Page 1

TERRAS República de Ytu®

Viva o Outono! Época de renovação e transição Morar bem

A arte de agregar

Viajar

Conheça Maragogi, o Caribe Brasileiro

Edição 07 | 2013


bbec

fotos: Marcelo Paez Fotografe o cテウdigo e surpreenda-se

Sテグ PAULO - al. gabriel monteiro da silva, 820

tel: 11 3062 5052

D&D shopping piso superior tel: 11 5506 5248 | shopping lar center piso tテゥrreo tel: 11 2252 2903 | outlet - rua joaquim antunes, 747

tel: 11 4362-5244

RIO DE JANEIRO - casashopping 1ツコ piso tel: 21 2108 8244 | www.breton.com.br


GĂŞnia


Objetiva

10 » TERRAS


Uma névoa de Outono o ar raro vela Uma névoa de Outono o ar raro vela, Cores de meia-cor pairam no céu. O que indistintamente se revela, Árvores, casas, montes, nada é meu. Sim, vejo-o, e pela vista sou seu dono. Sim, sinto-o eu pelo coração, o como. Mas entre mim e ver há um grande sono. De sentir é só a janela a que eu assomo. Amanhã, se estiver um dia igual, Mas se for outro, porque é amanhã, Terei outra verdade, universal, E será como esta. Fernando Pessoa


Da Redação

O outono é ... Tempos de preparativos para o frio do inverno... estamos no outono. Para Nietzsche, o outono é muito mais que uma temporada da natureza, é uma estação da alma. Buscando em imagens, a capa e a seção Objetiva são uma homenagem a esta estação tão poética. Para agregar, acalentamos as páginas com um poema de um dos maiores escritores da língua portuguesa, o lisboeta Fernando Pessoa. Na seção Boulevard a vez é da Quaresmeira, árvore de beleza notável que tem seu esplendor com uma floração que acorre duas vezes ao ano: outono e primavera. Um destaque especial vai para a história engrandecedora da antiga Fábrica de Tecidos São Luiz, localizada em Itu, que por 100 anos produziu algodão e, hoje, é um centro cultural, de eventos e comercial que

volta com sua efervescência dos anos dourados de produtividade. Em Fogão e Afins a estrela é o bacalhau e como o pescado se transformou em um prato cotidiano para os brasileiros, inspirados por nossos irmãos portugueses. A matéria foca o livro do renomado chef português, Vitor Sobral, que fincou o seu pé aqui no Brasil com o restaurante Tasca da Esquina. A seção Estúdio traz alguns conceitos do bem viver, a arte de unir ambientes, criar espaços, para que o ser humano possa habitar seu lar da maneira mais harmoniosa possível. Por fim, a nova seção Arte & Cultura que busca os melhores programas para paulistas, paulistanos e toda a gente que ama ativar seus neurônios. Um caloroso abraço, Equipe Revista Terras

Expediente Superintendência

Jornalista responsável

Diretora executiva

Editora-chefe

Diretor comercial

Reportagem

Executivos de negócios

Fotografia

Impressão

Márcio Padula Carile (MTB 30.164)

Angela Castilho

Luiz Oscar Bonilha Junior Luana Garcia (MTB 43.879)

Izabelle Prado, Luana Garcia e Márcio Padula Carile

diretoria Luana Garcia e Márcio Padula Carile

Produção e publicação Fontpress Comunicação Av. Pavão, 955, cj. 85, Moema São Paulo, SP – CEP 04516-012 (11) 5044-2557 revistaterraspubli@fontpress.com.br

Chema Llanos

Colaboração André Soares

Paulo Zuppa

Francisco Fernandes

Intergraf

Para anunciar

(11) 5044-2557 e 5041-4715 revistaterraspubli@fontpress.com.br

Direção de arte Fred Aguiares

Publicação bimestral, custeada integralmente por anunciantes. É proibida sua reprodução total ou parcial, sem autorização por escrito da editora. A Fontpress Comunicação não se responsabiliza pelo conteúdo dos anúncios e mensagens publicitárias, bem como dos artigos assinados inclusos nesta edição.

12 » TERRAS


16 28 38 46 58

Passaporte

Maragogi, o Caribe brasileiro

Circuito Bandeirante

Tecendo a história

boulevard

É tempo de Quaresmeira

Estúdio

Integrando Espaços Entrevista: Sérgio Ramos

Estampa

O fascínio de voar

64

De tudo um pouco

70

Fogão e Afins

50 76

82

Bacalhau o ano todo

saúde

Cuidando da pele no verão

Arte e Cultura

O Rei Leão Corteo Terça Insana

Hair Inspiration

A vocação colocada em prática

TERRAS « 13


Passaporte

Maragogi, o Caribe brasileiro

16 Âť TERRAS


Uma das cidades mais visitadas do Nordeste tem praias de mar calmo e piscinas naturais

TERRAS ÂŤ 17


Passaporte

18 Âť TERRAS


Q

uem vê pensa, quem fala acha, quem conhece sabe, Maragogi é o Caribe brasileiro. Localizada bem no meio do caminho entre duas capitais nordestinas Maceió (AL) e Recife (PE), no coração da Costa dos Corais, a vila chama a atenção pelo admirável conjunto que agrega mar de águas claras e calmas, areias finas, coqueirais e recifes, sem contar a excelente infraestrutura de hospedagem. Além dos elementos paradisíacos, a paisagem tem o incremento ainda das Galés, gigantescas piscinas naturais, repletas de peixes e que podem ser visitadas por lanchas e catamarãs que partem das praias, pois as piscinas ficam aproximadamente seis quilômetros da costa.  Os encantos naturais de Maragogi, não se resumem aos aquários do mar. Os cenários, tanto ao norte quanto ao sul, são inspiradores e praticamente desertos. Na direção de Pernambuco, as praias de Burgalhau, Barra Grande e Ponta do Mangue, com suas águas azul-esverdeadas, ganham ainda a rusticidade das vilas de pescadores, com casinhas simples e jangadas coloridas atravessando o mar. A gastronomia é outro ponto forte da região, com simples e bons restaurantes especializados em frutos do mar espalhados pelas praias e vilas. Não deixe de experimentar o famoso bolinho de goma, uma espécie de sequilho à base de manteiga e leite de coco. 

Um paraíso completo Encravado no município de Maragogi, localizado a 125 quilômetros de Maceió, o Salinas do Maragogi All Inclusive Resort disponibiliza aos seus visitantes e hóspedes, 66 mil m² de um complexo hoteleiro que abriga rio, Mata Atlântica e praia a poucos metros das acomodações. Além disso, a área de lazer reúne um complexo aquático com mais de 1500 m² de piscinas, salão de jogos, quadras de vôlei de praia e de tênis, campos de futebol, trilha ecológica, muro de escaladas, fitness, sala de Pilates, quiosque de massagem, atividades náuticas e pesca esportiva. A equipe de lazer adulto conta com 32 profissionais especializados para orientar o hóspede na escolha das modalidades, entre elas as caminhadas ecológicas, jogos e esportes de aventura, coletivos e náuticos. Em uma praia exclusiva e no Rio Maragogi, as atividades náuticas têm espaço especial. Os mais chegados aos esportes de aventura têm opções no muro de escaladas, no arco e flecha ou mesmo no arvorismo, onde o percurso é praticado no alto de coqueiros, a seis metros do chão, com oito obstáculos passando por cima do mangue e do Rio Maragogi. Todo o caminho é feito com o auxílio de um cabo de segurança e, depois de 80 metros de aventura, o trajeto termina em uma emocionante tirolesa.

TERRAS « 19


Passaporte

Para os pequenos, uma programação especial em que a principal diversão está no contato com a natureza, para que a criança aprenda brincando a respeitar o meio ambiente. Sob a orientação de profissionais qualificados, a meninada tem a oportunidade de conhecer um pouco mais da biodiversidade local, em meio à flora e fauna. No meio aquático, outra atração é a pesca esportiva, realizada em um lago-viveiro, com apoio da equipe de recreação. Os peixes são devolvidos à água em seguida. Adultos e crianças aprendem sobre a importância da pesca controlada para a preservação do meio ambiente.

