__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Por tal //

RE VIS TA

www.revistaportal.com.br

EDIÇÃO Nº 43 | JULHO 2020

acreditam Empresários que

e investem no potencial de Lucas do Rio Verde.


RESPIRANDO NATUREZA E INSPIRANDO DESENVOLVIMENTO

Onde a vida acontece Fone: (65) 3549-4106 Rua Julio De Cas lho, 168 S Centro - Lucas do Rio Verde - MT


Viver em Lucas é vê-la crescer mais e mais a cada dia. Sempre com muita prosperidade, sempre com aquela sensação de bem-estar. Assim é Lucas do Rio Verde. Onde a vida acontece.

Onde a vida acontece


12 Grupo JR - Romancini Empreendimentos, alto padrão de qualidade

18 Foco Sementes de cara nova para melhor atender seus clientes

22 Ideale Móveis Planejados inaugura nos próximos dias em Lucas do R.Verde

42 Lira - Presidente do Sidicato Rural afirma que 2020 será um bom ano para o Agronegócio

68

Beleza em dose Dupla, Ana Carolina Richter e Jordânia Araújo Brás posam para essa edição com lindos modelitos da Loja Jaísa

Revista Portal Diretor Lucas Ademilson Araújo 65 99991.9044

Foto Capa Rosania Pimentel / Nova Color Jornalistas Rodrigo Matheus - MTB 34358 Colaboradores: Mara 100% propaganda R2 Propaganda Agência Prime Silvio Fávero Orso Films e Vídeo Denise Hasse Bella Salão de Beleza

58

Trabalho, responsabilidade e transparência no combate à COVID-19

Arte Final Luan Araújo Colunista Marley Braga Ramiro Azambuja Ednilson Valcanaia Fotografias: Rosania Pimentel/Nova Color Impressão: Gráfica Massoni Luan Ba sta Araújo-ME CNPJ: 11.387.837/0001-51 Lucas do Rio Verde-MT Fone: 65 99991.9044

64

Lives em Lucas do Rio Verde


sumário

26

30

Luppisol - Inovação, economia e respeito ao meio ambiênte

Advogado Sergio Daltro empreendendo em outras áreas empresariais

60 Uma grande cidade, feita de suor e coragem - por Ramiro Azambuja

50

Denise Hasse - Conta sua história ao lado do marido Claudecir Hasse

38

Suzana Romancini – A Força da Mulher na lavoura e nos negócios da família

O dia em que a terra parou A letra de Raul Seixas que faz alusão a um sonho e relata ‘‘O dia em que a terra parou’’ ou’’ chegou próximo da realidade de muitos países nos úl mos dias e meses, frente ao cenário de pandemia do novo Coronavírus, o covid-19. O isolamento o social, a principal medida adotada pela OMS para controlar a proliferação do vírus, fez com om que a sociedade mundial assis sse a Torre Eiffel fechada, a Duomo vazia, o futebol suspenso, o Cristo Redentor sem turistas, as empresas sem funcionários, as praias sem banhistas. as. ‘‘Fique em casa’’. Esse foi o principal apelo para tentar combater a doença que chegou ou a matar 1349 pessoas em apenas 24 horas no Brasil. Mas, a medida gerou polêmicaa e levantou a reflexão ‘‘O que vai matar mais’’: O Coronavírus ou as sequelas da economia onomia com o país parado? Essa edição está focada no Aniversário de nossa cidade, a ‘‘Menina dos Olhos’’, um município pujante e muito bonito por natureza e também no Dia do Agricultor, que comemoramos agora dia 28 de julho, entrevistamos o presidente do Sindicato Rural, Sr. Antônio Lira e outras personalidades ligadas ao Agronegócio. Lucas comemora em agosto seus 32 anos de desenvolvimento e sucesso, sabemos que o aniversário de uma cidade é muito mais do que um marco na vida de cada cidadão, é, sim, uma página que viramos para conquistar novos sonhos, novas realizações e con nuar reescrevendo a história. Lucas, uma cidade de povo empreendedor e trabalhador que batalha com a certeza de um amanhã melhor. Até breve Ademilson Araújo Revista Portal - Editor

38 56

Deputado Ar lheiro - Silvio faz 18 leis a favor de Mato Grosso


O LOTEAMENTO QUE JA É REALIDADE! UM LUGAR ESPERANDO VOCÊ, PARA CONSTRUIR A SUA CASA OU EMPRESA.

COMECE A CONSTRUIR HOJE MESMO! novotempoempreendimentos

novotempolrv

www.novotempoempreendimentos.com.br


A HORA É AGORA! INVISTA EM UM PROJETO APAIXONANTE E CONSTRUA SUA CASA OU EMPRESA! I MAGENS MER AM ENT E ILUSTR ATIVAS.

GARANTA JÁ O SEU LOTE COM APENAS

DE ENTRADA Plantão de vendas em frente a Prefeitura. 65 99670.3058

65 99981.8593

65 3549.2546

+120 MESES PARA PAGAR


Capa

Consolidada em Lucas do Rio Verde, Família Romancini tem atuação em novos negócios imobiliários Grupo JR adota com sua marca Romancini Empreendimentos, o alto padrão de qualidade Por Rodrigo Matheus

N

12

Foto: Rosania Pimentel - Foto Nova Color

este mês de agosto José Romancini completará 20 anos que chegou a Lucas do Rio Verde, onde iniciou suas atividades profissionais empreendendo e montando inicialmente uma mercearia, que cresceu e hoje é o Supermercado Romancini, com uma filial, o Romancini Super Prático e o Restaurante Romancini. É uma trajetória onde o Grupo JR adquiriu uma vasta experiência ligada ao comercio varejista. Durante todos esses anos diversificou as atividades e entrou no ramo do agronegócio, na parte de produção de alimentos, através da propriedade da família Fazenda Vô Tônho. Sendo inclusive um setor que admira e tem orgulho de fazer parte. “Estamos há muito tempo aqui no município trabalhando e participando da história de Lucas do Rio Verde. E de alguns anos pra cá entramos no setor imobiliário, oferecendo condomínios residenciais verticais de ótima qualidade em projeto e excelente acabamento. E vamos começar entregando aquilo que prometemos, com o Amália Residencial”, explicou José Romancini, Presidente do Grupo JR. Nestes segmentos, o Grupo tem contribuído e muito com a movimentação da economia local, principalmente com a geração de emprego e renda para trabalhadores do município. “Com certeza, temos nossa parcela de contribuição. Nós iniciamos naquela época com 6 ou 7 colaboradores e com o crescimento do nosso grupo (nesses três setores), atualmente temos aproximadamente 300 empregos diretos e indiretos. Acreditamos sempre em Lucas e na região, que nos proporcionou esse desenvolvimento”. Hoje o Grupo JR é uma organização que se consolida no ramo da construção civil, incorporando empresas para realizar grandes projetos com qualidade e inovação. A Romancini Empreendimentos Imobiliários vai além de suas atribuições como empreendedora de negócios, ela busca sempre valorizar a vida das pessoas, gerando empregos em seus canteiros de obra, qualificando seus colaboradores e oferecendo o que há de melhor para os seus clientes, dando conforto, qualidade de vida e realizando o sonho daqueles que procuram o melhor lar para se viver em Lucas do Rio Verde.

José Romancini, Presidente do Grupo JR


Capa

AMÁLIA

RESIDENCIAL A Romancini Empreendimentos é uma marca arrojada, dinâmica e que veio para fazer parte de grandes histórias, levando o conceito de morar bem e investir com qualidade a toda família mato-grossense, e, entregará no aniversário de Lucas do Rio Verde a primeira fase concluída do Amália Residencial. “Temos tido muito trabalho e dedicação para a entrega dessa obra de muita qualidade. Os clientes já estão indo no local e vendo o empreendimento. É um residencial para quem quer morar em Lucas, em um local que proporciona conforto e localização privilegiada. Nós percebemos que para muitos de nossos clientes, o Amália Residencial é o primeiro lar deles e por isso fizemos com muito carinho, com conforto, bem-estar e uma ótima área de lazer”, disse José, ressaltando que para a construção desse empreendimento o grupo consolidou parcerias muito importantes, como a BG Engenharia, a HF Construtora e demais empresas de Lucas do Rio Verde que fazem parte dessa obra. “O Amália é um empreendimento muito bem planejado. Possui uma planta inteligente e funcional com 97,71 m². A gente está trabalhando com um padrão muito bom de acabamento que a Romancini adotou como a sua marca, o alto padrão de qualidade. E é isso que ela quer passar para o mercado”, explicou Fábio Júnior Bissotto, engenheiro civil da BG Engenharia. Localizado em uma das regiões mais procuradas para se viver em Lucas do Rio Verde e perto de tudo, o Amália Residencial tem o melhor custo benefício e facilidades na negociação. São apartamentos com excelente padrão de acabamento, com 97,71 m², 3 quartos (sendo 1 suíte), sacada para churrasqueira, 2 vagas na garagem, elevador e sistema 24 horas de monitoramento inteligente com segurança e comodidade totalmente inovador em Lucas do Rio Verde. Além disso, é um empreendimento que proporcionará lazer a toda família com 2 piscinas, 2 quadras esportivas, academia, playground, salão de festas, paisagismo e espaço de convivência.

A partir do momento que me foi apresentado o projeto achei muito interessante. O apartamento que escolhi para começar uma vida junto com meu filho Samuel, é um térreo que proporciona o conforto de uma casa, bem amplo, onde poderemos ter a segurança de um apartamento, aliado ao conforto de uma casa.” Explicou Karoline Altimari, que adquiriu um dos apartamentos e está muito satisfeita com o projeto. 13


Capa Também feliz com seu apartamento, o casal Felipe Iwashita e Adriene Iwashita, ressalta a qualidade da obra e que está muito ansioso para poder morar no seu apartamento.

“Nós estamos muito felizes com essa mudança. O que mais nos chamou a atenção no apartamento do Amália, foi a divisão de espaço. De ter 3 quartos, sendo uma suíte, ainda para nós que somo um casal que planeja o crescimento da família. O que mais nos agradou foi a qualidade de todo o empreendimento, principalmente dos produtos de alta qualidade utilizados na obra”, disse Felipe. Com o sonho de ter seu primeiro apartamento concretizado, o casal Alessandro Menegazzo e Atalice Barbosa, também mostra satisfação com a aquisição de um apartamento no Amália.

“Nós gostamos da facilidade de negociação, da localização do imóvel e da qualidade da estrutura dos apartamentos, além do condomínio como um todo. Nós temos um enteado e um cachorrinho e escolhemos o térreo, com a área privativa do jardim, que será muito bom para a família”, disse Alessandro. nas ser vendido e esquecido depois da entrega. “Foi concebido em todos os detalhes, pensando principalmente no bem estar para quem vai morar, desde a localização, lazer, planta, e conforto dentro do apartamento. O Diecemina foi muito bem planejado, é uma experiência realmente diferente para quem vai morar lá”, concluiu o Engenheiro.

DIECEMINA RESIDENCIAL

Outro empreendimento de sucesso do grupo, é o Diecemina Residencial, que é um projeto de alto padrão de acabamento, completo com apartamentos de 166m2 e cobertura de 188m2 com 3 suítes e duas ou 3 vagas de garagem, no Centro da cidade, com segurança de última geração automatizada, energia solar e diversos outros benefícios. “Nós estamos com 60% da construção concluída já com a parte estrutura quase toda pronta e estamos partindo agora para o acabamento. Está tudo dentro do nosso cronograma que foi montado e que tem previsão de entrega para o final de agosto de 2021”, explica José Romancini. Mas para o sucesso deste grande empreendimento, a Romancini firmou uma parceria com a da Villare Construções Civis, da cidade de Sorriso, que antes mesmo do início da obra fez uma grande pesquisa com várias construtoras que tinham experiência suficiente para construir um edifício como o Diecemina, que é uma obra complexa e de grande porte. “Essa parceria tem sido muito recompensadora, pela possibilidade de fazer uma obra desse tamanho e pela 14

confiança que o José Romancini teve na Villare. A gente verifica a seriedade da empresa Romancini com a obra, eles querem entregar um produto diferenciado e com ótima qualidade. Estamos muito satisfeitos com essa união e nos esforçando ao máximo para entregar um empreendimento que a empresa espera. É um empreendimento alto padrão que tem em sua concepção o sentido de bem viver. E isso é passado para os clientes”, afirma o Engenheiro Civil da Villare, Cássio Gracioli, que ainda ressalta que o Diecemina não foi pensando em ape-

NOVOS MERCADOS E PERSPECTIVAS PARA O FUTURO A Romancini Empreendimentos quer formar novos mercados, oferecer ainda mais empreendimentos futuramente, então está construindo e oferecendo o que há de melhor para a cidade e para os seus clientes. São empreendimentos onde quem adquirir vai morar muito bem e principalmente terá um ótimo investimento. José Romancini explica que é muito gratificante poder estar à frente destes dois novos empreendimentos imobiliários em Lucas do Rio Verde. “É importante ressaltar o apoio e envolvimento da minha esposa Claudete e meus filhos Jones e Marcos Antonio em todos esses projetos. Nós sempre buscamos executar tudo aquilo a que nos propomos da melhor forma possível”, conta Romancini.


C C

M

Y

CM

MY

M

Y

CM

MY

CY

CY

CMY

Y CMY

K K


I

LUCAS DO RIO VERDE 32 ANOS

Parabéns

a cidade que não para de

Crescer

32 anos de uma história cultivada com muita garra e orgulho. Parabenizamos Lucas e toda a população que ajudou a escrever essa história. Desejamos uma cidade cada vez mais próspera e orgulhosa de seu povo.

Fone: 65 3549.3831 Rua Recife 1014 - Industrial Lucas do Rio Verde - MT


28 de julho DIA DO AGRICULTOR

Nossa homenagem para quem leva alimentos e traz

pr peridade ao mundo.

Homenagem do Deputado Federal Neri Geller aos agricultores que produzem alimentos essenciais para a nossa sobrevivência e de grande importância para a economia do país.


Capa

Foco Sementes

de cara nova para melhor atender seus clientes

Entrevista com Izuardo Evangelista Neto, proprietário da Foco Sementes Por Patrícia Kluge

Foto: Rosania Pimentel - Foto Nova Color

F

18

undada em outubro de 2013 a Foco Sementes está prestes a completar sete anos de Lucas do Rio Verde. Para comemorar a data, a empresa está de cara nova, em novo e amplo espaço, na Rua dos Narcisos, as margens da rodovia da Mudança, a MT 449. O proprietário Izuardo Evangelista Neto, conta que a empresa foi criada para ser especialista em sementes de soja e fertilizantes foliares, e começou pequena, em um prédio no centro da cidade, próximo ao Banco do Brasil. Depois de três anos de atividades a FOCO se mudou para o Bairro Menino Deus, onde ficou mais quatro anos. A nova sede conta com uma ótima estrutura de armazenagem, escritório moderno e aconchegante para melhor atender seus clientes. “Nossa equipe hoje é composta por seis profissionais e com a nova estrutura terá ampliação do número de profissionais. Com este investimento, estamos garantindo aos nossos clientes um espaço ideal para o atendimento, reuniões e treinamentos. Além de atender com maior conforto nossos clientes, parceiros e fornecedores”, acrescenta Neto.


Capa

Com o passar dos anos, a empresa ampliou seu atendimento, e passou a comercializar além de sementes de soja, fertilizantes foliares e produtos biológicos, ingressando no mercado de sementes de milho desenvolvendo novos híbridos com tecnologia. De acordo com Izuardo, a Foco Sementes está sempre se preparando para atender seus clientes com as mais novas tecnologias e lançamentos no mercado de sementes. Um dos diferenciais da Foco Sementes é que ela acompanha de perto o controle de qualidade da produção das sementes nas sementeiras parceiras. Mesmo em meio a pandemia, o empreendimento vêm sendo ampliado e o mercado não parou. Isso se deve, segundo Neto, pois o agronegócio é muito dinâmico, no campo as atividades não param. “Nosso maior desafio é se adequar a essa forma nova de trabalho que é o atendimento on-line”, conta Neto. O empresário explica, pois o contato com o cliente sempre foi muito pessoal, de visitas, de ir até o cliente, ir para o campo, e isso está mudando com o atendimento on-line. Com formação em técnico agropecuário em 1996, Izuardo começou sua carreira como gerente de fazenda, consultor técnico de vendas, até chegar a empresário. Nesta trajetória, ele que é natural de Rancharia, interior de São Paulo, morou em vários estados. Antes de vir para Lucas do Rio Verde, atuou por cinco anos como representante comercial em Mato Grosso do Sul e Goiás. Neto veio para Lucas transferido de uma empresa trabalhando como consultor técnico de vendas na cultura do algodão. Depois disso, ingressou nas empresas do grupo do empresário e atual prefeito Luiz Binotti, onde exerceu atividades como consultor de vendas por nove

anos, na qual tem muita gratidão e orgulho por ter trabalhado. Foi quando se desligou da empresa e fundou a Foco Sementes.

“No decorrer dos anos, a empresa foi se desenvolvendo e crescendo, buscamos acompanhar a evolução da tecnologia em sementes de soja”, justifica o empresário. Nesta caminhada, já são quase 17 anos de Lucas do Rio Verde. Neto e a esposa Adriana, tiveram os filhos Ma-

ria Eduarda (16) e Guilherme (12), aqui em Lucas. “Quando iniciamos a Foco Sementes traçamos algumas metas, entre elas o prédio próprio e hoje estamos concretizando esta etapa, que é este espaço, desenhado e desenvolvido de forma que melhor atende e supre as nossas necessidades de armazenagem e atendimento ao nosso cliente. Temos planos de outros investimentos, mas a princípio os planejamentos estão se concretizando”, comemora Neto. Agradecendo todos Clientes, Fornecedores e amigos de Lucas do Rio Verde.

19


Cuidar de quem mora em Lucas é o nosso jeito de amar a cidade. A Droga Vida e a Super Preço Popular fazem parte da história da cidade, e trabalham todos os dias para que a nossa gente cresça com muita saúde.


LUCAS do rio verde

32

anos.

Parabéns Lucas do rio verde pelos seus 32 anos. a única que está pronta para te atender 24 horas


Empreendimentos

Ideale Móveis Planejados Lucas inaugura nos próximos dias um empreendimento no ramo de móveis planejados com tradição de mais de 43 anos de mercado Por Patrícia Kluge

22

Foto: Rosania Pimentel - Foto Nova Color

C

om atividades no setor de confecção há 17 anos em Lucas do Rio Verde, a família Dantas, proprietária da Oba-Oba Center, inaugura nos próximos dias um novo empreendimento no município. A Ideale Móveis Planejados foi idealizada pelo empresário Pedro Luiz D. Dantas, pai de Pedro Dantas, estudante de designer de interiores que ao lado da esposa Caroline estudante do mesmo curso, irá administrar o espaço. A Ideale irá funcionar na Rua Espumoso, 232-S, na região central da cidade, é uma representação da marca Dalmóbile, uma empresa com 43 anos de mercado, com sede em Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul, conhecida na América Latina e também nos Estados Unidos. Pedro Dantas está otimista com o empreendimento, tendo em vista o potencial de crescimento de Lucas do Rio Verde. “Estamos em Lucas há 17 anos e como a cidade está crescendo muito, pensamos em investir em um novo ramo. Estamos com quase tudo pronto e o nosso projeto é muito focado em oferecer ao nosso cliente um produto excepcional. Todos os móveis Dalmóbile são fabricados 100% em MDF, para maior resistência e durabilidade, oferecemos o serviço de edição milimétrica assegurando maior qualidade ao produto final”, diz Pedro. Adriane Dantas, mãe de Pedro e comerciante, está acompanhando de perto a montagem da loja e acredita que o setor moveleiro seja um ótimo mercado de investimento em Lucas, pelo número de novos empreendimentos imobiliários que estão surgindo na cidade. “Percebemos que havia mercado para este ramo de móveis planejados e encontramos um produto de ótima qualidade que é a Dalmóbile”, acrescenta Adriane. Conforme Caroline, a loja Ideale contará com alguns diferenciais importantes em sua linha de acabamentos,

Pedro Dantas e Caroline Dantas

sendo mais de 1400 cores de laca, 750 cores de vidros, 10 cores de alumínio, 15 tipos de tecidos, 27 opções em BPs, 3 padrões em Print Mineral e 6 Cristallos. Os móveis também recebem bordas fixadas com cola PUR, que resistem a umidade e altas temperaturas, além de fundo com proteção antimofo. O cliente que comprar na Ideale ainda receberá a garantia de seis anos do móvel adquiri-

do. “Acreditamos na marca e estamos usando isso para impulsionar a nossa estratégia de divulgação, usando as redes sociais para mostrar o conceito da Ideale”, comenta a administradora. A loja será inaugurada com toda a segurança aos clientes e atenderá neste momento de pandemia com agendamento para o consumidor que preferir, evitando aglomerações.


Casa como você quer. Dalmóbile é referência em móveis planejados, para você projetar a casa como sempre sonhou. Nascida no berço do polo moveleiro brasileiro, em Bento Gonçalves, há mais de 40 anos a Dalmóbile é referência em móveis planejados. Com mais de 220 pontos de venda e atuação no mercado externo, possui fabricação totalmente própria para toda a linha, inclusive acabamentos. Unindo alta tecnologia industrial a uma versatilidade marcante, desenvolve produtos alinhados com as tendências, utilizando recursos diferenciados, como MDF, laca, vidro, alumínio e tecidos, para um design totalmente customizado para qualquer ambiente, residencial ou comercial. Passe na Dalmóbile Ideale e conheça todos os diferenciais Dalmóbile, para transformar qualquer ambiente de sua casa ou ambiente comercial com qualidade e design.

6 anos de garantia | 100% MDF Edição milímetro a milímetro Bordas PUR contra umidade Fundos com proteção antimofo MDF com ação antimicrobiana Rastreamento on-line de pedido

IDEALE Rua Espumoso, 232 S | Centro Lucas do Rio Verde/MT Fone: (65) 9 9604-8989

23


Hรก 17 anos contabilizando sucessos!


Capa

Luppisol Engenharia Solar

Energia Solar oferece inovação, economia e respeito ao meioambiente Por Rodrigo Matheus

Foto: Rosania Pimentel - Foto Nova Color

A

26

Luppisol é uma empresa de Engenharia Solar, localizada em Lucas do Rio Verde-MT, com tecnologia e experiência de profissionais que já atuam nesse mercado de vendas e instalações de sistemas fotovoltaicos, há vários anos. De acordo com Fábio Marques Pereira, Diretor Comercial, a Luppisol oferece aos clientes serviços de excelência e energia solar, com melhores marcas de painéis solares do mercado. “Nós temos hoje uma grande variedade de opções de marcas que apresentamos aos clientes, como: Trina, Jinko e Canadian e de inversores como: Growatt, Refusol e Renovigi. Graças à Deus, mesmo com o pouco tempo de atuação no município, nós já temos um rol de clientes residenciais e grandes empresas que já adquiriram e aprovaram os nossos produtos e serviços”, disse Fábio, que contou ainda que sempre gostou de tecnologia e hoje se tem uma tecnologia em painel solar barata, com relação ao custo-benefício, que ela irá proporcionar em pouco tempo de uso. “É uma área que eu vi que o mercado estava crescendo, e como nós já somos do comércio (possui uma loja de bicicleta), resolvi deixar a minha esposa sob responsabilidade daquela loja e eu estou aqui na frente da Luppisol”. Para Fábio, a energia solar tem mudado a vida de muitas pessoas, ajudando a economizar até 95% de gastos em energia elétrica e também agregando valor ao imóvel. “Atualmente muitos são os motivos que podem ser elencados para um morador, comerciante, empresário,


Capa

colocar um painel de energia solar. Se for fazer uma conta sobre a energia elétrica mensal que se tem numa residência ou comércio, é um dinheiro que se paga para a concessionária e não volta. Se for fazer um projeto de painel solar com gasto mensal de

Kruger

R$ 1000,00, em cinco anos você irá recuperar esse investimento e deixar de gastar esses valores, gerando uma grande economia. É uma vantagem enorme, tanto financeira, como para o meio ambiente que irá agradecer”. É importante ressaltar que mui-

tas são as opções de pagamentos e financiamento para os interessados colocarem energia solar em seus imóveis, onde através de uma parceria com os principais bancos é possível conseguir uma carência de até 120 dias, com financiamento em até 5 anos. “Nós temos parceria com o Banco do Brasil, Bradesco, Sicredi, Sicoob, Santander, e, ainda com financeiras como BV, Losango, Santander Financeira, dentre outras. Sempre para atender e dar opções ao cliente”, afirma o Diretor da Luppisol, ressaltando ainda que por isso é importante que o cliente agende um horário com um consultor ou vá pessoalmente até a Luppisol, para poder conhecer as opções em painéis de energia solar e adquirir o produtor de acordo com sua necessidade. “Isso mesmo, principalmente para quem está construindo sua residência e já quer colocar a energia solar, vale a pena vir e conhecer nossos produtos. A gente vai orientar o cliente para que possa fazer um aproveitamento máximo da placa solar”. ENDEREÇO E CONTATOS A Luppisol Engenharia Solar está localizada na Avenida Brasil, n° 1150-S, Bairro Alvorada, em Lucas do Rio Verde | Telefone: 65 35489730 | E-mail: luppisol@outlook. com.br.


Capa

Profissionais liberais empreendendo em outras áreas empresariais Nesta edição contamos a trajetória do Advogado e agora empresário Sérgio Luís Dalto de Moraes. Por Rodrigo Matheus

S

ergio veio para Lucas do Rio Verde, proveniente do Estado de São Paulo no ano de 2009, com 29 anos de idade a convite de seu Tio e também advogado Wilson Dalto, residente em nosso Estado, na cidade de Tangara da Serra, para firmar uma parceria na filial que tinha nesta cidade. Após sei us meses, Sergio empreendeu pela primeira vez na nossa cidade montando seu escritório localizado na Avenida Rio Grande do Sul, onde permaneceu até o presente ano, quando então realizou uma fusão com outros dois escritórios da cidade, se associando com a Advogada Marcela Santana Miranda e o advogado Edmar J. Rodrigues Junior, sendo criada a sociedade de advogados Dalto Santana Rodrigues - Advogados Associados.

Foto: Rosania Pimentel - Foto Nova Color

30


Capa

Durante a entrevista foi falado sobre sua trajetória pessoal e profissional. Ele inicia dizendo que “a maior alegria durante minha trajetória em Lucas foi o nascimento da minha filha no ano de 2015”. "No aspecto profissional falou que “A fusão foi realizada objetivando prestar um serviço mais especializado aos clientes, podendo abranger junto com seus sócios e associados quase todas as áreas do Direito, com profissionais especialistas nas áreas de atuação”. Já estabilizado na sua profissão, o advogado decide fundar uma empresa de atividade diferente da sua atividade profissional predominante que é a advocacia. Continuando a entrevista ele diz que “fazia uns 3 anos que vinha pensando em montar um negocio suplementar a atividade principal e por gostar muito de construção civil, resolvi juntamente com meu sócio, que é engenheiro civil fundar a empresa WSJ- Construtora, que é uma empresa que tem por objetivo realizar o sonho do imóvel próprio, com a edificação de obras próprias e de terceiros”. Ele ressalta que no mês de setembro entrega a primeira obra própria da empresa, o Edifício Solaris, localizado na Avenida Das Hortência, Bairro Bandeirantes. Sobre o empreendimento Edifício Solaris, ele diz que “embora o empreendimento seja destinado à venda dos apartamentos, focamos em edificar um prédio residencial, com elevado padrão de acabamento, encontrado apenas em edifício de alto padrão.” Além da obra própria a empresa conta com duas obras de terceiros em andamento na cidade e outras em fase de projeto. Essa é a historia de mais um profissional que veio para Lucas do Rio Verde por acreditar no potencial da nossa cidade, com o objetivo de crescer e colaborar com o seu crescimento. WSJ CONSTRUTORA

A WSJ Construtora trabalha na execução de projetos e obras como edifícios residenciais, comerciais e industriais, além de residências, armazéns graneleiros e galpões em geral. Também disponibiliza orçamentos para financiamentos bancários. WSJ Construtora – Rua , Centro, Lucas do Rio Verde-MT | Tel.: 65 99623-6095 | E-mail: wsjconstrutoracivil@hotmail.com. 31


Parabéns LUCAS DO RIO VERDE 32 anos de uma história cul vada com muita garra e orgulho. Parabenizamos Lucas e toda a população que ajudou a escrever essa história. Desejamos uma cidade cada vez mais próspera e orgulhosa de seu povo.


Viva

a cidade que nĂŁo para de

Crescer

ĂŠ muito bom morar e viver

aqui!


Opinião

A retomada da economia vem do agro

C

olheita recorde de soja terminada em Mato Grosso, com 35 milhões de toneladas de grãos. Somadas às demais culturas e a pecuária, o Valor Bruto de Produção (VPB), no estado, é de R$ 87,2 bilhões em 2020. Anúncio do Plano Safra 2020/2021, com disponibilização de R$ 236 bilhões do Governo Federal para custeio, comercialização e investimentos, além de linhas de crédito especiais para pequenos e médios produtores rurais.

Ramiro Azambuja

Diretor-Presidente da EMHA Construtora e Incorporadora

O agronegócio será o único setor a ter crescimento positivo no ano, com projeção de 2,5%, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). "Todos esses dados mostram que não poderíamos ter um cenário mais propício para a retomada da economia em Mato Grosso", diz o diretor-presidente da EMHA Construtora e Incorporadora, Ramiro Azambuja. Ele destaca que o agronegócio é um dos setores menos afetados pela pandemia e sempre foi o motor forte do estado. "A nossa pujança e eficiência produtiva vão reverberar, em especial, nas regiões produtoras e nos municípios ao longo da BR 163, que concentram as safras agrícolas do estado", completa.

36

A dobradinha do fim da colheita e do Plano Safra significam injeção de dinheiro no comércio, no serviço, na venda de máquinas, carros, equipamentos e toda a vasta gama de negócios que direta ou indiretamente se beneficiam desse aquecimento. Para o mercado imobiliário, o diretor-presidente da EMHA prevê que não será diferente. "Dinheiro circulando na região significa possibilidade de novos negócios, de vendas de unidades comerciais e residenciais, de tirar do papel novos projetos e dar início a construções que, por sua vez, empregam pessoas e mantém o ciclo econômico aquecido", justifica. Segundo Azambuja, o impacto da pandemia está afetando todo o país, mas se existe uma região capaz de virar o jogo mais rápido é a do agronegócio. "Com safra recorde, o agro vai sustentar as exportações do Brasil e contribuir para que a queda do PIB não seja ainda mais forte. Quem quer investir e fazer bons negócios precisa conhecer e ficar de olho nas regiões do agro. É daqui de Mato Grosso, com o tamanho e a competência da nossa produção, que vamos ajudar o Brasil a voltar a andar para frente e retomar a economia", conclui o diretor-presidente da EMHA.


Suzana Romancini

A Força da Mulher na lavoura e nos negócios da família Por Rodrigo Matheus

U

ma família que sempre trabalhou na lavoura. A Família Romancini, do Sr. Ildo Romancini e a Dona Nilva Ana Romancini, saiu do interior Rio Grande do Sul, da cidade de Ronda Alta e veio para Lucas do Rio Verde em 1982, com um sonho na cabeça e muito trabalho nas mãos, em seu pedaço de terra onde a família iniciou os trabalhos no campo. A filha do meio, Suzana Romancini, assim como as suas duas outras irmãs, sempre ficaram mais perto dos pais, ajudando na lavoura e nos afazeres de casa. “E esse meu interesse pela lavoura começou desde cedo, comecei a gostar e ter essa aptidão, essa vontade é para poucas pessoas. Sempre vimos nos rostos de nossos pais a alegria em ver o nosso envolvimento com o trabalho no campo”, conta Suzana, que foi a filha que realmente passou mais tempo ‘na roça’, sempre auxiliando nos trabalhos braçais, inclusive até conduzindo trator e colheitadeira.

“Eu costumo dizer que a gente que está na fazenda plantando, colhendo, é uma ‘válvula de escape’ para mim, pois gosto de estar na lida mesmo. É muito gratificante, principalmente na colheita, onde estamos literalmente colhendo os frutos de nosso trabalho”. Apesar de gostar do trabalho no campo, atualmente Suzana vê sua vida profissional dividida entre o plantio e colheita na propriedade da família e os negócios que possui junto com seu esposo, Maicon Rodrigo Petri. “É claro que busquei aperfeiçoamento pessoal e profissional. Me formei em Contábeis, ainda pela antiga Univerde (hoje Faculdade La Salle), e depois me formei também em 38


Agronegócio, que foi muito bom para mim também. Sempre estou em busca de informação e aperfeiçoamento. Com isso, junto com meu esposo temos a Petri Reparação Automotiva e a Romacon Serviços de Sinalização Viária, que temos junto com um sócio. Por isso, meu tempo é bastante corrido, com envolvimento nestas duas empresas e na propriedade rural dos meus pais”, explicou Suzana. A empresária e agricultora ressalta com orgulho que seus pais sempre fizeram questão da participação dela e suas irmãs no trabalho. “Tenho muito a agradecer aos meus pais. Porque pra gente estar envolvida na agricultura dessa forma, é porque eles deram oportunidade. Sabemos que existem muitos pais que têm receio, não soltam o filho. Mas eu digo que desde os meus 10 anos eu vou pra roça com o meu pai gradear, até sozinha, e sempre gostei”. Sobre a Sucessão Familiar, a agricultora afirma que seus pais ainda são muito ativos e tomam conta da propriedade, mas as filhas têm dado o apoio necessário para que os negócios da família fluam da melhor forma possível. “Tem algumas questões que eles precisam de auxílio, como a questão da tecnologia, nota fiscal eletrônica. E nós temos ajudado da melhor forma possível, para fazer o trabalho acontecer. Mas tomara que demore bastante para esta sucessão acontecer definitivamente, pois sabemos que esse trabalho traz muita alegria e orgulho aos nossos pais”. Sendo mulher e envolvida com o meio agrícola, Suzana acredita que essa participação das mulheres na vida do agricultor, é muito importante. “Se mudou muito com relação a antigamente. Hoje a mulher está na lavoura para apoiar, ajudar até na questão de crescimento. Então, a mulher tem somado bastante na agricultura, até mesmo por ser detalhista, principalmente na gestão e administração do negócio rural. A mulher deixou de ser uma coadjuvante, para ser protagonista junto com o homem, seja o marido ou o pai. Hoje em dia com as máquinas modernas, as mulheres, como até é meu caso, conseguem ajudar até conduzindo uma máquina na lavoura”. Por fim, Suzana que junto a seu marido Maicon tiveram o pequeno Getúlio Romancini Petri de apenas 3 anos, afirma que ela e suas irmãs tiveram o privilégio de ter pais que tiveram a ousadia de sair do Sul do Brasil, para trabalhar nessa terra tão promissora que os acolheu tão bem. 39


Parabéns a Homens e Mulheres do Campo

SBS Grãos Comércio e Transporte de Grãos (65) 3549-4979

/ 9954-0336


28 de julho I Dia do Agricultor

Afagar a terra, conhecer os desejos da terra, cio da terra, a propícia estação e fecundar o chão.

Parabéns Homens e Mulheres do campo, vocês que fazem brotar da terra não somente alimentos, mas também esperança e prosperidade.


Agronegócio

“Apesar da pandemia, 2020 tem sido um bom ano para o agronegócio”, afirma Antônio Lira Por Rodrigo Matheus

Até este momento a Agricultura tem sido o único setor que resistiu ao impacto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, e deverá atenuar uma recessão recorde este ano, graças à soja, ao milho e à pecuária, impulsionadas pelas exportações. “Falando em Pandemia, eu acho que o agronegócio é o único ramo do país que não foi atingido. A agricultura e a pecuária não pararam, não foram atingidos em nada. A Covid-19 apareceu no Brasil no final da safra de soja e já no plantio da safra de milho. A colheita de soja foi realizada, o plantio do milho feito, o andamento continuou e o grão já está todo colhido. Foi uma safra de milho muito boa por sinal, mesmo tendo um pequeno problema de falta de chuvas aqui na região, não foi significativo, teve alguma quebra, mas não foi muita. Eu acredito que a agricultura hoje é o esteio do país, é o que vai segurar a nossa economia. Está se falando em uma safra recorde. Já passamos os Estados Unidos na produção de soja. Então acredito que nós agricultores podemos louvar a Deus pelo que está acontecendo no nosso negócio rural, que não foi atingido diretamente por esse vírus que está aí fazendo esse estrago no país e no mundo inteiro. Posso afirmar que os nossos funcionários do agronegócio nas fazendas, poucas pessoas adquiriram o vírus. Por ser um setor mais retirado dos centros urbanos, os nossos colaboradores e os proprietários de terras, acabaram ficando mais protegidos”, disse o Agricultor e Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Antônio Lira, que acredita que ao final desta Pandemia, o ‘estrago financeiro’ será muito grande em nosso país. “Não digo isso em nosso município, porque Lucas do Rio Verde é essencialmente agrícola. Mas no Brasil, acredito que teremos um colapso muito grande na economia. Muita gente já perdeu o emprego e outros irão perder, onde também muitos políticos corruptos 42

Agricultor e Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, Antônio Lira

estão vendo vidas sendo ceifadas, e eles querendo lucrar de alguma forma com isso”. É imp/ortante ressaltar também que além da boa produtividade da soja e milho em nossa região, os preços praticados foram bons e inclusive os da soja alcançando níveis históricos. “Tivemos a alta do dólar que foi o principalmente causador da alta do preço da soja, como nunca foi visto antes. Muitos agricultores que não venderam antes, aproveitaram esses preços e fortaleceram o caixa do seu

negócio. E o milho também. Há muitos anos nós estamos penando com preços irrisórios. Vínhamos plantando o milho praticamente sem ter lucro nenhum, pra fazer a cobertura do solo e para poder girar o maquinário e não deixar os funcionários parados por todo esse tempo, além de manter o solo limpo. Só que felizmente hoje, nós estamos ganhando dinheiro com o milho e a perspectiva para o próximo ano é boa, com negócios futuros bons e muita gente já fez ou está fazendo. Hoje não chamamos mais o milho de


Agronegócio

safrinha, mas sim de segunda safra que está trazendo lucro para o produtor. E tudo isso, eu acredito que vai mudar os rumos da agricultura do Mato Grosso com esse preço praticado com o milho, e, com o preço melhor o agricultor pode investir mais na lavoura”, diz Lira, indicando que tudo aconteceu também com a chegada das indústrias de etanol (de milho), que ainda continuam se instalando em nossa região, e com isso firmando o preço do milho, juntamente com as exportações elevadas pela alta do dólar. “A queda da produção do milho no Estados Unidos também colaborou para isso e acredito que o cenário está muito bom para nós. Está bom para soja e está bom para o milho e a agricultura no geral”. SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE LUCAS DO RIO VERDE É sabido que durante um ano normal o Sindicato dos Produtores

Rurais de Lucas do Rio Verde, sempre realiza palestras e capacitações, tanto para produtores quanto para os seus colaboradores. Por conta desse ano atípico, onde todo o mundo sofre com a Pandemia da Covid-19, as ações ficaram prejudicadas em 2020. “Com certeza, todo mundo sabe que desde o início desta pandemia, tudo foi cancelado. Nós temos os cursos parados, sem poder ministrar essas capacitações tão necessárias aos funcionários e aos agricultores. Nós temos uma parceria com o Senar-MT, onde os cursos ministrados vinham alavancando muitos bons resultados. Por conta do Corona vírus, não podemos mais fazer encontros ou reuniões, para justamente evitar aglomerações, e tudo ficou prejudicado”, explica Lira, que é presidente do Sindicato e afirma que a entidade está de portas abertas para atender o produtor rural associado (que hoje são 200). “Nossos colaboradores estão à disposição para atender

SOCIAL

MEDIA

PARA A SUA EMPRESA SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(65) 99985-1772

o produtor rural no que for preciso. Se tivermos alguma demanda, também temos a Famato, que está à disposição com sua assessoria. Com isso, todas as demandas e problemas que aparecerem no Sindicato, tentamos resolver por aqui. O que não for possível a resolução aqui, enviamos para a Famato em Cuiabá para a pronta resolução. Graças a Deus estamos tocando o Sindicato, mesmo com toda essa crise, com a falta do dinheiro que vinha para o Sindicato através da cobrança de certos impostos que não vem mais pra cá. Mesmo assim estamos com nossa diretoria e com os associados, conseguindo manter os trabalhos e a nossa folha de pagamento em dia, trabalhando no azul. Estamos mantendo tudo isso e esperamos que essa Pandemia passe logo, para que possamos volta ao normal e poder oferecer todos os cursos, palestras e demais iniciativas do Sindicato, aos associados e à nossa comunidade”.


O Sindicato Rural e o núcleo da Aprosoja de Lucas do Rio Verde fazem homenagem ao Dia do Agricultor com Mulheres que estão ligadas ao agronegócio de suas famílias

Suzana Romancini Fazenda Romancini Lucas do Rio Verde – MT

Andressa Zanche n Fazenda Zanche n Lucas do Rio Verde – MT

Mary Bohm Fazenda Jaciara Lucas do Rio Verde – MT

Lorena Breda Gasparin Fazenda São Francisco Lucas do Rio Verde – MT

Tânia Vendruscolo Fazenda São Vicente Lucas do Rio Verde – MT

Flávia Bortolini Fazenda Santo Inácio Lucas do Rio Verde – MT

Rosângela Lorenzi Fazenda Lorenzi Sorriso – MT

Luciana Cella Fazenda Formosa Sorriso – MT

Denise K. G. Hasse Fazenda Sto. Antônio do Formoso Nobres - MT

Rafaela Picolo Fazenda Amélia II Lucas do Rio Verde – MT

Sandra Regina Primão Barzo o Fazenda Sapezal Lucas do Rio Verde - MT

Al za Barrozo Fazenda Modelo Lucas do Rio Verde - MT

Cleonice Reolon Fazenda São Miguel Lucas do Rio Verde – MT


Não interessa o tamando do desafio, o que importa é a grandeza da união!

28 de julho

DIA DO AGRICULTOR Parabéns aos Homens e Mulheres do Campo.

Edinéia Ogliari Pinhata Fazenda Ogliari Lucas do Rio Verde – MT Edinéia Ogliari Pinhata, filha de agricultor nascida em Corbélia-PR, chegou em Lucas do Rio Verde em meados de 1985, formada em Administração de Empresas, trabalhou por 12 anos no Sicredi e em 2011 voltou para agricultura, para ajudar na Administração da Fazenda onde trabalham em grupo familiar, os pais e quatro irmãos. Edinéia AMA o que faz e acredita que plantar a semente na terra é uma dádiva Divina.

Estamos juntos em t odos os momentos !


Bioplanta Nutrição Vegetal

A obra da Indústria de Fertilizantes Bioplanta de Lucas do Rio Verde está em pleno andamento e parte da produção tem previsão para início dos trabalhos de processos sólidos, no segundo semestre 2020. Segundo o Presidente do Conselho Administrativo da Tapajós Participações S.A., Marino José Franz, esta será uma das mais modernas indústrias de fertilizantes foliares do Brasil. A unidade industrial será submetida a um rígido controle de qualidade no processo produtivo e os materiais utilizados serão de primeira linha. Métodos de produção modernos e sustentáveis que visam maximizar a ação dos produtos, minimizando o impacto ambiental das atividades. A companhia criará 20 empregos diretos e mais de 50 indiretos, trazendo oportunidades e capacitação para os colaboradores.

Henrique Takahashi

48

Gerente Industrial

Elias Moreira de Souza

Gerente Administrativo/Financeiro


Além dos produtos especiais de altíssima qualidade que serão produzidos de acordo com as características de plantio e manejo, a Bioplanta contará com laboratório próprio, certificado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). A Bioplanta é uma sociedade anônima entre as empresas Tapajós Participações S.A e Sinagro Produtos Agropecuários S.A.

Atualmente tem como Diretores executivos o Sr. Daniel Engels Rodrigues e Miguel Vaz Ribeiro, como Gerente Industrial Henrique Takahashi e Elias Moreira de Souza como Gerente Administrativo/Financeiro. A Bioplanta tem como missão potencializar os resultados da colheita e oferecer uma linha completa de produtos, garantindo a nutrição necessária em todas as fases do desenvolvimento da lavoura.

49


Reportagem

DENISE HASSE A agricultora que divide seu amor à lavoura com a participação em entidades do setor Por Rodrigo Matheus

E

m 1987, Denise Hasse chegou com sua família em Lucas do Rio Verde em busca de oportunidade e tranquilidade. Natural de Santo Ângelo-RS, antes de chegar ao Mato Grosso, Denise morava em Canoas-RS. “Meu pai já estava cansado daquela rotina e buscou uma cidade para terminar de criar eu e meus irmãos. Chegamos na cidade, meu pai foi trabalhar na Exatoria da Sefaz-MT e minha continuou suas atividades de costureira. Eu e meus irmãos éramos estudantes e ainda adolescente comecei a trabalhar como vendedora em uma loja de caça e pesca, depois fui telefonista por dois anos, aí atuei como recepcionista e depois no departamento financeiro da empresa Ovetril. Após fui trabalhar na Cooperlucas onde fiquei até me casar com meu esposo, Claudecir Hasse, em 1994, onde de fato comecei a minha vida no agro”, explicou Denise, contando ainda que seu marido já era de uma família de agricultores, trabalhando com o pai na lavoura. “Nos casamos os dois com 18 anos e logo tivemos nossa filha mais velha (Daiane Hasse), e ali comecei minha vida no agro e construindo nossa família ao mesmo tempo. Eu me apaixonei pelo agronegócio, pela resiliência do ‘homem do campo’, pois naquele tempo as coisas eram mais difíceis, dia e noite no trabalho”. Denise disse que foi para a fazenda onde morou por 8 anos, se dedicando à sua família, mas já iniciando os controles administrativos, que não existiam na fazenda, justamente para dar suporte ao seu marido e o pai dele, nas decisões. Nesse tempo ela organizava a equipe, a cozinha, levava funcionários para médico na cidade, levavas as crianças da fazenda na escola. Dando assim um suporte para que eles tivessem mais tempo a ser dedicado na lavoura. “Em 2001 nasceu nossa segunda filha (Mariana Hasse). Em 2003 nós voltamos para a cidade, onde eu queria fazer faculdade, me formando em Administração de empresas, iniciando em 2004 pela UniVerde e terminando na La Salle em 2007, por conta da transição das instituições que aconteceu naquela época. Eu também quis voltar 50

para proporcionar um estudo de qualidade para nossas filhas. Esse período foi bem desafiante para mim, porque eu controlava o financeiro da propriedade, onde meu marido naquele momento já era sócio do meu sogro. E eu ainda fazia os controles da fazenda. Foi muito desafiador pra mim esses quatro anos de faculdade, porque eu cuidava da casa, tinha meus afazeres na fazenda, cuidava das filhas e ainda acompanhei minha mãe doente, até seu falecimento. Eu continuei e consegui meus objetivos”. Em 2009, o seu marido Claudecir dissolveu a sociedade com o pai, que se aposentou e entrou dois irmãos e um cunhado para gerir o negócio rural. “Assim nós começamos nosso caminho no agronegócio. Nós arrendamos as terras para ter um descanso, nos dedicando em outros projetos, até que em 2012 comecei a dar aulas como instrutora do Senai de Sinop. Fiquei um ano atuando nessa área, até que venceram os contratos de arrendamento das terras e meu mari-


Reportagem

do voltou a plantar e precisou de mim. Aí voltei para o que amava no final de 2012, e em 2013 já montei o escritório com sistema de gestão, controles de custos e insumos. Eu fiquei com a gestão financeira e administrativa e Claudecir com a gestão operacional da nossa propriedade, Fazenda Santo Antônio do Formoso que fica situada no município de Nobres”. Após isso, Denise buscou qualificação profissional com uma formação em Coach e se formou em pós-graduação em Gestão Estratégica e Inovação pela UFMT em Cuiabá. “Me abriu muito minha cabeça em inovação e tecnologia para melhorar a produção de nossa propriedade. Aí sim digo que assumi minhas funções com qualidade”. Denise é o exemplo claro de ‘mulher do agro’, que nos últimos anos deixou de ser apenas a auxiliar de seu marido nos negócios, para se torna através de estudos e capacitações, protagonista junto com ele nos negócios da família. “É isso que eu sinto. Por muito anos me senti secretária, não por preconceito do meu marido, mas sim por eu não assumir o meu papel. A partir do momento que assumi minhas funções as coisas só melhoraram. Muitas mulheres às vezes, demoram para assumir seu papel por medo de não se sentir pronta. Mas digo que você se sentirá pronta quando começar a lidar com o negócio”. PARTICIPAÇÃO EFETIVA NA APROSOJA-MT Muito envolvida em questões da mulher no agronegócio, participando em algumas entidades do setor, Denise iniciou seu envolvimento com a Aprosoja-MT, onde em 2018 foi convidada a se candidatar como Delegada. “Falei com meu marido, busquei informações e achei muito importante ser essa ponte entre a Aprosoja em Cuiabá e a base dos produtores aqui na nossa cidade, buscando levar as nossas demandas e ao mesmo tempo trazer inovações, palestras e tudo capacitasse os produtores e suas equipes de trabalhadores. Aceitei me candidatar ao cargo, mas sem expectativas. Acabei sendo delegada suplente, faltando um voto para atingir a titularidade. Mas uma outra delegada não assumiu o cargo, aí me tornei Delegada da Aprosoja aqui do núcleo de Lucas do Rio Verde”, contou a produtora, ressaltando que logo

iniciou seus trabalhos movimentando o grupo, questionando os delegados que já estavam atuando, querendo saber do produtor o que ele queria da entidade.

“Fui atrás das demandas dos produtores, nas quais levei para as reuniões em Cuiabá, e, por conta desse contato com as duas partes, já no segundo ano de mandato me colocaram como Coordenadora do Núcleo, onde estou até agora. Continuo desenvolvendo esse trabalho com os produtores rurais e trazendo mais mulheres para participar das ações”. PRIMEIRA MULHER NA DIRETORIA DO SINDICATO DOS PRODUTORES Vendo a participação de Denise na Aprosoja, o atual Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Lucas do Rio Verde, Antônio Lira, a convidou para fazer parte da chapa como Tesoureira. “Nós fomos eleitos e fui a primeira mulher a entrar na diretoria do Sindicato Rural. Tivemos uma boa aceitação, sempre com o apoio do meu marido, que está comigo viajando junto para os encontros, sempre que possível. Temos uma diretoria que trabalha bastante em prol do produtor rural, mesmo com as ações estando paradas neste momento de Pandemia da Co-

vid-19, nós fizemos algumas mudanças no Sindicato, desde a nossa entrada na instituição”. MOVIMENTO AGROLIGADAS Com isso, vinculada a Aprosoja e ao Sindicato, Denise iniciou um projeto para trazer as mulheres produtoras a participarem mais das entidades, mas acreditava que faltavam ações a serem desenvolvidas. Ela então foi convidada pelo Presidente da Aprosoja-MT, Antônio Galvan, a participar de uma reunião do Movimento AgroLigadas, que teria em Cuiabá, representando Lucas do Rio Verde. “Eu fui sem conhecer o movimento e num primeiro momento acreditei que não teria muito a ver com a nossa região, pois as participantes eram mulheres ligadas à cultura do algodão e eu não consegui entender o objetivo do movimento. Só que na outra semana, a Presidente do AgroLigadas, Geni Schenkel, me ligou me convidando a fazer parte da diretoria e contribuir com a iniciativa. Participei de uma nova reunião onde tinham 20 mulheres do agro e 14 aceitaram participar do AgroLigadas, e eu estou no grupo como Coordenadora Regional”, disse Denise, explicando que o AgroLigadas é um movimento de mulheres ligadas ao Agro, com o propósito de ser ponte entre o campo e a sociedade, por meio de ações de Educação e Comunicação, promovendo e incentivando a cultura positiva do Agronegócio.


ADUBO ORGÂNICO ÓTIMO PARA O AGRICULTOR, EXCELENTE PARA A NATUREZA

DIA DO AGRICULTOR 28 DE JULHO

Nosso muito obrigado a esses homens e mulheres que contribuem para alimentar o mundo.

TRANSPORTADORA MARIPÁ


ORGULHO em fazer parte dessa HISTÓRIA

Temos

Parabéns Lucas do Rio Verde, pelos seus 32 anos de força e Sucesso.

MARIPÁ AMBIENTAL

MARIPÁ COMÉRCIO DE MARAVALHAS

MECÂNICA MARIPÁ


28 DE JULHO, DIA DE COMEMORAR

´ homem do campo Parabens Parabéns pela determinação e empenho que contribui para o desenvolvimento da região! Você é orgulho para nosso país.

Homenagem aos Agricultores que semeiam a terra e assim alimentam o mundo! Homenagem da InovarAgro


32

e d r e V o i R o d Lucas

Anos

! h l e m a i d Cada

Homenagem da:

Marmoraria Amazonas Fone: (65) 3549-6258 Av SĂŁo LuĂ­s, 957-N - Industrial Lucas do Rio Verde - MT

Marmoraria


Carta

Trabalho, responsabilidade e transparência no combate à COVID-19

Meus irmãos e minhas irmãs luverdenses A pandemia provocada pelo novo Coronavirus chegou com tudo em Mato Grosso. É um momento muito delicado de nossa história e um momento que exige calma, comprometimento de todos, muito trabalho e ação, para que nosso município consiga enfrentar mais essa dificuldade. Desde o mês de março fomos obrigados tomar duras decisões, fomos obrigados a trabalhar mais, a perder sono e a praticamente abrir mão de nossas vidas pessoais para voltar nossa atenção inteiramente às necessidades da população. Cancelamos o Show Safra e fomos um dos primeiros municípios do Estado a estabelecer restrições com o objetivo de impedir o avan58

ço da COVID 19. De início fomos atrás de adquirir EPIs, álcool gel, medicamentos, respiradores, porque sabíamos que esses insumos faltariam no mercado. Criamos também um plano de contingência que conforme a necessidade estamos colocando em prática. Ainda em Março criamos o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, composto por profissionais da saúde, representantes dos Vereadores, Ministério Público, Defensoria Pública e representante do Hospital São Lucas. Também criamos um Comitê Econômico, com o objetivo de minimizar a perda de empregos e postos de trabalho em Lucas do Rio Verde. Então fomos ouvindo os cla-

mores das empresas, da ACILVE, da CDL, dos vereadores e as medidas foram sendo flexibilizadas. Nós entendemos o apelo porque não se tratava mais de macroeconomia, como no Show Safra, mas de empregos e salários que impactam nos menores, no autônomo, nos pequenos chefes de família que precisam garantir o alimento na mesa. Mas os casos aumentaram e as medidas que tomamos nos últimos 15 também foram duras, mas entendemos que foram acertadas, tanto é que os outros municípios da região e até a capital seguiram a liderança de nosso município e também instituíram toque de recolher depois de nós.


O problema dessas medidas é que quanto mais resultado elas apresentam, mais dão a sensação de que são desnecessárias ou de que foram feitas cedo demais.

10 novas UTIs – Único município da região que abriu leitos por conta própria

O plano de contingência envolvia a criação de 10 leitos de UTI em Lucas do Rio Verde, que seriam abertas caso a rede estadual estivesse sendo toda ocupada. O serviço de UTI é de alta complexidade e é regulado pelo governo do Estado. Isso porque a maioria dos municípios não tem nem os profissionais necessários para atender em UTI, existem poucos médicos intensivistas em Mato Grosso. Conforme a pandemia avançou no estado, abrimos esses novos 10 leitos no hospital, que só foram possíveis graças aos 5 respiradores custeados pelo município e outros 4 custeados pela sociedade, que se uniram em uma campanha organizada pela CDL. Além das UTIs, Lucas conta com 22 leitos de enfermaria para COVID-19 e respiradores de emergência no PAM. Implantamos o Teleatendimento que está realizando cerca de 150 atendimentos por dia. Estabelecemos desde 20 de maio o protocolo de fornecimento de medicamentos em estágio inicial dos sintomas (Kit COVID), antes mesmo da confirmação do exame. Hoje Lucas conta com estoque de medicamentos suficientes, isso porque fomos atrás de adquirir os remédios ainda no início do problema. Fomos buscar profissionais da saúde que estão em falta em todo o Mato Grosso e conseguimos trazer médicos para a abertura de novas unidades sentinela. Hoje contamos com 3 unidades atendendo pacientes com sintomas gripais. Realizamos o aporte de mais de R$ 2 milhões no Hospital São Lucas exclusivamente para COVID, além dos repasses tradicionais do contrato de gestão e complemento da tabela SUS. Estamos realizando uma parceria com o Instituto Federal de Lucas do Rio Verde para que nosso município possa realizar os exames RT – PCR aqui mesmo, sem necessidade de enviar para o Laboratório Central do Estado e com isso ganhar celeridade nos resultados. Conseguimos viabilizar dois mil testes rápidos e estamos testando constantemente profissionais da saúde e da segurança. Distribuímos cestas básicas para as pessoas em

situação de vulnerabilidade, Kits merenda e também demos assistência aos moradores em situação de rua, fornecendo dormitórios, refeições e recolocação no mercado de trabalho. Nossas equipes também se reinventaram e os nossos professores inovaram com aulas online e deram um show. Nossos professores da cultura também conseguiram dar aulas à distância e nossos bravos guerreiros do esporte gravaram vídeo aulas e ajudam até mesmo na fiscalização. Até um campeonato de E-sports desenvolvemos no município. O problema não é de falta de investimento ou recursos, mas de falta de profissionais e insumos indisponíveis no mercado, o sedativo que é utilizado para entubar um paciente está em falta em todo o país. Mas estamos trabalhando muito, nossos profissionais da saúde são incansáveis, seja da secretaria, seja das unidades de saúde ou do HSL. Nossa valente Guarda Municipal está se desdobrando para conseguir fiscalizar e infelizmente estamos encontrando muitas aglomerações, principalmente em casas e eventos particulares, se não nos cuidarmos vai faltar leitos, vai faltar vagas e o sistema de saúde não vai dar conta de absorver a demanda. Acompanho diariamente a situação, juntamente com o Secretário de Saúde e com os comitês, para a elaboração dos decretos e para avaliação das medidas necessárias. Temos plena convicção de que nosso município é um dos que mais bem se preparou para o enfrentamento desse desafio e nossa porcentagem de óbitos em relação aos contaminados é menor do que a do Estado e a do País. Nenhum desses óbitos ocorreu por falta de atendimento ou falta de medicamento. Nenhum desses óbitos aconteceu por falta de leitos ou falta de UTI. Mas cada um desses óbitos tem um rosto, um nome e uma saudade que dói no coração de seus familiares e amigos. Em respeito a essas pessoas e a todos os profissionais da linha de frente, seja da saúde, da limpeza ou da segurança, peço a todos que se cuidem. Cuidem das pessoas a sua volta e entendam que esse vírus mata. Rogo a toda a sociedade luverdense, que sempre soube se unir quando havia um problema a ser resolvido, que possamos fazer isso novamente. Que possamos colocar a mão na consciência e pensar no próximo. O momento é de união! União em defesa da vida, união a favor de Lucas do Rio Verde. Um forte abraço a todos.

Luiz Binotti

Prefeito Municipal de Lucas do Rio Verde


Aniversário Luca

Uma grande cidade, feita de suor e coragem

H

á 32 anos, o aglomerado formado por pequenos assentamentos ganhava emancipação política e se transformava na cidade de Lucas do Rio Verde. Forjada na coragem e ousadia dos pioneiros da região, no suor e na labuta incansável dos que acreditaram nesse chão, o vilarejo se transformou numa cidade referência. Pouco mais de três décadas que geraram não só um modelo de município para a Brasil, mas construíram negócios relevantes, formaram famílias, geraram histórias e são um orgulho para quem viveu todos esses anos de caminhada. A história do nosso grupo, O Positivo, se mescla e se funde com a história de Lucas do Rio Verde. Nossos fundadores participaram de muitas iniciativas, tanto públicas quanto privadas, que proporcionaram revoluções econômicas e 60

sociais na região. As nossas atividades empresariais começaram antes da emancipação e a medida que a cidade crescia, nossos negócios também se diversificaram e prosperaram. Começamos com a produção agrícola e pecuária e não paramos mais. Montamos negócios na área de comunicação, frigorífico especializado em suínos, empreendimentos imobiliários, granja de suínos, produção de energia renovável, enfim, diferentes segmentos que compõem a holding O Positivo. São unidades de negócios dos mais variados que surgiram de uma semente em Lucas do Rio Verde para ganhar o Brasil, o mundo. Hoje atuamos em diversos estados e países, mas jamais vamos nos desgarrar desse chão, porque aqui nossas raízes são fundas. Fomos nós, através da Emha

Construtora, que erguemos os primeiros prédios verticais de Lucas do Rio Verde. Esses 32 anos só nos mostram o potencial de crescimento que ainda existe na região. É por isso que estamos investindo mais de R$ 300 milhões em lançamentos imobiliários nos próximos meses. Temos um empreendimento em construção na cidade, o VIDA Azaleias, e vamos lançar um conceito inovador e de alto padrão de edifício residencial, o SKKY 360º, além de um condomínio horizontal em uma das áreas mais nobres e de maior expansão do município, o Parque das Emas. Buscamos a excelência nos negócios, com soluções completas e não temos receio em lançar projetos ousados. Acreditamos na força dessa terra, que tem no agronegócio o potencial de ala-


as do Rio Verde

vancar a retomada de crescimento do país. Lucas do Rio Verde é o polo de uma região estratégica para o Brasil. É interessante ver como os valores que nortearam o município desde o seu princípio se expandiram para além das esferas públicas e governamentais e impregnaram os conceitos de negócios fundados na região. O trabalho para melhorar a qualidade de vida da população e ser referência em serviços públicos encontrou seu equivalente na iniciativa privada que fez da região uma fronteira agrícola e gerou conglomerados econômicos respeitados em nível internacional. Nosso DNA é Luverdense. Com orgulho propagamos esse jeito diferente e criativo de transformar crises e desafios em oportunidades. Hoje, a exemplo da EMHA, que nasceu em Lucas, estamos

ganhando o Brasil e orgulhando essa terra. Somos regados pelos valores da bravura e coragem de tantos. Os que depositaram aqui o suor do seu trabalho, o sangue das suas mãos calejadas e toda a sua coragem de seguir adiante, enxergando o que estava além e transformando em realidade aquilo que era só pensamento. Nessa hora eu consigo ver muitos rostos. Faces de pioneiros, olhos de gestores, novas caras cheias de ousadia, expressões de homens e mulheres que acreditaram num lugar e o fizeram acontecer nas últimas três décadas. É do símbolo do município que nos batizamos. É no exemplo da EMA que nos inspiramos todos os dias para andar de cabeça erguida e a passos largos rumo a um futuro promissor.

Parabéns Lucas do Rio Verde!

Ramiro Azambuja

Diretor-presidente da EMHA Construtora e Incorporadora 61


Dicas para cuidar da saúde durante a quarentena É difícil ficar tranquilo com o medo de contrair a COVID-19, com as preocupações sobre economia e com o distanciamento das pessoas que você ama. Cuidar da saúde durante a quarentena, portanto, é importante para manter bem-estar físico e mental.

Priscila Nonato de Oliveira

Tecnóloga em Estética e Cosmotologia

Cuidar da saúde durante a quarentena não é uma tarefa fácil. Afinal de contas, além de todas as incertezas que envolvem esse momento de crise, é preciso pensar em estratégias para complementar a renda e mexer na rotina a fim de manter o distanciamento social. Cenário perfeito para o sedentarismo

Coma de maneira saudável Muita gente está trabalhando em casa nesses dias, inclusive, quem atua em comércios físicos e utiliza as redes sociais para alavancar os negócios em tempos de crise. Com isso, é difícil resistir à tentação de ir para cozinha toda hora e preparar vários lanchinhos supercalóricos, não é mesmo? Alimentar-se de forma saudável é fundamental para superar essa pandemia. Uma dieta equilibrada evita não apenas o ganho de quilos extras, mas garante também uma boa imunidade do corpo.

A preocupação com a saúde e bem-estar nesse período, tendem a trazer alterações emocionais como ansiedade, estresse e depressão. Nosso corpo e pele sentem essas alterações através da queda de cabelo, aumento de peso, surgimento de linhas de expressão, acnes e manchas. Para ajudar você a fugir dessa estatística e se fortalecer nesse momento, preparamos dicas práticas para cuidar da saúde do corpo e da mente durante a quarentena.

Procedimentos estéticos e o cuidado com a saúde

Exercite-se regularmente Distanciamento social não é desculpa para o sedentarismo. Até porque muitas atividades você consegue fazer em casa com elásticos, sacos de alimentos, garrafas pets, entre outros. Sem contar nos polichinelos, saltos e abdominais que não exigem equipamento algum. Os exercícios são armas contra a obesidade, hipertensão e diabetes — fatores de risco da COVID-19. Também ajudam a reduzir a ansiedade e melhorar o seu humor. Isso quer dizer que fazer exercícios é uma forma de cuidar tanto da saúde física, quanto mental.

e a comilança desenfreada.

Combinados com boas práticas no cuidado da saúde, procedimentos estéticos dão uma turbinada nos resultados. Por isso destacamos alguns dos serviços que oferecemos para quem quer sair da pandemia com corpo e pele saudáveis:

Procedimentos corporais

Durma pelo menos 8 horas por noite Uma noite maldormida causa diversos efeitos colaterais: dores pelo corpo, cansaço, dificuldade de concentração, mau humor e por aí vai. É por isso que uma boa noite de sono de, pelo menos, 8 horas é essencial à saúde. Para garantir a qualidade do sono, é importante criar uma rotina relaxante à noite. Nada de atividades físicas — com exceção do alongamento —, alimentos pesados, redes sociais ou notícias antes de ir para cama. Isso pode causar uma ansiedade desnecessária e, por consequência, provocar insônia.

- Massagem relaxante; - Drenagem linfática; - Massagem modeladora; - Criolipólise; - Tratamentos para celulite, gordura localizada, estrias e flacidez muscular e tissular.

Procedimentos faciais - Limpeza de pele - Rejuvenescimento - Anti Acne - Microagulhamento

- Depilação á laser e fotodepilação Quer saber mais? Fale conosco e agende uma avaliação gratuita.


SEU ESTILO É ÚNICO. SEU PAI TAMBÉM

NAVARRO

Feliz dia dos pais!

Ótica e Relojoaria

Fone: 3549.1439 Av. Mato Grosso, 1657 Cidade Nova - Lucas do R.Verde

09 de agosto

Dia dos Pais


coroa

TODA MULHER MERECE UMA

@marleybraga

Desde que os acessórios de cabelos viraram hits para repaginar o visual gastando pouco e, nas últimas temporadas, conquistaram ainda mais espaço nas produções do dia a dia. Pensei em como uma coleção própria atenderia todos os gostos das minhas “fifis” seguidoras e leitoras.

Entre tantos adornos, nenhum deles está tão presente nos p looks urbanos quanto as tiaras: depois que apareceram no desfile Verão 2019 da Prada, os apa arcos de cabelo inspirados nos anos 80 e 90 viraram febre nas ruas (e nas redes sociais), se tornando verdadeiros aliados para complementar as produções. E se nas décadas passadas os modelos em plástico faziam o maior sucesso, hoje, os arquinhos chegam mais estruturados, forrados com as mais diversas texturas, cores e materiais. co Com muito orgulho, nossa coleção #tiarasdaMarley, desenhadas com carinho por mim e confeccionadas pela Maravilhosa @doonashy (minha mãezinha), já são sucesso de vendas tanto dentro no nosso Estado, quanto para fora. Nossas peças são verdadeiras jóias, que caíram no gosto das mulheres antenadas e podem ser vistas mesmo durante o dia. O brilho despojado nos cabelos, presos ou soltos, deixa o visual mais fashion - e contrasta com looks minimalistas, como o mix jeans e camiseta branca, macacão liso e cortes de alfaiataria. A tiara em tecido acolchoado e aveludado são nossas favoritas, por isso temos um portfólio com diversos modelos e cores - nas versões maxi como aquelas usadas pela duquesa Kate Middleton em eventos sociais até opções mais estreitas como as Alice Bands.

66

Depois do nosso lançamento épico, valorizando a diversidade feminina com as tiaras na linha Premium para todos os tipos de cabelos, tivemos nosso especial mês das mães, com os kits mãe e filha na linha Slim e agora a novidade é a linha Glam, que nos traz a sutileza dos pontos de luz. Todas são confeccionadas artesanalmente pérola por pérola, strass por strass. E para facilitar o acesso, além do envio para todo Brasil, nossas tiaras podem ser encontradas em três pontos de vendas no Mato Grosso, sendo eles: Lucas do Rio Verde Vendas Online WhatsApp: (65) 99924-5458 Equipe Donnashy #tiarasdamarley Sorriso Paula Biazin Beauty

Sinop Gessica Amaral Acessórios


Uma Agência de Marketing completa. _Consultoria _Design _Produção Audiovisual _Gestão de Redes Sociais _Marketing de Influência

----

atendimento@timesagencia.com.br timesagencia

67


BELEZA EM DOSE DUPLA JORDANIA ARAuJO BRas E ANA CAROLINA RICHTER

´

ANA CAROLINA RICHTER Gaúcha, natural de Santa Cruz do Sul, está cursando Direito na Faculdade LaSalle de Lucas do Rio Verde

"Embora ninguém possa fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim". Chico Xavier

´


Foto: Rosania Pimentel / Nova Color

JORDANIA ´

´

ARAuJO BRas Matogrossense de Peixoto de Azevedo, está em Lucas desde 2005, Jordania é proje sta e adora ser fotografada. A vida é um eco. Se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emi ndo.

´


ANA CAROLINA RICHTER

70


Fone: (65) 3549.3746 - 99689.0560 Av. Goiás, nº 253-S Lucas do R.Verde

Roupas e calçados: Loja Jaísa Óculos: Navarro Ó ca Make: Márcia Pelicioli - Cabelo: Kassy Lopes - Bella Salão de Beleza Fotos: Rosania Pimentel / Nova Color


Roupas e calçados: Loja Jaísa Óculos: Navarro Ó ca Make: Márcia Pelicioli - Cabelo: Kassy Lopes Bella Salão de Beleza Fotos: Rosania Pimentel / Nova Color


JORDANIA ´

´

ARAuJO BRas

73


Devido a pandemia do novo coronavírus e as recomendações pelas autoridades na importância do distanciamento social, os eventos de música foram arduamente afetados. Segundo levantamento do Data SIM, mais de 8 mil shows e apresentações foram cancelados ou adiados em todo o país em 2020. Do palco para as telas Artistas de todos os estilos têm realizado transmissões ao vivo em que apresentam seu talento, as chamadas “lives”, são feitas geralmente pelas redes sociais e canais de músicos no Youtube. Todo dia da quarentena, uma nova coleção de opções de shows online. Muitos desses eventos têm promovido arrecadações para o combate ao impacto do coronavírus na vida das pessoas. Em Lucas do Rio Verde, artistas locais não ficaram para trás. Com o sucesso das lives realizadas por músicos renomados, surgem os primeiros movimentos de artistas locais e entidades da sociedade organizada para a realização de eventos virtuais beneficentes. Com o objetivo principal de angariar recursos para o combate ao coronavírus, as lives com o apoio de empresas locais e da população em geral conseguiram arrecadar equipamentos e produtos de proteção como álcool em gel, máscaras e produtos de limpeza, alimentos para ser entregues ás famílias em situação de risco devido a crise causada pela quarentena, e, até dinheiro para entidades que tiveram a arrecadação prejudicada devido ao cancelamento de eventos beneficentes. 74

Live Show Raízes [10/m a i o ] A live do Programa de Tv Show Raízes aconteceu no dia das Mães e reuniu artistas da música sertaneja da região. Apresentada por Emerson Grisa e apoiada por diversos empresários, o evento arrecadou mais de 5 mil quilos de alimentos, produtos de limpeza e valores em dinheiro. A live solidária direcionou os donativos ao Rotary Club de Lucas do Rio Verde e a APAE .

Rick Nunes Nas Alturas [2 6 / junh o ] Do alto do novo residencial da Romancini Empreendimentos, o cantor e compositor Rick Nunes se apresentou em uma live em comemoração ao seu aniversário. Foram arecadadas mais de 400 cestas básicas, ou cerca de 14 toneladas de alimentos que foram entregues pelo cantor.


Live da Apae [0 5/ j u n h o ]

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais é uma das instituições que perdeu arrecadação considerável nesse ano. Devido a pandemia, eventos tradicionais como o Porco no Rolete, Festa Junina da Apae, Expoflor e o Jantar Italiano que seria realizado no CTG, tiveram que ser cancelados, fazendo a Apae prever um defict de mais de R$ 100 mil em 2020. A Live da Apae foi idealizada pelo presidente da associação Valdecir Chagas e contou com o apoio de empresários e da comunidade como um todo. Foram quase 5 horas de apresentações de artistas regionais e mais de R$ 51 mil arrecadados.

Mix Evolution Solidária [23/abril ]

Enrique Valcanaia [2 1/m a i o ] A Live beneficente do cantor Enrique Valcanaia também foi um sucesso de visualizações e arrecadações. Durante mais de quatro horas, o artista local apresentou suas canções e também músicas consagradas na cultura sertaneja. Henrique ainda dividiu o palco com o cantor Ferrari e o locutor Francioli Silva. As doações realizadas pelo público e também por parceiros somaram mais de 900 cestas básicas, mais de R$ 35 mil em dinheiro e também R$ 17 mil em outros produtos. Os recursos foram destinados para a Acolhida Bom Samaritano, Instituto Padre João Peter e Associação Luverdense de Imprensa.

A Live Mix Evolution Solidária contou com a participação dos djs Gláucio Viana, Dj Paulinho PH e Dj Teco de Cuiabá. Também deram show durante a transmissão a dupla sertaneja André e Luana e o cantor Jonathan Anjos. O evento virtual contou ainda com apresentação do radialista Demétrio César. Foram arrecadadas cestas básicas com destinação para o Rotary Club de Lucas do Rio Verde que ficou responsável pelo repasse para as famílias carentes.

Felipe e Ferrari [14 /m a i o ] A dupla sertaneja Felipe e Ferrari, reconhecida nacionalmente pela música “ A carta de Larissa”, realizou no começo de julho um live beneficente, com título; Felipe e Ferrari No fervo in the Farm, a transmissão ao vivo foi realizada através do canal oficial da dupla na plataforma YouTube e tinha como beneficiadas, instituições da cidade de Lucas do Rio Verde, como Alpatas, Hospital entre outras. A live teve mais de 5 horas de duração, conseguindo, valores significativos, aos quais os doadores tinham um método através de Qrcode, que realizavam a doações via boleto bancário direto na conta das beneficiadas, com público de mais de 3 mil pessoas simultâneas durante toda a transmissão, a dupla está imensamente feliz e já alinham com seu escritório um próximo projeto.

75


Profile for Luan Araujo

Revista Portal 43ª edição  

Revista Portal 43ª edição  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded