Page 1

DIRECTOR Joaquim Duarte

SEMANÁRIO 13 de Agosto de 2010 | Ano X X V | N. 1293 | €0,80

(IVA incluído)

Telefone 243 309 600 · Fax 243 333 766 · Centro Nacional de Exposições - Quinta das Cegonhas - Apartado 355 - 2000 -471 Santarém · info@oribatejo.pt · www.oribatejo.pt

Como sobreviver à vaga de calor | página 7

Especial

Festas do Castelo animam Coruche | páginas 17 a 24

Revista nesta edição

Benavente

Almeirim

Tudo sobre a Liga de Futebol 2010-2011

Cantoneiro condenado por pedófilia

Vizinhos atiram-se à facada na esplanada página 14

página 11

Coruche

Santarém

Rixa com imigrantes faz seis feridos graves

Carros eléctricos chegam em Setembro página 6

página 12

Cartaxo

Região

Vendedor de tabaco assaltado e sequestrado

Entroncamento lidera poder de compra

página 13

página 15


2

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

praçapública sopa da pedra

Beldades ribatejanas

Nada de engates Capital da liberdade, sede da maior casa de alterne do país, Santarém ficou privada de mais uma alternativa de animação nocturna. A Câmara de Santarém decidiu repetir o concurso para a concessão da exploração da cafetaria 1 do Jardim da Liberdade. Tudo porque o executivo entendeu não atribuir a concessão ao único concorrente que propôs a abertura de um “bar de singles”, ou seja, um bar de engates. O presidente Moita Flores disse que “a proposta até poderia ser aprovada”, e que “quanto mais e melhores as casas de engate melhor”. Mas, alinhando com “a moral religiosa que considera a proposta inconveniente”, a Câmara chumbou o bar de singles.

Durante todo o mês de Agosto, as candidatas a Miss Ribatejo estão a participar em actividades nos concelhos de Almeirim, Cartaxo, Coruche, Alpiarça e Santarém. Na sexta-feira, vieram a Santarém, visitaram o nosso jornal e os monumentos de Santarém. Das doze concorrentes, seis não puderam participar na visita, pois estiveram a trabalhar. Assim, infelizmente, não pudemos conhecer todas as candidatas. Mas a final do concurso está marcada já para 3 de Setembro, no festival gastronómico Pão, Vinho e Companhia, em Almeirim. E como o desfile será à noite já poderemos lavar a vista com as 12 beldades ribatejanas.

Prepotência O posto da GNR de Rio Maior ficou sem gás na semana passada. Apesar do caricato da situação, foi esclarecido que o insólito deveu-se sobretudo a um lapso da empresa fornecedora, que, apesar de ter assumido que não procederia ao corte, acabou por deixar os militares a tomar banho de água fria. Se estas empresas “modernas” fazem isto à autoridade, imagine-se o tratamento que dão ao cidadão comum.

Caralhotas na net As famosas “caralhotas” da D. Emília Caldeira, de Almeirim, já estão no Facebook. Esta terça-feira, já ia em 263 o número de fãs das “caralhotasdacaldeira” no Facebook. No lançamento da página de fãs, a caralhotasdacaldeira está a fazer um passatempo, que tem como prémio… uma caralhota gigante. Para isso, basta enviar uma foto sua juntamente com uma frase relacionada com as caralhotas. O prémio será entregue num ato público, que será nas festas “Pão vinho & companhia” em Almeirim no dia 28 de Agosto.

crónica de maldizer

Acabaram-se os remediados Eurico H. Consciência

Vá lá saber-se porquê, o número três andou sempre associado às nossas classes sociais. Talvez porque três foi a conta que Deus fez - diz o povo, que sabe tudo mas também se engana. Antes, as classes eram a Nobreza, o Clero e o Povo (e o povo trabalhava e sustentava as outras classes). Com a Revolução Francesa e com a revolução industrial, as classes tenderam para duas: os patrões e os operários. Mas entre nós, corno nunca houve revolução nenhuma depois de 1385, as classes sociais foram sempre três: à (não santíssima) trindade clero, nobreza e povo sucedeu outra, que se manteve até aos fins do Sr. Dr. Salazar: ricos, remediados e pobres.

A “revolução” de 25 de Abril trouxe o pudor de chamar pobres aos pobres, que passaram a ser designados por portugueses “mais desfavorecidos” ou “mais desprotegidos”. Com o que tiveram real proveito os antigos pobres: certo que continuaram pobres ou ficaram mais pobres, mas acabou-se essa coisa aviltante de serem chamados pobres. Um ferrete horroroso: Pobre, pobre, vá chamar pobre a outro. Pobre era a sua avó e casou-se ... Mais desfavorecido é o que eu sou. Aprenda. Dobre a língua. E vulgarizou-se outra trindade (instalada há muitos anos): classe alta, classe média e classe baixa. Com afinamentos: alta A / alta B e média alta/média baixa. Antes do 25 de Abril, a maioria

dos portugueses, a quase totalidade dos portugueses consideravam-se remediados. Os restantes eram ricos ou pobres. Agora há muitos ricos cada vez mais ricos e muitos pobres cada vez mais pobres. Donde a inarredável conclusão: se há mais ricos e mais pobres, os aumentos duns e doutros fizeram-se às custas dos do meio: da classe média, dos remediados. E, de facto, alguns remediados enriqueceram e outros empobreceram, sendo mais numerosos os que têm empobrecido e vão empobrecendo tristemente do que os que enriqueceram e vão enriquecendo alegremente. Remediado é o particípio passado do verbo remediar, que significa dar remédio. Logo, os reme-

diados são seres dotados de remédios, que são coisas que curam ou que atenuam as maleitas, donde se vê que os remediados estavam curados ou tinham com que se curar, tinham rendimentos ou bens bastantes para se manterem, para viverem. Mas com modéstia. Com juizinho, mas sem carências. Até porque dinheiro era coisa rara. E poucas terras tinham Bancos. De corruptos raramente se falava, os oportunistas, logo que detectados, eram marginalizados, e os arrivistas eram aves tão raras que poucos conheciam a palavra. Nessas condições, a crise d’agora não poderia ocorrer, tal como não poderia haver gestores de empresas públicas a “remediarem-se” com cinquenta

mil contos por mês, como agora. Nem com cinco mil. Nem com quinhentos contos. Pois aconteceu que acabaram os remediados, porque surgiram corruptos, oportunistas e arrivistas que tomaram muitos remédios, muitos mais do que os que precisavam para se remediarem, faltando por isso remédios aos que antes estavam remediados. E os remediados foram substituídos por uns poucos milhares de novos ricos e por muitos milhares de novos pobres... E, com o desaparecimento dos remediados, desapareceu a palavra de honra. Falarei disso noutro dia.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 3

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Cartoon de António Maia

eles dizem r Espero fazer as

pazes com os doentes através de indemnizações” Franciscus Verteeg Médico da clínica de Lagoa que operou os 4 doentes que ficaram cegos, in Diário de Notícias

r “Enquanto o a pergunta da semana

As ofensas verbais feitas por Carlos Queirós são uma razão para o afastar da selecção nacional? Acho que o seleccionador já devia ter sido afastado, aliás, se ele tivesse brio profissional não necessitava que o afastassem, afastava-se, muito antes mesmo da polémica do anti-dopping. Este é mais um dos muitos casos de mau feitio do seleccionador que justificam o afastamento. Queiroz já antes se havia desentendido com um jornalista no aeroporto, um seleccionador deve ser congregador.

João Moura Ourém

Acho que o seleccionador deve ser punido pelas ofensas que fez no caso anti-dopping, claro que sim e mais, acho que é uma razão mais que suficiente para o mandar embora da selecção.

Carlos Presunca Santarém

Sim, acho que o seleccionador português deve ser punido pelas ofensas feitas mas também acho que expulsa-lo do cargo de seleccionador é um exagero. Se olharmos perante o caso das suas declarações, continua a merecer o cargo, mas se virmos do prisma da sua qualidade enquanto treinador, já é outra questão. Uma sanção desportiva será suficiente, nunca o afastamento definitivo.

Sim, acho que o seleccionador português desta vez exagerou e por isso deve ser punido. Foram acusações muito graves e a melhor punição é a sua demissão, pois também não está a fazer nada de jeito a favor do futebol português.

Maria Folque Lisboa

país arde na brasa das chamas e dos disparates judiciários, a classe política está a banhos. Por graça do Altíssimo”. Francisco Moita Flores in Correio da Manhã

r

O castigo que pode determinar a suspensão e o despedimento do seleccionador pode estar preso por uma “vagina”. Ou melhor, pela análise da forma como este usou a palavra para insultar Luís Horta.” Tiago Mesquita in Expresso

Tiago Ramos Santarém

opinião

A justiça nacional I - Um cidadão português, que andava de candeias às avessas com um graduado da GNR, foi multado treze vezes, quatro das quais no mesmo dia, três noutro e duas noutro. A situação foi tão escandalosa que todas as multas acabaram por morrer na Direcção-Geral de Viação, à excepção de uma que acabou em julgamento e com a absolvição do arguido. E adivinhem por que razão foi o arguido absolvido? Porque os dois autuantes, ouvidos como testemunhas, prestaram depoimento contraditório: um jurou que, naquele dia e hora, o arguido conduzia o veículo misto de passageiros Mitsubishi de matrícula

72-29-LX (uma carrinha de caixa aberta de cor azul); e o outro jurou que o arguido conduzia o veículo Opel Calibra de matrícula 72-23-CM (um veículo desportivo de cor amarela). Além disso, o auto de notícia também não esclarecia esta dúvida porque, do mesmo, constavam, sobrepostas, as duas matrículas. Sentindo-se perseguido pela GNR, o arguido resolveu escrever ao Ministro da Administração Interna, queixando-se da perseguição de que sentia ser vítima, juntando, como meios de prova, os autos de notícia e testemunhas. Adivinhem agora o que sucedeu? Foi aberto um inquérito para averiguar se havia algum funda-

mento na queixa apresentada? Errado. O ministro deitou a carta para o caixote do lixo? Errado. Vá lá, pensem um bocadinho. Não se esqueçam que estamos em Portugal. É claro… Só podia. Foi deduzida acusação pelo Ministério Público contra o desgraçado por denúncia caluniosa e o mesmo condenado pelo tribunal que é para aprender a não se queixar da prepotência das autoridades. É a isto que se chama JUSTIÇA NACIONAL.

II - Se fosse eu que mandasse, Carlos Queirós não seria o nosso seleccionador, mas também não posso aceitar a forma pouco séria

como o querem despedir. E tendo em conta o alegado fundamento do processo disciplinar, não posso deixar de trazer à colação a defesa do saudoso Ramada Curto de um seu cliente acusado de ter chamado “filho da p…” ao ofendido. Nas suas alegações, Ramada Curto começou por chamar a atenção do juiz para o facto de, muitas vezes, se utilizar essa expressão em termos elogiosos (“Aquele filho da p… é o melhor de todos”) ou carinhosos (“Dá cá um abraço, meu grande filho da p…!”), tendo concluído as suas alegações da seguinte forma: «E até aposto que, neste momento, V.Ex.ª está a pensar o seguinte: “olhem lá o

Santana-Maia Leonardo *

que aquele filho da p… não se havia de lembrar só para safar o seu cliente!...”». Chegada a hora de sentença, o juiz vira-se para o réu e diz: «o senhor vai absolvido mas agradeça ao filho da p… do seu advogado». Enfim, apesar de já ter falecido há muitos anos, penso, no entanto, que o melhor advogado de Carlos Queirós ainda continua a ser o saudoso Ramada Curto. (*) Advogado – Vereador da Câmara de Abrantes


4 PRAÇA PÚBLICA | OPINIÃO

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Director Joaquim Duarte joaquim.duarte@oribatejo.pt CP. n.º 867

Redacção - 243 309 601 João Baptista (chefe) joao.baptista@oribatejo.pt - CP. n.º 1157 João Nuno Pepino joao.pepino@oribatejo.pt - CP. n.º 6911 Bruno Oliveira bruno.oliveira@oribatejo.pt - CP. nº 8754 Jorge Guedes - CP. nº 2798 Jerónimo Belo Jorge - CP. nº 1907 (Abrantes) Joana Margarida Carvalho (Estagiária - Abrantes) Vânia Clemente (Estagiária) Colunistas Armando Fernandes, Beja Santos, Carlos Chaparro, Daniel Abrunheiro; Eurico Heitor Consciência, José Niza, Luís Eugénio Ferreira, António Maia (Cartoon)

Colaboradores António Branquinho Pequeno, António Brotas, Alexandre Manuel, André Lopes (desporto), Adolfo Luís (fotografia futebol), Carlos Alberto Cruz, Hélder Duque (fotografia futebol), Joaquim Dâmaso (fotografia), João Grego Esteves, José A. Costa (fotografia futebol), Júlio Freches, Nuno Abreu (fotografia futebol), Nuno Matos (fotografia futebol), Renato Campos, Rogério Rodrigues, Rosalina Melro, Vítor Gomes (fotografia futebol)

Departamento Gráfico Vítor Arsénio (chefe), António Vieira

Projecto Gráfico

defrank - Comunicação Editorial defrank@interacesso.pt

Departamento Comercial - 243 309 602 Rita Duarte (directora comercial) 962 108 761 rita.duarte@oribatejo.pt Luís Silva - 962 108 756 Ana Marecos - 962 108 762 Sandra Amendoeira - 961 736 350

Secretariado - 243 309 600 Ana Sousa - 962 108 760

foto denúncia Terça-feira, final da tarde, este reboque atrelado a um jipe virou-se na rotunda da zona industrial de Santarém. O acidente não provocou feridos e os prejuízos foram insignificantes, pois o reboque circulava vazio. Tirando o susto do condutor e o trânsito mais lento, com os habituais mirones a fazer orçamentos aos estragos, o acidente foi só aparato. Fica, porém, o aviso à circulação dos muitos camiões, reboques e tractores de transporte de produtos agrícolas - façam as curvas devagarinho...

Penso logo insisto

Sede: Centro Nacional de Exposições Quinta das Cegonhas Apartado 355 2000-471 Santarém Geral: 243 309 600

Um País virtual

Publicidade 243 309 602 Fax: 243 333 766

E-mail info@oribatejo.pt

Internet www.oribatejo.pt

Serviços assinaturas 243 309 600

Paginação e montagem Jortejo, Lda. - Santarém telef.: 243 309 605

Impressão Imprejornal, S.A. Rua Rodrigues Faria 103, 1300-501 Lisboa

José Niza

Distribuição Vasp

Assinaturas (52 Números) Portugal: 25,50 € Europa: 50,50 € Resto do Mundo: 76 € Preço Avulso 0.80 € (IVA incluído) Editora e proprietária: Jortejo, Lda. Apartado 355 2002 SANTARÉM Codex

GERÊNCIA Francisco Santos, Ângela Gil, Albertino Antunes

Departamento Financeiro Ângela Gil (Direcção), Ana Rita Fonseca, Catarina Branquinho, Gabriela Alves e Patrícia Santos. info@lenacomunicacao.pt

Departamento de Marketing Patrícia Duarte (Direcção), Susana Santos (Coordenação) e Catarina Fonseca marketing@lenacomunicacao.pt

Departamento Recursos Humanos Nuno Silva (Direcção) e Sónia Vieira. drh@lenacomunicacao.pt

Departamento Sist. Informação Tiago Fidalgo (Direcção) e Hugo Monteiro. dsi@lenacomunicacao.pt

Unidade de Projectos Lúcia Silva (Direcção) e Joana Baptista (Coordenação) projectos@lenacomunicacao.pt Tiragem semanal 9.500 exemplares Depósito Legal 13 983/86 Sócios com mais de 10% de capital Sojormédia: 83% Nº Registo no ICS: 111209 (20.11.85) Nº Contribuinte: 501636110

Autorizado pelos CTT a circular em invólucro fechado de plástico envoi fermé autorisé par les PTT Portugais · Autorização - Autorisation: Nº 16 DE 001602 DCE pode abrir-se para verificação postal

O que aconteceu recentemente na Clínica de Lagoa, no Algarve, é um problema de cegueira total.

“ Há outra crise por dentro e por cima desta crise. Uma crise mais grave, mais injusta, mais nociva e mais profunda. Uma crise que não é de euros, mas de valores. Uma crise que não é de dólares, mas de princípios”. Foi isto que escrevi a abrir o meu artigo da semana passada. E que agora continuo a ilustrar com mais exemplos: “97 % dos juízes tiveram Bom ou Muito Bom... e não há medíocres” – 1ª página do último Expresso. “Entidade Reguladora da Saúde detectou 300 clínicas ilegais” – 1ª página do Diário de Notícias de sábado passado. Vamos por partes.

1. Ao mesmo tempo que o Conselho

Superior de Magistratura classifica com BOM, BOM COM DISTINÇÃO, ou MUITO BOM, 97 % dos nossos juízes, e com SUFICIENTE os restantes 3 % - sem que haja um único juiz MEDÍOCRE – Portugal tem simultaneamente um dos piores sistemas de justiça do mundo civilizado. E aqui se colocam algumas obrigatórias perguntas: - Como é possível que com tantas competências se produza tanta porcaria? - Como é possível que processos de magna importância como os da Casa Pia ou do Freeport não estejam ainda resolvidos ao fim de 6, 8 ou 10 anos? - Como é possível que as Associações Sindicais dos Juízes e dos Magistrados utilizem o seu estatuto constitucional - que lhes confere apenas e exclusivamente “a defesa dos direitos e dos interesses dos trabalhadores que representam” (artigos 57º e 58º da

Constituição da República) - para se arvorarem em associações de intervenção e oposição política, fazendo assim tábua rasa das obrigações de isenção e independência que a mesma Constituição impõe? – Como é possível que o Estado – pelo silêncio e pela omissão – lhes permita infringir as leis que deveriam ser os primeiros a respeitar? - Como é possível tanta fuga de informação, tanta negociata e tanta promiscuidade com os jornais, as rádios e as televisões? - Como é que tudo isto, e muito mais, é possível num Estado que persiste em auto-proclamar-se de Direito, mas que está cada vez mais a sê-lo cada vez menos? E surge a inadiável e inevitável pergunta: Como, quando, por quem e porquê este estado de coisas tem de ter um fim? Como? – Alterando as leis que permitem esta bagunça, a começar pela própria Constituição. Quando? – Amanhã, se possível. Por quem? – Pelo Governo, pelo Parlamento. E ainda melhor se for com o envolvimento do Presidente da República e um alargado consenso entre os partidos políticos. Porquê? – Porque, como há dias diagnosticou António Barreto, o nível da Justiça em Portugal já está “negativo”, abaixo de zero. “Deus não dorme”. E os sindicatos dos magistrados e dos juízes também não. Porque eles sabem que a sua estratégia de enfraquecimento do poder político, a começar pelo Governoe aliás cientificamente programada como se vê pela evolução do caso Freeport – é uma chantagem que rende

dividendos e bloqueia quaisquer iniciativas que o Primeiro Ministro ou o Governo, isoladamente e sem apoio parlamentar, viessem a tomar. “Vamos fazer o que ainda não foi feito” é o título de uma canção do Pedro Abrunhosa. Reparem que ele diz “vamos”, em vez de “vou”. E é aqui que está toda a diferença.

2. 300 clínicas ilegais a funcionar à rédea solta é o exemplo mais visível do que seria da saúde dos Portugueses se o PSD de Pedro Passos Coelho, ou o CDS de Paulo Portas, conseguissem desmantelar o Serviço Nacional de Saúde e entregar aos privados a assistência na doença. O que recentemente aconteceu na clínica de Lagoa – Algarve – é um problema de cegueira total. E cegueira não apenas dos desgraçados dos doentes, mas sobretudo cegueira das entidades públicas às quais compete o licenciamento e a fiscalização dessas unidades. Existe um organismo do estado – Entidade Reguladora da Saúde (ERS) – à qual compete fiscalizar estas clínicas, cuja existência toda a gente conhece, menos a ERS. Segundo disse o seu presidente, Álvaro Almeida, numa entrevista – “ se desconhecemos que a unidade existe não podemos fazer fiscalização”. Genial! Como dizia o Jô Soares, “Tem pai que é cego”! De acordo com o Diário de Notícias, “em apenas dois anos a ERS identificou entre 200 a 300 clínicas privadas em situação ilegal”. Destas 200 a 300 fechou alguma? Não! Corrupção? Incompetência? Incúria? Laxismo? Talvez de tudo um pouco. Tanto faz.


OPINIÃO | PRAÇA PÚBLICA 5

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

há vinte anos

Susana Feitor foi campeã mundial de juniores nos 5 quilómetros de marcha atlética. Rio Maior acolheu efusivamente a sua filha pródiga, estrela em ascensão do desporto. Ao mesmo tempo, Marco Chagas despedia-se em grande, na sua última Volta a Portugal, de uma carreira que o sagrou como um dos melhores ciclistas portugueses de sempre, detentor do recorde de vitórias da Volta.

números

72

É o número de reformas milionárias, acima dos 5000 euros, concedidas neste último ano. Os juizes e magistrados dominam a lista. O recorde das reformas douradas deste ano pertence ao antigo ministro de Santana Lopes e ex-director do SIS Daniel Sanches. Reformouse de procurador geral adjunto com uma reforma de 7.316 euros mensais

estrelas

José Peseiro Seleccionador da Arábia Saudita

António Valente Vereador da Protecção Civil da Câmara Municipal de Santarém

Longe vão os tempos de treinador da União de Santarém onde começou a carreira em 1992 para se sagrar campeão da 3ª nacional em 94. O coruchense José Peseiro acaba de ver reforçada a sua posição como seleccionador nacional da Arábia Saudita, que falhou por pouco a participação neste Mundial. De regresso a Riad, leva consigo mais três portugueses para a sua equipa técnica.

Os bombeiros em Santarém são um foco permanente de polémica. As duas corporações da cidade foram criticadas, sem razão, por alguns populares no incêndio num apartamento na Av. Bernardo Santareno. O pânico dos moradores justifica o nervosismo, mas não os rumores postos a circular sobre a inoperacionalidade dos bombeiros. E a Câmara não consegue pôr fim a tanta polémica.

A espuma dos dias

A burocracia está a travar, há quase um ano, a abertura do Serviço de Urgência Básica do Centro de Saúde de Coruche. O processo de contratação de recursos humanos para o serviço está bloqueado e quem sofre são as populações mais a sul do distrito de Santarém, que se encontram desprotegidas em matéria de saúde. Uma situação lamentável de falta de eficiência da ARSLVT.

Opinião

Mulheres A Pública de domingo passado interroga sobre o sumarento facto de as mulheres dominarem o Mundo. A jornalista chega à conclusão de que não, apesar dos enormes progressos verificados no mundo Armando Fernandes ocidental, especialmente nos Estados Unidos. Nesse mesmo número Fátima Felgueiras dá-se a conhecer para além do saco azul, e Paulo Moura num Uma hilariante artigo refere a pohistória derosa mulher, tão poderosa, tão poderosa que ele não triste conseguiu descobrir a função destas da dita senhora no seio da noflores de menclatura marroquina. O sulatrina cesso da mulher – de inúmeras especiamulheres – em todas as áreas listas na do conhecimento faz empalidecer de raiva outras mulheofensa às res e provoca ruinoso ciúme mulheres que apesar nos homens, resolvendo estes últimos optarem pela violênde tudo cia a fim de demonstrarem às suportaram vitoriosas que no fundo, bem e muitas lá no fundo (Régio dixit), elas não passam de gente de segunsuportam da classe. A história regista o os seus triunfo de muitas mulheres no actos inírestrito círculo do poder, no quos. entanto, no respeitante ao seu relacionamento íntimo com os homens, as suas debilidades vêm ao de cima, seja Cleópatra (que não se suicidou recorrendo ao veneno da áspide), seja a temível Isabel I de Inglaterra, ou a arqui-rival Maria Stuart. Serem poderosas num qualquer domínio mais engulhos trazem aos príncipes consortes os quais na maioria

Rui Portugal Presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo

Trigo e tranquilidade das vezes vivem uma meia-vida benigna cuja origem está na capacidade e competência da mulher. Os tais consortes remordem zelos durante o dia, mas tão incendidos no cultivo do ego dominador pela calada da noite tratam de zupar as super-vitoriosas ofendendoas física e psicologicamente, fazendo ressoar as bofetadas acompanhadas de palavras acintosas à honra e dignidade das vítimas. Uma história longa e triste destas flores de latrina especialistas na ofensa às mulheres que apesar de tudo suportaram e muitas suportam os seus actos iníquos por uma série de razões, mas onde o afecto tem enorme importância. Bem sei: também avultado número de homens é agredido pelas esposas, uma linha verde atende os ofendidos envergonhados na Irlanda, pois as chufas estalejam quando é pública a amputação do orgulho masculino. Há dias tornou-se conhecido o drama de uma política que muito estimo, sorridente e afectuosa nas reuniões de militância nunca deixou transparecer o complexo de uma vivência marcada por sucessivos escorchamentos que escondeu durante imenso tempo. Agora, teve um rebate atirando para as silvas o receio, mesmo de más interpretações, afastou o pesadelo e estou convicto que está a caminho da felicidade. Força!

Florinda Matos*

O retorno à terra deverá ser uma das soluções para Portugal, ainda que de forma controlada.

Numa altura em que a crise económica não abrandou e muitos portugueses têm dificuldade em suprir as necessidades básicas, o bem essencial para os portugueses, o pão, prepara-se para aumentos significativos, da ordem dos 20 a 30%, induzindo também a aumentos noutros bens que têm o trigo na sua fileira de produção, como por exemplo a carne. Esta situação é o resultado do aumento do preço do trigo que atingiu, recentemente, o valor mais alto dos últimos dois anos, ao mesmo tempo que a Rússia, a mãos com a pior seca desde há 50 anos, decretou a proibição de exportações. Na minha opinião, esta situação é extremamente gravosa e deverá fazer-nos reflectir a todos, sociedade civil e Governo, sobre o caminho que estamos a seguir. Durante anos, orientados por uma Política Agrícola Comum (PAC) cega, os decisores nacionais, foram impondo políticas erradas na nossa agricultura, sem terem em consideração uma estratégia que permitisse garantir alguma autosuficiência, ainda que temporária, e portanto, a estabilidade e a soberania nacional, no sector alimentar. Assim, actualmente, Portugal importa cerca de 95% do trigo que necessita, estando, permanentemente, dependente das regras emanadas do mercado internacional. Em 2002, numa altura em que a União Europeia ainda mandava destruir os stocks excedentários de trigo, realizei uma investigação sobre a comercialização de trigo em Portugal. Esta investigação per-

mitiu-me identificar um conjunto de determinantes estratégicos da comercialização de trigo em Portugal. Impõe-se a necessidade de uma rápida reconversão da agricultura nacional, das medidas económicas a ela ligadas e da forma como são distribuídas as “Ajudas”, de forma a incentivarem-se apenas as produções de trigo em zonas onde estas possam ser competitivas. O facto de se prever uma maior abertura ao trigo, proveniente de países terceiros, será benéfico, dado que os parâmetros de qualidade e de preço do trigo, destes países, são mais vantajosos que os do trigo nacional, todavia, se as Organizações Comercializadoras de Trigo, em Portugal não reforçarem a sua capacidade organizativa, poderão vir a ser controladas pelos grandes fornecedores internacionais, fortemente organizados. A política agrícola nacional deve reconhecer muito bem as fragilidades das Organizações Comercializadoras e salvaguardar os interesses e a soberania alimentar nacional. Parece-me que este deve ser um momento de reflexão nacional quer para o sector do trigo, quer para outros, porque, durante muito tempo, deixámo-nos convencer que Portugal não precisava de produzir nada, pois tudo podia vir de outros países com melhor qualidade, em mais quantidade e a preços mais competitivos. Na verdade a história tem demonstrado que não é bem assim e que o retorno à terra deverá ser uma das soluções para Portugal.


6

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

santarém PARQUE SUBTERRÂNEO ABRE AO PÚBLICO DIA 16 O parque de estacionamento subterrâneo da empresa ABB no Campo Sá da Bandeira vai abrir ao público na segunda-feira, dia 16. O parque dispõe de 464 lugares distribuídos por dois pisos, estando prevista a abertura de uma estação de serviço, lavagem de automóveis e posto de carregamento de veículos eléctricos. O acesso e a saída dos veículos do parque são feitos pela Avenida do Brasil e os acessos dos peões fazem-se através de cinco escadas distribuídas ao longo do Jardim da Liberdade, ou ainda por elevadores destinados a utentes com mobilidade reduzida, grávidas e acompanhantes de crianças de colo.

A A cidade vai estar em condições para receber os primeiros carros eléctricos já em Setembro.

Carros eléctricos em Setembro

PREÇÁRIO DO PARQUE

Mobilidade eléctrica ∑ Santarém é uma das primeiras quatro cidades com postos de carregamento Santarém vai ser uma das quatro primeiras cidades de Portugal com postos de carregamento para os veículos eléctricos. A par de Cascais, Porto e Évora, a cidade de Santarém vai receber os primeiros postos de carregamento eléctrico já em Setembro. “O grande empenho do Município de Santarém neste projecto foi determinante, mais uma vez, para integrar a linha

da frente dos municípios pioneiros da mobilidade eléctrica em Portugal”, disse a O Ribatejo a arquitecta Catarina Pires, chefe de Divisão do Ordenamento do território da Câmara de Santarém e coordenadora do Plano Municipal de Mobilidade Eléctrica. Os dois primeiros locais de carregamento (duplos) vão ser o Largo do Município e a Praça Visconde Serra do Pilar, conhecida pela Praça Velha, no centro his-

tórico de Santarém. Integrada entre os 25 municípios da rede piloto da mobilidade eléctrica, Santarém vai dispor até 2012 de um total de 17 pontos duplos de abastecimento, sendo 14 na cidade de Santarém e três nas freguesias. E até 2015, estão previstos 53 postos no concelho, sendo 26 na cidade de Santarém e pontos de abastecimento em quase todas as freguesias do concelho. Em Santarém estão

previstos ainda dois pontos rápidos, que permitem carregamentos em apenas meia hora, contra as 6 a 8 horas dos postos de carregamento normais. Até ao final deste ano, Portugal contará com 320 postos de carregamento. Um número suficiente para servir os primeiros carros eléctricos, que começarão a chegar ao mercado depois do Verão. Na fase piloto, que durará até 2011, a rede para a Mobilidade Eléctrica é

constituída por um conjunto de 25 municípios. Para incentivar a utilização de veículos eléctricos (VE), o Governo e os municípios da rede piloto estão a criar um conjunto de benefícios que facilitam a aquisição e utilização. Entretanto, Santarém vai receber mais uma edição da semana da mobilidade eléctrica, entre os dias 16 e 22 de Setembro. João Baptista

Mobilidade eléctrica altera parque subterrâneo A Câmara Municipal de Santarém aprovou, por maioria, a ratificação da proposta de modificações objectivas do contrato com a firma ABB - Alexandre Barbosa Borges, para a construção e exploração do parque de estacionamento subterrâneo no Campo Sá da Bandeira. O acordo, aprovado pelo PSD, com os votos contra dos dois vereadores do PS, terá ainda de

ser aprovado pelo Tribunal de Contas. O presidente Moita Flores justificou esta alteração do contrato com o facto de a obra já se encontrava em velocidade de cruzeiro, quando o Governo lançou o projecto de mobilidade eléctrica, ao qual Santarém aderiu. O que obrigou a renegociar as condições do contrato assinado com a empresa ABB que venceu,

há 4 anos, o concurso para a construção e exploração do parque subterrâneo. A ABB fez um investimento de 10,4 milhões de euros na construção do parque subterrâneo e ficou com a concessão da sua exploração, bem como do estacionamento à superfície num raio de 500 metros, por um período de 50 anos. A empresa vai pagar à Câmara uma ren-

da anual de 240 mil euros. Segundo Moita Flores, com a adesão de Santarém à rede de mobilidade eléctrica, a capacidade do parque subterrâneo foi reduzida dos 763 lugares inicialmente previstos para os actuais 469 lugares. Na renegociação do contrato, a Câmara aceita pagar à ABB cerca de 36 mil euros por ano, o que faz um total de 1,8 milhões de euros

durante os 50 anos. Por outro lado, a empresa teve um custo de construção inferior em 3 milhões de euros ao inicialmente previsto. Este valor deverá ser compensado pela empresa, através da execução de obras no valor de 3 milhões de euros em arranjos exteriores, mobiliário urbano, construção de uma cafetaria na área à volta do Jardim da Liberdade.

O reg u l a mento e tarifário do parque foram aprovados na última reunião da Câmara Municipal de Santarém. Durante o primeiro mês de funcionamento, o estacionamento neste parque será gratuito. Depois, entrará em vigor o preçário aprovado pela Câmara. No período diurno, a primeira fracção custará 30 cêntimos, a 2ª 20 cêntimos e a 3ª e 4ª 15 cêntimos. Uma hora custa 80 cêntimos. No período nocturno, cada fracção custa 10 cêntimos, o que equivale a 40 cêntimos por uma hora. O cartão mensal custa 45 euros para os dias úteis durante o dia; 55 euros todos os dias da semana, em horário diurno; 20 euros para o horário nocturno; e 70 euros para todo o dia, durante um mês. O presidente Moita Flores disse que estão a ser estudados mecanismos que acautelem os interesses dos moradores e empresários do centro histórico.


SANTARÉM 7

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

MEDIDAS DE SOBREVIVÊNCIA

Vaga de calor afecta idosos Saúde ∑ Mortalidade das pessoas com doenças crónicas aumentou com o calor Apesar de Santarém continuar a bater recordes nacionais nesta onda de calor, o Serviço de Urgência do Hospital de Santarém não tem registado uma afluência muito maior do que o habitual. “Tem-se registado um maior afluxo de pessoas dependentes com sinais de desidratação, mas com algumas horas de internamento e um aporte de líquidos, através de soro, tem-se conseguido fazer a sua recuperação, embora alguns tenham de ficar internados mais tempo”, declarou a O Ribatejo o director clínico do Hospital de Santarém, Dr. José Marouço. Segundo este responsável, “o número de atendimentos no Serviço de Urgência tem-se mantido na ordem dos 350 casos por dia, o que é semelhante

a outros meses”. Em todo o país, a vaga de calor deste Verão terá potenciado a morte de mais mil portugueses do que o expectável, entre o início

de Maio e a semana passada. No entanto, segundo Paulo Diegues, especialista da Direcção-geral da Saúde, o calor pode ter influencia mas não é causa

Faz parte da nossa cultura promover a adaptabilidade, a experimentação, a aprendizagem e a mudança contínua. O reconhecimento internacional da marca radica na capacidade de inovação, no saber fazer tecnológico e de gestão, uma estratégia de desenvolvimento assente na diversificação do portfólio de produtos.

TORRES NOVAS Eng. Mecânicos (m/f) Refª EM001/10

PROCURAMOS Pessoas que queiram integrar equipa dinâmica, com fortes possibilidades de evolução profissional, associada ao seguinte perfil: - Recém-licenciados com formação sólida; - Domínio da língua inglesa; - Disponibilidade para residência na zona; - Boa capacidade de liderança de equipas de trabalho; - Gosto pela gestão; - Disponibilidade para admissão imediata. OFERECEMOS Efectivas oportunidades de crescimento pessoal e profissional, aliadas à formação profissional. SOLICITAMOS Envio de resposta por carta ou e-mail com a indicação da respectiva referência, razões de candidatura, nome completo, habilitações académicas, experiência profissional, vencimento pretendido, idade e nº de telefone, para os nossos escritórios: dirpessoal@renova.pt ou RENOVA – FÁBRICA DE PAPEL DO ALMONDA, S.A. DIRECÇÃO DE PESSOAL 2354-001 TORRES NOVAS

Os candidatos considerados serão contactados num prazo de 3 semanas.

de morte. Paulo Diegues sublinhou que os dados são preliminares e que se trata de pessoas que já tinham debilidades ou problemas de saúde. “Sempre

que a temperatura aumenta, a curva da morbilidade acompanha este fenómeno. Mas são valores que não podemos associar exclusivamente ao calor”.

O médico do Agrupamento de Centros de Saúde do Ribatejo, Dr. Hélder Mendes, disse a O Ribatejo que “as temperaturas altas da região aconselham a tomada de medidas de prevenção, em especial para os grupos mais vulneráveis ao calor, como são as crianças nos primeiros anos de vida, os idosos, portadores de doenças crónicas, obesos, doentes acamados”. Assim, aconselha “a aumentar da ingestão de água ou sumos de frutas naturais, evitando bebidas alcoólicas; oferecer água com maior frequência aos idosos e bebés; evitar idas à praia dos idosos e bebés nos dias de maior calor; evitar a exposição ao Sol na praia entre as 11 e as 16 horas; nunca deixar as crianças e os idosos dentro de veículos expostos ao Sol; evitar o calor nas casas”.


8 SANTARÉM

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Bombeiro de Santarém caiu num poço quando combatia incêndio Apoio ∑ Sérgio Silva esteve dez minutos dentro de água mas foi salvo pelos colegas Um operacional dos Bombeiros Voluntários de Santarém esteve à beira da morte ao cair dentro de um poço com mais de vinte metros de profundidade. O caso, que se podia ter sido mortal, aconteceu na madrugada de 4 para 5 de Agosto, perto da meia noite, quando a corporação foi combater um incêndio em Casal da Charneca, freguesia de Almoster. Sérgio Silva, de 36 anos, estava a fazer o reconhecimento da zona, para verificar se a viatura podia entrar no terreno, quando, sem se aperceber, a terra lhe fugiu debaixo dos pés. “Avancei com uma lanterna por uma zona de mato e quando vou a passar num sítio onde estava um monte de areia uma das pedras caiu para dentro do poço e eu cai também”, recordou. Os momentos que se seguiram pareceram uma eternidade. Sérgio foi ao fundo e calcula que tenha estado cerca de 30 segundos debaixo de água a libertar-se de parte do equipamento e a lutar para se soltar do lodo. Quando conseguiu vir à tona, viu finalmente a luz da lanterna de um colega, o que lhe deu ânimo para continuar a lutar pela vida. Na queda bateu com a cabeça na parede do poço e reco-

A Uma semana depois do acidente, Sérgio Silva voltou ao local pela primeira vez com O RIbatejo nhece que foi o capacete que o salvou. “Dou graças ao nosso comandante que está sempre a ralhar para usarmos o equipamento de protecção individual e foi isso que me safou”, admite. No meio minuto que esteve submerso, Sérgio Silva diz que lhe passou “tudo” pela cabeça. Além da luz e dos colegas, lembrou-se do filho e da promessa que lhe tinha feito de ir ter com ele à praia no fim de semana. Foi isso que lhe deu a força

necessária para subir pela mangueira que os colegas lhe estenderam e que, à segunda, foi a sua corda da salvação. Apesar de hoje já conseguir brincar com o assunto e até se rir com a alcunha de “bóia” colocada pelos colegas, Sérgio admite que teve medo de morrer. “Então não… Era noite escura, toquei nas paredes, e percebi que estava no fundo de um poço, e pensei que desta já não escapava vivo.

Depois lá veio a imagem do filho, da camaradagem dos bombeiros, o gosto por esta vida e lá comecei a debater-me e consegui sair. Nos bombeiros costumamos dizer que quem tem um buraquinho ao fundo das costas tem medo”. Bombeiro há mais de 15 anos, Sérgio Silva, já apanhou vários sustos em incêndios e já esteve rodeado pelas chamas, mas esta é a situação mais crítica que viveu. Curiosamente,

Incêndio destrói andar perto do hospital Um curto-circuito numa televisão é a causa provável de um incêndio que ao início da madrugada de 5 de Agosto, causou danos num prédio da avenida Bernardo Santareno, a poucos metros do Hospital de Santarém. As chamas, que deflagraram cerca das 00h20, consumiram grande parte da habitação, situada num primeiro andar junto à marisqueira Jomar, e geraram o pânico entre os moradores, que se assustaram

com o fumo negro. Muitos foram para as varandas, gritando por socorro e uma mulher teve de ser assistida no hospital por sofrer de asma. A situação só não terá tomado maiores proporções devido à acção de alguns populares que, com recurso a extintores, fizeram o primeiro combate às chamas. Os moradores queixam-se da chegada tardia dos bombeiros que, apesar dos quartéis – dos Municipais e dos Voluntários – estarem a

poucos metros, terão demorado cerca de 20 minutos a chegar ao local, versão desmentida pelos bombeiros que referem que a primeira viatura chegou 8 minutos depois da chamada. Os populares queixam-se ainda da auto-escada, que acabou por não ser necessária, ter chegado ao local quase uma hora depois, uma vez que a escada dos Municipais de Santarém estava inoperacional, o que obrigou à vinda da auto-escada do Cartaxo.

no dia da queda, vinha de quase dois dias a combater o incêndio de Amiais/Espinheiro e foi ele que pediu aos colegas para não conduzir nem ficar na agulheta por estar muito cansado. Admite que a vida de bombeiro tem destas coisas, mas, ainda assim, diz que quem lhe tirar esta profissão tira-lhe tudo. Jorge Guedes

VEREADOR DA PROTECÇÃO CIVIL DEFENDE BOMBEIROS O vereador da protecção civil da Câmara de Santarém, António Valente, respondeu ás críticas de alguns populares à demora da resposta dos Bombeiros de Santarém ao incêndio num apartamento na Av. Bernardo Santareno. “Não é verdade que tenham demorado 20 minutos, foram apenas 8 minutos e temos a gravação das chamadas e os registos que provam que o alerta foi dado via 112 às 00h26, àss 00h35 saíram do quartel e às 00h38 estavam no local a fazer o primeiro ponto da situação e a solicitar mais meios”, declarou a O Ribatejo o vereador. Segundo António Valente, “a resposta não foi mais rápida porque nessa mesma altura os Bombeiros Voluntários estavam em Almoster num incêndio e um dos bombeiros caiu dentro de um poço e quase perdeu a vida, e os Bombeiros Municipais estavam todos mobilizados no combate a um incêndiono concelho”. António Valente sublinha que “a auto-escada de Santarém está em manutenção numaempresa especializada, mas o equipamento do Cartaxo foi mobilizado para o local, não tendo sido necessária a sua utilização porque o acesso ao edifício esteve sempre desimpedido e as pessoas puderam descer pela escada do prédio”. O vereador lamenta as críticas infundadas e as especulações de alguns pouplares. “Também não é verdade que os bombeiros só tenham saído depois de algumas pessoas terem ido a pé ao quartel chamá-las, pois já estavam mobilizados pela chamada do 112”. Tal como desvaloriza a intervenção de alguns populares que antes da chegada dos bombeiros tentaram usar extintores para combater as chamas, mas atrapalharam-se e atiraram o equipamento para o fogo.


SANTARÉM 9

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

FORMAÇÃO PARA A SEGURANÇA NA INTERNET O projecto “Navega (s) em Segurança?” teve início na quinta-feira, dia Internacional da Juventude, na Loja PONTO JA no Instituto da Juventude em Santarém. Esta iniciativa que vai decorrer até 23 de Setembro, às quintafeiras, com sessões de manhã, tarde e à noite, consiste num conjunto de acções de formação/ sensibilização, de curta duração, divididas em três temas criados para se adaptarem a três escalões etários distintos: Magalhães – Navega (s) em Segurança? para Crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico (1.º ao 4.º ano), Workshop - Navega (s) em Segurança? para jovens com frequência do 2º ciclo ou superior, e a Conferência - Navega (s) em Segurança? para pais e encarregados de educação.

El Galego ganhou restaurante do Jardim da Liberdade Novas concessões ∑ Cafetaria e restaurante do Jardim da Liberdade concessionados A concessão do direito de exploração do restaurante do Jardim da Liberdade foi atribuída pela Câmara Municipal de Santarém à empresa El Galego Scalabitano – Hotelaria, Indústria e Comércio de Carnes, mediante o pagamento de uma renda mensal de 1500 euros. Segundo o contrato, aprovado na última reunião da Câmara, no passado dia 2, a concessão é válida por um período de 60 meses, renovável por períodos de um ano. Recorde-se que a empresa El Galego já detém as concessões de outros espaços municipais, nomeadamente a cafetaria

do Jardim da República, o restaurante do Complexo Aquático Municipal e a cafetaria no skate parque na Avenida Prof. Veríssimo Serrão, no Mergulhão. A empresa El Galego iniciou a sua actividade na Póvoa de Santarém, onde possui um talho e estabelecimento comercial, e explora ainda o café do Terminal da Rodoviária do Tejo em Santarém. Na mesma reunião, a Câmara Municipal de Santarém adjudicou a concessão da exploração da cafetaria 2 do Jardim da Liberdade à empresa Adega do Bacalhau Hugo Ribeiro – Restauração Unipessoal, por uma renda mensal

de 851 euros, também por um período de 60 meses, renovável por períodos de um ano.

A Câmara deliberou não atribuir a concessão da exploração da cafetaria 1 do Jardim da Liberdade, por

entender que a proposta apresentada não é adequada ao local. João Baptista


10 SANTARÉM

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Rede Europeia promove acções de combate à pobreza em Santarém

DOIS SCALABITANOS NO CAMPEONATO EUROPEU DE ARMAS ANTIGAS

Ano Europeu de Combate à Pobreza ∑ REAPN promove acções nos 11 concelhos da região da Lezírias O programa do Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social no distrito de Santarém inclui um ciclo de cinema em que se assiste ao filme “Quem quer ser milionário”. Pode parecer ironia, mas quem vê o filme percebe melhor a importância e a necessidade de mudarmos as atitudes perante a pobreza. E este é um dos grandes objectivos do programa de actividades da REAPN - Rede Europeia Anti-Pobreza no distrito de Santarém, como afirmou a O Ribatejo Ricardina Reis, a técnica responsável do Núcleo Distrital de Santarém da REAPN. 2010 é o Ano Europeu de Combate à Pobreza e à Exclusão Social. No distrito de Santarém, a REAPN tem vindo a promover uma série de iniciativas que pretendem sensibilizar a população para esta realidade, (re)qualificar a intervenção dos técnicos junto das famílias, promover a participação de crianças e jovens da comunidade escolar e adultos utilizadores de instituições, e definir acções de combate à pobreza e exclusão social que se mantenham para além de 2010. Até final deste mês está

A Exposição dos trabalhos do 1º concurso (Re)Ver a Pobreza patente ao público em Almeirim. patente ao público no Centro de Saúde de Almeirim a exposição de 77 desenhos, pinturas, fotografias, textos e poesias, trabalhos concorrentes ao concurso (Re)Ver a Pobreza, que irá percorrer os 11 concelhos da Lezíria do Tejo. Entre as actividades realizadas pela REPN na região, Ricardina Reis sublinha a formação até final de Outubro de 40 técnicas das autarquias e de IPSS que trabalham no terreno junto de famílias com pro-

blemas. “Neste momento, já se vêem os resultados da formação, notando-se uma mudança da postura das técnicas”, afirmou Ricardina Reis. O programa do Ano Europeu inclui a realização de fóruns de reflexão a realizar em cada um dos 11 concelhos da Lezíria do Tejo. O primeiro fórum realizou-se em Almeirim, com uma palestra de Pedro Homem Gouveia, arquitecto da Câmara de Lisboa, que veio falar da mobilidade

e acessibilidade para todos. No final, ficou a proposta de formar um grupo de trabalho para criar um novo serviço de apoio às pessoas com deficiência em Almeirim. Em Setembro vão realizar-se fóruns em Coruche, sobre imigrantes e minorias étnicas; em Alpiarça, sobre a violência nas escolas; em Rio Maior, sobre a pobreza infantil; em Santarém, sobre a empregabilidade; na Golegã, sobre a prevenção das toxi-

codependências. Em Outubro, realiza-se o fórum sobre envelhecimento/ isolamento na Chamusca, e violência doméstica, no Cartaxo. Em Novembro, Benavente vai debatar o problema da habitação, e Salvaterra de Magos as questões da educação/ qualificação. O último fórum, sobre famílias multiproblemáticas, terá lugar na Azambuja, em Dezembro. João Baptista

Tagusgás premiou concorrentes de passatempo A Tagusgás, concessionária do gás natural na região, procedeu esta semana à entrega dos prémios do passatempo realizado durante a Fersant, em Santarém. A Tagusgás premiou as frases mais criativas dos concorrentes com a oferta de bolas oficiais do Mundial de Futebol de 2010. “Fica como uma recordação deste Mundial”, disse Isabel Maria Jesus, a grande vencedora do passatempo. Curiosamente, Isabel Maria Jesus foi à África do Sul para assistir ao vivo ao jogo Portugal-Brasil, em Durban. “Pena não termos ganho

contra o Brasil, e não termos repetido a goleada contra a Coreia do Norte, mas foi um grande jogo que ficará para sempre na memória”, afirmou Isabel Jesus, empregada de escritório em Santarém e esposa de Vítor Silva, da Rádio Pernes. Os restantes oito premiados foram Vítor Manuel Gomes, de Salvaterra de Magos, Maria Vila Viçosa, de Évora, Fernando Costa, de Torres Novas, Pedro Resina Ribeiro, de Lisboa, Tomás Pica, de Setúbal, Francisco Castilho, do Cartaxo, e Andrea Silva, de Santarém.

A Vítor Silva da Tagusgás entregou o prémio a Isabel Jesus

António Martinho e Mário Dias são os dois scalabitanos integrados na equipa portuguesa que vai participar no campeonato do Mundo de armas antigas, a realizar em Barcelos, de 17 a 21 de Agosto. Os campeonatos europeus contam com a participação de 300 atletas de 25 paises, contando a equipa portuguesa com 21 atletas. Na cerimonia oficial de abertura, marcada para dia 17 de Agosto, está agendada uma recriação historica das invasões francesas contra Portugal e uma encenação de um combate nas duas margens do rio Cávado, em Barcelos e Barcelinhos. Neste 1º evento realizado em Portugal o publico poderá assistir a modalidades como a perícia no carregamento de armas antigas, tendo de seguida que apontar ao alvo e controlar a adrenalina de cada disparo.

CULTURA AVIEIRA EM VALE DE FIGUEIRA O Centro de Bem Estar Social de Vale de Figueira tem patente ao público, na pastelaria Val’Doce, uma exposição de fotografias antigas sobre as actividades locais nos rios Tejo e Alviela. O Centro de Bem Estar faz parte do projecto da candidatura da Cultura Avieira a património nacional e nesse sentido dinamiza e apoia actividades que preservação da memória as vivencias das pessoas que usufruiram no tempo, os prazeres dos rios Alviela e Tejo.


11

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

região lezíria do tejo santarém GNR DETEVE 23 INDIVÍDUOS Entre os dias 2 e 8 de Agosto, os militares afectos ao comando territorial da GNR de Santarém efectuaram um total de 23 detenções. Destes, um homem de 63 anos foi detido em Almeirim por tentativa de homicídio de um vizinho (ver reportagem na página 14), um indivíduo foi apanhado em flagrante a furtar gasóleo em Coruche, tendo apanhado ainda em flagrantes um ladrão a roubar cortiça, na Chamusca. Em Mação, um homem foi detido por injúrias e ofensas a agentes da autoridade. A GNR apanhou ainda oito condutores embriagados e oito sem carta de condução.

A Joaquim Consulado, que não mostrou arrependimento, foi condenado a quatro anos e dez meses de prisão efectiva

SAMORA CORREIA ESPERA 100 MIL VISITANTES

Cantoneiro abusou de meninas Benavente ∑ Funcionário da Câmara envolvido sexualmente com menores de 11 e 13 anos Um homem de 51 anos foi condenado a quatro anos e dez meses de prisão efectiva por ter ameaçado e abusado sexualmente de duas meninas com 11 e 13 anos à altura dos factos, em Setembro e Outubro de 2009. O Tribunal de Benavente deu como provado que Joaquim Consulado, cantoneiro da Câmara de Benavente, envolveu-se duas vezes em actos de cariz sexual com a menor V., de 13 anos, dentro do seu carro, em zonas de mato nos arredores da vila ribatejana e na freguesia de Santo Estêvão. Numa terceira ocasião, o arguido conduziu V. e a amiga C., de 11 anos, a um barracão na zona do Calvário, em Benavente, onde terá exigido que o masturbassem, tendo de seguida ameaçado as meninas, caso relatassem o episódio a alguém. Joaquim Consulado estava inicialmente arrolado por 12 crimes de abuso sexual de criança, e dois de amea-

ça, mas muitos dos factos constantes da acusação do Ministério Público não foram provados durante o julgamento, que decorreu à porta fechada. Acabou por ser condenado apenas por um crime de abuso sexual de criança na forma continuada sobre a menor V., um de abuso sexual de criança sobre C., e dois crimes de ameaça, o que lhe valeu uma condenação de sete anos e dois meses. Em cúmulo jurídico, a pena foi reduzida a

quatro anos e dez meses. Na leitura do acórdão, que decorreu na segunda-feira, 9 de Agosto, a juíza Raquel Costa sublinhou que o colectivo entendeu não suspender a execução da pena porque o pedófilo nunca mostrou qualquer arrependimento. Joaquim Consulado defendeu sempre a tese de que foi vítima de um plano maquiavélico engendrado pela criança de 13 anos, que o teria seduzido a troco de dinheiro e prendas, ver-

são também defendida em tribunal pela sua família e testemunhas de defesa. Contudo, segundo o acórdão, os seus argumentos nunca poderiam servir de desculpa, uma vez que o homem era o único adulto com capacidade para exercer livremente a sua auto-determinação sexual e sabia perfeitamente a idade das crianças. Durante o julgamento, o tribunal considerou essencial a realização de uma avaliação fo-

∑ Os crimes ocorreram num cenário de total promiscuiMenor de dade entre todos os envolvidos, onde, à excepção das vítimas, ninguém escapa ileso sem responsabilidades. Joaquim 13 anos Consulado, casado e pai de três filhos, andava envolvido com a mãe da criança de 13 anos e com uma vizinha e conficonsiderada dente da menina, frequentando a casa de ambas, no Bairro da Solidariedade, em Benavente. Na leitura do acórdão, a juíza-presidente sublinhou o comem risco portamento negligente da mãe e mandou extrair uma certidão para entregar no Tribunal de Família e Menores de Via Franca de Xira, para que seja aberto um processo de protecção da menor em risco. Em relação à vizinha, com quem V. passava os dias em vez de estar na escola, o colectivo mandou também extrair certidão para o Ministério Público apurar as responsabilidades criminais da mulher, pela influência que teve no comportamento da jovem.

rense à personalidade das vítimas, para aferir sobre a sua capacidade de fantasiar a realidade. A perícia foi realizada no Instituto de Medicina Legal, e o relato das menores foi considerado credível em relação às três situações pelas quais o arguido foi condenado. O pedófilo, que já fez uma cura de desintoxicação ao alcoolismo, trabalhava há 36 anos na Câmara de Benavente, e estava no sector da recolha do lixo aquando da sua detenção, a 7 de Outubro de 2009. Joaquim Consulado regressou ao Estabelecimento Prisional da Polícia Judiciária, em Lisboa, onde já tinha sido colocado em prisão preventiva. A advogada de defesa confirmou ao nosso jornal que vai apresentar recurso, esperando, pelo menos, conseguir a suspensão da execução da pena, uma vez que foi inferior a cinco anos. João Nuno Pepino

Samora Correia espera receber perto de 100 mil visitantes até segunda-feira, 16 de Agosto, durante as centenárias festas em Honra de Nossa Senhora de Oliveira e Nossa Senhora de Guadalupe, onde o toiro, o cavalo e o campino são os reis dos festejos da cidade. As entradas de toiros conduzidos por campinos a cavalo são únicas devido ao cenário natural do Largo do Calvário, transformado em arena improvisada, onde os mais afoitos mostram os seus dotes de toureiros e recortadores enfrentando os toiros em pontas. O desfile etnográfico de sábado e a procissão com mais de uma dúzia de imagens no domingo são pontos altos de uma festa feita por dezenas de voluntários. As noites são animadas com arraiais populares e espectáculos com Ana Malhoa, Nucha e Vítor Romeu. Na noite de sábado, serão distribuídos milhares de quilos de sardinhas, pão e vinho pelos visitantes; depois da sardinhada, há entrada de toiros nocturna.


12 REGIÃO | CORUCHE | RIO MAIOR | ALMEIRIM

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Rixa provocada por imigrantes brasileiros faz seis feridos graves Santana do Mato ∑ GNR deteve dois dos agressores com uma arma branca e um taco de basebol Seis feridos, três dos quais em estado grave, foi o resultado de uma rixa entre habitantes da aldeia de Santana do Mato, no concelho de Coruche, e vários imigrantes brasileiros, que provocaram os desacatos no restaurante Fonte Pau, no domingo, 8 de Agosto, ao início da noite. Dois dos agressores foram capturados pela GNR de Coruche na posse de uma arma branca e de um taco de basebol, usado para agredir clientes, ao passo que cinco suspeitos continuam a monte. Os dois detidos foram presentes no dia seguinte no Tribunal de Coruche, onde foram constituídos arguidos e saíram com a obrigação de se apresentar semanalmente nos postos da GNR de Coruche e Vendas Novas. “Foram eles que vieram de propósito ao café provocar e ofender as pessoas que lá estavam”, garantiu ao nosso jornal José Joaquim Calado, um dos feridos na contenda. Segundo o mesmo habitante, que estava sentado na esplanada a jogar às cartas, os imigrantes chegaram em dois carros e começaram a ofender e a atirar pedras aos clientes, tendo inclusivamente arrancado e

O projecto do Centro de Educação Especial “O Ninho” para a construção de um lar residencial para deficientes e de um centro de actividades ocupacionais deu um passo em frente com a aprovação da doação de um terreno na Rua do Matadouro, em Rio Maior, para a construção dos futuros equipamentos. A aprovação foi feita por unanimidade numa sessão extraordinária da Assembleia Municipal de Rio Maior, no passado dia 31 de Julho.

WIRELESS NA SALA DA ASSEMBLEIA

A José Joaquim Calado foi agredido quando tentava socorrer um amigo arremessado vários tijolos do muro. De seguida, entraram pelo jardim e “desataram a agredir com tacos de basebol e paus todos os que lhe apareciam pela frente”, contou o mesmo. “Quando me levantei para puxar um amigo que levou com uma cadeira nas costas, um deles atingiu-me na barriga com um pau e deixou-me lá estendido”, continuou José Joaquim Calado. O amigo que tentou socor-

rer é o ferido em estado mais grave. O homem, de 50 anos, ficou internado no Hospital de Santarém com fracturas em seis costelas e escoriações na face e na cabeça, por ter sido atingido a pontapé quando estava no chão. No interior do restaurante, um dos brasileiros – que já tinha sido impedido de frequentar o estabelecimento por se ter envolvido numa briga - agrediu o proprietário com o taco

e vários clientes, deixando uma das empregadas em estado de choque. Segundo conseguimos apurar, este é um dos suspeitos já identificados que ainda não foi detido. O dono do Fonte Pau sofreu um traumatismo craniano e teve que ser transportado ao hospital de Santarém, tal como os restantes feridos, todos residentes em Santana do Mato. Um dos clientes ficou golpe no pescoço, pro-

vocado por uma garrafa de cerveja, e outro homem, também residente da aldeia, saiu da briga com um dedo partido. Segundo os habitantes, os agressores são desordeiros e costumam provocar brigas nos cafés da aldeia. Alguns imigrantes, que trabalham maioritariamente na recolha de lenha e cortiça, estão em situação ilegal em Portugal. João Nuno Pepino

produtos locais, lançou-se na realização de um curso de educação e formação de adultos que visa a criação de emprego e de produtos que promovam o desenvolvimento local. “Estamos a tentar conjugar a vertente da produção artesanal de sal com a componente do turismo”, disse à Lusa Júlio Ricardo, dirigente da Terra Chã. O curso, que se iniciou em Junho e tem a duração de um ano, permitiu já introduzir uma

inovação nas marinhas de Rio Maior a recolha de flor do sal, tendo os formandos começado igualmente a misturar o sal com plantas aromáticas e condimentares recolhidas nas serras d’Aire e Candeeiros. “Queremos ver se há viabilidade desses produtos no mercado”, sublinhou. José João Rodrigues, responsável pela formação e ele próprio salineiro em Aveiro, onde recebeu um prémio de inovação, acredi-

ta que a salinicultura tradicional tem futuro se os que mantêm a tradição souberem “associar criatividade e inovação, respondendo às novas formas de encarar o consumo”. A sua expectativa é que os 16 formandos, na sua grande maioria mulheres, sejam capazes, no final do curso, de constituírem pequenas actividades, “umas directamente ligadas ao sal, outras à produção de ervas condimentadas, outras à co-

A Câ m a ra de R io Maior está a colocar 60 tomadas eléctricas na sala da Assembleia Municipal para que os eleitos deste órgão possam usar os seus portáteis durante as sessões e ter acesso aos documentos alojados no site da autarquia, de acesso restrito aos membros da Assembleia. Recentemente, e também com o objectivo de melhorar as condições de trabalho, a Câmara já tinha colocado pontos de acesso wireless na sala da Assembleia Municipal e emitido cartões de identificação para cada um dos eleitos, uma prática que o actual executivo quer recuperar, depois de anos sem terem sido distribuídos.

joao.pepino@oribatejo.pt

Desempregados tiram curso nas salinas Dezasseis desempregados do concelho de Rio Maior procuram no sal uma nova oportunidade de trabalho, num curso com equivalência ao 9º ano, e que lhes dará competências para recuperar salinas tradicionais e inovar nos produtos. Aproveitando a presença no concelho das únicas salinas que se situam no interior do país, a Cooperativa Terra Chã, no âmbito da aposta na valorização dos

NINHO JÁ TEM TERRENO PARA LAR

mercialização e distribuição pelo país, outras à área do marketing, ao design, à concepção de embalagens, à restauração”. “Existe uma miríade de possibilidades em torno desta actividade, que não é estritamente tirar e vender o sal”, sublinhou, apontando os pequenos negócios de restauração e venda de produtos que ao longo dos anos se foram instalando nas pequenas casas de madeira que ladeiam a estrada junto às salinas.

SEMINÁRIO SOBRE DISLEXIA EM ALMEIRIM O cine-teatro de Almeirim vai acolher o seminário “Dislexia: teoria e intervenção” no próximo dia 9 de Setembro. A psicóloga educacional e especialista no tema Paula Teles será a oradora, com uma apresentação sobre o método fonomímico. As inscrições podem ser efectuadas no gabinete de educação da Câmara Municipal de Almeirim, no site da internet da autarquia, ou através dos telefones 243 594 277 / 8.


CORUCHE | CARTAXO | REGIÃO 13

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

ETAR DO MONTE DA BARCA VAI SER INAUGURADA A nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Zona Industrial de Monte da Barca, concelho de Coruche, vai ser inaugurada no domingo, 15 de Agosto, às 10 horas, em plenas festas de Nossa Senhora do Castelo. A intervenção realizada em todo o sistema vai permitir tratar os esgotos da zona industrial e das povoações de Azervadinha, Montinhos, Rebocho e Salgueirinha, na freguesia de Coruche, um conjunto de localidades que não dispunha ainda de saneamento e onde os efluentes eram canalizados para fossas. Esta ETAR, que custou cerca de 2,6 milhões de euros, vai servir cerca de 2750 habitantes e um conjunto de indústrias que até ao momento não dispunha de sistema de tratamento dos efluentes produzidos.

Vendedor de tabaco sequestrado Assalto ∑ Dois ladrões encapuzados largaram vítima a 15 quilómetros do local do crime Um vendedor de tabaco foi agredido e sequestrado por dois assaltantes encapuzados que o surpreenderam na quartafeira, por volta das 9h45, em Ponte do Reguengo, Cartaxo. Fernando Costa, que se preparava para fazer a reposição de uma máquina no café Sol Nascente, foi atacado quando saiu para ir buscar alguns volumes à carrinha, estacionada junto à porta do estabelecimento. “Eles vieram por detrás e deram-me um murro, sem eu me aperceber. Ainda tentei reagir, mas apontaram-me logo uma arma e eu fiquei quieto, não fossem eles disparar”, disse ao nosso jornal a vítima, funcionário de uma empresa de distribuição do Cartaxo. De seguida,

um dos ladrões obrigou-a a entrar para as traseiras da carrinha, enquanto o cúmplice se sentou no lugar do condutor e arrancou a alta velocidade. “Não me agrediram durante o percurso, só me diziam para estar quieto, não me mexer e não olhar”, conta Fernando Costa, que reparou que os autores do crime tinham a cara escondida com meias de vidro. Os ladrões acabaram por parar a carrinha a cerca de 15 quilómetros do local do assalto, numa estrada de terra batida no Vale de Santarém, deixando o homem trancado no interior. O assalto rendeu cerca de 3.700 euros em dinheiro e uma grande quantidade de tabaco, cujo valor exacto Fernando Cos-

A Fernando Costa foi assaltado pela segunda vez ta ontem ainda não sabia precisar, mas que será “muito elevado”. “Não tenho dúvidas que isto foi preparado ao milímetros, pela forma foi feito. Eles até sabiam que hoje era o dia em que andamos com

mais carga”, desabafou a vítima. No café da Ponte do Reguengo, vários populares tentaram impedir o sequestro. Segundo a proprietária, Maria Sousa, “um cliente saiu à rua e

ainda atirou um cinzeiro à carrinha”, e a funcionária de uma cozinha comunitária ao lado do café chegou a tentar abrir a porta da carrinha. João Nuno Pepino


14 REGIÃO | ALMEIRIM | RIO MAIOR | ALPIARÇA

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

GÁS CORTADO NA GNR DE RIO MAIOR

Festa de Verão na praia do Patacão de Alpiarça A aldeia avieira do Patacão, em Alpiarça, vai ser palco de uma festa de Verão que se realiza entre as 7 horas da manhã do dia 28 de Agosto até às 7 horas do dia seguinte. Dirigida sobretudo à juventude, esta iniciativa inclui um torneio de futebol de praia ao longo de todo o sábado, uma banda em palco e DJ’s pela noite dentro. Como actividades paralelas, há paintball e canoagem no rio Tejo. Além do convívio e da diversão, o “Patacão Summer Party” pretende também sensibilizar para a necessidade de valorizar o património cultural e natural do

concelho, uma vez que se realiza numa das mais genuínas aldeias de pescadores avieiros, hoje totalmente abandonada. A Câmara Municipal de Alpiarça já lançou um projecto para a sua recuperação integral, inserido no QREN / Provere e no consórcio da cultura Avieira, que neste momento está a trabalhar para criar um novo destino turístico em Portugal com base no rio Tejo. Esta iniciativa está a ser organizada por um grupo de jovens de Alpiarça, pela AIDIA, e pela Câmara e Junta de Freguesia de Alpiarça.

Albino Maria dá nome a prémio do ensino superior

O professor Albino Maria, falecido recentemente vítima de doença prolongada, vai dar o nome a um prémio universitário de investigação e desenvolvimento em gestão do desporto, lançado em parceria pela Escola Superior de Desporto de Rio Maior (ESDRM), o Instituto Politécnico de Santarém (IPS), as Câmara de Rio Maior e Santarém e a família do professor. Este prémio é instituído anualmente, com um valor pecuniário de 2.000 euros, e tem o objectivo de distinguir um trabalho académi-

co de investigação que se evidencie pelo seu carácter inovador, realizado por portugueses ou investigadores residentes em Portugal. Além de homenagear o patrono por uma reconhecida carreira em prol do desenvolvimento do desporto, o prémio visa contribuir para a promoção e o desenvolvimento da investigação científica e da inovação em qualquer domínio da Gestão do Desporto. As informações mais detalhadas e os prazos de candidatura e anuncio dos vencedores estão disponíveis em http:// www.esdrm.pt/.

A Autor do crime está em prisão domiciliária, com pulseira electrónica

Vizinhos à facada na esplanada Almeirim ∑ Caso ocorreu junto ao parque da Zona Norte Uma discussão entre dois vizinhos por causa de um muro terminou numa briga à facada, em que um deles acabou ferido com gravidade e um militar da GNR foi atingido com um pequeno golpe na barriga. O caso ocorreu na sextafeira, por volta das 23h20, na esplanada de uma pastelaria do Parque da Zona Norte de Almeirim, que estava repleta de gente. Segundo uma testemunha ocular, a vítima, de 47 anos, estava sentada com a mulher e uns amigos quando o agressor, de 63, chegou e começou a ofendê-lo. “De repente, puxou de uma navalha e começou a esfaqueá-lo. Pela maneira como o atacou, queria mesmo matálo”, contou ao nosso jornal a mesma testemunha. Já rodeado por outros clientes que tentavam separar a briga, o autor das facadas encetou a fuga, mas foi perseguido por um militar da GNR que estava fora de serviço e pelo irmão deste, que o apanha-

ram a cerca de 100 metros do local. Quando o tentava dominar, o guarda sofreu um pequeno golpe na barriga, tendo sido apenas assistido no local. O homem foi guardado por populares até à chegada de uma patrulha da GNR, que o deteve e recuperou a arma do crime. O agressor foi presente na manhã seguinte no Tribunal de Coruche, e vai aguardar julgamento em prisão domiciliária com pulseira electrónica. A vítima, mecânico de profissão, foi transportado em estado grave ao Hospital de Santarém com três

Pastelaria estava repleta de clientes

golpes profundos, um deles numa artéria do braço, que inspirava bastantes cuidados. Durante a madrugada, foi transferido para uma unidade hospitalar em Lisboa, onde ficou internado. As quezílias entre os dois homens são antigas e estão relacionadas com a construção de um muro que separa as suas casas. Durante as discussões, que eram frequentes, a vítima chegou a ser ameaçada de morte e apresentou queixa contra o vizinho na GNR de Almeirim, há poucos meses. João Nuno Pepino

∑ A rixa ocorreu numa esplanada lotada junto ao Parque da Zona Norte de Almeirim, uma zona de lazer muito frequentada nesta altura do ano. O socorro foi prestado pela ambulância do INEM dos bombeiros voluntários de Almeirim e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de Santarém.

Por falta de pagamento de uma factura de Maio, o fornecimento de gás ao posto da GNR de Rio Maior esteve cortado entre os dias 4 e 5 de Agosto. “É ridículo, mas é mais um exemplo da falta de condições que temos de enfrentar”, disse ao nosso jornal um elemento que presta serviço no posto, pedindo reserva de identidade. “A situação causou óbvios transtornos a militares que pernoitam cá por morarem a mais de 300 quilómetros de Rio Maior, e que ficaram sem poder tomar banho ou cozinhar”, acrescentou. Fonte do comando da GNR de Santarém explicou ao nosso jornal que o atraso deveu-se “a um problema no sistema informático que gere este tipo de pagamentos”. Devido a esse facto, “solicitámos efectuar o pagamento por transferência bancária e tivemos que aguardar até que a empresa fornecedora do gás nos enviasse o seu NIB, que só chegou na quinta-feira de manhã, horas antes de regularizarmos a situação”, esclareceu. O mesmo responsável lamentou a atitude do fornecedor, “que estava ao corrente do problema e comprometeu-se a não efectuar o corte, acabando por fazê-lo”. O gás foi restabelecido durante a tarde de quinta-feira.

AUDIÇÕES PARA NOVOS TALENTOS EM ALMEIRIM Tendo em vista a gala de talentos que vai animar uma das noites do certame gastronómico “pão, vinho & companhia”, a organização, a cargo da Câmara Municipal de Almeirim, vai realizar audições para seleccionar os candidatos entre os dias 10 e 17 de Agosto, no cine-teatro de Almeirim, a partir das 21 horas. Os interessados podem obter mais informações pelo telefone 243 594 107 ou pelo e-mail bic@ cm-almeirim.pt.


15

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

região médio tejo santarém TRIBUNAL DE CONTAS APROVA CONCESSÃO DO PINHAL INTERIOR O Tribunal de Contas (TC) atribuiu o visto prévio à subconcessão rodoviária Pinhal Interior, na região Centro, na segunda-feira, 9 de Agosto. A concessão, adjudicada um consórcio liderado pela Ascendi (detida pela Mota-Engil e pelo BES), representa um investimento total de 1.244 milhões de euros. A subconcessão do Pinhal Interior tem uma extensão de cerca de 567 quilómetros (118 dos quais com portagem), incluindo dois eixos principais, o IC3 e o IC8, servindo municípios dos distritos de Coimbra, Leiria, Castelo Branco e Santarém. O IC3 é um eixo vertical que liga a futura subconcessão da AE Centro desde o nó de Coimbra (IP3/IC2) até à A23 na zona de Torres Novas, enquanto o IC8 é um eixo horizontal que liga a A17 na zona de Pombal até à A23, junto a Vila Velha de Ródão. O Banco Europeu de Investimento (BEI) atribuiu um financiamento de 345 milhões de euros para a construção e manutenção desta concessão. Segundo o secretário de Estado das Obras Públicas, Paulo Campos, as obras deverão iniciar-se já em Outubro. “É uma concessão extremamente relevante no interior do país numa zona onde há grandes carências de infra-estruturas rodoviárias”, disse Paulo Campos, frisando que “estão em Portugal nove concessões rodoviárias contratadas e em fase de construção”. Neste caso concreto, o responsável destacou que a obra “dará emprego a cerca de quatro mil pessoas e envolverá cerca de 200 pequenas, médias e grandes empresas, farão este esforço de investimento de quase mil milhões de euros desde a concessão inicial”.

PEREGRINO VAI DE CONSTÂNCIA A SANTIAGO

A Atrás do município ferroviário, surgem Benavente e Santarém, respectivamente, no ranking distrital

Entroncamento regista o maior poder de compra Último lugar ∑ No distrito, Ferreira do Zêzere aparece como o pior classificado Dos 21 concelhos do distrito, o Entronca mento é o que apresenta o maior índice de poder de compra, segundo os dados mais recentes divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), e que são referentes a análises realizadas em 2007. Além do Entroncamento, com um resultado de 111,98% acima da média nacional, apenas outro concelho ribatejano, Benavente (com 103,94%), consegue ficar acima do nível médio registado em Portugal. A nível nacional, o município ferroviário é o 24º município com maior poder de compra do país, e Benavente o 34º, numa lista liderada por Lisboa (235,74%), Oeiras (172,95%) e Porto (170,50%). A nível distrital, a capital de distrito, Santarém (99,66%) aparece na 3ª posição, seguido pelos conce-

lhos de Cartaxo (92,52%), Torres Novas (91,38%), Abrantes (86,90%), Almeirim (85,68%), Constância (83,84%), Rio Maior (83,01%) e Tomar (82,55%), ordenados até ao 10º lugar. Do 11º ao 18º lugar, figuram na listagem do INE Salvaterra de Magos (79,90%), Golegã (77,69%), Ourém (74,17%), Coruche (73,27%), Alpiarça (72,78%),

Há mais municípios abaixo da média nacional

Alcanena (71,11%), Sardoal (65,25%) e Vila Nova da Barquinha (64,96%). No pólo inverso da tabela, Ferreira do Zêzere aparece como o concelho do Ribatejo com menor poder de compra, com apenas 57,63% da média nacional, seguido por Chamusca (61,01%) e Mação (62,33%). O Indicador per Capita (IpC) do poder de compra

∑ Em 2007, dos 308 municípios portugueses, apenas 39 superavam o poder de compra per capita médio nacional enquanto que, na edição de 2005 do estudo do INE, eram 43 os municípios em que tal se verificava. No lado oposto, em 2007 eram 21 os concelhos com um poder de compra per capita manifestado inferior a 50% da média nacional, ao passo que em 2005 apenas 17 estavam nesta situação.

“pretende traduzir o poder de compra manifestado quotidianamente, em termos per capita, nos diferentes municípios ou regiões, tendo por referência o valor nacional”, esclarece o INE. Este indicador pretende caracterizar os municípios “sob o ponto de vista do poder de compra, numa acepção ampla, e a partir de um conjunto de variáveis”, em que o vencimento salarial, os contratos imobiliários e o número de automóveis são algumas das variáveis em questão. No que respeita à escolha das variáveis, o instituto refere que “embora todas as variáveis se encontrem associadas ao poder de compra, nenhuma pode ser considerada uma sua representação fiel” já que, “se assim fosse, não seria necessário recorrer a uma metodologia de análise multivariada”.

Paulo Jorge Oliveira deu início em Constância a uma peregrinação de bicicleta até Santiago de Compostela, em Espanha, na quarta-feira, 11 de Agosto. O peregrino foi recebido no salão nobre da Câmara Municipal, onde o presidente Máximo Ferreira lhe entregou um símbolo da vila e do concelho para levar até Santiago. Depois de deixar Constância, Paulo Jorge Oliveira, seguiu para Fátima, outro lugar de culto, seguindo depois uma rota definida através dos Caminhos de Santiago, que se encontram sinalizados por setas de cor amarela, no chão, muros, pedras, postes, árvores, estradas, marcos de granito, entre outros. Como regra, passam sempre em frente à igreja mais importante de cada cidade.

JORNAL DE ABRANTES ASSINALA 110º ANIVERSÁRIO Fundado no ano 1900, o Jornal de Abrantes (JA) vai comemorar o seu 110º aniversário com uma edição especial sobre a implantação da República em Portugal, recuperando a manchete que fez capa em Outubro de 1905. O centenário semanário, hoje transformado em mensário gratuito pela empresa Jortejo, do Grupo Lena Comunicação, pretende “celebrar a história” de um jornal que “iniciou o seu percurso na monarquia, mas já com espírito republicano”, disse à Lusa o seu director, Alves Jana. “Em Outubro de 1905”, contou Alves Jana, o JA “saudava a República como sendo o único regime capaz de redimir o velho Portugal” afirmando que “só este poderia moralizar e cortar cerce em esbanjamentos e em abusos criminosos”.


16 REGIÃO | ALCANENA | CONSTÂNCIA | MAÇÃO

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

MAÇÃO CRIA CENTRO DE OBSERVAÇÃO DE ARTE RUPESTRE

Fronteiras de Alcanena discutidas no Parlamento Uma possível alteração das fronteiras administrativas das freguesias de Minde, no concelho de Alcanena, e São Mamede, no concelho da Batalha, vai ser discutida na Assembleia da República por iniciativa dos deputados do PSD, que já apresentaram um projecto-lei para a fixação dos limites territoriais. Este processo foi desencadeado pelo município da Batalha, e, além de Alcanena, afecta também os concelhos de Leiria e Porto de Mós, onde não existem registos dos limites oficiais em várias freguesias. Em 2002, com a entrega da Base Geográfica de Referenciação de Informação desenvolvida pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), foram detectadas algumas divergências entre os limites de freguesia e concelho defi-

nidos por esta entidade e aqueles que são utilizados pelas autarquias, como é o caso de Minde. A 15 de Maio de 2007, os presidentes de Câmara de Batalha e Alcanena e os presidentes das duas Juntas de Freguesia, acordaram manter o limite entre estas freguesias conforme o estabelecido pela “Carta Administrativa Oficial de Portugal, versão 5.0”, decisão que foi posteriormente ratificada pelas Assembleias Municipais de cada concelho. O projecto de lei do PSD “visa dar correspondência ao prévio acordo entre as autarquias locais quanto aos limites territoriais em causa”, segundo se lê no documento, uma vez que “a intervenção legislativa da Assembleia da República afigura-se necessária e imprescindível para solucionar a questão exposta”.

A A organização é da Associação Quatro Cantos do Cisne

Jovens estrangeiros preparam festa rural Local ∑ Aldeia da Pereira, no concelho de Constância

Sapadores de Alcanena recebem veículo novo

Os sapadores florestais de Alcanena receberam um veículo de 1ª intervenção na quarta-feira, 4 de Agosto, data em que se realizou junto ao quartel a habitual cerimónia de bênção da viatura que vai ser utilizada por este grupo especializado de cinco elementos. O veículo, que foi entregue no âmbito de um protocolo de colaboração celebrado entre o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, a Câmara Municipal de Al-

canena e a Autoridade Florestal Nacional (ANF), vai ser utilizada durante o período de maior risco de incêndios florestais, que este ano decorre de 1 de Julho a 15 de Outubro. Neste Verão, efectuará ainda trabalhos de vigilância e de 1ª intervenção, assim como vigilância armada em períodos de alerta amarelo. Durante o Inverno, servirá para a realização de tarefas de silvicultura preventiva e limpeza de mato.

Vinte jovens de vários países vão participar num campo de trabalho internacional que vai recuperar infra-estruturas rurais e preparar a festa da aldeia da Pereira, Constância, entre 18 e 31 de Agosto. O campo de trabalho, designado “Quatro Cantos do Mundo / Four Corners of the World”, é organizado pela associação Quatro Cantos do Cisne, uma instituição particular de solidariedade social de Constância, e terá a participação de jovens da Coreia, Canadá, Turquia, Uruguai, de vários países europeu e ainda dezena e meia de portugueses. “Queremos trazer o contraditório, a diferença a uma região que é ainda muito fechada”, disse à Lusa o presidente da associação, Daniel Martins. Tendo como g ra nde temática o Ano Internacional de Luta contra a Pobreza, o campo de trabalho vai permitir a recuperação e manutenção de infra-estruturas rurais “no sentido de tornar agradá-

vel” o espaço onde se vai realizar, no último fim de semana de Agosto, a Festa Rural 2010, na qual os jovens terão participação activa. Os jovens vão ainda plantar ervas aromáticas e chás em modo de produção biológica nos espaços da aldeia reservados a hortas comunitárias. A associação Quatro Cantos do Cisne foi criada em 1994 com o objectivo de promover o desenvolvimento da Pereira, uma aldeia com 27 habitantes, da freguesia de Santa Margarida, situada num vale que faz um losango e que vive a ameaça

da desertificação. O nome da associação vem da analogia aos quatro cantos do losango associada à analogia do canto dos cisnes quando estão a morrer, afirmou. Transformada em instituição particular de solidariedade social em 2000, a associação conta com 50 funcionários, coordenando os cinco centros de tempos livres do concelho e apoiando as actividades de animação nos jardins de infância, além de ter criado uma empresa de inserção com 15 funcionários e de coordenar um projecto de intervenção precoce.

Acções estendem-se a todo o concelho

∑ O campo centra-se na aldeia da Pereira, mas a acção vai estender-se a toda a freguesia de Santa Margarida da Coutada e envolver praticamente todas as colectividades do concelho de Constância. Assume-se como “um campo verde”, colocando “um cuidado especial” na emissão reduzida de CO2.

A Câmara de Mação vai investir um milhão de euros na construção de um centro de aprendizagem e observação de arte rupestre, para “consubstanciar” o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido nos últimos anos em torno das riquezas arqueológicas do concelho. O novo equipamento cultural e científico pretende aumentar todo o trabalho que o Museu de Arte Pré Histórica tem desenvolvido em Mação e em seu redor, e onde serão criados espaços de investigação e experimentação, laboratórios, sala de exposições e um espaço bibliográfico de Arqueologia e História do Alto Ribatejo, um “elemento nuclear”, pela sua natureza de instrumento de aprendizagem. O presidente da Câmara, Saldanha Rocha, disse à Lusa que o projecto, que deverá estar concluído em 2012, criará entre 30 a 40 postos de trabalho directos e 150 indirectos, esperando-se que, “dentro de poucos anos” se atinjam os 50 mil visitantes por ano. “O investimento”, continuou, insere-se numa “aposta estratégica de longo prazo” em termos de “valorização do território”, sendo “inspirado” nas grutas francesas de Tautavel, com vestígios de ocupação humana de 450 mil anos. A “aldeia, que tinha 600 habitantes, tem hoje 10 hotéis e cerca de 350 mil visitantes por ano”, contou o autarca, que decidiu apostar na adaptação em Mação do que havia visto em França. O futuro centro será construído em Vale do Rato, próximo do actual Museu, e inclui um espaço de observação na aldeia de Zimbreira, - “será a porta para o parque do Ocreza” -, que acolherá uma exposição de arte rupestre mundial, em colaboração com museus e universidades da Europa, América do sul, África, Ásia e Austrália.


especial

coruche

textos e fotos: João Nuno Pepino e Vânia Clemente

Festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo

Depois de uma semana celebrações religiosas dedicadas a Nossa Senhora do Castelo, o fogo-de-artifício sobre o rio, no sábado, dia 14, marca simbolicamente o arranque da parte profana das festas de Coruche, onde são esperados milhares de visitantes até 18 de Agosto. Actividades taurinas para todos os gostos, o cortejo etnográfico e os espectáculos musicais são os principais motivos para uma visita à capital do Sorraia.


18 ESPECIAL CORUCHE | FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO

“Defender as tradições é o único caminho para fugir à aculturação” Comissão de festas ∑ Espectáculos taurinos de cariz popular regressam em grande força a Coruche Uma picaria à vara larga, algo que já não se realiza em Coruche há mais de 60 anos, é uma das grandes novidades da chamada vertente profana do programa das festas em honra de Nossa Senhora do Castelo. Paulo Tomaz, presidente da Comissão de Festas, encara com grande expectativa este evento, que será “o reavivar de uma das manifestações mais genuínas que temos cá no concelho”. “Vai fazer lembrar tempos idos, em que os campinos levavam os toiros pelos campos até perto do rio, e onde os lidavam em espaço aberto, à vara larga”, explica o responsável. A picaria terá lugar na segunda-feira, 16 de Agosto, na Vinha das Baleias, um espaço cedido à Comissão de Festas pela Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Coruche, e que será o centro nevrálgico das actividades taurinas preparadas pela organização. “Há vários anos que precisávamos de um espaço assim, para desenvolver o nosso

A Do programa deste ano, Paulo Tomaz destaca a realização de uma picaria à vara larga trabalho com condições logísticas muito melhores”, afirma Paulo Tomaz, explicando que também será na Vinha das Baleias que vão terminar as entradas de toiros pelas ruas da vila e que serão montados todos os espaços necessários para guardar o gado antes e depois das largadas, em condições de segurança. Ao longo dos últimos

anos, as tradições taurinas têm ganho um relevo cada vez maior e são hoje, sem dúvida, uma das matrizes centrais das festas e um dos elementos mais fortes da sua programação, a par do fogo-de-artifício, da procissão ou do cortejo etnográfico e do trabalho. A festa brava sempre fez parte dos usos e costumes ancestrais dos coruchenses e

o reavivar destas tradições deve-se ao trabalho que a Comissão de Festas tem desenvolvido desde que foi criada, em 2001. “Nos dias de hoje, com o fenómeno da globalização, a única hipótese que temos para não nos deixarmos aculturar é defender as nossas tradições”, defende Paulo Tomaz, para quem “num espaço tão pequeno como

é o mundo de hoje, se não vincarmos as nossas origens, passamos a ser iguais a todos os outros”. “Espectáculos com artistas, iluminação nas ruas e fogode-artifício encontram-se desde Faro a Vila Real. Se há algo que nos faz genuínos, é esta vertente taurina popular”, concluiu, rejeitando a ideia de “haver toiros a mais nas festas”.

Contenção orçamental não vai ensombrar a festa Apesar da contenção orçamental, “o programa deste ano é digno de umas festas como as de Coruche, dada a sua importância, dimensão e peso histórico, e estamos certos que vão honrar a vila e a sua população”, garante Paulo Tomaz. O orçamento da edição de

2010 anda entre os 190 e os 200 mil euros, em que 90 mil euros são um apoio directo por parte da Câmara Municipal e o restante é recolhido pela Comissão de Festas junto de patrocinadores, empresas, particulares e aluguer de espaço no recinto dos festejos.

No entanto, o apoio anual da autarquia foi reduzido em 10 mil euros (passou dos habituais 100 mil para 90 mil euros), tal como consta do plano de contenção financeira definido pelo município. “Só lamentamos o timing em que essa redução nos foi transmitida, apesar

de compreendermos perfeitamente a necessidade de apertar o cinto”, afirma o presidente, explicando que o corte “obrigou a comissão a ser mais rigorosa e a definir bem onde gastar o dinheiro, que é pouco”. Paulo Tomaz destaca que o cartaz de espectáculos musicais

é “forte”, com Rui Veloso, Boss AC e Orquestrada, o número de actividades ligadas à festa brava, e o fogode-artifício, que este ano é inteiramente assumido pela Comissão de Festas, e que será “um grande espectáculo visual de luz e cor nos céus de Coruche”.

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

UMA DAS DEZ MAIORES COMISSÕES DE FESTAS DO PAÍS A Comissão de Festas propriamente dita é composta apenas por 11 elementos, a quem se junta sempre um grupo de cerca de 30 a 40 voluntários e amigos, mais coisa menos coisa, que ajudam a montar toda a estrutura e colaboram durante as actividades. “Para um volume tão grande de trabalho a que é preciso responder, até nem se pode considerar um grupo muito grande”, adianta Paulo Tomar, que, além de ser presidente no primeiro ano de mandato, é também o elemento mais velho e membro fundador desta comissão, formada em 2001. “Só há uma forma de ter uma noção do trabalho que as festas envolvem: é passar por isto”, acrescenta o responsável, Tendo em conta o volume financeiro que movimenta, a Comissão de Festas de Coruche é uma das dez maiores do país. “Somos das maiores enquanto entidades privadas sem fins lucrativos que organiza festas populares, uma vez que muitos festejos são ainda da responsabilidade das Câmaras ou empresas municipais”, explica Paulo Tomaz, acrescentando que a descoberta foi feita “por via fiscal”. “Foi uma enorme surpresa, porque não sabíamos. Em 2005, o governo legislou uma tributação fiscal para a organização de festas populares e romarias, que teve dois anos de carência. Ora, em 2007, ficámos logo a saber quando fomos chamados para ser fiscalizados”, recorda Paulo Tomaz.


O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO | ESPECIAL CORUCHE 19

Rui Veloso é o cabeça de cartaz Animação ∑ Mariza Duvall, Oquestrada, Rui Veloso e Boss AC prometem festa rija Coruche recebe até dia 18 de Agosto as Festas em honra de Nossa senhora do Castelo. Dia 13 de Agosto é o dia oficial da inauguração das festas, às 18h00, no Parque do Sorraia e às 22h00, a banda da Sociedade de Instrução Coruchense animará a esplanada do Castelo, seguida do desfile de fanfarras dos bombeiros e ainda o espectáculo da banda FS, no palco das tasquinhas. Dia 14, é dia de última novena das festas religiosas, para dar então começo às festas profanas. Durante a tarde realiza-se a primeira grandiosa corrida de toiros e às 00h00 dá-se o tradicional fogo de artificio, junto ao rio Sorraia. Às 01h30 começa o espectáculo com o Grupo Dois em Linha,

no palco das Tasquinhas e às 02h00, a animação para os mais novos com um Dj no espaço da Tertúlia. No dia da Padroeira (dia 15), a alvorada dá-se às 06h00, com a concentração dos

pescadores e a saídas para os pesqueiros, seguido do início de um concurso de pesca no rio Sorraia. Ao cair da tarde dá-se um dos momentos altos das festas religiosas com a tradi-

cional procissão em honra da Nossa Senhora do Castelo, que percorrerá as principais ruas da vila. A noite é dedicada ao folclore e às 00h00 começa o espectáculo com a artis-

ta Mariza Duvall. Dia 16, é dia do aficionado, com os cabrestos a entrarem nas ruas da vila às 10h00, às 17h00, começa a picaria à vara larga. Quanto à música, o grupo Oquestrada promete animar a noite, às 22h00. Dia 17, é dia do cortejo etnográfico e do trabalho, às 11h00, este ano com o tema das Casas agrícolas. Às 22h00, Rui Veloso mostra-nos todo o seu lado lunar, no palco principal e Beatriz Felizardo, artista da região canta o fado, na Tasca do fado, às 00h00. Para terminar o certame, o último dia das festas é dedicado à juventude, com Boss AC, a mostrar todo o seu rap, no palco principal, seguido de um espectáculo pirotécnico e o grupo Contrabanda a animar o baile.

DUAS GRANDIOSAS CORRIDAS DE TOIROS A edição 2010 das Festas em honra da Nossa Senhora do Castelo volta a receber duas grandiosas corridas de toiros. A primeira dia 14 de Agosto, às 18h00, com os cavaleiros António Ribeiro Telles, João Salgueiro e António Ferreira e ainda os forcados de Coruche e Alcochete. Dia 17, será dia de grande toirada de toiros à portuguesa, com os cavaleiros Rui Fernandes, João Ribeiro Telles Júnior e Isabel Ramos, com a presença dos forcados amadores de Coruche e seis grandes toiros, das ganadarias Pissanha e Inácio Ramos.


20 ESPECIAL CORUCHE | FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Coruche desespera por serviço de urgência que sirva o sul do distrito O funcionamento do Serviço de Urgência Básico de Coruche foi adiado pela segunda vez em nove meses, alegadamente por dificuldades na contratação do corpo clínico. A Câmara Municipal de Coruche já pediu uma reunião à ministra da Saúde e exige respostas concretas.

A Dionísio Mendes começa a ficar impaciente com os sucessivos atrasos da Administração Regional de Saúde Que explicação lhe foi dada para este atraso na abertura do serviço de urgência básico (SUB) de Coruche?

Segundo informações que nos transmitiram, a Administração Regional de Saúde (ARS) está com dificuldades na contratação do pessoal para assegurar o funcionamento do SUB. É um facto que a ARS se comprometeu a abrir o serviço até 31 de Julho e que o equipamento, que se situa no centro de saúde, está praticamente concluído, mas de facto a promessa ficou por cumprir. Sabemos também que, neste momento, o Ministério da Saúde está a tentar estabelecer um protocolo com a Santa Casa da Misericórdia de Coruche para agilizar a contratação de médicos, enfermeiros e o restante pessoal técnico especificamente para o SUB. Através do Serviço Nacional de Saúde, há uma maior dificuldade em contratar médicos para formar estas equipas. Então, a quebra da promes-

sa é da exclusiva responsabilidade da ARS?

Sim, completamente. A nível de equipamentos, penso que está tudo entregue, o problema é mesmo só ao nível dos recursos humanos. Segundo nos foi transmitido, o problema nem sequer está relacionado com verbas, é mesmo só cingido à questão da contratação. A Câmara de Coruche começa a ficar impaciente com este atraso?

Evidentemente que estamos, sobretudo porque o Serviço de Atendimento Permanente (SAP) deixou de ter instalações condignas com a construção do SUB. O SAP funcionava como aquilo a que chamamos vulgarmente de urgência, mas, uma vez que o SUB foi feito aproveitando parte das suas instalações, o SAP passou a funcionar de improviso em duas pequenas salas numa zona do centro de saúde onde está tudo apertado. Ou seja, saiu do espaço onde estava bem instalado para que fosse fei-

to o SUB, e agora não funciona nem um nem outro. Com os transtornos óbvios que isso causa…

Neste momento, não entra sequer uma maca dos bombeiros no SAP. Se chegar uma ambulância numa urgência com um doente acamado, não pode entrar porque não cabe, com a agravante do médico se recusar a realizar o acto na maca da ambulância. A ambulância acaba por parar no SAP apenas para pedir uma guia ao médico para fazer o transporte para o Hospital de Santarém, enquanto o doente fica ali deitado à espera. Isto não faz sentido nenhum nem pode continuar, de forma alguma. Houve algum investimento no SUB por parte da Câmara de Coruche?

Não, nem isso nos foi solicitado. Até as obras de adaptação do espaço ficaram por conta do Ministério da Saúde. E recorde-se que foram os próprios dirigentes da ARS que assumi-

ram a data de 30 de Julho, durante o lançamento da monografia sobre o Centro de Saúde de Coruche, que realizámos no museu municipal, em Junho. E já lhe foi transmitida alguma nova data?

Não, nada nos foi dito

até ao momento sobre essa questão. Sabemos só que ainda duram as conversações entre a ARS e a Misericórdia de Coruche, e que agora será preciso resolver as burocracias do costume, inerentes aos acertos do protocolo e à contratação do pessoal, mas só pode-

mos esperar que tudo esteja resolvido o mais rápido possível. Da parte da Câmara, solicitámos uma reunião com carácter de urgência à ministra da Saúde, porque esta situação é insustentável e queremos uma resposta concreta no mais curto espaço de tempo possível.

Um serviço sem urgência nenhuma para arrancar A entrada em funcionamento do Serviço de Urgência Básica (SUB) do centro de saúde de Coruche esteve inicialmente prevista para Outubro de 2009, mas a data não foi cumprida devido à burocracia inerente ao processo de contratação de recursos humanos e dos concursos para fornecimento de equipamentos. Se abrisse no final de Julho de 2010, a segunda data anunciada pelos responsáveis da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), o atraso já rondava os nove meses. O SUB de Coruche é um serviço desenhado para servir os concelhos mais a sul da lezíria ribatejana, onde há graves carências a nível da prestação de cui-

dados primários de saúde, e este novo atraso só prejudicar ainda mais as populações destes concelhos. O centro de saúde de Coruche já deiva ter a funcionar um atendimento de urgência durante 24 horas por dia, com dois médicos das 8 às 20 horas e um profissional no período da noite. Em termos materiais, o serviço está equipado com equipamento de R-X, electrocardiógrafo com capacidade para telemedicina, exames clínicos, equipamento para pequenas cirurgias e um monitor – desfribilhador com capacidade de ligação directa ao Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).


O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO | ESPECIAL CORUCHE 21

Espectáculos taurinos “têm trazido mais gente às festas de Coruche” Dionísio Mendes ∑ Presidente da Câmara refuta a ideia de que há “toiros a mais” no programa das Festas do Castelo Para o presidente da Câmara de Coruche, o modelo organizativo das festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo, com a Irmandade a cargo da parte religiosa e a Comissão de Festas a assumir a chamada parte profana, tem sido o mais adequado e temse traduzido num crescimento qualitativo dos grandes festejos do concelho. Assim como a aposta em dar maior destaque às tradições taurinas no programa oficial tem dado “bons resultados”, na opinião de Dionísio Mendes. Ao autarca, não restam dúvidas que os toiros “têm trazido cada vez mais gente a Coruche, sobretudo os toiros nas ruas”. “É muito positivo ter novamente os toiros nas ruas como se faz na Moita, em Azambuja ou em Vila Franca, e como se

fazia em Coruche até ao 25 de Abril”, assinala Dionísio Mendes, destacando ainda a realização de uma picaria à vara larga e de duas corridas de toiros, na Praça de Coruche, durante as festas de 2010. “Uma delas será

mista”, sublinha. “Os «encierros», ou entradas na vila, com cabrestos e campinos, tem dado outro dinamismo e trazido muita gente que gosta de brincar com os toiros e sente essa paixão pelas

festa brava”, diz Dionísio Mendes. Não há qualquer “excesso de toiros”, na opinião do presidente, “porque são espectáculos verdadeiramente populares e aos quais as pessoas aderem e gostam imenso”, dando

como exemplo as toiradas à corda, uma tradição dos Açores com grande sucesso por terras do Sorraia. De resto, “há mais dois momentos muito fortes nas festas”, que são o fogo-deartifício e o cortejo, além

da procissão, que faz parte da componente religiosa das celebrações. “Sem fogo, cortejo e toiros, não haveria certamente festa”, diz Dionísio Mendes, apesar de sublinhar que a origem das festas é, na verdade, religiosa. O culto mariano e a devoção a Nossa Senhora do Castelo é anterior à chamada vertente profana das festas, que começou sensivelmente nos anos 40 do século passado, com a introdução do cortejo etnográfico e do trabalho e com a festa brava. Dionísio Mendes sublinhou ainda que o tema deste ano do cortejo pretende assinalar as casas agrícolas do concelho de Coruche, o que é, segundo o autarca, “um regresso às origens mais antigas e profundas do cortejo, tal como se realizava no século passado”.


22 ESPECIAL CORUCHE | FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Telenovela vai mostrar cenas do cortejo e procissão

A Maria Antónia Morais e Célia Ramalho, junto a um dos carros

Cortejo regressa às origens “A Nossa Terra” é o tema central do cortejo etnográfico deste ano, um dos momentos mais altos das festas em Honra de Nossa Senhora do Castelo e aquele que vinca a identidade e valoriza a memória de Coruche. Na terça-feira, 17 de Agosto, cerca de 500 participantes vão recriar entre 40 a 50 quadro representativos da faina agrícola nos anos 40 nas grandes herdades latifundiárias do concelho, em quase três horas de percurso. O primeiro cortejo em que as casas agrícolas mostraram nas ruas da vila as suas alfaias, gado e animais de criação, os ranchos que

trabalhavam nos campos e os respectivos capatazes foi realizado em 1946, explicou ao nosso jornal Maria Antónia Morais, que nos últimos anos tem sido a principal responsável pela pesquisa histórica e etnográfica que tem vindo a dignificar o cortejo. Este ano, todas as freguesias vão representar uma casa agrícola, à excepção do Couço, que vai recriar as antigas praças de jorna, e da Lamarosa, por ser uma terra onde os proprietários de média dimensão predominam sobre o latifúndio. A concepção e construção dos carros começou há vários meses nos estaleiros

da Câmara Municipal, depois das primeiras reuniões para escolha e acerto do tema com as Juntas de Freguesia, ranchos folclóricos e colectividades locais. “Tentamos sempre envolver o maior número de associações e colectividades de cada freguesia para dar uma dimensão digna ao cortejo”, referiu a vereadora Célia Ramalho, elogiando o envolvimento e o empenho dos coruchenses na crescente valorização desta iniciativa. “Começa a notar-se alguma rivalidade saudável entre as freguesias, que mostram o desejo de melhorar ano após ano”, cons-

tata a vereadora, explicando que “isso também é fruto do trabalho que temos vindo a realizar no sentido de atingir um grau de excelência muito elevado”. Além do maior rigor histórico possível no “mise en scene” das representações, respeitando integralmente as vestimentas da época, “é preciso estarmos sempre atentos para que os participantes não surjam com peças de roupa fora de época, pulseiras e relógios modernos, unhas pintadas, e outros pormenores”, exemplificou a vereadora. “Não podemos descurar nada, porque no final tudo conta”, concluiu.

O cortejo e a procissão em honra de Nossa Senhora do Castelo vão ser filmados pela produtora de televisão que está a rodar no concelho a telenovela “Espírito Indomável”, actualmente em exibição na TVI. Para os responsáveis da Câmara de Coruche, esta é uma forma de dar maior visibilidade mediática a um ritual etnográfico que, no país inteiro, só encontra paralelo no cortejo de Viana do Castelo. “Uma das condições que impusemos à produtora foi precisamente a incorporação do cortejo em cenas da telenovela. É uma forma de dar maior visibilidade às festas e de valorizarmos o que é nosso”, disse ao nos-

so jornal o presidente da Câmara, Dionísio Mendes. A novela “Espírito Indomável” gravada em terras de Coruche, entrou nas casas dos portugueses, em horário nobre, no dia 31de Maio e desde aí tem sido mais um sucesso da ficção nacional. Com Vera Kolodzig e Diogo Amaral nos principais papéis, uma novela que nos conta a história de dois fazendeiros rivais, devido ao amor pela mesma mulher, que disputam há anos e que vai trazer muitas desavenças e lágrimas para as duas famílias. Amor, ódio, traição e intrigas, aliados ao bom humor e às belas paisagens de Coruche.


O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

vox pop

FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO | ESPECIAL CORUCHE 23 1. Qual a sua opinião das Festas de Coruche? 2. O que mudaria nas Festas?

1. Acho que as festas de Coruche são muito boas e vem sempre muita gente ver, seja para ver as religiosas, como as missas, a procissão e as novelas ou profanas com as largadas e toiradas. Quanto a mim, aqui gosto de tudo um pouco até das largadas, mas continuo a achar Maria Helena Ferreira Comerciante que o numero um das festas e o momento principal são as festas religiosas com a saída da nossa senhora do Castelo, na procissão, só depois vem as lides tau-

romáquicas, com as largadas, apesar de nos dias de hoje serem elas que trazem mais gente às festas. Também acho que recuperam muito da tradição ligada ao toiro bravo e ao campo.

1. Venho sempre às festas de Coruche. São muito importantes aqui no concelho e até já a nível nacional, porque são uma das maiores e começam a ser muito conhecidas pela sua qualidade. São festas que trazem sempre muita gente, mas outrora ainda traziam mais e de ouSilvino Tadeia Reformado tro modo, as pessoas de Almeirim, Salvaterra e até Alentejo vinham ver a procissão e chegavam a ficar acampadas junto à zona do castelo, durante dias. Mas actualmente, acho que tanto as cerimónias religiosas

como as profanas estão em enquadradas e uma não invalida a outra. Além disso, recuperam as raízes de Coruche, mas já não se faz um cortejo como antigamente, o espírito é outro.

1. Se este ano as festas forem como as dos anos anteriores são muito boas, alias têm melhorado cada vez mais e são talvez a melhor da região. Eu pessoalmente, gosto tanto das festas religiosas como das festas profanas, mas cada uma ao seu modo. A cristã tem mais imAntónio José Baptista Reformado portância para a população de Coruche, pela figura intocável da Nossa Senhora do Castelo, um marco na história e na religião de Coruche. Já as tou-

radas e largadas também são importantes, pois recuperam a tradição do toiro e do campo e chamam a atenção das pessoas de fora, para participarem nas festas.

1. Venho sempre passear e trabalhar nas nossas festas de Coruche. Gosto de tudo aqui, desde as festas religiosas seja a procissão ou o cortejo e até os touros que são uma atracção para toda a população, pelo que as lides taurinas representam na nossa terra tão Leonor Frade Cantoneira ligada ao trabalho no campo, trabalho que antigamente era todo feito com bois.

Mas para mim, o mais importante mesmo são as festas religiosas, com as novenas e o culto à Nossa Senhora, mas as largadas e touradas também têm a sua importância e trazem muito divertimento apesar do perigo.

2. Se pudesse mudar alguma coisa, talvez mudasse o local das festas para o centro histórico, pois são muito lá para cima e aqui o centro da vila ficou esquecido, o que também prejudica e muito o comércio.

2. Mudaria a forma como os toiros andam nas ruas, antigamente andavam muito mais tempo, dava para gozar a cultura taurina e com esta alteração a tradição dos toiros foi mudando e aqui o centro histórico é que sofreu, porque vêm menos gente para as ruas.

2. Acho que as festas aqui no centro histórico estão perdidas e por não se realizarem aqui, faz com que exista pouco movimento na zona. Mas sinceramente, para mudar para pior, não mudava nada.

2. Não mudava nada, acho que as festas assim estão muito bem.

1. Gosto muito das festas, já são uma tradição na terra de Coruche. Quanto à lide dos toiros, não sou muito adepto dessa arte. Não digo que sou contra nem que não aconteça, mas não é um espectáculo que me agrade. No entanto, há pessoas Franquelim Gonçalves que gostam de ver e porque faReformado zem parte da cultura da terra, podem continuar a acontecer, alias, são elas que trazem muita gente de fora para a terra. Mas para mim, importante mesmo é a procissão e a devoção à Nossa

Senhora do Castelo, é a ela que devemos as festas.

1. Costumo vir trabalhar para as festas principalmente, mas venho sempre também a lazer, para ver a procissão e o cortejo que tão bem representa a nossa cultura e as gentes do campo. Quanto à tauromaquia, não gosto, tenho medo dos toiros e por Clotilde Jacinto isso nunca venho ver. Para mim, Cantoneira toiro só no prato, aí sim gosto de dar de caras com ele. Para mim,

o importante mesmo é a devoção à nossa padroeira, com a procissão, a ela devemos as festas.

2. Eu mudaria a festa para o centro histórico, porque antigamente, com as festas cá mais para baixo, o Largo de Santo António era muito mais alegre e agora deixou de o ser, depois, os bois, passam aqui mas é durante muito pouco tempo, passam para cima e para baixo e depois acaba. Também isso deveria mudar.

2. As festas estão muito centradas lá para o centro da cidade e daí esta zona histórica estar um pouco esquecida, mas não é isso que diminui o número de pessoas nas festas de Coruche.


24 ESPECIAL CORUCHE | FESTAS EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO CASTELO FEIRA DO BARATO E DAS OPORTUNIDADES AJUDA COMÉRCIO De 3 a 5 de Setembro, Coruche realiza a habitual “Feira do Barato e das Oportunidades”, este ano com um novo formato. A organização pretende envolver os comerciantes locais, para que durante um fim-de-semana estes permaneçam com as suas portas abertas até às 22h00 da noite, envolvendo do mesmo modo a população e incentivando-a a realizar as suas compras, com saldos atractivos e a baixo custo. Também a animação pelas ruas será uma novidade, uma medida que dará vida e cor ao centro histórico de Coruche. Mais uma iniciativa que pretende envolver a população local e os comerciantes, levando o nome de Coruche mais além e trazendo às suas terras novas caras para encher as ruas da vila.

Coruche inaugura Núcleo Tauromáquico

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

CORUCHE RECEBE CAMPEONATO EUROPEU DE PESCA DESPORTIVA

Arte ∑ novo núcleo do museu ganha vida no antigo edifício dos CTT Coruche inaugura dia 14 de Agosto, às 11h00, o Núcleo Tauromáquico de Coruche do Museu Municipal de Coruche. Um núcleo, com sede no antigo edifício dos CTT, que remonta aos anos de 1944, e que depois de comprado, recuperado e adaptado pretende preservar a memória taurina de Coruche, numa verdadeira aproximação entre toiro, forcado, cavaleiro e bandarilheiro. Este núcleo terá ainda patente a evolução da praça de toiros desde a sua origem, em tempos remotos até aos dias de hoje, com a actual praça de toiros, já remodelada. Terá também patente ao público a exposição Tauromaquia de Coruche. Histó-

ria, Arte, Tradição a qual se apresenta como um esboço da história tauromáquica coruchense e que só foi possível de realizar devido a estudos documentais e a histórias de vida contadas, em alguns casos na primeira pessoa. Esta exposição é o mote para um projecto que a autarquia, em conjunto com a comunidade, quer construir: o conhecimento e fruição da temática, relembrando tempos de outrora traduzidos em experiências de vida. Um núcleo que permitirá mostrar à população traços das lides taurinas, aproximando a comunidade a esta cultura, assim como preservar a memória taurina de Coruche.

A Núcleo Tauromáquico será inaugurado dia 14

Dias 4 e 5 de Setembro, Coruche acolhe mais uma iniciativa a título internacional, o Campeonato Europeu de Pesca Desportiva, de água doce. Presentes nesta iniciativa europeia, vão estar vinte e seis selecções nas margens do rio Sorraia, que para além de ser uma das imagens de marca de Coruche, é considerado pelos amantes da modalidade, uma das melhores pistas de pesca do planeta. Em 2009, realizou-se no Sorraia o Campeonato do Mundo nas categorias de juvenis, cadetes e juniores, este ano decide-se em Coruche o campeão europeu em seniores


25

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

negócios FORMAÇÃO PARA TÉCNICOS DA ECONOMIA SOCIAL

A A edição de 2010 vai ser alargada a outros produtos agrícolas, casos do arroz e das forragens

Feira do Milho está de regresso Cartaxo ∑ Iniciativa inovadora volta a realizar-se nos terrenos de Valada, junto ao rio Tejo Os terrenos agrícolas junto ao rio Tejo, em Valada, Cartaxo, vão voltar a receber a feira do milho e das grandes culturas a 8 e 9 de Setembro. O co-organizador do evento, Pedro Torres, da Valinveste, disse à Lusa que, dado o sucesso alcançado em 2009, foi decidido que “valia a pena repetir uma feira que estava pensada para acontecer de dois em dois anos e fazê-lo num nível mais elevado”.

A edição deste ano, que acrescenta ao nome “feira do milho” com que arrancou em 2009, as “grandes culturas”, tratará temas relativos aos outros cereais, incluindo o arroz, e ainda às forragens, tomate, girassol e batata. Sublinhando o carácter “dinâmico” da feira, que decorre num espaço de 170 hectares de terreno onde estão instalados campos de demonstração de sementes, adubos e agroquímicos, bem como

amplas áreas para actuação de máquinas e equipamentos agrícolas, os organizadores destacam o “ineditismo” de uma feira que envolve empresas e entidades de toda a fileira, desde o ensino até à valorização industrial dos produtos. A feira do milho e das grandes culturas – Agroglobal – é organizada pelo Instituto Nacional de Investigação Agrária / Fonte Boa, pelas empresas Valinveste e Agroterra, e

pela Câmara Municipal do Cartaxo. O certame pretende “debater e avaliar, em condições reais, as mais modernas soluções de mecanização e toda a gama de produtos disponíveis para uma actividade económica cada vez mais eficiente”. Pedro Torres explicou que a organização convidou várias personalidades, algumas das quais cépticas em relação à agricultura portuguesa. O objectivo é que os

agricultores ouçam os seus pontos de vista, mas também que eles próprios conheçam melhor um sector que se modernizou mas que, admitiu, continua envolvido em alguma “opacidade”, sofrendo o efeito da falsa imagem da “subsídio dependência”. A feira deste ano será “ainda mais interactiva” que a de 2009, esperando a organização ultrapassar as 120 empresas e os 7000 visitantes presentes na primeira edição.

Cartaxo apoia missões empresariais da Nersant A Nersant e a Câmara Municipal do Cartaxo assinaram um protocolo de cofinanciamento para que as empresas do concelho possam dispor de apoios financeiros para integrar e participar nas missões empresariais ao estrangeiro que a associação empresarial tem vindo a promover. Um dos eixos estratégicos da Nersant é a internacionalização do tecido

empresarial do distrito, estando previstas missões a Angola, uma em Agosto e outra em Outubro, Moçambique e Roménia, ambas em Setembro, e Cabo Verde, já no próximo mês de Novembro. No protocolo, assinado no passado mês de Julho, o município do Cartaxo compromete-se a apoiar financeiramente as empresas do concelho que participem

em missões empresariais organizadas pela Nersant, desde que as mesmas reúnam os requisitos exigidos pela entidade gestora do projecto. As empresas interessadas em obter mais esclarecimentos podem fazê-lo através do Departamento de Apoio Técnico e Desenvolvimento Regional da Nersant (pelo telefone 249 839 500 ou datdr@nersant.pt).

No próximo mês de Setembro, a Nersant vai arrancar com um pacote de acções de formação específicas para técnicos ligados às Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s) do distrito. Os cursos, adequados às necessidades deste tipo de instituições, vão desde a “higiene e segurança alimentar” ao “planeamento e desenvolvimento de actividades de tempos livres”, passando pelos “primeiros socorros” ou “definição do plano de emergência”, entre outros, vão ser ministrados nos núcleos de Torres Novas, Abrantes, Ourém e Santarém. A frequência destas acções cumpre o disposto no novo Código do Trabalho, relativamente à obrigatoriedade da entidade patronal proporcionar ao trabalhador acções de formação profissional, num mínimo 35 horas anuais certificadas. Mais informações e inscrições em www.nersant.pt.

CURSOS PARA ADULTOS EM ABRANTES A Nersant está a aceitar inscrições para um curso de educação e formação de adultos (EFA) em higiene e segurança no trabalho que vai arrancar em Abrantes, em Setembro. Estes cursos destinam-se a adultos que pretendam elevar as suas qualificações, e desenvolvem-se segundo percursos de dupla certificação, oferecendo a possibilidade de adquirir habilitações escolares e competências profissionais, com vista a uma inserção ou progressão no mercado de trabalho. Este curso já arrancou em Torres Novas, no passado dia 14 de Junho. Em Benavente, decorre um EFA em desenho assistido por computador / construção civil.


26

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

desporto FERROVIÁRIOS PREPARA PRÉ-ÉPOCA Em altura de olhar para o primeiro ano corrido sobre a fundação do novo emblema do Ferroviários - designado Cidade Ferroviária – o clube do Entroncamento tem o plantel quase fechado, bem como a pré-época calendarizada. Os trabalhos arrancam no dia 30 de Agosto com a apresentação do plantel que Kaloga e Felisberto vão ter à disposição para disputar a Divisão Secundária da AFS. No dia 12 de Setembro está agendado um jogo amigável entre Tramagal e Ferrivários. Entre as mesmas equipas disputa-se no Entroncamento, a 19 de Setembro, a II edição do Troféu Virgílio Mendes. Por fim, no dia 26 o Ferroviários vai a Glória do Ribatejo.

A Fátima-Feirense: O reforço Leandro Pimenta entrou no onze inicial do Fátima Taça da Liga

ALCANENENSE: NOVO PLANTEL JÁ TREINA No Municipal Joaquim Maria Baptista, a bola já rola. No sábado passado houve o primeiro jogo de treino, frente ao vizinho Monsanto. No dia 11 de Agosto, foi a vez de receber o Bombarrelense, e amanhã, dia 14, será a vez do campeão distrital da Divisão Secundária, o Ouriense. A apresentação oficial aos sócios será no dia 21, em Alcanena, num jogo com o Sporting de Pombal. Os senhores que se seguem são os do Alqueidão da Serra, no dia 24, um jogo em que o Alcanenense terá o papel de visitante, tal como no dia 28 no Bombarral. O novo plantel do Atlético Clube Alcanenense terá mais novidades do que permanências. As renovações não deverão ultrapassar a dezena de jogadores: o guarda-redes Ricardo Quaresma, os defesas João Nuno, Eraldo e Hugo, e os médios Ismael, Sérginho e Soma. Entre as muitas contratações, é certo que o clube chefiado por José Torcato terá uma meia dúzia de novos jogadores de nacionalidade brasileira, na sua maioria com presença em Portugal pela primeira vez. Alexandre Gama, que nos últimos anos tem feito dupla com José Torcato na orientação da equipa sénior de futebol é, pela primeira vez, o técnico principal, coadjuvado por Nuno Vicente e Pitucha.

Bom prenúncio de época em Fátima Provavelmente a Taça da Liga não será ganha por nenhum clube da Liga Orangina, mas os jogos da fase de grupos, que começam muito mais cedo do que o campeonato, sempre podem ser vistos como emocionantes partidas de pré-época. Pelo menos a julgar pelos dois jogos do grupo A, onde se inclui o Fátima. O resultado repetido nos encontros da jornada inaugural encheu o olho a quem gosta de ver golos. Fátima e Feirense

empataram a três golos no domingo passado, acontecendo o mesmo ao marcador do Gil Vicente-Moreirense, realizado no sábado. Diamantino Miranda convocou nove dos doze reforços para o jogo com o Feirense, mas nem todos jogaram. Destaque-se principalmente as estreias na titularidade do muito interveniente médio Leandro Pimenta e de Sérgio (ex-U.Serra) na baliza, mas também a acção decisiva do experiente Kata,

que já habitou os adeptos à sua presença na equipa. O Feirense entrou mais acutilante, devendo quase tudo ao avançado Pinheiro, que violou as redes de Sérgio com o que foi apenas o início de um espectacular hat-trick. Kata empatou para o Fátima antes do intervalo. Na segunda parte, o Fátima entrou mais dominador e Nuno Sousa aproveitou um remate em jeito de Veríssimo para encostar. A perder 2-1, Pinheiro virou o jogo para o lado do Feirense,

com a marcação de dois golos. Mas Kata deu o corpo ao manifesto e encheu o meio-campo durante toda a segunda parte, vindo a merecer o seu segundo golo, o terceiro do Fátima, que fixou o resultado em 3-3. Com as quatro equipas do grupo empatadas com um ponto, parte-se para a 2.ª jornada em pé de igualdade. É já amanhã que o Fátima joga no reduto do Moreirense, enquanto que no domingo é a vez do Gil Vicente-Feirense.

Monsanto e Riachense na Série D Ambas as equipas do distrito de Santarém que vão participar na 3.ª Divisão Nacional na época 2010/11, foram incluídas na série D, contrariando assim muita especulação circulante. Foi dado quase certo que o Riachense ficaria na E, enquanto o Monsanto seria colocado na D, respeitando a regra da distribuição geográfica das equipas, seguin-

do uma linha horizontal ao longo do país. Foi apenas no final da semana passada que a Federação Portuguesa de Futebol clarificou o figurino de cada série, depois de algumas equipas terem desistido de participar. Mas o que mais realça é que Monsanto e Riachense voltam a encontrar-se em competições oficiais. A acompanhá-los estarão

mais dez equipas, algumas velhas conhecidas, outras inéditas. A série é composta pelos seguintes clubes: Ac. Viseu, Nogueirense (Nogueira do Cravo - Oliveira do hospital), Marinhen¬se, Águias do Moradal (Estreito), Sourense, Vigor da Mocidade (S. Martinho do Bispo - Coimbra), Oliveira do Bairro, Bf. Castelo Branco, Gândara e Tocha.

A série representa algumas dificuldades acrescidas para o Riachense, que veio do distrital e aponta este ano à manutenção: quatro das equipas participantes foram despromovidas da 2.ª Divisão Nacional (Ac. Viseu, Monsanto, Marinhense e Ol. Bairro). Por seu lado, o Monsanto apostou forte e só tem olhos para o título, sendo por isso designado

como um dos favoritos. Os sorteios relativos ao calendário de jogos do Campeonato (que começa no dia 12 de Setembro) e à primeira eliminatória da Taça de Portugal (dia 5 de Setembro) tiveram lugar ontem, 12 de Agosto, na sede da Federação Portuguesa de Futebol, mas à hora em que decorreu, este jornal já estava feito.


MODALIDADES | DESPORTO 27

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Alpiarça

Sub19 preparam Europeu 2011

Challenger na barragem dos Patudos A barragem dos Patudos, em Alpiarça, vai acolher o “I challenger Patudos 2010” no próximo dia 11 de Setembro. Segundo uma nota da organização, esta iniciativa pretende, em primeiro lugar, juntar os mais jovens e os seniores na prática de actividades desportivas e de convívio entre gerações, promovendo um estilo de vida saudável. As inscrições podem ser

CORUJAS DESISTEM EM SENIORES O Ginásio Clube de Coruche / “Os Corujas” não vai formar equipa de seniores para a próxima época. Segundo conseguimos apurar, a decisão da direcção do clube está relacionada com os custos que envolvem a formação de um plantel deste escalão e que a participação na 3ª divisão do campeonato nacional de hóquei em patins acarreta. Os “Corujas” vão continuar a competir nos escalões de formação, com equipas de juvenis, iniciados e escolares.

feitas através dos contactos 919 522 760, 934 941 381, 962 652 266 e 967 956 304, ou através do e-mail challenger.patudos@gmail.com. Custam 10 euros por participantes e incluem t-shirt do evento, almoço, jogos, zona de “babbysitting” para crianças a partir dos 3 anos, seguro de acidentes pessoais e responsabilidade civil, e prémios para as equipas vencedoras.

Selecção feminina em Rio Maior Com vista à preparação do apuramento do próximo campeonato da Europa, a selecção feminina de futebol sub19 iniciou na segunda-feira, 9 de Agosto, mais um estágio no complexo desportivo de Rio Maior. A equipa das quinas vai jogar dois amigáveis com as suas congéneres do País de Gales, o primeiro na segunda-feira, 16, no D. Manuel de Mello,

em Almeirim, e o segundo na quarta-feira, dia 18, no estádio municipal de Rio Maior. Este é o terceiro estágio da selecção em Rio Maior, depois de um primeiro que terminou a 29 de Julho, a de um segundo no final de Julho, tendo em vista a intensificação da preparação para o torneio de apuramento para o Europeu 2001, que decorre de 11 a 16 de Setembro

5ª edição do passeio de BTT

Rota das fontes em Alcanhões Estão abertas as inscrições para o 5º passeio de BTT “rota das fontes”, que se realiza no próximo dia 12 de Setembro, em Alcanhões, concelho de Santarém. Podem ser feitas através dos números 964 826 554 e 913 560 844, ou pelo e-mail apalcanhoes@iol.pt, e custam 9 fontes pa ra os que queiram apenas entrar

no passeio e 12,5 fontes com direito a almoço no final. A participação inclui t-shirt alusiva ao passeio, lembranças, seguro desportivo, banho, lavagem de bicicletas e dois abastecimentos. A prova, organizada pela Associação Popular de Alcanhões, divide-se em dois percursos de dificuldade média, de 30 e 50 quilómetros.

RESISTÊNCIA BTT NA RAPOSA Estão abertas as inscrições para a prova de resistência BTT que os Tigres do Pedal vão realizar na freguesia da Raposa, Almeirim, no próximo dia 5 de Setembro, em que os participantes podem optar pelas provas de 2 ou 4 horas. As inscrições só podem ser feitas no site do clube, em www.tigresdopedal. com (onde poderá encontrar também fotos do percurso e outras informações), e custam 15 euros, com direito a abastecimentos líquidos e sólidos, seguro desportivo, banhos e almoço.


28

O Ribatejo

Intercâmbio Luso Chinês em Santarém

culturas

13 | Agosto | 2010

Os alunos do Instituto Politécnico de Macau estão de visita a Santarém. Dia 18 visitam Tremez,onde participarão na iniciativa Cáritas, com workshops e actividades ao ar livre, a partir das 19h00.

destaques

João Pedro Pais anima Festas do Escaroupim De 13 a 15 de Agosto realizam-se as já tradicionais festas do Escaroupim, em Salvaterra de Magos. Conhecidas como as Festas do Tejo, celebram a identidade da gente ligada ao rio Tejo, com as suas tradições, cultura e gastronomia. Este ano a organização volta a trazer as habituais modalidades náuticas, as vacadas nas águas do Tejo, o tradicional folclore e a procissão nocturna em Honra de Nª Srª da Assunção, seguida da bênção dos barcos de pesca. Sem esquecer a animação musical, o Escaroupim recebe o espectáculo “Operação Triunfo”, dia 13 e para encerrar o certame o cantor João Pedro País sobe ao palco, dia 15 de Agosto. Conhecido pela sua actuação no programa Chuva de Estrelas, da estação televisiva Sic, desde aí ninguém mais parou o músico natural de Lisboa. Passando por bares e festas populares, grava o seu primeiro álbum em 1997, um disco de originais, que o lançou para a ribalta e onde 13 anos depois ainda ninguém esqueceu músicas e êxitos como “Ninguém é de ninguém” ou “Louco por ti”. Acarinhado pelo público, depressa se destaca no mundo da música portuguesa e volta a surpreender em 1999 com a “Mentira”, mais um êxito eleito para a categoria de melhor canção. Sempre a surpreender o público, o cantor com um estilo muito próprio, já cantou ao lado de grandes nomes da música portuguesa como Pedro Abrunhosa, Luís Represas, Xutos e Pontapés, Jorge Palma, entre outros. Chega agora às festas do Tejo, para encerrar o certame em grande, dia 15 de Agosto.

Fado com Tradição nas Noites do Cartaxo O concelho do Cartaxo volta a acolher mais uma noite de Verão, na Praça de Touros, dia 14 de Agosto, às 21h30. Para esta semana a autarquia organizou uma noite de “Fados com Tradição”, com apresentação de António José Portela. Muitas são as vozes que vão subir ao palco nesta noite quente de Verão, como Hugo Faustino, Filipa Maltieiro, Manuel José Duarte, Vasco Casimiro, Filipa Cardoso e ainda Francisco Sobral. A acompanha-los estará no baixo Segismundo de Bragança. João Chora, na viola e José Luís Nobre Costa, na guitarra. Depois dos fados e ao melhor estilo, a festa continua noite fora com um baile a cargo da “Banda Opção 4”.

Festival da Enguía no Boquilobo Durante os dias 21 e 22 de Agosto, em Boquilobo, freguesia de Brogueira, concelho de Torres Novas, decorrerá a 14ª edição do Festival Gastronómico da Enguia. Com a participação dos restaurantes Casa das Enguias, o Retiro da Fataça e o Zé das Enguias, os visitantes poderão provar especialidades como a enguia frita, o ensopado de enguia ou a enguia grelhada. Este festival recebe ainda a mostra de artesanato concelhio, no largo General Humberto Delgado. No Boquilobo, em Torres Novas, dias 21 e 22 de Agosto.

Festival Bons Sons em Tomar O festival bienal de música Bons Sons está de regresso à aldeia de Cem Soldos, no concelho de Tomar, entre os dias 20, 21 e 22 de Agosto. Um festival que pretende trazer vida ao espaço rural, sem esquecer as tradições culturais da região. A organização deste ano preparou um cartaz especial para todos os participantes do festival, com um leque de animação muito variado, como Princezito, Dead Combo, Diabo na Cruz, Melech Mechaya e Nuno Coelho, dia 20. Para dia 21, a animação musical começa às 17h00, com Lula Pena, Norberto Lobo, Diabona Cruz, Dazkarieh, Madmud e Terrakota. Para terminar, dia 22, haverá musica para as crianças com o Canto Firme Cantares Alentejanos de Serpa, danças Ocultas e Fausto. Veja mais em www.bonssons.com

roteiro cinemas SANTARÉM W Shopping - Cinemas

limpar os seus nomes.lSessões às 00h00

Tel: 707220220

Castello Lopes 1

Miúdos e graúdos

Soldados da Fortuna

Comédia/Aventura (M12) Com Adam Sandler, Kevin James, Chris Rock, David Spade e Rob Schneider, esta é uma comédia sobre cinco homens que em crianças eram os melhores amigos, e que agora se juntam de novo para passar o fim-de-semana do feriado

Acção/Aventura (M12) - Hannibal Smith e a sua equipa de ex-soldados das Forças Especiais são acusados de um crime que não cometeram. Ao tornarem-se foras da lei, utilizam os seus talentos - e excentricidades de forma a

de 4 de Julho, e conhecer as respectivas famílias. Mas vão perceber que ser adulto, não significa ter crescido...Sessões às 13h10, 15h50, 18h40 e 21h20

Castello Lopes 2

∑ de Jigsaw. Entretanto, à medida que o FBI se aproxima de Hoffman, ele acaba por se ver forçado a iniciar um novo jogo. Sessões às 13h40, 16h20, 19h00, 21h40 e 0h15* (6ª e sábado)

res o mundo de Woody, Buzz e do gangue de personagens favoritas em Toy Story 3.Sessões às 13h00, 15h40, 18h20, 21h10 e 23h50* (6ª e sábado)

Castello Lopes 4 Beijos e Balas

Saw 6 - Jogos mortais

Castello Lopes 3

Terror (M18) - O agente especial Strahm está morto e o agente Hoffman surge como o herdeiro invicto do legado

Toy Story3 Animação (M6) - Os criadores dos filmes “Toy Story” trazem de volta aos espectado-

Aventura/Acção (M12) - Um agente secreto apaixona-se loucamente, e abandona a sua profissão quando decide casar-se com a mulher dos

seus sonhos. A vida de sonho do casal é perturbada quando ele descobre que está a ser vigiado e qualquer um dos seus vizinhos ou amigos, podem ser assassinos. Sessões às 12h50, 15h10, 17h20, 19h30, 21h45 e 0h30* (6ª e sábado)

Castello Lopes 5 A Origem Ficção Científica (M12) - Dom Cobb é um talentoso ladrão, o


O Ribatejo

CULTURAS 29

Festa em S. Miguel do Rio Torto

13 | Agosto | 2010

A freguesia de S.Miguel do Rio Torto, em Abrantes, continua em festa de 13 a 15 de Agosto.Com animação musical diária, petiscos e bailaricos, a freguesia recebe as estrelas da região Patrícia Belém, Daniela e Salomé, dia 15 de Agosto, às 23h00.

exposições

Vai acontecer...

destaque

Alcanena

Ana Malhoa anima Festas de Samora Correia

Alexandre Herculano Exposição dedicada à Biodiversidade do Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, com o objectivo de dar a conhecer a serra e as espécies no seu habitat, como os carvalhais, o medronheiro e a borboleta do medronheiro, as orquídeas a gralha-de-bico-vermelho e os morcegos. Para ver até Dezembro, na Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira, em Alcanena

Samora Correia, concelho de Benavente recebe até 16 de Agosto, as Festas da Nossa Sra. Oliveira e da Nossa Sra. Guadalupe. Dia 13, a festa será dedicada às lides taurinas, com a corrida de toiros, a realizar-se às 22h00, seguida do espectáculo de flamenco e sevilhanas, na Praça da Republica. Já dia 14, haverá um desfile etnográfico, recuperando as tradições da terra, uma homenagem ao campino, às 17h00 e logo depois mais uma largada. Às 21h00 começa o festival de folclore e a noite da sardinha assada, sem esquecer a animação com os grupos “zés pereiras” e “os marialvas”. Dia 15, será o ponto alto do certame com um cortejo religioso, às 16h00, a procissão pelas ruas de Samora, às 18h00 e às 23h00, a cantora Ana Malhoa e a sua banda animará os presentes.

Benavente

Terras de tapadas Exposição de 72 fotografias que se divide em três espaços distintos: O Trabalho; As Gentes; As Festas. Uma mostra que dá a perceber como era a vida nestas quintas que existiam fora do aglomerado urbano de Samora Correia até ao início dos anos 90. Na galeria 2 do palácio do infantado, em samora Correia.

Câmara Lenta - Antevisão por Francisco Maia

Rio maior

Manuel Luís Carloto Exposição de tessela romana decorativa da autoria de Manuel Luís Carloto. Os seus trabalhos incluem: Arte Sacra; Originais e reproduções de mosaicos bizantinos ancestrais e mosaicos executados a partir de esboços de artistas contemporâneos. Para ver até 28 de Agosto, na Galeria Municipal.

Tomar

Nadir Afonso Exposição individual de pintura de Nadir Afonso, artista invulgar, sobre as suas obras como ele próprio diz, são «telas para o futuro, porque talvez melhor compreendidas nos tempos vindouros do que no presente». Até 30 de Setembro, na galeria dos paços do Concelho.

Mercenários. Combinação explosiva Chegou o filme mais machão do verão, protagonizado pelos principais pesos pesados do cinema actual, acompanhados até de algumas relíquias que incluem nomes como Stallone, Statham, Jet Li, Bruce Willis, e a lista continua… contando até com a marcante presença do governador em pessoa, Arnold Schwarzenegger. De uma chuva de facas e balas, nasce este bruto filme, cheio de explosões memoráveis, cenas de luta épicas, enfim… este filme vem equipado de um nível de testosterona equivalente aos exércitos de um pequeno pais! Propondo ser “Blockbuster” de verão, o filme faz o seu trabalho lindamente, até referindo que com um elenco destes não há que enganar. Por isso, se quer adicionar um pouco de acção e emoção ao seu verão, esta é sem duvida a sua praia.

Tony Carreira em Ferreira do Zêzere

Tony Carreira será cabeça de cartaz das Festas do Emigrante, em Ferreira do Zêzere, que se realizam de 13 a 15 de Agosto. As festas começam com a abertura das tasquinhas (dia 13) e continuam com um baile para a população, realizado pelo organista Zé Pedro, e um concerto com Nelson Ritchie. O baile continua com muita animação e karaoke. Dia 14, começa com o concerto da Banda Filarmónica Ferreirense e ao cair da noite, o grupo Império sobe ao palco, logo depois, o artista Flávio dará música à população. Para terminar a Festa do Emigrante, realizar-se-á um encontro de folclores e um espectáculo com o grupo de cantares do Zêzere e de Verde Pinho. Ao final da noite, Tony Carreira sobe ao palco para mais um grandioso espectáculo, nas instalações do campo de futebol. (entradas 25 euros).

“Fado no Parque” em Rio Maior As “Noites de Verão” regressam a Rio Maior já no próximo sábado, pelas 21h30, agora no Jardim Municipal de Rio Maior. Depois de uma pequena passagem pelas salinas, a musica e boa disposição regressam agora ao centro de rio Maior com uma noite dedicada ao fado. Denominada de “Fado no Parque”, alguns fadistas riomaiorenses prometem mostrar ao público os seus dotes vocais, na área do fado.

roteiro cinemas melhor na arte da extracção: ele rouba segredos e ideias às pessoas directamente das profundezas das suas mentes, durante os sonhos – estado em que a nossa mente está mais vulnerável. Sessões às 12h35, 15h30, 18h30, 21h30 e 0h30* (6ª e sábado)

Castello Lopes 6

ções unidas pelo destino, quando a Nação do Fogo declara uma guerra brutal contra as restantes Nações. Passa-se um século sem que se avizinhe esperança de mudar o curso desta destruição. Sessões às 13h20, 16h00, 18h50, 21h40 e 0h10* (6ª e sábado)

O último Airbender

TORRES NOVAS

Aventura (M12) - Quatro na-

TorreShopping

A Origem Ficção Científica (M12) - Sessões às 12h30, 15h30, 18h30, 21h20 e 00h20*(6ª e sábado)

TOMAR

Beijos e balas

Romance (M12) Bella volta a estar no centro do perigo quando Seattle é devastada por uma série de mortes misteriosas e um vampiro rancoroso continua a perseguila em busca de vingança. É neste cenário que Bella terá de escolher entre o amor por

Acção (M12)- Sessões às 12h50, 15h00, 17h10, 19h20, 21h40 e 00h10* (6ª e sábado)

Toy story Animação(M12)- Sessões às 13h00, 15h40, 18h20, 21h30, e 00h00 (6ª e sábado)

Cine Teatro Paraíso

Edward e a amizade com JacobSessões até 18 de Agosto, às 21h30

A Saga Twilight: Eclipse

CONSTÂNCIA Biblioteca

vida, uma grande aventura, quando prende milhares de balões à sua casa e consegue voar à descoberta da América do Sul.. Sessões dia 13 de Agosto, às 15h00.

Up Altamente Animação (M06)- Uma comédia de aventuras da Disney Pixar sobre um vendedor de balões de 78 anos, chamado Carl Fredricksen, que, finalmente, realiza o sonho da sua

OURÉM Praça Dr. Agostinho Albano de Almeida Toy story Animação (M6) - Sessão dia 019 de Agosto, às 21h30.


30 CULTURAS

Low Cost

RTP2

horóscopo carneiro 21/3 a 20/4

Semana muito positiva, especialmente para os balança 24/9 a 23/10 que se encontram de férias e se aconselha a que

Alegria e descontracção em todas as questões profissionais e que irão permitir-lhe ultrapassar obstáculos e resolver dificuldades de toda a ordem. Mais favorecidos os que pertencem ao primeiro decano. Um conhecimento numa festa poderá transformar-se numa boa ligação.

escorpião 24/10 a 22/11

gémeos 22/5 a 21/6

Semana em que a confiança e a sorte estarão do seu lado, devendo tirar o máximo partido de oportunidades ligadas ao quotidiano profissional e financeiro. Seja bom ouvinte. Início de um romance para alguns nativos, embora sem carácter de grande durabilidade.

sagitário 23/11 a 20/12

Semana bastante calma e sem novidades em todos os assuntos profissionais. Aproveite esta fase para amadurecer iniciativas que poderá concretizar a curto prazo. Início de romance para alguns nativos e vida social em que a sua presença será muito requisitada.

caranguejo 22/6 a 22/7

Semana sem grandes preocupações e que se revelará muito favorável para programar férias e consolidar a resistência física. Espírito muito curioso que contribuirá para um aumento de interesses culturais. Alguma frieza quanto à presente ligação amorosa pode criar dúvidas.

capricórnio 21/12 a 20/1

Basta manter-se vigilante e prudente em todos os assuntos profissionais e as soluções necessárias irão aparecer, sem que lhe seja pedido grande esforço e luta. Abstenha-se de comportamentos orgulhosos e narcisistas, caso queira sair bem no âmbito sentimental.

leão 23/7 a 23/8

Escute a intuição que tantas vezes acaba por negligenciar e não adie, por comodismo, uma mudança significativa na sua vida profissional. Marcado desejo de evolução e surpresa financeira. Dúvidas e hesitações no lado amoroso e que ainda poderá resolver esta semana.

aquário 21/1 a 19/2

Sucesso profissional e pessoal de todos os nativos do signo, mas sobretudo dos que desempenham funções liberais. Favorecidas as viagens e contactos com o estrangeiro. O diálogo com a pessoa amada pode resolver um mal-entendido que lhe provocou a dúvida.

Momentaneamente liberto do clima um pouco soturno que tem dominado o seu quotidiano profissional e privado, conseguirá recuperar a alegria e o entusiasmo de que necessita. Procure a companhia dos nativos de Balança em assuntos ligados ao amor.

peixes 20/2 a 20/3

touro 21/4 a 21/5

Mega Relâmpagos RTP2 Terça-feira, 17 de Agosto, 15h00

Entre a superfície terrestre e o espaço, existe um mundo cheio de fenómenos eléctricos carregados de espectacularidade, beleza mas também de imenso perigo. Neste documentário entre no coração da tempestade para conhecermos alguns dos raios mais espectaculares alguma vez vistos, conhecidos como “mega relâmpagos”

sorte

virgem 24/8 a 23/9

totobola

2xx1x1xx1x211 Super 14. Benfica - Porto 0 : M

totoloto 3 | 16 | 29 | 32 | 35| 49| 28

joker 7.104 .323

loto2 1 | 6 | 8 | 16 | 21 | 45 | 38 Estes resultados não dispensam a consulta da lista oficial do Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa

As dificuldades podem surgir no âmbito profissional, mas serão ultrapassadas e de carácter passageiro. Não atribua muita importância a uma questão pessoal, mas seja cauteloso se tiver de assinar papéis importantes. Não se furte a uma promessa feita à pessoa que ama.

sudoku 1

1

9

3

4

5

6

LIVRO O amante japonês Rani Manicka PVP:16,05€ Parvathi é uma sonhadora. Mais do que tudo, deseja amar – e ser amada – sem restrições. Mas o pai tem para ela planos que incluem um casamento arranjado com um desconhecido. Ele é um viúvo rico da Malásia, para onde a jovem será obrigada a partir. Recém-chegada a uma terra desconhecida, vê-se a braços com a fúria do marido.

CD Come And Get It Eli Paperboy Reed PVP:14,90€ Eli ‘Paperboy’ Reed é uma das grandes revelações da música americana na área da melhor Soul. Uma sonoridade que nos transporta para os anos 60 e 70, muito na linha de alguns artistas como Duffy ou Amy Winehouse.O seu carisma e brilhantes actuações ao vivo têm rendido as mais brilhantes criticas e respeito de media e publico.

9

3 6 7

5

1

7 3

2

5 2

1

8

6

9

3 2

7

HORIZONTAIS: 1 - Eram a maior parte dos discípulos. 2 - Tão evidente que não precisa ser demonstrado. Foi o segundo califa muçulmano. 3 - Romanos. Como morre, muitas vezes, a culpa. 4 - Ponto de um artigo. Capital europeia. 5 - A força que faz mover os moinhos. O que o analfabeto não diz. 6 - O que se deve fazer à ordem. Meia hora. 7 - Casa de cão. Não traz nada de novo. 8 - Cidade espanhola raiana (inv.). São os melhores. Meio de transporte. 9 - Nem sempre é possível fazê-lo ao útil e agradável. 10 - Há mais de 2010 anos. Solução. 11 - Separo. Cidade japonesa. VERTICAIS: 1 - Tem limites 2 - Sucesso. Platão dava-as no jardim. 3 - A última da escala. Estica e encolhe facilmente. 4 - Relativo ao Universo. 5 - Dono. Resfriado acompanhado de tosse. 6 - Foram capturados por Cruella, na versão de Disney. 7 - Basta! Isolado. 8 - Usam os incisivos. Em sete há dois. 9 - Título islâmico. Com volta é mais barato. 10 - Não convém meter-se neles. Romanos. 11 - Foi descoberto pelo casal Curie. A parte da frente do navio.

HORIZONTAIS: 1 - pescadores. 2 - axioma; Omar. 3 - CI; solteira. 4 - item; Madrid. 5 - eólica; li. 6 - acatar; ho. 7 - casota; eco. 8 - iuT; ases; sp. 9 - aliar. 10 - AC; remédio. 11 - isolo; Osaca.

13 |25 |28 | 29 |42| 4 | 5

Semana de grande dinamismo e entusiasmo em que o tempo vai parecer-lhe curto para a realização de todos os projectos de trabalho e pessoais que tem em mente. Mas procure restringir despesas ou corre o risco de ter uma surpresa desagradável. Estabilidade amorosa.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

VERTICAIS: 1 - paciência. 2 - êxito; aulas. 3 - si; elástico. 4 - cósmico. 5 - amo; catarro. 6 - dálmatas. 7 - ta; ermo. 8 - roedores; es. 9 - emir; ida. 10 - sarilhos; IC. 11 - rádio; proa.

euromilhões

ponham de lado as preocupações seguindo em frente caso tenha de fazer opções pessoais. Finanças boas. O início de uma relação amorosa promete alguma estabilidade e solidez.

palavras cruzadas Marcos Cruz - Rede Expresso

Concurso nº 32/2010

13 | Agosto | 2010

escaparate

Poderá dedicar-se ao prazer de aproveitar todos os momentos positivos que lhe são oferecidos, sobretudo no âmbito pessoal. Harmonia e calma no quotidiano de trabalho. Finanças boas. Não atribua demasiada importância a um desentendimento amoroso.

Domingo, 15 de Agosto, 19h00

Low Cost é um desafio para tentar provar que viajar pode ser mais barato do que pensamos. Um jovem passa o fim de semana numa cidade europeia com um orçamento limitado: 200euros para estadia, transportes, refeições, compras, museus, visitas culturais e ainda ... saír à noite. Em cada episódio mostram-lhe um fimde-semana numa cidade emblemática europeia, visitando os monumentos mais característicos, provando a sua gastronomia, procurando os espectáculos mais típicos... Episódios: Lisboa, Madrid, Valência, Paris, Londres, Nápoles, Roma, Budapeste, Berlim, Atenas, Helsínquia, Viena, Amsterdão.

O Ribatejo

Abrantes realiza dia 14 de Agosto, mais uma acção de educação ambiental, com uma visita guiada à praia fluvial de Aldeia do Mato. Observar a fauna e a flora na zona envolvente à praia é um dos objectivos desta iniciativa dedicada ao público em geral. Inscrições na Junta de Freguesia de Aldeia do Mato ou através do 241 849 107 ou 241 330 220.

Soluções

televisão

Educação Ambiental em Abrantes

6

9

2

1

7

6

8

1

3

5

8

3 8

2

Carlos do carmo, Mariza, Camané PVP: 29,95€ Carlos Saura encerra, com o filme “FADOS”, uma trilogia dedicada às três formas de expressão musical urbanas do século XX.Depois de “Flamenco” e “Tango” – este último, candidato ao Óscar da Academia de Hollywood de Melhor Filme Estrangeiro, em 1998 –, Carlos Saura recolhe, a mais pura expressão do povo português, dando-a a conhecer a todo o mundo, sob a forma mais mediática: o cinema.

7 9

4

7

8 2

JOGO NatGeo Quiz! Wild Life

5 2

1

9

DVD Fados

5

7

9 5

4

1

6

Só há uma regra: completar a grelha, de modo a que cada linha, cada coluna e cada bloco de 3x3 incluam os números de 1 a 9, sem repetições!

Xbox 360 PVP: 49,99€ Um jogo multijogador de perguntas e respostas baseadas em diferentes temas interessantes com o conteúdo incrível da National Geographic. Um jogo social ideal para ser jogado com amigos e familiares, que contém 90 minutos de vídeos em alta definição, 5.000 perguntas diferentes e 2000 imagens de grande qualidade.


32 COMERES & BEBERES | RESTAURANTES E ESPECIALIDADES SANTARÉM A GRELHA Especialidades Peixe Fresco, Bacalhau Assado com Magusto, Espetadas de Lulas com Gambas, Espetadas de carne Barrosã com Gambas e Ananás, Espetadas Mistas, Arroz de Feijoca, Bons Vinhos da Região Folga 2ª Feira Morada R. Ateneu Comercial, 1 r/c Esq. – Santarém Telefone. 243333348/ 243322636/ 917604488 ADEGA DO BACALHAU Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau assado com Magusto, Bife à Casa Folga Domingo Morada Travessa da Boleta, 2 e 4 (centro histórico) Santarém. Tel. 243306519964569837. QUINTAL DO BECO Especialidades Lulas fritas com camarão, Bife à Beco. Folga Domingo. Morada Beco dos Fiéis de Deus, nº 15, Santarém. Tel. 243391247. OH VARGAS Especialidade Comida Tradicional Folga Sábado (excepto para serviços marcados) Morada EN 3 - Portela das Padeiras - Santarém Tel. 243351146. O SALSA Especialidades Peixe Fresco, Carnes da Especialidade, Massinhas de Peixe, Açorda de Ovas Folga Domingo Aberto nos Feriados Morada EN 3 – Portela das Padeiras – Santarém Tel. 243351341 J F RESTAURANTE Especialidades Folhado de Perdiz, Bacalhau frito com Gambas e Coentros, Camarão com Risotto 3 queijos, Bifes do lombo, Cozinha Tradicional portuguesa Folga 3ª Feira Morada Jardim de Cima - Santarém Tel. 243302200 CASA CONDEÇO Especialidades Açorda de Bacalhau à Barrão, Molhinhos de Carneiro com Grão, Migas Ribatejanas c/ Bochechas de Porco Favas com Entrecosto Folga 2ª Feira Morada Rua do Alfageme, 41 – Ribeira de Santarém - Santarém Tel. 243326887 A CARROÇA Especialidades Bacalhau à Carroça; Bacalhau à Lagareiro, Bacalhau à Brás, Carne de porco à Alentejana, Petiscos (amêijoas, moelas, pica-pau) - Aberto todos os dias Morada Rua Principal – Advagar - Achete Tel. 243478216 LUÍS DO LEITÕES Especialidades Leitão assado à Bairrada, Bacalhau à Lagareiro, Grelhados variados Folga 2ª Feira Morada Rua Teófilo Braga, 10 - Santarém Tel. 243332102 O BACALHAU Especialidades Borrego à Casa, Bacalhau à Lagareiro, Peixe Fresco Folga 3ª feira à tarde Morada Rua S. Tiago Tremez Tel. 243479196 TABERNA DO QUINZENA Especialidades: Magusto com Bacalhau Assado, Pato Assado no Forno, Cozido à Portuguesa, Cabrito Assado no Forno, Pernil de Porco e Naco de Toiro Bravo Avinhado Folga Domingo Morada Taberna I - Rua Pedro Santarém,93/95-SantarémTel.243322804 Morada Taberna II – Cerco da Mecheira, 20 - Santarém Tel. 243333110 ADEGA DOS SABORES Especialidades Cabrito Assado no Forno, Bacalhau assado com batata a murro, Polvo à Lagareiro. Folga 5ª feira e domingo ao Jantar. Morada Rua 25 de Abril, 27 – Casa dos PinheirinhosCasal da Charneca – Almoster – Santarém. Tlm 916845000 MINA VELHA Especialidades: Bacalhau Assado com Magusto, Bacalhau c/ Broa, Massa à Barrão, Bife à Mina Velha, Posta à Mina Velha. Folga : Domingo à Noite e 2ª Feira. Contacto 243 372 581. Morada : Urb. Quinta das Fontainhas – Santarém. Long. 08´42´20” O. Lat. 39´42´19” N O CANTINHO DA BELA Especialidades Bacalhau gratinado, bacalhau à casa, ensopado de borre-

go, lombo assado com migas, coelho à caçador Folga Domingo Morada Estrada Nacional 3, Lote 3, Pernes Tel. 243 449 514.

TABERNA DO ALFAIATE Especialidades Bacalhau assado no forno com manja, Migas de bacalhau, Cabrito assado no forno, Naco de boi em vinho tinto com migas, Entrecosto de porco preto com arroz de feijoca, Porco preto assado no forno à padeiro. Folga Encerra às 2ª feiras e Domingos ao jantar. Morada Lapa, Cartaxo, telefone 243 790 005

QUINTA DOS GRAVELHOS Folga 3ª feira Morada: Rua do Comércio, 58 - Moçarria Tel. 243499300 Tlm. 967062629 DOM TACHO Especialidades Ensopado de Enguias, Feijoada de Gambas, Mar e Terra Morada Rua Marquesa da Ribeira Grande 53, Vale de Santarém Tel. 243 761078. Aberto todos os dias.

GOLEGÃ CENTRAL Especialidades: Bife à Central com Molho à Brogueira, Entrecosto à Goleganense, Açorda de Sável- Sobremesa: Toureiros Telefone : 249976345 Morada : Largo Imaculada Conceição 3 a 8 - 2150-125 Golegã. Reservas@ cafecentral.pt www.cafecentral.pt

O CANTINHO DOS SABORES Especialidade Bacalhau Assado com Açorda de Grelos Folga: Domingo. Morada Estrada Nacional 3, Alto do Vale, Vale de Santarém Tel. 243761268 TABERNA RENTINI Especialidades Cozinha Tradicional, Grelhados no carvão Morada Casais do Quintão - Perofilho, 2005-021 Várzea - Santarém Tel. 243499254 CHAFARICA DA TORRE Especialidades Carne de Vitela Maronesa, Bacalhau na brasa, Camarão Tigre, Raia com molho de alcaparras Folga Domingo Morada Praceta João Caetano Brás, 9 - S. Domingos - Santarém Telf. 243 372 649 - 96 6620790 O TASCO Especialidades Massa à Barrão, Bacalhau grelhado com Magusto, Bife à Tasco, Entrecôte com Migas, Carnes de Porco Preto grelhadas Folga Domingo Morada EN 3 – S. Pedro (frente à JAE) – 2005 Santarém Tel. 243302740 Tlm. 917062391 O BERNARDO Especialidades: Bacalhau no forno com Broa de Milho, Polvo no forno, Ensopado de Borrego, Cabrito no Forno e Lombos de Fataça Grelhados Folga: 2ªas Feiras Morada: Loja Nova – S. Vicente do Paúl Contactos: 243428388 Telemóvel 9918939656 O CANTINHO DO AVÔ Especialidades: Queixadas de Porco no Forno, Molhinhos com Feijão Branco, Cozido à Portuguesa, Feijoada à Transmontana, Secretos de Porco Preto, Magusto com Bacalhau Assado, Polvo à Lagareiro. Folga Domingo. Morada Rua Paulino da Cunha e Silva nº 121 – 2000-369 Alcanhões. Tel. 243428303 CONSTÂNCIA FALCÕES Especialidades: Troxas de Sta. Madalena, Bife na Pedra, Terra e Mar, Maçã Romana Folga: Terça-Feira Morada: Rua Luís de Camões, 33 Abrantes Horário: 12h10m ás 15h00m e das 19h30m ás 22h30m Telefone: 249 098 875 E-mail: restaurantefalcoes@gmail.com SALVATERRA PRETO & BRANCO Especialidades Bacalhau com natas, Porco Preto, Arroz de Pato, Enguias do Rio, Carne Mirandesa Folga 2ª feira Morada Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca, 144 - Salvaterra de Magos Tel. 263507858 - 918675981 CALIFÓRNIA Especialidades Enguias c/arroz de feijão, Ensopado de Enguias, Entrecosto Frito c/arroz de feijão, Vitela estufada, Chispe c/Feijão Branco. Serve Jantares. Fecha às terças. Telf: 263504643 . Foros de Salvaterra. O PINTO Especialidades Enguias fritas c/arroz de feijão, ensopado de enguias, polvo à lagareiro, Borrego à Alentejana. Fondue. Aberto todos os dias. Serve jantares. EN 118 KM54 – Marinhais ADEGA DA ROSA Especialidades Picanha, Bacalhau à Lagareiro, Chocos à Lagareiro, Espetada de lulas c/gambas, costeleta Mirandesa. Garrocheira – Foros de Salvaterra; Telf: 263 507 240

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

CABANA DOS PARODIANTES Especialidades Bife à Patilhas & Ventoinha, Molhata de Enguias (caldeirada típica avieira). Pode encomendar Barretes, Bolo Rei e outras especialidades. Folga 4ªs feiras à tarde. Av. Dr. Roberto Ferreira da Fonseca. Mail: cabana.eventos@gmail.com telf: 263504177 ; site: www.cabanadosparodiantes.com ESCAROUPIM Especialidades Enguias todo o ano, Açorda de Sável, Lampreia em época, Arroz de Bacalhau c/ Farinheira, Migas, Tarte de Perdiz Folga 5ª Feira e Domingo ao jantar Morada Largo do Avieiros - Escaroupim - Salvaterra de Magos Tel. 263107332 telemóvel: 912539228email:rest.o.escaroupim@ hotmail.com A CASINHA Especialidades Ensopado de Enguias, Enguias Fritas, Picanha, Plumas de Porco Preto, Alheira, Caça Grelhada Morada Av. Dr Roberto Ferreira da Fonseca 54 - Salvaterra de Magos Tel. 263504795 Aberto ao domingo durante o mês da enguia BARQUINHA ALMOUROL Especialidades Enguias, Sável e Lampreia Folga 3ª Feira Morada Tancos, Vila Nova da Barquinha Tel. 249 720 100. Mail: www.almourol.com ABRANTES CRISTINA Especialidades Bacalhau c/Broa, Polvo à Lagareiro, Cherne c/molho de coentros, cabrito assado no forno, Arroz de Pato à Antiga, Perna de Borrego assada c/alecrim. Folga Domingo à tarde e 2ª feira Morada Rio Moinhos – Abrantes Tel. 241881177 Fax: 241881343 Email info@restaurantecristina.com Web www.restaurantecristina.com AVENIDA Especialidades Polvo a Lagareiro, Bacalhau a Braga, Pescada Gratinada com Camarão, Bifes da vazia à Portuguesa com Pimenta ou com Alho. Reservas para grupo e Serviço de Take Away pelo 968486613 - Karaoke aos Sábados Morada Av. Forças Armadas - Abrantes O FUMEIRO Especialidades Bife da casa, Fondue de Porco Preto, secretos com migalhana, Ovas na Brasa com Açorda de Ovas, Bacalhau à Fumeiro Folga Domingo Morada Rua do Pisco, 9 – Abrantes Tel. 938851963 Email restaurantefumeiro@clix.pt ALMEIRIM RETIRO DO CAMPINO Especialidades Sopa da Pedra, Grelhados no Carvão Folga 3ª Feira Mora-

da Largo da Praça de Toiros, 1 A - Almeirim Tel. 243592528 O GALINHA Especialidades Sopa 3/1, Sopa da Pedra, Polvo à Lagareiro, Cozido à Portuguesa, Arroz de Tamboril, Massada de Cherne, Bife à Cortador Folga 3ª Feira. Aceita-se reservas para grupos Morada Rua Ilha da Madeira, 16 J - Almeirim Tel. 243579797 DAVID PARK Especialidades Arroz de Tamboril, Espetadas de Lombinhos c/ Gambas, Cozinha Tradicional, Peixe Fresco grelhado na Brasa Folga 4ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 15 - Almeirim Email: davidparkmail.telepac.pt. Tel. 243591475 SEPÚLVEDA Especialidades Bacalhau à Lagareiro, Molhinhos c/ Grão, Entremeada de Vitela, Moelas estufadas c/ batata frita, Chocos e Grelhados Folga Não tem Morada Rua Vinha do Santíssimo, Bloco 32 - Almeirim Tel. 938732058 O FORNO Especialidades Sopa da Pedra, Peixe Fresco, Carne Porto Preto e Grelhados Folga 3ª feira Morada Largo da Praça de Touros, 23 - Almeirim Tel. 243592916 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Carnes grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. 5 de Outubro, 115 - Almeirim Tel: 963458371 CONSTANTINO DAS“ENGUIAS” Especialidades: Enguias Fritas, Ensopado, Grelhados no carvão Folga à 2ª Feira. Aceita reservas Morada Foros de Benfica – Benfica do Ribatejo Tel. 243589156 CAMBÁIA Especialidades: Ensopado de Enguia e Enguias Fritas. Folga 4ª e 5ª feira (excepto feriados). Morada Rua do Campo da Bola - Foros de Benfica. Tel. 243580934 CARTAXO QG Folga 3ª feira Morada: Praça 15 de Dezembro,1-Cartaxo Tel.243499300 Tlm. 967062629 O CHURRASCO Especialidades Frango, Coelho, Costeletas e Mistas grelhadas. Pratos do dia. Cozido à portuguesa (à quinta-feira). Morada R. Dr. Gomes da Silva (Sociedade Filarmónica Cartaxense) Cartaxo Telem: 963458371 TABERNA DO GAIO Especialidades Pratos Regionais e grelhados de peixe e carne. Jantares às sextas e sábados. Folga ao domingo. Estrada Nacional N3 - Cruz do Campo - Cartaxo. Telf: 243 759 883

O BARRIGAS Especialidades: Buffet de entradas regionais, fritada de camarão com açorda e naco de boi no carvão.Folga: Domingo ao jantar e 2ª feira Morada: Largo 5º Outubro, nº 55 e 56 – Golegã Contacto: 240 717 631 Site: www. obarrigas.com Outras info: Zona para fumadores ALPIARÇA TERTÚLIA Especialidades Ensopado de enguias, bacalhau com broa, bacalhau com favas, bacalhau (frito) à marialva, porco preto, borrego à moda de Alpiarça, costeletas de borrego, espetada de javali, alheiras (caça/ mirandesa), coelho com molho de coentros. Bons vinhos da Região e de outras regiões. Ementas personalizadas para grupos e ocasiões especiais. Abrerto todos os dias Morada Rua Engº Álvaro da Silva Simões, 108 - Alpiarça Tel: 243558588 Reservas 935587920. Site http//tertulia-rest-bar.hi5.com Email:bernardos.inv.hot@sapo.pt CORUCHE Ó MANEL Especialidades: Espetadas do Toiro Bravo. Dobrada e mão de vaca. Sopa de Rabo de boi. Grelhados. Morada Rua de S Tomé, 4 – Bairro Novo. Tel. 243675878. Folga ao Domingo JAKIM GIRASSOL Especialidades: Bacalhau c/ Migas, Feijoada de Chocos c/ Gambas, Borrego assado no forno, Pernil de Porco no Forno, Arroz de Pato, Bacalhau gratinado c/camarões. Petiscos variados. Morada: Estrada Nacional 119 (Área de serviço Repsol) – Biscainho . Tel. 243660333 A TASCA Especialidades Pernil de porco no forno, cozido à portuguesa. Carne Brava Folga Domingo Morada Mercado Municipal – Coruche Tel. 243675232 O CHOUPO Especialidades Bacalhau à Choupo, enguias fritas e ensopado, medalhões de Maronesa, Posta Maronesa, Carnes de porco preto, cataplanas Folga 2ª feira (após almoço) Morada Montinhos dos Pegos (1 Km cruz. Monte da Barca) – Coruche Tel. 243618875. Tel. 917785703 O FARNEL Especialidades Bacalhau à Farnel; Bacalhau assado c/migas à moda de Coruche; cabrito frito à lavrador; mi-

gas de batata c/carne de porco; ensopado de borrego, grelhado de novilho bravo e porco preto na telha Folga 2ª feira Morada Sala p/banquetes no Monte da Barca. Rua Vasconcelos Porto – Coruche Tel. 243675436 SAL & BRASAS Especialidade: Carnes na brasa Folga 2ª feira Morada Cruzamento Monte da Barca - Coruche Tel. 243618319 PONTE DA COROA Especialidades: Cozinha regional e grelhados no carvão Folga Domingo Morada Estrada Nacional 114 Coruche Tel. 243617390 RIO MAIOR MANJAR DO PARQUE Especialidades Leitão assado em forno de lenha, Picanha à Brasileira, Secretos de porco preto na brasa , Manjar de Gambas, Bacalhau Maravilha, Bife à Casa. Leitão assado para fora. Ementas para grupos Morada Rua Almirante Cândido Reis, 26 R/c (junto ao jardim) – Rio Maior Tel. 243997071 Email geral@manjardoparque.net PALHINHAS GOLD Especialidades Alheira de caça, Carne mirandesa, Porco preto com migas, Picanha, Bacalhau com crosta de azeitona, Tiborna de bacalhau, Caril de gambas, Arroz de tamboril, , Pão de Ló caseiro. Folga Domingo à noite e 2ª Feira. Morada Trav. do Palhinhas (centro da cidade) - Rio Maior Tel. 963435547. Site www.palhinhasgold. pt FÁTIMA SANTA RITA Madeirense e Açoriano Especialidades: Bacalhau Espiritual, Bacalhau com camarão, Bacalhau Nove Ilhas, Bife de Atum; Alcatra, Linguiça do Pico, Secretos Porco Preto, Vitela. Morada: R. Rainha Santa Isabel (em frente ao Hotel Cinquentenário) Fátima. Tel. 249098041/919822288. Site: http://santarita.no.comunidades.net. Oferta de 5% de desconto com a apresentação deste jornal. MAÇÃO O GODINHO Especialidades Café – Restaurante. Cozinha Regional. Quarta-Feira: Cozido à Portuguesa. Serve Almoços e Jantares. Encerra ao Domingo. Telf: 241572874;tlm 962536310 Rua da Republica – Mação O CANTINHO Especialidades Restaurante Marisqueira; Especialidades: Arroz de Marisco, Cataplana de Cherne, Bife à Cantinho na Frigideira e Maranho de Mação.Almoços e Jantares.Aberto todos os dias.Telf: 241107558.Tlm: 964677705. Rua Monsenhor Alvares de Moura - Mação TORRES NOVAS O BABALHAU BRASAS Especialidades: Arroz de Pato, Cabrito no Forno, Camarão Flamejado c/manga, Peixe Fresco do Mar e Carne c/Qualidade. Folga ao Domingo à noite e Segunda. Ladeira da Enfermaria Militar, nº 21 – T Novas – Telf: 249183699. Reservas: 913125149


OPINIÃO | COMERES & BEBERES 33

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

O Camponês Restaurante ∑ Oliveira Azeméis O acosso do calor levou-me até este restaurante situado numa cave, dividido entre dois espaços, nos quais se anunciam as especialidades de: bacalhau à camponês, arroz de marisco, leitão genuíno (sic) da Bairrada, espetadas variadas, vitela assada à camponês, bifes ao mesmo modo, carne à alentejana e francesinha especial. Nada de especial como o leitor imediatamente o comprova. Mesas bem ataviadas, serviço atento e simpático, lista de vinhos dentro da vulgaridade. Provei uns filetes de polvo, sofríveis em tenrura, maus no referente à confecção por fritura em demasia. No arroz de pato seco até mais não, o marreco apresentou-se esfiapado mas em registo diminuto. Eram os pratos do dia e soubesse eu do desvalor, teria arriscado numa especialidade. Uma refeição a não valer como referência, mas ao contrário do meu amigo e gourmet de eleição o Manuel Gonçalves da Silva atrevo-me a referir restaurantes onde as provas se saldaram por uma evidente negativa. Há dias assim. Armando Fernandes

Rua Albino dos Reis. Telefone 256 682 155. Aceita cartões de crédito.

Quinta do Boição Espumante ∑ branco Todos os anos pelo Estio as revistas da especialidade concedem grande atenção e até aparato – não me interessa nesta altura discorrer sobre esse facto – aos champanhes, e nós por cá aos espumantes. O vinho repleto de borbulhas está ligado ao triunfo, à riqueza, ao reluzente e inúmeros livros casam-no com o esbanjamento e o escândalo. Desde há uma década a esta parte têm-se multiplicado as marcas de espumantes e qualquer dia não há prateleiras das lojas de vinhos que cheguem para as albergar. Dito isto, vou dar conta das minhas impressões acerca de um vinho intranquilo denominado Quinta do Boição, pois dessa propriedade é oriundo, que fica nas cercanias de Penafiel. Antes disso refiro um nariz de cera tão ao gosto dos publicitários pouco dados ao estudo, melhor dito: trapalhões no fazer os trabalhos de casa. No contra-rótulo está escrito: “Pode ser consumido como aperitivo e para acompanhar qualquer tipo de iguarias e sobremesas conventuais”. Deixando de lado o conceito de iguaria e só neste ponto o caldo entorna-se, no respeitante a sobremesas conventuais a cousa fia muito fino. Adiante. No copo o espumante mostrou-se brilhante num amarelo pálido e de bolha muito fina, em matéria de aromas recolhi notas a feno seco e frutos verdes, na boca uma estrutura mais ou menos desengonçada com um final fácil de beber. Não deslumbrou tendo em conta a relação qualidade/preço, euros 11.90 numa grande superfície. Armando Fernandes


34 ADVOGADOS SANTARÉM A Dr. José Francisco Faustino; Drª. Cristina Alvarez; Dr. João Rafael; Dr. Pedro Goulão; Dr. Pedro Matos Barbosa; Dr. Francisco Lopes Leitão - Rua Capitão António Montez, 10 – Santarém - Tel. 243327159 Fax 243327160 - adv.santarem@mail. telepac.pt A Oliveira Domingos - Largo Cândido dos Reis, 3 -1º - Santarém Tel. 243326310 - Fax 243333587 oliveiradomingos-161e@adv.oa.pt A Sandra Alexandre - Rua do Colégio Militar, 10 - 2º esq. - 2000-230 Santarém - Telef./Fax: 243 322 268 A Dr. Francisco Antunes Luís - Av. D. Afonso Henriques, 89 - 2º Dtº - Santarém - Tel. 243321024/ 243321426 - Fax 243321425 advogados.s@mail.telepac.pt

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010 A Drª Margarida Lencastre Fróis - Praça Sá da Bandeira, 22 – 1º Santarém - Tel. 243325178 Fax 243325178 - margarida.lencastre@ gmail.com A Drª Cristina Saldanha - Av. D. Afonso Henriques, 67 – 1º Esq – Santarém - Tel. 243323019 Fax 243333414 - cristinasaldanha1531e@adv.oa.pt A Dr.º Martins Carreto - Rua Dr. António José de Almeida, 17-2º Dto - 2000-238 Santarém - Telefone 243333519 Fax 243326531 e-mail: artinscarreto-1078C@adv.oa.pt A Dr.ª Helena Marques Duarte - Rua Pedro de Santarém - 2 – 2º A - Tel. 243 352 407 – Fax. 243 352 409 - 2000-223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) - hmduarte-16362l@adv.oa.pt

A Dr. Morgado Ribeiro - Av. do Brasil – Edifício Scálabis, 1º Esq – Santarém - Tel. 243323143 Fax 243326144 - morgadoribeiro-185e@ adv.oa.pt

A Drª Ana Sofia Casebre - Rua Dionísio Saraiva, Lote 1 – 1º Andar – Porta A – Almeirim - Tel. 243579134 Fax 243579134 TLM 936280534 A Dr. Sérgio Luís Coutinho dos Santos - Praça da República, 18 A 1º - Apartado 61 – 2080-044 Almeirim Tel. 2435991172 - Fax 243593224 sergiosantos - 365e@advogados.oa.pt A Dr. Vítor Sousa - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626

A Dr. Pedro Borrego - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim -Tel. 243570091 Fax 243570099 - pedroborrego-2083e@ adv.oa.pt A Drª América Cravo - R. Dr. Óscar da Costa Neves, 8 - 1º - 2080-130 Almeirim - Tel. 243597946/8 Fax 243597947 - americacravo-855e@ adv.oa.pt A Drª Sónia Bento - Praça da República, 29 - 1º Esq.º - 2080-044 Almeirim - Tel. 243372159 Fax 243597999 sbentompires.adv@gmail.com

ADVOGADOS Av. 5 de Outubro, Nº 77, 3º Dtº - 1050-049 LISBOA Tel. 213 172 720 Fax. 213 172 729

ABRANTES

CARTAXO

A Mário P. Claro - Célia Cruz Rua Luís de Camões nºs 9 - 11, 1º Esq., 2200-421 Abrantes Tel 241 379 090 - Fax.: 241 363 364; Trv. da Batoca, 6 - 2140-149 Chamusca; Tel/fax: 249 760 058 E-mail: mclaro.ccruz.spa@mail. telepac.pt

A Drª Liliana Pita - R. Dr. Manuel Correia Ramalho, 9 – 2º Esqº - 2070095 Cartaxo - Tel 243703631 Fax 243703631- lilianapita-18943l@ adv.oa.pt

A Norberto Timóteo - Advogado Praceta do Chafariz, Lote 6- 1º Esq. - Apartado 93 - 2204-909 Abrantes; Tel.: 241 363 484; Fax: 241 365 234; Email: norbertotimoteo-169e@ advogados.oa.pt A Eurico Consciência & Associados - Abrantes - Apartado 37 Tel: 241372831 /2/3 - Fax: 241362645 - E-mail: consciencia-839c@adv.oa.pt A António Pires de Oliveira - Rua de Santa Isabel, nº 1- 1º Dto. 2200-393 Abrantes Tel.: 241 360 540 - Fax: 241 372 481 E-mail: dr.a.oliveira-355e@adv.oa.pt - Cédula Prof. 355 Évora

Armando Ferreira

A Drª Ana Fonseca e Silva - Praça 15 de Dezembro, 23ª - 2º A – 2070049 Cartaxo - Tel. 243704323 Fax. 2437074328 - anafonsecaesilva1002e@advogados.oa.pt

LISBOA A Albertino Antunes - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa Tel. 213172720 Fax. 213172729 A Alexandre Oliveira - Telem.: 969 239 263 - Av. 5 De Outubro, Nº 77, 3º Dtº 1050-049 Lisboa - Tel. 213172720 - Fax. 213172729

ADVOGADOS    

Rui Roboredo Consciência Eurico Heitor Consciência João Roboredo Consciência Teresa Roboredo Consciência

   

Normando Sérgio Rita Teimão Figueiredo Fernando Zuzarte Saraiva Helena Marques Duarte

ABRANTES: Rua de S. Domingos – 336 – 2º A – Apart. 37 Tel. 241372831/2/3 – Fax 241362645 – 2200 – 397 ABRANTES PONTE DE SOR: Rua Vaz Monteiro – 19 – 1º andar Tel. 242207319 – Fax 242203335 – 7400 – 281 PONTE DE SOR SANTARÉM: Rua Pedro de Santarém – 2 – 2º A Tel. 243352407 – Fax 243352409 – 2000 – 223 SANTARÉM (Defronte do W Shopping) LISBOA: Rua Braamcamp – 52 – 9º Esqº Tel. 213860963 – 213862922 – Fax 213863923 – 1250 – 051 LISBOA

assinatura anual por apenas 25,50 €

Francisco Pedrógão

A Drª Rute Nunes - Rua Dr. Lopes Batista, 5 B -1º E – Cartaxo TLM 914177635 Fax 243120102 - rute.nunes@apoiojuridico.com - www.apoiojuridico.com

MADEIRA LOPES FRANCISCO MADEIRA LOPES

ADVOGADOS

ADVOGADOS

Av. do Brasil - Edifício Scalabis - 1º F Tef.: 243326242 2000 SANTARÉM

A Drª Ana Gomes Ribeiro - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570093 Fax 243570099 - anagomesribeiro2104e@adv.oa.pt

Tel.: 243323700 - Fax: 243332994 Rua Elias Garcia, 24 - 1º Apartado 173 2001-902 Santarém

Tel: 243 328 444 - Fax: 243 391 079

ADVOGADOS

A Drª Ana Oliveira Simões - Rua 5 de Outubro, 63 - 1º A/B – 2080-052 Almeirim - Tel. 243570092 Fax 243570099 - anaoliveirasimoes2078e@adv.oa.pt

Telem.: 969 239 263

Travessa do Fróis, 3 - 1º e 2º

ANA MARTINHO DO ROSÁRIO ISABEL ALVES DE MATOS VICTOR BAPTISTA

A Dr. Adriano de Melo Nazareth Barbosa - Praça da República, 29 – 1º Esq. – Almeirim - Tel. 243597997/8 Fax 243597999

ALBERTINO ANTUNES ALEXANDRE OLIVEIRA

SOCIEDADE DE ADVOGADOS, RL

2000-145 SANTARÉM

A Dr. Manuel Faustino Silva - Praça Lourenço Carvalho, 23 – 1º D – Almeirim - Tel. 243593626 Fax 243593626 - faustino-1239e@adv.oa.pt

A Drª Célia Sousa Pinhal - Praça Lourenço de Carvalho, 12 A 1º 2080-043 Almeirim - Tel. 243593737 Fax 243593737 TLM 966110936 Celiasp-1498e@adv.oa.pt

ORLANDO MENDES TERESA PINTO FERREIRA

E-mail: orlandomtpf_socadv.rl@mail.telepac.pt

ALMEIRIM

Pcta. Pedro Escuro n. 2 1.º Esq. Telef.: 243333821 Fax: 243391021 2000 SANTARÉM

E.Mail: consciencia-839c@adv.oa.pt

Visite o nosso Site: advogadosabrantes.com

FARMÁCIAS DE SERVIÇO SANTARÉM

ALMEIRIM

Sexta

13 Oliveira

Rua Colégio Militar, 1

Sábado

14 Pereira

243 326 182

TORRES NOVAS

Sexta

13 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Sexta

13 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

Av. Grup. Forcados Amadores St - 8 243 325 113

Sábado

14 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Sábado

14 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180 249 830 180

Domingo 15 Sá da Bandeira

Av.ª do Brasil, 38

243 322 966

Domingo 15 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Domingo 15 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Segunda

16 Confiança

Urb. Oliv. Arame - S. Domingos

243 306 410

Segunda

16 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Segunda

16 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

Terça

17 Vitorino

Av.ª Bernardo Santareno, 24

243 326 704

Terça

17 Central

Rua 5 de Outubro, 58/60

243 592 265

Terça

17 Central

Rua de São Pedro, 5

249 822 411

Quarta

18 Helena

R. Dr. Jorge Sena, 12 - Alto do Bexiga 243 420 214

Quarta

18 Barreto do Carmo

Praça da República, 45/7

243 592 379

Quarta

18 Pereira Martins

Rua José Augusto Torres, Lt 129 249 812 472

Quinta

19 Flama Vitae

Pç. Sá da Bandeira, 4 e 5

243 322 195

Quinta

19 Mendonça

Praça da República, 12

243 592 265

Quinta

19 Nicolau

Rua 25 de Abril, 7

249 830 180

Sexta

20 Baptista

Rua Serpa Pinto, 101/3

243 322 072

Sexta

20 Correia de Oliveira

Rua Condessa da Junqueira

243 509 370

Sexta

20 Lima

Av. de Sá Carneiro, Lote 7

249 822 067

TOMAR

CORUCHE

ALPIARÇA

Sexta

13 Alfa

Av. Nuno Álvares Pereira, 62-64

249 321 404

Sexta

13 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sábado

14 Nova

Rua Silva Magalhães, 6

249 310 360

Sábado

14 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Domingo 15 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Domingo 15 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Segunda

Av. Norton de Matos, 13-15 e 17 249 324 373

Segunda

16 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

16 Ribeiro dos Santos

Terça

17 Dias Costa

Rua Serpa Pinto, 160-162

249 312 203

Terça

17 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Quarta

18 Alfa

Av. Nuno Álvares Pereira, 62-64

249 321 404

Quarta

18 Gameiro

Rua Silvestre Bernardo Lima, 94

243 558 365

Quinta

19 Nova

Rua Silva Magalhães, 77-79

249 310 360

Quinta

19 Aguiar

Avenida Casa do Povo, 15

243 558 424

Sexta

20 Central

Rua Marquês de Pombal, 16

249 312 329

Sexta

20 Leitão

Rua José Relvas, 208-A

243 558 435

Sexta

13 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Sábado

14 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Domingo 15 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Segunda

16 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

Terça

17 Misericórdia

Largo de S. Pedro, 4

243 610 370

Quarta

18 Almeida

Rua da Misericórdia, 16

243 617 068

Quinta

19 Frazão

Rua Direita, 64

243 660 099

Sexta

20 Higiene

Rua da Misericórdia

243 675 070

SALVATERRA DE MAGOS ABRANTES Sexta

13 Santos

Sábado

CARTAXO Av.ª Dr. Ant. A.s. Mart. 47

Sexta

13 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

14 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

14 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Sábado

Domingo 15 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Domingo 15 Abílio Guerra

Segunda

Rua do Comércio, 56

241 371 713

Segunda

16 Silva Tavares

Sexta

241 360 530

Rua de S. Sebastião, 3

243 700 130 243 702 653

16 Correia dos Santos Rua da República, 10

243 770 997 243 700 130

Terça

17 Duarte Ferreira

R. Tenente Cor. J. B. Camejo, 13

241 333 222

Terça

17 Pereira, Sucrs

Rua Serpa Pinto, 8

Quarta

18 Motta Ferraz

Largo Mota Ferraz, 7

241 360 520

Quarta

18 Central do Cartaxo

R. H. Qt.ª da Cabreira, Lt 54A-55A-B 243 749 123

Quinta

19 Santos

Av.ª Dr. Ant. A.s. Mart. 47

241 360 530

Quinta

19 Abílio Guerra

Rua de S. Sebastião, 3

Sexta

20 Silva

Rua José Estevão, 1

241 360 060

Sexta

20 Correia dos Santos Rua da República, 10

Sábado a Sexta

13 Martins 14 a 20 Carvalho

R. Heróis de Chave

263 504 319

R. Dr. Gregório Fernandes, 20/2 263 504 451

RIO MAIOR Sexta Sábado a Sexta

13 Cândido Barbosa Rua Serpa Pinto, 50 14 a 20 Almeida

243 994 700

R. Almir. Cândido dos Reis, 19 243 992 255

BENAVENTE

243 702 653

Funciona 9 às 22 h

243 770 997

Assegura serviço durante a noite Martins

Baptista

Av. Dr. Francisco S. Dias, 8, 1º 263 580 108 R. do Diário de Notícias, 9-r/c

263 517 633


D 10 mil passos por dia para não engordar

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

saúde

35

Este é o valor ideal para evitar o excesso de peso e para se poder considerar uma pessoa activa. Uma pessoa sedentária pode começar com 3.000 e ir aumentando os passos até aos objectivos estabelecidos para controlar o peso, que variam consoante a idade e o sexo.

Manchas na pele: saber mais, prevenir melhor Sinais de alerta ∑ Há doenças que se anunciam por manchas irregulares na pele De que manchas estamos a falar? Sabemos que a pele está sujeita a vários tipos de agressões e as manchas são alterações na sua coloração que podem aparecer em qualquer idade, sabemos que há doenças que se anunciam por manchas irregulares, sabemos igualmente que as “pintas” aparecem em todos os corpos um pouco como as sardas, têm a ver com a pigmentação, e sabemos também que há manchas de envelhecimento como há as manchas da gravidez (cloasmas). O tipo de manchas de pele que vamos falar é um desses distúrbios da pigmentação da pele, caracteriza-se por manchas escuras, aparece principalmente no rosto (mas também pode ocorrer no tronco, pescoço e membros superiores), é um distúrbio tipicamente feminino, é uma consequência do aumento da melanina na pele e dá pelo

nome de melasma. Este consiste na aquisição progressiva da coloração, desde castanho claro a castanho escuro, conforme a parte da pele afectada. O domínio das manchas na pele é assim enorme, tem a ver com as alterações da produção de melanina, com as infecções, distúrbios hormonais, micoses, alterações vasculares, tumores, exposições solares e acne. Depois das férias, estas manchas são um justificado motivo de preocupação para quem se submeteu à exposição solar, a pele muitas vezes fica manchada, havendo que fazer tratamentos já que estas manchas podem ser motivo de grande angústia e sofrimento. De facto, a natureza das doenças dérmicas ocasionam geralmente problemas de ordem psicológica pela desfiguração facial, têm repercussões na vida de relação, na produtividade no

trabalho e na auto-estima. Melasma – É um tipo de doença cutânea caracterizada por excesso de pigmentação e está intimamente relacionada com a exposição a estrogénios, durante a contracepção hormonal, gravidez e terapêutica da menopausa com hormonas. O melasma afecta as mulheres em todos estados pois tem a ver com as características genéticas, as alterações hormonais (é o caso da gravidez) o uso de anticoncepcionais e a exposição às radiações ultravioletas e infravermelhos. No caso das grávidas, desaparece gradualmente com o fim da gravidez e os tratamentos para acabar com as manchas são habitualmente bem sucedidos. Podem contribuir para o desenvolvimento do melasma a exposição à radiação ultravioleta, influências genéticas, alguns cosméticos, doença hepática ou endócrina e alguns anti-epilép-

ticos (para além, claro está, da gravidez e da terapêutica hormonal). Continua a ser desconhecida a causa exacta do melasma. Como se trata? – Há um número apreciável de tratamentos. Todos têm por objectivo a eliminação da coloração das manchas e para evitar que se venha a formar mais pigmentação. Conforme o tipo de melasma assim a resposta aos tratamentos. A base de todos estes tratamentos consiste na aplicação, por rotina, de cremes protectores solares para as radiações ultravioletas, sem os quais toda a terapêutica falha. Para o melasma epidérmico existem várias opções terapêuticas se bem que as melhorias possam demorar semanas e até mesmo meses até se tornarem visíveis. Para o melasma dérmico é indispensável a aplicação de um creme totalmente opaco às radiações.

Podem ser utilizados agentes dispigmentantes, peelings químicos e outros, criocirurgia, abrasão cutânea e laser. Entre as substâncias usadas, são de destacar: Protectores solares e evitar a exposição aos raios UV; Cosméticos opacifantes; Laser; Criocirurgia; Peeling químico. E cremes tópicos com: Fenóis (hidroquinona); Retinóides (tretinoína); Corticosteróides (dexametasona, fluocinolona); Ácido azeláico; Alfa hidroxiácios (ácido glicólico); Ácido tricloroacético; Ácido salicílico; Associação de corticosteróides, fenóis e retinóides (tretinoína). gia, abrasão cutânea e laser. Entre as substâncias mais usadas, são de destacar: protectores solares e evitar a exposição aos raios UV, cosméticos opacifantes e cremes tópicos. E pode sempre contar com o aconselhamento farmacêutico.

CONSULTÓRIOS MÉDICOS DO JARDIM Praça da República, Nº 47 - 1.º - ALMEIRIM Junto à Farmácia Barreto do Carmo MEDICINA GERAL E FAMILIAR Dr.ª Emanuela Santos Andrade Dr. Generoso Barbosa Dr.ª Anabela Xavier de Basto PSIQUIATRIA Dr.ª Joana Alexandre Dr. João Chambel

UROLOGIA Dr. António Oliveira ORTOPEDIA Dr. Joaquim Simões CIRURGIA VASCULAR Dr. Edgar Berdeja FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA Fisioterapeuta Alexandra Claudino

CARDIOLOGIA Dr.ª Marisa Peres

PNEUMOLOGIA Dr.ª Paula Cravo

NEUROCIRURGIA Dr. Rui Bello Silva PSICOLOGIA Dr.ª Sandra Silva Dr. Ricardo Luciano (Avaliação Psicoterapia c/ crianças) ENDOCRINOLOGIA Dr. Carlos Fernandes PEDIATRIA Dr.ª Teresa Barracha Dr. Nuno Carvalho GINECOLOGIA/OBSTETRÍCIA Dr.ª Patrícia Silva Dr.ª Graça Marona Dr. Pedro Rocha (HDS) Dr.ª Lucília Gaspar (HDS) PODOLOGIA Dr.ª Sandrina Fortunato

IMUNOALERGOLOGIA Dr. Abreu Nogueira DIETISTA/NUTRICIONISTA Dr.ª Susana Brites/Dr.ª Helga Marques NATUROPATIA/ /HOMOTOXICOLOGIA Dr. Jaime João Tavares TERAPIA DA FALA Terapeuta Dora Colaço SERVIÇOS DE ENFERMAGEM Enf.ª Ana SHIATSU Drª Mª Rosário Salavessa ELECTROCARDIOGRAMAS Com Técnico Especializado CTG - Grávidas Holter - 24 h Mapa (Tensão Arterial)

Acordos com ADVANCE CARE; MULTICARE e MÉDIS ANÁLISES CLÍNICAS - com todos os acordos

MARCAÇÕES

Tel 243 593 422 Tlm 969 902 195

Terapeuta Osteopata

Dr. ARMANDO RODRIGUES LOPES INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

Rui Leite Ceficarte CENTRO

DE

FISIOTERAPIA

DO

CARTAXO

MARCAÇÕES: Tlm.: 919 612 454 • Tel./Fax: 243 702 311 Av. João de Deus, n.º 10 r/c • 2070-011 Cartaxo

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243 327 546 - 2000 SANTARÉM


36 SAÚDE

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

CENTRO AUDITIVO WIDEX Audiologia  X  X  X X

Dr.ª Odete Batista Diagnóstico (adultos e crianças) Reabilitação Auditiva (Próteses Auditivas) Potenciais Evocados Auditivos do Tronco Cerebral (PEATC) Protectores de Natação

Cardiopneumologia X

Dr.ª Patrícia Branco

Estudo do Sono

Acordos: CGD, SAMS, PT, Médis, Advance Care e Mondial Assistance Horário: 13.00 às 20.00 horas

Largo Cândido dos Reis, 14 - 1.º Esquerdo • 2000-241 Santarém Tel.: 243 391 547 • Fax: 243 391 549 • E-mail: audioteste@netcabo.pt

Drª MADALENA BARRETO INSTITUT SUTHERLAND DE PARIS

OSTEOPATIA Av. Bernardo Santareno, 39 - 1.º Esq. Telefone 243327546 - 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ LUÍS P. BARRETO UROLOGISTA Pela Ordem dos Médicos DOENÇAS DOS RINS, VIAS URINÁRIAS E APARELHO SEXUAL MASCULINO

F. RIBEIRO DE CARVALHO CIRURGIÃO PLÁSTICO Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Estética Cirurgia Estética e Reconstrutiva da Mama Cirurgia do Contorno Corporal Cirurgia Estética Facial Surgimed Pcta. Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6 - r/c SANTARÉM Marcações pelo Tel: 243 30 57 80

CONS. - SURGIMED

Pr. Eduardo Rosa Mendes n.º 6 R/C - Telef.: 243305780 2000 SANTARÉM

Dr. A. JÚLIO SILVA Médico Especialista ORTOPEDIA

SANTARÉM

Dr. Rui Castro

DRA. MARISA PERES MÉDICA CARDIOLOGISTA

Médico Especialista de Clínica Geral

Consultas e Exames de Cardiologia

CONSULTÓRIO:

Santarém: GFS: 243 328 890 IMS: 962 567 961

Rua José Saramago, 17-1º (edifícios atrás do Banco de Portugal)

Telef. e Fax: 243 327 431

(Centro Clínico do Choupal) R. Capitão António Montez, 4-A Tel. 243326935 SANTARÉM

Almeirim: Clínica do Jardim: 243 593 422

Telemóvel: 917 770 678

Enfercentro: 243 579 601

CONSULTAS E MARCAÇÕES DIÁRIAS

Aveiras de Cima: Centro Médico de Aveiras: 263 474 976

CLIMECO - Clínica Médica de Eduardo Lopes Oftalmologia Dr. Eduardo Lopes Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Oftalmologia Pediátrica Drª Cristina Amorim Acordos c/ Médis / Advancecare / EDP Portugal Telecom / CGD / SAMS / Multicare

Ortóptica Dr. Alfredo Sousa - Drª Ana Ascensão Neurocirurgia Dr. Bello da Silva Acordos c/ Multicare

Neurologia Drª Adelaide Palos Dermatologia Drª Maria João Reumatologia Drª Manuela Micaelo Acordos c/ Multicare

Psicologia Drª Sandra Silva - Drª Isabel Baptista Medicina Interna Dr. Victor Bezerra Nutrição Drª Susana Rodrigues MARCAÇÕES PELO TELEFONE 243 328 303 Rua Colégio Militar, Lt. A - 1º Esquerdo (junto ao antigo Campo dos Leões) 2000 SANTARÉM


SAÚDE 37

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

Júlio Aranha Cardiologista

Consultas de Cardiologia Ecocardiograma M e 2D Ecocardiograma com doppler e côr ECG Holter de 24 horas Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial Electrocardiograma Provas de Esforço SANTARÉM - Tel. 243 327 431 RIBACLÍNICA - CHAMUSCA - Tel. 249 760 031 CENTRO CLÍNICO DO CHOUPAL MED. FÍSICA E REABILITAÇÃO CONSULTAS

Fisiatria (Dr.ª Helena Martins) (Dr. José Miguel Pais) Ortopedia (Dr. A. Júlio Silva) Psicologia (Dr.ª Elsa Couchinho) (Dr.ª Teresa Molina) Clínica Geral e doenças do Coração (Dr.ª Liliana Aleksandrov)

Drª ISABEL MONTEIRO Médica Cardiologista

assinatura anual

por apenas 25,50 €

ACORDOS FISIOTERAPIA: ADSE, ADMFA, ADMA, C.G. DEPÓSITOS, CTT, SAMS, TELECOM e SEGURADORAS R. Capitão António Montês, 4-A (Rampa Ciclistas) Tel. 243326935 - Fax: 243326935 2000 SANTARÉM

DR. JOSÉ BRANCO PSICÓLOGO CLÍNICO E PSICOTERAPEUTA MEMBRO FUNDADOR DA SOCIEDADE PORTUGUESA DE PSICOTERAPIAS CONSTRUTIVISTAS

• Consultas de Cardiologia

www.sppc.org.pt

• Electrocardiogramas

TRATAMENTO DE CASOS DE DEPRESSÃO, ANSIEDADE, INSÓNIA, PÂNICO, FOBIAS, BAIXA AUTO-ESTIMA, DIFICULDADES INTERPESSOAIS, STRESS PÓS-TRAUMÁTICO

• Ecocardiogramas Modo M, 2D e Doppler a cor • M.A.P.A. (Monitorização Ambulatória da Pressão Arterial)

CONSULTÓRIOS: ALVERCA: R. CIDADE DÉVNIA, 21, 2º, DTO

Rua Dr. António José de Almeida, nº 11, 4º Dt.º 2000 - SANTARÉM

LISBOA: CLÍNICA MOVIMENTO E SAÚDE R. JOSÉ FALCÃO 52, 2º F

Telef. 243 326 957

MARCAÇÕES E INFORMAÇÕES: TM 961 285 155

Sílvia Lencastre Fróis Psicóloga Clínica

Surgimed

Psicologia Clínica e Psicoterapia Marcações pelo tmóvel -

918 732 116

Santarém • Coruche • Rio Maior

CENTRO MÉDICO E DE ENFERMAGEM DE ABRANTES

JOSÉ MANUEL PIRES TEIXEIRA

Largo de S. João, N.º 1 - Telefones 241 371 566 - 241 371 690

MÉDICO ESPECIALISTA - GINECOLOGISTA / OBSTETRA ASSISTENTE HOSPITALAR GRADUADO do HOSPITAL DE SANTARÉM DOENÇA DA MAMA - DIPLOMADO e MASTER em Senologia / / Pat. Mamária pela F. de Medicina da Un. de Barcelona CONSULTÓRIO NA CLÍNICA “FERRO DE ENGOMAR” Rua do Quintino, 9 - A - Tel.: 243770939 - CARTAXO

CONSULTÓRIO DENTÁRIO - Nova morada -

DR. MARCÃO Médico especialista de ESTOMATOLOGIA (Doenças da boca e dentes) pela Ordem dos Médicos e pelo Hospital de Santa Maria

CLÍNICA - CIRURGIA - PRÓTESES DENTÁRIAS CONSULTAS TODOS OS DIAS Largo Cândido dos Reis, 11 - 1º Direito (junto à rotunda do hospital velho) Telef: 243 326 435 - 2000 SANTARÉM

C O N S U LTA S ACUPUNCTURA Dr.ª Elisabete Alexandra Duarte Serra ALERGOLOGIA Dr. Mário de Almeida; Dr.ª Cristina Santa Marta CARDIOLOGIA Dr.ª Maria João Carvalho CIRURGIA Dr. Francisco Rufino CLÍNICA GERAL Dr. Pereira Ambrósio - Dr. António Prôa DERMATOLOGIA Dr.ª Maria João Silva GASTROENTERELOGIA E ENDOSCOPIA DIGESTIVA Dr. Rui Mesquita; Dr.ª Cláudia Sequeira MEDICINA INTERNA Dr. Matoso Ferreira NEFROLOGIA Dr. Mário Silva NEUROCIRURGIA Dr. Armando Lopes NEUROLOGIA Dr.ª Isabel Luzeiro; Dr.ª Amélia Guilherme

POR

MARCAÇÃO

OBSTETRÍCIA E GINECOLOGIA Dr.ª Lígia Ribeiro, Dr. João Pinhel OFTALMOLOGIA Dr. Luís Cardiga ORTOPEDIA Dr. Matos Melo OTORRINOLARINGOLOGIA Dr. João Eloi PNEUMOLOGIA Dr. Carlos Luís Lousada PROV. FUNÇÃO RESPIRATÓRIA Patricia Gerra PSICOLOGIA Dr.ª Odete Vieira; Dr. Michael Knoch; Dr.ª Maria Conceição Calado PSIQUIATRIA Dr. Carlos Roldão Vieira; Dr.ª Fátima Palma UROLOGIA Dr. Rafael Passarinho NUTRICIONISTA Dr.ª Carla Louro SERVIÇO DE ENFERMAGEM Maria João TERAPEUTA DA FALA Dr.ª Susana Martins

Anat.Patológica Dra. Margarida Mendes

Endocrinologia Dr. Luís Raposo

Ortopedia Dr. Duarte Cadavez

Cir.Geral/Obesidade Dr. Joaquim Costa

Gastroenterologia Dr. Júlio Veloso

Pneumologia Dr. Marco da Costa e Silva

Cirurgia Plástica Dr. Ribeiro de Carvalho

Medicina Interna Dra. Luísa Wandschneider

Cirurgia Vascular Dr. Mário Soares Clínica Geral Dra. Hélia Castro Dr. Benjamim Coimbra Dermatologia Dra. Joana Parente Dietética Dra. Célia Dias

Neurocirurgia Dr. Carlos Calado Neurologia Dr. Jorge Becho Neuropsicologia Dr. Nuno Pestana Oftalmologia Dr. Juan Palomares Dr. Castela Rodrigues

Psicologia Dra. Elsa Martins Dr.João Paulo Ribeiro Dra. Cátia Lima Psiquiatria Dr. Vítor Henriques Reumatologia Dr. Teixeira Costa Urologia Dr. Luís Barreto Dr. Luís Costa

Exames Complementares e Outros: • • • • • • •

Endoscopia Digestiva Alta Colonoscopia Fibrorectosigmoidoscopia Polipectomia Endoscópica Citologia Aspirativa Urofluxometria E.C.G.

• Trat. varizes (esclerose e laser) • Sedação profunda c/apoio de Anest. p/ exames endoscópicos • Laser Cirúrgico • M.A.P.A. • Holter 24 horas • Polisonografia em ambulatório

Marcações das 9:00 às 19:00 de 2ª a 6ª Feira Telef: 243 305 780 Fax: 243 305 781 Praceta Eduardo Rosa Mendes, 6-r/c 2005-174 SANTARÉM Email: surgimed@mail.telepac.pt


38

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010

imobiliário & classificados A PRÉDIO c/ 4 Apt a render 195000€ TLM 962719038

IMOBILIÁRIO arrenda-se A LOJA na Torre S. Domingos/ Str área 42m2 TL 249314528/ 918498975 A T1 mobilados prof enf. etc. TLM 911010160 A LOJA/ ESCRITÓRIO Estrada de São Domingos, 1wc 55m2. Excelente localização. Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A O CNEMA dispõe de 3 lojas (espaços comerciais/ escritórios) c/ as seguintes áreas 18m2, 26m2 e 125m2 ( esta última inclui wc). Contactar TLF 243300300 ou geral@cnema.pt A QUARTOS - Politécnico, 4 quartos, equipada e mobilado. Excelente vista. A Estudantes. Preço: 150,00€ cada - Ref. A111 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf –915084892/243094092 A LOJA/ ESCRITÓRIO Estrada de São Domingos, 1wc 55m2. Excelente localização. Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092

IMOBILIÁRIO trespassa-se A CAFÉ em S. João da Ribeira (RIO MAIOR) Contacto: 243 949 159 A RESTAURANTE Churrasqueira em Vieira de Leiria, muito bem equipado, negócio rentável. Preço muito acessível. Tel. 915486840.

IMOBILIÁRIO vende-se A ARMAZÉM em Alpiarça c/ wc e anexo c/ porta e janela. Tem colunas p/ fazer 1º andar, tem luz. PB 12000€ Contactos 214937145 e 964713999 A MORADIA nova 10km A1 Str 135000€ neg. TLM 911010160 A MORADIA 6 quartos 4 wc 3 pisos TLM 962719038

A PONTÉVEL, CASAIS LAGARTOS – Quintinha c/ cerca de 4.000 m2, c/ moradia T3, horta, anexos, portão automático, poço… 200.000 € www.remax. pt/121871028-369 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 962 191 373 A VILA CHÃ DE OURIQUE – Moradia T2 geminada, 2 pisos. Lareira, 2 WC, cozinha equipada. Quintal e anexo. 90.000 € www.remax.pt/12187107458 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 778 968 A LAPA – Casa térrea T2 com adega e logradouro, a precisar de algumas obras de beneficiação, bem localizada. 55.000 € www. remax.pt/121871028-365 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 962 191 373 A CASÉVEL – Moradia de 5 assoalhadas inserida num lote de terreno com 14560 m2. Vários anexos. Terreno com vinha. 240.000 € www.remax. pt/121871074-56 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 778 968 A CARTAXO – T3 (1º andar), c/ arrecadação, próximo do Centro de Saúde. 87.000 € www. remax.pt/121871069-20 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 725 440

A VALE DE SANTARÉM – T3 semi-novo com óptimas áreas, quarto em suite e sala com lareira. A 2 minutos da Estação Ferroviária. 95.000 € www. remax.pt/121871069-20 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 725 449 A SANTARÉM – Terreno junto à Escola Agrícola c/ 583 m2. Viabilidade de construção p/moradia, c/ projecto. Relatório de avaliação acústica. 44.840 € www.remax. pt/121871028-356 RE/MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 311 745 A SANTARÉM – Apartamentos T1, T2 e T3 suite A ESTREAR! T1 – 80.000 € / T2 desde 90.000 € / T3 desde 115.000 €. Marque uma visita! www.remax. pt/121871002-1108 RE/ MAX MILÉNIO – AMI 6883 Tel. 961 311 788 A MORADIA T3 Arneiro Tremês, 415m2 útil, Com terreno, a 10km Santarém Preço: 125.000,00€ - Ref. 363 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A MORADIA T5 Romeira, 700m2 terreno, restaurada, Com jardim e páteo, lareira, excelente Vista para o campo. Preço: 140.000,00€ - Ref. 263 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A APARTAMENTO T2 S.Domingos, como novo,

ar condicionado, Aquec. central, suite, excelente Preço: 87.000,00€ - Ref. 601 Go Imobiliária AMI – 8191 Tlf – 915084892/243094092 A MORADIA T3 reconstruída situada no Bairro D. Constança. Sala c/ lareira, 3 quartos, WC e cozinha. No espaço exterior anexos e telheiros. Piscina, WC de apoio e Jardim cuidado–149.500€ www.remax.pt/12043111410 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A MORADIA em Achete a 10 min. de Santarém e da A1. 2 quartos c/ roupeiros sendo um deles suite com poliban e janela, Sala c/ lareira, Cozinha ampla equipada com placa, forno e exaustor e uma boa despensa ou lavandaria, WC com lavatório duplo, banheira de hidromassagem e janela. Hall, com acesso a alçapão para o sótão, Aspiração central. No exterior possui logradouro com churrasqueira, telheiro – 100.000€ www. remax.pt/120431070-179 AMI 5430 – RE/MAX SCALA – Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T3 remodelado perto da Segurança Social em Santarém. Prédio com 2 elevadores, o apt fica no último piso, 5º andar, o que possibilita bonitas vistas de envolvência. Canalização e

electricidade recentes. Cozinha remodelada. Varanda das traseiras fechada em marquise e janelas com vidros duplos. Quarto com ar condicionado, sala, cozinha, despensa e 2 WC’s, três roupeiros. 85.000€ www.remax. pt/120431105-15 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A MORADIA isolada em Alpiarça, rés do chão e sótão aproveitado. No r/c tem três quartos, um deles c/ roupeiro, salão c/ lareira, cozinha c/ sala de refeições, despensa, dois WC´s, logradouro com canil, alpendre e garagem. No piso superior mais um salão c/ lareira, um espaço para arrumos, além de outros dois espaços de arrumos transformados em quartos, um WC, um Hall, e varanda com acesso ao logradouro. – 160.000€ www.remax.pt/12043109245 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A T3 em bom estado de conservação, c/ 2 casas de banho e cozinha c/ despensa. Dois dos quartos têm roupeiro; uma das casas de banho tem janela. O imóvel tem três frentes e boa exposição solar. Este apt tem arrecadação. O prédio é servido por dois elevadores e tem muito bom aspecto nas zonas comuns. Situado na zona da Praça

FAUSTINO SANTOS

Acupunctura / Hipnoterapia Clínica Licenciado em Medicina Tradicional Chinesa Curso pós-graduado de aperfeiçoamento de Hipnose em Clínica Médica (componente de especialização) da Faculdade de Medicina de Lisboa

Praceta Pedro Escuro, 10 - 3.º Esq.º (Junto à Rádio Pernes)

MARCAÇÕES - Telemóvel: 962 600 338

www.faustinosantos-acupunctura.com

ARRENDA-SE

Espaço para escritório/ Serviços c/ 80 m2 Qualquer actividade - Em openspace, Totalmente Remodelado

Centro Cidade Santarém Contacto: 96 210 87 61

de Touros - 70.000€ www. remax.pt/120431104-22 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 localizado perto do Hospital, em zona residencial aprazível e em bom estado de conservação. Sala c/ lareira, 4 quartos (2 c/ roupeiro e varanda), 2 casas de banho (uma com duas janelas). Cozinha equipada com despensa, pré-instalação de aquecimento central e lugar de estacionamento. Prédio bem localizado, com 3 frentes e boas vistas – 85.000€ www.remax. pt/120431121-35 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T4 no centro de Santarém, zona residencial c/ facilidade de estacionamento, último piso destinado a habitação. Casa de traça antiga com pé direito alto, paredes estucadas em bom estado mas carente de melhoramentos. Perto de comércio, serviços e Rodoviária, com boas acessibilidades. - 50.000€ www.remax.pt/120431071119 AMI 5430 - RE/MAX SCALA - Santarém. Tel: 243 307 500 A APT T2, Almeirim, coo novo, cozinha equipada, logradouro c/churrasqueira. Valor 90.000,00€ - Ref.

A-327 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A TERRENO c/ 165m2, Almeirim, c/ moradia para demolir. Valor 27.500,00€ Ref A-326 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A APT T3, Almeirim, novo, lugar garagem, ar condicionado, cozinha equipada, excelentes. Valor 115.000,00€ - Ref. A-322 TLF: 243595033 www.habigotica.com AMI 5915 A MORADIA T2 rural, na Várzea, 1900m2 terreno, zona sossegada. Valor 68.000,00€ - Ref. A-320 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A LOJA em Santarém, nova, 110m2, grandes montras. Valor 97.500,00€ - Ref. S-574 TLF: 243595033 www. habigotica.com AMI 5915 A São Vicente Paúl Moradia T3, usada, como nova, c/ 2 quartos, suite , cozinha, sala, 2 wc, alpendre, garagem. 2 cadernetas urbana c/1.000m2 e rústica c/3.020m2. convida ao relax e qualidade de vida . ZEN , c/ a capital do gótico e entrada para A1 a 10 min. ZEN MOR.199 PREÇO 175.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243


IMOBILIÁRIO & CLASSIFICADOS 39

O Ribatejo 13 | Agosto | 2010 A Santarém – Jardim de Baixo Moradia T3, r/c e 1º, usada, soalheira, em ópt. estado, pré-instal. p/ paneis solares, logradouro, alpendre, garagem indiv.. Zona residencial mtº aprazível, próx. entrada A1, zonas comercias, escolas e cidade de Santarém. ZEN MOR.198 PREÇO 165,000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243 A Romeira Moradia T4+1. r/chão, cave e sótão. No r/ chão: hall, sala, quarto, suite, wc e alpendre; na cave: cozinha, despensa, casa máq., 2 quartos, casa jantar e wc. Sótão amplo. 2 cadernetas, urbana c/ 450m2, rústica c/ 11.680m2. ZEN MOR.130

PREÇO 199.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A1 .ZEN APT.107 PREÇO 97.500€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Alpiarça Moradia T5+1,usada ( cave, r/c e 1º), proj. numa construção e acab. Qualidade, zona habitacional privilegiada... Barragem, Museu dos Patudos e Reserva Natural do Cavalo Sorraia. ZEN MOR.168 PREÇO 280.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Almeirim Apt T3, novo, hall (tecto falso c/ projec.) 2 quartos (roupeiros de correr), 1 suite( banheira hidrom. wc c/ janela), sala, wc, cozinha semi-equipada c/ electrodom. INDESIT, garagem (box indiv. exterior, c/ água e luz ligado cada fracção), zona agradável, c/ jardim, bons acessos rodoviários ZEN APT.155 PREÇO 105.000€ AMI 6566 ZEN Santarém TLM 919727243

A Santarém – S.Salvador Apt Duplex T2, usado, bem cons., bons acab., 2 quartos, sala, Wc ,cozinha, zona arrumos, garagem priv. c/acesso ao duplex, arrecadação, em zona calma, a 3 min. centro da cidade, e 5 min. acesso a

A Apt. usado T2 Almeirim c/ 1 lugar de garagem. 100.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653

A Casa antiga em Ponte do Soleiro/ Santarém. 50.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A LOJA c/ + - 40 m2 em Santarém na zona histórica. 42.500€ neg - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. usado T2 em Santarém. 65.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A Apt. novo T3 c/ garagem em Almeirim. 126.000€ - Xequecasa, Lda – AMI 6019 TLF 243306653 A SANTARÉM – S. Nicolau - Apartamento 4

Assoalhadas; 3 Frentes; 3 Quartos; Sala c/ Varanda; Cozinha c/ Marquise; Muito Bem Localizado; Junto de Escolas e Serviços Ref. 4123 Preço: 55.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Moradia c/ Área 178m2 p/ Reconstruir; Localizada em Vila Simpática; Vista Sobre Vales e Montes Ref. 4130 Preço: 27.500,00 Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – S. Salvador Apartamento 4 Assoalhadas; Bom Estado de Conservação; 3 Quartos, dois deles c/ Roupeiro; 2 W. C.; Próximo de Escolas e Comércio;

Bons Acessos Ref. 3893 Preço: 80.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Ruína c/ Terreno; Área Urbana de 400m2; Terreno c/ 10.800m2; Acessos Alcatroados; Zona Calma Ref. 3888 Preço: 50.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390 A SANTARÉM – Arredores Ruína c/ 2 Frentes; C/ Pequeno Quintal; Toda Murada; No Centro da Vila de Póvoa de Santarém Ref. 3881 Preço: 38.000,00€ Trata: Era Santarém AMI 5563 – Telf. 243303390

EMPREGO precisa-se A SENHORAS p/vender produtos de beleza Yves Rocher TLM 917827748 967868206 936317593

DIVERSOS mensagens A PROCURO senhora + 35 anos assunto sério TLM 914143540

VEÍCULOS vende-se A MINI MOTA até 13 anos TLM 962719038

EXPLICAÇÕES assinatura anual

por apenas 25,50 €

de Matemática A e B; biologia, geologia, física, química, geografia, estatística e MACS aos 2º e 3º ciclos e nível universitário. Perto da Ginestal Machado.

Contacto: 914 626 531 MUNICÍPIO DE SARDOAL CAMÂRA MUNICIPAL AVISO 2.º Aditamento ao Alvará de Loteamento n.º 1/2001 (Decreto-lei n.º 555/99, de 16 de Dezembro, na actual redacção)

Nos termos e em cumprimento do disposto no n.º 7 do artigo 27.º do Decreto-Lei n.º 555/99 de 16 de Dezembro, na actual redacção, torna-se público, que nesta data foi emitido o 2.º aditamento ao alvará de loteamento n.º 1/01, sem obras de urbanização, o qual incidiu sob o prédio sito em Presa, freguesia de Alcaravela, descrito na Conservatória do Registo Predial de Sardoal, sob o n.º 409, a favor de José Maria da Silva, ao qual o presente aditamento fica anexo. A alteração de especificação do alvará que origina o aditamento, foi aprovada em deliberação camarária de 11/05/2010, e verifica-se na sequência do requerimento apresentado por Associação Recreativa da Presa, proprietário do lote n.º 2, o qual se encontra registado na Conservatória do Registo Predial sob o n.º 2353, respeitando o disposto no Plano Director Municipal e apresenta, de acordo com a planta em anexo, as seguintes características: LOTE N.º 2: „ „ „ „ „ „ „ „

Área do lote: 2037,60 m2 Área total da construção: 980,00 m2 Área de implantação: 577,30 m2 Finalidade: Equipamento Colectivo Número de pisos acima da cota da soleira: 2 Número de pisos abaixo da cota da soleira: 0 Número de fogos: 0 Condicionamentos: Não têm.

Cedências: Não há lugar a novas cedências de terrenos à Câmara Municipal para integração no domínio público. Paços do Concelho de Sardoal, 4 de Agosto de 2010 O Vereador (em regime de tempo inteiro) Joaquim Gonçalves Serras

PRECISA-SE EMPREGADA DOMÉSTICA INTERNA c/ carta de condução para as Caldas da Rainha ENTRADA IMEDIATA

Contacto: 262 832 616


tempo: sol As temperaturas vão continuar elevadas nos próximos dias, com máximas acima dos 35ºC, com excepção do fim-de-semana em que os termómetros vão descer um pouco. 13 | AGOSTO | 2010

Impresso em papel que incorpora 30 por cento de fibra reciclada, com tinta ecológica de base vegetal

∑agenda

rosário breve

Sexta-feira

Coruche ∑ Começam as seculares Festas do Castelo de Coruche, com a novena em honra de Nossa Senhora do Castelo. Terminam a 18 de Agosto.

Daniel Abrunheiro

Cores ardendo dentro

Sábado Cartaxo e Rio Maior ∑ O fado anima as noites no jardim municipal de Rio Maior e na praça de Toiros do Cartaxo, ambos às 21h30.

Domingo Ferreira do Zêzere ∑ Espectáculo de Tony Carreira na Festa do Emigrante em Ferreira do Zêzere, às 22h30.

Domingo Escaroupim ∑ Espectáculo de João Pedro Pais na Festa do Escaropim, Salvaterra de Magos, às 22h30.

Alpiagra reduz orçamento Alpiarça∑ Câmara reduz os custos para metade mas garante qualidade da Feira A XXVIII Feira Agrícola e Comercial de Alpiarça - Alpiagra vai custar este ano menos de metade do que o valor gasto no ano passado, mas a organização garante que o certame não vai perder a qualidade. Em conferência de imprensa, o presidente da Câmara Municipal de Alpiarça, Mário Pereira, disse que prevê gastar entre 80 a 90 mil euros com a edição deste ano da Alpiagra, que se realizará de 11 a 19 de Setembro. Este valor representa

cerca de metade do orçamento da Alpiagra de 2009 que atingiu os 179 mil euros. Mário Pereira sublinha o empenhamento da Câmara em “manter a qualidade da Alpiagra, procurando apresentar um pacote de espectáculos muito mais baratos que anteriormente”. Mário Pereira afirma que “fazer melhor com menos dinheiro nesta edição da Alpiagra é um grande desafio que se coloca à Câmara, num momento de dificuldades econó-

micas para o país e o concelho, mas acho que vamos ter todas as condições para fazer uma Alpiagra de qualidade, valorizando a parte agrícola e comercial, com menos custos”. Entre as novidades, destaca-se a reorganização do espaço, com a exposição automóvel a passar para o exterior, e o pavilhão onde se realizava a mostra vai acolher espaços relacionados com a agricultura biológica, biodiversidade, astronomia e o Centenário da República.

Como homens sós nos campos, os incêndios lavram também. São ouro vivo, mortífero, os incêndios. Não tem clemência, o Estio, o largo Verão. O mundo estiola, sedentíssimo. Tenho ido ao Lar ver a minha Mãe. Ela está a passar o último Rio, o Derradeiro Ritmo, o Final Ritmo. Já não sei se me reconhece. Olho-a. As palavras dela são para dentro. É um incêndio quase acabado, a minha Mãe. O Tempo faz dela o que quer. Não posso estancar essa onda que aí vem. Eu e ela na praia, como antigamente, mas agora estamos sós um de cada vez. Vou ter de nascer pela segunda e última vez, quando me telefonarem a dizer assim: – A Mãe morreu, filho. Vou ter de fazer isso, enquanto espero o Inverno. Agora tenho muita idade. Agora sou uma porta de madeira de carvalho. Colecciono visões de pássaros, mas não lecciono voos. Muitas coisas (cada vez mais coisas) me comovem: digo: o vaso da flor vermelha que aquela senhora nutre de água e de frases sós; o caixilho amarelo que estabelece a janela; a caixa de sapatos aos pés do contentor do lixo; os incêndios que ardem mães. Tiro e ponho os óculos, cansome mais, não sei porquê. Em Lisboa, uma vez, pedestrei o meu coração rente ao Tejo. Outra ocasião, chorei à chuva, ninguém topou o que sucedia. Outra ainda, fechei-me num canavial, fiquei ali horas e horas sem precisar de nada, muito menos de viver. Agora, olho o meu telefone e espero. E no Inverno a flor vermelha e o caixilho amarelo, cores de incêndio. daniel.abrunheiro@gmail.com

ed 1293  

Jornal O Ribatejo - edição 1293 - 13 de Agosto 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you