Page 1

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

PINTURAS NO EXÍLIO

Detalhe de ‘Barcos ao Entardecer’ (1938-1939)

LIVRO RESGATA OBRA DE ERNESTO DE FIORI, QUE CHEGOU AO BRASIL FUGINDO DO NAZISMO PÁG. 10 RIO DE JANEIRO Segunda-feira, 8 de janeiro de 2018 Edição nº 1.777, ano 8 MÍN: 20°C MÁX: 29°C

www.metrojornal.com.br | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_RJ

MATERIAL ESCOLAR SOBE (BEEEEM) MAIS QUE A INFLAÇÃO

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Na ponta do lápis, o aumento chega a até 8% para um IPCA de 2,8% nos últimos 12 meses; além de usar o apontador, veja outras dicas para economizar PÁG. 07

Bala perdida faz a 1a vítima do ano no Rio Jovem morreu após ser baleado em escola, onde comemorava seu aniversário de 26 anos PÁG. 04

Preso suposto líder ‘Tenho o hábito de de rebelião em GO mudar e reaproveitar’ Criminoso conhecido como BH estava Carnavalesco da União da Ilha, Severo foragido há 2 meses e foi localizado em Luzardo fala sobre o enredo e conta apartamento de luxo em Cabo Frio PÁG. 04 que aproveita materiais usados PÁG. 03

Luzardo vai em busca do 1o título da escola | ILAN PELLENBERG/METRO RIO


02|

1 FOCO

120 pontos na CNH

Mau exemplo

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Petrobras prevê retomada para o pré-sal no Estado Promissor. Até o fim de 2018, mais oito plataformas serão inauguradas pela estatal. Além da criação de empregos, Rio de Janeiro deve se beneficiar do aumento na arrecadação de royalties No que depender dos planos da Petrobras, o movimento de navios do Rio de Janeiro em direção ao oceano vai aumentar em 2018. Nunca a estatal colocou tantas plataformas para funcionar de uma só vez. Até o fim do ano, oito devem ser inauguradas. A maioria no pré-sal. Por isso, o ano vem sendo considerado de retomada para o setor. As primeiras plataformas devem ser entregues já neste primeiro trimestre, mas os estaleiros ainda terão trabalho por mais tempo. Até 2020, 19 novos sistemas devem entrar em operação. A chegada das plataformas ao alto mar é apenas uma etapa do processo. E não é a mais cara. Grande parte do investimento fica debaixo d’água: na construção de toda a infraestrutura necessária para perfurar, conectar o navio aos poços e fazer o petróleo chegar à superfície. Em alguns casos, o fundo do mar está a 2 km de profundidade, e o óleo a mais 4 km debaixo da rocha. Se uma plataforma em funcionamen-

A construção de um navio-plataforma chega a custar US$ 2 bilhões | REPRODUÇÃO/ BAND

to emprega cerca de 250 pessoas, a instalação dela, que pode durar cerca de um ano, ocupa de 500 a mil trabalhadores especializados. A construção de um navio-plataforma chega a custar US$ 2 bilhões. Já a infraestrutura para fazê-lo funcionar costuma sair pelo dobro disso. “Você tem um crescimento da atividade, dos elos da cadeia que dependem da instalação da plataforma, como fornecimento de equipamen-

O Detran de Minas Gerais abriu um processo administrativo para investigar o atual diretor, César Augusto Monteiro Alves Júnior, que possui 120 pontos acumulados na carteira de habilitação. Ele alegou não ter recebido as notificações das 26 multas registradas entre 2014 e 2017. Porém, o dirigente já teria pagado parte das infrações.

Dólar - 0,01% (R$ 3,234)

A Trezena de São Sebastião, padroeiro da cidade, teve início ontem com uma missa celebrada pelo cardeal arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, na Basília que leva o nome do santo, na Tijuca. Nos 13 dias, a imagem percorrerá 105 lugares. | JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

Bovespa + 0,37% (78.935 pts) FALE COM A REDAÇÃO

Euro - 0,21% (R$ 3,895) Selic (7,0% a.a.)

Salário mínimo (R$ 954)

mento, como está no plano de investimentos da companhia. Especialistas acreditam que o acordo com acionistas para evitar um processo nos Estados Unidos não deve alterar o cronograma. A estatal anunciou, na última quarta-feira, uma proposta para pagar US$ 3 bilhões para encerrar a ação coletiva que teve início após a Lava Jato. Os investidores reclamam que foram enganados por dados maquiados. BAND

Com as novas plataformas, até 2020, a Petrobras espera aumentar a produção de petróleo em quase 1 milhão de barris por dia, passando dos atuais 2,6 milhões para 3,5 milhões. Assim, deve passar a exportar cada vez mais. “A Petrobras vai ter um excedente de produção. Tem um lado positivo que permitirá a empresa ganhar um pouco de moeda estrangeira, vai poder vender isso no mercado interno e ganhar em dólar. E, como boa parte das despesas ou mesmo da dívida são em dólar, e as incertezas políticas e econômicas podem fazer a taxa de câmbio oscilar, é bom ter a segurança de um faturamento em dólar para dar mais previsibilidade das suas contas”, destaca Rocha. A notícia também é boa para o Rio. Além da criação de empregos, o Estado, afundado em dívidas, deve se beneficiar do aumento na arrecadação de royalties. BAND

Blocos dão a largada para o Carnaval de rua no Centro

Padroeiro em ‘maratona’

Cotações

tos e a própria instalação submarina. E, ao mesmo tempo, tem a volta do processo de compras dos primeiros elos da cadeia, que é a atividade de engenharia, o projeto da plataforma e construção de plataformas, que devem ter novos contratos agora em 2018”, comenta Carlos Rocha, consultor de petróleo. Segundo a Petrobras, a empresa tem saúde financeira para colocar todas as plataformas previstas em funciona-

Expectativa é aumento de 1 milhão de barris por dia

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL:021/2586-9570

O Metro Jornal circula em 21 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Espírito Santo e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

O domingo nublado não afastou foliões fantasiados que curtiram ontem a abertura não oficial do Carnaval, promovida pela Desliga dos Blocos. Ao longo do dia, 16 cordões, como Fanfarra Black Clube, Cordão da Bola Laranja, Vem Cá Minha Flor, Orquestra Voadora e Cordão do Boi Tolo, arrastaram centenas de pessoas pelas ruas de diversas regiões do Centro. “As pessoas estão mesmo para brincar e curtir numa boa”, diz a musicista Talita Lopes, 38 anos. AGÊNCIA BRASIL

Centenas de foliões acompanharam os blocos | FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente:Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe:Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial:Rogério Domingues. Diretora Financeira:Sara Velloso. Gerente Executivo:Ricardo Adamo. Editor-Executivo de Arte:Vitor Iwasso. Metro Jornal Rio de Janeiro. Editora-Executiva:Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte:Cláudia Lorena. Gerente Comercial:Tatiana Vilela Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral:Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo:Rodolfo Schneider. Diretor Comercial:Tuffy Habib

Filiado ao

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A, CNPJ 07.780.914/0001-61. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 1º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. O Metro Jornal Rio de Janeiro é impresso pelo Parque Gráfico da Infoglobo. Tel: 21/2534-9579 (comercialpg@infoglobo.com.br)


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

03|

FOTOS: ILAN PELLENBERG/METRO RIO

SEVERO LUZARDO Em busca do primeiro título no Grupo Especial, União da Ilha analisa a culinária brasileira como ponto de partida para a formação histórica do país. Carnavalesco garante que é possível fazer Carnaval em tempos de crise

A‘ COMIDA NOS ENVOLVE’

RE DO

Com o enredo “Brasil Bom de Boca”, a União da Ilha do Governador vai fazer os foliões salivarem. Terceira a desfilar na segunda-feira de Carnaval (12/02), a escola junta a fome com a vontade de comer e apresenta um estudo antropológico do povo brasileiro a partir de seus hábitos alimentares. Tudo isso com a alegria característica da Ilha, que nunca conquistou um título no Grupo Especial. Pelo segundo ano à frente da agremiação insulana, o carnavalesco Severo Luzardo exalta a culinária brasileira e garante que, apesar das dificuldades financeiras, sempre há soluções para colocar a festa na Marquês de Sapucaí.

N

-E SAMBA

UNIÃO DA ILHA

‘BRASIL BOM DE BOCA’ PÕE LENHA NO FOGÃO! O AROMA ESTÁ NO AR. EXALA A NOSSA POESIA! CARAVELAS A BAILAR NO MAR, CHEGAM PRA MISCIGENAR ESSA FOLIA. EITA TEMPERO BOM. EU QUERO PROVAR! DERRAMA O CALDO DE LÁ, NOS FRUTOS DE CÁ. EITA TEMPERO BOM, EU QUERO PROVAR NAS TERRAS TUPINIQUINS O QUE SE PLANTA DÁ. E TUPÃ ABENÇOOU ESSE SABOR DA ALDEIA. QUE INCENDEIA, AGUÇA O PALADAR. MERGULHEI NO GOSTO QUE MAREIA. RIQUEZA MILENAR

ÓÔÔÔ NA BATIDA DO TAMBOR

FOGO ACESO NO TERREIRO DAS YABAS ÔÔ NA MISTURA A HERANÇA DOS MEUS ANCESTRAIS BOTA ÁGUA NO FEIJÃO QUE O SAMBA ESQUENTOU

VEM PROVAR O SABOR DESSE MEU CARNAVAL! EU SOU A ILHA, SOU O PRATO PRINCIPAL VOU DEIXAR ÁGUA NO BOCA PROVOCAR UMA VONTADE LOUCA

E NA FARTURA DO MEU TABULEIRO O GRÃO É VIDA E MOSTRA O SEU VALOR SINTO O CHEIRO DE CRAVO E CANELA VÓ QUITUTEIRA MEXENDO A PANELA DA NOSSA TERRA, UM GOSTINHO SEM IGUAL PRO SEU PRAZER DOCE CACAU ILHA...PREPARA A MESA, NO BAR FAZ A FESTA, SERVINDO UM BANQUETE À FANTASIA UMA RECEITA IMPOSSÍVEL DE ESQUECER DUAS PITADAS DE AMOR, EU E VOCÊ, JUNTANDO A FOME COM A VONTADE DE VENCER

Compositores: Ginho, Marcelão da Ilha, Flavinho Queiroga, Júnior, Thiago Caldas, John Bahiense, André de Souza e Prof. Hugo

Como surgiu a ideia para o enredo? Eu sou apaixonado pela culinária brasileira, desde o prato mais elaborado até o churrasquinho de gato, na esquina, no fim do ensaio. A nossa comida tem um diferencial: é impregnada de memórias afetivas. Aprendemos a ter uma relação com a comida, que sempre nos envolve. Nós sentamos à mesa, fazemos negócio. Eu sou muito da comida brasileira, acho que ela é democrática, a começar pela feijoada, que é o prato mais democrático do mundo, une ricos e pobres. Quais foram suas fontes de pesquisa? Tem um pesquisador chamado Clark Mangabeira, que é um acadêmico ligado à gastronomia. Ele trocou muitas informações comigo e foi me nutrindo de documentação. Como a gente parte do que chegou no Brasil com a corte portuguesa, nós precisamos de documentos para não ficar só em uma pesquisa de internet. Por que esse nome? Eu ia colocar outro nome. Quando chegou a época da formatação do lançamento, me veio um estalo de fazer uma homenagem a algum brasileiro focado em pesquisa gastronômica. E aí achei o nome “Bom de Boca”, do Raul Lody.

