Issuu on Google+

GNR do Cartaxo apreende 51 quilos de cocaína no valor de 9 milhões de euros PÁGINAS 17

Grande Plano P.04 // Opinião P.06 // Região P.09 // Negócios P.26 // Ensino P.30 // Cultura P.31 // Desporto P.44

ORIBATEJO

€0,80 // 22 Setembro 2011 // Semanário // Ano XXVI // N.º 1351

Director Joaquim Duarte

Politécnicos com vários cursos em risco

Santarém melhor que Tomar na captação de alunos PÁGINAS 04-05

Santarém Sónia Sanfona no Secretariado Nacional do PS

Politécnico Agrária com empregabilidade superior a 90%

Santarém Festival de teatro para a infância

Cartaxo Pais fazem boicote à escola em Vale da Pinta

Abrantes RPP Solar com garantia de 500 milhões

PÁGINA 12

PÁGINA 30

PÁGINA 32

PÁGINAS 16-17

PÁGINA 22


EDITORIAL

Já chegámos à Madeira

Café Central SOPA DA PEDRA

01

A

cada dia que passa, cresce o tamanho do buraco financeiro descoberto na Madeira. Vai já em 1,68 mil milhões de dívida a descoberto, e poderá não ficar por aqui. Uma quantia exorbitante que surpreende pelo tamanho, mas, também, pelo desconhecimento olímpico que dirigentes políticos e órgãos fiscalizadores da República conseguiram ter anos a fio sobre este regabofe de Alberto João Jardim. Um buraco financeiro que cresce às escondidas pelo menos desde 2004 e que só agora foi descoberto porque a troika anda a espiolhar as contas públicas em sucessivas auditorias, consta que agora também à banca e a seu tempo às principais autarquias e empresas municipais. Para já, as notícias da Madeira são particularmente preocupantes, debilitam a credibilidade nacional e prejudicam o esforço do governo de Passos Coelho para descolar da trágica situação vivida na Grécia. Basta ver os títulos de alguma imprensa internacional sobre o caso, tais como: “ilha trapaceira” obriga à revisão do défice de Portugal, para percebermos a dimensão do escândalo que é a ocultação desta monumental dívida da Madeira e, particularmente, do que ainda vai sobrar para cima de todos nós, dóceis contribuintes deste cada vez mais insustentável rectângulo. Já todos percebemos a dimensão do desastre. Mas além de financeiro, ele é também revelador do défice democrático, tantas vezes denunciado e repetidamente ignorado, que se vive naquela região autónoma onde o soba Jardim permanece no poder há um ror de anos, a chantagear sucessivos governos da república com ameaças independentistas e demagogia barata para consumo autóctone. Neste entretanto, já venceu 40 eleições e é de crer que, dentro de duas semanas, poderá vencer mais uma vez as eleições regionais. Alberto João Jardim só cairá se desta vez os eleitores madeirenses conseguirem ver um pouco mais além do seu umbigo, o que não se vislumbra no horizonte próximo apesar da circunspecta gravidade com que o próprio primeiro-ministro se pronunciou sobre este escândalo. Neste particular, a recente entrevista de Passos Coelho à RTP1 foi bastante esclarecedora, não escondendo a gravidade da situação e o pacote de penalizações que vai atingir aquela região autónoma. Foi no essencial uma conversa honesta, com as explicações possíveis sobre os múltiplos assuntos em que foi questionado, mas onde ainda não conseguimos descortinar uma visão económica para o país e que medidas se propõe o governo adoptar para travar esta vertiginosa curva recessiva em que nos afundamos mais e mais a cada dia que passa. Nesta obsessão de espremer o contribuinte para equilibrar o défice das contas públicas, governo e troika correm o risco de matar o doente da cura. Ou seja, sem investimento das empresas e com o consumo interno em queda, não há economia que resista. E sobre isto, o primeiroministro disse nada. Joaquim Duarte

Fale connosco Sede: Centro Nacional de Exposições, Quinta das Cegonhas Apartado 355 - 2000-471 Santarém Telefone: 243 309 600 Fax: 243 333 766 Site: www.oribatejo.pt Email: info@oribatejo.pt Deve sempre incluir o seu nome e a localidade

2 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

02

03

01 Só a ministra sabe por que mais valia ter ficado em casa

02 Já tão grandinha e ainda chamas pela mãe?!

03 O professor regressa à escola e o autarca inaugura

ANOS MAUS, ANOS BONS A superministra Assunção Cristas chegou com uma hora de atraso à Alpiagra na sexta-feira. Tempo perdido para todos os que estavam à sua espera. Mas certamente que bem aproveitado para os muitos afazeres que decerto retardaram a chegada da ministra a Alpiarça. Já no certame, confrontada por um agricultor com a quebra de produção de 60% dos vinhos, Assunção Cristas respondeu com um tenham lá paciência que nisto da agricultura os anos bons têm de dar para os anos maus. Uma verdade de La Palisse que os agricultores conhecem de experiência vivida, pelo que a jovem ministra teria sido bem mais sapiente se tivesse ficado calada.

AI MÃEZINHA! Depois do diário “i” ter tecido loas à grande “empresária” Maria da Conceição, da famosa casa de alterne do Vale de Santarém, eis que a “mãe Kikas” e as suas “meninas” surgem em todo o seu esplendor no programa do Gouxa “Você na TVI”. Além do realato de vida da Kikas na primeira pessoa, os telespectadores puderam ainda assistir a emocionantes amostras dos shows de striptease e de danças aquáticas que podemos ver no bar de alterne, bem como emocionados testemunhos das “meninas” agradecendo à “mãe” kikas pela vida que levam no sempre animado e concorridíssimo bar la Siesta. E siga a festa... com o Gouxa agora como atracção da Casa da Kikas.

BALOIÇO Já poucos se lembrarão de que Sousa Gomes, antes de assentar praça em presidente Câmara de Almeirim, foi professor durante alguns anos no ensino secundário. Daí, talvez, este ar feliz a experimentar o equipamento do recreio do novíssimo Centro Escolar de Fazendas de Almeirim. Ou então é recordação mais longínqua, do tempo em que também ele foi aluno, embora não conste que nesse tempo as escolas do Estado Novo tivessem baloiços ou outros mimos que agora oferecem à população escolar.


PERGUNTA DA SEMANA

Com este triste exemplo da Madeira, não receia que haja autarquias nesta situação de ocultação de dívidas?

A situação da Madeira é inaceitável. Em relação às autarquias defendo uma análise cuidada, porque pode haver situações semelhantes. Há uns anos quando fui autarca havia despesas não contabilizadas na Câmara. Actualmente o novo sistema de contabilidade das autarquias, o Pocal permite um maior controlo das contas municipais, mas receio que possa haver mais dívidas. António Campos

Muitas câmaras estão em situação semelhante à da Madeira. Obviamente que Santarém é um caso flagrante, sendo useira e vezeira nestes comportamentos que já vêm de há anos. Quando chegou à Câmara Moita Flores disse que descobriu 2 ou 3 milhões de euros de despesas por cabimentar. Agora deve ter muito mais. Carlos Catalão

Claro que sim. Não tenho dúvidas de que existem mais palhaços no circo da roubolândia Talvez não seja preciso procurar longe para encontrar alguns... Mais preocupante do que esconder a dívida é o que a divida esconde. José Freitas EMPRESÁRIO DE SANTARÉM

“Onde estão os presidentes do INE e os governadores do Banco de Portugal que precisaram de uma troika estrangeira para aprender a somar as parcelas enviadas do Funchal? Onde estão os magistrados que nunca acharam ali matéria de inquérito?? Pedro Tadeu DN

TÉCNICO OFICIAL DE CONTAS

“Um dos triunfos da política de desigualdade, deixem os ricos em paz, assenta na ideologia tão em moda de que os culpados da crise são os pobres que vivem acima das suas possibilidades”.

PRESIDENTE EXECUTIVO DA NERSANT

FOTO DENÚNCIA

Clara Ferreira Alves EXPRESSO

“Só encontro uma solução: dar-lhe maioria absoluta e tornarmo--nos independentes. Há muito que não passamos de uma colónia da Madeira”. Desleixo. Há muito que o centro histórico de Santarém não apresentava um aspecto não desleixado. O estado de abandono da zona antiga da cidade está bem patente nesta “ferida” aberta frente às ruínas do Teatro Rosa Damasceno.

ORIBATEJO ORIBATEJO Director Joaquim Duarte CP. n.º 867 joaquim.duarte@oribatejo.pt Redacção João Baptista (chefe) CP. n.º 1157 joao.baptista@oribatejo.pt João Nuno Pepino CP. n.º 6911 joao.pepino@oribatejo.pt Bruno Oliveira CP. nº 8754 bruno.oliveira@oribatejo.pt Vânia Clemente vania.clemente@oribatejo.pt Jerónimo Belo Jorge CP. nº 1907 (Abrantes) Joana Margarida Carvalho (Estagiária - Abrantes) Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro, Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon) Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel,

André Lopes (desporto), Adolfo Luís (foto futebol), Carlos Alberto Cruz, Francisco Maia (critica cinema) Hélder Duque (foto futebol), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (foto futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (foto futebol), Nuno Matos (foto futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (foto futebol)

Departamento Comercial Directora Rita Duarte 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Secretariado Ana Sousa - 962 108 760 Contactos Geral: 243 309 600 Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766 E-mail: info@oribatejo.pt Site: www.oribatejo.pt Sede Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355, 2000-471 Santarém

Serviços assinaturas 243 309 600 Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira, David Antunes Projecto Gráfico: Pedro Fernandes

Impressão Imprejornal, S.A., Lisboa Distribuição: Vasp Tiragem média semanal 15.000 exemplares Assinaturas (52 Números) Portugal: 25,50 € Europa: 50,50 € Resto do Mundo: 76 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda., Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110 GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro: Ângela Gil (Direcção), Ana Rita Fonseca, André Pedro, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos info@lenacomunicacao.pt Marketing: Susana Santos marketing@lenacomunicacao.pt Recursos Humanos: Sónia Vieira drh@lenacomunicacao.pt Sistemas de Informação: Hugo Monteiro dsi@lenacomunicacao.pt Unidade de Projectos: Lúcia Silva (Direcção) projectos@ lenacomunicacao.pt Membro da Assoc. Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação Associação Portuguesa de Imprensa

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

Moita Flores CORREIO DA MANHÃ

AS ESTRELAS

Carlos Oliveira ENCENADOR TEATRINHO SANTARÉM

ÎÎÎÎÎ A ordem é para resistir. Apesar da crise. Apesar do mercantilismo que tende a dominar tudo. O Teatrinho de Santarém reune as boas vontades de meia dúzia de grupos da cidade e de outros pontos do país e organiza um festival de teatro para a infância e juventude. Fica acesa a chama da esperança de melhores dias, que permitam reatar o FITIJ e a Bienal de Palhaços.

Sónia Sanfona EX-GOVERNADORA CIVIL SANTARÉM

ÎÎÎÎÎ A ex-governadora civil de Santarém está de volta às lides políticas. Sónia Sanfona integra a restrita lista do secretariado nacional do PS, a convite do secretário-geral do PS Antíonio José Seguro. Na eleição que teve lugar no sábado, em Santarém, a antiga deputada foi a única socialista do distrito a integrar os órgãos nacionais do partido.

NÚMERO

1000 milhões de euros é o valor da dívida que Joe Berardo contraíu junto da banca BCP, CGD, BES e Santander Totta - para financiar a compra de acções do Millennium BCP. O serviço desta dívida deverá custar ao empresário madeirense 25 milhões por ano. O problema é que as acções desvalorizaram de tal forma que em vez dos 1.000 milhões a participação de Berardo já só vale 64 milhões....

Eugénio Almeida PRESIDENTE INST. POLITÉCNICO TOMAR

ÎÎÎÎÎ O Instituto Politécnico de Tomar regista a pior percentagem de ingresso de novos alunos. Só consegue preencher 25% das vagas. Para o presidente Eugénio de Almeida o problema não são os escassos 189 novos alunos que o Instituto consegui atrair, mas sim o excessivo número de 500 vagas que ficam por preencher no IPT. 22 Setembro 2011 O RIBATEJO 3


Grande plano

Tomar e Santarém Politécnicos do distrito à míngua de novos alunos No distrito de Santarém, os dois institutos politécnicos registam uma quebra do número de novos alunos. Mais preocupante é Tomar que só preenche 25% das vagas. João Baptista joao.baptista@oribatejo.pt

As colocações da primeira fase de acesso ao ensino superior público confirmaram a tendência de quebra que já se tinha verificado no período de candidaturas. No total, entraram nas universidades e politécnicos 42.243 alunos (91% dos candidatos), menos 3.349 do que em 2010. A maioria dos colocados (58%) ficou na 1.º opção. No distrito de Santarém, os dois institutos politécnicos

registaram igualmente uma quebra do número de novos alunos, mais preocupante no caso de Tomar que só preenche 25% das vagas, com 189 novos alunos, enquanto no ano passado teve 293 ingressos que preencheram 40 % das 725 vagas. O Instituto Politécnico de Santarém conseguiu 553 novos alunos que preenchem 52 % das vagas, ficando abaixo dos 649 ingressos de 2010 que ocuparam 60% das 1089 vagas. É a primeira vez, desde 2005,

Politécnico de Santarém preenchidas mais de metade das vagas O Instituto Politécnico de Santarém preenche 52% das vagas, menos 8% do que no ano passado.

4 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

tados serão divulgados a 6 de Outubro, sobram quase 12 mil lugares, que serão disputados pelos 4656 alunos que não entraram nesta fase e pelos que apostaram tudo nas candidaturas de Setembro.

Politécnico de Tomar baixou de 293 novos alunos no ano passado para 189 ingressos este ano.

com os programas dos maiores de 23 anos e dos CET - cursos de especialização tecnológica, para preencher mais 12 a 13% das vagas. “Só depois da 2ª fase de colocações é que poderemos fazer uma análise orçamental da incidência de uma eventual quebra de receitas das propinas”, afirma Jorge Justino. “Vamos analisar, com as direcções das escolas do IPS, os cursos a abrir no próximo ano para garantirmos a sustentabilidade do sistema, sendo certo que os cursos com menos de 10 alunos serão fechados”, conclui o presidnete do IPS.

Os dirigentes das associações de estudantes apontam a crise económica que se reflecte na maioria das famílias, o desinvestimento do Estado nas Universidades e a falta de um sistema eficaz de apoios sociais como causas da diminuição dos candidatos às universidades e politécnicos verificada este ano. Os estudantes queixam-se dos enormes custos da frequência do ensino superior em Portugal, e lamentam a falta de um bom sistema de acção social.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE TOMAR ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO DE TOMAR Gestão de Empresas

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

50 12

108

126,4

Gestão e Instituto Administração de Serviços de Saúde

30

3

120,5

Auditoria e Fiscalidade

25

5

123

Gestão de Recursos Humanos e Comportamento Organizacional

35

10

110

Gestão Turística e Cultural

35

3

105

Gestão e Administração Bancária (regime pós-laboral)

25

4

114,5

Gestão de Empresas (regime pós-laboral)

15

2

114,5

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE TOMAR

SANTARÉM O presidente do Ins-

tituto Politécnico de Santarém, Jorge Justino disse a O Ribatejo que foram preenchidas 52% das vagas a concurso (no ano passado foram preenchidas 60% das vagas), o que coloca Santarém em 7º lugar entre os 15 politécnicos do país. Os maiores decréscimos verificam-se nas escolas de Gestão e Agrária, enquanto a Escola de Enfermagem preencheu todas as vagas e a Escola de Desporto também registou uma elevada percentagem de colocações. Jorge Justino atribui este decréscimo do número de alunos à grande concorrência de cursos, à menor capacidade económica das famílias, que faz reduzir o número de alunos”. O presidente do IPT conta agora com a 2ª fase do concurso e

que se assiste a uma queda no número de ingressos. Os maus resultados da 1.ª fase de exames nacionais do secundário explicam em parte a quebra. Confirma-se também a fragilidade de algumas instituições, sobretudo politécnicos, e também o fracasso da aposta no pós-laboral nesta fase de candidatura. A maioria dos cursos pós-laborais dos dois politécnicos do distrito tiveram pouca procura. Para a 2.ª fase, a decorrer até 30 de Setembro e cujos resul-

Engenharia Electrotécnica e de Computadores (pós-laboral)

10

1

121,2

Engenharia Civil

45

2

123,7

Engenharia do Ambiente e Biológica

30

6

119,3

Engenharia Electrotécnica e de Computadores

40

2

121

Engenharia Informática

50

8

135,8

Engenharia Química e Bioquímica

25

3

139,4

Conservação e Restauro

35

16

110

Artes Plásticas - Pintura e Intermédia

30

5

124,3

Design e Tecnologia das Artes Gráficas

45

22

112,6

Fotografia

30

30

119,9

Engenharia Civil (regime pós-laboral)

10

0

Gestão do Território

30

3

114,1

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

Comunicação Social

35

21

109,3

Engenharia Mecânica

25

2

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA DE ABRANTES

Tecnologias de Informação e Comunicação

30

0

Vídeo e Cinema Documental

30

22

115,6


Um em cada cinco cursos corre o risco de fechar por falta de alunos Ministro da Educação defende “racionalização da rede de ensino superior público”.. CRISE Dez alunos é o mínimo exigido para os cursos serem financiados e 253 licenciaturas não o conseguiram nesta primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior. Um em cada Um em cada cinco cursos corre o risco de não ser financiado por falta

Instituto Politécnico de Tomar 500 vagas ficaram por preencher Instituto Politécnico de Tomar só preencheu 25 por cento das vagas.

candidatos colocados nesta primeira fase corresponde a um pequeno decréscimo em relação ao ano passado, e está de acordo com a média de outros institutos politécnicos da mesma dimensão, como Beja, Portalegre e Guarda”. Eugénio Almeida refere ainda que “a situação do Instituto Politécnico de Tomar não é assim tão má face ao panorama geral, tendo em conta que Tomar não tem cursos de enfermagem e de educação que têm muitos alunos”. O presidente do Instituto Politécnico de Tomar conta agora com as transferências de alunos, mudanças de curso, os candidatos maiores de 23 anos, os cursos de especialização tecnológica e as colocações na 2ª e 3ª fases do concurso nacional para garantir o número mínimo de 10 alunos que é exigido para a manutenção de um curso. Ainda assim, admite que três cursos possam ficar abaixo desse limite. Eugénio Almeida disse ainda que a ligeira redução do número de alunos não coloca em causa o funcionamento da instituição, nem sequer nos deixa desconfortáveis”.

rior público”. O presidente do Instituto Politécnico de Tomar concorda que “com a necessidade de racionalizar a oferta formativa do ensino superior público, em que existem cursos em escolas relativamente próximas, mas não tenho dados que possam concluir pela necessidade de racionalizar a rede de instituições de ensino superior público”. Já o presidente do Instituto Politécnico de Santarém afirma-se disposto a melhorar o sistema.

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM IPS - ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

126,4

Engenharia do Ambiente (regime pós-laboral)

25

1

Engenharia Agronómica (regime pós-laboral)

25

2

Engenharia Agronómica

25

19

Engenharia Alimentar

40

13

95

Engenharia da Produção Animal

25

7

119,5

Nutrição Humana e Qualidade Alimentar

45

16

120,1

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

Educação Social

35

21

114,8

Animação Cultural e Educação Comunitária

35

5

140,4

IPS - ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE SANTARÉM

TOMAR O Instituto Politécnico

de Tomar só conseguiu preencher cerca de 25 por cento das vagas na primeira fase do concurso nacional de ingresso no ensino superior, surgindo assim no último lugar dos 15 politécnicos do país. O curso de fotografia foi o único que preencheu todas as vagas logo na primeira fase. Os cursos de engenharia civil (regime pós-laboral) em Tomar e tecnologias de informação e comunicação em Abrantes não registaram qualquer colocação. Para as fases seguintes estão disponíveis mais de 500 vagas distribuídas pelas três escolas superiores: Tecnologia de Tomar, Gestão de Tomar e Tecnologia de Abrantes. O presidente do Instituto Politécnico de Tomar Eugénio Almeida atribui esta percentagem tão baixa de colocações ao número muito alto de vagas. Foram colocados nesta 1ª fase 189 alunos, o que responde a 25 % do número de vagas. No ano passado, foram colocados 293 alunos, que preencheram 40% das 725 vagas do Instituto Politécnico de Tomar. “Vamos ter de repensar esta situação, redefinir o número de vagas dos cursos de ajusta-lo às necessidades da região”, disse a O Ribatejo o presidente do IPT. Porém, Eugénio Almeida sublinha que “o número de

de inscrições. As licenciaturas menos procuradas têm em comum o tipo de estabelecimento (politécnico); a área de estudo (agricultura, engenharias, educação e serviços) e a localização (interior do País). O ministro da Educação diz que ainda faltam etapas, mas adverte que estes resultados, “bem como de anos anteriores, serão um elemento importante a ter em conta na reflexão sobre a racionalização da rede de instituições do ensino supe-

118,6

Artes Plásticas e Multimédia

35

25

104

Educação e Comunicação Multimédia

35

24

108,6

Educação Básica

35

35

119,8

Educação Básica (regime pós-laboral)

25

6

101

Educação e Comunicação Multimédia (regime pós-laboral)

25

2

142,4

Educação Social (regime pós-laboral)

30

4

129,2

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

Marketing e Publicidade (regime pós-laboral)

25

6

116

Administração Pública

20

2

111,3

Gestão de Empresas

80

38

110,5

Informática

35

10

117,2

Marketing e Publicidade

60

23

115,5

Contabilidade e Fiscalidade

45

16

116,7

Contabilidade e Fiscalidade (regime pós-laboral)

35

2

Gestão de Empresas (regime pós-laboral)

40

10

127,9

Informática (regime pós-laboral)

25

2

111,6

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

IPS - ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO E TECNOLOGIA

IPS - ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR Treino Desportivo (regime pós-laboral)

30

13

105

Condição Física e Saúde no Desporto

40

40

126,4

Desporto de Natureza e Turismo Activo

25

25

119

Gestão das Organizações Desportivas

27

19

102,2

Psicologia do Desporto e Exercício

27

27

114,8

Treino Desportivo

50

50

120,4

VAGAS INICIAIS

VAGAS PREENCHIDAS

NOTA ÚLTIMO COLOCADO

Enfermagem

45

45

141,8

Enfermagem (entrada no 2.º semestre)

45

45

116,6

IPS - ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DE SANTARÉM

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 5


Opinião HÁ 20 ANOS

CARTOON António Maia

A Câmara de Santarém abria concurso de ideias para conclusão das obras de S. Francisco, e a boa vontade era tanta que o então vereador Miguel Noras já falava da classificação do monumento a património mundial. A Câmara de Salvaterra comprava as ruínas do antigo palácio da falcoaria real. Almeirim assinavam protocolo com a Universidade Autónoma de Lisboa para instalação de uma delegação daquela universidade, e Tomar recuperava a Casa das Mouzinhas para o mesmo efeito. As legislativas estavam à porta. E Santarém recebia a IV Mostra Alimentar.

PENSO LOGO INSISTO

Um + dois + três + quatro = Zero

José Niza UM – Se Alberto João Jardim tivesse alguma dignidade e vergonha na cara pediria desculpa aos portugueses e ao PSD, o seu partido. E depois ia para casa. Foi pena que os deputados que fizeram a Constituição – entre os quais eu me incluo – não tivessem tido a prudência de evitar que irresponsáveis como Alberto João Jardim pudessem ocupar cargos políticos. Se, ao longo de trinta anos, todos os líderes do PSD – sem excepção – não tivessem andado a correr para a Madeira a beijar-lhe a mão, talvez a história fosse outra. Se Pedro Passos Coelho – vítima política do cacique insular – tivesse um grama de coragem política para dar um murro na mesa em vez de assobiar para o lado dizendo que aquilo é uma questão interna do PSD Madeira, talvez a história fosse outra. Não gosto daquela abominável expressão “a culpa vai morrer solteira”. Mas é isso que vai acontecer. Nas próximas eleições, poderá perder a maioria absoluta, mas não perderá o seu estatuto de alarvidade habitual. E, se o chamarem à ordem, ameaçará com a independência da Madeira. A democracia não se fez para proteger políticos que, em vez de viverem em palácios, deveriam ser levados para

6 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

manicómios. DOIS – A mesma RTP que anunciou no telejornal que, em Portugal, o consumo interno baixou para níveis de 1971, apresentou a seguir um concurso de culinária com o título retintamente português de Master Chef. Ao longo de meia hora assistiu-se a um festival de lavagante, inqualificável provocação a milhares de portugueses que nem sequer têm dinheiro para comprar um carapau. Para uma estação de televisão que se pretende de serviço público, este sórdido episódio revela várias coisas. Insensibilidade provocatória para com portugueses que recebem por mês o equivalente ao preço de dois ou três lavagantes. Incompetência porque nenhum director de programas a sério aceitaria um programa na televisão de serviço público com título em inglês. Chama-se, a isto, novo-riquismo parolo. Acto criminoso contra os direitos dos animais porque, durante meia hora, os cozinheiros concorrentes estiveram a partir à mão lavagantes vivos à frente das câmaras. Em face disto – e no que respeita à privatização da RTP anunciada – o que deve ser privatizado não é a empresa, mas sim as pessoas que produzem e põem no ar programas como este. TRÊS – “O Serviço Nacional de Saúde nunca existiu e é uma mentira desde o início”. Estas são palavras do Prof. Gentil Martins numa entrevista ao Diário de Notícias, publicada no dia 15 de Setembro, dia em que o SNS completou 32 anos. Quando o SNS foi aprovado na Assembleia da

EFEMÉRIDES República, Gentil Martins era Bastonário da Ordem dos Médicos e um dos maiores inimigos desta lei. Ele odeia o SNS. Em 1974, a taxa de mortalidade infantil era de 37,9 por mil. Em 2008 era de 3,3. Mais de dez vezes menos. Desde 1974 a esperança média de vida nos homens passou de 64 para 75,8 anos. E, nas mulheres, de 71,4 para 81,8 anos. Portugal é um dos países mais avançados do mundo em matéria de transplantações. “O Serviço Nacional de Saúde nunca existiu”. E o dr.Gentil Martins, existe? QUATRO – A genialidade política do magnífico e inefável ministro Relvas não cessa de entusiasmar e surpreender os portugueses. Chegado ao governo – e como um bulldozer – começou de imediato a demolir coisas e a proclamar privatizações. Proclamadas estas históricas decisões, avançou furiosamente para a criação de grupos de trabalho – pelo menos seis – para que estudassem as matérias sobre as quais ele já tinha decidido antes. Extenuado com a criação de tantos grupos de trabalho, criou também um grupo de descanso. Onde? No Brasil, onde se deslocou em viagem de Estado com um extenuante programa de relevante interesse nacional. Senão, vejamos: 1º dia – pequeno-almoço com o governador do Rio de Janeiro e ao fim da tarde, o lançamento de um livro. 2º dia – o dia mais cansativo da visita, totalmente dedicado a uma missa. 3º dia – finalmente, para tratar das relações comerciais entre o Brasil e o nosso país, foi almoçar com o cônsul de ... Portugal. Posto isto regressou ao ministério onde já estava a fazer imensa falta.

24/09 Todos os anos a Organização Marítima Internacional celebra o Dia Mundial do Mar a 24 de Setembro. Efeméride assinalada pela primeira vez em 1978, pretende chamar a atenção para a importância da navegação e da segurança marítima, assim como do ambiente marinho. Intimamente ligado à história de Portugal, o mar volta estar no debate das políticas de desenvolvimento económico.

28/09 Dia 29 de setembro assinala-se o Dia Mundial do Coração, iniciativa que visa chamar a atenção para a importância do estilo de vida saudável, pautado por uma boa alimentação e exercício físico. As doenças cardiovasculares matam 17,1 milhões de pessoas por ano, sendo uma das principais causas de morte. A elevada pressão arterial, o nível elevado de colesterol e glicose, o tabagismo, o excesso de peso e o sedentarismo, são graves factores de risco, conforme alerta a Fundação Portuguesa de Cardiologia.


PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 7


Opinião

CRÓNICA DE MALDIZER

SANTARÉM

Português, Advogado…

Roteiro histórico

António Branquinho Pequeno * Eurico Heitor Consciência

A

P

acheco Pereira disse recentemente que, como já viu porcos a voar e não foi só um ou dois, mas uma vara, já não se surpreende com nada. Eu também: também já não me surpreendo com nada do que acontece neste país, onde todos também já vimos voar, a par da vara de porcos do Pacheco Pereira, vimos voar um Vara na vertical e com velocidade estonteante. Sendo assim, que “o João Alberto”, como popularmente se trata o Dr. Jardim na Madeira, se tenha esquecido durante anos de mostrar as facturas duns calotes de milhões não era coisa para me tirar o sono se não fosse coisa que autorizasse os outros a chamarem aldrabões e mentirosos aos portugueses. A todos os portugueses. E eu estou como aquele Souto de Moura, arquitecto universalmente consagrado, que disse: Não gosto. Não me agrada. Gosto de ser português e não gosto que me considerem aldrabão, mentiroso… Não gosto… Se pensarem agora que sou Advogado e que sempre advoguei com honra, dignidade e prazer e que saiu agora nos

jornais que nas contas dos advogados que fazem serviços de apoio judiciário, serviços que são pagos por todos nós (e já nos vão custando cerca de meia centena de milhões por ano), que nas contas desses advogados, nos processos que estão por pagar, já foram detectadas 3205 – desconformidades – o que corresponderá a 16% dos pedidos analisados até 12 de Setembro corrente, se pensarem nisso, pressentirão como me sinto. Porque, já disse, não gosto que me considerem aldrabão. Quero continuar a dizer-me português,

Quero continuar a dizer-me português, modesto mas honrado e advogado sério, pelo que reclamo me esclareçam as desconformidades.

modesto mas honrado (sendo honrado não poderia ser senão modesto…) e Advogado sério, pelo que, para já reclamo do Ministério da Justiça que nos esclareça se aquelas desconformidades são para cima ou para baixo, quer dizer, se há 3205 casos em que os advogados meteram nas contas serviços que não fizeram para receberem verbas que não lhes eram devidas ou se, atenta a nobreza que se presume no exercício da profissão, o que se detectou foram 3205 casos em que os advogados, generosamente, prescindiram do pagamento d’alguns dos serviços que devotadamente prestaram… Tornarei ao assunto – que me obrigou a interromper a suspensão dos meus escritos n’O Ribatejo. Oportunamente esclarecerei porquê: porque é que suspendi as minhas crónicas universais e intemporais; e fundamentais.

ESPUMA DOS DIAS

Puras e duras

Armando Fernandes

R

esponsáveis por restaurantes dão-me conta da dificuldade em arranjarem pessoal. Um deles, narrou-me há dias o calvário de, em menos de dois meses, ter visto passar pela copa do seu estabelecimento seis empregados. Ao fim de dois ou três dias despediam-se, dois através do telemóvel, queixando-se pelo facto de ocuparem os fins-de-semana, do horário ser à hora que os outros comem, além disso não tinham andado a tirar um curso profissional para lavarem louça. Directa ou indirectamente ligados à restauração há milhares de trabalhos, o busílis da questão reside no facto de os 8 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

candidatos de grosso modo pretenderem empregos, além de terem vergonha de trabalhar nesta área. Preferem exercer outras actividades, por exemplo de caçadores de moedas nos parques. Na quintafeira passei por Santarém, estaciono o carro junto à Praça de Touros, de imediato surge um engraçado de bom corpo a lamuriar a moeda. Fingi não ouvir, ouvi remoques. Também no parque junto ao Tribunal outro pimpão esbraceja a apontar um espaço, não segui a indicação, no entanto, quando passei junto dele o pedido da espórtula não se fez esperar. Não a concedi, fungou raivas. Na sextafeira na estação de serviço da Guarda dois matulões assediavam os clientes propondo a compra de relógios, insistem, às negativas respondem em voz irada, despejam apreciações sobre as pessoas. O melhor é zarpar e abastecer noutro

No sentido material, é recusa de trabalhar. De procurar trabalho, sobretudo.

lado, mas em Vila Nova de Foz Côa o Multibanco da GALP está fora de serviço. A risonha rapariga informa existir uma caixa de despejar notas a cem metros. Um papel informa que no domingo, 18, a promoção desconta seis cêntimos na compra de gasolina e gasóleo! O desligar o Multibanco enuncia a proximidade da fronteira onde o combustível é mais barato compensando o percorrer a distância. Sobre estas estranhas formas de ganhar a vida sei de outras modas, o leitor, certamente, conhecerá outras. Entre a incredulidade e o espanto, as pessoas interrogam-se ante a legião de gente de vida airada, relapsa a subsistir através do exercício de uma profissão, preferindo recorrer à artimanha a fim de obter cobres, por exemplo cortando fios deste mesmo metal, correndo o risco de perder a vida. Outros da caloteirice fazem profissão de fé, à frente de respeitáveis instituições, levando à prática a estafada e nefanda teoria: quem me deve que pague, a quem eu devo que espere! Desamparados só resta a fuga. Para onde?

s pedras e as cidades resistem mais que os que as habitaram. Quando as visitamos ficamos a conhecer melhor essas gentes do passado e a nos conhecermos melhor nós próprios no presente. Lá compareci pois à porta do “Centro Cultural Regional”, que organizou “um passeio com história”. O arquitecto José Augusto Rodrigues trouxenos Santarém, pela palavra, desde os remotos tempos da ocupação pré-romana, a investigar os vestígios arqueológicos, apoiado em cartas topográficas. E vieram os Visigodos, a ocupação árabe… até ao século XIX, quase aos nossos dias. Ele interrogou as ruas, ruelas, becos e travessas, sem ficar fechado de modo redutor na visão meramente histórica e descritiva de um roteiro.Com efeito, a sua abordagem incluiu também uma sociologia da arquitectura e do urbanismo e soube socorrer-se da paleontologia. Uma visão abrangente, de cunho transdisciplinar de saberes que se atravessam e se enriquecem. Mas nem tudo foram rosas, algumas dificuldades surgiram no seu caminho, vindas de muitos dos supostamente ouvintes que não paravam de o interromper, de fazer comentários, alguns folclóricos, de recordarem episódios pessoais em tal ou tal beco… A dada altura protestei, defendendo que queria ouvir o Senhor arquitecto, que tinha vindo para isso, para aprender. Mas rápido me lembrei que afinal eu estava num certo Portugal, numa cidade provinciana, no sentido cultural e não pejorativo da expressão, sendo certo que noutros contextos, o tipo de postura dessa franja de tecido social não é específico de Santarém, antes relativamente corrente noutras latitudes, mais coisa menos coisa. A impressão com que se fica é a de que muitos vieram mais para convívio do que propriamente para uma visita guiada. Seja como for, o caso revela grande incapacidade de escuta do Outro e, em contrapartida, uma imensa disponibilidade para a escuta de si próprio. E uma falta de compreensão pelo trabalho dos outros. (...) O evento não foi apenas um passeio com História, foi também um passeio cheio de histórias. Fim de papo. (*Universidade Lusófona)


R Região

Vinho e fado inspiraram concurso Rainha das Vindimas no Cartaxo Santarém P.10 Região P.16 Negócios P.26 Ensino P.30

CONCURSO O vinho e o fado foram os elementos nos quais as candidatas a Rainha das Vindimas do Cartaxo se basearam para a “prova de expressão”, que decorreu no dia 13, com o Centro Cultural a registar grande enchente. O espaço típico da taberna ribatejana inspirou várias das candidatas, como a foto documenta, em quadros alguns deles memoráveis. Cumprida mais uma etapa do concurso da Rainha das Vindimas 2011, as sete candidatas vão preparar agora a “visita guiada”, na qual terão a tarefa de apresentar os principais pontos de interesse da sua freguesia. Um concurso que cresce em popularidade e interesse cultural a cada ano que passa.

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 9


Região

Santarém

Bloco de Esquerda em campanha contra a pobreza

O novo centro escolar do Sacapeito vai ser o terceiro construído neste mandato, a seguir aos de Alcanede já em funcionamento, e do Jardim de Cima, a inaugurar já no próximo mês.

Centro escolar do Sacapeito com luz verde do Tribunal Já chegou o visto do Tribunal de Contas para o investimento de 2,5 milhões de euros na construção do centro escolar do Sacapeito. João Baptista joao.baptista@oribatejo.pt

A Câmara Municipal de Santarém recebeu o Visto favorável do Tribunal de Contas para a obra do Centro Escolar do Sacapeito. O Centro Escolar irá ser implantado na zona do Sacapeito, junto à Praça de Touros Celestino Graça, uma das zonas mais populosas da cidade de Santarém. Para João Leite, vereador da Obras Municipais “este é o passo determinante para o arranque desta importante empreitada, cujos trabalhos irão começar no início de Outubro”. A construção do Centro Escolar do Sacapeito foi adjudicada à empresa Construções Pragosa. A empreitada tem um valor de 2,5 milhões de euros, acrescidos de IVA, com um prazo de execução de 270 dias a contar 10 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

do auto de consignação. Este projecto tem uma candidatura aprovada aos Fundos Comunitários no âmbito do regulamento específico “requalificação da rede escolar do 1º ciclo de ensino básico e da educação pré-escolar, do Programa Operacional Regional do Alentejo (Inalentejo). Irá beneficiar de uma comparticipação que corresponde a 80% do montante de investimento elegível. João Leite refere que “para chegarmos até aqui foi preciso muita dedicação e empenho, os últimos dois anos foram de intenso trabalho, começamos com a realização do projecto, procuramos e conseguimos obter Fundos Comunitários a 80%”. “A arquitectura será harmonizada com a mais avançada tecnologia da construção, sendo este edifício também projectado para ser ambientalmente sustentável, disse o

vereador. João Leite considera que “os nossos jovens vão ter excelentes condições de aprendizagem e mais uma vez a Câmara está a dar o exemplo em termos ambientais pois trata-se de mais um edifico público certificado pelo Programa LiderA”. O Centro Escolar vai ter 8 salas de ensino básico do 1º ciclo com capacidade para mais de 200 crianças e 4 salas de jardim de infância para 100 crianças. Entretanto, o novo centro escolar Salgueiro Maia no Jar-

80% do investimento, de 2,5 milhões de euros, será comparticipado pelos fundos comunitários do Inalentejo fundo operacional regional do Alentejo.

dim de Cima deverá ser inaugurado no dia 11 de Outubro, estando ainda por confirmar a presença do ministro da Educação. Já garantida está a participação do secretário de Estado da Cultura José Francisco Viegas na inauguração das novas instalações do Conservatório de Música de Santarém. O Conservatório ocupa o primeiro piso do remodelado Palácio João Afonso, ao lado do Teatro Sá da Bandeira, sendo todo o rés-do-chão ocupado pela casa das colectividades, com diversos espaços destinados às associações culturais de Santarém. “São dois grandes investimentos na área da educação que representam um enorme esforço para a Câmara, mas que beneficiam de uma comparticipação dos fundos comunitários”, refere a vereadora da educação Luísa Féria.

CAMPANHA O Bloco de Esquerda iniciou esta segunda-feira, uma campanha contra a pobreza, com uma reunião com a União dos Sindicatos do Distrito de Santarém. A Concelhia do BE/Santarém está a realizar um levantamento da situação social do concelho. Com esta iniciativa, o Bloco de Esquerda pretende construir um quadro objectivo da realidade e equacionar propostas de solução. Nesta primeira de uma série de reuniões, os representantes do BE foram recebidos por uma delegação da União dos Sindicatos que destacou os efeitos do agravamento das condições de vida causados pela precariedade no trabalho, a degradação das condições de trabalho resultantes de subcontratações, a necessidade de fuga de muitos jovens trabalhadores para Lisboa, particularmente os mais qualificados.

Campanha “Bebida Solidária” apoia 13 famílias SOLIDARIEDADE A Câmara de Santarémcandidatou 13 famílias em situação de carência à campanha “Bebida Solidária” – parceria da SIC Esperança e da Água Vitalis, que tem como objectivo atribuir bolsas escolares a crianças do 1º Ciclo. A organização da Campanha aceitou todas as candidaturas, com um apoio global de 1.645 euros, que possibilita cobrir as despesas com os manuais escolares e material escolar de 17 crianças. No âmbito da temática anual da SIC Esperança, este ano virada para a educação, a SIC Esperança lançou a Bebida Solidária com a Vitalis. Este projecto tem como objectivo criar bolsas escolares que vão permitir a centenas de crianças e jovens em situação de carência comprovada terem acesso ao material escolar necessário para começarem o novo ano lectivo.


Agente da PSP desfigurado adia operação cirúrgica Paulo Monteiro vêse obrigado a adiar aquela poderá ser a última operação, se for feita com sucesso JULGAMENTO O agente da PSP do Porto que perdeu dois terços da face ao ser atingido por uma peça metálica num acidente ferroviário vai adiar a 43ª operação plástica de reconstrução devido ao arrastar do julgamento que corre no Tribunal de Santarém. A cirurgia - que será a última, caso seja bem sucedida - está marcada para o início de Outubro, no Brasil, mas a audição de Paulo Monteiro no âmbito do processo em que quatro trabalhadores da CP estão a responder pelo sinistro foi adiada para 29 de Setembro.

“Prefiro ir só quando o processo estiver resolvido de vez”, disse o agente ao nosso jornal. A inquirição de Paulo Monteiro, que é assistente no processo, estava agendada para segundafeira, 19 de Setembro. O advogado do polícia, Francisco Espinhaço, requereu a junção de novos documentos ao processo e os mandatários das restantes partes – os quatro arguidos e a CP – não prescindiram do prazo para análise dos mesmos, o que levou o juiz Duarte Silva a decidir-se pela audição da vítima na próxima sessão de julgamento. Nesta sessão, foi ouvida como testemunha a educadora de infância de Paulo Monteiro, que mantém ainda hoje uma relação de amizade com a sua família. Ana Maria Aguiar relatou ao tribunal o

Paulo Monteiro só vai ser ouvido no próximo dia 29 de Setembro longo sofrimento durante a fase recuperação e as dificuldades económicas que Paulo Monteiro atravessa desde o acidente, ocorrido a 6 de Janeiro de 2003. “O salário, que é o mesmo de há oito anos porque ele ficou impedido de progredir na carreira, não chega para as despesas que ele e a mulher têm que suportar”, disse a testemunha, lembrando que Paulo “é um

lutador” que “vai ficar marcado para sempre”. Todo este processo, segundo Ana Aguiar, tem sido “muito doloroso”, tanto a nível psicológico, “onde tem contado apenas com o apoio da mulher, da mãe e de alguns colegas da PSP”, como a nível físico, nas cirurgias plásticas, realizadas na Clínica Ivo Pitangui, no Rio de Janeiro. Na verdade, Paulo

Monteiro não faz apenas uma operação, mas sim duas, porque os tecidos, ossos e músculos usados na reconstrução são retirados do próprio corpo. “Ou seja, é uma para os retirar e outra para os colocar novamente”, explicou a testemunha. “A nível emocional, houve momentos e alturas bastante complicados”, acrescentou ainda Ana Maria Aguiar. PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 11


Região

Santarém

P&R Salomé Rafael Nersant deixou-a fora do Secretariado PS

Sónia Sanfona eleita para o secretariado nacional do PS Sónia Sanfona é a única militante do distrito de Santarém no Secretariado Nacional do Partido Socialista eleito no sábado pem Santarém. João Baptista joao.baptista@oribatejo.pt

É verdade que foi convidada para o Secretariado do PS? Estou, como sabe, em dois órgãos – comissão nacional e comissão política –, mas não aceitei o convite de António José Seguro para integrar o secretariado nacional do PS. Naturalmente que gostaria muito de dar o meu contributo, mas entendi não o fazer pelo facto de estar na Nersant. Ficou Sónia Sanfona, a quem desejo as maiores felicidades no seu desempenho e fico contente por Santarém ter alguém no órgão máximo do partido socialista. O facto de eu ser presidente da Nersant foi a razão única que levou a que eu não integrasse a lista do Secretariado. Em que medida é que isso colidia com a Nersant? Teoricamente, nada. Acontece porém que algumas pessoas entendem que não é muito compatível uma intervenção na vida cívica e política com o estar na Nersant, é uma situação que vem detrás, embora deva confessar que nunca senti essa pressão no seio quer da minha direcção, quer do conselho geral, quer da assembleia e conselho fiscal. Mas existe sempre um grupinho restrito que considera essa situação negativa e, por conseguinte, para que não existissem nenhuns anticorpos, a razão de efectivamente não integrar o Secretariado do PS, que é um órgão executivo. Foi constrangida por quem? Digamos que me foi dito por duas ou três pessoas com responsabilidades que não deveria ter intervenção política, que não viam isso com bons olhos. Pessoalmente, considero mais negativo as pessoas terem intervenção política às escondidas, e isso eu não faço. 12 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

A ex-governadora civil de Santarém Sónia Sanfona é a única figura do distrito de Santarém que integra o Secretariado Nacional do PS, eleito no sábado em Santarém. O secretáriogeral do PS António José Seguro propôs para o Secretariado Nacional Alberto Martins (deputado e único ministro do governo de José Sócrates que integra este órgão), António Galamba (que deverá assumir o pelouro da Organização), Eurico Dias (administrador do AICEP), Jamila Madeira (ex-líder da JS) e João Ribeiro (ex-dirigente da JS). Integram ainda a lista de Seguro para o Secretariado Nacional do PS, o órgão de direção restrita deste partido, o ex-deputado Jorge Seguro Sanches, José Luís Carneiro (presidente da Câmara do Baião), Maria Amélia Antunes (presidente da Câmara do Montijo), Miguel Laranjeiro (deputado), Rui Solheiro (vicepresidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses) e Sónia Sanfona (exdeputada e governadora civil de Santarém). António José Seguro escolheu para secretários nacionais adjuntos Álvaro Beleza (médico e ex-candidato a líder do PS), Fernando Moniz (ex-eurodeputado), João Serrano (deputado), Joaquim Raposo (presidente da Câmara da Amadora) e Susana Amador (presidente da Câmara de Odivelas). O ex-deputado Marcos Sá substituirá o ex-líder do PS/ Lisboa Miguel Coelho no cargo de diretor do jornal oficial deste partido, o “Acção Socialista”, e o deputado alentejano Pita Ameixa assumirá o cargo de director da revista “Portugal Socialista”. “Ter a confiança do secretário-geral do Partido Socialista significa muito para mim”, declarou a O Ribatejo Sónia Sanfona. A ex-deputada afirmou que o convite de António José Seguro “significa uma enorme

Ex-governadora civil e deputada, Sónia Sanfona está de volta às lides políticas. responsabilidade. Acredito convictamente no projecto político de António José Seguro para o partido e para o país, e acho que não devo estar nos cargos a não ser que sintacapacidade para os desempenhar e que me sinta motivada. Os tempos são difíceis e espera-nos uma luta complicada. Sinto particular satisfação pelo convite do secretário geral para integrar o secretariado nacional do PS e farei tudo ao meu alcance para defender o projecto político do partido para o país e para representar condignamente o distrito de Santarém”, disse Sónia Sanfona. Nestal candidato. Carlos Nestal assume a candidatura à presidência da comissão concelhia de Santarém do Partido Socialista, cujas eleições se

devem realizar até final do ano. O deputado do PS na Assembleia Municipal de Santarém justifica a candidatura com o facto de ter sido desafiado por muitos militantes a dar este passo. Afirma ter já contactado muitos dos militantes do concelho, e diz contar com o apoio de presidentes de junta de freguesia, dos elementos da bancada do PS na Assembleia Municipal, do presidente da JS José Raimundo Noras, da deputada Idália Moniz, do vereador António Carmo, dos ex-vereadores Manuel Afonso, Luís Baptista, Dúnia Palma e Joaquim Neto, e do ex-presidente da câmara José Miguel Noras. Carlos Nestal garante que não será candidato à Câmara de Santarém, embora a decisão da escolha dos candidatos

recaia na futura concelhia. Defende que o PS deverá abrirse mais à sociedade civil. Carlos Nestal pretende fazer do PS “uma verdadeira alternativa ao descalabro que tem sido a governação do PSD na Câmara de Santarém”. Faz um “balanço catastrófico da gestão de Moita Flores e do PSD à frente da Câmara de Santarém” e considera que “cada vez mais o plano de reequilíbrio financeiro vai ser a solução, pois a Câmara deixou de ser parte da solução da economia local e passou a ser o grande problema da economia local”, declara Carlos Nestal. Sublinha que “a Câmara soma uma dívida colossal, que deixa muitas associações e empresas à beira da falência e causa grandes dificuldades às freguesias”.


PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 13


Região

Santarém

Hospital de Santarém tem nova directora clínica

A médica-cirurgiã Maria Lopes Bernardes é a nova directora clínica do Hospital.

O presidente Moita Flores vai ter oportunidade de voltar a dar umas pedaladas na cidade.

Santarém assinala dia europeu sem carros Santarém adere ao Dia Europeu sem Carros no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade que promove o uso de combustíveis limpos e a força humana. João Baptista joao.baptista@oribatejo.pt

Santarém adere ao Dia Europeu sem Carros que se comemora no próximo dia 22, no âmbito da 10ª Semana Europeia da Mobilidade que este ano tem como tema central “mobilidade alternativa” e que pretende apoiar a transição para um sistema de transportes eficaz ao nível dos recursos, a promoção do uso de combustíveis limpos e ainda, de propulsão humana. A Câmara de Santarém organizou várias actividades para o dia 22 - Dia Europeu sem Carros. A Praça do Município vai encerrar ao tráfego motorizado. Serão promovidas acções de formação sobre a temática da “Mobilidade e Sustentabilidade”, para os alunos do 4º ano das escolas do Ensino Básico do concelho. Estas acções pretendem sensibilizar os mais novos 14 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

para os problemas ambientais da actualidade, em especial as alterações climáticas, alertando-os para as consequências no ambiente das suas opções no dia-a-dia e de que forma podem contribuir para a preservação do ambiente, contribuindo assim para a construção de uma sociedade mais informada, formada e com capacidade de agir nas questões ambientais e para o grande objectivo das geração futuras constituírem Comunidades Sustentáveis. No mesmo dia, às 10h00, a Praça do Município é palco da apresentação do novo Nissan Leaf, veículo cem por cento eléctrico, eleito carro europeu do ano 2011. Na sequência da adesão do Município de Santarém à rede nacional de Cidades e Vilas com mobilidade para todos, a Associação Portuguesa de Planeadores do Território, entrega a Bandeira de Ouro

da Mobilidade, ao Município de Santarém, pelas 14h00, na Praça do Município. A data pretende ainda sensibilizar a população e autoridades para a necessidade de reduzir o tráfego rodoviário dentro das cidades, de forma a aumentar a qualidade de vida e garantir a sustentabilidade dos recursos naturais, optando por alternativas de transporte como os transportes públicos e bicicletas.

20% de redução das emissões de gases com efeito estufa, um aumento de 20% da eficiência energética e 20p% de quota de energias renováveis no consumo de energia são as metas que a UE pretende atingir até 2020.

A adesão de Santarém a esta iniciativa pretende melhorar o sistema de transportes no que respeita ao tipo de combustíveis e de energias utilizadas, quanto à eficácia da sua sustentabilidade ambiental, proporcionando uma vida urbana mais saudável, mais segura e agradável. Recorde-se que a União Euriopeia adoptou uma série de metas ambiciosas no que respeita ao clima e à energia, a serem cumpridas até 2020. Estas metas incluem uma redução de 20% das emissões de gases de efeito estufa, um aumento de 20% da eficiência energética e uma quota de energias renováveis 20% do consumo total de energia. Um dos principais desafios na concretização desses objectivos é o crescente volume de viagens em veículos particulares, que utilizam combustíveis derivados do petróleo.

SAÚDE O Conselho de Administração do Hospital de Santarém tem uma nova directora clínica. Por despacho conjunto dos ministros das Finanças e da Saúde foi nomeada e entrou de imediato em funções a nova Directora Clínica, Dr. Maria Lopes Bernardes, chefe de Serviço de Cirurgia Geral. A nomeada entrou para o quadro do Hospital há 28 anos, onde fez a sua carreira profissional. Directora do Departamento Cirúrgico desde 2005, tem sido uma interveniente activa nos processos de desenvolvimento, mudança e modernização da actividade clínica e da gestão hospitalar. A nova Directora Clínica tem 56 anos, é natural de Abrantes e residente em Santarém.

José Niza: três rectificações à notícia sobre Zeca Afonso CORRECÇÃO A notícia aqui publicada na edição anterior sobre a colaboração de José Niza na obra de José Afonso carece de três rectificações: “Fundei o quarteto de jazz do Orfeon de Coimbra e não o Orfeon que tem quase o dobro da minha idade. Os discos de 1971, produzidos pela editora Arnaldo Trindade, foram só o do Zeca Afonso e o do Adriano Correia de Oliveira; os outros dois, de José Mário Branco e de Sérgio Godinho, foram editados pela Sasseti. Os manuscritos que tenho - à excepção de 2 ou 3 poemas - foram todos musicados pelo Zeca”.


PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 15


Região

Cartaxo

Encarregados de educação foram apanhados de surpresa no primeiro dia de aulas

Pais em protesto impedem crianças de ir à escola durante dois dias Decisão de reduzir o número de professores provocou a revolta dos encarregados de educação, que acusam Ministério da Educação de não respeitar a própria lei da constituição de turmas. 16 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

O novo ano lectivo teve um arranque bastante atribulado na escola do 1º ciclo de Vale da Pinta, Cartaxo, onde os pais impediram os 42 alunos de entrar nas salas de aula durante dois dias. Este boicote foi a forma que os encarregados de educação encontraram para protestar contra uma decisão que consideram “cega e incompreensível” do Ministério da Educação, mas as crianças acabaram por regressar ao estabelecimento na terça-feira, 20 de Setembro. Como este estabelecimento de ensino é frequentado por cinco crianças com necessidades educativas especiais (NEE’s) e sete alunos apoiados

por terapeuta da fala, todo o planeamento foi feito para que o ano lectivo arrancasse com três turmas. Foi isso que os responsáveis do agrupamento D. Sancho I, em Pontével, explicaram aos pais na primeira reunião do ano, realizada na segunda-feira, 12 de Setembro. Porém, na quarta-feira, dia 14, às 17h30, o agrupamento ao qual pertence a escola de Vale da Pinta foi informado que a Direcção Regional de Educação de Lisboa e Vale do Tejo (DRE-LVT) decidiu autorizar apenas a constituição de duas turmas. Os pais foram apanhados de surpresa com a imposição da DRE-LVT na quinta-feira seguinte, logo pela manhã, precisamente no primeiro dia de aulas, em que estava apenas prevista uma recepção aos alunos. Numa reunião informal realizada à porta da escola, decidiram marcar para sextafeira um protesto e impedir os filhos de frequentar o estabelecimento, exigindo ao Ministério da Educação explicações sobre a decisão, ao qual o próprio agrupamento de Pontével foi totalmente alheio. O protesto estendeu-se até segunda-feira, 19 de Setembro, mas os alunos acabaram por regressar à escola no dia seguinte. “Era uma situação que se estava a tornar incomportável para muitos pais, uns porque não tinham onde deixar os filhos ou porque tinham que faltar ao emprego. Além disso, não podiam continuar a perder dias de escola e a acumular faltas injustificadas”, explicou ao nosso jornal um dos encarregados de educação, Pedro Marques. Por outro lado, “a DRE-LVT mostrou-se nestes dias totalmente irredutível e nem sequer ouviu os nossos argumentos, recusando ter qualquer reunião”, lamentou o mesmo, garantindo que os pais estão “expectantes e atentos para ver o que esta situação vai dar”. Segundo Pedro Marques, além de “fazer tábua rasa de todos os critérios de qualidade pedagógica”, esta decisão “ainda criou uma situação ilegal, que contraria um despacho do próprio Ministério”. Isto porque uma das turmas reúne 1º e 4º ano, num total de 17 alunos em que três têm NEE’s; a outra terá 25 alunos dos 2º e 3º anos, dois dos quais com NEE’s, quando a legislação diz que o máximo de crianças com NEE’s por turma é de dois alunos, e


que essa turma terá que ter um máximo de 20 alunos. “O que não acontece em nenhum dos casos”, conclui o responsável, salientando que a DRE-LVT se faz valer de um artigo da mesma legislação “que lhe permite, quase inacreditavelmente, criar todas as situações excepcionais que entender”. “Não se compreende o que levou a esta decisão, uma vez que a professora que fica sem turma pertence ao quadro. Não se poupa absolutamente nada”, adiantou ainda Pedro Marques, que é também pai de um menino com autismo que entrou este ano para o 1º ano. “Só aceitei que viesse este ano para esta escola porque tudo foi preparado para que ficasse inserido numa turma de seis alunos, que já eram colegas dele no jardim-de-infância”, explicou Pedro Marques, acrescentando que “será impossível ter o

filho inserido numa turma com tantos alunos, ainda por cima do 4º ano”. “Não é bom nem para ele, nem para os meninos mais velhos. Ninguém consegue aprender nada”, lamentou o mesmo, numa opinião partilhada pela esmagadora maioria dos encarregados de educação dos miúdos que frequentam o estabelecimento. “Vamos ver como as coisas correm. Cabe agora aos próprios professores analisar a situação e solicitar o respectivo apoio educativo”, explicou ainda Pedro Marques, acrescentando que os pais ponderam “pedir uma inspecção à escola caso o apoio educativo não seja concedido”. O nosso jornal solicitou esclarecimentos sobre esta situação ao gabinete de imprensa do Ministério da Educação, que não fez chegar nenhuma resposta até ao fecho desta edição.

Gala do fado na associação humanitária ANGARIAÇÃO DE FUNDOSA Associação Humanitária da Freguesia de Pontével (AHFP) está a organizar a grande gala do fado, que se realiza no dia 15 de Outubro, na sede da associação de socorro, a partir das 21h30. O evento visa angariar fundos para comprar material para a célula sanitária das ambulâncias da AHFP. As marcações de mesa podem ser feitas através dos telefones 243 790 470, 918 176 971, 913 039 950 e 924 186 396, ou pelo mails a.h.f.pontevel@iol.pt ou montecorvo@sapo.pt. Participam neste espectáculo os fadistas Isabel Vitorino, Nuno de Aguiar, Célia do Carmo, Carla Arruda, Tony Galamba, Anabela Jorge, Eduardo Tereso, Conceição Ramos, Rodrigo Palma, Oliveira Santos e a poetisa Piedade Salvador, acompanhados por Alberto Corga na viola clássica e José Carlos Marona na guitarra portuguesa.

Atelier de agricultura biológica

A escola ficou sem alunos

Associação de pais solidária com boicote em Vale da Pinta ●●● Em comunicado, a

comissão instaladora da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento D. Sancho I (APEEADS) “solidariza-se com os pais dos alunos” e considera que esta situação foi provocada por uma “decisão arbitrária e sem qualquer fundamento” da DRE-LVT. A redução do número de turmas decidida administrativamente por este organismo do Ministério da Educação, e que se recusou sequer a discutir o problema, cria duas situações ilegais, segundo a interpretação que a APEEADS faz da legislação. A lei em vigor estipula que uma sala não pode ter mais de dois alunos com necessidades educativas especiais (o que não é respeitado na turma dos 1º e 4º anos), nem ter mais de 20 crian-

ças em turmas onde existam dois alunos com as mesmas necessidades de acompanhamento (o que não acontece também na turma dos 2º e 3º anos). Ora, a mesma legislação também permite à DRE-LVT definir e impor quaisquer situações de excepcionalidade, uma possibilidade que vários pais ouvidos pelo nosso jornal classificaram de “ridícula” ou mesmo “inacreditável”. “Na prática, significa que podem fazer o que quiserem e nós temos de ficar calados”, lamentou a mãe de uma aluna do 2º ano. “Como é que se pode garantir a qualidade pedagógica nestas condições”, interroga-se a associação de pais no mesmo comunicado, onde se salienta que a decisão surgiu “na véspera do arranque do ano lectivo”.

INSCRIÇÕESA associação ambientalista Eco-Cartaxo vai realizar o seu 3º atelier de agricultura biológica a partir do final do mês de Outubro, com a duração de seis meses e com sessões práticas e teóricas semanais. As inscrições, que custam 10 euros por mês para sócios e 15 euros para não associados, estão abertas até ao dia 17 de Outubro, e podem ser feitas através do número 914 877 595 ou pelo e-mail ecocartaxo@sapo.pt.

Municípios do vinho preocupados com património do IVV Autarcas reuniram com a nova ministra da Agricultura, Assunção Cristas AUTARQUIAS A Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) quer saber quais são os planos do actual governo PSD / CDS em relação ao património do antigo Instituto da Vinha e do Vinho (IVV). Esta foi uma das preocupações transmitidas à ministra da Agricultura, Assunção Cristas, durante uma audiência que se realizou no passado dia 6 de Setembro, entre responsáveis da tutela e vários membros dos órgãos directivos da AMPV. Paulo Caldas, presidente da direcção e da Câmara do Cartaxo, relembrou

a ministra que os municípios, em 2007, apresentaram uma proposta para que para que os edifícios e instalações do antigo IVV fossem transferidos para a propriedade das respectivas autarquias, e em relação à qual o governo, através do Ministério da Agricultura, ainda não deu qualquer resposta definitiva. Neste encontro, a AMPV manifestou ainda a sua preocupação em relação ao possível aumento do IVA no preço do vinho, que poderá trazer efeitos negativos para o sector vitivinícola, e apresentou o projecto para a constituição da “Rota do Vinho de Portugal”, que estará em discussão na próxima conferência nacional de rotas do vinho, que se realiza em Barcelos, no próximo dia 11 de Novembro.

GNR apreendeu 51 quilos de cocaína em Vila Chã de Ourique

Obras do parque central concluídas em Outubro

A apreensão foi feita durante uma operação de fiscalização rodoviária

AUTARQUIAAs obras do parque central do Cartaxo, o novo espaço nobre da cidade, ficarão concluídas no próximo mês de Outubro, segundo informação da Câmara Municipal. O parque de estacionamento subterrâneo abre logo que todas as exigências de segurança e burocracias de licenciamento e utilização estejam concluídas, acrescenta a autarquia.

CRIME A GNR do Cartaxo apreendeu 51,3 quilos de cocaína de elevado grau de pureza durante uma operação de fiscalização de trânsito de rotina realizada em Vila Chã de Ourique, na sexta-feira, 16 de Setembro. Sem que nada o fizesse esperar, a guarda encontrou a droga num camião que transportava estruturas metálicas, e que estavam declaradas como sendo pro-

venientes da Colômbia. Acorrentadas a uma das paletes da carga, estavam duas mochilas pretas que chamaram a atenção dos militares. No seu interior, a GNR encontrou 46 embalagens com o estupefaciente, que dariam para cerca de 250 mil doses individuais, e que, no mercado, poderiam render entre sete a nove milhões de euros. O pesado era conduzido por um motorista de 66 anos que foi apenas identificado no local e mandado embora, em liberdade. Esta foi a maior quantidade de droga apreendida na área do Grupo Territorial da GNR de Santarém. 22 Setembro 2011 O RIBATEJO 17


Região

Coruche

Cartaxo

Município adere às jornadas do património

Freguesia da Lapa fora da Rainha das Vindimas

MUSEU “Requalificar e reabilitar para dinamizar o centro histórico de Coruche” é o nome do seminário que vai decorrer no sábado, 24 de Setembro, a partir das 9h30, no museu municipal da vila, inserido nas jornadas europeias do património. Do programa, destaque para a apresentação pública do projecto “reabilitar a custo zero”, vencedor do concurso FAZ – Ideias de Origem Portuguesa, da Fundação Gulbenkian e da Fundação Talento, que irá contar com a intervenção do promotor do projecto, José Paixão. O objectivo do “reabilitar a custo zero” é criar uma organização sem fins lucrativos para reabilitar as cidades, sem custos para senhorios e proprietários, com vista a repovoar os centros urbanos e dinamizar as cidades. Estará também presente nesta iniciativa Rui Quelhas, que vem à capital do Sorraia apresentar o caso de sucesso da SRU Porto Vivo. As jornadas europeias do património são organizadas pelo Conselho da Europa e assinalam-se em 50 países europeus.

Este ano, o ceptro será disputado por candidatas de sete das oito freguesias do concelho POLÉMICA O popular concurso Rainha das Vindimas do Cartaxo reúne este ano apenas sete das oito freguesias do concelho, uma vez que a Lapa não apresenta candidata à disputa do ceptro. O presidente da Junta de Freguesia, Rogério Santos, explicou ao nosso jornal que esta situação “deve-se a uma infeliz conjugação de vários factores”. A tesoureira deste órgão, Maria do Carmo Augusto, faleceu a 13 de Julho, a poucos dias da eleição da representante da freguesia, o que levou a Junta de Freguesia a mandar cancelar o espectáculo por respeito à memória da defunta. “Depois disso, não foi possível encontrar uma data em que todas as candidatas pudessem estar presentes, ou porque iam de férias ou tinham outros compromissos”, explicou Rogério Santos, acrescentando que a

Junta “optou por não nomear directamente nenhuma das candidatas, o que poderia ferir susceptibilidades, e decidiu não entrar no concurso deste ano”. O que não ocorre pela primeira vez, adianta o autarca local. Paulo Pintor, presidente do Centro Cultural e Desportivo da Lapa, colectividade que estava à frente da organização do concurso, também lamenta este desfecho. A poucos dias da eleição, a associação teve que cancelar todo o espectáculo, que já tinha a animação contratada, e comunicar com a estilista de Aveiras de Cima que ia emprestar os vestidos. “Ainda se fizeram algumas reuniões para tentar encontrar outra data, mas foi possível chegar a um acordo. A Junta acabou por cancelar a nossa participação”, afirma o responsável. A decisão provocou também a discórdia de vários familiares das cinco candidatas da freguesia, que andavam há semanas envolvidas na preparação do concurso. “Além do tempo que se perdeu para nada, houve quem tivesse gasto dinheiro

As candidatas já realizam a prova de expressão em palco. A vencedora será conhecida a 8 de Outubro. em deslocações e calçado para o desfile final”, disse ao nosso jornal um familiar de uma das concorrentes. “E há que dizer que a melhor forma de homenagear a memória da tesoureira da Junta era participar dignamente no concurso, uma vez que ela sempre foi das pessoas que mais envolvidas na Rainha das Vindimas, na Lapa”, opinou o mesmo. Sem a Lapa, a Rainha das Vin-

dimas do concelho do Cartaxo será eleita no próximo dia 8 de Outubro, numa gala que se realiza no Ateneu Artístico Cartaxense. Catarina Amorim, de Pontével, Ana Margarida Vila, de Vale da Pinta, Mariana Mota, da Ereira, Catarina Ribeiro, de Vila Chã de Ourique, Daniela Valada, de Valada, Cristiana Borges, do Cartaxo, e Márcia Madeira, de Vale da Pedra, são as concorrentes deste ano.

PUBLICIDADE

CADOVA

NOTARIADO PORTUGUÊS CARTÓRIO NOTARIAL DE CARLOS ARÊS EM ALCANENA

Cooperativa Agrícola do Vale de Arraiolos, C.R.L. Rua Direita de São Pedro, 150 - 2140-098 Chamusca Telefone 249 769 050 - Fax 249 769 059 - cadova@mail.telepac.pt

ASSEMBLEIA SECTORIAL EXTRAORDINÁRIA

CONVOCATÓRIA Nos termos do n.º 2 do art.º 12.º do Regulamento Interno da Secção de Horticultura, convoco a Assembleia Sectorial de Horticultura, para uma reunião extraordinária a realizar nas Instalações do Centro de Apoio a Empresas, na Rua Anselmo de Andrade, n.º 53, na Chamusca, no próximo dia 27 de Setembro, pelas 17 horas em primeira convocatória, com a seguinte ordem de trabalho:

1 - ASSEMBLEIA SECTORIAL DE HORTICULTURA a) Apresentação, discussão e aprovação da alteração ao Programa Operacional, para o ano de 2011, nos termos e para os efeitos da legislação aplicável. b) Apresentação, discussão e aprovação do novo Programa Operacional nos termos e para os efeitos do Reg.(CE) n.º 1234/07 do Concelho de 22 de Outubro, Reg. (CE) n.º 361/08 da Comissão de 14 de Abril, Regulamento de execução (UE) n.º 543/11 da Comissão de 07 de Junho, Portaria n.º 1325/08 de 18 de Novembro, actualizada pela Portaria n.º 1247/09 de 13 de Outubro e demais legislação aplicável. c) Outros assuntos.

Chamusca, 14 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia Geral José Frederico de Lemos Salter Cid NOTA: Não estando presentes à hora marcada mais de 50% dos sócios efectivos as reuniões realizar-se-ão 30 minutos depois com qualquer número de sócios presentes.

18 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

CONVOCATÓRIA Nos termos da alínea a) do artigo 14.º da Lei n.º 45/2008, de 27 de Agosto, convoco os membros da Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) para uma sessão extraordinária a realizar no dia 27 de Setembro de 2011, às 20.30 horas, na respectiva sede, sita na Quinta das Cegonhas, em Santarém, com a seguinte ordem de trabalhos: • Ordem do Dia: 1 - Apreciação e Votação de Proposta de Adesão de Entidades à Central de Compras Electrónicas da CIMLT; 2 - Apreciação e Votação de Proposta de Alienação de Bens Imóveis à AR – Águas do Ribatejo, EM, SA; 3 - Apreciação e Votação de Proposta de Delegação de Competências no Conselho Executivo de Abates de Bens (Exceptuando Imóveis) ao Inventário da CIMLT. Santarém, aos 19 de Setembro de 2011 A Presidente da Assembleia Intermunicipal IDÁLIA MARIA MARQUES SALVADOR SERRÃO (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)

A cargo do Notário Carlos Manuel Godinho Gonçalves Arês Certifico, para efeitos de publicação que, no dia catorze de Setembro do an0 de dois mil e onze, foi lavrada uma escritura de JUSTIFICAÇÃO, exarada de folhas setenta e seis a folhas setenta e oito, do Livro de Notas para Escrituras Diversas DEZANOVE-E deste Cartório, na qual os Senhores MANUEL ANTONIO CONSTANÇA, que também usa MANUEL ANTÓNIO CONSTÂNCIO, contribuinte fiscal nurnero 143 272 861 e mulher MARIA DE FÁTIMA DOS SANTOS ANJOS CONSTANÇA, que também usa MARIA DE FÁTIMA DOS SANTOS ANJOS CONSTÂNCIO, contribuinte fiscal número 143 272 853, casados no regime da comunhão geral de bens, naturais, ele da freguesia de Alcanede, do concelho de Santarém e ela da freguesia de Sintra (S. Martinho), do concelho de Sintra, residentes na Rua da Capela, número 14, Prado, Alcanede, Santarém, declararam que são donos e legitimos possuidores do predio urbano sito no lugar do Prado, na freguesia de Alcanede, do concelho de Santarém, composto por casa de res-do-chão para habitação, dependencias e páteo, com a superficie coberta de oitenta e oito metros quadrados e com a superficie descoberta de cem metros quadrados, perfazendo a área total de cento e oitenta e oito metros quadrados, descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o número QUATRO MIL, CENTO E DEZ / Alcanede, lá registada a aquisição em comum e sem determinação de parte ou direito a favor de ELISIA MARIA MOREIRA REI que também usa ELISA MARIA MOREIRA REI, casada no regime da comunhão de adquiridos com Helder Norbeto Noronha dos Santos, JOAO BARROS REI, viúvo, JOAO PAULO GROSSO REI, solteiro, maior e de JOSÉ JOAQUIM GROSSO REI, solteiro, maior, todos residentes no Bairro das Grutas, Mira de Aire, pela inscrição Ap.34, de 13/11/1998, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 705. Que os referidos Manuel Antonio Constança e mulher Maria de Fatima dos Santos Anjos Constança, adquiriram o predio acima mencionado ha mais de vinte anos, por compra verbal efectuada ao indicado JOAO BARROS REI e mulher EMILIA MOREIRA GROSSO, actualmente falecidos, nao tendo, no entanto, chegado a celebrar a respectiva escritura púbIica; Que o prédio se encontra matricialmente inscrito em nome do justificante marido e de Alfredo Seguro. Que, há mais de vinte anos vem exercendo continuamente a posse sobre o referido prédio, à vista de toda a gente, praticando todos os actos inerentes asua qualidade de proprietarios, usufruindo de todas as utilidades do predio, habitando-o, fazendo a sua conservação e beneficiação, na convicção de exercer direito próprio, ignorando lesar direito alheio, sendo reconhecidos como seus donos por toda a gente, pacificamente, porque sem violencia, continua e publicamente, sem a menor oposicao de quem quer que seja, verificando-se assim todos os requisitos legais para que se possa afirmar que adquiriram o identificado predio por usucapliao, titulo este que, por natureza, nao e susceptivel de ser comprovado pelos meios normais. Que, desconhecem o paradeiro dos titulares inscritos. Foram afixados editais pelo período de trinta dias na sede da Junta de freguesia da localização do predio, Freguesia de Alcanede, do concelho de Santarém, bem como na Conservatoria do Registo Predial de Santarem. As titulares inscritos foram também notificados por carta registada com aviso de recepção enviada para a morada que consta do Registo Predial. Está conforme o original e certifico que na parte omitida nada há em contrário ou além do que nesta se narra ou transcreve. Alcanena, 14 de Setembro de 2011 O notário Carlos Manuel Godinho Gonçalves Arês (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)


Almeirim

Novo edifício do Centro Paroquial já tem a primeira pedra Edifício permite reunir no mesmo espaço todas as respostas sociais da instituição INVESTIMENTO Coube ao padre António Marques Garcia o lançamento da primeira pedra do futuro “lar de idosos / jardimde-infância” do Centro Paroquial de Bem-Estar Social de Almeirim (CPBESA), segundo a placa que vai ficar no local para relembrar a efeméride. “Desejo que o edifício que vai aqui nascer seja um pólo de excelência para acolher as crianças e os mais velhos, que bem merecem descansar com conforto depois de uma vida

inteira de trabalho”, salientou D. Manuel Pelino, bispo de diocese de Santarém, durante a cerimónia oficial, que decorreu na quinta-feira, 15 de Setembro, e à qual acorreram vários elementos do executivo da Câmara de Almeirim, responsáveis da Segurança Social e de IPSS’s e a grande maioria dos utentes do CPBESA, entre outros. O novo edifício, tal como o nosso jornal noticiou na última edição, permite que a instituição concentre no mesmo espaço todas as suas respostas sociais. Após a sua construção, que tem um prazo estimado de cerca de dois anos, o CPBESA terá uma creche tradicional para 66 crianças (divididas em dois berçários, duas salas para

bebés dos 14 aos 24 meses, e outras duas para crianças entre os 24 e os 36 meses), a que se juntam mais 50 crianças no ensino pré-escolar e outros 40 nas actividades de tempos livres (ATL). A nível da terceira idade, a instituição vai gerir um lar de idosos com capacidade para 35 utentes, prestar apoio domiciliário a outros 45 utentes, e conta ainda com 50 utentes no centro de convívio para seniores. A obra, que já está adjudicada e representa um investimento total que ronda os dois milhões e meio de euros, vai ser edificada junto ao novo centro escolar de Almeirim, num terreno de cerca de 4 mil metros quadrados, cedido pela Câmara Municipal de Almeirim.

Cerimónia decorreu na quinta-feira, 15 de Setembro PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 19


Região

Almeirim

Rio Maior

Secretaria de Estado aceita reformulação de acções

A construção do equipamento, que chegou a estar suspensa por violação do PDM, demorou cerca de dois anos

População comparece à abertura do centro escolar Inauguração do equipamento foi um momento de grande festa para alunos, pais, encarregados de educação e toda a comunidade escolar João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

A população das Fazendas de Almeirim compareceu em massa à inauguração do novo centro escolar da freguesia, que decorreu no sábado, 17 de Setembro. A grande maioria dos pais, encarregados de educação e familiares dos alunos quiseram conhecer in loco o novo edifício, que tem 12 salas de aula para o 1º ciclo, quatro para o ensino pré-primário, uma biblioteca integrada na rede nacional escolar e ginásio, entre muitos outros equipamentos de apoio que caracterizam estes novos estabelecimentos de ensino. “Este equipamento é para as crianças, porque é aqui que se vão preparar para a vida”, disse Maria Emília Moreira, vereadora da educação da Câmara de Almeirim, acrescentando que a autarquia “fez tudo o 20 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

que estava ao seu alcance para dotar o centro escolar de todos os recursos educativos necessários ao sucesso dos alunos”. Conceição Pereira, presidente do agrupamento de escolas de Fazendas de Almeirim, sublinhou precisamente que todos estes recursos “permitem potenciar bastante a qualidade do ensino”, e lembrou que o “desempenho global do agrupamento tem vindo a melhorar significativamente nos últimos anos, em termos de resultados”, um facto que se deve, segundo a própria, ao trabalho desenvolvido pelos professores e pelos seus antecessores na direcção deste órgão. Um dos antecessores é precisamente Manuel Bastos Martins, hoje presidente da Junta de Freguesia da Fazendas. Em 1998, o então professor esteve ligado à criação deste agrupamento vertical de escolas, um dos primeiros a ser constituí-

do no país. Numa intervenção mais política, o autarca referiu que “sempre que a Câmara de Almeirim propõe alguma obra para as Fazendas, há alguém que vota sistematicamente contra a sua realização”. “Mas essas atitudes ficam com quem as pratica”, acrescentou Bastos Martins, que agradeceu à autarquia o facto de ter conseguido “ultrapassar todos os obstáculos e concluir esta obra magnífica”. Recorde-se que a primeira do centro escolar

1998 foi o ano em que arrancou o processo de consituição do agrupamento vertical de escolas de Fazendas de Almeirim. Foi um dos primeiros do país.

das Fazendas foi lançada a 9 de Setembro de 2009 por Jorge Lacão, então secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros. Em Junho de 2010, as obras foram suspensas por violação do Plano Director Municipal (PDM) do concelho, uma irregularidade que a Câmara de Almeirim, dona da obra, só detectou com os trabalhos já em curso. Segundo o presidente da autarquia, Sousa Gomes, com a inauguração deste equipamento, “as Fazendas de Almeirim passam a dispor de todas as infra-estruturas necessárias para garantir à população uma boa qualidade de vida”. Mesmo assim, o autarca comprometeu-se a arrancar durante este mandato com a obra da futura Casa da Cultura, um equipamento no centro da vila que pretende reunir no mesmo espaço várias colectividades da freguesia.

INTEMPÉRIES A secretaria de Estado da Administração Local autorizou a reformulação de acções e transição de verbas proposta pela Câmara de Rio Maior em relação à recuperação de infra-estruturas destruídas pelas intempéries de Dezembro de 2009. Esta decisão permite à autarquia avançar de imediato para a reposição do pontão na Rua do Pau Torto, em Arruda dos Pisões, e para a reparação das estradas D. Maria II (no Alto da Serra) e da Municipal 566 na zona de Teira (freguesia de Alcobertas), uma vez que os projectos estão executados. A transição de verbas entre as acções não altera os valores totais aprovados no âmbito do contrato de auxílio financeiro de 674 mil euros, com uma comparticipação de 60% deste montante.

Faleceu João António Ferreira, padre na freguesia de Alcobertas ÓBITO O padre João António da Costa Ferreira, presbítero da diocese de Santarém e pároco de Alcobertas, Rio Maior, foi encontrado morto em sua casa no sábado, 17 de Setembro. Nascido a 20 de Outubro de 1950, em Salvaterra de Magos, padre António João frequentou os seminários do Patriarcado de Lisboa, a Universidade Católica Portuguesa e foi ordenado presbítero a 22 de Julho de 1979, na Catedral de Santarém. No desempenho do ministério, foi pároco de Sta. Eufémia da Chancelaria (1979), prefeito do Seminário de S. Paulo, em Almada (1981) e responsável diocesano pela pastoral das vocações, adjunto do vigário de Santarém (1990), assistente diocesano da pastoral juvenil (1991), director do Pré-Seminário (1993). Foi também membro do conselho presbiteral durante três mandatos e do colégio dos consultores, pároco de Sta. Maria de Almoster (2001) e pároco de Alcobertas (2003).


Rio Maior

Alpiarça

Ministro da educação de Moçambique visitou concelho INTERCÂMBIO Mesmo estando de férias em Portugal, Zeferino Martins, ministro da Educação de Moçambique, visitou a título particular o concelho de Rio Maior no passado dia 5 de Setembro. Após uma recepção nos paços do concelho, a presidente Isaura Morais e o vice-presidente Carlos Frazão mostraram ao representante do governo moçambicano as salinas, o complexo desportivo, o parque escolar, o parque de negócios e a zona industrial. Desta visita surgiu a hipótese

O equipamento teve um custo que rondou os 1,2 milhões de euros

Centro escolar homenageia professor que marcou gerações João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt ENSINO Inaugurado na quintafeira, 15 de Setembro, o novo centro escolar de Alpiarça recebeu o nome de escola básica do 1º ciclo Abel Avelino, em homenagem ao professor que “marcou gerações de alpiarcenses”. “Hoje, o seu nome volta à escola onde será lembrado todos os dias”, disse durante a inauguração Isabel Coelho, directora do agrupamento de escolas José Relvas, lembrando “um homem de grande gentileza, sabedoria e dedicação”. Nascido em 1933, Abel Avelino leccionou durante 35 anos, 27 dos quais em estabelecimentos de ensino do concelho de Alpiarça. Aposentouse em Agosto de 1999 e veio a falecer em 2006. “A forma espontânea como leccionava marcou gerações de alunos”, frisou Isabel Coelho, que foi sua aluna e posteriormente colega de profissão, frisando que Abel Avelino “contagiava todos à sua volta com a sua boa disposição”. Coube à viúva, juntamente com o presidente da Câmara

Municipal de Alpiarça, Mário Pereira, descerrar a placa que simboliza a inauguração do novo equipamento. “A partir de hoje, Alpiarça conta com um centro escolar moderno e acolhedor”, com “recursos modernos” e todas as condições para potenciar o “enriquecimento da aprendizagem”, frisou ainda Isabel Coelho, que disse contar “com todos os alunos que têm o privilégio de o inaugurar para o preservar e conservar tal como

Abel Avelino foi “um homem de grande gentileza, sabedoria e dedicação, contagiava todos à sua volta com a sua boa disposição”. Isabel Coelho PRESIDENTE DO AGRUPAMENTO

está, como se estivessem nas suas próprias casas”. O equipamento, segundo o presidente da Câmara, significou um investimento que ronda os 1,2 milhões de euros, financiado através do Programa Operacional do Alentejo (POA). “Este centro escolar é uma peça central da aposta na educação por parte deste executivo”, afirmou Mário Pereira, sublinhando que “2011 foi o ano em que mais se investiu na educação em Alpiarça”. Segundo enumerou o autarca, recorrendo a fundos próprios, a autarquia adquiriu equipamentos de apoio escolar, casos dos quadros interactivos, e fez obras de remodelação e beneficiação em vários edifícios escolares no concelho, casos das escolas básicas com jardim-deinfância de Alpiarça e Frade de Baixo, ou do ginásio da secundária José Relvas. “Os factos demonstram que, mesmo num quadro de grandes dificuldades financeiras impostas pela crise, o município tem sabido responder às solicitações na área da educação”, concluiu Mário Pereira.

de Rio Maior estabelecer uma geminação com a cidade natal de Zeferino Martins, que vê com bons olhos o incentivo a possíveis intercâmbios futuros entre alunos moçambicanos e alunos das escolas secundária, profissional e superior de desporto. No desporto, foi equacionada a hipótese de, em 2012, uma delegação de alunos do desporto escolar do concelho marcarem presença nos Jogos Escolares de Moçambique, evento que junta anualmente cerca de 2.000 jovens.

Especialistas debatem qualidade de vida em meios urbanos MOBILIDADE “Qualidade de vida em meio urbano” é o nome da conferência que vai ter lugar no auditório da Câmara de Rio Maior na quinta-feira, 22 de Setembro, integrada na “semana europeia da mobilidade – dia europeu sem carros”. A iniciativa começa pelas 18h15, e conta com intervenções de

dois técnicos de uma empresa de consultoria em transportes e mobilidade, Monteiro Figueira e Cláudia Albuquerque, que trazem o exemplo de Hasselt, uma cidade belga sem carros. Pedro Mendonça, da Inplenitus, falará sobre o plano de pormenor da zona ribeirinha de Rio Maior. PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 21


Região

Abrantes

Alcanena

Investigadores reúnemse para passeio às nascentes do Alviela Alcanena e Constância têm iniciativas inseridas na noite europeia dos investigadores

Alexandre Alves ganhou mais 60 dias para iniciar a produção dos painéis solares

RPP Solar apresenta garantia de 500 milhões João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt INVESTIMENTO A Câmara de Abrantes recebeu da RPP Solar uma garantia bancária no valor de 500 milhões de euros, que avaliza a capacidade financeira da empresa liderada por Alexandre Alves para concluir a instalação da fábrica de painéis solares. Este documento era uma das exigências feitas pela autarquia para não revogar as licenças de construção à RPP Solar, uma vez que o início da laboração estava previsto para o início do ano de 2010. A empresa “apresentou, por escrito, a recalendarização dos trabalhos ainda por executar das obras da unidade industrial e o cronograma descritivo da instalação e início de laboração das unidades industriais, espaçadas entre o último trimestre de 2011 e 2013”, refere um comunicado da Câmara, que acrescenta que Alexandre Alves está “em negociações com os credores para pôr fim aos processos judiciais em curso”, interpostos por fornecedores que pedem a insolvência da RPP Solar alegando a existência de dívidas não liquidadas. Contudo, a autarquia recusouse a informar qual o banco ou consórcio de bancos, nacionais

22 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

ou internacionais, que emitem a garantia bancária, alegando que está “obrigada a um regime de confidencialidade”. Na posse da documentação entregue por Alexandre Alves, a Câmara de Abrantes deliberou na reunião de 16 de Setembro, por unanimidade, não declarar a caducidade do licenciamento da obra e dar um novo prazo adicional de 60 dias úteis para a conclusão da primeira fase do investimento. No empreendimento industrial, que está implantado num terreno com uma área total de 82 hectares junto à Central Termoeléctrica do Pego, os pavilhões estão praticamente concluídos, faltando

“Há uma carta de um banco que atesta que este dinheiro está disponível para ser investido neste projecto”. Maria do Céu Albuquerque PRESIDENTE DA CÂMARA

apenas alguns arranjos exteriores e a colocação das primeiras linhas de montagem. O início da produção dos painéis foto voltaicos poderá ser uma realidade antes de 2012, caso a RPP Solar cumpra o timing que apresentou à autarquia. “Querendo fazer fé que estes documentos atestam a efectiva capacidade do empresário em realizar o investimento, estamos convictos de estar em condições, em 60 dias úteis, para ver a concretização da primeira fase deste negócio em Abrantes, o que será para nós uma grande satisfação”, disse à Antena Livre a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, sublinhando o potencial de exportação deste tipo de indústria. Recorde-se que, em Julho, a Câmara, perante os sucessivos atrasos na laboração da fábrica, exigiu à empresa a entrega de documentação que garantisse a capacidade de concluir este projecto que prometia agregar toda a cadeia de produção de energia solar, num investimento superior a mil milhões de euros e gerador de cerca de 1.900 postos de trabalho, até 2013. Alexandre Alves solicitou então a concessão de um prazo suplementar, que lhe foi concedido a 23 de Agosto último.

CIÊNCIA Um passeio nocturno na zona envolvente às nascentes do rio Alviela, com acompanhamento de vários cientistas e especialistas na área do ambiente, é a proposta do centro de ciência viva do Alviela – Carsoscópio de Alcanena para assinalar a noite europeia dos investigadores, na sextafeira, 23 de Setembro, a partir das 20h30. Chama-se “Alviela @t night” e arranca no centro de ciência viva, junto à praia fluvial dos Olhos de Águas, seguindo-se de um percurso pedestre em que o público será acompanhado por especialistas em diversas área do carso, para dar as devidas explica-

ções à medida que o passeio se desenrola. Esta iniciativa está inserida na noite europeia dos investigadores, um mega evento que vai decorrer em simultâneo em 320 cidades europeias, das quais 17 são portuguesas. No Ribatejo, o centro de ciência viva de Constância vai assinalar a data com a iniciativa “Observar o céu profundo”, uma observação celeste que será feita através de um telescópio de 52 centímetros instalado no novo abrigo que será inaugurado nessa data. A noite europeia dos investigadores visa possibilitar ao público em geral o convívio entre cientistas e investigadores, num ambiente informal e descontraído, demonstrando que a ciência é mais simples do que se julga, e tentando suscitar a curiosidade dos jovens pela investigação enquanto carreira profissional.

Torres Novas

CDU dedica jornadas autárquicas aos serviços públicos POLÍTICA As V jornadas autárquicas da CDU de Torres Novas, que decorrem de 24 de Setembro e 11 de Novembro, vão ser dedicadas ao estado dos serviços públicos no concelho. A eficiência dos transportes públicos, a prestação dos cuidados básicos de saúde, o saneamento básico, a recolha do lixo, a educação, o abastecimento de água, o ambiente, a distribuição postal ou mesmo serviços telefónicos são algumas das questões que vão ser avaliadas pela CDU de Torres Novas, que pretende “avaliar a forma como esses serviços são prestados, o alcance dos seus efeitos, o modo como as entidades colaboram na resolução dos problemas que afectam a população do concelho”, segundo afirma em comuni-

cado. Durante este período de sensivelmente um mês e meio, os eleitos da CDU vão visitar todas as freguesias do concelho para conhecer casos e situações junto da população, para depois apresentarem soluções para os problemas detectados e reunirem-se com os responsáveis dos diversos serviços, naquela que será, segundo o partido, uma “acção pública em defesa dos serviços públicos”.


Tomar

Mação

DVD sobre João de Castilho

Faleceu antigo presidente da Câmara Municipal de Mação

LANÇAMENTO “O Construtor do Mundo” é o nome do DVD sobre a vida e obra de João de Castilho que pode ser adquirido directamente na Galeria Templários, da Entidade Regional de Turismo, em Tomar. A edição em DVD tem tudo sobre o arquitecto a quem se deve grande parte da obra do Convento de Cristo, da Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Tomar e do Mosteiro dos Jerónimos. Este trabalho foi realizado e produzido por Alberto Luna Samperio e tem música de Dulce Pontes. Está também disponível o livro “João de Castilho, O Construtor do Mundo”, da autoria da Doutora María Ealo de Sá.

Elvino Pereira faleceu na sextafeira, 16 de Setembro. Tinha 84 anos. ÓBITO Elvino Pereira, que presidiu à Câmara de Mação durante mais de 20 anos, faleceu na sexta-feira, 16 de Setembro, aos 84 anos. O ex-autarca foi a enterrar no sábado, 17, para o cemitério de Mação, depois de uma missa bastante participada por familiares e amigos, e do corpo ter estado em câmara ardente no salão nobre dos paços do concelho. Elvino da Silva Pereira foi presidente da Câmara Municipal entre 1980 e 2001, ano em que passou o testemunho a José Saldanha Rocha, tendo então iniciado funções como presidente da Assembleia Munici-

pal, já com mais de 80 anos. Ocupou este cargo até Setembro de 2008, altura em que se despediu da vida política activa, onde ingressou em 1963, como membro do Conselho Municipal. Foi também vereador do município entre 1965 – 1974 e entre 1976 – 1979, tendo ainda sido provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mação. No seu site, o executivo camarário refere que o óbito de Elvino Pereira é “uma perda para o concelho e para todos aqueles que com ele privavam”. “Fundador do PSD de Mação, Elvino Pereira assumiu a sua liderança durante largos anos, tendo contribuído para a consolidação do partido não só a nível local como também na região”, afirma Vasco Cunha, presidente da comissão política distrital do PSD, que realça o

Elvino Pereira, que ingressou na vida política em 1963, presidiu aos destinos do município entre 1980 e 2001. empenho “extraordinário” nas causas em que se envolveu e o envolvimento cívico junto da comunidade. “Para mim, que tive oportunidade de o conhecer há mais de 25 anos, desapareceu um extraordinário ser

humano, com uma simplicidade e humildade que são cada vez mais excepção e uma paixão por Mação que pode ser igualada mas dificilmente ultrapassável”, sublinhou à Lusa o responsável social-democrata. PUBLICIDADE

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE TOMAR EDITAL 4.ª SESSÃO ORDINÁRIA Miguel Fernando Cassola de Miranda Relvas, Presidente da Assembleia Municipal de Tomar, Torna Público que de harmonia com a alínea b), do nº 1, do Artº 54º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com, as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro, e do Regimento convoca a Assembleia Municipal para a 4ª Sessão Ordinária, a realizar no Salão Nobre dos Paços do Concelho, pelas 15 horas, do próximo dia 30 de Setembro de 2011 (sexta-feira) com a seguinte Ordem de Trabalhos: - PAOD - ORDEM DE TRABALHOS 1. Discussão e votação da Deliberação de Câmara tomada em reunião de 08.09.2011, sobre a “Contratação de empréstimo para financiamento de projectos com comparticipação de fundos comunitários – Relatório de Análise de Propostas – (Até 600.402,00 Euros) – Artº 39, nº 6 da Lei das Finanças Locais” ao abrigo da alínea d), do nº 2, do Artº 53º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro; (Grelha B de Tempos a que se refere o número 4 do Artigo 35º do Regimento da A.M.); 2. Discussão e votação da Deliberação de Câmara tomada em reunião de 08.09.2011, sobre a “Contratação de empréstimo para financiamento de projectos com comparticipação de fundos comunitários – Relatório de Análise de Propostas – (Até 427.367,00 Euros) – Artº 39, nº 6 da Lei das Finanças Locais” ao abrigo da alínea d), do nº 2, do Artº 53º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro (Grelha B de Tempos a que se refere o número 4 do Artigo 35º do Regimento da A.M.);

ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE ALMEIRIM

EDITAL Sessão Pública dia 30/09/2011 (Sessão Ordinária – 13ª Sessão) JOSÉ FRANCISCO CORREIA AFONSO MAROUÇO, Presidente da Assembleia Municipal de Almeirim. Torna público, no uso das competências previstas no nº1,alínea b) do art. 54º conjugado com o estipulado no nº 1 do artigo 50º da Lei nº 169/99 de 18 de Setembro republicada em anexo à Lei nº 5-A/2002 de 11 de Janeiro conjugado, com o nº1 alínea b) o artº7º do Regimento, que se realiza no dia 30 de Setembro de 201 (Sexta feira) pelas 21,00 horas, na sala de sessões, no edifício dos Paços do Concelho de Almeirim uma SESSÃO ORDINÁRIA desta ASSEMBLEIA MUNICIPAL, com a seguinte ORDEM DE TRABALHOS: UM – Apreciação da informação escrita do Presidente da Câmara Municipal de Almeirim, acerca da actividade municipal, nos termos da alínea e) do nº 1 do artº 53º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro de 2002, conjugado com o estipulado no artigo 4º do Regimento desta Assembleia Municipal. DOIS - Análise, discussão e deliberação sobre o estabelecimento e fixação nos termos da alínea f) do nº 2 do artigo 53º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro de 2002, de acordo com a proposta apresentada pela Câmara das taxas para vigorar em 2012 do Imposto Municipal sobre Imóveis, de acordo com o estipulada na alínea a) do nº 6 do artigo 64º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro de 2002, no respeito pelo previsto no nº 5 e 1 do artigo 112º do Decreto-Lei n.º 287/2003 - DR nº 262 de 12 de Novembro que aprovou o Código do Imposto Municipal sobre Imóveis com as alterações da Lei nº 53-A/2006, de 29 de Dezembro; TRÊS - Apreciação e deliberação sobre a proposta de participação variável no IRS para 2012, apresentada pelo Executivo Municipal de acordo com o artigo 20º da Lei 2/2007 de 15 de Janeiro, conjugado com a alínea h) do nº2 do artigo 53º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro de 2002;

3. “Apreciação da Informação Escrita a apresentar pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Tomar”, ao abrigo da alínea e), do nº 1, do Artº 53º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro;

QUATRO - Apreciação e deliberação sobre a proposta de DERRAMA para 2012, apresentada pelo Executivo Municipal de acordo com o artigo 14º da Lei 2/2007 de 15 de Janeiro, conjugado com a alínea f) do nº2 do artigo 53º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei 5-A/2002 de 11 de Janeiro de 2002;

4. “Outros Assuntos de Interesse para a Autarquia”, ao abrigo da alínea r), do nº 1, do Artº 53º, da Lei nº 169/99, de 18 de Setembro, com as alterações introduzidas pela Lei nº 5-A/2002, de 11 de Janeiro.

Assembleia Municipal de Almeirim, 20 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia, José Francisco Correia Afonso Marouço (Dr.)

O Ponto 3 e o Ponto 4 terão discussão conjunta (Grelha C de Tempos a que se refere o número 4 artigo 35º do Regimento da A.M.).

AVISO INTERVENÇÃO DO PÚBLICO NA SESSÃO ORDINÁRIA DA ASSEMBLEIA MUNICIPAL DE 30 de Setembro de 2011

PARA CONSTAR E OS DEVIDOS EFEITOS, será este EDITAL afixado nos PAÇOS DO CONCELHO, nas JUNTAS DE FREGUESIA, e publicado nos Jornais “CIDADE DE TOMAR”, “O TEMPLÁRIO”, “O RIBATEJO” e “O MIRANTE”. Assembleia Municipal de Tomar, 19 de Setembro de 2011 O Presidente da Assembleia Municipal, Miguel de Miranda Relvas

De acordo com o estipulado no nº 6 do artigo 84º da Lei 169/99 de 18 de Setembro, com a redacção dada pela Lei nº 5-A/2002 de 11 de Janeiro os cidadãos interessados em intervir, para solicitar esclarecimentos terão de o fazer, antecipadamente, devendo para o efeito procederem à sua inscrição, no inicio da sessão, referindo o nome, morada e assunto a tratar. Para constar e devidos efeitos, será este EDITAL afixado no edifício Paços do Concelho, demais lugares de costume e estilo do concelho e publicado no jornal o “Mirante”. E, eu Rui Manuel Louraço, Assistente Técnico, na qualidade de funcionário designado para assessorar a Mesa da Assembleia Municipal, elaborei o presente edital que segue assinado pelo Presidente da Assembleia Municipal e autenticado com o selo branco em uso nesta edilidade.

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 23


Newsletter 2

Redes de Cooperação Objectivos das Redes de Cooperação – Construção Civil e Metalomecânica e Exportação para Mercados Emergentes A NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, encontra-se a preparar a constituição, na região de Santarém, de duas redes de cooperação empresarial: - “Rede de Empresas do Sector da Construção Civil e Metalomecânica” e - “Rede Multi-Sectorial para Exportação para Mercados Emergentes”. Para a associação empresarial, a cooperação empresarial é de extrema impor-

tância porque “só numa abordagem conjunta será possível angariar massa crítica, que permita às empresas fazer face aos desafios de competitividade com vantagens evidentes”, como por exemplo a oferta integrada de maior valor acrescentado, a abordagem a novos mercados e a redução de custos de produção e aprovisionamento. Objectivos das Redes de Cooperação – Construção Civil e Metalomecânica e Exportação para Mercados Emergentes.

Rede de Construção Civil e Metalomecânica A cadeia de valor para o sector da construção envolve a montante empresas da área da produção e fornecimento de materiais de construção e equipamentos diversos, e a jusante diversas tipologias de clientes, nomeadamente utilizadores de habitat doméstico, gestores de espaços comerciais e instalações industriais, entre outros (Figura 1). O que se observa neste caso de pequenas e médias empresas complementares é que estas apenas desenvolvem relações unilaterais e por vezes bilaterais entre si. Ao incluir numa rede ou agrupamento comum as referidas empresas complementares, a resposta integrada por exemplo a um concurso comum, terá muito maior impacto e possibilidades de sucesso. O agrupamento poderá traduzir-se em economias de escala, reduzindo os custos com aprovisionamentos e custos de pessoal na realização de algumas actividades comuns. Por outro lado, a dimensão e a complementarida-

de das empresas agrupadas permitirão a abordagem a novas oportunidades de negócio, que seriam dificilmente atingíveis em termos individuais. A resposta a grandes obras públicas seria exequível, assim como a diminuição de riscos na abordagem concertada a um mercado externo previamente identificado (ex. Angola, Moçambique, Cabo Verde) (Figura 2). Quanto à metalomecânica, preconizase que possa ser particularmente bem sucedida uma rede-piloto com empresas do ramo da metalomecânica que aceitem especializar-se em determinadas áreas (ex. indústria alimentar, agricultura, ambiente, energia) ou por especialidades técnicas: (ex. soldadura, tornearia, maquinação, estampagem, corte laser, tratamento de superfície). A cadeia de valor do sector da metalomecânica auxilia a identificação de vários tipos de especialização, nas diversas fases do produto (Figura 3).

FIGURA 2 CONSTRUÇÃO - MECANISMO DE COOPERAÇÃO DE EMPRESAS COMPLEMENTARES

22 Setembro 2011

FIGURA 1 CONSTRUÇÃO - CADEIA DE VALOR

FIGURA 3 CADEIA DE VALOR DO SECTOR DA METALOMECÂNICA


Para obter mais informações ou esclarecimentos sobre estes incentivos ou outros programas de financiamentos disponíveis, pode contactar a NERSANT – Associação Empresarial

Plano de Acção Implementação das redes A implementação de redes de empresas do mesmo sector, que aceitem especializarse em determinada área poderá diminuir a concorrência directa entre as mesmas empresas, debelando assim alguma resistência por parte das empresas na adesão a um possível projectopiloto.

Rede Multo-Sectorial de exportação para Mercados Emergentes Partilha de custos entre as empresas aderentes, com vista a atingir novos mercados, prospecção de mercados, participação conjunta em feiras, acções comerciais e de promoção conjuntas, partilha de recursos humanos e físicos nos mercados de destino e investimento partilhado em infra-estruturas, como por exemplo escritórios e armazéns são algumas das vantagens de adesão a esta rede de cooperação.

A NERSANT está neste momento a identificar as empresas interessadas em integrar as duas redes a implementar, seguindo-se uma fase de trabalho com cada uma das empresas interessadas, no sentido de aferir os seus interesses, motivações e expectativas para este processo e analisar em detalhe os objectivos específicos de cada empresa coma sua participação na rede. A partir desta fase está prevista a realização de um conjunto de reuniões de trabalho com as empresas que integrarão cada uma das redes, com a intenção de definição do modelo organizacional de cooperação mais adequado (por exemplo, ACE) do estabelecimento da missão e objectivos da rede, forma jurídica a adoptar, modelo de gestão, recursos a envolver/ orçamento

disponível, iniciativas e projectos a desenvolver e oportunidades de financiamento. A sua constituição está prevista acontecer até ao final do ano. Uma vez definido o modelo de cooperação e constituídas formalmente as redes, a Nersant, juntamente com a SPI - Sociedade Portuguesa de Inovação, irá efectuar o acompanhamento de cada uma das redes, realizando reuniões de acompanhamento para promover a discussão das questões definidas pelo modelo de cooperação, assim como apoiar o planeamento dos restantes passos. A Nersant já deu início às sessões de trabalho para a implementação destas redes, mas continua a aceitar a integração de empresas que manifestem interesse nas mesmas.

AGRUPAMENTO COMPLEMENTAR EMPRESARIAL

ACE

EM SUMA… Com o lançamento destes novos modelos de cooperação pretende-se melhorar a competitividade do tecido empresarial por via de obtenção de economias de escala e de abordagem a novos mercados por parte das empresas da região com uma oferta competitiva e diferenciada – objectivo incontornável para a sobrevivência da maioria das empresas. O objectivo será a implementação de um modelo de cooperação com base numa lógica de especialização, constituído por empresas que de forma voluntária aceitem este desafio.

Contrato pelo qual duas ou mais pessoas singulares ou colectivas ou sociedades se agrupam, sem prejuízo da personalidade jurídica de cada uma, com vista a melhorar as condições de exercício ou de resultado das suas actividades económicas. Os ACE não podem ter por fim principal a realização e partilha de lucros e constituir-se-ão por contrato, com ou sem capital social próprio. Poderão, todavia, quando expressamente autorizado no contrato constitutivo, ter como fim acessório a realização e partilha de lucros.

Novas Redes de Cooperação Inter-empresarial Torres Novas, 8 Setembro ‘11 Realizou-se no passado dia 8 de Setembro de 2011, no edifício sede da Nersant em Torres Novas, um seminário subordinado à criação de «Novas Redes de Cooperação Inter-empresarial». Após a análise do potencial de cooperação na Região de Santarém, Susana Seabra da Sociedade Portuguesa de Inovação centralizou a sua apresentação nas vantagens da constituição da Rede de Cooperação de Construção e da Rede de Cooperação para Exportação. A Nersant pretende com estas acções angariar um conjunto tão alargado quanto possível de manifestações de interesse, devidamente formalizadas, na participação nestas redes de cooperação, sendo que as empresas identificadas deverão permitir constituir as referidas redes. Esta sessão contou com a presença de empresas de diferentes sectores e em que cada empresa teve oportunidade de dar o seu contributo para que estas redes sejam uma realidade.

Numa política de inovação e de competitividade a empresa EcoEdifica reconhece a importância da criação de redes de cooperação.

Qual a importância da implementação de redes de cooperação para a competitividade das empresas? Penso que a implementação de redes de cooperação na região é muito importante. Cada empresa tem o seu grau competitivo e todos juntos somos mais fortes.

mencionadas? Em caso afirmativo, refira as motivações da adesão. Sim, tanto a EcoEdifica, como a Secal, outra das nossas empresas, estão dispostas a participar na rede de cooperação na área de construção civil e metalomecânica. Aliás, a minha intenção de participação já foi formalizada, através do preenchimento da ficha de adesão. A GamaPrópria, outra empresa que possuímos, está disposta a participar na rede de cooperação na área da exportação.

A NERSANT está a dinamizar a criação de duas redes de cooperação empresarial na região, uma na área da construção civil e metalomecânica e outra na área de exportação. A sua empresa estaria disposta a participar numa das redes de cooperação

Quais as condições que considera fundamentais para a sua participação numa rede de cooperação? Algumas das condições que posso adiantar são, por exemplo, sinergias nos custos de transporte e cooperação para atingir

Entrevista com Mário Diogo Correia, Director Financeiro da EcoEdifica – Ambiente e Construções, SA.

quantidades significativas de produtos, entre outros. Qual considera ser o papel da NERSANT para o sucesso da implementação das potenciais redes de cooperação? O papel da NERSANT é fundamental, principalmente na fase de criação e lançamento das redes, onde será necessário estabelecer parcerias.

22 Setembro 2011


Negócios Candidaturas para formação interna em Alcanena

OPINIÃO

O risco de jogar pelo seguro

CTICO Centro Tecnológico das Indústrias do Couro, em Alcanena, está a aceitar candidaturas ao Programa Operacional de Potencial Humano (POPH) para formação interna nas empresas até ao próximo dia 10 de Outubro. A tipologia é a “Formação Para a Inovação e Gestão”, e as acções permitem cumprir o código do trabalho no que se refere às horas de formação. Mais informações no site www.ctic.pt.

Marco Pombo

N

os primeiros dias do mês, é sistemático. Abro a caixa do correio e chego a contar no mesmo dia cerca de dez panfletos de várias páginas cada, das grandes superfícies que existem na região. Alguém consegue ler todos? Outro exemplo. No passado domingo fui a um hipermercado e deparei com quatro promotoras a (tentar) oferecer os seus produtos. Notei que todas estavam a ter insucesso. Os clientes circulavam muito rapidamente e não paravam. O que têm estes dois casos em comum? Provam que não faz sentido nos dias de hoje ser como todos os outros. Bastava uma das empresas acima mudar o dia da distribuição da publicidade para meio do mês e conseguiria que a mesma fosse lida. Ou se a promotora passasse para o início da semana e os clientes esses, já lhe concederiam esse bem precioso, tempo. Os negócios com mais sucesso acontecem porque fazem algo de diferente. Hoje em dia jogar pelo seguro é…muito arriscado! E isto porque o problema de tomar decisões sensatas é que todos os outros estão a fazer o mesmo. Só me faz lembrar um termo estatístico, o Outlier. Trata-se de uma observação estatística diferente em valor de outras da amostra. É disto que escrevo hoje. As pequeníssimas diferenças que fazem certas empresas ser “especiais”. A temática não é nova. Porter já fala nisto deste os anos 80. O que é novo para mim, é ver que há empresas que teimam em fazer o mesmo de sempre e ainda esperam que os resultados sejam os… mesmos! Seth Godin (um dos gurus que muito leio) no seu livro chamado “Vaca Púrpura” aborda muito bem esta temática. Recomendo!

vamosvendermais@gmail.com

26 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

Agências de viagens reúnem em Abrantes

Ministra da Agricultura Assunção Cristas visitou a fábrica da Compal e a feira de Alpiarça.

Ministra quer agricultores unidos Face às queixas dos viticultores, a ministra da Agricultura respondeu com a necessidade de união. AGROI N DÚST R I A A S u m o l +Compal assinou contratos com um conjunto de agricultores nacionais, que prevêem o fornecimento de 40 mil toneladas de pêssego nos próximos 10 anos. O anúncio foi feito na sexta-feira durante a visita da Ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas, às instalações da fábrica Compal em Almeirim. “Os contratos assinados com agricultores nacionais demonstram a aposta da Sumol+Compal na fileira da fruta e inserem-se numa estratégia mais ampla de reforço das exportações de sumos incorporando fruta portuguesa”, garantiu Duarte Pinto, presidente executivo da empresa. Os novos contratos cobrem 50% das necessidades de pêssego da empresa. Do lado dos produtores que assinaram contrato fica garantido o escoamento da sua produção a um cliente da dimensão da Compal. A área total contratada é de 135 hectares, estando 75 hectares de novos pomares já plantados em 2011. As marcas Sumol e Compal têm um elevado índice

de internacionalização, realizando cada uma delas mais de 40% do seu volume anual de vendas nos mercados internacionais. A produção da empresa é feita exclusivamente em Portugal, em quatro unidades industriais localizadas em Almeirim, Pombal, Gouveia e Vila Flor. A empresa gera cerca de 1.400 postos de trabalho directos. Após a visita à fábrica da Compal em Almeirim, a Ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas visitou a Alpiagra Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça. Na Alpiagra, a ministra ouviu o presidente da Câmara de Alpiarça Mário Pereira falar

Muito foi feito no vinho, azeite, fruta e flores, que são exemplos que outros devem seguir para uma agricultura de futuro” Assunção Cristas MINISTRA DA AGRICULTURA

da importância deste certame para oconcelho e os seus agentes económicos. Assunção Cristas assistiu ainda a uma exposição do vitivinicultor Francisco Cunha sobre a situação difícil da vitivinicultura na região que sofreu uma quebra de produção superior a 60% por causa do míldio, solicitando uma intervenção do Governo, A ministra participou ainda na entrega de prémios a três casas agrícolas de Alpiarça que foram premiados no concurso internacional de vinhos “La Selezione del Sindaco. Assunção Cristas desvalorizou as queixas dos vitivinicultores pela quebra de produção, alegando que isso “faz parte da actividade, com uns anos bons e outros maus, mas o sector fez um percurso de reconversão e hoje o vinho português é considerado pela sua qualidade o vinho novo da Europa”. A par do vinho, também o azeite, a fruticultura e a floricultura são exemplos que outros podem seguir para termos uma agricultura de futuro”. Assegurou que o Governo está empenhado em encontrar mecanismos de diálogo com todos os elos da cadeia de distribuição, desde os produtores, à agroindústria e à distribuição de forma a que a população possa encontrar nas prateleiras dos supermercados mais produtos portugueses e a melhores preços.

ENCONTROO primeiro encontro nacional de agências de viagens independentes vai realizar-se na pousada da juventude de Abrantes, no próximo dia 24 de Setembro. Destinado sobretudo a agentes e operadores, esta iniciativa tem como grande objectivo ser um espaço de debate dos problemas que afectam o sector, com especial destaque para o novo enquadramento legal que afecta as agências de viagens. Este encontro é promovido por um grupo de agências independentes e tem o apoio das pousadas da juventude e do complexo turístico de S. Lourenço, em Abrantes.

Convento de Cristo é cenário do novo anúncio da Citroen PUBLICIDADEA Citroen escolheu o Convento de Cristo como cenário da publicidade do novo modelo C4 que neste momento se encontra a passar nas televisões de vários países da Europa. As filmagens decorreram em Fevereiro, ao longo de quatro dias e o resultado final foi um spot de 30 segundos onde a principal mensagem é: “com a Citroen os carros falam por si e vendem-se por si próprios, os vendedores não precisam falar”, esta mensagem consegue-se devido à recriação do ambiente monástico. O anúncio foi totalmente gravado no Convento de Cristo, em Tomar, onde se destacam espaços como: o Claustro principal, o terraço e a escadaria da entrada; apenas a primeira imagem que aparece é do mosteiro de Meteora em Tessália na Grécia.


PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 27


Região

OPINIÃO

Economia agrícola

A ciência explica como se faz um bom vinho A difusão do vinho vem de tempos longínquos, trazida pelos impérios egípcio, grego e romano.

Florinda Matos*

E

sta semana, num canal de televisão nacional, voltou a falar-se da falta de estratégias para a agricultura portuguesa. Nada a estranhar, dado que se verifica na agricultura a mesma desordem doutros sectores que deveriam ser considerados fundamentais ao crescimento e à competitividade do país. Na minha opinião, a agricultura portuguesa deixou de ser uma das prioridades das estratégias nacionais porque, salvo algumas boas excepções, os sucessivos governos têm intervindo no sector de forma errada. Paralelamente, temos tido um sector associativo pouco interventivo, mais preocupado em garantir a sua própria sobrevivência económica do que em ser o verdadeiro leme das políticas agrícolas nacionais. Se juntarmos a este contexto o facto de termos uma população agrícola maioritariamente com baixas qualificações, não será difícil compreender a dependência alimentar internacional a que chegámos. A competitividade não se faz só pelas grandes produções, também se faz pela diferenciação, resultante de termos produtos diferentes e melhores. A diferenciação fazse ainda pelo desenvolvimento da inovação e do conhecimento, vocacionados para aquilo que são ou podem vir a ser as necessidades do mercado agrícola e agroindustrial. Por exemplo, muitas tentativas têm sido feitas de produzir a pêra rocha noutros países, mas se se conseguem importar as plantas, não se conseguem importar as condições edafoclimáticas, encontrando-se aqui a nossa grande vantagem competitiva. O reconhecimento da fragilidade do sector foi um pequeno passo, urge agora por o sector a funcionar, qualificar os seus intervenientes, inovar e comercializar os seus produtos, conseguido que sejam bem pagos porque são os melhores, são diferentes e escassos. * Docente /Investigadora Consultora PMEConsult 28 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

Este néctar dos Deuses é obtido por um dos processos biotecnológicos mais antigos - o recurso ao uso de organismos vivos para produção racionalizada das substâncias que geram o vinho. DE ONDE VÊM ESTES ORGANISMOS VIVOS E COMO SE DESIGNAM? Estes microrganismos,

assim designados devido à sua dimensão reduzida, da família dos fungos, são leveduras. Existem na película que envolve os bagos das uvas, no engaço e na vinha. São estes organismos, a sua selecção e mais alguns cuidados já aprendidos e passados de geração em geração, outros mais modernos e inovadores que permitem produzir os mais variados vinhos. COMO É QUE AS LEVEDURAS INTERVÊM NO PROCESSO E NO PRODUTO FINAL? Como qual-

quer organismo vivo, alimentase, neste caso do açúcar presente no sumo das uvas (mosto) e no final do processo obtém-se álcool e o dióxido de carbono. Após o processo de esmagamento observa-se a formação de bolhas à superfície, sinal de que a próxima etapa teve início. A transformação do néctar de uva em vinho acontece devido a um processo de fermentação. Dependendo do tipo de vinhos são necessárias duas fermentações, a primeira, comum a todos os vinhos, alcoólica e a segunda maloláctica, mais

usada em vinhos europeus. O processo de fermentação e o controlo de alguns factores são decisivos para obter o melhor produto. Antes de se iniciar este processo é comum adicionar anidrido sulfuroso ou dióxido de enxofre. PORQUE É QUE SE ADICIONA O DIÓXIDO DE ENXOFRE? E s t e

composto químico é utilizado desde há muito tempo, sobretudo pela sua função desinfectante. O enxofre é acrescentado ao mosto (sumo de uva obtido pelo processo de esmagamento e desengace) antes da sua fermentação, com os seguintes objectivos: proteger o mosto do contacto com o ar, pela sua acção antioxidante; inibir o crescimento de bactérias e leveduras indesejáveis, como as que não produzem álcool, seleccionando deste modo a flora microbiana; facilitar a dissolução da cor da casca das uvas, permitindo obter vinhos mais coloridos; activar a reacção de transformação do açúcar em álcool e dióxido de carbono, em baixas concentrações favorece a produção de um vinho com maior teor alcoólico e com menos açúcar.

DE QUE FORMA A TEMPERATURA INFLUENCIA O TIPO DE VINHO OBTIDO? As fermentações que

ocorrem a 20ºC são mais demoradas, o vinho resultante é mais perfumado, com menos corpo e mais pobre em cor do que teria se, a temperatura fosse mais elevada; é um vinho delicado com qualidades para vinho de mesa. Quando a temperatura é superior a 32ºC graus, as bactérias desenvolvem-se mais enquanto a actividade das leveduras pode baixar; há perdas de perfume e álcool, a sanidade do produto por vezes ressente-se mas em contrapartida os vinhos são encorpados e ricos em cor.

QUE OUTROS FACTORES SÃO DETERMINANTES NA ETAPA DE FERMENTAÇÃO? Alguns parâme-

PORQUE SE USA UMA SEGUNDA FERMENTAÇÃO? Esta segunda

tros físicos como a temperatura devem ser minuciosamente controlados para se garantir o resultado pretendido. O valor ideal de temperatura para produzir a maior parte dos vinhos ronda os 25ºC. Durante a fermentação alcoólica este controlo é necessário para que as leveduras se multipliquem e se possa extrair os componentes de sabor e cor

etapa fermentativa consiste na transformação do ácido málico produzido na primeira fermentação em ácido láctico. Isto faz com que o vinho se torne mais macio, uma vez que o ácido málico tem um caráter mais ácido, um diácido que se transforma em monoácido e dióxido de carbono que se liberta. Margarida Vieira Ciência Viva

Ministro inaugura Parque de Negócios RIO MAIOR A inauguração do Parque de Negócios de Rio Maior e da plataforma logística das Carnes Nobre está marcada para 21 de Outubro e conta com a presença do ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira. Depois de ter sido a primeira Área de Localização Empresarial (ALE) a obter licença de instalação, o parque de negócios, gerido pela empre-

das cascas, permitindo também que produtos secundários desejados se formem. Alguns destes compostos são a glicerina, os ácidos succínico, acético e láctico, os ésteres, entre outros; que, apesar de entrarem em pequenas quantidades, desempenham um papel muito importante na qualidade do vinho. Na fermentação alcoólica é consumido todo o dióxido de enxofre (SO2) presente enquanto se liberta dióxido de carbono (CO2), e à medida que os açúcares são transformados em álcool a densidade diminui.

sa Depomor, conseguiu também obter parecer favorável à candidatura que apresentou para a acreditação da ALE. Este processo de reconhecimento acredita a sociedade gestora para desenvolver actividades de licenciamento industrial e comercial, o que exigiu a implementação de um sistema de gestão, de acordo com a norma ISO 17 020:2006.

Empresários discutem estudo para a construção DEBATE Vários empresários ligados ao sector da construção civil reuniram com a Nersant no auditório da DET – Desenvolvimento Empresarial e Tecnológico de Santarém, num encontro que serviu para discutir e melhorar o estudo sectorial que a associação empresarial está a preparar. Coube ao presidente da comissão executiva da Nersant, António Campos, e a Francisco Mendes, presidente do núcleo de Santarém, explicar a importância deste estudo aos vários construtores e engenheiros civis das empresas da região ligadas à construção, um dos sectores que mais afectados pela crise económica. Segundo António Campos, a versão final do estudo, que posteriormente será apresentado às empresas, vai permitir “aprofundar o conhecimento do sector e apresentar propostas de acção a serem implementadas, com o objectivo de aumentar a competitividade das empresas da região”, sendo para isso fundamental a intervenção directa das empresas que vão ser abrangidas com o mesmo

Nersant divulga projectos de apoio ALCANENA O “ T i c S a n t ” , o “Auditec”, o “CertificaSant” e o “MovePME” foram os projectos de apoio à actividade empresarial que a Nersant apresentou na Câmara de Alcanena, numa sessão que contou com a presença de vários empresários da região. O “TicSant” – Promover as Tecnologias de Informação e Comunicação nas Empresas, tem como objectivo fomentar a utilização das tecnologias de informação e comunicação pelas PME através da disponibilização de ferramentas de gestão e de contacto com os clientes, enquanto o “Auditec” dedica-se à inovação nas empresas para a realização de diagnósticos tecnológicos e de inovação. Quanto ao “CertificaSant”, visa a certificação das empresas em vários domínios, enquanto que o “Move PME” destina-se à formação para empresários e gestores de empresas.


PUBLICIDADE

O dia está a chegar! Venha divertir-se com o Toy. Domingo, 25 de Setembro pelas 15 horas. Venha passar uma tarde fantástica e inesquecível, no seu hipermercado E.Leclerc de Santarém. O nosso convidado especial é o TOY. Venha dançar e divertir-se assistindo a um grandioso espectáculo ao vivo. Quem não quer dar um beijinho ou um abraço e receber em troca um autógrafo? Não falte.

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 29


Ensino Movimento Moving Planet promove acção em Santarém

A Escola Superior Agrária de Santarém regista das mais altas taxas de empregabilidade nacionais dos seus diplomados.

ESAS com empregabilidade superior a 90% Três cursos de engenharia da Escola Superior Agrária de Santarém registam taxas de empregabilidade superiores a 90 por cento.

Instituto Politécnico de Santarém Integram o Instituto Politécnico de Santarém a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

João Baptista joao.baptista@oribatejo.pt

Três cursos da Escola Superior Agrária de Santarém registam taxas de empregabilidade superiores a 90 por cento. Os diplomados do curso de Engenharia Agronómica da Escola Superior Agrária de Santarém apresentam uma taxa de desemprego de 3,5%, sendo o segundo curso com a mais baixa taxa de desemprego na área da engenharia agrícola, a seguir ao curso de Engenharia Agro-pecuária da 30 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

Escola Superior Agrária de Coimbra. Segue-se a engenharia agrícola da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Doutro com 5%, a engenharia agrícola da Universidade de Évora com 5,4, a engenharia agronómica da Escola Superior Agrária de Castelo Branco, com 5,6% e o Instituto Superior de Agronomia da Universidade Técnica de Lisboa, com 12,1% de taxa de desemprego. Os diplomados da Escola Superior Agrária de Santarém registam a quarta taxa de desemprego mais baixa no curso de Engenharia Alimentar, com 7,9% de taxada de desemprego. A lista é liderada pelo curso de Nutrição e Engenharia Alimentar do Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz com uma taxa de 4,2% de desemprego entre os diplomados. Segue-se o curso de engenharia alimentar da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche com 7,4%, e o curso da Escola Superior Agrária de Viseu, com 7,6%. Abaixo de Santarém, surge a Escola Superior Agrária de

Coimbra com 10,1%; o Instituto Superior de Engenharia de Faro, com 13,9%; a Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viana do Castelo com 15,4%. Fecha a lista a Escola Superior Agrária de Beja com uma taxa de 17,6% de desemprego. Também o curso de Engenharia da Produção Animal da Escola Superior Agrária de Santarém apresenta uma das mais baixas taxas de desemprego, de 3,9%, ao lado dos cursos de Engenharia Metalúrgica e de Ciências da Engenharia da Faculdade de Engenharia do Porto, do curso de Engenharia

3,5% é a taxa de desemprego do curso de Engenharia Agronómica da Escola Superior Agrária de Santarém, o segundo com a mais alta taxa de empregabilidade nacional na área da enhenharia agrícola.

da Automação da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, e de Ciências da Engenharia da Universidade do Minho, todos com taxas da ordem dos 3% a 3,8%. A lista de empregabilidade dos cursos de engenharias é liderada pelo curso de engenharia aeroespacial do Instituto Superior Técnico de Lisboa, com 0,7%, da Engenharia de redes e Comunicações da Escola Su8perior de Tecnologia de Leiria, com 1,8%, de Engenharia Aeronáutica da Universidade da Beira Interior, com 2,1%, e o curso de engenharia de redes dom Instituto Superior Técnico de Lisboa, com 2,4%. Abaixo da Escola Superior Agrária de Santarém surgem diversos cursos como os de engenharia multimédia do Instituto Superior de Tecnologias Avançadas de Lisboa, com 4,8% de taxa de desemprego, de engenharia automóvel do Instituto Superior de Tecnologia de Leiria, com 4,8%, e engenharia topográfica da Escola Superior de Tecnologia da Guarda, com 7,8% de taxa de desemprego.

PROPOSTA De Bicicleta ou a pé, pelo ambiente e saúde” é a proposta do Movimento Moving Planet, que se realiza na cidade de Santarém. Trata-se de um percurso divertido, que se realiza no dia 24 de Setembro, das 15 às 17h, a começar na zona circundante do Complexo Andaluz, com estudantes, professores e as funcionários das 5 escolas do Instituto Politécnico de Santarém e de todas as escolas do Município de Santarém, assim como respectivas famílias e todos os que queiram juntar-se. É possível vir a pé, de bicicleta, patins ou skate. O percurso começará no Complexo Andaluz e seguirá para o centro da cidade, passando pelo Jardim da Liberdade e terminando com um lanche no Jardim da República, onde se recolherá em papel cenário ou em vídeo ideias e sugestões de acção a apresentar à Câmara Municipal de Santarém com a finalidade de fazer mudanças para uma cidade mais sustentável e promotora do bem-estar. As inscrições podem ser feitas on–line em http://www.movingplanet.org/pt/node/1798.

Candidaturas para mestrados na ESAS terminam no dia 23 MESTRADO A Escola Superior Agrária de Santarém abriu a 3ª fase de candidaturas para os cursos de Mestrado em Agricultura Sustentável e de Tecnologia Alimentar. As candidaturas podem ser apresentadas até 23 de Setembro. Os interessados poderão aceder a mais informação em http:// si.esa.ipsantarem.pt/esa_si/ web_page.inicial. Os contactos a considerar para os cursos de Mestrado são os seguintes: Curso de Mestrado em Agricultura Sustentável - ana.paulo@esa. ipsantarem.pt; Curso de Mestrado em Tecnologia Alimentar - marilia.henriques@esa.ipsantarem.pt. Poderão ainda solicitar informação adicional junto da Escola Superior Agrária de Santarém info@esa.ipsantarem.pt. Relembramos que os cursos Especialização Tecnológica encontram-se abertos até ao dia 23 de Setembro de 2011.


R+ Viver a região

Cultura & espectáculos P.32 Comeres & Beberes P.36 Desporto P.44

Teatro para a infância e juventude em Santarém SANTARÉMO já habitual Festival Internacional de Teatro para a Infância e Juventude (FITIJ), que se realiza bienalmente em Santarém, perde este ano a dimensão internacional, por falta de apoios, mas vai realizarse “com a prata da casa”. Carlos Oliveira, da direcção do Teatrinho, grupo que organiza o evento, rebaptizou este ano o festival de TeatrINFesta. O festival abre no dia 24 de manhã com teatro de fantoches, resultado do trabalho desenvolvido na Livraria Aqui Há Gato, seguindo-se domingo à tarde a apresentação da peça “Peter Pan”, pela companhia de teatro Fantasia, da Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental do Vale de Santarém. Este fim de semana vá ao teatro e leve as crianças a passar bons momentos.

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 31


R+ Cultura & Espectáculos Recriação histórica nas jornadas do património PATRIMÓNIO O Convento de São Francisco e o Jardim da República em Santarém vão ser palco de uma recriação do quotidiano da vida medieval da época nos próximos dias 23, 24 e 25, no âmbito das Jornadas Europeias do Património. A iniciativa decorre nos dias 24, das 16h30 às 23h00 e dia 25, das 16h30 às 20h30.

Chamusca, terra de poetas, apresenta “Poesia no Largo” POESIA Terra de poetas e declamadores, a Chamusca irá acolher nos próximos dias 23, 24 e 25 de Setembro, a iniciativa “Poesia no Largo”, O Largo Vasco da Gama, vai receber uma feira do livro, oficina de poesia, poemário (mural de poemas), estendal poético, área de leitura e um vasto programa de animação, que propõe cruzar a poesia com a música e a pintura. O evento começa dia 23 com a exposição de pintura “O Livro”, de Appio Cláudio, na sala da Biblioteca Municipal.

Dançar o tango nos jardins de Santarém DANÇAO “Jardim de Tango… no Jardim!” é uma iniciativa organizada pela escola “Jardim de Tango” e realizase nos jardins da cidade (Portas do Sol, República, Liberdade e Vale de Estacas) durante o mês de Setembro. O Jardim de Tango é uma escola de Tango Argentino, a funcionar em Santarém desde 2009. As aulas regulares arrancam esta semana, às quintas-feiras (19:30h) no Latiníssimo Clube e aos domingos (18:00h) no Círculo Cultural Scalabitano. Para mais informações pode contactar o número 917 53 44 00.

32 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

Festival de teatro para a infância em Santarém O festival de TeatrINFesta vai decorrer de 24 de Setembro a 9 de Outubro, com a participação de grupos de Santarém, do Entroncamento e de Ovar.. O Festival de TeatrINFesta, que vai decorrer de 24 de Setembro a 9 de Outubro, conta com a participação de grupos de Santarém e das companhias de teatro Poucaterra, do Entroncamento, e Contacto, de Ovar. O festival abre no sábado, dia 24, às 11h30, com teatro de fantoches, na Livraria Aqui Há Gato (parceira do evento), com entrada livre. Segue-se no domingo às 16h30, no Teatro Sá da Bandeira a apresentação da peça “Peter Pan”, pela companhia de teatro Fantasia, da Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental do Vale de Santarém. No fim de semana seguinte, a companhia do Entroncamento

Poucaterra apresentará, no dia 30, um espectáculo para jovens e adultos, “O Solário”, seguindose, no dia 1 de Outubro, “A Loja dos Brinquedos”, pelo grupo Contacto, de Ovar. O “Passeio de Máscaras” está agendado para a tarde de domingo, 2 de Outubro, com a promessa de uma surpresa no

Festival de teatro realiza-se com “a prata da casa”. Falta de apoio impede vinda de grupos estrangeiros.

final do percurso que se inicia no Largo do Seminário e termina nas Portas do Sol. No sábado seguinte, as marionetas da Livraria Aqui Há Gato apresentam a peça “Princesa… porque bocejas tu?”, cabendo ao Teatrinho apresentar, domingo (9 de Outubro), “A Princesa com orelhas de burro”. De 2 a 9 de Outubro estará patente uma exposição de “máscaras da Commédia Dell’Arte”, da autoria de Nuno Pino Custódio, que será igualmente o responsável pelo workshop “iniciação à máscara – corpo e movimento/formação de actor”. Além dos espectáculos, que incluem um “passeio de más-

caras”, o festival tem agendadas acções de formação sobre expressão dramática, formação de actores, o teatro na educação e oficinas para crianças, em expressão dramática e construção de máscaras. Carlos Oliveira, da direcção do Teatrinho, grupo que organiza o evento, sublinha que este evento se vai realizar graças à colaboração de um conjunto de entidades e à participação voluntária dos grupos. O responsável do Teatrinho mostrou-se confiante de que o FITIJ voltará às ruas e palcos de Santarém, tal como a Bienal Luso-Brasileira de Palhaços e Artes do Circo.


Centro Cultural do Cartaxo recebe ciclo de vídeo arte

Cultura urbana no Centro Cultural do Cartaxo URBANOS Na 21.ª edição da Cultura Urbana – que se realiza a 24 de Setembro, com início às 23h30 – o colectivo Fungo traz ao Centro Cultural do Cartaxo dois apaixonados pela música. Mr Mitsuhirato [Hugo Moutinho] foi editor da revista Mondo Bizarre, é co-gerente da loja de discos Louie Louie, em Lisboa, e ipromotor da editora Discotexas. Nicolai Sarbib [CVLT], é um dos mais promissores Djs da actualidade, tendo já conquistado a confiança de Dexter [Lux]. Os residentes Just Jaeckin e Sonja completam o cartaz desta noite de Cultura Urbana do CCC.

VÍDEO ARTE NO CCC O Centro

Cultural do Cartaxo recebe a partir de 24 de Setembro e até 20 de Novembro um Ciclo de Vídeo Arte, cujo tema é emprestado do livro “L’Entre Images”, de Raymond Bellour, obra que amplia a reflexão sobre imagem em movimento. Os artistas Orlando Franco, com “Impromptu” de 2011, e Susana Anágua, com “Caterpillar” de 2008, inauguram no dia 24 de Setembro este ciclo e programarão as mostras subsequentes ao longo de 2012. As mostras têm início às 22h00 e têm entrada livre.

Passeio pelo ambiente e a saúde em Santarém

Cineclube de Santarém traz Filme Socialismo de JCD CINEMA DE AUTORO Cineclube de Santarém apresenta no sábado, dia 24, o filme de Lars Von Trier “Ondas de Paixão”, no Fórum Actor Mário Viegas, às 21h30, comentrada livre. Para a próxima quarta-feira, está agendada a exibição do “Filme Socialismo”, a mais recente obra do realizador francês Jean Luc Godard. A sessão terá lugar no Teatro Sá da Bandeira, às 21h30.

Nova temporada do Teatro Virgínia CLICK

A nova temporada do Teatro Virgínia começa já no sábado, dia 24, e até Dezembro traz a Torres Novas uma diversidade de espectáculos e de workshops para todos os públicos. Sábado, às 21h30, o filme-concerto Fausto, de F.W. Murnau musicado pelos La La La Ressonance, é o grande destaque do mês de Setembro. Durante o mês de Outubro, no contexto da Rede de Programação 5 Sentidos, o Teatro Virginia recebe três espectáculos de criadores emergentes portugueses que marcaram a temporada nacional de 2010-2011.

CÂMARA LENTA

PASSEIO ”De Bicicleta ou a pé, pelo ambiente e saúde” é a proposta do Movimento Moving Planet, que se realiza em Santarém, no sábado, dia 24, das 15 às 17h. É possível vir a pé, de bicicleta, patins ou skate. O percurso começará no Complexo Andaluz e segue para o centro da cidade, passando pelo Jardim da Liberdade e terminando com um lanche no Jardim da República. Inscrições on–line em http://www.moving-planet.org/pt/node/1798 PUBLICIDADE

Meia noite em Paris. Charme apaixonante p

Francisco Maia

D

uas palavras… Woody Allen, esse sinonimo de humor contagiante, profundidade de argumento, enfim…neste filme, toda essa inteligência cinematográfica está no seu melhor. “Meia Noite em Paris”, filme protagonizado por Owen Wilson, actor melhor conhecido pelo seu papel na recente saga de filmes “Sogros do Pior” e Marion Cotillard, actriz de desempenhos marcantes em filmes tais como “Inception” ou “La Vie en Rose”, este é, talvez o filme mais apaixonante e charmoso deste ano. Passado em Paris, esta comédia romântica gira em volta do tema, que qualquer vida diferente da nossa, é mais interessante e melhor. Uma delícia do princípio ao fim, visualmente cativante, e de uma profundidade inesperada, são algumas das características que marcam o melhor filme de Woody Allen destes últimos anos. Sem dúvida um filme a não perder. 22 Setembro 2011 O RIBATEJO 33


R+ Cultura & Espectáculos

NOITE Almeirim KAPOTT CLUB SÁBADO, 24 Mega Festa Mexicana – Parte 2 com Dj Poppy, uma das mais conceituadas Dj’s femininas nacionais. Bar aberto de tequila toda a noite e oferta de um sombrero mexicano às primeiras 1000 entradas.

Santarém VITORINO’S BAR QUINTA-FEIRA, 22 Os “Big Show Rock” estreiam-se neste bar e convidam Nuno Guerreiro.

SEXTA-FEIRA, 23 Karaoke com Miguel Barbosa

CINEMAS Santarém W Shopping - Cinemas Tel: 707220220 Castello Lopes 1 Chefes Intragáveis Comédia (M12) – Para Nick, Kurt e Dale, a única coisa que lhes tornaria os dias no trabalho mais toleráveis, seria verem os seus chefes transformados em poeira. Despedirem-se não é uma opção, e, resultado de umas bebidas a mais e de conselhos de um ex-prisioneiro, os três amigos cconcebem um plano para se livrarem dos seus chefes... para sempre. Sessões 21h40, e também às 00h20 na sexta e sábado.

QUINTA-FEIRA, 24 Música com Ricardo Oliveira, finalista do programa “Ídolos”, e Festa da Sangria.

EL GALEGO LOUNGE QUINTA-FEIRA, 22 Festa do Desespero com Dj Kiká

SEXTA-FEIRA, 23 Música ao vivo com Gonçalo Bileu SÁBADO E DOMINGO, Feira Medieval

BARVILA SEXTA-feira, 23 Festa da Música Portuguesa com êxitos da música nacional, desde os anos 70 até aos tempos actuais. Com o DJ Gonçalo Henriques.

Cartaxo HORTA DA FONTE Sábado, 24 O prestigiado Dj Diego Miranda actua este sábado ma Horta da Fonte. A pista electrónica vai estar ao rubro com a presença de Dj quiz, que regressa depois de uma longa ausência em Londres.

Rio Maior SWEET CLUB SEXTA, 23 Sweet Remembers, o melhor dos anos 80 e 90. SÁBADO, 24 Pedro Tabuada e Dj Tierry

Torres Novas DISCOTECA EMOTION Sexta-feira, 23 Participações do Beat-Box Dominó e das bandas de Hip-Hop Entronka G´s e TibeFamily com MDK. O residente Dj White e o special guest Dj Fyllts completam o programa para esta noite. Sábado, 24 de Setembro Dj Speed regressa à Emotion a convite de Dj White.

34 O RIBATEJO 15 Setembro 2011

Um Dia Drama (M12) – Depois de terem passado, na universidade, o dia da sua formatura juntos – 15 Julho, 1988 – Emma Morley e Dexter Mayhew começam uma amizade que irá durar a vida inteira. Vinte anos depois, ao ser revelado o verdadeiro significado do dia que passaram juntos em 1988, ambos entendem a natureza do amor e da própria vida. Sessões às 16h20, 19h00 e também às 13h40 no sábado e domingo. Castello Lopes 2 Insidioso Thriller (M16) - Oosh e Renai vivem felizes, com o seu filho de três anos de idade. Quando a tragédia atinge a criança, Josh e Renai começam a ter experiências que a ciência não consegue explicar.. Sessões às 13h00 no sábado e domingo, 15h30, 18h20, 21h00 e também às 23h50 de sexta e sábado. Castello Lopes 3 Cuidado com o que desejas Comédia (M12) – Mitch e Dave eram amigos inseparáveis, cresceram juntos, mas com o passar dos anos foram tomando caminhos diferentes. Depois de uma noite nos copos, os mundos de Mitch e Dave são postos de pernas para o ar quando acordam e descobrem que trocaram de corpo. Apesar da liberdade das suas rotinas e hábitos, rapidamente se apercebem que a vida de cada um não é o mar de rosas que parecia ser. Sessões às 13h20 no sábado e domingo, 16h00, 18h40, 21h20 e às 00h10 na sexta e sábado.

Castello Lopes 4 Os Smurfs 3D Animação(M6) – Quando o malvado Gargamel expulsa os

Smurfs da sua aldeia, através de um portal mágico, estes vêm parar ao nosso Mundo, e aterram em pleno Central Park – Nova Iorque. Perdidos na Big Apple, os Smurfs vão ter de encontrar uma forma de regressar a casa, antes que Gargamel os apanhe. Sessões às 12h45 no sábado e domingo, 14h50, 17h00 e 19h10. O Último Destino 5 3D Terror (M16) - No quinto episódio desta saga, a Morte está tão omnipresente como sempre e a sua fúria é despoletada pela premonição de um homem que salva um grupo de colegas do trabalho de um aterrorizador acidente numa ponte suspensa. Mas este grupo de almas inocentes nunca devia ter sobrevivido e, numa assustadora corrida contra o tempo, o grupo condenado tenta descobrir uma forma de fugir à agenda sinistra da Morte. Porém, a Morte não gosta de ser enganada… Sessões às 21h50 e também às 00h30 de sexta e sábado. Castello Lopes 5 Amigos coloridos Comédia (M12) – Dylan e Jamie pensam que vai ser fácil manter a sua amizade, adicionando um ingrediente extra... o sexo. No entanto, rapidamente vão descobrir que uma relação física traz sempre complicações. Sessões às 13h30 de sábado e domingo, 16h10, 18h50 e 21h10. Também às 23h40 de sexta e sábado.

Castello Lopes 6 Killer Elite - o confronto Drama (M12) – Após se ter deixado envolver numa intriga que o obriga a sair de um exilio a que se tinha imposto, Danny volta a reunir a sua equipa de especialistas para executar uma missão quase impossível – resgatar Hunter, o seu antigo mentor e parceiro. Juntos, vão ter de penetrar a respeitada e temida unidade militar britânica Special Air Services (SAS), para abater um grupo hostil de assassinos e o seu líder, a tempo de evitar que as suas acções desencadeiem uma crise global. Do México à Austrália, passando por Londres e Oman, o turbilhão de acção e adrenalina de Killer Elite vai levar Danny, Hunter e os espectadores numa vertiginosa perseguição ao redor do mundo. Sessões às 13h10 no sábado e domingo, 15h40, 18h30, 21h30 e às 00h00 na sexta e sábado.

ESTREIA

EXPOSIÇÕES

KILLER ELITE O CONFRONTO

Santarém

Título: Killer Elite Realização: Gary McKendry Com: Clive Owen, Dominic Purcell, Jasson Statham, Robert de Niro e Yvonne Strahovski. Argumento: Gary Mchendry Género: Acção Classificação: M/12

Após se ter deixado envolver numa intriga que o obriga a sair de um exilio a que se tinha imposto, Danny volta a reunir a sua equipa de especialistas para executar uma missão quase impossível – resgatar Hunter, o seu antigo mentor e parceiro. Juntos, vão ter de penetrar a respeitada e temida unidade militar britânica Special Air Services (SAS), para abater um grupo hostil de assassinos e o seu líder, a tempo de evitar que as suas acções desencadeiem uma crise global. Do México à Austrália, passando por Londres e Oman, o turbilhão de acção e adrenalina de Killer Elite vai levar Danny, Hunter e os espectadores numa vertiginosa perseguição ao redor do mundo.

Centenário de Redol “Vamos Ler... Alves Redol” é o título da mostra bibliográgica na Biblioteca Municipal e na Sala de Leitura Bernardo Santareno até 30 de Setembro. Alves Redol, natural de Vila Franca, é um dos expoentes do neo-realismo português com o romance “Gaibéus” (1939). O seu último romance “Barranco de Cegos” (1962) foi considerado uma obra-prima. Ciclos Exposição de pintura e escultura: “Ciclos”, do artista Henrique Dentinho - Galeria e Bar da Casa do Brasil. Até ao dia 25 de Setembro. Animália Os visitantes são convidados a viajarem através do simbolismo real e fantástico do mundo dos animais. Este universo animal encontra-se representado em objectos do espólio do Museu Municipal, e na arquitectura dos edifícios da cidade. Esta iniciativa estará patente, até ao final de Outubro, no Núcleo Museológico de Arte e Arqueologia - Igreja de S. João de Alporão, de quarta a domingo das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Abrantes Palestina Exposição de cartazes gráficos interactivos sobre o conflito entre Israel e a Palestina. Para ver até 27 de Setembro na Biblioteca António Botto.

Tomar Fotografia “Brainstorm – Metáforas Poéticas” de Sofia Ribeiro pode ser visitada em Setembro, na Galeria Templários, da Delegação de Tomar, da Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo.

Mação Memórias do povo “Ser Mação – Risco e Movimento”. Para ver no Instituto Terra e Memória até dia 6 de Outubro.

Salvaterra Magos Obras de João Pires O átrio da Biblioteca Municipal de Salvaterra de Magos acolhe até 23 de Setembro, uma exposição de pintura de João Pires. Horário: 2ª a 6ª das 09h00 às 18h00.


PUBLICIDADE

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 35


R+ Comeres & Beberes SANTARÉM A Grelha Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488 Adega do Bacalhau Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519- 964569837. Quintal do Beco Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247. Oh Vargas Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146. O Salsa Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo - Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341 J F Restaurante Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima Santarém Tel. 243302200 Casa Condeço Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887 A Carroça Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar Achete Tel. 243478216 Luís do Leitões Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 Santarém Tel. 243332102 Taberna do Quinzena Especialidades Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 Mina Velha Especialidades Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N Quinta dos Gravelhos Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629 O Cantinho dos Sabores Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

Taberna Rentini Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254

Constantino das “Enguias” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156

Chafarica da Torre Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790

Cambáia Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira (excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934

CARTAXO

O Tasco Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelhado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391 O Bernardo Especialidades Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O Cantinho do Avô Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 Paparika do Mocho Especialidades: Muamba de galinha, Caracoletas guisadas, Cataplana de marisco e Torricado de bacalhau Folga: Domingo Morada: Rua do Matadouro Regional, Lote 22 – Quinta do Mocho – Zona Industrial – 2005-002 Santarém Contactos: 243325144/ 918550164/ 919848045 Restaurante O Fabio Especialidades: Costeletas de Touro bravo, Lombinhos de porco, grelhados no carvão. Encerra aos Domingos. Morada R. Dr. Jaime Figueiredo, 21 – Santarém – Tel. 243329507 – Tlm. 919484113 O Telheiro Especialidades Entremeada de Vitela Grelhada, Capado grelhado, chanfana, Bacalhau c/cebolada e tomate, cherne grelhado. Telef 249870517. Amiais de Baixo Sabores da Serra Especialidades: Bacalhau à Sabores da Serra, Bife no Alho, Grelhados de Carne e Peixe Fresco. Folga 3ªs ao Jantar. Morada: Urb. S João – Lote 44 – Loja B Alcanede. Telfs: 243400837 e 966866231.

QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629

Morada Estrada das Malhadinhas, nº 4 -Foros de Salvaterra – 2120-180 Foros de Salvaterra. Telf: 263508597 Falcoaria Especialidades Sopa de Enguias, Enguias de escabeche , enguias fritas com Arroz de Feijão Ensopado de Enguias, Caldeirada de enguias. Morada Falcoaria do Palácio Real – 2120-051 Salvaterra de Magos. Telef: 969679945 Mail: real.falcoaria@mail.com Casa João da Quinta Especialidades Enguias Fritas com Arroz de Feijão, Ensopado de Enguias e Caldeirada de Enguias. Fecha ao domingo. Morada Rua Padre Cruz, 26; Salvaterra de Magos; Telf: 263507575 Adega da Rosa Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Morada: Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240 Escaroupim Especialidades: Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ farinheira, Migas, Tarte de Perdiz. Folga: 5ª Feira e Domingo ao jantar. Morada: Largo dos Avieiros – Escaroupim – Salvaterra de Magos. Telf: 263107332; tlm: 912539228. email: rest.o.escaroupim@hotmail.com A Casinha Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 Aberto ao domingo durante o mês da enguia

SALVATERRA Preto & Branco Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 918675981 Califórnia Especialidades Enguias c/arroz de feijão, Ensopado de Enguias, Entrecosto Frito c/arroz de feijão, Vitela estufada, Chispe c/Feijão Branco. Serve Jantares. Fecha às terças. Tel: 263504643 . Foros de Salvaterra. Tananas Especialidades Enguias Fritas com arroz de feijão, ensopado de enguias, caldeirada de enguias, enguias grelhadas com grelos salteados e feijão preto, cataplana de enguias, espetada de enguias.

36 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

BARQUINHA Almourol Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com

ABRANTES Cristina Especialidades Bacalhau c/ Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@ restaurante-cristina.com Web www.restaurante cristina.com

Avenida Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes O Fumeiro Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt

ALMEIRIM O Minhoto Especialidades: sopa de pedra, peixe fresco, bife à minhoto, espetadas de lombinhos. Folga à 2ª feira. Rua de Timor, 4 Almeirim. Tel. 243592057. O Pinheiro Especialidades: sopa de pedra, sopa de peixe, cabeça de cherne grelhado, cherne grelhado, medalhões e costeletas de novilho. Folga à 5ª feira. Morada Largo da Praça de Toiros, 41 Almeirim. Tel. 243592052. O Zézano Especialidades: sopa de pedra, carne de touro bravo grelhada, lagartos e secretos porco preto, Bife à casa, enguias fritas ou ensopado, sável frito. Morada Largo da Praça de Toiros, 5 Almeirim. Tel. 243509281. Marisqueira Paulos Viveiros de marisco vivo: lagosta, sapateira e amêijoa. Sala própria para grupos. Morada Largo da Praça de Toiros, 11 Almeirim. Tel. 243592200/202. Tertúlia da Quinta Especialidades de touro bravo, sopa de pedra, cachola de porco, caldeirada de bacalhau à moda de Almeirim. Folga à 2ª feira. Tel.243593008/Fax:243098345 Sepúlveda Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não tem Morada Rua Vinha do Santíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058 O Forno Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916

Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875. Tel. 917785703 O Farnel Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436 Sal & Brasas Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319

O Churrasco Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) - Cartaxo Telem: 963458371

Ponte da Coroa Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 - Coruche Tel. 243617390

Taberna do Gaio Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

Manjar do Parque Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa, Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net

Taberna do Alfaiate Especialidades Bacalhau assado no forno com manja, Migas de bacalhau, Cabrito assado no forno, Naco de boi em vinho tinto com migas, Entrecosto de porco preto com arroz de feijoca, Porco preto assado no forno à padeiro. Folga Encerra às 2ª feiras e Domingos ao jantar. Morada Lapa, Cartaxo, telefone 243 790 005

GOLEGÃ Central Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de SávelSobremesa: Toureiros Telefone: 249976345 Morada Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt O Barrigas Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão. Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www.obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores

CORUCHE Ó Manel Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo Jakim Girassol Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Encerra à Segunda-feira. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333 A Tasca Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. 243618748 O Choupo Especialidades Bacalhau à Choupo, enguias fritas e ensopado, medalhões de Maronesa, Posta Maronesa, Carnes de porco preto, cataplanas Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos

RIO MAIOR

Palhinhas Gold Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt

FÁTIMA Santa Rita - Madeirense e Açoriano Especialidades: Bacalhau Espiritual, Bacalhau com camarão, Bacalhau Nove Ilhas, Bife de Atum; Alcatra, Linguiça do Pico, Secretos Porco Preto, Vitela. Morada: R. Rainha Santa Isabel (em frente ao Hotel Cinquentenário) Fátima. Tel. 249098041/919822288. Site: http://santarita.no.comunidades. net. Oferta de 5% de desconto com a apresentação deste jornal.

MAÇÃO O Godinho Especialidades Café – Restaurante.Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O Cantinho Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação. Almoços e Jantares. Aberto todos os dias.Telf: 241107558. Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação

CONSTÂNCIA Falcões Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 - Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Tel. 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com


Gastronomia Estelas O Estelas para regozijo dos amantes da boa cozinha não desacerta o passo, sem rodriguinhos e modismos capazes de quebrarem o bom currículo conseguido até agora. RESTAURANTE EM PENICHE Por nás e nefas, ou seja: a manutenção de um estilo baseado na qualidade intrínseca dos produtos, confecção e apresentação dos comeres dentro de um padrão de boa qualidade, obrigam-me a alegremente amesendar neste restaurante, pois tenho a certeza de não transpor a saída desconsolado e aborrecido. Assim aconteceu mais uma vez, a alma-mater do restaurante depressa resolveu um desacerto de agenda, o esposo Diamantino Neto estava em jornada gastronómica em Vila do Conde, enquanto recebia esta notícia salada de ovas bem temperada e outra de polvo manteiga na companhia de pão guloso aclamaram da melhor forma a necessidade estomacal. Ora, é aqui

que entra a maestria da Senhora, que sugere uma cataplana de robalo amêijoas. O artefacto cataplana é um óptimo condutor de calor, por essa razão o mínimo descuido pode produzir estragos sensíveis nos comeres em confecção, no caso em apreço nada disso aconteceu, antes pelo contrário. Com efeito, as postas de robalo estavam no ponto alfa e ómega de cozimento, num molho estimulado pelas amêijoas cristãs e frescas. O robalo da costa sem mácula de ração mereceu a correspondente vénia, daí todas terem sido consumidas obrigando

à renúncia da sobremesa. O Estelas para regozijo dos amantes da boa cozinha assente nos produtos locais não desacerta o passo, sem rodriguinhos e modismos capazes de quebrarem o bom currículo conseguido até agora. Ainda bem. A carta de vinhos necessita de uma actualização. Serviço feminil, simpático e empenhado. Armando Fernandes Aceita cartões de crédito. Telefone 262 782 435. GPS N 39.º21’37.28, W9.º 22’55,4. Rua Paulino Montez, 19. Peniche

Vinho Quinta do Falcão BRANCOUm branco estival para se poder apreciar durante todo o ano, esta minha opinião. Porquê? Porque a aliança entre a frescal, estilizada e acídula casta Arinto e a Sauvignon resultou uma grácil representação vinícola apta a acompanhar mariscos, peixes de carne branca, aves, carnes vermelhas e queijos de pasta mole. Não estarei a exagerar? Não, não estou a exagerar na justa medida de as duas garrafas de amostra após a prova sensorial, o cérebro manda, terem sido prazenteiramente consumidas a acompanharem tais representações culinárias englobando queijo de cabra. Todo o amigo dos vinhos sabe das qualidades da casta Arinto, dos famosos e fogosos pergaminhos da Sauvignon de bagos esféricos carregada de elogios e hossanas ao longo dos séculos por ser mãe de vinhos famosos de origem e da escola francesa, irradiando posteriormente para todo o Mundo, com destaque para a Califórnia. Tenho consciência das minhas limitações no entender de vinhos, no entanto, também presumo possuir olhos, nariz e palato para saber distinguir as nuances daqueles que vou aquilatando. Este agradou-me de forma vincada e vinculativa. Pelo seguinte: no copo de prova exibiu funda limpidez, num amarelo palha desmaiado com laivos esverdeados, ao nariz chegaram aromas cítricos profundos, frutados e evanescentes a erva fresca, na boca o picante e seco aliaram-se ao estrídulo leve, concedendo ao vinho um sabor peculiar, num final de boca prolongado. E é tudo. A beber e rebeber. Armando Fernandes

Origem: Ribatejo. Produtor: Casa agrícola da Quinta do Falcão, Vila Chã de Ourique. Ano de colheita: 2010. Graduação: 12.5%. PUBLICIDADE

Serviço de Finanças de CARTAXO-1988

ANÚNCIO 2.ª PUBLICAÇÃO

VENDA E CONVOCAÇÃO DE CREDORES N.º da Venda: 1988.2011.77 - Fracção autónoma designada pela letra D, correspondente ao primeiro andar esquerdo destinado a habitação, composto por dois quartos, sala comum, cozinha, casa de banho, hall e varanda, com a área bruta privativa de 98,8700 m2 e área bruta dependente de 3,9000 m2, do prédio urbano constituído em propriedade horizontal sito na Rua Projectada à Av. Calouste Gulbenkian, lote 3, na freguesia e concelho do Cartaxo, inscrita na matriz predial urbana da freguesia e concelho do Cartaxo, distrito de Santarém sob o artigo 3327-D, com o VPT de € 33.420,00 e descrita na Conservatória do Registo Predial do Cartaxo sob o n.º 2799/20001117 - D. Teor do Edital: Luís Manuel da Graça Batista, Chefe de Finanças do Serviço de Finanças CARTAXO-1988, sito em PRACA 15 DE DEZEMBRO - PACOS DO CONCELHO, CARTAXO, faz saber que irá proceder à venda por meio de leilão electrónico, nos termos dos artigos 248.º e seguintes do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), e da portaria n.º 219/2011 de 1 de Junho, do bem acima melhor identificado, penhorado ao executado infra indicado, para pagamento de divida constante em processo(s) de execução fiscal. É fiel depositário(a) o(a) Sr(a) JOÃO DE JESUS DA COSTA ESTEVES, residente em CARTAXO, o(a) qual deverá mostrar o bem acima identificado a qualquer potencial interessado (249.º/6 CPPT), entre as 10:00 horas do dia 2011-09-19 e as 17:00 horas do dia 2011-11-02. O valor base da venda (250.º CPPT) é de € 23.394,00. As propostas deverão ser apresentadas via Internet, mediante acesso ao “Portal das Finanças”, e autenticação enquanto utilizador registado, em www.portaldasfinancas.gov.pt na opção “Venda de bens penhorados”, ou seguindo consecutivamente as opções “Cidadãos”, “Outros Serviços”, “Venda Electrónica de Bens” e “Leilão Electrónico”. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. O prazo para licitação tem início no dia 2011-10-19, pelas 09:00 horas, e termina no dia 2011-11-03 às 09:00. As propostas, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem (artigo 6.º da portaria n.º 219/2011). A totalidade do preço deverá ser depositada, à ordem do órgão de execução fiscal, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, mediante guia a solicitar junto do órgão de execução fiscal, sob pena das sanções previstas (256.º/1/e) CPPT). No caso de montante superior a 500 unidades de conta, e mediante requerimento fundamentado, entregue no prazo de 5 dias, contados do termo do prazo de entrega de propostas, poderá ser autorizado o depósito, no prazo mencionado no parágrafo anterior, de apenas uma parte do preço, não inferior a um terço, e o restante em até 8 meses (256.º/1/f) CPPT). A venda pode ainda estar sujeita ao pagamento dos impostos que se mostrem devidos, nomeadamente o Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis, o Imposto de Selo, o Imposto Sobre o Valor Acrescentado ou outros. Mais, correm anúncios e éditos de 20 dias (239.º/2 e 242.º/1 CPPT), contados da 2.ª publicação (242.º/2), citando os credores desconhecidos e os sucessores dos credores preferentes para reclamarem, no prazo de 15 dias, contados da data da citação, o pagamento dos seus créditos que gozem de garantia real, sobre o bem penhorado acima indicado (240º/ CPPT). Identificação do Executado: N.º de Processo de Execução Fiscal: 1988201001004832 NIF/NIPC: 152925279 Nome: JOÃO DE JESUS DA COSTA ESTEVES Morada: R PROJECTADA A AV CALOUSTE GULBENKIAN LT 3 1 ES - CARTAXO - CARTAXO O Chefe de Finanças: (Luís Manuel da Graça Batista)) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)

Cupão de Assinatura

ORIBATEJO

Sim, desejo receber em minha casa, semanalmente, o jornal “O Ribatejo”, pelo de valor 25,50 €, por 52 números. Recorte e envie para a seguinte morada: O RIBATEJO Centro Nacional de Exposições Qt.ª das Cegonhas Apartado 355 • 2000-471 SANTARÉM

só 25,50 € por 52 números

Nome Morada Cód. Postal …………-………

Localidade Telefone

E-mail

Profissão

Habilitações Literárias

Data de Nascimento …………-……-……

… ou vale postal … no valor de Data …………-……-…… Assinatura

Contribuinte ………

Junto cheque

……… ………

€ à ordem de Jortejo, Lda.

Os dados recolhidos são processados pela Jortejo - Jornais, Rádio e Televisão, Lda. e destinam-se à gestão de assinaturas e apresentação de propostas futuras. É garantido o acesso aos dados e à sua actualização. Se não pretender receber outras propostas comerciais assinale aqui …

Se preferir, faça a sua assinatura pelo telefone 243 309 600 PREÇO DA ASSINATURA 52 números • 25,50 €

;a melhor opção

DÉBITO BANCÁRIO - Autorização de Pagamento Exmos. Senhores por débito na conta abaixo indicada queiram proceder, até nova comunicação, aos pagamentos das subscrições que vos forem apresentadas pela Jortejo, Lda.

Banco

Balcão

NIB ……………………………………………………… Nome do titular da conta Data …………-……-……

Assinatura

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 37


PUBLICIDADE

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL N.º 2089201001013459

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL N.º 2089200601008099

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

1ª PUBLICAÇÃO

1ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239.º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes de LUIS MANUEL RIBEIRO PEREIRA, no estado de casado com Isabel Maria Pereira Cordeiro Ribeiro, com domicílio fiscal em Rua da Arroteia, n.º 1 – Valverde - 2025-204 Alcanede, para, no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art.º 240.º do CPPT) e que foi penhorado em 17 de Agosto de 2010 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) dos anos de 2005 a 2007, no montante actual de 48.931,43 €, sendo 45.230,34 € de quantia exequenda e 3701,09 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239.º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes de MARIA DAS NEVES CORREIA LEVITA, com residência em Bairro de Santo António - Lar da 3.ª Idade – 7430-030 Aldeia da Mata, para, no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art.º 240.º do CPPT) e que foi penhorado em 11 de Junho de 2008 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Rendimentos das Pessoas Singulares (IRS) do ano de 2001, no montante actual de 5.973,86 €, sendo 5.926,49 € de quantia exequenda e 47,37 € de acréscimos legais.

BEM A VENDER

BEM A VENDER

Venda n.º 2089.2011.326 Prédio MISTO sito em “ALTO DAS MANGAS OU COVÃO DO ASNO”, Valverde, freguesia de Alcanede, concelho de Santarém, com a área total de 1.880,00 m2, sendo a parte urbana composta por casa de rés do chão e cave, destinada a habitação e logradouro, com as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/ Divisões: 6, N.º de pisos: 2, Área total do terreno: 1.100,00 m2, Área de implantação do edifício: 350,00 m2, Área bruta de construção: 500,00 m2. Área bruta dependente: 350,00 m2 e Área bruta privativa: 150,00 m2. A parte rústica é composta de mato, cultura arvense e oliveiras. Confronta de norte com estrada, de sul e nascente com António Ribeiro Brígido e de poente com António Manuel Vitorino. Encontra-se inscrito na matriz urbana sob o artigo n.º 3.324 e rústica sob o artigo n.º 484 da secção B-B17, ambas da freguesia de Alcanede e acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém, sob o n.º 06277/20060621 – Alcanede. Coordenadas X – 137.592,00 e Y – 276.950,00.

Venda n.º 2089.2011.328 1/3 INDIVISO do prédio urbano destinado a habitação, composto por casa de rés do chão, 1.º andar e quintal, sito na Rua da Carreira n.º 12, lugar de Flor da Rosa, na freguesia de Flor da Rosa, concelho de Crato. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 1, Área total do terreno: 100,00 m2, Área de implantação do edifício: 84,00 m2, Área bruta de construção: 84,00 m2, Área bruta dependente: 0,00 m2, Área bruta privativa: 84,00 m2. Inscrito na matriz no ano de 1970 sob o artigo urbano n.º 229, da freguesia de Flor da Rosa. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Crato sob o n.º 00038/19861112 (Flor da Rosa). Coordenadas X: 241.982,00 e Y: 259.783,00.

É depositário o Sr. Luís Manuel Ribeiro Pereira, executado nos autos, com o telefone n.º 243.400.295, o qual, nessa qualidade e no cumprimento das suas obrigações, o mostrará aos interessados. Decorrerá do dia 19 de OUTUBRO, a partir das 11 horas, ao dia 3 de NOVEMBRO de 2011, até às 11 horas, a sua venda judicial por meio de LEILÃO ELECTRÓNICO (n.º 1 do art.º 248.º do CPPT) sendo o valor base para a venda de 63.819,00 €, correspondente a 70 % do valor atribuído. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. As propostas deverão ser submetidas exclusivamente através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.), e, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem, nos termos do art.º 6.º da Portaria n.º 219/2011, de 01/06, podendo assistir ao acto o executado e o seu cônjuge, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art.º 892.º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36.º do respectivo código. É devido Imposto do Selo a que se refere a verba n.º 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos quinze dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze. . O CHEFE DE FINANÇAS, O ESCRIVÃO, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (Jorge Fernando Santos Morgado) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

É depositária a Sr.ª Maria das Neves Correia Levita, executada nos autos, a qual, nessa qualidade e depois de contactada no seu domicílio fiscal, e, no cumprimento das suas obrigações, o mostrará aos interessados. Decorrerá do dia 19 de OUTUBRO, a partir das 15 horas, ao dia 3 de NOVEMBRO de 2011, até às 15 horas, a sua venda judicial por meio de LEILÃO ELECTRÓNICO (n.º 1 do art.º 248.º do CPPT) sendo o valor base para a venda de 2.890,00 €, correspondente a 70 % do valor atribuído. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. As propostas deverão ser submetidas exclusivamente através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.), e, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem, nos termos do art.º 6.º da Portaria n.º 219/2011, de 01/06, podendo assistir ao acto a executada, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art.º 892.º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36.º do respectivo código. É devido Imposto do Selo a que se refere a verba n.º 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos dezasseis dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze. . O CHEFE DE FINANÇAS, O ESCRIVÃO, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (Jorge Fernando Santos Morgado) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL N.º 2089201001043030AP

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL N.º 2089201001075845

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

2ª PUBLICAÇÃO

2ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239.º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes de ALDA DOS SANTOS DA COSTA – CABEÇA DE CASAL DA HERANÇA, com sede em Travessa do Mergulhão, n.º 4 – 3.º Dt.º – Vale de Estacas - 2005-268 Santarém, para, no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art.º 240.º do CPPT) e que foi penhorado em 21 de Junho de 2011 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) dos anos de 2009 e 20106, no montante actual de 552,24 €, sendo 408,68 € de quantia exequenda e 143,56 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239.º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes de LUIS MANUEL FERREIRA RODRIGUES, com domicílio fiscal em Rua da Paz, n.º 18 – Casal da Charneca - 2005-109 Almoster STR, para, no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art.º 240.º do CPPT) e que foi penhorado em 25 de Maio de 2011 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) do ano de 2006, no montante actual de 22.480,10 €, sendo 21.272,72 € de quantia exequenda e 1.207,38 € de acréscimos legais.

BEM A VENDER

BEM A VENDER

Venda n.º 2089.2011.317 Fracção autónoma designada pela letra F do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Rua dos Girassóis, n.º 60, lugar de Montijo, na freguesia de Montijo, concelho de Montijo, cuja fracção respeita ao SEGUNDO ANDAR ESQUERDO, destinado a habitação. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 5, Permilagem: 12,50, Nº de pisos da fracção: 1, Área do terreno integrante: 0,00 m2, Área bruta privativa: 93,25 m2, Área bruta dependente: 8,145 m2, Área total do terreno: 196,60 m2, Área de implantação do edifício: 196,60 m2, Área bruta privativa total: 799,60 m2, Área do terreno integrante das fracções: 0,00 m2. Inscrito na matriz no ano de 1983 sob o artigo urbano n.º 6.628 – Fracção F, da freguesia de Montijo. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Montijo sob o n.º 05598/20090505 - F (Montijo). Coordenadas X: 126.525,00 e Y: 194.052,00.

Venda n.º 2089.2011.316 Prédio MISTO sito em “ARNEIRO – FOROS”, Rua da Paz, n.º 18, Casal da Charneca, freguesia de Almoster, concelho de Santarém, com a área total de 3.510,00 m2, sendo a parte urbana composta por casa de rés do chão para habitação e logradouro, com as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/ Divisões: 3, Nº de pisos: 1, Área total do terreno: 300,00 m2, Área de implantação do edifício: 274,80 m2, Área bruta de construção: 274,80 m2. Área bruta dependente: 105,13 m2 e Área bruta privativa: 169,67 m2. A parte rústica é composta de vinha, olival e solo subjacente de cultura arvense em olival. Encontra-se inscrito na matriz urbana sob o artigo n.º 2.537 e rústica sob o artigo n.º 158 da secção BE, ambos da freguesia de Almoster e acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém, sob o n.º 00442/19910618 – Almoster. Coordenadas X – 142.201,00 e Y – 250.335,00.

É depositário o Sr. José António Narciso dos Santos, na qualidade de cabeça de casal da herança de Alda dos Santos da Costa, com o telefone n.º 936.258.392, o qual, nessa qualidade e no cumprimento das suas obrigações, o mostrará aos interessados. Decorrerá do dia 12 de OUTUBRO, a partir das 15 horas, ao dia 27 de OUTUBRO de 2011, até às 15 horas, a sua venda judicial por meio de LEILÃO ELECTRÓNICO (n.º 1 do art.º 248.º do CPPT) sendo o valor base para a venda de 47.679,00 €, correspondente a 70 % do valor atribuído, ocorrendo a sua abertura no dia 27 de OUTUBRO de 2011, pelas 15 horas. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. As propostas deverão ser submetidas exclusivamente através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.), e, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem, nos termos do art.º 6.º da Portaria n.º 219/2011, de 01/06, podendo assistir ao acto o executado, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art.º 892.º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36.º do respectivo código. É devido Imposto do Selo a que se refere a verba n.º 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos sete dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze. . O CHEFE DE FINANÇAS, O ESCRIVÃO, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (Jorge Fernando Santos Morgado)

É depositário o Sr. Luis Manuel Ferreira Rodrigues, executado nos autos, com o telefone n.º 916.602.359, o qual, nessa qualidade e no cumprimento das suas obrigações, o mostrará aos interessados. Decorrerá do dia 12 de OUTUBRO, a partir das 11 horas, ao dia 27 de OUTUBRO de 2011, até às 11 horas, a sua venda judicial por meio de LEILÃO ELECTRÓNICO (n.º 1 do art.º 248.º do CPPT) sendo o valor base para a venda de 62.174,00 €, correspondente a 70 % do valor atribuído, ocorrendo a sua abertura no dia 27 de OUTUBRO de 2011, pelas 11 horas. A licitação a apresentar deve ser de valor igual ou superior ao valor base da venda e superior a qualquer das licitações anteriormente apresentadas para essa venda. As propostas deverão ser submetidas exclusivamente através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.), e, uma vez submetidas, não podem ser retiradas, salvo disposição legal em contrário. No dia e hora designados para o termo do leilão, o Chefe do Serviço de Finanças decide sobre a adjudicação do bem, nos termos do art.º 6.º da Portaria n.º 219/2011, de 01/06, podendo assistir ao acto o executado, bem como os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art.º 892.º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço, no prazo de 15 dias, contados do termo do prazo de entrega das propostas, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36.º do respectivo código. É devido Imposto do Selo a que se refere a verba n.º 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos sete dias do mês de Setembro do ano de dois mil e onze. . O CHEFE DE FINANÇAS, O ESCRIVÃO, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (Jorge Fernando Santos Morgado)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)

38 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1351 de 22.09.2011)


Serviços

HORÓSCOPO CARNEIRO 21/3 A 20/4 Bons momentos no amor. Viva com naturalidade e aprecie as coisas belas que estão ao seu redor. Evolução rápida na consolidação de relações. O momento é adequado para organizar a vida financeira, pondo fim a um certo descontrolo. Não tema enfrentar negociações. TOURO 21/4 A 21/5 Forte determinação no campo amoroso. Uma nova luz pode brilhar no seu caminho afectivo. Não tema fazer alterações de planos. Tendência natural para actuar com excesso de optimismo e confiança que pode levar a pequenas imprudências. Evite esbanjar as energias. GÉMEOS 22/5 A 21/6 Conjuntura invejável para tomar decisões, dada a sua capacidade de explicar razões e expressar sentimentos. Poderá ser altura de arrumar, em definitivo, questões passadas e pensar mais no futuro. Mantenha-se calmo em assuntos que envolvem dinheiro ou grandes transacções. CARANGUEJO 22/6 A 22/7 Dificuldade em estabelecer relacionamentos harmoniosos; vai ser difícil ser compreendido e também não entenderá os outros. Vida económica e profissional em fase pouco estável, pelo que a semana será complicada. Procure dar credibilidade aos seus actos e ideias. LEÃO 23/7 A 23/8 Tendência para conflitos e divergências em questões fulcrais para o desenvolvimento de uma relação. Para alguns poderão ocorrer mudanças radicais. Algumas oposições ou crises podem agudizar-se, levando a situações muito delicadas. Evite mesmo os mal-entendidos. VIRGEM 24/8 A 23/9As relações tendem a evoluir dentro dos parâmetros habituais. Mostrese flexível face a circunstâncias do dia-a-dia e disponível para novos conhecimentos. Semana pouco favorável a desenvolvimentos e avanços. Pode esboçar-se o início de uma nova relação profissional. BALANÇA 24/9 A 23/10 Está favorecido o intimismo, a vida familiar e todos os momentos a dois. Não tome decisões, de momento, nas relações em fase de indefinição. Os assuntos devem ser mais trabalhados e ponderados. As reacções em cima dos acontecimentos não são recomendáveis. ESCORPIÃO 24/10 A 22/11 Está muito favorecido em termos amorosos; contudo, não aceite condicionalismos despropositados e exigências absurdas. Boa capacidade de relacionamentos em situações recentes. Poderá contar com o factor inspiração para o ajudar muito no sector profissional. SAGITÁRIO 23/10 A 20/12 A vida sentimental necessita de mais ordem, mas, por agora, não estará capaz de definir qual o melhor rumo a seguir. Desconfianças podem ser perturbadoras. Dificuldades em cumprir calendário. No seu local de trabalho poderão vir a gerar-se divergências e injustiças. CAPRICÓRNIO 21/12 A 20/1 Semana com relacionamentos insatisfatórios. Não especule, pergunta directa e incisivamente o que lhe interessa saber. Tente escutar atentamente opiniões diferentes da sua, pois serão de grande valia. Dê mais atenção à preparação de actividades no âmbito profissional. AQUÁRIO 21/1 A 19/2 Boas perspectivas, sobretudo se decidir pensar mais em si, viajar e quebrar rotinas. Poderá contar com boas provas de afecto e encontrar uma alternativa interessante à situação actual. Momento favorável a qualquer tomada de posição, mesmo que esta seja desagradável. PEIXES 20/2 A 20/3 Bons encontros e momentos de convívio. Faça alguns sacrifícios em benefício da família ou da estabilidade de uma relação. Uma nova ligação pode ajudar a sarar antigas feridas. As dificuldades que se detectam já são esperadas e incidem sobretudo no campo económico.

FARMÁCIAS DE SERVIÇO

ADVOGADOS SANTARÉM

SANTARÉM Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

S. Nicolau Francisco Viegas Oliveira Pereira Sá da Bandeira Confiança Vitorino Helena

R. Capelo Ivens, 38 Rua Pedro Santarém, 2-A Rua Colégio Militar, 1 Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 Av.ª do Brasil, 38 Urb. Oliv. Arame - S. Domingos Av.ª Bernardo Santareno, 24 R. Dr. Jorge Sena, 12 - Alto do Bexiga

243 325 067 243 330 570 243 326 182 243 325 113 243 322 966 243 306 410 243 326 704 243 420 214

Rua Infantaria, 15, Nº 9 Rua Serpa Pinto, 27-33 Av. Norton de Matos Rua Silva Magalhães, 77-79 Rua Marquês de Pombal, 16 Rua Infantaria, 15, Nº 9 Rua Serpa Pinto, 27-33 Av. Norton de Matos

249 312 465 249 312 206 249 324 373 249 310 360 249 312 329 249 312 465 249 312 206 249 324 373

R. Tenente Cor. J. B. Camejo, 13 Av. da Europa, Lt. 37, r/c-B, Lj 2 Rua José Estevão, 1 Av.ª Dr. António. A.S. Mart. 569 Rua do Comércio, 56 Largo Mota Ferraz, 7 R. Tenente Cor. J. B. Camejo, 13 Av. da Europa, Lt. 37, r/c-B, Lj 2

241 333 222 241 822 120 241 360 060 241 360 530 241 371 713 241 360 520 241 333 222 241 822 120

TOMAR Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Misericórdia Torres Pinheiro Ribeiro dos Santos Nova Central Misericórdia Torres Pinheiro Ribeiro dos Santos

ABRANTES Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Duarte Ferreira Ondalux Silva Santos Silva Tavares Motta Ferraz Duarte Ferreira Ondalux

ALMEIRIM Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Barreto do Carmo Praça da República, 45/7 Mendonça Praça da República, 12 Correia de Oliveira Rua Condessa da Junqueira Central Rua 5 de Outubro, 58/60 Barreto do Carmo Praça da República, 45/7 Mendonça Praça da República, 12 Correia de Oliveira Rua Condessa da Junqueira Central Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 379 243 592 265 243 509 370 243 570 570 243 592 379 243 592 265 243 509 370 243 570 570

CARTAXO Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Central do Cartaxo Abílio Guerra Correia dos Santos Pereira, Sucrs Central do Cartaxo Abílio Guerra Correia dos Santos Pereira, Sucrs

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B Rua de S. Sebastião, 3 Rua da República, 10 Rua Serpa Pinto, 8 R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B Rua de S. Sebastião, 3 Rua da República, 10 Rua Serpa Pinto, 8

243 749 123 243 702 653 243 770 997 243 700 130 243 749 123 243 702 653 243 770 997 243 700 130

Av. de Sá Carneiro, Lote 7 Rua de São Pedro, 5 Rua José Augusto Torres, Lt 129 Lg. Cor. António Maria Batista, 7 Rua 25 de Abril, 7 Av. de Sá Carneiro, Lote 7 Rua de São Pedro, 5 Rua José Augusto Torres, Lt 129

249 822 067 249 822 411 249 812 472 249 819 540 249 830 180 249 822 067 249 822 411 249 812 472

Rua da Misericórdia, 16 Rua Direita, 64 Rua da Misericórdia Largo de S. Pedro, 4 Rua da Misericórdia, 16 Rua Direita, 64 Rua da Misericórdia Largo de S. Pedro, 4

243 617 068 243 660 099 243 675 070 243 610 370 243 617 068 243 660 099 243 675 070 243 610 370

TORRES NOVAS Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Lima Central Pereira Martins Higiene Nicolau Lima Central Pereira Martins

CORUCHE Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Almeida Frazão Higiene Misericórdia Almeida Frazão Higiene Misericórdia

RIO MAIOR Quinta 22 Sexta 23 Sábado 24 Domingo 25 Segunda 26 Terça 27 Quarta 28 Quinta 29

Almeida Central Central Central Central Central Central Central

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83 R. Mariano de Carvalho, 83

243 992 255 243 946 148 243 946 148 243 946 148 243 946 148 243 946 148 243 946 148 243 946 148

● Dr. José Francisco Faustino; Dr Francisco Luís; Dr.ª Graça Ferreira e Sousa; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Reitor Pedro Calmon, nº 6 - 1º – 2000-031 Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail.telepac.pt ● Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém - Tel. 243326310 - Fax 243333587 - oliveiradomingos-161e@ adv.oa.pt ● Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 ● Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 - advogados.s@mail.telepac.pt ● Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 morgadoribeiro-185e@adv.oa.pt ● Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º - Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida. lencastre@gmail.com ● Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@ adv.oa.pt ● Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 anagomesribeiro-2104e@adv.oa.pt ● Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 pedroborrego-2083e@adv.oa.pt ● Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 americacravo-855e@adv.oa.pt ● Drª Sónia Bento - Praça da República, 29 - 1º Esq.º - 2080-044 Almeirim - Tel. 243372159 Fax 243597999 - sbentompires. adv@gmail.com

ABRANTES ● Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís

de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes - Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail.telepac.pt ● Norberto Timóteo - Advogado - Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@advogados.oa.pt ● Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia839c@adv.oa.pt ● António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

ALMEIRIM ●

Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino1239e@adv.oa.pt ● Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999 ● Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 ● Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim - Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@ advogados.oa.pt ● Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 ● Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º - 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 - Celiasp-1498e@adv.oa.pt ● Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 anaoliveirasimoes-2078e@adv.oa.pt

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

ADVOGADOS

CARTAXO ● Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070-095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita18943l@adv.oa.pt ● Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo - TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico. com - www.apoiojuridico.com ● Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070-049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva-1002e@advogados. oa.pt

LISBOA ● Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro,

Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 ● Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

Francisco Pedrógão Armando Ferreira

ADVOGADOS

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243 326 242 2000 SANTARÉM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243 333 821 Fax: 243 391 021 2000 SANTARÉM

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079 2000-145 SANTARÉM

ADVOGADOS

E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 39


Classificados IMOBILIÁRIO

IMOBILIÁRIO

ARRENDA-SE

VENDE-SE

● QUARTO a professores em Santarém TL 962922567

● MORADIA T3+1, a.c., 2 wc, banheira hidrom. despensa, lograd. Barb .garagem.Ex.acessos TL 919131788

● T2, totalmente mobilado e equip. Zona do politécnico, bom estado Valor renda: 400€ Contacto: 918605781 www.santarém@zebimed.pt, AMI 4512 TLM 918605781 ● T3, coz. equip. Zona do politécnico, bom estado Valor renda: 500€ Contacto: 918605781. wwww.santarém@zebimed.pt, AMI 4512 TLM 918605781 ● T3, cozinha c/ placa e forno, sala c/ recp. Calor Zona do politécnico, bom estado Valor renda: 450€ Contacto: 918605781 www.santarém@zebimed.pt, AMI 4512 TLM 918605781 ● T3, totalmente mobilado e equip. Zona do hospital, bom estado Valor renda: 350€ Contacto: 918605781 www.santarém@zebimed.pt, AMI 4512 TLM 918605781 ● T3, totalmente equipado Zona da Esc. D. João II, bom estado Valor renda: 400€ Contacto: 918605781 www.santarém@zebimed.pt, AMI 4512 TLM 918605781 ● APARTAMENTO c/ 3 quartos, mobilado, cozinha equipada, Alto do Bexiga, Santarém. Telemóvel 962108763 ● Santarém – Apartamento T3+1 junto ao politécnico, c/ aproveitamento de sótão. 450€ RE/MAX Principal – AMI6883 Tel: 961 778 997/243350120 ● Almeirim – Moradia T4 c/ garagem muito bem localizada - 650€ www. remax.pt/121871002-1145 RE/MAX Principal – AMI6883Tel: 961 311 788 /243350120 ● LOJA Semi nova junto Complexo Aquático TL 911010160

● MORADIA T3+1 Almeirim TL 919131788/ 914722008 ● MORADIA- Abitureiras c/ 3 pisos. Cavec/ garagem, zona de arrumos e de máquinas c/ cilindro. Rr/chão c/ cozinha, wc, sala ampla com 2 portadas e varandim. Sótão c/ 3 quartos, dois c/ roupeiro e 2 wc. A parte urbana tem a área total 1184 m² e a rústica 9720 m² – 107.000 www.remax. pt/120431143-5 AMI 5430 – RE/ MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 ● APT 4 assoa., coz. equipada, sala despensa e marquise. Total. remodelado, janelas em vidros duplos, caixilharia em alumínio. Possib. de venda do apt total. equipado e mobilado. É um 2º andar, no centro da cidade de Santarém. Zona privilegiada, óptimos acessos, fácil. estacionamento - 70.000€ www. remax.pt/120431071-212 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 ● MORADIA térrea remod. na Romeira, cozinha c/ sala de refeições, wc, sala c/ lareira e 2 quartos. Zona de arrumos, Barbecue, local p/ guardar lenha e espaço de estac. p/ 2 viaturas. Bons acessos - 110.000€ www.remax. pt/120431104-58 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 ● APT T4 Excelente estado de conservação e áreas fantásticas. Sala ampla c/ lareira, coz. equipada e c/ despensa. Quarto c/ wc privativa, 3 outros quartos e casa de banho. Todos c/ roupeiros. Pré-Instalação de Ar cond., marquise e terraço espaçoso. Cave c/ parqueamento e arrecadação – 104.500€ www.remax. pt/120431105-22 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

● T1 mobilado a func.público TLM ● APT bom estado de conservação, luz natural, tem 3 quartos c/

911010160

roupeiros, sala, cozinha equipada, despensa, átrio zona de circulação e 2 instal. sanitárias. Atreva-se e peça uma visita. Próx. hipermercados, hospital, central e c/ acessos rápidos a auto-estradas. – 90.000€ www.remax.pt/120431130-34 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 ● MORADIA T3 c/ logradouro. Junto à Câmara Mun. de Alpiarça. Bons acessos, transportes públicos a 2 minutos. – 65.000€ www.remax. pt/120431133-7 AMI 5430 - RE/ MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 ● PT em bom estado de conservação c/ 3 quartos, dois c/ varanda, 1 sala c/ lareira; 2 casas de banho; 1 cozinha equip equipada; 1 despensa e corredor, onde está embutido um bom roupeiro que serve de apoio aos quartos. Chão em tijoleira e 2 quartos em cerâmica. Tem também uma arrecadação com 11,60m2, perto do Hospital - 86.000€www.remax. pt/120431140-10AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 ● São Vicente Paúl - Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 ● Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv..Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 ● Romeira Moradia T4+1. r/chão, cave e sótão. No r/chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica

c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

● APARTAMENTO T3 remodelado – Almeirim – 66.150€ - AMI 8643 – Remax Vision Tel: 925 479 312

● Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada...Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

● SANTARÉM APT T2; Remodelado; Mobilado; Cozinha Equipada; Despensa; Perto de Comércio, Escolas e Serviços. ✲ef. 4614 Preço: 56.500,00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

● MORADIA T3 Arneiro Tremês, 415m2 útil, c/ terreno, a 10km Santarém Preço: 110.000,00€ - Ref. 363 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 ● APT T3 Hospital Str, novos, excelentes desde 135.000,00€ - Ref. 842 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 ● APT T4 Alto Bexiga, usado, bom estado 1º andar sem elevador. Oportunidade Preço: 105.000,00€ - Ref. 866 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 ● APT T4 Centro de Almeirim 2º andar sem elevador Preço: 70.000,00€ - Ref. 864 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 ● MORADIA T3 Trigosas, Santarém, em construção A partir de 170.000,00€ - Ref. 913 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 ● MORADIA T2 – Centro Almeirim – 29.990€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 ● MORADIA T2 semi nova – Fazendas Almeirim – 96.000€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 ● APARTAMENTO T2 NOVO – Zona Norte Almeirim – 71.250€ AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925 479 312 ●APARTAMENTOT2novocomgaragem – Alpiarça – 77.900€ - AMI 8643 – Trata: Remax Vision Tel: 925479 312

● SANTARÉM Moradia p/ Recuperar; Composta por 1 Quarto, Sala, Cozinha e WC; Logradouro; Inserida em Zona Calma e com Bons Acessos. Ref. 4620 Preço: 42.500,00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 ● SANTARÉM – Arredores Quinta c/ 15.000m2 de Terreno; Ruína c/ 66m2; Água e Luz Próximo; Acessos Alcatroados; Excelente Vista. Ref. 3760 Preço: 43.000,00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 ● SANTARÉM APT T1 c/ Arrecadação e Varanda; Zona Calma e de Fácil Estacionamento; A 5 min. do Centro da Cidade.

441/243350120 ● Almeirim – Moradia T3 c/ logradouro, garagem e arrumos. 140.000€ www.remax.pt/121871086-18 RE/ MAX Principal – AMI6883 Tel: 961 778 968 /243350120 ● Cartaxo – APT T3 transformado em T2 c/ cozinha renovada, ar condicionado e arrecadação no sótão. 77.500€ www.remax.pt/121871086-7 RE/MAX Principal – AMI6883 Tel: 961 778 968/243350120 ● Santarém – Apartamento T4 no centro da cidade. 65.000€ www. remax.pt/121871078-55 RE/MAX Principal – AMI6883 Tel: 926 613 915 /243350120 ● Santarém – APT T3, cozinha c/ despensa, sala c/ lareira, parqueamento e arrecadação . 82.500€ www.remax.pt/121871093-14 RE/ MAX Principal – AMI6883 Tel: 962

191 302/243350120 ● LOJA pronta a utilizar Santa-

rém TL 962719038 ● MORADIA 6 quartos, 4 wc, 4 coz.,

4 salas - 3m pisos TL 962719038 ● IMÓVEL COM 18 MESES DE GARANTIA. Ref. 4616 Preço: 60.000,00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 ● SANTARÉM – Arredores Moradia p/ Recuperar; Composta por R/C e 1º Andar; 5 Assoalhadas; Cozinha c/ Lareira; Anexos; Logradouro; Telheiro p/ 2 Carros; Bons Acessos. Ref. 2157 Preço: 60.000,00 € Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 ● Santarém – Apartamento T3 c/ sala, quartos amplos situado em zona residencial. 49.500€ www. remax.pt/121871079-40 RE/MAX Principal – AMI 6883 Tel: 926 613 906 /243350120 ● Azóia de Cima – Terreno de 29.080m2 c/ viabilidade de const. moradia c/ 300m2 de implantação mais anexos.39.500€ www. remax.pt/121871069-64 RE/MAX Principal – AMI6883 Tel: 961 725

● M O R A D I A T 3 + 1 , a .c . , 2

wc,banheira hidrom. despensa, lograd. barb.garagem.Exl.acessos TL 919131788 ● T2 remod. c/ garagem centro Str

TL 911010160 ● MORADIA T3+1 Almeirim TL

919131788/ 914722008

DIVERSOS VEÍCULOS ● lHYUNDAI Accent gasóleo

2L 2003 TL 962719038

MENSAGENS ● SENHOR 50 anos procura Srª dos 35 a 50 anos p/ viver em França T 0033665963785/ 00330473888902

VENDEDOR PARA PEÇAS DE TRACTOR. Admite firma Importadora em Santarém. Resposta com CV Apartado 73 2001-901 Santarém

ORIBATEJO

1.º EMPREGO

Drª MADALENA BARRETO

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES

INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

Para balcão de peças em Santarém

OSTEOPATIA

OSTEOPATIA

Resposta com CV – Apartado 73 2001-901 Santarém

Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243 327 546 - 2000 SANTARÉM

40 O RIBATEJO 22 Setembro 2011


IMPORTADOR PEÇAS P/TRACTORES, NECESSITA

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Praceta Pedro Escuro, 10 - 3.º Esq.º (Junto à Rádio Pernes)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

Empregado Balcão • Com aptidões área comercial, habilitações mínimas a nível do 12º Ano • Dá-se preferência a candidatos c/formação técnico profissional em mecânica • Domínio de informática, conhecimentos de Inglês falado e escrito

Resposta com CV Apartado 73 – 2001-901 Santarém 22 Setembro 2011 O RIBATEJO 41


Saúde

Sílvia Lencastre Fróis Psicóloga Clínica Psicologia Clínica e Psicoterapia Marcações pelo telemóvel

918 732 116 Santarém • Coruche • Rio Maior

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

Dr. Rui Castro Médico Especialista de Clínica Geral

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º (edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Dr. LUÍS RAPOSO MÉDICO ESPECIALISTA ENDOCRINOLOGIA, DIABETES E OBESIDADE

SURGIMED Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 R/c Marcações pelo Tel./Fax 2436305780

Dr. A. JÚLIO SILVA Médico Especialista

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov) ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO

42 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

Anat.Patológica Dra. Margarida Mendes

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Ortopedia Dr. Duarte Cadavez

Cir.Geral/Obesidade Dr. Joaquim Costa

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dermatologia Dra. Joana Parente Dietética Dra. Célia Dias

Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado Neurologia Dr. Jorge Becho Neuropsicologia Dr. Nuno Pestana Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr.João Paulo Ribeiro Dra. Cátia Lima Psiquiatria Dr. Vítor Henriques Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto Dr. Luís Costa

Exames Complementares e Outros:

UROLOGISTA

ORTOPEDIA (Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243 326 935 SANTARÉM

Surgimed

• • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • M.A.P.A. • Holter 24 horas • Polisonografia em ambulatório

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt


Drª ISABEL MONTEIRO Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

Telef. 243 326 957

Dir. Clínico - Júlio Aranha

Cardiologia - Júlio Aranha Dermatologia - João Aranha • Urologia - Carlos Santos • Pediatria - Teresa Barracha • Nutrição - Alexandra Albuquerque • Terapia da Fala - Magda Ferreira • Clínica Geral - Inês Silva • Psicologia - Ana Mendes Castelo • Psiquiatria - Paula Pinheiro

Enfermagem Consulta de Desabituação Tabágica • Electrocardiograma • Ecocardiograma • Prova de Esforço • Holter • Mapa Durante o mês de Setembro oferta de um electrocardiograma em todas as consultas

RIBAMÉDICA - SANTARÉM - Telem. 912 722 206 Av. Bernardo Santareno, 11 r/c Dt.º 2005-117 Santarém - Tel.: 243 092 883

DRª MARISA PERES

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes

MÉDICA CARDIOLOGISTA

Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes

Análises Clínicas Meios Terapêuticos: Ressonância Magnética 1,5 t RM Neuro/Corpo/Osteoarticular/ „ Litotrícia e Ortotrícia Exames de Cardiologia: Mamária/Angio Provas de Função respiratória: „ Ressonância Magnética TC 64, 16 e 4 Cortes „ Espirometria „ TC Neuro/Corpo/Colonoscopia e Cardíaca „ „ Mecânica Ventilatório Angiografia Cardíaca Virtual Broncoscopia Virtual „ “Compliance” Pulmonar „ Ecocardiograma Modo M e 2 D „ Angio TC, Uro TC „ Difusão „ Ecocardiograma com Döppler „ Dental Scan „ Oximetria Transcutânea „ Ecografia Geral pulsado, contínuo e codificado „ Registo Poligráfico do Sono „ Döppler a cor „ Electrocardiogramas „ Radiologia Digital com Avaliação Terapêutica „ ECG com prova de esforço em „ Mesa para exames CPAP) Tapete rolante Gastrointestinais „ ECG Holter 24 horas „ Mamografia Digital Exames de Neurofisiologia: „ Monitorização da pressão „ Ortopantomografia Digital Directo „ Electromiografia „ Electroencefalografia Ambulatória das 24h (MAPA) „ Potênciais Evocados „ Detector de eventos Imagiologia de intervenção: „ Estudo do Sono em „ Domicílios ECG „ Citologia da tiróide e Mama „ Biópsia Prostática Eco-guiada Ambulatório (electrocardiogramas) „ „ „

Santarém | R. Prof Pinto Correia Lote 6 C/v, 2005-266 T: 243 303 180 F: 243 303 188 Tomar | R. António Joaquim Araújo nº 32, 2300-555 T: 249 329 020 249 310 430 F: 249 320 029 Entroncamento | R. Ant.º Amílcar Correia nº 9, 2330-255 T e F: 249 719 984

SANTARÉM:

Abrantes | CHMT - Largo Eng.º Bioucas, 2200-202 T: 241 372 396 241 331 676 F: 241 361 521

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim

243 328 890

Sertã | Av. Nuno Álvares Pereira nº 924 R/c, 6100-733 T: 274 603 433 F: 249 320 029

Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

ALMEIRIM: „ Clínica do Jardim: 243 593 422 „ Enfercentro: 243 579 601

„ GFS (Estrada S. Domingos, perto do Presídio):

Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva

„ Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S

Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Sandra Silva - Drª Isabel Baptista Medicina Interna Dr. Victor Bezerra Nutrição Drª Susana Rodrigues MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Vasco da Gama, 23, loja C e D (junto às Finanças) 2000-232 SANTARÉM

Santarém | Prolongamento da Praceta Jaime Cortesão Lote 4 C/v Dt.ª, 2000-228 T: 243 333 969 F: 243 321 945 e-mail: geral@crtomar.pt

AVEIRAS DE CIMA:

Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo

Torres Vedras | Av. General Humberto Delgado nº 22D, 2560-272 T: 261 319 130 F: 261 315 535

ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

POR

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

Terapeuta Osteopata

Rui Leite Ceficarte CENTRO

DE

FISIOTERAPIA

DO

CARTAXO

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

Clinica abc - Urbanização Quinta das Fontainhas, L6 r/c esq/dir - Santarém

DR. JOSÉ BRANCO PSICÓLOGO CLÍNICO ORDEM DOS PSICÓLOGOS / CÉDULA PROFISSIONAL Nº 8881

PSICOTERAPIA DE ADULTOS E ADOLESCENTES

CENTRO AUDITIVO WIDEX Audiologia  X  X  X X

Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Odete Batista

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

Terapia de casal - Baixa auto-estima - Depressão Ansiedade - Fobias - Pânico - Insónia - Disfunção sexual Stress Pós-traumático

CONSULTÓRIOS Alverca - R. Cidade de Dévnia, 21, 2º, Dto Lisboa - Clínica Movimento e Saúde/ R. José Falcão, 52, 2º F Santarém - Pharma 8 / R. Cidade de Lisboa, nº 7, Loja B INFORMAÇÕES E MARCAÇÕES:

961 285 155

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 43


R+ Desporto 3ª Nacional Benfica aziago para Cartaxo FUTEBOL A s c o i s a s n ã o estão fáceis para os clubes ribatejanos que disputam a 3.ª divisão nacional. Correu mal a tarde do passado domingo, quer para o Cartaxo, na série E, quer para o Atlético Riachense na série D, um e outro vergados perante dois Benficas, um de Lisboa e outro de Castelo Branco. Começando pelo emblema de Riachos, a deslocação a Castelo Branco deu o que já se temia, uma derrota. O facto de o árbitro ter prejudicado claramente a turma riachense, assinalando duas grandes penalidades em cinco minutos, uma delas que não passando de pura invenção do fiscal de linha e outra muito duvidosa, não retira mérito aos benfiquistas albicastrenses que mostraram ser mais equipa do que os de Riachos. O triunfo assenta bem aos beirões, convém dizê-lo, porque a turma de Meszaros não teve arte sequer para assustar a sério as redes adversárias, ficando-se por um único remate perigoso em todo o jogo. É curto, muito curto mesmo, para quem aspira a manter-se na 3.ª divisão. O Cartaxo foi o anfitrião do Futebol Benfica e, mais uma vez, a palavra fica associada a um desaire de ribatejanos neste domingo. Desde o início da partida no municipal do Cartaxo que a equipa da capital demonstrou ter fortes argumentos, criando várias ocasiões perigosas para a baliza de Peter. O golo único apareceu, contudo, já na segunda parte, mas bastou para roubar três pontos na capital do vinho, e logo em plena época da vindima. Cláudio Madruga não estará, certamente, satisfeito com a produção dos seus pupilos. Nas tabelas classificativas respectivas, riachenses e cartaxeiros, ambos com apenas um ponto, ocupam posição na zona baixa das mesmas. No domingo que vem o Cartaxo tem um bico-de-obra pela frente com deslocação ao Sacavenense, pois é equipa que acabou de dar três ao Montijo e lidera a tabela. A conquista de qualquer ponto será motivo de festejo para os do Cartaxo. O Riachense tem tarefa menos árdua, pelo menos aparentemente, já que recebe o U. Tocha, equipa que não terá capacidade superior à de Riachos. Assim, a cativação dos três pontos, parece ser a obrigação do Riachense.

44 O RIBATEJO 22 Setembro 2011

O Ferroviária, vindo da Secundária, soube impor-se em Vila Chã de Ourique. André Lopes

Divisão Principal Torres Novas abre em grande A equipa de Frederico Rasteiro venceu na Moçarria e aproveitou as escorregadelas dos outros candidatos. O cenário pode repetir-se na próxima semana. André Lopes afinulo@gmail.pt

O Desportivo de Torres Novas iniciou o campeonato com um triunfo fora de casa e, a juntar a isso, viu outros rivais também tidos como principais candidatos escorregarem de forma inesperada. Melhor começo não poderiam ter os torrejanos que foram à Moçarria estragar a festa de inauguração do novo sintético, em termos de jogos oficiais, e vencer com golos de Pereira e João Martins. Diz quem viu que o jogo até nem foi muito bonito, mas com esta vitória, o Torres Novas acabou também por conquistar pontos em vários outros estádios. Como por exemplo, na Azenha, em Amiais de Baixo onde o Amiense que se viu forçado a dividir os pontos com o Benavente, o que não estaria nas suas previsões. O golo de Luís Moleiro não bastou e o maior mérito vai para os de Benavente que levaram um ponto de

um terreno difícil. Na cidade do Nabão o Alcanenense garantiu os três pontos ao chegar ao triunfo com o solitário golo de Fábio Pereira. Com isso, o emblema da terra dos curtumes perfila-se também na primeira fila da grelha de partida, em conjunto com Torres Novas e Ferroviária. Também a sorrir ficaram os entroncamentenses, eles também estreantes no escalão principal, que num jogo duro, com os golos de André Drogas e Filipe Pereira, suplantaram o único tento do Ouriquense obtido por Batata. Uma estreia auspiciosa para o Cidade Ferroviária, que traz consigo o título

Ferroviária, Alcanenense e Porto Alto foram os outros vencedores da jornada e também estão na liderança.

de campeão distrital da divisão Secundária. Mais a norte, em Ourém, o campo da Caridade serviu de palco para um jogo que terá sido bem disputado, a avaliar pelo resultado. O empate a dois golos serve o interesse de ambos os emblemas e, ao mesmo tempo, não serve nenhum deles a contento. Para o Atlético da casa marcaram João Simões e Leandro. Pela turma de Filipe Rego, facturaram Pelarigo e Nelson Rato. Quem também não amealhou o que esperava foi o Mação que, no sintético de Porto Alto, viu o estreante na divisão Principal fazer a festa. Bock deu o pontapé de saída para um bom começo da turma de Pedro Brandão que promete lutar com todo empenho para não ser despromovida. Domingo teremos a segunda jornada e com interesse redobrado nalguns jogos. É o caso do FazendenseAmiense, em que o triunfo de

um dos contendores implica forçosamente um atraso maior para o oponente. E o Torres Novas está à espreita de mais uma oportunidade para ganhar vantagem, pois mais calma aparenta ser sua a tarefa na recepção ao Ouriquense embora, nisto do futebol, está mais do que comprovado que não há vencedores antecipados. O Alcanenense-Porto Alto terá também os seus motivos de interesse, até para verificar se os da zona sul do distrito estão verdadeiramente em condições de se imiscuir na luta dos galos, ou se o primeiro triunfo não passou de um fogacho. Em Mação, a visita do Ouriense também promete encher a tarde de futebol, com os maçaenses impedidos de uma segunda derrota. Benavente-Moçarriense e Ferroviária-U. Tomar são dois jogos onde a luta pelo título não estará presente, pelo menos não foi anunciada nenhuma pretensão dos clubes nesse sentido.


Tabelas de Classificações Futebol 2ª NACIONAL

DISTRITAL PRINCIPAL 1ª jornada Ouriquense - Ferroviária Moçarriense - Torres Novas Amiense - Benavente Ouriense - Fazendense Porto Alto - Mação U. Tomar - Alcanenense

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Torres Novas Ferroviária Porto Alto Alcanenense Fazendense Ouriense Amiense Benavente Ouriquense Mação U. Tomar Moçarriense

J 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

V 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0

E 0 0 0 0 1 1 1 1 0 0 0 0

1-2 0-2 1-1 2-2 1-0 0-1

D M-S P 0 2-0 3 0 2-1 3 0 1-0 3 0 1-0 3 0 2-2 1 0 2-2 1 0 1-1 1 0 1-1 1 1 1-2 0 1 0-1 0 1 0-1 0 1 0-2 0

2ª jornada (25.09.11) Ferroviária-U. Tomar Torres Novas-Ouriquense Benavente-Moçarriense Fazendense-Amiense Mação-Ouriense Alcanenense-Porto Alto

J 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2

V 2 2 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0

E 0 0 1 1 0 0 2 2 1 1 0 0

Sertanense Carregado Torreense V. Novas 1º Dezembro Tourizense Fátima Pinhal Novo Monsanto Moura Mafra Caldas Louletano Oriental J. Évora Reguengos

J 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2

V 2 1 1 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0 0 0

E 0 1 1 1 1 0 0 0 2 2 2 1 1 1 1 0

D M-S P 0 2-0 6 0 3-1 4 0 2-1 4 0 2-1 4 0 1-0 4 1 3-2 3 1 1-1 3 1 3-4 3 0 2-2 2 0 2-2 2 0 1-1 2 1 1-2 1 1 1-2 1 1 1-2 1 1 0-1 1 2 0-23 0

O Monsanto andou bem perto da derrota. Francisco Henriques

2ª Nacional Fátima vence e ganha ânimo

3ª NACIONAL - SÉRIE E

2ª jornada Benf. C. Branco - At. Riachense Gin. Alcobaça - Pampilhosa Tocha - Sourense Peniche - Beneditense Bombarrelense - Crato Sp. Pombal - Marinhense

BC Branco Pampilhosa Pombal Bombarral G. Alcobaça Sourense Beneditense Peniche Tocha Riachense Crato Marinhense

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16

1-1 1-0 1-1 1-1 0-1 2-1 1-1 0-1

3ª jornada (25.09.11) Sertanense-Monsanto Oriental-Fátima Moura-Carregado Caldas-Mafra Vendas Novas-Juv. Évora 1.º Dezembro-Pinhalnovense Tourizense-Louletano Torreense-At. Reguengos

3ª NACIONAL - SÉRIE D

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

2ª jornada Monsanto - Carregado Fátima - Tourizense Caldas - Moura Mafra - Vendas Novas Juv. Évora - 1.º Dezembro Pinhalnovense - Oriental Louletano - Torreense At. Reguengos - Sertanense

3-0 1-2 1-3 0-0 3-0 4-0

D M-S P 0 5-3 6 0 5-1 6 0 4-1 4 0 2-2 4 1 3-6 3 1 1-1 3 0 1-1 2 0 2-4 2 1 1-4 1 1 1-4 1 2 0-4 0 2 2-7 0

3ª jornada (25.09.11) At. Riachense-Tocha Pampilhosa-Bombarrelense Sourense-Marinhense Peniche-Benf. C. Branco Beneditense-Crato Sp. Pombal-Gin. Alcobaça

2ª jornada Cartaxo - Fut. Benfica Pêro Pinheiro - O Elvas Alcochetense - Casa Pia Sacavenense - Ol. Montijo Sintrense - Real Eléctrico - Oeiras

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12

Sacavenense Pêro Pinheiro Alcochetense Sintrense Oeiras Fut. Benfica Casa Pia Cartaxo Eléctrico Real Montijo O Elvas

J 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2 2

V 2 1 1 1 1 1 0 0 0 0 0 0

E 0 1 1 1 1 0 2 1 1 1 1 0

0-1 5-3 1-1 3-0 3-1 0-1 D M-S P 0 4-0 6 0 6-4 4 0 4-2 4 0 4-2 4 0 2-1 4 1 1-1 3 0 2-2 2 1 1-2 1 1 1-2 1 1 2-4 1 1 1-4 1 2 4-8 0

3ª jornada (25.09.11) Sacavenense-Cartaxo Casa Pia-Pêro Pinheiro Fut. Benfica-Alcochetense Ol. Montijo-Oeiras O Elvas-Sintrense Real-Eléctrico

Terapeuta Osteopata

Rui Leite Ceficarte CENTRO

DE

FISIOTER APIA

DO

C ARTA XO

Clinica abc

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo - Urbanização Quinta das Fontainhas, L6 r/c esq/dir - Santarém

FUTEBOL Um golo de Ary obtido mesmo em cima do intervalo foi o suficiente para garantir os três pontos ao Fátima no jogo com o Tourizense e aquecer um pouco o ânimo dos adeptos, esfriado anteriormente com aquele afastamento administrativo da Taça de Portugal. A equipa treinada por Ricardo Moura está agora colocada na zona meã da tabela e man-

tém as condições para atacar o regresso à liga Orangina, objectivo não escondido apesar dos atrapalhos financeiros do emblema da cidade religiosa. Também a meio da tabela, o Monsanto registou o segundo empate da prova. Desta vez na recepção ao Carregado. O jogo estava quase dado por perdido quando Vaz Tê, à beira dos noventa, restabeleceu a

igualdade no marcador, para satisfação de Rui Gorriz e companhia. Na próxima ronda, já no domingo que se aproxima, o Fátima vai à capital defrontar o Oriental. É de crer que os fatimenses regressem a casa com algum pecúlio no bornal. O Monsanto tem uma deslocação bem mais perigosa à Sertã, para defrontar o líder isolado da tabela.

Taça de Portugal Monsanto viaja até ao norte FUTEBOL O sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal determinou a deslocação do Monsanto a Galegos de Santa Maria (Barcelos), para defrontar a turma local. O Santa Maria milita na série A da 3ª divisão, o que permite deduzir algum favoritismo para os monsantenses, todavioa é

bom recordar que os nortenhos primeira ronda afastaram o Crato com um seis a zero esclarecedor e que na segunda eliminatória venceram o Padroense, da zona centro da 2ª divisão, pelo que todos os cuidados serão poucos na viagem ao norte que está agendada para o dia 16 de Outubro.

Quanto ao Fátima, ainda não está fechado o processo da utilização irregular de um jogador no jogo com o Pampilhosa e se, eventualmente, vier a ser dada razão ao Fátima, então terá que defrontar o Amares e só depois, caso vencesse, viria a defrontar o Olhanense, da Liga Zon Sagres.

PUBLICIDADE

ESPECIALIDADES • Peixe Fresco • Bacalhau Assado c/ magusto • Espetadas de Lulas c/ Gambas

• Espetadas de Carne Barrosã c/ Gambas e Ananás • Espetadas Mistas

• Arroz de Feijoca ...e outras • Bons Vinhos da Região

Rua Ateneu Comercial, 1 - r/c Esq. • 2000-215 SANTARÉM • Tels.: 243 333 348 / 243 322 636 • Telem.: 917 604 488 22 Setembro 2011 O RIBATEJO 45


R+ Desporto

Águias são campeões nacionais de duatlo

Atletas da casa dominam prova

LISBOA Os Águias de Alpiarça

sagraram-se campeões nacionais de duatlo no sábado, 17 de Setembro, ao dominar a prova do nacional de clubes que se realizou na zona da Torres de Belém, em Lisboa, onde decorreu também o triatlo da mulher. A equipa alpiarcense venceu em ambos os escalões, conquistando o título ao Olímpico de Oeiras, no sector masculino, e ao Alhandra SC, no sector feminino. Individualmente, destaque para Andreia Ferrum, que venceu o triatlo da mulher, onde participaram 30 atletas.

BTT e passeio pedestre em Alcanena 5 DE OUTUBRO A vila de Alca-

nena vai ser palco de um passeio de BTT e de um percurso pedestre com peddypaper no próximo dia 9 de Outubro, duas iniciativas inseridas nas festas do 5 de Outubro, data em que se assinala a implantação da República. O passeio BTT tem percursos de 40 e 20 quilómetros e um passeio para crianças. O peddypaper desenrola-se num percurso de oito quilómetros pela vila. A concentração para ambas as iniciativas realiza-se às 8h30, junto ao estádio municipal.

Passeio de cicloturismo em Pontével INSCRIÇÕES O Grupo Desportivo de Pontével vai realizar o seu 17º passeio de cicloturismo no próximo feriado de 5 de Outubro, integrado nas comemorações do 75º aniversário da colectividade. As inscrições podem ser feitas até ao dia 30 de Setembro, pelos números 243 790 333 e 919 038 911, pelo fax 243 799 131, ou pelos e-mails gdpontevel@ sapo.pt e antonio.pego@sapo.pt.

Hóquei “Tigres” prometem na estreia Equipa almeirinense, mesmo sem argumentos para contrariar o FC Porto, mostrou que tem plantel para alcançar os objectivos no campeonato APRESENTAÇÃO Campeão nacional há 10 anos consecutivos, o FC Porto venceu por 5-0 em Almeirim, no jogo de apresentação dos Tigres, que, apesar do resultado, deixaram boas indicações para a disputa do nacional da 1ª divisão. Mesmo tendo sempre o controlo do jogo, os portistas só marcaram um golo nos primeiros 25 minutos, por Pedro Moreira. Na segunda metade, Pedro Moreira novamente, Tomás Castanheira, Tiago Santos e Nélson Pereira assinaram os restantes golos. Os Tigres, que renovaram por completo a equipa que se sagrou campeã nacional da 2ª divisão na época passada, deixaram boas indicações frente a um adversário habituado a

outros voos. Na segunda parte, numa altura em que o jogo se tornou mais aberto, os almeirinenses conseguiram mesmo dispor de várias oportunidades junto à baliza adversária. Os Tigres não conseguiram marcar o golo de honra para satisfazer os muitos adeptos que se deslocaram ao Alfredo Bento Calado, mas o plantel às ordens de Nelson Lourenço mostrou ter qualidade para alcançar os objectivos traçados, e que passam pela manutenção no escalão mais alto do hóquei português. A massa associativa teve também oportunidade de assistir à estreia do novo reforço, Luís Querido, que chegou ao clube na semana passada. O hoquista de 21 anos, que já

passou pelos espanhóis do HC Liceo e Barcelona, é um nome de peso para colmatar a saída de Bruno Ribeiro, um dos campeões da época passada que abandonou o clube. O jogo, disputado no sábado, 17 de Setembro, foi também uma iniciativa de solidariedade do clube, em que as receitas de bilheteira foram entregues à família de Fábio Castelo, um miúdo de oito anos que está a lutar contra um tumor cerebral. No centro da pista, o jovem recebeu uma camisola assinada pelos os jogadores dos Tigres, uma camisola oferecida pelo FC Porto, e um cachecol dos Ultras Almeirim, a incansável claque que apoia a formação da capital da sopa da pedra.

BENAVENTE António Travassos, do Clube União Artística Benaventense (CUAB), venceu os 15 quilómetros de Benavente, uma prova que juntou mais de 400 atletas no nomingo, dia 18. Em segundo lugar ficou José da Luz, veterano que na próxima época vai representar o CUAB, tendo Joel Martins, também do CUAB, chegado na terceira posição, depois de ter dominado a corrida durante uma parte significativa do percurso. O trio chegou junto à recta da meta, onde António Travassos deixou para trás os dois colegas com uma vantagem de 9 e 13 segundos, respectivamente. A equipa da casa, orientada por José Santos, venceu colectivamente e arrecadou também o Troféu Arménio Felismino (atleta do CUAB que faleceu em 2008). Este troféu premeia a melhor equipa no conjunto de duas provas, os 15 quilómetros de Benavente e a Corrida das Pontes, em Coruche, que o clube também havia ganho.

Veterano no campeonato nacional TÉNIS José Rodrigues, tenista do escalão de veteranos da secção de ténis da Associação 20kms de Almeirim, disputou o campeonato nacional individual de +35, jogado na semana passada no “Vale do Lobo Tennis Academy”, no Algarve. Fruto da sua classificação em nº 50 no ranking nacional e nº 8 no escalão +35, José Rodrigues garantiu o acesso directo ao quadro principal, onde perdeu logo na ronda inaugural frente a Rodrigo Cristina, nº 6 nacional, pelos parciais de 4-6 e 2-6. O tenista optou por não disputar o torneio de pares, terminando a sua participação no campeonato nacional sem qualquer vitória. Apesar do resultado, esta foi a primeira vez que o clube almeirinense colocou um atleta no nacional deste escalão. PUBLICIDADE

46 O RIBATEJO 22 Setembro 2011


PUBLICIDADE

Canoagem Clube Náutico alcança resultado histórico NACIONAIS O Clube Náutico de Salvaterra de Magos (CNSM) alcançou a melhor classificação de sempre a nível de clubes do Ribatejo na final nacional dos torneios abertos em canoagem, uma prova destinada aos escalões de formação. Depois de ter vencido a prova de admissão da zona centro, que decorreu no no rio Tejo na zona do Escaroupim a 27 de Agosto passado, a equipa salvaterrense classificou-se no 5º lugar colectivo entre os 33 clubes que marcaram presença em Águeda, onde decorreram as finais nacionais, e com a presença das melhores escolas de formação do país. Com este 5º posto, o CNSM conseguiu melhorou a classificação que tinha obtido em 2007, ano em que ficou no 8º lugar. Soraia Reis, Carlota Piçarra, Jessica Lopes, Teresa Martins, que se sagraram campeãs nacionais K4 infantil feminino, e José Fernandes e Bernardo Francisco, que são os novos campeões

ESTREMOZ No primeiro jogo amigável da época, o Rugby Clube de Santarém (RCS) perdeu por oito ensaios frente ao CRE de Évora, num jogo disputado no sintético de Estremoz. Já a preparar a sua estreia na 1ª divisão, o RCS rodou os 35 jogadores do plantel, frente a uma equipa primodivisionária bem mais experiente.

Águas abertas Scalabitanos nadaram em Aldeia do Mato

nacionais em K2 infantil masculino. Sandra Alexandre foi vice-campeã nacional K1, no escalão de cadete feminino, e Vítor Reis e Francisco Correia trouxeram a medalha de bronze em K2, categoria de iniciados masculinos. Ao pódio, subiram também Soraia Reis e Carlota Piçarra,

para receber a medalha de bronze em K2 infantil feminino, e José Fernandes, Diogo Silva, Bernardo Francisco e Gil Correia, equipa que conquistou a terceira posição em K4 infantil masculino. A equipa do CNSM, com um total de 15 elementos, foi composta pelos canoistas Alexandre Leonardo, João Pedro

Lameira e Sandra Alexandre (todos do escalão de cadetes) Francisco Correia, Vítor Reis e Cármen Piçarra (iniciados), José Fernandes, Bernardo Francisco, Diogo Silva, Gil Correia, Maria Teresa Martins, Jessica Lopes, Carlota Piçarra e Ana Soraia Reis (infantis), e Inês Martins (menor).

Futsal Caixeiros vencem Patos PRÉ-ÉPOCA A Naquele que foi o último jogo de preparação antes do início do campeonato distrital de futsal, que arranca este fim-de-semana, os Caixeiros / El Galego receberem e venceram por 4-2 os Patos, do Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, equipa habituada a andar nos nacionais e que desceu de divisão na época passada, sendo apontada

Jogo de treino Rugby Clube perdeu em Évora

como uma das mais fortes candidatas ao título. Os Caixeiros, que regressam este ano à competição, terminam a pré-época com três vitórias, um empate e uma derrota, resultados que deixam os responsáveis do clube scalabitano bastante optimistas em relação a uma boa campanha na época que está prestes a começar.

NATAÇÃO Quatro nadadores scalabitanos participaram no challenge de águas abertas que se realizou no rio Zêzere, na praia fluvial de Aldeia do Mato, concelho de Abrantes, no domingo, 18 de Setembro. João Baeta, o jovem que recentemente conseguiu completar a travessia Berlengas – Peniche, registou um tempo de 2h07m14s, tendo terminado no 7º lugar da classificação masculina e no 2º lugar de juniores. Júlia Lopes completou a distância em 2h10m23s e foi 2ª classificada na prova feminina. Clarisse Lopes e Patrícia Baeta participaram na prova “Kids”, na distância de 800 metros, e ambas classificaram-se no 1º lugar, no respectivo ano. PUBLICIDADE

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

ALUGA-SE APARTAMENTO

Telem.: 969 239 263

3 quartos, mobilado, cozinha equipada

ADVOGADOS

Alto do Bexiga, Santarém

Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº - 1050-049 LISBOA

TELEMÓVEL: 962108763

Tel. 213 172 720 • Fax. 213 172 729

22 Setembro 2011 O RIBATEJO 47


22.09.2011 Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

ORIBATEJO Geral: 243 309 600 | Publicidade 243 309 602 | Fax: 243 333 766 | E-mail: info@oribatejo.pt

TEMPO

Não perder em

www.oribatejo.pt

t t u u u t u u

www.facebook.com/oribatejo

QUINTA

SEXTA

SÁBADO

DOMINGO

SEGUNDA

TERÇA

QUARTA

www.twitter.com/oribatejo

Máx. 31º Mín. 19º

Máx. 26º Mín. 13º

Máx. 26º Mín. 15º

Máx. 27º Mín. 18º

Máx. 27º Mín. 18º

Máx. 26º Mín. 13º

Máx. 27º Mín. 18º

VÍDEOS

+LIDOS

ROSÁRIO BREVE

Gracias a la vida

O Barvila em Santarém festejou o seu primeiro aniversário. O vídeo com a entrevista e algumas imagens da festa para ver em www.oribatejo. pt/noite.

Foram eleitos a Miss e Mister Ribatejo: Ana Fernandes e Rui Penteado. Pode ver algumas imagens da final deste concurso no site da TV Ribatejo, em www.oribatejo.pt/tvribatejo.

Daniel Abrunheiro

A

vida é mais parecida com Alberto João Jardim do que com Salgueiro Maia. Trata-se de uma infelicidade simples e objectiva, tal verificação. Parece-me incontestável, porém e aliás. Se um argentino me mostra Piazzolla, eu aponto-lhe Carlos Paredes – mas, na verdade, estou a mentir-lhe. É uma mentira piedosa, mas é uma mentira: porque a nossa lusa verdade é Tony Carreira, aliás e porém. Outra mentira (não piedosa, esta): a de sermos um país de brandos costumes. Somos nada disso. Seremos, quando muito, um país com o costume do brandy (mas daquele de Sacavém). Seríamos mais dignos da dignidade de Salgueiro Maia se tivéssemos a coragem de rever a Constituição tal que as eleições das regiões ditas autónomas passassem a ir a votos de todos os portugueses, continentais naturalmente incluídos. Seríamos herdeiros legítimos da pureza de Carlos Paredes se interditássemos os autarcas da chafurdice imobiliária e das adjudicações pato-braveiras. Seríamos. Nunca o fomos. Temo

que o sejamos jamais. À excepção de coisa de três anos e meio em Lisboa, sempre vivi localmente. Isto é: perto da fossa a céu aberto, do poço destapado, da aldeola desertificada, da fábrica falida, da oficina de zundápes e da taberna com chão de serradura pontuada a escarros mucosos, do bacalhau às moscas e das moscas ao bacalhau, do vereadorzito sem ortografia e do padreca vinófilo de bochechas atoucinhadas, dos caçadores de pombas, das sete-maravilhas da parolice endógena, das feirolas medievais com sabor a sévanète e ademanes de pechisbeque cóltural, das garraiadas desumanas em prol de um divertimento subanimalesco, das suiniculturas mais infectas e das infecções mais suínas, das escolas sem crianças e das crianças sem escola, das novas oportunidades tão equivalentes a velhas manhas, dos têgêvês a carvão que não passam o Tua nem chegam a Marvão, dos incêndios com hora marcada e impunidade judicial, dos rios sufocados de porcaria e das barracas de alterne onde por vinte euros se pode comprar uma facada em brasilês. Tudo isto me surge em elevado grau de impureza e incontestabilidade. Dir-me-eis que nem tudo é assim, ao que vos redarguirei que sim, que de facto não, que nem tudo nem todos são assim. Carlos Paredes e Salgueiro Maia não eram. Nós sim somos, com um “penalte” de brandy gaseificado de sevanéte à saúde do sôprezidentedajunta. Ou do da Madeira. Aliás. E porém.

é parceiro dO PROJECTO

Sónia Sanfona eleita para o secretariado nacional do PS foi a notícia mais lida desta semana, no site do nosso jornal.

2

A apreensão de 51 quilos de cocaína em Vila Chã de Ourique, Cartaxo, surge na segunda posíção do ranking das mais lidas.

3

No terceiro lugar, surge outra notícia de política, a eleição da direcção nacional de António José Seguro no PS, em Santarém.

4

O marido suspeito de ter degolado a própria esposa, em Samora Correia, fecha o lote das quatro notícias mais procuradas.

daniel.abrunheiro@gmail.com

O abastecimento de água - “A água e o ar são bens comuns da humanidade de carácter estratégico, e não meros produtos mercantis inseridos em estratégias empresariais, e muito menos ainda, veículos de saneamento financeiro dos municípios”. A opinião de Renato Campos em www.oribatejo.pt

ORIBATEJO

1

DITO

Comentário online “Os cursos universitários hoje são apenas para realização pessoal e para garantir os ordenados de directores e professores. Estes já andam assustados e à “rasca”, pois amanhã poderão ficar desempregados.” Paulo Fernandes

PUBLICIDADE


O Ribatejo