A Voz da Glória 009 Ano 3

Page 1

OS 4 TEMPERAMENTOS E NOSSA VIDA INTERIOR – PARTE 1 (PE. ROYO MARÍN) Padre Antonio Royo Marín foi um grande 2. Classificação — Depois de mil tentativas e tomista espanhol, nasceu em 1913 e faleceu em ensaios, os tratadistas modernos voltam à 2005. Ele elaborou um estudo que fala sobre o classificação dos antigos clássicos, que parece nosso temperamento de cada pessoa, e como remontar em sua origem ao próprio Hipócrates, pode nos ajudar no caminho de santificação. maior médico da Antiguidade (460-377 a.C.). Espero que vocês gostem. Serão expostos em Segundo ele, os temperamentos fundamentais várias partes, por causa do tamanho. são quatro: sanguíneo, melancólico (nervoso), Além dos grandes recursos psicológicos de colérico (belicoso) e fleumático, conforme caráter natural e sobrenatural, podemos predomine neles a constituição fisiológica que aproveitar-nos também, no caminho da seu nome mesmo indica. nossa santificação, de um auxílio de caráter Vejamos as características principais de cada puramente fisiológico – o nosso um deles. Antes, porém, é preciso advertir que próprio temperamento —, melhorando suas nenhum dos temperamentos que vamos boas disposições e corrigindo, dentro do descrever existe “quimicamente puro” na possível, os seus defeitos. Naturalmente, realidade. Geralmente, apresentam-se trata-se de algo que contribui em pouca mesclados e, além disso, apresentam graus medida para a nossa santificação, num plano muito diversos. Assim, os fleumáticos nunca o puramente dispositivo e meramente natural, são de todo, pois se encontram neles muitos mas não deixa de ter sua importância, ao traços de sensibilidade. Os sanguíneos têm, às menos negativa, removendo obstáculos (ut vezes, qualidades próprias dos melancólicos, removens prohibens). etc. Trata-se unicamente de algo Vamos, pois, estudar a natureza, a predominante na constituição fisiológica de um classificação e os meios de aperfeiçoar o indivíduo. É preciso levar muito em conta esta próprio temperamento. observação, ao descobrir alguns traços próprios 1. Natureza — Há uma grande diversidade de um determinado temperamento, para de opiniões entre os autores sobre a natureza evitar um juízo prematuro, que poderia estar e a classificação dos temperamentos. Vamos muito longe da realidade objetiva. expor aqui a doutrina mais comumente Passemos agora à descrição detalhada de cada admitida, dando-lhe uma orientação um deles. Seguimos principalmente Conrado eminentemente prática. Hock e Guibert. É deles que citamos, vez por Noção — O temperamento é o conjunto de outra, suas próprias palavras. inclinações íntimas que brotam da constituição fisiológica de um homem. É a característica dinâmica de cada indivíduo, que resulta do predomínio fisiológico de um sistema orgânico (sistema nervoso, sistema sanguíneo) ou de um humor (bílis, linfa). Como se vê por essas noções, o temperamento é algo inato no indivíduo. É a índole natural, ou seja, algo que a natureza nos impõe. Por isso mesmo, ele nunca desaparece inteiramente: genio y figura hasta la sepultura — “gênio e figura permanecem até a sepultura”. Mas uma educação oportuna e, sobretudo, a força sobrenatural da graça podem, se não o transformar totalmente, ao menos reduzir ao mínimo suas estridências, e ainda suprir de todo suas manifestações exteriores. É testemunha disso — entre outros mil — São Francisco de Sales, que passou para a posteridade com o nome de “Santo da doçura”, apesar de seu temperamento Padre Antonio Royo Marín fortemente colérico. ________________ Pastoral da Comunicação - Igreja Matriz de Nossa Senhora da Glória Pároco - Padre Geovane Ferreira Silva Coordenação – Sérgio Calado Fadul Jr Agentes participantes no boletim: Elydia / Maria das Graças / Willians Site: www.nsdagloria.com.br Email: pascomnsdagloria1@gmail.com Telefone: (21) 2225-0735 Facebook/Matriz.de.Nossa.Senhora.da.Gloria Whatsapp A Voz da Glória: adesão no Facebook Instagram/nsdagloria ***NOVO*** Twitter /nsdagloriarj

27/01/2019 - Edição 09 - Ano 3

AVISOS PAROQUIAIS

CATECUMENATO (batismo, primeira eucaristia e crisma) Inscrições abertas Um cristão agradecido se torna dizimista comprometido. Venha ser dizimista. A pastoral do dízimo se encontra no final da igreja para fazer a sua inscrição ou durante a semana na lojinha dos artigos religiosos. A Creche Monsenhor Franca irá reiniciará suas atividades e necessita da sua colaboração. Agradecemos os doadores que nos ajudaram com suas doações. Aqueles que desejam continuar, renovem o seu carnê ou façam a inscrição na secretaria paroquial. O 1º Encontro de noivos de 2019 será no dia 23/02 (sábado) das 08:00 às 18:00. Inscrição na secretaria paroquial.

Chá beneficente da Mãe Rainha que será realizado no dia 16/02 (sábado), no Salão Monsenhor Franca, no valor de R$ 20,00. Presença do coral Abstrassom e sorteio de brindes. Os convites podem ser adquiridos com as missionárias da Mãe Rainha. Retiro organizado pela Oficina de Oração. Dia 02/02, no Salão Monsenhor Franca, de 9:00 às 17:00. Venha participar! Inscrição na secretaria.

EVANGELIZAR (PAPA FRANCISCO) No Evangelho de hoje, o evangelista Lucas, antes de apresentar o discurso programático de Jesus em Nazaré, resume sua atividade evangelizadora. É uma atividade que Ele cumpre com a força do Espírito Santo: a sua palavra é original, porque revela o sentido das Escrituras; é uma palavra que tem autoridade, porque manda até mesmo nos espíritos impuros e eles obedecem (cf. Mc 1,27). Jesus é diferente dos mestres de seu tempo. Não abriu uma escola para o estudo da Lei, mas pregava e ensinava em todo lugar: nas sinagogas, pelas ruas e nas casas. Jesus é diferente também de João Batista que proclama o juízo iminente de Deus, enquanto Jesus anuncia o seu perdão de Pai. E agora imaginemo-nos entrando na sinagoga de Nazaré, cidade onde Jesus cresceu até os trinta anos. O que acontece é um fato importante que delineia a missão de Jesus. Ele se levanta para ler a Sagrada Escritura. Abre o livro do profeta Isaías e encontra a passagem onde está escrito: “O Espírito do Senhor está sobre mim; porque ele me consagrou com unção e me enviou para anunciar a Boa Nova aos pobres“ (Lc 4,18). Depois de um momento de silêncio cheio de expectativa por parte de todos, diz, diante da perplexidade geral: “Hoje se cumpriu essa passagem da Escritura, que vocês acabaram de ouvir” (v. 21). Evangelizar os pobres: esta é a missão de Jesus; esta é também a missão da Igreja, e de todo batizado na Igreja. Ser cristão e ser missionário é a mesma coisa. Anunciar o Evangelho com a palavra e, primeiramente, com a vida, é a finalidade principal da comunidade cristã e de todo seu membro. Observa-se que Jesus dirige a _______

Boa Nova a todos, sem excluir ninguém, aliás, privilegia os que estão distantes, os sofredores, os doentes, os descartados pela sociedade. Perguntemo-nos: o que significa para evangelizar os pobres? Significa se aproximar deles, ter alegria em servi-los, libertá-los de sua opressão e tudo isso no nome e com o Espírito de Cristo, porque é Ele o Evangelho de Deus, é Ele a Misericórdia de Deus, é Ele a libertação de Deus, é Ele que se fez pobre para nos enriquecer com a sua pobreza. O texto de Isaías, reforçado por pequenas adaptações introduzidas por Jesus, indica que o anúncio messiânico do Reino de Deus que veio ao nosso meio, se dirige de forma preferencial aos marginalizados, prisioneiros e oprimidos. Provavelmente no tempo de Jesus estas pessoas não estavam no centro da comunidade de fé. E nos perguntamos: hoje, em nossas comunidades paroquiais, nas associações e nos movimentos, somos fieis ao programa de Jesus? A evangelização dos pobres, levar-lhes a Boa Nova, é a prioridade? Atenção: não se trata de prestar assistência social e muito menos de atividade política. Trata-se de oferecer a força do Evangelho de Deus que converte os corações, cura novamente as feridas, transforma as relações humanas e sociais segundo a lógica do amor. Os pobres, de fato, estão no centro do Evangelho. A Virgem Maria, Mãe dos evangelizadores, nos ajude a sentir com vigor a fome e a sede do Evangelho que existem no mundo, especialmente no coração e na carne dos pobres. Que ela ajude cada um de nós e toda comunidade cristã a testemunhar concretamente a misericórdia, a grande misericórdia, que Cristo nos doou.


SANTO DA SEMANA (Elydia – Canção Nova) 27 – Santa Ângela Mérici 28 – São Tomás de Aquino 29 – São Pedro Nolasco 30 – Santa Jacinta Marescotti 31 – São João Bosco 01 – Santa Veridiana 02 – São Cornélio Amados irmãos e irmãs. Neste domingo vemos Lucas, colocando de 03 – São Brás São Tomás de Aquino maneira clara seu Evangelho e falando com Teófilo. Teófilo significa Filho de Deus: Filo=filho, teo=Deus, Filho de Deus. Então, na verdade, ele não está falando não só com uma pessoa, mas com todos nós filhos de Deus. Concretizando, colocando claro de que outras pessoas já haviam escrito o Evangelho, de que outras pessoas já haviam falado sobre Jesus, mas que ele, após fazer os seus estudos, após aprofundar, após ter caminhado com Paulo e com Pedro, lembrando que Lucas era médico, também estava ali agora escrevendo sobre Jesus, sobre o que ouviu, o que viu, o que experimentou, aquilo que se passou e que recebeu dos apóstolos e que queria deixar guardado para Neste dia lembramos uma das maiores uma comunidade, para que todas as pessoas figuras da teologia católica: Santo Tomás de Aquino. Conta-se que, aos cinco anos, Tomás, dos filhos de Deus pudessem ter acesso. Depois ele lembra que Jesus tinha o costume de ao ouvir os monges cantando louvores a todas as vezes que chegava numa cidade Deus, cheio de admiração perguntou: “Quem entrava numa sinagoga. Em Nazaré não foi é Deus?”. Sua vida de santidade foi diferente. A fama de Jesus espalhava por todos caracterizada pelo esforço em responder, os lugares. Todos começavam a conhecer Jesus e inspiradamente para si, para os gentios e a saber dos Seus milagres, do que Ele curava e todos sobre os Mistérios de Deus. tudo o mais. E quando Ele em Nazaré entrou Nasceu em 1225 numa nobre família, a qual na sinagoga, no dia de sábado, Ele pegou a lhe proporcionou ótima formação; porém, sagrada Escritura, pediram que Ele lesse. Ele leu visando a honra e a riqueza e não a Ordem e aí, lendo, o que aconteceu naquele momento Dominicana, pobre e mendicante que lhe em que Ele leu? Ele colocou de maneira atraia o coração. Diante da oposição familiar, concreta que aquela passagem bíblica, onde diz principalmente da mãe condessa, Tomás que o Espírito do Senhor repousa sobre Mim e chegou a viajar às escondidas para Roma Me enviou a libertar os cativos, curar os doentes, com 19 anos, para um mosteiro dominicano. No entanto, ao ser enviado a Paris, foi preso etc, é realmente concretizada Nele. Jesus assume que Ele tem uma missão clara de pelos irmãos e levado ao lar paterno. Lá ficou, libertar, de transformar, de curar, de fazer ordenado pela mãe, um tempo detido, com novas todas as coisas. Como a sagrada Escritura a finalidade de fazê-lo desistir da vocação. mesma diz, Jesus é o mesmo ontem, hoje e Mas, nada adiantou. Livre e obediente à voz eternamente. Por isso quero lembrar, como do Senhor, prosseguiu nos estudos sendo Jesus assumiu, você hoje também precisa discípulo do mestre Alberto Magno. assumir na sua vida que Jesus é capaz de curar, A vida de Santo Tomás de Aquino foi libertar, transformar a sua vida, a sua história, tomada por uma forte espiritualidade seu coração, tudo que você é, tudo que você eucarística, na arte de pesquisar, elaborar, aprender e ensinar pela Filosofia e Teologia os tem, tudo que você faz. Deixa o Senhor estar do seu lado, deixa Ele Mistérios do Amor de Deus. conduzir você, deixa Ele te amar, deixa Ele Pregador oficial, professor e consultor da encontrar você onde quer que você esteja e, de Ordem, Santo Tomás escreveu, dentre tantas fato, fazer essa obra nova, fazer essa obras, a Suma Teológica e a Suma contra os transformação. Deus tem muito reservado para gentios. Chamado “Doutor Angélico”, Tomás você. Permita que Ele faça as maravilhas que faleceu em 1274, deixando para a Igreja o testemunho e, praticamente, a síntese do deseja fazer. pensamento católico. Uma santa semana. Deus abençoe! Santo Tomás de Aquino, rogai por nós! A Voz da Glória – 27/01/2019 – Página 02

ESTÁ DENTRO DE NÓS A FORÇA DO AMOR (SÃO BASÍLIO MAGNO) __________

A ALEGRIA E A TRISTEZA – PARTE 2 (JOSÉ ROBERTO MARQUES) Ninguém é alegre ou triste o tempo todo, simplesmente porque esses são estados passageiros e não condições definitivas. 5 citações sobre Alegria e Tristeza Existem pessoas que conseguem resumir em uma frase ensinamentos poderosos. Para encerrar o artigo de hoje, selecionei cinco citações que falam sobre alegria e tristeza e que foram escritas por grandes personalidades. Leia com atenção e encontre o significado que fizer sentido para você. 1 – “Não chore porque algo chegou ao fim, e sim sorria porque aconteceu.” Theodor Seuss Geisel Tudo é uma questão de perspectiva, de saber enxergar o lado bom de cada situação. Se der esse passo e transformar a sua mentalidade, certamente terá mais momentos de alegria do que de tristeza, porque saberá identificar a pequena ostra que está dentro da concha. 2 – “Não é o quanto temos que mais importa, e sim o quanto desfrutamos do que possuímos, é disso que a felicidade é feita.” Charles Spurgeon De nada adianta acumular muitas riquezas, ter uma casa ampla e confortável, se não souber desfrutar de tudo aquilo com quem se ama. A alegria independe de bens materiais e envolve saber valorizar aquilo que você tem, sem se comparar com os demais. 3 – “Os seres humanos costumam se esquecer que a felicidade não é resultado de conquistar algo que não se tem, mas sim de reconhecer e apreciar o que já se possui.” Frederick Keonig Se você costuma condicionar a sua felicidade a um destino, sugiro que repense, porque, na realidade, ser feliz não se trata de um destino, mas sim de um caminho. Ser feliz é olhar para o lado e ser grato pela sua família, pela sua saúde e pela oportunidade de estar vivo. __________

4 – “Quando uma porta de felicidade se fecha, outra se abre, mas, muitas vezes, ficamos tão concentrados olhando para a porta fechada e nos lamentando que não vemos a que foi aberta.” Helen Keller Quando uma pessoa diz que sua vida é mais marcada por momentos de tristeza do que alegria, são grandes as chances de que ela é que está dando maior ênfase para os problemas do que apara as soluções. Evite que isso aconteça contigo, amplie a sua visão e saiba agradecer pelas oportunidades diárias de ser feliz. 5 – “Coisas ruins acontecem; a forma com a qual eu respondo a elas define o meu caráter e a qualidade da minha vida. Posso escolher me prostrar diante da tristeza ou escolher me levantar da dor e valorizar o presente mais precioso que tenho, que é a própria vida.” Walter Anderson Situações desagradáveis e inesperadas acontecem com todos, cabe a você escolher como irá reagir a elas. Se deseja ser feliz, é fundamental que saiba a diferença entre se permitir ficar triste, o que é perfeitamente normal, e mergulhar na tristeza. Quando cair, sinta a dor, mas não se permita continuar no chão, levante-se, cure as suas feridas e continue caminhando. Lembre-se sempre que tanto a alegria quanto a tristeza fazem parte da vida, e elas poderão te ajudar a entender o que realmente importa para você. Aproveite e compartilhe este artigo para inspirar mais pessoas a entenderem como lidar com esses momentos e aprenderem lições poderosas de amor e superação. A Voz da Glória 27/01/2019 – Página 03


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.