Page 1

1


2

UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL PROJETO CRIAR 2017 – AGÊNCIA BEE WORK COMUNICAÇÃO

Trabalho apresentado ao corpo docente do curso de Publicidade e Propaganda, como requisito parcial de avaliação do 3º e 4º semestre.

Alexsander Azevedo 1679826-1 Amanda Vieira 1693519-5 Franciele Silva 1677195-8 Filipe Abiatar 1704583-5 Kaique Guerrero 1684897-7 Luana Ester 1688456-6 Pamella Chiacetti 1618241-3 Renata de Oliveira 1607171-9 Silas Alves 1687811-6 Victor Renato 1673097-6


3

Sumário Introdução ..................................................................................................................... 4 1. Apresentação do Produto ........................................................................................ 5 2. Fundamentação de Pesquisa .................................................................................. 7 3. Planejamento de Marketing ................................................................................... 16 4. Criação ..................................................................................................................... 18 5. Anexos ..................................................................................................................... 26 6. Referências Bibliográficas ..................................................................................... 30


4

INTRODUÇÃO O Projeto Interdisciplinar Criar é um trabalho acadêmico desenvolvido pelas agências integradas por alunos do 3º e 4º semestre, de Publicidade e Propaganda da Universidade Cruzeiro do Sul. O objetivo do trabalho é o desenvolvimento da pesquisa e a criação (ou adaptação) de um produto do universo pet, a fim de atender a uma oportunidade diagnosticada num determinado mercado, com desenvolvimento de estratégias de marketing e comunicação para seu lançamento. Com base no regulamento do projeto, nós da agência Bee Work Comunicação, desenvolvemos uma linha de alimentadores FeedPet, destinada à cachorros, gatos e peixes. O alimentador vai funcionar através das programações da tela, e também pelo aplicativo, que além de controlar a liberação da ração para o pet, vai conter várias dicas para os cuidados com seu animal, e dietas balanceadas.


5

1. APRESENTAÇÃO DO PRODUTO 1.1- Identificação: Cliente: FeedPet Produto: Linha de alimentadores e aplicativo. Responsável: Divisão de marketing FeedPet Atendimento: Agência Bee Work Comunicação Data: 06/11/2017

1.2- Descrição de produto ou serviço: A linha de alimentadores FeedPet é destinada à cachorros, gatos, e peixes. Os alimentadores vão funcionar através das programações da tela, e também pelo aplicativo, que além de controlar a liberação da ração para o pet, terá várias dicas de cuidados com seu animal, e dietas balanceadas.

1.3 Categoria


6

Linha de alimentadores para pet.

1.4 Segmento O produto foi desenvolvido para atender o mercado de Pet Lovers, com idade entre 18 e 45 anos.

1.5 Preço Cachorros e gatos: R$ 199,99 / Peixes: R$ 89,90.

1.6 Marca, diferenciais e promessas

. A tipografia escolhida para o logo é Atama Simple, pois ela tem formas arredondadas transimitindo suavidade. As cores utilizadas são laranja (#f4e08) e azul (#38d7fc), pois elas se complementam nos trazendo uma sensação de delicadeza. Colocamos uma pata representando o D para que facilite a associação com o mundo pet.

Funcionalidades e Promessas: Nosso produto tem como funcionalidade um sistema inteligente, que pode ser acionado manualmente ou conectado a uma rede. Através de programação manual no FeedPet


7

o PetLover pode programatizar o horário em que o alimentador irá librar a comida para o seu pet. Com o aplicativo, o PetLover pode acionar de seu smartphone a liberação da refeição do pet, assim, mesmo se esquecer de programar manualmente ele pode liberar o alimento do através de um clique.

Diferenciais: A tecnologia do alimentador permite a contagem de grãos para o pet, visto que, cada animal precisa de uma quantidade ideal de ração equivalente ao seu peso. Além de contagem de grãos, o aplicativo fornece informações e dicas diárias

2. Fundamentação de Pesquisa 2.1- Introdução A Pesquisa de Mercado e Opinião é primordial para entendermos o grau de importância e impacto do nosso produto no mercado, as nossas oportunidades e as ameaças e o caminho mais assertivo a seguir.