Festival de Sabores O Salinas é um dos pioneiros na adoção do sistema all inclusive. Todas as refeições, petiscos e bebidas servidos nos restaurantes

20 » TERRAS

e bares estão incluídos na hospedagem. Desde a sua criação estabeleceu-se que o princípio do lazer perfeito deve estar acompanhado de uma farta gastronomia. Por isso, o sistema all inclusive surpreende pela qualidade e variedade. Nos cardápios, os chefs apresentam receitas da culinária brasileira, na qual se destacam iguarias típicas do Nordeste, principalmente à base de frutos do mar, e receitas de outros países como o bacalhau Zé do Pipo, Supreme au Vallée D’Auge, frango à Italiana e torta alemã. São três opções de restaurantes, cada um com um estilo de decoração, ambientação e culinária – o Galés, o Mediterrâneo e o Rio Mare. O hotel também promove semanalmente festivais da gastronomia internacional com pratos da cozinha nacional e regional e clássicos


Passaporte de nações como México, Itália, França e Portugal. Na segunda-feira, a noite é nordestina; na terça, culinária internacional, com uma amostra de vários países e regiões do Brasil; na quarta, a portuguesa; na quinta, a francesa; na sexta, a brasileira; no sábado, a italiana; e no domingo, a mexicana.

Passeios As águas mornas, cristalinas e coloridas, repletas de peixes e moluscos, são o grande atrativo da região. Pela riqueza das cores do mar, da vida marinha, a areia branquíssima e mais os extensos coqueirais, Maragogi costuma ser chamada de Caribe brasileiro. As piscinas naturais surgem na maré baixa, entre as formações de recifes e corais que se estendem pelo litoral norte de Alagoas e sul de Pernambuco, região conhecida como Costa

22 » TERRAS

dos Corais. Em Maragogi, são denominadas de “galés”. Elas se espalham a cerca de seis quilômetros da orla e estão entre as mais extensas e menos profundas no Nordeste. Geralmente não superam um metro de profundidade e permitem o nado entre os peixes coloridos. Outros conjuntos de piscinas para visitação são as Taocas ou Taoquinhas, como as chamam os pescadores, e a Crôa de São Bento. O Salinas tem catamarã próprio para passeios pelas piscinas naturais. Mas a estada no complexo proporciona outras possibilidades, incluindo até os prazeres da vida rural na Fazenda Marrecas, um eco-hotel no estilo colonial, com aspecto bucólico e opções de tours pela Mata Atlântica. O hóspede do empreendimento pode passar o dia na fazenda e desfrutar dos passeios a cavalo e de charrete, trilha na mata, banho de bica, pe-


Salinas Resort Apoio da equipe CVC

Passagem aérea

Hotéis selecionados

Café da manhã

Traslados de chegada e saída

Passeios

Central de relacionamento

Maior Rede de lojas do Brasil

SAÍDAS DE CAMPINAS

SALINAS DO MARAGOGI 10X

R$

297,

8 dias

80

SEM JUROS

À vista R$ 2.978. Passagem + hospedagem + sistema tudo incluído + 2 crianças grátis**. Preço para saída 3/junho.

Quer viajar? Pergunte pra quem entende. Passe em uma loja CVC.

A PARTIR DE

A PARTIR DE

8 dias

SALINAS DE MACEIÓ 10X

R$

229,

80

SEM JUROS

À vista R$ 2.298. Passagem + hospedagem + pensão completa (café + almoço + jantar) + 2 crianças grátis**. Preço para saída 3/junho.

CVC Plaza Shopping Itu (11) 4013-6780 cvcitu@cvc.com.br

Prezado cliente: Os preços publicados são por pessoa, com hospedagem em apartamento duplo, com saídas de Campinas. Preços, datas de saída e condições de pagamento sujeitos a reajuste e disponibilidade. Condições para pagamento: parcelamento 0+10 vezes sem juros no cartão de crédito. Descontos informados já aplicados nos preços anunciados. Ofertas válidas para compras até um dia após a publicação deste anúncio. Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros. Passagens aéreas anunciadas nos pacotes são de classe econômica. *Garantia de melhor preço válida exclusivamente para as viagens acima anunciadas e para a rede de hotéis preferenciais CVC. Consulte a lista completa dos hotéis participantes com nossos vendedores. Para obtenção da garantia, o cliente deverá apresentar em uma loja CVC o orçamento da concorrência, por escrito, de ofertas idênticas às anunciadas pela CVC. São compreendidas ofertas idênticas as da CVC aquelas cujas datas e horários da viagem (ida e volta), destinos e fornecedores (hotel e companhia aérea) sejam exatamente os mesmos, em todos os seus termos e condições. Alguns itens podem não estar disponíveis para todos os roteiros anunciados. Consulte inclusões e roteiros detalhados com nossos vendedores em uma loja CVC ou com o seu agente de viagens. **A promoção 2 crianças grátis: válida somente se acompanhadas de adultos pagantes: as crianças ganham a hospedagem em apartamento Superior ou Vista Lateral Mar; não inclui passagem aérea.


Passaporte

24 Âť TERRAS


Passaporte dalinho, pescaria, ordenha no curral, casa de farinha e salão de jogos. Uma boa pedida para o fim da tarde ou à noite com a família é perambular pela Vila de Maragogi, antigo reduto de pescadores. É repleta de bares, restaurantes e lojas de artesanato. O Salinas do Maragogi fornece informações sobre os passeios com guias turísticos ou por conta própria para Maceió, outras praias ou cidades. Como a extensão da orla do Estado é de apenas 230 quilômetros, o visitante pode percorrer o litoral de carro em pouco mais de duas horas. Além das afamadas praias do Francês e do Gunga, os destaques ficam por conta das cidades históricas de Marechal Deodoro e Penedo, das Dunas de Marapé, da foz do Rio São Francisco, na divisa com Sergipe, e das lagoas que dão nome ao Estado. São 19, sendo as mais visitadas as de Mundaú e Manguaba.

Responsabilidade ambiental A Costa dos Corais é uma grande extensão de recifes de corais e de arenito com

manguezais e exuberante fauna. São cerca de 200 quilômetros entre o norte de Alagoas e o sul de Pernambuco. Para protegê-la, preservar o peixe-boi marinho e ordenar o turismo ecológico, o Governo Federal criou em 1997 a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, a maior unidade de conservação marinha do Brasil. Em Alagoas, a Costa dos Corais começa no povoado de pescadores de Rio Meirim, 20 quilômetros ao norte de Maceió e não muito distante da praia de Ipioca. Prossegue até a foz do rio Formoso, em Pernambuco. Do lado alagoano, abrange os municípios de Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres, Passo de Camaragibe, Matriz de Camaragibe, Porto Calvo, Barra de Santo Antonio e Paripueira. Salinas do Maragogi All Inclusive Resort Reservas: www.salinas.com.br (11) 3304.9898 ou (82) 3296.3030

Abaixo a orla da cidade de Maceió

TERRAS « 25


Circuito Bandeirante

28 Âť TERRAS


Tecendo a história Por Márcio Padula

F

undada em 1869, a Fábrica de Tecidos São Luiz, localizada no centro da cidade de Itu, foi à primeira indústria a vapor do Estado de São Paulo. Sua construção partiu do empreendedorismo de quatro empresários e liderados pelo Coronel Luiz Antonio de Anhaia, que inicialmente entraram com a quantia de 60 contos de réis, elevados, logo em seguida, a 100 contos de réis. Em 1888, a São Luiz foi vendida a Paulino Pacheco Jordão, perdurando sua propriedade, na mesma família, desde então. Com uma história belíssima a fábrica funcionou ininterruptamente até 1982, quando encerrou suas atividades ante a impossibilidade de se dar continuidade à indústria a vapor. Hoje, o espaço é comandado por Ricardo Pacheco e Silva, o administrador do imóvel, que nos recebeu e contou casos interessantes, fatos históricos e detalhes curiosos da São Luiz.

TERRAS « 29


Boulevard

Para encetar nossa conversa, Ricardo detalha que, além de ser à primeira indústria a vapor de São Paulo, existe uma grande possibilidade de ter sido o primeiro projeto de manufatura de tecidos do Brasil, ou seja, onde se pegou um terreno e dele se fez um projeto para construir a fábrica. “Não digo que foi o primeiro ambiente, logicamente, que se fez tecidos no Brasil, pois antes era artesanal, mas sim o primeiro espaço pensado para isto”.

100 anos produzindo tecidos de algodão cru Para entendermos como surge a ideia da fábrica, devemos ir até a Guerra de Secessão ou Guerra Civil Americana (1861 a 1865). Éramos grandes produtores e exportadores de algodão, porém, a partir do momento que os Estado Unidos deixam de importar o produto, por questões internas e da guerra, começa a sobrar algodão e faltar tecido no Brasil. A partir deste acontecimento, um grupo de empresários e fazendeiros, para dar uso ao seu pro-

30 » TERRAS

duto, chamam um empreendedor, o Sr. Luiz Antonio de Anhaia que montou a indústria. E Itu foi escolhida, pois era próximo da área rural e porque era conhecida como a “Boca do Sertão”. “Todo o desenvolvimento da região Oeste do Brasil passava por aqui, devido ao rio Tietê e da logística favorável. Assim, começamos a dar utilidade a todo o algodão plantado e produzido”, fala Ricardo. Quando a São Luiz é vendida em 1888, para Paulino Pacheco Jordão, ele revoluciona o conceito da indústria. “Na verdade, quem realmente assume é sua mãe, Dona Gabriela, pois Paulino vem a falecer logo depois de adquirir a São Luiz”, explica Ricardo. Dona Gabriela, então, assume e começa a colocar mão de obra feminina, pois a masculina ficava na roça e a feminina, no seu entender, era ociosa. “Por ser mulher, Dona Gabriela sentia que deveria dar esta oportunidade as mulheres da região”. E como para elas trabalharem era preciso pensar na família, começava uma revolução para a época na área social, com a implementação de creche, assistência médica, local para alimentação. O lado social foi o mais importante para que houvesse estas inovações e o encaminhamento da Fábrica São Luiz.


Boulevard Outro fato relevante é que colaboradores entravam na fábrica com 12, 13 anos de idade, a pedido dos pais. Estas crianças começavam a varrer o pátio e em média, em menos de dois meses, já sabiam exatamente o que queriam fazer. Diziam até de quem queriam ser assistentes, com quem se identificavam. Depois de alguns anos, já na plena adolescência, aprendiam e ganhavam uma profissão, que escolhiam e faziam com amor.

Novos tempos Depois de um período fechado, em 2000, as portas foram abertas novamente, algumas salas foram alugadas para escritórios e ateliês. O prédio começou a ter vida novamente. “Em 2003 abrimos definitivamente, mas foi um fato marcante que nos deu o real significado do prédio para a cidade. Uma mulher parou em uma das janelas e começo a chorar, uma funcionária perguntou o que aconteceu e ela disse que ninguém sabe como era importante ver novamente as janelas da fábrica abertas, pois ali havia conhecido o seu marido, casado, comprado a sua casa, seus filhos ficavam na creche, cresceram... foi de arrepiar. Isto mostra o lado mais notável da fábrica, o lado social, humano”, emociona-se Ricardo. Hoje, comandado por Ricardo, o espaço é alugado para eventos, casamentos, recepções. Ele nos explica que a utilização de um lugar é dada pelo público, e na São Luiz não foi diferente, depois de aberta começaram a frequentar e naturalmente foi se tornando um espaço de eventos, pois os seus salões espaçosos a direcionaram para isto.

32 » TERRAS


Circuito Bandeirante

O Algodão O algodão é uma fibra branca obtida dos frutos de algumas espécies do gênero Gossypium da família Malvaceae. Há muitas espécies nativas das áreas tropicais da África, Ásia e Américas, e desde o final da última Era Glacial, tecidos já eram confeccionados com algodão. Atualmente, somente quatro espécies são aproveitadas em larga escala para a confecção de tecidos e instrumentos médicos. Estima-se que a produção mundial gire em torno de 25 milhões de toneladas anualmente. A fibra do algodão não traz fortes impactos se descartada indevidamente no meio ambiente, uma vez que seu material é orgânico, e leva cerca de três meses apenas para se decompor completamente. Por outro lado, é um material de dificuldade moderada para reciclagem, não existem grandes necessidades e tecnologias de fácil acesso para reciclar esse material.

TERRAS « 33


Boulevard

Curiosidades • • •

A placa original da Fábrica São Luiz foi retirada do local, perdida e mais tarde recuperada e reformada São Luiz de Toulouse era o patrono oficial e original da fábrica, mas como não tinham uma imagem do santo o patrono passou a ser São Luiz Gonzaga Com um levantamento minucioso de documentos encontrou-se uma carta da Cruz Vermelha Internacional, que em seu conteúdo vinha uma agradecimento a Fábrica São Luiz pelo tecido doado para utilização na 2ª Guerra Mundial Os teares e outros maquinários vieram dos Estados Unidos, juntamente com a planta do imóvel. Os componentes da caldeira vieram da Inglaterra. A grande caldeira chegou em 1866 – três anos antes da fundação da fábrica Nos mais de 100 anos de funcionamento da São Luiz não existiu uma ação trabalhista, mostrando o carinho da diretoria pelos funcionários e vice-versa.

Espaço Fábrica São Luiz www.espacofabrica.com.br Rua Paula Souza, 492 Centro, Itu (SP) 11 4013.4554

34 » TERRAS


FInal do campeonato de tenIs no condomínIo teRRas de sÃo JosÉ


Boulevard

Tempo de É Quaresmeira 38 » TERRAS


Ao longo do caminho, na próxima esquina , no meio da praça , elas estarão lá , as quaresmeiras em flor

A

quaresmeira é uma árvore de beleza notável, que encanta por sua elegância e exuberante floração. Seu porte geralmente é pequeno a médio, podendo atingir de oito a 12 metros de altura. O tronco pode ser simples ou múltiplo, com diâmetro de 30 a 40 cm. As folhas são simples, elípticas, pubescentes, coriáceas, com nervu-

ras longitudinais bem marcadas e margens inteiras. A floração ocorre duas vezes por ano, no outono e na primavera, despontando abundantes flores pentâmeras, simples, com estames longos e corola arroxeada, sendo que na variedade kathleen estas se apresentam róseas. O fruto é pequeno, indeiscente, marrom, com numerosas sementes minúsculas, dispersadas pelo vento.


Boulevard Mesmo quando não está em flor, a quaresmeira é ornamental. Sua copa é de cor verde-escura, com formato arredondado, e sua folhagem pode ser perene ou semidecídua, dependendo da variação natural da espécie e do clima em que se encontra. Por suas qualidades, ela é uma das principais árvores utilizadas na arborização urbana no Brasil, podendo ornamentar calçadas, avenidas, praças, parques e jardins. Seu único inconveniente é

a relativa fragilidade dos ramos, que podem se quebrar com ventos fortes, provocando acidentes. Com podas de formação e controle, pode-se estimular seu adensamento e mantê-la com porte arbustivo. Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, profundo, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente no primeiro ano após o plantio ou transplante. Apesar de preferir esses cuidados, a quaresmeira é uma árvore pioneira, rústica e simples de cultivar, vegetando mesmo em solos pobres. Originária da Mata Atlântica, esta espécie aprecia o clima tropical e subtropical, tolerando bem o frio moderado. Multiplica-se por sementes, com baixa taxa de germinação, e por estaquia de ramos semilenhosos.

Características Nome Científico: Tibouchina granulosa Nomes Populares: Quaresmeira, Flor-de-quaresma, Quaresmeira-roxa Família: Melastomataceae Categoria: árvores, árvores ornamentais Clima: equatorial, subtropical, tropical Origem: América do Sul Luminosidade: sol pleno Ciclo de Vida: perene

40 » TERRAS


Boulevard

Quaresmeira Quaresmeira lilás copa fechada florida inspira o céu ilumina o sol encanta o universo Quaresmeira florida copa fechada lilás brilha o olhar alimenta a alma Quaresmeira encantada florida e lilás inspira um novo tempo... Pedro Cesar Batista

42 » TERRAS


Como Cuidar Esta é uma árvore extremamente forte que não necessita de muitos cuidados, porém se seguirmos alguns conselhos básicos, a quaresmeira crescerá muito mais rápido e florescerá com mais intensidade. Ao plantar a muda, cave um buraco de profundidade bem maior que o do torrão da planta e preencha-o com uma mistura de terra, areia grossa e fertilizante orgânico. Assim a

planta terá um bom espaço de terra fofa para crescer, os nutrientes necessários e uma boa drenagem, que evita o encharcamento excessivo na época das chuvas, o que pode causar o aparecimento de fungos na planta. Plante-a em local bem ensolarado para que possa realizar fotossíntese durante quase todo o dia e assim crescer melhor. Irrigue-a diariamente, principalmente durante o primeiro ano que a planta ainda tem um porte pequeno.

Árvores grandes quando mais velhas, mais têm a capacidade de armazenar água e sobreviver semanas sem uma irrigação, porém quando novas crescem muito melhores se devidamente regadas. É uma planta que tolera o frio, porém não extremo/ congelante. Evite-a se você mora em cidades onde a temperatura cai abaixo de zero grau Celsius em algumas épocas do ano, pois isso pode congelar e matar a quaresmeira facilmente.

Fontes: www.jardineiro.net e www.cuidar.com.br


STUDIO DE BELEZA

Inauguração com Jonas do BBB e modelos da Fetiche Models

A VidA é FeitA de MoMentos e sonhos. torne-os inesquecíVel coM A MAison ModA e BelezA

Praça Conde de Parnaíba, 181 Centro - Itu • 11 4013.3008 11 4013.2384


Fashion

Noivas & Noivos Você mais bonita no Espaço Vip • Redução de medidas localizadas, • Peeling de diamante, • Limpeza de pele, • Depilação e design de sobrancelha, • Massagem, • Especialização de mega Hair, • Coloração, corte, progressiva, mechas, luzes. REalizE sEu sonho na fashion noiVas • Dia da Noiva e Noivo, • Dia da Debutante, • SPA Day, • Manicure e Pedicure (com unhas personalizadas com desenhos artísticos e unhas de porcelanas), • Permanente e alongamento de cílios. fiquE dEslumbRantE com a fashion noiVas • Atendimento personalizado, • Aluguel Noivas e Noivos, • Madrinhas e padrinhos, • Debutantes e festas. • Conheça nossa coleção de vestidos importados exclusivos.


46 » TERRAS


Estúdio

Integrando espaços A arte de agregar áreas e transformar ambientes é uma das tarefas de um arquiteto Por Márcio Padula

M

orar bem é ter espaço? Morar bem é usar o espaço da melhor maneira possível? Morar bem é ter um ambiente agradável? Morar bem é integrar os ambientes? Morar bem é ter uma casa preparada para receber os amigos? Morar bem é, com certeza, tudo isso e muito mais. O conceito de felicidade está intimamente relacionado com o morar bem, por isso, espaços para expressar suas vocações, anseios e prazeres são fundamentais para alcançar este estado de espírito. Uma casa, seja no campo, mar ou cidade é o ambiente ideal para reunir a família e amigos de maneira saudável, com almoços e jantares, ter momentos de diversão e experimentar sensações.

E para morar bem, o primeiro passo é um profissional de arquitetura. Adepto da integração dos ambientes, o arquiteto Maurício Nobrega, aponta que o mais importante na sua profissão é “levantar” um projeto que não agrida a natureza, o local em que a casa ou qualquer outra forma de moradia está implementado, nunca deve se sobressair por si só. “A arquitetura não pode agredir o seu entorno, tem que levar em conta a conexão com a natureza, o espaço que está inserido, está é a chave”, pontua Nobrega. O arquiteto, que cresceu no meio da profissão, vendo e acompanhando o seu pai (com 80 anos ainda faz os seus rabiscos), deixa claro que o papel dele e de seus colegas é de realizar sonhos. “A casa é sempre um sonho”, divaga. TERRAS « 47


Estúdio

Em sua opinião o que caracteriza um bom projeto nos dias atuais, é a racionalidade, linhas retas, simples, uma planta fácil e que de preferência não seja tortuoso. “O profissional deve criar espaços, e quanto menor for o espaço maior e mais desafiador será o trabalho, e, portanto, mais interessante”. O mais admirável é a criação de um projeto que seja a cara de quem vai utilizá-lo, mas que também seja viável. “Quando um cliente procura um arquiteto, ele já conhece o seu trabalho, cabe então ao profissional superar as expectativas daquele cliente. Para mim o projeto é um trabalho conjunto, o sonho do cliente com o que o arquiteto vai propor. Ele já gostou de você quando te procurou, agora e apresentar o melhor que pode ser feito”, explica Nobrega. 48 » TERRAS

Com um estilo que mescla muito do local que será elaborado, seja campo, cidade, serra, praia, com tecnologia e regionalismo, Nobrega define que cada vez mais a moradia deve ser integrada a natureza, ser sustentável e de fácil manutenção. “Por exemplo, projetei uma casa em Trancoso, sul da Bahia, que tinha gravetinhos e ferro, o material inovador e o artesanal.” Indagado sobre que época mais acha interessante para a arquitetura, Nobrega é categórico: o local que está inserida é tudo para uma casa. “Não posso dizer de uma época, de um lugar que mais gosto, um projeto deve ter muito daquele local, tal habitação em tal espaço é que é interessante. Passei minhas últimas férias na região da Úmbria,


na Itália, em uma casa maravilhosa, especial para aquele local, seria fake, por exemplo, no Brasil.”

Uma reforma e um novo projeto Nobrega nos detalha dois de seus projetos atuais. O primeiro projeto é de dois apartamentos de uma planta comum, bem compartimentado. O projeto foi executado primorosamente pela Kross Engenharia, e localiza-se em São Paulo. “Um apartamento normal com espaços fechados, acanhados e, basicamente derrubei paredes e deixei o espaço integrado. É uma moradia de um colecionador de obras de arte, e deixei tudo ampliado, proposital-

mente para ser uma galeria de arte, em que ele pode expor suas obras. Já no hall de entrada deixei tudo aberto, um corredor que tem um espaço livre. Na sala de jantar, que era confinada e sem luminosidade, fiz a integração e trouxe luz. Minha função nesta reforma foi integrar a casa, ficou tudo uma coisa só. Se é uma reforma de algo antigo, minha função maior é sempre quebrar paredes.” O outro projeto, uma nova moradia em Trancoso, na Bahia, para um casal carioca que construiu para passar férias. “Como era uma nova concepção utilizei a tecnologia com o artesanato local, o material local, os recursos e revestimentos locais. Por exemplo, uma estrutura metálica com um tronco de eucalipto.”

TERRAS « 49


Estúdio

Maurício Nóbrega formou-se em Arquitetura e Urbanismo em 1982, no Rio de Janeiro. No mesmo ano abriu seu escritório. Atualmente, mantém dois escritórios, um no Rio de Janeiro e outro em São Paulo. Com mais de mil projetos realizados, tanto no Brasil quanto no exterior, no momento trabalha na elaboração e construção de trinta projetos residenciais e comerciais. Maurício Nobrega Arquitetura: www.mauricionobrega.arq.br arquitetura@mauricioarquitetura.arq.br Kross Engenharia: www.kross.com.br

50 » TERRAS


Estúdio

Entrevista com o engenheiro civil Sergio Ramos, diretor da Kross Engenharia

Revista Terras: Como é o início de um projeto, da parceria arquiteto, cliente, construtora? Sergio Ramos: O que primeiro gosto de destacar e que julgo importante é do engajamento do planejamento, dando o devido timing de arquiteto e cliente. Na maioria das

52 » TERRAS

casas já temos um projeto definido, mas ao longo da construção ele evolui. Mas tem que ser específico para que possamos ver o acabamento, o que usar, etc.. No início fazemos um planejamento, já sabemos como usar o acabamento, temos uma planilha com tudo especificado.


INSPIRAÇÃO EM CADA DETALHE

NOVA COLEÇÃO DECORATTO

A Decoratto é referência em alta decoração no interior paulista. São móveis e objetos das principais marcas, nacionais e importadas, distribuídos num sofisticado showroom de 1200m². Conheça e inspire-se. Rua Humaitá, 873 - Indaiatuba/SP | T 19 3894

6688 | www.decoratto.com.br


Estúdio

Revista Terras: E o início da obra? Sergio Ramos: Quando começamos a obra damos a nossa contribuição técnica, temos a obrigação de dar todos os subsídios para a parte técnica, quem tem que ter o ‘braço forte técnico’ é com certeza a engenharia. Posso dar exemplos: detectamos que um acabamento não é o ideal para aquele lugar, falamos que é necessário definir outro, mostramos o porquê e os prós e contras de continuar com o que foi anteriormente escolhido. Também podemos contribuir na iluminação, hidráulica. E nosso papel explicarmos quando existe uma dúvida com o arquiteto. Podemos dizer que é preciso de uma caixa de gordura em tal local, mesmo que esta não tenha sido planejada. Como digo temos que exercer o ‘braço técnico’. É muito importante perceber o que poderá não funcionar e deixar claro ao cliente e ao arquiteto. Revista Terras: Como é a definição do orçamento? Sergio Ramos: Sobre o orçamento, entendemos que o cliente de alto padrão não quer o menor valor, quer entender o porquê de cada coisa, explicamos que tal fornecedor cobra mais barato, pois o produto tem determinadas características, mas que outro de custo maior é mais eficaz para aquele projeto. Esclarecemos e a decisão é do cliente.

54 » TERRAS


Linda Linda e e versátil, versátil, Linda Linda e e versátil, versátil, A Amadeira madeirafaz fazcoisas coisas que quesósóvocê vocêimagina. imagina. A Amadeira madeirafaz fazcoisas coisasque quesósóvocê vocêimagina. imagina. Campsul. Campsul. Valorizando Valorizando seu seu ambiente ambiente Campsul. Campsul. Valorizando Valorizando seu seu ambiente ambiente com com versatilidade versatilidade e beleza. e beleza. com com versatilidade versatilidade e beleza. e beleza.

Instalação Instalação especializada especializada garantindo garantindo a qualidade a qualidade e oe o bom bom funcionamento funcionamento dos dos produtos produtos comercializados: Instalação Instalação especializada especializada garantindo garantindo acomercializados: qualidade a qualidade e oe o bom bom funcionamento funcionamento dos produtos produtos Pranchas, Pranchas, Tábuas Tábuas dedos de obra, obra, tacos tacos ecomercializados: vigamentos, ecomercializados: vigamentos, pergolados, pergolados, pontaletes, pontaletes, portas, portas, assoalhos, Pranchas, Pranchas, Tábuas Tábuas dede obra, obra, tacos tacos eassoalhos, vigamentos, e vigamentos, compensados, compensados, decks, decks, degraus, degraus, esquadrias, esquadrias, forros, forros, pergolados, pergolados, pontaletes, pontaletes, portas, portas, assoalhos, assoalhos, guarnições guarnições e molduras, edecks, molduras, lavrados. lavrados. compensados, compensados, decks, degraus, degraus, esquadrias, esquadrias, forros, forros, guarnições guarnições e molduras, e molduras, lavrados. lavrados.

PRODUTO PRODUTO PRODUTO PRODUTO ACABADO ACABADO COM COM ACABADO ACABADO COM COM GARANTIA GARANTIA

GARANTIA GARANTIA

Rod. Rod. Gen. Gen. Milton Milton Tavares Tavares de de Souza, Souza, 1.572 1.572 - Km - Km 115115 Cep Cep 13082-740 13082-740 - Barão - Barão Geraldo Geraldo - Campinas - 1.572 Campinas -- SP -115 SP115 Rod. Rod. Gen. Gen. Milton Milton Tavares Tavares de de Souza, Souza, 1.572 - Km Km Cep Cep 13082-740 13082-740 - Barão - Barão Geraldo Geraldo - Campinas - Campinas - SP - SP (19) (19)

3749-7000 3749-7000

www.campsulmadeiras.com.br www.campsulmadeiras.com.br (19) (19) 3749-7000 3749-7000 www.campsulmadeiras.com.br www.campsulmadeiras.com.br

Acabamento Acabamento instalação Acabamento Acabamentoe ee einstalação instalação instalação que que fazem fazem toda toda a diferença que quefazem fazemtoda todaaaadiferença diferença diferença Descubra Descubra que que alumínio alumínio não não é tudo é tudo igual. igual. Descubra Descubra que que alumínio alumínio não não é tudo é tudo igual. igual.

Instalação Instalação especializada especializada garantindo garantindo a qualidade a qualidade e oe o bom bom funcionamento funcionamento dosdos produtos produtos comercializados: Instalação Instalação especializada especializada garantindo garantindo acomercializados: qualidade a qualidade e oe o bom bom funcionamento funcionamento dosdos produtos produtos comercializados: comercializados: • Portas • Portas • Maximo-ar • Maximo-ar • Guarda • Guarda corpo corpo Janelas Janelas Portões Portões Cobertura Cobertura de de • Portas • Portas • Maximo-ar • Maximo-ar • Guarda • Guarda corpo corpo Persianas Persianas Bay-window Bay-window alumínio alumínio e de vidro e de vidro • Janelas • Janelas • Portões • Portões • Cobertura • Cobertura integradas integradas Quadros Quadros fixos fixos • alumínio Pele • alumínio Pele de de vidro • Persianas • Persianas • Bay-window • Bay-window e vidro e vidro integradas integradas • Quadros • Quadros fixos fixos • Pele • Pele de de vidro vidro

Rua Rua João João Vedovello, Vedovello, 129129 - Fazenda - Fazenda Sta.Sta. Candida Candida Cep Cep 13087-540 13087-540 - Campinas - Campinas -- SP - SP Sta.Sta. Rua Rua João João Vedovello, Vedovello, 129129 - Fazenda Fazenda Candida Candida Cep Cep 13087-540 13087-540 - Campinas - Campinas - SP - SP (19) (19)

3201-8640 3201-8640

www.alumadesquadrias.com.br www.alumadesquadrias.com.br (19) (19) 3201-8640 3201-8640 www.alumadesquadrias.com.br www.alumadesquadrias.com.br


Estúdio

Revista Terras: Depois de entregue uma obra como é o relacionamento com o cliente? Sergio Ramos: O pós entrega da casa é como sempre digo, construímos residências e relacionamento. Temos todo cuidado para que o cliente não precise de nós depois, entregamos um manual de como conservar tudo, a limpeza, como é cada material, porém se ele precisar estaremos ali para tudo. Se neces-

56 » TERRAS

sário enviamos uma equipe para explicar, por exemplo, para o caseiro como limpar tal material, como agir. Isto acontece principalmente no primeiro mês, depois naturalmente se cria uma dinâmica entre casa, moradores e colaboradores e tudo começa a fluir. Como disse, construímos relacionamento, se necessário uma colaboração técnica pós construção estaremos a postos para esclarecer qualquer dúvida.


TERRAS « 57


Estampa

O fascínio de

voar 58 » TERRAS


É

Por Márcio Padula

bem provável que logo depois de não medir esforços na invenção da roda, o homem pré-histórico começou a imaginar uma maneira de voar. Algumas lendas e mitos atestam que fatos relevantes em toda a história da humanidade se relacionam com o sonho de voar, como na Grécia antiga, a lenda de Ícaro ou no Renascimento (século XV), com o gênio Leonardo da Vinci desenhando esboços do que seria uma aeronave.

Porém, foram necessários muitos anos para que os devaneios com asas realmente tornam-se realidade. Foi no dia 28 de agosto de 1883, a façanha foi do americano John Joseph Montgomery, que se tornou o primeiro homem a fazer um voo controlado em uma máquina mais pesada do que o ar, mais precisamente em um planador. Logo depois, por volta de 1900, vem à época apontada como do verdadeiro início da aviação, com a controvérsia sobre a autoria do primeiro voo


Estampa em um avião. Geralmente creditada ao brasileiro Santos Dumont ou aos irmãos americanos Wright. Em julho de 1906, Santos Dumont voou com o seu 14-Bis, em Paris, o primeiro voo de um avião na história da aviação registrado, publicado e sem artifícios externos. Já os irmãos Wright usaram trilhos e catapultas nas operações de decolagem das suas aeronaves e não tiveram testemunhas e público em seus voos, que acorreram em dezembro de 1903.

A era de ouro da aviação O tempo passou e entre a Primeira e a Segunda Guerra Mundial, foram anos (1918 e 1939) nos quais a tecnologia de aeronaves desenvolveu-se bastante. Neste período rápidos avanços foram realizados no desenho de aviões, e linhas aéreas começaram a operar. Também foi a momento em que aviadores começaram a impressionar o mundo com seus feitos e habilidades. Os aviões deixaram de ser fabricados em madeira, para utilização do alumínio. Os motores das aeronaves foram aprimorados, com um notável aumento da potência comparado ao que os motores da época eram capazes de gerar. Esta série de avanços tecnológicos, bem como do crescente impacto socioeconômico que os aviões passaram a ter mundialmente, faz deste período a reconhecida era de ouro da aviação.

O futuro Mas o futuro é célere, hoje, a aviação de jatinhos e acessível a uma grande parte das pessoas, o sonho de ter um avião próprio é real e plausível. Em se tratando de negócios, vivemos na era em que tempo perdido e sinônimo de “queimar” dinheiro. Um jatinho é de suma importância para um executivo, um artista ou quem precise se deslocar com segurança rapidamente. E neste setor a Cirrus Aircraft é hoje a indústria líder na fabricação de aeronaves pessoais, que proporcionam níveis, sem precedentes, de performance, novas tecnologias, qualidade e segurança. A empresa conta no Brasil com uma força de vendas exclusiva e centros de vendas espalhados por todo o mundo. E ela acaba de anunciar a quinta geração de suas aeronaves SR22, que já está sendo chamada de “o melhor Cirrus de todos os tempos”. O novo modelo tem um peso máximo de decolagem aumentado em 200 libras (90,7 quilos), disponibilizando uma carga útil de 680 quilos.

60 » TERRAS


Estampa O Cirrus SR22 2013 passa a ser em sua categoria, a aeronave com a maior disponibilidade de carga útil do mercado. Agora o Cirrus SR22 leva cinco pessoas a bordo e todo o combustível suficiente para sete horas de voo ou 2.000 km de alcance, sem comprometimento de segurança ou performance. O projeto da aeronave foi inteiramente reavaliado, reforçando a estrutura da asa e do trem de pouso, redesenhando e substituindo partes, peças e modernizando o CAPS (sistema de paraquedas). As carenagens das rodas do trem de pouso principal foram redesenhadas, o sistema de flaps foi modernizado. O SR22 virá equipado com Transponder ADS-B qualificando a aeronave a operar de acordo com as mais recentes normas da ICAO (Organização Internacional de Aviação Civil). Poderá vir equipado com o Global Connect, que consiste num telefone por satélite para chamar ou receber ligações no solo ou em voo em qualquer ponto do planeta. Esse sistema habilita a aeronave a rece-

Informações No Brasil contate a Cirrus Brasil Tel.: (11) 4582.6144 E-mail: info@cirrusaircraft.com.br Site: www.cirrusaircraft.com.br ou www.cirrusnews.com.br

62 » TERRAS

ber informações meteorológicas em voo e em tempo real. Inovação é a marca registrada que faz do Cirrus uma aeronave mais segura, mais fácil de voar, de melhor performance e mais versátil ano após ano. Todo Cirrus novo vem acompanhado de um curso de transição para o piloto, que o qualifica a operar a aeronave conforme os padrões de segurança do fabricante. Todd Simmons, vice-presidente de Vendas e Marketing da Cirrus Aircraft declarou: “um novo patamar foi estabelecido pela equipe de engenharia de nossa empresa que trabalhou incessantemente por 18 meses para desenvolver e certificar essa aeronave com maior peso máximo de decolagem e disponibilizar tanta versatilidade”. Alguns números do Cirrus impressionam. Por mais de uma década o SR22 é a aeronave mais vendida no mundo em sua categoria. A frota de quase 5.500 aeronaves Cirrus no mundo, já acumulou mais de 5.000.000 horas voadas e o sistema de paraquedas já salvou 62 vidas.


Já ouviram falar como é fácil comprar um imóvel em miami ou orlando? O desejo de todos os nossos clientes é o mesmo, viver o sonho americano.

• • • • •

Financiamento bancário com 30 % de entrada Juros Anuais aproximadamente de 4 % Condomínios exclusivos Opção de locação para férias Piscinas privativas, cozinhas equipadas, garagem, campo de golfe, pé na areia e muito mais! • Excelentes condições

Edna Batini

a vitoria aJuda você a realizar este sonho! Visite uma de nossas filiais: Av. dos Eucaliptos, 740 - Moema - SP (esquina com Al. dos Arapanés) Fones 11 4564-6415 • 11 3014-0004 www.vitoriarealty.com


De tudo um pouco

Chinotto, refrigerante que é tradição italiana Com sabor levemente amargo, Chinotto é 100% natural. Seu extrato, composto pelos vegetais aromáticos camomila, genziana, asperula, chiretta, assenzio romano, canela e pela frutinha chinotto, é semelhante ao da bebida consumida da Itália. Também é lá onde esse cítrico semelhante a uma laranja cresce, principalmente na região da Ligúria. No Brasil, a Refrigerantes Convenção é a única a produzir o Chinotto que é pasteurizado, sem adição de conservantes e ideal para ser consumido durante e após as refeições e para acompanhar bebidas destiladas como vodka, whisky, rum e gim. www.refrigerantesconvencao.com.br

Yogini lança coleção de inverno A Yogini, marca idealizada por Regina Zimmermann, revelou parte de sua coleção para o inverno 2013. Batizada de Naturalis. A imagem foi feita por Karine Basilio, que fotografou Mariana Almeida – ambas praticantes da Yoga. A foto resume a essência da marca, um agradecimento a fonte natural das fibras do bambu, da casca da faia e do algodão, que dão origem aos tecidos suaves da coleção. www.yogini.com.br

64 » TERRAS


Promoção Promoçãoválida válidaaté até3030dedeabril abrildede2013. 2013.

APENAS APENAS R$ R$

65,

00

95,

R$ R$

00

MENSAL MENSAL

780,00

APENAS APENAS

R$ R$

19 3254.3854 / 3254.3853

TERRAS « 65


De tudo um pouco

Tierra Patagonia Hotel & Spa é eleito “Melhor Resort” em premiação de design

66 » TERRAS


O Tierra Patagonia Hotel & Spa, localizado na entrada do Parque Nacional Torres del Paine, na Patagônia Chilena, após ser eleito um dos melhores novos hotéis do mundo pela revista Condé Nast Traveler, agora triunfou na categoria “Melhor Resort”, no Design Awards, promovido pela revista Travel+Leisure e entregue na feira de turismo de Berlim (Alemanha). O empreendimento foi o único reconhecido na América do Sul. Cazu Zegers, Rodrigo Ferrer e Roberto Benavente são os responsáveis pela arquitetura, que reflete o meio ambiente e foi inspirada pelas formas criadas pelo vento. Todo construído em madeira lenga - árvore nativa - e vidro, o Tierra Patagonia tem como proposta se mimetizar com a paisagem ao redor e respeita as linhas harmônicas do extenso campo onde está instalado. A construção horizontal não se sobrepõe à vastidão da pradaria que guarda as montanhas da Cordilheira Paine e o Lago Sarmiento.  Amplas janelas propiciam excelentes vistas panorâmicas das Torres del Paine, símbolos do parque, tanto nos espaços públicos quanto nos quartos. O hotel oferece sala de estar e bar, área de jantar, sala de apresentação dos guias, biblioteca, piscina interna, Jacuzzi interna e externa e spa. Foi planejado para amantes de aventura que procuram destinos únicos e não dispensam o conforto na hora de relaxar, unindo as influências da região com a atmosfera de descanso. 0800.891.8522 www.tierrapatagonia.com


De tudo um pouco

Blogueiras lançam livro de casos divertidos Pautadas em momentos de conversas informais com grandes amigos, as escritoras e blogueiras profissionais Clarissa Donda e Janaína Calaça desenvolveram o divertido Papo de Viagem & outras histórias de bar. O livro lançado é sobre as mais inusitadas experiências de viagem. Lançado pelo selo editorial independente Papo de Viagem, a publicação concretiza a proposta inovadora do meio-termo entre os tradicionais guias de viagem e os relatos pessoais dos “travel books”, sendo cada crônica

acompanhada por um mini-guia, sites, descritivos, informações técnicas e ainda um conteúdo transmídia que, ao ser lido por aparelhos celulares ou tablets, direciona os leitores ao blog das autoras, que estão repletos de informações e dicas especiais. Entre os muitos momentos irreverentes, o leitor vai se deliciar com histórias como o desembarque, sem querer, numa praia de nudismo da Jamaica, uma noite inteira no aeroporto após a perda do voo e até o encontro com um traficante internacional de diamantes.

www.papodeviagem.net.br Papo de Viagem & outras histórias de bar • Autoras: Clarissa Donda e Janaína Calaça Editora: Editora Patuá / Papo de Viagem (selo editorial independente)

Tapetes para “agasalhar” a casa no inverno Produto artesanal com uma mistura de fibras de algodão, chenille, sisal e juta. O tapete pode ser usado dos dois lados. O produto pode ser na pronta entrega ou sob encomenda, neste caso em qualquer medida. Vladimir Boniconte Tapetes Rua Delfina, 191, Vila Madalena São Paulo (SP) - Tel.: (11) 3815.0831 www.tapetesecarpetes.com.br

68 » TERRAS


Experiência Gourmet de SPA. Venha se surpreender!

Requinte

Sabor e

Beleza

Saúde

SPA Sorocaba auxiliando você a viver mais e melhor Acompanhamento médico integrado Acompanhamento de nutricionista e chef de cousine Dietas hipocalóricas: Casher, gestantes e pós-parto, diabéticos, hipertensos, vegetarianos e ovolactovegetarianos Aulas com degustação Academia com aparelhos de última geração

Fisioterapia Parque aquático e pista de caminhada Centro de relaxamento e estética Saídas diárias monitoradas Lazer. Muito lazer Ambiente paradisíaco E muito mais

Reservas

Terra Nosso pequeno planeta Preserve-o

0800 701 8878

www.spasorocaba.com.br Resp. Téc.: Dr. Manoel Carlos Beldi Castanho Cardiologista - CRM 35119


Fogão e Afins

Baca lhau o ano todo Por Márcio Padula

70 » TERRAS


S

emana Santa, Natal e Ano Novo. Para você estas são as ocasiões para se apreciar uma boa receita feita com o bacalhau? Pois saiba que isto está mudando. O prato preferido dos portugueses agora é também incorporado pelos brasileiros em sua dieta quase que o ano todo. Situações e dias especiais como aniversários, encontros de família, agora também são servidos pratos com o bacalhau. E viva o bacalhau! E para facilitar esta nova “dinâmica” do dia a dia dos cozinheiros de ocasião, o renomado chef português Vítor Sobral revelou suas receitas do pescado. A inspiração que o bacalhau proporciona aos portugueses, agora compartilhada com os brasileiros por meio do livro “As minhas receitas de bacalhau: 500 receitas”. A publicação transpõe para nós a magia que envolve o peixe preferido da terrinha. Além das 500 variadas receitas que aproveitam o bacalhau por inteiro, o livro conta a história do pescado, descreve a variedade da espécie, além de discutir sobre a pesca sustentável. O livro inicia-se pela narrativa da primeira comercialização de bacalhau industrializado, realizada pelo mercador holandês Yapes Ypess, que inaugurou a indústria de transformação na Noruega. A partir de então, o consumo do peixe expandiu-se pela Europa, Américas e África. Mesmo diante dessa importante expansão de mercado, a Noruega manteve-se como polo principal de pesca, transformação e exportação desse peixe. Sobral explica que na Noruega, a riqueza proveniente do mar é uma das principais fontes da economia. Com características físicas favoráveis, os noruegueses navegam pelos mares e praticam a pesca há mais de mil anos. O autor detalha, ainda, como a pesca é realizada de maneira sustentável, preservando os recursos naturais. O bacalhau da Noruega chega a Portugal de dife-

rentes formas: inteiro e salgado, verde e inteiro, salgado e seco e depois passa por processos de transformação que são supervisionados pelas indústrias portuguesas e norueguesas, garantindo ótima qualidade. Estes processos são explicados passo a passo por Sobral, em cada uma das cinco fases – lavagem; passagem pela máquina de corte, processo de salga e secagem; controle de qualidade, pesagem, classificação, embalagem e transporte. Em Portugal, o bacalhau foi considerado por muitos anos como um alimento barato, garantindo seu lugar nas mesas portuguesas mesmo em dias comuns. Porém, depois da Segunda Guerra Mundial, o preço do pescado aumentou devido à escassez de alimentos em toda Europa, restringindo o consumo popular. Atualmente, o peixe é servido nas refeições do dia a dia e em datas comemorativas – o leque de receitas é bem amplo, oferecendo desde opções com preparo simples às mais sofisticadas.

TERRAS « 71


Fogão e Afins

A escolha do bacalhau O livro chama a atenção para a importância na escolha do autêntico bacalhau da Noruega, comercializado como de primeira ou segunda categoria. Os de primeira encontram-se sempre bem escovados e com cor palha. Já os de segunda, normalmente apresentam imperfeições na pele, e podem exibir alguns tipos de corte ou rachaduras, o que não significa má qualidade, mas apenas falta de cuidado com o manuseio. Segundo Sobral é sempre preferível a compra do bacalhau inteiro, para que se possa observar a qualidade do produto. As características que devem ser observadas são:

• • • • •

Cor: palha, nunca muito branco Bem seco e curado Rabo quase reto e cor uniforme Limpo, bem tratado e sem manchas escuras Pele que solta com facilidade

O chef reforça ainda que a qualidade do bacalhau influencia diretamente no resultado da refeição que será preparada e explica quais são os sabores dos diferentes tipos de bacalhau (fresco, skrel, salgado verde, semisseco, salgado seco). Os tipos de cortes e a melhor forma de preparo do peixe também são abordados pelo chef, que também não se esquece de descrever a importância da demolha e de ensinar que partes não tão conhecidas do pescado também podem ser aproveitadas, como boinas, bucho, caras e línguas, garantindo a excelência dos pratos.

72 » TERRAS


Receitas Sobral explica que as receitas-base, como caldo de bacalhau, azeite de manjericão, tomatada, caldo de legumes, entre outros, são muito importantes para o preparo do prato final. No capítulo dedicado a sopas, cremes e canjas, o autor apresenta uma gama de opções, tais como sopa seca de bacalhau com grão-de-bico, vagem e hortelã, creme de batata e mandioca com dois bacalhaus e manjericão, sopa de tomate com bacalhau e poejo, sopa de bacalhau com ervas aromáticas. Na sequência, são apresentadas receitas de saladas e petiscos, entre as quais, bacalhau albardado, salada de bacalhau com tempero de meia-desfeita, bacalhau frito com gengibre e curry, salada de bacalhau ao paio de porco caipira com batata bolinha, bacalhau cru desfiado, carpaccio de bacalhau e legumes assados. As receitas de família são outro capítulo à parte. Entram nesta relação diversas preparações de arroz, diferentes pratos de bacalhau, como bacalhau à minhota, com camarões e amêndoas, bacalhau com creme de espinafre, bacalhau à mil Diabos, bacalhau à moda de Viana, além dos já conhecidos e consagrados à Gomes de Sá, à Brás e bolinhos de bacalhau. As receitas do autor, que englobam uma vasta variedade de pratos, como: bacalhau frito com cebola de maça e açafrão, arroz de bacalhau e cação de coentrada, ceviche de bacalhau fresco, minha moqueca de bacalhau, completam o conteúdo das receitas.

O autor Vitor Sobral é uma grande referência na gastronomia portuguesa. Conhecido por sua forma única de interpretar e modernizar pratos tradicionais portugueses. É um mestre em conservar temperos e sabores tipicamente lusitanos. Sua trajetória levou-o aos restaurantes mais conhecidos, sendo hoje proprietário do Tasca da Esquina e Cervejaria da Esquina, em Lisboa. A sua Tasca da Esquina fez a ponte entre Portugal e Brasil, com portas abertas em São Paulo.

“As minhas receitas de bacalhau: 500 receitas” Autor: Vítor Sobral Editora: Senac São Paulo www.editorasenacsp.com.br

TERRAS « 73


Fogão e Afins

Tasca da Esquina apresenta novos pratos criados por Vítor Sobral O restaurante Tasca da Esquina, de São Paulo, apresenta sete novos pratos, divididos em entradas e pratos principais. As criações portuguesas foram trazidas pelo chef e proprietário Vitor Sobral. As três novas entradas são: ovos mexidos com bacalhau e aspargos verdes, tiborna de presunto cru e tomate e camarão empanado com geleia de limão e malagueta. Já os pratos novos são: atum caramelizado, creme de palmito, azeitonas secas, cogumelos e vegetais, carré de cordeiro corado com especiarias, purê de abóbora e espargos salteados, raia confitada, tomate seco, damascos e creme de espinafre e carne de porco em vinhas d’alhos com salada de favas e vinagrete.    Tasca da Esquina (11) 3262.0033 www.tascadaesquina.com.br Alameda Itu, 225, Jardins, São Paulo (SP)


Arte & Cultura


Arte & Cultura

Pela primeira vez na América latina, o musical da Disney chega aos palcos brasileiros Por Izabelle Prado

U

m dos maiores sucessos na história da Broadway, “O Rei Leão” finalmente chegou ao Brasil. Desde a sua estreia em 13 de novembro de 1997, a produção já foi realizada em 16 países, alcançou mais de 68 milhões de espectadores e foi traduzida para oito idiomas: japonês, alemão, coreano, francês, holandês, mandarim, espanhol e, agora, português. No Brasil, o musical, que conta a história que todos conhecem do filme da Disney, tem um elenco formado por 53 atores, sendo 11 sul-africanos: Tiago Barbosa, como Simba; Josi Lopes, como Nala; Osvaldo Mil, como Scar; e César Mello, como Mufasa. O curan-

76 » TERRAS

deiro Rafiki é personificado por Phindile Mkhize, que já participou de oito montagens de “O Rei Leão” ao redor do mundo. A direção do musical é de Julie Taymor (responsável pela adaptação do filme para os palcos da Broadway e do mundo todo), a produção é de Thomas Schumacher (produtor e presidente da Disney Theatrical Productions), a tradução do script é da Rachel Ripani e a tradução e adaptação das músicas de Gilberto Gil. A influência africana das máscaras, fantoches e fantasias é um elemento trazido por Julie Taymor. “Fiquei com medo de que a montagem fosse algo como os personagens da Disneylândia, vestidos com a cabeça do


Mickey Mouse”, conta Taymor. Afinal, para a diretora, a história em si é forte, mas a maneira de contá-la é tão importante quanto. Por isso que houve um grande empenho, por parte da produção, em trabalhar as emoções antes apresentadas numa perspectiva animal. Para trazer aos palcos brasileiros a história do leãozinho que amadurece após uma tragédia familiar, foram recebidos 22 containers com mais de 35 toneladas de material. Cenários figurinos e objetos de cena vieram dos Estados Unidos, Londres e Austrália. As esculturas animadas foram confeccionadas no Canadá e as perucas, em Londres. Diante de tantos números e tantos detalhes fica difícil de acreditar que Tom Schumacher, criador do filme, quando ouviu da Disney que a empresa queria adaptar o desenho para um musical, o produtor achou que estava diante da “pior ideia que já tinha ouvido na vida”. Inacreditável! Com ingressos que variam entre R$ 50 e R$ 280, “O Rei Leão” terá sessões às quartas, quintas, sextas, sábados e domingos durante todo o ano de 2013 no Teatro Renault, em São Paulo.

TERRAS « 77


Arte & Cultura

Cirque Du Soleil volta ao Brasil com

Por Izabelle Prado

O

palhaço Mauro sonha com sua morte e, ao invés de lágrimas e tristeza, seu cortejo fúnebre é repleto de alegria, comemoração e mágica. Assim é “Corteo” – “cortejo” em italiano -, o espetáculo que o aclamado Cirque Du Soleil traz ao Brasil até a metade de 2014 com temporada em seis cidades. O show estreou pela primeira vez no Canadá, em 2005 e, desde então, já visitou mais de 48 cidades em nove países. Criado e dirigido por Daniele Finzi Pasca, o espetáculo conta o funeral de Mauro, que acontece numa atmosfera de festa e observado por amáveis anjos. Contrastando o

78 » TERRAS

grande e o pequeno, o ridículo e o trágico, a magia da perfeição e o charme da imperfeição, o espetáculo evidencia a força e a fragilidade do palhaço, mas também a sua sabedoria e ternura, para ilustrar o aspecto humano de cada um de nós. O palco, em 360º graus, se transforma num local desconhecido entre o céu e a terra, onde o mundo teatral da comédia e diversão se mistura com a espontaneidade e com o sentimento. Enquanto é apresentada a transformação do palhaço em anjo, algumas passagens de sua vida são abordadas e o público é surpreendido por números de tirar o fôlego e de muita emoção. Dueto de adágio, marionete, camas elásticas, danças


em candelabros, malabarismo, gangorra, corda bamba, tournik, barra fixa, entre outros, tornam o cortejo de Mauro quase um conto de fadas. Como nas vezes anteriores, Cirque Du Soleil oferece um espetáculo grandioso, colorido e com números surpreendentes. Os artistas são levados ao limite e voam a seis, oito e até 12 metros de altura. Não é a toa que Corteo foi considerado pela crítica como um elogio às artes.

Cirque du Soleil - Corteo De 30 de março a 14 de julho Parque Villa Lobos Av. Queiroz Filho, s/nº Pinheiros - São Paulo (SP) Fone: 11 4003.5588

TERRAS « 79


Arte & Cultura

Comédia e paisagem de cartão-postal Por Luana Garcia

O

Projeto Terça Insana, idealizado pela atriz e diretora Grace Gianoukas, segue em cartaz todas as terças-feiras de maio, sempre às 21h, no Teatro Itália, tradicional ponto turístico paulistano. Desde a estreia, em 2001, o espetáculo se tornou um divisor de águas no cenário da comédia no Brasil. Levou aos palcos cerca de 320 apresentações diferentes, repletos de personagens, cenas e textos originais, que hoje compõem um enorme

80 » TERRAS

repertório de criações. Nos dias 7,14, 21 e 28, Grace Gianoukas convida Silvetty Montilla – uma das mais conhecidas drags caricatas do Brasil em virtude do seu humor ácido e perspicaz – e Fernandinho Beat Box, conhecido beatboxer brasileiro que ajudou a propagar a cultura do hip hop no país. Antes ou depois do espetáculo, a dica é dar uma esticadinha no restaurante do Terraço Itália, cujos salões, de clima romântico, reservam uma vista fantástica da cidade de São Paulo. Um programa imperdível.

Terça Insana Dias 7,14, 21 e 28 de maio Grace Gianoukas  convida Silvetty Montilla e Fernandinho Beat Box Horário: 21h Ingressos: R$ 80 / R$ 40 meia 11 2122.2474 www.compreingressos.com Estacionamento - serviço de valet conveniado ao Edifício Itália Restaurante do Terraço Itália Reservas e informações: 11 2189.2929 www.teatroitalia.com.br


ALUGA

VENDE

136m² AC, 150m² AT, pé dir 6 m 500m² AC, 1000m² AT, pé dir 7 m 250m² AC, 700m² AT, pé dir 7 m 750m² AC, 1.000m² AT, pé dir 7 m 408m² AC, e 450m² AT, pé dir 6m Temos Temos casas casas terrenos e terrenos em em todos todos os condomínios os condomínios de Indaiatuba de / pé Salto /dirSalto / Itu 1.240m² AC, Indaiatuba 2.700 m² AT, 7 /mItu 600m² AC, 2.000m² AT, pé dir 7 m 2.700m² AC, 7.000m² AT, pé dir 10 m EM EM SALTO SALTO 625m² AC, 740m² AT, pé dir 7 LANÇAMENTOS m LANÇAMENTOS 33.000m² AC, 60.000m² AT, pé dir 6 m 1.300m² AC, 1.400m² AT, pé dir 6 m 25.000m² AC, 82.200m² AT, pé dir 9 m 33.000m² AC, 60.000m² AT, pé dir 6 m ento ento eLaM a eLaM a parC eto CopMaroCreato CoM ora d ir ir d pora d porad r r inCo inCo

AproVEitE o bom momENto p/ iNVEstir Nos EstADos UNiDos.

a s u idade a É tun r p oo

www.spaziosalto.com.br www.spaziosalto.com.br

      

1 torre  1 torre de 7 andares de 7 andares 28 apartamentos 28 apartamentos Varanda  Varanda Gourmet Gourmet 3 dormitórios  3 dormitórios (1 suíte) (1 suíte) Sala  Ampla Sala Ampla Cozinha  Cozinha Americana Americana 2 vagas  2 vagas na Garagem na Garagem

    

Apartamentos  Apartamentos c/ 2 dorm c/ 2 dorm 1 vaga  1 vaga Cozinha  Cozinha gourmet gourmet Salão  de Salão festas, de festas, solarium solarium Churrasqueiras  Churrasqueiras Ampla  Ampla área de área conveniência de conveniência

o de o de preÇ entporeÇ ento M M a a Ç Ç Lan Lan

ra ra to pa to pa pron strupirron struir Con Con

Á Á rVe J rVe J rese eu ! rese eu ! os os

LOTESLOTES C/ 300M² C/ 300M² A PARTIR A PARTIR DE DE

Condomínio Condomínio fechado fechado

Condomínio Condomínio fechado fechado

R$99 R$99MILMIL PARCELADOS PARCELADOS EM ATÉ EM60ATÉ X 60 X

R$146.559,00 R$146.559,00proJEto proJEto moDErNo moDErNo E ArroJADo, E ArroJADo, CiCLoViA, CiCLoViA, LAGos LAGos E sEGUrANÇA E sEGUrANÇA

Imóveis em Orlando, Miami, Miami Bech, Sunny Isles, Palm Beach e Fort Lauderdale

LOTESLOTES C/ 1.00M² C/ 1.00M² A PARTIR A PARTIR DE DE

PARCELADOS PARCELADOS EM ATÉ EM 60ATÉ X 60 X

Temos casas e terrenos em todos os condomínios de Indaiatuba / Salto / Itu


Hair Inspiration

A vocação colocada em prática * Por Djalma Kais

* Djalma Kais é conhecido como o mestre da tesoura. Já ganhou prêmios importantes na carreira como Color Trophy por L’Oréal de Paris e o Redken NYC. Kais comanda, ao lado do sócio Gilberto Stein, o salão Stein & Kais Intercoiffure

82 » TERRAS

“A vocação para cabeleireiro foi uma surpresa, uma psicóloga revelou-me que eu tinha uma riqueza criativa, que compunha minha aura de artista e meu talento resplandeceu para o mundo da moda e para a arte da coiffure. Sempre fui muito antenado com as novidades do mercado e investi em aperfeiçoamento fora do país. Fiz várias academias de formação profissional, entre elas Longueras, na Espanha; Toni & Guy e Vidal Sassoon, ambas na Inglaterra; e Jacques Dessange, na França, onde tive a excelente e grata oportunidade de aprender com o mestre Alexandre de Paris, diferencial este que poucos podem assinar no currículo.” Com este vasto currículo as criações de Kais passaram a vanguarda da moda do cabelo no Brasil. Um fato que esta mais que consumado nos atributos que lhe são conferidos na mídia. E a partir dessa edição, a Revista Terras terá o privilégio de contar com uma coluna do mestre da tesoura Djalma Kais, o cabeleireiro dos artistas, socialites e de gente influente de Campinas, polo industrial, econômico e cultural, e uma cidade das mais promissoras do Estado de São Paulo. Kais escreverá uma coluna sobre a arte do coiffure.


O melhor do fitness no conforto da sua casa P r o d u t o s d e a lt a p e r f o r m an c e para atender as m a i s v a r ia da s n e c e s s i d a de s

Olympikus

Reebok

Fit4 Campinas Fit4 Store /fit4_store /fit4store

Av. José De Souza Campos, 1490 - Nova Campinas - Campinas - SP (019) 3252-6568 | campinas@fit4.com.br

Fit4 Sorocaba Av. Barão De Tatuí 1554 Jardim Vergueiro - Sorocaba - SP

(15) 3233-7671 | sorocaba@fit4.com.br


Revista Terras07  

Revista Terras 07 - Viva o Outono!