__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

145

ANO•11 SETEMBRO

2 0 0 9 R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ESPECIAL Sobra de renda das classes mais baixas impulsiona mercado de cosméticos populares no Brasil

ENTREVISTA Antonio Celso da Silva, diretor industrial da Payot Cosméticos, fala sobre as inovações no segmento de capilares

MERCADO INFANTIL

35% das mães brasileiras de crianças entre três e nove anos afirmaram durante uma pesquisa feita pela TNS InterScience que a embalagem atrativa e colorida motiva os seus filhos a pedir uma determinada marca

145_Capa.indd 1

8/31/aaaa 11:04:41


145_2a capa_AnĂşncio Futurepack.indd 25

8/28/aaaa 11:06:45


carta ao leitor CARTA AO LEITOR

BRINCADEIRA LEVADA A SÉRIO! s crianças de hoje já nascem inseridas numa sociedade extremamente consumista. Superexpostas às informações bombardeadas por todo lado pela mídia, elas estão bem informadas sobre o universo do consumo. Há uma grande oferta de produtos que estimula o grande desejo por produtos. A garotada do século 21 sabe o que quer e sabe como conseguir. É o que revela uma pesquisa da TNS InterScience feita com mães de crianças de três a nove anos, no Brasil, em que 71% delas, compram a marca que os filhos pedem. Esse comportamento é o reflexo da crescente participação das mulheres no mercado de trabalho e que, muitas vezes, chefiam a família. Com menos tempo para se dedicar aos filhos, elas tentam compensar a ausência, comprando os produtos que os filhos querem. Esse mundo infantil orientado para o prazer é potencializado também pelo ingresso dos filhos pequenos, cada vez mais cedo, nas escolas. Ou seja, elas se socializam com outras crianças, sabem o que cada um tem e conhecem as expectativas do grupo.

A

De olho nas crianças, a indústria de consumo explora bem os desejos dos pequeninos, com lançamentos constantes de produtos, além do uso de personagens próprios ou licenciados e também de embalagens coloridas e divertidas que, muitas vezes, interagem com a criançada, virando um brinquedo, por exemplo. Essa experiência cria uma conexão com o universo infantil. E é a fórmula que tem dado certo para agradar os exigentes pequenos consumidores. Esse é o assunto da matéria de capa desta edição da revista Pack. O jornalista Kleber Pinto fala sobre outro universo do consumo, o dos cosméticos populares, que está transformando a indústria da vaidade. Saiba como esse mercado está crescendo e a indústria de embalagem está se preparando para traduzir os desejos das consumidoras das classes C, D e E. Na próxima edição, a revista Pack vai trazer um especial sobre sustentabilidade na indústria de embalagem. Saiba como as empresas do setor estão traçando suas estratégias de negócios para garantir um futuro mais verde. Até a próxima edição.

MARGARET HAYASAKI

EDITORA-CHEFE

145_Carta ao Leitor.indd 3

| margaret.hayasaki@banas.com.br

8/28/aaaa 11:10:49


145

sumário

A N O • 1 1

MATÉRIAS

SETEMBRO

2009

12 ENTREVISTA Antonio Celso da Silva, diretor industrial da Payot Cosméticos, fala sobre as inovações da empresa no segmento de cabelos

12 Foto: Paulo Bau

ENTREVISTA “O mercado tem buscado, cada vez mais a diversidade, ou seja, a especificidade”, diz Silva

Seja qual for a sua posição na enorme cadeia de produtos de consumo, os preparativos para o Natal já devem ter se iniciado

24 CAPA Sem o costume de ouvir não, a meninada de hoje não desiste facilmente do que quer. Para se ter uma ideia do poder do consumo infantil, no Brasil, segundo uma pesquisa da TNS InterScience,71% das mães concordam em comprar a marca que os filhos pedem

24

CAPA Hoje as crianças sabem o quer e como conseguir

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN INOVAÇÃO

20 ESPECIAL EMBALAGENS PROMOCIONAIS

30 ESPECIAL Mercado de HPPC popular investe em lançamentos e embalagens arrojadas para atender consumidor exigente

Foto: Stockxpert

SEÇÕES

ESPECIAL EMBALAGENS PROMOCIONAIS Datas especiais merecem embalagens especiais

20

6

AGENDA/CARTAS/E-MAILS

7

PACK ONLINE

8

ATUALIDADES

16 VANGUARDA 18 LANÇAMENTOS INTERNACIONAIS 35 ARTIGO

4

38 NOTAS TÉCNICAS 40 ARTIGO

Fotos: Divulgação

Foto: Divulgação

36 GUIA DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

EDITORA BANAS

145_Índice de matérias.indd 4

8/28/aaaa 17:16:22


145_pagina 5_AnĂşncio Instituto de embalagens.indd 25

8/28/aaaa 14:00:00


agenda

60 anos

EM DESTAQUE De 5 a 7 de outubro, a Pack Expo Las Vegas, vai reunir mais de 1200 expositores, no Las Vegas Convention Center, nos Estados Unidos. Os visitantes poderão conhecer os avanços em embalagem e maquinários, componentes, materiais e contêineres.

Foto: Divulgação

EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

FEIRAS NO BRASIL DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 30 de setembro a 1º de outubro

Mostra Abre de Design de Embalagem

Centro Brasileiro Britânico, São Paulo, SP

Abre – Associação Brasileira de Embalagem Tel.: (11) 3082-9722 www.abre.org.br

De 27 a 30 de outubro

Fispal Bahia – Feira Internacional de Produtos, Embalagens, Equipamentos, Acessórios e Serviços para Alimentação

Centro de Convenções da Bahia, Salvador, BA

Brazil Trade Shows Tel.: (11) 3234-7725 www.fispal.com

De 10 a 13 de novembro

Feira Tecnoplast

Centro de Exposições Fiergs, Porto Alegre, RS

Fcem Feiras e Congressos Tel.: (51) 3338-0800 www.fcem.com.br

De 12 a 14 de novembro

Seminário de Resíduos Recicle Cempre

Auditório Pavilhão Branco do Expo Center Norte, São Paulo, SP

Cempre – Compromisso Empresarial para Reciclagem Tel.: (11) 3889-7806 www.cempre.org.br

FEIRAS NO EXTERIOR

Fundador: Geraldo Banas (1913 – 1999) Publisher: Cristina Banas Editora: Elizabetha Banas (1923 – 2007) Editora-chefe: Margaret Hayasaki – margaret.hayasaki@banas.com.br Jornalista web: Kleber Pinto – kleber.pinto@banas.com.br Assessora Técnica: Assunta Camilo (FuturePack) – assunta.camilo@banas.com.br Revisão: Rosa Amaral Consultoria Técnica: Guilherme Sergio Maradine Secretária: Silvana Teles Administrativo e Financeiro: Zenaide Crepaldi – zenaide.crepaldi@banas.com.br Projeto gráfico: Editora Banas Produção: Luciano Tavares de Lima (gerente) – producao@banas.com.br Editora de Arte: Tami Arita – tami.arita@banas.com.br Editoração e Arte Final: Tami Arita – tami.arita@banas.com.br Marcelo Geraldes Germano – marcelo.germano@banas.com.br Capa: Tami Arita – tami.arita@banas.com.br

CONSELHO EDITORIAL André Vilhena – Diretor CEMPRE – Compromisso Empresarial para Reciclagem; Assis Garcia – Diretor do Centro de Tecnologia de Embalagem – CETEA; Claudio Irie – Diretor de marcas controladas do Carrefour; Eduardo Yugue – Gerente de embalagens da Nestlé; Geraldo Cardoso Guitti – Presidente da Refrigerantes Convenção; Lincoln Seragini – Diretor–presidente da Seragini Farné; Luiz Belloli Neto – Presidente da Câmara setorial de máquinas para a indústria alimentícia, farmacêutica e refrigeração industrial da Abimaq – Luis Madi – Diretor - geral do ITAL - Instituto de tecnologia de Alimentos

DEPARTAMENTO DE VENDAS Diretor Comercial: Paulo Galante – paulo.galante@banas.com.br

Executivos de Negócios – São Paulo: Cláudio Alves Freire, Daniel Teixeira Falcetta, Juan Masgrau e Márcia Gonçalves Tel.: (11) 3748-1900 – Fax: (11) 3748-1800

Belo Horizonte M Lage Vendas e Representações – Av. Raja Gabaglia, 4000 sl. 207 – Belo Horizonte – MG – CEP 30494-310 – Contato: Marcio Lage – Tel.: (31) 2127-3854 – (31) 9612-8028 – publimg@banas.com.br

Rio de Janeiro:

DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 17 a 19 de setembro

International FoodTec Índia - Feira Internacional e Conferência de Alimentos Processados e Embalagem, Ingredientes, Bebidas e Refrigeração

Bombay Exhibition Center, Mumbai, Índia

Koelnmesse GmbH Tel.: +492218210 www.foodtecindia.com

De 22 a 25 de setembro

Envase/Alimentek – Feira Internacional da Indústria de Envase, Embalagem e Processamento de Alimentos e de Bebidas

Centro Costa Salguero, Buenos Aires, Argentina

Instituto Argentino del Envase Tel.: (54-11) 4957-0350 www.envase.org

De 5 a 7 de outubro

Pack Expo Las Vegas – Feira Internacional de Embalagem

Las Vegas Convention Center, Las Vegas, Nevada, Estados Unidos

PMMI – Packaging Machinery Manufacturers Institute Tel.: (703) 2438555 www.packexpo.com

Art Comunicação S/C Ltda. – Contato: Francisco Neves – Rua Almeida Bastos, 90 – 101 – CEP 20755-270 – Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 – Rio de Janeiro – RJ – banasrj@uol.com.br

Rio Grande do Sul: Interface Comunicação e Propaganda Ltda.: – Contato: Vera M. Silva – Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Tel./Fax: (51) 3330–2878 – Porto Alegre – RS – banassul@terra.com.br

São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda.: – Contato: Aparecida A. Stefani – Tel.: (11) 3748-1900 – Fax: (11) 3748-1800 – aparecida.stefani@banas.com.br

São Paulo – Campinas e região Vidofi Representações – Contato: Andréa Muniz – Tel.: (11) 8675-2157 – publisp1@banas.com.br

REPRESENTANTE INTERNACIONAL Argentina 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

ACORDO DE COOPERAÇÃO

Cartas&E-mails

Phone: +1 312/222-1010 – www.packworld.com

ALTA CREDIBILIDADE E PENETRAÇÃO Recebi muitos elogios ao conteúdo da entrevista e me surpreendi também com a penetração e a alta credibilidade da revista Pack. Muito bom para o nosso setor. Parabenizo a toda equipe da revista. Iorley C. Lisboa Gerente de pesquisa e desenvolvimento de embalagens do Wal-Mart São Paulo - SP

EQUIPAMENTOS EM PROL DA PRODUTIVIDADE Gostaria de parabenizar a reportagem Equipamentos em prol da produtividade. Realmente, o assunto foi tratado de forma clara e didática.

Impressão: Gráfica Mundo Circulação nacional: Tiragem – 10 000 exemplares Periodicidade: mensal Assinatura: Anual (Brasil) = R$ 97,00 • Nº Avulso = R$ 15,00

SETEMBRO 2009 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO é uma publicação mensal da Editora Banas Ltda. A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

D E M ÍD IA S E G

M

E

IO

B

2008

IV P R Ê M

DA

6

11 3748.1900 | FAX 11 3748.1800

B2

A

D

IA

T

A

END.

R

O

TELEFONE

Centro Empresarial de São Paulo Av. Maria Coelho Aguiar, 215 – Bloco B – 3o andar CEP: 05804-900 – São Paulo –SP

EG

E-MAIL redacao@banas.com.br

EC

C AT

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO

AT

TA

Filiada à

N

AN

Luis Fernando Castro Soluções para Embalagens – Gerente de vendas & marketing da 3M

Centro Empresarial de São Paulo – Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco B – 3º andar– SP – CEP: 05804-900 São Paulo-SP Tel.: (11) 3748-1900 – Fax: (11) 3748-1800 CNPJ 60.432.796/0001-83 – I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista

EDITORA BANAS

145_Agenda_Cartas_Expediente.indd 6

8/31/aaaa 11:08:49


www.pack.com.br

nline

POR KLEBER PINTO kleber.pinto@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES!

As vendas de papelão ondulado foram de 194 mil toneladas em julho de 2009, segundo a Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). A produção de caixas de papelão serve de termômetro para a indústria nacional e os internautas do site fizeram desta a notícia mais acessada entre os meses de julho e agosto*. Confira as mais lidas no período.

1 2 3 4

5 +

[SAIBA MAIS]

[CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br MATÉRIA DE CAPA

A Biotropic Cosmética Licensing investiu nos pequenos com a linha de higiene pessoal Hot Wheels. Veja este case no site e leia a matéria sobre o mercado infantil na página 24. Onde achar? http://www.pack.com.br/maisartigos.aspx

EDIÇÃO DE ANIVERSÁRIO

A Revista Pack festeja 12 anos e a edição de outubro trará um especial sobre sustentabilidade socioeconômica ambiental na indústria de embalagem. Saiba mais no site!

Caixas de papelão: termômetro para a indústria Setor acumula vendas de 1.245,7 toneladas até julho/09 Aquisição da Nicale pela Narita tem boa repercussão no mercado Narita cresce de maneira dinâmica e atrai atenção de empresas Suzano Papel e Celulose reforça ações de marketing da linha de papel cartão Empresa lança novo mostruário bilíngue no mercado internacional Kamipel: mais um player no mercado de embalagens Empresa com dois anos de mercado editorial amplia atuação Saur e Kaup firmam acordo no Brasil Parceria foi anunciada na feira Movimat, em São Paulo

Onde achar? Visite o endereço http://www.pack.com.br/blog e procure pela categoria “Revista Pack” ou “Meio Ambiente”

RESULTADO

[ENQUETE ]

AGOSTO/2009

Qual equipamento de fechamento de linha sua empresa pretende comprar?

