Page 1

ANO IV • NÚMERO 42 • SETEMBRO 2009

COMÉRCIO CONTA COM SOLUÇÃO PARA RECUPERAR DÍVIDAS VENCIDAS Veja como o registro de inadimplentes pode resultar na rápida recuperação de valores  Página 9

OPINIÃO

Comércio reivindica direito de desconto nas compras à vista com dinheiro ou cheques  Página 5

PLANSEQ

Programa forma novas turmas e disponibiliza jovens capacitados para o comércio  Página 8


02CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 PALAVRA DA

PRESIDÊNCIA Francisco Freitas Cordeiro

M

esmo não sendo tradicionalmente um dos melhores períodos para o comércio, temos muito a comemorar no mês que se inicia. Primeiro, a retomada da trajetória de crescimento econômico do Brasil, reduzindo a taxa de desemprego. Mais empregos no País representam mais negócios locais, já que a economia do Ceará está bastante integrada à economia nacional. Além disso, dados do IBGE, de junho/2009, revelam o dinamismo do varejo cearense, tendo sido o terceiro estado com maior desempenho em volume de vendas. Neste primeiro semestre, a expansão do comércio do Ceará obteve um crescimento em torno de 9%, número muito acima da média nacional. Outra boa notícia é a injeção da primeira parcela do 13º salário dos aposentados e pensionistas, um adicional de renda que vai animar o comércio. Chamamos a atenção para a matéria de capa desta edição, que trata de um tema relevante para o nosso associado: o registro dos inadimplentes no banco de dados do Serviço de Proteção ao Crédito. Estatísticas do SPC Brasil revelam que 24% dos débitos registrados no SPC são quitados em até 13 dias, prazo de recebimento da notificação pelo devedor, constituindo-se, portanto, numa importante ferramenta de recuperação de crédito para o comércio. No próximo dia 16/09, estamos trazendo a Fortaleza o economista Gustavo Loyola, para palestrar sobre “Perspectivas da Economia Brasileira”. O evento marca o lançamento da campanha “Fortaleza Liquida”, um grande festival de promoções que vai aquecer ainda mais o comércio cearense, no mês de março do ano que vem. Fortaleza, 28 de agosto de 2009.

CONSCIÊNCIA CIDADÃ Evite ligar o ar condicionado se estiver em local bem arejado, pois além de reduzir o gasto de energia, você ficará menos exposto à ação de bactérias, vírus, fungos, mofo e ácaros.

ANÁLISE DO

MACROAMBIENTE A crise financeira mundial segue como principal tema dos debates econômicos em todo o mundo. Na Europa, Ásia e nos EUA o movimento recessivo já dá sinais de enfraquecimento, o que não significa que a economia daqueles países voltaram ao dinamismo do momento pré-crise. No segundo semestre deste ano, o PIB dos Estados Unidos caiu 1%, sendo este o quarto trimestre de redução seguida. Contudo, o resultado foi melhor que o esperado pelo mercado, o qual aguardava uma queda de 1,5%. De acordo com o Departamento de Comércio norte-americano, esta sequência de queda trimestral do PIB não ocorria desde 1947. Na Ásia, o Japão parece ser o país mais afetado, apresentando uma taxa de desemprego da ordem de 5,4%, em julho/2009, nível mais elevado dos últimos seis anos. A China, país mais orientado para o mercado externo, tem apresentado maior dinamismo que os demais. Agora em julho, suplantou o posto da Alemanha de maior exportador mundial. Enquanto inicia sua recuperação, o premier chinês ainda defende forte intervenção para afastar o fantasma da recessão. No Brasil, a economia já dá mostras que saiu da recessão técnica (definida como a ocorrência de dois trimestres seguidos sem crescimento), com o desemprego recuando para 8%, em julho deste ano. O crédito ao setor privado voltou a crescer, saindo de R$ 708 bilhões, em junho/2009, para R$ 781 bilhões, em julho, mantendo um crescimento consistente durante os últimos três meses. De fato, a volta da expansão do crédito é uma tendência irreversível, o que sinaliza um reaquecimento do consumo interno nos próximos meses. Em agosto, o índice da BOVESPA deverá atingir um crescimento da ordem de 4,8%, sendo as ações, de longe, o ativo de maior retorno. Ao longo do ano, os ganhos já superam 53,5%, ainda com fôlego para atingir 60% de ganhos este ano. As taxas de juros ao consumidor tam-

bém têm diminuído, mas a um ritmo lento quando se compara com o crédito empresarial. A inadimplência parece ser uma das explicações para esse fato, já que a mesma voltou a crescer em julho. Balança Comercial com saldo positivo

Em agosto, a balança comercial brasileira deverá fechar com superávit superior a R$ 2,3 bilhões, com um bom desempenho das exportações. As importações também fecharam em alta, em virtude do reaquecimento da economia, incrementando a absorção interna. Até agosto/2009 o saldo deve superar U$ 15,5 bilhões. O desempenho do saldo tem sido influenciado pela baixa performance do Dólar. A moeda americana deve fechar o mês de agosto/2009 com 0,5% de desvalorização. Essa tendência de queda tem sido determinada pela entrada de investimentos externos no Brasil, principalmente no mercado acionário, empurrando o Dólar para um patamar provável de R$ 1,75 até o final de 2009. Volume de Crédito bate recorde em agosto

O Banco Central anunciou um novo recorde no volume de crédito no Brasil, superando R$ 1,3 trilhões. O crescimento foi da ordem de 2,6%, em agosto, e no acumulado de 12 meses a expansão foi de 20,8%. Esse resultado foi fortemente influenciado pelo empréstimo do BNDES à Petrobrás, no valor de R$ 25 bilhões, já que o crédito ao consumidor cresceu apenas 2,5% e o crédito empresarial diminuiu 0,7%. Para pessoas físicas a expansão foi de 1,4%. O BACEN já está revendo sua estimativa para relação crédito/PIB, em 2009, sugerindo um patamar de 47%. Isso significa que o crédito deve continuar impulsionando as compras no comércio.

