Issuu on Google+

Notícias da Encosta Bom 2014!!! Iniciado o novo ano de 2014, cumpriram-se mais uma vez as tradições que lhe são características. CanNESTA EDIÇÃO:

tar as janeiras e assinalar o Dia de Reis, trouxeram mais alegria à nossa comunidade educativa.

Pela Encosta dos 3 Sonhos Pré-2 Colégio Nova 9 Encosta Pré-3 Colégio Nova 11 Encosta 1ºCEB Colégio Nova Encosta

Foram várias as atividades, onde as turmas dos mais pequenos foram desejar um bom ano às turmas do 3ºciclo e ensino secundário. Tivemos também os votos dos

12

Clube da Ciência

13

2º/3º Ciclos e Ens. Secundário

14

Agenda

17

pequeninos da Encosta dos Sonhos, que vieram mostrar as suas coroas e um bom ano desejar. Mais um vez também, fomos visitados pelos centros de dia de Ferreira e de Frazão. A todos, o Noticias

da Encosta, deseja um bom ano!

Ano II Número 5


Janeiras Galeria de fotos

Pรกgina 2

N O T ร C I A S D A E NC O ST A


Pela Encosta dos Sonhos... Berçário, Sala 1 Ano e Sala 2 Anos Depois de um Natal feliz e cheio de prendinhas, voltamos ao trabalho… Para decorar a nossa receção o que melhor do que um lindo painel de Inverno?! Berçário e Sala 1 juntaram-se para elaborar delicados flocos de neve, completando um quadro onde o frio e a amizade aparecem lado a lado de braço dado. Entre tintas e pinturas, carimbos e dedos, o trabalho na creche é sempre árduo, mas muito divertido…

O Urso Rafa A sala 2 também trabalhou o inverno com a ajuda do Urso Rafa. O “Rafa tem frio” foi a história partilhada, numa altura em que lá fora o vento sopra e a chuva bate nas janelas. Para ajudar este nosso novo amiguinho pintámos-lhe gorros e cachecóis para o mantermos quentinho e agasalhado. A brincar com o som da chuva

aprendemos a rimar, com uma lengalenga engraçada que nos pôs a gargalhar. Com os nossos dedos as tintas fizemos deslizar. Nas folhas de papel pingos de chuva estivemos a desenhar. Página 3

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré –1 Encosta dos “Sr. Neves” O inverno chegou à sala do pré-escolar 1, sendo anunciado pelo Sr. Neves, um boneco de neve muito simpático e um bocadinho gordinho. Ele contou-nos uma história e ensinounos uma música muito bonita sobre o inverno. Todos ficamos maravilhados com a música, passando os dias a cantá-la. No final, decorámos um boneco de neve com algodão, para ficar tão fofinho como o Sr. Neves. Olhem como ficaram bonitos os nossos trabalhos.

As vogais

Durante um debate na sala, deparámo-nos que existem meninos de várias cores, mas será que existem meninos azuis e verdes? Não, não existem e quem nos ensinou foi o Miguel, o menino branco da história dos meninos de todas as cores. Ele ensinou-nos que no mundo existem meninos amarelos, castanhos, pretos e vermelhos e

que somos todos iguais, apesar de termos cores de pele diferentes. Por fim, iremos fazer um mundo pequenino para colocarmos os nossos novos amigos que pintámos. Mas como isso vai demorar um bocadinho, no próximo mês mostramo-vos. Página 4

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré1—Encosta dos Sonhos Dia de Reis

O dia de Reis foi comemorado na nossa sala ouvindo uma história sobre os três Reis Magos. Também aprendemos uma música, ensinada pelo professor João, para cantarmos as janeiras, de casa em casa.

Ah… e já nos estávamos a esquecer das nossas lindas coroas, que usámos quando fomos ao Colégio cantar as Janeiras aos nossos amigos mais crescidos. Digam lá que as nossas coroas não ficaram muito bonitas…

Coroas e cores

Como as nossas coroas são muito coloridas resolvemos relembrar as cores, e como cada vez estamos mais crescidos, a professora propôs-nos uma tarefa difícil. Seriamos nós capazes de resolver padrões de cores? Sim, conseguimos resolver padrões com duas e três cores; ficámos todos muito orgulhosos. Vejam lá se não ficaram

muito bonitos os nossos padrões. Será que vocês também conseguiriam fazer?

Página 5

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré 2 Encosta dos Sonhos Ovelhinha dá-me Lã Com a chegada do frio, quisemos descobrir como se fazem as nossas camisolas de lã que tanto nos aquecem nestes dias gelados de inverno. Foi a partir da história “ovelhinha dá-me lã” que começámos a desvendar esta nossa curiosidade. Assistimos a alguns vídeos que nos mostraram de forma simples e clara o ciclo da lã, desde a tosquia até ao tricot. Depois disto, ordenámos sequencialmente todo este processo! Desta forma, é muito divertido aprender coisas novas!

Dia de Reis Depois da época natalícia, chegou a altura de festejar os Reis. Para termos um conhecimento mais próximo de quem foram os Reis Magos estivemos a explorar uma história, que retratou muito bem o passado destes três homens. Contudo, para vivenciar esta época de uma forma mais solene, realizámos umas coroas bem engra-

çadas, que ganharam vida com a pintura e a colagem. Para além das coroas, as aulas de expressão musical foram também dedicadas a este tema e aprendemos a canção de Reis “Boas Festas”, para podermos presentear os nossos amiguinhos do Colégio Nova Encosta com uma atuação em grande! Página 6

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré 2 Encosta dos Sonhos Porque chove? Porque chove? Foi a partir desta questão que demos início a mais um projeto na nossa sala. Com a chuva a espreitar -nos pela janela sentimos a necessidade de saber porque chove e de onde vem toda esta água. Para compreendermos melhor todo este fenómeno, a salpico, gotinha de água da história que ouvimos, explicou-nos que o sol aquece a água e transforma-a em vapor. O vapor sobe e formam-se as nuvens. As nuvens, com a ajuda do vento, deslocam-se e quando se encontram chocam e transformam-se em chuva. Também nos explicou que quando está muito, muito frio essas gotinhas vêm em estado sólido, ou seja em gelo, logo aparece a neve! Depois desta grande descoberta, fizemos uma experiência que nos retratou muito bem todo este ciclo. Aprendemos também que a água se encontra na natureza nos três estados: li-

quido, sólido e gasoso e que chega a todos os seres humanos, graças ao ciclo da água!

Página 7

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré-2 Encosta dos Sonhos

Título do bloco interior Chegou o inverno O tempo arrefeceu mesmo… o inverno chegou oficialmente no dia 21 de dezembro e com ele a poesia invadiu a nossa sala. Para explorarmos esta estação do ano de uma forma mais calorosa, foi-nos recitada uma poesia sobre um guarda-chuva. Era um guarda-chuva branco e azulinho e nós levá-

mo-lo para a rua com muito jeitinho! Ele parece uma onda, de varetas brilhantes e copa redonda. Era leve e dançarino e se o vento soprar fica viradinho de pernas p’ro ar! Era tão divertido este nosso guarda-chuva, e para lhe dar ainda mais vida, decorámo-lo tal e qual como ouvimos na poesia!

Agenda da Encosta

No próximo mês, iremos até à Exponor, para assistirmos à orquestra didática sobre o “Achamento do Brasil”, e também para vermos a peça “Quando for grande quero ser…” vai ser muito divertido. Também estaremos muito românticos, pois aproxima-se o dia de S. Valentim, e continuaremos a trabalhar no nosso mundo para

que possam ver o resultado final, não podem perder, pois não?! Não se esqueçam que no próximo mês, vamos dar asas à imaginação e encarnar a personagem que nos faz sonhar – O Carnaval está a chegar… Página 8 N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pela Nova Encosta... Pré-2 Colégio Nova Encosta O Livro dos Sentimentos

Este mês recebemos na nossa sala a

to?”, entre outras questões práticas de

visita da psicóloga do colégio, a doutora Cá-

situações que ocorrem diariamente,

tia Costa, que trouxe uma atividade para in-

provocando em cada um de nós senti-

troduzir uma temática muito interessante: as

mentos de alegria, tristeza, vergonha…

emoções/ os sentimentos.

Na nossa área de Formação Pes-

Iniciámos esta abordagem com a lei-

soal e Social, temos agora um conjunto

tura e interpretação da história “O Livro dos

de emoções/ sentimentos registados em

Sentimentos”, de Todd Parr, e, posterior-

fotografias individuais, para não nos es-

mente, explorámos as nossas emoções/ os

quecermos que os nossos estados de

nossos sentimentos, respondendo a várias

espírito são muitas vezes consequência

perguntas, por exemplo, “como me sinto

das nossas ações, assim como das atitu-

hoje?”, “quando tenho saudades, como me

des (boas ou menos boas) que o outro

sinto?”, “se um colega não partilhar comigo o

tem em relação a nós.

livro que trouxe para a sala, como me sin-

Página 9

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré-3 Colégio Nova Encosta O Dente do Dinis

O Dente do Dinis era mesmo infeliz,

cima e de lado. Só a escova de dentes não che-

pois não queria ser um dente

ga, necessitamos também da

de leite e cair.

pasta dos dentes, porque

Para que servem os dentes

tem benefícios importantes

de leite?

para os proteger ainda mais,

Descobrimos que são

formando uma placa prote-

dentes que só existem du-

tora de combate às cáries.

rante um determinado tem-

As rimas também fazem par-

po e que depois começam a

te do nosso sorriso, e fize-

abanar, até finalmente caí-

mos mais algumas descober-

rem. Percebemos que tam-

tas de palavras que rimavam

bém é importante escová-los corretamente,

com o Dinis.

ainda que sejam de leite: atrás, à frente, em O Estegossauro O Estegossauro chegou à sala do Pré-3, recebeu o nome de Ólave e usa sapatilhas para viajar no tempo. Fizemos algumas descobertas interessantes sobre quem era este dinossauro: comia arbustos rasteiros e utilizava os seus espi-

Página 10

gões ósseos nas costas para se defender,

Nasceu de um ovo, que era gran-

proteger e também funcionavam para regu-

de e muito pesado. Os ovos tinham que

lar e estabilizar a temperatura do corpo,

ser protegidos pelos seus progenitores,

ou seja, quase que um ar condicionado.

caso contrário podiam ser uma perfeita

Tinha cerca de nove metros de

refeição para outros dinossauros que os

comprimento e quatro de altura, e não era

tentavam roubar. Para isso, utilizavam as

dos maiores! Descobrimos que não seria

suas grandes caudas também com espi-

possível sequer estar na nossa sala, pois

gões, mas mais afiados, para defenderem

parte da cauda teria que ficar na rua.

o ninho.

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Pré-2 Colégio Nova Encosta As formas geométricas

Janeiro foi o mês de relembrarmos as formas geométricas!

brincar uma manhã ou uma tarde connosco, quando quiserem!

Já trabalhámos o círculo e o quadrado; nas próximas semanas, será a vez do triângulo e do retângulo. Entre rimas, canções e histórias, vamos encontrando o senhor círculo e o senhor quadrado, que se sentiriam sozinhos se estivéssemos com eles só na mate-

mática! O projeto “Famílias Ativas” está a ganhar vida, novamente. Este mês tivemos mais duas visitas. Agradecemos às famílias que participaram e apelamos às restantes para virem Agenda do Pré-escolar No Pré-3, iremos pesquisar alguns

marcos importantes sobre o Descobrimento do Brasil: quem foram Pedro Álvares Cabral e D. Manuel I. Vamos descobrir melhor o mapamundo e os transportes utlizados para se deslocarem naquele tempo. Afinal, as caravelas foram muito importantes para os descobrimentos! Iremos também iniciar o projeto

“Escreve e Encanta”, onde cada criança terá oportunidade, juntamente com os pais e familiares, de escreverem e ilustrarem uma história única e especial.

Página 11

Já o Pré-2, em fevereiro, terá a oportunidade de assistir/participar em duas peças de teatro musicais: “O Achamento do Brasil” e “Quando for grande quero ser…”. Sem esquecer a temática central do nos-

so Projeto Educativo (a Ecologia), vamos trabalhar a temática da separação do lixo doméstico nos respetivos ecopontos.

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


1º Ciclo Salteadores de Histórias No âmbito do projeto de leitura “ Salteadores de Histórias”, as turmas do 1º Ciclo desenvolveram, em contexto de sala de aula, atividades de exploração de obras literárias propostas nas Metas Curriculares. O objetivo fundamental do projeto consiste em, obra a obra, promover o gosto pela leitura e pela descoberta de novos livros, personagens, histórias… Pretendese, desta forma, não só o desenvolvimento da capacidade de leitura e o despertar da imaginação e criatividade na composição escrita, mas também o aumento do campo lexical e a promoção da correção ortográfica. Dando azo à imaginação, e aproveitando a curiosidade tão característica desta faixa etária, iniciámos, assim, uma viagem de descoberta literária ao sabor das palavras.

Página 12

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


1º Ciclo Clube da Ciência

Durante o mês de janeiro, os alunos do 1º Ciclo realizaram atividades experimentais, relacionadas com os conteúdos programáticos dos respetivos anos. Assim os alunos do primeiro ano abordaram os temas: “Os membros da família” e “O passado próximo e as perspetivas para o futuro”. No segundo ano os alunos pesquisaram os seres vivos e não vivos que existem no colégio, aprenderam regras básicas de segurança e prevenção rodoviária e realizaram uma atividade laboratorial sobre as propriedades dos materiais.

Os alunos do terceiro ano falaram sobre o sistema digestivo humano, e realizaram atividades laboratoriais relacionadas com a identificação do amido, açúcares redutores e proteínas. Já no quarto ano os alunos aprenderam mais sobre o Sistema Solar e os efeitos da Lua sobre o planeta Terra.

Página 13

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


2º/3º Ciclos e Ensino Secundário O Livro Secreto

Este mês trazemos o resultado de mais um desafio realizado, no âmbito da disciplina de Português! Fiquem com esta pequena história, escrita pelos alunos do 5ºano.

O livro secreto Há muito tempo, numa tarde de verão, o sol banhava um planeta muito distante chamado Diálogos. Eulália, uma menina muito bonita, de cabelo loiro, olhos azuis e morena, passeava pela rua fora quando reparou numa campainha reluzente que tinha escrito por baixo, numa placa com letras gordas, “BIBLIOTECA”.

Eulália tocou à campainha, porém ninguém apareceu, nem mesmo o porteiro. Então, ela reparou que a porta principal se encontrava

quedos… Vasculhou tanto que, a certa altura,

entreaberta e, curiosa, decidiu entrar. Subiu

encontrou uma chave dourada minúscula e

umas escadas antigas, em forma de caracol. No

pensou:

final, avistou uma porta feia e cheia de teias de aranha à sua esquerda.

– Oh, uma chave…! Será que abre um cofre secreto?

Mais uma vez, movida pela curiosidade,

Perdida nos seus pensamentos, trope-

empurrou a porta com toda a sua força e esta

çou numa caixa antiquada de tampa abaulada

abriu-se lentamente. Lá dentro, moveram-se

e reparou que tinha uma fechadura dourada

ratos e morcegos que não estavam habituados à

muito pequena. Experimentou a chave minús-

luz solar.

cula e conseguiu abrir a caixa coberta de pó.

A menina entrou pela porta adentro e bisbilhotou o que lá havia, livros, caixas, roupa

(continua….)

antiga de outras gerações, recordações, brinPágina 14

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


2º/3º Ciclos e Ensino Secundário

Assim que a abriu, para seu espanto, encontrou lá dentro um livro! Pegou nele com imenso cuidado para não o estragar. Era um livro antigo, com uma capa de pele, de páginas envelhecidas, com pó e com tinta que mal se notava. Abriu o livro e folheou a primeira página que tinha uma imagem de um planeta que se assemelhava ao seu, com uma cidade, tal como a sua, mas mais antiga. Na página seguinte, havia um aviso em letras garrafais: “Atenção ao que vai ler! este livro trata do passado do planeta Diálogos. Mantenha-o em segredo... Assinado: E.A..”.

Eulália, muito curiosa, decidiu ler as páginas seguintes: Esta história passou-se no dia 26 de setembro de 900 do calendário Ismailas. Nesse dia, houve uma reunião de pessoas de vários países que falavam diferentes línguas. Estas eram inglês, francês, português, holandês, luxemburguês, alemão, espanhol, checo, belga, russo, grego, latim, chinês e ainda línguas dos povos indí-

genas. Estas pessoas não se entendiam por causa das suas línguas e dos seus costumes. Nessa reunião, o Presidente Dialogado, incomodado com as guerras fruto do desentendimento das várias línguas, perguntou:

Página 15

– Porque é que não fazemos um dicionário para nos entendermos a todos? Todos murmuraram que era uma boa ideia! Então, o Presidente exigiu que o seu carteiro levasse uma carta em que convidava

as pessoas para irem a uma “Reunião de Entendimento”. O carteiro distribuiu os convites por todas as moradias durante cinco dias. Todas as pessoas regressaram ao país para ajudar a fazer o dicionário. Assim que chegaram, o Presidente reparou que traziam muitos objetos, alguns dentro de sacos e caixas, como receitas, livros, trajes tradicionais, comida, dicionários das suas línguas com o

significado das palavras, fotografias dos seus países e lembranças. Quando se cruzaram, as pessoas mostraram umas às outras as suas lembranças, partilhando-as. Na “Reunião de Entendimento”, cada pessoa deu uma palavra da sua língua para que as outras pessoas ficassem a saber palavras das outras línguas. Ao longo da reunião, as pessoas divertiram-se enquanto aprecia-

vam o sotaque de cada pessoa. Entretanto, decidiram que o melhor era ensinarem umas às outras algumas palavras. (continua…)

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


2º/3º Ciclos e Ensino Secundário

Criaram grupos com pessoas de várias nacionalidades para fazerem o grande

Eulália, depois de fechar o livro, espantada, exclamou:

dicionário. Então, à medida que iam ensi-

– Oh! Esta história emocionou-me!

nando as línguas uns aos outros, iam tor-

Agora consigo perceber porque toda a gente

nando-se em poliglotas.

se dá bem e é poliglota. Mas, agora, vou

Quando as pessoas saíram da reu-

guardar segredo, como o livro me pediu.

nião, voltaram aos seus países, distribuídos

Eulália voltou a colocar o livro no seu

em grupos de diferentes nacionalidades,

sítio e fechou-o à chave. E assim saiu da bi-

para ficarem a conhecer outros lugares.

blioteca sorrindo e cantando alegremente.

Longe uns dos outros, comunicaram pelo computador e pelo telemóvel. Os tipógrafos que tinham estado

Alunos do 5.º A Colégio Nova Encosta

presentes na reunião e que tinham tentado fazer um dicionário durante a reunião de entendimento, para que todas as pessoas se entendessem, decidiram começar a imprimir o novo livro. Este mesmo livro chamou-se Dicionário para Todos, pois todos iam gostar dele, porque iam levá-lo de férias para todos os países. Para ser justo, todos receberam um dicionário para se poderem compreender uns aos outros. A partir desse dia, todos se começaram a compreender, ficando amigos.

Página 16

N O T Í C I A S D A E NC O ST A


Avenida do Pólo 5, nº22 4590-755 Ferreira Paços de Ferreira Tel:255879857/8 Fax: 255879859 Correio eletrónico: geral@colegionovencosta.pt

COLÉGIO NOVA ENCOSTA INVESTIMOS NO PRESENTE, PORQUE ACREDITAMOS NO FUTURO.

6/02—Orquestra Didática- Foco Musical “O Achamento do Brasil” 14/02—Dia de S.Valentim 18/02—Teatro Plano 6 “Quando for grande, Quero ser…”

www.colegionovaencosta.pt www.facebook.com/colegio.novaencosta

Hora de História Fruto da articulação entre os diferentes grupos disciplinares, no dia 15 de janeiro, o professor Tiago, professor de história do Colégio, durante 60 minutos, dinamizou uma aula sobre História de Portugal à turma do 4 ano. Ao longo da aula, a turma, revelou-se interessada e atenta às explicações e curiosidades que o professor Tiago explanou. Falou sobre o período entre a segunda e quarta dinastias, os seus reis e os seus feitos.


Newsletter janeiro 2014