Page 1

CENTRO EQUESTRE Saúde, bem-estar e atendimento de ponta no trato dos animais

Fazenda BoaVista Revista

Edição 4 - 2016

Miniolimpíadas Boa Vista

Evento apresenta modalidades de atletismo aos pequenos associados

Nova quadra de squash Mais uma opção de lazer no residencial, para todas as idades


CONTEMPORÂNEA: UM ESTILO A MAIS PARA VOCÊ...

Móveis e Decorações – Interiores, Exteriores e Contemporânea Interiores: R. Luiz Scavone 685, Jd de Lucca, Itatiba/SP - 11 - 4534-4202 Exteriores: R. Luiz Scavone 711, Jd de Lucca, Itatiba/SP - 11 - 4538-5455 Contemporânea: R. Luiz Scavone 707, Jd de Lucca, Itatiba/SP - 11 - 4487-1024


www.silvanacecilio.com.br @silvanacecilio1

- desde 1994 -


Inspire-se

Revista

ALMA EM FLOR

Em cada clique, uma cor. Um suspiro, uma inspiração. É primavera na Fazenda Boa Vista.

Foto: Fontpress Comunicação

8


Revista


10

Carta do Editor

Revista

FELIZ PRIMAVERA Foto: Fontpress Comunicação

A primavera está entre nós, trazendo renovação, novidade. Inspirados com o verde exuberante da estação, abrimos a revista com uma matéria especial sobre a horta da Fazenda Boa Vista, que inclui novas e importantes ações em gestão ambiental do empreendimento: a estufa, o viveiro de mudas e o projeto de compostagem. Outro destaque deste número, a seção Centro Equestre trata da rotina de cuidados dos cavalos hospedados na Fazenda Boa Vista, com detalhes da estrutura e suporte especializados oferecidos aos associados. Não deixe de conferir também, em Infra, os resultados e benefícios das reformas recentes promovidas no heliponto e no deck do Espaço Kid’s. Por fim, na seção Social, pegamos uma carona no clima festivo dos Jogos Olímpicos, com a cobertura completa das MiniOlimpíadas Fazenda Boa Vista, já na contagem regressiva para o sempre inesquecível e surpreendente réveillon no residencial.

CENTRO EQUESTRE Saúde, bem-estar e atendimento de ponta no trato dos animais

Boa leitura.

Fazenda BoaVista Revista

Edição 4 - 2016

Miniolimpíadas Boa Vista

Evento apresenta modalidades de atletismo aos pequenos associados

Nova quadra de squash Mais uma opção de lazer no residencial, para todas as idades

Um grande abraço, Publisher revista Fazenda Boa Vista

Única revista com circulação autorizada na Fazenda Boa Vista DIRETOR-PRESIDENTE | Camilo Lellis ADMINISTRAÇÃO | Ana Carolina Rocha DIRETORIA | Luana Garcia PRODUÇÃO E PUBLICAÇÃO | Fontpress Comunicação - Av. Pavão, 955, cj. 85, Moema São Paulo, SP – CEP 04516-012 Tels.: (11) 5044-2557 e 5041-4715 | E-mail: rfbv@fontpress.com.br

JORNALISTA RESPONSÁVEL E EDITORA-CHEFE | Luana Garcia (MTB 43.879) REPORTAGEM | Bruno Dias, Daniela Andrade, Luana Garcia, Joaquim Cardial e Paula Ortiz FOTOGRAFIA | Leo Pereira e Sergio Shibuya COLABORAÇÃO | André Soares, Mauro Lui e Pio Pastore DIREÇÃO DE ARTE | Márcio Abicair FINANCEIRO | Juliana Bonfim COMERCIAL | Rebeca Deodato e Vladimir Maia PARA ANUNCIAR | Tels.: (11) 5044-2557 e 5041-4715 | rfbv@fontpress.com.br IMPRESSÃO | Pancrom Publicação bimestral, custeada integralmente por anunciantes. É proibida sua reprodução total ou parcial, sem autorização por escrito da editora. A Fontpress Comunicação não se responsabiliza pelas fotos, textos e anúncios inclusos nesta edição.


Índice 11

Revista

Golfe Clube 32 Taça do Capitão

Infra 34 Reforma do heliponto

Seção Verde 20 Seção Verde 12

Como cuidar das hortas em casa

Infra 42

Horta da Fazenda Boa Vista

Revitalização do deck do Kid’s

Infra 46 Bikes elétricas na segurança

Social 58 Réveillon 2017

Centro Equestre 48 Um dia com os cavalos

Social 68 Guia do Atleta

Social 74 Nova quadra de squash

Serviços 78 Encomendas de pães e jornais

Serviços 80 Aulas de tênis e esportes hípicos

Social 60 MiniOlimpíadas

Momento Associação 82 Menores longe do volante


12

Revista

DA HORTA PARA A MESA

Associados desfrutam de sabor, qualidade e frescor na horta comunitåria orgânica da Fazenda Boa Vista


Uma vez dentro da horta da Fazenda Boa Vista, fica claro o porquê do

Uma vez respeitado o tempo ideal de crescimento, as espécies são

local ser um dos mais frequentados pelos associados aos finais de semana.

disponibilizadas aos associados às sextas, sábados, domingos e feriados

O lote, de 1.300 m2, é uma profusão de cores e um deleite para os sentidos.

– dias de maior fluxo de proprietários no residencial. Basta comparecer

Dos canteiros orgânicos, saem hortaliças, temperos e legumes direto para as

à horta e fazer o pedido ao profissional responsável pelo atendimento no

mesas das famílias do residencial. Só de pés de alface, campeões de pedidos,

local, que informará as variações disponíveis no dia e se encarregará da

são consumidos mais de 3.500 em um final de semana prolongado.

colheita e entrega imediata.

A manutenção da horta comunitária, criada na concepção do empre-

"Nosso trabalho é realizado sem o emprego de defensivos agrícolas e, por

endimento, há mais de dez anos, é de responsabilidade da Associação

conta disso, por vezes notam-se pequenas imperfeições nas folhas e legumes,

Fazenda Boa Vista e demanda atenção diária. Os vegetais são cuidado-

o que é absolutamente normal. Vários proprietários comentam que os vegetais

samente plantados em canteiros, organizados por tipo, e cultivados sem

da horta são mais macios e saborosos”, diz Gabriela Saturnino, responsável

qualquer uso de agrotóxicos.

pelo Departamento de Meio Ambiente e Paisagismo da Fazenda Boa Vista.

Fotos: Fontpress Comunicação

Seção Verde 13


14

Revista

Aos finais de semana, a movimentação de associados no local é intensa. Muitos comparecem à horta acompanhados da família e frequentemente sugerem novas espécies. “Alguns proprietários chegam a levar mudas de casa para plantio na horta, mas a recomendação é que se acione, primeiramente, o Atendimento ao Associado, que checará a viabilidade e acomodação adequada junto ao Departamento de Meio Ambiente”, orienta Gabriela. O interesse das crianças pela horta também é enorme. Tanto que, frequentemente, a Jungle Adventure, empresa terceirizada responsável pela programação de lazer e esportes de aventura da Fazenda Boa Vista, promove atividades lúdicas recreativas no local. “Os pequenos são levados à horta, onde colocam as mãos na terra, no plantio e na colheita. Eles aprendem a colocar a plantinha na terra, como cuidar dela e chamamos a atenção para a importância da origem dos alimentos, da boa alimentação e do cuidado para com o verde”, conta Paulo Cesar de Oliveira Filho, conhecido como Paulinho, proprietário da Jungle Adventure. “Por vezes, também colhemos hortaliças e levamos até a Fazendinha, onde as crianças têm a oportunidade de alimentar os animais. São sementinhas que certamente gerarão importantes frutos no futuro.”

Seção Verde


Revista


16

Revista

PRODUÇÃO

DE MUDAS Com o objetivo de otimizar recursos e garantir

a qualidade das mudas utilizadas na horta e nas áreas verdes, a Associação Fazenda Boa Vista criou uma estufa e um viveiro de mudas em dois lotes cedidos pelos empreendedores. Em funcionamento há apenas quatro meses, em um terreno próximo ao Centro Equestre, a estufa já reduziu em mais de 80% os gastos do residencial com compra de mudas. O local abastece, semanalmente, a Horta da Fazenda Boa Vista e produz mais de dez mil mudas por mês, em cultivo 100% orgânico. O viveiro de mudas, por sua vez, visa suprir demandas pontuais do paisagismo das áreas comuns da Boa Vista. Já estão em processo de produção algumas espécies de arbustos (como o jasmim), bastante utilizadas, e que demandam rápida reposição.

Seção Verde


Revista

Seção Verde 17


18

Revista

LIXO QUE VIRA ADUBO A Fazenda Boa Vista iniciou, no mês de setembro, um projeto pi-

loto de compostagem, em um terreno cedido pelos empreendedores do residencial e já limpo e preparado, para este fim, pela Associação Fazenda Boa Vista. A compostagem funciona como uma reciclagem de lixo orgânico. Consiste em um processo biológico, em que a matéria orgânica – folhas, galhos e estrume – é transformada, por micro-organismos, em um material chamado de composto, rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais, ideal para utilização como adubo. De início, estão sendo trabalhados na compostagem o lixo verde (folhagens e resíduos provenientes de podas em jardins) coletado das residências e das camas de cavalo do Centro Equestre. “O trabalho é supervisionado pelo Departamento de Meio Ambiente da Fazenda Boa Vista, com o auxílio de um engenheiro agrônomo, e estimamos que os primeiros compostos sejam produzidos em três meses”, afirma Camilo Lellis, Diretor-Presidente da Fazenda Boa Vista. “O adubo será utilizado, depois de testes, nas áreas verdes comuns da Boa Vista, gerando uma economia financeira importante para o residencial.”

Horta Fazenda Boa Vista | Funcionamento: sextas, sábados, domingos e feriados, das 7h às 11h e das 13h às 17h Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista | Tel.: (15) 3261.7617 | atendimento@apcfbv.com.br

Seção Verde


Revista

Seção Verde 19


Fotos: Fontpress Comunicação

20 Revista


Seção Verde 21

COMO CUIDAR DAS HORTAS EM CASA

Não existe nada mais gostoso do que poder comer o que nós mesmos produ-

zimos. Hortas caseiras são sempre bem-vindas e a melhor maneira de podermos garantir que o que estamos ingerindo passou por um tratamento adequado, com carga mais branda de defensivos e agentes biológicos, que nem sempre são tão inofensivos quanto se imagina. Todo cultivo de que dispomos hoje acaba por acumular resíduos nos alimen-

tos, quer sejam de origem orgânica ou química, às vezes ambas. Em qualquer um

Por: Roberto Barretto Dias Filho*

dos casos, podemos estar sujeitos ao contato com estes agentes em quantidades não suportadas pelo nosso organismo. Geralmente, dá-se muita atenção aos resíduos provenientes da aplicação de defensivos químicos. No entanto, são os resíduos orgânicos que mais têm causado intoxicações alimentares. A exposição excessiva a bactérias e outros agentes tem se mostrado mais perigosa que os produtos químicos. Por um bom motivo: todos os químicos aplicados podem ser medidos, rastreados e possuem níveis a serem respeitados. Já para os resíduos orgânicos, não há a mesma rigidez. Dificilmente ouvimos que determinado produto foi retirado do mercado por estar com níveis de coliformes fecais acima dos permitidos pelas agências reguladoras. E, acreditem, este problema existe e é mais sério do que, a princípio, pode parecer. Sendo assim, devemos atentar para a produção de alimentos em hortas caseiras, eliminando quaisquer agentes que possam fazer mal à nossa saúde.


22

Revista

Seção Verde


24

Seção Verde

Revista Preparo do solo

Primeiramente, temos de preparar o terreno para que ele possa bem receber as hortaliças. Vários associados da Fazenda Boa Vista já possuem, em suas residências, áreas destinadas ao cultivo das mesmas. Para aqueles que não têm espaço, vale investir em hortas verticais, plantadas em estruturas semelhantes à uma parede verde. Para o preparo do solo, indico a utilização de substrato agrícola, normalmente de casca de pinus compostado e corrigido ou um composto orgânico especialmente formulado para hortas. Este material tem carga biológica significativamente menor e sua composição já foi trabalhada com o objetivo de melhorar o desenvolvimento das plantas. Recomendo colocar uma camada de aproximadamente 15 centímetros de um destes produtos sobre o solo, na horta, e incorporá-lo a uma profundidade média de 20 centímetros na terra. O solo, desta forma, tende a ficar leve, de fácil manejo. Não indico a utilização de estercos, mesmo que já compostos. Eles possuem carga bacteriana muito elevada. Mesmo que respeitados os limites toleráveis, podem estar contaminados por ovos de insetos, como moscas. Em muitos casos, como a maior parte dos produtos é originária de esterco bovino, poderá ocorrer a contaminação com espécies daninhas, como a Tiririca, de difícil controle e muito agressiva. Ela pode inviabilizar o cultivo de hortaliças em áreas mais infestadas pela praga. Adubação Hoje dispomos de adubos extremamente eficientes para uso em hortas domésticas. São produtos de liberação lenta ou baixa solubilidade, que garantem a nutrição correta dos vegetais por três meses ou mais, dependendo do fabricante ou da tecnologia empregada. Eles possuem também uma maior quantidade de nutrientes já incorporados aos grãos, e é possível aplicá-los antes do plantio das mudas nos canteiros. Para a adubação e correção do pH do solo, recomendo: • Calcário dolomítico: 250 g/m² de canteiros • Adubo de liberação lenta, com formulação 12-08-16, ou equivalente: 100 g/m² de canteiro Estes adubos e corretivos devem ser misturados ao solo e incorporados a uma profundidade média de 20 centímetros. Regue os canteiros para que os produtos comecem a agir. O objetivo desta rega é apenas umedecer o solo, já que água em excesso pode provocar a perda de parte dos nutrientes, o que não é desejável. Como exemplo de adubos de liberação lenta, temos as marcas comerciais Osmocote, Basacote, Novatec, Forth e Sufammo. Os preços podem variar muito entre estas marcas. Sombreamento Nos períodos mais quentes do ano, geralmente de outubro em diante, culturas como a alface e outras folhosas necessitam de uma tela de sombreamento, que reduzem as temperaturas. Em pleno sol, as plantas queimam ou entram em estresse acentuado, ficando muito pequenas e morrendo com facilidade. Há telas para sombreamento disponíveis no mercado, utilizadas em larga escala em produções comerciais e vendidas no varejo para pequenas hortas. Indico a opção por telas com um mínimo de 50% de refração de luz. A instalação deste tipo de material sobre os canteiros é extremamente simples, e pode ser feita apoiando o mesmo em estacas de madeiras ou mourões.


Revista

Comer bem, para viver melhor.

C ar d ápi o : Cardápios planejados, previsão de lista de compra e orientação de utensílio de cozinha.

Bo a s p rát i cas:

C ulinár ia Saudável:

Higienizaçã o d e alimentos, org an ização de geladeira, freezer, despensa e id en tificacão dos p erigo s d e contaminaç ão

R evisão d e receitas co m in gred ien tes sau d áveis e alim en to s fu n cio n ais, jard im d e ervas e h o rta.

Acompanha mentos nutricional: Avalia ç ã o nut r i c i ona l d etalha da c om pl a no alim ent a r i ndiv i dua l p ara c a da i nt e g ra nt e d a famí l i a .

w w w. a n a l i s e n u t r i c i o n a l . c o m . b r • a n a l i s e n u t r i c o n a l @ g m a i l . c o m (11) 99224 3247 • (15)99154 0407

* A t e n d i m en t o e m Sã o Pa u l o e I n t e r i o r

O q u e é Nutri home ? É um serviço de o rientação nu tricion al d o mi ci l i ar * .


26

Seção Verde

Revista Manejo da água Manter os vegetais sempre com água disponível é um dos segredos

para obter hortaliças de alta qualidade. Água em excesso ou em falta pode ocasionar o surgimento de doenças e até a morte das plantas. Acertar a quantidade correta de água não é difícil. Ao fazermos um pe-

significa que o solo ainda tem muita água disponível. Controle de pragas e doenças A ocorrência de pragas e doenças em hortas caseiras é muito comum. Temos de lembrar que a mesma planta que nos nutre serve de alimento para diversos insetos e fungos.

queno buraco no solo, de 15 centímetros de profundidade, este não deve

Há diversas formas, de baixo impacto, de controle de pragas em hor-

estar encharcado, com água visível, mas sim úmido ao toque. O ponto que

taliças, com substâncias que deixam pouco ou nenhum resíduo, aprovadas

indica que devemos regar novamente os canteiros ocorre quando a camada

ou não para utilização em produções orgânicas de alimentos. Em razão do

superficial do solo já está seca e, a 15 centímetros, sentimos pouca umidade.

nível de complexidade, é importante consultar um agrônomo, que poderá

Outra maneira de avaliarmos a umidade do solo é verificando sua plas-

indicar os procedimentos e produtos adequados.

ticidade. Consiste em pegarmos uma pequena porção do solo, em profundidade, e amassarmos, fazendo uma espécie de bolinho de terra. Se o boli-

*Roberto Barretto Dias Filho é agrônomo consultor da Fazenda Boa

nho se desmanchar facilmente, significa que a terra está muito seca e deve

Vista. É diretor da Barretto – Consultoria Agronômica & Paisagismo, em

ser umedecida. Se, ao tentar fazer o bolinho, suas mãos ficarem molhadas,

conjunto com a paisagista Agnes Barretto Dias.

Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista Tel.: (15) 3261.7617 | atendimento@apcfbv.com.br Barretto – Consultoria Agronômica & Paisagismo Eng. Agr. Roberto Barretto Dias Filho Tels.: (19) 3802.1793 | (19) 98122.7995 | www.barrettocap.com.br


Projeto : Suz ana S her m an

Av. Cid ade J a rd i m , 9 2 9 Tel. : ( 11) 30 7 8 - 6 5 5 8 www.elginmd.com.br


28

Revista

Golfe Clube

VICTORIA E DANIEL,

VOCÊS SÃO NOSSO ORGULHO!


E S S E S AT L E TA S O RG U L H A R A M A N AÇ ÃO G O C I L MAIS UMA VEZ! A Gocil parabeniza o nadador Daniel Dias e a golfista Victoria Lovelady, que demonstraram muita garra, técnica e segurança nas piscinas e campos do Rio. Tanta performance só consegue quem tem preparo. #TorcidaGocil

gocil.com.br /  GocilOficial /  Gocil Segurança e Serviços


Revista

Fotos: Fontpress Comunicação (campo) e Divulgação/ Fazenda Boa Vista Clube de Golfe

32

TAÇA DO CAPITÃO

Um dos torneios mais aguardados do Fazenda Boa Vista Clube de Golfe, a Taça do Capitão encerrou o mês de agosto com uma animada disputa no campo 1. A Taça reúne damas e cavalheiros e é organizada no formato individual, modalidade stableford PGA Tour 100% HCP. É considerada difícil e competitiva, pois conta pontos positivos e negativos, exigindo bastante de todos os jogadores. Veja alguns cliques dos campeões.


Golfe Clube 33

AGENDA Programe-se para os principais eventos do Fazenda Boa Vista Clube de Golfe!* 29 de Outubro: Torneio de Duplas Juvenil modalidade scramble * Calendรกrio sujeito a mudanรงas no decorrer do ano.


Fotos: Fontpress Comunicação

34 Revista

SEGURANÇA MÁXIMA


Infra 35

Reforma do heliponto promove ganhos em segurança e comodidade aos associados

Os associados que fazem uso do heliponto – e não são

madamente dois mil e quinhentos metros de trincas e fissu-

poucos, já que o local registra uma média de 25 toques

ras ocasionadas pela movimentação das aeronaves e dilata-

aos finais de semana – já desfrutam dos benefícios da

ção da superfície de concreto. Na sequência, foram lixados

reforma completa promovida, recentemente, pela Asso-

o piso do heliponto e os spots, para remoção do material

ciação Fazenda Boa Vista nas instalações.

envelhecido, e executadas pinturas no piso de tráfego, lumi-

Visando a segurança total dos usuários, a pista de pouso e os seis spots de estacionamento foram revitalizados em um período de quarenta e cinco dias, mediante investimento de quinze mil reais em materiais. Na primeira fase dos trabalhos, foram tratados aproxi-

nárias, balizadores e sinalizadores de pista. Por fim, todas as instalações elétricas foram revistas e ajustadas. As obras foram executadas pelas equipes de engenharia e manutenção da própria Fazenda Boa Vista, o que gerou uma economia de vinte mil reais no caixa do residencial.


Infra

36 Revista

AGENDAMENTO OBRIGATÓRIO

Todos os toques no heliponto da Fazenda Boa Vista devem, obrigatoriamente, ser agendados

com, no mínimo, 24 horas de antecedência – ou duas horas, em casos de urgência. A medida tem por objetivo garantir a máxima segurança dos usuários, bem como dos controles de acesso ao residencial. Os agendamentos são efetuados por telefone e/ou e-mail: Das 7h às 20h: tels. (15) 3261.7617 | (11) 3198.8358 agendamentos@apcfbv.com.br e atendimento@apcfbv.com.br Das 20h às 7h: tel. (15) 3261.7626 | seguranca@apcfbv.com.br


38 Revista

Infra

REGRAS DE USO DO HELIPONTO

• A operação de pousos e decolagens de helicópteros na Fazenda Boa Vista é permitida apenas no heliponto homologado, próximo à portaria do km 102,5 da rodovia Castelo Branco, com as seguintes coordenadas: latitude 47º 33’ 34” W e longitude 23º 19’ 55” S. • Não são autorizados pousos e decolagens em terrenos particulares, bem como sobrevoos, exceto para operações em terrenos de área igual ou superior a 35.000 m2, com tempo máximo de dez minutos em solo. • O associado deve, obrigatoriamente, cadastrar seu helicóptero e a tripulação junto à Associação Fazenda Boa Vista. • É de inteira responsabilidade do proprietário o atendimento às obrigações do Ministério da Aeronáutica quanto à legalização de suas aeronaves, bem como à qualificação de seus pilotos. • O associado pode optar pelo pagamento de um plano anual ou por toques avulsos. Convidados também poderão utilizar o heliponto, desde que previamente autorizados por termo disponível na Administração. • Para os proprietários que não optarem pelo plano anual, os pousos dos dependentes e convidados serão cobrados do titular do imóvel. • Os pousos dos hóspedes do Hotel Fasano serão cobrados do hóspede no momento do check-out. • Os pousos dos clientes do Restaurante Fasano serão cobrados na saída do estabelecimento. • Se a aeronave permanecer em solo por mais de 30 minutos, serão cobrados dois toques, ou R$ 1.200,00


Revista


Fotos: Fontpress Comunicação

42 Revista


Infra 43

Acesso ao Kid’s Club é repaginado, conferindo ainda mais segurança e beleza às estruturas de recreação e lazer

NOVO EM FOLHA A Fazenda Boa Vista concluiu, no mês de setembro, a reno-

investimento aproximado de sete mil reais por parte da Associa-

vação do passeio de acesso ao Kid’s Club, tradicional ponto de

ção Fazenda Boa Vista. A opção pelo uso mão de obra própria no

recreação e lazer dos pequenos associados do empreendimento.

projeto possibilitou uma economia na ordem de dez mil reais.

A reforma garante mais segurança aos usuários, com a recu-

O trabalho compreendeu a troca dos caibros de sustentação e

peração total dos caminhos e ajustes na iluminação das laterais

réguas de madeira danificados; execução de novas furações e colo-

do deck, e realça ainda mais a beleza das instalações do Kid’s

cação de mais de cinco mil novos parafusos; calafetação (vedação)

Club por conta do impacto visual da madeira tratada.

das cavas dos parafusos com massa para madeira; lixação de toda a

A restauração foi efetuada em mais de trezentos metros quadrados de deck ripado, construído em madeira de ipê, mediante

superfície do deck; aplicação de verniz; e, por fim, revisão e ajustes em toda a iluminação nas laterais do passeio de acesso.


Infra

44 Revista

Restauração abrangeu mais de trezentos metros quadrados de deck ripado, construído em madeira de ipê

Kid’s Club Funcionamento: de quarta-feira a domingo, das 8h às 18h; fechado às segundas e terças-feiras. Programações especiais para as crianças em todos os finais de semana | Tel.: (15) 3261.7617


Há mais de 20 anos atendendo as expectativas e diversidades de seus clientes Forno Iglu revestido em aço inox

Coifas, churrasqueira a gás e cooktops

Grill com elevação a manivela

Lareiras a lenha, gás, a álcool e elétrica

www.calhasecoifasparana.com.br FÁBRICA|LOJA: Rua Santa Cruz, 1056 Santa Libânia - Bragança Paulista - SP Tel. (11) 4034-0502 / 4034-3377

SHOW ROOM: Avenida dos Imigrantes, 660 loja 5 Taboão - Bragança Paulista - SP Tel. (11) 4033-2637


Infra

Fotos: Fontpress Comunicação

46 Revista

ECONÔMICA E SUSTENTÁVEL

A equipe de segurança da Fazenda Boa Vista passou a contar, em setembro, com um reforço estratégico e sustentável no patrulhamento das alamedas e áreas comuns. Três bicicletas elétricas foram inseridas no contrato mensal de locação de veículos do empreendimento, em substituição à parte da frota de motocicletas. “Trata-se de um projeto piloto, que vai ao encontro da proposta ambientalmente correta do residencial”, comenta Camilo Lellis, Diretor-Presidente da Fazenda Boa Vista. “Isso porque as bikes elétricas propiciam uma economia com combustível, uma ronda silenciosa, sem emissão de gases poluentes, e funcionam muito bem em fases mais tranquilas e pontos próximos.” As bikes atingem uma velocidade de até 28 km/hora, possuem bateria reserva e, portanto, autonomia para trabalharem de maneira sincronizada à operação atual. “Elas, portanto, não substituem as motos por completo, mas representam um avanço para o serviço como um todo e também para os próprios agentes, que ganham em qualidade de vida”, conclui Lellis.


Revista


Fotos: Fontpress Comunicação

Revista


Centro Equestre 49

UM DIA COM OS CAVALOS Centro Equestre Fazenda Boa Vista foca na saúde, bem-estar e atendimento especializado no trato diário dos animais

Para que um cavalo chegue ao apogeu de sua forma física, tempo e dedicação diários, por parte dos proprietários e de seus tratadores, são fundamentais. Nesse sentido, o Centro Equestre Fazenda Boa Vista dispõe de estrutura completa e suporte especializado não só para a saúde, bem-estar e desenvolvimento pleno dos animais, mas também para que todos os associados desfrutem dos inúmeros benefícios do contato com os cavalos. “Trinta e quatro animais estão hoje hospedados no Centro Equestre Fazenda Boa Vista e há vagas disponíveis. Os cavalos têm direito a cama, tratador, feno, ração e exercícios diários no piquete, além de treinamentos específicos nos picadeiros, pagos à parte da mensalidade”, detalha Lucia Ferreira Doson – conhecida pelos associados como Lucca –, coordenadora do Centro Equestre Fazenda Boa Vista. Apesar da aptidão e força natas do animal, o condicionamento é atingido lentamente, com a evolução gradual do volume de trabalho. Especialistas também apontam a importância dos treinamentos começarem o mais cedo possível. É desta forma que se estabelece a confiança entre treinador e cavalo, eliminando o estresse do equino.


50 Revista

A qualidade da alimentação é outro fator de estrema importância para a boa saúde e bem-estar dos animais. Ela auxilia e aprofunda a relação entre o cavalo e o seu treinador, já que, muitas vezes, funciona como recompensa, uma associação positiva, com o animal compreendendo que aquela pessoa é muito importante para a sua sobrevivência. Na Fazenda Boa Vista, cada cavalo tem o seu treinador, também responsável pelos cuidados diários. Por outro lado, a coordenadora do Centro Equestre reforça a importância da frequência e da qualidade da interação dos animais com os seus proprietários. “O cavalo conhece muito bem o seu dono, aquele que mima, dá carinho. Ele precisa desta atenção especial, da cenourinha, e reconhece, de imediato, o proprietário”, comenta Lucca.

Centro Equestre


Centro Equestre

52 Revista

Dia a dia

inspeciona os animais a cada duas horas.

Os cavalos hospedados no Centro Equestre

“Os cuidados variam de acordo com o clima.

Fazenda Boa Vista seguem uma rotina muito bem

No verão, por exemplo, os animais tomam ba-

planejada e balanceada. Às 6h, 7h e 8h, as baias são

nho com mais frequência. Já no inverno, o pelo

limpas e, os animais, alimentados e colocados em

cresce e engrossa, e a escovação se torna mais

treinamento. A quantidade de ração – o Centro

frequente”, explica a coordenadora.

Equestre utiliza somente as melhores marcas dis-

Mesmo para quem não possui cavalos hos-

poníveis no mercado – depende da raça e do perfil

pedados no Centro Equestre Fazenda Boa Vista

do cavalo: aqueles com mais energia necessitam

há vários meios de interagir com estes animais

de mais alimento no dia.

encantadores no residencial. “Além de aulas de

Após a montaria, os cavalos seguem para

montaria e de diversas modalidades hípicas,

o lazer no piquete, onde permanecem por

dispomos de passeios de charrete. As famílias

entre duas e três horas. Depois, são encami-

também gostam bastante de vir alimentar os

nhados à escovação, banho e/ou higienização

cavalos. As crianças adoram oferecer cenouras,

das patas e, então, para o descanso nas baias.

feno e alface a eles, são momentos bem espe-

Durante toda a noite, um vigilante noturno

ciais”, conclui Lucca.


(11) 3104-6220 / (11) 3115-3524

www.vanessaquintiliano.com.br


Centro Equestre

54 Revista

“O Dólar, cavalo da minha filha, está hospedado no Centro Equestre e ela faz aulas todos os finais de semana. Ela visita o Dólar com frequência, conversa muito com ele e costuma dizer que gosta de olhar em seus olhos para mostrar que está presente. Sempre convivi com cavalos, acho essa relação bastante saudável e sempre quis que meus filhos tivessem essa oportunidade. Eu, meu marido e meus filhos mais novos sempre acompanhamos as aulas e visitas e fizemos muitos amigos aqui.” Juliane Fonseca

“A equipe do Centro Equestre é excelente e os cavalos são muito bem cuidados. A meu ver, a Hípica melhorou muito com a separação das aulas e do manejo, as tarefas estão melhor divididas. Temos dois cavalos hospedados lá, são nossos animais de estimação e nunca deixamos faltar carinho a eles.” Hernan Halabi

“O Centro Equestre Fazenda Boa Vista propiciou a mim e à minha família a oportunidade de desfrutar do convívio com os cavalos, o que é maravilhoso. Minha filha mais velha hoje salta e treina com frequência e é super dedicada ao hipismo graças a essa convivência. Temos um cavalo hospedado no Centro Equestre e sempre vamos visitá-lo e acompanhar os treinos, é um programa nosso, em família, no residencial.” Marina Linhares

Centro Equestre Fazenda Boa Vista Funcionamento: quarta a domingo, das 7h às 18h; feriados, das 7h às 18h; segundas-feiras, das 7h às 13h; fechado às terças-feiras Informações e agendamentos: Tel.: (15) 3261.7617 | agendamentos@apcfbv.com.br


56 Revista

MELHORIA CONSTANTE O Centro Equestre é tido pelos gestores da Fazenda Boa Vista como o serviço com maior potencial de crescimento, para os próximos anos, no residencial. Por isso, segue um planejamento estruturado, focado em melhorias na infraestrutura, gestão e nos cuidados para com os animais, visando a satisfação plena dos associados que frequentam estas instalações. Vários incrementos de baixo impacto no orçamento foram realizados pela Associação Fazenda Boa Vista nos últimos meses, tais como: - Contratação de equipe noturna de cuidadores para suporte em eventuais emergências medicas. - Instalação de fibra ótica, integrando o Centro Equestre ao Centro Administrativo da Fazenda Boa Vista. - Plantio de 15 árvores (Sibipirunas) entres os piquetes para melhora do sombreamento. - Instalação de câmeras CFTV (circuito fechado). - Adequação das salas de feno e ração, melhorando as condições de umidade e ventilação e, consequentemente, a conservação dos alimentos.

- Compra de novos equipamentos de segurança para as aulas. - Instalação de bebedores automáticos em 15 piquetes. - Recuperação da marcenaria das baias e salas do CE. Há muitos outros projetos em vista, dentre eles a expansão dos pavilhões de cocheiras. Hoje, há três disponíveis, mas outro quatro ainda podem ser construídos, totalizando 147 vagas para hospedagem de cavalos. Em paralelo aos aprimoramentos na infraestrutura, o Centro Equestre investe em um modelo de gestão compartilhada, visando a excelência na prestação de serviços. “As responsabilidades são divididas entre o Prof. Daniel De Picolli, à frente das aulas e do treinamentos dos animais, e a Lucca, que, recentemente, passou a coordenar a operação, além de treinar alguns cavalos”, explica Camilo Lellis, Diretor-Presidente da Fazenda Boa Vista. “O Centro Equestre apresenta uma grande demanda de atenção represada e estamos mudando este cenário na atual gestão. Para tanto, são fundamentais as opiniões e sugestões dos associados”, conclui Lellis. Participe!


Centro Equestre 57


Fotos: Divulgação/Estúdio Illuminare | Fontpress Comunicação


Social 59

Revista

RÉVEILLON INESQUECÍVEL Foi iniciada a contagem regressiva para o Réveillon 2017 Fazenda Boa Vista. Bastante aguardada pelos associados, a virada do ano no residencial é marcada por uma grande e belíssima festa, voltada à celebração da amizade e da família. O evento começa às 21 horas do dia 31 de dezembro, na Sede Hípica, e não tem hora para acabar. Além da charmosa decoração, em plena harmonia com as belezas naturais da Fazenda Boa Vista, a festa é marcada pela alta gastronomia no serviço de buffet, por uma belíssima queima de fogos à meia-noite e pela pista de dança, sempre bastante animada por hits de diferentes épocas. Os convites para o Réveillon 2017 Fazenda Boa Vista são limitados e já estão à venda. A compra antecipada garante prioridade na

escolha de mesas, além de um desconto especial aos proprietários, familiares e convidados. Crianças de 0 a 4 anos não pagam, e os associados até 16 anos e babás contam com valores diferenciados. Os convites dos adultos incluem ceia completa, água, refrigerantes, sucos e o bar de caipirinhas e drinks, com exceção de whisky, champanhe e vinhos, que podem ser trazidos em collers, sem cobrança de rolha. Para as crianças e adolescentes, uma atração extra: a Área Kids, com serviço fulltime de monitoria a cargo da Jungle Adventure – empresa terceirizada responsável pelas atividades de recreação, lazer e esportes de aventura da Fazenda Boa Vista. Já confirmou presença?

VENDA DE CONVITES Além da prioridade na lista de escolha de mesas, a aquisição antecipada de convites para o Réveillon 2017 Fazenda Boa Vista garante descontos especiais aos associados e seus convidados. Confirme sua participação junto ao Setor de Agendamentos do residencial: Tels.: (15) 3261-7617 e (11) 3198-8358 agendamentos@apcfbv.com.br


Fotos: Fontpress Comunicação

60 Revista

APREN E SUPE


Social 61

NDIZADO ERAÇÃO MiniOlimpíadas agitam a Sede Hípica e despertam o interesse das crianças pelas modalidades do atletismo O espírito olímpico tomou conta do país em agosto e, na Fazenda Boa Vista, motivou um evento todo especial, no dia 20: as MiniOlimpíadas, clínicas para os pequenos e jovens associados, comandadas pela Jungle Adventure – empresa terceirizada responsável pela recreação, lazer e esportes de aventura do residencial – , em parceria com a Equipe ABRA (Associação Bragantina de Atletismo). Os participantes tiveram a oportunidade de aprender e praticar fundamentos básicos de seis modalidades do atletismo, organizadas em um circuito, no campo de polo da Sede Hípica: corrida de 50 metros rasos, corrida de 50 metros rasos com barreiras, salto em distância e arremesso de peso, martelo e dardo. “As atividades foram promovidas de maneira lúdica, com o objetivo de entreter e apresentar o atletismo como um esporte acolhedor, em que crianças de todos os biotipos podem desenvolver suas aptidões”, diz Lais Serinoli Rodrigues, uma das atletas da ABRA participantes. “Os pequenos também vivenciaram o clima de competição, que reforça que é necessário saber respeitar os colegas e o clima de equipe, e que perder é natural, faz parte da vida.” Ao término das MiniOlimpíadas, os pequenos esportistas colocaram em prática o aprendizado em uma pequena competição e foram condecorados com medalhas. “Todos ficaram bem à vontade, absorveram, com

Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista Tel.: (15) 3261.7617 | atendimento@apcfbv.com.br

bastante interesse, as explicações dos atletas e executaram muito bem as modalidades”, afirma Paulo Cesar de Oliveira Filho, conhecido como Paulinho, proprietário da Jungle Adventure. “Muitos desafios foram superados pelas crianças, que se mostraram empenhadas em melhorar seus tempos e distâncias. Fomos brindados por muitos sorrisos”, conclui.

Jungle Adventure Tels.: (11) 97118.0779 | (11) 97405.3128 junglepaintballbp@ junglepaintballbp.com.br www.junglepaintballbp.com.br


62 Revista

Social

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


Revista Proteção com ética, conhecimento e respeito à saúde e meio ambiente

Atendimento com: engenheiros, biólogos e equipe especializada BN CONTROLE DE PRAGAS, empresa com 18 anos de tradição no mercado, e há 9 anos desenvolvendo eficiente trabalho como contratada da Quinta da Baroneza e prestadora de serviços desde 2014 para a Fazenda Boa Vista, tem como referência a confiança adquirida ao longo dos 42 anos de carreira do Engenheiro Florestal e Ambientalista Oscar de Brito Neto, fundador e técnico responsável da empresa. Destes, estão 20 anos trabalhados como pesquisador na Divisão de Produtos Florestais do IPT – Instituto de Pesquisas Tecnológicas da USP – Universidade de São Paulo.

Se é Bayer, é bom!

(11) 4032.4833 | 4034.0259 bncpraga@uol.com.br | www.bncpragas.com.br Praça Manoel Theodoro, 39 - Bragança Paulista

Social 63


64 Revista

Social


Revista

Social 65


66 Revista

Social


PROJETOS DE ILUMINAÇÃO ILUMINAR - LALAMPE LIGHT DESIGN + EXPORLUX

Arquiteto: Cassio Olivato

Tel.: 11 4521-6216 | 11 4521-6220 www.pinhalluz.com.br - eng.andrea@pinhalluz.com.br Rua Major Gustavo Adolfo Storch, 180 - Jundiaí (SP)


Fotos: Divulgação/Guia do Atleta | Fontpress Comunicação

68 Revista

PRA NIN FICAR P


Social 69

NGUÉM PARADO Guia do Atleta coloca a criançada para se movimentar e interagir na Fazenda Boa Vista, com programação esportiva diversificada ao ar livre

Um guia da prática esportiva, com foco na qualidade de vida em todas

“Eu e meu sócio – Gustavo Nogueira de Andrade – somos formados

as idades. Esta é a máxima que rege o Guia do Atleta, empresa terceirizada

em Educação Física nos Estados Unidos e trouxemos para a Boa Vista

responsável pela programação esportiva da Fazenda Boa Vista.

nossa experiência de doze anos atuando em acampamentos renomados,

Com dez anos de existência e cinco no residencial, o Guia do Atleta im-

universidades, resorts e treinamento de tênis universitário naquele país”,

plantou com bastante sucesso, em 2014, na Boa Vista, o conceito de sports

diz Adriano Lucena Cipriano, sócio-proprietário do Guia do Atleta. “Nestes

camp, com crianças e jovens praticando duas ou três atividades esportivas

locais, crianças de 06 a 15 anos, de diferentes habilidades e níveis de apren-

distintas, das 9h30 às 12h30, aos sábados e domingos. A empresa também

dizado, são trabalhadas de uma maneira integrada, por meio de atividades

ministra aulas de tênis aos proprietários, nos finais de semana, mediante

esportivas diversas, como futebol, tênis, gaga, baseball, basquete, vôlei,

agendamento prévio junto ao Atendimento ao Associado.

flag-footbal e danças.”


70 Revista

Social

Na Fazenda Boa Vista, as atividades promovidas pelo Guia do Atleta no centro esportivo reúnem uma média de 30 associados aos sábados e 40 aos domingos, na faixa etária de cinco a quinze anos, e o número de participantes chega a dobrar nos feriados. “Nosso trabalho vai muito além do aspecto esportivo. Valorizamos a disciplina, a atitude positiva e a importância do trabalho em equipe. Temos por objetivo promover um desenvolvimento integral e, para isso, investimos em uma equipe bastante qualificada, composta por educadores físicos com experiência comprovada nas melhores escolas da região”, afirma Gustavo Nogueira de Andrade, sócio-proprietário do Guia do Atleta. Além dos esportes mais conhecidos, como futebol, tênis, basquete e vôlei, os pequenos e jovens associados da Boa Vista têm a oportunidade de vivenciar outras práticas desportivas ao ar livre, como beisebol, futebol americano, ginástica rítmica e jogos pré-desportivos. “Os participantes interagem o tempo todo e cabe aos nossos profissionais encontrar um equilíbrio entre eles, desenvolvendo diferentes potencialidades”, comenta Adriano. “Em dois anos de sports camp na Boa Vista, temos vários associados que nunca haviam praticado nenhum tipo de atividade, e hoje encontramos um cenário esportivo cada vez mais presente na vida destas crianças. A cada dia estamos mais empenhados no objetivo de utilizar o esporte com uma ferramenta de desenvolvimento integral dos pequenos”, diz Gustavo. Além da prestação de serviços em esporte e recreation camp dentro e fora do país, o Guia do Atleta mantém uma escolinha Guga de tênis em Sorocaba (SP), uma equipe de treinamento infantojuvenil, aulas de natação, pilates, funcional, entre outras atividades ligadas ao esporte e saúde, e atua em eventos privados, organizando atividades esportivas em festas de aniversário e corporativas. “Investimos em diversas frentes ligadas ao esporte e à promoção da saúde e do bem-estar. Na Fazenda Boa Vista, é muito gratificante o retorno dos pequenos associados e dos pais, que percebem uma melhora considerável de seus filhos não só nos esportes, mas no convívio social.

Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista | Tel.: (15) 3261.7617 | atendimento@apcfbv.com.br

O desenvolvimento das crianças é nosso melhor

Guia do Atleta | Tels.: (15) 99125.1458 | (15) 98830-8379 | gustavo@guiadoatleta.com.br | adriano@guiadoatleta.com.br | www.guiadoatleta.com.br

feedback”, conclui Adriano Lucena Cipriano.


Social

72 Revista

PREPARE-SE!

Mês das Crianças com programação especial na Fazenda Boa Vista:

Gincanas esportivas: todos os sábados e domingos, das 9h45 às 12h30, nas quadras poliesportivas 22 de Outubro Desafio em família: gincana para todas as idades, com saída da Sede Hípica 29 de Outubro Halloween – Doces ou Gostosuras, com saída do Kid’s Club Oficina de Terrário: aprendendo sobre o ciclo da água, no Kid’s Club

AGENDA

A Fazenda Boa Vista oferece uma gama diversa de serviços, conveniências e atividades aos proprietários. A Revista te ajuda a se organizar! Golf Club Fazenda Boa Vista Funcionamento: todos os dias, das 7h ao pôr do sol Serviços: aulas e torneios abertos a associados Agendamentos: (11) 3198.8340 | (15) 99713.6252 e (15) 7836.7052 | piopastore@apcfbv.com.br

Pães e jornais Todos os finais de semana e feriados. Encomendas até às 15h das sextas-feiras ou vésperas de feriado: (15) 3261.7617 agendamentos@apcfbv.com.br | Retirada no Atendimento da Associação, a partir das 7h30

Hotel Fasano Boa Vista Funcionamento: 24 horas | Tel: (15) 3261.9900 | frontdesk.fbv@fasano.com.br

Armazém Boa Vista Encomendas, com delivery nas residências, por telefone e WhatsApp: (15) 99800.5445

Spa Fasano Boa Vista Agendamentos: (15) 3261.9902 | recepcao.spabv@fasano.com.br Centro Equestre Funcionamento: quarta a domingo, das 7h às 18h; feriados, das 7h às 18h; segundas feiras, das 7h às 13h; fechado às terças-feiras Serviços: locação mensal de baias, aulas de equitação e passeios de charrete pelo residencial Agendamentos: (15) 3261.7617 | agendamentos@apcfbv.com.br Quadras de Tênis Funcionamento: quarta a domingo, das 8h às 20h Serviços: aulas de tênis e rebatedor Agendamentos: (15) 3261.7617 | agendamentos@apcfbv.com.br Fazendinha Funcionamento: segunda a sexta, das 7h às 17h; sábados e domingos, das 7h às 18h | Tel.: (15) 3261.7617

Horta Funcionamento: sextas, sábados, domingos e feriados, das 7h às 11h e das 13h às 17h | Tel.: (15) 3261.7617 Lavagem de carros Funcionamento: sábados e domingos Agendamentos (até às 15h de sexta-feira): (15) 3261.7617 (11) 3198-8358 agendamentos@apcfbv.com.br Feirinha da Fazenda Funcionamento: sextas feiras, das 13h às 17h; sábados, feriados e emendas, das 9h às 13h | Local: Sede Hípica Encomendas de frutas, verduras e legumes: (15) 99770.7251 (15) 99626.9258 - telefone e WhatsApp Encomendas de flores e plantas: (11) 97625.6052 Telefone e WhatsApp


Fotos: Fontpress Comunicação

74 Revista


Social 75

INJEÇÃO DE ENERGIA Nova quadra de squash reforça opções de lazer e esportes para os associados aos finais de semana, feriados e férias, na Fazenda Boa Vista Com a intenção de variar ao máximo as propostas de lazer e exercício dos proprietários no residencial, a Fazenda Boa Vista inaugurou, recentemente, uma quadra exclusiva para prática de squash, próximo à quadra poliesportiva. A nova instalação tem o apoio do lounge do tênis – que dispõe de estacionamento, vestiários, toaletes e bebedouros – e chega para reforçar o complexo esportivo, garantindo ainda mais comodidade e conforto aos associados, seus familiares e convidados. O squash – por cinco anos consecutivos considerado o melhor esporte do mundo pela revista Forbes – é uma atividade dinâmica, aeróbica, que requer agilidade, colabora com a coordenação e queima muitas calorias. É também bastante divertido, já que pode ser praticado individualmente, com a família e entre amigos – em duplas ou em trios –, inclusive em dias de chuva. A nova quadra está aberta a todos os proprietários, independentemente de faixa etária, mas as crianças são bem-vindas quando acompanhadas dos pais e/ou adulto responsável, por questões de segurança. O uso de uniforme ou roupa esportiva é muito importante, já que a atividade exige bastante do físico. O associado também deve investir em um tênis adequado, bem como em bolinhas específicas para a prática – outros calçados e bolinhas de tênis acabam por deteriorar o piso da quadra. Os proprietários interessados agendar partidas com outros jogadores do residencial podem contatar o Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista, que está organizando um cadastro de adeptos do squash.


Social

76 Revista

Squash the ball Uma bola oca preta de borracha atingida por raquetadas de dois ou quatro jogadores, no caso da disputa por duplas, é a essência do squash. Há diferença na competição profissional: as quatro paredes são de vidro e a bola é branca. O primeiro a sacar é escolhido por sorteio, rodando uma raquete. Na sequência, saca quem vence o ponto. Se o sacador vence o ponto, seu próximo saque deve ser do lado oposto. Basicamente, um retorno é bom se a bola, antes de tocar no piso mais de uma vez, for devolvida corretamente e tocar a parede frontal acima da lata (a linha de baixo) e abaixo da linha de fora, sem primeiro tocar o piso. A bola pode tocar nas paredes laterais ou na parede do

“Como eu pratico e gosto do squash, esta opção faz os meus finais de semana no residencial ainda mais felizes, além de ser um incentivo à prática de esportes. A quadra é excelente e o fato dela ter ar-condicionado – o que é raro em quadras de squash –, é muito bom, sobretudo nas altas temperaturas do verão no interior de São Paulo. Torna a atividade ainda mais agradável.” Nei Zelmanovits “A nova quadra de squash da Fazenda Boa Vista é maravilhosa, padrão profissional. Estou frequentando o espaço

fundo antes de alcançar a parede frontal. Em toda a partida,

aos finais de semana e já levei amigos para o jogo.”

quando a bola atinge a parede, ela é “esmagada” – em inglês,

Edsá Sampaio

usa-se o termo squashed, que originou o nome do esporte.

Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista | Tel.: (15) 3261.7617 | atendimento@apcfbv.com.br


Experiência e tecnologia em controle de pragas Controle personalizado para seu lar, livre de odores e com a máxima eficiência. São mais de 20 anos de experência, trazendo segurança e qualidade!

(15) 3229.2100

www.ddasane.com.br orcamento@ddsane.com.br


78

Revista

PÃO FRESQUINHO E JORNAL DO DIA

Produtos estão disponíveis para encomenda e retirada, aos finais de semana, feriados e férias, no Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista

Implantadas há um ano na Fazenda Boa Vista, com o objetivo de proporcionar ainda mais conveniência aos associados, as encomendas de pães e jornais acompanham o crescimento da comunidade do empreendimento. De acordo com o Atendimento ao Associado da Fazenda Boa Vista, responsável pelo serviço, os pedidos vêm crescendo nos últimos meses, em paralelo ao número de residências habitadas. Hoje, em um final de semana regular, vinte entregas são realizadas por dia, e os números aumentam, consideravelmente, durante as férias e feriados. “Os pães e jornais vêm de uma padaria localizada em Porto Feliz. São trazidos à Fazenda Boa Vista no dia da entrega, por um colaborador do residencial, e colocados à disposição para reirada no Atendimento ao Associado, a partir das 7h30”, explica Andréia Gomes, coordenadora do Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista. “No início, entregávamos os produtos nas residências, mas, por conta das dimensões da Fazenda Boa Vista, o delivery se mostrou inviável, já que alguns proprietários acabavam por receber seus pedidos muito tarde”, acrescenta. O serviço funciona aos sábados, domingos e feriados e, diariamente, nos períodos de férias. Os associados podem encomendar pão francês tradicional e/ou integral, jornais (O Estado de S. Paulo e Folha de S.Paulo) e revistas de todo tipo – estas disponíveis somente aos sábados. “Os pedidos devem ser realizados até às 15h das sextas-feiras ou vésperas de feriado, e os proprietários podem deixá-los agendados para o mês todo, se desejarem”, afirma Andréia Gomes. “Solicitamos que eventuais desistências sejam informadas com, no mínimo, um dia de antecedência, já que, no dia da entrega, a cobrança terá de ser efetuada mesmo que o pedido não for retirado, para que o residencial possa remunerar o fornecedor”, conclui a coordenadora.

“Aos finais de semana, tenho o hábito de sair, pela manhã, para caminhar ou andar de bicicleta e aproveito para retirar os pães e o jornal pessoalmente, no Atendimento ao Associado. Acho o serviço ótimo, é um conforto e uma boa alternativa para os proprietários.” Maria Cecilia Gonçalves “Costumamos encomendar o jornal. Até assinamos a versão digital, mas meu marido gosta de ler o jornal do dia em casa, no papel. Acho excelente termos este tipo de serviço na Boa Vista.” Adriana Kok

Pães e jornais Encomendas até às 15h das sextas-feiras ou vésperas de feriado: (15) 3261.7617 | agendamentos@apcfbv.com.br


Serviรงos 79


Serviços

Revista Fotos: Shutterstock.com

80

AULAS CINCO DIAS POR SEMANA Os proprietários da Fazenda Boa Vista, seus familiares e convidados dispõem de uma agenda diversificada de aulas de tênis e esportes hípicos, para todas as idades, ativa cinco dias por semana. As aulas acontecem de quarta-feira a domingo, das 7h às 18h (aulas de equitação, no Centro Equestre), e das 8h às 20h (aulas de tênis), e são marcadas no Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista. A equipe do Atendimento recomenda que os associados efetuem seus agendamentos com o máximo de antecedência, sobretudo aos finais de semana, quando há uma grande procura por estes serviços.

Atendimento ao Associado Fazenda Boa Vista | Tel.: (15) 3261.7617 | agendamentos@apcfbv.com.br


82

Revista

Momento Associação

MENORES LONGE DO VOLANTE Veículos automotores, como carrinhos de golfe, motocicletas e quadriciclos, não podem, em nenhuma situação, serem conduzidos por menores e/ou pessoas sem habilitação válida. Tais atitudes ferem as normas internas, o Código de Trânsito Brasileiro e colocam em risco a segurança de outros associados e dos próprios condutores, que, na maioria das vezes, não possuem habilidade e experiência para guiarem tais veículos. O cumprimento desta e das demais regras de trânsito vigentes no residencial é permanentemente monitorado pela equipe de segurança da Fazenda Boa Vista, que também promove blitz educativas junto aos associados. Pedimos aos pais para que também reforcem esta importante mensagem junto aos seus filhos e colaboradores. O engajamento e participação de todos são de extrema importância para a manutenção da tranquilidade e segurança essenciais à Fazenda Boa Vista. Cordialmente, Camilo Lellis Diretor-Presidente da Fazenda Boa Vista


Revista Fazenda Boa Vista edição 4  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you