Issuu on Google+

Jornal

Linha Popular aqui Camboriú é notícia

Ano V - nº 227

www.linhapopular.com.br

R$1 @LinhaPopular

Siga-nos no twitter

Camboriú, 26 de julho de 2013

Prefeitura dá benefícios para empresa investigada e madeireira de vereador Multiclick Brasil, empresa acusada de pirâmide financeira, recebeu incentivo fiscal da Prefeitura para se instalar na cidade. Empresa do vereador Má da Madeireira ganhou terreno no Distrito Industrial Todos os detalhes na página 6

Saúde Hospital: situação de emergência no pronto-atendimento PÁG. 17

Política O número de projetos relevantes dos vereadores PÁG. 5

Cidade Passagem de ônibus mais barata a partir de quinta-feira PÁG. 7

Frio histórico em Camboriú Pedro Gardini, morador da Limeira, registrou a geada na manhã de quarta-feira

Segundo agricultores, há mais de 40 anos não fazia tanto frio na cidade. Geada foi registrada e temperatura mínima foi de 1°C página 13

Perfil: Saiba mais sobre o agricultor Clênio da Silva

Pág. 16


2

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Opinião

Editorial

Charge

Abertura para o desenvolvimento

H

á mais de 100 anos Camboriú busca achar sua vocação para viabilizar o desenvolvimento econômico, tornado possível que a Prefeitura tenha arrecadação suficiente para fazer investimentos na mesma proporção em que a cidade cresce. Agora, há pouco tempo, a Prefeitura decidiu encabeçar a abertura para novas empresas se instalarem no município como forma de contribuir para encontrar este norte econômico. A principal ação para viabilizar a instalação destas empresas em Camboriú tem sido a concessão de incentivos fiscais e doação de terras. É com base nestes moldes que a cidade tem visto crescer o Distrito Industrial e tem estudado a destinação de outras áreas para este fim, como a Várzea do Ranchinho, por exemplo. É inegável que Camboriú precisa se desenvolver economicamente de forma rápida e eficaz. E certamente esta política de abertura para instalação de empresas trará benefícios para todos, gerando impostos, empregos e renda. Porém, há de se tomar cuidado para que a doação de terre-

nos e isenção fiscal não sejam utilizados de forma irresponsável, favorecendo amigos de partido político em detrimento do desenvolvimento de uma cidade inteira. Para que Camboriú possa seguir crescendo, é fundamental que, além de haver seriedade por parte do Poder Público, a população esteja sempre atenta. A política de desenvolvimento precisa estar alinhada a outros programas de governo que tenham como foco o meio ambiente e os aspectos sociais. Isso só acontece se houver cobrança, fiscalização, gritaria. De que adianta atrair empresas se não há água e luz para garantirem a produção, por exemplo? Nesta edição, o Linha Popular traz matéria que mostra um pouco de como o Município tem lidado com a ocupação do Distrito Industrial e quais os critérios para que uma empresa possa receber incentivos para se instalar aqui. Informe-se, conheça a realidade da cidade e as projeções que o Poder Público vislumbra. Somente desta forma você poderá opinar e contribuir para o crescimento de Camboriú.

Editora

Chargista

Naiza Comel - Mtb/SC 2899 JP

Leandro Francisca

Redação

Contato

Gustavo Zonta - Mtb/SC 3428 JP Fernando Assanti - Mtb/SC 3424 JP Stefani Ceolla

Tel.: 3365-4893 Cel.: 9983-0763

Redação redacao@linhapopular.com.br linhapopular@gmail.com

Tiragem 2 mil exemplares

Site www.linhapopular.com.br

Sede Rua Maria da Glória Pereira, nº 149 - sala 102 - 2º piso Centro - Camboriú CEP 88340-000

As opiniões expressas em artigos e colunas não representam a opinião do jornal e são responsabilidade de seus autores.

Impresso na Gráfica Rio Sul

Este jornal integra o CCJ - Cadastro Catarinense de Jornais

- PERIODICIDADE SEMANAL -

Artigo Educação que liberta

D

ois modelos de educação podem ser concebidos. Um que se opõe a todas as mudanças estruturais porque defende a imobilidade social. “Que fique tudo como dantes no quartel de Abrantes”, como se dizia antigamente. Outro que pretende desnudar a realidade. Denuncia a injustiça do sistema. Nega a ideia de que alguns nascem para dominar e outros para serem dominados, segundo o dito popular: “Quem nasce para boi nunca chega a ferrão.” Discorda também de uma mudança de papéis entre opressores e oprimidos, conforme retratado com sutileza pelos versos de João Mulato e Douradinho: “Na boiada já fui boi, o carreiro me bateu, o carreiro virou boi, o ferrão agora é meu”. O mundo pretendido pela educação libertadora é um mundo de fraternidade, sem espada e sem ferrão, sem coronéis que ordenam e boiada que obedece. O projeto final da educação libertadora é contribuir para que as pessoas sejam agentes de transformação do mundo, inserindo-se na His-

tória. Não foi por mero acaso que Paulo Freire foi preso pela Ditadura de 1964, nem foi sem motivo que o emérito educador foi obrigado a exilar-se durante aquele sombrio tempo de Brasil. Paulo Freire afirma que a educação libertadora busca desenvolver a consciência crítica de que já são portadores os educandos. Parte da convicção de que há uma riqueza de ideias, de dons e de carismas no cotidiano dos interlocutores. 1964 quis decretar a verdade, a democracia, o patriotismo: “Brasil, ame-o ou deixe-o.” Se você não concorda com o modelo de Brasil imposto pelas armas, seu destino é pegar o avião e partir, ou fugir a pé pelas fronteiras. Sem dúvida os ideólogos de 1964 leram Paulo Freire e perceberam que a proposta educacional de Freire não se coadunava com o modelo autoritário. Fala-se agora em estabelecer como norma constitucional a destinação de dez por cento do PIB para a educação pública. Os jovens que

marcham nas ruas aprovam esta tese, que foi erguida nas bandeiras de reivindicações. Aprovo com veemência a proposta. Determinar que um décimo do produto interno bruto seja endereçado à educação pública é uma grande vitória. Isto vai trazer como consequência a construção de novas escolas, a reforma e a ampliação das existentes, a contratação de mais professores e o aperfeiçoamento dos que já estão no quadro, a melhoria dos salários dos mestres, que hoje ganham muito pouco. Mas voltemos a Paulo Freire. Que os dez por cento do PIB, o incremento das verbas e tudo o mais que se pede, neste momento da vida brasileira, comungue com os anseios de uma educação libertadora. Dez por cento do PIB para um tipo de escola que edifique Justiça, Liberdade, Solidariedade. João Baptista Herkenhoff, LivreDocente da Universidade Federal do Espírito Santo e palestrante, é Juiz de Direito aposentado jbherkenhoff@uol.com.br.


3

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Painel LP Foto da semana

Foto: Defesa Civil/Divulgação/LP

ONLINE

Geada em Camboriú?

chuva forte dos últimos dias causou um deslizamento na rua Monte Corcovado, distrito do Monte Alegre. O incidente ocorreu na segunda-feira e foi atendido na terça, dia 23, pela Defesa Civil. Segundo a coordenadora Carla Krug, ninguém ficou ferido. Carla ressalta que residências em locais de risco e obras feitas sem acompanhamento técnico podem resultar neste tipo de problema. A equipe da Defesa acompanha a situação.

Curtas Latarte Nos dias 13 e 14 de julho foi realizado um bazar e um torneio de truco para beneficiar o Grupo Sociocultural e Educacional Latarte. O evento ocorreu no distrito do Monte Alegre e foi organizado por Daiana Angioletti e Valter Romano. Foram arrecadados R$ 266,40 que serão revertidos para o Latarte. Bingo O Lar da Terceira Idade Padre Antônio Dias realiza neste domingo, dia 28, o Bingo de Dia dos Pais. O evento está marcado para as 14h e será realizado no Salão Paroquial, que fica no centro da cidade. O valor arrecadado será usado na manutenção do lar. Curso de Panificação A Prefeitura de Camboriú, através da Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, comunica que estão abertas as inscrições para o Curso de Panificação e Confeitaria. Para realizar a inscrição, o interessado deve procurar a sede da secretaria, localizada na rua Presidente Costa e Silva, 329, Centro, do meio-dia às 18h, com os seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. O candidato à vaga deve ser maior de 18 anos e fazer parte do CadÚnico, que pode ser feito no ato da inscrição.

Dia de Combate à Hepatite O dia 28 de julho é marcado pelo Dia Mundial de Combate à Hepatite. O objetivo é informar e sensibilizar as pessoas sobre a hepatite B e a hepatite C, incentivando a prevenção, o diagnóstico e o tratamento. Neste ano, mais uma vez, Camboriú irá realizar uma ação especial. Hoje, sexta-feira, dia 26, a Secretaria de Saúde, através do Programa DST/HIV/Aids/ Hepatites, realizará o teste rápido para hepatites virais Na Unidade de Pronto Atendimento - UPA e no Cedit, com sede na rua Presidente Costa e Silva, 345, centro. As equipes estarão atendendo das 8h às 11h30min e das 13h30min às 16h30min. Dança Gaúcha A Fundação de Cultura de Camboriú comunica que estão abertas as inscrições para o curso de dança gaúcha que será ministrado pelo Grupo de Dança Sou do Sul. As aulas iniciarão no dia 5 de agosto. "O curso é gratuito e será ministrado toda segunda-feira, das 20h às 22h. Serão três meses de aula", declarou o presidente da Fundação, Milton Antonio da Silva. Os interessados podem fazer a inscrição na sede da Fundação das 12h às 18h, de segunda a sextafeira, na rua Hercílio Zuchi,

anexo ao ginásio Irineu Bornhausen, ou pelo telefone (47) 3365-1311. Atendimento suspenso A Secretaria de Obras de Camboriú comunica que o recolhimento de galhos de árvores e móveis está temporariamente suspenso. O motivo é a sobrecarga do terreno onde atualmente são depositados os entulhos recolhidos. Um novo terreno já foi encontrado e a Prefeitura aguarda o licenciamento da área. Ajuda aos animais A ONG Viva Bicho pede ajuda da comunidade para manter os animais aquecidos durante este período de frio. A ONG informa que não tem cobertores para atender aos 700 animais atendidos. "Não temos como lavar, pois com este tempo não seca, e não temos mais cobertores secos para os animais", explica a entidade. A Viva Bicho solicita doações de cobertores com urgência. Quem puder, pode entregar na Papelaria Maria Cereja, que fica na avenida do Estado, número 2.800, e na rua Itália, 290, em Balneário Camboriú, ou na sede da ONG, que fica na rua José Alves Cabral, bairro Nova Esperança. Outras informações no site: http://vivabicho.org/

Bolo de casamento

No blog “Histórias de véu e grinalda”, a jornalista Naiza Comel apresenta uma entrevista com Ana Cake sobre bolos de casamento. Quer saber mais sobre o assunto? Confira o blog!

Edson Beline/Divulgação/LP

A

Arquivo/LP

Nessa semana, esse fenômeno, que não ocorria há muitos anos, foi registrado na cidade. No blog “Teve aquela vez”, a jornalista Stefani Ceolla conta a história de 1955, o ano das três grandes geadas em Camboriú, relatada por Amadio Poltronieri. Acesse!

www.linhapopular.com.br No nosso FACEBOOK www.facebook.com/linhapopular

Led Florencio diz (sobre o novo secretário de Obras): “Sei... Secretaria de Obras. E o currículo? O Jakinho tem alguma formação superior ou técnica que o tornam capacitado profissionalmente para o cargo? Ou é apenas mais uma indicação meramente política?”

Jaime Galitzki diz (sobre a emancipação do Monte Alegre): “Queria fazer uma placa aqui no Barranco, bem na travessia da ponte do Benassi! Tema: “Bem-vindos a Balneário Camboriú”. Com a falta de ação da Prefeitura de Camboriú, queremos que Balneário nos adote!”

André Fischer diz (sobre as quedas constantes de energia): “Tá uma porcaria essa situação. Cinco semanas seguidas, na quarta ou quinta de noite falta luz no Santa Regina 4. E a Celesc não faz nada....”

Loreci Meurer Ghisi diz (sobre o Fala Camboriú na localidade dos Macacos): “E os internautas nunca serão ouvidos pelo jeito, não é? Quanta ironia, ir lá no meio do mato e na cidade não ter ouvidos para ninguém”.


4

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Política

Bastidores Por Fernando Assanti

fernandoassanti@hotmail.com @FernandoAssanti Festa para Jakinho Na segunda-feira, dia 22, a Prefeitura de Camboriú realizou uma solenidade para o vereador eleito Jakinho (PSDB) assumir a Secretaria de Obras. O evento de posse contou com a presença de lideranças importantes do partido como Leonel Pavan e Dado Cherem. Enquanto a tucanada festejava a entrada de Jakinho na secretaria, nas redes sociais a população da cidade questionava a qualificação de Jakinho para o cargo e destacava o puro interesse político desta posse, deixando uma das secretarias mais importantes da cidade nas mãos de alguém que foi eleito para fiscalizar o Executivo. Parece que o novo Governo não está muito interessado no que o povo pensa. Quero ouvir mais a comunidade Escrevendo o tópico acima, lembrei que quando Luzia Coppi foi reeleita, fiz uma entrevista com ela que foi capa do Linha Popular. Na entrevista, a prefeita dizia que faria um governo mais maduro, com Gestão Para Resultados e que queria ouvir mais a comunidade. Ela deve ter esquecido disso tudo quando resolveu premiar o colega de partido com a Secretaria de Obras. Buscando dinheiro O que ninguém pode negar é que Luzia Coppi não para de apresentar projetos em Brasília para buscar gordas verbas para investimentos na cidade. Nesta semana, a prefeita esteve na capital federal novamente para passar o pires em vários ministérios. O único problema é que pelas ruas o esforço de Luzia não tem sido muito reconhecido. E esta falta de crença é por conta do Parque Linear e do asfalto do Conde, duas obras do PAC com recursos milionários, mas que nunca foram concluídas. Denúncias graves Por falar em obras do PAC que nunca foram concluídas, a vereadora Jane Stefenn (PSDB) já preparou um dossiê sobre o assunto que foi entregue no Ministério das Cidades, em Brasília. A intenção da vereadora é que o próprio Governo Federal exija que as obras andem, pressionando a Prefeitura a investir o dinheiro com qualidade e eficiência. Das duas uma: ou isso vai feder muito, ou a denúncia de Jane vai ficar trancada na primeira gaveta federal que cair. A madeireira do Má E o vereador Eliomar Pereira, o Má, do PV, ganhou de presente um terreno no Distrito Industrial de Camboriú. A área será para ampliar sua madeireira, que promete criar a incrível marca de 12 empregos na cidade, segundo a Prefeitura (ele afirma que serão 30). Com o presentinho, a prefeita deveria garantir que os votos do Má na Câmara sejam sempre a seu favor, mas já tem fofoqueiro dizendo que não vai ser bem assim. Quem viver verá. Luzia vai sair O vice-prefeito Zé Branco vai assumir a Prefeitura a partir de segunda-feira, dia 29, e deve ficar no cargo até cinco de agosto. Luzia Coppi vai deixar a cadeira para fazer um tratamento de saúde, mas mesmo em recuperação promete comparecer a alguns eventos na cidade. Montibeller e/ou Miranda A mais nova que ouvi foi que Altamir Montibeller, do Esporte, e Janir Francisco de Miranda, da Sesb, serão as apostas do PSDB para a próxima corrida eleitoral municipal. Será?

