a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

Cid Gomes chamou Artur Lira de "achacador" > A-2 Trump exalta Brasil e Bolsonaro Em jantar na Flórida (EUA) o presidente Donald Trump disse que o Brasil está no caminho de uma 'virada' e elogiou o trabalho do colega Jair Bolsonaro. Antes de viajar, o presidente brasileiro convocou a população para a manifestação do próximo dia 15. > A4

edição PRIMEIRA

Duas apostas levam Mega-Sena Dois apostadores acertaram a Mega-Sena deste sábado (7 de março) e vão levar mais de R$ 55 milhões, cada. Foram sorteadas as dezenas: 07, 09, 10, 19, 25 e 58. Quem fez a Quina vai descolar R$ 28 mil. Já a Quadra vai pagar R$ 553 a cada acertador 553.

Ano 13 | Edição 864 | Maceió, Alagoas, 9 a 15 de março, 2020 | R$2,00

Coronavírus: Alagoas já tem 1º caso confirmado; no País há 25 infectados No mundo, mais de 105 mil pessoas já foram infectadas; 80% dos casos são registrados na China, país onde vírus teve origem Alagoas tem um caso de coronavírus confirmado, além de sete suspeitos

(quatro mulheres e três homens), segundo a Secretaria da Saúde. No

Brasil, o número de casos confirmados subiu para 25, enquanto o de suspeitos fotos: Divulgação

caiu para 663, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde. No

mundo, mais de 105 mil pessoas já foram infectadas, sendo 80% na China,

Aliança de Renan e Rui se materializa, também, no terreno institucional O entendimento entre o governador Renan Filho (MDB) e o prefeito Rui Palmeira (sem partido) já avançou para o campo institucional. Na sexta-feira (6) os dois se reuniram no gabinete do prefeito para dis-

Rui e Renan (6ª feira, no gabinete do prefeito)) ampliando novo acordo político para o campo institucional

país onde o Covid-19 teve origem no final de dezembro passado. > A-4

cutir projetos de saneamento para Maceió. Ao final, confirmaram apoio a Alfredo Gaspar para suceder Rui na Prefeitura. Gaspar acaba de se desligar do MP-AL para assumir sua cadidatura. > A-3

Gazeta: “Acordo fake news”

> A-3

Prefeitura deve arrecadar 122 mi com IPTU Estudo pode ajudar a explicar acidente na área do Pinheiro > A-2 Reposição salarial de servidores do TJ só depende da ALE > A-5

A Prefeitura de Maceió trabalha com a expectativa de arrecadar R$ 122 milhões com o IPTU no exercício de 2020, aí já descontado um índice de inadimplência que deve girar em torno de 46%. A Secretaria Municipal de Economia acaba de anunciar a prorrogação, para 20 de abril, do prazo para pagamento da cota única do Imposto Predial e Territorial Urbano, com desconto de 10%. > A-5

Secretaria de Economia tem como meta arrecadar R$ 122 milhões com IPTU, já descontada a inadimplência

CSA perde para Fortaleza e está fora da Copa Nordeste

CSA atua bem na etapa final, mas faltou competência para arrancar o empate ante o bom time do Fortaleza

O time até que se houve bem, resistindo, ameaçando, mas não deu: o CSA perdeu de 1x0 para o Fortaleza, no Castelão, na tarde deste sábado (10) e está eliminado da Copa Nordeste. O único gol foi marcado por Tinga aos 31 minutos do 1º tempo. Azulão é o lanterna e está fora da competição. > B-1

Galo faz 2x0 no CEO, chega aos 10 pontos e fica à frente do Azulão Em jogo que marcou a estreia de Gum no elenco alvirrubro, o CRB venceu o CEO por 2x0 neste sábado no Rei Pelé, com gols de João Carlos. Com o resultado Galo chega a 10 pontos e passa o rival CSA, que sofreu nova eliminação, no Ceará. > B-1

Fale conosco | Redação: (82) 3021.5837 | Comercial: (82) 3021.0563 | Assinante: (82) 3021.0563 | Internet: http://www.primeiraedicao.com.br | e-mail: contato@primeiraedicao.com.br


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

A2 | Política

Cid Gomes, senador da escavadeira, já chamou Artur Lira de "achacador"

E D A C S O E R Õ T Ç A S ACU Personagem central da confusão no Ceará, envolvendo governo e policiais militares em greve, o senador Cid Gomes (irmão do desequilibrado Ciro Gomes, ex-candidato a presidente da República pelo PDT), já trocou acusações com Artur Lira, líder do PP na Câmara Federal, chegando a chamar do parlamentar alagoano de "achacador" por causa da cessão onerosa. Foi em dezembro do ano passado. Em meio à disputa entre Senado e Câmara por recursos do megaleilão de petróleo do pré-sal, o senador Cid Gomes (PDT-CE) atacou o líder do PP na Câmara, Arthur Lira (AL), o chamou de "achacador", dizendo, na ocasião, que o Senado não pode virar refém das decisões da outra casa legislativa sobre a destinação do dinheiro. Na época, os senadores ameaçam travar a votação em segundo turno da reforma da Previdência diante da insurgência da Câmara, que tentava garantir para os municípios uma fatia maior no bolo de recursos do megaleilão e destinar o dinheiro por meio de emendas parlamentares. O Senado, por sua vez, queria parcelas iguais para Estados e mu-

Deputado alagoano revidou: "Cid Gomes é um desqualificado, mentiroso, vulgar e irresponsável" fotos: Divulgação

nicípios por meio dos fundos de participação, para que a verba ajude no déficit da Previdência. Para Cid Gomes, a queda de braço é um retrato do que está "transformando o Senado no subparlamento brasileiro", com papel "pífio" nas decisões nacionais. "Trabalhei na campanha do deputado Rodrigo Maia (à Presidência da Câmara), mas o que está acontecendo lá é que o presidente está se transformando numa presa de um grupo de líderes liderado por aquele que, podem escrever o que estou dizendo, é o projeto do futuro Eduardo Cunha brasileiro. Eduardo Cunha original está preso, mas está solto o líder do PP que se chama Arthur Lira, que é um achacador, uma pessoa que no seu dia a dia, a sua prática é toda voltada para a chantagem, para a criação de dificuldades para encontrar propostas de solução", afirmou o senador.

Artur lira revidou: “Desqualificado, mentiroso, vil, vulgar e irresponsável”

"ACHACADOR"

"O presidente da Câmara está se transformando numa presa de um grupo de líderes liderado por aquele que, podem escrever o que estou dizendo, é o projeto do futuro

Cid Gomes, O Escavador, chamou o deputado Artur Lira de “achacador”

Eduardo Cunha brasileiro. Eduardo Cunha original está preso, mas está solto o líder do

PP que se chama Arthur Lira, que é um achacador, uma pessoa que no seu dia a dia, a sua

prática é toda voltada para a chantagem, para a criação de dificuldades para encontrar propostas de solução", disse Cid Gomes. Arthur Lira revidou. Da tribuna da Câmara, ele anunciou que decidira interpelar o pedetista Cid Gomes judicialmente e defendeu a prerrogativa dos deputados para alterar os critérios definidos no Senado, onde Cid Gomes foi relator da proposta da cessão onerosa. A resposta ao senador, disse Lira, vai ser dada judicial e politicamente.

"IRRESPONSÁVEL"

"O senador apequena seu nome e do seu Estado, ocupa a tribuna do Senado levianamente com dor de cotovelo porque a maneira que ele pensou talvez não tenha sido acordada", afirmou Lira, acrescentando: "O senador se doeu de maneira irresponsável. Vai pagar com processo", declarou Arthur Lira, que chamou Cid Gomes de "desqualificado, mentiroso, vil, vulgar e irresponsável". (Com IstoÉ Independente).

> SOBRA DO FUNDEB

'Rateio' entrará na conta dos professores nesta 4ª feira, junto com 2ª faixa salarial Fim da longa espera: os recursos referentes ao saldo não utilizado do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação - mais conhecidos como 'rateio do Fundeb' - serão depositados nas contas dos professores da rede estadual na próxima quartafeira (11). Na mesma data, a Secretaria Estadual da Fazenda estará creditando na conta de todos os servidores do Poder executivo os créditos referentes à segunda faixa salarial. Na sexta-feira (6) o governador Renan Filho sancionou a Lei N° 8.250, que dispõe sobre a distribuição das sobras de recursos do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) com os servidores em efetivo exercício no magistério

da educação básica. "A Assembleia Legislativa aprovou ontem o rateio do Fundeb. Hoje, nós já sancionamos a lei e eu queria comunicar que, na próxima quartafeira, o rateio do Fundeb estará na conta de todos os professores da rede estadual de Alagoas", anunciou Renan Filho. O governador aproveitou para fazer um agradecimento à Assembleia Legislativa do Estado (ALE) pela aprovação, na íntegra, do projeto de lei, que ocorreu na quinta-feira (5) em sessão extraordinária. "Quero aproveitar para fazer um agradecimento à Assembleia Legislativa que colaborou decisivamente para que, juntos, tivéssemos as condições objetivas e necessárias para realizar o pagamento do rateio

Renan Filho destacou empenho da Assembleia para aprovação do ‘rateio’

aos professores", agradeceu Renan Filho.

MUNICÍPIO

De Acordo com a Lei Orçamentária Anual (LOA) aprovada pela Câmara Municipal e

sancionada pelo prefeito Rui Palmeira, para o exercício de 2020, em montante superior a R$ 2,6 bilhões, pelo menos R$ 56.520.131 serão destinados às ações do Orçamento Criança e Adolescente (OCA), uma prio-

ridade da atual gestão. Do total de recursos aprovados para esse segmento (R$ 563.247.858) serão destinados para as ações planejadas, sendo R$ 56.520.131 de recursos próprios. Em 2019 o valor destinado ao OCA foi de R$ 155.190.993. Isso significa que para 2020 houve um crescimento de 262,94% neste orçamento. A LOA engloba o orçamento fiscal, seguridade social e de investimentos das empresas públicas. De acordo com Jailton Nicácio, diretor de Planejamento Orçamentário da Secretaria Municipal de Economia (Semec), o OCA não se trata de um conceito e, sim, de uma metodologia que permite dar transparência maior a um conjunto de ações e despesas do orçamento público desti-

nado à proteção e desenvolvimento da criança e do adolescente. "Com o anexo do OCA é possível que a sociedade monitore o que se destina à promoção e ao desenvolvimento da criança e do adolescente, considerando tanto ações implementadas para a atenção direta às crianças e aos adolescentes quanto aquelas que melhoram as condições de vida de suas famílias", disse Nicácio. O prefeito sancionou a lei com 74 emendas e com apenas dois vetos, por considerar que as emendas parlamentares propostas violavam artigos da Constituição do Estado de Alagoas e da Lei Orgânica do Município de Maceió, que vedam a anulação de dotações para pessoal e encargos. (Com Secom/Maceió).

