Page 1

#MulherPretaFazHistรณria! 1


SÃO PAULO, 2019

SOB ORIENTAÇÃO DO PROFESSORES CARLOS EDUARDO PATRICIA BORGES RICARDO DI SANTO RICARDO FORTUNATO VAGNER TRANCHE

PUBLICIDADE E PROPAGANDA 5º E 6º SEMESTRE LIBERDADE - NUTURNO

PROJETO PRIMEIRO CLIENTE


3


SUMÁRIO:

1. INTRODUÇÃO.........................................................................................................................................................................8 1.1 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA DE TERCEIRO SETOR..................................................................................................9 1.2 APRESENTAÇÃO DO CLIENTE......................................................................................................................................10 2. PESQUISA.................................................................................................................................................................................11 3. MACROAMBIENTE.................................................................................................................................................................12 3.1 ECONÔMICA..............................................................................................................................................................12 3.2 TECNOLÓGICA..........................................................................................................................................................12 3.3 DEMOGRÁFICA.........................................................................................................................................................12 3.4 CULTURAL...................................................................................................................................................................12 3.5 ECOLÓGICA..............................................................................................................................................................13 3.6 LEGISLAÇÃO..............................................................................................................................................................13 4. ANÁLISE SWOT.......................................................................................................................................................................14 4.1 FORÇAS.......................................................................................................................................................................14 4.2 FRAQUEZAS.................................................................................................................................................................14 4.3 OPORTUNIDADES.......................................................................................................................................................14 4.4. AMEAÇAS..................................................................................................................................................................15 5. PLANEJAMENTO DE MARKETING..........................................................................................................................................16 5.1 OBJETIVO DE MARKETING.........................................................................................................................................16 5.2 PÚBLICO ALVO..........................................................................................................................................................17 5.2.1 PÚBLICO ALVO ESCOLHIDO..........................................................................................................................17 5.2.2 JUSTIFICATIVA.................................................................................................................................................17 5.3 SEGMENTAÇÃO DE PÚBLICO....................................................................................................................................18 5.3.1GEOGRÁFICO.....................................................................................................................................18 5.3.2 DEMOGRÁFICO...............................................................................................................................................18 5.3.3 PSICOGRÁFICO.............................................................................................................................................18 5.3.4 COMPOTAMENTAL........................................................................................................................................18 5.4 PERSONAS...................................................................................................................................................................19 6. PLANEJAMENTO DE CAMPANHA.........................................................................................................................................20 6.1 TEMA.............................................................................................................................................................................20 6.1.1 JUSTIFICATIVA....................................................................................................................................................20 6.2 CONCEITO..................................................................................................................................................................20


6.2.1 PEÇA CONCEITO.............................................................................................................................................21 6.3 OBJETIVO DE CAMPANHA........................................................................................................................................22 6.4 OBJETIVO DE COMUNICAÇÃO.................................................................................................................................22 6.5 PRAÇA........................................................................................................................................................................23 6.6 PERIODO DE CAMPANHA........................................................................................................................................23 6.7 ESTRATÉGIAS...............................................................................................................................................................24 6.7.1 TÁTICAS.....................................................................................................................................26 6.7.1.1VÍDEO INSTITUCIONAL: “#MULHERPRETAFAZHISTORIA”.....................................................................26 6.7.1.2 SPOT INSTITUCIONAL: “#MULHERPRETAFAZHISTORIA”....................................................................26 6.7.1.3 FOLDERS DO COLETIVO....................................................................................................................27 6.7.1.4 BANNER INFORMATIVO PARA A FEIRA.............................................................................................27 6.7.1.5 PUBLICAÇÃO EM REVISTA................................................................................................................27 6.7.1.6 INFORMATIVO PARA ORGANIZADORES DE EVENTOS.....................................................................28 6.7.1.7 INVISTA NAS REDES SOCIAIS................................................................................................................28 6.7.1.8 SE NÃO PUDER INVESTIR DINHEIRO, INVISTA TEMPO...........................................................................30 7. 5W2H.......................................................................................................................................................................................32 8. PLANEJAMENTO DE MÍDIAS..................................................................................................................................................33 8.1 CLIENTES.......................................................................................................................................................................33 8.2 PRODUTOS/SERVIÇOS................................................................................................................................................33 8.3 PÚBLICO ALVO............................................................................................................................................................33 8.4 PERIODO DE CAMPANHA..........................................................................................................................................35 8.5 OBJETIVO DE CAMPANHA........................................................................................................................................35 8.5.1INSTAGRAM......................................................................................................................................35 8.5.2 FACEBOOK......................................................................................................................................................35 8.5.3 RÁDIO EVEREST................................................................................................................................................36 8.5.4 TV ABERTA DE SÃO PAULO.............................................................................................................................36 8.5.5 NOSSA REVISTA DO BAIRRO..............................................................................................................................36 8.6 MEIOS SELECIONADOS...............................................................................................................................................37 8.6.1 MEIOS PRINCIPAIS.........................................................................................................................................37 8.6.2 MEIOS DE APOIO.............................................................................................................................................37 8.7 CRITERIO PARA ESCOLHAS DOS MEIOS.....................................................................................................................38 8.7.1 REDES SOCIAIS................................................................................................................................................38 8.7.2 RÁDIO..............................................................................................................................................................38 8.7.3 REVISTA............................................................................................................................................................38


8.7.3 TELEVISÃO...........................................................................................................................................................39 8.8 TABELA DE INSERÇÃO - REVISTA................................................................................................................................40 8.9 TABELA DE INSERÇÃO - TELEVISÃO............................................................................................................................41 8.10 TABELA DE INSERÇÃO - RÁDIO..................................................................................................................................42 8.11 FLOWCHART..................................................................................................................................................................43 8.12 CASHFLOW................................................................................................................................................................44 8.13 INVESTIMENTO TOTAL PARA APLICAÇÃO DE 6 MESES DE CAMPANHA.................................................................45 9. CRIATIVO................................................................................................................................................................................46 9.1 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL................................................................................................................................46 9.2 PEÇAS DIGITAIS PARA FEED......................................................................................................................................54 9.3 PEÇAS DIGITAIS PARA STORY...................................................................................................................................55 9.4 PEÇA DIGITAL PARA PRODUTORES DE EVENTOS....................................................................................................56 9.5 PEÇA GRÁFICA, BANNER...........................................................................................................................................57 9.6 PEÇA GRÁFICA, REVISTA MÓDULO SIMPLES............................................................................................................58 9.7 PEÇA GRÁFICA, FOLDERS.........................................................................................................................................59 10. ANEXOS.................................................................................................................................................................................60 10.1 AUTORIZAÇÃO PARA USO DE IMAGEM - JULIA.......................................................................................................61 10.2 AUTORIZAÇÃO PARA USO DE IMAGEM - BARBARA.......................................................................................................62 10.3 LAUDA 1 - VÍDEO #MULHERPRETAFAZHISTÓRIA!..................................................................................................................63

10.4 LAUDA 2 - SPOT #MULHERPRETAFAZHISTÓRIA!.....................................................................................................................65

11. BIBLIOGRÁFIA......................................................................................................................................................................................66


1. INTRODUÇÃO

O projeto direcionado para os alunos de 5º e 6º semestre do curso Publicidade e Propaganda da Universidade Cruzeiro do Sul – Campus Liberdade,

Noturno – foi o “Primeiro Cliente”, no qual os alunos se dividem em agências experimentais (que devem conter entre 5 a 10 alunos) para atender o primeiro cliente real, um empreendedor direcionado através do projeto Galpão ZL (gerado pela Fundação Tide Setubal e a Sociedade Amigos do Lapenna).

A agência experimental Flydeep foi formada no segundo semestre de 2017 com o intuito de idealizar os projetos interdisciplinares, entre eles

o projeto “Primeiro Cliente”. A agência original é composta por sete integrantes e após alguns desligamentos e acréscimos, atualmente conta com seis integrantes, sendo eles: Guilherme (diretor de arte), Pedro (diretor de planejamento), Carolline (redatora), Isael (produtor áudio visual), Karina (gerente de atendimento e fotógrafa) e Luis (produtor áudio visual e gerente de mídias).

A proposta da Flydeep é otimizar a verba publicitária de cada cliente, direcionando para o público-alvo adequado e também atingindo os obje-

tivos de cada marca, além de executar com máxima perfeição e exatidão cada projeto direcionado pela faculdade, através de experiências de cada aluno no mercado de trabalho, vida e principalmente, do aprendizado em sala de aula.

O projeto do segundo semestre de 2019 visa a criação de uma campanha publicitária para empreendedores assessorados pelo projeto social

Galpão ZL, colocando em prática as técnicas aprendidas em sala de aula, no curso de Publicidade e Propaganda.

A partir do briefing fornecido no regulamento do projeto, a agência Flydeep irá idealizar uma campanha publicitária com o objetivo de aprimo-

rar, divulgar e fortalecer a marca e o produto de um empreendedor. Nosso objetivo é otimizar a ação através das redes sociais de empreendimento, expandindo a divulgação, levando em conta sua limitação de mão de obra, equipamento e verba, também iremos utilizar um dos meios tradicionais de divulgação através de folders e informativos que serão distribuídos pelos bairros. Além disso, será buscado outros meios criativos para que o cliente seja lembrado na região onde trabalha e também tenha força no seu mercado. Estamos visando, de uma forma mais estratégica, auxiliar o empreendedor selecionado.

Focado no terceiro setor, iremos trabalhar com empreendimentos das regiões periféricas da capital paulista, objetivamente da Zona Leste,

levando em consideração questões sociais do cliente e de seu público. Lembrando que o cliente pode ou não possuir uma verba.

8


1.1 APRESENTAÇÃO DA EMPRESA DE TERCEIRO SETOR

A fundação Tide Setubal é uma organização não governamental que chegou na Zona Leste de São Paulo para começar um

trabalho social com as famílias do bairro Jardim Lapena em São Miguel Paulista. O foco sempre foi em realocar as pessoas de volta na sociedade, a fundação Tide Setubal no ano de 2006 chegou com o trabalho de desenvolvimento local e começaram a se desenhar a partir da prática e a importância de atuar em conjunto com os moradores locais e reforçam a ideia da centralidade do trabalho em prol do empoderamento da comunidade. Com o Galpão de Cultura e Cidadania a Tide Setubal contém um conjunto de atividades tais como: atendimento direto com as famílias, comunicação, juventude, cultura e esporte, atua também no fortalecimento das organizações locais, mobilizando e articulando agentes locais, sistematização de suas experiências e em influencia em políticas. Hoje o antigo Galpão de Cultura e Cidadania se tornou o Galpão ZL, Galpão de Rede de Inovação, transformação e empreendedorismo onde é um espaço voltado para o empreendedorismo periférico e negócios de impacto social, atualmente acontece uma série de atividades para os moradores dos bairros, como: culinária, tecnologia, artesanato e cursos de diversas áreas para tornar as pessoas empreendedores.

9


1.2 APRESENTAÇÃO DO CLIENTE

O Coletivo Menina Mahin que tem objetivo de aumentar o empreendedorismo da mulher preta na zona leste fazendo o recorte de raça, gênero e

região, pois essas mulheres estão tentando conquistar um espaço dentro do mercado e fazer um negócio próximo de suas casas. O Coletivo meninas Mahin Foi fundado em 2016 na Zona leste de São Paulo Por Ednusa Ribeiro e outras mulheres da organização. O Coletivo surgiu como extensão de um projeto chamado Itaquera do Futuro onde foi proposto para as mulheres que frequentavam o espaço de criar algo que fosse algo que pudessem colocar elas no mundo do empreendedorismo como mulheres pretas que elas são.

O nome Meninas Mahin é uma homenagem a Luiza Mahin, mulher negra africana que em 1830 foi precursora empreendedorismo aqui no Brasil

pela sua venda de quitutes na época junto com sus projetos de militante.

Meninas Mahin teve seu início com oficinas de trança para cabelos e hoje a feira oferece vários produtos desde roupa a arte-

sanato. Com 90 empreendedoras meninas Mahin tem como objetivo um projeto de impacto social e chamada de Feira Afro Meninas Mahin vem transformando mulheres em suas próprias chefes podendo desenvolver sua marca. A feira é cadastrada por lei como negócio de impacto social por se tratar de uma feira de mulheres pretas como é chamado carinhosamente por Ednusa Ribeiro.

A feira se encontra exposta com os produtos no segundo sábado do mês na Praça das Professoras - Cid. A. E. Carvalho e no último sábado

do mês no Largo do Rosário-Penha, ambos na Zona Leste de São Paulo.

10


2. PESQUISA

A pesquisa foi fundamentada em cima de dados secondário e, além disso, foram obtidas informações através da apresentação do cliente naado

na Universidade Cruzeiro do Sul, unidade Liberdade, para os alunos do 5° e 6° semestre de publicidade e propaganda, foi colocado em pauta o que representa sua marca e os principais motivos de sua procura por auxílio na comunicação do projeto coletivos meninas como por exemplo: o conceito do coletivo, seu público alvo, a mensagem que transmitem, sua visibilidade hoje, como eles chegam ao seu público e como o público de fora os veem e sua interação tanto B2B quanto B2C.

As redes sociais são um meio que o cliente usa para divulgar seu produto no caso a feira, como horário e local, foi levantado também que precisam

de engajamento nas suas redes sociais, foi localizado informações importantes em suas redes através do link: Facebook:https://www.facebook.com/coletivomeninasmahin/; Instragram:@coletivomeninasmahin;

Algumas informações foram aproveitadas de alguns sites e do próprio site do cliente que trazem referências de como o público vê e o que é o

Coletivo Meninas Mahin e como ela atinge o público através dos link:

Coletivo meninas mahin: https://coletivo-meninas-mahin.negocio.site/

SP Cultura: http://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/agente/52616/;

Cultura leste: https://culturaleste.com/coletivo-meninas-mahin-e-a-feira-afro/;

SPTurismo:http://www.spturis.com/csp/calendario_site/exibe_eventos.php?day=14&month=02&year=2019&ln=br&cat=1.

Para sabermos as principais dificuldades que o cliente enfrenta durante seu processo de realização e como seu público se sente durante o evento

fizemos uma pesquisa de campo que foram realizadas algumas enquetes aos consumidores, observação de como e a abordagem do cliente para o conhecimento do produto de como é transmitido a essência da marca e se estava sendo cumprido o que a marca pretendia.

11


3. Macroambiente

3.1 Econômica

Os dados divulgados pelo IBGE de acordo com a Folha de São Paulo, mostra que a economia brasileira avançou 0,4% do mês de abril até setem-

bro, possibilitando que empreendedoras do coletivo Meninas Mahin não se preocupem com o preço dos itens para execução de seus produtos, dando a percepção de que a economia deverá crescer menos de 2% pelo 4° ano consecutivo em 2020.

3.2 Tecnológica

A tecnologia de transporte seria algo que pode facilitar as empreendedoras do coletivo a levarem seus produtos, algo grande e seguro, além das

tecnologias digitais que facilitam na comunicação e divulgação, intensificando a melhoria da marca.

3.3 Demografica

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores, o Brasil tem a maior produção negra fora da África. Segunda a Fundação Cultural Palmares

(entidade de defesa da cultura afro-brasileira ligada ao Ministério da Cultura), 44,2% da população brasileira é composta por afro-brasileiros. Apesar da “africanidade” visível em nossa cultura, os estrangeiros que aqui moram ainda acham tudo muito estranho. Parecido mesmo só a alegria do povo. Isso é unânime! É tanto encanto, que muitos chegam e não voltam mais para sua terra natal. De coração aberto, o Brasil acolhe a todos, trazendo assim a possibilidade de aumentar o número de mulheres pretas empreendedoras.

3.4 Cultural

Desde que eram escravos, os “afro brasileiros” já possuíam uma infinidade de aspectos próprios, como por exemplo, a cultura, a religião e a arte.

Foi criado o Dia da Consciência Negra, que é celebrado em 20 de novembro no Brasil e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira que prega o seguinte conceito: “Desde o início da história do Brasil temos conosco afro descendentes, que nos ajudaram a lutar em busca de um país justo e livre. Somos influenciados por eles a todo tempo, assim como eles pela luta a igualdade, assim como fizeram muitas vezes por nós”. Neste conceito de cultura, podemos ver claramente o intuito do Coletivo Meninas Mahin, trazendo diversidade de cultural e amor por seus ancestrais.

3.5 Política

Atualmente, foi considerado por eleitores e mostrado alguns discursos racistas e de ódio pelo atual presidente, trazendo desconforto não só para o

Coletivo Meninas Mahin, mas a todos os amantes da Cultura Afro.

12


3.6 Ecológica

Depois e antes das feiras, os próprios organizadores ficam à disposição para limpar o local, preservando e não afetando o meio-ambiente,

não interferindo no ciclo ambiental. Nenhum animal ou planta é maltratado durante as feiras. 3.7 Legislação

De acordo com a Lei de Cultura em São Paulo, fica afirmado.

Milton Leite, Presidente da Câmara Municipal de São Paulo, faz saber que a Câmara Municipal de São Paulo, de acordo com o § 7° artigo 42 da Lei Orgânica do Município de São Paulo, promulga a seguinte Lei:

Art. 1° Fica inserido inciso ao art. 7° da Lei n° 14.485, de 19 de julho de 2007, com a seguinte redação:

“- Feira Cultural Leste Europeia de São Paulo: organizada, mensalmente por seus idealizadores com um aspecto cultural de 14 (quatorze) comunidades imigrantes e descendentes do leste europeu, com as tradições festivas que reúnem aspectos culturais e artesanais que cada nação, além de sua própria e tradicional gastronomia realizada no Distrito Vila Prudente. ” (NR)

Art. 2° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação. Revogadas as disposições em contrário.

Câmara Municipal de São Paulo, 17 de dezembro de 2018.

13


4. ANÁLISE SWOT

4.1 Força

Cultura Afro- Nosso país cada vez mais é um diversificador de culturas, a cultura afro sempre foi rica, e as pessoas demonstram interesse em

aprender histórias, arte e mão de obra.

Combate às desigualdades: Meninas Marin combate com suas ações as desigualdades raciais que não só em nosso país como ao redor do mundo

são pautas em todos os noticiários.

Produto: A instituição oferece diversos produtos, feira, atividades, oficinas, roupa e artesanato, um leque diversificado para atender a população.

4.2 Fraquezas:

Tempo de Mercado – Hoje em virtude de muita concorrência, o tempo de mercado pesa na decisão final do consumidor, Meninas Marin tem apenas

3 anos de fundação.

Divulgação – Apesar de estar presente nas redes sociais, a comunicação feita com o público sofre alguns ruídos, seja elas tempo de divulgação,

como estou divulgando e como estou prospectando seguidores.

Localização: Atualmente as Meninas Marin está localizada na Zona Leste de São Paulo, as feiras se restringem somente nesta região, o que difi-

culta o acesso das demais regiões de São Paulo.

Baixo investimento em publicidade- Quando se tem baixo investimento a luta com a concorrência fica cada vez mais difícil, é essencial aumentar o

leque para ter mais formas de atrair o público.

Falta de transporte: A falta de transporte atrapalha na locomoção para os eventos.

4.3 Oportunidade:

Empreendedoras: Com 90 empreendedoras e prospectando cada vez mais, está oportunidade ganha futuramente força financeiramente e

divulgação.

Crescimento: Com muitos parceiros a feira também pode ganhar espaço em outras regiões de São Paulo.

Economia: Os dados divulgados pelo ibge de acordo com a folha de São Paulo mostram que a economia brasileira avançou 0,4% de abril a setem-

bro dando a possibilidade de que as empreendedoras do coletivo meninas Mahin começam a estar menos preocupadas, podendo investir cada vez mais.

“Africanidade” – Uma oportunidade vista que nosso país 44,2% da população brasileira é composta por afro-brasileiros, trazendo assim a possibi-

lidade de seu público alvo de mulheres pretas empreendedoras aumentarem.

14


4.5 Ameaças:

Violência: Nosso país sofre com injurias raciais, algo que pode afetar os eventos colocando a segurança e até mesmo a moralidade em perigo.

Concorrência: Feira preta (PretaHub), Bloco afro Ilu Obá de Min, Centro cultural Africano (CCA) são alguns dos concorrentes que podem ameaçar

o projeto.

Tecnologia: A falta deste recurso pode causar impacto negativo já que estamos sendo frequentemente bombardeados pela tecnologia.

Política: Atualmente foi considerado por eleitores e mostrado alguns discursos de ódio racistas pelo atual presidente trazendo assim desconforto

para o coletivo meninas Mahin pois se trata de um coletivo de mulheres pretas.

15


5. PLANEJAMENTO DE MARKETING 5.1 OBJETIVO DE MARKETING

Expansão de mercado, atrair novas empreendedoras da Zona Sul, Oeste e Norte de São Paulo, além de conseguir levar as feiras para essas regiões.

16


5.2 Público Alvo

5.2.1 PÚBLICO ALVO ESCOLHIDO:

A partir do regulamento fornecido, foi escolhido para o projeto o seguinte público alvo:

Mulheres empreendedoras que podem dar início na sua marca e ter a visibilidade na sociedade como mulher preta e empreendedora dona do seu próprio negócio. Também foi identificado como nosso público os criadores de eventos, que são responsáveis por darem oportunidade para coletivo em expor a feira e os produtos e por fim identificamos a população da Zona Leste de São Paulo, porque eles têm o poder de fazer a feira ter espaço dentro da sociedade e podendo oferecer a divulgação do trabalho das meninas e as empreendedoras.

5.2.2 JUSTIFICATIVA

Optou-se por esse segmento com base no levantamento sobre algumas características através de dados secundários sobre a cidade de São Paulo

e do coletivo Meninas Mahin, pois são faixas etárias de mais presença dentro do estado de São Paulo, e com maior acesso aos produtos apresentados na feira.

17


5.3 SEGMENTAÇÃO DE PÚBLICO

5.3.1 Geográfico

A região da Zona Leste de São Paulo de acordo com o IBGE, conta com 4.620.492 de habitantes no local onde acontece as feiras do Coletivo Me-

ninas Mahin, sendo que a região metropolitana de São Paulo conta com 12.252.023 de habitantes no ano de 2019.

5.3.2 Demográfico

O Coletivo Meninas Mahin é um coletivo tem o objetivo de aumentar o empreendedorismo da mulher preta na zona leste de São Paulo, onde é ven-

dido artefatos para implementar a marca de uma mulher preta no mercado. Hoje o coletivo direciona seu público para as pessoas dos bairros pequenos que ficam próximo de onde a feira fica alocada nos dias de trabalho

5.3.3 Psicográfico Para quem frequenta o evento é necessário saber que ele tem um valor tão acessível para o acesso, pois é gratuito e não custa nada para a entrada

na feira e o público apenas paga o que irá comprar das empreendedoras. Então podemos entender que qualquer tipo de pessoa pode frequentar a feira independentemente da idade.

5.3.4 Comportamental Nossa campanha se remete a mulheres pretas empreendedoras que buscam sua autonomia e representatividade no mercado de trabalho. Tendo

em vista o preconceito racial no Brasil, tem crescido o percentual de pessoas pretas empreendedoras, dentre elas, mulheres que batalham todos os dias para expandir cada vez mais seu próprio negócio.

O perfil dos consumidores das feiras são quem transitam pelo local e moradores próximos à região, que despertam curiosidade pelo evento e pela

compra dos produtos vendidos pelas mesmas.

Além disso, temos os produtores de eventos que possuem interesse nas atividades logísticas e recursos de apresentação como prestadores de

serviços especializados, uma programação, objetivos e conceitos das feiras expostas.

18


5.4 Personas

Nome: Ana Souza. Idade: 19 anos. Solteira. Mora Itaquera ZL de São Paulo com sua mãe e irmã. Estudante do ensino superior Ela tem o costume de ir em salões de cabelereiros para cabelos afro e lá ela sempre escuta sobre os assuntos de empreendedorismo de pessoas negra e é um assunto que lhe agrada bastante. Nome: Lana Santos de Oliveira Idade: 31 anos Casada Mora em São Miguel Paulista com seu marido e o cachorro do casal. Ela tem o costume de ir aos finais de semana frequentar feiras diversas por São Paulo com seu marido.

Nome: Marisa Costa de Vasconcelos Idade: 50 anos Viúva Mora no bairro da Vila Ré na Patriarca Marisa aprendeu a trabalhar desde muito cedo e ela também se interessa por artesanatos e confecções de panos de prato.

19


6. PLANEJAMENTO DE CAMPANHA 6.1 Tema:

- Força da mulher preta

6.1.1 Justificativa: - A ideia central é estimular e atrair as mulheres pretas para se tornarem uma empreendedora do Coletivo e visitar as feiras que o projeto realiza fazendo com que ela se lembre e demonstre a força que ela tem. 6.2 Conceito: - Através do slogan “#mulherpretafazhistória”, apelamos emocionalmente para a lembrança daquelas que fizeram história e também para o fato de que a mulher preta pode e vai fazer uma história, pois são todas fortes e guerreiras, enfrantando diversas batalhas diariamente.

20


6.2.1 Peรงa Conceito:


6.3 Objetivo de Campanha

• • • •

Insta 2500 seguidores (180%) 30 réplicas da #souumaMeninaMahin 70 réplicas #preta faz história 10 novas seguidoras a cada transmissão do spot

6.4 Objetivo de Comunicação

• Persuadir os seguidores das redes sociais a comparecer as feiras do coletivo, através do reforço da mensagem e do compartilhamento das datas das feiras. • Persuadir as mulheres pretas seguidoras das redes sociais do Coletivo a se tornarem empreendedoras (10 novas empreendedoras ao fim do mês) com a campanha #Mulherpretafazhistória!. • Conseguir estabelecer novas feiras através do investimento no público de produtores de evento.

22


6.5 Praça

Foi escolhido como foco da campanha a cidade de São Paulo, com ênfase na Zona Leste, levando em conta o uso da revista e do rádio, que são regionais de Itaquera.

6.6 Periodo de Campanha

A campanha foi planejada para Janeiro de 2020, entretanto ela pode ser aplicavel para os meses seguintes conforme a apresentação de resultados, afim de demonstrar melhor entendimento sobre isso, fizemos no plano de mídia uma simulação para os meses de Fevereiro, Março, Abril, Maio e Junho.

23


6.7 Estratégias

• Investir maior força no começo do mês para reconhecimento da marca. • Todos os meios de comunicação encaminham o público para o Instagram. • Com a marca reconhecida é possível apresentar os ideais do projeto, as datas de feira e como se tornar uma Menina Mahin.

24


A marca está reconhecida e pode apresentar seu projeto ao público

Maior número de ações nos primeiros 15 dias do mês

2º O público chega ao Instagram da marca

25


6.7.1 Táticas 6.7.1.1 Vídeo Institucional: “#MulherPretaFazHistoria”: A ideia é trabalhar no vídeo uma entrevista com diferentes mulheres pretas que não

conhecem o Coletivo, fazendo perguntas que remetem as ações promovidas pele projeto e também problemas que elas passam diariamente no Brasil, após isso revelaria o Coletivo Meninas Mahin, com a #MulhePretaFazHistoria´é encerrado o vídeo. O intuito é trabalhar com os diferentes públicos utilizando de permutas ou doações em emissora de televisão regional uma versão reduzida do mesmo vídeo, caso seja possível, como campanha paga no Facebook, que vai levarria o público para o Instagram, e de forma orgânica e sem investimento públicar ele no Instagram e Youtube. Será veiculado em Janeiro de 2020. Uma proposta do vídeo pode ser encontrado no link: https://www.youtube.com/watch?v=ehwT6ftntVo

6.7.1.2 Spot Institucional: “#MulherPretaFazHistoria”: O spot irá circular dentro das redes sociais de forma orgânica e na rádio comunitária

Everest, ele chamaria as pessoas para visitarem as redes sociais onde poderia conferir as datas das feiras e também convocando novas empreendedoras. A Rádio Everest costuma promover os projetos sociais de Itaquera e outros bairros próximos na sua programação. Na rádio Everest o valor de inserção é de R$60,00. O spot deve circular nos dias 1, 3, 5, 7, 9, 11, 13 e 15 de janeiro de 2020, durante os intervalos do programa Variedades Everest. Uma proposta do spot pode ser encontrado no link: https://www.youtube.com/watch?v=BK6qJi7MALM

26


6.7.1.3 Folders do Coletivo Seriam criados dois folders para circularem dentro das feiras para os visitantes, o Folder

A que divulgaria o intuito da feira e a data e local da próxima e o Folder B seria um manual para mulheres pretas que pretendessem se tornar empreendedoras participantes do Coletivo. As gráficas costumam pegar trabalhos de projetos socioculturais e de ONGs para abater o valor que seria dele no imposto de renda, foi cotado um valor de R$7.000,00 para a produção de 500 unidades para as duas peças. Uma proposta para os folders pode ser encontrado em: 9.7 pág. 59

6.7.1.4 Banner Informativo Para a Feira: Um banner com os ideais do projeto e que explica brevemente sobre o Coletivo que estaria presente nas feiras. Uma proposta para o Banner pode ser encontrado em: 9.5 pág. 57

6.7.1.5 Publicação em Revista: Será elaborada uma peça publicitária de Módulo Simples (6,1cm x 4,2cm), foi cotado um

valor de R$295,00, para circular na revista mensal Nossa Revista do Bairro, que divulgaria o Coletivo Meninas Mahin, chamando as pessoas para visitarem as redes sociais e conhecer mais sobre o coletivo. Sendo uma revista de bairro da zona leste acreditamos que possa ser feita essa pequena exibição na revista como forma de ajudar e divulgar um projeto sociocultural de inclusão da região. A peça circularia na revista de janeiro de 2020. Uma proposta para a peça pode ser encontrado em: 9.6 pág. 58

27


6.7.1.6 Informativo Para Organizadores de Eventos: Seria uma arte para as redes sociais, Facebook Ads e Instagram, com os contatos das Meninas Mahin, para os organizadores de eventos possam entrar em contato e contratar as feiras que o Coletivo promove. Uma proposta para a peça pode ser encontrada em: 9.4 pág. 56

6.7.1.7 Invista nas Redes Sociais: Sabemos hoje que com o avanço das redes sociais, principalmente com o domínio do

Facebook e crescimento do Instagram, vimos um aumento no investimento publicitário nesses portais, que são muito fáceis de manusear e também precisas para atingir o público que você pretende, você consegue controlar melhor os seus custos e saber se sua campanha está dando certo ou não. A ideia seria ter três campanhas e cada uma teria um desse público-alvo a quem atingir como descrita a seguir. Novas empreendedoras: • Campanha de tráfego que leve para o Instagram • Mulheres de 18 – 50 anos • Cidade de São Paulo • O direcionamento detalhado para a cultura afro e donas de casa. • Investimento de R$ 8,00 diários, 240 reais por mês • Posicionamento automático • O criativo seria o vídeo institucional “#MulherPretaFazHistória!”


Visitantes da feira: • Campanha de tráfego que leva para o Instagram • Todos de 18 a 60 anos • Moradores da cidade de São Paulo • O direcionamento detalhado para a cultura afro, eventos, feiras e promoções • Investimento de R$ 6,00 diários, 180 reais por mês • Posicionamento automático • O criativo seria o vídeo institucional “#MulherPretaFazHistoria”. Organizadores de Eventos: • Campanha de tráfego que leva para o Instagram • Todos de 35 a 50 anos • Cidade de São Paulo • O direcionamento detalhado para eventos corporativos, organizadores de eventos e empresas. • Investimento de R$ 6,00 diários, 180 reais por mês • Posicionamento automático • O criativo seria um informativo de contato para contratar as feiras promovidas pelo Coletivo. A campanha irá circular a partir do dia 1 de janeiro de 2020, e é aplicável para os cinco meses seguintes, com alteração do valor investido de acordo coma performance dela, ela pode ser alterada a qualquer momento caso não esteja dando o retorno desejado.

29


6.7.1.8 Se não puder investir dinheiro, invista tempo! Hoje temos uma rede social em ascensão, o Instagram, e é muito importante que você saiba como utilizar ela para sua divulgação de forma organizada e visualmente agradável.

• Faça 4 publicações por semana, a constância de publicação nessa rede social é de profunda importância para que você mantenha e expanda o alcance do seu perfil. Sugerimos as seguintes publicações. • Fotos ou pequenos vídeos das Feiras, as pessoas gostam de saber como algo funciona na prática, isso pode ser bem atrativo, além de mostrar como o Coletivo atua socialmente. • #PretafezHistoria: a ideia é contar a história de grandes mulheres pretas importantes na história do mundo, começando com a própria Luísa Mahin, e passando por tantas outras que fizeram a diferença na Terra. • #SouumaMeninaMahin, a ideia é um pequeno texto que conte a história de uma das empreendedoras, mostrando como ela chegou ao Coletivo e mudou de vida por conta dele. • Data das feiras, é de grande importância que as datas das feiras estejam presentes sempre nas redes sociais, como você consegue compartilhar algo do Instagram para o Facebook, você teria em ambos a divulgação orgânica dos novos eventos. • Os Stories do Instagram são de grande importância, você deve manter uma constância diária de publicação neles, mas não deve publicar mais de um por dia, como o perfil é pequeno e não possui um número muito grande em seu alcance, a publicação de mais de um Story por dia acaba dividindo o alcance entre eles, assim cada um teria apenas a metade


do potencial atingido, sugerimos que realize que publique a partir dos “posts do feed” nos stories, isso atrairia as pessoas para o perfil, assim conferindo as novas datas das feiras e novidades do coletivo; publique fotos e vídeos dos eventos enquanto eles acontecem, mostre na prática como eles funcionam; reforce as datas das feiras nos Stories, aumentando a divulgação do evento e além de tudo isso, abra espaço para responder dúvidas dos seguidores nos stories. • Ao vivo é mais interessante: caso tenha essa possiblidade, transmita as feiras ao vivo no Instagram, como dito acima, as pessoas têm interesse em saber como as coisas funcionam na prática, com as transmissões de dentro das principais feiras você conseguiria mostrar o poder do Coletivo. Propostas de peças para o Instagram podem ser encontradas em: 9.2 e 9.3 págs. 55 e 56

31


7. 5W2H:

32


8. PLANEJAMENTO DE MÍDIAS

8.1 CLIENTE :

O Coletivo meninas Mahin uma feita de impacto social que fica localizada na Zona Leste de SP.

8.2 PRODUTO/SERVIÇO:

O Coletivo Meninas Mahin, por meio da Feira Afro Meninas Mahin tem como objetivo fomentar o empreendedorismo da mulher preta e contribuir no combate às desigualdades raciais mediante atividades afirmativas que são promovidas nas feiras através da prática interdisciplinar, ou seja, a integração com atividades: artesanais, artísticas, esportivas, musicais, literária, oficinas, ações de cidadania, entre outras.

8.3 PÚBLICO-ALVO:

População: Porque eles têm o poder de fazer a feira ter espaço dentro da sociedade e podendo trazer a divulgação do trabalho das meninas. Empreendedoras: Mulheres de 18 a 50 anos que podem dar início na sua marca e ter a visibilidade na sociedade como mulher negra e empreendedora dona do seu próprio negócio. Criadores de eventos: Pessoas que irão contratar as Meninas Mahin para estarem produzindo feiras coorporativas.

33


34


8.4 PERÍODO DA CAMPANHA:

A campanha foi elaborada para um mês, Janeiro de 2020, mas pode ser aplicada aos 5 meses seguintes, como segue o exemplo das tabelas, de acordo com seus resultados.

8.5 OBJETIVOS DE MÍDIA: 8.5.1 INSTAGRAM (ORGÂNICO): • ALCANCE: 30% • FREQUÊNCIA: 1 mês de investimento • CONTINUIDADE: Linear • COBERTURA: Cidade de São Paulo

8.5.2 FACEBOOK: • ALCANCE: 75% • FREQUÊNCIA: 1 mês de investimento • CONTINUIDADE: Linear • COBERTURA: Cidade de São Paulo

35


8.5.3 RADIO EVEREST: • ALCANCE: 10% • FREQUÊNCIA: 16 • CONTINUIDADE: Concentrada • COBERTURA: Cidade de São Paulo 8.5.4 TV ABERTA DE SÃO PAULO: • ALCANCE: 15% • FREQUÊNCIA: 18 • CONTINUIDADE: Concentrada • COBERTURA: Cidade de São Paulo 8.5.5 NOSSA REVISTA DO BAIRO: • ALCANCE: 7% • FREQUÊNCIA: 1 publicação mensal • CONTINUIDADE: linear • COBERTURA: Cidade de São Paulo

36


8.6 MEIOS SELECIONADOS 8.6.1 MEIOS PRINCIPAIS: Redes sociais: Facebook (proposta de investimento no Adsmaneger) e Instagram (publicação orgânica); Rádio: Rádio Everest, no intervalo do programa “Variedades Everest”; Revista: Nossa Revista do Bairro, modulo simples; TV: TV Aberta de São Paulo, no intervalo do programa ‘‘Agora que são elas”.

8.6.2 MEIOS DE APOIO: Banner e folders.

37


8.7 CRITÉRIOS PARA ESCOLHA DOS MEIOS: 8.7.1 REDES SOCIAIS: Sabemos hoje que com o avanço das redes sociais, principalmente com o domínio do Facebook e crescimento do Instagram, vimos um aumento no investimento publicitário nesses portais, que são muito fáceis de manusear e também precisas para atingir o público que você pretende, você consegue controlar melhor os seus custos e saber se sua campanha está dando certo ou não. 8.7.2 RÁDIO: Será circulado um spot que irá circular na rádio comunitária Everest, ele chamaria as pessoas para visitarem as redes sociais, divulgando com isso podendo ver as datas, e também convocando novas empreendedoras. 8.7.3 REVISTa: Foi elaborada uma peça publicitaria para circular na revista mensal Nossa revista do bairro, que divulgaria o coletivo Meninas Mahin, chamando as pessoas para visitarem as redes sociais e conhecer mais sobre o coletivo. Sendo uma revista de Bairro da zona Leste acreditamos que possa ser feita essa pequena exibição na revista como forma de ajudar e divulgar um projeto sociocultural de inclusão da região. A peça circularia na revista de Janeiro de 2020.

38


8.7.4 TELEVISÃO: Abrange todas as classes sócias, e inclusive a qual queremos que sejam atingidas, e em capacidade de alcance. Trazendo assim interesse de mulheres com o desejo de empreender, através do vídeo institucional mostrando um pouco do que fazemos na feira coletivo Meninas Mahin.

39


8.8 tabela de inserção - revista

PARCERIA POR PERMUTA: GASTO REAL DE R$0,00


8.9 TABELA DE INSERÇÃO - TELEVISÃO

PUBLICIDADE POR DOAÇÃO: GASTO REAL DE R$0,00


8.10 TABELA DE INSERÇÃO - RÁDIO

PARCERIA POR PERMUTA: GASTO REAL DE R$0,00


8.11 FLOWCHART

43


8.12 CASHFLOW

44


8.13 INVESTIMENTO TOTAL PARA APLICAÇÃO DE 6 MESES DE CAMPANHA:

NOTA: A agencia acredita em uma parceria via permuta, por conta disso a fatia da Flydeep não consta nas tabelas, entretanto o valor acrescido em caso de pagamento para nossa parcela seria de 15% do investimento total bruto.

45


9. CRIATIVO 9.1 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL: SIMBOLO VISUAL: Representação da mulher preta com turbante.

LOGOTIPO: Nome da marca, a letra O da paralavra COLETIVO foi substituida pelo simbolo africano Ananse NTONTAN que significa “teia de aranha” e pode representar criatividade, sabedoria e as complexidades da vida.

46


ASSINATURA VISUAL:

PADRÕES TIPOGRÁFICOS A tipografia foi escolhida afim de respeitar e facilitar o uso, assim foi usada a fonte que já era utilizada na identidade original e outra que traria sofisticação e simplicidade, além disso, que já viesse como padrão em qualquer computador. Century Goth Regular ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ1234567890 abcdefghijklmnopqrstuvwxyz1234567890 Times New Roman ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ1234567890 abcdefghijklmnopqrstuvwxyz1234567890

47


CORES PADRÃO: As cores foram escolhidas para representação do continente africano, o preto representa a pele forte da mulher africana, o laranja simboliza as quentes e secas terras da savana do continente e o branco forte luz do Sol. Ciano Magenta Amarelo Preto Ciano Magenta Amarelo Preto Ciano Magenta Amarelo Preto

0 68% 79% 0 20% 0 0 80% 36% 99% 86% 60%

R 255 G 109 B 51

Hexadecimal # ff6d33

R 71 G 82 B 80

Hexadecimal # 485156

R 92 G 19 B 17

Hexadecimal # 5C1311

C0M0Y0K100% | R0G0B0 | Hexadecimal #000000 | Pantone Black C C0M0Y0K50% | R145G145B145 | Hexadecimal #919191 | Pantone Gray 8 CC

48


ILUSTRAÇÃO: A única utilizad foi defina apartir da cor laranja, é uma pintura digital feita com um pincel no formota de folha, a ideia novamente é lembrar o continente africano, com a cor e o formato das folhas secas na cor da terra quente da savana. Foi utilizada nas peças gráficas (Banner, folder A e B), nas redes sociais e no vídeo.

APLICAÇÂO:

Aplicação em camisa Branca e Preta Aplicação monocromática

Aplicação metalica monocromática


ASSINATURA VISUAL COM SLOGAN:

Utilizar o Slogan sempre abaixo do logo-tipo da marca!

SOBRE A MARCA O Coletivo Menina Mahin que tem objetivo de aumentar o empreendedorismo da mulher preta na zona leste fazendo o recorte de raça, gênero e região, pois essas mulheres estão tentando conquistar um espaço dentro do mercado e fazer um negócio próximo de suas casas. O Coletivo meninas Mahin Foi fundado em 2016 na Zona leste de São Paulo Por Ednusa Ribeiro e outras mulheres da organização. O Coletivo surgiu como extensão de um projeto chamado Itaquera do Futuro onde foi proposto para as mulheres que frequentavam o espaço de criar algo que fosse algo que pudessem colocar elas no mundo do empreendedorismo como mulheres pretas que elas são.

50


REGRAS DE UTILIZAÇÃO:

Essa identidade visual foi definida a partir da original, com o acrescimo de pequenos detalhes, a criação de um icone e também a vetorização do logo que se incontrava como perfil da página oficial do Facebook. Para utilização dessa identidade visual é de extrema importancia que ela não seja distoricida e que cada componente seja utilizado conforme estabelecido nos tópicos SImbolo Visual, Logotipo, Assinatura Visual e Assinatura Visual com Slogan.

NUNCA MUDE A ORGANIZAÇÃO DA LOGO, MANTENHA O PADRÃO VISUAL PARA RECONHECIMENTO E MELHOR LEGIBILIDADE!

NUNCA ESTIQUE A LOGO NA HORIZONTAL OU VERTICAL!

51


52


53


9.2 PEร‡AS DIGITAIS PARA FEED:

Sou uma Menina Mahin!

Dia de Feira!

#pretafezhistoria!

Prรณxima Feira!

54


9.3 PEÇAS DIGITAIS PARA STORY:

Tire suas dúvidas!

Sou uma Menina Mahin!

Dia de Feira!

Próxima Feira!

#pretafezhistoria!

55


9.4 PEÇA DIGITAL PARA PRODUTORES DE EVENTO:

56


9.5 PEÇAS GRÁFICAS, BANNER:


9.6 PEÇA GRÁFICA, REVISTA MÓDULO SIMPLES:

58


9.7 PEÇAS GRÁFICAS, FOLDERS:

Esse folder deve ter informações para que a mulher possa se tornar parte do Coletivo, como dados cadastrais e quais as regras para participar das feiras.

Esse folder deve ter informações sobre o Coletivo, apresentando o projeto e como ele funciona, ele será entregue para quem passa nas feiras.

59


10. ANEXOS: 10.1 AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM - JULIA:

60


10.2 AUTORIZAÇÃO DE USO DE IMAGEM - BARBARA:


10.3 LAUDA 1 - VÍDEO #MULHERPRETAFAZHISTÓRIA!


63


10.4 LAUDA 2 - SPOT #MULHERPRETAFAZHISTÓRIA!


11. BIBLIOGRAFIA:

FUNDAÇÃO TIDE SETUBAL - QUEM SOMOS https://fundacaotidesetubal.org.br/quem_somos ACESSO: Setembro de 2019 FUNDAÇÃO TIDE SETUBAL - GALPÃO ZL https://fundacaotidesetubal.org.br/galpaozl ACESSO: Setembro de 2019 MULHERES NA HISTÓRIA #7: LUÍSA MAHIN, UMA RAINHA AFRICANA https://www.youtube.com/watch?v=bHYe-Zc2yyc ACESSO: Setembro de 2019 COMO IMPACTAR VIDAS ATRAVÉS DO CONSUMO? #COLETIVOMENINASMAHIN https://www.youtube.com/watch?v=9viWmYNUwDU ACESSO: Setembro de 2019

GALPÃO ZL - PGM 543 https://www.youtube.com/watch?v=UwWRuJTa2hk ACESSO: Setembro de 2019

66


MÍDIA DADOS 2019 https://www.gm.org.br/midia-dados-2019 ACESSO: Setembro de 2019 RÁDIO EVEREST - CONTATOS http://everestfm.blogspot.com/ ACESSO: Setembro de 2019 NOSSA REVISTA DO BAIRRO - PARTICIPE https://revistadobairro.com.br/participe/ ACESSO: Setembro de 2019 TV ABERTA SÃO PAULO - CONTATO http://tvaberta.tv.br/contato ACESSO: Setembro de 2019 TV ABERTA SÃO PAULO - AGORA QUE SÃO ELAS http://tvaberta.tv.br/programacao/192/agora-e-que-sao-ela ACESSO: Setembro de 2019

360 IMPRIMIR - CONTATO https://www.360imprimir.com.br/Home/ContactUs ACESSO: Setembro de 2019

67

Profile for Rede Código

Agência Flydeep - Primeiro Cliente  

Agência Flydeep - Primeiro Cliente  

Advertisement