66,67%

Paletizadora Aplicador de etiquetas

33,33%

NESTE MÊS Sua empresa promove alguma ação sustentável? Vote na home do site! Onde achar? http://www.pack.com.br

Confira a lista das dez notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics * Período de 28/07/09 a 21/08/09 Onde achar? http://www.pack.com.br/internaartigos.aspx?idart=169

[DESTAQUES]

Dúvidas sobre o mercado? Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

O NEWSLETTER SEMANAL DA INDÚSTRIA

Toda semana, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

Indústria de embalagens: receita de R$ 33,2 bilhões em 2009 Desse total, figuram entre os setores mais representativos no bolo total da receita a indústria de embalagens plásticas, que responde por R$ 12,3 bilhões, papelão ondulado, papel e papel cartão, R$ 9,3 bilhões, e metálicas, com R$ 5,8 bilhões. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog

EDITORA BANAS

145_pack_online.indd 7

Fotos: Divulgação

Os anúncios desta edição acompanhados dos ícones # têm informações extras no radarindustrial.com.br. Lá você encontra mais detalhes dos produtos, especificações técnicas e informações da empresa anunciante. Acesse! www.radarindustrial.com.br

7

8/28/aaaa 14:16:25


atualidades

As embalagens Coco e 5 Sentidos da tradicional linha Nhá Benta, da Kopenhagen, foram desenhadas pela Packing. O novo sabor coco vem numa embalagem com três unidades do produto. O design do cartucho de papel cartão impresso mantém as mesmas características da versão original: um formato oval diferenciado. Em termos de funcionalidade, a embalagem possui uma tampa com encaixe especial, que também facilita o seu refechamento. Já a versão 5 Sentidos de Nhá Benta baseou-se no conceito de kit promocional. A embalagem reúne os cinco sabores – tradicional, maracujá, morango, chocolate e coco –, mas o cliente paga apenas por quatro unidades do produto. “Tanto na embalagem da versão coco como no kit, o que fizemos foi explorar mais intensamente o forte apelo de sabor e de textura do produto, a partir dos grafismos. O visual da embalagem trouxe um toque mais moderno, sem deixar de lado a sofisticação”, afirma Carlos Zardo, diretor da Packing.

Foto: Divulgação

Packing, tel.: (11) 3074-6611.

Foto: Divulgação

UM TOQUE MAIS MODERNO

PACK ESPECIAL PARA DUTY FREE INSPIRADA NO UNIVERSO FASHION

Primeira cachaça premium do mundo, a Sagatiba inova mais uma vez e lança versão de 1 litro da Sagatiba Velha e Sagatiba Pura em pack especial para os duty free de todo o Brasil. A embalagem de papel cartão, produzida com cartão tríplex 250 g em formato cilíndrico, segue a linha criativa desenvolvida pela AlmapBBDO para a campanha publicitária, que explora a temática de flores e frutas, remetendo a brasilidade e o clima tropical do país. A impressão foi realizada pela Gráfica Rosset. Nas caixas da Sagatiba Pura e de Sagatiba Velha, os consumidores encontrarão ainda uma garrafa miniatura de 50 ml das bebidas.

Sinônimo de maciez há mais de 30 anos e líder de mercado, a marca de papel higiênico Neve estreia a promoção “Das passarelas para sua casa”, por intermédio da qual a consumidora, que adquirir a embalagem promocional Neve 12 rolos de 50 metros, ganha uma lata decorada colecionável. O grande diferencial é que as latas, em quatro diferentes versões, vêm assinadas pelos estilistas Dudu Bertholini, Rita Comparato e Cacá Ribeiro, da consagrada grife de moda Neon, e trazem desenhos inspirados nas estampas da marca. A Kimberly Clark confiou à B+G designers, a criação do on pack promocional, com a proposta de trazer para a nova embalagem a ideia de presente e de cuidado da marca com o consumidor, além de aliar a ela os conceitos de elegância e modernidade que envolvem a Neon. Segundo Rodrigo Costabeber, coordenador de criação da B+G, o conceito do novo on pack foi todo inspirado no universo fashion. “Nos apropriamos do lado despojado da marca Neon e apresentamos as latas como se estivessem desfilando com suas roupas novas”, pontua. O claim “Das passarelas para sua casa”, reforça a ligação com o Fashion Week e acentua a essência de sofisticação e requinte da marca Neve.

Foto: Divulgação

B+G Designers, tel.: (11) 5090-1460, www.bmaisg.com.br.

8

145_Atualidades.indd 8

A tampa da caixa pode ser utilizada ainda para guardar os mexedores dos drinques e caipirinhas produzidos com Sagatiba. Sagatiba, tel.: 0800-7724284.

EDITORA BANAS

8/28/aaaa 14:18:18


Kraft Foods Brasil, tel.: 08007041940.

MAIS APPETITE APPEAL Segmentar a linha e facilitar a identificação dos produtos, mantendo os equities da marca União, da Nova América, foi o desafio do projeto de design de embalagem desenvolvido pela Benchmark Design Total. A nova identidade conferiu destaque especial para a marca e uma maior harmonia e leveza para o conjunto. As cores definem a segmentação e os cromos identificam o melhor uso para cada produto, com muito appetite appeal. A embalagem é produzida pela Converplast, o sachê pela Empax e o filme pela Tecnoval. Já o display de sachês foi produzido pela Jofer. Benchmark Design Total, tel.: (11) 3057-1222.

25% MENOS VIDRO A inovação vem sendo um forte componente da Coca-Cola Brasil no modelo de sustentabilidade da sua gestão. Uma novidade é o lançamento da embalagem de 290 ml, em formato Ultra Design, que utiliza 25% menos vidro em sua fabricação. Ela chegou ao mercado, em agosto, inicialmente na cidade de Ribeirão Preto (SP), com a Coca-Cola Zero. A expectativa é que a redução de 25% de matéria-prima corresponda à produção anual de 7 milhões de novas garrafas quando essa embalagem estiver sendo utilizada por todo o Sistema CocaCola Brasil, o que deve acontecer até 2011. Coca-Cola Brasil, tel.: 0800212121.

EDITORA BANAS

145_Atualidades.indd 9

Foto: Divulgação

Chega ao mercado de todo o Brasil, o Bis avelã. A novidade vem em caráter de edição limitada e deve ser comercializada durante um ano. A escolha da avelã como novo sabor do Bis foi feita com base em pesquisas realizadas pela empresa, que apontou o sabor como um dos mais apreciados pelos consumidores brasileiros. Eduardo Nigro, diretor de marketing de chocolates da Kraft Foods Brasil, acredita que as vendas do Bis avelã contribuirão para que a marca aumente ainda mais sua liderança no segmento bite size. O conceito da embalagem de Bis é da Narita Design e a adaptação para a versão avelã é da agência Rex Design. O conceito é uma extensão da embalagem tradicional de Bis em que existe primariamente um código de cor referindo-se ao sabor e aos ícones da marca. Também foi explorada a questão da quantidade, simulando uma transparência para que o consumidor saiba como está o produto dentro da embalagem flow pack secundária. A embalagem primária é produzida em papel alumínio pela Alcan Embalagens e a embalagem secundária em polipropileno biorientado (BOPP) metalizada, de alta barreira, pela Zaraplast, com impressão em rotogravura.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

NA VERSÃO AVELÃ

9

8/28/aaaa 14:18:31


notícias

A

demanda mundial de embalagens de farmacêuticos deve crescer 6,3% ao ano, chegando a US$ 62,3 bilhões, em 2013. Os países desenvolvidos da Europa Ocidental, os Estados Unidos e o Japão continuarão representando mais de 60% desse volume total. No entanto, a China vai experimentar fortes oportunidades de crescimento graças à rápida expansão da capacidade de produção das indústrias farmacêuticas e ao programa do governo chinês desenhado para melhorar a qualidade e a integridade dos medicamentos produzidos no País.

o que vai exigir embalagens especiais. O crescimento da demanda na Europa Ocidental será um reflexo da legislação atualizada que prevê embalagens de dose única, de alta barreira e à prova de falsificação para muitos tipos de medicamentos. Com base nessa ampla gama de propriedades e nos produtores de remédios genéricos, o Japão vai manter um grande e diversificado portfolio de embalagens de farmacêuticos, tampas e acessórios.

2013 62.300

DEMANDA MUNDIAL DE FARMACÊUTICOS

7,4%

6,3%

6,6% 5.6%

2003-2008

10

145_Atualidades.indd 10

EUROPA OCIDENTAL

6,3%

2008-2013

ÁSIA/PACÍFICO

8,8% 7,2%

5,2%

9.100

6.130

3.970

2013 16.700

7.736

2008 11.800

2008 13.180 2013 17.000

19.500

AMÉRICA DO NORTE

2013

OUTRAS REGIÕES

9,1% 8,2%

Fonte: Freedonia Group, Inc.

CRESCIMENTO ANUAL

0

2003 9.720

10.000

14.850

2003 10.774

20.000

2013

30.000

2008

2003

2008

40.000

2003 32.200

50.000

2008 45.960

A demanda mundial de embalagens primárias de farmacêuticos vai crescer 6,1% ao ano até 2013, representando US$ 38,2 bilhões. Inaladores e serinEntre outras grandes economias gas pré-envasadas irão experimentar em desenvolvimento, Índia e Brasil as maiores oportunidades de crestambém irão evoluir no mercado cimento entre todas as embalagens de embalagens de farmacêuticos de de farmacêuticos, já que oferecem rápido, principalmente, na área de as vantagens de performance de um medicamentos genéricos, segundo um remédio delivery e a introdução de noestudo da Freedonia. vos medicamentos da bioengenharia. Os Estados Unidos vão manter o As embalagens plásticas continuam grande consumo de embalagens de sustentando a maior participação na farmacêuticos, uma vez que os avandemanda global, já que oferecem baixo ços no setor de produção de remédios custo, versatilidade, disponibilidade e devem introduzir terapias sofisticadas, avanços em design. Já o blister terá um crescimento favorável baseado na DEMANDA MUNDIAL 70.000 demanda global DE EMBALAGEM DE de medicamenFARMACÊUTICOS 60.000 tos embalados em (EM MILHÕES US$) dose única. Os avanços de equipamentos e a tendência de embalagem unidose irão puxar a demanda de pouches e embalagens tipo strip. Em contraste, a demanda mundial de tubos e embalagens de vidro vai expandir em um ritmo menor devido à competição de outras alternativas de recipientes.

Vaivém do mercado ROMI ESTRUTURA ÁREA DE VENDAS A Indústrias Romi anunciou a reestruturação de sua área de vendas e pós-vendas no Brasil e no exterior. Com as mudanças, houve a unificação das diretorias de comercialização de máquinas-ferramenta e de máquinas para plásticos. A nova diretoria de comercialização de máquinas será comandada por Hermes Lago Filho. O executivo assume a direção da comercialização de máquinas, nome dado à nova estrutura, em que foi integrada a comercialização de máquinas-ferramenta e a de máquinas para plásticos.

Foto: Divulgação

Mercado mundial de embalagens de farmacêuticos vai movimentar US$ 62,3 bilhões em 2013

REX DESIGN ANUNCIA NOVOS SÓCIOS A agência de design Rex Design promoveu três de seus designers a sócios, que passam a participar das decisões estratégicas da agência, junto com os sociofundadores Gustavo Piqueira e Marco Aurélio Kato. Ingrid Lafalce, Samia Jacintho e Luiz Sanches chegam para fazer parte da sociedade. “Os três têm mais de seis anos de casa e praticamente cresceram junto com a Rex. Na verdade, consolidamos uma parceria que já existia há muito tempo”, comenta Piqueira. “Esperamos, com essa coparticipação, expandir cada vez mais nossos negócios, reforça Kato. AVT TEM NOVO DIRETOR DE VENDAS PARA AMÉRICA DO SUL E LATINA A Advanced Vision Technology (AVT), uma das maiores fornecedoras de sistemas de garantia da qualidade e de inspeção automática óptica, para a indústria de impressão, anunciou a escolha de Juan da Silva para assumir o cargo de diretor de vendas para a América do Sul e América Latina. Ele será responsável por todas as linhas de produtos da AVT para aplicação nos segmentos de impressão, embalagem e rótulo. O-I ANUNCIA NOVO DIRETOR-GERAL NA CHINA Paul Wang é o novo diretor-geral da Owens-Illinois, em Shangai, na China. O executivo assumirá a responsabilidade por todas as operações da companhia no país. Como parte de sua função, Wang vai dar suporte às operações globais por meio de uma estratégia de baixo custo. A prioridade número um é a aceleração do crescimento da empresa na China, inclusive, o crescimento orgânico, fusões e aquisições.

