Issuu on Google+

manual de normas


3

Introdução

4 4 5 6 7

Logotipo Símbolo Conceito Cor Grelha simbolo

8 9 10

Tipografia Cor - Tipografia Grelha

11 12 13 14

Versões Secundárias Cor Monocromia Imagem e Aplicação


No contexto institucional do Hospital de Faro, pretende-se a implementação de medidas que visem a igualdade de género. O Hospital de Faro apresenta uma relação de três (3) mulheres (76%) para cada homem (24%), aparentando à primeira vista uma desigualdade de género acentuada. Esta relação tem sido constante pelo menos entre 2008 a 2012, embora o número de funcionários na instituição tenha aumentado. Desta forma, a fim de analisar a real situação desta desigualdade foi constituído um grupo de trabalho com o objetivo de implementar de medidas que visem a igualdade de género na instituição.t

3


Para a identificação do projeto foi criado um logotipo cujo objetivo, para além da componente identificativa, pretende refletir a implementação das medidas que visam igualdade de género, assim como a atual situação da instituição sobre a temática. Desta forma, foram concebidos os símbolos gráficos para a identificação do projeto utilizando referências clássicas de representação de ambos os sexos.

símbolo mulher

4

símbolo homem


De forma a refletir a diferença na relação entre géneros foi concebido o seguinte esquema que funcionará como um módulo, onde os valores apontados assumem a percentagem de opacidade de cada uma das peças do módulo.

76%

100%

50%

24% 76% mulheres (cálice) ano 2011-1819 funcionárias

100% total de 2394 funcionários

50% objetivo da igualdade de género

24% homens (lâmina) ano 2011- 574 funcionários

5


As cores aplicadas ao símbolo são facilmente associados ao género correspondente pelo público-alvo.

azul (c100) - menino

rosa (m100) - menina).

As cores foram aplicadas ao símbolo correspondente, criando uma fácil identificação. No entanto, a paleta cromática pode ser alterada conforme o tipo de evento (ver versões secundárias-cor). 6


7


A família tipográfica escolhida foi Myriad Pro devido à sua variedade de corpos, por ser uma tipografia limpa e clara, de fácil leitura tanto em suportes impressos quer digitais. Por ser uma fonte não serifada (semelhante à frutiger), o seu desenho transmite um espírito moderno e institucional. Myriad Pro - regular abcdefghijklmnopqrstuwvxyz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUWVXYZ Myriad Pro - semibold abcdefghijklmnopqrstuwvxyz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUWVXYZ Myriad Pro - bold abcdefghijklmnopqrstuwvxyz ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUWVXYZ 8


A tipografia foi também alvo de atenção cromática, devendo ser aplicado, no nome do projeto: Igualdade de Género, o padrão, criado através da aplicação dos módulos, em verde (c50; y100). No entanto, tal como o símbolo, este elemento é mutável, devendo ser aplicada à tipografia a mesma cor do símbolo (ver versões secundárias – cor). No tema do projeto: Saúde e Desenvolvimento Socioeconómico (relação de ½X com o nome), a cor deve ser sempre K75% (cinzento) nas versões com cor, a branco na versão monocramática branca e preta na versão monocromáticas preta.

9


10


12


13


Pretendendo-se a criação de uma relação harmoniosa entre o símbolo e a tipografia (logotipo), foi desenvolvida uma grelha onde os dois elementos se coadunam de modo simbiótico. De forma a aplicar o logotipo em diversos contextos, o logotipo pode assumir diversas cores para além da aplicação original, sendo esta a paleta cromática sugerida para o efeito. Desenvolvidas para aplicações monocromáticas apresentam-se as versões: A imagem deste projeto pretende-se dinâmica e ricamente suportada pala paleta cromática. Cada módulo (conceito) pode ser utilizado de forma independente ou em grupos para formar uma malha, que em conjunto com a cor define a imagem do projeto. Desta forma, se cada peça de um módulo tem um significado diferente, em 14

conjunto significam a massa de profissionais da instituição e a sua diversidade.


designed by: Gabinete de Comunicação

D.er Luís Baptista Grupo de Trabalho Igualdade de Género - Saúde e Desenvolvimento Socioeconómico apoio

organização


Manual de normas igualdade de género visualização