> INVESTIGAÇÃO

Encomendado pela Braskem, estudo na Lagoa poderá explicar acidente geológico do Pinheiro Da Redação com Assessoria

A Braskem iniciou na quinta-feira (5 de março), um estudo de sísmica na Lagoa Mundaú, om duração prevista de 8 dias (conclusão ocorrerá na próxima quinta-feira) com as atividades realizadas das 7h às 17h, por uma empresa especializada na área de estudos ambientais e geológicos. Com mais essa investigação, a Braskem está dando continuidade aos estudos para entendimento dos fenômenos geológicos nos bairros do Pinheiro, Mutange, Bebedouro e Bom Parto. O plano de estudo foi autorizado pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA) e sua realização não causará nenhum im-

pacto na prática da pesca no local, pois o trabalho é silencioso, não gera ruídos, nem ondulação da água. Será realizado um monitoramento contínuo no local para a garantia de que não ocorrerá nenhuma alteração do meio. De acordo com a Assessoria da Braskem, os dados são coletados por equipamento semelhante ao ultrassom, instalado em um barco, que capta imagens do solo e subsolo em até 40 metros de profundidade. O barco vai navegar lentamente, a 6km/h, de forma a mapear toda a lagoa. Para Moradores do Pinheiro e adjacências são assistidos por ações da Braskem garantir que as ondas emitidas pelo equipamento de coleta de sendo feitos monitoramentos IDENTIFICAÇÃO dados não impacte os animais laboratoriais diários da qualiEnquanto isso, começou na da lagoa, um segundo barco dade da água, em pontos pré- quarta-feira (4) o trabalho de equipado de microfone acom- determinados pelo IMA. To- identificação e selagem dos panha, monitora e registra to- das as informações serão re- imóveis inclusos no lotes 5 da da a atividade. Também estão portadas ao órgão ambiental. Ajuda Humanitária do Gover-

no Federal. A ação está prevista no Termo de Acordo Para Apoio na Desocupação das Áreas de Risco, celebrado entre Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público Estadual (MPE/AL), Defensoria Pública da União (DPU), Defensoria Pública Estadual (DPE) e a Braskem. O acordo foi homologado nos autos dos processos n° 0803836-61.2019.4.05.8000 e n° 0806577-74.2019.4.05.8000 e faz parte da etapa de transferência de cadastro dos beneficiários, que passam a ser atendidos pela empresa Braskem. O procedimento de selagem consiste na identificação dos imóveis inseridos no lote 5 pelos técnicos sociais da Braskem. Nessa etapa, a equipe identifica e cola um selo nas moradias. Para os imóveis que

estão desocupados, não é necessária a presença do proprietário. Com esta identificação das unidades, os 47 beneficiários do lote 5 passarão a ser atendidos pela Braskem no auxílioaluguel e não mais pelo benefício federal da Ajuda Humanitária. A 12ª parcela do benefício federal do lote 5 será liberado para saque neste mês de março, encerrando, assim, o repasse de recurso federal previsto na renovação. De acordo com a Braskem, em data a ser divulgada em breve, a empresa entrará em contato com os proprietários dos imóveis do lote 5 para agendar a primeira reunião na Central do Morador, para início do Programa de Compensação Financeira e Apoio à Realocação.


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

Política | A3

Romero Vieira Belo

Enfoque Político Jornalista é, antes de tudo, a busca da verdade

Washington Luiz, Alagoas e o projeto Moradia Legal Lançado há 15 anos, o Moradia Legal alcançou, em novembro último, a incrível marca de 40 mil escrituras distribuídas, sem qualquer ônus, a famílias carentes de Alagoas. O programa foi trazido pelo desembargador Washington Luiz, em 2005, quando o magistrado exercia o cargo de corregedor-geral da Justiça estadual. E decolou, vitorioso, como parceria dinâmica reunindo o Poder Judiciário, a Associação dos Notários e Registradores (ANOREG) e as Prefeituras alagoanas. Conhecedor da realidade social do Estado, com experiência de quem atuou como integrante do Ministério Público (promotor), do Legislativo (deputado) e do Judiciário (magistrado), Washington pensou nos mais humildes quando trouxe esse que é o maior programa de regularização fundiária da história de Alagoas. Ao longo desses últimos 15 anos, a presidência do Tribunal de Justiça, exercida por oito desembargadores, incluindo o próprio Washington Luiz, prestou impagável serviço legalizando, com registro cartorial, 40 mil imóveis residenciais, cujos proprietários, hoje, podem dizer e provar que são donos de suas casas. O sentido de abrangência foi o que mais comoveu Washington Luiz ao viabilizar a vinda do Moradia Legal. Não seria um programa exclusivo para moradores da capital ou da Grande Maceió, mas voltado para todos os municípios, não importando seu tamanho ou localização. A adesão é franqueada a todos. Desembargadores, juízes, autoridades do Ministério Público, políticos, empresários, gente do povo - participaram das sucessivas solenidades de distribuição de escrituras. Na reunião que marcou a entrega 40º registro, o atual presidente do Tribunal de Justiça, Tutmés Airan, resumiu o que significa o Moradia Legal sob a ótica dos magistrados em geral: "Esse é um programa que faz bem às pessoas, que combate a sensação de desamparo". Mesmo não sendo matéria de origem do Executivo ou do Legislativo, o Moradia Legal virou um projeto de estado, permanente, porque, como concebeu Washington Luiz, sempre haverá famílias carentes precisando do olhar amigo da Justiça. TUTMÉS AIRAN: "VENCENDO RISCOS DO DESEMPARO" Por sua relevância social, o Moradia Legal foi destaque em sessão especial da Assembleia Legislativa. Da tribuna, disse o desembargador Tutmés Airan: "São mais de 200 mil pessoas beneficiadas, isso é quase a população de Arapiraca. A entrega do título de propriedade tem uma importância muito grande na vida das pessoas. Elas passam a ter a certeza de terem vencido os riscos do desamparo".

No gabinete do prefeito, Renan Filho e Rui Palmeira discutem ações no campo institucional, como obras de saneamento, e apoio a Alfredo Gaspar

> ALIANÇA

Renan e Rui se unem também para executar obras na capital Encontro no gabinete de Rui consolida entendimento também no campo institucional Da Editoria de Política

Como deveria ser, segundo a ordem natural dos fatos, a união institucional do governador Renan Filho e do prefeito Rui Palmeira, precedendo uma aliança eleitoral já claramente delineada, consumou-se na sexta-feira (6), durante reunião dos dois líderes no gabinete da Prefeitura Municipal, em Jaraguá. Ali, em ambiente mais amistoso do que formal, prefeito e governador discutiram amplamente a execução de obras de saneamento na capital alagoana, num encontro robustecido com a presença de secretários estaduais e do Município Ao final, disse Rui Palmeira: "Com o Programa Nova Maceió, temos feito grandes investimentos na área de sanea-

mento, por isso esse encontro para azeitar ainda mais as relações de trabalho entre Prefeitura e Estado. Vamos apresentar os cinco pacotes de obras da Prefeitura que contemplam saneamento, três deles já em execução. São investimentos para Maceió e que também beneficiam a Região Metropolitana".

ALINHAMENTO

Para Renan Filho, o encontro buscou 'um alinhamento em defesa dos interesses da população de Maceió'. - Trouxemos nossa equipe de técnicos para integrar os trabalhos. Isso garantirá que no futuro o saneamento de Maceió funcione bem para a população. Nosso empenho é para integrar os esforços da Prefeitura com as obras do Governo do Estado. Num momento de

Brasil dividido, estamos buscando aproximar para permitir que Prefeitura e Estado pisem no acelerador e as obras andem mais rápido.

NOME COMUM

O momento não era para tratar de política e eleições, mas Renan Filho confirmou o cenário que todos já conhecem: - É fundamental que tenhamos um nome à altura dos anseios e necessidades da população - disse o governador, citando o nome do ex-procurador-geral de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), Alfredo Gaspar. Em seguida, o prefeito Rui Palmeira completou: - É de total interesse dialogar e buscar o melhor nome. O Alfredo Gaspar é um nome respeitado e uma pessoa capacita-

da.

O ex-chefe do Ministério Público alagoano ganhou projeção no estado, primeiro como o secretário de Segurança que desmontou os esquemas de violência que colocavam Alagoas no topo da criminalidade nacional e, depois, como presidente do Grupo Nacional do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado. No Ministério Público, Alfredo Gaspar se destacou, principalmente, pelas ações de combate à corrupção, uma das praças que sugam os recursos públicos extraídos dos impostos pagos pela população. O procurador, agora aposentado, vai definir o partido pelo qual disputará a Prefeitura de Maceió, com apoio fechado do governador Renan Filho e do prefeito Rui Palmeira.

> INFORME VIRTUAL

Washington Luiz entregando escritura a uma moradora de Piranhas

WASHINGTON LUIZ: "DONOS DE FATO E DE DIREITO" Por sua vez, o desembargador Washington Luiz, no plenário em que atuou como deputado e líder de bancada, sintetizou elogiando a adesão dos prefeitos alagoanos: "Com as escrituras, as pessoas passam a ser, de fato e de direito, donas de seus imóveis e isso nos enche de alegria. O Moradia Legal é um grande sucesso e já virou referência em outros estados". RISCO DE CRISE ENTRE OS PODERES A relação entre governo e Congresso precisa de equilíbrio. Sem harmonia entre as instituições, perde o País, perde a sociedade. Bolsonaro não pode ignorar o Parlamento, assim como o Congresso não pode decidir à margem do Executivo. Quando isso acontece, sabe-se como a crise começa e como termina... LUTANDO TENTANDO RECOMPOR IMAGEM Enquanto o PT, por aqui, segue sem projeto eleitoral definido para este ano (não sabe com quem se alia), Lula peregrina pelo exterior num esforço para recompor a imagem. Após audiência com o papa Francisco, no Vaticano, provocou encontros com os ex-presidente da França Nicolas Sarkozy e François Hollande. PIB CRESCE E O ROMBO ORÇAMENTÁRIO, DIMINUI Não foi um crescimento robusto, mas o avanço de 1,1% do Produto Interno Bruto (PIB) conforme anunciado pelo IBGE, tem sabor de vitória por uma razão de peso: o crescimento se deu sem gastos do governo, sobretudo, em infraestrutura. Ou seria melhor o PIB crescer mais, e o rombo do governo, também? Conclusão: governo conduzindo o País pelo caminho certo. CANDIDATURA DE GASPAR VIRA ‘OBJETIVO COMUM’ A candidatura de Alfredo Gaspar a prefeito de Maceió deixou de ser um objetivo pessoal. Com a aliança entre Renan Filho e Rui Palmeira, o ex-procurador-geral se transforma em 'objetivo comum', unindo forças antagônicas e atraindo apoio de vereadores. Vai ser uma grande disputa com o deputado JHC, um político jovem, mas com boa experiência eleitoral.

'Gazeta' afirma que aliança de Renan com Rui é 'notícia falsa' Da Editoria de Política

Contrariando todas as evidências e ignorando articulações de bastidores e declarações afirmativas de políticos envolvidos no processo eleitoral deste ano, a 'Gazeta de Alagoas' (versão digital, pois a antiga Gazeta impressa agora só sai uma vez por semana) divulgou com destaque que o acordo político do governador Renan Filho (MDB) com o prefeito Rui Palmeira (sem partido) não passava de 'fake news' (notícia falsa). Em chamada de capa (edição de 29 de fevereiro de 2020), o jornal do senador Fernando Collor, inserido no Portal 'Gazetaweb', estampou em maiúsculas: "ACORDO FAKE NEWS - RUI DESMONTA ARTICULAÇÃO DO PALÁCIO E APONTARÁ NOME PRÓPRIA À SUCESSÃO". A Gazeta divulgou que a aliança entre Renan e Rui não passava de "fakes News plantadas por assessores do governo", enquanto, nos bastidores, os dois líderes discutiam e fechavam o acordo político e nova linha de entendimento no campo institucional.

CONFIRMAÇÃO

Menos de uma semana antes, o ex-governador Ronaldo Lessa, pré-candidato do PDT à Prefeitura da capital, confirma-

Alfredo Gaspar atrai governador e prefeito da capital, numa fortíssima composição para a sucessão deste ano

ra ter conversado com Rui Palmeira e ouvido a confirmação do entendimento entre o prefeito e o governador de Alagoas. Na sexta-feira, um encontro pessoal (e institucional) de Rui e Renan, no gabinete do prefeito, para tratar de projetos de saneamento em Maceió, confirmava, mais do que um 'alinhamento' de ações de governo e Prefeitura, uma real e incontestável reaproximação entre os dois políticos. A composição em curso nasceu de um atendimento voltado para um objetivo comum: apoiar a candidatura do ex-procurador-geral de Justiça do estado, Alfredo Gaspar de Mendonça (ainda sem parti-

do), à sucessão de Rui Palmeira.

QUEM PERDE

O novo rumo da política alagoana, com a união entre o governador e o prefeito da capital, torna mais difícil ainda o que pode ser o derradeiro projeto eleitoral de Fernando Collor: a reeleição em 2022, com apenas uma vaga em disputa, e tendo o governador Renan Filho como principal adversário. Com o Grupo Gazeta fragilizado (devendo mais de R$ 280 milhões em impostos, FGTS e encargos trabalhistas e dependendo de recuperação judicial para sobreviver), Fernando Collor (PROS) pode es-

tar muito próximo de buscar a sobrevivência como político detentor de mandato eletivo tentando o que, teoricamente, lhe seria menos difícil: uma vaga de deputado federal.

AÉCIO NEVES

Foi exatamente essa opção (deixar o Senado e descer para a Câmara), nas eleições gerais de 2018, que manteve o ex-senador e ex-governador Aécio Neves (PSDB) com assento no Congresso Nacional e, por conseguinte, com prerrogativa de função, o que lhe assegura responder eventualmente a processos perante o Supremo Tribunal Federal, e não na primeira instância de seu estado.


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

A4 | Nacional

> PANDEMIA Geraldo Câmara

Ouvidor Geral geraldocamara@gmail.com

O ZAP É INSTRUMENTO DE ROUBO O famoso "Whats'App", carinhosamente apelidado de Zap e tão afagado e usado por internautas de todo o mundo, sem dúvida alguma é reconhecido também como um instrumento de comunicação e de diálogo que, sem exageros, pode ser qualificado como ótimo. Só que agora também já serve como arma de criminosos que o estão usando para conseguir dinheiro de seus usuários. Esta semana recebi uma ligação de meu amigo Alberto (omito o sobrenome) informando que o telefone dele havia sido clonado e que estava sendo utilizado para pedir dinheiro aos seus amigos sob as mais diferentes modalidades e desculpas. Como se trata de uma pessoa de alta performance e sem necessidade de estar pedindo nada e muito menos através do Zap, nada de mais aconteceu. Mas, a orelha ardeu, as pessoas ficaram sem entender durante algumas horas e no final tudo acabou sendo resolvido sem prejuízo para ninguém. No entanto, se fosse um outro qualquer, uma pessoa que não tivesse uma certa instrução ou tirocínio, sem dúvida os assaltantes internautas se dariam bem. Daí o grande cuidado que se deve ter ao se entrar em qualquer campo da internet. Agora, mais ainda, no Zap.

DESTACÔMETRO O destaque de hoje vai para um cantor de primeira linha, entrosado com os movimentos sociais, ativista cultural e uma pessoa da maior grandeza. Falo de Igbonan Rocha, nosso homenageado da semana.

PÍLULAS DO OUVIDOR Esta semana vou estar em João Pessoa para várias reuniões com o Tribunal de Contas da Paraíba e com a ATRICON visando soluções para uma maior integração daquele estado com o Jornal Atricon da nossa TV Cidadã. O "streaming" que leva a TV Cidadã a qualquer lugar do mundo já está sinalizando a marca de mais de 5 milhões de visualizações, o que é absolutamente inédito para uma emissora oficial e de um estado nordestino. Por conta disso, o Jornal Atricon que já está na sua décima edição tem tido uma valia extrema porque divulga as ações de todos os tribunais de contas do Brasil e não só o de Alagoas. Uma integração absoluta. Em visita à Paraíba vamos aproveitar também, enquanto presidente da ABRAJET-AL para um encontro com Messina Palmeira, a presidente da ABRAJET-PB com a finalidade de trocarmos "know how" entre as entidades. A propósito de ABRAJET-AL, esta semana fizemos a nossa primeira reunião ordinária e além de mil ações que precisamos desenvolver para colocar a entidade absolutamente em dia tomamos várias decisões que ajudarão a colocá-la no seu devido lugar. Não se pode esquecer que a ABRAJET-AL faz parte do Conselho Curador de Turismo juntamente com outras instituições, como ABIH, ABAV, MCVB e, portanto precisa agir também em função do desenvolvimento do turismo. O Tribunal de Contas de Alagoas vem aí com uma série de ações importantes lideradas pelo seu presidente Otávio Lessa e dentre elas, a aplicação do Processo Eletrônico integrado acabando com a circulação de papéis. E Alfredo Gaspar de Mendonça partiu mesmo para uma nova luta, demitindo-se do Ministério Pùblico - o mesmo caso de Moro - e preparando-se para colocar seu nome à prova nas urnas de outubro. Um nome de peso na briga eleitoral. Aliás essa questão de quem é quem no processo deste ano já virou um "imbroglio" de tal ordem que fica impossível dizer agora o que vai acontecer em outubro. Ninguém se entende e fora do eixo governo-prefeitura ninguém é de ninguém. Neste último sábado, o Bartpapo Especial Almoçando com a Notícia aconteceu no restaurante Baobá, na Ponta Verde e liderado pela famosa Mãe Neide, a mesma que lidera a gastronomia da Serra da Barriga. Na foto os participantes do evento.

ABRAÇOS IMPRESSOS O médico Adenilton Paulo Rocha e a esposa Ivani Rocha em momento de pose na comemoração do aniversário dele na última semana. Pense num casal que se gosta de graça. Parabéns Paulo!

No Brasil, sobe para 25 número de pacientes com o coronavírus Ministério da Saúde confirmou novos casos de infectados no final da semana fotos: Divulgação

O Ministério da Saúde confirmou neste domingo novos casos do coronavírus no Brasil, o que fez o número de infectados no país subir para 25. São mais infectados em Alagoas, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Bahia. Todos os novos pacientes diagnosticados de SP, RJ e DF com Covid-19 contraíram a doença em viagens fora do país. Segundo o Ministério da Saúde, o caso da Bahia foi uma transmissão local após a mulher de 46 anos, uma trabalhadora doméstica, ter contato domiciliar com a primeira infectada no estado. Dos 19 casos confirmados no Brasil, 16 são de viajantes infectados no exterior e que retornaram com o Covid-19 ao país, enquanto os outros 3 casos foram de transmissão interna.

PACIENTE RESPIRA POR APARELHOS NODF

No caso do DF, a paciente de 52 anos está internada em estado grave e respira com ajuda de aparelhos. Ela viajou para o Reino Unido e voltou à capital em 26 de fevereiro, já com os sintomas. No Rio, outra paciente, também de 52 anos, apresenta sintomas de quadro viral

Ministro Henrique Mandetta (Saúde) amplia ações para conter expansão do coronavírus no Brasil

desde a última quarta-feira (4), quando voltou de uma viagem à Itália. Em São Paulo, as Infecções foram importadas da Itália, Estados Unidos e Irã; os pacientes estão estáveis e em isolamen-

to domiciliar. O número de suspeitos de terem a doença caiu de 768 para 663 pessoas. Outros 632 casos foram descartados, ainda conforme o Ministério da Saúde.

Alagoas tem 1º caso confirmado Com um caso positivo (confirmado neste domingo), Alagoas tem ainda sete pessoas com suspeita do coronavírus, conforme anúncio do Ministério da Saúde e Secretaria Estadual da Saúde.

O caso suspeito mais recente havia sido divulgado na 6ª feira, mas a Secretaria da Saúde ainda não informou o perfil do paciente: "Estão todos sob investigação". Os outros seis casos são de um homem

de 42 anos, um de 63 anos e outro de 32 anos. Além de três mulheres, de 71 anos, 47 anos e 34 anos. Segundo a Sesau, todos eles relataram viagem para Itália, França ou Alemanha.

No mundo, mais de 105 mil doentes O número global de notificações de infecção pelo coronavírus é de 105.901 casos, com 3.556 óbitos, em 95 países e territórios - aponta um balanço feito pela AFP neste sábado (7), com base nos últimos dados de fontes oficiais. Na Itália, a agência de saúde nacio-

nal confirmou, em coletiva de imprensa neste sábado (7), cerca de 6.000 casos confirmados e mais de 200 mortos. Na Alemanha, 45 novos casos foram confirmados na madrugada. O número total de pacientes no país chegou a 685.

Na China, o último boletim oficial informa queda significativa de novos casos da Covid-19. Nas últimas 24 horas, foram 28 novos mortos (as vítimas fatais estão em 3.070) e 99 novos pacientes (no dia anterior, foram 143 e, no total, são mais de 100 mil casos).

> CONVOCAÇÃO

Bolsonaro diz que protesto do dia 15 não é contra Congresso O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) convocou a população a participar das manifestações marcadas para o dia 15 de março. Em um discurso feito em Boa Vista (RR), na manhã deste sábado (7), o presidente foi claro e direto ao incentivar a população a participar dos atos, chamados por ele de "um movimento de rua espontâ-

neo". "Dia 15 agora, num movimento de rua espontâneo. E o político que tem medo de movimento de rua não serve para ser político. Então participem. Não é um movimento contra o Congresso, contra o Judiciário. É um movimento pró-Brasil. É um movimento que quer mostrar para todos nós, pre-

sidente, poder Executivo, Legislativo, Judiciário, que quem dá o norte para o Brasil é a população", afirmou, diante de uma plateia composta por diversos militares. "Quem diz que é um movimento popular contra a democracia está mentindo e tem medo de encarar o povo brasileiro", concluiu o presidente.

> NOS ESTADOS UNIDOS

Trump exalta Bolsonaro: "Está realizando um ótimo trabalho" O presidente Donald Trump (Republicanos) exaltou neste sábado (7) o trabalho feito por Jair Bolsonaro (sem partido) à frente do governo federal e afirmou que os Estados Unidos, assim como o Brasil, o amam. "O Brasil o ama. Os Estados Unidos o amam", afirmou Trump, durante o quarto encontro com Bolsonaro. "Nós temos uma ótima relação e está mais forte do que nunca." Os dois líderes jantaram juntos em Mar-a-Lago, resort pertencente ao mandatário norte-americano localizado próximo a Miami, na Flórida. "Ele está fazendo um excelente trabalho", disse Trump apontando para Bolsonaro. "É uma honra para mim e para o meu país. Eu tenho certeza que é muito bom contar com um bom relacionamento de direita", respondeu Bolsonaro. O R7 Planalto antecipou a informação de que Trump deve anunciar um

Presidente Donald Trump elogia colega Bolsonaro e afirma que o Brasil está dando ‘uma virada’

fundo de R$ 300 bilhões para incentivar investimentos de empresas norte-americanas na América Latina e, assim, fortalecer a presença na região. Não se

sabe, ainda, quanto será investido no Brasil. Bolsonaro permanece nos Estados Unidos até esta terça-feira (10).


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

O D O IO Ç N AVA O VIÁR N PLA Da Redação com Agência Alagoas

Ao assinar a ordem de serviço para implantar o trecho asfáltico ligando os Vales do Mundaú e Paraíba, conectando as cidades de Murici e Capela, o governador Renan Filho comemorou mais um avanço no plano viário executado em sua gestão: "Alagoas coloca de pé o maior volume de duplicações de rodovias que esse Estado já viu". A colocação do governador tem como referência o fato de os governos anteriores terem duplicado apenas 30 km de rodovias, aproximadamente, em todo o estado. Essa marca, aliás, já foi alcançada pela atual gestão em apenas cinco anos. Ao final de 2022 - segundo o planejamento do governo Alagoas deverá alcançar a marca histórica de 400 quilômetros de rodovias estaduais duplicadas. É quase 14 vezes o que fora executado até 2014 pelas demais gestões ou o equivalente à distância percorrida entre

Geral | A5

Renan Filho bate recorde de duplicação e concluirá Maceió-Arapiraca neste ano Até 2022, governo implantará 14 vezes mais rodovias duplicadas do que todas as gestões anteriores Maceió e João Pessoa, capital da Paraíba. - Alagoas dá manutenção na sua malha, tem as melhores rodovias do Brasil, constrói novas estradas e coloca de pé o maior volume de duplicações de rodovias que esse estado já viu - afirmou Renan Filho, durante a solenidade na 2ª feira (2 de março), no Palácio República dos Palmares. Na ocasião, o governador anunciou que pretende, até o meio deste ano, entregar pronta a obra de duplicação da AL220, entre Maceió e Arapiraca. No total, são 81 quilômetros de extensão. O trecho que vai da Barra de São Miguel a São Miguel dos Campos já foi entregue. Outros dois segmentos estão com obras em curso: de São Miguel dos Campos a Campo Alegre e deste município a Arapiraca. "Agora no meio do ano, quero entregar pronta a duplicação de Maceió até Arapiraca, que está andando a passos largos e será, sem dúvidas, a construção de um grande momento

fotos: Divulgação

Governo avança com obras de duplicação; trecho Maceió/Arapiraca deverá ser concluido no final do semestre

para o desenvolvimento do Estado", avaliou Renan Filho.

MAIS RODOVIAS

O superintendente de obras do Departamento de Estradas

de Rodagem (DER), Iran Menezes, acrescenta que além dos 400 km de rodovias estaduais duplicadas, Alagoas terá mais 242 km da duplicação da BR101, que estão sendo executa-

dos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), cujas obras contam com a colaboração do Governo do Estado. "No total, vamos chegar a

mais de 600 quilômetros de rodovias duplicadas. Hoje, já temos inaugurados 30 km, que correspondem à duplicação entre a Barra de São Miguel e São Miguel dos Campos e ao trecho de Delmiro Gouveia até Maria Bode. Temos mais 91 km em execução e 271 km em projeto, que correspondem à duplicação de Arapiraca a Palmeira dos Índios; Arapiraca a São Sebastião e Arapiraca a Delmiro Gouveia", detalhou Menezes. Vale lembrar, ainda, que Alagoas já ultrapassou São Paulo na 23ª edição da Pesquisa CNT de Rodovias. De acordo com o estudo da Confederação Nacional do Transporte (CNT) e Sest Senat, divulgado em outubro do ano passado, Alagoas tem o melhor conjunto de estradas do país. "Com mais rodovias, a gente melhora a atividade econômica. E são as construções, as duplicações e a manutenção da malha viária os investimentos que têm mais externalidades positivas nos investimentos privados", salienta Renan Filho.

> CORREÇÃO

Reajuste salarial de servidores do TJ-AL só depende de aprovação do Legislativo Da Redação com Assessoria do TJ Aprovada pelo plenário com a presença de 12 desembargadores, correção salarial dos servidores do Poder Judiciário de Alagoas só depende da aprovação da Assembleia Legislativa. O projeto de reajuste anual das remunerações dos servidores do Judiciário, referente à data-base, contempla a categoria com 4,31% para funcionários efetivos, estáveis e comissionados, índice equivalente à inflação (IPCA) de 2019. Realizada na terça-feira (3 de março), a sessão foi conduzida pelo presidente Tutmés Airan, com a participação dos desembargadores Sebastião Costa, Fernando Tourinho,

Washington Luiz, Elisabeth Carvalho, José Carlos Malta, Pedro Augusto, Otávio Praxedes, Klever Loureiro, Paulo Lima, João Luiz Lessa e Domingos Neto, além do diretor-geral Zilckson Márcio.

NOMEAÇÃO

Na véspera, o Tribunal de Justiça também empossou mais 24 técnicos judiciários aprovados no concurso de 2017. A maioria vai ser lotada no interior do estado, mas alguns serão destinados à Secretaria de Processamento Unificado (SPU) da Justiça estadual. O presidente Tutmés Airan disse que o Tribunal está ampliando seu quadro de pessoal "onde ele tem que ser fortalecido, que é no primeiro grau de jurisdição". - As comarcas estão sendo

preenchidas - frisou o presidente, acrescentando: "Evidentemente que ainda há muito a se fazer, mas, com as novas nomeações, já são 195 servidores incorporados ao Poder Judiciário (do concurso de 2017)". De acordo como diretor de Gestão de Pessoas do TJAL, Abelardo Laurindo, os servidores chegam num momento em que o Tribunal tem bastante necessidade. "Estamos trabalhando com digitalização de processos e com uma nova estrutura, que requer pessoas competentes para assumir esses postos". "A gente se prepara muito mas é sempre uma emoção, porque é um novo começo de vida, para quem se dedica", comentou Fabiano Silva Ribeiro, um dos empossados. O presi-

Tutmés Airan empossa novos servidores concursados e envia à ALE projeto com o reajuste salarial da categoria

dente Tutmés Airan afirmou que o TJAL pretende nomear mais 70 servidores deste con-

curso até o final do ano. O presidente da Associação Alagoana de Magistrados (Al-

magis), Sóstenes Andrade, também participou da solenidade.

> IMPOSTO URBANO

Prefeitura de Maceió espera arrecadação de R$ 122 milhões com IPTU deste ano Da Redação com Assessoria da Semec Ao anunciar a prorrogação até 20 de abril os prazos da cota única (com desconto) do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o diretor de Relacionamento com o Contribuinte, da Secretaria Municipal de Economia, Lúcio Calheiros, informou que neste ano de 2020 haverá 360 mil lançamentos, com expectativa de uma arrecadação média de R$ 122 milhões, já considerando o índice de inadimplência de 46%. Conforme o secretário, a taxa de inadimplência ainda é muito alta, mas ele salienta que a Secretaria de Economia tem buscado estratégias para a prática da justiça fiscal, oferecendo facilidades na hora de negociar ou quitar débitos tributários. A Prefeitura decidiu prorrogar para 20 de abril os prazos da cota única e da 1ª parcela do IPTU/2020. A data ante-

rior era prevista para vencimento em 31 de março, porém a prorrogação se fez necessária, devido a alguns ajustes internos no processo de produção e impressão do material. Os demais vencimentos, para quem optar pelo parcelamento, ficam mantidos para o último dia útil de cada mês. "Este ano precisamos estender o prazo e como isso impacta na data de postagem do documento para os contribuintes, para não prejudicálos, decidimos prorrogar, mesmo disponibilizando as guias desde janeiro pelo site da Prefeitura", explicou Lúcio Calheiros. Mesmo com a prorrogação, os contribuintes maceioenses que já querem garantir o desconto de 10% e efe- Secretário Fellipe Mamede ressalta esforço para reduzir taxa de inadimplência que atinge a receita com o IPTU tuar o pagamento da cota única, podem acessar os carnês e para quem optar pelo parce- IPTU ultrapassava os 50%. de, que está conferindo na prádireto no site www.maceio.al. lamento, pode ser feito em até Para o secretário municipal de tica o retorno do valor pago no gov.br , no menu à direita 10 vezes, com parcela mínima Economia, Fellipe Mamede, a imposto. IPTU 2020. "O valor arrecadado não só de R$30. diminuição da taxa de inadimPara este ano, a cota única Vale dizer que em 2017, o plência também é um reflexo do IPTU como de todos os tridá direito ao desconto de 10%, índice de inadimplência de da postura da própria socieda- butos municipais é revertido

em investimentos na cidade e os maceioenses estão conseguindo ver isso acontecer. Quando nós contribuintes conseguimos ver de perto a revitalização de praças, a melhoria de uma via, a entrega de um posto de saúde, a reforma de uma escola, podemos ter a certeza de que ali está o tributo pago por nós e isso deve nos estimular a cumprir, cada vez mais, o nosso papel de cidadão. A administração da cidade é feita pela Prefeitura, mas a parceria com a sociedade é essencial para fazer a cidade melhorar e se desenvolver de forma efetiva", destacou Mamede. O IPTU é o imposto que incide sobre imóveis localizados em áreas urbanas, sejam estes edificados ou não. Ele representa cerca de 12% da receita tributária do governo municipal de Maceió e é destinado a custear serviços, pagar despesas e compor orçamento de pastas essenciais, como Saúde, Educação, Infraestrutura e Segurança, entre outras.


A6 | Especial

Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020


Esportes

esportes@primeiraedicao.com.br

Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020 Diário Oficial dos Municípios - Opinião - Social

> SEM CHANCE

CSA perde pela quinta vez no Nordestão O Azulão vai apenas cumprir tabela contra o Freipaulistano no dia 15 de março, no Rei Pelé, e o ABC, em Natal, no dia 21 GloboEsporte,com O CSA não tem mais chances de classificação no Grupo B da Copa do Nordeste. A campanha é péssima. No último sábado, o time perdeu para o Fortaleza, por 1 a 0, ofereceu resistência a um adversário da Série A, mas continua com um ponto. Foi a quinta derrota em seis jogos da competição. O Azulão vai apenas cumprir tabela contra o Freipaulistano no dia 15 de março, no Rei Pelé, e o ABC, em Natal, no dia 21. O técnico Eduardo Baptista manteve na Arena Castelão a base titular que montou há dois jogos. O que continuou a não funcionar no Nordestão foi o setor ofensivo. O CSA tem até agora o pior ataque da competição, com apenas dois gols em seis partidas. Neste sábado, o Azulão até pressionou no segundo tempo, mas parou no goleiro Felipe Alves, que fez três grandes defesas em finalizações de Renatinho, Jean Cléber e João Paulo. No próximo jogo, contra o Freipaulistano, Baptista deve contar com o centroavante Mi-

DESTACOU O TÉCNICO

chel Douglas, que ainda não foi regularizado. Ele chegou recentemente ao Mutange para ser homem de referência na área.

PRIMEIRO TEMPO

O Fortaleza começou o jogo bombardeando. Colocou o goleiro Thiago Rodrigues para trabalhar, acertou a trave, com Wellington Paulista, e jogou em velocidade. O CSA baixou a marcação e tentava escapar no contra-ataque, principalmente com Allano. O gol do Fortaleza saiu aos 30 minutos. Após um escanteio da esquerda, Tinga subiu no meio da defesa do CSA para marcar de cabeça. Foi o segundo dele em 2020.

SEGUNDO TEMPO

O CSA foi mais incisivo na etapa final. Perdendo, adiantou o time e criou chances. Na primeira, Renatinho acertou um belo chute de longe e Felipe Alves defendeu. Na sequência, Jean Cléber apareceu na cara do goleiro e Felipe salvou o Fortaleza, numa defesa arrojada. O Tricolor tentava administrar o jogo, diminuiu o

No Ceará, o CSA perdeu por 1 a 0 neste sábado e não tem mais chance de classificação na Copa do Nordeste

ritmo e partia só na boa. Quando chegava, tinha dificuldade para finalizar. Foi assim numa bola que sobrou limpa na área, sem goleiro, mas Edson Caríus não chegou. O CSA respondeu numa finalização venenosa de João Paulo, mas Felipe Alves espalmou frustrando o que poderia ser gol do CSA.

NÃO FOI DESTA VEZ

O volante Márcio Araújo (ex-Flamengo e Chapecoense) não estreou neste sábado. Ele foi relacionado pelo técnico do CSA pela primeira vez, mas não foi a campo. Eduardo Baptista preferiu fazer mudanças mais ofensivas, até porque o time estava perdendo mais uma vez.

FECHA O GOL

Na etapa final, o CSA tentou o empate e criou três boas oportunidades. Todas pararam em belas defesas do goleiro Felipe Alves. A melhor saiu aos 29 minutos. Jean Cléber pegou uma sobra na área, ficou livre e não passou pelo camisa 12 do Fortaleza, que ajudou muito ao Leão na vitória.

O técnico Eduardo Baptista disse que ninguém pode ficar satisfeito com derrota, mas destacou o segundo tempo do CSA contra o Fortaleza, neste sábado. Ele quer que o time mantenha o "espírito" demonstrado na Arena Castelão para buscar seus objetivos no decorrer da temporada. Admitiu que falta ainda mais força ofensiva. Baptista disse que os dois tempos foram bem diferentes. - No primeiro tempo, a equipe do Fortaleza teve um jogo ofensivo, e a gente procurou marcar da melhor maneira. O Fortaleza criou pouco, chegou pouco, fazendo um gol apenas de escanteio. É normal, pelo estilo de jogo, que eles tenham mais posse, mas não chegou a agredir o nosso gol. No segundo tempo, a gente teve a bola, partiu pra cima e foi um jogo dividido. O CSA propôs o jogo, criou chances, foi muito vertical. Acho que teve três ou quatro situações de gols, mas infelizmente não foi convertido. O treinador gostou da competitividade do time.

> COPA DO BRASIL

CRB poupa titulares e acumula força contra o Cruzeiro GloboEsporte.com CRB e Cruzeiro vão se enfrentar pela terceira fase da Copa do Brasil. O Galo se classificou após vencer o Paysandu, nos pênaltis, e a Raposa passou pelo Boa Esporte, também nas penalidades. Contra o CEO, pelo Campeonato Alagoano, o técnico Marcelo Cabo tirou seis titulares e promoveu a estreia do zagueiro Gum, ex-Fluminense. Também deixou de fora o volante Claudinei e o meia Rafael Longuine, o destaque do Galo em 2020, com sete gols em dez jogos. Destaque para o centroavante João Carlos, que marcou os dois gols da vitória do Galo neste sábado. O primeiro jogo com o Cruzeiro será nesta quarta, às 21h30, no Mineirão, e o segundo está marcado para o dia 18/03, às 19h15, no Rei Pelé. A partida em Belo Horizonte será de portões fechados por causa de uma punição ao time

ano, participa pela 17ª da Copa do Brasil.

mineiro. Será o primeiro dos três jogos da pena que o Cruzeiro precisa cumprir por conta dos incidentes ocorridos na partida contra o CSA, no Mineirão, pelo Brasileirão de 2019. A diretoria do time mineiro ainda tenta liminar para abrir os portões. Esse será o primeiro dos quatro jogos que as equipes farão esse ano. CRB e Cruzeiro vão disputar a Série B. Pela Segundona, as equipes se enfrentam no dia 20 de junho, em Belo Horizonte, e no dia 23 de setembro, em Maceió. Na história, CRB e Cruzeiro se enfrentaram seis vezes, com quatro vitórias para a Raposa e dois empates.

ABRE DISPUTA

HISTÓRICO

CRB 1 x 1 Cruzeiro 15/05/1970 - Amistoso CRB 1x4 Cruzeiro 17/09/1972 - Campeonato Nacional de Clubes CRB 0x1 Cruzeiro 17/10/1973 - Campeonato Nacional de Clubes

No sábado, o CRB venceu o CEO por 2 a 0 no Alagoano, agora vai concentrar forças para enfrentar o Cruzeior

Cruzeiro 0x0 CRB 20/03/1980 - Taça de Ouro CRB 0x1 Cruzeiro 04/02/1981 - Taça de Ouro CRB 0x2 Cruzeiro

-

22/03/2006 - Copa do Brasil O Cruzeiro é o maior campeão da Copa do Brasil, com seis títulos. O CRB quer ir o mais longe possível na compe-

tição. Em 2018 e 2019, o Galo chegou à terceira fase do torneio. Essas são as melhores campanhas da equipe alagoana, que, contando com esse

O técnico Marcelo Cabo fez uma análise cuidadosa de três jogadores que atuaram na vitória deste sábado contra o CEO, pelo estadual. Ele escalou um time misto, mas está pensando em fazer mudanças no gol e na zaga para o duelo de quarta com o Cruzeiro, no Mineirão, pela Copa do Brasil. Cabo destacou na coletiva a atuação do goleiro Victor Souza. Disse que ele vem chamando também atenção nos treinos e, por isso, abriu uma disputa com Edson Mardden. - Eu precisava dar uma oportunidade para o Victor, porque o Mardden vem de uma sequência. No coletivo entre o profissional e o sub-20, Victor agarrou no sub-20. O treino foi 1 a 0, e ele foi espetacular nesse treinamento comentou o técnico regatiano Marcelo Cabo.


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

B2 | Esportes

> GÁS DE SOBRA

Flamengo leva o Botafogo ao limite: 3x0 Bem postado defensivamente, Alvinegro não suporta o ritmo intenso do Rubro-Negro, cansa no segundo tempo e perde GloboEsporte.com Uma vitória da insistência. Na bola e na perna. Que o Flamengo tecnicamente é consideravelmente melhor que o Botafogo, nem os botafoguenses que estiveram no Maracanã têm dúvida. Mas foi preciso persistência para desgastar um bem postado sistema defensivo montado por Paulo Autuori e vencer um clássico representado no talento de Michael. O baixinho abusado e incansável caracterizou um Flamengo que tentou de várias maneiras chegar ao gol de Gatito nos primeiros 45 minutos e esbarrou na falta de inspiração e espaço. Por outro lado, o Botafogo soube usar bolas aéreas e contragolpes para le-

var mais perigo ao gol de Diego Alves. Não à toa, a trave e centímetros identificados pelo VAR impediram que Pedro Raul marcasse o primeiro gol do jogo. O Glorioso era basicamente isso: uma defesa bem estruturada e saídas esporádicas. Foi o bastante para ter a estratégia mais bem-sucedida da etapa inicial. O próprio Jorge Jesus ressaltou os méritos do time de Paulo Autuori em entrevista coletiva. Com o lado direito nulo pela ausência de Rafinha, lesão de João Lucas e improvisação de Berrío, Michael se tornou o desafogo de ações ofensivas que paravam ou em erros técnicos ou na barreira imposta pelos alvinegros a partir da entrada da área.

fotos: Divulgação

Michael ditou o ritmo da vitória tranquila do time de Jesus contra o Botafogo, Alvinegro não suportou o ritmo

A questão é que parar o Flamengo não é tão simples assim. Por mais que Gabriel e

Bruno Henrique não vivessem noite inspirada individualmente, o volume de jogo levou os

adversários ao limite. Foi aí que o Botafogo não aguentou. A volta do intervalo apre-

sentou um Flamengo dominante no campo de ataque, por mais que Michael seguisse sendo uma válvula de espaço óbvia. Na primeira tentativa individual, o drible em Marcelo foi seguido de cruzamento forte demais. Na segunda, não teve perdão. Vacilo de Gatito. Gol de Éverton Ribeiro. O cronômetro apontava 12 minutos do segundo tempo. Praticamente uma hora de jogo. E poucos dos mais de 50 mil presentes no Maracanã indicariam uma reação do Botafogo. Realmente, não houve. Sem a consistência defensiva do primeiro tempo, o Glorioso passou a correr atrás do Flamengo (e de Michael). Foram 30 minutos de ataque contra defesa.

> OLHA O QUE ELE FEZ

Ronaldinho Gaúcho: da recepção de ídolo no aeroporto à prisão de de um dos maiores ídolos do futebol GloboEsporte.com Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, chegaram em Assunção por volta das 9h da última quarta-feira, dia 4. No sábado, quatro dias depois, ambos dormem pela segunda noite seguida em uma prisão de segurança máxima da capital paraguaia. Como foram esses quatro dias intensos da aventura do pentacampeão mundial no país vizinho? O GloboEsporte.com tenta fazer uma cronologia de toda a história, que vai marcar para sempre a trajetória de um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, que manchou a vitoriosa trajetória.

QUARTA-FEIRA, 04/03

9h: Ronaldinho Gaúcho desembarca em Assunção e é recebido por uma multidão no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi. Ele chega ao país para participar do lançamento de um projeto da Fundação Fraternidade Angelical e também lançar a sua biografia, “Gênio da vida”. Ele também iria ao cassino do qual é embaixador, “Il Palazzo”. Noite: fiscais do Ministério Público do Paraguai e do Ministério do Interior vão ao hotel onde o ex-jogador estava hospedado para uma revista. A suspeita era de que Ronaldinho e o irmão ingressaram no país com documentos falsos.

Na abordagem, encontram carteiras de identidade e passaportes paraguaios do ex-atleta e Assis. Os documentos e os celulares de ambos são apreendidos, e os dois ficam sob vigilância no hotel até prestarem depoimentos na manhã seguinte. Na ação, o empresário Wilmondes Sousa Lira, que jantava com Ronaldinho e o irmão, é preso.

acusações. O diretor de migração do país, Alexis Penayo, renuncia ao cargo.

SEXTA-FEIRA, 06/03

A defesa de Wilmondes Lira alega que o empresário foi apenas um intermediário e que os documentos foram pedidos por alguém ligado a Ronaldinho. Conheça mais sobre o empresário, que tem negócios no Distrito Federal e no Tocantins.

QUINTA-FEIRA, 05/03

Ronaldinho e Assis chegam à Promotoria contra o Crime Organizado e prestam depoimento. O promotor Federico Delfino afirma que os números dos documentos apresentados pelo ex-jogador e o irmão são de outras pessoas. No local, Ronaldinho po-

SÁBADO, 07/03

Ronaldinho Gaúcho na chegada para prestar depoimento na sexta-feira

sa para fotos com policiais e funcionários da promotoria. Durante a manhã, autoridades

da polícia, Ministério do Interior, Justiça e do setor de imigrações do Paraguai trocam

Algemados, Ronaldinho e Assis chegam ao Palácio de Justiça de Assunção para uma audiência com a juíza Clara Ruíz Díaz. O ex-jogador e o irmão podem permanecer em cárcere por até seis meses.

> MEMÓRIA VIVA

Reeleição e privatização – males da nação Alcides Muniz Falcão (*) Ultimamente, a imprensa vem publicando possíveis privatizações como aconteceu com a antiga Companhia Energética de Alagoas (a tradicional CEAL) fundada pela competência do grande administrador que foi o governador Muniz Falcão. Depois, veio a Eletrobras Distribuição Alagoas, e em seguida, aí sim, com um processo de privatização autorizado pelo governo federal, surgiu a empresa de nome ruim de pronunciar: Equatorial, um termo derivado de Equador – seja o país ou a linha hemisférica. Bom, mas o fato é que a nova distribuidora já mostrou a que veio, reivindicando da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) um reajuste de 12,02% (quase três vezes o percentual da inflação oficial apurada pelo IBGE no ano passado). Tal aumento, se concretizado, vai

Ex-senador Alcides Muniz Falcão

atingir o bolso de milhares de pessoas, de famílias que recebem irrisórios salários e sem o menor reajuste quanto mais algo como doze por cento, como está tentando

conseguir, em caráter extraordinário, a empresa em tela somente para este ano... POLÍTICA - Há pelo menos duas décadas o Brasil vem sofrendo graves consequências com a política. E um dos males causadores dos problemas há muito foi diagnosticado: a reeleição para cargos executivos como de prefeito, governador e presidente. O desastre veio com a emenda constitucional que implantou a perversa reeleição, eliminando do jogo eleitoral homens renomados, políticos íntegros e decentes. A reeleição é um mal que, infelizmente, anda de braços dados com os processos de privatização, muito ruim para o povo quando envolve, por exemplo, empresas públicas de distribuição de energia elétrica. (*) Depoimento do ex-senador Alcides Muniz Falcão


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

Esportes |B3

> FICARAM DEVENDO

Israel bate Romero em luta decepcionante Confronto recebeu muitas vaias do público na arena pela falta de combatividade dos dois atletas na luta principal do UFC fotos: Divulgação

Combate.com Quem esperava uma guerra entre Israel Adesanya e Yoel Romero viu um cenário completamente diferente. A luta principal do UFC 248 foi marcada pela falta de ação e diversas vaias do público presente na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA). Com atuação abaixo da crítica, o nigeriano venceu por decisão unânime (48-47, 48-47 e 49-46) e manteve o cinturão do peso-médio (até 84kg). Os torcedores discordaram do resultado e demonstraram apoio ao cubano. Os primeiros 90 segundos foram um verdadeiro nada. Yoel Romero simplesmente parou e esperou o campeão ir para cima. Adesanya, por sua vez, foi até o centro do octógono, mas não se arriscou. O público vaiava, mas a ação não acontecia. Já era quase metade do round quando o cubano desferiu seu primeiro golpe, com um chute baixo. O nigeriano, aos poucos, foi tentando se soltar, mas, ao se aproximar, recebeu um overhand de esquerda no rosto. Os dois voltaram a agir de forma cautelosa e nada mais aconteceu nos segundos finais. O campeão tentou acelerar no começo do round, acertou um chute no corpo, mas a estratégia de ficar fechado e esperar o momento de contragolpear que Romero utilizava, fazia Adesanya evitar se aproximar. Quando o fez, outra ca-

DARIUSH X KLOSE

Depois de um primeiro round claro a seu favor, Beneil Dariush quase foi nocauteado por Drakkar Klose no início do segundo. Porém, logo depois de receber golpes duríssimos, encaixou uma sequência que deixou o americano inconsciente com um minuto de assalto. O iraniano carimbou sua quarta vitória consecutiva após um lindo overhand de esquerda.

UFC 248 CARD PRINCIPAL:

Israel Adesanya x Yoel Romero teve mais provocações do que muita ação, a luta principal do UFC 248 foi marcada pela falta de ação e diversas vaias

nhota passou ventando em seu rosto. O nigeriano passou a trabalhar mais chutes nas pernas e no corpo e obrigou o desafiante a se movimentar. Um chute na base aplicado pelo cubano, entretanto, balançou o campeão, que absorveu mais alguns socos e conseguiu sair do raio de ação do rival. Adesanya voltou a atirar chutes da média para a longa distância, mas não ameaçou o oponente. Romero, aos 42 anos, tentou um golpe acrobático com uma cambalhota no começo do

terceiro round. Não acertou, mas Adesanya também não conseguiu capitalizar em cima da brincadeira do cubano. O campeão seguiu trabalhando poucos chutes e demonstrando muita cautela para ir para cima do adversário. Com diversas provocações e raros golpes, os lutadores recebiam vaias do público na arena. Adesanya ficou mais ativo nos chutes no quarto round, enquanto Romero parecia apenas provocar o rival, em estratégia parecida com a que utilizou contra Paulo Borrachinha.

O cubano acusou um dedo no olho na metade do assalto, e o duelo foi paralisado. Na volta, entrou rapidamente para derrubar, mas o nigeriano evitou a queda com precisão. O campeão acertou alguns golpes na reta final e evitou uma investida do desafiante. Apesar de o quinto round dar a impressão de que seria determinante para conquistar o cinturão, nenhum dos dois demonstrava senso de urgência. Romero foi pouco mais agressivo, mas pouco fez. No fim, luta decepcionante.

COWBOY

Não foi uma atuação das mais brilhantes, especialmente do ponto de vista tático, mas Alex Cowboy encerrou sua sequência de três derrotas ao bater Max Griffin por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28), pelo pesomeio-médio (até 77kg), na abertura do card principal do UFC 248, na madrugada deste sábado para domingo, em Las Vegas (EUA). O resultado impôs ao americano o quarto revés nas últimas cinco lutas.

Israel Adesanya venceu Yoel Romero por decisão unânime (48-47, 48-47 e 49-46) Weili Zhang venceu Joanna Jedrzejczyk por decisão dividida (47-48, 48-47 e 48--47) Beneil Dariush venceu Drakkar Klose por nocaute a 1m do R2 Neil Magny venceu Li Jingliang por decisão unânime (triplo 30-27) Alex Cowboy venceu Max Griffin por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

CARD PRELIMINAR:

Sean O'Malley venceu José Quiñonez por nocaute técnico aos 2m02s do R1 Mark Madsen venceu Austin Hubbard por decisão unânime (triplo 29-28) Rodolfo Vieira venceu Saparbek Safarov por finalização aos 2m58s do R1 para a surpresa de muitos.

> DONAS DA NOITE

Em luta histórica, Weili Zhang vence Joanna Jedrzejczyk Combate.com

absorveu bem. As duas voltaram a se encontrar no centro do octógono e trocar golpes pesados. Os diretos de direita da campeã incomodavam a polonesa, que tinha um inchaço grande na cabeça. No intervalo para o quinto round, Joanna mexeu no local. Mais uma vez com preparo físico de dar inveja, Joanna seguia sua estratégia de tocar e se movimentar, mas Zhang conectou socos duros no início do round final. A desafiante não desistiu e balançou a campeã com suas combinações de muay thai, mas a chinesa respondeu e obrigou Joanna a clinchar para neutralizar o momento.

Weili Zhang e Joanna Jedrzejczyk entraram no octógono na madrugada deste sábado para domingo e honraram da melhor forma possível o Dia Internacional da Mulher. No co-evento principal do UFC 248, as duas entraram para a história ao protagonizar o que pode ter sido o maior confronto da história do MMA feminino, com diversos momentos de reviravolta e um verdadeiro show de trocação. No fim, vitória para a chinesa, que manteve o cinturão do peso-palha (até 52kg) por decisão dividida (4748, 48-47 e 48-47). A trocação intensa entre as duas lutadoras fez a desafiante terminar o combate com o rosto desfigurado pelos golpes recebidos de Zhang.

SUAVE

A LUTA

Os chutes baixos foram as primeiras ações da campeã, mas Joanna controlava bem a distância. A chinesa conectou uma boa direita com menos de um minuto, mas recebeu um forte direto da desafiante e recuou. Quando Zhang se aproximava, conseguia colocar golpes contundentes, mas as duas trocavam fortes chutes nas pernas. A campeã terminou o round com mais volume de

Chinesa mantém o cinturão do peso-palha ao bater ex-campeã em confronto de alto nível técnico e emoção do início ao fim, o público foi ao delírio

golpes, apesar de jogar muitos deles no vazio. Joanna voltou mais agressiva no segundo assalto. Com combinações mais longas, ela conectava os melhores golpes, mas permitia em alguns momentos que a campeã encurtasse a distância e trocasse de forma franca. Zhang tentou surpreender com uma queda,

mas parou na ótima defesa da polonesa. Na saída do clinche, a chinesa deixou duas cotoveladas no rosto da rival. A campeã cresceu no round, acertou um direto de direita e um chute alto no tórax. Nos últimos segundos, a desafiante colocou um forte chute no rosto de Zhang e foi para cima com joelhadas no clinche.

O panorama de trocação em alta velocidade seguiu o mesmo. Um cruzado de esquerda entrou limpo no rosto de Joanna, que respondeu com combinações de golpes variando socos e chutes. A desafiante passou a acertar seguidos ataques e cresceu na luta. Zhang buscou uma queda e chegou a conseguir, mas a polonesa le-

vantou rapidamente. As duas continuaram trocando golpes em pé nos segundos finais, desta vez com vantagem para a desafiante. O ritmo das lutadoras não diminuía, mas Zhang conseguiu encurtar a distância mais vezes no começo do quarto assalto. Duas bombas de canhota tocaram o rosto de Joanna, que

São só sete lutas de MMA na carreira, mas o recado é claro para a divisão dos médios (até 84kg): não vá para o solo com Rodolfo Vieira. Neste sábado, no card preliminar do UFC 248, ele chegou a levar um susto no início da luta contra Saparbek Safarov ao ser atingido por um chute frontal no rosto, que causou um grande inchaço no seu olho esquerdo. Porém, pouco depois o brasileiro colocou para baixo e fez o combate parecer fácil. Com um kata-gatame, o "Caçador de Faixas-Pretas" finalizou o russo aos 2m58s do primeiro assalto.


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

B4 | Diário Oficial dos Municípios

ESTADO DE ALAGOAS PREFEITURA MUNICIPAL DE PIAÇABUÇU AVISO DE ABERTURA DE ENVELOPES DE PROPOSTA E HABILITAÇÃO O Pregoeiro oficial do Município de Piaçabuçu/AL, vem informar aos interessados a abertura dos envelopes de Proposta e Habilitação referente ao Pregão Presencial SRP nº 032/2019. Objeto: Aquisição de Fardamento Escolar Sala de Reuniões

de Licitação, dia 13 de Março de 2020 às 08h30min, e referente ao Pregão Presencial SRP nº 033/2019. Objeto: Aquisição de Kits Escolares. LOCAL/DATA: Sala de Reuniões de Licitação, dia 13 de Março de 2020 às 11h00min. Piaçabuçu, 04 de Março de 2020. Bruno Alexsandro André do Nascimento Pregoeiro -------------------------------ESTADO DE ALAGOAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PIAÇABUÇU AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL N° 005/2020 – TIPO MENOR PREÇO POR ITEM – OBJETO: SRP para Aquisição de Materiais de Construção. LOCAL/DATA: Sala de Reuniões de Licitação, dia 18 de Março de 2020 às 08h00min. PREGÃO PRESENCIAL N° 06/2020 - TIPO MENOR PREÇO POR ITEM – OBJETO: SRP para Aquisição de Móveis. LOCAL/DATA: Sala

de Reuniões de Licitação, dia 18 de Março de 2020 às 11h00min. PREGÃO PRESENCIAL N° 07/2020 - TIPO MENOR PREÇO POR ITEM – OBJETO: SRP para Prestação de Serviços de Manutenção Preventiva e Corretiva de impressoras com e sem Fornecimento de Peças com e sem fornecimento de peças. LOCAL/DATA: Sala de Reuniões de Licitação, dia 18 de Fevereiro de 2020 às 14h30min.

O edital se encontra a disposição dos interessados das 08:00h às 14:00h, na sede Administrativa da Comissão de licitação, situada a Praça São Francisco Borja, s/n, Centro, Piaçabuçu/AL ou no site www. transparencia.piacabucu.al.gov.br/lic itacoes/ Piaçabuçu, 04 de Março de 2020. Bruno Alexsandro André do Nascimento Pregoeiro


Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

Opinião |B5

A foto do fato

Editorial

O governo e o câmbio Fala-se muito na influência que a pandemia do novo coronavírus está exercendo sobre a economia mundial, já que a rápida disseminação da Covid-19 tem prejudicado a produção industrial e, portanto, afetado o abastecimento de produtos originários, principalmente, da China, foco da gripe em questão. Mas a oscilação das bolsas de valores, aqui no Brasil e ao redor do mundo, demonstra que os mercados estão, paulatinamente, absorvendo os efeitos da pandemia, cujo peso tende a ser super dimensionado pelo conteúdo alarmista do noticiário em torno do assunto, embora, claro, se trate de matéria da maior gravidade. Nesse cenário confuso e inseguro, é possível que o governo brasileiro tente justificar a disparada do dólar culpando a crise econômica provocada pelo coronavírus. Se assim for, há razão em parte para tanto. Certo que, num quadro econômico como o atual, investidores e poupadores (e, principalmente, especuladores) tendem a se proteger comprando dólar, o quer pressiona o câmbio e valoriza a moeda norte-americana, especialmente, em sua relação com o dinheiro de países emergentes como o Brasil. Trata-se de uma situação compreensível, mas a pressão exagerada sobre o dólar aqui no Brasil, tem muito a ver, também, com a posição publicamente assumida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a defender a desvalorização do real. Ou seja, muito provavelmente, se o governo brasileiro não viesse estimulando o aumento do dólar (a ponto de, recentemente, fazer o presidente Donald Trump anunciar uma taxação extra sobre a importação do aço produzido no Brasil), com certeza o dólar estaria subindo, mas não da forma como está acontecendo. A moral dessa história é a seguinte: o ponto fraco do governo Bolsonaro (um dos) reside no fraco desempenho das exportações, o que tem a melhorar com a alta do câmbio. O problema é que, com o dólar nas alturas, os exportadores se sentem estimulados, mas quem tem financiamento corrigido pela cotação da moeda norteamericano está simplesmente no fundo do poço.

Mulheres agitaram o domingo no mundo inteiro, comemorando o seu Dia Internacional. No Brasil, houve protestos e manifestações em defesa de direitos e contra a violência doméstica. Na Avenida Paulista, grupos de esquerda exibiram cartazes contra o presidente Bolsonaro e o vice Hamilton Mourão.

Literatura e crime

Machismo + ciúme = feminicídio

ca; Phedra, outra incesO grande drama humano e social tuosa que é existente no fenômeno criminal imortalizada não podia ser ignorado pela arte nas tragédias que procura refletir a realidade de Eurípedes, da vida, existindo, assim, uma e no século certa afinidade entre a obra de 17, na França, arte em geral (literatura, pintura, com Racine, cinema, teatro, etc.) e a crimina- como criminosa - passional. É lidade. A arte inspira-se na vida, Shakespeare com Macbeth crimireflete a realidade, busca expres- noso por ambição política, sar também o homem e a socie- Hamlet, como delinquente mendade e assim sendo não podia talmente perturbado, Othelo ignorar a realidade humana e como criminoso passional, Risocial do fenômeno criminal, so- cardo III, criminoso por complexo bretudo a personalidade do cri- inferioridade, Lady Macbeth cominoso. Afinidade ou evidência mo símbolo da criminosa perverincontestável, embora não se sa, sem sensibilidade moral alguchegue ao exagero de Thomas de ma. Quincey, que, no século 19, afir- Ainda no século 19, é Dostoievski mou que o homicídio era uma diagnosticando a epilepsia, o das Belas - Artes ... complexo de culpa, a esquizofreEm intuição genial sobre o pro- nia antes da própria psiquiatria blema do crime e do delinquen- moderna, na sua obra-prima Crite, encontramos a literatura dos me e Castigo, e o problema peniantigos trágicos gregos, no sécu- tenciário em Memórias da Casa lo 5 a. Cristo, através dos gran- dos Mortos. São os vícios, os des nomes de Ésquilo - com o pecados, os crimes na descrição ciclo de Orestíada -, Sófocles - do "Inferno" da Divina Comédia com Édipo -, de Dante AliEurípedes - com ghieri no século Orestes, Electra 14; é o criminoso “Na literatura -, onde a alma Jean nacional moder- romântico humana crimiValjean em Os na, citamos os nosa é descrita Miseráveis de em páginas Victor Hugo; são romances de José imortais. Nos os crimes e as Américo, Zé Lins, perversões sexuséculos 16 e 17, com o grande Jorge Amado”... ais nas obras do dramaturgo Marquês de SaShakespeare de, no século 18, Ricardo III, etc. Hamlet, Othelo, Macbeth, etc. - , Na literatura nacional moderna, com os seus personagens crimi- citamos os romances de José nosos, com análises que séculos Américo de Almeida, de José Lins depois a ciência veio a confirmar, do Rego, de Jorge Amado, etc., e igualmente nos grandes ro- sobre os delinquentes em nosso mancistas, sobretudo do século mundo rural, os cangaceiros, os 19 como Zola, Dostoievsky, Bal- pistoleiros, os criminosos fanátizac, Eugène Sue, etc. cos, etc., num grande documenToda a tragédia grega é de assas- tário não somente de valor literásinatos, incestos, adultérios, vin- rio, porém útil sociologicamente ganças sangrentas, dominada ou cientificamente para o estudo pela presença ou símbolo da da criminalidade nacional. fatalidade, do destino - ananké - Assim sendo, a intuição artística que presidia a vida do indivíduo, sobre o delito e o delinquente que seria um produto da heran- sempre precedeu a sua análise ça, a mesma herança como causa científica e a sua formulação jurímaior da criminalidade defendi- dica (expostas a partir do século da por vários cientistas nas últi- 19), em nossa compreensão. mas décadas do século 19. Édipo (*) Advogado parricida; a incestuosa, fratricida e assassina dos próprios filhos que foi Medeia, criminosa - lou-

Moacir Veloso (*)

Roque de Brito Alves (*)

Em artigo anterior, assinalei: Em 2017 foram assassinadas 4.473 mulheres. Isso significa que, a cada duas horas, uma mulher é morta no Brasil. São 12 por dia. Na grande maioria dos casos, a experiência demonstra haver sempre um padrão: machismo, ciúme, rejeição e feminicídio. Senão vejamos, por amostragem: Luiz Carlos, 34, um jovem executivo inteligente e bem apessoado, conhece Ana Paula, uma bela morena de 30 anos. Iniciaram um relacionamento e logo se apaixonam. Foram necessários apenas três meses de intenso affair para que Luiz botasse as unhas de fora. Seu ciúme paranoico começou a corroer a relação, pois passou a exercer um severo controle sobre a vida de Ana Paula. De celular em punho, não dava tréguas a sua futura vítima. Você está onde? Mande uma foto! Esse decote está escandaloso ... Quem é esse cara que está passando atrás de você? Vou até aí só para vê-la, e saber como você está. E por aí vai. Ana Paula passou do céu para o inferno num abrir e fechar de olhos. De juras de amor a xingamentos, perseguição e agressões de toda ordem. Quando Ana se deu conta que estava namorando um potencial feminicida de altíssima periculosidade, já era tarde. Decidiu acabar o relacionamento e acionou o gatilho na psiquê do paranoico, com quem chegou a dividir a cama. Numa tarde de domingo, após inúmeras tentativas frustradas de reconciliar-se com Ana, Luiz irrompeu no seu apartamento, empunhando um martelo, e, num acesso de fúria, estrangulou-a até a morte. Não sem antes desfigurá-la. Evadiu-se, esperou uma sema-

na, apresentou-se à polícia com um advogado, foi ouvido e liberado. Pois é, mais um animal à solta após assassinar brutalmente um ser feminino que nenhum mal lhe fez. Merecem registro alguns excertos de Meraldo Zisman, no seu Misoginia, magistral artigo publicado neste Diario de Pernambuco, em 5.2.2020: Por que os homens têm tanto medo da emancipação das mulheres? Misógino refere-se a um indivíduo que sente aversão, horror, desprezo, preconceito, ódio ou repulsa às

“De celular em punho, não dava trégua a sua futura vítima. Esse decote está escandaloso. Vou até aí só para vê-la”... mulheres. Locução derivada de misoginia tem sua origem nas palavras gregas "miseó", que significa "ódio"; e "gyné", mulher. (a...) Bastaria dizer que a taxa de feminicídios no Brasil é a quinta maior do mundo. Na primeira semana de 2020, foram registrados 145 assassinatos de mulheres em São Paulo. (...) Não é questão de riqueza, educação ou modernidade. A maioria dos machos humanos desde cedo fica presa na gaiola do machismo. E faz dele profis-

são de fé. Desprezar e humilhar a mulher são movimentos táticos dos malsinados machistas, na implementação da estratégia de desmoralizar a companheira, diminuindo sua força, sua coragem e sua liberdade. As injúrias são as de sempre: rapariga, prostituta, maria batalhão etc.... Segundo a delegada Jamila Jorge Ferrari, coordenadora das Delegacias de Defesa da Mulher de São Paulo, o DNA de um feminicida é formado pela sensação de posse da companheira. Daí querer escolher o que ela veste, com quem anda e pra onde vai. Não é a toa que vários segmentos da sociedade estão se manifestando diuturnamente através de uma ofensiva difusa, a fim de chamar atenção para esse absurdo morticínio do qual estão sendo vítimas milhares de jovens, mães de família, trabalhadoras, comparável ao holocausto da Segunda Guerra Mundial. Não será surpresa se o número de vítimas já houver ultrapassado os seis milhões. Como as estatísticas não mentem, é provável que, nesse carnaval que passou, essas hordas de assassinos que vivem espalhadas pelo país tenham cumprido mais uma etapa de sua missão genocida: a morte de cinco ou seis dezenas de mulheres. Vamos aguardar o balanço das ocorrências. A luta contra a matança continua. Até quando, só Deus sabe. (*) Advogado

Ser vítima é não ser feliz Alberto Rostand Lanverly (*) A vida nos ensina ser o homem, definitivamente único, apesar de suas dúvidas e convicções. Não sendo apenas corpo, cultura ou desejos, ele, como pura essência é muito mais, se tornando este o motivo de nossas diferenças individuais. Meses atrás, antes da crise do Corona Vírus eclodir, percorrendo países do sudeste asiático, encantei-me com um deles que, para mim, sempre fora sinônimo de sangue e destruição, desde o conflito do Vietnam, convicção reforçada, anos depois, pelos filmes Apocalipse Now e Platoon, onde imagens de carnificina prevalecem trucidando inocentes. Logo ao chegar, convenci-me estar pisando um local rico de paisagens interessantes, com montanhas, arrozais e a magnifica Halong Bay, provavelmente uma das atrações naturais mais bonitas do mundo, famosa, não apenas por suas águas esverdeadas e calmas, como devido ao fato de, segundo as lendas, durante invasões estrangeiras acontecidas, há milhares de anos, os deuses terem enviado dragões para defender o país, e eles, ali chegando, haverem cuspido pedras preciosas no mar, posteriormente transformadas em centenas de ilhas, muralhas de proteção contra os navios inimigos e que, após vencida a batalha, os visitantes alados escolheram para ser sua habitação permanente. Já em Hanoi, choquei-me com o que ví: tráfego, cheiros, costumes, vestimentas, comidas e ritmo de vida... uma experiên-

cia incrível. A movimentação dos carros, bicicletas, motos e tuk tuk, parecia verdadeira loucura. Refeições em mesas, no interior de restaurantes, era privativo dos turistas já que a vida, inclusive a alimentação, ali acontece nas calçadas. Os nativos preparam a carne, praticamente, no meio fio, jogando-a depois no chão, para cozinhá-la e ali mesmo comer, sentados em pequeninos tamboretes. Milhares de pagodes e templos, o túmu-

“Observando-os, pensei, como seria bom se os trabalhadores brasleiros também fossem tão satisfeitos com seus afazeres” lo de Ho Chí Min, (grande herói vietnamita), monumentos e edificações milenares, alguns reconstruídos após a guerra, são belezas chamando a atenção. Trata-se de um país visivelmente sofrido e pobre, embora possuidor de habitantes extremamente felizes, sejam homens ou mulheres, todos usando túnicas, para cobrir calças frouxas e, na cabeça, um chapéu cônico, conhecido como Nó Là.

No Vietnam, todos sorriem e optam pela simpatia. Mesmo não falando a língua dos turistas, postam as mãos abaixo do queixo, como se estivessem em oração e, balançando a cabeça, os saúdam entusiasticamente. Apesar do calor intenso, eles externam alegria em suas ações e atividades, quer seja coletando lixo na rua ou vendendo bugigangas nas calçadas, parecendo possuírem no organismo um equipamento a lhes refrescar as almas. Não esmolam, nem exigem "um trocado" ou constrangem as pessoas lhes pedindo dinheiro para "olhar" veículos estacionados em via pública. Observando-os, pensei, como seria bom se os trabalhadores brasileiros também fossem tão satisfeitos com seus afazeres. Isto, contudo, talvez aqui não aconteça, por desconhecermos as agruras de uma guerra, nem sabermos o que venha a ser o verdadeiro sofrimento. Entendi, então, o porquê de a Flor de Lotus ser um dos símbolos do Vietnam: apesar de nascer na lama, ela representa força e renascimento, deixando explicito que, ser feliz, é deixar de ser vítima dos problemas tornando-se autor de sua própria história. (*) Presidente da Academia Alagoana de Letras

> OS ARTIGOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES E NÃO REFLETEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DESTE JORNAL

Endereço: Rua Dr. Albino Magalhães, 221 - Farol | CEP 57.050-080 Fone: (82) 3021-5837/ 3021-0563 - Maceió | Alagoas

Escritório: PRIMEIRA EDIÇÃO JORNAL ON-LINE IMPRESSA LTDA - ME CNPJ 08.078.664/0001-85 CMC 130003

Rua Godofredo Ferro, nº 215 - Centro - Maceió | Alagoas | CEP 57.020-570 Atendimento ao assinante: (82) 3021-0563

Luiz Carlos Barreto Goes Diretor-Geral

Romero Vieira Belo Editor Geral

Alda Sampaio Diretora Comercial

FTPI Representação Publicidade e Marketing Ltda Representante nacional do Primeira Edição Alameda dos Maracatins, nº 508 - 9º andar - Indianópolis/SP CNPJ 03.269.504/0001-08 / Insc. Est. Isenta Tel: (81) 2128-4350 / Cel: (81) 9175-5829 fred.recife@ftpi.com.br


B6 | Social

Primeira Edição | 9 a 15 de março, 2020

Profile for primeiraedicaoal

Coronavírus: Alagoas já tem 1º caso confirmado; no País há 25 infectados  

Edição impressa de 09 de março

Coronavírus: Alagoas já tem 1º caso confirmado; no País há 25 infectados  

Edição impressa de 09 de março

Advertisement