EDITORA BANAS

8/28/aaaa 14:37:20


entrevista

Claudio Patrick, Foto: Divulgação

idealizador da Clever Pack Qual foi o investimento feito para dar início às atividades da Clever Pack no Rio de Janeiro? Estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão em recursos humanos, pesquisa de mercado, branding, computadores de última geração, softwares, modelagem 3D, design, protótipos, patentes e moldes-piloto. Fale sobre o foco de atuação da Clever Pack. A Clever Pack tem foco em inovação e desenvolve projetos para soluções em fechamentos de embalagens plásticas. Essas tampas podem ser fabricadas por nossos parceiros ou licenciadas para os clientes. A empresa chega ao mercado com 15 novos conceitos patenteados e com a expectativa de lançar mais seis novos produtos em seis meses. Todas essas soluções são destinadas, principalmente, para três segmentos de mercado pouco explorados no Brasil: tampas à prova de criança, lacres incorporados à própria tampa e tampas com travas. E o diferencial técnico das tampas para garantir a inviolabilidade dos produtos? O diferencial está em ter uma clara identificação de que o lacre foi rompido, ou seja, o lacre continua na tampa após a abertura, porém numa outra posição. A tampa de uma peça é mais sustentável. O senhor tem ideia de qual é o volume de material poupado em relação a uma tampa de duas peças? As tampas à prova de crianças mais usadas no mercado utilizam o sistema “abaixe e gire” e são feitas de duas peças, com uma tampa dentro da outra. Outro sistema muito utilizado é o “ovalise e gire” que, em sua maioria, apresenta parede dupla. As tampas à prova de crianças da Clever Pack são feitas de apenas uma peça e não têm parede dupla, por isso a redução de

Estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão peso chega até 40%. Já com relação às tampas de lacre, a redução de peso é mínima e em alguns casos nenhuma. Vale destacar, porém, que a sustentabilidade em embalagens não se dá só pela redução de peso, mas também pela redução de etapas de fabricação e de transporte. As tampas de lacre da Clever Pack eliminam duas etapas na linha de envase do cliente, além de eliminar o transporte de um componente, pois na nossa solução, o lacre já vem incorporado à própria tampa. O senhor tem uma previsão de crescimento da Clever Pack nos próximos anos? Nossa expectativa de faturamento é de R$ 3 milhões nos próximos dois anos. Esperamos ainda contribuir com soluções economicamente viáveis para reduzir em 50%, em até cinco anos, a entrada de crianças intoxicadas em hospitais por motivos de ingestão de produtos não-seguros. EDITORA BANAS

145_Atualidades.indd 11

11

8/28/aaaa 17:49:02


Foto: Paulo Bau

entrevista

145_Entrevista Antonio Celso da Silva - Payot.indd 12

8/28/aaaa 17:18:11


As consumidoras querem ser

especiais

A Payot quer fazer um atendimento personalizado às necessidades das consumidoras. Que cabelo você tem? Nós temos um xampu para o seu cabelo

MARGARET HAYASAKI

U

ma vida feita no mundo da beleza. Lá se vão pouco mais de três décadas dedicadas ao desenvolvimento de novos produtos. A alquimia desse sucesso está na sua formação em química, que Antonio Celso da Silva, diretor-industrial da Payot Cosméticos, onde atua há 10 anos, e faz questão, até hoje, de exercitar, colocando o pé no chão de fábrica para supervisionar e, porque não, dar os seus pitacos no desenvolvimento de cosméticos. Ele explica melhor essa devoção: “Isso é minha vida”. E de uns tempos para cá, o universo da embalagem também faz parte dessa devoção. Tanta emoção não é para menos. Essa também é a fragrância que seduz as mulheres no ponto-de-venda. Segundo Silva, esse é o segredo do sucesso para atuar no mundo da beleza. “Quando desenvolvemos um produto, não pensamos somente na eficácia, mas também numa solução que vai deixar as consumidoras mais bonitas”, acentua. Em entrevista a revista PACK, o executivo falou sobre as inovações da Payot no segmento de cabelos no Brasil, tido como o segundo maior mercado do mundo, e a importância da embalagem no seu negócio.

PACK: O mercado de produtos para cabelos é um segmento ávido por novidades. Como a Payot trabalha o desenvolvimento de novos produtos para atender os anseios dessas consumidoras? SILVA: Sempre costumo dizer que a Payot tem três caminhos para desenvolver novos produtos. Um deles é por meio da equipe comercial, que em contato com o mercado, detecta novas necessidades. O segundo é a área de marketing, que realiza pesquisas focadas, alimentando o setor de pesquisa e desenvolvimento, que também participa de congressos, no Brasil e no exterior, em busca de novos conhecimentos no segmento de cosméticos. O terceiro e mais utilizado canal de desenvolvimento de novos produtos acontece por meio das empresas de matérias-primas, que também nos trazem novidades do mundo. A Payot está continuamente antenada ao que acontece no mundo da beleza, capturando novidades para o mercado de capilares, o negócio que mais cresce na indústria brasileira de cosméticos.

PACK: A Payot conta com um centro avançado de estética e de formação de profissional. De lá também nascem novos produtos? SILVA: O centro avançado de estética e de formação profissional da Payot existe desde 1953, com unidades em São Paulo e no Rio de Janeiro, com vários cursos destinados ao público em geral. Essa escola funciona também como uma base para testar os novos produtos que são desenvolvidos pela empresa. Por exemplo, se vamos lançar uma linha capilar, ela passa necessariamente pelos professores do curso de cabeleireiro. Toda eficácia do produto é avaliada por esses profissionais, antes de ir para um teste efetivo, que é realizado em laboratórios especializados reconhecidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esse é o nosso diferencial da marca. O caminho inverso também ocorre. Muitos produtos já nasceram de sugestões de profissionais e alunos do centro avançado de estética e de formação de profissionais. PACK: O Brasil é um país povoado pela miscigenação de raças. Como tratar os diferentes tipos de cabelos? SILVA: O mercado tem buscado, cada vez mais a diversidade, ou seja, a especificidade. Foi-se o tempo em que as consumidoras tinham à sua disposição apenas xampus para três tipos de fios – normal, seco e oleoso – como era há cerca de 10 anos. Nessa época, a indústria de cosméticos não vislumbrava a possibilidade de diversificar e o tamanho desse mercado. Hoje, as consumidoras querem ser especiais, ou seja, elas não compram EDITORA BANAS

145_Entrevista Antonio Celso da Silva - Payot.indd 13

13

8/28/aaaa 14:39:23


entrevista

Fotos: Paulo Bau

Novo redesenho das embalagens da linha capilar da Payot Cosméticos permitiu redução de 9 gramas

um produto somente para lavar o cabelo, mas para fazer tratamento capilar. Para atender essa demanda, a empresa conta com 15 produtos. Além disso, elas querem xampu para cabelos pretos, compridos, encaracolados, lisos e curtos. E o que a Payot quer é fazer um atendimento personalizado às necessidades das consumidoras. Que cabelo você tem? Nós temos um xampu para o seu cabelo. É desse conceito de desenvolvimento de produto, que nasceu a linha de xampu Botânico, com o uso de ativos botânicos, a linha de xampu sem sal e a linha de xampu para cabelos grisalhos, que deixa o visual mais prateado, desenvolvida para atender especialmente o público masculino. Além da linha de tratamento capilar composta de gérmen de trigo e mel, levedo de cerveja e vitamina E, ceramidas vegetal mais phytoqueratina. No total, a linha capilar da Payot reúne 50 produtos. PACK: Dentro da linha capilar, qual é o produto carro-chefe? SILVA: O xampu de queratina é um produto-chefe, representando 15% das vendas da linha capilar. É um dos produtos mais conhecidos da Payot, seja pela eficácia ou pela cor roxa. No ponto-devenda, esse tom chama a atenção. Sem contar que a cor ajuda a consumidora a reconhecer o xampu de queratina, além da embalagem com formato característico da nossa marca. PACK: Há uma explicação para o xampu de queratina ser o campeão de vendas? SILVA: A explicação está numa única razão: a mulher quer a recomposição do seu cabelo, com reposição de queratina para se livrar dos fios quebradiços. Isso acontece porque os efeitos da exposição contínua à água salgada do mar e ao sol, ao cloro da piscina, a chapinha e aos alisamentos, destroem os fios. Novos produtos são lançados e emplacados no mercado pela Payot, mas a linha

14

de xampu de queratina segue líder de vendas. PACK: Qual é a média de lançamentos na categoria de capilares da Payot? SILVA: Esse ano, a Payot já lançou 15 produtos, incluindo a linha de xampu Botânico e a linha sem sal. Na linha de Botânico, a cada dia a empresa descobre uma nova matéria-prima para atender a necessidade da consumidora. Por exemplo, a consumidora de cabelos loiros dessa linha de produto quer um xampu para clarear o cabelo. Daí, nós desenvolvemos o xampu de girassol. Além disso, em breve, chega ao mercado, uma nova linha premium de xampu para tratamento capilar, que vai garantir mais brilho e sedosidade. Além de uma linha de xampu semiprofissional. PACK: Dentro desses lançamentos, o senhor identifica um produto que vem atender a uma nova necessidade das consumidoras? SILVA: Sim. O xampu de limpeza profunda foi desenvolvido para limpar todas as sujidades do cabelo, desde poluição, cloro, até tintura. Esse lançamento nasceu de uma carência das consumidoras. PACK: O senhor destacaria uma inovação no segmento de capilares? SILVA: Não há uma matéria-prima que representou um divisor de águas no segmento de cabelos. Existe sim, um conjunto de matérias-primas, ações e focos que mudaram o setor. A diversidade de xampus para atender uma diversidade de tipos de cabelos é uma grande inovação. PACK: O avanço da ciência contribui para o desenvolvimento de tantos produtos novos no segmento de capilares... SILVA: Com certeza. A ciência por meio dos formuladores e fornecedores de matérias-primas trata, cada vez mais, o cabelo como algo especial. Afinal, o cabelo é a moldura do rosto de uma pessoa. Todo

mundo está atrás de diferenciais para o seu cabelo, seja negro, asiático ou branco. Cabelos diferentes exigem necessidades diferentes. Por exemplo, o cabelo negro, diferente do que muita gente imagina, é um fio quebradiço e precisa de um tratamento capilar específico. PACK: A diversificação de produtos capilares tende a aumentar? SILVA: Sem dúvida. Ainda há necessidades que a indústria de cosméticos não desvendou. Esse mercado não para. Sempre surgem novas matérias-primas, novas necessidades, e o mercado vai atender. PACK: Quem são as consumidoras dos produtos capilares da Payot? SILVA: Por ser uma marca tradicional, com meio século de atuação no Brasil, o perfil das consumidoras dos produtos capilares da Payot é formado por mulheres com mais de 30 anos. Mas, um dos focos do nosso trabalho é também ampliar o espectro de consumidores da marca, apostando no público jovem. Em 2009, a empresa realizou uma parceria com a também brasileira Mormaii, uma companhia bem conhecida no mundo do esporte de ação outdoor, para produzir produtos cosméticos para a marca. O primeiro fruto dessa união é a linha de protetores solares, que já está no mercado. Ainda este ano, a Mormaii vai lançar pelo menos 10 produtos na linha capilar. PACK: E como será a embalagem dessa nova linha capilar para jovens? SILVA: A embalagem da nova linha capilar para jovens da Mormaii, com o selo de qualidade da Payot, vai se diferenciar do design da nossa embalagem tradicional. O design da embalagem vai ter um formato mais prático de carregar e de usar para atender os jovens esportistas. Para esse projeto, a escolhida foi a bisnaga, com tampa flip-top, com decoração bem colorida, para atrair a atenção do públi-

EDITORA BANAS

145_Entrevista Antonio Celso da Silva - Payot.indd 14

8/28/aaaa 14:39:52


co target, no ponto-devenda. Estamos de olho nesse novo mercado, que com certeza, vai gerar excelentes frutos no futuro.

A linha de produtos capilares responde por 25% do nosso negócio

PACK: A embalagem dos produtos para cabelos da Payot mantém o mesmo design desde que a marca nasceu. Isso tem a ver com não perder a identidade nem a fidelidade das consumidoras? SILVA: Exatamente. Por isso, depois de um ano de pesquisa e desenvolvimento e seis mock ups de embalagem, a linha de xampu para tratamentos capilares da Payot chegou, em julho último, nas prateleiras do mercado, com uma cara nova, mais moderna e esbelta. Para vestir a nova embalagem, o rótulo autoadesivo de BOPP ganhou decoração em hot stamping, destacando as cores, o brilho e o visual no ponto-de-venda. No entanto, ela não perdeu a identidade da marca, já bem conhecida pelas consumidoras. As grandes transformações ficaram por conta da engenharia de embalagem. A adoção da tampa flip-top de polipropileno (PP), fornecida pela Seaquist Closures Embalagens, em substituição a versão disc top, visa a garantir mais praticidade e facilidade de uso, além de maior segurança, já que ela permite carregar a embalagem dentro da bolsa sem vazamento do produto. A resina da embalagem também mudou do PVC para o PET e o novo fornecedor do frasco é a Plasticase. Essa decisão foi tomada em função de necessidades técnicas, comerciais e de marketing, e de meio ambiente. No aspecto técnico, escolhemos o PET porque é um plástico, que oferece excelente resistência, melhor barreira contra luz, brilho, transparência, além de ser reciclável. Nos aspectos comerciais e de marketing, a nova embalagem de PET tem um apelo visual mais forte no ponto-de-venda. Já no aspecto meio ambiente, consideramos dois Rs: reciclar e reduzir. Para se ter uma ideia, conseguimos reduzir o peso da embalagem significativamente, que saiu de 32 para 23 gramas. Considerando o volume de 1 milhão de frascos produzidos, no ano passado, a Payot poupou 9 toneladas de material. Ainda considerando o bem do planeta, nós trocamos de fornecedor que está mais perto da nossa fábrica, em Cotia, São Paulo. Em termos de logística, quanto menor à distância, o caminhão de carga consome menos combustível, ou seja, polui menos.

PACK: A nova embalagem exigiu investimento em tecnologia? SILVA: Em parceria com o fornecedor do frasco, a empresa desenvolveu novos moldes, exclusivos para a marca. Além disso, também investimentos na adequação dos bicos das máquinas de envase para atender o gargalo do novo frasco. O valor do investimento foi de R$ 100 mil.

PACK: Essa mudança na concepção da linha de embalagem dos produtos capilares vai ser estendida para outros produtos da marca? SILVA: Certamente. Não dá para ficar distante da preocupação com o meio ambiente. A mudança na linha de embalagem de todos os produtos capilares será feita ainda este ano. Mas, isso vai ser estendido passo a passo para o restante da linha de produtos da Payot, em 2010. PACK: Qual é a previsão de crescimento em 2009? SILVA: A previsão de crescimento é de 15%. Com certeza, a linha capilar com

a nova embalagem e novos conceitos vai contribuir para essa excelente performance. Atualmente, em volume, o carro-chefe da Payot é a linha de produtos capilares, mas em faturamento, é a linha de maquiagem, representando 40% das vendas. Já a linha de produtos capilares responde por 25% do negócio. PACK: A que o senhor atribui o fato de o Brasil ser o segundo maior mercado de cabelos do mundo? SILVA: O Brasil é o segundo maior mercado de cabelos do mundo, pois todos os povos estão aqui, além disso, deve-se considerar a sua dimensão continental e o tamanho da população. Sem contar que a brasileira é muito vaidosa, ela quer ficar sempre mais bonita. Por isso, o crescimento do segmento capilar vai continuar de vento em popa no país. Por outro lado, o xampu ainda é um dos produtos cosméticos mais baratos em comparação aos cremes de tratamento de pele, que têm um custo muito mais alto. O preço do xampu varia de R$ 1,99 até R$ 50. Há uma escala grande de preços para atender todas as necessidades e bolsos.

EDITORA BANAS

145_Entrevista Antonio Celso da Silva - Payot.indd 15

15

8/28/aaaa 14:40:13


vanguarda

Agora o celular também é

verde!