Luzia pede apoio de Ideli Salvatti para projetos de Camboriú Comitiva de prefeitos da região esteve em Brasília na terça-feira e se encontrou com ministra de Relações Institucionais. Cidade tem dois projetos inscritos no PAC 4

D

ois projetos de Camboriú estão inscritos para receber recursos do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC, do Governo Federal, que agora entra em sua 4ª etapa. Luzia Coppi Mathias esteve em Brasília na terça-feira para verificar como está o encaminhamento destes projetos. Luzia e outros prefeitos da região pediram o apoio da ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatii, para seus projetos. "Pedimos o apoio político para os projetos da região", relata Luzia. A maior parte dos projetos é de pavimentação e está relacionada com a mobilidade urbana. "Esta conversa é importante porque sabemos que há poucos recursos para tantos projetos", completa. O apoio é importante uma vez que a cidade já conseguiu aprovar projetos nas outras três fases - Parque Linear no PAC 1, pavimentação do Conde Vila Verde - no PAC 2, pavimentação Santa Regina e duplicação da Avenida Santa Catarina - no PAC 3.

Divulgação/LP

Encontro. Luzia e outros prefeitos estiveram em reunião com a ministra, acompanhados do secretário João Matos

Os projetos de Camboriú Luzia esclarece que os projetos de drenagem e pavimentação não recebem recursos do Governo Federal a fundo perdido (sem pagamento depois), mas eles são interessantes em função de financiamento com juros baixos e com pagamento a longo prazo. Um dos projetos é o de drenagem e pavimentação de diversas ruas do Taboleiro e do Monte Alegre - são 30 ruas descritas. A obra está orçada em

mais de R$ 19 milhões. A outra, de cerca de R$ 9 milhões, é a de pavimentação e duplicação da Avenida da Integração, até a rótula da Santa Catarina. Ela destaca, entretanto, que ainda há um longo percurso a percorrer para conseguir estes recursos. "Em uma escala de 1 a 10, estamos no 2", resume. Entre os critérios que a cidade terá que cumprir, está a de capacidade de endividamento.


5

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Política

De olho no trabalho da Câmara: vereadores apresentaram 42

j

pro etos

Metade dos projetos elaborados este semestre foi para dar nomes a ruas. Saiba quantos projetos relevantes apresentou o vereador que recebeu seu voto

Arquivo/LP

Os vereadores e seus projetos

Projetos. Vereadores apresentaram e votaram 42 projetos de lei no primeiro semestre deste ano. Metade visava dar nomes a ruas

O

s trabalhos da Câmara de Vereadores voltarão ao normal, com sessões ordinárias, no dia 6 de agosto. Enquanto a Casa está em recesso, o Linha Popular publica uma série de matérias sobre o trabalho legislativo. Hoje, apresentamos os projetos propostos no primeiro semestre: foram 42 projetos apresentados pelos vereadores e que passaram por votação. Metade visava dar nomes a ruas. O presidente da Câmara de Vereadores, Márcio Aquiles da Silva (PSC), explica que a nominação de ruas é uma das atribuições do vereador. "Para dar nome a uma rua, tem que passar pela Câmara, a Prefeitura não pode colocar a placa de identificação sem que tenha um projeto", aponta. Ele reforça que a maior parte das nominações ocorre após o pedido da comunidade. Márcio conta ainda que muitos dos projetos feitos este ano visavam oficializar os nomes de continuação de ruas. "A falta de nome na rua causa transtornos para os moradores", completa. A equipe do LP entende que quantidade de projetos não é suficiente para avaliar a qualidade dos trabalhos. Por isso, utiliza uma classificação proposta pela Transparência Brasil - uma organização não governamental que acompanha o trabalho de deputados estaduais e federais. Para a Transparência Brasil, são projetos considera-

dos sem relevância o batismo de ruas. Neste critério, entram também homenagens a pessoas

e instituições, batismos de salas e outros locais, datas comemorativas e criação de honrarias.

17 projetos relevantes Com base nesta classificação, identificamos que os vereadores apresentaram 17 projetos relevantes. Neste primeiro semestre, o vereador que mais apresentou projetos relevantes foi Carlos Alexandre Martins, o Xande (PSDB). Foram seis projetos. A primeira proposta apresentada por Xande foi do IPTU Verde, que prevê descontos para os camboriuenses que tiverem sistemas de aproveitamento de água ou construções sustentáveis. Outras propostas de Xande foram: o programa comunidade participativa, identificação em braile nos táxis, impressão e dados de pessoas desaparecidas nos carnês do IPTU, isenção de IPTU para igrejas que ocupam imóveis

alugados e a inclusão da disciplina de empreendedorismo nas escolas municipais. O vereador diz que busca fazer projetos em áreas que são mais deficitárias do município. "Para fazer os projetos sempre faço pesquisas para verificar que custo isso trará, se está de acordo com o orçamento da cidade, para que a execução seja viável. Não adianta aprovar um projeto que não será posto em prática depois", relata Xande. Com 21 projetos dando nomes de ruas, 11 vereadores que estão atuando agora ou passaram pela Casa não apresentaram nenhum projeto relevante de acordo com os critérios adotados pelo LP. Confira o número de projetos de cada vereador no BOX.

Vereador

Total*

Projetos relevantes**

Carlos Alexandre Martins (PSDB)

13

6

Josué Pereira (PP)

5

5

Alexsander Alves Ribeiro (PPS)

9

2

José Pedro Costa (PSDB)

9

2

Ângelo César Gervásio (PMDB)

2

2

Jane Stefenn (PSDB)

2

2

Márcia Freitag (PSDB)1

10

-

Márcio Aquiles da Silva (PSC)

9

-

José Simas (DEM)

8

-

Antonio Portella Ribeira (PSC)

7

-

Eliomar Getulio Pereira (PV)

7

-

Jakson Genésio Rosa (PSDB)2

7

-

Antonio Paulo da Silva Neto (PSC)

6

-

Luana Letizia Lazzaris (PSDB)3

3

-

Eduardo Melo Rebelo (PMDB)

1

-

Fátima Gervásio (PSDB)4

-

-

Josenildo Rosa (PDT)

-

-

*Alguns projetos são feitos em parceria entre dois ou mais vereadores ** Segundo os parâmetros da Ong Transparência Brasil 1 Márcia saiu da Casa em abril 2 Jakinho ficou dois meses em licença e agora é secretário 3 Luana assumiu como vereadora em abril 4 Fátima Ger vásio retornou para a Câmara em maio

Informativo do Vereador

Toninho Portella Visitas do Vereador

- Durante o dia 24 de julho, o vereador visitou algumas obras no Distrito do Monte Alegre. Além disso, Toninho continua a fiscalizar os terrenos baldios que estão sujos pela cidade. O vereador tem anotado o local do terreno e enviado para a prefeitura tomar as devidas providências. - Outra visita importante feita pelo vereador foi ao hospital de Camboriú. Em companhia de seus colegas vereadores, Toninho quis saber como anda o funcionamento do hospital com a nova administração. - O vereador participou recentemente também de uma reunião para tratar sobre a emancipação do Monte Alegre. O encontro aconteceu no Salão da Igreja Católica do Monte Alegre.


6

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Cidade

Empresa investigada e madeireira de vereador ganham benefícios da Prefeitura Multiclick Brasil, acusada de pirâmide financeira, recebeu incentivo fiscal. Empresa do vereador Má da Madeireira ganhou terreno

A

Prefeitura de Camboriú tem como política de desenvolvimento econômico a doação de terrenos e isenção de impostos para empresas que queiram se instalar na cidade. Este ano, já foram doados 15 terrenos no Distrito Industrial. Um deles foi destinado à microempresa da qual é proprietário o vereador Eliomar Getúlio Pereira, da base aliada da prefeita Luzia Coppi Mathias. Outra empresa que recebeu benefício para se instalar na cidade é a Multiclick Brasil. Ela deve montar um escritório no centro de Camboriú e conseguiu a redução de imposto. A Multiclick é investigada em três estados por crime contra a economia popular. Segundo o Ministério Público, a empresa tem atuação semelhante a da Telexfree. O decreto que favorece a Multiclick afirma que o pedido de benefício foi analisado e aprovado pela diretoria do Centro Industrial de Camboriú - CIC e considera "o interesse público diante da possibilidade de retorno em desenvolvimento socioeconômico ao município, especialmente aumento de arrecadação e de empregos diretos e indiretos".

Acusações A Multiclick, que se identifica no site oficial como uma empresa que atua no ramo publicitário, tem sede em Balneário Camboriú. O Ministério Público do Rio Grande do Norte acusa a empresa de atuar como pirâmide financeira - modelo comercial não-sustentável que depende basicamente do recrutamento progressivo. Na prática, elas pagam para aderir e ganhariam para postar anúncios na internet se recrutassem mais pessoas para o programa. Em Santa Catarina, foi instaurado inquérito pela comarca da Capital para "apurar eventual prática de crime contra a economia popular". No Mato Grosso do Sul, o Ministério Público também investiga a empresa por pirâmide financeira.

Informativo do Vereador

Zeca Simas Internet para o interior e outros benefícios para a comunidade

Informe Comercial

Divulgação/LP

A Prefeitura concedeu o benefício de redução da alíquota do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza - ISSQN para o percentual de 2% incidentes sobre a empresa e suas atividades. A redução fiscal dura três anos e já está em vigor.

O vereador Zeca Simas conta que está em contato com o secretário de Estado da Agricultura, João Rodrigues, em busca de melhorias para o interior de Camboriú. No dia 12 de março, Zeca e o vereador Canídia estiveram em Florianópolis, onde protocolaram o pedido de internet para o interior, de um trator e de uma retroescavadeira. De acordo com Zeca, o secretário comunicou que o trator deve ser encaminhado para Camboriú em agosto e que a internet depende da liberação de mais uma etapa do projeto desenvolvido pelo Governo do Estado. O vereador comunica que vai continuar cobrando estas melhorias.

Multiclick. Foto divulgada nas redes sociais da sede da empresa em Balneário Camboriú

O secretário de Desenvolvimento Econômico e presidente do CIC, Cícero Zucco, afirma que "não compete ao CIC avaliar a legalidade e sim se atende aos requisitos". Ele afirma que a Multiclick apresentou toda a documentação necessária para fazer a solicitação. A carta-consulta apresentada à Prefeitura aponta que a Multiclick vai gerar 25 empregos na cidade e emitir mais de 2 mil notas ficais por dia, o que resulta em retorno financeiro para o município. Segundo os documentos, a Multiclick movimenta mais de R$ 1 milhão por ano. A reportagem do Linha Popular tentou entrar em contato com os responsáveis pela Multiclick através dos telefones que constam no cadastro da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, mas ninguém quis repassar informações.

Vereador ganha terreno O vereador Eliomar Getúlio Pereira, o Má da Madeireira, foi um dos cinco "empresários individuais" que são proprietários de microempresas a ganhar

terreno no Distrito Industrial esse ano. Má conseguiu um terreno com área total de 2 mil metros quadrados. Segundo o decreto que concede a área, a autorização de uso será por período indeterminado, podendo converter-se em doação definitiva após cinco anos de atividade. Além disso, ele também está isento do pagamento de Imposto Predial Territorial Urbano - IPTU. O decreto vale desde o dia 3 de junho desse ano e é assinado pela prefeita. O vereador afirma que

sua madeireira poderá gerar até 30 empregos. Para ele, não há conflito de interesses. "Faz algum tempo que consegui esse terreno, assim como muitos empresários. Precisava de um lugar para me instalar e sair do aluguel", explica. A madeireira deve ser aberta em 90 dias. O secretário Cícero esclarece que não era presidente do CIC na época da avaliação, mas acredita que Má também atendeu às exigências. "Os critérios são muito técnicos, não são levadas em conta questões políticas", afirma.

Como conseguir o benefício Cícero Zucco explica que toda empresa que quiser se instalar na cidade pode solicitar algum tipo de benefício, seja pela redução de impostos ou doação de terreno. "A empresa tem que preencher uma cartaconsulta e apresentar uma série de documentos que são avaliados pelo CIC", explica. O grupo se reúne conforme a demanda de pedidos e delibera sobre as solicitações. Caso sejam aprovados, são repassados à Prefeitura, que publica os decretos autorizando os benefícios. Nos próprios decretos, como Cícero salienta, está previsto que a empresa tem um ano para se instalar na cidade após conseguir o benefício e que, durante o período em que estiver em atividade, cabe ao CIC fiscalizar. "Caso não fique comprovada a geração de emprego e retorno financeiro que a empresa afirma que vai gerar, o benefício pode ser revogado", garante. Tanto a Multiclick quanto a madeireira do vereador Má estão sujeitas a esta fiscalização.


7

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Cidade

Transporte coletivo mais barato a partir de quinta-feira

Informe

Em 1° de agosto, deve ser reduzido o valor da passagem da Praiana e da CTT para R$ 3,10

A

partir da próxima quintafeira, dia 1°, os usuários do transporte coletivo devem pagar R$ 0,15 a menos pela passagem. Em Camboriú, foi publicado na edição do dia 16 de julho no Diário Oficial do Município o decreto que reduz o preço da tarifa da CTT. De acordo com o documento, a Prefeitura levou em conta a reivindicação por parte da população camboriuense. Com isso, as duas linhas que circulam somente dentro do município passam a custar R$ 3,10 a partir da data prevista. Quando anunciou a redução do preço da passagem dentro da cidade, a prefeita de Camboriú, Luzia Coppi Mathias, também afirmou que havia acordado com os responsáveis pela Praiana, empresa-irmã da CTT, que a passagem intermunicipal também baixará R$ 0,15 na mesma data. "Precisamos dessa redução porque 80% dos usuários de ônibus em Camboriú usam a Praiana para ir a cidades vizinhas", disse a prefeita. Ofício foi enviado ao Departamento de Transportes e Terminais Deter apontando a possibilidade de redução. O responsável pela

Praiana, Marco Aurélio Seara, explica que ainda não recebeu a resposta do Deter, mas que acredita que ocorrerá a redução do preço. "A Prefeitura solicitou a equiparação da tarifa e da nossa parte, isso é possível. Só precisamos da autorização do Deter", explica. Vereadores de Camboriú e de Balneário Camboriú estão discutindo a possibilidade do preço da tarifa intermunicipal

chegar a R$ 3. Segundo o responsável pela Praiana, nas atuais condições isso não é possível. "Tivemos a desoneração de PIS e Cofins e isso nos proporcionou a redução de R$ 0,10, mas já chegamos a R$ 0,15. Mais que isso, trabalharíamos no prejuízo", esclarece. Marco Aurélio ainda completa: "Isso só seria possível se houvesse alguma isenção fiscal por parte dos municípios".

