Page 1

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA EDIÇÃO 48 - ANO 9 - JULHO 2018

‘‘Testemunha da história’’ DE SÃO PAULO

Pesqueiro Paraiso dos Pássaros 18 18 Bairro do Cervinho

99658 0170 99796 0447 pesqueiroparaisodospássaros

11o3s an


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Carta aos Leitores Expediente

Após desfrutar do enorme sucesso alcançado em nossas edições anteriores, elaborar a edição especial de Assis foi um grande e prazeroso desafio. Falar de Assis sem demonstrar preconceitos e nem crenças pessoais, esclarecendo, formando e informando, foi nossa meta ao escrever cada linha desta edição, que traz como tema principal a história deste importante município que tanto representa para São Paulo e o Brasil. Nossos agradecimentos aos colaboradores não mediram esforços para que fizéssemos um trabalho sério e competente. Agradecemos também aos nossos patrocinadores que acreditaram no sucesso da Revista Destak de São Paulo. Finalizando: É com grande prazer que convido a todos para um mergulho nas páginas seguintes. Uma ótima leitura a todos! O Editor.

Diretor Geral: Paulo R. Jorge Comercial: 43 8813 1611 (Claro) | 43 9638 9020 (Tim) Projeto gráfico: Vidatech Tiragem limitada. Revista Destak do Paraná Email: redestakpr@gmail.com | redestak@hotmail.com Av Leste Oeste, 882 - 1 Andar Londrina - PR

Agradecimentos

Prefeitura do Município de Assis,

Museu Histórico Municipal e Biblioteca Municipal.

As opiniões e artigos assinados não apresentam necessariamente a opinião da revista, sendo de total responsabilidade de seus autores.

05


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

ASSIS E SUAS ORIGENS A Colonização do Noroeste Paulista Até meados do século XIX, toda extensão das terras que compõe o noroeste paulista eram conhecidas e mapeadas apenas pelos Bandeirantes que adentravam o sertão a procura do ouro que era facilmente encontrado nos rios da região. Eram terras habitadas por várias tribos indígenas, conhecidas apenas como “Sertão do Paranapanema”. Na segunda metade do século XIX, as terras desconhecidas foram delineadas pelo Governo da Província, que enviou técnicos para fazer os inventários etnográficos e geofísicos da região, com a clara intenção de ocupação desse território paulista. Fonte: Site Prefeitura Municipal.

06


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

FUNDAÇÃO DO MUNICÍPIO De Povoado à Patrimônio

O pioneiro José Teodoro de Souza foi o primeiro a tomar posse das terras da região do Vale do Paranapanema. Formou a fazendas Três Barras que foi vendida à José Machado de Lima, e a Fazenda Taquaral vendida ao Capitão Francisco de Assis Nogueira. Por volta de 1 898, após se instalar com a família, o “Capitão Assis” doou 80 alqueires de terras à Igreja Católica, aceitada pelo padre Paulo de Mayo, então vigário daquela cidade. O Patrimônio que pertencia ao município de Campos Novos do Paranapanema, nasceu em 1º de julho de 1 905, ao lado de uma capela erguida a beira do caminho em 1 890, que servia de apoio espiritual aos tropeiros que demandavam rumo ao Oeste Paulista. A capela construída de pau-a-pique e coberta inicialmente de palha, foi o palco onde ao seu redor surgiram os primeiros casebres que abrigou os verdadeiros pioneiros, e estava localizada próxima ao Córrego do Jacú, abaixo da Catedral no sentido do antigo “Buracão”. Fonte: Site Prefeitura Municipal.

07


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

FUNDAÇÃO DO MUNICÍPIO De Patrimônio à Distrito

No início do século XX, nos tempos da famosa Estrada Boiadeira o comércio local era feito pelos tropeiros que abasteciam o povoado com os gêneros de primeira necessidade. As tropas faziam a comunicação entre as cidades e os povoados transportando o gado, as

correspondências e todos os gêneros de subsistência necessários. Naqueles tempos todas a organização social do povoado passava pelo padre que além de mentor espiritual, desempenhava também funções político-administrativa da comunidade. Fonte: Site Prefeitura Municipal.

