Page 1

Universidade Cruzeiro do Sul

Book do Projeto Primeiro Cliente


Projeto interdisciplinar apresentado à Universidade Cruzeiro do sul como requisito para aprovação nas disciplinas participantes do projeto universidade cruzeiro do sul campus liberdade.

São Paulo / 2019

PROJETO PRIMEIRO CLIENTE COLETIVO MENINAS MAHIN

Orientadores: Carlos Eduardo, Patrícia Borges, Ricardo Fortunato, Ricardo Di Santo e Vagner Novaes

Aline Rocha Gabriely Haseyama Italo César Kevin Dutra Pedro Henrique

RGM - 17881391 RGM - 18573878 RGM - 17742048 RGM - 17697581 RGM - 17424674


Projeto Mesa de Negócios Sumário 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

10.

11. 12. 13. 14.

Introdução Apresentação da empresa de terceiro setor Coletivo Meninas Mahin Definição do Público Alvo 4.1 Persona Análise de Macroambiente Análise de Microambiente Análise Swot Pesquisa Planejamento De Campanha 9.1. Objetivos de Marketing 9.2. Objetivos de Comunicação 9.3. Estratégia 9.4. 5w2h Criação e Produção 10.1 Logotipo 10.2 Fontes 10.3 Cores Peças conceito Mídias e custos Referências Bibliográficas Apêndice: 13.1 Roteiro Institucional 13.2 Roteiro de Rádio Anexos:

.5 .6 .7 .8 .8 .9 .10 .12 .14 .15 .15 .15 .15 .16 .17 .17 .18 .18 .19 .22 .23 .24 .25


5

1. Introdução Somos a agência Mimetize, uma agência experimental que busca sempre se adaptar as tendências dos novos tempos, nosso nome e logo faz jus a habilidade do polvo de se mimetizar (se adaptar) ao seu ambiente dependendo da sua necessidade. Neste trabalho tivemos a missão de projetar uma campanha publicitaria completa para o Coletivo Meninas Mahin, uma iniciativa que busca fomentar o empreendedorismo das mulheres pretas na zona leste (mais informações sobre o coletivo no item 7). Nós buscamos com nossa campanha aumentar o conhecimento sobre a marca do coletivo e sobre sua luta, pois acreditamos no poder da causa preta ao longo da história e por causa disso escolhemos por colocar ícones feministas negras de nossa história como tema principal de nossa campanha, demonstrando que essa não é uma luta recente e sim algo que atravessa gerações, e esperamos assim cativar novas empreendedoras para o coletivo e aumentar o conhecimento do mesmo na mente do consumidor.


6

2. Apresentação da empresa de terceiro setor Criada em 2005 a Fundação Tide Setubal é uma organização não governamental que iniciou suas atividades em São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo com o objetivo de enfrentar a desigualdade e aumentar a possibilidade de transformação nas periferias urbanas. Em maio de 2019 a Fundação Tide Setubal juntamente a Sociedade Amigos do Jardim Japenna, reinauguraram o Galpão ZL, para ser o espaço usado na transformação, inovação e empreendedorismo. Esse espaço conta com coworking formado para receber os empreendedores da região, além de uma extensa programação desenvolvida para incentivar o empreendedorismo daqueles que residem na zona leste de São Paulo. Além de contar com os cursos que são ofertados no espaço, como Oficina Escola de Culinária e Ponto de Leitura, que contém variadas obras para diferentes públicos, o Galpão ZL também oferece atividades esportivas, como judô e futebol. O foco do espaço é abrigar e fomentar iniciativas voltadas à criação de oportunidades para os cidadãos que vivem na região e potencializar a transformação da realidade do território. O espaço possui algumas características, como por exemplo •Realizar programas de desenvolvimento de negócios para gerar soluções sociais •Oferecer atividades de apoio ao desenvolvimento de novos negócios •Realizar eventos de mobilização que tem como objetivo conectar pessoas, projetos e organizações •Articular atividades esportivas com parceiros do território •Realizar ações culturais que fortaleçam a produção cultural e economia criativa no território •Oferecer atividades de acolhimento social


7

3. Coletivo MENINAS MAHIN O Coletivo Meninas Mahin é uma feira afro onde tem como objetivo incentivar, apoiar e ajudar Mulheres, empreendedoras, pretas, da zona leste de São Paulo e contribui no combate as desigualdades raciais por meio de atividades afirmativas que são promovidas nas feiras através da prática interdisciplinar, ou seja, a integração com atividades: artesanais, artísticas, esportivas, musicais, literária, oficinas, ações de cidadania, entre outras. A primeira edição da feira aconteceu em agosto de 2016, mas, só foram reconhecidas em dezembro de 2016 e foi aí que se tornaram coletivo. O coletivo meninas mahin oferece na feira espaços para empreendedoras divulgarem e venderem seus produtos. Oferece também oficinas de cursos, espaços para diálogos e a valorização da criativo e produção artesanal das empreendedoras. As afro empreendedoras levam para o publico oficinas de turbante e tranças nagô. Mais que uma feira, é um espaço para trocas de experiências onde cada produto tem sua representatividade valorizando a estética da mulher preta.


8

4. Definição de público alvo • Geográfico : Zonas Leste de São Paulo; • Demográfico : Mulheres, entre 18 e 65 anos, pertencentes à classe B, C e D. Negra. • Psicográfico : Empreendedoras autonomas, com interesse em aprender mais sobre empreendimento e venda • Comportamental : Compreendidos em causas sociais, mesmo que não envoltos constantemente, produtora de bens artesanais.

4.1 Persona

Silvia, 39 anos: Empreendedora à 1 anos no ramo de artigos para vestuário, casada e possui 2 filhos, não possui um curso superior e empreende por necessidade. Tem pouca experiência em administrar seu próprio negócio, tenta realizar cursos gratuitos para adquirir experiência na área e sempre busca espaços onde possa vender seus produtos, sejam eles digitais ou físicos.


9

5. Análise de Macroambiente Demográfico A zona leste de São Paulo é dividida por 2 regiões, Zona Leste Um na qual engloba as subprefeituras da Penha, de Ermelino Matarazzo, de Itaquera e de São Mateus. Que de acordo com o censo de 2000, conta com uma população de aproximadamente 1 552 070 habitantes e renda média por habitante de de um sálario mínimo e Zona Leste Dois, englobando as subprefeituras de Itaim Paulista, de Guaianases, de São Miguel Paulista e da Cidade Tiradentes. Ainda de acordo com o senso de 2000, conta com uma população de 1 169 815 habitantes e renda média abaixo de um sálario mínimo.

Tecnológico Aplicativos de celular gratuitos como o SEC (Sistema Estadual da Cultura) que reúne informações sobre atividades culturais de todo o estado com o objetivo de aproximar o público dos eventos realizados em todo o território paulista, além de instituições culturais. Blog Cultura Leste, que tem o objetivo de divulgar os grupos, coletivos, artistas, artesãos, eventos, ações culturais e esportivas promovendo e fomentando a cultura e a arte em todos os seus segmentos, de forma voluntária enfatizando as regiões mais afastadas do centro de São Paulo. Quadro “O QUE ROLA” exibido nas nos transportes coletivos, aeroportos e metrôs da cidade, com conteúdos exclusivos sobre movimentos culturais, exposições, shows e etc.


10

5. Análise de Macroambiente Natural Feiras em espaço aberto deixando-as expostas ao clima incerto da cidade de São Paulo, com propensão a alagamentos devido a situação do local

Político-legal Funcionamento com a ajuda do Galpão ZL – um programa da Fundação Tide Setubal -

Cultural Uma zona muito ativa culturalmente, com muitos shows e incentivos a cultura pelos próprios moradores e instituições ali presente


11

6. Análise de Microambiente Empresa O Coletivo Meninas Mahin, por meio da Feira Afro tem como objetivo fomentar o empreendedorismo da mulher preta e contribuir no combate às desigualdades raciais por meio de atividades afirmativas que são promovidas nas feiras através da prática interdisciplinar, ou seja, a integração com atividades: artesanais, artísticas, esportivas, musicais, literária, oficinas, ações de cidadania, entre outras.

Mercado O mercado de feiras negras tem o seu pico nos meses de novembro à dezembro quando ocorre o festival da feira preta, que é uma das maiores feiras do setor.

Concorrência PretaHub, Projeto acaçá, como concorrente indireto há a feira preta, fundação cultural Palmares e outros eventos culturais na zona leste.

Consumidor Mulheres, Negras, Empreendedoras, da Zona Leste de São Paulo, entre 18 a 65 anos, pertencentes as classes sociais B, C e D.


12

7. Análise SWOT

Forças -Empoderamento das empreendedoras que participam do coletivo -Defensoras da causa Preta -Conexões reais com as empreendedoras do projeto -Ideais fortes que são ótimos motivadores para o público-alvo -Facilidade no processo de admissão de novas empreendedoras

Fraquezas

N

AM E

ES AD ID

FRA Q

S ÇA A

S ÇA

AS EZ U

FO R

FRAQUEZAS -Falta de conhecimento sobre o coletivo e seu funcionamento -Dificuldade em encontrar informações sobre os eventos do coletivo -Falta de um padrão na comunicação -Identidade da marca pouco conhecida entre a população

OPO RT U


13

7. Análise SWOT

Oportunidades - Atuação em uma zona muito populosa - Vários eventos culturais que ressoam com o objetivo do coletivo - Influenciadores dispostos a promover o coletivo - Possibilidade de se tornar uma “love brand” por causa da causa que defendem

Ameaças

N

AM E

ES AD D I

FRA Q

S ÇA A

S ÇA

AS EZ U

FO R

- Feiras com objetivos parecidos - Recorte demográfico limita as opções de locais para realizar os eventos

OPO RT U


14

8. Pesquisa Para mapearmos o nosso público-alvo e os problemas do negócio optamos por realizar uma pesquisa qualitativa em um evento onde o coletivo participou (primaveras periféricas no sesc itaquera), utilizamos de um questionário para recolher informações sobre os empreendedores presentes no evento e entrevistamos o público que estava presente. Através da análise do questionário e das entrevistas nós identificamos como um dos principais problemas a falta de conhecimento sobre o coletivo e a falta de comunicação impressa no local.

Link em anexos*


15

9. Planejamento de Campanha Comunicação de forma incisiva, mostrando quem é o coletivo e como funciona, fazendo assim chamada para nosso público alvo. Com publicações e padronização de comunicação nas redes sociais e midias externas. Por meio da campanha “Mais que uma feira” transmitir a experiencia e o ideal do coletivo através de peças gráficas e audiovisuais

9.1. Objetivos de Marketing Crescimento de 1.416 seguidores no Instagram para 2.266 (60%) de seguidores no período de 3 mêses. Crescimento de 2.814 curtidas no Facebook para 4.502 (60%) de seguidores no período de 3 mêses.

9.2. Objetivos de Comunicação Aumentar o share of mind do Coletivo Meninas Mahin, trazendo a conhecimento sobre a marca e seu ideal.

9.3. Estratégia Disparo de imagens da campanha “Mais que uma feira” nas redes sociais com 2 posts patrocinados e 3 posts orgânicos por semana, onde escolhemos por colocar ícones feministas negras de nossa história como tema principal, demonstrando que essa não é uma luta recente e sim algo que atravessa gerações, além ser o que o coletivo defende. Simultaneamente, estará passando um spot nas rádios reforçando a campanha. Logo em seguida publicação em revistas de bairro e jornais como suporte.


16

9. Planejamento de Campanha 9.4. 5w2h What: Atualização de marca para que se crie uma padronização de comunicação nas redes sociais, spot em rádios locais e campanhas out of home (metro/trem, revistas locais) com chamadas e informações sobre o coletivo. Why: Para que o Coletivo Meninas Mahin tenha uma comunicação mais objetiva e clara, para que as empreendedoras (seu publico alvo) tenha maior conhecimento e interesse por elas. Where: Zona Leste de São Paulo When: 3 Meses (de 20 de novembro a 20 de janeiro) Who: Agência Mimetize Comunicação How: Divulgação da marca e seu ideal pelas redes sociais com posts diários, publicações em revistas/jornais culturais locais, spots em radios e posts patrocinados nas redes sociais.


17

10. Criação e Produção 10.1 Logotipo O logo do coletivo remete a cultura africana com a escolha de uma mulher Preta com um turbante africano representado com várias cores para mostrar a diversidade e a luta que é travada pelo coletivo, o fundo em vermelho além de contrastar muito bem com o preto da mulher representada e ser a gosto do coletivo, representa toda sua luta e esforço que elas tem a oferecer além de amor pelo que fazem. Seu formato ondular foi pensado a fim de representar todo o movimento que o coletivo gera.

Coletivo

MENINAS MAHIN

Coletivo

MENINAS MAHIN


18

10. Criação e Produção 10.2 Fontes

FRANKLIN GOTHIC

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ 0123456789@?!(){}[];:.

MYRIAD PRO

abcdefghijklmnopqrstuvwxyz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ 0123456789@?!(){}[];:.

HEAVY

REGULAR

10.3 Cores Cores escolhidas com base em toda sua força e representatividade escolhidas pelo próprio coletivo atendendo assim toda sua representatividade e força.


19

10. Criação e Produção Peças conceito: Instagram/Facebook


20

10. Criação e Produção Display de metrô


21

10. Criação e Produção Jornal/Revista de bairro


22

11. Midias e custos Cash Flow

MĂ­dias Digitais

Flow Chart


23

12. Referência Bibliográficas https://www.vitrinedobairro.com.br/zona-leste-sp/web/Plano_Municipal_Habitacao.pdf https://www.vitrinedobairro.com.br/zona-leste-sp/web/mapa_subprefeituras.jpeg http://www.seade.gov.br/produtos/midia/2017/01/MSP_Indicadores_25jan_2.pdf http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-11/sp-tem-aplicativo-gratuito-para-acessar-eventos-e-programacao-cul tural http://www.cultura.sp.gov.br/app/ https://culturaleste.com/sobre-nos/ https://culturaleste.com/coletivo-meninas-mahin-e-a-feira-afro/ http://feirapreta.com.br/ http://www.palmares.gov.br/?page_id=31471 https://culturaleste.com/projeto-acaca-sabores-e-encantos/ http://media.folha.uol.com.br/publicidade/2019/05/30/tabela_grupofolha_jan2019_v4.pdf http://www.metro.sp.gov.br/metro/negocios/midia-kit/tabela-precos/files/assets/common/downloads/Caderno_tabela%20 de%20precos.pdf https://bbmarketing.com.br/preco-para-anunciar-no-instagram/ https://sproutsocial.com/insights/pagar-influencers-nas-redes-sociais/ https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/desenvolvimento/organizacao/index.php?p=273371


24

13. Apendice 13.1. Roteiro Insitucional COLETIVO MENINAS MAHIN SEQUÊNCIA /CENA

DURAÇÃO

IMAGEM

SOM

Cena 1 01

03”

02

03”

plano meia-figura e ângulo O Coletivo Meninas normal de uma das Mahim luta e abraça a empreendedoras do coletivo. causa da mulher CORTE SECO preta.

03

03”

plano americano também em Criado com o objetivo ângulo normal de outra de ajudar na Empreendedora. CORTE SECO conquista do espaço e negócio das mulheres negras, as Meninas dão lugar às empreendedoras que querem expor o seu trabalho.

04

04”

imagens de edições passadas da Criado com o objetivo feira vão passando. CORTE SECO de ajudar na conquista do espaço e negócio das mulheres negras, as Meninas dão lugar às empreendedoras que querem expor o seu trabalho.

05

02”

em um plano de conjunto em As feiras abrigam plongée com algumas outras artesãs, artistas, empreendedoras. CORTE SECO esportistas, escritoras e muito mais

05

05”

imagens de algumas feiras do coletivo em plano aberto e música africana ângulo normal dançante ao fundo, CORTE SECO.

em um primeiro plano de ângulo normal de uma última empreendedora, o logo do coletivo aparece no lado direito da imagem junto das redes sociais

Venha você também se tornar uma das meninas mahin e se encontrar como empreendedora, Coletivo meninas mahin, mais que uma feira


25

13. Apendice 13.2. Roteiro de Rádio

Publicidade e Propaganda

Roteiro de Rádio Número: 01

Agência: Agencia Mimetize Cliente: Coletivo Meninas Mahin

Título: Mais que uma feira

Produto: Feira de negócios

Duração:30”

Formato: Spot

Data: 20/09/2019

Técnica Durante toda essa narração: BG de uma batida africana alegre

Texto / Loc. Ei, VOCÊ! mulher preta da zona leste de SÃO PAULO É artesã? Artista? Envolvida com esportes, oficina ou literatura aa? Então, aqui você tem espaço! COLETIVO MENINAS MAHIM Feiras disponíveis para você mostrar a sua arte, Afinal, empreender é se empoderar COLETIVO MENINAS MAHIM Aqui você mostra a sua identidade Para saber mais, acesse o site coletivo-meninas-mahin.negocio.site Siga também nosso Instagram @coletivomeninasmahin COLETIVO MENINAS MAHIM + Que uma feira

Obs.: A trilha sonora deverá entrar um segundo antes da locução e terminar um segundo depois..


25

14. Anexo Pesquisa: https://docs.google.com/forms/d/1U27o6fM95d0CinEsvgB50Pzxu-RT6EwZ3E7-KH541B0/edit Vídeo Institucional Meninas Mahin: https://youtu.be/HXFLfBzrS4s Spot Meninas Mahin: https://youtu.be/SQk0anTGcg8


Profile for Rede Código

Agência Mimetize  

Agência Mimetize  

Advertisement