Page 1

interbuss

RELEMBREM AS FOTOS DA GALERIA DO INTERBUSS

PORQUE TRANSPORTE É VIDA | ANO 8 | N° 379 | 04 DE FEVEREIRO DE 2018

MOTTA RENOVA FROTA COM DD E LD MARCOPOLO

Veículos levam a nova identidade visual da empresa 1/3 NÃO USAM CINTO NO BANCO DE TRÁS DO CARRO


UMA REVISTA

PARA QUEM QUER

SABER TUDO SOBRE TRANSPORTE

NO BRASIL

E NO MUNDO. TODO DOMINGO,

UMA NOVA EDIÇÃO.

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

CONTEÚDO DE QUALIDADE COM RESPONSABILIDADE


PEÇAS PARA

BUSSCAR

ANUNCIE NA

INTERBUSS

CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES!

E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS 170,00 TORNEIRA SANITARIO BUSSCAR

CLIENTES

ESPELHO RETROVISOR EXTERNO LE BUSSCAR MARTE MANUAL R$

1309,73

R$

PORTA DIANTEIRA PANTOGRAFICA LD BUSSCAR JUMBUSS 360 R$

7419,00

Linha completa de CONTACTE-NOS E FAÇA BOM NEGÓCIO peças de UM reposição Busscar. revista@portalinterbuss.com.br Confiram em nossa loja virtual. Compre pela internet! www.apolloonibus.com.br LANTERNA PISCA AMARELA BUSSCAR >01 R$

interbuss

37,23

RUA MÁRIO JUNQUEIRA DA SILVA, 1580 JARDIM EULINA - CAMPINAS/SP

PORQUE TRANSPORTE É VIDA

FONE: (19) 3395-1668 NEXTEL: 55*113*14504


NESTA EDIÇÃO A GRANDE MATÉRIA

Motta renova frota e muda

Nova identidade visual enriquece novos veículos da empresa sul m SUMÁRIO

6 NOSSA OPINIÃO

12 PÔSTER

7 A IMAGEM MARCANTE

14 DEU NA IMP

9 A GRANDE MATÉRIA

16 REDE SOCIA

Geraldo Alckmin não é o bastião da verdade

A foto que marcou a semana no setor de transportes

1/3 não usam cinto no banco de trás dos carros de passeio

10 ADAMO BAZANI

Prefeitura de São Carlos prorroga prazo para licitação

Marcopolo Paradiso G7, p

As notas da imprensa espe

O seu espaço na InterBuss

18 O MELHOR D

As melhores fotos publica


ANO 8 | Nº 379 | DOMINGO, 4 DE FEVEREIRO DE 2018 | 1ª EDIÇÃO | CONCLUÍDA ÀS 20h42 (5ª) EDIÇÃO COM 24 PÁGINAS

a pintura

matogrossense

por Emerson Henrique Silvério

PRENSA ecializada

AL s

DA INTERBUSS

adas no Portal InterBuss

08

O MELHOR DA INTERBUSS

Confiram seleção de fotos que já foram publicadas na Galeria

Melhores fotos da Galeria do InterBuss estão de volta

18

ADAMO BAZANI

São Carlos prorroga prazo para interessadas em licitação

Empresas interessadas no transporte local ganham tempo

10

DEU NA IMPRENSA

Montadoras alemãs fizeram testes de poluição com humanos

Também foram usados macacos em testes no ano de 2014

15

REDE SOCIAL

Confira as melhores fotos que foram publicadas no Facebook

As melhores fotos da semana saem aqui na Interbuss!

16


EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETORIA InterBuss Comunicação REVISÃO InterBuss Comunicação ARTE E DIAGRAMAÇÃO InterBuss Comunicação AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

Prefeitura de Salvador faz valer contrato com viação Na semana passada um incêndio destruiu mais de 60 ônibus dentro de uma garagem localizada na cidade de Salvador, capital baiana. O mais curioso desse fato é que eram ônibus da frota circulante, que estão praticamente todos os dias nas ruas servindo a população. Nos últimos tempos ouviu-se muito em incêndios em garagens de ônibus mas eram sempre em lotes desativados e com a suspeita de que eram para receber seguro ou algum outro benefício pecuniário. A prefeitura local deu cerca de 30 dias para que uma nova frota seja colocada nas ruas em substituição aos queimados. Nem que se a empresa quisesse teria como colocar uma frota zero quilômetro em tão pouco tempo assim nas ruas de Salvador. Uma encomenda desse vulto leva pelo menos 90 dias para ser produzida, isso sem contar os períodos necessários para vistoria dos órgãos competentes soteropolitanos. De acordo com informações da imprensa local, foram colocados veículos usados de uma frota reserva para cobrir os ônibus que foram destruídos. São carros já usados há um tempo razoável e que estavam parados. Como trata-se de uma situação excepcional, esses veículos foram liberados para a circulação por alguns dias, dessa forma a população não é prejudicada por um problema que não é dela, e de certa forma também não é da prefeitura, já que a empresa operadora tem um contrato assinado com o poder público e deve cumpri-lo pois também é remunerada para que esse serviço seja prestado ao menos dentro do que é exigido. Esse fato abre um precedente interessante para soluções dessa natureza e mostra o poder da prefeitura sobre os contratos de transporte público. Na maioria das vezes o poder público dá as costas à população e lambe os pés dos empresários. Como exemplo podemos citar a cidade de Campinas, no interior paulista, que está enfrentando sérios problemas no setor e que a prefeitura se nega veementemente a admitir, que se uma situação dessa acontecesse por lá, era bem possível que a municipalidade aceitasse uma frota bem mais velha do que está em operação no momento para cobrir o lote sinistrado e ficaria assim para todo o sempre, sem exigência de renovação. Já a prefeitura de Salvador pediu reposição com ônibus novos. Apesar de estar dessa forma, não ficou totalmente claro se os veículos tem que ser zero quilômetro ou se podem ser ao menos seminovos com baixa idade. De qualquer forma, o prazo estabelecido de 30 dias é mais do que justo e dá um fôlego para a empresa poder se reorganizar e fazer as devidas aquisições. Em qualquer situação contratual, independentemente do ramo, há um prazo a ser cumprido em caso de imprevisto. Imagine que há um acordo contratual com uma padaria para a compra de uma grande quantidade de pães e há um prazo estabelecido para a entrega do pedido. Se o forno quebra durante a fabricação dos pães, o contratante, que pagou pelo serviço, não quer nem saber, quer que os pães sejam entregues dentro do prazo. Cabe ao dono da padaria procurar alternativas para cumprir o contrato. Se não puder, deverá informar ao contratante e até indenizá-lo, pois o tempo passa a ficar mais curto e pode causar problemas para a pessoa. Por isso, sempre tem que ficar muito claro que o serviço de transporte coletivo privatizado sempre é regido por contratos que são assinados com o poder público, a quem cabe a função de exigir o cumprimento de tudo o que foi pedido na licitação. A prefeitura de Salvador está fazendo valer justamente isso, o contrato já assinado.


A IMAGEM MARCANTE

Louveira, SP

Terça-feira, 30 de Janeiro de 2018

Uma van bateu em ônibus da Rápido Luxo Campinas na Via Anhanguera, no Km 65. Não houve feridos, mas os passageiros do coletivo levaram grande susto. O motorista da van disse ter sido fechado por um carro branco. A van bateu na grade de proteção da estrada, rodopiou e bateu no ônibus parado para pegar passageiros em ponto. As informações são do Jornal da Região e a foto é da leitora Kelly.


A GRANDE MATÉRIA

Mercado

Viação Motta compra 20 DD e LD Marcopolo

Da Marcopolo | assessoria A Viação Motta, uma das mais tradicionais operadoras de transporte rodoviário do Brasil, adquiriu 20 unidades de ônibus Marcopolo. Os veículos, dos modelos Paradiso 1600 Low Driver e Paradiso 1800 Double Decker (dois pisos), fazem parte do programa de renovação de frota da empresa e serão utilizados na rota entre Fortaleza e São Paulo, com distância superior a 3 mil quilômetros em viagens de 38 horas. Segundo Paulo Corso, diretor de operações comerciais e marketing da Marcopolo, o objetivo da Viação Motta é elevar o padrão qualidade dos serviços com a utilização de veículos sofisticados. “O foco é oferecer mais benefícios para os passageiros. O modelo Paradiso apresenta importantes diferenciais de comodidade, segu-

08 interbuss | 04.02.2018

rança e conforto. Essas características foram fundamentais para a escolha dos veículos, que oferecem maior robustez e facilidade de manutenção”, explica o executivo. As 12 unidades do Paradiso 1600 LD possuem 44 poltronas semileito com descansa pernas. Os oito ônibus Paradiso 1800 DD têm capacidade para transportar 56 passageiros, sendo 44 em poltronas semileito com descansa pernas no piso superior e 12 do tipo leito, no piso inferior. Todos os veículos possuem chassi Mercedes-Benz 0500 RSD e contam com geladeira, bebedouro, sistema de arcondicionado com saídas individuais e preparação para equipamentos audiovisuais e eletrônicos. Os 20 veículos contam com iluminação do salão de passageiros toda em LED, com luzes indiretas, que criam um ambi-

ente de conforto e sofisticação. O LED está presente também nas luzes de leitura dos porta-focos, com acionamento por toque. O interior dos ônibus tem configuração para tornar o ambiente mais agradável, com cores e iluminação diferenciadas e sanitário mais prático, confortável e espaçoso. Sobre a Viação Motta Ao longo dos anos, por prestar excelente serviço, a Motta se tornou uma empresa especializada no ramo de transporte fazendo importantes ligações. Hoje, opera em 61 linhas, cobrindo percursos entre 79 municípios nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal, percorrendo anualmente cerca de 20 milhões de quilômetros.


Trânsito

Cinto no banco de trás é resistência para 36%

Motoristas não exigem que passageiros usem o cinto no banco traseiro Da Arteris | assessoria Obrigatório desde o final dos anos de 1990, tanto no banco da frente, quanto no banco de trás, o uso do cinto de segurança ainda não foi adotado de forma universal no Brasil. Pouco mais de 1/3 dos motoristas brasileiros declararam não exigir que os passageiros que trafegam no banco de trás de seus automóveis façam uso do dispositivo. Os dados da pesquisa nacional realizada pela Arteris - uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil, revelam ainda que entre os condutores com idade entre 31 e 40 anos, o percentual da imprudência é ainda maior. Cerca de 44% dos motoristas nessa faixa etária declaram não exigir dos passageiros o uso do dispositivo de segurança. O mais alarmante é que 97,2% desses mesmos condutores declaram ciência sobre a obrigatoriedade de uso do cinto de segurança, inclusive no banco de trás. Além de ser uma infração grave, render multa de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira, no caso de colisões, os passageiros do banco de trás podem causar graves lesões em si próprios e nos demais passageiros, e até podem ser arremessados para fora do veículo. “O uso do cinto de segurança é fundamental para preservar vidas. Estudos indicam que o uso do cinto de segurança reduz em 75% as chances de ferimentos fatais para quem trafega no banco de trás e em 50% para condutores e passageiros no banco da frente. Por isso, é de extrema importância que todos usem o cinto, e que pais, responsáveis e, sobretudo, condutores redobrem a atenção, especialmente nos períodos de férias e feriados prolongados, como este do dia 25 de janeiro”, afirma Elvis Granzotti, gerente de Operações da Arteris. Os acidentes de trânsito estão entre as principais causas externas de morte no Brasil e no mundo. A cada hora, 140 pessoas perdem a vida no trânsito segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Sobre a Arteris – A Arteris S.A. é

uma das maiores companhias do setor de concessões de rodovias do Brasil em quilômetros administrados, com mais de 3.700 km em operação. Por meio de suas dez concessionárias, a Arteris administra rodovias localizadas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, importante eixo econômico e industrial do País. A companhia é responsável pela operação de cinco concessionárias federais: Fernão Dias, Régis Bittencourt, Litoral Sul, Planalto Sul e Fluminense. Também de-

tém as concessionárias estaduais Autovias, Centrovias, Intervias, Vianorte e ViaPaulista, que atuam no interior de São Paulo. A Arteris é controlada pela espanhola Abertis e pela canadense Brookfield e mantém programas permanentes de conscientização. Em 2016, recebeu o Prêmio DENATRAN de Educação no Trânsito, com o Projeto Escola Arteris, programa com foco na humanização do trânsito por meio da cidadania, ética e convívio social. Saiba mais: www.arteris. com.br. 04.02.2018 |

interbuss 09


COLUNAS

NOSSO TRANSPORTE ADAMO BAZANI | adamobus@gmail.com

Prefeitura de São Carlos prorroga prazo para entre de propostas em licitação dos ônibus A prefeitura de São Carlos, no interior paulista, anunciou nesta quintafeira, 01 de fevereiro de 2018, que prorrogou o prazo para empresas interessadas participarem da licitação dos transportes públicos municipais. A data que era 9 de fevereiro passou a ser 07 de março. O edital, entretanto, não foi alterado. De acordo com a prefeitura, em nota, o objetivo da alteração é “ampliar a divulgação e transparência do processo”. A prefeitura ainda afirmou que o contrato poderá ser de até 20 anos (10 anos prorrogáveis por até mais 10 anos) e que, ao longo da concessão, é possível que haja mudanças no sistema, mas respeitando o equilíbrio financeiro da operadora. O prazo de vigência do contrato será de 10 anos, contados do início da operação, prorrogável por igual período. Durante a vigência do contrato, a critério do município, poderão se fazer alterações na área de abrangência da concessão, com aumento de linhas e itinerários, sempre com o objetivo de melhor atender o interesse público, porém respeitando e mantendo o equilíbrio econômico-financeiro da concessionária. Os envelopes contendo a documentação e a proposta serão recebidos e protocolados na Comissão Permanente de Licitações impreterivelmente até às 9h do dia 7 de março de 2018 quando, após o recebimento, às 9h30, serão abertos os envelopes das propostas. Nesta quarta-feira, 31, o Ministério Público do Estado conseguiu uma liminar na justiça que determina que o município conclua a concorrência pública para escolher a empresa de transporte público no prazo de 120 dias. A Justiça ainda estipulou que a prefeitura mantenha quantidade suficiente de ônibus em circulação até a nova empresa assumir para que a população seja atendida com o mínimo de qualidade. A prefeitura é responsável pela operação dos ônibus após intervenção sobre a empresa Suzantur, que operava sem contrato na cidade, e foi acusada pelo poder público de descumprir cláusulas básicas do edital, como quantidade de veículos, conservação de frota e realizada de partidas, além de haver suspeita de

10 interbuss | 04.02.2018

fraude no número de passageiros transportados. A empresa, que também opera em Mauá e Santo André, no ABC Paulista, nega as acusações. HISTÓRICO No dia 23 de janeiro de 2018, a prefeitura de São Carlos iniciou a intervenção no serviço de transporte público da cidade, operado pela Suzantur, que também presta serviços em Mauá e Santo André, no ABC Paulista. No decreto de 22 de janeiro de 2018, publicado no diário oficial do dia 23, a prefeitura disse que “reconhece situação de estado de emergência, caminhando para estado de calamidade pública, na prestação dos serviços de transporte coletivo urbano no município de São Carlos, assim, intervém no serviço, e assume a operação e consequentemente a empresa, com todo o seu ativo, veículos, equipamentos, para fins de dar continuidade do serviço, o qual tem data de paralização anunciada como definitiva, a ocorrer no

dia 26 de janeiro de 2018.” Como demonstrou o texto do Decreto, a intervenção na Suzantur significa que a prefeitura assumiu a operação e os ativos da empresa de transporte, passando a utilizar os veículos e equipamentos para dar continuidade ao serviço. A empresa de Claudinei Brogliato anunciou que ia paralisar os serviços no dia 26 de janeiro, o que teria motivado a intervenção, segundo a prefeitura. No dia 15 de janeiro, a prefeitura divulgou nota dizendo que suspeita que a Suzantur teria manipulado os números de passageiros transportados para sonegar parte do ISSQN – Imposto sobre Serviços sobre Qualquer Natureza. Em seu site, a administração municipal disse que instaurou “processo administrativo para fins de fiscalização e apuração de eventual fraude de informações na prestação de serviços e sonegação no recolhimento do ISSQN (Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza) pela empresa Transportadora Turística Su-


ega

zano LTDA.” Na página oficial, a prefeitura diz ter constatado diferenças significativas se comparados os meses de maio de 2016, quando o sistema ainda era operada pela Athenas Paulista, que foi descredenciada, e maio de 2017, já com a atuação da Suzantur. A relação entre Suzantur e Prefeitura de São Carlos, que começou com mútuos elogios, não é nada amistosa agora. A empresa diz que até julho do ano passado, a cidade devia R$ 4 milhões (sem correção) por cinco meses de subsídios referentes a gratuidades não repassados. A Suzantur assumiu o serviço de transporte coletivo em São Carlos em agosto de 2016. Tratava-se de um contrato emergencial de seis meses, que foi considerado irregular pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE, não podendo, portanto, ser prorrogado. Desde 31 de janeiro de 2017, a empresa prestava serviços sem contrato.

MP conseguiu liminar que obriga prefeitura a manter serviço com qualidade mínima

Em maio de 2017, o Ministério Público do Estado de São Paulo processou o ex-prefeito Paulo Altomani (PSDB), o exsecretário de transporte e trânsito, Márcio Marino, e a Suzantur apontando irregularidades na contratação emergencial. Em julho de 2017, a empresa de ônibus moveu uma ação na Justiça contra a prefeitura, solicitando o pagamento referente a cinco meses do subsídio. O valor já atingia R$ 4 milhões (hoje está, segundo a empresa, na casa dos R$ 9 milhões). Em setembro do mesmo ano, para pressionar a prefeitura, a Suzantur afirmou que poderia paralisar os serviços caso o repasse da verba do subsídio não fosse feito. A prefeitura de São Carlos, no mês de outubro ainda de 2017, publicou o Decreto n° 262, autorizando a contratação de outra empresa para substituir a Suzantur. O contrato, também emergencial, valeria por um período de seis meses. Mesmo com o Decreto da Prefeitura, não houve contratação de nenhu-

ma empresa para assumir a operação do transporte coletivo na cidade. A prefeitura de São Carlos moveu contra a Suzantur uma ação direta de inconstitucionalidade para suspender o pagamento de subsídios. Em novembro de 2017, o Tribunal de Justiça de São Paulo concedeu liminar suspendendo temporariamente o pagamento mensal de R$ 797 mil em subsídios, previsto em contrato referente às gratuidades e descontos nas passagens para idosos, pessoas com deficiência e estudantes. A prefeitura usou no processo a conclusão Tribunal de Contas do Estado TCE, que considerou o contrato irregular. Como a Suzantur operava sem contrato, a prefeitura entende que não havia mais contrato para seguir, inclusive a obrigatoriedade de subsídios. O desembargador Ferreira Rodrigues considerou inconstitucional o pagamento de subsídios na situação atual dos transportes da cidade. 04.02.2018 |

interbuss 11


interbuss

EMERSON HENRIQUE SILVÉRIO Marcopolo Paradiso G7 1200 Pássaro Marron, em São Paulo/SP


DEU NA IMPRENSA

Transpo Online

RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA IMPRENSA ESPECIALIZADA

Peterbilt produz o seu milionésimo caminhão

Do site | notícias

Neste começo de ano, a Peterbilt Motors Company alcançou a histórica marca de 1.000.000 montados desde a sua fundação, em 1939. O modelo em questão foi o 567, produzido na fábrica de Denton, no Estado do Texas (EUA). “A produção do milionésimo caminhão é um momento de muito orgulhoso para a marca”, destacou Kyle Quinn, gerente geral da Peterbilt Motors Company. O histórico Peterbilt Model 567 Heritage será apresentado durante o próximo Mid-America Trucking Show (MATS), uma das maiores feiras de caminhões do mundo. “Um milhão de caminhões é um marco fantástico e reflete os esforços de todos os nossos colaboradores desde 1939. Nós não teríamos alcançado essa marca sem eles”, finalizou Leon Handt, derente Operações da Peterbilt Motors Company.

14 interbuss | 04.02.2018


Transpo Online

Montadoras alemãs fariam testes com seres humanos

Do site | notícias Mais uma vez, nomes de importantes montadoras aparecem imersos em forte escândalo. De acordo com os jornais alemães, Süddeutsche Zeitung e Stuttgarter Zeitung, o Grupo Europeu de Pesquisas sobre Meio Ambiente e Saúde no Setor de Transportes (EUGT), fundado pelas companhias por Volkswagen, Daimler e BMW e que foi encerrada em meados de 2017, encomendou o estudo. A pesquisa “Inalação de curto prazo de dióxido de nitrogênio por pessoas saudáveis” foi feita durante um período não determinado entre 2012 e 2015, quando o hospital da Universidade de Aachen examinou 25 pessoas que inalaram quantidades variadas da substância durante várias horas. De acordo com o conteúdo da pesquisa, revelado pelos jor-

nais, nenhuma reação foi percebida nos indivíduos. Em pronunciamento oficial, a Daimler declarou: “Estamos chocados com a extensão desses estudos e de sua implementação. Condenamos fortemente os experimentos. Mesmo que a Daimler não tenha tido influência na elaboração do estudo, lançamos uma ampla investigação sobre o assunto”, garantiu. As reportagens não conseguiram identificar o objetivo e as conclusões da pesquisa. Todavia, a revelação dos experimentos com pessoas chocou o mundo todo, reforçando as discussões acerca da proibição da circulação de veículos a diesel nos centros urbanos. Em 2015, foi descoberto que a Volkswagen fraudou os dados de emissões de seus automóveis em diferentes países, possibilitando a aprovação de seus veículos nos testes de agências reguladoras.

Posteriormente, foi descoberto que outras montadoras também burlaram as agências reguladoras com resultados adulterados de testes. Testes com macacos Segundo matéria publicada no jornal estadunidense The New York Times, em 2014, o EUGT promoveu pesquisas em que dez macacos inalavam fumaça de um Volkswagen Beetle. Neste caso, os primatas assistiam a desenhos animados enquanto respiravam os gases emitidos pelo automóvel em uma sala fechada. A pesquisa pretendia contra argumentar a Organização Mundial de Saúde (OMS), que afirmou que os gases emitidos por esse tipo de combustível são cancerígenos. As empresas BMW, Daimler e Volkswagen condenaram experimentos com macacos. 04.02.2018 |

interbuss 15


REDE SOCIAL

AS MELHORES FOTOS DA SEMANA NO FACEBOOK

Rafael Xarão | Comil Campione

Fernando Martins | Busscar Urbanuss Pluss

Wallace Barcellos | Marcopolo Torino

Lucas Alvim | Marcopolo Torino

Alex de Souza | Ciferal Padron Alvorada

Roberto Martins | Neobus New Road N10

16 interbuss | 04.02.2018


Mateus C. Barbosa | Marcopolo Ideale 770

Gabriel Batista | Busscar Jum Buss 360

Charlestom Carvalho | Busscar Vissta Buss LO

Rafael Caldas | Neobus New Road N10

Rodrigo Gomes | Caio Apache Vip

Danilo PessĂ´a | Marcopolo Paradiso G7 04.02.2018 |

interbuss 17


O MELHOR DA INTERBUSS

UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FOTOS PUBLICADAS NAS GALERIAS DO PORTA

Diogo Amorim Busscar Jum Buss 360 Scania K124 | Auto Viação Catarinense

Vinicius Christófori Marcopolo Paradiso GV 1150 MBB O-400RSD | Planeta

Douglas Andrez Marcopolo Paradiso G6 1800DD Scania K420 | Kaomatur

Vinicius Christófori Busscar Urbanuss Pluss MBB OF-1722M | Auto Viação 1001

Douglas Andrez CMA Flecha Azul Scania K113CL | Conesul

Antonio Carlos Lima Comil Svelto MBB OF-1722M | Santa Cruz

18 interbuss | 04.02.2018


S JÁ TAL INTERBUSS

Adriano Minervino Marcopolo Paradiso G6 1200 MBB O-500RSD | Itapemirim

Diego Batista Busscar El Buss 320 MBB OH-1518 | Pássaro Marron

Douglas Andrez Busscar Panorâmico DD | Turismo Volkmann

Emerson Henrique Silvério Marcopolo Paradiso GV 1150 Volvo B58 | Expresso de Prata

Fábio Lima Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Guarulhos

Gabriel Guedes Barbosa Busscar Vissta Buss MBB O-400RSD | Santo Antonio 04.02.2018 |

interbuss 19


O MELHOR DA INTERBUSS

Emerson Henrique Silvério Monobloco MBB O-371 | Viação Caprioli

Giovani Alencar Marcopolo Paradiso G6 1550LD MBB O-500RSD | Andorinha

Vinicius Christófori Vissta Buss HI Tecnobus | Viação Itapemirim

José Geyvson da Silva Specialbus Walkbus Agrale | SP Tour

Fernando Martins Antunes CMA Flecha Azul Scania K113CL | Santa Monica Turismo

Fernando Martins Antunes Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Viação Boa Vista

20 interbuss | 04.02.2018


Vinicius Christófori Marcopolo Paradiso G7 1050 Volvo B9R | Auto Viação 1001

Cesar Castro Marcopolo Paradiso G7 1200 Volvo B12R | Eucatur

Vinicius Christófori Marcopolo Senior MBB LO814 | Real

Nicolas Gordiano Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Via Sul

Gabriel Guedes Barbosa Marcopolo Viaggio G4 MBB OF-1318 | AG Turismo

Douglas Andrez Marcopolo Paradiso G6 1350 MBB O-400RSD | Santa Cruz 04.02.2018 |

interbuss 21


COLUNAS

VIAGENS & MEMÓRIA

NOVA INTERBUSS.

MARISA VANESSA N. CRUZ | ideiaselembrancas@gmail.com

Um rápido resumo da cidade de Serra Negra O último dia 26 de novembro entrou para a história do hobby. Isso porque mais uma vez aconteceu uma exposição de ônibus na capital paulista. O 11º BusBrasil Fest, evento cujo local foi um dos cartões-postais da cidade, a Praça Charles Miller, de frente ao estádio do Pacaembu e localizado a alguns quilômetros do centro de São Paulo, atraiu milhares de entusiastas do transporte rodoviário de todo o país. Este evento foi idealizado pelo Portal do Ônibus, de Juverci de Melo, e teve o apoio de inúmeros parceiros como Defesa do Trólebus e Secretaria Municipal de Mobilidade e Transporte. Ao todo, foram cerca de 140 ônibus expostos, entre antigos e novos. O evento teve a participação de entidades como a SPTrans, assim como a maioria das viações participantes do sistema, e também empresas vinculadas à EMTU, como Benfica, Miracatiba, e ETT Carapicuíba, assim como as rodoviárias Garcia, 1001, Cometa, Planalto, entre outras, além de colecionadores de relíquias que expuseram seus ônibus. Este evento foi perfeito até para entusiastas que não conhecem o transporte público da capital paulista, pois cada viação levou ao menos um veículo de qualquer tamanho, levando ao público um resumo da frota do município. Há muito tempo eu não via uma exposição com muitos ônibus. Foi demais! E além dos ônibus expostos, não deixo de citar o reencontro entre inúmeros entusiastas, proporcionando uma grande confraternização.

NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss

22 interbuss | 03.12.2017

PORQUE TRANSPORTE É VIDA


ANUNCIE NA

INTERBUSS E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS

CLIENTES CONTACTE-NOS E FAÇA UM BOM NEGÓCIO

revista@portalinterbuss.com.br

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA


NOVA INTERBUSS. NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

Revista InterBuss | Edição 379 | 04.02.2018  

Edição com 24 páginas | Concluída na quinta (01) | Confira nesta edição matéria sobre a compra de 20 novos ônibus Marcopolo pela Viação Mott...

Revista InterBuss | Edição 379 | 04.02.2018  

Edição com 24 páginas | Concluída na quinta (01) | Confira nesta edição matéria sobre a compra de 20 novos ônibus Marcopolo pela Viação Mott...

Advertisement