Issuu on Google+

São Martinho

Um doce de cidade

Bolachas caseiras da Fluss Haus

Igreja Cristo Rei

INFORMATIVO TURÍSTICO | Edição nº 2 | Janeiro e Fevereiro de 2012 Igreja do Martírio

Artesanato de São Martinho

Bolachas caseiras da Kindertraum

Artesanato de São Martinho

A

riqueza do artesanato encontrado em São Martinho é a consequência natural da criatividade e da identidade cultural desta terra. Resgatar e valorizar este artesanato tradicional respeitando o modo de vida de quem o produz e promover o desenvolvimento humano e técnico dos artesãos para ampliar suas oportunidades é o propósito do Projeto de Turismo de São Martinho. Desta forma, a Prefeitura Municipal de São Martinho e o Sebrae/SC se uniram em uma consistente parceria com o objetivo de promover o desenvolvimento sustentável do artesanato, valorizando o artesão e preservando sua identidade cultural.


Bordado de Ponto Cheio do Grupo Gabiroba

Crochê do Grupo Rio Sete

Bordado Ponto Livre do Grupo Serraria

O Artesanato como valor simbólico

U

m produto artesanal ao qual foi incorporado o valor cultural pode ser direcionado para novas oportunidades de mercado. A criatividade e a qualificação do artesão serão fatores decisivos para aqueles que pretendem transformar a sua habilidade manual em um empreendimento bem sucedido. Neste sentido, o Projeto de Turismo de São Martinho teve ações voltadas para o artesanato. Orientado pela condição empreendedora das artesãs envolvidas no projeto, a consultoria aplicada pelo Sebrae/SC teve como foco a valorização das histórias de famílias como as de Marlene e Eladir

Você sabia?

O artesanato é baseado no saber e no jeito de fazer das pessoas de uma comunidade, por isso ele simboliza as riquezas dos seus moradores. A partir deste entendimento percebe-se o artesanato como uma fonte inesgotável para a criação de produtos diferenciados e exclusivos.

O resultado do arEing, que desde o início das atividades traziam as riquezas dos bordados tesanato, dentro do de suas mães e tias. Algumas destas Projeto de Turismo peças, já desgastadas pelo tempo, mas de São Martinho, foi com valor afetivo intenso, nortearam mais uma das provas do tao desenvolvimento da coleção do lento extraordinario das pessoas de ponto cheio que resgatou a lembran- São Martinho. Esta semente lançada ça de outras pessoas que avaliaram as tem perspectivas de transformar este peças durante a exposição na Festa do município numa referência de bordados para o estado de Santa Catarina Produto Colonial. Entender o passado possibili- a exemplo da madeira, das bolachas e de outras atividades tão bem ta valorizar o presente, e a isso sucedidas. o artesanato se presta com Um projeto com remaestria. O exemplo dos Entender sultados positivos ressalbordados em ponto livre o passado ta o comprometimento desenvolvido pelas artepossibilita valorizar das pessoas envolvisãs da Serraria demonso presente, e a isso das, em São Martinho trou que esta atividade não foi diferente basta não tem limites de idao artesanato se percebermos o valor do de ou resistência de jupresta com trabalho da artesã Márventude que a impeça de maestria cia Preis que desenvolveu fazer. Basta o envolvimento os tapetes de croche de forque a condição técnica se rema laboriosa e dentro das solicitavela com propriedade. O grupo que merece destaque ções do plano de trabalho. O posicionamento de mercado neste projeto é composto por Rejane, Cleidir, Juliana e Juraci, uni- indicado pela consultoria buscou alidas pelo mesmo sobrenome Esteves nhar-se às demandas, expectativas e e pela mesma dedicação. Aliada às tendências de valorização do imenso suas atividades rotineiras da casa, patrimônio cultural brasileiro. Neste estudo e trabalho fora, elas conse- sentido, o artesanato de São guiram aprender as técnicas que fo- Martinho se apresenta ram oferecidas dentro do Projeto e com potencial que revelaram um talento extraordinário. pode ser apreao Aos poucos, outras pessoas como a sentado Doralicia Feuser estão se incorpo- mercado com rando ao grupo que pretende ser valor agregado uma empresa voltada para o arte- e instrumento de sanato tradicional com produtos de geração e renda para seus artesãos. leitura contemporânea.

2


?

Quem é a

Bem-Aventurada

Albertina

I

lustre filha de São Luis, fez a primeira comunhão no dia 16 Paroquia de Vargem do de agosto de 1928. Cedro. A Paróquia situa-se Aos 12 anos de idade, no dia 15 no território do municipio de junho de 1931, às 16 horas, Alde São Martinho e é conhecida como bertina foi assassinada porque quis Capital Mundial das Vocações. A serva preservar a sua pureza espiritual e de Deus Albertina Berkenbrock corporal e defender a dignidade teve o Decreto de Beatifida mulher, por causa da fé cação assinado pelo Papa e da fidelidade a Deus. E Bento XVI, no dia 16 ela o fez, heroicamente, O martírio e de dezembro de 2007. como verdadeira mártir. a conseqüente Foi proclamada Beata O martírio e a confama de santidade seqüente fama de san(Bem-Aventurada) no espalharam-se dia 20 de outubro de tidade espalharam-se 2007, na Diocese de rapidamente de maneirapidamente de Tubarão, em uma cera clara e convincente. maneira clara e lebração eucarística preAfinal, ela foi uma meconvincente sidida pelo Cardeal José nina de grande sensibiliSaraiva Martins, prefeito da dade para com Deus e com Congregação para as Causas as coisas de Deus, para com o dos Santos. próximo e com as coisas do próximo. Albertina Berkenbrock - conheci- Isso se depreende, com nitidez, de da pelo povo da Diocese de Tubarão sua vida, vivida na simplicidade dos como “a nossa Albertina” - nasceu seus tenros anos. no dia 11 de abril de 1919, em São Semanalmente centenas de peLuís. Filha de um casal de agriculto- regrinos acorrem ao seu Santuário, res, Henrique e Josefina Berkenbrock, em São Luis. Quando o fazem vêm teve mais 8 irmãos e irmãs. Foi ba- pelo caminho de mais fácil acesso: tizada no dia 25 de maio de 1919, pelo município de São Martinho. Há crismada em 9 de março de 1925 e duas grandes romarias que aconte-

