Issuu on Google+

PROBLEMAS

DE

REQUALIFICAÇÃO

E

URBANIZAÇÃO

DE

ASSENTAMENTOS

PRECÁRIOS

O processo de erosão do solo pode ocorrer por ações da natureza, como o vento e a chuva, ou também pela ação do homem. Esta última é mais preocupante, pois ocorre com maior frequência e gera maiores impactos para o meio ambiente. Esta cartilha foi elaborada para os moradores da comunidade Eliana Silva, para repassar informações básicas sobre a erosão do solo e como lidar com isso, na prevenção e recuperação de áreas.

O QUE É EROSÃO? Erosão é o desgaste do solo, que ocorre pela ação da água e do vento. Provoca o transporte de terra para a parte mais baixa do terreno, podendo causar o assoreamento* de cursos d’água. * Assoreamento: é a degradação parcial ou total dos cursos d’água pela deposição de terra arrastada por enxurradas e processo erosivo.

Laminar: suave e uniforme; Sulco: corte pouco profundo; Ravina: aprofundamento do sulco, podendo atingir vários metros; Voçoroca: última fase da erosão linear, forma grandes buracos.

ANA CAROLINA AMORIM PEDROSO . DÉBORA MARA FLAVIANE ALMEIDA . MARIANA BARROS . THIAGO LIMA

Educação ambiental;

Pode destruir ruas, sistemas de esgoto e rede elétrica, provocar desmoronamento de terra, colocando em risco construções ao redor;

Planejamento sustentável da ocupação e uso do solo;

REQUALIFICAÇÃO

E

URBANIZAÇÃO

DE

ASSENTAMENTOS

PRECÁRIOS

Perda de solo para plantação;

Não retirar a vegetação;

Dificuldade de circulação.

Não deixar o solo exposto, não fazer vala para desviar água da chuva ou esgoto;

Implantação de redes de drenagem de águas pluviais;

Atuar na eliminação da causa;

A figura abaixo demonstra a importância da vegetação para proteção do solo e infiltração da água, necessária para reposição do lençol freático.

O projeto consiste na recuperação da área degradada pela erosão, através do aterro de resíduos, localizada em frente a casa do Sr. Roberto, que está em acelerado desenvolvimento (tendo em vista o tempo de ocupação), apresentando levado risco para os moradores. Tem como principais objetivos a diminuição dos riscos de deslizamentos de terra e desmoronamentos de residências, sanar o problema de circulação gerado pela grande abertura da erosão e a manutenção da área útil do terreno.

Recuperar a área com a revegetação; Depositar resíduos de construção civil na área degradada; Implantação de sistemas de drenagem e infiltração;

Não jogar lixo.

PROBLEMAS DE REQUALIFICAÇÃO E URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS

O PROJETO

Técnicas de controle:

Para casos mais graves: estabilizar o solo e/ou taludes da erosão, fazer reaterro, muro de contenção ou barragens de amortecimento. Sobre a utilização de materiais de construção civil para recuperação de áreas com erosão:

LOCALIZAÇÃO Localização da área erodida a ser trabalhada dentro da ocupação Eliana Silva. A erosão está destacada no mapa.

O aterro de resíduos forma uma camada resistente que trabalha na estabilização do solo e diminui o risco de deslizamento, e por ser feio de material permeável permite que a água infiltre diminuindo sua vazão superficial (que também é responsável pela erosão).

CONTROLE DA EROSÃO Prevenção: ações para evitar que a erosão aconteça. Correção: ações para minimizar os seus impactos e recuperar a área degradada. ATENÇÃO! Atuar na prevenção de erosões custa muito menos e é bem mais fácil do que atuar na recuperação.

O clima, flora, fauna, relevo e solo podem influenciar neste processo; Causas naturais: ação da chuva e do vento, porém ocorre lentamente ao longo dos anos;

Uma forma bem simples de prevenir a erosão é manter a cobertura vegetal sobre o terreno.

Ações do homem: através da ocupação do terreno, desmatamento e implantação de obras. Ocorre rapidamente, não permite a recuperação natural e pode causar graves problemas;

Resíduos da construção civil são aqueles provenientes de construções, reformas, reparos e demolições de obras de construção civil e os resultantes da preparação e da escavação de terrenos. Como mostrado em A quanto mais vegetação existente, menor é a perda de solo por erosão e a perda de água por escoamento. Assim sucessivamente até a figura D, que mostra o oposto. Portanto se não houver nenhuma cobertura vegetal o solo fica exposto à degradação e maior será a perda de água. Importante destacar que no caso de plantação de milho, o risco de erosão é maior do que no caso de não haver vegetação.

Obras implantadas: loteamentos mal concebidos e mal planejados, taxa de ocupação elevada e/ou não respeitada, inexistência de drenagens de águas pluviais.

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

DE

Primeiro passo é combater a causa. Para isso é necessário entender porque ela ocorre.

Assoreamento de cursos d’água (lagos, córregos, rios, etc.);

ATENÇÃO! Jogar lixo em áreas de erosões constitui um risco de poluição do ar, do solo e da água subterrânea, criando novos problemas para a saúde e o bem estar podendo contribuir para a proliferação de vetores transmissores de doenças.

PROBLEMAS

CORREÇÃO

Fonte: http://www.funape.org.br

TIPOS DE EROSÃO

CAUSAS DA EROSÃO

CARTILHA PARA RECUPERAÇÃO DE EROSÕES - OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

PROBLEMAS DE REQUALIFICAÇÃO E URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS

PREVENÇÃO

CONSEQUÊNCIAS

INTRODUÇÃO

erosão ponto final

PROBLEMAS DE REQUALIFICAÇÃO E URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS

1

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

2

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

3

ATENÇÃO! Resíduos que podem ser utilizados: Areia Bloco de concreto Concreto armado Concreto endurecido Material de escavação Cerâmica Louça Pedras em geral Argamassa endurecida Telha, bloco ou tijolo cerâmico.

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

FERRAMENTAS Pá; Enxada; Luva; Carrinho de mão; Saco de lixo.

MATERIAIS Bota-fora da construção civil; Terra.

4

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

5


PROBLEMAS

DE

REQUALIFICAÇÃO

E

URBANIZAÇÃO

DE

ASSENTAMENTOS

PRECÁRIOS

PASSO 1

PROBLEMAS

DE

REQUALIFICAÇÃO

E

URBANIZAÇÃO

DE

ASSENTAMENTOS

PRECÁRIOS

PASSO 2

Retirar da área degradada todo material poluente: resíduos plásticos, madeiras, resinas, colas, tintas, metais, entre outros.

PROBLEMAS DE REQUALIFICAÇÃO E URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS

PASSO 3

PROBLEMAS DE REQUALIFICAÇÃO E URBANIZAÇÃO DE ASSENTAMENTOS PRECÁRIOS

PASSO 4

Fazer uma primeira camada composta de bota-fora terroso pouco permeável.

Fazer triagem dos resíduos de construção civil, certificando que não haja entre eles materiais poluentes ou orgânicos.

PROBLEMAS

DE

REQUALIFICAÇÃO

Fazer a cobertura da área com terra.

CORTE ESQUEMÁTICO

CORTE ESQUEMÁTICO

CORTE ESQUEMÁTICO

PLANTA

PLANTA

PLANTA

PLANTA

PLANTA

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

7

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

8

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

DE

ASSENTAMENTOS

PRECÁRIOS

Fazer a cobertura final com vegetação.

CORTE ESQUEMÁTICO

6

URBANIZAÇÃO

PASSO 5

CORTE ESQUEMÁTICO

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

E

9

CARTILHA EROSÃO . OCUPAÇÃO ELIANA SILVA

10


TP02- OFIAUP: Tratamento de erosão