2.1.1 - Metodologia Aplicada A pesquisa exploratória é uma classificação da pesquisa científica baseada na realização de um estudo para a familiarização do produto que está sendo analisado. A metodologia foi escolhida para apuramento de dados a respeito do mercado pet e seus consumidores. Ela é aplicada de maneira que nós pudéssemos ter uma maior proximidade com o universo do produto à ser estudado, e, ofereceu informações e orientações a respeito das formulações e hipóteses do estudo.

2.1.2 – Dados secundários É de grande importância esta fase da pesquisa, pois é possível produzir conhecimento a partir de dados dispersos anteriormente. Esse tipo de análise ajuda bastante quando se trata de mostrar o quadro investigado de uma forma mais abrangente.


8

2.1.3 - Levantamento de Dados Secundários Através dos dados secundários visamos o levantamento de informações superficiais, que nos dão rápido retorno de conhecimento e economia de esforços, tempo e dinheiro.

2.1.4 - Amostra/Fontes consultadas ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas)

2.1.5 - Dados colhidos Segundo levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), de 2013, no mundo há 1,56 bilhão de animais de estimação. O Brasil permanece o 4º maior, com o número de 132,4 milhões de pets, divididos em 52,2 milhões de cães, 22,1 milhões de gatos, 18 milhões de peixes e 2,21 milhões de outros pequenos animais. Esse foi um dos motivos para separarmos a parcela mais significativa e investirmos nela (cães, gatos e peixes). Através do levantamento de dados secundários, fornecidos pela ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação) vimos que nos últimos dois anos a busca por itens para os pets aumentou em 80% no Brasil, ficando em 2º lugar no segmento de faturamento do mercado pet. Isso nos mostra uma grande oportunidade de investimento no mercado. Nossa equipe de pesquisa também fez um levantamento aprofundado de aplicativos que se preocupam com o cuidado de pets. Descobrimos que nenhum deles está ligado a um alimentador. São totalmente limitados. Por isso o nosso interesse em criar um produto que auxilia no cuidado da alimentação do pet e gera praticidade ao seu dono (petlover). Segue tabela: - Lista de APP para Pet Lovers: Aplicativos

Serviço

Pet Booking

Serviços próximos do cliente

InstaPet

Rede social

Pet Love

Vendas de produtos para pet


9

MyPets

Agenda do animal

ICam

Monitoramento do pet

Dog Hero

Cuidador de cachorro

Doggy Friends

Locais permitidos para cachorros

Dogs App

Encontro canino

DoggyDatez

Rede Social

PetPhone

Cuidados da saúde do cão

Petoxins

Comidas toxicas para cachorros

Map My Dog Walk

Boa forma dog

Pet First Aid

Manual de doenças

Pet Minder Pro

Frases de treinamento para filhotes

Petz

Produtos para pet

Petsie Dog Breeds

Rede Social (Dados levantados pela Agência Bee Work)

2.1.6 - Considerações sobre a etapa exploratória inicial Como já sabemos, os pets são classificados em muitos tipos, entretanto, com os dados obtidos do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), nós conseguimos definir os tipos de animais que queremos direcionar o nosso produto, facilitando assim a identificação de tipos de PetLovers que queremos alcançar. Os cães, gatos e peixes, são os tipos mais tradicionais de pets, sabendo disso, direcionamos nossa pesquisa a pessoas que tem como animal de estimação cães, gatos e peixes. Com os dados da ABINPET (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação), identificamos uma oportunidade de investimento no seguimento de Pet Car (mercado de acessórios e produtos), como vimos no anexo anterior. Nossa equipe de pesquisa também fez um levantamento aprofundado de aplicativos que se preocupam com o cuidado de pets. Descobrimos que alguns deles estão ligados a um alimentador, porém são totalmente limitados. Por isso o nosso interesse


10

em criar um produto que auxilia no cuidado da alimentação do pet e gera praticidade ao seu dono (petlover).

2.2 – Pesquisa Qualitativa: A pesquisa qualitativa nos permite ter uma visão mais ampla de um cenário e entendermos que quando damos a opção das pessoas falarem o que pensam e desejam a respeito de um produto ou serviço, é possível conseguir novas respostas. E novas respostas significam chances de novos negócios. É o tipo de pesquisa adequada para nos mostrar e nos fazer entender o tipo de cliente ideal para o produto, FeedPet, e o que ele realmente necessita nesse segmento de equipamentos para pets. É de suma importância realizarmos a identificação de perfis Buyer persona porque ele será a representação mais próxima do nosso público-alvo. Ele identifica objetivos, comportamentos e motivações.

I - Público-alvo: Homens e mulheres, entre 18 e 55 anos; definimos o público alvo através das segmentações demográficas e psicográficas.

2.2.1 Objetivos da Fase 2 - Pesquisa Qualitativa Objetivo Geral: Identificar o perfil e necessidades dos consumidores potenciais do produto FeedPet. Objetivos específicos: Identificar perfil dos consumidores potenciais quanto à: Dados demográficos; Identificar dados comportamentais referentes ao relacionamento com o pet; Identificar dados comportamentais relacionados ao (s) problema (s) ou oportunidade (s) que tem ligação com o produto em questão; Identificar dados comportamentais relacionados ao consumo de informação.

2.2.2 – Amostra


11

Usamos para consideração de nossa pesquisa 2 técnicas de amostragem não probabilísticas. Amostragem por julgamento, que nos permite julgar e selecionar os membros da população que são fontes significativas e precisas, nessa amostra decidimos selecionar o público de Homens e mulheres, de 18 a 55 anos, das classes sociais A e B, que tem um animal de estimação. E a segunda técnica foi a de amostragem por cotas, ela nos permite selecionar um número de pessoas pequeno, 2 ou 3, que estejam enquadradas na categoria da amostra de julgamento em que queremos para a realização da pesquisa. A junção dessas duas amostras nos resultará com a identificação das personas conforme explicado no item anterior (6.2.2.2)

2.2.3– Instrumento de Pesquisa (coleta de dados) DADOS DEMOGRÁFICOS: Olá, tudo bem? Qual seu nome? Qual sua idade? Onde você nasceu? Você mora com sozinha (o)? Onde mora? Qual é sua graduação? Qual sua profissão? Onde trabalha? Qual seu cargo? O que você gosta de fazer em tempos livres? Tem animal de estimação? RELAÇÃO COM PET: Qual a raça? Quantos anos o seu pet tem? Quanto tempo estão juntos? Quanto tempos ficam juntos no dia-a-dia? Tem algum cuidado especial com seu pet? Costuma sair sempre para passeios?

ATITUDES EM RELAÇÃO AO FEEDPETS: Ele tem hora marcada para se alimentar?


12

Você sempre alimenta ele na hora certa? Gostaria de ter um alimentador inteligente, que pode ser acionado com apenas um clique do seu smartphone? O produto te ajudaria em algo? CONSUMO DE INFORMAÇÃO: Onde você busca informações sobre ou para seu pet? ; Como você busca? O que busca? Porque busca? COMO VOCÊ RELACIONA PETS A SUAS REDES SOCIAIS?

2.3- Relatório Final Como vimos na fase 1 da nossa pesquisa, o mercado pet tem grande significação para a economia e através de produtos de Pet Car (equipamentos, acessórios e produtos) e em conjunto com dados colhidos do IBGE e da ABINPET, foi fácil definir os tipos de animais a quem o nosso produto FeedPet se direcionaria (cães, gatos e peixes) e também a identificação dos PetLovers. Com isso, os resultados da fase 2 por meio da pesquisa qualitativa, com entrevista pessoal possibilitou a identificação das personas mais significativas para a definição das estratégias de comunicação do nosso alimentador automático FeedPet.

2.3.1 - Apresentação da Byuer Persona


13

Persona 1: Mulher, jovem decisora. "A minha cadelinha Valentina é parte da minha família, considerada uma filha. Alegra os nossos dias e nos acompanha onde quer nós vamos. O seu bem estar é nossa maior preocupação".

Demografia Rafaela Ribeiro tem 34 anos, é casada e tem um filho - Gustavo - de 13 anos e mora no bairro da Vila Ema, São Paulo. Atualmente trabalha como Gerente PJ em um dos maiores bancos, na região da Paulista, São Paulo. Tem uma jornada bastante intensa de trabalho e está concluindo a MBA em Gestão de Negócios na Fundação Getúlio Vargas. Por trabalhar tanto, a maioria dos momentos livres é aproveitado em passeios com a família, levando sempre seu pet Valentina e os locais onde não é permitido animais, Valentina nunca fica sozinha em casa, é sempre deixada com a mãe ou a sogra de Rafaela.

Relação com o Pet Rafaela tem a cadelinha Valentina a dois anos e meio. Nem sempre se identificou com cães, porem em determinado momento da vida, parte a pedido do filho e parte por achar que também a casa precisava de um pouquinho mais de alegria resolveram trazer um pet e desde então ela descobriu o verdadeiro amor por animais. Valentina recebe cuidados e passeios regulares, idas ao veterinário e PetShops para banhos e tosas. Ela não gosta de ficar sozinha por longos períodos, por isso está em quase todos os lugares junto aos donos e quando não, é sempre deixada com algum parente próximo. A maior preocupação de Rafaela com a Valentina é referente a higiene, por conta do pelo longo, típico da raça Lhasa Apso e alimentação já que seu filho fica somente parte do dia em casa e na outra ela acaba ficando sozinha. Rafaela é a decisora e compradora de todos os produtos de higiene, alimentação e etc.

Hábitos/ Cuidados em relação à alimentação do pet Desde quando levou a cadelinha Valentina para casa, Rafaela tem se preocupado em comprar a ração recomendada pelo veterinário para raça especifica de Valentina. Pois


14

recebeu as orientações de que as rações certas ajudam no cuidado dos pelos, das lagrimas e boca do animal. Outra preocupação é o período que Valentina passa sozinha durante a semana. Rafaela não gosta de por muita comida, porque que sabe que quando deixada longos períodos expostos perde o cheiro original e fica "passada", fazendo com que a cadelinha fique sem comer até ela voltar para casa e colocar uma nova porção de ração.

Consumo de informações Rafaela afirma que buscou tirar todo tipo de dúvidas com o veterinário de Valentina, porem como a todo momento surgem novas dúvidas, ela utiliza o meio digital para conseguir informações e dicas de produtos e cuidados. Diz que procura sempre por fontes confiáveis, empresas conceituadas e profissionais com experiência na área. Rafaela afirma não ter tempo para procurar essas informações através de meios como revista ou televisão, por isso tem optado pelo meio digital que está sempre a um palmo ao seu lado, através do Smartphone e Tablet.

Persona 2: Homem, jovem Assoberbado. "A Belinha é mais da família do que eu, gostaria de ter mais tempo para estar com ela, mas não posso abandonar o serviço, então, cuido com o melhor que posso quando estamos juntos".


15

Demografia Lucas Rozendo tem 22 anos, é solteiro e mora com mãe e irmã. – Ana (mãe) - de 45 anos. – Priscila (irmã) – de 20 anos – mora no bairro da Vila Mariana, São Paulo. Atualmente trabalha como Professor Técnico de Cabeleireiros em uma rede de grande distribuidora de produtos de beleza em São Paulo. Tem uma jornada intensa de trabalho, por conta de suas viagens. Por trabalhar tanto, a maioria dos momentos livres é aproveitado em casa ou em passeios com a família, sempre acompanhado de seu pet Belinha.

Relação com o Pet Lucas tem a cadela Belinha a 9 anos e meio. Sempre se identificou com animais, já teve 2 gatos e 1 coelho, porem por falta de espaço em sua antiga casa teve que doálos. Assim que se mudou, recebeu a notícia de ter uma cachorrinha abandonada em sua rua, a partir de então, iniciou a relação. Belinha recebe cuidados e passeios regulares, idas ao veterinário e PetShops para banhos e tosas. A maior preocupação de Lucas com a Belinha é referente a alimentação, por conta de seu serviço tem medo de ela não ser bem alimentada. Lucas é assoberbado, mas sempre arruma tempo para comprar todos os produtos de higiene, alimentação e etc.

Hábitos/ Cuidados em relação à alimentação do pet Desde quando adotou Belina, Lucas tem se preocupado em comprar a correspondente a sua raça, por saber dos benefícios que traz a saúde do pet. Belinha fica sozinha o dia todo, e Lucas sabe que a dias em que ela come toda ração de uma vez e fica com fome durante o resto do dia e há dias que ela não come quase nada. Daí a preocupação de encontrar uma forma de alimentá-la de forma correta e prática.

Consumo de informações


16

Com tantas viagens, Lucas acaba não tendo muito tempo de sobrar para pesquisar sobre o universo pet, ele diz que vai pesquisando conforme as dúvidas com os cuidados vão surgindo, visto isso, está sempre optando pelo meio digital, Smartphones e Tablets.

3. Planejamento de Marketing 3.1 Introdução Para lançamento do produto, faremos ações publicitárias com o objetivo de mostrar ao público (petlovers) o quão pratica pode se tornar a necessidade de alimentar o seu pet, através dos alimentadores FeedPet. Por mais que não seja uma tarefa trabalhosa, vamos mostrar que com o nosso produto, essa tarefa se tornará ainda mais fácil e ajudará o cuidador a controlar a alimentação do seu Pet, mesmo ficando horas fora de casa.

3.2 Estratégias de lançamento 3.2.1 - Em frente ao shopping cidade São Paulo, localizado na Av. Paulista e na praia de Copacabana no rio de Janeiro. Vamos montar um stand com produtos FeedPet para demonstração e venda. Em parceria com as marcas Pedigree, Whiskas e Alcon Colours, haverá distribuição de amostras grátis de seus principais produtos. Como forma de chamar a atenção do público, levaremos dois adestradores para fazer truques e brincadeiras com cães, e para interagir com os donos que se aproximarem. Essa ação será feita em São Paulo no dia 05/11/2017 (domingo), o local estará fechado como rua de lazer, concentrando um grande número de pessoas passeando com seus pets, já no Rio de Janeiro ocorrera no dia 04/11/2017. Para realizar este evento, usaremos uma quantia de cinquenta mil reais.


17

3.2.2 - Em parceria com a rede de pet shops cobasi e as marcas Pedigree, Whiskas e Alcon Colours, faremos uma promoção em que cada produto da linha FeedPet comprado nas lojas cobasi, o cliente recebera um cupom para concorrer a um ano de ração gratuita. Essa promoção será válida apenas nas capitais dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, sendo que serão sorteados 2 clientes em cada estado. Essa promoção será válida do dia 04/11/2017 á 04/12/2017 e o sorteio dos ganhadores será dia 10/12/2017. Para esta ação usaremos uma quantia de quinze mil reais.

3.2.3 - Juntamente com o Instituto Luisa mell faremos uma ação no Parque Ibirapuera, onde as 20 primeiras pessoas que fizerem uma adoção ganharão um alimentador FeedPet gratuitamente. O intuito dessa ação é ganhar visibilidade para a marca através da divulgação do evento, uma vez que o instituto Luisa Mell é deverás conhecido por conta das ações de resgate e adoção de pets abandonados e maltratados. Este evento ocorrerá dia 25/11/2017 e movimentará uma quantia de cinco mil reais.


18

4. Criação 4.1. Interfaces do aplicativo


19


20


21


22


23

4.2. Peรงas Publicitรกrias Referencial


24

Poética


25

AnĂşncios para Facebook


26


27

5. Anexos Apresentação da Legislação Pertinente Justificativas 1° Estrategia de Marketing - “Feedpet conectados com o Instituto Luisa Mell”

A peça elaborada para promoção, onde os 20 primeiros pets à serem adotados, levará um Feedpet totalmente de graça, consideramos a Lei das Promoções Lei 5.768/1971, (e os decretos de atualização 70.951/1972 e 41/2008 ) que diz “Abre a legislação sobre distribuição gratuita de prêmios, mediante sorteio, vale-brinde ou concurso, a título de propaganda, estabelece normas de proteção à poupança popular, e dá outras providências. ”. Importante também considerar o CDC (Código de defesa do consumidor), em especial o Art. 37. “É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. § 1o É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços. ” E mais, o Código de Ética do Marketing Promocional - AMPRO, que diz “12.1 Legalidade. Todas as promoções de vendas devem estar de acordo com a lei. Estes princípios são estabelecidos para complementar os controles legais e não para substituí-los”. “12.7 Veracidade. A apresentação da promoção deve ser clara, honesta, fácil de entender, contendo sempre todos os dados principais de participação aqueles a quem se destina” e mais “ 12.8 Limitações. Todo e qualquer fato que possa interferir na decisão de participar ou não de uma promoção, deve ser claramente comunicada ao interessado, e de tal maneira que este possa avaliar antes de se submeter a qualquer compra de bens, ideias ou serviços. ”


28

2° Peça Google - FeedPet

Sobre a criação da peça publicitária que elaboramos para anunciarmos o produto, levamos em consideração O CDC (Código de defesa do consumidor), em especial o Art. 37. “É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. § 1o É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços. ” E também o Código de autoregulamentação publicitária conar, principalmente os Art. 19 e 20 onde diz que “toda atividade publicitária deve caracterizar-se pelo respeito à dignidade da pessoa humana, à intimidade, ao interesse social, às instituições e símbolos nacionais, às autoridades constituídas e ao núcleo familiar” e que “Nenhum anuncio deve favorecer ou estimular qualquer espécie de ofensa ou

discriminação racial, social, política, religiosa ou nacional”. Observarmos o Art. 22 também do Conar onde diz que “Os anúncios não devem conter afirmações ou apresentações visuais ou auditivas que ofendam os padrões de decência que prevaleçam entre aqueles que a publicidade poderá atingir”.

3° Peça Facebook - Feedpet

Sobre a criação da peça publicitária que elaboramos para anunciarmos o produto, levamos em consideração O CDC (Código de defesa do consumidor), em especial o


29

Art. 37. “É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. § 1o É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços. ” E também o Código de autorregulamentação publicitária Conar, principalmente os Art. 19 e 20 onde diz que “toda atividade publicitária deve caracterizar-se pelo respeito à dignidade da pessoa humana, à intimidade, ao interesse social, às instituições e símbolos nacionais, às autoridades constituídas e ao núcleo familiar” e que “Nenhum anuncio deve favorecer ou estimular qualquer espécie de ofensa ou

discriminação racial, social, política, religiosa ou nacional”. Observarmos o Art. 22 também do Conar onde diz que “Os anúncios não devem conter afirmações ou apresentações visuais ou auditivas que ofendam os padrões de decência que prevaleçam entre aqueles que a publicidade poderá atingir”.

4° Peça instagram - “Feedpet conectados com o Instituto Luisa Mell”

A peça elaborada para promoção, onde os 20 primeiros pets à serem adotados, levará um Feedpet totalmente de graça, consideramos a Lei das Promoções Lei 5.768/1971, (e os decretos de atualização 70.951/1972 e 41/2008 ) que diz “Abre a legislação sobre distribuição gratuita de prêmios, mediante sorteio, vale-brinde ou concurso, a título de propaganda, estabelece normas de proteção à poupança popular, e dá outras providências. ” Importante também considerar o CDC (Código de defesa do consumidor), em especial o Art. 37. “É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. § 1o É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão,


30

capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços. ” E mais, o Código de Ética do Marketing Promocional - AMPRO, que diz “12.1 Legalidade. Todas as promoções de vendas devem estar de acordo com a lei. Estes princípios são estabelecidos para complementar os controles legais e não para substituí-los”. “12.7 Veracidade. A apresentação da promoção deve ser clara, honesta, fácil de entender, contendo sempre todos os dados principais de participação aqueles a quem se destina” e mais “ 12.8 Limitações. Todo e qualquer fato que possa interferir na decisão de participar ou não de uma promoção, deve ser claramente comunicada ao interessado, e de tal maneira que este possa avaliar antes de se submeter a qualquer compra de bens, ideias ou serviços. ”

5° Peça Referencial - Feedpet

Sobre a criação da peça publicitária que elaboramos para anunciarmos o produto, levamos em consideração O CDC (Código de defesa do consumidor), em especial o Art. 37. “É proibida toda publicidade enganosa ou abusiva. § 1o É enganosa qualquer modalidade de informação ou comunicação de caráter publicitário, inteira ou parcialmente falsa, ou, por qualquer outro modo, mesmo por omissão, capaz de induzir em erro o consumidor a respeito da natureza, características, qualidade, quantidade, propriedades, origem, preço e quaisquer outros dados sobre produtos e serviços. ” E também o Código de autorregulamentação publicitária Conar, principalmente os Art. 19 e 20 onde diz que “toda atividade publicitária deve caracterizar-se pelo respeito à dignidade da pessoa humana, à intimidade, ao interesse social, às instituições e símbolos nacionais, às autoridades constituídas e ao núcleo familiar” e que


31 “Nenhum anuncio deve favorecer ou estimular qualquer espécie de ofensa ou

discriminação racial, social, política, religiosa ou nacional”. Observarmos o Art. 22 também do Conar onde diz que “Os anúncios não devem conter afirmações ou apresentações visuais ou auditivas que ofendam os padrões de decência que prevaleçam entre aqueles que a publicidade poderá atingir”.

6. Referências bibliográficas https://www.tecmundo.com.br/apps/48094-10-apps-para-ajudar-a-cuidar-de-seuanimal-de-estimacao.htm http://revistadonna.clicrbs.com.br/lifestyle/5-aplicativos-que-vao-mudar-a-vida-dedonos-de-pets/ http://tecnologia.ig.com.br/2017-05-15/aplicativo-pets.html http://www1.folha.uol.com.br/saopaulo/2014/07/1480406-aplicativos-para-celularesfacilitam-a-vida-de-donos-de-pets-saiba-mais.shtml http://www.agricultura.gov.br/assuntos/camaras-setoriaistematicas/documentos/camaras-tematicas/insumos-agropecuarios/anosanteriores/ibge-populacao-de-animais-de-estimacao-no-brasil-2013-abinpet-79.pdf http://g1.globo.com/natureza/noticia/2015/06/brasileiros-tem-52-milhoes-de-caes-e-22milhoes-de-gatos-aponta-ibge.html https://www.google.com.br/search?q=abinpet&oq=abin&aqs=chrome.3.69i57j0l5.5368j0 j4&sourceid=chrome&ie=UTF-8 http://abinpet.org.br/site/mercado/

CONAR-Conselho Nacional de autorregulamentação publicitária - disponível em: <http://www.conar.org.br/> Acesso em 31 de outubro de 2017 Código de Ética-AMPRO -disponível em: http://ampro.com.br/pagina/codigo_de_etica Acesso em 31 de outubro de 2017 <https://jus.com.br/artigos/26383/a-legislacao-aplicavel-a-realizacao-de-sorteio-depremios-e-promocoes-comerciais> Acesso em 31 de outubro de 2017

Profile for Rede Código

Agência Bee Work  

Agência Bee Work  

Advertisement