__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

206

ANO•17 NOVEMBRO

2 0 1 4

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

NATAL

FECHAMENTO

Feira mostra a importância de melhores embalagens

Embalagens primárias e secundárias recebem atenção

D

SIAL

9 E de ª P ZE e M fo Pre squ B rn fe is RO ec rê a de edo nci Pac / JA em res a. O k D N ba do s m es EIR la m e taq O ge e lh u ns rca ore e do s

EMPRESAS INVESTEM EM EMBALAGENS TEMÁTICAS

206 - Capa.indd 1

21/11/2014 13:50:34


2

206 meister.indd 2

Editora B2B

21/11/2014 14:03:50


informe publicitário | meister

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

MEISTER: TRADIÇÃO E MAIS DE 70 FORMATOS DE EMBALAGENS

F

Foto: Divulgação

undada em 1937, produzindo tampinhas de garrafas e embalagens para condimentos, a Meister passou a produzir também latas de 18 litros para querosene vendidas nas regiões aonde não havia luz elétrica. Nos anos 70, seu carro-chefe foram os jogos de latas para mantimentos, um conjunto de cinco latas de diferentes tamanhos, além das formas e assadeiras em aço exportadas para vários países. “Exportamos também, nos anos 80, muitas embalagens metálicas com balas para empresas de vendas por catálogo nos Estados Unidos. Na década seguinte, começamos a desenvolver embalagens personalizadas, atendendo integralmente os clientes nos formatos, decorações e quantidades solicitadas”, relembra a presidente da companhia, Heleny Mendonça Meister.

Atualmente, a empresa conta com mais de 70 formatos diferentes de embalagens. Um recente lançamento são as latas com visor, que já existiam no mercado internacional, mas ainda não eram fabricadas no Brasil. “Estamos sempre investindo em novos ferramentais, tanto para novos formatos, como para substituir equipamentos antigos, reduzindo o número de operações. Ainda exportamos pouco devido às taxas cambiais, mas mantemos alguns clientes na Itália e na América do Sul”, revela a presidente. A grande variedade de formatos, a qualidade litográfica, o acabamento e o cumprimento rigoroso dos prazos de entrega são os grandes diferencias da empresa. “As latas sempre agregam valor aos produtos nelas embalados. Somos muito otimistas em relação ao mercado de embalagens metálicas promocionais. Apesar de termos um 2013 fraco, este ano tivemos um bom desempenho com uma boa demanda. Esperamos que as ações promocionais continuem em 2015. Na Meister, todos os funcionários conhecem os clientes e temos

Heleny Mendonça Meister, presidente da Meister

orgulho de ver nossas embalagens nos mais diversos pontos de vendas do País”, finaliza Heleny. www.meister.com.br

Editora B2B

206 meister.indd 3

3

21/11/2014 14:03:58


informe publicitário | embaquim

EMBAQUIM: PIONEIRISMO, TECNOLOGIA DE PONTA E INOVAÇÃO

C

No primeiro semestre deste ano, a empresa instalou dois novos equipamentos: uma extrusora Carnevalli e uma máquina de corte e solda. A extrusora tem capacidade para transformar 300 kg/hora e produzir filmes com até três metros de largura. O equipamento juntou-se às outras três extrusoras existentes e garantiu autossuficiência na produção de filmes monocamada; a capacidade ociosa está sendo ofertada para o mercado. Os filmes extrudados nesta máquina são usados, principalmente, para a fabricação de sacos sanfonados para silos, big bags e capas para paletes. Já a máquina de corte e solda é totalmente controlada por CLP (Controlador Lógico Programável) e o corte é a frio, o que garante a abertura perfeita da embalagem plástica (saco) no momento do uso. Outra vantagem é a alta produtividade: a nova máquina pode produzir até 250 embalagens/minuto no caso de sacos pequenos (com capacidade para 1 litro). Mas, o grande diferencial é a sua largura útil que chega a 1.400 mm. Os dois novos equipamentos permitem à Embaquim atender ao mercado de capas para paletes, tachos e tanques, além de forros para caixas e bins de 1.000 litros ou mais. De acordo com a diretora, com o processo de verticalização dessa linha completa, é possível oferecer ao mercado industrial uma sacaria com qualidade e transparência ainda mais superiores. “Também utilizamos aparas industriais próprias, o que resulta em uma embalagem com preço mais competitivo que a feita com resina termoplástica virgem. Outro ponto é que com a nova máquina de corte e solda, não há limite máximo para o comprimento do saco cortado; tradicionalmente a Embaquim fornece sacos de 3.500 até 4.500mm”.

Foto: Divulgação

“Durante o último exercício, investimos mais de R$ 1,5 milhão em máquinas, incluindo recursos próprios e financiados via BNDES. Nossa empresa tem um forte trabalho para desenvolver também o mercado internacional, e há um ano atingimos 10% de exportação do nosso faturamento”, revela Renata, afirmando que 2013 foi um ano difícil por conta da desaceleração da demanda. “Conforme

Foto: Divulgação

om 33 anos de atividades, a Embaquim é pioneira na produção de bag-in-box no Brasil. Tecnologia de ponta e inovação norteiam todos os seus desenvolvimentos. Hoje, a empresa oferece embalagens plásticas flexíveis (bolsas) de 800 ml até 1.000 litros com diversas estruturas e várias opções de bocais e tampas. “Fornecemos para vários segmentos industriais entre eles, alimentos, bebidas, químicos, cosméticos e farmacêuticos. A certificação ISO 9001:2008, concedida pela BureauVeritas, garante a total rastreabilidade de nossos produtos que são largamente testados em suas características físico-químicas e em simulação de uso. As bolsas são fabricadas em processo automatizado, com matéria-prima 100% virgem e a tóxica”, garante a diretora Renata Canteiro.

Renata Canteiro, diretora da Embaquim

dados da FGV, é possível que o setor feche o ano sem crescimento ou com um crescimento ínfimo. Acredito que tivemos um ano de rearranjo do mercado; vivíamos uma explosão de consumo, por conta da entrada de 44 milhões de novos consumidores, que não poderia se manter de forma real. A partir de 2015, experimentaremos um mercado mais real, com uma demanda menos efusiva, mas mais constante. Nossa previsão de crescimento bruto em 2014 é de 13%, um ano útil para rever processos e investir em melhorias internas”. Com o objetivo de atender o mercado de forma ainda mais eficiente e ágil, a Embaquim trocará o prédio que ocupa há mais de 20 anos na Vila Carioca (Ipiranga - SP), por uma área nova, de 8.000 m2, em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo). “Por isso, solicitamos que todos os clientes antecipem a programação de pedidos previstos para dezembro/janeiro/ fevereiro. Além de ser nova e mais moderna, a fábrica terá uma localização privilegiada, que otimizará a logística de distribuição dos produtos, além de contar com padrão internacional, onde a atual linha de produção será instalada a partir de um layout mais moderno e otimizado”, finaliza a diretora. www.embaquim.com.br

4

Editora B2B

206 embaquim.indd 4

21/11/2014 14:06:48


206 embaquim.indd 5

21/11/2014 14:06:56


Foto: COMODO

carta ao leitor

A ÚLTIMA APOSTA

P

restes a entrarmos no último mês do ano, empresas fazem suas apostas no mercado varejista. Nesta edição, entrevistamos diversas marcas para saber o que elas estão preparando em suas embalagens para atrair o público em uma das principais datas comemorativas: o Natal. Colhemos depoimentos interessantes sobre o que mais nos interessa: a importância de investir na embalagem de um produto e, consequentemente, como atrair a atenção do consumidor. Outra matéria interessante é a cobertura completa que a nossa conselheira editorial, Assunta Napolitano elaborou sobre as novidades dos expositores da feira em Paris, SIAL, maior exposição mundial de produtos alimentares, realizada a cada dois anos e que mostra, também, a importância das embalagens. O evento comemorou 50 anos e apresentou as tendências do setor, os novos conceitos de embalagens e as inovações em produtos. Buscar uma embalagem com menor custo sobre um conceito inovador e diferenciado ainda prevalece. Por isso, a indústria tem se atentado para quesitos que garantam

clareza nas informações do produto, bem como facilidade de abertura, proteção e segurança, pontos fundamentais que envolvem o processo de fechamento de embalagens, tanto nas primárias (que servem para embalar) como nas secundárias (para transportar). Tema também presente nesta edição. Em nome de toda a equipe da Revista Pack, quero compartilhar a nossa ansiedade em prepararmos, mais uma vez, uma edição especial de final de ano, que envolve a 9ª Pesquisa Pack Destaque de Preferência. É por meio deste trabalho de pesquisa, votação e elaboração de todo o conteúdo que iremos conhecer, em breve, os melhores fornecedores do mercado de embalagens. Um trabalho intenso, que conta com o apoio de inúmeras empresas, aumenta o nosso relacionamento com o mercado e que, certamente, nos ajuda a construir uma história de reconhecimento de todo o esforço feito por cada marca, cada profissional que contribui com o desenvolvimento do setor. Boa leitura!

THAIS MARTINS EDITORA CHEFE redacao@pack.com.br

Pack 206 - Editorial.indd 6

21/11/2014 14:07:35


206

sumário

A N O • 1 7

22

Foto: O Boticário

NOVEMBRO

2014

Foto: Silgan

28

FECHAMENTO Embalagens primárias e secundárias recebem atenção

12

22

28

34

Foto: FuturePack

34

SIAL Assunta Napolitano revela as novidades da feira

POR DENTRO DAS LEIS Luciana Zioli, advogada do Loureiro Filho Sociedade, responde: “A embalagem defeituosa gera dano moral individual?”.

NATAL EM PAUTA Confira o que as empresas brasileiras estão preparando para que suas embalagens ganhem mais destaque no ponto de venda.

FECHAMENTO Embalagens primárias e secundárias precisam de atenção especial por serem responsáveis pela qualidade final do produto.

SIAL A diretora do Instituto de Embalagens, Assunta Napolitano revela todas as novidades dos expositores da feira em Paris.

SEÇÕES 8 AGENDA

42 ESPECIAIS

10 PACK ONLINE

45 DIRETO DA GÔNDOLA

13 VAIVÉM DO MERCADO

46 SUSTENTABILIDADE

14 NOTÍCIAS

48 PACK LEITURA

16 ATUALIDADES

49 NOTAS TÉCNICAS

20 VANGUARDA

EDITORA B2B

206_Índice de matérias.indd 7

INOVAÇÃO

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN

NATAL Empresas investem em embalagens especiais para a data

7

21/11/2014 15:13:38


agenda FEIRAS NO BRASIL EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

DATA

FEIRA

LOCAL

CONTATO

4 a 8 de maio

Feiplastic

São Paulo

www.feiplastic.com.br

12 a 14 de maio

FCE Cosmetique e FCE Pharma

São Paulo

www.fcecosmetique.com.br www.fcepharma.com.br

23 a 26 de junho

Fispal Tecnologia

São Paulo

www.fispaltecnologia.com.br

FEIRAS NO EXTERIOR DATA

FEIRA

LOCAL

CONTATO

19 a 23 de março

IPACK -IMA

Milão - Itália

www.i-pack-ima.com

23 a 27 de março

NPE - Flórida

EUA

www.npe.org

24 a 27 de março

Anuga Foodtec

Alemanha

www.anugafoodtec.com

PUBLISHER: Fernando Lopes EDITORA CHEFE: Thais Martins ASSESSORA TÉCNICA: Assunta Napolitano Camilo (FuturePack) assunta@futurepack.com.br REVISÃO: Nazaré Baracho PROJETO GRÁFICO: Editora B2B PRODUÇÃO: Luciano Tavares de Lima (gerente) DESIGNER: Ana Claudia Martins CAPA: Ana Claudia Martins FOTO DA CAPA: Meister

CONSELHO EDITORIAL Assunta Camilo Napolitano, diretora da FuturePack e do Instituto de Embalagens – Eduardo Tadashi Yugue, gerente de embalagens da Nestlé Brasil – Geraldo Cardoso Guitti, diretor do Conselho Administrativo da Refrigerantes Convenção – Iorley Correia Lisboa, gerente P&D e Inovação de Embalagens – Marcas Exclusivas do Walmart Brasil – João Batista Ferreira, CEO da J2B Innovation to Business – Lincoln Seragini, presidente da Seragini Design – e Luis Fernando Madi, Diretor Geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL)

COMERCIAL Marília de Paula Marília@pack.com.br Tel.: (11) 3722-0956 Rajah Chahine comercial@pack.com.br Tel.: (11) 3722-0956 Executivos de Negócios – São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 aparecida.stefani@banas.com.br

Cartas&E-mails A REVISTA PACK É UMA PARCEIRA DO SEGMENTO DE EMBALAGENS NO QUE DIZ RESPEITO À QUALIDADE NA DIVULGAÇÃO DOS DETALHES TÉCNICOS, BEM COMO NA RESPONSABILIDADE DAS PAUTAS LIGADAS À SUSTENTABILIDADE. ALÉM DISSO, PROPORCIONA UMA RADIOGRAFIA DO CENÁRIO ECONÔMICO E SUAS TENDÊNCIAS. PARABÉNS POR TODA QUALIDADE DEDICADA AOS ANUNCIANTES E LEITORES.

Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Contato: Vera Anjos Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre-RS Tel./Fax: (51) 3737.9200 (51) 9969.0727 banassul@terra.com.br Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 banasrj@uol.com.br

VICENTE LOZARGO, PRESIDENTE DA CERVIFLAN.

PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

é uma publicação mensal da Editora B2B.