EXPEDIENTE O informativo Conjuntura do Comércio é uma publicação da CDL de Fortaleza. Presidente: Francisco Freitas Cordeiro 1° vice-presidente: Pio Rodrigues Neto 2° vice-presidente: Francisco Deusmar de Queirós Concepção gráfica: Rodrigo Cunha Produção textual: Luciana Vasconcelos Jornalista responsável: Dégagé Assessoria Tiragem: 6.000 exemplares Sugestões e comentários: gerencia.marketing@cdlfor.com.br

Rua 25 de Março, 882 • Centro CEP 60060-120 • Fortaleza-CE Fone: (85) 3433.3000 Fax: (85) 3433.3044 www.cdlfor.com.br


SETEMBRO 2009 • CONJUNTURA DO COMÉRCIO

03

ANÁLISE DO

SETOR DE COMÉRCIO

E

m junho/2009 o comércio varejista brasileiro manteve sua tendência de alta consistente dos últimos 18 meses, apresentando um crescimento de 1,7% no volume de vendas em relação ao mês anterior. Na comparação com junho/2008, o crescimento foi de 5,6%, e no acumulado dos últimos 12 meses a expansão se manteve no patamar de 6%. Os segmentos do varejo nacional que apresentaram maior crescimento foram Equipamentos e Material para Escritório, Informática e Comunicação (15,6%), Veículos e Motos/Partes e Peças (11,1%) Tecidos/Vestuário e Calçados (10,1%), Móveis e Eletrodomésticos (3,3%) Avaliando pela importância global, o segmento de Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, ofereceram as maiores contribuições ao crescimento do volume de vendas, superando 8%, em junho, comparado com o mesmo mês do ano anterior. De novo, os produtos do segmento de informática e telecomunicações se apresentam como um dos carros-chefe do setor, em 2009, tendo como explicação para esse desempenho a queda de 5% nos preços dos computadores e de 3,2% nos preços dos celulares nos últimos 12 meses. Além disso, a mudança de hábitos dos brasileiros, com a necessidade de estar mais conectado, tem levado a uma procura maior por esses dispositivos. O Ceará repetiu em junho o desempenho do mês de maio/2009, apresentando um crescimento de 11% com relação ao mesmo mês de 2008. Esse foi o terceiro maior desempenho, perdendo apenas para o Piauí (19,4%) e Sergipe (15,2%). Os estados com os piores desempenho foram o Espírito Santos (-2,5%) e Tocantins (-2,2%). No acumulado do ano, o volume de vendas no estado do Ceará expandiu 8,9%, mais que o dobro da média de crescimento no Brasil (4,4%). Os segmentos mais promissores são os de Combustíveis e Lubrifi-

cantes (17%) e Hipermercados e Supermercados (12%). Adiantamento do 13º dos aposentados movimenta comércio

Na última semana de agosto foi feita antecipação da 1ª parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas, pagamento que será feito em conjunto com o benefício do mês. No Brasil, a injeção de renda atingirá o nível de R$ 7,98 bilhões na economia do País, um crescimento superior a 12% sobre o adiantamento do ano passado. No Ceará, serão beneficiados cerca de 974 mil aposentados, os quais devem receber em torno de R$ 262,8 milhões. Somando com o benefício mensal, os aposentados e pensionistas no Ceará receberam em agosto uma renda total de R$ 821,2 milhões. Realmente, trata-se de um público-alvo que destina seus gastos com as necessidades da família, o que deve impulsionar as vendas de alimentos, eletrodomésticos, incluindo computadores, e material de construção, principalmente em uma conjuntura de retorno do crédito ao consumidor. Comércio Eletrônico cresce 27% no 1º semestre

O comércio eletrônico brasileiro atingiu no primeiro semestre deste ano a cifra de R$ 4,8 bilhões, um crescimento de 27% sobre o mesmo período do ano passado, conforme relatório da Consultoria E-bit. O ticket médio foi de R$ 323,00, concentrados principalmente em produtos de informática e eletrodomésticos. De acordo com a E-bit, cerca de 55% das compras se concentram no segundo semestre do ano, o que deve gerar um comércio de R$ 5,8 bilhões de reais. Houve um crescimento de 22% dos consumidores, atingindo o número de compradores superior a 16 milhões de pessoas, resultado de uma maior confiança dos

DESEMPENHO DO VAREJO Setores com maior crescimento no Brasil (comparativo entre os meses de junho de 2009 e junho de 2008):  Equip. Material Escritório, Informática e Comunicação 15,6%  Veículos e Motos, Partes e Peças 11,1%  Tecidos, Vestuários e Calçados 10,1%  Móveis e Eletrodomésticos 3,3% Fonte: IBGE/PMC junho/2009

internautas na segurança das transações pela Internet. Segundo Guasti, a entrada de mais lojas com marcas confiáveis tem atraído os novos consumidores, deixando-os mais à vontade para efetuarem suas compras. Os preços também são uma vantagem à parte, inserindo compras maiores com uso de cartão de crédito. Outra informação relevante é que, de acordo com o levantamento da E-bit, cerca de 86% dos internautas que compram na web estão satisfeitos com o mercado on-line.

Houve um crescimento de 22% dos consumidores, atingindo o número de compradores superior a 16 milhões de pessoas, resultado de uma maior confiança dos internautas na segurança das transações pela Internet A rapidez e a comodidade das compras pela internet tem sido um grande aliado desse crescimento, já que o consumidor pode encontrar as mais variadas opções de produtos, serviços e formas de pagamento. Os produtos mais comprados foram livros e jornais, produtos de saúde/beleza e medicamentos e produtos de informática. Consultas ao SPC crescem em agosto

O volume de consultas ao SPC, referentes ao mês de Agosto/2009, teve um crescimento de 18,2% em relação ao mesmo mês do ano passado (Agosto/2008). Em relação a Julho/2009, o crescimento foi positivo em 12%. Tomando como base o período de janeiro a agosto/2009, as consultas ao SPC da CDL de Fortaleza cresceram 1,48% em relação ao ano anterior (2008). As inclusões/ negativações apresentaram uma queda de 18,2% no mesmo período e as exclusões/ regularizações também caíram por volta de 36%. Pela indicação dos números, o SPC tem se incorporado como um importante apoio ao varejista, na sua política de seleção de clientes e análise de risco. A procura pelo serviço tem apresentado crescimento consistente a cada semestre.


04 CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 PARA ONDE VAI

O COMÉRCIO

Como ganhar dinheiro com o Twitter

V

ocê sabe o que é o twitter? Para quem ainda não sabe, o twitter é uma das redes sociais que mais cresce no mundo, e provavelmente uma das que criarão um forte impacto na maneira de nos comunicarmos nos próximos tempos. Para aqueles que não conhecem, o twitter é uma ferramenta gratuita (sim, grátis!), que funciona similar à um microblog. No Twitter são permitidos apenas 140 caracteres por postagem. O que poderia parecer como uma limitação, na verdade deu asas à imaginação, criando uma nova maneira de se comunicar. Há pessoas que utilizam a ferramenta para literalmente narrar cada passo dado. (Estou lendo/Estou vendo TV/Volto daqui a pouco/Vou tomar banho, e por aí vai...) Até aí você deve estar se perguntando: Mas o que que o twitter tem a ver com o varejo, e como posso utilizar este para vender mais? Uma das grandes sacadas do twitter, é que ao passo que voce adiciona amigos, você passa a acompanhar suas postagens automaticamente, algo como um Big Brother escrito. Então, ao passo que lhe adiciono, passo a acompanhar, ininterruptamente, todas as suas postagens, de forma voluntária (é o leitor que decide se vai segui-lo ou não) e muito mais interessante do que um spam, ou e-mail não desejado. Iniciado pelas revistas e canais de informação, que viram no twitter uma excelente oportunidade de divulgar as informações como pequenos “drops” aos leitores, alguns varejistas conseguiram visualizar excelentes novas oportunidades de mercado. Empresas como Tecnisa, Dell, Submarino, entre outras têm descoberto o impacto que o twitter pode causar nos próximos anos, utilizando de grandes e inteligentes estratégias.

Na verdade, o twitter permite lançar excelentes estratégias, como:  Divulgação e inscrição para eventos ou lançamentos;  Convites para se cadastrar à empresas ou à newsletters;  Divulgação de empregos e ofertas de trabalhos;  Propaganda sazonal: “Tem dúvida para presente de dia das mães? Acesse nosso site e veja excelentes promoções”;  Promoções instantâneas: Na próxima hora, quem ligar para xxxx-xxxx, ganha um super desconto na compra do produto X;  Promoção direta: Computador XPTO HD 500GB 4Gb Ram Placa de video 512Mb, por apenas R$ 1500,00. É interessante avaliar, que ao contrário de outras mídias de internet, a praticidade do twitter é incrível. Como até o momento só é possível postar através de texto, e da mesma maneira que todo mundo, não são necessários custos para a confecção e implantação de banners ou imagens específicas, otimizando o tempo e o custo das operações de divulgação e marketing. O twitter também pode ser uma excelente ferramenta para avaliar o feedback de seus consumidores, além de poder medir a fidelidade à sua marca. Ainda não é possível prever se o twitter será realmente um avanço ou somente uma febre como o Second Life (alguém se lembra disso?), onde várias empresas abriram até mesmo lojas virtuais – até a Globo chegou a entrar nessa onda! Entrentanto, se é gratuito e pode render tão bons frutos, por que não tentar? Caio Camargo Falando de Varejo (www.falandodevarejo.com.br)

POSICIONAMENTO

ESTRATÉGICO

C

om a volta do crescimento do PIB, levando a uma queda no desemprego, e a injeção do adicional do 13º para aposentados, a demanda voltou com força, principalmente das classes D e E, com ênfase na parte de alimentação e comunicação. Computadores, internet e telefonia móvel devem compor a nova cesta de consumo em todas as classes. Esse movimento deve manter o comércio varejista aquecido em 2009. Esse é também um bom momento para aproveitar o crescimento no Ceará, com forte geração de empregos e crescimento da massa salarial. Explorar áreas e bairros com pouca densidade de lojas pode ser uma boa tática. O comércio eletrônico volta a ser um foco importante, já que o crescimento de 27% demonstra que esse mercado veio para ficar.

Esse é também um bom momento para aproveitar o crescimento no Ceará, com forte geração de empregos e crescimento da massa salarial. Explorar áreas e bairros com pouca densidade de lojas pode ser uma boa tática. Portanto, duas sugestões surgem com clareza: aproveitar o ritmo de consumo das classes C, D e E neste segundo semestre e desenvolver uma estratégia mais agressiva de vendas pela internet. De quebra, vale conferir os preços dos produtos importados, já que a tendência é de queda do dólar nos próximos meses.

INDICADORES Dólar comercial Compra: R$ 1,878 Venda: R$ 1,879 INCC-DI No ano: 2,72% No mês: 0,32% IGP-DI No ano: -1,50% No mês: -0,45% Ibovespa No ano: 54% No mês: 5,5% * Atualizado em 27 de agosto de 2009.


SETEMBRO 2009 • CONJUNTURA DO COMÉRCIO

05

OPINIÃO

Comércio reivindica direito de dar descontos em vendas com dinheiro ou cheques

Q

uem efetuasse compras com dinheiro ou cheque, ao invés dos cartões de crédito ou débito, poderia conseguir bons abatimentos. Essa política diferenciada de descontos para clientes que compram à vista, com dinheiro ou cheque, é um dos projetos da classe lojista e contemplaria, principalmente, pequenos e médios empresários, que têm mais dificuldade em custear as despesas das operações com cartões de crédito e são mais dependentes do dinheiro a receber. A ideia, transformada em projeto de lei, teve o texto sugerido pelo senador Adelmir Santana (DEM-DF), vice-presidente da Frente Parlamentar Mista do Comércio Varejista, comissão formada para defender os interesses do segmento de comércio e serviços. A emenda foi aprovada em julho, no Senado, mas foi barrada em agosto pela Câmara Federal.

Caso seja sancionado, o projeto beneficiará principalmente os consumidores, que passariam a ter maior poder de negociação dos preços no ato da compra à vista. Apesar da rejeição, o movimento lojista, representado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas, sob presidência de Roque Pellizzaro, reafirmou que vai recorrer da decisão e mobilizar ainda mais esforços para que a medida seja votada novamente. Caso seja sancionado, o projeto beneficiará principalmente os consumidores, que passariam a ter maior poder de negociação dos preços no ato da compra à vista. Até o momento, essa diferenciação de preços por modo de pagamento é considerada prática abusiva, contrária ao Código de Defesa do Consumidor (CDC), passível de multas que variam entre R$ 200 e R$ 3 milhões, e a Portaria 118/94, do Ministério da Fazenda, considera a compra com cartão equivalente ao pagamento à vista. Na prática, porém, o uso do cartão de crédito onera as transações, com taxas que

BENEFÍCIOS AO CONSUMIDOR O movimento lojista continua em busca de uma maior autonomia na negociação de preços com o consumidor.

chegam até 7% sobre o valor das vendas. Além disso, o lojista leva até 30 dias para receber o dinheiro proveniente das vendas com cartão de crédito, sem considerar ainda as despesas com as maquinetas. Esses custos são, automaticamente, levados em conta na precificação da mercadoria, e quem sai perdendo nessa história é o consumidor, penalizado pelas elevadas taxas das operações por cartão de crédito, com preços mais altos. A saída encontrada pelos lojistas para resolver o impasse foi incentivar o uso de cheques e dinheiro por seus clientes, que receberiam, em contrapartida, a vantagem dos descontos. Nada mais justo do que recompensar quem proporciona o recebimento dos valores no ato da compra. A alternativa possibilita o aumento das vendas e, paralelamente, a oferta de preços mais justos. Mesmo benéfica para os consumidores, a iniciativa tem sido alvo de críticas. As administradoras de cartão de crédito alegam que o uso de cartões proporciona aos clientes maior segurança para lojistas e consumidores, posto que seriam evitados os cheques sem fundos. É preciso lembrar que o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), além de verificar a existência de

inclusões do CPF ou CNPJ, no cadastro nacional de inadimplentes, proporciona soluções como o Cheque Garantido, que ressarce lojistas com valores dos cheques que não possuírem fundos.

A saída encontrada pelos lojistas para resolver o impasse foi incentivar o uso de cheques e dinheiro por seus clientes, que receberiam, em contrapartida, a vantagem dos descontos. A verdade é que o uso do “dinheiro de plástico” se tornou uma prática conveniente e adotada por muitos consumidores. Segundo dados do Banco Central, os cartões representaram 53,8% do total de pagamentos de varejo, em 2008. Mesmo indivíduos que possuem condição para compra à vista, por não enxergarem vantagem no pagamento imediato, optam pela compra em parcelas, a perder de vista. Isso é também um dos fatores que concorrem para o endividamento, já que muitos consumidores não têm um controle rígido sobre seus gastos.


06 CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 DIÁLOGO COM O

EMPRESÁRIO

Mudança de paradigma nos negócios

O

mês de setembro é um período importante e que merece a atenção de muitas empresas no que diz respeito a seus aspectos fiscais, tributários e porque não dizer também nos aspectos comerciais, no relacionamento com seus clientes e fornecedores. A partir do dia 1º de setembro, cerca de 3.500 empresas de diversos segmentos econômicos passarão a adotar a Nota Fiscal Eletrônica nas operações de venda de mercadorias e produtos. Elas irão juntar-se ao grupo de empresas que já estavam obrigadas desde meados de 2008. No Ceará, já são mais de 5 mil empresas adotando essa nova forma de realização de operações comerciais, onde a autorização antecipada do fisco é necessária para que a nota fiscal possa ser emitida e a operação realizada. Essa nova metodologia permitirá um controle mais efetivo por parte do fisco das operações mercantis dos contribuintes que, por sua vez, precisam entender esse projeto como algo que traz benefícios no campo gerencial de seus negócios, na melhoria dos processos logísticos, comerciais e financeiros. Ainda em setembro, até o dia 30, muitas empresas contribuintes do ICMS e IPI estão obrigadas a informar suas operações de compra, venda e estoques, ou seja, a escrituração fiscal, por meio de uma nova metodologia chamada de SPED Fiscal ou Escrituração Fiscal Digital. Todas essas mudanças estão acontecendo rapidamente impulsionadas pela adoção crescente da tecnologia e comunicação e merecem melhor atenção dos empresários, que devem buscar orientação e direcionamento junto aos seus contabilistas, profissionais mais preparados e indicados para ajudar as empresas a entender os impactos que seus negócios terão, e buscarem juntos soluções e alternativas que ajudem a minimizar os riscos inerentes as mudanças para que possam adaptar-se a esse novo paradigma de negócios com mais tranquilidade e rapidez.

APREDENDO

NA PRÁTICA

A importância da função varejista Cláudia Buhamra Professora de Marketing da UFC/FEAAC Sócia da Buhamra & Romero Soluções Estratégicas

É

indiscutível a importância do varejo no mundo. Seria muito difícil se todos os produtos fossem distribuídos aos consumidores finais pelos próprios fabricantes. Estes teriam uma logística impensável, assim como os próprios clientes viveriam nas portas das suas casas em função das constantes visitas de fornecedores. Ainda que todos os fabricantes optassem por ter suas próprias lojas de varejo, o custo se elevaria bastante, o que refletiria negativamente sobre os preços finais dos produtos. Em meio a esse cenário, surge, então, a figura do varejista, aquele que compra para revender, que assume os riscos da armazenagem, prestando, assim, inestimável serviço à sociedade. Observem nas figuras abaixo duas possibilidades de distribuição de produtos, uma com e a outra sem a presença de varejista.

Distribuição sem varejistas (20 contatos)

PRODUTOR 1 PRODUTOR 2

CONSUMIDOR FINAL 2

PRODUTOR 3

CONSUMIDOR FINAL 3

PRODUTOR 4

CONSUMIDOR FINAL 4

PRODUTOR 5

Distribuição com varejistas (9 contatos)

PRODUTOR 1 CLIENTE 1 PRODUTOR 2 PRODUTOR 3 PRODUTOR 4

Cassius Regis A. Coelho Presidente do Sescap-CE – Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e Empresário da Contabilidade

CONSUMIDOR FINAL 1

PRODUTOR 5

CLIENTE 2 VAREJISTA

CLIENTE 3 CLIENTE 4

Mas porque, então, diante de tão grande importância, os varejistas, por vezes, enfrentam tantas dificuldades de sobrevivência? A resposta a essa pergunta pode estar exatamente na palavra SERVIÇO. O que falta aos varejistas é verem-se como fabricantes de serviços, o que é muito mais do que ser repassadores de produtos. Como revendedor, os varejistas não se diferenciam uns dos outros. Mas como prestadores de serviços, as possibilidades de fidelização dos clientes é enorme. É nos serviços que reside o diferencial de competitividade do varejo. São os serviços que encantam, conquistam e fidelizam. Recentemente andei à procura de uma máquina de lavar roupas. Empreendi uma peregrinação entre as lojas de eletrodomésticos da cidade e em todas elas encontrei o mesmo atendimento: técnico, frio, centrado na capacidade e no preço das máquinas. Percebi o mesmo automatismo em todos os vendedores, que estavam mais preocupados em me dar um cartãozinho, caso eu decidisse pela compra, posteriormente, do que em solucionar meu “problema”. Pra começar, nenhum perguntou aonde eu iria colocar a máquina. É, essa parece uma pergunta óbvia, mas não é, pois eu queria a máquina para minha casa de praia, o que deveria direcionar minha busca para máquinas com maior composição de plástico, em função da maresia do local. Mas esse foi um “detalhe” que tive que descobrir sozinha, investigando os vários tipos de máquinas existentes no mercado. Falta aos profissionais do varejo, e aqui se incluem os empresários e empregados, a percepção do negócio do ponto de vista do cliente. Satisfeito, o cliente lhe dará preferência nas próximas compras e ainda divulgará seu nome para outros compradores. Quanto mais se pergunta sobre a necessidade que levou o cliente à loja, mais rápido e facilmente se chega à oferta adequada, e, consequentemente, ao fechamento da venda, objetivo final da negociação.

claudia@buhamraeromero.com.br


SETEMBRO 2009 • CONJUNTURA DO COMÉRCIO

CASE DE

OLHAR

SUCESSO

N

ão é preciso ser especialista em bolsas e calçados femininos para lembrar com facilidade das marcas Meia Sola e Arezzo. Ainda que pareçam concorrentes, elas pertencem ao mesmo grupo. Ambas são voltadas aos públicos A e B, mas atendem a fatias diferentes deste nicho. A distinção aparece no mix de produtos, já que as grifes disponibilizadas são diferentes, e termina na comunicação com os clientes. Em comum, são desejos de consumo, por isso as marcas atraem também a classe C, no período das liquidações. Questão também pouco conhecida entre os consumidores são as ações de responsabilidade social, como a destinação de parte dos valores das vendas a um projeto que ajuda vítimas de violência doméstica e mães carentes.

Os Albuquerques têm muito o que comemorar. Com duas marcas já consolidadas no mercado cearense, a família lançou, recentemente, a L'Occitane, já internacionalmente conhecida. As lojas, abertas em Fortaleza há 23 anos, estão em 10 pontos na capital e na cidade de Juazeiro do Norte. A Arezzo no Ceará, por exemplo, é a 2ª maior rede franqueada do Brasil, sendo considerada uma franquia-modelo. Trata-se de uma empresa familiar que, para evitar conflitos, utiliza uma gestão compartilhada, na qual cada membro possui suas funções bem definidas, embora todos possuam ciência das atividades realizadas pelos demais.

JURÍDICO A empresa adota uma política de investimento na capacitação de seus 130 colaboradores. Para isso, conta com uma consultoria especializada, que além de participar da seleção dos funcionários promove treinamentos e prepara as vendedoras para atuarem como consultoras de moda. Irene é a mais antiga delas, com 22 anos e meio de trabalho. Começou como vendedora e hoje é a gerente de uma das maiores lojas. Os resultados de um atendimento diferenciado são os mais de 70.000 clientes cadastrados, dos quais quase 95% declaram-se plenamente satisfeitos. Um dos segredos do sucesso das marcas é a comunicação diferenciada. Um exemplo disso são as peças utilizadas, que procuram sempre fugir do tradicional. A empresa é pioneira no uso de algumas mídias em Fortaleza e produz sacolas que seguem as temáticas de cada campanha, dentre outras ações. Segundo André Albuquerque, diretor executivo da marca no Ceará, as campanhas Arezzo trazem, geralmente, artistas globais e as da Meia Sola mensagens de exaltação da mulher moderna. Muitas vezes, a comunicação é voltada a homens que desejam agradar esposas, namoradas e pretendentes. Os Albuquerques têm muito o que comemorar. Com duas marcas já consolidadas no mercado cearense, a família lançou, recentemente, a L'Occitane, já internacionalmente conhecida. A grife francesa de cosméticos oferece uma variada e sofisticada linha de produtos para cuidados com a pele, fragrâncias e produtos para a casa, todos baseados em produtos naturais. Para conhecer mais sobre essas três empresas que são verdadeiros exemplos de associadas CDL de sucesso, visite www. meiasola.com.br, www.arezzo.com.br e www. loccitane.com.br. SUCESSO INTERNACIONAL

A família Albuquerque apostou no sucesso da grife francesa e trouxe a L´Occitane para o Ceará

EXEMPLO

Há 23 anos no mercado cearense, a Arezzo é considerada uma franquia-modelo.

07

O idoso e o atendimento prioritário Elizabeth Mesquita Advogada e assessora jurídica da CDL de Fortaleza

A

Lei Nº 10.741/2003 – Estatuto do Idoso – veio resguardar os direitos dos cidadãos maiores de 60 (sessenta) anos de idade, assegurando absoluta prioridade na efetivação dos seus direitos. Entre os direitos assegurados no apontado Estatuto, cabe destaque ao atendimento preferencial junto aos órgãos públicos e privados, direito este que, sem dúvida, minimiza os desconfortos já enfrentados em razão da ordem natural do tempo. Para cumprimento desse direito, os estabelecimentos devem expor, em local visível, aviso constando orientação acerca do direito ao atendimento prioritário e seus beneficiários. É importante destacar que o descumprimento das determinações do Estatuto do Idoso, quanto à prioridade no atendimento, tem pena de multa no valor de R$ 500,00 a R$ 1.000,00, além de multa civil a ser estipulada pelo Judiciário, conforme o dano sofrido pelo idoso. É oportuno informar que em sintonia com o Estatuto do Idoso, no mês de julho do ano em curso, entrou em vigência a Lei Nº 12.008/2009, que dá prioridade às pessoas com mais de 60 anos em tramitação de processos administrativos e judiciais. Os interessados no benefício, no ato do requerimento desse direito, devem apresentar os documentos que provem a respectiva condição. Segundo a Lei Nº 12.008/2009, com a morte do beneficiado, a prioridade pode ser estendida ao cônjuge, companheiro ou companheira, em união estável. Em face das considerações expostas, a CDL de Fortaleza convoca o comércio da Capital para dar especial atenção à prioridade no atendimento das pessoas maiores de 60 anos de idade, denotando o respeito que o Setor Produtivo de Fortaleza tem para com o cidadão idoso.


08 CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 PLANSEQ

Oportunidade de crescimento para o jovem e para o comércio

A

economia cearense deve muito ao segmento de comércio e serviços, o que mais se desenvolve e gera oportunidades de emprego e renda no País. Sobram vagas nas mais diversas ocupações. Apesar da positiva conjuntura de crescimento do setor, a seleção de profissionais para preencher os cargos tem sido uma tarefa árdua para os departamentos de recursos humanos. O problema é que a elevada demanda advém da falta de devida qualificação dos profissionais da área. A situação parece paradoxal, diante da multiplicação de instituições de ensino superior e técnico. Mesmo assim, é comum encontrar pessoas que confiam no extenso currículo e, por isso, julgam estar bem preparadas. Além disso, poucas instituições dispõem de uma grade especificamente dirigida ao setor de comércio e serviços, que é marcado pelo dinamismo, por isso exige conhecimentos atualizados.

A Faculdade CDL tem realizado importante trabalho social, ao capacitar jovens com cursos profissionalizantes e inseri-los no mercado. Mais do que reciclar a formação intelectual ou vivencial de profissionais do comércio e serviços, com diversos cursos de extensão, graduação e pós-graduação, a Faculdade CDL tem realizado importante tra-

ENCERRAMENTO DO PLANSEQ No dia 14 de agosto, o Secretário-executivo do MTE, André Figueiredo prestigiou a formatura de mais uma turma

balho social, ao capacitar jovens com cursos profissionalizantes e inseri-los no mercado. Os cursos fazem parte do Plano Setorial de Qualificação – Planseq –, uma parceria entre a Faculdade CDL, através da CDL de Fortaleza, e o Ministério do Trabalho e Emprego – MTE –, com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, e já qualificaram, gratuitamente, 832 trabalhadores. Até o final deste ano, a meta é superar a marca de 1456 jovens contemplados pelo Projeto. A última turma foi concluída no dia 14 de agosto e contou com a participação do Secretário-executivo do MTE, André Figueiredo. Uma nova bateria de cursos será iniciada no dia 21 de setembro. Interessados em participar devem procurar atendimento na Faculdade CDL ou ligar para 3464.5528. A capacitação é feita nas funções de

operador de caixa, auxiliar de escritório, almoxarife, assistente administrativo, repositor de mercadorias, vendedor atacadista, promotor de vendas e vendedor varejista. Depois de passar pelo treinamento, com aulas práticas na Loja Conceito e palestras com renomados consultores, esses profissionais têm seus currículos disponibilizados a empresários com oferta de vagas. O acesso a esse banco de dados pode ser feito, gratuitamente, pelo Balcão de Empregos SINE/IDT/CDL. Solicite o recrutamento de jovens formados pelo Planseq e encontre a mão-de-obra que você procurava. Além de melhorar o atendimento da sua empresa, com profissionais devidamente capacitados pela CDL, você contribui para a colocação desses jovens no mercado de trabalho. Consulte os currículos disponíveis, ligando para 3464.5525 e 3464.5521.


SETEMBRO 2009 • CONJUNTURA DO COMÉRCIO

09

CAPA

Registre ocorrências no SPC e resgate débitos vencidos

R

ecuperar valores provenientes de dívidas pode ser um trabalho bastante desgastante. Isso para quem ainda não conhece e utiliza o Serviço de Proteção ao Crédito. Ao realizar consultas ao SPC, o usuário tem à mão um importante instrumento de precaução contra a inadimplência, pois é sabendo informações sobre o seu consumidor, como a existência ou não de restrições, que o lojista terá mais segurança ao avaliar os riscos da concessão de crédito. Dados do SPC Brasil apontam que 19,71% das consultas realizadas em julho deste ano acusavam algum tipo de restrição. Daí a importância de consultar o SPC.

Ao realizar consultas ao SPC, o usuário tem à mão um importante instrumento de precaução contra a inadimplência Além de evitar prejuízos e desgastes desnecessários, com o Sistema você também

aumenta significativamente a possibilidade de reaver o valor de contas atrasadas. É comum lojistas acharem que as dívidas vencidas são um “caso perdido” e acumularem as mesmas na gaveta. Se este é o seu caso, não perca mais tempo e faça essas inclusões imediatamente. Mais do que evitar que outros lojistas sejam lesados, você poderá ainda recuperar esses valores muito mais rápido do que imagina. A CDL de Fortaleza dispõe de um moderno sistema de localização dos devedores, bem como de uma ágil equipe de profissionais para a realização da cobrança. Para evitar ainda que outros empresários sejam prejudicados por esses mal pagadores, o lojista associado, ao receber cheques sem fundos ou fraudulentos, pelos motivos: sem fundos (12) após a reapresentação, conta encerrada (13), prática de espúria (14) e contraordem (21), ou constatar o atraso no pagamento de outros valores, deverá entrar imediatamente com o processo de registro do consumidor no SPC. O procedimento, que é simples e eficiente, garante que esses dados cadastrais sejam compartilhados em todo o território nacional. Com essa sim-

PASSO A PASSO Como registrar inadimplentes:  1° Acesse o sistema on line, entrando no site da CDL de Fortaleza (www.cdlfor.com.br) e clique no banner do SPC;  2° Digite o número do operador e a sua senha;  3° No menu do SPC, escolha a opção “Inclusão/Exclusão”;  4° Opte pela guia “Cheque Lojista” (no caso de cheques devolvidos) ou “SPC” (no caso da

não quitação de crediários, boletos, títulos, promissórias, duplicatas, taxas condominiais ou contratos);  5° Digite o CPF ou CNPJ devedor;  6° Clique na opção “Novo”;  7° Informe os dados do endereço do CPF ou CNPJ e do cheque devolvido (nº do banco, da agência, do cheque, o motivo da devolução, o valor do cheque e a data da emissão do cheque) ou débito vencido.

ples medida você contribui para proteger o comércio da inadimplência, já que ao estar cadastrado por débitos vencidos em outros estabelecimentos, o devedor fica impedido de realizar novas compras a crédito. O ato de encaminhar cheques para registro, válido também para crediários, boletos, títulos, promissórias, duplicatas, taxas condominiais ou contratos, gera o envio de uma notificação aos consumidores inadimplentes. O recebimento desta carta gera resultados surpreendentes na quitação de dívidas, uma maneira bem mais cômoda e barata de resgatar os valores devidos. Conforme dados recentes do SPC Brasil (ver tabela abaixo), o recebimento da simples notificação do SPC gera a quitação de 23,95% dos registros antes mesmo de 13 dias, período disponível para que o devedor liquide seu débito e não entre para o cadastro do SPC, que é visualizado em âmbito nacional. Após 60 dias do registro, esse índice aumenta para 54,07% (veja tabela). Desfrute dessa vantagem exclusiva para associados da CDL e garanta segurança às suas vendas. Para mais informações, contate a Área de Negócios e Relacionamento da CDL de Fortaleza e comprove a eficácia do SPC na recuperação de débitos.

RECUPERAÇÃO Percentual de recuperação de registros de SPC e cheque lojista (dados correspondentes ao mês de julho de 2009):  Até 13 dias  Até 60 dias

23,95% 54,07% Fonte: SPC Brasil

SOS Cidadão: segurança para lojistas e consumidores Em parceria com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, a CDL de Fortaleza disponibiliza o SOS Cidadão e minimiza a possibilidade de fraudes no comércio e o uso indevido dos títulos e documentos de consumidores. O sistema, que é gratuito, emite um alerta ao banco de dados do SPC, comunicando lojistas sobre a perda, o roubo ou furto de títulos, documentos, cheques e cartões de crédito ou débito. Nesses casos, a primeira providência é registrar o boletim de ocorrência, pois este será automaticamente enviado à CDL de Fortaleza. Se preferir, ligue também para 0800 275 1212 e comunique o fato. O SOS Cidadão funciona de segunda a sexta das 8h às 18h, e aos sábados das 8h às 12h, na sede da CDL de Fortaleza.


10 CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 DIA 21

ACONTECEU

NA CDL EM AGOSTO DIA 3 Freitas Cordeiro realiza 1ª Reunião de Diretoria: O presidente da CDL de Fortaleza, Francisco Freitas Cordeiro, convocou sua primeira reunião-almoço para discutir com diretores da entidade assuntos pertinentes ao planejamento de ações em sua gestão, como o Projeto Fortaleza Liquida 2010 e a participação da CDL na 50ª Convenção Nacional do Comércio.

DIAS 15 E 16 FCDL-CE promove reunião de lideranças: O Encontro de Presidentes de CDLs do Ceará tratou sobre a apresentação do plano estratégico para a Federação. Foram apresentados os cases das CDL´s dos municípios de Senador Pompeu, Iguatu e Varjota. A assessora jurídica da CDL de Fortaleza, Elizabeth Mesquita, fez “Considerações Jurídicas sobre a Responsabilidade Civil de Presidentes de Entidades” e o Ministro Pimentel tratou sobre o tema “Empreendedor Individual e Cobertura Previdenciária”. Oficinas foram promovidas para capacitar as lideranças sobre “Como Captar e Fidelizar Associados”, “Capacitação das Equipes das CDL’s” e "Calendário de Promoções e Eventos”. Para finalizar o evento, a consultora de marketing Cláudia Buhamra falou sobre “O Varejo Sob Novas Perspectivas”.

PLANEJAMENTO

DIA 14

PLANSEQ

Dr. Freitas Cordeiro e secretário André Figueiredo presentes na formatura de mais uma turma do Programa

CARAVANA

Encerramento da edição da CDL Móvel, no Edson Queiroz

DIA 24

Nova diretoria convoca membros para sua primeira reunião

André Figueiredo prestigia encerramento de turmas do PlanSeQ: O secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego, André Figueiredo, veio à CDL de Fortaleza para acompanhar o encerramento de novas turmas do Plano Setorial de Qualificação – PlanSeQ. O Projeto é uma parceria entre o MTE e a Faculdade CDL, através de sua mantenedora, CDL de Fortaleza, e conta com apoio do Governo do Estado, através da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social. O PlanSeQ já qualificou mais de 800 jovens à procura do primeiro emprego. Com o objetivo de capacitar e inserir esses jovens no mercado de comércio e serviços, nas atividades de operador de caixa, vendedor, almoxarife, auxiliar de escritório, assistente administrativo, repositor de mercadorias e promotor de vendas, a ideia é formar, no mínimo, 1.456 profissionais. Uma nova bateria de cursos será iniciada no dia 21 de setembro. Mais informações: (85) 3464.5528.

CDL Móvel se despede do Edson Queiroz: De 17 a 21 de agosto, a caravana do comércio esteve na Escola Dom Antônio de Almeida Lustosa, no bairro Edson Queiroz, oportunizando informação e qualificação a 190 participantes. O concurso cultural, que elegeu a melhor frase sobre a importância da CDL de Fortaleza para o desenvolvimento do varejo premiou a empresária Kátia Santos, da empresa associada da CDL KS Comércio de Artigos Decorativos Ltda, com uma moto Dafra 0 km.

CDL recebe Secretário Ferrúccio Feitosa: O Secretário de Esporte e Juventude do Ceará apresentou os Projetos de Estruturação Territorial de Fortaleza e da Região Metropolitana que adaptarão a capital cearense para a Copa de 2014. Os participantes conheceram os impactos da Copa sobre o desenvolvimento da capital cearense e discutiram os programas COPA DO MUNDO 2014 para os setores de comércio e serviços. Secretário apresentou projetos estruturantes para a capital

QUARTA DA CULTURA AGOSTO A NOVEMBRO Quarta da Cultura no Centro promove shows: Em sua 6ª edição, o Projeto, promovido pelo Instituto CDL de Cultura e Responsabilidade Social, valoriza o talento de artistas regionais e nacionais e projeta novos nomes da música. Os espetáculos acontecem sempre às quartas-feiras, entre agosto e novembro. Mais uma vez a CDL de Fortaleza foi palco de cultura e entretenimento, recebendo os compositores, arranjadores e instrumentistas Pedro Amorim, no dia 12, e Arol- do Araújo, no dia 28, para belíssimas exibições. Em sua apresentação, o Pedro Amorim contou com as participações especiais de Pedro Paes (saxofone e clarinete), Luciana Rabello (cavaquinho) e Maurício Carrilho (violão de sete cordas). Aroldo Araújo é um dos mais conceituados contrabaixistas locais e já acumula 25 anos de carreira. Os shows são gratuitos. Fique atento ao calendário e participe! Mais informações: 3433.5538.

1

Próximas apresentações: 30/09 – Adelson Viana e Nonato Luiz (CE) 14/10 – Argonautas (CE) 28/10 – Adriano Azevedo (CE) 18/11 – Navegante (Portugal)

2

Legendas: 1) Pedro Amorim animou a plateia no auditório Gervásio Pegado; 2) Aroldo Araújo fez a segunda apresentação da Quarta da Cultura.


11

SETEMBRO 2009 • CONJUNTURA DO COMÉRCIO

O QUE VEM

POR AÍ EM SETEMBRO

DIA 16

CDL realiza abertura da campanha Fortaleza Liquida: Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza traz à capital cearense o economista Gustavo Loyola que vai abordar, em palestra, o tema “Perspectivas da Economia Brasileira”. O evento, que vai acontecer às 19h30, no auditório Gervásio Pegado, faz parte das atividades oficiais de lançamento da campanha Fortaleza Liquida, um grande festival de promoções que vai aquecer ainda mais o comércio cearense. A Campanha acontecerá em março de 2010, movimentando toda a cidade e a Região Metropolitana de Fortaleza, para transformar o período, geralmente considerado “morno” para o comércio, na segunda maior data para o varejo local, depois do Natal. As vagas são limitadas, por isso, o interessado em participar deve confirmar sua presença pelos números 3433.3012 ou 3433.3013.

50ª CONVENÇÃO NACIONAL DIAS 20 A 23 Vitória (ES) sedia Convenção Nacional do Comércio Lojista: “Vitória do Varejo” será o tema da 50ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, que, entre 20 e 23 de setembro, reunirá empresários de todo o Brasil para debater temas importantes para o desenvolvimento do varejo e fortalecimento da classe lojista. Realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), da CDL de Vitória e da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Espírito Santo (FCDL), o evento oportunizará aos participantes a ampliação dos seus conhecimentos sobre o comércio, a firmação de novos negócios e o compartilhamento de informações e experiências com varejistas de todo o Brasil. Para saber mais, confira a programação no site: www.cndl.org.br/50convencao.

BALANÇO DE ATIVIDADES DO MÊS CDL – Quadro Geral Novos associados Deacon – Atendimentos

135 8.800

Balcão de Empregos Currículos cadastrados Currículos encaminhados

580 241

Faculdade CDL Cursos realizados Alunos capacitados

16 468

Espaço CDL de Negócios Associados atendidos

PERSPECTIVAS DA ECONOMIA

Gustavo Loyola palestrará no lançamento do Fortaleza Liquida 2010.

Quer ampliar as suas vendas com cheque? Utilize o Cheque Garantido e assegure os seus recebimentos. O Cheque Garantido é uma solução exclusiva da CDL de Fortaleza para seus associados. A vantagem é a garantia do recebimento de suas vendas em cheque. Se você for usuário dessa importante solução e o cheque for devolvido por falta de fundos, a CDL de Fortaleza ressarce* o valor. Para mais informações, ligue para 3464.5543 ou entre em contato por e-mail: chequegarantido@cdlfor.com.br. * Caso sejam cumpridas devidamente as cláusulas previstas no contrato.

* referente ao mês de agosto de 2009.

35


12 CONJUNTURA DO COMÉRCIO • SETEMBRO 2009 CDL

rine recebeu R$ 1.001,00 em vale-compras nas empresas Tentacion, Casa dos Relojoeiros, Desconexo e Dragon Motel.

JOVEM

 O que passou

11/08 – Case de Sucesso Mucuripe Club: Pedro Neto abordou a abertura da boate, em 1997, e a redefinição conceitual e estrutural realizada em 2003, que a levou para novo endereço. O empresário comentou a trajetória que fez do Mucuripe um dos melhores e maiores complexos de entretenimento do Brasil e falou sobre projetos dos quais participa, como o Sirigüella, Sirigüella Bar, Fortal, Ceará Music, M Bar, Fortal FM, shows e a experiência internacional com o Carna Beach (Fortal em Miami), entre outros.

18/08 – Juiz fala sobre a nova lei dos estágios: O Juiz do Trabalho Konrad Mota explicou as regras da nova lei dos estágios, falou sobre os tipos de estágios, procedimentos legais e o caráter educativo e profissional da nova lei. 22/08 – CDL Jovem promove 1º RAID: Em 12 carros e 3 quadriciclos, 33 participantes partiram em comboio para o passeio em trilhas, pela orla, até a Praia das Fontes. O evento teve como objetivo proporcionar maior integração entre o grupo, visibilidade para entidade, captação de novos associados e maior participação dos familiares, metas devidamente alcançadas. Tentacion, Mistery Club, Acal, Pinheiro Supermercados, Ópticas Itamaraty, Panificadora Veneza, Eurocópias, Portal Off-Road e CDL de Fortaleza foram os patrocinadores.

01/09 – CDL Jovem recebe Consultoria: Consultores da Gomes de Matos apresentaram tendências e modelos de gestão de pessoas. Os convidados deram dicas de como criar e administrar um plano de cargos e salários.

 O que vem por aí 15/09 – Diretoria apresenta Balanço de Gestão: Serão apresentadas as conquistas, realizações e experiências acumuladas no 1° ano de gestão. A Diretoria abordará também os planos da entidade, resultados da II Big Trip, cases de sucesso e a história das empresas visitadas. 29/09 – Case de Sucesso FV Eróticos: A Diretora de Eventos da CDL Jovem e Sócio-proprietária da FV Eróticos, Fabiana Lucas, apresentará as peculiaridades do mercado de produtos eróticos, parcerias realizadas e estratégias para o crescimento da empresa que, apesar de ter apenas 5 anos, já possui forte participação no mercado de Fortaleza. Acesse www.cdljovemfor.com.br e acompanhe tudo sobre a CDL Jovem de Fortaleza (eventos, fotos, agenda, diretoria e projetos). Colabore com críticas e sugestões.

MUCURIPE

Pedro Neto falou sobre a trajetória de sucesso do clube

Gincana 1001 Prêmios: Karine Furtado venceu a Gincana que premiaria o associado que, em um ano, acumulasse mais pontos, com participação nos eventos, na campanha Lixo Eletrônico e captação de novos associados. Ka-

Informações: (85) 3464.5520

1º RAID

Evento levou os jovens empresários a Praia das Fontes

Associado, aproveite as vantagens exclusivas oferecidas para você A CDL de Fortaleza firma parcerias para gerar vantagens exclusivas a você, associado. Faça seu agendamento no Espaço CDL de Negócios e encontre a solução para a sua empresa.

Faça já seu agendamento: (85) 3464.5550 MUDOU-SE

FALECIDO

AUSENTE

ENDEREÇO INSUFICIENTE

DESCONHECIDO

NÃO PROCURADO

NÃO EXISTE O Nº INDICADO

RECUSADO

OUTROS:

INFORMAÇÃO PRESTADA PELO PORTEIRO OU SÍNDICO

REINTEGRADO AO SERVIÇO POSTAL EM ______/ _______/ ________

DATA:

RUBRICA:


Conjuntura do Comércio - Setembro  

Informativo Mensal

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you