Page 1

6

SEU FUTURO

8MARINHA MERCANTE

7

8CARREIRA PROFISSIONAL

Saiba como ingressar numa das áreas mais cobiçadas das Forças Armadas

Como fazer a escolha certa para não se arrepender depois

PRODUZIDO PELOS ESTUDANTES DE JORNALISMO DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO

EDIÇÃO VI

ANO 2

JUNHO 2011

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

www.modulo.edu.br/antenado

É NOTÍCIA

8Em meio às belas praias, as cidades do litoral norte não têm um local adequado para o despejo do lixo. São Sebastião estuda a instalação de uma usina biomecânica, que transformará o lixo em energia.

SAÚDE

OBESIDADE

8Um perigo cada vez mais

4

comum na vida dos adolescentes

COMPORTAMENTO

5

JOVENS LEEM LIVROS?

8As bibliotecas públicas contribuem para aumentar o índice de leitura na região

LEITOR-REPÓRTER

O ROMPIMENTO DO

Divulgação

A SOLUÇÃO PARA O LIXO

3

2

CONTRATO SOCIAL

8Violência e intolerância em discussão


LEITOR-REPÓRTER

O ROMPIMENTO DO

CONTRATO SOCIAL

8Crescente onda de violência entre os jovens expõe o conflito social nos dias atuais Por Felipe Santos lipe_snts@yahoo.com.br

M

ais de seis bilhões racistas em prédios. de George Orwell, não é um pulo de pessoas se equiDe acordo com o estudo “Mapa da que requeira tanto esforço assim. Já libram diariamente Violência 2011 - Os Jovens do Bra- não é um problema de sistema, é um na linha tênue entre sil”, lançado pelo Instituto Sangari, os problema humano. Há um sinal claro um convívio social homicídios são a principal causa de de falência na consciência individual saudável e a intolerância levada às morte de jovens entre 15 e 24 anos, das pessoas. Estão todos perdidos, últimas consequências nos escritó- representando 40% das mortes de sozinhos ou em bandos. Que estejam rios nos quais trabalham, na casa jovens no país. Entre a população se atacando nas ruas ou em barricaonde moram, nas ruas em que das não é uma coisa com a qual O estado, como sempre, é andam. Amam os que fazem se deva surpreender tanto. incompetente e não consegue pensar parte do seu bando e odeiam toEstes são dias de intolerância, em outra solução para o problema dos os outros, como na célebre mas quando é que não foram? O senão na invenção de mais leis que frase do filósofo existencialista mundo sempre foi o que se papretendem diferenciar o bem e o mal, Jean-Paul Sartre, contextualirece hoje: hostil e injusto. É por ou o que é bom do que é mau zando que a convivência é algo isso que surgiram as religiões inevitável: “O inferno são os outros”. adulta, o índice ficou perto de 2%. Os prometendo um sentido para a vida e De inevitável as pessoas passaram dados da pesquisa confirmam que a os governos prometendo mudanças. à ideia do convívio forçado e, então, desigualdade social é a principal cau- Enquanto a solução para os problemas ao desrespeito. Pessoas que odeiam sa da violência entre os jovens. estiver fora das pessoas, sempre havehomossexuais, negros, índios, evanUma sociedade assim carece de rá perturbações. Jiddu Krishnamurti, gélicos, judeus, corinthianos, são- funcionalidade e subverte seus indi- um dos maiores pensadores do século paulinos ou palmeirenses, petistas víduos – e aí, o ciclo não tem fim. O XX, (o que nada significava para ele) ou tucanos. psicanalista suíço Carl Gustav Jung disse que “depender dos outros é toA intolerância levará a espécie hu- afirmou que “todo indivíduo é, in- talmente fútil. Eles não podem nos dar mana para a vala muito antes que ela conscientemente, pior em socieda- paz. Nenhum líder, governo exército se dê conta. O ódio sempre foi a sua de do que quando atua por si só”, ou país trará paz ao mundo. O que a maior herança já que a história da completando ainda que “um grupo trará será essa transformação interior, humanidade é marcada por vários numeroso de pessoas (...) revela a que levará à ação exterior”. conflitos e guerras, nas quais as mi- inteligência e moralidade de um aniO mundo continuará um lugar norias sofrem com as perseguições mal pesado, estúpido e predisposto à péssimo para se viver enquanto as e, ou se rendem aos mais fortes ou violência. Quanto maior a organiza- pessoas continuarem engolindo todas são dizimadas. ção, mais duvidosa é sua moralidade as besteiras da sociedade, como se A crescente onda de violência con- e mais cega sua estupidez”. fossem as únicas formas de alimento tra as minorias, nas ruas do centro O Estado, como sempre, é incom- que há. Má alimentação de consciênde São Paulo, configura um cenário petente e não consegue pensar em cia gera idiotas, que propagam intolede rompimento do tecido social. O outra solução para o problema senão rância. Um ato de intolerância isolado fio que une os seres humanos pa- na invenção de mais leis (hipócritas) pode desgraçar a vida de um homem. rece costurar uma colcha frágil de que pretendem diferenciar o bem e A propagação da intolerância degrada retalho. o mal, ou o que é bom do que é mau. todo o gênero humano, reduzindo-o, Na capital paulista, semana após Se a mudança necessária partir dele várias vezes, às cinzas. Há uma boa semana, surgem histórias de ho- e não das próprias pessoas, toda a frase do filósofo francês Albert Camus mossexuais ameaçados ou agre- faísca da individualidade humana que define bem a sociedade caótica didos por gangues, de torcedores será soprada para longe, e daí até to- dos dias atuais: “Julgavam-se livres rivais que se enfrentam nas ruas dos estarem imersos em um cenário e nunca alguém será livre enquanto e estações de metrô, de pichações totalitarista como o do livro “1984”, houver flagelos”.

E 2

xpediente

(

)

O JORNAL ANTENADO É PRODUZIDO PELOS ESTUDANTES DE JORNALISMO E PUBLICIDADE E PROPAGANDA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO COMO PARTE DA DISCIPLINA JORNAL LABORATÓRIO

Jornalista Responsável e Coordenadora de Curso: Profª. Ms. Bruna Vieira Guimarães MTB 32441/SP (bruna.guimaraes@modulo.edu.br) Coordenadora do Projeto Antenado: Profª. Ms. Eliane de Lucas Editora Chefe: Evelyn Graziele (evelyn.jornalismo@gmail.com) Produção Gráfica, diagramação e infográfico: Paulo Henrique Ferraz, estudante do 7º semestre de Jornalismo (paulohferraz@aol.com /@peagah) Colaboradores: Cláudio Henrique, Cláudio Rodrigues, Elísio Mota, Érica Mendes, Evandro Claro, Evelyn Graziele, Felipe Santos, Glaucia Von Zastrow, Ian Fori, Marcelo Souza, Vitória Barreto e Zé Mário Silva Tiragem: 13 mil exemplares (Gráfica Lance!) Distribuição: Escolas do Ensino Médio de Caraguatatuba, São Sebastião, Ilhabela e Ubatuba Redação: CENTRO UNIVERSITÁRIO MÓDULO – CAMPUS MARTIM DE SÁ – Av. Mal. Castelo Branco, s/nº CEP 11.662-700 Caraguatatuba/SP Tel. (12) 3897-2008 www.modulo.edu.br/antenado / jornalantenado@modulo.edu.br

Litoral Norte - Junho 2011


É NOTÍCIA

USINA BIOMECÂNICA PODE SER A SOLUÇÃO

8A usina que São Sebastião pretende instalar nesta gestão será uma das primeiras do país, já que a instalação de usina biomecânica no Brasil é uma novidade Por Cláudio Henrique claudios.henrique@hotmail.com

C

om a saturação dos aterros sanitários no país, algumas cidades já estão avançadas no processo de encontrar soluções viáveis para a captação de todo o lixo produzido. No Litoral Norte, o pioneirismo deste processo cabe ao município de São Sebastião que pretende instalar uma usina biomecânica de lixo na cidade. Licitação - De acordo com o edital, lançado no último dia 8, o objeto da concorrência pública é a contratação de empresa com intuito de construir, estruturar, manter e operar o parque industrial de tratamento e destinação final de resíduos sólidos urbanos, numa estrutura com capacidade para dar tratamento biológico-mecânico, e destinação final a 182,5 mil toneladas de resíduos sólidos urbanos por ano. A empresa deverá também fazer a reciclagem de materiais e produzir combustível derivado de resíduos. O processo de licitação se encerra no dia 26 de julho, na Videoteca Pública Municipal da cidade. Comissão - O prefeito de São Sebastião, Ernane Primazzi, designou no último dia 03 de junho, os membros integrantes da Comissão Especial de Licitação que é presidida pelo secretário de Meio Ambiente, Eduardo Hipólito do Rego e outros. O chefe do executivo disse que a prefeitura atualmente não tem recursos financeiros para um projeto deste tamanho, portanto optou pela Parceria Público Privada (PPP). “No litoral e na nossa região do Parque da Serra do Mar não se aprova a abertura de um aterro sanitário. A única saída é a construção de uma usina térmica ou biomecânica de lixo. Tivemos

Zé Mário Silva/CaraguaBlog

PARA O LIXO NO LITORAL NORTE

seis estudos apresentados e escolhemos a segunda opção. Agora estamos licitando a usina por meio de uma PPP, porque não temos R$ 150 milhões do investimento nem condições técnicas para tocar o projeto”, disse Primazzi. Segundo o prefeito, a usina biomecânica de tratamento de lixo recicla quase a totalidade dos resíduos secos Toneladas de lixo do litoral são transferidas diariamente para aterros do Vale do recebidos. O lixo orgânico e Paraíba por meio de caminhões de transbordo, que acabam congestionando o aquele que não pode ser retrânsito no trecho da Serra do Mar. aproveitado é transformado numa substância que serve prefeito. blica e Resíduos Especiais) indica de combustível para autoforUma usina como esta tem custo a PPP como a melhor saída para nos, que pode ser vendido e aumentar o potencial de receita do muito alto para a sua construção. os municípios brasileiros nos serprojeto. “É tecnologia muito avan- Segundo especialistas da Univer- viços de limpeza urbana e manejo çada, faz a separação de vidro até sidade Federal do Rio de Janeiro do lixo. Tal saída se adéqua às exigências por cores e sem contato manual”, (UFRJ), ela mesma deve gerar renda para pagar seus custos com a da nova política nacional de resíduconta Primazzi. A contrapartida da prefeitu- venda de materiais, como os reci- os sólidos, regulamentada em dera para o fechamento da PPP é cláveis e gases combustíveis gera- zembro de 2010, depois de 20 anos o pagamento para depositar o dos no processo de incineração. em debate no Congresso Nacional. Outro benefí- Conforme determina lei federal, a lixo da cidade na cio é a geração partir de 2014, ficará proibido o usina. Estima-se de empregos uso de lixões. Aterros sanitários, que o preço seja para coopera- mesmo que legalizados, só poderão 26% inferior aos tivas. receber os rejeitos que não podem milhões gastos No estado ser reutilizados ou reciclados. anualmente para de São Paulo, As novas diretrizes obrigam todas transportar o lixo cidades como as administrações públicas a readepor quase 200 Jacareí, Osasco quar os sistemas de tratamento de quilômetros até e Barueri tem lixo e fazer valer as práticas de recia cidade de Tremembé, no Vale do Paraíba. “Não projetos para a construção de usi- clagem. De acordo com o Ministério vamos ter mais caminhão levan- nas como estas. Destas, São Sebas- do Meio Ambiente, apenas 3% das do lixo para cima e para baixo. A tião é a única já que iniciou o pro- cidades brasileiras têm mecanismos economia com a PPP, que será de cesso de implantação por meio da de coleta seletiva regulamentados. pelo menos R$ 1,3 milhão, será di- Parceria Público Privada. A cidade litorânea gasta anuO que é uma PPP? recionada para investimentos em Diferente da privatização, a Parserviços na região em que a usi- almente cerca de R$ 20 milhões na será construída”. Sobre a pre- com o transbordo do lixo para ceria Público Privada é um contrato ocupação da população local com Tremembé. A população produz de concessão com data limite entre o mau cheiro ou qualquer sujeira cerca de 110 toneladas de lixo cinco e trinta e cinco anos para conque venha a ocasionar, o chefe do diariamente. Na alta temporada o clusão da obra. Destina-se a realizar um tipo de projeto em que o Estado executivo tranquiliza a população: número triplica. e a empresa privada são parceiras em “Nos Estados Unidos existem esPesquisa - Estudo encomendado uma obra ou prestação de serviços de tabelecimentos comerciais e até lanchonetes que funcionam lado a pela Abrelpe (Associação Brasilei- benfeitorias à comunidade. lado com essas usinas”, explica o ra das Empresas de Limpeza Pú-

(

)

A partir de 2014, será proibido o uso de lixões

Jornal Antenado

3


SAÚDE

OBESIDADE UM PROBLEMA DE PESO Por Gláucia Von Zastrow

A

glauciavon@gmail.com @glauciavon

obesidade é definida como uma doença causada pelo excesso de gordura corporal em relação à massa do corpo. Ela pode causar ou agravar problemas de saúde, como diabetes, asma, pressão alta, doenças do coração, problemas nas articulações, infertilidade, apneia do sono além dos efeitos psicossociais e bullying. O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revela que o aumento de peso entre adolescentes de 10 a 19 anos tem sido contínuo, nos últimos 34 anos. Em 2009, uma em cada três crianças de 5 a 9 anos estava acima do peso recomendado pela Organização Mundial de Saúde

(OMS). Nos meninos, o índice pas- computador do que em jogos ao ar sou de 3,7% para 21,7%, já entre as livre, atividades sociais e academias. meninas, as estatísticas passaram Outro fator que colabora com esse de 7,6% para 19,% entre 1974-75 e aumento é a mudança gradativa dos 2008-09. A partir de cinco anos, o hábitos alimentares contemporâneexcesso de peso e a obesidade são os: a mãe já não prepara ou orienta encontrados com frequência em to- o almoço da família. Os filhos não se dos os grupos de renda das regiões sentam mais à mesa. A digestão, que brasileiras. O modo de vida saudável deve ser O pediatra Pedro Norberto dos incentivado não só pela família, mas Santos aponta que também pela comunidade e escola. a obesidade nos De certa forma, a família tem jovens aumentou ficado distante quanto ao com o desenvolvienfrentamento desse problema mento da tecnologia. A popularização da internet contribuiu para a precisa de tempo e repouso, agodiminuição de atividades físicas: o jo- ra tem de ser rápida nos balcões vem passa mais tempo em frente ao dos fast-foods.

(

VEJA SE VOCÊ ESTÁ COM O PESO IDEAL. CALCULE O SEU ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC) A conta é fácil: divida o peso pela altura ao quadrado. Exemplo: Uma pessoa com 52kg e 1.60cm de altura, a conta fica assim: 52/(1.60cm x 1.60cm) 2.56= 20,3 IMC 20,3 (Peso Normal)

Imagem: Tumbrl.com/fruistzain

4

Litoral Norte - Junho 2011

)

O QUE CAUSA A OBESIDADE? Maus hábitos alimentares (fast-food), lanches na hora errada, alimentos gordurosos e falta de exercícios se transformam em gordura localizada. Ela deve ser eliminada com dieta balanceada e exercício físico e não só com ajuda de remédios. Fatores genéticos também contribuem para o aparecimento da síndrome, por isso é aconselhável fazer exames periódicos. Como explica Pedro Norberto, a obesidade normalmente só é percebida quando seus efeitos se tornam deletéricos. Os portadores desta síndrome resistem até o limite máximo para admitir que precisam de tratamento. O ideal é a observação permanente do desenvolvimento ponderoestatural com os cálculos do IMC da criança, para se prever e iniciar desde cedo um alerta junto à família de risco. Muitas vezes há necessidade de orientação psicológica e educação alimentar às mães ou responsáveis por estas crianças. Nesse sentido, o Ministério da Saúde deve lançar, em breve, o Plano Nacional de Redução da Obesidade, com diversas abordagens como: o aumento e promoção da oferta de alimentos saudáveis, a prática de atividade física, estratégias de informação e comunicação, controle e regulação de alimentos.


COMPORTAMENTO

O JOVEM E OS LIVROS:

UMA RELAÇÃO QUE PRECISA ESTREITAR OS LAÇOS Por Érica Mendes

Q

ericamendag@gmail.com @ericamendag

(

Marcelo Souza/Antenado

uantos livros você leu formar uma nova geração de leitono ano passado? Se res,” comenta a bibliotecária Rosa você teve de fazer um Maria de Oliveira. esforço mental para se O índice brasileiro é pior que lembrar, parabéns! o de estudantes de outros países Você faz parte da pequelatino-americanos, como Argenna parcela de jovens que aprecia tina, México e Colômbia. Entre uma boa leitura e não está entre os que afirmam ter mais de 200 os 77 milhões de brasileiros que livros, estamos em penúltimo lunão têm o hábito de ler. Enquangar (1,9%), perdendo apenas para to na França cada habitante lê, a Tunísia (1,7%). Na frente estão, em média, sete livros por ano, no por exemplo, Coreia (22,2%), IsBrasil, o número é de apenas 1,3, lândia (20,32%) e Liechtenstein segundo a Câmara Brasileira de (20,48%), situado entre Suíça Livros - CBL. e Áustria. A posição sofrível do Se a faixa etária é adolescenBrasil no ranking revela o retrato social e cultural do país, pois a te, os números são ainda pioquantidade de livros em casa está res: segundo o levantamento intimamente ligada ao nível sociodo Programa Internacional de econômico da família e à escolariAvaliação de Alunos – PISA, dade dos pais. 39% dos estudantes brasileiros O incentivo da família pode inpossuem, no máximo, dez obras fluenciar a formação de futuros literárias e apenas 1,9% é dono leitores. É o caso da estudante de de mais de 200 volumes. Caraguatatuba Karen Rayane PorEntre os jovens do Litoral Norfírio, de 14 anos. Ela é aluna do 1º te, este cenário não é diferente. “O ano do Ensino Médio de uma esmaior público aqui na biblioteca cola pública e conta que ler é um é da 3ª idade, adultos e crianças hábito que possui desde pequena até 10 anos. Eu acredito que o uso e sempre frequenta a biblioteca de lan houses e acesso à internet desestimula a leitura, pois o acespública do município. “Leio de so a informação é mais dinâmico”, tudo, mas prefiro os lançamentos conta Clélia Cantos, bibliotecária e os livros da Série Vagalume, que da Biblioteca Munici“Eles geralmente preferem os pal Costa Norte, em São Sebastião, cujo acerbest sellers, os livros da moda vo conta com cerca de sobre bruxos e vampiros, mas 6.500 volumes. já é um bom começo. A gente E não é por falta de acesso à leitura. Na repercebe que o adolescente gosta gião, todas as quatro cide ler sim, mas não gosta de dades possuem bibliosentir-se obrigado a isso” tecas públicas, algumas com mais de cinquenta mil volumes, como é o caso da são antigos, mas são muito bons”, Biblioteca Municipal de Ilhabela, conclui. que possui duas unidades de atenMas nem tudo está perdido. dimento ao público, uma no bairro “Eles geralmente preferem os best sellers, os livros da moda sobre Perequê e outra na Vila. “Há poubruxos e vampiros, mas já é um cos adolescentes aqui, a maioria só bom começo. A gente percebe que procura ler os livros que a escola o adolescente gosta de ler sim, solicita. Bom seria se pudéssemos

)

As bibliotecas públicas fazem a sua parte, emprestam livros por até 7 dias. É só se cadastrar e retirar a carteirinha.

mas não gosta de se sentir obrigado a isso”, conta Ana Lúcia Prado, da Biblioteca Municipal Afonso Schmidt, na Fundação Cultural e Educacional de Caraguatatuba (FUNDACC), com um acervo de aproximadamente doze mil obras. De acordo com Ana Lúcia, a biblioteca, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, promove desde maio de 2011, na FUNDACC, o Projeto Encontro Literário, com o objetivo de incentivar a leitura e preparar os alunos para o vestibular. “São estudadas as obras literárias que mais costu-

mam ser cobradas nos principais vestibulares. No primeiro encontro, tivemos Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente”, conclui. As bibliotecas públicas do Litoral Norte estão de portas abertas ao público. Para consulta e leitura local, basta comparecer a uma delas em horário comercial. Para empréstimo de livros, os interessados devem fazer uma ficha apresentando documento de identidade e comprovante de endereço. O empréstimo de obras é gratuito e a leitura faz bem à mente, além de melhorar a escrita e o raciocínio. Vamos ler um bom livro? Jornal Antenado

5


SEU FUTURO

MERCADO MARÍTIMO UMA CARREIRA EM ASCENSÃO

8Setor com ótimas remunerações é alvo de muitos jovens, ao concluírem o Ensino Médio Por Vitória Barreto

C

vitoria-barreto@hotmail.com

ercado de muitos benefícios e salários com pisos acima de quatro mil reais, o trabalho em alto mar chama a atenção de jovens entre 19 a 23 anos. Segundo o Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) de Portugal, em cartilha de incentivo publicada em 2008, o mercado marítimo oferece boas opções para quem quer investir numa carreira em franca ascensão, ainda pouco procurada no Brasil. O perfil do interessado neste segmento é de liderança, fluência em línguas estran-

6

Foto: Divulgação

Litoral Norte - Junho 2011

geiras e conhecimentos em avançadas tecnologias. Entre as principais razões para atuar no mar, estão bons salários, mercado de trabalho internacional e a possibilidade de atingir o topo da carreira em apenas dez anos. Onde estudar No Brasil, existem duas escolas de Marinha Mercante, o CIAGA, no Rio de Janeiro, e o CIABA, em Belém ,Pará. Elas oferecem formação, aperfeiçoamento, atualização e cursos especiais para as categorias profissionais da Marinha Mercante Brasileira e de outros países. Nos sites dos Centros de Instruções é possível acompanhar as inscrições e os processos seletivos da Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) e o Programa de Ensino Profissional Marítimo (PREPOM). Anualmente, a EFOMM submete seus candidatos a uma seletiva com provas de co-

nhecimentos gerais e especíres e bombas. ficos, além das avaliações de A estudante conta que coresistência física e psicolónheceu o trabalho da EFOMM gica. Os ingressantes permaenquanto fazia o curso prénecem em regime de interna-militar. Avaliando a carreira to, por três anos. Durante o marítima, ela lembra os prós quarto, fazem estágio supere contras da profissão que visionado. “A recompensa salarial é boa, No período de mas o fato de ficar longe da graduação, o ingressante tem defamília não é dos melhores. veres militares e, Não é como qualquer no final, volta à condição de civil, emprego que você volta para porém como 2ª casa todos os dias e isso deve Tenente da Reserva. Graduado como ser levado em consideração” Bacharel em Marinha Mercante, ele está apto escolheu. “A recompensa saa trabalhar em empresas prilarial é boa, hoje em dia, mas vadas de navegação, em plao fato de ficar longe da famítaformas, navios de apoio a lia não é dos melhores. Não é plataformas e cabotagem. como qualquer emprego que A aluna do segundo ano você volta para casa todos os do curso da EFOMM, Lordias e, isso deve ser levado rainne Russel, 20 anos, conem consideração”. ta porque escolheu seguir a O mesmo aspecto negaticarreira na marinha. “O que vo é apontado por Florence me atraiu primeiramente foi Nigthingale, primeira mulher a recompensa salarial, mas eletricista naval do Brasil. A depois passei também a gosgrande dificuldade está no tar da profissão”. Na EFOMM, isolamento com o mundo exexistem duas opções de carterior. reiras: Náutica, conhecida Lorrainne relata quais são como pilotos de navios; ou seus planos para o futuro Máquinas, que são os ofinesta profissão. “Assim que ciais que operam todas me formar, pretendo embaras máquinas do navio, car por um tempo. Depois, como motocomo estarei diplomada como bacharel, vou prestar concurso. Quero ter uma família e acho que não aguentaria ficar longe dela. Em sete ou oito anos é possível guardar algum dinheiro, comprar um carro, uma casa e viver bem”.

(

)


SEU FUTURO

DÚVIDA AO ESCOLHER

UMA PROFISSÃO?

8A decisão pela carreira profissional exige investigação, vivência e autoconhecimento Por Evelyn Graziele

O

Ensino Médio termina e a grande pergunta continua: o que estudar agora? Muitos jovens, entre 16 e 17 anos, se deparam com um sem-número de possibilidades, mas nenhuma certeza. A opção, via de regra, resulta em cursos que serão abandonados e investimentos perdidos por conta da cobrança dos pais e da sociedade. É preciso fazer escolhas: faculdade, profissão e trabalho. É comum o jovem se arrepender do curso escolhido porque se depara com uma realidade diferente daquela que imaginava, seja pelo conteúdo do curso ou oportunidades de carreira. Ângela Mathylde Soares, psicanalista, psicopedagoga e diretora de uma clínica multidisciplinar, explica que, independente de haver dúvidas ou não, é importante que o jovem pesquise, procure profissionais da área e visite faculdades para conhecer os cursos. “É bacana procurar um psicólogo que aplique testes vocacionais. Na clínica recebemos vários alunos com dúvidas. Um dos testes vocacionais que aplicamos é o Profissiogame, um jogo de video game com alguns desafios. O adolescente começa a entender certas habilidades e sai satisfeito, um pouco mais aliviado da pressão pela escolha profissional”, salienta. A dica que Ângela dá é para o jovem se atentar as suas habilidades. É importante prestar atenção às matérias em que se tem mais facilidade, no que se gosta e se tem aptidão para fazer. “As escolas têm ajudado muito. A partir do nono ano, algumas instituições fazem esse tipo de sondagem”. O mercado também tem sido generoso ofertando novos cursos como gastronomia, aquacultura, desenhista de gibis, moda e ou-

e orienta o perfil humano dos. Existem muitos programas e dos funcionários, a pres- cursos que têm como objetivo a são pela profissão ‘perfeita’ orientação profissional”, confirma gera sempre dúvidas. “Sou Claudia. partidário da prática dos A psicóloga Camila Bombonato próximos oitocentos me- Vitório, do cursinho da Poli em tros. Você não precisa de- São Paulo, afirma que a gama de cidir o que fará em toda a profissões díspares é sinal de que viagem de muitos e muitos o estudante não analisou as possiquilômetros, basta seguir o bilidades e não parou para reflepasso a passo da carreira tir, de fato, sobre o que realmente escolhida”, propõe. gostaria de fazer. O jovem deve “Tenho dois filhos gê- conhecer seus próprios gostos e meos, de 15 anos. A filha preferências. “É importante que os se interessa por biologia estudantes se conheçam para conmarinha. Tenho desa- seguirem encarar os conflitos, lifiado ela com perguntas dar com as angústias do momento simples: você sabe como e realizar uma escolha autêntica”, é o mercado de trabalho? alerta. Pretende ser empregada Alessandra Venturi, coordenade grandes companhias dora geral do cursinho explica ou empreender algo pró- que a Poli criou o Vestibulógico, prio? Já meu filho quer um serviço voltado para os alunos ser veterinário. Está fir- tirarem suas dúvidas sobre profisme na decisão e O conhecimento sobre deseja trabalhar com grandes os próprios gostos e mamíferos. Tudo ia bem até que preferências é base perguntei o que ele gostava mais: para melhor escolher a tratar de animais carreira profissional no dia a dia ou cuidar de animais doentes? Agora, já considera a carreira sões, campos de atuação e rotinas de zootecnista como opção”, relata de cada carreira, como escolher Edson. a profissão mais relacionada aos seus critérios – sob a orientação Como ajudar na escolha? de uma equipe multidisciplinar Claudia Barone, coordenadora formada por psicólogos e pedagodo Programa de Preparação para gos. o Trabalho (PPT) que realiza ativi“Alcançamos ótimos resultados. dades e exercícios no intuito de le- O vestibulando se sente mais sevar o participante a refletir sobre guro, autônomo, independente, suas escolhas pessoais e profissio- consciente sobre o aproveitanais, explica que a escolha certa mento de tempo, mais organidepende de investigação, vivência zado em sua rotina de estudo e consegue se respeitar dene autoconhecimento. “É preciso transformar os so- tro do próprio ritmo, além de nhos em objetivos, definir os aprender a estudar individualpassos para alcançá-los e buscar mente e no coletivo”, finaliza a dados reais para que os planos coordenadora Alessandra. sejam validados ou replanejaDivulgação

evelyn.jornalismo@gmail.com

Alunos do cursinho da Poli, de São Paulo

tros. Dessa forma, estimulam a juventude a procurar atividades relacionadas as suas habilidades. O papel dos pais Antes do mercado de trabalho, a opinião deles ainda é a que mais vale para o jovem. Se o pai ou a mãe impõe uma escolha, as chances de frustração são grandes. “A família tem de entender que o mercado é amplo. Esta história de que só se dá bem na vida quem faz Engenharia, Direito ou Medicina ficou para trás. As aptidões e as habilidades dos filhos devem ser apoiadas”, completa Ângela. Para o sócio Edson Carli, de uma empresa de consultoria que oferece aos clientes métodos e ferramentas para alinhar as estratégias pessoais

(

)

Jornal Antenado

7


OPINIÃO

OSAMA BIN LADEN MORTE DA FACE, NÃO DO MAL

Por Evandro Claro

N

evandroradio@hotmail.com

8

a v i r a d a d a n o i - reçadas àquela casa também t e d e u m d o m i n - davam a impressão de que g o q u a l q u e r , 1 º eram destinadas a alguém d e m a i o , o m u n d o que não saía, se escondia. f o i c o m u n i c a d o d a Confissões vindas de prisões m o r t e d o m a i s p r o c u r a d o federais americanas, conset e r r o r i s t a d e t o d o s o s t e m - guidas com métodos não muip o s . O s a m a B i n L a d e n m o r - to ortodoxos, davam ainda r e u e n t r e f a m i l i a r e s n u m mais certeza de que o rastro p l a n o d i g n o d e f i l m e s , c o m de provas estava certo. direito a informantes, monitoramento e uma Muitas pessoas se emboscada rápida e preaglomeraram na porta da cisa. Casa Branca após o anúncio Sua perseguição começou imediatamente à da morte de Bin Laden. queda das torres gêmeas, Mas, a única certeza é que, no fatídico 11 de setemreconhecidamente, o mal b r o d e 2 0 0 1 . Au t o r i d a des americanas buscavam não está morto entre os escombros algo que pudesse sugerir onde Em fevereiro deste ano, o e s t a r i a o h o m e m r e s p o n s á - governo americano determive l p o r u m p l a n e j a m e n t o t ã o nou que haviam informações solidamente executado. suficientes para comprovar J u n t a m e n t e à C I A , o u t r a s que Osama Bin Laden vivia agências de i n t e l i g ê n c i a no complexo residencial de a m e r i c a n a s v i g i a v a m a s c o - Abbottabad. Seguiram-se enm u n i c a ç õ e s d e p e s s o a s s u - tão meses de debates para p o s t a m e n t e e nvo l v i d a s h á encontrar a melhor forma de v á r i o s a n o s e e s s a s i nve s t i - realizar uma operação segura g a ç õ e s l e v a r a m , e m 2 0 0 7 , e que pudesse capturar o hoje a u m m e n s a g e i r o p o s s i ve l - ex-líder da Al-Qaeda. Relatos m e n t e l i g a d o a B i n L a d e n . dão conta de que o objetivo A i d e n t i f i c a ç ã o d e s s e n o m e da missão era somente a morl e vo u q u a s e q u a t r o a n o s e , te de Bin Laden. durante alguns desses monitoramentos, a mansão de A operação Abbottabad, há cerca de 100 Dois helicópteros do tipo q u i l ô m e t r o s à n o r d e s t e d a Black Hawk deixaram de 20 a c a p i t a l d o Pa q u i s t ã o , I s l a m a - 25 soldados da tropa de elib a d , f o i e n c o n t r a d a . O p a s - te americana Navy Seals ao s o s e g u i n t e e r a s a b e r e x a t a - redor do complexo onde mom e n t e p a r a q u e e r a u s a d a e rava Osama Bin Laden. Outra s e r e a l m e n t e h a v i a a l g u m a equipe equivalente a essa, inp o s s i b i l i d a d e d e B i n L a d e n vasora, estava de prontidão nos arredores daquela área. estar ali. N a h o r a d a i nv a s ã o , a s Quem vive perto da casa também estranhava o fato da t r o p a s a m e r i c a n a s s e d e p a residência parecer sempre vi- r a r a m n o s d o i s p r i m e i r o s a n giada. Os visitantes se com- d a r e s , c o m v á r i a s m u l h e r e s portavam como se estivessem e c r i a n ç a s q u e , t a m b é m m o ali, para ver alguém realmen- r a v a m n o l o c a l . S e g u n d o o te especial. As compras ende- g o ve r n o a m e r i c a n o , o s m i l i Litoral Norte - Junho 2011

(

tares abriram fogo somente contra aqueles que estavam armados no local. Chegaram a o t e r c e i r o a n d a r. O s s o l d a dos identificaram Osama Bin L a d e n q u e f o i a l ve j a d o c o m um tiro na cabeça. Na residência também estavam duas de suas mulheres e dois filhos. Das pessoas mortas no local, apenas o corpo de Bin Laden foi removido e jogado nos mares da reg i ã o . Te ve u m t r a t a m e n to respeitoso. A operação durou 38 minutos e a repercussão foi quase que imediata.

)

O anúncio Fontes ligadas ao governo americano logo confirmaram a notícia da morte de Osama Bin Laden. Mas, foi à declaração de Barack Obama que deu aos americanos a certeza de que ‘aquela face do mal’ estava eliminada. De certa forma, vingaram ali a morte de milhares de americanos. Os vídeos encontrados junto com documentos levantam suspeitas do planejamento de outro ataque ao solo americano. Colocam em dúvidas tudo que envolveu a operação. A declaração de Obama bateu recordes de audiência na TV americana. A quantidade de pessoas que se dirigiram para a Casa Branca no dia do anúncio, dá ideia do significado que essa morte teve para o povo americano. Depois de passada a euforia, a ideia é a desmistificação de Bin Laden e o verdadeiro local histórico que essa operação ocupará. A única certeza evidenciada é a de que, reconhecidamente, o mal não está morto. Que a caçada a Bin Laden foi apenas um passo na desarticulação de uma rede terrorista que já causou muitos estragos.

Antenado VI - Junho de 2011  

A sexta edição do Antenado traz em destaque uma matéria que fala da possibilidade de São Sebastião ter uma carta na manga para solucionar o...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you