Issuu on Google+

R e v i s ta d o i t f o r u m + | E d . 0 1 - 2 0 1 0

2010

Conexão única dos líderes de TI

capa.indd 1

06/01/11 17:50


lay_anuncio_TIM.indd 2

22/12/10 14:13


lay_anuncio_TIM.indd 3

22/12/10 14:13


B

H c D In in in e

A e im c e e

T e E e c p

E q m e

O a e

A IBM, o logo da IBM, ibm.com, Smarter Planet e o design do globo são marcas registradas e de titularidade da International Business Machines Corporation em todos os países do mundo onde atua. Outros nomes de produtos e serviços podem ser marcas registradas e de titularidade da IBM ou de outras empresas. Uma lista atual das marcas registradas e de titularidade da IBM está disponível na internet no item “Copyright and trademark information” no site www.ibm.com/legal/copytrade.shtml. © International Business Machines Corporation 2010.

7135-5_An decade_40.4x26.6.indd 1 lay_anuncios_IBM.indd 4

17/12/10 11:58


Bem-vindo a uma década mais inteligente. Há um ano, iniciamos uma conversa global sobre como nosso planeta pode se tornar mais inteligente. Doze meses depois, os sinais de um Planeta mais Inteligente estão por toda parte. Sistemas mais inteligentes estão trazendo valor para as principais indústrias, em todas as regiões do mundo, sejam elas desenvolvidas ou em desenvolvimento. A inteligência está sendo introduzida nos sistemas e processos que fazem o mundo funcionar, implementada onde ninguém consideraria possível, como: carros, aparelhos diversos, estradas, redes elétricas, roupas e até mesmo na agricultura e em cursos d’água. Trilhões de dispositivos digitais conectados à internet estão produzindo um vasto oceano de dados. E toda essa informação agora pode ser transformada em conhecimento, porque já temos os recursos computacionais e os métodos de análise avançada para compreender tudo isso.

acesso a informação relevante no local de trabalho. Os principais varejistas dos EUA reduziram os custos com a cadeia de suprimentos em até 30% e aumentaram as vendas em até 10%. Com modelos matemáticos sofisticados, podemos de fato começar a prever e a reagir às mudanças em nossos sistemas. Nova York possui um sistema mais inteligente de combate ao crime. Galway, na Irlanda, possui um sistema mais inteligente de distribuição de água. Uma rede elétrica mais inteligente mantém a energia de Copenhague. Aprendemos muito no ano passado sobre o que é necessário para desenvolvermos um Planeta mais Inteligente. Também descobrimos o que isso demanda – proteção de informações pessoais e segurança de infraestruturas críticas, por exemplo.

Em um estudo realizado em 439 cidades, aquelas que tinham soluções para congestionamentos, mostrou uma redução média no atraso nos trajetos em mais de 700.000 horas anuais.

A boa notícia é que líderes de negócio, reguladores e altos funcionários de governos em todo o mundo estão enfrentando esses desafios. Acima de tudo, eles têm consciência de que não podemos perder esse momento. O tempo de agir é agora e a forma de agir é colaborativa. A década da inteligência já começou.

Oito hospitais e 470 centros de saúde norteamericanos melhoraram seus resultados clínicos e sua eficiência operacional em até 10% por terem

Vamos construir um Planeta mais Inteligente. Junte-se a nós e descubra o que já está sendo feito em ibm.com/smarterplanet/br

12/15/10 3:34 PM lay_anuncios_IBM.indd 5

17/12/10 11:58


lay_anuncio_positivo.indd 6

22/12/10 14:14


O desafio: Otimizar o investimento em desktops e notebooks identificando um fornecedor confiável para um relacionamento de longo prazo. A resposta: Positivo Empresas. Uma parceria que garantisse toda a confiança que a Grendene procurava em seus investimentos em informática. Esse era o desafio que a Grendene tinha pela frente. A solução veio com a Positivo Empresas. Com um atendimento diferenciado, cumprindo rigorosos prazos de entrega e oferecendo assistência técnica e garantia NBD*, a parceria se tornou um verdadeiro sucesso e já dura mais de dois anos. Hoje, a Grendene deposita toda a confiança na marca, escolhendo exclusivamente os computadores da Positivo Empresas para todas as suas unidades no Brasil. Além de segurança e comprometimento, você procura um parceiro que entregue qualidade, inovação e criatividade? Então a resposta está com a Positivo Empresas. Um jeito diferente de fazer negócio. Saiba mais em www.positivoempresas.com.br

Positivo Informática – Líder em vendas de computadores no varejo, segundo relatório IDC (International Data Corporation) Q310. *Next Business Day – atendimento no dia útil subsequente à solicitação. Produto beneficiado pela Legislação de Informática. Imagens meramente ilustrativas.

lay_anuncio_positivo.indd 7

22/12/10 14:14


Qu

1 IT Forum MAIS 2010 | 8

lay_indice.indd 8

06/01/11 17:42


Qual a janela abriremos para o futuro?

18

PATROCINADORES

Keynote Mario Sergio Cortella, filósofo e professor da PUC-SP e da FDC, ao falar sobre o papel da liderança na construção da ética empresarial, chama a atenção dos CIOs dizendo: “é preciso ser capaz de fazer negócios decentes”

24 Segurança da Informação | Marcos Antônio Mazarin | Merck 26 Governança de TI/Governança Corporativa | Lúcio Melre da Silva | STF 28 Governança de TI/Governança Corporativa | Irajá Curts | Frimesa 30 BI/Tecnologia para Inteligência Analítica | Michel Seller | Diebold 31 BI/Tecnologia para Inteligência Analítica | Maria Luiza Falsarella Malvezzi | HC de Porto Alegre 34 Mobilidade | José Augusto Pereira Brito | Mackenzie 36 Mobilidade | Weslley Nascimento | Comlurb 38 TI em Fusões e Aquisições | Biagio Caetano | Taurus 39 TI em Fusões e Aquisições | Aldo Navarro | Grupo Águia Branca 40 TI Social | Cleyton dos Santos Souza | Artecola* 42 TI Social | Marcelo Hirata | Zatix

12 Expediente 14 Editorial 20 Debate Ética nos negócios, tema central do encontro, permeou o debate que contou com a participação de Mario Sergio Cortella, Marcos Gimenes e João Gregório Filho

46 Momentos Em sua segunda edição, IT Forum + consolida-se como um dos principais encontros de executivos de TI ao reunir 116 CIOs na Praia do Forte, Bahia

50 Descontração Tony Gordon, Blitz e Double You animaram as noites do encontro, proporcionando mais momentos de interação para os executivos presentes

98 Conversa com CIOs Stela Lachtermacher, presidente do Conselho Editorial da IT Midia, relata impressões da segunda edição do IT Forum + 2010, destacando o debate em torno do tema TI em fusões e aquisições

58 2S 59 Alog 60 AMD 62 Arcon 63 Avaya 64 Benner 65 Reserch In Motion (RIM) 66 Claro e Nokia 67 Digicomp 68 Fiap 70 Furukawa 71 Gemelo 72 HP 74 IBM 75 Itautec 76 Kaspersky 77 Lexmark 78 Locaweb 79 Logica 80 Microcity 82 Multirede 84 Positivo Informática 85 Samsung 86 SAP 87 STI 88 Siemens 89 TIM 90 T-Systems 92 Vivo 94 Wipro IT Forum + 2010 | 9

lay_indice.indd 9

06/01/11 17:42


lay_anuncio_HP.indd 10

22/12/10 14:16


lay_anuncio_HP.indd 11

22/12/10 14:16


EXPEDIENTE

PRESIDENTE-EXECUTIVO

ADELSON DE SOUSA • adelson@itmidia.com.br

VICE-PRESIDENTE EXECUTIVO

MIGUEL PETRILLI • mpetrilli@itmidia.com.br

DIRETOR-EXECUTIVO E PUBLISHER ALBERTO LEITE • aleite@itmidia.com.br

DIRETOR DE RECURSOS E FINANÇAS

JOÃO PAULO COLOMBO • jpaulo@itmidia.com.br

MARKETING REVISTAS

EDITORIAL

GERENTE DE MARKETING Gaby Loayza • gloayza@itmidia.com.br

EDITORA-EXECUTIVA Roberta Prescott • rprescott@itmidia.com.br

ANALISTA DE MARKETING Gabriela Vicari • gvicari@itmidia.com.br

REPÓRTERES Felipe Dreher • fdreher@itmidia.com.br Vitor Cavalcanti • vcavalcanti@itmidia.com.br

ASSISTENTE DE MARKETING Isabelly Ane Zinetti Stuchi • izinetti@itmidia.com.br

MARKETING PORTAIS

PRODUTOR DE ARTE E VIDEO Rodrigo Martins - rmartins@itmidia.com.br

GERENTE DE MARKETING Marcos Toledo • mtoledo@itmidia.com.br

CONSELHO EDITORIAL Carlos Arruda • Fundação Dom Cabral Lisias Lauretti • Serasa Experian Mauro Negrete • GRV Solutions e Veris Sérgio Lozinsky • consultor em gestão empresarial e tecnologia

ANALISTAS DE MARKETING Anderson Garcia • agarcia@itmidia.com.br Raissa Novaes • rnovaes@itmidia.com.br

MARKETING FÓRUNS

GERENTE DE MARKETING Emerson Luis de Moraes • emoraes@itmidia.com.br

COMERCIAL

ANALISTA DE MARKETING Emanuela Sampaio Araujo • earaujo@itmidia.com.br Rosana Soares dos Santos • rsantos@itmidia.com.br

GERENTE COMERCIAL André Cavalli - acavalli@itmidia.com.br GERENTE DE CLIENTES Regina Mota - rmota@itmidia.com.br EXECUTIVA DE CONTAS Lyvia Abrahão - labrahao@itmidia.com.br Marcelo Malzoni - mmalzoni@itmidia.com.br

COMUNICAÇÃO CORPORATIVA - COORDENADORA

Cristiane Gomes • cgomes@itmidia.com.br

ESTUDOS E ANÁLISES

EDITORA Silvia Noara Paladino • spaladino@itmidia.com.br

REPRESENTANTES

ANALISTA Andréia Marchione • amarchione@itmidia.com.br

Rio de Janeiro: Sidney Lobato • sidney.lobato@itmidia.com.br (21) 2275-0207 Cel: (21) 8838-2648 Fax: (21) 2565-6113

CIRCULAÇÃO

Rio Grande do Sul: Alexandre Stodolni • stodolnimark@pop.com.br (51) 3024-8798 Cel: (51) 9623-7253

ANALISTA André Quintiliano • aquintiliano@itmidia.com.br

USA: Huson International Media Tel.: (1-408) 879-6666 - West Coast | Tel.: (1-212) 268-3344 - East Coast ralph@husonusa.com

ASSISTENTE Elisangela Rodrigues Santana • esantana@itmidia.com.br

ADMINISTRATIVO

Europa: Huson International Media Tel.: (44-1932) 56-4999 - West Coast | t.holland@husonmedia.com

GERENTE Marcos Lopes • marcos@itmidia.com.br COORDENADOR Reginaldo Evangelista • revangelista@itmidia.com.br ANALISTA Siniclei Luiz da Silva • siniclei@itmidia.com.br

Conheça a solução completa de mídia de negócios que a IT Mídia oferece: www.itmidia.com.br

RECURSOS HUMANOS

Danielle Barcellos Rodrigues • drodrigues@itmidia.com.br

Conheça o portal vertical de negócios It Web: www.itweb.com.br

CENTRAL DE ATENDIMENTO

GERENTE Marcio Lima • mlima@itmidia.com.br

Receba as últimas notícias do mercado em tempo real, diariamente em seu e-mail, assine a newsletter do IT Web www.itweb.com.br/cadastro.asp COMO RECEBER INFORMATIONWEEK BRASIL: COMO ANUNCIAR: TRABALHE CONOSCO: CENTRAL DE ATENDIMENTO AO LEITOR :

ASSISTENTE Marco Silva • msilva@itmidia.com.br www.informationweek.com.br/assinar comercialti@itmidia.com.br | Tel.: (11) 3823.6674 pessoas@itmidia.com.br atendimento@itmidia.com.br | Tel.: (11) 3823.6700

(recebimento, alterações de endereço, renovações)

IMPRESSÃO

Log & Print Gráfica e Logística S.A. INFORMATIONWEEK BRASIL

A

TA

R REC

LE

ES

INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

O AV

IC

P OR F

InformationWeek Brasil é uma publicação mensal da IT Mídia S.A. InformationWeek Brasil contém artigos sob a licença da United Business LLC. Os textos desta edição são traduzidos com a permissão da InformationWeek e da United Business LLC. Todos os direitos reservados United Business LLC. “As opiniões dos artigos/colunistas aqui publicados refletem unicamente a posição de seu autor, não caracterizando endosso, recomendação ou favorecimento por parte da IT Mídia ou quaisquer outros envolvidos nessa publicação. As pessoas que não constarem no expediente não têm autorização para falar em nome da IT Mídia ou para retirar qualquer tipo de material se não possuírem em seu poder carta em papel timbrado assinada por qualquer pessoa que conste do expediente. Todos os direitos reservados. É proibida qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação parcial ou total deste conteúdo sem prévia autorização da IT Mídia.

R E V IS

T

IT Mídia S/A Pça Prof José Lanes, 40 • Edifício Berrini 500 • 17º andar • 04571-100 • São Paulo • SP Fone: 55 11 3823.6600 | Fax: 55 11 3823.6690

lay_expediente.indd 12

06/01/11 10:46


Anuncio.pdf 26/10/2010 10:49:19

Tudo em apenas uma nuvem: flexibilidade, segurança e escalabilidade. C

M

Y

CM

Soluções dinâmicas de Tecnologia da Informação e Comunicação (ICT) podem ajudar você a reduzir seus custos em até 30%.

We enable dynamic sourcing

MY

CY

CMY

K

www.t-systems.com.br


// EDITORIAL

MAIS QUE MIL

PALAVRAS “O exemplo é decisivo, pois as pessoas aprendem por meio deles.” O filósofo Mario Sergio Cortella foi enfático e preciso em sua colocação durante abertura da segunda edição do IT Forum +. Chamou a atenção da plateia — um grupo de CIOs pertencentes a empresas que estão entre a 501 e mil maiores do Brasil — para um tema que começa a fazer parte das dinâmicas de RH. Cortella tinha como mensagem principal a ética nos negócios e passou pela importância de liderar e ensinar pelo exemplo para chegar a seu ponto primordial: de que não se pode fazer qualquer negócio. A discussão sobre ética é profunda e se estende para além de apenas uma palestra, mesmo que tenha sido intensa. O debate pode ser esvaziado se não for trabalhado todos os dias e incorporado ao cotidiano, com todos seguindo os mesmos princípios. E é neste ponto que o exemplo retorna à pauta. Líderes têm de agir e não somente se contentar em proferir palavras de ordem ou motivação. A prática e a maneira como atuam pauta os demais, inspira. É

ROBERTA PRESCOTT

EDITORA-EXECUTIVA

ENVIE COMENTÁRIOS E SUGESTÕES PARA: RPRESCOTT@ITMIDIA.COM.BR

Foto: Ricardo Benichio

um modelo a ser seguido. Assim, de nada adianta ser um bom orador, se na prática executar algo completamente diferente. As pessoas se guiam pelos exemplos — e eles podem ser bons ou ruins.

14 | IT FORUM + 2010

lay_editorial.indd 14

06/01/11 17:39


lay_anuncio_vivo.indd 15 Untitled-3 1

22/12/10 17:21 14:18 26/11/10


AGORA

TAMBÉM

NO

t w i t t e r. c o m / i t _ w e b

lay_anuncio_embratel e calhau.indd 16

17/12/10 12:02


lay_anuncio_embratel e calhau.indd 17

17/12/10 12:02


// keynote

Mario Sergio Cortella

18 | IT Forum + 2010

lay_keynote.indd 18

13/12/10 12:00


“É preciso ser capaz de fazer negócios decentes” As lideranças têm papel fundamental na construção de uma organização ética. “O exemplo é decisivo, pois as pessoas aprendem através deles”, afirmou o filósofo Mario Sergio Cortella (foto), durante palestra de abertura do IT Forum + 2010, sinalizando que condutas corretas constroem-se a partir de educação, convencimento e pressão e corroboram com a perenidade das corporações. “É importante fazer com que lucratividade, rentabilidade e produtividade se alinhem com sustentabilidade”, disse, para enfatizar: “É preciso ser capaz de fazer negócios decentes. Nem toda vitória é honrosa”. Outro ponto exposto tange às relações dentro dos departamentos empresariais. Considerando que a humanidade desenvolveu-se tendo como base a cooperação, veem-se muitas corporações invertendo essa lógica, propondo disputas internas, algo que pode - se não bem medido - ser prejudicial aos negócios. “O que mais agrega uma equipe é uma causa que dá união às pessoas em busca de um objetivo comum”, aconselha Cortella. A segunda edição do encontro reuniu cerca de 120 CIOs dentre as 500 e mil maiores empresas do Brasil e executivos de mais de 30 empresas de tecnologia patrocinadoras, na Praia do Forte (BA), de 07 a 10 de outubro. Além de discutir o tema “Ética nos negócios como base para o desenvolvimento sustentável”, o IT Forum + 2010 proporcionou momentos para troca de experiências e interação entre os participantes, que puderam extrair o máximo de encontros estruturados de conteúdo, relacionamento e negócios.

Biografia Formado em filosofia, com mestrado e doutorado em Educação, Mario Sergio Cortella é professor titular da Graduação e da Pós-Graduação em Educação e em Teologia e Ciências da Religião da PUC-SP e professor convidado da Fundação Dom Cabral. É consultor e conferencista nas áreas de educação e filosofia e autor de diversos livros, entre os quais: Qual é a tua Obra? Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética.

IT Forum + 2010 | 19

lay_keynote.indd 19

13/12/10 12:00


// debate

Ética nos negócios

Consultor e conferencista nas áreas de educação e filosofia e autor

Alinhados coma ética Se Mario Sergio Cortella apresentou uma visão filosófica, coube aos CIOs convidados ao debate a função de posicionar a ética dentro das estruturas organizacionais. O autor do livro Qual é a tua obra? juntou-se a Marcos Gimenes, do Sebrae-SP, e a João Gregório Filho, do Hospital Cristóvão da Gama, para jogar uma luz prática sobre a questão na discussão mediada por Stela Lachtermacher, da IT Midia, e que teve participação intensa dos mais de 120 gestores de tecnologia presentes na plateia.

20 | IT Forum + 2010

lay_keynote.indd 20

13/12/10 12:00


“Não existe outra alternativa além da postura ética. Uma forma de fazer isso é por meio de um plano diretor de tecnologia que contemple primordialmente o direcionamento para onde a organização caminha. Isso mantém o time motivado em função das metas, possibilidade e visibilidade do negócio” João Gregório Filho, CIO do Hospital Cristóvão da Gama

“Para gerir pessoas é preciso dar exemplo com posturas honestas. No dia a dia, é impressionante a vivência da ética e decência dos profissionais que se espelham muito nos seus gestores” Marcos Gimenes, CIO do Sebrae-SP

IT Forum + 2010 | 21

lay_keynote.indd 21

13/12/10 12:00


// especial

itforum + 2010

In te rc âm bi o

id ei as

de

Consultor e conferencista nas áreas de educação e filosofia e autor

Durante o encontro, CIOs tiveram a oportunidade de debater em torno de seis temas escolhidos para formar essas mesas estruturadas 22 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 22

13/12/10 12:26


lay_anuncio_localweb.indd 23

22/12/10 14:19


// Segurança da Informação

Marcos Antonio Mazarin, da Merck

“A política de segurança está embutida nos processos globalizados de governança corporativa. Há dois anos a empresa elegeu 25 processos que seriam core para governança. E para atingir as normas ISO em nível global houve uma análise de riscos, maturidade e processos. O programa durou seis meses. Foi algo extremamente desafiante, mas, no final, foi compensador e gerou uma bíblia com as normas de segurança que é constantemente atualizada”

24 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 24

13/12/10 12:26


MI-0009-10 - AD Calculadora 20,2x26,6-Novo.indd 1 lay_anuncio_microcyti.indd 25

10/11/10 4:44 PM 22/12/10 14:21


// Governança de TI // governança corporativa Lúcio Melre da Silva, do Supremo Tribunal Federal

“A tecnologia ajudou a reduzir de 120 mil [no ano de 2007] para 30,7 mil [em 2010, até 30 de setembro] o número de processos que os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) têm de julgar. Atualmente, tudo tramita eletronicamente, da manifestação dos ministros às decisões. Isto foi possível graças à governança de TI que começou a ser adotada, em cinco etapas, em 2008”

26 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 26

13/12/10 12:26


lay_anuncio_alog.indd 27

22/12/10 14:22


// Governança de TI // governança corporativa Irajá Curts, da Frimesa

“Todas as empresas têm governança; elas se diferenciam pelo nível de adoção. Há dois anos, o nosso era quase zero. A empresa cresceu muito, mas não trabalhou este aspecto. Depois que implementamos a governança, a área de tecnologia, que era vista com descrédito, conta com metodologias definidas seguindo as melhores práticas de mercado, baseadas em Itil. Há também uma equipe de suporte com a função de ser o canal principal entre os usuários, as outras áreas de negócios e a TI. Fazemos parte da estratégia e o conhecimento não está mais na cabeça do técnico e, sim, documentado”

28 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 28

13/12/10 12:26


lay_anuncio_blackberry.indd 29

22/12/10 14:23


// bi/tecnologia para inteligência analítica e/ou competitiva Michel Seller, da Diebold

“O sucesso não é a ferramenta, mas uma excelente modelagem de dados, o entendimento da necessidade do usuário e o alinhamento da tecnologia às demandas de negócio. Não existe fórmula mágica”

30 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 30

13/12/10 12:26


Maria Luiza Falsarella Malvezzi, do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

“Não basta ter os indicadores coloridos publicados numa tela. É preciso análise daquelas informações. A tecnologia, por si só, não cria a inteligência. Quando fomos fazer BI sentimos que não adiantava uma ferramenta bonitinha se aquilo não fosse construído com os usuários”

31 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 31

13/12/10 12:26


lay_anuncios_claro.indd 32

13/12/10 10:32


lay_anuncios_claro.indd 33

13/12/10 10:32


// Mobilidade

José Augusto Pereira Brito, do Mackenzie

“Trata-se de um tópico da mais alta relevância não só para agora, mas também daqui para frente. Tudo que é usado em larga escala torna-se de missão crítica. A sociedade em rede - oriunda da evolução da internet - desencadeou uma série de possibilidades e a tecnologia deve posicionar-se como um facilitador. Vemos uma redefinição de um novo mundo, sem fronteiras, com transformações grandes nas corporações”

34 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 34

13/12/10 12:27


lay_anuncio_multirede.indd 35 Untitled-1 1

13/12/10 15:33 28.07.10 15:44:16


// Mobilidade

Weslley Nascimento, da Comlurb

“Partimos para um projeto de mobilidade aplicada a um time que andava pelas ruas e tomava nota em papel das situações de não-conformidade com as quais se deparavam nas vias públicas. Eles ganharam dispositivos móveis robustos, o que automatizou o processo de fiscalização e resolução de problemas. Demos os meios de trabalhos e ganhamos precisão em processo”

36 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 36

13/12/10 12:27


lay_anuncio_lexmark.indd 37

13/12/10 15:28


// TI em fusões e aquisições Biagio Caetano, da Taurus

“Entre os principais desafios estão a confidencialidade, a comunicação clara e transparente, o alinhamento colaborativo das equipes e dos fornecedores e o atendimento de fatores críticos de sucesso. E mais, a necessidade de antecipação de eventuais problemas, a integração de sistemas e infraestrutura e poder contar com parceiros sólidos de soluções, além da velocidade exigida à TI. É necessário planejar, planejar e planejar e executar tão bem quanto planejar”

38 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 38

13/12/10 12:27


Aldo Navarro, do Grupo Águia Branca

“Existe uma trilogia do sucesso nestes processos formada por competência, paixão e importância para a empresa. Mas tem de haver a combinação dos três elementos. Somente competência e paixão, sem a importância para a empresa, é igual a hobby; paixão mais importância para a empresa, sem competência, é igual a coisa de principiante empolgado e, por fim, competência mais importância para a empresa, mas sem paixão, é igual a obrigação desgastante”

39 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 39

13/12/10 12:27


// TI Social

Marcelo Hirata, da Zatix

“O foco da TI Social deve ir além da TI Verde. É muito abrangente, está no nosso dia a dia e muitas vezes não percebemos como podemos contribuir. Por exemplo, colocamos telemetria para medir o desempenho das frotas e monitorar os motoristas. Assim, traçamos as melhores rotas e com isto temos uma redução de combustível, menos poluição e melhor qualidade aos funcionários”

40 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 40

13/12/10 12:27


lay_anuncio_benner.indd 41

22/12/10 14:24


// TI Social

Cleyton dos Santos Souza, da Artecola* * O executivo deixou a companhia em outubro.

“TI Social hoje é um diferencial. Ganhamos um fornecedor pela forma como enxergamos a sustentabilidade e a TI Verde. Antes era custo, qualidade e escopo, hoje entra sustentabilidade [nas negociações]. Os colaboradores ajudam muito. Fizemos o ‘Dia da TI Verde’, quando arrecadamos quase uma tonelada de lixo eletrônico, desenvolvemos manuais e montamos um comitê para auditoria interna e uma política de impressão” 42 | IT Forum + 2010

intercambio de ideias atual.indd 42

13/12/10 12:27


lay_anuncio_furukawa.indd 43

22/12/10 14:26


lay_anuncio_sansumg.indd 44

22/12/10 14:27


lay_anuncio_sansumg.indd 45

22/12/10 14:27


// momentos

Personalidades 01

04

03

02

05 08

07 10

11

06

09

14 12

13 15

16

18 17

46 | IT Forum + 2010

lay_momentos.indd 46

17/12/10 16:58

27


01 - Adriana Martins, Grupo Assim 02 Gerson Luis Agostinho, Coca-Cola Sorocaba 03 - Carlos Espínola, Enfil 04 - Davi Nelson Betts, Universidade Metodista 05 - Antonio Fernando da Fonseca, Santa Maria 06 - Eliana Gomes de Jesus, Fresenius Medical Care 07 - Carlos Ciucio, Odontoprev 08 - Irajá Curts, Frimesa 09 - Erlen Angelo Abatayguara, Tejofran 10 - Luciana Lorandi, Todeschini 11 - Cezar João Beier, Cotripal 12 - Alberto Brunassi, Marilan 13 - Fernando Leite, Esab 14 - Hario Tieppo, Columbia Trading 15 - Américo Antônio Zanatta, Galvani 16 - Francisco Silveira Júnior, Usina Batatais 17 - José Henrique, Grupo Mabel 18 - Henrique Vera Castro, Compagas 19 - Marcelo Salata, Vilma Alimentos 20 - Márcio José Gil Ferro, Montecitrus Trading 21 - André Navarrete, Gráfica Santa Marta 22 - Márcio Bechara Poletti, Melitta

23 - Marcelo Przyczynski, Thyssen Krupp 24 - Marcos Bueno, Sky 25 - Isaac Pessoa de Freitas, Grupo Nordeste 26 - Eduardo Fontanella, Eliane 27 - Alexandre Correa da Silva, Grupo Protege 28 - Renato Cezar Pinto, Yakult 29 - Márcio Alcântara Lopes, Biolab Sanus Farmacêutica 30 - José Carlos Roccon Filho, Grupo Positivo 31 - Jadson Antônio Santos de Almeida, Etna e Vivara 32 - Aldo Navarro, Grupo Águia Branca 33 - Maurício Vianna, CPQD

20

04

22 19

25 21

26

29

23 24

30 28

15

27

33

47 | IT Forum + 2010

lay_momentos.indd 47

31

32

IT Forum + 2010 | 47

17/12/10 16:58


// momentos

35

34 34 - Paolo Chiarlone, Sabb Coca-Cola 35 - Renato Braga Nunes, Jaguar Mining 36 - Usiel Carneiro de Souza, Banestes 37 - Paulo Gustavo Tillmann, Frigorífico Mataboi 36 38 - Robert Baumgartner Júnior, Tecban 39 - Victor Emmanuel José de Sousa Vicente, Fundação São Paulo 40 - Rafael Moliterno Neto, Unimed Seguros Saúde 41 - Ricardo Teixeira, Pilkington Brasil 42 - Mário Rocha Souza, FGV 43 - Tânia Beatriz Silva, Trip 44 - Ricardo de Rose, Epcos 45 - Sérgio Ricardo Moyses, Fiergs 38 46 - Nelson Carpinelli, SBT 47 - Wanessa Andrea Pereira Costa, Grupo Unigel 48 - Roberto Orrico, Grupo Paranapanema NE 49 - Maria Luiza Falssarella Malvezzi, HC de Porto Alegre 50 - Willian Rocha, Davó Supermercados

37

40

39

41 43 42

44 45

46 47

48 48 | IT Forum + 2010

49 IT Forum + 2010 | 48

50

lay_momentos.indd 48

17/12/10 16:59


Fino Traço Design

A Arcon ĂŠ o MSSP Pure Player recomendado pela Trend Micro no Brasil.

15 anos www.arcon.com.br

lay_anuncio_arcom.indd 49

22/12/10 14:31


// shows

Tony Gordon

O melhor do soul, samba-rock e jazz. Cantor agitou a noite trazendo consigo os embalos de um repert贸rio recheado de cl谩ssicos da black music

50 | IT Forum + 2010

lay_shows.indd 50

13/12/10 15:26


O SISTEMA DE PROTEÇÃO ANTIMALWARE DA KASPERSKY GARANTE PROTEÇÃO PREMIUM

em todos os níveis da Empresa com o Menor Custo!

MOBILE

Mobile Laptops Smart Phones

GATEWAY

Mail Gateway

Anti-Spam Linux

ISA Server

MAIL SERVER Exchange

Lotus Notes

Linux Mail

FILE SERVER Windows

WSEE

Novell

ENDPOINT

Linux

MAC

Windows

Por ser uma solução completa e integrada, o Sistema de Proteção Kaspersky facilita o gerenciamento e a operabilidade do sistema ao mesmo tempo em que reduz o uso dos recursos de rede e aplicativos críticos. Tudo isto com com um custo total de proteção reduzido, acessível a empresas de todos os portes.

Proxy Server Checkpoint FW

Linux

PROTEÇÃO

EMPRESARIAL CONSISTENTE

PROJETADA DA MELHOR FORMA

Saiba mais de nossos Produtos. Contate um representante de vendas da Kaspersky através do email latamsales@kaspersky.com ou no site www.kaspersky.com

lay_anuncios_kapersky.indd 51

22/12/10 14:32


// shows Blitz

O som singular sempre foi uma das marcas registradas de uma das mais inventivas bandas do rock nacional. Evandro Mesquita e companhia deixaram os participantes do encontro “a dois passos do paraíso”

52 | IT Forum + 2010

lay_shows.indd 52

13/12/10 15:26


lay_anuncio_itau.indd 53

13/12/10 14:39


// shows

Double You

Nostalgia? Que nada! Com ritmos dançantes, como o sucesso Please don’t go, grupo animou público na última noite do IT Forum + 2010

54 | IT Forum + 2010

lay_shows.indd 54

13/12/10 15:26


TAILOR MADE OUTSOURCING Tecnologia GEMELO feita sob-medida para os seus negócios

Soluções criativas, que só quem domina todas as tecnologias pode oferecer. Independente de tendências, datacenters ou fabricantes, afinal, a nossa bandeira é a bandeira do cliente.

100

95

75

www.gemelo.com.br

25

5

0

lay_anuncio_gemelo.indd 55 AD_GEMELEO_IWEEK_SETEMBRO

22/12/10 14:33


// patrocinadores

Com o sucesso de 12 anos do IT Forum, que reúne, anualmente, CIOs das 500 maiores empresas do País, o IT Forum+ chegava com o objetivo de contribuir com o crescimento das organizações justamente onde está o pote de ouro para os fabricantes: as companhias ranqueadas entre 501 a mil maiores do Brasil. Assim, a IT Mídia também cumpria sua missão, gerando conteúdo, possibilitando relacionamento e oportunidade de novos negócios aos patrocinadores, apresentando às empresas deste porte tecnologias capazes de sustentar todo o empreendedorismo e trabalho do empresariado brasileiro. Sedentos por crescimento, tais firmas movem boa parte da economia do País, empregam muita gente e fazem a roda dos negócios girar. Desta forma, vimos que o IT Forum+ agradaria aos fornecedores de TIC e também aos CIOs que teriam no encontro uma oportunidade de trocar experiências. Nos bastidores do comercial, a cada reunião que eu e minha equipe fazíamos com potenciais patrocinadores, as ideias, os desejos e, principalmente, a possibilidade da concretização deles se tornavam mais próximas. O entusiasmo tomava conta de cada colaborador da IT Midia envolvido com o encontro direta ou indiretamente. Em outubro deste ano, foi realizada a 2ª edição do fórum. Graças aos 35 patrocinadores que, assim como a IT Mídia, acreditaram no crescimento do País e no potencial de investimento das médias empresas brasileiras, o fórum ocorreu no Hotel Iberostar de 7 a 10 de outubro de 2010. Tão importante quanto o conteúdo editorial apresentado no encontro foi o que cada patrocinador mostrou. Um retrato do que aconteceu por lá está nas páginas seguintes. Nos vemos na 3ª edição do IT Forum + de 17 a 21 de agosto de 2011. Até lá! André Cavalli, gerente comercial

lay_abre_patrocinadores.indd 56

13/12/10 12:17


s Durante o segundo semestre de 2008, enquanto a crise explodia no mundo e o medo da retração no consumo e nos negócios começava a tirar o sono dos empresários e governantes brasileiros, a IT Mídia decidia colocar em prática a ideia que surgiu de um projeto apresentado por seus colaboradores. Surgia, assim, o IT Forum+.

resas ções 01 a mil

ento e tecnoSea gente

s que a cada s e, smo mente. assim édias

nador

lay_abre_patrocinadores.indd 57

13/12/10 12:17


// patrocinadores

Apostas na nuvem 2s

aA 2S Inovações Tecnológicas levou ao IT

Forum+ 2010 sua proposta de soluções de produtividade na nuvem. “Mostramos como os CIOs podem enxugar a infraestrutura que têm hoje e jogar várias dessas aplicações na web. Desta forma, é possível diminuir os ativos, os investimentos em software, o trabalho, a equipe de TI e focar em outras aplicações que precisam estar dentro da empresa”, enumera o diretor de vendas da integradora, Pedro Mariano Bícego. As aplicações que podem utilizar o conceito de nuvem são diversas, dentre elas e-mail, videoconferência e plataformas de colaboração. O executivo não estabelece o porcentual exato de quanto pode ser a economia ocasionada desta migração para o cliente, mas garante que é bastante considerável, principalmente levando em conta o custo baixo da prestação de serviço. “Hoje cobramos US$ 2 a cada caixa postal por mês”, exemplifica, citando que não há um número mínimo de usuários para contratar a solução “Cloud computing é extremamente importante para nós. Estamos colocando muitas fichas nisso e acreditamos que a partir do próximo ano esta será uma tendência irreversível para o mercado”, aposta. Nesta direção, a 2S anunciou a criação de uma área de migração à nuvem utilizando o Office 365, da Microsoft.

58 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_2S.indd 58

13/12/10 15:01


// patrocinadores Alog

Outsourcing de infraestrutura aA provedora apresentou aos CIOs seus dois principais serviços. “Nosso data center tem usina de energia, links redundantes, toda a parte de backup e storage. Ainda fazemos a gestão deste ambiente”, garante o diretor nacional de Vendas da Alog, Eduardo Carvalho, citando os serviços de hosting. Na modalidade de

colocation, os clientes transferem todo o parque de máquinas para espaços da fornecedora, pagando pelo uso do local e a gestão dos equipamentos. O trabalho dos funcionários da provedora começa com um estudo em cima do que o CIO gasta de energia e, acima de tudo, o quanto é despendido com mão-de-obra para manter o data center internamente. “Assim, apresentamos uma solução que vai trazer ganho de performance e economia considerável”, explica, citando que, com a soma das vantagens de desempenho e com a de redução de custos operacionais e da diminuição de gastos trabalhistas, é possível mensurar uma economia de cerca de 30%. A Alog possui uma estrutura de 8 mil metros quadrados de área construída, com capacidade para 16 mil servidores. Tem em sua infraestrutura oito no-breaks redundantes. A conectividade ininterrupta à internet é garantida por conexões de fibra ótica também redundantes e independentes com diversas operadoras de telecom, ligadas a roteadores e switches que asseguram elevados níveis de disponibilidade utilizando os protocolos BGP4 e OSPF.

lay_patrocinadores_alog.indd 59

13/12/10 12:19


// patrocinadores AMD

Potencial à

tona aComputação equilibrada é a expressão que faz

sentido atualmente para a AMD. A fabricante de

amd

processadores uniu seu expertise ao know-how

de produção de hardware da HP para, em parceria, apresentar soluções aos CIOs presentes no IT Fórum+. “Nos posicionamos de uma forma bastante clara em relação ao custo/benefício. Além do investimento, o desempenho é altamente relevante. E a HP traz esse potencial à tona”, avalia Carolina Andrade, diretora de vendas corporativas da companhia. Segundo a executiva, a união das tecnologias e de disponibilidade de produtos no Brasil faz toda a diferença para o cliente final, uma vez que os componentes são fabricados no País. “Beneficiamo-nos ainda da magnitude da HP no que diz respeito a opções na parte de pagamento, aluguel, serviços e soluções dedicadas à nuvem ou dentro da casa do cliente”, enfatiza. Com a competitividade trazida pela operação conjunta, a AMD oferece desde equipamentos pessoais para ambiente corporativo, como notebooks e desktops, até servidores de grande porte. De acordo com Carolina, os produtos formatados na parceria – que acontece no formato mundial – apresentam vantagem para os CIOs brasileiros. A diretora cita, também, que o extenso portfólio de soluções é compatível com empresas de todos os portes. “A negociação é diferenciada, há a possibilidade de financiamentos, e os processadores da, nosso produto principal, são apenas uma peça do que podemos oferecer”, finaliza.

60 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_amd.indd 60

13/12/10 15:02


lay_anuncio_logica.indd 61

22/12/10 14:32


// patrocinadores Arcon

aFocada especialmente em atender as 500 maiores companhias do Brasil, a provedora de soluções de segurança pretende agora se voltar também para as corporações de médio porte. Foi com este intuito que a Arcon esteve no IT Forum+ 2010. “Com o crescimento econômico brasileiro, as médias empresas estão demandando serviços de segurança, por isso viemos oferecer o que já realizamos há anos para as grandes”, explica o diretor de vendas, Rogério Reis. Houve algumas mudanças na tecnologia para adequar-se a este público, mas a empresa garante que os níveis de segurança continuam eficazes. “Nestes casos, usamos uma única solução que engloba várias funcionalidades. O resultado é um excelente nível de segurança por um custo mais baixo”, comenta. A diferença, na prática, fica por conta do tempo de resposta. “Médias empresas geralmente suportam um tempo de SLA mais flexível, o que atende perfeitamente a necessidade de negócio deste público.”

Mais

Hoje, apenas 10% da carteira de clientes da Arcon é de médio porte. Mas a intenção é aumentar consideravelmente esta porcentagem no próximo ano. “Queremos entender a resposta deste mercado primeiro, para depois ter uma perspectiva dentro da realidade e acertar um número pra ser conquistado deste mercado”, pondera Reis.

abrangência 62 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_arcon.indd 62

13/12/10 12:20


// patrocinadores Avaya

Nova interface de

colaboração aA provedora levou aos CIOs o que chama de uma revolução nos processos colaborativos das empresas. Batizada de Avaya Flare, a interface oferece recursos de que integram vídeo, voz e texto utilizados desde em desktops até sistemas de múltiplas telas, passando pelos tablets. A provedora promete a colaboração por vídeo acessível a mais funcionários em mais empresas por até um terço do custo e usando menos banda do que as soluções concorrentes. “O usuário passa a ser o centro de comunicação de uma empresa, melhorando a eficiência operacional”, garante o gerente de pré-vendas da fabricante, Thiago Siqueira. Com a aquisição da Nortel no início de 2010, a Avaya ampliou seus negócios por conta do portfólio de dados incorporado. “Hoje fornecemos não só a parte de comunicação, mas também toda a infraestrutura de rede”, diz. A estratégia para 2011 é ampliar sua penetração nas pequenas e médias empresas. “Temos um grupo de produtos realmente competitivo. Já estamos com presença consolidada nos grandes contact centers e queremos penetrar neste segmento que cresce tanto no Brasil”.

lay_patrocinadores_avaya.indd 63

13/12/10 15:02


// patrocinadores 2s Benner

Incrementar a produtividade aA Benner aproveitou o IT Forum+ 2010 para lançar uma apresentação de sistema que promete usabilidade e aumento na produtividade dos usuários. A mudança vem para todas suas soluções, como de recursos humanos, ERP, CRM, logística, saúde e BI. “A interface tem acompanhado o padrão mundial, que são os ícones configurados de acordo com o perfil de cada usuário. Também usamos o conceito de interface rica, onde cada um tem no seu desktop aquilo que realmente precisa, quer ou prefere, garantindo a ele o poder de decidir”, explica a diretora de vendas e marketing da fabricante, Lucrécia Oliveira. A equipe da Benner também levou aos CIOs presentes no encontro as soluções que possui tanto para a área de compliance e governança corporativa, quanto para os softwares de base. Uma das novidades é a versão 4.0 de seu ERP com interface gráfica no padrão Microsoft Office, mais interativa e fácil de manusear que as versões anteriores. “Como economicamente todos cresceram e evoluíram, temos nos posicionado bem no mercado das médias corporações, pois atendemos verticais e temos uma base instalada bastante interessante”, avalia a executiva. A proposta com o encontro era fortalecer a marca e tornar mais conhecidas as soluções e a posição da empresa. “Conversamos aqui com parceiros vindos desde o Rio Grande do Sul até Fortaleza. A possibilidade de encontrar com pessoas de diferentes lugares em um só momento é de grande valor”, classifica.

64 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_benner.indd 64

13/12/10 15:03


// patrocinadores 2s RIM

aA RIM (Research In Motion) apresentou no IT Forum+ 2010 o software BlackBerry Enterprise Server, que permite o download de graça da plataforma voltada ao público corporativo. A novidade fica por conta do lançamento do BES Express para Lotus Domino. Agora, quem possui o software da IBM pode sincronizar sem fio os smartphones da fabricante canadense com o sistema de e-mail, calendário, contatos e outras funcionalidades. “Estamos trazendo também o Chalk, um software utilizado para treinamentos”, acrescenta a gerente de marketing corporativo da RIM, Marislei Mattias. A solução permite enviar para outros usuários de BlackBerry uma apresentação, à qual eles podem assistir mesmo estando off-line. No encontro, a executiva pouco falou sobre a possibilidade de lançamento do tablet PlayBook, confirmado no final de setembro. “A gente ainda não tem a informação de quando ele chegará ao Brasil, mas vamos mostrar o produto nos próximos encontros da IT Midia”, avisou, ao falar sobre o dispositivo móvel multitarefa com processador dual-core de 1GHz. O produto suporta Adobe Flash Player 10.1 e HTML-5, tem 1 GB de memória RAM, possui câmera e saída HDMI.

BlackBerry Enterprise Server para Lotus Domino IT Forum + 2010 | 65

lay_patrocinadores_black.indd 65

13/12/10 12:20


// patrocinadores Nokia e Claro 2s

aA fabricante de celulares e a provedora de telefonia móvel estiveram juntas no encontro para apresentar suas estratégias corporativas. A Claro levou aos CIOs seus combos empresariais que contêm dois lançamentos da Nokia: o aparelho C3, voltado à força de vendas, com solução de e-mail, e o smar-

tphone que chega no final do ano para ser o mais poderoso da marca, o N8. “Este é um celular para o qual queremos chamar muito a atenção dos CIOs.

Estratégia

conjunta

Alguns dos destaques do aparelho são a câmera de 12 megapixels, flash em xênon, e a tecnologia HD para fotos e filmagens. Todo este conteúdo você pode mostrar direto do celular conectado por HDMI”, descreve Nicola Azevedo, gerente de Vendas Corporativas da fabricante finlandesa. A participação no IT Forum+ 2010 faz parte da estratégia dos últimos três anos da Claro para crescer no mercado corporativo. “A gente quer atender a cadeia como um todo. Não fazemos distinção entre pequenas, médias ou grandes empresas”, conta o diretor da operadora para divisão Empresas, Jacinto Miotto, que revela ainda que a participação de clientes corporativos em sua carteira é parecida com a economia brasileira: poucas corporações de grande porte, um número razoável de médios e a maioria massiva composta por pequenos empreendimentos. Sobre a importância de participar do encontro, o porta-voz explica: “Ouvimos as necessidades, depois vamos pra casa, trabalhamos e planejamos ofertas interessantes pra elas”.

66 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_claro.indd 66

IT Forum + 2010 | 66

13/12/10 15:04


digicomp

// patrocinadores Digicomp 2s

aHá 20 anos no mercado nacional, a empresa de engenharia, com sede em Belo Horizonte, esteve no IT Forum+ 2010 para mostrar seus serviços especializados em integração de soluções de infraestrutura de TI e telecom. “Hoje nosso foco é prover para os clientes cabeamento estruturado e rede elétrica em regime de obra turn-key, por isso temos condições de entregar a obra do início ao fim”, garante Fábio Fiúza, gerente de negócios da Digicomp. Ele explica que nos últimos anos a empresa vem se especializando em infraestrutura de data centers que funcionam sem descanso e de alta disponibilidade. O tempo de entrega de um ambiente como este varia de acordo com a área e a complexidade, mas o executivo reconhece que os prazos estão cada vez mais curtos. “A construção está entre 3 e 5 meses”. Valores também não são inflexíveis, a prestadora de serviços prefere primeiro saber qual a verba do cliente para encontrar um projeto que atenda a suas expectativas. Em relação à tendência recorrente de terceirização dos data centers, a Digicomp tem discurso formado: “Provemos um ambiente seguro. Com a infraestrutura própria, todas as suas informações ficam dentro de casa para serem geridas com segurança”, aconselha Fiúza aos CIOs presentes no encontro.

Vantagens à

terceirização IT Forum + 2010 | 67

lay_patrocinadores_digicomp.indd 67

13/12/10 15:04


// patrocinadores fiap 2s

aVisando a reiterar crenças e valores importantes para a companhia, a FIAP, além de apresentar sua parceria com a IT Mídia e a Fundação Bradesco no projeto Profissional do Futuro, também falou sobre sua operação Corporate durante o IT Fórum+. A iniciativa com enfoque social visa a distribuição de bolsas de estudos para ensino superior a jovens carentes, bem como a inclusão no mercado de trabalho da tecnologia. “É uma iniciativa fantástica”, comemora Francesco Querini, diretor da faculdade. Sobre a operação Corporate, destinada a atender as necessidades específicas das empresas em educação, treinamento e capacitação em TI de modo taylor made e in-company, ele é enfático: “Os diferenciais estão contidos na forma como ouvimos as necessidades dos nossos clientes e endereçamos as soluções mais adequadas para os seus desafios.” A operação surge em um bom momento para o mercado corporativo, quando pouco tem sido feito de modo planejado e estruturado para a indústria de TI. Personalização, customização e exclusividade são algumas das palavras-chave usadas para definir o serviço. Apresentar a solução no encontro foi uma estratégia para se aproximar de companhias e profissionais. “É fundamental que estejamos presentes, objetivando uma interação com este universo de pessoas e empresas, assim como nos ajuda bastante em nosso trabalho de consolidação do negócio e posicionamento da marca”, diz Querini.

De olho no futuro 68 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_fiap.indd 68

13/12/10 15:05


lay_anuncio_Semp - STI.indd 69

14/12/10 10:23


// patrocinadores Furukawa 2s

Espaço

otimizado aLançada há cerca de dois anos pela Furukawa, a solução voltada a data centers ITMax passou por uma reformulação e aperfeiçoamento, resultando em uma linha de alta densidade. “A grande busca hoje dos data centers é ganhar espaço. Por isso, todos os nossos produtos para ambiente corporativo são de alta densidade”, explica o gerente de engenharia da fornecedora, Dário de Menezes. A empresa atualmente usa um conector ótico do tamanho de um RJ-45, onde cabem 12 fibras óticas, ao contrário do comum que comporta oito. O espaço é economizado também com o emprego de patch panels angulares, que dispensam a utilização de guias. “É possível ganhar de duas a três vezes mais lugar no rack ”, garante o executivo. Outra preocupação da Furukawa é com ações de sustentabilidade. As ações mais importantes da empresa são: seguir a diretiva europeia RoHS, que restringe a utilização de substâncias nocivas em seus produtos de cabeamento estruturado; e, desde agosto de 2007, a implantação do programa Green IT, que tem como objetivo racionalizar o uso de recursos não-renováveis com o tratamento de resíduos do descarte de produtos do cabeamento estruturado. “Quando o cliente faz uma reforma no data center dentro de seu ambiente corporativo, sobra muito cabo. Nós recolhemos este material e damos uma destinação correta a ele. Oferecemos também um bônus e um certificado, enquadrando-o em um programa ambientalmente correto”, explica.

70 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_furukawa.indd 70

13/12/10 15:05


// patrocinadores Gemelo 2s

Momento de crescimento

aCriada há dez anos por fundos de

investimentos da Compaq e da Intel, a empresa acaba de receber uma

capitalização do Investec no valor

de R$ 10 milhões. Com os recursos, a Gemelo aproveita para ampliar negócios. Recentemente, adquiriu a DGX, que trabalha no mesmo ramo, mas atende companhias de menor porte. “Com esta compra, herdamos 50 novos clientes. Estamos consolidando nossa posição no mercado de full outsourcing, onde atuamos desde 2008”, anima-se Sidney Fabiani, presidente da provedora. No IT Forum+ 2010, a empresa apresentou aos CIOs casos de sucesso, como o trabalho com a Universidade Estácio de Sá e com os bancos Carrefour e Fibra. “Só para um novo projeto que fechamos com o banco Fibra teremos de contratar, até dezembro, 110 novos profissionais”, dimensiona o executivo. Em números de funcionários, a projeção de crescimento é de 40% em 2010. Falando em faturamento, a Gemelo também tem ascensão consistente: aumentou 130% em 2008, 102% em 2009 e deve fechar o ano em 108%. “É uma empresa de puro serviço e de contratos de médio a longo prazo”, acrescenta. O recente aporte recebido também contribuiu para um investimento da ordem de R$ 2 milhões em ferramentas para monitoramento e service desk da CA.

71 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_gemelo.indd 71

IT Forum + 2010 | 71

13/12/10 15:06


// patrocinadores HP 2s

Impressão em

papelvai nunca acabar

aCom mais de dez executivos representando as três áreas da companhia – Imagem e Impressão, Computação Pessoal e Enterprise Business –, a HP esteve no IT Forum+ 2010 como parte da estratégia de investir cada vez mais no mercado de pequenas e médias empresas. “Para se ter uma ideia, dobramos nossa equipe de vendas para atingir este segmento. Este encontro está sendo muito bom, porque escutamos diretamente do nosso cliente o que precisa ser feito. Esperamos fazer grandes negócios”, avalia o diretor de vendas e marketing da área de Imagem e Impressão da companhia no Brasil, Renato Barbieri. O executivo explica como está dividido o planejamento de expansão da fabricante: “Estamos investindo nas áreas de comunicação, que é levar as informações de nosso portfólio diretamente ao usuário, e na cobertura, para ampliar o alcance no mercado, com o programa chamado HP Assisted”, detalha. Rebatendo esta onda de evitar ao máximo as impressões em papel, o diretor é taxativo: “A impressão não vai acabar, ela está aumentando cada vez mais, porque o volume de dados e informações está crescendo exponencialmente. Continuamos imprimindo bastante”.

72 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_hp.indd 72

IT Forum + 2010 | 72

13/12/10 15:06


lay_anuncio_wipro.indd 73

13/12/10 10:37


// patrocinadores 2s ibm

aSem apresentar um novo produto ou ferramenta específica, a IBM marcou presença no IT Forum+ para interagir com clientes em potencial. “Queremos descobrir as necessidades para, em seguida, abordá-los com hardware, software, serviço ou até uma solução integrada”, define Luciano Sulzbach, executivo de médias empresas da companhia. Com esta estratégia, a provedora pretende garantir ofertas personalizadas para conquistar negócios. “O segmento aqui representado tem tudo a ver com nossa estratégia de expansão geográfica”, acrescenta. Desde 2009, a empresa vem expandindo seus escritórios e representações regionais em lugares como Porto Alegre, Recife, Salvador, Vitória e Belém. Segundo a provedora, com equipes locais ficam facilitadas as negociações. “A gente sabe que tem um mercado bastante pujante nessas regiões, que tem características próprias e gosta de ser atendido por pessoas locais que entendam a comunidade. Com esta expansão, conseguimos ter uma melhor percepção das necessidades, requisitos e cultura desse cliente.”

Expansão

geográfica 74 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_ibm.indd 74

13/12/10 14:55


// patrocinadores 2s Itautec

Consolidar

a marca

aMais do que demonstrar equipamentos e soluções, a empresa esteve no IT

Forum+ 2010 pra reforçar sua posição de fornecedora de integração entre produtos de alta tecnologia e prestação de serviços. “Aproveitamos-nos de uma rede de mais de dois mil técnicos próprios localizados nos principais centros do País”, afirma o gerente-comercial da Itautec, Carlos Alberto Pereira. “Com esta cobertura, temos certeza que estamos ofertando uma condição diferenciada dos concorrentes”, completa. O executivo também comentou as mudanças que vêm acontecendo na empresa como, por exemplo, a troca no comando – Mário Anseloni assumiu como CEO em fevereiro de 2010, além de acumular o cargo de diretor de relações com investidores, substituindo Ricardo Setubal, que passou a atuar como presidente do conselho administrativo. “Esta nova diretoria vem trazendo alterações na nossa forma de atuação. Eu diria que a principal mudança que teremos a partir de 2011 é o reforço de nossa marca como uma força corporativa, focando principalmente no mercado de empresas privadas”, revela.

IT Forum + 2010 | 75

lay_patrocinadores_itautec.indd 75

13/12/10 14:41


// patrocinadores Kaspersky 2s

Proteção

aOs mais recentes softwares de segu-

rança da Kaspersky, que contam com alto nível de identificação de ameaças, leveza na ferramenta e grande poder de adaptação a mercados que não possuem equipamentos e sistemas operacionais de ponta, foram exibidos e detalhados na última edição do IT Fo-

para todo o

ambiente

rum+. “Temos um analista de malware brasileiro, por isso, o tempo de resposta e análise para detecção e, eventualmente a elaboração de uma vacina, é muito rápido. Isto é, as características principais dos produtos são os grandes diferenciais para o mercado corporativo”, relata Maurício Mota, gerente de canais da empresa. Destaque para soluções de proteção para todo o ambiente, que já estão sendo bem aceitas no mercado corporativo. Para comprovar tal aceitação, a fornecedora propôs aos CIOs presentes no encontro um teste gratuito de 60 dias. “Isso permite que o cliente conheça a ferramenta, veja seus benefícios e, o mais importante, faça a avaliação dentro do seu ambiente”, diz o gerente, acrescentando que 100% das vendas da companhia são realizadas de forma indireta, portanto, um canal vai até a empresa e realiza a demonstração do comportamento do sistema para que haja efetividade elevada no teste e na homologação.

lay_patrocinadores_kaspersky.indd 76

13/12/10 15:07


// patrocinadores 2s Lexmark

Do papel

para o digital aEficiência, prevenção de fraudes, não-desperdício, melhora de time-to-market e conceito de gestão de informação foram as propostas da Lexmark para os CIOs do IT Forum+ 2010. “Entendemos que o outsourcing de impressão é um processo que já está bastante maduro no mercado e estamos trazendo uma proposta de uma segunda onda, onde queremos apoiar nossos clientes a imprimirem menos para economizar mais, transformando processos analógicos, baseados em papel, em digitais”, explica Carlos Bretos, diretor-presidente da provedora. O trabalho começa com a análise dos processos de negócios do cliente para entender quais são os que envolvem maior produção de documentos em papel. Em seguida, propõe-se o uso de uma tecnologia de soluções embarcadas no equipamento que permitem a transformação dos documentos em digitais. “A gente entende que o que deve circular nas empresas é informação e não papel”, determina Bretos. Como a Lexmark entende que as empresas já estão em um nível avançado de discussão de gestão de conteúdo corporativo, o executivo levanta o próximo desafio: a segurança da informação. “A boa notícia que estamos trazendo é que já temos solução embarcada com certificação digital a partir do próprio equipamento”, comenta. Desta forma, um documento gerado digitalmente em uma multifuncional já é seguido da certificação digital sem a necessidade de um equipamento periférico, como um computador, por exemplo.

IT Forum + 2010 | 77

lay_patrocinadores_lexmark.indd 77

13/12/10 14:56


// patrocinadores 2s Locaweb

Para entender

demandas aA empresa de hosting levou ao IT Forum+ 2010 suas ofertas de gestão, cloud com-

puting, serviços personalizados, servidores dedicados e ambientes em sala-cofre. “Viemos preparados para entender as demandas específicas de todos os clientes e oferecer uma solução diferenciada para cada necessidade”, comenta Luis Carlos dos Anjos, gerente de eventos da Locaweb. O executivo também anunciou que a provedora acaba de receber aporte do fundo de investimentos Silver Lake, que passou a ser dono de 20% companhia. “Pra nós é motivo de orgulho, pois é a primeira empresa da América Latina que eles resolvem investir. São os donos do Skype e outras grandes empresas de tecnologia”, detalha. O novo sócio aplica recursos em companhias de TI de médio porte com a administração de mais de US$ 14 bilhões em ativos. A carteira de investimentos antigos e atuais inclui também Nasdaq OMX, Avago, Power-One e i2. Trabalhando no fundo desde 2007, Kyle Ryland será nomeado para o Conselho de Administração da Locaweb. “Para nós vai ser um desafio ótimo trabalhar com um novo sócio que já é focado em tecnologia”, completa Anjos, sem querer abrir os números do aporte financeiro. 78 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_local.indd 78

13/12/10 15:08


// patrocinadores 2s Logica

aDe origem britânica, a Logica vem expandindo seus negócios globalmente desde 2008 e pretende crescer consideravelmente no mercado nacional. “Somos uma empresa de 40 mil funcionários, de presença mundial, e o nosso grande desafio, especificamente para o Brasil, é se posicionar, ser uma companhia competitiva como somos fora do País”, projeta o gerente de Novas Negócios, Ubiraci Matta. A provedora traz no seu histórico de atividades soluções para diferentes mercados, especialmente o financeiro, de manufatura e utilities. O portfólio inclui serviços de consultoria, integração de sistemas, outsourcing de TI e processos de negócios. O diferencial que a multinacional propaga é a especialização nas indústrias nas quais atua. “Conhecemos muito bem o core

business de nossos clientes. Entendemos a dinâmica das indústrias, dos negócios e, obviamente, podemos ajudá-los ao máximo na busca de seu sucesso”, garante. O objetivo principal da equipe da Logica no IT Forum+ 2010 foi a discussão com os CIOs sobre os desafios que eles enfrentam para buscar soluções com respaldo tecnológico. “Nossa oferta, sempre no formato consultivo, é oferecer inovações. Para nós, a tecnologia aparece como um meio de se obter o sucesso.”

A dinâmica das

indústrias IT Forum + 2010 | 79

lay_patrocinadores_logica.indd 79

13/12/10 15:09


// patrocinadores 2s Microcity

Nuvem completa aCloud computing foi a aposta da Microcity

para o IT Forum+. Chamada de iPoint, a solu-

ção traz embarcadas em um desktop, notebok, tablet ou smartphone as ferramentas de colaboração da Microsoft, como Exchange, Office, videoconferência, comunicação IP e OCS. “Colocamos tudo isso na nuvem e gerenciamos o ambiente cobrando um fee mensal por usuário para o cliente”, detalha o diretor-geral da empresa, Luiz Nacif. O Brasil inteiro está coberto com a manutenção e suporte da solução. As vantagens para o CIO, comenta o executivo, se dão em três frentes: simplicidade da gestão de TI, por ser um valor fixo; menor necessidade de corpo técnico extenso para a administração da rede, já que é feita pela provedora; e mobilidade, pois o usuário pode acessar todas as informações de qualquer lugar do mundo. O valor varia de US$ 60 a US$ 85 por usuário mensalmente, sendo que o preço mais baixo é só pelo uso do Exchange e o mais alto inclui todo o pacote Office na nuvem. Por US$ 70 o cliente fica com Exchange e as ferramentas de colaboração, como comunicação IP e videoconferência. Além disso, todos os pacotes contam com os serviços em nuvem e toda a parte de gestão e suporte de manutenção, como service desk, backup, atendimento do campo e contrato de SLA. “Trabalhamos com empresas que tenham acima de 200 usuários. Pode até começar com menos e com o tempo vamos fazendo a substituição do legado do cliente”, conclui.

80 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_microcity.indd 80

13/12/10 14:58


lay_anuncio_siemens.indd 81

22/12/10 14:30


// patrocinadores 2s Multirede

aTradicionalmente conhecida como uma consultoria de treinamento, a

Multirede mostra que é mais que isso e tentou transmitir no IT Fórum+ esta nova imagem. “A empresa atua como fornecedora de soluções integradas, do tipo one stop shop, na qual a consultoria acaba acarretando na aquisição de equipamentos”, esclarece José Ricardo Moraes, diretor de desenvolvimento de negócios da Multirede. Capacitada para fornecer soluções de fim a fim, a companhia atua com foco nas necessidades e nos problemas do cliente, alinhado com estratégias de negócios, com a finalidade da venda ser casada, não apenas de TI, mas com diferenciais que agreguem valor ao bu-

siness. “Tecnologia e serviços definem a nossa proposta”, alega. Um exemplo do alinhamento com o negócio do cliente é o tratamento dado às demandas do mercado de finanças. “Crítico em relação a desempenho, performance e latência, a Multirede captou

Soluções

integradas

as necessidades e desenvolveu soluções de ultrabaixa latência, monitoração de negócios em tempo real – na ordem de microssegundos – e equipamentos de rede com latência de nanossegundos”, demonstra.

82 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_multirede.indd 82

13/12/10 15:09


Untitled-2 1

29/12/10 12:11


// patrocinadores 2s Positivo Informática

Nova linha corporativa aAinda com pouca participação no mercado corporativo, a Positivo Informática quer

reverter esta posição com sua nova linha empresarial de computadores, batizada de Master. Além da migração para os processadores Intel Core i3, i5 e i7, as novas máquinas possuem inovações de hardware para suportar a mudança e as principais certificações desejadas no mercado: segurança, baixo consumo de energia, cuidado ecológico, menor ruído e compatibilidade com os principais fornecedores. Os lançamentos estão distribuídos entre três famílias de notebook e seis de desktop, desenvolvidas para pequenas e médias empresas e grandes corporações. “Somos líderes do mercado de varejo, mas queremos dobrar nosso faturamento no segmento corporativo em dois anos”, projeta o diretor-comercial da fabricante, Idel Bacal. Atualmente, apenas 5% do faturamento anual de R$ 2,5 bilhões da empresa vêm do corporativo. O executivo revelou que o campeão de vendas no segmento vem sendo os desktops all-in-ones, que têm a CPU integrada no monitor. “Eles têm um consumo baixo de energia e ocupam pouco espaço. Estamos tendo muitos casos de sucesso com eles”, comenta. Máquinas da linha Master podem ser adquiridos por venda, leasing ou locação e oferecem, de acordo com a necessidade do cliente, um pacote de serviços pós-venda que pode incluir operação de instalação e manutenção técnica. 84 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_positivo.indd 84

13/12/10 15:11


// patrocinadores 2s Samsung

aApesar de o faturamento da marca atrelado ao mundo empresarial

ainda ser insignificante, os planos de crescimento da Samsung em 2011 apontam para uma fatia de 10% vinda do mercado corporativo. “É uma área em que estamos apostando e que vai crescer vertiginosamente nos próximos anos”, projeta Paulo Nascimento, gerente de soluções da fabricante para tal segmento. Em números, a projeção é de um faturamento total (varejo e corporativo) de US$ 4 bilhões em 2010 e US$ 6 bilhões em 2011, o que representaria uma aposta de US$ 200 milhões de aumento de receita gerada pelos clientes Pessoa Jurídica. Foi focada neste objetivo que a Samsung participou do IT Forum+ demonstrando aos CIOs seus dispo-

Vertiginosamente sitivos corporativos e serviços de atendimento direto a empresas. “Trazemos como diferencial uma linha de produtos que se renova constantemente, com novas funcionalidades e ferramentas que atendem diferentes nichos de mercado”, diz o executivo, citando notebooks, netbooks e monitores, além de projetores com extrema portabilidade e tempo de vida útil longo. “Também temos soluções de impressão com aplicações de negócios embutidas”, completa.

IT Forum + 2010 | 85

lay_patrocinadores_samsung.indd 85

13/12/10 15:12


// patrocinadores 2s SAP

Aposta na mobilidade

aAs principais novidades levadas pela SAP aos CIOs durante o IT Forum+ 2010 es-

tiveram relacionadas à mobilidade. Com a aquisição da Sybase, a fabricante alemã incorporou esta funcionalidade a seu portfólio. Chamada de Unwired Platform, a solução permite que toda aplicação esteja em dispositivos móveis. “O executivo que viaja muito consegue interagir com todo o sistema como se estivesse dentro da firma pelo celular”, avisa o vice-presidente de pequenas e médias empresas da provedora, André Petroucic. Outro serviço apresentado no encontro era direcionado especialmente às pequenas e médias companhias, o Fast Start Hosting. Com ele, é possível contratar o sistema da SAP no modelo como serviço, permitindo que o CIO pague apenas pela utilização da tecnologia. “Ele não precisa ter um grande desembolso inicial, porque toda solução é paga como se fosse um aluguel”. O executivo anunciou um plano agressivo de crescimento para o Brasil: duplicar a receita da companhia no País até 2014. Para tanto, o principal foco está nas pequenas e médias empresas. “Estamos fazendo um investimento muito forte para ampliar o número de canais, porque sabemos que, neste segmento, as vendas indiretas são importantíssimas”, reforça.

86 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_sap.indd 86

13/12/10 15:13


// patrocinadores 2s STI

a O contato direto com sua linha de produtos foi a principal ação da STI durante o IT Forum+ 2010. “Convidamos os CIOs para degustarem alguns modelos de notebooks, desktops e uma TV com a tecnologia LED”, descreve o diretor de marketing da empresa, Nelson Scarpin. Dentre os mais recentes lançamentos da marca figuram: um desktop no formato all-in-one, com placa de TV embutida, alto poder de processamento com o modelo Core 2 Quad e 1.5 Tera de HD; e um notebook multimídia de 15 polegadas, com características voltadas ao mercado corporativo. A fabricante aproveitou o encontro para ressaltar as facilidades de compra de seus equipamentos. “Os CIOs podem adquirir através de linhas de Finame e cartões BNDES. Temos também a oportunidade de locação própria. São modalidades que com certeza vão se encaixar no

budget de todos os clientes”, informa Scarpin.

Multimídia lay_patrocinadores_semp.indd 87

13/12/10 15:13


// patrocinadores 2s Siemens

Gerenciamento

de chamadas

a A provedora levou ao IT Forum+ 2010 um sistema que permite ao usuário direcionar ligações telefônicas conforme a demanda. O Open Scape Voice é uma solução de comunicação por IP com total individualização. “É definido pessoa a pessoa, negócio a negócio. Somos capazes de identificar cada necessidade e como se comunicar quando elas se apresentam”, comenta Moisés Silva, diretor de canais da provedora, explicando que, desta forma, se um executivo está em uma reunião, consegue transferir o chamado para sua secretária automaticamente. De acordo com o diretor, a tecnologia permite ainda economizar com interurbano, pois as chamadas chegam a um ponto próximo de onde o recebedor está, transformando todas as ligações em locais. “Tem que considerar também o tempo que se ganha com produtividade, tendo em vista que você não precisa fazer diversas ligações pra encontrar uma pessoa”, acrescenta.

88 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_siemens.indd 88

06/01/11 17:48


// patrocinadores 2s Intelig TIM

Aposta na

convergência a O posicionamento da TIM a partir da compra da Intelig reside na ambição

de tornar-se uma operadora convergente. “[Nossa] outra aposta é como integradora, fazendo automação de força de vendas e prestando aos clientes qualquer solução que eles precisem”, pontua Leonardo Queirós, diretor de Top Clients da companhia, garantindo que os ganhos dessa integração podem ser diretos, com ligações entre fixo e móvel mais baratas, e indiretos, a partir da união dos gastos em uma mesma fatura e dirigir-se a apenas um fornecedor para resolver todas as demandas de telecomunicações. Queirós revela ainda que a Intelig pretende dar espaço para os tablets em seus negócios. “Eles estão vindo para substituir os notebooks e os smartphones em algumas situações corporativas”, diz. Para fazer uma apresentação fora da empresa, por exemplo, eles podem simplificar o processo, acredita. Em relação ao crescimento, a projeção é que ele continue no ritmo intenso do primeiro semestre de 2010. “Nós vamos atacar o mercado, ser muito agressivo e continuar mantendo esta liderança de crescimento nas adições nos próximos meses”, prevê, considerando que os desafios iniciais de junção entre as empresas já estão superados.

IT Forum + 2010 | 89

lay_patrocinadores_tim.indd 89

13/12/10 15:00


// patrocinadores 2s T-Systems

T-Systems orienta esforços a médias empresas desde 2009. aA“Estamos trazendo a elas um serviço que oferecíamos apenas às grandes, que é a modalidade de pagar pelo uso”, descreve o diretor de vendas da provedora do Brasil, Guilherme Menezes, referindo-se à plataforma de Dynamic Services. A subsidiária do Grupo Deutsche Telekom fundamenta suas ofertas principalmente em outsourcing, infraestrutura e suporte a aplicações. A fornecedora também aproveitou a edição 2010 do encontro para fortalecer sua mensagem de TI verde, já bastante difundido na matriz alemã. “A intenção é focar no outsourcing como uma forma de viabilizar menos emissão de carbono para a atmosfera”, conta o executivo, embasando tal comentário com o fato de que a provedora está investindo R$ 50 milhões na construção de um data center verde em São Paulo. “Queremos trazer ao Brasil este movimento de consolidação de estrutura em um único local. Cada vez mais as empresas estão adotando a terceirização da infraestrutura de prestação de serviços para contribuir com a sustentabilidade.” Com equipamentos de alta tecnologia para processamento e armazenamento de dados, o data center é configurado com um sistema que otimiza o consumo de energia. O projeto

Data center verde conquistou a certificação Tier III, selo concedido pela entidade internacional Up Time Institute, que atesta a qualidade e a eficiência do ambiente.

90 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_tsystems.indd 90

13/12/10 15:15


lay_anuncio_nokia.indd 91

15/12/10 11:15


// patrocinadores 2s Vivo

Promessa de

bons frutos aSem revelar detalhes, o diretor de gestão de empresas da Vivo, Rodrigo

Shimizu, contou que a compra da holding que controla a operadora móvel

pela Telefônica deve trazer bons frutos e economia aos CIOs. “Com certeza abrirão novas oportunidades a serem oferecidas ao mercado corporativo com essa integração de produtos e serviços. Em breve, teremos novidades em termos de negócios fixos e móveis para os grandes grupos”, adiantou. O executivo contou que a empresa esteve no IT Forum+ como parte de sua estratégia de crescimento no corporativo, especialmente nas médias e grandes corporações. Cerca de 25% do faturamento atual da operadora vem deste segmento, mas a projeção é que exista ainda margem de ascensão, impulsionada pela boa fase econômica do País. “Percebemos ampliações nos projetos dos atuais clientes e, em paralelo, empresas que antes não usavam telecom como instrumento de melhoria de produtividade de negócio cada vez mais atuam neste sentido”, acrescentou. A aposta da operadora para alcançar tal objetivo reside na rede de terceira geração. “Temos um projeto ambicioso. Hoje são 760 municípios com cobertura 3G da Vivo e até dezembro de 2011 vamos chegar a 2832 municípios”. Este número representaria 85% da população brasileira com acesso a tecnologia. Para os clientes corporativos, esta expansão pode significar melhoria de infraestrutura, velocidade e qualidade de serviço. “Assim, eles podem ter aplicações e soluções desenvolvidas para seu negócio, como CRM, BI, ERP e automação de força de vendas”, projeta.

92 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_vivo.indd 92

13/12/10 15:15


lay_anuncio_digicomp.indd 93

22/12/10 14:30


// patrocinadores 2s Wipro

Acompanhar o crescimento aPresente em 54 países e com receita na casa dos US$ 5

bilhões, a Wipro foca suas estratégias principalmente nas grandes contas. Contudo, a provedora de origem indiana entende que as organizações com faturamento menor podem representar uma fatia a ser abocanhada e com interessante potencial de lucro. “No Brasil e na América Latina, onde ainda não temos uma expressão tão forte, nos dirigimos também ao mercado SMB (sigla em inglês para pequenas e médias empresas)”, explica o diretor de vendas para a América Latina, Márcio Morelli. O executivo vê como importante as parcerias firmadas com clientes de médio porte. “Elas estão crescendo e tenho certeza que somos uma das melhores opções do mercado para suportar sua ampliação”, acrescenta. A principal função da companhia está em atender às demandas corporativas de modernização de legados, diminuição nos custos de aplicativos, implementação de novos ERPs e iniciativas de BPO. “Esse mercado ainda é bastante imaturo no Brasil, mas que tem projeção de crescimento grande”, analisa Morelli.

94 | IT Forum + 2010

lay_patrocinadores_wipro.indd 94

13/12/10 15:16


A próxima geração está aqui: Transformando as comunicações hoje

O Microsoft Lync™ Server 2010 oferece uma experiência de usuário intuitiva, renovada, que une as diferentes formas pelas quais as pessoas se comunicam em uma única interface. A 2S foi escolhida pela Microsoft como o melhor parceiro de 2010 e possui experiência comprovada na implantação nas soluções de Comunicações Unificadas da Microsoft. A 2S pode ajudar sua empresa na implementação de diversas soluções de TI como otimização de processos, redução de custos de infraestrutura e aumento de produtividade.

Nova experiência de conexão • Encontre e comunique-se com a pessoa certa, naturalmente. • Mantenha-se conectado virtualmente em qualquer lugar, usando apenas uma conexão de internet padrão. • Crie conexões sociais e fique atualizado sobre as atividades dos colegas. O Lync 2010 estimula conexões sociais. Integração com o Microsoft Office • Comunique-se com o contexto dos aplicativos. • Integração do Office Backstage™. Comunicações unificadas • Reuniões virtuais aprimoradas para maior produtividade. • Conjunto completo de recursos de voz de qualidade empresarial. • Conecte-se pelas redes. • Utilize a infraestrutura de áudio/vídeo existente. • Integre com os sistemas de PBX existentes. • Comunicações incorporadas em processos comerciais. Implantação mais simples • Implante facilmente sistemas de qualquer escala e gerencie-os. • Suporte para ambientes hospedados e locais. “Temos essa visão da colaboração há dez anos, mas somente agora, com a infraestrutura do Microsoft Communicator, fomos capazes de visualizar um produto real feito com essa tecnologia.” — Eric Schoen

Para mais informações:

www.2s.com.br | 11 3305-1200 | atendimento@2s.com.br Visite o website www.2s.com.br/lync para obter detalhes sobre os recursos de tecnologia e para ler as histórias de sucesso dos clientes. * O Lync Server 2010 funciona com uma solução de terceiros para fornecer este serviço. Obtenha mais informações aqui: http://www.2s.com,br/lync. Todos os direitos reservados. Este documento tem finalidade somente informativa. A MICROSOFT NÃO FAZ GARANTIAS, EXPRESSAS OU IMPLÍCITAS, NESTE RESUMO. Microsoft e Active Directory são marcas comerciais registradas da Microsoft Corporation dos EUA e/ou outros países. Os nomes das empresas e produtos aqui mencionados podem ser marcas comerciais de seus respectivos proprietários

lay_anuncio_2S.indd 95

22/12/10 14:29


lay_anuncios_fiap.indd 96

22/12/10 14:29


8170 -- Arquivo: 241114-14932-HW-9164-26-AN SAP MACACO 20.2x26.6_pag001.pdf

00:14:20 04/11/2010 lay_anuncio_SAP.indd 97

15/12/10 11:59


// Conversa com CIOs

Culinária francesa Stela Lachtermacher | IT Mídia

Com ingredientes acrescidos por cada um a partir de sua experiência no dia a dia na condução de TI de suas empresas teremos verdadeiras receitas de “chefs” a Na área de TI é comum noticiarmos fusões e aquisições feitas por grandes multinacionais. Acabam merecendo destaque na imprensa, também, as transações entre corporações brasileiras, em especial, considerando alguns setores da economia como o financeiro, indústria alimentícia, entre outros. Mas pouco se vê com relação a outras empresas, ainda que estas ocupem lugar na listas das mil maiores companhias com atuação no Brasil. E isso foi uma das coisas que me chamou atenção em um dos temas dos Intercâmbios de Ideias deste IT Forum +, o de “TI em Fusões e Aquisições”. Durante os debates foram apresentados cases de companhias nacionais adquirindo ou sendo adquiridas por outras empresas brasileiras e os participantes tiveram oportunidade de ouvir daqueles que já passaram por estes processos, alguns mais de uma vez, a respeito do impacto destas negociações na área de tecnologia. Curioso o conceito exposto por Aldo Navarro, do Grupo Águia Branca, sobre a trilogia de sucesso para as fusões composta por: competência, paixão e importância para a empresa. Sendo que ele mesmo já avisa que tem que haver uma combinação dos três, senão não o processo não dá certo. Mas não foi só isso que me chamou atenção neste IT Forum +. A ansiedade pela troca de informações e experiências era evidente em cada um dos convidados. Ficou claro que realmente faltava entre os gestores de TI uma oportunidade para se conhecerem e confirmar o que a maioria já supunha (e pode comprovar na prática), que é que os problemas são muito semelhantes, independente do setor de atuação da empresa. E, por meio desta troca, o ganho é de todos. E isso é muito facilmente verificado. O que vimos na segunda edição do encontro foi a prática da criação de Foto: Magdalena Gutierres

conhecimento a partir da troca de informações. Afinal, a informação é mera matéria prima. De posse deste componente, se você não completa a receita, o resultado não irá acontecer. Por outro lado, se cada um, a partir de sua prática, somar aquele ingrediente que não estava na receita, mas que faz toda a diferença, teremos um prato de “chef”.

98 | IT Forum + 2010

lay_converdacomcio.indd 98

13/12/10 14:52


A rede de dados de sua empresa está preparada para o futuro? As soluções de redes de dados da Avaya oferecem

7 vezes mais resiliência, consomem 40% menos energia e têm desempenho até

20 vezes superior quando comparadas a algumas soluções de mercado.

O jogo mudou com a rede de dados Avaya.

Siga-nos e compartilhe:

0800 701 7100 | marketing@avaya.com | www.avaya.com/br

lay_anuncio_avaya.indd 99

22/12/10 14:35


Revista do ITForum+ 2010