Issuu on Google+

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 5 de Novembro de 2010 | Ano X X V | N. 1305 | €0,80

(IVA incluído)

Telefone 243 309 600 · Fax 243 333 766 · Centro Nacional de Exposições - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000-471 Santarém info@oribatejo.pt - www.oribatejo.pt

Empresa municipal com orçamento de dois milhões

| página 8

Santarém

Abrantes

Festival da Gastronomia resiste à crise

Fase final do Aquapólis custa dois milhões

página 10

página 15

Região

Negócios

Almeirim e Chamusca recebem fundo de emergência

CAP preocupada com cortes orçamentais na agricultura

página 13

página 23

Santarém

Cultura

“Casa do Futuro” inaugurada em Alcanede

25 anos do Grupo de Canto e Guitarra

página 6

página 8

Despiste mortal deixa 3 crianças órfãs de mãe

| página 14

Golegã recebe Feira do Cavalo | páginas 18 a 21


2

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

praçapública eles dizem

sopa da pedra

Ministros à mesa

r

Sócrates e Passos Coelho deveriam falar mais vezes”

Nos últimos dias de Festival de Gastronomia, dois ministros visitaram o certame e aproveitaram para degustar os melhores sabores do país. O ministro da Agricultura, António Serrano, jantou no restaurante do Alentejo a convite de Moita Flores. No dia seguinte, foi o ministro da Administração Interna que participou no almoço do Minho, também acompanhado por vasta comitiva onde estava Moita Flores. É de aproveitar, enquanto há Festival… e Governo.

Francisco Assis Líder parlamentar do PS

r

“E assim acaba o filme enjoativo que andámos a ver desde Agosto: os dois cowboys não dão um tiro, sacodem o pó e vão para casa contar os seus feitos”

Chuva traz acidentes

Ricardo Costa Expresso

Bombeiro a toda à prova

É uma relação causa–consequência quase científica: o primeiro dia de chuva a seguir aos dias de sol provoca sempre um aumento exponencial do número de acidentes de viação. A imagem dá o exemplo: regista um despiste ocorrido à saída da ponte Salgueiro Maia, às portas de Santarém. Mesmo com a estrada molhada, os condutores teimam em não aliviar o pé do acelerador.

r

Aquilo que Teixeira dos Santos apresentou não é bem um orçamento. Já é a factura. E temos uma conta calada para pagar. Bem vistas as coisas, Portugal não é bem um país, é um mau negócio: é demasiado caro para aquilo que oferece”

Chama-se Henrique Amaro e tem 100 anos. É o bombeiro maiss o velho do país e foi homenageado em Santarém. Sempre bemdisposto e com uma mobilidade de fazer inveja a muitos cinquentões, Henrique Amaro e contou-nos que, no seu tempo de bombeiro, apagavam-se fogos com ramos de árvores porque os carros de bombeiros e autotanques não abundavam. Um bombeiro da velha guarda, do tempo em que ainda não se faziam peditórios à Câmara.

Ricardo Araújo Pereira Visão

crónica de maldizer

Honi soit qui mal y pense Faz dois anos que, sendo Geir Haard o primeiro-ministro da Islândia, o sistema financeiro islandês naufragou e a Islândia e os islandeses passaram da fase de crescente prosperidade para tempos de grandes apertos, sofrimentos e incertezas. E o Parlamento islandês deliberou processar o Sr. Haarde, por entender que foi ele o culpado da desgraça islandesa, por não ter actuado atempadamente no sentido de travar a crise, que fez com que muitos islandeses perdessem o emprego e as suas poupanças, depois de terem ar-

cado com os custos do controlo dos três maiores bancos do país. Antes, uma comissão parlamentar tinha proposto que fossem processados o Sr. Haarde e três dos seus ministros, porque fora elaborado um relatório que apontava enorme negligência por parte dos dirigentes políticos e dos banqueiros islandeses na altura em que o sistema financeiro do país soçobrou por causa das aventuras dos banqueiros e seus manos políticos, originados pela ganância dos primeiros e pelas ambições dos

segundos. Em Portugal existe, como nos restantes países do mundo, de que faz parte a Islândia, um Código Penal, que propõe castigos aos fulanos que não se portarem bem, por serem mal formados ou por serem aventureiros ou por não resistirem à tentação de se governarem às custas dos outros. E o nosso Código Penal comina que devem gramar cinco anos de prisão os que, transgredindo intencionalmente normas de controlo ou regras económicas de uma gestão racional,

provocarem danos importantes em unidades económicas do sector público. É o que se chama crime de administração danosa. Claro que Portugal não é a Islândia, e os islandeses são diferentes dos portugueses. Até me constou que a maior parte dos islandeses são louros, e eu não me recordo de ter visto políticos ou banqueiros portugueses alourados. Mas tenho leitores que são maldizentes e negam o que eu não me canso de proclamar: que temos a sorte de ser governados

Eurico H. Consciência

por políticos honrados e competentes, dos mais honestos e competentes que a nossa história registou, apoiados nos mais diligentes e atentos e generosos banqueiros que já existiram. E todos se dão e se entendem, não sendo raro que troquem de posições: alguns banqueiros vão para o Governo, e muito políticos sacrificam-se e passam a administrar os bancos. Mas disso não pode deduzir-se que… Honi soit qui mal y pense.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Cartoon de António Maia

opinião

online

Santarém podia viver sem ele? Poder, po-

a pergunta da semana

Acha que o PSD faz bem em viabilizar o Orçamento de Estado? Estamos numa situação em que nenhuma das soluções é boa, nem aprovação do Orçamento nem eleições antecipadas. A situação do país é ruim mas acho que o PSD fez bem em aprovar o Orçamento. Não acredito em eleições antecipadas no próximo ano. As eleições não resolvem nada.

Bruno Fernandes Santarém

O PSD deveria ter reprovado e provocado eleições antecipadas. Mesmo sabendo que poderíamos ter cá o FMI. Gostava de acreditar que o povo iria reagir de alguma forma e não esperar por não ter comida para por na mesa. Mas, com muita pena minha, acredito que este governo vai permanecer.

Filipa Ferreira Santarém

Apesar de ser um muito mau Orçamento para o país e para a generalidade dos portugueses, com consequências previsíveis muito negativas para o desenvolvimento económico e para a vida de cada um, considero que não restava alternativa ao PSD que não fosse viabilizá-lo após negociação. Creio que não é viável, e nesta fase nem sequer saudável, que este Governo permaneça por muito tempo.

Sim fez bem porque não podia haver eleições agora. Mas acho que vamos ter eleições dentro de 9 meses. Acho que, sendo mau haver eleições, pior não devemos ficar.

José Bento Almeirim

F editorial

A liturgia da crise

Francisco Mendes Santarém

A retórica da crise continua a dominar o discurso político, em Portugal como no resto da Europa onde o eixo franco-alemão vai ditando as regras e traçando o caminho de um futuro pouco auspicioso para a Europa e particularmente sombrio para o nosso país. Demasiado pequeno, pobre de recursos e “dono” de uma moeda forte (onde não mandamos nada) que nos deu durante os anos uma ilusória e crescente sensação de riqueza, que os vários governos foram alimentando até que nos apresentaram a conta. Ainda assim, os dois maiores partidos, PS e PSD, continuam no registo conflitual do costume, entretidos na culpabilização mútua pelo estado a que isto chegou e muito pouco em descortinar-lhe a solução. Tal como os catedráticos da crise – com cadeira fixa nas televisões onde em tom alarmante nos prognosticam a iminência da bancarrota – são os mesmos que defendem a liturgia do

grande capital, que a juros baixo e lucro fácil nos atirou para este buraco. Certo é que, a agravar a situação de vassalagem em que já nos encontramos, surge agora uma ameaça de “reforço do governo económico da UE”, com pesadas sanções para os países em risco de incumprimento. No essencial, as propostas constantes desse documento – elaborado por uma “task force” nomeada pelo Conselho Europeu –, visam impor uma “maior disciplina fiscal” aos países integrantes da moeda única e, por outro lado, “uma maior coordenação e vigilância económica”. Para além do controlo do défice orçamental, pretendem também controlar a divida pública e impor objectivos drásticos na sua redução, sob a ameaça de fortes penalizações em caso de incumprimento. Isto a somar a um outro conjunto de propostas, designado por “desequilíbrios económicos persistentes e divergências na competiti-

vidade”, onde se pretende que passe a existir também sanções para um país “em caso de desequilíbrios macroeconómicos excessivos”. O que nos colocaria perante a situação de termos de reduzir num curto período de tempo, não só o défice orçamental, mas também a divida pública, e igualmente o défice externo e a divida externa, mesmo numa situação de crise e sem crescimento económico, como a que estamos a viver. É fácil concluir que esta associação é explosiva para Portugal, com consequências económicas e sociais gravíssimas. Simplesmente porque a Alemanha, com o poder económico que tem, está a tentar impor a sua vontade a todos os outros países do Euro, apesar de ser uma das maiores beneficiárias com os desequilíbrios existentes, nomeadamente com o nosso. Mas este é outro rosário cujo o debate continua longe dos ecrãs. Joaquim Duarte

dia mas não seria a mesma coisa. Sendo eu uma pessoa profissionalmente ligada à publicidade lembrei-me desta frase de um conhecido anúncio de televisão para classificar, (no meu modesto entender) a actual ligação/dependência da nossa cidade para com o nosso presidente o Dr. Moita Flores. Nunca houve uma presidência tão vincada numa só pessoa como agora, nunca se associou o nome da cidade a uma pessoa como agora, nunca a nossa cidade dependeu tanto duma só pessoa como agora. E passo a explicar: No tempo de Ladislau Teles Botas, outro presidente forte e com obra, ainda tínhamos vereadores que se afirmavam, ainda tínhamos oposição, no tempo de Rui Barreiro ainda se discutiam as questões da Câmara, as obras que tentava e ia fazendo, como é natural não comento o reinado de José Miguel Noras porque foi um desastre para Santarém, uma brincadeira de mau gosto. Agora nos tempos que correm temos um presidente que está em todo o lado, a toda hora, também tem vereadores, assessores, mas alguém tem dúvidas que quem decide é ele? E não é que o homem normalmente (no meu modesto entender) acerta? Nós aqui em Santarém temos uma tendência especial para dizer mal de tudo, principalmente quando vimos o quintal do vizinho a correr bem, dizemos logo que é negócios manhosos ou cunhas políticas. Se moderniza, devia manter-se a traça antiga, se mantém a traça devia modernizar-se. Cá é, e sempre foi assim. . (…) Com o nosso habitual mal dizer vamos continuando a chamar-lhe Moita Festas, Florista, etc.. e ele vai-se borrifando para isso e fazendo o seu trabalho. EL Farpi Leitura integral deste artigo em

www.oribatejo.pt


4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Jorge Guedes - CP. nº 2798 Jerónimo Belo Jorge - CP. nº 1907 (Abrantes) Joana Margarida Carvalho (Estagiária - Abrantes) Vânia Clemente Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Hélder Duque (fotografia futebol), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Sandra Amendoeira - 961 736 350

Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia Voltaram as descargas ao Alviela. O presidente da Junta de Freguesia de Vaqueiros afirma que, pelo menos uma vez por semana, acontece uma grande descarga com o forte impacto na qualidade da água, como comprova a foto. Firmino Oliveira alerta para a necessidade de não pararem os projectos lançados pela ARH e que o ano de 2011 seja para o Alviela um ano melhor, dado que se prevê o inicio de diversas obras essenciais na Sistema de Tratamento de Alcanena.

Penso logo insisto

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

O Senhor Infeliz e o Senhor Descontente

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

Isto quando se fala de dinheiro é como nas heranças e nos divórcios

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

José Niza

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25,50 € Europa: 50,50 € Resto do Mundo: 76 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção), Ana Rita Fonseca, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos. info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patrícia Duarte (Direcção), Susana Santos (Coordenação) e Catarina Fonseca marketing@lenacomunicacao.pt

Departamento Recursos Humanos Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira. drh@lenacomunicacao.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro. dsi@lenacomunicacao.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) e Joana Baptista (Coordenação) projectos@lenacomunicacao.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

Vai daí o Aristóteles contratou o Toupeira dos Campos e mais o Jorge Alarcão e o Paços e o Caneco não se ficaram atrás e foram buscar o Leonardo Cartola ao museu de cera e fecharamnos à chave numa sala da assembleia a jogar à manilha.

é só discussões e porrada e com os políticos também é a mesma coisa porque eles só lá estão para andarem às cabeçadas uns aos outros e é a isto que chamam democracia e se não fosse a magistratura da fluência do Caneco Silva já estavam todos arranhados porque o problema é o seguinte o José Aristóteles gastou os carcanhóis que recebeu da malta e os gajos laranja dizem que vão acabar com os impostos por causa dos votos e que depois logo se vê e tal e por causa disto até já andaram a dançar o tango mas o Paços deu uma pisadela no calcanhar de Aquiles do Aristóteles e nunca mais se falaram mas arranjaram quem falasse por eles isto é mais ou menos nem tanto ao mar nem tanto à terra porque nunca se sabe o que é que vai na cabeça deles e vai daí o Aristóteles contratou o Toupeira dos Campos e mais o Jorge Alarcão e o Paços e o Caneco não se ficaram atrás e foram buscar o Leonardo Cartola ao museu de cera e fecharam-nos à chave numa sala da assembleia a jogar à manilha e cada um levou uns artistas a servir de guarda-costas e cá fora um jornalista até disse que o Toupeira dos Campos era muito bom na sueca só não disse é se era na cama e o Cartola até levou uma máquina fotográfica escondida no telemóvel para o que desse e viesse mas nunca mais vinha nada e durante uns dias uns estavam lá dentro e outros cá fora à espera com microfones e fios e essas coisas e só saía fumo negro e os bombeiros involuntários até julgaram que era fogo mas não era e o que era era que o Caneco gritava pró Cartola que até era padrinho de casamento de uma tia meio sobrinha dele que vivia em Moliqueime quando vivia

pelo menos foi o que eu li no Expresso vê lá mas é se acabas com isso que eu logo à tarde vou-me candidatar e não sei o que é que vou dizer como é costume e assim nem o pai morre nem a gente almoça até que se abriu a porta da sala e os jornalistas atropelavam-se uns em cima dos outros e também uns em cima das outras e afinal era só para pedir o orçamento porque se tinham esquecido de o levar e já ninguém se lembrava do que estava lá escrito e o Cartola até dizia que tanto lhe fazia que só estava ali para as fotografias e que só lhe tinham dito para negociar mas ninguém lhe tinha dito para chegar a acordo e aquilo nunca mais andava nem desandava porque uns queriam o TGV e os outros nunca tinham andado de combóio e uns queriam o leite achocolatado com mais chocolate e os outros queriam o chocolate com mais leite e o tempo ia passando e os muros da dívida soberana já iam com 7% de altura e os mercados estavam a ficar furiosos especialmente o mercado da Ribeira e o mercado do Bulhão e o Cartola dizia pró Toupeira se não te portas bem chamo o FMI e depois foi pró corredor falar aos jornalistas para dizer que tinha estado quatro horas à espera

e que tinha tido um problema qualquer com um componente do agregado familiar e que ia pra casa e que a conversa acabava ali e pronto mas o Toupeira dos Campos é que não desistiu porque só faltavam 500 euros pró acordo e que ia ao multibanco levantar dinheiro porque o José Aristóteles já lhe tinha gasto os cheques todos e então o Cartola disse-lhe olha anda mas é cá a minha casa que a minha mulher faz uns scones que a Maria do Caneco até se péla por eles e o Toupeira dos Campos aceitou que ainda nem sequer tinha almoçado mas teve que pôr uns bigodes e uma peruca não fossem os jornalistas descobri-lo e até entrou de marcha-atrás na garagem e atirou-se aos scones e o Cartola a dizer então os meus 500 euros e o Toupeira lá foi à caixa do multibanco da esquina mas só dava 200 e o Cartola pronto está bem não se fala mais nisso são contas do Porto e até tirou uma fotografia com o telemóvel que era para mostrar aos netos vejam lá como o avô era importante e aquele senhor ali em baixo é o Toupeira e eram 23 horas e 19 minutos mas nunca se ficará a saber quantos segundos e é por isso que a história não é uma ciência exacta.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

há vinte anos

Há 20 anos, o país tinha apenas 50 quilómetros de auto-estrada. As quatro faixas morriam logo ali em Aveiras. Foi ainda o primeiroministro Cavaco Silva que iniciou a ligação dos 48 quilómetros até Torres Novas. O carro de reportagem de O Ribatejo experimentava o trajecto ainda em obras. Em apenas vinte anos fizemos 2.875 quilómetros de auto-estradas, boa parte delas ainda por pagar.

números

17%

Há actualmente 250.742 desempregados sem direito ao subsídio de desemprego, contas feitas pelo “Jornal de Negócios”, que diz que esta subida de 17% relativamente ao ano passado reflecte as medidas mais apertadas de acesso ao subsídio de desemprego impostas desde Julho. Refira-se que o desemprego nacional continua a subir e já atinge 581 mil pessoas.

estrelas

Valter Vairinhos Director do ISLA de Santarém

Aos 25 anos de vida, o ISLA de Santarém continua a inovar e abrir caminho. A organização do 5º Encontro Científico do Grupo ISLA vai reunir, em Santarém, um conjunto de especialistas conceituados internacionais oriundos de várias universidades da Europa sobre “data minning e business intelligence - métodos e aplicações”. (ver notícia na página 6)

A espuma dos dias

Armando Fernandes

O país está farto de adultérios políticos, está prestes a rebentar por exaustão, no eixo franco-alemão somos repreendidos a toda a hora e momento, os órgãos de comunicação social de língua inglesa parodiamnos...

Joaquim Rosa do Céu Presidente da Entidade Regional de Turismo de Lisboa e Vale do Tejo

O Aquapólis, a obra mais marcante de Abrantes dos últimos anos, vai entrar na sua última fase. Inaugurado em 2008, o projecto de requalificação do parque urbano ribeirinho onde já foram investidos cerca de 15 milhões de euros, promete agora trazer nova vida para o Rossio ao Sul do Tejo. Um investimento de 2 milhões de euros para fomentar o turismo na região. (Ver notícia na página 15).

Embora tristezas não paguem dívidas, os tempos de crise já faziam adivinhar alguma contenção no Festival Nacional de Gastronomia. O número das 100 mil entradas não foi atingido, e os restaurantes presentes queixaram-se quebras de facturação em relação ao ano passado. Ainda assim, o Festival Nacional de Gastronomia apresentou uma qualidade acima dos anos anteriores.

Divulgação

Danças e contra-danças Depois de uma longa troca de despiques voltaram a dançar os tanguistas José Sócrates e Passos Coelho. Entenderam que era chegada a ocasião de acederem aos desejos, tantas vezes manifestado pelos seus correligionários, gente séria e conselheiros até de Estado, de se porem de acordo no que tange aos destinos do país. Não posso deixar de rejubilar com semelhantes disposições, desde que os dois dançarinos venham dispostos, como não parece, a enveredarem por exibições diferentes das dançadas até aqui e a deixaremse de passos em falso ou em volta ancorados na desconsiderada política do truque, do empurrão, do volteio para inglês ver e dos expedientes a que têm estado ligados. O país está farto de adultérios…políticos, está prestes a rebentar por exaustão, no eixo francoalemão somos repreendidos a toda a hora e momento, os órgãos de comunicação social de língua inglesa parodiamnos, os chineses esperam pacientemente pela oportunidade de nos transformarem numa antecâmara de entrada na Comunidade. Os estrangeiros adoram descrever Portugal como alfobre de salvadores da pátria, esclarecidos comentadores das suas próprias maleitas e fraquezas, lunáticos a fazerem-se passar por sábios, fazedores de milagres, mas que desde o século

Maria do Céu Albuquerque Presidente da Câmara Municipal de Abrantes

XVII sucumbiram às doçuras da preguiça, do devaneio, inchados de inveja, e acima de tudo empenhados em desbaratar os lucros amealhados pelos avós navegadores, aventureiros, negociantes e também negreiros. Suportámos a castração mental imposta pela Inquisição, suportámos as danças caciqueiras do rotativismo, suportámos as contra-danças do ora governas tu, ora governo eu, da primeira República, suportamos décadas de salazarismo, retiramos a canga do pescoço em Abril de 74, foi sol de pouco dura, vamos suportar, novamente, o jugo imposto aos falidos ou insolventes pela nossa própria inépcia. Condenados à servidão, resta-nos lutar contra ela, obrigando-nos ao estudo, a suprir a falta de cultura, a trabalharmos mais, a não nos precipitarmos nas vascas da indiferença entre choros e gemidos, de modo a que passados os anos de sacrifícios os nossos descendestes tenham orgulho em nós, pois caso assim não aconteça eles têm o direito de exclamar: que raio de pais e avós nós tivemos! Então gastaram o tempo em bailaricos e deixaram-nos um país miserável, ordinário e pedinte! Um país sem futuro! PS. - No desocultamento da face a deputada Ana Paula Vitorino rasgou o véu da hipocrisia. O que lhe irá acontecer?

Negócios verdes

Beja Santos

Marketing verde é um processo de gestão global que visa a satisfação das necessidades dos clientes e da sociedade, não só de forma lucrativa mas também sustentável.

“Green Target, As novas tendências do marketing”, por Carolina Afonso (SmartBook), é uma reflexão interessante sobre a caminhada que temos feito contra ameaças ambientais, tanto no terreno dos negócios como na consciência dos consumidores. O marketing verde é um processo de gestão global que visa a satisfação das necessidades dos clientes e da sociedade, não só de forma lucrativa mas também sustentável. Tem a ver com a modificação de produtos, embalagens e comunicação comercial em geral. Como se sabe, não existem produtos ecológicos, o que existem são produtos ambientalmente menos agressivos. Quanto à consciência ecológica, ela é hoje um dado estruturante, é um dos elementos a considerar no paradigma ambiental para onde concorrem outros de não menor importância, como é o dos cuidados da saúde, do consumo responsável e sustentável, do comércio justo, da ajuda humanitária, etc. Os factores emergentes da crise financeira desencadeada em 2008 acentuaram algumas destas preocupações, mas não é descabido prever que alguns dados fundamentais da consciência ambiental vão conhecer retrocesso ou estagnação provisórios: o refluxo do poder de compra, o desemprego acentuado, implacavelmente, roubam espaço à consciência ambiental do mesmo modo que se vai ouvir falar muito menos da responsabilidade social, da pegada eco-

lógica e do comércio justo. Muito provavelmente, ir-se-á ouvir falar muito mais de alternativas energéticas, de automóveis híbridos, de produtos brancos, de electrodomésticos com eficiência energética. O ensaio de Carolina Afonso dá-nos conta do mercado de produtos verdes e da gama de questões que eles suscitam. Refere a problemática da rotulagem ecológica que como é sabido continua a ser uma questão menor do funcionamento do mercado. No estudo do comportamento de compra do consumidor verde constata-se que os inquiridos sentem uma ampla margem de liberdade para confessarem estarem dispostos a adoptar atitudes de consumo sustentável que são contraditados pelos seus efectivos comportamentos de compra. Os factores preponderantes de compra, goste-se ou não, andam à volta do preço e da satisfação do consumidor. O que lembra muito a agricultura biológica e os respectivos consumidores, são as classes com mais elevado poder aquisitivo que procuram adoptar comportamentos que podem ser encarados como sustentáveis. O consumidor verde existe, mesmo que não tenha a elevada consciência ecológica que a autora lhe augura. O seu ensaio é um bom ponto de partida para novos trabalhos e um sério aviso ao marketing verde para não brincar mais com coisas sérias, como é o caso da sustentabilidade.


6

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

santarém ISLA- Santarém reúne académicos internacionais

A Moita Flores cumprimenta as crianças do novo centro escolar de Alcanede

A “casa do futuro” inaugurada em Alcanede Centro Escolar ∑ Mais de 200 crianças vão frequentar nova escola da freguesia É num edifício moderno, com muita luz e espaço que cerca de 200 crianças do 1ºciclo e do pré-escolar da freguesia de Alcanede estão a ter aulas desde o início do ano lectivo. O novo centro escolar de Alcanede foi oficialmente inaugurado no sábado, dia 29, com a presença do presidente da Câmara, Moita Flores, que afirmou ser na escola “que está o cimento que faz os nossos filhos melhores”. No dia em que assinalou o primeiro aniversário da tomada de posse para o segundo mandato, Moita Flores anunciou que estão a ser projectados mais três centros escolares para o concelho, designadamente, o centro escolar do Jardim de Baixo (previsto para Maio), e os centros de Santarém Norte e o do Sacapeito. Segundo

Moita Flores, estes quatro centros escolares representam um investimento de 10 milhões de euros, feitos pela autarquia com fundos comunitários. Neste dia, em que iria estar com o seu pai, Moita Flores afirmou que lhe iria dizer que “valeu a pena o filho ser presidente da câmara porque os filhos deste concelho são hoje mais felizes”. O autarca referiu-

se ainda à “luta” que travou em defesa da indústria das pedreiras em Alcanede. “Para defender o parque da pedra daquilo que era uma tendência do Governo central em acabar com a exploração da pedra. Foi preciso ser muito duro, às vezes malcriado, rijo, valente, mas estávamos a defender milhares de postos de trabalho”, disse Moita Flores. O presidente da

Edifício “amigo do ambiente”

∑ Trata-se, segundo a autarquia, do primeiro edifício público certificado pelo sistema Líder A, tendo recebido a classificação de eficiência ambiental A ++, pelo aproveitamento da luz natural como fonte de energia, pelo reaproveitamento das águas residuais, ventilação e aquecimento.

câmara recordou também o novo quartel dos bombeiros de Alcanede, cuja construção foi já conseguida durante o seu primeiro mandato à frente da autarquia de Santarém. O centro escolar de Alcanede representou um investimento de 2,5 milhões de euros e é composto por 4 salas de jardim-de-infância, com capacidade para 100 crianças, e 8 salas destinadas ao ensino básico e enriquecimento curricular, com capacidade para 200 crianças. A directora do agrupamento, Helena Vieira, falou desta escola como a “casa que acolhe o futuro da freguesia de Alcanede” e o presidente da Junta, Manuel Joaquim Vieira, salientou o facto do novo edifício “reunir condições que não são comparáveis com as que existiam”.

O ISLA - Santarém vai realizar o seu 5º Encontro Científico nos dias 11, 12 e 13, em Santarém. No ano em que passam 25 anos da sua fundação, o ISLA-Santarém promove mais uma vez uma reflexão científica, desta vez em torno de um tema actual: “Data Mining e Business Intelligence - Métodos e Aplicações”. A presidente do Encontro Científico é a professora doutora Purificación Galindo Villardón, directora do Departamento de Estatística da Universidade de Salamanca. Entre os conferencistas convidados, contam-se os professores José Luis Vicente Villardón, da Universida-

de de Salamanca, Chistoph Minder, da Universidade de Berna, Suíça, Stergios Tzortzios, da Universidade de Thessaly, Grécia, Stanislaw Mejza, da Universidade de Poznan, Polónia, José Requeijo e Ana Luísa Papoila da Universidade Nova de Lisboa, Margarida Cardoso do ISCTE, João Gama, da Universidade do Porto, Alberto Silva da Universidade Técnica de Lisboa, e Eugénia Castela, da Universidade do Algarve. O Encontro Científico deste ano tem como finalidade fomentar a discussão académica e pioneira, com base nas diversas apresentações efectuadas por especialistas conceituados.

Ministro da Agricultura na Gastronomia

O ministro da Agricultura veio esta semana a Santarém, ao Festival Nacional de Gastronomia, anunciar que já começaram a ser feitos os pagamentos das medidas agro ambientais da campanha agrícola de 2010. Segundo António Serra no estes pa ga mentos vão abranger 20 mil beneficiários e atingem um valor de 36 milhões de euros. “Estamos a cumprir este ano, pela primeira vez, os pagamentos da campa-

nha dentro do ano e queremos que esses pagamentos aconteçam num prazo de 60 dias, após as datas limite do Regime de Pagamento Único”, frisou o ministro. O objectivo, disse António Serrano, é que “todos os pagamentos das medidas agro ambientais de 2010 sejam feitos, no máximo, até Janeiro do próximo ano”. “Se isso acontecer, é a primeira vez que tal sucede e isso deixa-nos muito satisfeitos”, acrescentou o ministro da Agricultura.


8 SANTARÉM

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

CONCURSO DE FADO AMADOR DO RIBATEJO COM INSCRIÇÕES ABERTAS

Gala dos 25 anos do Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra A Gala Comemorativa dos 25 anos do Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém realiza-se no próximo dia 6, àss 21h30, no Convento de S. Francisco em Santarém. O Gr upo de Guita rra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém tem levado o nome de Santarém por esse mundo fora. No canto, nas guitarradas, nas palavras que antecedem cada sessão, a nossa cidade tem sido bem vincada e dela jamais se esquecerão os que presenciaram os espectáculos do Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém. Constituído há 25 anos, o Grupo de Guitarra e Canto de Coimbra do Centro Cultural Regional de Santarém tem-se mantido coeso e tem acrescentado sempre novos valores à tocata e ao canto.

“Trabalho, dedicação, pesquisa no inventariar do repertório, são ingredientes que torna este Grupo cada vez mais vivo e com futuro”, referem os responsáveis do Grupo. A Gala dos 25 anos vai eralizar-se no magnífico espaço do Convento de S. Francisco. A entrada é livre. Para além do Grupo aniversariante, vão actuar os convidados especiais: Círculo Cultural Scalabitano com o Veto-Teatro Oficina, Coro e Academia de Dança; Conservatório de Música de Santarém; Teatrinho de Santarém; José Niza; Fernando Rolim; Maria Teresa Azoia; Grupo Jurídico de Canto e Guitarra de Coimbra; Campa Rasa, entre outros. Dar ao Grupo um abraço apertado e cheio de afecto pelo que significam para todos nós, é mais do que uma obrigação da cidade de Santarém.

Fogo no mercado municipal de Santarém

Um incêndio destruiu na tarde desta segunda-feira o interior de uma loja de venda de flores, situada no mercado municipal de Santarém. O estabelecimento encontrava-se encerrado no feriado e o alerta de fogo foi dado pelo proprietário de um restaurante das imediações, cerca das 16h15, depois de ter visto o fumo a sair pelo telhado.

As causas do incêndio não foram apuradas, embora tudo aponte para que a origem tenha estado num curto-circuito. O incêndio foi extinto rapidamente pelos bombeiros, conseguindo evitar a propagação das chamas às lojas contíguas do velho mercado municipal de Santarém que em breve deverá beneficiar de obras de remodelação.

A O parque aquático registou um aumento das receitas de bilheteira em 2010

Scalabisport com orçamento de 2 milhões Empresa municipal de desporto ∑ Orçamento para 2011 O plano de actividades e orçamento da Scalabisport - empresa municipal de desporto para 2011 foi aprovado pela Câmara Municipal de Santarém, na semana passada. O orçamento prevê gastos de 1.896.104 euros, dos quais 1 milhão de euros em despesas com pessoal. O orçamento prevê 773.200 euros de receitas pela prestação de serviços e vendas, dos quais os mais importantes são os 440 mil euros de receitas de bilheteira do parque aquático e os 297 mil euros de receita da Escola Municipal de Natação. A Câmara Municipal de Santarém concede à Scalabisport um subsídio à exploração de um milhão e 100 mil euros, através do contrato-programa. Este subsídio à exploração reflecte a prática de preço social no tarifário das piscinas e a isenção do pagamento de taxas na utilização de pavilhões e campos de futebol pelos clubes e associações do concelho. Recorde-se que a em-

presa municipal Scalabisport tem a Câmara como único accionista, e dedicase à gestão, manutenção e construção de todos os espaços desportivos municipais, competindo-lhe ainda a promoção de actividades, projectos e programas de desenvolvimento desportivo. A administração da empresa, presidida por Luís Arrais, tem como principais objectivos a redução das despesas correntes, por exemplo nos gastos com energia e horas extraordinárias, aumentar os investimentos e melhorar a organização da

empresa de forma a dar resposta aos novos desafios colocados pelas novas competências atribuídas à empresa. Entre os objectivos do plano de actividades de 2011 destaca-se a conservação das piscinas do Sacapeito, do complexo aquático e dos pavilhões desportivos, o aumento da prática desportiva no concelho, com o arranque dos Jogos Desportivos Concelhios, do programa de actividades físicas para seniores com o apoio das junta de freguesia, e o programa de percursos pedestres.

Pagar a fornecedores a 90 dias

∑ Entre os principais

objectivos da Scalabisport para 2011 destaca-se o pagamento das dívidas a fornecedores num prazo de 90 dias. A empresa municipal de desporto assume o desafio de elevar a prática desportiva da população do concelho, actualmente inferior à média nacional.

A Sociedade Recreativa Operária de Santarém organiza o IV Concurso de Fado Amador do Ribatejo, realizandose as primeiras eliminatórias na sede da Sociedade Recreativa Operária nos dias 12, 19 e 26 de Novembro. A grande final terá lugar no dia 10 de Dezembro no Restaurante Adiafa em Santarém. As inscrições são grátis e abertas a todas as regiões do País, sendo os participantes serão divididos pelos escalões juvenis até aos 15 anos (inclusive), e sénior a partir dos 16 anos (inclusive). As inscrições podem ser feitas até dia 10 de Novembro, para todas as eliminatórias, mas quem só possa inscrever-se para a 2ª ou 3ª eliminatória poderá fazê-lo até aos dias 16 e 23 de Novembro, respectivamente.

RECOLHA DE SANGUE NO HOSPITAL O Grupo de Dadores de Pernes organiza uma recolha de sangue esta sexta-feira, dia 5, junto à entrada principal do Hospital de Santarém, das 15h00 às 20h00, num autocarro do Instituto Português de Santarém. O Grupo de Dadores de Pernes vai passar a realizar recolhas todas as primeiras sextas-feiras de cada mês.

MARÇAL GRILO FALA DE EDUCAÇÃO O antigo ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo será o orador da conferência “educação, Família e Sociedade”, que terá lugar terça-feira, dia 16, às 21h00, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém. A conferência é organizada pela Comissão Diocesana Justiça e Paz, com os apoios da Diocese de Santarém e do Conservatório de Música de Santarém.


10 SANTARÉM

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Festival Nacional de Gastronomia resiste à crise Balanço ∑ Restaurantes presentes falam em quebras entre 30 a 40% na facturação O menor poder de compra e o clima de crise económica fizeram-se sentir com alguma expressão durante o 30º Festival Nacional de Gastronomia, que terminou no feriado de 1 de Novembro, depois de duas semanas com a mesa posta na Casa do Campino. Genericamente, os proprietários dos 13 restaurantes presentes queixam-se de terem vendido menos refeições e em menor quantidade que em edições anteriores, estimando quebras na facturação na ordem dos 30 a 40%. “Este ano foi muito mais fraco que em edições anteriores. Não há comparação”, disse ao nosso jornal António Machado, dono do afamado “Académico”, de Bragança. “Apesar de ter havido uma ligeira diminuição de público, nós notamos que as pessoas vêm cá mas não gastam dinheiro”, completa o empresário, que é presença assídua neste festival há 16 anos. “Mais do que pensar em lucros, ainda vamos apurar se não temos prejuízo”, afirmou Carlos Brás, do Tasca Rasca, de Faro, que estima “uma quebra na ordem dos 40%” em relação à edição do ano passado. “A gran-

A Escola Dr. Ginestal Machado vai organizar uma “Evocação a José Saramago”, no próximo dia 11, às 21h45, no Teatro Taborda do Círculo Cultural Scalabitano. A sessão inclui a exibição do documentário “Levantado do Chão”, com texto e guião do jornalista Alberto Serra que estará presente na sessão.

CÂMARA DE SANTARÉM ADERE À CAMPANHA DE AJUDA A SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

A Ao contrário de anos anteriores, foi relativamente fácil arranjar um lugar sentado nas tasquinhas de mais-valia de participarmos é a promoção que está associada à casa”, rematou o algarvio. Vicente Quiroga, do Mariñeiro, da Galiza, notou que “a crise obriga os portugueses a gastar menos nas refeições”. “As pessoas escolhem sobretudo os pratos mais baratos da ementa, evitam as entradas e pedem uma dose para duas pessoas”, explica o empresário espanhol, que, mesmo assim, tece elogios ao festival. “Penso que deve

continuar a existir porque projecta os restaurantes, a gastronomia e o turismo”, considerou. Na leitura do presidente do festival, Joaquim Rosa do Céu, a crise económica não teve impactos assim tão significativos no desenrolar do festival. Em primeiro lugar, porque o certame “cumpriu integralmente todos os objectivos a que se propôs”, dentro da “promoção da gastronomia como produto turístico de exce-

lência”. “Eu recuso-me determinantemente a colocar a crise no centro dessa leitura”, disse durante o balanço desta edição o presidente do Turismo de Lisboa e Vale do Tejo, para quem o facto de se pedir menos à mesa dos restaurantes significa antes “uma mudança de regras alimentares e hábitos de consumo”. Segundo Joaquim Rosa do Céu, torna-se cada vez mais usual “ver um grupo a pedir a mesma dose

para ser provada e partilhada por várias pessoas, o que é uma atitude diferente”, e não significa taxativamente falta de dinheiro, concluiu. Apesar de não ter sido divulgado o número exacto de visitantes, a quebra em termos de público não foi muito expressiva, apesar da fasquia dos 100 mil visitantes colocada pela organização do festival não ter sido atingida. João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt

Escola de Pernes participa em intercâmbio europeu A Escola D. Manuel I de Pernes vai receber uma delegação de alunos da Polónia, Espanha, França e Itália, entre os dias 8 e 12 de Novembro, no âmbito do programa de intercâmbio Comenius. Do programa da visita fazem parte viagens a Lisboa, com passagem pela Torre de Belém e Jerónimos, passeios na baixa de Lisboa, reuniões de trabalho na escola, uma apresentação do projecto à comunidade

DOCUMENTÁRIO “LEVANTADO DO CHÃO” NA EVOCAÇÃO A JOSÉ SARAMAGO

escolar, visita a Santarém e encontro na Secundária Ginestal Machado, visita ao mercado semanal de Pernes e à Misericórdia de Pernes, passeios à Feira Nacional do Cavalo na Golegã, à Nazaré e às grutas de Santo António. Este encontro resulta da candidatura apresentada no último ano lectivo pela Escola D. Manuel I no âmbito do programa europeu Comenius – Aprendizagem ao Longo da Vida.

Este projecto visa melhorar a qualidade e reforçar a dimensão europeia da educação ao nível de todos os intervenientes no ensino, desde a educação pré-escolar até ao final do ensino secundário, bem como dos estabelecimentos e organizações que fornecem esses níveis de ensino. O programa pretende também, melhorar a mobilidade de alunos e professores nos diferentes EstadosMembros, incentivando a

aprendizagem de línguas estrangeiras modernas. A candidatura foi aprovada, tendo o projecto sido iniciado no presente ano lectivo, aderindo as três turmas do 7º ano da Escola D. Manuel I de Pernes. O projecto intitula-se “Habitar a Paisagem” e está a ser desenvolvido em parceria com as seguintes escolas: Collège Théodore Rancy, Chalais, França; Ies Cinca Alcanandre, Alcolea de Cinca, Espanha; Institu-

to Fligie di Betlem, Milão, Itália; Gimnazjum Im. Krolowej Jadwig, Lipie, Polónia; Istituto di Istruzione Superiore A. de Simoni, Sondrio, Itália. Um dos objectivos do projecto passa por comparar a arquitectura local com a das regiões das escolas parceiras, tentando encontrar pontos comuns e pontos diferentes, numa tentativa de evidenciar a diversidade e a riqueza da arquitectura europeia.

A Câmara de Santarém está a participar numa Campanha de ajuda a S. Tomé e Príncipe. O convite partiu da Fundação “O Século”, entidade colaborante com a Fundação Santomense, que tendo conhecimento do encerramento de algumas escolas do concelho de Santarém, desafiou a Divisão de Educação a oferecer algum mobiliário para a criação de um centro de leitura no ATL – Actividades de Tempos Livres da Casa Mãe Paula, com capacidade para 40 crianças. A Casa Solidária associouse à iniciativa, realizando trabalhos de restauro em mobiliário que estava disponível e que, desta forma volta a poder ser utilizado. Após recolha de mesas e cadeiras destinadas a abate que se encontravam no Estaleiro Municipal, iniciou-se um trabalho de recuperação do mobiliário por voluntários desta valência com conhecimentos de marcenaria. Para além de 48 cadeiras e 10 mesas duplas e um cavalete, a Casa Solidária oferece roupa para crianças e adultos, brinquedos, livros, material didáctico e 1 leitor de DVD. Os bens foram entregues no dia 27 de Outubro e partem para S. Tomé no dia 14 de Novembro. A Fundação Mãe Santomense foi criada no fim de 2001.


SANTARÉM 11

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Bombeiro centenário homenageado 100 anos∑ Bombeiro de Agualva-Cacém homenageado em Santarém O bombeiro mais velho do país, Henrique Amaro, completou 100 anos no dia 28 de Outubro e foi homenageado este sábado, dia 30, pela Liga dos Bombeiros Portugueses no âmbito do 5º Fórum Nacional de Bombeiros Honorários, que se realizou em Santarém. Henrique Amaro é segundo comandante do Quadro de Honra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém, da qual é o sócio número 12 e onde esteve entre os anos de 1941 e 1970, data em que se retirou. Começou como bombeiro aos 23 anos, esteve quatro anos na corporação dos Voluntários de Campo de Ourique (Lisboa) onde chegou a bombeiro de 3ª classe e, em 1941, entrou na corporação de Agualva-

A Henrique Amaro nasceu em 28 de Outubro de 1910, poucos dias após a implantação da República Cacém onde fez boa parte do seu percurso e exerceu os cargos de segundo comandante (entre 1965 e 1968) e comandante interino (de 1968 a 1970). “Nessa altura era tudo mais difícil, não tínhamos autotanques

e combatiam-se os incêndios florestais com ramos de árvores”, recordou Henrique Amaro. O bombeiro centenário referiu ainda que, nessa época, Agualva “ainda era uma zona mais rural do que urbana” e que,

J. S. GOUVEIA

para apagar os fogos, “era tudo mais manual, sem os equipamentos que hoje existem”. O bombeiro de 100 anos afirmou recordar-se ainda da “alegria que se sentia quando se chegava ao fim

do fogo com êxito”. “Hoje em dia os jovens entram muito mais cedo para os bombeiros, conhecem melhor os equipamentos, têm outras ferramentas, não há comparação possível”, referiu ainda.

METALOMECÂNICA • LDA.

JUNTA DE PERNES ASSINALA 1 ANO DE MANDATO A Junta de Freguesia de Pernes assinalou o primeiro ano de mandato, com um jantar que reuniu eleitos e apoiantes. A presidente Salomé Vieira declarou que “o primeiro ano do mandato foi globalmente positivo, mas a Junta foi apanhada no contexto de uma profunda crise económica e financeira, que penaliza fortemente o Poder Local, e, como tudo indica, se vai agravar em 2011. As transferências da Câmara de Santarém, ao abrigo do Protocolo de Delegação de Competências têm atrasos sistemáticos, na ordem dos 5 meses, e as despesas, pagas pela Junta, que dizem respeito às auxiliares das Escolas, estão atrasadas mais de um ano. É uma situação insustentável, que limita gravemente a intervenção da Junta de Freguesia”, afirmou a autarca.

75 ANOS 193 5/2010

PRINCIPAIS INDUSTRIAS

EQUIPAMENTOS:

PRINCIPAIS ACTIVIDADES:

AGRO-ALIMENTAR

• TORNOS CONVENCIONAIS DE 2 ATÉ 6 METROS E CNC

• MANUTENÇÃO INDUSTRIAL (preventiva e curativa)

• FRESADORAS UNIVERSAIS

• EXECUÇÃO DE: • VEIOS, ROLETES, CASQUILHOS, CARRETOS, RODAS DE COROA, CAVILHAS, PARAFUSOS, PORCAS, ANILHAS, BARRAMENTOS (guias), PEÇAS EM SÉRIE.

BEBIDAS CONSTRUÇÃO CIVIL FERROVIÁRIA

• CENTRO MAQUINAÇÃO DE PEÇAS (Brevemente)

RODOVIÁRIA

• MANDRILADORA

TRANSPORTES

• ENGENHOS RADIAIS PARA GRANDES FURAÇÕES

MARÍTIMO

• EQUILIBRAGEM DINÂMICA (transmissões, veios, etc)

PAPEL ESTALEIROS MÁQUINAS CÂMARAS MUNICIPAIS UNIDADES FABRIS

• SOLDADURA MIG-MAG

REPARAÇÃO GERAL DE: • TODO O TIPO DE HIDRÁULICOS E BOMBAS, VEIOS DE VÁRIAS MEDIDAS, ENCASQUILHAMENTOS, ENCHIMENTOS, RECTIFICAÇÕES, NORMALIZAÇÃO DE TENSÕES

• SOLDADURA A ARGON (tig) PARA ALUMÍNIO E INOX

• SERRALHARIA MECÂNICA E CIVIL

• PRENSA ATÉ 150 TONELADAS

• SERVIÇO DE RECOLHA E ENTREGA DE TRABALHOS EM TODO O PAÍS

RIGOR, RAPIDEZ, EXPERIÊNCIA, PROFISSIONALISMO ZONA INDUSTRIAL DE SANTARÉM LOTE 40 - A TELEFONES. 243 325 157 / 243 323 068

FAX. 243 322 116

www.jsgouveia.pt

EMAIL - jsgouveia@mail.telepac.pt


12

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

região lezíria do tejo ESCOLA DO CARTAXO RECEBE INICIATIVA SOBRE BIODIVERSIDADE

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM DEBATE NO CARTAXO

Os a lunos da Escola Secundá ria do Cartaxo receberam no passado dia 29 de Outubro, o projecto Habitaz “biodiversidade sem limites”. Um projecto de sensibilização dos cidadãos em geral e dos mais novos em particular, dedicado à conservação da biodiversidade, às politicas europeias para o ambiente, ecossistemas, espécies emblemáticas e desenvolvimento sustentável, numa altura que se comemora o ano europeu da biodiversidade. Com uma plateia activa e pa rticipativa composta por alunos de várias áreas, as formadoras deram uma verdadeira aula sobre preservação da natureza e das suas espécies, em especial do linceibérico, o golfinho roaz-corvineiro e a salamandra lusitânica. Os alunos ficaram a conhecer o habitat destas espécies e o que devem e não devem fazer para preservar o meio ambiente, tornando-o sustentável para seres humanos e espécies animais. Esta é uma iniciativa da Comissão Europeia, desenvolvida pela Gobius Comunicação e Ciência e que até 30 de Novembro vai percorrer as escolas e muitos locais públicos, passando a mensagem de que “Em Portugal e na Europa, temos uma Natureza única para proteger!”.

O Centro Cultural do Cartaxo recebeu o 2.º Encontro de Intervenção Social do Concelho do Cartaxo, no dia 29 de Outubro. Uma iniciativa centrada na temática da violência domestica e que reuniu profissionais de saúde e estudantes da área de acção social. Paulo Varanda, vicepresidente da Câmara Municipal do Cartaxo e Maria José Lambéria, do Centro Distrital da Segurança Social de Santarém, deram início ao encontro, seguindo-se as intervenções de Margarida Seco, da Comissão para a Igualdade de Género, e Arménia Boleto, do Centro de Inclusão Renascer. Para o vice-presidente do Cartaxo, estes fóruns “são fundamentais para a partilha de experiências, e num ano tão simbólico como este – em que se assinala o combate à pobreza –, debater o tema da violência doméstica é uma forma de conseguirmos encontrar novos caminhos, que permitam diminuir este flagelo”, afirmou Paulo Varanda. E porque os números registados de violência doméstica são cada vez mais assustadores, as palavras de ordem são “prevenir, denunciar e actuar”, para que a violentação ou não aconteça ou deixe de existir. Margarida Seco revelou que o número de denúncias aumentou consideravelmente entre o ano de 2000 e 2009, passando de 11.162 para 30.547, respectivamente., sendo que só no distrito de Santarém, as autoridades registaram 775 ocorrências de violência doméstica em 2008 e 888 em 2009. Números elevados para situações que precisam ser prevenidas, denunciadas, e avaliadas, já que é o renascer de novo, depois de uma vida sofrida.

A

Presidente da Nersant teceu duras críticas ao Cartaxo, caracterizando-o como “um concelho que não tem evoluído

ExpoCartaxo com lotação esgotada Empresas ∑ exposição recebeu 60 stands de empresas do concelho A Expo Cartaxo 2010 regressou ao concelho do Cartaxo com mais uma edição da já tradicional Feira dos Santos, numa mostra de produtos regionais, tradicionais e rurais que voltaram a afirmar a cidade como um espaço de potencialidades económicas. Com abertura no dia 28 de Outubro, teve lugar no Pavilhão municipal de exposições, com lotação esgotada e a participação de 60 empresas da região. Presentes na inauguração do certame estiveram Paulo Caldas, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo, Nuno Russo, director da Direcção Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo e José Eduardo Carvalho, presidente da Nersant, Associação Empresarial da Região de Santarém. Uma montra de potencialidades económicas e até sociais, que Nuno Russo classificou como “vital” e que para as quais

deve continuar “a haver um apoio constante”. No que toca à agricultura, o director referiu ainda que “os investimentos que estão em curso nesta região, demonstram que, apesar das dificuldades, há pessoas conscientes e que querem continuar a apostar. A agricultura tem servido como um incentivo para a criação de projectos viáveis, que dão o seu contributo para o desenvolvimento do país”. Já Paulo Caldas, defendeu os empresários que continuam a apostar em novos projectos e em le-

ExpoCartaxo reuniu 60 empresas numa mostra de agentes económicos

var as suas empresas mais além, ainda que em tempos de crise, revelando que estes “são um sinal de coragem, de determinação e também de competência e capacidade, porque através da qualidade dos vossos produtos e serviços, conseguem impor-se no mercado, não só nacional, mas também internacional”, afirmou o autarca. Mas nem só com elogios foi inaugurado este certame, José Eduardo Carvalho, teceu duras criticas ao concelho, afirmando que “infelizmente todos

∑ O presidente da Nersant pediu a todos os presentes para olharem o caso de Rio Maior: “verifiquem com os vossos olhos o que se está lá a passar. Uma zona muito menos competitiva e atractiva que o Cartaxo mas com quatro novos grandes investimentos.”.

temos que reconhecer que o concelho do Cartaxo não tem evoluído muito. Acho que há de facto que ter coragem para dizer que não há desenvolvimento de empresas e essa componente tem falhado neste concelho. Penso que deveria haver mais consenso. Está a haver muita dissensão, muito conflito e devia haver consenso sobre dois ou três aspectos fundamentais no desenvolvimento deste concelho entre as diversas forças partidárias que legitimam e acabam por representar o interesse das populações”. Elogios e críticas que inauguraram mais um certame dedicado às empresas da região, numa mostra dedicada ao que se faz ao nível industrial, económico e social, ainda que em tempos de crise, época em que é preciso manter a vitalidade e “não baixar os braços” perante as dificuldades económicas.


CORUCHE | CHAMUSCA | ALMEIRIM | REGIÃO 13

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Fundo de emergência para Almeirim e Chamusca As Câmara Municipais de Almeirim e da Chamusca vão receber cerca de 132 mil euros do fundo de emergência municipal para obras de recuperação de danos provocados pelo mau tempo de 23 de Dezembro de 2009. A assinatura dos contratos-programa “prontos a pagar” decorreu no passado dia 29 de Outubro, no gabinete do secretário de Estado da Administração Local, José Junqueiro. A candidatura de Almeirim, no montante global de 257 mil euros, foi comparticipada em 60%, no valor 94 mil euros, e destina-se à recuperação de um troço da EM 578 em Paço dos Negros, devido ao entupimento do aqueduto junto à Ribeira de

Operação tampinha vale nova cadeira de rodas

Muge, ampliação do aqueduto da EM 576, e ampliação do emissário pluvial de Benfica do Ribatejo. A Chamusca candidatou o fornecimento da cobertura insuflável Pistelli amovível para as piscinas municipais, no valor de 38 mil euros, comparticipada a

60%, em 23 mil euros. No total, o governo, através deste fundo de emergência municipal, atribuiu cerca de 5,8 milhões de euros para candidaturas que rondaram os 9,7 milhões, em 11 concelhos. Do distrito de Santarém, foram contempla-

dos os municípios de Rio Maior, Alpiarça, Chamusca e Almeirim. Da zona Oeste e Estremadura, receberam fundos as Câmaras Municipais do Sobral de Monte Agraço, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Lourinhã, Cadaval, Torres Vedras e Alenquer.

O centro de novas oportunidades (CNO) do Instituto de Educação e Formação do Sorraia entregou a segunda cadeira de rodas no âmbito da operação “tampinha colorida” ao Ricardo, um menino de oito anos de Coruche, que sofre de paralisia cerebral. A entrega do equipamento, orçado em cerca de 2.100 euros, foi feita no passado dia 28 de Outubro. A cerimónia informal decorreu nas instalações da Escola Profissional de Coruche, com a presença dos familiares do

menino contemplado, dos responsáveis deste estabelecimento de ensino e de representantes da Câmara Municipal de Coruche. A entrega da cadeira de rodas, no âmbito do projecto “novas solidariedades”, tornouse uma realidade através da recolha de sete toneladas de tampas, num acção de solidariedade que juntou a alunos e professores da Escola Profissional de Coruche, a autarquia, várias empresas e estabelecimentos comerciais do concelho, e muitos voluntários anónimos.


14 REGIÃO | ALMEIRIM | RIO MAIOR | SALVATERRA DE MAGOS | CORUCHE

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

FESTA DA CASTANHA EM BENFICA DO RIBATEJO

Despiste mortal deixa três crianças órfãs de mãe A GNR está a investigar o acidente de viação que provocou a morte a uma jovem de 23 anos, ocorrido em Abruxanas, concelho de Rio Maior, na madrugada de 1 de Novembro. Selma Colaço, mãe de três filhos menores, regressava de uma festa de “halloween” no bar Eskapamola, em Casais da Serra, quando o carro conduzido por um amigo que lhe dava boleia se despistou numa zona sinuosa da Estrada Municipal 508 e embateu em três árvores. A violência do embate, que derrubou mesmo um eucalipto, projectou a vítima mortal contra o pára-brisas e provocou-lhe ferimentos na cabeça. A vítima mortal foi encontrada em estado de pré-hipotermia, mas estava consciente aquando da chegada da equipa do INEM. Entretanto, terá começado a sentir-se mal e com desmaios, tendo sido transportada de urgência ao Hospital das Caldas da Rainha, onde viria a falecer. O óbito foi declarado por volta das 7 horas da

madrugada. As autoridades suspeitam que, antes de dar o alerta para accionar os meios de socorro, o condutor do carro, de 31 anos, terá telefonado a uns amigos que vieram ao seu encontro para tentar encobrir o sinistro. O homem, casado e residente uma aldeia próxima de Rio Maior, foi transportado com ferimentos ligeiros ao Hospital de Santarém, onde foi submetido a testes de despistagem de álcool e estupefacientes. Segundo conseguimos apurar junto de fonte militar, a guarda está a tentar determinar a hora do acidente para perceber quanto tempo esteve a jovem no local antes de receber assistência. A patrulha da GNR, que recebeu o alerta à 3h45, encontrou já vários amigos do sinistrado no local do despiste. Selma Colaço deixa dois filhos com três e quatro anos, e uma bebé de apenas sete meses. A jovem foi a enterrar no cemitério de São Sebastião, freguesia onde residem os pais.

ASAE encerrou mercado diário de Marinhais O mercado diário de Marinhais, Salvaterra de Magos, foi encerrado coercivamente na sexta-feira, 29 de Outubro, pela inspecção da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE). Os inspectores encontraram irregularidades muito graves ao nível do pavimento, das bancadas, câmaras frigoríficas, sanitários e da cobertura, disse ao nosso jornal a presidente da Junta, Maria de Fátima Gregório, contando que o auto deixado na Junta de Freguesia pela ASAE é “bastante extenso”. “Mandaram-nos encerrar de imediato o espaço, o

que, de certa forma, já estávamos à espera porque os problemas estavam todos identificados e sabíamos que as instalações não tinham o mínimo de condições”, afirmou a autarca. O mercado albergava dois vendedores em permanência, um de peixe e outro de frutas e legumes, e tinha em funcionamento dois espaços – um talho e uma bancada de peixe – que vendiam apenas ao fim-de-semana. “De momento, não temos nenhum espaço alternativo nem capacidade financeira para resolver os problemas detectados pela ASAE”, acrescentou Maria de Fátima Gregório.

A A entrega do cheque decorreu no quartel dos bombeiros de Almeirim

Campanha agrícola rende 2.500 euros Bombeiros ∑ Donativo vai servir para comprar equipamento A campanha que a empresa de produtos para a agricultura Lusosem lançou no início de Maio a favor dos bombeiros voluntários de Almeirim rendeu 2.500 euros à corporação, que vão ser utilizados na aquisição de novos equipamentos de socorro. A entrega do cheque foi feita na quinta-feira, 28 de Outubro, numa cerimónia onde o presidente do conselho de administração da Lusosem, António Sevinate Pinto, sublinhou que as empresas “devem cumprir uma missão social”. “É vulgar ouvir dizer que as empresas se devem orientar em função do cliente, mas nós achamos que também se devem integrar nas comunidades onde estamos inseridos”, disse o responsável. Este deve ser um “valor comportamental” frisou Sevinate Pinto, que confessou ter gostado particularmente desta operação porque “foi desenvolvida a favor de uma instituição que salva vidas”.

A campanha de beneficência, através da qual a Lusosem entregou aos bombeiros um euro por cada embalagem dos produtos “Mildicut” e “Arithane” vendidos até dia 30 de Setembro, contou com a colaboração de 37 agricultores e da Adega Cooperativa de Almeirim, que a divulgou entre os seus associados. “Felizmente, temos conseguido que várias empresas com esta sensibilidade e sentido de responsabilidade social nos apoiem. Quem nos dera que mais houvessem”, afirmou o presidente da Associação Hu-

manitária dos Bombeiros Voluntários de Almeirim (AHBVA), Pedro Ribeiro. “Estes rendimentos extra têm sido sempre encaminhados para a compra de equipamentos e material de protecção individual, que são caríssimos”, assinalou, explicando que os 2.500 euros desta iniciativa serão canalizados para a aquisição de aparelhos respiratórios para intervenção em incêndios urbanos, que custarão cerca de 8 mil euros, comparticipados com fundos comunitários.

Colaboração deverá ter continuidade

∑ A campanha de beneficência a favor dos bombeiros deverá ter continuidade durante a campanha agrícola do próximo ano, disse Gonçalo Canha, da Lusosem, o responsável pela operacionalização desta iniciativa. “Estamos apenas a rever alguns pormenores a partir da experiência deste ano”, revelou.

João Nuno Pepino

O recém inaugurado pólo sociocultural de Benfica do Ribatejo, que nasceu de uma parceria entre a família Malfeito Ferreira e o Rancho Folclórico local, vai ser palco de uma tradicional festa da castanha que se realiza no próximo dia 13 de Novembro, a partir das 19h30. Além das castanhas assadas, acompanhadas de água-pé nova e abafado, a ementa inclui caldo verde, porco assado no espeto e sobremesa, numa festa que se prolonga pela noite dentro. As reservas podem ser feitas pelo telefone 919 423 928.

ARMAZÉM CHINÊS ASSALTADO À MÃO ARMADA Um armazém de artigos para lojas dos chineses em Coruche foi assaltado à mão armada na quinta-feira, 28 de Outubro, por dois indivíduos que entraram no estabelecimento e apontaram uma caçadeira de canos serrados ao funcionário. De seguida, os autores do crime, que ainda permanecem a monte, obrigaram o trabalhador a abrir o cofre, de onde retiraram cerca de mil euros em dinheiro. Os ladrões fugiram num motociclo.

NOVAS OPORTUNIDADES EM BENAVENTE O centro de novas oportunidades da Escola Profissional de Salvaterra de Magos vai ministrar cursos de formação de adultos para conclusão dos 4º, 6º, 9º e 12º ano de escolaridade na sede da Sociedade Filarmónica Benaventense, por solicitação de vários adultos que residem no concelho. O protocolo de cooperação institucional entre a Escola Profissional de Salvaterra de Magos e a Sociedade Filarmónica Benaventense foi assinado na segunda-feira, 1 de Novembro, no cine-teatro de Benavente.


15

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

região médio tejo santarém BARQUINHA COMEMORA 174 ANOS O concelho de Vila Nova da Barquinha – fundado por decreto da rainha D. Maria II a 6 de Novembro de 1836 – vai assinalar o seu 174º aniversário com várias actividades desportivas e culturais, no sábado, dia 6. Às 9 horas, começa o raid BTT “Barquinha Viva”, no parque desportivo municipal da Atalaia, seguida de um passeio pedestre que parte do centro cultural da Barquinha, às 9h30, com uma distância de 11 quilómetros. Às 17 horas, o centro cultural acolhe as palestras “a cultura avieira” e “centenário da morte do pintor Torquato Ferreira” (falecido na vila em 1910), com Teresa Serrano e João Serrano, do Instituto Politécnico de Santarém. Esta acção insere-se no ciclo “sábado às cinco com…”, dedicado ao património local e regional.

PROVA DO AZEITE ENTRA NA 10ª EDIÇÃO O certame gastronómico “prova do azeite” vai realizar-se no concelho de Vila Nova da Barquinha pelo 10º ano consecutivo, desta vez entre os dias 6 de Novembro e 19 de Dezembro. Durante este período, as ementas dos nove restaurantes aderentes vão ter em destaque pratos confeccionados com azeite, de acordo com as tradições da cozinha mais genuína do concelho. Entre os pratos, encontram-se iguarias como petingas no forno, bacalhau assado, sopa de couve com feijão ou polvo à lagareiro, entre muitos outros. Os restaurantes aderentes são a Tasquinha da Adélia, Ikarus, Soltejo e Palmeira (Barquinha), Platina e Trindade (Moita do Norte), Stop (Atalaia), Chico (Praia do Ribatejo), e Almourol (Tancos).

ABERTO CONCURSO PARA MUSEU IBÉRICO EM ABRANTES

A Segundo a autarquia, as obras arrancam durante o mês de Novembro

Fase final do Aquapólis custa 2 milhões de euros Abrantes ∑ Margens ribeirinhas do rio Tejo vão ser integralmente requalificadas A segunda e última fase de construção do projecto Aquapólis vai avançar durante o mês de Novembro, segundo a Câmara de Abrantes, que vai investir cerca de dois milhões de euros. Uma das principais obras deste projecto de requalificação do parque urbano ribeirinho - onde já foram investidos cerca de 15 milhões de euros desde 2006 – é o açude insuflável construído no rio, inaugurado em 2008, e que permitiu a criação de um espelho de água aos pés da cidade com cerca de 80 hectares de superfície. Denominada de “nova vida para a margem sul”, em Rossio ao Sul do Tejo, a última fase de requalificação urbana e ambiental das margens ribeirinhas englobará a construção de um centro de acolhimento do Tejo, com a requalifi-

cação e ampliação do actual parque de campismo, com capacidade para 300 pessoas, libertando toda a frente ribeirinha para áreas de acampamento, estadia e lazer. Tem um investimento previsto na ordem dos 950 mil euros, e as obras deverão estender-se por um período de 12 meses. Por outro lado, a Câmara adjudicou por um milhão de euros a construção de uma praça aberta ao rio com cobertura ex-

tensível para a realização de espectáculos musicais e culturais, percursos ribeirinhos, quiosques, zonas de estar e lazer e um parque infantil, entre outros equipamentos. Em declarações à Lusa, a presidente da Câmara, Maria do Céu Albuquerque, explicou que o investimento agora anunciado para a margem sul visa “fomentar o turismo na região e incrementar a dinamização do Aquapo-

Projecto financiado por fundos europeus

∑ Os projectos anunciados pela Câmara de Abrantes, num montante global que ronda os 2 milhões de euros, têm assegurada uma comparticipação financeira de 80% pelo programa “Mais Centro – Programa Operacional Regional do Centro”.

lis”. Esta margem tinha já sido alvo de uma primeira intervenção, com a criação de zonas verdes, passeios e infraestruturação. A nova intervenção, mais profunda, “vai criar um espaço mais dinâmico”, referiu a autarca, tendo adiantado “acreditar” que “depois do investimento público seguir-se-á o investimento privado”. Para além desta intervenção, a autarquia tem também em andamento o processo para construção de um centro náutico, na margem norte. Na margem sul, por sua vez, entrou este ano em funcionamento uma estação de canoagem que inclui também um projecto de criação de um percurso ribeirinho que vai unir a aldeia ribeirinha de Alvega, em Abrantes, e a vila de Constância.

A Câmara de Abrantes vai lançar um concurso público internacional para a construção do futuro Museu Ibérico de Arqueologia e Arte de Abrantes (MIAA), uma vez que a versão definitiva do projecto já deu entrada na autarquia. Com um investimento estimado de 13 milhões de euros, o MIAA vai acolher o espólio arqueológico da Fundação Ernesto Estrada, uma colecção de peças arqueológicas referentes ao período anterior à fundação da nacionalidade e relacionadas com a Lusitânia, tendo sido recolhidas pelo abrantino João Estrada ao longo de meio século. O projecto, do arquitecto Carrilho da Graça, tem motivado celeuma na cidade, com a opinião pública dividida devido ao impacto visual que a obra vai causar no centro histórico e que prevê a construção de um edifício em forma de paralelepípedo com 30 metros de altura junto ao Convento de São Domingos. O futuro museu teve origem num protocolo estabelecido entre a Câmara de Abrantes e a Fundação Ernesto Estrada, e vai abarcar colecções de ourivesaria, numismática, arquitectura romana, medieval e moderna, arte sacra dos séculos XVI a XVIII, relógios de várias épocas e uma exposição de arqueologia e história local, tendo sido já considerada pelos especialistas como de “valor incalculável”. A presidente Maria do Céu Albuquerque, disse que a aposta neste investimento visa “criar uma marca do território em pleno centro histórico de Abrantes”, tendo acrescentado que pretende também constituir-se como “um estímulo decisivo” para a sua reanimação.


16 REGIÃO | ALCANENA | TORRES NOVAS

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

TORRES NOVAS INVESTE 6 MILHÕES DE EUROS

HOSPITAL TEM NOVA ALA PEDIÁTRICA

A Câmara Municipal de Torres Novas vai lançar concursos públicos para a construção de um centro de ciência viva, um parque urbano no Almonda e a remodelação do centro escolar EB1 / jardim-de-infância Visconde de São Gião. O lançamento das empreitadas foi aprovado com carácter de urgência para que as obras possam ser adjudicadas e comparticipadas por fundos comunitários disponíveis no âmbito do QREN, e que podem atingir uma comparticipação até 80%. O centro de ciência viva, no edifício do Caldeirão, em pleno centro da cidade, tem o valor estimado que ronda os 1,9 mil euros e visa a reconversão da antiga central hidroeléctrica num centro de ciência dedicado ao tema “energia”. O projecto de execução do parque urbano do Almonda tem um orçamento que ronda os 2,5 milhões de euros. No caso da escola Visconde S. Gião, o novo projecto contempla a ampliação e renovação das instalações da escola, no valor de 1,2 milhões de euros.

A ala pediátrica do Hospital Rainha Santa Isabel, em Torres Novas, foi recentemente renovada com vista a permitir uma melhoria da qualidade de prestação de serviços à criança, num investimento que rondou os 250 mil euros. Constitui “uma maisvalia no que diz respeito às condições físicas de atendimento às nossas crianças, que procuraremos humanizar de acordo com as regras internacionalmente consagradas: espaço próprio, atendimento diferenciado, carinho e competência profissional”, destacou o médico Aníbal Teixeira de Sousa, o director do serviço. Para a entrada em funcionamento do novo espaço, são necessários ainda 50 mil euros para equipamento diverso, prevendo-se que cerca de 30 mil sejam assegurados através de mecenato. O presidente da Câmara de Torres Novas, António Rodrigues, visitou a valência no passado dia 29 de Outubro, e manifestou a disponibilidade da autarquia para apoiar a conclusão da obra.

A Francisco Louçã, coordenador nacional do Bloco de Esquerda, marcou presença na cerimónia

Bloco inaugura nova sede Alcanena ∑ Partido traça como desígnio o combate à poluição no Alviela O Bloco de Esquerda (BE) inaugurou no domingo, dia 31, a sua primeira sede no concelho de Alcanena, com a presença do líder nacional, Francisco Louçã. Esta força política já marcou presença com uma candidatura concelhia nas últimas eleições autárquicas em que concorreu à Câmara, à Assembleia Municipal e a seis freguesias. O BE não conseguiu eleger nenhum candidato neste acto elei-

toral mas o coordenador concelhio, Carlos Alberto Silva, acredita que será possível conseguir melhorar os resultados nas próximas eleições. Segundo Carlos Alberto Silva, o Bloco nasce em Alcanena com uma grande prioridade de trabalho no curto prazo que é o combate à poluição do rio Alviela. Com plano de acção já definido até final do ano, o BE diz que vai enviar um requerimento ao ministé-

rio do Ambiente sobre esta situação da poluição e que agendará para Novembro uma visita à ETAR de Alcanena do deputado José Gusmão. Carlos Matias, da coordenação distrital do Bloco, frisou que a nova sede do partido em Alcanena permitirá criar “um novo espaço de encontro e discussão de soluções para o concelho” que classifica como “uma terra-mártir e flagelada na área ambiental”. A

estes problemas, Carlos Matias juntou o desemprego e as dificuldades de gestão da autarquia, liderada pela socialista Fernanda Asseiceira. Francisco Louçã enalteceu o esforço desta dezena de militantes de Alcanena e frisou que este novo núcleo concelhia nasce num momento em que o Bloco de Esquerda está a subir nas intenções de voto. Bruno Oliveira

ANAMCAR ASSOCIAÇÃO DE NATURAIS E AMIGOS DO CARVALHAL

Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa 1ª Unidade Orgânica Proc. n.º 1504/08.2BELSB Acção administrativa comum - forma sumária Data: 16/09/2010 Intervenientes: Autor: Santa Casa da Misericórdia de Lisboa; Réu: O Cantinho do Nelson, Restauração, Sociedade Unipessoal, Lda. (e Outros)

Convocatória Reunião Extraordinária Dando cumprimento ao N.º 4 do Art.º 32 e por solicitação da direcção da nossa associação, convoca-se uma reunião da assembleia geral da ANAMCAR (Associação de Naturais o Amigos do Carvalhal), para o dia 20 de Novembro de 2010 pelas 15 horas na sua sede, com a seguinte ordem de trabalhos: 1. Espaço destinado à discussão de Assuntos de interesse da associação “Incluindo deliberação e aprovação de alteração, pontual e temporária, do art.º 13.º dos estatutos, com vista as próximas eleições de modo a permitir que os associados com quotas em atraso, exerçam o seu direito de voto, liquidando penas os últimos 12 meses de quotas em falta”. 2. Deliberação e aprovação da data da realização da assembleia para a realização da eleição dos corpos gerentes, nos termos e para os efeitos dos art.os 19.º, n.º 1, 32.º, n.º 3, e 49.º, n.º 2 dos Estatutos. 3. Deliberação e aprovação das datas limites para apresentação das listas dos candidatos aos corpos gerentes, assim como a marcação da votação das respectivas listas concorrentes. Nota: Se a hora marcada não estiverem presentes a maioria dos associados, a reunião funcionará uma hora depois com qualquer número (para além de 20) de sócios, conforme o N.º 1 do ART.º 31, dos estatutos.

ASSEMBLEIA GERAL CONVOCATÓRIA Venho nos termos do n.º 13.2 do art.º 13º dos Estatutos, convocar todos os associados para uma reunião ordinária da Assembleia Geral do Centro Social do Pessoal do Município de Abrantes, a ter lugar no próximo dia 10 de Novembro de 2010 às 17h 30m, na sua sede sita em Rua Capitão Correia de Lacerda, n.º 13 em Abrantes, com a seguinte ordem de trabalhos: 1. Aprovação do Orçamento para 2011; 2. Aprovação do Programa de Acção para 2011; 3. Informações. Não estando presentes o número de associados previstos nos termos do art.º 11.4 dos Estatutos, a Assembleia reunirá meia hora depois, para o que fica desde já convocado(a). Abrantes, 22 de Outubro de 2010

2ª PUBLICAÇÃO Helena Maria Telo Afonso, Juíza de Direito deste Tribunal. FAZ SABER que pela 1ª Unidade Orgânica deste Tribunal, nos autos acima identificados, correm éditos de TRINTA DIAS, (30 dias) contados da data da publicação do último anúncio, CITANDO, o réu, O Cantinho do Nelson, Restauração, Sociedade Unipessoal, Lda., sociedade unipessoal por quotas, NIPC 504169866 e com última sede conhecida na Praça Gago Coutinho n.º 11, Mação para, no prazo de VINTE DIAS (20 dias), decorrido que seja o dos éditos, contestar, querendo, a Acção administrativa comum sob a forma sumária, em que o Autor é a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, pelos fundamentos constantes da petição inicial e documentos, que se encontram à sua disposição na Unidade Orgânica acima indicada, com a advertência que a falta de contestação importa a confissão dos factos articulados pelo autor. Caso deduza contestação e obrigatória a constituição de advogado, nos termos do art.° 11.º, n.º 1 do CPTA; Na contestação, deve deduzir, de forma articulada, toda a matéria relativa à defesa e juntar os documentos destinados a demonstrar os factos cuja prova se propõe fazer; Passei o presente para ser devidamente afixado. Lisboa, 16 de Setembro de 2010

O Presidente da Assembleia Geral Ramiro Oliveira Ferreira Carvalho

A Juíza de Direito; Helena Maria Telo Afonso

RUA CAPITÃO CORREIA DE LACERDA, N.º 13 2200-380 ABRANTES CONTRIBUINTE N.º 501639314 TEL/FAX: 241365190 / TELEMÓVEL: 962424212 centroabrantes@mail.telepac.pt

O Oficial de Justiça, Luís Sampaio Monteiro Silva

Carvalhal, 25 Outubro de 2010 O Presidente da Assembleia Geral, (José Maria Jacinto)

ANÚNCIO

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)


17

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Instituto Politécnico de Santarém

politécnico

Integram o Instituto Politécnico a Escola Superior Agrária de Santarém, Escola Superior de Educação de Santarém, Escola Superior de Desporto de Rio Maior, Escola Superior de Saúde de Santarém e Escola Superior de Gestão e Tecnologia de Santarém

A A ESDRM assinou há um ano o protoclo de colaboração com esta federação de basebol

Escola de Desporto dá curso de softbol II Módulo ∑ Curso vai decorrer nas instalações da Escola em Rio Maior A Federação Portuguesa de Basebol e Softbol, a Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM), Federação Europeia de Softbol (ESF) e a autarquia de Abrantes, realizaram no passado fim-desemana, pela primeira vez em Portugal um curso de treinadores de Softbol de grau 1. A formação, que abordou apenas o módulo I, teve a colaboração especial de dois formadores da

ESF de renome internacional e da Escola Superior de desporto de Rio Maior, instituição parceira na área de formação com a FPBS. Neste fim-de-semana, o curso foi ministrado por Argenis Blanco, treinador venezuelano profissional de renome internacional (actualmente na Liga Italiana de Softbol) e por André Prins, treinador holandês veterano de Softball e Basebol europeu, actualmente no “Hall

of Fame” da Federação Internacional de Softbol. O módulo II será ministrado na Escola Superior de Desporto de Rio Maior, em fimde-semana ainda confirmar e terá um total de 12 horas. Neste módulo vão ser dadas disciplinas como Pedagogia do Desporto, Observação e Analise das habilidades desportivas e Didáctica do Desporto, com exemplos aplicados ao Softbol. Este módulo será da responsa-

ESDRM recebeu comitiva internacional A Escola Superior de Desporto de Rio Maior acolheu, entre 21 a 24 de Outubro, a reunião preparatória do projecto Physical Activity and Lifestyle Counsellor, que reuniu 30 professores, de 7 países e de 8 instituições de ensino superior. Esta comitiva esteve em Rio Maior a preparar um curso europeu na especialidade de actividade física, inserido no LifeLong Learning Program.

bilidade do professor Pedro Sequeira, presidente do Departamento de Treino Desportivo da Escola Superior do Desporto de Rio Maior. Este módulo está aberto a todos os licenciados em Educação Física e Desporto. Este curso, de grau 1, está a ser ministrado de acordo com a nova legislação e possibilitará aos participantes adquirirem a cédula de treinadores no Instituto de Desporto de Portugal.

ESDRM e Federação com acordo há um ano

MESTRADOS DA ESES COM INSCRIÇÕES De 2 a 19 de Novembro estão abertas inscrições para os mestrados da Escola Superior de Educação de Santarém nas áreas de Administração Educacional e ainda para Supervisão e Orientação Pedagógica. As informações e formulários de inscrição para estes cursos estão na página da Escola, em http://si.ese.ipsantarem.pt. Os cursos têm 25 vagas e arrancam se estiverem inscritos 15 alunos.

∑ A Escola Superior de Desporto de Rio Maior e Federação Portuguesa de Basebol e Softbol assinaram há precisamente um ano um protocolo com vista à formação de agentes ligados a este desporto, nomeadamente, treinadores, mas também técnicos desportivos, entre outros.

Formação em inglês para comunidade A IPS.FORM em parceria com a Escola Internacional de Línguas (EIL) tem abertas inscrições para formação em inglês, destinado funcionários não docentes, docentes e estudantes. O horário será pós-laboral (após as 18h) e cada módulo custa 45 euros por hora para o total de uma classe, num total de 45h. Os interessados podem fazer as inscrições através de e-mail(IPS.FORM@ ipsantarem.pt)


18

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

especial Começa esta sexta-feira, a 35ª edição da Feira Nacional do Cavalo na Golegã. O presidente da Câmara fala-nos do que espera deste evento.

Golegã

textos e fotos ∑ Bruno Oliveira

Golegã vai ter centro de alto rendimento equestre 5 a 14 de Novembro ∑ Feira Nacional do Cavalo

O que vai ser o Centro de Alto Rendimento da Golegã para desportos equestres?

Este centro vai ser o único centro com este objectivo em Portugal. É de uma pertinência enorme para a Golegã enquanto capital do cavalo. Vem complementar as actuais infraestruturas que a Golegã já tem e que nos afirma como capital do cavalo durante todo o ano. Há uma década atrás, a Golegã era considera capital, mas só na altura da feira. Agora já temos infraestruturas que nos permitem, ao longo de todo ano, ter aqui actividades nesta área. Este centro vai ter infraestruturas que permitem acolher as várias modalidades equestres. Podemos ter aqui atletas de vários países, como os sul-americanos, que já fazem preparação na Europa mas em países como a Alemanha com temperaturas muito reduzidas e com um custo mais elevado. Penso que a Golegã poderá ser uma alternativa muito interessante e também desta forma ter uma oxigenação do tecido económico do concelho e da região que já tem hoje equipamentos na área da hotelaria de renome internacional, como o Hotel Lusitano, um hotel de charme ao nível dos melhores da Europa. Que tipo de infraestruturas terá esse centro?

O centro vai ficar instalado num terreno de 8 hectares que a autarquia adquiriu na Avenida D. João III, entre a Praça do Cavalo e a Praça da Água. Vai ter pistas, picadeiros, boxes, edifícios de apoio, clínicas veterinárias, entre ou-

A A Feira Nacional do Cavalo decorre de 5 a 14 de Novembro da vila da Golegã tras valências. Apostamos em criar equipamentos de qualidade para podermos atrair praticantes de topo. Vai estar também preparado para acolher a prática de corridas de cavalos com apostas, que é um reivindicação do sector junto do Governo. Somos dos poucos países que não tem essa vertente e julgo que seria muito interessante pois nos hipódromos onde já estive noutros países europeus foi-me dado a conhecer que estes eventos podem criar, de forma temporária, cerca de 7 mil postos de trabalho. Estou convencido que, num país com tantos problemas financeiros, esta modalidade equestre poderia ajudar a criar verbas para financiar algumas instituições como a Fundação Alter Real. Quanto vai custar e quando

se iniciará a obra?

O Centro está a ser alvo de concurso de concepção/ construção e prevê-se que, na sua primeira fase, represente um investimento de 2,5 milhões de euros, financiados em 70% por fundos do QREN, em 5% pelo Instituto de Desporto de Portugal e em 25% pela autarquia.

Na Golegã temos feito investimentos sem entrar em megalomanias, sem destabilizar as contas municipais, embora nalguns equipamentos como os desportivos ligados ao mundo equestre, já suplantamos a média europeia em termos que qualidade e quantidade. Acredito que será um in-

vestimento moderado porque a autarquia tem saúde financeira. Vamos dar o pontapé para a perna quem temos. Quando todos devem milhões e milhões de euros, a câmara da Golegã tem uma dívida de 3,5 milhões de euros, que é um dívida de uma grande empresa, perfeitamente equilibrada e para a qual temos

Feira do Cavalo é “um evento verdadeiro, erudito e popular”

∑ Qual o balanço destes 35 anos de Feira?

A Feira de S. Martinho é talvez, a decana das feiras portuguesas. Foi criada por D. Sebastião em 1571, mas foi no séc. XIX que teve um maior crescimento, quando o rei D. Luís decretou que era na Golegã que se realizava o concurso nacional oficial. No início do séc. XX até à 2ª Guerra Mundial teve um período de decréscimo voltou a crescer depois da 2ª Guerra e teve uma interrupção nos anos a seguir à revolução de 1974. Mas como esta

feira foi sempre um evento verdadeiro, que tem tanto de erudito como de popular, voltou em 1977 com um caminho de crescimento. Defendo que a Feira tem que manter a sua identidade mas tem que se ir adequando aos usos dos tempos actuais. Esta simbiose entre tradição e modernidade é indispensável. Destaco a elevada componente cultural que a Feira ganhou com muitas exposições de arte, mas também a componente científica com seminários e workshops.

capacidade de assumir os pagamentos. Prevemos que exista uma segunda fase, a construir em terrenos próximos que hoje estão reservados para a construção do IC3 e dos quais vão sobrar algumas franjas que a câmara terá todo o interesse em comprar e assim ampliar o Centro. O Governo vai financiar o funcionamento do centro?

Vamos assinar um contrato de financiamento com a presença do sr. secretário de Estado do Desporto, no dia 13. Acredito que a secretaria de Estado do Desporto tem uma perspectiva de integração de todos os centros de altos rendimento no qual este poderá estar integrado. Mas será sempre o município da Golegã a assumir a maior parte da gestão.


FEIRA NACIONAL DO CAVALO | ESPECIAL GOLEGÃ 19

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Casa-Estúdio Carlos Relvas a património da Humanidade A autarquia está a preparar a candidatura da Casa-Estúdio Carlos Relvas a património da Humanidade da Unesco. “Penso que esta espaço tem todas as potencialidades de ser património da Humanidade porque é uma casa única, construída de raiz para ser um estúdio fotográfico”, frisa Veiga Maltez. O autarca diz que recebeu recentemente a visita do presidente da

Sociedade Mexicana de Fotografia que lhe disse que os estúdios da Kodak em Nova Iorque “são água e a Casa-Estúdio Carlos Relvas é vinho”. A câmara da Golegã está também a dinamizar um projecto, com o Politécnico de Tomar, para a recuperação do espólio fotográfico de Carlos Relvas, que inclui quase 13 mil negativos de fotografias.

A Se for à Golegã não perca a oportunidade de visitar a Casa-Estúdio Carlos Relvas

Acesso à feira mais facilitado por transportes colectivos Como se resolve o problema do estacionamento na vila?

Quando entrámos na câmara confrangia-nos muito de ver que para as pessoas entrarem na Golegã nesta altura quase que precisavam de um salvo-conduto para passar as barreiras à entrada. Reparese que a vila tem cerca de 4000 habitantes e, nesta altura, recebe milhares e milhares de pessoas. Fomos tentando adaptar o trânsito automóvel regular durante todo o ano ao que se verifica na altura da Feira. Criámos bolsas de estacionamento, e fomos também pedindo a particulares para criarem parques

à entrada da vila, proporcionado a esses visitantes

AC

transportes para vir para a zona de feira.

Feira é para ficar no Arneiro O centro vai acolher algumas actividades da Feira?

A Feira Nacional do Cavalo e a Feira de S. Martinho terá que se manter sempre no Largo do Arneiro. Quem retirar a feira deste espaço mata a Feira. Veja-se o que aconteceu com a mudança da Feira Nacional de Agricultura. O que pensamos fazer é dividir alguns eventos, sobretudo os desportivos, entre os actuais espaços da Feira e os espaços deste novo Centro. A vertente clássica ficará sempre no Largo do Arneiro e alguma da vertente desportiva irá ser realizada no Centro. Até porque, em

A O presidente da Câmara, Veiga Maltez linha recta, o centro de Alto Rendimento fica a

cerca de 500 metros do largo da feira.


20 ESPECIAL GOLEGÃ | FEIRA NACIONAL DO CAVALO

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

ANIMAÇÃO A CARGO DOS PRIVADOS

Livros, exposições e seminários Cartaz cultural ∑ Autarquia aposta em ligar a cultura ao mundo equestre

J

A Feira do Cavalo é também um espaço de muita arte. No dia 5 é inaugurada uma exposição de pintura de Álvaro Mendes, subordinada ao tema “Golegã – História, Quintas e Cavalos”, que vai estar no Equuspolis. No dia 6, o Largo do Arneiro acolhe a exposição de pintura de Serrão de Faria, e à tarde, pelas 16h, as portas da Casa-Estúdio Carlos Relvas abrem-se para a exposição de fotografia “Momentos Lusitanos no Oeste”. Neste dia, pelas 18h30, é ainda evocado o centenário do pintor Manuel Fernandes, no Palácio do Pelourinho. O tema “Arte, Cultura e Património do Ribatejo, no século XIX e XX” vai ser tema de um colóquio, no dia 9, pelas 10h, no Equuspolis. Este colóquio prossegue no dia 10, a partir da mes-

ma hora e no mesmo local. Ainda no dia 9, pelas 17h, é apresentado o livro “Portugal nos séc. XIII, XIV e XV” de José Ferreira Coelho. Duas horas depois, pelas 19h, no Equuspolis, há uma sessão de esclarecimento sobre o licenciamento de explorações agro-pecuárias no âmbito do REAP. A não perder, uma encenação ao vivo das Invasões Francesas na Golegã, no dia 11, a partir das 22h no Largo do Arneiro. Na manhã de dia 12, às 11h30, é apresentado o Anuário Português de Garanhões, um livro referência para o sector. Ainda neste dia, pelas 17h, no Palácio do Pelourinho, decorre um seminário sobre a “Evolução da Atrelagem de Competição em Portugal”.

A Uma das exposições patentes durante a Feira vai ser a de Álvaro Mendes sobre quintas da Golegã

O programa cultural da Feira termina no dia 14, com a apre-

sentação do livro “O Castelo de São Jorge” .

O cartaz da Feira Nacional do Cavalo não prevê a realização de concertos por iniciativa da organização. O único espectáculo previsto é o da recriação ao vivo das Invasões Francesas na Golegã, marcado para dia 11, a partir das 22h no Largo do Arneiro. Segundo Veiga Maltez, a não realização de espectáculos musicais tem a ver com o facto das entidades privadas da vila (discotecas, bares e outras) organizarem elas próprias uma programa nocturno com música, Dj’s, fados, entre outras manifestações. Há também casas sempre de portas abertas com animação e petiscos. “Se existe essa boa dinâmica particular não precisamos de fazer concorrência com espectáculos promovidos pela autarquia”, refere Veiga Maltez.


FEIRA NACIONAL DO CAVALO | ESPECIAL GOLEGÃ 21

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Os concertos da Feira pela rádio Cidade José Cid e Mico da Câmara Pereira∑ Nomes grandes da música nacional no palco “Pátio da Cidade FM” Para animar as noites, a rádio Cidade FM dinamiza o “Pátio Cidade”, onde vão actuar José Cid, Dj Cenoura e Dj Peste (dia 5I). José Lito Maia, Desparates e DJ Peste (dia 6), DJ Peste (7, 8 e 9), Carlos Velez, Gonçalo Henriques, DJ Peste (dia 10), Mico da Câmara Pereira, Margarida Seabra e DJ Peste (dia 11) Yxaiio Night C/ DJ Diego Miranda,

WTF e DJ Peste (dia 12) e a encerrar de novo DJ Peste (dia 13). Os bilhetes estarão à venda em www.ticketline.sapo. pt, no Pátio Cidade FM, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Lojas Viagens Abreu, Lojas Mega Rede. Os interessados podem ainda fazer reservar o seu bilhete através do número 707 234 234.

Programa da Feira

A Feira Nacional do Cavalo na Golegã é um ponto alto dos concursos e prémios equestres em Portugal. Durante estes dias realizam-se inúmeros eventos desportivos e competitivos que trazem a esta vila ribatejana o melhor da equitação e do mundo equestre nacional de internacional. No dia 5, às 9h, começa o concurso de Saltos de Obstáculos que se repete à mesma hora no dia 6 e dia 7. Ainda no primeiro dia da feira, começa o Concurso Completo de Atrelagem, às 11h (Quinta de S. António), que continua no sábado, às 14h (Quinta da Labruja), e no domingo, às 10h (Quinta de S. António). Na sexta-feira, às 21h, começa ainda o 2º Campeonato Nacional de Saltos em Liberdade (Picadeiro Lusitanus), cujas provas decorrem ainda no sábado, à mesma hora. No dia 6, decorre o Concurso de Resistência Equestre, a partir das 7h30 da manhã. Na quarta-feira, dia 10, decorre o Concurso Nacional de Dressage, às 10h e às 15h, na Quinta de S. António, e no Largo do Arneiro, também de manhã, tem lugar o Concurso Nacional de Apresentação do Cavalo

de Sela da Feira Internacional do Cavalo Lusitano. No dia 11, pelas 10h, continua a Dressage e há uma prova de Equitação à Portuguesa. Ao final da tarde do Dia de S. Martinho (dia 11), acontece o Prémio Marquês de Marialva e continua o concurso nacional de Dressage. No final destas provas, vai ser homenageado o tenente coronel Joaquim Almeida e Sousa, mestre de equitação e juiz destas provas. No dia 12, às 10h, começa a Taça de Portugal de Equitação de Trabalho (Quinta de S. António), e a partir das 11h, a final do Campeonato Nacional de Derbys. À noite, pelas 21h, são entregues os troféus nacionais da revista Equitação 2010 e, pelas 22h30, há lugar para as meias-finais da Taça de Portugal de Horse Ball. No dia 13, pela manhã, decorre mais uma etapa da Taça de Portugal de Equitação de Trabalho, e as finais do Campeonato de Derbys e da Taça de Portugal em Horseball. O último dia da Feira começa com a final da Taça de Portugal de Equitação de Trabalho, segue às 16h, com o ponto alto da entrega de prémios deste ano.


22

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

negócios Dia aberto deu a conhecer empresas do Cartaxo ExpoCartaxo ∑ Lusofane, Fernando Marques Gouveia & CªLda, Alfagri e Agrosport foram as empresas em destaque

A Agrosport inventa robot que revoluciona o fabrico de cofragens No âmbito da ExpoCartaxo, quatro empresas do concelho abriram as portas e deram a conhecer as suas instalações, novos projectos, dificuldades e as soluções. Lusofane, Fernando Marques Gouveia & CªLda, Alfagri e Agrosport foram as empresas em destaque. Em inicio de visita, Paulo Varanda, vice-presidente da Câmara Municipal do Cartaxo referiu que esta iniciativa pretende funcionar como “uma aproximação das entidades à malha empresarial, onde se luta pela manutenção de empregos e pelo desenvolvimento económico”. De visita pelas quatro empresas, o primeiro destino foi Vila Chã de Ourique, com paragem na empresa Lusofane S.A.. Uma empresa de fabrico de tubos de polipropileno, fundada em 1949, que só em 1962 se desloca para o Cartaxo e em 2005 integra o grupo Plomyolas. Uma empresa onde inovação e tecnologia são palavras de ordem, com o objectivo de “oferecer produtos inovadores adequados às necessidades dos clientes”, realçou o director-geral Joaquim Esperancinha. Com uma actuação em

áreas de negócio como saneamento, drenagem, abastecimento de água, gás e até telecomunicações, a empresa tem realizado uma grande aposta na vertente tecnológica. Só no ano passado esta empresa com 63 colaboradores, atingiu um volume de facturação de 22 milhoes de euros para um total de 30 toneladas, atingindo um volume de exportação de 23 por cento, com destino ao Irão, África, Russia e Ucrânia. Quanto a projectos, “há muitos mas em tempos de crise, há que repensá-los”, afirmou o director geral. De visita à empresa de Fernando Gouveia, o homem que há 20 anos deu os primeiros passos no negócio com um pequeno estaleiro e hoje conta com cinco hectares de estufas, nas freguesias do Cartaxo e Vale da Pinta, os presentes ficaram a conhecer as 33 variedades de ervas aromáticas ali cultivadas. Um negócio que começa no cultivo e chega ao embalamento, tudo preparado com “cuidado e qualidade” para depois seguirem para estabelecimentos comerciais como os do grupo Jerónimo Martins, Sonae, Makro e armazéns grossistas. “Estamos sempre a ino-

var e a fazer experiências para melhorar o produto. A qualidade é um dos pilares mais importantes na empresa, por isso temos pessoas especializadas”, explicou a filha de Fernando Gouveia, há dez anos trabalha na empresa. Uma estufa construída pelas mãos da família, onde 50 trabalhadores ajudam diariamente a cultivar as dezenas de ervas aromáticas. Quanto a projectos, o agrião e a malagueta são novas culturas ainda em fase de experiência, que se resultarem podem começar a ser comercializadas a curto prazo. A terceira empresa, situada na zona industrial da Lapa, a Alfagri, Lda, prima por ser das poucas empresas do concelho a actuar no ramo da agricultura com resultados satisfatórios. A empresa iniciou a actividade em 1994 mas só em 2008 mudou para a actual sede, uma mudança que aconteceu devido ao crescimento da empresa e à evolução das alfaias agrícolas. Segundo Tiago Bento, responsável pela empresa e filho do fundador, “ o meu pai deu os primeiros passos, nos acessórios das alfaias agrícolas, mas depois começaram a pedir-

nos gamas ligeiras, ai surgiu a hipótese de começarmos a trabalhar em outra gama”, referiu o responsável. Um negócio difícil pela crise e pelo sector em que actua, mas que se tem vindo a afirmar como uma marca no mercado nacional, no entanto, segundo Tiago Bento, esta “não é tarefa fácil”. Na mesma zona industrial, Paulo Neves, tem um armazém da sua empresa Agrosport, uma empresa com actividade no mercado da construção civil desde há 21 anos. Há dois anos o empresário lançou-se “numa brincadeira” que revoluciona o fabrico de cofragens, um robot responsável pela soldadura. “É uma máquina feita à minha imagem, onde investi meio milhão de euros. Uma máquina que poupa tempo, mas cuja internacionalização não tem sido fácil. Ainda assim Paulo Neves não desiste e está na expectativa de criar um robot de manipulação, que fechará o processo de fabrico das cofragens. Um dia aberto a quatro empresas do concelho, uma iniciativa que aconteceu por ocasião da ExpoCartaxo 2010. Vânia Clemente

A

Estufas dão emprego a 50 pessoas que cultivam, cuidam e embalam 33 tipos de ervas aromáticas

A

Alfagri, Lda afirmam-se como uma marca nacional no ramo agrícola

A

Empresa Lusofane alcançou um volume de facturação de 22 milhões de euros, com a exportação a atingir 23 por cento da produção


INVESTIR & AGIR | NEGÓCIOS 23

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

CAP preocupada com cortes orçamentais na agricultura João Machado ∑ Vamos ter problemas para produzir, para vender e para manter a nossa agricultura a funcionar A Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) esteve reunida em conselho consultivo do Ribatejo, no passado dia 02 de Novembro, no Centro de Informação rural. Presentes estiveram entre associações regionais, o presidente da CAP, João Machado e o secretáriogeral, Luís Mira. Segundo o presidente da confederação, João Machado, esta é a primeira reunião do concelho no Ribatejo e “a CAP está a começar a ouvir as associações sobre várias matérias, nomeadamente sobre o orçamento de estado e os cortes para o próximo ano. As questões da nova política agrícola comum começam agora a ser discutidas com o documento da comissão e depois as questões do código contributivo que é muito penalizador para a agricultura e que tem a

A Política agrícola comum pós 2013 e Código contributivo são duas das grandes preocupações da CAP

possibilidade de entrar em funcionamento dia 1 de Janeiro de 2011, também está em cima da mesa”. Uma reunião toda ela

envolta em preocupações com o Orçamento de Estado (OE) e os cortes para a agricultura, nomeadamente a não-aceitação dos

projectos para a electricidade verde que deixam de ter expressão em 2011 e o aumento dos impostos principalmente “em rela-

ção ao IVA em particular, agora numa posição mais razoável, encontrada através do acordo entre governo e PSD, sobre os produtos agro-alimentares que passavam de 6 para 23 por cento e que penalizava não só os agricultores que os produzem mas também os consumidores”. Quanto à Politica Agrícola Comum (PAC) pós 2013, o ideal de ter uma politica mais justa e equitativa a nível comunitário ainda parece estar longe, já que Portugal tem tido um tratamento desfavorável face a países como França e Alemanha e nesta matéria resta haver uma redistribuição interna mais justa, mas que não possibilita aos agricultores portugueses de se aproximarem dos colegas europeus. No que diz respeito ao código contributivo, João Machado revela que Por-

tugal vai ser muito penalizado, apesar de o governo ainda estar em negociações, contudo “há uma penalização para os trabalhadores agrícolas com mais três por cento de pagamento para a segurança social o que numa altura crise é muito violento para o sector agrícola. Vai penalizar empresas e trabalhadores agrícolas que querem trabalhar e dar continuidade ao sector.” Em discussão esteve também a situação de execução do PRODER, que continua previsto no OE, embora com verbas mais reduzidas. Para finalizar, João Machado reforçou que “a agricultura é um sector primordial em tempos de crise, serve de almofada social mas serve também de produzir aquilo que comemos todos os dias”. Vânia Clemente

Emprego & Formação

Excelência e talentos Depois dos tempos de incerteza que temos vindo a viver na sociedade portuguesa, motivados não só pela crise económico-financeira, mas acima de tudo por uma crise de descrença no valor nacional, apraz-me dedicar esta crónica àqueles que acreditam que a mudança se pode fazer pela valorização das pessoas. Assim, não queria deixar de felicitar o Agrupamento de Escolas de Mem Ramires, em Santarém, que esta semana entregou os prémios de excelência e de valor a uma centena de alunos. Aos Jovens premiados dou os meus parabéns, mas responsabilizo-os por colocarem ao serviço da nossa sociedade a sua excelência e o seu valor, contribuindo para a construção de um país mais rico, a todos os níveis. São estes gestos, realizados em

Florinda Matos(*)

grande escala, em todos os níveis de ensino, que contribuem para a criação de um sentido de valor nacional. Mas valorizar o talento de alguns não significa desvalorizar o talentos de outros, significa criar uma bitola que deve orientar o esforço de todos, ou seja, todos temos que trabalhar para sermos os melhores. A sociedade actual, a globalização e a falta de recursos, não se compadecem daqueles que não aspiram a ser os melhores. E,

ser o melhor, significa acreditar que todos temos “talentos” que podemos multiplicar. Já Jesus Cristo, ao apresentar a parábola dos “talentos”, evoca a necessidade que cada homem tem de multiplicar o seu talento, desenvolvendo todas as suas potencialidades. Ora, o clima social que hoje se vive em Portugal, apela exactamente ao contrário, àquilo que Jesus repudiou, ou seja, a acomodação, a improdutividade e a incompetência. Mas, voltando aos talentos, devo afirmar que Portugal, sendo um país de parcos recursos naturais e industriais, não poderá ser um país desenvolvido se não apostar nos seus talentos. Efectivamente, os talentos passaram a ser vistos como um factor determinante na transição

da chamada sociedade industrial para a sociedade do conhecimento, em que vivemos actualmente. O acento transitou para a acção cognitiva das pessoas, enquanto factor gerador de inovação. O capital das organizações passou a ser as pessoas que dão vida aos processos criadores desta inovação. A nova forma de sucesso não é material - é a que resulta da informação transformada em conhecimento, aplicado ao trabalho para criar valor. Quando se aplica o conhecimento às tarefas correntes, obtêm-se incrementos de produtividade. Quando se aplica a novas tarefas cria-se inovação. E Portugal precisa de inovação. Só por esta via conseguirá ultrapassar o atraso em que se deixou ficar nas últimas décadas, para

não dizer no último século. Enquanto os países, que hoje servem de exemplo e comandam os destinos da União Europeia, apostaram nos seus talentos e duplicaram-nos ou triplicaram-nos, Portugal, à semelhança do mau servo da Parábola dos “talentos“, limitou-se a esconder os seus talentos. Portanto, estimular e valorizar os talentos nacionais, a todos os níveis, deve ser o primeiro passo para o desenvolvimento económico e social de um país que se quer orgulhar de ser lembrado pelos grandes feitos do seu povo. Está na hora de cada um de nós responder á questão: Que talentos é que eu posso usar para ajudar a desenvolver o meu país? Docente /Investigadora Consultora PMEConsult (florinda.matos@pmeconsult.pt)


24

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

desporto Z

LIGA DE HONRA

6ª jornada

3ª Divisão Nacional - Série D

7ª jornada (6/7 Novembro) Oliveirense Estoril Penafiel Moreirense Belenenses Fátima Varzim Gil Vicente

Arouca Aves Freamunde Leixões Feirense Trofense Stª Clara Sp. Covilhã

Z

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16.

Gil Vicente Arouca Estoril Feirense Trofense Leixões Moreirense Aves Penafiel Santa Clara Fátima Freamunde Oliveirense Belenenses Covilhã Varzim

6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6

4 2 2 2 2 2 3 2 2 2 2 1 1 1 2 0

2 3 3 3 3 3 0 2 2 1 1 3 3 3 0 4

GOLOS

DERROTAS

EMPATADOS

0 0 1 0 0 2 0 0

JOGOS

Sp. Covilhã Belenenses Gil Vicente Varzim Fátima Oliveirense Moreirense Penafiel

PONTOS

Classificação 2 2 0 0 2 3 1 2

VITÓRIAS

Arouca Santa Clara Feirense Estoril Aves Trofense Freamunde Leixões

0 7-3 14 1 9-5 9 1 8-5 9 1 6-3 9 1 6-5 9 1 5-4 9 3 3-5 9 2 8-5 8 2 8-9 8 3 6-5 7 3 8-9 7 2 2-3 6 2 6-9 6 2 4-7 6 4 5-12 6 2 4-6 4

Monsanto isolado na frente

3ª DIVISÃO NACIONAL - SÉRIE D

6ª jornada

7ª jornada (7 Novembro) Nogueirense Ac. Viseu Gândara Àg. Moradal Vigor BC Branco

Oliv. Bairro Sourense Monsanto At. Riachense Tocha Marinhense

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

Monsanto Nogueirense Oliv. Bairro Bf. C. Branco Ac. Viseu Atl. Riachense Sourense Marinhense Ág. Moradal Vigor Tocha Gândara

6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6 6

5 4 4 3 3 3 3 3 2 2 1 0

0 2 0 2 1 1 0 0 0 0 0 0

1 0 2 1 2 2 3 3 4 4 5 6

16-4 16-3 8-7 10-10 12-7 9-7 9-7 5-5 8-8 7-15 5-11 1-22

PONTOS

GOLOS

DERROTAS

1 1 0 1 2 1

EMPATADOS

BC Branco Ac. Viseu Gândara Ág. Moradal Vigor Marinhense

JOGOS

Classificação 1 2 5 3 3 0

VITÓRIAS

Nogueirense Oliv. Bairro Sourense Monsanto At. Riachense Tocha

15 14 12 11 10 10 9 9 6 6 3 0

A Riachense-Vigor: a turma de Riachos somou a terceira vitória

OFERTA DE EMPREGO

Cozinheira (F/M) Pretendemos: x Experiência mínima de 5 anos de cozinha; x Capacidade de organização, responsabilidade, dinamismo, iniciativa, robustez física; x Capacidade de relacionamento interpessoal; x Disponibilidade para trabalhar por turnos; x Facilidade de transporte. Oferecemos: x Integração profissional devidamente acompanhada; x Salário compatível com a função a desempenhar, acrescido de subsídio de turno. As respostas deverão ser enviadas, até 20/11/10, com carta de apresentação e Curriculum Vitae para: Travessa de S. Brás, nº19 2000-083 SANTARÉM

TRESPASSA-SE

CAFÉ EM

S. JOÃO DA RIBEIRA (RIO MAIOR) CONTACTO: 243

949 159

Já se adivinhava que, mais semana menos semana, o Monsanto iria parar ao cimo da tabela. O valor da equipa do concelho de Alcanena estava sobejamente demonstrado e o técnico, Rui Gorriz, sempre afirmou que o objectivo era ganhar a série e regressar à 2.ª Divisão Nacional. Pois bem, aí estão os monsantenses a liderar, isolados, a classificação. O Nogueirense foi quem mais tempo se aguentou, mas os dois empates, frente ao Ac. Viseu na semana passada e em casa com o Benfica de Castelo Branco no último domingo, arredaram os rapazes de Nogueira do Cravo da liderança, isto porque o Monsanto venceu, com al-

gum à-vontade o Águias de Moradal, como de resto lhe competia. Agora olha de cima para baixo se quiser ver algum dos outros concorrentes. Também o Atlético Riachense teve um comportamento à altura neste domingo, derrotando o Vigor e Mocidade sem grandes atrapalhos, apesar do resultado tangencial deixar pressupor algumas dificuldades que, em rigor, não foram muito manifestas. O sexto lugar na tabela está dentro das expectativas dos riachenses que mais não ambicionam do que um campeonato descansado. Destaque nesta ronda também para o Oliveira do Bairro que venceu o Académico de Viseu e

subiu à terceira posição. Os bairradinos parecem prontos para o ataque à liderança tal como nos albicastrenses que já esqueceram a goleada com que o Monsanto os foi brindar na sua própria casa na jornada de abertura. Pela negativa realça-se o comportamento bastante fraquinho do Gândara que, neste domingo, encaixou mais cinco, do Sourense, e segue destacado mas é na última posição, ainda sem qualquer ponto conquistado e com mais de duas dezenas de golos sofridos e apenas um marcado. No domingo que vem o Monsanto tem previsivelmente uma deslocação fácil, precisamente ao terreno do Gândara e muito

espantará se não vier de lá com um triunfo bem gordo. O Atlético Riachense vai até Oleiros para defrontar o Águias de Moradal e, embora não se possa dizer que seja fácil a empreitada, deve-se considerar que é um adversário ao alcance dos alvi-negros. Se não conseguirem os três pontos, no mínimo um empate terá que vir de lá. Ainda nesta jornada o Nogueirense-Oliveira do Bairro é jogo para consolidar ainda mais a liderança do Monsanto, uma vez que não podem vencer as duas equipas e, pelo menos uma delas terá que os perder, se não forem as duas penalizadas, isto em caso de empate, claro está.

Liga de Honra

Fátima perde num campeonato renhido O grande equilíbrio que caracteriza esta Divisão de Honra fez com que à 6.ª jornada apenas três pontos separem o segundo do penúltimo classificado, com doze equipas pelo

meio. A posição do Fátima também espelha bem a situação; se tivesse vencido o Aves alcançaria o 2.º lugar mas, tendo perdido, caiu para o 11.º, a dois pontos do vice-líder.

Ao contrário do que tem acontecido nos jogos mais recentes, as substituições ordenadas por Diamantino nos sectores do meio-campo e do ataque, não alteraram o rumo

dos eventos, com o Fátima a sofrer um golo em cada parte. No domingo segue-se a 7.ª jornada, com a recepção ao Trofense, no Municipal de Fátima.


FUTEBOL | DESPORTO 25

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Futebol distrital está de regresso Após o interregno para os jogos da Taça Ribatejo, os campeonatos distritais regressam no próximo domingo. Na divisão principal o Fazendense não deverá ter grandes problemas em manter a liderança, bastando-lhe vencer o U. Tomar, coisa que não parece muito difícil. O Cartaxo vai a Samora na condição de favorito e deverá fazer jus a essa condição. O Torres Novas, altamente moralizado com a goleada da Taça vai tentar fazer aquilo que ainda ninguém conseguiu esta época, que é vencer o Ouriense., todavia os de Ourém têm arte e engenho suficientes para evitar a derrota. Vamos ver. O Amiense regressou às vitórias no jogo da Taça, vamos ver se consegue fazer o mesmo frente ao Pego que se deixou surpreender em casa com uma equipa da Secundária. A deslocação a Alcanena do Mação comporta alguns perigos, mas é de crer que os maçaenses consigam mais um resultado positivo. Finalmente, até Vila Chã de Ourique viaja um Benavente capaz de tudo, mas os ouriquenses vão querer fazer valer o factor casa. O quadro dos jogos é o seguinte: Ouriquense-Benavente; Alcanenense-Mação; Fazendense-U. Tomar; Torres Novas-Ouriense; Amiense-Pego; Samora-Cartaxo

Divisão Secundária O segundo escalão do futebol distrital traznos alguns jogos interessantes no próximo domingo. Na série A o U. Abrantina desloca-se a casa de um Tramagal altamente moralizado com o triunfo no Pego para a Taça e, portanto capaz de ameaçar o percurso, imaculado até agora, dos abrantinos. N a série B a deslocação do Caxarias, actual líder, a Minde é carregada de perigos para a turma do concelho de Ourém e não é menos ameaçador o cenário do Moçarriense na deslocação ao terreno do Cercal. Por último, a série C comporta a curta deslocação do Glória do Ribatejo a Marinhais, jogo em que sobressai a natural rivalidade entre vizinhos e pode causar problemas acrescidos ao líder. Quem pode beneficiar desse resultado será o Salvaterrense se triunfar em Almeirim como parece provável. O quadro completo dos jogos é o seguinte: Série A: Meiaviense-Goleganense; Alferrarede-U. Chamusca; Atalaiense-C. Ferroviária; Tramagal-U. Abrantina. Folga o F. Zêzere Série B: Cercal-Moçarriense; Emp. Comércio-Pernes; Mindense-Caxarias; Assentis-V. Gama Série C: Pontével-Porto Alto; U. Almeirim-Salvaterrense; Barrosense-Coruchense; Marinhais-Glória

A Torres Novas-Assentis: apesar da goleada, o resultado não foi grande surpresa Taça do Ribatejo

Goleada à moda antiga em Torres Novas Disputou-se no domingo passado a primeira jornada da fase de grupos da Taça Ribatejo. Nesta primeira ronda a maior surpresa foi sem dúvida a vitória do Tramagal, da divisão Secundária, no Pego, actual quarto classificado da divisão Principal e que tão boa conta tem dado de si nesta época. Pois bem, os tramagalenses não se assustaram e mesmo a jogar em terreno adverso trocaram as voltas aos pegachos, vencendo por duas bolas sem resposta. Em destaque esteve também a equipa da cidade almondina que aproveitou o facto de jogar no seu estádio perante um Assentis bem mais frágil, para lhes infligir pesado castigo, ganhando

por sete a um. Apenas um golo a menos que o total de oito que os dianteiros torrejanos marcaram nos oito jogos do campeonato. A turma de Torres Novas fica já com meio caminho andado para um apuramento que já era dado como certo. O empate do U. Tomar em Ferreira do Zêzere também constitui meia surpresa e pode fazer perigar o apuramento dos nabantinos. Refira-se que a Taça Ribatejo tem um total de 37 participantes, divididos em onze séries de três e uma de quatro clubes, dos quais serão apurados os doze vencedores dos grupos e mais os quatro segundos melhor classificados, que irão estar na primeira eliminatória.

Em cada um dos 12 grupos participa uma equipa da divisão Principal, sendo as restantes da divisão Secundária. Resta ainda dizer que a segunda jornada está agendada para o dia 1 de Dezembro e a derradeira ronda desta fase será disputada no dia 8 do mês do Natal. Bom, vamos aos resultados: Série 1 Pego-Tramagal, 0-2, Próximo jogo Tramagal-U. Chamusca Série 2 Amiense-Mindense, 5-3 Próximo jogo, Mindense-Pernes Série 3 Emp. Comércio-Moçarriense, 0-1, Próximo jogo, Moçarriense-Ouriquense Série 4 F. Zêzere-U. Tomar, 3-3 (2-3 gp), Próximo jogo, U. Tomar-Ferroviária Série 5 U. Abrantina-Alfer-

rarede, 5-0, Próximo jogo, Alferrarede-Mação Série 6 Torres Novas-Assentis, 7-1, Próximo jogo, Assentis-Meiaviense Série 7 Goleganense-Atalaiense, 1-0, Próximo jogo, Atalaiense-Alcanenense Série 8 V. Gama-Ouriense, 0-3, Caxarias-Cercal , 2-1, Próximos jogos, Ouriense-Caxarias, Cercal-Vasco Gama Série 9 Barrosense-Glória, 3-2, Próximo jogo, GlóriaBenavente Série 10 Salvaterrense-Porto Alto, 2-1, Próximo jogo, Porto Alto-Samora Série 11 U. Almeirim-Fazendense, 0-2, Próximo jogo, Fazendense-Coruchense Série 12 Pontével-Marinhais, 0-2, Próximo jogo, Marinhais -Cartaxo.


26 DESPORTO | MODALIDADES

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Cinco vitórias para o Santarém Basket Os escalões de formação do Santarém Basket registaram cinco vitórias e apenas uma derrota nos jogos do passado fim-de-semana e 1 de Novembro, a contar para os respectivos campeonatos regionais. Em jornada dupla, os sub14 masculinos perderam em casa frente ao Chamusca BC por 51-43, mas recuperam

em Abrantes, onde venceram o Clube Náutico por 49-34. As sub14 femininas receberam e venceram o CN Abrantes por 73-53, e foram vencer a Rio Maior por 81-30. As sub16 femininas ganharam em Santarém ao CD Torres Novas por 55-32, e venceram, em Torres Novas, o UDR Zona Alta B por 80-34.

Open de ténis durante Feira do Cavalo Como já vem sendo hábito, o XII open da Golegã em Ténis vai decorrer entre os dias 6 e 14 de Novembro, paralelamente à Feira Nacional do Cavalo que a vila acolhe anualmente. A prova, que já granjeia relevo no panorama do ténis nacional, tem um “prize money” total de

INICIADOS NA SENDA DAS VITÓRIAS

João Lopes e Înês Henriques vencem Légua das Correias

2.000 euros e é disputado em singulares masculinos e femininos. Na edição de 2009, o vencedor em singulares masculinos foi José Ricardo Nunes, que sucedeu a Hugo Anão, que ganhou em 2006, 2007 e 2008. Nos singulares femininos, a vitória coube a Rita Freitas.

Torneio das freguesias está de volta João Lopes e Inês Henriques, do Clube de Natação de Rio Maior (CNRM), venceram a 1ª légua das Correias no passado dia 30 de Outubro, prova que marcou o início da 23ª edição do torneio de atletismo das freguesias do concelho de Rio Maior. Na légua (uma distância um pouco mais curta que os 5 quilómetros), João Lopes cortou a meta destacado à frente do seu colega de equipa Nuno Nunes e de Marco Francisco, de Alcanena, enquanto que, no sector feminino, a marchadora Inês Henriques também não deu grandes hipóteses à sua colega de clube Cristina Costa e da vete-

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

rana Ana Viera, do Alvitejo. A abrir o programa, realizaram-se algumas corridas para os mais novos, onde se destacaram os atletas do Ateneu Artístico Cartaxense, que venceram a maioria das provas, excepto a dos 1315 anos, que foi domina-

Os iniciados do Hóquei Clube de Santarém (HCS) continuam a ter tudo em aberto para se qualificar para a fase nacional. No fim-de-semana passado, conseguiram uma excelente vitória por 5-2 frente ao Vigo e Mocidade, outro dos candidatos. Refira-se que estiveram a perder por duas vezes, conseguiram chegar ao intervalo a vencer por 3-2 e realizar uma excelente segunda parte onde ainda dilataram a vantagem. Os infantis venceram os Corujas por 11-1, em Coruche, e continuam a contar por vitórias todos os jogos disputados, sendo também a equipa mais concretizadora do campeonato, com 76 golos marcados. Os juvenis consentiram um inesperado empate a quatro golos ao Coruche, num jogo em que apenas se podem queixar de si próprios e das oportunidades que desperdiçaram para conseguir um resultado favorável.

da pelos riomaiorenses Cristian Rosa e Oswald Freitas. Apesar do mau tempo, mais de 100 atletas marcaram presença nesta competição organizada pelo CRC de Correias, com o apoio da Junta de Freguesia de Outeiro da Cortiçada e da Câmara Municipal de Rio Maior.

A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 20892000201029630 AP

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089201001010263

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

2ª PUBLICAÇÃO JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado JOAQUIM JORGE TRINDADE CASACA, casado com Maria da Conceição Inácio Fragoso Casaca, com domicílio fiscal em Verdelho 2000-345 Achete Santarém, executado por reversão de COOPERATIVA AGRÍCOLA DE CITRICULTORES DE ENTRE ÁGUAS, CRL., com sede em Verdelho – Achete - Santarém para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 8 de Fevereiro de 2010 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de que são responsáveis respeitantes a Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) dos anos de 2001 a 2005, no montante actual de 54.355,62 €, sendo 39.427,65 € de quantia exequenda e 14.927,97 € de acréscimos legais. BEM A VENDER Fracção autónoma designada pela letra CM do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Rua S. Roque da Lameira, N 1168 a 1214 e Rua Chaves de Oliveira, N 58 a 110, na freguesia de Campanhã, concelho do Porto (Coordenada X: 162.717,00 e Coordenada Y: 466.011,00), cuja fracção respeita ao PRIMEIRO ANDAR com entrada pela Rua Chaves de Oliveira, N 58, destinado a habitação ao nível do primeiro andar denominada habitação 6, composta de vestíbulo, cozinha, dois armários, sala comum, dois quartos de banho, três quartos, dois arrumos, duas varandas para a Rua de S. Roque da Lameira. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: 4, Permilagem: 20,6000, Nº de pisos: 1, Área bruta privativa: 123,00m2, Área bruta dependente: 7,7000m2, Área total do terreno: 1.860,00m2, Área de implantação do edifício: 1.860,00m2, Área bruta privativa total: 1.860,00m2, Área do terreno integrante das fracções: 00,00m2. Inscrito na matriz no ano de 1992 sob o artigo urbano nº 10003 – Fracção CM, da freguesia de Campanhã. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Porto sob o nº 01872/19961017-CM (Campanhã) É depositário o Sr. Joaquim Jorge Trindade Casaca, executado nos autos, o qual, nessa qualidade e depois de contactado no seu domicílio fiscal, o deverá mostrar aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 21 de DEZEMBRO de 2010, pelas 15,00 HORAS, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 50.253,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2010.072 – JOAQUIM JORGE TRINDADE CASACA”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado, o seu cônjuge, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se refere a verba nº. 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos vinte e sete dias do mês de Outubro do ano de dois mil e dez. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (Jorge Fernando Santos Morgado)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes da executada COMCASA SOC DE GESTAO IMOBILIARIA LDA, com domicílio fiscal em R Jorge Barradas Lj 4 / 5 - Benfica - 1500-000 LISBOA, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 19 de Maio de 2010 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de Coimas Fiscais (CF) do ano de 2010, no montante actual de 3.340,16 €, sendo 3.051,00 € de quantia exequenda e 289,16 € de acréscimos legais. BEM A VENDER Prédio rústico localizado no lugar de VALE DA JUNQUEIRA, freguesia de Alcanede, concelho de Santarém, composto de quatro parcelas com olival, cultura arvense, figueiras, macieiras, vinha, oliveiras, pinhal e eucaliptal com a área total de 5.240 m2. Confronta de norte e nascente com Manuel Piedade, de sul com José Constantino e poente com Francisco Aniceto. Inscrito na matriz sob o artigo rústico nº 153 da secção AE, da freguesia de Alcanede. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 0591/19880627 (Alcanede). É depositário nomeado o representante legal da executada, o qual, nessa qualidade e depois de contactado na sede da executada, o mostrará aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 22 de DEZEMBRO de 2010, pelas 11,00 HORAS, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 4.769,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2010.162 – COMCASA SOC DE GESTAO IMOBILIARIA LDA.”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o representante legal da executada e os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se refere a verba nº. 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos vinte e oito dias do mês de Outubro do ano de dois mil e dez. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (Jorge Fernando Santos Morgado)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)


MODALIDADES | DESPORTO 27

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Torneio de São Martinho

Campeonato distrital de futsal

Tenista de Almeirim vence na Golegã

Sandoeirense mostra argumentos

O tenista José Rodrigues, da Associação 20kms de Almeirim, venceu o torneio de São Martinho na Golegã, no escalão de veteranos +35. Na final, que se disputou na segunda-feira, 1 de Novembro, José Rodrigues encontrou pela frente um jogador da casa, Luís Cunha, que venceu pelos parciais de 6/2 e 6/0. Com esta vitória, o treinador e jogador almeirinense

dá continuidade a uma série de resultados composta por uma vitória, uma meia-final e novamente uma vitória. Da Associação 20kms de Almeirim, participaram também neste torneio de nível B Carlos Nunes, João Nunes e Rui Santos (em veteranos +35 anos), e António Alves, Vítor Lopes, Carlos Dias, António Arrais e Vasco Neves (todos no escalão +45).

O GD Sandoeirense continua a repartir a liderança da série B do campeonato distrital de futsal com o Fátima, depois de ter arrancado um precioso empate a 3 golos em casa dos favoritos fatimenses. À 6ª jornada, os dois clubes comandam com 13 pontos, apesar do Fátima ter um jogo a menos. Nos restantes jogos do grupo, a Sabacheira recebeu e goleou o ADCF

Entroncamento por 8-0, a Cabiçalva foi vencer por 2-1 no pavilhão do Carvalhos Figueiredo, e a Juventude Ouriense recebeu e venceu o Tramagal por 5-2. Folgou o Ribeira do Fárrio. Na série A, que vai na 4ª jornada, o Riachense venceu por 6-3 na Azinhaga e mantém a liderança com 10 pontos. Seguem-se, com 9 pontos, o Grupo Futsal Achete, que recebeu e ven-

ceu o Louriceirense por 5-1, e o Grupo Conforlimpa, de Almeirim, que, a jogar em casa, venceu o Vitória Santarém por 3-2. No outro jogo, a Casa do Benfica da Golegã conseguiu uma importante vitória em Torres Novas, frente ao Novas Oportunidades, por 4-3. Na próxima jornada, que se joga a 6 de Novembro, os jogos do grupo A são os seguintes: Riachense

FERODO QUEIMADO COMEMORA ANIVERSÁRIO

Baja Portalegre 500

Dupla ribatejana sagra-se vice-campeã nacional

A turtúlia “Ferodo Queimado” em conjunto com a equipa da Peugeot 504 Picup Evo III, que mais uma vez vai estar presente nas 24 Horas de Fronteira, vão organizar um almoço convívio, no próximo dia 7 de Novembro. As inscrições podem ser feitas para ferodoqueimado@gmail.com. mais nformações em www. ferodoqueimado.blogspot. com

Foto: David Lucas

A equipa ribatejana José Dinis Lucas/Luís Tirano, em Mitsubishi Pajero, sagrou-se, no passado fim de semana, vice-campeã nacional de todo-o-terreno, ao obter o 7º lugar da geral, na prova alentejana vencida pelo piloto polacoKrysztof Holowczyc, em Nissan Navarra que assim se sagrou campeão Mundial de Bajas. No segundo lugar classificou-se o novo campeão nacional, Filipe

Campos, em BMW X3 seguido pelo espanhol Joan Roca Vila, em Mitsubishi L200. Nas motas a vitória sorriu a António Maio, em Yamaha YZ 450, seguido por Mário Patrão, Suzuki e David Megre, KTM. Uma palavra ainda para o scalabitano Nelson Vassalo, da equipa Lena Automóveis, que levou a sua Kavasaki ao quinto lugar da categoria T1, sendo 32º na geral.

– Conforlimpa, Louriceirense – Casa do Benfica da Golegã, Achete – Azinhaga, e Vitória Santarém – Novas Oportunidades (no domingo, dia 7). Os jogos do grupo B são: Sabacheira – CD Fátima, Sandoeirense – Carvalhos Figueiredo, Tramagal – ADCF Entroncamento, e Ribeira do Fárrio – Juventude Ouriense. Folga o Cabiçalva.

“Tigres” contratam novo guarda-redes O Hóquei Clube “Os Tigres”, de Almeirim, assegurou os serviços do guarda-redes André Azevedo, que na jornada do passado fim-de-semana fez o seu último jogo pelo Stella Maris, clube que milita no campeonato nacional da 2ª divisão, zona sul, tal como o clube almeirinense. André Azevedo, de 28 anos e natural de Torres Vedras, defendeu a baliza do emblema de Peniche durante duas temporadas, mas, ao longo da sua carreira, já passou por clubes como o Física (de Torres Vedras), o Sporting de Torres, Sport Lisboa e Benfica (onde fez grande parte da formação e chegou aos seniores, tendo joga-

do ainda na 1ª divisão), e o Sport Alenquer e Benfica. Ainda sem o primeiro reforço de Inverno, os Tigres conseguiram uma importante vitória em Sintra, tendo vencido por 3-2 o Hóquei Clube local, outro candidato directo. Num jogo com as emoções à flor da pele, o golo da vitória do clube almeirinense surgiu no último minuto, assinado por David Abreu. Os outros dois tinham sido marcados por David Ribeiro e Bruno Januário. O público afecto à equipa da casa exaltou-se após o apito final do árbitro, que saiu do pavilhão escoltado pela GNR. Com este resultado, os Tigres continuam na 3ª posição da tabela

classificativa, com 12 pontos, os mesmos que Paço de Arcos e AD Oeiras. O campeonato continua a ser liderado por uma equipa ribatejana, o Juventude Ouriense, que recebeu e goleou o Stella Maris por 6-1, com dois golos de Filipe Almeida, e os restantes de Hélder Ferreira, João Capitolino, Pedro Almeida e Eurico. À 5ª jornada, os oureenses somam 13 pontos, tantos quantos o HC Turquel. Na próxima jornada, que se joga a 6 de Novembro, os líderes visitam jogam no terreno do Biblioteca IR, em Valado dos Frades, às 20 horas, ao passo que os Tigres recebem em Almeirim o CD Paço de Arcos, às 21 horas.

ASSOCIAÇÃO DE ATLETISMO DE SANTARÉM FOI A VOTOS Eduardo Gonçalves foi reconduzido no cargo de presidente da direcção da Associação de Atletismo de Santarém (AAS) para o biénio 2010 / 2012, durante a Assembleia Geral que se realizou no passado dia 29 de Outubro. Carlos Amorim é o secretário e Luís Ervideira o tesoureiro da nova direcção, que tem como vogais Vasco Guedes, Maria de Fátima Mota, Vitorino Caetano e Luís Leandro. Ainda dos novos órgãos sociais, Jaime Soares Cunha é o presidente da Assembleia Geral, Maria Patrocínio Pires é a presidente do conselho de arbitragem, Carlos Ferreira do conselho fiscal, e Joaquim Pisco do conselho jurisdicional. A tomada de posse está marcada para o próximo dia 1 de Dezembro, durante a festa do atletismo 2010.


28

Campeonato de motocross em Salvaterra

culturas

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Glória do Ribatejo, em Salvaterra de Magos acolhe no dia 7 de Novembro, pelas 13h30 a grande final do Campeonato Rómoto de Motocross. Os treinos para a grande final começam às 10h30, uma iniciativa com organização da associação “Os Cabra”.

destaques

“A Promessa” de Bernardo Santareno sobe ao palco em Santarém O Teatro Sá da Bandeira, em Santarém recebe em palco dia 13 e 14 de Novembro, a peça de teatro “A Promessa”, pelo Grupo Cénico da Música Nova, de Pernes, inspirada na obra de Bernardo Santareno. “A Promessa” uma peça em três actos e três quadros de Bernardo Santareno, escrita em 1957, relata o drama de um jovem casal, prisioneiros de uma promessa de abstinência sexual feita numa altura de aflição, e da qual não se podem libertar, mesmo indo contra o instinto da própria natureza humana. Em cena vão estar os usos, costumes e tradições de um povo do universo dos pescadores, fortemente ligado à religião, e que se consome quando o instinto quer ultrapassar a barreira do sagrado e se entregar aos instintos carnais. A primeira peça publicada por Bernardo Santareno, publicada em 1957, e levada à cena em Novembro desse mesmo ano, pelo Teatro Experimental do Porto, agora encenada por Vicente Batalha, com Bruno Oliveira, Sara Martins e Maria Manuela Teopisto, nos principais papéis. Custo dos bilhetes: 5 euros.

Paisagens em trânsito passa por Alcanena O Cine-Teatro São Pedro, em Alcanena acolhe dia 06 de Novembro, pelas 21h30, a companhia portuense Circolando, com o espectáculo “Paisagens em Trânsito”, uma criação de Patrick Murys. No átrio de uma estação de comboios imaginária, há um homem carregado de malas. Viajante sem destino com uma história guardada na bagagem. O comboio não chega. Desesperado, o homem abre uma mala atrás da outra, revelando pedaços da sua vida. A linha de comboio une as pontas à história, que co-

meça no mesmo ponto onde termina. Pelo meio atravessa, invisível, o mundo interior do viajante. Mas quem será este viajante? Uma peça para ver dia 06 de Novembro, às 21h30, em Alcanena.

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas Tel: 707220220

de forma a mudar a sua vida. Sessões às 12h45*, 15h50 e 18h30 (6ª e sábado).

Castello Lopes 1 Comer Orar Amar

O Último Exorcismo

Drama (M12) - Liz Gilbert é uma mulher moderna que, após o divórcio, decide fazer uma viagem pelo Mundo, de modo a redescobrir-se a si própria. Retira-se do trabalho pelo período de um ano e entra numa zona de risco,

Terror (M16) - Quando chega à quinta rural de Louis Sweetzer, no Louisiana, o Reverendo Cotton Marcus espera efectuar um rotineiro exorcismo num fanático religioso perturbado.Sessões às 21h20 e às 23h40* (6ª e sábado).

Concerto do conservatório O conservatório de música realiza o 9º concerto que assinala os seus 25 anos de existência. Em palco três instrumentistas vão interpretar obras dos mais variados e conhecidos compositores, desde Beethoven, Alec Wilder, Heinz Both e Scott Joplin. Sonoridades clássicas, passando pelo jazz, numa mistura invulgar de géneros e timbres. Sónia Tomás no clarinete, Pedro Florindo na tuba e Maria Filomena Campos no piano, num momento único em palco, onde diversidade e criatividade são palavras de ordem. Para ver dia 12 de Novembro, às 21h30, no Teatro Sá da Bandeira, com entradas livres.

Castello Lopes 2 É a vida Comédia (M12) - Após um primeiro encontro desastroso, aquilo que Holly Berenson e Eric Messer menos pretendem é voltarem a encontrarse. A única coisa que une Berenson e Messer é o amor que sentem pela sua afilhada, Sophie. Mas quando os pais de Sophie falecem num acidente, estes dois são tudo o

Baús com história

O Veto Teatro Oficina, apresenta dia 7 de Novembro, pelas 16h00 no Teatro Taborda-Círculo Cultural Scalabitano, a peça: “Na Corte do Rei Príncipe”. Em cena 3 crianças, ao brincarem no sotão do avô, descobrem num baú antigo, um livro mágico, que os vai transportar no tempo até à corte de D. João II, precisamente o dia em que Bartolomeu Dias chega da viagem, onde dobra o Cabo da Boa Esperança, e que o fez descobrir o caminho marítimo para a Índia. Muitas aventuras vão ocorrer e aprender sobre o Portugal das Descobertas.

que resta à criança.Sessões às 13h30, 16h20, 19h00, 21h50 e às 00h30* (6ª e sábado).

Castello Lopes 3 Gru o Maldisposto 3D Animação (M6) -Porque ser bonzinho não está com nada, Chris Renaud e Pierre Coffin apresentam um filme de animação e comédia sobre um vilão maléfico que decide roubar a lua. Sessões às 12h40,

∑ 15h00, 17h10, 19h20 21h30 e 23h50(6ª e sábado)

Castello Lopes 4 A cidade Thriller (M12) - E um bairro chamado Charlestown tem produzido mais assaltantes do que qualquer outro sítio nos EUA. Um deles é Doug MacRay, que teve oportunidade de escolher outra vida, mas preferiu seguir as

pisadas do pai e tornou-se o líder de um perigoso gang. Sessões às 13h00*, 15h50, 18h40, 21h10 e às 00h10* (6ª e sábado).

Castello Lopes 5 Agentes de reserva Comédia (M12) - Eles não são heróis - são os Agentes de Reserva. Mas todos os polícias têm o seu dia, e Gamble e Hoitz vêem-se envolvidos


O Ribatejo

29

Baile do Magusto nos Marinhais

5 | Novembro | 2010

A comissão de festas dos Marinhas realiza dia 06 de Novembro, mais um baile do magusto, a partir das 22h00. Uma festa que assinala a época de S. Martinho, com muita castanha assada e água-pé, acompanhada de muita música com a banda “Marmelada”.

exposições

Teatro

Santarém

“Dura Dita Dura” em teatro de marionetas

Fernando Pessoa O convento de S. Francisco, em Santarém, recebe a exposição de pintura do luso-brasileiro Norberto Nunes, sobre a obra poética de Fernando Pessoa. Obras que representam o expoente máximo do modernismo português e que reflecte a imagem que o pintor tem do poeta. Um verdadeiro jogo de cores que dá um novo ambiente às pinturas. Para ver até 28 de Novembro.

Torres Novas recebe dia 5 e 6 de Novembro, às 14h30 e 21h30, no Teatro Virgínia, o espectáculo de marionetas “Dura Dita Dura”. Um espectáculo pelo grupo Teatro de Ferro, que conta a história de Baltazar, um menino que cresce algures numa terreola perdida de um Portugal . Um rapaz mudo, mas não surdo, onde a sua vivacidade de menino fora do baralho conflitua com o obscurantismo que caracteriza o Portugal dos pequeninos. Baltazar é assim um escândalo de silêncio num país silenciado. Um espectáculo de marionetas acerca da atmosfera de terror surdo que reinou durante meio século, num país onde as paredes tinham ouvidos. Um espectáculo com texto e canção de Regina Guimarães, encenado e interpretado por Igor Granda e dirigido por Carla Veloso, para ver dia 5 e 6 de Novembro, no Teatro Virgínia.

Pintura e escultura Exposição de pintura e escultura intitulada “Nebulosidade e Reflexos”, do artista Carlos Pé-Leve. Ao todo 25 telas e cinco esculturas em bronze e pedra que revelam um alerta para a destruição do planeta. Imagens que trazem reflexão e mensagens de uma tranquila claridade. Patente na Casa do Brasil, em Santarém, até 28 de Novembro.

Entre o Alviela e o Tejo

NOVEMBRO CENOURÉM

2ª TEMPORADA

4 E 5 DE NOVEMBRO “O CARNAVAL INFERNAL” pelo Grupo de Teatro MPP Oliva l- Movimento Pró Palco

11 E 12 DE NOVEMBRO “ZACA ZACA” pela Associação Cultural e Recreativa da Moita Redonda Local: Cine-Teatro Municipal de Ourém Hora: 21h30 Organização: Câmara Municipal de Ourém e Grupos de Teatro

Câmara Lenta - por Francisco Maia

Exposição Fotográfica sobre Barreira da Bica, uma Aldeia Avieira onde durante várias décadas se fixaram colónias de pescadores, oriundos de Vieira de Leiria. Patente ao público de 02 a 15 Novembro, na sala de Leitura Bernardo Santareno.

História do ciclo do trigo Exposição em miniaturas de madeira executadas por Jacinto Ferreira. Miniaturas que revelam o ciclo do trigo, desde as mini alfaias agrícolas e que relembram a forma de trabalhar dos antepassados. Para ver na sala de leitura Bernardo Santareno até 16 de Dezembro

“ACONTECE NO MUSEU” 13 DE NOVEMBRO “A IMPLANTAÇÃO DA REPÚBLICA”

A Rede Social. O controverso caminho

por José Manuel Poças das Neves e “Artur Oliveira Santos”, por Sérgio Ribeiro Entradas Gratuitas Data: 13 de Novembro Horário: 21h30 Local: Museu Municipal de Ourém Organização: Município de Ourém

Baseado no passatempo favorito da sociedade actual, ou para alguns, a sua única e exclusiva interacção social... falo então do muito na moda... Facebook. Este controverso filme, retracta toda a sua criação e o percurso do seu criador, Mark Zuckerberg. Mas não pensem à priori que este foi criado sem atritos, porque o caminho para a fama está recheado de percalços, e muito menos imune à criação de alguns inimigos. A passagem ao grande ecrã desta historia verídica, ficou a cargo de David Fincher, realizador conhecido por filmes tais como “7 Pecados Mortais” e “O Estranho Caso de Benjamin Button”, que, dando o seu toque de mestria, em conjunto com um óptimo guião e aliado desempenhos fantásticos por parte dos protagonistas, criou sem duvida um grande exemplo do cinema moderno. Em conclusão, vai ficar tudo menos desapontado em ir ver ao cinema este drama sobre o passatempo de milhões de pessoas e provavelmente... o seu.

14 NOVEMBRO ENOTURISMO E MUSEUS DO VINHO

roteiro cinemas num caso complicado, em que mais ninguém quis pegar. Esta é a oportunidade das suas vidas, mas será que eles têm o que é preciso?Sessões às 13h10*, 16h00, 18h20, 21h00 e às 00h00* (6ª e sábado).

Castello Lopes 6 A rede social Drama(M12) - Certa noite no ano de 2003, o génio da pro-

gramação e aluno de Harvard, Mark Zuckerberg, senta-se ao computador e começa a trabalhar numa nova ideia. Aquilo que inicialmente era apenas uma mistura de programação e blogging, cedo se tornou numa rede social à escala mundialSessões às 13h20, 16h10, 18h50, 21h40 e às 00h20* (6ª e sábado).

TORRES NOVAS

A Cidade - digital

TorreShopping

Acção (M12) 21h10 e 00h00

Sala 1

Sessões às

A Troca Drama(M12) - Sessões às 1 13h00, 15h50, 18h40, 21h40 e 00h10

Sala 2

Sala 3 Gru - O Maldisposto Animação (M6) - Sessões às 12h50, 15h00, 17h10, 19h20, 21h30 e 23h50

Comer Orar Amar Drama (M12) - Sessões às12h40, 15h30 e 18h20.

AGENDA CULTURAL

Teatro Sá da Bandeira Filme do Desassossego Drama (M12) -De João Bote-

lho. Lisboa, hoje. Um quarto de uma casa na Rua dos Douradores. Um homem inventa sonhos e estabelece teorias sobre eles. O próprio texto torna-se matéria na sua sonoridade musical. E, diante dos nossos olhos, essa música sentida nos ouvidos, no cérebro e no coração, espalha-se pela rua onde vive. Sessão dia 17 de Novembro, às 21h30.

Pela Dr.ª Luísa Romão – Instituto da Vinha e do Vinho No âmbito das Comemorações do Dia Europeu do Enoturismo em Ourém Hora: 15h00 Local: Ucharia do Conde – Centro Histórico de Ourém

17 NOVEMBRO SEMINÁRIO “INOVAÇÃO SOCIAL” Integrado na iniciativa “Gestos Solidários”. Hora: 09h00 Local: Auditório dos Paços do Concelho Informação cedida pela Câmara Municipal de Ourém. Eventuais alterações nas actividades são da responsabilidade dos promotores.


30

O Ribatejo

Passeio pedestre em Vila Nova da Barquinha

5 | Novembro | 2010

Vila Nova da Barquinha organiza o Passeio pedestre do concelho, dia 06 de Novembro, às 09h30, numa iniciativa que assinala o aniversário do concelho. Com partida marcada do centro cultural de Vila Nova da Barquinha, a iniciativa tem um grau de dificuldade média, com três desníveis acentuados, num percurso total de 11km.

televisão

horóscopo

Lugares selvagens da natureza RTP2

carneiro 21/3 a 20/4

É notória alguma instabilidade e insegurança, até balança 24/9 a 23/10 porque tende a colocar as fasquias muito altas. A

Prevê-se uma nova fase sentimental, independentemente da sua vontade. Necessita de muita coragem para enfrentar oposições ou circunstâncias materiais menos boas. Conduza a sua vida de forma mais independente, saindo da alçada de outros e correndo riscos.

escorpião 24/10 a 22/11

gémeos 22/5 a 21/6

Esta semana tendem a surgir novos interesses sentimentais, não lhe cabendo a si a manifestação dos mesmos; neste campo, pode ter surpresas. Pondere bastante sobre os sentimentos. Pode lançar-se em mudanças, desde que bem equacionadas. Tem boas bases de trabalho.

sagitário 23/11 a 20/12

O panorama sentimental não se apresenta uniforme ou particularmente promissor. Algumas das suas iniciativas podem ter efeito contrário ao desejado; pense bem no que diz e faz. Rodeie-se de cautelas especiais na programação das actividades profissionais.

caranguejo 22/6 a 22/7

Tende para estados sentimentais de apatia ou comodismo, nada aconselhável. Poderá superar crises sentimentais, se os problemas incidirem sobre opções ou valores e não sobre incompatibilidade física. Esta semana deve revelar disponibilidade para ouvir os outros.

capricórnio 21/12 a 20/1

A evolução sentimental promete ser muito positiva, sobretudo se souber adaptar-se às circunstâncias; não procure o ideal constantemente. Pode enfrentar e ultrapassar com êxito dificuldades conjunturais. Propostas profissionais ou negociais nesta semana.

leão 23/7 a 23/8

Bom período para mudar o rumo da sua vida sentimental, pondo termo a uma ligação já gasta; iniciará nova relação, se tem estado só. No amor, pode estar optimista, ainda que deva dar todos os passos clássicos de aproximação. O sector profissional é o mais favorecido.

aquário 21/1 a 19/2

Revela uma tendência acentuada para não se satisfazer com o que lhe dizem, necessita de grandes certezas. Avalie bem os sentimentos, pois pode afastar alguém de quem gosta com as suas atitudes. A evolução dos acontecimentos não é clara nem se apresenta positiva.

De uma maneira geral, tudo corre bem no campo sentimental, podendo chegar a importantes definições e melhorias da sua posição pessoal nos relacionamentos. Contudo, atitudes egoístas ou possessivas da sua parte podem contrariar esta tendência positiva.

peixes 20/2 a 20/3

Segunda-feira, 08 de Novembro, 21h00

Um espaço diário de uma hora com a clássica qualidade National Geographic, a melhor produção de documentários sobre o planeta, todos os seus habitantes, a sua história e vida. A RTP mostra-lhe uma das mais cativantes produções de documentários de história natural, de vida selvagem, de ciência e tecnologia, história, sociedade e aventura. Documentários realizados nos mais diferentes e remotos lugares do mundo para nos mostrar quase sempre o lado desconhecido do mundo em que vivemos.

O caçador de tesouros Canal Odisseia Domingo, 07 de Novembro, 18h30

Ama viagem à volta do mundo pela mão de um guia excepcional: Ian Grant, um intrépido aventureiro cuja vontade para conseguir objectos insólitos ou tesouros escondidos se tornou numa obsessão. Ao longo dos oitos episódios conheça lugares incríveis, desde as selvas do Peru até às remotas montanhas da Roménia, com o propósito de dar com o objecto mais espantoso alguma vez encontrado. Além disso, veremos o nosso curioso guia em plena acção e descobriremos algumas das suas infalíveis habilidades negociadoras.

touro 21/4 a 21/5

virgem 24/8 a 23/9

harmonia é possível desde que se disponha a ser realista. Esta semana, seja acima de tudo prático e faça as alterações necessárias no sentido de uma maior funcionalidade.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

sorte Concurso nº 44/2010

Em caso de conflito ou relações tensas, tente amenizar o ambiente, levando a vida com humor e evitando criar maiores atritos. A sua capacidade de relacionamento está excelente. Tem possibilidade de superar problemas importantes ou mesmo iniciar novas actividades.

Esta semana está muito hábil a lidar com situações difíceis e relações em conflito; por isso, pode preparar-se para entrar em nova fase, mais positiva. Avalie bem as opções de vida; os caminhos mais fáceis não serão os melhores. Não deve deixar os seus créditos por mãos alheias.

1:M

totoloto 5 | 11 | 21 | 24 | 27| 49| 4

joker 5 . 417.0 67

loto2 6 | 9 | 15 | 22 | 37| 40| 34 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

6

5

5

8

6 2

9

2 3 1

4

9 3

5

HORIZONTAIS: 1. A primeira privada atingiu a maioridade a 6 de Outubro 2010 2. Pequena rua. O ofício tem-nos 3. Dá cor aos olhos. Em biologia, é constituída por ordens 4. O Neptuno grego. Há mais de 2010 anos 5. Iniciais de uma transportadora nacional. Noves fora. O que o género só gosta de fazer 6. Personagem de “Otelo”. Deixara para amanhã 7. Tem tudo para ler. Organização francesa que atentou contra De Gaulle 8. A dobrar exprime dúvida. Tosquia-se. Levam pontos 9. Não consegue saldar as dívidas 10. É tudo o que está a dar. Os Pastorinhos tiveram-nas em Fátima 11. Livres. Entre a meia-noite e o meio-dia. VERTICAIS: 1. Três quadros num. Nota 2. Fica para cá dos Urais. São objecto da hidrografia 3. Defendidas por juristas. A bolota é uma 4. O local de “Hamlet”. Sufixo honorífico japonês 5. Não telefone… Metade de cada. Faz parte da cadeia 6. Termina a música. Pretende-se acertar-lhe 7. Raul, actor e humorista português, Desprezíveis 8. O namorado arrasta-a. Proporcionam cruzeiros 9. Abundam nos cemitérios. Hora canónica 10. Prémio cinematográfico. Artigo 11. Põe termo à crise. Houve onze faraós com esse nome.

CD Reflexo Teresa Lopes Alves PVP:11,99€ “Reflexo”, o álbum de estreia de Teresa Lopes Alves, inclui 12 temas dos quais 6 são inéditos e 6 recriados. Possuidora de uma voz de amplitude singular, Teresa percorre as suas canções com notável mestria, ora empregando a profundidade própria de um timbre maduro, ora revelando a doçura da sua juventude, numa forma de interpretar refrescante e arrebatadora.

9 5

4 7

6

2 6

6 3

8

9

9

2

8 2

8

DVD Glee -1º Temporada

4

7

6

Lea Michele, Cory Monteith e Ryan Murphy PVP: 49,99€ Um talentoso grupo de inadaptados transforma-se numa sensação dos palcos com a ajuda de um professor dedicado. Por entre risos, lágrimas, humor irreverente e músicas inesquecíveis, eles aprendem a seguir o coração e a perseguir os sonhos!

9

7

5 7

8

6

1

JOGO Kinect Sports

4 3

8

3

5

1 4

4 9

Soluções

121x121x11212

Daniel Silva PVP:16,16€ Seis meses após o dramático final de “Regras de Moscovo”, Gabriel Allon regressa à lua-de-mel com Chiara e ao restauro de uma peça setecentista do Vaticano. Mas a sua paz é efémera. De Londres chega a notícia de que Grigori Bulganov, espião e desertor russo que lhe salvou a vida em Moscovo, desapareceu sem deixar rasto.

4

7

HORIZONTAIS: 1. televisão 3. ruela; ossos 3. íris; classe 4. Posidon; AC 5. TP; nada; dar 6. lago; adiara 7. lre; OAS 8. Ora; lã; is 9. insolvente 10. moda; visões 11. isentos; AM

totobola

3

VERTICAIS: 1. tríptico; mi 2. Europa; rios 3. leis; glande 4. Elsinor; san 5. vá; da; elo 6. coda; alvo 7. Solnado; vis 8. asa; iates 9. ossada; noa 10. Óscar; item 11. ise; Ramsés

16 |20 | 22 | 32 |42| 8 | 9

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

LIVRO O Desertor

sudoku

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

euromilhões

Super 14. U. Leiria - Sporting

escaparate

Goza de boas influências no sector amoroso, podendo dizer-se que a sua vida sentimental está em alta. As suas características pessoais tendem a dar nas vistas e ser apreciadas. Pode permitirse gerir as suas actividades com fluidez, tendo hipóteses de chegar a acordos.

6

3

5

1

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

X-Box 360 PVP: 49,99€ Com Kinect Sports, qualquer pessoa pode tornar-se na estrela da sala de estar. A diversão é garantida qualquer que seja a tua forma física. Adiciona o teu estilo a qualquer um dos seus jogos cheios de acção Soccer, Volleyball, Track & Field, Bowling, Table Tennis ou Boxing - com detecção de Movimentos de Corpo Inteiro. Compete contra ti próprio para estabeleceres um recorde pessoal ou ganha em equipa. Seja como for, desbloquearás novos conteúdos e emoções à medida que jogas.


A N Ú N C I O e ÉDITOS DE 20 DIAS

ÉDITOS E ANÚNCIO DE VENDA

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL Nº 2089200801122126 AP

PROCESSO DE EXECUÇÃO FISCAL N.º 2089200801025341 AP

CITAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

CITAÇÃO, CONVOCAÇÃO DE CREDORES E VENDA DE BENS

2ª PUBLICAÇÃO

2ª PUBLICAÇÃO

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 20 DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes da executada LILIANA CARINA PIEDADE DA SILVA, casada com Ricardo Miguel da Piedade Silva, ambos com domicílio fiscal na Praceta de S. João N 7 6º ESQ. S. Domingos 2005-169 Santarém, para no prazo de 15 (QUINZE) DIAS posteriores aos dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do bem a seguir indicado, sobre o qual tenham garantia real (art. 240º, CPPT) e que foi penhorado em 8 de Fevereiro de 2010 no processo de execução fiscal acima identificado, instaurado para pagamento de dívidas de que é responsável respeitantes a Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e Coimas Fiscais, dos anos 2008 e 2009, no montante actual de 3.749,33 €, sendo 3.007,69 € de quantia exequenda e 741,64 € de acréscimos legais.

JORGE MANUEL SARDINHA SERRA, Chefe do Serviço de Finanças do concelho de Santarém. Faz saber que por este Serviço de Finanças correm ÉDITOS DE 30 (TRINTA) DIAS, contados da segunda e última publicação deste anúncio, citando, nos termos do n.º 3 do artigo 193º do Código de Procedimento e de Processo Tributário (CPPT), PEDRO GUTIERRES DINIS, no estado de divorciado, com domicílio fiscal e última residência conhecida na Avenida do Brasil – Edifício Scalábis 3 Centro 2005-136 Santarém, de que contra ele corre termos o processo de execução fiscal acima indicado, por dívidas à Administração Fiscal provenientes de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e Retenções na Fonte de Impostos sobre o Rendimento, dos anos de 2004 a 2009, na quantia exequenda total de 1.648,81 € (Mil, seiscentos quarenta e oito euros e oitenta e um cêntimos), pelo que deverá, no prazo de 30 (TRINTA) DIAS seguintes ao do final dos éditos, proceder ao seu pagamento, acrescido dos respectivos juros de mora e custas processuais, mediante guias que deverá solicitar neste Serviço de Finanças, podendo, no mesmo prazo, deduzir oposição à execução (art. 203º/ss, CPPT), requerer o pagamento em prestações (art. 196º/ss, CPPT) ou solicitar a dação em pagamento (art. 201º/ss, CPPT). Conjuntamente, nos termos do n.º 2 do artigo 239º do CPPT, são citados os credores desconhecidos e sucessores dos credores preferentes do executado para, no prazo de 15 (QUINZE) DIAS, findos os primeiros 20 (VINTE) DIAS dos éditos, reclamarem os seus créditos pelo produto da venda do imóvel a seguir descrito, o qual foi penhorado em 23 de Fevereiro de 2010 no processo de execução fiscal acima identificado e sobre o qual tenham garantia real, Faz ainda saber que, se o executado ou outra pessoa por ele não fizer o pagamento no prazo dos éditos, no dia 18 de JANEIRO de 2011, pelas 11,00 HORAS, se procederá à sua venda judicial por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT), com o valor base para a venda de 66.843,00 €, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT).

BEM A VENDER Fracção autónoma designada pela letra C do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito na Urbanização Quinta do Vale – Casal do Pêro Bom, Lote 125 – Fontainhas 2005-309 Santarém, na freguesia de S. Nicolau, concelho de Santarém (Coordenada X: 148.532,00 e Coordenada Y: 253.462,00), cuja fracção respeita ao RÉS-DO-CHÃO destinado a habitação, composto de um quarto, sala comum, despensa, casa de banho, cozinha e corredor. Tem a área de 65,90m2 e as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/Divisões: T1, Permilagem: 92,00, Nº de pisos: 1, Área bruta privativa: 65,90m2, Área bruta dependente: 00,00m2, Área total do terreno: 225,00m2, Área de implantação do edifício: 225,00m2, Área bruta privativa total: 65,90m2, Área do terreno integrante das fracções: 00,00m2. Inscrito na matriz no ano de 1994 sob o artigo urbano nº 2294 – Fracção C, da freguesia de S. Nicolau. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 00434/19900323-C (S. Nicolau) É depositária a Sra. Liliana Carina Piedade da Silva, executada nos autos, a qual, nessa qualidade e depois de contactada no seu domicílio fiscal, o deverá mostrar aos interessados. Findo o prazo dos éditos, no dia 21 de DEZEMBRO de 2010, pelas 11,00 HORAS, proceder-se-á à sua venda por meio de PROPOSTAS EM CARTA FECHADA (art. 248º/1,CPPT) sendo o valor base para a venda de 15.582,00€, correspondente a 70% do valor atribuído em avaliação, não sendo consideradas as de valor inferior (art. 250º/4, CPPT). As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2010.064 – LILIANA CARINA PIEDADE DA SILVA”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto a executada, o seu cônjuge, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se refere a verba nº. 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos vinte e cinco dias do mês de Outubro do ano de dois mil e dez. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra)

O ESCRIVÃO, (Jorge Fernando Santos Morgado)

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)

BEM A VENDER Fracção autónoma designada pela letra B do prédio urbano constituído no regime de propriedade horizontal, sito no lugar de Jardim de Cima – Urbanização das Laranjeiras, Lote 8, na freguesia de S. Salvador, concelho de Santarém (Coordenadas X: 152.351,00 e Y: 254.804,00), cuja fracção respeita ao RÉS-DO-CHÃO DIREITO destinado a habitação, com a Tipologia T3, com um lugar de estacionamento a nível da cave com o nº 8 e uma divisão com o nº 2 para arrumos. Tem as seguintes CARACTERÍSTICAS: Afectação: Habitação, Tipologia/ Divisões: 3, Permilagem: 150,000, Nº de pisos da fracção: 1, Área do terreno integrante: 00,00m2, Área bruta privativa: 136,67m2, Área bruta dependente: 19,22m2, Tipo de prédio: Prédio em Regime de Propriedade Horizontal, Nº de pisos: 6, Área total do terreno: 288,00m2, Área de implantação do edifício: 288,00m2, Área bruta privativa total: 918,51m2, Área do terreno integrante das fracções: 00,00m2. Inscrito na matriz no ano de 2007 sob o artigo urbano nº 5773 – Fracção B, da freguesia de S. Salvador. Acha-se descrito na Conservatória do Registo Predial de Santarém sob o nº 02201/200000526-B (Salvador). É fiel depositário nomeado o executado, o qual, depois de contactado no domicílio fiscal acima indicado ou através do TLM 913 611 450 e no cumprimento das suas obrigações legais, o deverá mostraR aos interessados. As propostas poderão ser submetidas através da Internet no site (www.e-financas.gov.pt/vendas/.) ou, em alternativa, serem entregues pessoalmente neste Serviço de Finanças ou remetidas pelo correio em sobrescrito fechado, dentro de outro envelope, de forma a serem recebidas até às 16 horas do dia anterior ao da venda, e delas deve constar a referência “PROPOSTA PARA A VENDA Nº 2089.2010.094 – PEDRO GUTIERRES DINIS”, bem como o preço oferecido e a identificação completa (Nome, morada e CF) e a assinatura do proponente, ocorrendo a sua abertura no dia e hora acima designados, na presença do Chefe do Serviço de Finanças, podendo assistir ao acto o executado, os proponentes e eventuais titulares do direito de preferência, os quais, por este meio, ficam notificados para, nos termos do art. 892º do Código de Processo Civil, exercerem o seu direito. Se o preço mais elevado, com o limite mínimo da base de licitação, for oferecido por mais de um proponente, e se estiverem presentes no acto da abertura, abrir-se-á logo licitação entre eles, salvo se declararem que desejam adquirir o bem em compropriedade. Estando presente só um dos proponentes do maior preço oferecido, poderá este cobrir as propostas dos outros, e, se nenhum deles estiver presente ou nenhum quiser cobrir as propostas dos outros, proceder-se-á a sorteio, com vista à determinação da proposta que deverá prevalecer (art. 253º/c. CPPT). Adjudicado o bem, deverá ser depositada na Secção de Cobrança deste Serviço de Finanças a totalidade do preço ou parte dele, não inferior a 1/3 do valor da venda, devendo a restante parte ser depositada no prazo de 15 dias, sob pena das sanções previstas na Lei do Processo Civil. Sendo devido Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (I.M.T.), o pagamento deverá ocorrer no prazo de 30 dias contados da data da adjudicação, nos termos do n.º 3 do artigo 36º do respectivo código. É devido o Imposto do Selo a que se refere a verba nº. 1 da respectiva Tabela. SERVIÇO DE FINANÇAS DE SANTARÉM, aos vinte e cinco dias do mês de Outubro do ano de dois mil e dez. O CHEFE DE FINANÇAS, (Jorge Manuel Sardinha Serra) (em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)

O ESCRIVÃO, (Jorge Fernando Santos Morgado)


32 COMERES & BEBERES | RESTAURANTES E ESPECIALIDADES SANTARÉM A GRELHA Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488

QUINTAL DO BECO Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247.

O CANTINHO DOS SABORES Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268

O SALSA Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341 J F RESTAURANTE Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200 CASA CONDEÇO Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887 A CARROÇA Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216 LUÍS DO LEITÕES Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102 O BACALHAU Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago Tremez Tel. 243479196 TABERNA DO QUINZENA Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém, 93/95 - Santarém Tel. 243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 ADEGA DOS SABORES Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos Pinheirinhos- Casal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000 MINA VELHA Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N

QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro, 1 - Cartaxo Tel. 243499300 Tlm. 967062629

QUINTA DOS GRAVELHOS Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629 DOM TACHO Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

OH VARGAS Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146.

(excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934 CARTAXO

O CANTINHO DA BELA Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borrego, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

ADEGA DO BACALHAU Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519964569837.

TABERNA RENTINI Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254 CHAFARICA DA TORRE Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790 O TASCO Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelhado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391 O BERNARDO Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O CANTINHO DO AVÔ Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 CARAVANA Especialidades: Bife à Caravana, Bife de Pimenta, Lulas com camarão. Folga Domingo. Morada Rua Capelo Ivens, nº 102, Santarém. Tel. 243 306 437 PAPARIKA DO MOCHO Especialidades: Muamba de galinha, Caracoletas guisadas, Cataplana de marisco e Torricado de bacalhau Folga: Domingo Morada: Rua do Matadouro Regional, Lote 22 – Quinta do Mocho – Zona Industrial – 2005-002 Santarém Contactos: 243325144/ 918550164/ 919848045 CONSTÂNCIA FALCÕES Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Telefone: 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com SALVATERRA PRETO & BRANCO Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quintafeira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) Cartaxo Telem: 963458371 TABERNA DO GAIO Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

CALIFÓRNIA Especialidades Enguias c/arroz de feijão, Ensopado de Enguias, Entrecosto Frito c/arroz de feijão, Vitela estufada, Chispe c/Feijão Branco. Serve Jantares. Fecha às terças. Telf: 263504643 . Foros de Salvaterra. O PINTO Especialidades Enguias fritas c/arroz de feijão, ensopado de enguias, polvo à lagareiro, Borrego à Alentejana. Fondue. Aberto todos os dias. Serve jantares. EN 118 KM54 – Marinhais ADEGA DA ROSA Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240 CABANA DOS PARODIANTES Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com ESCAROUPIM Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228email:rest.o.escaroupim@ hotmail.com A CASINHA Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 Aberto ao domingo durante o mês da enguia BARQUINHA ALMOUROL Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com ABRANTES CRISTINA Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@restaurantecristina.com Web www.restaurantecristina.com

AVENIDA Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes O FUMEIRO Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt ALMEIRIM RETIRO DO CAMPINO Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Morada Largo da Praça de Toiros, 1 A Almeirim Tel. 243592528 O GALINHA Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797 DAVID PARK Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac. pt. Tel. 243591475 SEPÚLVEDA Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não temMoradaRuaVinhadoSantíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058 O FORNO Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Tel: 963458371 CONSTANTINO DAS“ENGUIAS” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156 CAMBÁIA Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira

TABERNA DO ALFAIATE Especialidades Bacalhau assado no forno com manja, Migas de bacalhau, Cabrito assado no forno, Naco de boi em vinho tinto com migas, Entrecosto de porco preto com arroz de feijoca, Porco preto assado no forno à padeiro. Folga Encerra às 2ª feiras e Domingos ao jantar. Morada Lapa, Cartaxo, telefone 243 790 005 GOLEGÃ CENTRAL Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@cafecentral.pt www.cafecentral.pt O BARRIGAS Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www. obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores ALPIARÇA TERTÚLIA Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-restbar.hi5.com Email:bernardos.inv. hot@sapo.pt CORUCHE Ó MANEL Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo JAKIM GIRASSOL Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333 A TASCA Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. 243675232 O CHOUPO

Especialidades Bacalhau à Choupo, enguias fritas e ensopado, medalhões de Maronesa, Posta Maronesa, Carnes de porco preto, cataplanas Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875. Tel. 917785703 O FARNEL Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; migas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436 SAL & BRASAS Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319 PONTE DA COROA Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 Coruche Tel. 243617390 RIO MAIOR MANJAR DO PARQUE Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net PALHINHAS GOLD Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold.pt FÁTIMA SANTA RITA Madeirense e Açoriano Especialidades: Bacalhau Espiritual, Bacalhau com camarão, Bacalhau Nove Ilhas, Bife de Atum; Alcatra, Linguiça do Pico, Secretos Porco Preto, Vitela. Morada: R. Rainha Santa Isabel (em frente ao Hotel Cinquentenário) Fátima. Tel. 249098041/919822288. Site: http://santarita.no.comunidades. net. Oferta de 5% de desconto com a apresentação deste jornal. MAÇÃO O GODINHO Especialidades Café – Restaurante. Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O CANTINHO Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação TORRES NOVAS O BABALHAU BRASAS Especialidades: Arroz de Pato, Cabrito no Forno, Camarão Flamejado c/ manga, Peixe Fresco do Mar e Carne c/Qualidade. Folga ao Domingo à noite e Segunda. Ladeira da Enfermaria Militar, nº 21 – T Novas – Telf: 249183699. Reservas: 913125149


OPINIÃO | COMERES & BEBERES 33

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Tons

Vinho Tinto ∑ 2009

No contra-rótulo não encontrei referência ao enólogo João Portugal Ramos, como cerzidor deste tinto duriense da colheita de 2009. A razão da procura reside no facto de em título mais reduzido aparecer a referência Duorum, no entanto, o seu amigo e companheiro de aventura na fa-

bricação de bons vinhos nas generosas e difíceis terras do Douro debaixo da marca referida, surge como seu responsável, refiro-me em concreto a José Maria Soares Franco. O custo deste vinho “novo” pouco ultrapassou os quatro euros, daí a boa relação com a qualidade por razões que vou

Sem Dúvida Restaurante ∑ Lisboa Inúmeros tratados de diversas áreas do conhecimento abordam e tentam explicar o que se entende por memória do gosto. Há uns anos participei na elaboração de um documento relativo à gastronomia onde a memória do gosto também era estudada. Vem isto a propósito da crónica relativa ao restaurante Sem Dúvida, porque não retirei notas de nenhuma espécie, confiando apenas na dita cuja memória do gosto. E, como os leitores se aperceberão sem dúvida que a memória registou gratos momentos de prazer palatal, e ainda umas minudências. Mas na dúvida manda a prudência colhermos informações e transportar para o caderno pontos de referência até porque a memória não é infalível, senão vejam-se e ouçam-se as declarações dos actores principais no referente ao cozinhado do orçamento. A sala refeiçoeira é luminosa, mobiliário interessante, mesas bem aparelhadas e o pessoal prestável com positivos indicadores profissionais. A primeira nota da memória reaviva a bonita e bem ordenada carta de vinhos, predominando a agradável cor de vinho, estando estes adequadamente escalonados por regiões e datas, dizendo-nos existir a possibilidade de alguns serem vendidos ao copo. Um erro geográfico (Águeda) e um esquecimento (o da casta terrantez na região da Madeira) não retiram mérito à dita cuja carta. Pão de duas qualidades, guloso o pão de milho

que acompanhou o degustar de um presunto denominado pata negra. Preço do pratinho com algumas taliscas: 11.50. Fosse o presunto muito bom não discutiria o preço, mas aquele “pata negra” não me convenceu. A propósito, refiro o facto de segundo dados das autoridades espanholas no ano de 2009 a produção de porcos atingiu os três milhões, mas dois terços deles viveram “estabulados y alimentados con piensos”. Voltando à refeição merece nota alta o cabrito assado no forno com arroz de miúdos, pelo apuro na assadura, pela tenrura do chibinho, pela sapidez do conjunto. Como sabemos as receitas de assados vivem quase na clandestinidade nos restaurantes, pois os grelhados estão na moda apesar de estragarem as carnes mimosas, daí rejubilar com tão gracioso enlevo gastronómico. Um queijo de ovelha de boa estirpe possibilitou ampliar o prazer de beber o tinto algarvio Paxá. Este vinho de taninos arredondados, bem estruturado e guloso, é a prova provada de que no Algarve também é possível produzirem-se vinhos de qualidade. Sem dúvida que voltarei a este restaurante pois a memória assim o determina na medida que reteve outras propostas culinárias aliciantes. Armando Fernandes

Aceita cartões de crédito. Av. Elias Garcia 18/1C. Telefone 217 932 254

procurar explicar. No copo de prova deu-se a conhecer límpido e brilhante, aromas a fruta fresca e a flores silvestres atacaram docemente o nariz, na boca mostrou-se exuberante nos taninos sem ofenderem o palato, antes pelo contrário, com um final seivoso e destro na tentação da gulodi-

ce. Acompanhou muito bem peixe gordo assado no forno, queijo curado e (desculpem os especialistas e ortodoxos correlativos) marmelos cozidos e sem qualquer adição de açúcares e canelas. Prosaicamente digo: gostei sabor do Tons. A.F.


34 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010 A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt

A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt A Drª Sónia Bento - Praça da República, 29 - 1º Esq.º - 2080-044 Almeirim - Tel. 243372159 Fax 243597999 sbentompires.adv@gmail.com

ADVOGADOS Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº - 1050-049 LISBOA Tel. 213 172 720 Fax. 213 172 729

ABRANTES

CARTAXO

A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

Armando Ferreira

A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ADVOGADOS    

Rui Roboredo Consciência Eurico Heitor Consciência João Roboredo Consciência Teresa Roboredo Consciência

   

Normando Sérgio Rita Teimão Figueiredo Fernando Zuzarte Saraiva Helena Marques Duarte

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336 – 2º A – Apart. 37 Tel. 241372831/2/3 – Fax 241362645 – 2200 – 397 ABRANTES PONTE DE SOR: Rua Vaz Monteiro – 19 – 1º andar Tel. 242207319 – Fax 242203335 – 7400 – 281 PONTE DE SOR SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém – 2 – 2º A Tel. 243352407 – Fax 243352409 – 2000 – 223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213860963 – 213862922 – Fax 213863923 – 1250 – 051 LISBOA

assinatura anual por apenas 25,50 €

Francisco Pedrógão

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

ADVOGADOS

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

Telem.: 969 239 263

Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL

2000-145 SANTARÉM

A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt

A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA

E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

ALMEIRIM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

Visite o nosso Site: advogadosabrantes.com

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

TORRES NOVAS

Sexta

5 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Sexta

5 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Sexta

5 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

Sábado

6 Veríssimo

R. Capelo Ivens, 74

243 330 230

Sábado

6 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sábado

6 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Domingo

7 S. Nicolau

R. Capelo Ivens, 38

243 325 067

Domingo

7 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Domingo

7 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

249 819 540

Segunda

8 Francisco Viegas

Rua Pedro Santarém, 2-A

243 330 570

Segunda

8 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Segunda

8 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Terça

9 Oliveira

Rua Colégio Militar, 1

243 326 182

Terça

9 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 570 570

Terça

9 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067 249 822 411

Quarta

10 Pereira

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Quarta

10 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Quarta

10 Central

Rua de São Pedro, 5

Quinta Sexta

11 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Quinta

11 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Quinta

11 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

12 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Sexta

12 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Sexta

12 Higiene

Lg. Cor. António Maria Batista, 7

TOMAR

249 819 540

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

5 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Sexta

5 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sábado

6 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Sábado

6 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Domingo

7 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos

249 324 373

Domingo

7 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Segunda

8 Nova

Rua Silva Magalhães, 77-79

249 310 360

Segunda

8 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Terça

9 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Terça

9 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quarta

10 Misericórdia

Rua Infantaria, 15, Nº 9

249 312 465

Quarta

10 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Quinta

11 Torres Pinheiro

Rua Serpa Pinto, 27-33

249 312 206

Quinta

11 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sexta

12 Ribeiro dos Santos

Av. Norton de Matos

249 324 373

Sexta

12 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Sexta

5 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Sábado

6 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Domingo

7 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Segunda

8 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Terça

9 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Quarta

10 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Quinta

11 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Sexta

12 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

SALVATERRA DE MAGOS ABRANTES Sexta

5 Silva Tavares

CARTAXO Rua do Comércio, 56

Sexta

241 371 713

Sexta

5 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

243 700 130

Sábado

6 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sábado

6 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Domingo

7 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Domingo

7 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Segunda

8 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Segunda

8 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997

9 Pereira, Sucrs

243 700 130

Terça

9 Santos

Rua Serpa Pinto, 8

243 702 653

Av.ª Dr. Ant. A.s. Mart. 47

241 360 530

Terça

Quarta

10 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Quarta

10 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Quinta

11 Silva Tavares

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Quinta

11 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Sexta

12 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Canejo, 13

241 333 222

Sexta

12 Correia dos Santos Rua da República, 10

Sábado a Sexta

5 Martins 6 a 12 Carvalho

R. Heróis de Chave

263 504 319

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

5 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50 6 a 12 Almeida

243 994 700

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

BENAVENTE

243 702 653

Funciona 9 às 22 h

243 770 997

Assegura serviço durante a noite Martins

Baptista

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633


O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

saúde

D Peditório da Liga Portuguesa Contra o Cancro

35

Os peditórios permitem à Liga Portuguesa Contra o Cancro dar continuidade aos diversos projectos que tem em curso: Apoio ao doente oncológico e familiares, Promoção da educação para a Saúde, Rastreio do cancro da mama, Cuidados paliativos e/ou domiciliários, Investigação científica e formação de profissionais de Saúde. Os donativos podem ser feitos para a conta com o NIB: 0033 0000 0004 2091774 62.

Enfermeiro por profissão e vocação Ao serviço do doente ∑ Cuidar com ética, servir os outros Cuidar é estar atento, ser solícito, estar disponível, para tratar o sofrimento, ouvir, usar o voluntariado para fazer bem, recorrer à ajuda humanitária, centrar as suas preocupações no bem comum. Lendo uma ref lexão f ilosóf ica dedicada ao cuidado do ser humano na enfermagem, fui levado a pensar que é o enfermeiro que melhor conhece o ser humano enfermo, cuidar é o epicentro da sua actividade, uma mistura delicada de profissionalismo e de abertura ao ser humano enquanto entidade que sofre e que, muitas vezes, precisa que o profissional de saúde o relance na autonomia e na auto-estima. “Antropologia do Cuidar” enlaça o ético e o estético, a bondade e a responsabilidade profissional. Cuidar é edificar. Edificar a pessoa doente é tratar de recompor o seu interior, pôr numa rampa de lançamento a sua identidade pessoal, ajudá-la a refazer-se depois de um sinistro. Poucas coisas há mais edificantes de que o espírito e a disponibilidade para cuidar com acerto num processo de valorização humana (“Antropologia do Cuidar” por Francesc Torralba i Roselló, Editora Vozes, 2009). Não deixa de ser curioso constatar que

a antropologia filosófica é um saber teórico ao passo que a enfermagem é uma prática, um desenvolvimento da actividade humana na área da saúde. A enfermagem não separa factores da estrutura social da saúde, do bem-estar, da doença ou dos cuidados indispensáveis a prestar ao doente, de forma personalizada. O enfermeiro cuida melhor quando atende aos factores da estrutura social do doente. Porque a enfermagem é um acompanhamento pluridimensional da pessoa humana. A enfermagem traz à antropologia filosófica o vigor da experiência e os primores da sensibilidade. Diz o autor: “Cuidar de um ser humano em seu sofrimento, na sua dor, ou no seu processo de morte não é um exercício automático nem pode ser, em hipótese alguma, uma sucessão premeditada de actos mas, fundamentalmente, trata-se de uma arte que abarca uma profunda sabedoria antropológica, ética, estética”. A imagem do enfermeiro modificouse enormemente: o seu trabalho é cada vez mais inter-disciplinar (veja-se a medicina de reabilitação), é o profissional mais próximo do doente na rotina dos tratamentos, está cada vez mais aberto

ao uso das novas tecnologias. Dialoga com o médico, com o farmacêutico, com as diferentes equipas hospitalares ou do centro de saúde. O enfermeiro move-se entre a arte e a ciência, é um perito na arte de cuidar. Não há dilema entre o cuidar e o curar, são complementares pois o que se pretende é garantir a vida da pessoa, possibilitar a sua autonomia funcional. A enfermagem obriga a olhar de frente a radical vulnerabilidade do ser humano, é uma profissão destinada ao consolo e a dar conforto a quem sofre. Daí a responsabilidade ética deste profissional de saúde, nos pensos, nas vacinas, nas enfermarias, nos centros de saúde. A questão remete-nos para a antropologia da doença. A doença supõe uma mudança na vida da pessoa humana, uma mudança que não se refere somente à estrutura somática mas à sua integridade. Por vezes o doente não tem capacidade para escolher, quem dele cuida deve ajudá-lo a compreender a liberdade associada à consciencialização da doença e a sua superação nas sucessivas etapas do tratamento. O doente melhora aceitando a sua situação e encontrando determinação para se recompor, mesmo que haja

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre Dr. João Chambel CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes PEDIATRIA Dr.ª Teresa Barracha Dr. Nuno Carvalho GINECOLOGIA/OBSTETRÍCIA Dr.ª Patrícia Silva Dr.ª Graça Marona Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato

UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Susana Brites/Dr.ª Helga Marques NATUROPATIA/ /HOMOTOXICOLOGIA Dr. Jaime João Tavares TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195

sequelas ou fiquem limitações. É muito bela esta tarefa de cuidar. Por isso os profissionais de saúde e os doentes não devem falhar o encontro com esta “Antropologia do Cuidar”. Beja Santos


36 SAÚDE

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Terapeuta Osteopata Rui Leite Ceficarte

CENTRO DE FISIOTERAPIA DO CARTAXO

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243 327 546 - 2000 SANTARÉM

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. A. JÚLIO SILVA Médico Especialista ORTOPEDIA

SANTARÉM

Dr. Rui Castro

DRA. MARISA PERES MÉDICA CARDIOLOGISTA

(Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243326935 SANTARÉM

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes

Médico Especialista de Clínica Geral

Consultas e Exames de Cardiologia

Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

CONSULTÓRIO:

Santarém: GFS: 243 328 890 IMS: 962 567 961

Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Rua José Saramago, 17-1º (edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431

Almeirim: Clínica do Jardim: 243 593 422

Telemóvel: 917 770 678

Enfercentro: 243 579 601

CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Aveiras de Cima: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Sandra Silva - Drª Isabel Baptista Medicina Interna Dr. Victor Bezerra Nutrição Drª Susana Rodrigues MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM


SAÚDE 37

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

Júlio Aranha

Drª ISABEL MONTEIRO

Cardiologista

Médica Cardiologista • Consultas de Cardiologia • Electrocardiogramas • Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial) Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

Telef. 243 326 957

Sílvia Lencastre Fróis

Consultas de Cardiologia Ecocardiograma M e 2D Ecocardiograma com doppler e côr ECG Holter de 24 horas Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial Electrocardiograma Provas de Esforço SANTARÉM - Tel. 243 327 431 RIBACLÍNICA - CHAMUSCA - Tel. 249 760 031

Psicóloga Clínica

CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL

Psicologia Clínica e Psicoterapia

MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO

Marcações pelo tmóvel -

918 732 116

Santarém • Coruche • Rio Maior

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO

CONSULTAS

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov)

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

por apenas 25,50 €

ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ BRANCO PSICÓLOGO CLÍNICO E PSICOTERAPEUTA MEMBRO EFECTIVO DA ORDEM DOS PSICÓLOGOS (CÉDULA PROFISSIONAL Nº 8881) MEMBRO FUNDADOR DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSICOTERAPIAS CONSTRUTIVISTAS

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

C O N S U LTA S

Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

assinatura anual

POR

ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE PROBLEMAS DE NATUREZA PSICOLÓGICA CONSULTAS PRESENCIAIS E PELO TELEFONE

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

CONSULTÓRIOS: LISBOA: CLÍNICA MOVIMENTO E SAÚDE, R. JOSÉ FALCÃO, 52, 2º, F ALVERCA: R. CIDADE DE DÉVNIA, 21, 2º, DTO

MARCAÇÕES E INFORMAÇÕES

961 285 155 / 216 037 099

Surgimed Anat.Patológica Dra. Margarida Mendes

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Ortopedia Dr. Duarte Cadavez

Cir.Geral/Obesidade Dr. Joaquim Costa

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dermatologia Dra. Joana Parente Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado Neurologia Dr. Jorge Becho Neuropsicologia Dr. Nuno Pestana Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr.João Paulo Ribeiro Dra. Cátia Lima Psiquiatria Dr. Vítor Henriques Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto Dr. Luís Costa

CENTRO AUDITIVO WIDEX Exames Complementares e Outros:

Audiologia  X  X  X X

Dr.ª Odete Batista

Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

• • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • M.A.P.A. • Holter 24 horas • Polisonografia em ambulatório

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt


38

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

imobiliário & classificados IMOBILIÁRIO arrenda-se A OU vende-se CASA R. Paulino Cunha e Silva, 363 Alcanhões T 919112841 A Quartos em São Domingos TLM 966756276

IMOBILIÁRIO vende-se A Permuto T0+1 PORTIMÃO p/ Apt. ou Casa TLM 933251598 A MORADIA na Azinhaga c/ anexos, vedada e sist. de segurança. Acesso ao 1º andar c/ escada iluminada. Salão (53 m2) c/ lareira, cozinha, despensa e escritório (zona social), 4 quartos (dois em suite c/ vestíbulo), arrumos. Acesso ao sótão. Logradouro ajardinado, garagem. AC e pré-instalação de som ambiente – 200.000€ www.remax. pt/120431130-10 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500

zona de sala de jogos, c/ carácter rústico. Cozinha equipada, 2 quartos c/ roupeiro. Aq. central c/ caldeira a gasóleo e lareira c/ recuperador de calor. Garagem, alpendres, churrasqueira e forno, cozinha rústica. O terreno permite o loteamento. Possibilidade de aumentar o número de divisões. Alarme – 190.000€ www.remax.pt/120431105-18 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

sala c/ varanda, marquise e despensa. Possibilidade de ficar equipado e mobilado. Perto de tudo e com bons acessos 80.000€ www.remax. pt/120431121-48 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A APT T2 no centro de Santarém. Composto por 2 quartos, 2 salas (uma de estar e outra de jantar), 2 casas de banho, cozinha e marquise c/ ar cond., aproveitamento de sótão c/ entrada pela despensa e varanda. Vista desafogada e muita luminosidade – 59.000€ www.remax. pt/120431070-155 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915

A APT em S. Domingos, com 3 quartos (um em suite), sala c/ lareira e AC, cozinha c/ placa, forno e esquentador, despensa na cozinha e área de estendal. Roupeiros. Edifício bem cuidado no seu interior e exterior. Boa localização, perto de comércio. Lugar de estacionamento e arrecadação com 4,20 m². – 122.000€ www.remax. pt/120431104-16 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

A APT T4 c/ bons acabamentos, zona privilegiada do Planalto de Santarém, vistas panorâmicas, equipado c/ AC e aq. central. Com áreas generosas, pavimento do hall de entrada e sala em pedra, wc’s revestidos a pedra. Cozinha total. equipada e arrecadação – 137.000€ www.remax. pt/120431071-120 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500

A APT T4 Duplex, em S. Domingos, vistas deslumbrantes. 5 Assoalhadas, 4 Quartos (um deles em suite), 4 casas-de-banho. Lugar de parqueamento, Ar cond., lareira c/ recuperador de calor, cozinha totalmente equipada – 180.000€ Possibilidade de arrendamento por 675€ mensais, totalmente mobilado. www.remax.pt/120431071180 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500

A QUINTINHA na Vila da Marmeleira c/ 4960 m² de lote, vedada c/ árvores e jardim. Amplos espaços de estar,

A APT T4 para venda junto às Finanças de Santarém. O apt possui 2 casas de banho,

A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref. A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915

A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl - Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv..Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/ chão, cave e sótão. No r/chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha,

despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130 PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada...Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/ acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv. exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem. 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

da c/ sótão totalmente aproveitado. Tem um antigo lagar transformado num espaço de lazer. Poço, árvores de fruto, jardim, piscina desmontável … 115.000 € www.remax. pt/121871049-226 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 969 754 602 A SANTARÉM – Ap. T2 em bom estado de conservação, c/ WC recuperado, zona de tratamento de roupas, arrecadação, elevador. 48.000 € www.remax.pt/121871074-62 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 778 968

A CARTAXO – T2 remodelado c/ COZINHA EQUIPADA, sala e quartos c/ A.C.. Arrecadação. 75.000 € www. remax.pt/121871072-63 RE/ MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 334 733

A CARTAXO – T3 (1º andar) c/ arrecadação, próximo do Centro de Saúde, com espaço para estacionamento. 87.000 € www.remax. pt/121871073-21 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 725 440

A PONTÉVEL – Quintinha em Casais Lagartos c/ moradia T3, jardim, árvores de fruto, horta, anexos, portão automático, poço, tertúlia… 197.500 € www.remax. pt/121871081-11 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 962 191 373

A RIO MAIOR – Moradia térrea T3+1 inserida num lote com 4.398 m2. Tem 2 anexos com WC, telheiro e churrasqueira. 160.000 € www. remax.pt/121871028-383 RE/ MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 311 745

A ALMOSTER – Casa à antiga portuguesa, 220 m2 de habitação, logradouro e ainda 920 m2 de área destinada a adega a armazéns. 99.900 € www.remax. pt/121871078-2 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 926 613 915 A OUTEIRO DA CORTIÇADA – Casa rústica recupera-

A CARTAXO – Apt T1 no centro da cidade. Sala com kitchnette equipada, varanda, quarto com roupeiro. 55.000 €www.remax.pt/121871028403 RE/MAX Milénio – Cartaxo (AMI 6883) Tel. 961 311 745 A MORADIA T3 Arneiro Tremês, 415m2 útil, com terreno, a 10km Santarém Preço:

125.000,00€ - Ref. 363 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092

4224 Preço: 90.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

A APARTAMENTO T3 São Domingos, usado, ar condicionado box fechada, Oportunidade de negócio. Preço: 95.000,00€ - Ref. 700 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092

A SANTARÉM – Arredores Moradia p/ Recuperar; Inserida em Terreno c/ 8.160m2; Árvores de Fruto e Olival; Localizada em Zona de Quintinhas Rústicas a 10 Minutos da Cidade de Santarém; Zona de Grande Beleza Paisagística Servida por Bons Acessos. Ref. 4148 Preço: 66.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

A MORADIA T3 Moçarria, 382m2 terreno, dois pisos, como nova, Avaliação garantida, condições especiais Preço: 137.300,00€ - Ref. 747 Go Imobiliária AMI - 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A APARTAMENTO T2 Salvaterra de Magos, Novo, cozinha equipada, box fechada, suite. Excelente negócio. Preço: 100.000,00€ - Ref. 751 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/ 243094092 A SANTARÉM – Arredores Moradia de 5 Assoalhadas a Necessitar de Obras; Arrecadação; Garagem; Logradouro c/ 250m2; Poço; Bons Acessos. Ref. 3519 Preço: 76.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Marvila Apt 3 Assoalhadas; Sala c/ Varanda; Arrecadação no Sotão; Localizado Junto a Comércio e Serviços; A 5 Minutos do Centro da Cidade. Ref. 4231 Preço: 75.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Prédio R/C e 1º Andar; R/C c/ Loja, Área Privada, Cozinha, Sala, Escritório e W. C; ; Arrecadação; Garagem c/ 100m2; 1º Andar c/ 4 Assoalhadas, Cozinha, W. C. e Terraço; Área Total de 251m2; Logradouro c/ 30m2; Muito Bem Localizado. Ref. 3815 Preço: 135.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – S. Nicolau Apt 4 Assoalhadas; Boas Áreas; Remodelado; Localizado em Zona de Moradias; A 2 Minutos do Centro da Cidade; Vista Sobre a Lezíria Ribatejana; Aceita Permuta por T2 em Lisboa em Zona de Bairros Históricos. Ref.

IMOBILIÁRIO compra-se A INVESTIDOR pretende comprar Farmácia na região centro TLM 966756276

EMPREGO oferece-se A OPERADOR Supermercado dist Santarém 927732803

VEÍCULOS vende-se A AUDI A4 Tdi S-line SW 2005 Particular 965175504

DIVERSOS geral A EXPLICAÇÕES Matemática e Físico-Química, grupo 2 alunos TLM 910721107

Santa Casa da Misericórdia de Santarém Concurso Externo para Terapeuta Ocupacional Para integrar a equipa técnica na Unidade de Cuidados Continuados de Longa Duração e Manutenção da Santa Casa da Misericórdia de Santarém, pretendemos recrutar Terapeuta Ocupacional. Oferece-se: - Integração em equipa dinâmica. - Contrato de trabalho a Termo Certo. - Oportunidade de integrar projecto aliciante. - Remuneração de acordo com o ACT, em vigor. Documentos necessários para apresentação da candidatura: Carta de Apresentação; Curriculum Vitae; Certificado de Habilitações Literárias; Cópia dos Documentos de Identificação. Inscrições abertas até dia 15 de Novembro de 2010. Morada: Largo Cândido dos Reis n.º 17, 2001-901 Santarém Telefone: 243 305 260 - E-mail: geral@scms.pt


SERVIÇOS / PUBLICIDADE 39

O Ribatejo 5 | Novembro | 2010

CRÉDITOS

FAUSTINO SANTOS

PAU LO N I ZA

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica

* CRÉDITO RÁPIDO P/ INÍCIO DO SEU NEGÓCIO

Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Taeg desde 7,00%

* CRÉDITO PESSOAL OU CARTÃO DE CRÉDITO C/ ASSINATURA DE 1 SÓ TITULAR, SE CASADO Taeg desde 12,06%

* CRÉDITO CONSOLIDADO COM E SEM HIPOTECA C/ REDUÇÃO ATÉ 60% DO ENCARGO MENSAL Taeg desde 6,59%

* CRÉDITO COM GARANTIA DO SEU AUTOMÓVEL

Rua Pedro de Santarém, nº 65, 1º andar (antiga Rua do Matadouro perto do W Shopping)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

E NEGÓCIOS AUTO ENTRE PARTICULARES Taeg desde 18,52%

* LINHAS DE CRÉDITO COM APOIO DO ESTADO PARA INÍCIO DO SEU NEGÓCIO E PARA EMPRESAS JÁ EXISTENTES Taeg desde 2,50%

Tribunal Judicial do Entroncamento Secção Única

Av.ª Dr. José Eduardo Vítor das Neves - 2330-066 Entroncamento Telef.: 249720230 - Fax 249718732 - Mail: entronc.tc@tribunais.org.pt

* CRÉDITO HABITAÇÃO E TRANSFERÊNCIAS COM REDUÇÃO DA SUA PRESTAÇÃO MENSAL E POSSIBILIDADE DE TAXA FIXA Taeg desde 5,1994%

* CONTACTE-NOS MESMO QUE TENHA

PROBLEMAS BANCÁRIOS, POIS EM MUITOS CASOS AINDA TEMOS A SOLUÇÃO

www.pauloniza.pt

ANÚNCIO 2ª PUBLICAÇÃO

Processo. 358/07.0TBENT Justificação no Caso de Morte Presumida Requerente: ALBERTINA DA CONCEIÇÃO GASPAR RIBEIRO Requerido: Amândio da Silva Ribeiro Nos autos acima identificados, correm éditos de, 4 (quatro) meses, contados da publicação do anúncio de que foi proferida sentença em 04-10-2010 a declarar a morte presumida de Amândio da Silva Ribeiro, residente que foi em domicílio: Rua Professor José Francisco Corujo, N.º 28, 2.º Esq.º, 2330-000 Entroncamento. Entroncamento, 13-10-2010 N/Referência: 829333

Urb. Vila das Taipas. Lt.4 – r/c Drt. 2080-067 Almeirim

O Juiz de Direito, - Dr(a). Rui Lopes Rebelo

E-mail: geral@pauloniza.com

O Oficial de Justiça, - António Manuel de Matos dos Ramos

Telf.: 243 579 296

Telm. 938 879 678

(em Jornal “O Ribatejo”, edição n.º 1305 de 5.11.2010)

EMIGRANTE

TROCA OU VENDE T4 C/ SÓTÃO E TERRAÇO EM ALPIARÇA P / T2 EM SANTARÉM Tlm 961 897 624


tempo: sol Os próximos dias vão trazer sol, embora possam ocorrer alguns aguaceiros e descida da temperatura máxima a partir de segunda-feira. O resto dos dias da próxima semana serão igualmente de sol. 5 | NOVEMBRO | 2010

∑agenda Sexta-feira

Santarém ∑ Apresentação da peça “Não deixes que a noite se apague” de Domingos Lobo. No Sá da Bandeira, às 18h30.

Sábado Torres N ovas ∑ “Dura Dita Dura”, peça de teatro que conta ahistória de Baltazar. Às 21h30, no Virgínia. Lamarosa (Coruche) ∑ Teatro “Auto da Índia”, de Gil Vicente, no Centro Social de S. José da Lamarosa, às 18h30. Alcanena ∑ Peça “Paisagens em Trânsito”, no S. Pedro.

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

Jovem sobrevive a tentativa de suicídio na Ponte D. Luiz

Daniel Abrunheiro

Sorte - Populares ouviram-no a gritar por socorro Um jovem de 27 anos sobreviveu a uma tentativa de suicídio na madrugada de terça-feira, 2 de Novembro, ao atirar-se do tabuleiro da Ponte D. Luiz para o leito do Tejo. Fonte dos bombeiros municipais de Santarém disse ao nosso jornal que o jovem aterrou numa zona pouco profunda do rio e conseguiu arrastar-se até um banco de areia, onde permaneceu mais de duas horas, até ser resgatado. O homem, residente em Almeirim, tinha fortes dores abdominais e apresentava sinais de hipotermia, tendo sido transportado ao Hospital de Santarém, de onde teve alta no próprio dia. O jovem foi visto a saltar por um condutor que seguia pela

rosário breve

Em carteira

ponte na direcção de Santarém, e que voltou para trás para dar o alerta à GNR, que estava a fazer uma operação STOP na Tapada. Apesar dos militares terem enviado uma patrulha para o procurar, o jovem acabou por ser detectado por populares que acor-

reram ao local e ouviram-no a pedir socorro. “Teve muita sorte em ter sobrevivido”, afirmou ao nosso jornal a mesma fonte dos bombeiros, acrescentando que o homem disse estava “aborrecido com a vida” para tentar justificar o acto de loucura.

Colisão em Salvaterra provoca um ferido ligeiro

Uma colisão entre um motociclo e um ligeiro de mercadorias em Salvaterra de Magos, na quarta-feira, 3 de Novembro, provocou ferimentos ligeiros no condutor da mota. O acidente ocorreu na Avenida Roberto Ferreira Fonseca, uma das artérias mais movimentadas da vila, pouco depois das 10 horas. Segundo conseguimos apurar, o sinistro terá ocorrido quando o condutor do ligeiro se preparava para mudar de direcção, não se tendo apercebido da aproximação do motociclo. A vítima foi transportada ao Hospital de Santarém pelos bombeiros voluntários de Salvaterra de Magos, e uma patrulha da GNR de Marinhais esteve no local a tomar conta da ocorrência. A circulação do trânsito na avenida não chegou a ser cortada, mas esteve condicionada enquanto os veículos acidentados não foram removidos do local.

Esta que vos conto, senhoras e senhores, é verdadeira a ponto de, dela, vos jurar a veracidade pelas vidas das minhas filhas. Coimbra, sexta-feira, 29 de Outubro de 2010. Oito e cinquenta e três da manhã. Compro o bilhete para o expresso que me vai levar a Santarém. Saio da Rodoviária. Atravesso a Avenida. Tomo café no Silvano. A bexiga telefona-me, pago a bica, subo as escadas que levam ao urinol. Um senhor de casaco castanho lava as mãos. O cubículo é exíguo, espero cá fora que ele termine. Ele termina. Sai. Eu entro. Antes de me desfazer da função, descubro-a. No rebordo da janela, uma carteira. Abro-a. Documentos e muito dinheiro dentro dela. Muito dinheiro, quero dizer, cinquenta e tal euros. Dez contos e tal, portanto. O Diabo, célere e atentíssimo, sopra-me ao ouvido direito: Fica com a nota, pá, deixa o resto aí, encontrar não é roubar. Faço assim: tiro os óculos do bolso, ponho os óculos, consulto um dos documentos para saber o nome do senhor que lavou as mãos. Manuel qualquer coisa. Desço as escadas. Procuro o casaco castanho. Encontro-o à porta da Segurança Social. Digo-lhe assim: O senhor desculpe, eu sei que é uma pergunta esquisita, mas como é que o senhor se chama? Ele responde-me o nome certinho: Manuel qualquer coisa. Devolvo-lhe a carteira. Deveríeis, senhoras e senhores, ter visto a cara do homem. Agradeceu-me profusamente. Julgo ter descortinado certo cristal líquido em suas retinas, não volo juro. Vim para Santarém, o que é sempre boa ideia. E a caminho da terra onde todas as sextas-feiras vos entro pelos olhos, então, o meu Pai, apesar de falecido há 16 anos, usou de mim o ouvido contrário ao do Diabo para me dizer isto e assim: – Fizeste bem, filho. Não sejas como o Governo. daniel.abrunheiro@gmail.com


edicao 1305