Issuu on Google+

Jornal

O POVO d a

S e r r a

d a

M a n t i q u e i r a

Um Jornal a ser viço do povo da Serra da Mantiqueira

www.jornalopovo.net Distribuição Gratuíta Vamos preservar a natureza Não jogue lixo nas ruas

Ano IV | Formato Tablóide Germânico alongado Campos do Jordão, Santo Antonio do Pinhal e São Bento do Sapucaí, 11 de abril de 2013 Foto: Assessoria de Imprensa P.M.E.C.J

#89 Heródoto Barbeiro: Quem manda pode

s a d a s o s b a m p o s r e õ m o t a r s i r e g ixa nce e a d fin

Página 3

Benilson: A fé de cada um Segunda capa

  Nosso Esporte Página 13

CINEMA em abril Segunda capa

Página 5

Edmundo Rocha: O Cine Glória na década de 50 Página 8

Dr. Mauro: Brasileiro consome o dobro de sódio indicado pela OMS Página 14

Primeira Oficina de artesanato do ano é sucesso

página 6

O POVO

Reclamação Geral: Tem uma pedra no meu caminho

Restaurante Self-service por quilo no fogão a lenha

com a mesma qualidade que voce já conhece

Rota 77, o caminho do sabor!!

Aberto todos os dias - Rua Brigadeiro Jordão, atrás da Caixa Federal, Abernéssia, Campos do Jordão - SP - tel. 12 3662 6062

página 7

Denúncias Reclamações Elogios (12) 3664.3529

jornalopovo.net@hotmail.com

GRUPO

SECURITY MASTER A SUA SEGURANÇA É O NOSSO TRABALHO

Ru a In ácio C aet an o , 941 - V. A b er n éssia ( 12) 3668- 9898 / 3668- 9897 www.secu r it ym ast er.co m .b r


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 2

Editorial

Como sempre, ‘fuçando’ no meu livrinho de frases e ditados vi que num dos capítulos existiam 100 frases para iluminar a sua vida. A primeira frase me chamou a atenção e dizia “Busque a verdade em todas as suas intenções”. Nossos governantes têm procurado as verdades não só da atualidade em que vivemos, mas também do nosso passado obscuro, quando a gente não tinha acesso ao verdadeiro e tudo que sabíamos era aquilo que diziam para a gente, ‘está demais’, ou ainda, ‘é a melhor gestão que Campos do Jordão já teve’. A realidade não era bem essa e nem de perto, a gente poderia imaginar que o buraco era tão fundo como o que estamos vendo agora. Desde que a nova gestão assumiu, passaram-se 100 dias e coincidentemente ou não, descobriram que o rombo financeiro do Município chega perto [se não passar] de 100 milhões. Feitas as contas, esperamos que agora nossa vida possa, quem sabe, melhorar um pouco e que possamos enfrentar uma realidade difícil que teremos de atravessar. Ideias, sem sombra de dúvidas, não param de aparecer, mas o que temos visto é que depois desses anos desastrosos por que passamos, o dinheiro não tem circulado na cidade e as pessoas vão se endividando até a cabeça para ter uma vida ao menos razoável. Em 100 anos de solidão, Gabriel Garcia Marquez escreveu num trecho, “O amor se faz maior e nobre na calamidade”. É o que devemos fazer nos próximos

100, 200, 300... enfim, durante um bom tempo de nossas vidas para vermos se juntos encontramos uma saída, ao menos saudável, desse enrosco no qual nos meteram. Nosso Prefeito, como tantos outros, pediu um tempo de 100 dias para colocar a casa em ordem e pelo que temos percebido esses 100 dias terão de ser estendidos, e muito. Muitas vezes a fico pensando, como leigo que sou nesses assuntos de administração de cidades, “porque será que as atitudes para colocar um basta em todo esse desvio monetário, não encontra com alguém que saiba como fazê-lo?”. A sociedade já está cansada de ver tanta ‘maracutaia’ no dia a dia dos jornais nacionais e pelo que parece, nunca nada acontece. Aqueles que nos jogaram no buraco andam por aí com a cabeça levantada como se nada tivesse acontecido, como se aquilo que fizeram foi pelo bem da comunidade e da sociedade que se vira de todas as formas para pagar seus impostos. Querendo ou não, a cada dia sabemos que os 100 dias se esticaram e que a luz no fim do túnel é um pontinho tão pequeno que dá até desânimo de andar até ela. Mas não vamos baixar a cabeça, afinal, somos brasileiros e teremos Copa do Mundo no ano que vem. No final das frases que li, uma outra interessante, não sei se porque já era tarde da noite, ela dizia, “Sonhe. Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer”. Que Deus nos ajude!

Moacir Andrade

JORNAL O POVO

Editores

CNPJ: 10.783.859/0001-78 Inscr. Mun. 000.018.372 Matricula C.R.T.e D. nº 18

Diretor - Proprietário

Salim Isaac Rachid Mtb 67.572/SP

Manoel Carlos Conti Mtb 67.574/SP

Site:

Cristiano de A. Tomaz Imagem e Diagramação O POVO - Design (12) 3664.3529 Gerente de Marketing Silvania Simone Paimkow

Secretários/Revisão

Rosita P. de Araújo Silvania Simone Paimkow

Conselho Benilson Toniolo

Edmundo Rocha Mario Luiz Pereira Pedro Paulo Filho Sussumu Paulo Takahashi

Departamento Jurídico Dr. Pedro Paulo Filho

É representado por:

Campos do Jordão São Paulo | Brasil

Av. Dr. Januário Miráglia, 2004 conjunto 4 Vila Abernéssia

Cep. 12.460-000

12 3664-3529

Dr. Pedro Paulo Filho Advogado e Historiador

A CAPITAL DE CAMPOS DO JORDÃO O prefeito José Arthur da Motta Bicudo exerceu o cargo de 14 de julho de 1938 até 10 de junho de 1941, durante a Interventoria do Dr. Adhemar de Barros. Foi um grande prefeito, ao qual se deve gestões para a construção da Santa Casa junto ao doador do terreno, João Maquinista e o Governo de São Paulo, como também o início do primeiro serviço de água na Estância. Capitão-médico da Força Pública do Estado de São Paulo, era muito próximo do então Interventor Federal, chegando a se eleger deputado constituinte de 1947, pela legenda do Partido Social Progressista. Durante sua gestão, iniciaram-se as primeiras obras de infra-estrutura de Campos do Jordão, preconizadas no Plano de Urbanização presidido pelo saudoso engenheiro Francisco Prestes Maia. O Dr. Motta Bicudo, que possuía propriedade rural no bairro da Tabatinga, onde chegou a hospedar, certa feita e em segredo, anos mais tarde, o Governador Jânio Quadros, adquiriu um britador para a Prefeitura, em local que acabou dando nome ao bairro. Instalou um matadouro de animais em Vila Guarani, retificou o rio Capivari, abriu a estrada do atual cemitério e iniciou as obras do estádio municipal. Foi, durante muitos anos, presidente do Hospital e Maternidade Dr. Adhemar de Barros, onde prestou relevantes e ines-

timáveis serviços. Foi um grande aficcionado do Abernéssia Futebol Clube que, naquela época, tinha uma equipe de futebol da melhor qualidade técnica. Contou-me Orlando Abitante, com sua memória de elefante, que, certo dia, defrontaram-se em Capivari, as equipes do Abernéssia Futebol Clube e do Campos do Jordão F. C., em verdadeiro clássico, pois eram duas equipes rivais, que se engalfinhavam durante e depois da partida. Há muita gente que ainda se lembra das brigas homéricas que ocorriam quando os abernessianos jogavam contra o Campos do Jordão F C., cuja equipe era constituída dos melhores craques jordanenses. Ia-me esquecendo de dizer que um dos mais sérios problemas defrontados pelo prefeito Motta Bicudo, era o favelamento existente nas encostas de Vila Ferraz, próxima ao Sanatório S-2, cujo bairro, por longos anos, ficou conhecido como a Favela. Era uma pedra no sapato do prefeito que, apesar dos seus esforços, não conseguia removê-la, como era do seu desejo. Imagine se ele vivesse nos nossos dias ... Pois bem, quando Motta Bicudo ingressou no campo de futebol do Campos do Jordão F. C., que se situava ao lado do Tênis Clube, onde a equipe jordanense chegou a enfrentar o time de profissionais do glorioso São Paulo F. C., foi recebido por todos com grande confraterniza-

ção: cumprimentos, abraços, vivas, tapinhas nas costas, pois afinal de contas, era a maior autoridade do Município que estava presente. Logo que chegou, Motta Bicudo perguntou: -- Quem está ganhando o jogo? Virgulino Alves, que já tinha tomado umas cachaças a mais, respondeu: -- 3 a 1 para o Campos do Jordão, Dr. Bicudo. Motta Bicudo não gostou muito, pois a equipe de seu coração estava levando uma goleada. Um pouco entristecido, retrucou a Virgulino Alves que, por sua vez, era um aficcionado e fervoroso torcedor do Campos do fordão F. C.: -- Bem, não tem importância. Mas Abernéssia continua a ser a Capital de Campos do Jordão! Virgulino engoliu em seco, não gostou e devolveu ao prefeito: -- Bem, Dr. Bicudo ... Abernéssia um dia pode vir a ser a Capital de Campos do fordão, mas antes, é preciso que o prefeito acabe com a favela ... O prefeito municipal, alegando compromissos urgentes, desconversou, pediu licença e retirou-se do campo de futebol, ouvindo as gostosas gargalhadas de Virgulino Alves, que costumava enfiar joás em espetos para marcar o placar da partida. O Campos do fordão F. C. tinha espetado três joás e o Abernéssia F. C., um.

EM 100 DIAS, DESCOBRIRAM QUE DEVEMOS 100 MILHÕES! TOMARA QUE ESSA CONTA NÃO CONTINUE...

U S A M O S S O F T WA R E L I V R E

Fechamento desta Edição

11/4/2013 Periodicidade dessa Edição 11/4 a 25/4/2013 T i r a g e m

To t a l

Distribuição Gratuíta 10.000 exemplares Impresso por:

Grafica Rotativa ADCNEWS (12) 3021.4622 São José dos Campos - SP

Informativo O POVO Todas as matérias assinadas por colunistas, são de inteira responsabilidade de seus autores


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 3

Quem manda pode Heródoto Barbeiro Especial para O POVO

Quem não conhece o ditado popular que resume bem a disposição de algumas organizações, do manda quem pode obedece quem tem juízo. É uma máxima do taylorismo, a administração de cima para baixo, sem a menor possibilidade de contestação por parte de quem está lá para obe-

decer. O chefe tem um mandato da empresa, ou da organização e vai dividindo esse poder com os escalões inferiores. Numa estrutura como essa, todo mundo tem que ser chefe de alguma coisa. A ligação entre os diversos segmentos é o medo. Este comanda a produção. Todos temem a demissão ou o ridículo, hoje atenuado pela lei que restringe o assédio moral. Ainda assim tem empresa que põe o nome do funcionário no quadro quando ele não atinge a meta. Com foto e tudo. Até mesmo as redações de jornalismo se contaminaram com isso e está compartimentada em chefes e sub chefes de alguma coisa. Dá status nas reuniões com colegas, afinal não basta apenas se apresentar como jornalista. Alguém

já disse que é preciso parecer que se manda em alguma coisa, alguém pode acreditar. O poder é a base de apoio do Estado. Ele dá aos cidadãos o direito de obedecer ou não as suas regras. Mas ele também tem a força. Não proíbe pegar propina para favorecer uma determinada empresa, mas pode punir se isso for comprovado. Está na lei. Se não estiver baseado na lei aprovada pelos representantes da sociedade, é um Estado autoritário. Ele manda e todos obedecem sob pena de serem punidos severamente. Nas ditaduras mais sangrentas, a punição pode ser a pena de morte, como na China, destino dos corruptos. Bala na nuca, paga pela família, como denunciam as organizações de direitos hu-

manos. O Estado democrático permite que haja uma margem de manobra para se aceitar ou não as determinações capituladas nos códigos. Uma vez não cumpridas, ele se mune da força para obrigar a fazer. Há portanto uma clara distinção entre o poder e a força. O poder pressupõe a alternativa de se fazer ou não. A força não deixa essa alternativa. Um homem pode chicotear um gato no sobrado que mora e deixar uma janela aberta. O animal tem a alternativa de pular ou morrer sob as chicotadas. Diz a tradição popular que o gato salta. Tem a esperança de escapar da queda e da morte. Se for agredido em um cômodo fechado, sem alternativa, está a mercê da força do seu agressor.

Só lhe resta atacá-lo ainda que tenha poucas chances de derrotá-lo. Há inúmeras situações sociais que o poder é exercido democraticamente e acatado. Tem mais poder quem lidera em determinadas situações. Mais liderança, mais poder. Um comandante de avião quando diz que é preciso atar o cinto de segurança é imediatamente obedecido pelos passageiros. Ainda assim alguém pode se recusar. E correr o risco de quebrar o pescoço. Amadurecimento, cidadania, conhecimento, bom senso, liderança são os pré-requisitos para se decidir. Foi com essa avaliação que os revolucionários se revoltaram contra os excessos da nobreza, contra os ingleses e contra o absolutismo dos Bourbons.

O jornalismo brasileiro e a teoria da jabuticaba Reginaldo Marques Caricatura escrita

Certas coisas na vida, melhor merecê-las sem tê-las, que tê-las sem merecê-las. No ultimo dia 04 de abril a Camara Federal designou o Deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) relator da PEC 206/12 a nova PEC do Jornalismo. Para quem não sabe a restrição imposta aos jornalistas de fato no auge da ultima ditadura Tupiniquim através do Decreto Lei nº 972/69 nunca teve por propósito regulamentar ou manter a dignidade da profissão e sim de afastar arbitrariamente da mídia todo aquele que se opunha ao regime totalitário então instalado no Brasil. As “facilidades” oferecidas pelos

militares aos diplomados da imprensa não podem se perpetuar sob pena de manchar de maneira indelével a trajetória de uma categoria de profissionais que foram no período mais negro da historia recente de nosso país os que mais arriscarão não somente seus empregos, mas suas próprias vidas para garantir a liberdade de expressão de nosso povo. Apesar dos inúmeros percalços que tivemos nos últimos anos da nova democracia a aprovação desta PEC será com certeza a maior decepção do povo brasileiro porque juntamente com sua promulgação serão enterrados nossos últimos e talvez únicos heróis. O argumento da FENAJ de que a profissão necessita de formação teórica, cultural e técnica mascara a pratica mesquinha de reserva de mercado, e cai por terra na medida em que observamos que grandes jornalistas deste país antes e após a imposição do diploma, não possuem a formação exigida, como: Rui Barbosa, redator chefe do Jornal do Brasil, Assis Chateaubriand, Juca Kifouri, Roberto Marinho e muitos outros. Em nossa cidade esta realidade

salta aos olhos quando constatamos que grande parte dos colunistas, cronistas e demais profissionais da área, não possuem o diploma exigido, mas exercem dignamente suas funções e não deixam nada a desejar aos diplomados da área. Hoje sabemos muito bem que diploma não garante profissionalismo, ética ou idoneidade a nenhum jornalista seja ele diplomado ou não, haja visto o caso da Escola Base quando proprietários, professores e funcionários foram vitimas de uma grotesca sucessão de erros jornalísticos e tiveram suas vidas completamente destruídas pela imprensa diplomada do país para logo depois serem declarados inocentes pelas autoridades competentes. Além de violar nossa Constituição tal arbitrariedade já foi condenada também pela Corte Interamericana de Direitos Humanos da OEA, que em novembro de 1985, declarou que a obrigatoriedade do diploma universitário e da inscrição em ordem profissional para o exercício da profissão de jornalista viola o art. 13º da Convenção Americana de Direitos Humanos (Pacto de San José da Costa

Rica), que protege a liberdade de expressão em sentido amplo. Mesmo com a aprovação no Senado e da provável aprovação da Câmara de Deputados a PEC dos “jornalistas” não se sustenta porque o STF a mais de dez anos vem afirmando que emendas a Constituição também podem ser declaradas inconstitucionais. Esta desmoralizante pendenga entre diplomados e livres cidadãos demonstra ao resto do mundo que continuamos tendo enormes dificuldades para acompanhar a evolução da hu-

Do mundo da intenção ao mundo da ação Julio Darvas Especialista em Marketing

Uma empresa nasce de uma intenção. Surge por uma vontade solitária que chamamos de Empreendimento. Este assunto é oportuno ao ter sido criado agora com (status) de Ministério a Secretaria da Micro e Pequena Empresa e do empreendimento individual para dar, assim, esperança e suporte efetivo para transformar o espírito empreendedor e ou empreendedora como é natural que venha a ser na seqüência um Empresário. O SEBRAE foi, nesse sentido, uma iniciativa pioneira e que agora torna-se cada vez mais que

oportuna disseminadora que é de técnicas administrativas e comerciais tão necessárias para evitar, ou no mínimo diminuir as argurias de quem quer que hoje em dia precisa nascer pequeno e se desenvolver. São muitos poucos os empreendimentos que duram mais de Dois anos. A nova Secretaria mencionada da Micro e Pequena Empresa é fruto de uma iniciativa Política de um experiente ex-presidente da Associação Comercial de São Paulo com que até em 1989 que desfrutou na primeira eleição livre presidencial foi candidato e

foi candidato a Presidente da Republica, Guilherme Afif Domingues, e hoje é o Vice Governador do Estado de São Paulo. Já não é sem tempo reconhecer que toda a grande empresa nacional ou multinacional um dia nasceu pequeno fruto de uma intenção que, a durussimas penas transforma-se de um sonho em Ação. Busquem na História econômica dos últimos dois séculos os pioneiros visionários da era da globalização da qual hoje vivemos. Percebe-se apesar de todas as crises nacionais que a Economia não é gerida pelos Estados, isto

manidade e que até os dias de hoje necessitamos da tutela do judiciário para entender que não se constrói uma sociedade livre e justa sustentados em dogmas ditatoriais. Se em nenhum outro país do mundo o diploma de jornalismo é exigência para o livre exercício da profissão dificilmente a FENAJ esta correta em sua imposição a brasiliana. Assim se existe somente no Brasil e não é jabuticaba com certeza não presta. Ilustração sem registro de propriedade

é, pelos Governos, mas graças à obstinação do empreendedor de qualquer porte que torna-se sustentáculo do PIB (Produto Interno Bruto) em que temos, no Brasil fazer a voltar a ganhar força para crescer. É, pelo visto o que se discute, provavelmente até, provavelmente, em Brasília. Temos nestes dois anos a menor participação de crescimento econômico dos países emergentes (BRIC). Haverá questão mais importante e urgente para os empresários e empreendedores do que esta questão de voltarmos a crescer?


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Médico especialista em adolescentes fará palestra em Campos do Jordão O médico hebiatra (especialista em adolescentes) Maurício de Sousa Lima, vem a Campos do Jordão no dia 13 onde promove palestra gratuita na Secretaria de Educação, às 10 horas. O médico hebiatra Maurício de Sousa Lima, estará em Campos do Jordão, no dia 13 de abril, onde falará para pais e profissionais sobre as transformações físicas, psicológicas e sociais que o adolescente vive. Autor do livro “Filhos Crescidos, Pais Enlouquecidos” o dr. Maurício abordará na palestra as dúvidas mais comuns dos pais, considerando as peculiaridades emocionais e sociais do mundo no século XXI. Temas como o uso da internet, drogas, álcool e sexualidades, são alguns dos tópicos que serão abordados. A iniciativa é fazer com que os pais e professores possam entender as transformações desta faixa etária para melhor lidar com os adolescentes, construindo um diálogo necessário. “São muitas novidades, o adolescente está cada vez mais inserido num mundo próprio. Precisamos reforçar os vínculos, mas dar instrumentos e conhecimento para

que pais e professores, possam melhor interagir com os adolescentes”, afirma o prefeito Fred Guidoni. A promoção da Palestra é do Fundo Social de Solidariedade e da Secretaria da Educação. Inscrições podem ser feitas antecipadamente. Quem é Maurício de Souza Lima Médico com especialização em Hebiatria pelo Hospital das Clínicas da USP. Doutor em Ciências/ Pediatria pela Faculdade de Medicina da USP. É membro da Diretoria do Departamento de Adolescência da Sociedade de Pediatria de São Paulo e também da Associação Paulista e da Associação Brasileira de Adolescência. É graduado também em Psicologia e ganhador do Prêmio Jabuti em 2007 com o livro Filhos Crescidos, Pais Enlouquecidos (Ed. Landscape). Serviço: Palestra: Filhos Crescidos, Pais Enlouquecidos Data: 13 de Abril de 2013. Local: Secretaria de Educação. Horário: 10h Inscrições gratuitas na Secretaria de Desenvolvimento Social e na Educação.

Página 4

Sebrae Móvel atende empreendedores de Campos do Jordão na próxima semana Unidade ficará instalada na Praça Armando Caldeira, no bairro Abernéssia, entre os dias 15 e 18, das 9h às 17h O programa Sebrae Móvel estará em Campos do Jordão, entre os dias 15 e18 de abril, realizando atendimento gratuito para empresários e pessoas interessadas em se tornarem empreendedores. A ação é uma iniciativa do Sebrae-SP com o objetivo de estimular empreendedorismo nos municípios do interior do Estado. O veículo ficará instalado na Praça Armando Caldeira, no bairro Abernéssia, das 9h às 17h. No local, analistas do Sebrae-SP farão atendimentos individuais gratuitos sobre temas relacionados à gestão de negócios, administração, planejamento, controle financeiro e marketing. No Sebrae Móvel, os interessados também terão detalhes sobre os produtos e serviços e a programação de palestras, workshops e consultorias do Escritório Regional de Guaratinguetá. Sebrae Móvel em Campos do Jordão Data: 15 a 18 de abril - Horário: das 9h às 17h - Local: Praça Armando Caldeira, Abernéssia Mais informações podem ser obtidas no Escritório Regional do Sebrae-SP em Guaratinguetá. Tel. (12) 3132-6777

Decorações

Foto: Editora Abril

Cômoda alta 10 X R$ 51,00

BINGO BENEFICENTE SHOW DE PRÊMIOS COMUNIDADE SANTA RITA DE CÁSSIA DIA 21 DE ABRIL ÀS 13 HORAS EM FRENTE A ESCOLA MARY CAMARGO FLORESTA NEGRA Prêmios: Bicicleta - Cafeteira - Tanquinho - Liquidificador Fogão - Batedeira - TV - DVD - Moto 0 km. Ponto de venda das cartelas: Igreja N.Sra. das Mercês - Lotérica Abernéssia Lanchonete do Daniel - Foto Shimazu Padaria Jaguaribe - Mercadinho Tamy Igraja Matriz Santa Terezinha informações: (12) 9758.0898 - Artur apoio cultural: O POVO

*Promoção válida até o final dos estoques

Multiuso 10 X R$ 65,50

Promoção*

Kitta Móveis

Cômodas de Madeira em 10 X sem juros no cartão Arca Oratória 10 X R$ 258,00

Móveis modulados Móveis do Sul a pronta entrega

33 anos de tradição em Campos do Jordão

www.kittamoveis.com.br 12 3662 3938 - 3664 2625 Av. Frei Orestes Girardi, 581 Abernéssia


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 5

Prefeitura elabora um relatório das dívidas do Município Redação

A Prefeitura acaba de elaborar um relatório que apura que a dívida deixada como restos a pagar chegar a R$ 38 milhões. Somados à dívida fundada – aquela a ser paga em longo prazo e que envolve precatórios judiciais, Campos do Jordão deve quase R$ 100 milhões. O relatório já é de conhecimento de alguns vereadores e deverá, na próxima semana ser entregue oficialmente à Câmara. Os valores apurados agora são bem diferentes do que havia sido apresentado, no final do ano passado, quando da transição. A maioria das despesas, não tem nenhum documento que a formalize. A falta de fundos para cobrir as despesas feitas, nos últimos 8 meses de mandato da gestão anterior, desobedece o que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal e é considerado crime, punível com até 8 anos de prisão por improbidade administrativa. O período de abrangência apurado vai desde 1º de janeiro de 2003 à 31 de dezembro de 2012. Estudamos esse relatório, o qual é bastante técnico e constatamos que nele estão descritos verdadeiros absurdos realizados por gestões anteriores. Sobre disponibilidade financeira, a atual gestão assumiu a ‘casa’ com um total de R$ 3,7 milhões, todavia, esse dinheiro estava vinculado com convênios diversos e para gastos, só puderam contar com aproximadamente R$ 106 mil. Dos R$ 38.441.975,41 apurados, R$ 21.726.157,43 foram “encomendados” somente no último ano. Entre maio a dezembro, período em que a Lei exige que as despesas só podem ser efetuadas com dinheiro em caixa, a gestão anterior deixou de pagar R$ 20.269.041,63. A Lei de Responsabilidade Fiscal

Foto: Cristiano Tomas - Net Campos

foi editada em 2000 para tornar as gestões públicas mais responsáveis, com ações planejadas e transparentes, para prevenir riscos e corrigir desvios capazes de prejudicar não apenas as finanças, mas sim toda a vida administrativa da Prefeitura. Esses números de ‘disponibilidades financeiras’ em contra posição daquilo que está relacionado como ‘restos a pagar’ caracterizam uma total falta de planejamento da Administração Municipal nos últimos anos, com um agravante enorme principalmente no ano de 2012. Para se ter uma ideia, em 2012 a Prefeitura não pagou nenhuma despesa de água, luz e telefone. Imagine você fazendo isso na sua casa, com certeza, com 2 ou 3 meses ficaria sem banho, sem televisão e sem falar por telefone! Muitas das despesas efetuadas pela gestão anterior não foram objeto de previsão de impactos orçamentários, algumas são oriundas [provenientes] de convênios que representam e/ou representaram ações de expansão ou aperfeiçoamento governamental, portanto, lesivas ao

interesse público e não atenderem ao disposto nos artigos 16 e 17 da Lei de Responsabilidade Fiscal [Art. 16). A criação, expansão ou aperfeiçoamento de ação governamental que acarrete aumento da despesa será acompanhado de: I - estimativa do impacto orçamentário-financeiro no exercício em que deva entrar em vigor e nos dois subsequentes; II - declaração do ordenador da despesa de que o aumento tem adequação orçamentária e financeira com a lei orçamentária anual e compatibilidade com o plano plurianual e com a lei de diretrizes orça, e Art. 17. Art. 17. Considera-se obrigatória de caráter continuado a despesa corrente derivada de lei, medida provisória ou ato administrativo normativo que fixem para o ente a obrigação legal de sua execução por um período superior a dois exercícios. § 1o Os atos que criarem ou aumentarem despesa de que trata o caput deverão ser instruídos com a estimativa prevista no inciso I do art. 16 e demonstrar a origem dos recursos para seu

custeio. § 2o Para efeito do atendimento do § 1o, o ato será acompanhado de comprovação de que a despesa criada ou aumentada não afetará as metas de resultados fiscais previstas no anexo referido no § 1o do art. 4o,

devendo seus efeitos financeiros, nos períodos seguintes, ser compensado pelo aumento permanente de receita ou pela redução permanente de despesa. O relatório termina dizendo que: “Nota-se de forma incontestável que a Lei de Responsabilidade Fiscal em seu artigo 42 não foi observada, uma vez que houve excesso na ordenação de despesas sem quaisquer critérios de planejamento... ou seja, houve na verdade uma ‘irresponsabilidade fiscal’. O relatório em sua íntegra, acompanhado de todas as notas fiscais das despesas além de ser enviado a Câmara de Vereadores de Campos do Jordão, também será enviado à Promotoria Pública do Município para que ambos tenham ciência da situação financeira em que Campos do Jordão se encontra. O Tribunal de Contas também será informado.

Carcampos

Higienização de Veículos Retiramos seu carro fazemos todo o serviço de limpeza, polimento, cera, limpeza de estofamentos, forro de porta, teto e carpet e entregamos em sua casa Rua Mario Cola Francisco, 691 - Jd. Márcia Telefone: (12) 9700.3388 Murilo

Aprenda o verdadeiro inglês da Rainha

Campos English

Aulas particulares de Inglês Britânico - Em grupo - Individual Profª Rachel Hartwright Telefone: (12) 8105.8744/8169.2966 email - camposenglish@gmail.com

3664.4262 Rua Brigadeiro Jordão, 610 - Abernéssia - Campos do Jordão - SP

DELORO MODAS FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO

Av. D r. J a n u á r i o M i r á g l i a , 1 8 3 4

12 3662-6007

Roupas Masculinas e femininas em geral Av. Dr. Januário Miráglia, 912 - loja 16 Abernéssia

(12) 3662-4890


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 6

Primeira Oficina de artesanato do ano é sucesso

Objetivando criar um artesanato de qualidade, ajudando aqueles que querem adquirir conhecimento ou incrementar a renda familiar, a primeira oficina de artesanato, realizada no dia 30, foi um sucesso. A experiência se repetirá, sempre no último sábado do mês, no Mercado Municipal das 14h às 17h. Para participar basta ter mais de 6 anos. Quem optar pela venda dos produtos, deixa o seu trabalho em consignação para ser vendido na loja do Fundo Social de Solidariedade. O Fundo fez uma parceria com diversas empresas locais que irão garantir todo o material das ofici-

nas, para que os participantes não tenham custo. São parceiros das Oficinas as empresas : Aquarela Papelaria, Anabella Decorações, A&D Decorações, Arco-irirs Papelaria, Ban Ban Ban, Caminho da Roça, Chic Mary, Claufer, Exclusiv Moleton, Lá na Flávia, Loja do Tadeu, Luiz Manuel Couros, Oya, Papelaria, Pico das Artes, Ponto e Linha, Nova Sensação e Village Confecção. As inscrições estão permanentemente abertas na Secretaria do Desenvolvimento Social e na loja do Fundo Social de Solidariedade. Garanta a sua vaga. Informações pelo telefone: 3664 3527. fonte: A.I.P.M.E.C.J.

Caça ao Ovos de Páscoa leva mais de 15 mil ao Campo de Abernéssia f Fonte: A.I.P.M.E.C.J. Durante mais de cinco horas, ao Campo de Futebol do Abernéssia recebeu mais de 15 mil pessoas, entre adultos e crianças, que foram participar da brincadeira e festejar a Páscoa de uma maneira alegre e divertida.

Todos os participantes receberam pelo menos um ovo de chocolate. Cerca de mil ovos ainda serão distribuídos, a partir de quarta-feira, em todas as creches municipais para as crianças de até 3 anos, que por razões de segurança, não foram contempladas na caça aos ovos. Ovos de Chocolate também serão entregue ás crianças das Casas Abrigo, APAE e CIREPE- Centro Integrado de Recursos Pedagógicos Especiais. Além de ser um evento diferente, que reuniu a família, foi um momento de muita solidariedade. Mais de 100 voluntários entre membros das entidades e funcionários municipais trabalharam graciosamente para o evento. “Foi um momento de união da sociedade jordanense. Fomos ousados, mas provamos que quando se tem amor, quando ar-

regaçamos as mangas, é possível realizar algo novo e levar alegria para as nossas crianças”, comenta a Primeira Dama Juliana Vieira Cintra, presidente do Fundo de Solidariedade que organizou o evento. O prefeito Fred Guidoni destaca que foi um marco para a cidade. “Praticamente todas as casas de chocolate da cidade participaram. É esta união que queremos e precisamos para fazer as mudanças e promover o renascimento da cidade”, afirma o prefeito Fred Guidoni. Ao todo, foram arrecadados mais de 9 mil Ovos, doados pelas Casas de Chocolate Bourbom, Sabor Chocolate, Bruno Alves, Spinassi, Cacau Show, Chocolate

Welcome to Yázigi Bienvenido al Yázigi

Mensalidade GRÁTIS no 1º semestre Inglês de 3 a 11 anos Espanhol todas as idades Av. Januário Miráglia, 2342 - F: (12) 3662.1483 email: yazigicampos@yazigi.com

Montanhês, Plátanus e Chocolate Araucária. A Prefeitura agradece a todos os que participaram do evento, de alguma maneira: Às Casas de Chocolate que entenderam e atenderam ao apelo do Poder Público e também as organizações sociais: AJAPE, Associação Brancas Nuvens, Associação Monte Carlo, Associação Escola de Samba Monte Carlo, Associação Vila Santo Antonio, Sociedade de Educação e Assistência Frei Orestes-SEA , Ação Jovem, Grupo dos Escoteiros, Rotary, Demolay, Filhas de Jó, Voluntárias do Fundo Social de Solidariedade, funcionários da Prefeitura Municipal, Polícia Militar, Guarda Municipal, Defesa Civil e muitos outros.


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 7

Reclamação Geral Tem uma pedra no meu caminho

Já ouvimos pessoas dizendo que ‘tente pular as pedras em seu caminho’ ou ainda, ‘as pedras em seu caminho irão existir enquanto estiver vivo’ e outras. Os moradores da Rua Julio Carlos Ribeiro não contavam que iriam “viver” essas frases de maneira tão real. Esse pesadêlo começou no final de 2012 quando a então Prefeita Dra. Ana Cristina começou a retirar os bloquetes daquela rua para que depois fosse aplicado o asfalto. Até aí tudo bem, mas a obra parou logo depois de ter iniciado. Segundo os moradores, a Rua [que estava inteiramente esburacada] já ficou com seus acessos prejudicados, visto a enorme quantidade de chuvas desse ano. O governo novo assumiu e foi recomeçar as obras a exatos 40 dias, só que para esse trabalho eles pre-

cisavem de pedras, assim, toneladas de pedriscos foram sendo depositados dia após dia na frente de duas casas que ficam bem no começo da rua. Os proprietários estranharam o volume que essa montanha de pedra ia tomando, e nada da obra continuar. Chamados por esses moradores, nossa reportagem foi ao local e contatou uma verdadeira montanha de pedriscos com pelo menos 5 metros de altura. “Não temos como entrar ou sair de casa, nossos carros tem de ficar na rua, nossos filhos e nossos idosos têm de fazer uma verdadeira escalada para entrar ou sair de casa, e o pior, há mais de 30 dias”. Atenção Secretarias competentes, tenham dó!

Imagine só, você conversando com seus amigos ou parentes distantes, dizer para eles, “o nome do meu Bairro é Céu Azul”. Com certeza eles iriam ficar imaginando que deva ser um dos bairros mais lindos da cidade, como se fosse um céu ensolarado e azulzinho. Mero engano! O Bairro em si é lindo mesmo, mas o acesso... Moradores daquele bairro solicitaram mais uma vez a visita da nossa redação para que pudéssemos registrar as condições das

ruas e da Avenida que os leva até aquele bairro. Os buracos são enormes e a Prefeitura tem tampado eles com terra que, logicamente com as chuvas, voltam a se abrir e tudo acaba ficando igual e muitas vezes, pior do que já estava. Conversando com vários moradores, eles nos mostraram veículos que foram bastante danificados por terem caído nesses buracos. Vamos acompanhar esse caso.

Redação

Fotos: M.Conti

Céu Azul pede ajuda

Moradores da Biquinha deixam suas casas voluntariamente Além dos problemas de desapropriação e das chuvas fortes desse ano, muitos moradores da Biquinha estão deixando suas casas e estão se mudando para lugares mais apropriados. Na demolição das casas e na retirada do material que pode ser reutilizado em outras obras, eles contam com os homens da Defesa Civil, que tem prestado um ótimo serviço para auxiliar essas pessoas que já tinham pouco e ainda perderam o que tinham.

Fotos: M.Conti


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Relembrando o Passado

Década de 1950. Em frente ao tradicional e saudoso Cine Glória, situado em Vila Abernéssia, atualmente Espaço Cultural Dr. Além, foto histórica que traz muita saudade e nos mostra como a vida, infelizmente, passa muito rapidamente. A maioria das pessoas que aparecem nesta fotografia, pessoas atuantes na vida pública da cidade, fiéis simpatizantes que pertenciam ao Partido Social Progressista - PSP, que tinha como patrono o saudoso Dr. Adhemar Pereira de Barros. O Dr. Adhemar de Barros logo ao se afastar do partido político UDN - União Democrática Nacional, fundou o Partido Republicano Progressista - PRP que

Artes

Os mestres após o renascimento, não tardaram a reconhecer, com razão que o claro-escuro não poderia ser realizado na luz exterior. A luz exterior será sempre mais clara do que a cor branca pura, mesmo quando esta for reforçada por contraste, pelo negro intenso. É esta necessidade de luz que irá inspirar Cloude

por: Edmundo Ferreira da Rocha

depois se fundiu com o Partido Popular Sindicalista e o Partido Agrário Nacional, formando o Partido Social Progressista, o conhecido PSP que se tornou o maior partido político de São Paulo do período de 1946 a 1965, o único que mantinha diretórios em todos municípios do Estado de São Paulo. Na foto, de cima para baixo, partindo da esquerda para a direita e seguindo as diversas filas na mesma ordem, dentre outros: João Lopes de Pina, Reinaldo de Azevedo Rezende, Rubens Barreto, Milton Cardoso da Silva, João Siqueira, Álvaro Cavalheiro, Neme Saloun Nejar, João Mariano de Pontes, Antonio de Oliveira Pires, Não identificado, Renato de Almeida Guimarães, Benedito Máximo de Carvalho, o Fazanelo, Luiz Honorato, Joaquim Calleres do Amaral, Mário Utiyama, Orlando Abitante, Arakaki Masakasu, Francisco Bento Filho, Felício Raymundo Neto, Raymundo Nagib, Danilo Delácio, José de Oliveira, o conhecido Zé Bernardino, Arthur Pereira Pinto, Étore Comparotto, o seu Nenê, Horácio Padovan, Jaime de Almeida, Emídio Ferreira dos Santos, Dr. Eduardo de Campos Maia Netto, Juiz de Direito da Comarca,

João Alves Teixeira, José Ferreira Areal, Aniceto Fernandes, Paulo Cury, Prefeito Municipal, Manoel Figueiredo Ferraz, Joaquim Correa Cintra, Alfeu de Brito, Tarcísio Coutinho, Luiz Pereira da Silva, do “Laticínios Primor”, Gumercindo Barros Galvão, Amadeu Carletti Junior, Dr. Joaquim..., Médico do Sanatório S-3, Floriano Rodrigues Pinheiro, Paulo Menezes, Alfredo

Mastrandréa. Na frente, o menino Julio Carlos Ribeiro Neto, o Julinho Dentista, Filho do Sr. Luiz Carlos Ribeiro e Dona Odila. Como disse no início, infelizmente, a vida passa muito rapidamente. Parece incrível, das 44 pessoas que aparecem nesta foto que, conheci praticamente todas, somente o garotinho, hoje experiente e excelente pro-

fissional da área da odontologia, continua entre nós. Todas demais, pessoas importantes, grandes responsáveis pelos fortes alicerces da formação da nossa cidade, da nossa história e da nossa cultura, já deixaram estas paragens terrenas. Outras fotos históricas? Veja no site: www.camposdojordaocultura.com.br

Monet, que foi aluno dos plenaristas Jong Kind e Boundin e resolve dar mais luz as sombras. Mas mesmo assim uma paisagem ensolarada continuava muito clara. Porém, uma influencia estrangeira veio ajudar a iniciar o passo seguinte. Monet, Pissarro e Sisley fugitivos da guerra de 1870, refugiaram-se em Londres onde descobriram a pintura do inglês Turner que chegara à velhice a um audacioso colorido. Entusiasmado por Turner, Monet realizou progressivamente uma pintura com cores puras. No ano de 1874, Monet e os pintores de sua geração expuseram pela primeira vez em conjunto. Um dos quadros de Monet intitulava-se “Impressão”, sol nascente. O apelido de “Impressionista” imaginado por um críti-

co foi dado por zombaria a todo o grupo desses jovens pintores, um tanto loucos. O impressionismo começa, pois, pela tentativa de clarear as sombras. Depois vêm as sombras coloridas. Monet pretendia que na natureza apenas existiam sombras coloridas, reflexos do céu azul e das folhagens verdes. Exagero polemico menos importante, na realidade o retorno dos impressionistas a teoria de delacroix sobre as cores de espectro e o contraste das cores complementares. Conhecemos as seis cores do arco iris: vermelho, laranja, amarelo, verde, azul e violeta, e sabemos que o arco iris é produzido pela decomposição da luz branca. Os físicos a denominam de “Espectro” a luz decomposta em seus elementos colori-

dos. Dispondo-se sobre um circulo, as seis cores do espectro solar obtemos o Ciclo Cromático. Ora, essas seis cores não são equivalentes. Existem três cores primárias: vermelho, amarelo e o azul; as três cores binárias ou compostas obtidas pela mistura das três primarias: o vermelho e o amarelo produzem o laranja; o amarelo e o azul, o verde; o azul e o vermelho, o violeta. Ligados sobre o circulo por uma reta, o vermelho, o amarelo e azul formam um triangulo, o laranja, o verde e o violeta compõe outro triângulo. Por outro lado, sobre o circulo, uma cor primária sempre se opõe a uma cor composta: o vermelho ao verde, o amarelo ao violeta, o azul ao laranja. Essas cores opostas são chamadas de complementares, que

quer dizer que automaticamente geram outra em nossa retina; o vermelho sobre o fundo neutro cinza produz o verde: o amarelo cria o violeta e o azul engedra o laranja. O nosso olho é assim formado. Chamamos esse fenômeno de Lei das Complementares. Não é teoria, é um fenômeno natural. Eis em que consiste a descoberta dos impressionistas; perceberam que decompondo a luz solar em cores puras, pintando assim uma paisagem sem misturar, obtinham se não claridade, ao menos a luminosidade e a vivacidade da cor natural. Como vemos a vida é dinâmica e as transformações acontecem, não podemos ter medo do novo vivendo acomodados em realidades já superadas.

Você tem medo do novo? Luiz Pereira Moysés

Página 8

Bolos Pizzas Tortas

AV. JANUARIO MIRAGLIA 1976 ABERNÉSSIA

TEL. 3664-1888


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 9

Pronto Atendimento em Clínica Médica

24hs

Especialidades

Centro de Diagnósticos São Camilo

- Clínica Médica - Cardiologia - Oftalmologia - Ortopedia - Endocrinologia - Pediatria - Cirurgia Plástica - Dermatologia - Ginecologia e Obstetrícia - Otorrinolaringologia - Psiquiatria - Psicologia - Fisioterapia - Nutrição

- Análises Clínicas e Patológicas - Tomografia Computadorizada - Ultrassonografia com Doppler - Eletrocardiograma - Mamografia - Raios-X

Internação Clínica Médica

Atendimento

Laboratório

Tomografia

Consultório

Sala de Urgência

Ultrassonografia com Doppler

Mamografia

- Particular e Convênio

Maiores Informações:

12 3668.9000 12 3668.9001

Apartamento Clínica Médica Rua Ver. Agripino Lopes de Moraes, 101 Vila Matilde - Campos do Jordão - SP


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Buffet Estância Grill O Estância Grill vai até sua casa!

Fazemos o churrasco onde você preferir com profissionais treinados na arte da carne. *Eventos *Festas*Casamentos *Aniversários *Confraternizações

Pagina 10

Reunião na Escola Federal Em 08 de abril, próximo passa- Os presentes puderam opinar do, no Centro Gastronômico Dr. sobre os cursos constantes do Franklin Alckmin Bueno Maia, o Catálogo Nacional do MEC, e os prédio II do campus Campos do mais votados foram: Técnico em Jordão, realizou-se uma audiência pública para tratar dos novos cursos a serem implantados. A solenidade teve a presença do Secretário da Agricultura, Senhor Walter Vasconcellos, da Secretária de Desenvolvimento e Assistência Social, Dra. Miriam Morgado. Os Secretários de Turismo e Educação foram representados pelas Senhoras Lúcia Frozino e Glória Costa, respectivamente. Compareceram, também, segmentos importantes de sindicatos, empresas e sociedade.

Serviços de Restaurante e Bar; Técnico em Cozinha; Técnico em Guia de Turismo e Técnico em Hospedagem.

O governo da Presidente Dilma vem administrando a economia do pais com medidas que visam melhorar cada vez mais os índices de aprovação do seu governo, vive uma campanha eleitoral antecipada, sem avaliar as consequências que essas atitudes podem causar. Um exemplo que retrata bem o assunto foi o corte das tarifas de energia elétrica.

não. A boa lição que devemos destacar é aquela já conhecida por todos, as empresas devem sempre ser geridas objetivando maximizar o retorno de seus acionistas sejam eles públicos, privados, estrangeiros ou economia mista. Esta é a melhor maneira de revertermos em benefícios a população os recursos investidos.

Populismo Nocivo

3662.3429

A Eletrobras apresentou o maior prejuízo de sua história no trimestre de outubro a dezembro de 2012, 10,5 bilhões. Parabéns ao Presidente José da Costa Carvalho Neto que vem tomando atitudes louváveis no sentido de tentar reverter os resultados causados pela diminuição de receita, função da queda das tarifas. Essas atitudes compreendem programas de demissão voluntária, redução de despesas operacionais e melhora na gestão das distribuidoras de energia que abastecem consumidores do norte e nordeste.

(12) 3662 2259 3664 3702 REVENDA AUTORIZADA

Email: contato_antenas@hotmail.com www.contatoantenas.com.br AV. DR. JANUÁRIO MIRÁGLIA, 2004, LOJA 3 - ABERNÉSSIA CAMPOS DO JORDÃO - SP - CEP 12460-000

ações. A venda dos ativos passará por um processo de privatização pois, certamente, empresários vão manifestar seu interesse. É uma pena que o Presidente José Neto, ou mesmo seus antecessores, não tenham implementado essas ideias antes do corte de tarifas desferido pela presidente Dilma. Hoje a Eletrobras estaria mais capitalizada, poderia acelerar seus programas de investimentos e voluntariamente direcionar as altas tarifas de energia elétrica do Brasil a um nível aceitável sem a necessidade da “mão de ferro” nociva. - nociva porque esta abrindo um “buraco” nas contas das empresas de um setor absolutamente prioritário para a nação. - Nociva porque certamente vai provocar um deságio nos ativos das cias com necessidade de caixa. - Nociva porque vai obrigar a injeção de recursos públicos no setor para compensar as perdas impostas com a diminuição das tarifas. - Nociva porque dá com uma mão para a população, objetivos eleitoreiros, enquanto tira com a outra.

Essas medidas, esperamos, sejam suficientes para colocar a Eletrobras novamente nos trilhos, porém são insuficientes para gerar caixa face aos investimentos ne- Muito bem, acho que é obrigacessários. Para tal, a atual admi- ção de todos nós tirar proveito nistração descarta a contratação das decisões, sejam elas boas ou de novos financiamentos devido Foto: Arquivo ao alto endividamento da companhia. Prefere concentrar suas ações na venda de ativos, principalmente participação em usinas e linhas de transmissão. O programa apresentado repercutiu bem no mercado provocando, inclusive, a valorização das

(12) 3662-3577 3662-6307 Rua Francisco de Castro 104 - loja 1 e 2 Vila Abernéssia - Campos do Jordão

Fonte e foto: Escola Federal

Campos do Jordão acabou de eleger um prefeito jovem com ideias arejadas técnicas de administração modernas, muita capacidade e dedicação ao trabalho, além de ter adquirido larga experiência trabalhando na administração do governador Geraldo Alkmin. É certeza que o Dr Frederico não vai se deixar enganar pelo populismo nocivo. Prefeito, que essas poucas linhas sirvam de incentivo a todos os desafios e dificuldades a serem enfrentados nesta gestão. Estamos convictos que dentro de quatro anos o retrato de Campos do Jordão será outro. Francisco Figueiredo, jornalista, estudante de direito e pós graduando em gerência de cidades. Marcelo Figueiredo, graduado em administração de empresas.


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 11

Namastê - Uma referência ao Sagrado Denise Sanches

Viver melhor

Namastê é um cumprimento ou saudação utilizada geralmente no Sul da Ásia como na Índia e no Nepal . É uma palavra de origem sânscrita que literalmente significa “curvo-me perante

a ti”, e é a forma mais digna de cumprimento de um ser humano para outro. O gesto expressa um grande sentimento de respeito, invoca a percepção de que todos indivíduos compartilham da mesma essência, da mesma energia, do mesmo universo, portanto o termo e a ação possuem uma força pacificadora muito intensa. O gesto é feito juntando as palmas das mãos e encostando em frente ao coração e com uma ligeira curvatura do tronco e da cabeça estamos mostrando profundo respeito à outra pessoa. Pode-se colocar as mãos em frente a testa se quisermos saudar um mestre , ou seja, alguém que nos traz ensinamentos e no caso de reverência

a um Deus ou Santidade, coloca-se as mãos acima da cabeça. Acredita-se que a suave pressão das palmas das mãos uma contra a outra harmonize os hemisférios esquerdo e direito do cérebro, trazendo inúmeros benefícios.O lado esquerdo se relaciona com as nossas emoções e o lado direito com o nosso raciocínio, ou seja, significa que mente e coração devem estar em harmonia, para que nosso pensar e sentir estejam juntos e equilibrados Também é um reconhecimento da dualidade que existe no mundo e sugere um esforço de nossa parte para trazer essas duas forças unidas em equilíbrio. Os dedos das mãos trazem o número

Feijoada e Show de Prêmios Beneficente

10 que é o símbolo da perfeição, da unidade em todas as tradições antigas. As dez Sephiroth na Árvore da Vida da Cabala, os dez Mandamentos, o símbolo da criação no sistema de Pitágoras e o número do equilíbrio perfeito para os antigos Chineses. Ao pressionar os polegares no coração, no meio do osso externo, você está lembrando a si mesmo de cultivar as qualidades do coração e aumentar o fluxo do amor divino para com todos. Apesar da palavra Namastê no Ocidente ser dita em conjunção com o gesto, na Índia, é compreendido que o gesto por si só significa Namaste e não há necessidade de expressar palavras. Pode-

Comida Caseira Self-Service à vontade e por Kg.

(em prol da construção da Capela na Vila Elisa comunidade Sagrada Família)

Apoio Cultural: O POVO - Jornal de Verdade

Café da manhã Pão de Queijo Croissant Empada

DISK - MARMITEX 4110.0401/3663.2854 9183.0532/8203.9655 NO FUNDO DA GALERIA

Data: 14/04/2013 À partir: 11h00 Local: Salão Paroquial

(Matriz Santa Terezinha do Menino Jesus Av. Tadeu Rangel Pestana, 662 - Abernéssia) Vale Feijoada já a venda: R$ 10,00 Apresentação do Coral “Os Jovens Seresteiros da A.J.A.P.I.” Haverá refrigerante, doces, pasteis e muitas rodadas do show de prêmios VENHA PARTICIPAR TRAGA SUA FAMÍLIA!

-se fazer o Namastê a si próprio saudando a divindade que habita em você e também como uma técnica de meditação.Outros significados de Namastê: *Eu honro o Espírito em você que também está em mim - atribuída ao autor Deepak Chopra; * Eu saudo o Deus dentro de você; *O divino em mim cumprimenta o divino em você; *O Deus que habita em mim saúda o Deus que habita em você. Que este simples gesto proporcione mais amor, luz, paz e nos conecte amorosamente à todas as pessoas que habitam este planeta. Até a próxima edição, NAMASTE. Denise Sanches-Terapeuta Holística.

Galeria em frente ao Cavalo - Capivari

- DOCES - GELÉIAS - LICORES - BISCOITOS -

Galeria em frente ao Cavalo - Capivari Rogério 9133.4748 Priscila 9191.5967 LOJA 8

Pizzaria PROMOÇÃO

Calabresa Marguerita

R$ 16,90 cada* Venha experimentar!!!

SERVIDA NA PEDRA QUENTE

Av. Dr. Januário Miráglia, nº 2510 - Vl. Jaguaribe Campos do Jordão - SP - (12) 3662.3749

*promoção valida até 18/4

Portuguesa Napolitana


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 12

Secretaria de Habitação anuncia que vai construir novas moradias em Campos do Jordão Anúncio foi feito após reunião com o prefeito Fred Guidoni e o deputado estadual Orlando Morando, que foram pedir ajuda ao secretário da Habitação Silvio Torres para construção de casas populares.

que nos dará aporte para a cons“Sabemos que Campos do Jordão trução de moradias populares”, Também informou que a Secretaria da Habitação ajudará as pretem muitas famílias em área de disse. feituras na aquisição de terrenos, risco. A prioridade do governo Toda a documentação já está com aporte de até R$ 2 mil por estadual é atender essas famílias e as que têm renda mensal de até com a CDHU. O secretário apre- unidade para municípios com até três salários mínimos”, afirmou o sentou os programas disponíveis 100 mil habitantes. Cada cidade pela Casa Paulista que podem poderá utilizar o recurso para a secretário. ser trabalhados em parceria construção de até 200 unidades. O prefeito, que foi acompanhado com o município, destacando a do deputado estadual, Orlando parceria com governo federal e Eles também falaram do prograMorando, expôs sua preocupa- iniciativa privada, lotes urbaniza- ma Sub-50, do governo Federal, ção com as famílias que moram dos, lotes próprios e os progra- que está com a obra parada no município. O secretário disse em área de risco e, que requer a mas da CDHU. parceria do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual da Habitação.

O prefeito de Campos do Jordão Fred Guidoni , esteve em São Paulo na última segunda-feira, dia primeiro, onde em audiência com o secretário de Estado da Habitação, Silvio Torres, solicitou ajuda do Estado para a construção de mil moradias em Campos do Jordão, sobretudo para os moradores que estão nas áreas de risco em Campos do Jordão. “Temos duas áreas identificadas para edificação de conjuntos haO secretário Silvio Torres, disse bitacionais, que ainda precisam que o município pode contar com de uma análise da CDHU e da o apoio do Governo do Estado Casa Paulista. Se aprovadas, espara a construção de novas mora- tamos estudando a possibilidade dias, para atendimento de interes- de trabalhar em parceria com se social: os programas da Casa Paulista,

A.I.P.E.C.J. ainda que vai ajudar com a complementação de R$ 16 mil por unidade, a fundo perdido, para retomar a construção dessas 50 unidades habitacionais. O recurso será repassado pela Casa Paulista. Também foram pauta na reunião as 32 unidades habitacionais em produção na Vila Paulista e as 98 moradias que estão programadas pela CDHU e que foram autorizadas pelo secretário Silvio Torres

Campos do Jordão será sede do 58º Congresso Estadual de Municípios em março de 2014 Anúncio foi feito no encerramento do Congresso deste ano, na manhã de sábado, dia 6 de abril, em Santos. Prefeito Fred Guidoni, presente ao evento, comemorou a escolha e disse que a cidade está pronta para receber os visitantes.

ra da Carta de Santos, que reúne as propostas debatidas, desde a última terça, dia 2 de abril. Além do prefeito Fred Guidoni participaram da cerimônia de encerramento o presidente da Associação Paulista de Municípios, deputado Celso Giglio, e diversas autoridades e participantes do Campos do Jordão será a sede do congresso. Congresso Estadual de Municípios no próximo ano. O prefeito “A realização do Congresso aqui Fred Guidoni havia pleiteado o é parte dos esforços que temos evento no início do ano. Há cerca feito para trazer mais eventos de 20 dias, recebeu na cidade a di- fora da temporada. Vamos fazer retoria da APM – Associação Pau- um bonito evento em Campos do lista de Municípios que vieram co- Jordão e movimentar a cidade”, nhecer o Centro de Convenções, disse o prefeito. local onde o evento irá acontecer. O Congresso dos Municípios A notícia da escolha já era do co- é também um momento de reinhecimento do prefeito, mas foi vindicação, de troca de conhecirecebida com entusiasmo pelos mento e de muita aprendizagem. congressistas presentes ao encer- Segundo o presidente da APM, ramento, pouco antes da assinatu- Celso Giglio, o evento foi extre-

mamente positivo e reuniu mais de 400 prefeitos dos 650 municípios paulistas e 1.600 vereadores do estado, com políticos de todas as correntes partidárias. “Isso mostra o envolvimento deles com a causa municipalista”, disse Giglio.

Participam também do Congresso as primeiras damas, secretários e servidores municipais. A rede hoteleira da região de Santos comemorou a realização do Congresso. Balanço divulgado na sexta-feira aponta que o

Congresso elevou a ocupação hoteleira na cidade, numa semana fria e chuvosa, para 75%. A rede hoteleira da região de Santos, conta com mais de 18 mil leitos, de acordo com o site da Convention e Bureau Santos e Região.

Foto: Luiz Vicente Pereira Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de SP

Congresso de Municipios em Santos-SP/2013

Abertura e encerramento de empresas Assessoria a associações e condominios Recursos Humanos Contabilidade Escrita Fiscal Av. Brig. Jordão, 498 Abernéssia - Campos do Jordão - SP 12. 36624022 / 3664.2512 / 3664.2334

contato@escriroriodecontabilidade.com

Carnes especiais Pão macio Maionese Temperada incomparável

-

www.escritoriodecontabilidade.com

es

h Pedidos a partir nc a l das 19h30 go a i Folgamos as 3ª feiras T

Delivery 3662.3652/9787.3185 - ID 114*81686


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 13

Nosso Esporte Carlos Henrique da Silva Esportes

Eleição da liga jordanense de futebol. Com a presença de pouco mais de 40 pessoas entres dirigentes de times, jogadores, jornalistas e vereadores, o atual e reeleito presidente da Liga Jordanense de Futebol Celmo Felski, fez a abertura falando sobre seu mandato atual. Contou dos campeonatos, parabenizou os campeões e também agradeceu a presença de todos. Mas como sou a favor do futebol jordanense, deixarei de lado esses comentários. A intenção da chapa Resgatando o Futebol, era eventualmente mostrar para que veio e por 9 a 4 os diretores dos times reelegeram o Sr. Celmo Feslki para mais três anos a frente da liga jordanense, o que subentende que estão satisfeitos com o campeonato e assim, esperam um campeonato longo e competiti-

vo, sem esquecer da turminha de bases. O Jornal O Povo com este colunista conferiu de perto o Secretario de Esportes Sr. Aroldo de Oliveira, confirmando apoio a liga jordanense de futebol. Também fizeram uso da palavra alguns dos vereadores presente entre eles o Presidente da Câmara, Vereador Felipe Cintra, que disse estar feliz que a presença da maioria dos edis, pois isso mostra que a Câmara apoia o esporte em Campos do Jordão. Assim tudo corria numa agradável manifestação de cortesias até o momento em que os candidatos a presidência começaram seus discursos de projeto para o próximo mandato. Vieram assim as explicações do candidato da situação Celmo Felski, o primeiro a falar dos projetos. Em seguida 13 dos 18 times com direito a voto, decidiram que a chapa Continuação com Responsabilidade fosse eleita. Gostaria de parabenizar a chapa eleita e dizer que com a presença do Vereador Salim, o Jornal O Povo estará apoiando tanto a Liga quanto os times de futebol na questão de divulgação dos campeonatos. Iº Copa Categoria de Base. Nesta segunda no ginásio de esportes finalizou a copa da turminha de base, com um público de familiares e amigos que presenciou um futebol de alto nível da

garotada e viu na categoria sub 9, o time do PIAC ser campeão. No sub 11 o campeão foi o time Dubieux , sub 13 Vai Vai Monte Carlo que com um placar de 3 a 0 levantou a taça de campeão e

no sub 15, num jogo disputado, o campeão foi o PIAC. Parabéns a Secretaria de Esportes pela organização do campeonato e que venham outros, mas lembre-se, nos finais de semana também se

Foto: M.Conti

Vereadores presentes na eleição da Liga, com a Diretoria da chapa vencedora

Avaliação Cartão verde: Jamais poderia deixar de dar cartão verde para quem lembra das equipes de base,

então a Secretaria de Esportes merece com todo louvor porque fez com menos tempo de pasta aquilo que muitos outros não fizeram. Cartão amarelo: Pode parecer contrassenso, mas não é. Mesmo realizando o campeonato, a Secretaria de Esportes não realizou as finais dos campeonatos num sábado ou domingo.

Cartão vermelho. Vou mandar para os times que reclamam tanto e quando convocados para deci-

dir a votação na Liga, não comparecem. O cartão vermelho vai também para a chapa concorrente que não mostrou interesse na eleição da liga de futebol. email para envio de fotos e matérias: car-henrique@hotmail com

Jogando Xadrez Alfredo Vieira Enxadrista

O Xadrez é algo mais que um jogo. É uma diversão intelectual que tem algo de arte e muito de ciência. É ademais, um meio de aproximação social e intelectual. O Xadrez é na ordem intelectual o que o esporte é na ordem material. Um meio agradável de exercitar a parte do corpo que se deseja desenvolver. Ademais do ponto de vista social os iniciados têm para o resto de sua vida uma diversão útil para passar agradavelmente, muitas horas durante o transcurso de sua vida.

joga futebol. Parabéns a arbitragem, todos os técnicos e os jogadores. Parabéns aos campeões e aos muitos craques de gerações futuras.

[recapitulação 1]

O Xadrez serve como poucas coisas neste mundo para distrair e esquecer momentaneamente as preocupações da vida diária. É um esporte intelectual que se joga entre duas pessoas ou equipe, que dispõe de forças iguais seja em quantidade seja em qualidade. Geralmente as peças são divididas entre pretas e brancas. As peças se movimentam segundo leis convencionais e o jogo tem um motivo de após um número variado de movimentos, também chamados de lances ou jogadas, levar o rei contrário a uma posição especial que se denomina xeque-mate. Portando, o objetivo

do jogo é dar o xeque-mate.

maior oito. Cada jogador disElementos do jogo de xadrez põe em seu “campo” 16 peças Tabuleiro: o jogo é disputado sendo 8 Peões, 2 Torres, 2 Bisem um tabuleiro de 64 casas pos, 2 Cavalos, 1 Dama e o Rei. (8x8) de cores alternadas. O tabuleiro se divide em casas, colunas, fileiras e diagonais. Casa - menor parte do tabuleiro, sendo em seu total 64. Colunas - conjunto de casas dispostas em uma mesma linha vertical. Fileiras - conjunto de casas dispostas em uma mesma horizontal. Diagonais - conjunto de casas da mesma cor em direção inclinada. Ao todo são 26 diagonais, sendo a menor duas casas e a

DECORAÇÕES

Na próxima edição, veremos a disposição e a forma em que cada peça se move no tabuleiro.

PERSIANAS

- MÓVEIS ESTOFADOS - MÓVEIS FORA DE LINHA - ATÉ 40% DESC. - CORTINAS - ADQUIRA O TECIDO E ACESSÓRIOS E GANHE 50% DESCONTO NA CONFECÇÃO - CARPETE MADEIRA DESDE R$ 44,00 O M² - COLOCADO MÓVEIS - CORTINAS - CARPETES - PISO LAMINADO - REFORMA MÓVEIS ESTOFADOS

Avenida Frei Orestes Girardi, 2071 Jaguaribe (12) 3662.1212 CEP 12460-000 - Campos do Jordão - SP

Email: decanabela@terra.com.br -

home page: www.anabella.com.br


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 14

Brasileiro consome o dobro de sódio indicado pela OMS Saúde

O consumo diário de sódio pela população brasileira está duas vezes e meia acima do limite preconizado pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Diferentemente de países desenvolvidos --em que a principal fonte de sódio são os alimentos industrializados--, o vilão da mesa dos brasileiros é o tempero adicionado à comida, o que inclui o sal de cozinha, propriamente dito,

e condimentos feitos à base de sal, que correspondem a 76% de todo o sódio consumido. Os dados são de uma pesquisa realizada na Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo e publicada neste mês na “Revista de Saúde Pública”. Os pesquisadores apontam que a quantidade diária de sódio disponível para consumo é de 4,5 g por pessoa, sendo que a ingestão máxima recomendada pela OMS é de 2 g. A pesquisa também concluiu que o consumo exagerado não depende da faixa de renda das famílias analisadas e da região do país em que elas moram. Para chegar a esse valor estimado, os pesquisadores usaram como referência os dados da última POF (Pesquisa de Orçamentos Familiares), realizada pelo Instituto Brasileiro de Ge-

Abrigo essencial Beth Padovan Forbes Especial para O POVO

“A casa é uma experiência” (Rainer Maria Rilke, poeta alemão, autor do livro Cartas a um Jovem Poeta). Quando nesses tempos pragmáticos, querem considerar o arquiteto um mero produtor de coisa bonita, de elite, para poucos, gosto de lembrar que a primeira coisa que o primeiro homem fez quando se viu, só e nu no planeta Terra, foi a arquitetura. É claro que não dançou, não cantou, não desenhou, não fez engenhos, curas ou leis e, nem de pronto, procurou roupa ou alimento. Ele tentou encontrar um lugar. Um lugar no mundo que o coubesse no seu tamanho e nos seus sentidos. Que o abrigasse do frio, da chuva e das feras. Um ponto de referência na vastidão, de onde sair e para onde voltar. O lugar do homem é o tema-chave da arquitetura. Fomos incorporando, ao longo dos tempos, conhecimento e sensibilidade, mas continua valendo o princípio fundamental. Nesses espaços é que mora a história de cada um, os nossos símbolos, nosso fazer, nossos valores, nossa

arte. Por isso morar, para mim é uma coisa substantiva, uma ideia sólida. E voltar a gênese do habitat é reconhecer o essencial. As coisas fundamentais que compõem o nosso estar no mundo. Descobrir que morar pode ser complicado e simples ao mesmo tempo. Precisa atender às dimensões misteriosas da alma humana, à imensidão íntima, mas pede síntese, um universo concentrado. È um assunto que não se esgota, onde não há consenso, nem verdade absoluta. Para mim, mesmo com a mania e o ofício de inventar, morar é arrumar na minha terra um canto, com paredes limpas, claras, altas, amigo do sol e da lua, das estrelas e da brisa, de árvores e de pássaros. Viver com arte, música e livros. Amar, criar filhos, ter ideias e lembranças. Sentir que a paz tem corpo: um princípio que inventa a paz exterior. Beth Padovan Forbes Arquiteta/Urbanista

ografia e Estatística em 2003. Foram analisados 969.989 registros de aquisição de alimentos em uma amostra de 48.470 domicílios. O sódio está presente naturalmente em vários alimentos e o seu consumo moderado é necessário para o bom funcionamento do organismo. É ele que mantém o volume de líquidos no corpo, evitando a desidratação, por exemplo. Mas a ingestão em excesso pode provocar problemas de saúde e, o pior, de maneira silenciosa: os efeitos no organismo não são imediatos e as pessoas podem demorar anos para apresentar sintomas. Se o sódio estiver em excesso no organismo, os rins não conseguirão eliminá-lo. Assim, ele vai provocar retenção de água e aumentar a pressão arterial,

Foto: O POVO

Dr. Mauro Amancio Agostino

causando problemas cardiovasculares e renais. Ele não causa efeitos imediatos, mas traz problemas a longo prazo . O sódio normalmente é adicionado aos alimentos industrializados, pois ele tem efeito bactericida, melhora o sabor e ainda ajuda a evitar que a comida se estrague. A adição de sódio nos alimentos está muito relacionada com o paladar dos brasileiros, pois ajuda a acentuar o sabor. Dois pedaços de

pizza congelada, por exemplo, contêm a quantidade de sódio suficiente para um dia todo. A quantidade diária de sódio na alimentação de pessoas hipertensas ou com problemas renais deve ser em torno da metade preconizada pela OMS. O consumo recomendado é para pessoas saudáveis e não leva em consideração problemas de saúde associados. Assim, eventualmente, essa restrição do consumo deve ser ainda mais rigorosa.

Passeio Ciclístico da Paz abre programação de aniversário e vai sortear 10 bicicletas no dia 21 Evento acontece a partir das 9 horas e terá largada e chegada, no Portal de entrada da cidade. Prefeitura espera cerca de 500 participantes Uma pedalada alegre e descontraída pelas ruas da cidade, a fim de proporcionar um dia saudável para a população jordanense. Este é o objetivo do Passeio Ciclístico da Paz, que acontece no dia 21, às 9 horas. Para incrementar ainda mais o evento, a Prefeitura vai sortear 10 bicicletas. Promovido pela Prefeitura Municipal de Campos do Jordão, com organização da Secretaria de Esportes, o passeio começa e termina no Portal de entrada da cidade e atravessa a sua avenida central, passando por alguns pontos de atração turística. Ao todo, o passeio percorrerá cerca de 8 quilômetros. A ideia é também integrar a comunidade, despertando em todos os participantes a importância da atividade física na promoção da saúde, resgatando, assim, hábitos saudáveis. Outro ponto é a promoção de ações consistentes

e educativas, sobre o desenvolvimento de matérias ecológicas. Não há limite de idade para participar do passeio. Apenas os menores de 18 deverão se inscrever e participar do evento, acompanhados por seus pais ou responsáveis. Os 400 primeiros inscritos ganharão camisetas do Passeio. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na: Secretaria Municipal de Esportes (Ginásio Esporti-

vo); DESAFIUS; FUTMANIA; ALEX BIME; MY BIKE STORE. “Crianças e adultos precisam estar atentos aos benefícios da prática de hábitos saudáveis, fortes aliados na prevenção e controle de doenças. Estamos convidando a todos para se movimentarem e participarem conosco deste dia alegre e divertido”, diz o prefeito Fred Guidoni.

Fonte/Ilustração: A.I.P.M.C.J.

Casa dos Colchões

Não compre sem antes nos consultar

TUDO EM 10 PAGAMENTOS Estofados - Camas - Comodas Guarda Roupas - Móveis de Jardim Av. Dr. Januário Miráglia 2358/62 - Vila Jaguaribe Telefone: (12) 3664.2949 - CEP. 12.460-000 - Campos do Jordão - SP


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Página 15 Câmara Municipal de Campos do Jordão O Presidente da Câmara Municipal de Campos do Jordão, Vereador Luiz Filipe Costa Cintra, tem a honra de convidar para a Sessão Solene Comemorativa ao 139º Aniversário de Fundação de nossa cidade, a realizar-se às 20 horas do dia 03 de maio de 2.013, no Plenário desta Edilidade, quando serão entregues os seguintes Diplomas: Diploma Empresário do Ano João Carlos dos Reis

Diploma Comerciário do Ano Eliana Cardoso Mendes

Título de Trabalhador Jordanense Título de Servidor Público Jordanense Maria de Fátima Pinho Viana Antonio Augusto Grabner Monteiro

CAMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DO JORDÃO Torna Publico a Homologação/Adjudicação do Processo Administrativo Nº 307/CL/2013 - Convite nº 02/CL/2013 – Objeto: Contratação de Empresa para fornecimento de produtos de limpeza e higiene. Vencedor: valor unitário global – R$ 241,98 (duzentos e quarenta e hum reais e noventa e oito centavos), empresa NATHÁLIA DE ALMEIDA TIZZO – EPP. COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DO JORDÃO

Título de Desportista Emérito Título de Autoridade Eclesiástica do Ano Marcelo Luiz de Melo Pereira Pastor Hailton Duque do Nascimento Título de Produtor Rural Engº Agrº Rodrigo Veraldi Ismael

Título de Professor Padrão ProfºNilton Francisco de Lima

CAMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DO JORDÃO Torna Publico a Homologação/Adjudicação do Processo Administrativo Nº 309/CL/2013 - Convite nº 05/CL/2013 – Objeto: Contratação de Empresa para fornecimento de material de escritório. Vencedor: valor unitário global lotes 01 e 02 – R$ 26.038,80 (vinte e seis mil, trinta e oito reais e oitenta centavos), empresa J. R. DA SILVA PAPELARIA – ME.

Título de Professor Padrão da Pré-Escola Municipal Profª Vera Lúcia Caprecci Biagioni Comenda “Ordem da Araucária de Preservação Ambiental e da Paisagem” Adolpho Júlio Camargo de Carvalho Salim Isaac Rachid 1º Secretário

Luiz Filipe Costa Cintra Presidente

Gilmar da Silva Rios 2º Secretário

COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE CAMPOS DO JORDÃO

EDITAL - INTERDIÇÃO EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS, EXPEDIDO NOS AUTOS DE INTERDIÇÃO DE ROMULO AISLAN DE SOUZA, REQUERIDO POR MARIA CÉLIA DE SOUZA - PROCESSO Nº 116.01.2010.002717-3/000000-000 – Proc. 713/2010. O Doutor PAULO DE TARSO BILARD DE CARVALHO, MM. Juiz de Direito da 2ª. Vara Judicial da Comarca de Campos do Jordão, do Estado de São Paulo, na forma da lei, etc. FAZ SABER aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, por sentença proferida em 10/10/2012, foi decretada a INTERDIÇÃO de ROMULO AISLAN DE SOUZA, brasileiro, maior, RG n. 36.178.224-x, CPF n. 383.689.838-19, declarando-o absolutamente incapaz de exercer pessoalmente os atos da vida civil e nomeada como CURADORA, em caráter DEFINITIVO, a Sra. Maria Célia de Souza, RG n. 36.178.224-x, CPF n. 383.689.838-19, com endereço na Rua Candido Verbeiro, n. 65 – Vila Britania – Campos do Jordão/SP. O presente edital será publicado por três vezes, com intervalo de dez dias, e afixado na forma da lei. Nada mais. Dado e passado na cidade de Campos do Jordão em 23 de novembro de 2012. Justiça Gratuita 3/3

Jordão - SP, filha de RONALDO FAUSTINO DA COSTA e SOLANGE DIAS REZENDE DA COSTA

EDITAL - INTERDIÇÃO

SÉRGIO LUIZ ELÍDIA, de nacionalidade Brasileira, solteiro, pintor, nascido em Campos do Jordão - SP em 13/3/1972, residente na Rua Antônio Benedito de Freitas, 20, Britador, Campos do Jordão - SP, filho de e IZABETH ELÍDIA e ADELAIDE DOMINGOS DA SILVA, de nacionalidade Brasileira, solteira, costureira, nascida em Campos do Jordão - SP em 28/4/1987, residente na Rua Codórna, 81, Vila Santo Antônio, Campos do Jordão - SP, filha de AGENOR DA SILVA e GONÇALINA DOMINGOS DOS SANTOS

Pousada de alto padrão ADMITE-SE

Se alguém souber de algum impedimento, deverá opor na forma da lei, em cartório, na Avenida Frei Orestes Girardi, 2169, loja 02, Abernéssia, Campos do Jordão - SP, telefone: (12) 3662-3386, www.registrocivilcamposdojordao.com -e-mail: oficial@registrocivilcamposdojordao.com

EDITAL PARA CONHECIMENTO DE TERCEIROS, EXPEDIDO NOS AUTOS DE INTERDIÇÃO DE DIONES ROBERTO AMARAL MELO, REQUERIDO POR LIRDES QUINTANILHA DA SILVA - PROCESSO Nº 0000521-05.2011.8.26.0116 – PROC. 173/2011. O Doutor FELIPE ESTEVÃO DE MELO GONÇALVES, MM. Juiz de Direito da 2ª. Vara Judicial da Comarca de Campos do Jordão, do Estado de São Paulo, na forma da lei, etc. FAZ SABER aos que o presente edital virem ou dele conhecimento tiverem que, por sentença proferida em 14/02/2013, foi decretada a INTERDIÇÃO de DIONES ROBERTO AMARAL MELO, declarando-o absolutamente incapaz de exercer pessoalmente os atos da vida civil e nomeada como CURADORA, em caráter DEFINITIVO, a Sra. Lirdes Quintanilha da Silva. O presente edital será publicado por três vezes, com intervalo de dez dias, e afixado na forma da lei. Nada mais. Dado e passado na cidade de Campos do Jordão em 27 de março de 2013. Justiça gratuita 1/3

ASSISTENTE ADM - RECEPCIONISTA - CAMAREIRA MANUTENCIONISTA Ambos com experiência MÍNIMA DE 01 ANO comprovada em carteira de trabalho e referencias. Apresentar curriculum á Rua das Hortênsias 605 A/C DE FERNANDO 12 3664 53 33(DAS 15H AS 23HORAS) A empresa MONICA BASTOS RENNO, situada na cidade de São Bento do Sapucaí, à AC Condomínio Bairro da Campista – Serrano s/nº, Bairro Campista, CNPJ nº 15.468.073/0001-80, Inscrição Estadual nº 634.009.362.111, comunica o extravio do TALÃO de Notas Fiscais Modelo 4, Nota Fiscal de Produtor de nº001 à 050 ( não utilizadas) 1/3 A empresa FEA CONCEPT LTDA - ME., situada nesta cidade, à Av.Macedo Soares nº499, EUC 31, Vila Capivari, CNPJ nº 11.962.559/0001-19, Inscrição Estadual nº 246.122.253.112, comunica o extravio do TALÕES de Notas Fiscais série D/1 nº 051 à 067 ( utilizadas) nº068 à 250 ( não utilizadas) e Notas Fiscais M-1 de nº001 à 013 ( utilizadas ) e nº014 à 050 ( não utilizadas) 1/3

Editais de Casamento Vivian Ribeiro Prado, Escrevente Substituta do Oficial Registro Civil das Pessoas Naturais e de Interdições Tutelas da Sede da Comarca de Campos do Jordão, faz saber que pretendem se casar: DIEGO APARECIDO PAULINO, de nacionalidade Brasileira, solteiro, vigilante, nascido em Campos do Jordão - SP em 20/11/1987, residente na Rua Álvaro Alvim, 45, Casa 06, Vila Paulista, Campos do Jordão - SP, filho de JOSÉ FRANCISCO PAULINO e APARECIDA DOS SANTOS RAMOS PAULINO e MAIRA CRISTINA DOS SANTOS, de nacionalidade Brasileira, solteira, balconista, nascida em Campos do Jordão - SP em 7/2/1986, residente na Rua Avelino Gonçalves Silva, 61, Vila Jaguaribe, Campos do Jordão - SP, filha de CARMO DOS SANTOS e DORVINA DA SILVA SANTOS WESLEY SCHUAB VIEIRA, de nacionalidade Brasileira, solteiro, guarda municipal, nascido em Jequitibá - MG em 3/12/1992, residente na Rua José Correa, 1120, Floresta Negra, Campos do Jordão - SP, filho de GETULIO MATEUS VIEIRA e FLORINDA MARIA SCHUAB VIEIRA e RITA PAOLA DE CAMPOS AOKI, de nacionalidade Brasileira, solteira, do lar, nascida em Campos do Jordão - SP em 1/8/1994, residente na Avenida Frei Orestes Giradi, 441, Abernéssia, Campos do Jordão - SP, filha de CARLOS ROBERTO AOKI e MONICA VIEIRA DE CAMPOS VICENTE LUCAS DOS SANTOS MORAES, de nacionalidade Brasileira, solteiro, repositor, nascido em Piranguçu - MG em 16/9/1989, residente na Avenida Emilio Ribas, 588, Vila Capivari, Campos do Jordão - SP, filho de LUIZ CARLOS DE MORAES e MARISA AGOSTINHO DOS SANTOS e CARLA BIANCA DA SILVA, de nacionalidade Brasileira, solteira, diarista, nascida em Itajubá - MG em 8/6/1990, residente na Avenida Emilio Ribas, 588, Vila Capivari, Campos do Jordão - SP, filha de JOSÉ CARLOS DA SILVA e MARIA AUXILIADORA PEREIRA DA SILVA VALMIR FERREIRA LEMOS, de nacionalidade Brasileira, divorciado, lavrador, nascido em Bela Vista de Utinga - BA em 18/12/1953, residente na Rua Açude, 160, Miraflor, Campos do Jordão - SP, filho de OTACILIO FERREIRA LEMOS e ODETE DE SOUZA LEMOS e MARIA APARECIDA DE JESUS FERREIRA, de nacionalidade Brasileira, divorciada, do lar, nascida em Brazópolis - MG em 28/6/1965, residente na Rua Açude, 160, Miraflor, Campos do Jordão - SP, filha de JOAQUIM AUGUSTO FERREIRA e MARIA MAGDALENA DE SOUZA FERREIRA DANNY ROMEIRO DOS SANTOS, de nacionalidade Brasileira, solteiro, motorista, nascido em Campos do Jordão - SP em 25/11/1984, residente na Rua hum, sem número, Bolco B, Casa 24, Céu Azul, Campos do Jordão - SP, filho de EUCLIDES DOS SANTOS e MARIA LÚCIA ROMEIRO DOS SANTOS e ANA PAULA BARON, de nacionalidade Brasileira, divorciada, cozinheira, nascida em Pamitos - SC em 21/8/1985, residente na Rua Diogo Toledo de Lara, 594, Alto do Vila Inglesa, Campos do Jordão - SP, filha de HARY JOSÉ BARON e NATÁLIA BARON ADILSON FÉLIX DE LIMA, de nacionalidade Brasileira, divorciado, aposentado, nascido em Bopm Sucesso - PR em 7/2/1969, residente na Rua Colinas do Capivari, 71, Alto de Capivari, Campos do Jordão - SP, filho de BENEDITO CASADO DE LIMA e ANTÔNIA FÉLIX DE LIMA e CLEUZA MARIA DA SILVA, de nacionalidade Brasileira, divorciada, doméstica, nascida em Campos do Jordão - SP em 27/5/1966, residente na Rua Maria Nogueira Paixão, 220, Jardim Sumaré, Campos do Jordão - SP, filha de e VERA PINTO DA SILVA CARLOS JOSÉ DA SILVA, de nacionalidade Brasileira, divorciado, mecânico, nascido em Itararé - SP em 15/8/1959, residente na Rua Dorival de Carvalho, 535, Vila Nova Suiça, Campos do Jordão - SP, filho de ANÉSIO JOSÉ DA SILVA e MARIA JOSÉ DA SILVA e MARIA LUCIA DA SILVA, de nacionalidade Brasileira, divorciada, vendedora, nascida em Cornélio Procópio - PR em 6/5/1960, residente na Rua Dorival de Carvalho, 535, Vila Nova Suiça, Campos do Jordão - SP, filha de VALDEVINO CLAUDINO DA SILVA e ELZA COSTA E SILVA RAFAEL WILTON DOS SANTOS, de nacionalidade Brasileira, solteiro, operador de máquina, nascido em Campos do Jordão - SP em 16/9/1986, residente na Rua Nevoeiro, 131, Brancas Nuvens, Campos do Jordão - SP, filho de e IRIA BARBOSA DOS SANTOS e PRISCILA REZENDE DA COSTA, de nacionalidade Brasileira, solteira, professora de informática, nascida em Campos do Jordão - SP em 22/12/1988, residente na Rua I, 40, Alto do Vila Inglesa, Campos do

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA DE CAMPOS DO JORDÃO COMISSÃO DE AVALIAÇÃO – PORTARIA 192/2013

COMUNICADO A Comissão de Avaliação nomeada pelo Exmo. Prefeito de Campos do Jordão, através da Portaria 192/2013, em face das circunstâncias de difíceis apurações para se evidenciar a certeza de muitos débitos que foram gerados em nome da Prefeitura Municipal e em face da necessidade de adotar procedimentos claros e isonômicos para tentar resolver os débitos em aberto definidos como “restos à pagar”, comunica a todos as pessoas físicas e jurídicas que mantenham créditos inscritos em “Restos à Pagar”, decorrentes da entrega de materiais, bens ou serviços durante os exercícios financeiros de 2003 à 30/04/2012, tendo a Prefeitura Municipal da Estância de Campos do Jordão como devedora, que deverão recadastrar e confirmar os seus créditos até a data de 07/05/2013 através de requerimento solicitando o pagamento do débito, expondo a origem do seu crédito, que tipo de bens, materiais ou serviços foram entregues, o valor do respectivo crédito, declarando que aceita o pagamento em parcelas e, ainda, que este requerimento seja acompanhado dos seguintes documentos: a) Cópia da Nota Fiscal que dera origem ao crédito; b) Cópia da Nota de Empenho; c) Cópia da Ordem de Fornecimento dos materiais bens os serviços contratados pela Prefeitura; d) Se o débito decorre de algum contrato, convênio, termo de parceria ou outro instrumento jurídico, deverá ser entregue cópia deste, bem como cópia dos aditamentos que porventura tiverem sido celebrados; O requerimento, acompanhado dos documentos acima mencionados, deverá ser protocolado na Secretaria Municipal de Finanças, localizada na Av. Frei Orestes Girardi no. 893, de 2ª. À 6ª. Feira, no horário das 13h00 às 17h00. O não atendimento das exigências e informações no prazo acima estipulado ensejará a tomada de medidas administrativas no âmbito da competência discricionária da Administração Municipal. A Comissão declara que o referido recadastramento não gera garantia de direitos. Campos do Jordão, 04 de Abril de 2013. WALDEMAR JUNQUEIRA FERREIRA NETO

RICARDO EUGÊNIO ROSSI

MARCELO PADOVAN MARCOS ANTONIO CHIOVETTI EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSOCIAÇÃO DOS GUARDADORES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES DE CAMPOS DO JORDÃO 15 de maio de 2013 horário: das 17h00 às 18h00 em 1ª convocação das 18h00 às 19h00 em 2ª convocação Pauta: Eleição da Nova Diretoria Rua Duque de Caxias, 62 - casa 2 - Abernéssia

DR. CARLOS EDUARDO PEREIRA ASSAF

VENDE-SE Uma loja no centro de Abernéssia em Campos do Jordão - SP Tratar no Telefone: (12) 9655.6026


O Povo #89 - 11 de abril de 2013

Segunda Capa

Polícia Militar

No dia 6 de abril, a Policia Militar prendeu três adultos e apreendeu outros 3 adolescentes, todos em ocorrências de porte ilegal de arma, tráfico de entorpecentes e roubo Por volta das 01:00 h, durante Operação Direção Segura, surpreenderam o menor A.L.S.F., dirigindo um veículo de propriedade de sua família. Durante a vistoria, os Policiais Militares localizaram, dentro do veículo, uma espingarda calibre .44 e 8 (oito) papelotes de cocaína. O menor foi apreendido com os materiais e conduzidos ao Distrito Policial. A mãe do menor disse que o adolescente é

“pessoa de bem e trabalhador e o cocaína e mais de R$ 200,00 (dufato só aconteceu por causa das zentos reais) em dinheiro, provavelmente oriundo da venda de más companhias”. entorpecentes. Dois dos detidos Já, por volta das 03:00 h, outros já era conhecidos do meio poliPoliciais Militares suspeitaram de cial, pois já haviam sido detidos um veículos com 4 (quatro) ocu- anteriormente um por Roubo a pantes e ao determinar a parada Residência e o outro por furto. do veículo e procederem a busca pessoal em G.P.B.O., N.M.S.L., Ainda no dia 06/ABR/13, por volJ.R.R. e F.S.S.G., lograram encon- ta das 19:40 h, após solicitação via trar 27 (vinte e sete) papelotes de telefone 190, Policiais Militares

A fé de cada um Benilson Toniolo Geral

A mulher entrou apressada na loja vazia no Centro da Cidade e, ainda da porta, perguntou ao comerciante: - Moço, tem aí a Santa Edwiges? E ele, sem nem tirar os olhos da gaveta aberta no caixa, onde confere umas anotações: - Último corredor, lá no fundo. Tem Santa Gertrudes, também. Santa Clara, Santa Ana, Santa Inácia... A mulher está com pressa. Anda apressada, alvoroçada, vai e volta com duas estatuetas iguaizinhas nas mãos: - Mas essa aqui não é Santa Edwiges. - É, sim senhora. Pode conferir, está escrito embaixo. Ela dá uma olhada, acha o nome, não se convence. - Mas está tão diferente. Tão pequena... - É essa mesma. Se a senhora quiser, deve ter mais no depósito.

de Campos do Jordão obtiveram êxito em prender M.O.R., que havia acabado de roubar a bolsa de uma mulher na Rua Brigadeiro Jordão. O mesmo foi reconhecido pela prática do delito e conduzido ao Distrito Policial local, onde foi autuado em flagrante.

realizado pelos Policiais Militares na região da Serra da Mantiqueira, incluindo ações diárias no combate à criminalidade. A população pode ajudar a Polícia Militar no combate à criminalidade fornecendo informações a respeito de irregularidades por meio do telefone A prisão destes indivíduos repre- 190, do disque denúncia PM senta a continuidade de um tra- 0800 555 190 ou do disque debalho incessante que vem sendo núncia – 181. O CINEMA DE CAMPOS DO JORDÃO ESTÁ DE VOLTA PROGRAMAÇÃO DO MÊS DE ABRIL/2013 Espaço Cultural Dr. Além (antigo Cine Glória) Av. Dr. Januário Miráglia, 1582 - Abernéssia ENTRADA FRANCA

Mas tudo do mesmo tamanho. Quer que eu traga, para a senhora ver? Ela hesita, revira as mercadorias em seu silêncio de dúvida. - E vela,moço? Tem vela? - No mesmo corredor, só que mais pro meio. Vela branca ou colorida? Ela não responde. Volta ao corredor, na mesma caminhada frenética. Demora-se um pouco mais. Segundos depois retorna, traz as velas brancas e as santas. Passa pelo caixa, procura o dinheiro na bolsa. Distribui cédulas e moedas pelo balcão. - Pra presente? - É pra mim mesmo. Precisa, não. O homem, pacientemente, embrulha tudo em jornais velhos que guarda nos fundos do móvel. Confere o dinheiro, não carece troco. Do mesmo jeito que entrou, sai, correndo atarefada pela tarde calorenta. Minutos depois ela volta, vem pela calçada na direção contrária. Desta vez não entra, limita-se a esticar o pescoço e não tira sequer os óculos escuros: - O senhor tem certeza que é Santa Edwiges, né? Ele assente, diz que sim com os bigodes e com a cabeça. Nos fundos da loja, ainda na parte dedicada aos santos, as estátuas permanecem caladas e distantes, com seus olhos pintados de azul e seus rostos de infinita tolerância. A ignorar a humanidade e suas incompreensíveis urgências.

dia 18 de abril - quinta feira - às 19h30 JANELA INDISCRETA, de Alfred Hitchcock com: James Stwart, Grace Kelly, Wendell Corey, Thelma Ritter - 14 ANOS dia 19 de abril - sexta feira - às 19h30 REBECCA, A MULHER INESQUECÍVEL, de Alfred Hitchcock com: Laurence Olivier, Joan Fontaine, George Sanders - 14 ANOS dia 21 de abril - domingo - às 15h00 A CASA MONSTRO, de Gil Kenan animação - Amblin Enterteinment Studios para Columbia Pictures - LIVRE dia 26 de abril - sexta feira - às 19h30 DISQUE M PARA MATAR, de Alfred Hitchcock com: Ray Milland, Grace Kelly, Robert Cummings, John Williams - 16 ANOS dia 27 de abril - sábado - às 19h30 UM CORPO QUE CAI, de Alfred Hitchcock com: James Stuart, Kim Novak, Barbara Del Geddes, Tom Helmore, Leo Britt - 14 ANOS dia 28 de abril - domingo - às 15h00 A VIAGEM DE CHIHIRO, de Hayao Miyazaki - animação Studios Ghibli - Japão - LIVRE

3662.5244


O POVO #89