Capela do Martírio

Imagem de A lbertina no S antuário em sua homena gem em São Luiz

cem todo ano: no primeiro final de semana de Junho e no terceiro final de semana de Setembro (este ano no dia 18 de setembro de 2011). As missas no Santuário acontecem sempre aos Domingos às 10h e às 15h30min.

MAIORES INFORMAÇÕES:

www.beataalbertina.com www.beataalbertina.net Padre Sérgio Jeremias de Souza Vice Postulador da causa de canonização, Reitor do Santuário e Pároco de Vargem do Cedro

Santuário Diocesano Bem-Aventurada Albertina

3


Artesanato de

Tradicão Cultural

N Artesanato de São Martinho

Contatos Importantes Secretaria de Turismo de São Martinho Fone: (48) 3645.6100 e-mail: sectursm@yahoo.com.br site: www.saomartinho.sc.gov.br Rádio RCS - Rádio Comunitária de São Martinho FM 98,3 Fone: (48) 3645.6444 e-mail: radio.sm@hotmail.com

o mundo de hoje existe uma enorme oferta de objetos que podem ser definidos como artesanato. São produtos do fazer humano que dependem basicamente das mãos de seu criador, de seu saber, de sua cultura.  O artesanato de tradição cultural, tradicional ou de raiz traz em si a expressão de sua origem, a marca forte da cultura em que foi gerado. É um objeto capaz de traduzir tanto a sua

identidade quanto a daquele que o produziu, seja um indivíduo ou uma comunidade. Conhecendo o município de São Martinho percebemos que os imigrantes que aqui chegaram confeccionavam seus utensílios, suas vestimentas, seus objetos de decoração. O capricho e a dedicação no desenvolvimento dessas técnicas garantiram que essas pudessem ser passadas de geração a geração. É esta herança que merece ser preservada!

Para descontrair

O matuto alemão de São Martinho chegou numa cidade do litoral de Santa Catarina, sem dinheiro no bolso. Enquanto esperava para decidir a continuidade de sua jornada, fazia as contas do lanche que poderia consumir. Num barzinho um tanto suspeito em relação a higiene, mas de precinhos módicos, pediu um pastel e um guaraná de marca indefinida. Na hora da conta o rapaz do balcão lhe apresenta um valor que extrapola todos os limites aceitáveis

Conselho de Turismo Encantos do Sul Fone: (48) 3626.6222 e-mail: sindicatostub@hotmail.com

e pagáveis com suas moedas. Trava-se o seguinte diálogo: - Escuita, rabaiz: eu zó gomi um bastel e domei um guaranaps. Essa gonta dá muito alta! Eu não gomi vilé gom vritas! - Mas meu senhor! Este não é um pastel qualquer! Estamos no litoral, e o Sr. comeu pastel de siri! - Ahã… De se ri, goisa nenhuma! Isso é de se jorá! - Ach, quanda zaudade do meu São Martinho!

Festas & Eventos

Confira a agenda de eventos do mês de janeiro, fevereiro e março:

EXPEDIENTE

INFORMATIVO TURÍSTICO SÃO MARTINHO Supervisão: Otto Walter Schmiedt e Alessandra Koerich / Redação: Otto Walter Schmiedt, Alessandra Koerich, Michele Laforga, Elga Moraes e Gisela Belz Jornalista Responsável: Gisela Belz - Registro Profissional: SC 00190 JP / Projeto Gráfico e Diagramação: Octo Design e Comunicação / Tiragem: 1.000 unidades / Impressão: Gráfica Natal

Realização

Prefeitura Municipal de São Martinho

DATA

EVENTO

LOCAL

INFORMAÇÕES

Salão Comunitário Vargem do Festa de São Lindolfo Rech 20 a 22/01 Cedro - Entidade Promotora: Sebastião Fone: (48) 3645.6354 CAEP Vilson Defrein Inauguração da Sociedade Beira Rio Fone. (48) 9955.8167 12/02 Casa Paroquial Entidade Promotora: Paróquia Pastor Hércules (almoço e bingo) Evangélica Fone: (48) 3645.6039 Salão Comunitário Rio Inicio do Torneio Givanildo de Oliveira 25/02 Gabiroba - Entidade de Futsal Quaresma Fone: (48) 8808.6801 Promotora: CAEP Salão Comunitário Rio 3, 10, 17, Torneio de Futsal Givanildo de Oliveira Gabiroba - Entidade 24 e 31/03 Quaresma Fone: (48) 8808.6801 Promotora: CAEP Sociedade Beira Rio - Entidade Leda Ricken Cardoso 4º Encontro de 10/03 Promotora: Prefeitura Fone: (48) 3645.6100 e Mulheres Municipal de São Martinho 9645.5657 Almoço da Salão Comunitário Rio 25/03 Comunidade Areia - Entidade Promotora: Odinei Wenz Evangélica Comunidade Evangélica

4


Informativo São Martinho