Issuu on Google+

PUB

Jornal mensal do Concelho de Oeiras Diretora: Graça Tracana

N.º 59

VERÓNICA FERREIRA

agosto de 2012

Palmeiras Shopping Com mais de duas décadas de atividade, os comerciantes consideram que o centro comercial está a morrer.

Economia

• p.2

Cultura

• p.4-5

Orçamento Participativo

Teatro Independente de Oeiras

Concluídas as primeiras fases do processo, foram divulgadas as 30 propostas cuja viabilidade técnica está a ser avaliada até ao final de setembro. Em outubro serão colocadas a votação as eleitas.

Conheça a história de uma das mais importantes companhias de teatro do concelho de Oeiras. Veja ainda... as novidades do Optimus Alive’12 e as datas para o próximo ano.

Desporto

p. 10-11 • p.12-13

Leões Porto Salvo Destaque para o Clube Recreativo Leões de Porto Salvo no Torneio Dinopatim 2012.

Sport Algés e Dafundo Beatriz Marques é campeã nacional de natação.

Saúde

• p.14 -15

Cuidados a ter com os raios UV Oeiras associou-se à campanha nacional de prenvenção do câncro da pele.

Subsídio de doença com novas regras PUB


Atualidade

2 • agosto 2012

Sugestão Cultural

editorial

Vai um mergulho?

O

verão já não é o que era. Ora está vento, ora um calor abrasador. É difícil prever como será o período de ferias ou quando o melhor dia para ir a banhos. No fundo há que não perder vontade e a coragem para colocar o pé no mar que nem sempre se apresenta ameno. Aos mais tímidos, Oeiras oferece a piscina oceânica onde as águas são mais calmas e as temperaturas mais simpáticas. O verão ainda não acabou, ainda há festas à espera. É o momento de aguardarmos pela celebração da Nossa Senhora dos Navegantes em Paço de Arcos que por mais um ano promete aquecer o areal daquela freguesia. Nesta edição damos-lhe a conhecer um dos casos de sucesso do teatro produzido no concelho pelo Teatro Independente de Oeiras, apresentamos-lhe algumas suges-

tões culturais, realizámos uma reportagem especial sobre a freguesia de Caxias e deixamos-lhe ainda alguns cuidados a ter com a exposição solar neste verão. Aproveitamos a ocasião para saudar a autarquia oeirense por ter conquistado mais um prémio internacionais com o galadoardo vinho “Conde de Carcavelos”. No momento em que também nós celebramos aniversário, o quinto, é momento de refletir sobre o presente e pensar o futuro para arriscar com mais e melhor ponderação e alcançar os mais ambiciosos objetivos. A equipa do jornal Correio de Oeiras também vai de férias. Voltamos em setembro com mais novidades sobre o nosso concelho. A todos os leitores, anunciantes e amigos, desejamos umas ótimas férias e um bom regresso ao trabalho •

7 AGOSTO Cinema: Cativos do Mal (1952) Auditório Municipal Maestro César Batalha, 17h00. 18 AGOSTO Oficina: O Jardim da Arquitetura Exercício de recriação/reinterpretação do espaço do Jardim ao incorporar elementos de caracter arquitetónico e artístico, numa atividade pedagógica que de forma lúdica pretende estimular os sentidos para a relação entre natureza, a arte e a arquitetura. Dinamizado por Os Espacialistas. Centro de Arte Manuel de Brito. ATÉ 20 AGOSTO Concurso de fotografia Informações e envio de fotos (máximo de três fotos, em suporte digital. Só são aceites fotos em formato jpg, sem compressão, limite de 6MB por foto. Acima dos 3MB por foto, enviar uma foto por mensagem): foto30dias@cmoeiras.pt. 21 AGOSTO Oficina: Jardim de Expressões

Para grupos organizados ou famílias com crianças dos 6 aos 10 anos. Centro de Arte Manuel de Brito. Cinema: A Janela Indiscreta (1954) Auditório Municipal Maestro César Batalha, 17h00. 29 AGOSTO Visitas Temáticas: Os Jardins do Palácio Visitas que promovem um percurso de descoberta em torno do tema selecionado, possibilitando o reconhecimento de um lugar com características singulares. Conceção e orientação de Rodrigo Dias. Das 16h30 às 18h30. A participação é gratuita mas implica a respetiva inscrição. 29 AGOSTO Visita-jogo - Olhares sobre a Coleção Dinamizado por Cristina Amaro e Ana Guerreiro. Centro de Arte Manuel de Brito. Cinema: Fúria de Viver (1955) Auditório Municipal Maestro César Batalha, 17h00.

Orçamento participativo de Oeiras

30 Propostas passaram à análise da viabilidade técnica Concluídas as primeira e segunda fases do processo de Orçamento Participativo de Oeiras (divulgação e apresentação e seleção das propostas), as mais votadas, na internet e nas cinco Assembleias Participativas estão agora sujeitas à análise da da viabilidade técnica.

Sendo esta a primeira experiência neste tipo de processo, os cidadãos responderam de forma positiva ao desafio, registando-se 1195 utilizadores na página da internet e 101 participantes nas várias Assembleias Participativas, que se realizaram em Algés, Queijas, Porto Salvo, Carnaxide e Oeiras, submetendo um total de 135 propostas. Deste total passaram

para apreciação técnica 30 propostas que serão avaliadas por uma equipa de avaliação multidisciplinar da Câmara Municipal de Oeiras até setembro, antes de serem submetidas à votação para priorização das mesmas, que decorrerá em outubro de 2012. O Orçamento Participativo é um processo que assenta na consulta direta dos cidadãos,

com vista à definição de prioridades de investimento municipal, uma vez que lhes é dada oportunidade de identificarem, debaterem e atribuírem prioridades a projetos de interesse para o Concelho. A participação está aberta à população através da votação que vai decorrer no mês de outubro. • REDAÇÃO

Os projetos em análise 1 – Quinta Urbana/ Pedagógica

10 – A Praia de Algés (O Túnel)

18 – Requalificação da Rua Actor António

entre Carnaxide – Santuário Nossa Senhora

2 – Ponte Pedonal na Terrugem

11 – Extensão do Centro de Saúde em

Pinheiro

da Rocha – Estádio Nacional

3 – Colocação de Lombas na Rua da Eira e

Queijas / Construção de Unidade de Saúde

19 – Ciclovia Intra-Porto Salvo e Porto Salvo

24 – Centro Cultural e Desportivo do Alto dos

na Rua Dr. Mário Charrua no Alto de Algés

Familiar

– Paço de Arcos para as Deslocações

Barronhos

4 – TECTO - Abrigo de Emergência

12 – Viatura para Transporte de Doentes Não

Pendulares

25 – Bebedouro no Bairro do Alto dos

5 – Hierarquia Invertida nas Ruas de Santo

Urgentes / Apoio à Comunidade

20 – Projeto de Intervenção Psicossocial

Barronhos

Amaro de Oeiras

13 – Sistemas Hidráulicos do Concelho –

21 – Instalação de Painéis Fotovoltaicos em

26 – Promoção do Livro e da Leitura

6 – Família 360° - Alto dos Barronhos

Aquedutos, Fontes, Minas e Chafarizes

Edifícios Municipais

27 – Ginásio ao Ar Livre em Nova Oeiras

7 – RodoDente

14 – Parque Infantil no Centro de Queijas

22 – Recuperação das Casas de Origem

28 – Agricultura Hidropónica e Biológica /

8 – LEMON + AID

15 – Espaço de Estacionamentos em Queijas

Saloia do Concelho de Oeiras

Projeto Hidropónica

9 – Centro Cívico Educacional e Ocupação

16 – Colocação de Lombas / Passadeiras na

23 – Passeio Fluvial no Rio Jamor desde a

29 – Vidas à Solta…

de Tempos Livres dos 10 aos 16 anos – Alto

Rua das Portelas

Sra. Da Rocha até à Foz – Pedonal e Ciclável

30 – Recuperação / Reabilitação do Vale da

de Algés

17 – Passeio Estrada da Torre

+ Corredor Verde ao Longo do Rio Jamor

Quinta Da Terrugem

PUB

FICHA TÉCNICA Diretora: Graça Tracana direcao.gracatracana@gmail.com Chefe de redação: Verónica Ferreira Redação: Sofia Filipe. Colaboradores: Oscar Pinto, Sérgio Martinho e Linda Alagoinha. redacao.correiodeoeiras@gmail.com Fotografia: Sérgio Martinho. Conceção Gráfica: Vera Tracana. design.mpalavra@gmail.com Equipa Comercial: Adriana Fernandes, Luís Sabido e Paulo Teixeira. comercial.correiodeoeiras@gmail.com Serviços Administrativos: Alexandra Dias contabilidade.mpalavra@gmail.com Morada: Avenida Dos Bombeiros Voluntários Nº19, Loja 1

2725-592 Mem Martins Tlf: 21 920 22 40 / 21 920 23 35 Blog: www.correiodeoeiras.blogspot.com Periodicidade: mensal; Tiragem média: 35000 Propriedade: Mérito da Palavra, Lda.; NIF: 510015603 Diretor comercial: José Espregueira Registo da ERC N.º: 125477 Depósito Legal: 277926/08 Impressão: Gráfica Funchalense Morelena - 2715 Pero Pinheiro INTERDITA A REPRODUÇÃO DE TEXTOS, IMAGENS E ANÚNCIOS DE PUBLICIDADE SEM O DEVIDO CONSENTIMENTO DA DIREÇÃO DO JORNAL AS NOTÍCIAS DESTE JORNAL FORAM REDIGIDAS AO ABRIGO DO ACORDO ORTOGRÁFICO.


PUB

Atualidade

Jornal Mensal • 3 PROGRAMA ANIMAÇÃO CENTRO

HISTÓRICO DE OEIRAS

VEM VILA VEM À À VILA

Imprensa

PROGRAMA ANIMAÇÃO CENTRO

IMAGENS DE ARQUIVO

Jornal Correio de Oeiras celebra 5.º aniversário

PUB

HISTÓRICO DE OEIRAS

AGOSTO’12 AGOSTO’12

4 | 17.00 horas 4 | 17.00 horas

Pura Mistura Pura Mistura

11 | 21.30 horas Noite Oriental 11 | 21.30 horas Noite Oriental 16 Projecçãode deVídeo Vídeo 16| |21.30 21.30horas horas Jazz Jazz -- Projecção 22 de um umfilme filme 22| |21.30 21.30horas horas Projecção Projecção de 30 sobreJazz Jazz 30| |21.30 21.30horas horas Conferência Conferência sobre Estes eventos terão lugar Chá da da Barra BarraVilla, Villa,no noCentro CentroCultural Cultural Palácio Egipto Estes eventos terão lugarnanaesplanada esplanadano noChá Cháda da Barra Barra e e Chá dodo Palácio dodo Egipto

apoio apoio

www.jf-oeiras.pt www.jf-oeiras.pt Isenção, rigor e dinamismo são algumas palavras que descrevem os primeiros cinco anos de existência deste jornal do concelho. Pensado para o público oeirense, fazemos uma retrospetiva do trabalho realizado e falamos sobre as ambições para o futuro. O projeto dirigido por Graça Tracana surgiu num momento de expansão da sua empresa para o concelho de Oeiras, nessa altura já detinha outras publicações no concelho de Sintra e, posteriormente criou um projeto semelhante em Cascais. «Oeiras é um concelho rico em notícias e iniciativas que nos orgulham. É impossível ficar indiferente ao trabalho que tem sido realizado ao longo dos anos pelo autarca Isaltino Morais e não sentir quase uma obrigação de contribuir para a divulgação do que acontece nas freguesias oeirenses», disse. «A conjuntura não está favorável à publicação de imprensa regional, os encargos são numerosos e nem sempre fácil de suportar, mas acima de tudo procuramos criar uma equipa unida, profissional e com vontade de trabalhar para poder contrariar a tendência e continuar a divulgar o concelho», continuou a diretora do jornal enaltecendo o apoio do executivo da Câmara Municipal de Oeiras, das Juntas de Freguesia do concelho e dos comerciantes locais que têm sido «incansáveis ao longo cinco anos». O futuro é imprevisível mas há força humana e vontade de criar mais que

nos faz sonhar com os próximos cinco e muitos mais anos de aniversário.

PUB

Agradecimentos: Em meu nome pessoal, não podia deixar esta data passar em branco sem agradecer a algumas das pessoas que sempre me apoiaram neste projeto e que fazem parte da fantástica equipa do Correio de Oeiras. São eles: Alexandra Dias, Sandro Abrantes, Sofia Carrasquinho, Cristina Pereira, Sofia Filipe, Sérgio Almirante, José Espregueira, Verónica Ferreira, Tânia Tracana, Vera Tracana e Ramiro Farrolas.Obrigada a todos os membros da redação e colaboradores! • VERÓNICA FERREIRA

PUB

Capa do primeiro aniversário.


Cultura

4 • agosto 2012 Teatro

DIREITOS RESERVADOS - TIO

TIO: trabalho de entrega e verdadeiro amadorismo

Cena da última peça em cima no TIO, “Tudo pelos ares”.

O

Edifício Parque Oceano não deixa adivinhar que por trás da sua fachada espelhada se encontra a casa de uma das companhias de teatro de comédia mais antigas do país - o Teatro Independente de Oeiras (TIO), que desde 2007 se mudou definitivamente para o auditório Novo Espaço. Foi em 2000, a propósito da comemoração dos seus 10 anos de uma existência completa de sucessos que Isaltino Morais promete ao TIO um espaço próprio. A estreita relação com a autarquia e o seu reconhecimento e aplauso, que conduz a este privilégio de possuir o seu próprio espaço, tantas vezes negado a tantas outras companhias pelo país fora, teve início em 1989 na última apresentação

O TIO também produz peças infantis como foi o caso do musical “Planeta TUPI”.

do TAESO (Teatro dos Alunos da Escola Secundária de Oeiras). O trabalho do TAESO era já acompanhado desde 1985 por verdadeiras multidões que sobrelotavam o ginásio, chegando mesmo a levantar problemas de segurança por parte da direção da escola. Como em tantas outras apresentações Isaltino Morais encontrava-se na plateia. Mas desta vez convida o jovem diretor Carlos d’Almeida Ribeiro ao seu gabinete, para que este lhe apresente um projeto para formar uma companhia de teatro em Oeiras. Este convite tinha como objetivo garantir duas produções por ano e vinha acompanhado de uma proposta de orçamento ao nível dos apoios governamentais. Depois de elaborada a proposta e de em 1990 o Diário da República oficializar a constituição do TIO, era hora de pôr o plano em marcha. No entanto, em reunião com o

Isaltino Morais, autarca de Oeiras, é uma das personalidades que sempre apoiou o projeto e faz parte da sua história.

vereador da cultura, na altura o Prof. Noronha Feio, e numa abordagem mais realista, o subsídio atribuído à companhia ficou muito aquém do inicialmente falado, atribuindo à companhia um estatuto amador. Mas desde o início que o TIO vivia e «representava um trabalho de entrega e de verdadeiro amadorismo, na sua essência: Amador, aquele que Ama», nas palavras do ator residente Vitor Coelho, àcerca desses primeiros anos em que a companhia não tinha local para ensaiar. É neste espírito de entrega, entre a procura de espaço para ensaios, apoios e possíveis investidores, que a companhia recebe da parte da autarquia um novo apoio: a ocupação do antigo cineteatro de Oeiras que se encontrava na altura abandonado. Mais uma vez, Carlos d’Almeida Ribeiro e a companhia, abraçam esta nova oportunidade, rejeitando qualquer acusação de protecionismo por parte da autarquia: «Estivemos cinco anos naquele auditório e lembro-me de andarmos muitas vezes atrás de ratos, a fazer desinfestações por causa de pulgas. Pintámos e alcatifámos a sala várias vezes, arranjámos o foyer. Dormimos lá muitas vezes, com medo dos constantes assaltos a lojas vizinhas. Foram cinco anos fabulosos, que deixaram muitas recordações». Ainda hoje é considerada a mais emblemática sala do TIO, onde conseguiram conquistar o público e mantê-lo fiel ao registo cómico que desde cedo imprimiram às suas produções. É também nesta sala, que aos poucos vai sendo renovada, que a companhia se aventura em adaptações de grandes textos, nacionais e estrangeiros, que moveram alguns milhares de pessoas e que ajudaram a consolidar a projeção que a companhia ia ganhando a nível nacional, como o comprova a imprensa da época: «Adaptar Os Maias não é fácil. A versão de Vitória Baptista atinge o objetivo de contar uma boa história ao público e os atores são tão bons que fazem esquecer as limitações.» in Público de 14 Fevereiro

1992. Em 1994 e depois de quatro anos muito intensos para o TIO, o futuro Auditório Municipal Eunice Muñoz entra em obras de remodelação, obrigando a companhia a viver como saltimbancos, entre espaços, para ensaiar e para apresentar as suas produções. Encontrando-se novamente nesta situação precária e não possuindo os meios para anunciar as quase constantes mudanças de instalações, foi assistindo à quebra dos laços que tinha criado com o público de Oeiras. Mas apesar destas dificuldades iniciais a companhia não deixa de crescer e de aos poucos resgatar a confiança do público e dos órgãos institucionais. O trabalho dos seus membros seja mesmo a ser considerado profissional, chegando a receber por isso apoios da Fundação Calouste Gulbenkian, apesar de a companhia na altura ainda se considerar semiprofissional – os apoios e as receitas das bilheteiras eram canalizados exclusivamente para a compra de material e montagem das produções. Dificuldades ultrapassadas e novas provas dadas no sentido da sua profissionalização, chega Abril de 2000. Consigo a comemoração do seu décimo aniversário. Com esta comemoração a promessa da autarquia em resolver o problema da ausência de espaço próprio e o apoio na sua adaptação às necessidades da companhia. Assim nasce o Novo Espaço com 160 lugares e perspetivas reais para a profissionalização do TIO. Inaugurando o novo auditório e garantindo assim a profissionalização, encomendam um texto a Francisco Moita Flores, a comédia musical Marquês de Pombal, juntando-se ao elenco Eduardo Viana, Igor Sampaio, Rita Ribeiro e Daniela Ruah, sendo a música original de Rui Veloso e João Gil. Estavam lançados os dados para um contínuo crescimento da companhia, que desde então tem aberto o espaço a diferentes iniciativas teatrais e até musicais. • OSCAR PINTO


Cultura

Jornal Mensal • 5

Centenário da AHBV Carnaxide

Agenda Cultural

III Exposição temática Comissão Social de Freguesia Esta exposição, comemorativa do Centenário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Carnaxide, está patente até 10 de agosto. A mostra realiza-se no âmbito do plano de ação da Comissão Social de Freguesia de Carnaxide aprovado em abril de 2012, e sob proposta da Junta de Freguesia, foi aprovado a realização de exposições temáticas de cada membro aderente da CSF entre os meses de maio e dezembro. Durante este período as Instituições que são membros da CSF e durante um período

Música: Vem à vila Até 30 de agosto, Centro histórico de Oeiras Dia 11 às 21h30 - Noite Oriental Dia 16 às 21h30 - Jazz - Projecção de Vídeo Dia 22 às 22h00 - Projecção de um filme Dia 30 às 21h30 - Conferência sobre Jazz. Esplanada no Chá da Barra e Chá da Barra Villa, no Centro Cultural do Palácio do Egipto.

de aproximadamente quatro semanas irão expor na sede da Junta de Freguesia ou na sua própria sede. O objetivo das exposições temáticas é prestar informação alusiva à sua missão e projetos elaborados ou que venham a decorrer. A iniciativa tem como objetivo a troca de conhecimentos, experiências e conceitos entre as próprias instituições parceiras e o público em geral. Esta exposição pode ser visitada na sede da Junta de Freguesia no horário de atendimento ao público, segunda a sexta-feira das 9h às 17h00.

Concerto lançamento CD 19 de agosto 2012, 21h00, Capela Misericórdia de Oeiras. Música Câmara no Tempo de Marquês de Pombal, Sonatas de PedroAntónio Avondano.

XX Festival Sete Sóis Sete Luas

Optimus Alive’13

VERÓNICA FERREIRA

Próxima edição já tem data marcada

Até 17 de agosto, Fábrica da Pólvora de Barcarena. 10 de agosto | CANZONIERE GRECANICOSALENTINO (salento, Itália) O grupo nasceu em 1975 e hoje é a banda mais antiga e representativa da música popular do Salento, a área geográfica mais ao sul da Apúlia. Desde 2007, a banda tem como leader Mauro Durante, conhecido tocador de pandeiro e de violino que trabalha com a “La Notte della Taranta”.

nível patrimonial de que é exemplo incontornável um equipamento arquitectónico único que é o Parque dos Poetas, cuja segunda fase está já em curso. Informações e inscrições Biblioteca Municipal de Oeiras (tel. 214 406 330, e-mail. ollhosdegigante@cm-oeiras.pt)

Serviço de Pesquisa Assistida Segunda a sexta entre as10h00 e as 18h00, Bibliotecas Municipais de Oeiras, Algés e Carnaxide. Este serviço nasce da vocação das Bibliotecas Municipais de Oeiras em prestar apoio constante na pesquisa e localização de distintos tipos de informação online. Caso necessite de conteúdos específicos de suporte à investigação, apoio na utilização de serviços públicos online, realização de trabalhos escolares ou ainda se pretende conhecer informação relevante sobre Oeiras.

Exposição: Viagens Por Entre Linhas Até 30 de setembro, Biblioteca Municipal de Algés. Exposição dos trabalhos realizados no âmbito do projeto Viagens por Entre linhas no ano letivo 2011/2012, procurou-se criar condições favoráveis à formação de crianças leitoras através de estratégias de animação da leitura e da escrita, concertadas entre os técnicos do espaço infantil da Biblioteca Municipal de Algés, professores, educadores e as famílias tendo como principal objetivo a promoção do livro e da leitura.

Palácio Ribamar - Alameda Hermano Patrone. Segunda a sexta . Sábados (17 e 28 Julho, 11 e 25 Agosto) 10h00 às 13h00 e 14h00 às 18h00. tel. 210 977 480/1 geral.bma@cm-oeiras.pt

Tempos sem tempo

Em 2012 foi mais um estrondo de música e arte em Algés. A Everything is New, entidade promotora do evento, já garantiu a continuidade daquele que é o maior festival do concelho e um dos mais importantes do país nos dias 12, 13 e 14 julho de 2013. O calor abrasador durante o dia e o vento forte que se fizeram sentir nos três dias de festival este ano não demoveram os festivaleiros que rumaram à zona ribeirinha de Algés oriundos de todo a Europa. No primeiro dia encheu a alegria de muitos jovens e crianças com a atuação do LMFAO, pela noite dentro foi a vez dos portugueses Buraka Som Sistema animarem o público em Algés e no palco principal os Justice fizeram as delícias dos milhares de fãs que os aguardavam. No sábado, o tão aguardado concerto dos The Cure animou os mais atentos seguidores da banda mas deixou as expectativas de tantos outros pelo caminho devido aos temas esco-

lhidos para o alinhamento (mais de 30 músicas) e pela duração do espetáculo que se arrastou por três horas. A grande enchente estava marcada para domingo, último dia de Optimus Alive, que teve lotação esgotada. Nem a troika conseguiu abalar os fãs de Radiohead. Mais de 50 mil pessoas assistiram ao concerto e alguns dos espetadores garantiram ter sido um dos melhores concerto que já tinham visto. É de salientar que o festival também se escreveu por idiomas estrangeiros. A edição de 2011 bateu recordes no número de visitantes de outros países e a imprensa internacional elogiou bastante o festival, a organização e citou, por diversas vezes, atuações de bandas portuguesas. Além disto, esta edição teve outras novidades inovadoras. Foi criada uma zona exclusiva para grávidas, My Mom Rocks, e o evento associou-se ao movimento Zero Desperdício que providenciou o aproveitamento do excedente alimentar para instituições de caridade do concelho. • REDAÇÃO / VERÓNICA FERREIRA

17 de agosto | JESUS FERNANDEZ (Andaluzia, Espanha) Verdadeiro talento de Cádiz, Jésus Fernández começa a sua carreira de bailarino de flamenco aos 6 anos. Graças também a sua formação nas melhores academias de flamenco e às suas colaborações com grandes nomes como Javier Latorre e Israel Galván, é galardoado com diversos prémios nacionais. Com outros grandes músicos e bailarinos forma a Companhia que traz o seu nome e leva o flamenco nos melhores palcos do mundo. Bilhetes (a partir dos 3 anos): 2€ (individual), 5€ (família, até 4 pessoas)

Leitura: Projeto Olhos de Gigante, Coração de Pássaro Até 28 de fevereiro de 2013, Biblioteca Municipal de Oeiras Esta iniciativa tem como objectivo promover e divulgar o universo da poesia portuguesa – da tradição oral à poesia contemporânea. Intenção que não é inocente tendo em conta o investimento que a Câmara Municipal de Oeiras tem realizado, tanto em matéria cultural como a

Até 30 de setembro, Centro Cultural do Palácio do Egipto. Conjunto de pinturas, escultura e outras propostas de grandes dimensões, perpassa algo de antológico.

Centro Cultural Palácio do Egipto (CCPE) Rua Álvaro António dos Santos, 2780-182 Oeiras. Telf: 21 440 83 91 (CCPE); Telf: 21 440 87 81 (Posto de Turismo de Oeiras)

Riscos & Rabiscos Por Entre Linhas_viagens Por Entre Linhas Até 17 de setembro, Biblioteca Municipal de Carnaxide. As viagens de quem, com olhos de gigante e coração de pássaro, riscou e rabiscou por entrelinhas. Exposição dos trabalhos realizados com as escolas durante o ano letivo de 2011/2012, no âmbito dos projetos de promoção da leitura infantil: Viagens por Entrelinhas, Olhos de Gigante e Coração de Pássaro, e Riscos & Rabiscos.

Cinema: Masterclass “A História Do Cinema Americano Em 52 Obras Essenciais” (1930-1960) Terças e Quartas pelas 17h00 no Auditório Municipal Maestro César Batalha.


Concelho

6 • agosto 2012 Paço de Arcos

Mais um hotel em Oeiras DIREITOS RESERVADOS

Está em contagem decrescente mais uma edição das festas anuais de Paço de Arcos. Este ano irão realizar-se entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro.

Holiday Inn Express Lisboa Alfragide inaugurou a 18 de julho, na Rua da Quinta do Paizinho Lugar Da Outurela, na freguesia de Carnaxide (zona empresarial de Alfragide).

F

oi a 20 de julho que o de Forte S. Julião da Barra recebeu os produtores portugueses premiados pelo concurso internacional de vinhos La seleccion del Sindaco 2012 que receberam os galardetes pelas mãos do autarca oeirense.

O programa é composto, como nas edições anteriores, de duas ofertas distintas: uma de cariz religioso, outra de temática pagã. A primeira marcará a abertura das festividades com a realização da benção das embarcações, iniciativa para a qual estão convidados a participar todos os pescadores e proprietários de embarcações. O local está marcado para dia 26 na baía de Paço de Arcos e irá começar pelas 17h00, junto ao edifício dos Socorros a náufragos. Antes, desde dia 22, já decorrerão um conjunto de iniciativas religiosas na igreja paroquial e na capela do Senhor Jesus dos Navegantes. No dia 26 de agosto irá realizar-se uma procissão e a bênção do mar com saída prevista da igreja paroquial de Paço de Arcos. A bênção dar-se-á na Praça Guilherme Gomes Fernandes. O recinto das festas ao largo da praia de Paço de Arcos contará com os habituais quiosques de comércio local, artesanato, tasquinhas, carrosséis e música ao vivo. As festas decorrem entre 24 de agosto e 2 de setembro e têm entrada livre. As Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes são organizadas pela Junta de Freguesia de Paço de Arcos e pela Paróquia de Paço de Arcos e contam com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras. • REDAÇÃO

Turismo

Os melhores vinhos em Oeiras

DIREITOS RESERVADOS - CMO

Festas em honra do Senhor Jesus dos Navegantes

Enologia

do Município de proveniência das produções. Tem, ainda, como elemento diferenciador dos outros concursos, a missão de valorizar as produções, fruto da tradição e de um território distinto. Na 11ª edição (em Lamezia), Portugal foi o segundo país participante neste concurso, logo atrás do país anfitrião, com o maior número de medalhas. • REDAÇÃO

Após a distinção do Vinho “Conde de Oeiras” com a Grande Medalha de Ouro, no Concurso Internacional de Vinhos La seleccion del Sindaco’ 12 (realizado entre 25 e 27 de maio em Lamezia, Itália), é a vez da Câmara Municipal de Oeiras ser a anfitriã da cerimónia nacional de entrega de prémios aos 18 produtores portugueses premiados (cerca de 40 vinhos). Recorde-se que o Concurso Internacional Selezione del Sindaco é promovido anualmente pela Associação de Municípios do Vinho (AMPV), em parceria com a sua congénere italiana e europeia. Trata-se do único concurso de vinhos internacional que prevê a participação conjunta do produtor e

Este novo hotel integra-se no âmbito do conceito de turismo de negócios, que em Oeiras apresenta uma margem considerável de crescimento, atendendo aos principais fatores que o caracterizam – baixa permanência média e taxa de ocupação/cama. A cerimónia conta com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Isaltino Morais e do diretor geral da Palminvest, Eurico Almeida. O Holiday Inn Express Lisboa Alfragide, propriedade e gestão da Palminvest, tem 128 quartos, equipados com LCD com programação por cabo e acesso à Internet por Wi-Fi de nova geração, telefone, ar condicionado com aquecimento e arrefecimento, mesa de trabalho com telefone direto, duche regulável e secador de cabelo. Em todo o hotel pode aceder-se à Internet Wi-Fi de alta velocidade, dispondo de um centro de negócios com computador e impressora à disposição. Este hotel dispõe ainda de uma sala de reuniões para aluguer. No serviço de reuniões de negócios está incluído projetor com LCD, ecrã, retroprojetor e artigos de papelaria. • REDAÇÃO

Política

MOV e PAN apoiam Paulo Freitas do Amaral MOV e Partido dos Animais (PAN) em Oeiras apoiam Paulo Freitas do Amaral, presidente de Junta da Cruz Quebrada-Dafundo para Presidente da Câmara de Oeiras. O movimento cívico – MOV – privilegia a partilha de pontos de vista e de ações comuns com outros movimentos ou partidos que se integrem na defesa dos princípios da cidadania. O futuro só se pode construir convergindo e é isso em que o MOV está empenhado. Nesse sentido, o PAN – Partido pelos Animais e pela Natureza – acaba de aprovar em Comissão Política, realizada a 7 julho, a abertura de um diálogo profícuo com

o MOV, e que o movimento por Oeiras solicitara, apoiando a sua ação em prol do concelho, onde habitam muitos militantes deste partido que honra a defesa e prática de causas sociais e de âmbito humanitário com os animais. Posteriormente, delegações do PAN e do MOV já se reuniram para dar o início a este contacto profícuo e frutuoso para ambas as partes, que se concretizará em iniciativas comuns, que já tiveram também início a nível de responsáveis concelhios. O líder do PAN, Paulo Borges, foi convidado pelo seu homólogo do MOV, Paulo Freitas do Amaral, a integrar a Comissão de Honra do MOV, o que aceitou de bom grado,

da mesma forma que o PAN terá um papel de destaque ao nível da coordenação de freguesias do concelho no âmbito da parceria estabelecida com o MOV e que pretende intensificar-se em outras ações que se justifiquem na defesa do bem comum dos naturais do concelho. Mesmo antes da parceria, o MOV já se manifestara, através de petições, pela defesa dos direitos do animais, ora condenando uma eventual construção de um canil sem condições em Porto Salvo, ora defendendo que o dinheiro resultante do registo de animais, nas freguesias, seja canalizado para ações que promovam o seu bem estar e segurança. • REDAÇÃO


Concelho

Jornal Mensal • 7

Verão para todos

Cursos financiados para jovens

Em Julho a autarquia realizou uma visita ao projeto Praia Acessível, a decorrer na praia de Santo Amaro de Oeiras, com Vereadora Elisabete Oliveira, responsável pelo pelouro de Acção Social, Cultura e Saúde da Câmara Municipal de Oeiras,

acompanhada por representantes de todos os parceiros do projeto. O areal da praia de Santo Amaro de Oeiras disponibiliza, desde 2005 e durante os meses de Julho e de Agosto, cadeiras de praia anfíbias e outros equipamentos de apoio à

AERLIS aposta na qualificação DIREITOS RESERVADOS

DIREITOS RESERVADOS - CMO

Visita ao projeto “Praia Acessível” mobilidade que facilitam o acesso das pessoas com mobilidade condicionada à praia e aos banhos de mar. Esta iniciativa pretende eliminar barreiras e construir oportunidades de lazer para todos e são parceiros os Associação Humanitária de Bombeiros de Oeiras e a CERCIOEIRAS. Além destes, o projecto tem como patrocinador deste ano a empresa Merck Sharp & Dohme, Lda. A utilização dos equipamentos é destinada a crianças e adultos e é acompanhada por profissionais habilitados a garantir a segurança dos utentes. As cadeiras podem ser requisitadas diariamente, entre as 9h00 e as 13h00, junto ao bar “O Amarelo”. O acesso ao serviço é gratuito e os utilizadores podem aceder-lhe através das instituições que frequentam ou a título particular. As instituições podem realizar a sua inscrição junto da Divisão de Acção Social, Saúde e Juventude através do telefone 214404874 ou pelo correio electrónico (anavieira@cm-oeiras.pt), os particulares por sua vez podem contactar directamente a equipa de apoio presente na praia, durante o horário de funcionamento. • REDAÇÃO

A Associação Empresarial da Região de Lisboa (AERLIS) assinou um protocolo de colaboração com o IEFP – Instituto de Emprego e Formação Profissional. Esta aliança tem como objetivo desenvolver e dinamizar cursos de aprendizagem com dupla certificação (equivalência ao 12.º ano e certificado profissional nível IV da U.E.) O protocolo de colaboração resulta da necessidade de elevar os níveis de qualificação dos jovens portugueses, permitindo o prosseguimento de estudos e privilegiando a inserção no mercado de trabalho. Os cursos devem iniciar em setembro e destinam-se a jovens entre os 16 e os 25 anos, com o 9.º ano completo. Para os interessados, fica a informação de que as inscrições já estão abertas para os cursos de técnico comercial, técnico de CAD/ CAM, técnico de vendas, técnico de instalações elétricas, técnico de logística e técnico de manutenção industrial. A participação inclui uma bolsa, subsídio de refeição e subsídio de transporte. Para mais informações e inscrições deve consultar o sito online da AERLIS em http://www.aerlis.pt. • REDAÇÃO

IV Dia Europeu da Segurança Rodoviária

Ação de sensibilização de jovens

Para este ano o tema do dia europeu da segurança rodoviária foi o “envolvimento ativo dos jovens na segurança rodoviária. Esta iniciativa decorreu em parceria com a Guarda Nacional Republicana, Polícia de Segurança Pública, Associação Nacional de Empresas de Bebidas Espirituosas - ANEBE, Câmara Municipal de Almada, Câmara Municipal de Oeiras e a Cruz Vermelha Portuguesa. A praia da Torre foi o local escolhido para a ação de sensibilização que teve início pelas 14h30 e durou cerca de uma hora e meia. Jovens oeirenses realizaram uma demonstração de socorrismo que antecedeu os discursos de alguns convidados, entre eles a piloto portuguesa Elisabete Jacinto

DIREITOS RESERVADOS - CMO

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária realizou um conjunto de atividades com jovens da grande Lisboa no âmbito do Dia Europeu da Segurança Rodoviária. No dia 25 a ação de sensibilização passou por Oeiras e contou com a presença da piloto de camiões Elisabete Jacinto.

Oeiras Parque

Bilhetes de cinema online A Mundicenter possibilita a compra de bilhetes de cinema no site dos seus Centros Comerciais, entre os quais se encontra o Oeiras Parque.

que não perdeu a oportunidade para alertar os presentes da necessidade e extrema importância de uma condução responsável e consciente de forma a prevenir acidentes e garantir a segurança de todos os que circulam nas vias. De seguida realizaram-se dois simulacros, um de capotamento e outro de acidente rodoviário. Apesar da ficção, as

crianças e jovens presentes na iniciativa compreenderam a mensagem e realçaram que estas atividades devem acontecer com mais frequência para que a informação não disperse e atinja cada vez mais pessoas para que assim se consigam diminuir os números de sinistros nas estradas portuguesas. • REDAÇÃO

Este novo serviço vai permitir a quem consulta informação sobre cinema na Internet, uma das áreas mais procuradas nos sites dos centros comerciais, adquirir desde logo os bilhetes pretendidos, bastando para isso selecionar o filme, o dia e, a sessão. Com este sistema online, os espaços comerciais da Mundicenter permitem aos visitantes o acesso a todas as novidades e estreias, e ainda a compra imediata e cómoda do seu bilhete, com a garantia de que obtêm o que se pretende, sem necessidade de estar numa fila incómoda. • REDAÇÃO


Concelho

8 • agosto 2012 eSPECIAL

Caxias celebra aniversário d elevação a vila SÉRGIO MARTINHO

vieram os representantes dos partidos e grupos políticos com assento na Assembleia de Freguesia, que não perderam a oportunidade para salutar os munícipes, Caxias e apontar alguns dos aspetos mais relevantes da localidade naquela data especial para a sua história. Após os discursos daqueles, foi o momento para ouvir as palavras do presidente da Junta de Freguesia, Luís Filipe Viana, e por fim o autarca oeirense, Isaltino Morais. À noite, a igreja do Convento da Cartuxa abriu portas para uma noite cultural intitulada “Coimbra, o canto, a guitarra e a poesia”, com fados de Coimbra na voz de Carlos Carranca que se fez acompanhar pelo grupo Pardalitos do Mondego.

História e património

M

ais de uma década e meia depois de ser considerada vila, Caxias marcou a efeméride, assinalada no dia 21 de julho, com um conjunto de iniciativas que visam reforçar os laços de comunidade. Criada a 3 de julho de 2001, Caxias é a freguesia mais nova do concelho e outrora

pertenceu ao antigo Reguengo de Oeiras que comportava o território entre o Rio Jamor e a Ribeira da Lage. O 11.º aniversário da criação da freguesia foi comemorado juntamente com o 15.º ano da elevação de Caxias a vila no dia 21 de julho na sede da Junta de Freguesia. Nessa manhã a banda ligeira da SIMECQ – Sociedade Instrução Musical e Escolar Cruz Quebradense deu som ao hastear das bandeiras que contou com a pre-

sença de responsáveis locais da freguesia aniversariante e da Câmara Municipal de Oeiras. No período da manhã houve ainda tempo para assistir à missa solene celebrada em honra de Caxias e dos seus munícipes que teve lugar no auditório da Junta de Freguesia. À tarde continuaram as festividades com a realização da sessão solene e do beberete que teve lugar no restaurante D. Carlos. Nos discursos de aniversário inter-

PUB

PUB

PUB

Na freguesia de Caxias existem lugares e monumentos que não podem ficar indiferentes ao turista local nem aos seus visitantes. A Quinta e o Paço Real, o Convento da Cartuxa, o Forte de S. Bruno, a Casa de Massarelos, as quintas do Lagoal, do Jardim e de Santo António da Mina, para a além do Farol da Gibalta, “sentinela” atenta para quem demanda a barra do Tejo são alguns dos exemplos de história e arte edificada de Caxias. Igualmente notável mas de lembranças menos agradáveis para muitos é a “ligação” de Caxias àquele que é um dos seus “ex-líbris”, o Forte D. Luís, utilizado desde 1916 como Estabelecimento Prisional. Ao nível do ensino também há dados relevantes a considerar nomeadamente a criação da Escola Primária Oficial Nº1 de Caxias no final da década de sessenta, em 1970, pela sua importância à época na zona de Caxias, que concentrava um número significativo de habitantes. • REDAÇÃO/VERÓNICA FERREIRA


Concelho

Jornal Mensal • 9 PUB

de freguesia e DIREITOS RESERVADOS

Algumas notas históricas

Forte de São Bruno Bordejando as águas do Tejo,

encontra-se o Forte de São Bruno, construído na época da restauração (1660) e cuja recuperação, bem como do espaço envolvente, constitui uma interessante alternativa para os tempos de lazer. É a primeira de uma série de fortificações marítimas que se encontram ao longo do litoral e que serviram como postos de defesa a possíveis incursões inimigas por mar. É imóvel de interesse público desde 1978.

PUB

Quinta Real de Caxias A construção da Quinta Real de Caxias iniciou-se no século XVIII, por mão do Infante D. Francisco, irmão de D. João V. O palácio ficou concluído em 1832. É o único Paço que a realeza teve à beira mar. No jardim, mais conhecido por Jardim do Paço Real, podem-se admirar as estátuas em terracota da autoria de Machado de Castro, a Cascata real e o lago das Ninfas. É imóvel de interesse público desde 1953.

Hospital/Prisão de Caxias O Forte de Caxias foi construído entre 1879 e 1886, tendo passado a adotar o nome de Rei D. Luís em 1901. A sua utilização como estabelecimento prisional data de 1916, tendo ficado conhecido durante o

PUB

Estado Novo como uma das prisões que mais presos políticos albergou. A libertação destes presos após o 25 de abril de 1974 ficará para sempre na memória dos caxienses. Fonte: JF Caxias

PUB


Concelho

10 • agosto 2012 Oeiras

FOTOS: VERÓNICA FERREIRA

26 Anos do Centro Comercial

O

Centro Comercial Palmeiras celebrou 26 anos de existência. Para assinalar a data fomos saber como tem sobrevivido à crise que assola o país aquele que é um dos mais emblemáticos espaços comerciais do concelho. Délio Alegrio, lojista há mais de 14 anos, lamenta a actual situação do centro comercial e recorda com nostalgia os tempos áureos dos negócios. «No início havia animação e as pessoas vinham ao centro. Hoje, com a forte PUB

concorrência que existe no concelho e a falta de iniciativas que atraiam clientes o centro comercial tem vindo a morrer a cada dia», comentou. Sobre o volume de negócio, o comerciante alega que actualmente as receitas estão abaixo dos 50 por centro daquilo que se lucrava há dez anos atrás. «Antes do euro, o negócio corria muito bem. Depois só conseguimos manter algum lucro no primeiro ano da entrada na moeda única. Desde então tem sido uma descida constante nas vendas e no número de lojas a funcionar», disse. «Aqui no centro umas lojas estão mal e outras ainda

estão pior», salientou referindo que muitas pessoas não conseguem dar continuidade ao investimento que fazem para abrir lojas no centro comercial Palmeiras devido às elevadas rendas e parco lucro, que não chega muitas vezes para pagar à administração. «A maior das pessoas não paga o condomínio o que, por sua vez, leva os responsáveis do centro comercial a não terem liquidez para o desenvolver e promover actividades que dinamizem o espaço», concluiu. Com horário alargado até às 23h00 o lojista considera que é inadequado. Conforme podePUB

mos comprovar na realização desta reportagem, muitos lojistas optam por não abrir portas no período da tarde, outros fecham portas por volta das 20h00. «Torna-se muito perigoso ficar no centro comercial até às 23h porque nessa altura já são muito poucas as lojas que continuam abertas e, por isso, o espaço torna-se muito mais vulnerável a assaltos e casos de violência ou vandalismo. Era preferível que a administração reduzisse a carga horária visto que havia poupança de energia e a garantia de continuar a haver movimento no centro comercial durante todo o tempo em que se encontra aberto ao público», explicou Délio Alegrio. Outro problema salientado pelo lojista refere a zona de restauração. «Há dias em que não se pode andar nos corredores do centro comercial por causa do intenso fumo ou cheiro a grelhados. A administração não faz nada e são os lojistas e os clientes que têm de suportar os maus cheiros. É claro que isto também acaba por afastar as pessoas e os comerciantes», lamentou acrescentando que a administração devia impor-se e não permitir que alguns restaurantes confeccionem alimentos para os quais os seus espaços não estão habilitados. Por fim, o lojista referiu que para garantir a sobrevivência daquele espaço comercial é urgente a criação de uma dinâmica diferente, capaz de atrair pessoas. «Devia haver mais iniciativas porque mesmo que as pessoas não venha para comprar pelo menos visitam o centro e ficam a saber que estamos aqui. Ao contrário isto é um espaço morto onde não se passa nada e se torna impossível ser concorrente doutros centros comerciais das redondezas». Estas opiniões são partilhadas por Maria Teresa Seia, lojista desde 2004 com um quiosque de roupa e acessórios femininos. «Os primeiros três anos ainda foram positivos e deu para ganhar algum dinheiro. Agora vivo um mês de cada vez sem grandes expectativas e com algum desânimo», referiu. À sua volta, neste momento, mais não há que lojas fechadas que


Concelho

Jornal Mensal • 11 PUB

Palmeiras emanam histórias de insucesso e fracasso nos negócios, gentes passadas que arriscaram para ter algo próprio e a quem a crise e a actual conjuntura não permitiu ir mais longe. «Acho que a culpa é da falta de clientes, da

crise e, não obstante, da administração do centro comercial porque não investe na sua divulgação nem cria actividades que atraiam pessoas para aqui», disse. • VERÓNICA FERREIRA

PUB

PUB

PUB


Desporto

12 • agosto 2012 Clube Desportivo de Paço de Arcos

FOTOS: DIREITOS RESERVADOS - CDPA

Referência a nível nacional

A

tualmente tem 186 praticantes, encontra-se na primeira divisão e não pára de marcar pontos e conquistar títulos, sendo a «menina dos olhos» do CDPA. É impossível falar do Clube Desportivo de Paço de Arcos sem mencionar o hóquei em patins. Para além de símbolo, é uma referência a nível nacional. De facto, têm sido feitas apostas na formação de atletas dos escalões mais jovens. Hoje aglomera nas diversas camadas aproximadamente 186 praticantes. É também com orgulho e vaidade que os responsáveis pelo CDPA mencionam os títulos e o facto de o escalão sénior ter subido à 1.ª Divisão Nacional em 2011. Também

neste ano, o escalão júnior venceu a Taça APL, o escalão Infantil venceu a Taça APL e o escalão escolares foram Campeões dos Encontros Distritais. Em relação aos títulos nacionais, João Rodrigues mencionou que o CDPA obteve 30 títulos, no geral, tornando-o no terceiro clube com mais títulos de Campeão de Portugal, logo atrás do Porto e do Benfica. «Estes títulos estão distribuídos da seguinte forma: Séniores – 8, Juniores – 5, Juvenis – 3, Iniciados – 5, Infantis – 9», especificou o diretor dos desportos de pista e campo. «A época 2000/2001 foi a de maior sucesso do clube, pois conquistamos todos os títulos Nacionais ao nível da formação. Este feito é inédito porque até hoje nenhum clube conseguiu

repetir a façanha, fomos Campeões Nacionais em Juniores, Juvenis, Iniciados e Infantis», lembrou João Rodrigues. É ao CDPA que muitos treinadores vêm procurar novos talentos. «Financeiramente, não podemos oferecer o que outros clubes, de maior dimensão, oferecem e alguns jovens acabam por sair», comentou Rui Marques. Só existe um senão apontado por Rui Marques e João Rodrigues: «Antes, quando um jogador saia de um clube esse clube tinha direito a um montante pela transferência, calculado com base numa tabela. Agora, é a Federação que recebe uma taxa pela transferência dos atletas». • SOFIA FILIPE

Modalidades Desportivas

Portugal e vai ser visível no centro comercial da linha entre 27 de julho e 12 de agosto. Cerca de 75 fotografias e respetivas fichas técnicas dos atletas olímpicos portugueses, que este ano são o rosto de Portugal no mundo, fazem parte da Exposição que inclui todas as modalidades com representação nacional (atletismo, triatlo, badminton, ciclismo, equestre, ginástica, tiro, judo, natação, remo, canoagem, ténis de mesa e vela). Dar a conhecer e apoiar os atletas nacionais que partem agora em missão para Londres, é o grande objetivo desta iniciativa do Oeiras Parque que desta forma enaltece e manifesta o seu apoio à equipa olímpica portuguesa.

Lisboa volta a fechar a sua circulação a veículos automóveis no próximo dia 23 de setembro. Para a ocasião estão previstas a realização de várias atividades como ginastica, jogos tradicionais, skate, patins e bicicleta. Recorde-se que esta iniciativa da Câmara Municipal de Oeiras insere-se na celebração da Semana Europeia da Mobilidade e do Dia Europeu Sem Carros. O trânsito será interdito a automóveis entre Caxias e a Praia da Torre, Oeiras.

teveram como objectivo dar a conhecer o modelo organizativo do Hóquei em Patins do Barcelona e o processo de formação na Academia de talentos “La Masia”. “Més que un club” (Mais que um Clube), o Barcelona representa um conceito e uma única dimensão. Esta iniciativa, organizada pela Câmara Municipal de Oeiras em parceria com a ADO, SMAS de Oeiras e Amadora e Junta de Freguesia de Oeiras e São Julião da Barra, tem como patronos António Ramalhete e José Rosado. A apresentação está a cargo de Fernando Correia (uma referência na história da rádio e Televisão).

Para além do hóquei, no qual o Clube possui um distinto palmarés, e uma escola, estão disponíveis aos sócios as mais diversas modalidades. Umas ligadas ao mar, através do seu Centro Náutico (Vela, Canoagem, Motos de Água, Jets, Pesca), outras à Dança (Ballet, Hip Hop), à Patinagem Artística, à Ginástica (Spinning, Pump, Pilates, Localizada, GAP, Manutenção Sénior, Gin. Kids, Yoga) e à Defesa Pessoal (Karate, Jiu-Jitsu). Todas são praticadas no Pavilhão Desportivo, exceto o Andebol, que se pratica no Pavilhão Jesus Correia, junto à Escola Secundária Luís de Freitas Branco.

BREVES Desporto nas férias A piscina oceânica e o porto de recreio de Oeiras oferecem, até 17 de agosto, um vasto programa de atividades desportivas. Entre elas pode experimentar vela, atividades aquáticas, passeios e workshops temáticos. Os programas estão disponíveis para jovens com idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos e as inscrições devem ser efetuadas pelo contacto 214401510 ou pelo correio eletrónico feriasvivas@oeirasviva.pt

Olimpíadas de Londres Para celebrar os Jogos Olímpicos de verão que este ano se realizam em Londres, o Oeiras Parque vai acolher uma Exposição que visa apresentar os Atletas Olímpicos Portugueses. Esta é uma iniciativa criada em parceria com o Comité Olímpico de

Marginal sem carros, mais uma vez Uma das avenidas mais movimentadas da grande

Grandes nomes do FC Barcelona em Oeiras Carles Folguera, Director da “La Masia”, Gaby Cairo, Treinador de Seniores e Ricardo Muñoz, Treinador do Hóquei de base do F.C. Barcelona, reúnem-se em Oeiras para apresentar estratégias e modus operandi do clube catalão. As 1.ª Jornadas Técnicas Internacionais de Oeiras

Futebol O plantel Senior Masculino de Futsal do Clube Recreativo Leões de Porto Salvo inicia a sua pré-época no próximo dia 13 de agosto. A 1.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão disputar-se-á no dia 8 de setembro.


Desporto

Jornal Mensal • 13

Torneio DINOPATIM 2012

Natação

Chuva de medalhas em patinagem

O Clube Recreativo Leões de Porto Salvo (CRLPS) participou nesta competição com 17 atletas nos vários escalões e conquistou um total de 5 medalhas individuais e 5 taças por equipas. Inês Morais classificou-se em terceiro lugar de Juvenis Promocional. Na categoria Juvenis Geral, Luísa Viegas arrecadou o primeiro lugar e Joana Veríssimo ficou em oitovo lugar. Em Cadetes Promo-

cional a atleta Carolina Tacão classificou-se em sétimo lugar e em Cadetes Geral Catarina Silva ficou em terceiro lugar e Bárbara Silva em 14º lugar. Nos Iniciados Promocional DIREITOS RESERVADOS

R

ealizou-se nos dias 7 e 8 de julho nos pavilhões do Hóquei Clube da Lourinhã e do Centro Social e Cultural de Ribamar, o Torneio Dinopatim 2012 com a participação de cerca de 400 patinadores de diversos clubes.

participaram quatro atletas do clube de Porto Salvo. Carolina Sol ficou em nono lugar, Alexandra Adrião em 11.º, Catarina Marques

no 14.º e Marisa Correia ocupou o 17.º lugar. Ainda em Iniciados mas na categoria Geral Ana Oliveira conseguiu o 8.º lugar e Rita Matias ficou em 20.º lugar. Nos Infantis Promocional Carlota Ribeiro subiu ao pódio para ocupar o terceiro lugar e as colegas de equipa Inês Nogueira e Alice Teixeira ficaram com o oitavo e 23.º lugares, respetivamente. Para concluir as participações gerais, em Infantis Geral Rafaela Baptista conseguiu o segundo lugar e Aldina Gomes 7.º da classificação. Por equipas, o CRLPS conquistou o primeiro lugar nos Juvenis Geral, o segundo lugar nos Infantis Promocional e nos Infantis Geral e o terceiro lugar nos Juvenis Promocional e nos Cadetes Geral. • REDAÇÃO

Sport Algés e Dafundo

Beatriz Marques Campeã Nacional de natação

A

piscina do Jamor recebeu os Campeonatos Absolutos de Portugal – OPEN/Campeonato Nacional de Juvenis que encerraram a época 2011/2012 de natação pura. O Sport Algés e Dafundo esteve representado por 14 atletas (seis masculinos e oito femininos) e disputou seis Finais A e 12 Finais B. As duas provas femininas mais pontuadas pertenceram a Inês Paiva com 708 pontos aos 800 livres (9.14.14) e Bárbara Rodrigues com 673 pontos aos 400 livres (4.32.83). Nos rapazes, João Matias fez 684 pontos aos 50 mariposa (25.45) e Pedro Santos 667 pontos

aos 100 mariposa (57.00). De referir ainda que as nadadoras Beatriz Marques e Rita Frischknecht, ao fazerem parte do escalão juvenil, arrecadaram quatro medalhas nacionais: ouro nos 100 e 200 bruços por Beatriz Marques enquanto Rita Frischknecht, nos 200 e 100 costas conseguiu as medalhas de ouro e bronze, respetivamente.

la que foi a última competição de época. O clube de Algés e Dafundo dominou em toda a linha, nos escalões mais jovens, e terminou a época no seu melhor.

Muay Thai em setembro

O Sport Algés e Dafundo sagrou-se Campeão Nacional de conjuntos júnior e juvenil, e vice-campeão em esperanças no Pavilhão Municipal de São domingos de Rana, naque-

O clube de Algés e Dafundo vai iniciar a modalidade já no próximo mês. Os interessados já se podem inscrever pelo número 214118660, fax 214118669 e pelo correio eletrónico info@algesedafundo.pt. Pedro Faustino, detentor do nível dois de treinador, será o mestre e as aulas acontecerão às segundas e sextas-feiras pelas 20h30 e às terças-feiras pelas 21h00. • REDAÇÃO

PUB

PUB

Patinagem: campeão nacional de conjuntos júnior e juvenil

Inscrições abertas para a VII Travessia António Bessone Basto Esta é uma das mais carismáticas provas oeirenses e a edição deste ano realiza-se já no próximo dia 8 de Setembro. Para a ocasião existir duas provas, uma de 1km e outra de 2,5 km. As expectativas de participação são elevadas visto que ano após ano a Travessia em homenagem a António Bassone Basto tem vindo a conquistar adeptos. Esta prova é promovida pela Camara Municipal de Oeiras em parceria com a Federação Portuguesa de Natação, a Oeiras Viva, o SMAS, Clube do Mar “Costa do Sol”, CPPA e o Sport Algés e Dafundo. Esta prova visa ser uma festa da natação das águas abertas e de convivio com um dos maiores desportistas portugueses de sempre. Os interessados podem inscrever-se individualmente ou por clubes através de um formulário ou no sitio online da prova (http:// travessiabessone.cm-oeiras.pt). Depois de preenchida, a inscrição deve ser enviada por fax pelo número 214404876 ou para o correio electrónico filipe.carvalho@cm-oeiras.pt. Cada inscrição terá uma taxa de 3 Euros a ser paga à Federação Portuguesa de Natação e o pagamento deve ser realizado por transferência bancária ( NIB:001800031333017002088, Banco Santander, Titular: Federação Portuguesa de Natação, Descritivo – TBB2012 + nome do clube ou nome do nadador). Depois o comprovativo terá de ser enviado para um dos contactos supra referidos até ao dia 31 de Agosto. Nota que a participação é limitada a 100 inscrições por prova. • REDAÇÃO

PUB


Saúde

14 • agosto 2012 Verão

Oeiras associa-se a campanha de prevenção de problemas na pele A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) está a passar uma mensagem de verão por várias autarquias nacionais com vista a alertar a população para os riscos da descuidada exposição solar.

PUB

riamente ao sol. Uma queimadura solar na infância duplica o risco de mais tarde se desenvolver um cancro de pele. • Evite salas de bronzeamento, ou solários, pois os UV aumentam o risco de cancro cutâneo e aceleram o envelhecimento da

DIREITOS RESERVADOS

«Sol e verão: O Sol é amigo, não faça dele inimigo» é a mensagem de verão da APCC que estará visível por todo o concelho, em cartazes (Outdoors/Múpis) até início de setembro. Estes cartazes incluirão informação sobre os cuidados a ter com o sol e ajudarão a identificar os cancros da pele e os sinais que têm risco de evoluir para cancro da pele. Para celebrar o calor, o bom tempo e a boa disposição deste período de férias deixamos alguns conselhos e dicas para melhor se proteger dos perigos do verão: • Saiba que se expõe aos raios ultravioleta (UV) não só quando apanha sol na praia, mas também praticando um desporto ao ar livre, fazendo jardinagem ou simplesmente caminhando ao sol. • Opte por uma exposição solar lenta e progressiva. • Reduza ao máximo as suas atividades exteriores entre as 12h e as 16h (antes e depois do “meio dia solar”). • Use um chapéu, uma camisa ou t-shirt de cor escura e óculos quando estiver ao sol. Se estiver muito tempo exposto ao sol, por razões profissionais ou lúdicas, utilize manga comprida que cubra os antebraços. • Tenha em atenção o reflexo dos raios solares na neve (85%), na praia (20%), na

água e na relva (5%). Estar à sombra de uma chapéu-de-sol ou toldo não é suficiente para evitar os escaldões. • Com templo nublado não se esqueça do protetor solar, uma vez que os raios são quase tão perigosos como com sol.

• É necessário utilizar óculos de proteção, particularmente as crianças e pessoas de olhos claros. • Consumir frutas, legumes e beber muita água é importante para a proteção da pele e equilíbrio orgânico. • Estima-se que cerca de 80% da dose de radiação tolerada pela pele se atinge pelos 18 anos. • Vigie o contorno, a cor e o tamanho dos seus nevos. • Na praia ou piscina: 30 Minutos antes de ir para a praia ou piscina aplique um creme protetor com um fator de proteção igual ou superior a 30. Renove as aplicações de 2 em 2 horas e após o banho, mesmo que o protetor seja à prova de água. (Fonte: APCC).

Mais praias em Oeiras

• Mantenha os bebés longe do sol e ensine a proteção solar às crianças desde muito cedo. No 1.º ano de idade, as crianças não devem ser expostas diretamente ao sol. • As crianças têm a pele mais sensível que os adultos. Não as exponha desnecessa-

pele. • Uma t-shirt molhada no corpo pode deixar passar os raios ultravioleta. • As pessoas ruivas, as loiras, com sardas e muitos sinais, devem proteger-se com maior rigor.

Este ano, o concelho viu alargado o número de praias reconhecidas. O areal de Santo Amaro, Paço de Arcos e Caxias, já utilizado e considerado como zona de recreio e lazer, juntam-se agora à praia da Torre na oferta balnear de Oeiras. Esta designação foi finalmente alcançada devido ao histórico de boa qualidade das águas balneares destes locais, que se encontravam em estudo. Nestas praias é efetuada vigilância dos banhistas, através dos nadadores-salvadores (à exceção da Praia de Caxias, classificada como não vigiada), é garantida a limpeza mecânica e manual diariamente, existem sanitários, chuveiros com passadiços, estruturas de deposição seletiva de resíduos e eco-cinzeiros de praia. • REDAÇÃO


Saúde

Jornal Mensal • 15 PUB

Subsídio de Doença

DIREITOS RESERVADOS

Há novas regras

As medidas aplicáveis às situações de doença inicial ocorridas entraram em vigor no início de julho de 2012 e entre outras preveem a alteração do prazo de garantia, o valor do subsídio de doença. No que respeita ao tempo necessário de descontos, continuam a ser necessários seis meses com registos de remunerações para se ter direito ao subsídio de doença mas passa a ser considerado o mês em que ocorre a situação de doença desde que tenha havido remunerações até ao momento em que deixou de trabalhar por motivo de baixa. Para calcular o valor que irá receber durante o período de doença deve ter em conta se tem ou não pelo menos seis meses de registos de remunerações. Caso tenha os registos, deve somar todas as remunerações dos primeiros seis meses dos últimos oito a con-

tar do mês anterior àquele em que teve de deixar de trabalhar, exceto os subsídios de férias e de Nata e dividir o total da soma por 180. Se não tem o período necessário de registos e tenha estado anteriormente abrangido por outro sistema de Proteção Social obrigatório, deve somar todas as remunerações registadas no sistema de Segurança Social desde o início do período de referência, ou seja, desde o mês em que começou a trabalhar até ao dia anterior ao início da incapacidade, exceto os subsídios de férias e de Natal, e dividir o total da soma de todas as remunerações pelo número de meses, completos ou não, a que as mesmas se referem, e divide o resultado por 30. Também a majoração do valor do subsídio de doença sofreu alterações. Nas situações em que se aplicam as percentagens de 55% ou 60%, estas são majoradas em 5%, quando se verificar uma das seguintes condições: se a remuneração de referência for igual ou inferior a € 500,00; se viverem no seu agregado familiar três ou mais descendentes com idades até 16 anos ou até 24 anos a receberem Abono de Família; e se no seu agregado familiar viver algum descendente que esteja a receber Bonificação por Deficiência. Além destas alterações, há que ter em consideração que o montante diário do Subsídio de Doença não pode, em qualquer caso, ser superior ao valor líquido da remuneração de referência que serviu de base de cálculo, sendo que o valor líquido da remuneração de referência obtém-se pela dedução à remuneração de referência ilíquida do valor da taxa contributiva para a Segurança Social a cargo do trabalhador e da taxa de retenção do IRS. • REDAÇÃO

Carnaxide

Identifica casos de isolamento sénior No âmbito das competências do Gabinete de Apoio Social da Junta de Freguesia de Carnaxide está a ser realizado um inquérito à população com o objetivo de identificar as situações de isolamento e vulnerabilidade social, em especial da população sénior. Esta iniciativa é levada a cabo pelo Grupo de Intervenção Social composto por diversas instituições parceiras da Junta de Freguesia, entre as quais a PSP de Carnaxide. A informação recolhida nos questionários permitirá ao Gabinete de Apoio Social da Junta de Freguesia articular com as instituições parceiras da JF no sentido de obter respostas sociais para fazer face às situações de maior

vulnerabilidade, em particular, na saúde, na habitação e na segurança dos idosos a cargo da Policia de segurança Pública, que através das suas equipas de proximidade PIPP-EPAV, têm vindo a desenvolver laços de proximidade junto desta população. Este projeto foi muito bem aceite pelo Grupo de Intervenção Social de Carnaxide o qual aprovou o modelo do Inquérito Social, tendo sido também aprovada a iniciativa na Comissão Social de Freguesia no seu plano de ação para 2012. Numa primeira fase o inquérito está a ser efetuado no centro Histórico de Carnaxide pelos dois técnicos de Serviço Social a colaborar com a Junta de Freguesia em conjunto com dois Agentes da PSP de Carnaxide às quintas-feiras entre as 9h00 e a 13h00. • REDAÇÃO

PUB

PUB


PUB


Correio de Oeiras Edicao59