Issuu on Google+

ANO 12 / Número 201 / 1a edição de Agosto de 2010 / New York - USA

973.491.0019

“Assim diz o Senhor que faz isto, o Senhor que forma isto, para o estabelecer; o Senhor é o seu nome. Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas, que não sabes” Jeremias 33:2-3


02

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARĂ O MENSAGEIRO!

7 03

PASTORAL

Tirando fĂŠrias Helio dos Santos Filho

Aloísio Campanha - Pastor AndrÊ Soares - Advogado Bong Yeon - Advogado Carlos Fernandes - Designer Carlos De Paula - Tradutor Dario Santos - Colunista Davi Soares - Pastor Dora Garcia - Correção Eli Fernandes - Pastor Elizabete B. - Psicóloga Francisco Izidoro - Pastor Gersonita Malafaia - Pastora Gilson Bifano - Pastor Glauber Morare - Pastor Guilhermino Cunha - Pastor Guido Couto -Agente De Seguros Helio Dos Santos - Pastor Irland P. Azevedo - Pastor Jorge Bezerra - Pastor Josimar Salun - Pastor Jandir Silva - Capelão Jayme De Amorim - Pastor JosÊ Maria - Pastor Lucia Brandão - Psicoterapeuta Moura Gonçalves - Pastor MoisÊs Apsan - Advogado Marcos Nascimento - Pastor Marcos Mota - Pastor NÊlio Da Silva - Pastor Paulo dos Santos - Psicólogo R.R. Soares - Pastor Ricardo Gondin - Pastor Ricardo Santos - Pastor Reuel Pereira Feitosa - Pastor Renato Rubim - Pastor Sílas Malafaia - Pastor Serikako Hiroshi - Pastor Theodomiro J. Freitas - Pastor Vitor Hugo - Pastor

Marcos SimĂľes

Queridos irmãos da família do Senhor. Estamos vivendo uma das estaçþes mais esperadas por todos. O verão Ê uma estação de muitos planos para fÊrias. Famílias se programam para viagens, saídas para parques, acampamentos, praias, etc. É tempo de relaxar, descansar do ano corrido e difícil; tanto do emprego, como das escolas. Merecidamente, todos nós precisamos deste tempo. Aproveitamos para fugir do agito da cidade, espairecer a mente, nos desligar um pouco todo tempo essas pessoas precidos problemas, fugir do stress sam de ajuda. O Senhor Jesus a todo tempo saía por toda a parte do dia a dia. fazendo o bem a todos, tanto no Hå muitas pessoas que não inverno, como na primavera, outotêm o mesmo privilÊgio. Vejo no ou verão. Não hå fÊrias no capessoas e famílias que não lendårio de Deus. conseguem tirar fÊrias da fome, ansiedade, solidão, de- Estamos sempre precisando Dele pressão e outras coisas que mesmo em nossas fÊrias e mo       - mentos de lazer. sas coisas não tiram fÊrias. Façamos a obra do Senhor enEstamos sempre acompa- quanto Ê dia, quer seja no verão nhando certos indivíduos e fa- ou não. mílias que precisam da nossa Podemos tirar fÊrias, mas não do solidariedade e compaixão. nosso dever de continuarmos a Gostaria que nós como servos ser embaixadores de Cristo. do Senhor não tiråssemos fÊrias do nosso dever cristão. A O reino de Deus precisa de volun-

CONTATOS COM NOSSA REDAĂ‡ĂƒO: Cartas ao Editor Helio dos Santos Filho 38-05 Broadway St. Suite 200B, Astoria NY 11103

Tel: (347) 239.6700 / (347) 298.3548 e-mail: omensageiro7@aol.com Š2009 by Santos Production All Rights Reserved Sites que colaboram conosco:

› ENCORAJAMENTO › CHAMADA › CBMC BRASIL › PORTAS ABERTAS › ATLETAS DE CRISTO › CLICK FAM�LIA

Os artigos, mensagens e estudos publicados neste Jornal, por cada autor,           Jornal.       

               

 

tårios a todo tempo, o ano inteiro. O Senhor da ceifa estå chamando quem quer ir por Ele a procurar almas que no mundo estão chorando sem salvação. Faça parte dessa missão. O Senhor de recompensarå. Ps. Não se esqueçam do compromisso com vossa igreja local. Marcos Simþes Ê presidente da Igreja Batista Olivet da Convenção de Ontario-Toronto. Saudaçþes a todos os colegas de ministÊrio no Tri State. O    

O Mensageiro7 newspaper is a biweekly publication in Portuguese. Reproduction in whole or in part without permission is    ! " #   $" %# " & ! ''    "  !' " '    "          ' ( )  * + - #      #  ! '   

  ' 



  ! ' " + %     "/   0 '    ( 1  ( )  *    #   2 3    PortuguĂŞs. 4          5   #        

  5    #  ( 1 ()  * #  3   '  

6        ' 6 '       2 2    #  8  9 /      : 


04

7

O conceito da â&#x20AC;&#x153;verdadeâ&#x20AC;? vem de                                          !  "      #    $ %  & ' ()    *+ /4% 6;'<;= >?             K    QU W    X  $            K    % Z $    * &    * & ? [     $ U      Q%  \       4   4% ;'<]   ' (  reis a verdade e a verdade vos  K + ^    QU   Q% â&#x20AC;&#x153;A Verdadeâ&#x20AC;? Z     "     4   $ \         _  ?         $        `   )    

EVANGELISMO

 & /4% 6j'6j=   ' (     + )  4       %      Q%         Q%       %        ?       $ $  $         4          q x   `                     ?   

