Page 1

ANO 12 / Número 204 / 2a edição de Setembro de 2010 / New York - USA

973.491.0019

“Eis que vêm dias, diz o Senhor Deus, em que enviarei fome sobre a terra: não fome de pão, nem sede de água,mas de ouvir as Palavras do Senhor. Andarão errantes de mar a mar, e do norte até o Oriente: correrão por toda parte, buscando a palavra do Senhor, e não a acharão”. Amós 8:11-12


02

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARĂ O MENSAGEIRO!

7 03

EDITORIAL

PolĂ­ticos apĂłs a morte OlĂĄ leitor amigo! Recebi mais uma via internet. Se vocĂŞ for polĂ­tico, cuidado !

Helio dos Santos Filho

Aloísio Campanha - Pastor AndrÊ Soares - Advogado Bong Yeon - Advogado Carlos Fernandes - Designer Carlos De Paula - Tradutor Dario Santos - Colunista Davi Soares - Pastor Dora Garcia - Correção Eli Fernandes - Pastor Elizabete B. - Psicóloga Francisco Izidoro - Pastor Gersonita Malafaia - Pastora Gilson Bifano - Pastor Glauber Morare - Pastor Guilhermino Cunha - Pastor Guido Couto -Agente De Seguros Helio Dos Santos - Pastor Irland P. Azevedo - Pastor Jorge Bezerra - Pastor Josimar Salun - Pastor Jandir Silva - Capelão Jayme De Amorim - Pastor JosÊ Maria - Pastor Lucia Brandão - Psicoterapeuta Moura Gonçalves - Pastor MoisÊs Apsan - Advogado Marcos Nascimento - Pastor Marcos Mota - Pastor NÊlio Da Silva - Pastor Paulo dos Santos - Psicólogo R.R. Soares - Pastor Ricardo Gondin - Pastor Ricardo Santos - Pastor Reuel Pereira Feitosa - Pastor Renato Rubim - Pastor Sílas Malafaia - Pastor Serikako Hiroshi - Pastor Theodomiro J. Freitas - Pastor Vitor Hugo - Pastor

Um senador está andando tranqüilamente quando é atropelado por um caminhão e morre. A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada. - Bem-vindo ao Paraíso! - diz São Pedro - Antes que você entre, há um probleminha. Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você. - Não vejo problema, é só me deixar entrar - diz o antigo senador. - Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte: você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.       Paraíso - diz o senador. - Desculpe, mas temos as nossas regras. Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe. No fundo ele vê o clube na frente do qual estão todos os amigos dele e outros políticos que haviam trabalhado com ele. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos           Jogam uma partida descontraída depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o Diabo, um cara muito amigável que passa o tem-

po todo dançando e contando piadas. Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, jå Ê hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe. Ele sobe, sobe, sobe e a porta abre outra vez. São Pedro estå esperando por ele. - Agora Ê a vez de visitar o Paraíso. Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, to-

CONTATOS COM NOSSA REDAĂ‡ĂƒO: Cartas ao Editor Helio dos Santos Filho 38-05 Broadway St. Suite 200B, Astoria NY 11103

Tel: (347) 239.6700 / (347) 298.3548 e-mail: omensageiro7@aol.com Š2009 by Santos Production All Rights Reserved Sites que colaboram conosco:

› ENCORAJAMENTO › CHAMADA › CBMC BRASIL › PORTAS ABERTAS › ATLETAS DE CRISTO › CLICK FAM�LIA

Os artigos, mensagens e estudos publicados neste Jornal, por cada autor,           Jornal.       

               

 

cando harpas e cantando. Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna. - E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna. Ele pensa um minuto e responde: - Olha, eu nunca pensei, mas... O Paraíso Ê muito bom, mas eu acho que      Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce atÊ o Inferno. A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo. Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos. O Diabo vai atÊ ele e passa o braço pelo ombro do senador. - Não estou entendendo - gagueja o senador - Ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora          lixo e meus amigos arrasados. O Diabo olha pra ele, sorri e diz: - Ontem eståvamos em campanha. Agora jå conseguimos seu voto! AtÊ a próxima leitor amigo! Helio Dos Santos Filho - Editor

O Mensageiro7 newspaper is a biweekly publication in Portuguese. Reproduction in whole or in part without permission is    ! " #   $" %# " & ! ''    "  !' " '    "          ' ( )  * + - #      #  ! '   

  ' 



  ! ' " + %     "/   0 '    ( 1  ( )  *    #   2 3    PortuguĂŞs. 4          5   #        

  5    #  ( 1 ()  * #  3   '  

6        ' 6 '       2 2    #  8  9 /      : 


04

7

ARTIGO

este reino?�

AtÊ pouco tempo, quando falåvamos de política na igreja as pessoas não simpatizavam muito com a idÊia. Insistiam em dizer que o templo não era lugar de político. Graças a Deus que nossa mentalidade tem mudado, pois sabemos que sofremos por falta de conhecimento. O nosso Senhor acredita que política Ê assunto de cristão sim. E temos exemplos claros na Bíblia       na vida do povo de Deus. A título de ilustração podemos citar a história da rainha Éster. Ela passou de escrava à rainha, e quando estava no trono viu uma lei promulgada que poderia acabar deria se o rei não sancionasse outra       lei, dessa vez o Purin (mudança Os judeus, liderados pelo Marde sorte). doqueu (tio da rainha Éster), foram pedir que a rainha Ester os O pur se transformou em purin, defendesse da lei sugerida por uma lei que permitiu aos judeus Hamã. Ela, estrategicamente, ao menos se defenderem dos marcou um jantar com rei Assue- seus adversårios, e com isso eles ro e com Hamã para tentar impe- mataram todos que tentavam lhes dir de alguma forma a consuma- tirar a vida. A autoridade concedição do Pur (lei que mataria todos da à Ester foi instituída por Deus. os judeus). Pur quer dizer a sorte Tanto Ê verdade que nos versículançada para assolar e destruir los 13 e 14 do capítulo 4 do livro os judeus, e era o que acontece- de Éster encontramos as pala-

A parte que mais me chama atenção neste texto Ê a indagação de Mardoqueu: e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a este reino? (Éster 4: 14).

vras do judeu Mardoqueu para a sobrinha: “EntĂŁo Mardoqueu mandou que respondessem a Ester: NĂŁo imagines no teu Ă­ntimo que por estares na casa do rei, escaparĂĄs sĂł tu entre todos os judeus. Porque, se de todo te calares neste tempo, socorro e livramento de outra parte sairĂĄ para os judeus, mas tu e a casa de teu pai perecereis; e quem sabe se para tal tempo como este chegaste a

Vemos essa indagação se repetir no meio do povo de Deus atÊ os dias de hoje. É no momento que uma igreja nossa Ê fechada, quando somos impedidos de realizar um show gospel em praça publica ou quando vemos leis que vão contra os princípios cristãos sendo apresentadas nas Câmaras e AssemblÊias de todo Brasil. Precisamos de homens e mulheres que defendam nossos interesses, porque só quem Ê do nosso meio poderå fazer isso por nós. Agora podemos nos orgulhar, temos 20 vereadores em diversos municípios do Estado de São Paulo trabalhando para melhorar a vida das pessoas e lutando pelo Reino do Senhor, porque foi para situaçþes como essas e outras ainda maiores que Deus os levantou. 


MATÉRIA O poder mundial ĂŠ limitado pela impotĂŞncia humana. A onipotĂŞncia ĂŠ ilimitada em virtude da autoridade divina. Ou, como diz a BĂ­blia: “O Senhor frustra os desĂ­gnios das naçþes e anula os intentos dos povos. O conselho do Senhor du-ra para sempre; os desĂ­gnios do seu coração por todas as geraçþes. Feliz a nação cujo Deus ĂŠ o Senhor, e o povo que ele escolheu para sua herançaâ€?. (Sl 33.10-12). Da insegurança polĂ­tica A insegurança das naçþes        ĂĄreas: - nas discussĂľes polĂ­ticas sobre as mudanças climĂĄticas: a Ăşnica certeza, sempre manifestada por unanimidade, ĂŠ a concordância em marcar a prĂłxima reuniĂŁo. - na economia: hĂĄ orgulho por causa do progresso, enquanto grandes bancos quebram e perdem bilhĂľes. - na instabilidade militar: a Guerra Fria volta a tomar forma.

7 05 que estå para dar à luz; e de nenhum modo escaparão� (1 Ts 5.3).

Os esforços humanos, por mais bem intencionados $   %     barreiras praticamente intransponíveis. Um comentårio da revista alemã Stern revela esse desamparo diante das grandes questþes da humanida& ' *  %  mais do que hå algumas dÊcadas, vê-se com mais clareza que a política e a ciência estão sendo exigidas alÊm de suas capacidades no esforço para se

       * - na mente das pessoas: a espi- !      povo de Israel sempre sofreu deral de toda sorte de perturbaçþes a conferĂŞncia de paz de Annapo- "+ $      emocionais aumenta de forma lis: “Queremos estabelecer o fun- mens e na polĂ­tica mundial. O fato crescente. Os psicoterapeutas damento de uma nova nação, de desse povo ainda existir deve-se um Estado palestino democrĂĄtico, prosperam. apenas ao Deus de AbraĂŁo, Isaque possa conviver com Israel em - nas questĂľes religiosas com que e JacĂł, graças Ă s promessas      "  #   relação Ă  pergunta sempre releque Ele lhe fez. Essas promesdas as declaraçþes positivas, a vante: O que ĂŠ a verdade? realidade ĂŠ outra, e a BĂ­blia nĂŁo sas, registradas na Sua Palavra, As negociaçþes entre Israel e os deixa dĂşvidas sobre o que virĂĄ: sĂŁo o penhor de que o futuro despalestinos sĂŁo constantemente “Quando andarem dizendo: Paz sa nação tĂŁo atacada estĂĄ asseapresentadas como perspectivas e segurança, eis que lhes so- gurado. Mas Israel nĂŁo encontra            brevirĂĄ repentina destruição, rĂĄ segurança real enquanto nĂŁo Continua na pĂĄgina 6 no mundo. O entĂŁo presidente como vĂŞm as dores de parto Ă 


06

7

MATÉRIA 7@{{X

/ Em IsaĂ­as 45 prenuncia-se o 45Âş livro da BĂ­blia, que ĂĄ a Carta se voltar de todo o coração para aos Romanos. Nesse capĂ­tulo seu Messias, Jesus. AlguĂŠm disdo livro de IsaĂ­as a palavra â&#x20AC;&#x153;jusse com razĂŁo: â&#x20AC;&#x153;NĂŁo precisamos tiçaâ&#x20AC;? ĂŠ salientada de forma esde um programa, precisamos de pecial, pois aparece seis vezes. uma pessoaâ&#x20AC;?. E essa Pessoa ĂŠ TambĂŠm se menciona que IsraJesus Cristo, â&#x20AC;&#x153;o qual, depois de / IsaĂ­as 40 ĂŠ o primeiro capĂ­tulo el serĂĄ salvo (v.25). Isso corresir para o cĂŠu, estĂĄ Ă destra de   "  #    $   ponde com exatidĂŁo ao assunto        %&'    *+  da Carta aos Romanos. anjos, e potestades, e poderesâ&#x20AC;? ou seja, ao primeiro livro do  / # # 79"    /Na seqßência, IsaĂ­as 49 corres(1 Pe 3.22). Mateus). EstĂĄ escrito: â&#x20AC;&#x153;Voz do ponde Ă  Carta aos EfĂŠsios. Nesse Mas nĂŁo ĂŠ sĂł o mundo como um que clama no deserto: Preparai capĂ­tulo vemos a salvação sendo todo e Israel como nação atacada      <   $  # oferecida tambĂŠm aos gentios e que se ressentem da falta de seno ermo vereda a nosso Deus. a declaração de que o Senhor foi gurança. Essa insegurança estĂĄ /  #    dado como luz para os gentios aninhada nos coraçþes dos hodos, todos os montes e outeiros; (vv.1,6). Este ĂŠ exatamente o tema mens individualmente, e nĂłs, cris =  > # #   # da Carta aos EfĂŠsios: os gentios tĂŁos, temos toda a razĂŁo em bus  "     sendo incorporados Ă  Igreja dos car â&#x20AC;&#x201C; e achar â&#x20AC;&#x201C; a segurança que  @ "    <       salvos (Ef 2.16-18; 3.5-6). a Palavra de Deus nos concede. nifestarĂĄ e toda a carne a verĂĄ, Outro tema ĂŠ descrito assim: Segurança profĂŠtica     <      J [/         # ` Estaremos nos baseando no livro 7%&KWX @        de IsaĂ­as ao analisarmos o tema Em contraposição, lemos no Evan- "   # ` k   w  desta mensagem. IsaĂ­as ĂŠ o legĂ­- gelho de Mateus: â&#x20AC;&#x153;Porque este ĂŠ <   YZ  #=   timo â&#x20AC;&#x153;evangelistaâ&#x20AC;? dentre os pro-    # >  se tirarĂŁo ao valente, e a presa fetas. Seu livro tambĂŠm costuma feta IsaĂ­as: Voz do que clama no # "  =   ser chamado de BĂ­blia em formato   #Y Z        tenderei com os que contendem reduzido: <     #     #"   #  J /O livro de IsaĂ­as tem 66 capĂ­tu- dasâ&#x20AC;? (Mt 3.3). Isso refere-se a JoĂŁo 7%y{%{WXComparemos essas Batista. E no Evangelho de JoĂŁo palavras com EfĂŠsios 4.8: â&#x20AC;&#x153;Por los, e a BĂ­blia tem 66 livros. estĂĄ escrito: [    "   wY    | / O livro de IsaĂ­as tem duas ria...â&#x20AC;? (Jo 1.14). alturas, levou cativo o cativeiro partes principais, escritas pelo     J. mesmo autor â&#x20AC;&#x201C; a BĂ­blia tambĂŠm / IsaĂ­as 44 corresponde ao 44Âş Jesus tomou a presa do valente tem duas partes, inspiradas livro da BĂ­blia, que ĂŠ Atos dos e tirano, que ĂŠ o Diabo, e deixou ApĂłstolos: â&#x20AC;&#x153;Porque derramarei pelo EspĂ­rito Santo. "   # # #  os cativos livres. Nenhum cren/ Os primeiros 39 capĂ­tulos de    #   $      te continua sendo uma presa da IsaĂ­as tĂŞm como tema central o  9+ #    # #  morte. juĂ­zo divino sobre os pecados.       ]^   /IsaĂ­as 66 corresponde ao Ăşltimo Os 27 capĂ­tulos da segunda  #     # $  #  livro da BĂ­blia, que ĂŠ o Apocalipse. parte falam mais de graça e res- como a erva, como salgueiros â&#x20AC;&#x153;...porque, como os novos cĂŠus e tauração; essa parte tambĂŠm ĂŠ junto Ă s correntes de ĂĄguas. Um a nova terra, que hei de fazer, eschamada de â&#x20AC;&#x153;grandiosa poesia  Y 9   <   $ #  tarĂŁo diante de mim, diz o Senhor, messiânicaâ&#x20AC;?. A BĂ­blia, por sua            _$ assim hĂĄ de estar a vossa postevez, tem 39 livros do Antigo  #         ridade e o vosso nomeâ&#x20AC;? (Is 66.22). Testamento, muitas vezes fa-   Y 9   <     O tema do Apocalipse ĂŠ a introdulando do juĂ­zo. E ela tem 27 li-      #      ção no novo cĂŠu e na nova terra: vros do Novo Testamento, cujo de Israelâ&#x20AC;? (Is 44.3-5). Essa ĂŠ uma â&#x20AC;&#x153;Vi novo cĂŠu e nova terra, pois tema central ĂŠ a graça de Deus. maravilhosa indicação do tema    >    #  / O livro de IsaĂ­as ĂŠ citado ou central de Atos dos ApĂłstolos: o ra jĂĄ passaram, e o mar jĂĄ nĂŁo mencionado mais de 210 vezes derramamento do EspĂ­rito Santo, }# ~# >   no Novo Testamento â&#x20AC;&#x201C; apenas as primeiras conversĂľes e a mu- ta, que descia do cĂŠu, da parte os capĂ­tulos 40 a 66 por mais de dança de rumo dos gentios, vol- de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposoâ&#x20AC;? tando-se para o Deus de Israel. 100 vezes. Continuação da pĂĄgina 5

Os 27 capĂ­tulos da segunda parte de IsaĂ­as harmonizam-se surpreendentemente com os livros do Novo Testamento. Isso nĂŁo pode ser mero acaso. Vejamos alguns exemplos:

O rolo de IsaĂ­as com seu texto completo foi encontrado em Qumran em 1947. Esse achado foi datado como sendo do segundo sĂŠculo antes de Cristo,

  $     6 inspirada por Deus em sua totalidade. Os rolos de Qumran foram descobertos justamente na ĂŠpoca da fundação do Estado de Israel, o que deixa transparecer uma Ăłbvia direção divina, e o texto de IsaĂ­as recebeu muito destaque nesse achado de inestimĂĄvel valor histĂłrico. Tudo leva a crer que o Deus de Israel estava querendo estabelecer um sinal. E o que isso        ;%    < =   $   ;    tar com esse Deus, que pode entregar sua vida a Ele e olhar para >      KW Baseados em IsaĂ­as 40 e 41, exa     "  $  X  oferece. Mas prestemos atenção a um fato: as profecias de IsaĂ­as ;     %  retratam juntamente a primeira e a segunda vinda de Jesus. O duplo sofrimento e o duplo consolo Depois de Sua volta em poder e glĂłria junto com Sua Igreja, o Messias apascentarĂĄ Seu povo como Bom Pastor (veja Is 40.11). â&#x20AC;&#x153;Consolai, consolai o meu povo, diz o vosso Deus. Falai   ^   _  >      =   >   #     + =     qĂźidade estĂĄ perdoada e que         <      #     J 7 %&{X. Quando a iniqĂźidade de Israel estarĂĄ perdoada, quando Israel receberĂĄ o perdĂŁo por seus pecados? Depois que JerusalĂŠm receber em dobro das mĂŁos do Senhor. EntĂŁo o Senhor voltarĂĄ a SiĂŁo para afastar de Israel a sua impiedade (veja Rm 11.25; Ez 36.33). Continua na pĂĄgina 7


MATĂ&#x2030;RIA Continuação da pĂĄgina 6

diversas etapas:

JerusalÊm suportou uma dose dupla: o cativeiro babilônico e o cativeiro romano (em 70 d.C.), a destruição do primeiro Templo e a destruição do segundo Templo. Duas vezes JerusalÊm foi consolada: uma vez por ocasião do retorno do cativeiro babilônico sob Zorobabel e Esdras (veja Zc 4; Ag 2), e pela segunda vez no retorno do cativeiro mundial, da vol  X[ \X]^  dos dias (em 1948); agora, a Igreja deveria assumir esse consolo.

1. O contraste entre a insegurança dos povos e a segurança da eterna Palavra de Deus torna-se cada vez mais evidente (veja Is 40.6-8). Essa Palavra Ê retomada por Pedro, que a aplica a nosso tempo e à Igreja (veja 1 Pe 1.23-25).

No passado, tratava-se da primeira vinda de Jesus, que João Batista anunciava no espírito de Elias; hoje trata-se de Sua volta, que a Igreja apregoa (veja Is 40.3-5). No passado, Jesus veio em humildade; apenas uma única vez Jesus deixou entrever Sua glória, o que       `  ração (veja Jo 1.14; Mt 17.1,13; 2 Pe 1.16-18). Ele não voltará em humildade, mas em poder supremo e glória majestosa (veja Mt 24.30). O caminho para o retorno do Senhor em glória A volta de Cristo se anuncia em

ria junto com Sua Igreja, o Messias apascentarĂĄ Seu povo como Bom Pastor (veja Is 40.11).

3. A Grande Tribulação se anuncia (veja Is 40.15-17). Ao ler uma passagem assim, muitos acusam a Deus de lidar cruelmente com a humanidade. Em seu orgulho cego e sua rejeição da vontade de 2. O Arrebatamento da Igreja se Deus, essas pessoas nĂŁo percedelineia (veja Is 40.9-11). De SiĂŁo bem que ĂŠ Deus quem as acusa. partiu originalmente a boa-nova Naçþes sĂŁo como um grĂŁozinho do Evangelho (v.9). Ao prĂłprio Isde pĂł para Ele. O que o homem rael precisa-se anunciar hoje: â&#x20AC;&#x153;Eis imagina que ĂŠ? Deus deixarĂĄ as aĂ­ estĂĄ o vosso Deus!â&#x20AC;? (v.9). Ele naçþes consternadas por causa nĂŁo decepciona jamais! O Arrebade seu orgulho; nĂŁo apenas as tamento estĂĄ Ă s portas. â&#x20AC;&#x153;Eis que ilhas, mas atĂŠ os cĂŠus e a terra seo Senhor virĂĄ com poder...â&#x20AC;? (Is rĂŁo abalados (veja Hb 12.26-27). 40.10). Em outras palavras, Jesus A insegurança que se avizinha asvoltarĂĄ em glĂłria (veja Mt 24.30). sumirĂĄ proporçþes nunca vistas. â&#x20AC;&#x153;...e o seu braço dominarĂĄâ&#x20AC;? (Is CatĂĄstrofes naturais se multiplica40.10)|    rĂŁo, ameaças de guerra aumenMessias, Ele ĂŠ o braço de Deus tarĂŁo, a economia experimentarĂĄ em ação. â&#x20AC;&#x153;...eis que o seu ga- novas e profundas quedas, a paz lardĂŁo estĂĄ com ele, e diante e a segurança anunciadas para a dele, a sua recompensaâ&#x20AC;? (v.10). regiĂŁo de Israel se converterĂŁo no Que galardĂŁo, que recompensa ĂŠ contrĂĄrio. essa? Ă&#x2030; a Igreja de Jesus, jĂĄ arrebatada, que voltarĂĄ com Ele em A segurança do Deus glĂłria, sendo ela o penoso fruto incomparĂĄvel do trabalho de sua alma (veja Is â&#x20AC;&#x153;Com quem comparareis a Deus? 53.12; 2 Ts 1.7; Ap 19.11ss.). De- Ou que coisa semelhante conpois de Sua volta em poder e glĂł- frontareis com ele?â&#x20AC;? (Is 40.18).

7 07 Israel busca segurança em muitos e muitos lugares por ter perdido de vista a segurança do incomparĂĄvel Deus. Mas apenas no Deus Ăşnico e verdadeiro, o Deus que escreveu a profecia e se revelou em Jesus, o homem encontra seu alvo. E precisamos dessa segurança mais do que nunca! Israel ĂŠ eleito: â&#x20AC;&#x153;Os paĂ­ses do mar viram isto e temeram, os   #  #    }maram-se e vieramâ&#x20AC;? (Is 41.5): Insegurança. â&#x20AC;&#x153;Mas tu, Ăł Israel, servo meu, tu, JacĂł, a quem elegi, descendente de AbraĂŁo, meu amigoâ&#x20AC;? (Is 41.8): Segurança. A eleição de Israel baseia-se na amizade de Deus com AbraĂŁo (veja Tg 2.23) e encontra seu ponto mĂĄximo no Servo Jesus Cristo. Por isso, Deus nĂŁo termina Sua amizade, pois nĂŁo ĂŠ como nĂłs, seres humanos, como os polĂ­ticos do mundo (veja Gl 3.17). Existe algo melhor do que ter a Deus como amigo? Se Ele ĂŠ por vocĂŞ, quem serĂĄ contra vocĂŞ? Nem mesmo a morte pode separĂĄ-lo do Senhor (veja Rm 8.37-39). Jesus diz: â&#x20AC;&#x153;VĂłs sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mandoâ&#x20AC;? (Jo 15.14). Continua na pĂĄgina 8


08

7

MATĂ&#x2030;RIA

Continuação da pågina 7

5. â&#x20AC;&#x153;e te sustentoâ&#x20AC;?.

#  X   vada: â&#x20AC;&#x153;tu, a quem tomei das extremidades da terra, e chamei dos seus cantos mais remotos, e a quem disse: Tu ĂŠs o meu servo, eu te escolhi e nĂŁo te rejeiteiâ&#x20AC;? (Is 41.9) }  % X     =  #~ ]     \Â&#x20AC;  Â 6 ^ 6Â ]       ] \ Gn 17.8^*> |   ]     "]  #~ ]% K     >   6     Â&#x201A;  #~ ]%$ 6   K6   >      |      |  }%|   >     &â&#x20AC;&#x153;que eu tomei das extremidades da terra, e chamei dos seus cantos mais remotos... eu te escolhi, e nĂŁo te rejeitei...â&#x20AC;?. #~ ]%  % ]                Â&#x192;      %  Â&#x201E;  $      [   6  \ Dt 30.4ss^K  "+$   #~ ] ]>   Â&#x2020;  W*> |     K 6      X 

#~ ]\ Gl 3.17^

Â&#x192;[    #  J

|  ]       &â&#x20AC;&#x153;nĂŁo temas, porque eu sou contigo; nĂŁo te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te susten#       #   J 7 41.10) K     "]  ]  6      Â&#x2021;Â&#x2C6;Â&#x2021;Â&#x2030;>  ;$    [  % 6  Â&#x2020; Â&#x160; 

  Â&#x201E; ]% ~  %      " }%    X  = #$ %|  %   " $ X   >      "]    " |  K   + $   >           |  ]   [  K    + ]   $  6   %  %  *'Â&#x20AC;%KÂ&#x20AC;#  Â&#x20AC;K& 1. â&#x20AC;&#x153;Eu sou contigoâ&#x20AC;?. 2. â&#x20AC;&#x153;Eu sou o teu Deusâ&#x20AC;?. 3. â&#x20AC;&#x153;Eu te fortaleçoâ&#x20AC;?. 4. â&#x20AC;&#x153;E te ajudoâ&#x20AC;?.

K   + ]     Â&#x2039; | %$ 6Â&#x152;  Â  K 6    %  =  "]  " K=         "   |  }         %   Â?  Â&#x160;   # "+%   % ;      â&#x20AC;&#x153;Eis que envergonhados e confundidos serĂŁo todos os que estĂŁo indignados contra ti; serĂŁo reduzidos a nada, e os que contendem contigo perecerĂŁo. Aos que pelejam contra ti, buscĂĄ-los-ĂĄs, porĂŠm nĂŁo os acharĂĄs; serĂŁo reduzidos a nada e a coisa de nenhum valor os que fazem guerra contra ti. Porque eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mĂŁo direita e te digo: NĂŁo temas, que eu te ajudoâ&#x20AC;? (Is 41.11-13) Â?       & *   Â&#x2018;       |     |  [    |]%   = %Â&#x2019;~Â&#x201C;  \}  #[^Â&#x2019;  %  % Â&#x2039;  #   %        > & | %    Â&#x2018;    |          Â?

 "]  ~  Â&#x2018;  Â&#x2039; %        >  Â&#x201A;  %      "+      ~        $  "]      ]  $    %   ]  Â&#x192;   [W* |  %  ]   %    ]      X       * Â&#x2039;6%[Â&#x201D;Â&#x2022;Â&#x2022; % ' ] & # Â&#x2019;Â&#x160;  ]     *  %    * W } = Â?       >  [ ~% Â&#x152; $  !$ &* Â&#x152;  6 ]6  $ ] Â&#x2020; Â&#x152;  66    "    WK=>= 

  & # $ ]  Â&#x152;  66   Â&#x201A;K  [             *     ;        ]  $ X      % [ >  &[Â&#x201E;Â&#x2026;# e necessitados buscam ĂĄguas, a

nĂŁo as hĂĄ, e a sua lĂ­ngua se seca de sede; mas eu, o Senhor, os ouvirei, eu, o Deus de Israel, nĂŁo os desampararei. Abrirei rios nos altos desnudos e fontes no meio dos vales; tornarei o deserto em açudes de ĂĄguas e a terra seca, em mananciais. Plantarei no deserto o cedro, a acĂĄcia, a murta e a oliveira; conjuntamente, porei no ermo o cipreste, o olmeiro e o buxo, para que todos vejam e saibam, considerem e juntamente entendam que a mĂŁo do Senhor fez isso, e o Santo de Israel o criouâ&#x20AC;? (Is 41.17-20). }         >6 X â&#x20AC;&#x153;Anunciai-nos as coisas que ainda hĂŁo de vir, para que saibamos que sois deuses; fazei bem ou fazei mal, para que nos assombremos, e juntamente o veremos. Eis que sois menos do que nada, e menos do que nada ĂŠ o que fazeis; abominação ĂŠ quem vos escolheâ&#x20AC;? (Is 41.23-24)#    +% >         ~     %    Â&#x160;   [ >"      ]   

       ~    "+    >  Â?      -

" $  >  ~~  & â&#x20AC;&#x153;Lembrai-vos das coisas passadas da antiguidade: que eu sou Deus, e nĂŁo hĂĄ outro, eu sou Deus, e nĂŁo hĂĄ outro semelhante a mim; que desde o princĂ­pio anuncio o que hĂĄ de acontecer e desde a antiguidade, as coisas que ainda nĂŁo sucederam; que digo: o meu conselho permanecerĂĄ de pĂŠ, farei toda a minha vontade; que chamo a ave de rapina desde o Oriente e de uma terra longĂ­nqua, o homem do meu conselho. Eu o disse, eu tambĂŠm o cumprirei; tomei este propĂłsito, tambĂŠm o executarei. Ouvi-me vĂłs, os que sois de obstinado coração, que estais longe da justiça. Faço chegar a minha justiça, e nĂŁo estĂĄ longe; a minha salvação nĂŁo tardarĂĄ; mas estabelecerei em SiĂŁo o livramento e em Israel, a minha glĂłriaâ&#x20AC;? (Is 46.9-13).   Â&#x152; %   "   X %

" [        |   }%      ]  %    >   6         |    >      K  Â&#x152;  6 #$  $  >    "     ~6   ; = Â&#x152;  ; ]  ] ~  6 Fonte: Chamada.com


7 09

ARTIGO alguma sua realidade.

â&#x20AC;&#x153;O temor do Senhor ĂŠ o principio da ciĂŞncia; os loucos desprezam a sabedoria e a instruçãoâ&#x20AC;?. Pv 1:7 No conto de Hans Christian Andersen â&#x20AC;&#x153;A Roupa Nova do Imperadorâ&#x20AC;? ele revela a natureza humana. Alguns vigaristas bons de conversa convenceram o imperador que poderiam fazer-lhe uma roupa nova que seria fabuloso, muito superior a qualquer coisa que ele possuĂ­a. Os materiais usados seriam tĂŁo raros e caros que ele seria invejado em todo o reino. O interessante na histĂłria ĂŠ que eles foram tĂŁo convincentes em sua descrição de um traje totalmente inexistente que o rei acreditou em sua realidade, apesar de nĂŁo poder vĂŞ-lo! Para mostrar sua roupa nova, o imperador cavalgou em procissĂŁo de seu castelo por todas as vilas do reino. Seus sĂşditos leais curvaram-se quando ele passou e o felicitaram por sua roupa nova, mas o caso todo foi esclarecido quando uma criança exclamou que o imperador estava nu! A situação descrita nesse conto infantil ĂŠ exatamente o que acon-

tece com muitas pessoas hoje no mundo, e tambÊm com relação à Igreja do nosso Senhor Jesus Cristo. Muitos se vestem com as roupas do falso evangelho, falsa liderança, falsa adoração, falso amor, falso ministÊrio, e ainda a falsa justiça, etc... e estão convencidas que isso as torna aceitåveis diante de Deus. PorÊm, o texto do apostolo Paulo aos

Romanos 1:22 ĂŠ igual Ă proclamação honesta da criança que disse que o imperador estava nu: â&#x20AC;&#x153;Dizendo-se sĂĄbios, tornaram-se loucosâ&#x20AC;?. A justiça e a santidade de Deus estabelecem o padrĂŁo para salvação que nĂŁo pode ser alcançado de qualquer maneira, e a ignorância acerca desse princĂ­pio bĂ­blico declarado, ou sua negação, nĂŁo muda de forma

A BĂ­blia apresenta dois tipos de pessoas: judeus e gentios. E tambĂŠm dois tipos de condição espiritual: salvo ou perdido. Em outras palavras, todos nĂłs somos judeus ou gentios e somos sal    #   "] de judeu ou gentio ĂŠ determinada por nascimento fĂ­sico e nĂŁo pode ser mudada, mas graças a Deus, uma pessoa perdida pode ser salva atravĂŠs da obra redentora do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo e poderĂĄ passar a eternidade na presença de Deus. Essa doutrina da salvação tem sido a fonte de argumentos e incompreensĂľes incontĂĄveis entre os cristĂŁos e daqueles que tĂŞm outras crenças. Quero mostrar na BĂ­blia a posição totalmente insustentĂĄvel do perdido, ou da pessoa nĂŁoregenerada. NĂŁo quero discutir a salvação porque a pessoa tem que chegar a uma compreensĂŁo prĂłpria da terrĂ­vel condição que ĂŠ estar perdido antes que qualquer solução possa ser considerada. Assim como existem dois tipos de pessoas â&#x20AC;&#x201D; judeus e gentios, e     "+ Â&#x2014; salvos e perdidos, existem dois Continua na pĂĄgina 10


10

7

Continuação da pĂĄgina 9 tipos de pessoas perdidas: HĂĄ alguns poucos que sabem que estĂŁo perdidos e a maioria que estĂĄ alegremente inconsciente do fato. SerĂĄ que vocĂŞ pode ser um deles? Na BĂ­blia, a Palavra de Deus, descobrimos que estar perdido ĂŠ muito fĂĄcil. Tudo que se tem a fazer ĂŠ nada! Apenas aceitar a obra realizada por Cristo na cruz do calvĂĄrio. Herdamos a maldição do pecado quando Eva foi enganada pelo inimigo, porĂŠm AdĂŁo nĂŁo foi enganado, mas compartilhou do fruto por livre e espontânea vontade. E esse ato espontâneo de rebeliĂŁo mergulhou toda a humanidade em um estado de isolamento espiritual de um Deus Santo, Santo e Santo. Cada ser humano desde aquele dia atĂŠ hoje vem ao mundo espiritualmente morto e com uma natureza pecaminosa. No livro de Romanos, o apĂłstolo Paulo explica minuciosamente a situação da humanidade diante de Deus por causa do pecado. â&#x20AC;&#x153;Pois quĂŞ? Somos nĂłs mais excelentes? De maneira nenhuma, pois jĂĄ dantes demonstramos que, tanto judeus como gregos, todos estĂŁo debaixo do pecado; como estĂĄ escrito: NĂŁo hĂĄ um justo, nem um sequer. NĂŁo hĂĄ ninguĂŠm que entenda; nĂŁo hĂĄ ninguĂŠm que busque a Deus. Todos se extraviaram, e # #    w   Â&#x2020;#  NĂŁo hĂĄ quem faça o bem, nĂŁo hĂĄ nem um sĂłâ&#x20AC;?. Rm 3:1,2

ARTIGO isso ao acrescentar: â&#x20AC;&#x153;Porque todos pecaram, e destituĂ­dos estĂŁo da glĂłria de Deusâ&#x20AC;?. Aqueles que tentam â&#x20AC;&#x153;se cobrirâ&#x20AC;? com os trapos de sua prĂłpria justiça deixam de entender completamente a situação sĂŠria de seu pecado diante do Deus Todo Poderoso. Portanto, para ir para o cĂŠu, a pessoa tem que buscar a justiça e a santidade. Pelo que acabamos de ver jĂĄ nascemos no pecador. Quero fazer algumas perguntas simples. Quantas mentiras tornam alguĂŠm um mentiroso? Resposta: apenas uma. VocĂŞ jĂĄ contou uma mentira? Tome cuidado agora, ou vocĂŞ serĂĄ culpado de mais uma! Sim, todos nĂłs temos de admitir que somos culpados de ter mentido. Â&#x20AC; $ [%mos, portanto, mentirosos. NĂŁo faz diferença que tenhamos contado apenas uma mentira nos Ăşltimos anos; permanece o fato que somos mentirosos por causa de uma culpa anterior. Mentir ĂŠ pecado, ĂŠ uma transgressĂŁo da lei moral de Deus. E esse pecado ou qualquer outro pecado, ĂŠ uma mancha que destruiu o que foi criado por Deus. Por isso, um Ăşnico pecado conduz aquele que nĂŁo se arrepende ao inferno, volto a dizer: quando nĂŁo existe arrependimento. Entretanto a palavra de Deus verdadeiramente ĂŠ clara: â&#x20AC;&#x153;todos pecaram e destituĂ­dos estĂŁo da glĂłria de Deusâ&#x20AC;?.

Aqueles que estĂŁo tentando chegar ao cĂŠu por meio de suas prĂłprias boas açþes, ou achando que â&#x20AC;&#x153;O SENHOR olhou desde os fazendo o que sugere suas men>       - tes, estĂŁo perdendo suas vidas. mens, para ver se havia algum NĂŁo perceberam a total imposque tivesse entendimento e sibilidade disso acontecer. Mas buscasse a Deus. Desviaram- a razĂŁo principal ĂŠ a ignorância   #  # #    - da Palavra de Deus. Por causa w    Y   =  de nossa natureza pecaminosa, faça o bem, nĂŁo hĂĄ sequer um.â&#x20AC;? Paulo fala de todos nĂłs (antes Salmo 14:2-3 da salvação) como â&#x20AC;&#x153;mortos em Romanos 3:23 resume bem tudo ofensas e pecadosâ&#x20AC;? (EfĂŠsios

2:1) e â&#x20AC;&#x153;mortos em nossos pecados...â&#x20AC;? (Colossenses 2:13). VocĂŞ pode imaginar um homem espiritualmente morto ser capaz de fazer qualquer coisa para agradar a Deus? Ă&#x2030; claro que nĂŁo! Aqueles que insistem em tentar estĂŁo apenas perdendo seu tempo. NĂŁo apenas estĂŁo espiritualmente mortos, eles sĂŁo literalmente escravos de SatanĂĄs e de boa vontade seguem seu plano e programa. Paulo deixa isso claro em EfĂŠsios 2:1-2 quando explica a vida pregressa dos indivĂ­duos salvos:

pela fĂŠ ter a certeza que vai morar no cĂŠu. NĂŁo pode ser atravĂŠs das â&#x20AC;&#x153;boas obrasâ&#x20AC;?.

SerĂĄ que o homem pode sair desse seu dilema por meio da força de sua prĂłpria vontade? A resposta ĂŠ um sonoro NĂ&#x192;O! De acordo com Romanos 3:11, os que estĂŁo perdidos nem ao menos buscam X K 6 $  gostam de coisas â&#x20AC;&#x153;religiosasâ&#x20AC;?, mas na realidade, eles amam seu estilo de vida pecaminoso e nĂŁo querem se separar dele. Estamos mostrando que o homem no seu estado nĂŁo regenerado e perdido [9   #  estĂĄ na pior situação possĂ­vel, do mortos em ofensas e pecados, ponto de vista espiritual. A pessoa em que noutro tempo andastes estĂĄ espiritualmente morta e ĂŠ tosegundo o curso deste mundo, talmente incapaz de discernir as segundo o prĂ­ncipe das potes- questĂľes espirituais. Torna-se entades do ar, do espĂ­rito que tĂŁo um escravo de SatanĂĄs, que "         - se agrada dessa situação. sobediĂŞncia.â&#x20AC;? Como ĂŠ possĂ­vel alcançar a salComo se o caso jĂĄ nĂŁo fosse for- vação? Lembre-se dos seguintes      %    fatos: (1) A pessoa nĂŁo reconhe1 CorintĂ­os 2:14 que hĂĄ um outro ce que estĂĄ perdida porque nĂŁo â&#x20AC;&#x153;prego no caixĂŁoâ&#x20AC;?! consegue compreender as coisas â&#x20AC;&#x153;Ora, o homem natural nĂŁo espirituais; (2) Ela nĂŁo tenta buscompreende as coisas do Es- car a Deus porque estĂĄ espiritualpĂ­rito de Deus, porque lhe pa- mente morto; (3) Ela ĂŠ um escrarecem loucura; e nĂŁo pode vo de SatanĂĄs e sempre seguirĂĄ entendĂŞ-las, porque elas se suas ordens (EfĂŠsios 2:1-2). discernem espiritualmente.â&#x20AC;? Como a historieta que contamos, Lembre-se que o ser humano estĂĄ muitas pessoas estĂŁo nuas, e espiritualmente morto porque nĂŁo percebem, ou nĂŁo querem nasceu dessa forma. Em segun- perceber o seu estado anormal. E do lugar, por causa dessa morte         espiritual, ele nĂŁo pode compre- vida, como estivesse tudo bem. ender aquilo que se discerne es- Ă&#x2030; o perigo de nĂŁo querer enxerpiritualmente. A Palavra de Deus, gar o que todos jĂĄ estĂŁo vendo.  a BĂ­blia nĂŁo tem absolutamente            pessoas que nĂŁo quebrantam o coração. 1 CorĂ­ntios 1:18: â&#x20AC;&#x153;Por=    w>   para os que perecem; mas para nĂłs, que somos salvos, ĂŠ o poder de Deus.â&#x20AC;? De acordo com a palavra de Deus existe esperança para todos aqueles que querem deixar o pecado e por vontade prĂłpria caminhar para a presença de Deus, e


GOTAS DE ENCORAJAMENTO Mente aberta

A mente aberta assemelhase a um påra quedas; só funciona se estiver aberta. John Gresnon Como Ê possível que você possa ver claramente alguma coisa, se você acredita que jå sabe tudo que se relaciona com ela? Seu conhecimento atual pode exagerar a importância de aprender coisas sempre novas, a ponto de lhe criar preconceitos e induzi-lo a ver tudo sob uma ótica distorcida. Freqßentemente a melhor maneira de observar algo com inteligência Ê esquecer temporariamente aquilo que você jå sabe. Isso pode ajudå-lo tremendamente a ver as coisas como de fato são. O conhecimento Ê algo poderoso, que geralmente trabalha a seu favor. Mas o poder do conhecimento tambÊm pode trabalhar contra você. Portanto, não permita que seus olhos se deixem embaçar por ele. Mantenha a mente aberta, e faça todo o esforço possível para ver claramente aquilo que estå diante de você.

7 15    ']   $ ] grande seja a sua dor. O fato ĂŠ que nĂŁo existe absolutamente nada que possa separĂĄ-lo do amor do Pai.

#        6 $  O AMOR DO PAI     Â&#x160; %  mente quando temos o coração     "     que nos defrontamos com nossas Nele satisfeito ĂŠ que conseguiDeus quando encontramos prĂłprias faltas; tambĂŠm na inten- mos experimentar a alegria de Nele a real e completa satisfa- sa busca de aprovação por parte compartilhar as maravilhas da das outras pessoas; e mais: no bondade e da graça de Deus. ção. John Piper trazer a nĂłs mesmos aquilo que Muitos de nĂłs compreendemos a chamo de â&#x20AC;&#x153;dupla tribulaçãoâ&#x20AC;? â&#x20AC;&#x201C; Conecte-se fĂŠ cristĂŁ de uma maneira intelec- ou seja, nĂŁo apenas sofremos com a razĂŁo tual, mas a realidade ĂŠ que via de pela dor de uma determinada regra existe uma distância muito tribulação, como pelo fato de evi- Esteja certo de nĂŁo apenas esgrande entre a cabeça e o cora- denciarmos na prĂĄtica um estilo tar pronto para viver pelas coisas nas quais vocĂŞ crĂŞ, mas inção. de vida que parece revelar que clusive a dar por elas a prĂłpria Intelectualmente sabemos que fomos completamente abandona- vida. Charles Mayes Deus nos ama e que nos pro- dos pelo Pai. meteu sua proteção e cuidado Como conseqßência passamos Todas as vezes que algo lhe com respeito Ă nossa vida. Temos a reagir sob o estigma da auto- parece muito difĂ­cil, tedioso e conhecimento e certeza de que piedade. EntĂŁo nos deprimimos desconfortĂĄvel, pare por um mo   emocionalmente, deixando-nos mento e relembre. Faça uma pausa e lembre a si mesmo a razĂŁo SĂŁo no entanto freqĂźentes as oc- invadir por um sentimento de real de estar fazendo o que faz. asiĂľes em que vivemos na prĂĄtica e completo abandono. como verdadeiros ĂłrfĂŁos espiri- Quero encorajĂĄ-lo no dia de hoje Quando nĂŁo existe uma razĂŁo tuais - como se tudo dependesse a sair desse lugar nocivo e poder-     $  $   ; estĂĄ fazendo, entĂŁo a sua motivade nĂłs e do nosso esforço pes- osamente destrutivo. ção e energia estarĂŁo constantesoal. Deus ĂŠ Pai por excelĂŞncia, assim mente vulnerĂĄveis Ă s circunstânNosso estado de orfandade se nos revela o Novo Testamento. cias. Conecte-se com a razĂŁo e revela em muitas facetas: na E esse amoroso Pai deseja uma Continua na pĂĄgina 16 constante necessidade de nos  ]        


12

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

13


14

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

11


16

7

GOTAS DE ENCORAJAMENTO & REFLEXĂ&#x192;O

Continuação da pågina 15

çado.

permita que isso o impulsione para a frente. NĂŁo se detenha nos obstĂĄculos, porque eles sempre vĂŁo existir. Contudo eles sĂŁo ao mesmo tempo passageiros.

Na realidade, as realizaçþes vêm quando os seus esforços são calmos e o seu espírito estå em paz.

Considere quanto mais vocĂŞ pode realizar ao nĂŁo ser levado de um lado para outro, em função Disciplina, persistĂŞncia, compro- de uma mente inquieta e incon   ;   ]  stante. no vazio. Eles precisam de um O mundo pode muito bem esÂ&#x160;   %   tar se revirando de cabeça para que possam seguir em frente baixo, em constante turbulĂŞncia. Mas vocĂŞ nĂŁo tem de, necessarirumo ao alvo. Todas as vezes que alguma coisa amente, adotar essa turbulĂŞncia começar a arrastĂĄ-lo para baixo, como sua. O mais importante de tudo ĂŠ nĂŁo se desconectar do seu propĂłsito.

   ~  Quanto mais råpida e inquieta a da razão por que você estå fazen- vida se torna, mais sereno e imperturbåvel você tem oportunido o que faz. Conecte-se com a razão e vå em dade de ser. frente, com um novo, poderoso e renovado senso de propósito. Responda com sinceridade A verdadeira serenidade não Ê a ausência ação, mas Ê ação   # "   ^ e persistência de propósito. Jim Rohn Não existe necessidade de abandonar sua serenidade para que algo de valor venha a ser alcan-

Tudo o que vocĂŞ busca realizar em meio ao caos desta vida, vocĂŞ pode realizar ainda muito mais com serenidade, paz e calma determinação. Quando confrontado com turbulĂŞncias, responda com serenidade porque isto irĂĄ levĂĄ-lo â&#x20AC;&#x201C; pela graça de Deus - para um nĂ­vel muito mais alto de experiĂŞncia e realização. 

Neemias, um dos lĂ­deres do povo | %       situação que encontrou na cidade  Â&#x152;  6 } >    dade dos israelitas na entrega de dĂ­zimos e ofertas, os serviços do templo estavam sendo negligenciados. Ele escreveu em suas memĂłrias: â&#x20AC;&#x153; TambĂŠm soube que os quinhĂľes dos levitas nĂŁo se lhes davam, de maneira que os levitas e os cantores, que faziam o serviço, tinham fugido cada um para o seu campo. EntĂŁo contendi com os magistrados e disse: Por que se abandonou a casa de Deus?â&#x20AC;? (Neemias 13:10,11). Ă&#x2030; muito triste ver cristĂŁos abandonando a casa de Deus. Quando eles deixam de frequentĂĄ-la, ĂŠ triste, mas quando deixam de interessar-se por ela e de zelar pelo seu sustento, ĂŠ triste tambĂŠm. Os judeus jĂĄ nĂŁo se envolviam com a manutenção do templo. Nas palavras de Neemias, isso tornava o santuĂĄrio uma casa

abandonada. â&#x20AC;&#x153;Por quĂŞ?â&#x20AC;?, perguntou ele. â&#x20AC;&#x153;Qual a razĂŁo desse comportamento?â&#x20AC;?. No livro, nĂŁo se registra nenhuma resposta Ă pergunta, talvez porque nenhuma explicação do povo pudesse ser     â&#x20AC;&#x153;Eu, pois, ajuntei os levitas e os cantores e os restaurei no seu postoâ&#x20AC;?, relata Neemias. â&#x20AC;&#x153;EntĂŁo todo o JudĂĄ trouxe para os celeiros os dĂ­zimos dos cereais, do mosto e do azeiteâ&#x20AC;? (Neemias 13:11,12). A reação dos israelitas           num avivamento nacional, no qual os trabalhos do Reino de Deus puderam ser retomados mediante a provisĂŁo dos dĂ­zimos e ofertas. Uma nova fase iniciou-se ali, com grande alegria para todos. Casas abandonadas nĂŁo costumam gerar alegria. Isso, porĂŠm, ĂŠ algo que estĂĄ relacionado Ă  nossa atitude. O Senhor nunca abandona a sua casa. E quanto a nĂłs? 


NOTĂ?CIA

7 17

Filho de Erenice Guerra comanda esquema de lobby no Planalto O lobby de Israel Guerra trouxe dividendos para as empresas de Â&#x2122; ~ !   '   $    Â&#x201A;  tro com Erenice, ele obteve contratos no valor de 84 milhĂľes de reais com os Correios. Estima-se $   Â  #   Â      ~      Â&#x153; +     todo o processo.

A revista VEJA trouxe Ă tona um caso surpreendente de aparelha  =     tral ĂŠ Erenice Guerra, ministrachefe da Casa Civil, sucessora de X Â&#x2DC; >>   #      $ %

 K  % % Israel Guerra, transformou-se em lobista, intermediando contratos milionĂĄrios entre empresĂĄrios e Â&#x160;] ']~   >      ;           >  Â&#x160; %    sultoriaâ&#x20AC;? ainda tem como sĂłcios dois servidores pĂşblicos lotados na Casa Civil.

Presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva e a ministra da Casa Civil, Erenice Guerra

nda era a titular da Casa Civil e K  %   ~ "  X $        Â&#x2122;  > $ %    - K  % $  ]     Â&#x160; $  $  % ~> %    !    $  era preciso conversar com Israel    [$ $  Guerra e seus sĂłciosâ&#x20AC;?, relatou a   $    ~  Â&#x161;KÂ&#x152;# Â&#x2122;[~ !  % [   Â&#x203A;   ]      $ %  O empresĂĄrio contratou os prĂŠstiano passado, buscava ampliar a mos da Capital Assessoria e Con   "]        % | %   "Â !  -     Â&#x201D;Â&#x153;%Â&#x2022;Â&#x2022;Â&#x2022;     %

     - sempre em dinheiro vivo, para    | % $ %   $  |    "    encontros preliminares, levou-o  Â&#x160;]         ] =  Â&#x160;      ' 6 %X Â&#x2DC; >> -  !     %  

       Â?Â&#x17E;      Houve mais encontros com Ereni 'Â&#x201A;% ~ %$  [    ido o ministĂŠrio - o mais podero            [  Incomodada com o atraso de um     %  K  & K   % Â&#x2122;[~% $  Â&#x160;  compromissos polĂ­ticos a cum#>  $   dinheiro destinado a Israel Guerra era usada para alimentar o pro      $      

* $      ]     ~6    Â&#x161;    Castro, funcionĂĄrio da Casa Civil, e Stevan Knezevic, servidor da # %#;   '   # "]Â %  };   K ]     |     Â&#x20AC;    6 Marcio Silva, coordenador em !     ~  $               presidencial de Dilma Rousseff. Outro ĂŠ AntĂ´nio Alves Carvalho, ]K     K   Â?  %  ministra-chefe da Casa Civil man    > $     ~ [ [      "] Fonte: Abril.com


18

NOTĂ?CIAS

7

Denúncias de violência contra imigrantes estão hå anos sem atenção no MÊxico grantes.

Representantes pastorais mexicanos denunciaram hoje que hĂĄ mais de quatro anos suas denĂşn  $  [ Â? Zetas estĂĄ sequestrando e assassinando imigrantes no nordeste do paĂ­s nĂŁo foram atendidas pelas autoridades. # $       da contra 58 homens e 14 mulheres imigrantes nĂŁo ĂŠ um fato isoladoâ&#x20AC;?, explicou em entrevista coletiva o padre Pedro Pantoja, representante da Associação de Casas del Migrante do MĂŠxico, entidades civis em prol dos imi-

Acompanhado do arcebispo da cidade de Saltillo, Pantoja explicou que entidades referentes a imigrantes constataram â&#x20AC;&#x153;como as açþes de sequestro de imigrantes buscam nĂŁo sĂł pedir resgate, mas submetĂŞ-los a condiçþes de exploração trabalhista e sexual, e       O sacerdote condenou a falta de vontade do Instituto Nacional de Migração (INM) mexicano para aceitar a realidade de sistemĂĄtica violação de direitos humanos dos imigrantes que cruzam MĂŠxico. Segundo ele, a chacina ĂŠ uma mostra clara de que a polĂ­tica migratĂłria atual do Estado mexicano nĂŁo garante os direitos humanos dos imigrantes e propicia este tipo de crime.  Fonte: EFE

PremiĂŞ haitiano diz que ainda hĂĄ 700 mil desabrigados por terremoto Cerca de 700 mil pessoas permanecem nas ruas do Haiti sete meses depois do terremoto que destruiu parte do paĂ­s em 12 de janeiro, disse o primeiro-ministro haitiano, Jean Max Bellerive. O terremoto deixou 300 mil mortos, o mesmo nĂşmero de feridos e mais de um milhĂŁo de desabrigados. Segundo Bellerive, que esteve hoje na RepĂşblica Dominicana para o lançamento de um fundo de investimento privado para o Haiti, quase 300 mil pessoas foram retiradas das ruas, â&#x20AC;&#x153;um trabalho enormeâ&#x20AC;?. HĂĄ 700 mil pessoas Ă s quais ĂŠ preciso dar â&#x20AC;&#x153;ĂĄgua, comida e tudo diariamenteâ&#x20AC;?, disse o primeiroministro. â&#x20AC;&#x153;As pessoas pensam que as coisas nĂŁo caminhamâ&#x20AC;?, opinou Bellerive, para quem o processo de

recuperação caminha de maneira â&#x20AC;&#x153;clara e seguraâ&#x20AC;? e a reconstrução do Haiti â&#x20AC;&#x153;segue lenta, mas seguraâ&#x20AC;?. Bellerive lembrou que na Ăşltima reuniĂŁo da ComissĂŁo Interina pela Reconstrução do Haiti (CIRH), que dirige junto com o ex-presidente americano Bill Clinton, foram apresentados projetos de US$ 1,6 bilhĂŁo, o que representa o compromisso da comunidade internacional com o Haiti. Do total apresentado, US$ 904 milhĂľes jĂĄ foram â&#x20AC;&#x153;localizadosâ&#x20AC;?        apresentados pelo Governo haitiano, apontou Bellerive. K  >     dos, temos os orçamentos e sabe$    %    â&#x20AC;&#x153;Estou convencido de que se vai cumprir a promessa de ajudar o Haitiâ&#x20AC;?, disse Bellerive.  Fonte: EFE

PROFESSORES COM MUITA EXPERIĂ&#x160;NCIA EM ENSINO VINDOS DO BRASIL ESPECIFICAMENTE PARA DAR AS AULAS O Instituto ĂŠ interdominacional, nosso objetivo ĂŠ a formação de lĂ­deres e colaboração com as igrejas locais. A escola funciona no sistema de crĂŠditos, a matrĂ­cula pode ser feita em qualquer perĂ­odo do ano. Mais de 27

escolas no Brasil e atuamos em mais de 5 países (Portugal, Venezuela, Itålia, Japão e Estados Unidos). Membro AETAL (Associação de Educação Teológica na AmÊrica Latina).

ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O IGREJAS: Se a sua igreja ainda Tel: 973.766.3209 Celular nĂŁo tem um SeminĂĄrio TeolĂłgico entre Tel:973.344.6007 Escola Local em contato com a sede local e contribua Agora estudando no IFC, vocĂŞ poderĂĄ fazer uma faculdade secular. para a formação de verdadeiros lĂ­deres tambĂŠm Temos convĂŞnio com a faculdade Unida. conhecedores da palavra de Deus. Visite nosso site:www.ifcescola.org Mais informaçþes: Bispo: Antonio Carlos De Souza IFC - Escola de MinistĂŠrios Pr. Nildon Dos Santos


INFORMATIVO CONSULAR

razão do recente rezoneamento (mudança de seçþes eleitorais). Nesse caso, os eleitores deverão levar os títulos antigos para trocar pelos novos. O único serviço prestado nestes dias serå o de entrega de títulos de eleitor.

Dia 3 de Outubro esta chegando, você sabe como estå o seu título de eleitor? Você sabe aonde vai votar? O Consulado-Geral do Brasil em Nova York te då algumas orientaçþes. Notas: a) As informaçþes a seguir constam do Manual do Eleitor em Nova York. b) Central de Atendimento ao Eleitor (em Brasília): 61-3441-1000 ou 61-3348-9440 c) AtÊ a apuração dos resultados do segundo turno das eleiçþes, o cadastro eleitoral estarå fechado, de modo que não Ê possível solicitar alistamento eleitoral ou transferência do título no Consulado. Em caso de necessidade, o Consulado pode emitir uma certidão de cadastro fechado. d) Se você precisar de uma Certidão de Quitação Eleitoral, acesse o site do TSE. Títulos Eleitorais à Disposição:

o Consulado tambĂŠm estarĂĄ aberto entre 16 e 18 h, de segunda a sexta-feira, exclusivamente para a entrega de tĂ­tulos. Nenhum outro tipo de do-cumento serĂĄ entregue naquele horĂĄrio especial. Os tĂ­tulos nĂŁo poderĂŁo ser retirados na(s) data(s) das eleiçþes. Se vocĂŞ tiver interesse na retirada de seu tĂ­tulo eleitoral nos consulados itinerantes, favor enviar e-mail, com 3 dias de antecedĂŞncia, para assisbr@brazilny.org . No campo de descrição da mensagem, favor incluir o texto â&#x20AC;&#x153;retirada de tĂ­tulo de eleitor no consulado itineranteâ&#x20AC;?             qual cidade gostaria que seu titulo fosse encaminhado. Documentos necessĂĄrios para votar:

Â&#x161; ;    Ă&#x2030; obrigatĂłria a apresentação na data jĂĄ estĂĄ pronto para ser retirado. da eleição do tĂ­tulo de eleitor e tamOs tĂ­tulos prontos sĂł poderĂŁo ser re- bĂŠm de um documento de identirados pessoalmente no horĂĄrio de tidade com foto. Qualquer um dos 14:30h Ă s 16h, de segunda a sex- seguintes documentos serĂĄ aceito: ta-feira, na sede do Consulado. No carteira de identidade brasileira, perĂ­odo de 01/09 atĂŠ 01/10/2010, identidade funcional brasileira, carteira de trabalho, carteira de

7 19

habilitação brasileira com foto (motorista), passaporte brasileiro, Para solicitar que seu tĂ­tulo seja en           caminhado a um dos itinerantes extras, envie email para titulos@brazilde matrĂ­cula consular. ny.org ou ligue para (917) 777-7610, O Consulado recorda que o alistacom as seguintes informaçþes: mento e o voto sĂŁo obrigatĂłrios a todo cidadĂŁo brasileiro alfabe-tiza- - Nome completo do maior de 18 e menor de 70 anos. - Data de nascimento Ă&#x2030; facultativo aos jovens entre 16 e 18 anos incompletos, aos maiores - Nome da mĂŁe - Ano em que fez a transferĂŞncia de 70 anos e aos analfabetos. Aos que possuem domicĂ­lio eleitoral no exterior, o exercĂ­cio do voto ĂŠ exigido apenas nas eleiçþes para presidente da RepĂşblica. Aqueles que, embora residindo no exterior, mantenham seu domicĂ­lio eleitoral em municĂ­pio brasileiro continuam obrigados a votar em todas as eleiçþes, devendo, portanto,      ;   Â?   enquanto estiverem fora do PaĂ­s, a   $    Justiça Eleitoral. Data, hora e local das eleiçþes: As eleiçþes se realizarĂŁo no domingo, dia 03/10/2010, em primeiro turno e, se necessĂĄrio, em segundo turno no dia 31/10/2010. As seçþes de votação estarĂŁo abertas das 08:00 h Ă s 17:00 h. Os eleitores registrados no Consulado-Geral do Brasil em Nova York deverĂŁo votar no seguinte local: Metropolitan Pavilion 125 West 18th Street, New York, NY HĂĄ diversas estaçþes de metrĂ´. nas proximidades. Na estação 18 St, passa a linha 1. Na estação 6th Ave-14 St, as linhas F, L e M. Na estação 14 St, as linhas 1, 2 e 3. Na estação 23 St, as linhas F e M. HĂĄ uma estação do PATH na esquina da West 23th Street com Sixth Avenue e outra na West 14th Street com Sixth Avenue. NĂŁo serĂĄ permitido ao eleitor residente no exterior votar em trânsito. Os eleitores registrados no Brasil nĂŁo poderĂŁo votar em trânsito no exterior. Entrega de TĂ­tulos de Eleitor no domingo fora de Manhattan: O Consulado em Nova York estĂĄ organizando itinerantes extras para entrega de tĂ­tulos aos domingos no mĂŞs de setembro. Isso vale para os $    "] Â&#x201D;Â&#x2022;Â&#x2022;¤Â&#x201D;Â&#x2022;Â&#x2021;Â&#x2022;#$ $   inscrição antes de 2008 (inclusive), deverĂŁo trocar seus tĂ­tulos por tĂ­tulos novos enviados pelo TRE em

- Telefone de contato Aqueles que jĂĄ haviam pedido para que seus tĂ­tulos fossem encaminhados para os consulados itinerantes e nĂŁo os retiraram, tambĂŠm poderĂŁo fazĂŞ-lo nesta ocasiĂŁo. O tĂ­tulo deve ser retirado pessoalmente, apresentando documento brasileiro original com foto. Todo eleitor deverĂĄ apresentar o tĂ­tulo e documento brasileiro original com foto no dia da eleição. A votação ocorrerĂĄ apenas em Manhattan. NĂŁo serĂĄ possĂ­vel o voto em trânsito (para quem ĂŠ cadastrado em outro domicĂ­lio eleitoral). Datas e HorĂĄrios de Itinerantes Extras para Entrega de TĂ­tulos: - 12/9 â&#x20AC;&#x201C; Mount Vernon â&#x20AC;&#x201C; Our Lady of Victory â&#x20AC;&#x201C; 28 W â&#x20AC;&#x201C; Sidney Avenue Padre Luis â&#x20AC;&#x201C; 10:30h Ă s 12h Â&#x2021;¤¼¤Â&#x192;Â&#x2122;  Â&#x192;| !}  tor â&#x20AC;&#x201C; 7800 Castor Avenue - Pastor Afonso â&#x20AC;&#x201C; 11:30h Ă s 13h - 26/9 â&#x20AC;&#x201C; Newark â&#x20AC;&#x201C; Igreja St James â&#x20AC;&#x201C; IrmĂŁ Rita â&#x20AC;&#x201C; 143 Madison Street 11h Ă s 12:30h - 26/9 â&#x20AC;&#x201C; Long Branch â&#x20AC;&#x201C; Igreja EvangĂŠlica A Noiva do Cordeiro â&#x20AC;&#x201C; 650 Broadway â&#x20AC;&#x201C; Pastor Jordean â&#x20AC;&#x201C; 18h Ă s 19h POR FAVOR ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O: - Antes de comparecer ao Consula%$ [   mento ao pĂşblico. - Para falar com o Consulado, veja os horĂĄrios de atendimento telefĂ´nico. - Se vai solicitar algum documento no Consulado Itinerante veja as regras de funcionamento do Consulado Itinerante. - O Consulado nĂŁo aceita pagamentos da taxa consular em dinheiro ou cheque pessoal. Todos os pagamentos sĂŁo efetuados somente mediante â&#x20AC;&#x153;US POSTAL SERVICE MONEY ORDERâ&#x20AC;? Ă  ordem do Consulado Geral do Brasil em Nova York. 


20

PASSATEMPO

7

CA Ă&#x2021;A PA LAV RA S C O V R C E P S O M A V

E S T A O C I T I L O P

S U B O L B U H N T Z T

P M L W O H O M A O S A

E D I M C R J R J N T M

R I S O A D E G U E I E

A A A R R S U E D U C T

N S R E E C E R E M A O

Ă&#x2021; X B I S U A L I F P V

A N S G O V E R N O A O

O mais forte de todos animais Ê o Besouro rinoceronte Ele vive na AmÊrica do Sul Ê o mais forte de todos os animais. Este inseto surpreendente pode erguer oitocentas e cinquenta vezes seu próprio peso. Se você fosse tão forte quanto este besouro, você poderia erguer três elefantes - um peso equivalente a 12 toneladas. O repelente natural e ecológico A citronela Ê uma planta parecida com capim, originåria da Ilha de Java, na IndonÊsia, que possui características interessantes, mas ainda pouco aproveitadas pelo homem. O vege tal Ê rico em citronelal e o geraniol, substâncias que dão a ela um odor cítrico semelhante ao do eucalipto. Devido a isso, pode-se uså-la como aromatizador e em produtos de perfumaria. Mas não påra por aí, a citronela possui outra qualidade: o mesmo cheiro que agrada tanto aos humanos Ê insuportåvel aos insetos, como moscas e mosquitos, característica que faz dela um repelente natural, alÊm de ecológico, pois espanta os animais ao invÊs de matå-los. Alguma vez o seu olho jå tremeu? O tremor dos olhos acontece quando o músculo responsåvel pelo fechamento das pålpebras se contrai. Cansaço ou tensão são duas causas comuns. O músculo se movimento råpido para fazer circular mais sangue na região e dissipar o åcido låtico, que causa irritação nas terminaçþes nervosas. 

L E T N E I C S N O C I

Encontre no quadro as , as palavras que estĂŁo em negrito no texto

Votar consciente na esperança de que Deus nos ajude. Vamos colocar cada polĂ­tico nas mĂŁos de Deus. O Brasil merece um bom Governo. Esta ĂŠ a sua hora. Vote bem! Â?  YÂ&#x2018;<Â&#x2019;

  # # w  } Â?  " #  =  =     #  # 

#     #         #     "  #>    # Ă&#x2030; a cara do pai escarrado e cuspido: essa ĂŠ forma escatolĂłgica de dizer $ 6    com o pai; o correto ĂŠ a cara do pai em Carrara esculpido (Carrara ĂŠ uma cidade italiana de onde se extrai o mais nobre e caro tipo de mĂĄrmore, que leva o mesmo nome da cidade). Quem nĂŁo tem cĂŁo, caça com gato: o correto ĂŠ quem nĂŁo tem cĂŁo, caça como gato. Ou seja, sozinho! Voto de Minerva: *%   %>  do pelo assassinato da mĂŁe. No julgamento, houve empate entre os jurados. Coube Ă deusa Minerva o voto decisivo, que foi em favor do rĂŠu. Voto de Minerva ĂŠ, portanto, o voto decisivo. 


POESIA & NOTĂ?CIAS

7 21

SuperbactĂŠria exige resposta global Amas-me ? Apascenta o meu rebanho Senhor HĂĄ quantos anos tenho te encontrado HĂĄ mais de meio sĂŠculo passado! Vinha de infância pobre e mui sofrida Sem roupa ou agasalho e atĂŠ comida. No coração a dor dos sofredores Chorava as escondidas minhas dores. Olhando o cĂŠu de estrelas cintilantes Pensava em Ti e Te via tĂŁo distante... Da vida quis fugir, mas para onde? Lugar algum existe que nĂŁo sondes Perguntei muitas vezes â&#x20AC;&#x201C; a voz sentida-

Qual o valor real que hĂĄ na vida? NĂŁo consegui ter quem respondesse! Nem nada que impedisse que eu sofresse! Foi quando entĂŁo bem perto me chegaste, Com voz mansa e suave, me falaste; â&#x20AC;&#x153;Teu coração Eu amo e te acompanho Para fazer- te voz ao Meu rebanho... Para treinar-te dei-te dor e pranto Ensinando tua alma amar-Me tanto, Pois sĂł assim, depois de tudo isto, Serias toda vida Meu Ministro!â&#x20AC;?

A nova superbactĂŠria, originĂĄria da Ă?ndia e que demonstra ser resistente a quase todos os antibiĂłticos conhecidos, representa uma ameaça mundial, advertiram cientistas. â&#x20AC;&#x153;Temos a necessidade urgente de estabelecer um sistema de vigilância internacional nos prĂłximos meses e examinar todos os pacientes que derem entrada a qualquer sistema de saĂşdeâ&#x20AC;? em tantos paĂ­ses quanto for possĂ­vel, disse Patrice Nordmann, do Hospital Bicetre, da França. â&#x20AC;&#x153;Por enquanto nĂŁo sabemos quĂŁo rapidamente o fenĂ´meno estĂĄ se espalhando. Pode levar meses ou anos, mas o certo ĂŠ que se espalharĂĄâ&#x20AC;?, disse. â&#x20AC;&#x153;Ă&#x2030; um pouco como uma bomba relĂłgioâ&#x20AC;?, explicou. Nordmann participa da 50ÂŞ ConferĂŞncia Inter    ~ #  # -

crobianos e Quimioterapia, que reĂşne 12.000 especialistas em doenças infecciosas em Boston. O cientista, que ĂŠ chefe do departamento de bacteriologia e virologia do hospital francĂŞs, disse que a bactĂŠria encontrarĂĄ terreno fĂŠrtil na população de 1,3 bilhĂŁo de pessoas da Ă?ndia. A â&#x20AC;&#x153;superbactĂŠriaâ&#x20AC;?, chamada NDM-1 (metalo-beta-lactamase 1 de Nova DĂŠlhi) e suas variaçþes parecem ter se originado na Ă?ndia. Ela foi detectada pela primeira vez em 2007, na GrĂŁ-Bretanha. A NDM-1 resiste a quase todos os tipos de antibiĂłticos, inclusive os carbapenemas, geralmente reservados Ă s emergĂŞncias e ao tratamento de infecçþes multirresistentes. Fonte: AFP

PremiĂŞ haitiano diz que ainda hĂĄ 700 mil desabrigados

Aleluia, Jesus! 

Cerca de 700 mil pessoas permanecem nas ruas do Haiti sete meses depois do terremoto que destruiu parte do paĂ­s em 12 de janeiro, disse hoje o primeiro-ministro haitiano, Jean Max Bellerive. O terremoto deixou 300 mil mortos, o mesmo nĂşmero de feridos e mais de um milhĂŁo de desabrigados. Segundo Bellerive, que esteve hoje na RepĂşblica Dominicana para o lançamento de um fundo de investimento privado para o Haiti, quase 300 mil pessoas foram retiradas das ruas, â&#x20AC;&#x153;um trabalho enormeâ&#x20AC;?.

â&#x20AC;&#x153;clara e seguraâ&#x20AC;? e a reconstrução do Haiti â&#x20AC;&#x153;segue lenta, mas seguraâ&#x20AC;?. Bellerive lembrou que na Ăşltima reuniĂŁo da ComissĂŁo Interina pela Reconstrução do Haiti (CIRH), que dirige junto com o expresidente americano Bill Clinton, foram apresentados projetos de US$ 1,6 bilhĂŁo, o que representa o compromisso da comunidade internacional com o Haiti. Do total apresentado, US$ 904 milhĂľes jĂĄ foram â&#x20AC;&#x153;localizadosâ&#x20AC;?               haitiano, apontou Bellerive.

HĂĄ 700 mil pessoas Ă s quais ĂŠ preciso dar â&#x20AC;&#x153;ĂĄgua, comida e tudo diariamenteâ&#x20AC;?, disse o primeiroministro.

â&#x20AC;&#x153;Esses projetos foram identi %   "     ~$    %clarou.

â&#x20AC;&#x153;As pessoas pensam que as coisas nĂŁo caminhamâ&#x20AC;?, opinou Bellerive, para quem o processo de recuperação caminha de maneira

â&#x20AC;&#x153;Estou convencido de que se vai cumprir a promessa de ajudar o Haitiâ&#x20AC;?, disse Bellerive.  Fonte: EFE


22

NOTĂ?CIA

7

Itamaraty encorajarå volta de brasileiros vítimas de exploração Esses órgãos forneceram ao Itamaraty uma lista de entidades espalhadas por todo o país que podem auxiliar os recÊm-chegados, como entidades públicas federais e estaduais.

O MinistĂŠrio das Relaçþes Exteriores lançarĂĄ uma cartilha para orientar seus diplomatas no exterior a encorajar a volta de imigrantes brasileiros endividados ou vĂ­timas de violĂŞncia e exploração trabalhista. O Guia de Retorno ao Brasil, como a cartilha foi intitulada, busca fazer com que a volta seja  ]  % começo de suas vidasâ&#x20AC;?, segundo a introdução do documento.

Segundo Lopes da Silva, a intenção do programa ĂŠ fazer uma ponte entre os brasileiros no exterior e a â&#x20AC;&#x153;tremenda estruturaâ&#x20AC;? de amparo jĂĄ existente no Brasil. Ela viajarĂĄ Ă Espanha e a Portugal para divulgar a cartilha e se reunir com diplomatas, voluntĂĄrios e ONGs locais.

De acordo com Maria Luiza Ribeiro Lopes da Silva, chefe da DivisĂŁo de AssistĂŞncia Consular do Itamaraty e coordenadora do grupo que elaborou a cartilha, o foco da iniciativa sĂŁo vĂ­timas de [    %    aliciadas por redes de prostituição. O Itamaraty nĂŁo tem dados sobre esse grupo, mas um relatĂłrio de 2006 do Fundo de Populaçþes das Naçþes Unidas (UNFPA, na sigla em inglĂŞs) estimou que 70 mil brasileiras trabalhavam como prostitutas no exterior. AtraĂ­das por ofertas de trabalho em outras ĂĄreas, muitas se veem obrigadas a fazer programas para quitar dĂ­vidas com os empregadores. Para chegar a essas mulheres, os diplomatas recorrerĂŁo a voluntĂĄrios da prĂłpria comunidade brasileira no exterior. â&#x20AC;&#x153;Uma manicure, por exemplo, pode ser uma ponte com outras integrantes da comunidadeâ&#x20AC;?, diz Lopes da Silva. Programas sociais Feito o contato, elas serĂŁo orientadas sobre programas sociais nos quais poderiam se enquadrar caso regressassem ao paĂ­s, como os de microcrĂŠdito, o Bolsa FamĂ­lia e o Minha Vida, Minha Casa, e sobre a oferta de empregos e cur       regiĂľes de origem. Em casos excepcionais, caso comprovem nĂŁo ter como arcar com as despesas para a volta e a Organização Internacional para a Migração nĂŁo puder fazĂŞ-lo, o Itamaraty cobrirĂĄ os gastos. â&#x20AC;&#x153;A ideia ĂŠ aperfeiçoar o nosso serviço, para que ele nĂŁo termine com a viagem no aeroporto. Queremos impedir que essas pes-

Os dois paĂ­ses sĂŁo, nessa ordem e seguidos por Suíça e Holanda, os que concentram a maioria dos brasileiros em situação de risco no exterior, segundo a diplomata. Por isso, agentes consulares e voluntĂĄrios desses paĂ­ses receberĂŁo, alĂŠm da cartilha, um treinamento para lidar com o grupo.  Fonte: BBC Brasil soas voltem ao Brasil sem nada nas mĂŁos.â&#x20AC;? Outro pĂşblico-alvo do programa, diz Lopes da Silva, sĂŁo mulheres que sofrem violĂŞncia domĂŠstica. â&#x20AC;&#x153;Muitas brasileiras acabam se casando com moradores locais para a obtenção de documentos, e ĂŠ comum que essa situação de desequilĂ­brio resulte em violĂŞncia.â&#x20AC;? Mas homens nas mais diversas situaçþes de vulnerabilidade tambĂŠm serĂŁo contemplados. '   %     panhola desmontou uma rede destinada a explorar sexualmente brasileiros. Segundo a polĂ­cia, homens com promessas de trabalho e bons salĂĄrio eram obrigados, ao chegar na Espanha, a se prostituir para pagar dĂ­vidas que chegavam a 4 mil euros (cerca de R$ 8,9 mil). Rede de amparo Elaborado desde julho, o Guia de Retorno ao Brasil foi montado em parceria do Itamaraty com a PolĂ­cia Federal, o MinistĂŠrio da Justiça e a Secretaria de PolĂ­ticas para Mulheres (SPM).


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

23


24

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

Número 204  

2a Edição Setembro 2010

Advertisement