__MAIN_TEXT__

Page 1

N Ú M E R O

265

A N O

i

X X I V . N O V E M B R O . 2 0 1 9

lego

C O N F I R A N E S TA E D I ÇÃO A C O B E R T U R A C O M P L E TA DE UM DIA DAS CRIANÇAS MUITO DIVERTIDO


P E U G E O T. C O M . B R / G A M A S U V

SURPREENDE ATÉ OS MAIS EXIGENTES. CONHEÇA A NOVA GER AÇÃO DE SUV PEUGEOT. NUNCA UMA GAMA SUV FOI TÃO LONGE.

A PARTIR DE

R$ 149.990,00 E TAXA 0%

*3 anos de garantia total nos termos dos respectivos manuais.

MOTION & EMOTION Um serviço que não deixa sua vida parar. Conheça nossos benefícios e produtos.

LELAC (41) 3330-2500

Avenida Mal.Floriano Peixoto, 3961 - Curitiba

No trânsito, dê sentido à vida.

LE PARC (41)3331-6500

Rua Genral Mário Tourinho, 1424 - Curitiba

LE CHAMP (42)3220-7500

Avenida Ernesto Vilela, 240 - Ponta Grossa

Valor promocional a partir de R$ 149.990,00 à vista para SUV Peugeot 3008 Allure 19/20, com teto solar, cor Vermelho Ultimate ou financiado pelo Banco PSA com entrada de R$ 89.994,00 (60%) à vista + 24 parcelas mensais de R$ 2.691,80, com vencimento da 1ª parcela para 30 dias. Taxa de juros de 0% a.m. e 0% a.a. Valor total a prazo: R$ 154.597,20. O Custo Efetivo Total (CET) máximo para esta operação de 0,52% a.m. e 6,38% a.a., com IOF de 3% a.a para Pessoa Física e 1,5% a.a para Pessoa Jurídica. Estoque: 10 unid. IOF, cadastro e despesa para constituição da garantia estão inclusos nos cálculos das prestações e CET. Sujeito à aprovação de crédito. *3 anos de garantia nos termos dos respectivos manuais. Prazo de entrega de até 90 dias. Promoção para veículos faturados de 01/11/2019 a 30/11/2019 ou enquanto durarem os estoques. Não cumulativa com outras promoções.


edi ção/

265

Q u e r id os assoc i a d os ; O fim de ano se aproxima e aumentam as expectativas para a tradicional festa de Réveillon, que está sendo preparada com todo carinho pela Diretora Social. As mesas já estão à venda e a procura está grande, portanto, não deixem para a última hora. No mês de outubro realizamos mais uma edição da tradicional “Festa da Criança”. O evento, que contou com a presença de seiscentos associados, foi um sucesso! A cobertura completa vocês acompanham nesta edição. Ainda em relação às crianças, faço um apelo aos pais para que observem as normas de utilização do Clubinho, espaço criado para a permanência das crianças enquanto os pais realizam alguma atividade no Clube e não para lá deixarem seus filhos e se ausentarem. O conceito do Clubinho não é o de “creche”, onde crianças passam a metade do dia ou mesmo o dia todo enquanto os pais trabalham. Outra novidade no mês de outubro foi a substituição do arrendatário responsável pelo restaurante do tênis e bar da piscina, que passam a ser administrados pela Izabela Barrozo. Com a mudança, o Clube passa a ter novamente uma opção de gastronomia À la carte durante a semana no almoço e, além disso, há grande esforço para aprimorar o atendimento às piscinas. Encerro essas breves palavras destacando a chamada para a Colônia de Férias, que será realizada no mês que vem, bem como os preparativos do Musical de Fim de Ano do Centro Poliesportivo, que será realizado no dia 2 de dezembro, no Teatro Marista, agradecendo a participação dos associados, verdadeiros artistas que anualmente nos proporcionam um evento maravilhoso.

Boa leitura e abraços a todos!

GUSTAVO MUSSI MILANI presidente

3


L A N Ç A M E N T O

S eu apar t ament o c o m espí r it o de casa na mo nt anh a.

PERSPECTIVA ILUSTRADA DA FACHADA


Tro uxe mos para d ent ro de casa a p o e sia d as nossas montanhas.

A Víncere traduziu a poesia da nossa serra em um novo conceito de morar. O relevo das escarpas inspirou a projeção da torre; as belezas naturais, o paisagismo do lazer; e o clima das montanhas, a atmosfera das residências. Nos apartamentos,

amplos

terraços

ajardinados trazem para dentro de casa o clima da serra.

3 ou 4 suítes | 219 m2

Visite o showroom: R. Nicolau Maeder, 783. @serrajuveve

serrajuveve.com.br

Com 41 anos de história, a Víncere inova com projetos que privilegiam a qualidade de vida e contribuem com o crescimento de Curitiba.


ESTOFADO

EM CASA MODERNO CLEAN VERSÁTIL AUTÊNTICO

DESPOJADO? MINIMALISTA? VOCÊ

RUA

AUGUSTO

STRESSER, 1109 |

(41)

3263-1100 | WHATSAPP

DECIDE!

(41)

98408-1217


VENHA

CONHECER.

DE

PERTO.

NA

DECCORE.

7 | WWW.DECCORE.COM.BR| ESTACIONAMENTO

PRÓPRIO: RUA

BOM

JESUS, 988


SUMÁRIO /10 news

comunicados do clube

/18 social

chá da tarde das debutantes . noite árabe

/30 cultura

limites extremos com clayton conservani . clube da leitura . sócio escritor . novos títulos . 10 livros mais lidos . biblioteca bento munhoz da rocha /56

responsabilidade social corrente do bem /58 clubinho saúde . tecnologia do futuro . aquisição de novos brinquedos /62 eventos dia das crianças . poker /76 cp mindfulness . modalidades . semana da criança na natação . segurança aquática /90 golf taça quarta nobre . II taça do vinho . taça outubro rosa . aconteceu pelos campos do brasil /98 tênis torneio relâmpago de duplas mistas . projeto nova geração . clínica de squash . clínica de padel . cobertura das quadras de padel

ERRATA - Edição 264 PÁGINA 82 / Houve um equívoco na publicação do currículo da musicista Moara Pessatti – ela não integra o corpo de músicos da Orquestra Ladies Ensamble (spalla) conforme publicado. PÁGINA 20 /

O nome correto da sócia na foto central é Adriana Claudia C. Giacomazzi

8

EXPEDIENTE JORNALISTA RESPONSÁVEL / Caroline Nogarolli > MTB 5271

PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO / Ideale Design

/ Saltori Mídia Estratégica > renato@saltori.com.br 41. 99996.9995 / 99265.9995

FOTO DE CAPA / Lucas Lopes

VENDA DE PUBLICIDADE

IMPRESSÃO / Maxigráfica

A Revista Graciosa Country Club não se responsabiliza pelos espaços publicitários comercializados, bem como pelos artigos assinados, sendo as duas formas de promoção de inteira responsabilidade de seus anunciantes e autores.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

10

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

COMUNICADOS

11


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

VENHA CONHECER NOSSOS TRATAMENTOS CORPORAIS E FACIAIS.

Conheça nosso novo espaço reformado e redecorado e

12

confira nossos tratamentos capilares e corporais. Contamos com nova tecnologia em equipamentos, como: HOOKE Radiofrequency e Heccus. Tratamento para rugas e flacidez da pele, combate à celulite e gordura localizada, rejuvenescimento facial e corporal. Agende seu horário pelo telefone: (41) 3025-1378 ou pelo WhatsApp: (41) 99167-6663

AF_21x28_ACQUA.indd 1

revista

/

rac i o s a

8/13/19 7:08 PM

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

COMUNICADOS

13


NEWS

n ovidades

d o

c lub e

COMUNICADOS

CANAL ABERTO Sugestões, elogios e reclamações podem ser encaminhadas através do e-mail ou do site:

ouvidoria.gcc@graciosa.com.br graciosa.com.br/contato/ouvidoria 14

Acompanhe a programação dos eventos, aulas, dia a dia, de forma ainda mais dinâmica e interativa.

E para não perder a exclusividade, glamour, privacidade e respeito que o Clube tem por você e que nos fazem únicos, a nossa rede será fechada exclusiva para os nossos associados.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


SOCIAL

deb uta n tes

C H Á D A TA R D E

18

D E B U TA N T E S 2 0 1 9 F OTO S

LUCAS

LOPES

Organizado pela Diretora Social, Cristiane Moro Keinert, o Chá da Tarde do dia 25 de setembro lotou a sede social de familiares e convidados para o último desfile, que encerrou oficialmente as atividades do lineup das Debutantes de 2019.

A tarde foi de muita emoção com o carisma, beleza e delicadeza das debutantes graciosanas, que entraram uma a uma e fecharam com um desfile de todas pela passarela que cortava o salão principal, ovacionadas por todos com muita alegria.

A sede foi toda decorada com lindos arranjos de hortênsias, rosas e orquídeas brancas, que fizeram parte da decoração do baile, sendo a hortência com seus tons azulados a eleita deste ano para o enxoval de comunicação.

Nosso agradecimento especial às mães que incansavelmente se dedicaram durante quase 3 meses junto com suas filhas e familiares a cumprir a extensa agenda de pré-eventos; a elas o nosso muito obrigada por esta parceria incrível.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

> Larissa Maria V. Marques de Macedo e Julia Marques de Macedo

265

> Sofia Correia Barrozo, Sofia Chiodini Rudy e Sofia Santana

19

> Carmem Fregonese e Wellade Fleischfresser

> Janaina Trajano dos Santos e Julia Trajano dos Santos

> Luciane Rangel Shirai e Margarete Lopes Feitosa


SOCIAL

deb uta n tes

> Ravi Amarante Manzochi, Regina Amarante Manzochi e Priscila F. Affonso da Costa

> Berenice de Souza Teixeira e Valquiria Marcal Belich

20

> Elaine Regina Moro Lemes e Rafaela Moro Lemes

> Ana Paula Alvarez Pereira, Maria AmĂŠlia Kastrup Richter e Daisy Strobel Moro

> Christiane Rezende e Marizia Camargo Antunes

> Danielle Maria Gomm Fantin, Beatriz Osternack Rezende e Eloisa de Aguiar Wolter Taques

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

21

> Victoria Mulinari de Lacerda Pessoa, Eduarda Bonetto Santana e Giovanna Alvarez Baggio Pereira

> Marina Lemos Ribeiro e Isabelle Giacomazzi Behring


SOCIAL

n oite

temátic a

NOITE ÁRABE F OTO S

LUCAS

LOPES

O happy hour do dia 27 de setembro foi de encanto e descontração com sede social lotada e muito bate-papo entre amigos. Com a proposta de, a cada edição, uma temática, o intuito foi proporcionar aos associados uma pequena imersão na gastronomia e na cultura Árabe. A noite contou com apresentação de dançarinas que foi um sucesso e muito apreciada. O jantar foi composto por uma farta mesa com variedades e saborosos pratos.

> Erika Meger Rondeau Araújo Loures Bueno, Fernando Rondeau Araújo e Gracieli Meger Rondeau Araújo

22

> Flavio Prestes Filho e Rosely Trombini

> Eliana e Augusto Soares Molinari

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

> Juliano Borges e Caroline Kiel Borges

c l u b


edi ção/

> Ricardo e Tereza Maranhão

265

> Sergio Luis Keinert, Cristiane Moro Keinert, Monica S. Ahrens Milani e Gustavo Mussi Milani

23

> Cezar Antonio e Michelle Knack, Elaine Regina Moro Lemes e Josafá Antonio Lemes

> Denise e Gilberto Scherman Jompolsky

> Mauro Antônio Machado Fuzzo e Graziela Queiroz Tavares Fuzzo

> Ivan Duarte, Marilse Santos Duarte, Nilma Misima Jecohti Ribeiro e Aurelio Marcos Ribeiro


SOCIAL

n oite

temátic a

> Marina dos Santos e Paulo Henrique Tacla Curi

> Priscila Gabrielly S. dos Santos e João Luiz Andrusko

> Rafael Machado e Fabiana Roberti Coneglian Machado

> Waldomiro Wanderley Luersen e Rita de Cassia Frazão Luersen

24

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


Imagens meramente ilustrativas. Registro de Incorporação R-2-81.926 emitido em 14/11/2018.


Escolha entre apreciar a aconchegante vista da serra do mar ou observar o deslumbrante campo de golfe do Graciosa Country Club.

