Page 1


MATHEUS DE MELLO ALBUQUERQUE Arquiteto e Urbanista mello.matheus@rocketmail.com +55 (32) 988 755 902 Rio de Janeiro, RJ Pça. João Pessoa, 9/1103, Centro 15, Abril, 1991

INTERESSES E QUALIDADES

PROJETAÇÃO experiência em escritórios de MG e RJ

ARTE DIGITAL vídeos/imagens, apresentações e comunicação

URBANISMO estudos e práticas participativas

CRIATIVIDADE busca por soluções e trabalhos transdiciplinares

ORGANIZAÇÃO Perceptividade, ordenação e planejamento de ação

FORMAÇÃO 1º semestre 2018

mar 2015 - jul 2016 out 2014 - nov 2014

Faculdade de Arquitetura e Urbanismo/UFJF Bacharelado em Arquitetura e Urbanismo TCC: Cidades Conversas - Práticas e Diálogos com a Juventude Escola de Arquitetura e Urbanismo/UFF Mobilidade Acadêmica Hiato, ONG Soluções Urbanas «Tem que saber chegar», 16h/aula Entrada em territórios para trabalhos sociais

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL SUPERVISIONADA jan 2018 - jul 2018

EFE Arquitetos, Juiz de Fora, MG Estágio Profissional: Projetos hospitalares, residenciais e comerciais

set 2017 - dez 2017

Diretoria de Relações Internacionais, UFJF, MG Tradutor

abr 2017 - mai 2017

Rodrigo Pontes Arquitetura, Juiz de Fora, MG Estágio Profissional: Projetos residenciais

abr 2015 - fev 2017

Escritório Job Arquitetura, Nitéroi, RJ Estágio Profissional: Projetos corporativos, residenciais e legalização

mar 2013 - jul 2013

Prefeitura Municipal de Leopoldina, MG Revisão das Leis Urbanísticas do Município de Leopoldina, MG

AutoCAD Photoshop SketchUP PRO Vray

CorelDRAW Office Illustrator Revit

Inglês

Português

fluente

fluente

nativo

PORTIFÓLIO DISPONÍVEL https://issuu.com/matheusm


`ÍNDICE

DE PROJETOS

DESENHOS TÉCNICOS VARIADOS IMAGENS RENDERIZADAS VARIADAS

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .03 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .06

LOGO, 2010 ARTE URBANA, 2012

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .10 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .11

EDA 2, 2014 PROJETO DE ARQUITETURA E URBANISMO 7, 2012

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .13 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .15

TRABALHO GRÁFICO, 2013 TRABALHO GRÁFICO, 2014

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .21 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .22

02


Desenhos técnicos s/esc., 2015-2016 Escritório Job Arquitetura, Niterói, RJ Projetos variados AutoCAD

Des.01, LKD-RES01, Layout

03


Des.02, LKD-RES01, Pag. técnica

Des.06, CGE-JDB, Teto refletido

Des.03, LKD-RES01, Pag. gráfica

Des.04, LKD-RES01, Pag. técnica Des.07, GLE-RIR, Instalações

Des.05, LKD-RES01, Pag. gráfica

Des.08, GLE-RIR, Corte CC

04


Des. 09, ADM-FAB01, Layout

Des.10, ADM-FAB01, Corte AA

Des.11, ADM-FAB01, Corte BB

05


Renderizações, 2015-2016 Escritórios JOB e Rodrigo Pontes, Niterói, RJ e Juiz de Fora, MG Projetos variados SketchUp Pro + Vray + Photoshop

Img.01, CSV-EDA

Img.02, CSV-EDA

06


Img.03, CHR-RRM

Img.04, CHR-RRM

Img.02, CHR-RRM

07


Img.05, SAF-CTA

Img.06, BFM-ESC01

Img.07, BFM-ESC01

Img.08, BFM-ESC01

08


Img.09, GLE-LAB01 Img.10, GLE-LAB01

Img.11, GLE-LAB01

Img.12, GLE-LAB01

Img.13, GLE-LAB01

09


rua u rua u A

RM

O REF

! A JÁ

AN URB

Logo, 2010 RUA, Relações Urbanas e Arquitetônicas Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo, UFJF Croqui + Corel Draw | apr. Corel Draw

10


Arte Urbana, 2012 Fortaleza, CE Leituras Poéticas e Verticais Photoshop + Stencil + Lambe-Lambe

Flor a céu aberto

aeroporto

aeroporto

aeroporto

aeroporto

aeroporto

Em meio as valas abertas floresce a luta e a resistência. A arte feita pra ecoar como um sinal de rádio. A população resiste, e apesar da omissão, temor não sente. Finca raízes, cresce e se estabelece, como uma força da natureza... ‘‘...Larvar, rastejante, desafiante de gente como a gente, desejante, suspirante, ofegante, lancinante. O mandamento da vida explode em riso e ferida.’’*

*Carlos Drummond de Andrade. 06/10/1979. Crônica das favelas nacionais. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro.

11


aeroporto

aeroporto

aeroporto aeroporto

O Menino e o Avião de Brinquedo

aeroporto

Aqui as crianças brincam. As árvores; os acessos estreitos; o espaço largo; a sequência de casas interrompida pelo muro; parecem que o tornam mais aconchegante e mais acolhedor. Como um quintal comum. Entre as várias brincadeiras, sentar e pular o muro da divisa do aeroporto. É possível ver de muito perto os aviões, e nisso ficar horas. Talvez para elas o muro ainda não divida, mas convide, uma busca ao tesouro. Talvez para elas a razão seja essa: olhar os aviões como se fossem de brinquedo.

1

2

12

3


110 cm

235 cm

310 x 295 cm

SketchUP PRO + Vray + Photoshop + Corel Draw

245 cm 220 cm 295 cm 340 cm 308 cm

PROCESSO CONSTRUTIVO

Diagramação e Renderização, 2014 Ponto de ônibus da Faculdade de Engenharia, UFJF Expressão Digital Artística 2

ABCD 3x

8x 8x 8x

E F G

4x 4x 6x

21x

Fig. 01

E

83°

MÓDULO ESTRUTURAL

137°

D

103° B A

C Fig. 02

INICIATIVA ESTUDANTIL APROPRIAÇÃO DO ESPAÇO EXPERIMENTAÇÃO CONSTRUTIVA N

RESPOSTA POLÍTICA

S/ESC

O valor do projeto se encontra nesses vários aspectos. Desde 2012, a UFJF vem usando como medida paliativa a adoção de tendas de eventos como “pontos de ônibus” por todo o Campus. Uma infraestrutura de caráter temporário não pode se tornar a resposta definitiva à demanda de um grande número de estudantes, funcionários, professores cidadãos e visitantes.

Fig. 03

F

Fig. 04

G

1/2

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO EXPRESSÃO DIGITAL ARTÍSTICA II PROF. M. Sc. JORGE NASSAR FLEURY DA FONSECA MATHEUS DE MELLO ALBUQUERQUE 200933045

13

Fig. 05


ILUMINAÇÃO

Fig. 06

A “Semana de Recepção dos Calouros” é uma atividade acadêmica de organização estudantil, onde oficinas, mesas e palestras acontecem com o objetivo de recepcionar e introduzir os novos estudantes no ambiente acadêmico. Com um grande número de alunos envolvidos – organizadores e participantes – esse seria um momento favorável para a realização de uma oficina construtiva voltada aos interesses da própria comunidade acadêmica, no caso, a melhoria da infraestrutura dos pontos de ônibus do Campus.

2/2

Fig. 07

O processo participativo experienciado na oficina se baseia no princípio de que o ambiente funciona melhor se as pessoas alcançadas pelas suas mudanças estão ativamente envolvidas na sua criação e desenvolvimento ao invés de serem tratadas como consumidores passivos. Criar campos em que o usuário possa participar de forma mais direta das decisões e dos rumos do desenvolvimento dos seus espaços e cidades. Não só do planejamento/projeto, mas também da sua manutenção. Uma experiência de cidadania.

A técnica escolhida foi o estrutural de bambu e a cobertura de policarbonato. Ter o contato prático com a técnica construtiva desenvolve uma lógica diferente de processo, da qual o arquiteto costuma estar viciado desde o início da sua formação. Quando se entende como aquilo virtual se concretiza no real, consegue-se desenvolver um projeto de qualidade maior. As várias experimentações; o erro e acerto; a prática empírica; fazem parte da construção desse conhecimento. Um único processo, teórico e prático coexistente.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO EXPRESSÃO DIGITAL ARTÍSTICA II PROF. M. Sc. JORGE NASSAR FLEURY DA FONSECA MATHEUS DE MELLO ALBUQUERQUE 200933045

14

Fig. 08

O debate e o desenvolvimento de uma mobilidade urbana de qualidade é um dos principais desafios das nossas cidades atuais. As Universidades, como espaços de produção de conhecimento, tem o dever de amparar e até conduzir os esforços para que esse direito se concretize. A baixa qualidade do serviço público prestado e a consequente priorização do automóvel individual já se mostram há muito como estratégias fracassadas. Como a UFJF em expansão enfrenta esse problema no seu próprio espaço?


Projeto e Representação, 2012 Centro Cultural Bernardo Mascarenhas e entorno Projeto de Arquitetura e Urbanismo VII André C. + Fanny R. + Isadora A. + Matheus M. + Raquel H. Croqui + AutoCAD + Photoshop + Corel Draw

15


NCIA

1/600

IMPLANTAÇÃO

/2

16 103 102 101 100 99 98 97 96 95 94 93 92 91

3

4

41

5

42

6

43

7

44

8

45

83

82

9

46

81

78 79 80

10

47

11

48

12

13

14

15

52

56

51

57

50

58

49

59

16

53

17

54

18

55

37 36 35 34 33 32 31

19

20

21

22

23

30 29 28

24

25

27

26

SS A

RUA ESPÍRITO SANTO 2

40

60

77

RI

D P R.

1

38

39

62

61

75 76

MERCADO MUNICIPAL

63

1009 0807 90 89 71 87 88 70 86 69 85 68 84 67 66 65 64

S

GA

R VA

72 73 74

IO ÚL

T GE

AVENIDA INDEPENDÊ 14 13 12 11

DA

NI

E AV

0506 020304 01

s

s

CUSTÓDIA MUNICIPAL

SC O

VE RA

T

AVENIDA INDEPENDÊNCIA


1ยบ PAV

2ยบ PAV

3ยบ PAV

CORTE AA

REFORMA MERCADO MUNICIPAL 1/250

/3

17


3º PAV 1º PAV

2º PAV

3º PAV

EDIFÍCIO DE CUSTÓDIA MUNICIPAL 1/125

/2

18


19


20


Trabalho Grรกfico para Evento, 2013 CACAU, UFJF XVI Mostra de Arquitetura e Urbanismo, 03 a 06 de Dezembro Phothop + Corel Draw

21


Trabalho Grรกfico para Evento, 2014 CACAU, UFJF XVII Mostra de Arquitetura e Urbanismo, 20 a 24 de Outubro Matheus M. e Daniel C | Grafite e Sulfite + Photoshop + Corel Draw.

22


Portfolio, Matheus Albuquerque  
Portfolio, Matheus Albuquerque  
Advertisement