“Os torcedores da Ilha podem esperar a escola voltando no desfile das campeãs, porque eles merecem.” SEVERO LUZARDO, CARNAVALESCO

gico de quem somos através da culinária. A Ilha contratou o coreógrafo Márcio Moura para a comissão de frente. O que podemos esperar? O Márcio faz trabalhos maravilhosos, com desenhos coreográficos bem bacanas. Nós dois viemos da área do cinema e da televisão, o que nos traz uma preocupação grande com figurinos e caracterização. É uma comissão de frente especial e gastronômica. Focamos muito na caracterização dos personagens. É bem teatral. O projeto tem início, meio e fim e ele é o início – o Márcio soube respeitar isso.

Trabalhos estão a todo vapor

Um dos tripés exalta as pimentas brasileiras

História A União da Ilha do Governador foi fundada em 7 de março de 1953, na estrada da Cacuia, no bairro que dá nome à escola. Dona de sambas clássicos, como “O Amanhã” (1978) e “É hoje!” (1982), nunca conquistou um título do Grupo Especial do Carnaval carioca, mas foi vicecampeã em 1980, além de ter dois títulos na Série A (1974 e 2009).

De que forma esse desfile se encaixa no padrão de Carnaval da escola? Temos um projeto de tornar a União da Ilha uma escola densa. Diziam que a Ilha era uma escola de humor. Mas, no ano passado, fizemos um Carnaval denso, falando de banto, e passamos esteticamente na Avenida superbem. E, neste ano, nós vamos de novo com uma estética muito forte. Entre um tema autoral ou um tema que trouxesse alguma “mer-

Ficha-técnica Nº componentes: 3.200 Número de alegorias: 5 Número de alas: 29 Mestre-sala e porta-bandeira: Phelipe Lemos e Dandara Ventapani Intérprete: Ito Melodia 3ª a desfilar na segunda-feira (12/02), entre 23h25 e 23h45

requinha”, em que você fica vendido, a escola optou, mais uma vez, por um tema autoral e confiou no carnavalesco. Nós estamos muito bem. Não é a primeira vez que esse tema é apresentado na Avenida... Sou um carnavalesco que não vê Carnaval de outras escolas. Então, sobre isso, eu nem sei argumentar. Não fico olhando o que já foi apresentado. Nós fazemos um estudo antropoló-

O fim dos ensaios técnicos atrapalha? Acho que não. Sinto falta de ir para a Avenida, mas a União da Ilha faz ensaio na estrada do Galeão toda quarta-feira. Ali, a gente conta o tempo, a passagem do samba. Esse é o nosso ensaio técnico. Claro que o ensaio na Avenida é bom. Porém, se não tem, a gente se vira para suprir isso, o que já tem sido feito. O que você acha dos cortes na verba do Carnaval? É um problema não só do Carnaval. Os cortes desse prefeito [Marcelo Crivella] estão vindo para todas as áreas da cultura. O Carnaval é uma delas. É uma pena que seja um olhar de corte. Tinha que ser um olhar de incentivo. Como fazer Carnaval nessas condições? Sou um carnavalesco recente no Grupo Especial. Tenho na minha cabeça muito fresca a ideia de que é preciso utilizar materiais do ano anterior. Tenho o hábito de mudar, reciclar e reaproveitar. METRO RIO


04| Estupro

Acusado de matar menina de 12 anos é preso Um homem acusado de estuprar e matar a enteada, de 12 anos, foi preso ontem na rodoviária Novo Rio, na zona portuária. Ele foi detido quando tentava fugir em um ônibus com destino a São Paulo. O crime teria acontecido na noite de sábado, em Seropédica, na zona oeste. A menina teria sido agredida sexualmente pelo criminoso e morta em seguida a pauladas. METRO RIO

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Rio tem a 1 morte por bala perdida em 2018 a

Violência. Jovem foi atingido quando comemorava seu aniversário de 26 anos em uma escola na zona norte

Explosões

Polícia investiga ataques em série a caixas eletrônicos A Polícia Civil está monitorando os ataques em série cometidos contra caixas eletrônicos e acredita que sejam realizados pela mesma quadrilha. Na madrugada de sábado, houve explosão em uma agência de Botafogo e ontem, em Caxias, na Baixada. METRO RIO

Eduardo Pichinine foi baleado próximo ao pátio da escola | REPRODUÇÃO/FACEBOOK

Um jovem que teve a vida interrompida no dia do seu aniversário. Assim será lembrado Eduardo Pichinine Branco, de 26 anos, que tinha acabado de se formar em Biologia, e entrou para uma das tristes estatísticas do Estado do Rio como o primeiro caso de morte por bala perdida em 2018. De acordo com familiares, Eduardo e amigos estavam comemorando o aniversário em uma escola no bairro do Engenho Novo, na zona norte. A unidade é onde reside uma amiga do jovem, filha do zelador. Anderson Moura, tio da vítima, relata que os jovens haviam saído com os cachorros quando ouviram dois tiros. Em seguida, Eduardo foi atingido por um dos disparos. “Eles estavam em um anexo, que é dentro da escola, onde mora a amiga dele. Por

191 feridos por balas perdidas foram registrados em 2017, sendo que 53 morreram. Neste ano, já são 5 atingidos, com uma morte. volta das 4h, eles foram segurar os cachorros, que saíram para o pátio. O meu sobrinho ficou nas proximidades desse pátio e foi quando a menina escutou dois tiros. Um deles pegou na costela do Eduardo”, contou Anderson. Pichinine chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, na zona norte, mas não resistiu aos ferimentos. A Polícia Militar ainda não havia informado, até o fechamento desta edição, se havia operação em andamento na região.

O jovem é o primeiro morto nessas condições, mas balas perdidas já feriram outras quatro pessoas em 2018. Em todo o ano passado, foram 191 feridos e 53 mortos. PM baleado Um sargento da Polícia Militar, que estava de folga, foi baleado durante uma tentativa de assalto em Bangu, na zona oeste, na noite de sábado. Natalino dos Santos Rodrigues reagiu à abordagem dos criminosos armados, mas foi atingido na mão e no tórax. O policial foi socorrido para o Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na mesma região, onde estava internado em estado grave. Ele é o sexto PM baleado no Estado somente este ano, segundo levantamento da rádio BandNews FM. METRO RIO COM BANDNEWS FM

BRASIL

Suposto líder de rebelião em Goiás é preso em Cabo Frio Sistema prisional. BH, como é conhecido, estava foragido desde novembro e é apontado como chefe de facção criminosa no Estado Apontado como responsável pelas rebeliões no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, Stephan de Souza Vieira, 34 anos, conhecido como BH, foi preso ontem num apartamento de luxo em Cabo Frio, na Região dos Lagos. No local, foram apreendidos cadernos, celulares, pendrives, cartões de recarga de celular, relógios e dinheiro. O criminoso é apontado como chefe da facção criminosa Comando Vermelho em Goiás e estava foragido desde novembro do ano passado. Desde 2015, ele cumpria pena na ala do semiaberto, onde três rebeliões ocorreram na última semana – a primeira deixou 9 mortos, 14 feridos e 99 fugitivos. BH tem mandado de prisão expedido. Ele é acusado

Superlotação

26 anos

Justiça pede transferência de 850 presos

de prisão foi a pena imposta ao traficante Stephan de Souza Vieira por tráfico de drogas. Ele cumpria pena no regime semiaberto. pela Justiça de chefiar uma série de assassinatos em Goiânia em disputa por pontos de compra e venda de drogas. Visita Após relatório de inspeção apontar a guerra de facções, a falta de estrutura e a demora no julgamento dos presos como principais queixas dos detentos, a presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, vai hoje ao local. METRO BRASÍLIA

Bens apreendidos pela polícia no apartamento de BH (no detalhe) | DIVULGAÇÃO/POLÍCIA CIVIL DO RIO DE JANEIRO

A Justiça deu prazo de 10 dias para o Governo de Goiás diminuir a superlotação no presídio de Aparecida de Goiânia. Deverão ser transferidos 850 presos – os mais perigosos para penitenciárias federais. A cadeia abriga hoje 1.250 detentos. Em caso de descumprimento, a multa diária será de R$ 50 mil. Foram dados 6 meses para a reforma do presídio. METRO BRASÍLIA


Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

LEI DE PLANOS DE SAÚDE BURLA PROIBIÇÃO DE AUMENTO. Os planos de saú-

de adoram o projeto de lei proposto na Câmara para alterar regras do setor. Após faturarem R$ 178,4 bilhões em 2016 no Brasil, as empresas fazem um lobby no Congresso para aprovar o projeto que é um primor de mau-caratismo. Se aprovada, a nova lei continuaria a permitir que planos aumentem o custo de segurados de 59 anos, em razão da proibição de fazê-lo a partir dos 60 anos. A novidade é que o aumento abusivo poderá ser “diluído” em cinco anos.

MANOBRA CRIMINOSA.

De maneira criminosa, o projeto da nova lei dos planos revoga artigo do Estatuto do Idoso que proíbe aumento do seu valor após os 60 anos. MANOBRA MAROTA. Para

burlar o Estatuto do Idoso, planos de saúde aumentam valores aos 59 anos do cliente, autorizados pela “agência reguladora” ANS.