D DA REDAÇÃO

i isponível í l por menos de US$ 50, o Samsung Reclaim, lançamento da Sprint e da Samsung Telecomunicações, é o celular mais ecológico dos Estados Unidos, que é produzido com 80% de materiais reciclados. Quando os consumidores compram o aparelho, US$ 2 do seu valor são destinados em benefício do programa Adopt on Acre do Nature Conservancy Adopt, que preserva as florestas dos Estados Unidos. “Essa generosa doação da Sprint vai nos ajudar a proteger e reflorestar uma das mais bonitas e importantes paisagens da América para que a futura geração possa desfrutar dela”, diz Mark Tercek, presidente e CEO da The Nature Conservancy. Uma realização ecológica, o Samsung Reclaim, da Sprint, foi desenhado com componentes ambientalmente responsáveis, ou seja, produzido com 40% de plástico de origem do milho e 60% de policarbonato. Além disso, o aparelho é apresentado numa embalagem totalmente reciclável, o que o torna um perfeito telefone sem fio destinado para o consumidor ecoconsciente. A embalagem secundária e o berço interno do telefone são feitos com 70% de material reciclado. A imagem e o texto ilustrados na embalagem foram impressos com tinta à base de soja. As ações sustentáveis não param por aí. O típico papel grosso utilizado para a confecção do manual do telefone foi substituído por um manual virtual, que pode ser acessado pela Internet (www.sprint.com/reclaimsupport). O carregador de bateria Energy Star atende os altos padrões de eficiência energética da Agência de Proteção Ambiental e do Departamento

16

145_vanguarda.indd 16

Fotos: Divulgação

Lançado nos Estados Unidos, o telefone móvel Samsung Reclaim, produzido com base em conceitos sustentáveis, desde a sua concepção tecnológica até a embalagem que o apresenta no ponto-de-venda

EDITORA BANAS

8/28/aaaa 17:20:43


As imagens e o texto ilustrados na caixa são impressos com tinta à base de soja

de Energia dos Estados Unidos. Ele consome 12 vezes menos energia que o Energy Star padrão para o consumo de energia em standby, além disso, é equipado com uma notificação visível, que alerta o usuário para tirar o telefone da tomada, uma vez carregado aparelho. “Samsung Reclaim é mais do que um aparelho ecológico, o telefone é fácil de utilizar”, diz Omar Khan, vice-presidente sênior de estratégia e gerenciamento de produto da Samsung Mobile. “Quando combinamos as características do Reclaim com o hardware feito em bioplástico e a embalagem reciclada, o usuário está usando um telefone que é bom para ele e para o ambiente”.

A caixa é composta de materiais impressos condensados. O manual foi disposto na web em substituição ao material físico para reduzir o papel na embalagem. • Uma sacola reciclável para o telefone também acompanha a embalagem. Isso permite aos consumidores reciclar facilmente o seu telefone sem uso.

MAIS SUSTENTÁVEL ATÉ 2013 Recentemente, a Samsung adotou uma nova iniciativa de gerenciamento verde com metas para torná-la uma empresa mais sustentável até 2013. O plano Eco-Management contempla os seguintes compromissos: redução da emissão de gases de efeito estufa em até 84 milhões de toneladas na

A embalagem secundária é feita com 70% de material reciclado

produção de todos os seus produtos; garantir que todos os produtos sejam ecológicos e investimento de US$ 4,3 bilhões em várias iniciativas sustentáveis e expandir as parcerias verdes com fornecedores e parceiros. INFORMAÇÕES SAMSUNG Tel.: 1-888-987-4357 | www.samsung.com SPRINT Tel.: 1-888-7212 | www.sprint.com

ATRIBUTOS VERDES • Samsung Reclaim é 80% reciclável. • Atende a diretiva europeia RoHS que prevê restrição ao uso de certas substâncias perigosas. O Reclaim não contém cádmio, mercúrio, cromo hexavalente, bisphenol polibrominado e éter difenil polibrominado. • É produzido com 40% de bioplástico de origem do milho e 60% de policarbonato. • O carregador consome 12 vezes menos energia. • Por causa do uso de bioplásticos, o processo de produção do telefone gera menor emissão de gases de efeito estufa. • A embalagem secundária e o berço interno são feitos com 70% de material reciclado. As imagens e o texto ilustrados na caixa são impressos com tinta à base de soja. • A embalagem é totalmente reciclável com um design sustentável.

EDITORA BANAS

17 #

145_vanguarda.indd 17

8/28/aaaa 14:41:44


EMBALAGEM SUSTENTÁVEL Fornecedora global de embalagem, a Sonoco, conquistou o prêmio International Design Excelence Awards (Idea) com a embalagem de proteção desenvolvida para as impressoras Laser Jet, da HewlettPackard (HP). A empresa recebeu o prêmio conjuntamente com a HP depois de ser selecionada entre mais de 1500 trabalhos. O inovador design da embalagem ajuda a proteger cada unidade da impressora, utilizando bandejas de papelão ondulado, além de cantoneiras Sonopost® que oferecem excelente performance ao impacto e compressão vertical, e almofadas de espuma, todos embalados juntos, formando uma única e efetiva embalagem. Desenvolvida como parte do programa de transformação de embalagem da HP, essa nova embalagem reduz a quantidade de material. Em uma embalagem, por exemplo, o volume de espuma foi reduzido em mais de 50%, o peso do papelão ondulado diminuiu mais de 69% e o volume total da embalagem caiu 52%. Além disso, a maioria dos materiais de embalagem foi desenvolvida com o uso de papel reciclado, tornando-os facilmente recicláveis em muitas áreas. Jim Lowry, diretor de desenvolvimento de novos negócios da Divisão de Embalagens de Proteção da Sonoco, disse que a empresa trabalhou com a HP por dois anos para desenvolver o novo conceito de embalagem. “Nosso objetivo foi ajudar a HP a adaptar os conceitos de embalagem desenvolvidos para aplicação em produtos de linha branca, como os equipamentos eletrônicos frágeis. Juntos, nós realizamos a melhor embalagem sem sacrificar a performance”, explica.

O perfil arredondado da mulher grávida é a imagem da figura humana mais inconfundível. Por isso, a TricorBraun trabalhou com a Purity Life Health Products para reproduzir essa imagem na embalagem de uma nova linha de suplementos multivitamínicos para grávidas e mulheres que estão amamentando. O formato da embalagem é igual à silhueta da mulher grávida. A semelhança é ampliada com uma foto impressa em um rótulo sleeve. O conceito da embalagem foi pensado pela Purity Life Health Products, fabricante da linha de suplementos Mom To Be. A engenharia do design da embalagem e os moldes para a embalagem de polietileno de alta densidade (PEAD) foram desenvolvidos pela TricorBraun. A tampa flip-top foi produzida em polipropileno (PP) e aplicada em um gargalo 45/400. TricorBraun, tel.: (314) 5693633, www.tricorbraun.com

Rexam, tel.: +33158475600,

COM O SHAPE DA MULHER GRÁVIDA

Foto: Divulgação

REALISMO FOTOGRÁFICO NA TAMPA A última versão da exclusiva fragrância FlowerbyKenzo ganhou uma tampa de Surlyn estampada com uma imagem em alta resolução de uma flor capturada pela tecnologia de impressão tampográfica da Rexam. “O refinamento constante desse processo, que nesse caso, envolve a precisão do registro de quatro cores, resultou em uma tampa, que mostra o nível elevado do realismo fotográfico em contraste à beleza e à profundidade”, explica Elisabeth Benoit, diretora de vendas de tampas para cosméticos da Rexam Personal Care. A fragrância tem produção limitada, por isso a tampa foi feita pelo processo de impressão tampográfica, que oferece excelente apelo visual e custo-benefício. “Para essa edição especial, essa tecnologia foi a escolha certa”, diz Benoit. “Com todos os nossos clientes, nós nos empenhamos constantemente para atender os novos padrões da indústria e superar suas expectativas. Acreditamos que a excelência de impressão da tampa leva o produto premium para um outro nível, a arte refinada”, completa. O Centro de Excelência da Rexam, na França, moldou e decorou a tampa de Surlyn. A expertise da equipe garantiu o posicionamento preciso de cada cor para uma impecável apresentação da flor da fragrância FlowerbyKenzo.

Sonoco, tel.: 843-3837000, www.sonoco.com

18

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

lançamentos internacionais

www.rexam.com

EDITORA BANAS

145_Lançamentos Internacionais.indd 18

8/28/aaaa 17:22:02


Foto: Divulgação

A nova máscara para dar volume aos cílios da Astor ganhou uma embalagem glamourosa e brilhante da Oekametall. O shape da embalagem e da tampa fundem-se harmonicamente, além disso, o formato remete a uma silhueta feminina e elegante. A tampa recebeu impressão em relevo de flores vistosas que conferem à embalagem um visual com o toque de uma diva. A embalagem e a tampa foram metalizadas e revestidas com um verniz à base água. Oekametall, tel.: +49 (0) 95160480.

DESIGN REFLETE A PUREZA DA ÁGUA MINERAL A água mineral Aquaçai, da Eurofusion, do Panamá, chega às prateleiras do varejo, em uma garrafa plástica produzida em PET pela San Miguel Industrial. O nome Aquaçai nasceu da combinação de Aqua – cujo significado vem da água mineral e Açaí – uma deliciosa fruta cultivada em florestas tropicais e reflete a pureza da fonte. O design da embalagem assinado pela agência de design de marca e de desenvolvimento Moxie TM Inc., de Nova Iorque, nos Estados Unidos, foi desenvolvido para comunicar os atributos especiais da água mineral premium Aquaçai. A identidade visual explora a cor azul profundo, com um toque de ciano, visando a destacar a água mineral. Além disso, uma folha prateada e a caixa serifada da marca ressaltam o produto na gôndola. Completando o design, uma borboleta, símbolo universal da beleza, encontrada na natureza e em países de recursos nativos. Esse conceito de design também será traduzido para o árabe para o lançamento da água mineral Aquaçai, no Oriente Médio. A garrafa está disponível em três tamanhos: 1 litro, 591 ml e 354 ml. Moxie TM Inc., www.moxietm.com

EDITORA BANAS

145_Lançamentos Internacionais.indd 19

Foto: Divulgação

GLAMOUROSA E ELEGANTE

19

8/28/aaaa 17:23:09


especial embalagens promocionais

O Natal

já chegou

Seja qual for a sua posição na enorme cadeia de produtos de consumo, os preparativos para o Natal já devem ter se iniciado

ASSUNTA NAPOLITANO CAMILO*

O

Natal 2009 pode “salvar a lavoura”, o ano ou ao menos, permitir a virada para 2010, sem estoques parados. Os produtos sazonais ou temáticos ou ainda promocionais (ou com edições limitadas) permitem margens melhores. O consumidor aguarda esses produtos como se fosse parte do ritual, da cerimônia da época ou data comemorativa. Tem Natal sem Panetone? Páscoa sem ovos de chocolate? Festa Junina sem pé de moleque? E assim por diante. Até mesmo um pacote de arroz comum fica mais “próximo” do momento do consumidor ao ser decorado com temas natalinos e trazendo receitas da época. É como se aquele pacote de arroz ficasse diferente, tivesse até mais valor. Ele faz parte daquela data especial, passando a ter mais valor, com dicas de receitas. É uma demonstração simpática de que a marca se lembrou de quem vai prepará-lo. Embalagens temáticas, kits ou conjuntos deixaram de ser produtos para classes de menor poder aquisitivo. Elas reinam em todas as classes, categorias e setores.

de fraldas que se transformam em baús. Se você faz parte da indústria de embalagem, verifique dentro do seu processo o que é possível agregar no seu produto para diferenciar ou vestir o produto do seu cliente de forma diferente. Vivemos um momento especial em que temos de identificar pequenas oportunidades (otimizações) para ajudar Calendário europeu nossos clientes a venderem mais, ou aumentar a fidelização à marcomposto de bolsas ca deles, ou no mínimo tornar o ou caixinhas, que representam cada dia consumidor mais feliz. Afinal, é do mês de dezembro, assim que a roda da fortuna começa a funcionar: Consumidor até o Dia de Natal. As feliz gera maior compra, dando crianças aguardam início a uma corrente positiva.

Fotos: Divulgação

a cada dia pelo Até a Fauchon, tradicional e luxuosa cafeteria francesa, mantém chocolate e pelo Natal

20

uma linha de embalagens promocionais e temáticas, além de edições especiais que viraram objeto de desejo de alguns clientes. Essas embalagens são vendidas na loja principal de Paris e também nas novas lojas. Conjuntos formados por uma embalagem que pode depois ser reutilizada (como portas-treco ou objeto de decoração, ou ainda utensílios domésticos) são sempre bem-vistos pelos clientes. Exemplo: caixas de pacotes

NESSE MOMENTO VALE:

Latas comemorativas ou com decoração especial para uma série de categorias; A lata em formato de coração, decorada com impressão em litografia, encanta em qualquer data

EDITORA BANAS

145_Especial Embalagens Promocionais.indd 20

8/31/aaaa 11:25:12

I


Use e abuse de rótulos. E não só para bebidas e frascos, eles podem ser colados Assunta Napolitano Camilo, diretora do em quaisquer embalagens. Instituto de Embalagens São fáceis de serem aplicados, normalmente, têm pequenos lotes mínimos. E podemos aplicar vários recursos: tipos de impressão e tintas, efeitos, etc. Cartuchos de papel cartão ou de plástico com facas ou efeitos especiais: vernizes mate ou brilho, janelas de novos formatos, hot stamping, relevos, etc. Vejam a embalagem branca de biscoitos decorada para cada época, com uma luva e um fio para permitir que ela seja pendurada. Vale aqui, os estojos especiais, as embalagens com presentinhos. Embalagem de

Embalagem para um bombom ou balinha: serve para decorar a árvore de Natal e brindar as crianças

O chocolate Dove encantou seus consumidores ao chegar ao pontode-venda em uma embalagem em formato de estrela

embalagens de apenas uma balinha... Mas, numa embalagem que decora a árvore ou a casa. Vale muito mais! As embalagens flexíveis, com janelas ou detalhes temáticos na impressão, usando impressão ou arte mais sofisticada, também podem ser vestidas para a festa.