Transporte coletivo no Barranco O Conselho de Segurança - Conseg do bairro São Francisco de Assis, o Barranco, continua batalhando para que o local seja atendido pelo transporte coletivo. Desde setembro do ano passado, a linha da Expressul que atendia os moradores do Barranco deixou de passar pelo local. Na época, os moradores chegaram a fazer um protesto contra o fim do atendimento. Eles alegam que precisam do ônibus para irem até Balneário Camboriú passando pela nova ponte do Barranco, itinerário que não é feito pela Praiana. A reclamação foi levada ao Ministério Público e a ação

está em andamento. A Praiana decidiu colocar mais duas linhas no bairro. No entanto, para os moradores, esta mudança não é suficiente. "A concessão de um horário de ida e um de volta foi um paliativo, não uma ação planejada", afirma o presidente do Conseg, Marco Aurélio Torina, em ofício enviado ao Ministério Público. "O que a comunidade do bairro realmente precisa são de linhas que saiam do bairro Rio Pequeno, centro ou Areias, passem pelo bairro São Francisco de Assis, sigam pela ponte Altamiro Castilho, Terceira Avenida, avenida do Estado e Itajaí", sugere. Gustavo Zonta/LP

Defensoria Dativa A OAB Subseção Camboriú decidiu pela paralisação definitiva do atendimento gratuito às pessoas de baixa renda, chamado de Defensoria Dativa. A decisão foi tomada levando em conta o descaso do Governo do Estado com os profissionais da Advocacia e com o cidadão carente. Segundo comunicado da OAB Camboriú, a 43ª Subseção era uma das únicas que ainda mantinha o atendimento mesmo sem receber do Governo os honorários justos. A presidente da OAB Camboriú, Dra. Jucélia Vinholi Monteiro, explica também que a OAB local foi a única do estado que convidou o Corregedor Geral da Defensoria Pública para tratar do problema antes de decidir pela paralisação do serviço.

Visita do presidente O presidente da OAB Santa Catarina, Dr. Tullo Cavallazzi Filho, esteve na OAB Camboriú para uma reunião de prestação de contas de seus primeiros seis meses de mandato. A vinda se deu por convite da presidente da 43ª Subseção da OAB Camboriú que declarou que tem recebido por parte da Seccional toda a atenção.

Dia do Advogado No dia 11 de agosto é comemorado o Dia do Advogado. A criação da data tem origem em fatos históricos no Brasil. Em 1824 foi redigida a primeira Constituição brasileira, mas não bastavam leis sem alguém que as executasse. Pensando nisso, o Imperador criou, no dia 11 de agosto de 1827, os dois primeiros cursos de Direito no país. Um foi inaugurado em Olinda, no Mosteiro de São Bento, e outro em São Paulo. Para comemorar a data em Camboriú, a Subseção local está preparando um evento que será divulgado em breve.

Projeto Pioneiro A OAB Mirim de Camboriú tem sido reconhecida no estado como um projeto piloto no Brasil. A iniciativa envolve crianças filhas de advogados e também da comunidade em geral com o objetivo de repassar lições de cidadania e civismo. A presidente da Subseção Camboriú, Dra. Jucélia Vinholi, conversou sobre o projeto com o presidente estadual da CAASC, Dr. Paulo Marcondes Brincas, que pediu para receber o projeto detalhado com a promessa de enviar verbas para firmar cada vez mais a OAB Mirim de Camboriú.

Certificados Os aprovados no último Exame da OAB que moram em Camboriú receberão em breve seus certificados. Desde já a diretoria da Subseção parabeniza os novos profissionais pela conquista. Parabéns! Mais barato. A partir de 1° de agosto, passagem vai custar R$ 3,10

www.oabcamboriu.org.br - 3365.2743


8

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Sucesso na Festa Julina do Espaço Criança! O mês de julho ficou marcado para o Espaço Criança pelo sucesso de mais uma edição da tradicional Festa Julina da escola. Milhares de pessoas lotaram o Salão Paroquial do centro da cidade e puderam curtir muitas horas de alegria com apresentações culturais, sorteio de brindes além de muita comida gostosa. O Espaço Criança agradece a todos os profissionais envolvidos na organização do evento, bem como aos pais, alunos, professores e familiares que prestigiaram a festa. Todos os anos, o Espaço Criança trabalha para que o evento fique ainda mais atrativo e possa promover a integração entre a escola, a família e a comunidade. Veja algumas fotos da festa!

Sorteio de brindes e rifa!

Apresentações culturais!


Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Grande público prestigiou o evento!

Sinhôzinhos e Sinhazinhas foram premiados! ´

9


10

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Cidade Hélio Marcos Benvenutti email: hmarcos@terra.com.br twitter: @HMBenvenutti

PRAGMATISMO, A NOVA PRAGA Alô, alô, galera, voltei... falando pra nossa terrinha, as verdades e meias verdades, das doideiras que estão por aí! Volta e meia o pessoal aparece com novas terminologias, ditas chiques. Muitos usam um “tipo assim” pra anteceder uma falação. Precisa disso? Não! Pior é que essas coisas contagiam. O velho e já tradicional “eu particularmente” dói na alma, simplesmente porque todo eu, é particular! Outra velha assertiva que estremece o chão ao ser dita é a “certeza absoluta”, porque, obviamente, não existe certeza que não seja absoluta. Mas a praga da vez é o “pragmatismo”. O dito-cujo passou a ser incorporado ao linguajar do pessoal, principalmente da TV. A maioria nem sabe o que quer dizer, mas acha chique e fala. Uma atriz global, na semana passada, defendia que todos deveriam ser pragmáticos, mas o sentido que falava denunciava que ela nem sabia o significado do termo que empregava. O pragmatismo se constitui numa vertente filosófica norte-americana, caracterizada pela descrença no fatalismo e pela certeza de que só a ação humana, movida pela inteligência e pela energia, pode alterar os limites da condição humana. Esse paradigma filosófico se caracteriza pela ênfase dada à utilidade e sentido prático, como componentes vitais da verdade. O pragmatismo aborda o conceito de que o sentido de tudo está na utilidade, ou efeito prático, que qualquer ato, objeto ou proposição pode ser capaz de gerar. O pragmático vive pela lógica de que as ideias e atos de qualquer pessoa somente são verdadeiros se servem à solução imediata de seus problemas. Nesse caso, toma-se a verdade pelo que é útil naquele momento exato. - Ôrra, mas aí fica muito difícil de entender. - É, mas o pessoal usa o termo assim mesmo. Para simplificar as coisas, diga-se que a pessoa pragmática é aquela que resolve os problemas comuns do dia a dia de uma forma ágil, porque logo vê mais soluções do que obstáculos. É a pessoa direta, objetiva, prática. Se por um lado é certo que cada um pode se expressar da forma que bem entender, por outro é conveniente evitar um “tipo assim”, um “eu particularmente” ou uma “certeza absoluta”, e evidentemente, saber o significado daquilo que está dizendo. Por agora é isso, porque eu vou filosofar. Fui! HÉLIO MARCOS BENVENUTTI SOCIEDADE DE ADVOGADOS - OAB-SC 2007/2012 HÉLIO MARCOS BENVENUTTI – OAB/SC 7087 MARIELZA A. DE SOUZA – OAB/SC 21905 LUIZ FILIPI TESTONI – OAB/SC 28070 INDENIZAÇÕES – QUESTÕES TRABALHISTAS – APOSENTADORIAS E PENSÕES – OUTRAS CAUSAS Rua Cel. Benjamin Vieira, 10, 2º Piso, Sala 05, Centro, Camboriú/SC - F: 3365-1395

Fala Camboriú chega ao interior da cidade

Comunidade dos Macacos foi atendida na quarta-feira, dia 24. Na semana que vem, localidade do Braço recebe o programa

O

programa Fala Camboriú já atendeu o bairro Santa Regina, o distrito do Monte Alegre e nesta semana, chegou ao interior da cidade. Na quarta-feira, dia 24, as secretarias municipais atenderam a localidade dos Macacos. Os principais pedidos dos moradores estão relacionados a melhorias na infraestrutura, ajuda aos agricultores e cuidados com o meio ambiente. Segurança e iluminação pública também estiveram na pauta. Idalete Garcia, de 57 anos, mora na localidade desde que nasceu e está preocupada com a criminalidade. "Esse já foi um lugar tranquilo, agora vivemos com medo", disse. Ela foi ao Fala Camboriú pedir à prefeita Luzia Coppi Mathias que a localidade tenha policiamento. O local vive principal-

mente da agricultura, e foram os representantes deste setor que levaram a maior parte dos pedidos à prefeita. Luzia recebeu uma lista de solicitações que vão desde melhorias nas estradas até formas de incentivar a produção agrícola. Uma das sugestões apontadas foi a possibilidade da Prefeitura, em parceria com o Instituto Federal Catarinense - IFC, pasteurizar o leite produzido no interior de Camboriú para que ele seja usado na rede pública de ensino. "Há uma lei que determina que a Prefeitura compre estes produtos da agricultura familiar", explica Luzia. No entanto, o leite precisa ser comprado de uma cooperativa e como Camboriú não conta com uma, a compra é feita em Itajaí. "Mas foi importante essa sugestão, va-

mos trabalhar para que isso ocorra", disse Luzia. A prefeita ressaltou a importância de sugestões e críticas construtivas por parte dos moradores. "Por isso é importante sair da Prefeitura e ir até a população ouvir as sugestões. Surgem muitas ideias boas que podemos levar em frente", comentou. A maioria dos moradores que foi até o Fala Camboriú tinha como objetivo conversar diretamente com a prefeita. Todas as solicitações foram repassadas às secretarias responsáveis. Durante a semana, máquinas da Prefeitura fizeram a manutenção da estrada que leva até os Macacos. No dia 31 de julho, próxima quarta-feira, os atendimentos estarão concentrados na localidade do Braço, na Igreja Nossa Senhora do Rosário. Gustavo Zonta/LP

Atendimento. Maioria dos moradores procurou diretamente a prefeita Luzia


11

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

rcn@adjorisc.com.br | www.adjorisc.com.br

A notícia que você lê aqui, mais de 800 mil pessoas também leem.

ADVB/SC

Esta página circula em 52 jornais.

SECRETÁRIA DE ESTADO DA SAÚDE, TÂNIA MARIA EBERHARDT

BR-470

“Não faltam médicos no Estado” Inscrições para o Top Turismo Empresas e instituições públicas e privadas têm até o dia 9 de agosto para inscrever iniciativas em prol do crescimento do turismo catarinense no Prêmio Top Turismo - Medalha João Batista Sérgio Murad – Beto Carrero, uma promoção da ADVB/SC - Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing em Santa Catarina. As inscrições para a edição 2013, a sexta da premiação, devem ser feitas pelo site www.advbsc.com.br. A prefeitura de Itapema já foi destaque com a revitalização e humanização da orla (foto).

OAB/SC

Campanha para valorizar a profissão Para reforçar a imagem do advogado como o profissional que tem poder para fazer com que a voz dos cidadãos seja escutada e seus direitos sejam respeitados, a Quadra Comunicação criou uma campanha de valorização da profissão para a OAB/SC. O conceito “Advogado, a voz do cidadão” foi a solução encontrada para atingir toda a sociedade, além da classe dos advogados e dos formadores de opinião. Isso porque, segundo Jordana Cavedon, atendimento da Quadra, ele transmite a mensagem de que a OAB é atuante na defesa do direito de todos e trabalha para valorizar os advogados. A proteção dos cidadãos e o auxílio na busca pela justiça são mensagens explícitas nas peças da campanha, que também dialoga diretamente com os associados da entidade por fazê-los perceberem a atuação dela na defesa da imagem dos advogados. A campanha será veiculada em todo o estado e pode ser vista no site (http://vozdocidadao.org.br/). Números - Em Santa Catarina, são 26,6 mil advogados com registro na Ordem, sendo 18,5 mil com atuação no interior.

Em entrevista exclusiva à Agência de Notícias da Adjori/SC, a secretária de Estado da Saúde, Tânia Maria Eberhardt, disse que há carências em algumas especialidades médicas e também faltam médicos interessados em trabalhar no SUS, que necessita de mais recursos e de atualização na tabela de remuneração de profissionais e de procedimentos. Santa Catarina possui carência de médicos, tal como outros estados brasileiros? Não faltam médicos no Estado. De acordo com dados do Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina (Cremesc), temos 11.698 médicos no território catarinense. O que temos são carências em algumas especialidades. Por exemplo, médicos com especialização em Estratégia em Saúde da Família, oftalmologistas, anestesistas e pediatras. E faltam também médicos dispostos a trabalhar no SUS. Se há falta, em que regiões do Estado ela acontece? A carência em algumas especialidades é sentida tanto nas nossas cidades menores quanto nos grandes municípios. Mas, em Santa Catarina, há uma maior concentração de médicos nas regiões litorâneas. 30% dos profissionais catarinenses estão na região da Grande Florianópolis.

Temos carências em algumas especialidades e faltam médicos dispostos a trabalhar no SUS, que precisa de mais recursos” Qual é a situação dos hospitais do interior de SC? Onde há os maiores problemas? Há cidades com hospitais pequenos, porém de muita importância estratégica para Santa Catarina. O problema é que algumas unidades de saúde com número pequeno de leitos não conseguem se autossustentar. São comuns nas maiores cidades do interior e também nos pequenos municípios problemas como a falta de leitos e de medicamentos. Como a situação chegou a tal ponto? Santa Catarina tem 11.250 leitos habilitados. O problema é a distribuição desses leitos. A concentração maior é nos grandes centros. Os pequenos hospitais, que oferecem menos serviços especializados, muitas vezes ficam com leitos ociosos. E há uma grande demanda nos grandes centros.

Quanto aos medicamentos, cada hospital recebe um valor por internação. Esse valor paga toda a diária do paciente, desde a hotelaria até os medicamentos. A grande dificuldade dos atendimentos hospitalares via SUS é que os valores repassados pela União são muito baixos, não são reajustados há quase duas décadas. O Estado fornece medicamentos para os 14 hospitais próprios. Além disso, temos um cofinanciamento com a União para fornecimento de medicamentos especializados de uso contínuo, como Mal de Parkinson, Alzheimer e hepatite. Em 2012, investimos R$ 164 milhões nesses medicamentos. No que se refere aos medicamentos básicos, Santa Catarina é um dos estados brasileiros que mais investe na medicação básica. São R$ 4 per capita, enquanto a média nacional é de R$ 1,86. Em 2012, investimos R$ 28,5 milhões. E esse valor deve se repetir este ano. Aqui no Estado temos também uma lei de incentivo para os 25 municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). Esses municípios recebem do Estado R$ 6 per capita como incentivo para melhorar o IDH. A tabela do SUS só pode ser reajustada pelos ministérios da Saúde e Previdência Social. Como enfrentar esse problema? Indiscutivelmente, não entendemos por que o Ministério da Saúde insiste em não reavaliar uma tabela tão antiga. Mas nós temos de buscar alternativas. Uma delas é a adesão de Santa Catarina às Redes de Atenção à Saúde. São cinco redes definidas pelo Governo Federal – Urgência e Emergência, Cegonha, Atenção Psicossocial, Cuidados à Pessoa com Deficiência e Atenção à Saúde das Pessoas com Doenças Crônicas. Santa Catarina é o estado pioneiro na implantação da Rede de Urgência e Emergência. Já recebemos cerca de R$ 170 milhões para melhorar as emergências e UTIs de hospitais em todo o Estado. E a perspectiva é recebermos mais recursos para melhorar e ampliar o atendimento do SUS para a população catarinense.

O ex-secretário Dalmo de Oliveira saiu reclamando da falta de recursos e da burocracia na Secretaria da Saúde. Essas dificuldades persistem? O secretário Dalmo fez um excelente trabalho, a burocracia é de difícil solução para todos os gestores, é difícil para o governador, para o secretário, para todos. Os prefeitos, que deveriam usar 15% da arrecadação em Saúde, já gastam uma média de 24%. Isso estrangula os cofres municipais. Temos que planejar, ter metas para poder vencer a burocracia. Quanto à falta de recursos, não é só o secretário Dalmo que se queixa, a sociedade está nas ruas pedindo mais recursos para a Saúde, mais investimentos, mais hospitais; os hospitais filantrópicos também têm essas queixas, o sistema SUS necessita de mais recursos. Até 25 anos atrás, 100% da Saúde era financiada pela União. Com a municipalização, o Governo Federal entregou para municípios e estados os prédios, os recursos e os servidores. Hoje, os servidores se aposentaram, os prédios envelheceram e os recursos não foram reajustados conforme a demanda. O sistema se modernizou, a população aumentou e a longevidade também. Como enfrentar a falta de médicos e de equipamentos nos postos de saúde, que prestam o primeiro atendimento aos doentes nos bairros? É preciso que tenhamos em mente que estamos ainda construindo o SUS. Os municípios têm sua responsabilidade com a saúde básica, com os postos de saúde e com as UPAS, ou seja, com a porta de entrada do sistema. A falta de médicos nos postos de saúde, sobretudo nas cidades do interior, se resolve com incentivos financeiros das prefeituras como forma de atrair profissionais para o interior do Estado.

Os prefeitos, que deveriam usar 15% da arrecadação em Saúde, já gastam uma média de 24%. Isso estrangula os cofres municipais” O SUS é um sistema viável? Viável e funcional. É um sistema invejado por muitos países. É, reconhecidamente, um grande projeto garantido por nossa Constituição. Temos problemas sim, mas temos que nos empenhar principalmente em aprender a resolvê-los.

Duplicação é reivindicação de vinte anos Em aproximadamente 30 dias começa a duplicação da BR-470, rodovia que corta Santa Catarina de leste a oeste e por onde passa boa parte do PIB estadual. Numa primeira etapa, no entanto, a ampliação vai atender um trecho de apenas 28 quilômetros, entre Gaspar e Indaial. A ordem de serviço foi assinada pelo ministro dos Transportes, César Borges, e pelo governador Raimundo Colombo, em solenidade na cidade de Gaspar. O investimento será de R$ 374 milhões. A duplicação atende reivindicação, de pelo menos 20 anos, da comunidade do Vale do Itajaí. Pela rodovia passa toda a produção agropecuária do oeste catarinense, em direção aos portos de Itajaí e Navegantes, além dos veículos menores que seguem desde a fronteira com a Argentina até o Litoral. Devido ao acúmulo de tráfego, concentra congestionamentos e é palco de dezenas de acidentes fatais por ano. Não à toa, a BR-470 é conhecida como a “rodovia da morte”.

ICMS

Gorjeta fica fora do imposto A isenção do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a gorjeta passará a valer a partir de agosto em estabelecimentos de todo o Estado. A definição foi confirmada pelo diretor de Administração Tributária da Secretaria da Fazenda, Carlos Roberto Molim, em reunião com representantes do setor. De acordo com Estanislau Bresolin (foto), presidente da Federação dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (Fhoresc), que participou do encontro, o decreto está sendo concluído e deverá ser assinado pelo governador Raimundo Colombo até o início do próximo mês.


12

K E arina

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

lisa

karina.elisa@gmail.com www.twitter.com/kasocial Fotos: Arquivo pessoal/LP

Estúdio Fotográfico Marciane/LP

Terça-feira, dia 30, quem completa 88 anos de vida é o senhor Avelino do Carmo. O vovô Avelino recebe aqui os parabéns dos netos Tárcila, Nathan e Nairon

André Vargas e Jalile Anne Cardoso casaram no dia 22. Nossa noiva desta semana já foi princesa da Festa Rural e, linda como sempre, comemorou o níver do esposo ontem, quinta-feira, dia 25 de julho. Parabéns e só alegrias para este casal prá lá de especial

Rodrigo Cardoso Benvenuti, de apenas 21 anos, foi aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil OAB. A mãe Luciana Cardoso Benvenuti, o pai Teodósio Benvenuti e a noiva Andressa Passos querem parabenizá-lo por essa grande conquista e desejam que Deus lhe dê cada dia mais vitórias, pois ele merece! Parabéns e sucesso na carreira

O empresário Júlio Boticelli comemorou seu niver no dia 20 de julho em companhia da família. A homenagem foi feita pela esposa Elisandra e filhas Bruna e Júlia Boticelli. Grande abraço e felicidades mil!

A querida Bruna Gomes de Souza, jornalista e idealizadora de um projeto da Motiv, oferece apoio às empresas através de palestras sobre tópicos muito interessantes, como motivação, relacionamento e qualidade de vida. Tive o prazer de participar e posso garantir que o aproveitamento é ótimo. Parabéns Bruna pela sua dedicação. Os funcionários do Laboratório Camboriú esperam ansiosos pela próxima edição. Contato da Bruna com Andresa ou Anannetti. Fones (48) 9658-3402 e (47) 9715-3698


13

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Cidade

Semana é de frio histórico em Camboriú Segundo agricultores, há mais de 40 anos não fazia tanto frio na cidade. Geada foi registrada em vários pontos

C

asacos, luvas, toucas, cachecóis. Enfrentar o frio não foi nada fácil para os moradores da região litorânea de Santa Catarina. Em Camboriú, o frio mais intenso começou na sexta-feira, dia 19, com muita chuva. O tempo fechado seguiu até a terça-feira, dia 23, que amanheceu com 3°C. No Morro do Gavião, localidade da Limeira, foi registrada a primeira geada da semana. NO dia seguinte, o fenômeno se repetiu. A previsão da Defesa Civil é de que o frio vai continuar até amanhã, sábado, dia 27. Pedro Gardini, que mora no Morro do Gavião, na Limeira, onde teve geada, conta que nunca havia visto nada parecido no local. "Moro aqui a vida toda e isso nunca tinha acontecido", conta o homem de 48 anos. A Prefeitura realizou um trabalho conjunto entre Defesa Civil e Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social para atender famí-

Pedro Gardini/Divulgação/LP

Frio. Morador da Limeira registrou a geada na manhã de terça-feira

lias carentes e moradores de rua. Alguns mendigos que têm problemas com drogas foram encaminhados a centros de recuperação, segundo o secretário John Lenon Teodoro. Outros moradores de rua foram encaminhados às casas de familiares. A Secretaria fez ainda a entrega de roupas coletadas durante a campanha do agasalho a famílias carentes. "Ainda aceitamos doações e

vamos entregando conforme a demanda", disse John Lenon. Pessoas que precisarem de ajuda podem procurar a secretaria, que fica na rua Presidente Costa e Silva. A Defesa Civil também deu suporte à população principalmente nos dias de chuva forte. Não foram registrados incidentes graves, de acordo com a coordenadora Carla Krug. A preocupação maior era com o frio extremo. Na

madrugada de quarta-feira, a sensação térmica na região chegou a 16°C negativos. "Segundo a Defesa Civil estadual, esse frio é histórico e o maior dos últimos 15 anos", diz Carla. Para os agricultores, há muito mais tempo o inverno não era tão rigoroso em Camboriú. "Há 40 anos não fazia frio assim", disse Silvio Matias, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Camboriú.

Silvio recorda que, na infância, chegou a ver geada nas terras camboriuenses. "Depois, nunca mais fez tanto frio, a não ser agora", opina. De acordo com o presidente do sindicato, apesar do frio intenso, os agricultores devem ter poucos prejuízos. "O pessoal da verdura pode acabar prejudicado, principalmente nas plantações que não são protegidas", explica. Já os produtores de arroz podem até ter benefícios com o frio. "O plantio ainda não começou, então esse frio pode até acabar favorecendo, já que ajuda a matar os insetos nas áreas preparadas para as plantações", comenta. Segundo a Epagri/Ciram, o frio deve continuar intenso na região neste fim de semana, mas a partir de segunda-feira começa a esquentar. No entanto, esse cenário dura pouco tempo. No dia 1° de agosto, uma nova frente fria chega ao estado.


14

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Cidade

Caninha Medeiros Camboriú inicia programa para é eleito presidente regularizar áreas invadidas Cidade aderiu ao programa Lar Legal, que em parceria com o Governo do da Associação de Estado e Poder Judiciário, busca fazer a regularização fundiária Moradores do Areias

Stefani Ceolla/LP

Disputa no bairro teve apenas uma chapa inscrita, que foi eleita por 45 votos dos 56 válidos

Fernando Assanti/LP

Eleição. Mais de 70 pessoas foram ao local de votação, mas 56 votos foram contabilizados como válidos

N

o domingo, dia 21, foi realizada a eleição da Associação de Moradores do bairro Areias. Apenas uma chapa de inscreveu. Elcana Medeiros, o Caninha da Farmácia, foi eleito com 45 dos 56 votos válidos. O vice-presidente é Celso Carvalho. De acordo com Caninha, seu objetivo como presidente é garantir que o bairro seja representado junto aos poderes Executivo e Legislativo. "Passamos muitos anos sem ter essa representatividade", opina. Caninha afirma que a Associação de Moradores pretende manter um canal aberto de diálogo com a população do Areias. "Formamos uma equipe de 12 pessoas, mas pretendemos unir os moradores. Queremos conversar com a população, saber as necessidades", explica.

A nova presidência da Associação de Moradores do bairro Areias também pretende participar ativamente de conselhos municipais que fiscalizam a aplicação de verbas públicas em várias áreas, como saúde, segurança e educação. "Precisamos saber como está sendo aplicada a verba que chega ao município através do Governo Federal, como o Fundeb", diz Caninha. "Lembrando que não temos interesse em fazer política através da associação", completa. O novo presidente da Associação de Moradores do Areias tem comércio há 15 anos no bairro. Caninha ocupa o lugar de Andreia de Souza na presidência da entidade. Ele assume a associação pelo período de dois anos. Stefani Ceolla/LP

Presidente. Caninha Medeiros tem comércio há 15 anos no bairro

Principais objetivos da nova diretoria - Lutar pela pavimentação de ruas - Trabalhar pelo fim das cheias na rua Dom Amaro - Solicitar praça de lazer em frente ao ginásio - Pedir que um dos postos de saúde que será construído na cidade pelo Governo Federal seja instalado no bairro - Junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública, solicitar policiamento ostensivo no bairro Areias

Jardim Aliança. Loteamento que fica no distrito Monte Alegre será um dos locais onde o trabalho de regularização irá começar

A

Prefeitura de Camboriú aderiu ao programa Lar Legal, feito em parceria entre o Governo do Estado e o Poder Judiciário. O projeto tem como objetivo regularizar áreas ocupadas irregularmente, beneficiando famílias de baixa renda. Na cidade, o programa inicia com o levantamento dos locais que poderão ser contemplados. De acordo com a coordenadora da Defesa Civil, Carla Krug, o trabalho inicia pelos loteamentos Jardim Aliança, Jardim Jornadas e Jardim Madre Paulina, no Monte Alegre, e Jardim Tatiana, na Várzea do Ranchinho. "A iniciativa possibilita às famílias, principalmente com renda modesta, o resgate da cidadania e a garantia da titularização do imóvel por meio de escritura pública", explica Carla. O resultado do projeto será a possibilidade de oficializar a posse de áreas de terra para famílias de baixa renda. No entanto, a Defesa Civil explica que nem todas as pessoas que vivem em áreas ocupadas irregularmente poderão ser beneficia-

das. Serão atendidos casos em áreas específicas determinadas pela Prefeitura, áreas consolidadas e loteamentos, além de lotes que estejam em área que não apresentem risco para a comunidade e sem conflito ambiental. Serão levados em conta ainda os lotes que não possuam pendências ou disputas judiciais. Para que este trabalho seja realizado seguindo a tramitação prevista pelo projeto Lar Legal, a empresa SC Engenharia, selecionada pelo Governo do Estado para prestar os serviços em Camboriú, já está fazendo os levantamentos junto ao setor de Planejamento Urbano do

município. "Inicia-se o trabalho pelas áreas em que se observa maior necessidade de atendimento, analisadas pela equipe técnica da empresa em conjunto com a administração municipal", explica Carla. "Em um primeiro momento, a equipe de trabalho vai até cada lote verificar a situação. O cidadão ainda não precisa se deslocar de sua casa", completa a coordenadora da Defesa Civil. Todas as famílias que poderão ser beneficiadas receberão através de funcionários da SC Engenharia e da Prefeitura as informações sobre o procedimento.

Benefícios da regularização de terreno: - Possibilidade da implementação de infraestrutura de forma regular; - Segurança jurídica dos moradores; - Possibilidade dos moradores buscarem de maneira individual recursos para melhoria de suas residências; - Viabilização da correta e adequada cobrança de impostos dos moradores regularizados; - Atendimento às premissas ambientais, com o respeito ao meio ambiente equilibrado, como forma de defesa e preser vação para as gerações futuras; - O atendimento à função social da propriedade.


15

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Segurança

Gabinete de Gestão Integrada vai buscar recursos para a segurança

Serviço foi montado nesta semana na cidade e está vinculado ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania - Pronasci

D

urante reunião realizada na tarde de segunda-feira, dia 22, na Câmara de Vereadores de Camboriú, representantes do Executivo, Legislativo, Segurança Pública e outras entidades do município formaram o Gabinete de Gestão Integrada Municipal - GGIM, que foi criado através do Decreto n° 1.267/2011 e está ligado ao gabinete da chefe do Poder Executivo. O Gabinete busca atender as reivindicações do município na área de segurança e está vinculado ao Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania - Pronasci, que se destina à prevenção, controle e repressão da criminalidade, atuando em suas raízes socioculturais, além de articular ações de segurança pública e das políticas sociais. O assessor dos Conselhos do Município, Matias Fi-

PMC/Divulgação/LP

Gabinete. Estrutura busca promover a prevenção e combate ao crime na cidade

delis Angeli, explica que o Gabinete irá trabalhar em parceria com Consórcio Intermunicipal de Segurança com Cidadania da Costa Verde e Mar - Cisvemar. "O Cisvemar trabalha a nível regional e o Gabinete vem para somar, pois tenho certeza que iremos contar com a colaboração de profissionais da área de segurança e outras que, com conhecimento técnico e

ações planejadas, irão atingir resultados positivos em prol da segurança em Camboriú e também da região", declarou. Matias também destaca que, com a atuação do Gabinete, serão reforçadas as chances do município conseguir, através do Pronasci, recursos dos Governos Estadual e Federal para investimentos na segurança em Camboriú.

Veículo clonado é apreendido no bairro Cedro Dois suspeitos foram detidos durante a apreensão

A

Polícia Civil, através da Divisão de Investigação Criminal - DIC de Balneário Camboriú, apreendeu um veículo Mitsubishi L200 clonado na última sexta-feira, 19, no bairro Cedro, em Camboriú. Os policiais da DIC receberam uma denúncia de que este carro estaria circulando com placas clonadas. Após localizado, verificou-se que as placas afixadas no veículo apreendido tinham a mesma nume-

ração de um veículo do mesmo modelo, que estava circulando normalmente na cidade de Blumenau. Foi apurado ainda que o veículo clonado havia sido roubado em junho deste ano, em um assalto cometido no túnel de acesso ao bairro São Roque, em Itajaí. Dois suspeitos foram detidos no momento da apreensão e encaminhados para a delegacia. As investigações prosseguem. Polícia Civil/Divulgação/LP

Clonada. Mitsubishi tinha as mesmas placas de veículo que circula em Blumenau

2ª Noite do tortéi

Cozinha Italiana - R$ 8

Atrações

- DANÇAS - Grupo HIPERDIA - FOLCLORE - ACEJAC - MÚSICA AO VIVO - DANÇA

Entrada Franca Apoio:

31 de agosto 20 horas

Salão Paroquial Centro de Camboriú

Ação Social de Camboriú na ajuda às famílias carentes


16

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Perfil

“Nasci e quero morrer na roça. Isso aqui é um paraíso” Neste domingo, 28 de julho, é comemorado o Dia do Agricultor. Como forma de celebrar a data, o Linha Popular conta a história de um homem do campo que acredita e batalha pela evolução do setor aliada à preservação do meio ambiente e à saúde

C

lênio da Silva nasceu na localidade dos Macacos, interior de Camboriú. Foi criado na roça ao lado do pai, Edir, e da mãe, Antônia. Dos 11 filhos do casal, foi o único que deu continuidade ao trabalho do pai, um dos primeiros produtores de hortaliças de Camboriú. Nunca se arrependeu da escolha, mas acredita que a agricultura precisa passar por uma transformação para que seu filho, Cassiano, faça o mesmo que ele e acredite que pode sobreviver da roça. Aos 8 anos de idade, Clênio já ajudava a família na lavoura. Lembra que a propriedade era pequena, mas que o pai sabia administrá-la para que rendesse o suficiente. “Meu pai era um colono organizado. Não tinha tanta terra, mas conseguia produzir tudo que fosse possível ali”, recorda. “Sempre teve banana, vaca de leite, batata doce, batatinha. Sempre produzimos queijo, nata. Do milho a gente fazia o fubá. Tinha galinha, ovo”, conta. E para que não faltasse comida na mesa, a mãe seguia um cardápio rigoroso. “Na época não tinha luz elétrica, então eles tinham outras técnicas para conservar a carne. Do gado fazia charque e porco ele matava três por ano. Era cozido e colocado em uma lata grande com banha para ficar conservado”, recorda. Os produtos que faltavam na mesa da família, o pai trocava por aquilo que tinha. A batatinha, por exemplo, era trocada por arroz e melado de cana. “Meu pai não tinha dinheiro, mas na nossa mesa sempre tinha um banquete”, afirma Clênio, ao recordar a mesa grande, de mais de cinco metros, em que sentavam os pais e os 11 filhos na hora das refeições. Foi dessa forma que ele aprendeu a administrar a propriedade rural. Os anos passaram, a área foi expandida, mas Clênio continuou cuidan-

Gustavo Zonta/LP

do da lavoura para que tivesse de tudo um pouco e, além de vender, os produtos cultivados ali pudessem ir para a mesa da família. Percebeu, ao longo de seus 43 anos, a evolução da agricultura. E aposta em uma grande mudança para que o setor sobreviva. Primeiro, Clênio decidiu que não precisava mais fazer feira em Balneário e em Camboriú. Em sua propriedade, montou uma banca e hoje, os clientes vão até lá, no interior da cidade, para comprar os produtos cultivados ali. Teve o apoio da esposa, Edinete. “Ela também nasceu na roça. Quando foi para casar, queria uma pessoa que gostasse daqui também. Deu certo”, conta Clênio. O casal e o filho trabalham juntos e Clênio acredita que Cassiano dará sequência ao negócio. “A tendência é que ele dê continuidade. Ele gosta daqui, gosta de mexer com animais”, afirma. Foi pensando no filho e

no futuro da agricultura que Clênio decidiu dar mais um grande passo: apostar nos produtos orgânicos. Hoje, 90% do que produz não tem nenhum tipo de agrotóxico. “Mudamos totalmente a mentalidade de lidar com a roça. O futuro é esse. Estamos tentando fazer da maneira mais limpa possível”, afirma.

Percebo que a agricultura precisa passar por uma evolução

“ O que falta, para ele, é incentivo dos governos e divulgação. “O governo e a imprensa precisam explicar o que é o produto orgânico, porque é importante consumir. Não é

o mais bonito, mas é o mais saudável”, explica. “Você não come a boniteza, você come a qualidade”, completa o agricultor. Sua propriedade já se tornou referência e é procurada inclusive por estudantes da Univali para pesquisas. “Sei que alunos hoje estão pregando isso”, diz Clênio, que lamenta, no entanto, que apenas a pesquisa não é suficiente. “As grandes marcas são vendidas por propagandas, então precisaria que os governos começassem a divulgar a importância do orgânico nas escolas, passasse propagandas na televisão, mostrasse como funciona na roça, a importância disso para a saúde e para o meio ambiente”, sugere. Defensor da causa, ele pensa em maneiras de aliar a produção orgânica a outras fontes de renda. “Eles querem fazer o turismo ecológico, o turismo rural, e isso aqui pode fazer parte dos atrativos”, de-

fende. “Poderia existir um sistema de ‘colha e pague’, em que a pessoa vem direto na roça colher seu produto, mostrar para o filho como nascem as hortaliças, colocar a mão na terra”, idealiza o produtor. “Isso seria importante para mudar a mentalidade e também um incentivo financeiro”, completa. Clênio sabe, no entanto, que muita coisa precisa mudar para que isso ocorra. Defende melhorias na infraestrutura, principalmente nas estradas que levam ao interior, e já discute com o poder público a possibilidade de seu produto orgânico ter uma certificação que comprove a qualidade. Tudo isso garantiria a permanência de Clênio na agricultura, a possibilidade de seu filho dar continuidade ao negócio, o retorno de muitas famílias à área rural e ainda saúde e meio ambiente preservado. “Percebo que a agricultura precisa passar por uma evolução. Para o meu filho poder ficar aqui, o cenário tem que mudar”, afirma. Clênio teve pouco estudo na área. O que aprendeu foi colocando a mão na terra. Já chegou a desistir da agricultura e se arriscar em outro setor, mas durou pouco. Um ano depois, estava de volta à roça. “Acabei voltando porque essa é minha área, é o que eu gosto”, explica. Hoje ele faz parte do conselho municipal dos agricultores, atua no Sindicato Rural e participa ativamente das discussões sobre o setor. Lazer, quase não conhece. Seu negócio mesmo é trabalhar. “A roça exige muito, tem sempre alguma coisa para fazer”, diz. Sua grande preocupação é com o futuro. “Daqui uns 10, 20 anos, quando a gente sair de linha, quem é que vai ficar aqui no interior, dando continuidade a esse trabalho? Quem vai ficar no nosso lugar, quem vai produzir?”, questiona. A única resposta que tem é que, da roça, ele não sai. “Minha vontade é nunca sair daqui. Nasci e quero morrer na roça. Isso aqui é um paraíso”, afirma o agricultor, que sonha com o dia em que seu produto será certificado, a agricultura orgânica valorizada e seu ideal levado adiante pelas futuras gerações.


17

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Saúde

Prefeitura decreta situação de emergência no pronto-atendimento

Gustavo Zonta/Arquivo/LP

Medida foi tomada para facilitar a contratação de empresa para prestar o serviço e autorizar a compra de materiais e medicamentos sem licitação

A

crise no hospital de Camboriú levou a Fundação Hospitalar a informar ao Ministério Público que não poderia mais manter o pronto-atendimento. Como este serviço é considerado de atenção básica e, portanto, de responsabilidade do município, o promotor Victor Emendörfer Filho determinou que a Prefeitura o assumisse. A orientação veio acompanhada de mudanças que geraram outros problemas. Com a necessidade de manter este serviço funcionando, a Prefeitura decidiu cancelar dois convênios que tinha com a Fundação Hospitalar: um deles pagava os profissionais do pronto-atendimento e o outro o sobreaviso da sala de parto. Sem estes recursos, a diretoria da fundação suspendeu o atendimento da maternidade durante a noite. Há duas semanas, a sala de parto só funciona das 7h às 19h. Mulheres que entrarem em trabalho de parto depois deste período precisam procurar outro hospital da região. Mesmo suspendendo dois convênios, a Prefeitura alega que tem dificuldades para manter o pronto-atendimento. Para que o serviço não fosse paralisado, o município recebeu a orientação do promotor de que fosse decretada situação de emergência no serviço de pronto-atendimento médico-hospitalar em Camboriú. O decreto foi feito pela prefeita Luzia Coppi Mathias e publicado no Diário Oficial dos Municípios no dia 17 de julho. De acordo com a secretária de Saúde de Camboriú, Márcia Freitag, o decreto é importante porque facilita a contratação de médicos para

atuarem no pronto-atendimento. "Precisávamos fazer a contratação imediata de uma empresa para atuar no local. O decreto foi uma orientação do próprio promotor para que fizéssemos isso de forma rápida e legal", explica. Uma cooperativa de médicos e enfermeiros que atua na região já foi contratada e assumiu o pronto-atendimento. Segundo Márcia, o valor total pago a esta empresa é de R$ 68 mil por mês. "Além disso, há mais profissionais que são da Secretaria de Saúde e foram cedidos para atuar no pronto-atendimento. O custo é alto", afirma Márcia. Antes da determinação do MP, a Prefeitura repassava cerca de R$ 60 mil mensais à Fundação Hospitalar para a manutenção do pronto-atendimento, o que mostra que o valor não era suficiente para realizar os atendimentos, conforme alegou a direção. Com o decreto de situação de emergência, a Prefeitura consegue comprar, também sem licitação, medicamentos e materiais usados no pronto-atendimento. "São materiais e equipamentos diferentes dos usados na atenção básica, por isso precisamos comprar. São extremamente necessários para o atendimento", completa a secretária. O decreto tem validade de seis meses. Depois disso, a Prefeitura deverá realizar concurso público para a contratação de profissionais e licitar a compra de materiais e remédios. "Esse procedimento foi necessário para que não fechássemos o pronto-atendimento. Foi uma medida emergencial", finaliza a secretária de Saúde.

Atendimento. Ministério Público determinou que Prefeitura assumisse o serviço

Novidade para corrigir os dentes tortos!

A clínica CATI, situada no bairro Taboleiro, inicia suas triagens e avaliações, com hora marcada, para os interessados em utilizar aparelhos fixos de Clip (que não usam as borrachinhas coloridas) para seus cursos avançados de pós-graduação odontológica. Esta nova tecnologia, de última geração, é a que mais cresce nos EUA e, 47 atualmente, no Brasil. Ela se diferencia por ser mais higiênica e por alinhar os dentes em menor tempo de tratamento, dependendo da gravidade da mordida errada. Ligue agora, marque sua consulta e faça um orçamento com Rua Guaraparim, 260 profissionais experientes e professores Taboleiro - Camboriú capacitados. Visualize também no nosso novo site www.ortocati.com.br, na opção braquetes, o formato do aparelho e venha para a Clínica CATI, eleita 2 (duas) vezes consecutivas (2011 e 2012), no quesito “melhor Clínica de Odontologia de Camboriú” pelo prêmio "Excelência e Qualidade Catarinense".

3363-5757

CRO-SC (CLM: 633) - Resp.Técnico: Dr. Flávio Augusto Meffe Andreoli (CRO-SC-6868)

CATI: Há 8 anos melhorando o sorriso dos camboriuenses!


18

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

ClassiPopular linhapopular@gmail.com

Imóveis

Imóveis

Aluguel

Troca

Anuncie! É grátis

3365-4893

Negócios Empregos

Automóveis

Motos

Vendo casa no Monte Alegre, rua Samambaia, 681. Com 13 peças e garagem para 4 carros. Fone: 9995-2938

APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO no BAIRRO FAZENDA em Itajaí, 89 m² de área privativa, 01 suíte + 01dorm. Sala de estar e jantar, cozinha, área de serviço, sacada com churrasqueira, salão de festas, piscina, academia, quadra poliesportiva, garagem. R$ 376.000,00. Ótimas condições de pagto. Referência 104646 Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC-Prot. 1766/13 www. apolar.com.br

Serviços

venda

casas Vendo Casa em alvenaria com 2 dormitorios e demais dependencias em terreno de 12 x 24 mts,em frente ao ponto de ônibus, rua asfaltada proximo a todo o comércio do Sta Regina. R$ 170 mil. 3365-6955 / 9636-6873. Vendo sítio a 8 km de Camboriú, com 50 mil m2 e cachoeira. R$ 360 mil. Aceito casa, carro ou apto. 8427-9202 (Paraná) / 9918-2503 (Rike) Vendo ou troco casa em Camboriú. 2 quartos, 2 banheiros, churrasqueira e fogão a lenha. 80m2 de área construída. Livre de enchente. R$ 180 mil. Aceito proposta 9739-5538 / 88282050 Vendo casa c/ 5 quartos, sala cozinha, garagem. Rua Samambaia, Monte Alegre. Troca por sítio (motivo de saúde). 8486-5502 Vendo casa no Monte Alegre, rua Monte Serra Negra. 3 quartos, sala, cozinha, banheiro, lavanderia, garag. 2 carros, churrasq. 478m2. Galpão no fundo. Valor a combinar. 3363-9126 c/ Darcilo. Vendo casa no Centro com sala, cozinha, banheiro, três quartos, área de serviço, garagem e salão de festas, e um ótimo terreno. R$ 280.000,00. 3365-6733 / 9968-0848 Vendo casa em Bombas, aprox. mil metros da praia, 2 quartos. Valor R$ 120 mil. Aceito troca por quitinete em Camboriú e Itapema. 33638428 / 8411-9355 APOLAR IMÓVEIS - EExcelente IMÓVEL RESIDENCIAL E COMERCIAL com 480 m² de área construída, próximo ao Forum, terreno com 360m², SALA COMERCIAL E APTO COM 03 DORM. E demais dependências, churrasqueira, garagem, piscina e salão de festas. . Ref.108201. R$ 750.000,00. Fone: (047) 33656820. CRECI-SC - Prot. 1766 www.apolar.com.br

Vendo bela casa de tijolo a vista. Com ótima vista. Dois grandes quartos, sendo um suite. Ampla cozinha. Grande sacada com deck de madeira e lindo jardim. Valor: R$ 700 mil. 3365- 1956 / 9626-2626 Vendo casa no centro de Camboriú, com 2 suítes mais 2 dormitorios, sala, cozinha, área de serviço. Por apenas R$ 250 mil. Ótima oportunidade. 3365-5102 - 9965-8610. Vendo casa no centro com terreno de 300 metros, com área total construída de 100m², 3 dormitorios, sala de estar e jantar, cozinha, wc social. Mais edicula com 1 suite e cozinha. R$ 300.000,00, proprietária tem interesse em permuta. 3365-5102 - 8422-3252 Vendo casa no Rio Pequeno. Terreno 12x20, casa 8x8 semi-pronta. R$ 140 mil ou troco por caminhão caçamba. 8472-7914 / 9609-2740 APOLAR IMÓVEIS CASA DE ALVENARIA no Santa Regina III, terreno com 360m², completa área de lazer com churrasqueira, 01 suíte, 01 dorm., closet, sala de estar e jantar, cozinha, área de serviço, garagem coberta, fundação para o 2 piso, jardim, canil, portão eletrônico .R$ 270.000,00. Ref.104639. Fone: (047) 33656820. CRECI-SC - Prot. 1766 www.apolar.com.br Vendo casa grande próximo à Policlínica, no centro de Camboriú. 3 dormitórios (1 suíte), 3 salas e área de lazer. 3365-6709 / 9660-5691 Vendo ótima casa no bairro Monte Alegre, o terreno além desta casa possui uma casa de madeira aos fundos totalizando uma área de 300 m² Valor R$ 120.000,00. Aceita financiamento, Fone: 8441-8252 / 9168-0424 / 3365-4995 CRECI.12.981 Vendo casa em alvenaria, 4 quartos, 2 banh. Edícula com lavanderia, salão c/ 178 m2 p/ comércio c/ porta p/ 2 ruas. Terreno mede 428m2 na rua Atenas, esq. c/ Jerusalé, bairro Santa Regina, próx. do novo ginásio da Prefeitura. R$ 230 mil. 9636-5915

Vendo casa nos fundos (com entrada da rua) no bairro Cedro. R$ 40 mil. Aceita-se carro de R$ 15 mil. 8449-2238

apartamentos APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO no Santa Regina V, 02 dorm., sala de estar e jantar, cozinha integrada, BWC social, área de serviço, 01 vaga de garagem, Área de festas. R$ 165.000,00 Ref. 104636. Fone: (047) 33656820 CRECI-SC-Prot. 1766/13 www.apolar.com.br APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO NO BAIRRO AREIAS, 64 m² de área privativa, 01 suíte + 01 dorm. E demais dependências, 01 garagem privativa. R$ 180.000,00 Referência 104637 Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC-Prot. 1766/13 www.apolar.com.br Vendo apto. com entrega prevista para abril de 2013, com 2 dorm., sala, cozinha, wc social, 1 vaga garag., sacada. Entrada facilitada e financiamento pelo minha casa minha vida. R$ 130 mil. 3365-5102 - 8422-3252 APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO no Centro, ESTÁCIO DE SÁ, 01 suíte + 01 dorm. Sala de estar e jantar, cozinha, área de serviço, sacada com churrasqueira, garagem privativa, portão eletrônico. R$ 190.000,00 PRONTO PRA MORAR! Referência 104643 Fone: (047) 33656820 CRECI-SC-Prot. 1766/13 www.apolar.com.br APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO no CENTRO de Camboriú, 69 m², 01 suíte + 01dorm., sala de estar e jantar, cozinha integrada, BWC social, área de serviço, 01 vaga de garagem, ENTREGA 03/14. R$ 170.000,00 Ref. 104631. Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC - Prot.1766/13 www. apolar.com.br

Vendo kitinete na rua Campos Novos, no bairro dos Municípios, em BC. R$ 60 mil. 84234894 ou 3263-0568 c/ Roseli APOLAR IMÓVEIS – APARTAMENTO alto padrão no Bairro Pioneiros em Balneário Camboriú, 119 m² de área privativa, 01 suíte + 02 dorm., sala de estar e jantar, ampla sacada com churrasqueira, cozinha integrada, área de serviço, 02 vagas de garagem, piscina e salão de festas. R$ 850.000,00 Ref.104649. Fone: (047) 33656820. CRECI-SC - Prot.1766 www.apolar.com.br

Sobrados Vendo sobrado novo no bairro Cedro c/ 2 dorm., garagem p/ 2 carros. R$ 120 mil. Financiamento Minha Casa, Minha Vida. 9636-6873 / 8491-6732 Vendo sobrado para ser acabado no Minella, em terreno de 300m². Troca por imóvel até R$ 150 mil e transfere 74 parcelas de R$ 1.180,00 direto com loteador. 33656955 / 9636-6873 Vendo sobrado no Santa Regina 4, 2 suítes, cozinha, sala, lavabo, churr., garagem, área de serviço. Área constr. 84 m2. R$ 130 mil. 50% entrada restante em janeiro de 2013. 9957-8004 Vendo excelente sobrado geminado no bairro santa Regina VI, possui uma suíte com sacada, um dormitório, entrada facilitada, valor R$ 140.000,00 Fone: 8441-8252 / 9168-0424 / 33654995 CRECI.12.981

Vendo sobrado no Santa Regina 5, c/ 2 suítes, cozinha, sala,WC, churr., garagem, área de serviço. Área contr. 112 m2. R$ 155 mil. 9957-8004 Vendo sobrado c/ 1 suíte c/ sacada + 2 dorms., banheiro, sala de estar, lavabo, cozinha, área de serviço, churrasqueira, vaga 2 carros, 121,72m2, direto c/ construtora. Centro de Camboriú. 9920-8754 Vendo sobrado no bairro dos Municípios, com 2 dormitórios, 2 wc social, sala, cozinha, área de serviço, 1 vaga de garagem. R$ 260.000,00. Aceita proposta. 3365-5102 9190-0757 Vendo sobrados no bairro Santa Regina, com 2 dormitórios, sala, cozinha, wc social e lavabo, área de serviço, 1 ou 2 vagas de garagem, ótimo acabamento. Financiamento pelo plano minha casa minha vida. 3365-5102 - 8422-3252 APOLAR IMÓVEIS - Excelente sobrado no Bairro Tabuleiro, 02 demi-suítes, sala de estar e jantar, cozinha, amplo quintal, BWC social, 02 vagas de garagem, fácil acesso e fino acabamento. Somente R$ 200.000,00. Pronto pra morar. Ref. 104627. Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC-Prot. 1766/13 www.apolar.com.br

terrenos Vendo terreno de esquina no Centro de Camboriú, ótima localização para comércio e residência, com 350m2, R$ 300 mil. 3365-6733 / 9968-0848 Vendo terreno 300m2, R$ 110 mil. Rua pavimentada, área nobre. 9921-9054 / 8430-2598 Creci 20250 Vendo terreno com casa em obra, localizado no bairro santa Regina II, o terreno esta quitado, Aceita-se permuta no local e outras propostas, Valor R$ 130.000,00 Fone: 8441-8252 / 9168-0424 / 3365-4995 CRECI.12.981

Vendo terreno no centro de Camboriú. Área 1.600 m2. R$ 1.500.000,00 – 9957-8004 Vendo terreno de 300 m2 Rio do Meio ao lado do Clube Brejeiro, R$ 80.000,00 aceita-se proposta. Fones: 47 99102018 / 48 98146650 e 48 32990993 email: nicelegal@uol.com.br Vendo terreno na rua Biguaçu, bairro dos Municípios. R$ 250 mil. 3365-1704 c/ Gói ou 91012902 c/ Juliana APOLAR IMÓVEIS – TERRENO NO BAIRRO AREIAS com 339 m², 15x22,60 CAMBORIÚ, com 339 m², 15 m x 22,60 m, ÓTIMA LOCALIZAÇÃO! R$ 180.000,00. Referência. 104633 Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC - Prot. 1766/13 www.apolar.com.br Vendo terreno de 16,5 X 25 mts de esquina com 1 casa de alvenaria de 1 suite + 2 dormts e 1 casa de 1 dormt e demais dependencias, bairro Sta Regina 1, local livre de alagamentos. R$ 176 mil. 3365-6955 / 96366873. Vendo terreno localizado próximo ao Forum, em rua pavimentada e com excelente valorização. Bairro Santa Regina. Valor: R$ 150.000,00 Fone: 33651956 / 9626-2626 APOLAR IMÓVEIS – Terreno com 387 m² no Centro de Camboriú, ótima localização, pronto para construir. R$ 250.000,00. Aceita propostas. Ref. 12165. Fone: (047) 3365-6820 CRECI-SC- Prot. 1766/13 www. apolar.com.br Vendo terreno com 2 casas simples, 586m2, Pedra de Amolar, Ilhota. Aceito troca. R$ 70 mil. 8444-8614 / 9627-5364 c/ Dete Vendo terreno c/ 2 casas em Lages, próx. ao centro da cidade, ou troco por outra casa na região de Camboriú. (49) 9971-3357


19

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Classi Popular Imóveis

Imóveis

Aluguel

Troca

Negócios Empregos

Automóveis

Motos

Serviços

aluguel

Procuro casa ou kitinete para alugar no centro, ou próximo ao centro, de Camboriú. Com cozinha, sala, podem ser integrados, com quarto e garagem. 8481-9007 Alugo sala comercial c/ 33m2, ponto de antena parabólica, área externa coberta, banheiro c/ chuveiro. Em frente a Central de Luto. 9143-9749 (Tim) ou 84415025 (Oi). Alugo kitinetes no Taboleiro, rua Sassafrás, 344. R$ 500 – livre de água e luz. 9211-0892 / 9629-9818 Alugo apto., 2 dorm., R$ 750. Residencial Maria Helena, no Cedro. 96902762 / 9932-4180 Alugo casa c/ 1 quarto, mobiliada, centro de Camboriú. 9955-5184 Alugo 2 aptos. com 02 dorm. demais peças, com garagem coberta, no Bairro Areias Rua Bahia esq. Goiás. R$ 650,00. CRECI 19.531 - (47) 8404.4306 Alugo aptos em Balneário Camboriú de 1, 2 e 3 dormitórios. Tratar (47) 3367-2829 Alugo 3 salas comerciais de 105m2 em BC, próx. à Av. Central. R$ 2.300. Fones: 9739-5538 / 8828-2050 Alugo kitinete mobiliada. 33651967 / 9941-9306 Alugo kitinete na rua Acyla Garcia, 85, Centro. 3365-2064/9933-2974 Alugo casa no bairro Cedro, 3 quartos, rua Rodrigo Faveri, 156. Fone: 9657-2081 ou 9659-9413. Falar com Elton ou Terezinha. Alugo apartamento 2 dormitórios, no Dom Amaro - próx. escola Clotilde. R$ 750. 9918-0503 c/ Júnior Alugo casa na rua Pedro Saut Junior, 307. Kitinete. R$ 450 + água e luz. 9660-6332 Alugo sala comercial no residencial Maria Helena, no Cedro. R$ 800. 9690-2762 / 9932-4180 Alugo kitinete na rua Jamaica, no bairro das Nações, em Balneário Camboriú. 3361-64701 / 9619-11646 Alugo SALA COMERCIAL, CENTRO, CAMBORIÚ. Excelente localização. 75m², reformada, iluminação de emergência, copa, BWC mobiliado. (47) 9645-4290 CRECI/ SC Prot.1765/13 Alugo casa com 1 quarto na rua Jamaica, bairro das Nações, BC. 33616470

Anuncie! É Grátis 47

Alugo kitnete no Rio do Meio, ao lado do Clube Brejeiros. 1 dorm, sala conj. cozinha, banheiro R$ 300,00 Fones: 47 99102018 / 48 98146650 e 48 32990993 Email: nicelegal@uol. com.br

Negócios Troco terreno em Chapecó, bairro Esplanada, próx. Hospital Regional por imóvel em Camboriú, preferível terreno. 8426-8432 9643-6532 Vendo máquinas de sorvete expresso. (51) 3586-7115 / (51) 8286-4542 Vendo Empresa de Salgados com carteira de clientes ativos, com faturamento de aproximadamente R$ 20 mil/mês, sediada em Camboriu-SC. Informações: Marcos – 9927-8006 Vendo carta de crédito que serve para compra de imóveis (casa, apartamento, sítio ou construção), valor da carta R$ 100.000,00 entrada de R$ 4.800,00 + parcelas de R$ 850,00 Contato: (48) 3626-3141 Vendo ponto de Krep´s Suíco contendo: 1 geladeira, 2 estufas (uma quente e uma fria), um freezer, balcão de pia, 2 máquinas de kreps, uma máquina de sorvete. Entrar em contato pelos fones: (47) 8481-9755, (47) 9953-1632 ou (47) 3264-8536. Falar com Paulo. Vendo táxi em Camboriú. 9977-3100 c/ Zênio. Vendo ou troco por Biz, equipamentos de salão de beleza completo semi-novo. R$ 3,5 mil. 9957-8004

Vendo máquina de escrever Olivetti Studio 45 com maleta. P/ colecionador, perfeito estado. Melhor oferta. 9967.0164 Vendo tudo para montagem de empresa de salgados. Relação de clientes, freezer dupla ação, fritadeira grande Eccel, forno Venâncio para duas formas, máquina para fazer massa Progaz, cilindro para abrir massa, diversas bacias, formas e equipamentos para linha de produção. Contato: 3365-5078 ou 8819-6355 Vendo lancheria, com móveis novos, em Perequê - Porto Belo. Bom faturamento. Motivo da venda: dono não pode atender. 8492-2902

Contrata-se aux. técnico p/ trabalhar em empresa de internet via rádio em Camboriú. É preciso ter mais de 18 anos e cart. de habilitação. Comparecer no local c/ docs. e currículo. Rua José Fco. Bernardes, nº 733, 2º piso. Ofereço serviço de profissional adequado para cuidar de criança, com local. Horário e preço a combinar. 8449-2238 Procuro emprego na área de segurança ou vigilância ou somente para eventos no final de semana. Tenho experiência. 8841-2924 ou 9908-1977.

Veículos

automóveis

Vendo perfumes importados e originais a preço acessível. Mais informações: 9690-2769

Vendo Montana 2010, prata, em perfeito estado, completa. Bom preço. 9934-3098

Vendo capa de sofá 2 e 3 lugares (aquela com estático/toda franzida) semi-nova. Valor R$ 80. 8481-9007 9908-1977.

Vendo Bongo K2500 TCI completo, ar quente e frio, 14 mil KM. Ano 2010. 9116-5151

Vendo vidraçaria já estabilizada e pronta para trabalhar com muita clientela e serviço. Rua Theonilia Simas Ramos, 130, centro de Camboriú. Vendo máquina de sorvete expresso direto de fábrica. (51) 9586-7115 / (51) 8286-7542 Vendo aparelho de musculação completo. Marca Athletic. R$ 800. Fone: 9658-1796

Empregos Ofereço-me para lavar roupas em domicílio, preço a combinar. 84492238 ou 8489-3584

Vendo Tempra 97/97 completo, GNV e couro. R$ 6 mil. Fone: 9924-1474. Vendo Gol Special, ano 2002, prata, doc. em dia. R$ 10.500. 33617080 / 9670-4494 c/ Monique ou Rodeniulson Vendo Gol Geração 3, 2001, c/ ar e direção hidráulica. R$ 11.000. 8472-4503 Vendo Palio 2007, básico, 2 portas, prata. R$ 14 mil. 9932-4180 Vendo Palio EX 1.0 Mod. 99, parata, 2 portas. 2º dono, licenciado. 8836-2420 Vendo Pampa 91. R$ 8 mil. 84865502

Arrendamos sítio/pesque pague. Camboriú. R$ 1.100,00. CRECI 19.531 - (47) 8404.4306 Vendo compressor odontológico silencioso. Em ótimo estado. R$ 1.000,00. 3365-1411 Vendo televisão 29’’ marca Mitsubishi e geladeira Consul. 3368-3069 / 9982-0842 Vendo violão de sete cordas novo e acordeon Scandalli. 9973-7196 Vendo máquina de sorvete monofásica, em bom estado. Contato pelos fones: 8481-9755 ou 9953-1632 com Paulinho Vendo padaria completa com clientela formada. Ponto c/ boa localização, próximo a entrada de Camboriú. Tratar direto com o proprietário: 3363-7717

PEDIDO DE LICENÇA AMBIENTAL Loteamento Jardim Iracema

GILVANA DALFOVO DA COSTA, CPF 750.222.229-49, torna público que está requerendo à Fundação do Meio Ambiente (FATMA) a Licença Ambiental Prévia (LAP) do Loteamento Jardim Iracema, localizado na Travessa 33, s/n, Cedro, Camboriú. Foi solicitado Estudo Ambiental Simplificado. Gilvana Dalfovo da Costa Proprietária

3365-3305

VENDO - Terreno de 300,00 m.² no centro com edificação R$ 270.000,00 Ref. 0131. VENDO - Casa de alvenaria com 3 quartos, 1 suíte, 3 vagas de garagem no centro. R$ 350.000,00 - Ref. 0133 VENDO - Sitio no Caetés de 2.730,00 m.² R$ 150.000,00 - Ref. 0100. VENDO - Sítio no Cerro de 1.950,00 m.² com casa de alvenaria de 130,00 m.² R$ 400.000,00 - Ref. 0091 VENDO - Terreno no bairro São Francisco de 327,00 m.² com casa de 64,00 m.² R$ 150.000,00 Ref. -120

www.acacioimoveis.com.br Rua Cel. Benjamin Vieira, 50 Sala 03 - centro

Vendo Classic Preto, 2012. Financiado – R$ 18,5 mil já pagos. Assumir parcelas. Aceito propostas (moto ou carro de menor valor). 8431-0911 Vendo Uno Mille Fire, duas portas, ano 2004/2005, branco, gasolina. R$13 mil. 3365-6733 / 9932-1166 Vendo Uno 96 4p verde ótimo estado – R$ 8.800,00 - 47-8454-8484 Vendo FIESTA 2010, completo! Ar, direção, faróis de neblina, vidros elétricos, alarme. Quitado. Contato: (47) 9902-4054, 9977-1363 Vendo Gol 2011, 1.0, geração 4, branco, flex, 2 portas, c/ ar. 33652250 / 9932-4180 Vendo Astra, 2003, completo, em perfeito estado. 9934-3098 Vendo Golf prata 02/03, completo, revisado. R$ 17 mil à vista. 96087253 / 8426-8153


20

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Variedades

Ofício de delícias

paulo.gastronomia@uol.com.br oficiodedelicias.com.br Twitter:@FariaPauloR

Paulo Roberto Faria/LP

Frango ao vinho Chef paulo roberto faria As receitas de hoje foram executadas em um almoço no domingo passado para a Igreja Presbiteriana Independente de Balneário Camboriú. A escolha dos pratos se deu em função da estação fria que estamos vivendo. Esse frango tem um atrativo muito especial que é o seu tempero, além do sabor, é claro. Apesar de parecer muito complicado, com muitos ingredientes, é simples de fazer e praticamente todo mundo tem em casa. O sucesso de um prato depende de como ele é feito e a combinação perfeita dos temperos. É o caso desse delicioso frango. Estou sugerindo como acompanhamento esse arroz temperado, bem saboroso, mas sem dúvida alguma você pode servir o frango com arroz branco ou até mesmo com uma massa simples. Uma ótima sugestão para o fim de semana.

Ingredientes: 2 quilos de coxas e sobrecoxas de frango sem osso 2 copos de vinho branco seco 1 xícara de chá de molho de soja 1 cebola grande 5 dentes de alho 1 colher de chá de tomilho seco ½ xícara de chá de catchup 1 colher de sopa de colorau 1 colher de sobremesa de páprica picante ½ maço de manjericão 1 colher de sopa rasa de sal 1 colher de sopa de açúcar mascavo Modo de fazer: Bata no liquidificador todos os ingredientes do tempero, coloque o frango de molho nesse tempero e deixe de um dia para o outro. Acomode o frango temperado em uma assadeira com a pele voltada para baixo. Coloque sobre o frango todo o molho do tempero, cubra com papel alumínio e leve ao forno médio por uma hora. Retire o papel alumínio e deixe mais uma hora em fogo alto até ficar bem dourado e reduzir o molho. Se ainda tiver muito molho na assadeira, retire o frango e reduza o molho no fogo e sirva separado.

Arroz temperado Ingredientes: 4 xícaras de arroz cozido 4 colheres de sopa de azeite de oliva 1 cebola 4 dentes de alho amassados 1 cenoura ralada no ralo grosso 100 gramas de linguiça calabresa 2 xícaras de chá de palmito picadinho Cheiro verde a gosto

Modo de fazer: Afervente a linguiça e reserve. Refogue a cebola e alho no azeite de oliva e junte a linguiça picada em cubinhos. Deixe dar uma refogada e junte então o palmito e a cenoura. Misture bem, acrescente o arroz, mexa muito bem e finalize com o cheiro verde.

Horóscopo Tentando engravidar Maria vai ao ginecologista porque não consegue engravidar. — Por favor, tire a roupa e deite-se naquela maca - diz o médico, preparando-se para examiná-la. E ela indecisa: — Mas, doutor, eu queria tanto que o filho fosse do meu Manuel!

Grande ideia

O pneu do carro do Manuel fura diante de um hospício. Ele desce e tira as porcas da roda, mas elas escorregam para dentro de um bueiro. Um dos internos assiste à cena do lado de dentro das grades do manicômio e aconselha: — Tire uma porca de cada uma das três rodas para segurar a que ficou solta até chegar a um posto. — Fenomenal! Muito boa ideia... Obrigado! Olhe, eu nem sei por que tu estás aí dentro... — Eu estou aqui por que sou doido, não porque sou burro!

Gases no elevador No elevador, ao lado de um casal, um rapaz solta um pum barulhento. O marido, irritado, protesta: — Mas que falta de respeito! O senhor não tem maneiras? — É a natureza, meu velho! - responde o rapaz em tom malcriado. — É a natureza? Não me diga que não consegue segurar um pum! — Por quê? Vai me dizer que o senhor consegue? — Claro! O rapaz solta outro ainda mais barulhento: — Então, segura este!

Piada de patrão O patrão conta uma piada e todo mundo dá risada. Porém, ele logo vê que tem um que não riu. Aí, ele pergunta: — Oh rapaz, por que você não deu risada? O rapaz responde: — Eu não trabalho aqui!

Áries

Leão

Sagitário

Os afetos serão vividos no campo social o que o fará brilhar em termos sociais. Vai se sentir um pouco desgastado e sem grande capacidade de compreensão para com o ser amado. Melhor dia: Quinta-feira

Seja perseverante se quer reencontrar pessoas do seu passado pelas quais nutre sentimentos fortes. Não alimente o pensamento de que os outros não gostam de você. Positive a sua vida. Melhor dia: Sábado

Procure ser mais diplomático para poder afastar situações de desentendimento. Embora o momento não seja o mais indicado, sentirá necessidade de fazer modificações e tomar um novo rumo na vida. Melhor dia: Sexta-feira

Touro

Virgem

Capricórnio

O entusiasmo que o habita deverá ser moderado, de forma a conseguir um maior equilíbrio emocional. Poderá ser surpreendido por uma paixão avassaladora que dará uma nota muito positiva à sua vida. Melhor dia: Quinta-feira

Terá a lucidez suficiente para entender ao primeiro minuto o abuso de confiança por parte de alguém que lhe é chegado. No campo profissional, deve ter algum cuidado com atitudes de seus parceiros. Melhor dia: Sexta-feira

Reflita um pouco antes de entrar em discussão sobre os sentimentos que nutre pela pessoa amada. A calma não abundará e poderá refletir-se na sua vida amorosa. Seja honesto com você mesmo. Melhor dia: Segunda-feira

Gêmeos

Libra

Aquário

Se está direta ou indiretamente ligado ao campo das artes terá uma semana recompensadora. Não admita pressões ou chantagens. Conte com a morosidade na conclusão das suas tarefas. Melhor dia: Quinta-feira

Sem quaisquer preocupações financeiras, saberá aproveitar as coisas boas da vida. Vai se sentir dinâmico, fato que o leva a partilhar com todos essa energia alegre e a vontade de viver. Melhor dia: Terça-feira

Poderá empreender um compromisso amoroso estável, sem interferências de terceiros. A tranquilidade vai instalar-se no seu coração. Um novo amor poderá surgir anunciando-se duradouro. Melhor dia: Terça-feira

Escorpião

Peixes

A associação a alguém poderá trazer benefícios imediatos e regalias financeiras. Se tem uma relação estável viverá momentos agradáveis. Usufrua desta paz para trazer uma nova vida à sua relação. Melhor dia: Quarta-feira

Notícias menos agradáveis poderão levá-lo a questionar a sua vida amorosa. A família será o seu refúgio. Apesar de se sentir instável, conseguirá manter um ambiente agradável. Os desafios serãos constantes. Melhor dia: Quinta-feira

Câncer Não ocupe a sua mente apenas com trabalho. Decididamente, a sua relação amorosa vai sofrer um pouco nestes dias. Estará ausente de corpo e alma e esse fato não será bem entendido. Melhor dia: Terça-feira


21

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Variedades

Up!

O que

VER

Warung Beach Club/Itajaí: A última festa ficou com gostinho de quero mais! E para espantar o frio, lugar certo! Atrações: Mano Le Tough + No Regular Play + Aninha + Davis + Adrian Sharif + China. Informações: (47) 3348-7643.

 

amachadoduarte@gmail.com

   

Game of Thrones : Primeira Temporada: A História se  passa em Westeros, uma terra reminiscente da Europa  Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. A história gira em torno  de uma batalha entre os Sete Reinos, onde duas famílias dominantes estão lutando pelo  controle do Trono de Ferro, cuja posse possivelmente assegurará a sobrevivência durante o  inverno que está por vir. Seriado\Aventura\600 minutos\2012. 

Game of Thrones - Segunda Temporada: A guerra está chegando a Westeros. À medida que os ventos gelados au  mentam e cinco reis duelam pelo poder, alianças são forjadas e quebradas, identidades são desafiadas e romances florescem. Com apostas em jogo ainda mais altas do que antes, quem vai sobreviver ao caos para reclamar o Trono de Ferro? Seriado\Aventura\600 minutos\2012.

Ligia e sua filhota Bruna, gatinha que participou recentemente do Projeto Passarela, em Florianópolis.

 Game of T chegando a Westeros. À medida que os ventos Conta Comigo: Gordie Lachance (Richard poder, alianças são forjadas e quebradas, ident Com apostas em jogo ainda mais altas do que a Dreyfuss), um escritor, recorda quando tinha reclamar o Trono de Ferro? Seriado\Aventura\

Fotos: Alessandro Roney/Marcinho Albani Assessoria

O que rola sábado, dia 27 Matahari/Indaial: O super Club do Vale Europeu comemora 3 anos. Uma comemoração que promete ser fantástica para espantar o frio. Atrações: Daniel Grah, Leozinho & Paciornik, Christian Luke (Aust) e outros que irão agitar no Lounge. Informações: (47) 3333-8516.

Cinéfilo

  Game of Thrones - Primeira Temporada:     A história se passa em Westeros, uma terra re-    miniscente da Europa Medieval, onde as esta-     ções duram por anos ou até mesmo décadas.   A   história gira em torno de uma batalha entre Game of os   Sete Reinos, onde duas famílias dominan- passa em Medieval, onde as estações duram por anos ou tes estão lutando pelo controle do Trono de   de uma batalha entre os Sete Reinos, onde dua Ferro, cuja posse possivelmente assegurará a controle do Trono de Ferro, cuja posse possive   inverno que está por vir. Seriado\Aventura\600 sobrevivência durante o inverno que está por   vir. Seriado\Aventura\600 minutos\2012.  

Fotos: Arquivo pessoal/LP

O que rola hoje, dia 26 2ME/BC: Super Models - Em sua quarta edição, vem com a mesma energia das festas inesquecíveis realizadas no Enjoy Club. E para embalar a noite foram escalados: Marcelo Galvão (destaque na cena eletrônica brasiliense), Rodrigo Vieira (residente GV) e para fechar o line o curitibano Ik Garcia. Informações: (47) 3360-8097.

 

 

Por Jaison Gardini jgardini@gmail.com @jaison31 Olá, pessoal! “Este é o inverno. Um frio de leve vem para ficar. A brisa suave faz a árvore balançar. O vento sopra assobiando. O céu escuro vai ficando. As nuvens passam de mansinho. A chuva chega devagarinho. As pessoas correm abrindo guarda-chuvas. Vi um homem de casaco e uma mulher de luvas. É esse o inverno sorrateiro. Vem chegando e nem avisa primeiro” (Clarice Pacheco). Confira a agenda:

Por Anderson M. Duarte

A gata Ana Lídia soprou velinhas no dia 22, parabéns e felicidades sempre! A Leeloo Club retornou com tudo no Espaço Garden, em Camboriú. A festa reuniu gerações da música eletrônica. Nas fotos, as atrações DJ Ingrid e Ton Antony com os internacionais da Dirty Vegas. Acontece também em BC: 15º Encontro dos Amigos de BC – e um ponto para galerinha de Camboriú será a Barraca Amigos do Kioske 2 “galera maverick”. Vai rolar chopp, espetinho a vontade e muito som com Dj. A barraca ficará próxima a rua 1.400. Informações: (47) 9918-3938. Ótima semana e até mais!

entre doze e treze anos no verão de 1959 e vivia em Castle Rock, Oregon, uma locali Game of Thrones : Segunda Temporada: A guerra está  chegando a Westeros. À medida que os ventos gelados aumentam e cinco reis duelam pelo  dade com 1281 habitantes. Gordie tinha três poder, alianças são forjadas e quebradas, identidades são desafiadas e romances florescem.  amigos inseparáveis: Chris Chambers (River Com apostas em jogo ainda mais altas do que antes, quem vai sobreviver ao caos para  reclamar o Trono de Ferro? Seriado\Aventura\600 minutos\2012.  Phoenix), Teddy Duchamp (Corey Feldman) e Vern Tessio (Jerry O’Connell). Chris era o líder natural, Teddy era emocionalmente perturbado e, se Gordie era o intelectual do  Conta Comigo: Gordie Lachance (Richard Dreyfuss), um  grupo, Vern era o mais infantil. Um dia Vern escritor, recorda quando tinha entre doze e treze anos no verão de 1959 e vivia em Castle   Conta Comigo ouviu por acaso Billy Tessio (Casey Siemaszko)escritor, recorda quando tinha entre doze e treze an e Charlie Hogan (Gary Rock, Oregon, uma localidade com 1281 habitantes. Gordie tinha três amigos inseparáveis:  Chris Chambers (River Phoenix), Teddy Duchamp (Corey Feldman) e Vern Tessio (Jerry  Rock, Oregon, uma localidade com 1281 habitantes. Riley) comentando sobre o corpo de Ray Brower, garoto da idade deles O'Connell). Chris era o líder natural, Teddy era emocionalmente perturbado e, se Gordie era o  Chris Chambers (River Phoenix), Teddy Duchamp (Co que havia desaparecido. Cada um deu uma desculpa em casa e partiram O'Connell). Chris era o líder natural, Teddy era emoc intelectual do grupo, Vern era o mais infantil. Um dia Vern ouviu por acaso Billy Tessio (Casey  intelectual do grupo, Vern era o mais infantil. Um di Siemaszko) e Charlie Hogan (Gary Riley) comentando sobre o corpo de Ray Brower, garoto da  para tentar encontrar o corpo. Nenhum deles imaginava que esta viagem Siemaszko) e Charlie Hogan (Gary Riley) comentando idade deles que havia desaparecido. Cada um deu uma desculpa em casa e partiram para  idade deles que havia desaparecido. Cada um deu u se transformaria em uma jornada de autodescoberta que os marcaria para tentar encontrar o corpo. Nenhum deles imaginava que esta viagem se transformaria em uma  tentar encontrar o corpo. Nenhum deles imaginava  sempre. Aventura\1986\87 minutos\ Direção: Rob Reiner. jornada de autodescoberta que os marcaria para sempre. Aventura\1986\87 minutos\  jornada de autodescoberta que os marcaria para sem Direção: Rob Reiner. 

Apollo 13: Três astronautas americanos a caminho de uma missão na Lua sobrevivem à uma explosão, mas precisam retornar rapidamente à Terra para poderem sobreviver, pois correm o risco de ficarem sem oxigênio. Além disto existe o risco de, mesmo retornando, a nave ficar seriamente danificada, por não suportar o imenso calor na reentrada da órbita terrestre. Aventura\1995\ 140 minutos\ Direção: Ron Howard.

Direção: Rob Reiner. 

 Apollo 13: T uma missão na Lua sobrevivem à uma explosão, ma para poderem sobreviver, pois correm o risco de fica

 Apollo 13: Três astronautas americanos a caminho de  uma missão na Lua sobrevivem à uma explosão, mas precisam retornar rapidamente à Terra  para poderem sobreviver, pois correm o risco de ficarem sem oxigênio. Além disto existe o 


22

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Esporte

Motódromo Lua Cheia reinaugura no mês de agosto Pista que fica no Rio do Meio será reaberta com etapa promocial em várias categorias

N

o próximo final de semana, nos dias 3 e 4 de agosto, acontece a reinauguração do Motódromo Lua Cheia, que fica no bairro Rio do Meio, em Camboriú. O espaço onde acontecem corridas de motovelocidade estava sem receber provas da categoria desde fevereiro do ano passado. A corrida de reinauguração será feita de forma promocional em 16 categorias: Novato Nacional, Novato Especial, VX1, VX2, VX3, VX4, Força Livre Nacional, VX3 Nacional, CRF 230, 300cc, 180cc, 150cc, 85cc, 65cc, 50cc e Batom. Mais de 200 pilotos são esperados para a competição. Muitos deles de Camboriú. “O Lua Cheia tem muita tradição em todo o estado e vários pilotos estão confirmando presença nas provas. Além disso, decidimos reinaugurar também porque os competidores de Camboriú estavam sentindo falta do espaço”, conta Fábio Gervásio, organizador da prova.

Os pilotos que pretendem se inscrever para a prova promocional deve fazer as inscrições através do telefone (48) 8406-8718 com Maycon. Segundo Fábio Gervásio, a competição servirá de teste para avaliar os novos serviços que serão disponibilizados no motódromo. “Teremos espaços de camarotes e uma estrutura diferenciada para o público”, explica Fábio. Os camarotes para a prova podem ser adquiridos através dos telefones (47) 9213-6377 e (47) 9236-1317. O Motódromo Lua Cheia possui grande tradição na motovelocidade estadual. O espaço recebeu a primeira prova em setembro de 1997 e já foi palco de inúmeras competições estaduais. A próxima prova oficial do motódromo, a Copa Floripa, está sendo negociada para acontecer em setembro. Até o final do ano, outras provas devem acontecer. Em dezembro, o Lua Cheia deve ser palco da abertura do Circuito Verão de Motovelocidade. Arquivo/Divulgação/LP

Prova. 200 pilotos de todo o estado devem participar da corrida realizada no motódromo Lua Cheia

Assista o programa de segunda a sexta, a partir das 18h na TV Litoral Panorama.

Canal 11 - Balneário Camboriú e Camboriú Canal 15 cabo - Balneário Camboriú

www.pcnacidade.com.br falecom@pcnacidade.com.br - (47) 9977-1842

Morcego luta com a balança para a estreia internacional no MMA

Lutador camboriuense Rafael Morcego cumpre dieta rigorosa para perder 14 quilos até a pesagem da sua luta de estreia como lutador do Bellator Arquivo pessoal/Divulgação/LP

Dieta rigorosa. Na primeira semana, o lutador camboriuense conseguiu perder sete quilos em quatro dias. Até a pesagem, Morcego vai deixar os 75 quilos e chegar aos 61

S

e daqui a alguns dias a preocupação do lutador camboriuense de MMA Rafael Mocego vai ser finalizar o adversário no octógono, hoje o que preocupa mesmo o atleta é a balança. Desde que soube que sua estreia internacional na modalidade seria no final deste mês, no dia 31 de julho, Morcego tem lutado para emagrecer os 14 quilos necessários até o momento da pesagem. Para deixar os 75 quilos e chegar aos 61, Morcego tem encarado uma dieta rigorosa e bebido muito líquido. São mais de dez litros de água todos os dias. “É um conjunto de ações. Beber muito líquido é parte do processo de emagrecimento, além do cuidado com a alimentação”, conta o lutador. Essa corrida contra a balança é uma das etapas mais difíceis antes de um combate de MMA. São poucos dias, cerca de 15, para deixar 14 quilos para trás. “Os treinamentos são a parte boa. Gosto de treinar, seja a parte física ou as técnicas de luta. O problema mesmo é atingir o peso. É muito sofrido”, revela Morcego. Na primeira semana, o lutador camboriuense conseguiu perder sete quilos em quatro dias.

O peso máximo exigido pela modalidade para Rafael lutar na categoria peso-galo é 61,2 quilos. É nesta categoria que o lutador camboriuense vai fazer sua estreia internacional no mundo do MMA. A luta será pelo Bellator Fighting Championships, segunda maior organização de lutas marciais mistas do mundo, ficando atrás apenas do UFC. O combate será contra outro brasileiro, o lutador Rodrigo Lima, o Ratinho. O atleta faz parte do Team Nogueira, uma das equipes de MMA brasileira de grande nome no cenário internacional. Morcego é membro da Company Fight Team, de Balneário Camboriú, que também já tem nome reconhecido no cenário do MMA. Ratinho tem um cartel de 12 lutas, 11 vitórias e apenas uma derrota. Morcego tem no cartel 22 lutas, sendo 19 vitórias e apenas 3 derrotas. “Eu preferiria encarar um lutador estrangeiro, mas não escolho adversários”, afirma Morcego. O lutador camboriuense já conhecia Ratinho. Ele viu algumas lutas do adversário e espera sair vitorioso do combate. “Não estou muito preocupado com ele.

O foco agora é na minha preparação. Estou confiante”, conta o lutador, que está treinando cerca de 6 horas por dia. A preparação para a estreia no Bellator começou há quatro meses, pois a luta de Morcego estava marcada para acontecer no primeiro semestre do ano. Como teve que ser adiada, o camboriuense que mora no bairro Taboleiro aproveitou para seguir treinando forte, aumentando o tempo de preparação. Morcego é natural de Lages, tem 28 anos e é lutador do Bellator desde maio do ano passado. Começou a treinar aos 13 anos na capoeira, em Camboriú, passou pelo Muai Thay, se graduou em faixa marrom no Jiu-Jitsu e roxa na Luta-Livre. Agora, sonha com o cinturão do Bellator. Para seguir lutando, Morcego conta com o apoio das empresas Rei do Mate, Extreme Body Suplementos, Kaori Sushi Bar e também da Prefeitura de Camboriú. O lutador camboriuense embarca amanhã, sábado, dia 27, para os EUA, onde a luta contra Ratinho vai acontecer. O combate está marcado para quarta-feira, dia 31, no estado do Novo México.


23

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Esporte

Camboriú sedia etapa do Championship SC de Taekwondo Cerca de 300 atletas de todo o estado devem participar da competição. Destaque para o grande número de competidores locais Divulgação/LP

No tatame. Competição acontece no estádio Irineu Bornhausen, no centro da cidade

N

o domingo, dia 28, Camboriú vai receber um dos principais eventos de Taekwondo JTF do estado. Acontece na cidade a 2ª etapa do 6ª Championship Santa Catarina de Taekwondo JTF. A competição vai reunir cerca de 300 atletas de todo o estado e mais da metade deverá ser de Camboriú e Balneário. As apresentações e lutas do evento esportivo acontecem no ginásio Irineu Bornhausen, no centro da cidade. A competição começa às 8h e segue até as 19h. Participam atletas com

idade entre 5 até 80 anos. “Esperamos que o público compareça. Vamos ter uma competição muito interessante”, afirma o mestre Clóvis Nunes Ribeiro, presidente da Federação Brasileira de Taekwondo JTF. A Federação é quem está organizando o evento em parceria com a Associação Dragão Negro de Taekwondo e Hapkido, que possui escolinhas em Camboriú e já atende mais de 300 crianças e adolescentes. De acordo com o mestre Clóvis, esta etapa do Cham-

pionship SC terá novas modalidades de disputa, o que deve agradar os participantes. Os atletas competem através de lutas, apresentações com armas e movimentos livres. “Nossa intenção é ampliar a possibilidade de competição dos atletas”, explica mestre Clóvis. O Taekwondo JTF é o padrão mais tradicional da prática do esporte. Ele não envolve apenas a parte da competição, mas também os ensinamentos milenares de disciplina para a formação de um atleta completo.

2º Passeio Ciclístico da cidade acontece no dia 18

S

por Gustavo Zonta Email: gugapz@terra.com.br Twitter: @gugazonta

Repúdio Aconteceu de novo! O filho do presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Mário Peixoto Neto, o famoso Delfinzinho, se envolveu em mais um caso de agressão a um membro da imprensa esportiva catarinense. Em 2010, Delfinzinho espancou o radialista Rodrigo Santos, da Rádio Cidade AM de Brusque, durante uma partida em Joinville. Rodrigo foi parar no hospital. Desta vez, o alvo de Delfinzinho foi o jornalista Zélio Prado, de 62 anos. Após o fim da partida entre Marcílio Dias e Hercílio Luz, na cidade de Itajaí, Zélio teria sido ameaçado de morte pelo assessor especial da presidência da Federação Catarinense de Futebol, agredido com um tapa e ainda tomado uma cusparada no rosto. Parte da confusão foi registrada por uma equipe de televisão da MCA TV. O cinegrafista e o repórter do canal também viraram alvo de Delfinzinho, que exigiu que a gravação da cena fosse apagada. O repórter da MCA TV também teria recebido um chute durante a confusão. Zélio registrou Boletim de Ocorrência contra Delfinzinho, que negou ter agredido o jornalista. Repúdio II Em entrevista à RIC Record, Delfinzinho, que tem 43 anos, disse que foi tirar satisfação com Zélio Prado pois ele teria “novamente falado dele”. Os dois começaram a discutir, mas ele garante que em nenhum momento agrediu Zélio, que inclusive é amigo de seu pai, Delfim de Pádua Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol desde 1985 (há mais de 27 anos, dá pra acreditar?!). Delfinzinho afirmou que jamais bateria em Zélio Prado pois ele é um senhor de idade, mas confessou: “Se for da minha idade, vai dar rolo”. Quanto à equipe da MCA TV, o assessor pediu desculpas pelo ocorrido e disse que realmente mandou apagarem as cenas. “Eu fiz uma burrice. Quando eu desci, vi um pessoal filmando, fui lá e pedi pro pessoal apagar, porque se tivesse a filmagem, provaria tudo”, confessou ele.

Percurso. Passeio parte da Praça das Figueiras e vai percorrer o município pelos bairros e principalmente pelo interior

Inadmissível As cenas lamentáveis ocorridas em Itajaí foram destaque na imprensa nacional. O jornalista espotivo Juca Kfouri, um dos mais renomados do país, dedicou um post do seu blog para apresentar reportagem sobre o tema, chamando Delfinzinho de cartola covarde. A Associação dos Cronistas Esportivos de Santa Catarina - Acesc emitiu nota de repúdio e pediu medidas efetivas por parte da Federação Catarinense de Futebol para que isso não volte mais a acontecer. Na verdade, nem deveria ter acontecido pela segunda vez. Desde que agrediu o radialista Rodrigo Santos, em 2010, Delfinzinho deveria ter sido expulso dos estádios catarinenses e ter perdido o cargo de assessor especial do presidente da Federação, seu papai. É inadmissível que após ter agredido alguém dentro de um estádio o camarada ainda tenha um alto cargo dentro da instituição que comanda o futebol no Estado e goze de regalias para andar livremente por arquibancadas e camarotes durante as partidas. É público e notório que Delfinzinho não tem a postura necessária para estar onde está. Ele mesmo reconhece que a sua presença no estádio pode gerar confusão. Parece até piada...

no hotel fazenda Top da Mata com um almoço caseiro e poderão desfrutar de área de lazer com pesca, futebol, pedalinhos e tirolesa. O percurso total será de 45 quilômetros e terá o apoio de carros com água e frutas. Outras informações podem ser obtidas no telefone 9997-1121, com Wagner Rocha.

Não vai dar em nada O mais triste disso tudo é ter a nítida impressão de que nada vai acontecer, como em 2010. Delfim de Pádua Peixoto, o rei, já colocou panos quentes na história e pelo que tudo indica não vai fazer nada. Sendo assim, vai continuar reinando solenemente pelo tempo que quiser, por mais 30 anos se assim pretender, e carregará com ele o filhão embaixo do braço. Os clubes profissionais de SC, que poderiam fazer alguma coisa, permanecem calados, alimentando os mandos e desmandos do dono do futebol catarinense. Pior que isso, é saber que amanhã um colega pode estar trabalhando em um estádio Catarinense e ser o próximo da fila.

Participantes saem da Praça das Figueiras e vão pedalar até o interior do município. Um percurso total de 45 quilômetros erá realizado no dia 18 de agosto o 2° Passeio Ciclístico de Camboriú. O evento é promovido pela equipe Amigos do Pedal, Revista Motormachine e Fucam, com apoio da Prefeitura, e deve reunir 50 ciclistas. O passeio vai percorrer o município pelos bairros e interior e tem saída marcada para as 9h, na Praça das Figueiras. Ao final do passeio, os ciclistas serão recepcionados

Em Cima da Linha

Wagner Rocha/Divulgação/LP


24

Jornal Linha Popular - Camboriú, 26 de julho de 2013

Lazer

Camboriuense Felipe Ponte é selecionado para o Festival da Canção de Balneário

Compositor. Felipe Ponte, que é conhecido pela música sertaneja, vai apresentar um rap e um reggae

Duas composições do cantor que mora em Camboriú serão apresentadas no evento, que começa hoje, sexta-feira, dia 26

F

P

mais de 30 países que participaram da Copa do Mundo de 2006. Já a segunda música de Felipe selecionada para o Festival tem um tema mais tradicional: o amor. “No brilho do amor” é um reggae que já agradou inclusive ao cantor Armandinho. “Ele me pediu que enviasse a música, disse que poderia gravar”, conta Felipe. Ele estava confiante no rap e não esperava que o reggae também fosse selecionado. “Fiquei muito surpreso”, diz o cantor, que agora une músicos competentes para executar as músicas com ele no palco do Festival. As duas canções de Felipe serão apresentadas no sábado e domingo às 20h no Cine Itália, em Balneário, durante as eliminatórias. Se forem escolhidas, o cantor volta ao palco no dia 3 de agosto para a grande final.

ação/L

Desta vez, encara o palco sem ele. Apesar da mudança, está confiante. O cantor aposta principalmente na música “Brasil rumo ao hexa”, o único rap selecionado nesta edição do Festival. “Fiz a música para um trabalho de escola durante a Copa de 2006, quando tinha 15 anos”, conta Felipe. A canção fez sucesso entre os amigos e foi aprimorada com o tempo. Mais que futebol, ela fala sobre a união entre diferentes países que a Copa do Mundo propicia e de questões polêmicas, como o racismo no esporte. “Acabamos de realizar a Copa das Confederações e está chegando a Copa do Mundo no Brasil. É um bom momento para apresentar essa música”, opina. A canção tem quatro minutos e uma letra complexa que inclui, nas rimas, os nomes de

Divulg

elipe Ponte é conhecido em Camboriú por suas canções sertanejas e caipiras. Toca moda de viola e se orgulha de defender esse estilo musical. Durante dois anos, participou do Festival da Canção de Balneário Camboriú com músicas sertanejas. Em 2012, chegou à final e encerrou o festival na sexta colocação. Agora, ele decidiu ousar. Deixou o sertanejo e a moda de viola de lado e inscreveu duas músicas de estilos diferentes: um rap e um reggae. Agradou os jurados. As duas canções foram selecionadas e serão defendidas nas eliminatórias que ocorrem neste sábado e domingo. No total, 45 canções foram selecionadas para esta edição do evento. Nas duas edições anteriores, Felipe se apresentou em dupla com o amigo Marcel.


227