Golden Empire - Noite

Page 1

UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL Curso de Rádio, TV e Internet - 5º e 6º semestre

LIGAÇÕES OCULTAS Ficção - Série de TV Projeto interdiciplinar

SÃO PAULO 2019


produtora golden empire integrantes

rgm

Aline Freitas M. dos Santos

1767420-4

Claudia Caroline Dupim

1749962-3

Fernando Rigonato

1798199-1

Igor da Silva Rubio

1782377-3

Pedro Gabriel N. Fernandes

1772180-6

Rodrigo dos Reis Bacedo

1757057-3

Rubens Rabelo

1828951-7

Tamires Jesus Irineu

1778077-2

Tamiris FĂŠlix de Lima

1728487-2

Thauane Silva Nascimento

1732682-6

Victor Geovane do Carmo

1784032-5

Victor Rios dos Santos

1777958-8

goldenempirest@gmail.com

Professores Orientadores Prof. Dr. Bruno Tavares Profa. Ma. Elisa Marconi Profa. Ma. Krishna Tavares Profa. Dra. Maria Aparecida Ruiz


“Como criar um universo de ficção, roterizar, produzir, dirigir, gravar e editar um episódio piloto de uma série de TV original?”


11.11.222.12.22.32.4345678910111213141515.115.2161717.117.217.317.417.518-

sumário

Identidade Organizacional...................................................5 Organograma.................................................................7 Ficha Técnica...............................................................8 Storyline da Série.........................................................13 Sinopse da Série...........................................................13 Arco da Série..............................................................14 Sinopse dos Episódios......................................................14 Universo da Série..........................................................16 Argumento Episódio Piloto..................................................20 Perfil dos Personagens.....................................................27 Locações...................................................................34 Casting....................................................................47 Direção Artística..........................................................49 Direção de Arte............................................................51 Direção de Fotográfia......................................................57 Direção de Sonorização.....................................................59 Público Alvo...............................................................61 Veiculação.................................................................63 Classificação Indicativa...................................................73 Justificativa..............................................................75 Considerações..............................................................81 Relatório do Grupo de Discussão............................................82 Relatório Individual.......................................................89 Referências Bibliográficas.................................................97 Apêndice..................................................................101 Roteiro...................................................................102 Ordem do Dia..............................................................122 Roteiro de Edição.........................................................128 Sincronização Musical.....................................................130 Orçamentos Previstos......................................................131 Anexos....................................................................135


IDENTIDADE ORGANIZACIONAL

5


missão A Golden Empire foi criada com o objetivo de oferecer materiais de radiodifusão de qualidade que informem e entretenham o maior número de público possível, sempre com informações e conteúdos variados, concretos e que, principalmente, respeitem e melhorem a nossa sociedade atual.

visão

valores

Ser uma produtora referencial a assuntos de comunicação social, criar um ambiente onde todos os públicos encontrem conteúdos que os agradem.

QUALIDADE: Os melhores e os mais criativos conteúdos procurando sempre superar expectativas DEDICAÇÃO: Amor pelo nosso trabalho, buscando sempre inovações que correspondem a atualidade. DIVERSIDADE: Conteúdos dinâmicos e leves para todos os gostos. RESPEITO: Condição básica para a empatia entre nossa produtora e nossos telespectadores.

6


organograma Diretor Geral Victor Rios

Produtor executivo Victor Geovane

Diretora de fotográfia Caroline Dupim

Assistente de diração Rodrigo Bacedo

Diretor de Arte e Iluminação Rubens Rabelo

produtora Tamires Jesus

Gerente de Locação Victor Geovane

roteirista Tamires Jesus

Cenografista Igor Rubio

figurinista Fernando Rigonato

Assistente de roteiro Câmeras Aline Freitas Tamiris Félix Áudio Igor Rubio

Thauane Nascimento Fernando Rigonato

Sonoplastia Victor Rios e Pedro Gabriel

maquiadora Tamiris Felix editora Thauane Nascimento assistente de edição Pedro Gabriel

7


ficha técnica Aline F. M. dos Santos

Caroline Dupim

Fernando Rigonato

IDADE: 21 anos.

IDADE: 26 anos.

IDADE: 21 anos.

Função: Operadora de

Função: Direção de fo-

Função: Produção de

câmera e assistente de produção.

tográfia e diagramadora bíblia.

figurino e assistente de roteiro.

Rubens Rabelo

Tamires Jesus Irineu

Tamiris félix de lima

IDADE: 31 anos.

IDADE: 23 anos.

IDADE: 21 anos.

Função: Direção de

Função: Roteiro e pro-

Função: Operadora de

arte e iluminação.

8

dução.

câmera, maquiagem e assistente de roteiro.


igor da silva rubio

Pedro Gabriel N. Fernander

rodrigo dos r. bacedo

IDADE: 21 anos.

IDADE: 23 anos.

IDADE: 21 anos.

Função: Áudio, ceno-

Função: Sonoplastia

Função: Assistente de

grafia e revisor bíblia.

assistente de roteiro e de edição.

direção e cenografia.

Thauane s. nascimento

Victor G. do Carmo

Victor Rios dos Santos

IDADE: 20 anos.

IDADE: 20 anos.

IDADE: 23 anos.

Função: Edição assis-

Função: Produtor exe-

Função: Direção e so-

tente de roteiro.

cutivo e gerente de locação.

nopastia.

9



TEMPORADA 11



Storyline da série: O que você faria se seus futuros passos estivessem sendo coordenados por uma pessoa desconhecida, você se revoltar ou obedeceria?

Sinopse da Série: Após receber uma promoção e se tornar investigadora júnior, Karen Marena decide investigar um caso antigo não solucionado. Porém, anonimamente, é levada a outros casos que possuem uma ligação inesperada e podem colocar sua vida em risco.

13


Arco da Série: Durante a primeira temporada de “Ligações Ocultas”, Karen ções. Na busca por novos casos, um não resolvido lhe chama atenção, tenta resolver esse caso, mas sua atenção é dividida com casos que

MENTIRA Piloto

Sinopse: Karen Marena é promovida e tem um novo caso, paralelamente, Marcos Amaurí tem uma difícil escolha a se fazer para que seu segredo não seja revelado.

14

GANâNCIA Episódio 2

SEGREDO Episódio 3

Sinopse: Com um de seus grandes segredos sendo revelado e exposto ao mundo, Carlos precisa fugir para evitar que descubram ainda mais. Karen recebe mais mensagens misteriosas e não sabe se as segue novamente, ou não.

Sinopse: Karen percebe que está dentro de um quebra cabeça quando seu destino se cruza com o de Mirella Kresan. Com mais um caso solucionando-se em suas mãos, Karen não sabe se está no comando do jogo ou sendo apenas mais uma de suas peças.


inicia sua jornada como nova investigadora júnior da Golden investigaa morte de uma criança em um ritual satânico. Durante a temporada Karen acontecem no seu dia-a-dia.

RAIVA Episódio 4

INVEJA Episódio 5

Sinopse: Um caso leva Karen a ser atordoada por lembranças amargas e dolorosas.

Sinopse: Após perceber a conexão entre os casos, Karen é levada até um casal de jovens famosos na internet, e descobre qual é a ligação deles com o assassinato.

BAPHOMET Episódio 6

Sinopse: Correndo contra o tempo tentando deter Antoni, Karen percebe que está envolvida em algo maior do que imaginava e descobre sua própria ligação com o caso de Pedro Doran.

15


Universo da Série: Como

toda obra de ficção, cada personagem possui o seu núcleo que conta com outros personagens secundários, lugares e até objetos que trazem significado para aquele personagem presente daquele núcleo. Diante dos acontecimentos que a história dita, os personagens se entrelaçam entre eles e muitas vezes os núcleos se misturam criando assim subnúcleos temporários, diante de episódios ou capítulos. Na obra “Ligações Ocultas” possuímos diversos núcleos que também se misturam com o contar da história. O universo da série é contado através de seus 7 personagens centrais com um enredo de suspense. Karen Marena, diante de seu papel de protagonista, migra entre diversos núcleos durante a temporada. Os seus principais locais de aparição são: A Casa de Karen, local bem organizado e sempre limpo com boa aparência e ar de lar, mas ao mesmo tempo solitário pelo fato da personagem morar sozinha. O seu lugar favorito da casa é o seu quarto, onde Karen se desprende de toda a pressão do mundo a fora e isso é como se a personagem possa ser ela mesma, ali onde se encontra. Golden investigações, empresa de investigações onde seu amigo Isaac Duran também trabalha. O local agrega ar de mistério na narrativa com suas características de construção antiga com portas grandes e objetos como piano. O mais intrigante é o silêncio que percorre o prédio. Ainda neste mesmo local, possuímos a sala de trabalho de Karen, onde a mesma decorou com fotos de familiares inclusive do irmão. Um pouco bagunçada pela aglomeração de arquivos. Starkids, agência de modelos infantis comandada por Mirela Kresan esposa de Carlos Kresan, local elegante e sofisticado com portas retráteis, mesa de vidro, vasos e cadeiras elegantes. Ali Mirela vende o sonho de ser modelo para crianças e também para os pais das mesmas. Junto também aos negócios paralelos com o seu marido Carlos Kresan, que durante a temporada faz diversas visitas a Igreja do Pastor Marcos Amauri, com quem ele possui um envolvimento. Local repleto de cadeiras e detalhes em branco, como uma grande cortina e um simples púlpito ao centro dela, onde o Pastor prega a palavra para seus fiéis que nem imaginam o envolvimento que ele tem com Carlos.

16


espaços e núcleos - locais secundários no episódio piloto

O episódio começa com Karen, em uma rua escura, e com manchas de sangue pelo corpo, e gritando pela sua mãe, em um dos flashbacks da temporada.

O carro de Karen, durante a perseguição atrás de Carlos Kresan, Karem dirige um kadete.

O PetShop, onde Isa Koch e Antoni Monteiro, fazem uma leve aparição durante uma campanha de adoção que Isa, está fazendo para suas redes sociais, ali eles cruzam com Carlos que vai até lá para pegar um cachorrinho.

17


Acomodações e banheiro da Igreja de Marcos Amauri, onde ele e Carlos São Flagrados, tendo um momento de romance.

Núcleos do Episódio Piloto -‘Golden Investigações’: Núcleo de trabalho de Karen. - ‘StarKids’: Núcleo empresa de Mirela. - ‘Igreja’: Igreja do Pastor Marcos Amauri.

18

Praça São José, local onde Carlos desce do carro e pega uma pacote em uma lata de lixo.

Sub-núcleos do Episódio Piloto

Personagens secundários dos núcleos

- ‘Casa de Karen’: Casa de Karem.

- ‘André estagiário e recepcionista’: Golden Investigações. - ‘Recepcionista’: StarKids. -‘Irmão de Karen’: Visto em fotografias. - ‘Criança desaparecida’: mensagens e dicas para Karen - ‘Noah Caetano’: Pug que Carlos utitliza para ritual (PetShop).‘Marjore’: Gata que Isa e Antoni fingem adotar. - PetShop.

- ‘PetShop’: Aparição de Isa e Antoni.


EPISÓDIO PILOTO MENTIRA

19


ARGUMENTO EPISÓRIO PILOTO Um mês depois. Karen está em uma rua escura, tem sangue nas suas mãos e em suas roupas. Visivelmente atordoada, escora em um muro, pega o celular. Com as mãos trêmulas e sujando a tela, custa a encontrar o contato que deseja, quando finalmente encontra, disca e ao ser atendida diz “mãe?”.

Um mês antes. Em uma manhã monótona como as outras, Karen acorda, sem muita motivação, desliga o despertador do celular que está em cima do criado mudo, pega uma pelúcia que está no criado mudo e a abraça por alguns instantes. Com muito esforço se levanta da cama sonolenta, abre o guarda-roupa escolhe a primeira roupa que vê. Vai até o banheiro, toma um banho rápido. Ao entrar na cozinha, prepara um pouco de café, abre o armário, pega a sua caneca favorita e serve-se. Senta-se à mesa e confere o seu costumeiro site de notícias. Sua leitura é interrompida por uma ligação, o nome do chamador está como “mãe”, sem pensar duas vezes, Karen a recusa. Antes de bloquear o celular, encara por alguns instantes o seu protetor de tela, a foto de um garotinho. Logo retorna a leitura, quando é interrompida novamente, a mesma ligação, com o mesmo chamador, Karen desliga de primeira, levanta-se, coloca a caneca na pia cheia de louça do jantar passado, caminha até a sala, pega a bolsa e as chaves em cima da estante e sai de casa para seu primeiro dia de trabalho, na empresa “Golden investigações”. Karen entra no escritório, timidamente cumprimenta a recepcionista, que lhe dá alguns recados rapidamente. Ao chegar na sala, Karen encara orgulhosa a placa com seu nome na porta. Observando o espaço rapidamente, vai até a mesa, onde tem algumas caixas de arquivo, coloca sua bolsa no chão, se senta na cadeira, tira um porta retrato com foto de um garotinho e o coloca ao lado do monitor. Ao desviar o olhar da foto para o monitor, nota um post-it colocado com uma mensagem de boas vindas assinada como nome “Isaac”. Karen pega o bilhete, sorri

20


e o coloca na parede atrás do monitor. Nota que as caixas em cima da sua mesa, tem uma etiqueta escrita “caso arquivado”, decide abri-la. Tira de dentro algumas pastas, abre uma e dentro contém um amontoado de fotos e uma ficha escrita “Garoto do parque da Independência”. Ao ouvir batidas fortes, Karen olha assustada para a porta semiaberta, Isaac Doran, entra na sala desejando bom dia, nota que Karen está com o caso do “Garoto do Parque da Independência” e a questiona sobre, relembrando que casos arquivados são dados como inconclusivo a anos. Karen por outro lado, apenas diz que colocaram em sua mesa e que os aspectos do caso a chamou atenção. Isaac, sem entender as motivações da jovem, deseja boa sorte no novo cargo e lhe encaminha um novo caso, sobre lavagem de dinheiro, para que Karen coordene as apurações. O suspeito é Carlos Kresan, esposo de Mirela Kresan, dona do empório de modelos infantil Star kids. Segundo o andamento das investigações, Carlos tem feito movimentações bancárias duvidosas, saques exorbitantes sem relato de destino de depósito. É preciso saber para onde esse dinheiro vai e se existe alguma relação com a empresa ou se é apenas o marido realizando desvio de dinheiro. Karen ressalta que irá fazer o seu melhor neste caso e em seguida indaga um convite para o almoço. Isaac sem jeito diz que não será possível, por conta de uma reunião, mas sugere que Karen converse com algumas garotas da empresa, garante que são bem amigáveis e sociáveis. Karen imediatamente diz que talvez trabalhe até tarde no caso da lavagem de dinheiro, que pretende solucioná-lo o mais rápido possível e quem sabe na próxima. Isaac apenas faz um sinal com a cabeça e sai da sala. Karen, tensa se ajeita na cadeira e solta um longo suspiro. Karen decide começar a investigar o caso de lavagem de dinheiro, abre o sistema online da Golden Investigações e inicia as pesquisas, conforme as diretrizes dadas pelo Issac. Entretida com o trabalho, Karen não percebe a hora passar, se assusta com batidas na porta, Julia, recepcionista, entra na sala e convida Karen para almoçar. Karen por outro lado, timidamente recusa o convite,

21


alegando ter muito trabalho a terminar. Antes mesmo de Julia sair de sua sala, Karen pergunta se a reunião da manhã de Isaac já havia terminado. Sem entender, Julia diz que Issac não tinha nenhuma reunião marcada na parte da manhã e que inclusive já havia saído para almoçar. Quando Julia sai da sala, Karen incomodada, pega o post-it de boas vindas de Issac, colado atrás do monitor, rasga-o e joga no lixo. Organiza os papéis em sua mesa e desliga o computador, levanta-se, pega a carteira em sua bolsa e sai da sala. Saindo da empresa, Karen anda pela calçada pouco movimenta. Olhando ao redor, Karen distraída esbarra em um estranho. O homem desconhecido murmura palavrões ao passar por Karen, enquanto anda, passa por Carlos, que está parado na beira da calçada. Carlos tira o celular do bolso e acompanha o caminho do carro que acabara de chamar pelo aplicativo “Rebu”. Quando o motorista chega, Carlos se senta no banco traseiro, atrás do passageiro, falando ao telefone, demonstrando ansiedade em sua voz. Chegando na empresa da esposa Mirella, passa pela recepção, recebe alguns recados com o secretário e caminha para a sala de espera, onde encontra 1 adulto e uma criança desconhecida. Mirella saí de uma reunião, cumprimenta as crianças que estão na recepção e caminha de volta para a sala de reuniões, onde Carlos esta. Mirella o questiona pelo atraso, visivelmente nervoso, tenta desconversar, saindo sutilmente, indo em direção a sua sala. Mirella o observa desconfiada. Em sua sala Carlos começa a fazer pesquisas no computador, em poucos minutos, se levanta e sai batendo a porta. Desconfiada, Mirella vai a sala de Carlos, senta-se em sua cadeira e liga o monitor, o navegador está aberto em um site de feira beneficente de animais. Imediatamente Mirella pega o celular e faz uma ligação, enquanto chama, Mirella se levanta e vai em direção a porta, quando se ouve “alô” do outro linha, Mirella indaga “preciso dos seus serviços”. Karen fecha a porta de sua sala, com uma xícara de café nas mãos senta-se em sua cadeira e do outro lado da mesa está André Carvalho, o auxiliar do caso da lavagem de dinheiro. Enquanto Karen caminha para a sua

22


cadeira, André está organizando os arquivos do caso de lavagem de dinheiro. Por impulso, André pega uma pasta ao lado do monitor, imediatamente Karen o adverte dizendo que este arquivo em específico é de outro caso. Os dois discutem sobre o caso, pesquisam sobre Carlos e constatam que realmente, foram feitas movimentações altas de dinheiro, sem registro de destino, mas também tem realizado doações grandes na igreja do pastor Marcos Amauri, que é conhecido por suas acentuadas pregações. No meio da conversa sobre o caso, André tenta se socializar com Karen, mas a mesma se mantém focada no trabalho e ignora as perguntas extras e inconvenientes de seu auxiliar. Incomodada com a conversa, André percebe que Karen está incomodada com a conversa e decide então deixá-la sozinha. Sozinha na sala, Karen recebe uma mensagem anônima, nele continha alguns extratos bancários de Carlos, mesmo extratos que ela acabará de verificar com André. Em poucos segundos, chega outro mensagem, também anônima, dizendo que tem informações sobre o caso, sendo uma fonte a anônima, e pretendo se manter assim, pede sigilo a Karen e encaminha um endereço de encontro. Karen dá uma olhada nos arquivos que estava conferindo com André e percebe que tem um extrato, parecido com a parte do que ela virá no anexo da mensagem, porém rasgado. Confusa, Karen recosta na cadeira e olha para o celular em cima dos arquivos abertos, decide verificar a pista por precaução. Ao chegar no destino, Karen sai do carro e a única coisa que consegue notar é uma pet shop. Decide entrar, dá uma boa olhada em volta quando esbarra com uma jovem filmando o evento. Pede desculpas de imediato, mas a jovem retruca com grosseira e sai andando discutindo com o rapaz que a acompanha. No balcão de finalização de compra está Carlos com um cachorro em mãos. Carlos pega o documento do animal com estupidez e sai do local em direção ao seu carro. Sem ter certeza se é ou não o seu suspeito, Karen confere a foto de Carlos que está em sua bolsa, ao constatar que se trata da mesma pessoa que estava finalizando a compra do cachorro, Karen sai correndo do petshop, entra em seu carro e tenta segui-lo.

23


Estacionando em uma praça, Karen dá uma olhada no local e de longe nota Carlos revirando uma lata de lixo. Karen confusa, não acredita no vê e nota que Carlos tira um pacote do lixo e corre para seu carro. Instintivamente, Karen decide segui-lo. Carlos estaciona em frente a uma igreja, sai do carro com o cachorro e o pacote que pegará do lixo. Karen não pensa duas vezes em entrar na igreja. Esconde-se nos fundos e presencia uma discussão entre Carlos e Marcos. O empresário insiste que Marcos segure uma câmera enquanto ele arruma algumas coisas no chão. O pastor repete diversas vezes que não pode fazer o que ele pede. Marcos já muito nervoso começa uma discussão sobre o que eles devem fazer, cita alguma coisa sobre chantagem e os segredos serem expostos, ressalta que os dois tem muito a perder e grita com Marcos perguntando se é isso que ele quer. O pastor entra em pânico, bate na cabeça e diz que não consegue respirar e que não pode fazer o que Carlos lhe pede. O empresário então pega nas mãos de Marcos e tenta convencê-lo com um tom de voz mais dócil, em seguida de sua fala lhe dá um beijo, o que choca Karen no fundo da igreja. Carlos continua insistindo, mas Marcos se mostra relutante. Então Carlos grita com Marcos, joga as coisas no chão e sai furioso da igreja. Marcos fica sentado no chão da igreja em prantos. Karen decide então ir até ele. Fingindo ser uma fiel, pergunta o que houve. Marcos diz algumas coisas desconexas sobre não ter nenhuma relação com o garoto e que o dinheiro que tinha recebido era sujo. Sem entender, Karen questiona Marcos sobre as coisas que estava dizendo, o pastor por sua vez, encara Karen e diz que está bem e que precisa preparar as coisas para o culto. Então, levanta-se rapidamente e vai para o fundo da igreja. Karen muito confusa, se levanta e abaixa-se para pegar sua bolsa, quando percebe que o pacote retirado do lixo estava jogado no chão. Curiosa, ela se ajoelha e abre o pacote, se depara com um punhal, velas pretas e alguns tubos de tinta vermelha. Desconfiada, decide tirar algumas fotos do pacote e sai rapidamente da igreja. Karen entra em seu carro e dá partida. Chegando em casa, Karen se sente exalta, joga a chave em cima da mesa, deixa a bolsa no chão e se senta

24


no sofá. Decide ir até a cozinha, senta-se à mesa, e verifica seus e-mail no notebook. Seu celular faz o barulho de notificação, pega-o no bolso de trás da calça e abre a mensagem. De um remetente anônimo ela recebe um vídeo de sexo de Carlos e Marcos. Poucos segundos depois recebe outra mensagem, do mesmo remetente anônimo das pistas da feira de animais. A mensagem tinha uma foto em baixa resolução de um aparentemente assassinato, o endereço que está em cima da foto é da igreja do pastor Marcos. Sem pensar duas vezes, Karen retorna à igreja e ao entrar se depara com o pastor Marcos no chão cheio de sangue. Olha superficialmente o corpo, não tem certeza se é suicídio ou homicídio. Examina um pouco a cena do crime antes de ligar para o escritório e nota uma pequena caixa de baixo de um banco. Dentro da caixa, tem um pedaço pequeno de uma foto, não é muito legível, mas parece a ponta de um pé de criança. Karen guarda a caixa no bolso, pega o celular e liga para Isaac, informando o acontecido. No escritório da empresa Star Kids, Mirella está no banheiro de sua sala, nervosa, tentando limpar uma mancha de sangue da camisa.

25



PERFIL DOS PERSONAGENS

27


Nascida em 09 de novembro 1995, na cidade de São Paulo. Criada pelos seus pais Fátima Marena e José Karen Marena Marena no bairro Vila Matilde. Como filha única, KaNascimento: ren teve uma infância saudável, muito inteligente, 09/11/1995. mas nunca de socializar muito com seus coleguinhas Filiação de classe, sempre muito na dela e muito observaFátima Marena e dora. Presenciou seus pais trabalhando duro para José Marena. sempre dar o melhor na medida do possível à ela. Sr. José era mecânico em uma Oficina, ganhava um salário mínimo, e nunca deixou que faltasse nada a sua família, já Dona Fátima era costureira de atacado, chegava muito tarde em casa por ter sua carga de horário de trabalho longa, na maioria das vezes não chegava a ver Karen acordar para ir à escola pois saia muito cedo de casa e ao voltar Karen já estava dormindo. Dona Fátima sempre ajudou o marido com a responsabilidade da casa e tudo o que Karen precisava ela estava ali, na medida do possível. A relação de Karen com seus pais não era das melhores, ela não era de contar o que acontecia no seu dia a dia, o que fazia ou até mesmo de pedir conselhos, sempre foi muito dela, trocava poucas palavras, mas sempre foi muito orgulhosa de tê-los como pais, pois era nítido que eles o amava e estavam dispostos sempre a proporcionar o seu melhor. Na escola Karen tinha poucos amigos no qual confiava, pois sofria bullying por ser uma das melhores alunas na escola por seu esforço e dedicação. Prestes a terminar seu ensino médio, aos 17 anos, Karen perdeu seu pai, que sofreu de um ataque cardíaco em seu trabalho, foi uma época difícil emocionalmente e financeiramente, já que seus pais eram os únicos que trabalhavam na casa. Assim que terminou os estudos, ela conseguiu um emprego de Aprendiz de recepcionista em uma clínica de Análises laboratoriais, com o dinheiro que ganhava ajudava sua mãe em casa. Aos 19 anos, decidiu

28


ingressar na faculdade de Jornalismo, o que sempre foi seu grande sonho desde a adolescência. Conseguiu uma bolsa integral, onde não precisava pagar absolutamente nada pelo curso, exceto livros. Na faculdade fez alguns colegas, porém, logo após o fim da mesma, perderam totalmente o contato. Aos 20 anos, cursando o terceiro ano da faculdade, Karen conseguiu um estágio na empresa Golden Investigações, sendo assistente do responsável pelo setor, Isaac Doran. Aos 23 anos, Karen se formou e terminou o contrato de estágio, sendo promovida a investigadora Junior.

Karen nunca foi de ligar para sua vida amorosa, pois sempre foi muito focada em seus estudos e sua carreira, nunca foi de querer deixar a porta do seu coração aberta para viver algum tipo de romance. Sempre muito focada e centrada. Até conhecer e se aproximar de Isaac, seu chefe. Karen passou a se encontrar confusa com os próprios sentimentos em relação a ele, podendo ser um obstáculo para seu bom desempenho profissional.

29


Nascido em 03 de agosto 1984, na cidade de São Paulo. Foi criado por sua família de classe alta, sempre Isaac Doran foi muito mimado pela sua mãe Joyce Doran e principalNascimento: mente pelo seu pai Walter Doran, que sempre sonhou em 03/08/1984. ter um filho homem após ter duas meninas. Por mais que Isaac tenha sido muito mimado durante sua infância, seus Filiação Joyce Duran e Walpais sempre o ensinavam a ter respeito pelos outros e ter Duran. compreensão, o que gerou uma educação impecável. Isaac era uma criança muito extrovertida e sempre socializou com todos os tipos de pessoas, brincou muito de bola com seus amigos vizinhos na rua, mas nas maiorias das vezes ia para a Redação de Jornal ver seu pai trabalhar, onde ele incentivava Isaac que a mesa que ele trabalhava futuramente seria dele. Durante sua adolescência, Isaac foi um garoto de dar um pouco de dor de cabeça aos seus pais, saindo de casa sem avisar onde ia, não tinha hora para chegar, seus pais ficavam preocupados e furiosos com estes tipos de atitudes de Isaac, mas ele sempre soube manobrar seus pais para ficarem mais calmos ao chegar em casa. Aos 17 anos quando terminou seus estudos, Isaac ingressou a faculdade de Direito, realizando o seu sonho. Conheceu Sabrina Louner durante um intervalo, ela prestava faculdade de psicologia e com o passar dos meses se conhecendo, entraram em um relacionamento. Casaram 5 anos depois, quando ambos se formaram. Aos 25 anos, Isaac assumiu a liderança da empresa de seu pai, a Golden Investigações. Aos 27 anos teve seu único filho, Pedro Doran, que foi sequestrado e assassinado misteriosamente aos 6 anos de idade. Sabrina, esposa de Isaac, entrou em depressão e decidiu dar fim ao casamento, se isolando de todos, inclusive do ex-marido.

30


Marcos Amauri Nascimento: 11/03/1987. Filiação Katarina Amauri e Josefá Amauri.

Nascido em 17 de agosto 1989, em Campinas, São Paulo. Marcos foi criado em uma família de religião Candomblé, sua família levava a religião muito a sério e a servia sobre todas as circunstâncias. Sua infância foi muito difícil, já que seus colegas sempre tinham medo dele, por conta da religião que ele servia, sendo assim, Marcos sempre foi excluído de tudo, e isso sempre o entristeceu. Aos 12 anos de idade Marcos não aguentava mais tanta rejeição, seus pais Katarina e Josefá, ficavam aborrecidos com o que o filho estava passando e sempre o prometia que isso iria mudar, realizavam ‘trabalhos’ de terreiro para seu filho sair desta situação. Até que, dias após, Marcos contou a seus colegas de infância que

mudou de religião, e claro que seus amigos não acreditaram, mas ele foi firme, e disse que estava exercendo a religião evangélica, e para provar começou a frequentar uma igreja evangélica da região, com isso Marcos começou a ter uma vida social dentro da comunidade, mas o que ele não esperava é que fosse gostar de praticar a religião, o que deixou seus pais muito surpresos e decepcionados, mas Marcos os garantiu a eles que não iria parar de frequentar o terreiro, desde que nenhum dos seus novos amigos soubessem. Com o passar do tempo, Marcos se tornou um adolescente com muito amigos, mas algo sempre pesou sobre ele, pois não se sentia bem ao frequentar duas religiões, e optou por virar pastor e fixar na palavra de Deus. Aos 23 anos Marcos já estava pregando em casas de amigos, realizando células e acolhendo o próximo. Meses depois quando uma célula havia terminado, Marcos conheceu Carlos, ali surgiu uma grande amizade, que logo após virou amor, algo totalmente inexplicável, Marcos mal sabia o que estava fazendo, sempre muito confuso, mas seu amor por Carlos era surreal, algo que ele nunca havia sentido, então iniciou um caso escondido de tudo e de todos, já que Carlos era um homem casado com uma mulher. Assim todos saiam ganhando e vivendo suas vidas normalmente.

31


Carlos Kresan Nascimento: 23/02/1990. Filiação Elena Kresan e Robert Kresan.

Nascido em 23 de fevereiro de 1990, em Campinas, São Paulo. Criado por sua família rica dona de uma fábrica de roupas infantis. Carlos sempre foi o mais inteligente de seus 3 irmãos, pois ele sempre gostou de estudar. Carlos nunca foi de ter muitos amigos na sua infância, mas os poucos que ele tinha valia muito, tinha 3 irmãos, Ronaldo, Izaque e Lucas, sempre se deram muito bem, mas de vez em quando o ciúme por disputar atenção dos seus pais (Elena Kresan e Robert Kresan) causava desavenças na família. Durante seu colegial, Carlos conheceu Henrique, que era gay e mantinha esse segredo para todos, exceto Carlos, que era quem ele confiava muito, com o passar do tempo Carlos e Henrique tiveram uma ligação

forte, e foi onde Carlos descobriu sua verdadeira sexualidade, mantiveram um caso escondido durante todo o período colegial, até que um dia, Carlos e Henrique estavam em seu quarto estudando para a última prova bismestral no 3 ano do colegial, ali eles acabaram se desconcentrando nos estudos e se beijaram, naquele momento, o pai de Carlos, Robert Kresan já estava desconfiado do comportamento que seu filho estava levando, e acabou pegando no flagra, onde gerou um ataque cardíaco e morreu na hora. Aos seus 18 anos, Carlos entrou na faculdade, cursando administração. Carlos conheceu Mirela, que havia ido palestrar em uma de suas aulas. Ao chegar ao fim, Carlos saiu da sala e o ouviu Mirela chamando-o, que imediatamente pediu seu número, Carlos hesitou, mas não negou. Mantiveram contato por cerca de uma semana, até que decidiram sair, Carlos optou por esconder sua bissexualidade e ingressou em um relacionamento com Mirela, mulher 12 anos mais velha, casaram-se 2 anos depois.

32


Mirela Roman Kresan Nascimento: 13/12/1978. Filiação Donald Roman e Margareth Roman.

Nascida em 13 de dezembro de 1978, no centro de São Paulo. Mirela Roman é filha única com filiação de Donald Roman e Margareth Roman. Foi criada em um apartamento no bairro Jardins, e sempre foi muito mimada pelos seus pais, mantendo assim um nariz empinado e uma arrogância de tirar todos do sério. Sua infância foi diferente de todos aqueles que costumados a ver como “normal” pois ela nunca quis se misturar com os colegas de escola exceto duas amigas que eram praticamente a tampa de sua panela, totalmente tão dissimulada como Mirela. Costumava brincar de boneca em seu quarto com as amigas que confiavam. Aos 17 anos, Mirela iniciou um namoro com um rapaz de sua turma de classe, Sebastian Kleit, mas o na

moro não durou muito, o mesmo não aguentou tanta frieza vindo de uma pessoa, a falta de sensibilidade de Mirela assustava até mesmo seus próprios pais. Mirela não aceitou o término, foi um período difícil para ela, onde sempre buscou a reatar o relacionamento com Sebastian, mas ele negou a volta. Mirela sofreu muito, o ódio a conduzia, não aceitava de como alguém poderia a deixar, pois ela se sentia única e diferente de todas, ninguém poderia dispensar a “Mirela Roman”, até ela se estabelecer por inteiro durou meses. Por seus pais possuir uma empresa de calçados, Mirela sempre sonhou em tomar a frente da empresa, e optou por ter entendimento sobre tudo, então, aos 18 anos começou a cursar Moda em uma das melhores faculdades do estado de São Paulo. Na faculdade, Mirela era muito cobiçada por todos, já que andava muito bem arrumada e sua elegância era de tirar o folego, mas nunca deu mole a ninguém, já que não queria passar pela mesma situação que passou, quando terminou o namoro. Aos 23 abriu uma agencia de modelos infantis, a Star Kids, empresa que levou Mirela a se envolver com tráficos de drogas e, logo após, tráfico de crianças dentro e fora do país. Ao conhecer Carlos, jovem e bonito, viu nele o parceiro e cumplice que tanto buscava ao longo dos anos e decidiu conquistar o jovem.

33


Isa Kosh Nascimento: 10/05/1999. Filiação Julia Kosh e Jair Kosh.

Isa Kosh, nascida em 10 de maio de 1999, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, mas criada em São Paulo, no bairro Alphaville. Filha única, sempre foi muito mimada pelos seus pais a amam muito, Julia Kosh e Jair Kosh sempre deram tudo o que Isa queria. A infância de Isa foi muito ‘artificial’, pois ela se dava bem com toda sua turma de classe, mas quando chegava em casa para contar a sua família como foi seu dia, ela simplesmente relatava tudo ao contrário, com muito negatividade. Isa Kosh, era muito preconceituosa, e não admitia que um aluno negro frequentasse sua classe, até que um dia, Isa colocou o celular dela dentro da bolsa

do mesmo, para incrimina-lo de algo que ele não fez, após realizar o ato e falar para a professora que seu celular tinha sumido, a direção da escola decidiu revistar todos da classe, e ali encontraram na mochila de Daniel, onde foi punido por algo que não fez, naquele momento ela sentiu um sentimento de realização e satisfação, nunca sentiu tão algo prazeroso, o que era de se assustar, pois a menina só tinha 12 anos. Durante seu colegial, Isa Kosh tinha 5 amigas que só queriam ser amigas dela pelos status que Isa tinha na escola e em suas redes sociais. Mas sempre foram muito humilhadas por Kosh, principalmente Elaine, que era a gordinha da turma, sempre jogou e mexeu com o psicológico das meninas que conviviam com ela. Aos 17 anos de idade conheceu Antoni Monteiro, seu primeiro namorado, que tinha um ar misterioso por traz dele, e que aquilo mexia com ela de uma forma inexplicável.

34

Dois anos depois Kosh não aguentava mais suas redes sociais estarem na mesma, ela queria mais, queria ser famosa, principalmente ter amigos famosos, com influencias que pudessem proporcionar seu sucesso, angustiada com


sua situação, desabafou com Antoni, que não aguentava mais a mesmice, e ali, Antoni disse que o que ela queria ele podia proporcionar, Isa ficou surpresa e logo questionou como ele poderia. Antoni revelou sua religião Satânica e que se ela fizesse um sacrifício de uma criança tudo o que ela queria iria chegar em instantes, a revelação deixou Isa apavorada, mas tentada. Após pensar alguns segundos, ela topou a proposta, tornando-se assim uma blogueira super conhecida no Brasil.

35


Antoni Monteiro Nascimento: 02/01/1998. Filiação Cristiane Monteiro e Bruno Monteiro.

Nascido em 02 de janeiro de 1998, em São Paulo. Antoni Monteiro nasceu em uma família extremamente evangélica. Sua infância foi basicamente a base da religião, seus pais Cristiane Monteiro e Bruno Monteiro, possuía uma transportadora de alimentos onde trazia uma boa renda a família. Por toda sua infância Antoni frequentou cultos e igreja, mas nunca sentiu o prazer de se manter nessa religião, as vezes debatia com seus pais de que não queria ir ou rezar durante a noite, mas no puxão de orelha, Antoni acabava fazendo a vontade dos pais. Nunca foi de ter muitos amigos, pois os amigos que tinha colocava Deus a frente de todos os assuntos que iriam

conversar, e isso causava desgaste à Antoni. Aos seus 15 anos, Antoni teve a vontade de pesquisar mais afundo do Diabo que a igreja tanto temia e através de pesquisas achou um site de uma igreja Satânica, onde encheu-o de curiosidade de se aprofundar mais neste universo que todos tem medo. Ao ir à igreja e conhecer todos os detalhes, Antoni se maravilhou por tudo, e decidiu que era aquilo que ele queria, mas claro, se seus pais soubessem seria como tivesse dado uma facada neles, de tanta decepção e desgosto que iria corroer as veias deles. Então Antoni mantem sigilo a sua religião. Fez amigos dentro dessa comunidade Satã, amigos que o influenciaram a magias negras e tudo aquilo que ele almejasse ele conseguia num piscar de olhos. Aos 18 anos terminou seu colegial, Antoni conheceu Isa Kosh, em uma festa de um amigo em comum que estava fazendo aniversário, ali ele se apaixonou pela ambiciosa e diferente Isa, e estava disposto a fazer tudo por ela.

36


LOCAÇÕES

37


golden investigações A série se passa em 4 locais principais que irão ser cruciais no desenvolvimento da história.

Planta Baixa Golden Investigações

38


Recepção

Sala da Karen

39


Casa da Karen A casa possui dois andares

Planta Baixa Casa da Karen Primeiro andar

40

Planta Baixa Casa da Karen Segundo andar


41

Cozinha

Sala

Banheiro

Quarto


star kids

Planta Baixa Star Kids

42


Recepção

Sala de Reunião

Sala do Carlos

43


Igreja do Pastor Marcos

Planta Baixa igreja Pastor Marcos

44


Visão de trás para frente

Visão de frente para trás

Fachada

45


O método de procura das locações foi se iniciou no roteiro na criação de personagens e cenas, a partir da especificação do roteirista os produtores de locações Victor Geovane e Tamires Jesus começaram a buscar primeiramente dentro do nosso ciclo de amigos e Família (buscando poupar gastos) locações que estivessem dentro do perfil, sempre visitando as locações analisando qualidades e empecilhos da locação tais como ruídos sonoros e de iluminação e se caso não encontrássemos a locação ideal dentro do nosso ciclo social, começaríamos procurar empresas dispostas a ceder o local, caso contrário (como aconteceu) alugaríamos um espaço por uma quantidade de horas.

46


CASTING

47


Possuindo a descrição, história e exigências de cada personagens em mãos, deu-se início a busca de um elenco que se encaixa-se em tais papeis. Levando em consideração uma pesquisa realizada pela agencia especializada em social media, a We Are Social, que aponta que 66% da população brasileira utiliza as redes socias, como meio de busca e seleção, foram utilizadas algumas, tanto as oficiais do grupo, como também as redes sociais pessoais dos integrantes do grupo, entre elas o Instagram e grupos no Facebook. Veja dados abaixo:

Dessa forma, foi realizado e estabelecido contato com, em média, três candidatos por personagem. O grupo optou por realizar o casting através de vídeos, visando poupar tempo e custo, além de já realizar a análise do candidato em frente a câmera. A seleção de elenco foi realizada pela equipe de produção, acompanhados pela direção e assistência. Posteriormente, foi realizado o primeiro encontro do elenco com a equipe, dando início a leitura de roteiro em conjunto, podendo assim, iniciar os ensaios.

48

Ao decorrer dos ensaios e gravações surgiram alguns imprevistos como, por exemplo, a dificuldade de sincronia de agenda, o que levou a troca de dois atores em momentos cruciais da gravação, que foi somente possível por ainda ter sido mantido contato, mesmo após a seleção, com os demais candidatos.


DIREÇÃO ARTÍSTICA

49


O trabalho realizado pela direção artística se deu principalmente na preparação do elenco da série. Os atores por já terem trabalhado juntos (alguns deles) se sentiram mais a vontade em cenas que exigiam uma interação entre ambos e se propunham sempre em sugerir mudanças nas falas do roteiro e ações novas que basicamente ajudou muito também na parte da direção. Além da preparação por parte do elenco, buscamos instigar nos atores durante os ensaios a busca pelo personagem, e usando métodos de Stanislavski incentivamos o ator na busca do seu subtexto, que obviamente não e uma tarefa fácil ainda mais considerando o tempo escasso de produção e que exigia muito mais um trabalho constante de estudo dos atores. Além disso, marcações foram feitas para os atores não se perderem e estarem sempre atentos nas suas entradas e saídas. Antes das gravações também, buscamos acostumar nossos atores a sensação de serem gravados, já que a maioria eram atores de teatro podia se gerar uma trava na hora das gravações, então a preparação começou desde então por esse treinamento.

50


DIREÇÃO DE ARTE

51


A identidade visual de “Ligações Ocultas” focou em acentuar a profissão da protagonista, como investigadora. Focamos em elaborar arquivos policiais próprios, utilizando a logo marca da agência de investigações fictícia “Golden Investigações”, presente na série.

52


Elaboramos as marcas das agências que se destacaram no episódio piloto, que foram a “Star Kids”, agência de moda infantil e a “Golden Investigações”, agência de investigação. Na produção dos logos, nos preocupamos em criar linhas artística que salientasse a identidade de cada uma das empresas.

53


No processo de descaracterização, foram também elaboradas marcas próprias para os carros utilizados, aplicativo de celular e computadores.

Marca para os carros

Marca para computadores

Aplicativo de Celular

54


Foram produzidos sites de acessos próprios, utilizados pela protagonista ao logo do episódio, “O Paulistano” site de noticiais, alimentado com conteúdo redigidos pela produção e uma página da web, que serviu de programa interno da agência “Golden Investigações”.

Programa interno “Golden Investigações”. Site de noticias “O Paulistano”.

55


A série de modo geral traz cores que induz o período de inverno, cores frias, que caracterizam uma obra de ficção enquadrada no gênero de suspense. Paletas de cores:

Essas definições artísticas incluído todas as cores usadas determinam uma importância para identificação de cada personagem ao espectador, a harmonia obtida na composição da série corresponde grandemente no resultado final, possibilitando a construção de uma produção de audiovisual original.

56


DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

57


A direção de fotografia foi elaborada para despertar no telespectador sensações de suspense, ansiedade e curiosidade. Para isso, exploramos múltiplos enquadramentos, em especial o plano detalhe destacando elementos pertinentes na composição da narrativa, instigando o ar de suspense. Como estratégia de visualização e ferramenta para orientação nas gravações, foi elaborado um storyboard, simulando take a take das filmagens, contendo descrição e imagens representativas dos planos e enquadramentos, construindo assim a cena. Na produção desse episódio piloto, foram utilizadas duas câmeras DLSR Nikon, com as lentes 17-77mm e 70300mm.

58


DIREÇÃO DE SONORIZAÇÃO

59


As trilhas foram escolhidas visando captar os sentidos dos telespectadores. Em Ligações Ocultas, uma série investigativa, o suspense é imprescindível, por isso foi utilizada trilhas de suspense em cenas como a perseguição e cenas de chegadas em locais. Foi também pensando em passar a emoção do personagem para o telespectador, como na cena inicial de medo da Karen, a cena de raiva no momento de discussão entre Marcos Amauri e Carlos Kresan. Para a busca dessas trilhas foi feito pesquisa em diversos sites que disponibilizam trilhas de forma gratuita e sem direitos, e foram escolhidas as trilhas que mais se encaixam com a situação apresentada na série. Ligações Ocultas, mesmo sendo uma série ficcional, visa estar o mais próximo possível da realidade, com isso muito som ambiente foi utilizado, para quem vê se sinta familiarizado com o local. Para a captação do som, foi usado o microfone direcional com a vara do boom, focando não somente pegar a fala dos atores em momentos de diálogo, mas também pegar o som ambiente dos locais, dos objetos, animais e outras coisas que emitem som a volta do cenário. Nenhum outro microfone foi utilizado durante as gravações.

Sincronização musical: A

sincronização musical foi escolhida visando demonstrar naturalidade ao ambiente, como por exemplo, a cena de Karen em casa toca a música da cantora Nat Santigado, intitulada “Vem”, a música por seu início calmo, visa buscar a tranquilidade de Karen no seu ambiente de casa enquanto se prepara para o seu primeiro dia no novo cargo. No momento em que Carlos Kresan utiliza o aplicativo de viagens “Rebur” toca a música do cantor Abner Nonato intitulado “Tão Longe”. A utilização das músicas foi autorizada pela gravadora PGK.

60


PÚBLICO-ALVO

61


Naturalmente ao iniciarmos o desenvolvimento do projeto buscamos muitas referências antes de estabelecermos o nosso público alvo, e uma história e um gênero seriam essenciais para a busca de um público alvo. Após algumas pesquisas e usando como base a pesquisa realizada pela folha de São Paulo, onde dizia que o canal ID (Investigação Discovery) tem como 70% de sua audiência baseada no público feminino. Não só o grande número na porcentagem de mulheres que assistem a esse tipo de programa, mas também ao impulsionamento de canais que exibem programas de gênero investigação, decidimos definir e traçar o nosso público alvo destinado principalmente a mulheres jovens de 19 a 25 anos de idade para serem a nossa principal audiência. Além disso buscamos na elaboração do roteiro a criação de tramas e sub tramas com personagens com histórias complexas e uma personagem feminina forte e determinada que sua função basicamente é gerar proximidade com sua audiência. Fora esta pesquisa, realizamos também um levantamento em relação ao que o público busca assistir hoje em dia, e séries como a popular “Black Mirror” do serviço de streaming netflix que ganha os holofotes ao trazer histórias com reviravoltas surpreendentes e com histórias feitas para todos os gêneros e classes sociais. Fora “Black Mirror” conceitos de “How To Get Away With A Murder” e de “CSI” também são explorados. Usando essa pesquisa em específico buscamos trazer um pouco dessa ideia de fazer um programa para todos os tipos de classes e com pontos de viradas surpreendentes além também de atrair a atenção de pessoas que também são fãs de longa data do gênero “investigação” e trazer um público novo que esteja assistindo pela primeira vez a uma série do tipo.

62


VEICULAÇÃO

63


A todo momento, está se tornando mais comum a utilização de plataformas de streamings, a cada dia elas ganham mais visibilidade e consequentemente mais audiência, o que gera uma concorrência no mundo todo. Uma pesquisa feita pelo Google no período em que as plataformas começaram a popularizarem-se, aponta que o consumo de streamings no Brasil, teve uma ascendência de 90% entre os anos de 2014 e 2017. Estes dados indicam que o interesse da população brasileira em ter acesso a conteúdos digitais e mídias moveis, tem aumentado consideravelmente, este crescimento em potencial se dá pela possibilidade de reprisar os conteúdos e principalmente pela liberdade de horário que estas plataformas oferecem aos usuários. Essas plataformas tem sido vistas como otimizadores de tempo, uma vez que a vida das pessoas, tem se tornado cada vez mais corrida. Uma pesquisa realizada em 2015 pela JW.ORG, que tem como objeto de estudo trabalhadores de 8 países, aponta que a rotina entre afazeres de casa, responsabilidades profissionais e família tem sobrecarregado intensivamente as pessoas. Essa sobrecarga as faz procurar meios de otimizarem seu tempo, como por exemplo, terem acesso ao conteúdo que desejarem (que antes só poderiam ser consumidos em horários determinados) em qualquer horário, no trajeto ao trabalho, durante o tempo utilizado na academia, entre outros. A interativa.com divulgou índices relevantes sobre a utilização de umas das plataformas de streamings mais populares, a Netflix. Nestes índices é possível observar quão grande tem sido o aumento de acessos de conteúdos neste segmento.

64


Pesquisas realizadas pela iinterativa.com mostram que quase 40% da população americana fez uso ou realizou cadastros no Netflix em 2013. Tratando-se de entretenimento digital a Netflix é uma das plataformas com maior popularidade, porém suas concorrentes também possuem números significativos, como mostra o infográfico ao lado: Uma vez que os números de acessos do Netflix impressionam, os números em valores não ficam para trás. Segundo a iinterativa.com são investidas mais de 1 bilhão de horas de utilização da plataforma do Netflix o que trouxe receitas muito significativas, como mostra o infográfico abaixo:

Ainda se tratando da popularidade da Netflix, a 5ª edição do estudo Geek Power realizado em 2018 através de uma parceria entre o Ibope Conecta e o Omelete Group, aponta que em 2017, 97% do público aderiram a alguma plataforma de streamings, e destes usuários, 91% preferiram utilizar a Netflix. O App Annie, companhia de análise do mercado mobile, registrou que entre 2016 e 2018 o Brasil teve um crescimento de 130% em relação ao tempo gasto em aplicativos relacionados a plataformas de streamings. Esses números colocaram o Brasil em 6º lugar no ranking, como mostra o gráfico:

65


Um outro ranking realizado pelo App Annie, mostra que o Brasil ocupa a nona posição do que diz respeito a investimento financeiro para ter acesso aos conteúdos oferecidos pelas plataformas de streamings. A primeira posição foi ocupada pela Índia, que também ficou com a primeira posição na pesquisa referente ao tempo de utilização das plataformas deste segmento. Segundo o App Annie os usuários têm a consciência da tecnologia utilizada, assim como dos custos para ter acesso às mesmas. Desta forma estão dispostas a investir seu dinheiro e adaptar seus hábitos para que o consumo seja possível. Isto é, para a utilização das plataformas de streamings é necessário investir na própria plataforma, em tempo para consumo, em internet fixa ou móvel e em aparelhos que suporte seu funcionamento. Ainda que tenham tantos

66


pontos a serem adaptados, os usuários continuam aderindo as exigências a fim de terem acesso ao conteúdo oferecido. Segundo a 5ª edição do estudo Geek Power, 76% dos usuários optam a um determinado streaming pelo aspecto financeiro e 71% pelo catalogo disponibilizado pela plataforma escolhida, e outros 56% pela possibilidade de acesso a lançamento e conteúdos originais. O estudo Geek Power ainda mostra que a utilização de plataformas de streamings fez com que o consumo de conteúdos de TV por assinatura caísse de 73% em 2014, para apenas 68% em 2017, como mostra o gráfico abaixo:

Segundo o diretor de marketing do Omelete Group, Marcelo Forlani, esta preferência do público, a plataformas de streamings em relação a assinatura de TV fechada, se dá devido a necessidade de reduzir custos e a maior possibilidade de serviços de plataformas de streamings. “O consumidor está cada vez mais exigente e quer conteúdo de qualidade com bom preço.” conclui o diretor.

67


A revista The Hollywood Reporter, realizou um estudo onde detectou as preferências em séries do público e dos produtores, este estudo contou com 2.800 participantes, destes 365 eram produtores, 268 realizadores e 779 atores hollywoodianos, todos responderam anonimamente sobre suas preferências. Os resultados trouxeram diversos gêneros com produções entre 1950 a 2017, a 3º posição foi ocupada pela série investigativa Arquivo X (1993-2002) muitos dos participantes elegeram esta como sua preferida entre qualquer outro gênero disponível. Em um ranking de 100 posições, as séries investigativas aparece 17 vezes como sendo as preferidas pelo público, produtores, atores e realizadores. Entre elas encontram-se:

68


Segundo o minhaserie.com entre os gêneros mais populares na Netflix e séries da TV, investigação é um dos gêneros preferidos. Para o público que aprecia uma trama com ação e suspense, este gênero é um grande atrativo. Existem grandes sucessos deste gênero, como por exemplo: The Blacklist, Altered Carbon. American Crime Story, MINDHUNTER, How to Get Away With A Murder, Deep Undercover, Divisão de Homicídios, Elementary, Gab – Dong, Gotham, La casa de papel, O Bosque, O Perfume, entre outros. Segundo a Revista Bula, no Brasil este gênero de serie também, é bem recebido pelo público, uma série de destaque foi a Investigação Criminal, que relata a investigação de casos de assassinatos reais que aconteceram no Brasil, sobre a visão de peritos criminais, legistas, delegados e outros profissionais envolvidos nos casos que chocaram o país. Outras séries investigativas brasileiras de sucesso:

69


Levando em consideração todos os dados analisados a cima e os confrontando ao perfil da nossa produção, a melhor estratégia de veiculação da série investigativa é: - A transmissão será por plataforma de streamings por assinatura, que obteve um crescimento de 130% no consumo da população brasileira. - A veiculação alcançara todo o território nacional, podendo futuramente ser reproduzidos em outros países, que segundo análise dos dados acima, também representam grande viabilidade. - Por se tratar de streamings não temos um horário de exibição definido, o mesmo será definido pelo usuário de forma que atenda suas necessidades. - A produção da série acontecerá por temporada anual, contando com 06 episódios cada. - Para maior adesão do nosso público alvo, que são os usuários de plataformas streamings além dos episódios, disponibilizaremos online conteúdos extras como: Making Off da produção, bastidores e preparação dos episódios. Este, terá duração de 7 minutos. Verificamos, com base neste estudo, que a veiculação deste projeto, no formato de streamings, atinge compatibilidade significativa com a Netflix, mantendo a linha de conteúdos que remetem a índices de consumo e audiência elevados, e segue a linha de projetos que são vistos pelos seus consumidores como um meio de entretenimento e descontração. Então concluímos que o meio de veiculação ideal para o projeto em questão é a plataforma de streamings Netflix, uma vez que a mesma se adequa aos objetivos de alcance desejado pela nossa produção.

70


Distribuição:

A série “Ligações Ocultas” é uma série de suspense. Conforme dito na parte de Veiculação, nosso plano é que a obra seja transmitida no serviço de streaming da Netflix. A Netflix atualmente funciona de uma maneira “industrial”. Várias séries e vários filmes são lançados semanalmente, quase diariamente, seja obra original ou não. Quanto as séries em específico, todas as séries originais seguem padrões estabelecidos pela empresa. Existem diversos padrões para as séries e eles vão se alternando entre as séries e novas temporadas lançadas. Usando a série O Demolidor (Daredevil, 2015) como exemplo, seguia o padrão de 13 episódios com duração entre 40 minutos e uma hora. Todas as outras séries do mesmo universo da Marvel seguiram esse padrão. Com o tempo, as séries foram diminuindo tanto o número de episódio quanto a duração deles e é nessa mudança que “Ligações Ocultas” entra. Nosso foco era que a série fosse vendida como uma série Original Netflix, deixando todos os direitos reservados a essa empresa. Logo, nossa série se encaixaria no padrão mais corriqueiro de série curta de 6 episódios com duração de 20 a 35 minutos cada episódio. Esse formato é perfeito para a história que propusemos, onde cada episódio conta uma história que ligará numa história maior que será o plot central da série, logo a série se encaixa perfeitamente no padrão da Netflix.

71



CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA

73


A série em questão é uma série de investigação criminal, o que nos remete a lembrar de temas mais complexos a ser abordados. Considerando que há violência, seja explicita ou não, nós chegamos a conclusão de que a classificação indicativa na qual a produção mais se encaixa seria na de 16 anos. Haverá em seu decorrer diálogos, citações e imagens que não são recomendados para crianças e pré-adolescentes. Isto também considerando o horário que ela viria a passar caso seja transmitida no canal AXN, conforme citado no tópico anterior. Nosso conteúdo claramente não é deve ser veiculado para crianças ainda em desenvolvimento, há imagens fortes tanto fisicamente quanto psicologicamente. Porém não há nada tão explicito a ponto de ser colocado como conteúdo recomendado para maiores de 18 anos ou proibido para menores. Dessa forma, essa é a classificação mais recomendada para a série Ligações Ocultas.

74


JUSTIFICATIVA

75


“Ligações Ocultas” como uma produção audiovisual, com formato de web série e gênero de suspense policial, traz em sua narrativa, um conjunto de complexidades afim de envolver o telespectador e imergi-lo na história. Para que isso aconteça, a proposta da temporada é manter um ponto de curiosidade e dúvida acerca da insistência da protagonista, Karen Marena, para com um caso não solucionado titulado como “Garoto do Parque da Independência”, que se trata de um homicídio com teor ritualista satânico. Karen se liga a esse caso, por fazer referência a morte do seu irmão mais novo, falecido em um acidente. A descrição da aparência física, semelhanças de vestimenta e idade, fazem a ligação entre o irmão de Karen e o garoto falecido de forma drástica, a instigando a querer solucionar o caso. A protagonista ingressa em seu novo emprego, no episódio piloto, oportunidade esta concedida por um velho amigo, e agora seu chefe, Isaac Doran, por quem tem uma paixão oculta. Issac, embora seja um personagem discreto na série, guarda um grande segredo, a morte de seu filho de forma drástica. O filho de Issac é o mesmo garoto no qual Karen se empenha tanto em solucionar no caso arquivado. Issac de forma ardilosa, vai apresentando situações a Karen, anonimamente, para instigá-la a ir a fundo na investigação. Esse é o grande plot twist da temporada, a ser revelado ao telespectador nos últimos episódios. A resolução do caso arquivado, não é o único objetivo de Issac, a verdadeira intenção é vingança, que sera

76


executada expondo aqueles nos quais articulou e executou a morte de seu filho. Portanto, ao decorrer dos episódios, Issac entrega a Karen casos novos a serem solucionados, os suspeitos são as pessoas que estiveram envolvidas na morte Pedro Doran, seu filho. As ligações dos novos casos que Karen recebe e do caso antigo que ela está empenhada em solucionar, começa com Carlos Kresan, esposo de Mirella Kresan e dono da empresa de moda infantil “Star Kids”, e o pastor Marcos Amauri, pessoa de renome no meio religioso por seu carisma e espiritualidade. Ambos matem um relacionamento escondido. Carlos usa a Igreja de Marcos para fazer lavagem de dinheiro vindo da empresa “Star Kids”. O dinheiro lavado é fruto do tráfico de crianças, administrado por Mirella, que usa a empresa de modas infantis como faixada e por este meio o filho de Issac foi sequestrado. A personagem Isa Kosh, é uma garota nascida de boa família, tendo tudo o que quer, na hora que quer, independentemente de qualquer coisa. Possui uma personalidade arrogante e preconceituosa, sendo adepta ao neonazismo. A jovem começa a carreira como blogueira na internet, falando sobre moda, hábitos alimentares e estilo de vida. Seu primeiro namorado, e atual, é Antoni Monteiro. Isa chegou em um ponto de estagnação em sua carreira e sua ambição a deixou impaciente e ansiosa, o que muda drasticamente sua personalidade. Em uma conversa, Antoni revela que segue uma cresça diferente, o satanismo e que existem métodos para que Isa consiga sucesso com mais rapidez, através de rituais. Sem pensar duas vezes Isa realiza alguns rituais com animais, mas sua popularidade teve pouco aumento. Isa impaciente diz que quer algo grandioso, para que ela tenha grande sucesso. Antoni sugere um ritual com uma criança, nunca realizado por ele, mas acreditava ser eficaz. Isa aceita e faz a exigência que seja uma criança de descendência judaica. Antoni conhecia os serviços de tráfico que Mirella realizava, com o dinheiro de Isa, entrou em contato com a empresária, que em dois meses conseguiu a criança pedida por Antoni, o filho de Isaac que fora sequestrado.

77


A família de Antoni também seguia o satanismo, portanto o ritual foi preparado por ela no parque da Independência, em São Paulo e ali foi realizado o assassinato do filho de Isaac. Por falta de evidências concretas, o caso foi arquivado. Desde a morte de Pedro, Isaac se empenhou em investigar e elaborar sua vingança. Quando Karen pediu uma indicação de emprego a Isaac, foi o momento exato para que ele a usasse como canal da concretização de seus planos, uma vez que a conhecia a fundo, sabendo de suas fragilidades emocionais e acreditando ser possível manipula-la, por tanto a deu o cargo de investigadora júnior da empresa “Golden Investigações”.

78


Todas essas ligações serão pouco a pouco esclarecidas ao longo dos episódios, com o enfoque de expor os segredos de cada um dos personagens envolvidos, direta ou indiretamente, no ritual, como: a lavagem de dinheiro realizada por Carlos, o relacionamento homossexual do pastor Marcos, o tráfico de crianças por trás da empresa de Mirella e o sacrifico realizado por Antoni e Isa.

Carlos Estelionatário

MARCOS Pastor Homossexual

Isa Supremacista

Mirella Traficante de Criança

Antoni Satanista

79


Ajudando na concretização de cada caso, Karen recece pistas anônimas em seu celular, contendo dicas de lugares e evidências não registradas, as mensagems são evnidas por Isaac. Ao final de cada episódio, como elo de ligação das exposições, que são os casos diários que Isaac pede para Karen solucionar, e o caso arquivado do garoto do parque da independência, terá um pequeno detalhe que fará referência a ambos os casos, que é um pedaço de foto, na cena final, do dia do ritual satânico, que será montando episódio a episódio. As referências utilizadas para composição dessa produção é a série “How to get away with murder”, que narra a história de Annalise Keating, advogada de renome, que ao começar a enfrentar um colapso em sua vida pessoal e profissional ela e seus alunos se envolvem, involuntariamente, em uma trama de mistério e assassinato. A série “Blindspot” que conta a história de uma agente do FBI que, misteriosamente, se vê em meio a uma conspiração. A mesma acorda no meio da time square, com o corpo todo tatuado, sem saber o que houve. As tatuagens, são pontos de ligação para solucionar a conspiração. E o podcast jornalístico, produzido pelo “Projeto Humano”, chamado “Caso Evandro”, que se trata de um caso verídico, referente ao sequestro e assassinato do garoto Evandro Ramos Caetano, em 1992, na cidade litorânea de Guaratuba, Curitiba. O caso é desenrolado com a investigação da esposa e filha do prefeito, que supostamente encomendaram um ritual a um pai de santo, para que a vida política da família prosperasse. Utilizamos as referências, para nos ajudar a construir os pontos de complexidade da nossa série “Ligações Ocultas”, para bem o arco da série e o arco dos episódios.

80


CONSIDERAÇÕES

81


Relatório do Grupo de Discussão GRUPO DE DISCUSSÃO SOBRE A SÉRIE “LIGAÇÕES OCULTAS” REALIZADO NO DIA 23 DE OUTUBRO DE 2019

O grupo de discussão foi mediado pela aluna Caroline Dupim com o auxílio do professor Bruno Tavares. O Ciclo de discussão era composto por 5 pessoas dentro do nosso público alvo de mulheres de 19 a 24 anos e um fora: - Daise, 31 anos, assiste quase sempre Netflix e globo Play, Gosta de séries como “The Good Doctor”, “La casa de Papel”. - Pamela 18, vê muita Netflix, pouca tv, Gosta de “Greys Anatomy” - Caroline, 22 anos, gosta muito de netflix, não tem uma série favorita - Thalita, 20 anos, vê muita Netflix, pouca tv e gosta de ver documentário, exemplo, “Explicando a mente” - Isabela, 19 anos, gosta muito de netflix e sua serie favorita é “Atypical” - Luana, 23 anos, gosta de netflix e da série “How to Get Away with Murder” Foram feitas uma série de perguntas para a nosso grupo após assistirem a série, buscando saber principalmente, o que gostaram e não gostaram, falhas, o que incomoda e outros quesitos descritos abaixo, após cada pergunta está pontuado o que isso acrescentou na produção e no nosso crescimento ou nossa opinião sobre.

82


Qual a sensação esse episódio causou em vocês? Suspense e curiosidade, queria saber o que aconteceu com o padre. Bate curiosidade, da para perceber algumas coisas como que por exemplo ela é recém promovida em um trabalho novo, tem dois casos, e talvez tenha uma ligação entre eles. Fiquei curiosa, como assim ela ta com sangue nas mãos, ela matou alguém? Como o pastor aparece morto? Ansiosa, o que aconteceu no início e no final estou curiosa? Passa uma ideia de suspense e ansiedade. - Foi exatamente o que tentamos passar na nossa série, uma sensação de suspense e curiosidade, algumas cenas ficaram em aberto exatamente para serem explicadas ao longo da temporada -

Se vocês pudessem descrever a personagem principal (Karen) como faria? (Todas lembraram o nome da atriz principal) Ela é um pouco falha, faltou as ações de Investigadora, ser um pouco mais calculista, ela agiu muito no impulso em algumas cenas Ela é muito impulsiva e emocional e a área dela pede mais a razão Concorda que ela é impulsiva e ela deveria ter chamado alguém para ajudar ela desde o começo, pois ela agiu sozinha desde o começo, e no final liga para o Issac deveria ter chamado antes Não entendi a criança da foto, mas se percebe o Conflito interno, ainda mais com a mãe dela, ela lida com os casos com emoção pois ela está meio emotiva. Mostra como ela é emocional, o fato dela estar com a foto da criança em todo o lugar, ela deveria ser mais focada, deveria focar em apenas em um caso, ela deveria ser mais organizada profissionalmente. O fato dela estar cheia de sangue no início justifica o fato dela ser impulsiva e emocional, ela deve estar em um dia ruim, o fato do caso dela ter uma criança e pelo que parece aconteceu algo com a criança da foto, faz com que ela faça besteira, todos nos fazemos besteira em dias ruins. - A Karen é sim um pouco impulsiva e o fato dela estar em um dia que faz aniversário da morte do seu irmão faz com que ela não seja totalmente metódica, as meninas do grupo fizeram comentários super válidos para o enriquecimento da personagem no caso de um segundo episódio –

83


A criança da foto, quem imaginam que seja? Daise acha que seja um filho e o resto do grupo irmão. - Ele é irmão, e o fato das 5 meninas que estão dentro do nosso público alvo entenderem isso de cara mostra que encaixamos ele de uma maneira correta -

Q u a l é o p o n t o a lt o d o e p i s ó d i o ? - A cena em que ela (Karen) segue o cara (Carlos) e ele pega um pacote, achei que ele tava vendendo droga, ai depois ele aparece na igreja e na verdade é uma faca, ele da um beijo no pastor e ai o inicio do capitulo faz muito sentido - A criança, eu quero saber quem ela é - Ele mexe muito com sentimentos e conceitos nossos, por exemplo a cena do beijo gay entre dois homens que trás a discussão do homossexual, o fato do irmão, de você não saber se é irmão ou filho, e como foi dito, o fato dela estar em um dia ruim que pode levar ela a ser impulsiva que pode acabar com sua profissão e trabalho, existem vários pontos altos, mas todos mexem com a emoção e com o conceito. - No ínicio, ela ta suja de sangue, trazendo esse lado emocional. Eu sou uma pessoa detalhista, então eu acredito, que quando uma pessoa some da série, lá no final ela está envolvida com alguma coisa muito séria! então a aparição do Isac no ínicio ele chega, parabeniza ela e depois sumiu, e no final ela liga pra ele, então essa parte, eu acho que devemos olhar e prestar mais atenção. -Pra mim o que mais me chocou, foi o beijo do pastor com aquele rapaz, por serem dois homens e isso ainda nos dias de hoje impactam um pouco, mas principalmente por ele ser religioso né. E pelo que vimos é algo escondido, então gera uma curiosidade. Deve ter algo que impeça eles de se assumirem. - O fato de alguma das pessoas do grupo acharem que o menino é o ponto alto do episódio mostra que ele ficou muito destacado já que ele é mais um detalhe que será abordado mais a frente, o ponto alto é a cena de início, a do beijo no pastor e a morte dele, no geral foi bem compreendido -

84


Ao assistir a série, vocês notaram alguma referência com algo que assistiram anteriormente? - Acho que a mensagem anônima, me lembrou PLL. - Me lembrou algo que eu assistia a muito tempo, “Criminal Case”, alguns pontos me fizeram recordar um pouco. -“C.S.I”, também! - O ambiente de investigação, me lembrou “How Get Way With Murder”. Lembra bastante, pelo fato de Karen ser jovem e na série apontada acima, os alunos também são. - Nossas principais referências foram as séries “Black Mirror”, “How Get Way With Murder”, no geral todas lembraram de alguma série que se encaixa no nosso perfil, então isso mostra que seguimos bem a linha de gênero -

V o c ê s s e n t i r a m fa lta d e p e r s o n a g e m m a s c u l i n o ? - Não, eu acho que não! Acho até que tem mais masculino. - Eu acho que estava mesclado, tinha algumas mulheres e também alguns homens com o decorrer do episódio. - Foi equilibrado.

Vocês, indicariam essa série para alguém? - Todas do grupo concordam que sim

V o c ê s a c h a r a m q u e fa lt o u a l g u m a c o i s a n o e p i s ó d i o ? - Ela aparece com uma blusa suja de sangue, diferente do que ela usa no restante da série. E isso me deixa com raiva, pra mim está falando a resposta disso, o que que tem haver? Isoladamente não tem nada a ver, então quero saber o que realmente acontece. - Se não tivesse continuação eu iria reclamar! - O fato levantado sobre a blusa “vai” ser explicado em próximos episódio, poderíamos ter colocado mais pistas

85


sobre no primeiro episódio, mas nossos roteirista optaram pelo mistério -

O que vocês acharam da qualidade do som? -

Eu achei, que estava com eco. A parte da igreja estava com eco. Quando a Mirella fala, o som dela estava ruim. Com eco, e fica confuso. Mediano.

- O áudio da cena da igreja estava realmente com eco, e fizemos o máximo para corrigir, a versão que elas assistiram não era a final, então faltou alguns elementos sonoros, porém auxiliou a mostrar pontos que não tínhamos notados com a cena da mirella -

Alguma coisa incomodou vocês na imagem? - Não sei, se vocês fizeram algo, pra não cansar a vista. mas pra mim ficou confortável! Eu achei interessante, pelo fato de se preocuparem em como prender quem assiste. -Eu pude observar, que é um tempo meio antigo, a questão do carro, das ligações e tal, pra mim se passa no passado. -A qualidade da imagem, estava super ótima. - A colorização não estava finalizada, mas foi bom saber que estávamos no caminho certo, tentamos mudar um pouco da opacidade após o comentário que parecia se passar no passado -

Em que ano poderia se passar essa série? - Não tão passado! - 2007 - Tipo, 2001.

86


- Em torno De mil novecentos e alguma coisa, perto dos 2000. - Eu acho que é atual. - Pela menina, não parece ser tão antigo. - Na série existem várias tecnologias que a estabelece nos dias atuais, porém foi muito levantado o fato dos carros antigos, nos quais vamos tentar se preocupar mais nas próximas produções -

P r a v o c ê s , v o c ê s n o ta r a m u m f i lt r o m e i o r o s a d o / a l a r a n j a d o . - Sim, na casa principalmente. - Sim, desde o começo apresenta um tom. - No início do flashback.

A série do jeito que está, ela tem a cara de uma emissora de TV? Se sim, qual emissora? O que tem de positivo? O que tem de negativo? As respostas ficaram um pouco divididas. Por conta das cenas um pouco mais forte, com sangue, e afins, talvez não dê para passar em um canal aberto. A outra metade acredita que dê sim pra passar em uma emissora aberta, porem em um horário um pouco mais tarde, na emissora globo. Ponto positivo: A dinâmica do episódio O fato de não ser enjoativo, denso, maçante! A história é interessante, gera curiosidade no público. Ponto negativo: A entrega na atuação, a melhoria na parte técnica, tanto no vídeo questão das câmeras, enquadramentos e cores, como no áudio, na captação e finalização! Os diálogos não tinham um fim, ficaram meio que abertas, faltaram um desfecho. Um pouco mais de realidade, atores agindo no natural, atores agiram tanto na atuação como na história muito superficialmente.

87


- Todos os comentários foram válidos para o nosso crescimento e para o crescimento da série, algumas medidas possíveis foram tomadas após o grupo de discussão para melhorar os pontos fracos apontados antes da entrega do trabalho finalizado, o exercício foi super válido para o nosso crescimento, mostrou como é importante uma primeira impressão do seu público antes de distribuir, já que nós não reparamos tudo –

O áudio completo do Grupo de Discussão está disponível

88

no “QR Code” abaixo.


Relato individual Aline Freitas Esse trabalho foi bem desafiador, fazer o conteúdo da série foi bem cansativo e trabalhoso por conta do cronograma apertado, mas ao mesmo tempo valeu muito a pena pelo aprendizado de como é produzida uma série e por eu ter me aventurado em algo que sempre tive medo que são as câmeras. Quando dividimos as funções fiquei nervosa e preocupada até o primeiro dia de gravação, mas tive bastante ajuda do diretor e diretora de fotografia e consegui junto ao grupo fazer um trabalho muito satisfatório e independentemente do resultado final foi gratificante participar deste projeto.

Caroline Dupim No projeto desse semestre, fui responsável pela diração de fotografia e a diagramação da bíblia de produção. Na fotográfica, foi algo muito prazeroso, uma vez que gosto muito dessa parte em específico. A elaboração do storyboard foi um pequeno desafio, pela minha habilidade 0 em desenho de qualquer tipo, procurando alternativas na internet tive a ideia de usar imagens que ilustrasse o enquadramento pensando, para facilitar ao máximo.

89


Esse planejamento foi de imensa ajuda para as meninas da câmera, Aline e Tamiris Felix, que pela primeira vez manipularam uma câmera DLSR. Ajuda-las, foi um dos momentos mais gratificantes para mim, ao longo dessa produção. Vê-las conseguindo realizar os enquandramentos, aprendendo a manipular o foco no manual, foi de grande alegria. Já na diagramação da bíblia, foi um trabalho em conjunto com o Igor Rúbio, que revisou os textos, enquanto eu realizava a diagramação em si. A proposta da bíblia não saiu como o planejado inicialmente, por diversos contratempos, mas apesar dos pesares fiquei contente com o resultado. De todos os projetos interdiciplinares, acredito que esse foi o mais desafiador, pequenos detalhes significativos para a composição da narração nos pegaram de jeito, mas acredito que o resultado final consegiu suprir as nossas expectativas.

Fernando Rigonato Neste semestre o processo de entrar uma nova produtora foi algo que inicialmente eu temia, mas no final foi bom, com isso presenciei e vi que existiam formas diferentes de trabalhar, sendo que anteriormente eu era uma das vozes mais ativa da minha produtora, já atualmente, todo mundo tem uma voz equilibrada e sem desgastes de alguns e outros não. Inicialmente no interdisciplinar um dos maiores poréns é que dificultava o processo de gravação era o elenco, então através do Facebook, realizei publicações em grupos de atores pra gerar uma demanda de atores que gostariam de fazer parte do projeto. A partir disso realizamos o casting com os contatos vindo da minha publicação com outros que outras pessoas da produtora possuíam. Os dias de gravação que presenciei foram intensos principalmente o que levei o meu cachorro Noah (Pug) que participou da série! A parte mais legal, é ver no final do projeto, sair algo que com esforço e trabalho em equipe, possui sua identidade qualidade.

90


Igor Rubio O que relatam é que nesse semestre a correria é enorme e sinceramente eu creio que enorme ainda seja pouco pro tanto que a gente teve que se esforçar pra fazer isso dar certo. Peguei a função de captação de áudio nesse semestre, não é nada que eu já não esteja familiarizado e acabei pegando essa função por medo de arriscar. Não suportaria carregar a culpa de estragar o trabalho, por isso preferi me colocar em um lugar onde eu já tinha conhecimento o suficiente para fazer o melhor trabalho que eu poderia. Ainda não é o TCC, mas acredito que tenha sido uma pequena amostra grátis do que vamos ter que enfrentar pela frente. Espero perder esse medo de me arriscar para que eu possa me aventurar antes que acabe meu período de estudos.

Pedro Gabriel Esse semestre foi um tanto diferente porque ao contrário dos outros eu não fiquei na câmera ou na edição do material. Tive a oportunidade de acompanhar o roteiro de perto e aprender um pouco mais da pré-produção. Estive presente em 4 dias de gravação. Na pós-produção, a Thauane fez a edição e eu fiquei responsável pela sonoplastia e colorização! Foi meu primeiro semestre nessa produtora, e a experiência foi bem legal, fomos organizados e responsáveis com prazos.

91


Rodrigo Bacedo O trabalho esse semestre foi um pouco corrido, o tempo que temos pra desenvolver um projeto deste calibre com pouco tempo e uma tarefa desafiadora. Esse semestre fiquei responsável por auxiliar o diretor fazendo assistência no que ele precisasse. Fora isso, por ser ator formado, fiquei responsável também pelo auxilio nos ensaios ajudando os atores a buscarem novos jeitos de entrarem no personagem e também por auxilia-los no que fosse necessário. Foi um bom semestre onde deu novamente pra ver a correria de um dia de gravação.

Rubens Rabelo A todo momento estamos aprendendo, neste projeto não foi diferente, trabalhar com a arte me proporcionou grandes desafios, ao desenrolar dos dias as coisas foram fluindo de acordo com o calendário, por mais que adiantemos as produções sempre ocorre um ou outro imprevisto, e estar preparado para momentos é essencial, o tempo para desenvolvimento do projeto já é curto, logo, é natural a sobrecarga quanto as funções distribuídas. O que mais me chamou a atenção foi a proximidade e a interação com todos os membros da produtora, as tarefas uniram os integrantes e sem perceber estávamos em sintonia. Os itens visuais seguiram exatamente como descriminava o roteiro, estes elementos deram a estética que esperávamos para o piloto, a pesquisa foi essencial para que fosse possível desenvolver a criação da arte, e criar harmonia com a junção da fotografia e figurino.

92


Tamires Jesus Neste projeto fui responsável pela roteirização e produção. Como roteirista, tive como grande desafio captar a ideia de todos os integrantes do grupo e torna-la em uma só, além de estudar sobre as personalidades de cada personagem, enquadrando tanto no episódio piloto, como na ideia geral que apresentamos para os demais episódios da série. Como uma das produtoras, fiquei com mais responsabilidade na produção de casting, precisando manter contato continuo com o elenco, além de me ater a datas e horários que se encaixassem na agenda do grupo e dos atores. Em ambas funções adquiri novas experiências e, apesar de gostar da parte criativa e gostar de escrever, me identifiquei mais com a área de produção, pois consigo trabalhar melhor tendo a sensação de controle, precisando, de fato, correr atrás das coisas e passar as informações adiante, ao invés de somente recebê-las.

Thauane Nascimento Como editora, tentei transparecer o trabalho de todos com a montagem, mostrando a linguagem narrativa e linguagem corporal dos personagens. Dividimos as cenas para a gravação durante as semanas, o que me deu tempo de me aprofundar em cada uma delas e fazer meu melhor para transparecer todo o trabalho que tivemos. Seguindo o storyboard acredito que transparecer a complexidade que queríamos passar para obra. Foi meu primeiro semestre como editora, então tentei dar o meu melhor, e foi uma experiência ótima e muito proveitosa que com certeza iria repetir.

93


Tamiris Félix Esse semestre foi um grande desafio pra mim, pois tive oportunidade de ter uma experiência de ficar responsável por operar uma das câmeras de gravação do nosso projeto. Foram muitas horas e dias de gravações, com o passar todo tempo, ficava tudo muito desgastante e tenso o grupo. Senti uma tensão algumas vezes, chegava totalmente cansada em casa, já pensando no próximo dia de gravação. Eu sempre pensei que o trabalho de câmera, era uma coisa mais tranquila, e com certeza aprendi que não é! É uma responsabilidade e tanto, sem contar que é aquilo que o público vê. Eu não tinha noção disso até passar pelo o que um operador de câmera de verdade passa.Foi um semestre muito produtivo, cansativo e desgastante, mas teve seus momentos bons.

Victor Geovane Esse semestre assim como todos os outros foi um desafio imenso, esse mostrou ainda mais como o planejamento e pré-produção é crucial para uma boa produção, evitando perca de tempo e dinheiro. Fiquei responsável pela produção na qual tive que correr atrás de locações, que foi uma doideira, visitei vários locais até encontrar o melhor, sou bastante tímido para falar com pessoas que não conheço, ainda mais pelo telefone, o que dificultou bastante a procura, mas tudo deu super certo, durante as gravações era responsável pelos horários e depois colher termos de autorização de imagem. Também colaborei para a arte e cenografia na produção. Foi um grande desafio, muita coisa que aprendi nas aulas desse semestre e dos anteriores me auxiliaram a fazer um bom trabalho.

94


Victor Rios Esse foi um semestre que no começo foi bem empolgante, o fato de eu particularmente ver série, me fez ter algumas ideias. Porém, foi buscado pelo nosso grupo alguma ideia diferente para esse semestre, uma série diferente, e por isso também tentei pegar um papel diferente, o de diretor. Não me adaptei, fiz o meu melhor tentando instruir os atores, tentando fazer com que o a história ficasse como imaginado, porém a pressão colocada por ser um trabalho importante, por ser um projeto esperado, e que empolgou os integrantes, acabou fazendo eu ter dúvidas em certas decisões. Fiz o que pude, e com a ajuda dos integrantes acredito que foi desempenhado um bom trabalho, porém a área de direção é uma área que não pretendo seguir novamente.

95



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

97


HOOTSUITE. “Digital 2019 Brazil”, SlidesShere. em < https://pt.slideshare.net/DataReportal/digital-2019-brazil-january-2019-v01>. Acesso em jan. de 2019. PADIGLIONE, Cristina. Hit entre mulheres, investigação discovery faz do crime um entretenimento. Folha de São Paulo. em: < https://telepadi.folha.uol.com.br/mulherada-adora-um-c-s-investigacao-discoveryconstata-o-que-agatha-christie-ja-sabia/>. Acesso em 21 maio 2018. MEIRINHO, Juliana. Infográfico - Netflix em números. Iinterativa. em: <iiterativa.com.br/infografico-netflix-em-numeros/>. Acesso em 11 nov.2014. CUPONATION, Streamings no Brasil - 2019. Disponivel em: < https://www.cuponation.com.br/insights/streamings-2019> Acesso em 2019. ALVES, Soraia. No Brasil 97% do público consome streamings de vídeo e Netflix é a queridinha da galera. Brainstorm9. em: <https://www..b9.com.br/84968/no-brasil-97-do-publico-consome-streamings-de-videoe-netflix-e-a-queridinha-da-galera/>. Acesso em 19 jan. 2018. BERNARDI, Carolina. As melhores séries de investigação criminal. Minha Serie. em < https://www.minhaserie.com. br/novidades/47382-as-melhores-series-de-investigacao>. Acesso em: 11 maio 2019. BELING, Fernanda. Séries policiais e sobre crimes disponíveis na netflix. Oficina da net. em < https://www.oficinadanet.com.br/netflix2019/24919-series-policiais-disponiveis-nanetflix>. Acesso em 22 fev. 2019. SINDCINE. Tabela de preços minimos de prestação de serviços para profissionais de longa, media e curta metragem e documentarios. Sindicato dos trabalhadores na indústria cinematográfica e do audiovisua. Acesso em:< http:// www.sindcine.com.br/Store/Arquivos/tab-profissionais-de-longa-media-curtametragem-e-2018-06-01.pdf>.Acesso em 2018 e 2019.

98


LEGISWEB. Instrução Normativa DC/ANCINE nº 22. LegisWeb. em < https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=75592>. Acesso em 30 dez. 2003. SANTIAGO, Natalia. Vem. São Paulo: PGK STUDIOS 2018. MP3 (3:20 min). SANTIAGO, Natalia. Abraços. São Paulo: PGK STUDIOS 2019. MP3 (3:44 min). JONES, Wayne. Cypher. Audio Library 2018. MP3 (1:47 min). CUBWORTH, Sir. Hitchcockian. Audio Library 2019. MP3 (2:09 min). MEIXSELL, Ethan. Run. Audio Library 2015. MP3 (1:58 min). HAINBACH. Vehicle Chase. Audio Library 2019. MP3 (3:39 min).

99



APÊNDICES

101


roteiro LIGAÇÕES OCULTAS UNIVERSIDADE CRUZEIRO DO SUL GOLDEN EMPIRE CENA 1 - EXT. NOITE - RUA DESERTA; Karen trêmula encara as mãos cheias de sangue, anda em direção a seu carro e o abre com dificuldade. Entra no carro e coloca a chave na ignição, ainda tremendo segura o volante com força, pega seu celular e liga para o contato nomeado como “mãe”, logo após leva o celular ao ouvido. Respira ansiosamente enquanto espera. KAREN Mãe?

CENA 2 - INT. DIA - QUARTO DA KAREN; O celular de Karen desperta no criado mudo ao lado de sua cama, onde também estão um pelúcia e um abajur. Karen deitada na cama de casal, apoiada sobre os travesseiros e ainda enrolada em sua coberta, pega preguiçosamente o celular ao lado e o desliga. Senta-se na cama e segura o pelúcia por alguns segundos, encarando-o. Karen levanta, abre o guarda roupa e retira um cabide com dois casacos pendurados e o joga em cima da cama. Caminha em direção a porta do quarto e pega a toalha pendurada atrás dela.

102


CENA 3 - INT. DIA - BANHEIRO DA KAREN; Karen entra no banheiro fechando a porta atrás de si, pendura a toalha e tira a camiseta do pijama. CENA 4 - INT. DIA - SALA E COZINHA DA KAREN; Karen, usando uma calça preta e blusa de gola alta branca, desce as escadas, passa pela sala e vai em direção a cozinha, onde deixa o celular em cima da mesa, abre uma das portas do armário acima de sua cabeça e pega uma xícara. Serve-se de café e coloca açúcar no mesmo. Karen estasentada na cadeira mexendo no notebook que está sobre a mesa, lendo uma notícia sobre sequestro de crianças. O celular de Karen toca, com o identificador “MÃE” na tela. Karen desliga e encara o celular por segundos. O celular toca novamente e Karen o desliga. Karen fecha o notebook e fala consigo mesma. KAREN você consegue. vocÊ consegue Karen levanta, leva a xíxara até a pia e o celular até o bolso traseiro da calça que esta usando. Caminha até a sala e pega seu casaco vermelho, uma bolsa lateral preta e as chaves de casa, que estão em cima da estante. CENA 5 - INT. DIA - TRABALHO DA KAREN; Karen entra pela porta principal, que é um conjunto de duas portas grandes, enquanto Julia, a recepcionista, fala ao telefone. JÚLIA (OFF) Pode deixar. na verdade a reunião foi marcada para ás quartorze horas, isso. só que o doutor fernando não poderá comparecer. Karen caminha até Julia.

103


JÚLIA Só um minutinho. Karen, um dos estagiários deixou uma caixa na sua sala, tá? Júlia entrega uma pasta amarela para Karen. KAREN Ok, obrigada. Karen caminha em direção a sua sala, passando por uma jovem sentada e um rapaz carregando uma caixa. Entra no corredor das sala, para em frente a porta da sua sala e observa o seu próprio nome nela. CENA 6 - INT. DIA SALA DA KAREN; Karen entra na sala, senta em sua cadeira giratória preta, atras da mesa dupla, coloca a bolsa e seu casaco no chão. Pega a bolsa novamente, abre e tira de dentro um porta-retrato. Coloca o porta-retrato em cima da mesa, e nota que no monitor tem um post-it colado, com um recado de Isaac, dizendo “Parabéns pela promoção. Isaac”. Karen sorri, pega o post-it e o cola na parede, atrás de um dos monitores. Abre a caixa que está em cima da mesa, tira uma pasta amarela de dentro e observa o conteúdo. Isaac bate na porta e entra na sala de Karen. ISAAC Olá, como vai a nova investigadora? KAREN Oi, um pouco nervosa para ser sincera. ISAAC E o que é isso? Já arrumou serviço?

104


KAREN Ah, deixaram aqui na minha mesa. É sobre um garoto que foi encontrado morto num suposto ritual satânico. Diz aqui que o caso está arquivado há uns dois anos, e o caso não teve solução. Mas como não tem de quem é, acho que seria interessante começar com algo assim. ISAAC Bom, ok! Mas tenho algo mais atual para você, é sobre lavagem de dinheiro o resto das informações já te passei no e-mail, termine o quanto antes, é importante! É para o jornal “É Notícia”. Esse é um dos nossos maiores clientes e irei pedir para o André te ajudar. KAREN Ok! Irei dar prioridade, mas não vou deixar o outro. ISAAC Você que sabe! Isaac se direciona à porta. KAREN Ah, Isaac! Espera! Muito obrigada pela indicação, estava muito ansiosa por essa oportunidade. Inclusive, como forma de agradecimento o que acha de irmos almoçar juntos hoje? Eu pago!

105


ISAAC Amigos são para essas coisas e você se encaixa aqui. Mas, sobre o almoço, hoje eu não posso. Eu tenho aquela reunião chata que comentei, que tal amanhã? E a Julia, a recepcionista, estava falando de almoçar no restaurante novo daqui da rua, é uma otima oportunidade para você se enturmar um pouco mais, o que acha? KAREN Ah, tudo bem. A gente pode deixar para uma próxima então. De volta ao trabalho! Karen abre uma das pastas que estão em cima da sua mesa. KAREN Vamos lá! Karen guarda uma pasta dentro da caixa, e liga o computador. Abre o e-mail, e olha as informações que Isaac enviou, pega uma caneta e a segura, e começa a ler. KAREN Carlos Kresan. Nascido em 21 de maio, em Campinas... premiado. Karen observa o computador, pensativa KAREN Pilantra.

106


Karen volta a ler em voz alta. KAREN Acusação de ocultação de bens da empresa Kresan Styles, em paraíso fiscal suiço, afirmam que encontraram pequena quantia de dinheiro retirada sem registro do destinatário, segundo depoente, as quantias foram gradativamente após Carlos ter assumido a presidência da empresa. Karen pega os papeis dentro da pasta e analisa. Julia chega na sala e para apoiada na porta. JULIA Karen, estou indo almoçar com o pessoal, quer ir? KAREN Ah, não vai dar, tô cheia de serviço. JULIA Ah, tudo bem. Primeiro dia é sempre corrido mesmo! Julia começa a se retirar. KAREN Ah, Julia! Com quem foi a reunião que o isaac esta tendo hoje? JULIA O Isaac não teve reunião. Inclusive, ele já saiu para almoçar.

107


KAREN KAREN Ah, tudo bem! Eu me confundi. Karen tira o post it da parede, amassa e joga no lixo. Fecha a pasta, pega o celular e sai da sala. CENA 7 - EXT. DIA - RUA; Karen fecha o portão, anda na calçada mexendo no celular e esbarra em um jovem na rua. JOVEM Ta cega, tio? Olha pra frente! No outro lado da rua, Carlos está com o celular na mão aguardando um carro que solicitou atraves de um aplicativo no celular. O carro chega. MOTORISTA Oi, Carlos? CARLOS Eu mesmo. Carlos abre a porta do carro e entra. CENA 8 - INT. DIA - CARRO; Carlos está falando no celular. CARLOS Eu já falei, a gente tem que fazer isso. Eu vou desligar, estou chegando na empresa, depois eu te ligo. Carlos desliga o celular.

108


CENA 9 - INT. DIA - RECEPÇÃO DA STAR KIDS; Carlos entra na recepção da empresa e é abordado pelo recepcionista que esta sentado atras da bancada da recepção. RECEPCIONISTA Bom dia, Carlos! A Mirela está em reunião, mas já está acabando. CARLOS Tabom, estava resolvendo algumas coisas. CENA 10 - INT. DIA - SALA DE ESPERA DA STAR KIDS; Carlos caminha para a sala de espera da empresa, onde uma mulher está sentada no sofá ao lado de uma criança, um menino de aproximadamente 12 anos. Do outro lado da sala, Mirela está saindo da sala de reuniões e despedindo-se de um empresário. EMPRESÁRIO Meu advogado vai entrar em contato com você semana que vem. MIRELA Perfeito, fizemos um ótimo negócio. EMPRESÁRIO Muito bom.

109


MIRELA Até a semana que vem. EMPRESÁRIO Até. O empresário passa por Carlos, que o cumprimenta com um leve aceno de cabeça. Mirela caminha até criança e o elogia com tom encantador. MIRELA Lindo, eu vi suas fotos, você leva jeito. Eu já falo com você. Mirela olha para Carlos e ambos caminham para a sala de reuniões. CENA 11 - INT. DIA - SALA DE REUNIÃO STARKIDS; Mirela segue para a sala de reuniões, onde tem uma mesa grande, com um notebook em cima. Ainda em pé, questiona seu marido, Carlos, com tom de dúvida. MIRELA Onde você estava, Carlos? CARLOS Estava resolvendo umas coisas. MIRELA E por que não foi resolver, com seu carro pessoal?

110


CARLOS Peguei um aplicativo, por que o carro não estava ligando de manhã! MIRELA Ah, o seu carro tava quebrado.. CARLOS Ele não ligou de manhã, então peguei o aplicativo para resolver outras coisas.. MIRELA Vou perguntar novamente, o seu carro estava quebrado? CARLOS Ele não funcionou, enfim, eu vou pra minha sala resolver umas coisas. Depois a gente conversa! Carlos sai da sala de reuniões. CENA 12 - INT. DIA - SALA DO CARLOS, STAR KIDS; Carlos se direciona a sua sala, com pressa e irritado, mexe eu seu notebook anota algo em um papel, e logo após sai com pressa novamente. CENA 13 - INT. DIA - SALA DE REUNIÃO, STAR KIDS; Carlos passa por Mirela, que está sentada na sala de reunião da Starkids e não fala nada, ela o observa e em seguida, levanta e se direciona até a sala dele.

111


CENA 14 - INT. DIA - SALA DO CARLOS, STAR KIDS; Mirela senta na mesa onde está o notebook de Carlos, e então vê um logo de uma feira de doação de animais. Pega o celular e faz uma ligação. MIRELA Tudo bem? Vou precisar de mais um favorzinho seu... CENA 15 - INT. DIA - SALA DA KAREN, GOLDEN INVESTIGAÇÕES; Karen abre a porta e vê André,um jovem estagiário, mexendo em suas pastas. KAREN Essas não são do caso.. Pode deixar aí. Karen caminha até sua mesa carregando um copo d’agua e senta em sua cadeira. ANDRÉ Ah, desculpa. Então, andei pesquisando sobre aquele Carlos, Carlos Kresan. Gente boa, quer dizer, mais ou menos. Ele tem ínumeras negociações não declaradas e eu to quase descobrindo uma conta no paraiso fiscal. Preciso de só mais de um tempo para continuar rastreando... Karen apenas observa André falar. ANDRÉ Ele também faz diversos depósitos para igreja daquele pastor famoso, Marcos Amauri, conhece? Eu acho que no fim, todo mundo quer sua rendição, não é?

112


KAREN Sim, muito bem. Acho que agora eu consigo levar esse caso adiante. ANDRÉ Bom, eu imprimi arquivos. Com quem ele trabalha, quem ele conhece, onde ele trabalha... pra ficar mais fácil pra você entendeu? KAREN Obrigado. ANDRÉ E o novo emprego, cê tá gostando? Karen encara André, mostrando impaciencia. KAREN Não tem muito diferença do outro.. ANDRÉ Mas como não, agora você manda!! ANDRÉ Mas ta bom, qualquer coisa, é só me chamar, brigado viu? Tchaul tchaul.

113


KAREN Obrigada. André se retira da sala. Karen observa papeis que André a entregou e faz anotações. O celular de karen com a foto do seu irmão acende e toca, notificando o recebimento de uma mensagem. Karen a lê em voz alta. KAREN “Eu sei o que você está procurando, o que você precisa está na estrada roland garros, 1954” Karen pensativa, tenta lembrar da onde conhece aquela rua quando nota algo em uma das fichas em sua mesa, e anota em seu post it, pega uma foto, sua bolsa, ficha e sai. CENA 16 - EXT. DIA - AVENIDA MOVIMENTADA; Karen sai do seu carro, e nota que o endereço a levou em um pet shop, Karen entra para verificar se existe algo que a leve aquele caso. CENA 17 - INT. DIA - PET SHOP; Karen entra em um corredor e nota Isa e Antoni, que esta com uma gaiola na mão enquanto Isa esta gravando algo no celular em forma de selfie. ISA Oi, meninas, tudo bom? Hoje eu estou aqui com meu amor, e nós viemos aqui para contar uma super novidade pra vocês, nós estamos aqui no petshop e viemos buscar nossa primeira filinha.

114


ANTONI É, isso ai pessoal, ela não é linda? Com certeza é a primeira de muitas. ISA É isso ai! ANTONI To apaixonado, por essa gracinha! ISA Bom gente, agora a gente ta indo pra casa com ela e depois a gente mostra mais da rotina,tchau tchau. ANTONI Beijo. Os dois sorriem e, ao desligar a câmera, Antoni se irrita e entrega a gaiola para Isa. ANTONI Pega essa coisa nojenta daqui, não aguento mais. ISA Que isso, todo mundo gosta de pets, imagina o tanto de seguidores que eu vou ganhar com essa coisa.

115


ANTONI Você só pensa em seguidores. ISA Ué, mas é o que eu sempre digo meu amor, pense a longo prazo. ANTONI Não foi longe demais? ISA Antoni, não começa. Vamos embora. ANTONI Isso, vamo embora, que eu não aguento mais esse cheiro de bicho nojento! Isa e Antoni viram o corredor em direção a saída. CENA 18 - INT. DIA - PETSHOP; Karen vê uma pessoa conhecida e, rapidamente, começa a procurar algo dentro da bolsa, a foto do arquivo que André lhe deu. Karen vê a foto e confirma que é ele, Carlos Kresan. Enuqanto isso, Carlos sai com o cachorro nos braços.

116


CENA 19 - EXT. DIA - PERSEGUIÇÃO NA RUA; Karen vê pra onde Carlos segue e entra no seu carro e começa a segui-lo. Carlos para em uma praça, desce do carro e caminha até a lixeira, pega um pacote dentro do lixo e volta para o carro. Karen esta com o estacionado pouco atras, acompanhando o trajeto de Carlos. Carlos da partida no carro e Karen vai logo atrás. CENA 20 - INT. DIA - ENTRADA DA IGREJA; Karen estaciona, sai do carro e ve o carro de Carlos estacionado em frente a uma igreja. Karen atravessa a rua e entra na igreja. CENA 21 - INT. DIA - FUNDOS DA IGREJA; Carlos entra nos fundos da Igreja segurando o pacote que retirou do lixo nas mãos. A igreja esta cheia de cadeiras brancas espalhadas, um pulpito e uma cortina branca atras. Marcos esta sentado em uma das cadeiras na primeira fileira. CARLOS Marcos? Marcos levanta da cadeira. MARCOS Carlos, eu não posso fazer isso! Eu não consigo Carlos, não dá! CARLOS Eu trouxe o cachorro, está la fora, eu deixei o cachorro lá fora, eu já fiz minha parte. Agora é a sua!

117


MARCOS Eu já agi muito errado, até aqui Carlos, isso pra mim já é demais! CARLOS Quando, você precisou de ajuda, quem te ajudou? Quando você precisou de dinheiro, quem te ajudou? MARCOS Eu sei disso Carlos, eu sei disso! Mas, é diferente cara, matar um animal de deus, um ser inocente.. CARLOS Você quer dinheiro? MARCOS Eu não posso fazer isso Carlos, eu não consigo! Karen esta escondida atras de uma parede observando a conversa dos dois. CARLOS Cê quer que descubram a gente? Você quer que descubram o que estamos fazendo?

Marcos esta nervoso.

118


MARCOS Eu prefiro perder tudo, eu prefiro que tudo isso acaba aqui e agora! Carlos insiste. Retira uma faca de dentro do pacote e coloca nas mãoes de Marcos. CARLOS Eu não! Faz isso pela gente, olha vou deixar isso aqui! Faz pela gente! Tudo o que a gente passou, a gente sofreu pra chegar até aqui! MARCOS Carlos eu não posso fazer isso! Carlos, beija Marcos na boca e sai, enquanto Karen vê tudo e se esconde atrás das cortinas da igreja! Marcos fica perplexo com a situação e joga a faca que Carlos trouxe numa cadeira, Karen sai de trás da cortina e, curiosa, conversa com Marcos. MARCOS Eu não sabia que isso iria acontecer. KAREN Isso o que? MARCOS Esse dinheiro sujo, eu sou sujo! E agora eu vou perder tudo, inclusive aquele que eu mais amo!

119


KAREN Não estou entendendo, o senhor pode me explicar? MARCOS Olha só, não tem nada que a senhora precise entender, nada. Agora se a senhora puder me dar licença, pois as outras senhoras irão chegar! Elas vão querer a missa aqui e isso vai atrapalhar elas! Marcos deixa Karen sozinha e sai. Karen tira foto da faca em cima da cadeira. CENA 22 - INT. NOITE - CASA DE KAREN; Karen abre a porta de casa, e acende a luz, o cachorro está em seu colo, ela solta tudo no chão e se joga no sofá cansada, o cachorrinho sobe o sofá e ela o coloca novamente no chão e segue para a cozinha senta na mesa e abre o computador, usa-o e por alguns segundos e o fecha. Pega o celular quando ouve um audio de sua mãe. AUDIO MÃE DA KAREN “Karen, por favor me liga, sei que é um dia difícil pra você, mas também é pra mim!” Karen, esboça reprovação com o áudio e recebe uma outra mensagem! Karen desbloquea novamente o celular e abre a mensagem recebida, contendo um vídeo íntimo de Carlos com o Pastor Marcos Amauri. Karen responde a mensagem prguntando quem é. Então recebe outra mensagem dizendo “ainda não acabou”. Karen então levanta correndo, pega as chaves na estante, abre a porta, apaga a luz da sala e sai de casa.

120


CENA 23 - INT. NOITE - IGREJA DO PASTOR MARCOS AMAURI; Karen chega depressa na igreja e encontra Marcos jogado no chão com sangue na região abdominal e a faca que ela fotografou, nas mãos. Karen fica muito nervosa e agacha ao lado do corpo do Pastor. KAREN Drogaaa, caramba! Karen, trêmula, pega o celular e faz umas ligação. KAREN Isaac? CENA 24 - INT. NOITE - BANHEIRO DESCONHECIDO. Mãos com sangue sendo lavadas numa pia.

121


Ordem do dia ORDEM DO DIA GRAVAÇÃO: 21/09/2019 lOCAL: Casa Tamires – Rua Japim, 42 / Petshop Rua Gen almeida, 33 Produtor responsável: Victor Geovane Direção de Fotografia: Caroline Dupim Direção de Elenco: Victor Rios EQUIPE: ELENCO: OBJETOS DE CENA (Produção): - Aline (Câmera) - Vitória (Karen) - CAFÉ - Caroline Dupim (Dir. Fotografia) - Felipe (Carlos) - Foto do irmão - Fernando Rigonato (Figurino) - Valéria (Isa Koch) - Adesivos de descaracterização - Igor Rubio (Tec. De áudio) - Fábio (Antoni) - Computador - Rodrigo Bacedo (Ass. Direção) - Cachorro - Carro do Rios - Rubens Rabelo (Arte e Cenografia) - Gato - Tamires Jesus (Produtora) - Tamiris Felix (Câmera) - Victor Geovane (Produtor e Arte) - Victor Rios (Diretor) SEQ. ORDEM DO DIA HORÁRIO #1 Chegada da Equipe de Gravação e atore 10:30 #2 Montar equipamentos Set 10:30 – 10:45 #3 Organizar Objetos de Cena 10:30 – 10:40 #3 Organizar Objetos de Cena 10:30 – 10:40 #4 Iniciar Gravação Casa Karen 11:00

122


#5 #6 #7 #8 #9 #10

Fim da gravação casa Karen Desmontar equipamentos Almoço Iniciar gravações pet shop Finalizar Gravação/Recolher Equipamentos Entregar Locação

13:00 13:15 13:25 – 14:00 14:30 15:40 16:00

ORDEM DO DIA GRAVAÇÃO: 28/09/2019 lOCAL: Trabalho Dupim – Rua Xavier almeida 318 Produtor responsável: Victor Geovane Direção de Fotografia: Caroline Dupim Direção de Elenco: Victor Rios EQUIPE: OBJETOS DE CENA (Produção): ELENCO: - Aline (Câmera) - Quadro de cortiça - Vitória (Karen) - Caroline Dupim (Dir. Fotografia) - Felipe (Carlos) - Post It - Fernando Rigonato (Figurino) - Eder (Issac) - Caixa de arquivo - Igor Rubio (Tec. De áudio) - Pasta do caso da criança mor- Rodrigo Bacedo (Ass. Direção) ta e do Carlos - Rubens Rabelo (Arte e Cenografia) - Logo Golden Investigação - Tamires Jesus (Produtora) - Adesivos para a porta da sala - Tamiris Felix (Câmera) da Karen - Victor Geovane (Produtor e Arte) - Folhas para Mesa - Victor Rios (Diretor) SEQ. ORDEM DO DIA HORÁRIO #1 Chegada da Equipe de Gravação e atores 12:00 #2 Montar equipamentos Set 12:05 – 12:15

123


#3 #4 #5 #6 #7 #8

Organizar Objetos de Cena Iniciar Gravação Fim da gravação Desmontar equipamentos lanche Entregar Locação

ORDEM DO DIA GRAVAÇÃO: 05/10/2019 Rua General Angelo S\n Produtor responsável: Victor Geovane Direção de Fotografia: Caroline Dupim Direção de Elenco: Victor Rios EQUIPE: ELENCO: - Aline (Câmera) - Vitória (Karen) - Caroline Dupim (Dir. Fotografia) - Fernando Rigonato (Figurino) - Igor Rubio (Tec. De áudio) - Rodrigo Bacedo (Ass. Direção) - Rubens Rabelo (Arte e Cenografia) - Tamires Jesus (Produtora) - Tamiris Felix (Câmera) - Victor Geovane (Produtor e Arte) - Victor Rios (Diretor) SEQ. ORDEM DO DIA #1 Chegada da Equipe de Gravação e atores #2 Montar equipamentos Set

124

12:05 – 12:20 12:30 16:00 16:15 16:30 17:00

OBJETOS DE CENA (Produção): - Sangue Falso - Moleton - Lenço Humedecido - Água - Carro Rios

HORÁRIO 18:00 18:10


#3 #4 #5 #6 #7 #8

Maquiar a atriz com sangue Iniciar Gravação Fim da gravação Desmontar equipamentos Tirar a maquiagem da atriz Entregar Locação

18:10 18:25 19:00 19:10 19:20 19:30

ORDEM DO DIA GRAVAÇÃO: 12/10/2019 lOCAL: Rua Dr. Arnaldo, 1883 - Baoba Produtor responsável: Victor Geovane Direção de Fotografia: Caroline Dupim Direção de Elenco: Victor Rios EQUIPE: ELENCO: OBJETOS DE CENA (Produção): - Aline (Câmera) - Vitória (Karen) - Notebook - Caroline Dupim (Dir. Fotografia) - Felipe (Carlos) - Pote de vidro com bala - Fernando Rigonato (Figurino) - Ana Paula (Mirela) - Jarra de água - Igor Rubio (Tec. De áudio) - Murilo (Figuração) - Dois copos - Rodrigo Bacedo (Ass. Direção) - Crianças do Rubens (Fi- - Logo Star Kids - Rubens Rabelo (Arte e Cenografia) guração) - Foto Crianças - Tamires Jesus (Produtora) - Carro Rios e PG - Tamiris Felix (Câmera) - Victor Geovane (Produtor e Arte) - Victor Rios (Diretor) SEQ. ORDEM DO DIA HORÁRIO Chegada da Equipe de Gravação e atores 07:00 #1 Café 7:10 – 7:30 #2

125


#3 #4 #5 #6 #7 #8 #9 #10 #11 #12 #13 #14

Montar equipamentos Set / Arte

7:40

Iniciar Gravação

8:10

Fim da gravação Star Kids

8:40

Desmontar equipamentos Entregar Locação Intervalo Almoço Montar equipamentos Set / Arte Começar a gravar cena com os Carros Gravar cena com os atores no carro Cena do parque Fim da locação

8:45 9:00 9:00 – 11:00 11:30 – 12:30 12:50 13:00 14:30 15:00 16:00

ORDEM DO DIA GRAVAÇÃO: 14/10/2019 lOCAL: Casa Tamires – Largo Santa Ângela, 22 - Vila Moraes Produtor responsável: Victor Geovane Direção de Fotografia: Caroline Dupim Direção de Elenco: Victor Rios EQUIPE: - Vitória (Karen) OBJETOS DE CENA (Produção): - Aline (Câmera) - Felipe (Carlos) - Sangue Falso - Caroline Dupim (Dir. Fotografia) - Cristian (Pastor Mar- Pacote com Faca e vela - Fernando Rigonato (Figurino) cos) - Igor Rubio (Tec. De áudio) - Rodrigo Bacedo (Ass. Direção) - Rubens Rabelo (Arte e Cenografia) - Tamires Jesus (Produtora) - Tamiris Felix (Câmera)

126


- Victor Geovane (Produtor e Arte) - Victor Rios (Diretor) SEQ. ORDEM DO DIA #1 Chegada da Equipe de Gravação e atores #2 Montar equipamentos Set #3 Arte #4 Iniciar Gravação #5 Fim da gravação Igreja #6 Desmontar equipamentos #7 Entregar Locação #8 Fim da locação

HORÁRIO 19:00 19:10 19:10 19:25 21:40 21:50 22:00 22:10

127


Roteiro de Edição Para uma melhor organização na edição, separei os matérias em somente uma pasta e fui incluindo-os em subpastas para ter melhor controle para localizar todos os materiais, depois fui decupando e escolhendo os materiais finais. Na hora da montagem fiz uma lista a mão de todas as filmagens com seus respectivos áudios e takes e junto com o storyboard feito pelo diretor de arte fui montando, separando e dando a linguagem que toda equipe trabalhou para passar para websérie.

128


A ideia em si era deixar as imagens com um tom mais puxado pro nublado, algo mais azul, sem muito brilho, que passasse um ar de suspense, mas nĂŁo muito triste, mas que desse a entender que aquilo que a personagem principal vivia nĂŁo era um conto de fadas!

129


Sincronização musical A sincronização musical foi escolhida visando demonstrar naturalidade ao ambiente, como por exemplo, a cena de Karen em casa toca a música da cantora Nat Santigado, intitulada “Vem”, a música por seu início calmo, visa buscar a tranquilidade de Karen no seu ambiente de casa enquanto se prepara para o seu primeiro dia no novo cargo. No momento em que Carlos Kresan utiliza o aplicativo de viagens “Rebur” toca a música do cantor Abner Nonato intitulado “Tão Longe”. A utilização das músicas foi autorizada pela gravadora PGK.

130


Orçamento previsto Prestação de Contas: O orçamento real foi o quanto nossa produtora gastou ao longo das etapas do piloto da série, a forma para arrecadar dinheiro para isso foi um valor pago mensalmente por cada integrante de 30 reais, mais uma rifa vendida para ajudar nos lucros. Nosso Gasto foi de R$ 1749,40. Transporte dos atores Transporte da produtora Alimentação dos atores Gasolina Arte e cenografia Gastos Diversos locação Gráfica Total:

R$292,40 R$68,00 R$376,00 R$390,00 R$123,00 R$100,00 R$300,00 R$100,00 R$ 1749,40

Orçamento de mercado : Com Base na Tabela de cálculo para produção audiovisual da ANCINE e Valores da SindCine. Nessa tabela é calculado o preço do salário base de cada função adaptada para mês pensando na produção como mensal. Separadas em Desenvolvimento, Pré-Produção, Produção e Filmagem e Pós-Produção. - Para uma temporada completa o preço seria de R$ 747.840,92 - E o preço por episódio de R$ 124.640,15

131


Tabela de Preço de Mercado Itens 1 1.1

2

Qtde. Unid/s

Unidade

Qtde. Itens

Valor Subtotal R$ unitário R$

Desenvolvimento de Projeto Roteiro 1.1.1 Roteirista 1.1.2 1 Pré-Produção

2.1 2.1.1 2.1.2 2.1.3 2.1.4 2.1.5 2.1.6 3 3.1 3.1.1 3.1.2 3.1.3 3.1.4 3.1.5 3.1.6 3.1.7 3.1.8 3.1.9

132

Descrição dos intens

Equipe Produtor Diretor 1° Ass. Produção Diretor de fotografia Diretor de Arte Diretor Executivo Produção e Filmagem Equipe Produtor Diretor 1° Ass. Produção Diretor de Fotográfia Diretor de Arte Cenografia Fotografo de Cena Diretor Executivo Cinegrafista

TOTAL R$ 30.777,80

1 1

Roteiro mês

6 3.500,00 1 2.444,45

30.777,80 21.000,00 9.777,80 137.997,32

1 1 1 1 1 1

mês mês mês mês mês mês

3 1 1 1 1 1

21,344,32 32.332,76 5.953,60 10.672,16 10.672,16 14.334,68

137.997,32 64.032,96 32.331,76 5.953,60 10.672,16 10.672,16 14.334,68 553.164,64

2 2 2 2 2 2 2 2 2

mês mês mês mês mês mês mês mês mês

5 1 2 1 1 2 1 1 3

21.344,32 32.331,76 5.953,60 10.672,16 10.672,16 2.444,45 1.139,21 14.334,68 9.777,80

370.162,08 106.721,60 32.331,76 23.814,40 21.344,32 21.344,32 4.888,90 2.278,42 28.669,36 29.333,40


Técnico de Áudio Microfonista Continuista Estagiário Motorista

2 2 2 2 2

mês mês mês mês mês

1 1 1 2 4

10.672,16 7.132,52 5.953,60 894,32 2.000,00

21.344,32 14.275,04 11.907,20 3.577,28 16.000,00

3.2

Elenco Principal

2

mês

4 10.000,32

80.002,56

3.3

Elenco Coadjuvante

2

mês

5 7.500,00

76.500,00

3.4

Alimentação / Contratação Buffet

2

mês

1 10.000,00

20.000,00

3.5

Transporte / Aluguel de Van Equipe Elenco Figuração Material Pós-Produção

1.000,00 1.000,00 1.000,00 1.000,00

8.000,00 2.000,00 2.000,00 2.000,00 2.000,00

3.1.10 3.1.11 3.1.12 3.1.13 3.1.14

3.5.1 3.5.2 3.5.3 3.5.4 4 4.1

Equipe 4.1.1 Editor/Montador/Assistente de editor 4.1.2 Montador 4.1.3 Sonoplasta

5

Total Geral

2 2 2 2

mês mês mês mês

1 1 1 1

25.901,16 1

mês

2 10.674,16

25.901,16 10.672,16

1

mês

1 4.556,84

4.556,84

1

mês

1 10.672,16

10.672,16 747.840,92

133



ANEXOS

135


136


137


138


139


140


141


142


143


144


145


146


147