Embalagem para bombons lembra um buquê de flores: combinação perfeita

Embalagem "externa" em micro-ondulado, com "miolo" de papel cartão e fechamento com fita

As embalagens de transporte ou termoencolhíveis para unitizar volumes podem se tornar grandes cartões, com mensagens especiais e decorar as gôndolas.

Fotos: Divulgação

Garrafas especialmente vestidas ou decoradas para entrarem nas mesas das festas. Até as águas francesas usam esse recurso. Imaginem o que se pode fazer com as outras bebidas!

*Assunta Napolitano Camilo é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria de embalagens FuturePack

papel cartão montada a partir de uma caixa básica branca, sem impressão, com uma luva de papel cartão fechada com fita, que serve para lacrar e pendurar a embalagem

E sempre pronto para presente, claro. Temos que facilitar a vida daqueles que precisam presentear alguém. Mais gente feliz! Um bombom embalado normalmente é um bombom. Mas quatro deles num cartucho ou numa embalagem de presente é outra coisa! Abrir um presente bem embalado faz parte da surpresa e do encanto! Os asiáticos comemoram muito mais o Ano Novo do que o Natal. Vejam as EDITORA BANAS

145_Especial Embalagens Promocionais.indd 21

21

8/28/aaaa 17:26:06


Especificações Técnicas

Artigos Entrevistas

Guias e Tabelas Técnicas

Gestão e Empreendorismo

Notas Técnicas

Matérias Mercadológicas

Novidades em Máquinas e Equipamentos

Notícias sobre o Setor Industrial

Busca de Fornecedores

Cursos e Palestras

Downloads de Tabelas Técnicas

Busca de Produtos

Eventos

Interatividade

Feiras Industriais

Revistas Digitais

Seminários

Vídeos

Busca de Serviços

solução integrada de comun > REVISTA PACK RADAR INDUSTRIAL

Revista especializada no mercado de embalagem.

Portal inovador de busca de produtos, fornecedores e serviços.

Oferece um conteúdo técnico e mercadológico mais aprofundado e global. A Pack é uma revista de negócios que acompanha todo o desenvolvimento do setor, desde a área de máquinas até o design, tecnologia, produtos, tendências e vanguardas. Além de artigos, matérias especiais, entrevistas e seções fixas.

>

Disponibiliza informações completas de mais de 30.000 produtos industriais com descrição técnica, fotos e vídeos institucionais e de aplicação de produtos. Um jeito fácil e rápido para você buscar o fornecedor que precisa.

>

SITE PACK Endereço eletrônico com conteúdo complementar à Revista Pack. Leia a versão digital da revista do mês e anteriores na íntegra e acompanhe diariamente as notícias sobre economia, política, tendências, produtos e serviços industriais. Confira a agenda de cursos e principais eventos do setor.

ATENDEMOS AS

BLOG DA PACK

NECESSIDADES DE

Seu espaço para trocar informações, compartilhar experiências e encontrar soluções para os seus negócios.

400 MIL PROFISSIONAIS

O Blog acompanha o mercado de embalagens no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades e curiosidades que envolvem toda a cadeia produtiva do setor.

DA INDÚSTRIA DE

>

EMBALAGEM

BANAS INFORMA

>

Newsletter semanal da indústria.

>

145_pagina 22-23_Anúncio SiC Pack.indd 2

PESQUISA PACK DESTAQUE DE PREFERÊNCIA Um guia com as melhores empresas fornecedoras do setor de embalagem em dezembro.

>

Um resumo dos principais fatos e acontecimentos da semana entregues no seu e-mail. Política, economia, gestão, sustentabilidade e as novidades do mercado para auxiliar na estratégia de sua empresa.

GURU PACK Especialistas do setor respondem as dúvidas sobre o mercado de embalagem. Profissionais poderm enviar suas dúvidas sobre o mercado de embalagem para o e-mail guru@pack.com.br. Um especialista do setor o responderá no blog da Pack.

8/28/aaaa 14:52:03


unicação >

SOLUÇÕES ESPECIALMENTE ELABORADAS PARA OS ESPECIFICADORES E COMPRADORES DO MERCADO INDUSTRIAL A Editora Banas está sempre à frente buscando inovar e criar valor para seus produtos. Há 60 anos no mercado industrial brasileiro, se tornou especialista, e diariamente identifica onde estão as empresas de maior potencial de compras e, dentro destas, quem são os principais especificadores e compradores de produtos e serviços industriais. Analisa profundamente as necessidades e o perfil destes profissionais para assegurar o total conhecimento de quais conteúdos, produtos e serviços efetivamente agregam valor ao seu dia a dia. Tudo isso para que as publicações e serviços estejam perfeitamente alinhados às necessidades e desejos do mercado industrial, certificando seu uso intensivo e promovendo o desenvolvimento estratégico das empresas, processos industriais e produtos. A Solução Integrada de Comunicação Pack foi especialmente projetada para suprir todas as necessidades dos especificadores e compradores do mercado industrial e garantir aos parceiros anunciantes o melhor retorno sobre seus investimentos se comparada a qualquer outra alternativa do mercado.

MAIS INFORMAÇÕES | (11) 3748-1900 | publicidade@banas.com.br | www.pack.com.br/sic

145_pagina 22-23_Anúncio SiC Pack.indd 3

8/28/aaaa 14:52:19


matéria de capa

O mercado

infantil não está para brincadeira

Foto: Stockxpert

Sem o costume de ouvir não, a meninada de hoje não desiste facilmente do que quer. Para se ter uma ideia do poder do consumo infantil, no Brasil, segundo pesquisa da TNS InterScience, 71% das mães concordam em comprar a marca que os filhos pedem

24

A

MARGARET HAYASAKI

té bem pouco tempo, a criança não participava da conversa de adultos. Hoje ela decide até sobre o consumo da família. Isso é um reflexo da superexposição à publicidade. Bem informada sobre o universo do consumo, a criançada interfere não apenas na escolha de produtos infantis, mas também nas compras dos adultos. Somese a isso a vida escolar, que começa mais cedo, com o aumento da participação da mulher no mercado de trabalho. Desde muito pequenos, eles se socializam com diferentes crianças, sabem o que os amiguinhos têm e conhecem as expectativas do grupo. Com tanto acesso à informação, os pequenos consumidores estão cada vez mais exigentes. Eles têm seu próprio gosto para cores, design e sabores. Segundo estudo realizado pela TNS InterScience, que entrevistou mães de crianças de três a nove anos de idade, na Argentina, Brasil e no México, as crianças têm consciência do poder que elas têm e sabem negociar para conseguir o que desejam. No Brasil, 71% das mães estão dispostas a pagar um pouco mais para comprar a marca que os filhos pedem. Essa predisposição é maior entre as mães mais jovens (veja gráfico ao lado). Esse contexto mostra como mudou a relação de mães e filhos e o seu poder de consumo impõe uma máxima: é imprescindível entender as peculiaridades das preferências e hábitos dos pequenos para conseguir fisgá-los. Se a sua marca povoa o imaginário dessa garotada, é sinal de bons negócios.

EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 24

8/28/aaaa 14:53:11


MARGARET HAYASAKI

PREDISPOSIÇÃO A COMPRAR AS MARCAS QUE OS FILHOS PEDEM BRASIL concordo não concordo

29%

71% ARGENTINA concordo não concordo

57%

MÉXICO concordo não concordo

29% 71%

TOTAL AMÉRICA LATINA concordo não concordo

43%

66%

34%

*Aumenta a predisposição entre as mães mais jovens Base: mães com filhos entre três e nove anos Fonte: TNS Interscience

E a indústria de produtos de consumo sabe bem disso. O segmento infantil representa 45% do faturamento da multinacional norte-americana Kimberly-Clark, que produz produtos de higiene pessoal e doméstica. “Desenvolvemos produtos atrativos ao público infantil, trabalhando sempre as cores e as imagens com destaque na embalagem, principalmente, no que se refere às personagens da Turma da Mônica. As nossas personagens possuem fortíssimo apelo com o público infantil”, diz Renata Herz, gerente toiletries e sun care da Personagens Kimberly-Clark. “O uso possuem da personagem aumenta fortíssimo o poder da publicidade apelo com o público infantil dos nossos produtos, pois

a Turma da Mônica são personagens bem conhecidas e antigas, que estão sempre na mídia, e já divertiram muitas gerações”, acrescenta. É também o que mostra a pesquisa da TNS InterScience, 72% das mães brasileiras afirmaram que os filhos escolhem uma determinada marca quando ela explora o uso de uma personagem na embalagem. Essa também foi a aposta da brasileira Hydrogen, empresa do Grupo Silvio Santos, que utiliza as personagens da Disney nas embalagens dos produtos de higiene pessoal. “As personagens Disney são clássicas, atemporais e conhecidas mundialmente. Elas permeiam por todas as classes sociais, faixas etárias e facilitam Embalagem premiada a comunicação com o pela Disney público infantil. A marca Disney é tradicional e de confiança, sendo assim, as mamães se sentem seguras e confortáveis ao adquirir os produtos”, explica Tatiana do Espirito Santo, gerente de marketing da Hydrogen Cosméticos, que acaba de conquistar um prêmio internacional da Disney pelas embalagens, que remetem à personagem, mesmo que sem rótulo. A conexão com o público infantil exige interatividade. Por isso, a empresa desenvolveu uma embalagem com conceito de cosmético brinquedo

EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 25

Fotos: Divulgação

As personagens Disney são clássicas, atemporais e conhecidas mundialmente

25

8/28/aaaa 14:53:23


de higiene pessoal da multinacional norte-americana Johnson&Johnson. A linha Crescidinhos, especialmente, desenvolvida para crianças de dois a cinco anos de idade traz personagens próprios, cores fortes e alegres, além de uma embalagem com formato anatômico e bico dosador. “São embalagens atrativas e feitas para caber na mãozinha das crianças, sem, é claro, dispensar a presença da mãe, pois sem ela por perto, por exemplo, a criança não consegue abrir a embalagem sozinha”, diz Ricardo Campanário, gerente de produto Johnson’s® baby. Ricardo Campanário, O uso de personagens, explica o gerente de produto Johnson’s® baby executivo, aumenta o desejo do consumidor infantil pelo para os seus produtos Os lançamentos produto no ponto-devenda. “Entretanto, vale de higiene pessoal. “A são constantes, lembrar que mesmo que embalagem deve chamar a atenção da crianprincipalmente, as crianças peçam o produto, a compra final é ça na gôndola e levar embalagens feita pelos pais. Por isso, diversão à hora do banho. É dessa forma que diferenciadas e a busca por qualidade e marca ainda é grande. O a marca fala com o seu divertidas sucesso é achar a melhor público-alvo”, comenequação de oferta entre ta Tatiana. A conquista o que as crianças pedem e o que os pais do prêmio representa o reconhecinheciquerem e podem comprar”, acredita. mento à estratégia do conceito ito de cosmético brinquedo. “A criança nça e importância do mercado infantil é A impo a mãe identificam o personagem gem grande grand para a Johnson & Johnson à distância pela embalagem. m. não só porque é um mercado que Essa proposta vai guiar todoss cresce cres anualmente, mas também os novos desenvolvimentoss porque é por meio da marca por da Hydrogen nos próximos Johnson’s baby, que a própria Joh anos”, conclui. imagem da Johnson & Johnson im As personagens também m são exploradas nos produtoss

Embalagens feitas para caber nas mãozinhas das crianças

QUANTAS HORAS SEMANAIS AS CRIANÇAS... ...ASSISTEM TV

Brasil.................. 15 horas Argentina ...................16 horas México ........................15 horas Total América Latina .15 horas

26

como companhia é levada aos seus consumidores. “Afinal ela é referência em cuidado, qualidade, pioneirismo e inovação no mercado de higiene infantil. A linha Johnson’s baby fala com as mães dos bebês, por isso priorizamos a comunicação de características importantes para esse público, como tradição, transparência, suavidade nas cores, delicadeza e expressões como chega de lágrimas (fórmula que não irrita os olhos e a pele do bebê), e dermatologicamente testado, que ajudam os pais a identificar o produto ideal para o seu bebê”, explica Campanário.

Fotos: Divulgação

matéria de capa

O MUNDO INFANTIL GIRA RÁPIDO Quanto mais jovem é o consumidor, mais descartável é o produto. A meninada quer novidades o tempo todo. Por isso, os lançamentos no mercado infantil são constantes para atender esses exigentes pequenos consumidores. Renata, da Kimberly-Clark, conta que, em média, a cada três meses, a empresa apresenta novidades de produtos. “Desde uma nova embalagem, como uma nova versão, fragrância etc.”, diz. Campanário, da Johnson & Johnson, afirma que os lançamentos são constantes, principalmente, embalagens diferenciadas e divertidas. “Para o público infantil, acima de dois anos de idade, é forte o apelo de personagens, cores fortes e atrativas. As crianças estão cada vez mais querendo usar pro-

Base: mães com filhos entre três e nove anos Fonte: TNS InterScience

...NAVEGAM NA INTERNET

Brasil – 7 horas 19% não se conecta

Argentina – 8 horas

México – 6 horas

Total América Latina – 7 horas

25% não se conecta

22% não se conecta

22% não se conecta

EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 26

8/28/aaaa 17:27:37


dutos próprios e não os da família, por isso querem algo com que elas se identifiquem”, explica. Para realizar os lançamentos de embalagens, a Johnson & Johnson atua em parceria com os fornecedores, buscando, principalmente, segurança e inovação. “Por se tratarem de produtos para crianças, os fatores segurança e proteção são fundamentais, portanto, desenvolvemos embalagens que minimizem qualquer tipo de risco aos nossos consumidores. No pilar de inovações, estamos sempre buscando novos materiais, tintas e formatos, que tornem nossas embalagens cada vez mais divertidas e atrativas”. Na opinião de Tatiana, da Hydrogen, o mercado infantil exige que as marcas inovem sempre, trazendo novidades em embalagens, fragrâncias e personagens. “Mas, por se tratar de produtos infantis e envolver registro dos produtos junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), os lançamentos na categoria infantil envolvem prazo médio, de sete a nove meses, e investimentos. Por esse motivo, os lançamentos não são tão constantes quanto deveriam ser”, comenta.