08


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Emancipação Político - Administrativa De Distrito à Município Na segunda década do século XX, o Governo do Estado tirou do papel um projeto que previa o prolongamento da Estrada de Ferro Sorocabana que partia da cidade de Salto Grande passando por Assis, até Porto Epitácio, antigo Porto Tibiriçá. A chegada da Estrada de Ferro Sorocabana em 1 914, deu o impulso necessário para a emancipação do Patrimônio que no dia 30 de novembro de 1 915, através da Lei Estadual nº 1496, passou à condição de Distrito. E no dia 20 de dezembro de 1 917 através da Lei Estadual nº 1581 daquele mesmo ano, passou à condição de Distrito de

Paz, o que deu origem à criação do Cartório de Registro Civil, tendo sido nomeado como escrivão de Paz o Capitão José de Freitas Garcez. Após a instalação da Câmara dos Vereadores em 20/03/1 918, em Sessão Extraordinária, elegeram o vereador João Teixeira de Camargo como o primeiro Prefeito de Assis. Em 15/03/1 919, foi instalada a Comarca e a partir daí Campos Novos passou a se chamar Assis, e a nova gestão política e a administração passou a ser local. Assim, todos os nascidos nessas paragens passaram a receber o Gentílico de Assisense.

Arquivo Kiko Roselli - Luiz

Fonte: Site Prefeitura Municipal.

Reunião da Câmara (Dec. de 1920)

09


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

ETIMOLOGIA A Origem do Nome da Cidade

Foto do Capitão Assis em meio a uma caravana no municipio de Maracai por volta de1868.

Em sua etmologia, a palavra Assis significa sobrenome, ou aquele que vem de Assis, ou é seguidor de São Francisco de Assis. Entretanto, a origem do nome da cidade se deu em homenagem ao seu fundador que doou as terras e mandou construir a primeira Capela, que deu origem ao povoado que por sua vez originou à cidade do mesmo nome.

10


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

A COLONIZAÇÃO ESTRANGEIRA Uma Parceria de Sucesso

O grande impulso para o desenvolvimento de Assis, foi sem dúvidas a construção da Estrada de Ferro Sorocabana que trouxe trabalhadores migrantes de vários estados brasileiros. Mineiros e nortistas eram a maioria, que juntamente com os mestres portugueses e os engenheiros ingleses, chegaram para construir a ferrovia que por sua vez, transportou os imigrantes oriundos do Rio Grande do Sul e seus descendentes de alemães e de outros países da Europa que vieram fugindo da escassez provocada pela Primeira Grande Guerra Mundial.

Chegaram em busca das oportunidades que a abertura dos portos adotada pelo Governo Federal oferecia, com as promessas de um “Novo Eldorado”. Hoje é possível encontrar uma grande mistura de raças, etnias e cultura de todas as partes do globo terrestre na cidade de Assis. Portugueses, japoneses, alemães, italianos, espanhóis, sírios libaneses e poloneses entre outros, contribuíram de forma definitiva para o progresso e na formação das características culturais, sociais e econômica do nosso município. Editoria local

11


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

A ESTRADA DE FERRO A Locomotiva do Progresso

A Estrada de Ferro foi inaugurada no País em 1 871, ainda durante o Império, e a sua malha ferroviária atendia as principais cidades produtoras do café. A linha mais conhecida, a Sorocabana só chegava até Ourinhos e até a década de 1 910 ficou parada na cidade de Salto Grande. A partir daí, o governo do Estado em consórcio como empresário José Giorgi, decidiu pela sua extensão até a cidade de Porto

Epitácio, antigo Porto Tibiriçá, coma clara intenção de desenvolver o Médio Vale do Paranapanema. De fato a ferrovia impulsionou o crescimento da região, fazendo o escoamento da produção baseada na cultura do algodão e posteriormente do café até o porto de Santos, de onde trazia os insumos e toda a gama de gêneros importados da Europa. Fonte: Site Prefeitura Municipal.

Locomotiva à Vapor decada de 20.

12


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

A Maria Fumaça A Inauguração da Estação Ferroviária

A linha tronco da Estrada de Ferro Sorocabana chegou em Assis no ano de 1 914, e a inauguração do armazém e da estação se deu no dia 03 de setembro de 1 915. Os trilhos rasgavam a floresta feito um rio que desaguava em uma grande clareira no centro do povoado onde foi derrubada a mata nativa para a construção da estação e do armazém da ferrovia. Toda atenção do povo estava concentrado na ferrovia quando chegou o dia da inauguração. Na plataforma os convidados de honra e autoridades aguardavam ansiosos e eufóricos a chegada do trem com seus passageiros e o seu condutor. Perto da hora marcada apontou na longa

reta uma barulhenta locomotiva que trazia à frente uma bandeira nacional. Entre o tanger do sino e o barulho dos fogos, se fez ouvir o apito do trem que soltava uma coluna de fumaça branca. Quando finalmente a locomotiva estacionou, ouviase ao fundo uma afinada banda marcial que após as saudações entusiasmadas, executou o hino nacional brasileiro. No discurso da maior autoridade local, o prefeito incisivo disse aos presentes: “...se quiserem progredir, vençam pelo seu próprio esforço, pelo trabalho e pela perseverança. Não fiquem esperando ajuda e tão pouco promessas...”. De fato, a história da cidade seguiu seu rumo paralelo àquele discurso. Editoria local

13


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

GALERIA DE PREFEITOS Personagens da História

14


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

GALERIA DE PREFEITOS Personagens da História

Fonte: Site Prefeitura Municipal.

15


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

SÍMBOLOS DO MUNICÍPIO Hino, Bandeira e Brasão

Hino do município de Assis Eis o famoso São Francisco “Homem de Lata” de Assis, a estátua mais famosa desta cidade.

Letra por Profª Maria Lopes de Campos Melodia por Profª Maria Lopes de Campos

Este canto de amor tão vibrante Comemora a data feliz Neste Hino festivo saudamos, Esta Terra querida de Assis! Terra hospitaleira, De prosperidade, E de felicidade. Terra de amor, terra de paz, seja feliz! Salve cidade, cidade de Assis. Terra de amor, terra de paz, seja feliz! Salve cidade, cidade de Assis. Fraternal!

16


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

SÍMBOLOS DO MUNICÍPIO Hino, Bandeira e Brasão

Bandeira de Assis A Bandeira do Município de Assis é de autoria de José Botelho, criada pela Lei nº 1238, de 31 de março de 1966. José Botelho, desenhista e funcionário do DER coloriu a bandeira com três faixas brancas no canto superior direto e mais tarde no superior esquerdo, indicando os poderes legislativo (faz as leis), executivo (executa as leis) e judiciário (julga de acordo com elas) e ainda reproduz o brasão, tudo em um fundo azul. Foi instituída pela Lei nº 1238, de 31 de março de 1966, sendo homologada pela Comissão Julgadora instituída na época por representantes do Poder Legislativo, Executivo, representantes do Ensino, do Comércio e Classe Liberal. Fonte: Site Prefeitura Municipal.

Brasão de Assis O Brasão é o símbolo da cidade brasileira de Assis, no estado de São Paulo.

17


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

ORGANIZAÇÃO POLÍTICA Dados e Índices Dados Gerais Assis é um município brasileiro do interior do estado de São Paulo. Pertence à microrregião e mesorregião de mesmo nome, localiza-se a oeste da capital do estado, distante 434 km da capital est e abriga uma população total de 102.924 habitantes (Estimativa IBGE/2017)[12] em seus pouco mais de 462 km².

Gentilico: Assisense Prefeito: José Aparecido Fernandes (PDT) (2017 – 2020) Municípios limítrofes limítrofesNorte: Lutécia Sul: Cândido Mota e Tarumã Leste: Platina e Echaporã Oeste: Paraguaçu Paulista e Maracaí Distância até a capital434 km

Data de Aniversário 1 de julho Data de Fundação: 1 de julho de 1905 (112 anos) Microrregião Assis IBGE/2008 Municípios limítrofes Norte: Lutécia Sul: Cândido Mota e Tarumã Leste: Platina e Echaporã Oeste: Paraguaçu Paulista e Maracaí. Distância até a capital 434 km Fonte: Site Prefeitura Municipal.

18


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

ASPÉCTOS GEOGRÁFICOS Características Gerais CIDADE DE ASSIS Assis é um município brasileiro do interior do estado de São Paulo. Pertence à microrregião e mesorregião de mesmo nome, localiza-se a oeste da capital do estado, distante 434 km da capital estadual e abriga uma população total de 102.924 habitantes (Estimativa IBGE/2017) em seus pouco mais de 462 km². É a maior cidade de sua Microrregião e ocupa a posição de 76º maior município do estado, situa-se a 22º 39' 42" de latitude sul e 50º 24' 44" de longitude oeste. A sede tem uma temperatura média anual de 21,37 °C e na vegetação do município predomina a Mata Atlântica e o Cerrado, sendo uma zona de transição de vegetação e solo, diferenciando-se da região, possuindo uma coloração avermelhada porém arenoso. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) segundo a ONU é de 0,805, considerado como elevado em relação ao do estado, em 28º lugar entre cidades de maior IDH do país . Para a FIRJAN em 2014, a cidade estava em 190º a nível nacional e em 49º segundo a FGV em 2012. A cidade também ficou com o 237º maior potencial de consumo (IPC Marketing) entre todas as cidades brasileiras em 2014 e no estado ficou na 72º posição. Fonte: Wikipédia

CARACTERÍSTICAS GEOGRÁFICAS Área461,705 km² População 102 924 hab. (SP: 76º) – Estimativa IBGE/2017[6] Densidade 222,92 hab./km² Altitude 546 m Clima: Tropical de altitude. Temperatura média de 21,5°C Cfb

Fonte: Wikipédia

19


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

CATEDRAL DIOCESANA DE ASSIS SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

A criação da Diocese de Assis se deu através do esforço de autoridades eclesiásticas como o Padre David Corso e do próprio Arcebispo de São Paulo Dom Duarte Leopoldo e Silva juntamente com uma comissão próBispado composta de cidadãos assisense liderada pelo Dr. Vasco Joaquim Smith Vasconcelos. Desmembrada da Diocese de Botucatu, aconteceu em 30 de novembro de 1 928, autorizada pelo Papa Pio XI através da Bula “Solicitudo Universalis Eclesiae”, que definiu a titularidade ao Sagrado Coração de Jesus e o Padroeiro como sendo São Francisco de Assis, tendo nomeado Dom Antônio José dos Santos como o primeiro Bispo de Assis. Na mesma data em que foi inaugurado o Palácio Episcopal sob a invocação de Santa Teresinha do Menino Jesus. Fonte: Wikipédia

20


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

PADROEIRO DO MUNICÍPIO São Francisco de Assis

São Francisco de Assis nasceu Giovanni di Pietro di Bernardone, em Assis na Itàlia no ano de 1 182. Era filho de Pedro Bernardone, um rico comerciante, e Pia, de família nobre da Proveça italiana. Na juventude ouviu um chamado divino para “Servir ao amor e ao servo” logo após ter sofrido uma enfermidade que o jogou na cama. Com muita oração, Francisco se recuperou e se tornou um frade católico, que logo sentiu a necessidade de vender os seus bens e “comprar a pérola preciosa”, sobre a qual lera no evangelho. Desde então passou a visitar os enfermos e andar com os pobres contrariando seu pai que indignado, pediu a ele que voltasse para casa ou renunciasse a sua herança. Em seguida, desnudou-se e entregou as suas roupas ao seu pai dizendo: “Até agora tu tens sido o meu pai

na terra, mas de agora em diante poderei dizer: 'Pai nosso que estais nos céus”. Deus lhe concedeu o dom da profecia e ele passou a operar milagres ao curar com um beijo, um câncer que havia desfigurado o rosto de um homem. A santidade de São Francisco de Assis lhe rendeu vários discípulos, dando assim origem à “Ordem dos Franciscanos”. A proximidade do frade com a natureza e com os animais sempre foi a faceta mais conhecida deste Santo. Seu amor universalista abrangia toda a criação e simbolizava um retorno a um estado de inocência, como Adão e Eva no Jardim do Éden. Assim, esse discípulo de Cristo que tanto desejava assemelhar-se à Ele, morreu enfermo aos 45 anos e obteve a canonização dois anos após a sua morte, pelo Papa Gregório IX em 1 228 e sua festa é celebrada no dia 4 de outubro. Fonte: Wikipédia

21


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

Extirpe Assisense NOSSAS Origens

22


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Extirpe Assisense NOSSAS Origens

23


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

TUNEL DO TEMPO Revivendo o passado

24


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

TUNEL DO TEMPO Revivendo o passado

25


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

TUNEL DO TEMPO Revivendo o passado

26


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Assis Hoje De Princesinha da Sorocabana à "Cidade Fraternal»

27


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

Comércio e Indústria ACIA - Associação Comercial e Indústrial de Assis

A infraestrutura de Assis está baseada na agroindústria, o setor primário representa uma grande força econômica, que se refletiu na ocupação do seu espaço territorial. Os principais tipos de cultura são: Cana de Açúcar, Milho, Soja, Banana, Mandioca, Arroz, Eucalipto e Pinus entre outros. Além das grandes áreas destinadas à atividade do reflorestamento, existe ainda uma considerável área de vegetação natural. O município comercializa quase a totalidade da sua produção, sendo que uma boa parcela é destinada à exportação através das cooperativas que atuam no setor. Assis conta com diversas entidades que prestam o suporte e assessoria técnicas necessárias no campo da pesquisa e do desenvolvimento, com ampla concentração de conhecimentos e de tecnologia. Neste mesmo contexto, o setor da piscicultura conta com suporte técnico do Instituto da Pesca, transferindo tecnologia através de cursos e palestras ministradas através dos “dia de campo”, além de atendimento aos agricultores e demais interessados.

28


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Comércio e Indústria ACIA - Associação Comercial e Indústrial de Assis

N o s e t o r s e c u n d á r i o a s e m p r e s a s médica regional, respaldadas pela facilidade localizadas no parque industrial de Assis é de deslocamento, o município cresce amplo e diversificado, desenvolvendo várias amparada pela ACIA, SEBRAE, SERT e atividades nas áreas da metalurgia e metal SINCOVAMA entre outros, atraindo m e c â n i c a . Ta m b é m é consumidores das cidades marcante a presença de vizinhas e reforçando a sua indústrias de produtos condição de Polo Regional. Assis, a “Cidade alimentícios e bebidas, O município de Assis que Fraternal”, é também conhecida pelos cursos co m d esta q u e p a ra a está localizado em um de graduação da UNESP, quantidade da mão de ponto geográfico da FEMA e da UNIP. obra disponível no estratégico, encontra-se Além disso, é uma município. As indústrias numa confluência das polarizadora regional de da construção civil e as de principais artérias desenvolvimento madeira e mobiliários, regionais e interestaduais tecnológico, e pela encontram bastante sendo as principais: SP 270 referência cultural, esportiva, tecnológica e facilidades para sua (Raposo Tavares), que faz a científica que fazem com atuação devido à ligação com a Capital, e a que a cidade também localização geográfica que SP 333 (Miguel Jubran), ostente o título atual de permite a obtenção dos que dá acesso à Marília e a “A Capital do insumos, e a facilidade no SP 0284, em direção ao Paranapanema”. escoamento. No setor Paraná. Também conta terciário a cidade conta com o Aeroporto com várias empresas no Municipal “Marcelo Pires setor comercial e da prestação de serviços Holzhauzen”, dotado de infraestrutura na área da saúde, que encaminham o n e c e s s á r i a p a ra o p e ra çã o d e vô o s município como centro de excelência domésticos.

Fonte: Site Prefeitura Municipal.

29


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

Cultura Lazer e Turismo Nossas Festas

Catedral Diocesana - Sagrado Coração

Assis Plaza Shopping

Horto Florestal Assis-SP

30


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

Cultura Lazer e Turismo Nossas Festas

31


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

ESPORTES EM DESTAK Brava Gente Assissense

32


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

ESPORTES EM DESTAK Brava Gente Assissense

Categorias adulto e sub17 do Assis Basket

33


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

34


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

35


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

36


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

37


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

38


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

39


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

40


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

41


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

42


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

43


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

44


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

45


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

NOSSA TERRA, NOSSA GENTE O Melhor de Assis é o Assissense

46


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO 2018

DICA DE SAÚDE BUCAL restauração com facetas em porcelana

resultantes de alterações das atividades do cérebro. ▫ Portanto, para reduzir a ingestão de açúcar, comece deixando de adoçar suas bebidas como café e sucos naturais, evite comprar sucos industrializados e refrigerantes, troque o chocolate ao leite pelo amargo e ao invés da sobremesa, prefira uma fruta. Tudo é uma questão de adaptação do paladar, e logo, você vai perceber que esse alimento não lhe fará falta alguma! Dúvidas? Fale com seu nutricionista!

COMO DIMINUIR O CONSUMO DE AÇÚCAR NO SEU DIA A DIA O açúcar refinado é um ingrediente amplamente utilizado pela indústria e está presente na vida da maioria dos brasileiros. É um alimento de valor nutricional quase nulo, constituído basicamente por carboidratos simples, cujo consumo aumenta a glicemia no sangue e causa picos de insulina. A médio e longo prazo, provocam desequilíbrios metabólicos que podem levar à resistência à insulina e diabetes do tipo 2. ▫ Diminuir o açúcar pode não ser uma tarefa fácil, pois esse alimento interfere em vias neuronais associadas com a sensação de prazer e recompensa. Porém, estudos mostraram que seu excesso pode estar relacionado com o desenvolvimento de problemas que envolvem memória, concentração e distúrbios emocionais

dani_rafihi@hotmail.com

47


EDIÇÃO 48 • ANO 9 • JULHO DE 2018

Dica de saúde Bucal inplantes dentais

Neste mês de aniversário da cidade, quero deixar o meu recado para o povo de Assis e da região. O implante dental é o que há de mais novo na odontologia moderna. Isso ocorre não só pelo aspecto estético, mas principalmente na mastigação e na digestão dos alimentos. Sem contar a melhora comprovada da fonética na fala. Em um passado recente, as únicas opções eram as dentaduras, pontes móveis ou fixas e os indefectíveis pivots ou pivô, como se dizia quando eles caiam. Sabidamente não eram a solução mais confortável e muito menos efetivas e seguras. Os implantes dentários revolucionaram a odontologia. Portanto, eu estou lhe esperando em meu consultório para lhe oferecer todos os benefícios destas novas tecnologias para sorrir melhor e viver muito mais feliz.

48

Agende uma consulta pelo fone: 18 3224 4874, e faça um orçamento sem compromisso, que caiba no seu bolso. Aceitamos parcelas nos cartões. Parabéns Assis, e todo povo Assisense pelos 113 anos da cidade. Dr. Tiago Iglesias, Cirurgião Dentista especializado em Endodontia, Implantodontia e Estética Bucal.


Profile for Revista Destak do Paraná

Edição 48 Assis  

Revista Destak

Edição 48 Assis  

Revista Destak

Advertisement