Residências Suspensas 261m² a 573m² privativos

VISITE O DECORADO Av. Nossa Sra. da Luz, 636 . Cabral

41

3259 1801

construtoralaguna.com.br


C U LT U R A

palestra

F OTO S

LU CAS

LO P ES

A noite do dia 24 de outubro foi de reflexão e muita inspiração. Com uma trajetória espetacular, Clayton Conservani, o repórter atleta, encantou a todos os presentes na Palestra Limites Extremos, onde dividiu com a atenta plateia uma longa história de aventuras e superação.

30

Um dos momentos mais marcantes do encontro foi a reprodução de um vídeo que fez durante uma prova onde enfrentava tempestades de neve e ventos de até 200 km/h e temperaturas de -30ºC, com sensação de -60ºC. Em determinado momento da prova Conservani ficou isolado entre o grupo que liderava a prova e os retardatários. Foi quando resolveu se filmar correndo e relatando suas sensações e enviar uma mensagem à filha Gabriela. “Agora estou sozinho. Sou somente eu e meus pensamentos. Bons ou ruins”. Ele dedicou a corrida e o esforço além de seu limite à sua filha, que sempre o apoiou e entendeu suas ausências. E como uma injeção psicológica de força, entre lágrimas de emoção, ele sai em disparada gritando: “É por você que estou correndo. E se estou aqui, vou fazer valer a pena”. Finalizou enfatizando que hoje tem consciência de que, 40% é físico e 60 % emocional, que um atleta de alto rendimento deve ter um preparo psicológico muito bom, sempre emanar boas energias e pensamentos, e nunca entrar em desespero. O evento contou com o apoio da Lauf Sports Parkshopping Barigui e Nomaa Hotel Boutique.

> Gustavo Milani, Clayton Conservani e Adalberto Scherer

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

O sofrimento é passageiro, desistir é para sempre.”

265

LANCE ARMSTRONG, CICLISTA

> Cristiane Moro Keinert, Clayton e Monica Milani

> Marcelo Pechmann Scherer e Susana Pechmann Scherer

31

> Oilson Negrelle, Clayton Conservani, José Hillani e Guilherme Jacques Teixeira de Freitas

> Bruno Milani, Clayton Conservani e Roberta Comodo

> Karina Schmeil, Arialdo Celli Filho e Clayton Conservani

APOIO


C U LT U R A

palestra

32

> Clayton Conservani

> Bruno Gaensly de Lacerda Ferreira e Gabriel Riskalla

> JoĂŁo Carlos Boscardin e Monica Belich

> Luca Glaser, Clayton Conservani e Marcelo Alves

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

> Ana Carolina Minguetti e Luiz Fernando Ohde

> Ubirajara Bley Filho e Tatiana Alves Camargo Bley

> Rafael Machado, Sofia Coneglian Machado, Clayton Conservani, Julia

> Isabela Bittencourt Munhoz da Rocha e Liliana Lima Bittencourt

Coneglian Machado e Fabiana Roberti Coneglian Machado APOIO

265

33


C U LT U R A

36

b ib liotec a

CLUBE DA LEITURA

N

osso Graciosa tem um clube de leitura aberto a todos os sócios. O clube é o resultado de um projeto criado pela arquiteta Anna Letycia Loyola em 2017. Temos nos reunido uma vez por mês na biblioteca tendo como moderador Francisco Escorsin.

O clube de leitura tem servido como vetor de reflexões. O grupo já leu e discutiu vários gêneros literários, num ambiente agradável e amistoso, onde todos aportam pontos de vista distintos, ficando muito à vontade para debater, discordar ou agregar. Temos lido de tudo um pouco, de Clarice Lispector à Dostoievsky, do contemporâneo ao clássico, tudo acerca da condição humana. Os livros que foram adaptados para o cinema contribuem para a compreensão do texto e provocam discussões acaloradas. Nesta era em que vivemos, da comunicação digital rápida e muitas vezes truncada, onde tudo deve ser feito “pra ontem”, as pessoas têm se afastado da boa leitura e do conhecimento universal que os livros propiciam. Gosto de ler e leio tudo que me cai nas mãos. Tenho um livro na bolsa, no carro, na mesa de cabeceira, e na mala de viagem. É um hábito. O mundo pode estar caindo que eu leio. Se tem barulho no ambiente, uso protetor de ouvidos para me concentrar. E tenho uma forma particular de lidar com os livros. Faço anotações a caneta, a lápis e uso marcadores de texto para passagens que me interessam. Meu primeiro contato com a literatura, criança ainda, foi através de uma coleção chamada “Tesouro da Juventude”, composta de 18 tomos publicada pela Editora W. M Jackson, estes livros

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

foram vendidos no Brasil até 1958. A escrita era cuidadosa, com boa encadernação e os temas eram bem variados. Além dos textos tinha ilustrações de arte como as de Albert Durer e Rembrandt que muito me impressionavam, lembro detalhadamente das ilustrações do livro “nonsense” Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll de 1865, feitas pelo ilustrador John Tenniel. Guardo com carinho um único exemplar que restou da coleção. Sempre gostei dos clássicos, de arte e filosofia. Morei no Rio de Janeiro por muitos anos, frequentei a escola de Artes Visuais do Parque Lage, PUC-Rio e a Livraria Argumento, no Leblon, da família Gasparian que eram donos da Editora Paz e Terra. Nestes locais grupos foram formados pra discutir temas de teatro, cinema, arte e filosofia. A biblioteca do Graciosa tem mais de 5.000 títulos, é um lugar agradável que propicia leitura e reflexão. O ambiente é reservado, silencioso, permitindo aos frequentadores produzir um pensamento crítico sobre as obras lidas.

MAR IA C EL IA GIMEN EZ MITR I Escola de Belas Artes do PR Pós-graduada em História da Arte – PUC-RJ


C U LT U R A

sóc io

esc r itor

A E S C R I TA C O M O P O R TA L PA R A A A L M A ainda que seja em uma obra de ficção. Não estou aqui para ser ninguém além de mim, então copiar, plagiar ou simplesmente imitar não faz parte do meu repertório. Obviamente que inspirações existem. E para aumentar e incentivar a criatividade, busco-as de forma incessante. Livros, filmes, músicas, fotografias, pessoas, momentos. Tudo virou, direta ou indiretamente, material para me inspirar. Às vezes, uma simples conversa, uma fotografia ou imagem já basta para acender a chama da criatividade. Então, devo correr para anotar a ideia antes que ela fuja de mim. Hoje em dia, sempre carrego um livro para me inspirar, e um bloco de notas ou o celular para guardar palavras quando necessário, antes que elas se percam.

38

E

screver é colocar no papel o que transborda da alma. Ao menos para mim, escrever é a arte de sublimar emoções e organizar a confusão mental.

Todos temos uma forma de nos desafogarmos de nós mesmos. A arte, o esporte, a música. Cada um encontra aquela maneira que melhor faz voltar ao seu centro e seguir no caminho, muitas vezes, turbulento da vida.

Tenho também que ser confiante para não me abalar com o resultado do que escrevo. Em primeiro lugar, escrevo para mim. Se uma pessoa se identificar, estarei realizada. Se várias, a realização será maior, mas tento não me prender à números e críticas, mas a identificações. Tento lembrar que minha responsabilidade como escritora começa comigo mesma. Em ser honesta, corajosa e verdadeira. O resto é consequência.

Contudo, não posso dizer que escrever é uma tarefa fácil. Requer um completo desnude de alma, transparecer de verdades.

Afinal, despojar a alma no papel já não é tarefa fácil. Se ainda tiver que me preocupar com o que os outros irão pensar, perderei muito tempo e inspiração. Melhor guardar essa energia para os textos, para o processo da escrita.

Quando comecei a escrever com mais regularidade, tive muita dificuldade em mostrar o que escrevia. Colocava tudo em um caderno e guardava-o para mim, como uma espécie de joia preciosa que saia do peito e ia para o papel. Lá, permaneciam intocados aqueles sentimentos que não mais cabiam em mim.

É claro que quero que as pessoas se identifiquem com o texto, que gostem, comentem e se sintam bem e felizes. Porém, devo sempre lembrar que o que me move a escrever é o prazer que encontro no ato de escrever. De colocar em palavras sentimentos, pensamentos, organizando a bagunça interna.

Com o tempo, o processo entre o pensar e o escrever foi se tornando mais natural, mais orgânico, e as palavras passaram a sair com maior fluidez.

A escritora Elizabeth Gilbert, em seu livro maravilhoso “Grande Magia”, traz importantes lições, mas para mim, a mensagem mais relevante da obra pode ser resumida em: seja grata, e continue fazendo o que você ama. Concordo plenamente.

Desta forma, comecei aos poucos a mostrar o que escrevia para algumas pessoas próximas, e surpreendendo-me com a recepção: mais do que gostar de meus escritos, meus leitores estavam se identificando com o que eu estava escrevendo. Percebi, então, a grande missão e a razão de existir do escritor: escrever sobre si, seus pensamentos e emoções, cativando aquelas almas que pensavam estar sozinhas, até perceberem que não estavam tão sozinhas quanto pensavam. Ao abrir meu coração, pensamentos e ideias, colocando-os no papel, um duplo desafio surgiu: ser honesta comigo mesma e confiante o suficiente. Como escritora, tenho o dever de ser sincera no que escrevo,

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

O que vai acontecer depois, deixo para o universo.

CAROL IN A CAVAL CAN TI PED ROSA Escritora


OBRAS INICIADAS

FOTO DO DECORADO

VISITE O DECORADO E INSPIRE-SE

4 SUÍTES

255 m²

+

D E P Ó S I TO P R I VAT I VO

4 VA G A S + L A Z E R C O M P L E T O + TERRENO DE 5.898,68 m²

D I F E R E N C I A I S • HALL PRIVATIVO • PREVISÃO DE AUTOMAÇÃO PARA AS PERSIANAS (TUBULAÇÃO SECA) DOS DORMITÓRIOS E DAS SUÍTES • PORTA SOCIAL COM BIOMETRIA • TOMADAS USB NAS UNIDADES TIPO (SALAS E SUÍTES) • PISO AQUECIDO EM TODOS OS WCS SOCIAIS (EXCETO LAVABO E WC SERVIÇO) • MANTA ACÚSTICA ENTRE A LAJE E O CONTRAPISO NAS ÁREAS SOCIAIS (SALA E DORMITÓRIO)

PROJETO DE ARQUITETURA POR RICARDO AMARAL. VISITE O DECORADO ASSINADO PELOS RENOMADOS ARQUITETOS JAYME BERNARDO, VIVIANE LOYOLA E MARCOS SOARES. P E R S P E C T I VA A R T Í S T I CA DA E N OT E CA

R. JOSÉ IZIDORO BIAZETTO, 1.324 – ECOVILLE I N T E R M E D I A Ç Ã O

(41) 3149.3955

R E A L I Z A Ç Ã O

Incorporação registrada sob o R-5 na matrícula nº 176.643 do Cartório de Registro de Imóveis da 8ª Circunscrição de Curitiba/PR, em 30/06/2017. Imóveis de Primeira Consultoria Imobiliária Ltda., Rua Padre Anchieta, 2.348 13º andar - Bigorrilho - Curitiba/PR - CEP 80730-000 - Telefone: (41) 3068-5353 - CNPJ 19.594.298/0001-33 - CRECI J-05869; imoveisdeprimeira.com.


C U LT U R A

b ib liotec a

NOVOS TÍTULOS Nosso acervo é composto por mais de 6.000 obras, e mensalmente novos títulos são adquiridos. Venha nos fazer uma visita, temos certeza que sairá com um bom livro para ler.

A V I D A S E C R E TA DOS ANIMAIS

40

Peter Wohlleben

Do autor de A Vida Secreta das Árvores, 2 milhões de livros vendidos. Amor, tristeza e compaixão. Observações surpreendentes de um mundo desconhecido. Neste livro, Peter Wohlleben segue o bem-sucedido modelo de A Vida Secreta das Árvores e compartilha conosco fascinantes histórias sobre as emoções, os sentimentos e a inteligência dos animais que nos cercam. Através de casos impressionantes de porcos leais, pássaros que traem as companheiras e galos conspiradores, ele mescla recentes descobertas científicas à própria experiência como engenheiro florestal para mostrar como os animais interagem com o mundo. Cavalos sentem vergonha, cervos guardam luto por membros do grupo e cabras educam seus filhos. Corvos chamam os amigos pelo nome, ratos se arrependem das más decisões e borboletas escolhem os melhores lugares para seus filhos crescerem. Você vai ver que embora sejam diferentes de nós de muitas formas impressionantes, eles são, ao mesmo tempo, mais parecidos conosco do que poderíamos imaginar.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

“Este livro vai tocar até mesmo os mais céticos a respeito das emoções dos animais.” – T h e Wash i n gto n Post

“Espirituoso, minucioso e delicado, Wohlleben nos conduz de uma criatura a outra e faz com que cada história contribua para uma visão mais abrangente da inteligência, das emoções e das relações delas.” – T h e Gu ard i an


edi ção/

265

O C É R E B R O N O M U N D O D I G I TA L Maryanne Wolf

O que acontece no nosso cérebro quando lemos? Como a multiplicação de telas nas nossas vidas afeta a forma como lemos? E quais os perigos – e oportunidades – da leitura digital? Essas questões são analisadas pela neurocientista norte-americana Maryanne Wolf. Com base em diversas pesquisas, a autora mostra a importância da leitura profunda na história da humanidade e como ela está ameaçada. Mas nos dá esperança: é possível educar as crianças para que sejam duplamente letradas, tanto em livros impressos quanto em leitura digital. Dessa forma, elas poderão aproveitar o melhor dos dois universos. A neurocientista Maryanne Wolf recebeu diversos prêmios acadêmicos e é incansável defensora do letramento das crianças ao redor do mundo. Diretora do Center for Dyslexia, Diverse Learners, and Social Justice na UCLA (Universidade da Califórnia) e professora da Tufts University, é autora de mais de 160 publicações científicas.

41 A PEQUENA LIVRARIA D O S C O R A Ç Õ E S S O L I T Á R I O S V. 1 Annie Darling

Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde Posy Morland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres. Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes... Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”. A história de Posy é a primeira da série A Livraria dos Corações Solitários, que vai retratar cada um dos funcionários da livraria, um “alegre bando de desajustados”, que por uma razão ou outra desistiram do amor e, ainda assim, o encontram quando menos esperam.


C U LT U R A

b ib liotec a

A PA C I E N T E S I L E N C I O SA Alex Michaelides

Um assassinato, uma verdade oculta. As raízes do silêncio são muito mais profundas do que se pode imaginar. Alicia Berenson escreve um diário para colocar suas ideias em ordem. Ele é tanto uma válvula de escape quanto uma forma de provar ao seu adorado marido que está bem. Ela não consegue suportar conviver com a ideia de que está deixando Gabriel preocupado, de que está lhe causando algum mal. Alicia Berenson tinha 33 anos quando matou seu marido com cinco tiros. E nunca mais disse uma palavra. O psicoterapeuta forense Theo Faber está convencido de que é capaz de tratar Alicia, depois de tantos outros falharem. E, se ela falar, ele será capaz de ouvir a verdade?

42

A PRINCESA BRANCA Philippa Gregory

Livro que deu origem à série da BBC The White Princess. Quando Henrique Tudor conquista a coroa da Inglaterra na Batalha de Bosworth, ele sabe que terá de se casar com a princesa da casa inimiga, Elizabeth de York. Essa é a única maneira de unificar um reino que, há quase duas décadas, está dividido pela guerra. Sua noiva, porém, ainda é apaixonada pelo homem que foi seu grande inimigo, Ricardo III, e a mãe dela, assim como grande parte da Inglaterra, sonha com a volta triunfante de um herdeiro desaparecido da Casa de York. Além dos limites da Inglaterra, um dos maiores temores do rei – perder a coroa que roubou de Ricardo III – pode estar ganhando forças. Um homem misterioso está reunindo um grande exército. Ele alega ser irmão da nova rainha e o verdadeiro herdeiro do trono. Mas será que ele é mesmo o filho perdido da Rainha Branca, ou apenas um impostor? Quando os avanços do seu suposto irmão começam a assombrar o reino, a rainha Elizabeth se vê diante de um grande dilema: Tudor ou York, quem ela irá defender? Ficará a rainha ao lado de seu marido, a quem está aprendendo a amar, ou do jovem que afirma ser seu querido irmão desaparecido?

Outras aquisições / RAUL SEIXAS: POR TRÁS DAS CANÇÕES

Carlos Minuano

/ O SEGREDO DAS NOSSAS ORIGENS

André Malbré

revista

Jojo Moyes

/ AINDA SOU EU

Jô Nesbo

/

Jô Nesbo

/ DEPOIS DE VOCÊ

/ KNIFE

/ MACBETH

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Jojo Moyes


edi ção/

265

NOVOS TÍTULOS I N FA N T I L CAPITÃO CUECA: E O AT E R R O R I Z A N T E R E T O R N O D O C A Í D O T I L I N TA R D A S C A L Ç A S V. 9 Dav Pilkey

Após seis longos anos de espera, os fãs do herói cuequento podem festejar o lançamento do nono volume épico da coleção As Aventuras do Capitão Cueca: Capitão Cueca e o aterrorizante retorno do Caído Tilintar das Calças. Se você sofreu um grande trauma emocional porque o professor Fraldinha Suja – agora Caído Tilintar das Calças – mudou seu nome para um nome besta, prepare-se, porque nesta nova aventura a coisa fica ainda Mais Feia. Os leitores farão uma viagem no tempo para cinco anos, onze dias, catorze horas e seis minutos atrás, exatamente quando Jorge e Haroldo se conheceram. Na pré-escola, nossos heróis sofriam com os cuecões de um valentão do sexto ano chamado Kipper Krupp, sobrinho do Sr. Krupp. Sem o Capitão Cueca, eles têm de combater a tirania de Kipper apenas com o poder dos seus cérebros. O engenhoso plano infalível inclui pizzas, pernas de pau, pulseiras da amizade, desodorantes de cream cheese, aranhas, mensagens de texto, um corte de cabelo esquisito, uma história em quadrinhos do tempo da vovó e o misterioso fantasma de Lucão Cuecão.

D I Á R I O D E U M A G A R O TA N A D A P O P U L A R : H I S T Ó R I A D E U M A P O P S TA R N E M U M P O U C O TA L E N T O S A V. 3 Rachel Reneé Russell

Após superar o período de adaptação no novo colégio e conseguir ir à festa de Halloween com o menino de seus sonhos (Brandon) - mesmo que só como amiga -, Nikki Maxwel tem um novo problema para resolver: evitar que todos saibam que seu pai trabalha como dedetizador da escola em troca de sua bolsa de estudos. Em Diário de uma garota nada popular: histórias de uma pop star nem um pouco talentosa, Nikki teme pela própria reputação e decide participar de um concurso de calouros cujo prêmio é uma bolsa escolar. A partir daí, a protagonista bola um plano perfeito. Nikki adora cantar e dançar, mas é claro que confusões e mal-entendidos passam a acontecer. Além do texto inteligente e divertido, a obra continua a contar com várias ilustrações engraçadas das situações vividas por Nikki, dando um charme a mais à publicação.

43


C U LT U R A

b ib liotec a

LIVROS MAIS LIDOS DO MÊS Adultos

44

01

02

03

04

05

AS FILHAS DO CAPITÃO M A R I A D U E Ñ A S

O P O D E R D O H Á B I TO C H A R L E S D U H I G G

F LO R DA P E L E J AV I E R M O R O

COMO OS ADVOGADOS SA LVA R A M O MUNDO J O S É R O B E R TO D E C A S T R O N E V E S

A CARTA SECRETA LU C I N DA R I L E Y

Infantil

01

02

03

04

05

D G P R R

C H I C L E T E : E O I N C R Í V E L QUEBRA-QUEIXO SUPERGALÁCTICO M E G A N M C D O N A L D

C H I C O B E N TO E M A RVO R A DA ( O R L A N D E L I ) M AU R Í C I O D E S O U S A

MEU PAI É UMA GIRAFA S T E P H E N M I C H A E L K I N G

G I B I T U R M A DA M Ô N I C A M AU R Í C I O D E S O U S A

I Á R I O D E U M A A R OTA N A DA O P U L A R V. 1 A C H E L R E N E É U S S E L L

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


CABRAL

´´´´ ´´´´ ´´´´ ´´´´

Aquela aula de yoga desta manhã foi mais poderosa do que qualquer uma das sessões de fisioterapia que tive até hoje.

Nunca imaginei que o yoga poderia melhorar tanto as minhas dores.

Muito bom esse método para relaxar e refletir e ao mesmo tempo ficar de bem consigo e com a vida.

Amo muito! Minha coluna nunca mais incomodou! Trabalho sério e competente, recomendo.

AGENDE SUA SEMANA

EXPERIMENTAL 3022-0355 41. 99116-9885

41.

Rua Clóvis Beviláqua, 355, Cabral - Curitiba - PR

cabral@kaiutyoga.com.br

kaiutyoga.com.br


b ib liotec a

Foto: Pablo Vaz

C U LT U R A

46

ES PA Ç O E M AS C E N S Ã O Biblioteca Bento Munhoz da Rocha Netto ganha cada vez mais espaço na vida do associado conquistando diariamente novos adeptos ao longo dos seus 15 anos

F

undada em 24/06/2004, localizada em um dos locais mais privilegiados e charmosos do Clube, no piso superior da sede social, a biblioteca conta atualmente com mais de seis mil títulos em seu acervo, com destaque as obras de literatura mundial, biografias e história. Os frequentadores, em sua maioria, fazem empréstimos constantes e buscam um espaço para leitura e estudos. Disponibilizamos de dois computadores para pesquisas e consultas além de jornais impressos: A Folha de São Paulo e Bem Paraná e revistas: Veja e Isto é. Mensalmente adquire novas obras de todos os gêneros, atualizando seu acervo com lançamentos e livros que atendam a demanda e o perfil dos usuários. Os sócios podem contribuir e dar sugestões de títulos para aquisição e sugestões na revista sobre obras já lidas na coluna sócio leitor. O local reserva um espaço especial e de destaque na entrada, onde ficam disponíveis os livros de sócios escritores, que possuem um espaço em nossa revista na coluna sócio escritor. Outro serviço que vem crescendo é o Home Office, cada vez mais as pessoas buscam a Biblioteca para executar suas tarefas, segundo os usuários assíduos o local é aconchegante e permite que se concentrem. Lembrando que, para esta modalidade não é permitida conversa, reuniões e atendimentos e ligações via celular.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Uma vez ao mês é realizado o encontro do grupo de leitura, os interessados em participar devem deixar nome completo com telefone na Bibloteca. O número de pessoas que buscam os serviços da Biblioteca tem aumentado, e só no mês de setembro atendemos 1120 pessoas. Felicidade é observar a crescente a cada ano em interessados por informação, cultura e entretenimento de qualidade como a leitura. Ressaltando o aumento expressivo de leitores na faixa de 8 a 10 anos.

DADOS CURIOSOS 2017: 2.280 usuários

(média mensal de 190 pessoas)

2018: 6.000 usuários

(média mensal de 500 pessoas)

2019: até setembro: 7.257

(média mensal de 806 pessoas.)


edi ção/

265

Acervo G ên e ros dispo n ív e is Romance Romance Histórico Suspense Policial Biografias Literatura Brasileira Infantis e Infanto-Juvenis / ALGUNS CLÁSSICOS DISPONÍVEIS A Divina Comédia - Dante Alighieri A República - Platão Crime e Castigo - Fiodor Dostoiéviski Édipo Rei - Sófocles

 Lucinda Riley

/ LITERATURA SUECA   S tieg Larsson

/ LITERATURA NORUEGUESA  Jô Nesbo

/ LITERATURA FRANCESA     

Alexandre Dumas Cristian Jacq Georges Simenon Honoré de Balzac Victor Hugo

Frankenstein - Mary Shelley

/ LITERATURA ITALIANA

Guerra e Paz - Liev Nikoláievich Tolstói

 Dante Alighieri

Moby Dick - Herman Mellville

 Elena Ferrante  Nicolau Maquiavel  Umberto Eco

O Banquete - Platão O Morro dos Ventos Uivantes - Emily Brontë O Nome da Rosa - Umberto Eco

/ LITERATURA RUSSA

O Príncipe - Nicolau Maquiavel

 Fiodor Dostoiéviski  Liev Nikoláievich Tolstói

Os Miseráveis - Victor Hugo Todas as grandes obras de Shakespeare Todos os Romances e Contos Consagrados de Machado de Assis

P ri nc i pais auto re s / LITERATURA AMERICANA  Ernest Hemingway

       

/ LITERATURA IRLANDESA

Harlan Coben Harold Hobbins Irvin D. Yalom John Grisham Noah Gordon Nora Roberts Sidney Sheldon Taylor Cardwell

/ LITERATURA INGLESA

/ LITERATURA BRASILEIRA  Ariano Suassuna

         

Carlos Drummond de Andrade Clarice Lispector Érico Veríssimo Graciliano Ramos Guimarães Rosa Jorge Amado Jorge Caldeira Machado de Assis Mário de Andrade Paulo Coelho

/ LITERATURA PORTUGUESA  Eça de Queirós

 Fernando Pessoa

 Bernard Corwell

/ LITERATURA ESPANHOLA

    

 Isabel Allende

Frederick Forsyth George Orwell Ken Follett Philippa Gregory Rosamunde Pilcher

   

Javier Moro Mario Vargas Llosa Miguel de Cervantes Pablo Neruda

47


ARTIGO

saúd e

CUIDAR BEM DO SONO É FA Z E R P R E V E N Ç Ã O DE ALZHEIMER

A

população, em geral, está vivendo bem mais e chegando a idades longevas. Mas, este fato só nos adianta, se chegarmos lá, com saúde psico-orgânica em boas condições. Todos acompanham que esta triste patologia – a Doença de Alzheimer (também chamada modernamente de ‘diabetes tipo 3’) - tem se manifestado cada vez mais em pessoas acima de 60 anos.

50

Isto posto, surge uma pergunta: haveria formas de fazer uma prevenção desta doença décadas antes dela se fazer presente? Como seria este tratamento preventivo e e quando se começaria? Que fatores do dia-a-dia (principalmente durante o sono) deveriam ser levados em conta para este tipo de tratamento? Numa pesquisa médico-científica de alta credibilidade (site médico PUBMED) tem-se já algumas respostas. E, uma delas, é muito importante: trata de preservar – desde sempre, mas para termos uma data limite, podemos dizer, desde os 40 anos de idade - a qualidade do sono. Isto não significa apenas a tão falada e conhecida insônia. Significa cuidar muito bem da arquitetura do sono. Sim, existe uma arquitetura do sono, que pode ser facilmente mensurável por um exame chamado ‘polissonografia’. Este exame é utilizado pelos médicos do sono – incluídos aí os médicos orofaciais (odontologistas especializados na problemática do sono) – para verificar ocorrências geradas a partir de fatos bem comuns na vida cotidiana, principalmente – mas não só – nas pessoas, de ambos os sexos – mas predominantemente masculinas – tais como os roncos e as apneias obstrutivas do sono. Ambas as condições são geradas por um estreitamento da região orofaríngea, pela qual deve transitar o ar inspirado, em rumo aos pulmões. Na verdade, se esta região (que fica logo atrás da base posterior da língua) estiver com a sua calibração

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

diminuída, gerando um estreitamento (perviedade/patência alteradas, em termos médicos) três situações típicas (e que perturbam severamente a qualidade do sono e do bem-estar diurno) podem surgir: os roncos, as hiponeias e as apneias. Estão expostas nesta ordem pelo seu grau de gravidade para a saúde geral, mas principalmente para o sistema cardiovascular e – muito importante – para a saúde e integridade do cérebro. O cérebro, nestes pacientes, pode sofrer – em maior ou menor intensidade - pela chamada hipóxia intermitente: as diversas, inúmeras e repetidas cessações de oxigenação que o cérebro suporta durante uma noite de sono de uma pessoa que seja portadora – que curse com – os chamados ‘DISTÚRBIOS OBSTRUTIVOS DO SONO’. Pessoas nesta condição estão criando – décadas antes de a temível Doença de Alzheimer – efetivamente se fazer presente, condições – lentas e progressivas, se a(s) causa(s) não forem tratadas e afastadas - de sofrerem desta doença que praticamente desliga a pessoa de si mesma, de seu conteúdo mental, de suas lembranças, da família e da sociedade. Convenhamos, algo terrível em termos de doença, pois gera um verdadeiro morto-vivo ou melhor um vivo-morto. Apneias do sono – e suas variáveis obstrutivas noturnas como roncos e hipopneias – produzem, nas pessoas que as tem (que cursam com elas), placas das proteínas denominadas de ‘tau’ e ‘beta-amilóides’ que, lenta e progressivamente, vão minando e destruindo o cérebro e suas funções cognitivas. Geralmente as apneias obstrutivas do sono, cursam também – e de muitas delas este quadro é o responsável por sua geração – com doenças tais como: síndrome metabólica, resistência insulínica e diabetes; dislipidemia (taxas de colesterol e triglicerídios alteradas); alterações cardiovasculares que podem precipitar um infarto agudo do miocárdio; alterações


edi ção/

RESPIRAÇÃO NORMAL /

RONCO /

da pressão sanguínea; distúrbios da cognição: má memória, falta de concentração, sensação de ‘nevoa cerebral’, sensação de estranheza de si mesmo, no dia-a-dia, em relação ao ambiente, etc. etc.); sensações auditivas na área dos sintomas acúfenos, tais como tonturas, vertigens e o temível zumbido, que pode ser desesperador em casos mais graves; transtorno de ansiedade geral e depressão; obesidade resistente a tratamentos etc. Muito bem, isto posto, vale à pena fazer prevenção, desde muito cedo (vamos situar como referencial, como já dissemos, a faixa dos 40 anos de idade), da Doença de Alzheimer. Como? Fazendo um exame da qualidade e arquitetura estrutural de seu sono. Se seu sono não estiver bom, normal, ele será - termos médicos interdisciplinares - tratado. O problema é tratado - em contexto interdisciplinar - pela medicina do sono, incluindo a medicina orofacial (odontológica). A avaliação inicia com uma rigorosa e ampla anamnese (sempre interessante, ter o cônjuge junto, na consulta), exame físico da qualidade de inspiração e propensão a possíveis obstruções da orofaringe à noite (existem testagens próprias para isto), compatibilidade do volume da língua com o tamanho da cavidade bucal, e – claro – a solicitação do exame polissonográfico (o exame chamado ‘padrão-ouro’), que fornece toda a arquitetura e funcionalidade do período de sono do paciente sob análise e que determina qual a forma mais eficiente - que pode ser interdisciplinar - de instituir uma terapêutica, isto é, tratar a questão. Já os tratamentos vão depender da severidade de cada caso. Há casos - poucos hoje em dia - de necessidade de intervenção cirúrgica. Esta forma de tratamento já foi muito utilizada em tempo passado, mas, felizmente, nos dias atuais, é reservada para poucos - e bem específicos - casos clínicos. As terapêuticas não-cirúrgicas mais utilizadas são o CPAP (um aparelho com o qual se dorme e que injeta ar filtrado e pressurizado através de uma máscara nasal – algumas pessoas não se acostumam a dormir com o dispositivo em questão), os aparelhos intrabucais, que fazem com que a base da

265

APNEIA /

língua (a causa mais comum das obstruções) não faça a fatídica ptose (não ‘caia para trás’) fechando parcial ou totalmente a região da orofaringe, por onde o ar – indo em direção aos pulmões – deve transitar livremente, sem obstruções. Atuamos nesta área – da medicina orofacial (odontologia) dos distúrbios obstrutivos do sono - há mais de 20 anos. Temos amplo conhecimento e casuística destas questões. E, atualmente, estamos felizes em - assim atuando - poder efetuar, pelas constatações das pesquisas científicas, também uma prevenção primária para evitar e/ou postergar a temível Doença de Alzheimer. Caso sinta necessidade - por sintomas que tenha - ou se enquadre nas múltiplas questões de saúde (ou sua ausência) acima descritas, faça uma consulta especializada. Estamos à disposição para ajudá-lo (a) a tratar os distúrbios obstrutivos do sono e – mais do que isto – propiciar uma prevenção básica (a primeira delas, na verdade) para afastar ou minimizar, em tempo futuro, a presença da temível – para paciente e toda a família – Doença de Alzheimer.

D R . GER S O N I. KÖ HL E R da Kohler Interdisciplinar é especialista membro da ABOR – Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial, filiada internacionalmente à World Federation of Orthodontists – WFO/USA

51


ARTIGO

ga stron omia

CHINA: A PRÓXIMA PROMESSA DE BACO TE X TO

EL IS

CABAN IL HAS

GL ASER

52

O

cenário vitivinícola vem crescendo e se expandindo numa velocidade impressionante. Prova disso é o surgimento e reconhecimento de regiões produtoras que até então era difícil de imaginar produzindo grandes vinhos. Assim aconteceu com a China. Apesar de a China estar na mira dos grandes produtores europeus há algum tempo, como Domaine Baron de Rothschild e LVMH, grupos que vêm elevando consideravelmente o padrão de qualidade local, plantando variedades ocidentais no país, ainda é pouco comum ver os vinhos chineses transitando pelas mesas dos apreciadores. Mas esse cenário deve mudar e logo, pois apesar de uma queda de 11% na produção do ano passado, a China sustenta o título de maior produtora de uva do mundo, com 11,7 milhões de toneladas e o sétimo produtor mundial, o que compreende 15% da produção mundial. A China produz nada mais nada menos que 1,4 bilhões de garrafas por ano. Diminuindo essa distância entre Oriente e Ocidente, a Wine, maior clube de vinhos do mundo, acabou de lançar no seu portfolio 5 rótulos de vinhos chineses. A empresa passou a comercializar no seu e-commerce vinhos da renomada vinícola Changyu Pioneer Wine Company, primeira do mercado chinês. Essa é a primeira vez que esses produtos são comercializados no Brasil. Assim como a cultura do país, o mercado de vinhos chinês é milenar, e a produção no país data de mais de dois mil anos atrás. Esta produção de vinhos industrializados teve início oficial, porém, em

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

1892, ano de criação da Changyu. Atualmente, a Changyu é a quarta maior produtora de vinhos do mundo. Changyu tem 8 castelos na China e 5 castelos em regiões produtoras mundo afora. Muitos produtos foram premiados com medalhas de ouro em competições internacionais e devem surpreender o paladar dos brasileiros com a qualidade dos seus vinhos. Um dos rótulos disponíveis por aqui, o Changyu Noble Dragon, já teve mais de 490 milhões de garrafas vendidas em todo o mundo. A chegada dos rótulos Changyu no Brasil é resultado de amplo estudo sobre o paladar e hábitos de consumo no Brasil. A China tem se firmado como um novo polo produtor de vinhos e a demanda por produtos da região tem aumentado de forma relevante. Entre os lançamentos da marca, estão o Changyu Reserve Noble Dragon Blanc 2017, um branco leve e fresco da região de Yantai, o Chateau Moser XV Blanc de Noir 2018, o primeiro Cabernet Sauvignon vinificado em branco da China, e Changyu Reserve Noble Dragon Red 2016, o cabernet que é marca registrada da vinícola. Os vinhos custam a partir de R$ 63,40.


ARTIGO

b eleza

IMPORTÂNCIA DA FOTOPROTEÇÃO

54 TE X TO

CAMIL A WOZN IAK

F i s i ot e ra p e ut a D e rmatofu n c ion a l n a Cl ín ic a N a util u s

E

m 1976, o Dr. Thomas B. Fitzpatrick, classificou a pele em fototipos de 1 a 6 a partir da capacidade de cada pessoa em se bronzear sob exposição solar e sua sensibilidade e tendência a ficar vermelhas sob os raios solares. Portanto, quanto menor o fototipo, maior a sensibilidade em relação a exposição solar. Levando em consideração que nossa pele tem como principal função a interface entre o organismo e o meio externo, a luz solar, ao atingir a pele desprotegida, com ação cumulativa a radiação UV, provoca um processo complexo associado a reações químicas e morfológicas da pele que consequentemente aceleram o processo de fotoenvelhecimento do indivíduo. A exposição crônica à luz solar e radiação podem provocar efeitos danosos na pele, como por exemplo, o eritema, hiperpigmentação, câncer de pele, descamação, atrofia epidérmica e telangiectasias, entre outras, além de contribuir para a produção de radicais livres. O uso de fotoprotetores são elementos profiláticos e terapêuticos frente aos efeitos danosos da radiação, por meio do uso de protetores solares, vestimentas protetoras e exposição restrita à luz solar, sendo importante para todos os fototipos.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Observa-se, ao longo dos anos, evolução no desenvolvimento de fotoprotetores, que podemos dividir em duas principais classes: orgânicos e inorgânicos. Os filtros inorgânicos ou físicos, são pós inertes e opacos, insolúveis em água e materiais graxos, apresentam alto índice de refração de partícula, e, portanto, alta capacidade de refletir a luz. Formam uma barreira sobre a pele, refletindo, dispersando e absorvendo a luz UVA e principalmente a UVB. Os filtros orgânicos ou químicos são formados por moléculas orgânicas capazes de absorver a radiação UV (alta energia) e transformá-la em radiações com energias menores e inofensivas ao ser humano. A maioria dos protetores solares combina em suas formulações filtro orgânicos e inorgânicos para maior efetividade de ação. É importante frisar que, além do sol, fontes artificiais como lâmpadas também podem emitir radiação UV, por isso mesmo em ambientes fechados há a necessidade de uso de fotoprotetores todos os dias e estações do ano. Recomenda-se consultar um profissional qualificado para classificar o tipo de pele e fototipo para melhor indicação de produto, além de orientações sobre forma de uso, a quantidade adequada e necessidade de reaplicação, que são fatores consideráveis para uma boa atividade e eficácia dos fotoprotetores.


RESPONSABILIDADE SOCIAL

s olidariedade

CORRENTE DO BEM Os valores arrecadados nos bazares, são direcionados para atender às demandas emergenciais dos colaboradores que são criteriosamente avaliadas para que o destino seja realmente justificável. Contribuindo assim para melhorias nas residências, remédios, entre outros. Uma parte do valor é destinada a atender instituições com necessidades emergenciais. O que

parece ser tão pequeno é muito grandioso, pois muitos são os colaboradores e instituições amparadas a cada ano. Outra frente importante, é a parceria com todos os departamentos com a arrecadação de alimentos, leite em pó e brinquedos como forma de ingresso em eventos e palestras, entre 2016 e setembro de 2019 pudemos ajudar mais de 40 instituições.

ALGUMAS INSTITUIÇÕES AMPARADAS PELO D E PA RTA M E N TO D E R E S P O N SA B I L I DA D E SOCIAL DO GRACIOSA

56

Acridas

Associação Arca de Noé

Escola 29 de Março Educação Especial

Associação Iniciativa Cultural Passos da Criança

Apacn Asilo São Vicente de Paulo Apaes Reviver Down Lar Batista Esperança Lar de Idosos Tarumã

Hospital de Clínicas Departamento de Reabilitação Hospital de Clínicas Departamento de Oncologia Cenep – Centro de Neuro Pediátria do HC

A Casa do Pai

Asilo Nosso Lar

Centro de Amparo ao Idoso Jesus Maria José

Instituição Ampara

Lar do Idoso da Igreja Presbiteriana

Lar Infantil Sol Amigo Lar de Idosos Recanto Feliz

Hospital Erasto Gaertner

revista

Associação Cristã Feminina

Maternidade Materdei

Lar o Bom Caminho

Lar Santuário Nossa Senhora de Fátima

Fraternitas

Tunas do Paraná

Abracce

Jesus Camp.

Casa de Apoio Irmã Scheilla

Centro de Educação Inf. Maria Cazetta

Associação Cristã Esperança

Leocádio Correia

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

COMUNICADOS

57


CLUBINHO

sa úde

A L I M E N TA Ç Ã O I N FA N T I L TE XTO

S

DJUN A

abemos hoje, que os hábitos alimentares errados desde a infância, associados à falta de exercício físico e fatores genéticos são os pilares para os números alarmantes da obesidade.

Atualmente, a obesidade infantil é uma realidade, e nós, como pais, somos os maiores responsáveis por isso. Por isso, é importante que os pais entendam o papel que possuem na determinação dos hábitos alimentares das crianças e na prática regular de exercícios físicos. O dia-a-dia corrido faz com que, muitas vezes os pais optem por alimentos mais práticos, geralmente industrializados, ricos em gorduras trans, açúcar e aditivos alimentares. Mas precisamos nos lembrar e ter consciência do importante papel que temos na prevenção da obesidade, diabetes tipo II, hipertensão e problemas de colesterol e triglicerídeos nos pequenos. Procurar ajuda de profissionais para entender quais alimentos são importantes para o desenvolvimento da criança, quais alimentos evitar, e conseguir achar o equilíbrio entre eles é a chave para o sucesso e uma vida mais ativa e saudável. É muito comum escutarmos pais reclamando que seus filhos não comem frutas e verduras, por exemplo, mas se formos a fundo na alimentação dos pais, muitas vezes percebemos que eles mesmos raramente ingerem esses alimentos. No mundo de alimentação saudável não adianta querer ensinar a seus filhos a teoria, a pratica é primordial, é uma mudança que deve ser acatada por toda a família.

58

O estilo de vida saudável das crianças está diretamente relacionado pelos hábitos dos pais e responsáveis, os quais vão durar a vida inteira e por isso a conscientização dos adultos é extremamente importante para a saúde plena de seus filhos.

A L G U M A S O R I E N TA Ç Õ E S PA R A U M A A L I M E N TA Ç Ã O I N FA N T I L EQUILIBRADA E SAUDÁVEL/

K.

VIEIRA

Se a criança está acostumada a comer em grandes

quantidades, é recomendado ir diminuindo aos poucos as porções dos alimentos e não radicalizar.

Diminuir a frequência de frituras de imersão (como

batata frita e salgados fritos) e diminuir alimentos ricos em gorduras e sódio como carnes gordas e embutidos (mortadela, salsicha, salame, etc).

Se a criança está acostumada com fast food, tentar

fazer substituições saudáveis. Por exemplo, ao invés de comer um x-buguer em uma lanchonete, que tal preparar em família um hambúrguer caseiro?

Permitir que a criança tenha acesso fácil a doces,

salgadinhos e bolachas não é uma boa ideia. Não ter em casa ajuda a não ter exagero no consumo desses alimentos. É muito mais difícil dizer não ao filho quando ele já está com o doce na mão, por exemplo.

Nos lanches escolares, mande frutas, pães com recheios

saudáveis e sucos naturais. Não exagere na quantidade.

Porcionar alimentos como biscoitos e chocolate é

uma boa ideia, ao invés de dar o pacote todo para as crianças.

Evite forçar a criança a comer tudo que está no prato. Isto pode prejudicar o censo de saciedade da criança. Ao invés de fazer isso, incentive à criança a colocar quantidades menores de alimentos no prato. Muitas vezes, essas mudanças são difíceis, necessitam paciência e dedicação dos pais para não acabarem cedendo. Acredite, as crianças conseguem compreender mas pode acontecer de elas testarem e fazerem drama para ver se conseguem o que querem. O processo pode ser demorado, mas com certeza valerá a pena.

A criança deve ter horários pré-estabelecidos para a alimentação, evitando ficar “beliscando” toda hora.

Criar o hábito de comer devagar, sem televisão, celular

ou outro eletrônico por perto. A hora da refeição deve ser uma hora tranquila e prazerosa. Sempre que possível é interessante que a família esteja reunida neste momento.

A ideia não é proibir as guloseimas, mas deixá-las para

momentos específicos como aniversários, passeios, cinema.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

DJUN A K. VIEIRA CRN8 2219 – Nutricionista Clinica Funcional e Esportiva. Trabalho há 15 anos em consultório, com muito amor, ajudo as pessoas na busca de uma vida mais saudável, a fazer mudança consistentes e duradouras. Tenho 2 filhas e invisto numa alimentação equilibrada para elas. Dar o exemplo sempre!


edi ção/

265

COMUNICADOS

59


CLUBINHO

rob ótic a

TECNOLOGIA DO FUTURO F OTO S

60

Com a missão de desenvolver projetos pensando em um mundo que ainda está por vir, alinhado com as profissões do futuro, no mês de setembro os alunos da Sala de Aprendizagem do Futuro participaram de duas oficinas onde desenvolveram habilidades de forma coletiva e adquiriram conhecimentos importantes em dois projetos, com atividades expecíficas de cada etapa, e os resultados foram fantásticos.

CIDADE SUSTENTÁVEL E MOBILIDADE /

Nesse projeto as crianças tiveram contato através de vídeos e material didático, cujo objetivo, era de fazê-los repensar uma cidade com a visão de futuro. Foram desenvolvidos em papel, até como mostra de que tudo pode ser reciclado, modelos de maquetes trabalhadas manualmente, junto a protótipos de energia Solar e Eólica. Eles montaram, vivenciaram o funcionamento e perceberam que a tecnologia está a serviço das cidades, e que podemos ter sim, uma cidade sustentável, utilizando energias renováveis.

CARRO AUTÔNOMO /

O que é um carro autônomo, como ele funciona, quais são os modelos atuais, design, eletrônica, como ele é programado? Todas essas questões foram temas dessa oficina que fez as crianças quebrarem a cuca, montando e programando um modelo de carro. Ao final, eles tiveram um desafio, tinham que levar um “doente” até uma unidade de saúde programando a melhor rota. O objetivo desta oficina, é que a criança vivencie as novas tecnologias e compreenda como são realizados os comandos de programação de um carro.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

LUCAS

LOPES


edi ção/

265

AQUISIÇÃO DE NOVOS BRINQUEDOS O Clubinho da Criança está constantemente atualizando seu acervo de brinquedos, livros e materiais didáticos para que seu filho tenha as melhores experiências durante sua estada conosco. F OTO S

LUCAS

LOPES

61

AMOR QUE NÃO TEM IDADE / O associado e frequentador assíduo do clubinho Teodoro Moreira da Rocha Loures, de 7 anos, reproduziu para um trabalho da escola o espaço que mais gosta, o trampolim da piscina do Clube. Ficamos muito felizes com a homenagem!


EVENTOS

dia

das

c r ia n ças

DIA DAS CRIANÇAS F OTO S

LUCAS

62

P

ara celebrar uma das festas mais aguardadas pela criançada, este ano o clube produziu um evento utilizando como elemento principal da decoração um brinquedo de montar que ultrapassa as gerações e já tem mais de 50 anos. Com um avião suspenso, peças espalhadas pelo salão e estampas compunham a decoração, os pequenos adoraram! Teve muito brinquedo e atividades variadas como piscina de bolinhas, pinturas, guerra de cotonetes, cama elástica, tobogã, entre outras atrações que divertiram pais e filhos no dia 12 de outubro. O evento contou com a participação das voluntárias do Departamento de Responsabilidade Social, que na entrada recebiam as doações de brinquedos, com o intuito de passar a mensagem do desapego e não consumismo aos nossos pequenos cidadãos. Foi um sucesso!

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

LOPES


edi ção/

265

63 A gente vem desde que a Flora era um bebezinho, é a primeira vez da Bela e é sempre um momento muito divertido e de descobertas para elas.” MELINA, MARCOS, FLOR E BELA

Me surpreendi com a organização, festa super estruturada, confortável, lindíssima, sensacional. Brinquedos para todas as idades, o clube sempre surpreendendo.” PAOLA DEMETERCO CARNEIRO


EVENTOS

dia

das

c r ia n ças

Primeira vez que venho a festa, linda, estou surpresa com a produção, estamos amando! Este Clube realmente não existe, faz parte da nossa vida! ” KITTY PIRES

64

Adoramos o futebol inflável, nosso preferido, a festa está muito legal, o sorvete e a pipoca são os que mais gostamos.” JOSÉ EDUARDO MELHEM E LUIGI COSTACUTA

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

O tema escolhido foi sensacional, moderno. Variedade de brinquedos, diferentes e atrativos. Fazia tempo que não vínhamos, adoramos, nos surpreendeu positivamente.” FELIPE, HENRIQUE, JULIANA E BEATRIZ CANTO

65


EVENTOS

dia

das

c r ia n ças

Festa linda, adoramos, as meninas gostaram muito dos brinquedos e de desenhar.” MARINA, ANTÔNIA, GUILHERME E HELENA BREDA

66

Como todas as festas e eventos que o Clube promove, sempre muito organizado, divertido e feliz. Ver os sorrisos das crianças neste dia é muito gratificante. Adoramos esta energia.” ANA PAULA T. MEINERZ E OS FILHOS MIGUEL E GABRIEL

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

Como sempre a festa está muito organizada, gostosa e animada. Meus filhos adoram e sempre querem vir.” FAMÍLIA MARQUENÕ

67

Festa muito bacana, organizada. As crianças estão encantadas com tantos brinquedos, cores e estímulos.” FAMÍLIA HEPP CARVALHO


EVENTOS

dia

das

c r ia n ças

Sempre muito bom vir à festa. A doação do brinquedo é uma ação muito bacana para que que nossos filhos vivam essa troca, essa sensação do desapego para ajudar o próximo, eles que escolheram os brinquedos para doar. Adoramos conhecer melhor o trabalho da Responsabilidade Social, parabéns pelas lindas ações.” FAMÍLIA ERZINGER

68

É muito importante que as crianças pratiquem o desapego e o não consumismos, é um valor que devemos cultivar desde cedo. Para nós já é um exercício corriqueiro, a um ano em algumas datas, ao invés de ganhar um brinquedo, estamos apenas doando.” DEBORA, PIETRA E EDUARDO TORRES

“Ser criança é acreditar que tudo é possível. É ser inesquecivelmente feliz com muito pouco, é se tornar gigante diante de gigantescos pequenos obstáculos, é fazer amigos antes mesmo de saber o nome deles. Ser criança é conseguir perdoar muito mais fácil do que brigar, é ter o dia mais feliz da vida, todos os dias. Ser criança é o que a gente nunca deve deixar de ser”.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


*Promoção válida somente para associados do Graciosa Country Club mediante apresentação do comprovante de associado ou comprovante de pagamento de mensalidade.

SPEED UP A

CO

SUMMER INTENSIVE

*

AC I O S

de des con to

UB

GR

DOS IA

RA ASSOC PA

L U N T RY C

O curso para quem quer acelerar suas braçadas em direção à fluência em inglês.

Para mais informações, visite uma de nossas unidades ou acesse talken.com.br. Av. dos Estados, 1345 Água Verde – Curitiba.PR 80610-040 41 3345.2595

Rua Fernando Simas, 1239 Champagnat – Curitiba.PR 80710-660 41 3336.4401

Av. Senador Souza Naves, 1047 Cristo Rei – Curitiba.PR 80050-152 41 3264.3264

Av. José Richa, 10546 - Linha Verde (Col. Medianeira) - Jardim Botânico Curitiba.PR | 81690-100 41 3362.0001

Rua Dona Francisca, 1415 Saguaçu – Joinville.SC 89221-006 47 3472.0500


RH

com e m ora ção

DIA DAS CRIANÇAS

F OTO S

70

LU CAS

LO P ES

Em mais um Dia das Crianças promovido pelo Clube, para os filhos dos funcionários, “O FASCINANTE MUNDO DO LEGO” foi o tema escolhido deste ano, o brinquedo de montar que encanta desde 1950 tomou conta como um verdadeiro sonho infantil na tarde do dia 13 de outubro. Com decoração temática e um avião de lego suspenso, as crianças se deliciaram com guloseimas e atrações especiais, o dia foi de muita brincadeira, gargalhada e magia e os pequenos aproveitaram muito cada minuto na companhia dos pais e amigos.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


EVENTOS

poker

9 ª E TA PA D O CIRCUITO GRACIOSA DE POKER 2019

72

> Edivaldo Bruzamolim Silva da Rocha, Pedro Henrique Machado da Luz e Argemiro Gomes Filho

RANKING ATÉ A 10ª ETAPA

F OTO S

LU CAS

LO P ES

Faltando apenas duas etapas para a grande final, a 9ª etapa do Circuito Graciosa de Poker aconteceu no dia 15 de setembro e movimentou o PUB. A pontuação está acirrada entre os primeiros colocados, a expectativa é grande e a próxima etapa será a última para pontuar. A 11ª etapa, acontecerá dia 23 de novembro em local exclusivo. Divesa – Mercedes- Benz Av. Nossa Sra. da Luz, 1800 . Hugo Lange Horário: 15h30.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

1

Germano

1.050,57

2

Pedro Henrique

964,08

3

Cosminho

958,38

4

Renato Barroso

906,67

5

Oscar Pimpão

887,85

6

Theo

804,86

7

José Renato

635,04

8

Edi

629,99

9

Calixto

553,99

10

Zoca

546,36

11

Cesar Almeida

522,77

12

Argemiro

517,37

13

José Modena Ribas

446,27

14

Zeco Schaedler

433,63

15

Johnny

427,02

16

Beto Coccioli

382,61

17

Americo

362,98

18

Barrica

361,96


edi ção/

265

73

> Guilherme Taglianetti e Pedro Henrique Machado da Luz

> Cosme Bueno Gomm Filho, Marcos Koehler e Edivaldo Bruzamolim Silva da Rocha

> Namur Prince Paraná e Antonio Francisco Correia Athayde

> Cesar Beltrão de Almeida e Germano Ferraz Paciornik


EVENTOS

poker

6 74 > Roberto Motta Coccioli, Pedro Henrique Machado da Luz, Oscar Dias Pimpão Junior, José Pacheco, Edivaldo Bruzamolim Silva da Rocha, Argemiro Gomes Filho, Renato Sergio Paredes Barroso, Divonsir Borba Cortes Filho e Fernanda Roccon

11ª ETAPA 23 DE NOVEMBRO 15h30 Av. N. Sra da Luz, 1800 - Hugo Lange

12ª ETAPA 8 DE DEZEMBRO Casa de Festas 16 horas Informações na secretaria geral do Clube

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


CP

f eo svt iad ad do e e s p o r t e n

MINDFULNESS

76 Mindfulness é traduzido para o português como “atenção plena” e pode ser descrito como um estado psicológico inerente ao homem, quando estamos atentos ao momento presente, plenamente conscientes da nossa experiência interna e externa com abertura, aceitação e não julgamento. Hoje vivemos em um mundo extremamente complexo onde a quantidade de afazeres, excesso de estímulos e informações nos leva ao esgotamento e estresse, comprometendo nossa saúde física, mental e emocional. Nesse contexto global muitas vezes vivemos no piloto automático, onde a nossa mente divaga incessantemente pelo passado ou futuro (cerca de 47% do tempo não estamos atentos e focados no que estamos fazendo). Os programas baseados em Mindfulness surgiram nos EUA em 1979, criados pelo Jon Kabat-Zin, com abordagem totalmente laica, tendo como objetivo proporcionar saúde biopsicossocial para as pessoas. Desde então, estes programas vêm sendo altamente difundidos em diversos lugares do mundo e ofertados em diferentes contextos (educativos, coorporativos, sociais e hospitalares). Nos últimos anos as intervenções baseadas em Mindfulness estão sendo utilizadas de maneira eficaz em múltiplas enfermi-

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

dades orgânicas (dor crônica, doenças cardiovasculares, autoimunes, câncer, etc.) e mentais (ansiedade, depressão, estresse crônico, uso e dependência de substâncias, etc.) Nesse momento existem pesquisas científicas sólidas e altamente qualificadas que comprovam os benefícios psicológicos, neurofisiológicos e epigenéticos após as 8 semanas do Programa de Mindfulness e a sua prática regular, tais como: aumento da qualidade de vida, regulação do sono, melhora do sistema imunológico, diminuição da depressão e ansiedade, regulação da pressão arterial, aumento da neuroplasticidade, autorregulação das emoções, promoção de foco, paciência e memória. Mindfulness nos permite levar o estado de atenção plena e presença para o nosso dia-a-dia, gerando autoconhecimento. Desta forma, nos tornamos conscientes de padrões e condicionamentos mentais e emocionais que muitas vezes nos consomem. Sendo assim, temos a possibilidade de ter escolhas mais conscientes na nossa vida e nas relações interpessoais. Através da autoconsciência podemos viver plenamente o aqui e agora, nos tornando mais amigáveis, pacientes e resilientes conosco mesmo, com os outros e com a experiência que estamos vivendo.


edi ção/

QUAL A DIFERENÇA ENTRE MEDITAÇÃO MINDFUL E OUTRAS PRÁTICAS DE MEDITAÇÃO?/

Podemos comparar o termo meditação com o termo esporte. Em ambos existem inúmeras modalidades. A meditação mindful tem como objetivo a consciência plena, ou seja, treinar a nossa capacidade de manter o foco e a atenção. O objetivo é estar totalmente consciente do momento presente reconhecendo o ambiente exterior e o nosso ambiente interior (sensações corporais, pensamentos, emoções, impulsos e reatividades) tendo uma atitude não julgadora, com abertura, aceitação e gentileza consigo mesmo e com a experiência vivida. As práticas de Mindfulness são divididas em formais e informais. As formais são exercícios atencionais de meditação onde buscamos estar completamente presentes, como por exemplo a meditação da atenção plena na respiração. Já as informais nos possibilitam levar Mindfulness para o cotidiano, como por exemplo jogar golf, tênis, treinar ou fazer alguma refeição no estado “mindful”. Ambas as práticas (formais e informais) são importantes pois elas se sustentam mutuamente.

A PRÁTICA PODE FUNCIONAR COMO UMA HIGIENE E LIMPEZA MENTAL?/

De certa forma sim, a prática da atenção plena nos torna conscientes de nossos padrões mentais. Assim, conseguimos reconhecer o turbilhão de pensamentos que surgem, tendo a opção de escolher se iremos “embarcar nas historinhas” da mente, que muitas vezes nos levam a remoer o passado e nos preocupar incessantemente com o futuro ou se iremos escolher permanecer totalmente presentes a cada momento.

265

QUAL O TEMPO IDEAL PARA INICIAR UMA ROTINA DE MEDITAÇÃO SEM ACHAR TEDIOSO?/

Podemos iniciar com 5 minutos diários e aos poucos prolongar o tempo da prática. Como na atividade física os benefícios conquistados irão depender da regularidade e duração da prática. Estudos demonstram que os efeitos benéficos já aparecem com meditações de 15 a 20 min diários, mas práticas mais longas como de 40 min nos proporcionam benesses ainda maiores.

É INDICADO A PARTIR DE QUE IDADE?/

Mindfulness pode começar a ser ensinado para crianças por volta dos 5 anos de idade e então praticado ao longo de toda a vida. Existem alguns estudos que avaliam os efeitos da atenção plena para pessoas entre 60 e 89 anos de idade, os quais demonstraram um aumento significativo na qualidade de vida. Na Inglaterra o Mindfulness já faz parte do currículo em grande parte das escolas, pois as crianças e os jovens aprendem a gerenciar suas emoções sustentando assim sua saúde mental. Em cada faixa etária o programa de mindfulness deve ser adaptado tendo em vista as particularidades especificas de cada grupo. A forma de abordagem e a duração das práticas são sempre customizadas quando se trabalha com crianças, adolescentes ou idosos.

No início de 2020 o Clube irá oferecer o Programa de 8 semanas de Mindfulness-Based Health Promotion.

EXISTE UM HORÁRIO MAIS ADEQUADO E LOCAL PARA MEDITAÇÃO, QUANTAS VEZES POR SEMANA?/

O horário adequado vai depender da rotina diária de cada um. Pode ser que o momento mais calmo pra você seja logo ao amanhecer, ou talvez seja no intervalo do almoço ou quem sabe, no final do dia. O importante é incorporar esse hábito em nosso cotidiano, estabelecendo uma agenda para essa prática, o ideal é meditarmos pelo menos 5 vezes na semana. É conveniente encontrar um local onde você não seja interrompido. De qualquer forma, é fundamental estabelecer uma rotina para a prática regular com base em nossos propósitos, valores e prioridades, tendo sempre disciplina.

F ER N AN DA KEL L ER Graduada em Odontologia Especialista em Dor Orofacial Especialista em Acupuntura Sócia Fundadora da Sociedade Brasileira de Dor Orofacial - SBDOF Instrutora de Mindfulness pela Universidade Federal de São Paulo

77


CP

f e os dt a l id do a ed se ps o r t e m

78

HORÁRIOS TERÇA E QUINTA

O já tradicional Hiit do verão na musculação do CP inicia agora em novembro nas terças e quintas em quatro horários, dois no período da manhã e dois no período da tarde, para que você gaste muitas calorias em pouco tempo. Os treinos são de 20 minutos em alta intensidade e farão uma grande diferença no resultado final do seu ano de treino, fechando com chave de ouro!

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

8h30 10h30 18h30 19h30

D E 5 D E N OVE M B RO A 1 2 D E D E Z E M B RO !


CP

f e os dt a l id do a ed se ps o r t e m

RUN THE PINK Run the Pink é um movimento que começou com uma corrida exclusivamente feminina no dia 13 de outubro, unindo as mulheres em eventos exclusivos e juntando forças na iniciativa privada para ir muito além do Outubro Rosa.

A prova foi belíssima e emocionante! Participaram do evento aproximadamente 3000 corredoras, as sócias do Graciosa com apoio do diretor Guilherme Teixeira estavam lá marcando presença e somando forças a esta luta.

80

A T E N D A V O LT O U ! O Graciosa disponibiliza uma tenda de apoio aos corredores durante alguns eventos, oferecendo dentro do box de atendimento onde todos os sócios poderão aproveitar os serviços de: HIDRATAÇÃO GUARDA – VOLUMES FRUTAS A tenda será montada com o mínimo de 10 sócios inscritos. Informe-se na secretaria do CP qual será a próxima e venha participar conosco!

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


CP

f e os dt a l id do a ed se ps o r t e m

GRACIOSA ON B R O A D WAY !

82

New York City, centro mundial da arte e do entretenimento! Foi nesta efervescente capital cultural que a professora Maria Amélia Kastrup e suas alunas continuaram as comemorações dos 10 anos de aulas de Jazz Dance no Graciosa. Foram intensivas aulas de dança nas melhores escolas da Broadway, nos estilos de Jazz, Street Jazz e Musical Theatre, aliadas à inspiração e exuberância dos shows e famosos musicais. Sim! Nós também brilhamos na Broadway! Foi uma experiência transformadora, afirmou Maria Amelia!

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


CP

m od a l idades

AULÃO DE AXÉ

84

F OTO

I

LU CAS

LO P ES

mpossível ouvir e não lembrar desses hits que marcaram época e fizeram sucesso nos anos 90. Vai dizer que você nunca dançou uma delas?!

Com muito Axé as alunas compareceram no dia 14 de setembro, e os instrutores Mike, Luis Rafael e Valéria, agitaram a turma com clássicos da época. A aula foi muito divertida. Ao final ainda no clima da Bahia muita água de coco para refrescar.

O axé, ou axé music, é um gênero musical que surgiu no estado da Bahia na década de 1980 durante as manifestações populares do Carnaval de Salvador, misturando o ijexá, samba-reggae, frevo, reggae, merengue, forró, samba duro, ritmos do candomblé, pop rock, bem como outros ritmos afro-brasileiros e afro-latinos.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


A SERRA VERDE EXPRESS POSSUI A VARIEDADE CERTA PARA VOCÊ VIVER SEUS

melhores momentos.

A SERRA VERDE EXPRESS ACOMPANHA VOCÊ EM SUAS NOVAS EXPERIÊNCIAS. Além do famoso passeio de Trem pela Serra do Mar Paranaense, temos pacotes exclusivos como: aluguel de motos, camarote em shows e no espetáculo de Natal do Palácio Avenida, além de passeios e city tours por Curitiba e região.

O trem é só o começo dessa experiência.

serraverdeexpress.com.br 41 3888-3488


CP

n a ta ç ão

SEMANA DA CRIANÇA N A N ATA Ç Ã O F OTO S

De 5 a 11 de outubro comemoramos a Semana da Criança na natação onde os pequenos recebiam esculturas em balões e bolinhas de sabão. Durante as aulas foram desenvolvidas atividades lúdicas proporcionando momentos divertidos e únicos.

86

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

LUCAS

LOPES


edi ção/

265

87


CP

segu ra n ça

SEGURANÇA AQUÁTICA TE X TO

I N STRUTORA

LUN A

D EL VEC HIO

Bacharel em Educação Física

88

C

om o verão chegando nada melhor que um belo dia de piscina ou praia para refrescar não é mesmo? Mas todo cuidado é pouco, é justamente nessa época do ano que o número de afogamentos aumenta significativamente no Brasil. Os afogamentos ainda são a segunda maior causa de óbito de crianças entre 1 a 4 anos e terceira causa entre crianças maiores de 4 anos e jovens até os 21, sendo que crianças pequenas se afogam mais em piscinas e em casa e os maiores de 10 anos mais em praias e rios. Então como aproveitar o verão de maneira tranquila? A resposta sempre será a prevenção, prevenir é a melhor forma de evitar um afogamento. Crianças nunca estarão seguras sozinhas em ambientes aquáticos, devemos manter a atenção 100% do tempo e para facilitar vamos listar aqui alguns cuidados e fatores que podem deixar o seu mergulho mais tranquilo.

Nunca deixe uma criança sozinha perto de qualquer ambiente aquático. Mantenha sua atenção na criança. Cuidado com objetos que podem tirar sua atenção, como: celulares, tablets, livros entre outros. São necessários apenas 5 cm de água acumulada para que uma criança se afogue, então cuidado com banheiras, baldes, bacias, ... em casa. Saber nadar pode aumentar em 88% as chances de sobrevivência em caso de afogamentos, mas não é garantia de segurança.

Antes de entrar em qualquer piscina verifique a

profundidade, se o sugador está desligado e o filtro protegido. Ensinem seus filhos a fazer o mesmo.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Na praia verifique as bandeiras indicativas de perigo e ao entrar no mar procure-o fazer perto de guarda-vidas. Ao andar de barco todos devem usar colete salva-vidas, mesmo que saibam nadar. Brincadeiras como aguentar muito tempo embaixo da água ou corridas em volta da piscina são extremamente perigosas, alertem seus filhos com relação a desmaios por falta de oxigênio ou quedas perigosas. Deverão ser responsáveis por crianças em ambiente aquático pessoas acima de 18 anos. Lembrem-se: ninguém é a prova de afogamentos. Nunca é cedo demais para ensinar nossas crianças sobre a segurança aquática; pensando nisso é que em novembro participamos do “mês da segurança aquática”, para reforçar as medidas de prevenção a acidentes durante nossas aulas de natação.

Caso presencie algum caso de afogamento acione o salva-vidas, o Samu (192) ou os Bombeiros (193). Para mais informações sobre a prevenção a acidentes aquáticos procure o site do INATI ou da SOBRASA.


edi ção/

265

COMUNICADOS

89


GOLF

to r n eios

TA Ç A Q UA R TA N O B R E 1 0 0 A N O S D O H O S P I TA L PEQUENO PRÍNCIPE

90

> Glaucio, Geninho, Patrice e Alcy com o mascote do Hospital Pequeno Príncipe

N

o dia 2 de outubro, em comemoração aos 100 anos do Hospital Pequeno Príncipe, os Capitães e Capitãs dos Clubes: Graciosa, Curitibano e Alphaville, uniram suas forças e trabalharam em prol de angariar fundos à entidade, que é referência em tratamento infantil.

O lote mais aguardado da noite foi o Faldo Experience, que permite que o comprador tenha a chance de jogar e almoçar com um dos maiores nomes do esporte de todos os tempos: Sir. Nick Faldo, que acumula 41 vitórias profissionais na carreira e que foi – por 97 semanas – o número 1 do ranking mundial.

Com grande engajamento, os jogos masculinos aconteceram no Alphaville, e os femininos no Clube Curitibano. O jantar de encerramento e premiação foi realizado na sede social do Graciosa, que contou com homenagens e um leilão em prol das atividades de assistência e pesquisa da instituição.

O leilão contou ainda com outros lotes (bandeiras do torneio The Open 2012, autografada pelo golfista Ernie Els; e bandeira do Aberto do Brasil PGA Tour 2019, autografada pelo campeão Shad Tuten). O leiloeiro Helcio Kronberg, da Kronberg Leilões, parceiro do Complexo Pequeno Príncipe, comandou a ação.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

> João Alfredo Thomé, Nelson Slaviero e Simeão receberam o Troféu de Paulo Jensen

> Presidente do Conselho do Graciosa Glaucio Bley, Capitã de Golf do Graciosa Roberta Comodo e o Capitão de Golf do Graciosa Alcy Vilas Boas Júnior

Masculino

Feminino

CATEGORIA SCRATCH

CATEGORIA SCRATCH

Campeão

Donato Cardoso

Campeã

Fernanda Roccon

Vice-campeão

Young Han (Sosó)

Vice-campeã

Zenilda Souza

CATEGORIA M1 – INDEX ATÉ 8.5

CATEGORIA INDEX ATÉ 16,5

1º lugar

Gilberto Oda

1º lugar

Regiane Koyama

2º lugar

José Bianeck

2º lugar

Adriana Melo

3º lugar

Teruo Tamura

3º lugar

Adriana Toledo

CATEGORIA M2 – INDEX DE 8.6 À 14.0

CATEGORIA INDEX 16,6 À 23,7

1º lugar

Edson Luiz Souza

1º lugar

Victoria Cavali

2º lugar

José Puppo Filho

2º lugar

Maria H. Vian

3º lugar

Jairo Rocha

3º lugar

Ana Teresa Braz

CATEGORIA M3 – INDEX DE 14,1 À 22,1

CATEGORIA INDEX 23,8 ATÉ 30,3

1º lugar

João Alfredo Thomé

1º lugar

Rosana Wamser

2º lugar

Paulo Jensen

2º lugar

Liria Amarante

3º lugar

Nelson Slaviero

3º lugar

Yoshiko Igarashi

CATEGORIA M4 – INDEX DE 22,2 À 31,2

NEAREST TO THE PIN

1º lugar

Giovani Gionedis

Ana Teresa Braz

2º lugar

Hans Voswinckel

3º lugar

Osvaldir Benato

NEAREST TO THE PIN Hermano Pessoa LONGEST DRIVER José Puppo Filho

265

LONGEST DRIVER Regiane Koyama

91


GOLF

92

to r n eios

> Yoshiko Igarashi e Rosana Wamser

> Victoria Cavali e Maria Helena Vian

> Adriana Melo, Adriana Toledo e Regiane Koyama

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

> Fernanda Roccon e Zenilda Souza


edi ção/

> Patrice Vian, Geninho Thome, Donato Cardoso e Alcy Vilas Boas Jr.

> Hans Voswinckel, Giovani Gionedis e Osvaldir Benato

> Marcos Nagano e José Bianeck

> José Pupo Filho, Edson Luiz Souza e Jairo Rocha

265

93


G O L F

DE PAR TAM E N T O

FEM I N IN O

I I TA Ç A D O V I N H O Resultados CATEGORIA GROSS Campeã

Ivete Chemin

91

CATEGORIA INDEX ATÉ 22,5 1º lugar

Monika Voswinckel

74

2º lugar

Rosilene Sciarra

74

CATEGORIA ÍNDEX 22,6 ATÉ 33,3 1º lugar

Liria Amarante

69

2º lugar

Maria de Fatima Thá

74

CATEGORIA ÍNDEX 33,4 ATÉ 47,6

O inverno passou, mas apreciar um bom vinho cabe a qualquer momento, seja acompanhando e harmonizando com um bom prato ou entre amigos, e foi assim ao final das tacadas da tradicional taça de quinta no dia 3 de outubro. Como premiação, é claro, uma boa safra.

1º lugar

Cristina Teresa Iwersen

64

2º lugar

Clarissa Brik

75

NEAREST TO THE PIN [8] Monika Voswinckel NEAREST TO THE PIN [13] Roberta Comodo

94

> Vencedoras da Taça do Vinho

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


edi ção/

265

TA Ç A OUTUBRO ROSA Outubro é um mês voltado à prevenção com campanhas de conscientização que tem como objetivo principal, alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero. Com apoio do Cetac, Centro de Diagnóstico por Imagem a Capitania organizou no dia 10 de outubro a taça que já faz parte do nosso calendário, afinal um tema tão relevante merece a nossa atenção e participação para impactar o maior número de mulheres possível.

95

Resultados GROSS Campeã

Leslie Bocchino

85

CATEGORIA ÍNDEX ATÉ 23,7 1º lugar

Camila Pesenti

37

2º lugar

Monika Voswinckel

31

CATEGORIA ÍNDEX ATÉ 36,7 1º lugar

Liria Amarante

36

2º lugar

Maria de Fátima Thá

33

CATEGORIA ÍNDEX ATÉ 36,8 ATÉ 47,6 1º lugar

Cristina Teresa Iwersen

33

2º lugar

Therezinha Freitas

25

APOIO


GOLF

DE S TAQUE

ACONTECEU PELOS CAMPOS DO BRASIL 30º CAMPEONATO ABERTO DO ESTADO DO PARANÁ ALPHAVILLE GRACIOSA CLUBE DATA

///

13, 14 e 15 de setembro

CATEGORIA M3 1º lugar

João Thomé

TAÇA QUARTA NOBRE ETAPA CURITIBANO DATA

///

18 de setembro

CLASSIFICAÇÃO

96

Campeão

Felipe Antunes

Longest Drive

Felipe Antunes

CATEGORIA INDEX ATE 8,5 2º lugar

Jose Bianeck

CATEGORIA INDEX 14,1 A 22,1 2º lugar

Alcy Vilas Boas Jr

CATEGORIA ACIMA DE INDEX 22,2 3º lugar

Osvaldir Benato > Osvaldir Benato, Alcy Vilas Boas Jr e Jose Bianeck

3º ETAPA DO CIRCUITO BEST GOLF ALPHAVILLE GRACIOSA CLUBE DATA

///

26 de setembro

CATEGORIA GROSS Campeã

Roberta Comodo

CATEGORIA 23,8 A 31,7 Campeã

Liria Amarante

Na classificação por equipe, o Graciosa ficou em 2º Lugar, mas ainda na liderança geral do torneio.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


RUA COMENDADOR ARAÚJO, 171 | AVENIDA LUIZ XAVIER, 22 SHOPPINGS: ÁGUA VERDE | CRYSTAL | CURITIBA | MUELLER | PALLADIUM | PARKSHOPPINGBARIGÜI | PÁTIO BATEL


TÊNIS

t or n eios

TO R N E I O R E L Â M PA G O D E D U P L A S M I S TA S

98

> Grupo Participante do Torneio

F OTO S

LU CAS

LO P ES

C

om a maior participação em torneios relâmpagos dos últimos tempos o sábado do dia 5 de outubro foi de muitas disputas reunindo atletas de várias classes para um torneio de duplas mistas, dividido em 4 provas e duas categorias. Ao todo participaram 53 atletas, sendo 32 na categoria masculina e 21 na categoria feminina. Ao termino dos jogos foram entregues as premiações, e com um sol escaldante os participantes puderam confraternizar no bar do tênis.

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

Resultados 2ª e 3ª CLASSE FEMININO9 Campeãs

Heloisa Fortes e Manoela Heineberg

Vice-campeãs

Ana Paula Alvarez e Carol Faraco

4ª CLASSE FEMININO Campeãs

Adriana Pansieri e Eloisa Carraro

Vice-campeãs

Nicole Melhem e Louiseana Mueller

1ª a 3ª CLASSE1 9 Campeões

Gustavo Milani e Ricardo Michelin

Vice-campeões

Rodrigo Castilho e Rogerio Menta

4ª a 6ª CLASSE Campeões

Pablo Carreño e Francisco Marques

Vice-campeões

Alexandre Castilho e Waldomiro Luersen


edi ção/

265

> Priscila Santos, Simone Friedlaender, Jaqueline Dal’lin, Adriana Pansieri e Louiseana Mueller

99

> Suzana Faucz, Claudia Zorgniotti, Cicida Gontijo, Lucia Carla Achy, Miriam Amaral, Maria Cecilia Centa, Vanusa Rocha Loures, Heloisa Fortes e Flavia Melhem


TÊNIS

tor n eios

> Adriana Pansieri, Eloisa Carraro, Nicole Melhem e Louiseana Mueller

> Romeu Friedlaender Jr, Cosme Gomm Filho e Pedro Borges

> Ana Paula Alvarez, Carol Faraco, Manoela Heineberg e Heloisa Fortes

> Rodrigo Castilho, Rogerio Menta, Gustavo Milani, Ricardo Michelin

100

> Waldomiro Luersen, Alexandre Castilho, Francisco Marques e Pablo Carreño

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

e o Diretor de Tênis, Cosme Gomm Filho


Nossa natureza e ser

Somos MAXI na impressão das cores, das formas, das funções de cada elemento. E, acima de tudo, na relação de respeito entre os seres e o próprio meio.

maxigrafica.com.br


TÊNIS

esc olin h as

PROJETO N OVA G E R A Ç Ã O F OTO

LUCAS

LOPES

102

E

nquanto a conclusão das parcerias e aportes para consolidação do projeto “Tênis Graciosa – Nova Geração” tramita, nossos tenistas da pré-equipe e equipe continuam treinando intensamente para representar o Clube e honrar os objetivos traçados pelo projeto. A lei permite que sejam feitas doações/patrocínios a partir do IR a pagar, sendo PJ – 1% e PF – 6%. Com o projeto pretendemos proporcionar aos atletas das escolinhas, pré-equipe e equipe, condições ainda melhores. Necessitamos de novos parceiros para alcançarmos o valor de R$ 297.497,31, provado no processo 5800.006409 / 2018 – 57.

Convidamos nossos associados a participarem deste processo, doando fisicamente ou juridicamente.

/ m a i s I n f o r m a ç õ e s n a s e c r e t a r i a d e t ê n i s 3 0 2 5 - 133 7 /

A POIO

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b


TÊNIS

edi ção/

squash

265

CLÍNICA DE SQUASH F OTO

C

om o intuito de disseminar a modalidade e proporcionar maior conhecimento e aprimoramento aos praticantes, mensalmente a Diretoria de tênis organiza uma clínica gratuita com o Coach Internacional Renato Gallego, coordenador da modalidade no Clube. Os treinamentos são teóricos e práticos, sempre abordando temas que dão uma grande base para jogadores iniciantes e avançados aproveitarem e desenvolverem seu jogo! Fique atento e não perca a próxima clínica.

LUCAS

LOPES

WO R L D S Q UA S H DAY / No dia 12 de outubro foi comemorado, em todo o planeta, o Dia Mundial do Squash, onde foram organizadas atividades para divulgar e aproveitar o que o esporte mais saudável do mundo (revista Forbes) tem a proporcionar! Aqui não foi diferente, e para celebrar o dia, organizamos um intercâmbio com os praticantes da modalidade da Academia Barigui. O evento teve apoio da Federação de Squash do Paraná.

Venha praticar conosco, nossos professores são capacitados a ministrar aulas para adultos e para crianças.

103


TÊNIS

104

D

p a d el

C L Í N I CA D E PA D E L

ando sequência ao aprimoramento dos praticantes de Padel, entre os dias 27 e 28 de setembro aconteceu mais uma Clínica com participação dos profissionais Osmar Scherer (professor e técnico da seleção Brasileira de menores masculina) e João Pedro Flores (atleta WPT), inaugurando um novo ciclo de treinamentos e capacitações para os jogadores. No dia 27, uma aula teórica com os dois profissionais, serviu para os participantes sanarem suas dúvidas com apoio de um material didático. Tais dúvidas normalmente não são

revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

visualizadas no momento dos treinos em quadra, por isso a importância deste momento. Com participação de 25 atletas de diversos níveis técnicos e idade, durante todo sábado o foco foram os treinos práticos. Agradecemos a Diretoria por proporcionar momentos importantes como este para o crescimento do esporte em suas diversas ramificações trazendo ao convívio dos associados, aulas sociais, escolinhas e treinos de alto rendimento. Parabéns a todos os envolvidos!


edi ção/

265

COBERTURA DAS Q UA D R AS D E PA D E L

105

A

pós ter o telhado totalmente danificado por 2 temporais, o espaço das quadras ficou prejudicado por goteiras, e necessitou de uma interdição temporária em determinados horários, para que o trabalho de instalação de um novo telhado pudesse ser concluído em tempo recorde. A obra aconteceu entre os dias 30 de setembro e 12 de outubro.


DIRETORIA

G ES TÃO

.

2 02 1

PR ES I D E N T E

ME MBROS NATOS

Gustavo Mussi Milani

Fernando Antonio Miranda Geroldo Augusto Hauer Norberto F. F. de Castilho Rubens Pinho Edgard Luiz Cavalcanti Albuquerque João Carlos Ribeiro Nelson Menicucci Rezende João Manoel de Oliveira Franco Tobias de Macedo Glaucio Fernando Bley Filho Antonio Alves de Araújo Filho Gerson de Sá Tavares Filho Jorge Nacli Neto João Candido da Cunha Pereira Antonio Luiz C. Teixeira de Freitas Cleverson Marinho Teixeira José Candido Muricy Nelson Luiz Velloso Filho Paulo Henrique Rocha Loures Demchuk

VI CE- P RES I D E N T E

Oilson Centa Negrelle VI CE- P RES I D E N T E ADMI NI ST RAT I VO

José Hillani VI CE- P RES I D E N T E FI NANCE I RO

Alexei Affonso Schrappe Antoniuk CA P I T Ã D E GO L F

Roberta Alencar Comodo CA P I T Ã O D E GO L F

Alcy Vilas Boas Júnior CO O R D E N A D O RA DE R ES P O N SA B I L I DA D E SOCI AL

Sueli Marlene Steffen Gossling D I RE TO R D O C P

Guilherme J. Teixeira de Freitas D I RE TO RA D O C LU B I N H O DA CR I ANÇA

Nicole Molteni Lopes D I RE TO R D O GR Ê MI O FL AMI NG O

106

2 01 9

Pedro Muggiati Manfredini Borges D I RE TO R CU LT U RAL

Adalberto Scherer Filho D I RE TO R D E I N FO RMÁT I CA

Roberto Artigas Faucz D I RE TO R J U R Í D I CO

Carlos Alberto Farracha de Castro D I RE TO R M É D I CO

Sérgio Luiz Keinert D I RE TO RA D E O U VI DOR I A

Leslie de Oliveira Bocchino D I RE TO R D E PAT R IMÔNI O

Nagib Georges Fattouch D I RE TO R D E SAU NA

ME MBROS ELEITOS

André Diniz Affonso da Costa Attilio Comodo Neto Carlos Alberto Santos Pinho Carlos Eduardo de Leão Rosenmann Cassio Fernando de B Prestes Cosme Bueno Gomm Freddy Jacques S. Lima Kesselring Gilberto Guimarães Monastier Guilherme Luis Buffara Lobo Gustavo de Pauli Athayde Jesus Sarrão Jose Alcides Pasquali Junior José Aristeu Pereira Neto José Eduardo Moraes Sarmento Laudálio Veiga Filho Luigi Antonio Cini Muffone Luiz Affonso Borrelli Costacurta Luiz Afonso Coelho Hauer Marcelo Iwersen Marco Antonio Simões Omar Camargo Filho Paula Carneiro Bettega Ricardo Michelin Ricardo Mueller Rogerio Menta Rubens Curi Silvio Luhm Tarcísio Araújo Kroetz Ubirajara Costódio Filho Wilson do Rosário

SE CRE TA RI A G E RA L

De segunda a sexta, das 9 às 19 horas. R AMAIS: 1325, 1385 e 1367 CLU B I N HO DA CRI A N Ç A

Seg unda das 8h40 às 12h50. De terça a sábado das 8h40 às 18h20. Domingo e feriados das 8h40 às 17h20. R AM A L: 1383 SE CRE TA RI A D O TÊ N I S

De segunda a sexta, das 8 às 21 horas. Sábado, das 8 às 15 horas. Domingo e feriados das 8 às 14 horas. R AMAIS: 1337 e 1348 SE CRE TA RI A D O G O LF

De segunda a sexta, das 8 às 19 horas. Sábado, das 8 às 16h20 horas. Domingo, só abre em dias de torneio. R AMAIS: 1361, 1380 e 1387 STA RTE R

De terça a domingo, das 7 às 18 horas. R AMAL: 1360 SE C. D O CE N TRO P O LI ESP O RTI VO

De segunda a sexta, das 7 às 20 horas. Sábado, das 9 às 13 horas. Domingo e feriados, fechado. RAMAIS: 1352 e 1338 RAVI CA FÉ

De segunda a sexta-feira, das 8 às 20 horas. Sábado das 9 às 13 horas. Domingo e feriados, fechado. R AMAL : 1354 SAU N A MASCU LI N A

De segunda a sexta, das 14 às 21h45. Sábado e feriados, das 14 às 21h45. Domingo, fechado. R AMAIS: 1353 e 1375 BA RB E A RI A

De segunda a sábado, das 15h30 às 22 horas. Domingo, fechado. R AMAL: 1324 SAU N A FE MI N I N A

Segunda, das 13 às 19 horas. De terça a sábado, das 10 às 19 horas. Domingo, não abre. R AMAL: 1457 A CQ UA SPA E SA LÃ O D E B E LE Z A

Segunda das 13 às 19 horas. De terça a sábado das 9 às 20 horas. Domingo, fechado. R AMAL: 1378 B I B LI OTE CA

De segunda a sexta, das 9 às 18h30. Sábado das 9h30 às 13 horas. Domingo, fechado. R AMAL: 1335 RESTAU RA N TE E BA R DA SE D E

De segunda a sábado, das 18 às 23 horas. Domingo, das 11h30 às 17 horas. RAMAL: 1322 RESTAU RA N TE D O G O LF

Marco Demeterco CONSE L H O F ISCAL

Daniel Valente Isfer João Lucas Odebrecht Omar Camargo Neto

D I RE TO RA S O C I A L

Cristiane Moro Keinert D I RE TO RA D E T Ê NI S

Heloísa Helena Lopes Fortes

CONSE L H O F ISCAL SUP LENTE

D I RE TO R D E T Ê N I S

Alvaro de Quadros Neto Newton Bufrem Ruy Sergio Polatti

Cosme Bueno Gomm Filho

De segunda a sexta-feira, das 11h30 às 15 horas. Sábado, das 11h30 às 16 horas. Domingo, fechado. R AMAIS: 1336 e 1330 BA R D E PASSA G E M

Aos sábados buffet de café das manhã das 7 às 9 horas. Segunda-feira das 15 às 21 horas. De terça a sábado das 7 às 21 horas. Domingo das 7 às 19 horas. R AMAL: 1347 RESTAU RA N TE D O TÊ N I S

Segunda-feira das 12 às 21 horas. De terça a sexta, das 10 às 21 horas. Sábado, das 8 às 21 horas. Domingo e feriados das 7 às 19 horas. R AMAL: 1373 CASA D E FESTAS

GRACIOSA COUNTRY CLUB / Av. Munhoz da Rocha, 1146 tel. 41 3015.5005 revista

/

rac i o s a

co u nt r y

c l u b

De segunda a sexta, das 8h30 às 17h30. R AMAL: 1333


MUDE EM 2019 I

N

C

O

M

P

A R Á V E L

Company 4 04 2. 6263

VISITE O APARTAMENTO EM EXPOSIÇÃO

R. Desembargador Lavoro Expert Motta, 3147

REALIZAÇÃO:

Building Projetos para a vida.


Profile for Graciosa.com.br

FESTA COMEMORAÇÃO DIA DAS CRIANÇAS  

FESTA COMEMORAÇÃO DIA DAS CRIANÇAS  

Advertisement