PODER DE COMPRA DIRETO (RECEBEM DINHEIRO) BRASIL

48%

52%

sim não

ARGENTINA

38%

sim não

62%

MÉXICO fabricados por esses grandes players e a criação de novas parcerias em desenvolvimento de novas embalagens”, diz o executivo. “O mercado infantil está em pleno crescimento, com o surgimento de novas linhas de produtos, aplicações e design graças à maior demanda de desenvolvimento dos nossos clientes e prospects”, comemora. Para atrair a criançada no ponto-devenda, as possibilidades de formatos de embalagens plásticas rígidas são inúmeras, revela Araújo. “Identificamos

54%

sim não

TOTAL AMÉRICA LATINA

48%

46%

52%

sim não *Cresce 60% entre as crianças de seis a nove anos Base: mães com filhos entre três e nove anos Fonte: TNS InterScience

BRINCADEIRA DE GENTE GRANDE De olho nas crianças, não é só a indústria de consumo que colhe os frutos do poder de consumo dessa meninada. A indústria de embalagem também. É o caso da paulista Igaratiba, fabricante de embalagens plásticas, que produz 5 milhões de embalagens ao ano, somente para atender o mercado infantil, principalmente, nas categorias de xampus e colônias. Osmar Araújo, diretor da Igaratiba, explica que o segmento infantil é importante para os seus negócios devido à participação que a empresa tem junto aos seus atuais clientes, considerados grandes players do setor. “Além disso, temos a oportunidade de aumentar nossa participação nas linhas de produtos EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 27

27

8/28/aaaa 14:53:54


O mercado infantil representa, em média, 10% do nosso faturamento

o uso de embalagens com design exclusivo para melhor manuseio, armazenagem, identidade, além de aditivos especiais e inovações em resinas para atender esse mercado”, acentua. No segmento de embalagens de papel cartão, a Santa Inês Embalagens, que atua no setor de brinquedos, só tem motivos para acreditar na prosperidade desse negócio. Flávio Marques Ferreira, diretor-presidente da empresa, diz que a palavra crise não faz parte do dicionário infantil. “Por isso, vemos com bons olhos esse segmento de mercado, que representa 28% dos nossos negócios”, explica. “Entendemos que o mercado infantil é de vital importância, pois, notadamente, os pais, muitas vezes, se privam em

Eduardo Eisler, diretor de marketing estratégico da Tetra Pak

Rafael Margonari Silvestre, diretor-comercial da Rosni Embalagens

adquirir produtos pessoais em detrimento das necessidades, ou mesmo, da satisfação de seus filhos”, afirma. Os recursos gráficos utilizados na produção da embalagem permitem explorar uma conexão com a criança. “A embalagem impressa em várias cores, com acabamentos especiais, permite, inclusive, que a criança interaja com o brinquedo, mesmo antes de tirá-lo da caixa”, destaca o empresário.

DESIGN COM A CARA DAS CRIANÇAS

D

FotoS: Divulgação

matéria de capa

Ferreira lembra que levar uma criança a uma loja de brinquedos é uma verdadeira odisseia, pois dada à variedade e beleza das cores e formas Brinquedo das embalagens, é difícil pode ser contentá-la com apenas tocado pelas uma unidade. “Embalacrianças gens que possuem visor em PVC e têm uma abertura para que o brinquedo seja tocado, emitindo os mais variados tipos de sons encantam, não somente as crianças, mas também os adultos”, sentencia.

e uns cinco anos para cá, o mercado infantil (crianças de 0 a 12 anos) ganhou maior importância, mas era tratado de maneira bem homogênea. Atualmente, por meio da subdivisão das faixas etárias – 0 a 2 anos, 3 a 5 anos, 6 a 8 anos, 9 a 12 anos – é possível entender e atender às necessidades peculiares de cada um. “E assim desenvolver um design de embalagem adequado para falar com cada faixa etária”, explica Mario Narita, diretor-geral da Narita Design. Ele cita um exemplo que representou um divisor de águas na estratégia de comunicação com os pequenos consumidores. “Na faixa dos 6 a 8 anos, a criança valoriza a sua sexualidade, por isso o projeto de design de embalagem não pode ser feito para meninos e meninas, mas sim tem de ter um específico para cada um deles”, diz. Já na faixa dos 9 a 12 anos, a criança rejeita tudo que remete ao mundo infantil, pois elas querem ser adolescentes. “Sem essas informações não há como desenvolver um design de embalagem que vai realmente falar com os consumidores-mirins”, acentua Narita. “O conceito de design da arte da embalagem precisa traduzir a identidade do seu target”, conclui.

28

Apesar de o volume não ser grande, com uma produção de 100 mil embalagens por mês, destinadas para atender o mercado infantil de cosméticos e de vestuário, na Rosni Embalagens, que também fabrica embalagens de papel cartão, o segmento infantil é visto como um negócio com potencial crescimento. “O Brasil é o segundo mercado mundial em produtos infantis, podendo ultrapassar os Estados Unidos, segundo pesquisa da Ernst & Young e da

EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 28

8/28/aaaa 14:54:16


O PODER DA PUBLICIDADE EM SUA OPINIÃO, O QUE FAZ COM QUE SEUS FILHOS TE PEÇAM UMA DETERMINADA MARCA? A INFLUÊNCIA DOS AMIGOS Total América Latina – 30% Argentina – 27% México – 22% Brasil – 42%

QUANDO HÁ UM PERSONAGEM Total América Latina – 73% Argentina – 68% México – 78% Brasil – 72%

A EMBALAGEM ATRATIVA E COLORIDA Total América Latina – 28% Argentina – 20% México – 30% Brasil – 35%

QUANDO TEM BRINDES E JOGOS Total América Latina – 43% Argentina – 42% México – 48% Brasil – 38%

QUANDO RECONHECEM A MARCA Total América Latina – 28% Argentina – 28% México – 24% Brasil – 31%

Fundação Getúlio Vargas (FGV)”, afirma Rafael Margonari Silvestre, diretor-comercial da Rosni Embalagens. “O mercado infantil representa, em média, 10% do nosso faturamento”. No setor de caixinhas cartonadas com canudinhos, a multinacional sueca Tetra Pak, atua com força no negócio infantil de sucos prontos para beber e achocolatados. Para se ter uma ideia, o volume de embalagens destinado para esse mercado é de aproximadamente 2 bilhões de unidades ao ano. “O segmento de bebidas infantis cresce dois dígitos ao ano, muito em função do apelo de saudabilidade e da luta contra a obesidade das crianças. Hoje, por exemplo, a garotada já consome bastante água de coco”, afirma Eduardo Eisler, diretor de marketing estratégico da Tetra Pak. Segundo o executivo, o crescimento segue de vento em popa também porque a indústria de bebidas está investindo na diversificação de sabores, vitaminas, novos mercados e novos produtos para atender os exigentes Dois bilhões de consumidores-mirins. caixinhas para

QUANDO HÁ DEMONSTRAÇÃO DO PRODUTO NA LOJA Total América Latina – 17% Argentina – 6% México – 20% Brasil – 26% OUTROS Total América Latina – 2% Argentina – 2% México – 2% Brasil – 2%

Base: mães com filhos entre três e nove anos Fonte: TNS InterScience

Leia mais sobre o mercado infantil no site da Revista Pack Onde achar? http://www.pack.com.br

nline

Foto: Stocxpert

A PUBLICIDADE Total América Latina – 75% Argentina – 77% México – 66% Brasil – 83%

INFORMAÇÕES HYDROGEN COSMÉTICOS Tel.: (11) 2192-6000 | www.hydrogencosmeticos.com.br IGARATIBA Tel.: (19) 3821-8000 | www.igaratiba.com.br JOHNSON & JOHNSON Tel.: 0800-7036363 | www.jnjbrasil.com.br KIMBERLY-CLARK Tel.: 0800-7095599 | www.kimberly-clark.com.br NARITA DESIGN Tel.: (11) 3165-8100 | www.naritadesign.com.br ROSNI EMBALAGENS Tel.: (11) 2013-1466 | www.rosni.com.br SANTA INÊS EMBALAGENS Tel.: 0800-7707644 | www.santaines.com.br TETRA PAK Tel.: (11) 5501-3200 | www.tetrapak.com.br

Foto: Divulgação

o segmento infantil

Para o próximo ano, Eisler conta que a Tetra Pak está preparando o lançamento de novos formatos de embalagens e soluções de abertura para consumo fora do lar, atendendo vários mercados, inclusive, o infantil. “As ocasiões de consumo das bebidas infantis acontecem não somente no lanche da manhã, da escola, mas no lanche da tarde, antes de dormir, e, até, nos momentos de lazer”, revela. Isso dá uma dimensão do tamanho da sede desse mercado.

EDITORA BANAS

145_matéria de capa.indd 29

29

8/28/aaaa 14:54:36


especial cosméticos

Ascensão da

beleza pop Mercado de cosméticos cresce 18% no primeiro semestre de 2009 puxado pelos produtos populares. Indústria comemora e investe em lançamentos e embalagens

primeiro o semestre de 2009 superou as expectativas dos fabricantes icantes de sabonetes, xampus, tinturas, cremes e d desodorantes. De jjaneiro d t D i a jjunho, h a ini dústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos (HPPC) registrou crescimento de 18% em suas vendas, segundo cálculos da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), entidade que congrega empresas que representam 90% da produção nacional. A alavancada devese ao consumidor de baixa renda. Não somente isto. Além da ascensão das classes mais humildes, a dinâmica de lançamentos, os preços acessíveis, as mudanças na sociedade e, claro, a preocupação do brasileiro com a aparência complementam a lista de motivos. O mercado de cosméticos populares está aquecido e a indústria comemora. O resultado do período de janeiro a junho fez com que a Abihpec revisasse a projeção de 5% de crescimento real para o ano de 2009 que havia formulado em dezembro. “O primeiro semestre teve crescimento muito acima da expectativa. Como tradicionalmente o segundo semestre traz uma aceleração no ritmo de vendas, tudo indica que em 2009 o crescimento real (descontada a inflação) do setor seja de 11% ou até maior”, afirma o presidente da entidade, João Carlos Basilio.

Fotos: Stockxpert

30

O KLEBER PINTO

EDITORA BANAS

145_Especial Cosméticos.indd 30

8/28/aaaa 18:05:51


Também novata nesse nicho, a Biotropic Cosmética – com quatro anos de atividade – vai além e almeja superar os números do setor. “Por sermos uma empresa nova, nosso crescimento é sempre superior ao do setor no Brasil. Em 2009, a Biotropic crescerá em torno de 50%”, avalia o diretor-comercial Marconi Arruda Leal.

crescimento nas vendas no período de janeiro a junho de 2009

11% de 2009

Fonte: Abihpec

Procuramos sempre manter um bom relacionamento com todos os fornecedores e clientes

Um exemplo de como este mercado está em franco crescimento é a Jequiti Cosméticos. Há três anos fabricando produtos de apelo popular, a marca do Grupo Silvio Santos registrou espantoso crescimento de 213,8% entre janeiro e julho deste ano. Como? “Oferecendo qualidade em nossos produtos, alta taxa de inovação, lançamentos constantes e aumento do número de consultoras”, entrega Lásaro do Carmo Junior, diretorgeral da empresa. A Jequiti lançou 90 produtos em sete meses – conta com mais de 300 em seu catálogo –, vendidos por mais de 82 mil consultoras.

Tradicional player entre os HPPC populares, a Leite de Rosas aposta cada vez mais no público jovem, sem esquecer dos fiéis consumidores conquistados em seus 80 anos de mercado. Os produtos mais vendidos são a loção que leva o nome da empresa e o talco Barla. “Nosso foco é ganhar mercado, investindo no PDV, mídia de massa e produtos com preço acessível e de qualidade”, argumenta Juliana Block, gerente de marketing da Leite de Rosas. Ela recorda que “com a crise, as pessoas tendem a gastar menos fora de casa e consomem mais internamente. Além disso, essas compras têm um valor menor e são pagas, em sua maioria, à vista”.

QUEM É POP... Para ganhar mais espaço no mercado de cosméticos populares, pequenas e grandes empresas têm estudado a fundo o poder de compra da nova

Lásaro do Carmo Junior, diretor-geral da Jequiti Cosméticos

classe C. Em 2008, a Agência NovaS/B e o IBOPE Inteligência analisaram o que uma típica família da classe C faria com R$ 100 adicionais em seu orçamento mensal. O estudo constatou que o gasto tende a ser pulverizado com foco na satisfação da auto-estima. Em outras palavras, o dinheiro extra é empregado na compra de roupas, acessórios e muitos cosméticos, principalmente, quando se trata das mulheres. De acordo com outro estudo realizado pelo Latin Panel para a Abihpec em 2008, entre os gastos com produtos não duráveis da média da população, os de HPPC vêm em segundo lugar, com 16% do “share of wallet”, só perdendo dos alimentos, que ficam com 72% deste orçamento. “As pesquisas mostram que houve uma sensível melhoria no nível de vida dos brasileiros com redução da desigualdade graças ao aumento do emprego formal, o crescimento da classe média e os programas governamentais de complementação da renda”, enumera o presidente da Abihpec. Segundo a Associação Brasileira de Institutos de Pesquisa de Mercado, a Classe C representa 40% do consumo Loção Leite de Rosas está há 80 anos no mercado

EDITORA BANAS

145_Especial Cosméticos.indd 31

Fotos: Divulgação

18%

Além dos fatores já citados por Carmo Junior, o diretor-comercial da Biotropic justifica o aumento nas vendas com a utilização de embalagens arrojadas e diferenciadas. “Procuramos sempre manter um bom relacionamento com todos os fornecedores e clientes. Dessa forma, conseguicrescimento mos conquistar novos mercados, estimado com muito mais crepara o ano dibilidade.”

31

8/31/aaaa 11:32:09


Basílio lembra ainda que hoje 33% dos lares brasileiros são chefiados por mulheres. “E as mulheres são o grande motor das compras do setor de HPPC. Diante destes números, as empresas, em sua maioria, investem nesse nicho. Mais importante do que o percentual de empresas que desenvolvem linhas específicas para estas classes é o fato de que nesse setor de cuidados pessoais nem sempre as pessoas consomem de acordo com a sua classe social. Alguém da classe C pode investir num xampu ou num creme com preço de classe A.”