MAU-CARATISMO. O cliente passa a vida pagando plano de saúde quase sem utilizá-lo, mas aos 59 anos os preços são aumentados para empurrá-lo ao SUS.

“COM OU SEM LULA, O DEBATE SERÁ CALOROSO E INTENSO” JOÃO DORIA (PSDB), PREFEITO DE SÃO PAULO, SOBRE A DISPUTA PRESIDENCIAL DE OUTUBRO

do pelo PT para o dia 24 poderia se chamar “dia da falta de vergonha”. Afinal, um amontoado de farsantes invadirá Porto Alegre para exigir, que tristeza, impunidade para um corrupto. FICA A DICA. Proibidos pela Justiça de acampar em Porto Alegre durante julgamento do ex-presidente Lula no TRF-4, os sem-terra ameaçam tocar o terror país afora. A luta pela “reforma agrária” virou coisa secundária.

LÓGICA CAPITALISTA. Há deputados que defendem a ideia de que o idoso é problema do SUS. Para eles, planos são para os jovens, que pagam sem utilizá-lo. FALTA DE VERGONHA. O “dia de fúria” convoca-

Ex-presidente Lula | ROVENA ROSA/AGÊNCIA BRASIL

PODER SEM PUDOR

O delegado professor Tancredo Neves, recém-formado, foi para São João Del Rey exercer a promotoria. Com aquela conversa que o levaria ao poder anos mais tarde, foi chegando e arranjando namorada. Mal sabia que o delegado havia proibido namoro nas praças, por isso ele se misturou aos muitos casais que ocupavam um dos jardins COM ANDRÉ BRITO E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

públicos da cidade. A polícia chegou de repente e expulsou todo mundo. Tancredo se preparava para protestar contra a violência quando foi notado pelo delegado. Rápido no gatilho, o policial mostrou que tinha muito a ensinar a Tancredo: - Doutor, botei esse pessoal para fora para deixar o senhor à vontade...

{BRASIL} Como avalia o estágio que a saúde pública chegou? Hoje o SUS é o maior programa de saúde de acesso universalizado. Não temos similaridade no mundo, já que a estrutura do SUS é muito grande: cobre 150 milhões de brasileiros, enquanto os planos de saúde cobrem os outros 50 milhões. Nós tivemos a ideia dos planos acessíveis, da modernização da legislação – que está em votação no Congresso para estruturar melhor e deixar mais claro os deveres e direitos do consumidor nesse assunto. Temos na questão de hospitais, o credenciamento de todos os serviços de saúde. Já abrimos mais de 200 UPA’s, temos 1.100 obras prontas, equipadas e fechadas no Brasil. É um grande desafio financiar a saúde, porque construir é fácil, colocar para funcionar que é difícil. Economizamos R$ 4,5 bilhões, até agora, especialmente, com compras de medicamentos. Nós revisamos contratos, cortamos cargos comissionados, enxugamos a máquina pública e estamos reinvestindo a economia com serviços de saúde. O que é mais difícil no Ministério? O meu compromisso com o presidente Michel Temer foi fazer mais com o mesmo. Usar os recursos disponíveis, na medida que vivemos uma crise fiscal, para fazer muito mais para a população. E temos conseguido. Claro, esbarramos em uma cultura de pessoal muito arraigada, as pessoas que trabalham no sistema não querem mudar sua rotina, são resistentes. Estamos implantando biometria do funcionário e do usuário, colocando rastreadores em todas as ambulâncias. Estamos trabalhando para dar tablets para todos os Agentes Comunitários de Saúde, para lançar os dados em casa e termos uma informação segura. Conseguimos reduzir significativamente os custos dos medicamentos e, com isso, ampliamos o acesso. Como enxerga a relação do governo com os médicos? Estamos tendo um bom relacionamento. Temos o Mais Médicos, que estamos ampliando a participação dos brasileiros. Quando renovamos, me comprometi a diminuir a participação de cubanos de 11 mil para 7 mil. Hoje estamos com 8 mil cubanos – em um total de 18 mil bolsistas. O programa vai indo muito bem. Os médicos são o centro da solução da saúde do país. E nós temos procurado nos relacionar com eles nesse modelo de pragmatismo de melhor custo-benefício para a população. Alguns resistem, mas a grande maioria tem dado muito apoio.

05|

RICARDO BARROS Ministro da Saúde fala sobre as articulações políticas e principais ações que fez durante seu ano e meio no Ministério da Saúde

‘HOJE FINANCIAMOS A DOENÇA’ A grande crítica dos médico é em relação aos valores dos honorários do serviço público. Há alguma tratativa para mudar essa realidade? Não. Hoje nosso modelo é o que financia a doença e não a saúde, por isso, não evoluiremos nesse modelo. Idealmente, se ninguém ficasse doente, seria ótimo. Só que

quebraria todos os hospitais, todos os laboratórios: o sistema vai à falência. Então é claro que esse modelo está errado. Deveria ser o contrário: se ninguém fica doente o sistema tinha de ficar mais saudável ainda. Por que não fizemos o novo modelo de gerenciamento? Porque não sabemos o que acontece lá

na ponta da saúde. Então, informatizar tudo, saber tudo o que acontece na estrutura da saúde, entender as necessidades, dispor dos serviços e aí sim, investir muito em prevenção. No momento, é pagar em dia e cumprir todas as nossas participações de financiamento. METRO MARINGÁ E BANDNEWS FM

RICARDO LOPES/METRO MARINGÁ

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br


06| 06

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{BRASIL} BRASIL

Metas simples, grande ano Para 2018. Com a ajuda da psicóloga Angelita Scárdua, da Monja Coen e da nutricionista Joseline Souza, o Metro Jornal elencou 12 pequenas metas a serem alcançadas ao longo do ano que podem transformar nossas vidas. Confira! JANEIRO Coloque em prática a gentileza. Ser gentil não tem a ver necessariamen te com ser simpático, mas colocar-se no lugar do outro. Aja com as pe sso forma como você go staria que elas agissem as da com você. Uma maneira sim ples de começar a ex ercitar a gentileza e a empatia é desejando “bom dia ” às pessoas com quem você con vizinho, os colegas de vive: o porteiro do prédio, o trabalho. Isso muda a sua maneira de se sentir em relação a você mesm o e em relação ao mundo. Expe rimente começar já! E continue ao longo do ano...

ABRIL Faça uma coisa diferente por você. Sabe aquele desejo que fica sempre esperando uma oportunidade ideal para ser realizado, mesmo que seja muito simples, como conhecer uma praia vizinha ou tirar um dia de folga só para curtir a família? Busque uma maneira de realizar esse e outros pequenos sonhos simples ao longo do ano. Claro, nada impede de partir em busca da realização de sonhos maiores, como uma viagem ou uma nova carreira, mas se dar a oportunidade de realizar pequenos desejos é fundamental para a satisfação pessoal e para incentivar a realização de sonhos maiores.

JULHO

bientes ram que am a cast n o m e d s mprometem ado. Estudo Seja organiz os geram estresse e co ndo o sono. O pria ad desorganiz concentração, prejudic do a cama ao lean e d m u e d rr a a d paci ificado eçar é m um sign o para com meiro pass os os dias. A prática te e encontrar a cama d e vantar-se, to egar em casa à noit dia não acabou, e : ch eo importante dá a sensação de qu utro passo que nos a .O d o a n m u so da rr u desa dade do se r as cortinas e janelas li a u q a ta re ri o b a la é u isso afe s g o organizad trar. Isso re ajuda a ser tar, deixando a luz en a organização. n casa ao leva o e dá disposição para gic ló io b io g ló

OUTUBRO precisa esEspalhe bom humor. É claro que ninguém esnão que algo r força ou todo o tar feliz o temp so antá sentindo. Mas tente escolher dar um sorri menos os tes de expressar uma reclamação e encarar de acativa tenta acontecimentos da vida como uma r e desorri em -se cupe Preo . dade felici bar com a sua fato, de ca, provo dique um tempo a fazer aquilo que egue cons or hum bom O tico. autên em você um riso nos faz ennos tirar imediatamente dos problemas e a. levez mais xergar tudo com

FEVEREIRO sa iniciar o Exercite-se mais. Mas calma! Você não preci ente se o ipalm princ mia, ano se matriculando na acade ma ajuda nças muda enas Pequ ado. apert dinheiro está eiro prim o são e a rotin incorporar a atividade física na mesmo: tropasso para algo maior. Comece pelo básico estacionane o prédi do as cando o elevador pelas escad plo. exem por lho, traba de local do ras quad do a duas física ade ativid uma rar Quem quer ir além pode procu rimentais expe aulas fazer é dica Uma fazer. de que goste e natação, de diversas modalidades, como dança, luta gostado. ente realm tenha que de uma até encontrar

MAIO

o usa (e m algo que nã hum sente cê vo Se . . Nen sapego Pratique o de m!), doe, venda ou troque stifica mantêju te to do je un ob m um do a todo lor atribuído A grande lição timento ou va i-lo – se ele não for útil. aus m re se ra ir -lo – ou adqu render que objetos são pa confunda as ap . Não desapego é márem amadas s são para se u guarda-roupas ou o ar oa ss pe e s do se an o qu o á nd “H ri e ab untar: coisas. Comec e seja sincero ao se perg resposta ou se a a rio da cozinh o isso?”. Se não souber aquilo foi usae o us to tempo nã ente da única vez em qu er do objeto. sfaz am st de ju se ar de br m ra le ho que está na do é sinal de

AGOSTO mês, expePratique o silêncio. Pelo menos uma vez por com uma rimente sentar-se por meia hora em silêncio, resbral, verte a colun a ando along , postura adequada ntrar o arrepirando profundamente. O objetivo é enco o grande sipendimento daquilo que é errado. Esse é da boca para nal da transformação e não deve ser feito des. Assim atitu essas ar recicl mos fora. Feito isso, deve forma em como fazemos com o plástico, que se trans ém podem novos objetos, a raiva e a ignorância tamb a coletivise tornar bons sentimentos, necessários para . ância toler e ida acolh a ito, dade como o respe

N OV E M B R

O Aprenda reco nhecer seus culpas parece próprios erro s. soas não é. simples, mas para a mai Pedir desQuando adm oria das pesitimos que h que podem á coisas em se nós dade e fortal r melhoradas, demonst ramos matu ecemos nos risa relação co dos nós com m et identificá-los emos erros, e uma man o outro. Toeira simples é se colocar de há uma situ n ação de con o lugar do outro quan do flito sentiria se el e/ela agisse e refletir: “Como eu m e comigo da fo agi com ela? ”. rm em se descu Se a resposta não for bo a como eu lpar. a, não hesit e

MARÇO

Mude a sua alim en ra 2018 é perder tação. Não importa se a sua meta papeso... Melhora é sempre impo r rtante. E o prim os hábitos alimentares eiro passo para bendo mais ág isso ua. água por dia m A ingestão de pelo menos do é beelhora a saúde is litros de e aj to. Outra dica é incluir, a cada m uda no emagrecimenês, um alimento novo no seu ca rdáp sa por semana. Ao io. Coma-o por pelo menos udável uma vez final do ano, vo cê terá consegui hábito o consum do o vos alimentos. de pelo menos dois ou três de tornar Lembre-se: inclu sses noir alimentos na num primeiro m refeição, omento, é mai s fácil do que re tirar.

JUNHO

Dedique seu tem po a quem você am a. bagem, mas nem todo mundo tem Pode parecer bofacilidade de dize ao outro que ama r ou mesmo de dem mento. A melhor on maneira de dar am strar seu sentior é doando noss tempo a quem am o am zinhe para essa pe os. Se você gosta de cozinhar, cossoa, seja sua com panheira, seus pa ou um amigo quer is id o pôr do sol ao se o. Ou convide-o para contemplar u lado ou para an dar no calçadão no fim de tarde. A vid a é muito breve, e temos muito po co tempo para viv uermos o melhor do s sentimentos.

SETEMBRO

demos do. Nós não po ntrole sobre tu o chefe vai reconheco r te e nt te Não , se anhã vai chover no país controlar se am o ou se os conflitos sociais são as lh lar ba ro tra nt o co ss os no o m cer isa que pode co ica conhecer re ún A de . z ar vão acab o, seja capa iss r Po s. õe ntroaç co s nossas própria em relação ao que não pode diante be e ca nt e se lh cê o que vo atitudes que s na e fans rá pe í, de lar e, a partir da momentos, o máximo que po cessas ne to o ui nã m o disso. Em mudar. E iss que não pode cionar seus zer é aceitar o cê poderá dire a. vo ue rq po , im rt ru po rá se im riamente realmente energia ao que a su e os rç fo es

DEZEMBRO Exercite a gratidão. A maiori a de nós pensa somente naquilo que não possui. Ma s todos nós, por mais difícil que seja nossa vida, tem os algo pelo qual podemos agradecer. E um dos prin cipais fatores que contribui para a nossa felicidade é a capacidade de ser grato. Quando reconhecem os o que temos, abordamos a vida pelo seu lado pos itivo tar outra postura sobre os fato e passamos a ados cotidianos. Ao deparar com um problema ou uma perda, lembre-se sempre de tudo aquilo pelo qual você tem a agradecer. Isso vai tornar os proble mas bem menores.


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

07|

Material escolar deve subir quase três vezes a inflação Volta às aulas. Associação do setor projeta alta de até 8% neste ano. Produtos importados terão reajustes maiores devido ao câmbio Os pais devem enfrentar neste ano aumentos entre 5% e 8% nos preços do material escolar. A projeção é da Abfiae (Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares), que atribui a alta a reajustes de matérias-primas, como plástico, papel e tintas, ajustes de mão de obra e variação cambial. O aumento de 8% representa 2,88 vezes a inflação de 2017. Economistas estimam que o IPCA tenha fechado o ano passado em alta de 2,78%. Ricardo Carrijo, diretor de relações institucionais da Abfiae, afirma que os produtos importados devem ter reajustes maiores em função de variações recentes do câmbio. “O dólar se fortaleceu nos últimos meses e isto causa impac-

to no preço final dos produtos importados, em especial mochilas e estojos”, diz. Carrijo aconselha os pais a anteciparem as compras e pesquisarem preços. Segundo ele, como o mercado de papelarias é bastante pulverizado, existe ainda uma grande possibilidade de encontrar boas ofertas. “O consumidor deve fazer uma lista do que precisa comprar para não se render a impulsos. Também é recomendável juntar todo o material escolar do ano anterior e ver a possibilidade de reutilizá-lo”, orienta Ricardo Teixeira, especialista em gestão financeira e professor da FGV (Fundação Getulio Vargas). Uma dica é conversar com outros pais para trocar livros

didáticos e fazer compras em conjunto para conseguir preços menores. “Outra opção é a internet. É possível buscar materiais e livros usados em excelente estado que, muitas vezes, custam a metade do preço. Comprar no atacado também pode render bons negócios”, ressalta. Teixeira aconselha também tentar comprar à vista e pedir desconto. Se tiver que pagar a prazo, o consumidor deve observar se as parcelas caberão no orçamento. “O ideal é conversar com os filhos antes de sair às compras, explicando a situação em que a família se encontra e quanto poderão gastar com os materiais. Caso contrário, é melhor não ir às compras com as crianças.” METRO

COMO ECONOMIZAR DIREITOS DO CONSUMIDOR

DICAS Antes de ir às compras, analise itens do ano passado e selecione tudo o que ainda pode ser usado, como tesoura, régua e mochila Procure pais de alunos mais velhos para emprestar ou comprar livros por um preço mais acessível, se estiverem em boas condições de uso Pesquise em sebos e na internet materiais e livros usados em bom estado. Muitas vezes, eles custam a metade do preço Reúna pais para comprar itens em atacado, como caixas de lápis, cadernos e agendas

Faça muitas pesquisas e trace um orçamento para ter noção do gasto total Não é preciso necessariamente comprar todos os itens na mesma loja, mas se decidir por um único estabelecimento é válido pedir descontos No dia das compras, converse com os filhos sobre o orçamento, para que não corram o risco de se deixar levar pelo impulso e gastar mais do que o planejado O ideal é sempre fazer os pagamentos à vista, mas se não for possível, opte por poucas parcelas que caibam no bolso, para não comprometer as finanças do ano por vários meses

FONTE: REINALDO DOMINGOS, PRESIDENTE DA ABEFIN (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCADORES FINANCEIROS), RICARDO TEIXEIRA, PROFESSOR DA FGV, E IDEC (INSTITUTO BRASILEIRO DE DEFESA DO CONSUMIDOR)

Restituição do IR

Preço de moedas varia até 64% entre casas de câmbio, mostra levantamento A variação de preços de moedas estrangeiras pode chegar a 64% entre diferentes casas de câmbio. Segundo estudo feito pela Meu Câmbio, com base no último ranking do VET (Valor Efetivo Total) do Banco Central, em novembro passado, o peso argentino apresentou a maior diferença, custando entre R$ 0,1847 e R$ 0,3038, em espécie. Para o dólar, a variação foi de 15%, (de R$ 3,3101 a R$ 3,7931). Já o euro mostrou diferença de 14%, entre R$ 3,9284 e R$ 4,4806. A coroa sueca teve a menor variação, de 1%, de R$ 0,4568 a R$ 0,4623. Segundo Mathias Fischer, diretor da Meu Câmbio, os principais fatores que influenciam o preço são a forte concorrência entre corretoras nos grandes centros e o custo para transportar o dinheiro com segurança. “Outro fator é a localidade. No caso do peso argentino, por exemplo, turistas trazem a moeda para trocar por reais. Com isso, as casas conseguem comprar a custo inferior, o que possibilita uma política de precificação mais agressiva.” Além de pesquisar preço, Fischer recomenda que o

CONFIRA

Variação de preços entre corretoras

EM ESPÉCIE MAIS POPULARES MOEDA VARIAÇÃO MELHOR PIOR

Libra Esterlina 17% R$ 4,4999 R$ 5,2769

Dólar americano 15% R$ 3,3101 R$ 3,7931

Euro 14% R$ 3,9284 R$ 4,4806

EM ESPÉCIE MAIORES DIFERENÇAS MOEDA VARIAÇÃO MELHOR PIOR

Peso argentino 64% R$ 0,1847 R$ 0,3038

Peso colombiano 55% R$ 0,0011 R$ 0,0017

Peso mexicano 39% R$ 0,1961 R$ 0,2723

Boliviano 34% R$ 0,4990 R$ 0,6703

Rand

Dólar americano 13% R$ 3,3487 R$ 3,7939

Euro 13% R$ 3,9722 R$ 4,4858

Dólar canadense 12% R$ 2,6915 R$ 3,0236

32% R$ 0,2590 R$ 0,3414

C A R TÃ O PRÉ-PAGO MAIORES DIFERENÇAS MOEDA VARIAÇÃO MELHOR PIOR

Peso Argentino 18% R$ 0,2294 R$ 0,2712

Dólar australiano 14% R$ 2,6230 R$ 2,9791

FONTE: MEU CÂMBIO. ESTUDO ATUALIZADO EM 04/01/2018 COM BASE NOS DADOS DIVULGADOS PELO BANCO CENTRAL EM 21/12/2017. OS VALORES CONSIDERAM A TAXA DE CÂMBIO, IMPOSTOS E TARIFAS

turista procure instituições habilitadas pelo BC (bc.gov. br). Isso reduz muito as chaces de adquirir notas falsas. Para economizar, a recomendação é a compra fracionada para reduzir o risco de grandes variações do câmbio ao longo do tempo. “Essa estratégia deve funcionar para o cenário previsto para 2018”, afirma Fischer, lembrando que a expectativa é

de alta do dólar em meio às tentativas de aprovação de medidas fiscais no país e à repatriação de divisas nos EUA devido ao pacote do presidente Donald Trump. Outra dica é o uso de cartão pré-pago em vez do cartão de crédito. Fischer explica que, ao usar o crédito fora dos Estados Unidos, o turista paga 4,5% ao fazer a conversão para dólar e mais 4,5% pa-

ra converter para real. Com o pré-pago, além de não sofrer essa dupla taxação com a conversão, ele não fica exposto a variações cambiais até o fechamento da fatura. O uso do cartão de crédito pode ser vantajoso, no entanto, quando o país oferece descontos em impostos para transações na modalidade, como hotéis na Argentina e restaurantes no Uruguai. METRO

A escola NÃO pode exigir: Produtos de uso coletivo, como os de higiene e limpeza Marcas ou locais de compra específicos para o material, tampouco que os produtos sejam adquiridos na escola, exceto para artigos que não são vendidos no comércio, como é o caso de apostilas pedagógicas próprias do colégio Que o aluno não reutilize um livro usado se o seu conteúdo estiver atualizado

PIS/Pasep

Fisco abre consulta a lote residual

Calendário de saques sai hoje

A Receita Federal libera a partir das 9h a consulta ao lote residual multiexercício de restituições do Imposto de Renda, incluindo declarações que haviam caído na malha fina de 2008 a 2017. O crédito para 165.898 contribuintes será realizado no dia 15, totalizando R$ 310 milhões. Para saber se a declaração foi liberada, o contribuinte deve acessar idg.receita.fazenda.gov.br ou ligar no 146. METRO

Trabalhadores a partir de 60 anos que tiveram emprego com carteira assinada antes da Constituição de 1988 saberão hoje quando poderão sacar as cotas dos fundos do PIS/ Pasep. O governo divulgará o calendário de retiradas. Os saques poderão ser feitos na Caixa Econômica Federal, que administra as contas do PIS, ou no Banco do Brasil, no caso de trabalhadores inscritos no Pasep. METRO

Falha de segurança

eSocial

Apple vai ajustar iPhones e Macs

Empresas passam a usar sistema

A Apple vai fazer um reparo no navegador Safari em seus iPhones, iPads e Macs, após grandes fabricantes de chips terem revelado falhas que deixam quase todos os dispositivos modernos vulneráveis a hackers. Os fabricantes de navegadores Google, Microsoft e Mozilla, do Firefox, confirmaram à “Reuters” que os ajustes disponíveis no momento não protegem os usuários do sistema iOS. METRO

Começa hoje a primeira etapa de implantação do eSocial para empresas. Companhias com faturamento anual superior a R$ 78 milhões serão as primeiras a ter que sincronizar os dados contábeis de seus trabalhadores no programa. Para micros e pequenas empresas e MEIs (micro empreendedores individuais), a utilização obrigatória do eSocial está prevista para 16 de julho. METRO


08|

China. Colisão entre navios deixa 32 desaparecidos Um navio carregado com petróleo iraniano, operado pela principal empresa de transporte do setor do país, pegou fogo e derramou parte da carga no Mar da China ontem, após colidir com uma embarcação graneleira chinesa, deixando os 32 membros da tripulação desaparecidos. As nuvens grossas de fumaça escura podiam ser vistas saindo do petroleiro Sanchi, enquanto os esforços de resgate foram prejudicados pelo mau tempo e pelo incêndio no navio, disse o chefe da Organização de Portos e Marítima do Irã,

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Mohammad Rastad, a uma rede de televisão do país. O Sanchi colidiu com o CF Crystal a cerca de 160 milhas náuticas da costa, perto de Xangai, na noite de sábado, informou o Ministério dos Transportes da China. O petroleiro, registrado no Panamá, partiu do Irã com destino à Coreia do Sul, transportando 136 mil toneladas de óleo condensado, um petróleo ultra-leve. Isso equivale a pouco menos de 1 milhão de barris, no valor de cerca de US$ 60 milhões, com base nos preços globais da commodity. METRO

Navio com petróleo iraniano pegou fogo após colisão | KOREA COAST GUARD/REUTERS

Bannon recua e pede desculpas a Trump ‘Fogo e Fúria’. Ex-estrategista da Casa Branca se retrata por declarações sobre filho de presidente dos Estados Unidos. Trump classifica livro sobre seu governo como ‘fake book’ O ex-estrategista chefe da Casa Branca Steve Bannon recuou nos seus comentários sobre o filho do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Em comunicado divulgado ontem, ele quebrou um silêncio que já durava cinco dias e pediu desculpas por suas declarações. Bannon disse que os comentários que lhe são atribuídos no livro “Fire and Fury – Inside the Trump White House” (Fogo e Fúria – Por Dentro da Casa Branca de Trump) não eram dirigidos a Donald Trump Jr. Afastado da administração Trump em agosto, ele é citado no livro lançado na última sexta-feira, afirmando que a reunião de Trump Jr. com uma advogada russa

Bannon teria chamado Trump Jr. de traidor | JONATHAN BACHMAN/REUTERS

em junho de 2016 foi “uma traição” e “antipatriótica”. “Donald Trump Jr. é um patriota e um bom homem. Tem sido incansável na defesa da agenda do seu pai

Suécia. Homem morre após explosão em Estocolmo Um homem morreu e uma mulher ficou levemente ferida ontem após a explosão de um objeto em frente à estação de metrô Varby Gard, nos arredores de Estocolmo, informou a polícia sueca. Segundo as autoridades, um homem de 60 anos morreu horas depois de ser levado gravemente ferido para um hospital. Ele teria pego nas mãos o objeto explosivo. No incidente, uma mulher de 45 anos também ficou ferida.

A região foi bloqueada para a população, enquanto a polícia investiga o incidente, informou a “Ansa”. A imprensa local afirmou, que de acordo com autoridades, não há indícios de que a explosão tenha sido um atentado terrorista. O jornal “Aftonbladet”, disse que o objeto que explodiu era uma granada de mão, mas a informação não foi confirmada oficialmente. METRO

EUA. Temperatura deve subir ao longo da semana

‘Sintam-se livres para amamentar’ O papa Francisco batizou 34 crianças durante uma grande cerimônia na Capela Sistina e disse às mães que poderiam sentirse livres para amamentar os bebês ali se eles tivessem fome. “Amamentem-os, não tenham medo, alimentem-os porque isso também é linguagem de amor”, disse | OSSERVATORE ROMANO/REUTERS

Venezuela

Diálogo com Seul. Coreia do Norte define delegação A Coreia do Norte divulgou ontem uma lista de autoridades que vão participar das primeiras rodadas de diálogo com o governo sul-coreano desde 2015. A delegação do Norte será liderada por Ri Son-Gwon, chefe do departamento responsável pelos assuntos intercoreanos. O grupo também será composto por mais quatro autoridades do governo, incluindo responsáveis pelas questões esportivas.

A reunião deve ocorrer amanhã, em Panmunjom. A expectativa é que os dois países concentrem a conversa na participação de atletas norte-coreanos nos Jogos Olímpicos de Inverno, entre 9 e 25 de fevereiro em Pyeongchang. O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, comemorou a iniciativa, mas advertiu que o encontro não ajuda em nada, defendendo uma maior “pressão” sobre a Coreia do Norte. METRO

e ajudou a transformar o país”, disse Bannon, acrescentando que os seus comentários eram dirigidos ao diretor de campanha Paul Manafort.

Na semana passada, o presidente dos EUA rompeu com Bannon, a quem acusou de ter perdido a razão. Ontem, Trump disse pelo Twitter que o livro do jornalista Michael Wolff é um “fake book” (livro falso), um dia após se descrever como um “gênio muito estável” ao rebater acusações do best-seller. O livro questiona a sua aptidão para o cargo. “Tive de tolerar notícias falsas desde o primeiro dia em que anunciei que me candidataria à presidência. Agora tenho de tolerar um livro falso, escrito por um autor totalmente desacreditado. Ronald Reagan teve o mesmo problema e lidou bem com a situação. Eu também lidarei”, disse Trump pela rede social. METRO

Loteria

Meteorologistas preveem o fim do frio extremo que tem afetado grande parte dos Estados Unidos. As temperaturas podem ser superiores ao ponto de congelamento a partir de hoje. “Um clima um pouco mais quente é esperado para esta semana”, disse o Serviço Meteorológico Nacional dos EUA, acrescentando que as temperaturas devem retornar ao normal da estação ou até um pouco mais quentes. Irã

O nordeste dos Estados Unidos teve ontem mais um dia de temperaturas congelantes antes da chegada de condições climáticas mais amenas, o que pode ajudar os residentes de algumas áreas da Nova Inglaterra, que enfrentaram 30 cm ou mais de neve após uma tempestade na sexta-feira. A poderosa tempestade de neve causou até a queda de iguanas congeladas de árvores na Flórida. METRO Peru

Brasileiro expulso foi a protestos

Apostador ganha R$ 1,8 bi nos EUA

Guarda anuncia fim de protestos

Alberto Fujimori pede unidade

Expulso da Venezuela no sábado após ficar dez dias preso, o catarinense Jonatan Moisés Diniz, 31, afirmou ter ido aos protestos contra Nicolás Maduro entre maio e agosto, período em que morou no país. Em texto em uma rede social, o designer gráfico, deportado para os EUA, disse que decidiu voltar à Venezuela em dezembro para afastar crianças da violência. METRO

Um bilhete comprado em New Hampshire, Estado no norte dos Estados Unidos, acertou os seis números da loteria Powerball. O detentor da aposta ganhará um prêmio estimado em US$ 570 milhões, cerca de R$ 1,8 bilhão no câmbio atual. É o quinto maior prêmio nos 15 anos de existência do jogo, afirmaram os representantes da loteria. METRO

A Guarda Revolucionária do Irã anunciou ontem que a onda de protestos contra o governo, iniciada na última semana de 2017, chegou ao fim. Segundo comunicado, a culpa pela instabilidade foi atribuída aos Estados Unidos e Arábia Saudita, bem como a um grupo opositor no exílio e defensores da monarquia deposta na Revolução Islâmica de 1979. METRO

O ex-presidente do Peru Alberto Fujimori pediu à população do país que coloque as divergências de lado e se una contra a violência e o crime, menos de duas semanas após receber um perdão presidencial. “Estou constantemente tomado por sonhos e quero compartilhá-los”, disse Fujimori no Twitter, descrevendo uma nação livre de ressentimentos. METRO


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

O verão acabou de começar. Isso significa que está aberta a temporada de praia, piscina, esportes, atividades físicas e muita diversão ao ar livre. Tomar sol, além de gostoso, é importante, afinal, é fonte de vitamina D. Mas a exposição excessiva traz perigos à saúde, predispondo a doenças como o câncer de pele, por exemplo. Ou seja, é hora também de redobrar a proteção. “Todos devem se proteger”, afirma Juliana Ominelli, oncologista clínica do Centro de Excelência Oncológica, do Grupo Oncoclínicas no Rio de Janeiro. “Não importa a idade, o sexo ou a cor da pele, devemos usar protetor solar diariamente, sempre que saímos de casa, mesmo que o dia esteja nublado”. Até em dias de chuva é necessário se proteger, observa a dermatologista Cíntia Guedes Mendonça, especialista em dermatologia pela SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia). “No Brasil, a quantidade de radiação ultravioleta é muito grande, isso faz com que mesmo com o tempo nublado ou chuvoso, o uso de protetor solar seja imprescindível”. Segundo ela, basta seguir uma regra bem simples: se é dia significa que tem sol e devemos proteger as áreas expostas (rosto, colo, braços, mãos, pescoço, por exemplo).

09|

{SAÚDE E BEM-ESTAR }

O VERÃO ESTÁ SÓ COMEÇANDO

PLUS

Atenção. Sol é fonte de vitamina D, mas a exposição excessiva traz sérios riscos à pele. Veja como se prevenir FOTOS/PIXABAY

Tipos de proteção A oncologista Juliana Ominelli orienta que fotoproteção e protetor solar são coisas diferentes. “O protetor solar é um dos meios de fotoproteção, que protege principalmente dos raios UV-B (raios ultravio-

letas que atingem as camadas mais superficiais da pele)”. Mas há outros mecanismos de fotoproteção, como o uso de chapéu, óculos escuros, mangas longas ou ainda roupas com proteção UV. “Esses tecidos especiais prote-

gem logo que os vestimos (diferente do protetor solar que deve ser aplicado, pelo menos, 30 minutos antes da exposição solar e reaplicado a cada 2 horas ou antes), diz a dermatologista Cíntia Guedes. Entretanto, a médica ad-

verte que ainda não existe uma norma brasileira disponível para quantificar o fator de proteção das roupas. CARLOS MINUANO METRO SÃO PAULO

Saiba como se proteger PROTETOR SOLAR: QUAL TIPO E COMO USAR?

O protetor deve ser aplicado 30 minutos antes da exposição solar e reaplicado a cada 2 horas. Em condições normais, o FPS (Fator de Proteção Solar) deve ser no mínimo 30 e ter proteção UVA (os raios que atingem as camadas mais profundas da pele). Se for praticar atividades físicas, deve ter FPS acima de 50 e resistência à água. Protetores em cremes diminuem a ardência nos olhos. Para uso corporal, loção e spray são boas opções.

+

PODE PRATICAR ATIVIDADES FÍSICAS NO SOL?

Para a prática de atividades físicas também deve-se usar protetor solar e reaplicá-lo com frequência maior do que nas atividades de lazer ou passeio. Também é importante ter mais atenção ao tempo de exposição solar. Outra dica importante é usar roupas de mangas longas, chapéus e óculos escuros, além de não realizar as atividades esportivas no período entre 10h e 15h. Ah, e não esqueça de beber bastante água e líquidos.

TODOS ÓCULOS ESCUROS TÊM PROTEÇÃO UV?

Não é possível testar a proteção dos produtos nas lojas. Por isso, a recomendação é checar se foram testados e aprovados pelo Inmetro. Óculos de lentes escuras sem a proteção contra raios UV podem aumentar a exposição aos raios nocivos. Ou seja, verifique a certificação e evite usar se for de origem suspeita. Para a proteção ocular adequada é recomendada uma proteção que absorva 99% a 100% de toda a radiação ultravioleta.

ROUPAS COM PROTEÇÃO EXISTEM OUTRAS UV FUNCIONAM? FORMAS DE PREVENIR? Com o avanço da tecnologia, hoje já é possível encontrar no mercado roupas capazes de absorver até 98% dos raios solares e minimizar o risco de manchas indesejadas e doenças de pele. Mas é importante checar se, de fato, possuem a proteção informada. Por isso, elas precisam de laudos e de uma certificação da Arpansa, o único órgão no mundo responsável por testar fator UV em roupas e acessórios, que fica na Austrália.

Além do protetor solar, é importante usar chapéu, roupas de mangas longas de algodão e óculos de sol durante as atividades ao ar livre. E não podemos esquecer de proteger as orelhas, lábios e o couro cabeludo, que são regiões comumente esquecidas. A hidratação também é fundamental: deve-se consumir no mínimo dois litros de água todos os dias. E vale reforçar: evite o sol nos “horários de pico” entre 10h e 16h.

DIVULGAÇÃO/ LITORANEUS

FONTES: JULIANA OMINELLI (ONCOLOGISTA CLÍNICA DO CENTRO DE EXCELÊNCIA ONCOLÓGICA, DO GRUPO ONCOCLÍNICAS DO RIO DE JANEIRO) E CÍNTIA GUEDES MENDONÇA (DERMATOLOGISTA)

Crianças e adolescentes

Cuidado redobrado A campanha Dezembro Laranja de prevenção ao câncer, promovida pela SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia), continua como “verão laranja”, pois a orientação dos especialistas, de se precaver, vale para toda a estação. E crianças e adolescentes merecem uma atenção especial quando o assunto é exposição ao sol. Diversos estudos mostram que o uso do protetor solar nessas faixas etárias reduz o risco de doenças, além de diminuir o aparecimentos de pintas, sardas e rugas.


10|

2

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Livro joga luz sobre ítalo-germânico Ernesto de Fiori, que, apesar de ainda pouco conhecido do grande público, ecoou na chamada Geração 80 da arte nacional com sua produção em pintura realizada entre 1936 e 1945, quando se refugiou no Brasil devido ao nazismo METRO SÃO PAULO

CULTURA

1 2

Justin Timberlake

Novo disco Depois de anunciar o aguardado lançamento de seu próximo álbum, “Man of the Woods”, para o dia 2 de fevereiro, Justin Timberlake acaba de liberar o clipe de “Filthy”, primeira faixa do novo projeto. Dançante, o clipe traz Justin como um inventor moderno – a la Steve Jobs – que apresenta sua última criação ao mundo: um robô multitalentoso.

3

Exílio em telas

O ítalo-germânico Ernesto de Fiori (1884-1945) costuma ser associado, principalmente, a sua fértil produção de esculturas, que incluem bustos de personalidades como Marlene Dietrich (1931) e Greta Garbo (1937). Para o curador Ivo Mesquita, no entanto, vale a pena se debruçar sobre as pinturas do artista, que ganharam fôlego quando ele se exilou no Brasil, a partir de 1936, para fugir do ambiente de censura imposto pelo nazismo alemão. Até 1945, quando morreu, ele criou 400 obras no país, em sua maioria pinturas e desenhos. Cerca de 100 delas estão no livro “Ernesto De Fiori – O Exílio Brasileiro”, organizado pela Galeria de Arte Almeida e Dale, que montou uma exposição sobre o artista em 2016. Bilíngue, o volume conta com textos críticos de Mesquita, que aponta a relevância desse período de De Fiori para a Geração 80, grupo

‘Paisagem ‘Figura Urbana’ (1941). de Mulher’ (1942/43). Coleção Masp. Coleção particular ‘Autorretrato’ ‘São Jorge (sem data). e o Dragão’ Coleção Gilberto (1940/42). Chateaubriand Coleção particular MAM-RJ

1

3

2

4

“ERNESTO DE FIORI – O EXÍLIO BRASILEIRO” IVO MESQUITA ED. CAPIVARA 184 PÁGS. R$ 150

que promoveu uma retomada da pintura no país após a explosão da arte conceitual da década anterior. Para o pesquisador, as telas do estrangeiro se contrapõem às esculturas como um “exercício de liberdade da forma e da imaginação que deixa vazar a alma do artista”, revelando “suas outras paixões: arte, velejar, mulheres”, escreve ele. O livro dispõe as obras a partir de três temas: Fabulações – que evoca cenas urbanas europeias e representações de São Jorge –, Paisagens – com reproduções de espaços como a represa de Guarapiranga e o mar do Rio – e Uma Artística Família, com criações produzidas a partir do grupo Família Artística Paulista. METRO

4

Corpo do escritor Carlos Heitor Cony será cremado amanhã “Sou um escritor que, bem ou mal, vem realizando sua obra”. Era dessa maneira simples e divertida que o escritor carioca Carlos Heitor Cony definia a si mesmo, a mesma forma bem-humorada e direta com que usava para tratar de seus personagens. Na noite da última sexta-feira, o autor e jornalista honrou com o título de um de seus livros e recebeu “O beijo da morte” (2003), aos 91 anos, no Rio de Janeiro. Cony ocupava desde 2000 a cadeira nº 3 da ABL

(Academia Brasileira de Letras). Ao contrário do que é de praxe, porém, o corpo dele não será velado na sede da instituição, mas sim em uma cerimônia simples para a família, que ocorrerá amanhã, de acordo com a ABL. Em seguida, o corpo de Cony será cremado. Carlos Heitor Cony nasceu no Rio em 14 de março de 1926 e seguiu a profissão do pai, o jornalista Ernesto Cony Filho. Atuou em vários diários cariocas, principalmente o Correio da Manhã. Foi cronista da

Folha de São Paulo e editor da Revista Manchete, tendo atuado também na rede de TV do grupo nos anos 1970, escrevendo telenovelas como “Marquesa de Santos” (1984).

Escritor e jornalista morreu na última sexta-feira | MAURO PIMENTEL/FOLHAPRESS

A obra, bem ou mal A produção ficcional de Cony começa nos anos 1960 e alcança o ápice produtivo nos anos 1970. Após pausar a carreira, ele retoma as letras com um livro em homenagem ao pai, “Quase memória” (1995), pelo qual foi premiado com o Jabuti de li-

vro do ano, prêmio que ele voltou a ganhar dois anos depois com “A casa do Poeta Trágico”. Outros livros de destaque são “O irmão que tu me deste” (1979) e “Pilatos” (1973). A obra de Cony ficou conhecida por misturar ficção e jornalismo, com o próprio autor muitas vezes sendo um personagem de sua obra. “Era um homem de vasta cultura, jamais se desligou do presente, do Brasil e do mundo”, disse o presidente da ABL, Marco Lucchesi. METRO BRASÍLIA


12

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

CULTURA

Perseguição na ditadura - Evandro Teixeira

Carmen Miranda - Jean Manzon

200 ANOS O

livro “História do Brasil em 100 Fotografias”, recém-lançado pela editora Bazar do Tempo, tem como imagem inicial a primeira fotografia tirada na América Latina. Clicada em 1840 por Louis Comte, mostra o Paço Imperial, no Centro do Rio, e inaugura a era da fotografia no país. A última imagem do livro é de 2016, de Ricardo Stuckert, que registra índios que ainda vivem isolados em meio à floresta no Acre.

em

Blitz da PM no Morro da Coroa Luiz Morrier

100 FOTOS Artes visuais. Livro reúne fotografias dos mais variados momentos que marcaram a história do Brasil de 1840 a 2016, desde retratos de escravos até a tragédia de Mariana, em Minas Gerais

Lygia Clark - Fotógrafo não identificado

“HISTÓRIA DO BRASIL EM 100 FOTOGRAFIAS” VÁRIOS AUTORES EDITORA BAZAR DO TEMPO – 300 PÁGS. R$ 49 (LIVRO) R$ 29 (E-BOOK)

Deputado Edmundo Barreto Pinto (PTB) - Jean Manzon

Organizada por Ana Cecília Impellizieri Martins e Luciano Figueiredo, a obra conta com um conselho curador formado por especialistas e textos escritos por historiadores, autores e pesquisadores. Cem imagens contam fatos e costumes brasileiros registrados por grandes fotógrafos, como Marc Ferrez, Augusto Malta, José Medeiros, Evandro Teixeira, Maureen Bisilliat, Sebastião Salgado, Custódio Coimbra, entre tantos outros.

Rogéria - Luiz Garrido

Ama de leite João Ferreira Villela

No livro, estão retratados atos decisivos da história brasileira, desde a abolição da escravatura, o suicídio de Getúlio Vargas e as passeatas pelas Diretas Já até a morte de Lampião, o fim do cangaço e a tragédia ambiental de Mariana. Sem esquecer o sorriso de Carmen Miranda, o nascimento da Tropicália e a conquista do tricampeonato no México, em 1970, além do ídolo Ayrton Senna. METRO RIO

Leila Diniz - Joel Maia


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

13|

PIXABAY

Leitor fala

Os invasores

Independentes sim, mas não indiferentes

Trezena de São Sebastião Muito bom e inspirador começar o novo ano com a imagem de São Sebastião abençoando nossa cidade. Excelente a tradição de levar o santo a vários lugares do Rio, levando também a esperança por dias melhores. Feliz 2018!

Cruzadas

ANTONIA MARINS –RIO DE JANEIRO, RJ

Dias de guerra O ano é novo, mas os problemas do Rio de Janeiro, infelizmente, são antigos. A quantidade de pessoas baleadas nos primeiros dias de 2018 é assustador e se assemelha a números de países em guerra. O carioca já está cansado desse cenário nefasto, no qual ninguém sabe se chegará em casa depois de um longo dia de trabalho. Que saibamos escolher nossos representantes em outubro.

Cauda dos gatos expressa emoção Comunicação. Gatos usam linguagem corporal para interagir com humanos Cães e gatos estão entre os nossos pets favoritos e, por isso, constantemente seus comportamentos são comparados. Como cães tendem a ser mais carentes, os gatos, mais independentes, ganharam a reputação de animais indiferentes - o que não é verdade. O veterinário Carlo Siracusa, especializado em felinos e professor de comportamento animal da Escola de Medicina Veterinária da Universidade da Pensilvânia, afirma ter identificado algumas emoções que os gatos tentam transmitir para as pessoas por meio da “pose” de suas caudas. “Assim como outras partes do corpo do gato têm um papel na comunicação deles conosco, a postura da cauda e seus movimentos também podem expressar o que estão sentindo”, afirma. Porém, a “pose” da cauda deve sempre ser interpretada em conjunto. Por exemplo, quando um gato está na defensiva, ele curva a cauda para baixo. Mas ele também faz esse movimento quando está relaxado. “Só conseguimos saber a diferença se olharmos, também, para o resto do corpo”. Horóscopo

MARCIO ARTHUR – RIO DE JANEIRO, RJ

Caxias

Siracusa descreveu seis posições possíveis para a cauda: esticada denota agressividade, já esticada mas com a ponta curvada para cima, é um cumprimento. Se ela estiver esticada, mas com a ponta curvada para baixo, significa uma atitude defensiva. Balançar o rabo com intensidade são sinais de nervosismo e alerta. Medo faz com que a cauda fique arqueada para trás. Já um gato relaxado deixa a cauda para baixo e imóvel. Segundo o veterinário, esse é um tipo de comunicação própria do gato doméstico, devido a sua socialização. Outras espécies de felinos possuem formas diferentes de se comunicar, sem necessariamente envolver o movimento da cauda. “Quando eram selvagens, os gatos não tinham a necessidade de usar a linguagem corporal para se comunicar, porque estavam acostumados a viver sozinhos. Hoje, como animais domésticos, desenvolveram essa capacidade para interagir com humanos e com outros gatos”. Mas a linguagem corporal não é tudo. Para se comunicar, os gatos também liberam hormônios e miam. METRO

Astrólogo de Plantão www.astrologo.blog.br Procure ser mais conciliador diante de algumas relações. Suas decisões para aproximar pessoas

O Centro de Duque de Caxias é extremamente desorganizado. Nunca sei onde devo pegar o meu ônibus. Está na hora de isso mudar. ARIANA PEREIRA – DUQUE DE CAXIAS, RJ

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Por: Guilherme Salviano

guisalviano@gmail.com

farão diferença.

Período propício para assuntos culturais. Ocupe a mente com atividades que tragam prazer em aprender ou debater.

metas profissionais.

Costumes diferentes marcarão sua rotina, seja com atividades extras no ambiente de trabalho e mesmo com lazer.

Momento especial para trocar informações sobre parcerias e negócios. Deverá repensar prioridades materiais.

Novas responsabilidades marcarão o trabalho na semana. Procure ser paciente se notar divergências de pensamento nas relações.

Um pouco mais de lazer e momentos para descontração serão bem-vindos para recompor energias de recentes desgastes.

Com a Lua em seu signo, uma condição mais sentimental e saudosista deverá marcar seu comportamento diante das relações mais especiais.

Uma dedicação a assuntos filosóficos, novos conhecimentos e mesmo ao exercício da sua fé amenizará desgastes da rotina.

Assuntos familiares despertarão mais empenho para esclarecimentos. Período propício para retomar contatos com pessoas especiais.

Procure refletir mais sobre alguns sacrifícios que tem feito aos outros e pensar em cuidar mais de si mesmo.

Dia em que o trabalho em equipe ou vinculado a parcerias estará bem propício para obtenção de

O momento é para ponderação e pesquisas nos assuntos materiais e com as finanças. Nas relações, confidências serão frequentes.

Soluções


14|

3

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

CALENDÁRIO

Prepare a pipoca. Recheada de eventos para todos os gostos, a temporada do esporte tem como grande astro a Copa do Mundo na Rússia, lá no meio do ano 1

2

3

4

5

6

JANEIRO

7

8

9

10

11

4 - Super Bowl 52, futebol americano

FEVEREIRO

9 A 25 - OLIMPÍADA DE INVERNO DE PYEONGCHANG, COREIA DO SUL

2 A 4 - COPA DAVIS, TÊNIS, BRASIL X REP. DOMINICANA

11 - Início do Mundial de Surfe, etapa em Snapper Rocks, na Austrália

MARÇO

10 - Abertura da Stock Car, em Interlagos (SP)

1 A 4 - SUPERCOPA DE FUTSAL

11 - Final da temporada regular da NBA e início da Copa Sul-Americana

8 - Final do Campeonato Carioca e GP do Bahrein de Fórmula 1

ABRIL

13 - Início da Séri do Brasileirão 6 - Final da Superliga Masculina de vôlei

MAIO

13 - GP da Espanha de Fórmula 1 10 - Rio Pro, etapa brasileira do Mundial de Surfe

4 A 27 - GIRO D’ITÁLIA, CICLISMO

10 - GP do Canadá de Fórmula 1

31 A 18/6 - FINAIS DA NBA

JUNHO 1 - GP da Áustria de Fórmula 1

JULHO

6e7Quartas de final

2 A 15 WIMBLEDON, TÊNIS

Não é com a gente Em sua primeira entrevista coletiva do ano, o técnico do Corinthians, Fábio Carille, afirmou que vê o Palmeiras em situação mais favorável que o Timão neste início de 2018 e acredita que o Santos é a “quarta força” de 2018 – apelido que o Corinthians ganhou no início de 2017 e que depois foi alvo de piadas por conta das conquistas do Paulistão e do Campeonato Brasileiro. “Coloco o Palmeiras à frente pela força do grupo. Mas São Paulo e Corinthians estão muito próximos. O Santos trouxe um excelente treinador [Jair Ventura, ex-Botafogo], que, se tiver tempo, fará um grande trabalho, mas perdeu jogadores importantíssimos. Está um pouco abaixo”, disse.

13

6 A 28 - RALI DAKAR, AMÉRICA DO SUL

ESPORTE

Fábio Carille

12

10 e 11 Semifinais

8 - GP da Grã-Bretanha de Fórmula 1

7 A 29 - TOUR DE FRANCE, CICLISMO

AGOSTO

2 - GP da Itália de Fórmula 1

SETEMBRO A definir - Copa do Mundo de basquete

10 A 30 - MUNDIAL DE VÔLEI MASCULINO

7 - GP do Japão de Fórmula 1

OUTUBRO

11 - GP do Brasil de Fórmula 1

NOVEMBRO

11 A 18 - FINAIS DA ATP, EM LONDRES, TÊNIS 9 - Última rodada da Série A do Brasileirão

DEZEMBRO 2 - Última rodada da Série B do Brasileirão

6 - Abertura do Mundial de Clubes da Fifa

8 - Etapa de Pipeline, última do Mundial de Surfe

12 - Final da Copa Sul-Americana


RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

14| 15|

{ESPORTE}

ESPORTIVO 2018 14

15

16

15 A 28 - ABERTO DA AUSTRÁLIA DE TÊNIS

17

18

19

20

21

22

23

24

26

27

28

14 - Início do mata-mata da Liga dos Campeões e primeira final da Recopa Sul-Americana Grêmio x Independiente

29

30

31 - Início da Copa do Brasil e Copa Libertadores

21 - Final da Recopa Sul-Americana Grêmio x Independiente 19 A 25 - ABERTO DO RIO ATP 500, TÊNIS

23 - Amistoso: Brasil x Rússia, em Moscou

27 - Amistoso: Brasil x Alemanha, em Berlim

X

X

18 - Jogo das Estrelas do NBB, basquete

31

28 A 5/2 - GRAND PRIX DE FUTSAL

25 - Final da Copa São Paulo de Futebol Júnior

16 - Início da Taça Guanabara – Campeonato Carioca

16 A 18 - NBA ALL STAR GAMES

25

26 A 4/3 - ABERTO DO BRASIL ATP 250, EM SÃO PAULO, TÊNIS

25 - Abertura da temporada de Fórmula 1, com o GP da Austrália

14 - Início da Série A do Brasileirão 15 - GP da China de Fórmula 1

ie B

22 - Final da Superliga Feminina de vôlei

14 - Data limite para que seleções entreguem a lista de 30 atletas

29 - GP do Azerbaijão de Fórmula 1

27 A 10/6 - ROLAND GARROS, TÊNIS

14 A 15/7 - COPA DO MUNDO DA RÚSSIA 14 - Abertura da Copa do Mundo: Rússia x Arábia Saudita

15 - Final da Copa do Mundo

27 - GP de Mônaco de Fórmula 1 e 500 milhas de Indianápolis de Fórmula Indy

26 - Final da Liga dos Campeões

17 - Brasil x Suíça, em Rostov, estreia da Seleção X

22 - Brasil x Costa Rica, em São Petersburgo, 2ª rodada

24 - GP da França de Fórmula 1

30 a 3/7 Oitavas de final

27 - Sérvia x Brasil, em Spartak, 3ª rodada

X

X

22 - GP da Alemanha de Fórmula 1

29 - GP da Hungria de Fórmula 1

14 - Disputa do 3º lugar da Copa

26 - GP da Bélgica de Fórmula 1

27 A 9/9 - ABERTO DOS ESTADOS UNIDOS, TÊNIS

25 A 16/9 - VUELTA A ESPAÑA, CICLISMO 30 - GP da Rússia de Fórmula 1

16 - GP de Cingapura de Fórmula 1

29 A 20/10 - MUNDIAL DE VÔLEI FEMININO 17 - Final da Copa do Brasil

21 - GP dos Estados Unidos de Fórmula 1

23 - Finais da Copa Davis

15 - Final do Mundial de Clubes da Fifa

28 - GP do México de Fórmula 1

25 - GP de Abu Dhabi de Fórmula 1

28 - Final da Copa Libertadores

31 - Corrida de São Silvestre, atletismo


16|

Tênis. Djokovic volta no Aberto da Austrália O sérvio Novak Djokovic vai disputar o Aberto da Austrália. Após seis meses fora das quadras, por conta de uma lesão no cotovelo direito, o tenista vai voltar ao circuito no primeiro Grand Slam do ano. Ex-número 1 do mundo e seis vezes campeão na Austrália, Djokovic não joga desde o último torneio de Wimbledon, quando foi eliminado nas quartas de final ao sentir a lesão. Pelas redes sociais, ele publicou um vídeo após treinar na Rod Laver, quadra central da competição. “Terminei o meu primeiro treino e foi tudo bem. Começamos o Aberto da Austrália em dez dias. As vibrações estão boas aqui. Faz seis meses que eu não estou no tour. Estava sentindo falta. Espero vê-los nas arquibancadas”, disse o atleta sérvio. METRO RIO

RIO DE JANEIRO, SEGUNDA-FEIRA, 8 DE JANEIRO DE 2018 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Fora das quatro linhas Fluminense. Gustavo Scarpa entrou na Justiça contra o Tricolor, no dia 22 de dezembro, solicitando a rescisão de contrato por conta de pagamentos atrasados. Clube, que quitou as dívidas com o atleta na última semana, se diz ‘decepcionado’

Gustavo Scarpa busca rescisão de vínculo com o Flu | THIAGO RIBEIRO/AGIF/FOLHAPRESS

A novela com o meio-campo Gustavo Scarpa ganhou mais um capítulo. O jogador, que ainda não se reapresentou ao clube e sequer justificou a ausência, entrou na Justiça contra o Fluminense. No último dia 22, o atleta ingressou com uma petição na 70ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro pedindo a rescisão do contrato em razão de pagamentos atrasados. A informação foi divulgada pelo site NetFlu. Na tarde de ontem, o Fluminense se manifestou por meio de nota oficial. “Ao se confirmar a informação veiculada pela imprensa, lamentamos profundamente a postura do atleta Gustavo Scarpa que, ao in-

vés do entendimento, resolveu dar as costas ao clube que lhe abriu as portas para o mundo”, dizia um trecho da nota. O Tricolor carioca, porém, garante que ainda não foi notificado pela Justiça. Além disso, o Fluminense afirma que ainda vai tentar manter o vínculo com o jogador. “Sabiam, atleta e empresários, do nosso esforço para honrar os compromissos e da nossa disposição em abrir negociações para sua transferência, de forma que esta pudesse ser feita de maneira digna. Nos esforçamos muito, os pagamentos foram feitos e vamos lutar para que o vínculo seja mantido”. Nas Laranjeiras, já havia

a preocupação que Gustavo Scarpa pudesse acionar o clube na Justiça. Assim, na última semana, o Fluminense quitou as dívidas com o meia. Ao todo, um mês de trabalho e quatro meses de direitos de imagem estavam atrasados. Corinthians quer Dourado Com a saída de Jô para o Nagoya Grampus, do Japão, o Corinthians fez uma proposta oficial por Henrique Dourado. A diretoria do Fluminense vai se reunir nos próximos dias com representantes do atacante. O “Ceifador” foi o artilheiro do último Campeonato Brasileiro ao lado de Jô. Ambos marcaram 18 gols na competição. METRO RIO

Auxiliar não responde sobre Rueda O Flamengo tem hoje um dia decisivo para o restante da temporada. O Rubro-negro aguarda o retorno do técnico Reinaldo Rueda, que deve se reapresentar com os demais jogadores para iniciar a preparação do clube para o resto do ano. Ontem pela manhã, Bernardo Redin, auxiliar do treinador, desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, mas não deu pistas sobre o futuro do colombiano. “Eu não posso fa-

lar nada. Que o mister fale”, comentou o auxiliar. Nas últimas semanas, a imprensa chilena tem noticiado que Rueda está praticamente acertado com a seleção local. O Flamengo, contudo, garante que o planejamento para a temporada conta com a permanência do treinador. Caso o colombiano deixe o clube da Gávea, um possível substituto é Paulo César Carpegiani. Campeão da Libertadores e do mundo com o Fla-

mengo em 1981, Carpegiani foi inicialmente procurado pelo Rubro-negro para assumir o cargo de coordenador técnico, mas, com uma eventual saída de Rueda, ele pode assumir o comando da equipe. A diretoria, no entanto, não confirma a negociação. Time pensa em Love Com a suspensão de Paolo Guerrero pela Fifa – por caso de doping –, o Flamengo busca um atacante para o primeiro semestre do ano.

Após a especulação de nomes como Fred, que foi para o Cruzeiro, e até mesmo o espanhol Fernando Torres, do Atlético de Madrid, a bola da vez é um velho conhecido da torcida rubro-negra: Vágner Love. O Flamengo fez uma consulta e estuda apresentar uma proposta pelo jogador de 33 anos, que está no Alanyaspor, da Turquia. A ideia é oferecer um salário entre R$ 500 mil e R$ 600 mil. METRO RIO Vasco

Barcelona vai apresentar Philippe Coutinho hoje O Barcelona anunciou no sábado a contratação do meia Philippe Coutinho, do Liverpool. O jogador se transfere na segunda contratação mais cara da história do futebol por cerca de R$ 620 milhões e assina vínculo por cinco temporadas e meia. O clube catalão cogitou a possibilidade de apresentar o brasileiro para a torcida no jogo de ontem, no Camp Nou, frente ao Levante, mas preferiu organizar a festa para hoje, quando o jogador chega à cidade para exames médicos. Para segurar o brasileiro de 25 anos na equipe, o time catalão fixou a multa rescisória em R$ 1,55 bi-

Coutinho posou para fotos no Camp Nou | ALBERT GEA/REUTERS

lhão. Ele deve ocupar no plantel exatamente o lugar de Neymar, vendido ao Paris Saint-Germain no meio

de 2017 por aproximadamente R$ 840 milhões, até agora a transação mais cara do futebol. METRO

Rueda deve se reapresentar hoje ao Flamengo

Botafogo

| RUDY TRINDADE/FRAMEPHOTO

Gabriel Jesus

Anderson Martins se reapresenta ao Cruz-maltino

Clube fica mais distante do atacante Rony

Ederson acredita que atacante volta em breve

O Vasco contou com duas novidades no treino de ontem. Os zagueiros Anderson Martins, que se reapresentou ao clube, e Luiz Gustavo, recentemente contratado pelo Cruz-maltino, se juntaram aos demais jogadores na pré-temporada da equipe. O Vasco abre a temporada contra o Nova Iguaçu, no próximo dia 18, pelo Campeonato Carioca. No dia 31, o time estreia na Copa Libertadores, contra o Universidad de Concepción, do Chile, fora de casa. METRO RIO

O atacante Rony não deve integrar o elenco alvinegro neste ano. O jogador, que pertence ao Cruzeiro e estava emprestado ao Albirex Niigata, do Japão, estava envolvido na negociação de Bruno Silva com o clube mineiro. Segundo Hércules Junior, agente do atleta, o Botafogo enviou ao atacante uma contraproposta com valores inferiores aos oferecidos anteriormente. Se não houver acordo, o Glorioso pedirá mais R$ 1 milhão ao Cruzeiro para liberar Bruno Silva. METRO RIO

Em entrevista ao quadro “Selecionáveis”, da TV Globo, o goleiro Ederson, do Manchester City e da Seleção Brasileira, falou sobre a lesão do companheiro Gabriel Jesus. “Depois que acabou o jogo, quando eu cheguei no vestiário, ele estava lá. Estava triste, o que é normal. Falei com ele que tive uma lesão semelhante também, fiquei um mês parado e é coisa rápida. Vai ter uma pequena paradinha de quatro semanas. E eu acho que não vai afetá-lo em nada”, acredita Ederson. METRO RIO

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1777  

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1777 Data: 08/01/2018

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1777  

Jornal Metrô Rio de Janeiro Nº 1777 Data: 08/01/2018

Advertisement