__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

177

ANO•14 M

A

I

O

2 0 1 2 R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ENTREVISTA Luis Eduardo Figueiredo, diretor comercial da Jandaia, fala sobre o mercado de sucos e os investimentos em embalagens

ESPECIAL EMBALAGENS INJETADAS E SOPRADAS Setor aposta no desenvolvimento de processos inovadores para elevar competitividade

BRASIL LANÇA MAIS EMBALAGENS Segundo um estudo do Laboratório de Monitoramento Global da ESPM, no primeiro trimestre de 2012, a indústria brasileira de produtos de consumo lançou 3307 embalagens

Capa Pack 177.indd 1

7/5/2012 18:06:47


2

2CAPA IBEMA.indd 2

Editora Banas

05/05/2012 15:28:55


carta ao leitor

CRESCEM OS LANÇAMENTOS DE EMBALAGENS NO BRASIL

A

indústria de bens de consumo não para de lotar as prateleiras. Mas, ao mesmo tempo em que os consumidores querem novidades, eles não estão dispostos a percorrer longos corredores atrás delas. Então é preciso investir em novidades de maior impacto tanto no produto, como na embalagem. Sai na frente quem sabe disso. Prova disso é o crescimento de lançamentos de embalagens. No primeiro trimestre de 2012, os lançamentos mundiais de embalagem totalizaram 76.106 ante 65.668 no mesmo período de 2011, um crescimento de 15,9%, segundo um estudo feito pelo Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM). No Brasil, os números também são positivos. A indústria de produtos de consumo lançou 3307 embalagens ante 2849 no mesmo período do ano passado, um crescimento de 16,1%. Esse é o assunto da matéria de capa. No especial sobre embalagens injetadas e sopradas, a repórter Analice Fonseca Bonatto traz as inovações do setor

177_Carta ao Leitor Anuncio.indd 3

para aumentar a competitividade e destacar a embalagem no ponto de venda. Conheça a cultura da Nova Zelândia através das embalagens. Esse é o assunto do artigo de Assunta Napolitano Camilo que fez uma recente visita ao País. Na seção sustentabilidade, Wagner Sabatini, chefe de desenvolvimento e reciclagem da Verallia, fala sobre os projetos idealizados pela empresa para aumentar o índice de reciclagem de vidro e a conscientização das cooperativas. Este mês, a revista PACK entrevistou Luis Eduardo Figueiredo, diretor-comercial da Jandaia. Ele fala sobre tradição e o DNA inovador de uma empresa que completa 71 anos, em 2012, e que tem no comando a quarta geração da família. Novos produtos, novas embalagens e investimentos dão o tom do nosso bate-papo. Até a próxima edição.

MARGARET HAYASAKI

EDITORA-CHEFE

| margaret.hayasaki@banas.com.br

7/5/2012 13:34:46


177

sumário

A N O • 1 4 M

A

I

O

Foto: Leandro Andrade

2012

14

ENTREVISTA

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN INOVAÇÃO

“Vamos lançar rótulos temáticos das Festas Juninas e do Natal”

22

MATÉRIA DE CAPA

Lançamento de embalagens cresce 16,1% no Brasil

14 ENTREVISTA

Luis Eduardo Figueiredo, diretor-comercial da Jandaia, conta as novidades em embalagens na categoria de sucos e os investimentos que devem ser feitos pela Jandaia no mercado de bebidas

22 MATÉRIA DE CAPA

Segundo o Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da ESPM, no primeiro trimestre de 2012, o Brasil lançou 3307 embalagens e a garrafa é o modelo mais adotado devido à força da indústria de bebidas

28 ESPECIAL EMBALAGENS INJETADAS E SOPRADAS

Indústria de embalagens injetadas e sopradas aposta no desenvolvimento de processos inovadores para elevar competitividade e destacar a embalagem no ponto de venda

Foto: iStockphoto

34 ESPECIAL NOVA ZELÂNDIA

A embalagem é o veículo para valorizar as tradições da Nova Zelândia. Esse é o diferencial percebido nas gôndolas

38 SUSTENTABILIDADE

SEÇÕES

Foto: Divulgação

28

ESPECIAL EMBALAGENS INJETADAS E SOPRADAS

A busca pela competitividade passa pela inovação

6

AGENDA

7

PACK ONLINE

8

ATUALIDADES

Fotos: Divulgação

O vidro ainda é pouco coletado por falta de conscientização das cooperativas e da logística. Para aumentar a conscientização sobre a reciclagem da embalagem de vidro, a Verallia criou projetos que envolvem as cooperativas e a população

12 POR DENTRO DAS LEIS 18 VANGUARDA 20 LANÇAMENTOS INTERNACIONAIS 37 DIRETO DA GÔNDOLA 38 SUSTENTABILIDADE 40 NOTAS TÉCNICAS

4

EDITORA BANAS

177_Índice de matérias.indd 4

7/5/2012 18:11:42


Editora Banas

5 ANTILHAS.indd 5

5

05/05/2012 15:32:45


agenda

63 anos

EM DESTAQUE

Logo Fispal Tecnologia

A Fispal Tecnologia, Feira Internacional de Embalagens, Processos e Logística para as indústrias de alimentos e bebidas é o maior evento do setor na América Latina. Em 2012, a feira vai ocupar a área de expansão do Anhembi, chegando a 80 mil m2 de exposição, batendo todos os recordes.

EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO Fundador: Geraldo Banas (1913 – 1999) Publisher: Cristina Banas Editora: Elizabetha Banas (1923 – 2007) Editora-chefe: Margaret Hayasaki – margaret.hayasaki@banas.com.br Assessora Técnica: Assunta Camilo (FuturePack) – assunta@futurepack.com.br Revisão: Nazaré Baracho Consultoria Técnica: Guilherme Sergio Maradine

FEIRAS NO BRASIL

Secretária: Sandra Gomes – sandra.gomes@banas.com.br

DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

Dias 11 e 12 de junho de 2012

Conferência Internacional do PET

Hotel Renaissance, São Paulo (SP)

Abipet Tel.: (11) 3078-1688 www.abipet.org.br

Designer: Ana Claudia Martins – ana.martins@banas.com.br Capa: Ana Claudia Martins – ana.martins@banas.com.br

CONSELHO EDITORIAL

Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Embalagens, Processos e Logística para as Indústrias de Alimentos e Bebidas

Pavilhão de Exposições do Anhembi, São Paulo (SP)

De 25 a 28 de junho de 2012

Fispal FoodService – Feira Internacional de Produtos e Serviços para Alimentação Fora do Lar

Expo Center Norte, São Paulo (SP)

De 25 a 28 de junho de 2012

Sial – Salão Internacional de Alimentação para a América Latina

Expo Center Norte, São Paulo (SP)

De 12 a 15 de junho de 2012

Projeto gráfico: Editora Banas Produção: Luciano Tavares de Lima (gerente) – producao@banas.com.br

BTS Informa Tel.: (11) 3598-7800 www.fispaltecnologia.com.br

Assis Garcia – diretor do Centro de Tecnologia de Embalagem – CETEA; Eduardo Yugue – gerente de embalagens da Nestlé; Geraldo Cardoso Guitti – presidente da Refrigerantes Convenção; Iorley Lisboa – gerente de embalagens do Wal-mart; João Batista Ferreira – CEO da J2B Innovation to Business; Lincoln Seragini – diretor – presidente da Seragini Farné; Luis Madi – diretor - geral do ITAL - Instituto de tecnologia de Alimentos; Nivaldo Ferreira Lima – gerente de compras do McDonald´s Brasil

BTS Informa Tel.: (11) 3598-7800 www.fispalfoodservice.com.br

DEPARTAMENTO DE VENDAS Executivos de Negócios – São Paulo Rajah Chahine

BTS Informa Tel.: (11) 3598-7800 www.sial-group.com

Tel.: (11) 3500-1900 – rajah@pack.com.br Cláudio Alves Freire Tel.: (11) 3500-1900 – claudio.alves@banas.com.br

Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves

Dias 14 e 15 de agosto de 2012

Congresso Brasileiro de Embalagem

Centro Fecomercio de Eventos, São Paulo (SP)

Associação Brasileira de Embalagem Tel.: (11) 3082-9722 www.abre.org.br

Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 – banasrj@uol.com.br

Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Contato: Vera Anjos Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre-RS Tel./Fax: (51) 3330–2878 – banassul@terra.com.br

São Paulo – Interior

FEIRAS NO EXTERIOR

Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 – Fax: (11) 3500-1935 –

DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 18 a 22 de junho de 2012

Argenplás – Exposição Internacional de Plásticos

Centro Costa Salguero, Prédio de Exposição de Buenos Aires, Argentina

Reed Exhibitions Alcântara Machado Feiras de Negócios e Câmara Argentina da Indústria Plástica

Tel. (11) 3060-5000 www.argenplas.com.ar

De 26 a 29 de junho de 2012

Expo Pack México – Tecnologia de Envase e Processamento para América Latina

Centro Banamex, Cidade do México, México

PMMI USA Tel.: (703) 2438555 www.expopack.com.mx

De 18 a 20 de julho de 2012

Propak China – Feira Internacional de Processo, Embalagem e Impressão

Shanghai International New Expo Centre, Shanghai, China

China International Exhbitions Ltd. Tel.: +862162095209 www.propakchina.com

De 24 a 26 de outubro de 2012

Luxepack Monaco – Feira de Embalagem de Luxo

aparecida.stefani@banas.com.br

REPRESENTANTE INTERNACIONAL Argentina 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

ACORDO DE COOPERAÇÃO

Grimaldi Forum, Mônaco, França

Idice MC Tel.: +37797778560 www.luxepack.com

Phone: +1 312/2221010 – www.packworld.com

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli Jardim Suzana – São Paulo-SP – CEP 05709-020 CNPJ 60.432.796/0001-83 – I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 TELEFONE (11) 3500-1900 Impressão: IBEP Gráfica Circulação nacional: Tiragem – 10 000 exemplares Periodicidade: mensal

Cartas&E-mails

Assinatura: Anual (Brasil) = R$ 97,00 • Nº Avulso = R$ 15,00

A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

E

DA

B

2008

END.

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli São Paulo-SP – CEP 05709-020

B2

A

D

IA

T

A

R

O

6

11 3500-1921 | FAX 11 3500-1935

D E M ÍD IA S E G M

TA

EG

TELEFONE

EC

C AT

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO E-MAIL redacao@banas.com.br

AT

N

Filiada à

AN

Ao contrário do que foi publicado, a planta industrial da Coim, nos Estados Unidos, está localizada em West Deptford e não West Deport.

MAIO 2012 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO é uma publicação mensal da Editora Banas Ltda.

IO

Pack 176 - Coim comemora cinquentenário

IV P R Ê M

ERRAMOS

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

EDITORA BANAS

177_Agenda_Cartas_Expediente.indd 6

05/05/2012 15:31:22


www.pack.com.br

nline

POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES! [CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

[ENQUETE ]

A I Conferência Internacional do PET reunirá companhias que têm informações que o mercado precisa sobre produção, investimentos e tendências do mercado sulamericano.

Sua empresa investe em pesquisa e desenvolvimento anualmente?

1 2 3 4 5 + .

RESULTADO ABRIL/2012

Sim - (100,00%)

PETTALK: O presente e o futuro das embalagens PET

100,00%

Não - (0,00%)

A reciclagem do PET pós-consumo será apresentada por especialista brasileiro.

Não sabe - (0,00%)

Senado aprova projeto de lei que beneficia fabricantes regionais de bebidas em todo o País Texto altera a taxa do Sistema de Controle de Produção de Bebidas de R$ 0,03 para R$ 0,01.

NESTE MÊS Interaja! Confira a enquete do mês e vote na home do site!

Sustentabilidade: C-Pack é referência como empresa ecologicamente correta

Onde achar? http://www.pack.com.br

Para que houvesse integração e cooperação ao tema entre os 400 colaboradores, a empresa implantou a campanha “Menos é Mais”.

Com ascensão da Classe C, Dia das Mães terá aumento de vendas de comidas e sobremesas prontas

Segundo o diretor comercial da rede de supermercados Covabra, a mãe moderna também está atenta às opções da rotisseria.

Linha de higienizadores PURELL®, da GOJO, é a primeira no país a receber Rótulo Ecológico da ABNT

Empresa reafirma o cuidado com a sustentabilidade, desde o impacto ambiental à saúde da pele.

Confira a lista das dez notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra!

Ravache Gold tem nova embalagem

Fonte: Google Analytics* Período de 19/4/12 a 2/5/12 Onde achar? http://www.pack.com.br/maisnoticias.aspx

[DESTAQUES] REDES SOCIAIS

facebook.com/editorabanas

Interação e conteúdo informativo em tempo real Interaja com a Editora Banas e atualize-se com as últimas informações do mercado industrial e de embalagem.

Dúvidas sobre o mercado?

Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

Fotos: Divulgação

@EditoraBanas

Classificada como uma autêntica Premium American Lager, Puro Malte a Ravache Gold, produzida pela Cervejaria Guitt’s, tem agora nova embalagem com rótulo especial autoadesivo em formato de escudo, criado para enfatizar a nobreza da cerveja.

Nova identidade visual da ABRE Priorizando o desenvolvimento do setor de embalagem em todos os elos de sua cadeia produtiva, a ABRE iniciou um programa de branding no final de 2010. Este projeto vem promovendo uma revisão do papel da associação em relação ao mercado e a aproximação junto com as empresas associadas e seus profissionais. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog

EDITORA BANAS

177_Pack_online.indd 7

7

05/05/2012 15:33:56


Foto: Divulgação

Forma mais reta e contemporânea Reconhecido pela fragrância que une o sofisticado mundo da perfumaria à extração artesanal de óleos essenciais, Lily Essence Creme Acetinado está de cara nova. Em uma embalagem moderna, com formas mais retas e contemporâneas, inspirada nos traços do Eau de Parfum Lily, o novo design traz sinergia para a marca. Com a mesma fragrância e textura, Lily Essence Creme Acetinado chega ao mercado com tampa produzida pela Rexam e frasco pela Wheaton. A nova embalagem confere beleza e sofisticação ao conjunto, que fica completo com a cartucharia da Kingraf. O Boticário, tel.: 0800-413011.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

atualidades

Novos modelos de embalagens A Tetra Pak lança seis novos modelos de embalagens. Com o topo inclinado e opção de canudo ou tampa de rosca HeliCap™ 23, a Tetra Brik® Aseptic Edge de 200 ml permite diferentes layouts e melhor manuseio. Outra novidade é a Tetra Rex® Pearl para leites e sucos refrigerados premium. Com expectativa de chegar ao mercado no início de 2013, o principal diferencial da nova embalagem é o topo da face lateral em forma de gota, com traços curvilíneos. A empresa também anunciou a ampliação da linha Tetra Gemina Aseptic, com dois novos formatos: Leaf e Crystal, disponíveis a partir do final deste ano. Elas possuem o corpo diferenciado, com os cantos transformados em painéis em forma de cristais ou folhas.

Acabamento em laminação fosca A Depil Bella lança nova embalagem para a cera depilatória em discos nos aromas pétalas de rosas e vanilla. Produzidas pela Fotoimpress, as embalagens de papel cartão triplex, com verso branco, receberam acabamento em laminação fosca. O design gráfico foi desenvolvido pela Pande Design.

Foto: Divulgação

Tetra Pak, tel.: (11) 5501-3200.

Fotoimpress, tel.: (11) 4137 2943.

8

177_Atualidades.indd 8

Editora Banas

05/05/2012 18:07:46


Foto: Divulgação

Moderna e clean A marca de biscoitos preferida das crianças traz novidades em 2012. E a primeira grande novidade é o leite aromatizado Trakinas Shake, nos sabores chocolate e morango, da Kraft Foods Brasil, que chega ao mercado em embalagem cartonada de 200 ml, fornecida pela Tetra Pak. O design da embalagem foi desenvolvido pela agência de design Team Creatif que explorou ícones gráficos mais modernos e cleans. Além disso, a marca ganhou letras maiúsculas, seguindo o mesmo código visual das embalagens dos biscoitos Trakinas.

Foto: Divulgação

Trakinas, tel.: 0800-7041940.

Cores mais vibrantes As novas embalagens dos biscoitos Filler, da Germani Alimentos, apresentam cores mais vibrantes que valo-rizam o nome e a marca e com imagens ilustrativas de sugestão de consumo. Além disso, a embalagem é produzida com uma nova estrutura de BOPP perolizado + BOPP mate, que confere maior qualidade de impressão, flexibilidade e maior proteção ao produto. As embalagens foram produzidas pela Plastrela Embalagens Flexíveis. Germani Alimentos, tel.: 0800-0518806.

A nova linha de produtos para o banho e pós-banho Hydratta, que acaba de ser lançada pela Flora, empresa do grupo J&F, oferece hidratação, maciez e sensibilidade à mulher. A nova identidade visual e logomarca de Hydratta foram desenvolvidas pela agência de design Team Creatif e transmitem suavidade e leveza. Nesse projeto de mudanças, a empresa também aprimorou as formulações dos produtos e introduziu novos formatos de embalagens. O fornecedor das bisnagas de loções e sabonetes líquidos é a Globoplast e os cartuchos dos sabonetes são produzidos pela Dixie Toga. Hydratta, tel.: 0800 702 0077.

Foto: Divulgação

Suavidade e leveza

Editora Banas

177_Atualidades.indd 9

9

05/05/2012 18:07:55


notícias

experimentar crescimento recorde. Em áreas desenvolvidas do mundo, mais notadamente os Estados Unidos, a Europa ocidental e o Japão, a demanda vai se recuperar após um período pífio, entretanto, o crescimento das vendas não será forte como em países desenvolvidos. o mercado de equipamentos de extrusão vai experimentar os ganhos mais fortes até 2015 devido ao crescimento dos gastos mundiais com construção, que irão alimentar a procura de artigos extrudados, como tubos e tapumes. os equipamentos de moldagem por injeção vão se manter como o maior mercado, respondendo por 40% da demanda em 2015. o mercado de construção vai continuar com forte crescimento até 2015 devido ao aumento rápido de gastos com construção em todo o mundo. o mercado de produtos de consumo também terá crescimento sólido, refletindo o aumento do padrão de vida da população. o mercado de embalagem também vai experimentar ganhos respeitáveis devido ao aumento de produção e à demanda por produtos embalados. além disso, o plástico vai continuar a ganhar participação de mercado de outros materiais em aplicações, como garrafas.

DEMANDA MUNDIAL DE MÁQUINAS PARA PROCESSAMENTO DE PLÁSTICOS (US$ MILHÕES) DEMANDA DE MÁQUINAS DE PROCESSAMENTO DE PLÁSTICOS

18.060 21.600

EUROPA ORIENTAL ÁFRICA/ ORIENTE MÉDIO

-1.1% 3.6%

8.130 11.510 16.150

ÁSIA/ PACÍFICO AMÉRICA CENTRAL E SUL

5.4%

4.040 3.830 4.560

EUROPA OCIDENTAL

580 880 1.160 1.200 1.470 1.980

8.7%

960 1.270 1.620

5.8%

0

6.0%

-3.5%

3.150 2.640 3.430

AMÉRICA DO NORTE

5000 10000

7.2% 7.0%

5.7% 4.1% 6.1%

5.0%

HEIDELBERG REFORÇA EQUIPE DE IMPRESSÃO DIGITAL

a Heidelberg do Brasil reforçou sua equipe com a contratação de Manuel antônio Maria como supervisor de vendas de impressão digital. o departamento conta também com o especialista em aplicações Willians Von dentz, e está sob responsabilidade de Leonardo rodrigues, gerente de pré-impressão e impressão digital da Heidelberg do Brasil. INTERPACK 2014 TEM NOVO PRESIDENTE

Friedbert Klefenz, presidente do conselho diretor da divisão de tecnologia de embalagem da robert Bosch GmbH, é o novo presidente da interpack. a posição de vicepresidente será ocupada por Christian traumann, diretor-geral da Multivac sepp Haggenmüller GmbH & Co. KG. a próxima interpack será realizada de 8 a 14 de maio de 2014, em düsseldorf, na alemanha. NOVO PRESIDENTE ASSUME A PPG INDUSTRIAL DO BRASIL

3.6%

28.900

Foto: Divulgação

a

demanda mundial de máquinas para processamento de plásticos deve crescer 6% ao ano até 2015, movimentando Us$ 28,9 bilhões, uma recuperação do declínio do mercado durante o impacto da recessão no período de 2005 a 2010. o crescimento das vendas será impulsionado pela aceleração na produção de produtos de plástico, bem como pelo ambiente favorável para investimentos em todo o mundo. Muitos países estão construindo novas plantas fabris para produção de produtos plásticos devido à crescente demanda interna por produtos plásticos e as oportunidades de exportação para países desenvolvidos. Essas tendências estão em um estudo desenvolvido pela Freedonia. os ganhos em países em desenvolvimento irão conduzir os avanços no mercado global de máquinas de processamento de plásticos. a China, por exemplo, vai responder por 40% de toda a demanda mundial adicional até 2015, com crescimento estimulado pelos esforços contínuos para aumentar a industrialização de produtos plásticos e pelo aumento da renda da população. outros países na Ásia, com economias menos desenvolvidas, como a Índia, o Vietnã e a tailândia, também irão

Vaivém do mercado

Foto: Divulgação

Mercado global de máquinas plásticas vai movimentar US$ 28,9 bilhões em 2015

2005

CRESCIMENTO ANUAL

2010 2015

2010-2015

2005-2010

o novo diretor presidente da PPG industrial do Brasil, subsidiária da PPG industries, uma das maiores empresas químicas do mundo, acaba de assumir a empresa. trata-se de Carlos alberto oliveira santa Cruz. no atual cargo ele conta que pretende imprimir um novo ritmo aos negócios da empresa no Brasil, além disso, espera trazer grandes melhorias e crescimento à PPG. “nos próximos meses, o mercado verá uma nova cara da PPG no país”, explica Cruz.

15000 20000 25000 30000 35000

Fonte: Freedonia

10

177_Atualidades.indd 10

Editora Banas

05/05/2012 18:08:04


entrevista

Eduardo Van Roost, Foto: Divulgação

diretor da RES Brasil

Fale sobre o lançamento do aditivo antimicrobiano d2p da RES Brasil / Symphony. Resultado de três anos de desenvol-

vimento da Symphony, na Inglaterra, o d2p, um aditivo baseado em nanopartículas de prata, é uma solução importante para reduzir, por exemplo, as perdas de alimentos por contaminação de bactérias ou fungos. Há um mercado em potencial para esse produto, já que 1/3 dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados. O pão, por exemplo, é um alimento atacado por fungos e o uso do d2p nas embalagens permite a redução do uso de conservantes, o que garante maior frescor ao produto, além de dobrar a vida de prateleira. Isso significa redução de custos com logística reversa para a indústria panificadora. Já há interesse na aplicação do d2p para embalagens de pães? Sim. Um importante fabricante de

pães está fazendo testes em laboratório microbiológico nos Estados Unidos e no Brasil. A primeira aplicação do d2p com característica fungicida em embalagens de pães deve chegar ao mercado ainda em 2012. O d2p pode ser aplicado em todos os tipos de plásticos? Sua aplicação é possível em todos os tipos de plásticos (PET, PVC, PP), desde peças rígidas até embalagens flexíveis. O uso de d2p não altera processos e máquinas, nem as características dos plásticos convencionais. O d2p estará disponível para o mercado brasileiro? Sim, mas o d2p é desenvolvido de acordo com a aplicação. O aditivo não está disponível em estoque.

Editora Banas

177_Atualidades.indd 11

11

08/05/2012 20:19:42


por dentro das leis

Rótulo de produto poderá advertir contra risco de câncer

Comissão rejeita tampa especial para

A Câmara dos Deputados Federais analisa o projeto de lei 3009/11, do deputado licenciado Aguinaldo Ribeiro (PB), que torna obrigatória a inscrição de advertência sobre a presença de substâncias potencialmente cancerígenas nos rótulos de produtos para consumo humano ou animal. O aviso deverá ser impresso em cor contrastante, de forma visível, legível e compreensível.

produtos tóxicos

Deixar de exibir a advertência no rótulo caracteriza infração sanitária, sujeitando o empresário às penalidades previstas na lei 6.437/77, que vão da simples advertência até a interdição do estabelecimento. De acordo com a Agência de Notícias da Câmara, o projeto não elenca quais produtos ou substâncias serão incluídos na exigência, nem atribui expressamente a qualquer órgão público o poder de listá-los. Em se tratando de infração sanitária, a autoridade pública competente é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O projeto de Ribeiro será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Defesa do Consumidor; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

12

A Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio rejeitou proposta que determina a instalação de tampa especial de segurança em embalagens de produtos químicos, de limpeza, de remédios ou de qualquer outro material de uso doméstico venenoso ou que cause dano à saúde. A medida está prevista no projeto de lei 3530/08, do deputado Mendonça Prado (DEM-SE). Para o relator, deputado José Augusto Maia (PTB-PE), já há normas suficientes para regulamentar esses casos. Ele citou como exemplo a Lei 6.360/76, que fixa um rol de produtos que devem ser comercializados em embalagens seguras aprovadas pelo órgão público competente. Há ainda normas da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) que tratam do tema.

Proposta separação do lixo nas escolas Tramita nas comissões da Câmara Municipal de Curitiba, no Paraná, um projeto de lei que prevê a obrigatoriedade da separação do lixo nas instituições de ensino da cidade. A proposta é de autoria do vereador professor Galdino (PSDB). Segundo o parlamentar, o objetivo é que ela sirva como forma de educar a população e inserir o hábito da separação do lixo no cotidiano. O documento prevê que a separação do lixo seja feita pelos estudantes, a partir de lixeiras devidamente identificadas, para que haja o hábito, e a medida seja rotineira para todos. O projeto de lei prevê, ainda, que o não cumprimento das disposições acarretará sanções, que podem ser de natureza pecuniária ou mesmo a cassação do alvará de funcionamento da instituição de ensino.

Editora Banas

177_Por Dentro das Leis.indd 12

7/5/2012 17:13:38


Editora Banas

13 VIDEOJET.indd 13

13

08/05/2012 18:56:48


Foto: Leandro Andrade

entrevista

Muito além de fazer suco

P

MARGARET HAYASAKI

Com DNA inovador, a Jandaia foi pioneira no lançamento do suco de caju concentrado, na década de 40. No final do ano passado, a empresa lançou a linha de sucos enriquecidos com ômega 3 DHA proveniente de vegetais. As novidades não param por aí

ioneira no lançamento do suco de caju concentrado industrializado em garrafa de vidro, a cearense Jandaia se orgulha de ter criado, na década de 40, a demanda de consumo de uma bebida que hoje é o principal produto da categoria, representando 65% das vendas. outro importante feito, que Luis Eduardo Figueiredo, diretor-comercial da Jandaia, destaca é a introdução, em 1984, do suco pronto para beber em embalagem cartonada de 250 ml da tetra Pak. “Ela criou uma nova oportunidade de consumo pela sua praticidade, que, na época, permitiu aos consumidores desfrutar do suco em qualquer lugar e a qualquer hora”, explica o executivo. Com espírito inovador, a Jandaia segue explorando novas oportunidades de negócios, como o lançamento, em 2011, de sucos enriquecidos com ômega 3 dHa. trata-se de um suco enriquecido com ômega 3 proveniente do vegetal. as novidades não param por aí. Este ano, novos produtos serão lançados na categoria de bebidas funcionais. “antes da Copa do Mundo, vamos lançar a nossa água de coco em embalagens cartonadas de 1 litro e de 200 ml”, revela Figueiredo. “o nosso produto será 100% água de coco verde. investimos no plantio de coco em nossas fazendas. Vamos nos diferenciar, pois o que existe no mercado é um blend de água de coco seco com água de coco verde”, acrescenta. Em entrevista à revista PACK, Figueiredo conta as novidades em embalagens na categoria de sucos e os investimentos que devem ser feitos pela Jandaia no mercado de bebidas. PACK: O que levou a Jandaia a adotar a embalagem cartonada para os sucos prontos para beber? FIGUEIREDO: a gente já estava num ritmo de crescimento muito forte, e a embalagem cartonada traz uma excelente praticidade, que permite ao consumidor desfrutar do suco pronto a qualquer hora e em qualquer lugar. na época, a gente optou por ela por ser uma embalagem de fácil de acesso e que o público infantil pudesse interagir. a embalagem cartonada foi importante para criar uma nova oportunidade de consumo.

14

177 Entrevista.indd 14

Editora Banas

05/05/2012 15:39:23


Editora Banas

177 Entrevista.indd 15

15

05/05/2012 15:39:31


Foto: Leandro Andrade

entrevista

PACK: O suco de caju concentrado foi o primeiro produto lançado pela Jandaia. Esse é o principal produto da categoria? FIGUEIREDO: A empresa sempre teve DNA inovador. Nós criamos a demanda para o consumo de suco de caju concentrado. Outras empresas vieram e hoje ele é o principal produto no suco concentrado seguido do maracujá. Hoje, o suco concentrado tem oito sabores, dos quais os mais importantes em termos de volume são caju, maracujá e uva. O suco de caju representa 65% das vendas na categoria de sucos concentrados em virtude de dois fatores: é um produto muito acessível e tem o maior poder de diluição. Mais de meio século depois, o suco de caju concentrado continua apresentando um crescimento médio de 4% ao ano. No ano passado, a empresa cresceu 21%. A linha de sucos concentrados cresceu 8% e a linha de sucos prontos para beber, 28%. PACK: Qual foi a estratégia para esse crescimento em 2011? FIGUEIREDO: Isso aconteceu porque a empresa passou a explorar novos canais de venda. Estamos muito fortes no setor de cash & carry em todo o Brasil, que contribuiu para maior penetração da marca nos pontos de venda. Além de investir no setor de cash & carry, o nosso objetivo é estreitar parcerias com fornecedores que trabalham muito bem o pequeno varejo, de até quatro check-outs, englobando padarias, pequenos supermercados, lojas de conveniência, farmácias, salão de beleza e academia. PACK: Isso significa que a marca está mais presente no pequeno e médio varejo? FIGUEIREDO: Seguramente. Hoje o pequeno e o médio varejo têm uma participação bastante expressiva no nosso faturamento, representando 60% do negócio. Buscamos muito a presença nesses estabelecimentos, nos quais os consumidores compram o produto para consumo on-the-go. Também estamos presentes nas grandes cadeias, mas com uma participação bem menor. PACK: A Jandaia vai continuar ampliando os distribuidores?

16

177 Entrevista.indd 16

FIGUEIREDO: Sim, principalmente, no interior das regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. Isso será feito através de distribuidores de menor porte (mais especializados) e atacados distribuidores que atuam com equipes de 500 representantes comerciais autônomos. Além disso, a meta é incrementar entre 30% e 40% a carteira de clientes. Temos muito espaço para conquistar e dever de casa a ser feito. PACK: Qual é a importância do Nordeste nos negócios da Jandaia? FIGUEIREDO: O Nordeste é a China brasileira. A região tem se destacado não somente em bebidas, mas em vários setores da indústria. O Nordeste, junto com o Norte e o Centro-Oeste, representa 58% das nossas vendas. Obviamente, ainda há um enorme potencial de crescimento, já que a demanda de consumo está em franca expansão, como também existem excelentes oportunidades nas regiões Sul e Sudeste, onde a nossa participação é pequena. Por isso, estamos investindo em participação em feiras do trade (atacado e varejo) nestas regiões para incrementar as vendas. Além disso, o investimento no setor de cash & carry contribuiu para o crescimento da empresa na região Sul e Sudeste, que respondeu por metade do crescimento de 21%, em 2011. Também investimos no setor de distribuição que hoje conta com 90 distribuidores no Brasil. PACK: O que é mais importante no negócio da Jandaia: o suco pronto para beber ou o suco concentrado? FIGUEIREDO: Há um empate técnico. O suco pronto para beber representa 52% do faturamento da empresa e o suco concentrado, 48%. No futuro, o suco pronto para beber vai representar mais no nosso negócio, pois ainda há um potencial enorme de crescimento no Brasil. Apesar desse mercado

crescer 14% ao ano, o consumo per capita é de apenas 3,5 litros/ano. PACK: Quanto representa as exportações nos negócios da Jandaia? FIGUEIREDO: O negócio de exportação começou há 15 anos. Já representou 5% do nosso faturamento, mas com a valorização da moeda brasileira em relação ao dólar, a empresa perdeu competitividade em termos de preço e também em função da redução de consumo do mercado europeu por causa da crise econômica. Hoje, exportamos sucos prontos para beber e sucos concentrados para quatro países, entre eles, Estados Unidos, Espanha, Portugal e Angola. Temos dois clientes de private label, nos Estados Unidos, um na Flórida e outro em Baltimore. O suco brasileiro tem um futuro extraordinário no mercado europeu e americano, pois esses países estão buscando produtos mais exóticos. A tendência é a empresa conquistar ainda mais o paladar estrangeiro. Nós temos uma meta de crescimento no exterior em médio prazo. Acredito que, daqui a quatro anos, vamos colher os frutos que estamos plantando hoje.

Editora Banas

05/05/2012 15:39:45


FIGUEIREDO: investimos r$3,5 milhões no lançamento, no final de 2011, na linha de sucos enriquecidos com ômega 3 e na linha de chá verde Green tea. somos a primeira e única empresa da américa do sul que tem suco com ômega 3 dHa proveniente do vegetal. Fechamos uma joint venture com uma empresa americana que desenvolveu a tecnologia de cultivar microalgas em fazendas oceânicas. É dessas microalgas que se extrai o óleo utilizado para enriquecer o suco. PACK: As vendas desses novos produtos devem representar quanto no crescimento da empresa em 2012? FIGUEIREDO: Esses novos produtos vão representar aproximadamente em torno de 3% a 5%. É óbvio que a base de crescimento está nas linhas mais tradicionais, que têm a base de consumo maior. PACK: Em 2012, a empresa vai lançar novos produtos? FIGUEIREDO: sim. novos produtos estão a caminho, no segundo semestre de 2012, que também devem explorar o conceito funcional, além do lançamento do sabor de tangerina na linha de suco pronto para beber. PACK: Esses novos produtos vão ganhar novas embalagens nas gôndolas? FIGUEIREDO: Vamos usar a mesma plataforma de embalagem. Este ano, a empresa vai lançar rótulos temáticos das festas juninas e do natal, que vão trazer, nas embalagens, o código Qr, para aproximar ainda mais o consumidor da marca. Esse código vai levar os consumidores para uma fun page que será atualizada mensalmente, com informações diferenciadas, como receitas, dicas de saúde, vídeos institucionais, esportes e links para todas as redes sociais da empresa, como facebook, twitter e o blog sempre com Você. Em 2013, a Jandaia vai investir em uma linha de latas de aço, com

formato diferenciado, para a categoria de sucos prontos para beber. PACK: Quem é responsável pelo desenvolvimento do conceito do design da embalagem? FIGUEIREDO: trabalhamos com a a+ Business Criativo, uma agência local, que desenvolveu o design das embalagens dos sucos enriquecidos com ômega 3 e o da linha de chá verde Green tea. PACK: A agência participa do processo de desenvolvimento do produto desde o começo? FIGUEIREDO: sim. Ela participa do comitê de desenvolvimento de produto para entender e viver o momento que a empresa está buscando. Percebemos que quando a gente passava o briefing

Em 2013, a Jandaia vai investir em uma linha de latas de aço, com formato diferenciado, para a categoria de sucos prontos para beber no final do processo de desenvolvimento do produto, perdia-se muito do conceito do produto. o resultado ficou muito melhor. Essa mudança é recente e começou no lançamento dos novos produtos – sucos enriquecidos com ômega 3 e linha Green tea. PACK: Há um profissional responsável por embalagem na Jandaia? FIGUEIREDO: não. temos um comitê interno, do qual participam diretores e gestores de vários departamentos distintos, como desenvolvimento de produto, marketing, trade marketing, administrativo, financeiro e comercial. também trabalhamos com empresas de pesquisa e fornecedores parceiros no desenvolvimento do produto. além disso, sempre visitamos feiras internacionais, como a Feira internacional de alimentos (anuga), realizada em Colônia, na alemanha – para conhecer as tendências do setor e novas embalagens. PACK: Em sua opinião, como serão as embalagens de sucos no futuro? FIGUEIREDO: Vejo claramente um futuro muito promissor para a pratici-

dade das embalagens cartonadas, pelo menos, para os próximos dez anos, na categoria de sucos. E a cada dia que passa o consumidor mostra-se preocupado com o meio ambiente, por isso acredito que o futuro das embalagens está também nas embalagens amigas do meio ambiente, como a garrafa de vidro, que a Jandaia utiliza desde a década de 40, quando introduzimos o suco de caju concentrado. PACK: Qual é a expectativa de crescimento para 2012? FIGUEIREDO: Estamos trabalhando com uma expectativa de crescimento entre 20% e 25%. no primeiro trimestre deste ano, conseguimos alcançar esse resultado. isso já é um sinal de que estamos indo para o caminho desejado. PACK: Como o senhor vê a Jandaia no futuro? FIGUEIREDO: na próxima década, a Jandaia estará muito mais forte, e o mercado de sucos também estará bem mais maduro. teremos uma gama de produtos, como chá verde com ginseng ou com colágeno. Editora Banas

177 Entrevista.indd 17

Foto: Leandro Andrade

PACK: No ano passado, a empresa lançou a linha de sucos enriquecidos com ômega 3 DHA e a linha de chá verde Green Tea. Qual foi o investimento feito no desenvolvimento dos novos produtos?

17

05/05/2012 15:40:05


Foto: Divulgação

vanguarda

Elimina a necessidade de selagem com filme ou folha

Solução premiada A embalagem 1-Seal Lid conquistou o prêmio de embalagem na Competição Internacional de Design Plástico da SPI

L Da Redação

íder na produção de chapas plásticas, compostos e embalagens, a Spartech Corporation conquistou o Packaging Award com o produto 1-Seal™ na Competição Internacional de Design de Plásticos da The Plastics Industry Trade Association (SPI) durante a NPE 2012, em abril, em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos. A embalagem 1-Seal™ foi avaliada por um júri de nove pessoas.

Com uma tecnologia proprietária única, a tampa 1-Seal™ oferece às indústrias de alimentos uma solução de embalagem sustentável, resselável e durável. Utilizando o in-mold label (IML), a 1-Seal™ tampa e sela em um único passo, deixando uma área da superfície do rótulo exposta no interior da tampa. Ela oferece vedação a ar e a água, além de eliminar a necessidade de selagem com filme ou folha. Além disso, o in-mold label, que é integrado diretamente na bandeja durante o processo de produção, permite melhorias, como visual gráfico mais vibrante, que não degrada quando exposto em ambiente molhado. O rótulo e a tampa são feitos do mesmo termoplástico, o que torna a embalagem totalmente reciclável, em cooperativas que recolhem o polipropileno. A indústria de consumo que utilizar a tampa 1-Seal™ vai experimentar várias eficiências ao longo da cadeia de fornecimento. Ela simplifica a fabricação, eliminando a necessidade de processos separados de tampa e membrana. Para aplicação hot-fill, a tampa elimina a necessidade de um banho de arrefecimento. Utilizando um formato retangular, ela aumenta a diferenciação na gôndola e permite a redução do metro cúbico por transporte.

18

177_vanguarda.indd 18

A 1-Seal também cria muitos benefícios para os consumidores. Ela é resselável, além de ir para o microondas e do freezer para o micro-ondas. Recentemente, a Spartech comercializou a 1-Seal para a The Better Bean Company. Sua linha gourmet de feijão frito, Rethough Beans™ debutou a embalagem em março, durante a Exposição Natural Products Expo West, em Anaheim, na Califórnia, Estados Unidos. “Estamos muito felizes com o reconhecimento”, afirma Jeffrey Best, diretor de marketing da Spartech Packaging Technologies. “Pensamos que a 1-Seal é muito atrativa para muitas marcas que estão em busca de soluções de embalagens mais sustentáveis.” INFORMAÇÕES Spartech tel.: (314) 569-7466 | www.spartech.com

Editora Banas

05/05/2012 15:41:28


Editora Banas

19 JEAPEL.indd 19

19

05/05/2012 15:43:30


Atuador nasal para crianças Sensível aos cuidados de mãe e bebê, a Coster desenvolveu um novo atuador nasal. Graças ao pulverizador interno especial, o atuador Salus propicia uma névoa extremamente leve, tornando-o adequado para crianças. O tampão posicionado na extremidade superior da ponta impede o atuador de ir muito profundo na narina do bebê, tornando-o seguro e confiável. O atuador é produzido em ambiente de sala limpa, o que evita qualquer possibilidade de contaminação e pode ser requerido em diferentes cores para que os usuários compreendam os vários níveis de spray.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

lançamentos internacionais

Coster, e-mail: pharma@coster.com

Forte apelo visual Fabricante de embalagens flexíveis, a Ampac acaba de conquistar dois prêmios com o pouch esterilizável para as sopas Tesco Finest. A Associação de Embalagem Flexível (FPA) reconheceu a excelente qualidade de impressão da embalagem, que foi impressa em flexografia. Ela oferece alto impacto na prateleira em um formato de difícil impressão. O processo de impressão flexográfica de 8 a 10 cores da Ampac utiliza um sistema de tinta de uretano. Com o conhecimento técnico e de engenharia, a empresa foi capaz de superar a demanda do processo de esterilização sem sacrificar a qualidade de impressão.

Tampa inteligente A Smart Lid Systems, que desenvolveu uma tampa inteligente para café que muda de cor, assinou um acordo exclusivo de distribuição com o GroupOne Solutions para distribuição do novo produto na indústria de foodservice da Suécia. A tampa inteligente é a única embalagem para bebida quente que oferece um indicador visual do conteúdo, mudando de uma cor escura para o vermelho com a aplicação do calor.

Foto: Divulgação

Ampac, tel.: 513-671-1777.

Smart Lid Systems, tel.: +614 0348 5858.

20

Editora Banas

177_Lançamentos Internacionais2.indd 20

05/05/2012 15:42:32


Foto: Divulgação

Maior shelf life Uma marca francesa de alimentos escolheu o pote da RPC Bebo para o lançamento de uma linha de sopas orgânicas. A planta fabril de Bouxwiller foi escolhida pela Délices de La Mer devido à sua capacidade de fornecimento de uma embalagem personalizada, apropriada rapidamente, em conformidade com o prazo curto do cliente. Os potes de 400 ml que podem ir ao micro-ondas são fornecidos em diâmetros de 95 mm e utilizam tecnologia de barreira PP/EVOH/PP. Foram desenvolvidos com cavidades customizadas para a esterilização do produto, proporcionando uma vida de prateleira de 12 meses.

Foto: Divulgação

RPC Containers, tel.: +44 (0) 1673 840200

Alta performance A máscara para cílios Boots 17 Peep Show utiliza uma formulação rica em fibra que alonga os cílios da raiz às pontas. Sua ação impressionante de volume é ajudada pela embalagem desenvolvida pela Quadpack em parceria com a Brivaplast. “Escolhemos a Quadpack porque sabíamos que a empresa iria entregar uma embalagem com a performance requerida pelo produto”, afirma Phillipa Holden, gerente assistente de compras da Boots 17. A tampa tem um fecho de sensação premium. A decoração atraente – baseada em meias-calças – foi conseguida através de um complexo processo de duas passagens de silk screen no formato cônico. Quadpack, tel.: +33 (0) 155278830.

Editora Banas

177_Lançamentos Internacionais2.indd 21

21

05/05/2012 15:42:40


Foto: iStockphoto

matĂŠria de capa

22

Editora Banas

177_Materia de capa.indd 22

7/5/2012 17:30:29


O Brasil está lançando mais embalagens Segundo o Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da ESPM, no primeiro trimestre de 2012, o Brasil lançou 3307 embalagens e a categoria de produtos para cabelo lidera o ranking

a MARGARET HAYASAKI

roda de lançamentos passou a girar mais rápido no mundo do consumo, lotando as prateleiras. Esse cenário é fruto da mudança de hábito dos consumidores que estão cada vez mais dispostos a experimentar novos produtos. segundo uma pesquisa divulgada pela nielsen, em 2011, as principais razões para essa transformação são a maior diversidade de produtos, as novidades e os novos tamanhos de embalagens.

a embalagem não se dissocia do produto, por isso a indústria de produtos de consumo investe em novos lançamentos para atrair os consumidores no ponto de venda. no primeiro trimestre de 2012, segundo uma pesquisa realizada pelo Laboratório de Monitoramento Global de Embalagem da Escola superior de Propaganda e Marketing (EsPM) foram lançadas 76.106 embalagens ante 65.668 no mesmo período de 2011, o que representa um crescimento de 15,9%. a indústria da beleza está na frente na corrida pelos lançamentos de embalagens. nesse segmento, a embalagem ganha maior importância pela conexão emocional que promove com o produto. os cosméticos respondem por 7 das 10 categorias com maior número de lançamentos. a categoria de maquiagem para os lábios foi a campeã de lançamentos no período, seguida de cuidado facial e pescoço e esmalte para unhas. (veja gráfico).

CATEGORIAS QUE MAIS LANÇARAM EMBALAGENS NO MUNDO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2012

NÚMERO DE VARIANTES (%) BY CATEGORIA

NÚMERO DE VARIANTES (%)

5

NÚMERO DE VARIANTES 4

3

2

18

NÚMERO DE VARIANTES

16 14 12 10 8 6 4

CHOCOLATES

DOCERIA E GOMAS DE MASCAR

SNACS

LATICÍNIOS

PADARIA

PRODUTOS PARA PELE SABONETE & PRODUTOS PARA BANHO MOLHOS & TEMPEROS

MAQUIAGEM

REFEIÇÕES PRONTAS

BOLOS & PASTELARIA

SHAMPOO

MAQUIAGEM PARA OS OLHOS

PRODUTOS PARA BANHO

BISCOITOS DOCES

PRODUTOS PARA O CORPO

ESMALTES PARA UNHAS

CUIDADO FACIAL/PESCOÇO

0

PRODUTOS PARA CABELOS

2

1

MAQUIAGEM PARA OS LÁBIOS

NÚMERO DE VARIANTES (%)

NÚMERO DE VARIANTES (%) BY SUBCATEGORIA

CATEGORIAS QUE MAIS LANÇARAM EMBALAGENS NO BRASIL NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2012

FONTE: GNPD Mintel

Editora Banas

177_Materia de capa.indd 23

23

7/5/2012 17:30:38


matéria de capa

a pesquisa também revela quais são os posicionamentos mais adotados nos lançamentos de embalagens. os produtos sem aditivos e/ou conservantes estão entre os dez posicionamentos mais adotados, mostrando uma clara preocupação dos consumidores com uma alimentação mais saudável. a presença desses produtos no ranking se deve ao ingresso dos supermercados na Índia, o que vem gerando uma onda de lançamentos para abastecer as prateleiras, com produtos pré-embalados. a Índia registrou o maior crescimento em participação nos lançamentos de embalagens. Com a chegada do WalMart no País e a adoção do sistema de autosserviço, tornou-se necessário pré-embalar os produtos para expô-los nas gôndolas dos novos supermercados. Já o Brasil caiu mais uma posição em 2011 e agora ocupa a 7ª posição no ranking dos países que mais lançaram embalagens. antes da crise de 2008, os Estados Unidos respondiam por 18% dos lançamentos mundiais, agora menos de 12%, mas ainda lideram o ranking dos países que mais lançaram embalagens no primeiro trimestre de 2012. as marcas próprias também investem em novas embalagens, respondendo por 23,9% dos lançamentos mundiais, no primeiro trimestre de 2012, representando um crescimento de 2% em relação a 2011. as embalagens flexíveis lideram o ranking das embalagens mais adotadas nos lançamentos mundiais, superando a garrafa plástica e de vidro. segundo a pesquisa, isso se deve à capacidade que essa embalagem tem de participar em um número maior de categorias de produto. 24

LANÇAMENTOS DE EMBALAGENS NO BRASIL a indústria brasileira de produtos de consumo também está a todo vapor. no primeiro trimestre de 2012, ela lançou 3307 embalagens ante 2849 no mesmo período do ano passado, representando um crescimento de 16,1%. depois de sofrer uma queda de 2,92%, em 2011, os lançamentos no Brasil voltam a crescer, indicando que o ano começou de forma mais ativa, com as empresas apostando nos lançamentos de forma mais intensa.

SOFISTICAÇÃO E TECNOLOGIA NA EMBALAGEM Claudio Eschecolla, diretor-geral da Belcorp Brasil, multinacional de cosméticos, que acaba de lançar sua operação de vendas diretas no País

ao contrário do que acontece no mundo, no Brasil, a categoria de cosméticos, que já deteve 7 das 10 categorias, com maior número de lançamentos, caiu para 4 categorias. Mas, a liderança do ranking de lançamentos de embalagens é do segmento de produtos para cabelos, que responde pelo maior faturamento da indústria brasileira de artigos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. Em 2010, esse nicho movimentou Us$ 7,88 bilhões, um crescimento de 25% em relação a 2009. Em segundo lugar, aparece a categoria de maquiagem; seguida de produtos para pele (quarta posição) e sabonetes (quinta posição). a indústria de alimentos lidera o ranking de lançamentos de embalagem em seis categorias: padaria, molhos e temperos, laticínios, snacks, chocolates, doceria e gomas de mascar. Um bom exemplo disso é o que fez a danone com o relançamento da sobremesa láctea danette ovomaltine Mix.

Para oferecer uma experiência completa de consumo ao consumidor, a marca juntou a cremosidade de danette com a crocância de ovomaltine e utilizou um formato de embalagem – copos em HiPs/Ps cristal e sobrecopos em polipropileno (PP) - já existente (danette Foto: Divulgação

a volta das refeições prontas ao ranking top ten indica que a categoria assumiu uma dinâmica de marketing mais agressiva em lançamentos de novas embalagens e ganhou força no mercado, especialmente os sanduíches prontos, e alimentos prontos congelados.

A embalagem de papel cartão permite explorar os atributos da sobremesa

Editora Banas

177_Materia de capa.indd 24

7/5/2012 17:30:44


Sabemos que a consumidora de nossa marca reconhece e aprecia os detalhes, por isso sempre estamos atentos a esta característica no desenvolvimento das embalagens da marca, buscando aplicar as últimas tendências em design, priorizando o uso de materiais exclusivos e formas que sejam capazes de traduzir toda a sofisticação e tecnologia de seus produtos. Desde seu início, a L’Bel se estabeleceu como uma marca especialista em pele, o que fez com que co-criássemos o design de sua primeira linha de tratamento facial com a empresa francesa Desgrippes & Gobbé. Esta colaboração deu início a um relacionamento de nossa equipe interna com designers de classe mundial que nos ajudou a incorporar expertise e conhecimento internacionais, o que garante à relação das consumidoras com a embalagem toda a experiência, qualidade e inovação prometida por L’Bel.

Destaque os diferenciais da embalagem de L’Bel na categoria de produtos para a pele. Em L’Bel, cuidamos até o último detalhe da estética do produto, desde a fase de concepção do desenho até a execução e fabricação dos moldes e produção de peças. Por exemplo, para criar o frasco de Concentré Total, buscamos algo que não existisse no mercado mundial. Junto com a empresa francesa Pochet, elaboramos um pote de vidro de linhas puras de 350 gramas, com paredes laterais de até 23 mm e uma preciosa tampa dourada. O resultado é um frasco extremamente luxuoso que traduz toda a exclusividade sensorial e tecnológica do creme. Como é o processo de desenvolvimento do conceito de design da embalagem? Todo o conceito de L’Bel foi desenvolvido pela equipe interna de design com o apoio de inúmeros parceiros, pois para cada categoria, temos necessidades específicas. Se para Concentré trabalhamos em parceria com a francesa Pochet, para criar o frasco do perfume Idolâtre, vencedor do prêmio International Package Design em 2010, buscamos a expertise do designer neozelandes Lance McGregor. Em L’Bel, sempre envolvemos nossos parceiros de design e de fabricação desde o início do processo de desenvolvimento de embalagens, como é o caso de Dieter Bakic, da Alemanha, e Bormioli Rocco, da Itália. Esses parceiros trabalham, junto com nossos designers e engenheiros, alinhados ao conceito ESI (Early Supply Involvement). Este método de trabalho nos permite avaliar, da melhor forma, os riscos de projeto ainda na etapa de desenho, evitando, assim, entraves no momento da construção dos moldes.

Quais foram os desafios para o desenvolvimento da embalagem dos produtos L’Bel? Um dos desafios mais importantes foi unir os detalhes do desenho com os processos de execução e fabricação como, por exemplo, integrar a posição da tampa no corpo da embalagem, o mecanismo de fechamento com a quantidade de força necessária para manipular o produto, entre outros. Estes são detalhes que o consumidor nota quando entra em contato com nossas embalagens e, por isso mesmo, geram percepção de valor a nossos produtos. Um bom exemplo é a embalagem do Concentré Total.

& M&M´s), que acondiciona os dois produtos, mas com uma luva de papel cartão produzida pela Gráfica 43. “a embalagem de papel cartão proporciona uma área maior para explorar todos os elementos presentes no produto, como a cremosidade de danette ou a crocância dos confeitos de ovomaltine”, afirma diego Gondim, gerente de desenvolvimento de embalagem da danette. o design da embalagem é assinado pela Kong rex. “desde 2011, a marca decidiu se reaproximar do seu público – formado principalmente por jovens – inserindose nas mídias sociais por meio de uma Fanpage no Facebook**. Esse contato permitiu que a marca criasse um novo canal de comunicação com este público, e o resultado dessa rea-

proximação foi o lançamento danette ovomaltine Mix, produto que atende aos pedidos de seus consumidores que sentiam falta da crocância característica de ovomaltine”, diz rafael ribeiro gerente de marketing da danone. “Essa é mais uma ação inovadora da marca danette, que segue com a estratégia co-branding para levar cada vez mais novidades ao público apaixonado pela marca”, finaliza o executivo. na categoria de gomas de mascar, a nova embalagem de Chiclets, da Kraft Foods, está mais moderna e com forte conexão com as redes sociais. Ela apresenta uma coleção de 135 personagens que promete revolucionar a presença no ponto de venda e conectar ainda mais a marca com seu público adolescente: os irreverentes “Chiclets

Emotigums” – fusão de emoticons, figuras conhecidas no meio digital por retratar diversas feições, e gum, relativo à goma. “acreditamos que os adolescentes vão querer colecionar os 135 personagens, como acontece com álbuns de figurinhas, mas com estilo especial e típico de Chiclets, trazendo personagens inspirados na famosa e saudosa embalagem do Mini Chiclets. Juntamos diversos ícones da marca, sua caixinha e o desenho do Mini Chiclets, e trouxemos ao contexto atual dos nossos consumidores com os Emotigums e a ativação on-line”, comenta andré Zanin, gerente de marketing de Chiclets. Para dialogar diretamente com os mais variados perfis de adolescentes, Editora Banas

177_Materia de capa.indd 25

Fotos: Divulgação

A L’Bel é uma marca premium. Como foi o processo de desenvolvimento da embalagem para traduzir esse posicionamento?

25

7/5/2012 17:30:50


Foto: Divulgação

matéria de capa

anos, as embalagens da marca para duas unidades trazem design dual pouch, com um picote que divide a caixinha ao meio e facilita a abertura.

PAÍSES QUE MAIS LANÇARAM EMBALAGENS NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2012

Conexão com os adolescentes: embalagem dá acesso a conteúdos na Internet

NÚMERO DE VARIANTES (%)

NÚMERO DE VARIANTES (%) BY PAÍS

os Emotigums seguem o estilo de desenho minimalista, similar ao mangá, e estão divididos em sete tribos: revoltados, plugados, darks, estilosos, descolados, músicos e esportistas.

13,5 12

NÚMERO DE VARIANTES

10,5 9 7,5 6 4.5 3

ITÁLIA

CANADÁ

CHINA

BRASIL

ÍNDIA

JAPÃO

FRANÇA

ALEMANHA

REINO UNIDO

0

EUA

1.5

TIPO DE EMBALAGEM MAIS UTILIZADO NO MUNDO NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2012 NÚMERO DE VARIANTES (%)

NÚMERO DE VARIANTES (%) BY TIPO DE EMBALAGEM (DETALHADO) 31.5

NÚMERO DE VARIANTES

28 24.5 21 17.5 14 10.5 7

LATA

ESTOJO

POTE

BANDEJA

SACHÊ FLEXÍVEL

FRASCO

CAIXA DE PAPEL CARTÃO

GARRAFA

TUBO/BISNAGA

0

FLEXÍVEL

3.5

TIPO DE EMBALAGEM MAIS UTILIZADO NO BRASIL NO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2012 50

NÚMERO DE VARIANTES

40

30

20

FONTE: GNPD Mintel

26

AEROSOL

STAND-UP POUCH FLEXÍVEL

LATA

SACHÊ FLEXÍVEL

FRASCO

POTE

CAIXA DE PAPEL CARTÃO

FLEXÍVEL

0

TUBO/BISNAGA

10

GARRAFA

NÚMERO DE VARIANTES (%)

NÚMERO DE VARIANTES (%) BY TIPO DE EMBALAGEM (DETALHADO)

todas as embalagens dão acesso a conteúdos na internet: basta entrar no site www.chiclets.com.br e colocar a embalagem em frente à webcam e vídeos específicos para cada tribo ou linha serão habilitados. as caixinhas 2 unidades com os Emotigums das tribos acessam 7 vídeos exclusivos estrelados pelos humoristas da emissora MtV rodrigo Capella, tata Werneck e Paulinho serra; as caixinhas 2 unidades com as Lhamas possibilitam um trote virtual e as caixinhas com o desenho do Mini Chiclets destravam a história da marca de forma divertida e bem-humorada, também narrada pelo grupo humorístico. “os adolescentes estão 100% ligados às mídias interativas e Chiclets tem que acompanhar essa tendência levando não apenas produtos novos, mas conteúdos relevantes para os adolescentes e da forma que eles querem – via web”, destaca Zanin. Já a embalagem 10 unidades Fresh Mix, trará uma dinâmica inovadora de realidade aumentada, na qual as pessoas verão suas caixinhas com personagens Emotigums ganharem vida no computador. nos últimos quatro anos, Chiclets registrou um crescimento de 23% em volume de vendas. Esse crescimento se dá graças à intensa busca da marca por tendências e novidades que atendam melhor o público adolescente. Há dois

na categoria de higiene e limpeza, a Ypê desenvolveu um novo frasco para a sua linha de detergente para lava-louças que oferece praticidade às consumidoras. o novo formato é mais anatômico, mais firme e fácil de usar e guardar, além de favorecer a reposição de estoque e conferir maior ergonomia. Com apelo sustentável, a nova embalagem do lava-louças possibilita ainda transportar mais caixas por palete e mais frascos por viagem, contribuindo assim para uma menor emissão de Co2 em toda a cadeia de consumo, necessitando de menos matéria-prima para sua produção e um descarte sustentável, já que as embalagens são biodegradáveis. diferentemente do resto do mundo, no Brasil, a garrafa é o tipo de embalagem mais adotado nos lançamentos, seguida pela embalagem flexível, e tubos e bisnagas. segundo a pesquisa, a garrafa lidera o ranking devido à força do mercado brasileiro de cosméticos e de bebidas. o crescimento dos lançamentos nas gôndolas é uma amostra da aquecida demanda de consumo dos consumidores que hoje têm maior poder de compra. a disputa pela preferência dos consumidores não é fácil, por isso as novidades tanto em produtos como em embalagens têm que agradar.

INFORMAÇÕES BELCORP www.belcorp.biz DANONE tel.: 0800-7017561 | www.danone.com.br ESPM tel.: (11) 5081-8200 | www.espm.br KRAFT FOODS tel.: 0800-7041940 | www.chiclets.com.br OVOMALTINE tel.: 0800-7238485 | www.ovomaltine.com.br YPÊ tel.: 0800-130054 | www.ype.ind.br

Editora Banas

177_Materia de capa.indd 26

7/5/2012 17:30:54


Editora Banas

27 TETRAPAK.indd 27

27

7/5/2012 15:32:43


Foto: iStockphoto

especial embalagens injetadas e sopradas

Aposta na inovação e em soluções sustentáveis Indústria de embalagens injetadas e sopradas aposta no desenvolvimento de processos inovadores para elevar competitividade e destacar a embalagem no ponto de venda

Analice Fonseca Bonatto

F

undamental para a estratégia competitiva das empresas, a inovação ainda é um dos grandes desafios do Brasil que ocupa a 47ª posição no Índice Global de Inovação 2011 da Instituição de Ensino de Negócios e de Pesquisa (INSEAD), atrás de países como Malásia (31ª) e Chile (38ª), de acordo com a Agência de Inovação da Unicamp. Mas há empresas realizando processos visando a inovação cada vez mais decisiva ao negócio. Novos materiais, soluções sustentáveis, máquinas e moldes mais eficientes e produtivos são alguns dos processos desenvolvidos pela indústria de embalagens injetadas e sopradas para destacar a embalagem no ponto de venda. A Igaratiba está entre bons exemplos de empresas que têm a inovação como ponto-chave para os negócios. “A embalagem é o principal elemento de interação e comunicação entre produto, marca e consumidor. Atualmente,

28

Editora Banas

177_Embalagens Injetadas Sopradas.indd 28

7/5/2012 17:45:04


EMBALAGENS PLÁSTICAS

VARIAÇÕES % EM RELAÇÃO A IGUAL PERÍODO DO ANO ANTERIOR 0,66

PARTICIPAÇÃO

PRODUÇÃO 2011

36,2%

7,15%

-2,90

GARRAFÕES, GARRAFAS, FRASCOS E ARTIGOS SEMELHANTES

4,81 29,08 -2,13 -6,26

SACOS OU SACOLAS

5 -4,14

-3,08

-20

-10

21.5%

10,03%

IV.11

-11,52 -20,18

-30

-2,05%

III.11 II.11 I.11

-3,04

EMBALAGENS DE PLÁSTICO PARA PRODUTOS ALIMENTÍCIOS OU BEBIDAS

22,4%

0

10

20

30

40

Fonte: FGV - ABRE

estudo realizado pela Confederação Nacional das Indústrias indicando que 75% das empresas que investiram em design registraram aumento em suas vendas, sendo que 41% também conseguiram reduzir os seus custos.

qualidade e preço não garantem mais a venda. Inovação e design consolidaram-se como fatores decisivos para a competitividade das empresas”, diz Lina Amstalden, analista de inteligência de mercado da empresa. Segundo ela, o desenvolvimento de uma embalagem é longo e “requer, além de investimento financeiro, um parceiro de confiança e um bom planejamento, para que a embalagem atenda todas as funções que lhe cabe”, diz a analista, que ainda destaca um interessante

A busca pela competitividade passa pela inovação também na Globalpack. Lá, segundo Daniel richena, diretor comercial da empresa, a orientação voltada para melhorias contínuas em processos estabelece o aumento da eficiência produtiva. “A inovação é vital para a sobrevivência da indústria. Estamos constantemente trazendo inovação de moldes, máquinas, processos mais baratos e eficientes e novos materiais. Basicamente, quando recebemos um novo projeto, colocamos todo o ganho em processo para conquistar o cliente. Se a indústria não inovar, está fora”, avalia. Assim, a embalagem em destaque no ponto de venda explicita os

avanços de sua indústria. “Se não tenho um bom insumo, o produto não será bom na gôndola”, diz richena. Na parte de sopro, ele destaca os processos de refrigeração de molde em que conseguiram reduzir o ciclo de produção e consequentemente de custo, em torno de 20%. “Isso torna a empresa bastante competitiva”, diz o diretor comercial da Globalpack, que atua nas áreas de sopro, injeção, bisnagas e esferas plásticas. Para Eduardo oliveira, gerente de novos negócios da Jaguar Plásticos, a obstinação do mundo por economia de energia e melhoria de resultados impulsiona a empresa para a absoluta intolerância à ineficiência.

INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO Boa parte das indústrias usam fornecedores e clientes como fontes de informação e conhecimento para EDItorA BANAS

177_Embalagens Injetadas Sopradas.indd 29

29

7/5/2012 17:45:07


especial embalagens injetadas e sopradas

Fabiano Monaiar é o responsável pela área de gestão da inovação da Braskem e falou sobre os lançamentos da empresa e as próximas tendências para o setor. Destaque as últimas novidades da empresa para atender ao mercado de embalagem plástica. Hoje, quais são as maiores necessidades dos clientes? A Braskem possui como visão empresarial ser líder mundial da química sustentável, inovando para melhor servir às pessoas. Desta forma, focamos em ouvir os nossos clientes a fim de identificar soluções que atendam às suas necessidades e os ajudamos a mapear tendências de mercado e novas oportunidades de negócios, promovendo competitividade para toda a cadeia petroquímica. Como consequência desta parceria, temos várias iniciativas de desenvolvimento de novos produtos que atendem aos seus anseios e que visam à sustentabilidade da cadeia. Essas necessidades e operações dos clientes se modificam ao longo do tempo. Como a empresa identifica e as atende?

produtos permitem obter embalagens com menor peso, o que leva a um menor consumo de combustível quando do seu transporte. De que forma trabalham para obter um material que se destaca no mercado? Qual é a importância da sustentabilidade? No mesmo ano, desenvolvemos novas resinas de PP, a CP 270R e a resina H 202 HC, que possuem ótimo balanço de rigidez e resistência ao impacto, desenvolvidas respectivamente para aplicação em baldes industriais alimentícios e móveis e utensílios, proporcionando peças mais leves, com maior produtividade e que continuam atendendo os requisitos normativos. Como a área de P&D trabalha para acompanhar a demanda do mercado? Em março de 2012 lançamos a resina GE7252, que visa atender o mercado de tampas para água sem gás e sucos. Produzida com tecnologia bimodal, a nova resina possibilita ao mesmo tempo excelente processabilidade e propriedades organolépticas, ou seja, evita a transferência de odor e sabor para o produto envasado. Em relação à geração anterior de produtos para essa aplicação, a nova resina tem injetabilidade 60% melhor, gerando maior produtividade para os nossos clientes.

Investimos na aquisição de linhas para produção de latas de 1/4 de galão com neck e solda eletrônica

Em 2011 lançamos no mercado um novo portfolio de PE para o mercado de sopro. A resina HS5403, desenvolvida para a produção de embalagens para pequenos volumes, possibilita uma embalagem com resistência a produtos químicos tensoativos, como detergentes, xampus e multiuso, e o grade HS5608 desenvolvido para a produção de embalagens sopradas de 20 a 200 litros, conta com alta rigidez e resistência química, ideal para aplicação em embalagens agroquímicas. Pelo seu excelente balanço de propriedades, estes

desenvolver processos inovadores e se diferenciar no mercado de embalagens injetadas e sopradas. A Jaguar Plásticos, segundo oliveira, mantém estrutura interna de pesquisa e desenvolvimento para apoiar os clientes no desenvolvimento de soluções de embalagens. “o desafio é responder às necessidades do mercado apontadas pelos nossos clientes de maneira rápida e integrada”, ressalta oliveira, gerente da empresa, que atua no setor de embalagens industriais com tampas, potes e baldes e no segmento de utilidades domésticas com marca própria. 30

Foto: Divulgação

QUÍMICA SUSTENTÁVEL

Fale sobre tendências. Um dos próximos lançamentos será o novo PP de alto índice de fluidez, chamado de CP191XP, que visa responder às exigências do mercado de injeção de ciclo rápido e de

Para acompanhar a demanda por evolução, Lina explica que a Igaratiba trabalha com o chamado comitê de inovação, composto por profissionais de marketing, design, comercial e desenvolvimento. Segundo ela, estas áreas estão em constante busca por novas tecnologias, tendências, novos materiais, design diferenciado etc. “Entendemos que o mercado necessita de uma parceira estratégica e não mais apenas de uma fornecedora de insumos de produção”, diz a analista de inteligência de mercado da Igaratiba, que desenvolve embalagens exclusivas para os clientes.

peças de paredes finas, proporcionando maior produtividade devido a um menor tempo de ciclo e menor consumo de plástico, devido à redução de espessura. A Braskem também é líder mundial em biopolímeros por causa da produção do PE Verde, produto obtido a partir de fonte renovável, o etanol da canade-açúcar, que começou a ser produzido em escala comercial em setembro de 2010. O PE Verde é reconhecido mundialmente por aliar os benefícios e as propriedades do plástico tradicional e a sustentabilidade. Seu diferencial mais importante é a capacidade de contribuir para a redução do efeito estufa: para cada tonelada produzida, são retiradas até 2,5 toneladas de gás carbônico (CO2) da atmosfera durante seu ciclo de vida.

PRODUTOS AMBIENTALMENTE CORRETOS Para obter um produto que se destaca no ponto de venda, os objetivos a serem atingidos com a nova embalagem são definidos pelos clientes, segundo Fausto Lopes Bernardino Jr, superintendente comercial da Engepack. “Por meio da área de desenvolvimento de produtos, conciliamos a necessidade do cliente com a viabilidade técnica e operacional para produção da nova embalagem”, diz o gerente da empresa, que iniciou o ano com lançamentos das novas pré-formas

EDItorA BANAS

177_Embalagens Injetadas Sopradas.indd 30

7/5/2012 17:45:13


Editora Banas

177_Embalagens Injetadas Sopradas.indd 31

31

7/5/2012 17:45:17


especial embalagens injetadas e sopradas

Foto: Divulgação

Embalagens produzidas pela Jaguar Plásticos

para sopro de embalagens de óleo comestível e água mineral. Segundo ele, o lançamento atende à crescente demanda por produtos ambientalmente corretos: redução no uso de resina PET e facilidade no processo de coleta e reciclagem. “Além destes pontos, as novas préformas proporcionam aos nossos

clientes apresentar embalagens inovadoras, garantindo a competitividade necessária nos mercados que atuam”, avalia.

assépticos. “Estas aplicações, atendem a nova demanda do mercado para produtos naturais”, explica o superintendente.

Atualmente, a empresa trabalha no desenvolvimento de embalagens para aplicações m que há necessidade de envase do produto à temperatura de 85º C e envase em ambientes

Para Richena, a preocupação com os processos produtivos e gasto de energia nas mínimas ações são cada vez maiores. Ele conta que já há propostas em andamento de instalações de unidades de reciclagem para produtos de alguns clientes. Hoje, a Globalpack reaproveita 100% dos seus resíduos. Nesse sentido, a empresa já estuda com alguns clientes ser o final da cadeia de retorno das embalagens.

INFORMAÇÕES BRASKEM tel.: (11) 3576-9000 | www.braskem.com.br ENGEPACK tel .: (11) 2149-8800 | www.engepack.com.br GLOBALPACK tel.: (11)3908-1253 | www.globalpack.com.br IGARATIBA tel.: (19) 3821-8000 | www.igaratiba.com.br JAGUAR PLÁSTICOS tel.: (19) 3867-1723 | www.jaguar.ind.br

32

Editora Banas

177_Embalagens Injetadas Sopradas.indd 32

7/5/2012 17:45:20


EDIÇÃO ESPECIAL PACK - FISPAL TECNOLOGIA

1=1000 Preparamos uma promoção especial para os anunciantes da edição de junho da Pack - A Revista de Negócios do Mercado de Embalagem, com circulação na Fispal Tecnologia. Anuncie no formato página e ganhe 1000 reprints do seu anúncio.

E mais: para o verso do reprint preparamos três modelos para serem personalizados: • Informações de produtos em destaque; • Informações sobre sua empresa; • Entrevista do executivo por jornalista da revista Pack. Formato A4 Impressão em Papel Couchê Na frente, espaço para seu anúncio de página publicado na edição de junho da revista Pack

No verso, conteúdo especial sobre sua empresa, produto ou entrevista com o executivo

APROVEITE ESSA OPORTUNIDADE! CONSULTE NOSSA EQUIPE COMERCIAL SOBRE AS CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA ANUNCIAR

@EditoraBanas facebook.com/editorabanas

MAIS INFORMAÇÕES

(11) 3500-1910 | publicidade@editorab2b.com.br | www.pack.com.br EDITORA BANAS

33 BANAS.indd 33

33

05/05/2012 15:45:09


Foto: Divulgação

especial nova zelândia

O design traduz a cultura local Assunta Napolitano Camilo*

A embalagem é o veículo para valorizar as tradições da Nova Zelândia. Esse é o diferencial percebido nas gôndolas

N

a Nova Zelândia, o varejo é dominado pela Count Down que faz parte da rede Wools Worhts também presente na Austrália e na África do Sul. Outro destaque é o PAK´nSAVE, muito parecido com um atacarejo, que oferece preços mais baixos. Lá as sacolas custam 10 centavos e muitos itens só são vendidos em pacotes fechados. Há também os comércios menores, que são praticamente mercados de bairro, com menor variedade de produto, pouco conforto e preços mais baixos. O CountDown está presente em todo o país e tem a marca própria Homebrand, que é bastante simples, e as embalagens, em sua maioria, apresentam apenas duas cores: vermelho e preto sobre um fundo branco. A valorização do apelo sustentável está bastante presente nas prateleiras de todos os mercados. A imagem do kiwi, seja a fruta ou o pássaro, também é bem marcante. Outro aspecto interessante é o design leve e livre em contraste aos traços mais tradicionais. No ponto de venda, muitos produtos na categoria de pratos prontos (congelados ou não), que também entregam saúde ao consumidor. Um bom exemplo disso é a embalagem da sopa de batata, que ilustra as mãos de um camponês, segurando as batatas, numa referência à origem do

34

Editora Banas

177_Especial_Nova Zelandia.indd 34

05/05/2012 15:46:27


produto. O produto é embalado em um stand-up pouch tecnologicamente muito moderno. O mel é comercializado em vários formatos de embalagens e também está presente no consumo dos alimentos. É notável sua presença nas fotografias e junto com as frutas em produtos, como iogurtes, sucos, geleias, assim como nos produtos cosméticos. Um dos produtos mais surp re e n d e n t e s é u m i o g u r t e em pó apresentado em uma embalagem simples, encontrado em vários pontos de venda, por ser uma iguaria comum na Nova Zelândia. A marca mais tradicional e importante de chocolate, no País, é a JR Whittakers, que mantém

177_Especial_Nova Zelandia.indd 35

a mesma embalagem desde 1 8 9 6 , t i p o p o r t i f o l i o, c o m papel aluminizado e um formato bem particular. Nas gôndolas refrigeradas, muitos alimentos para cães, normalmente embutidos, além de potes de carne fresca, com sabor misto de carneiro e bovino, pré-temperada e picadinha. Isso nos leva a imaginar que os peludos devem ter pratos parecidos com o nosso estrogonofe! Além de muito suco pronto para beber, o suco concentrado é vendido em multipack com cinco sachês. Cada sachê faz um litro de suco. Nas gôndolas de bebidas, muitos energéticos à base de guaraná e água mineral, explorando,

05/05/2012 15:46:32


Foto: Divulgação

especial nova zelândia

embalagem para coloração de cabelo. Lá o produto que já vem pronto pra o uso é comercializado em um frasco com pump. Muito mais prático.

Na categoria de higiene pessoal, os designer exploram o conceito menos é mais

A valorização do apelo sustentável está presente nas prateleiras de todos os mercados obviamente, a pureza para valorizar o produto. A embalagem da água mineral artesiana Waiwera é extremante clean, decorada com um rótulo no gargalo e a marca em relevo. Chamou a atenção também o nome da uma água saborizada, a h2go, original não? A cerveja mais vendida é a Steinlager que tem a principal apresentação em garrafas de vidro de 330 ml e o brasão gravado, além de rótulo e gargalo autoadesivo, com elegante discrição. Outra cerveja tradicional e bem posicionada é a Renaissance, com uma série de tipos especiais, que mantêm o rótulo tradicional, e no gargalo, o selo do prêmio. É uma das poucas que ainda têm a rolha metálica, como tampa, já que as demais apresentam o sistema de abertura twist open. O vinho, principalmente o branco, é bem presente na mesa dos neozelandeses. Destaque para a moderna embalagem do vinho 36

branco Tohu, de apenas 375 ml, com tampa de rosca de alumínio e design com traços culturais. Na categoria de higiene pessoal, os designers exploram o conceito menos é mais. A Ecostore, por exemplo, traz isso no próprio nome e na marca. Preto e branco são as cores utilizadas e eventualmente uma foto; no máximo traços verdes podem fazer parte do conjunto. A Primal Earth, com sua linha masculina orgânica, tem traços mais modernos e usa bem equilibradamente o preto, verde e prata fosco.

Na categoria de limpeza doméstica, marcas como Earthwise, Fab, Palmolive, entre outras, mantêm um certo padrão. Normalmente, os produtos são líquidos concentrados, com oferta de refis, frascos ergonômicos e cartuchos de detergentes, como os australianos, formato mais baixo, com tampa grande tipo flip top. Na visita à Nova Zelândia e seus pontos de venda, notei o atendimento das mesmas tendências observadas em outros países. A diferença, no entanto, é que lá os traços da cultura local estão traduzidos no design das embalagens, como em poucos lugares do mundo acontece. Esse, sem dúvida, é um belo exemplo de respeito.

Marcas internacionais como Dove, Lóreal, St. Ives, SchwarzKoft e Pantene estão no varejo da Nova Zelândia. A novidade é que pudemos antever os novos designs que devem, logo mais, chegar por aqui, uma vez que são globais. Outra novidade que logo deve chegar por aqui é a mudança da

*Assunta Camilo Napolitano é diretora do Instituto de Embalagem e da consultoria FuturePack

Editora Banas

177_Especial_Nova Zelandia.indd 36

05/05/2012 15:46:38


Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

direto da gôndola

Proteja mais e melhor Seu produto é bem cuidado e diferenciado desde a produção? Então a embalagem tem que contar isso de imediato

Assunta Napolitano Camilo*

C

om a concorrência acirrada, há cada vez mais produtos nas gôndolas de pequenos e grandes mercados, e menos tempo para decidir quais deles comprar. Ter marcas fortes e formas claras ajudam o consumidor a encontrar o que precisa no tempo que ele tem disponível para isso. Em particular no caso dos produtos orgânicos, mercado que vem crescendo dois dígitos no Brasil e no mundo, a embalagem tem que contar de pronto todo o cuidado que o produtor teve com o produto desde a semeação, passando pela produção, empacotamento até a entrega do produto ao consumidor. A qualidade intrínseca do produto e seu frescor devem

37

177_Artigo.indd 37

estar garantidos no momento do uso e consumo do produto. O desafio neste caso é muito maior, uma vez que, na maioria das vezes, esses produtos são mais sensíveis, pois não receberam agrotóxicos ou conservantes e se tornam mais susceptíveis à contaminação por pragas ou fungos. A função proteção então se torna primordial. Temos visto o crescimento e a preocupação das empresas em adotar melhores embalagens para seus produtos e garantir assim produtos melhores com maior shelf life. Este é o exemplo adotado pela Josapar com o arroz integral e orgânico da marca Tio João, que é acondicionado em uma embalagem laminada a vácuo. Uma escolha feliz e melhor comunicação com o consumidor. A marca criou um splash como um carimbo: “Arroz embalado a vácuo: conserva mais. Melhor sabor” numa embalagem bem impressa pelo sistema flexográfico. A embalagem apresenta design bem apropriado que deixa um grande espaço transparente para o consumidor visualizar o arroz. Permitir a visualização do produto é entender o hábito do consumidor brasileiro sempre desconfiado com a qualidade e integridade dos produtos que consome. O cuidado com as ilustrações

que são representações da fauna e flora local reforçaram a imagem da empresa e da marca. O conjunto da obra é digno de destaque! A forma da embalagem, quadrada e bem estruturada, ajuda na comunicação direta. Além disso, o fato de embalagens de cafés Premium serem a vácuo, reforça o conceito de “melhor”. Essa forma de embalar permite ainda a exposição do produto em pé, o que confere maior destaque na gôndola, enquanto os demais produtos da categoria são apresentados em sua maioria na horizontal. A embalagem no mercado atual pode ser mais do que uma ferramenta de marketing. Ela pode ser definitiva para a competitividade e o posicionamento da marca. Na categoria de produtos a vácuo, podemos destacar outro produto como a marca Dona Benta, que usou a embalagem para diferenciar e posicionar uma de suas farinhas como premium. A mesma estratégia tem sido empregada por outras marcas, especialmente em produtos orgânicos e especiais. O que é bom deve ser cuidado e bem embalado. Embalagem melhor pode fazer a sua marca e o mundo melhor! *Assunta Napolitano Camilo é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria FuturePack.

Editora Banas

05/05/2012 15:47:49


Foto: iStockphoto

Tudo que é vidro vira vidro Parece simples, mas o material ainda é pouco coletado por falta de conscientização das cooperativas e da logística. Para aumentar a conscientização sobre a reciclagem da embalagem de vidro, a Verallia criou projetos que envolvem as cooperativas e a população

O

vidro pode ser reciclado infinitamente, voltando a ser uma embalagem de vidro, sem perda de qualidade ou de pureza. Isso significa economia de energia e menor extração dos minerais na produção de uma nova embalagem. Os benefícios da reciclagem do vidro são tangíveis, mas o grande desafio do setor é a conscientização das cooperativas para aumentar o índice de reciclagem de embalagem de vidro no Brasil. Para aumentar a coleta de embalagens de vidro, a Verallia criou, em 2005, o projeto Pequenos Polos, que permitiu a captação do material em qualquer quantidade. Hoje, o projeto reúne 50 cooperativas de reciclagem de São Paulo e beneficia 900 pessoas. Segundo Wagner Sabatini, chefe de desenvolvimento e reciclagem da Verallia, esse trabalhou ganhou maior proporção em 2009, quando a empresa doou quatro empilhadeiras para as cooperativas que trabalham com maior volume de vidro: Coopamare, Cooper Viva Bem, Cooperar e Cooperativa Cotia. “Para facilitar o trabalho dos catadores, a empresa também colocou caçambas nas cooperativas para o armazenamento do vidro recolhido, que depois é levado para as nossas plantas fabris em São Paulo e em Porto Ferreira, no interior do Estado”, revela. O valor pago pela Verallia no caco misto é de R$ 0,15/kg e no cabo branco R$ 0,17/kg. ‘O preço do vidro não tem queda de valor, e, em maio, o valor terá um reajuste próximo ao IPCA. Trata-se de um negócio que permite aos catadores ganhar dinheiro”, destaca Sabatini. O maior desafio para expandir a reciclagem de vidro é a conscientização das cooperativas, por isso explica Sabatini, “também realizamos palestras nas cooperativas sobre o valor do vidro, como beneficiar o vidro e dar orientações

38

EDITORA BANAS

177_Sustentabilidade.indd 38

7/5/2012 17:38:36


pack | sustentabilidade

de vidro da linha doméstica na loja que fica ao lado da fábrica. “Devido à grande adesão dos colaboradores, resolvemos, a partir de março deste ano, estender o projeto para toda a população com a intenção de incentivar o processo de reciclagem do vidro, conscientizando as pessoas da importância da separação do material e de que o método só possui vantagens”, afirma. Na prática, 1 kg de vidro equivale a R$0,15 em bônus para adquirir produtos da linha de vidros domésticos na Loja Marilar, que fica ao lado da sede da Verallia. Todo material arrecadado será colocado em uma caçamba e posteriormente enviado para a reciclagem e produção de novos artigos de vidro.

para trabalhar com equipamentos de segurança e não venderem as garrafas de vidro para atravessadores.” Ele continua: “O grande entrave é que os garrafeiros pagam R$ 0,25/ kg do vidro que depois é utilizado para falsificação, como ocorreu com uma marca de azeite, que teve óleo diesel misturado ao produto. Isso é um problema de saúde pública, mas não há legislação para punir esses atravessadores. Eles fecham o negócio e depois abrem novamente”, lamenta. Um segundo projeto da Verallia também promove uma campanha que visa a ajudar na conscientização e na importância da reciclagem do vidro. Segundo Sabatini, a ideia nasceu em 2009 exclusivamente para funcionários, com a proposta de que trouxessem de casa os vidros usados de garrafas, potes, garrafões e outras embalagens de vidros, e os trocassem por bônus que dão direito a produtos

Um terceiro projeto será realizado a partir do segundo semestre de 2012, no entorno da planta fabril da Verallia, no bairro da Água Branca, em São Paulo, que reúne um complexo de 14 prédios. O objetivo, segundo Sabatini, é disponibilizar contentores verdes nos condomínios residenciais, para envolver os moradores na reciclagem do vidro. “Vamos trabalhar com um parceiro para retirar o material nos condomínios”, explica. Mais adiante, o executivo comenta que o projeto pode ser expandido. Esses três projetos tendem a aumentar a captação do volume de vidro para reciclagem nos próximos anos. No ano passado, a Verallia, captou 127 mil toneladas, e em 2012, a expectativa, segundo Sabatini, é de 153 mil toneladas, um crescimento de 32%. “A planta fabril em Campo Bom, no Rio Grande do Sul, utiliza 83% de caco de vidro na linha de produção, a fábrica de Porto Ferreira, 70% de caco de vidro e a de São Paulo, 16% de caco de vidro. Para cada 10 toneladas de caco de vidro, a economia de energia é de 3,0 a 3,5% e 1 tonelada de caco de vidro representa uma redução no consumo de 1,2 tonelada de matéria-prima”, salienta. (M.H.) INFORMAÇÕES VERALLIA tel.: (11) 2246-7214 | www.verallia.com.br

BREVES MAIS DE 136 TONELADAS DE EMBALAGENS EM 2011 O Programa Brastemp Viva!, iniciativa da Whirlpool Latin America, que recolhe embalagens de produtos da companhia vendidos pelo sistema porta a porta, no estado de São Paulo, alcançou resultados surpreendentes em 2011. Mais de 136 toneladas de resíduos descartados, como isopor, papelão e plástico, foram encaminhadas para empresas ou entidades de reciclagem para destinação final correta, o que corresponde a 70,73% do que foi entregue. O volume de embalagens recolhidas foi 81% maior do que o registrado em 2010. Em 2012, o objetivo é elevar a porcentagem de resíduos retornados para 80%.

RÓTULO ECOLÓGICO DA ABNT A Gojo América Latina acaba de receber o certificado de rótulo ecológico da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) para a sua linha de higienizadores para as mãos Purell® e também para o higienizador Gojo Mild Foam Hand Wash Fragrance Free. Cada linha foi desenvolvida com foco na redução dos impactos ambientais e da saúde humana em todo o ciclo de vida do produto. Além disso, o sistema de refis da Gojo SmartFlex™, foi feito com garrafas PET leves e recicláveis e com 30% a menos de material e tão robusto como os feitos de polietileno de alta densidade (PEAD).

NOVO MATERIAL PARA RÓTULOS É MAIS SUSTENTÁVEL Atenta às necessidades do mercado por rótulos autoadesivos alinhados aos conceitos de produção sustentável, a Avery Dennison do Brasil apresenta o Global MDO, cujos principais atributos são: maior transparência, maior produtividade e maior sustentabilidade. Além da resistência e estabilidade necessárias para promover o produto no ponto de venda, o material tem ótima conformidade, reduzindo o aparecimento de rugas e vincos nos processos de conversão e nas aplicações a altas velocidades. O Global MDO produz 40% menos resíduos sólidos e necessita de 37% menos energia para ser fabricado.

EDITORA BANAS

177_Sustentabilidade.indd 39

39

7/5/2012 17:38:40


notas técnicas

CORREIAS MODULARES

SISTEMA DE AMARRAÇÃO E ARQUEAÇÃO O sistema de amarração e arqueação com fita de polipropileno (PP), modelo TP-101, apresenta gabinete em chapa de aço, base de apoio em aço inox, locomoção por meio de rodas, pintura de alta resistência e baixa manutenção. Opera com ciclo de arqueação de 2 segundos e admite fita entre 10 e 12 mm e produtos com medida máxima de 630 x 840 mm e medida mínima de 70x90 mm.

As correias modulares Prolink são acionadas por rodas dentadas fabricadas em poliacetal, com encaixe para eixo. São módulos individuais conectados um ao outro por varetas/pinos e plástico ou aço inox, tornando as esteiras articuláveis longitudinalmente. Podem ainda ser equipadas com vários elementos adicionais, como taliscas e guardas laterais. SIEGLING BRASIL Elementos de Transporte Ltda. Tel.: (11) 4143-7704 vendas@forbo-siegling.com.br

FURNAX Comercial Importadora Ltda. Tel.: (11) 3277-5658 vendas@furnax.com.br

IMPRESSORA POR TERMOTRANSFERÊNCIA Com programação de movimentos intermitentes ou contínuos, a impressora por termotransferência 55SST Thermal Express permite flexibilidade e reduz estoque de filmes préimpressos. Conta com sistema patenteado de geren-ciamento de ribbon, resolução de 300 DPIi e textos e gráficos totalmente escaláveis. Imprime diretamente em embalagens flexíveis, etiquetas, sacolas e invólucros. Admite área de impressão de 52 mm x 80 mm (intermitente) e 52 mm x 125 mm (contínuo). GYSSCODING SYSTEM Comércio e Importação Ltda. Tel.: (11) 5622-6794 | gysscoding@gysscoding.com.br

MOINHO TRITURADOR O moinho triturador LDF apresenta rotor de facas confeccionado em aço, facas confeccionadas em aço, contendo facas ajustáveis de longa vida útil, facas em aço com dureza HRC 50-55, facas escalonadas que facilitam a moagem devido ao inovador ângulo de corte, diminuindo o travamento do equipamento. Conta ainda com caixa acústica emborrachada, evitando altos ruídos, sistema de partida estrela-triângulo incluso e chave liga-desliga. Opera com capacidade de 600 rotações por minuto. NZ COOPER Termoplásticos de Engenharia Ltda. Tel.: (11) 4716-3141 | nzcooper@uol.com.br

40

Editora Banas

177_Notas Técnicas.indd 40

05/05/2012 15:48:47


painel de negócios

embalagens, máquinas, equipamentos e acessórios

ANUNCIE AQUI! PAINEL DE NEGÓCIOS

LIGUE OU ENVIE EM E-MAIL

(11) 3500-1910

publicidade@banas.com.br

Interação e conteúdo informativo em tempo real

REDES SOCIAIS

Interaja com a Editora Banas e atualize-se com as últimas informações do mercado industrial e de embalagem.

@EditoraBanas Siga a Editora Banas no Twitter e faça parte de um universo de informações simultâneas de qualidade Diariamente são postadas notícias importantes do mercado industrial e de embalagem, que abrange novidades, lançamentos, economia, eventos e mercado internacional.

facebook.com/editorabanas Curta a Editora Banas no Facebook Tenha acesso a informações do mercado industrial e de embalagem, incluindo um conteúdo editorial de utilidade para o público destes segmentos. Abrange, imagens, vídeos e notícias.

MAIS INFORMAÇÕES:

(11) 3500-1910 publicidade@editorab2b.com.br

177 Painel de Negocios.indd 41

05/05/2012 15:54:03


índice de anunciantes página

empresa

site

empresa

site

3ª Capa..... ABRE.....................................................www.abre.org.br

41.............. INTERTEC............................ www.intertecequip.com.br

5................ ANTILHAS.....................................www.antilhas.com.br

19.............. JEAPEL............................................. www.jeapel.com.br

40.............. ECOMAX..............................www.grupoecomax.com.br

41.............. MOLTEC.......................................... www.moltec.com.br

4ª Capa..... GS1......................................................... www.gs1br.org

11.............. HAVER BRASIL........................www.haverbrasil.com.br

2ª Capa e 41 ..... IBEMA....................................www.ibema.com.br

41.............. IGARATIBA...................................www.igaratiba.com.br

3................ IMSB.................................................. www.imsb.com.br

31 e 42 INSTITUTO DE EMBALAGENS............................................. ...............................................www.institutodeembalagens.com.br

42

página

35.............. NEO ALUMÍNIO......................www.neoaluminio.com.br

21.............. RICEFER.......................................... www.ricefer.com.br

32.............. SALAZAR................. www.salazarcomponentes.com.br

40.............. STRAPET........................................ www.strapet.com.br

27.............. TETRAPAK.................................... www.tetrapak.com.br

13.............. VIDEOJET...........................................www.videojet.com

Editora Banas

177_Indice de Anunciantes.indd 42

06/05/2012 01:31:39


Editora Banas

3CAPA ABRE.indd 43

43

05/05/2012 15:55:43


44

4CAPA GSI.indd 44

Editora Banas

05/05/2012 15:56:43

Profile for Revista Pack

Revista Pack 177 - Maio 2012  

BRASIL LANÇA MAIS EMBALAGENS Segundo um estudo do Laboratório de Monitoramento Global da ESPM, no primeiro trimestre de 2012, a indústria br...

Revista Pack 177 - Maio 2012  

BRASIL LANÇA MAIS EMBALAGENS Segundo um estudo do Laboratório de Monitoramento Global da ESPM, no primeiro trimestre de 2012, a indústria br...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded