On Startups Magazine - #12 Outubro 2021

Page 1

1

João Rafael Koehler Investidor

“Temos um sistema de capitais de risco ainda

muito pouco desenvolvido, com pouco capital e poucas ideias de negócio boas” “We have a venture capital system that is still

very underdeveloped, with little capital and few good business ideas” EDIÇÃO/EDITION:

PORTUGAL

OUTUBRO/OCTOBER 2021


2

INVESTIR

EM S U S T E N TA B I L I D A D E

EXPERIÊNCIA

COMPROMISSO

TRANSPARÊNCIA

CONFIANÇA

A VSM Capital é uma Sociedade Anónima de Gestão de Participações Sociais, criada em Maio de 2016 por um grupo de Business Angels orientados para o investimento em empresas comprometidas com objetivos de sustentabilidade financeira, ambiental e social. Por essa razão, a sociedade possui uma linha de co-investimento aprovada até 3.000.000€ com o IFD - Instituição Financeira de Desenvolvimento, para investimento em Startups das zonas Norte, Centro, Alentejo, Algarve e Ilhas e já investiu em 10 projetos. JUNTOS PODEMOS CRIAR UM PLANETA MAIS SUSTENTÁVEL JUNTE-SE A NÓS!

w w w.v s m c a p i t a l . p t


3

Índice

Table of Contents 05 06 10 22 24 30 32 34 36 40 52 56 58 68 70

74 76

Editorial: Vem aí a Web Summit 2021! Editorial: The Web Summit 2021 is coming! Notícias News Entrevista: João Rafael Koehler Interview: João Rafael Koehler Investors Portugal Investors Portugal Bloq.it Bloq.it European Innovation Academy 2022 European Innovation Academy 2022 O Cliente final versão on-going… The end customer on-going version… BioReboot BioReboot Assedius Assedius New Organic Planet New Organic Planet DigiEduHACK21 Lisboa DigiEduHACK21 Lisboa Caderno Web Summit 2021 Web Summit 2021 File O essencial sobre a Web Summit Web Summit Essentials Quem são os oradores da Web Summit 2021? Who are the speakers at the Web Summit 2021? Quem é Paddy Cosgrave? Who is Paddy Cosgrave?

78 92 94 98 100 102 106 108 116 118 120 122

ONU adquire software da Web Summit UN acquires Web Summit software Na Web Summit, as viagens de tuk tuk têm como destino um emprego de sonho na Mollie At Web Summit, tuk tuk trips are destined for a dream job at Mollie Entrevista: Pritesh D. Kotecha Interview: Pritesh D. Kotecha Queremos ser inovadores e criativos We want to be innovative and creative BRB BRB Vale a pena arriscar It's worth taking risks Fikalab ISEC Challeng Fikalab ISEC Challenge Clementine Clementine Fundos e Programas de Investimento Investment Founds and Programs Beta-i Beta-i Lifestyle Lifestyle Filme “Dune” produzido com tecnologia portuguesa “Dune” movie produced with Portuguese technology Gadgets Gadgets Agenda Calendar

FICHA TÉCNICA: Propriedade: Finy Ventures I NIF 514176806 I Morada: Rua dos Murças, N.º 71, 3.º Andar 9000-058 Funchal I Editor: Luis Barroca Monteiro Publicação Isenta de Registo na ERC ao abrigo do Dec. Reg. 8/99 de 9/6 Art. 12º nº 1 - a)

COLABORAM NESTE NÚMERO: Victor Sales Gomes, Alexandre Oliveira, Rosana Mascarenhas, Nuno Agostinho, Marco António Ribeiro, Tatiana Silva, Duarte Ornelas Oliveira, Carlota Bettencourt, Joana Pereira, Pamela Marques

AGRADECIMENTOS: João Rafael Koehler, Pritesh D. Kotecha, Patrícia Assunção, Luís Albano


4


5

Luís Barroca Monteiro

Editor e CEO Finy Ventures

Vem aí a Web Summit 2021! The Web Summit 2021 is coming! Vamos falar sobre o orçamento de Estado? NÃO! Vamos antes falar sobre a enorme vontade que todo o ecossistema empreendedor tem em regressar à atividade, em voltar a empreender, inovar, lutar por fazer vingar projetos, ideias, iniciativas e apoios. Vem aí a Web Summit 2021! Se no ano passado tivemos o maior evento mundial de tecnologia, empreendedorismo e inovação no formato online, este ano o mesmo irá ocorrer de forma presencial na Altice Arena de 1 a 4 de Novembro. A Web Summit tem impulsionado de forma significativa o panorama mundial em geral, mas em particular o panorama e o ecossistema empreendedor de Portugal. O foco das atenções, a visibilidade mundial, a vontade em querer fazer parte deste momento, tem levado os empreendedores a um nível de exigência e profissionalismo que faz muita falta a quem decide empreender. Os números, segundo a empresa, são significativos: mais de 1250 startups e mil oradores, para além dos esperados 40 mil visitantes. Portugal é uma vez mais colocado no centro do Mundo do empreendedorismo e investimento em startups e nenhum de nós pode deixar passar a oportunidade. Este ano, 75 startups marcam presença no evento, algumas que já partilhámos na OnStartups Magazine. São dias intensos, extremamente preenchidos, que devem ser preparados com foco a fim de se conseguir tirar o máximo partido possível. Let’s go!

Are we going to talk about the state budget? NO! Let's talk beforehand about the enormous desire that the entire entrepreneurial ecosystem has to return to activity, to resume entrepreneurship, to innovate, to fight for the success of projects, ideas, initiatives, support. The Web Summit 2021 is coming! If last year we had the world's biggest event of technology, entrepreneurship and innovation in the online format, this year it will take place in person at Altice Arena from 1st to 4th November. The Web Summit has significantly boosted the world panorama in general, but the Portuguese entrepreneurial panorama and ecosystem in particular. The focus of attention, the worldwide visibility, the desire to be part of this moment, has taken entrepreneurs to a level of demand and professionalism that is sorely missed by those who decide to undertake. The numbers, according to the company, are significant: more than 1250 startups and a thousand speakers, in addition to the expected 40 thousand visitors. Portugal is once again placed at the center of the world of entrepreneurship and investment in startups and none of us can pass up the opportunity. This year, 75 startups are present at the event, some that we have already shared in On Startups Magazine. These are intense, extremely busy days, which must be prepared with focus in order to get the most out of it. Lets go!


6 6

Notícias News

Portugal atingiu mil milhões de dólares de investimento em startups Portugal atingiu um patamar de investimento em startups de mil milhões de dólares, mais cedo do que o esperado, afirmou o secretário de Estado para a Transição Digital, André Azevedo. “Temos a ambição de duplicar todos os principais indicadores: número de startups, número de postos de trabalho e de capacidade de atração de investimento”, declarou André de Aragão Azevedo. O secretário de Estado para a Transição Digital considerou que já há “mesmo motivos para celebrar” em matéria de investimento. “Esta é uma notícia muito recente: nós atingimos um patamar que esperávamos atingir mais à frente que tem que ver com o valor absoluto de investimento do nosso ecossistema de startups, que atingiu os mil milhões de dólares”, adiantou. Por outro lado, destacou o número de startups avaliadas em mais de mil milhões de dólares, chamadas de unicórnios: “Em termos de unicórnios per capita nós estamos acima da França, acima da Alemanha. E temos em número absoluto mais do que qualquer outro país do sul da Europa”.

Portugal reached one billion dollars of investment in startups Portugal reached a level of investment in 'startups' of one billion dollars, sooner than expected, said today the Secretary of State for Digital Transition, André Azevedo. "We have the ambition to double all the main indicators: number of startups, number of jobs and capacity to attract investment", declared André de Aragão Azevedo. The Secretary of State for Digital Transition considered that there are already "some reasons to celebrate" in terms of investment. “This is very recent news: we have reached a level that we hoped to reach further ahead, which has to do with the absolute investment value of our startup ecosystem, which reached billions of dollars”, he said. On the other hand, he highlighted the number of ‘startups’ valued at more than a billion dollars, called unicorns: “In terms of unicorns‘ per capita ’we are above France, above Germany. And we have, in absolute numbers, more than any other country in southern Europe”.


7

Cristiano Ronaldo aposta em startup A ZujuGP é uma nova comunidade digital com foco no futebol sob o comando do filho de Peter Lim, um investidor discreto de Singapura, e promovida por Cristiano Ronaldo. O jogador de futebol português agitou as redes sociais com a hashtag #WritingTheFutureOfFootball e links para o site da ZujuGP. Um deles mostra o jogador como um guerreiro chinês e no outro está de mãos dadas com Lim, cu ja empresa Mint Media Sports controla e administra os direitos de imagem de Cristiano Ronaldo.

Adapttech com parceria fechada para EUA e Canadá Criada há 5 anos na Universidade do Porto a Adapttech fechou, em 2018, uma ronda de investimento de dois milhões de euros com a portuguesa Hovione Capital e a britânica Mercia Asset Management que lhe permitiu evoluir para a luz verde do regulador americano, a FDA (Food and Drug Administration). Agora, a startup acaba de estabelecer uma parceria com a norteamericana Cascade, distribuidora de próteses e dispositivos protésicos, que lhe abre a porta dos mercados dos EUA e do Canadá.

Cristiano Ronaldo bets on startup ZujuGP is a new football-focused digital community led by the son of Peter Lim, a low-key Singaporean investor, and promoted by Cristiano Ronaldo. The Portuguese football player stirred up social media with the hashtag #WritingTheFutureOfFootball and links to the ZujuGP website. One of them shows the player as a Chinese warrior and the other is holding hands with Lim, whose Mint Media Sports company controls and manages Cristiano Ronaldo's image rights.

Adapttech with close partnership for USA and Canada Created 5 years ago at the University of Porto, Adapttech closed, in 2018, an investment round of two million euros with the Portuguese Hovione Capital and the British Mercia Asset Management, which allowed it to evolve into the green light of the US regulator, the FDA (Food and Drug Administration). Now, the startup has just established a partnership with the North American Cascade, a distributor of prosthetics and prosthetic devices, which opens the door to the US and Canadian markets.

Portugueses da Feedzai entre as 50 melhores fintech do mundo Portugal está na lista da Forbes das 50 melhores fintech do mundo. A Feedzai entra pela primeira vez neste ranking graças à tecnologia que utiliza para proteger a fraude nos sistemas de pagamentos. Em 2017 a Feedzai, protagonizou uma das maiores rondas de investimento de sempre de uma empresa portuguesa. Arrecadou 50 milhões de dólares em série C e passou a estar avaliada em 575 milhões de dólares depois desta ida aos mercados. Portuguese Feedzai among the 50 best fintech in the world Portugal is on Forbes' list of the 50 best fintech in the world. Feedzai enters this ranking for the first time thanks to the technology it uses to protect fraud in payment systems. In 2017 Feedzai starred in one of the biggest investment rounds ever of a Portuguese company. It raised 50 million dollars in series C and went on to be valued at 575 million dollars after this trip to the markets.


8

Fintech Brex passa a valer 12,3 biliões de dólares e passa a ser um decacórnio A fintech Brex, fundada pelos brasileiros Pedro Franceschi e Henrique Dubugras em Silicon Valey, acaba de se tornar um decacórnio – startup avaliada em mais de 10 biliões de dólares. A startup levantou 300 milhões de dólares numa nova ronda de investimentos liderada pela Greenoaks, totalizando uma avaliação de 12,3 biliões de dólares, segundo informações do site TechCrunch. A notícia não foi comentada nem pela Brex nem pela Greenoaks. Fintech Brex becomes worth 12.3 billion dollars and becomes a decacorn Fintech Brex, founded by Brazilians Pedro Franceschi and Henrique Dubugras in Silicon Valey, has just become a decacorn – a startup valued at more than 10 billion dollars. The startup raised $300 million in a new round of investments led by Greenoaks, totaling a valuation of $12.3 billion, according to information from the TechCrunch website. The news were not commented on by either Brex or Greenoaks.

Unbabel entre as melhores startups europeias A portuguesa Unbabel foi considerada a terceira melhor startup na Europa, no Tech5, a competição anual organizada pela publicação digital The Next Web, em parceria com a fintech Adyen com base no desempenho, crescimento e potencial. Os critérios incluem rondas de investimentos, crescimento da equipa, cobertura dos media e impacto social. Fundada em 2013, a Unbabel conta com mais de 200 empregados e uma comunidade mundial de 150 mil tradutores freelancers.

Microsoft pode comprar startups em Portugal A Microsoft reconhece que há “muito talento em Portugal” e que se houver a oportunidade certa de negócio, é para avançar. Quem o diz é a diretora-geral da subsidiária portuguesa, Paula Panarra. A tecnológica norte-americana comprou, em 2008, a empresa portuguesa Mobicomp e, mais recentemente, foi um dos principais investidores na startup Unbabel, que trabalha na área da tradução de idiomas recorrendo a sistemas de inteligência artificial.

Unbabel among the best European startups The Portuguese company Unbabel was considered the third best startup in Europe at Tech5, the annual competition organized by the digital publication The Next Web, in partnership with fintech Adyen based on performance, growth and potential. Criteria include investment rounds, team growth, media coverage and social impact. Founded in 2013, Unbabel has more than 200 employees and a worldwide community of 150,000 freelance translators.

Microsoft can buy startups in Portugal Microsoft recognizes that there is “a lot of talent in Portugal” and that if there is the right business opportunity, it is to move forward. This is said by the general director of the Portuguese subsidiary, Paula Panarra. The American technology company bought, in 2008, the Portuguese company Mobicomp and, more recently, he was one of the main investors in the startup Unbabel, which works in the field of language translation using artificial intelligence systems.


9

Leve o seu negócio para o nível seguinte Conheça a Plataforma de Negócios Finy Club

O QUE OFERECEMOS PLATAFORMA DE GESTÃO

A quem nos dirigimos?

Acesso a uma Plataforma que permite elaborar e gerir os projetos das Startups, criando o pitch-deck perfeito.

Investidores, Business Angels, Venture Capital, Empresas Veículo

Faça parte de uma comunidade de Empreendedores, Startups, Investidores, Business Angels, Incubadoras e muito mais

Incubadoras e Aceleradoras de Startups

DIVULGAÇÃO Divulgação das empresas em diversos canais de comunicão direcionados para o mercado empresarial, incluindo a Revista OnStartups Magazine e a Plataforma OnStartups Community

EVENTOS Acesso a eventos exclusivos de Network com Investidores e Mentores onde os investidores podem ampliar o seu portfólio e as Startups podem potenciar o seu negócio

Startups

Quem Somos? A FINY Ventures é uma empresa vocacionada para apoiar, otimizar e contribuir para o ecossistema de Startups nacional, alicerçada numa forte equipa de gestão com larga experiência na criação e gestão de empresas.

CONTACTE-NOS (+351) 291 224 216 I I www..ny.pt


10

Entrevista / Interview

João Rafael Koehler Investidor Crédito da Fotografia: Cortesia SIC


11 João Rafael Koehler dispensa apresentações, pois foi um dos principais rostos do Shark Tank português. Já foi Presidente da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE) e hoje confessa-nos ser o que os americanos chamam de “serial entrepreneur”, visto que investe em várias áreas de negócio. Na sua vida privada, considera-se um “ordinary guy”. Conta-nos que os seus tempos livres são passados com os amigos e com a família, em particular, com os seus filhos. Além disso, viaja, lê e pratica desporto. João salienta que a sua principal característica é a positividade, pois mesmo perante as contrariedades vê sempre o lado bom das coisas. Diz-nos que é uma pessoa muito inquieta e que gosta de fazer coisas muito diferentes. Já esteve ligado à política e continua a ter alguma ligação à mesma. Está, também, muito ligado ao Futebol Clube do Porto, como acionista do clube, tendo uma participação muito ativa no mesmo.

João Rafael Koehler needs no introduction, as he was one of the main faces of the Portuguese Shark Tank. He was previously President of the National Association of Young Entrepreneurs (ANJE) and today he confesses to us that he is what Americans call “serial entrepreneur”, as he invests in several business areas. In his private life, he considers himself an “ordinary guy”. He tells us that his free time is spent with friends and family, in particular, with his children. In addition, he travels, reads, and practices sports. João emphasizes that his main characteristic is his positivity, because even in the face of setbacks he always sees the good side of things. He tells us that he is a very restless person and that he likes to do very different things. He was once connected to politics and continues to have some connection to it. He is also very connected to Futebol Clube do Porto, as a shareholder of the club, having a very active participation in it.

“O sistema bancário português, ou a lei permitir que lhe peçam, a si, como garantia a sua casa, se quiser lançar um negócio, é algo imoral que devia ser proibido“

“The Portuguese banking system, or the law allowing you to be asked to guarantee your home if you want to launch a business, is something immoral that should be prohibited” Vindo da área de Direito, a sua formação de base, como é que o mundo do investimento o seduziu? A minha escolha do curso de Direito não foi baseada no objetivo de exercer a profissão, apesar de ser advogado e de estar inscrito da Ordem dos Advogados. Fiz esse curso, porque queria ter uma boa preparação na área dos contratos. Se queremos fazer muitos negócios temos que estar muito bem preparados do ponto de vista do direito e em termos contratuais.

Coming from the area of Law, your basic training, how did the investment world seduce you? My choice of law course was not based on the objective of practicing the profession, despite being a lawyer and being registered with the Portuguese Bar Association. I took this course because I wanted to be well prepared in the area of contracts. If we want to do a lot of business, we have to be very well prepared in terms of the law and in contractual terms.


12

Não sou um “self-made man”. O meu pai era um homem de negócios, um industrial da zona norte de Portugal e eu estava relutante, mas a partir do momento em que aceitei trabalhei nas empresas da família durante algum tempo. Há pessoas que contam a história de que estavam predestinadas a ser um “homem de negócios”, comigo nunca aconteceu isso. Aconteceram imensas coisas por acaso, fui professor, advogado, estive envolvido na política e fui assessor do presidente da câmara. Quando era mais jovem fui fazendo outras coisas, mas acabei por optar, talvez, por aquilo que achava que tinha mais conexão com a família e comigo próprio.

I am not a “self-made man”. My father was a businessman, an industrialist from the north of Portugal and I was reluctant, but from the moment I accepted I worked in the family companies for a while. Some people tell the story that they were predestined to be a “businessman”, that never happened to me. A lot of things happened by chance, I was a professor, a lawyer, I was involved in politics and I was an advisor to the mayor. When I was younger I did other things, but I ended up choosing, perhaps, what I thought had more connection with my family and with myself.

O João integrou a direção da Associação Nacional de Jovens Empresários – ANJE. Como foi essa jornada, quais os desafios e conquistas? Fui presidente da ANJE e da Portugal Fashion, durante sensivelmente quatro anos, e foi muito duro. O maior desafio era de ordem financeira, quando entrei na ANJE a associação estava com muitos problemas de sustentabilidade financeira e esse foi o grande desafio. O facto de ter saído da direção com as contas em muito melhores condições do que quando entrei essa foi a principal conquista, na minha opinião. Outro grande desafio foi quando entrei na ANJE, na altura ainda estava ligado aos negócios da família e não tinha muita experiência em fazer negócios em Portugal. Fazia negócios no estrangeiro e viajava à volta de 150 dias por ano e quando me tornei presidente da ANJE, coisa para a qual também nunca aspirei, foi um acaso. O anterior presidente da associação foi o Francisco Balsemão, o filho, de quem sou amigo há muito tempo e foi ele que me convidou para ser presidente. Estavam à procura de alguém e eu cumpria os requisitos todos. Foi por isso que fui presidente da ANJE, mas de uma forma muito relutante. Quando me convidaram aceitei ser presidente da assembleia geral. O primeiro grande desafio foi de ordem financeira e o outro foi algo que nunca tinha feito, tive que pedir dinheiro, ou seja, era quase um professional beggar. Estava muito tempo em Lisboa, nas secretarias de Estado, nos IAPMEI e nos ministérios a discutir projetos para a Associação Nacional de Jovens Empresários, porque precisávamos de financiamento. Foi uma grande lição, trabalhar com os outros e depender deles.

João was part of the board of the National Association of Young Entrepreneurs – ANJE. How was this journey, what are the challenges and achievements? I was president of ANJE and Portugal Fashion, for approximately four years, and it was very tough. The biggest challenge was a financial one, when I joined ANJE, the association had many problems with financial sustainability and that was the big challenge. The fact that I left the board with the accounts in much better condition than when I joined was the main achievement, in my opinion. Another big challenge was when I joined ANJE, at the time I was still connected to the family business and didn't have much experience doing business in Portugal. I did business abroad and traveled around 150 days a year and when I became president of ANJE, something I never aspired to do either, it was a fluke. The previous president of the association was Francisco Balsemão, the son, with whom I have been a friend for a long time and it was he who invited me to be president. They were looking for someone and I met all the requirements. That's why I was president of ANJE, but in a very reluctant way. When they invited me I accepted to be president of the general assembly. The first big challenge was financial and the other was something I had never done, I had to ask for money, that is, I was almost a professional beggar. I spent a lot of time in Lisbon, in the secretariats of state, in IAPMEI and in the ministries, discussing projects for the National Association of Young Entrepreneurs, because we needed funding. It was a great lesson, working with others and depending on them.


13

Quanto às conquistas, foram a resolução dos problemas financeiros e também dar à ANJE muita visibilidade. Tínhamos o objetivo de aumentar em 30 ou 40% o número de associados e conseguimos isso. Estava na ANJE quando entrei no programa Shark Tank, não por vontade própria, mas porque considerava importante para promover o empreendedorismo. Acho que a moda do empreendedorismo foi uma das coisas às quais estive ligado, enquanto presidente da ANJE, se não fosse esta associação nada tinha acontecido. A ANJE é a mais antiga e foi a maior associação em Portugal a falar em empreendedorismo e o facto de no meu mandato se ter democratizado a ideia de empreendedorismo está muito ligada à direção que eu presidi.

As for the achievements, they were the resolution of financial problems and also giving ANJE a lot of visibility. We had the goal of increasing the number of members by 30 or 40% and we achieved that. I was at ANJE when I joined the Shark Tank program, not because I wanted to, but because I considered it important to promote entrepreneurship. I think the fashion for entrepreneurship was one of the things I was connected to, as president of ANJE, if it wasn't for this association, nothing would have happened. ANJE is the oldest and was the largest association in Portugal to talk about entrepreneurship and the fact that in my mandate the idea of entrepreneurship was democratized is closely linked to the direction I presided over.

Crédito da Fotografia: Cortesia SIC


14 Lapa Studio e Oil2wax são exemplos de projetos nos quais investiu e que persistem até hoje. Pode partilhar connosco a sua experiência enquanto tubarão no Shark Tank português? Tenho muitos mixed feelings sobre estas empresas que são criadas sob a moda das startups. Vou dizer algo muito politicamente incorreto, mas que corresponde em absoluto à verdade: o grande motor do país não são as startups, nem as empresas de cariz tecnológico, o motor do país ainda é, e tem sido sempre, o setor tradicional – o setor têxtil, do calçado, químico e metalúrgico.

Lapa Studio and Oil2wax are examples of projects in which you invested and that persist to this day. Can you share with us your experience as a shark in the Portuguese Shark Tank? I have a lot of mixed feelings about these companies that are created in the startup fashion. I'm going to say something very politically incorrect, but it is absolutely true: the great engine of the country is not startups, nor technological companies, the engine of the country is still, and has always been, the traditional sector - the textile, footwear, chemical and metallurgy sectors.

“ Portugal tem já há 30 anos um problema de

dificuldades no acesso ao capital, é um país com pouco capital e isso prejudica tudo“ “Portugal has had a problem with access to capital for 30 years now, it is a country with little capital and this affects everything” Mas a verdade é que hoje existe a grande moda das startups, de criar uma empresa do zero e ter imenso sucesso. Acho que é um caminho muito estreito e a experiência que tenho de empresas criadas do zero não é propriamente espetacular, porque a taxa de mortalidade é muito alta. O facto de estar envolvido ajuda seguramente para que a mortalidade não seja tão alta, mas nós não fugimos aos números, ou seja, sempre que se criam empresas do zero, que sejam spin-offs da universidade, empresas com muita ou menor intensidade tecnológica é um caminho muito estreito e muito difícil. Já estou na Lapa há algum tempo, agora sou sócio, tenho quase 100% da empresa e já vamos numa versão Lapa reborn, a fazer coisas totalmente diferentes daquelas que fazíamos no início. Portanto, diria que temos alguns exemplos bons, mas também outros menos bons.

But the truth is that today there is a great fashion for startups, to create a company from scratch and be immensely successful. I think it's a very narrow path and the experience I have of companies created from scratch is not exactly spectacular, because the mortality rate is very high. The fact of being involved certainly helps so that mortality is not so high, but we do not run away from the numbers, that is, whenever companies are created from scratch, which are university spin-offs, companies with much or less technological intensity is a very narrow and very difficult path. I've been at Lapa for some time, now I'm a partner, I own almost 100% of the company and we're already in a Lapa reborn version, doing things completely different from what we were doing in the beginning. So I would say that we have some good examples, but also some less good ones.


15

O que move um empreendedor? Como investir eficazmente numa startup? Qual a fórmula de uma ideia de negócio vencedora? Perguntas com resposta pronta, num novo formato de entrevista inteiramente dedicado ao universo do empreendedorismo. Todas as semanas, fique a conhecer uma figura e o seu trajeto ligado aos negócios e ao investimento em ideias emergentes, mas também casos de sucesso, no mundo das startups nacionais!

SIGA-NOS NAS NOSSAS PLATAFORMAS DIGITAIS

Crédito Foto: SIC Divulgação


16 A verdade é que as pessoas se interessam muito pelas histórias de sucesso, quando a maior parte das histórias são histórias de insucesso e eu incluo-me nelas.

The truth is, people are very interested in success stories, when most stories are failure stories and I include myself in them.

Caso houvesse uma nova edição do programa o que gostaria de ver melhorado? Não entraria numa nova edição do programa. Foi uma boa experiência, mas a verdade é que é algo que está no passado, para mim. Ao contrário do que as pessoas pensam, quando entramos num programa deste tipo, o elo mais fraco não são os empreendedores que vão apresentar negócios. O elo mais fraco são os tubarões, porque levamos com 10 ou 12 pitchs por dia, que demoram meia hora ou uma hora (depois é editado e em televisão aparece muito pouco) e nós temos meia hora para saber tudo sobre o negócio e para dar um parecer que é vinculativo, depois de dizermos que investimos temos que investir e estamos a falar de dinheiro a sério, que é nosso. É muito duro e diria que os moldes que fizemos foram os possíveis para Portugal, ou seja, não é um país com muita intensidade tecnológica, não há muitos negócios bons e não há muito capital disponível. Acho que o programa foi no fundo um reflexo do que é o nosso país.

If there was a new edition of the program, what would you like to see improved? It would not enter a new edition of the program. It was a good experience, but the truth is that it is something that is in the past for me. Contrary to what people think, when we enter a program of this type, the weakest link is not the entrepreneurs who are going to present businesses. The weakest link is the sharks, because we take 10 or 12 pitches a day, which take half an hour or an hour (after it is edited and on television it appears very little) and we have half an hour to know everything about the business and to give an opinion that is binding, after we say that we invest, we have to invest and we are talking about real money, which is ours. It's very hard and I would say that the molds we made were possible for Portugal, in other words, it's not a country with a lot of technological intensity, there aren't many good deals and there isn't much capital available. I think the program was basically a reflection of what our country is like.

Neste momento, em que áreas investe? Que projetos considera interessantes? Faço muitas coisas, estou envolvido em indústria, tecnologia e no mercado imobiliário. Sou Chairman numa capital de risco que também investe em Portugal, mas de uma forma muito agnóstica, ou seja, nós investimos em todo o tipo de empresas desde que sejam empresas com potencial de crescimento, com EBITDA positivo e com um fundo de caixa (que tenham pouca dívida) e somos agnósticos. Achamos que o país é muito pequeno para estarmos a dizer “vamos a esta área, mas não vamos àquela”. Pessoalmente investi em indústria, é a minha área natural. Temos agora um projeto grande para produzir, também em Portugal, que é fast seed e é um investimento muito grande, portanto continuamos a fazer investimentos na indústria.

Right now, in which areas do you invest? What projects do you find interesting? I do a lot of things, I'm involved in industry, technology and real estate. I am Chairman in a venture capital that also invests in Portugal, but in a very agnostic way, that is, we invest in all types of companies as long as they are companies with growth potential, with positive EBITDA and a cash fund (which have little debt) and we are agnostic. We think the country is too small to be saying “let's go to this area, but not that one”. I personally invested in industry, it's my natural area. We now have a large project to produce, also in Portugal, which is fast seed and is a very large investment, so we continue to invest in the industry.


17 Investimos muito em tecnologia, fundei uma empresa chamada Polygon que fez uma plataforma para a autenticação de pessoas, aliás são os nossos fornecedores oficiais do Estado português da chave móvel digital. Estamos sempre à procura de coisas e diria que, neste momento, estamos mais à procura de consolidar os nossos negócios e de os fazer escalar.

We invested a lot in technology, I founded a company called Polygon that made a platform for authenticating people, in fact they are our official providers of the Portuguese state of digital mobile keys. We are always looking for things and I would say that, at the moment, we are more looking to consolidate our businesses and to make them grow.

Como olha para o ecossistema empreendedor a nível nacional? Não mudou muito nos últimos anos. Portugal tem já há 30 anos um problema de dificuldades no acesso ao capital, é um país com pouco capital e isso prejudica tudo. Acho que o nosso ecossistema ainda é muito incipiente e isso prejudica imenso. Em São Francisco, especificamente em Silicon Valley, é de lá que saem a maior parte dos unicórnios do mundo, porque têm um ecossistema muito rico. Têm muitas empresas e empreendedores que ganham imenso dinheiro e que todos os anos cada um investe 50, 100 ou 150 milhões de euros para fomentar o aparecimento de novas empresas e novas ideias de negócio que sejam escaláveis, globais e que se possam tornar unicórnios. Nós não temos este ecossistema, porque não temos essa experiência, nem essas pessoas.

How do you look at the entrepreneurial ecosystem at the national level? It hasn't changed much in recent years. Portugal has had a problem with access to capital for 30 years now, it is a country with little capital and this affects everything. I think our ecosystem is still very incipient and that is a huge problem. In San Francisco, specifically in Silicon Valley, that's where most of the world's unicorns come from, because they have a very rich ecosystem. There are many companies and entrepreneurs who earn a lot of money and each year each invests 50, 100 or 150 million euros to encourage the emergence of new companies and new business ideas that are scalable, global and that can become unicorns. We don't have this ecosystem, because we don't have this experience, nor these people.

Crédito da Fotografia: Cortesia SIC


18

Por outro lado, mesmo para negócios mais pequenos o acesso ao capital é muito difícil. Digo, muito a brincar, que o banco só lhe empresta dinheiro depois de provar que não precisa do dinheiro do banco. Isso é um problema, o sistema bancário português, ou a lei permitir que lhe peçam, a si, como garantia a sua casa, se quiser lançar um negócio. Isto é algo imoral, devia ser proibido, há uma série de países em que isso é punido por lei. É uma prática muito comum ir a um banco qualquer e a entidade bancária lhe pedir como garantia um bem que é a sua casa. Isto é uma coisa que não faz sentido. Temos um sistema de capitais de risco ainda muito pouco desenvolvido, com pouco capital e não há ideias muito espetaculares de negócio, há boas, mas não há assim tantas. Para além disso, falta o principal que é: você pode ter as melhores ideias de negócio, pode ter tudo e o que acontece, muitas vezes, com pessoas que são altamente empreendedoras, é lançarem negócios ou terem ideias de negócio muito interessantes que surgem na faculdade, mas depois vão para o mercado e não conseguem ter acesso aos primeiros clientes. Isso falta muito, porque ter uma ronda de investimento seed para uma ronda A, em que já têm clientes, é uma diferença enorme na valorização da empresa e na hipótese que ela tem de sobreviver, e a maior parte dos nossos casos são seed, em que há boas ideias de negócio, mas não as conseguem concretizar e não há ninguém que “deite mão” a isso. Este é um dos grandes problemas de Portugal.

On the other hand, even for smaller businesses, access to capital is very difficult. I say, jokingly, that the bank only lends you money after proving that you don't need the bank's money. That is a problem, the Portuguese banking system, or the law allowing you to be asked to guarantee your home if you want to launch a business. This is something immoral, it should be prohibited, there are a number of countries where this is punishable by law. It is a very common practice to go to any bank and the bank asks you for a property that is your home. This is something that doesn't make sense. We have a venture capital system that is still very undeveloped, with little capital and there aren't very spectacular business ideas, there are good ones, but there aren't that many. Furthermore, the main thing is missing, which is: you can have the best business ideas, you can have everything and what often happens with people who are highly entrepreneurial is to launch businesses or have very interesting business ideas that arise in the college, but then they go to the market and are unable to access their first customers. This is a long way off, because having a seed investment round for an A round, in which they already have clients, is a huge difference in the company's valuation and in the hypothesis that it has to survive, and most of our cases are seed, in that there are good business ideas, but they are not able to materialize and there is no one who “takes hand” to it. This is one of Portugal's biggest problems.

Na sua visão, como pode o ecossistema nacional contornar esse cenário que descreveu e ganhar mais relevo, tornando-se mais apelativo? Tem muito a ver com o papel da capital de risco pública, do Estado português, a forma como esta capital de risco foi concebida e como o Estado português olha para o desenvolvimento das startups portuguesas.

In your view, how can the national ecosystem circumvent this scenario you described and gain more prominence, making it more appealing? It has a lot to do with the role of public venture capital, the Portuguese State, the way this venture capital was conceived and how the Portuguese State looks at the development of Portuguese startups.


19

https://www.zerop.pt/loja


20

Se eu começo um negócio e me colocam na mão um milhão de euros acho que isso é o mais fácil, considerar que a minha ideia de negócio é boa, mas o mais difícil é que consiga utilizar esse dinheiro de uma forma sensata e muito orientada para o negócio. Quando criamos um negócio o objetivo é o quê? Ter clientes e, portanto, falta uma visão vocacionada para o negócio, para ter clientes, e em Portugal as capitais de risco não estão vocacionadas para isso, para serem smart money, para trazerem negócio, nem existe da parte do governo uma preocupação nesse sentido. Um ecossistema é ter dinheiro para apoiar as ideias, mas para além do dinheiro conseguir que estas ideias se convertam em produtos que possam ir para o mercado. Para que a EDP, ou a Caixa Geral de Depósitos, possa comprar o produto, que se consiga fazer um piloto num determinado ministério, por exemplo, e isso não existe. Este é um dos grandes problemas.

If I start a business and they give me a million euros I think this is the easiest, considering that my business idea is good, but the most difficult thing is to be able to use this money in a sensible and very business oriented way. What is the goal when we create a business? Having clients and, therefore, there is a lack of a businessoriented vision, to have clients, and in Portugal venture capitals are not geared towards that, to be smart money, to bring business, nor is there a concern on the part of the government in this regard. An ecosystem is having money to support the ideas, but beyond the money to get these ideas converted into products that can go to market. So that EDP, or Caixa Geral de Depósitos, can buy the product, that a pilot can be done in a specific ministry, for example, and that doesn't exist. This is one of the big problems.

Como podem as startups tornar-se aliciantes para os investidores? As ideias mais simples e escaláveis (que se consigam multiplicar) são as melhores. Às vezes têm uma ideia muito boa, mas não a conseguem tornar num produto que consiga também ter clientes. As startups mais interessantes são aquelas que têm ideias simples e que são escaláveis, ou seja, que possam repetir sempre o modelo de negócio. Se tiverem maior intensidade tecnológica e se for um produto único, melhor. Se tiver o fator de diferenciação torna tudo mais fácil.

How can startups become attractive to investors? The simplest and most scalable ideas (that can be multiplied) are the best. Sometimes they have a very good idea, but they can't turn it into a product that can also have customers. The most interesting startups are those that have simple ideas that are scalable, that is, that can always repeat the business model. If they have greater technological intensity and if it is a unique product, the better. If you have the differentiating factor it makes everything easier.

Enquanto investidor, como identifica o potencial de um negócio? Utilizando esses critérios e há um outro critério, do qual as pessoas não falam muito, que tem a ver com a pessoa que está à frente do negócio. Dizemos, muitas vezes, que não investimos em negócios, mas em pessoas. Pode ter a melhor ideia de negócio do mundo, com planos de negócio bem alinhados, mas se quem está à frente do negócio não for competente e não tiver as competências emocionais, não vai funcionar. Portanto, o grande fator é esse; investir em pessoas com quem tenhamos empatia, que sejam sérias, ambiciosas e muito focadas no trabalho.

As an investor, how do you identify the potential of a business? Using these criteria and there is another criterion, which people don't talk about much, which has to do with the person who is in charge of the business. We often say that we don't invest in business, but in people. You may have the best business idea in the world, with well-aligned business plans, but if the person running the business is not competent and doesn't have the emotional skills, it won't work. So the big factor is this; invest in people we empathize with, who are serious, ambitious and very work-focused.


21

#1 PARTNER OF CHOICE FOR BPO


22

Associações de Business Angels fundem-se na Investors Portugal Business Angels associations merge into Investors Portugal

As duas associações portuguesas de investidores Federação Nacional de Business Angels (FNABA) e Associação Portuguesa de Business Angels (APBA), com mais de 15 anos de experiência em investimento em capital de risco, fundiram-se numa instituição agora designada APIES (Associação Portuguesa de Investidores Early Stage – Investors Portugal). A entidade nasce quase do zero e com a ambição de melhorar a atividade dos investidores anjo em empresas recém-criadas de base tecnológica e reforçar a sua capacidade de influência junto dos associados e parceiros (consultoras, sociedades de advogados, universidades e politécnicos, incubadoras e aceleradoras, autarquias e associações empresariais), através de um raio de atuação maior, que abranja fundos de venture capital.

The two Portuguese associations of investors, the National Federation of Business Angels (FNABA) and the Portuguese Association of Business Angels (APBA), with over 15 years of experience in venture capital investment, have merged into an institution now called APIES (Associação Portuguesa de Early Stage Investors – Investors Portugal). The entity was born almost from scratch and with the ambition to improve the activity of angel investors in newly created technology-based companies and strengthen their ability to influence associates and partners (consultants, law firms, universities and polytechnics, incubators and accelerators, autarchies and business associations) through a wider range of activities, including venture capital funds.


23

“Para sair da mediania em que o país se deixou cair desde o início do século e, se queremos ter mais emprego qualificado com melhores salários, temos que criar mais empresas de alto valor acrescentado. A Investors Portugal abraça estes desafios apoiando os seus associados a investir no empreendedorismo qualificado”, garante João Trigo da Roza, copresidente da APIES. Sob o lema “early seeds, growing forward”, a associação de investidores em early stage (fase inicial) pretende desenvolver o empreendedorismo, investir, criar sinergias, representar os agentes do sector e dar formação. Para os próximos três anos, prevê um investimento na ordem dos 150 milhões de euros. “Queremos Portugal inovador, competitivo e exportador? Isso só é possível com business angels e capital de risco bem organizados. A Investors Portugal é dos investidores que acreditam que Portugal tem empreendedores com as competências para criar de sucesso internacional em Portugal”, afiança o copresidente Pedro Bandeira. A recém-criada associação apoia, neste momento, cerca de 425 business angels, conta com mais de 300 startups investidas, 23 entidades veículo e fundos de venture capital e 500 milhões de euros de investimentos sob gestão.

João Trigo da Roza, copresidente da APIES

Pedro Bandeira, copresidente da APIES

“To get out of the median in which the country has fallen since the beginning of the century and, if we want to have more qualified jobs with better salaries, we have to create more companies with high added value. Investors Portugal embraces these challenges by supporting its members to invest in qualified entrepreneurship”, guarantees João Trigo da Roza, co-president of APIES. Under the motto “early seeds, growing forward”, the association of early stage investors (early stage) aims to develop entrepreneurship, invest, create synergies, represent sector agents and provide training. For the next three years, it foresees an investment in the order of 150 million euros. “Do we want an innovative, competitive and exporting Portugal? This is only possible with well-organized business angels and venture capital. Investors Portugal is one of the investors who believe that Portugal has entrepreneurs with the skills to create international success in Portugal”, guarantees co-chair Pedro Bandeira. The newly created association currently supports around 425 business angels, has more than 300 invested startups, 23 vehicle entities and venture capital funds and 500 million euros of investments under management.


24

Startup portuguesa chega aos Países Baixos com objetivo de tornar o e-commerce sustentável e acessível Portuguese startup arrives in the Netherlands with the objective of making e-commerce sustainable

A Bloq.it, startup portuguesa que desenvolve tecnologia para cacifos inteligentes, anuncia a sua chegada aos Países Baixos num ano que ficou marcado pelo crescimento das suas receitas em 2.000%. A tecnológica vê assim uma progressão no seu objetivo de internacionalização através do cliente Lockster, uma empresa local que está a criar a principal rede de cacifos inteligentes para receber encomendas no país. Esta rede de cacifos inteligentes vai permitir aos utilizadores do comércio online nos Países Baixos receberem as suas encomendas num cacifo inteligente pré-definido, e onde poderão levantar a sua encomenda de forma rápida e segura, 24 horas por dia.

Bloq.it, a Portuguese startup that develops technology for smart lockers, announces its arrival in the Netherlands in a year that was marked by its revenue growth of 2,000%. The technology company thus sees a progression in its internationalization objective through the client Lockster, a local company that is creating the main network of smart lockers to receive orders in the country. This network of smart lockers will allow online commerce users in the Netherlands to receive their orders in a pre-defined smart locker, where they can pick up their order quickly and securely, 24 hours a day.


25

“Para além dos benefícios óbvios para o consumidor final, que pode agora fazer compras online, sem se preocupar com o local e disponibilidade para receber a entrega, criamos também vários benefícios para as empresas de entregas, que podem agora deixar várias encomendas num só local, evitando deslocações desnecessárias e tentativas falhadas de entrega, ou seja, uma enorme redução de custos.” comenta João Lopes, COO e cofundador da Bloq.it. Esta expansão pretende também contribuir para a diminuição da pegada ecológica, causada pelas entregas associadas ao crescimento do comércio eletrónico no país, uma preocupação cada vez mais relevante em vários países europeus.

“In addition to the obvious benefits for the end consumer, who can now shop online, without worrying about the location and availability to receive delivery, we have also created several benefits for delivery companies, who can now leave multiple orders in one place, avoiding unnecessary travel and failed delivery attempts, in other words, a huge reduction in costs.” comments João Lopes, COO and co-founder of Bloq.it. This expansion is also intended to contribute to the reduction of the ecological footprint, caused by deliveries associated with the growth of e-commerce in the country, an increasingly relevant concern in several European countries.


26

A empresa anunciou os cacifos inteligentes aos holandeses como uma solução prática e segura, posicionando-os como uma alternativa para a receção de entregas, que pode reduzir, em até 70%, as emissões de CO2 causadas pela entrega de correio na morada do destinatário. A startup, que recentemente foi considerada uma das 10 mais promissoras em Lisboa pelo Portal Europeu EU-Startups, entrou ainda em vários mercados internacionais, durante o último ano. “Logo depois do lançamento da Bloq.it apercebemonos que a nossa tecnologia poderia atuar em diversas indústrias, nomeadamente nas entregas do e-commerce. Estamos felizes por ver o nosso trabalho chegar a mais um país e expectantes para ver os resultados que iremos alcançar nos Países Baixos” adiciona ainda João Lopes, COO e cofundador da Bloq.it.

The company announced the smart lockers to the Dutch as a practical and safe solution, positioning them as an alternative for receiving deliveries, which can reduce, by up to 70%, the CO2 emissions caused by the delivery of mail to the recipient's address. The startup, which was recently considered one of the 10 most promising in Lisbon by the European Portal EU-Startups, has also entered several international markets during the last year. “Soon after the launch of Bloq.it, we realized that our technology could act in several industries, namely in e-commerce deliveries. We are happy to see our work reach another country and look forward to seeing the results we will achieve in the Netherlands” adds João Lopes, COO and co-founder of Bloq.it.


27

A tecnologia de cacifos inteligentes da Bloq.it, conta com um leque de produto, que permite aos seus parceiros lançarem serviços que recorrem ao uso de cacifos inteligentes de forma simples e rápida. Tendo ajudado vários negócios, em diferentes setores, como o retalho, logística e distribuição, a manter a atividade e ultrapassar os desafios gerados pela pandemia. Os cacifos, que estão disponíveis em vários tamanhos diferentes, podem ser reorganizados em várias combinações, o que permite ser adaptados depende as necessidades de cada parceiro e efetuar várias entregas em simultâneo.

Bloq.it's smart lockers technology has a range of products that allow its partners to launch services that use smart lockers in a simple and fast way. Having helped several businesses, in different sectors, such as retail, logistics and distribution, to maintain their activity and overcome the challenges generated by the pandemic. The lockers, which are available in several different sizes, can be rearranged in various combinations, which allows them to be adapted depending on the needs of each partner and make several deliveries at the same time.


28

Sobre a Bloq.it

About Bloq.it

A Bloq.it é uma startup portuguesa, fundada em 2019, com o objetivo de ser a melhor solução para cacifos inteligentes, com o Bloq.it OS. Durante os seus primeiros dois anos de atividade, a Bloq.it já realizou várias parcerias junto de entidades na área que levou a sua tecnologia às praias e a centros comerciais em Portugal, bem como no Perú, Espanha, Grécia, Jordânia, Holanda e França. A Bloq.it foi eleita pelo público como a startup mais inovadora na edição da Web Summit em 2019.

Bloq.it is a Portuguese startup, founded in 2019, with the objective of being the best solution for smart lockers, with Bloq.it OS. During its first two years of activity, Bloq.it has already made several partnerships with entities in the area that have taken its technology to beaches and shopping centers in Portugal, as well as in Peru, Spain, Greece, Jordan, Netherlands and France. Bloq.it was elected by the public as the most innovative startup in the 2019 edition of the Web Summit.


29


30

European Innovation Academy 2022 European Innovation Academy 2022

A European Innovation Academy, o maior programa de verão líder na formação para o empreendedorismo, focado na inovação digital, fechou oficialmente a sua EIA Global 2021 e prepara o regresso à opção presencial. Num contexto em que 2020 trouxe mudanças notáveis, nomeadamente a perda da oportunidade de viajar, de estudar no exterior e conhecer pessoas cara-a-cara – a organização considera ter atingido os objetivos que se propôs. A Academia decidiu que a educação da próxima geração não podia parar por causa da pandemia e, com a ajuda dos seus parceiros (o Município de Cascais, a Universidade Nova de Lisboa, o Santander Universidades e a BETA-i), lançou-se com determinação na organização da EIA Global 2021. “É o primeiro programa de empreendedorismo virtual do mundo, que conseguiu reunir durante três semanas estudantes de todo o mundo para começarem os seus próprios projetos”, refere oficialmente a organização.

The European Innovation Academy, the largest leading summer training program for entrepreneurship focused on digital innovation, has officially closed its EIA Global 2021 and is preparing the return to the face-to-face option. In a context in which 2020 brought notable changes, namely the loss of the opportunity to travel, study abroad and meet people face-to-face – the organization believes that it has achieved its goals. The Academy decided that the education of the next generation could not stop because of the pandemic and, with the help of its partners (the Municipality of Cascais, Universidade Nova de Lisboa, Santander Universities and BETA-i), it launched with determination in the organization of the Global EIA 2021. “It is the first virtual entrepreneurship program in the world, which managed to bring together students from all over the world for three weeks to start their own projects”, the organization officially says.


31

Foram 350 alunos (dos quais 140 portugueses) que trabalham em 70 startups diferentes, oriundos de 60 países diferentes e de 40 universidades de todo o mundo que encontraram um ponto de encontro virtual onde puderam partilhar experiências, absorver conhecimentos e principalmente não deixar a formação em stand by por tempo indeterminado. Os participantes passaram por uma jornada de 15 dias para chegar à fase final, tendo começado com a criação de uma equipa internacional reunida em torno de uma ideia. Tiveram que construir um protótipo e uma primeira campanha de marketing para lançar o seu produto no mercado global e, talvez a parte mais difícil, tiveram de enfrentar os investidores.

There were 350 students (of which 140 were Portuguese) working in 70 different startups, from 60 different countries and 40 universities around the world who found a virtual meeting point where they could share experiences, absorb knowledge and especially not leave training on stand by indefinitely. Participants went through a 15-day journey to reach the finals – it has started with the creation of an international team gathered around an idea. They had to build a prototype and a first marketing campaign to launch their product on the global market and, perhaps the hardest part, they had to face investors.

Foram cinco as equipas que chegaram à fase de "embate" com os investidores, e todas elas tiveram a participação de portugueses. Estas são as que chegaram aí (e os nomes dos portugueses envolvidos: - Culture Kit (Filipe Pessoa, Universidade de Coimbra e Catarina Ribeiro, IST); - Protosyn (Tiago Gil, ISEL, José Pereira, Universidade de Aveiro, e Hugo Sales, Universidade do Porto); - Diagnostic Toys (Hugo Jorge, ISEL, Carolina Capela, IST, e João Gomes, Universidade do Porto); - Genius Caps (Gabriel Figueiredo, IST, Ana Rita Vieira, Universidade do Porto e Isabel Costa, Universidade do Porto); - Wellness Wonders (Petra Guimarães, Universidade do Porto e Maya Almeida, Universidade dos Açores).

There were five teams that reached the 'clash' stage with investors – and all of them had the participation of Portuguese. Here are the ones that arrived there (and the names of the Portuguese people involved: - Culture Kit (Filipe Pessoa, University of Coimbra and Catarina Ribeiro, IST); - Protosyn (Tiago Gil, ISEL, José Pereira, University of Aveiro, and Hugo Sales, University of Porto); - Diagnostic Toys (Hugo Jorge, ISEL, Carolina Capela, IST, and João Gomes, University of Porto); - Genius Caps (Gabriel Figueiredo, IST, Ana Rita Vieira, University of Porto and Isabel Costa, University of Porto); - Wellness Wonders (Petra Guimarães, University of Porto and Maya Almeida, University of the Azores).

Genius Caps, Protosyn e Culture Kit foram os três projetos que acabaram por merecer a distinção do júri. O tempo é agora de regressar aos encontros presenciais e fazer voltar o programa aos seus moldes tradicionais. A próxima edição, a de 2022, que deverá desta vez decorrer na cidade do Porto, já voltará a ser presencial permitindo que a experiência seja mais eficaz e impressiva.

Genius Caps, Protosyn and Culture Kit were the three projects that ended up deserving the jury's distinction. The time is now to return to face-to-face meetings and return the program to its traditional molds. The next edition, the one in 2022, which should this time take place in Porto, will be present again allowing the experience to be more effective and impressive.


32

Alexandre Oliveira

Responsável Ponto de Venda – Salesland Portugal

O Cliente final versão on-going… The end customer on-going version…

Ao longo da minha vida pessoal e profissional construi pilares que ajudam a avaliar e tomar decisões no meu dia-a-dia. Hoje, passado sensivelmente um ano e meio e após uma pandemia que assolou todo o mundo, um deles sobressai mais que todos os outros. Esse pilar gira em torno da forma como esta pandemia atingiu cada um de nós, levando a que a experiência sentida em cada um seja muito própria. Porquê aplicar agora? Simples, o ser humano vive de rotinas, hábitos e durante este período criamos rotinas de consumo muito diferentes das que tínhamos anteriormente, levando a novas sazonalidades, elevando o consumo online e criando um “fosso” social sem o contacto físico. Agora que o comércio de uma forma geral mexe a toda a velocidade, o cliente final move-se a um ritmo diferente e mais que preparar qualquer plano comercial, uma marca deve entender o seu consumidor, formando as suas equipas com a capacidade de “olhar para o próximo” quase como de forma bíblica (o pilar). É fundamental entender que na base de um plano deve existir capacidade de compreensão, em que o histórico existente, hoje nas empresas, poderá não se replicar e estar a “encharcar” o mercado de produto e informação dentro de um espaço temporal outrora existente como comparativo, poderá levar a um erro caro.