            + &      $      %              \  ! /? 6 ^\  ]'~[6<=

   $    $    K         x_   Â&#x20AC;   K     !   ' (&    !  K         + /!  66~';~= â&#x20AC;&#x153;Conhecereis . . .â&#x20AC;? 4  %   (+   ?       \   ' (^    + 4      $           &      ?    ?  $     Â&#x201A;         '          /? x 6j'66= &          &    | ' (4        $    Â&#x192; [      + /6 |  Â&#x201E;']6[]]= x  ?   $   (X   

                 + /!  66~'6Â&#x2026;Â&#x201E;=

`           `  %        ?         ?      QU  %   QU   QU      $   ?       `    %   _    "  Z  $    {       |       QU     `      `            Q%  `  ] |  <'6}[6j &   ' {   Â&#x20AC;[  (|        ? K[ |      `   "            $  `     x  $     %   Q%     $   - { |     Q%  ?  Q     Â  $        $   \  $      `  ?        Continua na pĂĄgina 5


EVANGELISMO Continuação da pĂĄgina 4 saber a verdade. Em Hebreus 10:26, o escritor fala das pessoas que tinham â&#x20AC;&#x153;recebido o pleno conhecimento da verdadeâ&#x20AC;?. JoĂŁo falou com pessoas que receberam este conhecimento da verdade (1 JoĂŁo 2:21). Paulo condenou aqueles que estĂŁo â&#x20AC;&#x153;sempre aprendendo mas que jamais podem chegar ao conhecimento da verdadeâ&#x20AC;? (2 TimĂłteo 3:7). Por que receberam tĂŁo severa crĂ­tica? Porque eles fracassaram em aprender a verdade, resistindo assim a palavra de Deus. Eles nĂŁo compreenderam a verdade porque assim nĂŁo a quiseram (veja 2 TimĂłteo 3:8). NĂłs podemos saber a verdade. â&#x20AC;&#x153;. . . Vos LibertarĂĄâ&#x20AC;? Isto pode nos fazer pensar, talvez atĂŠ um ponto de medo, sobre a responsabilidade dada por Deus de conhecermos a verdade. Para prevenir que sejamos esmagados por esta provocante passagem, nĂŁo devemos perder esta grande promessa anexada neste trecho. Jesus acrescentou: â&#x20AC;&#x153;A verdade vos libertarĂĄâ&#x20AC;?. A liberdade ĂŠ valorizada univer-

salmente. InĂşmeras pessoas tĂŞm       Qdo-se para assegurarem sua prĂłpria liberdade polĂ­tica ou de outrem tambĂŠm. Verdadeiramente    QU   o encarceramento ĂŠ considerado       Q%  aqueles que violam a lei. TĂŁo valiosa quanto a liberdade pessoal e polĂ­tica, tambĂŠm ĂŠ aquela que Jesus nos fala em JoĂŁo 8:32. SĂł que esta liberdade ĂŠ atĂŠ mais sig   {   levam a consequĂŞncias de vĂ­nculos espirituais e mortais -- eter Q%  `  4   ofereceu para nos libertar das conseqßências da nossa prĂłpria rebeliĂŁo contra Deus! Paulo nos lembrou deste benefĂ­cio do evangelho em Romanos 1:16 â&#x20AC;&#x153;. . .ĂŠ o poder de Deus para  Q%   $  $  crĂŞ, primeiro do judeu e tambĂŠm do gregoâ&#x20AC;?. Deus escolheu o uso de sua palavra, que ĂŠ a verdadeira mensagem da BĂ­blia, para salvar-nos de nossos pecados.

nĂŁo possam discernir a liberdade do encarceramento (veja 2 Pedro 2:17-22). Infelizmente, muitas pessoas rejeitam a liberdade que Deus oferece e permanecem presas em seus prĂłprios pecados. Jesus usou as palavras de um profeta do Velho Testamento, IsaĂ­as, para descrever a triste  Q% $  $  %  tam a liberdade divina: â&#x20AC;&#x153;Porque o Q%   K  cido, de mau grado ouviram com os ouvidos e fecharam os olhos; para nĂŁo suceder que vejam com     Q         Q%  convertam e sejam por mim curadosâ&#x20AC;? (Mateus 13:15). Muitas pessoas consideram a verdade incerta, mas Deus claramente revelou a verdade para que nĂłs possamos conhecĂŞ-la. Muitas pessoas acreditam que os sentimentos subjetivos, aqueles que julgamos serem corretos, sĂŁo os mesmos que os salvarĂŁo,

 `    Q%   sua objetiva verdade.

`    %  Q  sermos libertos. Muitas pesso- Quando nĂłs aprendemos e as sĂŁo enganadas por SatanĂĄs obedecemos a verdade revee seus falsos mestres para que lada na palavra de Deus, po-

7 05 demos estar certos da nossa Q% 4%    so relacionamento com Deus quando ele disse: â&#x20AC;&#x153;Ora, sabemos que o temos conhecido por isto: se guardamos os seus mandamentos. Aquele que diz:    Q  %    seus mandamentos, ĂŠ mentiroso, e nele nĂŁo estĂĄ a verdadeâ&#x20AC;? (1 JoĂŁo 2:3-4). `       Q    Q    aptos a conhecer a verdade. O mesmo Deus que nos criou e nos deu a habilidade de nos comunicar, tem tambĂŠm a habilidade de transmitir sua vontade para conosco de modo que possamos entendĂŞ-la. Devemos humildemente aceitar a responsabilidade de estudar, entender e obedecer a sua reveQ% Num mundo desordenado pela dĂşvida e pela confusĂŁo religiosa,      Q nas palavras de Jesus: â&#x20AC;&#x153;E conhecereis a verdade e a verdade vos libertarĂĄ.â&#x20AC;? 


06

7

GOTAS DE ENCORAJAMENTO possibilidades que estĂŁo disponĂ­veis a vocĂŞ neste momento?

SUAS AĂ&#x2021;Ă&#x2022;ES: As suas açþes tĂŞm o poder de mudar a sua vida e de mudar o seu mundo. Terry Simpson Se alguma coisa ĂŠ possĂ­vel ou impossĂ­vel a vocĂŞ, depende mais do que vocĂŞ pode fazer do que qualquer outro fator. A sua persistente e focada ação traz novas possibilidades Ă  sua vida. Obviamente, vai haver obstĂĄculos que surgirĂŁo em seu caminho e vocĂŞ pode atĂŠ mesmo usar esses obstĂĄculos como desculpas para nĂŁo efetuar uma ação. Ou vocĂŞ pode decidir levantar-se, motivar-se e seguir em frente rumo ao resultado que deseja buscar. Uma vez que vocĂŞ decide efetuar uma ação, os obstĂĄculos perdem o seu poder de paralisĂĄ-lo e, em vez disso, eles se tornam passos       ?   [ ção. As açþes necessĂĄrias para o sucesso, frequentemente, sĂŁo difĂ­ceis, complicadas, inconvenientes, constrangedoras, desconfortĂĄveis e exaustivas. PorĂŠm, compreenda que essas indesejĂĄveis qualidades sĂŁo â&#x20AC;&#x201C; na sua maioria â&#x20AC;&#x201C; meras invençþes da sua mente e a sua decisĂŁo de efetuar uma ação tem o potencial de superar todas elas em todo o tempo. Quando vocĂŞ sabe o que deve fazer, entĂŁo faça. Pare de focalizar-se nas desculpas e comece a se movimentar em direção a uma         Q%

Simâ&#x20AC;Śrealmente, as suas açþes tĂŞm o poder de mudar a sua vida e mudar o seu mundo. Faça excelente uso delas e conquiste os seus sonhos.

si mesmo ao renunciar as desculpas. Elas são inúteis, nada acrescenta a sua vida a não ser frustraçþes e perda de credibilidade aos olhos de outras pessoas.