... TAMBÉM É EXIGENTE Com o poder de compra maior, as classes mais baixas têm descoberto o prazer do consumo. “Estes consumidores são tão exigentes quanto os das classes A/B.

32

Foto: Paulo Bau

nacional. “No processo de ascensão de uma classe para outra, as pessoas incluem no seu estilo de vida uma série de bens e serviços dos quais elas não pretendem abrir mão desde que possam honrar seus compromissos.”

Juliana Block, gerente de marketing da Leite de Rosas

Foto: Divulgação

especial cosméticos

Fábio Yassuda, diretorcomercial da C-Pack

Eles têm descoberto a oportunidade e o prazer em consumir produtos com novas tecnologias, novas opções de embalagens e eficácia efetiva. As classes mais humildes hoje têm acesso a boas marcas e desejam experimentar o status ao adquirir determinado produto”, argumenta Tatiana de Carvalho, coordenadora de marketing da Belofio, marca de produtos para cabelo da Vitalabor Cosméticos.

Juliana Block, da Leite de Rosas, engrossa o discurso de Tatiana e complementa: “O consumidor de baixa renda está muito mais exigente porque há mais variedade de produtos no mercado. Para atendê-lo deve-se ter produtos de qualidade e custo baixo”. Para Lásaro do Carmo Junior, da Jequiti Cosméticos, essa nova faceta do consumidor moderno tem até mesmo nome em outro idioma. “O mundo mudou

EDITORA BANAS

145_Especial Cosméticos.indd 32

8/31/aaaa 13:22:36


mudou muito na última década e, no geral, todos sabemos o quanto vale o dinheiro e o poder do consumo. Isso também aconteceu com a classe C e a famosa nova classe low cost.”

BELEZA EXTERIOR O termo low cost não se refere apenas ao preço para o consumidor final. Trata-se também de qualidade, tecnologia e valor agregado. “Encantar o cliente nunca foi tão essencial quanto nos dias de hoje. O mercado ficará ainda mais exigente a cada ano porque os consumidores sabem que as empresas tendem a disputar cada hábito de consumo e cada necessidade que eles tenham”, profetiza Carmo Junior.

Para ele, fidelizar o consumidor dependerá da capacidade das empresas de se diversificar e trazer inovação, principalmente na embalagem. Esta também é a estratégia da Márcia Cosméticos, fabricante de cremes e tinturas com forte atuação no Rio de Janeiro. “O investimento em embalagens e design é imprescindível para a empresa acompanhar as tendências com produtos desejados pelo consumidor”, entrega a gerente de marketing Abigail Pereira. “O mercado está sempre apresentando novidades e não podemos ficar para trás”, emenda Marconi Arruda Leal, diretor-comercial da Biotropic Cosmética.

Márcia Cosméticos aposta em embalagens de apelo popular

grandes e pequenas empresas do setor e acompanha os números investindo em tecnologia. “Diria que no nosso tipo de transformação, os investimentos em tecnologia trazem benefícios para todas as embalagens produzidas. Seja em tampas especiais, equipamentos para aumento do output ou produtos ditos populares com estruturas multicamada com EVOH para barreira a oxigênio e vapor d´água”, aponta Fábio Yassuda, diretor-comercial da C-Pack.

Quem também se aproveita dessa onda são os fornecedores. A C-Pack, fabricante de soluMarca Tut Hair da ções em embala- Biotropic ganhou sete novos itens gens, é parceira de

EDITORA BANAS

145_Especial Cosméticos.indd 33

Fotos: Divulgação

Perfume assinado pelo cantor Fábio Júnior: sucesso de vendas Jequiti

O mercado infantil representa, em média, 10% do nosso faturamento

33

8/28/aaaa 18:14:52


especial cosméticos

Embalagem fabricada em PET demonstra alto valor agregado e remete consumidor a produtos premium

Yassuda destaca ainda a migração de alguns itens do mercado massivo para o hot stamping. “Ele, com seu resultado visual chamativo, parece atrair os fabricantes para este tipo de público”. A Le Print que o diga. “Houve expressivo aumento de consultas voltadas para este ramo popular. Este segmento busca inovações, apelos visuais diferenciados, qualidade e oportunidades de negócios”, conta Rose Perina, gerente de vendas da empresa de rótulos e etiquetas de São Paulo. No que se refere a investimento em tecnologia, a Le Print prefere guardar segredo. “Estão sendo feitos estudos e, até o final de 2009, a empresa fará

aportes especialmente para atender o mercado popular. A divulgação será feita assim que as novas tecnologias já estiverem implantadas em nosso parque gráfico”, desconversa Rose.

Este segmento busca inovações, apelos visuais diferenciados, qualidade e oportunidades de negócios

Tanto C-Pack como Le Print dizem não ter problemas com o número crescente de lançamentos que geram set ups constantes. “Desde que os lotes atendam às quantidades mínimas préestabelecidas, não temos problemas com isso”, pontua Rose Perina. “Não creio que passemos por esta experiência. No nosso caso, como os diâmetros são padrões mundiais, a mudança se dá exclusivamente por alteração da arte a ser impressa, cor do tubo e cor da tampa”, detalha Yassuda. Enquanto aumentam as ambições das classes mais baixas por uma beleza efetiva, a indústria deste segmento

planeja os próximos anos. “Nosso objetivo até o final de 2010 é atingir um crescimento superior a 40% em relação ao ano de 2008. São planos ambiciosos, que exigem investimentos em máquinas, pessoas e marketing. Os índices até agora registrados mostram que estamos no caminho certo e atingiremos nosso objetivo”, afirma a gerente de vendas da Le Print. Já a C-Pack segue uma estratégia de longo prazo. Em fevereiro de 2010 a empresa receberá uma nova linha de máquinas, num plano de investimento que consiste em troca de maquinário full automatic a cada 2 anos. “Esta linha segue a mesma cadência produtiva da última instalada (4.800M/mês) e também traz características no processo de decoração da Suíça Polytype, com possibilidade de se criar calço nas imagens decoradas, com total de oito cores e verniz brilhante ou fosco”, detalha Yassuda. “Com certeza esse aumento de capacidade nos permitirá atender plenamente os projetos planejados pelos clientes estratégicos”. Na outra ponta, a Márcia Cosméticos, por exemplo, tem claros objetivos para 2010. “Trabalhamos com uma expectativa de crescimento de 20% a 25% sobre o ano anterior. Buscamos um crescimento consciente e sustentável, que preserve nossos valores e permita o cumprimento de nossos compromissos com clientes e fornecedores”, deseja Abigail Pereira, gerente de marketing da empresa mineira. INFORMAÇÕES ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE HIGIENE PESSOAL, PERFUMARIA E COSMÉTICOS (ABIHPEC) Tel.: (11) 3372-9899 | www.abihpec.org.br BELOFIO Tel.: 0800 771 8885 | www.belofio.com.br BIOTROPIC COSMÉTICA Tel.: 0800 702 1701 | www.biotropic.com.br C-PACK Tel.: (11) 5547-1299 | www.c-pack.com.br JEQUITI COSMÉTICOS Tel.: 0300 106 7575. | www.jequiti.com.br LE PRINT Tel.: (11) 3208-9586 | www.leprint.ind.br LEITE DE ROSAS Tel.: 0800 704 3646 | www.leitederosas.com.br MÁRCIA COSMÉTICOS Tel.: 0800 021 3349 | www.marciacosmeticos.com.br

34

EDITORA BANAS

145_Especial Cosméticos.indd 34

8/28/aaaa 18:13:11


informe publicitário

PRECISO DE UMA EMBALAGEM

Foto: Divulgação

SUSTENTÁVEL. E AGORA? BRUNO RUFATO PEREIRA*

Mas qual é a alternativa mais sustentável? Não existe fórmula mágica. O profissional de embalagem precisa entender os fundamentos e tomar decisões informadas, evitando os riscos de reputação relacionados ao que equivocadamente possa “parecer sustentável”. Foi justamente com o objetivo de aparelhar o profissional de embalagem que a ESPM montou para 2010 o curso intensivo Embalagem & Sustentabilidade. Ao longo das 30 horas do curso, o aluno irá adquirir conhecimento suficiente para liderar um projeto de embalagem sustentável do começo ao fim. Além de entender os mecanismos de mensuração, o aluno será capaz de identificar melhorias, fundamentá-las com dados e desenvolver estratégias de comunicação eficientes e eficazes. O aluno participará de aulas teóricas, discussões, estudos de campo e terá a oportunidade de desenvolver um projeto completo de embalagem sustentável. Dentre os conceitos trabalhados serão cobertos a metodologia da análise do ciclo de vida (ACV), design for sustainability e marketing da sustentabilidade aplicado à embalagem. Existe embalagem sustentável? É muito fácil identificar os impactos diretos relacionados à produção, transporte e descarte das embalagens. Uma análise guiada pelo que “parece sustentável” aponta rapidamente para a necessidade

de redução ou até eliminação delas. Desse pensamento nasceu o programa dos 3Rs: reduzir, reutilizar e reciclar. Fique claro que não há nada de mal em reduzir o impacto ambiental das embalagens, desde que elas continuem a cumprir a função de proteger o produto. Os conceitos de sustentabilidade aplicados à embalagem têm gerado confusão. Por serem bastante técnicos, eles exigem uma orientação mais precisa e qualificada. Segundo o Instituto Akatu, mais de 30% do alimento comprado pelo consumidor brasileiro acaba na lata do lixo. Esse dado é de extrema relevância, pois poucos sabem dos impactos ambientais relativos à sua produção e descarte. Como referencial, estima-se que produzir meio quilo de pão fatiado tenha potencial de efeito estufa superior a 200 gramas de CO2, enquanto a embalagem para protegê-lo não chega a 30. Isso sem contabilizar as emissões adicionais em CO2 e metano referentes à biodegradação dos restos de pães não-consumidos. Desperdiçar 1/3 do alimento produzido gera um impacto ambiental gigantesco. Impacto esse que deve ser estudado e mitigado também por meio da embalagem. Mais e melhores embalagens podem ajudar a reduzir o desperdício de alimentos: Ao contrário do que se pensa o maior desafio em sustentabilidade não é reduzir o impacto ambiental da embalagem per se, mas explorála ao máximo com vistas a reduzir o desperdício de alimentos ao longo da cadeia. A embalagem é uma ferramenta para a redução de desperdícios e deve ser utilizada como tal. O caminho da sustentabilidade não passa pela maximização nem pela minimização da embalagem. A chave está na otimização, pois sabemos que mais de 50% do lixo urbano no Brasil, ainda são composto por resíduos orgânicos, na sua grande maioria restos de alimentos.

Fotos: Divulgação

A

sociedade espera que o profissional de embalagem crie soluções para preservar o futuro do planeta. Parece exagero? Muito pelo contrário. A embalagem é uma das mais poderosas ferramentas disponíveis para o desenvolvimento sustentável. Junto com o desafio vem também a oportunidade e a responsabilidade. Empresas com ações reconhecidamente sustentáveis já estão sendo premiadas ao passo que outras vêm pagando o preço do descaso.

Chega a hora do descarte: Esse é o fechamento de um ciclo, devendo receber especial atenção por parte do profissional de embalagem. As alternativas disponíveis para o fim de vida em determinada sociedade exercem grande influência na seleção dos materiais e formatos mais adequados. Informação de qualidade quanto às opções de descarte fazem-se essenciais dado que grande parte das críticas à sustentabilidade da embalagem origina-se no seu descarte inapropriado no meio ambiente. Sustentabilidade é sinônimo de oportunidade para as indústrias, mas também pode ser motivo de preocupação, pois com as crescentes exigências da sociedade e da legislação, pode-se sofrer sanções dos mais variados tipos. Por isso, é importante existir nas empresas profissionais familiarizados com o tema, capazes de orientar decisões e evitar problemas. Por entender dessa forma, a ESPM montou o novo curso objetivando oferecer aos profissionais de embalagem uma visão qualificada e atualizada sobre a sustentabilidade. *Bruno Rufato Pereira é professor do Núcleo de Estudos da Embalagem ESPM e gerente de sustentabilide e embalagens alimentícias para plásticos básicos da Dow

EDITORA BANAS

145_ESPM_Informe Publicitário.indd 35

35

8/28/aaaa 17:45:19


guia de máquinas e equipamentos

ENCARTUCHADEIRAS

A

s novas gerações de máquinas nº09 encartuchadeiras oferecem facilidade de troca set/09 de formatos cada vez mais simples e com set up reduzido. Essas vantagens são possíveis graças à melhoria do design das máquinas, que também facilitou o acesso do usuário. O avanço da tecnologia garante que essas máquinas trabalhem com diferentes tipos de produtos em curto período de tempo, com altos índices de confiabilidade e repetitividade, visando a atender as necessidades das indústrias de consumo. Atualmente, as encartuchadeiras são projetadas para proporcionar robustez e eficiência, além de simplicidade, flexibilidade e elevado índice de produtividade com baixo custo de manutenção.

EMPRESAS TELEFONES

ET500A

ADPACK TEL.: (51) 3649-3574

EAC-2004

ARV TEL.: (11) 2542-5010

ENCARTUCHADORA CPR

FABRIMA TEL.: (11) 2465-2500

DHZ-120

PILTZ TEL..: (11) 5541-8529

PRÓXIMA EDIÇÃO:

COEXTRUSORAS

EHI-03

PROMALER TEL.: (11) 3924-0410

Para cartas - Endereço: Centro Empresarial de São Paulo Av. Maria Coelho Aguiar, 215 Bloco B - 3º andar cep: 05804-9000 - São Paulo- SP Tel.: 11 3748.1900 - Fax: 11 3748.1800 site: www.pack.com.br e-mail: redacao@banas.com.br

CUK 1080 BR

ROBERT BOSCH TEL.: (11) 2117-6807

* Demais empresas foram consultadas, mas não retornaram até o fechamento da edição.

36

145_Guia.indd 36

EDITORA BANAS

8/28/aaaa 14:57:46


ALTURA MÁXIMA

ALTURA MÍNIMA

COMPRIMENTO MÁXIMO

COMPRIMENTO MÍNIMO

CONSUMO DE AR COMPRIMIDO

LARGURA MÁXIMA

LARGURA MINIMA

POTÊNCIA NOMINAL

PRESSÃO DE AR COMPRIMIDO

PRODUÇÃO

TIPO DE OPERAÇÃO

PREÇO

mm

mm

mm

mm

l/min

mm

mm

kW

bar

cartuchos/min

80

30

350

110

-

320

60

6

6

160

-

-

70

15

230

65

10

80

20

4

6

220

Contínua

-

2 130

-

7 000

5 000

460

2 200

2 000

4

6

200

Contínua

-

80

20

200

50

20 m3/hora

50

15

1,5

8

60

Contínua

-

80

12

400

150

150

25

350

3,5

6

60

Intermitente

-

85

15

260

75

35

150

34

10

8

160

Contínua

-

EDITORA BANAS

145_Guia.indd 37

37

8/28/aaaa 14:58:03


notas técnicas

EQUIPAMENTO NTO DE RECICLAGEM O equipamento o de reciclagem Sagec-R6 transforma refiles efiles de filmes em granulados uniformes, ormes, com eficiência a e rapidez. Em função da velocidade que e a máquina opera, pera, mesmo os materiais higroscópicos oscópicos poderão ser reciclados sem necessidade de uma pré-secagem. ecagem. O controle de velocidade é feito por meio de dois inversores de frequência requência de 2 HP e 5 HP trifásico. Opera com velocidade de linha de 90 m/min. SAGEC Máquinas Ltda. Tel.: (11) 4056-7500 | sagec@sagec.com.br

SELADORA ROTATIVA CONTÍNUA

#

Desenvolvida para proporcionar operação segura, eficiente e econômica em qualquer ambiente, mesmo com variações de temperatura, a WS-AR, da Waig, permite uma soldagem limpa e sem resíduos. Possui guias protetoras que auxiliam na entrada das embalagens e guias laterais para alinhamento das embalagens, além de painel de controle com botões de fácil leitura e comando para inversor de frequência. Permite o ajuste dos tamanhos das embalagens e da velocidade de selagem, que varia de 1 a 15 m/min. WAIG Industrial Ltda. Tel.: (19) 3446-6400 | waig@waig.com.br

MÁQUINA DE CORTE E VINCO PLANA Robusta, confiável e de operação e manutenção simples, a máquina de corte e vinco plana Série ML, da AuroraSPPM, possui variantes com formatos de 720 mm a 2000 mm. Incorpora controle de velocidade de corrente alternada, embreagem eletromagnética de disco, ajuste de pressão independente, função debug e sistema de lubrificação central. Opera com área máxima de corte de 720x520 até 1800x1280 e comprimento máximo de corte e vinco de <15m até <50 m. NEW SINO. Tel.: (11) 3208-1974 www.newsino.com.br

38

EDITORA BANAS

145 notas tecnicas.indd 38

8/28/aaaa 14:59:53


TERMOFORMADORA AUTOMÁTICA Desenvolvida para produção de peças termoformadas, a TC-C, da Eletro-Forming, é uma máquina contínua que trabalha com bobinas de PS, PVC, PP e PET. A moldagem com corte final é feita numa só estação. Depois de moldadas e cortadas, as peças são empilhadas. Admite profundidade de moldagem de até 90 mm e área de molde de 600 x 400 mm. Opera com capacidade de produção de até 1600 ciclos/h. ELETRO-FORMING Equiptos. Embs. Ltda. Tel.: (11) 4704-3699 | info@eletro-forming.com

SELADORA AUTOMÁTICA Desenvolvida para trabalhar no sistema horizontal/vertical, a seladora automática Seal Line 2, sela, data e recrava, utilizando mordentes em latão. Possui controlador de temperatura HM adequado para qualquer tipo de material. Opera com capacidade de produção ajustável, podendo selar até 3500 embalagens/h. Pode ser fornecida com pedal eletrônico. LUCCHITRONIC. Tel.: (11) 2916-9738 www.lucchitronic.com.br

ENCAIXOTADORA AUTOMÁTICA Desenvolvida para armar, alimentar, agrupar e fechar caixas automaticamente, a Boxer Line Silver, da Raumak, é utilizada para encaixotar pacotes flexíveis, pacotes rígidos, potes plásticos, latas, garrafas e produtos unitários. O equipamento funciona com material tipo cartonado corrugado pré-formado e utiliza sistema de fechamento por fita adesiva ou cola quente. Opera com capacidade de produção máxima de 10 caixas/min. RAUMAK Máquinas Ltda. Tel.: (47) 3370-4540 | raumak@raumak.com.br

ROBÔ PALETIZADOR Projetado para trabalhos de precisão com velocidade e grande capacidade de carga, o P100i, da Magnoflux Automação e Robótica, possui quatro eixos acionados por servomotor síncronos AC. Proporciona baixíssima manutenção e ausência de transmissões mecânicas ou pontos de lubrificação expostos, podendo trabalhar em indústrias alimentícias. Além de repetibilidade de posição de 1 mm e repetibilidade de trajeto de 5 mm. Opera com capacidade de carga de 100 kg e alcance de 2,80 m. MAGNOFLUX Automação e Robótica. Tel.: (18) 3642-3899 | www.magnoflux.com.br

145 notas tecnicas.indd 39

8/28/aaaa 15:00:10


Foto: Divulgação

artigo

Design vende, conquista corações e resultados MAURICIO SPERANZINI*

E

xistem muitas tendências no mercado, algumas são de época, passageiras, outras permanentes. As construções, por exemplo, sempre precisaram de uma fundação sólida, planejada e preparada por profissionais especializados para suportar determinada estrutura e fins específicos. Durante muitos anos, a embalagem foi vista como um patinho feio da indústria de consumo, pois os investimentos privilegiavam a mídia. Entretanto, sua importância foi ampliada devido ao comportamento dos consumidores no ponto-de-venda, que passa a ter outras variáveis relevantes, e o peso da publicidade é bem menor. Chegou-se a conclusão que a embalagem é isso, a base fundamental para qualquer produto. E nesse momento de crise mundial, as pessoas e as empresas fizeram uma profunda reflexão de seus valores e necessidades. As pesquisas reforçam a importância das embalagens, pois mais de 90% dos produtos existentes em um hipermercado, que possui mais de 40 mil itens, não tem uma campanha intensiva de mídia como TV, revistas, jornais, web, etc. Isso significa que a maioria desses produtos tem relacionamento direto entre o consumidor e a embalagem. Isso é fácil de entender, quando pensamos em nosso produto predileto. A lembrança da embalagem vem à mente, temos o desejo de comprar e no caso de alimentos até chegamos a sentir seu cheiro, sabor e textura. Pensamos na embalagem, 40

prontos para beber da que é um meio, e seu O projeto Dafruta Premium, uma conteúdo, que é o fim inteligente da marca bem estabelecida, principal, como se fosse presente nos principais um único elemento. embalagem e com mais de 25 Um projeto bem otimiza e reduz PDV anos de atuação. Suas emconduzido pode amcustos, além balagens estavam defasapliar a força da marca pelo nome e identidade de oferecer um das perante a concorrência, quase apagadas, o que do produto, a comuniciclo de vida chamamos de “paisagem cação de seus atribude gôndola”. Para tanto, tos e diferenciais, as apropriado estudamos profundamenimagens, ícones, cores, te as embalagens, seu histórico, merformato, enfim, a personalidade do cado e consumidores. Após muitas produto. E assim, a embalagem passa reflexões, desenvolvemos um novo a ter o status de alguém conhecido, conceito de alegria e saudabilidade, que faz parte e é necessária para nosso com ilustrações realísticas, com cores dia a dia. Com uma função ampliada, fortes, e que sugerem movimento. a embalagem está sendo vista também Tudo isso, sem trocar a tecnologia de como mídia focada e da melhor quaembalagem (cartonados Tetra Pak de lidade em seus milhares e milhões de 1 litro e 200ml). Somente foi alterado unidades, 100% focada e dirigida ao o design gráfico da embalagem, que seu público sem dispersão. proporcionou o aumento das vendas O projeto inteligente da embalaem 30%, na sua introdução ao mercagem otimiza e reduz custos, além de do, e no período de crise, entre janeiro oferecer um ciclo de vida apropriado, a maio de 2008 a 2009, as vendas com melhoria na proteção do conteúcresceram 58%. do, logística e relação custo-benefício. Essa excelente performance mosOu seja, a embalagem é apropriada tra a força do design que impulsiona para aquele fim e tecnologia da emvendas, motiva a equipe, facilita negopresa, sem esquecer, que deve estar em ciações com o trade, conquista espaço harmonia com o meio ambiente. no ponto-de-venda e no coração dos Mas nem todo desenvolvimento consumidores. O resultado é fruto do exige grandes investimentos. A função esforço conjunto de designers, empredo designer especializado em embasa e fornecedores, que reforça a máxilagem é desenvolver um projeto intema: design vende e vende mesmo! ligente para melhor aproveitamento de todos os recursos, necessidades e * Mauricio Speranzini é diretor da Speranzini aspirações. Recentemente, participei Design e coordenador do Comitê de Design da do redesign de embalagens dos sucos Associação Brasileira de Embalagens (Abre)

EDITORA BANAS

145_Artigo Design.indd 40

8/28/aaaa 15:00:51


painel de negรณcios

embalagens, mรกquinas, equipamentos e acessรณrios #

ANUNCIE AQUI! PAINEL DE NEGร“CIOS

EDITORA BANAS

145_Painel de Negรณcios.indd 41

41

8/28/aaaa 18:47:26


índice de anunciantes PÁGINA

EMPRESA

SITE

3ª Capa ................................................ABRE ....................................................................................................................................................................................................................... www.abre.org.br 41...........................................................ABIPACK ....................................................................................................................................................................................................... www.abipack.com.br 38...........................................................AIR FIX................................................................................................................................................................................................................. www.airfix.com.br 19...........................................................BAUCH CAMPOS ...........................................................................................................................................................................www.bauchcampos.com.br 17...........................................................BOBINATEC .............................................................................................................................................................................................www.bobinatec.com.br 32...........................................................COBRIREL ......................................................................................................................................................................................................www.cobrirel.com.br 41...........................................................CODITEC........................................................................................................................................................................................................ www.coditec.com.br 41...........................................................CODMARC ..................................................................................................................................................................................................www.codmarc.com.br 11...........................................................DOIS IRMÃOS .........................................................................................................................................................................................www.m2irmaos.com.br 41...........................................................EMBACLASS ........................................................................................................................................................................................... www.embaclass.com.br 41...........................................................FLUIR PNEUMÁTICA ...................................................................................................................................................................www.fluirautomacao.com.br 29...........................................................ICB PACKING ......................................................................................................................................................................................... www.icbpacking.com.br 41...........................................................INTERTEC ..........................................................................................................................................................................................www.intertecequip.com.br 2ª Capa e 5 .........................................INSTITUTO DE EMBALAGENS ................................................................................................................................ www.institutodeembalagens.com.br 49...........................................................JET FILTROS .................................................................................................................................................................................................www.jetfiltros.com.br 27...........................................................LE PRINT ............................................................................................................................................................................................................ www.leprint.ind.br 41...........................................................MAINARD.........................................................................................................................................................................................www.mainard.com.br/shop 49...........................................................MD MÁQUINAS................................................................................................................................................................................www.mdmaquinas.com.br 41...........................................................MOLTEC .......................................................................................................................................................................................................... www.moltec.com.br 4ª Capa ................................................MULTIVAC ........................................................................................................................................................................................................ www.multivac.com 21...........................................................PH FIT ...................................................................................................................................................................................................................... www.ph-fit.com 34...........................................................PROLABEL................................................................................................................................................................................................... www.prolabel.com.br 41...........................................................P.R. ............................................................................................................................................................................................ www.prcomembalagens.com.br 38...........................................................RENOVE .....................................................................................................................................................................................renovemaquinas@terra.com.br 15...........................................................ROSNI .................................................................................................................................................................................................................. www.rosni.com.br 11...........................................................SALAZAR .............................................................................................................................................................................www.salazarcomponentes.com.br 39 e 41 .................................................SUPER FINISHING DO BRASIL .................................................................................................................................................. www.superfinishing.com.br 32...........................................................TECHNOPACK ..................................................................................................................................................................................... www.technopack.com.br 33...........................................................TECHNOCOAT ..................................................................................................................................................................................... www.technocoat.com.br 39...........................................................TRANS ERG ................................................................................................................................................................................................. www.transerg.com.br 41...........................................................VIDROPORTO ........................................................................................................................................................................................www.vidroporto.com.br

novidade >

ATENDEMOS AS NECESSIDADES DE *

Guias e Tabelas Técnicas Notas Técnicas Novidades em Máquinas e Equipamentos

400 MIL

PROFISSIONAIS DA INDÚSTRIA DE

EMBALAGEM

Downloads de Tabelas Técnicas

A SiCPack – Solução Integrada de Comunicação traz mais uma novidade aos leitores da Revista Pack. Os anúncios que tiverem os ícones # são de empresas que possuem seus produtos cadastrados no site www.radarindustrial.com.br. Lá você encontrará mais detalhes dos produtos anunciados, especificações técnicas e também informações institucionais da empresa anunciante.

Tudo isso para facilitar ainda mais sua busca por fornecedores e produtos industriais. 42

Interatividade Revistas Digitais Vídeos

Confira em

www.radarindustrial.com.br

MAIS INFORMAÇÕES

(11) 3748-1962 publicidade@banas.com.br www.pack.com.br/sic

*Média mensal de janeiro a junho de 2009. Fontes: IVC – Instituto Verificador de Circulação | Google Analytics | Pesquisa de satisfação do leitor P&S.

Especificações Técnicas

EDITORA BANAS

145_Índice de Anunciantes.indd 42

8/31/aaaa 13:35:22


145_3a capa_AnĂşncio Abreindd.indd 25

8/28/aaaa 17:08:38


145_4a capa_AnĂşncio Multivac.indd 25

8/28/aaaa 14:48:04

Profile for Revista Pack

Revista Pack 145 - Setembro 2009  

MERCADO INFANTIL - 35% das mães brasileiras de crianças entre três e nove anos afi rmaram durante uma pesquisa feita pela TNS InterScience q...

Revista Pack 145 - Setembro 2009  

MERCADO INFANTIL - 35% das mães brasileiras de crianças entre três e nove anos afi rmaram durante uma pesquisa feita pela TNS InterScience q...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded