Page 1


Institucional Mensagens do Presidente Universo Lions Da Mesa do Wilson Da Mesa da Editora Olimpíadas Especiais Lions Quest Caçando Pérolas Considerando

04 06 07 08 30 32 47 50

Internacional / Nacional LCIF nos EUA Ajuda na África 1º CG CNPL Arte e Solidariedade Panorama DMLC Tocha Olímpica Lions Ballet

09 10 11 16 17 20 24 28

Agora sou do Lions 34

Distritos em Serviço 36


Mensagens do Presidente

O significado do Lions

Chanceler Bob Corlew Presidente Internacional

4 Lion Brasil | Sudeste

No começo do Lions, as páginas da Revista Lion tinham várias reportagens como: “O Propósito do Lions”, “O Significado do Leonismo” e “O Valor do Lions”. Um Clube dedicado ao Servir era um conceito novo na época, e era como se os Leões precisassem se convencer que estavam no caminho certo. A incerteza até levou os Leões a questionarem se os Clubes sobreviveriam. “Durante minha vida, presenciei organizações, com os mais nobres ideais, florescerem por um tempo para, em seguida, caírem na insignificância. Será esse o destino do Leonismo? Espero que não”, escreveu o Governador de Distrito A. Baker, de Cheyenne, Estados Unidos, em janeiro de 1922. Os Leões continuaram no caminho do Servir. O companheirismo fazia parte da Associação, mas os serviços eram primordiais. Em 1927, “Atividades fazem o Clube” foi a manchete de uma coluna do Presidente Internacional Irving Camp, de Johnstown, Pennsylvania, Estados Unidos. “Um Clube que se reúne apenas para jantar não conseguiu responder ao chamado do Servir e não segue os princípios da nossa grande e altruísta Associação”, escreveu ele.

Com o nosso Centenário se aproximando em 2017, sabemos que nossos antepassados estavam certos. O Servir é o que nos torna um Leão. É o que fazemos. É quem nós somos. Isso ficou ainda mais evidente nos últimos dois anos. Nós estabelecemos a meta de Servir 100 milhões de pessoas até 30 de junho de 2018 através do Desafio de Serviço do Centenário. Pedimos aos Leões que fizessem a diferença nas comunidades participando das campanhas: Juventude, Visão, Fome e Meio Ambiente. Não sabíamos se seria possível atingir nosso objetivo, pois os Clubes relatavam ao Lions Internacional que serviam 8 milhões de pessoas por ano (mas tínhamos certeza que o número real era muito maior). Estou muito feliz por contar a vocês que já alcançamos nosso objetivo de Servir 100 milhões de pessoas. Tenha orgulho de fazer parte de uma Associação que faz jus aos seus ideais, define metas e as supera com resultados excelentes. Porém, ainda temos muito para alcançar. Muitas pessoas precisam de nós, temos mais oportunidades de fazer a diferença e mais montanhas para escalar. Juntos podemos chegar a novas alturas. Continue servindo!


Mensagens do Presidente

A melhor maneira de enxergar o Centenário Outro dia, ouvi um comentarista esportivo falar sobre o legado de um grande atleta. O jogador tinha um desempenho excelente todos os anos, e provavelmente já estava no Hall da Fama, mas o comentarista enfatizava a necessidade de ganhar este campeonato para concretizar o seu legado. Ouvimos muito essa palavra — legado. Faz parte da discussão sobre artistas, presidentes e inovadores. Há algo maior que a soma de suas conquistas. Há uma identidade ou efeito duradouro que podemos criar e que transcende o que fizemos, funcionando como o ápice, um grande ponto alto.

Temos a oportunidade de tornar este Centenário do Lions Clubs International (LCI) mais do que somente uma comemoração. Temos a oportunidade de causar um impacto duradouro em nossas comunidades. Projetos de Legado do Centenário são uma ótima forma de seu Clube concretizar seu valor e deixar uma impressão duradoura. É uma forma de comemorar o Centenário, lembrando a comunidade de nossas várias contribuições. Clubes do mundo inteiro abraçaram essa iniciativa. Mais de 4.000 Projetos de Legado

foram relatados ao LCI no MyLCI. Os Clubes estão realizando desde iniciativas menores, como construir bancos de praça, a projetos maiores, como construir clínicas e expandir bibliotecas. Muitos dos projetos são inovadores, como a doação do Lions Clube Kensington, de Prince Edward Island, Canadá, de uma dúzia de transmissores/receptores de 16 canais para uma escola aprimorar o aprendizado. Como há três níveis de participação para escolher, todos os Clubes têm a oportunidade de se envolver:

• Projetos de Legado do Nível 1 aumentam a visibilidade na comunidade. Divulgue novas placas do Lions, doe bancos de praça, dedique uma estátua ou patrocine um chafariz no parque. • Projetos de Legado do Nível 2 estão relacionados a retribuir à comunidade. Dê um presente que dure — restaure um parque, construa uma passarela sobre uma rua movimentada, angarie fundos para deficientes visuais ou doe um veículo a uma organização da comunidade que precise de um. • Projetos de Legado do Nível 3 são iniciativas de grande escala. Exemplos são construir uma clínica, expandir uma biblioteca ou escola, equipar um hospital ou estabelecer um centro de treinamento para ensinar novas habilidades pessoais ou profissionais. Conecte-se com a comunidade planejando um Projeto de Legado durante nosso Centenário. Torne sua comemoração do Centenário inesquecível. Presenteie com algo duradouro para que jamais seja esquecido.

Lion Brasil | Sudeste 5


Universo Lions

Expediente

Mundo

Edição Oficial em Português Ano 17 | setembro - outubro 2016 nº 98

América do Sul

País

Associados

EUA

315.934

11.422

Clubes

País

Brasil

Associados

41.196

1.518

Índia

230.003

6.393

Peru

6.852

291

Japão

121.682

3.096

Venezuela

6.385

224

Coreia (Rep.)

78.774

2.082

Argentina

5.274

264

Alemanha

52.167

1.557

Colômbia

4.363

231

Brasil

41.196

1.518

Equador

3.132

113

Itália

41.169

1.316

Chile

2.858

169

Canadá

35.814

1.543

Uruguai

2.743

114

França

26.605

1.208

Paraguai

2.534

91

Bolívia

1.443

68

Brasil DM

Associados

CCLL

CCaLL

LA

7.538

4.146

3.392

274

LB

5.494

3.022

2.472

202

LC

12.959

7.127

5.832

538

LD

15.205

8.363

6.842

504

22.658

18.538

1.518

TOTAL 41.196

Clubes

Clubes

210 países 46.876 clubes 1.384.577 associados

Endereços Revista Lion Brasil Sudeste

Lions Clubes Internacional

Av. Bernardino de Campos, 571 ap. 214, Santos-SP CEP 11065-003 (13) 3286-2669 (13) 98152-2240 revistalion@gmail.com www.issu.com/lionbrasilsudeste

300 West, 22nd Street Oak Brook - Illinois 60523-8842 - EUA (1) 630-571-5466 lionmagazine@lionclubs.org www.lionsclubs.org/EN/news-media/lion-magazine

Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LC Presidente CC Wilson Roberto Pinto Rodrigues (13) 3273-4067 / 99711-1227 presidentedmlc@gmail.com

Secretário PDG Paulo Rogério de Souza (11) 96787-8396 secretariodmlc@gmail.com

1ª Vice- Presidente PDG Francisca Rodrigues Talarico (21) 2551-8633 / 99622-7472 franciscatalarico@hotmail.com

Tesoureiro PCC Fabio Oliveira Filho (13) 3232-4041 / 3877-0177 tesoureirodmlc@gmail.com

2º Vice- Presidente PDG Georjos Saba Arbache (32) 3215-1901 / 99971-4684 georjos.arbache@gmail.com Sede Fiscal do DMLC R. Botucatu, 979 - 4º andar São Paulo, SP - CEP: 04023-062 (11) 5081-6301 / 5081-6732 Sede Administrativa do DMLC Rua Botucatu, 979 - térreo São Paulo, SP - CEP 04023-062 (11) 5081-6301 / 5081-6732

6 Lion Brasil | Sudeste

Nós Servimos Administrador Executivo: Scott Drumheller Tesoureira: Maryellen Skerik Editor-Gerente de Lion Magazine: Dane La Joye Editor Senior: Jay Copp Editora Associada: Pamela Mohr Editora Assistente: Jennifer Martin Gerente de Produção: Mary Bartucci

Lion Magazine - Fundada nos EUA por Melvin Jones em 1918. LION BRASIL SUDESTE - Fundada no Brasil em 1999. Editada sob responsabilidade e fiscalização do Distrito Múltiplo LC - Brasil. Editor in memoriam: Dr. Áureo Rodrigues, PID 65/67 Editora e Jornalista Responsável: Denise Rodrigues, MTb 15.647, SP Comissão Editorial 2016/2017: Membros executivos: PID Fábio de Almeida (LC 5) PCC Fabio Oliveira Filho (LC 5) PCC Edgar Antônio Piton (LC 6) PCC Flávio Mendes (LC 8) Corpo técnico Tradutora: Flavia Gonçalves Projeto Gráfico: Fred Palladino Direção de Arte: Bruno Santoni Assistente de Arte: Lorraine Lopes Editoração Gráfica: Toque Final Comunicação Impressão: Gráfica Bangraf Circulação: SP, RJ, MG, ES, MS Expedição: Ricardo Jesus Tiragem: 11.000 exemplares A Revista LION é uma publicação oficial da Associação Internacional de Lions Clubes, editada por autorização da Diretoria Internacional em 18 idiomas: alemão, chinês, coreano, dinamarquês, espanhol, finlandês, francês, grego, hindi, holandês, inglês, italiano, japonês, norueguês, português, sueco, tailandês e turco. Executivos da Associação Internacional de Lions Clubes, AL 2016/2017: Presidente: Chanceler Robert E. Corlew, EUA Ex-Presidente Imediato: Dr. Jitsuhiro Yamada, Japão 1° Vice-Presidente: Naresh Aggarwal, Índia 2° Vice-Presidente: Gudrun B. Yngvadottir, Islândia Diretores Internacionais: (Segundo Ano) Melvyn K. Bray, Nova Jérsei, EUA; Pierre H. Chatel, França; Eun-Seouk Chung, Rep. Coreia; Gurcharan Singh Hora, Índia; Howard R. Hudson, Califórnia, EUA; Sanjay Khetan, Nepal; Richard Liebno, Maryland, EUA; Robert M. Libin, Nova Iórque, EUA; Helmut Marhauer, Alemanha; William L. “Bill” Phillipi, Kansas, EUA; Lewis Quinn, Alasca, EUA; Yoshiyuki Sato, Japão; Gabriele Sabatosanti Scarpelli, Itália; H. Jerome Thompson, Alabama, EUA; Ramiro Vela Villarreal, México; Roderick Paul Wright, Canadá; Katsuyuki Yasui, Japão. (Primeiro Ano) Bruce Beck, Minnesota, EUA; Tony Benbow, Austrália; K. Dhanabalan, Índia; Luiz Geraldo M. Figueira, Brasil; Markus Flaaming, Finlândia; Elisabeth Haderer, Holanda; Magnet Lin, Taiwan; Sam H. Lindsey Jr, Texas, EUA; N. Alan Lundgren, Arizona, EUA; Joyce Middleton, Massachusetts, EUA; Nicolin Carol Moore, Trinidad e Tobago; Yasuhisa Nakamura, Japão; Aruna Abhay Oswal, Índia; Vijay Kumar R. Vegesna, Índia; Elien Van Dille, Bélgica; Jennifer Ware, Michigan, EUA; Jaepung Yoo, Rep. Coreia.


Da Mesa do Wilson Eu aprendi que todos querem viver no topo da montanha, mas toda felicidade e crescimento ocorrem quando você está escalando-a. H. Jackson Brown Jr.

Continuamos a Escalar Montanhas Ao atingirmos e até ultrapassarmos nossa meta de servir a 100 milhões de pessoas, podemos dizer que nosso Mundo Leonístico continua a Escalar Novas Montanhas. Até o fechamento desta edição, já contávamos 112.393.776 pessoas servidas por nós, Leões em todo o mundo. É um feito para poucos. Sendo também responsável por esse resultado, o Colegiado Magia do DMLC segue no caminho do serviço desinteressado, buscando na Magia da Escalada encontrar a melhor forma de transformar a realidade do próximo. Todos os Governadores estão, incessantemente a cada dia, realizando novas ações para o crescimento qualitativo de seus

Distritos, com novos membros para esta Grande Família. Sabemos que só há um meio de crescer, que é fazendo serviços, trabalhando com seus Clubes para manter seus associados unidos e interessados em doar-se. É na identificação das necessidades das comunidades que surge o enfoque correto dos serviços, a ação que trará benefícios a todos. Devemos ter comprometimento com a Associação Internacional de Lions Clubes, nossa Fundação, nosso Distrito, nosso Governador. Devemos buscar excelência em nossos Clubes. Assim, com certeza, atingiremos todos os nossos objetivos e estaremos cada vez mais HONRANDO NOSSO CENTENÁRIO. Grande Abraço!

CC Wilson Pinto / CaL Beth Presidente do DMLC - AL 2016/2017 MAGIA DA ESCALADA

Depois de termos conseguido subir a uma grande montanha, só descobrimos que existem ainda maiores montanhas para subir. Nelson Mandela

Lion Brasil | Sudeste 7


Da Mesa da Editora O Lions em todo o mundo está vivendo seu melhor momento. Ao comemorar 100 anos de existência, foi indicado para receber o Prêmio Nobel da Paz, que acabou sendo entregue para o Presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos. Não importa, pois ficamos extremamente orgulhosos. Esta é a segunda vez que somos indicados. A primeira foi em 2008, graças à sugestão do Leão Jimmy Carter, que foi vencedor do Nobel da Paz em 2002. Na esteira destes novos tempos, começamos bem o novo Ano Leonístico com a 1ª Reunião do Conselho de Governadores, em Santos. Ali se reuniu o Colegiado Magia, sob a batuta do CC Wilson Pinto, iniciando a escalada de novas montanhas. Uma inovação do evento foi a presença do jornalista Ricardo Boechat, que encantou a plateia com sua perspicaz visão da realidade brasileira. Uma ótima novidade foi a proposta do Brasil como sede da Convenção Internacional de 2023. Uma moção aprovada foi o incentivo para a fundação de Clubes de jovens. Os distritos que criarem mais Clubes de LEOs e Castores neste AL receberá

prêmios. A justificativa, como disse CL João Roberto Moreira Alves, LC1, não poderia ser mais pertinente: “Não precisamos olhar para LEOs e Castores somente como celeiros de Leões. Se eles crescerem como jovens competentes, teremos um país melhor daqui pra frente. Isso sem falar que eles são nativos digitais e tiram de letra a divulgação dos serviços via mídias digitais, o que nós, mais velhos, temos muita dificuldade”. Novidades também na Revista Lion. A partir de agora, teremos sempre uma página dedicada às ações da parceria entre Lions Clubes e Olimpíadas Especiais. É comovente ver o resultado estampado, em forma de felicidade, no rosto dos atletas. Estivemos presente no 42º Concurso Nacional de Publicações Leonísticas, em que nosso colega PDG CMJ Egon Ralph Heinrich, editor do Boletim O Maestro, foi o grande vencedor pela terceira vez. Aproveitamos a

viagem para Ribeirão Preto para conhecer Brodowski, terra natal do grande artista brasileiro Cândido Portinari e do Assessor da Revista do LC 6, Antonio Douglas Zapolla. Leia a matéria sobre o Museu Casa de Portinari e marque uma viagem até lá. Será surpreendente. No Panorama DMLC, trazemos várias informações, entre elas, o Casamento Comunitário no Rio de Janeiro e a foto ganhadora do Concurso Internacional de Fotografia do Meio Ambiente do Lions, tirada pela CaL Hiud Nader Elkouri. Celebrando um novo tempo, desejamos paz aos homens de boa vontade.

CaL Denise Rodrigues Editora

8 Lion Brasil | Sudeste


Internacional

A maré alta levanta todos os caiaques Por Tom Kerr e Cassandra Rotolo O lago artificial Leaser, no leste da Pennsylvania, Estados Unidos, tinha 13.716 metros de profundidade antes de uma infiltração implacável transformálo numa espécie de lago fantasma. Em 2001, os 120 acres do lago eram uma paisagem estranha, com ervas daninhas, pequenas árvores e até pedaços de uma antiga fazenda que ficaram submersos quando o lago foi preenchido de água nos anos sessenta. As tentativas de consertar o escoamento de água falharam, e o parque do entorno foi desativado. A fundação The Leaser Lake Heritage Foundation (LLHF) trabalhou durante anos para obter de várias entidades governamentais os US$ 5 milhões necessários para consertar a barragem e encher o lago. Os reparos foram concluídos em 2015. Trazer vida de volta ao parque tornou-se muito mais importante do que apenas encher o lago com água. A LLHF tinha grandes sonhos para o lago Leaser e desejava proporcionar oportunidades de lazer para aqueles que eram sempre esquecidos. A Fundação queria que as pessoas com mobilidade limitada pudessem explorar os caminhos à beira do lago, pescar em uma doca flutuante ou mesmo navegar de caiaque no lago. Mas esses sonhos custavam caro. O Companheiro Leão Tom Kerr,um membro do conselho da Fundação, apresentou um plano para arrecadar verbas com os Companheiros Leão que compartilhavam sua afinidade pelo lago Leaser. O lago é motivo de orgulho para os moradores da pitoresca região. O plano para o parque estava de acordo com as leis que regulamentam os direitos

dos americanos portadores de deficiências. Suas trilhas, mesas de piquenique, banheiros e estacionamento seriam acessíveis aos deficientes físicos. O Lions Clube Kempton se comprometeu em arrecadar fundos para construir um píer de pescaria e uma base para o embarque nos caiaques. A ideia de proporcionar experiências únicas para pessoas com mobilidade limitada empolgou os Leões de Kempton. Durante dois anos, auxiliados pelo Lions Clube Ontelaunee, eles arrecadaram mais de US$ 7.000. Enquanto isso, o Leão Tom Kerr solicitou subsídios para a Fundação Lions da Pennsylvania e para a Fundação Lions Internacional (LCIF), obtendo US$ 49.500, valor

suficiente para o píer de pescaria e a base de embarque nos caiaques. O Lions e a LLHF trabalharam juntos com um fabricante local e um grupo de canoístas engajados. Os atletas testaram os protótipos das instalações no lago. Durante a inauguração, em outubro de 2015, Mike White entrou com facilidade no caiaque e remou nas águas do lago. “Foi libertador. Uma das sensações mais agradáveis foi olhar em volta e me sentir como todo mundo”, ele disse. Com seu colete amarelo, Tom Kerr sorriu com orgulho dessa conquista do Lions. “Espero que esse projeto seja um exemplo de como os Clubes pequenos também podem fazer grandes realizações”.

Mike White, na base para o embarque no caiaque, com o Leão Tom Kerr.

Lion Brasil | Sudeste 9


Internacional

Auxílio italiano na África Por Cassandra Rotolo Cerca de 800 milhões de pessoas no mundo não ingerem alimentos suficientes para sobreviver. A situação é mais extrema em países em desenvolvimento, onde uma em cada seis crianças está abaixo do peso. Na Itália, os Lions Clubes Venezia Host e Venezia Angelo Partecipazio uniram-se ao Clube Koudougou Baobab, de Burkina Faso, África, e à Fundação Lions Internacional (LCIF) para combater a fome em vários vilarejos do oeste africano. Para ajudar no Projeto, os Leões italianos receberam US$ 54.267 do Subsídio de Assistência Internacional (IAG) da LCIF. Os principais objetivos da proposta eram formar uma escola para treinar mulheres para utilizarem o sistema de irrigação por gotejamento e criar uma plantação de cereais e leguminosas com auxílio desse procedimento de irrigação. As mulheres aprenderiam a cultivar os alimentos usando esse processo, bem como a usar esses cultivos para alimentar suas famílias de maneira saudável. Torres de armazenamento de água, poços de compostagem, galpões de estoque e cercados foram importantes para o sucesso do projeto. A irrigação por gotejamento é um sistema indicado para locais com escassez de água, pois utiliza menos quantidade que outros procedimentos tradicionais, mantendo as raízes das plantas úmidas. Os Leões mergulharam no trabalho. Limparam quase 2,5 acres de terra, cavaram um poço com bombagem solar, fizeram um tanque de armazenamento, plantaram cebolas, verduras, legumes e árvores moringa. Após isso, os Leões dos dois países treinaram as mulheres

10 Lion Brasil | Sudeste

locais sobre como usar o sistema de irrigação por gotejamento e cuidar do plantio. No piloto do projeto, foram treinadas sete mulheres do Distrito de Kyon. A previsão é treinar sessenta por ano. O Lions espera que os campos p r o d u z a m alimentos excedentes para que elas possam também vender seus produtos, tendo mais independência e estabilidade econômica. “Nós, Leões, estamos lutando contra a pobreza e garantindo alimentação para os habitantes da área rural de Burkina Faso”, disse o CL Giovanni Spaliviero, da Associação Italiana de Lions MK Onlus. “Esperamos que essas plantações ajudem a melhorar a saúde e a condição de vida de todos”. O Programa de Subsídios de Assistência Internacional concede entre US$ 5.000 e US$ 30.000 em subsídios de equiparação. Os IAGs possibilitam que os Lions Clubes façam parcerias com Clubes de regiões menos desenvolvidas em projetos que façam diferença nas

Mulheres cuidam de suas plantações em Kyon, Burkina Faso.

comunidades. Os IAGs financiam programas de assistência internacional dedicados a cuidados básicos com a saúde e alfabetização, água potável e saneamento, programas de desenvolvimento rural e de autossuficiência, serviços para pessoas cegas e com outras deficiências, além de serviços de proteção ambiental. Para mais informações, acesse www.lcif.org.


1º CG

Novos Tempos no DMLC

Novos tempos invadiram a Governadoria do AL 2016/2017, que fez sua primeira reunião do Conselho de Governadores, após a instalação de Gabinete, na cidade

de Santos. Reunindo o Colegiado Magia e quase 400 participantes, o encontro inovou na forma e no conteúdo. Podemos começar citando a

moção aprovada em que o Distrito que fundar mais Clubes de LEOs e Castores terá direito a uma premiação. Isto sim é inovação. De acordo com o CC Wilson Pinto, não há espaço para competição dentro do Lions: “Nós precisamos dos dois movimentos de jovens. Esta moção é para fortalecer os jovens nos Distritos. Saibam, LEOs e Castores, vocês sempre terão a palavra nestes Conselhos. Contamos com vocês”. Ter os jovens como aliados é também a recomendação do jornalista Ricardo Boechat, que falou descontraidamente aos participantes da primeira plenária. Questionado sobre como ter maior divulgação na sociedade, ele foi ao ponto: “Apropriem-se do que a tecnologia lhes dá. Os jovens fazem isso muito melhor que a gente. Peçam ajuda e divulguem suas atividades. Vale chamar filhos e netos para ajudar”.

Lion Brasil | Sudeste 11


não tem nada para fazer ou está nadando em dinheiro. Está aqui doando o seu próprio tempo para se reunir e comemorar essas ações que eu vos aplaudo”. Na sequência, Boechat respondeu aos questionamentos dos Leões:

O jornalista se apresentou na hora do almoço e segurou a plateia silenciosamente por quase duas horas de conversa. Quem teve o privilégio de estar presente, se sentiu como se estivesse conversando com um velho amigo. Este foi seu primeiro contato com o Lions, fato que ele lamenta não ter ocorrido antes: “É incrível como ainda não havia escutado falar desse evento tão significativo que é a comemoração do centenário de uma entidade de cidadãos do mundo, que são movidos pela solidariedade”. Boechat traçou um paralelo entre dois sentimentos que ele percebe no Lions: amor e solidariedade. Para ele, um é natural e o outro é fruto de uma decisão consciente. “Os poetas e escritores têm o amor como tema central, expresso em muitas formas de arte. Somos maduros o suficiente para saber que o amor toma conta da gente como uma força externa, ou interna, que nos arrebata, encanta. Mas não é fruto de uma decisão. Se fosse uma simples tomada de decisão, nós não teríamos tantas histórias de amores desfeitos. Já a solidariedade ocorre de um ato elaborado, o qual você dedica seu tempo, seu sentimento. Você é solidário a partir de uma reflexão em que você decidiu isso, ser solidário”. “Nenhum outro sentimento é tão humano e nobre, tão resultante dos melhores valores, quanto a solidariedade. E é isso que move o Lions, um exemplo de instituição já centenária, uma organização de homens e mulheres que ajudam ao próximo. Ninguém está aqui esperando algo em troca, porque

12 Lion Brasil | Sudeste

Como preservar esses valores e essas ações enquanto o Brasil vive uma grande crise moral? “Não estamos vivendo uma crise moral no sentido de algo novo. Dizem que a classe política reflete a média de valores da sociedade.

[Por que eu estou dizendo isso? Senhoras e senhores, vocês não precisam da imprensa.] Ricardo Boechat Eu afirmo que a sociedade é muito melhor do que sua classe política, que muitas vezes se elege pregando valores da média moral de seus eleitores. Só que, uma vez empoderados em suas imunidades,

corrompem-se ética e moralmente. Duvido que alguém vote em um candidato que faça sua campanha dizendo que irá roubar, corromper, quebrar empresas, superfaturar obras, trabalhar três dias por semana. Não dá para se igualar ao povo que vive dentro de transporte público desumano, vivendo em barracos. Querer comparar essas pessoas com aqueles políticos é ridículo. Nós olhamos a realidade política de hoje como se ela não nos acompanhasse há muitas décadas, muitos séculos. Não é para se acostumar só porque ela é antiga. Não é isso. É para não perder a perspectiva de que a troca de um poder desastroso, corrupto e incompetente por outro poder emanado do mesmo meio cultural e moral dificilmente vai nos colocar no limiar de um novo Brasil. A política é, na essência, a mesma coisa há décadas, porque é feita pelo mesmo tipo de gente, pelo mesmo tipo de cultura. Qual é o eixo que pode equilibrar esse futuro próximo de forma a estabelecer justiça nessa relação? A saída passa por ações como as que vocês desenvolvem. Somente a sociedade organizada e mobilizada em torno de bandeiras e temas poderá estreitar os espaços dos

Líderes do DMLC recebem Ricardo Boechat.


O CC Wilson Pinto entregou a Boechat os livros Leão Sabido e O Lions e a Imprensa.

malfeitos do estado político. O que vejo de magnífico em trabalhos centenários como o Lions é o abrir mão de coisas de cada um, como tempo, dinheiro, família, lazer, para se dedicar ao coletivo. Isso organiza e direciona, dando poder como organização. E mais. A verbalização desse poder direcionada a estes políticos, que não têm cumprido seus deveres corretamente, será somada às outras vozes para construir uma nova realidade, um futuro melhor. Essa mudança não virá de presente da classe política. É dentro do atual contexto político do Brasil que se enquadram ações e organizações como a de vocês. É preciso que ela se mantenha saudável para que esteja atenta e apta a permitir que esse quadro, que segue o Brasil há séculos, mude de fato. Qual o papel da imprensa nesse momento político? Na essência é o mesmo. Com a ampliação da internet, muitos segmentos passaram a produzir seu próprio conteúdo jornalístico. A ideia de que cada um de nós possa ser gerador de conteúdo é fascinante. Não precisa mais ser jornalista, dono de rádio e TV para fazer chegar informação a 7 bilhões de pessoas. Hoje isso está ao alcance de todos com um celular.

Mas a imprensa, em sua essência, ainda tem o papel que corresponde a levar as informações e o conteúdo. Por que notícia ruim vende mais? A notícia, por definição, é a contramão do óbvio. Por exemplo, eu vim de carro. Cheguei íntegro. Qual notícia você vai tirar disso? Se eu morrer num acidente na volta, hoje à noite, você vai ver uma notícia no jornal. A imprensa no mundo inteiro se pauta pelos assuntos que impactam, que chamam atenção. É doloroso ver que o trabalho bonito, feito por muita gente de superação, não está na mídia. O que agrega ao trabalho de vocês uma nobreza ainda maior. De que maneira o nosso movimento pode aproveitar o papel da imprensa para que a gente volte a resgatar a moral, o bom serviço público? A imprensa contava a história. Ela massificava o relato. Imprimia cinco mil vezes e fazia a informação chegar até cinco mil pessoas. Se não fosse assim, eu deveria ir a cada pessoa individualmente para difundir a informação. Com a tecnologia avançando, essa difusão foi ganhando escala planetária. Na verdade, a imprensa nunca foi testemunha de nada. Nenhum repórter é testemunha de algum

fato histórico. No máximo ele sai do escritório e vai para a rua cobrir o fato só depois que ele aconteceu. Nenhum repórter vai para o aeroporto ficar esperando um avião cair. A testemunha da história são vocês. Cada cidadão está vivendo a realidade e sendo atingida por ela. Então se vocês detêm a parte nobre do negócio, o testemunho, por que sou eu que fico famoso? Porque eu me apropriei desses relatos. Vocês testemunharam, mas não tinham o que fazer com o testemunho. Tem que ir atrás dos Boechats da vida e contar para eles. Aí sim, de uma plataforma tecnológica, esse conteúdo chega a milhões de pessoas. Hoje, esse monopólio da mídia em relação ao relato da história acabou. Porque esses instrumentos infernais que cada um tem nas mãos permitem que você produza e massifique o conteúdo. Você presenciou um acidente, você filma, edita, adiciona legendas, adiciona efeitos especiais e, apertando um botão, alguém na China vê. Se você não sabe fazer isso, pede para a minha filha, que ela faz! Com dez anos. E você, em vez de mostrar pros pais, em quinze minutos, pode ter mostrado para milhões de pessoas. A primeira coisa que eu queria sugerir ao Lions é que, independentemente de manter

Lion Brasil | Sudeste 13


Um brinde aos novos tempos: 2º Vice-Presidente Georjos Arbache, CC Wilson Pinto e 1ª Vice-Presidente Francisca Talarico.

suas plataformas convencionais de comunicação, além de sua bela revista, caiam de cabeça nas mídias sociais. Militem pelas redes, militem eletronicamente. O importante é escolher alvos. Vocês são uma entidade centenária – fora a Rainha da Inglaterra, quem mais no mundo tem 100 anos? Usem esse peso, essa credencial. Outra coisa, vocês são uma instituição imaculada.

Plenária comemora o Centenário.

Olhem pro Lions. Não vão achar sacanagem nenhuma. Vocês trabalham com o mais nobre dos sentimentos. Ninguém vai achar que vocês estão fazendo uma pressão direcionada na rede social contra ou a favor de algum assunto porque estão escondendo algum interesse. Vocês não são conhecidos por isso. Vocês são conhecidos por doarem tempo, dinheiro, saúde ao próximo. Então

O Liderar Feminino Brincadeiras, risos, diversão e liderança. Foi misturando estes ingredientes que aconteceu o Fórum Feminino do 1º CG em Santos. Sob a coordenação da CaL Beth Rodrigues e com palestra da CaL Anita Papazian de Almeida, as participantes viveram momentos de reflexão e aprendizado. Tudo começou com uma dinâmica em que as mulheres deveriam simular uma montanha russa, exercício para estimular a criatividade. A CaL Anita explicou: “Eu queria que elas buscassem na infância aquela motivação que tinham quando criança, em que somos criativos”. O próximo passo foi falar sobre o que faz o líder. No Leonismo é

14 Lion Brasil | Sudeste

a ideia de juntar esse patrimônio moral e humano, militar a partir do que ele fornece, usar como uma arma para mobilizar e pressionar centros de decisão, que precisam ser pressionados, questionados. Isso poucas instituições têm. Apropriemse do que a tecnologia já lhes dá. Isso os jovens fazem melhor que a gente. Mas não precisa fazer isso sozinho, chamem seus filhos, netos para ajudar.


Brincando também se aprende.

aquele que trabalha nos bastidores, que tem equipe e apresenta resultados. É aquele que conhece as pessoas com quem vai trabalhar. Para demonstrar isso, a CaL Anita

pediu que as esposas dos Governadores saíssem da sala e decorassem uma frase de uma pessoa famosa. Ao voltar para a sala, elas teriam que explicar para a plateia o significado dessa frase. Antes porém, Anita já havia combinado com a plateia que ninguém daria atenção ao que elas falavam. O resultado foi constrangedor: “Mostrei que é isso que acontece quando você não está conectada com seus liderados, quando você não conhece o público que está lidando. Você não tem argumentos para colocar os objetivos para seu grupo”.

É isso que acontece quando o presidente do Clube não consegue atingir suas metas. “É hora de mudar a forma de agir. Não espere que os outros mudem para te aceitar. Tente um sorriso, uma pequena gentileza para quebrar paradigmas e alcançar seu objetivo”. Para finalizar, CaL Anita lembrou não apenas da valorização da mulher como Companheira Leão, mas também como Domadora, que tem as mesmas responsabilidades: “Você tem a mesma representatividade das pessoas do seu Distrito, onde quer que você esteja. Então é preciso fazer bonito sempre”.

[Não espere que os outros mudem para te aceitar.]

Inspiração

Fotos do 1º CG por Studio Bernardi

O 1º CG deste AL foi inspirador, fazendo circular pelo DMLC novos ares de um tempo promissor. Tempo de renovar, servir e crescer. Orgulhar-se da estrada percorrida e traçar novos caminhos. De estar com os amigos, de fazer novos amigos. Por isso, finalizamos com uma respeitosa deferência ao 29º Encontro da Confraria do Periquita, que aconteceu com mais de 50 confrades e confreiras, justo na cidade natal de seu idealizador, o PID Áureo Rodrigues. Agora, sob a batuta da Chanceler CaL Marly Lameirão, a Confraria cresce e aparece. Porque o que é bom tem que continuar.

Lion Brasil | Sudeste 15


Nacional

CL Egon é Tricampeão do CNPL “Longos 42 Anos do Concurso Nacional de Publicações Leonísticas (CNPL), e os 25 anos do Encontro Nacional de Editores de Publicações Leonísticas, reafirmam a enorme importância deste fantástico meio de divulgar os serviços e atividades dos nossos Clubes do Leonismo Brasileiro. A tradição, dedicação e amor dos Boletineiros Brasileiros – Grandes Jornalistas Leonísticos – mantêm cada vez mais viva esta necessidade de valorização de nossa Família Leonística”. Esta foi a tônica da mensagem enviada pelo CC Wilson Pinto, Presidente do Conselho de Governadores do DMLC, aos participantes do CNPL, em Ribeirão Preto, que reuniu os principais

Editores de Boletins Leonísticos do Brasil e convidados. Vários Líderes Leonísticos prestigiaram o evento: PCC Antônio Lázaro Forti (LC 3); DG Marília Simões (LC 1); DG Sérgio David e sua esposa CaL Nilza; PDG José Gomes das Chagas e sua esposa CaL Maria Celeste; e o IPDG José Mario Bazan (todos do LC 6). A coordenação do evento foi da CMJ Tânia Mascioli, do LC Ribeirão Preto Campos Elíseos (LC 6) e editora do boletim O Leão dos Campos Elíseos, ganhadora do ano passado. Com muita honra, ela anunciou que o grande vencedor deste ano foi o tricampeão PDG CMJ Egon Ralph Heinrich, editor do Boletim O Maestro, do LC Campinas Carlos Gomes (LC 3). Em

2017, ele coordenará o próximo encontro em Campinas. Durante a entrega dos prêmios, o CMJ PDG José Gomes da Chagas “Duba”, membro do Colegiado de Editores e do Conselho ExGovernadores, falou com emoção sobre a arte de editar boletins: “Longo e profícuo tem sido o persistente itinerário percorrido pelos dedicados Editores deste Brasil Leonístico, cujas participações têm-se mostrado um sacerdócio de singular relevo e de notável importância para o Leonismo de nosso País”. Ele citou que o primeiro vencedor do concurso foi o CL Luis José Sá Rocha, editor do informativo Urro do Riacho, do LC de São Bernardo do Campo Riacho Grande, em 1974.

VENCEDORES DO CNPL 2016 LC Fortaleza Guarani

LA 4

Destaque

Anual

Francisco de Albuquerque

Nominata/ Distrito

Distrito LC 4

LC 4

1º lugar

Anuário

DG Carmen Lúcia Redoan

O Maestro

LC Campinas Carlos Gomes

LC 3

1º lugar

Mensal

Egon Ralph Heinrich

1º lugar

Bimestral

Ilza Yndra Bispo Prataviera

Trimestral

Audrei Evelin Frolio

O Guarani

O Carioca

LC Rio de Janeiro Carioca

LC 1

Abrindo Janelas

LC Venâncio Aires Melvin Jones

Cidade Maravilhosa em Ação

LC RJ Cidade Maravilhosa

LD 2 1º lugar LC 1 1º lugar

Distrito LC 6

LC 6

BIG

1º lugar

Quadrimestral Haydee M. Oliveira Trimestral Antonio Douglas Zapolla

DG Sérgio David e CaL Nilza; DG Marília Simões; CMJ Tânia Mascioli e o vencedor PDG Egon Ralph Heinrich.

Fotos do CNPL por: CMJ Antonio Douglas Zapolla.

16 Lion Brasil | Sudeste


Portinari, Leões e Solidariedade Nem a chuva fina,o frio constante e o vento conseguiram atrapalhar o encontro de 77 Companheiros e Companheiras Leão, de 15 Clubes, que prestigiaram o 2º Dia do Leão no Museu. O evento foi realizado pelo LC Brodowski (LC 6), como parte da programação do 42º Concurso Nacional de Publicações Leonísticas (CNPL). Ciceroneando o grupo, e orgulhoso de sua terra natal, estava o CMJ Antonio Douglas Zapolla, Assessor da Revista Lion Brasil Sudeste, que explicou cada cantinho do Museu Casa de Portinari. Na praça onde fica a casa do famoso pintor brasileiro, aconteciam as comemorações do

103º aniversário de fundação da cidade, juntamente com a 41ª Semana de Portinari e culminando com a 12ª Piazza Della Nonna, tradicional festa italiana com barracas típicas e apresentações musicais. Ali, naquele dia, o Lions de Brodowski angariava fundos para suas atividades com duas barracas de bebidas. O LC Brodowski completará 40 anos, orgulhando-se de sua história, que teve início em 9 de fevereiro de 1977 com 20 associados. Em maio do mesmo ano, o Clube ganhou um terreno da Prefeitura e logo iniciou a construção do velório Lions

Clube. Em seguida, ganharam outro terreno, onde construíram o Centro Social Lions Clube, que até hoje serve à comunidade. Nestes anos, centenas de serviços marcaram o Leonismo de Brodowski, como a participação em todas as edições da Piazza Della Nonna, com barracas de bebidas, coordenação da Pintura Mural, um evento oficial da Semana de Portinari, ações em parceria com o Fundo Social de Solidariedade, ajuda ao Asilo, Creche e entidades da cidade, além de estar sempre ao lado dos carentes da comunidade e em todos os acontecimentos onde o trabalho desinteressado se faz necessário.

Reunidos na Igreja de Santo Antônio, CCLL dos Clubes Jaboticabal, Cravinhos, Neves Paulista, Sertãozinho, Nhandeara, Ribeirão Preto Campos Elíseos, Rio de Janeiro Bonsucesso, RJ Carioca, RJ Cidade Maravilhosa, Ribeirão Preto Jardim Paulista, RJ Copacabana, São Vicente, Batatais, Pirassununga e o anfitrião LC Brodowski.

Lion Brasil | Sudeste 17


Casa de Portinari O Museu Casa de Portinari não é um museu qualquer. Candido Portinari não era um artista qualquer. Era um brasileiro, descendente de italianos, que estudou somente o curso primário, mas logo se viu às voltas com desenhos e tintas coloridas. Toda sua vida, desde seu nascimento até sua morte, decorrente de intoxicação por tintas, é contada nos diversos cômodos dessa Casa tão especial. Tudo ali ganha dimensões excepcionais pelo cuidado primoroso em cada detalhe. Dimensões excepcionais em tamanho e intensidade. Tem vida pulsando nas paredes, em cada aposento. Portinari testava suas pinturas nas paredes da própria casa. Lá, Candinho renovava suas forças. O céu estrelado das noites

18 Lion Brasil | Sudeste

de Brodowski, o chão de terra roxa, os cafezais e as paisagens repletas de tons e nuances, inspiravam a sua inconfundível paleta. Ali o artista era livre e sua imaginação podia voar como as pipas eternizadas em suas telas. O que mais nos chama atenção é saber que naquele piso por onde passamos, passou Portinari. Na mesa da sala de jantar, a família dele fazia suas refeições. Na cozinha da casa, tudo ainda como fora antes: a mesa, quatro cadeiras, o pote de barro, o fogão à lenha, a janela que abre-se para o pátio cheio de flores. Tudo muito limpo e cuidado. No conjunto, destacam-se o ateliê com os objetos de trabalho do artista e a “Capela da Nonna”, que Portinari pintou para sua avó que, por estar doente, já não

podia ir à igreja para assistir à missa e orar. Se você quiser viver momentos de simplicidade numa aprazível cidade do interior, onde ainda se pode dar aquela sossegada volta na praça central, nem pense duas vezes. Faça as malas e viva Portinari por um fim de semana. Brodowski vai lhe receber de braços e portas abertas. E não se esqueça de procurar o Lions Clube de Brodowski. Com certeza, o CMJ Douglas será seu cicerone. Mas se isso não for possível no momento, faça uma visita virtual pelo site do Museu. Surpreenda-se com o azul do céu de Brodowski e com as cores da Casa de Portinari, que sempre foi o refúgio sagrado para onde Portinari ia em busca de inspiração. E mesmo virtualmente, seja feliz.


Quem Foi Portinari Filho de uma família humilde de imigrantes italianos, Candido Portinari nasceu em 1903, numa fazenda de café de Brodowski, onde seu pai trabalhava na colheita. O cenário rural do interior permeou a obra do pintor, que ficou conhecido por retratar as agruras do homem brasileiro, com especial ênfase ao universo do café. Com 15 anos, Portinari mudou-se para o Rio de Janeiro para aprofundar seu aprendizado em pintura. Ao longo de sua carreira, Portinari realizou pelo menos 5 mil obras artísticas, entre afrescos, pinturas em óleo e desenhos. Algumas das mais famosas são os quadros “Café”, exposto no Museu Nacional de Belas Artes (Rio de Janeiro), “O Lavrador de Café” e “Os Retirantes”, ambos no Museu de Arte de São Paulo (Masp), e os painéis “Guerra e Paz”, doados para a ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova Iorque (EUA). Candido Portinari morreu em 1962, intoxicado pelas próprias tintas.

O Painel Tiradentes (1949), composto por três telas, tem dimensão total de 17,70 x 3,09m. A obra, uma das mais importantes de Cândido Portinari, está exposta no Salão de Atos Tiradentes, no Memorial da América Latina em São Paulo.

“Guerra e Paz” Presentes do Governo Brasileiro para a sede da ONU, em Nova Iorque, os dois painéis “Guerra e Paz” foram encomendados no final de 1952 ao pintor. Era uma superfície de 280 metros quadrados, espaço maior do que o do “Juízo Final”, de Michelangelo, na Capela Sistina, Vaticano. Contrariando as recomendações médicas, proibido de pintar por sintomas de intoxicação pelas tintas, Portinari aceitou o convite. No auditório dos estúdios da TV Tupi, durante 4 anos, trabalhou com afinco na confecção de 180 estudos, esboços e maquetes para os murais. Em 5 de janeiro de 1956, Portinari entregava os painéis ao Ministro das Relações Exteriores, Macedo Soares, para a doação à ONU. Encomenda entregue. Mas ninguém havia visto ainda os painéis em sua plenitude, nem mesmo o próprio artista. Foi então que começou um movimento de opinião pública, e um grupo de artistas e intelectuais apelou ao Itamaraty para que os painéis fossem expostos no Brasil antes do embarque para os EUA, para que fosse dada uma chance ao público brasileiro de vê-los, pela primeira e derradeira vez. Assim, “Guerra e Paz” foram montados lado a lado ao fundo do palco do Theatro Municipal. Muito bem iluminados, e com o teatro praticamente às escuras, ficaram impressionantes. Em fevereiro de 1956, os painéis foram solenemente inaugurados pelo Presidente da República Juscelino Kubitschek, que, na ocasião, entregou a Portinari a Medalha de Ouro de Melhor Pintor do Ano (1955) concedida pelo International Fine Arts Council de Nova Iorque.

Conheça mais: http://museucasadeportinari.org.br Fotos por Rubens Guerra

Lion Brasil | Sudeste 19


Nacional

Panorama DMLC Clubes do DLC 1 promovem Casamento Comunitário Vestir um vestido branco e ouvir a Marcha Nupcial é um lindo sonho acalentado por muitas mulheres, mas muitos homens também idealizam o casamento. Esse dia especial, que marca e sela o amor de duas pessoas, é para nunca ser esquecido. Porém, nem sempre isso é possível e o sonho precisa ser adiado. Mas tudo pode mudar quando pessoas do bem se unem para levar dignidade ao próximo por meio de Serviço Humanitário. Foi assim que, no dia 28 de julho, no Parque Madureira, na cidade do Rio de Janeiro, foi realizado o Casamento Comunitário de 50 casais da comunidade na presença de 1.500 pessoas, com a participação de 40 Companheiros e Companheiras Leão de 10 Lions Clubes e da CLEO Amanda Rossi, do LEO Sernambetiba, sob a Coordenação dos CCLL Viceli e Maurício Donati. Acompanhados dos pais, padrinhos, parentes, amigos e dos pastores que conduziram a cerimônia, os casais trocaram as alianças e prestaram seus compromissos de fidelidade e amor, além de dançarem a tradicional valsa. O evento contou com a participação ativa dos Lions Clubes Cachambi, Campo Grande, Carioca, Engenho Velho, Guaratiba, Nilópolis/Olinda, São João de Meriti, Sernambetiba, Taquara, Vila Valqueire, em parceria com as Indústrias Alimentícias Piraquê, que colaborou com serviço de lanche. Prestigiaram a cerimônia o PID CL Mauro Werneck e o PDG Olavo Vieira, que fazendo uso da palavra enalteceu o Movimento Leonístico Internacional.

20 Lion Brasil | Sudeste


Reabilita Lions Ouvir a comunidade e realizar atividades que elas precisam é, sem dúvida, a melhor maneira de Servir. Foi assim que o LC São João de Meriti (LC 1) desenvolveu, em sua ampla sede, o Projeto do Complexo Belarmino da Silva Mendes - Reabilita Lions Baixada, um projeto grandioso para o qual foram convidados todos os Clubes da Baixada Fluminense. Os Lions Clubes Nilópolis/Olinda e Duque de Caxias aderiram e já colocaram as mãos à obra. O Clube São João de Meriti reformou duas salas, que já estão atendendo a comunidade em suas necessidades. Um delas é a Escola para Pessoas com Deficiência Visual Melvin Jones, equipada com 10 computadores doados pelo LC Nilópolis/Olinda, que oferece programas especiais, podendo atender 10 alunos por hora. A coordenação do curso é do CL Hélio Horrico e CaL Ediclea Mascarenhas, do LC Duque de Caxias. Na outra sala, foi instalado o Centro de Fisioterapia para crianças com microcefalia. O atendimento será realizado por um Companheiro Leão do LC Nilópolis/Olinda, fisioterapeuta. A estimativa é atender 500 pessoas por mês. Além disso, com o objetivo de ampliar a área de atendimento para 1.000 m2, os Clubes que desenvolvem o projeto estão buscando subsídios com a LCIF.

5 anos entre as fotos

2011

2016 Se uma imagem vale mais do que 1.000 palavras, o que dizer destas duas fotos? Simplesmente que isso é o resultado de pessoas comprometidas a Servir ao próximo e ao planeta. A primeira foto foi feita em 2011. A segunda foto é resultado do programa de reflorestamento da Ong Projeto Água, no qual os alunos que visitam a fazenda plantam mudas de árvores, principalmente no topo do morro. A área recuperada soma mais de 80 mil metros quadrados. Uma das formas que os Lions Clubes do Rio de Janeiro* têm ajudado a Ong é com a doação de mudas

de espécies nativas da Mata Atlântica. A doação dos Clubes permitiu que o Distrito LC 1 doasse mais de três mil mudas de árvores entre 2011 e 2016. A união fez a força. Essa campanha ajudou a Ong Projeto Água a receber o Prêmio Firjan de Ação Ambiental 2016, que valoriza e promove boas práticas ambientais. Os outros dois bons motivos para o recebimento do prêmio foram o Programa Caminhos da Água, onde funciona uma miniatura da Estação de Tratamento de Água, e o Jardim dos Sentidos, criado em parceria com o Lions Clube Petrópolis Itaipava. *Lions Clubes que participam da campanha de reflorestamento: Paracambi, Petrópolis Centro, Petrópolis Itaipava, Petrópolis Quitandinha, RJ Bangu, RJ Bonsucesso, RJ Cachambi, RJ Carioca, RJ Cidade Maravilhosa, RJ Copacabana, RJ Engenho Velho, RJ Ilha do Governador, RJ Ipanema, RJ Leme, RJ Lins de Vasconcelos, RJ Maracanã, RJ Mater, RJ Princesa do Leme, RJ Recreio dos Bandeirantes, RJ Taquara e São João de Meriti.

Lion Brasil | Sudeste 21


Mutirão da Retinopatia O programa de detecção de retinopatia diabética no Distrito LC 4, aprovado pelo Comitê Consultivo de SightFirst, segue adiante. Recentemente, o mutirão da Retinopatia Diabética foi realizado pelo Lions Clube Santa Luzia, atendendo 182 pacientes, sendo constatados 35 pacientes para tratamento. O projeto teve o apoio dos Lions Clubes Belo Horizonte Jaraguá, Belo Horizonte Pampulha e Pedro Leopoldo.

Agora elas são Companheiras Leão Elas estão no Lions há muitos anos, acompanhando seus maridos e servindo há décadas. Elas não têm medo de se comprometer e doar seu bem mais precioso: o tempo. Afinal, é administrando o tempo que a mulher atua em vários papéis: mãe, esposa, filha, companheira, professora, profissional, motorista, atleta, sogra, nora... e mulher. Após ouvirem o discurso do DG Edson das Neves na instalação do Gabinete do LC 5, em São José dos Campos, as mulheres do Lions Clube Santos Sul decidiram pegar para si mais uma tarefa. As 11 Domadoras passariam a ter por direito o título que já tinham de fato: o de Companheira Leão. Na noite de 23 de setembro, numa festiva de posse conjunta, elas fizeram seu juramento e agora engrossam as fileiras com outras 382.252 mulheres no mundo, 17.558 mulheres no Brasil, 5.135 mulheres no Distrito Múltiplo LC e 512 mulheres no Distrito LC 5 (estatísticas de 26/09/2016). Sejam bem-vindas Companheiras Leão!

Melissa Lopes Tamayose; Gina Giacomelli Moraes; Regina Celeste Mascaro José; Ana Celia Ciola Mazzetto; Nina - Rosa D’Oliveira dos Santos; Lucia D’Oliveira Sorbello; Celina Aparecida Mendes Cardoso; Rosely Fazolle Guimarães; Maria Lucia Nunes Moreira; Silvia Regina Principessa; Eliane Lapolla Barreiro. A última, da direita, é a CaL Glaucia Helena Braga Celestino, Companheira Leão há tempos.

22 Lion Brasil | Sudeste


Brasileira Ganha Concurso de Lions Internacional Chuva, granizo, vento forte e um clarão. Com esses ingredientes que nossa CaL Hiud Nader Elkouri, do LC São José dos Campos Esplanada (LC 5), faturou o grande prêmio do Concurso de Fotografia do Meio Ambiente do Lions (2015/16), em âmbito internacional, na categoria Fenômenos Metereológicos. Veja como foi: “Era Domingo por volta das 16 horas. O tempo escureceu. Choveu granizo. Um vendaval, na verdade. Fiquei com medo e fechei a cortina da sala. De repente, apareceu um clarão e espiei. Vi esta maravilha. Parecia que Deus estava neste lugar, observando e falando: Não tenha medo. Estou presente. Foi neste momento que consegui tirar a foto. Foi realmente um momento único. Logo em seguida o sol abriu e o tempo firmou”.

Workshop GMT Sem medir esforços para fortalecer os Clubes do LC 11, o DG José Rodrigues esteve presente ao primeiro workshop GMT da área constitucional 3, envolvendo a integração em uma oficina de trabalho de Aumento de Associados, Extensão, Certificação de Leões Orientadores e Formação de Facilitadores do CEP (Processo de Excelência nos Clubes). A Oficina teve como orientador o PDG Ricardo Komatsu, líder da Área Constitucional 3, com a presença de 28 CCLL de diversos Clubes, em Cachoeiro do Itapemirim. Agora com os aprendizados em prática, veremos as sementes frutificarem.

PDG Newton recebe comenda O PDG Newton Siqueira, do Lions Clube Barbacena (LC 12), tem quase a mesma idade do nosso Lions. Com 92 anos, ele é personalidade de destaque como historiador, pesquisador e escritor, sendo autor de diversos trabalhos sobre a cultura e história do município. O Companheiro, que foi Governador do então Distrito L 18 no Ano Leonístico 1985/1986, ainda dedica-se a diversas atividades intelectuais e benemerentes. Na última Convenção Distrital do DMLC, em Poços de Caldas, recebeu o prêmio de Leão Mais Idoso presente ao evento. Ele é figura querida no Clube, no Lions e na cidade. Por duas vezes, em menos de seis meses, recebeu homenagens da sociedade barbacenense. Em 2015, lhe foi outorgado, pela Câmara Municipal de Barbacena, o título de Cidadão Benemérito pelos inúmeros serviços prestados à comunidade. Em maio de 2016, em solenidade cívicomilitar do aniversário do final da Segunda Guerra Mundial, ele recebeu a Comenda O PDG CL Newton, acompanhado por sua DM Elza, tendo à direita “Dia da Vitória” da Prefeitura Municipal e o presidente do LC de Barbacena, CL Nelson, e, à esquerda, o CL José Ascensão, com a DM Conceição, na ocasião em que lhe da Escola Preparatória de Cadetes do Ar de foi outorgada a Comenda “Dia da Vitória”, em frente ao Monumento Barbacena. ao Expedicionário, na Praça do Rosário.

Lion Brasil | Sudeste 23


Nacional

Leões Conduzem a Tocha Olímpica Pois foi assim. Por algum tempo, ficamos receosos com a realização das Olimpíadas no Brasil. Como será a abertura? Dará tudo certo? Os olhos do mundo estarão voltados para nós. Será que daremos conta do recado? Enquanto isso, uma pequena parcela da população começava timidamente a mostrar a alegria de receber as Olimpíadas no Brasil. Eram os 12 mil condutores selecionados para carregar a Tocha Olímpica, que circulou por mais de 300 cidades ao longo de 92 dias, começando por Brasília e finalizando na cidade do Rio de Janeiro. Sorridentes, orgulhosos, acenando para a plateia, lá iam eles, celebridades do momento. Naquele passo de corridinha, tentando esticar

ao máximo aqueles minutos de fama, ali estavam os brasileiros animando a galera, nos fazendo acreditar que é possível dar certo. Afinal, nestas horas, nosso sangue verde amarelo fala mais alto, e nós damos a largada para ganhar de verdade. Com uma felicidade contagiante, eles acreditavam naquela atitude, naquele evento, na importância do esporte para a união das nações. De alguma forma, eles foram nossos primeiros animadores. Foram eles, e seus simpáticos sorrisos, os responsáveis por acender a nossa chama e de nos lembrar que quando queremos, sabemos fazer. Sim. Eles estavam certos. Eles incendiaram nossa fé e nossa maior virtude: acolher com alegria

aqueles que nos visitam. Foi assim, com esse entusiasmo, que começamos a receber na redação fotos e textos apaixonados de Companheiros Leão orgulhosos por terem sido escolhidos como condutores da Tocha Olímpica. Não é para menos. A Chama Olímpica é um importante símbolo dos Jogos e tem um bom paralelo com nosso Lions. A Chama representa a paz, a união e a amizade entre os povos. Mas, para chegar ao grande momento da foto carregando a Tocha, houve um caminho. De acordo com o comitê organizador das Olimpíadas, a tocha teria que ser conduzida por pessoas que “fizeram a diferença”, e suas histórias deveriam remeter a isso. Vamos ver como cada um deles chegou até lá.

CL Bruno do Nascimento Velasco, LC Petrópolis Itaipava (LC 1) Ele conduziu a Tocha Olímpica pelas ruas de Vassouras, convidado pela empresa Nissan, que o escolheu, entre centenas de candidatos, pelo trabalho desenvolvido no Jardim Sensorial, um dos marcos do Centenário do Lions. Nele, permite-se que qualquer pessoa sinta como é “ver o mundo usando os mesmos sentidos de um deficiente visual”. Bruno conta que idealizou o Jardim dos Sentidos inspirado na Revista Lion Brasil Sudeste e que foi possível concretizá-lo por meio da parceria com a Ong Projeto Água. Bruno disse: “Nunca sorri tanto em minha vida. Carregar a Tocha Olímpica é mais que uma honra. É um momento único. Serei sempre agradecido à Nissan, que terá sempre a minha preferência. São poucos os que têm a chance de carregar esse espírito. Me sinto extremamente feliz de poder ter participado disso e poder ter levado a bandeira da inclusão ainda mais longe”. Durante o período dos Jogos Olímpicos,a Tocha que o CL Bruno conduziu ficou em exposição no centro de Petrópolis, na Ótica Martinho Joias, cujo diretor Álvaro Martinho é grande incentivador do trabalho voluntário. Ele é um antigo parceiro do Lions Clube, tendo montado dezenas de óculos para idosos de Petrópolis e patrocinado o transporte para que atletas pudessem competir em outras localidades.

24 Lion Brasil | Sudeste


CL Clever Machado, LC João Monlevade Sobral (LC 12) Não só o CL Clever é adepto ao esporte. Toda a família faz atividades físicas, como sua esposa, a CaL Rose, que tem uma academia de balé na cidade. Quando a chance de conduzir a Tocha apareceu, ele nem piscou. Foi firme e depois do feito, nos contou: “Conduzir a Tocha Olímpica foi um momento histórico em minha vida, que estará guardado para sempre em minha memória. Os metros mais emocionantes já percorridos durante toda a minha vida de atleta. Estar entre os 12 mil condutores a carregar o símbolo mais cobiçado das Olimpíadas foi uma honra indescritível. Só de imaginar que naqueles 200 metros eu era a única pessoa no planeta que conduzia o fogo sagrado dos Jogos Olímpicos vindo da cidade de Olympia, na Grécia... não teve emoção maior. Agradeço de coração a minha ex-aluna Dênia Paula de Oliveira, por ter me indicado e possibilitar viver esses momentos de muita emoção em minha vida. E agradeço também ao Bradesco, por me presentear com a Tocha Olímpica”.

Alegria em Tatuí O LEO Clube Tatuí e o LC Tatuí participaram com alegria, em julho, da passagem da Tocha Olímpica, em homenagem à Olimpíada no Brasil. Pelas ruas da cidade, e ao lado da comunidade em festa, os Associados tiveram a oportunidade de aplaudir a passagem da Tocha conduzida pelo Dr. Simão Sobral, membro da comunidade de Tatuí, que neste ano completará 100 anos. Emocionados e em sua homenagem, os jovens LEOs cantaram o Hino a Tatuí, representando o Município e o Movimento Leoístico.

A Tocha Olímpica vai espalhar valores de tolerância, solidariedade e paz. Thomas Bach, presidente do COI Lion Brasil | Sudeste 25


Mini Olimpíadas incentiva o Esporte Quem sabe, faz acontecer e pega carona no melhor que vida pode dar. Aproveitando o clima olímpico, o Lions Clube Guarulhos Aeroporto (LC 5) uniu-se à Escola Estadual Parque Mikail, de Guarulhos, e colocou 700 crianças praticando esporte na Mini Olimpíadas da Escola. Sob a orientação dos professores de Educação Física Susan Eichstaedt e Alexandre Della Vedova de Oliveira Pinto, o evento fez todo mundo suar a camisa e se orgulhar de cada conquista. No total, foram 150 ganhadores, que receberam medalhas, bótons e fitas de participação doados pelo Lions Clube. De acordo com a Diretora da escola, Elma de Freitas Caetano, a parceria com o LC Guarulhos Aeroporto abrilhantou ainda mais a festa em que todos sentiram uma alegria contagiante. Juntos podemos mais!

26 Lion Brasil | Sudeste


CL José Mauricio Gonzales Briones, LC Piracicaba Independência (LC 3) O CL José Mauricio é um apaixonado por canoagem. Criou a Aspire (Associação Piracicabana de Regatas), onde deu aulas para mais de 200 alunos por quase 15 anos. Sempre de forma voluntária, ele fez a diferença para inúmeras pessoas que se destacaram com títulos estaduais e até nacionais. Hoje, ele é árbitro oficial da Confederação Brasileira de Canoagem, participa de competições como Oficial Técnico e esteve nos jogos do Rio 2016. Foi selecionado pelas histórias motivadoras contadas pelos seus alunos. Emocionado, contou: “Fiquei extremamente feliz e ansioso com a oportunidade que eu havia recebido. Naquela noite, não consegui dormir direito. Tudo muito bem elaborado, com pessoas da organização muito receptivas e preparadas para auxiliar os participantes. Corri apenas 200 metros, percorri em pouco mais de 2 minutos. Confesso que fui extremamente lento, pois queria aproveitar cada metro, cada passo, cada segundo que passei com a Tocha Olímpica. No momento, passou muita coisa na minha cabeça, tudo que tentei fazer na escolinha de canoagem, lembrei das competições, dos alunos e de todas as pessoas que ajudaram para que tudo isso pudesse tornar-se realidade”.

Moeda Comemorativa do Lions A moeda comemorativa de um século de serviços de Lions Clubs International representará um tributo valoroso aos milhões de Leões que serviram e vêm servindo às suas comunidades nos últimos 100 anos. A moeda de US$ 1 estará disponível no início de 2017. Além de destacar um século de serviços filantrópicos a pessoas carentes, uma sobretaxa de US$ 10 para cada moeda comemorativa vendida, sem nenhum custo para os contribuintes, será doada à Fundação de Lions Clubs International. Estes fundos serão destinados a programas existentes do Lions que fornecem assistência a deficientes visuais, portadores de necessidades especiais, jovens e vítimas de grandes catástrofes.

Lion Brasil | Sudeste 27


Nacional

Você conhece o Lions Ballet? “Além de ter professores especializados, não existe lugar melhor, nem que se compare com os ensinamentos que temos aqui na Escola Lions Ballet”. Esta é a afirmação da bailarina Kessia Arujo Cruz, aluna do Lions Ballet, escola criada pelo Lions Clube Cabo Frio (LC 11). Na verdade, o nome completo dessa campanha permanente do Clube é Projeto Ballet na Comunidade do Lions Clube de Cabo Frio. Foi criado como proposta para aliar o estudo da dança aos aspectos educativos globais como disciplina, estímulo ao trabalho em equipe, solidariedade, formação de valores e atitudes éticas.

Na opinião de Rosinha Menezes, a iniciativa “é mais que ensinar dança. É tornar nossas crianças cidadãos de bem, preparados para a vida toda. Atendemos alunos de todas as redes de ensino, porém a prioridade, com bolsas parciais e integrais, é das crianças da rede pública de ensino”. Ela explica que as crianças, a partir de três anos de idade, podem vivenciar a arte do Balé Clássico e do Jazz de forma mais acessível. Ao final de cada ano, eles fazem um Espetáculo de Encerramento, em que a produção é realizada com o apoio de patrocinadores, e as

crianças do Projeto Lions Ballet ganham “padrinhos”, que ficam responsáveis pelas despesas com o figurino. A entrada costuma ser a doação de alimentos. Em 2015, eles arrecadaram cerca de uma tonelada e meia de alimentos, que foram doados para quatro instituições da cidade. Mesmo com dificuldades financeiras, os alunos participam de diversos concursos de dança e apresentações públicas, que possibilitam colocar em prática todo o aprendizado de sala de aula, contribuindo para a melhoria da técnica, confiança, expressão cênica, e ajudando na busca da tão sonhada carreira profissional.

RESULTADOS: • David Motta, bailarino do Teatro Bolshoi, em Moscou. • 4 alunas aprovados na prova para registro no Sindicato dos Profissionais de Dança do Rio de Janeiro. • O grupo de competição ganhou mais de quarenta prêmios em concursos de níveis nacional e internacional. • 2 professoras e 4 alunos ganharam bolsas de estudos para o YAGP Summer Course, um importante curso que prepara alunos para concursos internacionais, realizado na cidade de Indaiatuba, São Paulo. • A aluna Júlia Xavier foi a única aprovada para a Escola Estadual de Dança Maria Olenewa, no Rio de Janeiro. • O Grupo teve 7 coreografias selecionadas para a participação em um grande Festival de Dança, o Passo de Arte Internacional. • No 2º Fest Dance Aldeense, em São Pedro da Aldeia, foram 7 coreografias, 6 primeiros lugares, 1 segundo lugar e 2 premiações especiais: Melhor Bailarino do Festival e Melhor Escola do Festival.

28 Lion Brasil | Sudeste


A Vida de David De Cabo Frio para o Bolshoi Aos 10 anos, o menino David acompanhou a prima ao balé e foi convidado para participar da aula. A habilidade do garoto saltou aos olhos da professora, e ali começou uma nova vida para o garoto natural de Cabo Frio, filho de um guarda municipal e de uma auxiliar de serviços gerais. Depois de três anos se dedicando à arte, David Motta, que era aluno do Balé da Comunidade (hoje Lions Ballet) do Lions Clube Cabo Frio, passou em um concurso de dança, que foi realizado em São Paulo, e teria que disputar a final em Nova Iorque. Apesar de não ter conseguido ir, pois não obteve o visto de entrada nos Estados Unidos, olheiros do Ballet Bolshoi viram seu vídeo, e a vida de David

deu uma nova guinada. Desta vez, em direção quase ao outro lado do mundo, mais precisamente em Moscou, sede do Teatro Bolshoi, considerada a maior companhia de balé do planeta, onde foi convidado a realizar um curso de verão. Ao fim do curso, o Bolshoi convidou o bailarino de Cabo Frio para se tornar estudante da companhia na Rússia. Foi quando começou uma forte campanha para angariar fundos para a viagem. O Lions Clube Cabo Frio realizou bingos, chás beneficentes, promoveu rifas, fez contato com a prefeitura, foi às rádios e ainda conseguiu levantar doações entre os associados. Com a ajuda de familiares, amigos e

David e a bailarina Vlada Zakharova.

LC Cabo Frio arrecada alimentos.

uma campanha no Kickante (*), um aplicativo de financiamento coletivo, David conseguiu o dinheiro para viajar para Moscou e ganhou do Itamaraty o patrocínio para parte do curso até sua formatura. O reconhecimento do talento de David foi tão grande que ele foi convidado a integrar o corpo de dança do Bolshoi em setembro de 2015. Sorrindo como quem está vivendo seu melhor sonho de vida, David fala: “Hoje sou o primeiro bailarino brasileiro a se formar na escola do Bolshoi e o único estrangeiro a ser contratado pelo Teatro Bolshoi através da escola. Agradeço imensamente a todos que me ajudaram a estar aqui”.

KICKANTE

Pequenas e atentas bailarinas do Lions Ballet.

É fato que muitos projetos inovadores e de ótima qualidade não vão para frente por falta de patrocínio ou por causa da burocracia para conseguir empréstimo ou financiamento. Uma ferramenta digital pode ajudar o seu Clube a conseguir o recurso de que precisa para sua campanha. A Kickante, uma plataforma de financiamento coletivo, é um poderoso meio de arrecadar dinheiro na internet para campanhas diversas, como: filantropia, cultura, ONGs, entre outros. É possível lançar sua própria campanha online, seguindo passos simples. Saiba mais no site www.kickante.com.br.

Lion Brasil | Sudeste 29


Olimpíadas Especiais

Assessor de Olimpíadas Especiais CL Vinicius Savioli vinicius@specialolympics.org.br

Parceiros para Sempre Incentivar a participação dos Lions Clubes na parceria com as Olimpíadas Especiais não é apenas uma meta do atual Presidente Internacional, Chanceler Bob Corlew. Mas também do Presidente do Conselho de Governadores do DMLC, CC Wilson Pinto, e de todos os Governadores do Colegiado Magia. A partir desta edição, a Revista Lions Brasil Sudeste passa a editar uma página sobre as Olimpíadas Especiais realizadas com os Lions Clubes. O responsável por ela é o CL Vinicius Savioli (LC Guarulhos Centro, LC 5), Coordenador do Projeto Lions e Olimpíadas Especiais. Veja alguns momentos dos últimos eventos.

O 1º Festival Unificado Olimpíadas Especiais Brasil de Atletismo, Natação e Futsal aconteceu no Centro Esportivo Municipal Ubaldo Gonçalves (Cemug), no Jardim Britânia, em Caraguatatuba. Foi organizado pelas Olimpíadas Especiais Brasil, Lions Clubs International, e teve o apoio da Prefeitura de Caraguatatuba. Em Guarulhos, o Torneio Abertura Liga de Futsal SP contou com a presença da equipe Atletas Saudáveis, que fazem avaliações de visão nos atletas. Com a participação de 114 atletas, 40 parceiros, 120 voluntários e 10 técnicos, o torneio foi na Faculdade ENIAC Guarulhos e, além de muita alegria, reuniu também o espírito solidário de todos.

Fotos por: Bem Me Ker - Fotografando Sorrisos www.specialolympics.org.br

30 Lion Brasil | Sudeste


Uma capacitação de Atletismo e Ginástica Rítmica foi realizada em Guaratinguetá, com o objetivo de valorizar e incentivar a participação de meninas com deficiência intelectual na modalidade de Ginástica Rítmica.

A cidade de Itanhaém recebeu o Encontro Nacional de Técnicos de Esporte e Lazer da APABB – Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência de Funcionários do Banco do Brasil. Com a parceria das Olimpíadas Especiais Brasil, o evento reuniu atletas das redondezas na sede do USCEESP – União Funcionários do Banco Nossa Caixa.

Olimpíadas Especiais A entidade Olimpíadas Especiais é uma organização mundial, sem fins lucrativos, dedicada a melhorar a qualidade de vida das pessoas com deficiência intelectual por meio do treinamento e competição esportiva durante o ano inteiro. O trabalho junto aos Lions Clubes começa com uma capacitação sobre a prática do esporte e sobre os objetivos da organização.

Lion Brasil | Sudeste 31


Lions Quest

Assessora de Lions Quest DMLC CaL Wilma Gallardo Silva do Carmo wilmagsc@gmail.com

“Eu era um cara muito sozinho, introspectivo, abatido, triste que só. Ficava sempre quieto num canto. Não me envolvia com ninguém, com nada. Mas aí ouvi falar do Lions, que podia me ajudar a ser mais interativo. Foi quando eu falei para mim mesmo: quero mudar de vida. Não quero mais ser triste. Por causa da tristeza, muita gente falece. Vou ver esse Lions de perto. Foi aí que aprendi a lutar pelo que eu quero e a vencer as batalhas da vida. Finalmente, consegui sentir alegria, coisa que eu não tinha antigamente. Posso dizer que o Lions Quest é o melhor programa que conheci. Hoje sou outra pessoa. O Lions ajudou a mudar a minha vida. Ele faz a gente amar ao próximo e fazer coisas boas. Eu agradeço às professoras Cintia e Luciene por terem me levado pro Lions”.

“Aprendi a respeitar as pessoas em casa e na escola. Antes, eu debatia muito com a minha mãe, agora não. Vivemos em harmonia. Fiquei amigo dela. O Lions Quest mudou minha vida. Nós, jovens, somos todos iguais, mas eu aprendi a colocar em prática o respeito pela vida. Hoje sei conviver em paz com outro ser humano.”

Diego Castro de Souza, 18 anos.

Lukas Rodrigues Basílio, 12 anos.

É assim que esses jovens se sentem depois de cursar, por dois anos, o Programa Lions Quest, implantado pelo LC Cachoeiro Itapemirim Rubem Braga (LC 11), na Escola Municipal Julieta Depes Tallon, da cidade de Cachoeiro de Itapemirim (ES). No dia da formatura, o gestor da Escola, Celso Calixto, disse que o programa agrega valores e ajudou na formação do caráter dos adolescentes: “Alguns tinham práticas de rebeldia e notas baixas. Agora, conseguem notas altas e contribuem com a escola”. As professoras Cintia Pessini Rodrigues e Luciene de Luca atestam as mudanças que o programa provoca: “Quando a gente resgata um aluno, a família vem junto. E quando a gente resgata a família, o bairro vem também e o impacto do bem se multiplica”. O CL Claudio Guimarães e CaL Elizabeth Martins, do Clube Rubem Braga, concordam: “Eles abraçaram o Lions Quest e encontraram muito amor no coração”, comentou Beth.

Jovens se formam na primeira turma do Lions Quest na Escola Municipal Julieta Depes Tallon.

“O Lions Quest mudou minha vida.” Lukas, 12 anos 32 Lion Brasil | Sudeste


Guaíra Em Guaíra, o Programa Lions Quest fez seu primeiro treinamento, reunindo inúmeros companheiros do Lions Clube Guaíra, Guaíra Águas Correntes, Icem e Passos. A oficina foi conduzida pela Assessora de Lions Quest (LC 6), a CaL Adriana Abud, que tem muita experiência e pode ajudar os Clubes que desejarem implementar o Lions Quest.

Porciúncula Alunos do Lions Quest, da Escola Municipal Orlinda Veiga, em Porciúncula, LC 11, participaram da palestra “Como ter uma vida saudável sem uso de álcool ou outras drogas”, com o palestrante o Sargento PM Waldir Telles.

Lion Brasil | Sudeste 33


Agora sou do Lions

LEGENDA P: Padrinho ou Madrinha NA: Novo(s) Associado(s)

LC 1

LC 2

LC 3

LC Nilópolis Olinda

LC SP Independência

LC Limeira Centro

P: Carlos Renato de Carvalho NA: Aloísio Ribeiro Bomfim

P: Deosdeth P. Kupty NA: Darcy Aparecida C. Nardi Neuza Pereira de Azevedo

P: Gênesis Torres NA: Jairo da Silva Adão

P: Antonio Eduardo Francisco NA: Alan Losa P: Debora Teresa P. Francisco NA: Giane Catai Losa

P: Ricardo Jardim NA: Magnólia de Almeida Oliveira

LC Itápolis LC RJ Copacabana P: Margarida Villas-Boas Kroll NA: Dalva Moura Villas-Boas

P: Ivelize Valquíria A. Torres NA: Ivanez do Carmo Amarú

P: Antonio Carlos Brugnaro NA: Fabiano Sciarini Ciccala e DM Elaine

P: Marília Igrejas Lopes NA: Mause P. de Oliveira

LC São João de Meriti P: Sônia M. A. Villar Lemos NA: Virginia Raquel de A. Vital P: José Antônio Villar Lemos NA: Gilmar Pimentel Jacinto

34 Lion Brasil | Sudeste

LC Piracicaba Leste P: Antonio Sergio Aloisi NA: Silvana A. S. Benetti

P: Braz Aparecido de Medeiros e DM Nadir NA: André Donizeti de Medeiros e DM Andressa Relton Pavanelli Chaves e DM Karen Caroline


LC 4

LC 8

LC Bom Despacho

LC Bauru Falcão

LC Birigui

P: Francisco de Assis Araujo NA: Wagner Soares Sant´Anna

P: Carmem Lígia Dias Valim NA: Aparecida de L. dos Santos

P: Fernando e Silvana C. Anchieta NA: Everton Fernando Stábile Francislene C. Anchieta Stábile

LC Dracena Cinquentenário

LC Flórida Paulista Amizade

P: Antonio C. da Palma Júnior NA: Alexandre Querino

P: José Andriotti NA: Fábio Colato

P: Laurindo Poltronieri NA: Creusa M. Sobreira Faraco Fátima Sonia Bizzi

P: Fábio Colato NA: Cristiane Andriotti Colato

P: Célio Honório NA: Marcos José de Faria P: Domingos Sávio de Oliveira NA: Hélder Paiva de Oliveira Ana Carolina C. P. de Oliveira P: Gentil Alberto de Menezes NA: Luísa Helena de Araújo Maria Aparecida C. Hamdan P: Maurício José Gontijo NA: José Sidney Rodrigues

LC 11 LC Miracema P: Paulo Nogueira NA: Andréa Farinazzo Fabiano Siqueira Gelber C.Dias Sandra C. C. Dias P: Robson e Heloísa Oliveira NA: Solange C. Amaral Sebastião Sardela Jane Rodrigues Genessi Rodrigues

P: Sergio Andriotti NA: Maria Aparecida P. Andriotti

LC Garça P: Miguel e Ronise Devito NA: Antonio Elias Bosque Gisleine Galvão Bosque

P: Nilson e Marilena Bataglia NA: Evandro Martins Ferreira Edna Ferreira

P: Janete Aparecida Conessa NA: Carolina A. Zanoti

P: Abílio Roberto Sasso NA: Mário J. Favinha Anselmo

Lion Brasil | Sudeste 35


Distritos em Serviço

LC 1 Governadora Marília Simões

Assessor para a Revista: Helio Gomes (21) 99805-3351 | hgcapolo@terra.com.br

COLEPE 192ª Feira de Saúde e Cidadania realizada no calçadão de Copacabana. Foi coordenada pelo CL Sérgio Canedo, com a participação de 39 voluntários, entre CCLL e entidades parceiras. Foram realizados 668 atendimentos em 7 atividades, com destaque para medição de pressão arterial, teste de glicose capilar, tipagem sanguínea e doação de livros.

LC RJ Cachambi Ação Social e de Cidadania (primeiro domingo de cada mês), em parceria com a Associação dos Moradores do Cachambi. Foram realizados testes de glicose e aferição de pressão arterial, totalizando 72 atendimentos. Dando ênfase ao Ano do Centenário de Lions Clube Internacional, o Marco do LCRJ Cachambi foi inaugurado na Praça Orlando Silva pela Presidente CaL Jorgina e pelo 1º VDG Benedito e demais CCLL do Clube. Compareceram a este evento de magna importância para a divulgação da Marca Lions: Naila, Presidente de Região e Virgínia, Presidente da Associação de Moradores.

LC São João de Meriti

LC RJ Jacarepaguá Doação de cobertores, cachecóis, gorros e sapatos para o Orfanato Santa Rita.

36 Lion Brasil | Sudeste

Feira de Saúde e Cidadania da Igreja Presbiteriana de Turiaçu. Participação com mais 11 Clubes do DLC 1. Foram realizados 850 atendimentos, com destaque para exames de mamografia, diabetes e pressão arterial. Ação em parceria com: Indústria Piraquê, Prefeitura do Rio de Janeiro e Cruz Vermelha Brasileira.


LC 2 Governador João Carlos Belda

Assessora para a Revista: Eunice Junqueira (11) 99442-2608 | eunicejunqueira@gmail.com

LC Cerquilho 26ª Feijoada Beneficente em prol do Lar São José.

LC SP Pompeia Doação de seis aparelhos de ar-condicionado ao Instituto Casa do Caminho Samaritano, disponibilizados pelo Flat Plaza Inn, graças à mediação da CaL Maria Cristina Lima da Silva, do LC SP Imirim.

LC SP Tucuruvi Campanha permanente de doação de remédios, em parceria com o Exército Brasileiro. Foram entregues 800 caixas de medicamentos.

LC SP Cidadania Iniciou a 2ª edição do Ciclo de Orientações para o Vestibular e Enem. Visita à Creche Crer-Ser, com doação de itens de higiene e limpeza.

LC SP Santana Entrega de cachecóis, meias de lã e gorros, por intermédio do Clube de Mães, para o Abrigo Frederico Ozanan.

LC Valinhos Visita ao Recanto dos Velhinhos, proporcionando uma tarde de cuidados pessoais.

LC SP Pacaembu Doação de alimentos, roupas, utensílios domésticos e três aparelhos de ar-condicionado para a Instituição Cacau.

LC Tatuí 1º Bazar da Pechincha, beneficiando a Instituição Arte pela Vida. O Clube compareceu ao Lar São Vicente de Paulo para a inauguração do Centro de Convivência do Idoso.

LC Votorantim 101ª Festa Junina Beneficente, com renda revertida para os projetos sociais do Clube.

Lion Brasil | Sudeste 37


LC 3 Governador Ozéias de Jesus dos Santos

Assessor para a Revista: Antonio Eduardo Francisco (19) 99782-1115 | eduardo@ciesplimeira.org.br

LC Amparo 28ª Torre do Óleo, em prol de diversas instituições, arrecadou mais de 4.000 latas de óleo.

LC Limeira Norte LC São Manuel

Baião de Dois, na Paróquia Nossa Senhora do Amparo, teve renda de R$ 5.000,00.

Participação no Desfile Cívico de Aniversário de 146 anos de São Manuel.

LC Rio Claro Centro Campanha do Leite arrecadou 1.155 litros, 9 latas e 12 sachês de leite em pó. Foi realizada nos Supermercados Enxuto, Papagaio e Lavapés, beneficiando diversas instituições.

LC Araras Festival do Café e Chocolate. A renda obtida beneficiou as atividades filantrópicas das Domadoras.

LC Limeira Centro Doação de produtos de higiene para o Lar do Moço (Lar Espírita Ernesto Kuhl).

38 Lion Brasil | Sudeste

Inauguração do Marco Leonístico, na Praça Lions, em comemoração dos 50 anos do Clube.

LC Serra Negra Homenagem ao Dia do Bombeiro na sede do Batalhão de Bombeiros.


LC 4 Governadora Maria Jorge de Castro

Assessora para a Revista: Telma Consuelo de Oliveira (31) 99921-2347 | telmaconsuelo@yahoo.com.br

LC Belo Horizonte Liberdade Café Comunitário na Praça para ampla divulgação do Lions Clube.

LC Lagoa Santa O Clube de Mães Tia Nívia realiza diversas atividades: bordados, costuras, pinturas, serviços culinários, presta serviços de cabelereiro e manicure. São 104 alunas inscritas.

LC Belo Horizonte Ouro Doação de uma televisão 40’ para a Creche Clubinho Nossa Senhora das Vitórias, que atende 85 crianças.

Doação de uma cadeira de rodas especial para Rosemaire Fernandes.

LC Nova Lima Jambreiro LC Bom Despacho Doação de R$ 20.000,00 para a campanha Amigos da Santa Casa. Na oportunidade, uma das alas foi dedicada ao Lions Clube com inauguração de placa alusiva.

Doação de 40 kg de arroz, 59 kg de açúcar, 8 kg de café, 9 litros de óleo de soja e 2 kg de sal ao Asilo São José.

A inauguração do Marco Comemorativo do Centenário foi prestigiada pela presença da PCC Vilma Raid e mais de 40 CCLL.

Lion Brasil | Sudeste 39


LC 5 Governador Edson José Lopes das Neves Assessora para a Revista: Lucinda Martins (11) 96456-1498 | lucindammiguel@gmail.com

LC Cachoeira Paulista Inauguração do Ponto da Leitura. Com os livros doados pelos CCLL, o operacionador logístico é a Barraca Tia Lidia (Abel). Apoio do Terraço Petiscaria, Papelaria Capricho.

LC Guarulhos Aeroporto Campanha da Visão. Teste de acuidade visual em 120 crianças. 15 foram encaminhadas ao oftalmologista. A Prefeitura Municipal fornecerá os óculos.

LC São Caetano do Sul Santa Maria Noite do Caldo e Pastel em prol do Nucame.

LC Caraguatatuba Mar

LC Guarulhos Centro

LC São Caetano do Sul Santa Paula

Café da manhã, no Lar São Francisco de Assis, teve a participação de 100 mães da instituição.

Chá da tarde para os internos do Recanto Canaã. Foram entregues 550 fraldas, além de cachecóis, meias e sapatos de lã.

Participação na Festa Italiana, que é realizada anualmente, teve renda em prol das obras assistenciais da comunidade.

LC Guarujá Astúrias

LC São Sebastião

Festa Leão Marinho arrecadou R$ 10.000,00.

1ª Festa da Tainha, com a participação de 365 convidados.

LC Peruíbe Praia Campanha da Visão. Entrega dos óculos nas escolas rurais de Peruíbe.

40 Lion Brasil | Sudeste


LC 6 Governador Sérgio David de Souza

Assessor para a Revista: Antonio Douglas Zapolla (16) 99192-7369 | fotodouglas33@gmail.com

LC Brodowski 12ª Piazza Della Nonna. Participação com 2 barracas.

LC Ribeirão Preto Centro LC Igarapava Participação na 1ª Corrida de Rua Igarun, com arrecadação de litros de leite.

LC Fernandópolis Cidade Progresso

Tradicional chá da tarde, com excelentes resultados, teve a presença de mais de 300 pessoas.

LC Sertãozinho

Doação de 600 baterias para aparelhos auditivos à Associação de Pais e Amigos de Deficientes Auditivos (Apadaf).

LC Mirassol

9º Costilhar Gaúcho teve excelente arrecadação. Além disso, participação na 4ª Festança no Parque em prol do Lar de Amparo à Criança Filhos de Deus.

Tradicional Jantar Dançante Italiano proporcionou ótima renda em prol das obras assistenciais.

LC Sertãozinho Centenário

LC Guaíra Sessão do filme “Festa no Céu” para as crianças do Cecom que estão inseridas no Lions Quest. Além disso, o Clube colaborou no evento para 700 pessoas da Paróquia de São Sebastião.

LC Palmeira D´Oeste Participação na 26ª Festa da Uva, doando serviços em prol da Apae.

4ª Festança no Parque, com a barraca do pão com linguiça de Dumont, em prol da Associação de Assistência e Proteção ao Adolescente Trabalhador (Adot).

Lion Brasil | Sudeste 41


LC 8 Governador Antônio Geraldo Montanhez

Assessora para a Revista: Laura Kirita (14) 99122-5562 | lauratkr@gmail.com

LC Araçatuba Ação de conscientização no Instituto de Cegos Santa Luzia, com oferecimento de café da tarde.

LC Herculândia Almoço, em prol da Paróquia Sant’Ana, teve 632 convites vendidos, arrecadando R$ 12.000,00.

LC Marília Amor e Liberdade Foram entregues 65 kg de arroz ao Asilo de Idosos Casa do Caminho. Roupas e itens de higiene foram doados ao Hospital Espírita de Marília.

LC Bauru Estoril Semana de combate à Hepatite C em parceria com a Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH). Foram realizados 1.693 testes na Rede de Supermercados Confiança.

LC Dracena Cinquentenário Geladeiroteca na Associação São Francisco de Assis, onde 500 pessoas têm acesso aos livros infantis.

42 Lion Brasil | Sudeste

LC Ilha Solteira Tradicional Sukiyaki na Legião Mirim. A renda obtida ajudará na profissionalização de 77 jovens da entidade.

LC Promissão Barraca La Bodeguita, na 41ª Festa do Peão de Promissão, arrecadou R$ 26.000,00.

LC Valparaíso LC Lençóis Paulista Tradicional Bacalhoada, em prol da Rede de Combate ao Câncer, teve renda de R$ 27.130,00.

Campanha de Coleta de Sangue, em parceria com a Secretaria de Saúde Municipal e Banco de Sangue de Araçatuba, resultou em 92 bolsas.


LC 11 Governador José Rodrigues dos Santos

Assessora para a Revista: Daniela Barros (22) 99832-1865 | daniela.barros@gmail.com

LC Cabo Frio Projeto Visão. Com a presença de representantes da Secretaria Municipal de Educação, doação de seis óculos, totalizando 1.239 óculos doados nos últimos oito anos do projeto.

LC Porciúncula LC Nova Venécia Chá das Domadoras em prol das obras assistenciais do Clube.

Projeto Nasce uma Criança, Nasce uma Árvore está a todo vapor. O objetivo é plantar 500 árvores, que terão placas com os nomes dos recém-nascidos.

LC Miracema

Festa Julina da Casa da Criança de Porciúncula, com oferecimento de lanche. Realização da Noite Country em prol do Lar dos Velhos e 1ª Feijoada Beneficente, com 250 pessoas.

LC São Pedro da Aldeia Campanha de combate e prevenção da dengue, com distribuição de panfletos.

Plantio de mudas de árvores na visita do DG José Rodrigues e posse da nova diretoria.

LC Santo Antônio de Pádua Campanha de auxílio aos atingidos pela enchente de Boa Nova e campanha de doação de cestas básicas e fraldas.

LC Serra Arrecadação de alimentos, agasalhos e brinquedos, em parceira com a E.E. Clóvis Borges Miguel, que foram entregues ao Lar dos Idosos Pouso da Esperança.

Lion Brasil | Sudeste 43


LC 12 Governador Jorge Eduardo T. de Lima Assessor para a Revista: Clever Machado (31) 8827-3041 | clevermachado03@hotmail.com

LC Cataguases Reinício do curso de Libras, projeto comemorativo de 50 anos de fundação do Clube. O Básico I tem 56 alunos e o Básico II, 28 alunos.

LC Muriaé Barra LC Itabira Feira de Saúde com realização de diversos atendimentos.

LC Governador Valadares LC João Monlevade Figueira do Rio Doce Sobral Doação de roupas e calçados à Casa de Recuperação D. Zulmira e ao Abrigo Esperança.

Comemoração do Dia dos Avós no Lar São José, com entrega de 369 litros de leite, materiais de higiene e limpeza.

LC Ipatinga Branca Fajardo Projeto do Centenário Cidadania em Ação, com feira de empregos e testes de acuidade visual.

44 Lion Brasil | Sudeste

LC Miraí Doação de 38 jogos de cama ao Asilo Frederico Ozanan, além de distribuição de Doces Mirahy.

Bazar Beneficente teve renda em prol das obras assistenciais do Clube.

LC São João Nepomuceno Campanha de Arrecadação de Alimentos em prol da Associação Feminina de Combate ao Câncer (Asfecer). Foram entregues 370 quilos em parceria com as paróquias da cidade.

LC Varginha Princesa do Sul Campanha de Remédios fez arrecadação no bairro Bom Pastor. Os medicamentos foram entregues na farmácia das voluntárias do Hospital Regional.


LEOs em Serviço

LC 2 - Cerimônia de Instalação do Gabinete LEO Na sede do LC Tatuí, procedeu-se, com a presença do Governador do Distrito LC 2, MJF João Carlos Belda, e representantes de Lions e LEOs Clubes, a cerimônia de instalação do Gabinete do Distrito LEO LC 2, posse da Diretoria, de Presidentes de Clubes e 1ª reunião do Gabinete LEO LC 2. Coordenada pelo Presidente do Distrito LEO LC 2, CLEO Conrado Vivi Convento, a cerimônia teve a participação do Coordenador do Centenário DLC 2, MJF José Carlos Stipp e do CL Hélio Loretti, que abordou a importância do tema juventude no Lions e do engajamento de jovens nos Clubes de LEOs. No encerramento, o Governador Belda enfatizou o compromisso de serviço desinteressado assumido por Lions e LEOs, além de solicitar o empenho de todos na realização das atividades do Centenário.

Assessora para a Revista: CLEO Aline Lemos (21) 98320-8077 | comunicacao.dmleolc@yahoo.com

LC 4 - 17ª Conferência do Distrito Múltiplo LEO LC Erceu Firmino Pinto Neto O Distrito LEO LC 4 realizou a 17ª Conferência do Distrito Múltiplo LEO LC - Erceu Firmino Pinto Neto na cidade de Santa Luzia, Minas Gerais. O evento foi realizado pelos Clubes que compõem o Distrito LEO LC 4, tendo a presença de Companheiros(as) LEO e Leão dos Distritos LB 3, LC 1, LC 2, LC 5, LC 6, LC 8 e LC 11, além do Distrito Múltiplo LD. Foi realizada a votação do gabinete. O CLEO Felipe Vieira, do LEO Clube Santa Luzia - Fênix, foi eleito o Presidente do Distrito Múltiplo LEO LC para o AL 2016/2017. No evento, o CLEO Erceu Firmino Pinto Neto, do LEO Clube Ponte Nova, Distrito LEO LC 12, falecido recentemente, foi homenageado. Ele era um Companheiro que tinha um apreço imenso pelo Distrito.

LC 5 - LEO Clube Santa Isabel Doação de litros de leite ao Lar São Vicente de Paulo.

Lion Brasil | Sudeste 45


LC 6 - LEO Clube Auriflama Visita ao Lar dos Velhinhos, com oferecimento de café da tarde.

LC 6 - LEO Clube Matão Doação de livros e apostilas para o projeto Alimentando o Conhecimento. A “geladeira” com livros foi colocada no ponto de táxi, na praça central da cidade.

LC 6 - LEO Clube Potirendaba Entrega de lacres ao grupo Lacre Solidário, que realiza doações para a Associação Voluntária de Combate ao Câncer de Barretos (AVCC).

LC 8 - LEO Clube Ilha Solteira

LC 8 - LEO Clube Valparaíso Foi realizado, na Praça Oscar de Arruda de Valparaíso, o Cantinho da Leitura com LEO e Lions.

LEO Clube, Interact Clube, CAE (Construindo Casas, Amor e Esperança), Funec Santa Fé do Sul e Alicerce da Unesp Ilha Solteira se reuniram para elaborar um projeto cujo objetivo é melhorar o ambiente da Acafisa (Casa do Menor). A 1ª etapa do projeto é a troca de piso e reforma dos banheiros. Para isso, foi realizado um pedágio solidário, com a presença de 19 LEOs e 2 Conselheiros. Foram arrecadados R$ 1.370,45. A 2ª etapa é a construção do muro em torno da casa e a 3ª etapa é a pintura. A 4ª etapa prevê a doação de itens úteis para as crianças, como peças de vestuário, roupas de cama, utensílios domésticos e jogos educativos.

Agora sou LEO LC 8 - LEO Clube Garça P: Caique Agostinho Tozatto NA: Kaio Ebinuma Kashiwakura P: Kaio Ebinuma Kashiwakura NA: Renan Alves Alvarenga

46 Lion Brasil | Sudeste


Caçando Pérolas Não devemos permitir que alguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz. Madre Teresa de Calcutá Tudo que se passa no onde vivemos é em nós que se passa. Tudo que cessa no que vemos é em nós que cessa. Fernando Pessoa Essa é a verdadeira chave para a vida: se modificares a tua mentalidade, tuas condições se modificarão também - teu corpo irá modificar-se; tuas atividades rotineiras irão modificar-se; teu lar irá modificar-se; toda a tônica da sua vida irá modificar-se - pois o estares feliz e contente ou deprimido e infeliz depende inteiramente do tipo de alimento mental que te nutres. Emmet Fox

Só se vê bem com o coração, o essencial é invisível aos olhos. Antoine de Saint-Exupéry A alegria evita mil males e prolonga a vida. William Shakespeare Nunca perca a fé na humanidade, pois ela é como um oceano. Só porque existem algumas gotas de água suja nele, não quer dizer que ele esteja sujo por completo. Mahatma Gandhi Cultivar estados mentais positivos como a generosidade e a compaixão decididamente conduz a melhor saúde mental e à felicidade. Dalai Lama

Lion Brasil | Sudeste 47


Resumo Executivo RESUMO EXECUTIVO DA REUNIÃO DA DIRETORIA INTERNACIONAL Fukuoka, Japão / De 19 a 23 de junho de 2016 COMITÊ DE ESTATUTO E REGULAMENTOS 1. Negou a queixa referente à eleição de segundo vice-governador de distrito do Distrito 108-TB (Itália) e declarou o Leão Bernardino Salvati como segundo vice-governador do Distrito 108-TB para o ano Leonístico de 2016-2017. 2. Negou a queixa eleitoral para primeiro vice-governador de distrito apresentada no Distrito 300-C1 (DM 300 de Taiwan) e declarou vago o cargo de primeiro vice-governador de distrito ano Leonístico de 2016-2017 e que esta vaga deve ser preenchida de acordo com o Estatuto e Regulamentos Internacionais e de Distrito. 3. Manteve uma queixa eleitoral para primeiro vice-governador de distrito apresentada no Distrito 300-D2 (DM 300 de Taiwan), declarou nula e sem força ou efeito a eleição para primeiro vice-governador de distrito do Distrito 300-D2 para o ano Leonístico de 2016-2017, declarou vago o cargo de primeiro vice-governador de distrito para o ano Leonístico de 2016-2017 e que esta vaga deve ser preenchida de acordo com o Estatuto e Regulamentos Internacionais e de Distrito, declarando que a taxa de apresentação da queixa menos US$ 350,00 deve ser devolvida a cada Reclamante. 4. Removeu o Governador de Distrito A. Sadiq Basha do cargo de governador de distrito do Distrito 324-B2 (Índia) por não cumprimento do Estatuto e Regulamentos e Normas da Diretoria Internacional. Declarou que A. Sadiq Basha não deverá ser reconhecido no futuro como Ex-Governador de Distrito por Lions Clubs International ou por qualquer clube ou distrito, não devendo ter direito a qualquer privilégio decorrente de tal título. 5. Aprovou os objetivos, funções, calendário de reuniões e orçamento do Comitê Ad Hoc de Qualificações dos Dirigentes Internacionais. 6. Revisou as Normas para Marcas Registradas no Capítulo XV do Manual de Normas da Diretoria relacionadas com os padrões gerais de qualidade e conteúdo no uso das marcas registradas da associação. 7. Alterou o Estatuto Padrão de Distrito no Capítulo VII do Manual de Normas da Diretoria para esclarecer a disposição relacionada ao gabinete do distrito e os seus membros serem de um Lions clube em dia com as suas obrigações junto ao distrito. COMITÊ DE CONVENÇÕES 1. Modificou a seção referente ao Seminário de Ex-Dirigentes Internacionais, eliminando a frase “ex- imediato”. 2. Removeu o requisito para concorrer a realizar uma convenção que especifica que o local da Convenção Internacional seja fora dos EUA pelo menos uma vez a cada cinco (5) anos. COMITÊ DE SERVIÇOS A DISTRITOS E CLUBES 1. Cancelou e registrou como fantasmas vinte e dois clubes do Distrito 322 C4, os quais não são elegíveis para reativação ou o reembolso de quotas. 2. O Ex-Diretor Internacional K. M. Goyal foi indicado para servir como Leão Coordenador do Distrito 321-A3 (Índia) no ano Leonístico 2016-2017. 3. Os requisitos do Prêmio de Excelência de Clube de 2016-2017 foram alterados para permitir a formação de um Leo Clube para cumprir a exigência de afiliação para o prêmio. 4. O Prêmio da Equipe do Governador de Distrito de 2017-2018 foi modificado, deixando de determinar que o prêmio seja dado a membros específicos da equipe do GD e, em vez disto, passando a permitir que seja concedida uma medalha de prêmio a cinco líderes Leões que o governador acredite mais contribuíram para o sucesso do distrito. 5. O Capítulo V do Manual de Normas da Diretoria foi modificado para esclarecer que os clubes podem ser cancelados ou colocados em status quo utilizando várias categorias de status quo. COMITÊ DE FINANÇAS E OPERAÇÕES DA SEDE 1. Aprovou a previsão do quarto trimestre do ano Leonístico de 2016, refletindo déficit.

48 Lion Brasil | Sudeste


2. Aprovou o Orçamento do ano Leonístico 2017, refletindo um deficit. 3. Aprovou modificações às Normas de Compras. 4. Aprovou que, dependendo da adoção da resolução proposta para remover o fundo de Reserva de Emergência, o Manual de Normas da Diretoria seja modificado, suprimindo a norma da Reserva Geral de Excedente existente na sua totalidade e substituindo-a com a norma de Reserva Operacional. COMITÊ DO DESENVOLVIMENTO DE LIDERANÇA 1. Contingente à aprovação da proposta de orçamento de 2016-2017, aprovou o conceito, desenvolvimento e implementação de um novo Programa de Instrutor para Leões Certificados a partir de 2016-2017. COMITÊ DE PLANEJAMENTO A LONGO PRAZO 1. Reconfirmou os objetivos do LCI Adiante (o novo plano estratégico), sendo a meta principal triplicar o serviço humanitário até 2020-2021, e acrescentou um novo Diretor Internacional de primeiro ano para a Equipe do Projeto LCI Adiante existente para dar continuidade. COMITÊ DE DESENVOLVIMENTO DO QUADRO ASSOCIATIVO 1. Aprovou o Comitê Ad Hoc de Países Novos e Emergentes, a ser implementado durante o ano Leonístico de 2016-2017. 2. Expandiu e prolongou o Piloto Vamos nos afiliar juntos para ser implementado em todo o mundo até 30 de junho de 2018. 3. Prolongou o Programa Piloto Envolva um Veterano dos EUA até 30 de junho de 2018 e expandiu o programa para incluir o Canadá. 4. Modificou a norma da diretoria para adicionar a República de Montenegro. 5. Modificou a norma da diretoria relacionada a assinaturas necessárias, quando 10 ou mais clubes são adicionados a um distrito. COMITÊ DE RELAÇÕES PÚBLICAS 1. Interrompeu a publicidade externa da edição da sede da revista LION a partir de 1º de outubro de 2016. 2. Estabeleceu o patrocínio de US$ 160.000 para o Desfile Chick-Fil-A Peach Bowl de 2016. 3. Aumentou o Prêmio Internacional de Liderança para 2.030 para 2015-2016. 4. Definiu o lema presidencial “Nós servimos” a partir de 2017-2018 e daí em diante. 5. Estabeleceu uma categoria digital para o concurso internacional de boletins. COMITÊ DE ATIVIDADES DE SERVIÇO 1. Adotou uma nova estrutura de serviço que consiste de cinco plataformas principais de serviços (diabetes, visão, meio ambiente, câncer e fome) com componentes programáticos especiais desenvolvidos para e em apoio a crianças e jovens, e diabetes servindo como a principal causa de destaque. 2. Adotou que a causa de destaque será para durar de 5 a 10 anos, e o prolongamento além deste período será analisado pelo Comitê de Atividades de Serviço. 3. Estabeleceu o Comitê Ad Hoc para avaliar e priorizar Estratégias para Engajar a Juventude com aproximadamente 10 (dez) associados (Leões e Leos) indicados pelo Presidente Internacional e Dirigentes Executivos e solicitou uma análise mais profunda pelo nosso Comitê de Atividades de Serviço sucessor. 4. Adotou um Programa de Reembolso para o Painel Consultivo do Programa de Leo Clubes para começar no ano Leonístico de 2016-2017. 5. Aprovou os nomes dos vencedores do Prêmio Leos do Ano para 2015-2016. Para mais informações sobre qualquer resolução acima, consulte o website de LCI em www.lionsclubs.org ou entre em contato com a Sede Internacional pelo telefone 630-571-5466.

Lion Brasil | Sudeste 49


Considerando

Saber Viver Não sei... se a vida é curta ou longa demais pra nós, Mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: Colo que acolhe, Braço que envolve, Palavra que conforta, Silêncio que respeita, Alegria que contagia, Lágrima que corre, Olhar que acaricia, Desejo que sacia, Amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, É o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela Não seja nem curta, nem longa demais, Mas que seja intensa, Verdadeira, pura... Enquanto durar. Cora Coralina

50 Lion Brasil | Sudeste


Lion Brasil Sudeste 98  

número 98 da Revista Lion Brasil - Sudeste, editada pelo Distrito Múltiplo LC

Lion Brasil Sudeste 98  

número 98 da Revista Lion Brasil - Sudeste, editada pelo Distrito Múltiplo LC

Advertisement