O que passa pela sua mente tem uma direta e inquestionĂĄvel conexĂŁo com aquilo que vocĂŞ faz. Portanto, vale a pena manter-se focado num nĂ­vel mais elevado e no melhor.

Onde estĂĄ a sua mente agora ĂŠ tambĂŠm onde estarĂĄ a sua vida num futuro breve. Os milhares de Em vez de criar desculpas, farĂĄ pensamento que povoam a sua Para Meditação: O Senhor olha dos cĂŠus; vĂŞ to- a opção de fazer um honesto e mente, a cada dia, vĂŁo propiciar       autĂŞntico progresso. Mesmo um -lhe uma palco para o seu desemlugar da sua morada observa    Q      penho. todos os moradores da terra, mais produtivo do que uma gran- Um desempenho bem sucedido ele que forma o coração de to- de e impressionante desculpa. ĂŠ impulsionado por pensamentos dos eles, que contempla todas NĂŁo se conforme com uma gran- advindos do seu interior. Pensaas suas obras. Salmos 33:13-15 de lista de razoes para o fracasso.    Q   Â&#x20AC;  vocĂŞ pode dar a si mesmo uma força e positivas realizaçþes o real e empolgante raz��Ło para ser levarĂŁo a grandes desempenhos. SEM DESCULPAS: bem sucedido. Considere todas as coisas que Aquele que ĂŠ bom em criar desculpas, raramente ĂŠ bom para Livre-se das cadeias das descul- vocĂŞ diz a si mesmo Ă  medida pas inĂşteis e veja o nascer de um que o dia vai prosseguindo. qualquer outra coisa. novo e belo dia preparado por Benjamin Franklin Use todos os seus pensamentos, Deus especialmente a vocĂŞ. os pequenos, os grandes e todo Todo novo dia que nasce ofereo resto. Ponha a sua mente numa ce a vocĂŞ razĂľes para se criar Para Meditação: desculpas, mas desculpas nĂŁo Cria em mim Ăł Deus, um cora- positiva e estratĂŠgica posição. acrescentam a vocĂŞ nada de ab- ção puro, e renova dentro em Lembre-se: esse dia que hoje soluto valor. mim um espĂ­rito inabalĂĄvel . Â&#x20AC;      \ [ co presente de Deus. Claro, uma desculpa plausĂ­vel li- Salmos 51:10 vra a sua face, faz com que vocĂŞ Desfrute a jornada que Ele lhe aparente ser diligente e discipli- SUA MENTE: dĂĄ, traga Ă  sua mente o que pode nado, quando vocĂŞ mesmo sabe Quando as coisas estĂŁo ruins, lhe dar esperança e esses pensaque nĂŁo ĂŠ. pense que elas poderiam es- mentos poderĂŁo dar-lhe um novo Mas, vocĂŞ meramente deseja tar pior; e quando elas jĂĄ estĂŁo estilo de vida; uma vida que vocĂŞ aparecer ser bem sucedido ou    jamais sequer ainda experimenvocĂŞ prefere ser bem sucedido? elas sĂŁo tĂŁo ruins que nĂŁo hĂĄ tou. Desculpas lhe amarram porque outro jeito a nĂŁo ser melhorar. Para Meditação: elas lhe incentivam a evitar uma Malcolm S. Forbes Quero trazer Ă  memĂłria o que responsabilidade que ĂŠ apenas Como vocĂŞ analisa a sua presen- me pode dar esperança. sua. vocĂŞ farĂĄ um bem enorme a te situação? Como vocĂŞ vĂŞ as Lamentaçþes 3:21 


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

7 07


08

7

Estabelecemos inĂşmeros objetivos ao longo de nossa carreira   Â        }Â&#x201E;  Â&#x2013;    \ Â&#x2013;       Â      economia soprando desfavora      Q   U   

     tiveram a necessidade de rever        x     "        K       ?           $   %          "     Q%           $      sĂľes e prazos do cotidiano das QU )         %       ?                 {               deixam para traz anos de sabe   _ Â&#x20AC; 

EMPRESARIADO $          `            Rick Boxx         _       _  e digno legado de             Â&#x153;_      A p a r e n t e m e n t e Q       Â Â&#x201A; Â&#x2DC; %  ?       - $    %  \lhando por neces-       _   Z  ! %          K      & _          ! gostava de cor- Â Â&#x201A; Â&#x2DC; $      $     Â&#x201E;6~[]Â&#x2026;' ( $   Q   }Â&#x201E; `    $                Kdedicar-se a corridas de longa [           X  ^               Z \ !  Â&#x2014; Â -   `  Â&#x153;        QU -      $  6Â&#x2026;             $  ^          `         ]Â&#x2026;Â&#x2026;Â&#x203A; $        Q%+    (Â Â&#x2DC;   6Â&#x2026;Â&#x2026; Â?- Usar as habilidades e talentos ' x Â&#x17E;Â&#x; Â&#x201A;Â&#x;       $  `        Â&#x17E; + /Â   &   6Â&#x2026;Â&#x2026; x' Q% $  Â&#x20AC;    Â&#x161; Â&#x153;  Â&#x17E;    ^ -      Q%  =+   $   (  + -

Quando trabalho vira prazer gramas de TV e ar   ?  parece bem revigo Â&#x2014; Â Â&#x201A; Â&#x2DC;   o trabalhador mais idoso da AmĂŠrica  ]Â&#x2026;Â&#x2026;}  6Â&#x2026;Â&#x203A; q !        ralmente da ĂŠpoca das charretes a ca       Â&#x153;     K   6~6Â&#x201E;  6<      $   _       

{   Â&#x201E;Â&#x2026;          endimento mantido atĂŠ completar ~6  x                Q%    Â&#x2DC;        '  

     ]Â&#x2026;Â&#x2026;;  &        Â&#x2014;        $  Â Â&#x201A; Â&#x2DC; %          }Â&#x201E;  ` [ Â Â&#x201A; Â&#x2DC;  )  Â&#x2122; ?K    (      +    \     %     $  `  Â&#x161;x $       - Â   ?    6Â&#x2026;}        $  U     _   


PSICOLOGIA Se pararmos para observar a vida, muitas vezes nos pergunta-remos: Como podem as pessoas         [ -radas, muitas vezes insuportĂĄveis e tĂŁo fortes que podem mudar completamente a direção de suas vidas? No meu dia a dia acompanho pessoas que perderam seres queridos, o trabalho, o seu grande amor, um sonho maravilhoso, enfrentaram doenças graves em suas vidas ou de alguĂŠm que amavam, eventos traumĂĄticos,      % \  que a prĂłpria mente se encarrega de â&#x20AC;&#x153;esquecerâ&#x20AC;?, tentar apagar para conseguir sobreviver.

7 09 VAMOS ENTENDER O QUE Ă&#x2030; RESILIĂ&#x160;NCIA... Ă&#x2030; o processo de adaptar-se bem,   K     [ sidades, dor, trauma, ameaças, tragĂŠdias, catĂĄstrofes, situaçþes %     \ de estresse. Em outras palavras ĂŠ a capacidade de â&#x20AC;&#x153;recuperar-seâ&#x20AC;?     \ 

Apesar de pouco ouvirmos sobre resiliĂŞncia, ela ĂŠ algo normal e nĂŁo extraordinĂĄrio entre seres humanos. As pessoas a demonstram sem ter consciĂŞncia dela. Alguns mais... outros menos. Um exemplo disso foi a resposta de muitos americanos e imigrantes ao ataque terrorista em 11 de Setembro de 2001 e os esforços A dor ĂŠ enorme, porque ĂŠ a dor $ Â&#x20AC;          quase â&#x20AC;&#x153;milagrosaâ&#x20AC;? restauração      \  [ da pessoa, nĂŁo importando qual ou o que ĂŠ ainda pior, decisĂľes envolve algo chamado â&#x20AC;&#x153;RESI-LI- tando reconstruir suas vidas e a foi a experiĂŞncia vivida. As rea- feitas no meio da crise, das quais Ă&#x160;NCIAâ&#x20AC;?  \  de outros. çþes sĂŁo as mais diversas. Um posteriormente nos arrependere- que requer tempo, intenção, decisĂŁo, perseverança, esforço e de- Â&#x153;  Â&#x20AC;  %       torvelinho de emoçþes tentam mos. coração duro ou insensibilidade. responder aos acontecimentos, pende de que as pessoas sigam COMO ENCONTRAMOS x         [ QU #    ESPERANĂ&#x2021;A PARA PROSuns certos passos conscientes ou  # Q%      [ preencher lacunas, percepçþes inconscientes nesta direção. SEGUIR nal, tristeza e tudo o mais que ĂŠ distorcidas tentam fazer sentido O ser humano foi criado com uma O esforço ĂŠ comum a todos, mas comum durante tempos de ad $  ?      maravilhosa capacidade de adap- a jornada tem diferentes carac- versidade. Na verdade, a jornada ocorrido. tação. Com o passar do tempo \     para chegar ĂĄ resiliĂŞncia pode O medo, a incerteza, a ansieda- ele consegue vencer a dor, as pessoa, de como cada um lida estar cheia de sofrimento emocional. de, o vazio, a falta de clareza nos memĂłrias, a perda, as situaçþes        pensamentos trazem como con- e condiçþes estressantes. Esta Continua na pĂĄgina 10


10

Continuação da pĂĄgina 9 A resiliĂŞncia ĂŠ resultante de uma decisĂŁo, nĂŁo ĂŠ algo que nascemos ou nĂŁo nascemos com ela. Depende da atitude de cada um  Q%       depende de comportamentos que podem ser aprendidos, pensamentos que podem ser treinados, e açþes que podem ser executadas e desenvolvidas por qualquer pessoa. A repetição de tudo isso frente a diferentes situaçþes da vida, transforma qualquer pessoa em alguĂŠm forte e resiliente. Esta atitude â&#x20AC;&#x153;intencionalâ&#x20AC;? pode ser assumida de forma consciente ou inconsciente. O QUE NOS AJUDA NESTA JORNADA PARA A RESILIĂ&#x160;NCIA Externamente: tos sadios.

PSICOLOGIA

7

Relacionamen-

- Apoio e cuidado de familiares e   /  Q los adequados, ânimo, segurança, proteção, direção, suporte, limites, etc) Internamente: Inteligência Emocional [ x [      ça em suas habilidades e força

1.- Comece fazendo um inventario do passado:

Sobretudo Mantenha a EsperanQ  ^ [q !      enfrente os problemas e aten- Evite ver as crises como pro- da as exigências da vida diária, blemas descomunais. Mantenha mas acima de tudo, saia do palco #_     $ \   ?  e descanse para ganhar novas problemas como oportunidades, energias.     Qq LEMBRE-SE: Termine a Jorna- Aceite que as mudanças são ¡ % $      parte da vida. Experimente fortes do caminho. Na eventualidade de emoções, e saiba também quan- fraquejar, errar, desanimar, enfrado é hora de evitá-las para poder quecer, pensar negativamente, perder a direção... continuar funcionando.

- Que eventos tem sido mais estressantes para mim e como me afetaram?

- Mova-se em direção ås suas metas. Quebre a distância em pequenos passos.

- Me ajuda pensar em pessoas que amo, quando estou estressado?

- Tome ações decisivas. Atue nas       K  sível e o mais que seja possível. Não se distancie ou fuja dos problemas, desejando que desapareçam.

- Planos realĂ­sticos e passos para realizĂĄ-los [ ^      Q% #_ bilidade e capacidade de resolver problemas - Capacidade de gerenciar seus impulsos e sentimentos fortes FINALMENTE, A JORNADA EM DIREĂ&#x2021;Ă&#x192;O Ă RESILIĂ&#x160;NCIA

- Quem me tem ajudado a vencer situaçþes difĂ­ceis? O que aprendi sobre mim mesmo e sobre os outros? - Me tem sido Ăştil ajudar a outros em igual situação? - Tenho vencido obstĂĄculos? Como? O que me ajuda a ter esperança no futuro? 2.- Passos da Jornada - Estabeleça Relacionamentos relevantes â&#x20AC;&#x201C; Gaste tempo com

pessoas que ama e receba deles apoio e ânimo. Forme vínculos fortes e nunca estarå sozinho.

PARE... volte ao inicio de tudo, avalie seu progresso, trace novas metas, faça novos planos e co-mece outra vez. Não somente comece mais uma vez... mas outra vez.... e outra vez ... e outra vez e quantas mais sejam necessårias.

 Â&#x20AC;      plexo, admirĂĄvel e foi feito de maneira maravilhosa, para alcançar coisas impossĂ­veis. NUNCA DE- Alimente uma visĂŁo positiva de SISTA de si mesmo, dos outros,          `                bĂŠm em si mesmo. Proteja-se Fontes: Internet Mental Health, dos maus intencionados. Avalie o Medscape, psiqweb, The Ameque escuta. rican Psychological Associa- Mantenha tudo em perspectiva. tion, Jornal de Psiquiatria. - Busque oportunidades de auto descoberta. Permita-se aprender e mudar.


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

11


12

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

13


14

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!


CAPELANIA INTERNACIONAL

7 15


16

7

Passaram-se mais de vinte anos, mas ainda lembro perfeitamente. Foi num dos acampamentos da Juventude Batista Fluminense, no período de carnaval. Pr. Rodney Wofard era o conferencista. Maravilhoso, espiritual e profundo. Com seu jeito paternal, enfåtico e tranquilo ele falava ao coração dos jovens. Sua voz contundente ecoava no silêncio absoluto da capela: - Moça, você Ê virgem, moça? - Rapaz, você Ê virgem? Pausa... Silêncio... Parecia que atÊ mesmo era perigoso pensar, lembrar, se perguntar... Faz muitos anos. Não lembro a última vez que ouvi em alguma igreja uma mensagem de exortação aos jovens, aos homens, as mulheres, sobre a vontade de Deus para a vida sexual. Espanta e entristece averiguar que os jovens e adolescentes estão cada vez mais iniciando a vida sexual antes do casamento. Os valores morais e os padrþes não cristãos estão tomando conta. Silenciosamente eles se alas-

JUVENTUDE mesmo depois de alguns anos de casamento. E, na maior parte das vezes, ĂŠ a mulher que se ressente mais.

tram, como erva daninha misturada ao joio. Não temos estatísticas, e nem sei se seria bom ter, mas pelos contatos, pelos frutos de vida, pelas palavras ouvidas, pelos aconselhamentos dados sabemos que o número não Ê pequeno. Lamentåvel porque estes jovens não fazem Deus sorrir. Falta de informação, de temor a Deus, precipitação, baixa autoestima, exploração da sexualidade pelos meios de comunicação, volubilidade, imaturidade e falta de diålogo, entre tantas outras causas, estão sendo fatores de facilitação ao pecado sexual dos jovens.

Mesmo já tendo pedido perdão a Deus, elas não conseguem se $          perdoar. Sentimentos assim predeles, a não ser quando acontece judicam a vida e o relacionamenuma gravidez. Hoje os corações to sexual destas jovens, mesmo e as mentes parecem estar mais tendo se casado. amortecidos; parecem não sentir, Exortar e abrir os olhos dos jonão se arrepender... vens sobre este assunto não é O que fazer? somente alertar e condenar o Precisamos de mais vozes con- pecado; é essencial, é trabalhar tundentes, penetrantes, question-   Q%  #   #      & conjugais e de problemas no reRodney, juntando-se e elevando- lacionamento sexual no casase para que atinja o coração e a mento. mente da nossa juventude. Vamos falar, vamos pregar, vaEles precisam saber o quanto uma vida sexual mal iniciada prejudica o casamento. O quanto a culpa e o remorso arruínam e corroem os relacionamentos conjugais.

mos exortar, vamos ajudar. Sem condenaçþes, sem puniçþes severas.

Sabemos que pecados sexuais O quanto que desobedecer a Pacometidos pela juventude sempre lavra de Deus trås conseqßências. existiram. Antigamente as igrejas puniam Conheci diversos casais carseveramente os jovens cristãos regando o peso dessa culpa, por estes pecados. Hoje quase mesmo depois de ter se casado,

Ă&#x2030; assim que devemos estar com o objetivo de preparar nossos jovens para futuros casamentos saudĂĄveis.

Com amor, com paciência, com os braços abertos, prontos a perdoar e conversar.

Que para tão grande e importante missão Deus nos abençoe. 

PROFESSORES COM MUITA EXPERIĂ&#x160;NCIA EM ENSINO VINDOS DO BRASIL ESPECIFICAMENTE PARA DAR AS AULAS O Instituto ĂŠ interdominacional, nosso objetivo ĂŠ a formação de lĂ­deres e colaboração com as igrejas locais. A escola funciona no sistema de crĂŠditos, a matrĂ­cula pode ser feita em qualquer perĂ­odo do ano. Mais de 27

escolas no Brasil e atuamos em mais de 5 países (Portugal, Venezuela, Itålia, Japão e Estados Unidos). Membro AETAL (Associação de Educação Teológica na AmÊrica Latina).

ATENĂ&#x2021;Ă&#x192;O IGREJAS: Se a sua igreja ainda Tel: 973.766.3209 Celular nĂŁo tem um SeminĂĄrio TeolĂłgico entre Tel:973.344.6007 Escola Local em contato com a sede local e contribua Agora estudando no IFC, vocĂŞ poderĂĄ fazer uma faculdade secular. para a formação de verdadeiros lĂ­deres tambĂŠm Temos convĂŞnio com a faculdade Unida. conhecedores da palavra de Deus. Visite nosso site:www.ifcescola.org Mais informaçþes: Bispo: Antonio Carlos De Souza IFC - Escola de MinistĂŠrios Pr. Nildon Dos Santos


NOTĂ?CIA

7 17

Nova York aprova mesquita perto do antigo WTC Um ĂłrgĂŁo da prefeitura de Nova York aprovou a construção de um centro cultural islâmico per      Â&#x2014; Trade Center, destruĂ­do por militantes muçulmanos no atentado de 11 de setembro de 2001.

JĂĄ a entidade FamĂ­lias do 11 de Setembro por AmanhĂŁs PacĂ­      vĂ­timas do atentado, elogiou a comissĂŁo por nĂŁo ceder a argumentos polĂ­ticos ou emotivos. â&#x20AC;&#x153;Apoiamos fortemente o estabelecimento do Centro Cultural Islâmico, pois acreditamos que saudar o centro, que se destina a promover a tolerância e o respeito entre os credos, ĂŠ consistente com os valores fundamentais americanos de liberdade para todosâ&#x20AC;?, disse o grupo em nota.

Num caso que provocou um debate nacional, uma comissão encarregada do patrimônio histórico municipal votou por unanimidade contra o tombamento de um e \    $      futuro centro cultural islâmico. Críticos dizem que a construção desse centro - que incluirá uma mesquita - será uma traição à memória das quase 3 mil vítimas do atentado de 2001, cometido pela rede Al Qaeda com aviões sequestrados. Esses críticos pretendiam impedir a obra ao tombar um edifício de 1857, em estilo italiano, com o argumento de que ele tinha sido atingido por peças de um dos aviões sequestrados. Mas os membros da comissão argumentaram que o edifício, que         -

ca de uma quadra do terreno do Â&#x2014; | ^ %  or histĂłrico e pode ser demolido. A chamada Casa CĂłrdoba incluirĂĄ uma sala de oraçþes e um auditĂłrio de 500 lugares, como parte de um complexo cultural islâmico de 13 andares. â&#x20AC;&#x153;Somos gratos Ă  ComissĂŁo do PatrimĂ´nioâ&#x20AC;?, disse Sharif El Gamal, presidente e executivo-chefe da Soho Properties, empresa

dona do atual edifĂ­cio. â&#x20AC;&#x153;Foi um turbilhĂŁo nos Ăşltimos quatro meses, durante os quais trabalhamos incessantemente para realizar um sonho americano do qual tantos outros compartilham.â&#x20AC;? VĂĄrios manifestantes acompanharam a votação levando cartazes com os dizeres â&#x20AC;&#x153;Esta mesquita celebra nossos assassinosâ&#x20AC;?  (%  $     de 3 mil (pessoas).â&#x20AC;?

O Centro Americano para a Lei e a Justiça, em nome de um bombeiro que sobreviveu aos atentados, disse que irĂĄ abrir um processo na quarta-feira para contestar a decisĂŁo e tentar impedir a construção de mesquita. Em nota, o grupo disse que a prefeitura ĂŠ culpada de â&#x20AC;&#x153;ignorar o procedimento adequado e ignorar um crescente nĂşmero de nova-iorquinos e americanos que nĂŁo acreditam que esse seja o lugar para se construir uma mesquita.â&#x20AC;?  Fonte: Reuters Brasil


18

7

TERCEIRA IDADE & COMPORTAMENTO

â&#x20AC;&#x2DC;Efeito Tiger Woodsâ&#x20AC;&#x2122; eleva procura por terapia contra compulsĂŁo sexual VocĂŞ ĂŠ idoso quando se pergunta se vale a pena; vocĂŞ ĂŠ velho quando, sem pensar, responde nĂŁo.

desponta e ilumina a esperança;o velho se acaba a cada dia que termina, com a sua miopia voltada para os sonhos do passado.

VocĂŞ ĂŠ idoso quando sonha; vocĂŞ ĂŠ velho quando apenas dorme.

O idoso tem planos;o velho tem saudades.

VocĂŞ ĂŠ idoso quando ainda aprende; vocĂŞ ĂŠ velho quando jĂĄ nem ensina.

O idoso curte o que lhe resta da vida;o velho sofre o que o aproxima da morte.

VocĂŞ ĂŠ idoso quando se exercita; vocĂŞ ĂŠ velho quando apenas descansa.

O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos e prenhe de esperanças. Para ele o tempo passa mais råpido, mas a velhice nunca chega.. Para o velho, suas horas se arrastam destituídas de sentido.

Você Ê idoso quando ainda sente amor; você Ê velho quando só sente ciúmes. Você Ê idoso quando o dia de hoje Ê o primeiro do resto de sua vida; você Ê velho quando todos os dias parecem o último de sua jornada. Você Ê idoso quando o seu calendårio ainda tem amanhãs; você Ê velho quando ele só tem ontem. O idoso se renova a cada dia que começa, pois tem seus olhos postos no horizonte, de onde o sol

As rugas do idoso são bonitas porque são marcadas pelo sorriso; as rugas do velho são feias porque são vincadas pela amargura. Em suma, idoso e velho podem ter a mesma idade no cartório, mas têm idades diferentes no coração. Que você, idoso, viva        $  velho.

ClĂ­nicas para o tratamento de viciados em sexo na %[Â&#x201A;  mam que tiveram um aumento na procura por seus serviços nos Ăşltimos meses, em um fenĂ´meno que estĂŁo relacionando Ă  admissĂŁo de   ?      americano Tiger Woods. A ClĂ­nica de Terapia Steven Pope, em Blackpool, disse que recebeu 52 novos clientes nos Ăşltimos dois meses - no ano passado nĂŁo passavam de uns poucos por mĂŞs. E muitos dos novos clientes citam Woods, que confessou vĂĄrios casos amorosos que teriam abalado sua carreira e o casamento, por os ter inspirado a buscar ajuda para o seu problema. O dono da clĂ­nica, Steven Pope, disse que o interesse de pessoas que querem ajuda tem sido sem precedentes. â&#x20AC;&#x153;As pessoas agora estĂŁo se apresentando e vindo

conversar sobre seus  +    â&#x20AC;&#x153;A vida de Woods se transformou em um inferno, assim como a da famĂ­lia dele, mas ele salvou vidas. Este ĂŠ o efeito Tiger Woods.â&#x20AC;? A Associação para o Tratamento da DependĂŞncia e CompulsĂŁo por Sexo, uma organização estabelecida para apoiar pesquisas sobre vĂ­cio em sexo, tambĂŠm registrou um aumento no nĂşmero de clientes em busca de ajuda. A psicoterapeuta Paula Hall, a responsĂĄvel pelo serviço, disse que muitos terapeutas estĂŁo procurando treinamento para trabalhar na ĂĄrea. â&#x20AC;&#x153;Eles estĂŁo vendo mais e mais clientes procurando ajuda e atĂŠ agora havia pouco ou nenhum       \[ vel na GrĂŁ-Bretanhaâ&#x20AC;?, diz Hall. Continua na pĂĄgina 17


COMPORTAMENTO & MENSAGEM Continuação da pĂĄgina 16 O tratamento na GrĂŁ-Bretanha ĂŠ baseado em mĂŠtodos usados nos Estados Unidos, onde a terapia de comportamento sexual ĂŠ uma grande indĂşstria. PorĂŠm o termo nĂŁo ĂŠ tecnicamente reconhecido como uma condição mĂŠdica. O professor Glen Wilson, especialista em comportamento sexual na Gresham College, em Londres, nega a ideia de que pode haver um vĂ­cio em sexo. â&#x20AC;&#x153;O que quer que seja que as celebridades tĂŞm, todo nĂłs achamos que deverĂ­amos ter tambĂŠm, e ĂŠ claro que a indĂşstria farmacĂŞutica tambĂŠm tem interesse nisso. HĂĄ tremendas pressĂľes para medicalizar comportamentos que nĂŁo sĂŁo mais do que apenas problemĂĄticos. NĂŁo ĂŠ o mesmo que a Â&#x20AC;   +  

7 19 hos de Deus, a ponto de ele mandar construir templos pagĂŁos para cultuar, com elas, a seus deuses.

NĂŁo sĂŁo poucos os sĂĄbios que nĂŁo souberam viver, na prĂĄtica, suas teorias. SalomĂŁo foi um deles. NĂŁo soube conciliar razĂŁo e sensibilidade, partindo para um sensualismo que o distanciou de Deus, uma insensatez indigna de sua sabedoria, como bem demonstra nosso pastor nesse editorial.

so Templo de JerusalĂŠm, Ă s vezes conhecido como o â&#x20AC;&#x153;Templo de SalomĂŁoâ&#x20AC;?, deveria ter sido mais cuidadoso em seus procedimentos.

Quero fazer algumas consideraçþes sobre o rei Salomão. Li o texto escrito pelo Pr. Walmir. Dizer que ele foi feliz no que escreveu Ê redundante.

Atabalhoado, agiu como se nĂŁo soubesse que â&#x20AC;&#x153;sabedoriaâ&#x20AC;? tem implicaçþes eminentemente prĂĄticas e nĂŁo teĂłricas! O sĂĄbio ouve a voz da Sabedoria absoluta â&#x20AC;&#x153;para que nĂŁo caiaâ&#x20AC;?.

O Pr. Walmir escreve muito bem. SalomĂŁo ĂŠ um misto de sabedoria e insensatez. Conquanto seja um â&#x20AC;&#x153;Isso ĂŠ a busca de uma recompen- dos herĂłis do Velho Testamento, sa por um comportamento sexual atropelou a Vontade de Deus, in$          fringindo seus eternos princĂ­pios. de sobrevivĂŞnciaâ&#x20AC;?, argumenta. AlguĂŠm que recebeu o nome de Muitos especialistas mĂŠdicos tĂŞm SalomĂŁo, que no hebraico siguma opiniĂŁo semelhante em re-   (   ! + $   lação ao termo dependĂŞncia de a oportunidade de ser rei de Is_  rael tĂŁo cedo (com menos de 30 Fonte: BBC Brasil anos), de construir o esplendoro-

Daquele que escolheu pedir a Deus sabedoria e foi atendido, [[   \   dade a Ele.

E, por ter-se feito obtuso, envaideceu-se com a fama de såbio e poderoso, que lhe subiu à cabeça. Escolheu o caminho da sensualidade, atitude dos riquíssimos dÊspotas orientais de então, convivendo com 700 mulheres-princesas e 300 amantes. E estas concubinas estrangeiras, por sua vez, tornaram-no irreconhecível, desviaram-no dos camin-

SalomĂŁo, escritor de pelo menos trĂŞs livros do Velho Testamento â&#x20AC;&#x201C; ProvĂŠrbios, Eclesiastes e Cantares â&#x20AC;&#x201C; o homem mais sĂĄbio daquela ĂŠpoca, transformou-se num aloucado amante dos prazeres, e depois mergulhou no ceticismo e nos seus prĂłprios sentimentos de desalento da vida, pregando que a vaidade ĂŠ vĂŁ, nĂŁo vale a pena: â&#x20AC;&#x153;vaidade de vaidades, tudo ĂŠ vaidadeâ&#x20AC;? (Ec 1.2). Ainda bem que, numa espĂŠcie de â&#x20AC;&#x153;queda em siâ&#x20AC;?, conclui reverente           ' (|   `  e guarda os seus mandamentos; porque isto ĂŠ todo o dever do homemâ&#x20AC;? (Ec 12.13). 


20

7

MATĂ&#x2030;RIA

O segundo dos dez mandamentos proíbe a fabricação de ídolos e imagens de qualquer coisa no cÊu, na terra e embaixo da terra. A proibição inclui o próprio Deus. para que seja destacado como o maior e melhor, ele foi reduzido à categoria de ídolo. Deus Ê único.

nesse caso o fator determinante do relacionamento ĂŠ o humano, que faz por merecer ou deixa de 2- Deus ĂŠ transformado em Ă­dolo merecer, isto ĂŠ, Deus apenas re$       age. Deus ĂŠ gratuidade. de imagens, locais, pessoas, ri- 5- Deus ĂŠ transformado em Ă­dotos, sĂ­mbolos, seres, ou qualquer lo quando o relacionamento com 1- Deus ĂŠ transformado em Ă­dolo outra coisa que dĂŞ a Ele uma Ele ĂŠ fundamentado em relaçþes quando ocupa o ima-ginĂĄrio das medida, pois Deus ĂŠ o Ser-Em- de causa e efeito, pois isso impessoas como o mais poderosos Si, nĂŁo sujeito a tempo, espaço e    `    dentre todos os deuses. de um mecanismo que pode ser modo. Deus ĂŠ EspĂ­rito. ativado ou desativado, e nesse Z \    $  3- Deus ĂŠ transformado em caso se pretende manipular existe apenas um Deus, e nĂŁo que Deus ĂŠ o deus mais poder- Ă­dolo quando se pretende que Deus atravĂŠs a descoberta dos o relacionamento com ele seja botĂľes que o fazem funcionar. oso. destituĂ­do de quaisquer implica- Deus ĂŠ incondicionado. O primeiro mandamento, â&#x20AC;&#x153;nĂŁo çþes morais, pois isso equivale a terĂĄs outros deusesâ&#x20AC;?, nĂŁo ĂŠ uma atribuir a Deus uma categoria de 6- Deus ĂŠ transformado em Ă­doproibição Ă  adoração de ou-tros neutralidade, e, portanto, des- lo quando as expectativas que      Q%  personalizĂĄ-lo. Deus ĂŠ EspĂ­rito se tĂŞm a respeito dele geram ao que nĂŁo existem outros deuses. Pessoal. redor de questĂľes meramente Na verdade, os outros deuses circunstâncias, pois o reino de sĂŁo fabricação da mente huma- 4- Deus ĂŠ transformado em Deus nĂŁo ĂŠ comida nem bebida, na, isto ĂŠ, Ă­dolos. Ă­dolo quando o relacionamento isto ĂŠ, nĂŁo estĂĄ circunscrito Ă s Toda vez que Deus ĂŠ comparado com Ele ĂŠ fundamentado em re- questĂľes efĂŞmeras e materiais. com â&#x20AC;&#x153;outros deusesâ&#x20AC;?, mesmo laçþes de mĂŠrito e demĂŠrito, pois Deus ĂŠ Eterno. A inteligĂŞncia do mandamento diz que qualquer tentativa de reduzir Deus a uma imagem implica transformĂĄ-lo em um Ă­dolo. Deste pecado, entretanto, muitos cristĂŁos sĂŁo rĂŠus de juĂ­zo. SenĂŁo observe:

7- Deus ĂŠ transformado em Ă­dolo quando ĂŠ submetido a obrigatoriedades determinadas pela conveniĂŞncia humana, pois `   _     si mesmo e ĂŠ transformado em

      `   soberano. 8- Deus é transformado em ídolo quando em seu nome se faz exigência de sacrifícios humanos, pois Deus não se alimenta de vidas humanas, sendo Ele mesmo o doador e mantenedor da vida. Deus é amor. 9- Deus é transformado em ídolo quando é submetido a qualquer regra de qualquer ordem. Deus é incontrolável. 10- Deus é transformado em ídolo quando se torna objeto de discussão, em detrimento de objeto de devoção e paixão, o que pode acontecer inclusive em Q%   _ $    zendo que Deus é isso e aquilo. Deus é indiscutível. 


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO

7 21


22

7

ARTIGO & ESPORTE

Fifa multa Espanha e Holanda por   

   x    %          

      X   -               

       Z    $    Â&#x2014; [             [      %                

    $  Â&#x20AC;       _   QU

Â&#x161;   Q%                $  $    _             Q% K 

! %  \   _ Q% [        K[    $     ^       -     /  K   $       =       K       {      ?  K      Q   Q% 1 - InterferĂŞncia de RĂĄdio â&#x20AC;&#x201C;     !    K   K   - 3 - ConexĂŁo aleatĂłria na rede  ÂŁ     errada â&#x20AC;&#x201C; ^ ?                ¤ [ _     [ |         Q%    Â&#x201A;     %     [   K      $  _         _    -      /!!ÂĽ`= {

 $ Â&#x20AC;      Q%             Q%        

       Â&#x2014; [  x  Q%           ¤   %      $  K    Â&#x20AC;          QU   ¤   

ÂĽ     Â&#x20AC;          x    K      %   _%     $             $     ?   

2 - Alcance ou potência insu ¥              ¤     

&                 Q    $      K [     $      

x  QU Â&#x2014; [  [   K  $       X  x      Â&#x20AC;     $  -

Envie suas dĂşvidas, elas serĂŁo respondidas e publicadas: contact@macpcsolution.com Contatos tel.212.202.0471

!" #$%!!"& )          $        {x ' {  Â&#x153;  !Â&#x17E; Â?xÂ&#x153;' ]Â&#x2026;Â&#x2026;~  xÂ&#x17E;Â&#x161;'   Â&#x2DC; ' ÂŚ];~Â&#x2026;Â&#x2026;

   

x Q%       6Â&#x2026;Â&#x2026;Â&#x2026;Â&#x2026;   \Q /~<}< =    >  6Â&#x201E;Â&#x2026;Â&#x2026;Â&#x2026;   \Q /6Â&#x203A;Â&#x2026;Â&#x203A;Â&#x2026; =        ?    ^  Â   Â&#x20AC;       x    %

     U   $   >               4  >  

  ? Â&#x161; [      $               Â&#x201E;]              $  (           QU    $  %       $ +

Z    K     ' (        K         ?Z ?  Â&#x203A;j             $            /%    4 Â&#x201A;    $  

 =+       Fonte: Reuters Brasil


ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

23


24

ONDE ESTIVER UM BRASILEIRO, ALI ESTARÁ O MENSAGEIRO!

Roteiro:

A CARAVANA SAIRÁ DAQUI DOS USA E SE JUNTARÁ A OUTROS MILHARES DE TODAS AS NAÇÕES NA TERRA SANTA!

1- Egito, Pirâmides, Museus 2- Rio Nilo, Mar Vermelho 3- Fontes de Mara, Deserto de Sin 4- Monte Sinai 5- Mar Morto, Festa dos Tabernáculos 6- Jardim do Túmulo, Cidade Velha 7- Getsêmani, Mar da Galiléia 8- Muro das Lamentações, Tanque de Betesda 9- Cenáculo, Monte Carmelo, Cafarnaun 10- Monte das Bem-Aventuranças 11- Museu do Holocausto, Jardim das Oliveiras 12- Porta de Damasco, Porta Dourada, Escada do Templo 13- Via Dolorosa e muito mais...

O Apóstolo Almir Passoni como Embaixador da Embaixada Cristã em Jerusalém nos USA, tem como objetivo despertar a consciência cristã que, quando subimos a Jerusalém, estamos fazendo parte de uma profecia e, através de orações e atos proféticos na nação escolhida por Deus, nossa história nunca mais será a mesma.

Quando subimos para Sião, estamos cumprindo uma profecia e estamos atendendo ao convite do nosso Rei, o Senhor Jesus, para participar de sua festa.

MAIORES INFORMAÇÕES:

Isaías 35:10: Os resgatados do SENHOR voltarão e virão a Sião com cânticos de júbilo; alegria eterna coroará a sua cabeça; gozo e alegria alcançarão, e deles fugirá a tristeza e o gemido.

ou no site: www.manancialny.org www.mir12.com.br

(914) 595-2192


Número 201