Issuu on Google+

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 19 de Novembro de 2010 | Ano X X VI | N. 1307 | €0,80

(IVA incluído)

Telefone 243 309 600 · Fax 243 333 766 · Centro Nacional de Exposições - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000-471 Santarém - info@oribatejo.pt - www.oribatejo.pt

Comemoramos 25 anos

obrigado! Santarém Hospital abre unidade de radioterapia para tratamento do cancro página 16

Abrantes Protesto com burro à porta da Câmara não chega a julgamento página 39

Negócios Águas do Ribatejo investe 131 milhões de euros até 2012 página 46

Constância Governo lança concurso para reabrir ponte sobre o rio Tejo página 43

Santarém Herman José participa em espectáculo de solidariedade página 16


25 ANOS | ESPECIAL 3

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1985

Quando “O Ribatejoâ€? viu a luz do dia, em Novembro de 1985, Cavaco Silva inaugurava a sua dĂŠcada de poder, como primeiro-ministro. SĂŁo inaugurados os novos Hospitais de SantarĂŠm e de Abrantes. E nota curiosa, sem a presença de qualquer membro do governo. Outros tempos‌ em que o marketing ainda nĂŁo tinha tomado conta da polĂ­tica. A Caixa de PrevidĂŞncia de Abrantes convoca um morto para exame mĂŠdico no Instituto de Oncologia, 12 anos depois do seu falecimento. O Ăşltimo nĂşmero do ano do jornal O Ribatejo anuncia a entrada de Portugal na CEE. E por cĂĄ, imagine-se, havia quem levantasse advertĂŞncias Ă  adesĂŁo “para a qual nĂŁo estarĂ­amos preparadosâ€?. A palavra “perestroikaâ€? rompe a cortina a Leste e passa a fazer parte do dicionĂĄrio mundial.

As Amoreiras de TomĂĄs Taveira, o arquitec-

to da moda, sĂŁo inauguradas com grande polĂŠmica nos jornais sobre o arrojo urbanĂ­stico.

Nascia o PRD, partido eanista de liderança ribatejana (com Hermínio Martinho como presidente) e vida política muito efÊmera.

 No cinema, ĂŠ cartaz

Amadeus e o primeiro filme da longa sĂŠrie de Rambos; e na mĂşsica caminhamos nas Dunas dos GNR.

 Fausto lança

O Despertar dos Alquimistas.

Vivia-se a euforia das rĂĄdios “piratasâ€?, feitas de muita paixĂŁo e militância juvenil.

O Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros Ê criado por decreto-lei em Maio de 1979 só em 1986 Ê implantado no terreno: 5 mil hectares de beleza agreste num maciço calcårio onde irão ser descobertas a mais importante jazida paleontológica de pegadas de dinossauros.

1986 O jornal anuncia a emissĂŁo experimental da “RĂĄdio O Ribatejoâ€?, criada por nĂłs em parceria com a TSF. Vivia-se a euforia das rĂĄdios locais, feitas de paixĂŁo e militância. Fernando Alves ĂŠ a voz marcante desses dias da nossa “RĂĄdio O Ribatejoâ€?, a melhor de entre as melhores “piratasâ€? do seu tempo. As notĂ­cias traduzem os tempos difĂ­ceis, que jĂĄ entĂŁo vivĂ­amos: 60 empresas do distrito tĂŞm quase um milhĂŁo de contos de salĂĄrios em atraso. O Prof. Edgar Cardoso lança o alarme: pontes de SantarĂŠm e de Abrantes podem cair a qualquer momento. O aviso nĂŁo caiu em saco roto, porque houve vistoria e beneficiaçþes alguns anos depois. Começava a segunda volta das eleiçþes presidenciais, que dariam a vitĂłria a MĂĄrio Soares. Na Ribeira de SantarĂŠm descobrimos o puto “Palicasâ€?, menino marginal com a rua por reino, e que aos 12 anos foi porta-estandarte de Freitas do Amaral nos tempos de antena do candidato na TV. Acabar anos depois na prisĂŁo.


4 ESPECIAL | 25 ANOS

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1987

1989

São criadas as duas associaçþes de municípios do distrito de SantarÊm: MÊdio Tejo a norte e Lezíria do Tejo a sul, que protagonizam a vontade organizada dos autarcas na partilha dos fundos estruturais. O Congresso do Tejo na Gulbenkian revela preocupaçþes com o equilíbrio ecológico do maior rio ibÊrico. O Ribatejo faz um suplemento sobre a situação ambiental do seu afluente, o rio Alviela e da indústria de curtumes de Alcanena; e acabamos por arrecadar o prÊmio jornalístico atribuído pela Secretaria de Estado do Ambiente de Carlos Pimenta.

Começa o licenciamento das rĂĄdios locais: 700 candidatos para 389 frequĂŞncias, 25 sĂł no distrito. É aprovado o licenciamento da “RĂĄdio O Ribatejoâ€?. O ano regista ainda grandes cheias na LezĂ­ria. Estradas interrompidas, povoaçþes isoladas. O Presidente Soares visita de barco as zonas mais atingidas e, lĂĄ no cĂŠu, os deuses apaziguam-se. A Chamusca promove Congresso sobre a morte e cria um museu no cemitĂŠrio. A Unicer ĂŠ privatizada e investe 1,5 milhĂľes em SantarĂŠm. Manoel de Oliveira encena em SantarĂŠm, junto Ă s margens do Tejo, a morte do principe Afonso para o filme “Non ou a vĂŁ GlĂłria de mandarâ€?.

Cavaco Silva ĂŠ o primeiro-

ministro com a primeira maioria absoluta, e MĂĄrio Soares o Presidente de todos os portugueses; num convĂ­vio polĂ­tico que se viria a revelar difĂ­cil anos depois.

É criada a Nersant, associação empresarial da região, com o objectivo de estimular a iniciativa privada e intervir no desenvolvimento e reforço da competitividade económica regional. O primeiro presidente Ê JosÊ Eduardo Marçal, que mais tarde haveria de levar a sede da Associação de SantarÊm para Torres Novas.

Começa a reestruturação da vinha, subsidiada pela CEE e com grande adesão dos agricultores do Ribatejo. A cultura geral passa a testar-se no jogo Trivial Pursuit, que se torna moda no convívio social

Anuncia-se o medicamento AZT para retardar o avanço da sida; e as barrigas de aluguer para partos jå são possíveis.

As rĂĄdios passam Circo de Feras dos Xutos e PontapĂŠs. Platoon e O Ăšltimo Imperador sĂŁo os filmes do ano.

1988

É anunciado em Abrantes o arranque das obras da Central TermoelÊctrica do Pego. Os números são esmagadores: 170 milhþes de contos de investimentos; 2700 trabalhadores durante a obra; produção anual de 7300 milhþes de kwh, alimentada a carvão; EDP pagarå uma renda compensatória a quatro municípios (Abrantes, Mação, Gavião e Sardoal) que ascende a 290 mil contos anuais. A SUCRAL entra em negociaçþes com os municípios a sul do Ribatejo para a instalação da fåbrica de refinação de açúcar a partir da beterraba; investimento de 12 milhþes de contos. Carnes Nobre investem 2,5 milhþes de contos em Rio Maior.

 25Âş AniversĂĄrio da

Feira Nacional da Agricultura; começam as negociaçþes para a alteração do estatuto da FNA, entre a Câmara e a CAP. Após meses de discussão, constitui-se a sociedade de capitais mistos, que viria a dar origem ao CNEMA.

É publicado o diploma que cria a Escola Superior de Gestão de SantarÊm, que viria a integrar o PolitÊcnico de SantarÊm; na mesma altura nasce a Escola de Tecnologia de Tomar.

O serviço público móvel terrestre chega a SantarÊm; o número de clientes de telemóveis rondava então os dois mil no país. Um aparelho que pessava quase 3 quilos.

O empresårio João Mendes Godinho lança o desafio da navegabilidade do Rio Tejo. Sonho antigo, jå do tempo dos Filipes de Espanha, volta deste modo à ribalta do debate político.


25 ANOS | ESPECIAL 5

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1991 “0 Ribatejoâ€? senta Ă  mesma mesa Salgueiro Maia e Otelo Saraiva de Carvalho. Dois sĂ­mbolos vivos da revolução dos cravos. Maia jĂĄ roĂ­do pela doença que o viria a vitimar. Otelo acabado de sair da prisĂŁo de Tomar, depois de enredado na teia das FP25. Fernando Assis Pacheco escreve no jornal O Ribatejo sobre Lopes Graça por altura da comemoração do seu 85Âş aniversĂĄrio; e a Nabantina atribui ao maestro o tĂ­tulo de sĂłcio honorĂĄrio. A presidente da Casa de CamĂľes em Constância preenche semanalmente um boletim de totoloto em nome de LuĂ­s Vaz de CamĂľes. O Parlamento aprova a leiquadro da regionalização. Arlindo Cunha anuncia a construção de dois novos hospitais, em Torres Novas e Tomar.

Setembro ĂŠ o mĂŞs da I Grande Corrida de Toiros do Jornal O Ribatejo, por ocasiĂŁo do X AniversĂĄrio do jornal. Em Almeirim ĂŠ encerrado o retransmissor da TVE que durante 12 anos permitiu ver as touradas espanholas.

Os primeiros hipermercados chegam a

SantarĂŠm, Torres Novas e Entroncamento.

Salgueiro Maia, o herói da revolução dos cravos, morre em Abril de 1992. Reclama-se luto nacional que o Cavaco Silva não decreta.

No seu 50Âş aniversĂĄrio, EusĂŠbio ĂŠ homenageado em Tomar onde chegou a jogar no clube local durante dois meses, na ĂŠpoca de 1977/78, antes de rumar aos relvados dos Estados Unidos.

29 ribatejanos dos concelhos de Salvaterra, Azambuja e Benavente, a trabalhar nas obras do palĂĄcio presidencial de Bagdad, ficam refĂŠns apĂłs o inĂ­cio da crise no Golfo PĂŠrsico; serĂŁo libertados dois meses depois.

A Renova investe 5 milhþes de contos, o que lhe permite duplicar a capacidade de produção; a celulose do Caima investe 3,7 milhþes para reduzir as emissþes de enxofre para a atmosfera de 40 toneladas dia para apenas duas.

 O jornal O Ribatejo descobre o Volkswagen carocha que transportou os conspiradores do assalto ao Quartel de Beja, a circular ainda pelas ruas de SantarĂŠm; 30 anos depois do golpe de Humberto Delgado contra o regime de Salazar.

Assistimos Ă  “mĂŁe

A atleta Susana Feitor, de Rio maior, sagra-se campeĂŁ mundial de juniores nos 5km marcha.

de todas as batalhasâ€? pela televisĂŁo, com os “scudâ€? e os “patriotâ€? a voarem sobre os cĂŠus de Bagdade. Em Timor acontece o massacre de Santa Cruz, que haveria de chamar a atenção da comunidade internacional.

1990 A auto-estrada vence Aveiras e chega finalmente a SantarÊm; 13 milhþes de contos custou o troço da A1 atÊ Torres Novas (48 km). Cantam-se hossanas ao cavaquismo. A nossa edição do primeiro de Abril chega a S. Bento para fazer estragos. O deputado socialista tomarense, substituto de Jorge Sampaio, transforma a nossa mentira de Abril em requerimento ao governo. O logro tornouse chacota nacional. O Museu Ferroviårio do Entroncamento Ê aprovado no Parlamentio; e o distrito perde um deputado com a alteração da lei eleitoral.

1992

O jornal O Ribatejo lança o desafio à autarquia para um monumento ao capitão de Abril e abrimos conta no Montepio para recolha de fundos. Após 16 anos à frente dos destinos de SantarÊm, o socialista Ladislau Botas abandona a presidência da Câmara e då lugar a JosÊ Miguel Noras. O ano regista ainda o atropelamento mortal do vereador do trânsito, Tanora Gonçalves (CDU), colhido quando fazia cicloturismo. Em SantarÊm arrancam as obras de dois hotÊis: o Alfageme do empresårio Rosa Tomås e o Hotel Tivoli de Ilídio Monteiro.


6 ESPECIAL | 25 ANOS

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1993

1995

Chega ao fim o regime de instalação do Instituto PolitĂŠcnico de SantarĂŠm, que jĂĄ durava hĂĄ 13 anos, dando assim origem ao processo democrĂĄtico de eleição da direcção do PolitĂŠcnico e ao debate sobre o seu estatuto de autonomia. O Ribatejo faz publicar a revista “Magazine Regionalâ€?, editada por Jornais Associados uma rede de 15 tĂ­tulos regionais: 48 pĂĄginas e 120 mil exemplares de tiragem. A primeira capa a cores do jornal O Ribatejo sai em Agosto. É notĂ­cia os milhĂľes atribuĂ­dos pelo Plano de Desenvolvimento Regional Ă  regiĂŁo de Lisboa e Vale do Tejo: mais de 1.700 milhĂľes de contos.

O Terminal Multimodal do Vale do Tejo, em Riachos, apresentava-se como um dos projectos estruturantes da regiĂŁo; combinando as vantagens do transporte ferroviĂĄrio e rodoviĂĄrio. O Mundial de Pesca Desportiva passa pelo rio Sorraia, em Coruche, consagrando a Associação AcadĂŠmica de SantarĂŠm como campeĂŁ mundial por equipas. Abre o Modelo em SantarĂŠm, um investimento de dois milhĂľes de contos e 250 postos de trabalho. “Deus estĂĄ no arâ€?, ĂŠ o slogan promocional da ex-rĂĄdio Piranha, agora com antena da igreja IURD.

 A Feira Nacional da Agricultura muda-se para o novissimo Parque de Exposiçþes do CNEMA.

Os Madredeus conquistam a Europa e o Japão; e Dulce Pontes encanta Hollywood com a Canção do Mar. O ano Ê de recessão económica: 34 milhþes de desempregados na OCDE e 18 milhþes na União Europeia.

O bloqueio e o buzinĂŁo na Ponte 25 de Abril fazem tremer o governo de Cavaco e prenunciam-lhe o fim.

 Em Dezembro hå eleiçþes autårquicas e a onda rosa varre o país; dos 21 municípios do distrito o PS conquista 11.

O Bingo chega a SantarĂŠm, explorado por IlĂ­dio Monteiro na sede da UniĂŁo Desportiva, enquanto a Raspadinha conquista os quiosques do paĂ­s.

 AntĂłnio

Guterres ĂŠ o novo primeiro-ministro, e por uma unha negra nĂŁo consegue a maioria absoluta no Parlamento.

Governo lança ulti-

mato às autarquias para elaborarem os PDM’s, sob pena de corte nos financiamentos comunitårios. Almeirim responde ao apelo e Ê o primeiro município do distrito a ter um PDM aprovado.

1994 A Feira Nacional de Agricultura, o maior cartaz do Ribatejo, apanha boleia para a modernidade e muda-se para o novíssimo Parque de Exposiçþes do CNEMA: 4 milhþes de contos de investimento, numa årea de 60 hectares, concretizado após muita polÊmica entre a autarquia e a CAP. Passados 20 anos sobre o 25 de Abril e dois após a morte do emblemåtico capitão da EPC, o Presidente Mårio Soares vem a SantarÊm comemorar a revolução e homenagear Salgueiro Maia. Hospital Distrital de SantarÊm passa a ter no último piso uma clínica de exploração privada. O Ribatejo recebe o PrÊmio Gazeta, atribuído pelo Clube dos Jornalistas.

São descobertas as pegadas de dinossauro na Serra d’Aire. O Prof. Galopim de Carvalho considera-as património mundial.

As mulheres usam “wonderbraâ€?, os patins tĂŞm rodas em linha, chega a TVcabo e o porta-moedas electrĂłnico.


25 ANOS | ESPECIAL 7

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1997 A fåbrica beterrabeira em Coruche começa a laborar. Onze anos depois da primeira notícia e após muitas hesitaçþes do poder político. Um investimento de 16 milhþes de contos, com tecnologia italiana. É o ano do bicentenårio da morte do Marquês Så da Bandeira, figura proeminente do liberalismo português. Comemora-se tambÊm os 850 anos da reconquista de SantarÊm aos mouros. SantarÊm lança o livro da candidatura a património mundial, obra coordenada pelo historiador Jorge Custódio. O jornal O Ribatejo entra na Internet, com site produzido e gerido por Alexandre Caldas. Morre o primeiro Bispo da Diocese de SantarÊm, D. António Francisco, e toma o seu lugar D. Manuel Pelino.

O à guias de Alpiarça volta por momentos à altaroda do ciclismo nacional com a equipa da LA Pecol onde pedalam nomes como Joaquim Gomes e Youri Sourkov. Infelizmente, Ê sol de pouca dura.

O Instituto PolitĂŠcnico de SantarĂŠm cria a Escola Superior de Desporto em Rio Maior, cidade onde estĂĄ implantado o maior complexo desportivo da regiĂŁo, gerido pela empresa pĂşblica municipal DESMOR. O actor MĂĄrio Viegas morre a 1 de Abril, dia das mentiras. A sida leva-o prematuramente, aos 47 anos, com 28 de uma vida profissional intensa, repleta de energia e genialidade. Fica a sua vasta obra e o exemplo de inconformismo.

A doença das vacas loucas lança a crise no comÊrcio de gado.  SantarÊm estå no top do abastecimento domiciliårio de ågua no país, com uma taxa de cobertura de 98,8% contra os 77% da mÊdia nacional.

1996

É um ano de euforia para Portugal: a Expo’98 Ê um sucesso; JosÊ Saramago recebe o PrÊmio Nobel da Literatura; e as gravuras rupestres de Foz Côa são classificadas Património da Humanidade.

Retoma-se o debate da criação das televisþes regionais. Arons de Carvalho apresenta um anteprojecto de lei. É criada uma Comissão de Reflexão que concluiu pela necessidade de descentralização do sistema televisivo como factor potenciador da participação cívica e da afirmação das identidades regionais. Mas tudo ficarå em åguas de bacalhau.

O actor MĂĄrio Viegas morre a 1 de Abril. A sida levao prematuramente, aos 47 anos, com 28 de uma vida profissional intensa de energia e genialidade. Fica o seu exemplo de inconformismo e irreverĂŞncia e uma obra cultural que perdura e enobrece o paĂ­s e a cidade de SantarĂŠm que o viu nascer: discos de poemas a que deu voz, programas de televisĂŁo, filmes e inĂşmeras peças que encenou e interpretou. O Tribunal Administrativo de Coimbra decreta a falĂŞncia das fĂĄbricas Mendes Godinho de Tomar. “Famososâ€? escolhem o Ribatejo para viver: Pacheco Pereira, Vasco Graça Moura, JĂşlio Isidro, Joaquim Nicolau, JoĂŁo BaiĂŁo‌

É o ano dos referendos: despenalização do aborto e regionalização não passam. A esquerda começa por perder em Junho desse ano o primeiro referendo – sobre a despenalização do aborto, onde os socialistas surgem divididos, com Guterres a pronunciar-se contra – para logo a seguir, a 8 de Novembro, perder o segundo referendo, sobre a Regionalização, onde tambÊm Mårio Soares enfileirou do lado do contra. O mundo chora a morte da princesa Diana. É igualmente manchete nos jornais sÊrios e nos populares.

1998

O governo aprova o alargamento da rede do gås natural à região, após longo penar que passou por 2 ministros e 4 secretårios de Estado. Valeu o espírito de iniciativa do presidente da Nersant, que soube tecer um lobby regional em torno deste projecto que o jornal O Ribatejo apoiou e que resultaria na criação da Tagusgås. Abrantes inaugura o primeiro aterro sanitårio intermunicipal, um investimento de um milhão de contos; E cria tambÊm o cargo do provedor municipal, O ministro da Justiça anuncia a criação da Comarca de Almeirim.


8 ESPECIAL | 25 ANOS

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

1999

2001

Todos os caminhos vão dar a Fåtima. O maior Santuårio mariano do mundo Ê visitado pelo Papa João Paulo II, para beatificar os pastorinhos Francisco e Jacinta, num processo que culminarå com a revelação do terceiro segredo de Lúcia, onde jå estaria previsto o atentado que o Papa sofreu na Praça de S. Pedro. Fåtima e Samora Correia estão na corrida da elevação a concelhos; adesão popular Ê grande, mas o Presidente Jorge Sampaio chumbarå a única iniciativa política a avançar: Fåtima. É vendida a Ilha do Lombo e a estalagem, na Albufeira do Castelo do Bode, por de 600 mil contos. Abre o novo hospital de Torres Novas; o de Tomar continua em obras.

Novamente as cheias do Tejo. Dias consecutivos de intensa pluviosidade deixam a descoberto as fragilidades do planalto de SantarÊm. Um troço de muralha das Portas do Sol acaba por ruir, provocando a interrupção da estrada nacional 114 e da Ponte D. Luís. Dias depois, a estrada que liga do Alfange Ê engolida pelo deslizamento de terras da encosta. O plano de emergência para salvar a encosta vai demorar anos. Novo duelo autårquico com Rui Barreiro a conquistar a Câmara em SantarÊm; e em Salvaterra Ana Cristina Ribeiro muda-se da CDU para o BE. A candidatura de SantarÊm a Património Mundial morre a caminho da Unesco.

25 anos passados sobre a Revolução de Abril, Ê

inaugurada em SantarĂŠm a estĂĄtua de homenagem a Salgueiro Maia, com o apoio do jornal O Ribatejo.

Com o primeiro recenseamento

dos funcionårios públicos, ficåmos a saber que hå 500.535 na administração central e 102.687 na administração local.

Assistimos ao nascimento de um novo estado: Timor, que volta a adoptar o portuguĂŞs como lĂ­ngua oficial.

Ataque terrorista Ă s Torres gĂŠmeas de Nova Iorque coloca a nu a vulnerabilidade das sociedades democrĂĄticas. Por cĂĄ tambĂŠm temos a nossa dose de sofrimento colectivo com a queda da ponte de Entre-os-Rios que arrastou para a morte 59 pessoas.

OTA ou Rio Frio Ê o grande debate nacional, ninguÊm pþe em causa a necessidade do novo aeroporto. O distrito político e empresarial movimenta-se a favor da localização na OTA.

A gastronomia Ê classificada oficialmente como parte integrante do património cultural português. O anúncio Ê feito na vigÊsima edição do Festival Nacional de Gastronomia, em SantarÊm. Morre Amålia Rodrigues, a voz mais internacional do fado.

2000 É o ano do Brasil em SantarĂŠm, data em que se comemoraram os 500 anos do seu achamento por Pedro Ă lvares Cabral, com tĂşmulo na Igreja da Graça. A cidade recebe em festa os Presidentes da RepĂşblica de Portugal e do Brasil, Jorge Sampaio e Fernando Henrique Cardoso. No mesmo dia ĂŠ inaugurada a Casa do Brasil. Autarcas reforçam poderes com direito a constituir gabinetes por nomeação polĂ­tica. É inaugurada a nova ponte sobre o rio Tejo, entre SantarĂŠm e Almeirim, baptizada com o nome de Salgueiro Maia. O filme “CapitĂŁes de Abrilâ€? de Maria de Medeiros ĂŠ estreado em SantarĂŠm. Abre a fĂĄbrica de cerveja Cintra em SantarĂŠm.

A comunidade de Leste cresce no distrito e O Ribatejo faz uma edição bilingue, com três påginas em russo, que merece referências na comunicação social nacional. Novamente as cheias no Tejo.


25 ANOS | ESPECIAL 9

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

2003 Foi o ano em que o país se transformou num imenso braseiro. Mação, Chamusca, Sardoal, Constância, Abrantes e SantarÊm foram os concelhos mais atingidos pelas chamas que devoraram haveres e ceifaram vidas. Os números registados no país são trågicos: 420.000 hectares ardidos, 18 vítimas mortais, 100 desalojados e incontåveis danos patrimoniais. O governo decreta o estado de calamidade pública nos distritos mais afectados e gera-se uma onda de solidariedade para ajudar as regiþes mais sacrificadas. Durão Barroso inaugura o novo Hospital de Tomar. Uma caloira da Escola Agråria apresenta queixa em tribunal contra as brutalidades que sofreu nas praxes acadÊmicas. Morre Maria da Conceição Mendes, mais conhecida pela Santa da Ladeira.

Salvaterra de Magos inaugura o renovado cais do Escaroupim, um investimento de 850 mil euros para dinamizar o turismo.

Os cavalos da raça

Sorraia estão à beira da extinção. A Escola Superior Agråria de SantarÊm adquire cinco cavalos desta raça, de que se supþes existirem menos de cem.

O centro comercial W Shopping de SantarĂŠm abre as portas ao pĂşblico no final de Outubro. Custou 35 milhĂľes de euros, sendo o maior investimento privado jamais realizado em SantarĂŠm

 O jornal “O

Ribatejo� tem o Grupo Lena como novo accionista e muda de instalaçþes, inaugurando a sua nova sede no Cnema; tornase um dos jornais regionais fundadores da Rede Expresso.

 P rimeiros

levantamentos de euros no Multibanco e fim da circulação do escudo.

 A Compal inaugura nova fĂĄbrica em Almeirim, um investimento de 40 milhĂľes de euros que cria 200 postos de trabalho directos. A Mitsubishi investe 35 milhĂľes de euros na fĂĄbrica do Tramagal.

O novo complexo aquĂĄtico de SantarĂŠm ĂŠ finalmente aberto ao pĂşblico, e com piscina de ondas e tudo.

2002

O escândalo da Casa Pia domina os noticiĂĄrios; “O Ribatejoâ€? visita Parceiros de S. JoĂŁo, aldeia onde nasceu Carlos Cruz, a figura mais mediĂĄtica envolvida no processo de pedofilia. Um caso que demorarĂĄ mais de seis anos em investigaçþes e num longo julgamento que acabarĂĄ em 6 condenaçþes.

Miguel Relvas chega ao governo, e assume a secretaria de Estado do Poder Local. Pela primeira vez um governo da República reúne um conselho de ministros extraordinårio em Tomar, onde Durão Barroso apresenta o pacote da descentralização e a modernização administrativa. O distrito Ê dividido ao meio, com a Lezíria a juntar-se à CCDR do Alentejo e o MÊdio Tejo a abraçar Coimbra, para assim contornar o fasing-out e permitir-nos escapar à redução de fundos comunitårios. É aprovado o projecto Ribatejo Digital, investimento de 9,5 milhþes de euros coordenado pela comunidade de municípios da Lezíria e Nersant.

DurĂŁo Barroso troca o governo por Bruxelas para presidir Ă  ComissĂŁo Europeia

O campeonato europeu de futebol desfralda bandeiras e deixa-nos rendidos à selecção e a Scolari; na ressaca, sobram 10 estådios novos.

2004

Inicia-se o processo para criação das â€œĂ guas do Ribatejoâ€?, mas a clivagem polĂ­tico nos bastidores começa a complicar o negĂłcio. O Hospital de SantarĂŠm inaugura nova unidade para doentes coronĂĄrios. A transferĂŞncia da Secretaria de Estado da Agricultura de Lisboa para a GolegĂŁ durarĂĄ apenas meia dĂşzia de meses, tantos quanto o efĂŠmero consulado de Santana Lopes. O renovado Teatro SĂĄ da Bandeira reabre as portas ao pĂşblico; enquanto o arruinado Rosa Damasceno ĂŠ vendido pelo Club de SantarĂŠm. A estação de triagem de lixo da Resitejo entra em funcionamento na Chamusca.


10 ESPECIAL | 25 ANOS

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

2005

2007

Em ano de seca, JosĂŠ SĂłcrates chega ao Governo em Fevereiro e Francisco Moita Flores ganha a Câmara de SantarĂŠm em Outubro. Os telejornais abrem, dias a fio, com a ameaça da gripe das aves, num alarmismo que se revelou injustificado. A Câmara da Chamusca fica Ă  beira da bancarrota. Fogos devastam os concelhos de OurĂŠm, Abrantes e Alcanena, e nem o quartel dos bombeiros de Minde escapa Ă s chamas. O projecto “Ribatejo Digitalâ€? mete os municĂ­pios da LezĂ­ria na internet, com serviços aos munĂ­cipes on-line. Ă€ frente do Chelsea, JosĂŠ Mourinho ĂŠ eleito o treinador do ano. O Papa JoĂŁo Paulo II morre e sucede-lhe Bento XVI.

Em referendo, os portugueses aprovam a lei da despenalização do aborto. O desaparecimento no Algarve de Madeleine MacCann passa a dominar os noticiårios. O caso da pequena Esmeralda regressa ao tribunal de Torres Novas, que retira a menina aos pais de acolhimento e entrega-a ao pai biológico. Em Abrantes, Ê inaugurado o açude insuflåvel no Tejo. As regiþes de turismo dos Templårios e Ribatejo são extintas com a entrada em vigor do novo mapa das regiþes de turismo.

Oferta cultural do distrito

aumenta com a recuperação dos cineteatros. O grupo Fatias de CĂĄ provoca a ira de Miguel Sousa Tavares, ao levar Ă  cena a peça inspirada no romance“Equadorâ€?.

Moita Flores passa o ano em polÊmica com autarcas da Lezíria, por causa das à guas do Ribatejo. A Câmara de SantarÊm sai no final de 2006, o que atrasa a criação da empresa e os investimentos.

A Escola de MĂşsica de SantarĂŠm faz 20 anos e passa a ConservatĂłrio. A Escola SecundĂĄria SĂĄ da Bandeira de SantarĂŠm ganha o prĂŠmio da UNESCO. Lurdes Asseiro ĂŠ eleita presidente do Instituto PolitĂŠcnico de SantarĂŠm.

A Escola PrĂĄtica de Cavalaria faz o Ăşltimo desfile em SantarĂŠm, antes de partir para Abrantes.

Ano de inauguraçþes em Torres Novas: Abre ao público o centro comercial TorresShopping e o Palåcio dos Desportos.

O Primeiro-ministro Santana Lopes vem

inaugurar a A13, entre Almeirim e Benavente, e propĂľe o fim das SCUT.

2006 Cavaco Silva Ê eleito Presidente da República e o novo Papa Bento XVI abre polÊmica com os muçulmanos. As grandes obras no distrito somam 2500 milhþes de euros, com destaque para o alargamento da A1, nova ponte sobre o Tejo em Benavente, Aquapolis em Abrantes e saneamento de Coruche. No distrito registam-se 872 crianças em risco, acompanhadas pelas comissþes de protecção de menores. Em SantarÊm, abre a primeira unidade de saúde familiar em S. Domingos.

Em SantarĂŠm estala a “guerra das feirasâ€?. Desavindo com o Cnema, Moita Flores decide organizar um arraial popular em concorrĂŞncia com a Feira Nacional de Agricultura.

Adquirido por um

JosĂŠ Saramago regressou Ă  Azinhaga para festejar o seu 84Âş aniversĂĄrio e apresentar o livro autiobiogrĂĄfico “As Pequenas MemĂłriasâ€?. O Nobel da Literatura foi recebido na sua terra como herĂłi, por uma multidĂŁo de populares. Um carinho que o escritor viria a retribuir em visitas posteriores.

empreiteiro à revelia da Câmara de SantarÊm, o Teatro Rosa Damasceno Ê destruído por um incêndio de origem desconhecida. As ruínas continuam de pÊ.

Nos 90 anos das apariçþes de Fåtima, Ê inaugurada a Igreja da Santíssima Trindade, a 4ª maior do mundo.


25 ANOS | ESPECIAL 11

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

2009 A ameaça de pandemia da gripe A provoca o pânico. A falsa pandemia torna-se num dos maiores escândalos mÊdicos do sÊculo. Das 75 mil mortes previstas para Portugal, o H1N1 provoca cerca de 80 mortes (duas no distrito de SantarÊm), contra as 4000 habitualmente provocadas pela gripe sazonal. JosÊ Saramago estå de volta à sua terra Natal. Inaugura a sede da Fundação Saramago na Azinhaga que lhe dedica uma eståtua em vida. Barack Obama toma posse como Presidente dos EUA e o cantor Michael Jackson morre aos 50 anos, para desgosto de milhþes de fãs no mundo inteiro.

Um tornado arrasou quatro fĂĄbricas e cinco casas na zona de Amiais, deixando 53 pessoas sem trabalho e cinco famĂ­lias desalojadas. Os apoios demoraram mais de um ano a chegar.

Mais de 50 mil aficcionados assistem a 4 corridas de toiros, com bilhetes a 1 euro, em dois dias em SantarÊm, e apoiam petição de Moita Flores em defesa da festa brava.

SantarÊm Ê capital por um dia. As comemoraçþes do 10 de Junho trazem à cidade as principais figuras do Estado. A factura chegou depois‌

Nas comemora-

çþes nacionais do 25 de Abril, em SantarÊm, JosÊ Sócrates anuncia a criação de três novos tribunais, entre os quais o da Relação de SantarÊm, a instalar na ex-EPC.

A mudança da localização do novo

aeroporto da Ota para Alcochete levou o Governo a prometer compensaçþes no montante de 2000 milhþes de euros a 12 municípios do Oeste e 4 da Lezíria.

.

O empresĂĄrio Alexandre Alves decide levar o investimento da fĂĄbrica de painĂŠis solares para Abrantes e abandona SantarĂŠm onde jĂĄ tinha adquirido terrenos.

Os sete veteranos da Escola Superior Agråria de SantarÊm foram todos condenados pelos crimes de ofensas à integridade física agravada e de coacção, no caso das praxes violentas. Uma sentença exemplar e inÊdita que veio pôr fim à impunidade de certas barbaridades cometidas em nome das praxes acadÊmicas.

JosÊ Carreras då o concerto do ano em SantarÊm. O espectåculo magnífico custa 320 mil euros e inaugura o espaço da Fundação da Liberdade na ex-EPC. JosÊ Sócrates oferece o Convento de S. Francisco ao Município de SantarÊm e recebe a medalha de ouro da cidade.

2008 A nova lei do tabaco entrou em vigor dia 1 e o director da ASAE foi logo apanhado a prevaricar. Os professores fazem a maior manifesta��ão de sempre contra a política de educação. Nove ribatejanos integraram a selecção nacional nos Jogos Olímpicos de Sidney. Em SantarÊm, abriu o novo Banco Alimentar Contra a Fome. O novo aeroporto voou da Ota para Alcochete e o Governo prometeu 2000 milhþes aos municípios afectados com a decisão.

A entrada em vigor do novo tarifårio de estacionamento em todo o centro histórico provoca protestos dos moradores de SantarÊm. Abre ao público o Jardim da Liberdade e o novo parque subterrâneo.

2010 O Parlamento aprova a lei que permite o casamento entre homossexuais. No Haiti, um terramoto mata 230 mil pessoas. A Espanha sagra-se campeã no mundial da à frica do Sul. Rio Maior Ê o centro nacional de preparação olímpica. Jorge Justino regressa à presidência do Instituto PolitÊcnico de SantarÊm e EugÊnio Almeida Ê eleito em Tomar. Morre Ladislau Botas, primeiro presidente eleito da Câmara de SantarÊm. Isaura Morais, presidente da Câmara de Rio Maior, apresenta queixa por violência domÊstica.


12

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

praçapública eles dizem

sopa da pedra

r

Empadas Foram notícia na semana que passou as apreensões da GNR relacionadas com a caça ilegal. As três perdizes apreendidas no concelho do Cartaxo motivaram uma pequena onda de regozijo no Lar da Misericórdia que viu o rancho melhorado. Já em relação aos 190 faisões e 19 perdizes também apreendidos no concelho do Cartaxo não se sabe em que assados, estufados ou empadas se gastaram…

Viatura oficial O presidente da Câmara da Golegã, Veiga Maltez, instituiu uma regra: todas as entidades oficiais são recebidas junto à rotunda do cavalo e dão uma voltinha de charrete pelas ruas da vila antes de qualquer acto público. A assinatura do contrato de financiamento para o centro de alto rendimento não foi excepção, ainda por cima em plena Feira Nacional do Cavalo. Desta vez, coube ao autarca mostrar as mais puras tradições ribatejanas ao ministro da Agricultura, António Serrano, e ao secretário de Estado do Desporto, Laurentino Dias. O comandante da GNR, Vítor Lucas, não conta porque é oficial de cavalaria. E, claro, à Governadora Civil, Sónia Sanfona, fazendo questão que fosse sentada à frente, no lugar do pendura.

Ah maroto!

Deixai vir a mim as criancinhas!

O jogador Mantorras, do Benfica, fez jus à sua habitual descontracção e contou algumas confidências às crianças que o vieram ouvir no hospital de Santarém. De entre outros mimos instrutivos, respigamos este: “Às vezes, nós [jogadores] fingimos as lesões para ganhar tempo; quando temos pressa, levantamo-nos rápido”. No final da “lição”, foi um corrupio aos autógrafos e às fotografias com o jogador.

A ministra da Educação, Isabel Alçada, continua a não gozar de muita popularidade junto dos professores, dos sindicatos e até de alguns pais. Mas junto das crianças, a ministra, que se notabilizou com os livros “Uma Aventura”, parece ter uma espécie de fascínio, como se pode ver nesta foto, em que várias crianças se ajoelharam junto de Isabel Alçada para brincar na Festa do Desporto Escolar em Torres Novas.

“Admito que nessa altura [próximas eleições autárquicas] ficaria tentado se me aparecesse um projecto interessante, numa câmara com peso. Posso dizer que aceito pegar num grande desafio como Cascais, Oeiras ou Almada” Francisco Moita Flores Diário “i”

r

“[José Sócrates] é um vendedor de automóveis. Ainda hoje lhe chamo vendedor de automóveis” Henrique Neto Empresário Jornal de Negócios

r

Se este fosse um país normal teria um governo de coligação” Fernando Madrinha Expresso

crónica de maldizer

Os estudos e os doutores Há anos, um amigo meu deu aulas (de Direito) numa Universidade. Numa das inúmeras Universidades que apareceram por aí, a todas as esquinas, parecendo, a certa altura, que eram geradas como os cogumelos: nasciam da noite para o dia, nos mais inesperados lugares. E o meu amigo descobriu então, espantado, que grande parte dos alunos não sabia escrever. Mas tinham completado o ensino secundário… Descobriu também que não eram eles os culpados, pelo que…

Mas não é disso que quero falar. Vi agora nos jornais que os nossos governantes, sempre apostados em promover a juventude, inventaram uma maneira de fazer aceder às Universidades os jovens que não quiserem ou não revelarem capacidades para concluírem o ensino secundário: as Novas Oportunidades. Com novas oportunidades e/ ou por terem mais de 23 anos, todos os anos entram nas Universidades cerca de 10.000 alunos. Que concorrem nas vagas com os alunos regulares, que são obrigados a fazer todas as disciplinas

do ensino secundário, prestando provas em todas elas. E, claro, concorrem depois aos empregos… Há quem considere isso injusto e pretenda que se alterem as coisas. Não vale a pena… Anos atrás, dizia-se que um burro carregado de livros parece um doutor. Dizia-se isso quando a cultura era dominantemente livresca. Mas agora não é assim: ainda há livros de papel, a par dos electrónicos, mas poucos são os doutores que os carregam e até há

doutores que nunca leram livro nenhum. São os quasanalfabetos topo de gama. E são, normalmente, felizes – logo porque, não tendo aprendido nada, nunca sentiram a sua ignorância. O mundo mudou muito. Tanto que até o Sr. Engº Sócrates foi à TV dizê-lo! Até há 3 anos instalara-se o mito do progresso constante e eterno e a utopia da pleníssima igualdade dos homens – sem se ponderar que, sob o comando de maiorias de quasanalfabetos, quando todos fôssemos iguais, éramos todos burros.

Eurico H. Consciência

E o progresso constante da ciência, nomeadamente da medicina, se nos aumentou e todos os dias nos acrescenta anos de vida, alongou o sofrimento dos milhões de portugueses que não querem morrer sem ver o Sporting ganhar um campeonato de futebol. Mas há outra coisa que o progresso vem conseguindo: a eliminação dos burros carregados de livros – porque os livros estão a desaparecer.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 13

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Cartoon de António Maia

opinião

online

Então e os meus amigos perguntam: e os vereado-

a pergunta da semana

O que é que o (a) preocupa no futuro do país? Preocupa-me a falta de preocupação dos portugueses que deixam tudo para o governo resolver. A perda de emprego de momento não é uma preocupação para mim mas quanto ao poder de compra sim porque o preço dos produtos e bens aumenta todos os dias. Também me preocupa as pessas que não andam à procura de trabalho mas sim dos papéis do desemprego.

Helena Santos Almeirim

Preocupa-me a instabilidade e insegurança que nos leva a desconfiar do futuro e a ter medo de apostar. A estabilidade no emprego dos nossos pais já era. Preocupa-me a falta de perspectivas de futuro profissional das próximas gerações. A qualidade de vida constrói-se sob bases sólidas e acho que nem todos os jovens estão dispostos a lutar e a esperar. Marta Ramalho Santarém

O que de facto mais me preocupa é a situação financeira, que no geral não é nada favorável. A minha vida profissional à partida é estável e não me preocupa. No próximo ano terei de cortar em muitas coisas, então com o aumento do IVA. Acho que os jovens devem começar a ter uma participação cívica e activa em associações de estudantes, juntas de freguesia, partidos políticos...

Preocupam-me os cortes que o Estado tem vindo a fazer nos salários e nas reformas dos idosos, tirando-lhes subsídio essenciais. É uma decisão precipitada porque deveriam era tirar dos menos necessitados. Os medicamentos têm vindo a aumentar e as reformas a diminuir e preocupa-me como é que os idosos conseguem viver com 200 e poucos euros, se metade é gasto na saúde. Rute Sousa Santarém/Évora

F editorial

25 anos de jornal, 25 anos de região

Ana Margarida Santos Santarém

Chegou pé ante pé, após parto difícil e laborioso. Embora se apresentasse sadio, não faltaram comentários a conceder-lhe meses de vida. Como adquirisse robustez de mês para mês, logo em nome da moral estabelecida procuraram dar-lhe coloração ou conotação capazes de o afastarem dos leitores e anunciantes. Pois apesar de todas as contrariedades – e foram muitas ao longo da sua existência – cá temos O Ribatejo a comemorar 25 anos. Um quarto de século com mais de 1.300 edições impressas, revistas temáticas, livros, outros títulos anexos, uma WebTv e uma edição on-line permanentemente actualizada. Tudo isto, apesar da crise. Já conhecemos outras crises ao longo destes 25 anos. Mas fomos aprendendo sempre com a vida. E tanta coisa nos aconteceu. Só com os olhos da memória conseguimos verdadeiramente ver como a região e o país se transformaram, e que as primeiras páginas desta

edição, dedicada à efeméride do jornal, conseguem no essencial plasmar. Muitos de nós, que vivemos com tanta intensidade os acontecimentos aqui recordados, podemos agora sorrir à distância do tempo que tudo relativiza. Ao longo destes 25 anos, “O Ribatejo” cresceu com a própria região. Noticiámos a criação das associações de municípios, das regiões de turismo, da associação empresarial Nersant, de novas escolas dos Politécnicos, dos hospitais distritais, da Central Termoeléctrica do Pego, do centro de exposições do Cnema… até ao boom das auto-estradas que trouxeram nova centralidade a Santarém. Viajar nas páginas do jornal é revisitar estes acontecimentos, evocar rostos ou ainda acordar sonhos de antigas ambições a que o tempo entorpeceu a vontade ou a razão. No ano em que nasceu, O Ribatejo deu notícia da adesão formal de Portugal à CEE, e veja-se a caminhada que fizemos, apesar da crise. Decorridos es-

tes vinte e cinco anos é um outro país, uma outra região que se nos oferece. O que torna o arquivo do jornal um caso relevante para a história regional mais recente. Nascemos no tempo do offset, quando os computadores e os telemóveis ainda eram desconhecidos na indústria gráfica, e as câmaras municipais, passe a ironia, ainda não tinham criado assessorias de imprensa, pelo que a demanda das notícias corria inteiramente por conta dos jornalistas. Nesta narrativa de 25 anos, entretecida de tantos acontecimentos, há por isso protagonistas centrais a que se deve o sucesso do jornal: são os jornalistas e os profissionais da casa, assim como todos os colaboradores que, desde o primeiro número, dão corpo e alma a este jornal que se tornou uma marca de referência na região. Para todos eles, bem como para os fiéis leitores e anunciantes de O Ribatejo, vai o nosso imenso bem-haja. Joaquim Duarte

res da Câmara de Santarém não fazem nada? O Presidente decide e faz tudo? Claro que não meus caros, então tínhamos lá seis vereadores a tempo inteiro sem fazer nadinha? Todos eles trabalham muito (pelo menos muitas horas) desde o mais experiente e Valente António, que bem nos protege agora à civil, até ao nosso menino Leite (é o futuro de Santarém meus Senhores, honesto e trabalhador) com os seus pelouros difíceis como Juventude e Urbanismo (precisávamos de uma grande volta não é caro João, lá hás-de chegar) passando pela nossa conterrânea e mui bonita vereadora Luísa Féria com bom trabalho na Educação a bater o pé a má decisões do Governo, e sempre atarefada entre a Câmara, os filhos, o cabeleireiro, sei lá. E o nosso amigo Vítor Gaspar que tinha feito obra na sua Ribeira de Santarém, e subindo o planalto, subiu a vereador? Lá anda entretido na Cultura a fazer o que pode. Depois temos a vereadora Catarina Maia de quem pouco se fala com o seu trabalho de sapa dentro dos enormes armários e da Câmara, a tentar poupar para outro gastar. Por fim o vereador político, o Ricardo Gonçalves, o homem (rapaz diria eu) do partido, com pelouros como os espaços verdes (estão sem duvida muito bons), e a gestão dos cemitérios do concelho (quererá dizer alguma coisa?). E ainda faltam alguns assessores onde pontifica o meu amigo Vítor Varejão, sempre atrás e diligente para o nosso Presidente. Para não falar naquela rapaziada lá do partido sempre à espreita de qualquer coisa, de poder ajudar para depois ver se tem um lugarzito sem importância e só em favor da população e da autarquia... / Agora pode ler o resto no site, e fiquem com um abraço do Miguel Vaz - El Farpi

www.oribatejo.pt


14 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Vânia Clemente Jerónimo Belo Jorge - CP. nº 1907 (Abrantes) Joana Margarida Carvalho (Estagiária - Abrantes) Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Francisco Maia (critica cinema) Hélder Duque (fotografia futebol), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira, David Antunes

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia A crónica falta de lugares para estacionar junto ao hospital de Santarém leva os condutores a procurar qualquer “buraco” disponível para enfiar o carro. Só que este terreno entre o Lidl e o novo Hospital de Dia da Liga dos Amigos mais parece parte da cratera lunar do que um espaço para parqueamento. O Inverno vai estar chuvoso, mas proveitoso para os mecânicos.

Penso logo insisto

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

Tudo isto existe, tudo isto é triste...

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

José Niza

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25,50 € Europa: 50,50 € Resto do Mundo: 76 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção), Ana Rita Fonseca, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos. info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Susana Santos (Coordenação) e Catarina Fonseca marketing@lenacomunicacao.pt

Departamento Recursos Humanos Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira. drh@lenacomunicacao.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro. dsi@lenacomunicacao.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) projectos@lenacomunicacao.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

Estas citações, ou excitações, foram extraídas do livro “Um combate desigual”, cujo autor é o dr. António Marinho e Pinto, actual bastonário da Ordem dos Advogados.

1. “No dia 24 (dia da anunciada greve) acontecerá algo ainda mais significativo que a gravidade já de si inerente a uma greve geral. Pressente-se que se prepara uma espécie de “sobressalto cívico”, de “grito de revolta”... Quem disse isto não foi um anarco-sindicalista ressabiado à saída de um bar, no PREC de 1975, mas o Presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, que o escreveu recentemente no Diário de Notícias. Mas, antes disso, já o Presidente da Associação Sindical de Juízes, tinha escrito no mesmo diário: “O Orçamento é um roubo ... os juízes são os mais atingidos. É a factura de terem incomodado os boys do PS, mais recentemente no caso Face Oculta”. Estes dois artigos são bem elucidatvos da degradação a que chegou a justiça portuguesa e da forma como pensam os seus mais altos representantes. Mas, se isto me chocou, ainda mais preocupado fiquei com o total silêncio de juízes e magistrados. Que me tenha apercebido, nem um único se demarcou. E, quem cala, consente. 2. Ao lado desta sindical indignação, o que é que vemos? – Milhares e milhares de processos anestesiados, sem chegarem aos tribunais e muito menos a sentenças condenatórias. Por exemplo, o caso BPN, que já tirou dos cofres do Estado – isto é, dos nossos bolsos – 4 mil milhões de euros e ainda sem julgamento ao fim de dois anos. Ou os dois anos que também passaram sobre a falência fraudulenta do BPP, também ainda sem julgamento, o que permite ao Sr. João Rendeiro o regabofe de viver à tripa forra enquanto o seu clone ameri-

cano Madoff levou 150 anos de prisão. E a Operação Furacão, que até agora não levou ninguém para detrás das grades? Ao menos não lhe chamem “furacão”... E o processo Casa Pia que ainda vai acabar por prescrever? E a negociata dos sobreiros da Portucale assinada no último minuto do governo PSD-CDS? E os milhões de euros das comissões dos submarinos depositados numa conta londrina do CDS? E o Processo Face Oculta, que os senhores magistrados conseguiram desviar de uma sórdida história de sucatas para ataques ao Primeiro Ministro? E as centenas de milhar

de processos, esquecidos, que não chegam às televisões, e que por aí andam perdidos sem que algum juíz lhes dê caminho e solução? Será que tudo isto não é senão um estado de greve permanente?

3. “Os magistrados convenceram-se de que tudo lhes é permitido, apenas porque eles e só eles podem interpretar e aplicar as leis”. “Querem ser tudo e o seu contrário. Arrogam-se titulares do órgão de soberania Tribunais, mas constituem sindicatos para pressionar outros poderes, em ordem a aumentar os seus privilégios corporativos. Che-

gam mesmo a fazer greves às funções soberanas de que estão investidos, apenas porque – dizem – também são trabalhadores”. “Atribuem-se o poder de espiar as mais altas figuras do Estado, através de escutas telefónicas, sem respeito pelos requesitos formais que as leis processuais impõem porque interpretam essas leis em função das suas conveniências e interesses”. “Muitas das suas genuínas motivações são políticas”. “Entendem que podem violar sistematicamente o segredo de justiça”. “Os tribunais portugueses transformaram-se num inferno para credores e um paraíso para os caloteiros”. (Estas citações - ou excitações – foram extraídas do livro “Um combate desigual”, cujo autor é o dr. António Marinho e Pinto, actual bastonário da Ordem dos Advogados). E o bastonário pergunta: “Que respeito podemos ter pelos magistrados se estes se organizam em sindicatos e fazem greve aos poderes soberanos em que estão investidos?” “Que respeito podem merecer os magistrados em geral quando alguns deles, aparentemente falando em nome de todos, reivindicam, apoiados em poderosas máquinas de manipulação pública, remunerações superiores às do Presidente da República, do Primeiro Ministro e do Presidente da Assembleia da República?” “Que respeito podem merecer os magistrados em geral quando muitos deles marcam vários julgamentos para a mesma hora (por vezes mais de uma dezena), obrigando dezenas e dezenas de pessoas, a perder horas sem fim no tribunal” “à espera da sua vez?” Ponto final.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 15

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

há vinte anos

números

3000 Anunciávamos a inaugaração da auto-estrada para domingo, com a presença de Cavaco Silva. Ele próprio tinha que decidir também, até final do ano, sobre a instalação da fábrica beterrabeira em Coruche, um investimento de 17 milhões de contos que prometia revolucionar a agricultura da região. Anunciava-se a suspensão de funções do presidente da Câmara de Ferreira do Zêzere por corrupção.

É o número de mortes ao ano por cancro do pulmão em Portugal. O fumo está relacionado com cerca de 90% dos casos de cancro no pulmão. Com menos dinheiro para gastar, osn portugueses estão a reduzir o consumo de tabaco. Ainda assim, o Orçamento de Estado para 2011 prevê uma receita de 1,3 milhões de euros provenientes dos impostos sobre o tabaco.

estrelas

A celebrar os 25 anos no actual edifício, o Hospital de Santarém vai abrir as novas instalações da consulta externa e uma unidade de radioterapia que permitirá fazer o tratamento dos doentes com cancro, evitando que tenham de continuar a deslocarse a Setúbal, Almada e Lisboa. Está, pois, duplamente de parabéns o Hospital Distrital de Santarém.

A espuma dos dias

Armando Fernandes

A autarca pode ser acusada de ingenuidade e até de preferir a conversão dos criminosos em vez do seu castigo, desenvolvendo pacientíssima catequese, mas, no essencial, estamos ante a impotente e ineficaz actuação das forças de segurança.

A Câmara de Torres Novas reuniu autarcas de Angola e Cabo Verde nos III Encontros da Lusofonia. Perante o ministro dos Negócios Estrangeiros, presente no encontro, António Rodrigues lançou a ideia da criação de uma rede lusófona, unindo cidades de Timor Leste, S. Tomé e Princípe, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Goa e Portugal.

Silvino Sequeira Vereador do PS na Câmara Municipal de Rio Maior

Os três vereadores do PS abandonaram a última reunião da Câmara. Liderados pelo ex-presidente Silvino Sequeira, os vereadores alegaram a falta de uma reunião prévioa para debater a proposta de reorganização dos serviços municipais. Na prática, o abandono da sessão representou um acto de sabotagem política que impediu a continuação da reunião da Câmara, por falta de quorum.

Opinião

Abrantes SOS Há la rgo tempo que Abrantes deixou de ser terra de amenidades mesmo durante o dia, passando à condição de cidade onde a segurança de pessoas e bens é ameaçada por díscolos empenhados em nos fazer contrair o sobrolho antes de percorrermos determinadas áreas. Alheio a sensacionalismos tenho dedicado palavras parcimoniosas ao fenómeno, deixo a exaltação aos cultivadores de conflitos nos jardins da linguagem, mas agora é a Presidente da Câmara a reconhecer a gravidade dos factos e a enunciar acções, bastante discretas, tendentes a erradicar o fenómeno. Mesmo correndo o risco de desagradar aos opinadores de fancaria entendo não ser lícito assacar culpas à Dra. Céu Albuquerque pela trivial pancadaria, os assaltos e actos de vandalismo praticados na cidade de forma a indiciarem planeamento, mesmo que grosseiro. A autarca pode ser acusada de ingenuidade e até de preferir a conversão dos criminosos em vez do seu castigo, desenvolvendo pacientíssima catequese, mas, no essencial, estamos ante a impotente e ineficaz actuação das forças de segurança. Agora, a cidade está possuída de medo pelo repetido perpetrar de delitos, e não se vislumbrando soluções a curto prazo, o tema da insegurança passará a ser para a autarca

António Rodrigues Presidente da Câmara Municipal de Torres Novas

José Josué Presidente da administração do Hospital de Santarém

Ícones urbanos o seu maior e mais doloroso calcanhar de Aquiles. Não vale a pena dissimular a realidade, as pessoas já não acreditam na eficácia da polícia, lembram que só surge quando não faz falta, e porque o azedume também encerra injustiça referem a multa passada por dá cá aquela palha, em vez da pedagógica profilaxia. Neste ponto as autoridades falham redondamente, ao invés, os cidadãos indignamse pela ausência de firmeza e de resultados contra os patifes especializados em semear temores e tremores. A solução do problema terá de ser encontrada pelo Ministro Rui Pereira, não vale a pena incomodar a Sra. Governadora Civil, muito menos os comandos policiais. Para grandes males, grandes remédios, e esses só estão ao alcance do ministro. Importa protestarmos o nosso desânimo de forma competente e esclarecedora longe da demagogia e das façanhudas atitudes que desacreditam quem protesta. Caso o senhor Ministro não resolva tão bicudo caso resta-nos imitar o poeta António José Fort, que ao ver queimados centenas de livros em improvisado auto-defé, escreveu humorada carta a Branquinho da Fonseca dizendo: mandem armas. E aqui reside o busílis da questão, se chegássemos a esse ponto não faltariam os adeptos da lei de Lynch. Um perigo latente!

Luís Eugénio Ferreira

Era uma banda notável, participava em todos os actos festivos, com a particularidade estranha de que sempre o seu aparecimento era sublinhado pela ocorrência de chuva, ainda que mesmo no Verão.

As cidades modernas resultam do desenvolvimento de pequenos núcleos populacionais medievos sujeitos a um grau de concentração urbana, atribuída à fuga dos campos onde as condições de vida não ofereciam grande qualidade. Algumas dessas cidades cresceram e desenvolveram-se, por vezes, rapidamente, necessariamente de acordo com a sua posição, a sua geografia, a sua estrutura topográfica e até com a sua importância histórica, outras fizeram-no bem mais lentamente. Cresceram e desenvolveram-se ao mesmo tempo que as populações se tornaram exigentes do ponto de vista sociológico, obrigando à criação de pontos de fixação, onde, a pardos postos de trabalho, foi necessário prover ao aumento do consumo, à mobilidade, ao lazer, às estruturas que condicionam e tornam agradável a vida dos seus habitantes. Tomando em consideração a densidade urbana, como indicador da sua disponibilidade, tomamos esse dado dividindo o volume total das suas construções habitadas (incluindo todos os andares) pela área que ocupam. Quando há 60 anos me vinculei à cidade de Santarém, era provável que a cidade ocupasse um grau aproximado de 1 ou mesmo 1,5 de densidade. Eu iria vê-la crescer com a crescente ocupação, nem sempre harmoniosa da área disponível do planalto. Ela hoje deve ocupar um grau próximo do 5 /5,5, que é, no dizer dos técnicos urbanistas, quando por exemplo o uso do automóvel se

torna complicado (e nós sabemolo por experiência própria). É também relevante a criação sustentada de “ícones” urbanos, instituições ou organizações com grande impacto no conjunto dos seus habitantes. É por isso normal que muitas cidades se reflictam orgulhosamente nas suas orquestras, nos seus grupos desportivos, com particular relevo para o futebol, nas suas associações culturais, nas suas festas tradicionais, etc. É assim quase imperdoável, quando as cidades em seu pleno desenvolvimento, deixam para trás os seus ícones tradicionais. Em Santarém, há 60 anos, existiam dois grupos de futebol “os Leões e o Operário”. Não cabe aqui historiar a vida desses clubes. Eu próprio intervim nas acções que levaram à sua fusão. Mas é pena que a cidade deixe morrer o União votando-o ao esquecimento. O outro ícone, notável, era a Banda de Música dos Bombeiros. Era uma banda notável, participava em todos os actos festivos, com a particularidade estranha de que sempre o seu aparecimento era sublinhado pela ocorrência de chuva, ainda que mesmo no Verão. Saberia bem, agora, que a Banda se reorganizasse do nada (chegou ao ponto de não ter posses, sequer, para substituir os instrumentos), para dar vida ao “coreto” implantado no Jardim da República. Que apareçam mecenas, patrocinadores, homens de boa vontade e porque não a própria autarquia, para fazerem ressurgir dois dos seus ícones particulares


16

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

santarém 8000 ANIMAIS NA AVISAN Mais de 8000 animais, entre aves, animais domésticos e exóticos, vão estar patentes ao público na Avisan - Exposição Nacional de Aves e Animais de Companhia, que decorre no Centro Nacional de Exposições, em Santarém, entre os dias 26 e 28 de Novembro. Esta edição da Avisan reúne cerca de 90 expositores e 300 criadores, ocupando uma área de 8000 metros quadrados. A Avisan apresenta, pela primeira vez, a Exposição Nacional de Pombos de Desporto (Org. Associação Columbófila do Distrito de Santarém), evento que conta com a conta com a participação de cerca de três centenas de exemplares. No âmbito desta exposição realiza-se no sábado, 27 de Novembro, pelas 10h00, uma grande largada com mais de 1000 pombos (condicionada às condições atmosféricas). A Avisan será palco de diversas actividades como a 9ª Exposição Nacional do Gloster de Portugal (Org. Gloster Clube de Portugal), o 4º Show Nacional do Periquito Ondulado (Org. Sociedade Portuguesa do Ondulado), a 18ª Exposição Nacional de Porquinhosda-Índia (Org. CAPI Clube dos Amigos dos Porquinhos-da-Índia), a 14ª Expo Aves (Org. Grupo Ornitológico do Cartaxo), Shows de Araras (Org. Zoo de Lagos e Aquashow), Shows de Aves de Rapina e de Répteis (Org. Aquashow), Exposição de Peixes de Água Doce e Salgada, 11ª Exposição Canina Internacional de Santarém Monográficas Caninas das raças Basset Hound, Collie, Dogue Alemão, Pastor Alemão e Retriever, e 16ª Prova do Campeonato Nacional de Obediência. Escolas, Jardins de Infância, IPSS, entre outras entidades, estão convidadas a visitar a exposição gratuitamente.

MANTER O SORRISO DA MADALENA O Grupo de dadores de Sangue de Pernes promove uma recolha de sangue no sábado, dia 20, das 9h00 às 13h00 e das 15h00 às 19h00, na Escola EB 1 de S. Domingos. A recolha insere-se na campanha “Manter o Sorriso da Madalena”, menina de Santarém, com 2 anos e meio de idade, que está internada no IPO, com uma leucemia mieloblástica aguda. A menina já está a fazer quimioterapia e precisa de sangue e plaquetas. O Instituto Português do Sangue vai fazer 200 recolhas de sangue neste dia, mas quem não for atendido pode ainda participar numa das quatro recolhas marcadas para 4 de Dezembro no Centro de Ajuda Espiritual (antigas instalações do Lidl no Choupal), 26 de Dezembro num local a definir, 15 de Janeiro nas antigas instalações da Junta de Freguesia da Ribeira de Santarém e dia 19 de Dezembro na Escola EB 2, 3 D. Manuel I em Pernes.

A O II Encontro de Mulheres Operadas ao Cancro da Mama reuniu duas centenas de participantes.

Hospital vai inaugurar unidade de radioterapia Cancro ∑ Doentes com cancro vão poder fazer tratamentos em Santarém As centenas de doentes com cancro que actualmente têm de se deslocar a Setúbal, Almada ou Lisboa para fazer tratamentos de radioterapia vão passar poder tratados no Hospital de Santarém, já a partir de Dezembro. A garantia foi dada pelo presidente do conselho de administração do Hospital de Santarém José Josué, no II Encontro de Mulheres Operadas ao Cancro da Mama, que teve lugar no sábado, na Casa do Campino em Santarém. O encontro realizado no âmbito do “projecto continuar a viver”, do Serviço de Ginecologia do Hospital de Santarém, reuniu cerca de centenas de profissionais de saúde, mulheres operadas ao cancro da mama e familiares. O encontro teve como oradores o Dr. José Tei-

xeira, director do Serviço de Ginecologia e médico responsável pela Unidade de Senologia, a Drª Sandra Bento, coordenadora da Unidade de Oncologia, e duas mulheres operadas, a médica Maria de São José e a secretária de unidade Fernanda Barreiro que contaram as suas experiências, e ainda um homem que vivenciou três casos de cancro na mama na sua

família. As responsáveis da comissão organizadora do encontro, a enfermeira chefe Isabel Batalha e a psicóloga Elsa Martins, fizeram um balanço muito positivo deste encontro que permitiu desmistificar e esclarecer dúvidas sobre o cancro da mama, sensibilizar as mulheres para a importância do rastreio por mamografia, no exame pelo médico de família

Obras do Serviço de Urgências concluídas até Março de 2011

∑ O novo edifício das Consultas Externas vai permitir atender uma média de 650 doentes/ dia. Dimensionado há 25 anos para atender 50.000 pessoas/ano recebe actualmente 150.000/ano. As obras no Serviço de Urgências estão quase concluídas e deverão ser inauguradas no primeiro trimestre de 2011.

e o auto-exame, de forma a conseguir uma detecção precoce dos tumores, e assim aumentar a taxa de sobrevivência. O Hospital já dispõe de serviço de quimioterapia, mas os doentes oncológicos que necessitam de tratamento de radioterapia têm de ser encaminhados para unidades em Lisboa, Barreiro, Setúbal. José Josué adiantou que a Unidade de Radioterapia e o novo edifício da Consulta Externa representam “um investimento da ordem dos 12 milhões de euros da maior importância numa região com grande incidência de patologias oncológicas, onde são diagnosticados todos os anos mais 1200 novos casos de cancro”, disse José Josué. João Baptista

HERMAN JOSÉ NA GALA DE SOLIDARIEDADE A Casa Solidária das Artes e Ofícios da Câmara de Santarém promove uma Gala de Solidariedade no próximo dia 23, às 21h00, no Teatro Sá da Bandeira, que conta com a participação do prestigiado humorista Herman José e da Tuna da UTIS – Universidade da Terceira Idade de Santarém. O objectivo da Gala é angariar bens alimentares para apoiar o Banco Alimentar Contra a Fome. A entrada é livre, condicionada à lotação da sala.Basta aparecer no dia 23 de Novembro e trazer dois a três bens alimentares, tais como: arroz, massa, açúcar, feijão, grão, leite, azeite, óleo, enlatados variados, entre outros.


18 SANTARÉM

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Gala Bernardo Santareno distingue os melhores do teatro Espectáculo ∑ A entrega dos prémios realiza-se domingo no teatro Sá da Bandeira Os Prémios Santareno de Teatro vão ser entregues na gala que se realiza no próximo domingo, dia 21, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, e que contará com a participação de artistas como a soprano Ana Paula Russo, o pianista Nuno Lopes, a fadista Cristina Branco, os jovens bailarinos Funky Flex Crew, o grupo de dança Fresh Flava, a Grande Orquestra José Santos Rosa e o Coro dos Pequenos Cantores de S. Francisco. A gala será apresentada pelos atores Cláudia Semedo e José Afonso Pimentel. O presidente da Câmara de Santarém, Francisco Moita Flores anunciou, na segunda-feira, em conferência de imprensa, os vencedores dos galardões de um prémio que a autarquia escalabitana decidiu criar em 2006 para “comemorar a obra” de Bernardo Santareno e não deixar cair no esquecimento um dramaturgo que deve “orgulhar a cultura portuguesa” e que “não é lido nem representado como devia”. Os actores Ana Paula e Rui Mendes vão ser distinguidos com os Prémios Santareno de Teatro 2010 na categoria Carreira. Na categoria Interpretação, são premiados os acto-

A Moita Flores com o presidente do Instituto Bernardo Santareno na apresentação dos prémios de teatro. res Custódia Gallego, pela sua interpretação na peça “Vulcão”, e Nuno Lopes, pelas interpretações em “A Cidade” e “Num dia como os outros”. A peça “A Cidade”, pelo Teatro da Cornucópia com encenação de Luís Miguel Cintra, foi a distinguida na categoria Espectáculo. Os jovens actores Sara Prata, em “As muralhas de Elsinore”, e Graciano Dias, em “O Príncipe de Homburgo”, recebem o prémio Revelação, indo este ano

os prémios especiais para o projecto “PANOS Palcos Novos Palavras Novas”, da Culturgest, e para o Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica (FITEI). O presidente do Instituto Bernardo Santareno, Vicente Batalha, vai receber o prémio especial de Encenação pela peça “A Promessa”, de Bernardo Santareno, levadio à cena pelo Grupo Cénico Música Nova de Pernes, justificando Moita Flores esta

distinção com a necessidade de distinguir quem na região “mais trabalha para divulgar e afirmar Bernardo Santareno”. Vicente Batalha dirige o Grupo Cénico Música Nova, de Pernes, que levou à cena mais uma peça de Bernardo Santareno que Moita Flores considera dever ser distinguida, mesmo contra a vontade do presidente do IBS, por ter atingido “um nível de notoriedade muito além do traba-

lho de actores amadores”. O autarca destacou os eventos promovidos em Santarém em torno da figura de Bernardo Santareno como sendo já “um projecto cultural sustentado”, sublinhando o facto de o Prémio Nacional de Teatro Bernardo Santareno, que distingue obras de teatro inéditas, contar com um elevado nível de participação de autores nacionais residentes em todo o país e mesmo no estrangeiro.

Encontro Científico do ISLA foi aposta ganha Inserido nas comemorações do 25º aniversário do ISLA de Santarém, decorreu nos dias 11, 12 e 13, nas instalações da Escola Profissional Vale do Tejo, o 5º Encontro Científico ISLA – Data Mining e Business Intelligence. Com a participação de uma centena de especialistas nacionais e estrangeiros, este evento insere-se na preocupação dos ISLA em apoiar, fo-

mentar e desenvolver actividades de investigação, conforme é sua obrigação, como Instituto Universitário que é e deseja continuar a ser. O evento foi presidido pela professora doutora Purificación Galindo, Directora do Departamento de Estadística da Universidade de Salamanca, reputada e respeitada especialista em Análise de Dados Multivariados. Entre

os convidados do ECI 10 contaram-se reputados especialistas nacionais e estrangeiros nos diversos domínios desta actividade. Estiveram representadosseis países ( Polónia, Suiça, Brasil, Espanha, Portugal e Venezuela) o que fez do Encontro um evento inequivocamente internacional. A maioria dos trabalhos vieram das Universidades de Salamanca, Universidade

do Algarve e Universidade Aberta. Estiveram ainda representados os Institutos Politécnicos de Leiria, Tomar e Castelo Branco; a Escola Naval; a ANQ (Agência Nacional de Qualificação); a Universidade de Coimbra; a Universidade de Badajoz; a Universidade de Léon; a Universidade de Zaragoza; a Universidade de Manaus; o ISLA de Santarém e o ISLA de Leiria.

DIA MUNDIAL EM MEMÓRIA DAS VÍTIMAS DA ESTRADA Santarém acolhe este ano as comemorações do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada que se celebra no próximo domingo, dia 21. As cerimónias centrais têm lugar em Santarém, onde vão estar reunidas as várias organizações-membros da Estrada Viva. As comemorações têm início às 09h30, no Passeio junto à Rotunda do W Shopping, com a Simulação de um Desencarceramento. Às 10h30 tem lugar uma Marcha pelas Vítimas, que tem início junto ao W Shopping, até ao Jardim Liberdade e termina no Largo do Seminário. Às 11h00, tem lugar uma Missa em memória das vítimas da estrada, na Sé Catedral. Pelas 12h30 há Largada de Pombos no Largo do Município. Às 14h30 tem lugar uma cerimónia de deposição de flores e velas no Memorial das Vítimas da Estrada e deposição de flores e Velas, no Cruzamento de S. Pedro, na EN3, junto à passagem superior sobre a Rua O. Pelas 15h30 tem lugar a inauguração da Exposição Fotográfica de Valter Vinagre, no hall do Salão Nobre da autarquia Scalabitana. Às 16h00, o Salão Nobre da Câmara de Santarém acolhe a sessão solene de celebração do Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada que conta com testemunhos de familiares das Vítimas da Estrada. Pelas 17h30, no mesmo local, tem lugar um apontamento pelo Coro do Círculo Cultural Scalabitano, dirigido pelo maestro António Matias. Às 18h15, após o Beberete de encerramento da Sessão Solene, tem lugar o lançamento de Livro “A Culpa não foi Minha: Culpa e comportamento de Risco nas estradas portuguesas”, de Maria João Martins, no hall do Salão Nobre.


SANTARÉM 19

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Pai Natal chegou ao W-Shopping Solidariedade∑ centro comercial organiza cabazes de Natal para distribuir a famílias carenciadas O velho das barbas brancas, montado no seu trenó e de saco cheio de presentes sempre tão aguardado pelas crianças chegou ao W-Shopping, em Santarém, no passado dia 13 de Novembro. Mas como “mudam-se os tempos, mudam-se as vontades”, este Pai Natal resolveu deixar o seu meio de transporte habitual e lançar-se nos desportos radicais, mostrando que é um verdadeiro aventureiro. Desde a calçada 66 até ao centro comercial, o pai natal montado nas suas “kangoo jumps” e acompanhado dos habituais duendes e bonecos de neve foi cumprimentando tudo e todos de forma entusiástica, mostrando que a época natalícia já chegou à cidade. Recebido de forma eu-

A Pai Natal distribuiu livro do Gui - “Uma aventura na Quinta das Macieiras” fórica pelas crianças, este velho lendário recebeu miúdos e graúdos na sua ilha, onde distribuiu a todas as crianças a nova edição do

livro do Gui “Um aventura na Quinta das Macieiras”, uma história que reflecte a importância da educação alimentar saudável

nas crianças, estimulando simultaneamente a leitura. Mas, e porque o natal é para todos, este ano, o W-Shopping também pre-

parou uma aventura para os mais crescidos, o passatempo “Neste Natal desembrulhe uma aventura”. Para participar basta reali-

zar 15 euros em compras e escrever uma frase que inclua as palavras W-Shopping, natal e aventura e depois habilite-se a ganhar um cruzeiro para duas pessoas até às Caraíbas. E porque Natal é sinónimo de ser solidário e dar sem pedir nada em troca, e este ano 2010 assinala o Ano Europeu de Luta Contra a Pobreza, pode ainda contribuir com um pequeno gesto para a elaboração de um cabaz de natal para oferecer a quem mais precisa. Iniciativas que assinalam a quadra natalícia, marcada com a chegada do famoso Pai Natal ao centro comercial e que durante o mês de Novembro e Dezembro, está há espera dos mais pequenos na Ilha do Pai Natal.


20 SANTARÉM

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Misericórdia contra a crise Solidariedade ∑ Santa Casa vai investir 181 mil euros em 2011 A Santa Casa da Misericórdia de Santarém aprovou, no dia 15, o seu orçamento para 2011, que prevê aplicar 181 mil euros em investimentos. A Misericórdia propõe-se continuar a

trabalhar para preservar e conservar o património religioso, artístico e cultural. A Praça de Touros “Celestino Graça”, vai ser alvo de um “Concurso de Ideias”, de maneira a rentabilizar

os espaços actualmente não utilizados. Reforçase a intervenção na prestação de cuidados de Saúde através da Unidade de Cuidados Continuados, o reforço dos equipamentos

de suporte ao serviço de apoio domiciliário. O orçamento para 2011 prevê gastos de 3.884.008,54 euros, e em proveitos no montante de 3.906.574,71 euros.

A José Gusmão, deputado do Bloco de Esquerda

As propostas do Bloco de Esquerda para o distrito O deputado eleito pelo Bloco de Esquerda em Santarém, José Gusmão, apresentou, em conferência de imprensa, as prioridades do Bloco de Esquerda para o distrito, que serão reflectivas nas propostas apresentadas em sede de especialidade para o OE 2011. O Bloco quer que investimentos como a ponte sobre o Tejo em Constância, um hospital no Sul do distrito e a estabilização das barreiras de Santarém sejam incluídos no Plano de Investimentos e Despesas de Desenvolvimento da Administração Central. Numa análise à proposta do PIDDAC para 2011, o BE sublinha que o investimento público inscrito neste documento caiu 80 por cento em dois anos no distrito de Santarém, acusando o Governo de ter “violado inúmeros compromissos eleitorais em relação a investimentos estruturantes” e de ter adiado “sem data anunciada obras que condicionam o desenvolvimento e a dinâmica económica” do distrito. “A tudo isto acresce um corte de 12,6 milhões nas transferências para as autarquias, que terão de cortar sobretudo no Investimento, por ser difícil mexer nas restantes variáveis”,

afirma. “Ao agravar as carências infraestruturais e sociais do distrito, o Governo contribui para degradar a situação de empresas e consumidores”, afirma, sublinhando que a política de investimento público deveria ser “um instrumento decisivo contra a crise”. O deputado bloquista eleito pelo círculo eleitoral de Santarém, José Gusmão, vai centrar as suas propostas em investimentos prioritários nas áreas das acessibilidades e coesão territorial, apoio à actividade económica, equipamentos sociais e de segurança. Nesse sentido, o Bloco quer ver inscritos investimentos para resolução do problema da ponte sobre o Tejo em Constância, avanço da construção dos itinerários complementares 3 e 9, construção da variante ferroviária de Santarém. O reordenamento do parque industrial de Alcanena, a construção de uma unidade hospitalar no Sul do distrito, a estabilização das barreiras de Santarém, remodelação da estação ferroviária do Entroncamento e a construção de esquadras da PSP e GNR, lares e centros de dia são outras propostas do BE para o distrito.

ARRENDA-SE

Espaço para escritório/ Serviços c/ 80 m2 Qualquer actividade - Em openspace, Totalmente Remodelado Centro Cidade Santarém Contacto: 96 210 87 61


22 SANTARÉM

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Água aumenta 7,7% Novo tarifário ∑ Conta da água vai aumentar em 2011 A Câmara Municipal de Santarém aprovou a proposta de actualização do tarifário para 2011 da empresa Águas de Santarém, que prevê um aumento de 7,69 por cento. “A revisão tarifária, no montante de 7,69% teve em conta a previsão da taxa de inflação de acordo com os dados do Instituto Nacional de Esta-

tística a Outubro de 2010 e o impacto do aumento dos custos de energia já anunciados na ordem dos 3,8 %”, justificou a directora geral da empresa Águas de Santarém, Marina Ladeiras. “Continuamos a adoptar as recomendações da entidade reguladora de uma forma faseada, minimizando, assim, o seu impacto jun-

to dos utilizadores finais”, adiantou a directora geral da AdS. “Este ano a revisão tarifária contempla a redução da tarifa de execução de ramal em 40% e a abolição da tarifa de ligação”. A proposta foi aprovada pelos vereadores do PSD com os votos contra dos vereadores do PSD, António Carmo e Ludgero Mendes,

que consideraram que este “aumento é exagerado não tem qualquer justificação face aos problemas que os portugueses atravessam”. Para António Carmo,” a inflação prevista de 1,8 % somada ao aumento de 3,8% da energia daria um aumento de 5,6% do tarifário e não 7,69% como é agora proposto”.

A Os deputados Carina Oliveira e Vasco Cunha

PSD critica quebra de 28% no PIDDAC para o distrito O PSD criticou esta semana a redução de 28,1% (cerca de menos 5 milhões de euros) que o PIDDAC atribui ao distrito no Orçamento de Estado para 2011. O presidente da distrital laranja, Vasco Cunha, considera que “o distrito tem vindo a perder importância ao longo dos anos e há alguém a ganhar em detrimento da nossa região”. Os sociais-democratas falam em “progressivo e sustentado decréscimo” e acusam o PS de “abandonar Santarém”, que nas contas do PSD; vai receber apenas 2,6% das verbas (cerca de 12,4 milhões de euros) do PIDDAC, sendo o 9º no ranking dos distritos quando é o 7º mais populoso do país. Ainda segundo as contas laranjas, o volume de transferências do PIDDAC será de 27 euros per capita, quando é de 38 euros em 2010. O PSD destaca ainda que oito municípios da região – Almeirim, Alpiarça, Chamusca, Constância, Coruche, Ferreira de Zêzere, Mação e Sardoal – não vão receber qualquer verba do PIDDAC e que, nos casos de Almeirim e Coruche, esta verba “zero” se verifica de há seis anos para cá. Na análise feita pelos deputados do PSD, salienta-se ainda a afirmação de “falta de transparência e omissões” no PIDDAC, nomeadamente, no que diz respeito às obras públicas, iti-

nerários, estradas, pontes, caminhos-de-ferro, com especial destaque para a ausência de referências a quaisquer obras na ponte de Constância. O PSD identifica ainda ausência de obras da segurança social, nomeadamente, as do programa PARES e a omissão de eventuais investimentos no Centro Hospitalar do Médio Tejo e no Hospital de Santarém. Ausentes neste documento estão também as contrapartidas da Ota, acrescenta o PSD. “O PIDDAC é cada vez menos a demonstração do que é o investimento público na região, que passa cada vez mais pela periferia deste instrumento, por organismos e empresas EPE que não são facilmente controladas pela Assembleia da República”, lamentou Vasco Cunha, considerando que deveria haver um “documento único que dê informação transparente sobre o investimento da Administração Central nos distritos”. Entre os principais investimentos detectados nas verbas do PIDDAC destacam-se as novas instalações da Escola Superior de Desporto de Rio Maior e o plano de investimentos na bacia do rio Alviela. Vasco Cunha apontou para a curiosidade da verba para esta obra estar inscrita para Santarém devido à sede do Instituto Politécnico ser neste concelho.


SANTARÉM 23

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

CÂMARA CEDE ESCOLA PRIMÁRIA À ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE ALDEIA DA RIBEIRA A Câmara Municipal de Santarém aprovou, por unanimidade, a cedência da escola primária de Aldeia da Ribeira, na freguesia de Alcanede, à Associação Cultural e Recreativa de Aldeia da Ribeira. Esta escola primária foi encerrada pelo Ministério da Educação, por falta de alunos, no ano lectivo passado. A Associação Cultural e Recreativa de Aldeia da Ribeira desenvolve diversas actividades, com destaque para o grupo de danças de salão que necessita de um espaço para os treinos do grupo. A Associação propõe-se ainda abrir na escola uma sala de convívio com biblioteca comunitária para toda a população.

PCP quer mais investimento público no distrito de Santarém Críticas ao Governo ∑ Deputado do PCP defende um reforço do investimento público prioritário A construção de um novo hospital no sul do distrito de Santarém, a reabertura da ponte sobre o Tejo em Constância, a consolidação das barreiras de Santarém e a remodelação da estação ferroviária do Entroncamento são destaques da proposta de alteração apresentadas pelo deputado do PCP António Filipe para ser incluídas no PIDAC do Orçamento de Estado para 2011. Em conferência de imprensa, o deputado António Filipe afirmou que “o PIDDAC vai sofrer um corte drástico, e em termos gerais o PIDDAC de

2011 corresponde a cerca de 1/3 do PIDDAC de 2005 e regista um corte de 20% em relação a 2010”. O PCP, tal como em anos anteriores apresentou um conjunto de propostas a incluir no PIDDAC, contemplando “investimentos públicos necessários a resolver os problemas mais prementes com que se confrontam as populações do distrito”. Entre essas propostas destaca-se na área da saúde, a construção de uma noa unidade hospitalar na zona sul do distrito de Santarém. O PCP destaca ainda a inscrição da ver-

ba de 1,5 milhões de euros necessária à execução imediata das obras de reparação que permitam a reabertura da ponte sobre o Tejo em Constância. Dá prioridade à consolidação das encostas de Santarém, cujo projecto global já está concluído e implica agora o recurso a fundos comunitários e um forte empenhamento da parte da Administração Central. O PCP propõe ainda a remodelação e modernização da estação ferroviária do Entroncamento, incluindo a construção da passagem desnivelada da linha da Beira Baixa.

A

Deputado António Filipe apresentou as prioridades do PCP para o distrito.


24 SANTARÉM

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

SOBRE O AUTOR

Ex-combatentes de Alcanhões reunidos em livro de memórias Testemunhos ∑ Obra apresenta 29 relatos na primeira pessoa, todos de naturais da freguesia “Alcanhões na Guerra de África (1961 – 1974)” é o nome da obra que reúne os testemunhos directos de 29 ex-combatentes nascidos na freguesia de Alcanhões, e que vai ser lançada no próximo dia 27 de Novembro, às 15 horas, no auditório da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo. Os depoimentos foram recolhidos por Mário Ferreira Santos, ele próprio um veterano natural de Alcanhões que encetou este projecto na convicção de que “este tipo de relatos deve ficar para as gerações futuras”. “Quero que os protagonistas sejam aqueles que relatam as suas experiên-

cias, algumas delas bastante duras, e não eu, que me limitei a ouvi-los”, disse ao nosso jornal Mário Ferreira Santos, sublinhando a riqueza da obra “está na história que cada um conta, alguns deles feridos com gravidade, outros amputados ou com marcas para toda a vida, e até um prisioneiro de guerra, que foi dado como morto à família e acabou por regressar”. O livro é uma “homenagem” à terra que os viu nascer. “Estão lá colegas da escola e amigos de infância que cresceram comigo”, explica, acrescentando que chegou a temer não concluir o projecto.

A Mário Ferreira Santos “Há relatos muito emocionados, que começaram a mexer com os próprios sentimentos”, desabafa. Durante cerca de ano e

meio, o autor, que prefere definir-se como “um simples narrador”, reuniu 29 depoimentos de militares que estiveram nos três tea-

tros de operações, Angola, Moçambique e Guiné. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

Bancário reformado, Mário Ferreira Santos tem hoje 62 anos e reside há cerca de três décadas em Almeirim. Saiu de Alcanhões aos 19 anos, quando se alistou como militar na Força Aérea, tendo sido colocado na Base Aerea de OTA. Depois da primeira comissão em Moçambique, regressou a Portugal e foi colocado no Regimento Caçadores Paraquedistas em Tancos, de onde foi nomeado para a segunda comissão, também em Moçambique. Segundo o próprio, a ideia de recolher os testemunhos dos ex-combatentes começou a germinar poucos anos após o regresso de África, mas só agora a conseguiu materializar.


SANTARÉM 25

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Sociedade de Gestão Urbana incentiva reabilitação da cidade Gestão urbana ∑ Empresa municipal vai definir área de recuperação urbana no centro histórico A Sociedade de Gestão Urbana de Santarém STR-URBHIS propõe-se apoiar a recuperação de fachadas e telhados em 50 edifícios no centro histórico e zona ribeirinha em 2011 e vai reabilitar edifícios do Município como incentivo e exemplo aos proprietários. A STR-URBHIS, empresa de capitais exclusivamente municipais criada há cerca de três meses, apresentou o seu plano de actividades para 2011, no qual se inclui a criação do programa “URBHIS Renovação”, que prevê pequenos apoios, no valor máximo de 7500 euros, para a requalificação de fachadas

e coberturas em edifícios degradados. António Valente, vereador na Câmara de Santarém e presidente do conselho de administração da empresa, disse que a STRURBHIS terá como principal missão a definição de uma Área de Recuperação Urbana (ARU) no centro histórico e a transformação, em colaboração com a Sociedade de Reabilitação Urbana criada no âmbito da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, da Área Crítica de Recuperação e Reconversão Urbana da Ribeira e Alfange em ARU, o que permitirá aos proprietários terem acesso a um conjunto de incen-

A O vereador António Valente apresentou o plano de actividades da empresa. tivos para intervenções de maior fôlego em edifícios que estão degradados. Aempresa tem em fase de conclusão um projecto

para recuperação do antigo Palácio Landal, onde tem instalada a sua sede, intervenção estimada em 748 mil euros que quer

candidatar a fundos comunitários no âmbito da regeneração urbana, com comparticipação prevista de 70 por cento.

EMPRESA MUNICIPAL COM ORÇAMENTO DE 730 MIL EUROS A Sociedade de Gestão Urbana de Santarém STR-URBHIS propõese conseguir o patrocínio de um privado para comparticipar nos dísticos de estacionamento para moradores. Do plano de actividades, que terá ainda de ser aprovado pela Assembleia Municipal, faz também parte um plano de controlo de pragas (pombos, ratazanas e baratas). O contrato programa com a autarquia, que prevê um financiamento de 730 mil euros, foi aprovado segunda-feira, na sessão da Câmara de Santarém, com os dois vereadores do PS a recusarem votar a deliberação por esta acontecer antes da aprovação do orçamento para 2011.


26

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

região lezíria do tejo “CAMPEADOR” ELEITO O MELHOR LUSITANO DA FEIRA

A A 35ª edição da Feira Nacional do Cavalo venceu a crise e levou verdadeiras enchentes à pequena vila ribatejana

Alto rendimento na Golegã Desportos Equestres ∑ Centro representa um investimento de 3,2 milhões de euros O futuro Centro de Alto Rendimento para a Prática de Desportos Equestres vai ser uma das grandes novidades da edição de 2011 da Feira Nacional do Cavalo. O contrato de financiamento para a construção do novo equipamento foi assinado no sábado, 13 de Novembro, entre o presidente da Câmara Municipal da Golegã, Veiga Maltez, e Helena Azevedo, gestora do Programa Operacional de Va-

lorização Territorial, na presença do Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto. “Este centro é a cereja em cima do bolo, dentro da estratégia de desenvolvimento que a Golegã traçou em torno do cavalo”, frisou o presidente da autarquia, sublinhando que o município “vai ter que saber rentabilizar este equipamento”, orçado em cerca de 3,2 milhões euros, comparticipados em 70%

por fundos do FEDER. “Vai ser muito importante para o desenvolvimento económico do concelho, uma vez que é um equipamento de excelência que pode afirmar Portugal no prestigiado mundo dos desportos equestres”, sublinhou Veiga Maltez, para quem o centro tem todas as condições para se tornar num pólo de captação de investimento e de atracção de riqueza para a região. “Temos gosto em criar as

condições para que os atletas portugueses possam ombrear com os melhores a nível internacional”, disse o secretário de Estado do Desporto, defendendo que o país tem que apostar no desporto de alta competição. “Durante muitos anos, fomos vivendo à custa dos predestinados, que contra tudo e contra todos conseguiram grandes vitórias”, continuou Laurentino Dias, dando como exemplo Rosa Mota, que

marcou presença na cerimónia de assinatura do protocolo. Para o responsável da tutela, faz todo o sentido apostar nos desportos equestres nesta vertente de alta competição, uma vez que se trata de uma modalidade que não falha uma edição dos Jogos Olímpicos desde 1988 e deu a Portugal a sua primeira medalha olímpica de sempre. João Nuno Pepino

Acordo bilateral para preservar raça lusitana As associações portuguesa e brasileira de criadores do cavalo lusitano firmaram um protocolo que define as normas científicas para a reprodução e o apuramento desta raça no Brasil, país onde este animal genuíno de Portugal começa a suscitar cada vez mais interesse. Firmado no passado dia 1 de Outubro, o acordo entre a Associação Portuguesa de

Criadores do Cavalo Puro Sangue Lusitano (APSL), a Associação Brasileira de Criadores do Puro Sangue Lusitano e a Fundação Alter Real foi homologado pelo ministro da Agricultura, António Serrano, na quinta-feira, 11 de Outubro, na Golegã, durante a XXIV Feira Nacional do Cavalo / XII Feira Internacional do Cavalo Lusitano. “É um dia histórico para

o cavalo lusitano”, afirmou Manuel Campilho, presidente da APSL. “Sendo o cavalo lusitano um produto de excelência do mundo rural que queremos levar ao mundo inteiro, o Brasil é, sem dúvida, um parceiro fundamental neste objectivo de internacionalização”, acrescentou o responsável, sublinhando que o acordo tripartido foi um processo moroso e com vá-

rias complicações. “O protocolo anterior assinado em 2004 tinha vários problemas que causou constrangimentos em ambas as partes”, reconheceu Geraldo Le Foss, o representante dos criadores brasileiros. No fundo, este protocolo vem pacificar as relações entre os criadores dos dois países, sublinhou Geraldo Le Foss, que disse que o Brasil tem todo o interesse

em defender a raça pura e a imagem do cavalo lusitano. As normas técnicas, morfológicas e genealógicas definidas no protocolo vêm dar “mais rigor à defesa da raça”, disse António de Sousa, presidente da Fundação Alter Real, que destacou também a importância deste acordo a nível da promoção e valorização do cavalo lusitano em mercados estrangeiros.

O “Campeador”, um poldro de três anos da Coudelaria de Santa Margarida, foi considerado o melhor cavalo da raça lusitana, recebendo assim o título mais disputado pelos criadores presentes na feira. O novo vencedor relegou para o segundo lugar “Bariloche”, um lusitano de quatro anos do criador e proprietário João Pedro Rodrigues, campeão na edição de 2009. O campeão de raças foi o puro-sangue árabe “Cantiflas”. Durante os 10 dias da XXXV Feira Nacional do Cavalo / XII Feira Internacional do Cavalo Lusitano, que se misturam com a secular feira de São Martinho, a Golegã foi o centro do mundo equestre, num certame que continua, de ano para ano, a bater recordes de visitantes, com destaque para o aumento do número de estrangeiros. “Superou todas as expectativas”, resumiu em jeito de balanço o presidente da Câmara, Veiga Maltez, destacando o impacto económico da feira em toda a região numa conjuntura “descolorida” pela crise. A organização registou a inscrição de cerca de 1.500 cavalos e 200 charretes, números superiores aos da edição anterior. Em 2011, a feira regressa com um figurino diferente. O centro de alto rendimento receberá algumas das provas desportivas, continuando toda a vertente tradicional e castiça no Largo do Arneiro.


RIO MAIOR | REGIÃO 27

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

UNIVERSIDADE SÉNIOR INICIOU ANO LECTIVO

APANHADO EM CONTRAMÃO NA SALGUEIRO MAIA

A Universidade Sénior de Rio Maior (USRM) assinalou a abertura do ano lectivo 2010 / 2011 com uma sessão solene que se realizou no cineteatro da cidade, no passado dia 12 de Novembro. A oração de sapiência, subordinada ao tema “República e Cidadania”, foi proferida pela conferencista Isabel Xavier. Isaura Morais, presidente da Câmara de Rio Maior, entidade que dinamiza a USRM em parceria com a Santa Casa da Misericórdia, lamentou não ter uma chave nova para entregar, mas afirmou que a autarquia está a trabalhar no sentido de encontrar um espaço condigno para acolher a universidade.

É A GNR de Almeirim interceptou um condutor alcoolizado que andou em contramão no IC10, à entrada do tabuleiro da Ponte Salgueiro Maia, no sábado à noite, por volta das 23h30. O homem, ao volante de uma carrinha Toyota Hilux, percorreu pouco mais de um quilómetro fora de mão no sentido Almeirim – Santarém, quando se apercebeu do erro. Segundo conseguimos apurar, já tinha invertido a marcha quando foi mandado parar pela patrulha, ao quilómetro 4 do IC10. O condutor, um sexagenário residente no concelho de Alpiarça, foi levado ao posto de Santarém, onde acusou uma taxa de alcoolemia superior à permitida por lei.

OLGA PAULA INTEGRADA NO CLAS A presidente da Junta de Freguesia de Ribeira de São João, Olga Pau la , está of icia lmente integrada como conselheira para a igualdade de género no Conselho Local de Acção Social (CLAS) de Rio Maior desde o dia 10 de Novembro. Cabe-lhe acompanhar e dinamizar a implementação de medidas de promoção da igualdade, de prevenção da violência doméstica e outras formas de discriminação, e divulgar informações sobre a igualdade de género nos domínios da educação para a cidadania e protecção da maternidade e da paternidade, entre outras tarefas.

TERTÚLIA SOBRE IMIGRAÇÃO “Imigração e tolerância” é o nome da tertúlia que o Centro Local de Apoio à Integração dos Imigrantes (CLAII) de Rio Maior vai realizar no dia 20 de Novembro, com o objectivo de assinalar o dia internacional para a tolerância. Esta iniciativa começa às 15 horas, no cine-teatro de Rio Maior.

A Cuidados de saúde primários foram alvo de uma profunda reorganização

Centro de saúde tem novo modelo de funcionamento Rio Maior ∑ Unidade quer servir melhor a população do concelho O centro de saúde de Rio Maior foi alvo de uma profunda reorganização ao nível dos cuidados de saúde primários, e passará agora a funcionar num modelo dividido em quatro unidades, com novos serviços. Destinada à população inscrita nos ficheiros dos respectivos clínicos, a Unidade de Saúde Familiar (USF) Salinas funciona de segunda a sexta-feira, entre as 8 e as 20 horas, com seis profis-

sionais, coordenados pela médica Anabela Coelho. Para a população residente sem médico de família ou aos que recorrem esporadicamente ao centro de saúde, foi criada a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados (USCP), com quatro profissionais, e que funciona no mesmo horário. Entre as 20 e as 24 horas, o centro de saúde terá um Serviço de Atendimento Complementar (SAP),

destinado a prestar atendimento médico e de enfermagem fora do horário de funcionamento das unidades de saúde e aos fins-de-semana e feriados, dias em está aberto das 8 às 24 horas. A Unidade de Cuidados Continuados (UCC) de Rio Maior destinase a prestar cuidados de saúde e apoio psicológico e social, de âmbito domiciliário e comunitário, sendo especialmen-

te dirigido aos munícipes mais carenciados. A unidade é composta por cinco enfermeiras, coordenadas por Celeste Nogueira, e dispõe de médica, fisioterapeutas, terapeuta ocupacional, psicóloga e higienista oral. O centro de saúde passará ainda a dispor de uma Unidade de Saúde Pública, para projectos de intervenção comunitária, pareceres técnicos, vistorias e colheita de águas.

Vereadores do PS abandonaram reunião de Câmara de Rio Maior Os três vereadores do PS abandonaram a reunião extraordinária da Câmara de Rio Maior na quarta-feira, 17 de Novembro, antes da discussão do primeiro ponto, relacionado com a reorganização dos serviços do município. A atitude dos eleitos socialistas impediu a continuação da sessão por falta de quórum, uma vez que o vereador Nuno Malta, da maioria PSD / CDS, também esteve ausente, e a reunião não poderia continuar com uma minoria formada

pelos três elementos do executivo que restavam. Os vereadores do PS justificaram o abandono da reunião alegando não ter havido uma reunião prévia para discutir um assunto tão importante como a reestruturação dos serviços da Câmara, uma vez que não podiam votar sobre documentos dos quais não tinham conhecimento nem lhes foi dado tempo para os estudar. A presidente da autarquia, Isaura Morais, considerou de “inquali-

ficável” a atitude do PS, que impede este assunto de ser discutido na próxima sessão da Assembleia Municipal, agendada para sábado, 20 de Novembro. Segundo a autarca, a reorganização decorre de uma imposição legal que tem que estar concluída até final de Dezembro, e que visa tornar mais eficientes os serviços da autarquia. Em comunicado, o PSD de Rio Maior condena esta “atitude de mera politiquice que em nada contribui para

a melhoria dos serviços que a autarquia presta ao cidadão” e afirma que “a atitude dos vereadores do PS desde que Silvino Sequeira assumiu a liderança da oposição está ser rica em incidentes e falta de diálogo”. “Se é esta a postura que Silvino Sequeira quer adoptar como líder de oposição, é sinal que nada aprendeu com a forte e clara derrota que os riomaiorenses lhe deram há um ano”, assinala o presidente da comissão política concelhia, João Lopes Candoso.

INCÊNDIO MATA 16 MIL FRANGOS EM ARROUQUELAS Um incêndio num pavilhão de um aviário em Arrouquelas, Rio Maior, matou mais de 16 mil frangos, na quinta-feira, 11 de Novembro. O incêndio, que se circunscreveu apenas ao pavilhão onde estavam as aves, terá tido origem num curto-circuito, uma vez que começou a arder por dentro, explicou o proprietário da exploração agrícola, Álvaro Duarte Santos. Além do pavilhão onde fazia a criação dos frangos, as chamas destruíram também um silo de farinha. Segundo o dono desta exploração de cariz familiar, que não tem qualquer empregado, os prejuízos totais deverão ascender aos 20 mil euros. O aviário tinha coberturas de seguros para várias situações, e a indemnização deverá ser calculada após as peritagens. O mesmo pavilhão onde estavam os frangos tinha sido danificado há cerca de um ano, durante uma intempérie que lhe arrancou a cobertura. Álvaro Duarte Santos estima que a reconstrução da estrutura vá agora demorar vários meses.


28 REGIÃO | ALMEIRIM

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Regantes formam associação Almeirim e Alpiarça ∑ Projecto avança em parceria nos dois concelhos As inscrições para a futura associação de regantes de Almeirim e Alpiarça estão abertas até ao próximo dia 26 de Novembro, podendo os agricultores formalizar a sua adesão em qualquer uma das Câmaras Municipais. As autarquias promoveram duas sessões públicas de esclarecimento, onde deram a conhecer os ob-

jectivos da criação desta nova associação, para já ainda sem nome. A constituição de uma associação de regantes permite diminuir os custos com regas em cerca de 50%” e proteger os lençóis freáticos de uma utilização excessiva. Com este sistema, cada proprietário deixa de utilizar o seu próprio furo e passa a re-

ceber a água para a rega directamente do Tejo ou da Vala Real através de um único sistema, monitorizado através de meios informáticos. Outra das vantagens está relacionada com o facto de serem possíveis candidaturas a fundos comunitários específicos, em que alguns dos projectos poderão mesmo ser apoiados a 100%. Pedro

Ribeiro, vice-presidente da Câmara de Almeirim, já tinha adiantado aquando da apresentação do projecto que esta é a oportunidade para concretizar “a tão desejada ligação do Tejo à Vala, assim como a construção de vários diques na Vala Real” e criar um espelho de água que permita a realização de actividades de lazer e desportivas.

A

A primeira pedra do centro escolar das Fazendas de Almeirim foi lançada pelo actual ministro da Presidência, Jorge Lacão, em plena campanha eleitoral

PDM alterado para legalizar centro escolar A Assembleia Municipal de Almeirim aprovou uma alteração à planta urbanística de Fazendas de Almeirim para legalizar o centro escolar da vila, que tem vindo a ser construído em clara violação ao Plano Director Municipal (PDM) em vigor no concelho. Em sessão extraordinária realizada na terça-feira, 16 de Novembro, a alteração ao PDM acabou por ser aprovada com os votos favoráveis da maioria PS e do PSD, a abstenção do MICA e o voto contra da CDU, apesar de todos os eleitos da oposição terem tecido duras críticas à forma como a Câmara conduziu todo o processo. A legalização da violação era a única forma de continuar as obras, que estão suspensas desde Junho, e da autarquia receber a comparticipação comunitária do QREN para este equipamento orçado em cerca de 1,8 milhões de euros. Recorde-se que está a ser edificado desde Setembro de 2009 num terreno que a Câmara comprou, classificado em PDM como “zona de reserva particular”, e onde a dimensão do centro escolar excede largamen-

te os limites de construção permitidos. O presidente da Câmara, José Sousa Gomes, explicou que o problema só foi detectado após o licenciamento do projecto (aprovado pela própria autarquia) e com a obra já em curso, mas a confissão do lapso não convenceu a oposição. “Pura e simplesmente não acreditamos que o presidente da Câmara, o executivo ou os serviços técnicos da autarquia desconhecessem a condicionante imposta pelo PDM”, disse Aquilino Fidalgo, pelo MICA. A alteração acabou por ser aprovada com base num parecer favorável da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT), a mesma entidade que já tinha detectado a violação, pronunciando-se na altura pelo embargo da obra. Recorde-se que o processo relativo ao centro escolar foi um dos que esteve na mira da Polícia Judiciária durante as buscas realizadas na Câmara de Almeirim e em várias empresas de construção civil do concelho, no passado mês de Julho.


GOLEGÃ | CORUCHE | REGIÃO 29

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

GNR APREENDE PINHAS MANSAS A GNR identificou um homem que transportava pinhas mansas fora do período permitido por lei, na quinta-feira, 11 de Novembro, no Biscainho, Coruche. A legislação proibe a colheita, transporte e armazenamento destas pinhas entre 1 de Abril e 15 de Dezembro

ESFAQUEADO EM RIXA Um homem foi esfaqueado no abdómen e no braço durante uma rixa entre dois indivíduos de etnia cigana, na Feira Nacional do Cavalo, na quinta-feira, 11 de Novembro. A briga ocorreu por volta das 13h30, numa altura de grande movimento de visitantes que procuravam um lugar para almoçar nos muitos restaurantes daquela rua. O ferido foi transportado ao hospital de Torres Novas.

Câmara financia unidade de cuidados continuados Coruche ∑ Autarquia paga 25% de equipamento de “inegável interesse municipal” A Câmara Municipal de Coruche vai suportar 25% dos custos de construção da nova unidade de cuidados continuados (UCC) da Santa Casa da Misericórdia de Coruche, um projecto que ronda os dois milhões de euros de investimento. O protocolo foi assinado no passado dia 10 de Novembro pelo presidente da autarquia, Dionísio Mendes, e pela provedora da instituição, Maria da Graça Cunha. Segundo uma nota de imprensa da autarquia, a Câmara decidiu conceder este apoio porque trata-se “é uma obra de inegável interesse municipal e vem dar continui-

A Equipamento da Misericórdia terá uma capacidade de 30 camas dade à política de saúde levada a cabo pelo município”. A nova UCC vem dar resposta “aos utentes que, não tendo critérios para continuar internados numa unidade hospitalar nem condições para

permanecer no seu domicílio, possam usufruir de todos os cuidados médicos e de enfermagem de que necessitem”, assinala a mesma nota. A unidade vai criar 37 postos de trabalho, 19 dos quais

qualificados, terá capacidade para 30 camas, (10 para internamentos de média duração e 20 de longa duração), e será o único equipamento desta natureza no concelho de Coruche.

CORUCHE MOSTRA OBRA A Câmara de Coruche promoveu um périplo pelas obras que estão em curso no concelho no sábado, 13 de Novembro. A visita, que reuniu cerca de 30 eleitos do município, incluiu também as seis novas ETAR’s que estão em fase de conclusão, da responsabilidade da empresa intermunicipal Águas do Ribatejo. As obras das ETAR’s, que representam um investimento total que ronda os 13 milhões de euros, estão a decorrer nas freguesias do Couço, Santana do Mato e São José da Lamarosa, a que se juntam também o sistema de saneamento dos Foros de Coruche e ligação à ETAR de Coruche. No concelho, há duas ETAR’s concluídas, a do Couço e da Zona Industrial do Monte da Barca, que aguardam ligação eléctrica à rede da EDP para entrarem em funcionamento.


CARTAXO | REGIÃO 31

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Escola Secundária do Cartaxo com 30 anos dedicados ao ensino Missa Campal ∑ homenageou docentes, funcionários e alunos que marcam a história da instituição A Escola Secundária do Cartaxo comemorou 30 anos de existência e dedicação ao ensino, no passado dia 17 de Novembro. Um dia que ficou marcado pela entrega de prémios de mérito e excelência aos alunos dos vários anos lectivos, e que viram assim o seu mérito, empenho e dedicação aos estudos, reconhecido. Ao todo, três décadas devotas ao ensino, com episódios que marcaram a história pela positiva mas também pelo negativa como a violenta explosão seguida de um incêndio, que ocorreu numa sala de aula, a 25 de Janeiro de 1985, vitimando professores e dezenas

de alunos, acabando alguns deles por não resistirem aos ferimentos e morrerem. Um momento que escola, alunos e população local nunca esquecerá. Mas se essa é uma página do livro que nunca poderá ser arrancada, os momentos felizes, todos os alunos que por ali passaram, docentes e funcionários também o são e em homenagem a todos eles, os que cá estão e os que já partiram, realizou-se em pleno átrio da escola secundária, uma missa campal. Segundo Isabel Rodrigues, professora e porta-voz da escola “este foi um momento de fraternidade, realizado em

A Melhores alunos receberam prémios de mérito e excelência tom de alegria. Uma homenagem a todos os que fazem parte da história desta escola, aos que já não

estão entre nós e também um modo de enterrar o estigma do incêndio perante alunos e população” re-

feriu a professora em tom de alegria pelo sucesso da iniciativa, que contou com a participação dos escutei-

ros do Cartaxo e ainda um tenor, antigo aluno da instituição de ensino. Também Paulo Varanda, vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo e um representante da Direcção regional de Lisboa e Vale do Tejo (DRELVT), estiveram presentes no certame, enfatizando a importância e o papel da escola na comunidade local, principalmente nesta altura de crise que se avizinha. Um dia de reflexão pelo longo caminho dedicado ao conhecimento e ao saber, mas também de festa, pelo bom trabalho que a escola tem realizado sempre m prol da educação e formação dos seus alunos.


Água

Excelência Novos sistemas de Informação • Call Center – redireccionamento de chamadas, redução tempos de espera, respostas mais eficientes num serviço disponível 24h/24h, 365 dias/ano • Sistema de Gestão de Filas de Espera – reorganização dos serviços de atendimento de acordo com as necessidades e perfil do cliente em presença e/ou das solicitações espectáveis

Até em

1.ª F com Fund

Conclu Em Co

Investimos em • Melhoria das instalações no sector operacional • Acreditação do Laboratório – Fase final do processo de acreditação de 16 métodos físico-químicos – NP EN ISSO/IEC 17025.2005 • Novos equipamentos – Limpa fossas • Recuperação da dívida dos clientes – maior justiça relativa, mais eficiência • Vestuário personalizado – Maior conforto dos profissionais, segurança e melhor imagem para os clientes

• Novo site, www.aguasdesantarem.pt, mais perto dos clientes – Comunicar leituras, comunicar avarias, sugestões/reclamações, informações diversas, pedidos online, informações sobre falhas no abastecimento, notícias e novidades sobre o sector e a temática da água e ambiente.

Acçõe na Acções Educação Ambiental Educa • Acçõe Acções de Sensibilização e Educação Ambie Ambiental – preservação da qualidade da água e do meio ambiente – Distinguido com o 2º lu lugar na selecção das Melhores Acções Edu de Educação Ambiental pelo ENEG 2009

Contributo social • Estágios • Visitas de Estudo; • Acções de Sensibilização / Educação Ambiental

Cliquem em www.aguasdesantarem.pt e aprendam, brinquem, divirtam-se…

OBRAS COMPARTICIP


as de Santarém desde 2008

a é a nossa meta! Inovar, Renovar e Melhorar é o nosso percurso

é 2013 vamos investir mais de 40 Milhões de euros m saneamento básico com apoio dos Fundos de Coesão 2ª Fase – 23,5 Milhões de euros comparticipados em mais de 14 Milhões de euros pelo Fundo de Coesão

Fase – Mais de 9 Milhões de euros mparticipados em quase 6 milhões pelo do de Coesão

• Abrã; • Almoster; • Alqueidão do Rei; • Santarém; • Santos; • Tremês; • Vale de Santarém; • Vaqueiros

uído: • Etar de Pernes; • ETAR de Póvoa de Santarém; onstrução: • Amiais de Baixo; • Alcanede

Investimento Próprio • 4 Milhões de euros em Ramais domiciliários • 643 Mil euros na remodelação e renovação das redes de abastecimento

PADAS PELO POVT

Em 2013 • Taxa de cobertura no abastecimento de Água, 99%; • Taxa de cobertura de saneamento básico, 92% das redes de abastecimento

Pequenos Aglomerados Urbanos – 3,5 Milhões de euros comparticipado em mais de 2 Milhões de euros pelo Fundo de Coesão • Canal; • O Almeirim e Azenha; • Aldeia • Advagar; • Azóia de Cima

Praça do Visconde Serra do Pilar | 2001-904 Santarém Tel. 243 305 050 / Fax: 243 305 051 geral@aguasdesantarem.pt


34 PUBLICIDADE

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

O jornal “O Ribatejo” agradece os parabéns endereçados pelas Juntas de Freguesia

JJunta de Freguesia de Arneiro das Milhariças

JJunta de Freguesia da Várzea

SANTARÉM

SANTARÉM

Junta de Freguesia de Fazendas de Almeirim

JJunta de Freguesia da Lapa

ALMEIRIM

CARTAXO

Junta de Freguesia de Azinhaga

JJunta de Freguesia de Pernes www.jfpernes.pt

Junta de Freguesia de Santa Iria da Ribeira SANTARÉM

Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo ALMEIRIM

J Junta de Freguesia de d Amiais de Baixo

GOLEGÃ

SANTARÉM

SANTARÉM

JJunta de Freguesia de Achete

JJunta de Freguesia de Bemposta

Junta de Freguesia de Valada

SANTARÉM

SANTARÉM

CARTAXO

Junta de Freguesia da Raposa

Junta de Freguesia da Póvoa da Isenta

ALMEIRIM

SANTARÉM

JJunta de Freguesia de S. Miguel do Rio Torto ABRANTES

Junta de Freguesia de Vale da Pedra CARTAXO

JJunta de Freguesia da Cartaxo

Junta de Freguesia de S. Vicente do Paul d

CARTAXO

CARTAXO


ALMEIRIM | REGIÃO 35

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Dois proprietários reclamam casa demolida

CÂMARA EMITIU LICENÇA DE OBRAS À MISERICÓRDIA

Almeirim ∑ Misericórdia de Santarém acusa Câmara de ter destruído imóvel que lhe pertence

Para complicar mais a situação, a Câmara de Almeirim emitiu, a 16 de Agosto, uma licença para que a Misericórdia pintasse e recuperasse a fachada do imóvel, obras que a Santa Casa de Santarém se preparava para iniciar. “Sinceramente, não consigo compreender como foi possível isto acontecer”, desabafa Mário Rebelo. “Enquanto decorreram as negociações, os serviços nunca se aperceberam de nenhum pedido em nome da Santa Casa, o qual eu não duvido que exista”, acrescentou Sousa Gomes. “Nós sabemos que a casa ao lado, uma antiga serralharia, é propriedade da Misericórdia. Se, entretanto, o imóvel que demolimos, lhe foi doado é algo que desconhecemos e que vamos ter de apurar confrontando os documentos que existem”, afirma o autarca.

Uma casa devoluta que a Câmara Municipal de Almeirim demoliu está a ser reclamada por dois proprietários, um particular e a Santa Casa da Misericórdia de Santarém (SCMS). “Devemos estar perante um imbróglio jurídico complicado, porque vamos ter que descobrir quem é realmente o dono do imóvel”, disse ao nosso jornal o presidente da autarquia, Sousa Gomes. Segundo o mesmo, a Câmara chegou a um acordo com o alegado proprietário para demolir o edifício com o objectivo de construir no local um parque de estacionamento público. “Conheço a família que ali habitou há mais de 60 anos, tal como o herdeiro que sempre julgámos ser o legítimo proprietário”, explicou Sousa Gomes. “Foi a Câmara que o

A Prédio situa-se na rua Dr. Francisco Godinho, com ligação à rua 5 de Outubro pelas traseiras contactou no sentido de lhe propor a demolição e a disponibilização do espaço para estacionamento, e recebemos de imediato uma resposta positiva”, afirma Sousa Gomes, adiantando que, posteriormente, foi redigido “um protocolo de

entendimento em que o senhor apresentou toda a respectiva documentação que lhe confere a propriedade do imóvel”. Mário Rebelo, o provedor da Misericórdia de Santarém, diz-se “chocado e estupefacto”. “Temos a ca-

derneta e certidão do registo daquele imóvel e aguardamos por uma explicação por parte da Câmara de Almeirim”, disse ao nosso jornal Mário Rebelo, que já convocou os mesários da SMCS para uma reunião na segunda-feira, 22 de No-

vembro, “onde será discutido como vamos proceder para exigir responsabilidades pelo facto de um propriedade da Misericórdia ter sido irremediavelmente destruída”. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt


36 PUBLICIDADE

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

O jornal “O Ribatejo” agradece os parabéns endereçados pelas Juntas de Freguesia

JJunta de Freguesia da Moçarria SANTARÉM

Junta de Freguesia de Vale de Santarém

J Junta de Freguesia de d Vale de Figueira

SANTARÉM

SANTARÉM

JJunta de Freguesia de S. Salvador

JJunta de Freguesia da Gançaria

SANTARÉM

SANTARÉM

Junta de Freguesia da Louriceira ALCANENA A Junta agradece a confiança de todos os louriceirenses

JJunta de Freguesia de Vaqueiros SANTARÉM

Junta de Freguesia S. José da Lamarosa CORUCHE

Junta de Freguesia de Tremez SANTARÉM

JJunta de Freguesia de S. Nicolau SANTARÉM

JJunta de Freguesia de Assentis TORRES NOVAS

Junta de Freguesia da Golegã GOLEGÃ

Junta de Freguesia de Rossio ao Sul do Tejo

JJunta de Freguesia de Vila Chã de Ourique

JJunta de Freguesia de Almeirim

ABRANTES

CARTAXO

ALMEIRIM

Junta de Freguesia da Branca CORUCHE

JJunta de Freguesia de Pontével CARTAXO

Junta de Freguesia do Biscainho CORUCHE


CARTAXO | REGIÃO 37

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

CÂMARA COLOCA LOTES À VENDA NA ZONA INDUSTRIAL DE PONTÉVEL

Área empresarial do Falcão vai ser infra-estruturada Cartaxo ∑ Obras devem arrancar em 2011, num investimento de 3,15 milhões de euros A Câmara do Cartaxo vai lançar um concurso público para a infra-estruturação da Área de Localização Empresarial do Falcão, junto ao nó de acesso à A1. As obras, na sua componente de parque de ciência e tecnologia, devem ter início em 2011 e representam um investimento total de cerca de 3,15 milhões de euros. Segundo uma nota de imprensa da Câmara, “o investimento será assegurado pelo município do Cartaxo, com financiamento comunitário a fundo perdido de 80%”. O projecto que vai ser alvo de concurso inclui trabalhos de terraplanagem, construção de

arruamentos, pavimentos e sinalização, assim como a instalação das redes de abastecimento de água e telecomunicações, e serviço de combate a incêndios. Está também prevista a construção de uma ETAR e correspondente rede de drenagem de águas domésticas. Na reunião de Câmara de terça-feira, 16 de Novembro, onde o lançamento do concurso foi aprovado por unanimidade, o presidente Paulo Caldas explicou que foi “apresentada e está já aprovada, no âmbito do Inalentejo, uma candidatura de três milhões de euros que prevê a construção de um Cen-

A A área de localização empresarial situa-se junto ao nó de acesso à A1 tro de Incubação de Empresas” e de um “amplo conjunto de equipamentos destinados a actividades ligadas à inovação e ao empreendedorismo”. O financiamento vai ser possível porque a autarquia, em colaboração com a Ner-

sant “integrou o Parque de Ciência e Tecnologia da ALE do Falcão na Rede de Parques de Ciência e Tecnologia do Alentejo, passando este a fazer parte de um projecto estratégico de desenvolvimento regional e nacional”, acrescen-

tou o presidente da Câmara. Paulo Caldas explicou ainda que os terrenos que vão ser intervencionados – cerca de 5,9 hectares – vão passar a ser propriedade do município, “que assim reforça a sua posição na ALE”.

Na mesma reunião de Câmara, o executivo municipal aprovou também por unanimidade a venda de cinco lotes de terreno para instalação de empresas na Zona de Actividades Empresariais do Casal Branco, freguesia de Pontével. São os cinco lotes que o município ainda possui, com cerca de 2.500 metros quadrados de área cada um e que serão vendidos a um preço base de licitação de 15 euros o metro quadrado. Os lotes têm como condições preferenciais de aquisição a localização da sede das empresas, o facto de se tratarem de empresas não poluentes e de serem empresas utilizadoras de energias renováveis, sendo ainda factor preferencial o número de postos de trabalho a criar com a instalação da unidade empresarial.


39

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

região médio tejo santarém PAULO FONSECA CRÍTICA REDUÇÃO DE APOIOS A COLÉGIOS O presidente da Câmara de Ourém, Paulo Fonseca, contestou a eventual redução dos apoios do Ministério da Educação aos três colégios de Fátima, considerando que se trata de “uma situação lamentável e inaceitável”. Numa carta enviada à ministra da Educação, o autarca refere que na freguesia de Fátima “não existe escola pública na verdadeira acepção da palavra”, mas três colégios que “funcionam em regime de contrato de convenção” com a tutela. “São as escolas que existem, desde sempre, onde é ministrada educação completa, universal e transversal, sendo frequentados, nos termos da Lei, por alunos que têm as suas origens nos mais diversos estratos sociais e onde atestamos a elevadíssima qualidade educativa, conforme se pode confirmar pelos rankings de análise das escolas”, adianta o socialista Paulo Fonseca. O autarca lembra que nestes colégios, que têm cerca de 2700 alunos, não vislumbra “qualquer diferença com as escolas oficiais”, considerando que são “escolas de vocação pública, pois atendem todos os alunos na sua área de influência”. O presidente da Câmara manifesta preocupação, “na sequência dos cortes orçamentais previstos para 2011”, com a redução, “de cerca de 30%, com retroactivos a Setembro último”, das verbas previstas para estes colégios, enquanto “a chamada escola pública sofreria um corte global de cerca de 11 por cento”. Paulo Fonseca alerta ainda que esta decisão “levará ao despedimentos de professores e funcionários e ao encerramento de algumas turmas, senão das próprias escolas, já no presente ano lectivo”.

CABAZES “PROVE” EXCEDEM PROCURA

A Jorge Dias foi alvo de uma queixa apresentada pela Câmara por levar um burro para a porta dos serviços

Protesto com burro não chega a julgamento Despacho ∑ Juízes consideram que queixoso exerceu a sua liberdade de expressão O processo de difamação que a Câmara Municipal de Abrantes moveu contra um empresário local que protestou de burro junto aos serviços da autarquia foi arquivado pelo Ministério Público (MP). Em 2009, Jorge Ferreira Dias, 54 anos, empresário de construção civil, levou um burro para a porta dos paços do concelho pela “absoluta asfixia financeira” em que se encontrava, acusando o município de promover uma “perseguição” aos seus projectos e alertando para situações de “falsificação de documentos, burla e pedidos de comissões”, por parte da instituição. No seguimento do protesto, a Câmara, então presidida por Nelson de Carvalho, apresentou uma queixa-crime contra o empresário para “defesa do bom nome” da autarquia e para o “apuramento cabal de responsabilidades pelas afirmações proferidas”. Segundo o despacho

de arquivamento do MP, os actos e expressões utilizadas por Jorge Dias são uma “manifestação de liberdade de expressão numa sociedade que se deseja plural e democrática, sendo um desabafo público de frustração resultante dos graves prejuízos para a sociedade de que é sócio gerente”. Nelson de Carvalho disse à Lusa não ter ficado surpreendido com a decisão do MP, mas acrescentou que o protesto “teve acusações públicas graves, como a da falsifica-

ção de documentos, e essas suspeitas teriam de ser materializadas em provas”. “Por outro lado”, continuou, “prendeu um burro à porta de um atendimento de serviço público, bloqueando a entrada, no que configura um comportamento inadmissível e que, eventualmente, incorreria também em moldura penal”. Para o autarca, a decisão do MP foi “encarada com naturalidade”, mas “a Câmara tinha de marcar a sua posição”. À Lusa, Jorge Ferreira

Empresário e filho não pensam cortar a barba

∑ O empresário, que foi notícia por não cortar a barba há três anos em “manifestação de protesto”, hoje com mais de 30 centímetros de comprimento e a que se juntou o filho, de 26 anos, “por solidariedade, reafirmou que só o fará quando a sua vida “se endireitar” e até que possam, os dois, “andar de cara lavada em Abrantes”.

Dias disse ter ficado “satisfeito” com a decisão de arquivamento do processo, tendo afirmado que a mesma “dá alento e prova que a justiça ainda está a funcionar”. O empresário assegurou que vai “continuar a lutar” por aquilo a que diz ter direito, tendo afirmado ir pedir à autarquia uma indemnização pelos “milhões de euros de prejuízos” causados por uma situação que, reafirmou, “foi originada por burla, pedidos de comissões e falsificação de documentos”. “Tenho provas de tudo o que afirmo e a Câmara em vez de meter processos em Tribunal contra um cidadão que apresenta uma denúncia devia era investigar o que se passa em relação a alguns dos seus funcionários”, observou. Jorge Dias assegurou que voltará com o seu burro para a porta da Câmara “muito em breve” caso a autarquia “não reveja os processos e chame à responsabilidade quem está lá a cometer vigarices”.

A procura de cabazes hortofrutícolas distribuídos semanalmente por uma dezena de pequenos produtores da região de Abrantes excedeu as expectativas e esgotou largamente a capacidade de resposta. O projecto PROVE – “Promover e Vender” está a ser dinamizado em Abrantes, Constância e Sardoal pela Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior (TAGUS), no âmbito do Programa Nacional de Desenvolvimento Rural. No Ribatejo Interior, os cabazes hortofrutícolas começaram a ser comercializados em Setembro, tendo 32 consumidores aderido à iniciativa, comprometendo-se a adquirir um cabaz semanalmente sendo este composto por variadas frutas e vegetais, provenientes das hortas de uma dezena de produtores da região. O peso por cabaz varia entre os sete e os 10 quilos, ao preço unitário de dez euros. Simão Pita, coordenador do projecto PROVE em Abrantes, disse à Lusa que, em apenas um mês, o número de aderentes ao projecto subiu de 32 para 80 e que hoje, dois meses volvidos, “existe uma lista de espera de 60 pessoas” uma vez que os agricultores não têm capacidade de resposta a todas as solicitações. “Não há capacidade de resposta porque falamos de pequenos agricultores que estão dependentes do ciclo de desenvolvimento das plantas e que primam por preservar determinado modo de cultivo, sem a preocupação de um crescimento rápido e sem utilizarem químicos”, adiantou. Segundo Simão Pita, o núcleo de Abrantes “foi, a nível nacional, o que mais aderentes teve na fase inicial e aquele onde o ritmo de crescimento tem sido maior”.


BARQUINHA | TORRES NOVAS | REGIÃO 41

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Torres Novas quer rede lusófona Diplomacia∑ Ministro dos Negócios Estrangeiros diz que Portugal pode ajudar a resolver conflitos António Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, defendeu a criação de uma “rede lusófona” com acções concretas a realizar entre a cidade e Díli (Timor Leste), Água Grande (S. Tomé e Príncipe), Maputo (Moçambique), Cidade da Praia (Cabo Verde), Farim e Cacheu (Guiné-Bissau) e Panjim (Goa). O autarca, que falava na abertura de um seminário no âmbito dos III Encontros da Lusofonia, evocou a experiência de Torres Novas na cooperação com Ribeira Grande (Cabo Verde) e com Timor-Leste. “O futuro de Portugal passa muito pela lusofonia”, frisou o autarca, num encontro que juntou representantes dos municípios cabo-verdianos do Sal e

A O ministro dos Negócios Estrangeiros presidiu a um seminário sobre lusofonia e desenvolvimento rural da Ribeira Grande, com o qual Torres Novas mantém fortes ligações de cooperação, sobretudo ao nível do ensino, da protecção civil e autárquica, e do Lubango (Angola), no âmbito das relações económicas

com a Nersant (com sede em Torres Novas). Por sua vez, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, que presidiu a este seminário, disse que poucos países como Portugal têm condições para aju-

dar à construção de uma relação facilitadora da resolução das tensões, dos conflitos, dos choques entre culturas, civilizações e religiões. Luís Amado disse ainda que poucos povos conseguiram como Portu-

gal construir relações tão fortes com os povos que colonizaram. “O legado histórico de Portugal pode ajudar na construção dessa relação facilitadora e tão fundamental para a paz”, frisou ainda.

DESPISTE PROVOCA MORTE DE MILITAR Um soldado da Brigada de Reacção Rápida morreu na estrada de acesso ao Polígono Militar de Tancos, concelho de Vila Nova da Barquinha, na sequência do despiste da viatura em que seguia, na quintafeira, 11 de Novembro. Por razões que estão a ser investigadas, o carro de José Cação, de 20 anos, entrou em despiste por volta das 7h15 na estrada paralela à Estrada Nacional 3, embateu num talude e capotou. A vítima, que se ia apresentar no quartel, foi cuspida da viatura e teve morte imediata no local. O soldado era natural da aldeia de Canosa, concelho da Figueira da Foz, e estava no Exército há cerca de quatro meses, exercendo funções na cozinha do quartel. O Exército disponibilizou apoio psicológico imediato aos familiares do jovem militar.


42 REGIÃO | TORRES NOVAS | TOMAR BE CONTRA FECHO DE ESTAÇÃO DOS CTT EM TOMAR O Bloco de Esquerda (BE) de Tomar apela à participação massiva num abaixo assinado que vai lançar contra o encerramento da estação dos Templários. “Após tantos anos de luta pela abertura desta estação de correios há cerca de oito anos, seria lamentável que os tomarenses permitissem o seu encerramento”, afirma em comunicado o núcleo de Tomar do BE, que chama a atenção para o facto deste posto servir “não só os que residem na freguesia mais populosa do distrito”, mas também cidadãos, instituições e empresas de todas as freguesias a norte da cidade. Os responsáveis do Bloco esperam uma posição pública por parte da Câmara Municipal de Tomar, esperando que seja “no sentido da defesa da manutenção da estação dos Templários”.

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Festa do Desporto Escolar em Torres Novas Prémios∑ Atleta de Abrantes e Câmara de Alcanena receberam prémios nacionais “O desporto escolar é muito importante para a prática desportiva. Foi com esta mensagem simples que a ministra da Educação resumiu o espírito do desporto escolar que realizou a sua festa anual em Torres Novas na Escola Artur Gonçalves. Na sua intervenção, Isabel Alçada destacou ainda importância do desporto para a vida. “Aqueles que praticam desporto, ou que já praticaram, sabem como o desporto é importante para a felicidade humana”, referiu a ministra, acrescentando que o desporto permite à pessoa ir buscar “qualidades em si própria que vai levar mais longe e

que lhe permite desenvolver o espírito de equipa”. O desporto como forma de superação pessoal foi uma mensagem que foi ouvida por várias dezenas de alunos e desportistas de todo o país que se juntaram nesta festa em Torres Novas. As várias modalidades do desporto escolar estiveram em destaque e houve ainda música e dança numa festa do desporto em que também foram entregues prémios a atletas e instituições ligadas a esta área da educação. A aluna Larissa Vieira e a Câmara Municipal de Alcanena receberam prémios pela sua participação nas actividades do desporto

A A festa nacional do Desporto Escolar decorreu na Escola Artur Gonçalves escolar. Larissa Vieira é aluna da Escola Solano de Abreu de Abrantes e pratica atletismo, tendo-se notabilizado em várias pro-

vas nacionais e internacionais. A câmara municipal de Alcanena foi escolhida para o prémio destinado às autarquias pela sua

disponibilidade e apoio ao desporto escolar. Pela festa passaram também nomes ilustres, casos de Rosa Mota e Carlos Lopes.


BARQUINHA | CONSTÂNCIA | REGIÃO 43

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Hasta pública na Barquinha Lucros ∑ Financiam construção do futuro centro escolar A Câmara Municipal de Vila Nova da Barquinha vai lotear em hasta pública quatro terrenos destinados a moradias unifamiliares e dois para habitação colectiva (prédios) no próximo

Governo lança concurso para ponte de Constância O Ministério das Obras Públicas vai lançar um concurso público urgente com vista à reabilitação imediata da ponte rodoviária sobre o Tejo, que liga Constância e Vila Nova da Barquinha. Os presidentes das duas Câmaras, após uma reunião que decorreu na segundafeira, 15 de Novembro, com o ministro António Mendonça, anunciaram ter ficado “estabelecido em definitivo” o modelo de reforço e requalificação da travessia através de um investimento orçado em cerca de 1,8 milhões de euros. Desse montante, 275 mil euros caberão em responsabilidade às autarquias de Constância e Barquinha, e 1,5 milhões de euros ao Estado. Citados pela Lusa, Máximo Ferreira e Miguel Pombeiro, disseram que o ministério “vai lançar um concurso público urgente para adjudicação da obra”, processo que estimam que vai demorar “cerca de um mês e meio, até final do ano”. Segundo os autarcas, os trabalhos “deverão começar em Janeiro de 2011 e prolongar-se por um período previsível de um mês”, tendo acrescentado que a ponte deverá reabrir ao tráfego, “embora de forma condicionada”, durante o mês de Fe-

vereiro. “Com esta solução”, disseram, “a ponte vai reabrir dentro de três meses mas nunca mais permitirá a passagem a veículos pesados, uma vez que não suporta outra solução”. “Foi o acordo possível, mas efectivamente vai limitar ali a circulação a veículos até 3500 quilos, a viaturas de transporte escolar e, pontualmente, permitirá a passagem a outro tipo de veículos, como de socorro, ou outros”, observaram. Encerrada ao tráfego desde julho último por motivos de segurança, a suspensão da travessia no tabuleiro rodoviário da ponte dividiu o concelho de Constância ao meio, com os cerca de 3700 habitantes separados pelo rio e a serem obrigados, para o atravessar, a fazer dezenas de quilómetros pelas pontes mais próximas, em Chamusca ou Abrantes, ou utilizar um pequeno barco municipal. O encerramento alterou de forma radical os hábitos das populações e empresas e provocou a revolta das comunidades locais, sobretudo de Constância, que tem dois terços do território e população na margem sul e os equipamentos educativos, de segurança e serviços na margem norte.

dia 24 de Novembro, às 15h30, no edifício dos serviços municipais. Estes lotes foram aproveitados para a criação de uma urbanização no âmbito da construção dos

acessos ao futuro centro escolar e centro integrado de educação em ciências (CIEC) da Barquinha, equipamentos que estão a ser edificados nos terrenos do antigo campo de fute-

bol. Segundo uma nota de imprensa da autarquia, a “venda dos respectivos lotes servirá para financiar as obras de arranjos exteriores e acessos ao centro escolar”.


44 REGIÃO | ENTRONCAMENTO | TOMAR | TORRES NOVAS

Lobo Antunes regressou a Tomar Três meses depois da recusa em participar numa sessão em Tomar, por alegado “aproveitamento indevido” da sua imagem, o escritor António Lobo Antunes regressou no sábado, 13 de Novembro, sem polémica à cidade que há quarenta anos o viu partir para Angola, para prestar serviço militar. A visita, que serviu para apresentação do livro “Sôbolos Rios Que Vão”, era encarada com alguma expectativa. Na biblioteca de Tomar e perante cerca de 100 pessoas, num registo pacífico, intimista e sem polémica, o escritor afirmou-se “grato” por regressar à cidade onde exerceu a condição de médico no hospital da localidade, em 1970, “antes de ir para

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Duas câmaras ponderam taxar caixas multibanco Entroncamento e Salvaterra ∑ Primeiras autarquias a estudar esta hipótese

África”. Depois, disse, “com a ida para Angola, a felicidade acabou”. Lobo Antunes recordou com nostalgia os meses de primavera e verão de 70 passados em Tomar, tendo lembrado “o sol, as flores, os cheiros, os passeios de barco no rio Nabão, as mulheres bonitas”. O escritor de 68 anos afirmou ainda ter-se “comovido” com o regresso a Tomar.

Duas das 21 Câmaras Municipais do distrito estão a estudar a hipótese de cobrar à banca uma taxa pela instalação de caixas multibanco na via pública. No caso do Entroncamento, a autarquia vai deliberar já na primeira reunião de Dezembro o valor da taxa a cobrar aos bancos, depois de já ter aprovado por unanimidade a proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda. “Se todos os que ocupam o espaço público pagam uma taxa, por que razão não têm os bancos de fazer o mesmo?”, disse o presidente Jaime Ramos à Lusa, frisando que está a ser feito um estudo sobre o valor a aplicar. A tarifa, segundo o mesmo, não será “exorbitante” só por se tratar de bancos, mas enquadrado nos valores que estão a ser aplicados em situações idênticas. Como se trata de uma nova taxa, a integrar a tabela de taxas do municí-

pio, a medida terá que ser submetida à votação em Assembleia Municipal, e Jaime Ramos acredita que estará em condições de ser discutida na reunião de Dezembro deste órgão. A câmara municipal de Salvaterra de Magos, liderada por Ana Cristina Ribeiro, do Bloco de Es-

querda, também aprovou na última reunião do executivo uma moção que recomenda a elaboração de um estudo para a eventual criação de uma taxa de ocupação da via pública pelas caixas Multibanco. A moção foi apresentada pelo Bloco de Esquerda, como uma das hipóteses de aumentar as receitas

municipais cobrando a um sector que sido poupado pela crise. O documento foi aprovado com a abstenção dos vereadores do PS, que manifestaram o receio de que os bancos venham a imputar esse custo aos clientes ou reduzam o número de caixas colocadas na via pública.

CRÉDITOS PAU LO N I ZA * CRÉDITO RÁPIDO P/ INÍCIO DO SEU NEGÓCIO Taeg desde 7,00%

CONVOCATÓRIA

* CRÉDITO PESSOAL OU CARTÃO DE CRÉDITO

Nos termos da alínea a) do argo 14.º da Lei n.º 45/2008, de 27 de Agosto, convoco os membros da Assembleia Intermunicipal da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (CIMLT) para uma sessão ordinária a realizar no dia 19 de Novembro de 2010, às 20.30 horas, na respecva sede, sita na Quinta das Cegonhas, em Santarém, com a seguinte ordem de trabalhos: • Período Antes da Ordem do Dia; • Ordem do Dia: 1 – Apreciação da Acvidade da Comunidade Intermunicipal; 2 – Apreciação de Análise Sumária e Demonstrações Financeiras Intercalares reportadas ao nal do 1.º Semestre de 2010 e do Parecer do Revisor Ocial de Contas sobre as mesmas; 3 – Apreciação e Votação de Proposta de Orçamento, Grandes Opções do Plano e Mapa de Pessoal para o ano de 2011; 4 – Apreciação e Votação de Proposta de Nomeação de Sociedade Revisora Ocial de Contas como Auditor Externo da CIMLT das Contas dos Anos de 2011, 2012 e 2013; 5 – Apreciação e Votação de Proposta de Autorização de Alienação da Parcipação da CIMLT no Capital Social da Municípia.

* CRÉDITO CONSOLIDADO COM E SEM HIPOTECA

C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,06%

Santarém, aos 9 de Novembro de 2010 A Presidente da Assembleia Intermunicipal Idália Maria Marques Salvador Serrão de Menezes Moniz

C/ REDUÇÃO ATÉ 60% DO ENCARGO MENSAL Taeg desde 6,59%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* LINHAS DE CRÉDITO COM APOIO DO ESTADO PARA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO E PARA EMPRESAS JÁ EXISTENTES Taeg desde 2,50%

* CRÉDITO HABITAÇÃO E TRANSFERÊNCIAS COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL E POSSIBILIDADE DE TAXA FIXA Taeg desde 5,1994%

* CONTACTE-NOS MESMO QUE TENHA

PROBLEMAS BANCÁRIOS, POIS EM MUITOS CASOS AINDA TEMOS A SOLUÇÃO

www.pauloniza.pt Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim E-mail: geral@pauloniza.com

Telf.: 243 579 296

Telm. 938 879 678


45

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Instituto Politécnico de Santarém

politécnico

Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

Pedagogia do desporto em congresso A Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM) está integrada na comissão organizadora do 1º Congresso da Sociedade Científica de Pedagogia do Desporto (SCPD), que se vai realizar de 26 a 28 de Novembro no Hotel dos Templários em Tomar. O congresso surge com o objectivo de intervir nas diferentes variáveis científicas em termos de pedagogia do desporto, entre as quais o estudo e a investigação na área da pedagogia do desporto, contribuindo para o desenvolvimento dos seus aspectos pedagógicos e didácticos, tanto no plano prático como no teórico, incidindo nos vertentes da formação de treinadores e técnicos, assim

A Autarcas de Almeirim, Alpiarça e Santarém na assinatura do protocolo

Cultura avieira com financiamento aprovado Municípios e IPS∑ Contrato de co-financiamento com apoio comunitário O Instituto Politécnico de Santarém e seis autarquias da região assinaram um protocolo para garantir o co-financiamento do Projecto de Desenvolvimento da Cultura Avieira do Tejo e do Sado, cuja candidatura a fundos comunitárias foi aprovada há dois meses. O projecto, orçado em 387,6 mil euros, terá uma comparticipação de 70 por cento (261,3 mil euros), garantida pela candidatura ao Programa de Valorização Económica dos Recursos Endógenos (PROVERE), cabendo os restantes 30 por cento aos promotores, designadamente, ao IPS e às câmaras de Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Cartaxo, Salvaterra de Magos e Santarém. Segundo João Serrano, coordenador do projec-

to, é possível que outras autarquias se possam associar ao esforço de co-financiamento, sublinhando que este envolvimento público garante a diminuição da percepção de risco, incentivando os investimentos privados. O responsável mencionou as autarquias de Vila Nova da Barquinha, Constância e Marinha Grande, que estão a analisar a possibi-

lidade de aderir ao projecto. A Golegã está fora do projecto. João Serrano congratulou-se com o facto de a sessão de já ter sido também contactado pelo Turismo de Lisboa e Vale do Tejo para apoiar a promoção da cultura avieira como novo destino turístico da região. Segundo disse, o envolvimento destes parceiros – autarquias, CCDR

30 milhões de investimento previsto e 140 postos de trabalho directos

∑ Este consórcio tem

39 instituições. 20 das quais privadas, identificou já 56 projectos de investimento, em áreas como hotelaria, turismo (fluvial e religioso), recuperação de aldeias avieiras, observatórios de aves, entre outros. João Serrano diz que o objetivo é de que, até 2013, se concretizem.

e Turismo, é fundamental no co-financiamento dos projectos de investimento mas também na obtenção dos licenciamentos para as intervenções nas aldeias avieiras. O IPS tem liderado a candidatura da cultura avieira a património cultural, uma ideia que formalizou em 2007, tendo, a partir daí, vindo a envolver um número crescente de pessoas e instituições, existindo já numerosos trabalhos de investigação sobre a cultura avieira em curso em universidades e politécnicos de todo o país, como frisou o presidente do IPS, Jorge Justino. Justino referiu ainda que “este é um projecto para ser executado no terreno e não para ficar apenas por bases teóricas”. Bruno Oliveira

como na sua relação com os atletas e com os diferentes contextos. O presidente da Comissão Instaladora da SCPD é Pedro Sarmento, responsável pelo Departamento de Desporto da Universidade Lusíada. Fazem ainda parte da comissão científica os professores da ESDRM, Pedro Sequeira e José Rodrigues. Manuel Faria, vice-presidente do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, integra a comissão organizadora do congresso que conta já com 150 inscrições. O evento é patrocinado pela Câmara Municipal de Tomar, Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, Convento de Cristo e Instituto Politécnico de Tomar.

ESDRM forma treinadores de andebol

A Federação de Andebol de Portugal, a Direcção Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, do Ministério da Educação, e a Escola Superior de Desporto de Rio Maior/IPS estabeleceram, no passado dia 12 de Novembro, na festa do Desporto Escolar, em Torres Novas, um protocolo de cooperação para formação de professores e treinadores. As três entidades criam assim condições para

apoiar a formação dos professores que pretendem ser treinadores de andebol e, simultaneamente, incentivar o desenvolvimento da carreira dos docentes através do reconhecimento e creditação da formação obtida. Está prevista a realização de cursos de grau II e III, nas condições de formação em situação de trabalho e à distância. Os cursos terão o seu início durante o presente ano lectivo.


46

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

negócios Investimento em números

133 milhões de euros de investimento em águas e saneamento previsto pela Águas do Ribatejo até 2012

95% de cobertura da rede de saneamento básico nos sete concelhos aderentes

47,7 A António Rodrigues, presidente da câmara de Torres Novas, deverá entrar no conselho de administração da empresa

Águas do Ribatejo investe 131 milhões euros até 2012

112,8

Investimento∑ Empresa intermunicipal consegue novo parceiro, Torres Novas, e fundos comunitários A empresa Águas do Ribatejo anunciou esta semana um plano de investimentos de 131 milhões de euros em sistemas de saneamento básico e de abastecimento de água, a realizar até 2012. Em conferência de imprensa, o conselho de administração da AR formalizou ainda o anúncio da entrada do concelho de Torres Novas na empresa, que se tornará o sétimo município a fazer parte deste projecto intermunicipal. Com a entrada de Torres Novas na AR, a empresa passará a servir uma população de 144 mil pessoas e 76 mil consumidores, distribuídos por seis concelhos da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo (Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche e Salvaterra de Magos) e pelo município torrejano que terá uma parcela de 30 milhões de euros (4,2 milhões para abastecimento de água e 24,6 milhões para saneamento) do plano global de

investimentos da empresa A empresa anunciou também que foi aprovada, no passado mês de Setembro, uma nova candidatura ao QREN – Quadro de Referência Estratégico Nacional -no valor de 18,7 milhões de euros (comparticipada em 12,6 milhões de euros por fundos comunitários) para obras de racionalização de todo o sistema de abastecimento de água nos municípios da Lezíria do Tejo aderentes, que irá permitir

Tarifários da água aumentam 10 por cento em 2011

uma redução de 60 para 38 subsistemas locais. Segundo dados fornecidos pela Águas do Ribatejo, estão já concluídas ou em execução obras no valor de 52 milhões de euros que resultam de candidaturas já apresentadas em anos anteriores. O investimento global de 131 milhões de euros vai ser financiado por fundos do QREN em cerca de 76,3 milhões. Para o abastecimento de água é destinado um valor de 52,8 milhões de euros

e para o saneamento básico o valor ascende aos 78,3 milhões de euros. Moura de Campos, director-geral da empresa, explicou que a comparticipação da empresa no investimento será feita através de receitas próprias da AR e de dois empréstimos bancários já contraídos, um no valor de 17,5 milhões de euros e outro no valor de 2,5 milhões (destinado ao reforço de tesouraria). O director referiu ainda que está a ser negociado com

∑ Questionado pelos jornalistas, António José Ganhão, presidente da câmara de Benavente e membro do conselho de administração da AR, adiantou que os tarifários gerais da água vão aumentar, em média, 10% no próximo ano, mais 10% em 2012 e 5% em 2013. Ganhão esclareceu que se tratam de aumentos “ajustados à geração de receitas necessárias para a sustentabilidade da empresa”, acrescentando que a tarifa média cobrada nestes municípios ficará ainda assim abaixo da média nacional. “Estamos a fazer uma gestão cautelosa da empresa para que os munícipes não sejam prejudicados por este ambicioso investimento e para que a empresa tenha sustentabilidade financeira”, salientou ainda, referindo que se manterão em vigor os tarifários sociais e tarifários destinados às famílias numerosas.

milhões de euros de investimento adicionais após a aprovação de uma candidatura dos seis municípios fundadores e de duas candidaturas do município de Torres Novas

a banca outro empréstimo no valor de 39,5 milhões de euros. Segundo Sousa Gomes, presidente da câmara municipal de Almeirim e do conselho de administração da Águas do Ribatejo, a adesão do município de Torres Novas “significa um engrandecimento da empresa”. O autarca disse ainda que o município passará a fazer a parte do conselho de administração que deverá ser alargado a cinco pessoas. Actualmente, fazem parte deste órgão da empresa três municípios: Almeirim (presidente), Benavente e Coruche. Para o presidente da câmara de Torres Novas, António Rodrigues, a adesão à empresa Águas do Ribatejo “é a melhor solução para o saneamento e abastecimento de água” no concelho, frisando que os seus munícipes “não sairão prejudicados porque as tarifas de água serão pouco superiores às actuais e inferiores às que existiam há cerca de ano e meio”.

milhões de euros de investimento decorrentes de 5 candidaturas aprovadas anteriormente pelos seis municípios fundadores

76,3 milhões de euros é quanto vem através de fundos comunitários do QREN

20 milhões de euros em empréstimos bancários permitem realizar parte da comparticipação da empresa neste bolo de investimento de 131 milhões;

39,5 milhões de euros é o valor do empréstimo que a Águas do Ribatejo está a negociar para suportar outra parte do investimento;

144 m i l pessoa s vão ser abrangidas pelos projectos da Águas do Ribatejo


INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 47

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

VALORES ABRE AGÊNCIA EM BENAVENTE

Certificação de software obrigatória em 2011 Sage∑ Empresa vai adequar o seu software a estas novas exigências A partir de 1 de Janeiro de 2011, a certificação de software é obrigatória. Esta é uma medida da Direcção-Geral dos Impostos que visa facilitar o cruzamento de dados e a criação de mecanismos de controlo e auditoria integrados no software que têm por finalidade impedir as fraudes fiscais. A par desta medida, a Sage, empresa de topo no desenvolvimento de software de gestão, irá fazer a certificação de software de acordo com a DGCI. “Na prática, esta medida obriga a normalizar um conjunto de procedimentos, em particular nas tarefas associadas à emissão de documentos para facturação de bens ou prestação de serviços. Na Sage estamos a adaptar os nossos produtos para que este tipo de requisitos não afectem de nenhuma

forma a operacionalidade e a produtividade dos utilizadores,” afirma Vitor Pinho, responsável pelo projecto na Sage Portugal. A Sage disponibiliza ainda apoio aos seus clientes e parceiros, através de acções de formação e de um site que serve para esclarecer todas as questões que possam surgir, no âmbito da certificação. Mais informação em http://www.softwarecertificado.sage.pt/ A partir de Setembro de 2010, os fabricantes de software devem proceder ao pedido de certificação das aplicações informáticas que disponibilizam ao mercado para que em Janeiro de 2011 possam garantir aos seus clientes a utilização duma solução devidamente certificada pela DGCI.

A

A Direcção-Geral de Impostos pretende, através desta medida, impedir fraudes fiscais

A Valores, franchising ibérico de compra e venda de valores, abriu esta semana uma agência em Benavente, na Rua Luís de Camões. O responsável da nova loja é Valentim Pinhão, franchisado já com quinze agências a seu cargo. Esta inauguração em Benavente é a quinta abertura Valores no distrito do Santarém e vem integrar a rede de 135 agências já em funcionamento em Portugal.

NERSANT FORMA PARA ALTERAÇÕES AO IVA A Nersant vai realizar, nas suas instalações em Torres Novas, no próximo dia 27 de Novembro, um seminário sobre as Novas Regras e Implicações do IVA, que terá como oradora Maria de Lourdes Amâncio, da DGCI.

Emprego & Formação

Tardes do Emprego”, no combate ao desemprego A taxa de desemprego já ronda os 10,9 %, segundo os dados revelados pelo INE esta semana. Os efeitos do esforço de consolidação orçamental vão, certamente, reflectir-se na contracção económica, geradora de mais desemprego. As “Tardes do Emprego”, implementadas pela PMEConsult em parceria com a Câmara Municipal de Santarém, nasceram da necessidade que estas entidades sentiram de promover iniciativas que ajudassem a melhorar a situação do emprego no concelho de Santarém. O seu objectivo era claro: aproximar potenciais empregadores e candidatos à procura de novas oportunidades de emprego, incentivar iniciativas de empreen-

dedorismo, promover a formação e a qualificação, fomentar a partilha de conhecimento e a constituição de Redes entre as empresas participantes. Ao longo deste ano e meio, foram muitas as empresas que, em diversas fases, se aliaram ao projecto, fazendo o seu recrutamento no seio das “Tardes do Emprego”. Embora sem estatísticas contabilizadas, podemos dizer que foram algumas dezenas, aqueles que conseguiram uma oportunidade de emprego, através de um contacto estabelecido no âmbito das “Tardes do Emprego”. A Formação e Qualificação também estiveram sempre presentes, com diversas ofertas.

Todavia, à semelhança do que se passa no resto do país, a região de Santarém também tem sentido o crescente aumento do desemprego, verificando-se a estagnação da oferta, só parcialmente dinamizada por alguns processos de recrutamento directo de algumas empresas que se têm instalado na região. As ofertas mais disponíveis centram-se ao nível das áreas comerciais e do trabalho temporário, geralmente pouco qualificado. Neste sentido, com o mercado estagnado, os promotores do projecto “Tardes do Emprego” consideram que, actualmente, mais do que promover a aproximação entre desempregados e empregadores, faz sentido a promoção de

acções de empreendedorismo que facilitem a divulgação das possibilidades de criação de mais emprego e de acções de boas práticas empresariais que permitam melhorar a competitividade empresarial da região. Assim, no início de 2011, as “Tardes do Emprego” vão ser substituídas por um conjunto de eventos que terão como objectivo responder aos desafios do empreendedorismo e da competitividade, criando mais e melhor emprego. Estes eventos serão oportunamente divulgados. No próximo dia 25 de Novembro decorrerá a última sessão das “Tardes do Emprego” de 2010, no local habitual, a Sala de Leitura Bernardo Santareno, em Santa-

Florinda Matos(*)

rém, sendo de esperar a adesão de diversas empresas e candidatos. Enquanto promotora das “Tardes do Emprego”, gostaria de agradecer a todos aqueles que, ao longo do tempo, têm colaborado de forma tão empenhada, garantindo o sucesso deste evento. Docente /Investigadora Consultora PMEConsult (florinda.matos@pmeconsult.pt)


48

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

desporto Distrital - Divisão Secundária

Líderes vitoriosos Série A – U. Abrantina soma e segue Nenhuma surpresa na série liderada pelo U. Abrantina. Aproveitando a folga do Goleganense, que manteve a 2.ª posição, a nova equipa de Abrantes continua o seu percurso imaculado, com cinco vitórias em cinco jogos. Desta vez o derrotado foi o Atalaiense. Quem subiu ao 3.º lugar foi o Meiaviense, após ter regressado às vitórias na Chamusca, frentes aos unionistas locais. Quem também voltou às vitórias foi o Cidade Ferroviária, que voltou à chapa quatro, desta vez sobre o Alferrarede, a única equipa desta série que ainda não venceu esta temporada. O Ferreira do Zêzere desceu uma posição pois dividiu pontos no jogo com o Tramagal, que também não está muito estável. Na próxima jornada, já depois de amanhã, o U. Abrantina deverá sobrepor-se aos dragões em Alferrarede e continuar a caminhada vitoriosa. O Goleganense regressa para receber o U. Chamusca, e é também o favorito. Já o Meiaviense tem mais um dérbi complicado em casa, frente ao C. Ferroviária, que parece ter finalmente aprendido a marcar golos. Já o Ferreira do Zêzere vai ver se fica acima ou abaixo do meio da tabela, na Atalaia. Série B - Corrida a três? Jornada curiosa em que três quartos das vitórias foram conquistadas em terreno alheio. O invicto Moçarriense foi mesmo a única equipa a vencer em casa. O Mindense continua a mostrar argumentos para poder vir a disputar a liderança com os amarelos da Moçar-

ria. Desta vez foram vencer a casa do último classificado, o Pernes. Os Empregados do Comércio também estão aí para as curvas . Viajaram ao Cercal para regressar com mais três pontos na algibeira. Por fim, o Caxarias deixou-se vencer em casa pelo Assentis, naquele que foi o primeiro jogo depois da mudança de treinador da equipa do concelho de Torres Novas. Para a 6.ª jornada, espera-se o jogo entre Moçarriense e Empregados do Comércio. A jogar em casa, o Moçarriense não deve facilitar, mas os caixeiros não podem afastar-se mais da liderança. O Mindense também joga em casa, ante o Cercal. Há ainda o Assentis-Pernes e o Vasco da Gama-Caxarias. Série C – Marinhense desce O Porto Alto voltou a revelar a sua vocação para marcar muitos golos – 15 em cinco jogos. Continua na liderança com o Salvaterrense bem pegado. Os homens de Salvaterra venceram o Barrosense, do concelho vizinho, pela magra vantagem mínima. O Marinhais consequência da divisão de pontos em Coruche, deixou de ter os mesmos pontos dos dois líderes. O Pontével conseguiu a sua segunda vitória, frente ao U. Almeirim, equipa que ainda não venceu esta época. Este fim-de-semana, há um dérbi emocionante entre Marinhais e Salvaterrense. Quem vencer deverá estacionar no 2.º lugar, considerando que o Porto Alto vença em casa o U. Almeirim, o que parece natural que aconteça. Já o Glória recebe o Coruchense e o Barrosense também joga em casa, frente ao Pontével.

A Monsanto-Ac. Viseu: Wellington,

na defesa, foi um dos pilares da equipa.

3ª Divisão Nacional - Série D

Monsanto mais líder e Riachense goleia Correu muito bem a 8.ª jornada às equipas do distrito na 3.ª Divisão Nacional. Por um lado, o Riachense fez história ao conseguir a sua maior vitória no nacional, nada mais nada menos do que 8-0 na recepção ao Gândara, a maior goleada até agora na série D. Por outro, o Monsanto lucrou ainda mais ao ficar isolado na liderança depois de vencer o Académico de Viseu (também à laia de goleada: 4-1) enquanto viu um dos seus maiores adversários, o Nogueirense, perder terreno. O Riachense deu no seu campo Coronel Mário Cunha um verdadeiro show de futebol atacante, aproveitando todas as fra-

gilidades do “lanterna vermelha” para construir um resultado hoje muito pouco visto em qualquer escalão competitivo. Sim, é certo que o Gândara ainda não tem pontos e que marcou apenas um golo neste campeonato, mas também é verdade que ninguém tinha conseguido averbar oito golos sem resposta ao Gândara, nem sequer o poderoso Monsanto. Bruno Lemos, Micael, Saúl, Miguel Luz e Santana e Carioca, estes duas vezes cada um, fizeram todos o gosto ao pé. Com golos de todas as maneiras e feitios, a turma de Nando Costa abriu o livro e, sejamos justos, ficaram mais meia dúzia por marcar. E assim,

no 4.º lugar, o Riachense impõe definitivamente o seu estatuto na série D. Em Alcanena foi a vez do Monsanto mostrar como se vence tranquilamente uma equipa que tinha esperanças de subida de divisão. Se o resultado leva a pensar numa qualquer torrente ofensiva da equipa de Rui Gorriz, a verdade é que o trunfo do Monsanto foi a lição bem estudada nos sectores defensivo e do meio-campo, onde quase não se cometeram erros. Depois do 2-0 feito (Pedro Emanuel, à boa maneira de ponta-de-lança, matou o jogo), foi só aproveitar as recuperações de bola e as transições super-rápidas, para deixar os homens da

terra de Viriato de cara à banda de cada vez que lá vinha um contra-ataque ofensivo. Nessa toada de jogo apareceram naturalmente mais dois golos, um de Ragner e outro de Pedro Mendes, este perto do apito final. A jornada ficou marcada ainda pela ascensão do Oliveira do Bairro ao 2.º lugar ao ter vencido o Benfica de Castelo Branco. Isto porque o Nogueirense perdeu a invencibilidade em Soure e caiu para o 3.º. Segue-se o intervalo para a Taça de Portugal e no dia 28 virá a 9.ª jornada com dois duros encontros para os ribatejanos: Nogueirense-Monsanto e Ac. ViseuRiachense. Veremos como se portam.


FUTEBOL | DESPORTO 49

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Z

DISTRITAL - DIVISÃO PRINCIPAL

10ª jornada

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

Benavente Ouriquense Alcanenense Fazendense Torrres Novas Amiense

Mação U. Tomar Ouriense Pego Cartaxo Samora

Z

6 6 4 4 4 3 3 2 2 2 1 2

3 3 5 5 3 5 3 4 4 3 4 0

1 1 1 1 3 2 4 4 4 5 5 8

PONTOS

GOLOS

17-7 16-7 12-5 10-9 16-10 8-10 11-11 14-17 8-11 10-14 5-17 4-13

21 21 17 17 15 14 12 10 10 9 7 6

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

7ª jornada (21 Novembro) Goleganense Meiaviense Alferrarede Atalaiense Folga o Tramagal

U. Chamusca C. Ferroviária U. Abrantina F. Zêzere

Z

U. Abrantina Goleganense Meiaviense F. Zêzere C. Ferroviária Tramagal Atalaiense U. Chamusca Alferrarede

5 5 5 5 5 6 6 6 5

5 3 3 2 2 2 1 1 0

0 2 0 2 1 1 2 1 1

0 0 2 1 2 3 3 4 4

9-2 13-5 9-7 10-6 11-6 10-13 5-11 8-15 2-12

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

EMPATADOS

3 1 0 1

VITÓRIAS

Meiaviense Alferrarede Atalaiense Tramagal

JOGOS

Classificação

U. Chamusca 1 C. Ferroviária 4 U. Abrantina 2 F. Zêzere 1 Folgou o Goleganense

15 11 9 8 7 7 5 4 1

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE B

5ª jornada

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

6ª jornada (21 Novembro) Moçarriense Mindense Assentis V. Gama

Emp. Comércio Cercal Pernes Caxarias

Z

Moçarriense Mindense Emp. Comércio Caxarias Assentis Cercal Vasco Da Gama Pernes

5 5 5 5 5 5 5 5

4 4 3 3 1 1 1 0

1 0 1 0 2 1 1 0

0 1 1 2 2 3 3 5

12-2 10-5 11-4 7-6 5-8 6-7 5-10 1-15

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

3 2 2 0

EMPATADOS

Emp. Comércio Mindense Assentis V. Gama

JOGOS

1 1 1 2

VITÓRIAS

Classificação

Cercal Pernes Caxarias Moçarriense

13 12 10 9 5 4 4 0

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE C

5ª jornada

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

6ª jornada (21 Novembro) Porto Alto Barrosense Marinhais Glória

U. Almeirim Pontével Salvaterrense Coruchense

Z

Porto Alto Salvaterrense Marinhais Glória Pontevel Coruchense U. Almeirim Barrosense

5 5 5 5 5 5 5 5

3 3 2 2 2 1 0 0

2 2 3 1 0 2 3 1

0 15-6 11 0 6-2 11 0 7-3 9 2 10-9 7 3 8-16 6 2 4-6 5 2 5-8 3 4 1-6 1

LIGA DE HONRA

8ª jornada

9ª jornada (28 Novembro) Fátima Varzim Moreirense Aves Oliveirense Estoril Penafiel Belenenses

Freamunde Feirense Gil Vicente Trofense Santa Clara Leixões Arouca Covilhã

Z

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16.

Trofense Gil Vicente Penafiel Arouca Estoril Feirense Santa Clara Leixões Oliveirense Moreirense Sp. Covilhã Desp. Aves Varzim Freamunde Belenenses Fátima

8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8

4 4 4 3 3 3 3 2 2 3 3 2 1 1 1 2

3 3 2 4 3 3 2 4 4 1 1 2 5 4 4 1

1 1 2 1 2 2 3 2 2 4 4 4 2 3 3 5

10-6 9-7 12-11 14-7 11-7 10-7 9-6 8-8 11-13 4-7 8-14 8-8 8-9 6-8 7-11 8-14

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

0 1 3 1 1 1 2 4

VITÓRIAS

Fátima Gil Vicente Oliveirense Moreirense Penafiel Estoril Belenenses Varzim

EMPATADOS

Classificação 3 3 2 2 0 2 2 3

15 15 14 13 12 12 11 10 10 10 10 8 8 7 7 7

3ª DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE D

8ª jornada

9ª jornada (28 Novembro) Monsanto Atl. Riachense Marinhense Vigor Sourense Tocha

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

Monsanto Oliv. Bairro Nogueirense Atl. Riachense Ac. Viseu Sourense Bf. C. Branco Marinhense Tocha Ág. Moradal Vigor Gândara

8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8 8

7 5 4 4 4 4 3 3 3 2 2 0

0 1 3 2 1 0 3 2 0 1 1 0

1 2 1 2 3 4 2 3 5 5 5 8

23-5 10-8 17-6 19-9 15-12 12-9 11-12 6-6 9-13 10-11 9-18 1-33

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

JOGOS

0 0 1 0 0 0

VITÓRIAS

BC Branco Nogueirense Ac. Viseu Gândara Ág. Moradal Vigor

EMPATADOS

Classificação 1 2 4 8 1 0

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

3 1 0 4

EMPATADOS

U. Almeirim Barrosense Marinhais Glória

JOGOS

1 0 0 1

VITÓRIAS

Classificação

Pontével Salvaterrense Coruchense Porto Alto

Nogueirense Ac. Viseu Ág. Moradal BC Branco Oliv. Bairro Gândara

10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10 10

DISTRITAL - DIVISÃO SECUNDÁRIA - SÉRIE A

6ª jornada

Oliv. Bairro Sourense Monsanto At. Riachense Tocha Marinhense

Fazendense Cartaxo Torres Novas Pego Maçâo Ouriense Alcanenense U. Tomar Benavente Samora Ouriquense Amiense

DERROTAS

1 1 4 2 0 0

EMPATADOS

JOGOS

Benavente Ouriquense Alcanenense Fazendense Torrres Novas Amiense

VITÓRIAS

3 6 2 1 0 1

11ª jornada (21 Novembro)

Arouca Stª Clara Feirense Sp. Covilhã Aves Trofense Freamunde Leixões

Distrital - Divisão Principal

Classificação

Samora Mação U. Tomar Ouriense Pego Cartaxo

21 16 15 14 13 12 12 11 9 7 7 0

Jornada com algumas goleadas Que não havia um campeonato tão equilibrado há vários anos, parece já não ser dúvida para ninguém. E esta foi mais uma semana sem grandes surpresas na divisão maior do campeonato distrital. Houve, é certo, resultados bem espectaculares, mas nada que implique qualquer torcida na classificação. Se nesta altura quisermos eleger os principais candidatos, logo aparecem Fazendense, Cartaxo, Torres Novas e Pego. Os dois primeiros têm as melhores estatísticas (quase iguais entre si), o terceiro tem desiludido e o quarto está surpreendente. Mas ainda é cedo para sentenças. Nesta 10.ª jornada, o Fazendense conseguiu o resultado que se esperava em Ourém, mas para arrecadar os três pontos que permitiram segurar a liderança, os homens de Filipe Rego tiveram de correr atrás do prejuízo depois do golo de João Simões, que colocou os da casa em vantagem. Coube depois a Fábio Matias e a Tiago Capeto protagonizarem a reviravolta no marcador. Empatado na liderança e embalado continua também o Cartaxo. Os “tintos” bateram em casa, pela vantagem mínima, o frágil Amiense. Eduardo Henriques foi o autor do golo que valeu a vitória. O Pego e o Torres Novas

A

Ouriense-Fazendense: Nem a boa época do Ouriense conseguiu parar os fazendenses encontraram-se no pelado e dividiram o jogo e os pontos. Literalmente digase, uma vez que a primeira parte pertenceu aos pegachos e a segunda foi dos torrejanos, diz quem viu. E dois zeros no marcador, em Pego. Ora, quem gosta de ver golos deveria ter-se deslocado um pouco para norte. Em Mação, a tarde pertenceu aos avançados da turma de Paulo Costa. Tudo correu bem na goleada encenada por Luis Esteves, Pedro Louro, Rui Sousa, Pelé e Bocas (2). O Ouriquense, que até vinha de dois resultados positivos, não conseguiu evitar sofrer meia dúzia de golos e marcar só um. Também o Alcanenense marcou muitos golos e parece ter encetado defini-

tivamente uma recuperação. Depois de, na semana passada, ter vencido o Mação, esta semana derrotou os nabantinos em Tomar. André Ferreira e China até deram uma vantagem que pareceia confortável aos tomarenses. Mas depois vieram os golos da reviravolta alcanenense, marcados por Fábio, Vinicius, Roberto e Tiago Fernandes. Por fim, no dérbi da lezíria, o Samora também deu um pontapé na crise ao derrotar o Benavente com golos de Andrey, Cardoso e Angelo. Para o Benavente, que terminou o jogo com menos dois elementos, marcou Tocha. A próxima jornada é a última da 1.ª volta e apresenta dois belos encontros que prometem cau-

Liga de Honra

Fátima em queda O que começou aos solavancos ficou numa baixa desde há três jogos consecutivos. É certo que o adversário da última jornada, o Arouca, é uma equipa que se tem destacado pelos resultados positivos, mas Diamantino Miranda começa a ter razões para preocupações redobradas, dado o último lugar em que caiu a sua equipa. Nesta primeira vez que viajou a Arouca, o Fátima terminou a primeira parte do jogo com o resultado perdido. Com uma desvantagem de 3-0 (Jeremie por duas vezes e Jorge Leitão por uma), os ribatejanos não con-

seguiram mostrar argumentos para recuperar a honra. Com os me smos pontos de Freamunde e Belenenses, e apesar da actual distância para o topo, a tabela não está assim tão desnivelada e o campeonato ainda é longo. Duas semanas de folga devido à jornada da Taça de Portugal no domingo que vem, permitirão aos pupilos de Diamantino pensar na vida e preparar com calma a recepção ao Freamunde no dia 28, que terá obrigatoriamente de resultar numa vitória. Senão o oxigénio começa mesmo a faltar.

sar mexidas na frente da classificação. O Cartaxo vai a Torres Novas, onde Cláudio Madruga bem pode esperar um jogo de ataque preparado por João Henriques. O Fazendense, sedento por mais três pontos, vai receber um Pego duro de roer, certamente a congeminar mais uma “não-derrota” positiva, fora. O Mação vai a Benavente, onde se vencer, pode ascender ao 3.º lugar, caso os pegachos se descuidem. O Ouriense vai a Alcanena encontrar uma equipa motivada pela recuperação recente. Os restantes jogos envolvem as equipas, até agora, mais fragilizadas do campeonato: Amiense-Samora e Ouriquense-U.Tomar.

GABRIEL BARRA SAI DO AMIENSE À 9.ª jornada, o Amiense sofreu uma chicotada psicológica. Gabriel Barra já não faz parte da equipa técnica do clube, que é agora chefiada por Edgar Saldanha Alves, promovido assim da equipa de juniores. Na recente época, o Amiense conta oito derrotas consecutivas, a última das quais já sem Barra como treinador. Curiosamente as únicas vitórias para o campeonato aconteceram logo nas duas primeiras jornadas, contando-se ainda mais uma para a Taça do Ribatejo.


50 DESPORTO | MODALIDADES Nacional de futsal - 3ª divisão

“Patos” conquistam primeira vitória À 5ª jornada, os Patos conquistaram a primeira vitória desta época no campeonato nacional da 3ª divisão de futsal, ao vencer no terreno do Granja do Ulmeiro por 5-3. A equipa do Rossio ao Sul do Tejo, Abrantes, que realizou uma exibição bastante positiva, passou a somar quatro pontos e ocupa agora a 12ª posição da tabela, ainda abaixo da linha de água. O outro representan-

te do distrito no nacional, o CAD Coruche foi goleado por 7-2 nas Caldas da Rainha e mantém a 14ª e última posição, com zero pontos. No próximo sábado, 20 de Novembro, os Patos recebem no pavilhão do Pego, às 17 horas, o União Progresso Venda Nova, actual 3º classificado, ao passo que o Coruche defronta em casa, às 18 horas, o Vilaverdense, actual líder da tabela, com 13 pontos.

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Campeonato distrital de futsal

Achete regressa à liderança O Grupo Futsal Achete conseguiu uma importante vitória por 6-2 em Almeirim, frente à Conforlimpa, e comanda isolado a série A do campeonato distrital de futsal, com 15 pontos. Isto porque o anterior líder, o Riachense, perdeu por 5-1 na sua deslocação a Torres Novas, frente ao Novas Oportunidades. Nos outros dois encontros desta série, a Azinhaga con-

seguiu a primeira vitória da época ao ganhar por 5-3 na Louriceira, e a Casa do Benfica da Golegã recebeu e venceu o Vitória Santarém por 3-1. Na próxima jornada, sábado, 20 de Novembro, jogam: Achete – Novas Oportunidade, Azinhaga – Conforlimpa Almeirim, Riachense – Casa do Benfica da Golegã, e Vitória Santarém – Louricei-

rense (domingo). Na série B, a grande surpresa aconteceu em Fátima, onde o Tramagal conseguiu ir vencer por 6-5, num jogo em que ao intervalo perdia por 3-1. Quem aproveitou foi o Sandoeirense, que venceu por 6-0 na Cabiçalva e lidera com 19 pontos, mais cinco que o Fátima. Nos outros dois jogos, o Carvalhos Figueiredo recebeu e ven-

ASSOCIAÇÃO DE FUTEBOL HOMENAGEIA TRÊS AUTARCAS

Em Fronteira, Alentejo

Terra Clube a caminho das “24 horas TT” O Terra Clube de Vila Chã de Ourique, Cartaxo, está a preparar a sua participação nas 24 horas todo-o-terreno Vila de Fronteira 2010, que se realizam nos dias 27 e 28 de Novembro. Esta será a 4ª participação do clube na prova alentejana, depois de 2006, 2007 e 2008. Para João Martins, presidente do Terra Clube, e um dos pilotos da equipa, “a participação nas 24 Horas TT foi desde sempre uma aposta do clube. Temos alcançado os objectivos a que nos propomos, e, acima de tudo, temos conseguido retribuir com resultados a confiança que os patrocinadores depositam em nós”. Em 2010, a equipa irá novamente apostar no já carismático Renault Super 5, especialmente preparado para resistir à dureza de uma prova como esta. Ricardo Sacramento, o responsável técnico, afirma que “o

carro foi alvo de uma profunda revisão mecânica por forma a evitar ao máximo quaisquer tipo de problemas que prejudiquem o seu desempenho ao longo da prova”. O responsável destaca ainda a resistência do carro, pois “apesar de não ter sido concebido a pensar neste tipo utilização, o facto de não ter evidenciado problemas técnicos de relevo nas participações anteriores deixa-nos optimistas quanto ao seu desempenho na prova, validando deste modo o trabalho que temos vindo a realizar na sua preparação”. As 24 Horas de Fronteira, que encerram o calendário nacional TT num ambiente de grande festa, disputam-se num Terródromo de 17 quilómetros, e onde marcam presença as melhores equipas nacionais e carros oriundos do campeonato francês de resistência.

ceu a Sabacheira por 3-2, e a Ribeira do Fárrio venceu por 3-2 no terreno do ADCF Entroncamento. A Juventude Ouriense folgou nesta 8ª jornada. Na próxima jornada, encontram-se: Sabacheira – Cabiçalva, Juventude Ouriense – ADCF Entroncamento, Ribeira do Fárrio – Fátima, e Tramagal – Carvalhos Figueiredo. Folga o Sandoeirense.

Campeonato de equitação de trabalho

Final nacional na Companhia das Lezírias A Companhia das Lezírias recebe, pelo quarto ano consecutivo, a final do campeonato nacional de equitação de trabalho, prova que se disputa entre os dias 19 e 21 de Novembro. À conquista do campeonato de 2010 vão estar os cavaleiros de topo de todas as categorias da actual equitação de trabalho portuguesa, com destaque para o actual campeão nacional e da Europa, Pedro Torres, e todos os elementos que integraram a selecção nacional vencedora do título europeu. Desde 1998, Portugal já ganhou dois campeonatos do Mundo (indivi-

dual e por equipas), e 10 títulos individuais e nove colectivos de campeão da Europa, o último dos quais no passado mês de Setembro, em Cittá di Castello, Itália. Refira-se que esta é a modalidade equestre que mais tem crescido em número de provas do calendário da Federação Equestre Portuguesa e aquela em que os cavaleiros e equipas portuguesas maior número de títulos internacionais têm ganho nos últimos anos. Uma das mais importantes consequências dos êxitos internacionais obtidos por Portugal nesta modalidade é a adopção por muitos outros países

de cavalos lusitanos para a sua prática. Este reconhecimento das qualidades ímpares da raça portuguesa em termos de funcionalidade e aptidão, quer para o ensino quer para o trabalho de campo, tem constituído um factor de estímulo para os criadores e uma alavanca de peso para a dinamização do mercado do cavalo lusitano. O grande objectivo das provas de equitação de trabalho é aliar o espírito competitivo de uma disciplina baseada na equitação tradicional de cada país à preservação das suas raízes históricas, nomeadamente no uso do traje e arreios.

Os ex-presidentes das Câmaras de Rio Maior, Abrantes e Alcanena, respectiva mente Silvino Sequeira, Nelson de Carvalho e Luís Azevedo, vão receber diplomas de sócios de mérito da Associação de Futebol de Santarém (AFS) na sexta-feira, 19 de Novembro, dia de aniversário da instituição. A entrega será feita numa cerimónia marcada para as 21 horas, no auditório Rui Manhoso, em que a AFS vai também fazer a apresentação dos torneios inter-selecções concelhias, uma iniciativa que irá ter a sua primeira fase no próximo mês de Dezembro e que será direccionada para os escalões de infantis e iniciados.

TORNEIO DE GOLFE A FAVOR DOS BOMBEIROS O Santo Estêvão Golfe está a realizar três torneios de golfe cuja receita reverte integralmente a favor dos bombeiros voluntários de Benavente e da aquisição de uma nova ambulância. A primeira prova realizouse na terça-feira, dia 16, ao passo que os restantes estão agendados para os dias 25 de Novembro e 14 de Dezembro. Esta iniciativca de solidariedade, à qual já aderiram várias empresas e cidadãos em nome individual, serve para comprar uma nova ambulância para os bombeiros.


MODALIDADES | DESPORTO 51

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

INICIADOS MERECIAM OUTRO RESULTADO Num fim-de-semana de quatro vitórias e apenas uma derrota, só os iniciados do Hóquei Clube de Santarém (HCS) averbaram um resultado menos positivo num jogo onde mereciam mais sorte. Os scalabitanos perderam a 20 segundos do fim por 2-1 frente ao Vigor e Mocidade, numa partida em que o HCS teve dificuldades em adaptar-se ao piso de cimento. Apesar da derrota, as hipóteses de chegar à fase nacional mantêm-se intactas, pois os iniciados têm vantagem de golos sobre o Vigor e Mocidade, depois de uma vitória por 5-2 na primeira volta. Nos restantes escalões, os juvenis efectuaram o melhor jogo da época e protagonizaram a surpresa da jornada, ao ganhar por 5-4 ao ACR Santa Cita. Os escolares venceram por 10-6 no Entroncamento e continuam sem conhecer o sabor da derrota. Os benjamins derrotaram o HC Turquel por 6-0.

Futebol

Resultados do Inatel

Campeonato nacional de hóquei em patins - 2ª divisão

Ourém e “Tigres” vencem encontros As duas equipas do distrito que disputam o campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins cumpriram a sua missão na jornada passada e continuam classificadas nos lugares cimeiros da prova. A jogar perante o seu público, a Juventude Ouriense conseguiu uma vitória muito importante frente ao HC Sintra, por 3-2, com dois golos

de João Capitolino e outro de Filipe Almeida. Os oureenses somam agora 19 pontos e continuam a dividir a liderança com o HC Turquel. Os “Tigres”, passaram no teste de Sesimbra, onde venceram por 5-3. Bruno Ribeiro e David Abreu marcaram por duas vezes, ao passo que Ricardo Silva assinou o outro golo. A equipa de Jorge Godinho isolou-se

no segundo lugar da tabela, com 18 pontos, aproveitando a escorregadela do AD Oeiras, que empatou em Valado dos Frades. Na sábado, 20 de Novembro, a Juventude Oureense tem uma deslocação bastante complicada ao terreno do AD Oeiras, ao passo que os Tigres recebem a Ac Amadora no pavilhão Bento Calado, às 21 horas.

Grupo A: Envendos 1 – C. Ravelhos 3, Alvega 3 – Arreciadas 0, Ortiga 4 – S. Facundo 4, e Carvoeiro 3 – Sentieiras 3. Comanda o C. Ravelhos, com 16 pontos. Grupo B: Seiça 4 – Olival 1, Amoreira 3 – Bairro 0, e Lobos do Carvalhal 1 – Rio de Moinhos 2. Folgou a Sabacheira. Comandam Seiça e Olival, com 15 pontos. Grupo C: V. Cavalos 4 – Ulme 0, Alcanhões 2 – Tancos 0, e Parreira 2 – Alvitejo 0. Folgou a Carregueira. Comanda o V. Cavalos, com 12 pontos. Grupo D: Paço dos Negros 3 – Raposa 0, Granho 1 – Juve São Domingos 2, e Vale de Santarém 0 – Benfica do Ribatejo 4. Folgou o Zebrinho. Comanda o Paço dos Negros, com 15 pontos. Grupo E: Arrouquelas

2 – Assentiz 2, Vilanovense 1 – Casal da Charneca 0, e Alencalense 2 – Alcobertas 1. Folgou o Almoster. Comanda o Almoster, com 15 pontos. Grupo F: Tigres do Cartaxo – 1 – Valada 0, Quebradas 1 – Vale da Pedra 0, e Vale da Pinta 0 – Ereira 0. Folgou a Lapa. Comanda o Valada, com 11 pontos. Grupo G: Rebocho 0 – Fajarda 0, Malhada Alta 1 – Fazendas Figueiras 5, e CB Samora Correia 1 – Carapuções 2. Folgou o Foros de Salvaterra. Comanda o Fazendas Figueiras, com 15 pontos. Grupo H: Volta do Vale 1 – Santana do Mato 0, Santa Justa 2 – Cortiçadas de Lavre 0, Azervadinha 5 – Foros Lagoiços 0, e Valverde 2 – Montinhos Pegos 5. Comanda o Santa Justa, com 18 pontos.


52

O Ribatejo

Teatro “O Gato” em Ourém

culturas

19 | Novembro | 2010

O Cine-teatro Municipal de Ourém recebe dias 25 e 26 de Novembro, pelas 21h30, a peça “O Gato”. Um espectáculo levado a cena pelo Grupo de Teatro Apollo durante o Festival de Teatro Amador de Ourém.

destaques

Fantasias eróticas e segredos femininos em cena no Teatro Sá da Bandeira O espectáculo “As Filhas da Mãe” chega ao Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, dias 19 e 20 de Novembro, numa peça com muitas fantasias eróticas das mulheres portuguesas. Um espectáculo onde se contam histórias, desde a infância à idade adulta, da educação dos pais à educação dos filhos, da excitação ao orgasmo, de impressões e expressões do prazer erótico, sempre com narrações que parecem autênticas. Em cena, mulheres descrevem fantasias, percepções e emoções da sua biografia sexual, sem qualquer tipo de vergonha ou pudor. Testemunhos reais, na primeira pessoa do singular, sem censura, e que confrontam os juízos que subsistem na penumbra da sexualidade feminina. Um espectáculo da CulTrede, para ver, dias 19 e 20 de Novembro, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira. Para maiores de 18 anos. Custo do bilhete 10 euros.

Do Cartaxo para uma viagem ao fundo do mar “Debaixo da Mesa” da autoria de Agnès Desfosses chega ao Centro Cultural do Cartaxo, dia 20 de Novembro, pelas 16h00. Uma peça de teatro interactivo que vai levar o público infantil ao fundo do mar, já que estes fazem parte do cenário e da história, num verdadeiro “teatro de proximidade e de intimidade”. Uma peça onde o público é convidado a sentar-se à volta de uma toalha imensa, como se de um oceano se trata-se e debaixo da qual vivem um sereio e uma se-

“La Nonna” em Santarém

reia. Estes olham para as pernas dos espectadores e sonham em ter umas também. Para o conseguir, levam o público ao fundo do mar. Um espectáculo dedicado ao público infantil, para ver dia 20, no Cartaxo.

O Veto Teatro Oficina regressa com a tragicomédia “La Nonna”, uma peça que promete muito riso e boa disposição, à mistura com o desespero de uma família sem recursos. A acção decorre em 1965, num bairro popular de Lisboa, no seio de uma família de imigrantes italianos, e onde todos os problemas têm origem na loucura da Nonna. Para ver dia 19 de Novembro, às 21h30, no auditório do Círculo Cultural Scalabitano.

Brilhante época 2010 para o par Marco Mendonça e Adriana Braz Com uma casa repleta de campeões, a Associação de Danças Desportivas de Tremez volta a receber mais um prémio nacional na categoria Juventude Open, num reconhecimento à brilhante época 2010 realizada pelo par Marco Mendonça e Adriana Braz. De salientar os excelentes resultados além fronteiras, nomeadamente em Espanha e Alemanha, participações que levam o nome da escola e dos artistas mas também de Portugal, mais além. Um exemplo de trabalho, empenho e dedicação a este desporto que tanto prestigia a associação.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas Tel: 707220220

Castello Lopes 1

das do pai e tornou-se o líder de um perigoso gang.Sessões às 21h20 e às 00h10* (6ª e sábado).

A cidade Thriller (M12) - E um bairro chamado Charlestown tem produzido mais assaltantes do que qualquer outro sítio nos EUA. Um deles é Doug MacRay, que teve oportunidade de escolher outra vida, mas preferiu seguir as pisa-

Actividade Paranormal 2 Terror (M16) - A acção deste segundo episódio passa-se antes dos acontecimentos do 1º. Aqui tudo começa quando a família da irmã de Katie chega de uma viagem e vê que a casa foi invadida.Sessões às

13h10, 15h40 e 18h30

Castello Lopes 2 A rede social Drama(M12) - Certa noite no ano de 2003, o génio da programação e aluno de Harvard, Mark Zuckerberg, senta-se ao computador e começa a trabalhar numa nova ideia. Aquilo que inicialmente era apenas uma mistura de programação e blogging, cedo

∑ se tornou numa rede social à escala mundialSessões às 13h20, 16h00, 19h00, 21h40 e às 00h20* (6ª e sábado).

Castello Lopes 3 Gru o Maldisposto 3D Animação (M6) -Porque ser bonzinho não está com nada, Chris Renaud e Pierre Coffin apresentam um filme de animação e comédia sobre um vilão maléfico que decide rou-

bar a lua. Sessões às 12h50

Saw Thriller (M18) - O Agente Especial Strahm está morto, e o Detective Hoffman emergiu como o indisputado sucessor do legado de Jigsaw. No entanto, quando o FBI se acerca de Hoffman, ele vê-se forçado a pôr em prática um novo jogo. O grande esquema de Jigsaw é finalmente

compreendido. Sessões às 15h00, 17h10, 19h20, 21h30 e às 23h50* (6ª e sábado).

Castello Lopes 4 Jackass Comédia (M12) - Johnny Knoxville e os seus excêntricos amigos estão pela primeira vez em filme, para coisas que ninguém os deixaria fazer na popular e controversa série da MTV, arriscando estranhas


O Ribatejo

53

Feira de Época em Vila Nova da Barquinha

19 | Novembro | 2010

Vila Nova da Barquinha organiza dias 20 e 21 de Novembro, no Centro Cultural de Vila Nova da Barquinha, mais uma Feira de Época onde poderá encontrar produtos da terra, fruta da época, artesanato, gastronomia, chás, licores, mel e doçaria.

exposições Benavente

Bandas em Concerto em Mação

Música Africana nos Encontros da Lusofonia

Escultura

“Assemblages” explora a transformação de madeira em esculturas, de forma a criar agregações de objectos de grande formato a três dimensões. A técnica simula os mecanismos fundamentais da evolução transformando as ideias do autor em formas passíveis de serem tocadas. No CC Samora Correia

Kimi Djabaté chega ao Teatro Virgínia, em Torres Novas, dia 20 de Novembro, pelas 21h30, para um espectáculo repleto de música africana. Sempre com rasgadas criticas ao seu mais recente disco, o músico natural da Guiné-Bissau recebeu desde cedo formação na área da música tradicional mandinga, sem nunca deixar de se interessar por estilos como gumbé, afrobeat da Nigéria, jazz e até os blues ocidental. Uma mistura de estilos inconfundíveis que revela no seu álbum e lhe valeu a segunda posição nos “World Music Charts Europe”. Mas sempre ligado às raízes africanas, o artista não se deixou prender e rumou até à Europa onde colaborou com diversos músicos: Mory Kanté, Waldemar Bastos e até Netos de Gumbé. Em 2005, lançou o seu primeiro álbum a solo, Teriké, cujo tema central de Karam é África: a sua realidade social e política, o sofrimento do povo Africano,

Cartaxo

Ilustração “7 Ilustríssimos” reúne trabalhos de sete artistas, provenientes de diversos pontos do país, com um talento em comum – a ilustração. Nesta exposição estarão expostos trabalhos de Catarina Lopes, Evelina Oliveira, Hugo Maciel, João Drumond, Rita Gomes, Rui Sousa e Vítor Campino. Até 12 de Dezembro, no CCC.

Entroncamento

Bonés Ferroviários Mostra sobre um dos objectos mais carismáticos dos trabalhadores ferroviários: o boné. U xposição organizada pela Associação de Amigos do Museu Nacional Ferroviário em parceria com a Autarquia e integrada no projecto DEVIR 2010. Na Galeria Municipal do Entroncamento.

Filarmónica

vai acontecer

a luta contra a pobreza, a liberdade, os direitos das mulheres e o amor, numa verdadeira homenagem ao seu povo. Um espectáculo inserido no “3º Encontros de Lusofonias”, para ver e ouvir dia 20 de Novembro, em Torres Novas, pelas 21h30.

O Cine-Teatro de Mação recebe dia 20 de Novembro, às 21.h30, a Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca para mais um espectáculo que dará a conhecer o trabalho desenvolvido pelas bandas filarmónicas da região. Este será o segundo dos três concertos agendados, no âmbito do projecto “Bandas em Concerto” 2010/2011. Uma iniciativa da Direcção Regional da Cultura do Centro, que visa a divulgação do trabalho das Bandas Filarmónicas da região Centro.

Câmara Lenta - por Francisco Maia

Santarém

História do ciclo do trigo Exposição em miniaturas de madeira executadas por Jacinto Ferreira. Miniaturas que revelam o ciclo do trigo, desde as mini alfaias agrícolas e que relembram a forma de trabalhar dos antepassados. Para ver na sala de leitura Bernardo Santareno.

Harry Potter e os Talismãs da Morte: Parte 1 Um dos filmes mais esperados do ano chega esta semana... mais escuro, mais sério, e mais explosivo que nunca...o fim de uma saga. Falo então de Harry Potter, dividido para conquistar, em duas grandiosas partes. Realizado por David Yates, e protagonizado por Daniel Radcliffe, conseguem juntos dar a este semi-final de saga um toque refrescante e grandioso. Munido de um trabalho de fotografia brilhante, tanto quanto sombrio, cria assim um ambiente introspectivo e mágico, cativando não só os fãs, mas também os novos espectadores (se tais existem) à saga. Se outrem Harry Potter foi sinal de “Filme Feliz”, este é marcado por um estranho forte sentimento de tristeza e amor, chegando a saga assim sem duvida alguma à maturidade. Concluindo, reserve os seus bilhetes, encha o pacote XXL de pipocas, e não falhe este filme no cinema.

Castello Lopes 5 e 6 Harry Potter e os talismãs da morte Acção/Aventura (M12) - O mundo dos feiticeiros tornou-se um lugar perigoso para todos os que estão contra Voldemort. E os aliados

deste continuam a querer o prémio mais desejado: Harry Potter. Este tem de ser entregue a Voldemort... vivo. A única esperança de Potter é encontrar o Horcruxes antes que Voldemort o encontre a ele.Sessões às 13h00, 15h10, 15h50, 18h10, 18h50, 21h10, 21h40 e 00h10.

TORRES NOVAS TorreShopping

Gru - O Maldisposto

Drama (M12) - Sessões às13h00, 15h50, 18h30, 21h20 e 00h00

Local: Cine-Teatro Municipal de Ourém Hora: 21h00

(CON)TRIBUTOS – “CONTOS DA BIODIVERSIDADE” 20 DE NOVEMBRO Hora: 17h00 Local: Biblioteca Municipal de Ourém Convidados – Alexandrina Pipa, Gabriel Lagarto e Margarida Costa Tema – “Contos da Biodiversidade” Organização: Câmara Municipal de Ourém

22 E 23 DE NOVEMBRO Reflorestação do Agroal pelos alunos das escolas básicas do concelho de Ourém. Exibição de filme sobre a Fauna e Flora do Agroal. Hora: todo o dia Local: Agroal

03 DE DEZEMBRO “À conversa com António Rodrigues Baptista e Sérgio Ribeiro sobre Francisco Vieira Figueiredo, um ilustre cidadão do Zambujal Hora: 21h30 Local: Museu Municipal de Ourém – Casa do Administrador Entradas Gratuitas

Sala 3

A rede social

20 DE NOVEMBRO

23 DE NOVEMBRO Reflectir as novas oportunidades e desafios da Comunicação Autárquica. Debater a importância da partilha de informação e do trabalho em rede. Inscrição Gratuita obrigatória. Hora: 10h00 Local: Salão Nobre do Centro de Negócios de Ourém

Harry Potter e os Talismãs da Morte

Sala 2

ESPECTÁCULO DE DANÇA E MÚSICA PELO GRUPO CULTURAL ‘RIA AGUNG NUSANTARA’ DA INDONÉSIA

SEMINÁRIO “COMUNICAÇÃO E NETWORKING AUTÁRQUICO”

Sala 1 Acção/aventura(M12) - Sessões às 12h40, 15h30, 18h30, 21h30 e 00h20

NOVEMBRO / DEZEMBRO

PLANTAR PORTUGAL

roteiro cinemas e dolorosas performances e até a própria vida. Sessões às 13h30*, 18h20, 21h00 e às 23h40* (6ª e sábado).

AGENDA DE EVENTOS

Animação (M6) - Sessões às 12h50, 15h00 e 17h10

Saw 3D Terror (M12) - Sessões às 15h00, 17h00, 18h00, 21h10 e 23h50

TORRES NOVAS Teatro Virgínia Significado,

a

música

portuguesa se gostasse dela própria Documentário (M06) -Pode dizer-se que este é um “work in progress”, originalmente pensado e concebido para a Associação Cultural d’Orfeu, cujos fundadores são 4 irmãos músicos, uma encomenda para celebrar os seus 15 anos de existência. Sessão dia dia 24 de Novembro, às 21h30.

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA “SENSIBILIDADES”

04 DE DEZEMBRO A 02 DE JANEIRO DE 2011 Com a participação de 25 fotógrafos e fotojornalistas do distrito de Leiria do projecto “Sensibilidades 25”. Conta ainda com a participação dos fotógrafos oureenses, Nuno Abreu, Pedro Gonçalves e Paulo Vaz Henriques Local: Paços do Concelho de Ourém Entradas Gratuitas Informação cedida pela Câmara Municipal de Ourém. Eventuais alterações nas actividades são da responsabilidade dos promotores.


54

O Ribatejo

À conversa com Luís Silva no Sardoal

19 | Novembro | 2010

O escritor e ilustrador Luís Silva, autor d’“O Livro da Avó”, vencedor do Prémio Bissaya Barreto 2008, vai encontrarse e conversar com a população do 1.º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Sardoal, dia 26 de Novembro, no Centro Cultural Gil Vicente, pelas 10h00. Uma iniciativa que pretende valorizar o livro e o acto de leitura.

televisão

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

Orfãos do Tibete

escaparate

Sentimentalmente, as coisas tendem a melhorar e a sua vida entrará numa fase mais romântica. Sobretudo no sector profissional e económico tem de se mostrar activo e com objectivos bem delineados, pois há tendência para intrigas.

A vida sentimental está cheia de altos e baixos balança 24/9 a 23/10 sendo muito difícil pôr ponto final em divergên-

Ainda que atravesse uma fase de estabilidade nas relações constituídas, é bom que se ocupe da sua “cara-metade”. Na vida profissional, a adesão às suas ideias é plena e as actividades desenvolvemse com resultados acima das expectativas.

escorpião 24/10 a 22/11

gémeos 22/5 a 21/6

As relações estão bem e não tem de se preocupar com a parte sentimental. Um compromisso pode selar-se, mas deve moderar o seu espírito aventureiro. No plano profissional, os indicadores são favoráveis e pode sentir-se impulsionado para outros voos.

sagitário 23/11 a 20/12

Na vida sentimental, uma nova fase mais consentânea com os seus desejos está em curso e é bom que não volte a repetir erros do passado. Profissionalmente, os seus méritos serão invejados, por isso não conte com um ambiente de trabalho privilegiado.

caranguejo 22/6 a 22/7

Vida sentimental favorecida. A dificuldade poderá estar na escolha ou na disponibilidade de tempo. Não se deixe influenciar por pressões familiares para mais tarde não se arrepender. Em termos profissionais, tendem a ocorrer algumas boas mudanças.

capricórnio 21/12 a 20/1

Sentimentalmente, a fase é bastante auspiciosa e é natural que se sinta finalmente correspondido e realizado. Mas é aconselhável que não empole factos de pouca importância. Profissional e economicamente pode obter compensações dos seus esforços.

leão 23/7 a 23/8

As ligações conflituosas tendem a acabar e uma reconciliação não irá longe. As novas relações, sim, estarão favorecidas. Melhores relacionamentos nos próximos tempos. Chegou a altura de fazer opções, pois a ausência de realização profissional está a afectá-lo.

aquário 21/1 a 19/2

Na vida sentimental, as coisas não estão fáceis e as suas atitudes tendem a agravar os conflitos. Tente moderar-se e adaptar-se às circunstâncias. Profissional e economicamente será louvado e apreciado, mas as coisas tendem a não passar disso mesmo.

Na vida sentimental está tudo bem e esta pode ser uma altura inesquecível neste âmbito. Na vida profissional e económica, ainda que esteja favorecido na prestação de conhecimentos, não dê nada como certo, especialmente em matéria de dinheiro.

peixes 20/2 a 20/3

touro 21/4 a 21/5

Canal Odisseia

cias. Será preferível enfrentar as situações, caso contrário acabará “perseguido” por fantasmas. Na vida profissional e económica terá de levar as coisas a peito. O início da semana pode trazer-lhe preocupações mas a tendência é para ser capaz de lidar com elas conseguindo superá-las de forma a que a sua imagem saia reforçada. Na vida profissional a tendência é para progressos. Tente fazer uma vida bem activa.

Sábado, 20 de Novembro, 21h00

Cada ano, vários grupos de crianças tibetanas deixam de forma secreta as suas terras natais para atravessar os Himalaias e chegar às escolas fundadas na Índia pelo governo no exílio. Este é um caminho cheio de perigos onde arriscam as suas vidas ao terem que enfrentar bandidos e terríveis encostas. Um documentário no qual poderá conhecer o colégio Mussoire, que, situado no norte da Índia, alberga mais de 2.400 crianças tibetanas que foram acolhidas depois de terem deixado os seus lares e as suas famílias.

Vidas Contadas RTP1 Domingo, 22 de Novembro, 21h00

”Vidas Contadas” são reportagens sobre casos de vida, histórias de pessoas que viveram algo de marcante ou que se tornaram notícia por uma razão especial. Hoje em dia, a informação está e deve estar cada vez mais próxima das pessoas. É esse o sentido do programa. Tornar as reportagens próximas das pessoas, do que sentem, do que pensam sobre ...a VIDA.

virgem 24/8 a 23/9

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

sorte Concurso nº 46/2010

sudoku

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

1121x12x12x22 M:1

totoloto 9 | 23 | 25 | 29 | 31 | 38 | 10

joker 6. 499.919

loto2 3 |22 | 31 | 32 | 45| 49| 46 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

4

5 7

4

9

5

9

9

8 5

2 6

VERTICAIS: 1. Os próximos realizar-se-ão em Londres 2. O lobo solta-o. Símio 3. Têm meios próprios 4. Grito. O tempo de uma rotação. Onde se quer o sol 5. A mais que o chapéu, tem a pala. Iluminava os faraós. O do chão fica ao nível da rua 6. Eu latino. Piedosas 7. É a linha que forma com outra um ângulo recto 8. A primeira pessoa. Nunca vista 9. Negativa de pernas para o ar. Filão. O quente sobe 10. Atascara. Afirmativo 11. É melhor do que mal acompanhado. Unidade de sensibilidade. Dente que nem todos têm.

Linda Martini PVP:10,99€ Gravado por Nelson Carvalho nos estúdios Valentim de Carvalho e produzido pela banda, o este é composto por 10 temas que mostram a razão pela qual esta banda esgota as salas que os acolhem – dentro e fora do país - e soma seguidores de forma fulminante. Os Linda Martini são: André Henriques, Cláudia Guerreiro, Hélio Morais e Pedro Geraldes.

2 1 3

4

7

6

8

5

3 9

3 1

3

6 8

3

4 JOGO MySims Racing

8 5

8

7

7

9 6

5

9

Vários PVP: 69,99€ Dos produtores executivos Tom Hanks, Steven Spielberg, e Gary Goetzman, The Pacific retrata as experiências reais de três Marines Americanos - Robert Leckie (James Badge Dale), Eugene Sledge (Joe Mazzello), e John Basilone (Jon Seda) – e a sua jornada pelo vasto Pacifico durante a Segunda Guerra Mundial.

5

4

1

DVD Pacífico

3

2 7

1

6

7

9

9

CD Casa Ocupada

1

8

HORIZONTAIS: 1. Revolução que é festejada em Novembro. Organização que se opunha à independência da Argélia 2. Flor que foi objecto de uma citação de Salomão. Retomo 3. Um dos impostos que vai aumentar. Mandava nos mares romanos (Brasil) 4. O maior rio português. Depois do sol 5. A última da escala. Fazem parte do estilo gótico 6. Não é divisível por dois. Sobrecarrega 7. O que ladra não morde. Suspensão da respiração 8. Cor de terra, A sua tintura é anti-séptica 9. Técnica literária que ridiculariza um determinado tema. Nota 10. Deusa das plantas comestíveis. Iguais 11. Têm espinhos. Cai com a Trindade.

Judi Picoult PVP:17,91€ Jacob Hunter é um adolescente: brilhante a Matemática, sentido de humor aguçado, extraordinariamente bem organizado, incapaz de seguir as regras sociais. Jacob tem síndrome de Asperger. Está preso no seu próprio mundo - consciente do mundo exterior e querendo relacionar-se com ele. Jacob tenta ser um rapaz como os outros mas não sabe como o conseguir.

1

3

Soluções

totobola

6 8

HORIZONTAIS: 1. Outubro; OAS 2. lírio; reato 3. IVA; Netuno 4. Mondego; lá 5. si; ogivas 6. ímpar; onera 7. cão; apneia 8. ocre; iodo 9. sátira; si 10. Ceres; tais 11. rosas; Carmo

7 | 19 | 23 | 29 | 47| 1 | 6

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

VERTICAIS: 1. Olímpicos 2. uivo; macaco 3. transportes 4. ui; dia; eira 5. boné; Rã; rés 6. ego; pias 7. ortógono 8. eu; inédita 9. oãn; veio; ar 10. atolara; sim 11. só; asa; siso

euromilhões

Super 14. V.Guimarães - Braga

Precisa de dar mais colorido à vida familiar, embora nem sempre seja logo entendido. Se escolheu esta altura para férias, o romance está à espreita. Profissionalmente, a conjuntura apresenta sinais de mudança que o favorecerão e darão mais segurança financeira.

LIVRO No Seu Mundo

4

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

Wii PVP: 24,99€ Participe numa nova aventura com os seus MySims! Comece esta aventura na escola de condução e aprenda a ser o melhor do universo. Trabalhe afincadamente de forma a conseguir lidar com os fortes adversários e as pistas cheias de truques. Quanto mais ganhar, mais facilmente vai conseguir personalizar os seus kart com novos power-up e gadgets. Quando estiver pronto, convide os seus amigos para o modo multiplayer para quatro jogadores.


O Ribatejo

55

Passeio pedestre em Constância

19 | Novembro | 2010

Constância organiza dia 21 de Novembro, pelas 09h00, o percurso pedestre de observação e interpretação da natureza “Descobrir a Natureza no Outono”. Uma caminhada pelos trilhos de Santa Margarida que contemplará uma visita à exploração de agricultura biológica as Hortas da Aldeia. Inscrições através do 249 736 929

Histórias

Palhaços

Teatro

“Fados da República” em Alcanena ““A Casa das Alba” no Sardoal Sardoal recebe dia 20 de Novembro, pelas 21h30, a estreia da peça de teatro “A Casa das Alba”, pelo Getas, no Centro Cultural Gil Vicente. Um espectáculo inspirado na obra imortal de Federico Garcia Lorca e que nos conta a história de uma mãe, Bernarda Alba, que depois da morte do seu marido impõem às cinco filhas, como luto, uma longa e dolorosa reclusão, um costume real levado ao exagero, onde a e exigência dos padrões sociais falam sempre mais alto que a natureza humana.

“O Fado é a canção de um povo, de uma alma, de uma história…” assim poderia começar “Fados da República”, um projecto de fados contemporâneos dedicados ao período da implantação da República que relembram a história e a cultura da época. Textos de Fernando Pessoa, Luz da Matta, Adelino de Sousa, António Miguel Couto Viana e letristas populares anónimos ganham voz através de uma linguagem musical bem portuguesa: o fado, esse ícone português que tanto cantou saudades. Na voz de Carla Ribeiro e Gil Costa sob a direcção musical de André santos e Nuno Tavares, este

trabalho regista alguns fados que os caminhos da República abriram, revelando mentalidades, vivencias e paixões. Um espectáculo

Os Direitos dos Palhaços em Santarém

dedicado ao fado e à queda da monarquia, para ver dia 20 de Novembro, às 21h30, no Cine-teatro são Pedro, em Alcanena

Os famosos palhaços Pantufa e Ernesto voltam ao auditório do Círculo Cultural Scalabitano, em Santarém, com o espectáculo Os Direitos dos Palhaços. Esta produção do Veto Teatro Oficina apresenta um espectáculo em que os dois reflectem acerca dos seus direitos. Muita brincadeira e animação estão prometidas para a tarde de domingo. Este espectáculo dá continuidade ao ciclo de teatro infantil, que decorrerá até dia 28 de Novembro. O Ribatejo tem para oferecer convites para este espectáculo aos primeiros leitores a contactarem o jornal através do 243 300 600


56 COMERES & BEBERES | RESTAURANTES E ESPECIALIDADES SANTARÉM A GRELHA Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488

QUINTAL DO BECO Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247.

O CANTINHO DOS SABORES Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

O SALSA Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341 J F RESTAURANTE Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200 CASA CONDEÇO Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887 A CARROÇA Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216 LUÍS DO LEITÕES Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102 O BACALHAU Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago Tremez Tel. 243479196 TABERNA DO QUINZENA Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 - Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 ADEGA DOS SABORES Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000 MINA VELHA Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N

QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629

QUINTA DOS GRAVELHOS Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629 DOM TACHO Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

OH VARGAS Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146.

(excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934 CARTAXO

O CANTINHO DA BELA Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borrego, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

ADEGA DO BACALHAU Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519964569837.

TABERNA RENTINI Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254 CHAFARICA DA TORRE Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790 O TASCO Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelhado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391 O BERNARDO Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O CANTINHO DO AVÔ Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 CARAVANA Especialidades: Bife à Caravana, Bife de Pimenta, Lulas com camarão. Folga Domingo. Morada Rua Capelo Ivens, nº 102, Santarém. Tel. 243 306 437 PAPARIKA DO MOCHO Especialidades: Muamba de galinha, Caracoletas guisadas, Cataplana de marisco e Torricado de bacalhau Folga: Domingo Morada: Rua do Matadouro Regional, Lote 22 – Quinta do Mocho – Zona Industrial – 2005-002 Santarém Contactos: 243325144/ 918550164/ 919848045 CONSTÂNCIA FALCÕES Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Telefone: 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com SALVATERRA PRETO & BRANCO Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quintafeira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) Cartaxo Telem: 963458371 TABERNA DO GAIO Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

CALIFÓRNIA Especialidades Enguias c/arroz de feijão, Ensopado de Enguias, Entrecosto Frito c/arroz de feijão, Vitela estufada, Chispe c/Feijão Branco. Serve Jantares. Fecha às terças. Telf: 263504643 . Foros de Salvaterra. O PINTO Especialidades Enguias fritas c/arroz de feijão, ensopado de enguias, polvo à lagareiro, Borrego à Alentejana. Fondue. Aberto todos os dias. Serve jantares. EN 118 KM54 – Marinhais ADEGA DA ROSA Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240 CABANA DOS PARODIANTES Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com ESCAROUPIM Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228email:rest.o.escaroupim@ hotmail.com A CASINHA Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 Aberto ao domingo durante o mês da enguia BARQUINHA ALMOUROL Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com ABRANTES CRISTINA Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@restaurantecristina.com Web www.restaurantecristina.com

AVENIDA Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes O FUMEIRO Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt ALMEIRIM RETIRO DO CAMPINO Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A Almeirim Tel. 243592528 O GALINHA Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797 DAVID PARK Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac. pt. Tel. 243591475 SEPÚLVEDA Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não temMoradaRuaVinhadoSantíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058 O FORNO Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Tel: 963458371 CONSTANTINO DAS“ENGUIAS” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156 CAMBÁIA Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira

TABERNA DO ALFAIATE Especialidades Bacalhau assado no forno com manja, Migas de bacalhau, Cabrito assado no forno, Naco de boi em vinho tinto com migas, Entrecosto de porco preto com arroz de feijoca, Porco preto assado no forno à padeiro. Folga Encerra às 2ª feiras e Domingos ao jantar. Morada Lapa, Cartaxo, telefone 243 790 005 GOLEGÃ CENTRAL Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt O BARRIGAS Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www. obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores ALPIARÇA TERTÚLIA Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-restbar.hi5.com Email:bernardos.inv. hot@sapo.pt CORUCHE Ó MANEL Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo JAKIM GIRASSOL Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333 A TASCA Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. 243675232 O CHOUPO

Especialidades Bacalhau à Choupo, enguias fritas e ensopado, medalhões de Maronesa, Posta Maronesa, Carnes de porco preto, cataplanas Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875. Tel. 917785703 O FARNEL Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436 SAL & BRASAS Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319 PONTE DA COROA Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 Coruche Tel. 243617390 RIO MAIOR MANJAR DO PARQUE Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net PALHINHAS GOLD Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt FÁTIMA SANTA RITA Madeirense e Açoriano Especialidades: Bacalhau Espiritual, Bacalhau com camarão, Bacalhau Nove Ilhas, Bife de Atum; Alcatra, Linguiça do Pico, Secretos Porco Preto, Vitela. Morada: R. Rainha Santa Isabel (em frente ao Hotel Cinquentenário) Fátima. Tel. 249098041/919822288. Site: http://santarita.no.comunidades. net. Oferta de 5% de desconto com a apresentação deste jornal. MAÇÃO O GODINHO Especialidades Café – Restaurante. Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O CANTINHO Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação TORRES NOVAS O BABALHAU BRASAS Especialidades: Arroz de Pato, Cabrito no Forno, Camarão Flamejado c/ manga, Peixe Fresco do Mar e Carne c/Qualidade. Folga ao Domingo à noite e Segunda. Ladeira da Enfermaria Militar, nº 21 – T Novas – Telf: 249183699. Reservas: 913125149


OPINIÃO | COMERES & BEBERES 57

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Sabores

Vinha da Defesa

da Cascata

No rótulo o título DEFESA engloba uma minúscula indicação de vinha da Defesa, sendo mais uma referência dos vinhos produzidos e comercializados debaixo da marca global Herdade do Esporão. O consumidor ficava a ganhar se fosse elucidado do porquê da – vinha – como

Restaurante ∑ Abrantes Os proprietários do r e s t a u r a n te C a s c a t a (Alferrarede) decidiram alargar a sua área de actuação a Abrantes, tendo ocupado o espaço do antigo Sabores do Pinhal, no edifício São Domingos. Fui lá refeiçoar há dias. No referente a decoração, mobiliário e ambiente julgo não se terem processado alterações de maior, no que tange ao cardápio espero não errar se disser que é semelhante ao da casa-mãe, acrescido da receita de cabrito estonado prato que proporcionou prestígio e, certamente, proveito aos antecessores. Iniciei a refeição apreciando um presunto que não sendo excelso, também não merece nota negativa. E a seguir veio o cabrito estonado. Uns sabichões de fancaria dizem que esta receita nasceu nas terras do pinhal. É uma redonda mentira, se assim fosse os pastores e as mulheres das aldeias da serra de Montesinho também podiam reclamar a sua paternidade. Na cozinha da Assíria encontramos referências ao cabrito prepara-

do dessa forma, isto é: pelando cuidadosamente o chibinho com o recurso a muita água. Nos banquetes e festins eram servidos “fornidos cabritos de barba larga”. Feita a advertência, informo os leitores que o cabrito estonado apreciado nesta refeição mereceu nota elevada pelo brilho da confecção que salientou a exuberante sapidez de uma carne delicada quantas vezes estragada pela inépcia de quem a trata culinariamente. Muito bem, porque muito bom. A pressa e o facto de estar sozinho não permitiu outras indagações, vão acontecer no futuro pois a valia da cascata continua a ser forte e o profissionalismo jovial do Sr. Pedro um importante factor de fidelização de clientes. O tinto duriense Três Bagos converteu-se num eficiente coadjutor de um almoço cujo trunfo foi o tal cabrito estonado. Armando Fernandes

Aceita cartões de crédito. Encerra ao sábado. Telefone 249 543 116.

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Praceta Pedro Escuro, 10 - 3.º Esq.º (Junto à Rádio Pernes)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

não é, resta-lhe apreciar o tinto em causa resultado do enlace de uvas das castas Touriga nacional e da internacional que na essência nos remete para a Pérsia, a conhecida Syrah grávida de história e mãe de vinhos de alta qualidade. Não sei qual é a percentagem de cada uma das

Vinho ∑ Tinto

castas empregues na fabricação deste vinho, sei que agradou aos meus olhos, ao nariz e provocou prazer ao palato. É verdade, pois no copo refulgiu em limpidez, os aromas tão típicos da casta nacional a frutas maduras (amoras silvestres e ameixas) vieram ao de cima, en-

quanto que na boca a exuberância dos taninos arredondados mas orgulhosos proporcionam amável beber, num fundo retinto bem vincado, gostoso e de prolongado final. A saborear na companhia de carnes e queijos opulentos picantes ou não. A.F.


58 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010 A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt

A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt A Drª Sónia Bento - Praça da República, 29 - 1º Esq.º - 2080-044 Almeirim - Tel. 243372159 Fax 243597999 sbentompires.adv@gmail.com

ADVOGADOS Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº - 1050-049 LISBOA Tel. 213 172 720 Fax. 213 172 729

ABRANTES

CARTAXO

A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

Armando Ferreira

A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ADVOGADOS    

Rui Roboredo Consciência Eurico Heitor Consciência João Roboredo Consciência Teresa Roboredo Consciência

   

Normando Sérgio Rita Teimão Figueiredo Fernando Zuzarte Saraiva Helena Marques Duarte

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336 – 2º A – Apart. 37 Tel. 241372831/2/3 – Fax 241362645 – 2200 – 397 ABRANTES PONTE DE SOR: Rua Vaz Monteiro – 19 – 1º andar Tel. 242207319 – Fax 242203335 – 7400 – 281 PONTE DE SOR SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém – 2 – 2º A Tel. 243352407 – Fax 243352409 – 2000 – 223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213860963 – 213862922 – Fax 213863923 – 1250 – 051 LISBOA

assinatura anual por apenas 25,50 €

Francisco Pedrógão

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

ADVOGADOS

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

Telem.: 969 239 263

Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL

2000-145 SANTARÉM

A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt

A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA

E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

ALMEIRIM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

Visite o nosso Site: advogadosabrantes.com

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

19 Francisco Viegas

Rua Pedro Santarém, 2-A

243 330 570

Sexta

19 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Sexta

19 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

Sábado

20 Oliveira

Rua Colégio Militar, 1

243 326 182

Sábado

20 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Sábado

20 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Domingo 21 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067 249 822 411

Domingo 21 Pereira

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Domingo 21 Central

249 830 180

Segunda

22 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Segunda

22 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Segunda

22 Central

Rua de São Pedro, 5

Terça

23 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Terça

23 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Terça

23 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

Quarta

24 Vitorino

Av.ª Bernardo Santareno, 24

243 326 704

Quarta

24 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Quarta

24 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Quinta

25 Helena

R. Dr. Jorge Sena, 12 - Alto do Bexiga 243 420 214

Quinta

25 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Quinta

25 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Sexta

26 Flama Vitae

Pç. Sá da Bandeira, 4 e 5

Sexta

26 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sexta

26 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

243 322 195

TOMAR

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

19 Alfa

Av. Nuno Álvares Pereira, 62-64

249 321 404

Sexta

19 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sábado

20 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sábado

20 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Domingo 21 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Domingo 21 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Segunda

22 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos, 13-15 e 17 249 324 373

Segunda

22 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Terça

23 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Terça

23 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Quarta

24 Alfa

Av. Nuno Álvares Pereira, 62-64

249 321 404

Quarta

24 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quinta

25 Nova

Rua Silva Magalhães, 77-79

249 310 360

Quinta

25 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Sexta

26 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Sexta

26 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sexta

19 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Sábado

20 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Domingo 21 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Segunda

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

22 Almeida

Terça

23 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Quarta

24 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Quinta

25 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Sexta

26 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

R. Heróis de Chave

263 504 319

SALVATERRA DE MAGOS ABRANTES Sexta

19 Motta Ferraz

Sábado

CARTAXO Largo Mota Ferraz, 7

Sexta

241 360 520

Sexta

19 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

20 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 702 653

20 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Sábado

Domingo 21 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Domingo 21 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

Segunda

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Segunda

22 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123 Rua de S. Sebastião, 3

22 Silva

243 770 997 243 700 130 243 702 653

Sábado a Sexta

19 Martins 20 a 26 Carvalho

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

19 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50 20 a 26 Almeida

Terça

23 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Terça

23 Abílio Guerra

Quarta

24 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Quarta

24 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

BENAVENTE

Quinta

25 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Quinta

25 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Funciona 9 às 22 h

Sexta

26 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.S. Mart. 47

241 360 530

Sexta

26 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Baptista

Assegura serviço durante a noite Martins

243 994 700

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633


O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

saúde

D Exercício e alimentação certa para músculos saudáveis

59

Os cuidados com os mais de 300 músculos que revestem o corpo humano não deve ser preocupação apenas para atletas, desportistas ou bailarinos. “Todos nós vamos perdendo massa muscular à medida que vamos envelhecendo, e logo a partir dos 30 anos”, alertam os nutricionistas. Pelo que é aconselhável beber muita água e a fazer uma alimentação saudável, assim como exercício físico regular.

Alli está na moda, mas nem tudo é fácil Cápsulas Alli com dieta apropriadas ∑ Para reduzir um quarto da gordura que ingerimos O livro chama-se “Alli o plano de dieta” e sugere que ajuda, comprovadamente, a perder 50% mais de peso do que fazendo apenas dieta (editora Livros d’Hoje, 2010). Para chamar a atenção dos leitores, lêse na contracapa que com Alli começou a revolução na redução do peso corporal. A linguagem aqui utilizada é francamente promocional: “Alli é o primeiro e único medicamento na área do emagrecimento, não sujeito a receita médica, autorizado pela União Europeia. Foi clinicamente testado e a sua eficácia está comprovada na redução de peso até 50%, quando utilizado em conjunto com uma dieta baixa em calorias e gorduras”. E mais adiante é dito que apresenta nesta obra um regime dietético, sólido do ponto de vista médico, projectado por um nutricionista. Para enfatizar que se deve saber mais sobre este plano de dieta, recorda-se ao leitor que: 32,3% da população sofre de excesso de peso e 11,2% de obesidade; a taxa de obesi-

dade em Portugal é maior nas pequenas cidades; e a obesidade afecta mais pessoas a partir dos 55 anos. Este guia adverte também que Alli não é uma pílula milagrosa nem uma dieta de choque. Inclui um programa de apoio e tem suporte clínico irrefutável. Precisa de ser conjugado com um plano alimentar com baixo teor de calorias e para gente determinada consegue mudar hábitos alimentares, ajudando a seguir um estilo de vida mais saudável. Alli tem um funcionamento específico: o nosso organismo liberta enzimas naturais durante a digestão; dentre destas enzimas existem algumas que têm uma acção específica para decompor as proteínas, os hidratos de carbono e as gorduras; o Alli actua exclusivamente sobre as enzimas que degradam a gordura; como Alli pode diminuir a absorção de algumas vitaminas, deve ser tomado todos os dias ao deitar um multivitamínico que contenha vitaminas, A, D,

E e K, o Alli inibe que cerca de um quarto de gordura que ingerimos através da alimentação não seja digerido pelos enzimas, e como a gordura não digerida não pode ser absorvida, sai naturalmente do organismo; finalmente, sendo a gordura o nutriente com maior densidade calórica ou energética, ao diminuir, graças ao Alli, parte da sua absorção, e desde que se opte por refeições com baixo teor de calorias e gordura, consegue-se perder peso mais facilmente. Dentro do livro, como se fosse um lembrete, vêm elementos que devem ser tomados em consideração pelos potenciais utilizadores do Alli: devem ser respeitadas as recomendações dietéticas porque uma dieta com elevado teor em gordura aumenta a possibilidade de ocorrerem reacções gastrointestinais adversas; a lista de precauções e advertências vem lá. O guia dá também dicas para evitar efeitos de tratamento, propondo por exemplo: iniciar a dieta de teor reduzido de gordu-

ra uns dias ou mesmo uma semana antes de começar a toma das cápsulas. Toma-se uma cápsula de Alli três vezes por dia, às refeições, engolindo a cápsula inteira com água; não se deve tomar mais do que três cápsulas por dia e o utilizador não deve esquecer de tomar um suplemento multivitamínico ao deitar, como já se referiu atrás. O fundamental da obra passa pelo conhecimento da dieta, que é a chave do êxito na perda de peso seguindo-se os planos de ementas e um vasto elenco de receitas. Importa não esquecer que o tratamento não deve ultrapassar os 6 meses e quem não perdeu peso ao fim de 12 semanas de tratamento deve consultar prontamente o médico ou farmacêutico. Alli não deve ser utilizado por pessoas com menos de 18 anos. Tudo conjugado, o mais recomendável para quem tem peso a mais é começar por conversar

Surgimed Anat.Patológica Dra. Margarida Mendes

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Ortopedia Dr. Duarte Cadavez

Cir.Geral/Obesidade Dr. Joaquim Costa

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dermatologia Dra. Joana Parente Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado Neurologia Dr. Jorge Becho Neuropsicologia Dr. Nuno Pestana Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr.João Paulo Ribeiro Dra. Cátia Lima Psiquiatria Dr. Vítor Henriques Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto Dr. Luís Costa

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • M.A.P.A. • Holter 24 horas • Polisonografia em ambulatório

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt

com o seu médico de família, conhecer bem o seu estado de saúde e não descurar os aspectos sociais da alimentação, antes de iniciar um plano de dieta. Ler o plano de dieta Alli é uma coisa. Praticar um plano de dieta pressupõe o conhecimento do estado de saúde. Beja Santos


60 SAÚDE

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Terapeuta Osteopata Rui Leite Ceficarte

CENTRO DE FISIOTERAPIA DO CARTAXO

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243 327 546 - 2000 SANTARÉM

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. A. JÚLIO SILVA Médico Especialista ORTOPEDIA

SANTARÉM

Dr. Rui Castro Médico Especialista de Clínica Geral

CONSULTÓRIO: Rua José Saramago, 17-1º (edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431 Telemóvel: 917 770 678 CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov) ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

(Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243326935 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Sandra Silva - Drª Isabel Baptista Medicina Interna Dr. Victor Bezerra Nutrição Drª Susana Rodrigues MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM


SAÚDE 61

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Júlio Aranha

Drª ISABEL MONTEIRO

Cardiologista

Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

Telef. 243 326 957

Sílvia Lencastre Fróis

Consultas de Cardiologia Ecocardiograma M e 2D Ecocardiograma com doppler e côr ECG Holter de 24 horas Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial Electrocardiograma Provas de Esforço SANTARÉM - Tel. 243 327 431 RIBACLÍNICA - CHAMUSCA - Tel. 249 760 031

DRA. MARISA PERES

Psicóloga Clínica Psicologia Clínica e Psicoterapia Marcações pelo tmóvel -

MÉDICA CARDIOLOGISTA

918 732 116

Informo os meus estimados pacientes de que a minha colaboração com o IMS chegou ao fim.

Santarém • Coruche • Rio Maior

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona

Poderão, no entanto, continuar a contar com toda a minha dedicação e profissionalismo no vosso acompanhamento cardiovascular. Estarei disponível em:

ALMEIRIM: Clínica do Jardim: 243593422; Enfercentro: 243 579 601 AVEIRAS DE CIMA: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

DR. MARCÃO CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

Potenciais evocados EIectroencefalografia Estudos do Sono em ambulatório Testes Cutâneos Alérgicos Provas de Função Respiratória Imagiologia de Intervenção: Citologia da Mama Citologia da Tiróide Biópsia Prostática eco-guiada Meios Terapêuticos: Litotrícia Ortotrícia Análises Clínicas

Santarém | R. Prof Pinto Correia Lote 6 C/v, 2005-266 T: 243 303 180 F: 243 303 188 Tomar | R. António Joaquim Araújo nº 32, 2300-555 T: 249 329 020 249 310 430 F: 249 320 029 Entroncamento | R. Ant.º Amílcar Correia nº 9, 2330-255 T e F: 249 719 984 Abrantes | CHMT - Largo Eng.º Bioucas, 2200-202 T: 241 372 396 241 331 676 F: 241 361 521 Sertã | Av. Nuno Álvares Pereira nº 924 R/c, 6100-733 T: 274 603 433 F: 249 320 029 Torres Vedras | Av. General Humberto Delgado nº 22D, 2560-272 T: 261 319 130 F: 261 315 535 Santarém | Prolongamento da Praceta Jaime Cortesão Lote 4 C/v Dt.ª, 2000-228 T: 243 333 969 F: 243 321 945 e-mail: geral@crtomar.pt

DR. JOSÉ BRANCO PSICÓLOGO CLÍNICO E PSICOTERAPEUTA MEMBRO EFECTIVO DA ORDEM DOS PSICÓLOGOS

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES

MEMBRO FUNDADOR DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSICOTERAPIAS CONSTRUTIVISTAS

CONSULTAS DIÁRIAS DAS 10H. ÀS 20H.

Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S

Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

Uro-TC Dental Scan Angiografia Fluoresceínica Ecografia Geral Ecografia Cardíaca Döppler Ecografia Obstetrica Radiologia Digital Mamografia Digital Ortopantomografia Digital Densitometria Óssea Digital Electromiografia

SANTARÉM: GFS (Estrada de S. Domingos, perto do Presídio): 243 328 890

CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

Ressonância Magnética 1,5 t RM Neuro/Corpo/Osteoarticular Difusão/Perfusão/Expectroscopia Quantificação fluxo do LCR Angio RM RM Mamária RM Cardíaca TC 64, 16 e 4 Cortes Angiografia Cardíaca Virtual Colonoscopia Virtual Broncoscopia Virtual Angio-TC

POR

ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

CONSULTAS DE CARÁCTER SOCIAL: 4ª FEIRA (TARDES), EM LISBOA 6ª FEIRA (TARDES), EM ALVERCA LISBOA: CLÍNICA MOVIMENTO E SAÚDE, R. JOSÉ FALCÃO, 52, 2º, F (METRO ARROIOS) ALVERCA: R. CIDADE DE DÉVNIA, 21, 2º, DTO

MARCAÇÕES E INFORMAÇÕES:

961 285 155 e 216 037 099

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre Dr. João Chambel CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes

CENTRO AUDITIVO WIDEX Audiologia  X  X  X X

Dr.ª Odete Batista

Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

PEDIATRIA Dr.ª Teresa Barracha Dr. Nuno Carvalho GINECOLOGIA/OBSTETRÍCIA Dr.ª Patrícia Silva Dr.ª Graça Marona Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato

UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Susana Brites/Dr.ª Helga Marques NATUROPATIA/ /HOMOTOXICOLOGIA Dr. Jaime João Tavares TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195


62

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

imobiliário & classificados ajardinado, garagem. AC e pré-instalação de som ambiente – 200.000€ www.remax. pt/120431130-10 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500

IMOBILIÁRIO arrenda-se A QUARTO mobilado em Santarém TM 969303121 A QUARTOS/ Apartamento rot. Forcado TLM 913 837 330 A Quartos em São Domingos TLM 966756276

IMOBILIÁRIO vende-se A CAFÉ Restaurante em Benfica do Ribatejo. Aceito permuta quase total valor. Preço 140.000€ T 969738212 AFAZ ALMEIRIM moradia T3 usada Nov/07 c/ 980m2 piscina de água salgada, boas áreas, todos os extras. Oportunidade. Trata o próprio 963802548 A Permuto T0+1 PORTIMÃO p/ Apt/ Casa TLM 933251598 A MORADIA na Azinhaga c/ anexos, vedada e sist. de segurança. Acesso ao 1º andar c/ escada iluminada. Salão (53 m2) c/ lareira, cozinha, despensa e escritório (zona social), 4 quartos (dois em suite c/ vestíbulo), arrumos. Acesso ao sótão. Logradouro

A APT T4 c/ bons acabamentos, zona privilegiada do Planalto de Santarém, vistas panorâmicas, equipado c/ AC e aq. central. Com áreas generosas, pavimento do hall de entrada e sala em pedra, wc’s revestidos a pedra. Cozinha total. equipada e arrecadação – 137.000€ www.remax. pt/120431071-120 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A QUINTINHA na Vila da Marmeleira c/ 4960 m² de lote, vedada c/ árvores e jardim. Amplos espaços de estar, zona de sala de jogos, c/ carácter rústico. Cozinha equipada, 2 quartos c/ roupeiro. Aq. central c/ caldeira a gasóleo e lareira c/ recuperador de calor. Garagem, alpendres, churrasqueira e forno, cozinha rústica. O terreno permite o loteamento. Possibilidade de aumentar o número de divisões. Alarme – 190.000€ www.remax.pt/120431105-18 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2 no centro de Santarém. Composto por 2 quartos, 2 salas (uma de estar e outra de jantar), 2 casas de banho, cozinha e marquise c/ ar cond., aproveitamento de sótão c/ entrada pela despensa e varanda. Vista desafogada e muita luminosidade – 59.000€ www.remax. pt/120431070-155 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT em S. Domingos, com 3 quartos (um em suite), sala c/ lareira e AC, cozinha c/ placa, forno e esquentador,

despensa na cozinha e área de estendal. Roupeiros. Edifício bem cuidado no seu interior e exterior. Boa localização, perto de comércio. Lugar de estacionamento e arrecadação com 4,20 m². – 122.000€ www.remax. pt/120431104-16 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 Duplex, em S. Domingos, vistas deslumbrantes. 5 Assoalhadas, 4 Quartos (um deles em suite), 4 casas-de-banho. Lugar de parqueamento, Ar cond., lareira c/ recuperador de calor, cozinha totalmente equipada – 180.000€ Possibilidade de arrendamento por 675€ mensais, totalmente mobilado. www.remax.pt/120431071180 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 para venda junto às Finanças de Santarém. O apt possui 2 casas de banho, sala c/ varanda, marquise e despensa. Possibilidade de ficar equipado e mobilado. Perto de tudo e com bons acessos 80.000€ www.remax. pt/120431121-48 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl - Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv..Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/ chão, cave e sótão. No r/chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada...Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/ acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv. exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem. 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A CARTAXO – T2 remodelado c/ COZINHA EQUIPADA, sala e quartos c/ A.C.. Arrecadação. 75.000 € www. remax.pt/121871072-63 RE/ MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 334 733 A PONTÉVEL – Quintinha em Casais Lagartos c/ moradia T3, jardim, árvores de fruto, horta, anexos, portão automático, poço, tertúlia… 197.500 € www.remax. pt/121871081-11 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 962 191 373 A ALMOSTER – Casa à antiga portuguesa, 220 m2 de habitação, logradouro e ainda 920 m2 de área destinada a adega a armazéns. 99.900 € www.remax. pt/121871078-2 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 926 613 915

A OUTEIRO DA CORTIÇADA – Casa rústica recuperada c/ sótão totalmente aproveitado. Tem um antigo lagar transformado num espaço de lazer. Poço, árvores de fruto, jardim, piscina desmontável … 115.000 € www. remax.pt/121871049-226 RE/ MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 969 754 602 A SANTARÉM – Ap. T2 em bom estado de conservação, c/ WC recuperado, zona de tratamento de roupas, arrecadação, elevador. 48.000 € www.remax.pt/12187107462 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 778 968 A CARTAXO – T3 (1º andar) c/ arrecadação, próximo do Centro de Saúde, com espaço para estacionamento. 87.000 € www.remax. pt/121871073-21 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 725 440 A RIO MAIOR – Moradia térrea T3+1 inserida num lote com 4.398 m2. Tem 2 anexos com WC, telheiro e churrasqueira. 160.000 € www. remax.pt/121871028-383 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 311 745 A CARTAXO – Apt T1 no centro da cidade. Sala com kitchnette equipada, varanda, quarto com roupeiro. 55.000 € www.remax.pt/121871028403 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 311 745 A MORADIA T3 Arneiro Tremês, 415m2 útil, com terreno, a 10km Santarém Preço: 125.000,00€ - Ref. 363 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A APARTAMENTO T3 São Domingos, usado, ar condicionado box fechada, Oportunidade de negócio. Preço: 95.000,00€ - Ref. 700 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A MORADIA T3 Moçarria, 382m2 terreno, dois pisos, como nova, Avaliação garan-

tida, condições especiais Preço: 137.300,00€ - Ref. 747 Go Imobiliária AMI - 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A APARTAMENTO T2 Salvaterra de Magos, Novo, cozinha equipada, box fechada, suite. Excelente negócio. Preço: 100.000,00€ - Ref. 751 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A SANTARÉM – Arredores Moradia de 5 Assoalhadas a Necessitar de Obras; Arrecadação; Garagem; Logradouro c/ 250m2; Poço; Bons Acessos. Ref. 3519 Preço: 76.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Marvila Apt 3 Assoalhadas; Sala c/ Varanda; Arrecadação no Sotão; Localizado Junto a Comércio e Serviços; A 5 Minutos do Centro da Cidade. Ref. 4231 Preço: 75.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Prédio R/C e 1º Andar; R/C c/ Loja, Área Privada, Cozinha, Sala, Escritório e W. C; ; Arrecadação; Garagem c/ 100m2; 1º Andar c/ 4 Assoalhadas, Cozinha, W. C. e Terraço; Área Total de 251m2; Logradouro c/ 30m2; Muito Bem Localizado. Ref. 3815 Preço: 135.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – S. Nicolau Apt 4 Assoalhadas; Boas Áreas; Remodelado; Localizado em Zona de Moradias; A 2 Minutos do Centro da Cidade; Vista Sobre a Lezíria Ribatejana; Aceita Permuta por T2 em Lisboa em Zona de Bairros Históricos. Ref. 4224 Preço: 90.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Moradia p/ Recuperar; Inserida em Terreno c/ 8.160m2; Árvores de Fruto e Olival; Localizada em Zona de Quintinhas Rústicas a 10 Minutos da Cidade de Santarém; Zona

de Grande Beleza Paisagística Servida por Bons Acessos. Ref. 4148 Preço: 66.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

IMOBILIÁRIO compra-se A INVESTIDOR pretende comprar Farmácia na região centro TLM 966756276

EMPREGO oferece-se A OPERADOR Supermercado dist santarém 927732803 A SERVENTE const. civil obras públicas TLM 927732803/ 966997886

DIVERSOS geral A EXPLICAÇÕES matemática e Físico - Química, grupo 2 alunos TLM 910721107

DIVERSOS mensagens A PROCURO senhora até aos 50 anos assunto sério TLM 914143540


SERVIÇOS / PUBLICIDADE 63

O Ribatejo 19 | Novembro | 2010

Tribunal da Relação de Évora 1.ª Secção Cível Rua da República, 141-143 – Palácio Barahona – 7004-501 Évora Telef.: 266758800/9 Fax: 266746853 Mail: tr@tribunais.org.pt

assinatura anual

por apenas 25,50 €

ANÚNCIO 1ª PUBLICAÇÃO

Processo: 112/09.5YREVR Revisão/Confirmação de Sentença Estrangeira N/Referência: 956029 - Data: 29-10-2010 Requerente: Rui Manuel da Silva Pereira Requerido: Maria Preciosa Conde Bastos Pereira O Dr. Acácio Luís Jesus Neves, Juiz Desembargador do Tribunal da Relação de Évora. Faz saber nos autos acima identificados, correm éditos de 30 dias, contados da data da segunda e última publicação do anúncio, citando a requerida MARIA PRECIOSA CONDE BASTOS PEREIRA, com última residência conhecida em 3,4 Wendover Av. Norlane, 3214 Victoria Austrália, para no prazo de Quinze dias, decorrido que seja o dos éditos, deduzir a oposição que tiver por conveniente ao pedido formulado pela requerente e que em substância o pedido consiste “na revisão da sentença de divórcio proferida pelo Tribunal de Geelong – Austrália”, para que esta depois de revista e confirmada produza os efeitos legais em Portugal, tudo como melhor consta do duplicado da petição inicial que se encontra nesta Secretaria, à disposição do citando. Fica advertida de que é obrigatória a constituição de mandatário judicial.

EMIGRANTE

TROCA OU VENDE T4 C/ SÓTÃO E TERRAÇO EM ALPIARÇA P / T2 EM SANTARÉM Tlm 961 897 624

TRESPASSA-SE

O Juiz Desembargador Relator, Acácio Luís Jesus Neves O Escrivão Adjunto, João Frade (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1307 de 19.11.2010)

CAFÉ EM

S. JOÃO DA RIBEIRA CONTACTO:

(RIO MAIOR)

243 949 159


tempo: céu nublado Os próximos dias vão trazer céu nublado com ligeiras abertas e possibilidade de ocorrência de aguaceiros ligeiros. As temperaturas máximas vão rondar os 16º. Acentuado arrefecimento nocturno. 19 | NOVEMBRO | 2010

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

∑agenda

rosário breve

Sexta-feira

O Ribatejo x 25 anos

Santarém ∑ Peça de teatro “La Nonna” no Círculo Cultural Scalabitano, às 21h30. Alcanena ∑ Espectáculo “Os Republicanos”, pelo Teatro ao Largo, às 14h. Santarém ∑ A cantora Nucha e David Antunes&The Midnight Band no bar Vila, a partir das 23h30.

Sábado Torres Novas ∑ Kimi Djabaté (GuinéBissau) actua no teatro Virgínia, às 21h30.

Domingo Santarém ∑ Gala Bernardo Santareno chega ao Teatro Sá da Bandeira, às 21h30, com espectáculo de Cristina Branco. Almeirim ∑ Passeio de solidariedade do Centro de Recuperação Infantil, com início às 9h.

Mantorras visitou Hospital Distrital de Santarém Futebolista - conversou com os mais novos e distribuiu autógrafos O jogador de futebol do Sport Lisboa e Benfica, Pedro Mantorras, esteve no passado dia 16 de Novembro, no Hospital Distrital de Santarém, para estar à conversa com os mais pequenos sobre o mundo do futebol. Muitas foram as perguntas curiosas das crianças que “bombardearam” o jogador com questões sobre lesões, grandes penalidades, melhores golos marcados e até como era jogar à chuva. Em fase final de carreira, o jogador angolano que co-

meçou a sua carreira futebolística em Portugal pelo Futebol Clube de Alverca, confessou que para si o melhor clube será sempre o Benfica e que lhe ficam na memória os títulos de campeão. E porque nem só o SLB tem campeões, Sara Silva, despiu a bata branca do hospital e falou com as crianças sobre o seu título de campeã nacional de remo, uma actividade que nem sempre é fácil de conciliar com a profissão de médica. Uma iniciativa inserida nas comemorações

dos 25 anos do Hospital Distrital de Santarém, que segundo o administrador José Josué, vão continuar durante os próximos dias, com o projecto “Música nos Hospitais”, uma exposição fotográfica intitulada “Momentos das nossas vidas…” e a exposição sobre a “Liga dos Amigos do Hospital de Santarém”. Dia 23, terá lugar a mesa redonda dedicada ao tema “o hospital e o voluntariado e até 15 de Dezembro, muitas outras actividades vão assinalar o aniversário do Hospital.

Daniel Abrunheiro

O Ribatejo é um semanário com sede física em Santarém e sede metafísica em muito lado. Fez 25 anos, está em festa, por mais que os tempos sejam de crise. Mereces a festa, pá – como dizia o outro. O Ribatejo nasce do trabalho de pessoas. Não há melhor maneira de homenagear o jornal e os seus leitores do que firmar e afirmar o nome de quem é pá e merece a festa. Vamos a isso: Joaquim Duarte, João Baptista, João Nuno Pepino, Bruno Oliveira, Vânia Clemente, Jorónimo belo Jorge, Joana Margarida Carvalho, Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia, António Branquinho Pequeno, André Lopes, Carlos Alberto Cruz, Albertino Antunes, Rosalina Melro, Vítor Arsénio, António Vieira, David Antunes, Rita Duarte, Luís Silva, Ana Marecos, Ana Sousa… e tantos, tantos nomes que fazem acontecer este jornal. Um jornal (qualquer jornal) vale apenas quem o escreve e quem o lê. Estes nomes não iludem, antes aludem, à realidade. Um aniversário: um número, um lençol freático que se faz água à flor da terra, qualquer coisa assim. E um quarto de século, sendo frescura em extensão cronométrica de vida humana, é também estigma de maturidade numa publicação periódica que, regional embora, vale bem mais do que quanto pasquim dito nacional por aí anda e tresanda. Parabéns, O Ribatejo! Parabéns, Ribatejo! Parabéns, leitor(a) do Ribatejo! Mais 25! daniel.abrunheiro@gmail.com


edição 1307