Page 1

VENÂNCIO AIRES Sábado 5 de novembro Edição 109, ano 2 Distribuição Gratuita OLÁ Venâncio

@ola_jornal

Sábado:

Ensolarado Mín: 13° máx: 30° Domingo: Ensolarado, o amanhecer será ameno e a tarde de calor. Mín: 14° Máx: 31° Fonte: CIH/UNIVATES

05nov Sábado • DJ PABLO FELTEN • DJ ADERSON HEINEN • DJ ENRI FERNANDES

OLÁ ACOMPANHA EQUIPE DO IFSUL EM SÃO PAULO

REPASSE DE EMENDAS PARLAMENTARES ESTÁ ATRASADO

PÁGINA 5

PÁGINA 6

HOSPITAL E CONCURSO PAUTAM TRANSIÇÃO DE GOVERNO PÁGINA 6

EM SANTA CATARINA ASSOEVA JOGA POR VAGA NA SEMIFINAL DA LIGA O Olá Jornal está em solo indiano, de onde o correspondente Guilherme Siebeneichler traz as informações da 7ª Conferência das Partes (COP7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco. Durante seis dias o futuro da cultura do tabaco estará nas mãos de representantes de governos de 180 países. PÁGINA 3

PÁGINA 7


2

WWW.OLAJORNAL.COM

SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

2016

METAS Como presidente, ele pretende dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido e demonstra maior preocupação com os riscos que corre a previdência rural. “Queremos manter as conquistas. Embora haja abertura do governo federal, vemos dificuldades em avançar. A PEC 241 também angustia porque congela investimentos na agricultura familiar”, afirma. Cláudio agradece o apoio recebido e espera continuar com esse

PASSE LIVRE A Administração Municipal recebeu recentemente, do governo do Estado, quatro parcelas atrasadas referentes ao Passe Livre Estudantil dos meses de agosto, setembro, outubro e novembro de 2015. Os estudantes que aderiram ao programa nesse período podem conferir se seu nome está entre os contemplados através do sitevenancioaires.rs.gov.br no link Serviços Utilizados/ Passe Livre Estudantil. Para fazer jus ao benefício, o estudante deve ter conta corrente ativa no Banrisul, agência de Venâncio Aires, e apresentar comprovação fiscal com data do mês que utilizou o transporte. O período para os estudantes entregarem a prestação de contas referente a cada mês, será de 7 a 18 de novembro de 2016, diretamente na Secretaria Municipal de Educação, que atende de segunda à sextafeira, das 7h30 às 13h30. (AI PMVA)

AI PMVA

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Venâncio Aires está sob nova direção. Cláudio Fengler é o novo presidente da entidade, eleito em assembleia no dia 28 de outubro. Cerca de 120 pessoas participaram sendo que 90 estavam aptas a votar. Foram 87 votos no sim e 3 abstenções. Cláudio que já atuava há oito anos na diretoria, no Conselho Fiscal e depois na tesouraria, substitui Elemar Walker, presidente por 20 anos. Mas sua vida como associado iniciou aos 18 anos, como plantador de fumo em Linha Brasil. “Aprendi o valor da força sindical com meu pai que é sócio-fundador e valorizava muito o sindicato”, lembra.

Divulgação/ STR

CLÁUDIO FENGLER É O NOVO PRESIDENTE DO STR

POSSIBILIDADE DE NEGOCIAR DÍVIDAS

Elemar Walker, Sandra Wagner e Cláudio a frente do STR respaldo perante à comunidade.

CÂMARA Esta será a primeira vez que o STR terá uma cadeira na Câmara de Vereadores. A secretária Sandra Wagner foi a terceira mais votada nas Eleições 2016 e dividirá a função que exerce há oito anos com a novo desafio no Legislativo. Sandra pretende estender à Câmara o trabalho que realiza no sindicato. “Fomentar mais o cooperativismo e o associativismo. Usar a política para a realidade do agricultor, buscar para tornar realidade”, explica.

LEGADO O ex-presidente Elemar Walker

LUTO OFICIAL

O prefeito em exercício, José Ademar Melchior, decretou na manhã de sextafeira, 4, luto oficial de três dias em Venâncio Aires em homenagem à memória do músico e tradicionalista Arnildo Bento da Silva, falecido nesta quinta-feira, 3, aos 85 anos de idade. O decreto destaca a personalidade e trajetória de Arnildo, radialista e cidadão emérito de Venâncio. O homenageado era músico e divulgador da cultura tradicionalista. Foi patrono da Semana Farroupilha em 2011 e durante 50 anos apresentou, nas manhãs de domingo, o programa “Bom dia Rio Grande”, na RVA AM. Arnildo também fez parte da políticalocal, elegendo-se por duas vezes vereador: em 1976 e 1982.

Prefeitura possui mais de três mil ações de cobranças aptas a negociar

COM DESCONTO DE JUROS E MULTAS atuará como tesoureiro nessa gestão. A frente a entidade por 20 anos, ele se diz feliz por ter contribuído além de desempenhar uma atividades que só lhe trouxe alegrias. “Formamos uma equipe unida e obtivemos esse resultado desde 2000 sempre em crescimento”. Elemar lembra da importância da atuação do sindicalismo na obtenção do direito a aposentadoria rural, conquistada em 1988, mas em vigor somente desde 1992. “Foi uma luta para pagar, fizemos muitas mobilizações. Assim também pela emancipação da mulher rural, que até então não era reconhecida como profissional do campo. Não tinha nenhum direito, nem auxílio maternidade”, lembra.

PALESTRA CACIVA Com a aproximação da data de maior movimentação no comércio, a Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Venâncio Aires (Caciva), em parceria com o Sebrae, realiza no dia 16 deste mês, a palestra “Como aumentar as vendas em datas especiais e comemorativas”. O objetivo do encontro é auxiliar os participantes a potencializar as vendas aproveitando os movimentos que aquecem o mercado e criando oportunidades com foco no perfil de seus clientes. Entre os temas abordados estarão: Planejando datas comemorativas e especiais; Criatividade em promoções e motivos; Organizando o ponto de venda; Divulgando as ações comerciais; entre outros. A palestra acontece a partir das 19h, no auditório da Caciva. O investimento é de dois litros de leite. Informações e inscrições pelo e-mail comunicação@caciva.com.br, ou pelo telefone 3741-2383, com Manoela.

A Administração de Venâncio Aires está buscando a negociação com contribuintes endividados para evitar novos protestos em cartório, inscrições no SPC e ajuizamento de cobranças judiciais nesse final de ano, o que gera a possibilidade, em última instância, de penhoras de bens móveis e imóveis, entre outras medidas judiciais. Para isso, abriu prazo até 14 de novembro para que as pessoas em débito com o Município, ajuizado ou não, procurem a Secretaria da Fazenda ou o Anexo Fiscal, localizado junto ao Fórum, em busca da melhor data para pagamento. O programa de Bom Pagador permite 50% de desconto de juros e multas para quem deseja quitar sua dívida em parcela úni-

ca. Muito visado para quem busca desconto extra no IPTU 2017, a campanha do Bom Pagador esse ano se amplia para beneficiar todas as dívidas, seja IPTU, ISS, Contribuição de Melhoria, Habitacional, Promagro, entre outras. Com a Lei 12.767, de dezembro de 2012, que autoriza os entes públicos a protestarem suas certidões de dívida ativa, o Município de Venâncio Aires já encaminhou mais de 700 certidões para protesto em cartório e inscreveu 89 contribuintes no SPC, restringindo assim o crédito para comércio, por exemplo, enquanto a situação não seja regularizada. Os telefones para informações são 3983-1000 (Fazenda) e 3983-1107 (Anexo Fiscal). (AI PMVA)

PROGRAME UMA REVISÃO NO SEU AR, PARA NÃO FICAR NA MÃO NESTE VERÃO. No inverno o ar condicionado é pouco usado, isso faz com que ele acumule sujeira que pode prejudicar o seu funcionamento quando o verão chegar

Rua Sete de Setembro, 1501 | e-mail: sulserv@gmail.com Fone: 3741-2149

LÚCIO LUIZ KONZEN Engenheiro Civil

RAYMUNDO KONZEN Arquiteto e Urbanista

VANESSA ZART

Arquiteta e Urbanista Av. Ruperti Filho, 1191 Fone: 3741 5672

Olá pra quem - Para todos os venâncio-airenses, no impresso duas vezes por semana (quartas-feiras e sábados) e no online todos os dias no olajornal.com Quem diz Olá - Janine Niedermeyer, Maicon Nieland, Guilherme Siebeneichler e Gean Paulo Naue Diga Olá – olavenancioaires@gmail.com | fone: 51 3741-7415 ou 9814-6802 Olá pra você através da Gráfica Treze de Maio


SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

2016

3

WWW.OLAJORNAL.COM

REGIÃO DE OLHO NA CONFERÊNCIA DAS PARTES

PARA O CONTROLE DO TABACO As atenções se voltam para a 7ª Conferência das Partes do Controle do Tabaco. Representantes locais e regionais viajaram para a Índia para defender a cadeia produtiva. O jornalista Guilherme Siebeneichler do Olá Jornal acompanha todos os detalhes da conferêcia. Uma parceria com a Rádio Santa Cruz AM também possibilitará maior transmissão de conteúdo jornalístico para a região. A troca de informações se derá por boletins radiofônicos diários em três oportunidades ao longo da programação da emissora.

Impostos

O aumento dos impostos sobre os produtos derivados do tabaco é, ainda, a medida mais defendida pelos representantes do setor da saúde para coibir o consumo de cigarros. No Brasil o imposto sobre o cigarro alcança os 70%. A proposta do secretariado da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco é de ampliar esse percentual para mais de 80%, em todos os 180 países que integram o tratado global. Na Índia, por exemplo, a maior taxação é apontada como alternativa para reduzir o comércio de produtos com fumo. Os indianos taxam o tabaco em 69%, porém, há diferentes percentuais para cigarros e outros derivados, como beedi, espécie de charuto. A análise dos 11 anos de convenção colocará em debate a situação dos tributos e qual a eficácia deles para o controle do tabagismo.

Indústria e agricultores

Os debates da COP7 na Índia têm mobilizado entidades representativas dos produtores agrícolas e também da indústria indiana. Assim como já ocorreu em outros países, incluindo o Brasil, que solicitou ao governo participação dos representantes da cadeia produtiva nas discussões. Nesta semana, a Confederação da Indústria Indiana (CII) solicitou ao Ministério da Saúde do país asiático para que as partes interessadas, incluindo os fumicultores, sejam convidadas a integrar os debates. De acordo com a CII, a participação adequada de todas as partes interessadas ajudará a chegar a uma posição equilibrada e pragmática em várias propostas e orientações da conferência.

Primeiros dias

A maior parte dos representantes brasileiros chegam no território indiano no sábado, 5. O domingo já será de compromissos para os representantes da cadeia produtiva do tabaco e jornalistas. É a partir do dia 6 que abre o período de credenciamento e retirada das credenciais de participação. Os jornalistas já estão com autorização, porém, são incluidos como público e podem ser barrados, a partir de votação entre as delegações dos países. Já os representantes do setor buscam garantir participação como observadores. Entretanto, este tipo de credencial também pode ser suspensa, a partir de acordo com as demais delegações. Ainda há incertezas quanto a entrada de deputados e representantes da indústria. Diferente do que ocorreu em Moscou, quando houve liberação no primeiro dia do evento, neste ano a situação pode ser mais dificil, especialmente pela logística do evento, que ocorre em um grande espaço de exposições, que pode deixar na rua, literalmente, pessoas que não tiverem credencial.

O futuro da produção de tabaco está em debate a cada dois anos. Em 2016, a 7ª Conferência das Partes (COP7) da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (CQCT) ocorre em Nova Delhi, na Índia. Restrições ao plantio, modificações em acordos bilaterais e embalagens genéricas são alguns dos itens em avaliação no tratado global que traça ações conjuntas para os 180 países integrantes. A delegação brasileira é quem participa das plenárias de discussões durante os seis dias de conferência. O grupo é formado por representantes dos ministérios brasileiros e agências reguladoras. Sendo que os ministérios da Saúde, Agricultura, Relações Exteriores e Casa Civil possuem maior voz entre os membros do país. O consumo de cigarros é classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como epidemia. Aumento de impostos, restrições de crédito para lavouras de fumo e proibições de publicidade são algumas medidas já colocadas em prática, na tentativa de diminuir este consumo. Entretanto, os representantes do setor destacam que estas ações restritivas resultaram no crescimento do comércio ilegal. Neste ano a realização da convenção ocorre na Índia também pela importância econômica do tabaco no país asiático. Os indianos são os segundos no ranking de exportação do produto, ficando atrás apenas do Brasil. Para garantir diálogo e defender os interesses dos produtores de fumo, deputados, entidades e lideranças políticas foram ao evento mundial. Apesar dos esforços, a participação do público e imprensa não está garantida pela organização da COP7.

O QUE ESPERAR?

Estarão em debate neste ano na conferência, novamente, as políticas de diversificação das lavouras. Este tema já foi discutido na edição passada, em Moscou na Rússia. Embora este assunto cause preocupação, o debate mais importante, para a indústria, será a retirada do tabaco dos produtos ligados à exportação e que atualmente estão entre os itens de debate da Organização Mundia do Comércio (OMC). “Este ponto poderá modificar as relações bilaterais do Brasil e da indústria, prejudicando o setor como um todo. O tabaco é um produto mercadológico, e

precisa ser mantido neste patamar,” argumenta o secretário da Afubra e conselheiro da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, Romeu Schneider. Outro ponto polêmico é a implantação das embalagens genéricas para os produtos derivados do tabaco, sem marca ou apelo visual. “Se isso for colocado em prática haverá um aumento significativo do comércio ilegal. Atualmente 35% do cigarro vendido no Brasil é contrabandeado,” argumenta.

TEMAS EM DEBATE NA COP7 • Inclusão do comércio de tabaco na OMS e não mais na Organização Mundial do Comércio (OMC) • Alteração dos níveis de nicotina e ingredientes que compõe o produto • Responsabilização da indústria pelos malefícios do cigarro • Maços e carteiras de cigarros genéricas • Participação de produtores nas próximas conferências • Diversificação e proteção ambiental nas lavouras de fumo • Comércio de cigarros eletrônicos

MOBILIZAÇÃO

Ainda que sem participação garantida, diversos representantes da cadeia produtiva embarcam rumo a 7ª Conferência das Partes (COP7), momento em que as delegações dos Estados Partes discutem e aprovam diretrizes

para orientar os países na adoção de medidas nacionais. “Por várias vezes a cadeia produtiva precisou se mobilizar para não ser afetada. Mesmo sendo impedidos de participar, precisamos nos manter alertas para não sermos pegos de surpresa com medidas que possam ir contra a produção, a renda e o emprego de milhares de brasileiros,” destaca o presidente do Sinditabaco, Iro Schünke. Segundo ele, mesmo sendo um braço da ONU, há falta de diálogo com todos os segmentos envolvidos na produção e comercialização de tabaco. “Essa é única conferência do mundo sob alçada da ONU em que os maiores interessados não podem participar, ferindo preceitos básicos de democracia e transparência. É preciso acompanhar, debater e cobrar das autoridades a maior participação do Brasil em decisões estratégicas para a economia de centenas de municípios da Região Sul.”

RESPONSABILIZAÇÃO

A queda de braço entre indústria e setor da saúde ocorre desde o início do tratado. A responsabilização das empresas que comercializam cigarros é um artigo que poderá ser incluído no tratado global. Durante evento preparatório em Brasília, no início de outubro, a diretora-executiva da Aliança de Controle do Tabagismo (ACTBr), Paula Johns, destacou a necessidade de separar o mercado da saúde pública. “É preciso pensar nas mortes causadas por esse consumo, e nos prejuízos aos cofres públicos.” Consenso entre os dois lados, o protocolo global de combate ao mercado ilegal de cigarros segue em pauta. O presidente Michel Temer assinou o documento, agora o Congresso Nacional precisa aprovar a ratificação. Este tema será debate na conferência se 40 nações confirmarem participação. Por enquanto são 23 países. Se todos assinarem será realizada uma reunião, após a COP7, também na Índia para discutir o tema.

IMPORTÂNCIA

O Brasil tem papel de destaque no comércio mundial de tabaco, pois é o maior exportador. Por isso, medidas adotadas na COP7, em Nova Delhi, podem resultar em prejuízos econômicos e sociais, já que a cadeia produtiva envolve 190 mil famílias agricultoras no país.


4

WWW.OLAJORNAL.COM

SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

TRÊS BANDAS DE VENÂNCIO

2016

FILMES Arquivo AI PMVA

Fotos Divulgação

QUALIFICADAS AO VIVA UNISC

Garotada da Identidade Zero é um dos grupos a representar o município O 3º Festival Viva Unisc em Santa Cruz do Sul ocorre no próximo dia 10 de novembro e as bandas classificadas foram conhecidas na quinta-feira, 3. Dos dez grupos que subirão ao palco no Centro de Convivência da Universidade, três são de Venâncio Aires (Identidade Zero, Locomotiva Elétrica e Tipum Reggae).

ano, além do troféu para cada um dos grupos, os três primeiros serão contemplados com prêmios especiais. O campeão, por exemplo, ganhará a gravação de duas faixas musicais, sendo uma de autoria própria e outra de livre escolha, mixadas e masterizadas, no estúdio Bola de Venâncio Aires.

Estarão presentes ainda cinco bandas de Santa Cruz, uma de Rio Pardo e uma de Santa Maria (confira no box a relação das participantes). Na data dos shows, a ordem de apresentação será sorteada na hora e local. Com isso, a ideia é de que todos estejam presentes já a partir da primeira participação, às 12h.

Ganhará também, um videoclipe para web da música autoral, gravado pela Produtora Pé de Coelho de Santa Cruz do Sul. O 2º lugar garante a gravação de duas faixas musicais de livre escolha, mixadas e masterizadas e o 3º de uma canção.

Como é a 3ª edição, o histórico de campeões ainda é recente, sendo que em 2014 a banda Vulgar de Lajeado levou a conquista para casa e no ano passado, o grupo venâncio-airense Dozeduro, com seu rock bagaço e oito anos de estrada.

REGULAMENTO Em termos de premiação neste

SELECIONADAS: • BANCA 51 • HUSKS • IDENTIDADE ZERO • KAYANA • LOCOMOTIVA ELÉTRICA • ROCKET • SANTA VADIA

Filme: O Lobo do Deserto Onde: TeleCine Cult Dia/Horário: 05/11, às 22h Duração: 1h40min Classificação: 14 anos

O homem mais procurado do mundo / Onde: Cinemax Dia/Horário: 06/11, 19h05 Duração: 1h30min Classificação: 14 anos

Abaixando a Máquina 2 Onde: Canal Brasil Dia/Horário: 07/11, às 22h Duração: 1h30min Classificação: 12 anos

“Theeb” significa lobo em árabe. É o nome do protagonista e o título da coprodução internacional que foi indicada ao Oscar 2016 de melhor filme estrangeiro (representando a Jordânia) e que, no Brasil, foi batizada O Lobo do Deserto.

Baseada na história real “O homem mais procurado do mundo”, se foca na ação conjunta da CIA em parceria com os operativos das forças especiais do Exército norte-americano, os chamados SEALs. Os fatos revelados no filme, não foram “confirmados ou negados” pelos oficiais da Casa Branca. Em operação no Paquistão, eles estão em busca das pistas que enfim vão levar o governo dos Estados Unidos ao seu maior inimigo: trata-se do terrorista Osama Bin-Laden, considerado o mentor dos atentados terroristas ocorridos em território americano em 11 de setembro de 2001.

O documentário “Abaixando a Máquina 2 – No Limite da Linha” foi lançado em março deste ano e discute o impacto dos protestos de 2013 no jornalismo carioca, reunindo diversos profissionais de comunicação, da mídia alternativa e manifestantes.

No longa, o diretor britânico-jordaniano Naji Abu Nowar vira do avesso o clássico Lawrence da Arábia (1962). O menino Theeb e seu irmão mais velho Hussein são dois beduínos que guiam um forasteiro britânico pelo deserto em meio à Revolta Árabe (191618) contra o Império Otomano, que está inserida no contexto da I Guerra Mundial.

LEITURA

• TIPUM REGGAE • TRANSMUTE

O título da vez é um outro daqueles achados bacanas pra apreciar a literatura nacional e mais precisamente gaúcha, com Carol Bensimon de 34 anos. Escritora e tradutora nascida em Porto Alegre, em 2008 ela lançou “Pó de parede”, sua primeira obra, que agrega três contos. Nas três histórias separadas por “A Caixa”, “Falta Céu” e “Capitão Capivara”, as personagens encaram com sarcasmo e delicadeza as suas desilusões, revelando o lado melancólico da juventude. O livro foi publicado originalmente na Argentina pela Dakota Editora.

• VENDA VELHA

IECLB PROMOVERÁ CINE SHOW A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil de Venâncio Aires, no centro da cidade, promoverá no dia 27 deste mês a primeira edição do chamado “Cine Show”. Maestro da Orquestra Municipal e integrante da Orquestra da igreja luterana, Daniel Böhm destaca que a programação na data, que será em um domingo, vai iniciar no fim da tarde - em horário ainda a ser definido - para transcorrer ao longo de cerca de 1h30min.

Após dez anos do lançamento do primeiro ‘Abaixando a máquina’, que aborda as questões éticas da profissão, a sequência relembra a morte do cinegrafista Santiago Andrade e traça uma análise dos movimentos a partir da opinião de jornalistas como Ricardo Boechat e Ascânio Seleme; de manifestantes; do político Marcelo Freixo, entre outros.

Segundo o músico, a proposta é de que o grupo apresente de forma instrumental, temas principais e segundários de filmes conhecidos pelo público, onde projeções de cenas serão feitas na parede em paralelo as canções. Daniel Böhm afirma que o evento surge com a proposta de ser desenvolvido anualmente. A programação terá entrada franca para a comunidade prestigiar.

“A Caixa” conta a história de Alice e de seus amigos, Tomás e Lau-

ra, em uma fase da vida bastante conturbada, a adolescência. Essa história, porém, é contada do ponto de vista adulto tanto quanto do adolescente. O segundo conto, “Falta Céu”, versa sobre o choque da modernização urbana sobre os habitantes de uma cidadezinha do interior, principalmente Lina, uma adolescente. O terceiro conto é “Capitão Capivara”. A história é contada a partir de dois focos: Clara, a aspirante a escritora e Carlo Bueno, um escritor decadente que largou a veia crítica da literatura para vender-se à literatura policial propagandística.

HORÓSCOPO ÁRIES

TOURO

GÊMEOS

CÂNCER

LEÃO

VIRGEM

As situações que você enfrenta em seu dia a dia requerem soluções rápidas mas você precisa continuar a agir com prudência para não se expor a situações de risco. Afaste as dúvidas de sua cabeça e comece a planejar os próximos passos para que você alcance suas metas com sucesso. Permita-se sentir-se bem.

Esse não é um bom momento para se lançar em novos empreendimentos pois as configurações astrológicas sugerem prudência. Melhor diminuir as suas expectativas.

Os obstáculos que você previa estão mais perto de você e terá que enfrentá-los para se livrar deles de uma vez por todas. Procure relaxar com atividades de lazer.

LIBRA

ESCORPIÃO

CAPRICÓRNIO

AQUÁRIO

Faça alguma atividade física para relaxar: as atividades físicas vão lhe fazer recuperar o bem estar, especialmente se estiver em contato com a natureza.

Algumas situações tomam um rumo inesperado que irão precisar de decisões rápidas e definitivas. Precisa de tolerância e paciência para recuperar o controle da situação.

Pode começar a elaborar novas abordagens para superar os desafios que a vida lhe propõe. Além disso pode começar uma dieta detox para melhorar a sua saúde. Relaxe e aproveite para se cuidar, com atividades físicas leves e cuidados pessoais. Invista também nos seus relacionamentos pessoais. Não desista, somente aguarde com paciência.

Você está enfrentando algumas situações desagradáveis e sua forma habitual de agir pode não dar bons resultados nesse momento. Elimine a ansiedade de sua mente.

Pode desfrutar do apoio e da compreensão de colegas e parceiros para obter bons resultados no âmbito profissional. Poderá surgir um novo amor ou uma amizade sentimental.

SAGITÁRIO

Os seus esforços estão sendo recompensados com pequenos êxitos, portanto se contente e continue em seus esforços para superar os obstáculos que a vida lhe apresenta. Evite conflitos.

PEIXES

Sua energia atrai a colaboração de amigos e parceiros que ficam felizes em ajudá-lo sempre que precisar. Levante a cabeça e não se abata diante de algumas situações difíceis.


SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

2016

5

WWW.OLAJORNAL.COM

EQUIPE GEFISUL PARTE RUMO À PRIMEIRA ECO-MARATHON DA SHELL NO BRASIL

EXPERIÊNCIA

Com 19 anos, Andrei participa pela última vez, mas está envolvido desde o primeiro carro confeccionado e lá já se vão seis protótipos. “Quando estava no 1º ano do ensino médio, o professor Luciano Porto de Lima, começou a organizar uma equipe de estudantes, convidou eu e mais alguns integrantes, apresentou a proposta e construímos um primeiro protótipo para competir na época, a Maratona de Eficiência Energética em Curitiba/PR”.

Andrei Farsen/ Divulgação

O kartódromo Granja Viana em Cotia, São Paulo, vai sediar três dias de uma maratona ‘limpa’. Organizada pela Shell, a Eco-Marathon Brasil vai de 8 a 10 de novembro e entre as equipes que vão circular pela pista, o Gefisul do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), campus Venâncio Aires integra o evento com seu protótipo elétrico. Com uma cobertura in loco, o Olá Jornal foi convidado a estar presente e vai trazer detalhes da programação direto da região metropolitana de São Paulo, através do repórter Maicon Nieland. Quem sabe contar bem a evolução dos veículos do IFSul ao longo dos últimos anos é o estudante Andrei Samuel Farsen do curso técnico de Refrigeração e Climatização. Ele se envolve diretamente nos processos de construção dos chassis, carenagem, fabricação de peças, montagens e a manutenção geral. “Meu trabalho concentra-se na parte prática e de planejamento do projeto”.

Maicon Nieland

Comitiva com alunos e professores do IFSul Venâncio viaja neste domingo, 6, com cobertura do Olá Jornal

Instituição de Venâncio promoverá ações para reforçar os debates

ONG ALPHORRIA PREPARA DIAS

DE CONSCIÊNCIA NEGRA Últimos dias foram de testes do protótipo no campus Conforme Andrei apesar de em 2016 o projeto estar mais enxuto, devido as dificuldades financeiras, a participação em um novo traçado de pista – que é em Cotia – trará um desafio igualitário para todos. “A maioria das equipes participantes da competição são formadas por estudantes de engenharia mecânica das mais diversas faculdades do país, diferentemente de nossa equipe, que é composta por estudantes de ensino médio. Mas nossos resultados nas competições passadas mostram que isto não é um problema, pois deixamos para trás equipes de faculdades renomadas”.

NOVIDADES

Já quem embarca nessa experiência pela primeira vez é o aluno do 1º ano do curso técnico em Informática, Samuel Teixeira, de 15 anos de idade. Além da função específica de ser co-piloto, o jovem conta que colabora de modo mais direto na tradução de regulamentos e documentos “Eles vêm em inglês, então, nós alunos que fizemos parte do pro-

jeto e sabemos falar inglês, fica a nosso encargo”. Ele conta que teve a oportunidade de ingressar no projeto quando o professor e coordenador do curso de eletromecânica, Jordan Trapp passou nas salas à procura de quem tivesse como características ser pequeno, magro e soubesse falar inglês. “Apesar da perspectiva ser boa, não é a perspectiva que comanda o mundo. Eu, particularmente, não conheço os adversários, então, apesar de que haja muita confiança dentro da equipe como um todo, o evento é sempre uma surpresa, e vejo essa surpresa como o melhor de tudo, pois são as experiências que engradecem o homem”, conclui Samuel. Andrei e Samuel embarcam para Cotia, ao lado dos colegas Junior Henrique da Silva (Aluno 4º ano Refrigeração); Eduarda Hackenhaar e Eduardo Mendes da Silva (ambos do 1º ano de Informática) e Carolina Santos Lima (Aluna 4º ano Informática), assim como os professores Jordan Trapp e Juliano Poleze.

Se depender da ONG Alphorria, em Venâncio Aires a semana da Consciência Negra terá quase todo um mês dedicado aos debates de inclusão dos negros na sociedade brasileira. A instituição vai circular com ações por escolas, centro da cidade, biblioteca pública e Secretaria de Educação. Em todo o país, o dia 20 de novembro foi escolhido como uma homenagem a Zumbi dos Palmares, data na qual morreu, lutan-

do pela liberdade do seu povo no Brasil, em 1695. Essa história e muitas outras reflexões a ONG levará pelo município neste mês de novembro. Segundo a presidente Ana Landim, a programação ainda está sendo fechada e confirmada com parceiros, mas a abertura está prevista para o próximo dia 12 (sábado), com ações que englobam a saúde do negro, na Travessa São Sebastião Mártir, na parte da manhã. Confira mais das atividades previstas:

16/11 (Quarta-feira) - Debates sobre cultura africana e afro-brasileira no currículo escolar: 8h - Encontro de Escolas Municipais Infantis na sede da ONG no bairro Aviação; 14h - Encontro na Escola Municipal de Ensino Fundamental São Judas Tadeu, no Grão-Pará; 17/11 (Quinta): 8h - Encontro na Escola Infantil Criança Feliz; 18h30 - Exibição do filme “Mãos Talentosas” na Biblioteca Pública Municipal Caá-Yari; 18/11 (Sexta): Manhã - Palestra com o Professor Dr. Mozart Linhares da Silva, na Secretaria de Educação; Tarde - Encontro na Escola de Ensino Fundamental Otto Brands; 19/11 (Sábado): 8h - Formação de professores e alunos, na Escola Thomaz Pereira, em Linha Taquari Mirim; 20/11 (Domingo): Caminhada alusiva ao Dia da Consciência Negra, da esquina do Posto Ipiranga até a Prefeitura, pela rua Osvaldo Aranha, a partir das 15h, seguido de Mateada na Travessa; 22/11 (Terça-feira): 14h - Oficina em Lajeado, na sede da Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (AAPECAN).

VENÂNCIO BEM BAGUAL CONSELHO ACRESCENTA NOVAS PROPOSTAS Depois do sucesso das apresentações da comédia Cris Pereira Ponto Show, um dos artistas mais queridos do Rio Grande do Sul retorna a Venâncio Aires no próximo dia 24 de novembro com um novo espetáculo. Gaudêncio, um legítimo habitante do campo, figura típica do Rio Grande do Sul, mais grosso que dedo destroncado e com a paciência mais curta que coice, se apresenta na Sociedade de Leituras a partir das 20h30min. O espetáculo bagual tem aproximadamente uma hora de duração, e apresenta “causos” que aconteceram na vida do personagem. “É igual a uma apresentação de comédia

standup, só que mais bagual. E só por isso é melhor”, destaca Gaudêncio. Cris Pereira entrega ao público uma apresentação muito engraçada, que remete aos modelos mais antigos do humor de salão. Um espetáculo fundamentado em piadas e histórias que fazem com que o público se identifique com o personagem, ao lembrar de parentes, amigos e conhecidos. A venda de ingressos antecipados, com 50% de desconto, iniciou na quintafeira, 3, ao preço de R$ 25, na Terra FM e Vanusa Esportes. A atração tem classificação de 14 anos e conta com apoio da Prefeitura e realização da Artistaria Produtora de Humor.

PARA DEBATE NO PLANO DE CULTURA O Conselho Municipal de Política Cultural esteve reunido pela última vez antes da realização da 3ª Conferência Municipal de Cultura, dias 11 e 12 de novembro. Os membros tiveram reunião ordinária na quinta-feira, 3, onde o presidente Daniel Böhm colocou como pauta principal o planejamento de metas para serem apresentadas e votas no evento que ocorrerá na Câmara de Vereadores. Os pontos aprovados na Conferência irão nortear as ações da área de cultura para o municípios no período de dez anos, até 2026. No encontro do dia 3, os membros sugeriram novas questões a serem analisadas e efetivadas

como a realização de um evento anual reunindo escolas no fim de ano, onde poderiam ocorrer apresentações de música e teatro, por exemplo. Outra ideia incluída para avaliação é da promoção de um Festival de Músicas Autorais, com talentos locais.

CELEBRAÇÃO O que também ganhou destaque foi a realização de um evento nos moldes da Virada Cultural, que ocorre em São Paulo. Essa programação ocorreria, em 2017, por exemplo, em 4 de novembro (sábado) nas vésperas do Dia Nacional da Cultura, celebrado anualmente em 5 de novembro. Na mesma data poderia ocorrer

a realização da entrega do Prêmio da Cultura, proposto em debates anteriores. O uso dos R$ 100 mil do Fundo Municipal de Cultura também foi pauta, com o planejamento de como seria a divisão deste valor através de editais. Uma das ideias foi de lançar editais, com valores distintos, como por exemplo, de R$ 3 mil ou R$ 50 mil, onde o grupo, artista ou entidade se cadastraria naquele valor onde melhor contemple seu projeto e assim tentaria ser beneficiado. Essas metas agora serão organizadas pelos membros e Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo para os dias 11 e 12.


SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

6

WWW.OLAJORNAL.COM

2016

REPASSES DE EMENDAS PARLAMENTARES ESTÃO EM ATRASO Valores para obras de pavimentação, ginásios e reformas não estão sendo repassados pelo governo federal. Verbas foram garantidas por indicações de deputados

vale a partir deste percentual. Claramente vemos que o orçamento impositivo, promessa do governo para garantir as emendas, não teve resultado e seguimos o modelo do passado, em que o recurso não chega até os municípios”. Entre os investimentos realizados com emendas parlamentares estão a pavimentação asfáltica de ruas de Vila Mariante, conclusão da Rota do Chimarrão, reforma das praças centrais e término do ginásio de Linha Magueirão. Este último é o caso mais emblemático, com 95,41% concluídas, não há prazo para o repasse final de recursos para entrega da edificação.

ILUSÃO

“De cada dez emendas, 1,3 foi paga, só das impositivas”, relatou o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski ao dizer que é “tudo ilusão, têm 1,5 mil Municípios que nunca receberam emenda”. Por conta dessa realidade o dirigente aconselha os prefeitos a não ficarem correndo atrás de emendas parlamentares, com o pires na mão.

SITUAÇÃO DOS CONVÊNIOS * Ginásio da Linha Cachoeira – 80% do valor já depositado pela União e 94,60% da obra concluída; Ginásio de Mangueirão – 50% do valor depositado e 55,8% da obra finalizada; Rota do Chimarrão – 50% do valor repassado e 75,49% em andamento; Revitalização das praças – 50% já depositado pelo Governo Federal e obra em 24,85%; Reinaldo Schmaedcke – 50% depositado pela União e obra em 40,81%; Pista de Atletismo e Pavimentações em Mariante – Empresas já contratadas. *dados informados pela Prefeitura.

EMENDAS CADASTRADAS E ESPERANDO LIBERAÇÃO DOS MINISTÉRIOS* Caminhão de dejetos – R$ 200 mil (Deputado Elvino Bohn Gass); Silo Secador – R$ 250 mil (Deputado Maria do Rosário); Silo Secador – R$ 250 mil (Deputado Paulo Pimenta); Ginásio Esportes Rincão de Souza – R$ 500 mil (Deputado Sérgio Moraes); Quadra Esportiva – R$ 250 mil (Deputado Carlos Gomes); Pavimentação – R$ 250 mil (Deputado Maria do Rosario); Pavimentação – R$ 250 mil (Senadora Ana Amélia); Caminhódromo – R$ 250 mil (Deputado João Derly).

*dados informados pela Prefeitura.

PREFEITO ATÉ 15 DE NOVEMBRO A Prefeitura de Venâncio Aires estará sob a liderança do atual presidente da Câmara de Vereadores. José Ademar Melchior (PMDB) assumiu na quinta-feira, 3, como prefeito no posto de Airton Artus (PDT) que viajou para Índia, onde integra os debates da 7ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, a COP7. Aos 60 anos de idade, Zecão ficará na função de chefe do Executivo Municipal até 15 de novembro. Enquanto isso, no Legislativo da Capital do Chimarrão, o vice-presidente e vereador Telmo Kist (PSD) assume a presidência da Casa. No ato, foi destacado o trabalho de Zecão em instituições como o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública de Venâncio Aires (Consepro) onde foi presidente por seis anos e junto ao Guarani, clube o qual liderou a diretoria em quatro temporadas. Natural de Sobradinho, Melchior veio para a

Capital do Chimarrão em 1977 e se elegeu vereador em 2008, tendo sido reeleito em 2012.

FUNCIONALISMO

Segundo Zecão, nas conversas com Airton, antes mesmo da posse, as questões de fechamento do ano fiscal do Executivo é que devem nortear sua atuação no período. Umas das pautas envolve a folha de pagamento do funcionalismo. “Sabemos a responsabilidade que se deve ter para deixar as contas fechadas para o próximo administrador. Temos agora uma reunião na Famurs, onde os municípios estão negociando a folha de pagamento com o Banrisul. A secretária da Fazenda, Fabiana Keller deve ir para lá, pois já está inteirada dos assuntos, mas eu preciso também contar muito com o apoio do corpo técnico da Prefeitura, que é qualificado”.

NOVO ENCONTRO DE TRANSIÇÃO DE GOVERNO As equipes de trabalho estiveram reunidas na manhã de sexta-feira, 4, para mais um encontro de transição. O grupo formado pelos administradores eleitos protocolou diversos pedidos de informação voltados, principalmente, ao setor de administração. A equipe busca esclarecer detalhes dos contratos que estão para vencer ou em processo de prorrogação e/ou renovação. Um destes contratos

é o do Hospital São Sebastião Mártir que vence no dia 31 de dezembro. Conforme a equipe do atual governo já tramita na Administração a renovação do convênio, estando em fase de análise dos valores. O contrato com a casa de saúde, por exemplo, pode ser prorrogado por mais 120 dias e então ser analisado e renovado já com a nova gestão. Outro tema deba-

tido foi o concurso público. Em processo de inscrição, o concurso foi projetado pela atual administração e será realizado no dia 12 de janeiro, quando o município já será liderado por Giovane Wickert e Celso Krämer. Com um déficit projetado em torno de R$ 15 milhões para o próximo ano, uma das preocupações dos novos gestores são com os custos, uma vez que a meta é enxugar gastos. (AI Giovane)

Guilherme Siebeneichler

Mesmo tentando evitar o cenário de obras paralisadas no município, as contas federais não fecham e atrasam os repasses para investimentos realizados por meio de emendas parlamentares. Segundo levantamento da Central de Projetos da prefeitura de Venâncio Aires, atualmente cinco investimentos públicos estão com recursos atrasados. A situação não é realidade só da Capital do Chimarrão. Na última semana, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou levantamento indicando que, das emendas impositivas, apenas 13,5% chegaram as Prefeituras em 2015. Mesmo com a obrigatoriedade, dos R$ 6,1 bilhões autorizados, apenas R$ 828,3 milhões foram efetivamente pagos. Segundo a secretária de Obras e Serviços Pública, coordenadora da Central de Projetos, a situação econômica do país atingiu os repasses por meio de indicações parlametares. Deizimara Souza lembra que a maior parte das obras realizadas com recursos de emendas só saem do papel após depósito de 50% do valor. “A ordem de início das obras só

Reformas das praças centrais foram viabilizadas com emenda parlamentar

ESTUDO CLASSIFICA ESTRUTURA DA 287 E 453 COMO REGULAR Mesmo sendo rodovias com pedágios, a situação da infraestrutura das RSC-287 e 453 não são animadoras. Quem circula pelas principais ligações de Venâncio Aires com a região metropolita ou a serra, sabe que os trechos possuem problemas. O estudo da CNT sobre rodovias analisou a malha do país. Na região foi constatado que os trajetos são regulares. O Rio Grande do Sul tem mais de 1,4 mil quilômetros de rodovias com problemas. Os trechos, equivalentes a 16,3% dos 8,5 mil km da malha gaúcha, têm o estado geral considerado ruim ou péssimo. A quilometragem é inferior à registrada no ano passado, de 2,1 mil. Na região, a RSC-287 este ano teve analisada 183 quilômetros de extensão. Nos quatro quesitos avaliados (estado geral, sinalização, pavimento e geometria) o trecho foi considerado regular. A análise teve uma diferença quando comparada com 2015. Na seção geometria,

no ano passado foi considerada boa. A RSC-453 teve 252 quilômetros avaliados, quase 50 quilômetros a mais que em 2015. Nas análises do estado geral da rodovia e sinalização, o diágnostico apontou como regular. O pavimento da estrada é considerado bom e a geometria ruim. No ano anterior, todos os itens tiveram avaliação regular. Quase metade da malha gaúcha tem a situação geral considerada regular, pouco mais de quatro mil quilômetros, o equivalente a 46,4% do total. Apenas 396 km (4,6%) têm o estado considerado ótimo e pouco menos de 3 mil (32,7%) foram avaliados como em boas condições. O Rio Grande do Sul é o Estado que mais necessita de investimentos em rodovias da região Sul do país. Ao todo são R$ 5,75 bilhões para a reconstrução, restauração e manutenção das rodovias avaliadas pela Pesquisa CNT de Rodovias.


SÁBADO

5 DE NOVEMBRO

2016

7

WWW.OLAJORNAL.COM

GARANTIDO NAS SEMIFINAIS DA OURO, ASSOEVA

BUSCA FICAR ENTRE QUATRO MELHORES DA LIGA

A derrota por 3x2 em Venâncio Aires no jogo de ida, dia 23 de outubro, coloca a Assoeva na obrigação de vencer os donos da casa, que com um empate já se garantem nas semifinais. Missão desafiadora, já que o Joinville tem apenas uma derrota em casa na competição, após dez partidas disputadas. Na outra ponta, o time da Assoeva tem apenas uma vitória em dez confrontos longe do Poliesportivo. “A gente tem que passar pela defesa deles e por aquela torcida né? Que é também bem complicada. Eles vão apoiar e perderam só uma em casa, que foi para o Atlântico de Erechim”, salienta o goleiro Quinzinho. O elenco da Assoeva chegou já na quinta-feira, 3, a cidade catarinense e um retorno importante ao time deve ser o fixo e

LNF/ Divulgação

Se a pressão da torcida diante do Juventude em Caxias do Sul não impactou a Assoeva/Unisc/ALM na vitória por 3x2 contra os donos da casa pelo estadual, o time do técnico Fernando Malafaia deve seguir a mesma linha jogando em Santa Catarina, contra o JEC/Krona pela Liga Nacional, onde precisa da vitória no tempo normal, para levar o duelo à prorrogação.

Maicon Nieland

Equipe de Venâncio joga no horário do almoço, precisando vencer para levar jogo à prorrogação

Assoeva precisa reverter derrota em casa para levar duelo até a prorrogação em Santa Catarina

ESTADUAL

Joinville x Assoeva 05/11, 11h15 Gin. Cau Hansen-SC SporTV

O mesmo Atlântico será o adversário da Assoeva nas semifinais da Série Ouro de Futsal.

Demais duelos

As datas ainda serão definidas, mas o primeiro jogo será em Venâncio Aires e a volta em Erechim. No outro lado, a ACBF de Carlos Barbosa e Asif de Ibirubá irão jogar por vaga na final.

Sábado, 5: Intelli x Magnus (17h) 1º jogo – Magnus 4x1 Intelli Domingo, 6: Copagril x Floripa (12h)

A Assoeva encerrou a 2ª fase em 2º lugar na chave 4, com 16 pontos, enquanto o Atlântico terminou em 1º na chave 5, com 19 pontos, após oito jogos cada.

1º jogo – Floripa 3x6 Copagril capitão Boni, que não pode jogar a primeira partida em função de lesão. Na Liga, o primeiro semifinalista foi conhecido na noite de sexta-feira, 4, quando Corinthians e Atlântico jogaram em São Paulo, após o empate por 2x2 no duelo de ida, em Erechim.

Na classificação geral, somando todas 1ª e 2ª fases, o time da Capital do Chimarrão tem a 3ª melhor campanha, com 43 pontos. Atlântico e ACBF somam 49 cada.

RODADA DECISIVA CONTRA O REBAIXAMENTO

Se o Grêmio jogou todas as suas fichas para chegar a final da Copa do Brasil, no lado do Internacional, após cair nas semifinais do torneio mata-mata contra o Atlético-MG, mais do que nunca o foco será a corrida para escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Restando cinco rodadas para a competição terminar, o Colorado tem ainda três jogos fora e dois em casa, sendo que com exceção do Cruzeiro todos os demais adversários estão na parte de cima da tabela. E o desafio maior deve estar justamente nesta rodada, onde a equipe enfrenta o líder Palmeiras em São Paulo.

Palmeiras x Inter 06/11, 17h Allianz Parque Premiere Grêmio x Sport 07/11, 20h Arena, Porto Alegre Premiere A eliminação para o Galo, ao menos trouxe como fator positivo, o bom desempenho no empate em 2 a 2 com o Atlético, que servirá de modelo para o time se manter na elite do Brasileirão. Em 16º lugar com 38 pontos, o Inter tem dois a mais que o Vitória, 17º e primeiro no Z-4. No lado Tricolor, os olhos se voltam exclusivamente a busca

Ricardo Duarte/ Inter

Atuação diante do Atlético em Minas é alento para trazer bom resultado contra o líder

do pentacampeonato da Copa do Brasil. Finalista do torneio, o Grêmio soube nesta sexta-feira, 4, que fará o primeiro jogo da final contra o Atlético-MG fora, dia 23 de novembro. A volta será dia 30 deste mês na Arena. No Brasileiro, o time treinado por Renato Gaúcho tem jogo isolado na segunda-feira, 7, contra o Sport em casa. Os visitantes vêm para vencer, já que com 40 pontos e o 14º lugar na tabela, ainda possuem chances de voltar ao Z-4. Já o Grêmio está em banho-maria, pois concentrado na Copa do Brasil já soma três empates seguidos. São 49 pontos e a 8ª colocação. 34ª RODADA - SÁBADO, 5: Flamengo x Botafogo (17h) São Paulo x Corinthians (19h30) Ponte Preta x Santos (21h) DOMINGO, 6: Vitória x Atlético-PR (17h) Cruzeiro x Fluminense (17h) Santa Cruz x América (17h) Coritiba x Atlético-MG (19h30) Chapecoense x Figueirense (19h30)

No basquete, Guarani termina 1ª fase em Cruz Alta, contra o Clube Arranca

NOVO CAPÍTULO ADMINISTRATIVO DO GUARANI AINDA EM ESPERA Se no futebol existe a tríplice coroa, com a conquista de três troféus por um mesmo clube em uma mesma temporada, José Ademar Melchior, o Zecão, pode celebrar em 2016 sua tríplice liderança. Atual presidente da Câmara de Vereadores, o parlamentar também assumiu por 13 dias como prefeito de Venâncio Aires e, ainda em novembro, tudo se encaminha para presidir o Esporte Clube Guarani. No entanto, retornar ao posto de líder da equipe passa por questões que não dependem somente de vontade. Conforme Zecão, as negociações com a nova gestão da Prefeitura a partir de 2017 vão nortear sua decisão em aceitar ou não o cargo no rubronegro, onde foi presidente na conquista do Campeonato Gaúcho de 2002.

CONDIÇÕES “Como nos próximos quatro anos eu não vou participar da política, então acho que me sobra um tempo para assumir o Guarani. Mas isso dependende também do apoio do Executivo. Sabemos que a Federação Gaúcha repassa R$ 100 mil para os clubes da 2ª divisão, tem a venda de patrocínios da camiseta, mas isso não chega. Precisamos de um auxílio do Executivo Municipal para que o Guarani possa fazer uma equipe para poder brigar”, frisa Zecão. Ao falar sobre prazos para que essas definições ocorram, o parlamentar afirmou que espera ver a situação definida o quanto antes. “Em relação ao prazo, eu acho que cada dia que passa, ele fica mais escasso, pois já tem clubes contratando jogadores, treinador e quem larga na frente sempre consegue fazer um plantel mais qualificado. É algo que não podemos esperar muito, a gente precisa agilizar um pouco”. A expectativa é bater o martelo no retorno do prefeito eleito Giovane Wickert, de Brasília, para

“Sem recurso do Executivo é difícil. A gente sabe que será um ano difícil, a crise é grande, isso reflete nos municípios, mas eu vou conversar com o Giovane e o Celso Krämer, pra que a gente possa chegar a um entendimento”, ZECÃO, indicado para presidir o Guarani em 2017 que se saibam valores no qual o Executivo poderá auxiliar. “As administrações anteriores, tanto do Maciel Marasca, quanto do Luiz Assmann Jr., praticamente zeraram as contas do Guarani e temos condição agora de poder brigar para subir”, conclui Zecão.

BASQUETE Enquanto a direção do barco de futebol rubro-negro segue indefinida, no estadual de basquete a cada rodada parece mais reforçado o caminho do Guarani rumo ao título. São sete vitórias em sete jogos, sendo a último em Caxias do Sul, diante dos donos da casa por 80x68. Com os mesmos 14 pontos do Caxias, o time de Venâncio lidera pois venceu os dois confrontos diretos. Com nove pontos cada, hoje também se classificariam para as semifinais, Sogipa de Porto Alegre e Clube Arranca de Cruz Alta. Na última rodada da 1ª fase, o Sogipa recebe em casa o Corintians de Santa Maria, neste sábado, 5, às 17h. Já o Guarani vai jogar fora, contra o Clube Arranca, às 20h da terça-feira, 8. Hoje as semifinais seriam entre Guarani x Arranca em Venâncio e Caxias x Sogipa, na Serra Gaúcha.

CLASSIFICAÇÃO 1º Guarani – 14 pontos 2º Caxias Basquete – 14 3º Sogipa – 9 4º Clube Arranca – 9 5º Corintians – 8

Melhor relação custo benefício do mercado Agendamento online Profissional qualificado para atendimento na Exata Certificado entregue na hora para o cliente Suporte técnico 24 horas, 7 dias da semana

CERTIFICADO DIGITAL Rua Conde D'Eu, 1199 | (51) 3741-7535


Confira a edição deste sábado, 5 de novembro  
Advertisement