A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem. M

E

B

2008

206_Agenda_Cartas_Expediente.indd 8 EDITORA BANAS

D E M ÍD IA S E G

DA B2 A

R

O

PB

EDITORA B2B

EC

TA

EG

8

AT

N

Filiada à

C AT

NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956

NOVEMBRO 2014

IA

D

E-MAIL redacao@pack.com.br

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190

IMPRESSÃO: HAWAII GRÁFICA & EDITORA CIRCULAÇÃO NACIONAL: Tiragem – 10 000 exemplares PERIODICIDADE: MENSAL ASSINATURA: Anual (Brasil) = R$ 180,00 • Nº Avulso = R$ 15,00

T

A

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO

END.

FÁBIOYASSUDA - CCO – CHIEF COMMERCIAL OFFICER C-PACK SA.

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190 CNPJ 07.570.587/0001-13 – I.E. 149.349.995-116 NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956

AN

COM CERTEZA, O VEÍCULO PACK VEM SE DESTACANDO NOS ANOS MAIS RECENTES, NUMA MODERNIZAÇÃO DE SUA LINHA EDITORIAL. ATINGE, ALÉM DO MERCADO NO QUAL ATUAMOS NOS SEGMENTOS COSMÉTICO, FARMACÊUTICO, TAMBÉM O ALIMENTÍCIO E INDUSTRIAL, ONDE TEMOS INTERESSE E, POR ISSO, É LEITURA DE NOSSAS EQUIPES COMERCIAIS E TÉCNICAS, ALÉM DE ENCONTRARMOS A PUBLICAÇÃO NAS RECEPÇÕES DE VÁRIAS EMPRESAS VISITADAS. PARABÉNS AO TIME RESPONSÁVEL! INCENTIVO-OS A CONTINUAREM COM O TRABALHO EM MATÉRIAS RICAS. ESTAREMOS SEMPRE À DISPOSIÇÃO.

ARGENTINA 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

IO

SIDNEI JOSÉ PEREIRA, DEPARTAMENTO DE VENDAS DA AB PLAST MANUFATURADOS PLÁSTICOS LTDA.

REPRESENTANTE INTERNACIONAL

IV P R Ê M

A REVISTA PACK É UMA IMPORTANTE FERRAMENTA PARA QUEM QUER ESTAR ALINHADO COM AS TENDÊNCIAS DO MERCADO DE EMBALAGENS.

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

21/11/2014 14:18:44


9 BANDEIRANTE.indd 9

21/11/2014 14:19:24


@EditoraB2B

nline

facebook.com/packrevista

www.pack.com.br POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES!

W Nutritional apresenta bebida funcional em embalagens da Tetra Pak®

Foto: Divulgação

GOLD Premium Sweet reformula embalagens de adoçantes A empresa reestruturou as embalagens das linhas de adoçantes Sucralose e Aspartame com o objetivo de criar uma identidade única para todos os produtos. As novas embalagens trazem a cor amarela nos sachês e nas caixas que, segundo pesquisa realizada pela WOW! Nutrition com diversos consumidores, gera reconhecimento e associação à marca.

Foto: Divulgação

A empresa de ciência aplicada em alimentos apresenta a bebida funcional Luminus Life, um mix de suco de frutas e nutrientes que deixamos de consumir em nossa agitada rotina moderna. As embalagens cartonadas da Tetra Pak® são formadas por seis camadas de materiais – quatro de polietileno, uma de papel e uma de alumínio -, que criam uma barreira protetora impedindo a entrada de luz, água, ar e micro-organismos. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog

[ENQUETE ]

RESULTADO

Em quais operações de embalagem a sua empresa utiliza rôbos?

OUTUBRO/2014

Embalagem primária (50%) Embalagem secundária (30%) Ambas (20%)

NESTE MÊS Interaja! Confira a enquete do mês e vote na home do site! Onde achar? http://www.pack.com.br

[DESTAQUES] Dúvidas sobre o mercado?

Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

10

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

[CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

1 2 3 4 5

PÖYRY apresenta expertise em celulose e papel no ABTCP 2014 Além de estande na exposição, empresa receberá prêmio ‘Destaques do Setor’, participará da abertura do evento e fará palestra em sessão temática.

Henkel lança primeiro adesivo híbrido Loctite® 4090 proporciona a rapidez de aplicação do adesivo instantâneo e a força de adesão do adesivo estrutural.

Primeiro suco de uva do Grupo Miolo é lançado em embalagem da Owens-Illinois Fabricado na Serra Gaúcha, o Sunny Days tem seu lançamento vinculado a um projeto de desenvolvimento no Vale do São Francisco.

Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira: Diadema leva três prêmios A empresa conquistou dois Ouro e um Prata no 14º Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira.

Embalagens da Antilhas se destacam durante o Prêmio ABRE Evento aconteceu no último dia 11 de setembro, em São Paulo.

Confira a lista das 10 notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics * Período de 29/9/14 a 30/10/14

Onde achar? http:/www.pack.com.br/maisnoticias.aspx

EDITORA B2B

206_Pack_online.indd 10

21/11/2014 14:20:20


11 ARO.indd 11

21/11/2014 14:20:42


por dentro das leis

Foto: FreeImages

Foto: Divulgação

A EMBALAGEM DEFEITUOSA GERA DANO MORAL INDIVIDUAL?

S

e nos tempos hodiernos é fato que gozamos de melhores recursos para a satisfação de nossas necessidades, não é menos verdade que estamos expostos a maiores riscos ao desempenhar nossas atividades cotidianas. Atos comuns, como adquirir um produto, retirá-lo de sua embalagem e consumi-lo, a depender das circunstâncias em que se dão e das consequências que geram, podem representar, digamos, uma experiência negativa, muitas vezes levada à apreciação por nossos tribunais em pedidos de indenização por dano moral. Após muitas discussões nos tribunais e entre os doutrinadores e advogados, finalmente a Constituição Federal de 1988 expressamente reconheceu a possibilidade de reparação por dano moral. Mas, afinal, o que seria dano moral? Dano moral é todo aquele que afeta

12

206_Leis.indd 12

aspectos íntimos da personalidade, por exemplo, a imagem que o indivíduo reconhece sobre si mesmo, a imagem que a sociedade faz sobre o indivíduo (honra e boa fama), sua intimidade, sua vida de relação social, entre outros aspectos subjetivos da personalidade que podem ser feridos pelo fato lesivo. É evidenciado pelos sentimentos de dor, angústia, sofrimento, tristeza, desprestígio, menos valia, humilhação, depressão, experimentados pelo ofendido em razão do ato ofensivo. Sendo assim, aquele que consome produto em embalagem defeituosa experimenta dano moral? E a resposta é: nem sempre, segundo se depreende da análise dos julgamentos das ações judiciais em que o pedido de indenização por dano moral

Editora B2B

21/11/2014 14:21:41


Vaivém do mercado

*Luciana Zioli é advogada do Loureiro Filho Sociedade de Advogados, graduada pelas Faculdades Metropolitanas Unidas – UniFMU. 1 Apelação nº 0002557-96.2010.8.26.0296, 1ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça deSão Paulo, Relator Cláudio Godoy, julgado em 16/09/2014. 2 Apelação n° 0010193-70.2012.8.26.0126, 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, Relator Milton Carvalho, julgado em 02/10/2014.

CARLOS PASTORIZA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA ABIMAQ

Foto: Divulgação

relação à marca e aos produtos da fabricante. Entendeu o tribunal de Justiça de São Paulo, no entanto, que neste caso não há dano moral configurado, porque muito embora o produto com vício cause decepção e aborrecimento pela quebra de expectativa, apenas as situações que afetam sobremaneira o ofendido, que agridam seus valores, o exponha à situação vexatória, que atinja sua esfera de afeição, impondo sofrimento intenso e profundo, é que geram dano moral indenizável. Assim, para saber se há o dano moral ou não, a nota diferencial está em se constatar se a experiência negativa gerada pelo consumo de produto em embalagem defeituosa foi grave ao ponto de ultrapassar a barreira do aborrecimento, gerando no ofendido, segundo padrões de sensibilidade do homem comum, sentimentos de dor, angústia, sofrimento, tristeza, desprestígio, menos valia, humilhação, depressão, próprios do dano moral. Mero transtorno ou aborrecimento não gera dano moral, lembrando-se que ao consumidor é facultado demandar qualquer dos envolvidos na cadeia de consumo, responsáveis solidários conforme previsto pelo Código de Defesa do Consumidor.

“Durante sete anos de mandato, o Luiz Aubert Neto promoveu uma mudança nesta casa, transformou a entidade em uma fraternidade de irmãs e irmãos, sem hierarquias. A ABIMAQ tornou-se uma casa de todos nós”. Essas foram as palavras de abertura do discurso de Carlos Pastoriza ao assumir oficialmente a presidência da Associação para o período de 2014 a 2018. Em seu discurso, Pastoriza enalteceu o trabalho do seu antecessor e disse que vai continuar com a luta em prol da indústria nacional. Engenheiro químico pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), com MBA em administração de empresas pela Universidade de Navarra, na Espanha, Pastoriza teve toda sua atividade profissional voltada para o segmento de máquinas e equipamentos, não só pela sua participação ativa na ABIMAQ/ SINDIMAQ nos últimos 25 anos, como também por uma carreira de 30 anos construída na empresa familiar Foerster Imaden (posteriormente Magnaflux Imaden). Atualmente, é sócio e diretor da associada Multivibro Indústria e Comércio LTDA., fabricante de sistemas industriais de peneiramento e classificação de materiais. DOW TEM NOVO LÍDER Foto: Divulgação

foi deduzido. Por exemplo: um pintor, ao manusear uma lata de tinta cuja embalagem continha rebarbas e pontos de ferrugem, teve sua mão cortada e, em razão disso, ingressou com ação judicial contra o fabricante da tinta, pleiteando indenização por danos materiais e morais. No curso do processo ficou provado que, em razão do acidente, o pintor não pôde terminar o serviço contratado, deixando de receber o total da remuneração combinada. Era autônomo e ficou afastado por quinze dias de suas atividades laborais. o tribunal de Justiça de São Paulo negou provimento ao recurso da fabricante de tinta, mantendo a condenação desta a pagar a quantia de r$ 5 mil a título de danos morais, entendendo que o pintor, mais do que simples transtornos, teve seus direitos essenciais afetados, de forma a justificar a indenização. Já uma consumidora, que comprou um medicamento cuja embalagem indicava uma quantidade maior de comprimidos que de fato ela continha, não teve a mesma sorte. Segundo a consumidora, em razão do fato, foi obrigada a marcar nova consulta médica, a fim de obter outra receita. Considerou-se lesada pelo tratamento a ela dispensado e pela quebra da confiança que possuía em

Roberto Rigobello é o novo diretor de desenvolvimento para Embalagens e Plásticos de Especialidades da Dow para América Latina. O italiano, que acaba de desembarcar no Brasil, tem como desafio reforçar o portfolio técnico, trazendo a sua experiência internacional para contribuir com os esforços locais. “Estaremos, cada vez mais, próximos dos nossos clientes. Vamos nos concentrar em novas soluções que contribuam com a cadeia de valor e reforcem o diferencial da companhia no investimento em inovações em embalagens plásticas de especialidades, assim como soluções completas para seu portfolio”, pontua. O profissional está na Dow desde 2002 e já atuou com o grupo europeu de líderes de embalagens plásticas rígidas, além das equipes de tubos, flexíveis e de fibras para não-tecidos, tornando-se responsável pela Organização Europeia de Pesquisa & Desenvolvimento de Embalagens. Rigobello é mestre em Engenharia Química, formado pela Politécnica di Milano, com especialização em Química Macromolecular pelo Departamento Giulio Natta. EDitorA B2B

206_Leis.indd 13

13

21/11/2014 14:21:47


Foto: Divulgação

notícias

Ivone Lucas (Silgan White Cap), Christina Klein (Projeto Integrado), Eliane Romero (Silgan White Cap), Daniela Cicarelli (mestre de cerimônias), Carlos Matarazzo (Prada), Adriana Alcerito (Princípia), Doralice Voiciekouski (Meister), Heleny Meister (Meister), Aline Assis (Meister) e Volnei Santana da Silva (Renner).

3º PRÊMIO DE EMBALAGENS DE AÇO

A

ssociação Brasileira de Embalagem de Aço, Abeaço, realizou no início de outubro a entrega do 3° Prêmio de Embalagens de Aço, consagrando as melhores latas de aço lançadas nos últimos dois anos em cinco categorias. Na mesma noite foi premiada a reportagem que melhor destacou e representou o mercado de lata de aço no Brasil. “Esta premiação representa o trabalho que os fabricantes de embalagens de aço realizam em busca de inovação e praticidade, sempre pensando no consumidor final. Conseguimos reunir toda a cadeia de produção de embalagens de aço que contribui para fomentar e incentivar o uso das latas”, discursou a gerente executiva da Abeaço, Thais Fagury.

14

Ao todo foram inscritas mais de 70 latas e 19 matérias jornalísticas. Destas, foram selecionados três concorrentes para cada uma das seis categorias. A seleção dos finalistas e a escolha dos vencedores foram feitas por uma comissão formada por membros de empresas envasadoras, universidades, entidades sociais, pesquisadores e jornalistas.

Editora B2B

206_Noticias.indd 14

21/11/2014 20:22:34


notícias

16º CONGRESSO BRASILEIRO DE EMBALAGEM TENDÊNCIAS E PERSPECTIVAS DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS

A

ssociação Brasileira de Embalagem, aBrE, realizou em outubro o 16º Congresso Brasileiro de Embalagem, em São Paulo, sob o tema “a competitividade na cadeia produtiva de embalagens e bens de consumo”, proporcionando aos empresários e executivos do setor informação de ponta sobre gestão, competitividade, sustentabilidade, processos e tendências de mercado. de acordo com a presidente da associação, Gisela Schulzinger, este é o momento em que toda a cadeia de embalagem, que vai do fornecedor de matéria-prima ao brand owner, pode traçar o panorama do setor e prever estratégias de negócios. o Fórum reuniu renomados palestrantes do cenário nacional e internacional, proporcionando uma oportunidade única para entender os drivers dos mercados de alimentos, bebidas, cosméticos e cuidados pessoais, produtos de limpeza e posicionamento estratégico de suas embalagens. “Novos tempos trazem novos desafios, que exigem novas atitudes. Como olhar para o Brasil, sua situação macroeconômica e como lidar com o atual consumidor, que está com um poder de consumo menor do que nos últimos sete anos, foram alguns dos pontos abordados durante o evento. É importante ser competitivo, trabalhar para continuar crescendo, além de ter uma visão mais holística do processo de produção de embalagem em relação ao varejo e ao consumidor, sabendo como se adequar às exigências do varejo,

com performance adequada no processo de distribuição e ponto de venda e, se atentando também, para as funcionalidades que devem ser entregues de forma objetiva. outra questão discutida foi a da revalorização, as melhores tecnologias para reciclar, como otimizar e favorecer o processo de reciclagem”, detalhou a diretora executiva da aBrE, Luciana Pellegrino.

BALANCIM HIDRÁULICO DE CORTE VHM

25

toneladas de pressão

Ideal para Vacuum Forming e embalagens tipo Blister.

VHM-2C/25T

VHM2-250

PROCURAMOS REPRESENTANTES EM TODO O BRASIL. www.vhmmaquinas.com.br | 11-3571-8877 Vendas: 11 99549-4345 | 11 99188-0433

206_Noticias.indd 15

21/11/2014 20:22:50


notícias atualidades | especial prêmio abre

Segundo lugar Confira abaixo os vencedores que conquistaram prata no Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira 2014.

1

MÓDULO embalagem BEBIDAS ALCOÓLICAS:

Foto: Divulgação

Troféu Copa do Mundo da FIFA 2014 Silver Winner: FutureBrand

Parmesão Faixa Azul Silver Winner: Vigor

Smirnoff Ice Alluminium Bottle

Vigor Actilife

Design: FutureBrand Convertedor/Converter: 43 S/A Gráfica e Editora / Emplal / Graffo Paranaense de Embalagens / Klabin / Flux Soluções em Imagem

Design: Oficina Design Up!

Silver Winner: Rexam BCSA

Design: M Design

Convertedor/Converter: Flexopack

Convertedor/Converter: Rexam BCSA

Convertedor/Converter: Tetra Pak

Brand owner: Vigor

Brand owner: Diageo

Convertedor/Converter: CSN / Brasilata

Silver Winner: Bemis Latin America Convertedor/Converter: Tradbor / Bemis Latin America Brand owner: Fugini

Brand owner: Pipó Comércio de Alimentos Gourmet

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Fragrância Make B. de O Boticário

Silver Winner: O Boticário Design: Indústria da Imagem Design Design: Lumen Design Convertedor/Converter: Fideli Pack Convertedor/Converter: SGD / MWV / Albéa Group / Antilhas Brand owner: TopFood Alimentos Brand owner: O Boticário

Purina Proplan

PROMOCIONAL:

Livro - Make B. Barroco Tropical

Foto: Divulgação

PRODUTOS EM GERAL:

PERFUMES:

Foto: Divulgação

MPEs:

Silver Winner: Topfood Alimentos

Stand Up Pouch Retort para Food Service

Silver Winner: Brasilata

Silver Winner: CCL Label Design: Prodesign Convertedor/Converter: Inapel Embalagens Brand owner: Johnson & Johnson

Pão de Queijo Topfood Gourmet

EMBALAGEM DE FOOD SERVICE, DELIVERY E TAKE AWAY:

PlocOffPipó

Lenços Umedecidos J&J

Brand owner: Vigor

Foto: Divulgação

FAMÍLIA DE PRODUTOS:

Foto: Divulgação

COSMÉTICOS E CUIDADOS PESSOAIS:

Silver Winner: Tetra Pak

Foto: Divulgação

Brand owner: Chocolates Garoto

16

BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

ALIMENTOS SALGADOS:

Foto: Divulgação

ALIMENTOS DOCES:

Silver Winner: CBA B+G

Silver Winner: Brainbox Design Estratégico

Design: CBA B+G

Design: Brainbox Design Estratégico

Convertedor/Converter: Incoplast / Dow

Convertedor/Converter: Ótima Gráfica

Brand owner: Nestlé Purina

Brand owner: O Boticário

Editora B2B

Pack 206_Atualidades final.indd 16

21/11/2014 21:03:32


atualidades | especial prêmio abre

Silver Winner: Usina Escritório de Desenho

Silver Winner: B.Pró Agência de Comunicação

Silver Winner: Brasil Kirin

Design: Usina Escritório de Desenho

Design: B.Pró Agência de Comunicação

Convertedor/Converter: Rexam

Convertedor/Converter: Videplast

Brand owner: Brasil Kirin

REDESIGN PRODUTOS EM GERAL:

PRODUTOS EM GERAL:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

RY

Design: Brasil Kirin

Brand owner: Agrogen

BEBIDAS NÃO ALCOÓLICAS:

Latas Decoradas Twinings

Purina Revena

QUASAR - Novo design estrutural

Silver Winner: CBA B+G

Silver Winner: CBA B+G

Silver Winner: Narita Design

Design: CBA B+G

Design: CBA B+G

Design: Narita Design

Convertedor/Converter: Aro

Convertedor/Converter: Zaraplast

Convertedor/Converter: Wheaton

Brand owner: AB Brasil

Brand owner: Nestlé Purina

Brand owner: O Boticário

REDESIGN ALIMENTOS E BEBIDAS:

FAMÍLIA DE PRODUTOS:

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

nat. Linha Festa

Brand owner: Unilever Brasil

égico

Devassa Bem Loura Rio eu te amo

Kibon Light

Convertedor/Converter: Huhtamaki

ca

BEBIDAS ALCOÓLICAS:

ALIMENTOS SALGADOS:

Foto: Divulgação

ALIMENTOS DOCES:

Foto: Divulgação

2

MÓDULO design gráfico

O Boticário – Intense Pop Colors

Linha FIT Refresco

Silver Winner: Brainbox Design Estratégico

Silver Winner: Design Absoluto

Design: Brainbox Design Estratégico

Design: Design Absoluto

Convertedor/Converter: Gráfica Gonçalves

Convertedor/Converter: Embalagens Flexíveis Diadema

Brand owner: O Boticário

Brand owner: Ajinomoto

Editora B2B

Pack 206_Atualidades final.indd 17

17

21/11/2014 21:03:37


atualidades | especial prêmio abre

4

ALIMENTOS:

Foto: Divulgação

FUNCIONALIDADE:

MÓDULO Tecnologia

Foto: Divulgação

FORMA:

Foto: Divulgação

3

MÓDULO design ESTRUTURAL

Lançamento de Lay’s no Brasil Cartucho Chicken Bits 300g Tradicional e Crocante

Purina Proplan

Silver Winner: Brasilgrafica

Design: CBA B+G

Convertedor/Converter: Klabin / Brasilgrafica Brand owner: BRF

Convertedor/Converter: Incoplast / Dow

Silver Winner: Embalagens Flexíveis Diadema Convertedor/Converter: Embalagens Flexíveis Diadema Brand owner: Pepsico

Brand owner: Nestlé Brasil

COMPETITIVIDADE INTERNACIONAL – PRODUTOS PARA EXPORTAÇÃO Foto: Divulgação

MÓDULO Marketing

ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO:

Linha de Cafés Especiais de Origem - Regiões Brasileiras Foto: Divulgação

5

Silver Winner: Nestlé Brasil

Troféu de Chocolate da Copa do Mundo da FIFA 2014

Silver Winner: Baita Studio de Design Gráfico Design: Baita Studio de Design Gráfico Convertedor/Converter: Santa Rosa Embalagens Flexíveis Brand owner: Café do Centro

SUSTENTABILIDADE:

Silver Winner: Chocolates Garoto Foto: Divulgação

Design: Future Brand Convertedor/Converter: 43 S/A Gráfica e Editora / Emplal / Graffo Paranaense de Embalagens / Klabin / Flux Soluções em Imagem Brand owner: Chocolates Garoto

Qualitá - Adesão ao Pacto Setorial de Simbologia de Reciclagem Silver Winner: GPA Design: Havas / PA Publicidade Brand owner: GPA

18

Editora B2B

Pack 206_Atualidades final.indd 18

21/11/2014 21:03:40


informe publicitário | ibema

E

les possuem nomes nobres: Ibema Supera e Ibema Speciala, dois produtos campeões de venda que conquistaram a confiança e a preferência dos gráficos. Tanto que os dois juntos representam 60% do volume fabricado e vendido pela Ibema Papelcartão, terceira maior produtora do Brasil. Por isso, a comemoração dos 10 anos de presença no mercado é tão importante para a companhia.

Foto: Divulgação

IBEMA SUPERA E IBEMA SPECIALA: 10 ANOS DE SUCESSO NO MERCADO GRÁFICO

Usado principalmente nas embalagens dos setores de higiene pessoal, medicamentos, cosméticos e no acondicionamento de alimentos em geral, o Ibema Supera é o carro-chefe da Ibema. Possui o verso mais claro da sua categoria, com 100% de fibras virgens e camada interna com fibras de alto rendimento. O destaque fica por conta da sua alta qualidade de impressão, rigidez e um desempenho excelente no processo de envaze automático. Por sua vez, o Ibema Speciala possui capa e verso elaborados com celulose branqueada e duplo revestimento de coating, alta alvura, qualidade superior e ganhos expressivos de rigidez em altas gramaturas. Seus mercados são indústrias farmacêutica e cosmética, kits promocionais, sacolas, capas de livros e cadernos, entre outras aplicações. Neste ano, os dois produtos foram relançados com novas especificações de formulações fibrosas. Agora, ambos contam com 10 a 15% mais rigidez, o que aumenta o nicho de mercado da Ibema e provoca a conquista de espaço. Para o gráfico, as novas características significam a produção de mais embalagens por tonelada de papelcartão. Para os designers, os novos produtos possibilitam o desenvolvimento de embalagens com desenhos arrojados e originais. E para a Ibema, estas especificações representam maior participação e ampliação de mercado com a atuação em novos segmentos, como as embalagens premium. Ambos possuem certificados que permitem seu contato com alimentos, emitidos pelos laboratórios brasileiros CETEA E SGS e o alemão ISEGA.

Premiações 2014 O mercado reconhece e legitima a qualidade superior dos produtos Ibema, com destaque para os materiais desenvolvidos com as linhas Ibema Supera e Ibema Speciala. Somente neste ano, a Ibema Papelcartão venceu importantes premiações nacionais e internacionais, incluindo o World Star Awards, prêmio mundial mais importante do setor de embalagens. Confira abaixo as nossas últimas vitórias:

12º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrappe Sobrinho Dois materiais promocionais desenvolvidos para a Ibema foram premiados no 12º Prêmio Paranaense de Excelência Gráfica Oscar Schrappe Sobrinho, o principal reconhecimento destinado às gráficas no estado. Os blocos personalizados desenvolvidos pela Ótima Gráfica em comemoração aos 10 anos dos dois principais produtos da empresa – Ibema Special e Ibema Supera – venceram a categoria Papelaria. Já o kit promocional desenvolvido para o lançamento do livro “4 Pequenas Histórias que juntas mudaram o mundo”, do professor especialista em Design da ESPM e consultor da Ibema, Fabio Mestriner, ganhou na categoria Kit Promocional.

WorldStar Awards, da World Packaging Organisation A champanheira Salton, desenvolvida com papelcartão Ibema Supera, recebeu o prêmio World Star Awards, da World Packaging Organisation (WPO), a maior premiação mundial do ramo de embalagens que reconhece as empresas que

desenvolvem os melhores projetos de Design. O prêmio foi entregue no dia 3 de maio na Interpack, maior feira mundial do setor de embalagens. O evento aconteceu em Düsseldorf, na Alemanha.

23º Prêmio Brasileiro de Embalagens Embanews No início de abril, a 23ª edição do Prêmio Brasileiro de Embalagem Embanews – Troféu Roberto Hiraishi, premiou os projetos mais inovadores no setor de embalagens. A Indústria de Embalagens Santa Inês usou o papelcartão Ibema Speciala 350g para desenvolver o cartucho da tequila mexicana El Jimador. A Congraf venceu três vezes. A gráfica criou um cartucho da linha de inseticidas SBP Noites Tranquilas, o display de mesa de Vanish Super Barras e as embalagens das linhas da nova marca L’OccitaneauBrésil – todas utilizando papelcartão Ibema. www.ibema.com.br

Editora Editora B2B

206 ibema.indd 19

19

21/11/2014 14:47:22


vanguarda

DESIGN, CORES E EFEITOS ESPECIAIS NAS EMBALAGENS DE VIDRO ENOBRECEM E DESTACAM A CACHAÇA BRASILEIRA No acirrado mercado de bebidas finas, a cachaça, recém-defendida como produto brasileiro, tem um grande horizonte pela frente. E a embalagem tem que acompanhar essa diferenciação e a proposta de bebida fina Foto: FuturePack

Assunta Napolitano Camilo*

20

P

esquisas mostram que cada vez mais consumidores estão elegendo vinhos e bebidas destiladas finas como a bebida de seus melhores momentos, o que tem provocado um surto de marcas premium em todo o mundo. A crescente procura por produtos mais sofisticados tornou o mercado global altamente competitivo, por isso é importante oferecer sempre o que há de mais inovador nas embalagens para que as marcas estejam alinhadas ao condicionamento de qualidade e se destaquem nas prateleiras – tanto nas tradicionais lojas de conveniência, como nos mais famosos bares. Afinal, ninguém vai querer ser visto comprando ou segurando uma garrafa feia, não é mesmo? Embalagens especiais desequilibram e dão o toque da grande diferença! Em geral, os consumidores estão demonstrando uma preferência por embalagens de vidro premium porque transmitem uma aparência high-end, gerando prazer e status em tê-las. Essa linha de pensamento levou os fabricantes da marca Yaguara® a investirem numa garrafa única, distinta, com cor particular e formato deslumbrante inspirado nas ondas do mar. A garrafa chama a atenção e se destaca nas prateleiras. O fabricante da Yaguara® buscou um formato impressionante que incorporasse a cultura, o coração e a alma do Brasil, e que reformulasse a visão dos brasileiros sobre a cachaça premium. Além do design exclusivo, o tom de vidro azul – que muda ligeiramente de matizes com a luz e as ondas em relevo – lembra as famosas calçadas de Copacabana, causando frisson nos clientes. A fornecedora da garrafa é a Owens-Illinois – OI®, a principal fornecedora de embalagens de vidro do mundo. A garrafa faz parte da divisão COVET®, desenvolvida para produtos especiais. Nessa divisão há um serviço diferenciado de colaboração e cocriação disponibilizado para clientes que desejam projetos inovadores e que incorporam marcas e se conectam com os consumidores. “As empresas de bebidas alcoólicas premium, por estarem envolvidas

no desenvolvimento de produtos desde a fase inicial versus as etapas de aquisição e de engarrafamento, ajudaram a criar um visual mais impactante de seus produtos”, afirma Stephanie Johnston, diretor de desenvolvimento de mercado global para produtos especiais da OI®. “Desenvolvemos embalagens atraentes, desde ousadas e audaciosas até clássicas e modernas, que é um testemunho natural para a qualidade e o caráter do espírito e da identidade do cliente da marca”. Clientes como a Yaguara® estão entre aqueles que procuraram os serviços da OI®. A linha COVET® reúne o melhor do design para embalagens de vidro personalizadas e com infinitas possibilidades de decoração, e já está disponível no Brasil. Que bom, afinal: Embalagem melhor. Mundo melhor! Mais informações e fotos dos produtos podem ser obtidas no site: www.clubedaembalagem.com.br. Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da obra BetterPackaging. Better World.Conselheira do ITEHPEC – Instituto Tecnológico das Empresas de Higiene Pessoal, Perfumes e Cosméticos.

Editora B2B

206_vanguarda.indd 20

21/11/2014 14:48:01


21 CROSSMEDIA.indd 21

21/11/2014 14:48:18


Foto: O BoticĂĄrio

matĂŠria de capa | natal

22

Editora B2B

206_Materia de Capa I Natal.indd 22

21/11/2014 14:49:18


matéria de capa | natal

Natal em pauta THAIS MARTINS Já em novembro é possível sentir a vibração das pessoas, e do varejo, em relação ao fim de ano. As embalagens fazem parte deste contexto levando criatividade e muito carinho nos itens presentes na mesa dos brasileiros e nas trocas de presente

D

ezembro chegando, shoppings decorados e os comentários familiares já giram em torno do menu da ceia de fim de ano e as trocas de presentes. Porém, muito antes disso, o mercado varejista já se preparou para levar até os consumidores produtos inovadores, diferenciados, estes que contam, é claro, com embalagens temáticas. de acordo com a gerente executiva da associação Brasileira da Embalagem de aço, abeaço, thais Fagury, as embalagens promocionais para o Natal apresentam forte apelo “presenteável”, por isso possuem maior valor agregado. “as latas de aço contam com características ideais como promocionais, pois são resistentes, versáteis e duráveis, além de serem 100% recicláveis. Com a tecnologia de fabricação disponível, são possíveis litografias e formatos diferenciados. as empresas podem usar a criatividade para desenvolver suas latas, que além de aumentar o tempo de vida da embalagem na casa do consumidor, a marca do produto ficará exposta por mais tempo”.

Editora B2B

206_Materia de Capa I Natal.indd 23

23

21/11/2014 14:49:36


Foto: Divulgação

matéria de capa | natal

Gilmar da Luz Rocha, gerente comercial da Metalgráfica Renner

um movimento potencial das empresas, principalmente as de bem de consumo, em transformar outras datas especiais durante o ano em uma forte oportunidade para aumentar ainda mais o desempenho no Foto: Divulgação

Como fabricante de embalagens metálicas, a Metalgráfica Renner oferece diversas alternativas em diâmetros e alturas para que seus clientes desenvolvam suas imagens, que serão executadas posteriormente em impressão litográfica em offset ou processo U.V, o que confere modernidade ao produto. “A utilização de embalagens metálicas com fins promocionais tem sido cada vez mais comum devido à valorização que transfere aos produtos acondicionados. Com o avanço dos processos litográficos, estas embalagens se tornaram grande apelo promocional para o cliente final”, afirma o gerente comercial, Gilmar da Luz Rocha.

período”, aponta a gestora de contas da PH FIT, Gabriela Schultze. A empresa oferece um pacote de serviços que se iniciam na identificação de tendências mercadológicas de produtos, cores e técnicas de aplicações em embalagens, além do acompanhamento técnico do projeto a partir da proposta de inovação até a concepção do produto. “ Também contamos com outras soluções em produtos como fitas têxteis personalizadas, acabamentos, acessórios, laços de fitas prontos e produtos desenvolvidos nos moldes dos projetos demandados ao nosso departamento de inovações. Oferecemos um atendimento específico para redes de franquias, que envolve desde o processo de criação do produto até a operação logística”. A PH FIT acredita na excelência dos “detalhes”. “Nos Produção da PH Fit

“Sem dúvida, o Natal é a principal referência de ações para incremento de vendas em diversos mercados. Porém, acreditamos que já exista

24

Editora B2B

206_Materia de Capa I Natal.indd 24

21/11/2014 14:49:46


matéria de capa | natal

posicionamos para que os produtos garantam a mensagem final que o cliente deseja passar, via embalagem, sobre seu produto e marca. Apostamos que o detalhe faça toda a diferença e tenha o poder de agregar valor ao produto. Durante todo o ano de 2014, A PH FIT focou suas ações no fortalecimento das relações com os fabricantes de bens de consumo, em especial, empresas de chocolates, cosméticos e perfumaria. Este ano também possibilitou uma nova leitura das oportunidades no mercado de varejo, em shoppings, por exemplo. Este segmento teve uma participação importante nos resultados da empresa, em especial quando falamos de merchandising para datas sazonais, como o uso dos nossos produtos na

206_Materia de Capa I Natal.indd 25

decoração de vitrines”, aponta a gestora, complementando que a grande vantagem de agregar laço de fita à embalagem, ou diretamente ao produto, é a capacidade de, rapidamente, transformá-lo em um presente, sinônimo de carinho e cuidado. “Uma atenção facilmente percebida pelo consumidor. Tanto que o mercado já começa a dar atenção a outras datas comemorativas, não trabalhadas no passado, como Dia da Secretária, Dia dos Professores, Dia das Avós”. Para a diretora da Task Trade, agência que atua há cinco anos no mercado de marketing promocional, Bruna Fanucchi De Micheli, ações no Natal ou em qualquer data sazonal são de suma importância. “Se a empresa investir em uma embalagem

comemorativa da época, com certeza irá agradar muito mais ao consumidor, ainda mais se a embalagem for colecionável, pois o brasileiro aprecia muito essas promoções”. Já o sócio-diretor da agência MR, que atua há 14 anos no mercado de feiras, eventos, endomarketing, branding, PDV, promoção, campanhas de incentivo e digital, Ricardo Sampaio, complementa: “Por se tratar do canal em que cerca de 80% dos consumidores definem a compra in loco, a embalagem é uma das ferramentas de merchandising mais importantes de ser trabalhadas hoje em dia. Os shoopers estão cada dia com menos tempo e com mais interferências, que disputam a atenção no dia a dia das marcas e dos produtos.”

21/11/2014 14:49:47


Fotos: Div

VITRINE

A Arcor iniciou ações no PDV na segunda quinzena de outubro e terá um foco mais intenso nas duas semanas que antecedem o Natal, já que este período representa grande parte da venda da categoria. “Esse trabalho é fundamental para destacar nossos produtos e para ajudar o varejista a melhorar o giro. Por isso, desenvolvemos diversos materiais de PDV para todas as marcas, além de degustação em todo o País. Teremos também investimento e mídia on-line com ações na fanpage da marca”, diz o gerente, afirmando que a empresa traz pelo terceiro ano consecutivo as Latas Arcor Times 500g, sucesso de vendas em todas as campanhas de Natal, com licenças exclusivas dos principais clubes esportivos do Brasil.

Foto: Divulgação

Bimbo do Brasil

Muitas novidades para este Natal. Esta é a promessa da Bimbo do Brasil. A Pullman lança o panettone de chocolate com frutas vermelhas, primeiro no mercado, com o sabor cítrico e pedaços de cranberry, cherrys e blueberrys em 26

“Esta é uma das datas mais importantes para a empresa e por isso investimos em desenvolvimento e marketing com foco neste período. Reconhecemos a importância do design para atrair os clientes e, por isso, fazemos investimentos em pesquisa e desenvolvimento para trazer embalagens diferenciadas aos consumidores. Nossa grande aposta para este ano é o pack com mini panettones, que apresenta um formato novo para o mercado. A caixinha para presente, as cores alusivas à data e materiais de qualidade também são pontos focos para nossas embalagens”, revela Ramello.

Bombuello Chocolates

“Optamos por entrar no varejo na época de Natal. Para isso, lançamos vários itens especiais para comercialização na loja própria e cinco sabores de panetones especiais com chocolate 30% cacau, que é uma marca da Bombuello Chocolates. Para o varejo, o auge do trabalho é a embalagem de nossos panetones: com design moderno e clean, remetendo à sofisticação. Para a comercialização em nossas lojas próprias serão montados kits com vários itens, o primeiro voltado a crianças, e outro com apelo de lembrança de Natal”, diz o diretor comercial, Rogério Martins. Esse investimento da Bombuello começou antecipadamente e não tem como objetivo

o aumento de receita, e sim a visibilidade da marca. “Visamos interagir mais com o consumidor e nos transformarmos em uma opção rentável para o próximo Natal. No entanto, buscamos de maneira estratégica um aumento de vendas nas lojas de franquia, que chega a 10% em relação ao ano de 2013. A importância para a marca é, sem dúvida nenhuma, ampliar nosso mercado de atuação e tornar a marca mais conhecida do grande público. Foi uma opção estratégica deixar a embalagem mais sofisticada e clean, para assim valorizarmos o produto junto ao varejo”, conta o diretor.

Boticário Foto: Divulgação

“As embalagens ganharam um novo layout, mais modernos, clean e alegre, transmitindo a magia do Natal no ponto de venda e na casa do consumidor. Além disso, padronizamos a logomarca Arcor em sinergia com a linha de tabletes, destacando a imagem e os elementos em alto-relevo dos chocolates. A reformulação das embalagens foi feita em harmonia com a identidade visual de cada marca, obedecendo às cores e aos logotipos. As embalagens dos Panettones Arcor (linha Premium e Times) foram desenvolvidas pela Pande, agência de design estratégico”, revela Anderson Freire, gerente de marketing de Biscoitos da Arcor do Brasil.

harmonia com o dulçor do recheio de chocolate. A marca também anuncia o Pack Mini Panettones com três sabores tradicionais: Frutas Cristalizadas, Gotas de Chocolate e Recheado de Chocolate, cada um com 80 g. Já Ana Maria traz o seu panettone com a personagem no seu novo look, a opção Mini Chef chega com confeitos divertidos, que são bolinhas em sachês, e calda de chocolate para decorar os bolinhos. “Contamos com promotores para garantir uma ótima exibição dos produtos no varejo, além de disponibilizar materiais de PDV que permitem uma comunicação mais clara do produto para nossos consumidores”, explica o gerente de produto, André Ramello.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Arcor

Segundo Rodrigo Madalosso Wielecosseles, Gerente de Desenvolvimento de Produtos para Datas Comemorativas no Grupo Boticário, a empresa preparou para este Natal mais de 25 estojos de produtos “desejos dos consumidores”, desde as icônicas e tradicionais ânforas até o inovador Malbec, passando pelo incrível Lily, Glamour, Floratta, Zaad, Nativa SPA e outros mais. “Os estojos são kits com composição de uma linha de produtos (fragrâncias, sabonetes, cremes, loções, maquiagem e acessórios). Além de proteger, transportar e conter, ainda conferem um quarto atributo à embalagem que é vender, pois todos eles se transformam em displays para serem expostos na vitrine das lojas de O Boticário”. Já a unidade de negócio Eudora, marca pertencente ao Grupo, apresenta composições presenteáveis, com bons descontos. No portfolio há 33 estojos montados exclusivamente para a data, contemplando tanto opções de lembrança até super presentes. “As embalagens foram criadas para trazer muita sofisticação ao Natal. Todas em tons dourados, com verniz localizado, papel seda e fitas de cetim. A marca vem com duas opções de caixa presenteáveis e uma opção de sacola”, complementa Wielecosseles. quem disse, berenice? incorporou ao portfolio novos tamanhos de caixas, tornando opções perfeitas presenteáveis

Editora B2B

206_Materia de Capa I Natal.indd 26

21/11/2014 14:49:55


matéria de capa | natal

Foto: Divulgação

cAmPAri

Visando abastecer o segmento de cestas de Natal, a Importadora La Rioja desenvolveu embalagens especiais de frutas secas para cesteiros, com gramaturas que variam de 50 g, 70 g, 100 g e 200 g. “Para o mercado varejista, lançamos produtos na linha gourmet, como as bruschettas e os vegetais grelhados, em embalagens de vidro com 290 g, modernas e com design diferenciado, que podem servir como uma ótima opção para presentes. O investimento é feito ao longo do ano, pois a maioria das frutas secas como damasco, uva-passa, ameixas, amêndoas e nozes sem casca, vendem durante o ano todo. Mas, para o Natal, o investimento é ainda maior, com o desenvolvimento de embalagens e a importação de frutas secas específicas para essa época, como tâmaras, avelãs, figo seco e castanha portuguesa”, conta o gerente de marketing, Walter Leone. Para o executivo, hoje, para ter visibilidade no mercado, é fundamental investir em ações promocionais e novos produtos com design moderno, bonito e de bom gosto, “pois significa respeito e reciprocidade ao consumidor, que nos prestigia sempre, adquirindo e consumindo nossos produtos.”

O produto Campari Orange ganhou destaque na embalagem especial que a marca desenvolveu pensando nas comemorações de final de ano. Com uma jarra que, além de servir, prepara o coquetel, despejando as bebidas na proporção exata, o kit é uma excelente opção de presente para os amantes da tradicional bebida vermelha. “Esse on pack celebra um dos clássicos de Campari. Nossa embalagem especial vem com uma jarra exclusiva, com compartimentos separados para Campari e para o suco de laranja, deixando sua preparação ainda mais fácil e charmosa, especialmente para presentear no Natal”, aponta Marina Santos, Diretora de Marketing da Campari do Brasil.

Foto: Divulgação

rei do mAte

“Esta é uma época em que as pessoas estão mais envolvidas e mais motivadas ao consumo. Temos também um aquecimento nas vendas por conta das compras de fim de ano e um fluxo maior de pessoas em pontos comerciais, shoppings, ruas. INFORMAÇÕES ABEAÇO | www.abeaco.org.br ARCOR | www.arcor.com.br BIMBO DO BRASIL | www.bimbodobrasil.com.br BOMBUELLO CHOCOLATES | www.bombuello.com.br

206_Materia de Capa I Natal.indd 27

Tudo isso traz, sem dúvida, um incremento na performance de vendas de nossas operações. Nesta época de ano, percebemos um aumento no faturamento da rede de mais de 15%”, revela o diretor comercial e de marketing do Rei do Mate, Antonio Carlos Nasraui. Para este ano, a empresa preparou copos especiais de pão de queijo com o personagem Garfield. “Teremos ainda copos com Papai Noel, que será nossa versão institucional, nos tamanhos para 12 e 18 pãezinhos de queijo. Não paramos de investir na marca e isso inclui renovação constante de nossos layouts, inclusive estamos com um novo padrão visual recém-inaugurado na rede”, comemora o diretor.

sumÉriA Foto: Divulgação

Segundo o gerente, o consumidor aguarda ansioso pelas principais datas comemorativas e os produtos que o Grupo Boticário coloca nas lojas de todas as suas marcas. “É a época do ano que podemos levar ainda mais beleza à casa de nossos consumidores e manter a tradição de presentear e levar felicidade aos seus entes queridos com nossos estojos de Natal. O crescimento percentual em vendas tem superado a expectativa inicial, com uma demanda acima do previsto. É realmente importante investir em design e ações promocionais. E isso o Grupo Boticário faz não somente no período de Natal, mas em todos os ciclos de venda, durante o ano.”

lA rioJA Foto: Divulgação

todos os itens da loja. A marca conta agora com caixas no tamanho pp, p, m, g e gg. “Todas com estampas exclusivas e fechamento em elástico. Além disso, estão disponíveis em todas as lojas tags presenteáveis divertidas, como ‘mãeneiríssima’ e ‘amigata’, que reforçam o significado do presente nas relações pessoais. A marca oferece kits em edição limitada de perfumaria e loção corporal em uma embalagem que acomoda os itens em berço exclusivo”, detalha o gerente.

Investir em produtos de época é muito importante para a Cervejaria Suméria, pois é neste período que a aquisição de determinados bens de consumo cresce. “Nossa projeção é que as vendas aumentem em 35% neste final de ano. Acreditamos que um bom produto tem que ter obrigatoriamente uma ótima embalagem, por isso, somos muito criteriosos na criação do design, fundamental para o sucesso de ações promocionais”, diz Marcelo Ribeiro, sócio-proprietário da empresa. De acordo com Ribeiro, a pretensão da Cervejaria é criar o conceito de consumo de cerveja de Natal no Brasil. Para isso, a empresa lançou o Kit Suméria Christmas Olívia IPAlito, composto por três garrafas e um copo em embalagem comemorativa. “Este estilo de cerveja é muito difundido no hemisfério norte, porém, por ser inverno, há apenas cervejas fortes, encorpadas e de alto teor alcoólico. Nossa proposta é uma cerveja leve, refrescante e muito aromática que harmonize perfeitamente com a ceia de Natal do brasileiro.”

CAMPARI | www.camparigroup.com

REI DO MATE | www.reidomate.com.br

CERVEJARIA SUMÉRIA | www.cervejariasumeria.com.br

METALGRÁFICA RENNER | www.metalgraficarenner.com.br

GRUPO BOTICÁRIO | www.grupoboticario.com.br

PH FIT | www.ph-fit.com

LA RIOJA | www.larioja.com.br

21/11/2014 14:50:02


matĂŠria de capa | fechamento de embalagens

Foto: Silgan

Para embalar e transportar

28

EDitORA B2B

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 28

21/11/2014 14:50:24


matéria de capa | fechamento de embalagens

Thais Martins As embalagens primárias, que ficam em contato direto com o produto, e as secundárias, utilizadas para transportar o material, precisam de atenção especial quando falamos de fechamento. Sempre exigente, o consumidor está atento em relação à qualidade, que envolve desde controles de fabricação, detalhes técnicos e até questões visuais em acabamentos, desenvolvimento de cores, design e novas aplicações

P

ara o gerente de desenvolvimento de projetos da Silgan White Cap do Brasil, Marcelo Ramos, considerando o atual cenário econômico e as suas incertezas, bem como a realidade nos altos custos de produção, buscar uma embalagem com menor custo sobre um conceito inovador e diferenciado ainda prevalece. “Hoje, as embalagens propiciam muito mais informação ao consumidor e também seguem requisitos muito mais rígidos de segurança e conservação dos produtos. A necessidade de termos embalagens recicláveis com materiais menos agressivos ao meio ambiente também é fundamental. O consumidor exige a clareza nas informações do produto, bem como facilidade de abertura, proteção e segurança, pontos fundamentais que envolvem o processo de fechamento de embalagens. No caso do mercado, este exige que a embalagem seja o mais atrativa possível para que a venda ocorra com maior fluidez, contínua e progressivamente, mantendo o consumidor confiante e seguro de que os produtos são de boa qualidade, estão preservados e atenderão às suas expectativas e necessidades”. Sustentabilidade é uma vertente importante neste processo. De acordo com o diretor comercial da Sicad do Brasil Fitas Auto-Adesivas, Alberto Barbosa, grande parte das caixas de papelão ondulado são produzidas com papel reciclado, fibra de cana-de-açúcar e outros produtos que são adicionados durante o processo de produção da chapa que formará a caixa. “Dessa forma, a qualidade da fita adesiva para o fechamento de embalagens de transporte na indústria precisa ser superior às fitas convencionais que são utilizadas para empacotamento leve, deve garantir o fechamento e a inviolabilidade da embalagem. O diferencial não está na quantidade, mas na formulação do adesivo”, afirma, complementando que durante o transporte, a embalagem fica exposta a grandes variações de temperaturas e movimentação da carga nos depósitos, “o que pode interferir no resultado do fechamento. Por isso, é muito importante utilizar uma fita adequada ao peso, tipo da caixa, condições de armazenamento e de transporte”.

Embalagens primárias Empresa brasileira e familiar, com 20 anos de mercado, a Bral-Max se especializou na fabricação de tampas plásticas, sendo atualmente uma das principais fabricantes de tampas standard do mercado. Com um portfolio de mais de 40 modelos de tampas, está presente nos segmentos de Cosméticos, Farma, Alimentício, Limpeza,

Editora B2B

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 29

29

21/11/2014 14:50:27


matéria de capa | fechamento de embalagens tampas roscadas, tampas Snap-on, com pinos para uso de batoques (muito utilizadas para óleos corporais e capilares), com batoques internos, com disco de Polexan, com selo de indução, batoques, tampas para potes, tampas com revestimentos em alumínio, entre outros”.

Veterinários, entre outros, contando com uma gama de modelos, terminações e aplicações. “Quando o cliente busca por uma solução de fechamento, no caso tampa plástica, ele quase sempre já definiu: bulk, frasco ou pote, decoração, rótulo, cartucho e demais componentes. Apesar de não ser o caminho mais indicado para o desenvolvimento de uma embalagem, isso ainda ocorre muito e, portanto, a necessidade em relação à tampa, geralmente chega definida pelo cliente. Neste momento, quanto maior a gama de tampas que tivermos disponível, mais atenderemos as expectativas dos clientes. Além disso, atender as expectativas em relação à vedação e o que podemos chamar de “qualidade visual” (design e acabamento) da tampa, são fundamentais para a satisfação dos nossos clientes”, aponta o gerente de vendas, Rodrigo Plaza.

30

Os investimentos da Bral-Max giram em torno de R$ 3 milhões por ano, dividindo-se em tecnologia, controles, gestão e marketing. “Atualmente, produzimos cerca de 10 milhões de unidades/ mês. O nosso segmento cresce. O mercado de cosméticos, nosso principal mercado, cresce, porém não podemos esquecer que o cenário geral da economia não é dos mais promissores, o consumidor está cauteloso na hora de gastar e, com isso, há um reflexo em toda a cadeia. O ano de 2003 foi de muito trabalho e com um crescimento alcançado acima de 10%. Este ano está se mostrando bom apesar dos fatores Copa, eleições e economia no geral. Acreditamos que obteremos um crescimento na casa dos 14%. Para 2015, o cenário se mostra ainda cauteloso, com uma lenta recuperação da economia, poder de compra do consumidor etc. Porém, continuaremos com o desenvolvimento constante de novos negócios, novas oportunidades e, cada vez mais,

Foto: Divulgação

De acordo com o gerente, as tampas não apenas vedam, mas na maioria dos casos, com exceção dos refis, são responsáveis também pela aplicação do produto. “Portanto, ao definir a tampa, cabe uma análise e conhecimento básico sobre qual o produto será envasado (levando em consideração aspectos como densidade, viscosidade etc.), forma de aplicação (quantidade, uso etc.) e tipo de frasco utilizado (material, espessura de parede, tamanho, terminação, entre outros). Quando falamos em tampas plásticas, podemos citar diferentes modelos ou tecnologias que buscam atender diversas aplicações. Possuir diferentes modelos é um dos nossos diferenciais: Flip-Tops, Disc-Tops,

Um dos lançamentos da empresa é a linha Quadrada, forte tendência de design para embalagens primárias, tampa de pote e tampa de frascos. “Em parceria com três empresas de frascos standard (PET e PE), apresentamos ao mercado soluções prontas com três diferentes tamanhos de potes (250g, 500g e 1 l) e quatro tipos de frascos (200 ml, 300 ml e 1 l, além da frasnaga em PET de 250 ml). Outro destaque fica para a linha Alu-Max, revestida em alumínio anodizado, que ganhou mais um item: a tampa 24-410 R com disco de Polexam, que pode ser utilizada em frascos e agora, também, em bisnagas, somando todas as vantagens de uma bisnaga em relação à proteção do bulk, decoração, aplicação e agregando valor com o visual e

qualidade da nossa tampa em alumínio”, explica Plaza.

Editora B2B

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 30

21/11/2014 14:50:29


Foto: Divulgação

matéria de capa | fechamento de embalagens

Marcelo Ramos, gerente de desenvolvimento e projetos da Silgan

envolvidos às necessidades do mercado”, prevê o gerente. Fabricante de tampas metálicas Twist-Off, ou tampas de garras, para fechamento de potes de vidro com alimentos de conserva e bebidas, a Silgan White Cap do Brasil atua no mercado desde 1995 e está instalada na

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 31

cidade de Poços de Caldas, MG, atendendo o mercado brasileiro e da América do Sul. “Visto que a tampa metálica tem contato direto com o produto embalado, todos os nossos componentes atendem estritamente aos requisitos e regulamentações estabelecidas para satisfazer plenamente às necessidades das empresas produtoras, que envasam o seu produto, e aos consumidores finais. Oferecemos tamanhos de tampas exclusivas, bem como prestamos atendimento e assistência aos clientes envasadores de forma única e diferenciada”, diz o gerente de desenvolvimento e projetos, Marcelo Ramos Os principais produtos da Silgan, que são as tampas metálicas com garras, possuem sistemas de revestimento especial, aliado ao sistema de vedação que permite a selagem e proteção

inviolável do alimento no interior do vidro, se enquadram em sistemas de fechamento a vácuo tanto por meio de torção ou torção atrelado à pressão (neste caso trata-se de uma tampa sem garras que molda e recobre os filetes do frasco, propiciando assim um fechamento e vedação seguras com altíssimo shelf life), que são obtidos através da aplicação do vapor na linha de envase e fechamento dos frascos. “Com respeito ao nosso produto, sempre que compatível com a necessidade do cliente, oferecemos em nossas tampas sistemas de vedação que, ao contrário das tendências usuais de aplicação em processos de envase, propiciam uma abertura mais fácil e suave. Nossa empresa dispõe também de equipamentos de fechamento exclusivos que se adequam perfeitamente aos nossos produtos”, revela.“2013

21/11/2014 14:50:33


foi um ótimo ano quando o mercado ainda se encontrava em plena atividade e o consumo mantinha boa regularidade, somado a novas oportunidades de exportação de nossos produtos. Já 2014 apresenta mais dificuldades decorrentes da retração no consumo, forte concorrência e as secas que castigam os produtores que destinam a sua safra para os produtos em conserva”, detalha o gerente da Silgan. Com 10 anos de atuação nos segmentos de Cosméticos, Bebidas e Alimentos, a Thalls, empresa de fechamento de embalagens primárias – tampas metálicas, conta com uma linha de 15 itens em seu portfolio. “Tivemos alguns lançamentos em 2003 e isso nos ajudou neste ano em que houve uma retração considerável nos três segmentos em que atuamos. Entendemos que a Copa do Mundo e as eleições colaboraram neste aspecto. Porém, acreditamos que em 2015 haverá um crescimento no mercado de cosméticos, uma vez que estamos sendo solicitados para atender empresas preocupadas em desenvolver novos produtos”, acredita a diretora comercial, Maria Rosa Rossi.

32

Embalagens secundárias Um dos maiores produtores de fitas adesivas da Europa, o Grupo Sicad, com matriz na Itália e filiais na França, Croácia e África do Sul, continuando seu projeto de expansão e internacionalização da marca EUROCEL, em 1998, fundou a Sicad do Brasil Fitas Auto adesivas Ltda., localizada na cidade de Capivari, no Estado de São Paulo. Com o objetivo de transformar a filial brasileira em um dos maiores fabricantes de fitas adesivas da América Latina, a matriz disponibilizou os investimentos necessários para a aquisição de máquinas e equipamentos de última geração para produção, corte e embalagem, além da transferência de tecnologia, o que permitiu à Sicad do Brasil produzir e oferecer ao mercado sul-americano a linha completa de fitas adesivas para atender as necessidades dos segmentos industrial, papeleiro e de construção. “Nossos principais produtos para fechamento de embalagens são fitas com filme de polipropileno (BOPP), produzidas com tecnologia hotmelt, adesivo à base de Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

matéria de capa | fechamento de embalagens resinas e borracha sintética, com filmes em diferentes espessuras e formulação do adesivo adequada à variação do tipo de caixa e sistemas de fechamento, manual ou automático. Fitas de papel para fechamento de embalagens, emendas e fechamento de bobinas de papel durante e no final do processo de produção. Fitas de polipropileno, (BOPP) de alta resistência, tencionado e as fitas de BOPP, reforçadas com filamentos de fibra de vidro para fechamento de bobinas de alumínio, aço e laminados plásticos, unitização de tubos, perfis de plásticos ou metálicos e paletização de embalagens”, detalha o diretor comercial da Sicad do Brasil, Alberto Barbosa. O mais recente lançamento da empresa é a fita EURO PP 5236, produzida com filme BOPP de alta resistência, formulação de adesivo diferenciada para suportar altas e baixas temperaturas, indicada para fechamento de embalagens pesadas, e que pode ser personalizada com a marca do cliente para divulgação de novos produtos, além de inibir a violação da embalagem. “A utilização de uma fita adesiva própria para o fechamento de embalagens de transporte é muito importante. A fita adequada garante que a caixa chegue a seu destino lacrada e sem avarias, com todas as garantias de qualidade do produto, oferecidas pelo fabricante, preservadas”, ressalta o diretor, que afirma que o ano de 2013 foi muito bom, com investimentos em novas máquinas, aumento da produtividade e, dessa forma, com superação dos objetivos. “Iniciamos 2014 dentro das expectativas, porém, a partir do segundo trimestre, o

Editora B2B

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 32

21/11/2014 14:50:37


Foto: Divulgação

matéria de capa | fechamento de embalagens

mercado se retraiu, os resultados ficaram abaixo do esperado para o período. A partir do mês de julho, estamos aumentando, gradativamente, nossas vendas. Os projetos para investimentos durante o ano de 2015 serão mantidos”. Fundada em 1967, a Adere é hoje uma das maiores empresas de capital nacional fabricante de fitas adesivas no Brasil. Com um portfolio variado e focado em fitas, etiquetas e papéis autoadesivos, é referência no mercado global, desenvolvendo, fabricando e comercializando tecnologias e soluções. “Fomos a primeira indústria brasileira de fitas adesivas a receber a certificação de qualidade ISO 9001 e saímos na frente, mais uma vez, conquistando a certificação ISO 14001 em 2012. A novidade consolidou ainda mais o posicionamento estratégico da empresa e o primeiro de todos os seus valores: praticar o desenvolvimento sustentável. Como fabricante, possuímos facilidade para customização de produtos especiais para as mais diversas necessidades

206_Materia de Capa II FEchamento de Embalagensindd.indd 33

de nossos clientes. Para isso, contamos com laboratório de desenvolvimento equipado com máquina Piloto, o que nos proporciona maior qualidade e segurança em novos desenvolvimentos”, explica a supervisora de marketing, Rossana Brocchi. Entre seus produtos, destacase a família Kraft, com diferentes opções de fitas que podem ser aplicadas no reforço de embalagem, fechamento de caixas leves e no empacotamento pesado. Outra opção do portfolio é a linha de fitas de polipropileno com adesivo acrílico à base d´água - transparente cód. 710 ou marrom cód. 706 - ideais para reforço de embalagens e fechamento de pacotes leves. Já a fita de polipropileno Hot Helt cód. 770 oferece desempenho superior no empacotamento pesado e é utilizada no fechamento automático de embalagens de papel, papelão, plásticos e sacos polifolhados. Lançadas recentemente e atendendo a mercados específicos, estão as Fitas de Mopp nas cores laranja e azul, que oferecem alta resistência à tração, pó e umidade. São ideais para paletização de embalagens, enfeixamento de tubos e barras, empacotamento pesado e fechamento de bobinas metálicas”, finaliza a supervisora. INFORMAÇÕES Adere | www.adere.com Bral Max | www.bral-max.com.br Sicad | www.sicad.com.br Silgan | www.silganwhitecap.com.br Thalls | www.thalls.com.br

21/11/2014 14:50:39


matĂŠria de capa | especial sial

Foto: FuturePack

Feira SIAL mostra a importância de melhores embalagens

34

EdITOrA B2B

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 34

21/11/2014 17:45:54


matéria de capa | especial sial

Assunta Napolitano Camilo Em visita ao Salão Internacional da Alimentação, SIAL, maior exposição mundial de produtos alimentares, realizada a cada dois anos em Paris, pudemos conferir a importância das embalagens

A

feira SIAL, pela relevância e abrangência, é uma oportunidade única de conhecer produtos e, consequentemente, embalagens do mundo todo em um só espaço. A exposição completou 50 anos e é referência no setor. Bem organizada, conta com vários eventos especiais, como congressos, conferências, palestras, espaços específicos para inovação, tendências, além do espaço intitulado “Volta ao Mundo”, dedicado a apresentar informações e opiniões sobre produtos do mundo inteiro. Nenhum produto alimentar pode ser entregue sem embalagem. Sem dúvida, é ela quem o “apresenta”. Assim, nesta feira, além de conhecer tendências e inovações sobre os produtos, pudemos conferir novas embalagens e conceitos. O maior prêmio do concurso SIAL Innovation® foi para um macarrão pré-pronto com molho, um produto cuja novidade era a proposta de embalagem: um pote bipartido, com um compartimento embaixo para o macarrão pré-cozido e outro em cima para o molho. O diferencial é que o produto vai ao micro-ondas (fechado, ou seja, com os dois subprodutos em compartimentos separados) e, no momento de servir, é possível girar o compartimento do molho sobre o do macarrão, abrindo-se um canal de comunicação entre eles e finalizando o prato primorosamente. A embalagem premiada chama-se “Twists” (torção), fazendo menção ao giro.

s

Editora B2B

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 35

35

21/11/2014 17:45:59


matéria de capa | especial sial A consultoria francesa XTC® apresentou um estudo sobre as 14 tendências de consumo, indicando que para cada uma é fundamental a embalagem adequada na hora da “entrega”. Os produtos gourmet, por exemplo, têm crescido na esteira da busca por prazer. Conforme a pesquisa, os consumidores buscam prazer ao selecionar um produto para alimentação. Assim, muitas vezes esse produto é oferecido como presente para si mesmo ou para outrem. De chocolates a conjuntos de salames, chás, pimentas etc., há embalagens diversificadas e sofisticadas para atender a todas as demandas, como as latas de aço ou os estojos em papel cartão, que enobrecem o produto.

Os pratos estão cada vez mais prontos e complementados por acessórios, seja talheres, molhos e outros adereços, apresentando refeições completas e equilibradas. Nota-se também a redução ou adequação das porções: uma embalagem de farinha foi premiada por oferecer pacotes de apenas 100 gramas.

Outra tendência relatada é a nova mania do “Faça você mesmo”, ou seja, quando os consumidores procuram conjuntos em que todos os ingredientes estejam reunidos num só pack nas quantidades corretas, separados e, se possível, pré-preparados com instruções claras. E, obviamente, a embalagem é o caminho perfeito para isso.

A preocupação com segurança alimentar e saúde aumentou a força dos produtos orgânicos, assim como os naturais e frescos. Lembro que a ANUGA® (outra importante feira do setor que ocorre na Alemanha) de 2005 foi o grande marco da inserção desses produtos no mercado. De lá para cá, observamos o aumento expressivo, constante e com mais categorias certificadas.

Nesse quesito, ainda destacaria outros dois produtos premiados: o kit para fazer cerveja em casa BeerMaking Kit®, da inglesa BroklynBrew Shop®, e a embalagem de papel cartão que é uma “sementeira”: nela é possível cultivar cogumelos e tê-los frescos em casa em poucos dias. Essa curiosa inovação foi trazida pela empresa francesa Prêt à Pousser®.

A italiana Barley teve sua linha de saladas selecionada graças à inovação de propor uma salada de cereais e legumes que pode ser servida quente ou fria. Uma proposta saudável para quem procura equilíbrio na dieta. A embalagem é uma bandeja termoformada de papel cartão revestido que suporta temperaturas de freezer a micro-ondas. Contém ainda uma luva de papel cartão com belas ilustrações para explicar e convencer o consumidor. Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

Na categoria de geleias, molhos e outros produtos pastosos ou líquidos, predominam os frascos de vidro com design único, posicionando os produtos como exclusivos, os quais ainda contam com tampas e decoração diferenciada.

Na mesma linha de sofisticação, foram selecionadas no espaço SIAL Innovation® várias sobremesas, como iogurtes, pudins e sorvetes. Um destaque foi o sorvete lituano Dione ® , cuja embalagem traduz a classe do sorvete premium e sedutor.

36

Editora B2B

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 36

21/11/2014 17:46:05


Outra coreana, a Bokumjari® apostou em tecnologia de desidratação para sua linha de frutas e iogurtes. O stand up pouch tem um design tão delicado como seus produtos, que apresentam decoração suave, cores amenas e formas arredondadas que convencem.

Foto: FuturePack

Praticidade em diferentes sabores para o momento de relax também é a proposta da polonesa MOKATE®. A empresa tem uma extensa linha de cafés, chás e cereais. Recentemente lançou uma embalagem flexível bipartida para vários sabores de café com creme e de cereal com iogurte. No caso do café, em um compartimento há o café e, no outro, o topping ou creme chantili para a finalização da delícia. A ideia é reproduzir a mesma experiência das cafeterias. Já no caso do cereal, numa parte há iogurte em pó e, na outra, um cereal. Tudo muito bonito, prático, saboroso e saudável. As embalagens, embora simples, atraem pelo design e pelo nobre acabamento metalizado com detalhes dourados foscos. Falando em café e em momentos de relax, a portuguesa Conti® lançou o “Bolo de minuto”. A ideia foi entregar num copo de papel cartão uma mistura em pó para a preparação de um bolo. Basta adicionar água no próprio copo e levar ao micro-ondas por um minuto para o bolo ficar pronto. A colher também já vem dentro do copo para facilitar o consumo imediato. A coreana Nokchawon® levou para a feira uma linha de sopas, cremes, chás e cafés em embalagens tipo stick pack, porém usou tecnologia para entregar um produto realmente diferenciado: a sopa liofilizada, que também é muito cremosa. O design da embalagem é suave como o creme, muito clean e direto, destacando com um brilho suave apenas a sugestão de uso do produto.

Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

matéria de capa | especial sial

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 37

21/11/2014 17:46:15


matéria de capa | especial sial

Saúde e conveniência são a aposta da venezuelana máh! purelove®, que propõe uma nova experiência para pais e filhos. Tal conceito só pode ser alcançado pelo desenvolvimento de embalagens adequadas a cada produto, desde leite em pó até snack de iogurte desidratado. Esses “pedacinhos”

38

Proteína de peixe é outra procura para atender ao público infantil. A empresa dinamarquesa Bornholms® trouxe para a feira o FishSnack (lanchinho de peixe), com o propósito de atrair a atenção das crianças e desenvolver nelas o gosto e o hábito de comer o alimento. A embalagem é feita pelo processo termoformado FFS (form, filland seal) e tem formato de peixinho. É aberta facilmente e contém uma massinha saborosa de peixe. Garantia de saúde no lanchinho.

Bebidas: variedade e diferenciação De maneira geral, os mesmos conceitos utilizados nos alimentos foram explorados nas bebidas, visto que atendem às mesmas necessidades. Destaco a diversidade de novos sabores, muitos deles “exóticos”, explorando misturas antes inusitadas, como minerais, soja, pedaços de frutas e coco.

Cada vez mais rápido e à mão é o que propõe a tradicional empresa francesa Teisseire®. Uma embalagem em formato pocket (portátil) permite preparar até 20 copos de bebida aromatizada em qualquer lugar. É necessário apenas apertar o pequeno frasco e gotejar o sabor desejado. Além disso, a linha tem mais de 20 sabores, atendendo um consumidor sempre sedento por diversidade e novidades. Recentemente, li o livro do designer francês Fabrice Peltier, “l’eausource d’innovations” que aponta as inovações que ocorreram nas embalagens. Tomando o exemplo da água mineral, ele defende que no produto nada mudou, só na apresentação e na adequação ao consumo em diferentes situações. Foram mostradas na feira muitas águas minerais em variadas embalagens, de diferentes materiais. Destaque para as marcas Voda ®, VelleminFroy ® e a brasileira Ocean Par®. Esta última lançou uma água do mar, a 63Water®, com 63 minerais, algo único no mundo.

Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

Na mesma sintonia, a empresa francesa Fruinergy ® lançou sua linha de produtos desidratados (incluindo a nova estrela, o gojiberry) em caixas de papel cartão que se tornam a bandeja das frutinhas. Ou seja, a novidade mesmo são as embalagens que apresentam os produtos, uma vez que são todos milenares.

de iogurte vêm numa embalagem stand up pouch de fácil abertura e com a possibilidade de refechamento, garantindo uma vida estendida após aberta. Essa conveniência ao abrir, consumir, guardar e carregar possibilita que a própria criança se alimente de forma independente e saudável a qualquer hora e lugar. Foto: FuturePack

Muitas empresas levaram para a feira frutas “novas” ou antigas com propostas inéditas de apresentação, cada um propagando os benefícios e se colocando como “superfrutas”. Já foi assim com o cranberry, o pomegranate (romã), a acerola e o açaí. Agora surgem o baobá e o goldenberry, este último originário dos Andes. A operação de embalagem é realizada no Reino Unido pela Terrafertil®.

Editora B2B

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 38

21/11/2014 17:46:22


Em feiras anteriores, a novidade eram os energéticos, que agora estão consolidados. Os destaques foram as bebidas multifuncionais, relaxantes, numa linha mais saudável ou noutra ponta, as ligadas a prazer, prazerosa, como a oferta de bebidas destiladas e cervejas.

Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

Infusões de água de coco com soja e frutas estavam presentes em vários estandes. Chás com frutas e promessas de bem-estar também. A grande maioria desses produtos vem em garrafa PET, exceto a COCO MOJO®, que se diferencia pelo uso de uma embalagem cilíndrica de papel cartão, a papercan®. Bebidas nutracêuticas ou funcionais para mulheres, como a Divas®, também fizeram sucesso.

A búlgara Nova Trade trouxe o melhor da Bulgária, as rosas, na sua água, isso mesmo, a Aquarosse® continha óleo de rosas que atribuía à água propriedades únicas. A brasileira Natone® chamou a atenção pela irreverência do estande e pelo lançamento da CAIPI-ONE ®, uma caipirinha pronta com vários sabores, na garrafa PET de 200 ml. A inglesa ColdPress ®, que na edição de 2012 ganhou o prêmio de inovação pela tecnologia de HPP (processo de alta pressão) para bebidas, trouxe desta vez os purês de frutas, ou smoothies. A empresa tcheca Mc Carter® lançou os sucos Rio Fresh® usando a mesma tecnologia, com um shelflife de 120 dias. De vários sabores, as bebidas agregam também vegetais como maçã e beterraba, conquistando muitos fãs.

Foto: FuturePack

matéria de capa | especial sial

A Aquakid® é uma bebida para crianças sem corantes com formato de bichinho e apelo educacional para ensinálas sobre a importância de beber água e defender o meio ambiente e os animais. Uma água com spirulina da francesa Springwave ganhou prêmio de inovação em bebida não alcoólica e atraiu muitos interessados, graças à proposta de conter todos os antioxidantes de que necessitamos em um só gole. Outra premiada foi a JOOL’sDrinks ®, com seu produto Pop Me®, uma bebida à base de chá que contém bolinhas gelatinosas (chamadas de pérolas) que “explodem” na boca, provocando sensação única.

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 39

21/11/2014 17:46:32


Foto: FuturePack

A inglesa Mangajo® se diferenciou pela utilização de garrafas de vidro para seus sucos igualmente diferentes. No material de divulgação, além de promover as características saudáveis de seus produtos, mostram a preocupação com as embalagens e o meio ambiente, destacando um programa de reciclagem das embalagens e um projeto social que apoiam na África.

Um grupo de jovens franceses criou a Matahi®, empresa que produz na França o suco Baobah energy juice ® . A bebida é feita de sementes da árvore do baobá, que a empresa alega extrair de forma responsável no norte da África, apoiando dessa forma a comunidade de lá. Propostas como essa podiam florescer mais! As cervejas artesanais ganharam espaço diante de marcas famosas, bem como as mais sofisticadas, como a “Imperial”®, da estoniana Albert Le Coq ® , que vem numa garrafa de vidro de design exclusivo, com brasão em relevo. O rótulo também

40

Foto: FuturePack

matéria de capa | especial sial

tem corte diferenciado e hot stamping, numa apresentação harmônica e clássica. Também chamou a atenção uma embalagem de vidro para vodca iluminada, que através de dispositivo eletrônico acende lâmpadas de led. A feira SIAL é uma grande vitrine para o mundo, onde são lançados modismos, tendências, marcas etc. Sempre há oportunidades e oportunismo. Observamos empresas de outros países “usando” produtos brasileiros como se fossem delas, ou adotando como marcas mesmo. Foi o caso da Açaí Mania ®, da Eslováquia, que tinha uma bela morena vestida de plumas verdes e amarelas como promotora, fazendo clara alusão ao Brasil. Outro produto da Eslovênia usava a marca RIO ® , entre outros casos, como o de empresas da Índia que “batizaram” a castanha de caju como “Castanha da Índia”!

atributos e valorizá-los com mais atitude. Pudemos conferir produtos de muitos países, pois estavam presentes delegações, missões e representações de várias nações. O Brasil esteve representado por várias empresas independentes, bem como por associações setoriais que, com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimento (APEX Brasil), apresentaram o tema “Brazil Beyond” ®, ou seja, “Brasil que vai além”. Mesmo assim ficamos aquém de países menores, como Turquia, Tailândia e tantos outros. Oxalá que na ANUGA® estejamos mais bem preparados, com mais inovações e embalagens ainda melhores, afinal... Embalagem melhor. Mundo melhor. Realizaremos um painel sobre esta feira no início do ano que vem, no qual mostraremos estas embalagens. Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br

*Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles, o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papel cartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da obra Better Packaging. Better World.

Por essa razão, deveríamos refletir sobre como poderíamos usar melhor nossos

Editora B2B

206_Materia de Capa II Assuntal.indd 40

21/11/2014 17:46:38


41 INSTITUTO DE EMBALAGENS.indd 41

21/11/2014 14:55:01


Foto: Mazurky

especial | mazurky

Eduardo e Marcel Mazurkyewistz, proprietรกrios da Mazurky

42

Editora B2B

206_Especial mAZURKY.indd 42

21/11/2014 14:56:43


especial | mazurky

10 anos de Mazurky Especializada na fabricação de embalagens e caixas de papelão ondulado, a empresa investe em tecnologia de ponta, máquinas especializadas e altamente capacitadas para produção de embalagens em diversos tamanhos, formatos e gramaturas. A atenção ao armazenamento e à logística são outros diferenciais da companhia

L

ocalizada no ABC paulista, a Mazurky, indústria de embalagens de papelão ondulado, nasceu com a iniciativa dos irmãos Eduardo e Marcel Mazurkyewistz e completou, em agosto, 10 anos de atuação. Desde 2004 no mercado, a empresa trabalha com um planejamento bem estruturado e investe em tecnologia de ponta, com máquinas especializadas e altamente capacitadas para produção de embalagens em diversos tamanhos, formatos e gramaturas, atendendo a todos os segmentos da economia. A atenção ao armazenamento e à logística é diferencial da atuação da Mazurky, que hoje já possui 80% de sua produção automatizada, o que confere qualidade, uniformidade e agilidade no atendimento ao cliente. Investimentos em sustentabilidade, saúde e segurança ocupacional também oferecem melhor ambiente para os colaboradores e, consequentemente, qualidade no produto final. Por acreditar que as embalagens de papelão são veículos muito importantes à publicidade das empresas, a Mazurky busca a todo o momento a inovação por meio de parcerias com as mais respeitadas fornecedoras de matéria-prima. Recentemente, a indústria lançou uma divisão para atender clientes do varejo, permitindo a qualquer consumidor adquirir os produtos “diretos da fábrica”, na quantidade que desejar, sem sair de casa. O projeto foi estimulado por uma demanda que não era atendida. Foi criado, então, o “Vainacaixa. com”, um comércio eletrônico para oferecer mais comodidade e multiplicar o alcance. Um dos grandes diferenciais é que as pessoas físicas têm à disposição o mesmo nível de elaboração na produção que já era oferecido para as pessoas jurídicas. No site, é possível encontrar embalagens próprias para diversas necessidades como transporte de utensílios domésticos, inclusive os mais frágeis como copos e cristais e até caixas para bolos e salgados.

Editora B2B

206_Especial mAZURKY.indd 43

43

21/11/2014 14:56:44


especial | mazurky

INDÚSTRIA DE PAPELÃO DO ABC CRESCE 20% EM AGOSTO

Foto: Divulgação

Dados, divulgados pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado, ABPO, confirmaram que a venda de papelão ondulado manteve-se em alta em agosto, com aumento de 1,09% se comparado ao mesmo mês de 2013, um montante de 294,6 mil toneladas. Em relação a julho de 2014, houve um marco da retomada das expedições brasileiras de chapas, placas e acessórios de papelão, com crescimento de 1,13%. Para a fabricante de papelão ondulado do ABC Paulista, Mazurky, o cenário foi mais favorável. Somente em agosto, a empresa obteve um crescimento de 20,5% referente ao mesmo mês do ano passado. “Mesmo assim ficamos 5% abaixo de nossa meta”, afirmou o diretor Eduardo Mazurkyewistz, ressaltando que o ano que em seus meados ficou tímido para o setor, retomou o ritmo e deve fechar no positivo. “Analisando os trimestres, podemos registrar que o primeiro foi extremamente positivo, em particular para a Mazurky que cresceu 15%, superando os números da indústria e do PIB. Já no segundo período, entre abril e junho, caímos cerca de 25% nas vendas, meses que devem ser esquecidos. Em compensação, o terceiro trimestre já começou bem forte e com a carteira cheia, confirmando talvez um comportamento receoso das empresas que deixaram seus estoques baixarem principalmente durante o Mundial, o que acabou elevando as expectativas do mercado para esses meses seguintes”, completou.

O armazenamento das caixas e embalagens de papelão é uma das etapas de maior importância no processo fabril. A empresa garante a estocagem em local adequado e uma logística de armazenamento e entrega com padrão full-time, despachando os pedidos no tempo solicitado pelo cliente. A frota de transporte dos produtos é própria, o que garante à Mazurky total controle de toda a etapa do atendimento ao cliente, com uma estrutura apropriada à capacidade produtiva da empresa. Em 2013, a fábrica passou por uma mudança de layout na planta e melhorias na logística. O principal desafio era montar um evento na área interna fabril em plena operação e manter o compromisso com os clientes. Para isso, o primeiro passo adotado foi criar estratégias de mudanças,

44

determinar quando e como realizar, identificar as barreiras e gerenciar os aprimoramentos. Para isso, foi feito um investimento equivalente a 2% do faturamento anual, com base em um tempo de retorno de 12 meses. Além da importação de novos equipamentos, houve também uma mudança no layout de logística de produção e, com isso, a Mazurky ganhou 30% de produtividade e agilidade, com o mesmo número de colaboradores. Entre as mudanças, estão a alteração do desenho da planta do processo produtivo, a alteração física das máquinas impressoras, a ampliação da quantidade de prateleiras para armazenar produtos prontos, a aquisição de novas máquinas, como a de sucção de aparas, além da renovação do laudo de ruído externo e a vistoria do Corpo de Bombeiros. O

resultado do investimento foi a instantânea elevação do gráfico de produção em 40%, aliado ao facilitador do fluxo de movimentação interna. “Estamos preparados para atender a todo nicho de mercado. Entre os segmentos atendidos por nós, estão o de alimentos e bebidas, agroindústria e horticultura, químicos e derivados, brinquedos, produtos plásticos e borrachas, farmacêutica, hospitalar, cosmética, automobilística, eletroeletrônicos, vestuário e calçados, ações promocionais etc. Estamos em constante transformação. Temos habilidade de nos adaptar rapidamente às novas necessidades do mercado e estamos sempre em busca das melhores soluções para nossos clientes”, afirmam os irmãos Eduardo e Marcel Mazurkyewistz.

Editora B2B

206_Especial mAZURKY.indd 44

21/11/2014 14:56:46


DIRETO DA PRAIA

Foto: Leandro Andrade

direto da gôndola

Assunta Napolitano Camilo*

A novidade desta edição do “Direto da Gôndola” vem da praia: uma embalagem para o serviço delivery de petiscos, já que durante as férias e nos momentos de lazer o consumo requer mais conveniência e praticidade Foto: FuturePack

que a empresa escolheu a frase “momento diferente” como assinatura da sua linha de produtos. No geral, a linha usa o mesmo conceito de embalagem, variando apenas os tamanhos. O balde é produzido por injeção de polipropileno pela ADPLAST® e a tampa é feita em PEAD. Foram desenvolvidos quatro modelos de baldes com capacidades de 250 gramas a 1 quilo. O fato de serem reutilizáveis possibilita à marca maior memorização. A criação da marca, elemento gráfico, assinatura, personagem e identidade visual foram desenvolvidos pela FuturePack®, que optou pelas cores vermelha e amarela, estimuladoras do apetite. A ilustração do personagem, que lembra um ícone de um homem com capa, faz o link com os superheróis, conhecidos por atender de pronto as pessoas em situações de urgência ou emergência.

N

a região Sul do Brasil, desde Curitiba, é bem comum a opção de embalagem delivery em um balde plástico com tampa e alça ampliando a funcionalidade após a utilização para guardar objetos, produtos ou até mesmo brinquedos para as crianças. A empresa Porções Express ® garante com uma entrega rápida que seus aperitivos cheguem frescos, quentes e crocantes aos clientes que

estejam na praia. A empresa oferece nessa embalagem frango frito (vários cortes), costelinha suína, camarão, acompanhamentos como molhos, farofa e cremes, entre outras delícias, atendendo sobretudo no Balneário Camboriú, que tem uma intensa temporada de verão. Se nas situações do cotidiano buscamos praticidade, nas férias e nos momentos de lazer queremos ampliá-la ainda mais, e foi exatamente por esse motivo

Embalagem delivery melhor promove um mundo melhor! Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Profissional de embalagens há mais de 30 anos. Pesquisa feiras e Pontos de Vendas do mundo todo desde 1986. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Coordenadora dos livros e cursos de embalagens do Instituto de Embalagens, inclusive da obra BetterPackagingBetter World.Membro do Conselho Científico-Tecnológico do ITEHPEC.

Editora B2B

206_Artigo.indd 45

45

21/11/2014 14:57:57


Foto: Instituto de Embalagens

Embalagem & Sustentabilidade Instituto de Embalagens promove discussão sobre o assunto, exige que o setor se posicione e destaca o importante papel das embalagens

N

o início de novembro, o Instituto de Embalagens realizou seu 8º workshop sobre a delicada questão Embalagem & Sustentabilidade, na sede da Confederação Nacional da Indústria – CNI, em São Paulo, com a presença de mais de 100 profissionais do setor de embalagens. Assunta Camilo, diretora do Instituto, abriu a discussão apontando o estágio atual do tema na sociedade, alertou sobre a importância do setor se posicionar, destacou o importante papel das embalagens para a qualidade de vida e a promoção da educação ambiental a partir das próprias embalagens. O professor e coordenador do núcleo de materiais do Instituto de Embalagens, Cláudio Marcondes apresentou os conceitos de análise de ciclo de vida e de reciclagem. Já Ricardo Lopes Garcia, representante do assunto na FIESP, explicou aos participantes a Política Nacional de Resíduos Sólidos – PNRS. Eduardo Gianini, mestre em bioética e gerente da Papirus, falou sobre economia circular, destacando o caso do Grupo Pão de Açúcar com o ciclo verde Taeq®. O programa “Novo de Novo”® conseguiu fechar um ciclo para a reciclagem de papel cartão. Representando a área ambiental da TetraPak, Juliana Seidel discorreu sobre alternativas para a reciclagem das embalagens longa vida e sobre o serviço oferecido pela empresa. Murilo Feltran, gerente de negócios da BASF, relatou o projeto de compostagem que a empresa adotou em Mogi Mirim, mobilizando toda a cidade num exemplo real de participação popular. Representando a Greif, Gustavo Melo, gerente de marketing, e Sérgio Petroni, gerente comercial, mostraram

46

o caminho da sustentabilidade em embalagens industriais e relataram o case do Pack H2O® (“mochila” para transportar água), que recentemente ganhou um prêmio pela importante contribuição para situações de desastres ambientais ou de conflitos, possibilitando a entrega de água para a população carente. Ao final, Assunta Camilo ainda detalhou o tema “Rotulagem ambiental” e abordou conceitos das embalagens amigas do meio ambiente. Na conclusão do dia houve um debate entre os participantes, e Paulo Pianez, diretor de sustentabilidade do Grupo Carrefour, pontuou a importância do varejo na questão, uma vez que no mínimo um milhão de consumidores circulam a cada dia apenas nas lojas do grupo.

Editora B2B

206_Sustentabilidade.indd 46

21/11/2014 15:00:17


pack | sustentabilidade

Sustentabilidade como conceito

Foto: Divulgação

P

rodutor e distribuidor de chá por mais de 140 anos, a KusmiTea decidiu entrar no mercado de produtos orgânicos premium. A empresa lançou Løv, sua nova marca de chá orgânico premium, com projeto visual criado pela rede CBA. “A identidade da marca é um pássaro pequeno, que aparece como um ícone de uma vida saudável e ambientalmente sustentável. Isso vem acompanhado pelo nome “Løv” dentro de uma folha, com o objetivo de criar empatia com a natureza e tudo o que vive em harmonia com ela”, explica o Managing Partner da CBA B+G de São Paulo, Ludovic Dapoigny, sobre o case da rede. A embalagem tem um contraste equilibrado de cores vivas e neutras que comunica ao mesmo tempo a qualidade e a variedade do produto. Os materiais usados para produzi-la - naturais e recicláveis – também apresentam variações gráficas do logotipo, o que transmite vibração e proximidade com o mundo. A compra dos produtos ligados à marca (copos de chá, bules etc.) também passam o conceito da marca de chá. Cada produto, pacote,

elemento presente em um desses contextos é, na verdade, projetado para ser reutilizado e reciclado, em um completo estilo sustentável.

PH FIT reduz consumo de água

F

ornecedora de fitas para embalagens para clientes, como Natura, O Boticário, Cacau Show, Kopenhagen, entre outros, a PH Fit, líder na América Latina na produção de fitas têxteis rígidas, conseguiu reduzir seu consumo de água em cinco milhões de litros em sete meses. “Segundo dados da Organização das Nações Unidas, ONU, considerando que cada pessoa precisa de 110 litros de água por dia, o volume economizado por nós daria para suprir as necessidades de cerca de 45.500 pessoas/dia”, explica Lucas Ferreira, do departamento de marketing da empresa. Além das medidas práticas de redução do consumo de água no processo produtivo, a PH FIT também dissemina entre seus colaboradores e respectivas famílias os princípios da Campanha para Redução do Consumo de Água. O projeto é fruto de uma parceria entre o Comitê de Sustentabilidade conduzido pelo departamento de Desenvolvimento Organizacional da empresa com a Coden - Companhia de Desenvolvimento de Nova Odessa, cidade do interior de São Paulo onde a PH FIT está instalada, e de iniciativas conduzidas pela área industrial da empresa, visando uma redução significativa nos processos operacionais. Foto: FreeImages

Editora B2B

206_Sustentabilidade.indd 47

47

21/11/2014 15:00:26


Foto: Divulgação

DESTAQUE GESTÃO DE OPERAÇÕES EM SUA 3ª EDIÇÃO

LEITURA

Foto: Divulgação

“VENDAS B2B”: COMO NEGOCIAR E VENDER EM

TEMPOS DE COMPETIÇÃO ACIRRADA Competição acirrada e globalização. Estes foram os fatores que determinaram alterações profundas na atividade de vendas nos últimos anos. Com tantas mudanças, o mercado passou a exigir um novo perfil de vendedor, mais antenado e preparado para uma realidade que não admite um profissional que seja apenas talentoso, sem a necessária qualificação adicional. Como planejar melhor uma prospecção? Como elaborar estratégias para conquistar oportunidades de vendas? Como mostrar ao cliente o retorno que ele terá com seu investimento? O consultor Renato Romeo traça no livro um roteiro prático, baseado em técnicas definidas e processos claros, para que qualquer profissional ligado direta ou indiretamente a vendas possa melhorar seus resultados. Romeo, especialista em desenvolvimento de equipes comerciais que já capacitou mais de 5 mil profissionais, demonstra que nesses tipos de mercado a forma com a qual se vende acaba sendo tão ou mais importante quanto o que é vendido. VENDAS B2B: COMO NEGOCIAR EM MERCADOS COMPLEXOS E COMPETITIVOS AUTOR: RENATO ROMEO EDITORA: PEARSON NÚMERO DE PÁG.: 256 PREÇO: R$ 55

O sucesso da empresa moderna depende do sucesso de suas operações. E o sucesso de suas operações depende fundamentalmente da estratégia e da forma como elas são geridas. Assim, a gestão de operações, que sempre foi importante, assume singular magnitude no mundo atual, onde a competição empresarial torna-se dia a dia mais acirrada. É nesse cenário que se insere este livro, cujo objetivo é divulgar os ensinamentos da Engenharia de Produção necessários à excelência das decisões e das operações em todos os níveis hierárquicos da empresa. Os ensinamentos do livro aplicam-se a todo tipo de empresa industrial, comercial, agrícola, de serviços, qualquer que seja seu porte. Dão, entretanto, especial atenção à empresa industrial, por ser a mais complexa das organizações e, por razões históricas, ligada ao surgimento da Engenharia de Produção. Os autores são professores, na maioria da Universidade de São Paulo, e escreveram sobre assuntos em que possuem larga experiência, tanto em ensino como em consultoria, focando seu texto no que há de mais importante e atual no objeto de seu capítulo. GESTÃO DE OPERAÇÕES AUTOR: JOSÉ CELSO CONTADOR EDITORA: BLUCHER NÚMERO DE PÁG.: 582 PREÇO: R$ 89

EDIÇÃO ESPECIAL 9ª PESQUISA PACK DESTAQUE DE PREFERÊNCIA

EDIÇÃO 207 / DEZEMBRO

SUA EMPRESA NÃO PODE FICAR DE FORA DA EDIÇÃO MAIS ESPERADA DO ANO!

RESERVE SEU ESPAÇO, LIGUE: (11) 3722-0956 MAIS INFORMAÇÕES: publicidade@editorab2b.com.br

www.pack.com.br

206_Pack Leitura.indd 48

21/11/2014 22:41:51


notas técnicas

Foto: Divulgação

RÓTULOS

A XYPD oferece a possibilidade de impressão de até dez cores em rotogravura, além de produção de rótulos sleeve em PVC de 20 a 40 mícrons; de rótulos sleeve em OPS de 20 a 40 mícrons; de rótulos sleeve em PET de até 40 mícrons. Possibilita flexibilidade no fornecimento de rótulos com comodato de rotuladora. É fornecedor integral de rótulos termoencolhíveis: máquina + rotuladora + máquina de acabamento de rótulo + fabricante de filme. Os produtos são destinados a empresas de bebidas, como Coca-Cola do Brasil para a produção de rótulos termoencolhíveis nas embalagens PET da linha de chás gelados da marca Leão Fuze; nos energéticos Enerup das Indústrias São Miguel; nos energéticos Zoom da Bellpar etc.

Foto: Divulgação

XYPD do Brasil Embalagens Ltda. Tel.: (14) 3845-1965 | www.xypd.com.br

EMBALADORA A VÁCUO A embaladora AS38 garante maior produtividade pelas dimensões oferecidas e maior velocidade nos processos de embalagem a vácuo de grande porte. Comercializada pela Sunnyvale, a AS38 oferece aos frigoríficos uma opção mais robusta e garantia de qualidade no processo de embalo. Ela tem barra de selagem de 1,5 metros e esteira com largura de 0,8 metros. Nas dimensões externas, possui 4.065 mm de comprimento, 2.030 (+/- 50) mm de altura e 1.500 mm de largura. Nas dimensões internas, ela tem 1.500 mm de comprimento útil da barra de selagem, 800 mm de distância entre barras e 160-220-300-360 mm de altura máxima e útil da câmara. Opera com tensão de 380 V em 60 Hz e com tensão de funcionamento do circuito de controle de 24 Vac/dc. Oferece 6 bar de pressão de ar e 500 NL/min de consumo de ar. SANNYVALE Comércio e Representação Ltda Tel.: (11) 3048-0100 | www.sunnyvale.com.br

206 Notas Tecnicas.indd 49

21/11/2014 15:02:46


índice de anunciantes página empresa

site

3ª Capa..... ABRE ....................................................www.abre.org.br

25.............. ADELBRAS....................................... www.adelbras.com

11.............. ARO....................................................... www.aro.com.br

página empresa

site

49.............. INTERTEC ..............................www.intertecequip.com.br

37.............. MACKROSS............................... www.mackross.com.br

2ª Capa e 3 MEISTER..................................... www.meister.com.br

31.............. ATCO PLÁSTICOS................................ www.atco.com.br 33.............. OSHER.............................................. www.osher.com.br 9................ BANDEIRANTE..................www.indbandeirante.com.br 39.............. SALAZAR ................www.salazarcomponenetes.com.br 4 e 5.......... EMBAQUIM.............................. www.embaquim.com.br 49.............. TRANSERG .....................................www.transerg.com.br 4ª Capa e 19 IBEMA.........................................www.ibema.com.br 41 e 50 .... INSTITUTO DE EMBALAGENS......................................... ...............................................www.institutodeembalagens.com.br

PB

206_Indice de Anunciantes.indd 50 Editora Banas

15.............. VHM MÁQUINAS.................www.vhmmaquinas.com.br

21/11/2014 15:03:30


3 CAPA ABRE.indd 51

21/11/2014 15:08:36


4 CAPA IBEMA.indd 52

21/11/2014 15:09:21

Profile for Revista Pack

Revista Pack 206 - Novembro 2014  

A revista de negócios do mercado de embalagens. Máquinas, equipamentos, produtos e serviços para o mercado de embalagens. Embalagens temátic...

Revista Pack 206 - Novembro 2014  

A revista de negócios do mercado de embalagens. Máquinas, equipamentos, produtos e serviços para o mercado de embalagens. Embalagens temátic...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded