem se utilizado da propaganda de protetor do meio ambiente diante da população brasileira. Ainda de acordo com a decisão do CSMP, a APAS e seus associados devem encontrar uma forma de proteção ao consumidor diante da possível necessidade de retirada das sacolas plásticas descartáveis do mercado de consumo. Por sua vez, a APAS, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que jamais deixou de oferecer uma alternativa gratuita para

APAS vai entrar com recurso para supressão da sentença

os consumidores carregarem suas compras. Ainda segundo a nota, a entidade vai entrar com recurso pleiteando a supressão da sentença e que já instruiu seus associados a cumprirem a decisão, mas que continua pela via jurídica a sua campanha para a substituição das sacolas descartáveis por reutilizáveis em todo o Estado de São Paulo, com o objetivo de contribuir para a conscientização dos consumidores em favor da sustentabilidade e contra a cultura do desperdício. Ministério Público de São Paulo, tel.: (11) 3256-1473 APAS, tel.: (11) 3647-5000

Editora Editora Banas B2B

179_Sustentabilidade.indd 49

49

01/07/2012 21:43:10


pack | sustentabilidade

Braskem firma parceria com a Tecnaro O acordo firmado pelas companhias vai expandir o portfolio de aplicações do PE verde

E

specialista em biocompostos, a companhia alemã Tecnaro assinou contrato com a Braskem, para uma nova linha de PE verde. A companhia vai produzir compostos usando o PE verde da Braskem, um biopolímero feito de cana-de-açúcar, em uma linha especial chamada Arboblend, que é um biopolímero composto, que pode ser processado, dependendo da fórmula, por injeção, extrusão (filme) ou termoformagem. “O objetivo dessa parceria é desenvolver aplicações que ainda são largamente inexploradas e que vão expandir o portfolio de produtos feitos com PE verde”, afirma Claudia Cappra, gerente de vendas de produtos renováveis da Braskem. A Tecnaro escolheu a Braskem para expandir a sua penetração no mercado europeu de biopolímeros através de uma linha de produtos produzida com recursos renováveis. “Nós estamos muito satisfeitos de termos feito a parceria com a Braskem que vai nos permitir dar um passo importante para explorar oportunidades de negócios no Brasil e na Europa”, diz Lars Ziegler, diretor de F&E na Tecnaro.

A parceria reafirma a conexão de longo prazo da Tecnaro com o Brasil. Desde 2001, a companhia mantém um escritório de representação em São Paulo. Através de parcerias públicoprivadas, desde 2005, a Tecnaro patrocina o projeto Sequa GmbH e o instituto de pesquisa no Senai Cimatec, além disso, desenvolveu e administra um programa de treinamento no uso de recursos renováveis na indústria plástica. Braskem, tel.: (11) 3756-9000 Tecnaro, tel.: +49 (0) 70629178902

BREVES Planta piloto de colaboração A Dow Chemical Company e a The Nature Conservancy (TNC) estão se unindo com a Santa Vitória Açúcar e Álcool (SVAA), uma joint venture entre a Dow e a Mitsui & Co., para utilizar a planta brasileira da empresa, como o segundo local piloto de sua colaboração. “O grande passo começa com a unidade de produção, em que a SVAA vai construir a maior operação integrada do mundo para a produção de biopolímeros de cana-deaçúcar renovável, incluindo o uso de resíduos de biomassa para alimentar a planta”, disse Neil Hawkins, vice-presidente de sustentabilidade e meio ambiente, saúde e segurança da Dow Chemical.

50

Nova estratégia de sustentabilidade para 2030

RS regulamenta utilização de sacolas plásticas

Por mais de duas décadas, a Henkel publica seu Relatório de Sustentabilidade juntamente com seu Relatório Anual. Na 21ª edição, a empresa apresenta sua nova Estratégia de Sustentabilidade para 2030 que tem como meta alcançar mais com menos e triplicar sua eficiência. A companhia visa a utilizar apenas um terço dos insumos atuais para cada euro gerado. Para reduzir sua pegada ecológica e tornar o consumo sustentável possível, a empresa definiu três abordagens principais: produtos, parceiros e pessoas.

O Governo do Estado do Rio Grande do Sul regulamentou a Lei 13.272, que prevê a proibição do uso de sacolas plásticas por supermercados e outras casas de comércio fora dos padrões estabelecidos pela norma 14.937 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). As determinações da lei permitem uma natural redução na circulação de sacolas plásticas, pois a norma estabelece que apenas materiais mais resistentes e capazes de suportar mais peso sejam utilizados em sua fabricação.

Editora B2B Banas

179_Sustentabilidade.indd 50

01/07/2012 21:43:12


INDEMETAL ANUNCIA

Foto: Indemetal Gráficos

INDEMETAL GRÁFICOS

informe publicitário

NOVIDADES AO MERCADO DE IMPRESSÃO Empresa acaba de adquirir a segunda HP Indigo WS 6600, um equipamento de impressão offset digital, que marca a entrada da empresa no mercado de termoencolhíveis

E

ste é um ano importante para a Indemetal, indústria que trabalha com impressões flexográficas e off-set. Segundo Andreza Carraro, analista de marketing da empresa, a empresa acaba de adquirir uma HP Indigo WS 6600, um equipamento de impressão offset digital. “Com o segundo equipamento do gênero que a empresa adquire, podemos oferecer uma solução ainda mais produtiva e econômica ao mercado”, completa. Esse equipamento marca a entrada da Indemetal Gráficos no mercado de termoencolhíveis, também conhecido como sleeve ou manga. Esses rótulos são impressos em filmes que têm a propriedade de encolher ao serem aquecidos fazendo com que o rótulo se molde ao formato do produto. O diferencial da empresa será no atendimento às pequenas tiragens e na qualidade de impressão em que se observa uma carência no mercado.

Indemetal Graficos.indd 51

Com o olhar voltado ao mercado econômico, as perspectivas para um futuro próximo são positivas. Em 2011, a empresa cresceu 20% em relação ao ano anterior. A expectativa para 2012 é repetir esse crescimento, além de fidelizar e manter os atuais clientes. “As oportunidades no setor são inúmeras e há bastante mercado a ser explorado”, justifica Andreza. No segundo semestre, a empresa objetiva estar com uma nova máquina de acabamento. Através desse novo equipamento será possível fornecer ao mercado acabamentos diferenciados, assim como agregar outros processos de impressão ao rótulo. Segundo a analista de marketing, o objetivo da Indemetal é fornecer mais opções de acabamentos aos seus clientes que agreguem valor ao rótulo e faça com que o produto tenha maior destaque no ponto de venda. “Através da impressão digital, a empresa atende clientes de diversos portes conforme

a sua necessidade de tiragem, que há algum tempo não era possível. Com a impressão flexográfica, atendemos tiragens maiores”, finaliza Andreza.

29/6/2012 13:59:37


Fotos: Divulgação

Foto: Divulgação

direto da gôndola

Modernas e elegantes para atrair os jovens As embalagens dos clássicos conhaques são inspiradas até na moda para falar a linguagem desse público-alvo Assunta Napolitano Camilo*

O

ponto de venda escolhido dessa vez para a coluna Direto da Gôndola foi o free shop do aeroporto de Guarulhos (SP), que é um dos mais movimentados do mundo. Para muitos consumidores, o Duty Free é uma janela para os produtos do mundo, principalmente da Europa. As campanhas de marketing do segmento de bebidas destiladas têm como foco os jovens. Para isso é primordial que as embalagens dialoguem com esse público-alvo e se alinhem aos novos conceitos, modernizando-se e tornando-se comuns para as empresas de bebidas. E essas mudanças têm dado resultado: cada vez mais os jovens estão adotando as bebidas destiladas como opção às cervejas e aos vinhos. Por isso é frequente a decoração mais elaborada em garrafas de destilados

52

que chegam até a brilhar no escuro ou que apresentam algum efeito iluminado para fazer parte das festas e baladas em todo o mundo. Os estojos e cartuchos são um espetáculo à parte, valorizando a sofisticação e os efeitos especiais. Há cartuchos que trazem copos para o consumo da bebida. Outros podem ser utilizados como baldes de gelo. Em vários casos, as embalagens se transformam em objetos úteis para os consumidores, tornandose mais desejadas, além de agregar valor ao produto. Muitas bebidas também exploram as edições limitadas, atendendo campanhas sazonais e atraindo o público colecionador. Recentemente, o conhaque Hennessy estreou uma coleção exclusiva. A garrafa de vidro de 200 ml ganhou uma segunda pele de silicone de várias cores. A ideia é proteger a garrafa para

torná-la mais segura, já que a embalagem é de bolso, além de servir como um item de moda. No ponto de venda, alguns jovens discutiam sobre quais cores levar, considerando o próprio estilo ou simplesmente seu gosto pessoal para vestuário e acessórios. Essa solução conferiu à garrafa da bebida diferenciação e elegância. A roupa de silicone lembra a roupa de mergulho, elástica e justa, porém, com relevo que multiplica e amplia os detalhes dourados do hot stamping. Impressionante! O conhaque Remy Martin também lançou uma edição limitada. A marca optou por decorar a sua garrafa com modernos rótulos termoencolhíveis, que ganharam uma arte especial, com vermelho metalizado sobre preto, num contraste elegante e jovial. Um design que tem, sobretudo, movimento. A arte em si tem um ar modernista póscontemporâneo, além de um aspecto multicultural com frases descoladas, dançando na vertical em diferentes idiomas, garantindo o diferencial na gôndola. O destaque do fogo com cores fortes (preto, vermelho e dourado) conferiu ao produto um visual espetacular. É bom lembrar que as empresas também têm investido consideráveis somas em campanhas para incentivar o consumo moderado e responsável de bebidas entre todos os níveis e perfis de público. Beber com responsabilidade é bom para um mundo mais feliz e melhor. Com embalagens igualmente responsáveis e visando a diversão e o prazer consciente, o negócio está garantido. Embalagem melhor. Mundo melhor. *Assunta Camilo Napolitano é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria FuturePack

Editora B2B

179_Artigo.indd 52

01/07/2012 21:51:46


53_IMAM.indd 53

29/6/2012 14:03:34


notas técnicas ATUADOR O atuador da série LEY oferece a simplicidade do movimento do atuador pneumático, com a precisão e o controle de um elétrico. Esse equipamento permite programação de 64 posições, das quais 32 relativas e 32 absolutas e total controle de força, velocidade e aceleração. Dispõe de um driver dedicado de fácil programação e montagem do motor de forma paralela ou em linha com atuador, além de possibilidade de montagem de sensores para detecção externa da posição. Opera com curso máximo de 500 mm e repetibilidade de ±0.02mm. SMC Pneumáticos do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4082-0600 | www.smcbr.com.br SISTEMA DE PALETIZAÇÃO BAIXA O novo sistema de paletização baixa SP 1000HS, desenvolvido pela Sidel, além de reduzir consideravelmente a complexidade do conjunto da linha e o espaço ocupado pela zona de paletização, atinge o mesmo desempenho e confiabilidade que o sistema tradicional de paletização alta. Um resultado atingido graças à integração de sistemas de preparação de camadas, através de módulos de paletização já existentes e a um sistema inovador de alimentação de camadas: o novo empurrador de camadas que desloca as camadas alternativamente da esquerda para a direita, alimentando assim duas colunas de paletização a partir de uma única entrada. Admite carga máxima no balanço de até 750 kg e 550 camadas/hora. SIDEL do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4668-7000 | www.sidel.com

CONTROLADOR DE TEMPERATURA A Siemens apresenta novo controlador de temperatura que se destaca pelo design, alta precisão, resultados rápidos e confiáveis. Possui protocolo Modbus, autotuning, caixa tipo plug-in e na versão analógica conta com bargraph, indicando o desvio de temperatura. Pode ser aplicado em máquinas de embalagem, pré-aquecimento de moldes, extrusoras, injetoras e sopradoras, máquinas de corte e solda, seladoras, entre outras. SIEMENS Ltda. Tel.: (11) 3833-4511 | info@siemens.com

EMBALAGEM PARA CADEIA DO FRIO A Instapak Temp Guard Cold Chain Packaging, desenvolvida pela Sealed Air, é uma solução de alta performance que assegura a manutenção da temperatura de produtos sensíveis durante o transporte. Os produtos podem ser mantidos mais frios por mais tempo, permitindo escolher formas mais econômicas de envio. CRYOVAC BRASIL Ltda. Tel.: (11) 3833-2600 | vendas.br@sealedair.com

54

Editora B2B

179_Notas Técnicas_com strapet.indd 54

29/6/2012 14:05:11


Editora B2B

179_Notas TĂŠcnicas_com strapet.indd 55

55

29/6/2012 14:05:16


notas técnicas CABEÇOTES DE EXTRUSÃO E COEXTRUSÃO

PLÁSTICO BOLHA

Os cabeçotes de extrusão e coextrusão Carnevalli foram desenvolvidos para a produção de filmes, com variação de espessuras reduzidas e tolerâncias precisas, sem formação de géis e com grande homogeneidade. Para extrusão, os cabeçotes podem ser fixos, giratórios ou do tipo Biflex (duas camadas A+A). Para coextrusão, são fixos, desenvolvidos com a mais alta tecnologia para 3, 5, 7 e 9 camadas. Os cabeçotes são adequados para a instalação de sistemas de refrigeração interna do balão e podem ser preparados para a instalação do novo sistema de controle automático de espessuras. A CARNEVALLI & Companhia Ltda. Tel.: (11) 2413-3811 | carnevalli@carnevalli.com

Indicado para embalagens de móveis, peças automotivas, peças metálicas, presentes, louças, mudanças etc., o plástico bolha da Cinco Estrelas oferece fácil manuseio, leveza no trabalho, proteção contra choques mecânicos, além de ser atóxico e impermeável, flexível e transparente e reciclável. Pode ser transparente ou colorido e ser cortado, picotado, tubular, laminado com PE, isolmanta de PE e papel kraft, entre outros. Está disponível com espessuras de 30 a 200 g/m2. CINCO ESTRELAS Papéis e Embalagens. Tel.: (47) 3646-2758 | www.5estrelas.ind.br

ENSACADEIRA POR ROSCA Indicada para produtos em pó e materiais em flocos ou granulados, a ensacadeira por rosca, comercializada pela Haver & Boecker, opera com capacidade de até 200 sacos/h por bico. Para garantir a alimentação contínua do produto, um agitador em operação simultânea está localizado acima da rosca dosadora. A rotação ajustável da rosca garante enchimento preciso e peso ideal para os mais diferentes produtos. Para compactação de produtos muito aerados, pode ser instalado um sistema de desaeração integrado ao tubo helicoide. Essa compactação resulta em sacos firmes, de tamanho reduzido e prontos para paletização. HAVER & BOECKER Latinoamerica Máquinas Ltda. Tel.: (19) 3879-9100 | haverhbl@haverbrasil.com.br

SACOS INFLÁVEIS Os sacos infláveis se adaptam a todos os tipos de cargas e meios de transporte. São equipados com válvulas que giram 360º, possibilitando o enchimento em qualquer ângulo. Isto faz com que sejam especialmente úteis para espaços pequenos e ângulos difíceis. A pressão de trabalho é de 0,1 a 0,2 kg/cm2. Podem resistir até 23 toneladas. CORDSTRAP do Brasil. Tel.: (51) 3074-1333 | comercial@cordstrap.net

56

Editora B2B

179_Notas Técnicas_com strapet.indd 56

29/6/2012 14:05:22


painel de negócios

embalagens, máquinas, equipamentos e acessórios

ANUNCIE AQUI! PAINEL DE NEGÓCIOS

LIGUE OU ENVIE EM E-MAIL

(11) 3500-1910

publicidade@editorab2b.com.br

Interação e conteúdo informativo em tempo real

REDES SOCIAIS

Interaja com a Editora Banas e atualize-se com as últimas informações do mercado industrial e de embalagem.

@EditoraBanas Siga a Editora Banas no Twitter e faça parte de um universo de informações simultâneas de qualidade Diariamente são postadas notícias importantes do mercado industrial e de embalagem, que abrange novidades, lançamentos, economia, eventos e mercado internacional.

facebook.com/editorabanas Curta a Editora Banas no Facebook Tenha acesso a informações do mercado industrial e de embalagem, incluindo um conteúdo editorial de utilidade para o público destes segmentos. Abrange, imagens, vídeos e notícias.

MAIS INFORMAÇÕES:

(11) 3500-1910 publicidade@editorab2b.com.br

179 Painel de Negocios.indd 57

01/07/2012 21:57:29


índice de anunciantes página

empresa

site

página

empresa

site

42 . ........... ABEAÇO...........................................www.abeaco.org.br

55 e 58 .... INSTITUTO DE EMBALAGENS......................................... .................. EMBALAGENS ....www.institutodeembalagens.com.br

3ª Capa .... ABRE.....................................................www.abre.org.br

57.............. INTERTEC........................... www.intertecequip.com.br

30 e 31 .... BAUMGARTEN.......................www.baumgarten.com.br 43 . ........... BR FILMS........................................ www.brfilms.com.br

17.............. JAEPEL............................................ www.jaepel.com.br 5 ............... KLABIN............................................ www.klabin.com.br

54 . ........... ECOMAX..............................www.grupoecomax.com.br 13 . ........... EVERTIS.......................................... www.evertis.com.br

7 ............... METALGRÁFICA ITAQUÁ.................................................. ......................................................www.metalgraficaitaqua.com.br

41 ............. GRÁFICA IPÊ.............................. www.graficaipe.com.br 57 ............. MOLTEC.......................................... www.moltec.com.br 4 ............... HAVER BRASIL........................www.haverbrasil.com.br 4ª Capa e 57...IBEMA.................................................. www.ibema.com.br 57 ............. IGARATIBA...................................www.igaratiba.com.br

53 . ........... MOVIMAT............................. www.feiramovimat.com.br 15 . ........... NEO ALUMÍNIO......................www.neoaluminio.com.br

51 ...............INDEMETAL GRÁFICOS......www.indemetalgraficos.com.br

27 ............. PAKTECH.................................... www.paktech-opi.com

2ª Capa .... INDUMAK....................................www.indumak.com.br

56 . ........... STRAPET........................................ www.strapet.com.br

179_Indice de Anunciantes.indd 58

29/6/2012 17:26:12


3Capa_ABRE.indd 59

29/6/2012 14:08:55


4Capa_IBEMA.indd 60

29/6/2012 17:43:24

Profile for Revista Pack

Revista Pack 179 - Julho 2012  

A impressão digital de rótulos autoadesivos permite customizar produtos. Conheça os lançamentos em embalagens e tecnologias para o setor de...

Revista Pack 179 - Julho 2012  

A impressão digital de rótulos autoadesivos permite customizar produtos. Conheça os lançamentos em embalagens e tecnologias para o setor de...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded