Projeto Sentidos - Agência Up

Page 1

Universidade Cruzeiro do Sul PUBLICIDADE E PROPAGANDA UP COMUNICAÇÃO

Artigo interdisciplinar A IMAGEM DA MULHER NA PUBLICIDADE

Beatriz Matos - 2069070-3 Felipe Santos Nishimura - 2115464-3 Heitor Argolo - 2118386-4 Julia Guedes - 2101851-1 Letícia Pereira da Silva - 2119651-6 Lucas Henrique - 2157106-6 Rian Lacerda - 2092910-2 Tamires Teixeira - 2087887-7

SÃO PAULO 2019 CAMPUS SÃO MIGUEL-NOITE


Beatriz Matos - 2069070-3 Felipe Santos Nishimura - 2115464-3 Heitor Argolo - 2118386-4 Julia Guedes - 2101851-1 Letícia Pereira da Silva - 2119651-6 Lucas Henrique - 2157106-6 Rian Lacerda - 2092910-2 Tamires Teixeira - 2087887-7

Artigo interdisciplinar A IMAGEM DA MULHER NA PUBLICIDADE

Artigo interdisciplinar solicitado pelo corpo de lecionadores, com objetivo de enriquecer e aprimorar nossos conhecimentos.

SÃO PAULO 2019 CAMPUS SÃO MIGUEL-NOITE


SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................................... 4 A PUBLICIDADE DÉCADA DE 40 ................................................................................ 5 PROPAGANDAS MACHISTA DA DÉCADA DE 40: ..................................................... 6 CONCLUSÃO .............................................................................................................. 10 REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ............................................................................ 11


INTRODUÇÃO

O objetivo desse trabalho, traz uma análise sobre a imagem da década de 40, aprofundaremos o tema e abordaremos um dos assuntos que acompanha a sociedade com fatos e propagandas de mulheres que foram submissas aos anúncios.

O presente artigo, objetiva mostrar como que, em algumas peças publicitárias apostaram na mídia e foram tendenciosas e, claramente como a mulher era objetificada. Observando um pouco mais sobre a história da publicidade, nesse trabalho deixaremos registros de acontecimentos das décadas passadas.

4 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


A PUBLICIDADE DÉCADA DE 40

Segundo aponta o artigo, o que mais caracterizou a década de 40 foi a 2ª guerra mundial que durou até 1945, e com a chegada dela houve um declínio na Publicidade, chegando a entrar crise, as atividades publicitárias naquela época eram as mais turbulentas, foram tempos de guerra para propaganda também. Porém no Brasil os anos 40 entravam em cena ao som de rimas e frases de efeito, o mercado brasileiro não estava tão preocupado com o cenário de guerra no mundo. A guerra era o principal tema das propagandas no início da década de 40. As propagandas de médicos e especialistas ligados à área da saúde começou a se firmar em 1942, o comércio começou a se fortalecer, às lojas estavam fazendo vitrines chamativas e fazendo propagandas utilizando profissionais que se dedicavam apenas para a publicidade. As propagandas com temáticas da comemorativas (Natal, Carnaval, Festas juninas e Dia das Mães) começaram a ter agenda fixa nos jornais e rádios.

Porém, mesmo com esses aspectos de evolução na publicidade algumas propagandas utilizavam pensamentos machistas objetificando a imagem da mulher, utilizando por exemplo apenas o atributo físico ou sexual, além de sempre rebaixar a mulher ao homem, o que na época infelizmente ainda era comum e não causou tanto impacto como causaria hoje.

5 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


PROPAGANDAS MACHISTA DA DÉCADA DE 40: 

Propaganda do Sabonete Palmolive

A maioria dos homens pergunta “Ela é bonita?”, e não “Ela é inteligente?”. Este é o principal argumento desta propaganda do sabonete Palmolive, nos anos 40. Lançada nos Estados Unidos, esta propaganda extremamente machista insinua que as mulheres deveriam estar sempre bonitas para atrair os homens, impondo um padrão de beleza, representado pela modelo de propaganda que se assemelha às grandes atrizes de Hollywood.

6 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


Camisa Van Heusen

“É ousado, ” “E audacioso”, “É o visual mais ousado em camisa”, diz a propaganda a seguir. Esta propaganda é das Camisas Van Heusen publicada em 1949, as publicidades de décadas passadas abusavam com a imagem da mulher submissa, principalmente ara vender produtor masculinos. O assustador é ver uma imagem da mulher apanhando do marido, sendo beijada calorosamente, logo após encantada por vê-lo usando uma camisa Van Heusen.

7 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


Saúde da Mulher

Está é a propaganda que, foi escolhida pelo nosso grupo para o desenvolvimento do trabalho. A mesma realizada pelo Laboratório Daudt em meados da década de 40 para o remédio “Saúde da Mulher “. Por mais que o remédio seja voltado às mulheres, o conteúdo do anúncio usa argumentos machistas. “Só uma saúde perfeita onde dar à mulher beleza e encanto capazes de a tornar adorável aos olhos masculinos”. Trata-se de um remédio para “amenizar” os efeitos do período menstrual, tornando a mulher mais atraente sem perder seu “encanto”.

8 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


Objetificação da Mulher

Durante toda a história da humanidade, as mulheres foram um dos grupos que mais sofreram com a falta de direitos, como se não bastasse ainda eram discriminadas e objetificadas. Além de serem criadas para ficar em casa e servirem aos maridos, serem submissas, eram consideradas inferiores aos homens, tudo isso por conta de uma sociedade patriarcal que coloca o homem no domínio das funções de liderança, da família, no domínio da mulher. Ao passar das décadas, as mulheres foram aos poucos conquistando seus direitos e ocupando seu espaço na sociedade, porém ainda sofrendo com o machismo de muitas pessoas, que ainda possuem este pensamento retrógrado de que a mulher é frágil e tem que servir o homem.

Hoje em dia ainda são discutidos os temas relacionados à mulher, como por exemplo o feminismo que é um movimento organizado e orientado para lutar pelos direitos iguais e a libertação de padrões patriarcais. Mas mesmo com toda essa evolução, podemos ver a objetificação da mulher (principalmente do corpo, ou seja, a aparência das mulheres importa mais do que outros fatores que as definem quanto indivíduo) em vários setores da sociedade. Um exemplo é na publicidade onde muitas vezes o corpo da mulher é utilizado para a venda de produtos, como nas propagandas de cerveja onde a mulher é hipersexualizadas e estereotipadas. O estereótipo e estabelecimento de padrões estéticos fora da realidade são um grande problema que esse tipo de propaganda tem. Quando o julgamento de uma pessoa se dá pela aparência, consequentemente, aquela pessoa que está fora deste padrão começa a se cobrar, como se o ideal de beleza proposto por essas propagandas fosse necessários para ela ser feliz e aceita pela sociedade, o que não é verdade.

9 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


CONCLUSÃO

Portanto, este artigo teve por objetivo estudar o papel da mulher na sociedade, a forma como ela foi e continua sendo tratada, bem como a importância de inseri-la na publicidade. O mesmo utiliza-se de textos e informações, que procuravam evidenciar sua trajetória e função em diferentes décadas. Faz também uma pequena referência ao pensamento de alguns estudiosos sobre a mulher, seus papéis e influência na sociedade, além do movimento feminista que, tem como intuito principal buscar a igualdade de direito entre homens e mulheres. Escrever sobre a história das mulheres significa apresentar fatos e ideias que buscam refletir sobre o mundo e as coisas que estão acontecendo, pois nos anos 40 as propagandas, tinha meio de objetificação de realizar meios machistas na publicidade, e com isso atingir uma porcentagem de público.

10 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 

https://www.propagandashistoricas.com.br/2019/01/historia-dapublicidade-e-propaganda.html?m=1

https://www.propagandashistoricas.com.br/2015/09/a-saude-da-mulheranos-40.html?m=1

https://www.propagandashistoricas.com.br/2013/12/camisas-van-heusenmulher-que-apanha.html?m=1

https://www.propagandashistoricas.com.br/2014/02/sabonete-palmolivemachista-anos-40.html?m=1

https://www.google.com/amp/s/www.politize.com.br/o-que-e-objetificacaoda-mulher/amp/

11 https://medium.com/qg-feminista/o-que-é-o-feminismo-630886ab3abf/acesso28/04/2019