Throughout my personal and professional life, I have built pillars that help me evaluate and make decisions in my day-to-day. Today, after about a year and a half and after a pandemic that has devastated the whole world, one of them stands out more than all the others. This pillar revolves around how this pandemic has hit each of us, making the experience felt in each of us very unique. Why apply now? Simple, human beings live on routines, habits and during this period we create consumption routines that are very different from those we had before, leading to new seasonalities, increasing online consumption and creating a social “gap” without physical contact. Now that commerce in general moves at full speed, the end customer moves at a different pace and more than preparing any commercial plan, a brand must understand its consumer, forming its teams with the ability to "look at the neighbor” almost in a biblical way (the pillar). It is essential to understand that at the base of a plan there must be an understanding capacity, in which the existing history, today in companies, may not be replicated and may be "soaking" the product and information market within a time frame that used to exist as a comparative , could lead to a costly error.


33

Durante o pouco tempo de normalidade que tivemos para analisar o mercado atual, chego à conclusão de que o cliente final, efetua um estudo prévio do que pretende adquirir, reduzindo dessa forma o tempo de ação de um comercial. O foco no conhecimento geral nunca foi tão importante, é fundamental criar conteúdo rico às equipas que operam hoje em dia, fomentando o seu crescimento pessoal e sustentável. Ter um funcionário mais feliz e capaz para que no momento de decisão de um cliente final a confiança na pessoa que está à sua frente, seja um fator importante de decisão. O seu sorriso de felicidade e orgulho daquilo que representa equivale a um segundo do seu tempo… Nunca é de mais relembrar que errar faz parte do processo de aprendizagem, sem isso seremos apenas perfeitos…

During the short time of normality that we had to analyze the current market, I came to the conclusion that the end customer makes a preliminary study of what he intends to acquire, thus reducing the time of action of a commercial. The focus on general knowledge has never been more important, it is essential to create rich content for the teams that operate today, fostering their personal and sustainable growth. Having a happier and more capable employee so that, at the time of a final customer's decision, trust in the person in front of them is an important decision factor. Your smile of happiness and pride in what you represent is equivalent to a second of your time... It's never too much to remember that making mistakes is part of the learning process, without it we'll just be perfect...


34

A BioReboot é uma startup Madeirense que tem como foco o reaproveitamento de resíduos agrícolas da Região Autónoma da Madeira, o seu processamento e transformação num biomaterial a partir do qual são desenvolvidas sementeiras e vasos biodegradáveis com o propósito de substituir os plásticos descartáveis utilizados no setor da Agricultura. A startup surge em outubro de 2020, na 2ª edição do concurso de aceleração de ideias StartNOW, promovido pela StartUp Madeira, onde se sagra uma das equipas vencedoras. Foi selecionada para representar a Região Autónoma da Madeira na final Nacional do ClimateLaunchpad 2021, o maior concurso de “Green Business Ideas”, promovido pelo European Institute of Innovation. Neste momento, representa a Universidade da Madeira no concurso “Born from Knowledge Ideas 2021”, promovido pelo Instituto Pedro Nunes e a Agência Nacional de Inovação. A BioReboot desenvolveu protótipos das sementeiras e encontra-se a investigar o biomaterial através de uma parceria com o Centro ISOPlexis – Centro de Agricultura e Tecnologia Alimentar da Universidade da Madeira. Está a desenvolver o seu Plano de Negócios para contemplar o investimento necessário à implementação de uma linha inicial de produção e a avaliar a possibilidade de ramificação futura da BioReboot a áreas como o Design de Interiores, Construção Civil e Produtos HORECA.

BioReboot is a Startup from Madeira that focuses on the reuse of agricultural residues from the Autonomous Region of Madeira, its processing and transformation into a biomaterial from which seeds and biodegradable vessels are developed with the purpose of replacing the disposable plastics used in the sector of Agriculture. The startup appears in October 2020, in the 2nd edition of the StartNOW ideas acceleration contest, promoted by StartUp Madeira, where it is crowned one of the winning teams. It was selected to represent the Autonomous Region of Madeira in the National Final of ClimateLaunchpad 2021, the largest “Green Business Ideas” competition, promoted by the European Institute of Innovation. At the moment, the startup is representing the University of Madeira in the contest “Born from Knowledge Ideas 2021”, promoted by Instituto Pedro Nunes and the National Innovation Agency. BioReboot has developed seed prototypes and is investigating the biomaterial through a partnership with Centro ISOPlexis – Center for Agriculture and Food Technology at the University of Madeira. It is developing its Business Plan to contemplate the investment necessary to implement an initial production line and is evaluating the possibility of future branching of BioReboot into areas such as Interior Design, Civil Construction and HORECA Products.

Contatos/Contacts: Instagram: @biorebootpt LinkedIN: linkedin.com/company/bioreboot Email: biorebootgeral@gmail.com Tlm: +351 964 977 790


35


36

O Assedius.pt resulta da canalização da vivência pessoal de assédio laboral, explanada na obra "Assédio Laboral: Quando o Trabalho Aprisiona", de Noémia Carvalho, e dos conhecimentos em matéria de Marketing Digital da mesma, na construção de um espaço seguro e transparente de apoio psicológico e jurídico às vítimas de assédio laboral.

Assedius.pt results from the channeling of the personal experience of labor harassment, explained in the work "Labor Harassment: When Work Imprisons", by Noémia Carvalho, and its knowledge in terms of Digital Marketing, in the construction of a safe and transparent space with psychologicaland legal support for victims of harassment at work.

O assédio começa no local de trabalho, lesando o desempenho profissional, mas estende-se a todas as áreas da vida humana: afeta a convivência familiar, social e individual, é um fator de grave perturbação da saúde mental e contamina a legítima “paz interior”.

Harassment begins in the workplace, harming professional performance, but it extends to all areas of human life: it affects family, social and individual coexistence, it is a factor of serious disturbance in mental health and contaminates the legitimate “inner peace”.


37

O Assedius.pt tem como pilares estruturais da sua causa, a transparência, a isenção política, económica, social e religiosa, a eficácia, a lealdade, o respeito e a confidencialidade dos depoimentos e a identidade de todas as vítimas. Apresentando-se como um projeto pioneiro em Portugal, congregando, numa só plataforma, todos os meios necessários, através de profissionais de excelência, para dar voz a um flagelo laboral, social e emocional atual e cada vez mais significativo na sociedade: 16,5% da população em Portugal já sofreu, pelo menos, uma vez, durante a sua vida profissional, uma forma de assédio no trabalho. Enquanto lê estas palavras, alguém sofre assédio. Hodiernamente, a plataforma oferece, por um lado, um veículo de receção anónimo e seguro de denúncias, e por outro lado, preocupa-se em disponibilizar às empresas e outras entidades uma oportunidade para melhorar a sua comunicação interna, criando confiança e melhorando o ambiente de trabalho, atuando preventivamente no combate ao assédio laboral.

Assedius.pt has as structural pillars of its cause, transparency, political, economic, social and religious exemption, efficiency, loyalty, respect and confidentiality of testimonies and the identity of all victims. Presenting itself as a pioneering project in Portugal, bringing together, in a single platform, all the necessary means, through excellent professionals, to give voice to a current and increasingly significant labor, social and emotional scourge in society: 16.5 % of the population in Portugal has suffered, at least once, during their working life, a form of harassment at work. While reading these words, someone is harassed. Today, the platform offers, on one hand, an anonymous and secure means of receiving complaints, and on the other hand, it is concerned with providing companies and other entities with an opportunity to improve their internal communication, creating trust and improving the environment working preventively in the fight against harassment at work.


38 As expetativas de futuro centram-se em aprofundar a caminhada que temos vindo a trilhar: por um lado, continuando a promover a nossa plataforma como um “lugar seguro”, jamais desacreditando a vítima e muito menos desvalorizando a relevância do seu problema, e debatendo, junto das entidades empregadores, soluções preventivas para que estas se preocupem em assumir um compromisso ético e legal urgente e necessário de combate interno às diversas modalidades de assédio laboral. Uma “vítima”, nunca é apenas uma “vítima”: tem um rosto, tem um nome, tem direitos, tem deveres e tem uma voz que não pode, nem deve, ser silenciada. Queremos incentivar essa voz a ser ouvida e credibilizada, dentro do espaço laboral e por toda a comunidade social.

Expectations for the future are centered on deepening the path we have been taking: on the one hand, continuing to promote our platform as a "safe place", never discrediting the victim, let alone devaluing the relevance of their problem, and debating, with employers, preventive solutions so that they are concerned about assuming an urgent and necessary ethical and legal commitment to internally combat the various forms of harassment at work. A “victim” is never just a “victim”: it has a face, it has a name, it has rights, it has duties and it has a voice that cannot, and should not, be silenced. We want to encourage this voice to be heard and credited, within the work space and by the entire social community.


39

8 - 9 Janeiro, 2022

DESENVOLVIMENTO PESSOAL

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

CARREIRA E MESTRIA

COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES


40

A New Organic Planet (NOP), com sede no Funchal, iniciou a sua atividade em 2016 com o propósito de desenvolver projetos conexos ao setor agroalimentar, bem como promover a I&D no âmbito da Agricultura Biológica e Indústria Agroalimentar. É uma empresa com ideias de empreender em conjunto, contando com o apoio de pessoas e instituições. O objetivo é aumentar a produção científica e promover práticas de investigação no sentido do desenvolvimento de novos produtos e novos negócios, nos setores da Agricultura, Indústria e Investigação. Nesse âmbito, promove estruturas colaborativas no sentido de fomentar o empreendedorismo, criando oportunidades de cooperação entre o tecido empresarial e institucional ao nível da produção biológica e da transformação. Nesta edição da OnStartups Magazine falámos com Patrícia Assunção e Luís Albano da NOP sobre a empresa e os seus projetos.

New Organic Planet (NOP), based in Funchal, started its activity in 2016 with the purpose of developing projects related to the agri-food sector, as well as promoting R&D in the scope of Organic Agriculture and the Agrifood Industry. Is a company with ideas to undertake together, with the support of people and institutions. The goal is to increase scientific production and promote research practices in the sense of developing new products and new businesses, in the sectors of Agriculture, Industry and Research. In this context, promote collaborative structures in order to foster entrepreneurship, creating opportunities for cooperation between the business and institutional fabric in terms of organic production and transformation. In this edition of OnStartups Magazine we spoke with Patrícia Assunção and Luís Albano from NOP about the company and its projects.

Patrícia Assunção

Patricia Assunção

A New Organic Planet desenvolve a sua atividade nos setores da Agricultura Biológica e da Indústria Agroalimentar. De que se trata a empresa e qual a sua missão? A New Organic Planet (NOP) é uma startup da Madeira, com escritórios em Coimbra, Castelo Branco e Lisboa, que pretende ter uma ação nacional e internacional na promoção do mundo Bio. Desenvolvemos, desde 2016, projetos inovadores ligados ao setor agroalimentar biológico, e acreditamos nesta nossa missão.

New Organic Planet develops its activity in the Organic Agriculture and Agrifood Industry sectors. What is the company and what is its mission? New Organic Planet (NOP) is a startup from Madeira, with offices in Coimbra, Castelo Branco and Lisbon, which intends to have a national and international action in promoting the Bio world. We have been developing, since 2016, innovative projects linked to the biological agrifood sector, and we believe in our mission.


41

Nos últimos anos, temos vindo a evoluir para transformar a NOP numa verdadeira aceleradora de projetos startup na área agroalimentar biológica, acrescentando vários projetos novos ao projeto que nos deu origem, o Bioplatform (www.bioplatform.eu). Deixe-me acrescentar uma palavra sobre os nossos investidores. Estamos inseridos num ecossistema de investidores “business angel” que já investiram muito no nosso projeto e que acreditam que o desenvolvimento do setor Bio permite alcançar um planeta mais sustentável. Os seus valores também se encontram alinhados com os da Região Autónoma da Madeira (RAM), que tem como objetivo alcançar, a prazo, uma produção maioritariamente biológica no seu território, tendo sido esta uma das principais razões para nos termos estabelecido na Madeira. Além disso, temos o orgulho de poder ter o apoio financeiro do IDERAM e do Banco Português de Fomento, sem os quais não conseguiríamos estar a desenvolver tantos projetos e a atrair tanto interesse por parte de investidores e players do setor.

In recent years, we have been evolving to transform NOP into a true accelerator of startup projects in the organic food industry, adding several new projects to the project that gave birth to us, Bioplatform (www. bioplatform.eu). Let me add a word about our investors. We are part of an ecosystem of “business angel” investors who have already invested a lot in our project and who believe that the development of the Bio sector allows us to reach a more sustainable planet. Its values are ​​ also in line with those of the Autonomous Region of Madeira (RAM), which aims to achieve, in the long term, mostly organic production in its territory, which was one of the main reasons for establishing the terms in Madeira. In addition, we are proud to have the financial support of IDERAM and Banco Português de Fomento, without which we would not be able to develop so many projects and attract so much interest from investors and players in the sector.


42

Que iniciativas têm vindo a desenvolver? Temos desenvolvido vários projetos. Somos uma autêntica fábrica de projetos, alguns promovidos internamente por nós e outros por promotores externos que apoiamos. Internamente, estamos a finalizar um projeto de I&D, intitulado Probiomadeira, que permitiu estudar a fertilidade dos solos na RAM e analisar quais as melhores práticas agrícolas para este território. Este projeto, que ficou concluído a 30 de setembro (2021), contou com a parceria da Universidade de Madeira e da Escola Agrária de Coimbra. O Bioplatform é outro projeto ambicioso, desenvolvido internamente, que agora está em processo de expansão para o mercado espanhol. Trata-se de uma plataforma inovadora de negócios para o mundo Bio e tem como objetivo agregar a maior comunidade Bio da península ibérica à sua volta. É uma aposta de longo prazo para o nosso projeto, como um pivot para o resto da atividade que desenvolvemos. Outro projeto, desta feita desenvolvido através de um promotor externo que temos vindo a apoiar, foi o “Iguarias de Shiitake”. Esta marca produz uma gama de produtos com cogumelos Shiitake, onde as conservas aromatizadas têm especial relevo e já conquistaram o palato de muitos apreciadores destas iguarias. A NOP esteve ainda envolvida no lançamento de uma marca de serviços de catering biológico, com base em Coimbra e Lisboa. Já em 2021, através de uma sociedade em que tem uma participação, a NOP iniciou um projeto de I&D onde se encontra a estudar o aproveitamento do resíduo de uma planta invasora, o Jacinto de Água, para fins comerciais. Este projeto é copromovido pela Escola Superior Agrária de Coimbra e pelo Instituto Politécnico de Bragança.

What initiatives have you been developing? We have developed several projects. We are an authentic factory of projects, some promoted internally by us and others by external promoters that we support. Internally, we are finalizing an R&D project, entitled Probiomadeira, which allowed us to study soil fertility in the RAM and analyze the best agricultural practices for this territory. This project, which was completed on September 30th (2021), had the partnership of the University of Madeira and the Escola Agrária de Coimbra. Bioplatform is another ambitious project, developed internally, which is now in the process of expanding into the Spanish market. It is an innovative business platform for the Bio world and aims to bring together the largest Bio community in the Iberian Peninsula around it. It is a long-term bet for our project, as a pivot for the rest of the activity we develop. Another project, this time developed through an external promoter that we have been supporting, was “Shiitake Delicacies”. This brand produces a range of products with Shiitake mushrooms, where the flavored preserves are especially prominent and have already conquered the palates of many lovers of these delicacies. NOP was also involved in the launch of a brand of organic catering services, based in Coimbra and Lisbon. As early as 2021, through a company in which it has a stake, NOP started an R&D project where it is studying the use of the residue of an invasive plant, the Water Hyacinth, for commercial purposes. This project is co-promoted by the Escola Superior Agrária de Coimbra and the Polytechnic Institute of Bragança.


43

Neste momento, a NOP tem uma Call aberta para programas de apoio ao empreendedorismo. Até quando é possível submeter projetos e que género de projetos se enquadram? No início de 2021, lançámos os nossos programas de apoio ao empreendedorismo inovador no setor agroalimentar Bio, sendo esta a nossa principal missão. As Calls de submissão dos projetos são contínuas, quatro meses cada, e estão divididas por território de intervenção, de acordo com a estratégia que cada território tem para o mundo Bio. Os projetos podem ser promovidos em Portugal Continental, na Região Autónoma da Madeira, ou na Região Autónoma dos Açores. Os programas NOP estão divididos de acordo com os três estados em que os projetos se encontrem: o BioDeveloper, para projetos que tenham investimento em I&D; o IncuBio, para projetos em início de vida; e o BioFunding, para projetos com alguma maturidade. Em todos os projetos, a NOP intervém com uma participação e competências alargadas, alavancadas na sua equipa interna e nos seus parceiros. O que procuramos através destes programas são projetos de startups que incluam produtos ou serviços novos e úteis para o mundo Bio.

C u r rent l y , N OP ha s a n o pen Ca l l fo r e n t re p re ne u r s h i p support programs. Until when is it possible to submit projects and what kind of projects fit? In early 2021, we launched our programs to support innovative entrepreneurship in the Bio agrifood sector, which is our main mission. Project submission calls are continuous, four months each, and are divided by intervention territory, according to the strategy that each territory has for the Bio world. Projects can be promoted in Mainland Portugal, in the Autonomous Region of Madeira, or in the Autonomous Region of the Azores. The NOP programs are divided according to the three states in which the projects are located: BioDeveloper, for projects that have investment in R&D; IncuBio, for projects in the beginning of their life; and BioFunding, for projects with some maturity. In all projects, NOP intervenes with broad participation and skills, leveraged on its internal team and its partners. What we look for through these programs are startup projects that include new and useful products or services for the Bio world.

Que parcerias tem estabelecido? As parcerias que a NOP protocola têm dois objetivos primordiais: encontrar competências técnicas complementares às já existentes na empresa; e a divulgação dos nossos programas através da rede de influência dos nossos parceiros. A NOP tem parceria com a Universidade da Madeira, a Escola Superior Agrária de Coimbra, a Escola Superior Agrária de Viseu, a Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, o Instituto Politécnico de Coimbra, a Universidade de Coimbra e o Vouga Park.

What partnerships have you established? The partnerships that NOP protocols have two main objectives: to find technical skills that complement those already existing in the company; and the dissemination of our programs through the influence network of our partners. NOP has a partnership with the University of Madeira, the Escola Superior Agrária de Coimbra, the Escola Superior Agrária de Viseu, the Escola Superior Agrária de Ponte de Lima, the Polytechnic Institute of Coimbra, the University of Coimbra and Vouga Park.


44 Que influência, ou presença, tem a NOP tido na ilha da Madeira e também a nível continental, ou até internacional? A RAM é a nossa génese, a nossa base de partida. Felizmente, é uma região de acolhimento de projetos ligados ao mundo Bio. A presença da NOP tem sido notada, mormente, pelo contributo para uma melhor compreensão do território, bem como para a dinamização do ecossistema do empreendedorismo local. Atualmente, através de um protocolo específico assinado com a Universidade da Madeira, vamos acolher estágios de diversos alunos do curso técnico superior profissional em Tecnologias Agroalimentares, o que é para nós uma grande responsabilidade. Alguns dos projetos que desenvolvemos, apesar de terem origem na RAM, têm um alcance mais abrangente. Um dos nossos projetos mais promissores, o Bioplatform, encontra-se em fase de internacionalização para o mercado espanhol.

What influence, or presence, has NOP had on the island of Madeira and also at the continental level, or even internationally? RAM is our genesis, our starting point. Fortunately, it is a host region for projects related to the Bio world. The presence of NOP has been noted, mainly, for its contribution to a better understanding of the territory, as well as to the dynamization of the ecosystem of local entrepreneurship. Currently, through a specific protocol signed with the University of Madeira, we are going to host internships for several students from the professional higher technical course in Agrifood Technologies, which is a great responsibility for us. Some of the projects we develop, despite having their origins in RAM, have a broader scope. One of our most promising projects, Bioplatform, is currently being internationalized for the Spanish market.

Quais os projetos que têm em vista para o futuro? De entre os diversos projetos que nos encontramos a analisar, há um que sublinhamos como sendo o mais inovador e que poderá ter um maior impacto no mundo Bio, tanto pelo seu grau de inovação, como pelo volume de investimento envolvido. Trata-se do BIOR (Bio Reward), a cripto moeda para o mundo Bio. Este projeto, ainda em fase embrionária, irá permitir o apoio ao desenvolvimento de projetos estruturantes para a sustentabilidade, bem como o uso efetivo de uma moeda digital para pagamento no ecossistema Bio. O seu alcance é enorme e a sua integração com outros projetos conexos ao mundo Bio irá tornar-se uma realidade a prazo. Estamos também a analisar vários novos projetos localizados na Madeira e em breve estaremos nos Açores, onde já temos também muito trabalho desenvolvido, mas como já referi temos interesse em projetos de qualquer ponto do país.

What projects do you have in mind for the future? Among the various projects that we are currently analyzing, there is one that we highlight as being the most innovative and which could have a greater impact on the Bio world, both due to its degree of innovation and the volume of investment involved. It is the BIOR (Bio Reward), the cryptocurrency for the Bio world. This project, still in its infancy, will support the development of structuring projects for sustainability, as well as the effective use of a digital currency for payment in the Bio ecosystem. Its reach is enormous and its integration with other related projects in the Bio world will become a reality in the long term. We are also analyzing several new projects located in Madeira and we will soon be in the Azores, where we also have a lot of work done, but as I mentioned we are interested in projects from anywhere in the country.

Que cargo ocupa e qual a função que a Patrícia desempenha na NOP? Eu faço parte do núcleo principal da NOP e tenho participação em quase todos os projetos que desenvolvemos. Através das minhas competências técnicas ligadas à minha formação de base, a engenharia agrónoma, contribuo transversalmente para o sucesso dos projetos internos e dos que apoiamos externamente. Atualmente, encontro-me mais dedicada à coordenação e gestão da Bioplatform, não obstante das constantes participações nos demais projetos em que a NOP está presente.

What is the position and what role does Patrícia play at NOP? I am part of the main core of NOP and participate in almost all the projects we develop. Through my technical skills linked to my basic training, agricultural engineering, I contribute transversally to the success of internal projects and those we support externally. Currently, I find myself more dedicated to the coordination and management of Bioplatform, despite the constant participation in other projects in which NOP is present.


45 Luís Albano

Luís Albano

No seu ponto de vista, como se encontra atualmente o setor agroalimentar biológico, em Portugal? O setor encontra-se numa fase em que existe uma grande separação entre as empresas de maior dimensão – que são mais competitivas e têm algum poder de chegar ao mercado nacional e internacional – e as empresas mais pequenas que, muitas vezes, nem são empresas, são pessoas que acabam por ter uma economia muito familiar e vendas muito localizadas, o que hoje está muito em voga se chamar de economia circular ou de proximidade. Existe toda uma microeconomia familiar, muitas vezes de subsistência, mas que é importante, nomeadamente para as famílias. Essa microeconomia é frequentemente alvo de tentativas de melhoramento, mas na minha opinião dificilmente será melhorada, o que vai ao encontro do problema que temos em Portugal – a divisão de solos. Os nossos solos estão altamente fracionados, fruto de políticas do início do século XX, o que faz com que existam muito poucos terrenos com potencial de produtividade.

In your point of view, how is the biological agrifood sector in Portugal currently? The sector is at a stage where there is a great separation between larger companies - which are more competitive and have some power to reach the national and international market - and smaller companies that are often not even companies, they are people who end up having a very familiar economy and very localized sales, which today is very popular to call the circular or proximity economy. There is a whole family microeconomy, often for subsistence, but it is important, particularly for families. This microeconomy is often the target of attempts at improvement, but in my opinion it will hardly be improved, which meets the problem we have in Portugal – the division of land. Our soils are highly fractioned, as a result of policies from the beginning of the 20th century, which means that there are very few lands with potential for productivity.


46

Qualquer terreno que tenha menos do que sete hectares, dificilmente existem produções que sejam rentáveis e se não forem mecanizadas pior ainda. Para além de certas zonas do país, onde pela sua geografia ainda mais difícil se apresenta essa possibilidade de rentabilidade. Isto, leva-nos à conclusão de que existe potencial, caso se queira enveredar por uma profissionalização e unificação de certos setores, onde as associações e certas entidades poderão ter um papel muito importante pelo associativismo, ou cooperativismo, em determinados setores. O caso do vinho e do azeite, são dois exemplos através dos quais vê-se que o associativismo funcionou, sendo hoje Portugal um país altamente exportador, tanto de vinho como de azeite, porque conseguiu unir desde os mais pequenos produtores até produtores com algum relevo, para criar produtos de qualidade e não só produtos para consumo interno, mas também, e principalmente, para exportação. O mesmo se poderia aplicar a outras verticais no setor agroalimentar, haja maturidade por parte das novas gerações para o fazer, haja vontade e importação de mão-de-obra que porventura é, atualmente, um dos graves problemas neste setor. Uma das barreiras ao crescimento desta indústria é sem dúvida a mão-de-obra desqualificada, porque não é necessária grande qualificação, apenas alguma formação e qualificação. É preciso haver vontade e, eventualmente, alguma legislação que ajude na normalização de certas atividades ou profissões. Outro dos problemas é o know-how que se vai perdendo à medida que certas gerações vão morrendo e com elas alguma experiência, algum know-how que dificilmente se aprende nas escolas, nas universidades ou nos institutos, não descurando certas técnicas mais recentes e inovadoras que possam surgir, mas não devemos deixar de parte o conhecimento ancestral. Sintetizando, a nossa indústria agroalimentar tem potencial, mas carece de uma revisão profunda desde os solos, passando pelos recursos humanos e pela inovação que é necessário aportar a este setor para que seja mais rentável. .

Any land that has less than seven hectares, there are hardly any profitable productions and if not mechanized even worse. In addition to certain areas of the country, where, due to its even more difficult geography, this possibility of profitability presents itself. This leads us to the conclusion that there is potential, if one wants to pursue a professionalization and unification of certain sectors, where associations and certain entities can play a very important role through associations, or cooperativism, in certain sectors. The case of wine and olive oil, are two examples through which it can be seen that associativism worked, and today Portugal is a high exporter of both wine and olive oil, because it managed to unite from the smallest producers to producers with some importance, to create quality products and not only products for domestic consumption, but also, and mainly, for export. The same could apply to other verticals in the agri-food sector, if there is maturity on the part of the new generations to do so, there is a willingness and import of labor which perhaps is currently one of the serious problems in this sector. One of the barriers to the growth of this industry is without a doubt the unskilled workforce, because it does not need great qualifications, just some training and qualification. There needs to be a will and, eventually, some legislation to help normalize certain activities or professions. Another problem is the know-how that is lost as certain generations die and with them some experience, some know-how that is difficult to learn in schools, universities or institutes, not neglecting certain more recent and innovative techniques that may arise, but we must not set aside ancestral knowledge. In summary, our agri-food industry has potential, but it needs a deep review from the soil, through the human resources and the innovation that it is necessary to bring to this sector so that it can be more profitable.


47


48 O Luís tem uma visão direcionada para a vertente empresarial. Neste sentido, qual a sua visão sobre o negócio no setor Agroalimentar e da Agricultura Biológica? A Agricultura Biológica tem um espaço muito grande para crescer, aliás tem crescido tanto a nível de produção como de consumo, até devido à preocupação que as pessoas têm, cada vez mais, com a saúde. Não obstante, de ainda haver uma falta de conhecimento por parte de algumas pessoas, que acham que a agricultura biológica, ou os produtos biológicos são mais caros do que os produtos não biológicos (são produzidos em maior quantidade, logo são mais baratos, o que cada vez mais vai existindo um encolhimento dos preços, fator de sucesso dessa atividade). Nós temos um parceiro, a BioEscolha que está ativamente no mercado do retalho e da distribuição e eles próprios nos vão falando sobre isso. Existe alguma dificuldade em encontrar alguns produtos de produção não de transformação. Já existe um ótimo mercado de produtos biológicos transformados, mas no que diz respeito à produção existe alguma dificuldade em encontrar certos produtos e essa dificuldade na produção biológica prende-se muito com a certificação necessária para que esses produtos sejam considerados biológicos e todos os custos que tal acarreta.

Luís you have a vision directed towards the business aspect. In this sense, what is your vision of the business in the Agrifood and Organic Agriculture sector? Organic Agriculture has a great deal of space to grow, in fact it has grown both in terms of production and consumption, due to people's growing concern with health. However, there is still a lack of knowledge on the part of some people, who think that organic farming, or organic products are more expensive than nonorganic products (they are produced in greater quantities, so they are cheaper, which increasingly, there is a reduction in prices, a factor for the success of this activity). We have a partner, BioEscolha, which is actively in the retail and distribution market and they are telling us about it themselves. There is some difficulty in finding some non-processed production products. There is already a great market for processed organic products, but with regard to production there is some difficulty in finding certain products and this difficulty in organic production is very much related to the certification necessary for these products to be considered organic and all the costs that this entails.


49 49

Acabam por ser custos que agregados a outros vão contribuir para que a rentabilidade do negócio nem sempre seja efetiva, ou existe uma certa escala para que os produtores de produtos biológicos possam incorporar os custos, nomeadamente da certificação na sua produção, ou a pequena escala, existem muitos produtores de pequena escala que têm essa dificuldade. Uma das problemáticas que, por vezes, encontramos nesta área prende-se com alguma incerteza que os consumidores – ao longo de toda a cadeia, sejam eles os transformadores, os comercializadores ou o consumidor final – têm em relação à veracidade de que o produto é efetivamente biológico. Nesse sentido, existem uma série de iniciativas e nós, no âmbito da NOP, temos um projeto que tenta resolver, ou pelo menos ajudar, a solucionar essa preocupação através de uma ferramenta digital que informe e garanta, quem vai consumir, que aquele produto é certificado. No âmbito da certificação há também algumas dúvidas no rigor que algumas certificadoras têm, na certificação dos produtos. No entanto, à partida, a certificação dá-nos alguma certeza de que aquele produto teve uma produção de origem biológica.

They end up being costs that added to others will contribute to the profitability of the business not always being effective, or there is a certain scale for the producers of organic products to incorporate the costs, namely of certification in their production, or on a small scale, many small scale producers who have this difficulty. One of the problems that we sometimes find in this area is related to some uncertainty that consumers – throughout the entire chain, whether they are processors, traders or the final consumer – have in relation to the veracity that the product is effectively biological. In this sense, there are a series of initiatives and we, within the NOP, have a project that tries to solve, or at least help, solve this concern through a digital tool that informs and guarantees, who will consume, that that product is certified. In terms of certification, there are also some doubts about the rigor that some certifiers have in the certification of products. However, at the outset, certification gives us some certainty that that product was produced from biological origin.


50 Julgo que é uma atividade de futuro e a própria Europa veio – através de novos apoios, como o Green Deal que, a par da digitalização dos processos, são duas estratégias basilares para os próximos dez a quinze anos na União Europeia – incentivar esta nova área dos produtos biológicos, tendo em conta a saúde das pessoas. Um exemplo é a conservação dos alimentos de origem biológica, que normalmente dura três a quatro vezes mais do que um produto que não é de origem biológica. Há uma série de fatores além da saúde, como o desperdício e outras temáticas que precisam de ser divulgadas. As pessoas precisam de ser educadas e quando os preços dos produtos biológicos tiverem mais equiparados ao preço dos produtos não biológicos, existirá uma boa margem de crescimento, principalmente nos países mais evoluídos, leia-se países com maior poder de compra, como é o caso dos países nórdicos que são os maiores consumidores a nível mundial, como por exemplo Dinamarca, Finlândia e Alemanha, devido ao poder de compra e à educação da população estão a aumentar o seu consumo a dois dígitos percentuais ao ano. Portanto, existe um potencial de mercado muito grande nos anos vindouros.

I think it is an activity for the future and Europe itself came – through new support, such as the Green Deal which, along with the digitization of processes, are two basic strategies for the next ten to fifteen years in the European Union – to encourage this new area organic products, taking into account people's health. An example is the preservation of food of organic origin, which normally lasts three to four times longer than a product that is not of biological origin. There are a number of factors in addition to health, such as waste and other issues that need to be disclosed. People need to be educated and when the prices of organic products are more similar to the price of non-organic products, there will be a good margin for growth, especially in more developed countries, read countries with greater purchasing power, as is the case of the Nordic countries which are the biggest consumers in the world, such as Denmark, Finland and Germany, due to the purchasing power and education of the population are increasing their consumption by double-digit percentages per year. Therefore, there is a very large market potential in the years to come.


51 Que impacto crê que o projeto da New Organic Planet pode ter particularmente na Madeira e no mundo, em geral? Na Madeira, em particular, a New Organic Planet está alinhada com a estratégia da Região Autónoma da Madeira (RAM) para uma produção 100% biológica no seu território. Em Porto Santo já está quase conseguido, quanto à Madeira propriamente dita ainda não, mas os objetivos foram realinhados para os próximos dez anos e nós comungamos desses objetivos. A sua geografia ultraperiférica, considerada assim no âmbito da União Europeia, dá-lhe algumas vantagens do ponto de vista de poder implementar alguns projetos apoiados por fundos comunitários. Não obstante do seu fraco potencial de investimento não jogar a seu favor, ou seja, a Madeira tem ótimas estratégias, mas pouco capital e uma situação geográfica que do ponto de vista da exportação não ajuda, ainda que haja alguns setores, ou produtos em particular, veja-se o caso da banana e outros que podem ter algum sucesso. O impacto que a NOP pode ter na Madeira vai em dois sentidos, desde logo os projetos que estamos a realizar e que do ponto de vista técnico-científico deixamos uma marca, não só até agora, mas para o futuro, com o projeto Probiomadeira uma plataforma com informação técnico-científica. O âmbito dessa plataforma é também a possibilidade de aceder a uma outra interna – a BioGest, que ajuda na gestão da produção biológica. Este nosso investimento em conhecimento, e em troca de conhecimento técnico-científico, e na construção de ferramentas que ajudem os produtores, já deixa alguma marca no território, ainda que tudo o que fazemos não é apenas direcionado à RAM, ou seja, temos a ambição de Portugal no seu todo e uma ambição ibérica, como é o caso de um outro projeto que é o Bioplatform, que pretende fomentar os negócios de proximidade e a encomia circular também de proximidade. Todos os projetos que construímos, tendo a Madeira como ponto de partida para fora, têm sempre essa pretensão de ter um impacto não só na região autónoma, mas um impacto ibérico, os nossos objetivos visam sempre uma dimensão ibérica.

What impact do you think the New Organic Planet project can have particularly in Madeira and in the world in general? In Madeira, in particular, New Organic Planet is aligned with the Autonomous Region of Madeira (RAM) strategy for 100% organic production in its territory. In Porto Santo it is almost achieved, as for Madeira itself, not yet, but the goals were realigned for the next ten years and we share these goals. Its ultraperipheral geography, thus considered within the scope of the European Union, gives it some advantages from the point of view of being able to implement some projects supported by community funds. Despite its weak investment potential, it does not play in its favor, that is, Madeira has great strategies, but little capital and a geographical situation that does not help from an export point of view, even though there are some sectors or products in particular, see the case of bananas and others that may have some success. The impact that NOP can have on Madeira goes in two ways, from the outset to the projects we are carrying out and that from a technical-scientific point of view we have left a mark, not only until now, but for the future, with the Probiomadeira um project. platform with technical-scientific information. The scope of this platform is also the possibility of accessing another internal one – BioGest, which helps in the management of organic production. This investment of ours in knowledge, and in exchange of technical-scientific knowledge, and in the construction of tools that help producers, already leaves some mark in the territory, even though everything we do is not only directed to RAM, that is, we have the the ambition of Portugal as a whole and an Iberian ambition, as is the case of another project called Bioplatform, which aims to promote proximity businesses and circular encomia also for proximity. All the projects we build, with Madeira as a starting point abroad, always have the intention of having an impact not only on the autonomous region, but an Iberian impact, our goals always aim at an Iberian dimension.


52

DigiEduHACK21 Lisboa Como pode tecnologia e educação evoluir em conjunto? DigiEduHACK21 Lisboa How can technology and education evolve together?

A DigiEduHack21 em Lisboa sob o tema de “Como é que educação e tecnologia podem evoluir em conjunto” vai decorrer no edifício LACS – Communitivity of Creators – nos Anjos em Lisboa, nos dias 9 e 10 de Novembro, entre as 9h00 e as 18h00. Em Lisboa será realizada em ambiente híbrido para permitir a participação de várias regiões de Portugal; e o público-alvo são estudantes, professores e inovadores em educação. A DigiEduHack em Lisboa é organizada por 3 empreendedores educacionais e sociais: Filipa Lemos Cristina, João Mateus e Flávia Bravo.

DigiEduHack21 in Lisbon under the theme of “How education and technology can evolve together” will take place in the LACS building – Communitivity of Creators – in Anjos in Lisbon, on 9 and 10 November, between 9:00 and 18:00. In Lisbon, it will be held in a hybrid environment to allow the participation of several regions of Portugal; and the target audience is students, teachers and innovators in education. DigiEduHack in Lisbon is organized by 3 educational and social entrepreneurs: Filipa Lemos Cristina, João Mateus and Flávia Bravo.


53

As DigiEduHacks iniciaram-se em 2019, e fazem parte de um conjunto de hackathons sobre educação promovidas pela União Europeia, dentro do âmbito do Plano de Ação Digital. São organizadas em cooperação com o Centro de Investigação Internacional em Inteligência Artificial (IRCAI) com o apoio da UNESCO.

DigiEduHacks started in 2019, and are part of a set of hackathons on education promoted by the European Union, within the scope of the Digital Action Plan. They are organized in cooperation with the International Research Center for Artificial Intelligence (IRCAI) with the support of UNESCO.

"A vontade de abraçar esta iniciativa foi imediata!"

"The desire to embrace this initiative was immediate!"

A anfitriã desta iniciativa em Lisboa – Filipa Lemos Cristina – uma empreendedora em educação, embaixadora do hundrED e representante da marca Kinderpedia em Portugal refere porque abraçou este desafio. “A vontade de abraçar esta iniciativa foi imediata. A possibilidade de organizar uma hackathon em educação, resultante de uma iniciativa europeia, que permite dar um espaço seguro, criativo, colaborativo, onde não haja barreiras ou crenças limitadoras ao processo criativo é fundamental para apoiar o processo evolutivo da educação. Os a(u)tores educacionais são verdadeiros super-heróis, que com o apoio correto estou segura que conseguem de forma prática e assertiva resolver muitos desafios que hoje encontramos na nossa educação. Acredito ainda que a tecnologia pode ser uma mais valia poderosa para trazer inovação a muitos destes desafios.”

"Trabalhar na EduDigiHack é fazer a minha parte" João Mateus, o project manager desta iniciativa sente a educação como uma paixão pessoal. "Talvez por isso me custe tanto ver a falta de eficácia no que toca às soluções digitais que possibilitam a revolução necessária para uma nova educação. Trabalhar na EduDigiHackaton é fazer a minha parte para que a Educação possa transformar-se, gerando um maior (e melhor) impacto no mundo."

The host of this initiative in Lisbon – Filipa Lemos Cristina – an entrepreneur in education, ambassador of hundrED and representative of the Kinderpedia brand in Portugal, says why she embraced this challenge. “The willingness to embrace this initiative was immediate. The possibility of organizing a hackathon in education, resulting from a European initiative, which allows for a safe, creative, collaborative space, where there are no barriers or limiting beliefs to the creative process, is essential to support the evolutionary process of education. Educational agents are true superheroes, who with the correct support I am sure can practically and assertively solve many challenges that we face today in our education. I also believe that technology can be a powerful asset to bring innovation to many of these challenges.”

"Working at EduDigiHack is doing my part"

João Mateus, the project manager of this initiative feels education as a personal passion. "Maybe that's why it's so hard for me to see the lack of effectiveness when it comes to digital solutions that enable the necessary revolution for a new education. Working at EduDigiHackaton is doing my part so that Education can transform itself, generating a greater (and better) impact in the world."


54 "Vejo a educação como uma maneira mais eficaz de revelar o potencial humano" Flávia Bravo, a Community Manager do evento, é empreendedora especializada em estratégia de negócios. Está focada nos últimos anos em apoiar o empreendedorismo em Portugal e no Brasil através da sua empresa de consultoria e mentoria cocriativa, em paralelo ao trabalho voluntário de apoio a mulheres empreendedoras. "Vejo a educação como a maneira mais eficaz de revelar o potencial humano, para capacitar o indivíduo e a sociedade a grandes realizações. Acredito que a tecnologia traz a possibilidade de alavancar e acelerar os resultados com eficiência. Que unindo essas duas forças ao talento empreendedor é possível alcançar patamares infinitamente superiores e construir um mundo melhor para todos. A EduDigiHack é uma dinâmica poderosa para incentivar a melhor educação para os portugueses, e eu não podia ficar fora dessa.” Para poder organizar esta hackathon tivemos de contar com o apoio de vários parceiros tais como: Tranquilidade Seguros, LACS – Communitivity of Creators – Anjos, Kinderpedia, One Touch Advertising, 5Ps e parceiros de comunicação como a Rádio Miúdos Link to Leaders, OnStartups Magazine. Apenas com o apoio de entidades inovadoras e disruptivas é que é possível trazer experiências inovadoras para a área da educação, e assim apoiar os nossos super-heróis no processo de mudança criando um impacto sistémico. Esta ligação entre educação-inovação-empresas é algo que já se faz há alguns anos noutros Países e com bons resultados.

"I see education as a more effective way to unlock human potential"

Flávia Bravo, the event's Community Manager, is an entrepreneur specialized in business strategy. She has been focused in recent years on supporting entrepreneurship in Portugal and Brazil through her consultancy and co-creative mentoring company, in parallel with her voluntary work to support women entrepreneurs. "I see education as the most effective way to reveal human potential, to enable the individual and society to achieve great achievements. I believe that technology brings the possibility of efficiently leveraging and accelerating results. That joining these two forces to entrepreneurial talent it is possible to reach infinitely higher levels and build a better world for everyone. EduDigiHack is a powerful dynamic to encourage better education for the Portuguese, and I could not stay out of it.” In order to organize this hackathon we had to count on the support of several partners such as: Tranquilidade Seguros, LACS – Communitivity of Creators – Angels, Kinderpedia, One Touch Advertising, 5Ps and communication partners such as Rádio Miúdos Link to Leaders, On StartUps Magazine. Only with the support of innovative and disruptive entities it is possible to bring innovative experiences to the field of education, and thus support our superheroes in the process of change, creating a systemic impact. This link between education-innovation-business is something that has been done for some years in other countries with good results.


55

SCALING UP “ESG” STARTUPS JOIN OUR COMMUNITY AND BECOME A SHAREHOLDER

WE INVEST IN STARTUPS GENERATING POSITIVE IMPACT

INVESTMENT DISCLAIMER VSM Investment Studio is a private club of investors focused on sharing information about startups. It is not a financial advice company, and it does not provide investment counselling.

Av. Sidónio Pais, 16 - 5 Dto., 1050-215 Lisboa I www.vsmadvisors.com I info@vsmcapital.pt


56

Web Summit 2021 Web Summit 2021


57

A conferência de tecnologia e startups Web Summit vai voltar presencialmente a Lisboa e espera ter 40 mil participantes. Depois da edição de 2020 ter decorrido de forma totalmente online devido à pandemia de Covid-19, o evento vai voltar a ser presencial, na Feira Internacional de Lisboa (FIL) e na Altice Arena e decorrerá entre 1 e 4 de novembro. Contudo, e de forma a evitar novos surtos, a organização garante que vai exigir certificado de vacinação ou um teste negativo à Covid-19 feito até, no máximo, 72 horas antes, a todos os participantes.

The technology and startups conference Web Summit will return in person to Lisbon and expects to have 40,000 attendees. After the 2020 edition was held completely online due to the pandemic of Covid-19, the event will once again be on-site at the Lisbon International Fair (FIL) and at the Altice Arena and will take place between 1 and 4 November. However, and in order to avoid new outbreaks, the organization guarantees that it will require a vaccination certificate or a negative Covid-19 test done up to 72 hours before, from all participants.

“A Web Summit 2021 espera receber 40 mil pessoas” "Web Summit 2021 expects 40,000 attendees"

Quanto a outros eventos que têm feito parte desta conferência, como a Night Summit, por exemplo, haverá mudanças, com os eventos a serem divididos por vários estabelecimentos numa tentativa de evitar que esteja muita gente no mesmo recinto. Este ano, além do primeiro-ministro, António Costa, e do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, estão também confirmados oradores como a comediante Amy Poehler, o presidente da Microsoft Brad Smith, a comissária europeia Margrethe Vestager, a apresentadora de televisão Cristina Ferreira e o jogador de futebol Gerard Pique. Aos cerca de mil oradores, vão juntar-se 1.250 startups, 1.500 jornalistas e mais de 700 investidores.

As for other events that have been part of this conference, such as Night Summit, for example, there will be changes, with the events being divided by several establishments in an attempt to avoid having too many people in the same room. This year, in addition to the prime minister, António Costa, and the President of the Republic, Marcelo Rebelo de Sousa, there are also confirmed speakers such as comedian Amy Poehler, Microsoft president Brad Smith, European commissioner Margrethe Vestager, the tv host Cristina Ferreira and football player Gerard Pique. The approximately 1,000 speakers will be joined by 1,250 startups, 1,500 journalists and more than 700 investors.


58

O essencial sobre a Web Summit Web Summit Essentials

A Web Summit é a maior conferência de tecnologia realizada na Europa atraindo atenções em todo o mundo. O evento decorre em Lisboa, na FIL e na Altice Arena, sendo também transmitido online. As conferências serão transmitidas online simultaneamente para que pessoas de todas as partes do mundo se possam juntar, assistir e contribuir. São esperados 40 mil visitantes em Lisboa e pelo menos 80 mil online durante os 4 dias. No evento é possível ver Conversas e Talks de especialistas e empresas tecnológicas, discussões sobre os mais variados temas relacionados com Tecnologia, Segurança na Internet, Marketing Digital, Robótica, Inteligência Artificial ou Ambiente, para além de Pitch e competições de startups, stands e exposição de produtos, serviços e novas tecnologias de marcas reconhecidas.

The Web Summit is the largest technology conference held in Europe attracting worldwide attention. The event takes place in Lisbon, at FIL and at Altice Arena, and is also broadcast online. The conferences will be streamed online simultaneously so that people from all over the world can join, watch and contribute. 40 thousand visitors are expected in Lisbon and at least 80 thousand online during the 4 days. At the event, it is possible to see Conversations and Talks from experts and technology companies, discussions on a wide range of topics related to Technology, Internet Security, Digital Marketing, Robotics, Artificial Intelligence or Environment, in addition to Pitch and startup competitions, stands and exhibition of products, services and new technologies from recognized brands.


59

Bilhetes Web Summit

Web Summit Tickets

Os bilhetes para a Web Summit vão aumentando de preço à medida que a data do evento se aproxima. Este bilhete permite o acesso geral ao evento e aos benefícios tanto da Web Summit como de parceiros. - Acesso a todos os palcos; - Conteúdo exclusivo de mais de 30 tópicos diferentes; - Ferramenta de scan e networking; - Funcionalidade de enviar mensagens através da App Web Summit; - Master Classes Educacionais; - Possibilidade de fazer download de listas de contactos; - Benefícios exclusivos dos parceiros da Web Summit; - Calendário de eventos personalizável; - Pesquisa de participantes no evento através da App Web Summit.

Tickets for the Web Summit will increase in price as the event date approaches. This ticket provides general access to the event and benefits from both Web Summit and partners. - Access to all stages; - Exclusive content from over 30 different topics; - Scan and networking tool; - Functionality to send messages through the Web Summit app; - Educational Master Classes; - Possibility to download contact lists; - Exclusive benefits of Web Summit partners; - Customizable event calendar; - Event attendees search through Summit web app;

Este bilhete não dá acesso às áreas exclusivas como: - Investor Lounge; - Forum Lounge; - Executive Lounge. Para ter acesso a estas áreas exclusivas é necessário adquirir o bilhete Executive ou Chair Person, ou ter um convite exclusivo.

This ticket does not give access to exclusive areas such as: - Investor Lounge; - Forum Lounge; - Executive Lounge. To access these exclusive areas it is necessary to purchase an Executive or Chair Person ticket, or have an exclusive invitation.


60

Web Summit Pitch O Web Summit Pitch é uma das ferramentas que a organização disponibiliza às startups. Ou seja, startups que se inscrevam no seu programa Alpha poderão candidatar-se e competir num pitch, contra outras startups. As startups vencedoras do pitch serão premiadas. Qualquer participante pode ver as “batalhas” entre startups. Basta verificar a agenda do dia na App Web Summit e deslocar-se ao palco do pitch.

Web Summit à noite Durante a noite, a Web Summit espalha-se por Lisboa, em eventos e bares, restaurantes, discotecas que permitem aos participantes descontrair e fazer um networking mais relaxado (Bairro Alto, LX factory, etc). Estes são provavelmente os melhores momentos para conhecer outras pessoas. Quando as pessoas estão em ambientes informais estão mais propensas a conhecer outras e a “baixar as suas barreiras”. A organização do Web Summit sabe da importância do networking e encoraja as pessoas a participarem nos eventos noturnos.

Web Summit Pitch The Web Summit Pitch is one of the tools that the organization makes available to startups. In other words, startups that sign up for your Alpha program will be able to apply and compete in a pitch, against other startups. The pitch's winning startups will be awarded. Any participant can see the “battles” between startups. Just check the day's schedule on the App Web Summit and head to the pitch stage.

Web Summit at night During the night, the Web Summit spreads across Lisbon, in events and bars, restaurants, clubs that allow participants to relax and have a more relaxed networking (Bairro Alto, LX factory, etc). These are probably the best times to meet other people. When people are in informal settings they are more likely to get to know others and “lower their barriers”. The Web Summit organization knows the importance of networking and encourages people to participate in the evening events.


61

Web Summit Networking

Web Summit Networking

O networking na Web Summit é provavelmente dos aspetos mais apelativos do evento. Todos sabemos a importância do networking para a nossa vida profissional e para a vida das empresas. Seja para encontrar novos parceiros, clientes ou fornecedores, o networking é essencial nos dias de hoje. Na Web Summit é possível fazer networking de manhã à noite. E quase todas as pessoas que participam no evento têm essa expectativa.

Networking at the Web Summit is probably one of the most appealing aspects of the event. We all know the importance of networking for our professional life and for the life of companies. Whether finding new partners, customers or suppliers, networking is essential these days. At Web Summit it is possible to network from morning to night. And almost everyone who participates in the event has this expectation.

App da Web Summit para networking

Web Summit App for Networking

A Web Summit disponibiliza a todos os participantes a possibilidade de utilizarem a App do evento para se conectarem e conversar com outros participantes. É possível encontrar e pesquisar qualquer participante. Uma ferramenta muito útil, pois permite-nos preparar os nossos encontros e com quem queremos interagir no evento, antes deste se realizar.

The Web Summit provides all attendees with the ability to use the event's App to connect and chat with other attendees. You can find and search for any participant. A very useful tool, as it allows us to prepare our meetings and who we want to interact with at the event, before it takes place.


62

Tópicos

Tracks

Auto/Tech Com foco nos veículos autónomos, carros conectados e a Internet das coisas, Auto/Tech conecta milhares de empresas líderes, engenheiros, desenvolvedores, especialistas e amadores.

Auto/Tech Focusing on autonomous vehicles, connected cars and the internet of things, Auto/Tech connects thousands of leading companies, engineers, developers, experts, and hobbyists. Binate.i(o) Modern businesses are built on foundations of data. Meet world's top data scientists, analysts, hackers and engineers as they build our virtual future. Join them at Web Summit this November. Content Makers ContentMakers brings together the world's most popular content creators alongside the broadcasters and leaders of the platforms that amplify their voices.

Binate.i(o) As empresas modernas são construídas sobre bases de dados. Aqui é possível conhecer os melhores cientistas de dados, analistas, hackers e engenheiros do mundo enquanto eles constroem o nosso futuro virtual.

Corporate Innovation Summit Learn from entrepreneurs in every industry about the developments affecting business people and what traditional ways of thinking are still relevant in a digital world.

ContentMakers ContentMakers reúne os criadores de conteúdos mais populares do mundo bem como as emissoras e líderes das plataformas que amplificam as suas vozes. Corporate Innovation Summit Aprenda com empreendedores de todos os setores sobre os desenvolvimentos que afetam os empresários e quais as formas tradicionais que de pensar que ainda são relevantes no mundo digital. Creatiff O maior encontro de designers da Europa reúne artistas, designers gráficos e criativos de todas as disciplinas e áreas da tecnologia.

Creatiff Europe’s largest gathering for designers bringing together artists, graphic designers, and creatives from all disciplines and corners of tech.


63

Deeptech Mergulhe nas tecnologias revolucionárias enquanto estão no início. Elas são mais do que as últimas invenções. São vislumbres da próxima dimensão. Na DeepTech exploramos as inovações definidas para alterar a nossa paisagem para além do que conhecemos.

Deeptech Immerse yourself in the revolutionary technologies while they are at the beginning. They're more than the latest inventions. They're glimpses of the next dimension. Join us at DeepTech as we explore the innovations set to alter our landscape beyond recognition. Fourth Estate Global media is changing day by day. Fourth Estate is the place where the world’s leading journalists explore what’s happening now, and envision the next leap forward. Full STK The world’s leading developer gathering, FullSTK, showcases some of the world’s most impressive developers, engineers, investors, and data scientists. Hear it from the people defining the future of software development.

Fourth Estate Os media globais estão em permanente mudança. Fourth Estate é o lugar onde os principais jornalistas do mundo exploram o que está a acontecer agora e vislumbram o próximo salto em frente. Full STK O maior encontro de desenvolvedores do mundo, Full STK, apresenta alguns dos desenvolvedores, engenheiros, investidores e cientistas de dados mais impressionantes do mundo. Ouça as pessoas que estão a definir o futuro do desenvolvimento de software. Future Societies O Future Societies reúne líderes mundiais, visionários da tecnologia, legisladores e académicos para discutir como a tecnologia está a transformar a maneira como vivemos, aprendemos, trabalhamos e nos divertimos.

Future societies Future Societies gathers world leaders, tech visionaries, policymakers, and academics to discuss how technology is transforming the way we live, learn, work, and play.


64

Growth Summit A Growth Summit reúne os fundadores e líderes das empresas de maior crescimento do mundo. Estas são as empresas de amanhã; as empresas que irão reinventar os serviços e produtos do futuro.

Growth Summit Growth Summit brings together the founders and leaders of the world’s highest growth companies. These are the companies of tomorrow; the companies that will reinvent the services and products of the future.

Health Conf A HealthConf reúne os inovadores de tecnologia médica mais empolgantes do mundo, gigantes da indústria e startups que utilizam a tecnologia para nos ajudar a viver mais e melhor.

Health Conf HealthConf gathers the world’s most exciting medtech innovators, industry giants, and startups using tech to help us live longer and better.

Modum Desenhando a moda do futuro. A indústria da moda abraçou a tecnologia de braços abertos e a inovação brilha mais forte do que nunca na passarela. À medida que a tecnologia atinge novos patamares, ela será amiga ou inimiga da criatividade?

Money Conf A MoneyConf é onde os principais bancos, empresas de tecnologia e startups de fintech do mundo se encontram. Este tópico situa-se entre as finanças e a tecnologia.

Modum Sketching the fashion of the future The fashion industry has embraced technology with open arms, and innovation burns brighter than ever on the catwalk. As technology reaches new heights, will it be the friend or the enemy of creativity?

Money conf MoneyConf is where the world’s leading banks, tech firms and fintech startups meet. This track sits at the intersection of finance and technology.


65

Music Notes MusicNotes fica na interseção de música e tecnologia um espaço definido para as pessoas na vanguarda da indústria para discutir como a tecnologia está a mudar a música para melhor. Artistas, editoras, profissionais de marketing, marcas globais, investidores e ícones da indústria.

Music Notes MusicNotes sits at the intersection of music and tech - a space set for the people at the forefront of the industry to discuss how tech is changing music for the better. Artists, labels, marketers, global brands, investors, and industry icons.

Panda Conf Redes sociais, publicidade e marketing de conteúdo a Panda Conf no Web Summit cobre todos eles. Ouça os CMOs globais, marcas líderes, agências inovadoras, startups de adtech e investidores da indústria.

Panda Conf Social media, advertising and content marketing PandaConf at Web Summit covers them all. Join global CMOs, leading brands, innovative agencies, adtech startups and industry investors.

Planet: Tech As startups líderes mundiais, gigantes de negócios, inovadores e influenciadores apresentarão soluções de tecnologia para os maiores desafios do nosso planeta, incluindo a degradação dos oceanos, sistemas de energia e design sustentável.

Planet: Tech The world’s leading startups, business giants, innovators and influencers will showcase tech's solutions to our planet’s biggest challenges, including ocean degradation, energy systems and sustainable design.

Q&A No Q&A, o público tem a palavra. Faz as perguntas, envolve os oradores e absorve toda a sabedoria que os especialistas têm a oferecer.

Q&A At Q&A, the audience has agency. You ask the questions, engage our speakers and experience all the wisdom our experts have to offer.

Remote Remote explora a mudança para o trabalho remoto, provocada pela pandemia Covid-19, que está a afetar pessoas em todo o mundo. Os líderes empresariais e empreendedores partilharão o que estão a planear e como estão a lidar com isto.

Remote Remote explores how the change to remote work, brought by the Covid-19 pandemic, is affecting people all over the world. Business leaders and entrepreneurs will share what they’re planning and how they are coping.


66

SaaS Monster SaaS Monster apresenta os líderes do setor em cloud computing, big data, segurança, marketing, atendimento ao cliente e tecnologia empresarial.

SaaS Monster SaaS Monster features the industry leaders in cloud computing, big data, security, marketing, customer service, and enterprise technology.

Sports Trade Desporto e negócios colaboram no palco Sports Trade, enquanto exploramos como a tecnologia está a mudar a face do passatempo mais antigo do mundo. Ícones do desporto, gigantes de marcas desportivas, empresas de tecnologia e muito mais discutem o que a tecnologia vai lançar sobre nós nos próximos anos.

Sports Trade Sport and business collaborate on our SportsTrade stage, as we explore how tech is changing the face of the world’s oldest pastime. Athletic icons, sports brand giants, tech companies, and more, discuss the curveballs that tech will throw at us over the next few years.

Startup University Um curso intensivo para iniciar uma startup. Algumas das maiores empresas do planeta começaram exatamente onde você está agora. Permaneça no caminho do sucesso com conselhos de fundadores, CEOs e investidores da Startup University.

Startup University An intensive course to start a startup. Some of the biggest companies on the planet started exactly where you are right now. Stay on the route to success with advice from founders, CEOs, and investors at Startup University.

Talk Robot A IA e a robótica têm sido a pedra angular da ficção científica há décadas. Agora fazem parte da vida real. O TalkRobot no Web Summit é onde as principais vozes de IA e robótica do mundo se reúnem.

Talk Robot AI and robotics have been a cornerstone of science fiction for decades. Now we experience them in real life. TalkRobot at Web Summit is where the world’s leading AI and robotics voices gather.

Venture O nexo do ecossistema de investidor global. O tópico Venture na Web Summit é onde podemos ouvir os especialistas sobre o futuro do investimento.

Venture The nexus of the global investor ecosystem. The Venture topic at the Web Summit is where we can hear from experts about the future of investment.


67


68

Quem são os oradores da Web Summit 2021? Who are the speakers at the Web Summit 2021?

A Web Summit é um evento gigantesco que este ano terá perto de mil oradores. Houve um esforço assumido por parte da organização para contar com mais fundadores. Olhando para a Web Summit desde o início, estiveram presentes empresas como a Revolut ou a Uber, quando ainda estavam em fases iniciais, e será interessante voltar a ver estas empresas numa fase em que já alcançaram um grande sucesso. Para conhecer todos os oradores presentes, nos diversos tópicos e sub-eventos, nada melhor do que consultar a página da Web Summit (www. websummit.com). Aqui deixamos apenas alguns destaques.

The Web Summit is a huge event that this year will have close to a thousand speakers. There was an assumed effort by the organization to have more founders. Looking at the Web Summit from the beginning, companies such as Revolut or Uber were present when they were still in their early stages, and it will be interesting to see these companies again at a stage where they have already achieved great success. To get to know all the speakers present, on the various topics and sub-events, there's nothing better than going to the Summit webpage (www.websummit.com). Here we leave just a few highlights.

Brad Smith – Presidente – Microsoft Margrethe Vestager – Comissão Europeia Gerard Piqué – Fundador e Presidente – Kosmos Deborah Archer – Presidente – ACLU Guillaume Pousaz – Fundador & CEO – Checkout.com Geoff Lewis – Fundador e Sócio-Gerente – Bedrock Jen Wong – COO – Reddit Stephen Kaufer – CEO – Tripadvisor Hildegarde Wortmann – CMO – Audi Tom Taylor – Head of Alexa – Amazon Nancy Dubuc – CEO – Vice Media António Costa – Primeiro Ministro de Portugal Siyabulela Mandela – Jornalista de Direitos Humanos Roula Khalaf – Editor Chefe – Financial Times Dana Settle – Parceira e Fundadora – Greycroft Will Shu – CEO – Deliveroo Daniela Braga – Fundadora – DefinedCrowd Jordan Fisher – Fundador & CEO – Standard Cognition Stephanie Tilenius – Fundadora & CEO – Vida Health

Brad Smith – ‎President – Microsoft Margrethe Vestager – European Commission Gerard Piqué – Founder and President – Kosmos Deborah Archer – President – ACLU Guillaume Pousaz – Founder & CEO – Checkout.com Geoff Lewis – Founder and Managing Partner – Bedrock Jen Wong – COO – Reddit Stephen Kaufer – CEO – Tripadvisor Hildegarde Wortmann – CMO – Audi Tom Taylor – Head of Alexa – Amazon Nancy Dubuc – CEO – Vice Media António Costa – Prime Minister of Portugal Siyabulela Mandela – Human Rights Journalist Roula Khalaf – Chief Editor – Financial Times Dana Settle – Partner and Founder – Greycroft Will Shu – CEO – Deliveroo Daniela Braga – Founder – DefinedCrowd Jordan Fisher – Founder & CEO – Standard Cognition Stephanie Tilenius – Founder & CEO – Vida Health


69 Werner Vogels - CTO - Amazon Sir Tim Berners-Lee - CTO & co-founder - Inrupt Amy Poehler - Founder - Smart Girls Ayọ Tometi - Co-founder - Black Lives Matter Frances Haugen - The Facebook Whistleblower Craig Federighi - Senior Vice President - Apple Marcelo Rebela de Sousa - Presidente de Portugal Nikolaj Coster-Waldau - Actor Griffin Johnson - TikTok Creator Catarina Furtado - Ambaixadora das Nações Unidas Hanna Hennig - CIO - Siemens AG Ben van Beurden - CEO - Shell Zara Larsson - Cantora Iker Casillas - Football Legend - Sportboost Nicolas Cary - Co-founder & President - Blockchain Peter Schmeichel - Football Legend - MU

.

Werner Vogels - CTO - Amazon Sir Tim Berners-Lee - CTO & co-founder -Inrupt Amy Poehler - Founder - Smart Girls Ayọ Tometi - Co-founder - Black Lives Matter Frances Haugen - The Facebook Whistleblower. Craig Federighi - Senior Vice President - Apple Marcelo Rebelo de Sousa - President of Portugal Nikolaj Coster-Waldau - Actor Griffin Johnson - TikTok Creator Catarina Furtado - United Nations Ambassador Hanna Hennig - CIO - Siemens AG Ben van Beurden - CEO - Shell Zara Larsson - Musician Iker Casillas - Football Legend - Sportboost Nicolas Cary - Co-founder & President - Blockchain Peter Schmeichel - Football Legend - MU


70


71

Quem é Paddy Cosgrave, o criador da Web Summit? Who is Paddy Cosgrave, the creator of the Web Summit?

A Web Summit é apenas a ponta do iceberg na biografia de Paddy Cosgrave. Indicado em 2015 como um dos maiores influenciadores globais na área da tecnologia pela revista Wired (ficou em 19º numa lista de 100), entrou definitivamente no radar de investidores, empresários, grandes empresas e empreendedores de mundo todo.

The Web Summit is just the tip of the iceberg in Paddy Cosgrave's biography. Nominated in 2015 as one of the biggest global influencers in the technology area by Wired magazine (he was ranked 19th out of 100), he definitely entered the radar of investors, businessmen, large companies and entrepreneurs around the world.

Patrick "Paddy" Cosgrave é um empreendedor irlandês criado numa quinta no condado de Wicklow. Frequentou a Glenstal Abbey School e o Trinity College Dublin, onde estudou Negócios, Economia e Estudos Sociais. No Trinity College, onde foi presidente da University Philosophical Society introduziu os "Phil Speaks", uma iniciativa de divulgação destinada a promover o debate e o discurso público em escolas secundárias irlandesas. Foi um dos organizadores e diretor executivo do Rock the Vote Ireland, uma campanha lançada em abril de 2007 para incentivar os jovens a votar nas eleições gerais irlandesas de maio de 2007. Foi também co-fundador do MiCandidate, um site que forneceu informações detalhadas sobre cada candidato nas eleições gerais de 2007. O MiCandidate acabou por evoluir para uma empresa que fornecia notícias e informações sobre políticos europeus, para organizações de media, que foi vendida por "uma soma não revelada" em outubro de 2009.

Patrick "Paddy" Cosgrave is an Irish entrepreneur raised on a farm in County Wicklow. He attended Glenstal Abbey School and Trinity College Dublin, where he studied Business, Economics and Social Studies. At Trinity College, where he was president of the University Philosophical Society, he introduced the "Phil Speaks", an outreach initiative designed to promote debate and public discourse in Irish secondary schools. He was one of the organizers and executive director of Rock the Vote Ireland, a campaign launched in April 2007 to encourage young people to vote in the Irish general election in May 2007. He was also a co-founder of MiCandidate, a website that provided detailed information about each candidate in the 2007 general election. MiCandidate eventually evolved into a company that provided news and information on European politicians to media organizations, which was sold for "an undisclosed sum" in October 2009.


72

Cosgrave é o co-fundador das conferências Web Summit e F.ounders e CEO da Ci, a empresa que administra as duas conferências e outros eventos. F.ounders é um evento apenas para convidados realizado pela primeira vez em Dublin, em outubro de 2009. A primeira Dublin Web Summit em novembro de 2010 contou com a participação de aproximadamente 400 pessoas. A quarta edição da Web Summit, realizada em novembro de 2014, teve uma participação de mais de 22.000. A partir de 2014, a Ci começou a introduzir novos eventos nos Estados Unidos e Canadá (Collision), Hong Kong (RISE) e Índia (SURGE). Embora tenha nascido em Dublin, em 2009, a Web Summit ganhou maior projeção internacional após se deslocar para Portugal em 2015, estando hoje entre os três ou quatro eventos mais relevantes sobre tecnologia, internet e transformação digital do mundo. Numa entrevista concedida na altura, Paddy afirmou que tinha recusado uma oferta de 170 milhões de euros do Município de Valência, Espanha, para mudar o evento para lá. Em 2018, foi assinado um contrato de 10 anos com a CML e o Governo que implica um investimento público de 110 milhões de euros ao todo, o que perfaz 11 milhões de euros por ano.

Cosgrave is the co-founder of the Web Summit and F.ounders conferences and CEO of Ci, the company that manages both conferences and other events. F.ounders is an invitation-only event held for the first time in Dublin in October 2009. The first Dublin Web Summit in November 2010 was attended by approximately 400 people. The fourth edition of the Web Summit,held in November 2014, had a participation of more than 22,000. Starting in 2014, Ci began introducing new events in the United States and Canada (Collision), Hong Kong (RISE) and India (SURGE). Although born in Dublin in 2009, Web Summit gained greater international prominence after moving to Portugal in 2015, being today among the three or four most relevant events on technology, internet and digital transformation in the world. In an interview given at the time, Paddy claimed that he had turned down an offer of 170 million euros from the municipality of Valencia, Spain, to move the event there. In 2018, a 10-year contract was signed with CML and the Government, involving a public investment of 110 million euros in total, which amounts to 11 million euros per year.


73

A Palhinha de Massa nasce com o propósito de incentivar e contribuir para a redução drástica do consumo de palhinhas de plástico, um produto de utilização única que perdura no nosso ambiente por muitos anos

Diga NÃO à palhinha de plástico e SIM à Palhinha de Massa Ajude-nos a preservar o ambiente

www.apalhinhademassa.com


56 74

ONU adquire software da Web Summit UN acquires Web Summit software

A Web Summit vendeu ao PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) o acesso à plataforma digital que criou para realizar o evento de dezembro de 2020, que foi exclusivamente online. O software criado pelo evento fundado por Paddy Cosgrave foi inicialmente usado no Collision, a conferência-irmã da Web Summit que se realiza em Toronto, no Canadá. Este software próprio, que foi usado em dezembro de 2020 para a primeira Web Summit à distância, foi criado pela organização do evento para colmatar problemas de networking em eventos físicos. Como a pandemia do Covid-19 veio alterar toda a programação de eventos, a organização optou por melhorá-lo e usá-lo para manter outros compromissos. As Nações Unidas utilizaram este software em março, durante o Istanbul Innovation Days. Em 2020, esta plataforma digital permitiu que 32 mil pessoas participassem através de computadores ou smartphones no Collision, e 104 mil na Web Summit e, embora os responsáveis da Web Summit afirmem que não têm pressa em angariar clientes para esta nova vertente de negócio, admitem estabelecer parcerias com outros grandes eventos em 2022.

The Web Summit sold to UNDP (United Nations Development Program) the access to the digital platform it created to hold the December 2020 event, which was exclusively online. The software created by the event founded by Paddy Cosgrave was initially used at Collision, the sister conference to the Web Summit held in Toronto, Canada. This proprietary software, which was used in December 2020 for the first remote Web Summit, was created by the event organizers to solve networking problems in physical events. As the Covid-19 pandemic changed the entire schedule of events, the organization chose to improve it and use it to maintain other commitments. The United Nations used this software in March, during the Istanbul Innovation Days. In 2020, this digital platform allowed 32 thousand people to participate through computers or smartphones in Collision, and 104,000 in Web Summit and, although Web Summit officials claim that they are in no hurry to attract customers for this new business line, they admit to establish partnerships with other major events in 2022.


75


76

Na Web Summit, as viagens de tuk tuk têm como destino um emprego de sonho na Mollie At Web Summit, tuk tuk trips are destined for a dream job at Mollie

O maior evento de tecnologia e empreendedorismo em Portugal está de regresso, de 1 a 4 de novembro, e a Mollie, um dos processadores de pagamento com crescimento mais rápido da Europa, quer aproveitar o ambiente de inovação para conhecer o talento nacional e internacional que se poderá juntar à equipa do seu novo centro de desenvolvimento em Lisboa. A iniciativa, que vai decorrer, no dia 2 de novembro, a partir das 13 horas, transforma o conhecido formato de “speed dating” numa entrevista rápida a bordo de um tuk tuk. Ao todo serão selecionados 12 candidatos que entrarão a bordo dos tuk-tuks com Saloua Essalhi, vice-presidente de produto na Mollie, e Diogo Antunes, Senior Engineering Manager, e outros membros da equipa da Mollie para conhecer os seus valores e as oportunidades que estão em aberto nas áreas de engenharia, produto, design de produto e talento.

The biggest technology and entrepreneurship event in Portugal is back, from November 1st to 4th, and Mollie, one of the fastest growing payment processors in Europe, wants to take advantage of the innovation environment to meet the national and international talent that will be able to join the team of his new development center in Lisbon. The initiative, which will take place on November 2, from 1 pm, transforms the well-known format of “speed dating” into a quick interview aboard a tuk tuk. A total of 12 candidates will be selected to board the tuk-tuks with Saloua Essalhi, Vice President of Product at Mollie, and Diogo Antunes, Senior Engineering Manager, and other members of the Mollie team to learn about their values and opportunities that are open in the areas of engineering, product, product design and talent.


77

“Apesar de ser uma das mais valiosas fintech na Europa, a Mollie ainda está a construir a sua imagem em Portugal e em especial junto do talento tecnológico, pelo que esta iniciativa vem complementar o trabalho que já temos vindo a desenvolver. Consideramos que o Web Summit é uma ótima oportunidade não só por reunir num só local todos os players de inovação, como por permitir-nos pôr estes candidatos em contacto com algumas das caras mais importantes da empresa numa fase muito inicial do processo”, explica Marco dos Santos, CTO da Mollie. O CEO da Mollie, Shane Happach, estará presente na MoneyConf, o espaço dedicado ao futuro do sector bancário e financeiro, como orador no painel "Will there ever be an Amazon of payments?", que terá lugar, no dia 4 de novembro, às 15h15. O novo e segundo centro de desenvolvimento tecnológico da Mollie abriu as portas, no início de outubro, em Lisboa e já conta com uma equipa de oito pessoas de cinco nacionalidades, entre as quais três mulheres e cinco homens. O objetivo é alcançar as 20 pessoas até ao fim de 2021 e os 100 colaboradores em 2023. A Mollie tem como objetivo impulsionar a democratização dos métodos de pagamento digital e apoiar o crescimento dos pequenos e médios comerciantes, uma vez que estas competem com concorrentes globais. No seu centro de desenvolvimento de Lisboa, a nova equipa da Mollie irá desenvolver soluções centradas nos serviços de pagamento, complementando o trabalho da equipa holandesa nos serviços financeiros.

“Despite being one of the most valuable fintech in Europe, Mollie is still building its image in Portugal and in particular with technological talent, so this initiative complements the work we have already been developing. We believe that the Web Summit is a great opportunity not only for bringing together all the innovation players in one place, but also for allowing us to put these candidates in contact with some of the most important faces of the company at a very early stage of the process”, explains Marco dos Santos, CTO of Mollie. Mollie's CEO, Shane Happach, will be present at MoneyConf, the space dedicated to the future of the banking and financial sector, as a speaker on the panel "Will there ever be an Amazon of payments?", which will take place on November 4th, at 3:15 pm. Mollie's new and second technological development center opened its doors in early October in Lisbon and already has a team of eight people from five nationalities, including three women and five men. The goal is to reach 20 people by the end of 2021 and 100 employees in 2023. Mollie aims to drive the democratization of digital payment methods and support the growth of small and medium merchants as they compete with global competitors. At its development center in Lisbon, Mollie's new team will develop solutions focused on payment services, complementing the work of the Dutch team in financial services.


78

Entrevista / Interview

Pritesh D. Kotecha Investidor & Empreendedor

Pritesh D. Kotecha tem o melhor dos dois mundos, dividindo o seu tempo, por um lado, enquanto empreendedor e, por outro, como investidor. Mas não se fica por aí, atualmente é Invited Professor na Universidade Europeia, CEO na Tilera (Consulting), Fundador na Amplicercanias (Renewable Energy), Shareholder na GoParity (Impact Fintech), Partner na Big Eleven (Eco Tourism) e Mentor na Demium (Startup Accelerator). No passado, foi CMO na Building Global Innovators (Open Innovation), CEO na Duda Polska (Advertising), Account Director na Havas WW (Advertising), Account Supervisor na Grey (Advertising) e Fundador na Gota d’Água (Marketing Startup).

Pritesh D. Kotecha has the best of both worlds, dividing his time as an entrepreneur on the one hand and as an investor on the other. But it doesn't stop there, he is currently Invited Professor at the European University, CEO at Tilera (Consulting), Founder at Amplicercanias (Renewable Energy), Shareholder at GoParity (Impact Fintech), Partner at Big Eleven (Eco-Tourism) and Mentor at Demium (Startup Accelerator). In the past, he was CMO at Building Global Innovators (Open Innovation), CEO at Duda Polska (Advertising), Account Director at Havas WW (Advertising), Account Supervisor at Gray (Advertising) and Founder at Drop d' Água (Marketing Startup).


79 Comecemos por conhecê-lo um pouco. Quem é Pritesh D. Kotecha fora das suas atividades profissionais? Sou um blend de experiências. Um português, crente no Hinduísmo, filho de moçambicanos, casado e com 2 filhos – Ravi de 11 anos e Luzinha de 5. Hedonista e epicurista, procuro alimentar o corpo e a alma com os prazeres simples que a vida tem para oferecer. Adoro cozinhar sem receita, recrio-me na cozinha (spicy indeed) e procuro fazê-lo rodeado de amigos. Crescido nos subúrbios de Lisboa, nunca deixei de encarar as aventuras das minhas viagens como uma plataforma criativa de geração de ideias: de Shangai a Moscovo, de São Paulo a Buenos Aires, em cada carimbo do meu passaporte fui absorvendo ideias que me inspiram. Sou benfiquista e colecionador de lego. Para evitar assumir-me como inconformado, considero-me curioso o suficiente para colocar uma enorme energia nos desafios com que me cruzo.

Let's start by getting to know you a little. Who is Pritesh D. Kotecha outside of his professional activities? I am a blend of experiences. A Portuguese, believer in Hinduism, son of Mozambicans, married and with 2 children – Ravi aged 11 and Luzinha aged 5. Hedonist and epicurean, I try to feed my body and soul with the simple pleasures that life has to offer. I love cooking without a recipe, I recreate myself in the kitchen (spicy indeed) and I try to do it surrounded by friends. Growing up in the suburbs of Lisbon, I never stopped looking at the adventures of my travels as a creative platform for generating ideas: from Shanghai to Moscow, from São Paulo to Buenos Aires, with each stamp on my passport I absorbed ideas that inspire me. I'm a Benfica fan and a lego collector. To avoid assuming myself as a nonconformist, I consider myself curious enough to put enormous energy into the challenges I face.

“Temos que premiar a iniciativa privada e

empreendedora, criando condições que vão para além da propaganda” “We have to reward the private and entrepreneurial initiative, creating conditions that go beyond advertising” Como é que o empreendedorismo surge na sua vida? Diria que me está no sangue, quando se nasce no seio de uma família de cultura indiana a expressão é mesmo “runs in the family”. Tenho bons exemplos em casa e nas gerações anteriores que me inspiram. Quando era jovem, já vendia isto e aquilo a colegas de escola (recordo-me de vender estojos e portamoedas de pele feitos com restos de pele de uma fábrica de curtumes e ainda calculadoras científicas nos anos 90). Também ajudei sempre os meus pais nos seus negócios, recebendo a merecida contribuição.

How does entrepreneurship come into your life? I would say it is in my blood, when you are born into a family of Indian culture the expression is really “runs in the family”. I have good examples at home and in previous generations that inspire me. When I was young, I used to sell this and that to schoolmates (I remember selling skin cases and purses made from leather scraps from a tannery and even scientific calculators in the 1990s). I also always helped my parents in their business, receiving the deserved contribution.


80

Na faculdade, fui convidado por três colegas a lançar a Gota d’Água – uma boutique agency que surfou o boom das “dot.com” como agência que democratizou o acesso à web a imensas PMEs, tendo inclusive sido pioneira no streaming em Portugal (em 1999 /2000). Entretanto, entrei para o corporate stream e as grandes marcas, grandes anunciantes, foram-me seduzindo para um caminho de muitos anos. Acima de tudo foi uma aprendizagem fantástica, pois tive a oportunidade de partilhar o know-how com grandes publicitários (para mim os melhores), escola que me abriu também a possibilidade de fazer campanhas para marcas emblemáticas e campanhas que fizeram história. Daí à entrada na vida académica, com o convite de “voltar a casa” e lecionar no IADE, pode considerar-se como um salto empreendedor, pois a partilha de conhecimento e a possibilidade de inspirar ou abrir os horizontes a uma nova geração acarreta uma grande responsabilidade.

In college, I was invited by three colleagues to launch Gota d'Água – a boutique agency that surfed the “dot.com” boom as an agency that democratized web access to huge SMEs, having even pioneered streaming in Portugal ( in 1999/2000). However, I joined the corporate stream and the big brands, big advertisers, were seducing me for many years. Above all, it was a fantastic learning experience, as I had the opportunity to share the know-how with great advertisers (for me the best), a school that also opened up the possibility for me to make campaigns for iconic brands and campaigns that made history. From there on into academic life, with the invitation to "come home" and teach at IADE, it can be considered an entrepreneurial leap, as the sharing of knowledge and the possibility of inspiring or opening the horizons of a new generation entails great responsibility.


81

Acima de tudo, faço-o, ainda hoje, com espírito de missão e uma saudável catarse pelo prazer profundo que me é proporcionado e, também, pela aprendizagem que tenho com os meus alunos, que procuro absorver nestes tempos entusiasmantes nos quais as novas gerações se apresentam inconformadas. O próprio desafio que me foi colocado para liderar uma agência em Varsóvia, durante cinco anos, foi per se um salto empreendedor para fora da minha zona de conforto e que trouxe desafios e aprendizagens enormes – para além do negócio, o desafio cultural e o impacto familiar que se refletiu (sacrificando momentos importantes em prol do projeto).

Above all, I do it, even today, with a spirit of mission and a healthy catharsis for the profound pleasure that is provided to me and also for the learning I have with my students, which I try to absorb in these exciting times in which the new generations they present themselves in disagreement. The very challenge I was given to lead an agency in Warsaw for five years was per se an entrepreneurial leap out of my comfort zone, which brought enormous challenges and learning – beyond the business, the cultural challenge and the impact family that reflected (sacrificing important moments for the benefit of the project).

Sabemos que é empreendedor no setor das energias renováveis, sendo Fundador da Amplicercanias - Sustainable Business. Em que consiste este projeto? A Amplicercanias é um veículo dedicado em exclusivo ao estudo, dimensionamento, negociação, implementação, produção e distribuição de energias renováveis, mais especificamente a fotovoltaica. Tem sido uma aventura fantástica, na justa medida em que não sou da área científica das engenharias e esse salto para o desconhecido acarreta uma forte dose de adrenalina. O projeto é a prova viva de que o mundo empresarial e, particularmente, as startups precisam de trabalhar cada vez mais em parceria e rodeando-se dos melhores profissionais que se complementam. Tenho a sorte de ter sido iniciado com os melhores – os meus sócios noutros projetos, quem admiro muito. Hoje, a Amplicercanias opera quatro centrais fotovoltaicas, no regime descentralizado, com venda da totalidade da energia produzida à rede pública, todas situadas a norte do Tejo (até Vila Real). Estamos neste momento a desenvolver o project finance visando mais seis centrais para operar no modelo ESCO/PPA – no qual o investimento é efetuado pela Amplicercanias em instalações de terceiros para autoconsumo desses mesmos agentes/hosts. Não é o futuro, já é o presente e é uma contribuição com propósito para a transição energética.

We know that you are an entrepreneur in the renewable energy sector, being the Founder of Amplicercanias - Sustainable Business. What is this project about? Amplicercanias is a vehicle exclusively dedicated to the study, dimensioning, negotiation, implementation, production and distribution of renewable energy, more specifically photovoltaic. It has been a fantastic adventure, as I am not from the scientific field of engineering and this leap into the unknown brings a strong dose of adrenaline. The project is living proof that the business world and, particularly, startups need to work increasingly in partnership and surrounding themselves with the best professionals who complement each other. I am lucky to have started with the best – my partners in other projects, whom I admire a lot. Today, Amplicercanias operates four photovoltaic plants, in the decentralized regime, with the sale of all the energy produced to the public network, all located north of the Tagus (up to Vila Real). We are currently developing the project finance targeting six more centers to operate in the ESCO/ PPA model – in which the investment is made by Amplicercanias in third-party installations for the self-consumption of these agents/hosts. It's not the future, it's already the present, and it's a purposeful contribution to the energy transition.


82

Está envolvido noutros projetos enquanto empreendedor? Sim, acabo por ser um sonhador. A holding da família (Tilera) agrega investimentos em diferentes streams. Na sua génese está a consultadoria de negócio, marketing, marcas e comunicação, onde tem avenças com clientes regulares. Depois, dá-se uma extensão natural daquela que é a minha essência enquanto pessoa empreendedora, fazendo pontes com a minha rede, capitalizando a experiência acumulada na minha área técnica de estratégia e desenvolvimento de negócio que me permite acrescentar valor em novas ventures. Sou orgulhosamente um dos investidores da fintech portuguesa GoParity (goparity.com), uma plataforma de financiamento colaborativo (crowdfunding/ crowdlending) exclusivamente para projetos de impacto social e ambiental.

Are you involved in other projects as an entrepreneur? Yes, I end up being a dreamer. The family holding (Tilera) aggregates investments in different streams. At its genesis is the business, marketing, brands and communication consultancy, where it has agreements with regular clients. Then, there is a natural extension of what is my essence as an entrepreneur, building bridges with my network, capitalizing on the experience a c c u m u l a t e d in my technical area of ​​strategy and business development, which allows me to add value in new ventures. I am proudly one of the investors of the Portuguese fintech GoParity (goparity.com), a collaborative funding platform (crowdfunding/crowdlending) exclusively for projects with social and environmental impact.

“Portugal tem uma capacidade de atração de talento internacional enorme, quer seja fruto da qualidade da sua academia, quer pelos projetos de referência que já lançámos internacionalmente”

“Portugal has an enormous capacity to attract international talent, whether it is the result of the quality of its academy or the reference projects that we have already launched internationally” Esta contribui para o acesso ao financiamento de projetos que merecem ser alavancados pela sua missão e impacto, promovendo também uma democratização do investimento a pessoas e empresas em projetos de elevada rendibilidade (>5%), ao mesmo tempo que ganham dinheiro a fazer o bem a comunidades e ao planeta. É muito meritório o projeto e dou os parabéns aos meus sócios e fundadores – investi numa fase inicial de FFF (friends, family and fouls) e tive a oportunidade de contribuir também com o meu sweat capital, como CMO, numa fase crítica de licenciamento na CMVM, e de internacionalização e presença inicial entre pares na WebSummit.

This contributes to access to financing for projects that deserve to be leveraged by their mission and impact, also promoting a democratization of investment to people and companies in high-yield projects (>5%), while earning money doing good communities and the planet. The project is very meritorious and I congratulate my partners and founders – I invested in an initial phase of FFF (friends, family and fouls) and I had the opportunity to also contribute with my sweat capital, as CMO, in a critical phase of licensing at CMVM, and internationalization and initial peer presence on WebSummit.


83 83

Outro projeto que estou a levantar, agora, de raiz é um sustainable country resort no interior alentejano, cuja proposta de valor terá um impacto social enorme para uma região desertificada através da formação e criação de emprego local, com impacto ambiental pela implantação de uma vinha e um olival biológico, animais autóctones e um projeto de eficiência energética e hídrica. Afinal, o turismo é um pilar basilar da nossa economia e a zona fronteiriça com Espanha tem muito a capitalizar com o mercado vizinho.

Another project that I am now starting from scratch is a sustainable country resort in the interior of Alentejo, whose value proposition will have a huge social impact for a desert region through the training and creation of local jobs, with an environmental impact through the establishment of a vineyard and a biological olive grove, autochthonous animals and an energy and water efficiency project. After all, tourism is a fundamental pillar of our economy and the border area with Spain has a lot to capitalize on with the neighboring market.

Por outro lado, de que forma apoia o ecossistema das startups, estando ligado ao Tec Labs Centro de Inovação, à Demium – incubadora de empreendedores e startups, e à Building Global Innovators (BGI) – aceleradora de deep tech startups? Nos projetos com os quais me envolvo, diretamente, na sua fundação ou no seu investimento, procuro contribuir para a comunidade de empreendedores enquanto Mentor em diversos programas, como já fiz no passado com a BGI – Building Global Innovators, e mantenho hoje com a espanhola Demium e com o centro de inovação TecLab da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

On the other hand, how does it support the startup ecosystem, being linked to Tec Labs - Innovation Center, Demium - incubator of entrepreneurs and startups, and Building Global Innovators (BGI) - accelerator of deep tech startups? In the projects with which I am directly involved, in its foundation or in its investment, I try to contribute to the community of entrepreneurs as a Mentor in several programs, as I have done in the past with BGI – Building Global Innovators, and I maintain it today with the Spanish Demium and with the TecLab innovation center of the Faculty of Sciences of the University of Lisbon.


84

Esta contribuição faz parte do movimento giveback e do meu posicionamento enquanto Professor Universitário. O open space de uma incubadora, ou aceleradora, tem uma corrente energética que nos alimenta a curiosidade e permite uma troca de conhecimento constante. Sou um afortunado por me ser dada essa oportunidade e no fim de cada sessão sinto-me cada vez mais preenchido. Procuro partilhar o meu drive para o negócio, para os resultados e a minha resiliência para ultrapassar dificuldades, sem esquecer a partilha da experiência de erros cometidos no meu percurso e que pode ajudar os projetos empreendedores.

This contribution is part of the giveback movement and my position as a University Professor. The open space of an incubator, or accelerator, has an energetic current that feeds our curiosity and allows for a constant exchange of knowledge. I am fortunate to be given this opportunity and at the end of each session I feel more and more fulfilled. I try to share my drive for the business, for results and my resilience to overcome difficulties, without forgetting sharing the experience of mistakes made in my path that can help entrepreneurial projects.

Como articula a sua experiência enquanto empreendedor e investidor com um background de empresas multinacionais e académico? Não são mundos algo diferentes? A capacidade de cruzar competências, provenientes de diferentes ecossistemas, permite-me adaptar a cada projeto. Enquanto Professor Universitário, sou defensor da ciência publicada e cujas referências já foram revistas em diferentes ângulos, em artigos acreditados. Do mesmo modo, os recursos que uma corporate network internacional tem, permitem aprendizagens com clientes de elevado investimento e ambição, cujas ferramentas corporativas também elas já foram objeto de sucessos e fracassos no mercado. No open space de um espaço de co-work, onde se respira inovação, e a energia que circula convida à cocriação e à partilha de conhecimento, conseguimos despir de formalismo qualquer processo. É um modo errático (diria mesmo selvagem) de gerar valor. Já as sessões de mentoria e de capacitação de equipas, que têm o mérito de acreditarem em ideias inovadoras, mas que carecem de apoio na gestão financeira, comercial, operações, marketing, entre outros, por vezes precisam da senioridade que os orienta para caminhos facilitadores. Também funcionam como deal flow para investidores, como eu, avaliarem o potencial de sucesso e crescimento dessas ideias. As mentorias que desenvolvo são de acordo com um processo rigoroso de acompanhamento em todas as fases de desenvolvimento de um projeto empreendedor. Imagine a interceção destes ecossistemas, por vezes, estabelecidos em silos estanques e cujo conhecimento e experiência consigo facilitar.

How do you combine your experience as an entrepreneur and investor with a background of multinational companies and academics? Aren't worlds slightly different? The ability to cross skills, coming from different ecosystems, allows me to adapt to each project. As a University Professor, I am a defender of published science and whose references have already been reviewed from different angles, in accredited articles. Likewise, the resources that an international corporate network has, allow learning from high investment and ambitious clients, whose corporate tools have already been the object of successes and failures in the market. In the open space of a co-work space, where innovation breathes, and the energy that circulates invites co-creation and knowledge sharing, we manage to strip any process of formalism. It's an erratic (even wild) way of generating value. The mentoring and training sessions for teams, which have the merit of believing in innovative ideas, but lack support in financial, commercial, operations, marketing, among others, sometimes need seniority that guides them towards facilitating paths. They also act as a deal flow for investors, like me, to assess the potential for success and growth of these ideas. The mentorships I develop are in accordance with a rigorous monitoring process in all phases of development of an entrepreneurial project. Imagine the intersection of these ecosystems, sometimes established in watertight silos and whose knowledge and experience I can facilitate..


85


86

Que outras áreas de investimento lhe suscitam interesse? Em quais gostaria de investir? Considera investir em startups a título pessoal? A Tilera (holding) definiu uma série de verticais estratégicas onde devemos estar presentes, seja como empreendedores e fundadores de raiz, seja como investidores em early stage. O primeiro pilar é a educação. A capacitação de recursos humanos, os programas executivos, os programas de aceleração e a dotação de competências, os programas de open innovation, a facilitação de frameworks e plataformas de conhecimento são os protagonistas desta unidade de negócio ancorada na Tilera. O segundo é a energia, que através do veículo Amplicercanias opera quatro unidades fotovoltaicas de energia renovável (está em fase de implementação de mais seis centrais).

What other areas of investment interest you? Which ones would you like to invest in? Are you considering investing in startups on a personal basis? Tilera (holding) has defined a series of strategic verticals where we must be present, whether as entrepreneurs and founders from scratch, or as earlystage investors. The first pillar is education. The training of human resources, executive programs, acceleration programs and the provision of skills, open innovation programs, the facilitation of knowledge frameworks and platforms are the protagonists of this business unit anchored in Tilera. The second is energy, which, through the Amplicercanias vehicle, operates four photovoltaic renewable energy units (another six plants are being implemented).

“Portugal tem projetos com rasgo de inovação e tem condições para ser uma excelente sandbox para a fase de teste e validação de mercado”

“Portugal has innovative projects and is able to be an excellent sandbox for the market testing and validation phase" O terceiro é a inovação tecnológica e a sua relação com os diferentes ecossistemas – a GoParity é a participação que nos orgulha de estar presente naquela que será certamente a próxima versão de “Banca Verde” – mobile first, sem barreiras de acesso, recorrendo a smart contracts, sustentável, empoderando pessoas e empresas, promovendo a literacia financeira e estabelecendo novos standards de valor para além da pura monetização de ativos. O quarto é o turismo (se as três primeiras – educação, energia e digital – são universais e comuns a qualquer geografia), tem sido uma grande alavanca do produto português e, com base nos recursos naturais existentes, deve ser trabalhado com diferenciação, promovendo a sustentabilidade.

The third is technological innovation and its relationship with different ecosystems – GoParity is the participation that makes us proud to be present in what will certainly be the next version of “Green Banking” – mobile first, without access barriers, using smart contracts, sustainable, empowering people and companies, promoting financial literacy and setting new standards of value beyond the pure monetization of assets. The fourth is tourism (if the first three – education, energy and digital – are universal and common to any geography), it has been a great lever for the Portuguese product and, based on existing natural resources, it should be worked with differentiation, promoting sustainability.


87

Se me permite, há um vetor transversal às quatro verticais que enunciei: a sustentabilidade (ambiental, social e financeira), o propósito como driver de diferenciação e por fim um modelo de governance transparente, ancorado em valores humanistas e projetado para o futuro.

If you allow me, there is a transversal vector to the four verticals that I mentioned: sustainability (environmental, social and financial), the purpose as a driver of differentiation and, finally, a transparent governance model, anchored in humanistic values​​ and projected for the future.

Tendo em conta o seu conhecimento dos negócios a nível internacional, na sua visão o que falta cá em Portugal? Curioso fazer essa questão, na medida em que sendo eu um cidadão do mundo, com uma multiplicidade de experiências adquiridas em diferentes geografias, não sinto que Portugal e os seus ativos no capítulo do talento devam algo aos seus pares internacionais. Pelo contrário, em função das barreiras existentes atribuo o dobro do mérito. Sinto que as novas gerações já não fazem essa distinção de competências por geografia; os valores e a cultura locais estão muito esbatidos num ecossistema cada vez mais plural.

Taking into account your knowledge of business at an international level, in your vision what is missing here in Portugal? It is curious to ask this question, as I am a citizen of the world, with a multiplicity of experiences acquired in different geographies, I do not feel that Portugal and its assets in the talent chapter owe something to their international peers. On the contrary, due to the existing barriers, I attribute twice the merit. I feel that the new generations no longer make this distinction of skills by geography; local values and culture are very blurred in an increasingly plural ecosystem.


88

O mundo atual, não tem fronteiras, dá-nos acesso privilegiado a diferentes fontes de conhecimento e coloca-nos em contacto com especialistas de todo o mundo. Portugal tem uma capacidade de atração de talento internacional enorme, quer seja fruto da qualidade da sua academia (excelentes universidades e professores), quer pelos projetos de referência que já lançámos internacionalmente e pelos soft assets como o clima, a simpatia e boa comida. Portugal tem projetos com rasgo de inovação e tem condições para ser uma excelente sandbox para a fase de teste e validação de mercado, fruto do risco e dos custos reduzidos. Não obstante, faltam sempre condições estruturais como uma política fiscal que premeie o risco e a iniciativa empreendedora; faltam salários mais altos para atrair e reter talento que nos foge legitimamente à procura de melhores condições; falta-nos acesso mais facilitado ao investimento – Portugal tem um tímido mercado de capitais e depende em exclusivo da banca, o que significa que mesmo quando se executam programas da União Europeia ou do orçamento nacional, são canalizados através dos veículos bancários desatualizados na análise de risco, burocráticos e desconhecedores das dores de um noncorporate endeavour – sem a estrutura empresarial dos grandes conglomerados que lhes oferecem risco zero. Temos que premiar a iniciativa privada e empreendedora, criando condições que vão para além da propaganda e, paradoxalmente, continuamos a canalizar fundos para alimentar as estruturas públicas que não inovam, não empreendem e não geram emprego líquido nem coleta fiscal líquida (são custos).

Today's world has no borders, gives us privileged access to different sources of knowledge and puts us in contact with experts from all over the world. Portugal has a huge capacity to attract international talent, whether it is the result of the quality of its academy (excellent universities and professors), or the reference projects that we have already launched internationally and the soft assets such as climate, friendliness and good food. Portugal has projects with a streak of innovation and is able to be an excellent sandbox for the testing and market validation phase, as a result of the risk and reduced costs. However, structural conditions are always lacking, such as a fiscal policy that rewards risk and entrepreneurial initiative; there is a lack of higher salaries to attract and retain talent that legitimately flees us in search of better conditions; we lack easier access to investment – Portugal ​​ has a timid capital market and depends exclusively on banking, which means that even when programs from the European Union or the national budget are executed, they are channeled through outdated banking vehicles in the analysis of risk, bureaucratic and unaware of the pains of a non-corporate endeavor – without the corporate structure of large conglomerates that offer them zero risk. We have to reward the private and entrepreneurial initiative, creating conditions that go beyond advertising and, paradoxically, we continue to channel funds to feed public structures that do not innovate, do not undertake and do not generate net employment or net tax collection (they are costs).

Enquanto especialista, com mais de 20 de anos de experiência a gerir marcas e as estratégias de comunicação das mesmas, que conselhos gostaria de deixar aos empreendedores que estão no processo de criação ou desenvolvimento de startups? O tag de especialista está sempre indexado aos desafios conjunturais e das oportunidades que cada marca nos apresenta em contexto do seu momentum. Os tempos que vivemos são fantásticos e vemos um mundo de oportunidades para criar e desenvolver.

As a specialist, with over 20 years of experience managing brands and their communication strategies, what advice would you like to give to entrepreneurs who are in the process of creating or developing startups? The specialist tag is always indexed to the current challenges and opportunities that each brand presents to us in the context of its momentum. The times we live in are fantastic and we see a world of opportunities to create and develop.


89 Beneficiamos de um mundo sem fronteiras e sem barreiras à informação, onde a absorção de conhecimento se tornou numa permanente capacitação de talento. Partilhamos experiências, passámos dos clássicos NDAs para os TED screens e palcos de WebSummit, partilhando abertamente de forma a facilitar o acesso a modelos, visões e frameworks. Temos a ciência a dar-nos munição para melhorar a condição humana de vida nos mais diversos domínios. Na saúde, os processos profiláticos e preventivos de garantir o equilíbrio do corpo e da mente. Na educação, a forma como nos preparamos e acedemos ao conhecimento, o bem-estar, o trabalho e a nossa relação entre colegas, a automação, liderança, motivação e autonomia, a mobilidade e a forma como nos organizamos na urbe. O digital, deixou de ser ele próprio um driver de inovação para passar a ser um given, presente de forma holística. Convenhamos, ninguém acredita atualmente num projeto empreendedor que não tenha dois pilares fundamentais presentes de forma mandatória: ser sustentável e digital. Tudo o resto constrói-se on top.

We benefit from a world without borders and without barriers to information, where the absorption of knowledge has become a permanent training for talent. We shared experiences, moving from classic NDAs to TED screens and WebSummit stages, sharing openly in order to facilitate access to models, views and frameworks. We have science to give us ammunition to improve the human condition of life in the most diverse domains. In health, prophylactic and preventive processes ensure balance of body and mind. In education, the way we prepare and access knowledge, well-being, work and our relationship with colleagues, automation, leadership, motivation and autonomy, mobility and the way we organize ourselves in the city. The digital itself is no longer a driver of innovation to become a given, present in a holistic way. Let's face it, no one currently believes in an entrepreneurial project that does not have two fundamental pillars mandatory: to be sustainable and digital. Everything else builds on top.


90

Mais do que conselhos, faço um convite: contactem-me e convidem-me para fazermos novos projetos juntos, de forma colaborativa, juntando expertises; estou sempre disponível para partilhar aprendizagens e sobretudo aprender.

More than advice, I make an invitation: contact me and invite me to do new projects together, collaboratively, joining expertise; I am always available to share learning and above all to learn.

“Beneficiamos de um mundo sem fronteiras

e sem barreiras à informação, onde a absorção de conhecimento se tornou numa permanente capacitação de talento” “We benefit from a world without borders and without barriers to information, where the absorption of knowledge has become a permanent training of talent" E o seu futuro e do seu grupo empresarial? O que vem aí? Costumo dizer que há alguns anos que o meu sonho é reformar-me ao balcão de uma rulote de chamuças e kebabs com aspiração a Estrela Michelin. Seria o cruzamento de vários prazeres – cozinha, empreendedorismo, rede-social de troca de experiências, com a qualidade de um bom copo de vinho como catalisador. Mas, como me encontro longe desse cenário e estádio de vida, continuo a cruzar competências em todos os streams: divido-me na sala de aula entre o papel de professor e o de aluno, onde atualmente faço investigação enquanto PhD candidate (além de alguns programas complementares entre a Universidade de Coimbra e o ISCTE). Do ponto de vista empreendedor, estou a trabalhar com uma equipa muito dinâmica para lançar em breve projetos de educação e capacitação executiva – corporate open innovation – em articulação com universidades, que já se encontram testados, mas merecem mais investimento, o cruzamento de competências técnicas e a articulação cultural de diferentes geografias.

What about your future and that of your business group? What's next? I usually say that for some years now my dream has been to retire at the counter of a trailer of samosas and kebabs with a Michelin Star aspire. It would be the crossing of several pleasures – cooking, entrepreneurship, social network for exchanging experiences, with the quality of a good glass of wine as a catalyst. But, as I find myself far from this stage and stage of life, I continue to cross competences in all streams: I divide myself in the classroom between the role of teacher and student, where I currently do research as a PhD candidate (in addition to some complementary programs between the University of Coimbra and ISCTE). From an entrepreneurial point of view, I'm working with a very dynamic team to soon launch education and executive training projects - corporate open innovation - in conjunction with universities, which are already tested, but deserve more investment, the crossing of technical skills and the cultural articulation of different geographies.


91


92

Nuno Agostinho

Presidente da AJEM - Associação de Jovens Empresários Madeirenses

Queremos ser inovadores e criativos We want to be innovative and creative

É algo que nos habituámos a ouvir muito nos últimos tempos... A.C. – Antes da Covid, pelo menos... Queremos todos ser inovadores e criativos, e contar, nos nossos quadros, com pessoas criativas, inovadoras e até empreendedoras... Sabem? Daquelas que têm espírito de iniciativa e assumem riscos... Estão a ver, certo?! Errado! O facto é que é algo que vamos ouvindo aqui e acolá, que toda a gente defende e concorda, que aliás fica sempre bem defender e concordar, quase como aquelas verdades universais do sermos todos a favor da paz e do fim das guerras, do acabar com a fome do mundo, etc. Mas, a verdade é que temos que nos perguntar: o que é que fazemos, ou temos vindo a fazer para isso? Que contributos temos dado? De que forma temos criado condições para sermos como grupo, região, povo, ou País mais inovadores e criativos? Pouco, se calhar até muito pouco...

It's something we've gotten used to hearing a lot lately... BC – Before Covid, at least... We all want to be innovative and creative, and have creative, innovative and even enterprising people on our staff... You know? Those who have a spirit of initiative and take risks... You see, right?! Wrong! The fact is that it's something we hear here and there, that everyone defends and agrees, which in fact it's always good to defend and agree, almost like those universal truths of being all in favor of peace and the end of wars, of ending with world hunger, etc. But, the truth is that we have to ask ourselves: what do we do, or have we been doing for it? What contributions have we made? How have we created conditions to be the most innovative and creative group, region, people, or country? Little, maybe even very little...


93 Foram muitos anos a formar para a conformidade e não para a criatividade. Durante anos, preocupamo-nos mais em ensinar o que pensar e não apenas a pensar. Durante anos, famílias, escolas e comunidades penalizaram a diferença e o que saísse fora do dito padrão e, depois, mais tarde, queremos pessoas empreendedoras, criativas e inovadoras. Todos podemos, e devemos, contribuir para esta mudança de paradigma – e não são precisos grandes projetos, fundos, ou agendas – pouco a pouco, sendo mais tolerantes e, sobretudo, aceitando, promovendo e incentivando a diferença, a individualidade e a criatividade em detrimento da conformidade.

It took many years to train for conformity and not for creativity. For years, we've been more concerned with teaching what to think than just thinking. For years, families, schools and communities penalized the difference and what went out of the pattern and then, later, we want entrepreneurs, creative and innovative people. We can all, and must, contribute to this paradigm shift - and there is no need for large projects, funds, or agendas - little by little, being more tolerant and, above all, accepting, promoting and encouraging difference, individuality and creativity in detriment of compliance.

Deixo-vos, hoje, com alguns registos de um contributo que a AJEM tem dado neste processo – O Madeira Flower Collection. Em 2018, fomos desafiados pelo Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional de Turismo e Cultura, para trazer contemporaneidade, criatividade e inovação a um dos cartazes turísticos mais antigos e conceituados da Madeira: a Festa da Flor. Em 2021, ocorreu a 3ª edição do Madeira Flower Collection, sendo que ao longo destes 3 anos participaram neste projeto mais de 40 criadores/marcas, fomentando o aparecimento de 7 novos criadores de moda na Madeira.

I leave you, today, with some records of a contribution that AJEM has given in this process – The Madeira Flower Collection. In 2018, we were challenged by the Regional Government of Madeira, through the Regional Secretariat for Tourism and Culture, to bring contemporaneity, creativity and innovation to one of the oldest and most renowned tourist posters in Madeira: the Flower Festival. In 2021, the 3rd edition of the Madeira Flower Collection took place, and over these 3 years more than 40 designers /brands participated in this project, fostering the appearance of 7 new fashion designers in Madeira.


94


95

A BRB Creative Agency é uma empresa de Comunicação Visual, quer isto dizer que trabalha nas áreas criativas e técnicas de Design, Marketing e Multimédia. A nossa especialização passa por Design Thinking, Branding, Publicidade, Marketing Digital, Vídeo, Vídeo Animação, Ilustração, Web, UI e UX Design e ainda impressões 3D.

Como e quando surgiu? A BRB Creative Agency foi fundada por três criativos: Bárbara Rodrigues, Ricardo Livramento e Bruna Livramento. Surgiu após a intenção de criarmos uma aplicação guia turística em 2018, DIGItalPOINTS - Travel Smart Guide, a mesma ainda existe e até ganhou vários prémios de empreendedorismo, mas o projeto ficou parado devido ao Covid 19. Esse projeto abriu-nos portas para outras oportunidades, as nossas competências eram fortes na área de Design, Vídeo e Comunicação, pelo que começamos a receber propostas para criar projetos nessas áreas, foi então que decidimos abrir empresa em 2020, a BRB Creative Agency.

BRB Creative Agency is a Visual Communication company, which means that it works in the creative and technical areas of Design, Marketing and Multimedia. Our specialization includes Design Thinking, Branding, Advertising, Digital Marketing, Video, Video Animation, Illustration, Web, UI and UX Design and even 3D printing.

How and when did it come about? BRB Creative Agency was founded by three creatives: Bárbara Rodrigues, Ricardo Livramento and Bruna Livramento. It arose after the intention of creating a tourist guide application in 2018, DIGItalPOINTS - Travel Smart Guide, it still exists and even won several entrepreneurship awards, but the project was stopped due to Covid 19. This project opened doors to other opportunities for us, our skills were strong in the area of Design, Video and Communication, so we started to receive proposals to create projects in these areas, it was then that we decided to open a company in 2020, the BRB Creative Agency.


96

Em que patamar se encontra? A BRB Creative Agency é uma startup, somos uma equipa pequena, jovem e muito dinâmica, existimos á cerca de 1 ano e meio, estamos numa fase inicial de posição no mercado regional e angariação de parcerias.

At what level are you? BRB Creative Agency is a startup, we are a small, young and very dynamic team, we have been in existence for about 1 year and a half, we are at an early stage of position in the regional market and attracting partnerships.

Quais as perspetivas de futuro? Pretendemos ser uma referência no mercado nacional e até mesmo internacional, no que toca a serviços de Comunicação Visual. Temos tudo o que é necessário para elevar a qualidade de comunicação de empresas e corporações, o que permite que tenham uma comunicação visual atualizada, consistente e credível, trabalhar a imagem de uma organização é muito importante, é o primeiro impacto entre o cliente e o produto ou serviço, diria que é um fator crucial para atingir grandes resultados, e nós queremos ser esse fator, é o que nos move.

What are the prospects for the future? We intend to be a reference in the national and even international market, when it comes to Visual Communication services. We have everything needed to improve the quality of communication for companies and corporations, the that allows them to have a visual communication updated, consistent and credible, working on the image of an organization is very important, it is the first impact between the customer and the product or service, I would say it is a crucial factor to achieve great results, and we want to be that factor, that's what moves us.


97


98

Duarte Ornelas Oliveira

Diretor Geral da Empresa NAMINHATERRA TV

Vale a pena arriscar It's worth taking risks

Começo por referir que, por ser empreendedor e não poeta ou escritor, por vezes, as ideias e a vontade de as colocar em prática bloqueiam-me as palavras para as descrever ou escrever, que é bem outro nível que não domino, infelizmente. No entanto, tentarei passar a minha visão e anseios sobre o empreendedorismo. Uma boa ideia de negócio começa sempre com a necessidade! Já diz o provérbio “A necessidade aguça o engenho”, quando me dizem: “isto é que era bom existir!”, ou “Papá porque é que não resolves isto?”, fico com borboletas no estômago e vejo se será possível criar ou fazer melhor! Bom na verdade é muito mais do que isto, pois a necessidade implica iniciar a pesquisa, a testagem, análise do mercado, os custos e qual será o tempo útil de vida do negócio. Sim, porque os negócios como tudo na vida têm um ponto de viragem. Ser empreendedor não é ser jogador, embora tenha de arriscar e ter gosto pelos desafios. É querer vencer através do sucesso, mas quase sempre ter de seguir o caminho mais longo. Ao iniciar a minha primeira startup, tinha do meu lado a confiança no meu trabalho e a sorte de estar a viver o início de uma era de oportunidades na área onde investi. Venci durante 10 anos, mas no ponto de viragem não fui capaz de aguentar a recessão e os imprevistos. Mais uma vez, vi-me no caminho da oportunidade, tendo de olhar novamente para o que estava por fazer, que pudesse criar uma nova empresa.

I will start by mentioning that as an entrepreneur and not a poet or writer, sometimes ideas and the desire to put them into practice block my words to describe or write, which is quite another level that I unfortunately do not master. However, I will try to convey my vision and anxieties about entrepreneurship. A good business idea always starts with the need! The proverb “Necessity sharpens the ingenuity” already says, when they tell me: “this was good to exist!”, or “Papa why don't you solve this?”, I get butterflies in my stomach and see if it will be possible to create or do better! Well actually, it is much more than that, as the need involves starting the research, testing, market analysis, costs and what will be the useful life of the business. Yes, because business like everything else in life has a turning point. Being an entrepreneur is not being a player, although you have to take risks and have a taste for challenges. It's wanting to win through success, but almost always having to go the long way around. When I started my first startup, I had confidence in my work and the luck to be experiencing the beginning of an era of opportunities in the area where I invested. I won for 10 years, but at the turning point I wasn't able to withstand the recession and the unforeseen events. Once again, I found myself on the path of opportunity, having to look again at what I had to do, that I could create a new company.


99

Desta vez e por experiência sabia que teria de dispender 100% do meu tempo e contar com 80% de trabalho, 19% de bom produto ou serviço e 1% de sorte devido às condições que encontrei no meu mercado, ao entrar com o meu produto e serviço. A sugestão “Será possível enviar fotos da minha festa em tempo real para os meus familiares na Venezuela?”. Isto em 2001, quando a internet estava a dar os primeiros passos, a palavra “livestream” não existia, sendo que as principais redes sociais como facebook e youtube só foram criadas em 2005. Mantive a ideia, testei e sonhei com a mesma durante mais 10 anos, criando software. Em 2012, criei NAMINHATERRA TV, uma TV online dedicada à transmissão de eventos em direto, procurando investidores nos mercados da emigração, concorrendo em programas como Shark Tank até conseguir um investidor que nos permitiu realizar investimentos em equipamentos e pessoal. Passados 10 anos, vejo que nesta empresa o ponto de viragem foi para atingir a maturidade empresária, por ter sido uma startup pioneira e antever as necessidades das pessoas a longo prazo. Comecei a escrever com receio do insucesso, como começo qualquer projeto empresarial ou de vida, mas termino achando que até correu bem e valeu a pena arriscar!

This time, I knew from experience that I would have to spend 100% of my time and have 80% of work, 19% of a good product or service and 1% of luck due to the conditions I found in my market, when I entered my product and service. The suggestion “Will it be possible to send photos of my party in real time to my family in Venezuela?”. This was in 2001, when the internet was taking its first steps, the word “livestream” did not exist, and the main social networks such as facebook and youtube were only created in 2005. I kept the idea, tested it and dreamed about it for another 10 years, creating software. In 2012, I created NAMINHATERRA TV, an online TV dedicated to broadcasting events live, looking for investors in the emigration markets, competing in programs like Shark Tank until I got an investor that allowed us to make investments in equipment and personnel. After 10 years, I see that in this company the turning point was to reach entrepreneurial maturity, for having been a pioneering startup and foreseeing the needs of people in the long term. I started writing with fear of failure, as I start any business or life project, but I end up thinking that it even went well and was worth the risk!


100

Já são conhecidos os vencedores do concurso Fikalab ISEC Challenge The winners of the Fikalab ISEC Challenge contest are already known

No passado dia 19 de outubro ficámos a conhecer os vencedores da 3.ª edição do Fikalab ISEC Challenge. Todos os projetos finalistas foram apresentados, tendo sido atribuído o primeiro lugar ao projeto Edge Control, de Rodrigo Ruas e André Jesus. O projeto BIO-OxyPRT, de Stephanie Niño e Nicoli Leal teve direito a uma menção honrosa e o projeto DropIT, de João Almeida e João Oliveira, ganhou o prémio do público. O Presidente do ISEC, Mário Velindro, e o Diretor de Inovação da Critical Software, Bernardo Patrão, estiveram presentes na entrega dos prémios, felicitando todos os participantes.

Last October 19th we got to know the winners of the 3rd edition of the Fikalab ISEC Challenge. All finalist projects were presented, with first place being awarded to the Edge Control project, by Rodrigo Ruas and André Jesus. The BIO-OxyPRT project, by Stephanie Niño and Nicoli Leal, received an honorable mention and the DropIT project, by João Almeida and João Oliveira, won the public award. ISEC's President, Mário Velindro, and Critical Software's Innovation Director, Bernardo Patrão, were present at the awards ceremony, congratulating all participants.


101

O Fikalab ISEC Challenge é uma iniciativa do laboratório de inovação Fikalab, que reflete a cultura da Critical Software de incentivo ao desenvolvimento de projetos com impacto positivo na sociedade, desenvolvida em parceria com o ISEC, onde a tecnológica portuguesa inaugurou um laboratório criativo, em abril de 2018. O Fikalab, originalmente concebido pela Critical Software em 2016, marcando já presença em todos os escritórios da tecnológica nacional, representa um espaço onde qualquer colaborador se pode desligar durante alguns momentos da sua rotina de trabalho e utilizar as mais recentes ferramentas para desenvolver os seus próprios projetos.

The Fikalab ISEC Challenge is an initiative of the Fikalab innovation laboratory, which reflects Critical Software's culture of encouraging the development of projects with a positive impact on society, developed in partnership with ISEC, where the Portuguese technology company inaugurated a creative laboratory, in April of 2018. Fikalab, originally conceived by Critical Software in 2016, and already present in all offices of the national technology company, represents a space where any employee can disconnect for a few moments from their work routine and use the latest tools to develop their own projects.

Fundada em 1998, a Critical Software é uma empresa

Founded in 1998, Critical Software is a company international technology company, specializing in the development of software solutions and provision of engineering services to support critical and reliable systems, oriented to security, mission and the business of companies. The company collaborates with international clients in sectors as diverse as space, aeronautics, energy, defense, finance, ecommerce, medical devices and transportation. Currently, the company has more than 950 employees in its offices in Portugal, UK and Germany.

internacional de tecnologia, especializada no desenvolvimento de soluções de software e fornecimento de serviços de engenharia para suporte a sistemas críticos e confiáveis, orientados à segurança, à missão e ao negócio de empresas. A empresa colabora com clientes internacionais em setores tão diversos como espaço, aeronáutica, energia, defesa, finanças, ecommerce, dispositivos médicos e transportes. Atualmente, a empresa conta com mais de 950 colaboradores nos seus escritórios em Portugal, Reino Unido e Alemanha.


102

Clementine, a startup portuguesa que ambiciona ser uma referência europeia nos produtos menstruais ecológicos Clementine, the Portuguese startup thataims to be a European reference in ecological menstrual products

Por norma, uma mulher menstrua durante 40 anos, cerca de 5 dias por mês. Durante a sua vida, isto corresponde a cerca de 15.000 unidades de plástico proveniente de tampões e de pensos higiénicos que acabam no lixo. Para além disso, o impacto na saúde íntima das mulheres é grande pois estes produtos usam lixívia, cloro e outros produtos tóxicos para o nosso organismo, podendo provocar, em alguns casos, problemas como irritações e alergias.

Typically, a woman menstruates for 40 years, about 5 days a month. During her lifetime, this corresponds to about 15,000 pieces of plastic from tampons and sanitary towels that end up in the trash. In addition, the impact on women's intimate health is great because these products use bleach, chlorine and other toxic products for our body, which can cause, in some cases, problems such as irritation and allergies.

A Clementine surge para combater este desperdício de plástico, bem como garantir que as mulheres têm acesso a informação e produtos menstruais sem químicos, protegendo a sua saúde. Inédito em Portugal, é através de um serviço de subscrição mensal, de produtos menstruais amigos do ambiente, enviados numa embalagem discreta a cada ciclo menstrual, para casa das suas clientes que a Clementine consegue chegar às mulheres.

Clementine comes to combat this plastic waste, as well as to ensure that women have access to chemicalfree menstrual information and products, protecting their health. Unprecedented in Portugal, Clementine is able to reach women through a monthly subscription service of environmentally friendly menstrual products, sent in discreet packaging at each menstrual cycle to its customers' homes.

E porque cada mulher é diferente e por isso são também diferentes os seus períodos, a jovem marca Portuguesa mais uma vez diferencia-se ao permitir que cada cliente faça uma total customização da sua Period box, caso o deseje. No seu portefólio fazem parte tampões e pensos higiénicos eco-friendly - tampões 100% feitos de algodão orgânico certificado pelo GOTS e embalados individualmente em papel e pensos higiénicos 95% biodegradáveis embalados individualmente em PLA, um material feito à base de amido de milho.

And because every woman is different and because of that, their periods are also different, the young Portuguese brand once again differentiates itself by allowing each customer to fully customize their Period box, should they wish. Its portfolio includes eco-friendly sanitary napkins and tampons - 100% tampons made from GOTS certified organic cotton and individually wrapped in paper and 95% biodegradable sanitary napkins individually wrapped in PLA, a material made from cornstarch.


103

Recentemente a marca alargou o seu portefólio lançando uma opção totalmente zero waste – o copo menstrual, chegando assim a mais mulheres e reforçando o seu posicionamento.

The brand recently expanded its portfolio by launching a totally zero waste option – the menstrual cup, thus reaching more women and reinforcing its positioning.

Uma viagem pelo mundo, de mochila às costas e 3 filhos pequenos, onde se deparou com uma enorme quantidade de lixo foi o ponto de partida para a fundadora, Marta Cardoso. Com mais de 20 anos de experiência profissional a trabalhar com grandes marcas internacionais em FMCG, lançar-se nesta missão de impacto ambiental, social e de saúde tornou-se uma prioridade. Após um ano a procurar parceiros sustentáveis e a fazer testes de produto com mulheres, foi possível encontrar o ponto de convergência entre sustentabilidade, conforto e saúde.

A trip around the world, with a backpack on her back and 3 small children, where she came across of a huge amount of garbage was the starting point for the founder, Marta Cardoso. With over 20 years of professional experience working with major international brands at FMCG, launching into this mission of environmental, health and social impact has become a priority. After a year of looking for sustainable partners and testing the product with women, it was possible to find the point of convergence between sustainability, comfort and health.


104

E assim, Clementine é lançada em meados de 2019 com a grande missão de “evangelizar” as mulheres para a necessidade de tornarem os seus períodos menstruais mais amigos do ambiente e sem químicos que as prejudicam, acessível através de uma subscrição customizada, mensal.

And so, Clementine is launched in mid 2019 with the big mission of “evangelizing” women for the need to make their menstrual periods more environmentally friendly and free from harmful chemicals, accessible through a customized, monthly subscription.

De origem portuguesa, a Clementine tem ambições globais e a verdade é que já conquistou clientes em mais de 48 países. Atualmente, 80% das vendas são feitas fora de Portugal, estando os mercados mais relevantes centrados no Reino Unido, Itália, Irlanda, Alemanha e Espanha. “Queremos ser a marca de referência na Europa no que respeita ao período menstrual e sexualidade a pensar na mulher e no ambiente”, afirma a fundadora, Marta Cardoso.

Of Portuguese origin, Clementine has global ambitions and the truth is that it has already conquered clients in more than 48 countries. Currently, 80% of sales are made outside Portugal, with the most relevant markets centered on the United Kingdom, Italy, Ireland, Germany and Spain. “We want to be the reference brand in Europe regarding the to menstrual periods and sexuality, thinking about women and the environment”, says the founder, Marta Cardoso.

Totalmente financiada por capitais próprios até agora, a próxima fase de crescimento terá que ser feita em associação com investidores para poder assim chegar a cada vez mais mulheres e aumentar assim o impacto positivo no ambiente e na saúde íntima das mulheres.

Fully equity-financed so far, the next phase of growth will have to be done in association with investors in order to reach more and more women and thus increase the positive impact on women's environment and intimate health.

Mais do que uma marca de produtos menstruais eco-friendly, Clementine pretende ser uma referência na educação menstrual e sexual, sempre com a vertente de sustentabilidade. "Faz parte da nossa visão, a criação de uma comunidade, com a qual possamos falar abertamente sobre saúde menstrual e combater todos os mitos e tabus que ainda existem à volta deste tema. Um espaço onde não se tenha medo de dizer a palavra vagina, onde não haja julgamentos sociais. Queremos que em todas as fases - da menarca até à menopausa- as mulheres possam obter informação real, verdadeira, de confiança e abordada sem estigmas e tabus. Para isso, a Clementine tem no seu pipeline de inovação produtos sustentáveis e amigos da mulher, que as vão ajudar nestas fases da sua vida, bem como a sua consolidação nos seus principais mercados.

More than a brand of eco-friendly menstrual products, Clementine intends to be a reference in menstrual and sexual education, always with a focus on sustainability. "It is part of our vision, to create a community, with which we can talk openly about menstrual health and fight all the myths and taboos that still exist around this topic. A space where we are not afraid to say the word vagina, where there are no social judgments. We want women at all stages - from menarche to menopause - to obtain real, true, trustworthy information that is addressed without stigma and taboos. For this, Clementine has products in its innovation pipeline sustainable and women-friendly, which will help them in these phases of their lives, as well as their consolidation in their main markets.

A marca está disponível para o mercado nacional e internacional em www.weareclementine.com. Em Portugal, poderá também ser encontrada em lojas biológicas de referência como as lojas Maria Granel e lojas online especializadas em produtos sustentáveis.

The brand is available for the national and international market at www.weareclementine.com. In Portugal, it can also be found in leading organic stores such as Maria Granel stores and online stores specializing in sustainable products.


105

RESHAPING PERIODS

Subscriptions available 24/7, Simple products, Modern convenience. Complete transparency

weareclementine.com

All tampons


106

Fundos e Programas de Investimento Investment Founds and Programs

Fundo: 5th Round| Internet Freedom Fund| 2021

Found: 5th Round| Internet Freedom Fund| 2021

Organização: Open Technology Fund (OTF)

Organization: Open Technology Fund (OTF)

Valor: 10.000 - 900.000 USD

Amount: 10.000 - 900.000 USD

Data Limite: 11/11/2021

Aplications Close: 11/11/2021

Fundo: Green Alley Award 2021

Found: Green Alley Award 2021

Organização: Green Alley

Organization: Green Alley

Valor: 15.000 €

Amount: 15.000 €

Data Limite: 23/11/2021

Aplications Close: 23/11/2021

Fundo: +Plus – Investimento para o Impacto| 2021

Found: +Plus – Investimento para o Impacto| 2021

Organização: Santa Casa de Misericordia de Lisboa

Organization: Santa Casa de Misericordia de Lisboa

Valor: 50.000 - 100.000 €

Amount: 50.000 - 100.000 €

Data Limite: 30/11/2021

Aplications Close: 30/11/2021

Fundo: The Catalyst Fund | 2021

Found: The Catalyst Fund | 2021

Organização: Roddenberry Foundation

Organization: Roddenberry Foundation

Valor: 2.500 - 15.000 USD

Amount: 2.500 - 15.000 USD

Data Limite: 30/11/2021

Aplications Close: 30/11/2021

Fundo: Prémio CNS José Ferreira Júnior & João Januário

Found: Prémio CNS José Ferreira Júnior & João Januário

Coutinho | 4ª Edição

Coutinho | 4ª Edição

Organização: Campus Neurológico Sénior (CNS)

Organization: Campus Neurológico Sénior (CNS)

Valor: 500 - 2.000 €

Amount: 500 - 2.000 €

Data Limite: 30/11/2021

Aplications Close: 30/11/2021


107 Powered by

Fundo: Eficiência Energética nas Empresas II - Valorizar 2020

Found: Energy Efficiency in Companies II - Valorizar 2020

Organização: Madeira 14-20

Organization: Madeira 14-20

Valor: Diversos

Amount: Several

Data Limite: 31/01/2022

Aplications Close: 31/01/2022

Fundo: Prémio Ana Maria Vieira de Almeida|2021

Found: Prémio Ana Maria Vieira de Almeida|2021

Organização: Fundação Vasco Vieira de Almeida &

Organization: Fundação Vasco Vieira de Almeida &

Fundação Calouste Gulbenkian

Fundação Calouste Gulbenkian

Valor: Até 20.000 €

Amount: Up to: 20.000 €

Data Limite: 30/11/2022

Aplications Close: 30/11/2022

Fundo: Coordenação, Gestão, Monitorização e Auditoria

Found: Coordination, Management, Monitoring and Auditing

Organização: POAT - FEDER

Organization: POAT - FEDER

Valor: Diversos

Amount: Several

Data Limite: 30/11/2023

Aplications Close: 30/11/2023

Fundo: Assistência Técnica

Found: Technical Assistance

Organização: POCH - Fundo Social Europeu

Organization: POCH - European Social Fund

Valor: Diversos

Amount: Several

Data Limite: 01/01/2024

Aplications Close: 01/01/2024


108

Beta-i junta-se a consórcio europeu para acelerar a sustentabilidade do setor da aviação Beta-i joins European consortium to accelerate aviation sector sustainability

A Consultora de inovação colaborativa e o Instituto Superior Técnico são as entidades portuguesas que compõem o consórcio de 29 parceiros apoiado em 25M€ pela Comissão Europeia, para realizar projetos de investigação e inovação no âmbito do “Green Deal”. O Projeto visa contribuir para tornar os aeroportos livres de emissões e resíduos até 2030 e tornar o setor da aviação neutro para o clima, até 2050.

The Collaborative Innovation Consultant and Instituto Superior Técnico are the Portuguese entities that make up the consortium of 29 partners supported by 25M€ by the European Commission, to carry out research and innovation projects under the “Green Deal”. The Project aims to contribute to making airports free of emissions and waste by 2030 and to make the aviation sector climate neutral by 2050.


109

The collaborative innovation consultant Beta-i was chosen to be the expert innovation entity of the European consortium TULIPS, a project led by the Royal Schiphol Group and funded by the European Commission, to develop research projects and solutions aimed at making the aviation sector more sustainable.

A consultora de inovação colaborativa Beta-i foi escolhida para ser a entidade especialista de inovação do consórcio europeu TULIPS, um projeto liderado pelo Royal Schiphol Group e financiado pela Comissão Europeia, para desenvolver projetos de investigação e soluções destinadas a tornar o setor da aviação mais sustentável. Com um financiamento de 25 milhões de euros, o consórcio é composto por 29 parceiros europeus – entre os quais quatro aeroportos, cinco universidades, uma companhia aérea, um porto, uma agência espacial e vários centros de investigação – e tem já propostas concretas para 17 projetos de sustentabilidade que serão testados em alguns dos maiores aeroportos do mundo, como o de Schiphol em Amesterdão, Oslo (Noruega), Turim (Itália) e ainda Larnaca (Chipre). Em nota de imprensa, Ricardo Marvão, cofundador da Beta-i, reforça que “em linha com o nosso foco na área de sustentabilidade, é com enorme motivação que nos juntamos a um projeto com a importância do TULIPS, juntamente com parceiros de relevo a nível europeu como o Aeroporto de Schiphol, a KLM e a DHL. O nosso papel será gerir o processo de inovação colaborativa por trás da implementação das 17 soluções propostas nos quatro aeroportos, e ter um papel essencial na descarbonização do setor da aviação. No final do projeto, os conhecimentos adquiridos serão depois partilhados com os restantes aeroportos europeus, permitindo que estes apliquem os conceitos e tecnologias desenvolvidas no projeto”.

With funding of 25 million euros, the consortium is made up of 29 European partners – including four airports, five universities, an airline, a port, a space agency and several research centers – and already has concrete proposals for 17 sustainability projects that will be tested at some of the largest airports in the world, such as Schiphol in Amsterdam, Oslo (Norway), Turin (Italy) and even Larnaca (Cyprus). In a press release, Ricardo Marvão, co-founder of Beta-i, reinforces that “in line with our focus on sustainability, it is with great motivation that we joined a project with the importance of TULIPS, together with prominent partners a European level such as Schiphol Airport, KLM and DHL. Our role will be to manage the collaborative innovation process behind the implementation of the 17 proposed solutions at the four airports, and play an essential role in the decarbonization of the aviation sector. At the end of the project, the knowledge acquired will then be shared with other European airports, allowing them to apply the concepts and technologies developed in the project”.


110

Com arranque em janeiro de 2022, e até 2025, o projeto TULIPS estará focado em acelerar a sustentabilidade no mercado de aviação, contribuindo para aeroportos sem emissões e resíduos até 2030, e para um setor neutro para o clima até 2050. Ao longo de três anos, a parceria centrar-se-á em vários aspetos, tais como a redução ou eliminação de emissões de veículos utilizando a propulsão a hidrogénio, o teste a instalações para recarga de aviões com eletricidade ou hidrogénio, a otimização do fornecimento em grande escala de combustível de aviação sustentável (SAF) e na melhoria da utilização circular de materiais. Para isto, serão também examinadas as viagens dos passageiros e a respetiva carga, de forma a propor soluções multimodais.

Starting in January 2022, and through 2025, the TULIPS project will be focused on accelerating sustainability in the aviation market, contributing to zero-emission and waste-free airports by 2030, and a climate neutral sector by 2050. Over three years, the partnership will focus on various aspects, such as reducing or eliminating vehicle emissions using hydrogen propulsion, testing facilities for recharging aircraft with electricity or hydrogen, optimizing the large-scale supply of sustainable aviation fuel (SAF) and improving the circular use of materials. For this, passengers' journeys and their respective cargo will also be examined, in order to propose multimodal solutions.

Além das entidades portuguesas Beta-i e Instituto Superior Técnico, o consórcio TULIPS é composto pelo Royal Schiphol Group, Aeroporto de Oslo, SINTEF AS, SINTEF Energi AS, Aeroporto de Larnaca, Catalink Ltd, Aeroporto de Turin, Instituto Politécnico de Turim, Egis Villes et Transports SAS, Excess Materials Exchange, Fraunhofer Gesellschaft, Companhia KLM Royal Dutch, KLM Equipment Services, Universidade Metropolitana de Manchester, Mobility Concept, Centro Aeroespacial Holandês (NLR), Nouryon Industrial Chemicals, Pipistrel Vertical Solutions, Porto de Amsterdam, SKYNRG, a Organização Holandesa de Investigação Científica Aplicada (TNO), TU Delft, Universidade de Antuérpia, BAM Infraconsult, Ballard Power Systems Europe, DHL Global Forwarding Netherlands e Zepp.

In addition to the Portuguese entities Beta-i and Instituto Superior Técnico, the TULIPS consortium comprises the Royal Schiphol Group, Oslo Airport, SINTEF AS, SINTEF Energi AS, Larnaca Airport, Catalink Ltd, Turin Airport, Polytechnic Institute of Turin, Egis Villes et Transports SAS, Excess Materials Exchange, Fraunhofer Gesellschaft, KLM Royal D u t c h C o mp a ny, K L M E q u ip me n t S er v i ces , Manchester Metropolitan University, Mobility Concept, Dutch Aerospace Center (NLR), Nouryon Industrial Chemicals, Pipistrel Vertical Solutions, Port of Amsterdam, SKYNRG, the Dutch Organization for Applied Scientific Research (TNO), TU Delft, University of Antwerp, BAM Infraconsult, Ballard Power Systems Europe, DHL Global Forwarding Netherlands and Zepp.


TUDO O QUE A SUA STARTUP PRECISA! 111

STARTUP SERVICES | STARTUP FUNDING BO.x é o local onde encontra todo o apoio para começar a criar e desenvolver a sua Startup.


112

Incubadoras e Aceleradoras de Startups Startup Incubators and Accelerators

A three51 é uma capital de risco focada nas startups e na co-criação corporativa. Com sede em Portugal, a three51 liga startups, empresas e investidores de Portugal, e para Portugal. Construímos, financiamos e operamos novos empreendimentos em conjunto com fundadores e empresas com visão de futuro. Investimos na semente e no estágio inicial, de forma independente e ao lado da nossa rede de parceiros.

three51 is a venture builder focused on startup and corporate co-creation. Based in Portugal, three51 connects startups, corporates and investors from Portugal, and to Portugal. We build, fund and operate new ventures alongside forward thinking founders and corporations. We invest at seed and early stage, independently, and alongside our partner network. http://three51.com

A AJEM tem como objectivos, entre outros, representar os jovens empresários, junto dos entes públicos e privados, estimular o aparecimento e criação de novas empresas na Madeira, contribuir para a dinâmica e renovação empresarial madeirense e fomentar relações com instituições congéneres, nacionais e estrangeiras.

AJEM aims, among others, to represent young entrepreneurs, with public and private entities, to stimulate the appearance and creation of new companies in Madeira, to contribute to the dynamics and renewal of Madeiran business and to foster relations with similar institutions, national and foreign. https://oficial.ajem.pt

Cowork Funchal é um espaço de trabalho para freelancers, trabalhadores independentes e micro empresas, mesmo no centro da cidade do Funchal onde se pode receber os clientes num espaço profissional e com todas as condições necessárias para alcançar o sucesso. Uma comunidade vibrante onde a camaradagem e a entreajuda estão sempre presentes. O local ideal para desenvolver projetos e explorar a criatividade.

Cowork Funchal is a workspace for freelancers, independent workers and micro companies, right in the center of Funchal where you can receive customers in a professional space and with all the necessary conditions to achieve success. A vibrant community where camaraderie and mutual help are always present. The ideal place to develop projects and explore creativity. https://coworkfunchal.com


113

A Rede de Centros de Negócios Ideia Atlântico, com um conceito inovador, reúne as condições ideais para o desenvolvimento da atividade empresarial, disponibilizando um conjunto de vantagens únicas como Centros de Negócios, Escritório Virtual, Coworking, Incubadora & Startups, Consultoria, Pro-Management e Formação e Capacitação. A Ideia Atlântico está disponível em Braga, Lisboa, Rio de Janeiro e Cabo Verde.

The Ideia Atlântico Business Center Network, with an innovative concept, brings together the ideal conditions for the development of business activity, providing a set of unique advantages such as Business Centers, Virtual Office, Coworking, Incubator & Startups, Consulting, Pro-Management and Training and Capacity Building. Ideia Atlântico is available in Braga, Lisbon, Rio de Janeiro and Cape Verde. www.ideia-atlantico.pt

A IEFF - Incubadora de Empresas da Figueira da Foz, é um Centro de Incubação de Empresas com base em tecnologia ou serviços de valor acrescentado, localizado no Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz. Tem como missão contribuir para o desenvolvimento, dinamização e rejuvenescimento do tecido empresarial da região, apoiando a constituição, instalação e desenvolvimento de novas empresas de base tecnológica e/ou industrial. Atualmente destaca-se como Incubadora do mar e da indústria.

IEFF - Business Incubator of Figueira da Foz - Business Development Association, is a Business Incubation Center based on technology or services of value added, located in the Industrial and Business Park of Figueira da Foz. Is mission is to contribute to the development, dynamization and rejuvenation of the corporate fabric of the region, by supporting the constitution, installation and development of new technological and/or industrial based companies. Currently stands out as Incubator of the sea and industry. http://ieff.pt

A Startup Alentejo é uma Incubadora de Empresas multissetorial que apresenta um enfoque em projetos criativos e inovadores que está localizada num moderno e atrativo edifício na malha urbana da cidade de Vendas Novas. Oferece 4 modelos de incubação, dependendo da maturidade e perfil do projeto que será avaliado através da candidatura / demonstração de interesse e de um pitch.

Startup Alentejo is a multi-sectorial Business Incubator that focuses on creative and innovative projects that is located in a modern and attractive building in the urban fabric of the city of Vendas Novas. It offers 4 incubation models, depending on the maturity and profile of the project that will be evaluated through the application / expression of interest and a pitch. www.startupalentejo.com


114

O LISPOLIS é uma associação privada sem fins lucrativos constituída em 1991 com o objetivo de gerir o Polo Tecnológico de Lisboa (PTL) e criar condições para o sucesso das empresas aí instaladas. É o local preferencial para a instalação de empresas tecnológicas e inovadoras, disponibiliza salas para empresas de pequena, média ou grande dimensão (de startup a multinacional), e ainda de espaços de Cowork e serviços de Escritório Virtual e de Marcas.

LISPOLIS is a private non-profit association established in 1991 with the objective of managing the Technological Pole of Lisbon (PTL) and creating conditions for the success of the companies installed there. It is the preferred location for the installation of technological and innovative companies, it offers rooms for small, medium or large companies (from startup to multinational), as well as Cowork spaces and Virtual Office and Brands services. www.lispolis.pt

O Madan Parque é um parque de ciências e tecnologia estabelecido em 1995, e ativo desde o início de 2000, cuja missão é desempenhar um papel de interface entre o mundo académico e as empresas. As atividades centrais consistem na promoção de NTBFs e na sua aceleração, bem como no desenvolvimento de projetos de conhecimento intensivo na região.

Madan Parque is a science and technology park established in 1995, active since the beginning of 2000, whose mission is to play an interface between the academic world and companies. The core activities consist of the promotion of NTBFs and their acceleration, as well as the development of knowledge-intensive projects in the region. https://madanparque.pt

A Partnia é uma consultora especializada na dinamização e criação de identidade para territórios e, na implementação e gestão de Incubadoras de Negócios. Com uma metodologia própria de incubação física e virtual para Ideias de Negócio, Startups e PME, a Partnia tem como missão prestar o melhor apoio a empreendedores, empresas e territórios, de forma a serem mais competitivos e inovadores

Partnia is a consultant specializing in dynamizing and creating identity for territories and in the implementation and management of Business Incubators. With its own methodology of physical and virtual incubation for Business Ideas, Startups and SMEs, Partnia’s mission is to provide the best support to entrepreneurs, companies and territories, in order to be more competitive and innovative https://partnia.pt


115

A MOVELTEX – Centro de Competências e de Incubação de Empresas é uma associação sem fins lucrativos criada com a missão de promover e potenciar o desenvolvimento e o crescimento sustentado das indústrias do Mobiliário, do Vestuário e do Têxtil do concelho de Paços de Ferreira. Tem na sua génese alguns dos principais agentes locais de desenvolvimento empresarial e tecnológico: A Câmara Municipal de Paços de Ferreira, a Associação Empresarial de Paços de Ferreira e a Profisousa.

MOVELTEX - Competence and Business Incubation Center is a non-profit association created with the mission of promoting and enhancing the development and sustained growth of the Furniture, Clothing and Textile industries in the municipality of Paços de Ferreira. It has in its genesis some of the main local agents of business and technological development: the City Hall of Paços de Ferreira, the Business Association of Paços de Ferreira and Profisousa. http://moveltex.com

A missão da Fábrica de Startups consiste em ajudar as pessoas a serem empreendedores de sucesso. Utilizando uma metodologia própria ajuda na identificação de ideias de negócio, nacriação de equipas, no desenho do modelo de negócio, na descoberta de clientes e no l ançamento da empresa.

The mission of Fábrica de Startups consists of helping people to be successful entrepreneurs. Using its own methodology, it helps to identify business ideas, create teams, design the business model, discover customers and launch the company. www.fabricadestartups.com

Mais do que espaços de coworking, somos uma comunidade. Se está á procura de um lugar para cpartilhar ideias, conhecimentos, percepções ou apenas uma cerveja; um lugar para conhecer negócios incríveis e pessoas inspiradoras; um lugar com pessoas que celebram o seu sucesso e o apoiam nos momentos mais difíceis; Está no lugar certo. Connosco não terá de se preocupar com a manutenção do seu espaço de trabalho.

More than coworking spaces, we are a community. If you are looking for a place to share ideas, knowledge, insights, or just a beer; a place to know incredible businesses and inspiring people; a place with people who celebrate your success and stand by you in the most difficult times; you are at the right place. And yes, with us you won’t have to worry about your working space maintenance. https://ideaspaces.pt


116

Espaço Espelho d’Água

Espaço Espelho d’Água

O Espaço Espelho d’Água é um restaurante e cafeteria localizado, em Belém, Lisboa, junto ao rio Tejo. Num edifício célebre do modernismo, rodeado por um amplo espelho de água que faz a ligação simbólica com o rio a poucos metros, existe ainda uma loja e uma galeria de arte de performances musicais.

Espaço Espelho d'Água is a restaurant and cafeteria located in Belém, Lisbon, next to the Tagus River. In a famous modernist building, surrounded by a large water mirror that makes the symbolic connection with the river a few meters away, there is also a shop and an art gallery of musical performances.

Gat Rossio Hotel Com quartos ultra modernos com móveis de design totalmente brancos, o Gat Rossio está centralmente localizado numa rua tranquila atrás da Praça dos Restauradores e da sua estação de metro. Possui um terraço ao ar livre e acesso Wi-Fi gratuito. Os quartos são climatizados e incluem televisões de ecrã plano com canais por cabo. Alguns quartos abrem para varandas, e todos têm uma secretária e uma casa de banho privativa.

Gat Rossio Hotel Offering ultra-modern rooms with all-white designer furniture, Gat Rossio is centrally located in a quiet street behind Praça dos Restauradores and its metro station. It features an outdoor terrace and free WiFi. Rooms are air conditioned and include flat-screen TVs with cable channels. Some rooms open onto balconies, and all have a work desk and a private bathroom.

Lifestyle Lifestyle


117 Hotel Quinta da Bela Vista

Quinta da Bela Vista Hotel

O Hotel Quinta da Bela Vista Madeira, localizado no Funchal, é um pequeno hotel 5 estrelas da Madeira, vencedor do prémio Europe's Leading Boutique Hotels da World Travel Awards. Este exclusivo hotel oferece quartos elegantes com varanda privada e vistas sobre os magnificos jardins botânicos, baía do Funchal e montanhas.

Hotel Quinta da Bela Vista Madeira, located in Funchal, is a small 5 star hotel in Madeira, winner of the Europe's Leading Boutique Hotels award from the World Travel Awards. this exclusive hotel offers elegant rooms with private balcony and views over the magnificent botanical gardens, bay of Funchal and mountains.

O Hotel dispõe de dois restaurantes, snack bar na piscna, três bares, buffet ao pequeno-almoço, com rica seleção de frutas frescas e quentes, salas de convívio e conferências, várias salas de estar e biblioteca, quartos para pessoas com mobilidade reduzida, serviço expresso de check-in e check-out, serviço de quartos 24 horas, mini-bar em todos os quartos, piscina exterior aquecida com solário, campo de ténis, sauna, jacuzi e ginásio. Dispõe também de sala de jogos com bilhar, serviço de mini-bus para o centro do Funchal, estacionamento gratuito e Wi-Fi grátis disponível em todo o hotel.

The Hotel has two restaurants, snack bar in the pool, three bars, buffet breakfast with a rich selection of fresh and hot fruits, social and conference rooms, several lounges and library, rooms for people with reduced mobility, express check-in and check-out service, 24-hour room service, minibar in all rooms, outdoor heated swimming pool with solarium, tennis court, sauna, Jacuzzi and gym. It also has a games room with billiards, a mini-bus service to the center of Funchal, free parking and free Wi-Fi available throughout the hotel.


118

Filme “Dune” produzido com tecnologia portuguesa “Dune” movie produced with Portuguese technology

O filme de ficção científica “Dune” utilizou tecnologia portuguesa durante o processo de produção. A tecnologia da Sound Particles foi usada a partir de um software de áudio 3D, que aplica ainda computação gráfica ao som. Este filme, um dos mais aguardados do ano, é protagonizado por Timothée Chalamet, Zendaya, Oscar Isaac, Rebecca Ferguson, Jason Momoa e Josh Brolin, entre outros. O Sound Particles é um software áudio vocacionado para a criação de ambientes “épicos”, como é o exemplo do filme ‘Dune’, que estreou recentemente em Portugal. O filme realizado por Denis Villeneuve é apenas o mais recente filme a contar com o uso desta tecnologia. Entre os clientes da empresa portuguesa fazem parte “Star Wars: Rise of Skywalker”, “Frozen II”, “Maleficent”, “Alita: Battle Angel”, “Aquaman”, “Ready Player One”, “Justice League”, “Spiderman: Homecoming”, “The Dark Tower”, “The Mummy” e “Mulher Maravilha” entre outros. O software da Sound Particles tem apenas cinco anos de existência no mercado mas já é utilizado pelos maiores estúdios de Hollywood, bem como em produções conhecidas. Também a série “Guerra dos Tronos” fez recurso do programa português. A startup de Leiria foi fundada por Nuno Fonseca, em 2016, e conta com uma equipa com mais de 20 pessoas no desenvolvimento do produto utilizado por estúdios de cinema, criação de jogos e também na produção de música.

The science fiction film “Dune” used Portuguese technology during the production process. Sound Particles technology was used from a 3D audio software, which also applies computer graphics to the sound. This film, one of the most anticipated of the year, stars Timothée Chalamet, Zendaya, Oscar Isaac, Rebecca Ferguson, Jason Momoa and Josh Brolin, among others. Sound Particles is an audio software aimed at creating “epic” environments, as is the example of the film ‘Dune’, which opens tomorrow in cinemas in Portugal. The film directed by Denis Villeneuve is just the latest film to feature the use of this technology. Among the Portuguese company's customers are “Star Wars: Rise of Skywalker”, “Frozen II”, “Maleficent”, “Alita: Battle Angel”, “Aquaman”, “Ready Player One”, “Justice League”, “Spiderman : Homecoming”, “The Dark Tower”, “The Mummy” and “Wonder Woman” among others. Sound Particles software has only been on the market for five years but is already used by the biggest Hollywood studios, as well as in well-known productions. The series “Guerra dos Thrones” also made use of the Portuguese program. The Leiria startup was founded by Nuno Fonseca, in 2016, and has a team of more than 20 people in the development of the product used by movie studios, game creation and also in music production.


119


120

Gadgets Gadgets

Samsung Galaxy Z Flip3

Samsung Galaxy Z Flip3

Sony HT-A9 O novo sistema de alto-falantes da Sony foi projetado para aqueles que desejam obter um som surround de home theater, sem ter que perder tempo e esforço a estender fios pela sala de estar. O sistema HT-A9 é essencialmente um conjunto de quatro alto-falantes sem fio que comunicam com uma caixa de controle conectada à TV. Caso seja emparelhado com uma TV Sony o sistema também usará os alto-falantes da TV para aumentar o som.

Sony HT-A9 Sony’s new speaker system is designed for those that want to get serious home cinema surround sound, without having to spend time and effort draping wires around your living room. The HT-A9 system is essentially a set of four wireless speakers that talk to a control box plugged directly into your TV. Pair these with a Sony TV and the system will also use your TV’s speakers to add to the sound.

Este é o primeiro telefone dobrável que pode valer a pena. As primeiras iterações de dobráveis foram prejudicadas por problemas de confiabilidade e preços elevados. No entanto, este telefone provavelmente custará tanto como os dispositivos mais recentes da Apple ou Google. O Flip3 vem com um processador octa-core interno, bastante RAM e um ecrã de 120 Hz. Além disso, é à prova de água.

This is the first foldable phone that might be worth a go. The first few iterations of foldables were marred with reliability issues and huge price tags. However this phone is likely to cost as much on contract as the latest Apple or Google devices. Flip3 comes with an octa-core processor inside, plenty of RAM and a 120Hz display. Plus it’s waterproof.


121

Samsung Galaxy Z Flip3

À medida que o mundo continua a trabalhar remotamente e as reuniões online se tornam parte da vida cotidiana, a tecnologia intensificou-se para tornar o processo mais eficiente e envolvente, com o Meeting Owl Pro sendo um grande exemplo. Equipado com uma câmera de 360 graus, 8 microfones e um alto-falante, tem como objetivo reproduzir uma reunião presencial enquanto se está separado dos colegas. Com um raio de captação de áudio de 6 metros e um zoom automático que responde a quem está a falar no momento, é um kit sofisticado que se integra com Zoom, Slack, Google Hangouts e muito mais.

Samsung Galaxy Z Flip3

As the world continues to work remotely and online meetings become a part of everyday life, the tech has stepped up to make the process more efficient and immersive, with the meeting owl pro being a great example of that. Fitted with a 360 degree camera, 8 microphones, and a speaker, it aims to replicate an in-person meeting while separated from colleagues. With an 18-foot audio pickup radius and an automatic zoom that responds to who is speaking at the time, it’s a sophisticated bit of kit that integrates with Zoom, Slack, Google Hangouts and more.

Fujifilm Instax mini Mobile Photo Printer

Imprima fotos e fotos de vídeo diretamente de seu smartphone com esta impressora instantânea prática da Fujifilm. Conectando-se sem fio ao seu dispositivo (iOS e Android), leva cerca de 12 segundos para imprimir cada foto, com uma carga completa permitindo a impressão de 100 fotos contínuas.

Symfonisk Picture Frame Wi-Fi Speaker

Estes alto-falantes Wi-Fi não convencionais nasceram de uma colaboração entre a Sonos e a Ikea. O alto-falante de ecrã plano tem quase a espessura de uma TV de ecrã plano e pode ser montado encostado a uma parede ou colocado numa prateleira usando o suporte. A Ikea oferece painéis frontais intercambiáveis para que se possa mudar quando ficamos cansados da sua aparência.

Symfonisk Picture Frame Wi-Fi Speaker

These unconventional Wi-Fi speakers borne out of a collaboration between Sonos and Ikea. The flat panel speaker is about as thick as a flatscreen TV and can be mounted flush against a wall or stood up on a shelf using the kickstand. Ikea offers interchangeable front panels so you can shake things up when you tire of its looks.

Fujifilm Instax mini Mobile Photo Printer

Print photos and video stills directly from your smartphone with this handy instant printer from Fujifilm. Connecting wirelessly to your device (iOS and Android) it takes around 12 seconds to print each photo, with a full charge allowing you to print off 100 continuous shots.


122

IBS 2021 - International Business Summit Local: Oeiras, Lisboa Data: 28 e 29 Novembro de 2021 IBS 2021 - International Business Summit Location: Oeiras, Lisboa Date: November 28-29, 2021

Agenda Calendar

Global Capital Markets - Understanding the Future Local: Lisboa Data: 4 e 5 de Novembro de 2021 Global Capital Markets - Understanding the Future Location: Lisboa Date: November 4-5, 2021


123

Portugal Smart Cities Summit 2021 Local: Lisboa Data: 16 a 18 de Novembro de 2021 Portugal Smart Cities Summit 2021 Location: Lisbon Date: November 16-18, 2021

Web Summit 2021 Local: Lisboa Data: 1 a 4 de Novembro de 2021 Web Summit 2021 Location: Lisbon Date: November 1-4, 2021

AdSummit Local: Porto Data: 14 e 15 de Novembro de 2021 AdSummit Location: Oporto Date: November 14-15, 2021

Portugal Exportador Local: Lisboa Data: 11 de Novembro de 2021 Portugal Exportador Location: Lisbon Date: November 11, 2021

Segurex 2021 Local: Lisboa Data: 16 a 18 de Novembro de 2021 Segurex 2012 Location: Lisbon Date: November 16-18, 2021

África Future House (Web Summit 2021) Edição Digital Local: Online Data: 1 de Dezembro 2021 Africa Future House (Web Summit 2021) Digital Edition Location: Online Date: December 1, 2021


124

EMAF Local: Porto Data: 1 a 4 de Dezembro de 2021 EMAF Location: Porto Date: December 1-4, 2021

Nauticampo Local: Lisboa Data: 16 a 20 de Fevereiro de 2022 Nauticampo Location: Lisboa Date: February 16-20, 2022

IDF by Interdecoração – Spring Edition Local: Porto Data: 24 a 27 de Fevereiro de 2022 IDF by Interdecoração – Spring Edition Location: Porto Date: February 24-27, 2022

Export Home Local: Porto Data: 24 a 27 de Fevereiro de 2022 Export Home Location: Porto Date: February 24-27, 2022

BTL Local: Lisboa Data: 16 a 20 de Março de 2022 BTL Location: Lisboa Date: March 16-20, 2022

Fururália Local: Lisboa Data: 30 de Março a 2 de Abril de 2022 Futurália Location: Lisboa Date: March 30 to April 2, 2022


125


V AMOS

INOVAR

126

JUNTOS?

CLUBE DE INVESTIDORES EM STARTUPS

Acrescentámos conhecimento à tecnologia para potenciar o know-how da nossa equipa e assim alcançar os empreendedores que procuram o investidor certo para o seu negócio.

Finy Club O Finy Club apresenta as melhores startups a investidores pré-validados, de acordo com critérios de investimento pré-estabelecidos, favorecendo assim o contacto entre os melhores investidores para determinado projeto.

INVESTIDORES

Aceda a projetos pré-selecionados e alargue a sua rede de contactos.

STARTUPS É hora de procurar investidores? Podemos ajudá-lo a alavancar os seus negócios.

TORNE-SE MEMBRO Seja parte do clube e tenha acesso a oportunidades exclusivas.

+351 291 224 216