Issuu on Google+

Projeto de Cooperação


OUTclass – Geminar pela Educação Com o projeto OUTclass, alunos moçambicanos e portugueses realizam, em ambiente de sala de aula e monitorizados por um professor, atividades semanais que lhes permitem não só melhorar a escrita, como também os dotam de novas formas de expressão, desenvolvendo em simultâneo o gosto pela Língua Portuguesa e pelas Ciências, objeto central do projeto. Usar novas abordagens, que criem oportunidades, para os mais novos, de instrução de um saber científico cada vez mais sólido, representa hoje, uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos e aptidões, que fomentem o desenvolvimento do seu espírito crítico e empreendedor. O contacto em e-grupo, um aluno português e um aluno moçambicano, é feito via Internet, e nesse espaço de tempo, ambos os elementos têm a oportunidade de adquirir novos saberes e competências através da exploração de exercícios que lhes permitem trocar experiências interculturais. Conjugando um programa de conversação da Internet com a realização de atividades, este projeto permite que os alunos comuniquem, se conheçam e se deem a conhecer, com outros alunos da mesma faixa etária, residentes noutro país. Deste modo, o projeto OUTclass pretende afirmar uma forma de cooperar que permita o desenvolvimento sustentado e o envolvimento da sociedade em projetos de Educação, que qualifiquem alunos e professores a nível tecnológico, estimulando-os a partilhar novas formas de aprendizagens mais dinâmicas e interativas.

“Geminar pela Educação” é o lema que norteia o projeto OUTclass ao fazer com que a comunidade sinta a sua escola e perceba que esta pode pertencer a um mundo global sem sair da sua aldeia. Aprender coisas novas, contactar com outras realidades, com

2


outras culturas, com outras maneiras de ver o mundo e encarar os problemas é o desafio da geminação pela Educação.

A mais-valia deste projeto prende-se com o facto deste tipo de geminação ser duradouro, uma vez que assenta num trabalho de base com crianças, fazendo, ao mesmo tempo, com que pequenas aldeias, localidades ou regiões possam projetar-se no Mundo Global.

Objetivos O objetivo do Projeto OUTclass é a difusão da Língua Portuguesa e a promoção do gosto pelas Ciências através da consagração do uso dos computadores e da Internet como ferramentas de aprendizagem. A Internet permite aos professores e aos alunos estreitar as distâncias físicas entre os diferentes Países e dentro do mesmo País, criando um ambiente de convívio fraterno ao mesmo tempo que se desenvolve um ambicioso programa de trabalho. Os

alunos

em

e-comunidade,

comunidade

virtual totalmente

digital,

têm

a

oportunidade de realizar, em ambiente de sala de aula e monitorizados por um professor, atividades semanais que lhes permitem trocar experiências interculturais através da exploração de exercícios que lhes concedem um diferente entendimento do Mundo.

Semanalmente,

as

rotinas,

ideias,

costumes,

pontos

de

vista dos

alunos

moçambicanos chegam a Portugal através do Skype, onde são partilhadas com crianças de duas escolas básicas. A estes meninos portugueses, os colegas moçambicanos ensinam o que é o clima tropical que se sente na sua terra, como é a sua gastronomia, que árvores compõem a sua paisagem, dando-lhes a conhecer um pouco de um mundo que eles nunca viram.

Ao mesmo tempo, ficam a conhecer uma realidade diferente da sua, a rotina de meninos que não apanham um machibonbo para chegar à escola, que não pescam 3


camarão para o jantar no caminho da escola para casa, que vivem num país onde o inverno é frio.

Esta partilha mútua da cultura de Portugal e Moçambique acontece de forma natural, no decorrer das atividades propostas pelo projeto para incentivar os alunos a manter uma relação dinâmica assente, a cada semana, numa nova temática. Estas atividades cumprem o objetivo fundamental de aproximar os alunos das novas tecnologias, através do uso do computador, Internet e Skype como meio de acesso a outros povos e culturas, ao mesmo tempo que procuram promover novas abordagens que criem nos mais novos a curiosidade dos saberes científicos, fomentando o desenvolvimento do espírito crítico e empreendedor. Explorando conteúdos como os contos tradicionais, a gastronomia, as danças tradicionais, os instrumentos musicais, o clima ou os costumes, o OUTclass sensibiliza os alunos para a diversidade cultural existente e ajuda-os a sair da sua pequena aldeia, vila ou cidade, europeia ou africana, projetando-se num mundo global e rico.

O OUTclass trabalha ainda no sentido de promover o gosto pelos livros e pela leitura, através da animação de contos e da oferta dos mesmos aos alunos envolvidos, impulsionando a aquisição de ferramentas de aprendizagem, que conduzam o aluno a aumentar a literacia nos vários domínios do saber. A cada semana, os alunos envolvidos no OUTclass ficam um pouco mais cidadãos do mundo, um pouco mais permeáveis à multiculturalidade, um pouco mais tolerantes para com a diferença e sedentos de conhecimento. Isto porque, a par com o aperfeiçoamento do seu domínio de ferramentas digitais, da leitura e do texto escrito, o OUTclass promove os valores cívicos, no sentido de desenvolver uma cultura de Paz e estimular atitudes de cooperação, de solidariedade e de tolerância entre os povos.

4


História Em janeiro de 2007, a Universidade de Aveiro, em cooperação com o Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento, a Câmara Municipal de Águeda e o Ministério da Educação, criou o projeto OUTclass. Este projeto consistiu na criação de uma e-comunidade onde interagem alunos e professores em torno de um tema semanal lançado pelo Projecto Matemática Ensino da Universidade de Aveiro e que será trabalhado numa sessão com um programa de comunicação ponto a ponto. Para este efeito todas as escolas foram equipadas com todas as ferramentas necessárias à prossecução deste projeto. No decorrer dos últimos quatro anos, foi possibilitada aos alunos do Colégio Académico da Beira, em Moçambique, e da Escola Básica de À-dos-Ferreiros, em Águeda, Portugal, a troca de experiências e conhecimentos nas diversas áreas do saber que contribuíram para o seu enriquecimento cultural, para o aumento do respeito pelo outro e para o interesse pelas diversas culturas. No decurso do último ano, foi acrescentado a este projeto mais uma escola, a EB1 de São Sebastião, em Águeda, Portugal. Desta forma, a rede de escolas atual é composta por três escolas e beneficiam diretamente do projeto 52 alunos de Portugal e de Moçambique, distribuídos da seguinte forma:

Colégio Académico da Beira (Beira) – 31 alunos;

EB1 de À-dos-Ferreiros (Águeda) – 14 alunos;

EB1 de São Sebastião (Águeda) – 7 alunos.

5


Programa O programa do OUTclass assenta na Língua Portuguesa e na promoção do livro e da leitura, sem esquecer as Ciências com temas já desenvolvidos em anos anteriores e outros novos que se irão criar. Os objetivos são:

sensibilizar os alunos para a diversidade cultural (contos tradicionais, gastronomia, danças tradicionais, instrumentos musicais, entre outros);

promover novas abordagens que criem nos mais novos a curiosidade dos saberes científicos e que fomente o desenvolvimento do espírito crítico e empreendedor;

promover o gosto pelos livros e pela leitura através da animação de contos e da oferta dos mesmos;

promover a aquisição de ferramentas de aprendizagem que conduzam o aluno a aumentar a literacia nos vários domínios do saber;

promover a utilização das tecnologias da comunicação e informação como meio de acesso a outros povos e culturas.

Promoção da leitura e do livro

Devido aos níveis de insucesso escolar, resultantes principalmente dos baixos níveis de literacia, é necessário, senão urgente, formar crianças leitoras.

Para alterar estes resultados será necessário implementar estratégias que despertem o gosto pela leitura. A leitura autónoma faculta ao aluno uma base de ferramentas que facilitam a compreensão de informações que se transformarão em conhecimento. O

6


objetivo primordial é que as atividades sejam um meio para promover o gosto pela leitura e por outras culturas.

O diálogo intercultural, nomeadamente a troca de experiências, vivências, histórias, entre outras, incentiva e promove o gosto pela leitura assim como o respeito pelo outro e o conhecimento do mundo.

Competências a desenvolver

Desenvolver o gosto pela leitura e pela escrita;

Estimular a criatividade e a imaginação;

Respeitar e reconhecer costumes e tradições de outros povos e culturas;

Desenvolver a comunicação e a cooperação com o outro;

Promover valores cívicos e democráticos no sentido de desenvolver uma cultura de Paz;

Estimular atitudes de cooperação, de solidariedade e de tolerância entre os povos;

Fomentar a interação social, criadora de identidades e de sentido de pertença comum à humanidade.

Outros temas a desenvolver

Além do tema central – a Língua Portuguesa, vão ser desenvolvidos outros à semelhança de anos anteriores e dos quais se apresenta a seguinte listagem.

Tabuleiro - O meu amigo

Dia dos Namorados

Amizade

Reciclagem

Corpo Humano

Palavras Secretas

Alimentação

Às Voltas com as Palavras

Carnaval

Dia da Árvore

Onde Vivemos

Estações do Ano 7


O Livro

Férias

Provérbios

Fusos Horários

Profissões

Pesca e Barcos

Ciclo da Água

Poluição

Bandeira

L

Resultados Esperados

Compilação das recolhas de contos tradicionais, ilustrações, máscaras, vestuário, letras de músicas, descrições da fauna e da flora, realizadas pelos alunos, ao longo do ano, num livro.

Estes trabalhos poderão ser reunidos e divulgados numa exposição itinerante que conduzirá o seu visitante numa viagem de descoberta à diversidade e à riqueza culturais de outros espaços.

A dinamização da Aprendizagem das Ciências em ambiente não–formal.

Aumentar os conhecimentos a nível de conceitos, cálculo mental, manipulação da tecnologia, leitura e escrita e sobretudo desenvolver o gosto pelo estudo.

8


Projecto OUTCLASS